Page 1

QUINTA-FEIRA

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

17 DE MAIO DE 2018

ANO XXII - N0 3598 R$ 1,00

www.tribunadovale.com.br

S.A.PLATINA

Prefeito tenta burlar concurso e TAC com o Ministério Público

Prefeito José da Silva Coelho Neto, o professor Zezão (PHS)

PRODUÇÃO

Paraná diversifica mercados e exporta para 189 países

No primeiro quadrimestre de 2018, o Paraná ampliou a diversificação de mercados e exportou mercadorias para 189 países diferentes, número que supera os 183 registrados no mesmo período do ano passado. As exportações tornaram-se menos concentradas em grandes países compradores.Os três maiores destinos das mercadorias paranaenses, China, Argentina e Estados Unidos, responderam por 44,3% do valor total em dólares das exportações do Estado nos primeiros quatro meses, abaixo da participação de 46,4% observada no primeiro quadrimestre de 2017. „

A prática de atos ilegais por parte da administração do prefeito José da Silva Coelho Neto, o professor Zezão (PHS), vem se tornando rotina e a tendência é que o gestor acabe se complicando juridicamente em curto espaço de tempo. A última de Zezão está sendo a determinação para que a administração formalize a contratação de um técnico em enfermagem pelo sistema de credenciamento, ou seja, burlando um concurso público realizado no final da

gestão do ex-prefeito Pedro Claro de Olive i r a ( DE M ) e u m Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), formalizado com o Ministér io Público Estadual (MPPR) no início deste ano.Nos bastidores da prefeitura a informação é que, diante do pedido da secretaria de Saúde para a contratação de um técnico em enfermagem, o prefeito teria preferido utilizar o sistema de credenciamento porque o custo do novo profissional não incidiria sobre a folha dos servido„

res, que já estourou o limite prudencial fixado pelo Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR). Resta saber se os departamentos de licitação e jurídico, que precisam ser consultados p elo prefeito Zezão, darão pareceres contra ou a favor da formalização do contrato. O histórico dess es dois s etores administrativos não dá segurança ao prefeito, pois ambos já se posicionaram contra outras medidas ilegais tentadas pelo prefeito.

PÁG. A3

INVESTIMENTOS

Governadora Cida Borghetti visita a região

PÁG. A7

PR-431

Colisão frontal deixa um morto e quatro feridos

Deputado Pedro Lupion e governadora Cida Borghetti

A governadora Cida Borghetti (PP) visita a região nesta quinta-feira. Com uma agenda recheada, ela inicia sua jornada às 9 horas em Jacarezinho, no Conjunto Amadores de Teatro – CAT – onde receberá prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro – Amunorpi- para assinaturas de convênios, homologações e licitações de importantes investimentos para diversos municípios. A governadora estará acompanhada do líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Pedro Lupion (DEM), além de secretários estaduais e autoridades regionais, que serão recepcionados pelo prefeito Sérgio Emydio Faria (DEM). „

Flávio Cezar Souza, 39, foi reanimado por dois médicos que passavam pelo local, mas não resistiu

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas em um grave acidente automobilístico envolvendo um VW Gol e um Peugeot 208 na tarde desta quarta-feira (16), na PR-431, no trecho entre Jacarezinho e Cambará.A batida frontal aconteceu próximo a Usina Dacalda. Segundo testemunhas, o acidente ocorreu depois que um dos veículos tentou uma ultrapassagem no local. „

PÁG. A4

PÁG. A8

S.A.PLATINA

Jogos Escolares deverão reunir mais de mil atletas „

PÁG. A3


A-2 Atas & Editais

TRIBUNA DO VALE

O objetivo é reduzir o gasto com energia elétrica, através da substituição de chuveiros elétricos por aquecedores solares, seguindo regras estabelecidas e com eficiência comprovada por instituições governamentais.” Dilceu Sperafico

A RTIGO

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

É inadmissível que quase 60 mil ocupantes de cargos e funções sejam isentos de responder judicialmente pelos atos cometidos.” Editorial

E DITORIAL

A reproclamação da República

Dilceu Sperafico

A alternativa da geração de energia e a redução da conta de luz Em muito boa hora, a governadora Cida Borghetti sancionou no dia 25 de abril, lei que obriga a instalação de painéis solares para aquecimento de água em habitações populares financiadas pelo poder público federal, estadual e municipal, no Paraná. O objetivo é reduzir o gasto com energia elétrica, através da substituição de chuveiros elétricos por aquecedores solares, seguindo regras estabelecidas e com eficiência comprovada por instituições governamentais.O que se espera com isso é a abertura de caminho para a geração de energia elétrica pelo mesmo sistema, regulamentado em 2012, com previsão de recuperação do investimento que já caiu para apenas quatro ou cinco anos, estimulando sua adoção, segundo especialistas do setor. A redução deve-se, inclusive, à queda no custo dos equipamentos, com redução de 30% nos preços em 2017. A continuidade dessa redução certamente será acelerada pelo crescimento da demanda, viabilizando sua adoção por famílias de baixa renda. Neste início de 2018, o custo da instalação de sistemas de energia solar em residências e pequenos comércios vai de 15 mil até mais de 100 mil reais. A opção cabe a técnicos e proprietários, após testar opções para reduzir a conta mensal de luz. As placas, pelo que se sabe, podem, inclusive, ser instaladas em prédios vizinhos, com maior exposição ao sol. Em média, os sistemas mais utilizados geram energia no valor de até 10 mil reais por mês, em cidades de diversas regiões do País. Conforme especialistas, a adoção da alternativa pelos proprietários de imóveis começa pela realização de estudo detalhado das necessidades do cliente, com base na fatura mensal de energia e disponibilidade de telhados ou áreas de solo, para a instalação de painéis, que só geram energia elétrica quando bate a luz do sol.Após comprovada a viabilidade do investimento por técnicos especializados, com aprovação do interessado, é elaborado o projeto elétrico a ser encaminhado para a concessionária de energia.A empresa analisa e aprova a iniciativa em até 15 dias. Com o projeto aprovado, se pode iniciar a instalação dos painéis fotovoltaicos, inversores, aterramento e toda instalação elétrica necessária.Finalizado o processo, a concessionária faz a vistoria para verificar se a instalação está de acordo com as normas da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Após a conclusão e aprovação do projeto, ele passa a ser considerado pela instituição como nova "usina", de geração de energia elétrica. Em seguida, é realizada a substituição do relógio tradicional de medição convencional de consumo por equipamento bidirecional, que irá registrar a produção e o consumo de energia do proprietário do sistema. O processo de instalação e liberação da inovação pode levar até 30 dias. Com tudo concluído, a energia gerada pelo sistema poderá ser usada pelas luzes da casa, eletrodomésticos e tudo que esteja ligado nas tomadas. Se não houver tempo e intensidade de sol suficiente para abastecer toda a demanda da unidade, o restante da energia será fornecido pela distribuidora. Quando o sistema particular gerar mais do que o consumo da unidade, a energia excedente irá para a rede da distribuidora e gerará crédito que poderá ser utilizado pelo proprietário em até 60 meses. Nesse caso, compensará o consumo em períodos de muita chuva ou de tempo nublado.

O avanço da Operação Lava Jato, que já levou ao cárcere um ex-presidente, ex-governadores, ex-ministros, parlamentares, grandes empresários e outros figurões até então inatingíveis, somada à extinção do foro privilegiado e aos esquemas que se elabora para o aperto à fiscalização fazendária de agentes públicos, podem representar a proclamação de uma nova república. Principalmente quando vem acompanhada da nova legislação trabalhista tendente a acabar com os sindicatos pelegos e politiqueiros, que em vez de servir às classes que representam, atuam como aparelhos político-ideológicos. Outro ponto que poderia ajudar é a privatização das mais de 150 empresas estatais que, em vez de servir ao país e à sociedade, têm sido usadas como cabides de emprego para a acomodação de cabos eleitorais e até para a prática da corrupção. A república que pode surgir da grave crise que vivemos, onde está difícil até encontrar verdadeiras lideranças para concorrer à presidência, tem de ser a verdadeira representação daquilo que sonharam os precursores dessa forma de

governo. Diferente do que ocorre atualmente no país, seus titulares não podem deter foro especial e nem direitos que os tornem diferentes do cidadão a quem, quando se candidatam, se propõem a representar. É inadmissível que quase 60 mil ocupantes de cargos e funções sejam isentos de responder judicialmente pelos atos cometidos. O máximo que se pode admitir de imunidade é para os cargos e não para seus ocupantes enquanto cidadãos. A pessoa física do presidente da República, do governador estadual, senador, deputado, prefeito e vereador, assim como a dos magistrados e ocupantes de funções públicas de todas as espécies não pode ser blindada pelas garantias do cargo que exerce. Se um deles bateu na mulher, sonegou imposto ou cometeu ato de corrupção, tem de ser processado e apenado, pois esses atos não fazem parte da liturgia de sua função pública ou oficial. O Estado, por seu turno, não tem de ser empresário. Seu papel deve ser normativo e licenciador. Foi-se o tempo em que o Brasil era um país distante e

C HARGE

atrasado que não interessava aos investidores e, por isso, o Estado era obrigado a atuar no ramo da infraestrutura e do fomento. Hoje, em vez de manter estatais inchadas e sujeitas à corrupção, temos de transferi-las à iniciativa privada, que produz melhor e mais barato, e fiscalizar para que seus operadores atuem dentro da legislação, paguem seus tributos e cumpram suas obrigações sociais conforme as necessidades e interesses nacionais. É interessante, também, a ideia que surge de, em vez de manter estatais o transporte e a merenda escolar, onde ultimamente se apura focos de corrupção, distribuir os recursos diretamente aos alunos ou suas famílias, para que adquiram os serviços de prestadores particulares. A nova república que pode estar se desenhando como resultado da crise, precisa reforçar a igualdade entre os cidadãos, acabar com os feudos e oligarquias, fortalecer o poder fiscalizador do Estado e potencializar a iniciativa privada. Temos tudo para ser uma das potências mundiais. Basta eliminar os vícios que sempre nos impuseram o atraso...

chargeonline.com.br

Dilceu Sperafico - O autor é deputado federal pelo Paraná

A RTIGO Dilceu Sperafico

Nos próximos seis meses, assistiremos a três eventos: bons jogos de futebol, repetitivas eleições e promessas inviáveis. Os primeiros, em função da Copa do Mundo, serão prazerosos. As segundas, em função dos pleitos nos estados e na União, serão cansativas. As terceiras, em função da cultura demagógica vigente, serão incumpríveis. Qualquer um de nós que queira fazer o bem tem de enfiar a mão no bolso e gastar seu próprio dinheiro. Já os políticos têm o privilégio de praticar um esporte delicioso: gastar o dinheiro dos outros. Só que os “outros” somos nós, todos os que produzem e pagam impostos. Roberto Campos ironizava dizendo que, no parlamento, temos um problema e uma sorte. O problema, dizia ele, é que “todos os que chegam aqui querem fazer alguma coisa”. A sorte é que “a maioria não conseguirá fazer o que promete”. Sinto arrepios quando um político começa a prometer um monte de coisas ao povo, pois a mais elementar lição da economia é que o governo não dá nada à sociedade que antes dela não tenha tirado. Quando tenta dar ao povo o que não tirou em forma de tributos, o governo ou emite moeda (que cria a tragédia da inflação) ou faz dívida (que eleva os juros e reduz o crescimento econômico). O Brasil produziu R$ 6,53 trilhões no ano de 2017. Esse é o produto interno bruto (PIB), que é igual à renda nacional. Mais de um terço foi

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 TV Editora e Gráfica - Eireli - ME CNPJ 28.454.259/0001-21 Matriz: Rua Infante Vieira, 36, Centro - Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Diretor Responsável

Promessas inviáveis

entregue ao governo em tributos, nos três níveis, algo em torno de R$ 2,2 trilhões. Mesmo com essa montanha de dinheiro, o governo gastou R$ 110,6 bilhões a mais do que arrecadou, que é o déficit primário antes de contar os juros da dívida pública. Como o governo vem gastando mais do que arrecada há décadas, a dívida pública já chegou a 74,3% do PIB, e vai custar mais de R$ 400 bilhões de juros em 2018. Uma das causas do desemprego é a dívida consolidada de todo o setor estatal. A sociedade como um todo – pessoas e empresas – deposita dinheiro nos bancos. E os bancos têm apenas três clientes: as pessoas, as empresas e o governo. Se o governo avidamente vai aos bancos pedir dinheiro emprestado, por meio de emissão de títulos públicos e outros empréstimos, falta dinheiro para financiar as pessoas (consumidores) e as empresas. E com isso, o PIB não cresce, logo, não há criação de empregos. Se você é um desempregado, saiba que os déficits do governo e a dívida pública são os principais culpados. Alguém pode perguntar: mas por que o governo tem tanto déficit e tanta dívida? Vamos lembrar de dois pontos. Um é o aumento dos gastos com salários e custeio dos serviços públicos e da máquina administrativa nos 5.570 municípios, 26 estados, Distrito Federal e União. Outro, em 2017, o déficit do INSS (previdência dos trabalhadores do setor privado) mais o Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Comercial

Benedito Francisquini - MTB 262/PR

Priscila Simões - (43) 9 9619-9645

tribunadovale@tribunadovale.com.br

tribunadovale1@gmail.com

tribunadovale@uol.com.br

E-mail: cartaleitor@tribunadovale.com.br

déficit da previdência somente dos servidores federais deu um total de R$ 270 bilhões, sendo R$ 180 bilhões de déficit do INSS (para pagar 30 milhões de beneficiados) e R$ 90 bilhões de déficit (para pagar apenas um milhão de servidores públicos federais).O quadro de déficit e de dívida acumulada responde pelo baixo volume de investimentos em infraestrutura e pelo baixo crescimento da economia, logo, pela baixa renda per capita e pelo alto desemprego. Aumento de tributos é algo contra o qual a sociedade deve se rebelar e não aceitar. Então, governo bom será aquele que conseguir consertar essa confusão financeira e o estado de desequilíbrio das contas públicas, não aquele que prometer gastar mais. Novamente: o governo só dá a João o que tirou de Pedro, Maria, Antonio e demais brasileiros. Não há milagres. Quem diz que há, é apenas um demagogo.As eleições estão próximas. Tão logo termine a Copa do Mundo, entrará em cena a campanha eleitoral e a promessa de gastar o dinheiro dos outros. Caso tentem cumprir suas promessas, terão que enfiar a mão no bolso do povo, a menos que façam promessas boas como reduzir o tamanho do governo, combater o desperdício, aumentar a eficiência da administração, reduzir a corrupção, adotar a austeridade, reformar a previdência e liberar o espírito de iniciativa dos que querem empreender. José Pio Martins é economista e reitor da Universidade Positivo Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Geral A-3

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Prefeito tenta burlar concurso e TAC com o Ministério Público

S.A.PLATINA - Zezão manda contratar técnico em enfermagem pelo sistema de credenciamento Da Redação

A prática de atos ilegais por parte da administração do prefeito José da Silva Coelho Neto, o professor Zezão (PHS), vem se tornando rotina e a tendência é que o gestor acabe se complicando juridicamente em curto espaço de tempo. A última de Zezão está sendo a determinação para que a administração for ma l i z e a c ont r at a ç ã o de um técnico em enfermagem pelo sistema de credenciamento, ou seja, burlando um concurso público realizado no final da gestão do ex-prefeito Pedro Claro de Oliveira ( D E M ) e u m Te r m o d e Ajustamento de Conduta (TAC), formalizado com o Ministério Público Estadual (MPPR) no início deste ano. Nos bastidores da prefeitura a informação é que, diante do pedido da secretaria de Saúde para a contratação de um técnico em enfermagem, o prefeito teria preferido utilizar o sistema de credenciamento

p orque o custo do novo profissional não incidiria s obre a folha dos s er vidores, que já estourou o limite prudencial fixado pelo Tribunal de Contas do Paraná (TCE-PR). Rest a s ab er s e os departamentos de licitação e jurídico, que precisam ser consultados pelo prefeito Z e z ã o, d a r ã o p a r e c e r e s contra ou a favor da formalização do contrato. O histórico desses dois setores administrativos não dá segurança ao prefeito, pois ambos já se posicionaram contra outras medidas ilegais tentadas pelo prefeito. Um desses casos refere-se à dispensa de licitação por justificativa para contratar uma empresa para realizar a manutenção do sistema de iluminação pública da cidade. Os setores de licitações e o jurídico deram parecer contrário. Mesmo assim o prefeito preferiu ignorar os parecerem e determinou a contratação da empresa Eletrolomba. Injustiça Se o prefeito Zezão decidir pelo credenciamento

através de uma empresa, Pau l o C e s ar d a Si lv a , o 6º colocado do concurso público realizado em 2016 e que aguarda nomeação, e Elizangela da Luz Gonçalves, que aguarda nomeação na cota de afrodescendentes, ficariam mais uma vez de fora. Este tipo de c omp or t am e nt o c omu m na administração pública é que coloca em descrédito a instituição dos concursos, burlados muitas vezes p a r a at e n d e r i nt e r e s s e s políticos. O que agrava ainda mais a situação do prefeito Zezão é o TAC que formalizou com o Ministério Público, através do Gepatria - Grupo Especializado na Prote ç ã o a o Pat r i môn io Público e no C ombate à Improbidade Administrativa, com sede em Santo Antônio da Platina, pelo qual assume compromisso de eliminar desvio de função na administração municip a l, b em como, por fim ao sistema de credenciamento para atender necessidades da prefeitura, prática recorrente no setor

Antônio de Picolli

A contratação feita pelo prefeito Zezão prejudica os aprovados no concurso público de 2016

de saúde. Uma fonte informou à reportagem que este caso já teria sido denunciando a o G e p at r i a d o M P- P R ,

SEBRAE

Norte Pioneiro formaliza SRI e elege diretoria

mas o jornal não pode confirmar em virtude da hora que a informação chegou à redação. O mesmo informante disse que o

MP já teria solicitado documentos à administração municipal, mas não sabe se já houve encaminhamento à promotoria de justiça.

S.A.PLATINA

Jogos Escolares deverão reunir mais de mil atletas

Prefeito Zezão com equipes do NRE e da prefeitura Marcos Jr.

Governança, formada por representantes de 30 entidades reúne-se quinzenalmente Da Assessoria

Criado para promover o desenvolvimento territorial por meio do fomento à tecnologia e inovação, geração de novas oportunidades de emprego e renda, e atração de investimentos, o Sistema Regional de Inovação do Norte Pioneiro (SRI) será formalizado em uma ass o ci aç ão. O trabalho da governança, composta por representantes de 30 entidades, como Sebrae/PR, Senai, instituições de ensino superior, a s s o c i a ç õ e s c om e rc i a i s , prefeituras e empresários, foi iniciado em 2015. A eleição da primeira diretoria está marcada para a próxima sexta-feira (18), a partir das 9 horas, na sede do escritório do Sebrae/PR, em Jacarezinho, na rua Cel. Figueiredo, 749. O consultor do Sebrae/PR, Odemir

Capello, diz que a formalização é necessária porque a rede já perdeu algumas oportunidades de captação de recursos e parcerias pela falta de uma identidade, um Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ). “A governança deu tão certo que agora será formalizada para ampliar os benefícios ligados à inovação no Norte Pioneiro”, afirma. Com um CNPJ, o SRI poderá buscar patrocínio para eventos, fazer parcerias, participar de editais e captar recursos. “No ano passado, poderíamos ter trazido um patrocínio de v a l or c ons i d e r áve l p ar a o Geniuscon, mas não conseguimos porque não tínhamos quem recebesse e s s e d i n h e i r o”, a p o n t a . Na avaliação de Capello, a sobrevivência do SRI depende da formalização. Apesar de a associação

ter diretoria, sócios e um conselho, o consultor explica que o sistema atuará de forma colaborativa. “A inovação passará a ter uma representação formal no Norte Pioneiro”, completa. Uma chapa única concorre à eleição na sexta-feira e o candidato à presidente é o empresário Kleyton Smentkoski, que participa das re u n i õ e s d a gove r nanç a desde o início. Segundo Smentkoski, a formalização era uma das e t ap a s d o pl ane j ame nto previstas para este ano. “O foco é fortalecer o sistema por meio de uma associação e ter uma entidade que o represente”, explica. Ele afirma que teve o nome indicado pelos colegas para o desafio de iniciar o trabalho, mas diz estar tranquilo. “Sei que temos uma equipe forte trabalhando continuamente”, justifica.

Na avaliação de Valmir de Araújo, que representa a Associação Comercial e Empresarial de Jacarezinho (Acija) no SRI, entre as vantagens da formalização está o fato de o sistema ganhar representatividade junto aos setores público e privado. Isso contribuirá para a busca de apoio governamental e institucional, segundo ele. Para o analista de desenvolvimento tecnológico do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) Campus Jacarezinho, Luciano Gilberto Bernardes, a formalização será um marco na trajetória do SRI, que foi criado com o objetivo de transformar o Norte Pioneiro. Ele lembra que, mesmo sem um CNPJ, o grupo já conseguiu que st ar tups da região recebessem apoio do governo estadual para acelerar suas ideias de negócios.

A fase regional dos Jogos Escolares do Núcleo Regional de Educação de Jacarezinho, deverá reunir mais de mil atletas a partir da próxima sexta-feira, 18, em Santo Antônio da Platina. A solenidade de abertura está marcada para às 19 horas no Ginásio de Esportes Henrique Schimidt com o desfile das delegações. Serão os doze municípios (Abatiá, Andirá, Barra do Jacaré, Cambará, Carlópolis, Jacarezinho, Joaquim Távora, Jundiaí do Sul, Quatiguá,

Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal e Santo Antônio da Platina) que terão participantes nas modalidades de futsal, voleibol, basquete, handebol, xadrez, tênis de mesa e atletismo. Na última semana, equipes da prefeitura e do Núcleo Regional de Educação se reuniram para definir as estratégias e os coordenadores de cada etapa. “Queremos que a competição seja realizada da melhor forma possível. Iremos dar todo o suporte possível para que tudo saia da forma planejada”, finaliza o prefeito José Coelho, o Zezão.

Serviços de Encomendas da Emp. Princesa do Norte

As encomendas transportadas em ônibus não aguardam lotação e seguem no primeiro horário, Inúmeras viagens cobrem diariamente mais de 150 cidades nos Estados de São Paulo, Paraná,Minas Gerais, Goiás, Sta Catarina e Distrito Federal .

Curitiba – PR :

Rua Jackson Figueiredo, 72 - Parolim (garagem) Fone: (41) 3332-1244 / 3332- 5526 /3030-1078

Londrina -PR :

R. Antônio Mano, 1065 Jd. Pacaembu ( garagem da Til ) Fone: (43) 3329-0630

São Paulo -SP :

Av. Comendador Martinelli, 276 – Água Branca ( garagem) Central: 3333-7900

Brasília -DF :

S.G.C.V. Sul lote 18 (garagem ) Fone: (61) 3362-9651

Uberlândia -MG :

Av. Estrela do Sul, 758 Martins ( garagem ) Fone: (34)3235-4585

Avaré -SP :

Av. Pará,791 Terminal Rodoviário Fone: (14) 3733-5090

EMPRESA PRINCESA DO NORTE S/A. Matriz: Rua 24 de Maio, 253-A - Vila Claro CEP: 86.430-000 - Santo Antônio da Platina - PR Fone: (43) 3534-8400 - Fax (43) 3534-1616 Informações: (43) 3534- 1826 site: www.princesadonorte.com.br

QUALIDADE, SEGURANÇA E EFICIÊNCIA COM SUAS ENCOMENDAS


A-4 Geral

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Colisão frontal deixa um morto e quatro feridos entre Jacarezinho e Cambará

PR-431 » Acidente envolveu um VW Gol e um Peugeot 208; ao menos duas vítimas inspiravam cuidados Jivago França / Portal JNN

Ultrapassagem forçada pode ter provocado o acidente Luiz Guilherme Bannwart com Jivago França

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas em um grave acidente automobilístico envolvendo um VW Gol e um Peugeot 208 na tarde desta quarta-feira (16), na

PR-431, no trecho entre Jacarezinho e Cambará. A batida frontal aconteceu próximo a Usina Dacalda. S egundo testemunhas, o acidente ocorreu depois que um dos veículos tentou uma ultrapassagem no local. Flávio Cezar Souza, 39, foi

Jivago França / Portal JNN

Vítimas ficaram presas entre as ferragens; duas em estado grave

reanimado por dois médicos que passavam pelo local, mas não resistiu aos ferimentos e morreu logo em seguida. As outras quatro vítimas foram encaminhadas para o Pronto Socorro de Jacarezinho com fraturas. De acordo com o coman-

»ATENDIMENTO

Sala do empreendedor de Cambará ganha selo bronze

dante do Corpo de Bombeiros de Jacarezinho, capitão Angelino José de Siqueira, ao menos duas vítimas se encontravam em estado grave. Júlia Tunes de Souza, 23, e Bruno Mainardes, 22, estavam no Pegeout. Alex Aparecido Rodrigues Pinto, 36,

Graça Maria

O Sebrae/PR realizou na última quarta-feira, 9, em Curitiba, a s o l e n i d a d e d e pre miação aos representantes municipais das Salas do Empreendedor de todo o Estado, que concorreram ao título de “Referência em Atendimento”. A Sala do Empreendedor de Cambará conquistou o Selo Bronze, entre as 3 categorias disputadas - Selos Bronze, Prata e Ouro. Esta foi a primeira vez que a Sala de Cambará concorreu ao título de “Referência em Atendimento”, que foi proposto no final de 2017. De lá para os serviços do órgão foram realizados

pelos ser vidores municipais, Tiago Biato e Angélica Cristina Cordeiro Moreira. De acordo com informações da Agência de Notícias SEBRAE, o objetivo do Selo de Referência em Atendimento é reconheacer a rede de parceiros do Sebrae/PR pelo seu desempenho no atendimento aos empreendedores e empresários, promovendo assim a sustentabilidade e competitividade dos pequenos negócios. Como benefícios, ser reconhecido pelo empreendedor e empresário como local de apoio, com capacidade de atendimento para resolver problemas, possibilitando o crescimento e a competitividade do negócio. O Selo está estruturado

em três pilares: atendimento, soluções para clientes e ge s t ã o. As re g r a s qu e norteiam a disputa: pilares, questões e pontuação, com ênfase no atendimento com qua lidade, efet ividade e aplicabilidade, atendimento ao cliente e estrutura física. O foco é a busca de soluções aos clientes, com s olu ç õ e s d ive rs i f i c a d a s , gestão, planejamento, capacitação, parâmetros mín i m o s d e d e s e m p e n h o, entre outros. Angélica Cristina Cordeiro Moreira, agente municipal de Desenvolvimento do Município de Cambará, recebeu a premiação em Curitiba, como representante da Sala do Empreendedor.

trânsito ficou lento nos dois sentidos, e houve registro de congestionamento. O corpo de Flávio Souza foi recolhido ao Instituto Médico Legal (IML) de Jacarezinho.As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

»AMÉRICA DO SUL

Professora da UENP é vice-presidente da Associação de Educação Internacional

Da Assessoria

Prefeita em exercício Claudia Batista entre os funcionários Tiago Biato e Angélica Cristina Cordeiro Moreira

Santilio Valêncio, 58, e Flávio Cezar Souza, 39, viajavam no Gol.A ocorrência mobilizou equipes do Corpo de Bombeiros, Samu, Polícia Rodoviária Estadual (PRE) e voluntários que passavam pelo local e pararam para auxiliar no socorro às vítimas. O

A professora Eliane Segati Rios Registro, coordenadora de Relações Internacionais (CRI) da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), assumiu, na 30ª conferência anual da Associação Brasileira de Educação Internacional (FAUBAI), a vice-presidência da Instituição, considerada a maior associação de educação internacional da América Latina. A FAUBAI, a mais importante conferência de internacionalização da educação superior na América do Sul, incluiu a realização de 13 workshops, 5 sessões plenárias e 48 sessões paralelas com 126 apresentações. O evento

contou com a participação de mais de 700 representantes da educação internacional, dentre eles reitores, diplomatas, assessores, gestores, docentes e pesquisadores de diversos países, a fim de discutir a relação entre internacionalização e pesquisa, os desafios e estratégias para implementação de políticas de internacionalização e a atratividade da pesquisa brasileira. A professora Eliana Segati esteve no evento, realizado em abril, no Rio de Janeiro, ocasião em que ocorreu a formação de um novo Conselho Deliberativo, do qual assumiu a vice-presidência. Além disso, a professora mediou sessões de discussão e realizou três apresentações na

conferência: “Colaborações para a internacionalização: aprendizado combinando idiomas e parcerias curriculares, Brasil e Canadá”, “Parana fala inglês e Smrt English - primeiros resultados deste inovador programa de idiomas” e “Paraná e Canadá falam Francês: cooperação para a capacitação em educação de língua francesa”. “O evento proporcionou para a UENP e para o CRI o aumento das arcerias com Universidades estrangeiras, a realização de diversas reuniões com representantes de organizações internacionais e a apresentação dos resultados obtidos através do Programa Paraná fala Idiomas”, destacou Segati.


Cotidiano A-5

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

PM prende dupla com crack e maconha na rodovia PR-272

SIQUEIRA CAMPOS Um dos suspeitos era monitorado pela Agência de Inteligência do 2º BPM; transportava droga de Londrina para abastecer a região

Suspeitos foram flagrados com crack e maconha Da Redação

Dois homens foram pres o s p e l a Po l í c i a M i l it ar pelo crime de tráfico de drogas na tarde de terça-feira (15) na PR-272, no trecho entre Tomazina e

Siqueira Campos. Policiais da Agência de Int e l i g ê n c i a d o 2 º B P M le vant aram infor maçõ es de que um homem seguia de Londrina num GM/Corsa Hatch, transpor tando considerável quantidade

Carro que transportava a droga foi recolhido ao pátio da Delegacia de Siqueira Campos

de drogas para abastecer o narcotráfico na cidade de Siqueira Campos e região. O veículo foi abordado próximo ao bairro Alphaville e, o condutor identificado (28 anos). Indagado sobre a droga, o suspeito

IBAITI

Mãe e filho morrem em acidente entre carro e moto na BR-153

Informe Policial

Da Redação com Informe Policial

Mãe e filho morreram num grave acidente envolvendo um carro e uma motocicleta na noite de terça-feira (15), na BR-153, no perímetro urbano de Ibaiti. Jucélio dos Santos, de 30 anos, pilotava uma motocicleta com sua mãe, Eva de Fátima Paulino, 54, na garupa, quando foi atingido por um Fiat Pálio em frente ao posto Transbasiliana. O acidente ocorreu por volta da 19 horas. A motocicleta com placa de Pinhalão era conduzida por Jucélio. Com o choque, mãe e filho foram arremessados na pista. Ambos foram socorridos pelo Samu e conduzidos ao Hospital Municipal. Eva não resistiu aos ferimentos e entrou em óbito no Hospital de Ibaiti. Jucélio foi encaminhado à Santa Casa de Jacarezinho com fratura expostas em uma das pernas e politraumatismo, onde faleceu duas horas depois. No Fiat, com placas de

Divulgação / Polícia Militar

negou a existência de entor p ecente no carro. No ent anto, ap ós bus cas no interior do automóvel com o auxílio dos cães Thor e Lana, do 2º BPM, foram localizados 150 gramas de crack no forro do teto do

veículo. No local da abordagem também foi detido outro homem conhecido no meio policial por envolvimento com o narcotráf ico, que agu ard ava a che g a d a d a droga. Ele estava em posse

de maconha. A dupla, a droga (que renderia aproximadamente 650 pedras do entorpecente) e o carro foram apreendidos e encaminhados para Delegacia de Polícia Civil de Siqueira Campos.

JACAREZINHO

Colisão em trevo deixa carro com frente destruída

Jivago França / Portal JNN

Carro ficou com a frente completamente destruída Moto e carro bateram de frente perto do posto Transbasiliana

Ibaiti, viajavam três pessoas, Pedro Henrique Cardoso, 32, Divonsir José de Melo, 49, e Rosana Cristina Raimundo, 31. Os dois homens também foram encaminhados para o

Hospital Municipal de Ibaiti com ferimentos leves. A mulher não teve lesão. As causas do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

CRACK NO BUSÃO

Da Redação

Um carro ficou com a frente destruída depois de colidir com a lateral de um caminhão por volta das 20 horas de terça-feira (15), no trevo da PR-431 com BR-153, em Jacarezinho. O carro era conduzido por

uma moradora de Congonhinhas. Ela não ficou ferida. O caminhão fugiu do local logo após a batida. A motorista contou para as equipes de socorro que o caminhoneiro chegou a parar. Segundo ela, o caminhoneiro perguntou se ela estava

ferida e se precisava de ajuda. Como não havia ferimentos, ele simplesmente entrou no caminhão e seguiu viagem sentido Santo Antônio da Platina. Ele teria sido interceptado pouco depois ainda antes de chegar na cidade vizinha.

CAMBARÁ Homem é flagrado com 107 pedras de crack ao desembarcar em Siqueira Campos Ambulância e Kadet Da Redação

Um homem foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas na tarde de terça-feira (15) ao desembarcar de um ônibus no terminal rodoviário

de Siqueira Campos. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito teria embarcado no coletivo em Londrina e seguia com drogas para a cidade do Norte Pioneiro. Ao deixar o ônibus em Siqueira Campos, ele

foi abordado na rua Joaquim Antônio de Carvalho e flagrado com 107 pedras de crack prontas para a comercialização. O traficante a droga apreendida foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil.

BR-369

PRF apreende 35kg de crack em Bandeirantes Da Redação com Assessoria

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 35,7 quilos de crack na tarde de terça-feira (15) em Bandeirantes. A droga era transportada em um fundo falso de uma

caminhonete Fiat Strada.O motorista, de 24 anos, foi abordado na BR-369. Natural de Maxaranguape, no Rio Grande do Norte, ele foi identificado, mas acabou fugindo a pé, em meio a um canavial à beira da rodovia.

Equipes da PRF e da Polícia Militar fizeram buscas pela região, mas ainda não o localizaram. A PRF encaminhou a droga e o veículo para a Delegacia da Polícia Civil em Bandeirantes.

colidem na PR-431 Da Redação com Portal JNN

Uma ambulância de Rancho Alegre (PR) e um GM Kadet com placas de Cambará colidiram na noite de terça-feira (15) na PR-431, próximo a Cambará.O carro era conduzido por Renato Aguiar. Segundo ele, um caminhão também estaria envolvido no acidente, porém, o motorista seguiu viagem após a batida. O motorista da ambulância foi identificado como Ari Antônio da Silva Filho. Ele transportava um paciente no veículo. Ambos foram encaminhados ao Pronto Socorro

Kadet ficou destruído após bater de frente com a ambulância

de Cambará, onde foram receberam atendimento médico e em seguida foram liberados.

O condutor do Kadet teve também teve apenas ferimentos leves.


A-6 Geral Comunicado A Empresa Trevisa Mais Soluções para Transporte Ltda., CNPJ n. 26.596.727/0001-77, vem pelo presente tornar público aos seus clientes e proprietários de Caminhões da Marca Ford, da Região de Londrina, que estamos autorizados pela Montadora a prestar assistência técnica, inclusive em garantia, assim como, comercializar veículos novos e peças genuínas Ford Caminhões na referida região. Comunicamos, ainda, que não temos qualquer vínculo sucessório com a empresa Iguaçu Truck Comércio de Caminhões EIRELI., antiga Concessionária da Região. Sendo o que tínhamos pelo momento, colocamos nossa casa a disposição e esperamos a visita de vocês, nossos clientes, para conhecerem toda a gama de Caminhões Ford, sempre com nosso tradicional bom atendimento. CÂMARA MUNICIPAL DE GUAPIRAMA RESOLUÇÃO Nº 001/2018 Sumula: Autoriza a Abertura de Crédito Adicional Suplementar no orçamento vigente da Câmara Municipal para o exercício 2018. Faço saber que a Câmara Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, APROVOU, e eu Presidente, promulgo a seguinte RESOLUÇÃO: Art. 1ºFica autorizado o Poder Legislativo a proceder abertura de Crédito Adicional Suplementar, na seguinte rubrica orçamentária, do orçamento vigente da Câmara: 01 – Câmara Municipal de Guapirama 001 – Câmara Municipal de Guapirama 01.031.0001.2001 MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES LEGISLATIVAS 3.3.90.40.00.00 Serviços de Tecnologia da Informação – Pessoa Jurídica R$ 20.000,00 Art. 2º Como recursos necessários à adição deste crédito adicional suplementar fica anulada parcialmente as seguintes dotações constantes no orçamento vigente da Câmara, nos moldes da Lei nº 4.320/64: 01 – Câmara Municipal de Guapirama 001 – Câmara Municipal de Guapirama 01.031.0001.02001 – MANUTENÇÃO DAS ATIVIDADES LEGISLATIVAS 3.1.90.11.00.00 – Vencimentos e Vantagens Fixas - Pessoal Civil R$ 17.000,00 3.1.90.13.00.00 – Obrigações Patronais R$ 3.000,00 FR – 001 – Recursos do Tesouro (Descentralizados) Art. 3º Esta Resolução entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário. Câmara Municipal de Guapirama, Estado do Paraná, aos sete dias do mês de maio do ano de dois mil e dezoito. Marcelo Fernandes Rodrigues Presidente MUNICÍPIO CAMBARÁ EDITAL DE CLASSIFICAÇÃO DAS PROPOSTAS REF: EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 02/2018. A comissão de licitação constituída comunica aos interessados na execução do objeto do Edital de Concorrência nº 02/2018, que após a análise e verificação das propostas ofertadas, decidiu classificar as seguintes proponentes: Nº EMPRESA VALOR R$ 1 CONSTRUTORA REGIOLI LTDA ME R$ 282.211,89 2 J.R. CONSTRUTORA EIRELI ME R$ 290.192,16 3 O. S. SOUZA & SOUZA LTDA R$ 343.514,99 4 CONSTRUTORA GODOI ANDIRA EIRELI R$ 362.740,20 A Comissão de Licitação comunica, que dentro do prazo de 5 (cinco) dias úteis contados da data deste edital, qualquer das proponentes que se sinta prejudicada, poderá interpor recurso. Cambará, 16 de maio de 2018. MAYKON PEREIRA MOREIRA Presidente MUNCÍPIO DE CAMBARÁ – PR CHAMADA PUBLICA 03/2018 Habilito para todos os fins de direito, o objeto do chamamento publico 03/2018, SELEÇÃO DE EMPRESA DO RAMO DA CONSTRUÇÃO CIVIL PARA A APRESENTAÇÃO DE PROPOSTA DE PRODUÇÃO DE EMPREENDIMENTO HABITACIONAL JUNTO À CAIXA ECONÔMICA FEDERAL – CAIXA, MEDIANTE A ELABORAÇÃO E ENTREGA DOS PROJETOS DE URBANIZAÇÃO, PROJETOS ARQUITETÔNICOS E COMPLEMENTARES E PROJETOS DE INFRAESTRUTURA, BEM COMO DEMAIS DOCUMENTOS TÉCNICOS EXIGIDOS, PARA FUTURA SELEÇÃO DA PROPOSTA PELO MINISTÉRIO DAS CIDADES, E POSTERIOR FORMALIZAÇÃO DA CONTRATAÇÃO DA PRODUÇÃO DO EMPREENDIMENTO HABITACIONAL JUNTO À CAIXA, EM IMÓVEIS DE PROPRIEDADE DO MUNICÍPIO, NO ÂMBITO DO PROGRAMA MINHA CASA MINHA VIDA - PMCMV - FAIXA 1, COM RECURSOS DO FUNDO DE ARRENDAMENTO RESIDENCIAL – FAR, PODENDO SER COMPLEMENTADO POR CONTRAPARTIDA EM BENS E SERVIÇOS PREVISTA NO PROGRAMA ESTADUAL MORAR BEM PARANÁ, a empresa PIZOLATO CONSTRUTORA E INCORPORADORA LTDA, CNPJ sob nº 04.176.720/0001-63. Cambará, 16 de maio de 2018. CLAUDIA HELENA NEGRÃO BATISTA PREFEITA MUNICIPAL DE CAMBARA EM EXERCICIO MUNCÍPIO DE CAMBARÁ – PR TOMADA DE PREÇO 09/2018 1ª ALTERAÇÃO DE DATA OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZADA PARA AMPLIAÇÃO DA 2ª CELULA NO ATERRO SANITÁRIO MUNICIPAL NOVA ABERTURA: 29/05/2018 AS 14h LOCAL: AV. BRASIL, 1.229, CENTRO, CAMBARÁ - PR. DISPONIBILIDADE DO EDITAL, GRATUITAMENTE, PELO E-MAIL: municipiocambara@gmail.com e Portal Transparência. Cambará, 16 de maio de 2018. CLAUDIA HELENA NEGRÃO BATISTA Prefeita Municipal em exercício __________________________________________ PREFEITURA MUNICIPAL DE TOMAZINA AVISO DE PREGÃO PRESENCIAL Nº 25/2018 Objeto: Aquisição de Materiais Esportivos para Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social Trabalho e Cidadania do Município de Tomazina – PR, conforme especificações constantes no Termo de Referência, (Anexo I) do Edital. A Prefeitura Municipal de Tomazina, através da Comissão de Licitações, torna público para conhecimento dos interessados que realizará a licitação referente ao PREGÃO PRESENCIAL n° 25/2018. Abertura da Licitação: 09:00 horas do dia 29/05/2018. Local da Abertura: Prefeitura Municipal de Tomazina – Praça Tenente João Jose Ribeiro, 99 – Tomazina – PR. A cópia do Edital, bem como maiores esclarecimentos estarão à disposição dos interessados de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13:00h as 17h, até vinte e quatro horas antes do certame, e pelo email: comprastmz@hotmail.com Tomazina, 16 de maio de 2018 Camila do Vale Morais PREGOEIRA OFICIAL _____________________________________________ PREFEITURA MUNICIPAL DE CAMBARÁ PORTARIA No 119/2018 A Excelentíssima Senhora Claudia Helena Negrão Batista, Prefeita Municipal em Exercício de Cambará, Estado do Paraná, usando de suas atribuições, que lhe são conferidas por lei, R E S O L V E: Art. 1º Conceder Licença sem remuneração, para tratar de interesses particulares, ao senhor João Henrique Lopatka, portador da C.I. RG nº 7.091.542-1, ocupante do cargo de Professor de Educação Física, lotado na Secretaria Municipal de Educação e Cultura, por um período de 02 (dois) anos, a contar de 16 de maio de 2018 a 15 de maio de 2020, conforme o previsto na Lei nº 1191/2001, Art. 106, parágrafos 1º, 2º e 3º. Art. 2º A presente Portaria entra em vigor na data de sua publicação. Gabinete do Prefeito Municipal de Cambará, Estado do Paraná, em 16 de maio de 2018. CLAUDIA HELENA NEGRÃO BATISTA Prefeita Municipal em Exercício

TRIBUNA DO VALE Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Comissão de Agricultura quer mais recurso para o seguro rural

ALEP » A preocupação maior, no momento, é com a produção do milho safrinha, que já apresentou quebra por causa da seca

Antônio de Picolli

Seca já provocou prejuízos aos produtores do milho safrinha Da Assessoria

A Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural da Assembleia Legislativa do Paraná, presidida pelo deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), aprovou em reunião na tarde desta quarta-feira (16) um requerimento por aporte de mais recursos para ajudar os agricultores paranaenses que sofrem com a quebra da safrinha do milho e outras 28 atividades incluídas nesta modalidade de produção nos períodos de entressafra. O documento, assinado pelo próprio Romanelli e defendido anteriormente pelos deputados Marcio Nunes (PSD) e Anibelli Neto (PMDB), membros da comissão, no Plenário da Casa, é destinado à Casa Civil do Governo do Estado e à Fomento Paraná, para que se garantam R$ 5 milhões para a continuidade do seguro rural, criado para proteger os produtores em casos como este. De acordo com Marcio Nunes, um período de seca prolongado, o maior dos últimos 40 anos no Paraná, trouxe transtorno aos produtores que

já acionam o seguro agrícola. “Vamos ter uma quebra de safra e rapidamente estamos nos mobilizando e pedindo que o governo nos atenda. Se não for aportada esta subvenção, os agricultores terão que tirar este dinheiro do bolso. A ajuda acaba subsidiando toda a cadeia produtiva, com o frango, porco, peixe, pecuária leiteira, e quem ganha é a população, que não precisará arcar com aumentos nos preços dos alimentos”, explicou. Segundo Romanelli, o Governo do Estado já investiu mais de R$ 42 milhões nos últimos anos em subvenção para o seguro rural. “São necessários mais R$ 5 milhões para assegurar o seguro aos produtores rurais. O documento está sendo dirigido ao chefe da Casa Civil e à Fomento Paraná. Deve ser liberado já, por isso aprovamos o requerimento na comissão, em uma época em que a agricultura enfrenta enormes dificuldades, para que toda a cadeia produtiva de diversos setores seja preservada”, afirmou. Projetos – A comissão também aprovou durante a reunião o projeto de lei nº 260/2017, do deputado Luiz Carlos Martins (PP), que pro-

íbe a pesca, comercialização, transporte, processamento e industrialização do peixe “Dourado”, por oito anos, para promover o repovoamento da espécie nos rios do Paraná. Fica autorizada, no entanto, a pesca esportiva dele, na modalidade “pesque e solte”. Foi aprovado também o projeto de lei nº 168/2017, do deputado Tiago Amaral (PSB), que concede título de utilidade pública à Associação de Produtores de Leite de Tamarana; e o projeto de nº 835/2017, do deputado Professor Lemos (PT), que concede título de utilidade pública à Associação dos Produtores Rurais de São Tomé. A comissão ainda aprovou o projeto de lei nº 199/2015, do deputado Professor Lemos, que institui a Semana da Luta pela Reforma Agrária e da Promoção da Cultura da Paz, a ser comemorada anualmente na segunda quinzena de abril; e o projeto de nº 588/2017, do deputado Anibelli Neto (PMDB), que concede título de Capital da Ponkan ao município de Cerro Azul. Participaram da reunião os deputados Luiz Claudio Romanelli, Marcio Nunes, Anibelli Neto e Fernando Scanavaca (Podemos).

SÚMULA DE REQUERIMENTO DE LICENÇA DE INSTALAÇÃO Claúdio Aparecido de Paula torna público que irá requerer ao IAP, a Licença de Instalação para Empreendimento Avícola a ser implantada no Sítio São João Bairro 3 Vendas em Guapirama

POLÍTICA DA QUALIDADE TOTAL

Atuar no segmento de reciclagem de baterias automotivas e industriais e no refino de chumbo e suas ligas para o mercado nacional e internacional, tendo como princípios norteadores a seguintes ações: 

Promover a utilização otimizada dos recursos naturais;

Prevenir ações que minimizem os riscos de poluição do ar, solo e água;

Manter um sistema de Gestão Ambiental, para assegurar o atendimento aos requisitos legais e a

Gerenciar os resíduos provenientes de suas atividades de forma a minimizar a sua geração,

Buscar melhoria contínua em seus processos e atividades, visando a satisfação de seus

Aplicar tecnologias economicamente viáveis visando melhoria no seu desempenho ambiental e

Promover a conscientização e o envolvimento do seu quadro de colaboradores em ações

outros requisitos; otimizando a reutilização em seus processos; clientes e partes interessadas; de qualidade dos seus produtos; ambientais, de saúde, de segurança e bem-estar com a finalidade de ter um ambiente agradável e livre de discriminação; 

Manter programas de qualificação do seu quadro de colaboradores desenvolvendo o conhecimento profissional.

REV 05 DE 15/05/2018


Geral A-7

TRIBUNA DO VALE

Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Paraná diversifica mercados e exporta para 189 países

PRODUÇÃO  Desempenho dos primeiros quatro meses deste ano mostra ampliação dos destinos da produção paranaense. Levantamento do Ipardes mostra

COLUNA AB PARANÁ Supervisão de Ayrton Baptista

GUARAQUEÇABA

Colonizada com a chegada dos portugueses no Paraná por volta de 1545, Guaraqueçaba, encanta pela natureza preservada e beleza exuberante. Seu nome vem do tupi - guarani e significa “lugar do guará”, uma ave de cor avermelhada, que era abundante na região. Diversas ilhas fazem parte do município, são elas: Das Peças, Rasa, Das Laranjeiras, do Rebelo, Povoca e do Superagüi. aen

PONTO TURÍSTICO O Museu Oscar Niemeyer, um dos símbolos de Curitiba, foi eleito mais uma vez um dos 20 museus mais bonitos do mundo, sendo o único da América Latina a entrar na lista. A seleção foi feita pelo site norte-americano Flavorwire, especializado em cultura e crítica de arte. Uma opção de visita indispensável para quem está a passeio na capital paranaense. HISTÓRIA VIVA Quem pretende visitar as praias do litoral paranaense, pode aproveitar para conhecer a bela Paranaguá. A cidade conta com diversos pontos de turismo, como mercados, igrejas, o Porto e a baia. Possui quatro mercados: o de artesanato, o Brasílio Abud (pescados), o Nilton Abel de Lima e o do Café. Eles oferecem aos visitantes variedades em artesanato e cultura local.

Soja, carne de frango e automóveis lideraram as exportações este ano AEN

No primeiro quadrimestre de 2018, o Paraná ampliou a diversificação de mercados e exportou mercadorias para 189 países diferentes, número que supera os 183 registrados no mesmo período do ano passado. As exportações tornaram-se menos concentradas em grandes países compradores. Os três maiores destinos das mercadorias paranaenses, China, Argentina e Estados Unidos, responderam por 44,3% do valor total em dólares das exportações do Estado nos primeiros quatro meses, abaixo da participação de

46,4% observada no primeiro quadrimestre de 2017. “É possível verificar significativo aumento das exportações para alguns países, destacando-se os casos da Holanda, Itália, Espanha e Bangladesh, todos com crescimento superior a 70% no primeiro quadrimestre deste ano”, comentou o diretor-presidente do Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico Social (Ipardes), Julio Suzuki Júnior. O número total de itens diferentes exportados pelo Estado aumentou de 2.449 para 2.497. O levantamento foi realizado pelo Ipardes com base em informações apontadas

pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. O Ipardes é uma instituição de pesquisa vinculada à Secretaria de Estado do Planejamento e Coordenação Geral. RANKING – Entre os principais mercados, a Espanha foi o país que mais aumentou as importações de produtos paranaenses. Nos quatro primeiros meses de 2018, as vendas do Estado para a Espanha somaram US$ 82,5 milhões, o que representou crescimento de 147,7% em relação aos US$ 33,3 milhões contabilizados em igual período do ano passado. A segunda maior variação foi registrada por Bangladesh, que aumentou em 108,6%

o valor das importações de bens produzidos no Paraná, passando de US$ 35 milhões para US$ 75,1 milhões. No ranking também aparece com destaque a Holanda, com uma variação de 94,5% do valor das compras de mercadorias paranaenses, registrando salto de US$ 128,3 milhões para US$ 249,5 milhões. PRODUTOS - No primeiro quadrimestre de 2018, os produtos paranaenses que lideram as exportações foram: soja em grão (24,5%), carne de frango in natura (12,5%), farelo de soja (7,4%) e automóveis (4%). O valor total de exportações no período foi de US$ 5,56 bilhões.

ARTIGO *Pe. David Francisquini

Santa Missa: um sacrifício sem mácula

A Santa Missa é a incruenta renovação do sacrifício do Calvário, ou seja, da Paixão e morte de Nosso Senhor Jesus Cristo. Foi Ele próprio quem a instituiu na Última Ceia, para que seu holocausto na Cruz fosse renovado a cada dia em toda a face da Terra, até a consumação dos séculos. No momento da Consagração, as espécies separadas do pão e de vinho nos conduzem ao mistério mais sublime da nossa santa Fé, ao se transformarem no Corpo e no Sangue de Jesus Cristo.A separação dessas espécies indica a morte mística. Os grãos de trigo secados ao sol, debulhados, moídos, amassados e cozidos ao forno simbolizam um processo no qual a ideia de uma trituração se encontra subjacente. Quanto às uvas, elas são preparadas e espremidas no lagar para dar o vinho [na foto ao lado, trigo e uva estilizados no sacrário]. Este procedimento na preparação do pão e do vinho nos faz adentrar na dolorosa Paixão de Cristo.No Calvário houve derramamento de sangue e no Altar o sacrifício é incruento, mas a Vítima é a mesma: Jesus Cristo, que se imolou por nós. Pode-se compreender então o ódio dos inimigos da Fé contra a grande realidade do Altar — o centro da vida cristã — anunciado pelo profeta Malaquias: “Entre todos os povos, e em todos os lugares da Terra, do nascer ao pôr-do-sol, oferecer-se-á, à glória de Deus, um sacrifício sem mácula”. Com a vinda do nosso divino Salvador, constituiu-se um vínculo perene entre o Céu e a Terra, pois o sacerdócio da nova Lei — fundado por Jesus Cristo — passou a ter a missão superior e grandiosa de oferecer sacrifício pelos pecados do seu povo: “Tu és sacerdote eternamente segundo a ordem de Melquisedec”. Em toda a Terra, a qualquer hora do dia, é oferecido o sacrifício puro, sem mancha, santo e imaculado. Não poupou o Altar o processo revo-

lucionário que se desencadeou contra a Cristandade medieval e cujo lúgubre curso, agora estertorante, vive seus últimos dias. Já a falsa Reforma luterana havia mudado a Missa por ser ela o centro de unidade da Igreja, juntamente com o Papa, sua cabeça visível. Tal reforma procurou extirpar tudo aquilo que dizia respeito ao sacrifício, à expiação, à impetração e imolação, ao afirmar que tudo não passava de mera lembrança. Para a falsa Reforma, não há simplesmente distinção entre sacerdote e leigo, pois ela nega o caráter indelével que assinala e distingue o padre do simples fiel. Assim, todos poderiam oferecer a Missa, a qual não passaria de um ato de louvor, de uma ação de graças, de uma ceia celebrada com pão e vinho distribuídos de mão em mão a todos os presentes. Em sua “missa” celebrada em língua alemã, Lutero conservou algumas orações sem valor intrínseco, porque desligadas do verdadeiro sacrifício instituído por Nosso Senhor Jesus Cristo. Portanto, o ato mais sublime de nossa Fé, como expressão do sacrifício latrêutico — ato de reconhecimento e adoração a Deus como Senhor dos senhores —, foi extirpado pela heresia protestante. Como a Santa Missa é o sacrifício da nova Lei, sua celebração deve revestir-se da mais alta expressão de nobreza, elevação, dignidade e inocência. Junto ao altar, o celebrante — que é o sacrificador e representante da Vítima adorável — se eleva acima de toda a comunidade católica qual novo Monte Calvário, em que a Missa se transforma, atingindo seu cume no momento da Consagração, quando Cristo se imola. No sacrifício da nova Lei, o sacerdote não pode ter esposa nem filhos, por ser um seguidor de Cristo, cuja Cruz ele traz em suas costas, impressas no paramento [foto abaixo]. Este também tem um significado, por revestir alguém que vai operar algo de grandioso no altar onde Cristo se oferece pelos nossos pecados.

Ao se oferecer em holocausto por toda a humanidade, Jesus Cristo instituiu um sacrifício para os seguidores de sua Igreja, a única e verdadeira. Os fiéis que assistem a Missa unindo-se às intenções do sacerdote beneficiam-se dela, pois Cristo morreu para nos dar os meios de salvação. Se pelo batismo somos incorporados à Igreja como seus membros vivos, sê-lo-emos a Cristo no Altar por seu sacrifício, seus dons e oferendas, podendo inclusive, sempre que estivermos em condições, nos unir intimamente a Ele na sagrada Comunhão. O mesmo ódio que rondou em torno do Calvário ronda hoje, em aras da igualdade, em torno do altar. Ele visa suprimir o verdadeiro sacrifício da Missa com mutilações e supressões para descaracterizá-lo e torná-lo mais ‘humanista’, mera ceia desprovida do caráter sagrado. Como o Cânon era recitado em silêncio, ninguém percebeu a modificação que ele sofreu, por parte de Lutero, suprimindo a ideia de união do sacrifício com a Santa Igreja. * * * O requinte e a beleza do cerimonial de uma época têm íntima ligação com a mentalidade e os costumes dessa época, com sua maneira de pensar, sentir e julgar. Se, numa manifestação de orgulho e sensualidade, lhe forem subtraídos esses predicados, ela decai, por exemplo, no modo de trajar de seus contemporâneos, que se torna vulgar. Creio que isso explica de algum modo o avanço galopante do ateísmo, da laicização e das ideias revolucionárias que vêm destruindo todos os valores morais e espirituais da sociedade, como a perda do fervor religioso, da noção de moral e, portanto, do pecado. O resultado desastroso não poderia ser senão o esvaziamento dos ambientes católicos.

____________ (*) Sacerdote da Igreja do Imaculado Coração de Maria ‒ Cardoso Moreira (RJ).

CONTATO COM A NATUREZA Povoado situado ao pé da Serra do Mar, o Porto de Cima, distrito de Morretes, litoral paranaense, possui praia fluvial, área para acampamento e pousadas. Com a beleza deslumbrante da paisagem da Serra, junto as corredeiras do Rio Nhundiaquara, das trilhas e caminhos coloniais em meio a mata, com seus recantos repletos de cascatas é o local ideal para quem pretende descansar e curtir o contato com a natureza. IMIGRAÇÃO EUROPÉIA Cerca de 70% da população de Prudentópolis são de descendentes de ucranianos. O nome do município, formado em 1906, é uma homenagem ao presidente Prudente de Morais. As primeiras 1.500 famílias chegaram em 1896, oriundas da Galícia, onde hoje está localizada a Ucrânia. Até hoje os habitantes guardam os costumes e tradições como festas e técnicas de pintura, artesanato típico, culinária, dança e religião. BELEZAS NATURAIS Turistas podem fazer passei náutico pela Baia de Antonina e escolher entre dois roteiros: histórico e ecológico. Durante o roteiro histórico os visitantes vão conhecer a história sobre o Porto dos Matarazzo – que na década de 1920 chegou a ser o quarto porto mais importante do Brasil e informações sobre arquitetura. Já no ecológico o visitante vai conhecer espécies de pássaros e peixes, passando por lugares com a natureza exótica. Cada passeio dura uma hora e sai do trapiche. TURISMO RURAL Conhecida por ser a maior produtora de banana do Paraná, Guaratuba está mostrando que nem só de praia e água salgada vive sua economia. O turismo rural também está se intensificando na região, isso devido a vários rios com água cristalina que lá se encontram. Uma dica de visita é a comunidade Pedra Branca do Araraquara. Para chegar até lá o turista terá de sair do estado, passando por Guaruva pela PR-412. HISTÓRIA EM CAPELAS Para viajar e ao mesmo tempo aprender um pouco mais sobre a história da colonização paranaense basta percorrer o noroeste do estado. A região é cheia de capelas a beira das estradas, as quais eram construídas pelas próprias mãos dos novos habitantes, que chegavam à região marcando o inicio da construção das comunidades interioranas. Essas comunidades, com a mudança do sistema de produção agrícola, não existem mais, porém suas igrejinhas ainda estão lá, cheias de histórias para contar. CIRCUITOS DE CAMINHADA O Paraná conta hoje com 80 circuitos de caminhada, destes, 14 estão na região do Vale do Ivaí. O Vale começou a se destacar no turismo rural em 2008, quando realizou a primeira Caminhada Internacional da Natureza – Circuito Nossa Senhora de Salete, que contou com a participação de 300 pessoas. No mesmo ano o Circuito Santa Rica de Cássia atraiu ainda mais pessoas: 450. PRAIAS NO RIO Belas paisagens de praias naturais formadas a beira do Rio Paraná. Isto é o que pode ser admirado na cidade de Porto Rico, noroeste do estado. Apesar de pequena, cerca de quatro mil habitantes, a cidade tem uma forte infraestrutura, contando com muitas opções de hotéis, restaurantes, além de muitos quiosques e opções de lazer em torno de suas praias. CIDADE DO VINHO Logo na entrada de Bituruna, sudeste do estado, já se entende por que ela é conhecida como Terra do Vinho. Quem chega à cidade, colonizada por muitas pessoas advindas do Rio Grande do Sul, se depara com o Garrafão, um monumento de18 metrosde altura em forma de garrafão de vinho. O município ainda conta com várias áreas de lazer, dentre elas a Linha Bet. Localizada no lago da Represa de Foz do Areia, o parque permite o passeio de balsa, barco e outros esportes aquáticos.


A-8 Cidades

TRIBUNA DO VALE Quinta-feira, 17 de maio de 2018

Governadora Cida Borghetti visita a região nesta quinta-feira

Divulgação

INVESTIMENTOS» Governadora vai autorizar licitação para construção da Clínica Regional de Especialidades Médicas, que será construída em Jacarezinho, com investimentos de cerca de R$ 10 milhões Gladys Santoro

A governadora Cida Borghetti (PP) visita a região nesta quinta-feira. Com uma agenda recheada, ela inicia sua jornada às 9 horas em Jacarezinho, no Conjunto Amadores de Teatro – CAT – onde receberá prefeitos da Associação dos Municípios do Norte Pioneiro – Amunorpi- para assinaturas de convênios, homologações e licitações de importantes investimentos para diversos municípios. A governadora estará acompanhada do líder do governo na Assembleia Legislativa do Paraná, o deputado estadual Pedro Lupion (DEM), além de secretários estaduais e autori-

dades regionais, que serão recepcionados pelo prefeito Sérgio Emydio Faria (DEM). Ainda em Jacarezinho, a governadora deverá autorizar a abertura de processo licitatório para a construção do Centro Regional de Especialidades Médicas, uma obra orçada em cerca de R$ 10 milhões e que atenderá a população dos 22 municípios da abrangência da 19ª Regional de Saúde sediada em Jacarezinho. Há ainda uma expectativa de que Cida visite a nova sede da Amunorpi, que deixou Santo Antônio da Platina para se instalar em Jacarezinho. Às 14 horas, a governadora e demais autoridades

estarão em Cornélio Procópio reunidos com prefeitos da Associação dos Municípios do Norte do Paraná. O encontro será no anfiteatro da UTFPR. Às 15h30, a visita será em Santa Mariana, onde Cida vai inaugurar a Unidade de Saúde da Família e a nova Clínica de Fisioterapia. O evento será na rua Antônio Pereira Lima, número 827, Vila Trevo. Fechando o dia, as autoridades estarão às 19 horas, em Curiúva, onde será assinada a Ordem de Serviço entre a Cohapar e o município para inicio dos trabalhos da empresa Formata- Regularização Fundiária, que beneficiará 623 imóveis do Programa Morar Legal Paraná.

Governadora Cida Borghetti e deputado Pedro Lupion visitarão a região

SICREDI

Coleção Turma da Mônica tem foco em educação financeira

Lançamento foi realizado dia 14 na Semana Nacional da Educação Financeira Da Assessoria

A educação financeira não é uma realidade no Brasil. Nas escolas, o assunto é pouco debatido e a situação não é diferente no ambiente familiar ou empresarial. Um levantamento realizado em abril deste ano, em todas as capitais pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), revelou que somente 44% dos brasileiros falam frequentemente sobre dinheiro com os membros da família. E que 39% só entram nesse assunto quando a situação financeira já está ruim. Além disso, a pesquisa também apontou que seis em cada dez brasileiros (58%) não gostam de dedicar tempo para cuidar das próprias finanças. Por outro lado, uma série de estudos mostra que, quanto mais cedo se fala de dinheiro, mais chances os cidadãos têm de desenvolver consciência em relação aos seus hábitos de consumo. Para ajudar a reverter esse quadro, o Sicredi – primeira instituição financeira

cooperativa do Brasil – lança, em parceria com a Mauricio de Sousa Produções (MSP), uma série especial de revistas em quadrinhos da Turma da Mônica com a temática "educação financeira para crianças". O lançamento foi realizado na sede da MSP, em São Paulo, no dia 14 de maio, no primeiro dia da Semana Nacional da Educação Financeira (ENEF), promovida pelo Comitê Nacional de Educação Financeira (CONEF) – que segue até dia 20 de maio. Seis edições No total, serão seis edições, baseadas no conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central do Brasil: Nossa Relação com o Dinheiro; Orçamento Pessoal ou Familiar; Uso do Crédito e Administração das Dívidas; Consumo Planejado e Consciente; Poupança e Investimento; e Prevenção e Proteção. As primeiras três edições das histórias em quadrinhos circulam em 2018 e as outras três sairão em 2019. Para o presidente nacional do Sistema Sicredi e da Central

PR/SP/RJ, Manfred Dasenbrock, iniciativas como essa são importantes para mostrar que, com a educação financeira, hábitos equivocados de consumo de toda uma geração podem ser mudados. “E isso vai além de cálculos matemáticos. Abrange hábitos cotidianos, como fazer escolhas com o dinheiro, envolvendo razão e emoção, desejo e necessidade. A educação financeira engloba dimensões culturais, sociais e psicológicas”, analisa. MAURÍCIO DE SOUZA Mauricio de Sousa ressalta a importância de tratar temas importantes como esse de forma lúdica e descontraída. “O projeto das revistas sobre educação financeira do Sicredi é mais um exemplo de como a Turma da Mônica colabora com a educação, por meio da simpatia e carisma dos personagens e suas histórias. Dessa forma, as crianças têm acesso à informação de maneira lúdica e prazerosa, diferente da obrigação de decorar um conteúdo, normalmente estranho à sua realidade e ao seu vocabulário”, aponta. Banco Central A iniciativa também tem o

apoio do Banco Central: “Educação financeira deve começar cedo, mas nunca é tarde demais para dar os primeiros passos. A ação conjunta do Sicredi e da Mauricio de Sousa Produções, baseada em materiais do Banco Central, merece, portanto, nosso reconhecimento. As revistas em quadrinhos da Turma da Mônica sobre o tema têm grande potencial de despertar o interesse do público infantojuvenil para o uso consciente do dinheiro, estimulando comportamentos que elevam o seu bem-estar financeiro e o de sua família”, ressalta o Diretor de Relacionamento Institucional e Cidadania do Banco Central, Maurício Moura. Ainda durante a Semana ENEF, o Sicredi está realizando mais de 700 ações com o intuito de reforçar a importância do planejamento financeiro. As oficinas do projeto Cooperação na Ponta do Lápis levam informações sobre como controlar o orçamento e evitar dívidas. A ação envolve colaboradores voluntários das cooperativas Sicredi que atuam no Paraná,

Turma da Mônica vai ajudar na crianças na educação financeira

São Paulo e Rio de Janeiro. Nesta semana, mais de mil voluntários promovem as capacitações gratuitas em dezenas de cidades dos três estados, utilizando como base o conteúdo do Caderno de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central. Sobre o Sicredi O Sicredi é uma instituição financeira cooperativa comprometida com o crescimento dos seus associados e com o desenvolvimento das regiões onde atua. O modelo de gestão valoriza a participação dos 3,7 milhões de associados, os quais exercem um papel de dono do negócio. Com presença nacional, o Sicredi está em 21 estados e no Distrito Federal, com mais de 1.500 agências, e oferece mais de 300 produtos e serviços financeiros. Mais informações estão disponíveis em www. sicredi.com.br. Sobre a Mauricio de Sousa Produções A Mauricio de Sousa Produções (MSP) é a maior empresa de produção de conteúdo do Brasil, com quase 60 anos de his-

tória e responsável por uma das marcas mais admiradas do país, a Turma da Mônica. Na área editorial, possui um dos maiores estúdios do setor no mundo – responsável pela venda de milhões de livros todos os anos. A companhia responde por mais de 80% das vendas de histórias em quadrinhos do mercado brasileiro. E ainda há outros números impressionantes: são mais de 400 personagens criados e mais de 1 bilhão de revistas vendidas. Não à toa, as revistas da Turma da Mônica participam de forma tão importante da alfabetização informal de milhões de brasileiros. A MSP investe em tradição com inovação e produz hoje conteúdos em todas as plataformas com a mais alta tecnologia, alinhando educação, cultura e entretenimento. Somente nos canais Turma da Mônica no Youtube, nos últimos anos, são contabilizados mais de 8 bilhões de visualizações. No licenciamento, a empresa trabalha com uma média de 150 empresas que utilizam seus personagens em mais de 3 mil itens. (Imprensa Sicredi)

3598  

TRIBUNA DO VALE

3598  

TRIBUNA DO VALE

Advertisement