Page 1

Foto:Silvana Rust

CAMPOS DOS GOYTACAZES, RIO DE JANEIRO • 08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Nas bancas por R$ 1,50

NÚMERO 55

Resultado da imprudência

BR-101 melhorou, mas os motoristas pioraram e acidentes continuam

PÁGINA 03

Naira Peçanha, professora e presidente da APAPE, em entrevista, mostra uma lição devida. Uma pessoa que dedica toda uma vida por pessoas especiais

Com a primeira oferta de blocos de exploração de petróleo na Bacia de Campos, a 14ª Rodada de leilões da Agência Nacional do Petróleo, fez entrar dinheiro novo nos cofres do governo do Estado do Rio e também nos municípios

PÁGINA 07

PÁGINA 05 Grupo IMNE promove o III Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense trazendo a Campos os maiores especialistas do país e as últimas novidades em tratamento

Inaugurado o Instituto de Medicina Nuclear de Campos que conta com equipamentos de última geração para diagnóstico de doenças diversas em mais uma revolução nesta área

PÁGINA 10

PÁGINA 11

ooh na-na!!!

Havana

PÁGINA 06

O Stand Up Paddle reuniu no último dia 24 mais de 100 praticantes na Lagoa de Cima. O evento trouxe o surfista brasileiro Carlos Burle, um dos mais renomados do país

Para ficar ainda melhor, elas ganharam de presente um feriadão para pintar o sete com muita alegria.

CAPA

PÁGINA 15


PÁGINA

03

Especial

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

BR-101 boa e motoristas ruins

Com a duplicação, tempo de viagem foi encurtado, mas acidentes não deixam de acontecer por imprudência

Os dados confirmam: em 2017, o número de acidentes registrados no trecho Norte da BR101 — entre a divisa do Estado do Rio de Janeiro com Espírito Santo até o limite do município de Conceição de Macabu — diminuiu 7%, se comparado ao mesmo período do ano passado (veja o infográfico abaixo). Mas quando vidas estão em jogo, essa queda ainda é ínfima. Pensava-se que a duplicação da chamada “Rodovia da Morte” seria a solução que faltava para dar fim a esse “apelido”, mas basta observar o depósito de veículos avariados situado ao lado do posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF) para obter a triste constatação: ainda são muitas as vítimas da imprudência ao volante nesta rodovia federal. De acordo com dados fornecidos pela Autopista Fluminense, concessionária que adminisNo mês passado, a Arteris, responsável pela operação da concessionária Autopista Fluminense, divulgou o resultado de uma pesquisa que identificou as principais desculpas dadas pelos condutores ao admitir o comportamento de risco nas estradas. O estudo abordou quatro eixos de análise — uso do cinto de segurança, direção após o consumo de bebida alcoólica, excesso de velocidade e utilização do celular ao volante. O único que apresentou melhoria em relação aos dados coletados no ano passado foi o cumprimento aos limites de velocidade — neste ano, 59,3% dos entrevistados declararam sempre respeitar os limites de velocidade estabelecidos, enquanto em 2016, o percentual foi de 51,3%. A pesquisa foi realizada em julho com 2.686 motoristas, das cinco regiões do país, que responderam a um conjunto de perguntas sobre o seu próprio comportamento no trânsito, sendo entrevistados 378 motoristas do Estado do Rio de Janeiro. “Mesmo cientes dos riscos e da legislação vigente, condutores imprudentes acreditam que desculpas como pressa, falta de atenção, trajetos de curta distância ou até mesmo a confiança na capacidade de guiar após ingerir bebida alcoólica justificam posturas incorretas no trânsito, que coloca em xeque sua própria segurança e de outras pessoas”, afirma a concessionária que apontou ainda os números da Organização das Nações Unidas (ONU): 1,25 milhão de pessoas perde a vida no trânsito, por ano, ao redor do mundo; e do Ministério da saúde: no Brasil, cerca de 40 mil óbitos a cada ano. Para o gerente corporativo de operações da Arteris, Elvis Granzotti, o trânsito é um sistema complexo e qualidade da via, dos veículos e o comportamento de condutores e pedestres contribuem para o seu bom funcionamento. “Infelizmente, o que se verifica é que a maioria dos acidentes tem como causa falhas humanas, que, hoje, temos certeza de que estão ancoradas em comportamentos deliberados de risco. Esse tipo de atitude reforça a tese de que é preciso investir, cada vez mais, em ações de sensibilização e de educação para que, de fato, as estatísticas sejam revertidas e a insegurança no trânsito deixe de ser uma das principais preocupações globais da atualidade”, declarou.

tra a BR-101, o trecho que corresponde a Campos dos Goytacazes tem 123 quilômetros de extensão e, diariamente, passam por ali cerca de 11 mil veículos. Isso significa que milhares de mães, pais, filhos e irmãos se arriscam entre carros, motocicletas, ônibus e caminhões para chegar aos seus destinos. Mas muitos não têm sucesso nessa empreitada. Entre os meses de janeiro e setembro de 2017, a Autopista Fluminense registrou 31 mortes na BR-101 RJ/Norte. É certo que há seis anos, em 2010, antes das obras de modernização logística da rodovia, esse número era mais alto, com 57 vítimas fatais; no entanto, se a estrada está em boas condições de tráfego, qual seria a razão que leva a essas estatísticas não tão positivas quanto se esperava? Resta um palpite: as atitudes imprudentes por parte dos motoristas. Quando questionados sobre o motivo deste comportamento, 25,6% disseram que conduziram o veículo porque estavam sozinhos ou porque era a única pessoa que poderia dirigir naquele momento; 20,9% porque acreditam que a quantidade ingerida não altera sua condição de dirigir, e 13,9% porque os trajetos percorridos eram curtos. O mais alarmante é que 99,1%, ou seja, praticamente todos os entrevistados, demonstraram ciência sobre a proibição legal de dirigir após a ingestão de álcool.

Com a duplicação os acidentes diminuiram, mas não acabaram e continuam graves

Carros novos e destruídos empilhados no pátio da Polícia Rodoviária Federal em Ibitioca

USO DE CELULAR ENQUANTO DIRIGE A infração mais recorrente identificada na pesquisa é o uso do celular ao volante. A maioria dos motoristas brasileiros (51,9%), mesmo cientes da proibição, faz uso do telefone enquanto dirige. O que a grande maioria dos motoristas esquece é que alguns segundos de distração ao manusear o celular podem levar a um desvio de atenção grave, inclusive possibilitando que percorram vários metros “às cegas”. As principais desculpas apresentadas foram o uso de aplicativos (37,7%) e a realização ou recebimento de ligações importantes ou urgentes (36,1%). CINTO DE SEGURANÇA O cinto de segurança é um dispositivo de uso obrigatório, tanto no banco da frente, quando no de trás, e uma proteção vital em caso de acidentes. Além disso, não utilizá-lo configura infração grave, podendo render cinco pontos na carteira de habilitação e multa. A pesquisa revelou que 91,1% dos condutores brasileiros usam o dispositivo. Entre aqueles que admitiram nem sempre usar ou exigir que passageiros do veículo usem, as principais desculpas são a falta de atenção (35,5%), a transferência da reponsabilidade pelo emprego do dispositivo para os passageiros (15,5%), e a baixa necessidade de uso do cinto em trajetos curtos (12,8%). DIREÇÃO APÓS O CONSUMO DE BEBIDA ALCÓOLICA Desde o ano passado, a punição para os motoristas flagrados dirigindo após o consumo de álcool se tornou mais severa no Brasil. A multa, hoje, ultrapassa R$ 2 mil. Mesmo assim, 25,6% dos condutores brasileiros afirmaram dirigir, ainda que raramente, após a ingestão de bebidas alcoólicas.

EXCESSO DE VELOCIDADE O excesso de velocidade favorece a perda de controle do veículo e pode aumentar a gravidade das colisões e das lesões das vítimas. Está caracterizado como infração gravíssima no Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e é a segunda infração mais recorrente entre as quatro analisadas no estudo. No levantamento, 40,7% dos motoristas admitiram exceder os limites de velocidade e, para esses, as três principais desculpas apresentadas foram a pressa (28,7%), os limites de velocidade baixos (13,4%) e a falta de atenção (11,3%). DUPLICAÇÃO DA BR-101 Em setembro deste ano, a Autopista Fluminense chegou a marca de 118,6 quilômetros de novas pistas, sendo 56,8 nas regiões de Campos dos Goytacazes (a partir de Ibitioca), Conceição de Macabu, Quissamã, Carapebus e Macaé (Trevo dos 40) e outros 61,8 quilômetros na região entre Casimiro de Abreu e Silva Jardim. Outros oito quilômetros estão em fase final de obra e serão entregues conforme andamento dos trabalhos. As novas pistas da BR-101 RJ/Norte contam com duas faixas de rolamento em cada sentido. Muretas de concreto dividem as pistas e, em alguns segmentos específicos, são separadas por canteiro central. Cerca de 50km aguardam liberação para início das obras. Deste total, 46,1 quilômetros estão em processo de licenciamento ambiental. Sobre este trecho, a Autopista Fluminense recebeu, em agosto, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), a Licença Prévia n° 547/2017, válida por um período de quatro anos, referente à duplicação da rodovia BR 101/RJ Norte, entre as cidades de Macaé e Casimiro de Abreu, entre o km 144,2 e o km 190,3, totalizando uma extensão de 46,1 quilômetros.   A concessionária analisa as recomendações dessa Licença Prévia e possíveis alterações que poderão ser incorporadas no projeto executivo, que passará por análise e aprovação dos órgãos competentes. Após cumprimento desta etapa, o IBAMA providenciará a emissão da Licença de Instalação (LI), documento fundamental para o início das obras neste segmento da rodovia. PRINCIPAIS CAUSAS DE ACIDENTES NAS RODOVIAS

A estrada melhorou bastante com pistas boas e muito bem sinalizadas entre Campos e Rio

FATOR HUMANO: Excesso de velocidade. Beber e dirigir. Combinação celular/direção. Não usar setas que indicam as intenções de manobras. Não guardar distância do veículo que vai à frente. FATOR VEICULAR: Deixar de fazer a manutenção regular no veículo (com atenção especial aos pneus, freios, faróis, lâmpadas, luzes, limpadores de para-brisa, vela, filtros, correia dentada, radiador, sistema elétrico e combustível). VIAS: O estado de conservação. As condições da sinalização. A falta de acostamento. A falta de passarelas. Fonte: Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV)


PÁGINA

04

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Imprudência

Editorial Campos lutou muito para destingir de sangue a BR-101, no trecho entre Campos e Macaé, tentando varrer as cruzes brancas em suas margens que indicavam que ali alguém tinha morrido vítima de acidente na estrada. Lutou muito e paga caro por isso, pois a situação veio a melhorar com a privatização da BR-101 que passou a ter como concessionária a Autopista Fluminense que salpicou a via de praça de pedágio. A situação melhorou consideravel-

mente com a duplicação da maior parte das pistas entre Campos e a Ponte Rio-Niterói. Mas as mortes não acabaram e a culpa da maioria dos acidentes vai para a conta da imprudência. A repórter Ulli Marques rastreou o tráfego na BR-101, manteve contatos com a concessionária e a Polícia Rodoviária Federal, que continua responsável pela fiscalização e patrulhamento da estrada neste trecho, onde mantém quatro pontos fixos.

Foto: Silvana Rust

Constatou que boa parte dos motoristas continua trafegando em alta velocidade, apesar dos pardais de fiscalização. Nos trechos urbanos onde a velocidade máxima cai para 60 km por hora, os acidentes foram bem reduzidos, mas em seguida alguns motoristas tentam compensar a velocidade contida acelerando mais e mais. No pátio da Polícia Rodoviária Federal em Ibitioca, em Campos, carros acidentados estão empilhados, o que chama a atenção de todos que

De cabeceira O professor Marcelo Sampaio, que já tinha lançado no Rio de Janeiro, autografou no sábado em Campos, no Museu da Praça São Salvador, seu livro “Amálgamas da Memória”. Se não falha a minha, que ainda não li o livro, Marcelo manda muito bem. Então vale a pena a leitura. Sonho A maioria dos campistas é modesta. Sonha apenas com um carro alto, com rodões e bem espaçoso, ou seja, sonha com um ônibus. Não é exigir muito. Tradição Essa semana quando um maluquinho deu um drible no Terceira Via, se passando por ex-jogador do Vasco, valeu a pena pesquisar sobre a tradição do futebol campista. Sem contar Didi e Amarildo, vamos lá: na Copa do Mundo de 1923 a seleção brasileira jogou contra a Argentina no Uruguai com três campistas atuando, Mario Seixas, Cleóbullo Faria, o Soda (ambos do Goytacaz) e Amaro Silveira, do Americano. Temos ou não tradição no futebol? Acrescentem aí Poly, do Americano, o primeiro campista a jogar uma Copa do mundo também nos anos 20.

Título Honorário O presidente do Grupo IMNE, Dr. Herbert Sidney Neves recebeu o título de Associado Honorário do Rotary Club de Campos. A justificativa dada por esse clube de serviço internacional é de que os ideais de servir do empresário se confundem com os mesmos da entidade, destacando ainda a gama de serviços prestados à comunidade pelo Dr. Herbert. Sapateiro Em Cachoeiro de Itapemirim (ES), a mesma cidade onde Roberto Carlos caiu nos trilhos em 1947 e perdeu parte da perna direita, Ailton Matias Pontes, viveu, 37 anos depois, uma tragédia parecida. Um comboio de 16 vagões passou por cima dele e decepou metade do seu corpo, quase na altura do quadril, e o condenou, aos 22 anos, a uma invalidez. Mais de 37 anos depois do acidente, Ailton, que viveu por muito tempo em Campos recebe cerca de 1.200 reais por mês em indenizações, trabalha seis dias por semana consertando sapatos no chão de uma rua no Centro do Rio de Janeiro.

A pé Um levantamento realizado pela Sodexo Benefícios e Incentivos em agosto de 2017, com 1.202 pessoas em todo o Brasil, revelou que 69% dos entrevistados mudaram seus hábitos de transporte após a crise. A principal alternativa apontada para se deslocar pela cidade e cortar gastos é andar mais a pé (24,4%), seguido por utilizar o transporte público (21,5%); se locomover menos (19,4%); andar de bicicleta (17,1%); usar mais táxi, Uber ou outro serviço semelhante (9,9%) e pegar mais carona (7,7%). Promessa Três campistas vão colocar as magrelas na estrada e pedalar 500 quilômetros até Aparecida, em São Paulo. Os três vão pagar uma promessa. Importante lembrar que vão pedalar mais 500 quilômetros na volta. Golaço A semana começa com a Fundação CDL marcando o seu primeiro gol de placa com a entrega das primeiras 32 carteiras de trabalho do programa “Ação Aprendiz”, que vai beneficiar jovens que habitam áreas de riscos. A primeira grande parceira é a rede Superbom que contratou esses 32 jovens. A entrega das carteiras será às 18h desta segunda-feira na sede da CDL. Era o paraíso Segundo o Sebrae, em 2913, 100 marcas franquiadas operam em Campos. A cidade estava entre as 70 melhores do país para este tipo de negócio. A maioria delas era na área da beleza e saúde natural, seguido pela alimentação, como os fast food. Outras estavam para vir, mas decidiram formar uma fila e esperar a turbulência passar. E outras fecharam. Premiado Helen a Lewin, Ana Paula Alves Ribeiro e Liliane Souza e Silva, assinam o livro “Uma nova abordagem da questão da terra no Brasil – O caso do MST em Campos dos Goytacazes”. O trabalho conquistou o prêmio Celso Furtado de Desenvolvimento Regional.

Regressão Geral Ranulfo Vidigal economista.

O desafio do tempo presente é entender a cidade, como palco de desigualdades sociais e conflitos, com base na espoliação urbana, traduzida pela exclusão, em uma sociedade cujo desenvolvimento se encontra acompanhado de formas variadas de exclusão. A espoliação urbana reforça a existência de privações ou carências além do âmbito do trabalho diário, abarcando espaços outros tais como moradia, transporte e demais situações necessárias à sobrevivência dos indivíduos nas médias e grandes cidades. O uso deficitário do transporte, a precariedade da moradia, a dificuldade de acesso a bens coletivos de consumo configuravam a vigência de condições insatisfatórias de reprodução

www.jornalterceiravia.com.br

social, típicas do capitalismo brasileiro subdesenvolvimento, informal e em processo de desindustrialização acelerado. Num ambiente de pobreza, trabalhadores, moradores e desempregados são personagens inseridos no universo da segregação social, oscilando entre a tragédia cotidiana e a estratégia dos espaços de luta pelo reconhecimento dos legítimos direitos de cidadania – na forma de salário indireto (saúde, educação, cultura). O crescimento econômico e populacional das cidades médias, com seus efeitos deletérios sobre os mecanismos de segregação social e política e o registro analítico das formas coletivas de organização pela conquista da

\ jornalterceiravia

Sistema de Comunicação Terceira Via CNPJ 15.205.202/0001-47

Opinião

moradia e outros bens de consumo coletivo se revelam urgentes nesse tempo de perplexidades e mudanças rápidas. Uma visão de totalidade implica na percepção da vida urbana em sua dinâmica contraditória, destacando-se a presença de processos sociais de acumulação e segregação verificados nas metrópoles como lugar por excelência de validação e expansão do capital imobiliário – grande interessado na definição das políticas públicas urbanas. O surgimento de periferias, também induzido pelo disciplinamento do poder público - expressão mais nítida da estratificação espacial de classe observada, principalmente, na cidade ampliada que torna a vida do cidadão comum bloqueada.

passam, e mostra que os acidentes continuam, apesar de tudo. São os cacos da imprudência. Não se sabe se os ocupantes conseguiram sair vivo desses destroços. É uma cena para reflexão. É preciso menos imprudência e mais cidadania na estrada pois muitos perderam a vida na conquista por uma estrada melhor, e não se justifica hoje que pessoas continuem morrendo, pelo movida a uma velocidade injustificável e mais do que isso, desnecessária.

A leitura no Brasil (II) Leitura no digital Jacqueline Deolindo Na última Bienal do Livro do Rio, uma cena chamava atenção: no pavilhão final, um stand atraía tantos compradores quanto os das outras grandes livrarias, mas nesse stand disputado não eram vendidos livros. Os clientes se acotovelavam na representação da Amazon para garantir um Kindle ao preço de R$ 199 divididos em dez vezes. Não há notícia de quantas peças do dispositivo foram comprados durante a feira, mas a julgar pelo extensão na fila do caixa, é seguro dizer que, pelo menos nessa amostragem, a promoção foi um sucesso. A procura pelo Kindle nos leva a pensar na leitura de livros digitais e no quanto muitas livrarias estão lutando para garantir a manutenção da clientela e a própria sobrevivência. Os livros disponibilizados pela Amazon, nem sempre por cortesia, são versões digitais legais e a empresa contempla os direitos autorais de todos os escritores de seu catálogo que não estejam em domínio público. Há também o exemplo da Open Library, um projeto que dá acesso à leitura e ao download legais e gratuitos de mais de 3 milhões de livros digitais ou digitalizados em parceria com bibliotecas do mundo inteiro. O Google Books e o Google Play, por sua vez, também permitem leitura de livros on-line, ainda que apenas de alguns e só de alguns capítulos. Há editoras que apresentam partes da obra em seu site para motivar a leitura e a compra da versão física ou digital do livro em divulgação. Esses são apenas quatro exemplos de empreendimentos que agem conformidade com o copyright, mas uma busca rápida na internet, em sites estudantis de compartilhamento de conteúdo e em aplicativos especializados permite baixar qualquer obra sem qualquer dificuldade ou restrição. Perde o autor, perde a editora, perde a livraria. Mas, diriam alguns, ganha o público, que, com a democratização do acesso à internet, seja em computadores desktop ou em dipositivos móveis, teria, agora, mais acesso à leitura porque prevalece a ideia de que a web é livre e de que o conhecimento e a informação são direitos de todos - e de fato o são. Outro argumento é de que esse tipo de pirataria estaria levando a indústria da cultura a repensar preços e práticas. Temos, então, um impasse vigoroso: por um lado, a Associação Nacional de Livrarias pensa o futuro desses estabelecimentos e orienta arrojo e ações de vanguarda para garantir que as intenções de compra, pessoalmente ou on-line, sejam efetivadas. Há, nesse mesmo lado, diversas políticas de incentivo à leitura e criativas estratégias dos grandes investidores. Por outro, temos a leitura que se dá pelo que Michel de Certau chamou tática e astúcia: a elas recorre o aquele que não pode - ou não concorda com o preço, nem com o volume, nem com a contenção do desejo ou da necessidade. A tensão entre essas novas práticas e a legislação no mercado da cultura será o nosso próximo tema.

Expediente: Fundador Herbert Sidney Neves - Direção Executiva Martha Henriques - Diretor Geral Fábio Paes Diretor de Jornalismo Aloysio Balbi Chefes de Reportagem Girlane Rodrigues e Roberta Barcelos - Projeto Gráfico Estúdio Ideia Diagramação Liberato Verdile Jr. - Departamento Comercial (22) 2738-2700 Rua Gov. Theotonio Ferreira de Araújo, 36 - Centro - Campos dos Goytacazes - RJ


Seu dinheiro ANTÔNIO C. CHEBABE NETO Dicas para ganhar mais dinheiro com a queda dos juros De setembro de 2016 até hoje, vimos o Banco Central levar a taxa básica de juros – Selic – de 14,25 a 8,25%. O mercado ainda espera termos a taxa em torno de 7%, de acordo com o Boletim Focus divulgado pelo BC, na última segunda feira. É essa a taxa que afeta diretamente os investimentos mais utilizados pelo brasileiro, como poupança, títulos públicos e CDBs, por exemplo. No atual cenário, vejo muitos investidores buscando alternativas para aumentar os seus rendimentos.

Fonte: Banco Central do Brasil Separei dicas para que você consiga impulsionar a rentabilidade dos seus investimentos:

1 – Estender o prazo das aplicações

Adquirir títulos de renda fixa com prazos mais longos possibilitam uma rentabilidade extra, já que possuem um prêmio maior por conta do tempo. Essas maiores taxas podem ser encontradas em CDBs e títulos públicos prefixados ou atrelados à inflação com prazos superiores a 2020.

2 – Diversifique seus investimentos de forma eficiente

Os fundos multimercados são uma excelente alternativa para o investidor que busca elevar seus ganhos em mercados como bolsa, câmbio e juros. Através dessa modalidade, o investidor passa a uma equipe de especialistas a tarefa de selecionar e decidir os ativos e o melhor momento para comprar ou vendê-los. Essa categoria de fundos também permite que o pequeno investidor tenha uma parcela dos seus investimentos com exposição a mercados internacionais de forma barata e menos burocrática.

3 – Fundos imobiliários

Grande parte dos fundos imobiliários disponíveis tem rendimentos que superam a taxa Selic. Através desses fundos, você tem a possibilidade de se tornar dono de uma pequena parte de imóveis localizados nos grandes centros do Brasil e receber uma renda mensal dos aluguéis, por exemplo. Os rendimentos mensais são isentos de imposto de renda para pessoa física. O momento de queda dos juros deve impulsionar a valorização desses fundos, como ocorreu no último ciclo de queda da Selic em 2012 e 2013.

PÁGINA

05

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Economia

Dinheiro novo no Rio Leilões de Blocos na Bacia de Campos injeta recursos no Estado Marcos Curvello Com a primeira oferta de blocos de exploração de petróleo na Bacia de Campos em dez anos, a 14ª Rodada de leilões da Agência Nacional do Petróleo trouxe uma injeção de ânimo ao Estado do Rio de Janeiro e, mais especialmente, à região Norte Fluminense. O maior bônus de assinatura veio daqui. Foram R$ 2,24 bilhões ofertados pelo cobiçado bloco C-M-346. Ao todo, os blocos arrematados na maior província petrolífera do Brasil renderão mais de R$ 3,6 bilhões à ANP — um valor histórico. De acordo com a Secretaria de Estado da Casa Civil e Desenvolvimento Econômico, os investimentos mínimos na fase exploratória inicial são estimados em R$ 634 milhões, distribuídos ao longo dos próximos sete anos. Dinheiro que deve beneficiar municípios como Campos, São João da Barra e Macaé. De acordo com o secretário Christino Áureo, o interesse da Petrobras e da ExxonMobil — que arremataram sozinhas e em consórcio, oito dos dez blocos ofertados na Bacia de Campos — “sinaliza o grande potencial na região”. A capacidade de produção da área é estimada em 5,7 bilhões de barris óleo e 92 bilhões metros cúbicos de gás natural. Ao jornal O Debate, de Macaé, Gilson Coelho, que é gerente executivo da Associação Brasileira das Empresas de Serviços do Petróleo (Abespetro), afirmou que a Região Norte Fluminense será a que “mais se beneficiará com esse resultado do leilão da ANP". Expectativa A expectativa é de que o leilão reaqueça a indústria offshore, que vem sofrendo perdas desde o início de 2015, com a queda do preço do barril de petróleo no mercado internacional, e possibilite que o setor volte a gerar empregos. Um movimento que refletiria na economia dos municípios em que as empresas estejam operando. Três poços serão perfurados em área próxima ao

Estado do Rio de Janeiro, o que deve gerar grande demanda por bens e serviços. Serão feitos levantamento e processamento geofísico, perfuração de poços, perfilagem, cimentação e completação de poços, estudos sísmicos, afretamento e operação de embarcações especiais, procedimentos que exigem equipamento e mão de obra especializados. Segundo cálculos da Firjan, o compromisso de 18% de conteúdo local deve injetar na economia fluminense pelo menos R$ 100 milhões. O potencial de contratação chega a mil vagas, garante o diretor-geral da ANP, Décio Oddone. “Se eles descobrirem um campo no porte que esperam, haverá um impacto muito relevante na economia. E todo o apoio à indústria offshore fica entre Macaé e Porto do Açu”, afirmou ao jornal O Globo. Renascimento Dado como marco zero do renascimento do setor no Estado do Rio de Janeiro, a 14ª Rodada de leilões da ANP aconteceu no último dia 27. Foram ofertados 287 blocos Bacia de Campos, serão leiloados blocos nas bacias sedimentares nas Bacias de Parnaíba, Potiguar, do Recôncavo, de Sergipe-Alagoas, do Espírito Santo, do Paraná, de Santos e de Pelotas. Destes, 37 foram arrematados. Participaram 32 empresas nacionais e internacionais, seis delas estreantes no Brasil. Na bacia de Campos dois blocos foram arrematados pela americana ExxonMobil: o C-M-37, que rendeu R$ 47,1 milhões em bônus de assinatura, e o C-M-67, pelo qual pagou outros R$ 16,3 milhões. A petroleira arrebatou outros seis blocos em consórcio com a Petrobras: o cobiçado C-M-346, por R$ 2,2 bilhões, o C-M-411, por R$ 1,2 bilhão, o CM344, R$ 31 milhões, o C-M-413, por R$ 65 milhões, o C-M-210, R$ 13 milhões, e o C-M-277, por R$ 40,9 milhões. A estatal nacional será a operadora.

4 – Evite a caderneta de poupança

Como a Selic está agora abaixo de 8,5% ao ano, a remuneração da poupança passa a ser de 70% da taxa Selic + TR. Como a TR está quase nula, o rendimento da caderneta passa a ser de aproximadamente 5,8% ao ano ou 0,47% ao mês isento de IR. Para investidores com perfil conservador e com horizonte de investimento de curto prazo, sugiro buscar a alternativa do Tesouro Selic, ou CDBs com remuneração superior a 92% do CDI, ou LCIs e LCAs com retorno superior a 80% do CDI.

5 – Potencialize os ganhos com ações

Os investidores que tem um pouco mais de apetite ao risco, podem destinar uma parte da carteira de investimentos ao mercado acionário de uma forma eficiente e mais segura, através de fundos de dividendos ou os chamados Long Biased. Essa última categoria é bem interessante, pois o gestor tem autonomia de reduzir a exposição ao mercado de ações em uma reversão econômica. Iniciantes devem evitar escolher e montar sua própria carteira de ações. O atual cenário de juros em queda deve reduzir as despesas financeiras das empresas e facilitar o investimento para crescerem. Juntando isso a esperada retomada da economia a partir de 2018, poderemos ver empresas melhorarem bastante seus resultados e valores de suas ações. Nas próximas colunas, irei aprofundar mais como escolher as melhores alternativas dentro de cada modalidade existente no mercado. Lembre-se sempre de respeitar o seu perfil de investidor e expor seu patrimônio de forma responsável para potencializar seus ganhos, sem ter surpresas.

Bacia de Campos é considerada uma das maiores exploradoras e produtoras de Petróleo do Brasil

Aconteceu na Câmara Rua: Voluntários da pátria, 500 Sala 602 Campos dos Goytacazes - RJ (22) 2722 3083 www.nextinvest.com.br

A Câmara Municipal de Campos só promoveu uma sessão, essa semana. O motivo foi a morte do irmão do vereador José Carlos Monteiro (PSDC), que resultou na decretação de luto oficial no legislativo. Na única sessão, na terça-feira (3),houve polêmica. Uma mulher que estava na platéia foi expulsa do plenário pelo presidente da Casa, Marcão Gomes (REDE). Ela gritava durante o discurso dos vereadores e atrapalhou o andamento da sessão. A mulher foi levada pelos seguranças.

O discurso do vereador Thiago Virgílio (PTC) causou tumulto na Câmara. Ele foi ofendido pela platéia por ser réu no processo Chequinho e se defendeu dizendo que o público que o afrontava ocupa cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS) na Prefeitura de Campos. Ele finalizou: “lá fora, no mano a mano, ninguém fala nada e depois pede desculpas”. A sessão foi imediatamente encerrada para evitar novos tumultos.


PÁGINA

06

Saúde

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

​Novas tecnologias no tratamento do câncer

3º Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense realizado pelo Grupo IMNE reuniu palestrantes renomados do país Letícia Nunes O câncer é uma doença cada vez mais presente no mundo. Atualmente, mais de 32 milhões de pessoas ao redor do globo têm esse problema e segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de novos casos de câncer continuará aumentando, com a previsão de mais de 14 milhões de registros a cada ano. Pensando em expandir o pensamento dos profissionais e estudantes, além de discutir as novas tecnologias no tratamento oncológico, o Oncobeda, do grupo IMNE, promoveu nos últimos dias 5 e 6 de outubro, o 3º Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense. O evento reuniu palestrantes renomados de todo o país e mais de 200 participantes passaram pelo auditório do Hotel Ramada, durante os dois dias. Em sua terceira edição, o simpósio já faz parte do calendário anual de eventos científicos Módulo Pulmão O câncer de pulmão é o mais comum de todos os tumores e o segundo mais incidente nos homens, contabilizando mais de 28 mil casos no Brasil por ano e levando a morte quase 25 mil pessoas. O tema foi o primeiro a ser tratado no 3º Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense com a presença do Dr. Luiz Henrique Araújo, oncologista clínico do Instituto Nacional de Câncer (INCA) e do Grupo COI, no Rio de Janeiro. O especialista trouxe para Campos a abordagem “Terapia alvo e imunoterapia no tratamento de câncer de pulmão nas pequenas células”.  Esse tipo de tratamento do câncer promove a estimulação do sistema imunológico, por meio do uso de substâncias modificadoras da resposta biológica. “A imunoterapia tem mostrado resultados melhores do que a quimioterapia. Os efeitos colaterais são menores e quando essa técnica funciona, ela permanece por muito mais tempo. Trata-se de um avanço sem precedentes para o tratamento do câncer, pois pela primeira vez, o organismo volta a combater a doença, sendo um método menos agressivo ao paciente”, esclarece. Segundo o oncologista, Dr. André Porto, que participou da moderação do módulo, houve um grande avanço no tratamento do câncer de pulmão. “A seleção do módulo pulmão como o primeiro tema do simpósio também ocorre justamente pelo crescimento e modernização do tratamento nos últimos dois anos. Houve mudanças no ponto de vista da quimioterapia, além das medicações incorporadas pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Antes, era somente possível diagnosticar se o câncer de pulmão estava avançado ou localizado. Atualmente, já podemos observar um refinamento do diagnóstico. A velocidade das novas tecnologias e a incorporação de tratamentos diferenciados acontece na mesma proporção do surgimento de novos casos, por isso, a necessidade de se discutir esses assuntos para poder ofertar os procedimentos e técnicas à população”, relaciona o especialista.    Avanços na cirurgia torácica  Também como parte do módulo, o cirurgião torácico, Dr. Ivan Azevedo, apresentou um panorama de evolução da cirurgia torácica, desde 1913 até os dias atuais, mostrando a possibilidade de uma nova revolução nesta área, o que permite ao paciente menos dor no pós-operatório, redução do tempo de drenagem pleural, além de uma melhor preservação da função pulmonar e menor reposta inflamatória. De acordo com o médico, isso resultará em um retorno mais rápido ao trabalho, maior adesão ao tratamento e melhor custo-benefício. “As promessas para o futuro também são mais adequadas para pacientes de alto risco, pois as novas tecnologias em cirurgia torácica reúnem instrumentos e plataformas cirúrgicas, manejo intraoperatório e cuidados no pós-operatório. O paciente que passou por uma intervenção torácica pode retornar as suas atividades mais cedo, sendo um importante ponto positivo. A grande questão é pensar que nós que atuamos em Campos, não fazemos nada diferente do que é feito fora daqui, nas capitais e, por isso, é possível implantar essas técnicas”, ressalta. Neurocirurgia O evento também contou com a presença do Dr. Paulo Niemeyer, especialista em neurocirurgia, responsável pelo Instituto do Cérebro, no Rio de Janeiro, que falou sobre os limites da cirurgia, suas vantagens e a importância da genética no tratamento do câncer.

em oncologia do Rio de Janeiro, visando um tratamento especializado e preciso, oferecendo as melhores condições ao paciente. A abertura do evento ficou a cargo da oncologista Drª. Bárbara Sodré que mostrou os números do câncer no Brasil e no mundo, além dos gastos com a saúde. “Hoje é um problema que temos que encarar, porque estamos em uma crise econômica, a população está envelhecendo a cada dia e temos que pensar nos gastos com a saúde. A tecnologia está avançada e com o simpósio nós conseguimos discutir temas relacionados ao diagnóstico e ao tratamento, também pensando em como essas novidades irão chegar até a população”, frisa.

Destaque para Dr. Luiz Henrique Araújo, oncologista clínico do INCA e do Grupo COI, do Rio de Janeiro, proferindo palestra para centenas de médicos

Oncologista do Oncobeda, Dra. Bárbara Sodré

Dr. André Porto , oncologista do Grupo IMNE

biologia molecular no câncer de mama. Os aspectos cirúrgicos do tumor neuroendócrino gástrico, a atualização no tratamento do câncer de cólon metastático, o papel da rádio intervenção na metástase hepática e o tratamento sistêmico do câncer cólon metastático foram os destaques do módulo gastroenterologia. O câncer de próstata e os tumores urológicos também fizeram parte do cronograma de discussões. Também participaram do 3º Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense: Dr. Lucas Mendonça (Radioterapia, IMIP, Recife); Dr. Cristovam Scapulatempo (Patologia, Grupo COI, RJ); Drª Maely Retto (Farmácia, Inca, RJ); Drª Michele Bravo (Endocrinologia, Faculdade de Medicina de Teresópolis, RJ); Dr. Rafael Szymanski (Mastologia, Hospital Federal da Lagoa, RJ); Dr. Rodrigo Loureiro de Marins (Urologia, UFRJ e HPM, Macaé); Dr. Igor Veras (Radioterapia, CRO, Fortaleza); Dr. Rodrigo Torres (Cirurgia Oncológica, Oncobeda, Campos); Dr. Felipe Diniz (Radioterapia, Hospital Federal de Bonsucesso, Rede D´Or, RJ); Drª Andrea Shimada (Oncologia Clínica, Hospital Sírio Libanês, SP); Dr. Manoel Eduardo Daumas Caldas (Urologia, HSJB, Macaé); Marcus Neto (Psicólogo, Internação Oncológica Grupo COI, RJ); Dr. Diogo Assed (Oncologia Clínica, Hospital Sírio Libanês, SP) e Dr. José Leite (Medicina Nuclear, CDPI, RJ). Trabalhos científicos Além da discussão de novas tecnologias relacionadas ao tratamento do câncer, o simpósio também contou com a apresentação de trabalhos científicos, com o objetivo de estimular a produção de projetos na região. “Fomentar o conhecimento e a prática do estudo é muito importante. Com esses artigos, nós acabamos visualizando de forma científica o que está sendo feito em nossa cidade na questão da saúde pública e isso vem a acrescentar não só para a população, mas para toda comunidade médica. O 3º Simpósio de Oncologia do Norte Fluminense serviu para integrar, atualizando os conceitos, renovando e trazendo a visão dos grandes centros através dos palestrantes”, completa Dr. Diogo Neves, oncologista.​

Dr. Ivan Azevedo, cirurgião torácico, um dos palestrantes

Neurocirurgião, Dr. Paulo Niemeyer marcou presença

“A oncologia é a especialidade que mais cresce, com muitos avanços na área, e a genética chega para mostrar que os tumores do câncer são diferentes e que o tratamento dos pacientes não pode ser padronizado, pois cada um tem a sua singularidade. Por isso, falar dessas novas alternativas, principalmente as que estão ligadas ao câncer neurológico, é fundamental”, explica.

Outras especialidades em destaque As discussões também seguiram em torno do câncer de mama, que tem maior incidência entre as mulheres, e é tema da campanha Outubro Rosa, com esclarecimentos em torno da reconstrução mamária, também sobre os avanços no tratamento de câncer de mama metastático receptor hormonal positivo e o cenário atual na

Oncologista Dr. Diogo Neves, diretor do IMNE


PÁGINA

07

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Professora

Naira Peçanha

Uma lição de vida muito especial Professora que administra APAPE fala sobre a luta constante de lidar com pessoas que merecem toda atenção Aloysio Balbi

Ela é professora e funcionária Pública Estadual atuando na Fundação Leão XIII. Com o nascimento da filha Lorena e a descoberta aos seus seis meses de vida que a mesma era uma pessoa com Deficiência com diagnóstico de Paralisia Cerebral, teve que se mudar para o Rio de Janeiro em busca de tratamento, uma vez que a cidade de Campos não estava preparada para o tratar de Encefalopatia Crônica. Sua luta pela sobrevivência da Lorena a levou até a APAPE, onde há sete anos, atua como presidente. Com muita luta tem con-

seguido reerguer a APAPE que se encontrava fechada, sem qualquer parceria pública. Sua fé incondicional à tem impulsionado a lutar dia a dia para que a APAPE seja um espaço de acolhimento das famílias que trazem consigo o desconhecido. Hoje a APAPE atende a 276 Pessoas com Deficiência, portadoras de diversas síndromes e tem sido referência no tratamento do Autismo. Ela foi uma das que recebeu esse ano o prêmio “Sou 3ª Via”

Acredito que amor é único, elas necessitam sim, de mais atenção e carinho do que uma criança autônoma, porém o que mais falta é o respeito.

Como é dedicar boa parte, ou a maior parte do seu tempo as crianças especiais? A vida nos impõe muitos desafios e o maior deles foi há 28 anos atrás quando Deus me entregou a minha filha, Lorena, que é uma pessoa com deficiência. Desde então aprendi com ela que estamos nesse mundo para servir e em 2010 mais um desafio me foi entregue, 113 famílias com pessoas com deficiência, que hoje são 272, e dedicar grande parte do meu tempo a elas é viver a mais nobre das experiências, e aprender com elas que vale a pena amar, lutar e acolher. E isso não seria possível sem o suporte do meu marido e da minha família e tendo a consciência que isso não vem de nós, é dom de Deus. A sociedade de um modo geral está mais sensível diante da necessidade dessas crianças? Vejo a sociedade ainda muito distante dessa sensibilidade, não porque ela não quer, mas porque a ela foi imposta uma visão narcisista, que cria um mal hábito de não se importar com as necessidades do outro. Entretanto não posso deixar de ressaltar que existem pessoas que se sensibilizam com a causa e tem feito a diferença na vida das pessoas com deficiência, oportunizando a elas a superação dos limites que são impostos pela deficiência. A inclusão social delas melhorou em Campos? Para falar de inclusão social temos que ter um olhar em todos aspectos, desde a acessibilidade quanto a mobilidade urbana, educação, saúde, transporte, cultura, lazer e aceso de políticas públicas de forma digna, como por exemplo a educação, que ainda é um segmento que precisa avançar e criar estratégias para que essa inclusão se estabeleça. E a expectativa de uma inclusão profissional? Ainda existem poucos estabelecimentos que oferecem oportunidades para as pessoas com deficiência, como por exemplo o Super Bom em parceria com a APOE, porém a inclusão profissional tem muito o que avançar para que essas pessoas tenham acesso a não somente mais oportunidades de empregos, mas a cursos profissionalizantes e ensino superior. Para isso são necessárias políticas públicas para contribuir e criar espaços acessíveis para elas, promovendo programas e projetos mais eficientes. As leis que amparam as crianças especiais são tímidas? Precisavam ser melhores? As leis são abrangentes, desde a constituição que consagra

Considerando que é de responsabilidade do poder público assegurar a proteção social especial as pessoas com deficiência, fomentando políticas públicas como preconiza a Constituição.

a pessoa que tem algum tipo de deficiência o pleno direito aos bens civilizatórios, até o estatuto da pessoa com deficiência, que é uma luta de mais de uma década, e que em janeiro de 2016 foi implementada. O que falta hoje é a execução destas em sua plenitude pelo poder público. De um modo geral Campos está na média ou atrasada neste tipo de assistência? Considerando que é de responsabilidade do poder público assegurar a proteção social especial as pessoas com deficiência, fomentando políticas públicas como preconiza a constituição brasileira e outras leis como a 13.146, que é o Estatuto da Pessoa com Deficiência, visualizo campos, já há alguns anos dando passos nessa direção, como também neste ano de 2017, com o projeto do paraesporte, implementado pela fundação municipal de esporte, mas ainda há muito o que fazer para que a nossa cidade inclua a pessoa com deficiência nas múltiplas dimensões da sociedade. Essas crianças percebem que necessitam de mais amor, de um amor diferenciado? Acredito que amor é único, elas necessitam sim, de mais atenção e carinho do que uma criança autônoma, porém o que mais falta é o respeito. E elas tem noção de um olhar diferenciado, preconceituoso e de pena, de alguém na rua, por exemplo, e isso magoa, paralisa sua luta, cria nelas a ideia que são um corpo estranho na sociedade, que não a pertencem. Então o respeito e a noção de que elas tem diferenças, mas que no fundo são iguais a todos nós, com os mesmos direitos e com potencialidades, essa visão falta na sociedade. Existe uma carência hoje de estabelecimentos como o que você administra? Hoje em Campos temos 4 OSCs ( Organização da Sociedade Civil) que atendem mais de 1200 pessoas com deficiência e suas famílias, através de programas e projetos em parceria com o poder público municipal, mas não são suficientes para acolher toda a demanda reprimida que é expressiva, deve-se haver ampliação dos programas existentes, uma vez que as OSCs tem capacidade instalada para acolher e também oportunizar a outras realizar o trabalho, fazendo com que tiremos pessoas do isolamento social em que vivem.

E os profissionais estão treinados para esse tipo de assistência? Posso falar com propriedade da equipe transprofissional atuante na APAPE, que tem expertise quanto a deficiência mental, sensorial, física e intelectual, entretanto acho que falta em muitos profissionais, de vários segmentos, o desejo de buscar conhecer essa realidade e entender que cada ser é único em suas peculiaridades e incapacidades, não se dando a oportunidade de vivenciar experiências e conhecimentos. Muita gente tem vontade de saber que tipo de trabalho voluntário pode ser feito. Como elas podem ajudar? Temos um programa chamado "Cuidando de quem cuida", em que é possível as pessoas apadrinharem uma criança (pessoa com deficiência) e sua família, que se encontram na demanda reprimida, a fim de que tenham acesso a todos serviços ofertados na instituição, temos também outros eventos beneficentes, que algumas pessoas da sociedade civil nos auxiliam na arrecadação de recursos. Quem se interessar em ajudar ou apadrinhar uma criança pode entrar em contato com a APAPE através da nossa página no facebook ou por telefone ( (22) 3026-1322) Em relação essas crianças você sonha o quê para elas? Eu tenho muitos sonhos para elas, sonho que essa descriminalização um dia possa acabar, sonho para que existam profissionais capacitados em escolas e faculdades, para que elas possam ter um acesso à educação com excelência e se tornem médicos, engenheiros, advogados, professores, e muito mais, sonho que todas possam ter acesso a saúde de forma digna, que não tenham que esperar anos para receber um tratamento, sonho para que as famílias tenham autonomia de lutar pelos direitos delas. Sonho para que elas tenham seu lugar de forma digna na sociedade. Como foi receber o prêmio 3ª Via? Foi gratificante receber a oportunidade de mostrar nosso trabalho, para que outras pessoas conheçam e se engajem nessa luta conosco, também fico feliz de receber esse reconhecimento por parte do sistema 3ª Via, isso me mostra que vocês se importam com essa causa e se cada vez mais os órgãos da mídia tiverem essa consciência as chances de conquista desse segmento populacional que vive em desvantagem social serão promissoras. Vocês têm sido a nossa voz!


INSTITUTO MUNICIPAL DE TRANSITO E TRANSPORTE - IMTT EDITAL DE LEILÃO PTN08/2017 O Instituto Municipal de Transito Transporte (IMTT), sediado na Rua Barão da Lagoa Dourada nº 197, Centro – Campos dos Goytacazes, através de seu Presidente, no exercício de suas atribuições legais, e com base na Lei Federal nº. 6575/78, que dispõe sobre o depósito e venda de veículos removidos, apreendidos e retidos, através dos serviços da MHA DOS SANTOS PARQUEAMENTO E REMOÇÕES DE VEÍCULOS LTDA – PÁTIO NORTE, empresa devidamente contratada para tais fins, tendo seu escritório central localizado na Av. Gilberto Cardozo nº 242, Pq. Turf Club (22)27233245, escritório do setor de leilões localizado na Av. 28 de Março nº 13 loja 27 (Shopping Turf Centro), Pq. Fazendinha (22)27259602, e pátio centralizado localizado na Rodovia BR-101 Km 78, Ururaí, todos localizados no município de Campos dos Goytacazes; e do Leiloeiro Público Marco Aurélio Cândido, matriculado na JUCERJA sob o nº 158, levam ao conhecimento dos interessados que, na forma da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993 e alterações posteriores, da Lei Federal nº 9.503, de 23 de setembro de 1997 e suas alterações posteriores, da Resolução CONTRAN nº 623, de 06 de setembro de 2016, e da Lei Estadual nº 6.657, de 26 de dezembro de 2013, realizarão o LEILÃO DE VEÍCULOS CONSERVADOS E SUCATAS INSERVÍVEIS, cuja venda será igual ou superior à avaliação, a ser conduzido pelo referido Leiloeiro, dos veículos automotores listados no EDITAL DE LEILÃO que esta disponível na sede do IMTT e nos escritórios do PÁTIO NORTE, bem como de forma digital no portal da Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes (http://www.campos.rj.gov.br) e site do PÁTIO NORTE (www.pationorte.com.br). 1. DATA E LOCAL 1.1. O Leilão será realizado, simultaneamente, sob a forma Presencial e Online no dia 31 de outubro de 2017, a partir das 10 horas; 1.1.1. Presencial: os pregões acontecerão no auditório do CDL- CÂMARA DE DIRIGENTES LOJISTAS DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, Av. Sete de Setembro 274/280, Centro – Campos dos Goytacazes/RJ; 1.1.2. Online: através do sítio eletrônico: www.brbid.com 2. OBJETO DO LEILÃO 2.1. O presente Leilão visa à arrematação, pelo maior lance ofertado, dos veículos automotores (automóveis, motocicletas, ônibus, caminhões, entre outros) na forma que foram apreendidos, retidos e/ou removidos, e não tendo sido reclamados por seus proprietários no prazo legal enquanto acautelados no pátio da empresa PÁTIO NORTE; 2.2. Os veículos serão entregues aos arrematantes, sendo de responsabilidade dos mesmos o pagamento dos tributos referentes ao ano em que o leilão está acontecendo, bem como o Seguro DPVAT referente ao mesmo ano, não sendo cobrados quaisquer ônus, exceto aqueles constantes no Edital como DUDAS de Transferência, de Placa e/ou lacres entre outros, nos casos que forem necessários de acordo com a vistoria do veículo feita nos postos de vistoria do DETRAN/RJ. Fica ciente o arrematante de que será de sua responsabilidade o acompanhamento do andamento do Processo, a marcação perante o órgão executivo de trânsito da vistoria e demais procedimentos para transferência do veículo; 2.3. Os lotes a serem leiloados serão identificados nos campos específicos, conforme se vê abaixo: 2.3.1. Leilão: identificação do leilão a ser realizado; 2.3.2. Lote: número de lote de cada veículo; 2.3.3. Tipo: o que consta do registro do veículo; 2.3.4. Marca e modelo: nome do fabricante e modelo; 2.3.5. Ano de fabricação e modelo: o que consta do registro do veículo; 2.3.6. Avaliação: valor da avaliação que constitui o lance mínimo inicial; 2.3.7. Cor: a predominante, conforme registro do veículo; 2.3.8. Motor: número do motor de cada veículo, (a referida informação será referente ao motor que está instalado no veículo e não o que consta no cadastro); 2.3.9. Condição: veículo com direito a circulação/conservado, sucatas inservíveis ou sucatas não identificadas; 2.3.10. Localização: Todos os veículo deste referido leilão estão disponíveis para visita no pátio localizado na Rodovia BR-101 Km 78, Ururaí; 2.4. As descrições dos lotes estarão disponíveis no ANEXO I deste Edital, e nos sites www.campos.rj.gov.br e www.pationorte.com.br; 2.5. Os bens aqui relacionados serão vendidos e entregues no estado e condições em que se encontram, sem garantia, não cabendo ao Leiloeiro, ao IMTT, ou ao Pátio Norte, a responsabilidade por qualquer problema ou defeito que venham a ser constatados posteriormente, na constituição, composição, ou funcionamento dos veículos licitados. Pressupõe - se, no oferecimento de lances, o conhecimento das características e situação dos mesmos, e o risco consciente do arrematante, não aceitando a respeito deles qualquer reclamação ou desistência posterior, quanto às suas qualidades intrínsecas ou extrínsecas, procedência ou especificação; 2.6. Os veículos classificados como SUCATA INSERVÍVEIS somente poderão ser arrematadas por pessoas jurídicas que tenham atividade econômica e objeto social da empresa com finalidade específica de SIDERURGIA e/ou RECICLAGEM (prensagem de veículos) e que comprovem capacidade técnica para promover a retirada do bem. SEGUINDO A LEGISLAÇÃO EM VIGOR, DE ACORDO COM A LEI Nº 6657 DE 26 DE DEZEMBRO DE 2013, AS FIRMAS ARREMATANTES DOS VEÍCULOS VENDIDOS COMO SUCATAS IDENTIFICADAS OU NÃO IDENTIFICADAS FICAM CIENTES QUE TODOS OS VEÍCULOS DEVERÃO SER PRENSADOS, LEVANDO-SE EM CONTA A RESPONSABILIDADE DO ARREMATANTE NA DESCONTAMINAÇÃO, COMPACTAÇÃO, TRITURAÇÃO E RECICLAGEM. 2.7. Os valores arrecadados com a venda dos veículos serão destinados à quitação dos débitos, a saber: despesas do Leilão, diárias, reboques, IPVAS, Multas etc, previstas na Lei Federal 13.160/15, demais leis, resoluções, normas correlatas etc. 3. DA VISITAÇÃO 3.1. A visitação pública será no dia 30 de outubro de 2017, das 09h às 12h e de 13h as 17h no pátio localizado na Rodovia BR-101 Km 78, Ururaí, Campos dos Goytacazes/rj; 3.1.1. É permitida, exclusivamente, avaliação visual dos lotes, sendo vedado o seu manuseio, experimentação (mesmo porque os veículos não possuem chaves), a retirada/substituição de peças etc; 3.2. A visitação poderá ser feita no local constante no ANEXO I; 3.3. As fotos e descrições dos veículos a serem leiloados também estarão disponíveis no portal da BRBID (www.brbid.com), bem como os valores praticados em cada lote, que são atualizados de acordo com os lances ofertados; 4. DA PARTICIPAÇÃO NA LICITAÇÃO 4.1. Poderão oferecer lances pessoas físicas, inscritas e regulares no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas (CPF/MF), e pessoas jurídicas, inscritas no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ); 4.2. Não poderão participar, direta ou indiretamente, do leilão: 4.2.1. Os licitantes, adjudicatórios e contratantes, penalizados com as sanções de suspensão temporária de participação em licitação, impedimento de contratar ou declaração de inidoneidade para licitar ou contratar por qualquer Ente ou Entidade da Administração Federal, Estadual, Distrital e Municipal, cujos efeitos ainda vigorem; 4.2.2. As pessoas arroladas no art. 9º, III, da Lei nº 8.666/93. 5. DO CREDENCIAMENTO 5.1. O cadastro prévio do usuário é requisito fundamental para a participação na forma eletrônica; 5.1.1. O cadastro deverá ser realizado, com o mínimo 48 (quarenta e oito) horas de antecedência ao início do leilão, para análise dos dados do cadastro e confirmação da participação; 5.1.2. Maiores informações, acerca do cadastro no sistema, constam no endereço www.brbid.com; 5.2. Os documentos exigidos para consolidar a arrematação são: 5.2.1. Comprovação de Cadastro de Pessoas Físicas - CPF/MF (original) ; 5.2.2. Documento de identidade com foto (original) ; 5.2.2.1. Em caso de menor de idade será necessária comprovação de emancipação, ou procuradores, desde que munidos de instrumento público ou particular de mandato, em original ou cópia legível devidamente autenticada em cartório; 5.2.3. Comprovante de endereço; 5.2.4. Para pessoas jurídicas, o Registro Comercial, Estatuto, Contrato Social, Ato Constitutivo, Ata de Fundação e demais documentos, na forma da Lei, conforme o enquadramento jurídico e tributário da participante. 5.2.4.1. Os representantes legais deverão apresentar instrumento procuratório, com firma reconhecida em Cartório, contendo poderes específicos para formular lances verbais, negociar preços, declarar a intenção de interpor preços, além de outros atos pertinentes ao certame. 6. IMPUGNAÇÃO E ESCLARECIMENTOS 6.1. Os interessados poderão solicitar esclarecimentos acerca do objeto deste Edital ou interpretação de qualquer de seus dispositivos em até 7 (sete) dias úteis anteriores à abertura da sessão, por escrito, protocolado o original, mediante recebimento, na sede do Pátio Norte. 6.1.1 Caberá a Comissão de Leilão responder aos pedidos de esclarecimentos no prazo de até 7 (sete) dias úteis. 6.2. Os interessados poderão formular impugnações ao presente Edital em até 7 (sete) dias úteis anteriores à abertura da sessão, por escrito, protocolado o original, mediante recebimento na 2ª (segunda) via, na sede do Pátio Norte 6.3. Caberá a empresa acima examinar sobre a impugnação no prazo de até 7 dias úteis e, se for o caso, encaminhar à Procuradoria Geral da Prefeitura de Campos dos Goytacazes, RJ., o pedido de impugnação para as devidas providências e consequente decisão. 6.4. Tanto as respostas às impugnações, quanto aos pedidos de esclarecimentos, serão apresentadas mediante comparecimento do(s) autor(es) da solicitação na sede do Pátio Norte. 6.4.1. As respostas serão arquivadas em pasta própria e estarão disponíveis para consulta por qualquer interessado. 7. DOS LANCES 7.1. Os lances poderão ser ofertados eletrônica e presencialmente, da seguinte maneira: 7.1.1. Eletrônica; 7.1.1.1. A partir da publicação do Leilão, e após estar devidamente habilitado a participar no sistema, o interessado poderá enviar lance antecipadamente à sessão pública, no lote de seu interesse, deixando-o registrado no sistema; 7.1.1.2. Durante a sessão pública, também poderão ser ofertados lances que serão registrados em tempo real; 7.1.1.3. Se o participante não estiver logado no momento da sessão pública, concorrerá com o lance registrado; 7.1.2. Presencial; 7.1.2.1. O participante deverá mostrar interesse ao Leiloeiro e declarar o valor do seu lance. 8. DA SESSÃO PÚBLICA 8.1. A abertura da presente licitação dar-se-á em sessão pública presencial e, simultaneamente, no sistema eletrônico, em auditório virtual, na data, horário e local indicados neste Edital; 8.2. O valor aceitável para cada lote será o da avaliação constante no Edital, ou o maior lance antecipado, acima da avaliação, registrado no sistema até o início da sessão pública; 8.3. Iniciada a etapa competitiva, os participantes “online” deverão encaminhar lances exclusivamente por meio eletrônico, sendo imediatamente informados do seu recebimento e do valor consignado no registro; 8.4. Durante a sessão, o Leiloeiro responsável dará publicidade adequada ao monitoramento dos lances recebidos via internet; 8.5. Os licitantes poderão ofertar mais de um lance para um mesmo bem, prevalecendo sempre o maior lance ofertado; 8.6. Os lotes serão encerrados a critério do Leiloeiro; 8.7. Os participantes no ambiente físico, ou no ambiente virtual, terão isonomia de tratamento e concorrerão em igualdade de condições, dentro do possível; 8.8. Durante a realização do Leilão, o participante que impedir, perturbar, fraudar, afastar ou procurar afastar arrematantes por oferecimento de vantagens ou qualquer outro meio ilícito, estará sujeito às sanções previstas no artigo 335 do Código Penal e nos artigos 90 e 95 da Lei 8.666/93. 9. DO JULGAMENTO DAS PROPOSTAS 9.1. Para julgamento e classificação dos lances, será adotado o critério do MAIOR LANCE, observadas as especificações e parâmetros definidos neste Edital e, em especial, o que dispõe o “item 8.2” acima ; 9.2. Os lances serão ofertados de maneira verbal e eletrônica, a partir do preço mínimo estabelecido para a aquisição de cada lote deste Leilão indicado no ANEXO I; 9.3. Será declarado vencedor o licitante que oferecer maior lance; 9.4. Não caberá retratação ou desistência de lances após o registro pelo Leiloeiro, sujeitando-se o licitante às sanções administrativas previstas neste Edital; 9.5. O Leiloeiro poderá, motivadamente, estabelecer limite de tempo para lances, bem como o valor ou percentual mínimo para o aumento dos lances, mediante prévia comunicação aos licitantes e expressa menção no Auto de Arrematação; 9.6. O Leiloeiro poderá negociar diretamente com o licitante que apresentar o lance com maior preço para torná-la mais vantajosa à Prefeitura, devendo a negociação se dar em público e formalizada no Auto de Arrematação; 9.7. A desistência em apresentar lance verbal ou eletrônico, quando convocado pelo Leiloeiro, implicará na exclusão do licitante da etapa de lances verbais ou eletrônicos e na manutenção do último preço apresentado pelo licitante, para efeito de ordenação das propostas; 9.8. Examinada a proposta classificada em primeiro lugar, quanto ao valor, caberá ao Leiloeiro decidir motivadamente a respeito de sua aceitabilidade, vedada a aceitação de propostas, cujo preço seja inferior ao valor da avaliação; 9.9. Encerrado o Leilão, será lavrado o Auto de Arrematação circunstanciado, com a identificação do arrematante e registro de todas as ocorrências relevantes, e será assinado pelo Leiloeiro. 9.10. A arrematação dos veículos leiloados será efetivada pelo Leiloeiro. 10. DAS OBRIGAÇÕES DO ARREMATANTE 10.1. A retirada dos veículos arrematados deverá ocorrer no prazo assinalado, sob pena de cancelamento da arrematação, devendo ser observado o que consta no CATÁLOGO E NAS CONDIÇÕES DO LEILÃO, não tendo direito o arrematante a qualquer indenização sobre o valor total pago, conforme consta no item 14.3; 10.2. Assumir os serviços de transferência, bem como demais despesas pertinentes (vistoria, taxas, seguro etc); 10.3. Responsabilizar-se por quaisquer acidentes que ocorram durante a retirada do(s) veículo(s), ficando o IMTT e o PÁTIO NORTE, isentos de responsabilidade civil e/ou criminal e de outros ônus decorrentes; 10.4. Transferir o veículo adquirido para o seu nome, dentro do prazo estabelecido no Código de Trânsito Brasileiro, contado a partir do recebimento da documentação apta à transferência; 10.5. Assumir todos os encargos relativos à transferência, seguro obrigatório, licenciamento do exercício em curso e outros tributos; 10.6. Observar, no momento da retirada, se o lote está de acordo com o bem leiloado, sendo que sua retirada pressupõe tal condição, não sendo aceitas reclamações posteriores. 11. DAS OBRIGAÇÕES DO LEILOEIRO 11.1. Receber dos arrematantes os pagamentos referentes aos lotes arrematados; 11.2. Fornecer ao arrematante a Nota de Arrematação ou documento equivalente. 12. DAS PRERROGATIVAS DO IMTT 12.1. O IMTT poderá retirar ou cancelar a venda de parte ou de todos os lotes, antes, durante, ou após a realização do Leilão, e antes da retirada do veículo, caso seja necessário, ou ocorra algum impedimento legal. 13. DO PAGAMENTO 13.1. O pagamento deverá ser integral, via boleto bancário, para as arrematações presenciais e eletrônicas; 13.2. O valor do arremate será acrescido da comissão do leiloeiro, fixada em 5% (cinco por cento) sobre o valor da arrematação e da Taxa de Leilão, além das taxas administrativas constantes no catálogo e no termo de condições do leilão; 13.3. O Leiloeiro prestará contas o IMTT dos valores recebidos da arrematação dos veículos. 14. DA RETIRADA 14.1. A retirada dos lotes arrematados dar-se-á através de agendamento no escritório de leilões do Pátio Norte, localizado na Av. 28 de Março nº 13 loja 27 (Shopping Turf Centro), Pq. Fazendinha ou pelo telefone (22)27259602, onde o arrematante deverá comparecer munido de todos os documentos exigidos no item 5.2, bem como nos seus subitens, para retirar a Nota Fiscal, o Auto de Leilão e a cópia do Diário Oficial com a publicação deste Edital, bem como cópia do Edital Completo; 14.2. A retirada será feita no local constante no Catálogo; 14.3. Ultrapassado o prazo de 30 (trinta) dias úteis após a realização do Leilão, o veículo (lote) não retirado será considerado abandonado, restando na perda do bem, podendo ser objeto de outro Leilão, e o arrematante não fará jus ao recebimento do valor da arrematação; 14.4. Todos os lotes deverão ser retirados do Pátio através de caminhão reboque que deverá estar, obrigatoriamente, com toda documentação em dia. O custo quanto ao pagamento será da responsabilidade do arrematante; 14.5. Em caso de restrição judicial posterior a entrega do veículo, o IMTT, o Leiloeiro bem como o PÁTIO NORTE, eximem-se de qualquer responsabilidade ou devolução de valor de arrematação. 15. DAS SANÇÕES ADMINISTRATIVAS 15.1 A falta de pagamento do valor da arrematação ou o descumprimento das demais obrigações previstas neste Edital sujeita o licitante, sem prejuízo da responsabilidade civil ou criminal que couber, as seguintes penalidades: 15.1.1. Suspensão temporária de participação em licitação e impedimento da contratar com a Administração Pública, pelo prazo de 2 (dois) anos; 15.1.2. Multa correspondente a 20% (vinte por cento) sobre o valor da arrematação, e o valor integral das taxas e comissões, aplicável caso o arrematante não efetue o pagamento. 16. DISPOSIÇÕES FINAIS 16.1. O IMTT, o Leiloeiro e o PÁTIO NORTE, não reconhecerão reclamações de terceiros com quem venha o arrematante transacionar o produto adquirido no Leilão; 16.2. O acompanhamento dos resultados das fases do Leilão deverá ser feitos através do site www.brbid.com 16.3. O IMTT poderá, a qualquer momento, revogar o Leilão por razões de interesse público decorrentes de fatos supervenientes devidamente comprovados, ou anulá-lo, se constatado vício no seu processamento; 16.5. Ocorrendo a revogação ou anulação do Leilão, a decisão será publicada no Diário Oficial do Município de Campos dos Goytacazes; 16.6. Na contagem dos prazos estabelecidos neste Edital, excluir-se-á o dia do início e incluir-se-á o do vencimento; 16.7. Os casos omissos serão resolvidos pelo Leiloeiro com auxílio dos membros da Comissão de Leilão; 16.8. O IMTT, e os (as) arrematantes, elegem o foro do Município de Campos dos Goytacazes/RJ, para dirimir qualquer questão controversa relacionada com o presente Edital; 16.9. Acompanha este Edital o seguinte anexo: ANEXO I - Relação com descrição dos lotes e valor dos lances mínimos iniciais, que estará disponível de forma integral nas dependências do IMTT e escritórios do PÁTIO NORTE, bem como nos sites www.campos.rj.gov.br e www. pationorte.com.br. RENATO CÉSAR ARÊAS SIQUEIRA PRESIDENTE


PÁGINA

10

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Destaque

A inauguração do IMNEC Já em funcionamento, o Instituto de Medicina Nuclear de Campos nasce sob o signo da tecnologia e excelência O Instituto de Medicina Nuclear de Campos (IMNEC), do grupo IMNE, foi inaugurado essa semana e está funcionando a todo vapor. Um coquetel para médicos e convidados marcou o evento, na sede do instituto, que fica em uma unidade anexa ao Hospital Dr. Beda. Os participantes conheceram o espaço por meio de uma visita guiada e tiveram acesso a um equipamento importado, de tecnologia altamente avançada, que está disponível apenas em alguns pontos da capital e é o único desta configuração no interior fluminense. O GE OPTIMA 640 MN/CT possui a tecnologia SPECT/CT, que reúne cintilografia e tomografia computadorizada, a partir de um scanner de medicina nuclear acoplado a um tomógrafo. O aparelho também suporta uma carga de até 200 quilos e consegue detectar problemas no coração, ossos, tireoide, rins e cérebro, além de fazer pesquisas de Alzheimer, diagnosticar e tratar diversos tipos de câncer. “É, de fato, um aparelho inovador que vai agregar ao pioneirismo do grupo em tratamento nuclear, uma tecnologia inovadora, que é a nossa missão, há 40 anos”, disse o Dr. Diogo Neves, diretor administrativo da clínica. Outro benefício do aparelho é o tempo de exame que será encurtado, além de se tornar mais preciso o diagnóstico. O IMNEC foi pensado há cerca de um ano e veio para revolucionar a prestação do serviço nuclear em Campos. Segundo o especialista em medicina nuclear pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Dr. Diego Franco, o aparelho melhora muito a qualidade

da imagem, pois faz dois procedimentos ao mesmo tempo, fundindo as imagens captadas, identificando assim o local exato de determinada alteração no organismo do paciente. “Com ele, é possível ter o diagnóstico da medicina nuclear e juntar com a anatomia da radiologia. Isso aumenta a especificidade do exame. Além disso, este aparelho reduz ainda mais as doses de radiação expostas aos pacientes em relação aos outros, que estão atualmente funcionando. Chamamos isto de baixa dose, não perdemos a qualidade do exame, evitamos a repetição dele, o que é um grande diferencial neste tipo de tecnologia”, explica.

Dr. Diogo Neves à frente do investimento

Equipamentos de última geração são marcas desta nova era da medicina da Região Norte Fluminense


PÁGINA

11

Esporte

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

É remando que se chega até lá Nova modalidade esportiva tem atraído cada vez mais adeptos

Associação Norte Fluminense de Stand Up Paddle Com a finalidade de favorecer e viabilizar o crescimento dessa modalidade esportiva na região é que foi fundada em 29 de julho de 2016 a Associação Norte Fluminense de Stand Up Paddle (ANFSUP). Os supistas, como são chamados os praticantes, podem programar remadas em diferentes ambientes aquáticos, que compreendem águas continentais, costeiras ou oceânicas, com o objetivo de dosar o nível de esforço e adaptação cercado de belezas naturais indispensáveis à saúde mental. Entre os benefícios da modalidade, também, estão a melhora da postura, condicionamento físico e fortalecimento muscular. Segundo o presidente da associação, Luiz Pereira, a cidade de Campos já tem aproximadamente 250 remadores. Destes, 90 são associados da ANFSUP. Quem quiser mais informações sobre a ANFSUP pode entrar em contato com Leonardo Peralva ou Luiz Pereira, pelos respectivos telefones 9 9839-1850 / 9 9991-9661.

Patricia Barreto Nada melhor do que unir esporte e lazer, não é mesmo?! E é exatamente isso que o Stand Up Paddle (SUP) – na tradução literal das palavras: prancha de ficar em pé – proporciona! No último dia 24, cerca de 100 praticantes da modalidade “enfeitaram” a Lagoa de Cima, em Campos. O evento trouxe, ainda, uma palestra motivacional com o surfista brasileiro, um dos mais renomados do país na atualidade, Carlos Burle. Não foi por acaso que a atividade esportiva virou sensação entre os brasileiros, atraindo milhares de adeptos. Porém, apesar de todo esse sucesso, muitas pessoas ainda não conhecem ou têm muitas dúvidas sobre o esporte. Pensando nisso foi criada a Associação Norte Fluminense de Stand Up Paddle (ANFSUP). Os supistas, como são chamados os praticantes, podem programar remadas em diferentes ambientes aquáticos, que compreendem águas continentais, costeiras ou oceânicas, com o objetivo de dosar o nível de esforço e adaptação cercado de belezas naturais indispensáveis à saúde mental. Entre os benefícios da modalidade, também, estão a melhora da postura, condicionamento físico e fortalecimento muscular. Segundo o presidente da ANFSUP, Luiz Pereira, quem pratica o SUP sabe que ele vai muito além de uma prática esportiva, ele é um estilo de vida a ser seguido. “O importante do Stand Up é trabalhar os membros inferiores e superiores, adquirir hábitos saudáveis, curtir o mar, a lagoa e observar a natureza”, afirmou Pereira. O presidente destacou ainda que o evento do dia 24, organizado pela Associação, foi o maior do Estado do Rio de Janeiro. Com criatividade e experiência, é possível inventar diferentes formas de remar de pé em cima de uma prancha. O SUP Yoga é um exemplo disso, uma prática que está crescendo no Brasil e não é considerada uma modalidade do esporte. É uma boa opção para quem deseja fazer apenas por lazer. Mas, para quem deseja competir e se especializar no assunto, existem apenas duas modalidades oficiais:

Carlos Burle surfista brasileiro renomado esteve na remada realizada na Lagoa de Cima no dia 24

Homenagem a Carlos Burle pela diretoria da ANFSUP, Luciano Cordeiro, Luiz Pereira e Leonardo Peralva

- SUP Surf: também conhecida como SUP Wave, essa modalidade consiste em descer as ondas em pé na prancha com o auxílio do remo. Pela sua dificuldade, ela possui menos praticantes no Brasil. Mas, por outro lado, existem brasileiros se destacando no cenário mundial. - SUP Remada: essa modalidade é a que mais cresce em águas brasileiras. Além de ser mais fácil de se equilibrar na prancha, ela pode ser praticada em lagoas, rios e mares com águas calmas. Sua prática consiste em ficar de pé em cima da prancha e remar pequenas ou grandes distâncias. Ela possui várias categorias, como a SUP Race, que necessita de pranchas especiais para que o surfista possa remar a favor do vento e da correnteza.

Benefícios da modalidade Os benefícios do esporte envolvem desde a queima de calorias e tonificação do abdômen e pernas até a sensação de bem-estar. Ele ainda pode ser praticado por pessoas de qualquer faixa etária. Uma das questões mais trabalhadas pelo Stand Up Paddle é o equilíbrio, mesmo com a prancha mais larga e que permite maior flutuação que as tradicionais pranchas de surf. Ao melhorar este ponto, o risco de quedas diminui. A quantidade de calorias queimadas irá depender da intensidade e duração da prática do esporte. Quando a atividade é realizada em locais mais desafiadores, com um pouco de onda, por exemplo, ou quando a pessoa rema por uma distância maior, mais energia será gasta. Caso a pessoa seja sedentária, a queima calórica no início também será maior do que quem já realiza uma atividade. Segundo Luiz Pereira, Você não precisa de nada além de saber nadar (e, dependendo das águas, um colete salva-vidas). O Stand Up Paddle trabalha a musculatura superior na remada e os membros inferiores e core (região do abdômen) no equilíbrio em cima da prancha. Ou seja, é um megahíbrido de aeróbico, leg press, flexões e abdominais. Saber nadar e ter vontade de experimentar é o suficiente. A prancha e remo devem ser adaptadas ao tamanho e nível de prática de cada um, portanto, procure um profissional e faça algumas aulas antes de sair remando mar adentro. Antes de comprar uma prancha e um remo, faça uma aula com um instrutor e descubra qual é o melhor equipamento para a modalidade que deseja praticar. Pode parecer que não, mas o tamanho errado do remo, por exemplo, diminui a agilidade na hora de fazer o SUP e prejudica o desempenho.

Prancha de std up Paddle Modelos e preços

Carlos Burle mostrando toda a sua técnica de remar sobre as pranchas nas águas da Lagoa

Rígida – R$1.199 a R$4.999 Inflável – de R$1.099 a R$ a R$4.280


PÁGINA

01

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Esperada com muita ansiedade pelos pequenos, o Dia das Crianças, é também a data aguardada pelos comerciantes do setor infantil. A origem da comemoração dos pequenos nasceu em 1923. O responsável por isso foi o Deputado Federal Galdinho do Valle Filho, que elaborou um projeto de lei depois que o Rio de Janeiro sediou o 3º Congresso Sul-Americano da Criança. Apesar de aprovado e oficializado pelo então Presidente da República, Artur Bernardes, o dia 12 de outubro, como data comemorativa, só foi valer em 1955, por questões comerciais. O Brasil foi um dos primeiros países a ter uma data especialmente dedicada às crianças, antes de a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) estabelecer um Dia Internacional para o mesmo tema em 1959. Para entender a história da instituição desse dia no Brasil e a sua popularização, faz-se necessário compreender um pouco do que se entende por infância no mundo ocidental.

coleção e a clara identificação do fabricante ou do importador. Dicas Veja se o brinquedo traz informações adequadas, claras e em língua portuguesa sobre suas características, qualidades, quantidade, origem, composição, preço e garantia. Além de comparar preços, a dica, na hora da compra, é também observar a idade, o interesse e a habilidade da criança. Na embalagem deve ter obrigatoriamente a indicação da idade ou faixa etária, instruções de uso e de montagem, descrição exata dos itens inseridos, identificação do fabricante (nome, CPF e endereço) ou importador (caso o brinquedo seja importado), eventuais riscos que possam apresentar à criança e o selo de certificação do Inmetro. Fique de olho nas formas de pagamento e peça um desconto se for pagar à vista. Em caso de parcelamento, vale calcular os juros para o barato não sair caro.

Crise não atrapalha vendas Mesmo em tempos de crise, a indústria de brinquedos espera crescer 10% em 2017, Programação Campos: segundo a Associação Brasileira dos Fabricantes de Brinquedos (Abrinq). “O brinquedo é desconectado desses problemas econômicos, vai direto ao coração”, diz o Cidade da Criança: presidente da entidade, Synésio Batista da Costa. Durante todos os sábados e domingos do mês, às 15h30 e 18h, vai ser apresentado o Brinquedos, roupas, calçados e eletrônicos, são os objetos de desejo mais cobiça- espetáculo “A menina do coração verde”, escrita por Salvadora Cruz, que conta a história dos pela criançada. de uma menina que sabia tudo sobre a natureza, ela é a única esperança para salvar a primavera dos seres do mundo natural. Nos dias 09 e 10 a contação de história "Romeu e JuCuidados lieta", baseada na releitura do livro de Ruth Rocha, explica onde tudo acontece no mundo É importante lembrar que a venda de brinquedos se sujeita ao Código de Defesa encantado das borboletas, que moram em canteiros coloridos e não podem se misturar. do Consumidor e a embalagem dos produtos e o manual de instruções precisam É uma grande viagem ao reino encantado da Primavera. A encenação será apresentada informar a faixa etária a que se destina o brinquedo, eventuais riscos que apresenta, nos horários de 11h30, 15h e 17h, com os recreadores do parque. Nos intervalos da connúmero de peças, regras de montagem, modo de usar, se faz parte de uma série ou tação de histórias, haverá oficina de confecção de Pratinhos divertidos com a Tia Maria.


NUNCA FOI TÃO FÁCIL

TER UM FORD DO SEU JEITO.

ECOSPORT 2018

Freestyle 1.5 (cat. EFB8)

SYNC® 3 com tela de 8”, GPS integrado e câmera de ré, 7 Airbags, Sensor de pressão dos pneus, AdvanceTrac®: controle eletrônico de estabilidade e tração com Assistente de partida em rampas e exclusivo Sistema anticapotamento, Motor 1.5 3C com 137 cv e Nota A em economia de combustível (Conpet/Inmetro).

A partir de R$

81.490

Entrada de R$

48.894

à vista

TAXA ZERO

18x R$ 1.891

APROVEITE TAMBÉM OUTRAS OFERTAS DA FORD.

SE M A N A ES P EC IA L

COM PREÇO DE NOTA FISCAL

KA 2018

KA+ SEDAN 2018

SE 1.0 (cat. KCC8)

Motor 1.0 TiVCT com 85 cv, Ar-condicionado, Direção elétrica, Sistema de partida eletrônica a frio - Ford Easy-Start, My Connection com comandos de voz, Bluetooth®, Entradas USB e Compartimento para celular - My Ford Dock.

Motor 1.0 TiVCT com 85 cv, Ar-condicionado, Direção elétrica, Bluetooth , My Connection com comandos de voz, Entradas USB. A partir de R$ Entrada de R$

40.980 à vista

28.276

®

TAXA ZERO

30x R$ 457

NEW FIESTA AT Entrada de R$

55.990

à vista

33.594

A partir de R$

44.990

Entrada de R$

31.043

à vista

TAXA ZERO

30x R$ 499

RANGER DIESEL 2017

SE PLUS 1.6 AT (cat. RCF7)

Motor 1.6, Transmissão sequencial de 6 velocidades, Ar-condicionado, Direção, vidros e travas elétricas, AdvanceTrac®: controle eletrônico de estabilidade e tração com Assistente de partida em rampas, Sync® com AppLink™ e Assistente de emergência. A partir de R$

SE 1.0 (cat. ZCC8)

5 anos de garantia, Motor diesel 3.2L de 5 cilindros que gera 200 cv e 470 Nm, Piloto automático adaptativo com alerta de colisão e Sistema de permanência em faixa.

TAXA ZERO

24x R$ 985

A partir de R$

185.190

Entrada de R$

111.114

à vista

Parcelas de

18 x R$

4.253

Limited 3.2 4x4 AT (cat. JNW7)

ATÉ R$ 10.000 NA TROCA DO

SEU USADO

VENDA DIRETA DE FÁBRICA: TEMOS CONDIÇÕES ESPECIAIS PARA PCD, TAXISTAS, PRODUTORES RURAIS, FROTISTAS E EMPRESAS. VENHA CONHECER! CAMPOS (22) 2739-6464 | ITAPERUNA (22) 3822-3366 CACHOEIRO DE ITAPEMIRIM (28) 3526-2300 CABO FRIO (22) 2649-9200 | MACAÉ (22) 2773-9898 CAMPO GRANDE (21) 2409-1200 | RECREIO (21) 3418-3900

WWW.BRACOMNET.COM.BR

SEGUROS FORD

CONSÓRCIO NACIONAL FORD

WWW.FORD.COM.BR

Pela vida. Escolha o trânsito seguro.

VENDA DIRETA

Consulte um Distribuidor Ford e conheça as condições especiais de Venda Direta que a Ford preparou para você.

Preços e condições de financiamento válidos até 3/10/2017 ou enquanto durarem os estoques. EcoSport Freestyle 1.5 (cat. EFB8) a partir de R$ 81.490,00 à vista ou financiado com taxa de 0,00% a.m. e 0,00% a.a., 60% de entrada (R$ 48.894,00) e saldo em 18 parcelas mensais de R$ 1.891,00 na modalidade CDC com 30 dias de carência para pagamento da 1ª parcela, incluindo tarifas, custos e impostos (IOF). Valor total a prazo de R$ 82.932,00. Custo Efetivo Total (CET) calculado na data de 5/9/2017 a partir de 0,46% a.m. e 5,66% a.a., por meio do Programa Ford Credit (20 unidades). Ka SE 1.0 2018 (cat. KCC8) a partir de R$ 40.980,00 à vista ou financiado com taxa de 0,00% a.m. e 0,00% a.a., 69% de entrada (R$ 28.276,20) e saldo em 30 parcelas mensais de R$ 457,00 na modalidade CDC com 30 dias de carência para pagamento da 1ª parcela, incluindo tarifas, custos e impostos (IOF). Valor total a prazo de R$ 41.986,20. Custo Efetivo Total (CET) calculado em 23/8/2017 a partir de 0,50% a.m. e 6,16% a.a., por meio do Programa Ford Credit (20 unidades). Ka+ SE 1.0 2018 (cat. ZCC8) a partir de R$ 44.990,00 à vista ou financiado com taxa de 0,00% a.m. e 0,00% a.a., 69% de entrada (R$ 31.043,10) e saldo em 30 parcelas mensais de R$ 499,00 na modalidade CDC com 30 dias de carência para pagamento da 1ª parcela, incluindo tarifas, custos e impostos (IOF). Valor total a prazo de R$ 46.013,10. Custo Efetivo Total (CET) calculado em 23/8/2017 a partir de 0,46% a.m. e 5,70% a.a., por meio do Programa Ford Credit (20 unidades). New Fiesta Hatch SE PLUS 1.6 AT (cat. RCF7) a partir de R$ 55.990,00 à vista ou financiado com taxa de 0,00% a.m. e 0,00% a.a., 60% de entrada (R$ 33.594,00) e saldo em 24 parcelas mensais de R$ 985,00 na modalidade CDC com 30 dias de carência para pagamento da 1ª parcela, incluindo tarifas, custos e impostos (IOF). Valor total a prazo de R$ 57.234,00. Custo Efetivo Total (CET) calculado em 24/8/2017 a partir de 0,44% a.m. e 5,37% a.a., por meio do Programa Ford Credit (20 unidades). Ranger Limited 3.2 Diesel 4x4 AT 2017 (cat. JNW7) a partir de R$ 185.190,00 à vista ou financiado com taxa de 0,00% a.m. e 0,00% a.a., 60% de entrada (R$ 111.114,00) e saldo em 18 parcelas mensais de R$ 4.253,00 na modalidade CDC com 30 dias de carência para pagamento da 1ª parcela, incluindo tarifas, custos e impostos (IOF). Valor total a prazo de R$ 187.668,00. Custo Efetivo Total (CET) calculado em 23/8/2017 a partir de 0,35% a.m. e 4,27% a.a., por meio do Programa Ford Credit (20 unidades). Não abrange seguro, acessórios, documentação e serviços de despachante, manutenção ou qualquer outro serviço prestado pelo Distribuidor. Sujeito a aprovação de crédito. O valor de composição do CET poderá sofrer alteração, na data efetiva da contratação, considerando o valor do bem adquirido, as despesas contratadas pelo cliente, custos de registros de cartórios variáveis de acordo com a UF (não inclusos no valor das parcelas e no cálculo do CET) na data da contratação. Contratos de Financiamento e Arrendamento Ford Credit são operacionalizados pelo Banco Bradesco Financiamentos S.A. Valores válidos para cores sólidas, exceto a cor branca. Frete incluso. Ação de venda “Ford Valoriza”: bônus na valorização do veículo usado de R$ 10.000,00 para veículos Ford e R$ 7.000,00 para veículos de outras marcas. Válido somente na troca do veículo usado para a aquisição de um veículo 0 km Ranger Limited 3.2 Diesel 4x4 AT 2017 (cat. JNW7). O veículo usado deve ser de propriedade do cliente, estar com toda a documentação regularizada e em bom estado de conservação, dentro dos critérios de avaliação do Distribuidor Ford. A avaliação deve atingir o valor mínimo de R$ 20.000,00 para ser elegível ao bônus. A Ação de Venda será válida pelo período de 5/4/2017 a 3/10/2017, considerada a data de emissão da nota fiscal de venda do veículo 0 km. Essas condições não são válidas para a troca de veículos usados de: frota, táxis, locadoras, leilões, seguradoras e veículos recuperados de seguradora, também não são válidas para aquisição do veículo 0 km por modalidade de venda direta. Para mais informações, visite o site www.ford.com.br, contate o Centro de Atendimento Ford pelo telefone 0800 703 3673 ou o Distribuidor Ford de sua preferência.


@crisales_

Havana ooh na-na!!!

Gente!!! Que lugar incrível e cheio de vida é esse país chamado Cuba... De cara é fácil de se apaixonar pelas pessoas, sempre sorridentes, lindas e gentis; pelo mar que insiste em ser lindo; pelo clima, que apesar de ser super quente, reserva uma brisa inigualável do Caribe; e pela vida pintada nas cores vibrantes dos prédios e carros marcados pela história de lutas e vitórias. Nossa Friends Trip não poderia ter escolhido um cenário melhor para registrar os looks que vão estar desfilando nessa temporada quente que se aproxima. E eu,

Amanda Coutinho, Igor Gomes e Paula Menezes, nos deixamos levar pela vibração de Havana e Varadero. A primeira, uma cidade que posso dizer única, cheia de magia e encantamento em cada esquina. Enquanto Varadero, ainda sofrida pela passagem do furacão Irma, guardava a beleza do mar e de um por do sol dos mais lindos que já vi.

@paulapmenezes

@amandacoutinhor

@crisales__

CRM:52530660

@igorgomesss

Estou apaixonada por você Cuba!! Um pedaço do meu coração definitivamente vai ficar por aqui... e também a certeza de que um dia voltarei nessa ilha, que parece ter parado no tempo para nos lembrar que às vezes, o menos é mais.

Dra. Ana Maria Pellegrini

Pontos de luz no processo de embelezamento e harmonização facial As formas jovens do rosto são ancoradas em pontos da face que refletem mais luz do que os outros. Esses pontos são mapeados a partir de estrutura óssea, e gordura e conforme a área anatômica que iremos tratar! Esses ´´jogos´´ de luz e sombra podem ser ressaltados e restaurados através de códigos médicos pré determinados: os MD CODES são pontos (alguns utilizando ácidos hiarulônico em bolos, em outras em leque, com cânula, dependendo da área tratada), que irão reestruturar no rosto que perdeu volume, ou ressaltar no rosto jovem que não apresenta esses volumes, formas que irão embelezar o paciente SEM EXAGEROS , com objetivo de RESSALTAR a beleza do próprio paciente. Os procedimentos são geralmente realizados anualmente, com espaços de ate 2 anos, dependendo das necessidades de cada paciente. Alem do ácido hialurônico, o uso da toxina botulínica, acido polilático (sculptra) e acido desoxicólico, também fazem parte de alguns dos meus protocolos de embelezamento.

Edifício Medical Center Rua 13 de Maio nº 286/512 Sala 12 Tel: 2733 4211


PÁGINA

04

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

@nataliamuniznutri

nataliamuniznutri@gmail.com

Envelhecimento precoce Se existe uma pílula da juventude eterna, muitas de nos já teríamos experimentado. Mas ja que ela não existe, buscamos outras formas para evitar o envelhecimento precoce e, consequentemente, ter um corpo bonito e saudável. Investir em procedimentos cirúrgicos e estéticos e em produtos de beleza é um método valido para retardar a morte celular? Você sabia que a saúde das nossas células começa de dentro para fora? Uma boa alimentação e um estilo de vida saudável são muito mais importantes que os procedimentos estéticos. O envelhecimento é um processo fisiológico, genético e inevitável. Porém, pode ser acelerado por diversos fatores que se relacionam a alimentação e ao estilo de vida. Exemplo: Desequilíbrio entre produção de radicais livres e defesas antioxidantes: conhecida como estresse oxidativo. Ocorre quando há uma baixa defesa antioxidante que pode acontecer, por exemplo, devido ao baixo consumo ou pouca variedade de frutas e verduras ou devido ao excesso de substancias maléficas que aumentam os radicais livres, como o tabagismo e o excesso de álcool. Perda de funcionalidade celular devido ao encurtamento dos telômetros: Os telômetros são estruturas conhecidas como relógios moleculares das células. A medida em que a célula vai se renovando, eles vão se encurtando ate perderem a sua funcionalidade, não havendo mais lugar para o rejuvenescimento celular. Esse processo pode ser prevenido através da prática de atividade física regular e manutenção do IMC saudável. Sabe-se que as pessoas obesas possuem telômetros mais curtos do que as magras, mas a medida que perdem peso, eles se alongam. Quanto mais gordura se perde, maior é o alongamento dessas estruturas.

Substâncias que alteram a matriz celular ocasionando danos as estruturas de colágeno: Conhecidas como produtos finais da glicação avançada (AGE’s), essas substâncias são formadas naturalmente no organismo, porém a principal fonte é exógena, ou seja, através da alimentação.

Para todos os tipos de chá utilize a proporção de 1 colher de sopa de especiarias para 1 litro de água. Caso vá fazer apenas uma xícara, utilize apenas 1 colher de chá. Todos os chás moles (flores e ervas) devem ser preparados por infusão, ou seja: ferva a água e, quando ela atingir o ponto de ebulição, desligue. Acrescente a erva e deixe descansar por alguns minutos. Lembre-se de Alguns alimentos que ajudam a manter os telômeros que quanto mais deixar assim, mais forte será o sabor da bebida. longos: Com as ervas e especiarias duras (cavalinha, gengibre, Omega 3 e omega 6 cravo e canela), o método indicado e a decoccão. Faça manter níveis de Vitamina D desse jeito: quando a água ferver, acrescente a erva e deixe em fogo baixo, com o recipiente tampado, por cerca de 5 minutos. Alimentação promotora de longevidade: Baixo consumo de industrializados Utilize sempre água filtrada Alto consumo de vegetais Use recipientes que não interajam com os ingredientes, Alimentos com baixa carga glicêmica como as chaleiras, leiteiras ou panelas de inox, ágata, Alto consumo de fitoquímicos e antioxidantes consumo de gordura monoinsaturada (abacate, azeite ferro fundido, vidro ou porcelana. Não use alumínio jamais, nem pra chá, nem pra nada mais! extra virgem, castanhas) rica em Omega 3 O ideal e não adoçar, mas se você ainda acha importanBaixo consumo de gordura saturada te use açúcar de coco ou demerara. Níveis adequados de vitamina D Escolha sempre as ervas frescas ou desidratadas da Microbiota intestinal equilibrada. melhor qualidade, nas secas observe a procedência e se não estão velhas, embolotadas ou com bichinhos. Os chás podem durar até 24 horas se mantidos em garrafas de vidros na geladeira e sim, todos eles podem ser consumidos gelados. Chás fitoterápicos posSachês- normalmente eles possuem antifúngicos e, por suem propriedades antioisso, não são tão legais. Dê preferência as ervas frescas xidantes devido a presenou desidratadas. ça de polifenóis. Escute o seu corpo, não faça uso dos mesmos chás por muito tempo, afinal, toda erva interage com as nossas Como preparar seu chazinho delicioso e rico em antio- células de alguma forma. Para cada fase seu corpo tem uma necessidade. Varie! xidantes:

Suco de Cúrcuma • Ingredientes: 2 colheres (chá) de açafrão da terra em pó (ou 3 colheres de chá cheias de cúrcuma fresca) 1 maçã sem sementes 1 col sopa de suco de um limão 1 colher (chá) de gengibre 1 colher (chá) de canela em pó 1 copo de água • Modo de preparo: Junte todos os ingredientes em um liquidificador e bata até virar um suco.--

n ut r icion i s t a

n ut r icion i s t a

n ut r icion i s t a

C R N - 1 7 1 0 1 0 20

C R N - 1 7 1 0 1 0 20

C R N - 1 7 1 0 1 0 20

Av. Pelinca 345 Lj 07 Tel: 997991414/30256707 n ut nº500 r icionEd ist a n ut rSala n ut r icion i s tda a Patria icion i s tTel: a 30261819 Rua Voluntários Platinum 108 C R N - 1 7 1 0 1 0 20

C R N - 1 7 1 0 1 0 20

C R N - 1 7 1 0 1 0 20

Av. Alberto Lamego,973 - Parque Califórnia Campos dos Goytacazes - RJ (22) 2722 5922


@priscylabezerra

coleção cobra coral Modelos Mariah Khenayfis e Lohana Ernandes vestem a coleção Sertão

coleção escamas coleção macramê

HopeFashion Day

Muito mais que um evento, o Hope Fashion Day é aquele dia que tiramos para renovar o estoque de lingerie, conferir a moda praia que sempre é incrível e aproveitar pra ver de perto as novas tendências e shapes. Na última quinta-feira, a HOPE lançou sua coleção de verão 2018, HOPE Resort (maravilhosaaaa, por sinal!) com biquinis, saída de praia e maiôs com a modelagem Hope que a gente ama. As modelos Mariah Khenayfis e Lohana Ernandes fizeram a vitrine viva apresentando a linha beachwear e parando a Pelinca. (rs) A Hope lançou várias linhas de lingerie Limited Edition sensacionais, como a Skin, com tule e renda, num jogo de transparência sofisticado e moderno, e a pegada "Revele sua Pele" e "Love your body", este numa referência ao próprio corpo e a peça de lingerie (body). Que vou te contar ?!! Esta demais !!! Semana que vem tem mais surpresas com lançamento da coleção Whisper, assinada pelo top estilista Alexandre Herchcovich. Vem com tudo Hope, que nós estamos amando.

Ju Ribeiro e Suzye Gomes Eleonora e Glória Almeida

Av.Pelinca, 104 B - 2725.0730 Instagram: @hope.camposdosgoytacazes

Maira, proprietária da loja Beni

Flávia e equipe de vendas HOPE

Gerente Flávia e Jacqueline Lyria

Gerente Flávia, Erika Guerra e Tininha Moll

Estrias: saiba as causas, tratamentos e prevenção!

Dra Paula Marsicano CRM 52-815861

Estria é uma atrofia tegumentar adquirida que surge quando as fibras elásticas e colágenas (responsáveis pela firmeza da pele) se rompem e formam “cicatrizes”. As estrias ocorrem mais em mulheres. O aspecto das estrias iniciais são lesões lineares rosadas ou cor da pele, deprimidas ou discretamente elevadas e, na fase tardia, brancas com espessura e largura variáveis, sendo mais frequentes nas nádegas, coxas, abdome e costas. Não se sabe a causa, mas geralmente essas lesões aparecem após a distensão excessiva ou abrupta da pele que desencadeia uma inflamação e depois rompimento das fibras elásticas e colágenas. Podem ocorrer em situações como: crescimento rápido durante a puberdade, aumento excessivo dos músculos por exercícios físicos exagerados, colocação de expansores sob a pele ou próteses (de mamas, por exemplo), gravidez, obesidade, uso prolongado de corticosteroides tópicos, orais ou injetáveis e anorexia nervosa. O tratamento das estrias representa um desafio e os resultados nem sempre são satisfatórios. O ideal é que seja realizado logo que elas surjam, na fase em que são recentes e rosadas. Os tratamentos conhecidos podem ser feitos de forma isolada ou em associação, sempre com acompanhamento médico dermatológico: cremes com ácido retinoico, com ácido glicólico ou com vitamina C; microdermoabrasão; microagulhamento, vários tipos de luzes e laser. Os resultados dos tratamentos são variáveis, podendo tanto haver melhora importante quanto pouca alteração no aspecto. As estrias devem e podem ser evitadas. Um cuidado importante é controlar o ganho de peso, evitando que a pele sofra grandes distensões. O uso de cremes hidratantes, embora não haja evidência científica de correlação com a prevenção de estrias na gestação, é uma prática comum, sendo benéfica para a manutenção da qualidade da pele. Paula Marsicano Dermatologia Integrada

Rua Voluntários da Pátria 500 sala 108 Ed. Platinum Tel: 22 3026-1819

Clínica Perisse: Rua Salvador Corrêa 24 Tel 2738-2650

Clínica Pró-vida - Rua Barão de Miracema 167 / 22 2736 9800 Campos dos Goytacazes.RJ


PÁGINA

06

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

herminiasepulveda@yahoo.com.br “O álcool é um solvente muito potente. Dissolve: famílias, amizades, casamentos, contas de banco, empregos, neurônios, mas NUNCA os problemas.”

CASAMENTO DE PEDRO ASSED E THAÍS TEIXEIRA O Casamento do endocrinologista das estrelas Pedro Assed com a bonita Thaís Teixeira será às 19h do dia 28 de outubro na Paróquia Nossa Senhora da Paz, que fica em Ipanema no RJ. Ele é filho de Sérgio Pessanha Gonçalves e Célia Maria de Castro Assed e ela é filha de Sérgio Paes Fernandes e Tânia Cristina Monteiro Teixeira. A recepção será no Salão Nobre do Jockey Club Brasileiro. Eles passarão a noite no Copacabana Palace uma cortesia do amigo Amaro Leandro Barbosa e depois partem para a Lua de Mel em Portugal, um presente da mãe Célia. PERPETUANDO NOSSAS ORIGENS O cantor de Jazz campista Pericles Emmanuel, que mora no Alabama, criou um grupo na sua rede social chamado "GRANDES MESTRES DO MAGISTÉRIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES ARCHIVES", onde homenageia os nossos queridos professores. Nossa! Você viaja no tempo. Eu particularmente fiquei muito feliz, porque a minha saudosa mãezinha Heloiza Marinho Teixeira também foi homenageada com uma linda Noite de inauguração muito prestigiada: As irmãs Jacqueline e foto, onde ela está com seu acordeon. Tem também Faride Aiex Abdu Neme Foto Moacir Sales a minha primeira professora do Jardim de Infância no Instituto Santa Inês, Tia Giselda Aguiar. E muitos outros que passaram pela minha juventude. Lindo de se ver o saudosismo das pessoas que moram fora do nosso país, dando estes presentes para nós. Obrigada Pericles Emmanuel! MAMAS DO AMOR O que acho bacana sempre repasso para os meus leitores. Esta semana no programa da Ana Maria Braga, teve uma pauta sobre as Mamas do Amor, que são próteses mamárias externas feitas de alpiste e meia fina ¾, que são doadas às mulheres com câncer de mama que foram mastectomizadas. O projeto interessa às mulheres do mundo todo que não possuem prótese interna, ou não tiveram acesso à reconstrução de mamas através de processo cirúrgico. Nota 10! BABY A BORDO Faride Aiex Abdu Neme Maciel e Carlos Alberto Maciel estão muito felizes com a notícia de que serão avós brevemente. O filho Betinho Maciel Abdu Neme e a nora Karla Soares estão com os rostinhos iluminados de tanta alegria. Lindo de se ver!

Inauguração do Instituto de Medicina Nuclear de Campos: Os doutores Carlito Lessa, André Porto, Reinaldo Ottero e Diogo Neves com Martha Henriques no IMNEC, a Clínica com o equipamento mais avançado do RJ para exames de imagem.

A belíssima Noélia Cristina Alves na Ilha da Gigóia o paraíso escondido na Barra da Tijuca Maurício Arruda o famoso arquiteto e apresentador do Decora no canal GNT com Luciano Freitas

DESFILE DA COESA O estilista Nelcimar Pires está finalizando a produção dos convites, para o tradicional Desfile da COESA, que completa 19 anos consecutivos, sempre ajudando as 72 entidades afiliadas a este órgão. Será no dia 25 de outubro. Em breve anunciaremos o local. NIVER Os parabéns de hoje vão para Paulo André Chaves, Patrícia Galvão Almeida, Fernanda Siqueira Cardoso, Paula Farah e Mariangela Honorato. Amanhã para Elizabeth Netto Almeida, Valdebrando Mendonça Lemos, Laura Ferreira Paes, Ana Luiza Andrade, Ana Raquel Machado Campinho, Bonitona Gomes Barreto, Agnes Schneider, Erica Freitas, Percy Rangel, Ricardo Mendonça e Ricardo Frederico Alschefsky. Terça-feira para Priscila B Santana, a libanesa Minerva Saab, José Oliveira, Dyana Ribeiro, Júlia Almeida, Luiz Pereira, Roberto Macieira Filho, Keylla Gomes, Bruna Mayrink, Manoela Barroso e Deborah Cotrofe. Quarta-feira para Marianna Faria Siqueira, Benedito Ferreira Chami, Glauciene Botelho, Maria Cláudia Moura de Almeida e José Luís Cardoso Lopes. Quinta-feira para Alda Ribeiro Gomes de Miranda, Mônica Saramago, Elizabete Vieira Patrão, Cláudia Soares da Silva, Marcelo Peçanha e Ronaldo Elias. Sexta-feira para João José Carneiro, Victor Hugo Aquino de Azevedo, Letícia Viana, Ana Luiza Almeida, Edna Maria Caldas, Paulo Paiva, Milena Trindade Ramos e Filipe Chalita. Sábado para Norma Tognon P. Ferreira, Carlos Cunha, Rosaura Ribeiro Manhães, Tânia Salgado Monteiro, Adriana Queiroz, Carina Meirelles, Janaina Paes, Gizela Ramos, Álvaro Barros, Rosana Miranda, Jocinéa Ferreira de Abreu, Felipe Quintanilha, Martinha Oliveira, Matheus Patrão e Mauro de Andrade. Da coluna os votos de muita saúde e felicidades para todos.

Paulo Rubens Gomes Santos e Inês em noite de muita elegância

Campeão: A felicidade de Nélio Alves Jr. torcedor do Goytacaz Futebol Clube, que Veneza: Janir Stoduto de Carvalho sentindo o vento é a 5ª maior torcida do Estado do Rio, na vitória do seu time após 25 anos no seu rosto perfeito

Heloisa Beshara ladeada pelo casal amigo Lenilton Manhães e Rosaura Foto Vilson Correia

ANIVERSÁRIO Paulo Ferreira irá comemorar com os amigos nesta quarta-feira às 20h, os seus dois anos de vida nova pós-bariátrica, em um point da Pelinca. Parabéns garoto! LANÇAMENTO No dia 28 de outubro vai acontecer o lançamento do livro “Quem mexeu na minha identidade?” de Jean Assumpção, na Oficina La Pátria às 18h. Ele é autor também do livro "Escolhas - O livre arbítrio com o qual não sabemos lidar", que fez muito sucesso no ano passado. TRIBUTO A TOM JOBIM NO IBIRAPUERA Hoje, a Orquestra Bachiana Filarmônica SESI-SP, sob a regência do maestro João Carlos Martins, sobe ao palco no Auditório Ibirapuera com um concerto especial, e tem uma convidada especial: Sandy. Trata-se do Tributo a Tom Jobim que, a partir as 11h30, apresenta peças que homenageiam o maestro, compositor, pianista, cantor, arranjador e violinista, tido como uma das principais referências do movimento da bossa nova e mestre da MPB. O concerto marca a parceria inédita do maestro com a cantora Sandy, que participa nas músicas “Águas de Março”, “Corcovado” e “Chovendo na Roseira”. Entrada livre.

Dubai: Euderson Kang Tourinho e Ana Maria, Marcelo Ribeiro Gomes e Adriane, Waltinho Godoy e Dulce

Florença: Vera Lúcia Galvão Araújo na Ponte Vecchio

Turma boa na Croácia: Dircéa Caldas, Padre Jorge Guimarães, Alex Caetano, Regina Brito, Janir Stoduto, Rosane Tinoco e Marlene Nogueira

Silvana Siqueira fazendo exposição da sua beleza na Croácia

Europa 2017: Aída Siqueira, Marlene Nogueira e Rosane Tinoco super elegantes

Itália: Carlota Delbons em Pádua


o detran pegou a estrada para chegar até você. chegou o detran presente. habilitação, vistoria, documentos do carro, primeira e segunda via da carteira de identidade e muito mais. agora o detran rJ vai até você e sua cidade com todos os serviços para facilitar a sua vida. porque você merecia um atendimento assim. Muito Mais agilidade. Muito Mais qualidade. Muito Mais conforto.

detran rJ. o detran presente vai até você.


candinhovasconcellos@gmail.com

CANDINHO VASCONCELLOS

PÁGINA

08 08 A 14 DE OUTUBRO 2017

Silvia Bussade e Fernanda Montenegro aceitaram participar da campanha "Celebre a vida! Outubro Rosa - O Grupo IMNE apoia esta causa!" Cuide-se, previne-se

Arquitetura Inspirada

Com o objetivo de qualificar profissionais da arquitetura e design de interiores, o renomado arquiteto Maurício Arruda, apresentador do programa Decora, do GNT, esteve participando do 1º Fórum de Arquitetura e Design, acontecido nas dependências da Femac, na noite de quinta-feira. Arruda potencializou a importância da criação, de projetos criativos, com personalidade, charmosos, contemporâneos e com muito estilo, em fim, é trabalhar na fábrica das boas idéias. Após a palestra, os convidados puderam visitar os espaços decorados por arquitetos renomados de Campos. Edvar Chagas e Cicinha, Sid e Edvar Jr. Recepcionaram com coquetel supimpa e prosecco. Ambiente agradável, bem iluminado, recheado de mobiliários e adornos arrojados, sem falar na qualidade inquestionável da Sierra, tornando a Femac como a maior loja de decoração do Estado do Rio de Janeiro. Uma noite inspiradora! Inspire-se você também.

Beatrice Senechal posando especialmente para a coluna no seu espaço

Eliane Brasil elegantíssima

Flavia Paes no seu espaço elogiadíssimo

Renata Godoy de Freitas

A estrela da noite, o arquiteto Maurício Arruda. Aplaudidíssimo

Edvar Chagas e Edvar Jr. tem todos os motivos para comemorar o evento. A Femac está linda!

Babi Teixeira e Leonardo Pinheiro

Silvana Naked, Lia Mirian Aquino e Marcia Valeria Marins

Dr. Hebert Sidney Neves recebendo o renomado Dr. Paulo Niemeyer Filho no III Simpósio de Oncologia do NF.

André Porto, Reinaldo Ottero e Diogo Neves recebendo convidados para a inauguração da IMNEC, a mais nova clínica do Grupo IMNE com equipamentos mais avançados para exames de imagem.

Os noivos Viviane Mansur e Pedro Barbosa felizes com tudo. Os pais Aparecida e Frederico Barbosa e Rita e Antonio Coelho

Maria Lucia Carneiro ofereceu Chá de Panela para Thaís Fernandes. Tania Teixeira e Célia Assed adoraram

Tanira e Marcus Oliveira felizes com o sucesso do 2º Wedding Day no Pálace


Dia das crianças

As princes as Salma e Vivianni As sed Estefa n Rangel

il Antoniella Am

O Rei Arth ur Oliveira Emery Bra ndão

Os irmãos Alíc ia Soares May erhofer e Alex Mayerhofer andre Soares

A mini Diva Maria Julia Fernandes Melo - Maju Sant’ Ana ura Coutinho A modelinho La

A Fofuxa Alice Porto

Vitor Borges e Lorenzo Assef

Marcelo Hemerly

Paes lina Linhares A Gatinha Ange

ardoso im Valentina C ir M ef ch r te A Mas

O estilos o Arthur Luiz Nog ueira Do min-


Porque proteína emagrece?

Quando falamos em dieta para emagrecer, já pensamos em aumentar a ingestão de proteínas e diminuir a de carboidratos e gorduras, mas porque funciona? Será que pode gerar danos à saúde? Quando começar e quando parar? O corpo humano é uma máquina complexa e perfeita, onde em um indivíduo saudável, organismo está em homeostase( equilíbrio). Alimentação influência diretamente a síntese de hormônios, como por exemplo a insulina, que é produzida pelas células beta do pâncreas tem como fator de estímulo consumo de carboidratos. Então isso quer dizer quanto mais carboidratos  você consome, mais insulina terá que produzir, parte você usará para se manter vivo, outra parte será armazenado como sob a forma de glicogênio principalmente no fígado e músculos e o excesso em ácidos graxos( gordura).  Esses são um dos fatores que devem ser levados em consideração na prescrição das dietas. Excesso de carboidrato é ruim, como qualquer excesso, pois poderá  causar doenças como diabetes mellitus por exemplo, gerar problemas como dislipidemia( aumento da gordura no sangue) levando a doenças graves, porém  em doses adequadas os carboidratos tem funções importantes como evitar o catabolismos( perda de massa muscular) e a glicose é o único "combustível" para o sistema nervoso central, por isso quem radicaliza com dietas radicais,  pode se sentir mal, desmaiar, ficar irritado... Por isso não devemos retirar sem orientação. Com a queda da glicose sanguínea, entra em ação  outro hormônio o glucagon  que também é secretado pelo pâncreas nesse caso células alfa. Os efeitos no metabolismo dos carboidratos são: glicogenólise( a quebra de glicogênio hepático) e aumento gliconeogênese no fígado, esses efeitos aumentam a disponibilidade de glicose no sangue, fazendo com que você utilize suas reservas parar gerar energia. Esses são um dos fatores, para diminuirmos  os carboidratos da alimentação de quem busca emagrecer, lógico que existem outros fisiológicos, outros hormônios, atividade física e por aí vai!

A proteína também tem digestão um pouco mais difícil, a cada 100 kcal consumida você utilizará 25 kcal somente na digestão, além disso, tem efeito diurético e termogênico, porém em excesso e por longos períodos ao meu ver não é benéfico. Por isso é importante o acompanhamento Nutricional, onde você será avaliado, tanto nas necessidades fisiológicas, de trabalho, atividades físicas, em um momento poderemos aumentar as proteínas e outros diminuir, realmente é um sistema complexo, pode parecer simples em roda de amigos, academias, mas se entrarmos a fundo veremos que vai muito além! Inclusive o uso de aminoácidos em altas doses e por longos períodos, sem orientação pode fazer com que seu pâncreas trabalhe mais pode ser maléfica em pessoas que já tem um predisposição a ficar diabéticas, pelo esgotamento das células beta do pâncreas, mas esse assunto deixaremos para um outro dia. Por isso, procure sempre orientação profissional. “O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis” José de Alencar

Fiquem com Deus e até. Diego Motta Nutricionista ( 22) 99777-6869

Carolina Sanz

Breno Medeiros e Thais Chartuni Priscyla Bezerra

Jota Júnior.

Liliane Pimentel

Roberta Maria Pinto

Mauricio Zehure e Ronaldo Paixão

Francisco Cardoso e sua equipe de Kung Fu


PÁGINA

11

08 A 14 DE OUTUBRO 2017

FLOR DA PELE

Nós trocamos de pele durante toda a vida! Ando tanto à flor da pele... Que o arrepio corre nela sem parar... De repente perco o ar! Em prantos, sem saber o que fazer pelo mundo. As lágrimas correm sem caminho certo... Decerto escorrem pelo canto mais profundo. Não aceito quem me sele... Parece que não sou mais daqui! A fraqueza me corrompe em pequenos cortes O espírito não me responde e só pensa nas mortes... Preciso ser! Cadê a fortaleza. Por instantes perdi a beleza Do mundo em que vivo. Nesse estado é que me privo Do mundo em que insisto em viver...

O Sistema terceira Via engajado nas campanhas do Grupo IMNE.

Angelica De La Riva e seu belíssimo casamento na Espanha com Marcos de Quinto

Mariana Dias Bousquet mais linda em produção de Ricardo Bueno

Carlito Lessa, André Porto, Reinaldo Ottero, Diogo Neves e Martha Henriques. Resgatando a tradição do Grupo IMNE, foi lançado o IMNEC - Instituto de Medicina Nuclear de Campos. Uma alta tecnologia em Medicina Nuclear aliada a um atendimento de alta qualidade.

Lila Trindade Chalita é a perfeita primavera em flor!

Ludmila Lang a psicóloga do ONCOBEDA engajada nos movimentos do Outubro Rosa


PÁGINA

12 08 A 14 DE OUTUBRO 2017

@ju_ribeiros

O querido Edvar Jr.

Sempre elegantes: Lia Mírian Aquino e Silvana Naked.

Segura esse tiro de Ana Carolina Freitas. Beleza de sobra, né mores?!

Paolla Wolino sendo maravilhosa também em Buenos Aires.

Valéria Palhares estava iluminada, concordam?

Patrícia Moll valorizando ainda mais o cenário de Porto de Galinhas.

Trio animado: Renata Abílio, Calú Nogueira e Eliane Brasil.

Dupla talentosa: Bia Senechal e Lucas Beleza em dose tripla: Leila Félix, Meu time: Ricardo Bueno, Karla Barbosa. Ana Pellegrini e Júlia Rangel. Bernardes e Dimitri Vianna.

Geraldo Rangel e Monique Barcelos, casal bacana.

Lindas e iguais: Carol e Rosiléa Rocha.

Luciano Freitas, querido demais!

Gus & Vic Uma das surpresas musicais de 2017 atende pelo nome de Gus & Vic. Sucesso nas plataformas de música digital com meio milhão de plays, o duo carioca antecipa e mostra a amplitude de seu trabalho com o single “Another You”. A faixa é diferente de tudo que eles já fizeram previamente, e chega disponível nas plataformas de música digital e como clipe. Cool couple: Luan Almeida e Suzye Gomes.

O arquiteto Chico Almeida.

Adoro encontrar os queridos Babi Teixeira e Léo Pinheiro.

Jonathan Couto e Bel Aguiar, que está magérrima!

Eu, pra variar, amei ( amo tudo deles). Assiste aí e me fala!

Jornal terceira via ed55  
Advertisement