Manual de Comunicação - Polo de Ecoturismo da Cantareira

Page 1

da

Cantareira São Paulo

Manual de Comunicação



da

Cantareira São Paulo

Manual de Comunicação


Trilha no Parque da Cantareira


SUMÁRIO Apresentação 06 Metodologia 08 Elementos 16

© Marcelo Iha/SPTuris

Regras de utilização

28

Exemplos de aplicação

34


APRESENTAÇÃO O Polo de Ecoturismo da Cantareira é um território localizado no extremo norte da capital paulista que abriga um importante patrimônio ambiental e cultural da cidade de São Paulo. Criado pela Lei nº 16.832, de 7 de fevereiro de 2018, abrange áreas das subprefeituras de Jaçanã/Tremembé, Casa Verde/Cachoeirinha, Santana/Tucuruvi, Freguesia do Ó/Brasilândia, Pirituba/Jaraguá e Perus, ainda pouco conhecidas, porém de extrema beleza natural e com grande potencial turístico. Como forma de comunicar esse território, foi desenvolvido um estudo para criação de uma marca que traduza as riquezas locais, bem como ajude a consolidar o conceito dos polos de ecoturismo. O estudo resultou neste manual de comunicação, fortemente inspirado e que segue as diretrizes dos manuais da Marca São Paulo e do Polo de Ecoturismo de Parelheiros - Marsilac - Ilha do Bororé. Ele deverá ser seguido rigorosamente na elaboração de materiais referentes às ações de turismo da região, bem como pelos atrativos e estabelecimentos que queiram se identificar como integrantes do Polo. Sejam todos bem-vindos ao Polo de Ecoturismo da Cantareira! Manual de Comunicação

da

Cantareira São Paulo

6


Casa da Bomba

© Marcelo Iha/SPTuris Manual de Comunicação

7


METODOLOGIA


A construção da logo A logomarca do Polo de Ecoturismo da Cantareira foi concebida com base no projeto já existente usado na região do extremo sul de São Paulo (Parelheiros, Marsilac e Ilha do Bororé), de maneira a manter uma unidade na comunicação dos dois polos. O intuito dessa marca é expressar graficamente o potencial natural, com destaque para o verde das matas, para o azul dos rios e cachoeiras, e para o céu limpo com influência da luz do sol.

Parelheiros - Marsilac - Ilha do Bororé

Parelheiros - Marsilac - Ilha do Bororé

Manual de Comunicação

9


Porém, para favorecer a criação de uma identidade para a região da Serra, ressaltando suas particularidades e o apelo dos municípios vizinhos (como Caieiras e Mairiporã), a proposta foi incorporar o termo Cantareira em destaque na construção principal, seguido de “São Paulo” em fonte menor, permitindo uma futura utilização regional.

da

Cantareira São Paulo

Manual de Comunicação

da

Cantareira São Paulo

10


A escolha das cores A escolha do padrão cromático buscou representar as impressões e sensações das pessoas em relação ao território. Para isso, foi realizada uma pesquisa on-line, com 132 pessoas de diferentes perfis, cujas percepções foram traduzidas em cores, que partem de tons quentes e vivos, para tons mais frios e tranquilos. As cinco cores adotadas na construção da marca foram: laranja, amarelo, verde claro, verde escuro e azul.

da

Cantareira São Paulo

Manual de Comunicação

11


Manual de Comunicação

12


Horto Florestal

© Caio Pimenta/SPTuris

Pedra Grande

© Caio Pimenta/SPTuris Manual de Comunicação

13


Manual de Comunicação

14


Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador

© Marcelo Iha/SPTuris

Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Pedra Grande

© Marcelo Iha/SPTuris

Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador

© Marcelo Iha/SPTuris Manual de Comunicação

15


ELEMENTOS


Elementos visuais

Padrão cromático

Elementos que devem ser explorados na elaboração de diferentes tipos de peças gráficas, materiais digitais, brindes, campanhas promocionais e eventos: Pattern

Logo

da

Cantareira São Paulo

Estilo fotográfico Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador

Tipografia

Texto

Texto

Manual de Comunicação

© Marcelo Iha/SPTuris

17


Logo preferencial

da

Cantareira São Paulo

horizontal

da

Cantareira São Paulo

vertical

Manual de Comunicação

18


Variações da

Cantareira

da

São Paulo

da

Cantareira São Paulo

Cantareira São Paulo

da

Cantareira

da

da

Cantareira

da

São Paulo

Manual de Comunicação

Cantareira São Paulo

São Paulo

Cantareira São Paulo

19


Padrão cromático CMYK: 0/15/100/0 RGB: 255/213/0 HEX: #ffd400

CMYK: 0/65/100/0 RGB: 236/116/4 HEX: #ed7102

CMYK: 40/0/90/0 RGB: 177/202/52 HEX: #aecb37

CMYK: 85/10/90/0 RGB: 0/149/69 HEX: #00984a

CMYK: 65/0/15/0 RGB: 72/190/215 HEX: #48bed7

Manual de Comunicação

20


CMYK: 0/65/100/0 RGB: 238/114/3 HEX: #ed7102

Manual de Comunicação

CMYK: 0/15/100/0 RGB: 255/213/0 HEX: #ffd400

CMYK: 40/0/90/0 RGB: 177/202/52 HEX: #aecb37

CMYK: 85/10/90/0 RGB: 0/149/69 HEX: #00984a

CMYK: 65/0/15/0 RGB: 73/190/216 HEX: #48bed7

21


Tipografia A fonte utilizada na logo é a CartoonDemiBold. Para os demais textos, foram usadas as fontes da família Montserrat. Para textos extensos, manter o alinhamento justificado.

Montserrat regular

CartoonDemiBold

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvwxyz 1234567890 !@#$%&*()?[]{}

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ abcdefghijklmnopqrstuvwxyz 1234567890 !@#$%&*()?[]{}

Manual de Comunicação

22


Faciis ad quaspe ra expe vel ipic to dit uteceprepro conserum la ipsumet quist, seque nestibea doluptatibus que ius magnihit laborem natur? Volorem la ipienih iliasit, vel inus evendem vellendel id maio. Ita doluptatum nos vid que doles rersperiae nam quosam ulluptatur atem experum, omnihil iliamet antotatiis anda intiore non cor sumquibus, to magnihil moluptiat. Cimi, officit, consent milluptatur, quatenecto tenestio et voluptam remodio beruptu rerorio inus nis dolland elibus quide quiatur as duntis evelest emporias mo earum, quis ex et, sum aut el illut quae il escia dolescium que im faccat. Apellit aturem arunt apitatem qui ut pa que conest dolorepta nos mostiam arumet ped quam, corroribus esciet eles restius cientempor solore laut descius, odionseritat et fugitint ra quis et ulluptae. Feritet et ped quidis quae. Nam, totatio rporum fuga. Nem que volut in reic te re nia pore dolum is vid molor si sunt eris sequias moluptatur re volorum nost, tem quiame sunto minci optam, eos as ne plabo. Duciden ditatio nsectur maiores tiorrum exercia dus pe vendust ulpa quosto omnis se prepro que sentem exceatet labo. Exemplo de texto extenso justificado

Manual de Comunicação

23


Pattern Cinco padrões que podem ser aplicados como plano de fundo ou detalhes em materiais diversos.

Manual de Comunicação

24


Manual de Comunicação

25


Pedra Grande

Estilo fotográfico Para fotos de destaques, utilizar o efeito de “sobreposição de cores”, nos tons exatos da marca, e com opacidade a 75% para todos os casos.

© Marcelo Iha/SPTuris Manual de Comunicação

26


Manual de Comunicação

27


Manual de Comunicação

REGRAS DE UTILIZAÇÃO 28


Dimensões mínimas

Proporção

O uso da marca deve respeitar o tamanho mínimo de aplicação, conforme descrito na imagem.

Manter a proporção, sem distorções no formato.

da

Cantareira São Paulo

28 mm

da

da

Cantareira São Paulo

Cantareira São Paulo

14,6 mm

Manual de Comunicação

29


Espaçamento mínimo Respeitar o espaço mínimo de um “P” entre a marca e outros elementos de uma arte.

da

da

Cantareira

Cantareira São Paulo

São Paulo

Manual de Comunicação

30


Convivência com outras logos Seguir diretrizes básicas deste manual, bem como dos manuais das outras logos a serem usadas.

Cantareira

da

Cantareira

da

Cantareira

da

São Paulo

da

São Paulo

Cantareira São Paulo

São Paulo

da

Cantareira

São Paulo

Cantareira São Paulo

Para logos de eventos, empresas e entidades parceiras, respeitar a seguinte ordem:

Cantareira São Paulo

Manual de Comunicação

Marca evento empresa parceiro

Governo Federal

Governo Estadual

Governo Municipal

31


Aplicação em planos de fundo Em caso de aplicação sobre foto, utilizar marca que dê mais contaste em relação ao local aplicado.

© Marcelo Iha/SPTuris

Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Águas Claras

Manual de Comunicação

© Marcelo Iha/SPTuris

da

Cantareira São Paulo

Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Águas Claras

da

Cantareira São Paulo

32


Em fundos instáveis, incluir faixa para inserção da marca.

© Marcelo Iha/SPTuris

© Marcelo Iha/SPTuris

da

Vitral do Museu Florestal

Manual de Comunicação

Cantareira São Paulo

Vitral do Museu Florestal

da

Cantareira São Paulo

33


Manual de Comunicação

EXEMPLOS DE APLICAÇÃO 34


Bottons

Pin

Mock up por © Freepik

Manual de Comunicação

© Amanda Valenciano

35


Site

Credencial

Mock up por © Freepik

Manual de Comunicação

36


Papel timbrado e envelope

Van

Mock up por © Freepik

Manual de Comunicação

37


Parque Estadual da Cantareira - Núcleo Engordador Manual de Comunicação

38


Projeto: Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo Base da Marca do Polo de Ecoturismo: Secretaria Especial de Comunicação - SECOM Referências: Manuais das Marcas São Paulo e Polo de Ecoturismo de São Paulo - Parelheiros Marsilac - Ilha do Bororé Concepção e realização: São Paulo Turismo S/A Supervisão: Fernanda Ascar e Raquel Vettori Projeto gráfico, diagramação e conteúdo: Amanda Valenciano Revisão: Elen de Jesus e Marcelo Iha Foto de Capa: José Cordeiro / SPTuris

www.polodacantareira.com ● www.prefeitura.sp.gov.br/turismo ● www.cidadedesaopaulo.com

Cantareira © Marcelo Iha/SPTuris Manual de Comunicação

São Paulo

39



Millions discover their favorite reads on issuu every month.

Give your content the digital home it deserves. Get it to any device in seconds.