Page 1


tagv.pt


Temporada 2019/20

A temporada de 2019/20 abre um novo ciclo que pretende consolidar o TAGV como um espaço plural de cultura, reforçando parcerias, redes e associações, implicando de modo crescente projetos e pessoas na missão fundamental do teatro. Num passado não muito longínquo, as transformações tecnológicas e informativas prometiam uma sociedade do lazer e da cultura, que não se chegou a cumprir nos termos previstos. Pelo contrário, a perceção de que nos falta tempo e a abundância crescente de escolhas tornou mais premente o conhecido paradoxo more is less. Neste contexto, confrontados com o ruído e com a saturação da atenção, o TAGV assume caminhos

e opções, propondo ao público e a cada espetador individualmente experiências diferenciadas, no espaço e no tempo justos. O caminho que prosseguimos passará assim pelo contacto com o vivo das artes performativas, com a arte das imagens e das palavras, com a prática crescente da reflexão e do debate. A cada área corresponderá um caminho, propostas de programação e ações concretas. Entre o palco, o laboratório e o trânsito do Café TAGV, perscrutar o mundo como ele é ou podia ser.

Fernando Matos Oliveira Diretor


Samuel Úria + Mancines, Música, Sáb 02 Nov, 21H30 ©RitaCarmo

Selma Uamusse + A Jigsaw, Música, Sex 01 Nov, 21H30, ©RafaelBerezinksi

História da Loucura na Época Clássica de Michel Foucault Teatro/Projeto Educativo, Qui 19 Set, 18H30, ©brunosimao


VÃO, Erva Daninha, Circo Contemporâneo, Sex 04 Out, 21H30, ©SusanaChicó

Nouvelle Vague, 15th Anniversary Acoustic Música, Qui 05 Dez, 21H30

The Divine Comedy Música, Qui 08 Nov, 21H30

A Menina do Mar, Teatro/Projeto Educativo, Qui 24 Out, 14H30, 18H30 ©AlípioPadilha


12– 19 Set

PROJETO EDUCATIVO → QUI

18 Set

MÚSICA → QUA • 21H00 1H50 ENTRADA LIVRE

École des Maîtres

Orquestra de Macau

→ Curso internacional em Portugal com Angélica Liddell

Fundada em 1983, a Orquestra de Macau é uma das mais prestigiadas orquestras asiáticas. A Orquestra colabora regularmente com artistas e instituições de renome, como: Plácido Domingo, Krystian Zimerman, Boris Berezovsky, Leonidas Kavakos, Lang Lang, Sarah Chang, English National Ballet, Philadelphia Orchestra, Korean Chamber Orchestra, entre outros nomes. A Orquestra de Macau tem percorrido palcos desde a China, passando por Áustria, Suiça, EUA, Japão, Coreia e, agora, Portugal. Tem tido um papel crucial junto da comunidade, apostando no desenvolvimento de novos públicos para a música clássica.

Projeto de referência na programação do TAGV nos últimos anos e um dos projetos internacionais mais significativos de formação teatral avançada, a École des Maîtres conta a partir de 2019 com o Teatro Nacional D. Maria II como um dos seus organizadores. Esta edição decorre com o apoio de quatro países europeus – Bélgica, Itália, França e Portugal – e tem como objetivo relacionar artistas europeus com idades entre os 24 e os 35 anos, oriundos de escolas de teatro europeias e com experiência profissional, com encenadores de renome internacional. A edição deste ano é orientada pela dramaturga, encenadora e atriz espanhola Angélica Liddell, tem início em Udine, e prossegue com etapas de trabalho e apresentações públicas nas diversas cidades europeias do projeto: Udine, Roma, Lisboa, Coimbra, Bruxelas e Caen. Direção de Angélica Liddell Curso “Historia de la Locura en la Época Clásica” de Michel Foucault. El nervio del sapo Curso no Teatro Nacional D. Maria II (12 a 15 setembro) Curso no TAGV (16 a 19 setembro) Parceiros do Projeto e direção artística CSS Teatro stabile di innovazione del Friuli Venezia Giulia (Itália), CREPA – Centre de Recherche et d’Expérimentation en Pédagogie Artistique (CFWB/Bélgica), Teatro Nacional D. Maria II, – Teatro Académico de Gil Vicente (Portugal), La Comédie de Reims – Centre Dramatique National, Comédie de Caen – Centre Dramatique National de Normadie (França) Com o apoio de MiBAC – Direzione Generale Spettacolo dal Vivo – Regione Autonoma Friuli Venezia Giulia – Direzione centrale cultura, sport e solidarietà (Itália) Com a participação da Accademia Nazionale d’Arte Drammatica Silvio d’Amico, Short Theatre, Teatro di Roma, ERPAC – Ente Regionale Patrimonio Culturale Friuli Venezia Giulia (Itália); Théâtre de Liège – Centre européen de création théâtrale et chorégraphique, Centre des Arts scéniques, Ministère de la Communauté française – Service général des Arts de la scène, Wallonie-Bruxelles Internacional (CFWB/Bélgica); Ministère de la Culture et de la Communication, Fonds d’Assurance Formation des Activités du Spectacle (França); Universidade de Coimbra (Portugal)

6⁄32

Diretor artístico Lu Jia Solista Clara-Jumi Kang Participação Orquestra Clássica do Centro Parceria Orquestra Clássica do Centro, TAGV Local Pavilhão Centro de Portugal


TEATRO PROJETO EDUCATIVO QUI • 18H30

19 Set M18 ENTRADA GRATUITA

©brunosimao

História da Loucura na Época Clássica de Michel Foucault

Direção de Angélica Liddell → École des Maîtres

Direção de Angélica Liddell Assistente Sindo Puche Interpretação Federico Benvenuto, Marco Ciccullo, Ksenija Martinovic, Nika Perrone (Itália), Delphine De Baere, Clément Papachristou, Gawel Seigneuret, Olivia Smets (Bélgica), Guillaume Costanza, Olga Mouak, Gonzague Van Bervesseles (França); João Gaspar, Marina Leonardo, Rita Morais, Miguel Ponte (Portugal) Apresentação Teatro Nacional D. Maria II (15 setembro) Local auditório TAGV

Loucura/Exclusão/Enclausuramento/Castigo/Santidade Estes são os estados a explorar. Uma dramaturgia que exige um caminho de fratura da razão, que não é mais que a rebelião contra um mundo afastado do espírito e do mistério. A glossolalia como linguagem. A vocalização de sílabas sem qualquer significado compreensível, uma linguagem inspirada pelo divino e desconhecida do orador. Angélica Liddell fundou a Companhia Atra Bilis Teatro, em 1993, com a qual já criou mais de 25 espetáculos distinguidos com diversos prémios internacionais. Os seus textos já foram traduzidos para diferentes línguas. Em 2017, foi condecorada com o título de Cavaleiro das Artes e das Letras do Ministério da Cultura francês. O seu último espetáculo, "The Scarlet Letter", encontra-se em digressão até 2020. 7⁄32


21 Set

MÚSICA → SÁB • 21H30 1H00 8€/6€*/4€**

Abertura Sinfónica do Ano Letivo da UC → Orquestra Académica da Universidade de Coimbra A Orquestra Académica da Universidade de Coimbra (OAUC) apresenta-se pela quarta vez na abertura do ano letivo da Universidade de Coimbra. Neste concerto, a orquestra apresenta obras de Joly Braga Santos, Jean Sibelius, e do famoso compositor austríaco Franz Schubert. A sua Sinfonia nº 8, apesar de incompleta, é uma das mais icónicas sinfonias da música orquestral. A OAUC, fundada em 2016, é uma orquestra sinfónica composta por e para os elementos da comunidade universitária. Formada e organizada por estudantes e colaboradores da UC, proporciona um espaço de interpretação de música sinfónica portuguesa e do mundo. Maestros André Granjo, Leandro Alves Produção Tuna Académica da Universidade de Coimbra Apoio à produção Instituto Português do Desporto e da Juventude A Orquestra Académica da Universidade de Coimbra tem o apoio do Santander Universidades Concerto no âmbito da Abertura do Ano Letivo da Universidade de Coimbra Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias ** Estudante UC, Músico OAUC

23 Set

CINEMA → SEG • 15H00 18H30 • 21H30 5€/3,5€*

Cinema à Segunda

30 Set

Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias (sessões 18h30 e 21h30), €3,5 (preço único sessões 15h00) + Info em tagv.pt & newsletter

8⁄32

O Bairro da Tabela Periódica marionet

A ação divide-se entre uma sala de aula (de química, pois claro!) e uma reunião de condomínio da tabela periódicanuma analogia entre os elementos da tabela e os blocos de um bairro habitacional - onde os intérpretes personificam elementos químicos, cujas características, inevitavelmente, se cruzam com as propriedades dos elementos que representam. Em ambos os espaços, divertida e construtivamente, fala-se de história, canta-se ópera, explora-se a química e debate-se a atualidade. No ano em que se comemora o 150.º aniversário da criação da Tabela Periódica - proclamado pela Assembleia Geral das Nações Unidas como Ano Internacional da Tabela Periódica - a marionet foi convidada pela Sociedade Portuguesa de Química e pelo Professor Manuel João Monte, autor do livro “O Bairro da Tabela Periódica”, para levar a cena um espetáculo de teatro baseado nesta obra.


TEATRO PROJETO EDUCATIVO QUI–SEX • 15H00 21H30

26 Set 27 Set 1H25 • M12 5€/3€*

Texto Manuel João Monte Encenação Mário Montenegro Interpretação Diana Narciso, Filipe Eusébio, Mafalda Canhola, Miguel Lança, Nuno Geraldo, Pedro Lamas, Tânia Cardoso Cenografia, figurinos, adereços, imagem Pedro Andrade Música, sonoplastia Marcelo dos Reis Iluminação, direção técnica João Teixeira Produção marionet Produção executiva, comunicação Francisca Moreira Apoio TAGV, Teatro Helena Sá e Costa, Câmara Municipal de Oeiras Espetáculo integrado no Programa oficial de comemorações do Ano Internacional da Tabela Periódica, apresentada em 1869 por Dmitri Mendeleiev Local auditório TAGV * Estudante Entrada gratuita Escolas — a partir do 9.º ano — mediante reserva informações tabelaperiodica@spq.pt

9⁄32 9⁄32


01 Out

LABORATÓRIO LIPA → TER • 18H30 1H30 ENTRADA GRATUITA

Épico de Gilgameš Leitura dirigida por Francisco Luís Parreira → Clube de Leitura Teatral O poema terá produzido no mundo pré-clássico e nas civilizações do Próximo Oriente uma impressão profunda: tornou-se o primeiro texto da história da literatura a ser massivamente traduzido e adaptado localmente. Francisco Luís Parreira, que assina a tradução de “Épico de Gilgameš”, como autor e dramaturgo, tem colaborado com diversas companhias e instituições artísticas nacionais. Traduziu, para a cena ou para edição, entre outros, Beckett, Büchner, Yeats, Bernhard e Pinter. Francisco Luís Parreira é o convidado para dirigir a sessão do Clube de Leitura Teatral, a iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. “Épico de Gilgameš” Tradução Francisco Luís Parreira Coordenação Clube de Leitura Teatral António Augusto Barros, Fernando Matos Oliveira Coprodução A Escola da Noite, TAGV Iniciativa integrada no LIPA — Laboratório de Investigação e Práticas Artística Local TAGV Inscrições para leitores ↓ clube.leitura.teatral@gmail.com

01 Out

EDIÇÕES → QUI • 18H00 1H00 ENTRADA LIVRE

Fixar o (in)visível: Os Primeiros Passos do RAP em Portugal (1986-1998) → Apresentação do livro de Soraia Simões Entre a segunda metade da década de oitenta e a primeira metade da década de noventa, o RAP assumiu quase uma missão na cultura popular. À medida que a pesquisa e o envolvimento com os protagonistas se desenvolveram, deparei-me com um conjunto de letras e de ideias transmitidas nestes anos que não estavam relatadas nem no discurso público sobre este domínio das música e cultura populares nem no campo científico dedicado ao estudo deste universo. Este momento inicial de afirmação do RAP na cultura e sociedade portuguesas ficou também marcado por um conjunto de outras desigualdades, como as relacionadas com a condição feminina, também aqui exercidas. A subvalorização que verifiquei nas análises que foram realizadas acerca destes primeiros anos, ou seja, a não inscrição dos assuntos relatados nos repertórios e discursos falados das primeiras rappers, como a violência com base no género e o sexismo, motivou a introdução deste tema na pesquisa. Inscrições para leitores ↓ clube.leitura.teatral@gmail.com

MÚSICA → TER • 22H00

— Soraia Simões

1H30

Edição Caleidoscópio Apresentação Jorge Ferreira, Susan de Oliveira Convidado/música ao vivo Rapper Muleca XIII Local Café TAGV

Dog’s Bollocks Concerto Powered by Coimbra em Blues, Festival Internacional de Blues de Coimbra → Dia Mundial da Música A banda portuguesa é composta por 2 elementos (duas guitarras, voz e meia bateria) e movem-se livremente entre os blues e o rock n roll, destilando influências que vão de Jack White a Legendary Tigerman e tudo o que há no meio. Têm um repertório composto maioritariamente por originais. Produção Trovas Soltas, Luckyman, Café TAGV, TAGV Local Café TAGV

10⁄32

03 Out


04 Out 1H00 • M12 7€/5€*

Direção artística Vasco Gomes Cocriação, interpretação Leonardo Ferreira, Vasco Gomes Assistência de direção, conceção plástica Julieta Guimarães Composição Sonora Baltazar Molina Iluminação Romeu Guimarães Fotografia Susana Chicó Vídeo Ashleigh Georgiou Produção Julieta Guimarães Coprodução 2018/19 – Bolsa Criação Rede 5 Sentidos República Portuguesa – Cultura/Direção-Geral das Artes, Bolsa 5 Sentidos/Centro de Arte de Ovar, Centro Cultural Vila Flor, Espaço do Tempo, Teatro Académico de Gil Vicente, Teatro Micaelense, Teatro Municipal da Guarda, Teatro Municipal do Porto, Teatro Nacional São João, Teatro Viriato, Teatro Virgínia Local auditório TAGV (lotação limitada) * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

VÃO

©SusanaChicó

CIRCO CONTEMPORÂNEO SEX • 21H30

Erva Daninha

Este espetáculo cruza dois criadores, Vasco Gomes, malabarista e diretor artístico da Erva Daninha, e Leonardo Ferreira, acrobata recém-formado pelo CNAC (FR). Um encontro de duas gerações, técnicas e experiências distintas. “O dia começa sem ocorrências, ambas as vias estão desimpedidas, sem transito nem acidentes, circule com precaução, mantenha a distância. Seja prudente.” Uma linha no espaço vazio, uma faixa na paisagem. Indica a direção, o sentido e a saída. Um percurso vazio cheio de acontecimentos inesperados. Um espaço laboratório onde o real e o imaginário se cruzam. Superar o vão, ascender ao abismo, superar a queda, rasteirar o destino e continuar o ciclo. Uma investigação sobre o percurso, o trajeto e a transformação do corpo nas adversidades do caminho. Uma estrada de sentido único congestionada de informação, de influência, de ilusão e tempestades interiores que colocam estes dois personagens em cooperação e conflito. Realidade da ilusão. Um espetáculo de circo contemporâneo onde o risco e a ilusão nos conduzem através da acrobacia e manipulação de objetos desafiando o espetador num ambiente intenso e imprevisível. 11⁄32


©CláudiaMorais

PROJETO EDUCATIVO

07 Out

CINEMA → SEG • 15H00 18H30 • 21H30

05 Out

5€/3,5€*

SÁB • 10H30

14 Out

21 Out

Festa da Praça Os vizinhos da Praça da República juntam-se e celebram o Dia da República. Durante o dia, as portas estão abertas com um programa que convida a entrar nos espaços culturais, académicos, comerciais da Praça. Um convite aberto a todos sem exceção. É um dia de Festa. O programa inclui teatro para a infância, cinema de animação, música, poesia, visitas aos bastidores de alguns dos vizinhos, debate, mercado e um piquenique bem no centro da Praça. 12⁄32

28 Out

Cinema à Segunda Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias (sessões 18h30 e 21h30), €3,5 (preço único sessões 15h00) + Info em tagv.pt & newsletter


TEATRO/DANÇA SEX • 21H30

11 Out 1H30 • M12 7€/5€*/3,5€**

Texto Marta Buchaca Direção José Luis Arellano García Interpretação Raquel Arroyo, Cristina Bertol, Neus Cortès, Ana Escriu, Yolanda Fernández, Cris Gallego, Helena Lanza, Laura Montesinos, María Romero, María Valero, Cristina Varona Luz Juanjo Llorens (AAI) Cenografia e guardaroupa Silvia de Marta Música e espaço sonoro Luis Delgado Vídeo Álvaro Luna (AAI), Elvira Ruiz Zurita Coreografia Andoni Larrabeiti Caracterização Sara Álvarez Direção do projeto David R. Peralto Direção de produção Olga Reguilón Direção técnica David Elcano Direção de comunicação José Luis Collado Direção de digressão Álvaro Lavín Produção em digressão Nuria Chacón Equipa técnica Iván Belizón, Raquel López Agradecimento Patricia Chamorro, María Gómez Calcerrada, voluntarios de LaJoven Organização Mostra Espanha 2019 Acción Cultural Española (AC/E), Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo (AECID), Embaixada de Espanha em Portugal, Ministerio de Cultura y Deporte de España, República Portuguesa - Cultura, V Centenario 1ª Vuelta al Mundo * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias. ** escolas — mediante reserva, informações bilheteira@tagv.uc.pt

Playoff

(Estreia Nacional) LaJoven Compañía (ES) Mostra Espanha 2019

Sete mulheres. Um campo de futebol. O jogo mais importante das suas vidas. “Playoff” é uma tragicomédia de Marta Buchaca dirigida por José Luis Arellano García que decorre no balneário de uma equipa de futebol feminino. A obra reflete sobre o papel da mulher e do desporto feminino numa sociedade que manifesta “ainda um machismo feroz em muitos âmbitos”. No balneário acontecem as invejas, os sonhos e os medos de raparigas em que o único desejo é viverem a sua paixão. 13⁄32


12 Out

CINEMA EM FAMÍLIA → SÁB • 11H30 5€*/3,5€

Cinema de Animação Local auditório TAGV * Famílias 1 bilhete é válido para 1 adulto + 1 criança até aos 12 anos + Info em tagv.pt & newsletter

14⁄32

20.ª Festa do Cinema Francês


CINEMA TER–SÁB 10H30 • 15H00 18H30 • 21H30 0H00 (18 OUT)

15 Out 19 Out

22 Out

MÚSICA → TER • 22H00 1H30

The Smokestackers Concerto Powered by Coimbra em Blues → Festival Internacional de Blues de Coimbra Os The Smokestackers surgem de uma conversa num estúdio e de um gosto em comum - os Blues. Sempre com as raízes do mesmo em cena, o duo formado por João Belchior e Diogo Mão de Ferro, representam a imagem e sentimento dos Blues, num reportório que abrange o tradicional e canções mais atuais. Em formato acústico, com umas notas de slide guitar e uma harmónica, e vozes que cantam essas letras já tantas vezes passadas de geração em geração. Produção Trovas Soltas, Luckyman, Local Café TAGV

Organização Institut Français du Portugal, Embaixada de França, Serena Productions Parceria Alliance Française de Coimbra, Cinemateca Portuguesa, TAGV

A Festa do Cinema Francês privilegia o encontro com a vitalidade e diversidade da produção ou coprodução francesa nos diferentes géneros, mas também o reencontro com filmes que fazem parte do património cinematográfico mundial. É também o momento de celebrar a cooperação cinematográfica franco-portuguesa feita de partilha e conhecimento mútuo que se tem cimentado ao longo dos anos, criando um espaço/tempo de encontros e diálogos profissionais. 15⁄32


TEATRO PROJETO EDUCATIVO QUI 14H30 • 18H30

24 Out 45M • M6 8€/6€** Texto Sophia de Mello Breyner Andresen Por Edward Luiz Ayres d’Abreu, Ricardo NevesNeves, Martim Sousa Tavares Música Edward Luiz Ayres d’Abreu Encenação Ricardo NevesNeves Interpretação Ana Valentim, Catarina Rôlo Salgueiro, Nuno Nolasco, Rafael Gomes, Teresa Coutinho Músicos Ensemble MPMP Bethany Carmo (oboé e corne inglês), Miguel Costa (clarinetes), Miguel Polido (saxofones), Ricardo Santos (fagote), Fernando Brites (acordeão), Daniel Bolito (violino), Francisca Fins (violeta), Catarina Távora (violoncelo), Miguel Menezes (contrabaixo) Cenografia Henrique Ralheta Direcção musical Martim Sousa Tavares Produção MPMP e Teatro do Eléctrico Coprodução LU.CA, Câmara Municipal de Lagos, Câmara Municipal de Loulé, Câmara Municipal de Guimarães, Teatro Municipal de Ovar, Galeria da Biodiversidade, Teatro Municipal do Porto Local auditório TAGV

16⁄32

Por Edward Luiz Ayres d’Abreu, Ricardo Neves-Neves, Martim Sousa Tavares → Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) Um dos títulos mais amados de Sophia transforma-se em conto musical, com atores e músicos a percorrer a história de uma menina que vive no mar – curiosa pela vida em terra –, de um menino que vive em terra – curioso pela vida no mar – e do encontro improvável entre estes dois mundos… Não faltarão nesta fantasia um simpático peixe clarinetista, um desconfiado caranguejo saxofonista, um misterioso polvo fagotista e tantos outros seres fantásticos, reunidos sob o olhar grave do contrabaixista, o Rei do Mar… Será possível chegar a um acordo para que vivam todos em harmonia?

©AlípioPadilha

* < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias escolas — mediante reserva, informações bilheteira@ tagv.uc.pt ** escolas a partir dos 6 anos — mediante reserva, informações bilheteira@ tagv.uc.pt

A Menina do Mar


MÚSICA SEX • 21H30

25 Out 1H15 • M6 12€/10€*

Fred Frith Trio (EUA)

Encontros Internacionais de Jazz de Coimbra → 17.º Festival Jazz Ao Centro

Guitarra eléctrica, voz Fred Frith Baixo elétrico Jason Hoopes Bateria, percussão Jordan Glenn Produção Jazz Ao Centro Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

Fred Frith continua a explorar o formato trio, voltando aos discos e aos concertos com Jason Hoopes (baixo) e Jordan Glenn (bateria). “Closer to the Ground” (Intakt, 2018) assenta na simplicidade dos métodos e a atenção dos músicos está dedicada ao som, às texturas, aos pequenos motivos que vão emergindo e se consolidam, formando uma atmosfera convidativa e lúdica, mesmo quando as abordagens dos instrumentistas vão para além do convencional (o que acontece frequentemente). Sendo este trio uma “working band”, ressalta que a simplicidade (real ou aparente) resulta do tempo que todos os temas tiveram para ser absorvidos pelos elementos do grupo. Em muitos momentos, torna-se impossível distinguir entre partes escritas e partes totalmente improvisadas. Nunca se perde, porém, a coerência global, para a qual contribui certamente o virtuosismo dos três. Numa tour que celebra o septuagésimo aniversário de Fred Frith, trata-se de uma oportunidade única de ver um dos mais notáveis instrumentistas e compositores dos últimos 50 anos, no palco do TAGV. 17⁄32


30 Out

CINEMA → QUA • 15H30 18H30 • 21H30

31 Out

MÚSICA → QUI • 21H30 1H30 • M6 12€/10€*

ENTRADA LIVRE

Sessões do Carvão — O Cinema Falado — O Cinema Falado → A Autoria no Cinema — Mostra de Cinema Documental Brasileiro Evento de um dia, numa parceria LIPA/TAGV que traz à Universidade de Coimbra a Investigadora e Professora Cecilia Sayad (University of Kent) juntando uma comunicação académica, o debate crítico e uma mostra de cinema documental de autores brasileiros de uma nova geração, tendo como transversal a ideia da autoria no cinema e da figura do autor enquanto presença assumida no resultado fílmico. Com esta nova série de Sessões do Carvão, pretende gerar-se discussões críticas sobre o cinema, valorizando o cruzamento entre a investigação e a prática, a experiência e o discurso.

Comunicação + filme

15H30 Convidada Cecilia Sayad (University of Kent) — Autoria como Performance As Últimas Conversas de Eduardo Coutinho (2015)

A auto-inscrição do autor

18H30 Convidado Sérgio Dias Branco (UC/ CEIS20/IFILNOVA) Boca de Fogo de Luciano Perez Fernandez (2017, 17’) Abissal de Arthur Leite (2016, 17') O Futebol de Sérgio Oskman, Carlos Muguiro (2015, 1h10) Conversa pós-filmes

O Autor e o País

21H30 Convidada Michelle Sales (CEIS20/ UFRJ) Travessia de Safira Moreira (2017, 4') Brasil de Letícia Simões (2018, 9') Quem Matou Eloá? de Lívia Perez (2015, 25') Por Detrás da Linha de Escudos de Marcelo Pedroso (2017, 1h40) Conversa pós-filmes Coordenação A Autoria no Cinema — Mostra de Cinema Documental Brasileiro Luísa Neves Soares Coordenação Sessões do Carvão Sérgio Dias Branco, Luísa Lopes Produção Faculdade de Letras da UC (Curso de Estudos Artísticos e Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas/LIPA), TAGV Local auditório TAGV

18⁄32

João Só Só 10 Anos → Com Bárbara Tinoco (1.ª parte) e os convidados André Sardet e Os Quatro e Meia Só 10 anos, que passaram a correr. Quero festeja-los como deve ser em palco, com a minha banda, amigos e algumas surpresas. Está na altura de passar um pente fino nestes 10 anos de canções e escolher uma ementa musical verdadeiramente gourmet, para que a festa seja rija e o cliente saia satisfeito e de sorriso na cara. Para quem viu e ouviu e para quem chegou agora, foram Só os primeiros 10 anos. — João Só Voz e guitarra João Só Bateria Ivo Santos Baixo David Matos Piano Helder Godinho Guitarra Nuno Simões Produção Primeira Linha Local auditório TAGV, * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

MÚSICA SEX • 21H30

01 Nov 2H00 (C/INTER.) • M6 18€/15€*/30€**/25€**

Selma Uamusse + A Jigsaw

Festival Lux Interior


Até há pouco tempo, a voz de Selma Uamusse era uma voz do gospel, da música soul, do jazz e até do rock’n’roll. Era essa a música que lhe ouvíamos, mas também a música que a cantora se achava com legitimidade para cantar. Precisou de viajar até Moçambique para se reconhecer na música do sítio onde nasceu, para perceber como o corpo lhe estremece ao escutar a música tradicional daquele imenso país, e para concluir como, na impossibilidade honesta de poder assumir essa tradição como sua, inventar uma outra, uma forma pessoal de se relacionar com essas raízes. O Festival Lux Interior será o palco para a apresentação da edição em vinil de “Mati”, o seu hipnótico álbum de estreia a solo, que ostenta o selo da Lux Records.

Produção Lux Records, Blue House Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥10, desempregado, parcerias ** assinatura Festival Lux Interior no TAGV

Foi há quase 20 anos que os A Jigsaw começaram a fazer canções. Profundamente inspirados pela música popular norte-americana, João Rui e Jorri deitaram mãos ao fascinante legado da folk, da country e do blues. Desde cedo foram apurando uma alquimia que os tornou populares em Portugal e além-fronteiras, motivando elogios da imprensa internacional. Com quatro álbuns editados, os seus espetáculos ao vivo são marcados pelo imaginário da mitologia sulista dos Estados Unidos, e pela forma como os músicos multi-instrumentistas ajudam a tornar real esse quadro de fantasia. O quinto álbum dos A Jigsaw (outubro de 2019) tem o selo da Lux Records.

©RafaelBerezinksi

©Mutante

19⁄32


MÚSICA SÁB • 21H30

02 Nov 2H00 (C/INTER.) • M6 18€/15€*/30€**/25€**

Samuel Úria + Mancines Festival Lux Interior

Com uma proveniência marcada pelo punk, pelo rock’n’roll e pela estética low-fi, Samuel Úria tem ganho notoriedade desde 2008, altura em que, entre edições caseiras e concertos em que apenas se acompanhava pela guitarra acústica, se deu a conhecer. Singular na língua materna, singular nas melodias e singular na relação com o público, aos poucos se gerou o culto e assomou a expetativa, consagrando Samuel Úria como o mais interessante cantautor do século XXI português. ©RitaCarmo

A primeira parte do concerto será assegurada pelos conimbricenses Mancines, para quem Samuel Úria escreveu a letra da canção “O Poço”, gravada para o próximo disco de originais da banda. As vozes de Raquel Ralha (Wraygunn, Belle Chase Hotel, Azembla’s Quartet, The Twist Connection) e Toni Fortuna (D3o, Tédio Boys, M’as Foice) juntam-se a Pedro Renato (Belle Chase Hotel, Azembla’s Quartet) e Gonçalo Rui (produtor musical e guitarrista) para uma viagem cinematográfica, sem guia turístico, pelas bandas sonoras dos anos 60 e 70. ©BrunoPires

Produção Lux Records, Blue House Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥10, desempregado, parcerias ** assinatura Festival Lux Interior no TAGV

20⁄32


04 Nov

CINEMA → SEG • 15H00 18H30 • 21H30

05 Nov

5€/3,5€*

LABORATÓRIO LIPA → TER • 18H30 1H30 ENTRADA LIVRE

O Rei da Vela Leitura dirigida por António Mercado → Clube de Leitura Teatral

11 Nov

A importância e a força de "O Rei da Vela" pode ser medida pela dupla condição de marco cultural que a obra possui. Escrita em 1933, foi pioneira na aplicação ao teatro dos conceitos mais radicais do vanguardismo estético defendido por Oswald e seus colegas desde a Semana de Arte Moderna de 1922. Encenada apenas em 1967 pelo grupo teatral Oficina, sob a direção de José Celso Martinez Correa, também causou uma verdadeira revolução na arte dramática brasileira.  António Mercado é o convidado para dirigir a sessão do Clube de Leitura Teatral, a iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia. “O Rei da Vela" de Oswald de Andrade Coordenação Clube de Leitura Teatral António Augusto Barros, Fernando Matos Oliveira Coprodução A Escola da Noite, TAGV Iniciativa integrada no LIPA — Laboratório de Investigação e Práticas Artística Local Teatro da Cerca S. Bernardo inscrições para ↓ leitores clube.leitura.teatral@gmail.com

06 Nov 18 Nov Cinema à Segunda Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias (sessões 18h30 e 21h30), €3,5 (preço único sessões 15h00)

POESIA → QUA • 22H00 1H00 ENTRADA LIVRE

declAMAR Poesia Especial Aniversário/Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) O declAMAR Poesia, evento dinamizado por um coletivo de cinco leitores de poesia (Catarina Matos, Lurdes Telmo, Olga Coval, Rui Amado e Vanda Ecm). Para cada sessão é definido um tema e apresentado um alinhamento inicial de poetas e poemas. Seguese um período de microfone aberto ao público para quem queira ler poemas próprios ou alheios.

+ Info em tagv.pt & newsletter Local Café TAGV

21⁄32


07 Nov

MÚSICA → QUI • 22H00 1H30

Little Hands Trio

MÚSICA SEX • 21H30

08 Nov 1H30 • M6 30€ (PLATEIA) 26€ (BALCÃO)

Concerto Powered by Coimbra em Blues → Festival Internacional de Blues de Coimbra Projeto musical Little Hands blues trio é um projecto musical que reúne desde os clássicos blues até ao funk rock e a fusão. É composto por José Carlos Mãozinhas (voz e guitarra); Albano Fonseca (baixo); Miguel Fernandes (bateria). Momentos de improviso e interação entre os músicos criam ambientes onde se aborda a música com linguagens diferentes jazz e fusão conseguindo chegar a um publico mais exigente!

Produção Trovas Soltas, Luckyman, Local Café TAGV

The Divine Comedy 22⁄32


Produção House Of Fun Local auditório TAGV

Regressam a Portugal em novembro para três concertos inseridos na digressão europeia de apresentação de “Office Politics”, o novo álbum que sucede o tão aclamado “Foreverland” (2016). “Office Politics”, com data de lançamento no dia 7 de junho, é composto por 16 temas inventivos e intemporais. Em novembro, três salas portuguesas emblemáticas vão receber a banda irlandesa liderada por Neil Hannon: Aula Magna (Lisboa), TAGV (Coimbra) e Theatro Circo (Braga).

Regressam a Portugal para três concertos inseridos na digressão europeia de apresentação de “Office Politics”, o novo álbum que sucede o tão aclamado “Foreverland” (2016). “Office Politics”, com data de lançamento no dia 7 de junho, é composto por 16 temas inventivos e intemporais. Em novembro, três salas portuguesas emblemáticas vão receber a banda irlandesa liderada por Neil Hannon: Aula Magna (Lisboa), TAGV (Coimbra) e Theatro Circo (Braga).

09 Nov

CINEMA EM FAMÍLIA → SÁB • 11H30 5€*/3,5€

Cinema de Animação Local auditório TAGV * Famílias 1 bilhete é válido para 1 adulto + 1 criança até aos 12 anos + Info em tagv.pt & newsletter

23⁄32


Coimbra em Blues

MÚSICA SEX-SÁB • 21H30

15 Nov

→ Festival Internacional de Blues de Coimbra

16 Nov M12 30€*/20€

Portuguese Pedro (PT) SEX • 15 NOV O novo projeto de Pedro Serra, um talentoso músico de renome, DJ e locutor do único programa de rádio em Portugal inteiramente dedicado à estética musical dos anos 40' e 50'. É exatamente uma viagem por estas sonoridades retro que sugerem os slaps do contrabaixo e os riffs de guitarra compostos por Portuguese Pedro evocando os sons roots de Hank Williams ou Jonhy Cash. Portuguese Pedro traça um percurso desde o country ao rockabilly. Somos facilmente coagidos a bater o pé ao som do bop e do rock n’ roll inundados pelo vintage de Portuguese Pedro que revela e reflete o lifestyle do próprio artista.

Chino & The Big Bet (ES) SEX • 15 NOV Nos últimos anos, Chino tornou-se um dos mais ativos representantes da cena do blues e swing de Barcelona, com o seu inconfundível estilo de slide Guitar . Com a sua banda, The Big Bet, formada por Rod Deville, contrabaixo, e Giggs Nother na bateria, já deixou a sua marca em festivais da Europa. duração aprox 2h40 c/intervalo

24⁄32


Produção House Of Fun Apoio Hotel Ibn-Arrik Local auditório TAGV * Assinatura Festival Coimbra em Blues

Martin Harley (GB) SÁB • 16 NOV Martin Harley, exímio guitarrista, cantor e compositor, é um dos valores do blues acústico que passou a fronteira de novo talento para artista de reputação mundial. Em 2019, Martin Harley foi nomeado para os UK AMERICANA AWARDS, prémio de melhor instrumentista do ano. Como o próprio Martin explica: música simples, honesta e direta, sem overdubs gravado numa sala de som aconchegante, com os melhores microfones e alguns amigos.

Shirley King (EUA) SÁB • 16 NOV Ser a filha de B.B. King, granjeou-lhe o título de “Daughter of the Blues,” mas Shirley é uma cantora e uma performer extraordinária. duração aprox 2h40 c/intervalo

25⁄32


20 Nov

CINEMA → QUA • 20H30

22–30 Nov

CINEMA → SEX-SÁB

1H34 • M12 ENTRADA LIVRE

Sessões do Carvão — O Cinema Falado

25.º Caminhos do Cinema Português

Quando chegou ao outro lado da ponte, os fantasmas vieram ao seu encontro. Este célebre intertítulo de "Nosferatu" abre as portas do cinema fantástico. A primeira e mais célebre adaptação do romance de Bram Stocker, “Drácula” e uma das máximas obrasprimas da história do cinema.

Coorganização Caminhos do Cinema Português – Associação de Artes Cinematográficas de Coimbra, Centro de Estudos Cinematográficos da Associação Académica de Coimbra

Com esta nova série de Sessões do Carvão, pretende gerar-se discussões críticas sobre o cinema, valorizando o cruzamento entre a investigação e a prática, a experiência e o discurso. "Nosferatu, o Vampiro" de Friedrich Wilhelm Murnau Origem Estónia, 1922 Conversa pós-filme Abílio Hernandez Cardoso Coordenação Sessões do Carvão Sérgio Dias Branco, Luísa Lopes Produção Faculdade de Letras da UC (Curso de Estudos Artísticos e Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas/LIPA), TAGV Local Sala do Carvão — Casa das Caldeiras

03 Dez

LABORATÓRIO LIPA → TER • 18H30 1H30 ENTRADA LIVRE

Laboratório de Escrita para Teatro/TNDMII Leitura dirigida por Rui Pina Coelho → Clube de Leitura Teatral De outubro de 2015 a julho de 2019, no Laboratório de Escrita para Teatro do Teatro Nacional D. Maria II/ TNDMII, foram escritas 23 peças. Todas diferentes, claro, e todas a responderem às demandas dos seus autores. E, no processo, foi-se percebendo que, sem verdade, sem urgência íntima, não há malabarismo nem habilidade técnica que nos salve. O mundo está cheio de coisas bem feitas. É preciso que haja mais coisas honestas. É na qualidade de coordenador do Laboratório de Escrita para Teatro, do Teatro Nacional D. Maria II, que Rui Pina Coelho é o convidado do Clube de Leitura Teatral. O Clube de Leitura Teatral, iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia.

Coordenação Clube de Leitura Teatral António Augusto Barros, Fernando Matos Oliveira Coprodução A Escola da Noite, TAGV Iniciativa integrada no LIPA — Laboratório de Investigação e Práticas Artística Local Sala do Carvão — Casa das Caldeiras Inscrições para leitores ↓ clube.leitura.teatral@gmail.com

26⁄32


TEATRO QUA • 21H30

04 Dez 7€/5€

*

HANTOLOGIA (Estreia Absoluta) → Direção Mickaël de Oliveira e Nuno M Cardoso

“A sombra escapa do corpo como um animal que abrigámos [...] e a sombra observa, reflecte e teme essa liberdade desprotegida” — “Por Francis Bacon - A Lógica da Sensação” de Gilles Deleuze

Direção Mickaël de Oliveira, Nuno M Cardoso Interpretação Ana Sampaio e Maia, Camilla Morello, Catarina Luís, Joana Petiz Apoio dramatúrgico, produção Maria Inês Marques Luz Rui Monteiro Acompanhamento artístico Marta Bernardes Produção Colectivo 84 Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias

Prestes a entrar no século XXI e numa era fértil em narrativas escatológicas e teorias sobre o fim da história, consagrado pelo triunfo do capitalismo ocidental, Jacques Derrida cunhou o termo "hantologie" (“Espectros de Marx”) - a manifestação ontológica de vestígios ideológicos e culturais que, vindos do passado, assombram o contexto presente, causando uma disjunção na passagem linear do tempo. Partindo do conceito inaugurado por Derrida e ancorados na ideia de assombração, Mickael de Oliveira e Nuno M Cardoso assinam, depois de “Oslo” (2015), uma nova criação, “HANTOLOGIA”, que se pretende um exercício espectral sobre a persistência de visões radicais e projeções utópicas que acabaram por falhar e que, como fantasmas, assombram - ainda que a partir da ausência - a nossa contemporaneidade. 27⁄32


MÚSICA QUI • 21H30

05 Dez 1H00 • M6 25€ (PLATEIA) 23€ (BALCÃO)

Para celebrar o 15º aniversário, a banda de Marc Collin e Olivier Libaux, presenteiam-nos com uma digressão acústica, onde as suas vocalistas mais icónicas, Phoebe Killdeer e Melani Pain, interpretam temas clássicos e inéditos. Em 2004, os Nouvelle Vague editavam o álbum de estreia que chegou ao top de vendas de música independente na Europa e nos Estados Unidos. Em 2005, a banda dá o primeiro concerto em Portugal para uma lotação esgotada. Desde essa data que a história se repete nas salas portuguesas, com todos os concertos esgotados. É o caso de Coimbra e no TAGV. A lealdade do público português é recompensada pelos Nouvelle Vague através da gravação e edição de dois discos ao vivo "Aula Magna" (2cd e dvd) e "Acoustic" disponíveis exclusivamente no mercado nacional. Convidamos-vos a celebrar esta data e a fazerem parte da história da banda. Produção Lemon Iberia Local auditório TAGV

Nouvelle Vague 28⁄32


29⁄32


06– 07 Dez

CINEMA → SEX • 15H00 18H00 • 21H30

15€**/12€** 7€***/5€***

Anozero'19 Bienal de Coimbra → Programação Convergente O cinema, o tempo, as margens. Na programação convergente do Anozero, o cinema conduz-se por uma relação estreita com o tema da bienal e a(s) sua)s) sensibilidade(s). Estamos na margem que vai do sortilégio de um filme ao encantamento que transporta o espetador para um mundo que dura, o tempo do filme. Convida-se quem está, quem vê, a deixar-se levar pelas imagens, mais do que pela procura de uma narrativa que pode não existir. Paisagens, imagens, fotogramas, em que podemos precisar de tempo para os seus sentidos/texturas sedimentarem entre as longas margens da nossa sensibilidade. Nesta proposta de programação, quer-se também mostrar e experienciar, a arte cinematográfica, na evolução das diferentes formas de visualizar e ouvir a obra fílmica. Nestes dois intensos dias, começa por se evocar a majestosa obra de António Reis e Margarida Cordeiro, para os seus “filmes escondidos” poderem ser vistos em sala (“Jaime”, “Trás-os-Montes”, “Ana” e “Rosa de Areia”). Além desta dupla impar do cinema de autor, outros nomes excecionais do cinema mundial, Buster Keaton (“Marinheiro de Água Doce”); Roberto Rossellini (“Stromboli”); Jean-Luc Godard (“A Nossa Música”) e no final, um filme concerto, “A Casa na Praça Trubnaia”, de Boris Barnet, musicado com uma versão dos Mão Morta Redux.

Organização Anozero'19 Bienal de Arte Contemporânea de Coimbra Curadoria programação cinema Luísa Lopes Parceria Círculo de Artes Plásticas de Coimbra, TAGV, Colégio das Artes, Leopardo Filmes Apoio Cinemateca Portuguesa Local auditório TAGV

30⁄32

CINEMA → SEG • 15H00 18H30 • 21H30

→ SÁB • 11H30 15H00 • 18H00 21H30 5€*/3,5€*

* Sessões de cinema ** assinatura Anozero'19/ Programação Convergente no TAGV *** Filme-concerto

16 Dez

5€/3,5€*

Cinema à Segunda Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥ 10, desempregado, parcerias (sessões 18h30 e 21h30), €3,5 (preço único sessões 15h00) + Info em tagv.pt & newsletter

MÚSICA SÁB • 21H30

14 Dez 1H30 • M6 20€/15€*

The Monochrome Set (GB) + Tricycles A Date With Lux


The Monochrome Set Baixo Andy Warren Teclas John Paul Moran Bateria Mike Urban Tricycles Voz guitarra, teclas João Taborda Guitarra Afonso Almeida Baixo Edgar Gomes Bateria Sérgio Dias Produção Lux Records no âmbito do Festival A Date With Lux Local auditório TAGV * < 25, estudante, > 65, comunidade UC, grupo ≥10, desempregado, parcerias

The Monochrome Set são uma das bandas marcantes do movimento musical new wave. Oriundos de Londres, formaram-se em 1978, com Bid (voz e guitarra), Lester Square (guitarra), J D Haney (ex-The Art Attacks, na bateria), e Simon Croft (baixo). Bid e Lester começaram a trabalhar juntos em 1976 no projeto The B-Sides, que também incluía Adam Ant e Andy Warren (ambos formaram depois o grupo Adam & The Ants). Andy gravou o primeiro álbum dos Ants, “Dirk Wears White Sox”, antes de se juntar em definitivo aos The Monochrome Set, no final de 1979. A primeira parte será da responsabilidade dos portugueses Tricycles, nova banda do catálogo da Lux Records onde militam João Taborda (António Olaio & João Taborda) e Afonso Almeida (ex-Cosmic City Blues e Sequoia). Os Tricycles gostam de andar na estrada, como qualquer veículo digno desse nome. A energia da lua no alcatrão quente sobe pelos pedais até ao volante e explode em concertos onde o público e a banda comungam raivas e melodias. Os Tricycles gostam do estúdio, onde brincam como putos irrequietos no parque infantil. Este é o primeiro exemplo dessas brincadeiras, o single “All the Mornings”, avanço para o álbum “Tricycles”, primeiro da banda, gravado e produzido pelo Nelson Carvalho com os Tricycles (março de 2019) editado pela Lux Records. 31⁄32


18 Dez

→ QUA • 20H30 ENTRADA LIVRE

Sessões do Carvão — O Cinema Falado

Farpões, Baldios DUR 25M

No final do século XIX, os trabalhadores rurais em Portugal iniciaram uma corajosa luta por melhores condições de trabalho. Depois de gerações de miséria e fome, a Revolução de Abril semeou a promessa de uma Reforma Agrária. Na região do Alentejo, estes camponeses ocuparam grandes propriedades onde antes eram submetidos ao poder dos seus patrões. Diz-se no Alentejo, que quando se perde alguma coisa, quem procura deverá começar a andar para trás e voltar ao princípio. Reza-se e pede-se a Santa Luzia que nos cure dos olhos, para que possamos olhar melhor e ver. Os protagonistas deste filme, resistentes desta velha luta, a quem foi roubada a infância e a escolaridade, contam a sua história às gerações de hoje.

De Marta Mateus Origem Portugal, 2017

32⁄32


Les Magiciens de Wanzerbé DUR 33M

No coração da região dos Songhay, no níger, encontra-se wanzerbé, aldeia dos feiticeiros Sohantyé, que preparam poções mágicas e lêem o futuro na areia e nas conchas. a vida decorre de acordo com as tarefas das mulheres e as brincadeiras das crianças. no mercado semanal, trocam-se barras de sal dos Tuaregues, cerâmica, alimentos e manadas de bois.

Com esta nova série de Sessões do Carvão, pretende gerar-se discussões críticas sobre o cinema, valorizando o cruzamento entre a investigação e a prática, a experiência e o discurso. De Marcel Griaule, Jean Rouch Origem França, 1949 Conversa pós-filmes Marta Mateus Coordenação Sessões do Carvão Sérgio Dias Branco, Luísa Lopes Produção Faculdade de Letras da UC (Curso de Estudos Artísticos e Laboratório de Investigação e Práticas Artísticas/LIPA), TAGV Local Sala do Carvão — Casa das Caldeiras

18 Dez

BALLET → QUA • 21H30

O Quebra Nozes Produção Classical Stage Local auditório TAGV

33⁄32


tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt

Teatro Académico de Gil Vicente Praça da República 3000-342 Coimbra, Portugal teatro@tagv.uc.pt +351 239 855 630

Temporada 2019/20 Set–Dez Diretor Fernando Matos Oliveira Diretora adjunta Luísa Lopes Administração António Patrício Comunicação Coordenação Marisa Santos Fotografia Cláudia Morais Arquivo André Heitor Apoio à divulgação Catherine Carvalho Produção Elisabete Cardoso

Receção segunda a sexta 239 855 630 teatro@tagv.uc.pt

14h00 às 19h00

Bilheteira segunda a sábado 17h00 às 22h00 239 855 636 bilheteira@tagv.uc.pt, tagv.bol.pt e FNAC

Equipa técnica Luz Celestino Gomes, João Conceição Sonoplastia e audiovisual José Balsinha Som Mário Henriques Projeção João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Maquinaria de cena João Silva, Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

Em eventos a realizar fora do horário de funcionamento, a bilheteira abre 1h00 antes dos mesmos, encerrando 30 minutos após o seu início.

Frente de casa Rosa Maria Marques

Descontos TAGV para os espetáculos assinalados aplicam-se a menores de 25 anos, estudantes, comunidade Universidade de Coimbra, maiores de 65 anos, grupo ≥ 10, desempregados e parcerias TAGV.

Assistência de Sala André Gomes, Andreia Silva, Inês Patrício, João Correia, Joana Amado, Joana Pereira, João António Rico, Lurian Klein, Pedro Vaz, Raquel Couto, Rita Neves

Os bilhetes reservados devem ser levantados até 3 dias após a reserva, e até 3 dias antes da data do espetáculo.

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso

Café TAGV seg a sáb

Edição e Revisão Marisa Santos

Bilheteira Catherine Carvalho, Inês Patrício, Raquel Couto

Design gráfico Bürocratik

14h00 à 01h00

dom encerrado 239 052 563 10% desconto mediante apresentação de bilhete TAGV do evento do dia. Os lugares A23 e A24 situados ao lado da zona PMR (pessoas de Mobilidade Reduzida) são reservados, até 3 dias antes do dia do evento, para acompanhantes PMR e deverão ser solicitados na bilheteira local através do endereço bilheteira@tagv.uc.pt ou pelo telefone 239 855 630 (14h00 às 19h00) e bilheteira 239 855 636 (17h00 às 22h00).

TAGV é uma estrutura da Universidade de Coimbra

Papel Fedrigoni Sírio Ultra Black 185grs Arcoprint Milk 70grs Tipografias Work Sans, Tiempos Serif, Space Mono Impressão e acabamento Lusoimpress Depósito Legal Tiragem 4000 exemplares

Este programa pode ser alterado por motivos imprevistos. Informação atualizada em tagv.pt


CINEMA QUA 20 Nov 20H30

Sessões do Carvão — O Cinema Falado CINEMA SEX-SÁB 22 → 30 Nov

25.º Caminhos do Cinema Português LABORATÓRIO LIPA TER 03 Dez 18H30

PROJETO EDUCATIVO QUI 12-19 Set

École des Maîtres com Angélica Liddell

Laboratório de Escrita para Teatro/TNDMII

MÚSICA QUA 18 Set 21H00

TEATRO QUA 04 Dez 21H30

História da Loucura na Época Clássica de Michel Foucault

Clube de Leitura Teatral

Hantologia

(Estreia Absoluta) MÚSICA QUI 05 Dez 21H30

Nouvelle Vague CINEMA SEX 06 Dez 15H00 18H00 21H30 SÁB 07 Dez 11H30 15H00 18H00 21H30

Anozero'19 Bienal de Coimbra

Programação Convergente CINEMA SEG 16 Dez 15H00 18H30 21H30

Cinema à Segunda MÚSICA SÁB 14 Dez 21H30

The Monochrome Set (GB) +Tricycles A Date With Lux

CINEMA QUA 18 Dez 20H30

Sessões do Carvão — O Cinema Falado BALLET QUA 18 Dez 21H30

O Quebra Nozes

Orquestra de Macau TEATRO/PROJETO EDUCATIVO QUI 19 Set 18H30

MÚSICA SÁB 21 Set 21H30

Abertura Sinfónica do Ano Letivo da UC CINEMA SEG 23 → 30 Set 15H00 18H30 21H30

Cinema à Segunda TEATRO/PROJETO EDUCATIVO QUI-SEX 26 → 27 Set 15H00 21H30

O Bairro da Tabela Periódica

LABORATÓRIO LIPA TER 01 Out 18H30

Épico de Gilgameš

Clube de Leitura Teatral MÚSICA TER 01 Out 22H00

Dog’s Bollocks

Concerto Powered by Coimbra em Blues EDIÇÕES QUI 03 Out 18H00

Fixar o (in)visível: Os Primeiros Passos do RAP em Portugal (1986-1998)

tagv.pt

CIRCO CONTEMPORÂNEO SEX 04 Out 21H30

VÃO


tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt tagv.pt

Teatro Académico de Gil Vicente Praça da República 3000-342 Coimbra, Portugal teatro@tagv.uc.pt +351 239 855 630

Temporada 2019/20 Set–Dez Diretor Fernando Matos Oliveira Diretora adjunta Luísa Lopes Administração António Patrício Comunicação Coordenação Marisa Santos Fotografia Cláudia Morais Arquivo André Heitor Apoio à divulgação Catherine Carvalho Produção Elisabete Cardoso

Receção segunda a sexta 239 855 630 teatro@tagv.uc.pt

14h00 às 19h00

Bilheteira segunda a sábado 17h00 às 22h00 239 855 636 bilheteira@tagv.uc.pt, tagv.bol.pt e FNAC

Equipa técnica Luz Celestino Gomes, João Conceição Sonoplastia e audiovisual José Balsinha Som Mário Henriques Projeção João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Maquinaria de cena João Silva, Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

Em eventos a realizar fora do horário de funcionamento, a bilheteira abre 1h00 antes dos mesmos, encerrando 30 minutos após o seu início.

Frente de casa Rosa Maria Marques

Descontos TAGV para os espetáculos assinalados aplicam-se a menores de 25 anos, estudantes, comunidade Universidade de Coimbra, maiores de 65 anos, grupo ≥ 10, desempregados e parcerias TAGV.

Assistência de Sala André Gomes, Andreia Silva, Inês Patrício, João Correia, Joana Amado, Joana Pereira, João António Rico, Lurian Klein, Pedro Vaz, Raquel Couto, Rita Neves

Os bilhetes reservados devem ser levantados até 3 dias após a reserva, e até 3 dias antes da data do espetáculo.

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso

Café TAGV seg a sáb

Edição e Revisão Marisa Santos

Bilheteira Catherine Carvalho, Inês Patrício, Raquel Couto

Design gráfico Bürocratik

14h00 à 01h00

dom encerrado 239 052 563 10% desconto mediante apresentação de bilhete TAGV do evento do dia. Os lugares A23 e A24 situados ao lado da zona PMR (pessoas de Mobilidade Reduzida) são reservados, até 3 dias antes do dia do evento, para acompanhantes PMR e deverão ser solicitados na bilheteira local através do endereço bilheteira@tagv.uc.pt ou pelo telefone 239 855 630 (14h00 às 19h00) e bilheteira 239 855 636 (17h00 às 22h00).

TAGV é uma estrutura da Universidade de Coimbra

Papel Fedrigoni Sírio Ultra Black 185grs Arcoprint Milk 70grs Tipografias Work Sans, Tiempos Serif, Space Mono Impressão e acabamento Lusoimpress Depósito Legal Tiragem 4000 exemplares

Este programa pode ser alterado por motivos imprevistos. Informação atualizada em tagv.pt


PROJETO EDUCATIVO SÁB 05 Out 10H00

Festa da Praça

CINEMA SEG 07 → 14 → 21 → 28 Out 15H00 18H30 21H30

Cinema à Segunda TEATRO SEX 11 Out 21H30

Playoff

(Estreia Nacional) PALCO

CINEMA EM FAMÍLIA SÁB 12 Out 11H30

Cinema de Animação CINEMA TER 15 → SÁB 19 Out 10H30 15H00 18H30 21H30

PLATEIA O N M L K J I H G F E D C B A

O N M L K J I H G F E D C B A

MÚSICA TER 22 Out 22H00

The Smokestackers Concerto Powered by Coimbra em Blues

TEATRO/ PROJETO EDUCATIVO QUI 24 Out 14H30 18H30

A Menina do Mar

Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) MÚSICA SEX 25 Out 21H30

Fred Frith Trio (EUA)

17.º Festival Jazz Ao Centro

BALCÃO A B C D E F G H I J

20.ª Festa do Cinema Francês

A B C D E F G H I J

CINEMA QUA 30 Out 15H30 18H30 21H30

Sessões do Carvão ― O Cinema Falado A Autoria no Cinema — Mostra de Cinema Documental Brasileiro MÚSICA QUI 31 Out 21H30

João Só

1.ª parte Bárbara Tinoco Convidados André Sardet,

Os Quatro e Meia

MÚSICA SEX 01 Nov 21H30

Selma Uamusse + A Jigsaw

Festival Lux Interior MÚSICA SÁB 02 Nov 21H30

Samuel Úria + Mancines

Festival Lux Interior CINEMA SEG 04 → 11 → 18 Nov 15H00 18H30 21H30

Cinema à Segunda

LABORATÓRIO LIPA TER 05 Nov 18H30

O Rei da Vela

Clube de Leitura Teatral POESIA QUA 06 Nov 22H00

declAMAR Poesia

Especial Aniversário/ Comemorações do Centenário de Sophia de Mello Breyner Andresen (1919-2019) MÚSICA QUI 07 Nov 22H00

Little Hands Trio Concerto Powered by Coimbra em Blues MÚSICA SEX 08 Nov 21H30

The Divine Comedy

CINEMA EM FAMÍLIA SÁB 09 Nov 11H30

Cinema de Animação MÚSICA SEX 15 → SÁB 16 Nov 21H30

Coimbra em Blues

Festival Internacional de Blues de Coimbra


Destacar ↑

APOIOS INSTITUCIONAIS

O TAGV É MEMBRO

MECENAS REABILITAÇÃO

PARCERIAS

PARCERIA CINEMA À SEGUNDA

APOIO À DIVULGAÇÃO

APOIO REABILITAÇÃO

Profile for TAGV

TAGV Set-Dec – Temporada 19/20  

TAGV Set-Dec – Temporada 19/20  

Advertisement