Page 1

cmyb

Sabado e Domingo

ANO XXII - N0 3360 R$ 1,00

DIRETOR: BENEDITO FRANCISQUINI

20 E 21 DE MAIO DE 2017

www.tribunadovale.com.br

CAMBARÁ

Justiça leiloa bens da Conselvan Divulgação

A Justiça da Vara Cível da comarca de Cambará fixou para as 13 horas do próximo dia 30 de junho, no átrio do Fórum Judicial, o primeiro leilão de bens imóveis da empresa Sementes Conselvan Ltda, uma das empresas mais importantes da região no setor de agronegócio, que teve seu apogeu nas décadas de 1970,

1980 e 1990, mas que entrou em colapso no final do século passado, culminando agora com a venda de seu patrimônio para pagar fornecedores e ex-funcionários. O imóvel que irá a leilão, tendo como credenciada pela Justiça a JL Leilões é avaliado em R$ 16,5 milhões, mas o lance inicial foi fixado no valor de R$ 8, 2 milhão.

 PÁG. A3

S.A. PLATINA

Número de inscritos no Programa Bolsa Família cai 21%

Acidente na quarta-feira entre Andirá e Itambaracá matou um homem de 58 anos na PR-092

TRAGÉDIAS

Região contabiliza seis mortes na semana mais violenta do ano Seis pessoas morreram na semana mais violenta de 2017, no Norte Pioneiro. De acordo com o levantamento feito pela Tribuna do Vale, seis pessoas foram assassinas e duas perderam a vida em acidentes de trânsito na região. O único caso ainda sob investigação, o homicídio de Jéssica dos Santos Daniel, 22 anos,em Carlópolis, foi concluído pela Polícia Civil na sexta-feira (19).  PÁG. A5

IMUNIZAÇÃO

Campanha de vacinação contra a gripe termina na próxima semana

Encerra na próxima sexta-feira (26) a campanha de vacinação contra a gripe no Paraná. A meta do Estado é imunizar 90% do público-alvo, que inclui crianças até 4 anos, gestantes, idosos, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, trabalhadores da saúde, professores e portadores de doenças crônicas. Até esta sexta-feira (19), 74% deste público foi vacinado, o que representa a aplicação de 2,2 milhões de doses.  PÁG. A8 Antônio de Picolli

Dados do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União, apontam que entre 2016 e 2017 o número de beneficiários do Programa Bolsa Família em Santo Antônio da Platina caiu 21%. Os números que chegaram a 2.044 em 2016 caíram para 1.613, representando uma queda de 431 famílias que deixaram de receber a ajuda. O programa é uma transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade.  PÁG. A4

BRASÍLIA

OPORTUNIDADE

Zanrosso consegue recursos para Tomazina

UENP abre inscrições para Paraná fala mais inglês

 PÁG. A4

 PÁG. A8

SAFRA

Estudo acompanha preços dos insumos de milho e soja

Arquivo

CHOVEU, ALAGOU!

Mais uma vez uma das principais vias de Santo Antônio da Platina, a rua Benedito Lúcio Machado ficou completamente alagada em alguns trechos após a forte chuva que caiu na manhã de ontem, 19. Segundo os moradores, comerciantes e quem costuma transitar pela rua já estão cansados de lidar com o problema que acontece toda vez que chove e se prolonga há anos. Além da via pública não ter um sistema de escoamento de água eficiente, a rua é cortada pelo Ribeirão Boi Pintado que com chuva intensa eleva o volume de água invadindo a pista. O trecho na manhã de ontem, 19, ficou interditado por aproximadamente uma hora (foto), até que voltasse a sua normalidade.

Agricultores não fazem estoques de insumos e adquirem produtos quando o cliclo de cada cultura exige

Um histórico traçado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre os custos de agrotóxicos e fertilizantes nos principais estados produtores de milho e soja revela que os melhores momentos para a aquisição de insumos são os que antecedem a safra de cada região brasileira. O estudo, divulgado na quarta-feira (17), avalia a participação dos fertilizantes na rentabilidade do produtor por ano-safra, de 2010/11 a 2015/16. 

PÁG. A3

cyan magenta yellow black


A-2 Opinião

TRIBUNA DO VALE

pear Temer do poder sem esses pré-requisitos, ai sim, será golpe.” Editorial

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

A vida seria muito mais fácil se existisse uma fórmula mágica para alcançar a felicidade, mas infelizmente não existe. Só que uma coisa é certa: ela esta disponível para todos. ”

A RTIGO

E DITORIAL

Derrubar Temer sem apurar, isto sim, é golpe Mais uma vez o Brasil é vítima da precipitação, do pré-julgamento e até da má fé. O vazamento da delação premiada do empresário Joesley Batista e de trechos de sua conversa com o presidente Michel Temer abriu uma crise política e econômica de proporções imprevisíveis. A gravação, cujo conteúdo foi divulgado 24 horas depois do vazamento seletivo, demonstrou que não era bem o que se noticiava. Nela ouviu-se um Michel Temer monossilábico, que apenas respondia, não emitia opiniões, parecia entediado com a conversa e dava a idéia de estar torcendo para o interlocutor terminar logo e ir embora. Não se confirmou o noticiado, de que o presidente teria determinado o pagamento da propina ao ex-deputado Eduardo Cunha para mantê-lo

calado, e nem outros pontos da conversa, que mais pareceu um conjunto de fofocas ouvido e não levado em consideração. Temer só ouviu, não discutiu e nem contestou o que ouviu. Para ser justa, qualquer análise do diálogo, quase monólogo pilotado pelo interlocutor, tem de levar em consideração o contexto e principalmente o motivo que o levou a buscar o encontro. O fato de o ministro Edson Fachin ter aberto investigação com base no material não determina a culpa do presidente. Esta, se houver, só poderá ser reconhecida depois de analisadas as provas, as circunstâncias e verificados os argumentos de acusação e defesa. Antes disso, tudo é precipitação e pode conduzir a danos irreparáveis tanto para os envolvidos quanto para o país, que luta

C HARGE

para emergir da grave crise político-econômica. Ainda recentemente, o Brasil sofreu enormes prejuízos com a imprópria condução da Operação Carne Fraca. A memória nacional não se esquece do lamentável episódio da Escola Modelo, de São Paulo, cujas denúncias não se confirmaram, mas provocaram dor, prejuízos e até morte. É preciso muita cautela ao denunciar, apurar e concluir... Não se deve ignorar que a delação vem de um empresário acusado de ter causado prejuízo milionário ao BNDES ao multiplicar seu patrimônio através da promiscuidade com governantes, políticos e às custas de verbas do banco de fomento, alcançadas de forma privilegiada. Isso também faz parte do contexto e certamente será considerado nas decisões

judiciais. Toda a pressão que se exerce contra o presidente por sua renúncia ou pelo impeachment é atropelo às reais apurações. Os reflexos imediatos são a queda do mercado financeiro, a disparada do dólar e o travamento das reformas em tramitação pelo Congresso Nacional. Congressistas e lideranças políticas que trabalham pela renúncia ou impeachment estão, nesse momento, atrapalhado a recuperação do Brasil. O correto e aconselhável é aguardar, pacifica e ordeiramente, as apurações da Justiça, que têm os instrumentos capazes de dirimir dúvidas, apontar oficialmente culpados e encaminhar as soluções. Apear Temer do poder sem esses pré-requisitos, ai sim, será golpe.

chargeonline.com.br

A RTIGO Daniel Medeiros*

Faz uma selfie? Ninguém mais olha os outros ou as coisas. Olha-se olhando as coisas. Recentemente, visitando Foz do Iguaçu, surpreendi-me com a quantidade de visitantes de costas para as cataratas, buscando o melhor ângulo para aquele selfie consagrador. Senti um nó na garganta. Algo, definitivamente, está sendo perdido para sempre no século XXI. Desde que Guy Debord publicou o seu “Sociedade do Espetáculo”, nos anos 60, criticando a midiatização da sociedade, que a sensação de que estamos sempre posando para uma foto ou para um vídeo não parou. E olha que o intelectual francês nem imaginava o que estava por vir quando afirmou que o espetáculo é “a relação entre pessoas mediada por imagens”. E uma relação que dura o tempo das imagens. Use e descarte. Curta e esqueça. Quem se lembra daquele cantor coreano que foi o primeiro a ser visto por mais de um bilhão de pessoas no YouTube? Quem lembra? Eu tô tentando...

O curador da Bienal do Livro de São Paulo afirmou que as atrações da feira não são os escritores (como?), mas youtubers, celebridades midiáticas que escrevem livros sob encomenda das editoras, reproduzindo as bobajadas que falam todos os dias para milhões de fãs. E esse é o sucesso do momento. Fora o livro que o Obama comentou que gostou – e que todo mundo precisa ler, é claro! – ou a Oprah ou, na falta de uma TV paga, a Fátima Bernardes mesmo. A Gazeta do Povo publicou, recentemente, uma reportagem de capa, falando sobre a importância de ler e de não ler qualquer coisa. Importância para o desenvolvimento cognitivo. Importância para o amadurecimento intelectual, condição para o exercício efetivo de uma vida digna e produtiva, transformadora e essencial para a comunidade, o mundo, o universo. Parece que não comoverá a legião de fãs que já se prepara para fazer

TRIBUNA DO VALE

O Diário da nossa região - Fundado em agosto de 1995 Editora Tribuna do Vale LTDA CNPJ 01.037.108/0001-11 Matriz: Mário Marcondes Marques, 38, Vila Claro - Santo Antônio da Platina, PR Fone/Fax: 43 3534 . 4114

Júlia Audi

Diretor Responsável Benedito Francisquini - MTB 262/PR tribunadovale@tribunadovale.com.br tribunadovale@uol.com.br

fila na porta das livrarias para o lançamento do novo livro da autora do Harry Potter. A cultura das celebridades já deixou vítimas, como a Lady Di, por exemplo. Mas as maiores vítimas são as silenciosas que, na frente dos computadores, expõem-se até o âmago em busca de um like a mais. Ou como a moça que foi vaiada em Nova York porque acreditou que poderia repetir as nulidades que fazem sucesso entre 2,5 milhões de seguidores na internet para o público que tinha ido assistir ao show do Skank. Pensou ser uma artista, a moça. Lógico que vaia é feio. Mas o mundo real ainda tem umas regrinhas que o espetáculo virtual e cibernético precisa aprender, como, por exemplo, ser feito de gente real, de carne e osso. O excesso de informação tá longe de significar mais conhecimento, ou melhor, sabedoria. Já diz o ditado que informação é saber que tomate é fruta, mas sabedoria é nunca misturar tomate na salada de frutas! Uma

coisa o Google informa em nanosegundos. A outra, a vida ensina com os tropeções que damos nas coisas reais do que ela é feita. O tédio é, segundo o filósofo norueguês Lars Svendsen, o mal do século XXI. E ele alerta: Se o tédio aumenta, isso significa que há uma falha grave na sociedade ou na cultura como transmissores de significado. As redes sociais são o novo deserto dos tártaros: você fica o tempo todo esperando que alguma coisa espetacular aconteça depois que você postou aquelas fotos incríveis ou aquele vídeo incrível ou aquele post incrível e assim a vida passa. Como diria Lord Byron: não sobrou muito senão ser entediado ou entediar. Mas se esse artigo agradar, acho que vou tirar um selfie e publicar na minha página. Não percam. Bjs. * Daniel Medeiros é especialista em Filosofia Contemporânea, mestre e doutor em Educação Histórica e professor no Curso Positivo.

Representação: MERCONET Representação de Veículos de Comunicação LTDA Rua Dep. Atílio de A. Barbosa, 76 conj. 03 - Boa Vista - Curitiba PR Fone: 41-3079-4666 ¦ Fax: 41-3079-3633 Vendas Assinatura Anual R$ 200,00 Semestral R$ 100,00

Impressão e Fotolito: Editora Tribuna do Vale Fone/Fax : 43 3534 . 4114

Júlia Audi

10 coisas que te impedem de ser feliz

A vida seria muito mais fácil se existisse uma fórmula mágica para alcançar a felicidade, mas infelizmente não existe. Só que uma coisa é certa: ela esta disponível para todos. Com bastante frequência os desafios aparecem pelo caminho e se não soubermos lidar com eles, sentiremos dor e sofrimento desnecessários. É certo que para cada pessoa a felicidade tem um tipo de significado, e isso está relacionado aos valores e experiências de vida de cada um, mas independentemente do que traz felicidade para você existem algumas coisas que te impedem de ser feliz, saiba quais são a seguir: 1 – Alimentar crenças limitantes Crença limitante é tudo aquilo que te impede de viver uma vida melhor e mais feliz. Muitos de nós se alimentamde frases e pensamentos que são como ordens nos dizendo o que é possível e o que é impossível, o que podemos fazer e o que não podemos fazer.Pare de alimentar suas crenças limitantes.Jamais deixe para amanhã o que você pode fazer, sentir e viver hoje. 2 – Ficar preso ao passado É muito comum que nos sintamos culpados por experiências negativas do passado. Mas precisamos olhar para todas as nossas experiências como processos de aprendizagem para nos conhecermos melhor.Viver inteiramente o momento presente é a atitude mais libertadora que existe. 3 – Sofrer por antecipação pelo futuro Fique atento aos excessos de preocupação. Na vida é preciso ter os dois pés no chão. Pensar e sonhar demais com o futuro pode bloquear o desenvolvimento de um projeto que já esteja claro em nossa mente. Evite pensamentos desnecessários. 4 – Manter coisas ou pessoas negativas por perto “Diga-me com quem tu andas que te direi quem és”, falava minha mãe. Acredito que esta frase tenha mais a ver com quem você vai se tornar, pois somos diretamente influenciados pelo meio onde vivemos. Jim Rohn já dizia: “Você é a média das cinco pessoas com as quais passa mais tempo.” As cinco pessoas com quem você mais anda irão determinar a forma como você pensa, a forma como você age e a forma como você se prepara para suas metas de vida. 5 – Querer sempre impressionar os outros Eu preciso lhe dizer que às vezes você vai estragar tudo, independentemente do que você faça. Você precisa afirmar o seu valor, porém sem exigir reconhecimento. Aceite-se a si mesmo, assim como é, incondicionalmente. 6 – Estar sempre certo O que é mais importante para você? Ser feliz ou estar sempre certo? Hoje eu quero lhe afirmar algo: em algum momento da sua vida você vai errar. Então, não importam quais sejam suas decisões, esteja determinado a ser mais flexível e desista de querer sempre ter razão. 7 – Resistir a mudanças O que mudou tudo no mundo nos últimos anos? As pessoas. Pessoas como você e eu que decidiram MUDAR. Pessoas que tomaram novas decisões. Agora é o momento ideal para fazer alguma outra coisa ou uma coisa nova. 8 – Não assumir a auto-responsabilidade e culpar os outros Assuma 100% de responsabilidade pela sua vida e entenda que só VOCÊ pode decidir qual o melhor caminho a seguir. Quando assumimos a nossa responsabilidade, podemos exercer nosso poder de escolha livremente, sem culparmos às pessoas pelas nossas decisões, pois percebemos que uma atitude responsável é extremamente necessária para mudarmos o mundo, começando a mudar nós mesmos. 9 – Necessidade de aprovação das pessoas Quando nos libertamos da necessidade de obter aprovação das pessoas, passamos a aceitar e olhar com determinação para os pontos da nossa personalidade. Você não é responsável por expectativa alheia nenhuma. 10 – Esquecer-se de ser grato e ficar apenas reclamando Agradeça, agradeça, agradeça. Infelizmente nossa percepção é limitada, mas se elevarmos a nossa atenção para o “quadro completo da vida” ficaremos imediatamente conscientes do quanto temos a agradecer. Lembre-se de, pelo menos uma vez por dia, agradecer a todas as dádivas que você recebe. Se você gostou desse artigo e quer ajudar mais pessoas a serem felizes, clique em algum dos links abaixo para ajudar a divulgá-lo. Sobre a autora: Júlia Audi é master coach, palestrante, escritora e fundadora do Instituto Empodera.Mente >> www.institutoempoderamente.com.br Circulação: Abatiá ¦ Andirá ¦ Arapoti ¦ Bandeirantes ¦ Barra do Jacaré ¦Cambará ¦ Carlópolis ¦ Conselheiro Mairink ¦ Figueira¦Guapirama ¦ Ibaiti ¦ Itambaracá ¦ Jaboti ¦ Jacarezinho Jaguariaíva ¦ Japira ¦ Joaquim Távora ¦ Jundiaí do Sul ¦ Pinhalão ¦ Quatiguá ¦ Ribeirão Claro ¦ Ribeirão do Pinhal ¦ Salto do Itararé ¦Santana do Itararé ¦ Santo Antônio da Platina ¦ São José da Boa Vista ¦ Sengés ¦ Siqueira Campos ¦Tomazina ¦ Wenceslau Bráz

Filiado a Associação dos Jornais Diário do Interior do Paraná

* Os artigos assinados não representam necessariamente a opinião do jornal, sendo de exclusiva responsabilidade de seus respectivos autores.


Agronegócio A-3

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Justiça leiloa bens da Conselvan

CAMBARÁPatrimônio da empresa Sementes Conselvan será leiloado para pagamento de dívidas Da Redação

A Justiça da Vara Cível da comarca de Cambará fixou para as 13 horas do próximo dia 30 de junho, no átrio do Fórum Judicial, o primeiro leilão de bens imóveis da empresa Sementes Conselvan Ltda, uma das empresas mais importantes da região no setor de agronegócio, que teve seu apogeu nas décadas de 1970, 1980 e 1990, mas que entrou em colapso no final do século passado, culminando agora com a venda de seu patrimônio para pagar fornecedores e ex-funcionários. O imóvel que irá a leilão, tendo como credenciada pela Justiça a JL Leilões é avaliado em R$ 16,5 milhões, mas o lance inicial foi fixado no valor de R$ 8.274.072, 24. O terreno, localizado na Rodovia Deputado José Afonso, fica em frente ao cemitério municipal de Cambará, uma área nobre que conta com várias edificações onde funcionavam armazéns, unidade de produção de sementes, escritórios, loja de insumos, entre outros. Cada benfeitoria teve avaliação individual. Entre os itens que irão a leilão estão uma edificação em alvenaria, adequada para recebimento de grãos, com área total construída aproximada de 131,80 m2 com uma moega; edificação em alvenaria, ade-

quada para lavador, com área total construída aproximada de 120,78 m²; construção de uma unidade própria para funcionamento da casa de força, com área total construída aproximada de 16,00 m². Consta ainda uma edificação em alvenaria, adequada para cabine da balança, com área construída aproximada de 8,41 m², outra edificação em alvenaria, adequada para casa de força, aparentemente desativada antes da última paralisação docomplexo industrial, ocorrida com a crise da empresa Sementes Conselvan Ltda, com área total construídaaproximada de 18,06 m²; uma edificação em alvenaria, adequada para sanitários/varanda, com área total construída aproximadamentede 26,33 m², uma cisterna em alvenaria, com área total construída aproximada de 116,80 m², com profundidade de 2,10 m, ecapacidade útil de 210 m³; uma edificação em alvenaria, adequada para almoxarifado, com área total construída aproximada de 116,80 m², uma edificação em alvenaria adequada para casa das bombas, com área total construída aproximada de 6,84 m², e profundidade de 4,00(bombas afogadas). A lista inclui também uma edificação adequada para almoxarifado e outras atividades, com área total

Arquivo

Imóvel que irá a leilão é avaliado em R$ 16,5 milhões, mas o lance inicial foi fixado no valor de R$ 8, 2 milhões

construída aproximada de 114,21m², além de uma construção de 259,70 m2 adequada para escritórios, comvaranda, coberta com telhas cerâmicas,que propiciam a divisão em 11 ambientes com salas, janelas e portas em boas condições de uso, e 03 sanitários, também em condições deuso apropriadas; uma edificação em alvenaria, adequada para abrigo de condicionador de ar, com área total construídaaproximada de 6,10 m².O edital de leilão descreve ainda uma edificação em alvenaria, adequada

para escritórios, com área totalconstruída aproximada de 374,85 m², dividida em três pisos, sendo 249,90 m² já concluídos, e 124,95 m² aterminar; uma edificação emalvenaria(parede lateral esquerda metálica), adequada para armazenagem/atividades coletivas, com áreatotal construída aproximada de 1.132,00 m², uma benfeitoria à casa do secador, anotando a existência de duas moegas, com profundidade aproximada de6,00 m, e capacidade total para 6.000 sacas. Desta forma, fica o imóvel objeto da

matrícula n. 551. A área total do terreno é estimada em 137 mil metros quadrados. História A Conselvan Agricultura, da qual a Sementes Conselvan fazia parte, pertencia aos irmãos Mário e Antônio Conselvan, com forte atuação na região Norte do Paraná e Sul de São Paulo. Além da recepção de cereais para a indústria, a atividade principal era a produção de sementes agrícolas, com campos de produção em municípios paranaenses e paulistas. Mário Conselvan, um dos

proprietários, foi prefeito de Cambará na década de 1970. A venda do complexo agroindustrial põe fim a um capítulo da história de Cambará, representado pela pujança de importantes empresas que atuavam no setor de recepção, beneficiamento e industrialização da produção agrícola. A maioria dessas empresas, entre as quais uma das maiores cooperativas do interior do Paraná, a Coopramil, desapareceram, tragadas por crises cíclicas que atingiram o país, notadamente o setor do agronegócio.

SAFRA

CONAB

Estudo acompanha preços dos insumos de milho e soja

Safra de café recua e previsão é de 45,5 milhões de sacas

Arquivo

Estudo avaliou os custos de agrotóxicos e fertilizantes nos principais estados produtores de milho e soja Das Agências

Um histórico traçado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) sobre os custos de agrotóxicos e fertilizantes nos principais estados produtores de milho e soja revela que os melhores momentos para a aquisição de insumos são os que antecedem a safra de cada região brasileira. O estudo, divulgado nesta quar ta-feira (17), avalia a participação dos fertilizantes na rentabilidade do produtor por ano-safra, de 2010/11 a 2015/16. Segundo a publicação, denominada “O Comportamento dos Preços dos Insumos Agrícolas na Produção de Milho e Soja”, os agricultores normalmente não

fazem estoques de insumos. Em vez disso, adquirem tais produtos quando o ciclo de plantio de cada cultura exige. Essa demanda momentânea acaba influenciando na definição de preços dos insumos. Apesar do produtor não participar de forma ativa no processo de formação de preços, o estudo indica que os valores, em sua maioria, se comportam de acordo com a pro c ura e não apresentam grandes d iferenç as em rel aç ão à media de preços praticados nas localidades analisadas. “Isso pode ser explicado pelo acompanhamento que os próprios fornecedores fazem da safra. Os resultados da safra colhida e a perspectiva da produção futura

são variáveis que afetam a composição dos preços ao produtor”, avalia o Superintendente de Informações do Agronegócio da Conab, Aroldo Oliveira Neto. Além dessa relação entre fornecedor e produtor, a publicação destaca ainda oportunidades de investimentos, possibilidades de minimização dos custos de produção e a formulação de estratégias pelos setores diretamente envolvidos com a produção. O trabalho foi construído em duas partes: a primeira é voltada para o comportamento dos preços de insumos nos estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Paraná e Rio Grande do Sul; a segunda, traz um estudo de caso no município de Campo Mourão, no Paraná.

AEN

Das Agências

O volume de café produzido no país na safra 2017 deve ser de 45,5 milhões de sacas de 60 quilos do produto beneficiado, com uma redução de 11,3% quando c omp ar a d o à s 5 1 , 4 m i lhões de sacas de 2016. Os números, que representam o somatório das espécies arábica e conilon, estão no segundo levantamento da atual safra, divulgado nesta quinta-feira (18) pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O café arábica, 78% do total produzido no país, deve recuar 18,3%, estimando-se que sejam colhidas 35,4 milhões sacas. O ciclo de bienalidade negativa do grão é responsável pelo resultado, apesar das boas condições climáticas nas principais zonas de produção de Minas Gerais - maior produtor nacional, com 25,4 milhões de sacas. Por outro lado, o conilon, que responde por 22% do total produzido, deve registrar crescimento de 26,9% frente ao ciclo anterior, com uma produção estimada de 10,1 milhões de s acas. A ele vação s e deve à recuperação da produtividade nos estados do Espírito Santo, da Bahia e de Rondônia, em razão da maior utilização de tecnologia do café clonal, de mais investimentos nas lavouras e das boas condições climáticas. Já a produtividade média prevista para as duas espécies deve recuar 7,5%, estimada em 24,35 sacas por hectare. O arábica, que mais sofre a influência do

Produção nacional de café deve ser 11% menor esse ano

ciclo de bienalidade negativa, deve ter produtividade de 24,07 sacas por hectare e o conilon, de 25,41. Área A expectativa é de queda de 0,5% na área total cultivada, devendo ficar em 2,2 milhões de hectares (341,4 mil hectares em formação e 1,9 milhão de hectares em produção). Há previsão de queda de 4,1% na área em

produção por ser um ano de bienalidade negativa para o café arábica, onde parte da área é manejada. Problemas climáticos pontuais para o café conilon, como seca e má distribuição de chuvas nos três últimos anos no Espírito Santo (maior produtor da espécie no país), também contribuíram para a redução na área em produção.


A-4 Cidades

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Zanrosso consegue novos recursos para Tomazina durante viagem a Brasília Arquivo

INVESTIMENTOPrefeito participa da 20ª Marcha dos Prefeitos e recebe confirmação de novos recursos para a cidade Da Assessoria

A primeira agenda oficial do novo prefeito de Tomazina, Flávio Zanrosso, à capital federal – Brasília -, resultou na confirmação de benefícios e novos investimentos para a cidade. Zanrosso participa da 20ª Marcha Nacional dos Prefeitos, de 15 a 18 de maio de 2017, promovida pela Confederação Nacional de Municípios (CNM), onde os prefeitos pleiteiam mais financiamentos da União para desafogar a crise econômica nos municípios, além de discutirem, com prioridade, o parcelamento das dívidas previdenciárias municipais. Já n a te rç a - fe i r a , 1 6 , ocorreu a primeira conquista. O presidente Michel Temer assinou medida provisória que permite o parcelamento da dívida dos municípios com o INSS em até 200 parcelas. A renego-

ciação vai beneficiar mais de 3 mil municípios que enfrentam dívidas com a Previdência Social. A medida inclui ainda redução de juros de até 80% e redução de multas e encargos de 25%. Recursos para Tomazina Em agenda compartilhada com o prefeito municipal de Ibaiti, Antonely de Carvalho (PMDB), Zanrosso foi recebido pelo Senador Álvaro Dias (PSDB) e depois pelo Deputado Federal, João Arruda (PMDB). O prefeito de Tomazina agradeceu a emenda de 100 mil reais d e st i n a d a p e l o S e n a d or para a saúde tomazinense no final do ano passado, a pedido de Zan. Para 2018, Dias assumiu compromisso de novos recursos para viabilização de equipamentos e maquinário, destinados a área rural. No encontro com Arruda, o Deputado confirmou

Flavio Zanrosso aproveitou a viagem a Brasília para manter contato com o deputado federal João Arruda

a liberação dos 300 mil reais para o turismo, que serão aplicados em infraestrutura para o Salto Cavalcanti, importante ponto turístico de Tomazina. O deputado

 S.A. PLATINA

Número de beneficiários do Bolsa Família cai 21%

também assumiu o compromisso de novas emendas parlamentares com o objetivo de construir pontes de concreto nas áreas urbanas e rurais. O secretário de

Divulgação

De acordo com o Portal da Transparência, 431 famílias foram excluídas do programa

Dados do Ministério da Transparência, Fiscalização e Controladoria Geral da União, apontam que entre 2016 e 2017 o número de beneficiários do Programa Bolsa Família em Santo Antônio da Platina caiu 21%. Os números que chegaram a 2.044 em 2016 caíram para 1.613, representando uma queda de 431 famílias que deixaram de receber a ajuda. O programa é uma transferência direta de renda, direcionado às famílias em situação de extrema pobreza em todo o País, de modo que consigam superar a situação de vulnerabilidade. O objetivo principal, garantir

aos beneficiários o direito à alimentação e o acesso à educação e à saúde. O percentual representa uma queda de aproximadamente R$ 4 mil ao mês, ou seja, um montante de R$ 48 mil ao ano, pois, entre janeiro e março deste ano já foram transferidos R$ 627 mil, sendo aproximadamente R$ 207 mil ao mês. Já em 2016, os valores depositados mensalmente eram de aproximadamente R$ 211 mil. A Secretaria Municipal de Assistência Social informa que as famílias que estão sem atualizar o cadastro a mais de 24 meses são chamadas para a revisão cadastral e que caso

(PSD) e o prefeito de Tomazina, Flávio Zanrosso, houve a confirmação da indicação de 400 mil reais para a revitalização de calçadas e iluminação em Tomazina.

 EMPRESA

Municípios da região participam do Programa Educação Empreendedora Da Assessoria do Sebrae

Dayse Miranda, especial para Tribuna do Vale

governo de Ibaiti, Deivitty Leal, acompanhou as agendas. Na última reunião, exclusiva entre o Deputado Federal Reinhold Stephanes

não cumpram com o prazo estipulado, correm o risco de ter o benefício cancelado. Por outro lado, a pasta informa que existe também a averiguação cadastral, ou seja, famílias identificadas com informações divergentes do Cadastro Único, como por exemplo, renda familiar. O foco da gestão municipal será a realização de ações de busca ativa que estão no perfil do programa e ainda não foram cadastradas. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, no Dia D, de vacinação, foi realizada também 410 pesagens de crianças para atualização do cadastro do programa, porém, esse número ainda é baixo.

A Educação Empreendedora é tratada em um dos capítulos da Lei Geral das Micro e Pequenas Empresas, que trabalha a melhoria do ambiente de negócios e políticas públicas para o desenvolvimento das micro e pequenas empresas. Ao implantá-la, o município avança nas proposições de desenvolvimento e crescimento, dando suporte para que o empreendedorismo seja conhecido e reconhecido pelas crianças já nas séries iniciais. A consultora do Sebrae/ PR, Daniele Conte, explica qu e, a l é m d a s c r i an ç a s , a prop ost a da E ducação Empreendedora levada pelo Sebrae/PR às cidades do Paraná faz com que a c u l t u r a e mp r e e n d e d o r a seja disseminada também junto aos professores, que precisam conhecer a metodologia e aplicá-la em sala de aula, dando suporte p ar a qu e o apre nd iz a d o efetivamente aconteça. “Por extensão, dos professores e alunos, a educação empreendedora chega aos pais e a toda a comunidade, criando um ciclo virtuoso de mudanças positivas a mé dio e longo prazo”, enfatiza. No Norte Pioneiro do Paraná, em 2017, nove municípios vão participar do Programa Educação Empreendedora. Na última semana, a consultora do Sebrae/ PR se reuniu com prefeitos, secretários de indústria e comércio, secretários de desenvolvimento econômico, agentes de desenvolvimento, secretários de educação e equipes pedagógicas de

Ja c a re z i n h o, We n c e s l au Brás, Andirá, Bandeirantes, Carlópolis, Ibaiti, Ribeirão Claro, Santo Antonio da Platina e Siqueira C ampos, para sensibilização e apresentação do Educação Empreendedora. D an i el e C onte a c re s centa que as propostas do Educação Empreendedora precisam ser aceitas pelos gestores à frente da Prefei-

Por extensão, dos professores e alunos, a educação empreendedora chega aos pais e a toda a comunidade, criando um ciclo virtuoso de mudanças positivas a médio e longo prazo”

tura e da sua equipe na Secretaria de Educação. “Daí, a importância de visitar os municípios e mostrar como a aplicação do Programa fomenta mudanças na comunidade”, afirma a consultora do Sebrae/PR. Cidade Empreendedora Todos os municípios do Norte Pioneiro do Paraná que vão participar do Educação Empreendedora fazem par te de outro programa do Sebrae/PR, o Cidade Empreendedora, que atua na formação dos Comitês Gestores, em cada

município, formado p or lideranças locais e gestores públicos, impulsionando a aplicação da Lei Geral nos municípios. D e a c ord o c om O d e mir Capello, consultor do S e br a e / P R , o P ro g r a m a Cid ade Empre ende dora, do Sebrae/PR, promove o desenvolvimento social e econômico dos municípios por meio do fortalecimento das atividades de micro e pequenas empresas. Ele destaca que, para melhorar a atuação e a participação efetiva dos negócios de pequeno porte nas economias locais, é preciso adotar uma estratégia que seja efetiva para mobilizar os empresários, mas que também tenha influência no ambiente de negócios. “Neste ambiente, é preciso u ma atu a ç ã o d i re t a d o s prefeitos, juntamente com os Comitês Gestores, para que criem políticas que desburocratizem a abertura de empresas, que fomentem a inovação, o associativismo, a educação empreendedora e o acesso ao crédito, por exemplo”, relata o consultor do Sebrae/PR. No Norte Pioneiro do Paraná, o Cidade Empreendedora contempla onze municípios: Jacarezinho, Wenceslau Brás, Andirá, B a n d e i r a nt e s , C a r l ó p o lis, Ibaiti, Ribeirão Claro, Santo Antonio da Platina, Siqueira Campos Joaquim Távora e Cambará. O Programa será uma das pautas do Seminário Territorial com Prefeitos, que acontece no próximo dia 23 de junho, das 8h30 às 12h30, no escritório do Sebrae/PR em Jacarezinho (Rua Coronel Figueiredo, nº 749).


Geral A-5

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Região contabiliza seis mortes na semana mais violenta do ano

NORTE PIONEIROLevantamento aponta quatro homicídios e duas mortes no trânsito Luiz Guilherme Bannwart, especial para a Tribuna do Vale

Seis pessoas morreram na semana mais violenta d e 2 0 1 7 , n o Nor te Pi o neiro. De acordo com o l e v ant ame nto fe ito p el a Tribuna do Vale, seis pess o a s for am a ss a ss i na s e duas perderam a vida em acidentes de trânsito na região. O único caso aind a s ob invest igaç ão, o homicídio de Jéssica dos Santos Daniel, 22 anos,em Carlópolis, foi concluído pela Polícia Civil na sexta-feira (19). A primeira ocorrência foi registrada no início da ma d r u g a d a d e d om i ngo (14), em Jaboti. Marcelo Pereira da Silva, 17 anos, foi assassinado com um golpe certeiro de faca no coração. Uma discussão banal com um amigo da mesma idade (ambos embriagados) resultou na tragédia. O adolescente que praticou o crime foi detido no início da noite de segunda-feira (15), em Tomazina, e s e mostrou bastante arrependido. No início da tarde de domingo (14), Dia das Mães, no distrito de Conselheiro Zacarias, em Santo Antônio da Platina. Uma ‘briga de bar’ resultou na morte Emerson Fernandes Nogueira, 22 anos, e ferimen-

tos graves em seu irmão, Alexandro Aparecido Fernandes Xavier, 30 anos. O trio acusado pelos crimes se apresentou na 38ª Delegacia de Polícia Civil na s e g u n d a - fe i r a , e a l e gou legítima defesa. Os envolvidos prestaram depoimento à delegada substituta Lucy Atena de Aquino Santiago, e foram liberados. O caso está sendo investigado. Também na noite de domingo, Jéssica dos Santos Daniel, 22 anos, foi morta com 20 facadas na zona rural de Carlópolis. O ex-marido da vítima, Giovane Ribeiro Nascimento, 33 anos, confessou o crime a um parente e indicou o local ondeestava o corpo da jovem, antes de fugir da cidade. Na man hã de s ext a-feira (19), o acusado se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Carlópolis, e confessou o crime. Em seu depoimento, ele disse que convidou a e x - mu l h e r p a r a f a z e r o recadastramento biométrico no Fórum eleitoral da cidade, e que durante o trajeto a questionou sobre um suposto relacionamento amoroso que estaria mantendo com outro homem. Jéssica então teria o agredido, e por ciúmes ele a assassinou.Giovane Nas-

Na quarta-feira David José Pahin perdeu a vida em um acidente automobilístico na PR-092 entre Itambaracá e Andirá

cimento se encontra preso na Cadeia Pública local, à disposição da Justiça. Já na noite de segunda-feira (15), o servente de pedreiro Leandro Aparecido Lopes, 29 anos, foi assassinado a facadas em Joaquim Távora. As investigações apontaram que a vítima foi morta por derrubar, acidentalmente, a motocicleta de Anielikson Luiz Batista Franco, 20 anos. O acusado se apresentou na manhã seguinte ao delegado Rubens

José Perez, na 35ª Delegacia Regional de Polícia, e alegou legítima defesa. Segundo alegou, ele teria sido agredido primeiro e revidou. Franco teve a prisão preventiva decretada pela Justiça, e se encontra recolhido na Cadeia Pública local. Acidentes Na manhã de quar t a- f e i r a , ( 1 7 ) , D av i d Jo s é Pahin, 58 anos, perdeu a vida em um acidente automobilístico na PR-092, no trecho entre Itambaracá

e Andirá. Ele dirigia um VW G ol, com pl ac as de Cândido Mota (SP), que colidiu, transversalmente, com uma carreta Scania. Te re z i n ha Avel ane d a d e Alcântara, passageira no carro, ficou ferida, porém, sem gravidade. No fim da tarde do mesmo dia, Evelyn Dias Garcia, 19 anos, morreu atropelada por um caminhão na BR-369, em Cambará. Ela e o marido, que haviam s e casado na s exta-feira

(12), retornavam de Ourinhos (SP), onde haviam acabado de comprar o par de alianças, quando o pneu traseiro da motocicleta em que estavam estourou provocando a queda do casal. O motorista da carreta que vinha logo atrás conseguiu desviar do marido de Evelyn, o tratorista Daniel Antônio Cardoso Andrade, 20 anos (ferimentos leves), mas acabou atropelando a jovem, que teve morte instantânea.

CIDADES

CENSE

Richa já autorizou 257 municípios a buscarem financiamento do Estado

Menor engana educador social e foge de viatura

Da Agência Estadual

A prefeitura de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, apresentou ao governador B eto Richa ontem (19) projetos de investimentos em obras de infraestrutura urbana e ligações entre bairros distantes com o Centro da cidade, que somam R$ 30 milhões. O município é um dos 257 que já solicitaram financiamento do Governo do Estado neste ano para executar as ações de melhoria urbanas. Richa recebeu o pedido do prefeito de Ponta Grossa, Marcelo R angel, e autorizou o início dos trâmites para obtenção de uma primeira parcela do crédito, de R$ 10 milhões. “Desde o início deste ano, 257 municípios foram autor i z a d o s a e n c am i n h ar processos de financiamento, junto ao Governo do Estado, para investimentos urbanos”, lembrou Richa. Os projetos somam R$ 328 milhões. Ele ressaltou que Ponta Grossa é uma das cidades que mais recebem investimentos do Governo do E st a d o e u ma d as pr i n cip ais b enef iciadas p elo programa Paraná Competitivo, que levou diversas

empresas a se instalarem no município. “Demonstramos, na prática, o compromisso e o carinho que temos com a população de Ponta Grossa”, disse. Ele lembrou que o Estado tem obras em todas as áreas,

Temos um problema crônico, de bairros povoados sem uma infraestrutura adequada. Com esse financiamento pretendemos criar novas ligações para desobstruir vias centrais, melhorando a mobilidade”

que garantem o desenvolvimento da cidade. Projeção O prefeito Marcelo Rangel disse que com o apoio do governo estadual será dado um grande passo na

Arquivo

infraestrutura da cidade. “S e r á u m a l i c e r c e p a r a que o município possa fazer um grande investimento em um momento d e c r is e”, d iss e. “ Te mo s um problema crônico, de bairros povoados sem uma infraestrutura adequada. Com esse financiamento pretendemos criar novas ligações para desobstruir vias centrais, melhorando a mobilidade”, completou. Trâmites Ap ó s a a u t o r i z a ç ã o, os projetos da prefeitur a s e r ã o e n c am i n h a d o s ao Paranacid ade, órgão técnico da Secretaria do Desenvolvimento Urbano, que avalia a viabilidade das obras. O financiamento é feito pala Fomento Paraná, com recursos do Sistema de Financiamento dos Municípios (SFM). O secretário do Desenvolvimento Urbano, Ratinho Junior, afirmou que o Estado busca acompanhar o crescimento de Ponta Grossa com ações que melhorem a vida das pessoas. Presenças Participaram da solenidade o deputado federal Sandro Alex e os deputados estaduais Plauto Miró, Márcio Pauliki e Hussein Bakri e vereadores do município.

Luiz Guilherme Bannwart, especial para a Tribuna do Vale

A polícia ‘caça’ uma adolescente infrator que fugiu de uma viatura do Centro de Sócioeducação (Cense) de Santo Antônio da Platina que o transferia para a unidade de Maringá, após ludibriar o educador social responsável pela operação. De acordo com a Polícia

Militar, o caso ocorreu na manhã de quinta-feira, 18, na PR-218, em Rib eirão do Pinhal. No cruzamento com a rua Paraná, no bairro Almeida, o adolescente disse ao educador social que estava passando mal e iria vomitar, e pediu a ele que parasse o carro. Quando o agente público abriu a porta do veículo, o menor, mesmo com os pés e mãos

algemadas conseguiu fugir. Segundo o educador social, o adolescente conseguiu livrar a algema de um dos pés, o que possibilitou a fuga para o interior de uma mata. Ele p ediu apoio à Polícia Militar, que cercou a região, porém, o fugitivo não foi localizado. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Civil de Ribeirão do Pinhal.


A-6 Estadual

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Copel vai às ruas alertar sobre riscos da energia elétrica

PERIGOCampanha busca prevenir os acidentes com choque elétrico abordando as principais situações de risco Da Agência Estadual

A Semana de Segurança com a Energia Elétrica tem início na segunda-feira (22), mobilizando um batalhão de voluntários em visitas a canteiros de obras, cooperativas, lojas de materiais de construção e maquinários agrícolas, escolas e locais públicos com grande circulação de pessoas. A campanha busca prevenir os acidentes com choque elétrico abordando as principais situações de risco: na construção civil, na área rural, durante a poda de árvores, ao instalar antenas e empinar pipas – e também ao tentar furtar energia por meio de ligações clandestinas à rede elétrica. As orientações das cartilhas e folhetos distribuídos será reforçada por mensagens de rádio e nos postos de atendimento da Companhia. “A Semana de Segurança nos lembra que cuidados simples, como manter sempre uma

distância segura da rede elétrica, fundamental para evitar acidentes”, afirma o presidente da Copel, Antonio Guetter. Conheça as principais informações que serão divulgadas durante a campanha: Área Rural: Mantenha atenção à rede elétrica ao usar máquinas agrícolas, guardando distância para evitar acidentes durante o deslocamento ou manutenção no maquinário. Os estais – fios que auxiliam na sustentação do poste – nunca devem ser retirados. Outras orientações dizem respeito ao correto aterramento das cercas elétricas, à distância entre o sistema de irrigação e a rede elétrica, além da prevenção de queimadas. Construção ou Manutenção Predial: Ao construir ou reformar, mantenha distância segura da rede elétrica, principalmente ao movimentar materiais metálicos, como barras de ferro e

AEN

Orientações das cartilhas e folhetos distribuídos será reforçada por mensagens de rádio e nos postos de atendimento da Companhia

arames. Consulte sempre um profissional capacitado para este tipo de serviço e, sempre que preciso, entre em contato com a Copel. A distância mínima recomendada para trabalhos sem intervenção entre a obra e a rede elétrica é de cinco metros.

MULHER

Poda de árvores: A poda de árvores é um serviço que deve ser realizado somente por profissionais preparados e qualificados. Não plante árvores de grande porte próximo à rede elétrica e, se for preciso podar galhos perto da rede, entre em contato com a Copel.

Pipas: Oriente as crianças a jamais usar materiais metálicos ou cerol na confecção do brinquedo e, caso a pipa fique presa à rede elétrica, não tentar resgatá-la. O ideal é brincar sempre longe dos fios de energia elétrica. Antena de TV: ao ins-

talar ou consertar antenas, cuidado com a rede elétrica. Escolha um lugar afastado dos fios da rede elétrica e procure efetuar o serviço quando o tempo estiver bom. Caso a antena caia nos fios, nunca tente segurá-la ou recuperá-la.

IMPOSTOS

Repasses aos municípios cresceram Doação de leite é essencial para salvar bebês prematuros R$ 480 mi no primeiro quadrimestre

AEN

AEN

Juliana Cequinel já doou 6,9 litros de leite humano num total de 19 frascos Da Agência Estadual

No Dia Mundial de Doa ç ã o d e L e it e Hu m a n o, celebrado em 19 de maio, a Secretaria Estadual da Saúde incentiva o ato. A doação de leite materno salva a vida de mi l hares de cr i anç as prematuras. Atualmente, o Brasil conta com 221 bancos de leite humano e 199 postos de coleta, vinculados aos bancos. No Paraná, são 10 bancos, em nove cidades do Estado, e 14 postos. Para viabilizar a doação, a Secretaria de Saúde apoia a criação de Salas de Apoio à Mulher Trabalhadora que Amamenta para que as mães tenham um local adequado para fazer a coleta do leite. Juliana Cequinel retornou da licença-maternidade há seis meses e utiliza o espaço e doa o leite extra. Lotada na Superintendência de Vigilância em Saúde, a

bióloga usa a Sala de Apoio para extração do leite materno diariamente. Já doou 6,9 litros de leite humano num total de 19 frascos, desde janeiro de 2017, ao Banco de Leite do Hospital Evangélico de Curitiba. “Se há leite excedente, é muito importante que seja

Se há leite excedente, é muito importante que seja feita essa doação para ajudar outros bebês que estão precisando desse alimento. ”

feita essa doação para ajudar outros bebês que estão precisando desse alimento. E ter

um espaço apropriado para que eu possa fazer a coleta sem interferências e com higienização adequada é um grande incentivo”, diz Juliana. De acordo com a legislação que regulamenta o funcionamento dos bancos de leite no Brasil (RDC nº 171), para se tornar doadora a mulher deve ter excesso de leite, ser saudável, não usar medicamentos que impeçam a doação e se dispor a ordenhar o leite que sobra. Fracos Além de coletar e armazenar o leite materno para distribuição aos recém-nascidos, esses bancos desenvolvem atividades ligadas à promoção, proteção e apoio ao aleitamento materno. Também é possível contribuir com esse trabalho doando frascos vazios para o armazenamento do leite. Os frascos devem ser de vidro com tampa de plástico.

Cidades como Umuarama passaram a receber mais recursos no primeiro quadrimestre de 2017 Da Agência Estadual

As transferências Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) e de Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) feitas pelo Governo do Paraná aos municípios do Estado tiveram aumento nominal de 14,2% no primeiro quadrimestre de 2017. O incremento resultou em repasse adicional de R$ 480,9 milhões aos municípios do Paraná. Ao todo, de janeiro a abril, os municípios paranaenses receberam R$ 3,87 bilhões. Em igual período do exercício anterior, as transferências somaram R$ 3,38 bilhões. Apesar do cenário econômico, as transferências de ICMS tiveram aumento de

21,5% no quadrimestre. Passaram de R$ 2,10 bilhões de janeiro a abril de 2016 para R$ 2,55 bilhões nos primeiros quatro meses de 2017. A diferença para mais foi de R$ 450,7 milhões. Extra O resultado foi favorecido pelo repasse extra de ICMS feito pelo Governo do Paraná em janeiro, no valor de R$ 431,2 milhões. O montante refere-se a imposto cujo pagamento foi postergado por empresas que investiram no Estado nos últimos anos. Em setembro do ano passado elas foram consultadas para saber se tinham interesse em trazer os impostos devidos a valor presente e efetuar o pagamento. Oito aderiram e pagaram R$ 1,72 bilhão em impostos. No caso do IPVA, o au-

mento nos repasses no quadrimestre foi de 2,3%, ou R$ 30,2 milhões a mais. As transferências passaram de R$ 1,29 bilhão no primeiro quadrimestre do ano passado para R$ 1,32 bilhão no atual exercício Funcionamento O repasse de ICMS é feito semanalmente e refere-se a 25% do que é arrecadado pelo Estado com o imposto. A transferência do IPVA é feita diariamente e os municípios ficam com a metade do valor pago pelos donos de veículos emplacados no local. De 2011 a abril de 2017, as transferências de ICMS e IPVA feitas pelo Estado aos 399 municípios do Paraná somaram R$ 43 bilhões, sendo R$ 34,8 bilhões em ICMS e R$ 8,2 bilhões em IPVA.


Geral A-7

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Mexida na bancada do Paraná na Câmara garantiu foro a braçodireito de Temer BRASÍLIAPresidente indicou Osmar Serraglio (PMDB-PR) para o Ministério da Justiça, o que fez com que o suplente Rocha Loures assumisse uma vaga de deputado Gazeta do Povo

O deputado afastado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR), envolvido diretamente no mais recente escândalo que ameaça o presidente Michel Temer (PMDB), ganhou o cargo de deputado federal - e por consequência a prerrogativa de foro - por uma mexida na bancada do Paraná na Câmara dos Deputados. Como Rocha Loures saiu da eleição de 2014 como primeiro suplente do PMDB do Paraná na Câmara, a nomeação de Osmar Serraglio para ao Ministério da Justiça, em fevereiro deste ano, acabou levando o até então assessor de Temer ao Congresso. Rocha Loures assumiu o mandato no começo de março com a missão de auxiliar o governo nas articulações na Câmara para a aprovação das reformas. Agora, é uma das principais peças de um escândalo que pode acabar com o governo Temer. Na quinta-feira, ele foi afastado do cargo pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF)

após a deflagração da Operação Patmos. Temer e o político paranaense desenvolveram uma relação de confiança que se estreitou a partir de 2011. Rocha Loures é apontado por muitos como braço-direito do presidente e foi seu assessor direto na maior parte do tempo desde aquele ano. O agora deputado afastado foi flagrado pela Polícia Federal (PF) recebendo R$ 500 mil da JBS em dinheiro vivo. A propina faria parte de um esquema que beneficiou a empresa na negociação de gás natural com a Petrobras e incluia o pagamento da quantia semanalmente por 20 anos. Com a prerrogativa de foro, Rocha Loures será investigado apenas no STF, o que é considerado uma vantagem. Na Corte, há um pedido de prisão contra ele, formulado pela Procuradoria-Geral da República (PGR), e que ainda está pendente de julgamento. Um sinal da importância do papel desempenhado pelo paranaense junto a Temer está na gravação feita por Joesley Batista, um dos donos da JBS, em con-

versa com o presidente. Quando questionado pelo empresário sobre seu problema com a Petrobras, Temer orienta que o canal para a solução desta e de outras questões dentro do governo é Rocha Loures. Temer teve que enfrentar resistência do PMDB para nomear Serraglio O presidente enfrentou resistência do PMDB na nomeação de Osmar Serraglio para o Ministério da Justiça. O político paranaense vem se segurando no cargo desde então, enfrentando polêmicas que vão desde a citação na Operação Carne Fraca a polêmicas com indígenas. Após a escolha de Serraglio, Temer viu seu více-líder na Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), romper o governo. O deputado disse à época que o comando da pasta era pretendido pela bancada mineira do partido e vociferou contra a escolha do paranaense. “Vou trabalhar no plenário contra o governo, para derrotar o governo em tudo. A vice-presidência da Câmara vai ser um ponto de apoio aos que não estão contentes com o governo.”

VENDO CHACARÁ /TERRENO 3.000m²,com Casa mista de 120m² -com Água - Luz- Telefone – Toda Murada, Rua Calçada ,Várias árvores Frutíferas e Palmito Caiçara .Valor a Combinar , aceito carro . Contato: 043-3564-1929 / 99658-2630 Falar Iraci. Quatiguá – PR. CÂMARA MUNICIPAL DE TOMAZINA ESTADO DO PARANÁ EXTRATO DE ADITIVO Contrato Nº: 01/2016 Aditivo Nº: 01/2017 Contratante: Câmara Municipal de Tomazina Contratada: COPEL TELECOMUNICAÇÕES CNPJ: 04.368.865/0001-66 Valor: R$ 5.407,20 (cinco mil, quatrocentos e sete reais e vinte centavos Vigência: 12 meses Licitação: Processo de Dispensa nº 03/2016 Recursos Dotação: 3.3.90.39.00.00.00.00 Objeto: Fornecimento de Serviços IP Direto Tomazina, 16 de Maio de 2017 ________________________________ Adalberto Sanches da Silva Presidente da Câmara Municipal de Tomazina PREFEITURA MUNICIPAL DE BARRA DO JACARÉ - PARANÁ AVISO DE EDITAL DE LICITAÇÃO MODALIDADE Tomada de Preços Nº 11/2017. 1.0. DO OBJETO 1.1. Contratação de Serviços de Borracharia, consertos,rodízio, lavagem, desmonta e monta de pneus e materiais (tip top, rac e bicos) para manutenção da frota municipal. 2.0. DA ABERTURA E RECEBIMENTO DAS PROPOSTAS 2.1. A data da abertura das propostas será no dia 05/06/2017, às 14:00 horas, na sala de reunião da Comissão de Licitação, da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré/PR, sito à Rua Rui Barbosa n.º 96, Centro. 2.2. O prazo máximo para apresentação das propostas pelos interessados será até o inicio da abertura do certame. 3.0. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 3.1. Será considerada vencedora a licitante que oferecer a proposta de Menor Preço por item. 4.0. DO FORNECIMENTO DO EDITAL 4.1. Está disponível aos interessados o texto integral do Edital de Licitação Tomada de Preços 11/2017, na sede da Prefeitura Municipal de Barra do Jacaré/PR. Informações pelo fone/Fax - (43) 3537-1212, conforme Parágrafo 1º do art. 21 da lei 8.666/93, ou pelo email pmbj@uol.com.br Paço Municipal José G. Pereira, em 19/05/2017. Helder H. Ferreira Moreno Presidente da CPL


cmyb

A-8 Cidades

TRIBUNA DO VALE

Sabado e domingo, 20 e 21 de maio de 2017

Campanha de vacinação contra a gripe termina na próxima semana IMUNIZAÇÃOAté esta sextafeira (19), 74% deste público foi vacinado, o que representa a aplicação de 2,2 milhões de doses Da Agência Estadual

Encerra na próxima sexta-feira (26) a campanha de vacinação contra a gripe no Paraná. A meta do Estado é imunizar 90% do público-alvo, que inclui crianças até 4 anos, gestantes, idosos, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), indígenas, trabalhadores da saúde, professores e portadores de doenças crônicas. Até esta sexta-feira (19), 74% deste público foi vacinado, o que representa a aplicação de 2,2 milhões de doses. “Precisamos conscientizar a população de que a vacinação é fundamental para combatermos a gripe. Os paranaenses que ainda não receberam a dose precisam ir à unidade de

saúde mais próxima para garantir sua imunização”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto. Puérperas e idosos são os grupos que mais ader ir am à c amp an ha, com 86,92% e 84,20% da população imunizada, respectivamente. Em contrapartida, os dois grupos que menos receberam as doses são as crianças (55,22%) e as gestantes (59,02%). “Os grupos priorizados apresentam maior vulnerabilidade com relação à su a s aú d e e, p or iss o, precisam se proteger contra a gripe. Devemos dar atenção a todos os grupos, em especial às crianças e gestantes que ainda não atingiram a cobertura ideal de imunização”, salientou

Puérperas e idosos são os grupos que mais aderiram à campanha

o c o ord e n a d or e s t a du a l de Imunização, João Luís Crivellaro. A c amp an ha d e v a c i -

S.A.PLATINA

Gestantes ainda resistem à vacinação contra a gripe

Antônio de Picolli

na ç ã o a c onte c e no s 3 9 9 municípios do Estado. A vacina é efetiva contra os três tipos de vírus da

Gestantes têm resistido à imunização contra gripe

A 19ª Regional de Saúde com sede em Jacarezinho elogiou o desempenho da equipe da Secretaria Municipal da Saúde de Santo Antônio da Platina pelo índice atingido na Campanha Nacionalde Vacinação contra a Gripe: o munícipio ultrapassou a meta dos 90% exigidos pelo Ministério da Saúde. Porém, as gestan-

tes continuam resistindo à imunização. Das 440 previstas, apenas 323 tomaram a vacina, perfazendo um percentual de 73,41%. As crianças também ficaram abaixo dos 80%. Das 2.697, 2.130 foram imunizadas até o momento, ou seja, 79,27% foram vacinadas As demais pessoas integrantes dos grupos prioritários atingiram a meta. Dos 929 trabalhadores em saúde,

914 vacinaram chegando a 98%de adesão. As puérperas ultrapassaram a meta. Das 72, 80 tomaram a vacina e o índice de adesão foi de 111,11%. Os idosos também bateram a meta dos 90%. Dos 5.468, 5.210 foram imunizados totalizando 95,28%. Total de vacinados é de 6.780 pessoas, o que equivale a 91, 40% do público alvo. A vacinação continua até o dia 26 deste mês.

gripe mais circulantes: influenza A (H3), influenza A (H1N1) e influenza B. A única contra-indicação é

para pessoas que possuem histórico de reações alérgicas ao ovo de galinha e derivados.

OPORTUNIDADE

UENP abre inscrições para seleção de profissionais para Paraná fala mais inglês Da Assessoria da UENP

Da Redação

AEN

A Universidade Est adu a l d o Nor te d o Par a ná (UENP), em conjunto com a Coordenadoria de R e l a ç õ e s Inte r n a c i on ai s da UENP (CRI), abriu e dit a l p ara a s ele ç ão de prof iss i onais g r a du a d o s p ara atuação p or temp o determinado (de julho de 2017 a agosto de 2019) no Programa “O Paraná Fala Inglês”, da S ecretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (SETI). Nesse edital, são oferecidas três vagas para prof issionais graduados, com dedicação de 40 horas semanais, que atuarão, primordialmente, no C ampus de C or nélio Procópio. A inscrição deve ser realizada pelo correio eletrônico até às 23h59min do dia 31 de maio de 2017, por meio

dos seguintes documentos: fotocópia de inscrição no Cadastro de Pessoa Física (CPF), fotocópia da Carteira de Identidade (RG), certificado ou atestado de conclusão de curso de graduação e p ós-graduação (quando houver), ficha de inscrição devidamente preenchida e assinada, gabarito de pontuação devidamente preenchido, comprovante (fotocópia) de, no mínimo, um ano de docência na língua inglesa, cópia do Currículo Lattes atualizado e documentado (anexar documentos comprobatórios dos itens a serem pontuados). A documentação deverá ser anexada no momento do envio da inscrição ao endereço pfi@uenp.edu.br em formato PDF, com tamanho inferior a 5Mb cada um. O processo de seleção ocorrerá em quatro etapas:

1) homol ogaç ão d a i nscrição, 2) prova escrita 3) prova didática e, 4) análise de currículo. O candidato à Profissional Graduado deve ter ao menos um (01) ano de experiência de ensino em língua inglesa, possuir, preferencialmente, nível linguístico mínimo C1, de acordo com o Quadro Comum Europeu de Referência e dominar tecnologias digitais. O profissional graduado deverá dedicar 40 horas ao projeto, ficando impedido de possuir vínculo empregatício de qualquer outra modalidade de bolsa. O resultado final da seleção pela UENP e a convocação dos primeiros candidatos classificados às vagas serão publicados em Edital, no site www.uenp. edu.br/cri até o dia 30 de junho de 2017.

cyan magenta yellow black

3360  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you