Page 1

cmyb

Quinta-Feira

tribunadovale.com.br

www.

2

2

Ano XXII - EDIÇÃO - Nº 3457 - 12 DE OUTUBRO DE 2017 Diretor: BENEDITO FRANCISQUINI

R$ 1,00

Anos

ODONTO

Acesso precário e obras inacabadas obrigam UENP a suspender aulas

Antônio de Picolli

As condições precárias da via de acesso ao novo campus da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em Jacarezinho, onde está instalada a primeira clinica do curso de Odontologia e o atraso nas obras de

instalação de duas das três unidades semelhantes, levou a direção da instituição a suspender as aulas do 3º ano, que só deve retornar às atividades somente no início de 2018. De acordo com o pró-reitor de Planejamento e Ava-

liação Institucional Bruno Ambrozio Galindo a previsão é de que as aulas para a turma do 3º ano retornem apenas no início de fevereiro. As demais turmas seguem normalmente e depois das férias e retornam em março.

Pág. A8

C. PROCÓPIO

Prefeito e advogado acionados por improbidade administrativa

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Horário de verão começa no dia 15 de outubro Antônio de Picolli

Na madrugada do dia 15 de outubro (domingo), os brasileiros devem adiantar o relógio em uma hora devido ao horário de verão. A mudança é adotada por 11 estados até 18 de fevereiro de 2018. Para conferir a hora certa, acesse a página do Observatório Nacional. O ajuste do horário vale para os moradores do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. Com a mudança no relógio, o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam com duas horas a menos em relação ao horário de Brasília, enquanto Acre e oeste do Amazonas ficam com três horas a menos.

O Ministério Público do Paraná (MPE-PR), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio e do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa do Norte Pioneiro (Gepatria) sediado em Santo Antônio da Platina, ajuizou ação civil pública contra o atual prefeito, Amin Hannouche, e contra o procurador jurídico do município, Cláudio Trombini Bernardo, por atos de improbidade administrativa praticados entre 2007 a 2009, primeiro mandato do atual gestor municipal, que também esteve à frente da prefeitura entre os anos de 2007 a 2010 e de 2011 a 2014. De acordo com o MP, os requeridos alteraram de forma irregular o cargo de servidores concursados, que passaram a atuar em desvio de função. Pág. A4

C. PROCÓPIO

Mega operação prende integrantes de quadrilha especializada em roubo de defensivos agrícolas Pág. A5

Jornal Tribuna do Vale Comunicado Aproveitando o feriado nacional desta quinta-feira (12), a Editora Tribuna do Vale Eireli comunica aos leitores e anunciantes, que procederá manutenção em seu sistema de pré-impressão, razão pela qual não teremos circulação das edições dos jornais Tribuna do Vale e Diário Oficial do Norte Pioneiro, na sexta-feira e sábado (13 e 14/10), retornando à normalidade na próxima terça-feira (17/10). Santo Antônio da Platina, 12 de outubro de 2017. A Direção

Fotografe o QR code ao lado e acesse a página do site do seu jornal TRIBUNA DO VALE

TEMPOHOJE Santo Antônio da Platina / PR Máx 33º Mín 18º

Pág. A7

VENDAS ASSINATURAS (43) 3534.4114

Envie Pautas, Fotos Sugestões e Vídeos para o whatsapp da TRIBUNA DO VALE (43) 99926.1533

POR UMA PRÁTICA SUSTENTÁVEL RECICLE. PASSE ESTE JORNAL

cyan magenta yellow black


QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

A-2

Opinião. ARTIGO FABIANA CARVALHO

A mordaça da Escola sem Partido O Movimento Escola Sem Partido (ESP) foi fundado pelo advogado Miguel Nagib e inspirado em organizações reacionárias norte-americanas. Nos últimos dois anos, cresceu em representatividade, sendo defendido por partidos como o PSC e o PSDB, grupos empresariais ligados a sistemas de ensino privados, legisladores que defendem interesses de igrejas e por organizações, como o MBL. O ESP está empenhado em ditar regras para coibir a livre expressão nas escolas brasileiras, vigiar docentes em suas liberdades de ensino e expressão, cercear os conteúdos curriculares que possuem importância na construção do ensino crítico e da educação cidadã. Estabelece uma perigosa política de delação, censura e punição que afetará a vida de professores, de equipes gestoras e de estudantes, instaurando uma pedagogia do medo e da opressão. Com a falácia de que é preciso descontaminar a escola de posições ideológicas e garantir a educação moral neutra dos estudantes, projetos de lei objetivam agir diretamente: a) na Lei de Diretrizes e Bases da Educação, ao regimentar práticas de vigílias e punições aos educadores; e b) no Programa de Distribuição do Livro Didático, extinguindo a política pública que dota a escola de livros avaliados por equipes competentes e por padrões que se adequam aos conteúdos estruturantes da educação básica. Diversos projetos de lei foram apresentados no País, sendo o de número 867/2015, de autoria do Depultado Izalci Lucas (PSDB), e o 193/2016, do Senador Pastor Magno Malta (PR), os mais persecutórios em termos da instalação do poder de vigilância sobre a autonomia escolar. Esse último, inclusive, tenta legalizar notificações extrajudiciais que se aplicariam aos professores que promoveriam discussões políticas, intervenções pedagógicas de educação sexual, debates acerca dos direitos de minorias, críticas ao sistemas econômicos hegemônicos e ao poder estatal. Embora exija a afixação de cartazes com deveres docentes em salas de aula, o ESP estabelece obrigações morais, condenações, patrulhamento de conteúdos históricos, socioculturais e econômicos em função de uma educação totalmente técnica, descontextualizada, acrítica e pseudocientífica. Além disso, abre fraturas para o desmantelamento da escola pública, aumentando a interferência do poder privado no fórum coletivo escolar e quebrando com a gestão comunitária dos conteúdos e dos projetos políticos pedagógicos das instituições. O Ministério Público Federal emitiu Nota Técnica que dispõe sobre a inconstitucionalidade das notificações e do ESP. A ONU cobrou posições do Brasil sobre o avanço do movimento. O STF suspendeu as ações em alguns Estados e cidades. Entretanto, muitos professores, por medo ou desconhecimento de seus direitos, acabam consentindo com os dispositivos do ESP. Alguns vereadores de Maringá sabem disso e tomaram para si o movimento como bandeira política para as próximas eleições; a partir de suas redes sociais, agem equivocadamente como censores escolares, o que caracteriza abuso de poder e falta de decoro. Nenhum professor pode ser ameaçado pelo cumprimento dos conteúdos previstos em diretrizes e documentos, menos, ainda, pela discussão da cidadania. Neste sentido, o ESP é um ataque à supremacia da escola... Nós, educadores, precisamos dizer não à sua arbitrariedade! * Professora do Departamento de Biologia da UEM, mestre em Educação

FRASE

Creio que alguns candidatos, pensando igual a estes empresários, ou por demagogia, assinaram o compromisso.”

Dr Rosinha

EDITORIAL

O conflito dos poderes da República Nesta quarta-feira – dia 11 – o Supremo Tribunal Federal se reunirá para decidir se pode ou não pode afastar parlamentares. Os onze ministros serão chamados a essa definição porque, dias atrás, a primeira turma, por três votos contra dois de seus integrantes, inovou ao impor o afastamento do mandato e o recolhimento domiciliar noturno do senador Aécio Neves, algo nunca antes tentado. Recentemente houve a ordem de desalojar Renan Calheiros da presidência do Senado, mas esta foi rejeitada. Também ocorreu o afastamento anterior de Aécio. Tudo isso potencializa a crise entre as instituições da República que, pela Constituição, devem ser harmônicas e independentes. Estranha-se que, com uma Constituição quase trintenária e toda a história republicana no mesmo sentido, as instituições ainda não tenham claro quais os seus direitos e atribuições. Se o tivessem, os membros do Judiciário, do Legislativo e do Executivo, que formam os três pilares da República, não invadiriam a seara alheia pois sabem que, quando isso ocorre, provoca-se a instabilidade. Já tivemos um pronunciamento militar no sentido de que, se

as instituições não se entenderem, será o caso de intervenção que, se ocorrer, maculará a democracia. Atribui-se o estado de indefinição de direitos e deveres e a extrapolação, ao clima criado no país onde a classe política está acuada por gravíssimas denúncias. Muitos dos ocupantes das casas legislativas, de postos no Executivo e até no Judiciário, não deveriam continuar onde se encontram; mas, segundo a opinião pública, permanecem em razão do corporativismo e do grande numero de envolvidos em atos irregulares. Essa nódoa leva parte dos congressistas, que compõe as oportunistas minorias, a judicializar o processo político através de ações que buscam definição do STF para temas que o próprio Legislativo, enquanto poder, deveria definir de forma honesta, responsável e, até, patriótica. Por seu turno, chamados a opinar, os magistrados acabam por extrapolar e, com isso, está criada a crise. O país e, principalmente, a democracia carecem de regras claras quanto aos poderes institucionais. Por mais desencantado que haja em relação à política, o eleitor jamais votaria para o

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Mário Marcondes Marques, 38, Vila Claro - Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43-3534.4114

seu escolhido se envolver em atos de corrupção ou atuar com preguiça ou pouco caso. A idéia é que o eleito atue pelo bem geral, como verdadeiro representante do povo. Da mesma forma, não se aceita ministros ou magistrados atuando como legisladores quando, pelos preceitos legais e sociais, o juiz deve ser apenas o intérprete e até o escravo da lei. É de se aguardar que tanto o STF, na sessão de quarta-feira, quanto o Senado, no dia 17, ao definir a situação de Aécio Neves, se atenham exclusivamente aos respectivos espaços. Um não deve interferir nas atribuições do outro e, para preservar a força e a representatividade, todos têm de atuar de forma legal e responsável. Senado, Câmara e o Executivo, por seus órgãos de controle interno, têm o dever de analisar as questões que envolvem seus membros e aplicar-lhes as sanções cabíveis. Sem corporativismo, compadrio político ou qualquer outra postura que os afastem da legalidade e dos bons costumes. Se não o fizerem, criam o risco da ruptura institucional que todos podemos imaginar como começa, mas ninguém é capaz de assegurar de que forma termina...

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

Projeto Gráfico Nilton Magalhães JMB COMUNICAÇÃO Fone: 61-3544.1107 | Fone: 61-99300.9675

Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Circulação: Abatiá | Andirá | Arapoti | Bandeirantes | Barra do Jacaré |Cambará Carlópolis | Conselheiro Mairink | Figueira | Guapirama | Ibaiti Itambaracá | Jaboti | Jacarezinho Jaguariaíva | Japira | Joaquim Távora Jundiaí do Sul | Pinhalão | Quatiguá | Ribeirão Claro Ribeirão do Pinhal | Salto do Itararé |Santana do Itararé Santo Antônio da Platina | São José da Boa Vista | Sengés Siqueira Campos | Tomazina Wenceslau Bráz.

Impressão e Fotolito EDITORA TRIBUNA DO VALE Fone/Fax: 43-3534.4114

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.

ARTIGO

Quiçá fascistas DR ROSINHA A Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (ACIPG) e outras 27 instituições da região dos Campos Gerais do Paraná publicaram, no jornal “Diário dos Campos”, em sua edição do último dia 7, uma “Carta pública de apoio ao General Mourão”. Não é a primeira vez que a ACIPG se manifesta sobre a política nacional e sempre que o faz é no sentido da defesa de privilégios e contra a democracia. No momento, recordo que em 2014 essa mesma associação propôs suspender o direito de voto aos beneficiários dos programas de transferência de renda, como, por exemplo, o Bolsa Família. Na ocasião, a ACIPG publicou uma cartilha defendendo isto e chamou um debate com os candidatos a deputado da região. Durante o debate, propôs que os candidatos assinassem um termo de compromisso defendendo o fim do voto para os necessitados que recebiam o Bolsa Família. Quem assinasse teria o

apoio dos empresários. Creio que alguns candidatos, pensando igual a estes empresários, ou por demagogia, assinaram o compromisso. Naquele momento, em um artigo intitulado “Não são imbecis”, lembrei que o BNDES emprestava dinheiro a juros menores do que os do mercado aos industriais, empreiteiros, etc. E o Banco do Brasil também emprestava, a juros subsidiados, aos agricultores grandes, médios e pequenos. Estes últimos, através do Pronaf. Portanto, os grandes empresários e os grandes fazendeiros são os que levavam e levam o maior bolo de recursos públicos. Raciocinando pela lógica deles, os beneficiários destes empréstimos também não poderiam votar. A ACIPG volta, acompanhada de mais de vinte entidades empresarias, a público clamando contra a democracia. Pior: vem a público pedir uma ditadura militar. Junto com tantas outras entidades empresariais, ela foi construtora do golpe

contra a Dilma. Foram, portanto, construtores do caos econômico, social, institucional, politico e moral que hoje reina em nosso país. Construíram o caos e, para debelá-lo, entendem que banindo a democracia tudo se resolve. Parte do caos que ainda hoje vivemos é resultado do último período (1964-1985) ditatorial. Na “Carta pública de apoio ao General Mourão”, afirma a ACIPG e as demais entidades empresariais que o general Mourão “declarou recentemente que uma intervenção militar pode ser adotada se o judiciário não resolver o problema político referente à corrupção”. Escrevem eles: “Concordamos com o oficial do Exército Brasileiro que a política nacional chegou ao nível máximo de tolerância e exigimos que o Poder Judiciário cumpra com sua função de afastar da vida pública essas pessoas que estão acabando com as riquezas do país. Não podemos aceitar que negociatas políticas permitam que as mesmas

pessoas continuem a levar o Brasil à ruína. Há conforto em saber que existem brasileiros como ele que ainda se preocupam com a nação e se disponibilizam a lutar pelo futuro.” Nota-se: nada aprenderam nos últimos anos. Ou será que são autoritários mesmo? Quiçá fascistas? Na dúvida se são fascistas, vou incorrer num pleonasmo, e autoritários ou de memória curta, vou cobrá-los e rememorá-los. As pessoas que estão levando o Brasil à ruína foram colocadas onde estão por eles (ACIPG), os golpistas, e não é com ditadura militar que a corrupção será debelada. É bom lembrar que na ditadura havia corrupção e ela era varrida para debaixo do tapete. Além de corrupção, toda e qualquer oposição, mesmo a mais branda, não era permitida. Os opositores eram presos, torturados, banidos e assassinados. Os Poderes Legislativo e Judiciário eram manietados. Imperava a fome e a miséria e não se podia reclamar.


A-3

QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

Geral. PREVENÇÃO

Vice-governadora e prefeita de Quatiguá incentivam a Campanha Outubro Rosa Secretaria de Saúde está convocando todas as mulheres na faixa etária dos 50 a 69 anos, mesmo sem sinais ou sintomas de câncer, para fazerem os exames de mamografia Folhaextra

A Prefeita de Quatiguá Adelita Parmezan de Moraes (PTB), está integrada na campanha de prevenção ao câncer de mama. Ela se reuniu essa semana, com a vice-governadora Cida Borgheti (Pros), em Curitiba, Na ocasião, Adelita expôs novos projetos voltados as mulheres de sua cidade e também ofereceu apoio à campanha Outubro Rosa A vice-governadora também comentou sobre o desafio da mulher na política.

Adelita aproveitou para convidar a vice-governadora para as festividades de aniversário de Quatiguá, que completa 70 anos no próximo dia 26. Segundo a prefeita, a Secretaria municipal de Saúde está convocando todas as mulheres na faixa etária dos 50 a 69 anos, mesmo sem sinais ou sintomas de câncer, para fazerem os exames de mamografia no Posto de Saúde Central. As mulheres de 35 anos com histórico familiar de câncer de mama também podem fazer os exames. Ainda de acordo com a prefeita de Quatiguá,

as mulheres com idades entre os 25 e 64 anos, que têm ou tiveram relação sexual devem fazer exames preventivos com assiduidade. “Não há filas de espera para mamografia ou exame preventivo”, avisou. Adelita Parmezan Morais foi eleita em abril deste ano, em eleição suplementar. O vencedor da eleição em outubro do ano passado, Efrain Morais (pai da atual prefeita) não pode assumir o cargo por ter cometido, de acordo com a justiça, improbidade administrativa no período em que governou o município.

Folha Extra

Prefeita de Quatiguá Adelita e vice-governadora Cida aderiram à campanha Outubro Rosa

CONCORRÊNCIA

EXAME

Prova objetiva do Concurso Público de Detran acata recomendação do TCE-PR Andirá acontece neste domingo, dia 15 e suspende licitação com irregularidades Da Assessoria

Candidatos devem ficar atentos ao Horário de Verão que começa neste domingo Da Assessoria

A prova objetiva do Concurso da Prefeitura de Andirá acontece no próximo domingo, dia 15. Para os cargos de Agente de Defesa Civil, Agente de Endemias, Fiscal de Obras e Postura, Técnico em Enfermagem, Fisioterapeuta, Médico 20h e 40h, Pedagogo, Professor de Educação Física e Veterinário, as provas serão realizadas no período da manhã, com abertura dos portões às 7 horas e fechamento às 7h45. As provas têm início às 8 horas. Já para os cargos de Agente Comunitário de Saúde (todas as localidades), Operador de Máquinas, Auditor Fiscal da Receita Municipal, Enfermeiro, Médico Psiquiatra, Professor de Educação Especial e Tera-

peuta Ocupacional, as provas serão realizadas no período da tarde, com abertura dos portões às 13h e fechamento às 13h45min. As provas começam às 14 horas. Para realização da Prova Objetiva é obrigatório a apresentação de documento oficial original com foto e para preenchimento das Folhas de Respostas, caneta de tinta azul ou preta. O Instituto UniFil e a Comissão do Concurso aconselham os candidatos que não levem equipamentos eletrônicos e/ou quaisquer outros objetos não permitidos conforme Edital de Abertura. ATENÇÃO: Os candidatos deverão acessar o site www.institutounifil.com.br, Concursos em Andamento, página específica do Concurso da Prefeitura Municipal de Andirá, link Área Restrita do Candidato

e Imprimir o Cartão de Informação do local de Prova, onde constam as informações da sua escola, sala e demais informações importantes. (quem não tem acesso a internet, a Prefeitura disponibilizou um computador que está a disposição dos inscritos, no saguão de entrada da Prefeitura) A comissão do concurso alerta os candidatos quanto ao horário de verão: “O candidato deverá atentar-se para a questão do horário, pois domingo começa o Horário de Verão. Adiante o seu relógio em 1h (uma hora). Fiquem atentos, pois para realização da Prova Objetiva será observado o Horário Oficial de Brasília, e não será permitida a entrada após o fechamento dos portões.

NaWeb

www.tribunadovale.com.br

Acatando recomendação do Tribunal de Contas, o Departamento de Trânsito do Paraná (Detran-PR) cancelou a Concorrência n° 10/2017, que previa a concessão, à iniciativa privada, de seus 542 pátios instalados em todo o Paraná. A decisão foi publicada na página 18 da edição desta quarta-feira (10 de outubro) do Diário

Oficial do Estado. A comunicação de irregularidade do TCE-PR foi feita ao órgão estadual, no dia 28 de setembro, pela Segunda Inspetoria de Controle Externo (2ª ICE), que tem como superintendente o conselheiro Artagão de Mattos Leão. Na justificativa, o conselheiro apontou que “verificou-se a existência de cláusulas editalícias que comprometem a competitividade do certame, a insuficiência de informações para compor a análise da viabilidade

do negócio e a ausência de diretrizes para a formulação de propostas dos licitantes”. Observou, ainda, que falta fundamentação para a escolha do modelo de prestação de serviço, sob a forma de concessão, e ocorre a concentração de possíveis lotes numa única disputa. O conselheiro do TCEPR enfatizou que a suspensão da licitação era a única forma de se evitar prejuízo ao interesse público, já que o certame era “manifestamente ilegal”.


QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

A-4

Região. C. PROCÓPIO

Educação Familiar

Prefeito e advogado acionados por improbidade Educação Familiar administrativa H ROSANA KASSAMATSU Mentora e Educadora Familiar

Caso envolve desvio de função de servidores nos três anos da primeira gestão de Amim Hannouche Da Redação/MP-PR

O Ministério Público do Paraná (MPE-PR), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Cornélio Procópio e do Grupo Especializado na Proteção ao Patrimônio Público e no Combate à Improbidade Administrativa do Norte Pioneiro (Gepatria) sediado em Santo Antônio da Platina, ajuizou ação civil pública contra o atual prefeito, Amin Hannouche, e contra o procurador jurídico do município, Cláudio Trombini Bernardo, por atos de improbidade administrativa praticados entre 2007 a 2009, primeiro mandato do o atual gestor municipal também esteve à frente da prefeitura entre os anos de 2007 a 2010 e de 2011 a 2014. De acordo com o MP, os requeridos alteraram de forma irregular o cargo de servidores concursados, que passaram a atuar em desvio de função.

As investigações sobre o caso começaram em 2010, quando o MPPR recebeu a informação de que alguns servidores públicos se encontravam em desvio de função desde 2009, passando a ocupar cargos com maior remuneração do que as funções para as quais foram contratados. Ao ser questionada sobre os desvios, a Procuradoria Jurídica do Município emitiu parecer sustentando a legalidade dos cargos, por conta de um “novo enquadramento” dos servidores em questão. Tal parecer foi acatado pelo então prefeito. Na ação, o MPPR ressalta que o prefeito é também advogado, tendo “pleno conhecimento das leis que regem a administração pública” e que por isso deve conhecer as leis que tratam do provimento de cargos efetivos por concurso público e “a consequente violação desse princípio, no caso de se permitir a prática rotineira do desvio de função”. Destaca também que a criação e a extinção de

CONTRATA: TÉCNICO DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL I PARA ATUAR EM SANTO ANTONIO DA PLATINA/PR: Código: 002/2017 Requisitos Necessários  Nível Superior Completo e Formação Completa em Técnico de Segurança do Trabalho ou, uma das formações de Nível Superior Completa a seguir: Engenharia de Automação Industrial, Engenharia Eletromecânica, Engenharia de Manutenção, Engenharia de Máquinas Industriais, Engenharia Mecânica, Engenharia Mecatrônica, Engenharia Civil, Engenharia de Segurança do Trabalho, Tecnologia em Automação Industrial, Tecnologia em Eletromecânica, Tecnologia em Eletrotécnica, Tecnologia em Manutenção Industrial, Tecnologia em Manutenção Aeronáutica, Tecnologia em Mecânica, Tecnologia em Mecatrônica ou Tecnologia em Segurança do Trabalho, com Registro ativo no CREA.    

Possuir registro no SIRPWEB do Ministério do Trabalho ou Registro no CREA. Ser maior de 21 anos de idade. Ter mais de 2 (dois) anos de habilitação (CNH). Experiência em atividades pedagógicas, elaboração e avaliação de projetos, atendimento ao cliente e ministrar aulas.

Requisitos Desejáveis  Desejável formação de Instrutor de Trânsito e/ou Diretor de Ensino.  Desejável possuir certificação de algum dos cursos: de Operador de Empilhadeira, Operador de Guindauto, Op. De Escavadeira Hidráulica, Op. De Guindaste, Op. De Pá Carregadeira, Op. De Retroescavadeira, Op. De Trator Agrícola. Conhecimentos  Planejamento e elaboração de cursos.  Noções de ensino a distância e programas de educação profissional.  Informática (Pacote Office).  Língua Portuguesa. O processo seletivo terá as seguintes etapas: avaliação curricular, prova de conhecimentos específicos, redação e entrevista. Interessados enviar o currículo para o e-mail: saplatina.pr@sestsenat.org.br até o dia 20/10/2017. Se pessoa com deficiência, conforme definição do art. 2º da Lei Nº 13.146, de 16 de julho de 2015, aprovada no Processo, terá prioridade na contratação, conforme previsto no artigo 93 da Lei 8.213/91. No entanto, será imprescindível apresentação de laudo médico conclusivo do enquadramento no Decreto nº 3298/99 ou Certificado de reabilitação profissional emitido pelo INSS. A não observância do disposto no Código de Ética do SEST SENAT (acesso em: www.sestsenat.org.br), ensejará a desclassificação em qualquer fase do processo seletivo. Esse processo seletivo terá validade de 6 meses a partir da data do anúncio.

Hannouche e o procurador Bernardo respondem por improbidade

cargos pode ser feita apenas por meio de lei, e não por decreto do Executivo. O Ministério Público pede na ação que os decretos expedidos pelo prefeito e chancelados pelo então procurador jurídico, cujo objeto foi enquadrar servidores públicos municipais em cargos diversos para os quais foram nomeados, em claro

desvio de função, sejam declarados inconstitucionais pela Justiça (controle incidental). Pede ainda a nulidade do ato administrativo que determinou o enquadramento dos servidores, bem como o ressarcimento ao erário pelos valores pagos a mais e a indisponibilidade de bens dos requeridos no valor de R$ 284.253,49.

HABITAÇÃO

Cohapar e Bandeirantes iniciam ação de regularização fundiária Assessorai

O prefeito de Bandeirantes, Lino Martins, visitou a sede da Companhia de Habitação do Paraná (Cohapar), em Curitiba, nesta quarta-feira (11). No encontro com o presidente da empresa, Abelardo Lupion, eles conversaram sobre o andamento dos projetos para a construção de novas casas populares no município. O gestor municipal trouxe a companhia os documentos relativos à regularização fundiária referente

a 471 casas do município. Agora a equipe técnica da Cohapar analisa os documentos para os próximos passos da legalização dessas moradias. Regularização Fundiária – A ação, coordenada pela Cohapar, permite que famílias paranaenses vivam com mais tranquilidade ao conseguirem o reconhecimento legal de suas moradias. Com o documento, é possível adquirir financiamentos, fazer melhorias, comercializar ou transferir as residências.

oje daremos início a uma jornada de aprendizado sobre parenthood! Parenthood é uma palavra do inglês que significa paternidade no sentido amplo da palavra, o compromisso de ser pai e/ou mãe. Uso essa palavra por ter certeza de que é preciso abordar ambos para que possamos desenvolver adequadamente os futuros cidadãos do mundo.

Todo mês teremos um tema no qual aprofundaremos nuances de determinado tema frente ao desenvolvimento dos seus filhos, técnicas ou ferramentas que você pode usar para se desenvolver e ser um pai ou mãe melhor. E o tema escolhido para este mês é a AUTOESTIMA. Autoestima da criança e também, mas principalmente, dos pais. Porque pai ou mãe nenhum consegue dar aquilo que não tem, portanto nada mais óbvio que falar sobre a existência ou ausência da autoestima dos pais. Pare agora e pense, como você se sentia quando criança? Apoiado e incentivado pelos seus pais ou inseguro de tomar decisões e cometer erros? Você era constantemente elogiado ou criticado pelos seus pais? Quando cometia um erro, era castigado ou chamada sua atenção – afinal errar é inaceitável... São perguntas simples, mas tenho certeza que devem ter feito um frio na barriga surgir na boca do seu estômago. Isso porque a geração dos nossos pais não foi educada para ser construtiva, incentivadora. Praticamente todos nós que nascemos depois da década de 80 sofremos o impacto de ter pais com uma programação mental muito distante da nossa. Parece que nossa geração deu um salto quântico evolutivo frente aos nossos pais. Para muitos, essa ausência de incentivo foi definitiva em seu desenvolvimento pessoal e profissional. Para outros, causou tamanho desconforto que gerou a necessidade de buscar um conhecimento a mais, buscar uma compreensão maior de algo que não se encontra nos livros da faculdade nem no mercado de trabalho. Estou falando do autoconhecimento! Mas, voltando aos pais, você que é pai ou mãe, sabe dizer com certeza como está sua autoestima? Três perguntas básicas vão te nortear: 1 – você se compara com frequência em qualquer âmbito da sua vida? 2 – Você faz/deixa de fazer coisas por causa da opinião alheia? 3 – Tem facilidade para começar novos projetos, mas nunca termina? Se a resposta a pelo menos uma dessas perguntas for SIM, é sinal de que você precisa desenvolver sua autoestima, porque a forma como você lida com os desafios e encara seus sentimentos afeta diretamente o desenvolvimento da autoestima dos seus filhos! Uma maneira simples de elevar sua autoestima é criando um simples hábito diário, onde você faz anotações de tudo de positivo que fez durante o dia. Nos primeiros dias, talvez nas primeiras semanas será difícil sequer reconhecer algo de positivo que você tenha feito, tipo um desafio que você lidou com competência ou um elogio que você recebeu por um trabalho bem feito, mas com foco e disciplina, essa é uma técnica poderosa de elevar sua autoestima e também seu nível de gratidão, pois você começa a perceber quantas coisas positivas acontecem durante seu dia. Outra forma simples de elevar sua autoestima é elevando sua produtividade, dividindo tarefas complexas em pequenos grupos de tarefas e adotar duas listas: 1 – a fazer 2 – a delegar. A autoestima pode ser um círculo vicioso onde não produzimos por não sentirmos bem com nós mesmos, e não sentimos bem com nós mesmos por não produzirmos. Começar a avaliar o que realmente precisamos fazer, seja por competência ou por ser nossa função, daquilo que pode ser delegado, por não fazer parte da nossa lista de prioridades ou por não ser nossa função. E aqui fica um recado direto às mães – você não tem a obrigação de ajudar a todos, nem de agradar a todos ao seu redor. Você precisa ter SUA própria lista de prioridades, e o que não estiver alinhada a ela não deve “furar a fila” de outras tarefas suas só porque você sente que tem obrigação de ajudar seus amigos, parentes e familiares. Elevar sua produtividade é uma poderosa ferramenta para o aumento da autoestima pois eleva seu senso de competência, sua percepção de quanto você pode fazer e oferecer para o mundo ao seu redor. Aplicar uma das técnicas acima, ou mesmo as duas, vai te ajudar a mudar pequenos hábitos que você tem com seus filhos que no dia a dia podem parecer insignificantes, mas que podem ser marcantes para o desenvolvimento da vida deles. Pode parecer assustador, mas o sucesso ou o fracasso dos seus filhos podem ser determinados pela forma como eles se veem, e eles se verão como você os vê. Coloque em prática uma ou as duas técnicas apresentadas, e entre em contato comigo no Facebook ou por e-mail para comentar sobre o artigo ou sobre os resultados que você tem obtido. Vou ficar feliz em receber seu feedback! Na próxima semana vou falar sobre como desenvolver a autoestima dos seus filhos para que eles tenham um futuro de sucesso! Até a próxima!! Email: rosana@kassamatsu.com.br Facebook: fb.me/geracaokassamatsu Rosana é mentora e educadora familiar


A-5

QUINTA-FEIRA- 12 de OUTUBRO DE 2017

Região OPERAÇÕES ESPECIAIS

Mega operação prende integrantes de quadrilha especializada em roubo de defensivos agrícolas Esquema funcionava em cidades paulistas e no Norte Pioneiro; cerca de 80 agentes participaram da ação e 14 suspeitos foram presos Divulgação

14 suspeitos dos estados de São Paulo e Paraná foram presos

Rafael Machado/Grupo Folha

Policiais civis da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Avaré e Itapeva, no interior de São Paulo, do Centro de Operações Especiais da Polícia Civil do Paraná (COPE) e da 10ª Subdivisão Policial de Londrina e policiais de Ibaiti e região, deflagraram na manhã de ontem, 11, a

Operação Paraíso, que prendeu 14 pessoas suspeitas de integrarem uma quadrilha especializada no roubo de defensivos agrícolas. Cerca de 80 agentes participaram da ação. Um dos líderes foi detido na Rua Senegal, Parque Ouro Verde, zona norte do município. O esquema criminoso funcionava desde o final do ano passado e possuía várias ramificações em cidades do interior de São Paulo, Norte e Norte Pioneiro

Divulgação

Entre os objetivos encontrados foram apreendidas armas

do Paraná. Os mandados foram cumpridos em Londrina, Jaboti (PR), Santa Cruz do Rio Pardo (SP), Piraju (SP) e Ibaiti (PR). As investigações começaram há três meses depois que uma fazenda em Itapeva foi roubada. Na ocasião, os ladrões levaram produtos agrícolas, botinas e chapéus dos proprietários. Na delegacia, as vítimas descreveram as características dos assaltantes, o que ajudou a polícia a identificar outros roubos semelhantes praticados na

região de Itapetininga. De acordo com o delegado Aulo Fernandes, um dos responsáveis pela Operação Paraíso, a quadrilha era dividida em dois segmentos: receptadores e executores dos assaltos. Quatro integrantes do último grupo foram detidos em Londrina. Um deles é suspeito de integrar uma quadrilha de roubo a agências bancárias no Paraná. “A cidade abrigava o ramo mais perigoso. Eles iam nas fazendas,

aterrorizavam os donos e transportavam os defensivos em um caminhão, também apreendido no curso das diligências. Estes materiais eram distribuídos ao restante da quadrilha”, disse. Ao longo das diligências, diversos objetos levados das propriedades rurais, como TVs, celulares, joias e até um carrinho de bebê, além de armas de fogo e porções de maconha, foram apreendidos. Em apenas um dos roubos, registrado

em Coronel Macedo (SP), a Polícia Civil estima que os bandidos tenham deixado um prejuízo de R$ 300 mil. “Fora os danos financeiros provocados em outros agricultores”, ponderou Fernandes, que confirmou a prisão dos produtores de Ibaiti, Santa Cruz do Rio Pardo e Jaboti que comprovam os materiais roubados.

NaWeb

www.tribunadovale.com.br

CLIMA

CLIMA

Defesa Civil vai disparar alertas Novo ponto de apoio da PRF e por SMS a todos os municípios Samu são inaugurados em Ibaiti AEN

A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil irá enviar a partir desta segunda-feira (16) alertas de eventos meteorológicos severos por mensagens de texto (SMS) a todos os 399 municípios paranaenses. O sistema foi desenvolvido pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil e começou a funcionar em junho, como projeto-piloto, em cinco municípios do Estado. O serviço estará disponível a todo o território nacional até março de 2018, iniciando pelo Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Para receber os alertas de ocorrências de chuvas de granizo, tempestades e vendavais, os usuários precisarão responder, com o número do seu CEP,

a mensagem que será enviada pelas operadoras telefônicas entre os dias 16 e 20 de outubro. Caso não receba a mensagem, é possível se cadastrar enviando um SMS para o número 40199 com o CEP de sua residência ou de outros locais de interesse em qualquer período. Os usuários podem cadastrar quantos endereços quiserem. O serviço, sem custo para a população, é feito em parceria com o Centro Nacional de Gerenciamento de Riscos e Desastres (Cenad), Agência Nacional de Te l e c o m u n i c a ç õ e s (Anatel) e operadoras de telefonia móvel. “O sistema ainda está em fase experimental, mas até o final do ano já estaremos bem maduros”, explicou o coordenador executivo da Defesa Civil Estadual, tenentecoronel Edemilson de Barros. Atualmente, já

são enviados alertas por SMS aos gestores municipais e à rede estadual de Defesa Civil, além dos cinco municípios que já tinham o serviço cadastrado. “Quando houver a confirmação de um evento meteorológico severo, iremos reportar para a toda a população. O importante agora é que as pessoas retornem o SMS que recebe r e m das operadoras e fiquem tranquilas”, salientou Barros. “O n o s s o p r o p ó s i t o é alertar situações q u e p o s s a m o c o rr e r, p a r a q u e a p o p ulação se prepare antecipadamente”, destacou. Serão repassados à população os alertas met e o r o l ó g i cos que a Defesa Civil Estadual recebe de diversas instituições, como o Simepar e o Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden), que monitora todo o País.

Vanessa Lopes

Na última segunda-feira (09), a região do Norte Pioneiro ganhou um ponto de apoio da Polícia Rodoviária Federal, além de uma base operacional do Serviço Móvel de Urgência (Samu), ambos localizados no Km 108 da BR-153 em Ibaiti, prédio que abrigava a antiga base da Polícia Rodoviária Estadual (PRF). A solenidade de entrega contou com a presença do prefeito Antonely de Carvalho (PMDB); o deputado estadual Mauro Moraes (PSDB), o deputado federal João Arruda (PMDB), além do inspetor chefe da PRF de Londrina – Marcos Pierre Vespermann; o administrador do Samu Norte Pioneiro, Orlando de Oliveira Júnior; o diretor do Samu,

Amarildo Tostes; o presidente do Cisnop (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte do Paraná) e prefeito de Santa Cecília do Pavão, Edimar Santos (PTB). O prédio, que foi concedido pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para a instalação das duas corporações, foi totalmente reformado e revitalizado com recursos próprios da prefeitura. Antonely ressaltou o quanto é importante a instalação de uma nova base do Samu para o atendimento de emergências, além da segurança que representa a unidade de apoio da PRF. O deputado federal João Arruda comemorou a con-

quista para o município e região. “O local está super adequado, conta com uma ambulância e estamos trabalhando para equipar ainda mais a unidade. Em contrapartida à liberação do imóvel, o prefeito fará a iluminação daquele trecho da rodovia que atende, além da população local, motoristas de todo Estado que trafegam pela região”, comemorou o deputado. O Samu conta com uma UTI móvel completa e atenderá seis municípios, sendo Ibaiti, Tomazina, Pinhalão, Japira, Jaboti, Jundiaí do Sul e Conselheiro Mairink. A PRF não atenderá 24 horas, mas haverá serviço de apoio três dias por semana.


QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

A-6

Cidades. AB NOTÍCIAS PARANÁ Retomada do setor A indústria do Paraná cresceu 8,8% em agosto em comparação com o mesmo mês do ano passado, reforçando a tendência de retomada do setor. No acumulado de 2017, o avanço da produção industrial paranaense foi de 4,6%, o maior do País. O resultado alcançado entre janeiro e agosto foi o melhor para o período desde 2011, quando o setor industrial do Paraná havia crescido 9,3%. Tecnologia para prevenção A Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil irá alertas de eventos meteorológicos severos por mensagens de texto a todos os 399 municípios paranaenses. Para receber os alertas de ocorrências de chuvas de granizo, tempestades e vendavais, os usuários precisarão responder, com o número do seu CEP, a mensagem que será enviada pelas operadoras telefônicas entre os dias 16 e 20 de outubro. Nos campos gerais R$ 3,2 milhões serão aplicados no Hospital Anna Fiorillo Menarim, de Castro, nos Campos Gerais. A unidade, que pertence ao município, vai poder estruturar e ampliar o atendimento, com mais equipamentos e materiais médicos. O hospital passará de 40 para 129 leitos - nove de UTI, 60 de internação clínica e cirúrgica, 30 de obstetrícia e 30 de pediatria. Viradinha cultural A programação do Verão 2018 nas praias do Paraná já conta com uma atração: é A Viradinha Cultural que será realizada de 6 de janeiro a 9 de fevereiro de 2018, em Caiobá, Matinhos. Neste período, crianças e adolescentes terão a oportunidade de assistir a espetáculos de circo, contação de histórias e peças de teatro, além de participar das oficinas e jogos lúdicos. Legado Kozak Parte do acervo de Vladimir Kozák do Museu Paranaense pertence agora ao Programa Memória do Mundo da Unesco. Primeiro museu do Paraná a integrar o programa, ficou entre os 10 selecionados das 22 candidaturas. As obras selecionadas para o programa correspondem ao acervo iconográfico, filmográfico e textual dos povos indígenas brasileiros, produzidos entre os anos 1948 e 1978, períodoem que Kozákproduziu várias filmagens para a Universidade Federal do Paraná. Caminhada da natureza O Circuito Terra da Cevada,em Entre Riosna região central do Paraná, acontece no dia 15. A expectativa da prefeitura é a de que 400 pessoas percorram o trajeto de 13,5 quilômetros. O Parque Recreativo Jordãozinho é o ponto de partida e DE chegada da caminhada, que começa às 8h. Antes, às 7h, é servido o café rural, a R$ 10, com leite, sucos, bolos, pães, geleias e frutas. O almoço custa R$ 25 e inclui arroz, salada, bife suíno ao molho madeira e sobremesas. Gabaritando no Enem Os estudantes da rede estadual de ensino que farão as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) terão um reforço. A Secretaria de Estado da Educação disponibilizou gratuitamente o novo Simulado – Gabaritando o Enem 2017 para acesso público. O material permite aos estudantes simular e verificar o desempenho dos conteúdos previstos no exame. redacao@tribunado vale.com.br

SEGURANÇA

Núcleos nas universidades promovem direito da criança Em todo o Brasil, o Disque 100 (canal de denúncias para proteção da criança) registrou mais de 153 mil denúncias. Divulgação

AEN

Uma criança é vítima de violência a cada hora no Paraná, segundo levantamento da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Administração Penitenciária (2016). Visando a manutenção da proteção à infância e a adolescência foi criado, em 2006, o Núcleo de Estudos de Direito e Defesa da Criança e do Adolescente (Neddij). Somente neste ano, foram cerca de 55 mil atendimentos gratuitos, permitindo que novos sorrisos aconteçam neste Dia das Crianças (12). A Universidade Estadual do Norte do Paraná – UENP – mantém um Núcleo. Interessados em mais informações específicas podem ligar para (43) 3525 – 0862, Jacarezinho Os problemas psicológicos que essas experiências podem desencadear nas crianças são diversos, explica a psicóloga do Neddij da Universidade Estadual de Maringá, Priscila Toledo. “A lista de possíveis consequências é imensa, algumas como transtorno de ansiedade, depressão, baixa autoestima, comportamento antissocial, déficit de atenção e hiperatividade”. Em todo o Brasil, o Disque 100 (canal

O Neddij atua especificamente na proteção e defesa de direitos de crianças e adolescentes

de denúncias para proteção da criança) registrou mais de 153 mil denúncias. Entre os tipos de violação mais comuns estão negligência (58%), violência psicológica (36%), violência física (34%), violência sexual (17%) e outras (6%), segundo relatório da Fundação Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq). O Paraná teve 3 mil ocorrências de violência sexual contra crianças e adolescentes, em 2015. Para a psicóloga do Neddij da Universidade Estadual de Londrina, Rafaela Grumadas Machado, cada caso precisa de uma atenção e um tratamento especial. “Cada criança e adolescente tem o seu tempo para começar a expressar os sentimentos relacionados aos traumas

vivenciados. É muito importante que o psicólogo saiba respeitar esse tempo, acolher a queixa e que tenha sensibilidade para saber a melhor maneira de intervir em cada ‘ferida’”. NÚCLEO - O Neddij presta ajuda jurídica e psicológica, trabalhando em conjunto com órgãos como o Conselho Tutelar, Ministério Público e Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A coordenadora do núcleo da UEM, professora Amalia Regina Donegá, conta que qualquer pessoa, que queira proteger uma criança, pode procurar o centro. “O Neddij atua especificamente na proteção e defesa de direitos de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social. Assim, os

seus responsáveis ou interessados na proteção de seus direitos poderão ter acesso aos serviços oferecidos”. A professora também explica quais situações condizem com vulnerabilidade social. “A situação pode ser caracterizada por diversos fatores, tais como, passar por privações em razão da falta de pagamento da pensão alimentícia, não dispor de local seguro para permanecer durante o período em que os seus responsáveis estão no trabalho, estar sofrendo abuso sexual ou sendo processado pela prática de ato infracional, dentre outras”. Criado em 2006, o Neddij atua em 34 municípios do Estado por meio das sete universidades estaduais. Entre os serviços oferecidos estão: direito, psicologia, pedagogia e serviço social.

PARANÁ

Doadores satisfeitos dizem que voltariam a doar sangue AEN

Uma pesquisa realizada no Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Hemepar), na unidade de Curitiba, apontou que 99% dos usuários retornariam à unidade para doar sangue novamente. As informações foram coletadas no mês de setembro de 2017 com 836 pessoas que frequentaram o local no período. “Este é mais um passo que a Rede Hemepar está dando

em busca do sucesso nas doações de sangue no Paraná. Queremos conhecer melhor o nosso usuário, entender suas necessidades e aprimorar nosso serviço para continuar garantindo o atendimento adequado de 87% da rede pública de sangue no Estado”, destaca o diretor do Hemepar, Paulo Hatschbach. A pesquisa de satisfação é realizada ao final do atendimento em um totem localizado próximo ao local onde é servido o lanche.

“Orientamos que o usuário responda um breve questionário no tablet após já ter passado por todos os procedimentos que envolvem a doação de sangue e nos ajude a avaliar o serviço”, complementa o diretor.A avaliação aborda pontos como a clareza nas informações recebidas; a agilidade no atendimento; o atendimento oferecido na recepção, triagem, sala de coleta e copa; entre outros. No primeiro mês fechado, todos

os pontos tiveram mais de 80% de satisfação máxima dos doadores.Dentre o público avaliado, 55% eram do sexo masculino e 45% feminino e a maior parte das doações aconteceu no período da tarde (56%). O motivo da doação de 86% dos usuários é voluntário, os outros 8% foram doar para reposição ou chamados por telefone pelo próprio serviço (3%).

NaWeb

www.tribunadovale.com.br


A-7

QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

Geral. VIAGENS

Detran alerta sobre cuidados na estrada durante o feriado Dados do Detran mostram que 1,5 mil crianças, com idade entre 0 e 11 anos, e 2,1 mil, entre 12 e 17 anos, foram vítimas de ocorrências em ruas e estradas paranaenses em 2016 Assessoria

O Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRv) intensificará as ações ao longo dos mais de 12,8 mil km de rodovias estaduais em virtude do feriado prolongado de Nossa Senhora Aparecida e Dia das Crianças (12 de Outubro). A Operação Padroeira iniciará às 14 horas desta quarta-feira (11/10) em todo o Paraná e seguem até às 23h59 de domingo (15/10) com o apoio das seis companhias da unidade com seus respectivos efetivos, além dos policiais do serviço administrativo. A Operação Padroeira iniciará às 14 horas desta quartafeira (11/10) em todo o Paraná e segue até às 23h59 de domingo (15/10) com o apoio das seis companhias da unidade com seus respectivos efetivos, além dos policiais do serviço administra-

tivo. Dos 46 mil feridos em acidentes de trânsito no Paraná em 2016, 8% tinham menos de 17 anos. Dados do Detran mostram que 1,5 mil crianças, com idade entre 0 e 11 anos, e 2,1 mil, com idade entre 12 e 17 anos, foram vítimas de ocorrências em ruas e estradas paranaenses. Com o feriado da Padroeira do Brasil e o Dia das Crianças, neste 12 de outubro, é preciso cuidado ao planejar a viagem com os pequenos. “Além da manutenção do veículo e a atenção à documentação, que devem existir em todas as viagens, é preciso lembrar do uso correto dos dispositivos de segurança, adequados para cada idade”, lembra o diretor-geral do Detran, Marcos Traad. O bebê conforto é para bebês com ou até um ano de idade. Já crianças com idade superior a um ano

Divulgação

O bebê conforto é para bebês com ou até um ano. Crianças com idade superior ou igual a quatro anos devem ser transportadas em cadeirinha

e inferior ou igual a quatro anos devem ser transportadas em

cadeirinha. De quatro a sete anos e meio devem usar o assento de

elevação e, a partir de dez anos (com mais de 1,45 m), podem utilizar

PLANEJAMENTO Pesquise a duração média da viagem e alguns pontos de paradas com as crianças. Uma pausa pode evitar que elas fiquem muito agitadas e dá mais energia ao condutor para continuar a viagem. Anote os números da concessionária responsável pela rodovia, para qualquer tipo de suporte durante o deslocamento. Procure não viajar no fim da manhã ou da tarde, os horários mais movimentados nas estradas. Redobre a atenção no fechamento das portas. Os vidros traseiros devem estar travados e abaixados

apenas o suficiente para permitir a ventilação. Não permita nunca que as crianças ponham as mãos, braços ou a cabeça para fora. Algumas crianças sofrem facilmente de enjoo, especialmente em caminhos com muitas curvas, portanto evite alimentos de digestão difícil. Tenha sempre biscoitos, frutas, água e sucos para oferecer durante o trajeto. Em viagens longas, é preciso pensar em alguns recursos para manter os menores ocupados. O ideal é que os brinquedos estejam fixos no

o cinto de segurança e ser transportadas no banco da frente.

Divulgação

Detran alerta para o planejamento que antecede à viagem, como cuidados com o veículo

banco, para evitar que desviem a atenção do

condutor. Músicas e vídeos, em aparelhos

de celular, tablets ou DVDs fixos, só estão

permitidos no banco traseiro.

CIÊNCIA E TECNOLOGIA

Horário de verão começa no dia 15 de outubro Agência Brasil

Na madrugada do dia 15 de outubro (domingo), os brasileiros devem adiantar o relógio em uma hora devido ao horário de verão. A mudança é adotada por 11 estados até 18 de fevereiro de 2018. Para conferir a hora certa, acesse a página do Observatório Nacional. O ajuste do horário vale para os morador-

es do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Distrito Federal. O objetivo é aproveitar o maior período de luz solar possível para economizar energia. Com a mudança no relógio, o leste do Amazonas e os estados de Roraima e Rondônia ficam com duas horas

a menos em relação ao horário de Brasília, enquanto Acre e oeste do Amazonas ficam com três horas a menos. O chefe da Divisão do Serviço da Hora do Observatório Nacional (ON), Ricardo Carvalho, explica que a diferença de tempo entre o nascer e o pôr do sol durante o verão é maior nas áreas distantes da linha do equador, que divide a Terra

entre os hemisférios Norte e Sul. É o caso das regiões CentroOeste, Sudeste e Sul do Brasil. “Quanto mais ao Sul, os dias tendem para uma maior variação ao longo do ano, sendo mais longos no verão e mais curtos no inverno. Por exemplo, em 1º de julho, no Rio de Janeiro, a duração do dia foi de 10h45, enquanto em Porto Alegre foi de 10h15. No verão,

especificamente no dia 1º de dezembro deste ano, a duração do dia no Rio de Janeiro será de 13h07 e em Porto Alegre será de 13h56”, diz. História Criado em 1827, o Observatório Nacional é responsável pela geração, distribuição e conservação da hora oficial do País. “A geração da Hora Legal Brasileira é o resultado de um cálculo tendo como base as

medidas de intercomparação de um conjunto de nove relógios atômicos mantidos em funcionamento contínuo na Divisão Serviço da Hora do ON, resultando na Escala de Tempo Atômico Brasileira, chamada internacionalmente de UTC (ONRJ), sendo UTC a sigla de Tempo Universal Coordenado e ONRJ Observatório Nacional Rio de Janeiro”, esclarece Carvalho.


A-8

QUINTA-FEIRA - 12 DE OUTUBRO DE 2017

Região ODONTO

Acesso precário e obras inacabadas obrigam UENP a suspender aulas Antônio de Picolli

Alunos do 3º ano de Odontologia estão sem aulas e só devem retornar no início de 2018 Da Redação

Complexo vai ter 66 consultórios e 10 salas de raio-X

As condições precárias da via de acesso ao novo campus da Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP), em Jacarezinho, onde está instalada a primeira clinica do curso de Odontologia e o atraso nas obras de instalação de duas das três unidades semelhantes, levou a direção da instituição a suspender as aulas do 3º ano, que só deve retornar às atividades somente no início de 2018. De acordo com o pró-reitor de Planejamento e Avaliação Institucional Bruno Ambrozio Galindo a previsão é de que as aulas para a turma do 3º ano retornem apenas no início de fevereiro. As demais turmas seguem nor-

malmente e depois das férias e retornam em março. O problema do acesso ao edifício onde funciona o curso de odontologia é que a via ainda não é pavimentada, tendo recebido apenas uma camada de cascalho. Nos períodos chuvosos, transitar pela área é uma verdadeira aventura em razão do lamaçal. Nos períodos de estiagem, a tortura fica por conta da densa poeira, tornando insuportável a permanência no local. Para complicar ainda a situação, os alunos do terceiro ano contam com apenas uma clínica odontológica pronta. O deputado estadual Pedro Lupion já reiterou solicitação de pavimentação do acesso ao campus ao Departamento de Estradas e Rodagens (DER). Segundo Galindo, outras duas unidades do complexo de Odontologia ainda estão em construção, o ar condicionado, por exemplo, da clínica pronta, ainda não pode ser ligado porque falta a instalação elétrica adequada. “Com o problema do acesso e sem poder ligar o ar condicionado, ficou difícil. Optamos em suspender até que tudo seja resolvido. Acredito que até dezembro já estaremos com tudo em pleno funcionamento. Os alunos serão encaixados em um calendário diferenciado e vão se formar no quinto ano normalmente, ninguém será prejudicado”, garantiu o pró-reitor. DER Nesta semana, Galindo se reuniu com representantes do Departamento de Estradas de Rodagens (DER) e prefeitura de Jacarezinho que se prontificaram em fazer análise do local para pavimentação dos trechos de acesso ao campus. Por meio do DER será feito um estudo para asfaltar a via de acesso à BR153. Já a prefeitura de Jacarezinho, se prontificou em, nos próximos dias, pavimentar outra via de acesso ao trevo do complexo. “É uma obra grande, não é fácil neste momento de crise econômica do

país, abrir um curso desse porte e que demanda de equipamentos caros e estrutura. Precisamos de parcerias, convênios e aos poucos estamos conseguindo. Não é uma tarefa fácil”, explicou o Pró-Reitor. A Sanepar já executou todo o trabalho de esgoto e a CPFL Santa Cruz o serviço da parte elétrica. “Temos 75% dos equipamentos comprados, onde já foram investidos mais de R$1,5 milhão. O prédio tem quase 4 mil metros quadrados. Com a criação desse campus conseguimos gerar um crescimento mobiliário na região, pois aumentou o número de loteamentos e consequentemente isso movimenta a economia local”. Obras A construção da Clínica de Odontologia é o primeiro passo para a implantação do novo campus em Jacarezinho. O complexo é composto por um bloco de clínicas (três), sendo uma praticamente pronta e duas em construção; um anfiteatro com capacidade para mais de 200 pessoas incluindo um centro cirúrgico no palco fechado com blindex para aulas e cursos; bloco didático (biblioteca e salas de aula); área de convivência. O espaço inclui sala de triagem, salas administrativas, laboratórios (pré-clínico, prótese, imagem), 22 consultórios e duas salas de raios-X em cada clínica, totalizando 66 consultórios e 10 salas de raios-X. “Temos uma estrutura muito grande para atender a região. Estamos buscando convênios com a Secretaria Estadual de Saúde, Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro (Cisnorpi), Universidade de São Paulo (USP) e já temos um em trâmite com o Governo Federal. Para atendimento em 2018 já temos todo o material comprado”, garantiu Galindo. Está previsto, também, com recursos da SESA, a construção de uma nova clínica de Fisioterapia de 1.700m² para Universidade, de acordo com o pró-reitor.

3457  

TRIBUNA DO VALE

3457  

TRIBUNA DO VALE

Advertisement