Issuu on Google+

cmyb

Quinta-feira 30 0 18 0

31 DE JANEIRO DE 2013

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

ANO XVII - N0 2320 - R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

MEIOS LEGAIS

Prefeituras com pendências ainda podem firmar convênios 

JACAREZINHO

Escritório Regional do Trabalho tem novo chefe

JACAREZINHO

Tristão de Carvalho assume Subdivisão, mas continua em Ribeirão do Pinhal

O delegado Tristão Borborema de Carvalho assumiu ontem o comando regional da 12ª Subdivisão Policial com sede em Jacarezinho, porém, ele vai acumular funções, já que continuará como titular da delegacia de Ribeirão de Pinhal. A Polícia Civil não divulgou por quanto tempo essa situação vai perdurar. Carvalho entrou no lugar de Sérgio Barroso, que logo após a rebelião dos presos no último domingo, foi surpreendido com a determinação superior de sua transferência. “Confesso que meu desejo era continuar aqui, porém sou servidor do Estado e estou pronto para servir a toda a população paranaense”, conta.  PÁG. A6

O ex-prefeito de Siqueira Campos, Dirceu Rodrigues comandará o escritório regional da Secretaria do Trabalho, Emprego e Economia Solidária do Paraná, em Jacarezinho. O anúncio foi feito pelo secretário da Pasta, deputado estadual licenciado, Luiz Claudio Romanelli. Com a posse de um especialista em políticas de geração de emprego, Romanelli acredita que a área ganhará um novo impulso, principalmente nas questões de reciclagem e formação profissional.  PÁG. A3

RECURSOS

Queda do FPM atinge mais as pequenas cidades 

PÁG. A4

PÁG. A3

PR-439

JACAREZINHO

ECONOMIA

Estrada da Platina Prefeitura retira mais de Gasolina e diesel está sendo recuperada 2 mil toneladas de entulho estão mais caros Secretário teme que a quantidade de lixo seja ainda maior, já que a operação não atingiu toda a cidade

Consumidores platinenses já estão pagando mais caro pela gasolina

A prefeitura de Jacarezinho está trabalhando na limpeza da cidade. Em menos de um mês de trabalho já foram recolhidos mais de 2.100 toneladas de entulhos, segundo o Secretário Municipal de Conservação Urbana, Guilherme Castanho, que informou que a operação já atendeu 75% do município.  PÁG. A5

JACAREZINHO

Melhoria da rodovia era uma antiga reivindicação dos moradores. As obras devem beneficiar cerca de 10 mil pessoas

Um trecho de 6,5 quilômetros da PR-439, estrada que liga Santo Antônio da Platina ao Povoado da Platina, está em obras. O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) iniciou os trabalhos de manutenção no trecho, que envolve recapeamento do asfalto antigo, que estava todo deteriorado, e também melhorias no acostamento. O investimento será de R$ 1,2 milhão.  PÁG. A8

Câmara retoma atividades na próxima semana 

PÁG. A4

DROGAS

EDUCAÇÃO

Professores da rede estadual ameaçam greve 

PÁG. A5

Ações de plano contra o crack ainda são tímidas  PÁG. A6

Os postos de combustíveis de Santo Antônio da Platina já reajustaram o preço da gasolina e do óleo diesel. Embora a Petrobras tenha anunciado uma alta de 6,6% no preço da gasolina para as refinarias, as distribuidoras estão repassando aos postos um aumento aproximado de 4%. Nos postos Avenida e Platinense, o litro da gasolina comum passou de R$2,89 para R$2,97, e da gasolina aditivada, de R$2,94 para R$2,99, enquanto o diesel já é vendido a R$2,19 o litro.  PÁG. B1

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

Hoje o Paraná é outro. Luta para igualar-se a união acima dos partidos que funciona em Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. Com paciência é possível que cheguemos lá.” Ayrton Baptista

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Infelizmente, é relativamente baixa a participação dos pais nas reuniões escolares. Isso se deve a vários motivos e, entre eles, os horários das reuniões que, muitas vezes, acontecem no período de aula, ou seja, no horário de trabalho da maioria das famílias.”

A RTIGO

E DITORIAL

Daniele Vilela Leite *

A Justiça que se impõe O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte decretou a prisão de dois secretários estaduais que descumpriam decisões judiciais quanto ao reajuste do funcionalismo. Com a medida extrema, a justiça faz valer suas prerrogativas e torna o Brasil mais civilizado. É comum encontrar-se em tribunais ao redor do mundo a frase que, traduzida para o português, diz “a lei é para todos”. No Brasil, no entanto, criou-se a crença de que os poderosos e, particularmente, o poder público não precisam se submeter à lei e que ela foi feita só para pobres e desvalidos e, até, contra o interesse destes. Esse estado de coisas é que incentiva os atos de corrupção, a desídia e tantos outros males que lançam o nosso país a índices sociais e humanitários vergonhosos. Agora, se não quiserem ir para a cadeia, os secretários cearenses, terão de pagar o que o erário deve ao funcionalismo ou, pelo menos, dizer porque não o fazem, e apresentar reais culpados para que estes então, como pessoas físicas arquem, cível e criminalmente, com as consequências. Na última semana, a 8ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, também emitiu uma importante decisão em favor do funcionalismo, ao definir que servidores e autoridades responsáveis pelo descumprimento de decisões judiciais devam assumir pessoalmente o pagamento de multas sofridas pelo Estado e, ainda, responderem criminalmente pelos danos. É a justiça exigindo o respeito ao ordenamento jurídico nacional. HORÁRIO DE FECHAMENTO

22:10

Desde os tempos do ex-presidente Getúlio Vargas que, demagogicamente, ao cometer uma ilegalidade, teria dito “ora à lei!”, insiste-se em blindar o poder público, as grandes corporações e os poderosos de se submeterem aos ditames das leis e normas vigentes. A morosidade da máquina judicial, ainda presente, e a grande gama de recursos disponíveis e quem pode pagar um bom advogado servem para proteger os errantes poderosos e escravizar a parte mais fraca dos processos e o povo. Esse estado de coisas é tão evidente que leva muitos a não reclamarem seus direitos, fazendo do Brasil o paraíso das injustiças e da impunidade. O julgamento do mensalão, que terminou determinando cadeia aos mais poderosos políticos da atualidade e a errantes com o bolso cheio de dinheiro (muitas vezes obtidos via corrupção) traz um novo ânimo à nação, que agora espera o cumprimento das sentenças para ter a certeza de que realmente vivemos tempos novos. A lei da ficha limpa, que o povo, mediante a iniciativa popular, impôs à classe política, é outro indicativo que também deve dar seus frutos nas próximas eleições, quando muitos dos condenados hoje detentores de mandatos não poderão se recandidatar. Para que haja, efetivamente, o salto de qualidade, a informatização da justiça, já iniciada, não pode demorar, e os tribunais precisam ter juízes e pessoal em numero suficiente para que todos os processos cheguem ao término em tempo razoável. A falta de decisão ou a decisão tardia, é uma cruel forma de injustiça.

C HARGE

chargeonline.com.br

NESTA EDIÇÃO TEM

22 PÁGINAS CADERNO PRINCIPAL - OPINIÃO - POLÍTICA - GERAL - CIDADES - COTIDIANO - ESPORTES - AGRONEGÓCIO

A 01 - 08 A 02 A 03 A 04 A 05 A 06 A 07 A 08

2ª CADERNO - AGRONEGÓCIO - ATAS & EDITAIS - SOCIAL

B 01 - 08 B 01 B 02 - 07 B 08

3º CADERNO - ATAS & EDITAIS

C 01 - 06 C 01 - 06

PREVISÃO PARA HOJE

300 180

SANTO ANTÔNIO DA PLATINA

A RTIGO Ayrton Baptista *

Beto sai ganhando O governador Beto Richa dá um passo importante para revigorar seu secretariado. Com Reinhold Stephanes e Ratinho Júnior começa em vantagem. E espera para estes dias uma regularização do PMDB dentro de seu governo. Se conseguir cooptar a maioria expressiva do “velho de guerra” obviamente amplia sua área de comando, mas sobretudo assegura poderosa liderança e grupos importantes tudo com vistas a 2014. Essa mudança, também tida como reforma, contradiz o governador, que sempre afiançou estar com boa equipe e que seu governo firma-se com atuação segura e avançada. Mas isso, convenhamos, é o que dizem todos os governantes, ainda que a seguir promovam demissões isoladas e reformas globais. Para não irmos longe, está aí a presidente Dilma Rousseff que não nos deixa mentir. Stephanes é uma presen-

ça de primeira grandeza no Governo. Se na Casa Civil ou outra posição, não vem ao caso. Eles do Governo devem se entender. Quatro vezes ministro de Estado, outras tantas secretário no Paraná e deputado federal já no sétimo mandato, tem muito a contribuir e mais ainda em arrumar as coisas para o Estado no plano federal, fazendo com que os projetos do Paraná tenham sucesso. Stephanes com suas passagens por governos e diferentes funções tem condições de chamar a atenção das autoridades de Brasília. Se telefonar, Dilma atende. É o que salienta o parlamentar que tem dividido sua atuação entre o legislativo e o executivo. Como sempre está em função de comando, é natural até que seus colegas na Câmara, vez por outra, indaguem a qual poder pertence. Houve tempo, em que o Paraná não tinha sequer um

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Jornal Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Rua Tiradentes 425, Centro Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Daniele Vilela Leite

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

controlador dos protocolos no Rio e, posteriormente Brasília. Isso, ainda, quando concursos não eram obrigatórios e os líderes nordestinos, principalmente, tratavam de colocar seus amigos e correligionários em funções que lhes poderiam ajudar no desempenho perante seus eleitores. Hoje o Paraná é outro. Luta para igualar-se a união acima dos partidos que funciona em Santa Catarina e o Rio Grande do Sul. Com paciência é possível que cheguemos lá. Ratinho Junior é uma incógnita em termos executivos. Titular de uma pasta das mais significativas, pode ter um desempenho que o consagre para outros vôos. Na parte política, sobremodo a eleitoral, está marcado por uma atuação muito boa. O futuro lhe é sorridente. Se emplacar na Secretaria, é um nome que não surpreenderá os lideres paranaenses se surgir já em 2014

disputando cargo normalmente destinado aos mais antigos de militância. Ratinho Junior, tendo paciência, confirma sua estrela política e se coloca em posição de vantagem nos pleitos próximos, dele e do calendário eleitoral. Se Beto Richa acertar-se mais profundamente com o PMDB, formará uma sólida coligação para o ano que vem. Resta saber-se como ficarão partidos e lideranças apoiando os tucanos, embora os citados e seus partidos estejam apoiando a presidente Dilma Rousseff. Não vale empurrar o problema com a barriga, pois o vai – e - vem que possa ocorrer deverá trazer prejuízos a todos os evolvidos, Beto incluso, como Ratinho Jr., Orlando Pessuti e outros menos votados. Enquanto isso, Requião torce. Pelo pior, claro, pois ainda acredita que estará na linha de frente em 2014. *Ayrton Baptista, jornalista.

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Jornal Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Por que os pais evitam as reuniões na escola? A LDB (Lei de Diretrizes e Bases - Lei 9.39496) diz que “a educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana...”. Com isso, as escolas brasileiras possuem características similares quando o assunto é reunião de pais! Todas as escolas realizam esse procedimento que, geralmente, acontece em determinados períodos do ano, especialmente no fechamento dos bimestres, momentos que marcam a entrega de notas. Infelizmente, é relativamente baixa a participação dos pais nas reuniões escolares. Isso se deve a vários motivos e, entre eles, os horários das reuniões que, muitas vezes, acontecem no período de aula, ou seja, no horário de trabalho da maioria das famílias. Outro motivo é a discriminação comportamental. Os pais dos alunos que obtiveram notas elevadas e que apresentam bom comportamento são parabenizados, enquanto os pais daqueles que não atingiram as médias estabelecidas pela escola e não apresentaram comportamento apreciado são alertados, em público, quanto à falta de interesse e indisciplina dos filhos. Há muitas reclamações em relação aos alunos indisciplinados e com baixas notas. A forma como esses pais são abordados é discriminatória e vexatória, pois há casos em que os professores colocam o nome desses alunos na lousa antes mesmo de a reunião começar. Essa prática aumenta ainda mais o constrangimento das famílias com filhos em situação de desvantagem, dado que as mazelas são expostas diante de todos os presentes. Há também escolas que realizam a reunião com os pais, um professor de referência da sala e professores especialistas. Durante essa reunião, aluno por aluno é pontuado, diante de todos os presentes: como se comporta, suas notas e outras informações. Ora, existem várias formas de essas pontuações serem feitas! Os pais têm, sim, que estar presentes na escola e acompanhar a vida escolar de seus filhos, mas também é papel da escola estar “aberta” a recebê-los e a atendê-los de um modo adequado. É importante pontuar que problemas com indisciplina, dificuldades de aprendizagem e vandalismo podem ser amenizados se escola e família trabalharem juntas. Mas, infelizmente, ainda existem muitas famílias e escolas vivendo num grande dilema ao “transferir” responsabilidades umas para as outras. Os professores atribuem a culpa dos problemas aos pais que não cumprem suas obrigações de educar, cultivando a convicção de que as famílias esperam que a escola o faça, pois mandam seus filhos para lá, mas não ajudam nem participam da vida escolar deles. Por sua vez, as famílias culpam os professores, apontando um possível despreparo, bem como a gestão escolar, acusando-a de não fazer o que é preciso para melhorar. Nesse “jogo de empurra-empurra”, quem perde é o aluno e, como consequência, a sociedade como um todo. Há uma grande confusão de papéis entre pais e escolas, pois cada parte não sabe reconhecer sua responsabilidade compartilhada. É necessário que caminhem juntas, buscando se adaptar às mudanças necessárias, de modo a chegarem a um consenso, proporcionando, assim, eficácia na educação e no aprendizado das crianças. As famílias devem buscar a interação com a escola, participando ativamente, dando sugestões e opiniões, além de estarem a par das atividades escolares oferecidas aos seus filhos. É necessária interação entre ambos, pois somente quando pais e professores estiverem “falando a mesma língua” será possível uma parceria produtiva na escola. Outro motivo que acaba dificultando a presença do responsável junto à escola é que muitas famílias apresentam configuração monoparental, ou seja, apenas uma pessoa é responsável por cuidar da educação dos filhos, acompanhar sua vida escolar, além de proporcionar o sustento da família. Mas isso não quer dizer que o responsável está “isento” de sua presença na escola. Torna-se mais difícil, mas não impossível! A família é responsável por promover o convívio social, que deve ter início no ambiente familiar. Quando unidas e dispostas a oferecer o melhor aos alunos, família e escola podem promover mudanças significativas para o bem-estar de cada uma de nossas crianças, adolescentes e jovens. * Daniele Vilela Leite é Orientadora Educacional na empresa Planeta Educação (www.planetaeducacao.com.br); formada em Serviço Social pela Univap, com larga experiência em trabalhos em creches no interior de São Paulo. Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé ¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Política A-3

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

O Dirceu Rodrigues faz parte de uma safra de prefeitos que ganharam projeção nacional pelas políticas locais visando a geração de emprego e renda nos seus municípios. ” Luiz Claudio Romanelli

P anorama Regional B. Francisquini

Essa profissãozinha de nada Nunca esqueço o dia em que sai pela porta da cozinha de minha casa, no sítio onde nasci e passei os melhores dias de minha vida. Era uma noite sem lua e sem estrelas, sob a luz amarelada de um lampião a gás, para embarcar na picape Ford que me levaria à Cambará, onde tomaria ônibus para Londrina, o destino do maior desafio de minha vida: estudar Medicina numa faculdade de renome, a Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Qualquer outro jovem estaria exultante. Eu, ao contrário, tinha um nó na garganta. Iria tentar vestibular para uma faculdade que jamais quis cursar. Estava deixando para traz meus dois melhores amigos, “Tarzan e Valente” meu dois cães, companheiros da lida diária com as vacas leiteiras de papai; mamãe, sufocando as lágrimas para não demonstrar tristeza que a separação lhe causava e seu Antônio, em seu velho estilo: “se não passar vai pra roça”.

Angustia 1 Tentei convencer papai que não há possibilidade de felicidade conjugal sem amor. Fazer Medicina, para um menino que nasceu com um livro na mão, é um sacrilégio. “O que, quer fazer jornalismo! Essa profissãozinha de merda? Prefiro que vá pra roça como seus irmãos”. Esta foi a frase definitiva. O sonho de Seo Antônio era um filho padre e um médico. O padre já era realidade com David, que entrou no seminário de Jacarezinho aos 8 anos e de lá saiu, quase duas décadas depois, no Seminário Diocesano de Campos dos Goytacazes, Rio de Janeiro, Padre David Francisquini. Angústia 2 A angústia só crescia no peito. Na minha vida, as decisões mais importantes sempre demoram pra sair. Levei anos para romper o silêncio e terminar um casamento que me consumia há tempo. Sempre sofri pra largar de namorada. Uma vez levei dois anos para me livrar de uma relação torturante. O mesmo foi romper com o desejo de meu pai. Sem que ele soubesse (apenas minha mãe tinha conhecimento), fiz vestibular para essa “profissãozinha de merda” e estou nela, feliz, há mais de duas décadas. Angústia 3 A angústia maior depois de começar a fazer o que sempre desejei, foi contar para meu pai, que falava aos quatro ventos que seu filho seria médico. Enquanto o pobre velho, entregando seu leite casa a casa pelas ruas de Cambará, contando aos fregueses que o filho passava os dias no hospital universitário, seu garoto, na verdade, estava em debates, discutindo a maldita ditadura ou participando de Encontro Nacional de Estudantes de Comunicação, o famoso “Enecom”, que nem sei se existe mais. A grande dor Demorei muito a contar ao seo Antônio que não iria ser médico. Um dia, trajando sua tradicional calça marrom, de tergal, seu vulcabras lustroso, a camisa de algodão bege e o inseparável chapéu de coro de lebre também marrom, bateu à porta de uma das salas do Centro de Ciências Humanas da UEL. Nos olhos azuis de um pai que sonhara o filho doutor, a decepção de constatar que ela tava cursando, justamente a faculdade para exercer aquela que chama de “profissãozinha de merda”. Meu guri Levei anos para mostrar a papai que o que importa é a felicidade, o prazer de fazer aquilo que ama. Amo demais minha profissão. Lamento que hoje seja obrigado a conciliar o jornalismo como dono de jornal e, ainda, ter que fazer política, a da sobrevivência. Mas o maior gosto de ser jornalista, era o orgulho de meu pai. O que ele tanto amaldiçoou, virou seu encanto. Levantar de manhã, ligar o rádio para ouvir o filho da Vale do Sol, sempre foi um de seus maiores prazeres. Acho que se fosse médico, meu pau papai não teria tanto orgulho do filho. Pacto pela dignidade Mas meu pai, na sua aguçada sensibilidade, tinha orgulho do filho por amar tanto o que faz, assim como ele amou a terra, que cultivou com paixão a vida inteira. Fazer da profissão, um exercício, um pacto cotidiano com a dignidade. É isso que cobro aos jornalistas que começam agora. Amem a profissão que abraçaram e jamais renunciem à ética medida pela balança da equidade. Furo furado Ingênuo de quem acreditar que o delegado Sérgio Barroso não “caiu”, que sua transferência nada tem a ver com a situação da rebelião. Para começo de conversa, a informação de que ele vai assumir a Secretaria de Educação de Apucarana é furada. Segundo o próprio delegado, a notícia é fruto de gente que “acha que tem intimidade com ele”. Depois, o delegado mostrou desejo em continuar em Jacarezinho, mas é claro que não revelou os motivos de sua partida. O jornalismo do “furo” muitas vezes termina em informação furada. Exercícios de futurologia.

Dirceu Rodrigues assume a chefia regional do Trabalho JACAREZINHO Secretario Romanelli conta com a experiência do ex-prefeito de Siqueira Campos Benedito Francisquini

O secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária do Paraná, deputado estadual licenciado, Luiz Claudio Romanelli, anunciou na tarde de ontem o nome que comandará o escritório regional da pasta, localizado em Jacarezinho, responsável por 23 municípios da Amunorpi. Trata-se do ex-prefeito de Siqueira Campos, Dirceu Rodrigues, considerado um

grande reforço na equipe da pasta pela experiência como administrador gerador de emprego e renda durante os três mandatos que comandou seu município. O escritório regional da secretaria foi comandado até o início do segundo semestre do ano passado pelo ex-prefeito de Wenceslau Braz, Cristóvan Andraus, que se afastou do cargo para concorrer à prefeito de seu município de origem. Agora com a posse definitiva de um especialista em políticas de geração de emprego, Romanelli quer dar um impulso à sua pasta na região, principalmente porque se faz cada vez mais urgente a adoção de políticas de reciclagem e formação profissional para absorver parte da mão de obra atualmente usada no corte de cana, que terá redução drástica a partir de 2014 com a proibição da queima dos canaviais para corte manual. “O Dirceu Rodrigues faz parte de uma safra de prefei-

Arquivo

Ex-prefeito de Siqueira Campos, Dirceu Rodrigues

tos que ganharam projeção nacional pelas políticas locais visando a geração de emprego e renda nos seus municípios. Ele, a partir de janeiro de 1989 deu início a um programa de industrialização que transformaram a economia de Siqueira Campos, isso sem abandonar as vocações agrícolas do município, setor que manteve investimentos na modernização”,

assinala Romanelli. Quem é Dirceu Rodrigues é engenheiro agrônomo e advogado. Foi prefeito de Siqueira Campos de 1989 a 1992, de 1997 a 2000, e, de 2001 a 2004. Ao todo, o grupo político liderado por ele administrou a cidade por 24 anos, transformando a cidade entre as mais industrializadas do interior do Paraná.

MUNICIPALISMO

Temos um governo federal que atende os municípios" diz Vargas Da Assessoria

O candidato a vice-presidência da Câmara dos Deputados e secretário nacional de Comunicação do PT, André Vargas, participou na terça, 29/01, do 2º Encontro Nacional com Novos Prefeitos e Prefeitas, que tem por objetivo orientar os novos prefeitos sobre os programas do governo federal. Vargas comentou que o país vive um momento alto do municipalismo e da política nacional. "Pelo décimo primeiro ano seguido o governo do PT, agora liderado pela presidenta Dilma, vai ao encontro dos prefeitos e atende as demandas dos novos prefeitos, orienta e abre o governo federal para os municípios. Diferentemente do que acontecia no passado, quando os prefeitos, muitas vezes, eram recebidos com tropas de cachorros à frente do Palácio do Planalto. Hoje não, hoje é um governo sensível, comprometido com as mudanças que o Brasil precisa".

Durante o encontro dos prefeitos a presidenta da República, Dilma Rousseff anunciou R$ 35,5 bilhões para obras de saneamento, pavimentação e mobilidade urbana. O deputado avaliou que os investimentos são muito importantes para os municípios. "Desde a renegociação de dívidas tributárias e previdenciárias para mais de 800 municípios, como também os investimentos em saneamento, pavimentação, mobilidade urbana, o Minha Casa, Minha Vida, enfim é uma gama de investimentos importantes que vão transformando a realidade do povo brasileiro". No encontro para mais de cinco mil prefeitos, a presidenta Dilma discursou também sobre o Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV). “Já entregamos mais de um milhão de chaves da casa própria e contratamos mais de 1 milhão e 300 mil moradias até janeiro”, disse. Dilma destacou que, em 2013 e 2014, serão contratadas mais 1 milhão e 100 mil moradias e uma nova seleção será realizada para mu-

nicípios com menos de 50 mil habitantes em que foi destinado 135 mil moradias. Além disso, 800 mil unidades estão destinadas para a população que recebe até R$ 1.600, faixa I do programa. Para que isto seja possível, foram destinados R$ 3,6 bilhões. "O Minha Casa, Minha Vida avançará mais rápido nos municípios pequenos, médios e grandes se os prefeitos ajudarem com tarefas fundamentais ", observou. Outro anúncio importante para a população foi a nova seleção de Pavimentação de Vias Urbanas que conta com R$ 5 bilhões e para a área de saneamento R$ 12 bilhões, sendo que R$2 bilhões deste montante são para pequenos municípios, principalmente com menos de 50 mil habitantes. A presidenta aproveitou a ocasião para salientar que nos dois primeiros anos de sua gestão, o governo federal investiu “R$ 24 bilhões para enfrentar os problemas de mobilidade urbana e outros R$ 15 bilhões

em obras de drenagem e contenção de encostas”. O deputado André Vargas lembrou que muitos críticos dizem que o Brasil vive uma crise aprofundada, o que segundo ele não é verdade. "Mas na verdade nós estamos em um Brasil que está funcionado, um Brasil que tem governo federal que atende os municípios". Vargas também comentou sobre a importância do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). "Ainda que tenhamos a redução agora, em função da redução do IPI, que foi importante para manter a economia funcionando, nós veremos ao longo de dez anos como foi a evolução do FPM e que os repasses estaduais para os municípios não estão seguindo a mesma ordem. Então nós precisamos, sem dúvida nenhuma, de um novo pacto federativo, mas há a disposição do governo federal em discutir este tema e este foi um grande sinal, a própria presidenta anunciando os investimentos".

RECURSOS

Municípios pequenos são os que mais sofrem com queda do FPM Da Assessoria

As dificuldades enfrentadas por muitos municípios do país para fechar as contas de 2012, especialmente os menores, podem ter sido causadas por diversos fatores. Para Jose Carlos Polo, especialista em finanças públicas da CONAM – Consultoria em Administração Municipal, esses fatores variam em função do Estado em que os municípios se situam, do porte de cada um e, naturalmente, de suas próprias características econômicas e sociais. No entanto, ele aponta a queda nos repasses

do Fundo de Participação de Municípios (FPM), provocada principalmente pela redução do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), como uma das principais causas. “Como se sabe, o FPM é formado por 23,5% do IR (Imposto de Renda) e do IPI. A queda nos repasses decorreu da redução ou eliminação temporária das alíquotas do IPI para certos produtos, como automóveis e eletrodomésticos”, lembra o especialista. De acordo com dados do Ministério da Fazenda, a renúncia fiscal do IPI, em 2012, foi de R$ 7,1 bilhões. “Com isso, o FPM

sofreu um impacto negativo de 1,67 bilhões e os maiores prejudicados foram os municípios pequenos, quem têm no FPM uma importante fonte de receitas”, afirma o especialista da CONAM, empresa com mais de 30 anos de atuação em gestão pública. O modelo de redistribuição do FPM baseia-se na população de cada município, havendo uma espécie de piso para os que possuem poucos habitantes e um teto para os mais populosos. “Os municípios médios e os de grande porte pouco sofreram com essa perda de receita, já que

para eles o repasse não é tão significativo assim para o fechamento de suas contas”, conclui Polo. Sobre a CONAM No mercado há mais de 30 anos, a CONAM – Consultoria em Administração Municipal conta com uma equipe de mais de 100 colaboradores e profissionais altamente qualificados. A empresa atende atualmente a mais de 120 entidades governamentais entre Prefeituras, Autarquias, Fundações e Câmaras Municipais em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais.


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Presidente da Amunorpi diz que é viável firmar convênios sem certidão Maurício Reale

PREFEITURAS Dezesseis municípios da região ainda precisam regularizar situação para receber verbas

Maurício Reale

O presidente eleito da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro (Amunorpi), Guilherme Cury Saliba Costa (PSD), prefeito de Tomazina afirmou ontem, em Brasília, durante o Encontro Nacional com Novos Prefeitos, que os gestores que estão sem certidões negativas podem firmar convênios com os governos federal e estadual para garantir verbas para seus municípios desde que resolvam o problema antes da liberação dos recursos. Ele citou a própria

Saliba Costa diz prefeitos podem assinar convênios antes de obter certidões

administração como exemplo. Tomazina está sem certidão negativa, mas Saliba consegue firmar convênios por meio de liminares até que o problema seja sanado. Neste sentido a prefeitura de Ribeirão Claro também

conseguiu regularizar a situação mesmo depois de o prefeito Geraldo Maurício Araújo (PV) já estar na capital nacional em busca de verbas. A assessoria da prefeitura informou que houve uma falha do sistema do Tribunal de

Contas (TC) do Paraná que não recebeu as informações enviadas pela prefeitura. Sem as informações o TC bloqueou a certidão para que o município estivesse apto a receber as verbas. Assim que as informações foram recebidas pelo TC,

na terça-feira, 29, a certidão foi liberada. A assessoria também informou que todas as dívidas adquiridas em administrações anteriores estão sendo executadas e os responsáveis terão que prestar contas à justiça. O prefeito retornou ontem com três projetos relacionados à pesca encaminhados. As iniciativas incluem o cultivo de peixes em tanques-rede e tanques escavados como opção para geração de renda para pequenos e médios pro dutores. Em Brasí lia Geraldo Maurício se encontrou com a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, com o ministro da Pesca e Aquicultura, Marcelo Crivella, além de senadores e deputados. O prefeito de Santo Antônio da Platina, Pedro Claro de Oliveira (DEM) também esteve em Brasília onde se encontrou com ministros, senadores e deputados. O principal objetivo do gestor foi recuperar o projeto do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2) licitado ainda na gestão da ex-prefeita

Maria Ana Pombo (PT), mas que teve a licitação cancelada pela Caixa Econômica Federal (CEF) devido a irregularidades no processo licitatório. O programa prevê obras de infraestrutura nos bairros Jardim Bela Manhã, Vila Ribeiro e Conjunto Residencial Álvaro de Abreu. O chefe de gabinete da prefeitura José Antônio da Silva, também adiantou que a equipe do prefeito está tomando todas as medidas para reaver a certidão negativa cancelada também durante a gestão petista. Silva informou que o prefeito vai divulgar ainda esta semana o resultado das reuniões realizadas no Encontro Nacional com Novos Prefeitos. Os municípios que ainda têm algum tipo de impedimento para receber verbas são Carlópolis, Curiúva, Figueira, Guapirama, Ribeirão do Pinhal, Salto do Itararé, Santo Antônio da Platina, Tomazina, Wenceslau Braz, Cambará, Ibaiti, Santana do Itararé, Quatiguá, Jacarezinho, Abatiá e Andirá.

JACAREZINHO

Câmara retoma atividades na próxima terça-feira Da Assessoria

As s ess õ es ordinár ias n a C âm ar a d e Ja c are z i n h o volt am n a próx i m a terça-feira, 5 de fevereiro, às 20 horas. As atividades parlamentares serão transmitidas pelas emissoras locais e também em

vídeo através do site do Po der L egislativo: w w w. cmj.pr.gov.br. D i o g o Au g u s t o Bi at o Filho foi eleito presidente durante a sessão de posse. Na vice-presidência ficou Fú lv i o B ob e rg ( P M DB ) , primeiro secretário Ricardo Toneti (PT) e segundo

secretário Valdir Maldonado (PDT). “Irei trabalhar para auxiliar a população nas situações que o vereador puder além de manter a condução da casa como foi feita em anos anteriores”, argumenta. Diogo foi eleito como vereador pela sexta vez.

Sessões serão transmitidas pelas emissoras de rádio locais

Mercado Agropecuário

Indicadores Econômicos BOVESPA

29/01/13

CÂMBIO

29/01/13

DÓLAR COMERCIAL

INDICE BOVESPA Alta: 0,63%

60.406 pontos

Volume negociado: R$ 6,92 bilhões 61.899 61.692 61.966 61.169 60.027 60.406

Baixa: 0,80% Compra Venda

EURO Var. janeiro: -2,93% R$ 1,984 R$ 1,985

DÓLAR PTAX (Banco Central) Baixa: 1,63% Compra Venda

DÓLAR PARALELO

21/01

22/01

23/01

Ações Petrobrás PN Vale PNA BMFBovespa ON Bradesco PN Brasil ON Braskem PNA Gol PN Usiminas ON

24/01

28/01

% -1,34 +1,17 +2,66 -1,15 +1,26 +5,20 +4,31 +3,47

BOLSAS NO MUNDO Dow Jones Londres Frankfurt Tóquio

29/01

R$ 19,11 38,13 13,92 36,17 25,02 14,77 15,00 11,34

% 13.955,11 6.339,19 7.848,57 10.866,72

OURO - BM&F 29/01

0,53 0,71 0,20 0,39 var. dia

R$ 107,00 /grama

IR

+0,09%

JANEIRO

BASE (R$) Até 1.710,78 De 1.710,79 até 2.563,91 De 2.563,92 até 3.418,59 De 3.418,60 até 4.271,59 Acima de 4.271,59

Alíquota % isento 7,5 15 22,5 27,5

Parc. a deduzir 128,31 320,60 577,00 790,58

Deduções: a) Assalariados: 1-R$ 171,97 por dependente; 2 - pensão alimentícia; 3 - contribuição à Prev. Social; 4 - R$ 1.710,78 por aposentado a partir de 65 anos; 5 - contribuições à previdência privada e aos Fapi pagas pelo contribuinte; b) Carne Leão: itens de 1 a 3 mais as despesas escrituradas no livro-caixa.

SELIC/IR IR 2012- A 8ª parcela venceu em 30/11. para esta e outras parcelas atrasadas há juros de 6,00% para pagamento em janeiro.

MÊS Out/12 Nov/12

TAXA SELIC 0,61% 0,55%

MÊS Dez/12 *Jan/12

TAXA SELIC 0,55% 1,00%

*No mês corrente a Selic é sempre 1,00% Indicadores Econômicos: elaboração da agência Dossiê:Dinheiro. Fone: (41) 3205-5378

Var. janeiro: -1,83% R$ 1,98 R$ 2,14

DÓLAR TURISMO Baixa: 0,47% Compra Venda

Var. janeiro: -0,69% R$ 2,6837 R$ 2,6847

EURO TURISMO

Var. janeiro: -2,56% R$ 1,9906 R$ 1,9912

Baixa: 0,47% Compra Venda

Baixa: 1,52% Compra Venda

Var. janeiro: -2,08% R$ 1,985 R$ 2,115

Baixa: 0,70% Compra Venda

Var. janeiro: -0,35% R$ 2,55 R$ 2,82

OUTRAS MOEDAS X REAL Iene Libra esterlina Peso argentino

R$ 0,0220 R$ 3,14 R$ 0,40

US$ 1 É IGUAL A: Iene Libra esterlina Euro

90,61 0,6344 0,7417

ÍNDICES DE INFLAÇÃO Índices em % INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IPCA-15 (IBGE) IPC (FIPE) IPC (IPARDES) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV) IPA-DI (FGV) IPC-DI (FGV) INCC-DI (FGV)

ago 0,45 0,41 0,39 0,27 0,36 1,43 1,29 1,77 0,44 0,26

set 0,63 0,57 0,48 0,55 0,80 0,97 0,88 1,11 0,54 0,22

out 0,71 0,59 0,65 0,80 0,50 0,02 -0,31 -0,68 0,48 0,21

REAJUSTE ALUGUÉIS Índice INPC (IBGE) IPCA (IBGE) IGP-M (FGV) IGP-DI (FGV)

nov 1,0599 1,0545 1,0752 1,0741

dez 1,0595 1,0553 1,0696 1,0722

jan 1,0620 1,0584 1,0782 1,0810

* Correção anual. Multiplique valor pelo fator acima

nov 0,54 0,60 0,54 0,68 0,94 -0,03 0,25 0,16 0,45 0,33

dez 0,74 0,79 0,69 0,78 0,40 0,68 0,66 0,74 0,66 0,16

jan 0,88 -

ano 6,20 5,84 0,88 5,10 5,91 7,82 8,10 9,13 5,74 7,12

12m 6,20 5,84 6,02 5,10 5,91 7,82 8,10 9,13 5,74 7,12

OUTROS INDICADORES nov BTN + TR 1,570040 TJLP (%) 5,50 Sal. mínimo 622,00 FGTS (%) 0,2466 TAXA SELIC ANUAL: 7,25%

PREVIDÊNCIA

dez 1,570040 5,50 622,00 0,2466

jan 1,570040 5,00 678,00 0,2466

COMPETÊNCIA JANEIRO

Vencimento: empresas 20/2 e pessoas físicas 15/2. Após multas de 4% a 100% e juros (Selic)

Empresário/empregador

Facultativo

Contribui com 11% sobre o pró-labore, entre R$ 678,00 (R$ 74,58) e R$ 4.159,00 (R$ 457,49), através de GPS.

Contribui com 20% sobre qualquer valor entre R$ 678,00 (R$ 135,60) e R$ 4.159,00 (R$ 831,80), através de carnê.

Autônomo

Assalariados

1) Quem só recebe de pessoas físicas: recolhe por carnê 20% sobre os limites de R$ 678,00 (R$ 135,60) a R$ 4.159,00 (R$ 831,80). 2) Quem só recebe de pessoas jurídicas: a empresa recolhe 11% sobre o máximo de R$ 4.159,00 (R$ 457,49) e desconta do autônomo.

Salários até 1.247,70 de 1.247,71 até 2.079,50 de 2.079,51 até 4.159,00

3) Quem recebe de jurídicas e físicas: desconto de 11% sobre as jurídicas, até R$ 4.159,00 (R$ 457,49). Se não atingir este teto, recolhe 20%, via carnê, sobre a diferença até R$ 4.159,00. 4) Aut. especial: sobre R$ 678,00, recolhe 5% (donas de casa, Lei 12.470/2011) ou 11% (demais especiais), mas a aposentadoria é por idade.

8,00% 9,00% 11,00%

Empregados domésticos Empregado Empregador Total

Alíquota % 8 a 11 12 20 a 23

R$ mín 54,24 81,36 135,60

R$ máx 457,49 499,08 956,57

SALÁRIO FAMÍLIA - JANEIRO/2013 Salário de até R$ 646,55 Salário de R$ 646,55 a 971,78

R$ 33,16 R$ 23,36

POUPANÇA, TR

LOTES - ATACADO

Poupança antiga: depósitos até 03/05/12 Nova poupança: dep. a partir de 04/05/12

POUP. ANTIGA

% 0,50 0,50

Dezembro/12 Janeiro/13

NOVA POUP. Índice

out nov 0,4273 0,4134

TR MÊS

% 0,00 0,00

Dezembro/12 Janeiro/13 Período 18/12 a 18/1 19/12 a 19/1 20/12 a 20/1 21/12 a 21/1 22/12 a 22/1 23/12 a 23/1 24/12 a 24/1 25/12 a 25/1 26/12 a 26/1 27/12 a 27/1 28/12 a 28/1 1/1 a 1/2 2/1 a 2/2 3/1 a 3/2 4/1 a 4/2 5/1 a 5/2 6/1 a 6/2 7/1 a 7/2 8/1 a 8/2 9/1 a 9/2 10/1 a 10/2 11/1 a 11/2 12/1 a 12/2 13/1 a 13/2 14/1 a 14/2 15/1 a 15/2 16/1 a 16/2 17/1 a 17/2 18/1 a 18/2 19/1 a 19/2 20/1 a 20/2 21/1 a 21/2

POUP ANTIGA 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000 0,5000

ano 6,48 0,50

SOJA - saca 60kg 12 m 6,48 6,38

dez jan 0,4134 0,4134 ano 0,29 0,00

POUP NOVA 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134 0,4134

12 m 0,29 0,20 TR 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000 0,0000

CUB PARANÁ Fonte: Sinduscon/PR e Sinduscons regionais R$/m2 NOV DEZS %m %ano %12m Paraná 1.072,78 1.075,22 0,23 8,00 8,00 Norte 1.025,48 1.025,89 0,04 5,57 5,57 Noroeste 1.047,83 1.049,58 0,17 7,78 7,78 Oeste 1.064,47 1.067,19 0,26 6,98 6,98s

SAL. MÍNIMO - PARANÁ Grupo 1 R$ 783,20 Trab.s na agricultura. Grupo 2 R$ 811,80 Serviços administrativos, domésticos e gerais, vendedores e trab. de reparação.

29/01/13

Grupo 3 R$ 842,60 Trab. produção de bens e serviços industriais Grupo 4 R$ 904,20 Técnicos nível médio. *Valores válidos de maio/2012 a abril/2013

PRAÇA Paranaguá Ponta Grossa Maringá Cascavel Sudoeste Guarapuava

TRIGO - saca 60kg R$ 64,00 62,00 59,00 58,00 58,50 58,50

SEM -1,5% -3,9% -3,3% -4,9% -4,1% -4,1%

30 d. -9,9% -11,4% -15,7% -17,1% -16,4% -16,4%

32,00 29,00 29,00 29,50 30,50 29,00

-1,5% 0,0% 1,8% -3,3% 7,0% 1,8%

-4,5% 0,0% 1,8% -3,3% 5,2% 0,0%

MILHO - saca 60kg Paranaguá Sudoeste Cascavel Maringá Ponta Grossa Guarapuava

PRAÇA Curitiba Ponta Grossa Maringá Cascavel

R$ 48,50 48,50 48,00 47,00

SEM 0,0% 0,0% 0,0% 0,0%

30 d. -1,0% -1,0% -1,0% -1,1%

INDICADORES CEPEA/ESALQ PRODUTO Bezerro (1) Boi gordo (2) Café (3) Algodão (4)

R$ 736,49 97,58 339,21 184,56

DIA 1,90% 0,06% 0,19% 0,33%

MÊS 5,28% 0,87% 1,66% 16,08%

1- sc 50Kg, com impostos, posto usina SP; 2 -média à vista da arroba no Estado de SP; 3 - valor à vista saca 60kg posto SP Capital, arábica, bica corrida, tipo 6; 4 - em pluma, cent/R$ por libra-peso (453 gr), posto SP Capital.

Soja, milho e trigo: fonte Dossiê:Dinheiro; Cepea/Esalq: mais informações em www.cepea.esalq.usp.br

PREÇO AO PRODUTOR Produto

unidade

média PR - R$

29/01/13 var. diária

var. 7 dias

var. 30 dias

C.Proc. R$

Jacar. R$

SOJA saca 60 kg 58,07 -1,4% -2,4% -10,9% MILHO saca 60 kg 26,25 0,1% 0,2% -1,6% TRIGO saca 60 kg 40,03 0,4% 0,9% 3,8% FEIJÃO CAR. saca 60 kg 157,13 0,7% 1,9% 1,5% BOI GORDO arroba, em pé 96,60 -0,2% 0,0% -0,2% SUÍNO kg, vivo 3,12 0,0% -3,1% 3,0% FRANGO kg, vivo 2,32 0,0% -5,3% -0,4% CAFÉ BEN. beb. dura, 60kg 309,15 -1,2% -1,2% 3,1% CAFÉ kg, em coco 5,00 -0,8% -1,6% 4,2% Fonte: Sima/Deral/Seab. Os preços nas praças referem-se aos valores “mais comuns” apurados

57,50 25,50 38,50 95,00 3,30 306,00 5,05

26,50 38,00 170,00 93,00 3,35 3,00 310,00 4,90

MERCADO FUTURO BOLSA DE CHICAGO (CBOT) SOJA Cont. mar/13 mai/13

29/01/13 MILHO

- US$cents por bushel (27,216 kg)

FECH. 1.451,75 1.439,75

*DIF. 1 SEM. 4,00 0,0% 6,25 0,0%

1 MÊS 2,4% 2,1%

423,70 419,80

3,40 4,10

0,5% 1,0%

Cont. mar/13 mai/13

FECH. 729,50 730,00

*DIF. 1 SEM. 0,25 0,1% 0,75 0,0%

1 MÊS 5,1% 4,8%

TRIGO - US$cents por bushel (25,4 kg)

FARELO - US$ por tonelada curta (907,2kg) mar/13 mai/13

- US$cents por bushel (25,4 kg)

-0,3% 0,7%

mar/13 mai/13

777,00 785,75

-2,25 -2,25

-0,3% -0,3%

-0,2% -0,3%

*Diferença sobre dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 na soja, milho e trigo e US$ 1,00 no farelo

BOLSA DE NOVA YORK (NYBOT) CAFÉ Cont. mar/13 mai/13

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

FECH. 149,80 152,65

*DIF. 1 SEM. 0,80 0,8% 0,80 0,8%

1 MÊS 2,0% 2,0%

29/01/13 ALGODÃO

- US$cents/libra peso (0,453 kg)

Cont. mar/13 mai/13

FECH. 82,39 82,58

*DIF. 1 SEM. 1,34 3,1% 1,57 3,1%

1 MÊS 10,4% 9,2%

*Diferença s/ dia anterior. 1,00 ponto = US$ 0,01 no café e algodão.

BOLSA DE MERCADORIAS DE SÃO PAULO (BM&F) Cont. mar/13 mai/13

C 31,52 30,46

VP 0,16 0,21

CN 119

CA 104 2.232

-0,07 -0,01

310 145

2.759 2.014

BOI GORDO - R$/arroba jan/13 mai/13

97,40 93,70

29/01/13

MILHO - R$/saca 60 kg

SOJA FINANCEIRO - US$ saca 60 kg

Cont. jan/13 mar/13

C 30,29 28,60

VP -0,22 -0,08

CN 938 756

CA 6.745 4.300

558 311

4.085 2.955

CAFÉ - US$/saca 60 kg (arábica) mar/13 set/13

183,95 194,00

0,85 1,00

C-cotação de fechamento (ajuste diário); VP-variação diária (1 ponto = US$ 1,00 ou R$ 1,00); CN - contratos negociados no dia; CA-contratos em aberto.


Cidades A-5

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Professores do Estado podem cruzar os braços em março GREVE Educadores querem aumento na remuneração da hora atividade e substituição do sistema médicohospitalar

Maurício Reale

O presidente do Núcleo Sindical do Sindicato dos Tr ab a l ha d ore s e m E du cação Pública do Paraná (APP) de Jacarezinho, Nilton Aparecido Stein afirmou, na manhã de ontem, que os professores do Estado podem entrar em greve a partir do dia 13 de março, caso o governo estadual não atenda as reivindicações da classe. A decisão será tomada dia 9 de março durante

uma assembleia. “Há muita revolta porque o governo não cumpriu o que prometeu”, afirmou Stein. Entre as reivindicações da classe estão o pagamento da diferença do reajuste salarial referente a 2012; remuneração de um terço da hora atividade; implantação da correção nacional do piso de 2013; Reformulação do plano de Saúde e reforma do plano de carreira dos funcionários. Segundo o presidente, as negociações em torno dest as reivindicaçõ es já acontecem desde o governo d e O rl and o Pe ssutt i (PMDB) e continuaram depois da posse de Beto Richa (PSDB), mas praticamente não avançaram. “A proposta do governo fica longe do que a categoria reivindica”, diz Stein em relação à proposta para a reforma do plano de carre i r a d o s f u n c i on á r i o s . Ele afirma que o texto do gove r no nã o c onte mpl a as mudanças amplamente acordadas com o Sindicato, para reconhecimento da formação nos avanços da carreira que incluem gra-

Antônio de Picolli

Presidente da APP, Nilton Stein, diz que governo não cumpriu o que prometeu

duação para o agente educacional I e da pós-graduação para o agente II. Saúde A questão da Saúde tamb ém é cons i d erad a p el a classe como prioritária. Segundo o diretor de Saúde do APP, Idemar Wanderlei Beki , um levantamento feito pelo APP-Sindicato no primeiro

 SIQUEIRA CAMPOS

Programa do Leite oferece sêmen especial

semestre de 2009, envolvendo 7,6 mil educadores em todo o Estado revelou que 66% deles disseram ter ado ecido em vir tude do trabalho. O estudo também revelou que 30% dos educadores tiveram depressão. O segundo maior problema de saúde apresentado pelos educadores foi com a voz,

afetando 28% deles. Outro levantamento realizado em 2010 mostrou que, somente no mês de maio, foram afastados 4,9 mil educadores, sendo 3,1 mil professores e 1,8 mil funcionários. B eki também afirmou que o Estado gasta R$ 3,5 milhões por mês no trata-

mento de professores e funcionários e que o Sistema de Assistência a Saúde (SAS) está defasado e precisa ser substituído com urgência um sistema médico-hospitalar mais eficiente. Avanços A chefe do Núcleo Regional de Educação de Jacarezinho (NRE), Professora Silvia Regina de Souza afirmou, no início da tarde de ontem, que todas as reivindicações dos professores estão sendo analisadas pelo governo do Estado, mas ressaltou que algumas delas, como a exigência do percentual de 33,3% de hora-atividade remunerada e a implantação da correção nacional do piso de 2013 não dependem apenas do gover no do Est ado. São temas ligados à política nacional de Educação. Ela também disse que a maioria dos professores da rede estadual na região está satisfeita com as recentes conquistas, como aumento do piso salarial e melhorias nas estruturas das escolas e não acredita na adesão dos profissionais num suposto movimento grevista.

 JACAREZINHO

Mais de 2 mil toneladas de entulho são recolhidos

Diretor de Agricultura, Júlio Cesar Barbosa Lemes Da Assessoria

Os pecuaristas de Siqueira Campos receberão hoje, a primeira remessa dos sêmens sexado e convencional. A diferença entre os dois tipos é que, o sexado, só gera fêmeas e o convencional ambos os sexos. A distribuição faz parte do Programa do Leite, criado pela Prefeitura de Siqueira Campos através do Departamento de Agricultura, Pecuária e Abastecimento. De acordo com o diretor de Agricultura, Júlio Cesar Barbosa Lemes, o Lão, é necessário que se cumpram algumas regras para poder fazer parte do grupo de beneficiados. “Serão realizadas as inseminações somente em animais com atestado de exames de brucelose e tuberculose com validade de um ano”, explicou. Segundo ele, serão beneficiados somente os pecuaristas de leite, destacando que o projeto é estritamente voltado para a agricultura familiar. “Dessa forma, o pecuarista be-

neficiado não poderá possuir uma propriedade maior do que dez alqueires”, disse. Lão disse ainda que o sêmem sexado somente será disponibilizado para produtores que fornecerem alimentação e mineralização adequada aos animais, que ainda terão que passar por uma inspeção e avaliação do médico veterinário da Prefeitura de Siqueira Campos ou Emater. “Já o semem convencional será disponibilizado a todos os pecuaristas de modo geral”, esclareceu. Ao todo serão 200 doses de sêmens, sendo 100 sexado e 100 especial. De acordo com o diretor de Agricultura, as vantagens são inúmeras. “Com a chegada do sêmem, a vida dos pecuaristas leiteiros vai melhorar em muito, pois terá uma genética de qualidade e no caso do sexado, as bezerras são filhas de touros holandeses e Jersey, aumentando a qualidade e produtividade do leite, podendo chegar a 30 litros por dia”, disse.

Se o produtor resolver vender, o custo de cada bezerra pode chegar a 5 mil reais. Outra grande vantagem é que as bezerras se adaptam às condições climáticas de cada localidade. Lão ainda destacou que o prefeito Fabiano Lopes Bueno, o Bi (PSB), quer melhorar a qualidade genética do gado leiteiro em Siqueira Campos, dando uma atenção especial aos produtores de leite do município. “O Bi está disponibilizando um médico veterinário para atender exclusivamente os projetos ligados ao Programa do Leite”, informou. Além do leite, diversos outros projetos estão sendo implantados para beneficiar os produtores rurais do município. O Programa do Leite é apenas o início de uma grande mudança no setor. “Fui convocado pelo prefeito Bi para revolucionar a agricultura e pecuária de Siqueira Campos, mas essa revolução está sendo feita com muita responsabilidade”, finalizou.

Limpeza já aconteceu em 75% da cidade Da Assessoria

Em menos de um mês de trabalho da atual administração já foram recolhidos mais de 2.100 toneladas de entulhos pelas ruas de Jacarezinho. A informação foi repassada pelo Secretário Municipal de C onser vação Urbana, Guilherme Castanho. “É um número que deixa a todos preocupados. Pois já fizemos esta operação em 75% da cidade. Isto quer dizer que a expectativa é que este volume aumente consideravelmente”, argumenta Guilherme Castan ho. Ap e s ar d o nú me ro reduzido de trabalhadores, a diferença nas ruas da cidade já é visível. O objetivo da operação é garantir o descarte correto de materiais como sofás velhos, pedaços de madeira e metal, entre outros. O Secretário de Conservação Urbana ressalta que apesar

da falta de equipamentos o trabalho tem sido feito, mas algumas pessoas não colaboram. “Infelizmente acabamos de passar com as máquinas e algumas pessoas já estavam jogando objetos novamente. A Prefeitura retira gratuitamente até 1 metro cúbico de entulho, mais que isto é preciso contratar uma caçamba”, complementa Guilherme Castanho. Equipes também realizam simultaneamente operações de cata galho e tapa buraco. Cronograma de coleta de galhos S e g u n d a - f e i r a : No v o Aeroporto, Parque Aeroporto, Residencial Paraíso, Nossa Senhora das Graças, Vila Leão, Jardim Cristo Rei, Jardim Marimar, Alto da B oa Vista, Vila Ema, Jardim América, Vila Rosa, Jardim Alves, Jardim Barão, Parques Alvorada e Jardim Canadá. Terça-feira - Jardim São

Luiz I e II, Jardim Castro, Dom Pedro Filipack, Jardim Delamura, Jardim Marina, Jardim João Afonso, Jardim B oa Vista, Pedro Scandolo e Vila Maria Quarta-feira- Bairro Estação, Jardim Kirei, Vila Prestes, Vila Ribeiro, Vila Santana, Vila Setti, Jardim Batista, Residencial Pompéia, Vila Maria Angélica, Vila Scyla, Vila São Pedro, Jardim Ismênia, Residencial Jacarezinho II e Jardim Scyllas Peixoto. Q u i nt a - f e i r a - Ja r d i m Panorama, Jardim Europa, Nova Jacarezinho, Morada do S ol, Jardim Maria Estela, Jardim Morumbi, Conjunto Anita Moreira e Jardim Leonor S ext a-feira- C ent ro, Parque Bela Vista, Jardim São Francisco, Jardim Popular, Jardim São Paulo, Jardim Maria Lúcia, Vila Rondon, Jardim Santa Rita, Vi l a Jard i m e Vi l a D e l minda.


A-6 Cotidiano

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Sai Barroso, entra Tristão Carvalho

Luiz Guilherme Brandani

TROCA DE DELEGADOSSérgio Barroso destaca redução de homicídios no comando da 12ª SDP; delegado de Ribeirão do Pinhal assume cumulativamente Celso Felizardo

Depois de dois anos em Jacarezinho, o delegado Sérgio Luiz Barroso, deixou ontem o comando da 12ª Subdivisão Policial (SDP), que abrange 22 municípios do Norte Pioneiro. Ele foi substituído pelo delegado Tristão Borborema de Carvalho, que vai continuar em Ribeirão do Pinhal e responder cumulativamente pela nova função. A Polícia Civil não divulgou por quanto tempo vai perdurar esta condição. Sobre a possível relação entre sua transferência com a rebelião dos presos na noite de domingo, Barroso preferiu

não comentar. Ele contou apenas que foi surpreendido, mas que aceita a decisão e está pronto para desempenhar as funções para onde quer que seja transferido. “Confesso que meu desejo era continuar aqui, porém sou servidor do Estado e estou pronto para servir a toda a população paranaense”, conta. Promovido para delegado de 1ª classe no final do ano passado, Barroso continua na Polícia Civil até aposentadoria, no fim do ano. “Tenho planos em outras áreas, porém vou esperar completar meu tempo de serviço para a aposentadoria”, revela. Até o final da tarde de

ontem, o destino de Barroso ainda não era certo. As cidades mais prováveis são Londrina ou Maringá. O delegado destacou o primeiro lugar do Estado na meta de redução de homicídios que a região obteve no ano passado. “Com alto índice de assassinatos solucionados, conseguimos coibir a violência no ano passado. Isto é fruto de um trabalho sério e de nossa parceria com a Polícia Militar”, lembrou. “Ano passado foram registrados apenas três homicídios em Jacarezinho, todos solucionados com os autores presos em menos de 24 horas”, frisou. Luiz Guilherme Brandani

Sérgio Luiz Barroso, deixou ontem o comando da 12ª Subdivisão Policial

Tristão Borborema de Carvalho é o novo delegado regional de Jacarezinho

Outro ponto que ele destacou foi a luta pela construção de um presídio na região. “Aqui [delegacia] não é lugar apropriado para a guarda de presos. Porém, deixo as negociações adiantadas para a retirada da delegacia deste prédio e a construção de uma nova cadeia fora do perímetro urbano. A cidade merece esta consideração”. Barroso fez questão de agradecer a toda população da região, com ênfase para todos os policiais civis e militares, representantes do Ministério Público e da Justiça, das entidades de classe e do Conselho de Segurança. O delegado tem 50 anos e começou a carreira em Grandes Rios. Teve passagens por Guarapuava, Laranjeiras do Sul, Londrina e Arapongas. Permaneceu cinco anos como delegado-chefe em Londrina até ser transferido para Jacarezinho em janeiro de 2011, no lugar do delegado Rogério Antônio Lopes, que assumiu a regional de Foz do Iguaçu. Rejeição A opinião pública se mostrou totalmente contra a forma que Barroso deixa Jacarezinho. Com perfil ponderado e lúcido, mas enérgico em decisões que precisam de mais cuidado, Barroso colecionou admiradores durante sua passagem pelo

Norte Pioneiro. Os moradores de Jacarezinho, principalmente, tentam entender a saída do delegado. “Não precisamos de troca de delegado, precisamos que tirem os presos urgentemente daqui. O risco é muito grande”, reclama o vendedor autônomo Sérgio Alves. A opinião do povo é compartilhada pelos representantes do Conselho de Segurança e da presidente da Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Denise Sfeir. “Foram infelizes na decisão. Não é assim que vamos resolver o problema”, aponta. Novo delegado-chefe O novo delegado-chefe da 12ª SDP já é conhecido d a p o p u l a ç ã o d o Nor t e Pioneiro. Tristão Antônio B orb orema de C ar va l ho está há três anos à frente da comarca de Ribeirão do Pinhal. Ele conta que assume o posto cumulativamente por designação de portaria da Secretaria de Segurança Pública. “Per mane ço no cargo até segunda ordem”, indicando que há a possibilidade de outro delegado ser nomeado para a função. Natural de Ribeirão Preto (SP), Carvalho, que tem 37 anos, começou a carreira na Polícia Civil do Estado de São Paulo em 2000, com passagens pela capital, Ribeirão Preto,

Altinópolis e São Simão. Em 2007 trocou a polícia do Estado vizinho pela Polícia Civil do Paraná. Depois de atuar em Curitiba, Carvalho passou seis meses como delegado-adjunto na 11ª Subdivisão Policial em Cornélio Procópio, antes de ser transferido para Ribeirão do Pinhal. Carvalho lembra que quando assumiu a delegacia de Ribeirão do Pinhal, a comarca não contava com delegado, era administrada cumulativamente pelo delegado de Santo Antônio da Platina. “A primeira coisa que fiz quando assumi foi organizar a atividade cartorária, que é o inquérito, produto de trabalho do delegado. Assim que colocamos a casa em ordem, comecei a me familiarizar e demos início às operações”, relatou. Neste período, Carvalho destaca várias prisões importantes, dentre elas uma quadrilha de estelionatários, autores de homicídios, assaltos, traficantes. A operação denominada “Justiça para Todos”, que prendeu criminosos de famílias de classe média alta na cidade. O delegado ressaltou que também enfrenta o problema de superlotação em sua comarca que vai continuar as negociações para a construção de um presídio na região.

DEPENDÊNCIA QUÍMICA

Ações de plano contra o crack ainda são tímidas Gazeta do Povo

Seis meses após a adesão formal ao programa federal “Crack, é possível vencer”, o Paraná não conseguiu colocar em prática as ações estipuladas pelo projeto. A rede de atuação só deve se estender ao interior do estado a partir de junho. Em Curitiba, para onde foram repassados R$ 294 mil do Ministério da Saúde, as metas seguem em ritmo lento. Dos seis Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps-AD) III, que funcionam 24 horas, apenas um saiu do papel. Nenhum novo consultório de rua foi implantado e os novos leitos em hospitais gerais seguem na promessa. Até 2014, o estado deve ser beneficiado com R$ 102,2 milhões. Com esse montante serão criados 828 leitos para atendimento de usuários de drogas. “Todos os estados que assinam o termo começam as ações pela capital e depois expandem para o interior. Isso porque são ações de diferentes áreas que estão envolvidas no programa”, afirma a coordenadora do Comitê Interssecretarial de Saúde Mental do governo do Paraná, Larissa Yamaguchi. O plano de combate ao crack prevê um trabalho conjunto entre os governos federal, estaduais e municipais nas áreas da saúde, segurança pública, defesa de fronteiras

e assistência social. “Oito das 22 Regionais de Saúde já pactuaram para dar início às ações”, afirma Larissa. Segundo ela, o atendimento deverá ser regionalizado, já que os Caps-AD 24 horas só podem ser construídos em cidades com mais de 200 mil habitantes. Cenário nacional Não é só no Paraná que o programa apresenta dificuldades. Lançado em dezembro de 2011, o plano terminou o ano passado tendo feito parceria com 13 estados e o Distrito Federal. Mas o governo federal conseguiu investir até o momento somente um quarto do previsto até 2014. Somando recursos dos ministérios da Saúde, Desenvolvimento So¬¬cial e Justiça, o investimento chega a R$ 1 bilhão – sendo que a previsão até o fim da gestão é aplicar R$ 4 bilhões. A maior parte dos recursos é destinada à pasta da Saúde (R$ 2 bilhões). Até o fim do ano passado o Ministério gastou R$ 840 milhões. Já o Fundo Nacional Antidrogas, ligado ao Ministério da Justiça, investiu 22% (R$ 69,5 milhões) do total autorizado no ano passado, R$ 314,2 milhões. O Ministério do Desenvolvimento Social aplicou R$ 14,3 milhões. Ponta Grossa terá 1.ª unidade de acolhimento O estado do Paraná possui hoje 24 Caps-AD II, que

funcionam apenas durante o dia. Isso pelo fato de este modelo ser permitido apenas a cidades com mais de 70 mil habitantes. Segundo a coordenadora do Comitê Interssecretarial de Saúde Mental do governo do Paraná, Larissa Yamaguchi, o estado conta com 40 Caps I, que também atendem dependentes químicos em localidades nas quais não é permitido ter Caps-AD. Arauc ár i a, na R eg i ão Metropolitana de Curitiba; Cascavel, no Oeste; e Paranavaí, no Norte, seriam os primeiros municípios do estado a ter as Casas de Acolhimento Transitório (CAT) para abrigar dependentes. A divulgação das cidades ocorreu em 2011, porém só a CAT de Paranavaí ficou pronta e está funcionando. “Agora o governo federal ‘substituiu’ a CAT pelas unidades de acolhimento. Ponta Grossa deverá ser a primeira cidade do estado a ter uma unidade até o meio do ano”, informa Larissa. A mudança de casa para unidade de acolhimento foi feita para garantir um cuidado integral ao dependente, segundo o governo federal. A unidade de acolhimento pode abrigar crianças e adolescentes ou adultos e deve ser referência para municípios ou regiões com população superior a 200 mil pessoas. Os pacientes po-

Gazeta do Povo

O Caps Centro Vida, na Vila Izabel, é o único que funciona de forma ininterrupta em Curitiba

dem ficar até seis meses nas unidades, para manter a estabilidade clínica, o controle da abstinência e redução das situações de vulnerabilidade social e familiar. Curitiba precisaria de pelo menos mais quatro Caps Álcool e Drogas O diretor do Centro de Assistência à Saúde da Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba, Marcelo Kimati, afirma que um dos principais desafios é estruturar a rede para cumprir o projeto. “Dos quatro consultórios de rua previstos, temos um que é anterior ao programa e funciona um dia por semana. Ele teria de atender pelo menos três dias na semana”. Atualmente, Curitiba pos-

sui somente um Caps-AD III, que atende crianças e adolescentes dependentes químicos, e outros cinco centros destinados ao tratamento de usuários de álcool e drogas. “Nós temos um déficit de pelo menos quatro Caps-AD”, revela. Ele pretende abrir nos próximos seis meses 30 leitos para dependentes em hospitais gerais. “Outro projeto é transformar dois Caps-AD II em atendimento 24 horas, os chamados CAPS III”. (DA) Cento e vinte oito Centros de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (Caps-AD) já existentes no país deveriam passar a oferecer atendimento 24 horas até o fim de 2012. Até o momento, porém, apenas 37 conseguiram fun-

cionar de forma ininterrupta. O governo também pretendia criar 2.460 leitos em enfermarias especializadas e readequar 1.140 já existentes. Segundo o Ministério da Saúde, foram abertas até o momento 124 vagas em enfermarias especializadas. Psiquiatra e especialista em tratamento de dependentes químicos, Dagoberto Requião considera que o atraso é reflexo da falta de programação do governo federal. “Não adianta formar um projeto se não há especialistas que saibam trabalhar na área. É preciso treinamento para atender dependentes químicos e poucos profissionais aceitam trabalhar na área”, diz.


TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PR DECRETO Nº. 26/2013. O Prefeito Municipal de Quatiguá, Estado do Paraná, no uso das atribuições que lhe são conferidas por Lei, D E C R E T A: Artigo 1º - Fica estabelecido que a forma de seleção de estudantes para estágios de complementação educacional em atividades educacionais, será pela avaliação dos conhecimentos do aluno interessado, através da média obtida no 2º semestre de 2012 ou pela nota de classificação obtida no concurso vestibular, não inferior a 50 pontos, cursado em sua respectiva instituição de ensino e por demais disposições previstas no Edital de Processo Seletivo nº. 01/2013. Artigo 2º - Fica aprovado o Edital nº. 01/2013, que trata da abertura de PSE – Processo Seletivo destinado ao Desenvolvimento de estágios na Prefeitura Municipal de Quatiguá. Artigo 3º - Fica constituída Comissão Especial com finalidade de promover o processo de seleção de estagiários, composta pelos servidores: Otoniel José Depizzoli, Tiago Pondé Lucas e Linda Rita dos Santos Nogueira, membros titulares, e pelos servidores: Valmir Beltani, Gilvan de Oliveira e Ivair Daldegan, membros suplentes. Parágrafo 1º - A Presidência da Comissão será exercida por Otoniel José Depizzoli, e os trabalhos de secretário serão desenvolvidos pelo servidor Tiago Pondé Lucas. Parágrafo 2º - Fica conferido à Comissão ora constituída, poderes gerais para deliberar sobre os assuntos atinentes ao Processo Seletivo. Parágrafo 3º - O Processo Seletivo ficará sob responsabilidade do município de Quatiguá. Artigo 4º - Este Decreto entrará em vigor na data de sua publicação, revogando-se as disposições em contrário. Quatiguá, em 29 de janeiro de 2013. Luis Fernando Dolenz Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PR EDITAL Nº 01/2013 Abertura de PSE – Processo Seletivo destinado ao desenvolvimento de estágios na Prefeitura Municipal de Quatiguá. Faço pública para conhecimento dos interessados a abertura de – PSE - Processo Seletivo destinado a estudantes regularmente matriculados em Instituições de Ensino devidamente conveniadas com o CIN – Centro de Integração de Estudantes – de Londrina/Paraná, nos cursos de nível Médio e Superior, para realização de Estágio Curricular Não Obrigatório, nos órgãos do Município de Quatiguá. 1 DAS DISPOSIÇÕES PRELIMINARES 1.1 O Processo Seletivo constitui-se em seleção isonômica, pela avaliação dos conhecimentos do aluno interessado, através da média obtida no 2º (segundo) semestre de 2012 de curso regular de Ensino Médio ou Superior ou pela nota de classificação obtida no concurso vestibular (nunca inferior a 50 pontos), cursado em sua respectiva Instituição de Ensino, sendo este o critério de aprovação e classificação atendidas as disposições deste edital. 1.2 Os estudantes que apresentarem a nota de classificação em concurso vestibular deverão anexar a respectiva Declaração de Matrícula. 1.3 O Processo seletivo destina-se a selecionar estudantes para estágios de complementação educacional em atividades educacionais, nas áreas de arte, educação física, informática (Cursando Ensino Médio com certificado de conclusão de cursos de Informática), pedagogia ou magistério, enfermagem, farmácia, fisioterapia, psicologia, administração, contábeis, direito, engenharia, arquitetura, biologia, matemática, letras, geografia e história ou abrangência, bem como em aperfeiçoamento técnico, oportunizando ao candidato a vivência entre a teoria aprendida e a prática realizada. 1.4 Aos candidatos participantes na qualidade de pessoas com deficiência ficará assegurado o percentual de 10% (dez por cento) das oportunidades de estágio ofertadas por esta municipalidade. 1.5 O presente procedimento seletivo terá validade de 06 (seis) meses, a contar da publicação da homologação do resultado final, sendo facultada a prorrogação por até igual período ou se a existência de vagas existir. 1.6 Os estagiários convocados estarão subordinados à Lei Federal n.º 11.788/2008, Decreto Municipal nº. 26/2013 e Edital 01/2013 – EDUC, sendo regidos pelos mesmos e não possuindo, para qualquer efeito, vínculo empregatício com o Município. 1.7 Os candidatos classificados poderão ser convocados para firmar o termo de compromisso de estágio, de acordo com o interesse e conveniência da Administração Municipal. 1.8 A realização do estágio dar-se-á mediante TERMO DE COMPROMISSO DE ESTÁGIO, Curricular Não Obrigatório, celebrado entre estagiário e esta municipalidade, com interveniência da Instituição de Ensino na qual o candidato encontra-se matriculado e desde que esta seja conveniada com este Município, conforme disposto no Contrato 61/2011. 1.9 Será concedida bolsa estágio no valor de R$ 235,00 (duzentos e trinta e cinco reais) e R$ 360,00 (trezentos e sessenta reais) por 20 (vinte) e 30 (trinta) horas semanais, respectivamente, acrescidas de R$15,00 (quinze reais) como auxílio transporte, conforme o estipulado no Termo de Compromisso. 1.10 A bolsa estágio visa auxiliar a cobertura de despesas relacionadas ao estágio, como transporte e alimentação, entre outros, ficando vedada a concessão de qualquer auxílio adicional, não possuindo qualquer natureza salarial. 1.11 A bolsa estágio poderá variar de acordo com o número de dias úteis do período a que se refere, considerado o número de ausências justificadas ou não, se houver, as quais serão descontadas. 1.12 A carga horária do estágio poderá ser de 20 (vinte) ou 30 (trinta) horas semanais, a critério da Administração. 1.13 Não será permitida a realização concomitante de mais de um estágio remunerado pelo mesmo candidato. 2 DAS INSCRIÇÕES E DO PROCESSO SELETIVO 2.1 Antes de efetuar a inscrição, o candidato a estágio deverá conhecer o edital e certificar-se de que preenche todos os requisitos exigidos por este e pelas legislações competentes. Uma vez efetivada a inscrição não será permitida, em hipótese alguma, a sua alteração. 2.2 A inscrição do candidato implicará o conhecimento e a tácita aceitação das normas e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento. 2.3 Ao efetuar a inscrição o candidato estará automaticamente participando do Processo Seletivo. 2.4 A inscrição poderá ser efetuada nos dias 14, 15, 18, 19 e 20 de fevereiro de 2013, no horário das 8 às 11 horas e das 13 às 16 horas somente na Secretaria Municipal de Educação, que deverá ser devidamente preenchida pelo candidato, observado o horário oficial de Brasília/DF. Ao final da inscrição, deverá o candidato receberá o comprovante de inscrição. 2.5 As informações prestadas na inscrição serão de inteira responsabilidade do candidato, reservando-se a Prefeitura do Município de Quatiguá, o direito de excluir do teste seletivo aquele que não preencher o formulário de forma completa e correta, bem como fornecer dados inverídicos ou falsos. 2.6 Para efetuar a inscrição é imprescindível o número de Cadastro de Pessoa Física (CPF) do candidato, bem como boletim e/ ou histórico escolar/2012 para comprovação da nota. 2.7 É vedada a inscrição condicional, a extemporânea, a via postal, a via fax ou a via correio eletrônico ou encaminhado em desacordo com os prazos e condições previstos neste edital. 2.8 O candidato deverá possuir em seu histórico escolar no mínimo 2 (dois) semestres avaliados, sendo estes referentes ao Ano Letivo de 2012. 2.9 A seleção dos candidatos dar-se-á por meio de média geral das notas obtidas pelo candidato no 2º (segundo) semestre do ano vigente para nível Médio ou da média de classificação no concurso vestibular cursado em sua respectiva Instituição de Ensino, considerando para este fim todas as matérias cursadas pelo candidato contidas na grade acadêmica. 2.10 A média é personalíssima e dar-se-á da seguinte forma para o nível Médio: Soma-se o valor das médias (do 2º semestre) de cada matéria e divide o total pela quantidade de matérias. Notas indicativas de 0 a 100. Exemplo: Nota1 + Nota2 + Nota3 = Média 3 2.11 O candidato deverá informar no formulário de inscrição a média geral do semestre e/ou a média de classificação no concurso vestibular em que foi aprovado (não podendo ser inferior a 50 pontos), cuja comprovação se dará através de documento oficial da instituição

Atas & Editais A-7 de ensino, original ou cópia autenticada. 2.12 Os candidatos serão ordenados de acordo com os valores decrescentes da pontuação final e pelo nível de escolaridade. 2.13 A classificação Final está prevista para as 16h do dia 26/02/2013, tendo o candidato 1 (um) dia útil a partir da publicação para recorrer quanto à nota e classificação publicada. 3 DOS CRITÉRIOS DE DESEMPATE 3.1 Em caso de empate no resultado, terá preferência, para efeito de classificação, o candidato que: a) estiver cursando o período letivo mais avançado; b) for o mais idoso. 4 DOS RECURSOS 4.1 O candidato que desejar interpor recurso contra a nota e classificação final poderá fazê-lo pelo período de 1 (um) dia útil de sua publicação, conforme subitem 2.13, em documento endereçado e protocolizado junto à Departamento de Recursos Humanos da Prefeitura Municipal de Quatiguá. 4.2 O candidato deverá ser claro, consistente e objetivo em seu pleito. Recurso inconsistente ou intempestivo será preliminarmente indeferido. 4.3 Os recursos que forem encaminhados por via postal comum, via fax ou via correio eletrônico, não serão admitidos, nem analisados. 5 DA HOMOLOGAÇÃO FINAL E DA CONVOCAÇÃO PARA O ESTÁGIO 5.1 Divulgado o resultado final, depois de transcorridos os prazos e decididos os recursos porventura interpostos, o Teste seletivo Público será homologado pelo Secretário de Administração e o resultado e classificação final publicados no Quadro de Editais desta municipalidade. 5.2 A aprovação no Teste seletivo não gera direito à convocação e esta obedecerá rigorosamente à ordem de classificação por nível e ficará condicionada à comprovação de documentos, ainda à comprovação da média registrada no formulário de inscrição, conforme subitem seguinte. 5.3 No ato da convocação o candidato deverá apresentar Histórico Escolar ou Declaração original, atualizado (a) e devidamente assinado e carimbado pela Instituição de Ensino a qual pertence, constando suas notas, para comprovar sua média. 5.4 Havendo inconsistências ou verificada omissão de notas por parte do candidato, este será imediatamente eliminado do Processo Seletivo. 5.5 O candidato aprovado será convocado por meio de edital ou pelo endereço eletrônico indicado pelo aluno no ato de sua inscrição via internet, sendo que o chamamento será divulgado no Quadro de Editais desta municipalidade. 5.6 Terá o candidato convocado, o prazo de 02 (dois) dias úteis, a contar da data estipulada no edital de convocação, para comparecer ao Departamento de recursos Humanos da Prefeitura Municipal para orientações quanto aos procedimentos e documentações necessárias para regularização do estágio. 5.7 A Prefeitura não se responsabiliza por informação de endereço eletrônico (email) incorreto, incompleto, desatualizado ou com problemas de recepção. 5.8 É de responsabilidade de o candidato manter seu endereço eletrônico (e-mail) atualizado para viabilizar os contatos necessários e na inexistência deste, buscar informações no quadro de editais da municipalidade, sendo que as informações não serão fornecidas por telefone. 5.9 O não comparecimento dentro do prazo estabelecido no subitem 5.6, implicará a inabilitação do candidato para o estágio, reservandose ao Município o direito de convocar o próximo candidato da lista de classificação. 5.10 O candidato aprovado e convocado poderá desistir definitiva ou temporariamente da oportunidade de estágio, implicando a desistência temporária, em renúncia à classificação original e passando a posicionarse em último lugar na lista dos (as) aprovados (as) do nível no qual estiver inscrito. 5.11 A desistência temporária contida no subitem 5.10, deverá ser formalizada mediante protocolo de requerimento de reclassificação, no prazo máximo de 02 (dois) dias úteis a contar da data estipulada no edital de convocação, podendo o candidato usar desse benefício, uma única vez. 6 DAS DISPOSIÇÕES GERAIS 6.1 É de inteira responsabilidade do candidato, acompanhar a publicação de todos os atos, editais e comunicados referentes a este teste seletivo, bem como de eventuais aditamentos e instruções específicas para a realização do certame. 6.2 As normas e diretrizes quanto ao Programa de Estágio em âmbito municipal estão regidas e disciplinadas pela Lei Federal n.º 11.788/2008 e Decreto Municipal nº. 26/2013, disponibilizados no quadro de Editais da Prefeitura Municipal de Quatiguá. 6.3 Os casos omissos serão resolvidos pela Comissão Especial de Processo Seletivo de Estagiários. Quatiguá, 29 de janeiro de 2013. ___________________________ Luis Fernando Dolenz Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO DE ADITIVO DE CONTRATO Nº 64/2012 Contratada: Edson Brasil Rocha Pregão Presencial Nº: 21/2012 Objeto: Contratação de Serviço de Borracharia para os veículos da Frota Municipal. Vigência: 30/06/2013 Tomazina, PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO CONTRATO Nº 06/2012 Contratada:..Gleycon dos Santos Pregão Presencial Nº: 01/2012 Objeto: Contratação de Empresas para o fornecimento de Transporte de Passageiros para o Departamento de Saúde e Departamento de Esportes deste Município Vigência: 31/12/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO CONTRATO Nº 020/2012 Contratada: Ivan de Almeida Pregão Presencial nº 07/2012 Objeto: contratação em regime de empreitada por preço de km rodado, de empresa para execução de serviços de Transporte de passageiros do Bairro Barro Preto até o Município de Joaquim Távora. Vigencia: 30/06/2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO CONTRATO Nº 011/2012 Contratada: Oliveira e Velasque Ltda Pregão Presencial nº 03/2012 Objeto: Empresas/Pessoas Físicas para Prestar Serviços Laboratoriais para o Departamento de Saúde do Município de Tomazina, Estado do Paraná. Vigencia:31/12/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO CONTRATO Nº 043/2012 Contratada: C P da Silva & Pereira Ltda. Pregão Presencial nº 12/2012 Objeto: Contratação de Empresas para Fornecimento de Material de construção para o Departamento de Obras do Município de Tomazina. Vigencia: 31/12/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA EXTRATO CONTRATO Nº 033/2012 Contratada: P L Sene Rocha Ltda. Pregão Presencial nº 18/2012 Objeto: Contratação de Empresas para Fornecimento de Vidros para o Departamento de Obras do Município de Tomazina. Vigencia:31/12/2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE JOAQUIM TAVORA – PARANA EXTRATO DO 3º TERMO ADITIVO DE CONTRATO N.º 025/11 REFERENTE AO PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/11 PARTES: MUNICIPIO DE JOAQUIM TAVORA e PORTO SEGURO CIA DE SEG. GERAIS. OBJETO: De conformidade com as especificações e quantidades de serviços constantes do PREGÃO PRESENCIAL N.º 006/2011 e contrato firmado em 21 de fevereiro de 2011, documentação que passa a fazer parte integrante deste contrato, como se nele estivesse integral e expressamente reproduzida. DA ALTERAÇÃO DO VALOR: Conforme faculta o Artigo 65, § 1º da Lei 8.666/93, fica aditivado o valor de R$ 1.082,35 (um mil oitenta e dois reais e trinta e cinco centavos), do referido contrato, ficando mantidas as demais condições contratuais. FORO: Comarca de Joaquim Távora, Estado do Paraná. Joaquim Távora, 14 de Janeiro de 2013.

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA Nº 64/2013 O Excelentíssimo Senhor Prefeito de Cambará, Estado do Paraná, João Mattar Olivato, usando de suas atribuições que lhe são conferidas por lei, RESOLVE Criar o Comitê Gestor Intersetorial de Combate à Dengue composto pelos seguintes membros: I – Secretaria da Educação – Tânia Aparecida Tinonin da Silva II – Secretaria da Ação Social – Adriana Ribeiro III – Procuradoria Jurídica – Maísa Dias Pimenta IV – Guarda Municipal – Luiz Carlos Batistela V – Defesa Civil – Sargento Reinaldo Almeida dos Santos Esta portaria tem seus efeitos retroagidos a partir de 02 de janeiro de 2012, revogadas as disposições em contrário. Gabinete do Prefeito de Cambará, Estado do Paraná, em 30 de janeiro de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO Prefeito de Cambará PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ DECRETO Nº 1.333, DE 22 DE JANEIRO DE 2013. Indica os membros do Comitê Municipal de Acompanhamento e do Programa Nacional da Dengue. JOÃO MATTAR OLIVATO, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, no uso das atribuições legais que lhes são conferidas por Lei, DECRETA: Art. 1º - Ficam designados, para comportem o Comitê Municipal de Acompanhamento do Programa Nacional da Dengue, os seguintes membros e seus respectivos cargos: I – João Luccas Thabet Venturini – Coordenador II – Gabriel Lima Vieira – Sub-coordenador III – Carolina Di Creddo Bittencourt – 1º Assessor IV – Homero Bernardelli Jr. – 2º Assessor V – Leiva Amadei Pessoni – 3º assessor Art. 2º - O presente Decreto entrará em vigor a partir da data de sua publicação, Revogadas as disposições em contrário. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 30 de janeiro de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO Prefeito de Cambará PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ/PR ERRATA NA PUBLICAÇÃO DA LEI 1.515/2013, publicado no Jornal Tribuna do Vale, edição 2305: Onde se lê: Lei 1.515/2013, de 03 de Janeiro de 2013. Leia-se: Lei 1.513 de 09 de Janeiro de 2013. NA PUBLICAÇÃO DA LEI 1.516/2013, publicado no Jornal Tribuna do Vale, edição 2305: Onde se lê: Lei 1.516, de 03 de Janeiro de 2013. Leia-se: Lei 1.514, de 09 de Janeiro de 2013. Cambará, 30 de janeiro de 2013. João Mattar Olivato Prefeito de Cambará PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ DECRETO Nº1.332, DE 30 DE JANEIRO DE 2013. Dispõe sobre a suspensão do expediente nas repartições públicas do Município de Cambará -PR. JOÃO MATTAR OLIVATO, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, no uso das atribuições legais que lhes são conferidas por Lei, DECRETA: Art. 1º. Fica suspenso o expediente nas repartições públicas municipais nos dias adiante mencionados: - 11 de fevereiro – segunda-feira; - 12 de fevereiro – terça-feira – Carnaval. Art. 2º. O expediente das repartições públicas municipais que alude o art. 1º, relativo ao dia 13 de fevereiro – quarta-feira – Cinzas, terá seu início às 13 horas. Art. 3º. O disposto neste Decreto não se aplica às repartições em que, por sua natureza, houver necessidade de funcionamento ininterrupto. Art. 4º. Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. DÊ-SE CIÊNCIA; PUBLIQUE-SE REGISTRE-SE E CUMPRA-SE. Prefeitura Municipal de Cambará, 30 de janeiro de 2013. João Mattar Olivato Prefeito de Cambará RESOLUÇÃO N. 01, de 30 de janeiro de 2013 A Secretaria Municipal de Educação e Cultura Resolve: Regulamentar a remoção de cargos dos integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação e da Previdência correlatas: Artigo 1º - A remoção de cargos dos integrantes do Quadro do Magistério da Secretaria da Educação, prevista no artigo 55 da Lei Complementar nº 31/2012, de 01 de janeiro de 2012, far-se-á mediante as vagas apresentadas pela Secretaria conforme o §2º são critérios de prioridade na existência de dois ou mais candidatos para concurso de remoção referente à mesma vaga, na seguinte ordem: I - Professor com maior tempo de serviço no município; II - Maior titulação; III - Maior tempo de efetiva regência; IV - Maior idade; Artigo 2º - As vagas existentes para a remoção são as seguintes: I - Escola Municipal Maria Paulina da Silva Furlan: 01 vaga período vespertino; II - Escola Ignez Panichi Hamzé: 04 vagas período vespertino III - Escola Municipal Maria Alice Bittencourt Augusto Forti: 01 vaga período vespertino. Artigo 3º - O professor interessado em se inscrever para remoção deverá comparecer na Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Cambará com sede na Escola Municipal Maria Alice Bittencourt Augusto Forti, no dia de 01 de fevereiro nos períodos das 8h 30 min às 12 h e das 13h às 17h. Cambará/PR, 30 de janeiro de 2013. Tânia Aparecida Tinonin da Silva Secretária Municipal da Educação Port. 004/2013

PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANÁ P O R T A R I A Nº. 034/2013 O Prefeito Municipal de Barra do Jacaré – Estado do Paraná, no uso legal de suas atribuições e em cumprimento à Lei Federal nº. 8.666, de 21/06/1993, RESOLVE: Art. 1º. Fica nomeada a Servidora Municipal, LUCIANA AGUIAR CRUZ DUTRA, RG. -3 SESP/PR e CPF- 057.928.669-02, para atuar na função de Pregoeira, nos processos de Licitação na Modalidade Pregão, até 31 de dezembro de 2013. Art. 2º. O Pregoeiro, ora nomeado através desta portaria, atuará em todas as fases dos certames, presencial ou eletrônico, sendo na abertura das propostas, promoção de disputa de lances de preços, suspensão e reinicio dos certames, processo decisório em questões que possam surgir nos certames, recebimento de recursos, adjudicação do objeto da licitação e o exercício de todos os demais atos e procedimentos inerentes às suas atividades: Art. 3º. Ainda ficam nomeados os Servidores Públicos Municipais, para comporem a Equipe de Apoio ao Pregoeiro do Município de Barra do Jacaré, como segue: Auxiliar de Pregoeiro: Lincon Calixto Silva, RG. 9.694.531-0 SSP/ PR, e CPF- 061.633.259-90. Auxiliar de Pregoeiro: Pedro Luiz Branco, RG. 4.441.121-0 SSP/PR e CPF-631.848.429-91. Suplente da Equipe de Apoio: Adenilson Silva, RG. 5.388.413-0 SSPPR. CPF-438.471.459-91; Art. 4º. Conceder aos servidores em questão (pregoeiro e equipe de apoio), Função Gratificada (F 03 e F 04), conforme contido no Art. 27 e 28 e Anexo IX, da Lei Municipal nº. 376 de 04 de dezembro de 2010. Art. 5º. Esta Portaria entra vigor a partir data de sua publicação, ficando revogada a portaria 120/2011 e as disposições contrárias. Paço Municipal José Galdino Pereira, em 30 de janeiro de 2013. EDIMAR DE FREITAS ALBONETI Prefeito Municipal


cmyb

A-8 Cidades

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

DER inicia obras de recuperação em trecho de 6,5 quilômetros da PR-439

Luiz Guilherme Brandani

ESTRADA DA PLATINAObras que incluem adoção de acostamento trarão mais segurança para usuários; previsão de conclusão é de 30 dias Celso Felizardo

O Departamento de Estradas de Rodagem (DER) iniciou as obras de manutenção no trecho de 6,5 quilômetros da PR-439 que liga Santo Antônio da Platina ao bairro da Platina. Além do recapeamento do asfalto antigo, que estava todo deteriorado, os operários estão fazendo acostamento para dar mais segurança aos usuários. O investimento será de R$ 1,2 milhão. A melhoria da rodovia era uma antiga reivindicação dos moradores da Platina e dos bairros Jardim Colorado, Moralina, Eunice Eleutério, Parque Alvorada, além dos bairros rurais. As obras devem beneficiar cerca de 10 mil pessoas.

Segundo a assessoria do DER, em 2 quilômetros, os operários fazem o remendo e aplicação de novo asfalto. Já em 4 quilômetros, será necessária a remoção total do asfalto antigo e a aplicação de nova pavimentação. O prazo estimado para o término das obras, que incluem nova pintura e sinalização, é de 30 dias. “Há muitos anos que essa estrada estava abandonada. Enfim, vamos ter mais segurança para ir e voltar para nossas casas”, comemora o vendedor Anísio de Oliveira. A recuperação do trecho da PR-439 faz parte do programa do governo estadual Conservação e Recuperação Descontínua com Melhorias do Estado do Pavimento (Cre-

mep), que prevê investimentos de R$ 193 milhões nos próximos 2 anos na região Norte do Paraná, que inclui o Norte Pioneiro até a Região Metropolitana de Londrina. Outra obra importante do DER na região é a recapagem do asfalto da PR-151, no trecho entre Ribeirão Claro e Chavantes (SP), que está em fase de conclusão. A obra foi iniciada em dezembro de 2012 e será concluída em pouco mais de 30 dias. O governo estadual licitou o recape ainda em 2012, mas a previsão inicial para o início dos trabalhos era para maio de 2013. Assim que for concluída a primeira parte da obra, o DER inicia a recuperação do asfalto da PR-431, entre

EDUCAÇÃO

Obras no trecho da PR-439 receberão investimento de R$ 1,2 milhão

Ribeirão Claro e Jacarezinho. As duas estradas estavam em péssimo estado de conservação e não passavam por manutenções profundas há mais de uma década. Segundo a direção do

DER, o trabalho está sendo executado em duas etapas. Um processo de micro revestimento corrige as falhas estruturais e nivela a estrada para receber o recape. Em seguida é aplicada uma ca-

mada de lama asfáltica para recuperar o revestimento das rodovias. A obra põe fim a um problema que se arrastava há vários anos e se tornou alvo de reclamações dos motoristas que usam as duas rodovias.

SAÚDE

Nova EMEI terá capacidade Municípios contarão com para receber 320 crianças R$ 1,6 bilhão para UBSs Agência Brasil

Equipe da Educação planeja ocupação de novo prédio Da Assessoria

A Secretária Municipal de Educação de Jacarezinho, Magda Cristina Souza Nogueira, confirmou na terça-feira, 29, que o município terá uma nova Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) com capacidade para atender 320 crianças. A notícia foi confirmada após uma reunião com membros da Mitra Diocesana. O imóvel será na área central do município, no antigo Colégio Pedro II, na Rua Quintino Bocaiúva, 301. Participaram da reunião, além de Secretária de Educação, o padre Deocino Rafael de Carvalho, representante do jurídico, Rafaela Roberta Ferreira e o chefe de Departamento de Controle Interno, Rafael Barbosa. O novo EMEI atenderá a demanda de crian-

ças de 0 a 4 anos que estão à espera de vagas. “Quero agradecer ao empenho do prefeito Dr. Sérgio, que não mediu esforços para o atendimento e execução desta solicitação da Secretaria Municipal de Educação. Além disto, o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Nilton Batista do Prado, que nos auxiliou dando o suporte necessário para o orçamento de restauração do prédio”, disse Magda Cristina Souza Nogueira. A Secretária de Educação destacou que em julho, a EMEI Sagrado Coração de Jesus (61 crianças) e EMEI Tia Chiquinha (81 crianças) ocuparão novas instalações. Também existe a intenção de que os alunos do EMEI Vó Melinha (105 crianças) sejam remanejados para o novo prédio. Após as

Quero agradecer ao empenho do prefeito Dr. Sérgio, que não mediu esforços para o atendimento e execução desta solicitação da Secretaria Municipal de Educação”

reformas serão realizadas matrículas novas para o Berçário, Maternal e Jardim respeitando a lista de espera da Secretaria Municipal de Educação.

O Ministério da Saúde anuncia investimentos construção de Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades Pronto Atendimentos (UPA), na melhoria de gestão e em programas como Brasil Sorridente e Olhar Brasil. Para este ano, o Programa de Requalificação de UBS vai disponibilizar um montante de R$ 1,6 bilhão para ser investido na construção, ampliação e reforma de UBS. Esses recursos anunciados na segunda-feira (28), pela presidenta Dilma Rousseff durante a abertura do Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, realizado no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, em Brasília (DF). “Nós temos um grande desafio, todos nós aqui presentes, União, Estados e Municípios. É o compromisso com o atendimento digno em saúde para todos os brasileiros”, disse a presidenta. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, esteve no encontro terça-feira e falou sobre as políticas desenvolvidas pelo ministério. Ele ressaltou que a meta para este ano é construir 1.253 de novas UBS, outras 5.629 serão ampliadas e 4.348 serão reformadas. “Ministério da Saúde quer levar saúde com qualidade para perto das pessoas, para onde elas moram. Isso será possível meio na construção e reforma de UBS e com mais profissionais de saúde”, declarou o ministro lembrando que o Programa de Valorização dos Profissionais na Atenção

Básica (Provab) já está na segunda edição e oferece curso de especialização em Saúde da Família, bolsa mensal no valor de R$ 8 mil e bônus em provas de residência para médicos interessados em atuar em localidades que com dificuldade prover profissionais. Até o momento, mais de 5,5 mil profissionais já aderiram ao programa. O Programa de Requalificação de UBS já beneficiou 3.872 municípios em todo Brasil, apoiando construções, reformas e ampliações de UBS. Em 2012, foram ampliadas 5.458 unidades em mais de 2.265 municípios, o que totalizou um investimento de R$ 548 milhões. Em 2011, foram reformadas 5.247 unidades em 1.788 municípios ao custo de R$ 538 milhões. Entre 2010 e 2011, foi investido o total de R$ 1,16 bilhão na contratação de 3.966 unidades em mais de 2.500 municípios. Atualmente, de acordo com o Censo UBS, existem mais de 38 mil UBS no País. Para melhorar a estrutura física das UBS, o ministério aumentou a área total mínima das unidades. A UBS de porte I aumentou de 153,24 m², para 297,72 m² e a UBS de porte II aumentou de 293,28 m² para 374,04 m². Além disso, serão financiadas também UBS de porte III, com 481,32 m², e ainda a UBS de porte IV, com 564,84 m². A partir de fevereiro de 2013, o Ministério da Saúde vai abrir a adesão ao Programa de Modernização do Atendimento (PMAQ). A adesão poderá ser feita via internet e possibilitará o aumento do valor de custeio

das UBS, de acordo com o desempenho das equipes de atenção básica. Todas as unidades que possuam pelo menos uma equipe de atenção básica participante do PMAQ terão acesso (conectividade) à internet até 2014. “O Ministério da Saúde pode dobrar o recurso para uma equipe da atenção básica, desde que esta equipe passe neste programa de qualidade, ou seja, tenha mostrado um bom desempenho no atendimento”, explicou Padilha. UPA - Estão previstos ainda para este ano a divulgação da seleção de 225 projetos para apoio à construção de UPA, com investimento de R$ 520 milhões. Do total de projetos selecionados, 197 atendem municípios com população superior a 50 mil habitantes. Desses, 89 são de Porte I (oito leitos e potencial para atender até 150 pacientes por dia), 29 são de Porte II (até 12 leitos e potencial para atender até 300 pessoas diariamente) e 79 são de Porte III (apresentam estruturas com até 20 leitos e capacidade para atender até 450 pessoas por dia). Os municípios com população entre 30 e 50 mil habitantes receberão o restante das UPAs – 28 unidades, todas de Porte I. A seleção dos projetos que receberão os recursos foi baseada em estudo de necessidades de UPA no território de Redes de Atenção de Urgência e Emergência. Os critérios levaram em conta os Planos de Ação Regional (PAR), projetos remanescentes da seleção de 2012 e a existência de vazio assistencial.

JACAREZINHO

Parque Tecnológico começará atividades em fevereiro Da Assessoria

Representantes do Instituto de Tecnologia do Paraná (TECPAR) anunciaram que o Parque Tecnológico do Norte Pioneiro deverá entrar oficialmente em funcionamento no dia 26 de fevereiro. O comunicado foi feito na tarde desta terça-feira, 29, ao prefeito de Jacarezinho,

Sérgio Eduardo Faria, o Dr. Sérgio, ao Secretário Municipal de Indústria e Comércio, Homero Pavan Filho, ao chefe de gabinete Américo Pereira, aos vereadores Diogo Augusto Biato Filho e Fúlvio Boberg, além de representantes de entidades parceiras. Segundo Carlos Alberto da Costa Macedo, assessor da presidência do TECPAR, o projeto

é ambicioso, mas tem tudo para ser um sucesso. “Temos um modelo em Curitiba. Esta é a oitava reunião e já estamos com os móveis comprados e disponibilizaremos seis salas para os trabalhos. Em fevereiro iremos realizar uma demonstração de como será o local e como funcionará. Posso dizer que será oficialmente o lançamento do projeto”, comenta.

Ele ainda explica que o Parque Tecnológico é uma concentração geográfica de empresas e instituições associadas que criam um ambiente favorável à inovação tecnológica. “O TECPAR dá o apoio necessário para o amadurecimento da empresa. Com isto, acontece a geração de emprego e renda”, ressalta Carlos Macedo.

A incubadora terá seu espaço físico ocupado, com a instalação do mobiliário de escritório para seis salas, mesas, cadeiras, balcão e um auditório para 80 pessoas. No primeiro edital de arregimentação de incubadas, são oferecidas seis vagas para empresas de base tecnológica para incubação residente e outras seis para não residentes. Para Dr. Sérgio, a iniciativa

é importante e poderá haver incentivo em vários projetos espalhados por Jacarezinho e todo o Norte Pioneiro. “Nossa região tem várias atividades desenvolvidas como cafeeira, leiteira, fruticultura, avicultura, piscicultura e cana de açúcar. Este Parque Tecnológico será um grande diferencial para o Norte Pioneiro”, finaliza o prefeito.

cyan magenta yellow black


cmyb

TRIBUNA DO VALE Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Geral

B-1

www.tribunadovale.com.br

Consumidor já paga mais caro por diesel e gasolina

Luiz Guilherme Brandani

ECONOMIAApesar do repasse de 6,6% da gasolina às refinarias, distribuidoras reajustaram na casa dos 5% Luiz Guilherme Brandani

A Petrobras anunciou na noite de terça-feira um reajuste de 6,6% no preço da gasolina para as refinarias. Desde a meia noite de quarta-feira, o consumidor de Santo Antônio da Platina, já paga mais caro pela gasolina e também pelo diesel. Nos postos Avenida e Platinense, o litro da gasolina comum passou de R$2,89 para

R$2,97, e da gasolina aditivada, de R$2,94 para R$2,99, enquanto o diesel já é vendido a R$2,19 o litro. De acordo a empresária Andréia Sabião, o reajuste repassado às refinarias não foi o mesmo para as distribuidoras. A Ipiranga, por exemplo, bandeira dos dois postos da empresária, em Santo Antônio da Platina, inicialmente repassou a gasolina com reajuste em torno de 4%, enquanto o diesel

teve aumento próximo dos 5%. No entanto, segundo ela, pode haver variações nos próximos dias, fato que não deve mudar o preço já estabelecido ao consumidor após o reajuste. Segundo o presidente do SindiCombustíveis no Paraná, Roberto Fregonese, o aumento de até R$ 15% já era avaliado pelo Governo e por causa da defasagem no caixa da Petrobrás, que precisa arcar com a diferença de até R$

REAJUSTE DA GASOLINA

Mantega acredita que impacto poderá ser menor para o consumidor Agência Brasil

O ministro da Fazenda, Guido Mantega, calcula que o reajuste no preço da gasolina será menor para o consumidor e chegará a cerca de 4%. Segundo ele, isso deverá ocorrer porque a gasolina vendida nas bombas conta ainda com um percentual de álcool. Ontem (29), a Petrobras anunciou um aumento de 6,6% no preço da gasolina comum (Gasolina A) e de 5,4% no preço do óleo diesel nas refinarias da companhia em todo o país a partir de hoje (30). Segundo a empresa, o reajuste foi definido levando em consideração a política de buscar alinhar os preços dos derivados aos praticados no mercado internacional.

O ministro não quis antecipar se ao longo do ano haverá um novo reajuste da gasolina. Segundo ele, o aumento é uma política determinada pela Petrobras. “Depende do preço internacional do petróleo e uma série de outros fatores. Não sou eu que defino isso. Eu busco até não comentar esse assunto, que é da Petrobras”, disse o ministro logo após participar, na manhã de hoje (30), do Encontro Nacional de Novos Prefeitos e Prefeitas, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília. Ele lembrou que no ano passado foi feito mais de um reajuste no preço do combustível – o que não significa “que esse ano haverá novos”. O reajuste de 2012, no entanto, não foi sentido

pelos consumidores porque o governo terminou “zerando” a Contribuição de Intervenção do Domínio Econômico (Cide), tributo cobrado sobre o preço do produto. A última ata da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central (BC) tinha antecipado que a projeção de reajuste no preço da gasolina se situaria em torno de 5% para o acumulado de 2013. No final do ano, o ministro Guido Mantega também tinha admitido que a Petrobras “certamente” iria fazer um reajuste no preço da gasolina este ano, com impacto na bomba. Segundo ele, não se trata de uma medida excepcional, já que houve um reajuste no preço dos combustíveis em 2012.

ESPORTE

Atletas de Ribeirão Claro participam de peneira Da Assessoria

No último sábado (26) atletas da Escolinha de futebol da Associação Atlética dos Menores Ribeirão-Clarenses (AAMR), participaram de uma avaliação realizada na cidade de Alvilândia –SP. Representantes do Corinthians e empresários do meio observaram cerca de 300 atletas que participaram da seletiva, conhecida como “peneira”. Matheus Ferreira Santana e Leandro do Nascimento disputam esse ano o Campeonato Paulista Sub 15 por Guarani e Ituano, respectivamente. A AAMR é apoiada pela prefeitura de Ribeirão Claro e revelou vários atletas nos últimos quatro anos. Segundo o coordenador de futebol do Departamento de Esporte da prefeitura de Ribeirão Claro, Carlos Luiz

AAMR encaminhou dois jogadores para clubes profissionais

Pinheiro da Silva, os atletas tiveram uma avaliação positiva e alguns deles devem seguir para clubes profissionais em 2013. “Vamos continuar colocando nossos atletas em observação para fortalecer nosso trabalho e confirmar Ribeirão Claro como potência na formação de jogadores na região”, disse.

“Muitos integrantes da AAMR estão sendo monitorados e têm reais possibilidades de seguir para clubes esse ano”, completou. “Agradecemos o apoio da Secretaria de Saúde, Secretaria de Educação e do prefeito Maurício, que tornou possível participarmos deste evento”, concluiu.

Consumidores ainda não sentiram o impacto do aumento

0,33 por litro entre os valores dos barris importados e dos consumidos internamente. Ele ainda lembrou que o reajuste é avaliado com cautela por causa da influência nos índices de inflação e fez um alerta sobre o impacto no aumento do preço do litro do óleo diesel, combustível

mais consumido no país. “O valor pago pelo óleo diesel tem impacto nos transportes de cargas e até nas passagens de ônibus”, ressaltou. MUDANÇA DE ATITUDE – Frentista em postos de combustíveis desde 1977, Aristides Justino Leite, comentou que atualmente, o

consumidor enfrenta a alta com mais tranquilidade. “Antigamente, quando o governo anunciava um reajuste, os motoristas faziam filas nos postos para encher o tanque e assim fazer um pouco de economia. Hoje, isso não ocorre mais. O movimento continua o mesmo de sempre”, salientou.

HISTÓRIA

Padres visitam futuro Museu Diocesano de Jacarezinho Da Assessoria

Durante o curso de atualização do clero de Jacarezinho, na noite de terça-feira, 29, vários padres, diáconos e o bispo diocesano, Dom Antonio Braz, visitaram o futuro museu da Diocese de Jacarezinho. O local receberá o nome de Museu Diocesano de Jacarezinho Dom Ernesto de Paula e Centro de Pesquisa Documental Uenp. Dom Antonio Braz explicou que o nome escolhido é uma forma de homenagear Dom Ernesto de Paula, segundo bispo diocesano de Jacarezinho e idealizador da Catedral Imac u lada C onceição, j á q u e at é o m o m e nt o, ainda não lhe forma rendidas homenagens. “Essa foi uma maneira de lhe prestar um devido agradecimento pelo que fez na diocese”, resumiu o bispo. O museu será instalado em parceria com a Universidade Estadual do Norte do Paraná (Uenp) e terá como primeiro responsável o seminarista Jeferson da Luz, aluno do primeiro ano de Teologia da Dioc e s e d e Ja c a re z i n h o. O objetivo é fazer um resgate histórico da vida religiosa na Diocese. Jeferson adiantou que a inauguração oficial do museu será no mês de março, mas ainda sem data exata até o momento, pois falta organização para exposições de vários itens. Dom Ernesto de Paula - Monsenhor Ernesto de Paula Nasceu em cinco de fevereiro de 1899, na cidade de São Paulo, filho de Luiz de Paula e Constantina Cundari de Paula. Fez seus estudos de preparação ao sacerdócio no S eminário Menor de P i r ap or a e , n a s e q u ê n c i a e s tu d ou F i l o s of i a e Te olog i a, no S e m i nár i o

Museu Diocesano de Jacarezinho Dom Ernesto de Paula

Maior do Ipiranga. Após sua Ordenação sacerdotal, t r ab a l h ou n a c apit a l d e São Paulo como diretor e orientador de associações religiosas. Mai s t ard e o c up ou o cargo de Vigário Geral da

Essa foi uma maneira de lhe prestar um devido agradecimento pelo que fez na diocese”

Arquidiocese de São Paulo, onde recebeu a nomeação para Bispo de Jacarezinho. Foi ordenado na Catedral provisória de São Paulo no dia quatro de janeiro de 1942. No dia 22 de fevereiro de 1942, Dom Ernesto tomou posse solene da

Diocese de Jacarezinho na presença de uma multidão de fiéis e das autoridades. Ent re su as pr incip ais atividades na Diocese, Dom Ernesto construiu o Palácio Episcopal e a Cúria e começou a construção da Catedral, porém sua passagem pela Diocese de Jacarezinho foi rápida, e em 14 de setembro de 1945 se despede e vai para Piracicaba, Estado de São Paulo, onde foi nomeado como primeiro Bispo daquela Diocese. Dom Ernesto faleceu em São Paulo no dia 31 de dezembro de 1994 aos 95 anos de idade, foi sepultado na cripta da Catedral da Sé em São Paulo. Porém, no dia 31 de dezembro de 2012, a urna contendo os restos mortais de Dom Ernesto de Paula, foi transladada para a Catedral de Santo Antonio, em Piracicaba, sua sepultura está à direita do altar principal da Catedral, por ele idealizada e construída.

cyan magenta yellow black


B-2 Atas&Editais PREFEITURA MUNICIPAL DE GUAÍRAMA PORTARIA Nº 006/2013 O cidadão PEDRO DE OLIVEIRA, Prefeito Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, no uso de suas atribuições legais, nos termos do Inciso II, do Artigo 95, e Incisos VII do Artigo 69, da Lei Orgânica do Município, com observância no disposto no Artigo 90 da Lei Municipal nº 238/93. RESOLVE Art. 1º - Conceder Licença-Prêmio por Assiduidade ao Servidor CLAUDINEI SCATAMBULI, brasileiro, casado, residente e domiciliado em Guapirama, Estado do Paraná, inscrito no cpf/mf sob nº 443.465.069-68, a partir de 28.01.13 á 28.04.13. Art. 2º - A presente portaria entra em vigor nesta data. Edifício da Prefeitura Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, aos 25 (vinte e cinco) dias do mês de Janeiro de 2013. PEDRO DE OLIVEIRA Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA NO 063/2013 O Excelentíssimo Sr. João Mattar Olivato, Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições, que lhe são conferidas por lei, RESOLVE Nomear NAGILA GRUBA VIEIRA, portadora da CI-RG. no 29.795.4362-SSP/SP, para o cargo em comissão de Diretora do Departamento de Licitações símbolo CC-02/B, nos termos das Leis Municipais nos 1.081 e 1.082/97 e da Lei Complementar no 027/2011. O presente ato, entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Publique-se. Edifício da Prefeitura Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 30 de janeiro de 2013. JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL DE CAMBARÁ PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL ERRATA NA PUBLICAÇÃO DO EXTRATO DE CONVÊNIO DE TRANFERÊNCIA VOLUNTÁRIA – SUBVENÇÃO SOCIAL FIRMADO ENTRE A PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL E O CENTRO DE RECUPERAÇÃO DE DEPENDENTES QUIMICOS E ALCOOLISTA Nº. 002/2013 PUBLICADO NA EDIÇÃO DO DIA 30/01/2013B4 DO JORNAL TRIBUNA DO VALE. ONDE SE LÊ: CONVÊNIO Nº 002/2013 LEIA-SE: CONVÊNIO Nº 003/2013 Ribeirão do Pinhal, 30 de janeiro de 2013. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Fábio Junior de Castro Presidente do Centro de Recuperação de Dependentes Químicos e Alcoolista – CREDEQUIA

SÚMULA DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO JOSÉ ROBERTO CARNEIRO torna público que requereu do IAP, a Licença de Instalação, para Extração de Diabásio – Pedra de Talhe a ser instalada no Sítio São João, Bairro Gabirobal, cidade de Tomazina, estado do Paraná. SÚMULA DE LICENÇA PRÉVIA Cerâmica Nossa Senhora Aparecida LTDA ME torna pública que recebeu do IAP, a Licença Prévia, com validade até a data de 12/11/2014 para Fabricação de artefatos de cerâmica de barro cozido a ser implantada Rua Sergipe, s/n no distrito de Triolândia, município de Ribeirão do Pinhal, estado do Paraná. SÚMULA DE RECEBIMENTO DE LICENÇA DE OPERAÇÃO CAPAL COOPERATIVA AGROINDUSTRIAL torna público que recebeu do IAP, Licença de Operação n° 28.052 com validade até 10/01/2017 para Depósito e comércio de defensivos agrícolas instalado na Rod. Est. Parigot de Souza PR 092 km 303.2 Zona Industrial 2, Joaquim Távora/Pr . Joel Alvarenga, torna-se público que recebeu do IAP - Jacarezinho (PR), a Lincença Ambiental Simplificada - LAS, nº 000720, com validade até 2019. Para confinamento de frangos de corte em área de 2.300 m² no Sitio JJR, situado no bairro Quatá, município de Joaquim Távora (PR)

PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ LICITAÇÃO MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL Nº 01/2013-SRP AVISO DE HOMOLOGAÇÃO Expirado o prazo recursal, torna-se público a homologação do procedimento licitatório em epígrafe à: Objeto: Registro de preços visando a contratação de empresa especializada em prestação de serviços de retirada de resíduos de serviços de saúde, compreendendo coleta, transporte, tratamento e disponibilização final dos resíduos em atendimento à Resolução nº 358, de 29 de abril de 2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA)/Ministério do Meio Ambiente (MMA). Empresa: Medic Tec Ambiental Ltda.-ME Valor mensal: R$ 640,00 (seiscentos e quarenta reais) Valor Global Total: R$ 7.680,00 (sete mil e seiscentos e oitenta reais). Quatiguá-PR, Gabinete do Prefeito Municipal, em 30 de janeiro de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ CONVÊNIO Nº 004/2013 CONVÊNIO QUE ENTRE SI FAZEM ASSOCIAÇÃO BOM JESUS DE CAMBARÁ, VISANDO TRANSFERÊNCIA DE VERBAS MENSAIS PARA PAGAMENTO DE FUNCIONÁRIOS E ENCARGOS SOCIAIS, VIABILIZANDO O FUNCIONAMENTO DA MESMA. ASSOCIAÇÃO BOM JESUS, inscrita no CNPJ sob nº 78.297.108/0001-85, com sua Sede instalada à Rua Expedicionários, 110 – Vila Rubim, em Cambará/PR, representada por JACQUELINE A. NASSIF ANTUNES, brasileira, casada, portador do RG nº 5.707.8464 - PR e CPF nº 057.067.948-63, e a PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 1.082, na cidade de Cambará – PR, neste ato representado por seu Prefeito Municipal JOÃO MATTAR OLIVATO, doravante denominada CONCEDENTE, resolvem firmar acordo, que será regido pelas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA O presente convênio tem por objetivo viabilizar o desenvolvimento pleno das atividades realizadas pela ASSOCIAÇÃO BOM JESUS DE CAMBARÁ, por meio de transferências voluntárias de verbas as quais serão efetuadas pela Prefeitura Municipal de Cambará. CLÁUSULA SEGUNDA Este convênio terá validade de 12 (doze) meses, tendo por termo inicial a data de 02 de janeiro de 2013 e término final de 31 de dezembro de 2013. CLÁUSULA TERCEIRA O valor anual não ultrapassará o montante no máximo até R$ 30.000,00 (Trinta mil Reais), para na manutenção e funcionamento da instituição ASSOCIAÇÃO BOM JESUS com material de consumo, serviços de terceiros de pessoa física, serviços de terceiros pessoa jurídica e capacitação na área de Educação. CLÁUSULA QUARTA – DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA – e – PRESTAÇÃO DE CONTAS Os recursos financeiros estão previstos no orçamento para o exercício de 2013. A prestação de contas do exercício financeiro anterior deverá ser prestada até a data de 31 de março subseqüente, junto ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná. CLÁUSULA QUINTA – DOS REQUISITOS LEGAIS Este Convênio está amparado na Lei nº 1509/2012 de 12 de dezembro de 2012 em seu artigo 14º, artigo 116 da Lei 8.666/93 e Resolução n. 3/2006 do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Integram este convênio o Plano de Trabalho e os demais documentos exigidos pela legislação. Por estarem justas e acertadas, as partes comprometem-se ao integral cumprimento das cláusulas ora estabelecidas e assinam o presente em 03 (três) vias de igual teor e forma na presença de 02 (duas) testemunhas. Cambará – PR, 02 de janeiro de 2013. JACQUELINE A. NASSIF ANTUNES REPRESENTANTE DA DIRETORIA - PRESIDENTE CPF 057.067.948-63 RG. 5.707.846-4 – SSP- PR JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL

PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ CONVÊNIO Nº 001/2013 CONVÊNIO QUE ENTRE SI FAZEM O LAR ANÁLIA FRANCO DE CAMBARÁ, VISANDO TRANSFERÊNCIA DE VERBAS MENSAIS PARA VIABILIZAR AS ATIVIDADES E FUNCIONAMENTO DA MESMA. O LAR ANÁLIA FRANCO DE CAMBARÁ, atividades de Associações da Defesa de Direitos Sociais, inscrita no CNPJ sob nº 75.721.258/000186, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 609, em Cambará – PR, CEP 86.390.000, neste ato representado por ALMIR DEL PADRE, brasileiro, casado, portador do RG nº 3.124.637-7 SSP/PR e CPF nº 536.948.139-34, e a PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 1.082, na cidade de Cambará – PR, neste ato representado por seu Prefeito Municipal JOÃO MATTAR OLIVATO, doravante denominada CONCEDENTE, resolvem firmar acordo, que será regido pelas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA O presente convênio tem por objetivo viabilizar o desenvolvimento pleno das atividades realizadas pelo LAR ANÁLIA FRANCO, por meio de transferências voluntárias de verbas as quais serão efetuadas pela Prefeitura Municipal de Cambará. CLÁUSULA SEGUNDA Este convênio terá validade de 12 (doze) meses, tendo por termo inicial a data de 02 de janeiro de 2013 e término final de 31 de dezembro de 2013. CLÁUSULA TERCEIRA O valor anual não ultrapassará o montante no máximo de R$ 275.000,00 (Duzentos e Setenta e Cinco Mil Reais), para aplicação em salários, encargos sociais. CLÁUSULA QUARTA – DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA – e – PRESTAÇÃO DE CONTAS Os recursos financeiros estão previstos no orçamento para o exercício de 2013 no Órgão – Secretaria Municipal de Assistência Social sob a dotação orçamentária nº 08 244 2360 6010 – 335043000000 – Manutenção Assessoria para Assistência da Criança e Adolescente – 0232 – Subvenções Sociais. A prestação de contas do exercício financeiro anterior deverá ser prestada até a data de 31 de março subseqüente, junto ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná. CLÁUSULA SEXTA – DOS REQUISITOS LEGAIS Este Convênio está amparado na Lei nº 1509/2012 de 12 de dezembro de 2012 em seu artigo 14º, artigo 116 da Lei 8.666/93 e Resolução n. 3/2006 do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Integram este convênio o Plano de Trabalho e os demais documentos exigidos pela legislação. Por estarem justas e acertadas, as partes comprometem-se ao integral cumprimento das cláusulas ora estabelecidas e assinam o presente em 03 (três) vias de igual teor e forma na presença de 02 (duas) testemunhas. Cambará – PR, 02 de janeiro de 2013 ALMIR DEL PADRE CPF : 536.948.139-34 RG. 3.124.637-7 – SSP- PR JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL TESTEMUNHAS: PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ PREGÃO PRESENCIAL Nº. 001/2013-PMJ AVISO DE ADJUDICAÇÃO e HOMOLOGAÇÃO O Sr. Prefeito Municipal, WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS, torna-se pública a ADJUDICAÇÃO á empresa MARTINS ASSESSORIA CONTÁBIL, referente á Contratação de Empresa Especializada na área de Prestação de Serviços de Assessoria na Área Contábil da Prefeitura Municipal de Japira, fechamento do SIM/ AM e acompanhamento junto ao TCE, perfazendo o valor unitário de R$ 10.850,00 (dez mil e oitocentos e cinquenta reais), perfazendo o valor global de R$ 130.200,00 (cento e trinta mil e duzentos reais). Perfazendo ainda o valor total da licitação de R$ 130.200,00 (cento e trinta mil e duzentos reais) e a HOMOLOGAÇÃO do procedimento licitatório modalidade PREGÃO PRESENCIAL sob nº. 001/2013-PMJ. Ibaiti, 30 de Janeiro de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ AVISO DE LICITAÇÃO EDITAL DE LICITAÇÃO PARA CONCORRÊNCIA REGISTRO DE PREÇOS Nº 0003/2013. SÍNTESE DO OBJETO: AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE LIMPEZA E HIGIENE PARA DIVERSOS SETORES, conforme especificações contidas no edital. VALOR MÁXIMO: O valor total máximo da licitação é de R$. 80.822,63 (Oitenta Mil, Oitocentos e Vinte e Dois Reais e Sessenta e Três Centavos) DATA DA EMISSÃO DO EDITAL: 30/01/2013. DATA DE APRESENTAÇÃO DOS ENVELOPES: 04/03/2013. DATA DA SESSÃO DE JULGAMENTO: 04/03/2013 às 14h. O edital e seus anexos poderão ser retirados no setor de licitações da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré, sito à Rua Rui Barbosa, nº 96, Bairro Centro ou através do e-mail pmbj@uol.com.br, mais informações pelo Fone/Fax (43) 3537-1212 ou pelo site www.pmbarradojacare.pr.gov.br Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré, em 30/01/2013. Adenilson Silva Presidente da CPL

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ CONVÊNIO Nº 003/2013 CONVÊNIO QUE ENTRE SI FAZEM ASSOCIAÇÃO BOM JESUS DE CAMBARÁ, VISANDO TRANSFERÊNCIA DE VERBAS MENSAIS PARA PAGAMENTO DE FUNCIONÁRIOS E ENCARGOS SOCIAIS, VIABILIZANDO O FUNCIONAMENTO DA MESMA. ASSOCIAÇÃO BOM JESUS, inscrita no CNPJ sob nº 78.297.108/0001-85, com sua Sede instalada à Rua Expedicionários, 110 – Vila Rubim, em Cambará/PR, representada por JACQUELINE A. NASSIF ANTUNES, brasileira, casada, portador do RG nº 5.707.8464 - PR e CPF nº 057.067.948-63, e a PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 1.082, na cidade de Cambará – PR, neste ato representado por seu Prefeito Municipal JOÃO MATTAR OLIVATO, doravante denominada CONCEDENTE, resolvem firmar acordo, que será regido pelas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA O presente convênio tem por objetivo viabilizar o desenvolvimento pleno das atividades realizadas pela ASSOCIAÇÃO BOM JESUS DE CAMBARÁ, por meio de transferências voluntárias de verbas as quais serão efetuadas pela Prefeitura Municipal de Cambará. CLÁUSULA SEGUNDA Este convênio terá validade de 12 (doze) meses, tendo por termo inicial a data de 02 de janeiro de 2013 e término final de 31 de dezembro de 2013. CLÁUSULA TERCEIRA O valor anual não ultrapassará o montante no máximo até R$ 190.000,00 (Cento e Noventa Mil Reais), para aplicação em salários, encargos sociais e demais verbas referentes aos contratos de trabalho dos funcionários da Associação Bom Jesus de Cambará. CLÁUSULA QUARTA – DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA – e – PRESTAÇÃO DE CONTAS Os recursos financeiros estão previstos no orçamento para o exercício de 2013 no Órgão – Secretaria Municipal de Assistência Social sob a dotação orçamentária nº 08 244 2360 6010 – 335043000000 – Manutenção Assessoria para Assistência da Criança e Adolescente – 0232 – Subvenções Sociais. A prestação de contas do exercício financeiro anterior deverá ser prestada até a data de 31 de março subseqüente, junto ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná. CLÁUSULA QUINTA –DOS REQUISITOS LEGAIS Este Convênio está amparado na Lei nº 1509/2012 de 12 de dezembro de 2012, em seu artigo 14º, artigo 116 da Lei 8.666/93 e Resolução n. 3/2006 do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Integram este convênio o Plano de Trabalho e os demais documentos exigidos pela legislação. Por estarem justas e acertadas, as partes comprometem-se ao integral cumprimento das cláusulas ora estabelecidas e assinam o presente em 03 (três) vias de igual teor e forma na presença de 02 (duas) testemunhas. Cambará – PR, 02 de janeiro de 2013. JACQUELINE A. NASSIF ANTUNES REPRESENTANTE DA DIRETORIA - PRESIDENTE CPF 057.067.948-63 RG. 5.707.846-4 – SSP- PR JOÃO MATTAR OLIVATO PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ CONVÊNIO Nº 002/2013 CONVÊNIO QUE ENTRE SI FAZEM O LAR ANÁLIA FRANCO DE CAMBARÁ, VISANDO TRANSFERÊNCIA DE VERBAS MENSAIS PARA VIABILIZAR AS ATIVIDADES E FUNCIONAMENTO DA MESMA. O LAR ANÁLIA FRANCO DE CAMBARÁ, atividades de Associações da Defesa de Direitos Sociais, inscrita no CNPJ sob nº 75.721.258/000186, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 609, em Cambará – PR, CEP 86.390.000, neste ato representado por ALMIR DEL PADRE, brasileiro, casado, portador do RG nº 3.124.637-7 SSP/PR e CPF nº 536.948.139-34, e a PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ, com sua Sede instalada à Av. Brasil nº 1.082, na cidade de Cambará – PR, neste ato representado por seu Prefeito Municipal JOÃO MATTAR OLIVATO, doravante denominada CONCEDENTE, resolvem firmar acordo, que será regido pelas cláusulas seguintes: CLÁUSULA PRIMEIRA O presente convênio tem por objetivo viabilizar o desenvolvimento pleno das atividades realizadas pelo LAR ANÁLIA FRANCO, por meio de transferências voluntárias de verbas as quais serão efetuadas pela Prefeitura Municipal de Cambará. CLÁUSULA SEGUNDA Este convênio terá validade de 12 (doze) meses, tendo por termo inicial a data de 02 de janeiro de 2013 e término final de 31 de dezembro de 2013. CLÁUSULA TERCEIRA O valor anual não ultrapassará o montante no máximo de R$ 36.000,00 (Trinta e Seis Mil Reais), para na manutenção e funcionamento da instituição LAR ANÁLIA FRANCO com material de consumo, serviços de terceiros de pessoa física, serviços de terceiros pessoa jurídica e capacitação na área de Educação. CLÁUSULA QUARTA – DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA – e – PRESTAÇÃO DE CONTAS Os recursos financeiros estão previstos no orçamento para o exercício de 2013. A prestação de contas do exercício financeiro anterior deverá ser prestada até a data de 31 de março subseqüente, junto ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná. CLÁUSULA QUINTA – DOS REQUISITOS LEGAIS Este Convênio está amparado na Lei nº 1509/2012 de 12 de dezembro de 2012 em seu artigo 14º, artigo 116 da Lei 8.666/93 e Resolução n. 3/2006 do Tribunal de Contas do Estado do Paraná. Integram este convênio o Plano de Trabalho e os demais documentos exigidos pela legislação. Por estarem justas e acertadas, as partes comprometem-se ao integral cumprimento das cláusulas ora estabelecidas e assinam o presente em 03 (três) vias de igual teor e forma na presença de 02 (duas) testemunhas. Cambará – PR, 02 de janeiro de 2013. ALMIR DEL PADRE CPF : 536.948.139-34 RG. 3.124.637-7 – SSP- PR JOÃO MATTAR OLIVATO -PREFEITO MUNICIPAL PREFEITURA MUNICIPAL DE ABATIÁ EXTRATO DE CONVÊNIO Convênio nº 004/2013 firmado entre o Município de Abatiá PR e a APAE Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Abatiá PR, cujo objeto é a cessão de 04 Servidores Municipais, sendo um motorista, um serviços gerais e dois professores, até o prazo de 31.12. 2013. PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANÁ AVISO DE EDITAL DE LICITAÇÃO Pregão Presencial 01/2013 1.0. DO OBJETO 1.1. REGISTRO DE PREÇO PARA AQUISIÇÃO DE ÓLEO DIESEL S10 PARA MANUTENÇÃO DA FROTA MUNICIPAL, DISPONIBILIZAÇÃO DE 01 TANQUE PARAARMAZENAMENTO DE 10.000 LITROS E 01 BOMBA DE COMBUSTÍVEL, conforme especificações, e valores consignados no ANEXO I, do Pregão Presencial nº. 01/2013. 2.0. DA ABERTURA E RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS 2.1. A data da abertura das propostas será no dia 14/02/2013, às 14:00 horas, na sala de reuniões da Comissão de Licitação, da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré, na Rua Rui Barbosa, n.º 96, Bairro Centro. 2.2. O prazo máximo para a retirada de edital e cadastramento da empresa junto a Prefeitura Municipal, será até 24:00 horas antes da abertura da licitação. 2.3. O prazo máximo para apresentação dos envelopes de habilitação e proposta de preços, pelas empresas interessadas, será até o inicio da abertura dos mesmos. 3.0. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 3.1. Será considerado vencedor o licitante que oferecer a proposta de Menor Preço Unitário. 4.0. DO FORNECIMENTO DO EDITAL 4.1. Estarão disponíveis aos interessados o texto integral do Edital de Licitação Pregão 01/2013 no site www.pmbarradojacare.pr.gov.br ou na sede da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré-PR. Informações atraves do Fone 43 - 3537-1212 ou pelo Email pmbj@uol.com.br, nos horários das 08:00horas às 11:00 horas e das 13:00horas até as 16:00horas Paço Municipal José Galdino Pereira, em 30/01/2013. Pregoeiro/Portaria 034/2013


Atas&Editais B-3

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013 1º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO Nº 004/2012 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL E A PROVINCIA B.C.I.F.C. SÃO VICENTE DE PAULO - HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL firmado em 03/02/2012. Considerando o informativo do Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal – PR datado 03/08/2012; a Ata de Assembleia Geral Extraordinária do Hospital Nossa Senhora das Graças datada de 31/07/2012 que apresentou as novas unidades (filiais) do HNSG – Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal; o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica de 18/07/2012 – Título do Estabelecimento (nome fantasia) HNSG – HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL Resolvem celebrar presente Termo Aditivo com as condições a seguir estabelecidas: CLÁUSULA PRIMEIRA: DA TITULARIDADE: De um lado, o MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL, pessoa jurídica de direito público, com sede na Rua Paraná, 983, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 76.968.064/0001-42, doravante denominada CONCEDENTE, neste ato representado por seu Prefeito Municipal, DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ, brasileiro, casado, portador do RG 773.261-9 SSP/IIPR e CPF 171.895.279-15, residente e domiciliado na Rua Paraná, 945, e de outro lado o HOSPITAL NOSSA SENHORA DA GRAÇA - HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL, entidade filantrópica sem fins lucrativos, com sede na Rua Raul Curupaná, 1177, inscrita no CNPJ/MF 76.562.198/0006-73, doravante denominado TOMADOR/ EXECUTOR, neste ato representada por sua Diretora Geral Ir. DIRCE DAS GRAÇAS, brasileira, solteira, portadora do RG n.º.1.846.251 SSP/PR e CPF 383.332.790-15, residente e domiciliado na Rua Raul Curupaná, 1177. CLÁUSULA SEGUNDA: Permanecem em vigor as demais cláusulas e itens do Convênio Original, não alteradas pelo presente Termo Aditivo. E assim, por estarem de pleno acordo e ajustados, depois de lido e achado conforme, o presente instrumento, assinam em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo firmadas. Ribeirão do Pinhal, 04 de outubro de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Ir. Dirce das graças PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL Diretora Geral do HNSG – Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal TESTEMUNHAS: 1- ............................................................... 2- ........................................................... 1º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO Nº 012/201 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL E A PROVINCIA B.C.I.F.C. SÃO VICENTE DE PAULO - HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL firmado 11/03/2011. Considerando o informativo do Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal – PR datado 03/08/2012; a Ata de Assembleia Geral Extraordinária do Hospital Nossa Senhora das Graças datada de 31/07/2012 que apresentou as novas unidades (filiais) do HNSG – Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal; o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica de 18/07/2012 – Título do Estabelecimento (nome fantasia) HNSG – HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL Resolvem celebrar presente Termo Aditivo com as condições a seguir estabelecidas: CLÁUSULA PRIMEIRA: DA TITULARIDADE: De um lado, o MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL, pessoa jurídica de direito público, com sede na Rua Paraná, 983, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 76.968.064/0001-42, doravante denominada CONCEDENTE, neste ato representado por seu Prefeito Municipal, DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ, brasileiro, casado, portador do RG 773.261-9 SSP/IIPR e CPF 171.895.279-15, residente e domiciliado na Rua Paraná, 945, e de outro lado o HOSPITAL NOSSA SENHORA DA GRAÇA - HOSPITAL E MATERNIDADE DE RIBEIRÃO DO PINHAL, entidade filantrópica sem fins lucrativos, com sede na Rua Raul Curupaná, 1177, inscrita no CNPJ/MF 76.562.198/0006-73, doravante denominado TOMADOR/ EXECUTOR, neste ato representada por sua Diretora Geral Ir. DIRCE DAS GRAÇAS, brasileira, solteira, portadora do RG n.º.1.846.251 SSP/PR e CPF 383.332.790-15, residente e domiciliado na Rua Raul Curupaná, 1177. CLÁUSULA SEGUNDA: Permanecem em vigor as demais cláusulas e itens do Convênio Original, não alteradas pelo presente Termo Aditivo. E assim, por estarem de pleno acordo e ajustados, depois de lido e achado conforme, o presente instrumento, assinam em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo firmadas. Ribeirão do Pinhal, 04 de outubro de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Ir. Dirce das graças Diretora Geral do HNSG – Hospital e Maternidade de Ribeirão do Pinhal TESTEMUNHAS: 1- ............................................................... 2- ...........................................................

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DO CONTRATO Nº 002/2013-PMJ PREGÃO PRESENCIAL Nº 001/2013-PMJ PARTES: MUNICÍPIO DE JAPIRA (PR) e a empresa PEDRO MARTINS CARNEIRO – ASSESSORIA-ME OBJETO: Constitui objeto deste Contrato a contratação de empresa especializada na área de Prestação de Serviços de Assessoria na Área Contábil da Prefeitura Municipal de Japira, fechamento do SIM-AM e acompanhamento junto ao TCE, conforme especificações contidas no Edital Pregão Presencial nº. 001/2013, que juntamente com a Proposta da CONTRATADA, passam a fazer parte integrante deste instrumento independentemente de suas transcrições. DO VALOR: O valor ajustado entre os CONTRATANTES, será de R$ 10.850,00 (dez mil e oitocentos e cinquenta reais) mensal, perfazendo o valor total de R$ 130.200,00 (cento e trinta mil e duzentos reais) DA VIGÊNCIA: O prazo de prestação dos serviços será pelo período de 12 (doze) meses, contados a partir da data de sua assinatura, podendo a critério da Administração a sua prorrogação por igual período, em conformidade com o Art. 57, Inciso II da Lei nº 8.666/93. FORO: Comarca de JAPIRA, Estado do Paraná. JAPIRA (PR), 30 de Janeiro de 2013. WILSON RONALDO RONY DE OLIVEIRA SANTOS Prefeito Municipal CONTRATANTE PEDRO MARTINS CARNEIRO Assessoria-ME CONTRATADO PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA - PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO PREGÃO PRESENCIAL Nº 003/2013-PMJ MENOR PREÇO, POR ITEM OBJETO: Aquisição de pneus novos, 1ª linha, destinados ao uso na Frota de Veículos oriundos do Município de Japira, Estado do Paraná, a serem adquiridos de forma parcelada durante o exercício de 2013, no quantitativo e especificações constantes do Edital de Pregão Presencial nº 003/2013-PMJ. PROTOCOLO DOS ENVELOPES ATÉ as 09h00min do dia 19/02/2013. LOCAL: Prefeitura Municipal de Japira, Estado do Paraná, Avenida Alexandre Leite dos Santos, 480 CREDENCIAMENTO: das 09h10min ás 09h30min do dia 19/02/2013 ABERTURA DOS ENVELOPES: as 09h30min do dia 19/02/2013. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: A cópia do Edital e demais informações, encontram-se à disposição dos interessados no endereço acima citado, no horário de expediente, das 08h00min as 11h30min e das 13h00min ás 17h00min, ou pelo telefone (043)3555-1401 ramal 211. JAPIRA (PR), 30 de Janeiro de 2013. ELISANGELA HEIDGGER BENTO WATFE Pregoeira

PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL 1º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO Nº 003/2012 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL E A ASSOCIAÇÃO DE AMPARO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL firmado em 31/01/2012. Considerando a Ata de Reunião nº 03/2012 datada de 14/06/2012, da Associação de Amparo da Criança e o Adolescente de Ribeirão do Pinhal, que consta o pedido de afastamento pelo período de 02/07/2012 a 08/10/2012 por motivo de candidatura do Presidente da Entidade, AYRES ANTONINHO GALLINA, o qual foi aprovado por unanimidade, e logo dado posse ao vice-presidente, PAULO MÁRIO AMARAL como Presidente por igual período do afastamento, conforme normas do Estatuto da Entidade, Resolvem celebrar presente Termo Aditivo com as condições a seguir estabelecidas: CLÁUSULA PRIMEIRA: DA TITULARIDADE: De um lado, o MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL, pessoa jurídica de direito público, com sede na Rua Paraná, 983, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 76.968.064/0001-42, doravante denominada CONCEDENTE, neste ato representado por seu Prefeito Municipal, DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ, brasileiro, casado, portador do RG 773.261-9 SSP/IIPR e CPF 171.895.279-15, residente e domiciliado na Rua Paraná, 945, e de outro lado a ASSOCIAÇÃO DE AMPARO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL, entidade filantrópica sem fins lucrativos, com sede na Rua Major João Frutuoso de Melo Coelho, 505 – centro, Registro na CNAS, no CMAS nº 005/97, no CadSUAS-MDS, inscrita no CNPJ/MF 77.463.743/0001-22, neste ato representada por seu Presidente PAULO MÁRIO AMARAL, brasileiro, casado, portador do RG n.º 3.329.754-8 SSP/ PR e CPF 489.821.729-04, residente e domiciliado na Rua Abel Amaral dos Santos, 284, doravante denominada CONVENENTE. CLÁUSULA SEGUNDA: Permanecem em vigor as demais cláusulas e itens do Convênio Original, não alteradas pelo presente Termo Aditivo. E assim, por estarem de pleno acordo e ajustados, depois de lido e achado conforme, o presente instrumento, assinam em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo firmadas. Ribeirão do Pinhal, 08 de agosto de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Paulo Mário Amaral Presidente da Associação de Amparo a Criança e o Adolescente de Ribeirão do Pinhal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL 1º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO Nº 007/2012 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL E A ASSOCIAÇÃO DE AMPARO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL firmado em 01/02/2012. Considerando a Ata de Reunião nº 03/2012 datada de 14/06/2012, da Associação de Amparo da Criança e o Adolescente de Ribeirão do Pinhal, que consta o pedido de afastamento pelo período de 02/07/2012 a 08/10/2012 por motivo de candidatura do Presidente da Entidade, AYRES ANTONINHO GALLINA, o qual foi aprovado por unanimidade, e logo dado posse ao vice-presidente, PAULO MÁRIO AMARAL como Presidente por igual período do afastamento, conforme normas do Estatuto da Entidade, Resolvem celebrar presente Termo Aditivo com as condições a seguir estabelecidas: CLÁUSULA PRIMEIRA: DA TITULARIDADE: De um lado, o MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL, pessoa jurídica de direito público, com sede na Rua Paraná, 983, inscrita no CNPJ/MF sob nº. 76.968.064/0001-42, doravante denominada CONCEDENTE, neste ato representado por seu Prefeito Municipal, DARTAGNAN CALIXTO FRAIZ, brasileiro, casado, portador do RG 773.261-9 SSP/IIPR e CPF 171.895.279-15, residente e domiciliado na Rua Paraná, 945, e de outro lado a ASSOCIAÇÃO DE AMPARO A CRIANÇA E O ADOLESCENTE DE RIBEIRÃO DO PINHAL, entidade filantrópica sem fins lucrativos, com sede na Rua Major João Frutuoso de Melo Coelho, 505 – centro, Registro na CNAS, no CMAS nº 005/97, no CadSUAS-MDS, inscrita no CNPJ/MF 77.463.743/0001-22, neste ato representada por seu Presidente PAULO MÁRIO AMARAL, brasileiro, casado, portador do RG n.º 3.329.754-8 SSP/ PR e CPF 489.821.729-04, residente e domiciliado na Rua Abel Amaral dos Santos, 284, doravante denominada CONVENENTE. CLÁUSULA SEGUNDA: Permanecem em vigor as demais cláusulas e itens do Convênio Original, não alteradas pelo presente Termo Aditivo. E assim, por estarem de pleno acordo e ajustados, depois de lido e achado conforme, o presente instrumento, assinam em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo firmadas. Ribeirão do Pinhal, 08 de agosto de 2012. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Paulo Mário Amaral Presidente da Associação de Amparo a Criança e o Adolescente de Ribeirão do Pinhal ESTADO DO PARANÁ CNPJ 81.756.884/0001-00 AV. João Carvalho de Mello, 324 – Fone/Fax: (043) 3556-1487 - CEP 86.460-000

PORTARIA Nº 001/2013

SÚMULA: Comissão para recebimento de bens e serviços. O Presidente do Legislativo Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, Senhor José Soares Nogueira Filho, no uso das atribuições legais que lhes são conferidas por Lei: RESOLVE Art. 1º - Nomear três representantes do Poder Legislativo, Vereadores: Aparecido Pereira, CPF nº 505.598.779-00, Lincoln Carvalho de Mello Albano, CPF nº 040.192.869-14 e Santo Caetano da Silva, CPF nº 561.506.019-00, para fazerem parte da Comissão para Recebimento de Bens e Serviços, de 01/01/2013 a 31/12/2013, a referida Comissão será composta da seguinte forma: 1) Santo Caetano da Silva – Presidente 2) Aparecido Pereira – membro 3) Lincoln Carvalho de Mello Albano – membro; e. Art. 2º - Revoga-se as disposições em contrário. Registre-se. Afixe-se no local de costume. Cumpra-se. Câmara Municipal, em 02 de janeiro de 2013. José Soares Nogueira Filho Presidente.

ESTADO DO PARANÁ CNPJ 81.756.884/0001-00 AV. João Carvalho de Mello, 324 – Fone/Fax: (043) 3556-1487 - CEP 86.460-000

PORTARIA N. 03/2013 O Presidente da Câmara Municipal de Abatiá, Estado do Paraná, no uso das suas atribuições legais e regimentais, e considerando a aprovação em Concurso Público e o atendimento ao Edital de Convocação de n.º 01/2013, publicado na Tribuna do Vale em data de 22/01/2013, com a apresentação dos documentos necessários, resolve: NOMEAR RAFAEL ERNANI CABRAL BROCHER, inscrito na OAB/PR sob n.º 49096, para o cargo de ADVOGADO, regido pelo regime Estatutário, devendo entrar em exercício no prazo de 30 (trinta) dias úteis, contados a partir desta data, sob perda do direito à referida vaga. DÊ-SE CIÊNCIA, PUBLIQUE-SE E CUMPRA-SE. Câmara Municipal de Abatiá, aos 30 de janeiro de 2013. José Soares Nogueira Filho Presidente Zelma Carvalho da Silva Fernandes 1.ª Secretária

PREFEITURA MUNICIPAL DE JAPIRA - PARANÁ AVISO DE LICITAÇÃO TOMADA DE PREÇOS Nº 003/2013-PMJ TÉCNICA E PREÇO OBJETO: Contratação de empresa para prestação de serviços de licenciamento de uso de programas de informática e suporte técnico operacional, para utilização no Executivo Municipal, pelo período de 24 (vinte e quatro) meses, conforme especificações constantes do Edital Tomada de Preços nº 003/2013-PMJ. PROTOCOLO DOS ENVELOPES ATÉ as 09h40min do dia 05/03/2013. LOCAL: Prefeitura Municipal de Japira, Estado do Paraná, Avenida Alexandre Leite dos Santos, 480 ABERTURA DOS ENVELOPES: as 10h00min do dia 05/03/2013. INFORMAÇÕES COMPLEMENTARES: A cópia do Edital e demais informações, encontram-se à disposição dos interessados no endereço acima citado, no horário de expediente, das 08h00min as 12h00min e das 13h00min ás 17h00min, ou pelo telefone (043)3555-1401 ramal 211 e poderá ser solicitado também pelo e-mail: licita.japira@hotmail.com. JAPIRA (PR), 30 de Janeiro de 2013. ELISANGELA HEIDGGER BENTO WATFE Presidente da Comissão de Licitação PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL 1º TERMO ADITIVO AO CONVÊNIO Nº 010/2012 CELEBRADO ENTRE O MUNICÍPIO DE RIBEIRÃO DO PINHAL E A ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS DE RIBEIRÃO DO PINHAL firmado em 01/03/2012, resolvem celebrar presente Termo Aditivo de Prazo, com as condições a seguir estabelecidas: CLÁUSULA PRIMEIRA: O presente instrumento tem por objeto alterar a cláusula oitava do convênio 010/2012 de 01/03/2012, que passa a ter a seguinte redação: CLAUSULA OITAVA: DO PRAZO DE VIGÊNCIA E ALTERAÇÕES – A vigência deste Termo de Convênio será a partir da data de sua assinatura encerrando-se em 31/03/2013, podendo ser alterado e ou prorrogado de acordo com a lei, por tempo até a conclusão final dos repasses e utilização dos recursos, desde que não implique em alteração de seu objeto. CLÁUSULA SEGUNDA: Permanecem em vigor as demais cláusulas e itens do Convênio Original, ficando este termo aditivo fazendo parte integrante e complementar a fim que juntos produzam um só efeito. E assim, por estarem de pleno acordo e ajustados, depois de lido e achado conforme, o presente instrumento, assinam em 02 (duas) vias, na presença de 02 (duas) testemunhas abaixo firmadas. Ribeirão do Pinhal, 02 de janeiro de 2013. Dartagnan Calixto Fraiz Prefeito Municipal Ciro Tadeu Alcântara Presidente da Associação de Pais e amigos dos Excepcionais de Ribeirão do Pinhal TESTEMUNHAS: 1- ............................................................... 2- ........................................................... PREFEITURA MUNICIPAL DE QUATIGUÁ-PARANÁ PROCESSO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO Nº 01/2013 AVISO DE HOMOLOGAÇÃO E ADJUDICAÇÃO Processo Administrativo nº 01/2013 Torno público a homologação e a adjudicação do objeto do presente processo à: Empresa contratada: S. J. Zanin & Cia Ltda. CNPJ/MF: 08.306.378/0001-20 Objeto: aquisição de peças e produtos a serem utilizados no véiculo Ford Fusion, Placa AEE-1115. Valor Total: R$ 1.390,00 (Um mil e trezentos e noventa reais). Fornecimento: Imediato. Quatiguá-PR, Gabinete do Prefeito Municipal, em 30 de janeiro de 2013. LUIS FERNANDO DOLENZ Prefeito Municipal PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL AVISO DE LICITAÇÃO Pregão Presencial nº. 003/2013. Encontra-se aberto na PREFEITURA MUNICIPAL DE RIBEIRÃO DO PINHAL – ESTADO DO PARANÁ , processo licitatório na modalidade Pregão, do tipo menor preço global por lote, cujo objeto é a contratação de empresa especializada no fornecimento de combustíveis no município para os Departamentos e Secretarias desta administração durante o exercício de 2013, PELO SISTEMA REGISTRO DE PREÇOS. A realização do pregão presencial será no dia: 19/02/2013 a partir das 09h00min, na sede da Prefeitura Municipal, localizada à Rua Paraná, nº. 983 – Centro, em nosso Município. O edital na íntegra estará disponível para consulta e retirada mediante pagamento de taxa no endereço supra, junto ao Setor de licitações, de segunda a sexta-feira, no horário das 09h00min às 11h00min e das 13h30min às 15h30min. Ribeirão do Pinhal, 30 de janeiro de 2013. Fayçal Melhem Chamma Junior Pregoeiro Municipal


cmyb

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Social

E-mail: social@tribunadovale.com.br

Rodrigo Oliveira Foto e Stúdio

Arquivo Pessoal

Bodas de Porcelana Os professores Marcos Gilmar Amaral e Elizabethe Borges Amaral completaram 20 anos de matrimônio ontem, quarta-feira. Os votos de felicidades ao casal vêm de amigos e familiares, em especial dos filhos. Tim-Tim!

Cilson Rodrigues

Pensamento A saudade de hoje é a certeza que o passado valeu a pena. (Autor Desconhecido)

Bela No click a Rainha da Festa da Paróquia São Sebastião em Joaquim Távora, a bela Ana Paula Noheman, filha de Antônio e Helena

Indispensáveis Os acessórios entraram definitivamente para a lista de necessários para compor um look. A bola da vez é o anel. A moda é usar o acessório em tamanho maxi, o modelo full finger, ou anel armadura. O acessório, que tem uma articulação, deve cobrir grande parte ou todo o dedo. Junto com o maxi, o mini também está com tudo! Chamado de upper finger ou anel falange, referindo-se aos ossos dos dedos onde deve-se usar o anel, o acessório é outro queridinho de quem segue tendências.

Sucos Os sucos naturais são alimentos ricos em nutrientes, substâncias antioxidantes e ainda são capazes de acelerar o metabolismo, sendo grandes aliados para quem deseja perder peso. Receita de Suco de gengibre: Ingredientes: 2 xícaras de espinafre, 2 copos de pepinos cortados, 1 cabeça de aipo, 1 colher de gengibre, 1 porção de salsa e 1 copo de suco de limão. Modo de preparo: bata todos os ingredientes no liquidificador e adoce com mel. Ele pode ser coado ou consumido na forma integral. (Mundo das Tribos)

Cabelos Finos

Parabéns Felicidades para Sandra Regina Silva dos Santo , que comemorou idade nova no último dia 27. A aniversariante recebe os parabéns dos familiares e amigos e dos funcionários da Smarc Corretora

A hair stylist Patricia Xavier afirma que como os cabelos finos são mais oleosos, o ideal é lavar em dias alternados, usar um xampu neutro ou próprio para cabelos finos e dispensar o condicionador. O leave-in usado após o banho já dará a hidratação que o cabelo precisa, sem deixá-lo com uma aparência pesada e escorrida , diz. Agora, se os seus cabelos são do tipo que embaraçam facilmente não tem como dispensar o condicionador. Aplique o produto ao longo dos fios, sempre preservando a raiz. Outra dica é pentear os cabelos com um pente, ainda no chuveiro.

H ORÓSCOPO PARA HOJE Áries Em um dia ótimo para tomar providencias praticas sobre assuntos de trabalho, você se dá com um empregado diligente e de senso apurado. Basta ouvir suas dicas e observações! Não adie compromissos burocráticos..

Gêmeos Saturno e Sol indicam: obrigações e responsabilidades de trabalho podem pesar no seu planejamento de férias e viagens nestes dias; convênios de saúde trazem pendências a resolver. Amores em dia complicado.

Leão Sol e Saturno pegam os leoninos em cheio nestes dias, o que pode ser traduzido como fraqueza orgânica geral, ou desanimo diante da vida, ou humilhação por parte de um superior. São correções de percurso.

Libra Conte um belo astral para tornar sua casa mais atraente e gostosa! Você está talentoso para arranjar as coisas de um jeito mais eficiente e bonito em casa. O Sol em Aquário potencializa seus talentos; empregue-os objetivamente.

Sagitário Não tem sido um período fácil para você, e em alguns dias, como hoje, pequenos eventos trazem mais desanimo ou falta de fé. Saturno avisa: se algo não está dando certo, é por não ser relevante ou não ter amadurecido.

Aquário Sol e Saturno em ângulo estratégico indicam que você já entendeu que precisará se curvar a alguns ditames sociais, a certas responsabilidades e compromissos de carreira e trabalho. Tente neutralizar a melancolia.

Touro Astral perfeito pra você mostrar ao mundo toda a sua habilidade manual e refinamento estético. O amor se tornará evidente através dos pequenos gestos de cuidado, carinho e atenção. As palavras serão dispensáveis.

Câncer Lua e Vênus em ângulo positivo sugerem alto desempenho nas artes aplicadas e ótimo senso pratico para se relacionar com todo tipo de pessoa. Você receberá noticias sobre um trabalho ou emprego, mostre empenho e interesse.

Virgem Lua em seu signo arma excelente aspecto com Vênus, indicando um ótimo dia para você reservar um tempo maior para se dedicar as atividades que gosta.. No amor, se não houver chão firme, você se retrairá.

Escorpião Repetindo a tendência dos últimos dias, você pode parecer chato, azedo e estraga prazeres para alguns, mas é por meio de sua intervenção que algumas pessoas irão cair em si, ou na realidade. Mas tenha fé e esperança!

Capricórnio Se você quiser ter mais controle sobre os seus planos futuros, especialmente com um amigo, terá de alocar mais recursos e dinheiro no projeto ou empreitada. Escolha. Lua e Vênus ajudam você na amizade e no amor.

Peixes Para desanuviar um pouco o clima sério e a chamada à razão destes dias, eis que a Lua se entende com Vênus, criando o cenário perfeito para um bom encontro com amigos, e ótimo para namorar. Sutileza e refinamento!

cyan magenta yellow black


TRIBUNA DO VALE - EDIÇÃO Nº 2320