Issuu on Google+

– Ano XVIII – Nº 216 – Setembro de 2013

SET/2013 - Nº 216 - R$15,00

Revista

CIRCULAÇÃO NACIONAL

AMÉRICA IMPORT

Empresa pioneira no mercado de Brasília e região no segmento de importação, exportação e consultoria em comércio exterior


editorial

T

10

A Deus toda a honra e toda a glória pela realização de mais uma revista Foco

ire alguns momentos para você todos os dias. Muitas pessoas acham que fazem isso, mas podem estar enganadas. Você pode pensar que tira algum tempo de qualidade para você mesmo, mas aposto que não é verdade. Até quando estamos sozinhos, nos preocupamos com os outros, pensamos em nossa família, amigos e entes queridos e, no fim, resta pouquíssimo tempo para nós mesmos. O que estou propondo não é revolucionário, nem difícil, nem radical. Na verdade é bem simples. Apenas tire um tempinho para você todos os dias. Podem ser apenas dez minutos (mas o ideal seria meia hora). Parece egoísmo? Certamente. Mas é justificável – você é o capitão, o motor, a força propulsora, o motivador, a rocha. Nós precisamos nos recuperar, renovar e revigorar. Nós precisamos recarregar as energias. Bem, vamos às matérias do mês: PEDRO GORDILHO: Conheça um pouco mais sobre a vida do visionário Van Gogh. MARA AMARAL: Venha dar um passeio pela Cidade do Cabo com a gente! MODA: Um giro pelo Capital Fashion Week. SEXUALIDADE: Diferenças de libido. Como alcançar o equilíbrio no casal. MENTE SÃ: Perdoar, dar e agradecer fazem bem à sua saúde. Exercite o melhor lado de si. CLAUSEM BONIFÁCIO: Como dar um ar novo a pequenos ambientes. ADRIANA NASSER: Nossa colaboradora apresenta a mágica da Mixologia Molecular. DIVERSÃO: O melhor para aproveitar a noite de Brasília. MARCELA OLIVEIRA: Venha conhecer o mundo dos Vlogs. PRIMAVERA: Recebemos a mais bela das estações. CAMILA BOCCHINO: Apresentamos um pouco do mundo do balé. DIA DAS CRIANÇAS: Fernanda Caixeta traz novidades para comemorar essa data especial. MÁRCIA CASALI: Conheça um pouco mais sobre os direitos das crianças. PONTOS TURÍSTICOS: Trazemos para vocês alguns segredos da capital. KETTLEBELL: Flávia Landim nos apresenta uma nova modalidade de treinamento que promete virar febre nas academias. Amigos, o tempo para não fazer absolutamente nada é realmente importante e basta complicar um pouco para que ele perca seu valor. Se eu ler um jornal, terei abandonado completamente a ideia de tempo somente para mim mesmo. Mantenha esse intervalo simples. Vazio. Puro. Até o mês que vem, com inúmeras outras novidades na nossa Foco. Até lá,


D-P

C B

consuelo@revistafoco.com.br D  A

R A

redacao@revistafoco.com.br

C A D, C B, C C, C P, J A, D A, F M, G A, J A M, L T, P C B, P A, P G, R C , M A  P P R C B, C B  M O R C C B, F C, F L, M C, M S  W S

expediente

C E C B, A P P  V, A D, C C, F M, J A M, P C B, P G  R C 

50. América Import Importação e exportação seguras 14

Em primeira mão

A C E M comercial@revistafoco.com.br A  R V B verabarbara@revistafoco.com.br D G V H Q anunciofoco@gmail.com F C B, J T S, P L  R P

P G B D F C A A, B S, C C, C R, J C D  K O I RR D C P-C D. A  F T L  S tania@revistafoco.com.br C M C financeiro@revistafoco.com.br

         . A       M F E L,   ,  -    . Acesse www.revistafoco.com.br

26 G C V G valeriagarcia@revistafoco.com.br

Consuêlo Badra Aristóteles Drummond Solução municipal

28

FlorianM adruga Sem nota

30

Paulo Castelo Branco Espera

32

José Alberto Couto Maciel Sobre Deus

34

Carlos Chagas Desaparecida a causa

36

Mara Amaral Cidade do Cabo

C SH/Sul Quadra 06, Conjunto “A”, Bloco “E”, Sala 809 Edifício Business Center I - CEP: 70.322-915 – Brasília-DF (61) 3248-7868 / 3532-4436

F: A Z

40

Pedro Gordilho Van Gogh na Provença

46

Ambientes Pequenos espaços

60

Diversão Caia na balada

64

Social Direito da criança

74

Bem-Estar Aliados do tratamento à depressão

80

Etiqueta Respostas aos leitores

12


92

Gastronomia Mixologia molecular

96

Boas e Novas Novidades da capital

98

Gente em Foco Destaques de Brasília

100

Agenda Cultural Veja, ouça, visite e divirta-se

102

Nina Rocha Must Know

104

Coração Quando temos que tomar cuidado

110

130. Tênis

Kettlebell Novo treinamento

120

Jogar, jogar e nunca parar

134. Turismo A céu aberto

Rangel Cavalcante Histórias miúdas

122

Renato Riella De A a Z

126

Sexualidade Diferenças de libido

138

Internet Vlogs literários

144

Gilberto Amaral A corte candanga

148

Gente Fina Prontas para brilhar

150

Cenas em Foco Flashes

56. Dança

68. Comportamento Criança feliz!

Entre a delicadeza e a disciplina

36. Mara Amaral

Cidade do Cabo

116. Primavera Seja bem-vinda!

13


na esfera diplomática. Há grande chance de o rapaz, que agora atua na área de relações internacionais, ser conduzido a uma indicação para atuar em Milão, terra que ele conhece bem.

volume da biografia romanceada do avô Carlos Lacerda. O livro sai em novembro pela Companhia das Letras. Vai se chamar A República das Abelhas.

9º CONGRESSO DA ABOR

O aniversariante do dia 14 de outubro, Alexandre Garcia.

CHEGANDO A BSB A Maserati, marca italiana de carros de luxo, desembarca na cidade para uma sofisticada manhã de test-drive com seus clientes. Já existe uma concorrida lista para pilotar os carrões, que sairão do restaurante Soho, no Pontão do Lago Sul.

Natal, capital do Rio Grande do Norte, sediará pela primeira vez o 9º Congresso Internacional da Associação Brasileira de Ortodontia e Ortopedia Facial (ABOR). O evento acontecerá no Centro de Convenções da cidade, de 9 a 12 de outubro, e espera receber mais de 2.500 participantes. Neste ano, será a primeira vez que o Congresso Internacional da ABOR lançará um livro sobre ortodontia e ortopedia facial. A obra, que leva o nome do Congresso, reúne importantes artigos escritos pelos palestrantes do 9º Congresso Internacional da ABOR. As inscrições já estão abertas exclusivamente pela Internet.

OUTUBRO Impressionante a transformação física pela qual passou o ator Arthur Tadeu Curado. Para interpretar o escritor Caio Fernando Abreu no palco, o brasiliense emagreceu 15kg à base de dieta e muita esteira para convencer bem na peça que estreia dia 9 de outubro, no Teatro Brasil 21.

consuêlo badra 14

ITÁLIA Conhecido pela sua atuação como modelo de destaque internacional, Fabricio Venâncio pretende alçar novamente voos em terras estrangeiras. Só que dessa vez

O advogado e colaborador de nossa Foco, Pedro Gordilho (foto acima), estará relançando na Livraria Cultura de Salvador – nossa cidade de nascimento – seu livro festejado, Sementes do Destino, lançado originalmente em Brasilia na festa de aniversário de nossa revista. Na ocasião será realizado um show musical com a violonista Jana e a cantora Priscila Magalhães, o talento mais celebrado pelos que apreciam a boa música.

PINK

LíNGUA AFIADA O ex-ministro Ciro Gomes, do PSB, que acaba de assumir a Secretaria de Saúde do Ceará, estado governado por seu irmão Cid Gomes, não perdeu a oportunidade de exercitar sua língua afiada e disparou: “O Mais Médicos foi mal planejado, mal embalado, mas é um bom programa. Minha prioridade será garantir uma melhor condição de saúde para o povo cearense”. Desnecessário dizer que a declaração de Ciro Gomes enervou o Ministério da Saúde e o Palácio do Planalto simultaneamente.

SEMENTES DO DESTINO

A aniversariante do dia 22 de outubro, Tereza Cavalcante de Araujo.

PRÓXIMO MÊS Dia 24 de outubro, acontece o Wine and Music, festa organizada pelos empresários Guto Jabour e Tiago Correia. A noite terá seleção de vinhos nobres, produção musical de Rogério Midlej e Buffet SweetCake. Promete ficar na história.

REPÚBLICA DAS ABELHAS Autor de O mistério do Leão Rampante, que ganhou o Prêmio Jabuti, Rodrigo Lacerda acabou de escrever o primeiro

A empresária Fabiani Cristine resolveu ampliar o evento “Se Toque”, voltado à prevenção do câncer de mama. Este ano ela lança o Outubro Rosa DotPaper. A largada acontece no primeiro dia do mês, com coquetel para a imprensa seguido de desfile com participação de mães e filhas vestindo camiseta da campanha. E não para por aí: no dia 15 de outubro haverá leilão em prol da causa, com exclusivas peças criadas por Amanda Brasil e joias doadas por algumas grifes de peso. Está prevista também, para o último final de semana, ação esportiva em prol da causa.

OUTUBRO ROSA O Centro de Câncer de Brasília (Cettro) também comanda agenda especial em celebração ao Outubro Rosa. No dia 19, médicos da instituição e parceiros realizam atendimento gratuito a 150 mulheres na Unidade Cettro Taguatinga. Durante a ação, elas passarão por avaliação clínica das


mamas e aquelas que receberem indicação serão encaminhadas a exame de imagem – mamografia ou ecografia de mama. Após o teste, realizado sem ônus, elas retornarão para conclusão diagnóstica.

chega a Brasília para emocionar fãs e admiradores de Michael Jackson. Em apresentação única, o espetáculo acontecerá no Arena Brasília, no Shopping Iguatemi, no dia 9 de novembro, às 21h.

“AGAIN” O cantor americano Lenny Kravitz lançará um empreendimento imobiliário no Brasil em 2014. Fará prédios residenciais em Resende, no Rio.

ESTADOS UNIDOS Dias culturais e de lazer em Nova Iorque e Orlando para o promoter Tiago Correia, que embarca de férias para as cidades ao lado dos irmãos Mateus e João.

DESIGN

HOTEL-BOUTIQUE A rede Best Western vai abrir o primeiro hotel-boutique no Rio de Janeiro, em 2016. Vai ser na Rua Bulhões de Carvalho, em Copacabana.

CASA COR O Grupo Via está presente nesta edição da Casa Cor 2013 com dois ambientes exclusivos. Em um deles, o público poderá conferir o charme do apartamento de três quartos do seu mais novo lançamento, o Via Horizonte, localizado em Alphaville. Já a arquiteta Juliana Santana criou um projeto sustentável para a Galeria Via, espaço interativo que será o ponto de encontro do público e local para conhecer todos os detalhes dos lançamentos Via.

LANÇANDO CAMPANHA A procuradora da Mulher no Senado, Vanessa Grazziotin, senadora pelo PCdoB do Amazonas, lançou campanha para incentivar as mulheres a se filiarem a partidos políticos e disputarem eleição a partir do próximo ano. “Mulher, tome partido. Filie-se” é o lema da campanha, que pretende aumentar em 20% o número de mulheres nos partidos e, pelo menos, em 30% a ocupação das vagas na Câmara dos Deputados e Senado Federal. A senadora amazonense pretende intensificar a campanha em 2015, para que mais mulheres ocupem vagas nas câmaras municipais e assembleias legislativas. O estímulo maior dessa campanha vem do Palácio do Planalto, ocupado por uma mulher, a presidente Dilma Rousseff.

SOFISTICAÇÃO E TECNOLOGIA

FOUR SEASONS A badalada rede de hotéis Four Seasons escolheu 20 mulheres da cidade para conhecer seus mais recentes lançamentos. O promoter Tiago Correia é quem organiza o encontro, que terá como host o colunista Marcelo Chaves.

REI DO POP Depois de passar por muitas cidades do país e do mundo, o tributo THIS IS IT

O aniversariante do dia 7 de outubro, Dudu Camargo.

A aniversariante do dia 4 de outubro, Mônica Oliveira.

A arquiteta Viviane Dománico é uma das responsáveis pelo projeto do Living da Casa Cor Brasília. Com um projeto inovador, ela e Arina Araújo apresentam tendências relacionadas a atemporalidade, cor, tecnologia e iluminação. O Living traz como inspiração a sofisticação, o design, o conforto e a ousadia. Já a arquiteta Ângela Brito homenageia o Banco BRB com o espaço Millenium Capital, com um lounge definido como um espaço sofisticado para receber visitas.

consuêlo badra

O aniversariante do dia 30 de outubro, Hugo Napoleão.

Pela primeira vez, engenheiros coassinam um espaço na Casa Cor Brasília. Os irmãos Malu e Marcelo Guido uniram-se ao arquiteto Leonardo Coutinho para exercitar uma simbiose que funciona muito bem. O trio é responsável pelo Banho do Casal. O design é minimalista e conta com revestimentos da linha Concretíssyma da Portobello, além de deck em Limestone Bateig Blue. O ambiente também abriga o pré-lançamento de uma coluna de banho da Deca.

15


MÃE DOS POBRES

NOVA LOJA EM BSB

O cientista político Jairo Nicolau mergulha numa longa pesquisa sobre as eleições presidenciais no Brasil. Só que de frente para trás. Neste momento, estuda o voto na eleição de 2010, vencidas por Dilma. A primeira conclusão é de que sexo e idade “não tiveram tanto impacto no resultado”.

No dia 1º de outubro, às 17h, a Bilheteria Digital, uma das maiores empresas de bilhetagem eletrônica do país, inaugura sua nova loja na cidade. Com localização privilegiada, no shopping Pátio Brasil – 3º Piso, a loja terá uma concepção moderna e arrojada que trará aos grandes produtores de evento e aos clientes oportunidades para vender ingressos pela Internet com conforto, exclusividade, conveniência e segurança. O coquetel contará com a presença de grandes empresários, imprensa e promotores de eventos da cidade.

NO CAPíTULO

A aniversariante do dia 25 de outubro, Soraya Faraj Vieira.

A exemplo do que mostraram outras pesquisas, o eleitor de Dilma foi o pobre com pouca instrução. Dilma contou com 62% de eleitores que estudaram somente até a 3ª série do ensino fundamental e apenas 39% dos que tinham curso superior. Já o padrão do eleitor de Marina em 2010 foi o inverso. Teve apenas 7% dos que cursaram até a 3ª série e 29% dos que fizeram curso superior.

NADAL NO BRASIL O tenista espanhol Rafael Nadal, que acaba de ganhar o US Open, vem ao Rio de Janeiro em fevereiro. O número dois do mundo vai disputar o Rio Open, o torneio de tênis promovido pelo IMX de Eike Batista. O torneio será disputado em oito quadras montadas no Jockey Club, na Lagoa. E vai distribuir US$1,5 milhão em prêmios.

OPEN HOUSE O Instituto do Aparelho Digestivo (IAD) inaugura, em 8 de outubro, sua nova sede. Situado no Centro de Excelência Anchieta, o IAD apresentará aos parceiros arrojado projeto, com absoluto foco no conforto e na segurança do paciente.

consuêlo badra

MUITO OUVIDO

16

O ex-presidente do Banco Central, Henrique Meirelles, que comandou o BC por sete anos e é considerado o mais respeitado brasileiro no mundo financeiro, tem sido muito ouvido a respeito da crise que travou a economia e que causou os últimos pibinhos. Desde 2012 na iniciativa privada, Meirelles tem uma visão precisa da crise econômica que persiste. É ele quem diz: “Temos reservas, mercado de consumo muito forte, um sistema financeiro ainda muito saudável”. Sem dúvida, um grande estímulo para o ministro Guido Mantega e sua equipe econômica.

O aniversariante do dia 22 de outubro, ministro Valmir Campelo.

TERCEIRA VEZ A aniversariante do dia 29 de outubro, deputada Nice Lobão.

FICA EM CASA... Um dos artífices da eleição da governadora Rosalba Ciarlini, do DEM, para o Rio Grande do Norte, o ministro da Previdência Social e senador Garibaldi Alves Filho desembarca do governo potiguar não apoiando a reeleição da ex-correligionária. Seu filho, o jovem deputado estadual Walter Alves, que está no segundo mandato, deverá ter seu nome lançado como candidato do PMDB ao governo do RN no próximo ano.

Ele está radiante com a decisão do seu partido, o PT, de lançar seu nome, pela terceira vez, para disputar uma cadeira senatorial. Trata-se do querido e respeitado senador Eduardo Suplicy, que tão bem representa São Paulo e vai para nova eleição em 2014. Tudo indica que terá como concorrente o ex-governador José Serra, do PSDB, outro grande nome, e que já foi senador.

ANIVERSÁRIO O empresário Thales Sabino comemorou no dia 16/09 mais um aniversário, rodeado de amigos, no restaurante La Tambouille,


no Espaço Gourmet do ParkShopping. Para poucos (e bons amigos), Thales recebeu o abraço e carinho de colegas de trabalho e dos amigos mais próximos.

didatar ao governo do estado na eleição de 2014, onde já governou por dois mandatos. No entanto, Eduardo Braga não se desligará do Senado caso se eleja governador. Sua esposa, Sandra Backsman Braga, é a sua suplente, e cumprirá os quatro anos restantes do mandato.

CABELO RASPADO Toni Garrido, vocalista da banda Cidade Negra, fará teste para interpretar o jogador Zito no filme de Holywood sobre Pelé. O cantor disse estar disposto a raspar a cabeleira para o papel.

OTIMISMO

O aniversariante do dia 25 de outubro, Paulo Davim.

CARNAVAL 2014 Um grupo de brasilienses já agendou a viagem do carnaval de 2014. O destino será Saint Barth, no Caribe. Ficará hospedado no famoso iate Sea Dreams, com mordomos, amenities Bulgari, 6 chefs de cozinha à disposição e adega com carta aberta.

A crise econômica pode não ajudar, mas o ministro Guido Mantega, da Fazenda, não perde o otimismo. Ao encaminhar a proposta de Lei Orçamentária Anual, entregue ao presidente do Congresso Nacional, senador Renan Calheiros, pela ministra Miriam Belchior, do Planejamento, Guido Mantega anunciou: “Embora pareça uma projeção ambiciosa de crescimento do PIB, dá sinais de melhora com o aumento do comércio internacional”. Mantega acredita que o PIB, em 2014, chegue a 4%. Sem dúvida, um grande otimista.

ORGULHO Victoria Junqueira, após brilhar no Capital Fashion Week, prepara o lançamento de seu novo site, com foco em moda, claro. Orgulho para os pais Marisa e Ronaldo Junqueira.

O aniversariante do dia 4 de outubro, Florian Madruga.

SERTÃO Nathalia Dill, a antagonista da novela Joia Rara, da Globo, viajará a João Pessoa (PB) em maio de 2014. Lá serão filmadas cenas do longa Por Trás do Céu, dirigido pelo namorado da atriz, Caio Soh. Emilio Orciollo Netto também está no elenco.

LASER Proprietária do Cynthia Dias SPA & Health, Cynthia é membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia (SBLMC). A instituição trabalha na divulgação de informações sobre o uso de laser em medicina e áreas relacionadas; contribui na orientação e formação de profissionais que o utilizam, estimulando seu constante aprendizado e aprimoramento por meio de cursos e avaliações periódicas; promove congressos, conferências e jornadas como oportunidades de intercâmbio entre profissionais; apoia a participação de seus membros em eventos internacionais e muito mais.

ANJO CAíDO

NÃO SE DESLIGARÁ O líder do governo no Senado, Eduardo Braga, do PMDB do Amazonas, deve abrir mão de quatro anos de mandato e se can-

O aniversariante do dia 24 de outubro, Ricardo Maia.

O ex-governador Leonel Brizola deve estar se revirando em sua sepultura no cemitério de São Borja com os escândalos do PDT, o partido que criou, no Ministério do Trabalho. O deputado Brizola Neto, herdeiro político do avô, ex-ministro do Trabalho, resumiu todo o seu inconformismo com o último escândalo envolvendo a cúpula do PDT e o Ministério:

consuêlo badra

REVIRANDO NA SEPULTURA

O novo romance do americano Daniel Silva, Anjo caído, autor com mais de cinco milhões de livros vendidos no mundo, será lançado aqui pela Editora Arqueiro, em outubro.

17


“Essa quadrilha tomou de assalto o PDT, depois o Ministério do Trabalho. Saiu por corrupção e depois voltou”. E, numa ameaça ao presidente do PDT, o ex-ministro Carlos Lupi , diz Brizola Neto: “Não vou me calar. Querem destruir o PDT”.

BELEZA AMERICANA A Rede Werner, que tem mais de 40 salões no Brasil, vai abrir filiais em New York e Miami em 2014. Em Angola, já existem quatro filiais.

PROPOSTA O deputado Cândido Vaccarezza, do PT de São Paulo, que preside grupo de deputados incumbido de elaborar projeto de reforma política na Câmara dos Deputados, anunciou que será proposta a unificação dos mandatos de presidente da República, governadores, prefeitos, senadores, deputados federais e estaduais e vereadores, todos com cinco anos de duração, a partir da eleição de 2018. Dificilmente, porém, a proposta irá prosperar quando chegar ao plenário, principalmente do Senado, onde suas excelências não abrem mão do mandato de oito anos. Quem viver, verá...

mo Tribunal Federal, ministro Joaquim Barbosa, pleiteia salário de R$30.658, 42 para os ministros do STF, já a partir de janeiro próximo, através de projeto de lei encaminhado ao Congresso Nacional. Barbosa justifica o aumento do salário argumentando sobre a inflação dos últimos dois anos.

JOGO DURO

A aniversariante do dia 16 de outubro, Cristina Queiroz.

MULHERENGO

A Embratur firma parceria com os Procons das 12 sedes da Copa para evitar aumentos abusivos em hotéis e restaurantes. Tem gente da ABIH (Associação Hoteleira) e da Abrasel (que reúne bares e restaurantes) com os nervos à flor da pele.

Tereza Bulhões, que foi casada com João Saldanha, vai lançar um livro sobre o saudoso colega. As feras do Saldanha – o João Sem-Medo, por suas mulheres reúne depoimentos de cinco delas, que foram casadas com o ex-técnico da seleção. O lançamento será da Editora Lacre.

ESFORÇADA A deputada Liliane Roriz está se preparando fisicamente para a maratona da campanha ano que vem. Tanto que ela decidiu participar dos 5 km da corrida SohoRun, ocorrida no Lago Sul.

consuêlo badra

GOVERNO DO PARANÁ

18

Provavelmente ela concorrerá ao governo do Paraná ano que vem, pelo seu partido, o PT. Atualmente é a ocupante da cadeira número dois do Palácio do Planalto, na chefia da Casa Civil. É a senadora licenciada, a bela Gleisi Hoffmann, que, discretamente, auxilia a presidente Dilma Rousseff na difícil tarefa de governar o Brasil. Para a ministra da Casa Civil, as concessões que o governo tem feito na área da infraestrutura “serão um legado e uma das marcas desse governo”. Gleisi Hoffmann deverá voltar ao Senado quando se desincompatibilizar do Executivo para disputar o governo do Paraná.

Por uma grande causa, Patricia de Carvalho (foto acima), aniversariante do dia 2, não comemorou em algum lugar do mundo, pois estava organizando o lançamento da sua Mederi Home Care, viajando em seguida para comemorar em NY.

NA LUTA CONTRA A AIDS

O aniversariante do dia 27 de outubro, Marco Aurélio Costa.

EU POSSO? Enquanto o Palácio do Planalto anuncia que o salário mínimo em 2014 será de R$722,90, para grande parte da população brasileira, o presidente do Supre-

O salão de beleza HelioDiff foi, mais uma vez, o único representante de Brasília na edição 2014 do Calendário L’Oreal Cabeleireiros Contra a Aids. Helio Nakanishi e o profissional Alessandro Abe assinaram uma das doze produções, que tem a participação da atriz Ângela Vieira. As fotos de campanha foram realizadas no início de setembro e tiveram o mítico Copacabana Palace como cenário. As imagens foram capturadas pelo fotógrafo Marcelo Corrêa. A renda das vendas do calendário será revertida para a Sociedade Viva Cazuza.


Garrincha. As pessoas entraram e não foram revistadas. Resultado: vários assaltos nos banheiros.

SELEÇÃO BRASIL EM CENA

SUCESSO Os dermatologistas que participaram do Dermato 2013, no início do mês passado em Brasília, ficaram encantados com o local escolhido pelo médico Gilvan Alves, presidente do evento, para um happy hour ao pôr do sol. A charmosa Casa de Chá na Praça dos Três Poderes ganhou decoração de George Zardo e buffet de Renata La Porta. Como a maioria dos presentes era de fora da cidade e até mesmo do país, foi inevitável a surpresa e o encantamento de poder festejar em um dos cartões postais mais famosos do Brasil.

OLHO VIVO! Sinal amarelo para shows realizados em Brasília, como o de Beyoncé, no Mané

ALTAR Cesar Canhedo e Claudia serão padrinhos do casamento de Rafael Feitosa e Karla Petrone, dia 26 de outubro, no Rio de Janeiro. A festa, concorrida, será no Museu Histórico Nacional.

MUDANÇA A cozinha do Baby Beef Rubaiyat Brasília ganhou reforço estrelado. O premiado chef espanhol Carlos Valenti comandará a casa brasiliense. Bravo!

MEDERI HOME CARE

FOCO EM EDUCAÇÃO Deputada federal com foco de atuação voltado para a educação, e muito querida e respeitada em seu estado, o Rio Grande do Norte, a petista Fátima Bezerra pensa em dar um voo mais alto na eleição do ano que vem e candidatar-se à vaga do Senado, ocupada pelo senador Garibaldi Alves, pai do ministro da Previdência, Garibaldi Alves Filho. A candidatura de Fátima Bezerra terá o apoio de Garibaldi Filho, o que reforça a união do PT e PMDB em terras potiguares.

A aniversariante do dia 7 de outubro, D. Weslian Roriz.

A aniversariante do dia 23 de outubro, Betty Bettiol.

JUVENTUDE A Forma Turismo embarcará nove mil jovens para o Rio de Janeiro neste fim de 2013. O estado é destino habitual de festas de formatura. O Club Med Rio das Pedras receberá 7.500; o Blue Tree Búzios, 1.500.

VALMIR NA ACADEMIA A Academia de Letras de Brasília ficou mais enriquecida com a presença do ministro Valmir Campelo, decano do TCU, que ocupou a Cadeira XXXVII, do escritor Odorico Mendes. A posse foi na Embaixada de Portugal.

Chega a Brasília a grife em internação domiciliar Mederi, uma referência no segmento de Home Care – atendimento personalizado em internação domiciliar –, para a alegria de planos de saúde e pacientes da capital. Lançamento com a presença confirmada de todas as operadoras de saúde do Brasil. Confira na próxima edição.

TRINDADE No local do antigo A Bela Sintra agora está instalado o restaurante Trindade, que entra na cidade para virar a grande atração de gastronomia. Aguardem novidades...

ALMOÇO A elegante pioneira Wilma Alves Pereira abrirá sua bela residência do Lago Sul, dia 3 de outubro, para movimentado almoço em homenagem à guerreira Mércia Crema.

consuêlo badra

O aniversariante do dia 5 de outubro, Marcelo Ulpiano.

O CCBB Brasília recebe pelo segundo ano consecutivo um dos projetos mais bacanas do teatro brasileiro, o Seleção Brasil em Cena, que reúne textos teatrais inéditos no Rio de Janeiro e na Capital Federal. O público que participa das leituras dramatizadas é quem escolhe a produção que será montada e encenada nas duas cidades. A estreia dos espetáculos está prevista para janeiro de 2014. Somente diretores, alunos de escolas de artes cênicas ou atores recém-formados locais podem participar da iniciativa, o que favorece o surgimento de novos talentos. Um projeto que incentiva dessa forma só merece o nosso aplauso.

19


últimas tendências para o comércio eletrônico do estado. O evento é gratuito e aberto ao público. No dia 3 de outubro, os profissionais do comércio e varejo de Fortaleza já têm encontro marcado no III Seminário Nacional de Comércio Eletrônico, Meios de Pagamento e Negócios na Web e no II Workshop de Redes e Mídias Sociais. O encontro é o maior projeto de inclusão digital comercial gratuito, que está percorrendo as 12 cidades-sede da Copa do Mundo e mais duas capitais turísticas (Florianópolis e Belém), para levar informação, formação e capacitação profissional para o comércio brasileiro, meio lojista e rede de serviços. Brasília é a oitava capital a receber o evento. A aniversariante do dia 31 de outubro, Márcia Mattos (Tecnótica).

DIA DE SÃO JOSÉ Paulo Coelho e a mulher, Cristina Oiticica, já começaram a enviar convites para a comemoração, em 2014, do Dia de São José. No dia 19 de março, vão festejar em Cascais, em Portugal. Ano passado foi em Veneza, e este ano foi na Grécia.

ENGENHO DE COMUNICAÇÃO Considerado o Oscar da Imprensa na capital do país, o Prêmio Engenho de Comunicação – O Dia em que o Jornalista Vira Notícia chega à décima edição em 2013. A noite de premiação aconteceu no dia 8 de outubro, na Embaixada de Portugal. O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Marco Aurélio Mello, o presidente do TCU (Tribunal de Contas da União), ministro Augusto Nardes, o embaixador de Portugal no Brasil, Francisco Ribeiro Telles, o presidente da Fecomércio-DF, Adelmir Santana, e o reitor do Uniceub, Getúlio Américo, compuseram a comissão julgadora (foto acima). Ao todo, doze categorias foram contempladas.

GIGANTE GENTIL VEM Aí GRANDE FESTA No último dia 19 de setembro aconteceu, no Hípica Hall, a 13ª edição do Sarau Chatô. Com uma grande festa cultural, esta edição homenageou a Bahia e Cuba, contando com diversas atrações como Fabiano Borges, mestre em violão Paulinho Boca da Cantor, o grupo de capoeira Beribazu, apresentações de salsa e do Coral Chatô, entre muitas outras atrações.

consuêlo badra

ENFIM SÓS

Roberto Medina quer levar o Rock in Rio para o Oriente Médio.

Daniela Mercury e Malu Verçosa vão passar a lua de mel em Fernando de Noronha. A união civil, em 12 de outubro, será só para familiares e amigos íntimos, na casa da cantora em Salvador. Alexandre Herchcovitch assina o vestido das noivas.

VALEU

BOLSA ALUGUEL

Roberto Medina, ao chamar Bruce Springsteen para tocar no festival, contrariou pesquisas que apontavam que o cantor não estava em alta. Mas ele levou o público ao delírio. O show de Bruce só se compara ao de Fred Mercury no Rock in Rio em 1985. Eles entraram para a história.

Um diplomata brasileiro que mora em Manhattan foi o principal entrevistado de reportagem do New York Times sobre a procura por apartamentos na cidade. Daniel Guimarães, 33 anos, que mora com o companheiro, Inácio Medeiros, 26 anos, contou que o aluguel, de R$ 16.550, é pago com o auxílio-moradia que recebe do governo brasileiro. O gaúcho se mudou para a cidade para trabalhar na missão do Brasil na ONU.

BOA

20

O aniversariante do dia 7 de outubro, Roberto Curi.

E-COMMERCE 2014 Terceira edição do ECOM 2013 conta com o apoio da Fecomércio e apresentará

Gigante gentil, o novo disco que Erasmo Carlos lança em 2014, terá uma parceria inédita dele com Caetano Veloso. Sentimentos complicados tem letra de Caetano e música de Erasmo – e quem já ouviu diz que é lindíssima. O disco traz também parcerias com Arnaldo Antunes e Nelson Motta. A propósito: a próxima novela das sete, Além do horizonte, terá como tema de abertura a música homônima de Roberto e Erasmo, que está há décadas no repertório imutável dos shows de Roberto. Mas desta vez quem canta é Erasmo.

A AVÓ CORUJA A empresária da moda Iracema Torres nos preparativos para a festa de 15 anos da neta Eduarda. Será dia 2 de novembro, no Clube Naval, com decoração de Valéria Leão.

ESTRELA Fãs ávidos por escutar os marcantes sucessos de Steve Wonder torcem para que chegue logo o dia 7 de dezembro. Steve fará apresentação única no CCBB. Os ingressos já estão à venda.


RECORDAR é

viver Fotos: Henrique Guillen, Celio Costa, Rodolfo Stuckert e Emivaldo Silva

Moema Leão, jornalista João Rezende (falecido) e Hildegard Angel

RECORDAR É VIVER

Ana Veloso e o casal Marta e Mitri Moufarrege (1989)

22

Aloysio Faria de Carvalho (1984)

Sandra e Indalécio Martins (1988)

Cleucy e Marita Martins Pinto (1989)


Humberto Saad ao lado do casal Sandra e Zico

Senador José Sarney e D. Marly (1988)

Luiz Sabóia e seu pai, o jurista Pires Sabóia

José Celso Gontijo e sua Ana Maria (1987)

Lúcia Câmara, Consuelo Pereira de Almeida e Dea Bornhausen

RECORDAR É VIVER

Isabella Carpaneda

23


Luiza Brunet e Xuxa (1986)

RECORDAR ร‰ VIVER

Maria das Graรงas Miziara (1989)

24

Rosamaria Marinho (1988)

Ney Matogrosso e Alcione Mazzeo (1986)

Maria Estela Borela (1988)

Ana Rosa Saboia (adolescente)

Sheila Machado (1989)


Aristóteles Drummond

Solução municipal

ARTIGOS

O

26

municipalismo é o tema que começa a ser analisado pelos meios acadêmicos que pensam e avaliam caminhos para o futuro. E o ponto de partida tem sido uma tese do século XIX, do pensador português Alexandre Herculano, que dizia que “o município é a família das famílias”. O Brasil implantou um dos maiores projetos de descentralização na prestação de serviços públicos do mundo, que é o SUS. O programa tem sido bem avaliado, considerando o tamanho do país, características culturais e sociais de seu povo. Com os modernos controles de gestão, em poucos anos o rendimento do programa de saúde para todos deve apresentar melhora. Os recursos são suficientes. Entretanto, os serviços deixam a desejar por questões ligadas ao planejamento de compras, estoques, gestão de pessoal, inclusive médicos, e desvios provocados pela corrupção. Mas, no geral, os serviços chegam a ser de excelência, como nos casos de transplantes, no Rio, os exames de imagem estão próximos da eficiência e combate a doenças como hanseníase, tuberculose e malária. As campanhas de vacinação já formam uma tradição de bons resultados. Políticos simpáticos à tese, com passagem em prefeituras, consideram que, no momento, muito ajudaria a dar recursos aos municípios a simples correção do Fundo de Participação dos Estados e Municípios com a inclusão de receitas, como PIS/ COFINS, e a divisão do montante per capita, acabando com distorções existentes. Muitas lideranças comprometidas com mais recursos para os municípios estão entre as mais importantes de Minas Gerais

– o presidente da Associação Mineira de Municípios, Antonio Carlos de Andrada; prefeito de Barbacena, o vice-governador Alberto Pinto Coelho, virtual candidato da base política do Palácio Tiradentes; o vice-governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, que foi prefeito de Piraí e dirigente da Associação Brasileira de Municípios; a deputada Ângela Amim, que foi prefeita de Florianópolis, entre centenas de outros políticos ligados à vida e aos problemas vividos pelos municípios brasileiros, hoje em fase de dificuldades graves. Papel importante caberá ao planejamento urbano, com o Ministério das Cidades, no sentido de coordenar com o Ministério do Desenvolvimento, com o BNDES, com a Secretaria da Receita, com o Ministério dos Transportes e, sobretudo, com o Ministério da Agricultura, para um amplo projeto de aproveitamento econômico das microrregiões brasileiras, especialmente do interior. Um esforço que inclui as ZPEs, incentivos regionais, financiamento e tecnologia, sem esquecer o papel indutor do desenvolvimento da Secretaria da Pequena e Média Empresa, confiada a uma liderança do setor, moderna e liberal, que é Guilherme Afif Domingos. Não podemos, por outro lado, continuar a passividade com o crescimento das cinco maiores metrópoles, com altos custos na mobilidade, riscos ambientais e tensões sociais. Existe, hoje, ao contrário das décadas de 50 a 80, vontade para uma volta ao interior, hoje dotado de facilidades com a mobilidade, comunicação e educação. Basta se criar condições para essa mudança de rumos, no caminho da paz e do progresso.


Florian Madruga

Sem nota

ARTIGOS

A

28

Educação continua sendo o assunto mais discutido nas páginas das folhas noticiosas. Ganha, de longe, do mensalão e da espionagem americana sobre as nossas intimidades. Nem por isso o desempenho dos nossos professores e dos aplicados alunos tem melhorado. Na verdade, a Educação tupiniquim está no fundo do poço, como o pré-sal no fundo do mar. E é de lá, lá do fundão das águas salgadas que pretendem tirar o doce para melhorar o nível dos queridos mestres e o desempenho dos disciplinados estudantes. No século passado a equação era mais simples: o professor ensinava e o aluno estudava. Mas isso é coisa do tempo antigo. Há dois meses a doutora Paula Louzano, formada pela Universidade de Harvard, em entrevista ao jornal O GLOBO, traçou um paralelo sobre a formação de professores na Finlândia, país que tem os melhores resultados em Educação, e o nosso Brasil, país que tem uma excelente escola de formação de jogadores de futebol, que tanto sucesso fazem em gramados mundo afora. Diz a doutora: – Para ser professor na Finlândia, hoje, é necessário um curso de nove mil horas, com sete anos de duração, sendo que um terço delas corresponde a uma espécie de residência pedagógica: o futuro professor estagia em uma escola onde um professor tutor se responsabiliza junto com a universidade por sua formação. E no Brasil, como é, doutora? – O Brasil especifica pouco seu currículo e forma muito mal seus professores – hoje 30% das matrículas nos cursos de formação de professores é à distância –, ou seja, esperamos que professores mal formados, que muitas vezes têm pouco domí-

nio do conteúdo a ser ensinado, tenham autonomia total. O diferencial é que na Finlândia os professores insistem em ensinar e os estudantes teimam em aprender, penso eu. A solução, diz a doutora Paula Louzano: – A diminuição das desigualdades é a força motriz por trás dessa política na maioria dos países, e deveria ser ainda mais forte aqui no Brasil, já que somos um dos países mais desiguais do mundo. Outra grande professora e filósofa, Viviane Mosé, que acaba de lançar o livro A escola e os desafios contemporâneos, é, também, uma crítica do sistema educacional vigente no país. Ela diz: – A universidade hoje é o que há de pior na educação brasileira, mas o curioso é que nós não a criticamos. O sistema universitário é horroroso, fragmentado, feito como uma linha de montagem com centros de saber separados uns dos outros. Temos uma instituição velha, que vive isolada e se recusa a ler o presente. Isso é muito grave. É da universidade que saem as pessoas que vão formar as pessoas. A filósofa Viviane Mosé vai fundo quando proclama: – O nosso desafio hoje não é dar diploma, mas dar poder à população do saber. Não adianta a classe C botar roupa bonita e comprar carro, pois será excluída igualmente desse sistema. Interessa é o que a pessoa pensa, elabora. O desafio da escola é ser um a um. O futuro da educação é um a um, é a escola respeitar um a um. As professoras Paula Louzano e Viviane Mosé têm razão. Mas parece que a solução para a educação no Brasil depende do présal, é o que dizem uns e outros. DO GRANDE ESCRITOR MINEIRO FERNANDO SABINO: “Democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada, depende de cada um”.


Paulo Castelo Branco

Espera

ARTIGOS

O

30

saguão de aeroporto estava lotado com dezenas de pessoas aguardando a sua vez para embarcar. No painel, as sucessivas mudanças de portão de embarque provocavam correrias de um lado para outro. A voz metálica repetia as indicações expostas e alertava pela última chamada. – Voo 2389 com destino a Palma. Seu embarque foi alterado para o portão 17, no primeiro subsolo. Levantei-me do assento e segui em direção ao local indicado. A minha visão estava embaçada e precisei ser auxiliado por outro passageiro. Apresentei-me à atendente, que me informou que o portão havia sido, novamente, alterado, agora para o portão 37, no segundo piso. Voltei para outra ala, onde podia ver os rostos difusos e o movimento dos passageiros. Dentre eles um senhor idoso em sua cadeira de rodas. Familiares o acompanhavam e conversavam animadamente. O homem, de óculos escuros, se mantinha calado. De um dos assentos, levantou-se um homem também de idade avançada que se dirigiu ao passageiro que estava na cadeira de rodas e disse olhando direto às lentes dos óculos. – Olá, não está me reconhecendo? – Claro que não, não enxergo, sou cego. A família procura identificar o interlocutor, que não dá nenhuma informação sobre o seu nome. – Você não pode ter se esquecido de mim; vou lhe dar algumas dicas para ver se você se lembra. Nasci em Tribobó da Serra, e você também, não é? O tom de voz é elevado e todos os presentes escutam a conversa. – Não, nasci em Santos, São Paulo, e creio que você está me confundindo com outra pessoa. – Ah! Está querendo me enganar. Lá em Tribobó, corríamos

pelos campos recolhendo as ovelhas que nossos pais criavam. O seu apelido era Ximbica e o meu não vou dizer, senão você não vai querer continuar a tentar se lembrar de mim. – Meu filho, você não pode me conhecer, pois eu não sou daqui. Morei a vida inteira em Santos, e não existe hipótese de ter convivido com você. – Ora, Ximbica, eu não sou bobo para acreditar que você não enxerga. De longe percebi que você olhava para todos os lados e se fixava no painel de informações. Você se lembra quando, no curso primário, trocávamos cola nas provas? Isso, você com certeza não esqueceu. E agora, com essa dica você já pode me identificar, não é? Um rapaz da família resolveu interromper a estridente e inoportuna conversa que já servia de motivo de comentários dos demais passageiros. – O senhor não está vendo que a sua conversa não está agradando ao meu pai? Peço-lhe a gentileza de deixar de nos incomodar com a sua presença. – O Ximbica é seu pai? Então já sei, você é o Etevaldo, o mais velho, acertei? – Não, meu nome é Francisco e não o conheço. Estamos aguardando o nosso voo e não queremos que essa farsa se prolongue. O celular tocou e o homem atendeu, dizendo que estava tudo bem e que havia reencontrado o Ximbica. – Você não imagina, ele não me reconheceu nem pela voz. Não, estou tranquilo e o meu voo já está sendo chamado. Quando chegar ligo para você. – Tchau, Ximbica, foi ótimo rever você, como você não me reconheceu, também não lhe direi o meu nome. Fique pensando. Só posso lhe dar mais uma dica: tenho horror a andar de avião e sempre puxo conversa com estranhos até embarcar.


José Alberto Couto Maciel

Sobre Deus

ARITGOS

A

32

credito em um Deus da natureza. Seria uma força estranha e superior que teria criado o sol, as estrelas, a terra, águas e tudo que, unido, demonstra ser harmônico com o divino. Acredito em um Deus que criou todos os animais na terra, e, talvez, em outros planetas, força essa superior e divina, não havendo maldade nos animais, como também não existe nas plantas. Não acredito, porém, em um Deus que estaria regendo a vida de todos os seres humanos, a não ser que estes o tenham traído, mas daí já seria um defeito de criação que poderia não existir. Não posso acreditar que alguém, com força superior, possa criar terroristas, pedófilos, governantes que eliminam raças, assassinos, ladrões, corruptos e uma maioria de pessoas do mal. Que Deus é esse? É preciso que se reze para que ele melhore as pessoas? Então por que as criou assim? Seria uma tentativa de melhora com reencarnações seguidas? Se existe a força divina para criar, por que criar para melhorar por estágios? Dizem alguns que se deve agradecer a Deus por melhorarmos das doenças. Ora, mas por que possibilitou Ele a doença? Não é paradoxal?

Agradece o religioso: – Graças a Deus, nosso fiel foi liberado do sequestro. Pergunto: por que não iniciar Ele, pela base, evitando o próprio sequestro? Alguns morrem no desastre e outros se abraçam agradecendo ao Senhor. Mas por que salvou apenas esses agradecidos e deixou morrer os demais, no mesmo desastre? Acredito que o homem possa ter, dentro de si, o que podemos chamar de Deus, ou seja, uma vontade e um potencial enorme no sentido de fazer o melhor, evoluindo no caminho da superioridade, melhorando a raça humana. Esse é o sentido que dou à vida, e esse é o Deus que reconheço. O grande problema é que o homem dificilmente aceita, pois não tem humildade para isso, que ele veio não sabe de onde e vai não sabe para onde, daí inúmeras seitas baseadas nessa fragilidade humana de não reconhecer que o que existe é o inexistente e que a força de alterar o mundo está dentro dele mesmo, não importando o antes ou o depois. Acontece é que o ser humano quer continuar depois, e quer garantias de Outro, podendo contar sempre com um salvador para melhorar sua vida, não querendo entrar dentro do seu ser não manifesto e reconhecer que o salvador é ele mesmo, único responsável a tornar seu mundo melhor. Concluindo, entendo que Deus existe, ou melhor, que vários Deuses existem, cada UM dentro de cada um.


Carlos Chagas

Desaparecida a causa, desaparecem os efeitos

ARTIGOS

O

34

s protestos do Sete de Setembro serviram para comprovar que minorias deletérias conseguem perturbar um país inteiro, mas encontram-se a um passo de serem isoladas, se houver vontade política por parte da população e da autoridade pública. Porque não foi nem será difícil identificar, em todos os estados, quais os baderneiros empenhados em promover a desordem. Infiltrados nas manifestações populares, não passaram de 200 ou 300 em cada capital. São nada, para uma população de mais de 200 milhões, mesmo admitindo- se a indignação de boa parte deles diante da falência dos serviços públicos e da fragilidade das instituições. Numa palavra: o Brasil está contra a qualidade de vida imposta por governos desleixados, da mesma forma como rejeita a baderna. Esta ficará circunscrita a uns tantos desajustados assim que aquela venha a ser recomposta. Torna-se evidente, assim, que enfrentada a causa, desaparecerão os efeitos, já que sem manifestações nas ruas para infiltrar-se, os baderneiros serão reduzidos à sua expressão mais simples, de meros bandidos cujo destino deve ser a cadeia. Desnecessário será demonstrar que enquanto se misturarem os que protestam com razão e os que depredam sem ela, não haverá polícia que dê jeito. Em especial quando os agentes po-

liciais confundem uns e outros. Mesmo “uniformizados”, vestidos de pretos e com a cara encoberta, os poucos baderneiros só se revelam na hora em que invadem, quebram e dilapidam patrimônio público e privado. Podem ser identificados numa investigação posterior, demorada e custosa, parecendo mais fácil e lógico ao poder público enfrentar os motivos responsáveis pelas manifestações. Em suma, reformar objetivos e métodos de governo, bem como instituições. Missão quase impossível, mas a única saída visível para evitar o caos. De preferência através de eleições...

AUSÊNCIAS Tanto Henrique Eduardo Alves, presidente da Câmara, quanto Renan Calheiros, presidente do Senado, terão suas justificativas para explicar a ausência no palanque presidencial do desfile do Sete de Setembro. O mais provável é que aleguem compromissos em seus estados, ainda que as câmeras de televisão, em Natal e Maceió, não tenham divulgado suas imagens na cobertura dos desfiles militares. Não deixa de ser uma descortesia, porém, terem faltado a um convite da presidente Dilma Rousseff.


A cidade é um importante centro comercial e industrial. Ao fundo, a Montanha da Mesa

cidade do cabo

mara amaral

S

36

ituada na costa da Baía da Mesa, junto à montanha do mesmo nome, Cape Town – nome original – foi fundada em 1652 pela Companhia Holandesa das Índias Orientais e, em 1806, ocupada pelos ingleses. O nome, “montanha da mesa”, deve-se à forma do seu cume, plano, como uma mesa. Essa formação geográfica é composta também por uma configuração rochosa com 12 picos, conhecidos como os Doze Apóstolos. A Cidade do Cabo é um importante centro industrial e comercial, acolhendo diversas refinarias de petróleo, empresas de curtumes, têxteis e de produção de automóveis. Além disso, possui um dos principais portos do país e detém uma forte produção vinícola. Além dessas infraestruturas, é incontornável a grande aposta no setor do turismo, um dos mais rentáveis. Falando em turismo, Cape Town apresenta muitas atrações interessantes. O Greenmarket Square, uma feira de artesanato local, é uma das mais procuradas. Long Street é a rua mais movimentada da cidade, ao longo da qual pode-se encontrar restaurantes, bares, antiquários e lojas de conveniência. A oferta é variada, sendo difícil não ceder ao consumo. Com o pôr do Sol, essa zona não se esconde na penumbra e a vida noturna é agitada. Os principais museus e lugares históricos concentram-se no centro da cidade, ao lado de edifícios altos e modernos. As diferenças arquitetônicas das estruturas são visíveis a olho nu, convivendo harmoniosamente entre si. No entanto, ninguém fica indiferente às construções tipicamente vitorianas, com varandas em ferro forjado, herança da colonização holandesa e inglesa. Aos ex-colonos, juntam-se muçul-

Bo Kaap, bairro multcolor. As habitações foram recuperadas e pintadas de tons fortes

África do Sul


Os principais museus e lugares históricos concentram-se no centro da cidade, ao lado de edifícios altos e modernos manos, judeus, brancos e negros, originando uma comunidade local que, no fundo, defende os seus costumes e valores sem quaisquer preconceitos.

ROVOS RAIL Conhecido como o orgulho da África, esse é um dos comboios a vapor mais luxuosos do mundo, e é o único que atravessa cinco países do continente africano: África do Sul, Botswana, Zimbabwe, Zâmbia e Tanzânia. Aqui viaja-se com estilo, e as suítes, para duas pessoas, têm decoração imponente. O ambiente é requintado e formal e as refeições servidas a bordo do vagão exigem trajes finos e pontualidade britânica.

A cidade tem alguns marcos portugueses e holandeses da época em que eles dominaram a região. Há também inúmeros edifícios britânicos, de quando os súditos da rainha expulsaram os holandeses. Por fim, tem importantes construções da nação sul-africana, do período pós-colonizações. No centro da cidade também fica o Castelo da Boa Esperança, uma fortale-

Castle Good Hope, construído pelos holandeses za secular que foi usada pelos holandeses para proteção de seus domínios.

E POR NADA NO MUNDO PERCA Museu District Six – Inaugurado em 1994 junto às Bitenkant Street e Albertus Street, este museu aviva as memórias dos habitantes de um bairro multicultural que, em 1966, viu seu perímetro declarado como zona branca e, na década de 70

assistiu à demolição das habitações. Abriu as portas exibindo painéis, fotos e objetos da época, cedidos pela comunidade. A tudo isso, foram acrescentadas histórias da expulsão e os terrores do apartheid. Castle Good Hope – Construído pelos holandeses, o castelo situa-se num antigo forte pentagonal. Considerado o edifício mais antigo da África do Sul, sendo ainda hoje utilizado por militares.

mara amaral

OUTRAS ATRAÇÕES DE CAPETOWN

37


Victoria & Alfred Waterfront

O moderno estádio

Use o ônibus vermelho para conhecer a cidade porque ela é simplesmente enorme! Recomendo também os risotos da casa. Tribecca Bakery Por alguns instantes você pode achar que está em New York, mas não se engane pelo nome, é pura África.

HOTÉIS

mara amaral

Artesanato no Green Market

38

Kirstenbosch National Botanical Gardens – Criado em 1913 para proteger e expandir a diversa flora do país, ele é Patrimônio Mundial. Victoria & Alfred Waterfront – É uma das zonas mais turísticas da cidade. As construções portuárias e os edifícios antigos foram mantidos, e lá operam, hoje, mais de 400 lojas de marcas variadas, inclusive internacionais, além de bares e discotecas. O Two Ocean Aquarium é espetacular. Bo Kaap – Bairro multicolor, onde está concentrada a maioria dos muçulmanos da região. Recentemente, as habitações foram recuperadas e pintadas de tons fortes. Museu sul africano e Planetário – Situa-se num edifício imponente e além das exposições permanentes, exibe exemplares únicos de arte rupestre, assim como várias atividades interativas.

RESTAURANTES La Colombe Cozinha francesa. Em 2006, foi eleito o Melhor Restaurante de África e do Oriente Médio e o Melhor Restaurante do mundo pela revista Restaurant, publicada no Reino Unido. Cozinhas africana, contemporânea, continental e internacional. The Showroom O menu contempla comida tradicional com mistura de sabores criados pelo chef. Shines Jardine George Jardine, chef e proprietário do espaço, apresenta uma cozinha clássica contemporânea, sempre deliciosa e imaginativa. Balducci´s Ristorante Outro ótimo restaurante da cidade. Peça a Pizza San Diego, mas divida com alguém,

THE WESTIN CAPE TOWN Os quartos têm camas de luxo e janelas do chão ao teto, com vista para a cidade, spa e piscina. Uma Academia de Ginástica bem equipada, que tem vista panorâmica da cidade. Bem localizado, fica a cinco minutos de carro do majestoso Estádio. CAPE ROYALE LUXURY HOTEL&SPA Luxuoso hotel 5 estrelas localizado na área central de Green Point. Você pode escolher 3 restaurantes dentro do hotel que oferecem as melhores experiências gastronômicas em belos ambientes. THE TABLE BAY HOTEL Tambem 5 estrelas situado no V&A Waterfront (porto). Magnífica vista para a Montanha da Mesa e para o Oceano Atlântico. Você pode desfrutar refeições do TABLE BAY no elegante jardim de inverno ou na varanda térrea que oferece vista para o Porto e para a Montanha da Mesa. Email: maraamaral2002@hotmail.com


pedro Gordilho 40

VAN GOGH

NA PROVENÇA


Jardim do Hospital

V

an Gogh, visionário incompreendido, não teria jamais podido imaginar em suas mais violentas crises de loucura que suas telas algum dia seriam comercializadas em milhões de reais. O impressionista não podia nunca imaginar que milhares de turistas, em cada ano, visitariam Les Alpilles, Arles e La Camargue, como o autor, com um único objetivo: encontrar os endereços onde ele havia colocado, muitas dezenas de anos antes, seu cavalete de artista. Em Arles, um percurso bem definido passa pelo centro da cidade, encontrando-se o celebre Café da Noite, chamado hoje Bar Van Gogh, na praça do Fórum. Os amantes da arte fazem ponto de referência, nesse local, antes de seguir o caminho em Autorretrato em Saint-Rémy

pedro Gordilho

“Ainda não conheço melhor definição de arte do que esta: A arte é o homem acrescentado à natureza – natureza, realidade, verdade das quais o artista faz sobressair o sentido, a interpretação, o caráter, que ele exprime, resgata, separa, libera, ilumina.” Van gogh.

41


pedro Gordilho

A Ponte Langlois

42

direção ao cais do rio Rodano, na pesquisa noturna iluminada pela beleza da Noite Estrelada ou da Ponte de Trinquetaille. Endereço conhecido no mundo inteiro graças às telas do grande avatar da pintura, vindo ao sul da França buscar a famosa luz do Midi, a claridade fulgurante. Os interessados na obra de Van Gogh podem também passear no Jardim do Hospital, que continua sendo, até nos dias correntes, um lugar idêntico àquele conhecido pelo pintor, desde que ele foi hospitalizado, depois de cortar uma orelha. Um pouco mais longe os pesquisadores podem se extasiar diante de uma antiga ponte elevada, chamada A Ponte Langlois, que a obra do artista fixou para a eternidade. A capital camarguaise, aliás, como todo o sul da França, não conservou nenhuma obra da passagem do gênio do impressionismo. Mas é durante seu período arlesiano que Van Gogh teve seu momento mais criativo: cerca de trezentas obras, em menos de dois anos! Produções que enfeitam hoje os grandes museus do mundo. Mas quem foi esse gênio transformador que viveu com tanta dificuldade, sem reconhecimento, sem grandes amizades, sem reciprocidade no amor?

Vincent Willem Van Gogh nasceu em 30 de março de 1853. Nasceu numa família modesta. O pai é pastor, o meio é austero e rigoroso. Sob o céu baixo e a terra negra, que desenham paisagens irreais banhadas de brumas e de tristeza. Esse clima favorece a tendência selvagem do

O quarto de Van Gogh

menino, que se fecha em seus pensamentos e se evade em seus sonhos. Ele não suporta o espírito austero e confinado que a atividade escolar o reduz. Ele é já, como Rimbaud, “L’homme aux sabots de vent”. Sem diretrizes definidas vai a Londres, se apaixona pela filha da dona da pensão, que o repele cruelmente. Surge o boêmio, de cidade em cidade, de região em região, vivendo em privação. Ele quer se tornar pastor, como seu pai. Mas não seria para ele uma vocação. Ele se interessa em ajudar os mais deserdados, de dividir seus míseros recursos, mas para Vincent não há meias medidas: ir até o fundo do evangelho, ser um apostolo até o excesso, até a loucura. A doação total ou nada. A igreja não aprecia suas posições, parecendo-lhe tratar-se de um agitador espiritual. Ele se sente de novo rejeitado e renuncia definitivamente à sua vocação. Rejeitado por todos, ele vai se lançar ao desenho e à pintura, adotá-los. Inscrevese numa Academia de Belas Artes, mas o ensinamento da escola não lhe convém. Ele vai buscar a sua inspiração na criação de um estilo próprio. O desenho magnífico traduz tragicamente a visão daqueles modelos mais infelizes do que ele. Ele recria sua visão, desarticula os movimentos, amplifica os caracteres.


La Méridienne – Obra executada por inspiração do famoso quadro de Millet, Les Glaneuses

Seus desenhos, suas pinturas, essa é a encontra seu delírio espiritual, sua nesua maneira de se fazer compreender, de cessidade de álcool e de tabaco. A verdair mais longe, de ser um apóstolo, mesmo deira vida não é para ele. Ele permanece grudado ao seu destino, vítima de seu um profeta. A morte de seu pai, em 1885, o marca gênio, de sua pulsação, de seus excessos profundamente, pois, malgrado seus er- e de suas provocações. Malgrado suas ros, seus excessos, suas provocações, ele extravagâncias, ele encontra o calor da tem o coração cheiro de ternura. O irmão amizade na companhia do casal Roulin, querido está em Paris. Theo administra do pastor, do doutor Rey e de outras pesuma galeria de arte e conhece inúmeros soas tolerantes que terão sabido enconpintores. Vincent entra nesse meio de trar diante de um quadro torturado a artistas, no qual se revelam todas as evo- alma sensível de Vincent. luções pictóricas do momento, mas também todas as querelas e as suscetibilidades dos novos profetas das artes. O ambiente é conhecido. Dividem-se muitas misérias e privações, mas também muitas paixões e excessos. Paris não lhe convém. Nesse clima febril ele bebe, ele fuma, ele se destrói. Conselhos de amigos mostram que ele deveria tomar o caminho da Provença. Vincent chega a Arles em fevereiro e se instala perto da estação do Hotel Carrel. O frio é intenso e o obriga a ficar em seu quarto. Ele pinta furiosamente, esperando a hora de poder colocar seu cavalete na natureza. Ele chama Gauguin, então na Bretanha, mas a permanência do amigo pintor será, para Vincent, motivo de conflitos e desregramentos. Ele não pode se desfazer de seu passado, ele reO doutor Rey

É preciso notar, como exemplo de amor fraternal, a fidelidade de seu irmão Théo: durante os dois anos de permanência provençal, Vincent recebe regularmente cartas – respondendo sempre com regularidade – e também dinheiro do irmão querido. Sua correspondência esclarece de forma admirável e profunda os vínculos que os unem. O casamento de Théo não mudará em nada a ajuda que ele aporta a Vincent. Ele o sustentará em todos os momentos, mesmo naqueles mais trágicos da vida do pintor. Entretanto, os excessos resultam em crises. Vincent deve deixar Arles. Atendendo a conselho de amigos, ele pede para se internar durante alguns meses no hospital psiquiátrico de Saint-Rémy de Provence, ao pé dos Alpilles, num ambiente de paz. Ele chega em 8 de maio de 1889. De seu quarto, dando sobre a alvorada, ele vê colinas que se inclinam sobre os campos. A despeito da angústia e da severidade do meio, ele encontra inspiração, através das oliveiras, dos campos semeados, da colheita, das noites estreladas, dos ciprestes. Ele passa um ano em SaintRémy, permanência entrecortada de momentos de criação e momentos de abatimento. Nesse meio de doentes mentais mais graves do que ele, não conhece nem esperança, nem cura. Ele

pedro Gordilho

As Oliveiras

43


pedro Gordilho

Busto de Van Gogh em Arles

44

Retrato de madame Ginoux tem momentos de sanidade, nos quais parte ao encontro de motivos que lhe abastecem a criação, mas o regulamento é severo. Ele não quer mais ficar naquela prisão, ele quer encontrar sua liberdade, quer rever seu irmão e sentir um pouco de calor humano, impossível num ambiente de patologias mentais. Vincent deixa a região em 16 de maio, seguindo para Paris e levando consigo essa colheita de sol e de cores, que tanto lhe inspiraram, no ambiente provençal. Théo o recebe em Paris em Auvers-SurOise, onde ele viverá dois meses sob a amizade do Dr. Gachet. Ainda pintará algumas obras-primas, mas sua mensagem está sendo concluída. Ele não pode ir mais longe do que esses caminhos de sol em meio às árvores torturadas, mais longe do que os campos de trigo movendo-

se sob o céu, mais longe do que as noites estreladas em visões verdadeiramente apocalípticas. Em 27 de julho de 1890, Vincent atira sobre si mesmo. Dois dias mais tarde ele morre, tendo ao lado o Dr. Gachet e seu irmão Théo. Seu biógrafo David Haziot descreve a cena final. À noite a infecção se alastrou, e Vincent tinha dificuldade de respirar. Quando Théo compreendeu que era o fim, sentou-se junto dele e apoiou a cabeça de Vincent no seu braço. “Eu gostaria de poder morrer assim”, disse Vincent. Talvez tenham falado em holandês, talvez tenham pensado naquele passeio ao moinho de Rijswijk, quando fizeram o juramento de se ajudar sempre. Théo, apesar da dor imensa que sentia, estava embevecido pelos últimos instantes da-

quele que ele tanto amara. Nesses momentos, quanto mais diminui o tempo que resta, mais o amor por quem morre se aproxima do infinito e a dor nada significa. Vincent se extinguiu nos braços do irmão e depois, já sem consciência, pronunciou estas palavras: “Eu gostaria agora de entrar”. E expirou na terça-feira, 29 de julho de 1890, uma e meia da madrugada, aos 37 anos e poucos meses. Em apenas 11 anos de trabalho, Vincent Van Gogh abriu as portas do mundo para a pintura moderna. Antes mesmo de aprender a desenhar, em longas e intermináveis caminhadas gostava de observar o fim do dia, o pôr do sol, em uma profusão de dourados, amarelos e alaranjados, cores que tanto usou e enriqueceu sua obra magnífica. É por meio da correspondência com seu irmão Théo que se tem a maior parte das informações a seu respeito, uma vida marcada pelo fervor religioso, pelo duro aprendizado e, ao fim, pela libertação da maneira de pintar como ninguém havia pintado antes dele. Sua morte precoce, aos 37 anos, deixou muitas interrogações, mas uma certeza ficou: sua genialidade. RefeRências bibliogRáficas • David Haziot, Van Gogh, Prêmio da Academia Francesa, L&PM Pocket, 2010. • Journal de Dimanche, L’esprit de Van Gogh hante toujours. Arles, B.D.L.C., 28.12.2008. • Marc Guitteny, Van Gogh en Provence, Ajax Monaco, 2002. Email: pedrogordilho@gpfa.adv.br


Ambientes

Pequenos es p 46

grandes sol u


l uções

U

ma tendência de mercado observada nos novos projetos de apartamentos é a área social ganhar espaço, enquanto a área intima passa a ter metragem cada vez menor, diminuindo sua utilização. Conheça nesta matéria alguns ambientes de uma mostra de quartos, onde arquitetos e designers de interiores propõem soluções para compensar essa perda e tornar mais agradável o convívio nesses espaços reduzidos.

Ambientes

s paços,

Texto e fotos: Clausem Bonifácio

47


Quarto Black&White A proposta da arquiteta Denise Zuba foi um quarto de casal divido nos tons branco e preto, que expressam o positivo e o negativo das cores. Com o objetivo de agradar à maioria, o quarto destaca-se pela complementação, mesclando os estilos clássico e moderno.

Quarto channel O Quarto Channel, desenvolvido pela designer de interiores Karine Gonçalves e pela arquiteta Natalie Tramontine, reproduz o estilo sofisticado e clássico da marca conhecida no mundo inteiro. O uso das cores branca, preta e pérola, combinadas com as almofadas com estampa “pied de poule”, e com o armário plotado com imagens de croquis da marca internacional, mostram o diferencial do espaço.

Ambientes

Quarto da jovem contemporânea

48

Um romântico quarto feminino foi a proposta da arquiteta Juliana Santana para a mostra. Os tons pastéis combinados com detalhes em cinza e mobiliário arrojado, como o painel de fundo, dão o toque da atualidade.


casal moderno Unir o contemporâneo com memórias do passado foi a inspiração da arquiteta Heloiza Alcoforado para a criação desse quarto, que foi idealizado para um casal contemporâneo que não dispensa sua história. O uso do azul vintage nas paredes remete às boas memórias do casal. A estampa étnica de cor laranja da cabeceira chama a atenção para o ambiente, que também brinca com o moderno, presente no painel em laca preta brilho.

Quarto para um jovem casal Um quarto projetado para um jovem e moderno casal foi criado pela designer de interiores e lighting designer Marcela Passamani. Tons brancos, neutros e pequenos detalhes em dourado e cobre, como os pendentes que ficam sobre os criados mudos, compõem a decoração do ambiente e transmitem conforto e tranquilidade, além de permitir um toque de sofisticação ao espaço.

seu Quarto

mostra

A mostra pode ser visitada no Shopping CasaPark com entrada franca.

Ambientes

No espaço proposto pela designer de interiores Cássia Lott e pela arquiteta Rosane França, nomeado como “Seu Quarto”, é inevitável o sentimento de aconchego que sentimos ao entrar. A madeira reina de maneira elegante. O vigamento, a cortina e o papel de parede usado nas cores refletidas no espelho, alegram com equilíbrio a décor do local.

49


Foto: André Zimmerer

Importação e exportação de maneira segura, rápida e descomplicada A hora de importar e exportar produtos pode apresentar complicações, mas com a ajuda certa, tudo fica mais fácil e rápido

capa

S

50

empre que pensamos no processo de importação, a primeira coisa que nos vem à cabeça são as taxas: impostos, encargos e outros empecilhos financeiros que nos fazem pensar duas vezes antes de começar um negócio como esse. Passando essa fase, vem a do prazo de entrega. Este nem sempre é como pensamos ou como ficou acordado com o fabricante ou quem nos envia. Tudo isso torna o processo de importação cada vez mais complicado e faz com que uma pessoa comum ache que isso só serve para grandes empresas e que com ela não vai dar certo. Pode até ser verdade que para grandes empresas o processo pode ser menos complicado e menos doloroso, mas isso é por-

que eles contam com uma equipe especializada no assunto desde o início. O trabalho de consultoria em comércio exterior nasceu para isso. Esse tipo de consultoria ajuda grandes, médias e pequenas empresas, além de empreendedores individuais ou pessoas que desejam comprar produtos de outros países sem se preocupar com tanta burocracia. O consultor se encarrega de pesquisar os melhores preços e melhores exportadores, além de lidar com trâmites legais e garantir uma entrega no prazo. Em 2006 nasceu a empresa que foi pioneira nesse mercado no Brasil, a América Import. Hoje ela conta com filiais e consultores nas principais cidades do país, além de parcerias com grandes nomes do ramo de importação e exportação, tais


empresa, o piauiense Laecio Figueredo. Um trabalho de alta qualidade e precisão é, sem sombra de dúvidas, essencial para o sucesso de uma transação internacional. A escolha das parcerias também pesa muito nessa hora, por isso, a América Import garante uma ótima escolha para ambos os lados. Entre os seus produtos de importação de maior destaque estão: produtos eletroeletrônicos,

produtos de informática, máquinas comerciais, industriais e agrícolas, tratores, máquinas e equipamentos para terraplanagem, mineração e construção, embarcações e motores para embarcações, ferragens e ferramentas, produtos siderúrgicos e metalúrgicos, entre outros de uma vasta gama de opções. “Ao contratar nossa consultoria, todo o processo ficará por nossa conta, como lidar com armadores, Siscomex, transportadoras, Receita Federal, bancos, fornecedores na origem e todas as entidades envolvidas nesse trâmite”, garante Laecio. “Garantimos o menor custo da cadeia logística e tributária internacional, além de total segurança com a carga, licenças de importação, trâmite de documentos, desembaraço, fechamento de câmbio e de custos para a sua empresa. Relatórios gerenciais poderão comprovar os benefícios de trabalhar de forma integrada”, completa o sóciodiretor da América Import.

capa

como: Brasil Global Net, Apex, Comex Brasil, Estate Export, LCA Representações, Câmara Brasil-China de Comércio, Raizen, DHL CHINA e BNDES. Com sete anos de mercado, a América Import se especializou nas áreas de importação, exportação, logística, transportes e armazenagem, despacho e desembaraço aduaneiros, seguros internacionais, participação em feiras e eventos no exterior, dentre outros, como Marketing Internacional e inteligência de negócios internacionais. “O comércio exterior pode causar apreensão e desconforto. Parece cheio de variáveis difíceis de controlar. O tempo de espera pelo produto importado, desde a compra até o recebimento, não parece adequado à sua empresa. Isso pode ser um problema, caso você e sua equipe não disponham de um agenciamento door to door, que lhe garanta a qualidade do produto, na quantidade que você necessita, no tempo adequado à sua produção”, explica o sócio-diretor da

51


capa

Atuando, também, na exportação de commodities, a América Import conta com clientes governamentais e produtores individuais e é afiliada da rede de produção de cooperativas multinacionais, como a RAIZEN e COPAGRA, situadas nos estados produtores do Paraná e São Paulo. A gama de produtos exportados pela América Import varia de acordo com o perfil e tamanho de seu cliente, mas seus consultores garantem um serviço de alta qualidade e performance em todos os segmentos.

52

A ampliação de sua rede de negócios e abertura de escritórios em outros países, com escritórios nos Estados Unidos e China, se tornou um dos diferenciais da América Import, com matriz no Paraná, estado que tem os maiores produtores de commodities agrícolas brasileiros, e filiais em alguns estados, como em nossa Capital Federal, Brasília. Essa ampliação permitiu que a América Import investisse em outros projetos, como trazer para o Brasil a prestigiada marca chinesa de maquinário agrícola Xuzhou Kat. A ideia

de trazer a marca para o mercado brasileiro nasceu de um projeto dos sócios na América Import, Laecio Figueredo e André Pinto, advogado e empresário renomado na cena brasiliense. Concorrente das principais marcas internacionais do ramo, como a Caterpillar, a marca chinesa não deixa a desejar quando o assunto é desempenho. “Posso garantir que essa nova marca chega ao Brasil com tanta qualidade quanto apresenta no mercado internacional”, comenta Laecio. “A motorização e o desem-


de mercado, feito sob encomenda por um renomado escritório de São Paulo. “Queremos garantir a qualidade de nosso serviço, por isso fazemos tudo com todos os detalhes bem arranjados e sem surpre-

sas. Assim podemos garantir a satisfação de todas as partes do negócio, seja para nossos clientes ou para nós mesmos, como no caso da Xuzhou Kat”, explica Laecio Figueredo. Prezar por um bom negócio já virou marca registrada da América Import, assim como a alta qualidade de suas consultorias e a garantia de negociações de sucesso. Importação, exportação e comércio exterior em geral deixam de ser um mistério e de causar dor de cabeça quando se contrata a equipe certa para isso. No site da América Import você encontra essas e outras informações que lhe ajudarão a decidir em qual ramo investir. Com um layout moderno e bem visual, as informações são facilmente encontradas. AMéRICA IMPORT SBS Quadra 02, Bloco E, Lote 15, Sala 206, Ed.Prime 70070-120 - Brasília - DF Telefones: (61) 3044-1640 / 9803-3160 americadiretoria@americaimportltda.com.br www.americaimportltda.com.br

capa

penho da Xuzhou Kat chegam a superar os da sua principal concorrente. E para provar que chegamos para conquistar mesmo o mercado brasileiro, a América Import traz cada trator da marca com três anos de garantia, um a mais que as outras disponíveis no mercado, e ainda oferece um container de peças para reposição”, acrescenta o sócio-diretor da América Import. Sendo a única autorizada da marca no Brasil, a América Import garante um bom negócio para seus clientes. “O custo-benefício vem da alta qualidade e mesmo rendimento dos líderes do mercado. É praticamente o mesmo motor fazendo o mesmo trabalho com um custo muito menor”, garante Laecio. “Entregar um container de peças de reposição garante que se a máquina quebrar por qualquer motivo, o cliente não terá que esperar uma peça nova chegar para que o reparo seja feito e assim perder dias de trabalho. Assim, garantimos que a máquina não vai ficar parada”, afirma o consultor. Para a chegada dessa marca no mercado brasileiro, foi realizado um estudo

53


54

capa


55

capa


Danรงa

Entre a delicadeza 56

e a disciplina


Por Camila Bocchino – Fotos: Alexandre Alves

L

ições e treinos diários, concentração, comprometimento, paixão... Essas são algumas das características exigidas para se ter sucesso no balé. Muitos preferem contar com ele como hobbie, outros decidem investir em seu talento e construir carreira. Muitos obtêm o sucesso e o prestígio, outros acabam desistindo. Alguns levam a paixão adiante, mas longe

dos palcos, lecionando. E outros passam para esse lado quando decidem que está na hora de investir em seu talento de outra forma e resolvem passá-lo para frente. Seja como for, o balé é uma dança apaixonante e que tem a sua história construída através dos séculos. Hoje conhecemos várias escolas que têm fama e prestígio internacional, como o balé russo da escola Bolshoi e o Royal Ballet de Londres. Sua fama atravessa fronteiras e busca talentos mundo afora.

Dança

O balé é reconhecido mundo afora como uma das danças mais bonitas de se ver e uma das mais rigorosas em suas lições

57


Dança

Mas nem tudo é um mar de flores. Os bailarinos e bailarinas profissionais aprendem a lidar com a dor muito cedo. As sapatilhas não são um acessório muito confortável, mas a graciosidade e delicadeza que elas proporcionam a cada movimento durante a dança emocionam plateias cheias. A maior recompensa para qualquer um que seja apaixonado pelo que faz é o reconhecimento do seu trabalho pronto. A cada final de apresentação, a cada movimento mais arriscado, a cada passo que toca o espectador, o bailarino se sente completo no palco e não há dor que apague esse reconhecimento. O sentimento de ver uma plateia aplaudindo de pé uma apresentação chega a arrepiar a quem assiste e a quem se apresenta. Cheia de emoção, uma apresentação de balé fica guardada na memória de quem foi tocado pelo sentimento da dança. “Eu acredito que qualquer atividade profissional deve ser aprendida e executada com a mais absoluta disciplina, e disciplina absoluta você só terá se amar absolutamente o que você escolheu para si mesmo como profissão e carreira. A estrutura de uma aula de balé já é disciplinadora por si mesma”, explica Norma Lillia, uma das mais prestigiadas bailarinas de Brasília e dona da academia de balé Norma Lillia

58

“O bailarino, a meu ver, tem apenas essa rotina mais exposta. Sua rotina depende de um corpo e de uma mente saudáveis e aptos, descansados, disponíveis”, afirma Juliana Castro

Biavaty. Ela cita uma das mais importantes características do balé, a disciplina. É ela quem ajuda na hora de aprender os movimentos mais difíceis e permite que o aluno não perca a concentração do que está fazendo.

“O balé é reconhecido como uma dança que exige disciplina e dedicação por possuir uma metodologia de ensino sistematizada. Por se tratar de uma dança de alto nível de exigência corporal, conceitos básicos de disciplina e dedicação são


espectador durante as apresentações. “A emoção do bailarino é passada para o público por meio de suas expressões, de um corpo que fala por inteiro,  além das palavras, somos poetas do gesto, independente da linguagem  estética definida”, comenta Juliana. Mas nem todos acreditam que essa emoção é passada intencionalmente. Por trás dela pode existir muito mais do que imaginamos. “Não se repassa emoção ao público. A emoção se tem ou não, é atributo interno. Se o bailarino se emociona com aquilo que está fazendo, essa emoção será percebida pelo público. Existe um fio que une as almas do artista e da sua plateia, mas como qualquer fio, sem energia não haverá luz”, afirma Norma Lillia. Acredita-se que um bailarino tem uma rotina estafante. Pode ser que ainda existam aqueles que acreditam que não podem parar até que tudo esteja perfeito, como vemos em filmes e já ouvimos falar, mas não é bem assim. “A rotina diária de um bailarino profissional é uma aula diária, com duração de 90 a 120 minutos, e ensaios e repetições, em um total médio de 8 horas,

como qualquer trabalhador. O folclore de dizer que é estafante e rigorosa faz parte do charme da alma emocionada do artista”, diverte-se Norma ao contar sobre a rotina de suas aulas. “O bailarino, a meu ver, tem apenas essa rotina mais exposta, uma vez que procura ter hábitos mais  saudáveis como os cuidados com a alimentação, sono e  condicionamento físico. Sua rotina depende de um corpo e de uma mente saudáveis e aptos, descansados, disponíveis”, completa Juliana Castro. Para esses dois nomes de prestígio na cena brasiliense, ainda falta mercado para que o balé cresça e seja reconhecido na capital. “O mercado em Brasília deixa muito a desejar em se tratando de estarmos na Capital Federal. Mas com esforço coletivo e união da classe da dança e dos seus representantes, podemos mostrar que somos muitos, temos voz e devemos ter vez. Precisamos de políticas públicas sistematizadas para a dança”, finaliza Juliana. AgrAdecimentos: instituto de dança Juliana castro Ballet norma Lillia Biavaty

Dança

introduzidos desde os primeiros passos na rotina do bailarino com o intuito de se alcançar as metas dentro de cada fase do aprendizado motor”, explica Juliana Castro, bailarina e proprietária do Instituto de Dança que leva o seu nome. Já deu para perceber que seguir carreira nesse meio não é fácil, mas quando se ama o que faz, nada disso se torna obstáculo. “Posso citar o caso pitoresco de uma bailarina formada por mim, muito boa, por sinal, que, na falta de mercado, resolveu fazer concurso para a Polícia Civil. Na sua turma, na prova de tiro, foi a única candidata a tirar a nota máxima. O que significa isso? Da mesma maneira que ela “mira” o chão com os dedos de um pé para subir na ponta e equilibrar todo o seu corpo em um arabesque, por exemplo, ela mira o alvo e concentra a sua totalidade naquele foco. E olhe que ela jamais havia atirado antes na vida!”, conta Norma Lillia. Casos como esse incentivam alunos desde os primeiros passos de balé. Toda essa disciplina e dedicação ajudam na formação de uma linguagem corporal própria, que é passada para o

“Eu acredito que qualquer atividade profissional deva ser aprendida e executada com a mais absoluta disciplina”, diz Norma Lillia

59


CAIA NA BALADA O fim de semana promete. A frase, apesar de atrativa, é coisa do passado. A cidade conta com bares e restaurantes que oferecem serviços diferenciados, e o melhor, todos os dias da semana

Diversão

Por Márcia Casali – Fotos divulgação

60

D

epois de um dia cheio de compromissos, nada melhor que transformar o fim de tarde com os amigos em um momento especial. Mas, se a ideia é sair em boa companhia para uma balada e muita diversão, a Capital Federal possui excelentes opções de restaurantes e bares. São pontos de encontros e reencontros, para todas as idades, desde os mais seletos, aos

mais descontraídos. Em cada espaço, uma grande surpresa. Quem foi que disse que é preciso esperar o final de semana para se divertir? Ou que de segunda a quarta-feira a cidade não oferece diversão? Cada vez mais, os adeptos da cervejinha gelada e os amantes da boa gastronomia irão se surpreender pelas opções, que vão das clássicas e tradicionais, que se eternizam em Brasília, aos estrelados e sofisticados, para mostrar o que a cidade tem de melhor.


FeitiÇo Mineiro Considerado um dos mais importantes redutos da Música Popular Brasileira (MPB), a casa tem contribuído para manter e aperfeiçoar a cultura gastronômica da cidade. Desde 1989, o projeto de Jorge Ferreira é um dos locais mais tradicionais de Brasília. Cenário de shows de grandes nomes como: Dona Ivone Lara, Paulinho Pedra Azul, Milton Nascimento, Tunai e Baden Powell. A preocupação com a qualidade no serviço perpassa todo o cardápio da casa, que oferece no almoço pernil a pururuca, costelinha frita, galinha caipira e frango a cabidela, tudo preparado no fogão de lenha. Às sextas tem bacalhoada, aos sábados, feijoada com chorinho, e aos domingos, leitoa à pururuca. A casa também serve a melhor comida mineira a la carte, como a picanha na tábua, o surubim à Pirapora ou o lombo à JK. No jantar, petiscos, com variedade de queijos e frios, linguiças, mandioca frita, pão de queijo, torresminho, pernil fatiado, ovos de codorna e mexido à mineira.

Duetto lounge & bar Com conceito inovador e sofisticado, a casa tem a proposta de unir o clima agradável e descontraído de um lounge bar em três ambientes refinados e sofisticados. Localizado na extremidade do shopping Pier 21, o primeiro andar se divide em dois espaços, o bar e uma bela varanda com palmeiras e sofás. O segundo andar, com música ambiente, é uma boa pedida para quem deseja se deliciar com a gastronomia contemporânea, assinada por Marcelo Piucco. Com pratos variados, além das opções de petiscos, saladas e pratos principais, o destaque fica por conta do Carpaccio de filé, com molho de mostarda e alcaparras, queijo parmesão e torradas. Há também a opção do filé ao molho madeira, com a carne no ponto perfeito ao paladar. A sugestão, como prato principal, é o risoto de camarão, com tempero peculiar e saboroso. E para quem gosta de inovação, a casa oferece a tradicional caipirosca de coco ou o Clericot, uma mistura com vinho branco, espumante e pedaços de frutas, além do chope extremamente gelado em uma caneca congelada. Quanto aos petiscos, destaca-se o filé-mignon ao molho de catupiry, servido em porção para duas pessoas.

Diversão

eMpÓrio santo antÔnio Localizado ao lado do Lago Paranoá, no shopping Pier 21, o espaço oferece um ambiente arejado e climatizado, com estacionamento coberto e seguro. O Empório Santo Antônio, idealizado pelo mineiro Márcio Schettino, inaugurado em julho de 2001, oferece uma gastronomia diversificada, com pratos que combinam desde um happy hour a um jantar a dois. Tudo acompanhado do melhor chope de Brasília e drinques inusitados, diferenciados por combinações e sabores que valem a pena conferir. De acordo com Márcio, o espaço conta com repertório eclético, que inclui MPB, axé, sertanejo e samba. Aberta todos os dias, sempre com música ao vivo, a casa oferece a famosa feijoada aos sábados, com o melhor do samba. E, para os apaixonados por futebol, o Empório conta com um telão em high definition e TVs espalhadas, o que permite reunir os amigos para um momento de descontração. O cardápio conta com pratos que mantêm um público fidedigno, que não abre mão da boa culinária. Vale destacar o Show de bola – polpetas de picanha recheadas com queijo, servidas num ninho de batata palha ao molho de ragu – e a picanha Santo Antônio, coberta com queijo e servida com pão com alho.

61


Choperia MaraCanã Conhecida como a casa de “Samba e Futebol em Brasília”, a choperia funciona de terça a domingo, sempre com uma excelente programação musical. O Maracanã oferece o cenário perfeito, voltado para o futebol e amantes do esporte. A decoração conta com telões e paredes pintadas de acordo com o tema. Chope e petiscos são o carro-chefe da casa, que conta com música ao vivo, que vai do samba ao sertanejo. O local oferece promoções para quem deseja comemorar o aniversário e momentos especiais, promoções diárias de happy hour e bônus no couvert para quem preenche o formulário na página inicial do site, para pagamento em alguns eventos. E como domingo é dia de futebol, a casa oferece o tradicional “Domingo eu vou ao Maracanã”, com a transmissão dos principais jogos. asiátiCo DisCo Club e bar Do Vesgo Inspirado nas vibrantes baladas mundiais, o deslumbrante Asiático Disco Club possui um bar Asiático e dois camarotes, o Bali, com capacidade para 50 pessoas e atendimento exclusivo com seguranças e atendentes, e o camarote Jacarta, com capacidade para 100 pessoas, que oferece visão privilegiada de toda a casa, com atendimento personalizado. Além do exclusivo Espaço Mulher, um salão de beleza com profissionais para dar um retoque no visual, uma cortesia do Asiático. A casa promove shows de ritmos diversos, do samba à música sertaneja. Vale destacar na programação a “Balada Sertaneja”, o “Enfim Sexta”, o Sábado “In Colors”, e o Domingo “Sunset”, com cerveja liberada das 16h às 20h, com transmissão de jogos no telão. Para beber, chope gelado, mas o cardápio traz várias opções de drinques, além da culinária japonesa e uma deliciosa variedade de porções e petiscos. Considerado o bar mais divertido do Brasil, o Bar do Vesgo chega à Capital Federal. O happy hour oferece rodízio de cerveja e prato livre do cardápio. Para quem deseja comemorar o aniversário, a casa sugere o Happy Birthday Crazy, com mesas decoradas e bolo de algodão doce. Durante as programações, de hora em hora, os clientes contam com a “Torre de Gelo da Tequila” e o “Você na tela”. Outra novidade é o “It’s Showtime”, que a cada hora faz os presentes dançarem e soltarem a voz

Diversão

thiago nasCiMento e banDa Na Capital Federal, a maior referência quando se fala em animação e boa música é o cantor e compositor Thiago Nascimento. Aos 26 anos, ele conta que começou a tocar aos 13. No ano seguinte já se apresentava em bares, casas noturnas e festinhas de amigos. Formado em jornalismo, o músico procura não pensar no futuro e acredita que o sucesso é consequência de um bom trabalho de base. Ele reconhece que o sucesso é fruto de um trabalho coletivo, realizado com os músicos e amigos Elam, Jordano, Alan, Wanderson, Anderson e Reinaldo. A banda conta com um quadro musical amplo, que vai do samba ao axé, do pagode à MPB. Na lista de lugares badalados que já conheceram a apresentação do músico, estão casas noturnas e restaurantes com espaço para diferentes timbres, como Feitiço Mineiro, Asiático e Empório Santo Antônio, passando por bares que já conquistaram um público seleto da cidade, ao estilo Maracanã e Duetto. O músico se apresentou até em grandes redes hoteleiras, como a Pousada do Rio Quente, em Caldas Novas, e a Pousada dos Pirineus, em Pirenópolis. Thiago também recebe convites para festas fechadas, seja para eventos corporativos ou réveillon.

62

ServiçoS: Feitiço Mineiro: (61) 3272-3032 / empório Santo Antônio: (61) 3223-0033 / Duetto Lounge & Bar: (61) 3224-6940 / Choperia Maracanã: (61) 4040-4363 / Asiático Disco Club e Bar do vesgo: (61) 3326-1840 / Thiago Nascimento e Banda: thiagonascimentomf@gmail.com


Juca, Mary, João e Bia, personagens da turminha Ser Criança

Direito Da Criança Toda criança tem direitos garantidos por lei e a sociedade tem o dever de proteger e valorizar aqueles que serão o futuro do país

SOCIAL

Por Márcia Casali – Fotos: Divulgação

64

A

ndar de bicicleta, brincar de boneca ou pião, se lambuzar de sorvete, ser tagarela, brincalhão e até chorão são ações que fazem parte do universo infantil. Para os pequenos, o mundo é repleto de curiosidades, e nada melhor que desbravá-lo sem medo, com muita alegria e diversão. Cada momento é único e marcante. As férias na

casa dos avós, dormir na casa do amiguinho de escola, brincar no parquinho perto de casa, tudo seria perfeito, se não houvesse os perigos ao redor. Um alerta, não apenas para os pais, como para a sociedade. Em todo o mundo, ouve-se que as crianças têm direitos garantidos, mas nem todas têm acesso à moradia, educação e saúde. O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que dispõe sobre sua proteção integral, faz valer os direitos inerentes à pessoa humana,


como o desenvolvimento físico, mental, moral, espiritual e social, em condições de liberdade e de dignidade. Toda criança tem direitos, não importa a cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade. Dentre estes, vale destacar a proteção contra a violência doméstica, abandono e a exploração sexual e no trabalho.

Crianças do Centro Social Tia Ilda em evento da Via Engenharia

sentiu no passado, como a falta de um abraço, carinho e atenção. “Creio que o projeto busca, além de orientar, levar alegria e carinho, que faltam dentro dos lares de muitas crianças”, diz Rogério, que lembra o caso de uma menina, abusada pelo tio aos três e aos 14 anos. Por meio do projeto, o abusador foi preso e a vítima realizou tratamento psicológico. “Isso não tem preço, e a satisfação de poder ajudar essa mãe em um momento tão difícil é indescritível”, afirma.

Para Edna é fundamental que os pais conquistem a confiança dos filhos

CuidadOs neCessáriOs De acordo com a psicoterapeuta Edna Cassiano, é fundamental, para a segurança da criança, que os pais conquistem sua confiança e que ela se sinta protegida e segura. Tudo sem regras, mas com transparência e coerência. Quanto às orientações, em relação à pedofilia, ela ensina que a criança deve saber como é o corpo e como ele lhe pertence, e alertá-la que há algo errado quando alguém tenta tocá-la ou exige que lhe toquem o corpo, escondido das demais pessoas. “Ensine a criança a dizer não a requisições que contrariem orientações dos pais, ou dos que têm essa função. E a situação é delicada, quando o pedófilo é a pessoa responsável pela guarda e proteção da criança”, alerta Edna. Conviver com avós ou pessoas que envolvam a criança em amor e cuidado fará com que ela se sinta segura, o que facilita a comunicação, caso algo tenha constrangido ou confundido o menor. A psicoterapeuta destaca ainda os cuidados com o mundo virtual. Os pais devem protegê-los de sites duvidosos, orientá-los a não adicionar adultos como contato em redes sociais e instalar o computador em lugar onde todos circulem. “Observe se a criança diminui a tela quando os pais se

SOCIAL

O prOjetO O momento no país é de atenção, para que a sociedade faça valer os diretos expressos no ECA, com uma política de assistência social efetiva, além da estruturação familiar. Fundada há três anos, a organização independente “Ser Criança” tem como objetivo executar um trabalho de orientação e prevenção contra todos os tipos de abusos infantis. Uma forma de alertar e ensinar a criança a se prevenir, com método lúdico e divertido, por meio de apresentações de musicais, peças teatrais e palestras, com a participação de Bia, Mary, João e Juca, os personagens da turminha Ser Criança. O projeto foi idealizado pelo publicitário Rogério Almeida, que viu a necessidade de proteger as crianças em todos os aspectos, como as drogas, o bullying, os perigos da internet e a pedofilia. Para ele, o objetivo é estimular a reflexão da sociedade e do poder público sobre a importância de orientar e ensinar as crianças a dialogar com os pais, saber se proteger diante de situações de risco, além de entenderem que, apesar da pouca idade, são cidadãos e que a lei vale para eles também. “Sempre promovi eventos em Brasília e decidi divulgar as empresas do segmento infantil, com o apoio da turminha. Em um desses trabalhos, recebemos o convite da Secretaria de Justiça para participar da campanha Brasília sem Pedofilia”, explica Rogério. A equipe realizou blitz contra a pedofilia na rodoviária do Plano Piloto e em pontos da cidade com grande movimentação. A experiência foi tão gratificante que surgiu a ideia de levar o projeto para outras cidades, o que só será possível com o apoio de patrocinadores. Rogério conta que sofreu muito na infância por não ter a presença do pai, o que seria para ele uma referência masculina. Ao criar a turminha, ele percebeu nas crianças a mesma carência que

65


Creche Escola Tia Augusta recebe donativos da Via Engenharia

SOCIAL

aproximam. Oriente a criança a evitar que coloque fotos e informações pessoais na rede. Muitas dessas orientações estão sendo fornecidas nas escolas, o que é muito importante”, comenta. Quanto ao trabalho infantil, ele explica que afeta o desenvolvimento da estrutura psíquica, e dependendo do tipo, também afetará o seu desenvolvimento físico. Segundo Edna, o menor estar submetido a uma atividade típica da vida adulta, e que requer maturidade, afastaa do convívio social com pessoas da sua idade, o que traz prejuízos ao desenvolvimento social. Tudo tem o seu momento certo e a criança precisa brincar, algo que faz parte do universo infantil, pois é uma forma de a criança conhecer os seus limites e aprender regras e desenvolver os lados cognitivo, emocional e físico. “A brincadeira, no processo de construção psíquica, propicia a liberdade de expressão, tão importante para o desenvolvimento da criatividade, da intuição e das emoções”, afirma a psicoterapeuta.

66

respOnsabilidade sOCial Sociedade, governo e empresas têm trabalhado para atender pessoas carentes, além de se engajarem na defesa dos direitos da criança e do adolescente. Vale lembrar que trabalhos sociais são de extrema importância na mudança da realidade

social do país. No Distrito Federal, algumas empresas saíram na frente e criaram projetos que aliam sustentabilidade econômica e social. É o caso da construtora Via Engenharia, que há 11 anos realiza a campanha “Via Solidária: solidariedade que aquece”. Em 2013, a empresa entregou a duas creches do Varjão cerca de 500 donativos, entre cobertores e agasalhos, doados por clientes, fornecedores

Fernando Queiroz, presidente da Via, visa à melhoria da qualidade de vida das famílias

e colaboradores. Além disso, para cada formulário de pesquisa de qualidade preenchido pelos moradores dos empreendimentos construídos pela Via (por meio de formulário on-line disponível no site), a empresa doou um cobertor. Essa é mais uma das iniciativas do Grupo Via na área social. Entre os projetos implantados, são destaques os apoios na reforma da Creche Instituto Éden, no Riacho Fundo I, o Programa de Alimentação do Trabalhador (PAT), que distribui cestas básicas para operários com remuneração de até cinco salários mínimos, e parcerias em programas como Gente do Bem e Correio Solidário, que atendem a mais de 2.500 crianças. “O ato solidário, além de auxiliar a população carente, ajuda a construir um país melhor, com mais igualdade e oportunidade para todos. Para nós, do Grupo Via, a Campanha Via Solidária é de extrema importância, pois prezamos pela melhoria da qualidade de vida das famílias”, destaca o presidente da empresa, Fernando Queiroz. No Varjão, a Creche Escola Tia Augusta e o Centro Social Tia Ilda foram as beneficiadas este ano. Para o coordenador pedagógico da Creche Escola Tia Augusta, Francisco Domingos Filho, a iniciativa é de grande importância. A instituição atende 240 crianças, além de transitórias. “A alegria era nítida nos olhos das crianças. Não tem coisa melhor do que poder ajudar e receber um sorriso de muito obrigado. Se mais pessoas fossem solidárias assim, o mundo seria um lugar melhor”, diz. O Centro Social Tia Ilda atende 84 crianças de três a 12 anos e existe há 13 anos. A diretora da creche, Maria Ilda Julião, também elogiou a campanha de arrecadação de cobertores e agasalhos. “A entrega desses donativos foi um ato de amor que muitas pessoas presenciaram. Quero agradecer a todos da Via Engenharia, foi um trabalho de grande valia. No dia da entrega, todas as crianças agarraram sua cobertinha com muita felicidade”, ressalta. AgrAdecimentos: ser criança: www.sercrianca.org Via engenharia: (61) 3039-2793 consultório edna cassiano: (61) 3263-1334


Crianç O Dia das Crianças está chegando e a revista Foco correu atrás de novidades na cidade para comemorar em grande estilo essa data tão especial! Por Fernanda Caixeta – Fotos: Divulgação

DIA DAS CRIANÇAS

S

68

er criança é não se preocupar com tempo nem ter estresse, por isso, para comemorar o mês delas, os pequeninos de Brasília terão muitas opções de diversão na cidade. Pulando, brincando, sempre alegres e felizes, é assim que as crianças são, e é assim que todos nós devemos ser, mesmo não sendo criança. Toda criança tem direito a uma alimentação saudável, a uma boa educação e a viver feliz. Toda criança tem seus direitos, não importa sua cor, raça, sexo, religião, origem social ou nacionalidade. Toda criança merece ser criança e comemorar o seu dia, 12 de outubro! Então, a Foco dá dicas para esse mês tão animado. A Dot Paper criou a Oficina de Cupcake e o Spa Kids para a criançada. No dia 5 de outubro, às 15h, os pequeninos terão a oportunidade de aprender a preparar, montar e enfeitar cupcakes em uma oficina comandada pela cake designer Maria Amélia na Dot Paper. Os participantes terão a roupa de minichefes personalizada com o nome. Além disso, receberão um kit de pintura. Cada um vai confeitar e decorar três mini cup-

cakes. Para cobertura, chantilly em várias cores, ganache de chocolate e doce de leite. No final da festa, cada criança levará para casa uma caixinha, com etiqueta personalizada com seu nome, e os cupcakes criados. E, é claro, um certificado “Mestre Cuca”. Para finalizar, à tarde, haverá uma apresentação teatral com fantoches. E a festança continua no dia 20, com um dia de beleza para a garotada: é o Spa Kids, que vai oferecer massagem, penteados, relaxamento de pés, maquiagem, entre outros paparicos. Será uma tarde de beleza, com massagens, escalda pés, pedicure e até máscaras para relaxamento dos olhos. Para dar ainda mais charme ao momento, cada criança receberá um roupão de cetim personalizado, depois começam as atividades: sessão de alongamento, relaxamento dos pés, entre outros. Para finalizar, participarão de um desfile. “É importante incentivar as crianças a desenvolverem momentos de bem-estar e criatividade. Por isso, pensamos em atividades diferenciadas que vão proporcionar boas lembranças para a garotada. Hoje em dia a criançada precisa de mais tempo para diversão longe do com-


putador, celular e da TV”, explica a empresária Fabiani Christine. A maquiadora Carol Make Up fará um curso de automaquiagem infantil no dia 11 de outubro, das 14h às 15h30, para meninas de 6 a 10 anos. O curso abordará os cuidados básicos com a pele, os produtos adequados para essa faixa etária, a maquiagem específica e, ao final, um lindo desfile para os pais. O Fashion Teen oferece cursos de moda e comportamento para adolescentes. O curso aborda conteúdos que têm como objetivo estimular o lado lúdico, criativo, empreendedor e a autoestima dos nossos alunos, por meio de trabalhos manuais e aulas dinâmicas sobre o mundo das artes e da moda. No rol de atividades, estão workshops de unhas decoradas, de criação de estampas, de confecção de peças novas e de customização de roupas e acessórios usados, reforçando conceitos como o de sustentabilidade. O curso é indicado para crianças e adolescentes de 8 a 16 anos.

O Ateliê Monalisa é um espaço que promove cursos de desenho, pintura e artesanato, composto por sala de aula e uma pequena galeria de arte onde também se realizam exposições de telas e artesanato de médio porte. O Ateliê presta serviços no seguimento artístico com aulas de desenho, pintura e artesanato para crianças. Tem alcançado boa acolhida nas aulas de arte com objetivo de terapia ocupacional. O Espaço Nutrição & Cozinha by Fernanda Penha tem como objetivo trabalhar a educação nutricional de forma simples, prática e prazerosa, aplicável ao nosso cotidiano. Oferece, além do atendimento clínico, cursos e oficinas de culinária para crianças entre 5 e 12 anos. “Apresentamos o que envolve o preparo de uma receita, além dos cuidados com a cozinha, a alimentação nutritiva e a higiene dos alimentos. Também exploramos a autoconfiança, a disciplina, a organização e os cinco sentidos de modo

interdisciplinar”, diz a nutricionista Fernanda Penha. As oficinas de culinárias para o mês de outubro começam dia 4 e vão até o dia 26, sempre às sextas-feiras e aos sábados, e os cardápios são bem variados, como o Calzone, o bolinho que vem do Nordeste, saladas, pizza nutritiva, sanduíches, entre outros. Nos dias 12 e 13 de outubro, a diversão será no Pier 21. No dia 12, os pequenos irão embarcar nas histórias de Chapeuzinho Vermelho, às 16h, e de O Lobo e a Ovelha, às 18h. Encenadas pela Cia Três Amiguinhos, o espetáculo teatral Chapeuzinho Vermelho conta a tradicional história da garotinha de gorro vermelho que leva doces para sua vovozinha. Já O Lobo e a Ovelha, um espetáculo voltado para crianças da educação infantil, leva aos pequenos o conceito de honestidade, companheirismo e convivência. No dia 13 de outubro, o Pier 21 preparou uma série de atividades para as crianças: às 16h, a peça A cigarra e a formiga contará a

DIA DAS CRIANÇAS

ça feliz ! 69


história da Dona Formiga, que só queria saber de trabalhar, e da Dona Cigarra, que não queria saber de trabalhar. Já às 18h, a peça A Tartaruga e a Lebre irá levar aos pequenos a divertida história de uma tartaruga muito determinada e corajosa que foi desafiada para uma corrida por uma lebre muito metida. Além das peças teatrais, durante todo o dia, a criançada poderá brincar na piscina de bolinhas e na cama elástica. De 8 de outubro a 17 de novembro, o ParkShopping receberá o minigolfe, onde cada pessoa recebe um taco e uma bola e tem direito a jogar cada uma das nove pistas do campo até completar o circuito. O jogador receberá também uma cartela para marcar o número de tacadas de cada pista. Ao final do circuito, quem obtiver o menor número de tacadas no somatório de todas as pistas ganha o jogo. Após completar o circuito, todas as pessoas terão a chance de tentar, com apenas uma tacada, acertar o buraco na pista “Hole In One”. Quem acertar receberá um cheque-rodada que dará direito a uma rodada grátis no circuito. No dia 12 de outubro, a academia de bebês e crianças KindyRoo fará um Pic Nic, das 9h30 às 11h30, no estacionamento 10 do Parque da Cidade. A KindyRoo fará brincadeiras ao ar livre, pintura de rosto, socialização e troca experiências entre as

O curso de maquiagem abordará os cuidados básicos com a pele e os produtos adequados para essa idade

mamães. Cada um pode levar um prato salgado ou doce e uma toalha para sentar na grama. Entre os dias 21 e 26 de outubro, a Companhia Athletica terá como principal atração as aulas de circo, que ocorrerão em clima temático e atividades especiais. Paralelamente a isso, ocorrerá uma atividade de sobrevivência aquática na piscina, um acantonamento na academia, dentre outras. As aulas de circo mesclam atividades lúdicas e físicas como as modalidades acrobática (trampolim acrobático ou cama elástica, minitrampolim e acrobacias de solo), aérea (trapézio, tecido, lira e corda in-

O shopping Pier 21 preparou uma série de atividades e teatros para as crianças 70

diana), destrezas de equilíbrio e manipulação (malabares – aros, laços, pratos, claves, bolas, penas de pau, monociclo, arame, bola de equilíbrio) e aspectos motivacionais (garra, confiança, perseverança e determinação). Tudo isso será feito com segurança e ministrado por professores especializados. Ademais, na atividade aquática as crianças nadam com roupas e passam por obstáculos colocados no fundo e na superfície da água. Quanto ao acantonamento, os pequenos chegam às 20h e contam com a seguinte programação: lanche, festa, gincana, contos infantis e café da manhã com os pais. Cardápio para as Crianças: Muitas vezes não é fácil encontrar um prato que agrade às crianças na hora de comer, principalmente quando são restaurantes que possuem um cardápio rico e uma culinária diversificada. Pensando nisso, o restaurante Esquina Gourmet criou um prato que, além de se adequar ao apetite dos pequenos, oferece uma experiência diferente e saudável para eles. O prato infantil é o Peixinho Mágico – pequenos pedaços de filé de robalo empanados acompanhados de arroz com brócolis, purê de batata e minilegumes –, que teve como principal avaliadora a filha de Marcelo Pandolfi, dono do Esquina Gourmet. O Strogonoff à Parmegiana, no shopping de Águas Claras, fará o strogonoff de frango, filé ou lombo, com arroz e batata sorriso, além de sanduíches es-


Foto: César Rebouças

“As crianças desenvolvem momentos de bem-estar”, diz Fabiani A Cia Athletica terá aulas de circo que ocorrerão em clima temático

peciais. E todos os pratos serão acompanhados com um delicioso brigadeiro feito pelo chef Bruno Barboza. Já o Rio Bistrô e Lounge também oferece um menu preparado especialmente para as crianças, como o Filé Sorriso Carne – um filé mignon picadinho com arroz branco, caldinho de feijão e batata frita em formato de

carinha e todas vão se divertir colorindo com lápis de cor. A Belini Pães & Gastronomia fará um bufê especial, cheio de guloseimas, como brigadeiro de colher com Confetti, ursinho de jujuba e ratinho de marshmallow. O dia será repleto de brincadeiras, com direito a pintura de rosto, pula-pula e o balão mania.

Serviço: Dot Paper: (61) 3364-3012, Carol Make Up: (61) 3248-6442, Fashion Teen (61) 3366-2277, Ateliê Monalisa: (61) 3328-9055, Kindyroo: (61) 33412528, Pier 21: (61) 3251-2121, ParkShopping: (61) 3361-6677, Cia Athletica: (61) 3322-4000, esquina Gourmet: (61) 3081-0404, Belini: (61) 3345-0777, Strogonoff à Parmegiana: (61) 3024-3838, rio Bistrô e Lounge: (61) 3321-1412


Visita ao dentista deve integrar o preparo para tratamento oncológico Nesta entrevista, Dr. Gustavo Maluf – mestre em Odontologia, dedicado à assistência ao paciente oncológico – e Dr. André Moreira – protesista – abordam a relevância da assistência ao paciente que enfrenta o diagnóstico de câncer Por Carla Furtado Qual é o atual papel da odontologia no tratamento do câncer? A odontologia ganhou papel de destaque. Se antes portadores da doença eram encaminhados ao dentista somente diante de sintomas específicos, hoje uma criteriosa assistência pode fazer total diferença no enfrentamento da doença, uma vez que infecções e alterações bucais podem agravar o estado geral do paciente. Qual é a hora ideal para procurar um profissional em odontologia oncológica? O acompanhamento antes, durante e após a quimioterapia e radioterapia de cabeça e pescoço chega a reduzir em até 50% a severidade e a duração de úlceras que surgem na cavidade oral em decorrência de determinados tratamentos. Mais que causar profundo incômodo, a chamada mucosite – reação tóxica inflamatória que causa feridas, dor intensa, dificuldade de alimentação e fala – pode impossibilitar a continuidade da luta contra a doença.

odontologia

Qual o percentual de pacientes que desenvolvem mucosite? Ela atinge até 90% dos indivíduos em tratamento e pode ser debelada com aplicações de laser e medicações.

72

Que outros efeitos podem ser combatidos pela odontologia oncológica? A xerostomia – falta de saliva – e a candidíase – sapinho – são outros efeitos colaterais das drogas usadas e que podem ser tratados pelo especialista. Além disso, focos de infecção bucal encontrados em boa parte dos indivíduos tornam-se uma ameaça quando o sistema imunológico está comprometido, o que ocorre durante a aplicação de determinados

Dr. Gustavo Maluf e Dr. André Moreira, sócios da Blanca Odontologia

medicamentos e também no processo de transplante de medula óssea para combate à leucemia. Nos casos mais agudos, uma doença periodontal pode conduzir à septicemia – infecção generalizada. Como se dá a atuação preventiva? Para evitar riscos desnecessários, oncologistas incluem a avaliação odontológica na etapa que antecede a administração de quimioterápicos e a radioterapia de cabeça e pescoço. O dentista que atua nesse segmento verifica e trata os riscos préexistentes – como infecções e lesões. Mas não é só isso: conhecendo o tipo de tumor, o estágio da doença e o protocolo ao qual o paciente será submetido, adotamos um acompanhamento específico, com eventual uso de medicações e laserterapia.

Paciente que realizou tratamento contra o câncer poder fazer reabilitação oral? Após o término do tratamento oncológico, os pacientes que necessitam iniciar um trabalho de implantes, extrações e confecção de dentes têm que ser analisados criteriosamente para verificar os riscos e se estão aptos aos procedimentos. O índice de sucesso pode ser alto, mas o dentista deve estar preparado, pois a quimioterapia e a radioterapia podem interferir no sucesso, levando a complicações maiores e à necrose óssea. Blanca OdOntOlOgia liberty Mall Brasília (61) 3327 2326 blancaodontologia.com.br


bem-estar

Aliados do trat

74

Ă  depres


essão

Por Fernanda Caixeta Fotos: Júlio Dutra e Divulgação

P

esquisas mostram que cada vez mais a atividade física é essencial para a saúde mental das pessoas. Um estudo realizado por duas Universidades de Atlanta, no estado americano da Geórgia, mostrou que os exercícios físicos podem melhorar os sintomas depressivos. A distração dos estímulos estressores, melhor qualidade de vida, maior controle sobre o seu corpo e sua vida, melhora da capacidade respiratória, o aumento de estímulos ao sistema nervoso central, na memória recente, funções motoras e a interação social, são alguns dos benefícios da atividade física. Al��m disso, ela pode também recuperar a capacidade física e a independência dos pacientes que convivem com doenças crônicas como cardiovasculares, diabetes, fibromialgia e até o câncer. De acordo com Guilherme Pontes, fisiologista do exercício à frente da Fit 30min Personal Studio, o treinamento físico melhora a depressão em pacientes com doenças crônicas, que, muitas vezes, são acompanhadas por sintomas depressivos, o que faz com que a recuperação seja mais rápida. A servidora pública Lúcia Helena, aluna da Fit 30 min, durante muito tempo, apresentou quadros de depressão e ao praticar exercícios físicos obteve grandes avanços no tratamento da doença.

bem-estar

atamento

Pacientes com sintomas depressivos devem procurar ajuda médica e associar os remédios à prática de exercícios físicos para uma recuperação mais rápida

75


bem-estar

“Durante a realização de exercícios físicos, o organismo libera dois hormônios essenciais para auxiliar no tratamento da depressão, a endorfina e a dopamina”, diz Fabiano Follador

76

“A depressão não é uma tristeza, é uma hormônios essenciais para auxiliar no hormônio propicia um efeito tranquilidoença e, por isso, precisa de tratamen- tratamento da depressão, a endorfina e a zante e analgésico maior que a endorfina to. Sempre tomei remédios e acho que dopamina. Ambos têm influência prin- no praticante regular. A pessoa consegue praticar o exercício físico foi primordial cipalmente sobre o humor e emoções. beneficiar-se de um efeito relaxante e para o meu tratamento, pois me tirou do Então, a prática de exercícios físicos ae- manter-se em um melhor estado psisedentarismo e me inseriu em um mun- róbios de 20 a 40 minutos com frequência cossocial. Vale destacar também o efeito da serotonina, um importante do que achava triste. Hoje estou neurotransmissor que também curada!”, relata. regula o nosso humor, tempe“Acredita-se que a atividade ratura corporal e outros. física possa ser uma das alterExercícios ao ar livre são muinativas na melhoria da qualito benéficos, pois há maior sendade de vida, assim como uma sação de aumento de energia e forma de minimizar ou, até motivação, juntamente com mesmo, prevenir a depressão, diminuição da tensão, raiva, principalmente em idosos. Mas confusão mental e depressão. a atividade física deve ser moÉ comprovado também que os derada para se ter algum benepraticantes de atividades ao ficio”, ressalta a presidente do ar livre têm maior prazer em CREF7, Cristina Calegaro. repetir as atividades no dia seSegundo o professor da Cia guinte. Dessa forma, a atividaAthletica, Fabiano Follador “Exercícios físicos podem ser uma das alternativas na prevenção da depressão”, diz Cristina Calegaro. de física, aliada à psicoterapia e Ramos, graduado em Educação Física e pós-graduado em Fisiologia do cardíaca entre 120/140 batimentos por ao tratamento farmacológico, é um insExercício, durante a realização de exer- minuto, duas vezes por semana, tem a trumento importante, não apenas como cícios físicos, o organismo libera dois capacidade de liberar B-endorfina. Esse papel de reabilitação ou ocupacional,


Praticar exercícios físicos é primordial na complementação dos tratamentos com medicamentos para a depressão

mas terapêutico. “Meus alunos que praticam atividade física tiveram diminuição nas doses de antidepressivos ingeridos diariamente, melhora do humor, disposição, entre outros”, informa Fabiano. A psicoterapeuta Dra. Esly Carvalho explica que em termos simples há três tipos de depressão: a endógena, a mais grave e séria, que muitas vezes pode ser algo da constituição da pessoa e que, em geral, exige cuidados psiquiátricos, e é mais rara; a depressão por luto mal resolvido, onde as perdas não foram bem processadas; e também a depressão de raiva engolida, onde a raiva deverá ser externalizada de forma apropriada e internalizada contra a pessoa. Esse tipo de depressão, muitas vezes, aparece com desânimo e cansaço. “Percebemos que as pessoas têm a doença porque estão realmente desanimadas, falta aquele “brilho” pra vida. A

mais existencial – para que estou viva – é a mais preocupante, porque pode levar ao suicídio como solução”, ressalta Dra. Esly. Cada tipo de depressão precisa ser diagnosticado, pois se trata de cada um – e de cada pessoa – de forma especializada. Uma das novas formas de tratar depressão, atualmente, é o EMDR, que procura curar as experiências dolorosas, traumáticas e disfuncionais que “constroem” o diagnóstico da depressão para assim resolver o problema. Dessa forma, Guilherme Pontes conclui que os exercícios físicos são eficientes na complementação dos tratamentos com medicamentos para a depressão. Portanto, não se acomode, mexa-se! Serviço: CreF7: (61) 3321-1417 / Fit 30 Min Personal Studio (61) 3248-0460 / Cia Athletica: (61) 3322-4000 / eMDr Treinamento & Consultoria: (61) 3443-8447.


Foto: Glenio Dettmar

BANQUETE HIGH TECH Renata La poRta

Nada mais é como antes na cozinha de Renata La Porta. Até o sabor mudou, para melhor

78

Por Carla Furtado

A

banqueteira Renata La Porta pode afirmar, sem exagero, que em poucos meses redesenhou completamente o funcionamento do buffet que leva seu nome. Ela reuniu novos processos e um parque tecnológico digno das melhores cozinhas industriais do mundo para oferecer o estado da arte em segurança alimentar e, claro, ainda mais sabor.

Hoje, 100% das proteínas servidas pelo buffet são preparadas pelo método sous-vide, usado em alta gastronomia. Para quem não está familiarizado, ela explica: “Em francês significa ‘sob vácuo’ e é exatamente isso que ocorre. Os alimentos são embalados a vácuo em envólucros plásticos e cozidos em água a temperaturas baixas controladas com absoluta precisão”. Como resultado de tanta elaboração, as carnes crescem em sabor, não perdem umidade e têm risco de contaminação próximo a zero.


Outra etapa importante é conhecida como cook & chill ou, em bom português, resfriamento rápido após o cozimento. “Além de proteger a qualidade dos alimentos, proporciona a preservação dos mesmos de acordo com as normas internacionais de segurança alimentar”, destaca a banqueteira. Para operar nesse padrão, o investimento foi elevado, tanto em equipamentos quanto em obras e treinamento. “Com 15 anos de trajetória, já atendemos inúmeros chefes de Estado e membros de famílias reais durante missões em Brasília. Agora que a Capital Federal está definitivamente no circuito oficial de eventos mundiais, como a Copa, decidimos nos alinhar aos standards mundiais”, conclui La Porta.

Renata La poRta

Palavras como termocirculador, equipamento que aquece a água no processo sous-vide, agora fazem parte da rotina da equipe. Da mesma forma, o time conjuga o verbo to tumbler com facilidade. “Tumblering é outro processo implantado. Usamos tecnologia específica para massagear e hidratar as carnes, antes de prepará-las”, descreve. Fornos tradicionais cederam espaço aos fornos combinados, sonho de consumo de quem atua no segmento. Eles simulam com exatidão diferentes processos, como assar, fritar, grelhar, gratinar, aquecer, cozinhar em banho-maria ou a vapor. E tudo é automatizado – ponto das carnes, grau de cozimento e ajustes de tempo, temperatura e umidade.

79


ETIQUETA Por Consuêlo Badra –Ilustrações: Divulgação

etiqueta

1

80

Como devo me maquiar no trabalho? Posso usar perfume? Devagar, porque você não está saindo para uma noite de sedução. A maquiagem profissional deve ser extremamente suave, apenas para dar um pouco de cor ao rosto e corrigir traços indesejáveis (olheiras, pés-de-galinha, rugas de expressão). Lembre-se de que você vai passar o dia com ela e o que ficou lindo às 8 da manhã pode chegar às 6 da tarde dando-lhe uma aparência cansada e envelhecida. A mesma moderação deve ser observada em relação ao perfume. Você vai conviver com muita gente, entrar em elevadores, em salas cheias, e o perfume muito forte é quase uma agressão. De dia, prefira as colônias. Se você não quer abrir mão do perfume que já se tornou a sua marca registrada, tente diluí-lo em água até que o torne quase uma colônia, mesmo que você tenha de aplicá-lo mais de uma vez ao dia. É melhor do que “invadir” o ambiente. Lembre-se de que o perfume deve envolver as pessoas e não agredi-las.


4

Posso usar micro-ondas do trabalho para preparar o meu almoço? Se a intenção é apenas aquecer a comida, o aparelho está liberado – mas evite pratos que exalam um odor forte, como alguns tipos de peixe, para não infestar o andar com o cheiro. Agora, se você está pensando em preparar arroz, macarrão... pode esquecer! Além de ocupar a cozinha por muito tempo, impedindo os seus colegas de usá-la, vão sobrar poucos minutos para almoçar depois. Ah! Estourar pipoca à tarde só é uma boa ideia se você oferecê-la a todos. Lembre-se da máxima: sujou, limpou.

2

Como devo me comportar na hora de comprar roupas? Caso vá a uma loja grande, comece procurando o que deseja na parte que estiver mais vazia. Ao esbarrar em outra cliente, afaste-se, deixe-a passar e recomece a busca de onde parou. Trate as atendentes bem – seja educada e devolva as peças na mão delas. Se gostar de algo que alguém acabou de pegar, espere a pessoa desistir da compra. Ah! Respeite a divisão de provadores – caso precise da opinião do seu parceiro, saia pela loja com o modelito em vez de chamá-lo para entrar no espaço. E cuide do que (ainda) não lhe pertence. Estragou? Compre. Se tiver problemas no caixa, resolva-os com discrição.

3

Existe regra para acender a luz no ônibus ou no avião? Olha, querida leitora, regra não existe, mas não custa usar o bom senso nessas ocasiões. Antes de mais nada, as lâmpadas que estão localizadas em cima dos assentos devem ser utilizadas individualmente – portanto, não vale roubar a do vizinho para facilitar a sua leitu-

5

Vivo em uma união estável e construí com meu parceiro uma casa – em meu nome! Ele não se separou da ex na Justiça e tem filhos com ela. Quem tem direitos sobre o imóvel? Ainda que a casa esteja em seu nome, os filhos dele com a primeira mulher terão, no futuro, direito a uma parte do imóvel. A união estável equivale a um casamento com comunhão parcial de bens e, assim, o que foi construído pelos dois pertence, meio a meio, a ambos. Como os filhos são sempre herdeiros naturais, a metade do pai será deles um dia, em caso de morte. Se você e ele também tiverem filhos, estes terão direito à parte da mãe e a uma porcentagem da parte do pai – que dividirão com os meios-irmãos. Já a ex não fica com nada, mesmo sem separação judicial. Se não compartilham mais a vida, a Justiça considera que os novos bens são somente de quem os adquiriu. Assim, basta provar que eles não estavam mais juntos quando a casa foi erguida.

6

Sempre quero dividir a conta quando saio com meu namorado, mas ele fica ofendido e não me deixa pagar nada. Não me sinto bem com a situação. Como mudar isso?

O melhor é ter um papo franco com seu namorado. Tente fazê-lo entender que você não se sente bem por ele sempre adotar a postura de provedor porque ela carrega vestígios de machismo, ainda que as pessoas nem se deem conta. Atitudes patriarcais como essa vêm de milhares de anos. Mas puxe essa conversa com delicadeza, pois seu parceiro parece estar tomado de boas intenções. Outra saída é às vezes se antecipar e pagar o próximo programa a dois. Por exemplo, compre os ingressos de uma peça que querem assistir ou reserve e deixe acertado um fim de semana em uma pousada.

7

Tenho uma amiga que disse existir etiqueta para o riso. É verdade? Sorrir faz um bem danado à saúde e deixa a gente mais bonita. Mas evite dar gargalhadas ruidosas e muito altas, que irritam os outros e às vezes soam como falsas.

8

Não tenho posses como têm meus amigos. Como devo me comportar em certas situações que me deixam constrangido? O fato de ter pouco dinheiro não desmerece ninguém. Por isso, não se desculpe por não ter tanto quanto gostaria. Se você não está acostumado a muito luxo e, de repente, se encontrar em uma situação inédita, rodeado por ele, não se aflija: abra bem os olhos, incorpore cada detalhe e, na dúvida, pergunte o que quer saber sem se desculpar por não ter nascido em berço de ouro. Naturalidade é a chave do sucesso. Mesmo que, por dentro, você esteja aflitíssimo, caro leitor.

etiqueta

ra, hein! E fique atenta ao momento de apagá-la: acione o botão “desliga” assim que perceber que a maioria das pessoas começou a bocejar ou fechar os olhos. Afinal, se já é difícil relaxar na poltrona do ônibus ou do avião, imagina com luzes acesas o tempo todo! Aproveite e tire uma soneca também...

81


palpável. Apresente os fatos e diga como se sentiu com aqueles insultos. Caso sua irmã continue agindo da mesma forma e isso esteja desestabilizando demais as relações em casa, uma opção é propor uma terapia conjunta. Talvez a agressividade dela seja até um sinal de que algo não vai mesmo bem na família. Se todos os envolvidos quiserem frequentar as sessões, as chances de ela topar também serão altas. Mas, mesmo que sua irmã se negue a participar, a terapia pode ensinar você, seus pais e outros envolvidos a lidar com as crises dela.

8

Meu marido anda frio comigo e não fala mais que me ama. No máximo, responde “eu também” quando digo isso a ele. Nunca conversamos sobre a relação. Há solução? A comunicação clara é um grande desafio para os casais. Compreender o que não foi dito, então, é uma dificuldade enorme. Será que falar “eu também” não é a maneira de seu marido dizer que a ama? Afinal, não há regras. Mas tentar adivinhar o que o outro pensa não surte efeito. Afirmar que está frio pode ser apenas uma interpretação equivocada sua. Assim, conversar ainda é o melhor caminho. E mais: tente direcionar o foco para você. Em vez de se sentir vítima da relação amorosa, cuide mais de si, dê mais atenção a seus desejos e vontades. Você se surpreenderá com os resultados dessa mudança de postura.

9

Minha tia sempre me dá presentes caros. Tenho que retribuir à altura? Amiga leitora, se eu tivesse esse problema, estaria comemorando (risos)! Bricadeirinha... Imagino como você se sente. Mas pense que a sua tia não é obrigada a lhe dar mimos caros e, se o faz, é porque pode e, principalmente, deseja lhe agradar. Acho que a melhor maneira de recompensar é aceitar o presente com entusiasmo e agradecê-la pela atitude generosa. No entanto, se você fica incomodada com a situação, abra o jogo e diga que se sente constrangida, porque não tem condições de retribuir presentes tão sofisticados. Se a sua tia ainda insistir, relaxe, afinal ela já sabe dos seus sentimentos.

etiqueta

10

82

Irei a um encontro de executivos da empresa em um resort e serei uma das poucas mulheres lá. Posso pôr biquíni na mala para as horas vagas? Os homens, afinal, levarão roupa de banho. Congressos, convenções de vendas e eventos de trabalho pedem trajes e posturas adequadas à ocasião, não importa que envolvam viagem. Isso significa que

um biquíni não é o traje mais indicado para levar na bagagem. O que não quer dizer que você deva ficar longe da piscina o tempo todo. O maiô é o traje ideal para esse tipo de situação. A peça é elegante, está na moda e não expõe demais o corpo. Se escolher um modelo mais tradicional, mas em tom forte, como laranja ou amarelo, conseguirá um visual moderno. Para arrematar, sugerimos camisão ou caftan, óculos escuros, chapéu e rasteiras. Assim, manterá a elegância e passará longe da vulgaridade. Nesse caso, mais é mais. Mais pano é mais elegante.

11

Minha irmã anda cada vez mais amarga e agressiva. Os amigos e a família estão saturados. Como ajudá-la? Fale com sua irmã. Mas adote um tom amigável e evite qualquer frase que possa soar como censura. A relação fraterna é muito sensível a críticas. Se apostar em um estilo conciliador, ela provavelmente se desarmará e conseguirá ouvi-la. Nessa conversa, use exemplos concretos de momentos em que ela foi agressiva com você para não parecer uma reclamação im-

12

Uma amiga domina as conversas nos encontros da turma. Posso dar um toque nela? Algumas pessoas falam demais porque simplesmente precisam de atenção. Mas o irônico é que, ao falar exaustivamente, elas acabam afastando os amigos. Antes de mais nada, tente entender o estado de espírito dela. Depois, gentilmente, você pode ajudá-la a mudar de atitude. Uma boa ideia é fazer um combinado com a sua turma de amigos. Que tal definir, no início do encontro, que cada uma terá a sua vez de contar as novidades do último mês? Nesse caso, quando alguém interromper a conversa, basta pedir para aguardar o momento certo de falar.

13

Tenho passado muito tempo navegando pelas redes sociais e percebi que tal hábito está atrapalhando minha produtividade. O que fazer para mudar? O primeiro passo para mudar um hábito é a consciência de que ele é negativo. Feito isso, parta para a ação. Comece fechando as redes sociais por alguns minutos quando estiver no trabalho e aumente o período off-line dia após dia. Nem é preciso eliminá-las da sua rotina. Aliás, navegar por dez minutos nas redes depois de cada hora com foco total funciona até como um prêmio para encorajar a disciplina. Mas, se verificar que é impossível se controlar, procure logo ajuda de um profissional. Se você está deixando de cumprir obrigações para ficar online, pode ser sinal de um transtorno ligado ao vício da I nternet.


joias únicas

Brasília - Gilberto Salomão - QL 5, Lago Sul Rio - Dona Coisa www.antoniohenrique.com


Qual a melhor técnica de estudo? Saiba o que diz a ciência

gran cursos

A

88

migos, as vantagens de entrar no serviço público por Public Interest desaprova métodos de estudo baseados principalconcurso são muitas. Entre elas, posso citar os bons mente em resumos, grifos, mnemônicos e mapas mentais. “Se salários no início de carreira, os bons proventos na a ciência diz isso, pior para a ciência”, dirão os adeptos dessas aposentadoria, a estabilidade no emprego, a regula- práticas. E eu lhes dou razão, porque – já diz a sabedoria popuridade das jornadas de trabalho, a possibilidade de admissão e lar – cada um sabe onde o calo lhe dói. Entretanto, os autores ascensão profissional por mérito e a valorização da carreira no do estudo também confirmaram a impressão geral de que a mercado de trabalho. Contudo, para vencer o desafio de passar resolução maciça de questões, um de nossos mais importantes em um concurso, três requisitos são fundamentais: muito es- métodos de estudo para concursos públicos, é, de fato, extretudo, muita disciplina e muita dedicação. Ao somar esses três mamente eficiente na preparação dos candidatos. fatores, o candidato já terá 50% de chances de aprovação. Para Em síntese, o artigo da revista reflete os resultados de uma que ele complete com sucesso a preparação, precisa saber es- pesquisa científica, porém é preciso lembrar que cada pessoa tudar, a fim de não desperdiçar esforços com técnicas que não desenvolve o próprio estilo. Portanto, ninguém é obrigado a produzam os melhores resultados. mudar a maneira de estudar. Dito isso, vamos, então, conhecer A propósito, acabo de tomar conhecimento de um estudo, as dez técnicas, das piores para as melhores, segundo a classifipublicado em janeiro deste ano na revista científica Psycho- cação da revista Psychological Science in the Public Interest. logical Science in the Public Interest, que avaliou dez técnicas comuns de “Já deixei registrado inúmeras Grifar (utilidade: baixa) aprendizagem para classificar as mais Segundo o estudo, a técnica de apevezes que cada pessoa tem eficientes. O resultado traz algumas nas grifar partes importantes de um suas preferências em relação texto é pouco efetiva pelos mesmos surpresas. Práticas bastante populares no Brasil, como resumir, grifar, motivos pelos quais é tão popular: praàs técnicas de estudo. Uma utilizar mnemônicos, visualizar imaticamente não requer esforço. Quangens para apreensão de textos e reler técnica pode ser boa para um do se grifa uma palavra ou um trecho conteúdos foram classificadas como de um texto, o cérebro nem organiza, estudante e não funcionar as de menor utilidade. Três práticas nem cria, nem conecta conhecimenforam elencadas como de utilidade de jeito nenhum para outro. tos. Logo, grifar só pode ter alguma moderada: interrogação elaborativa, (pouca) utilidade quando combinada Nesse assunto, cada qual autoexplicação e estudo intercalado. com outras técnicas. Finalmente, as duas que obtiveram o desenvolve o próprio método. Releitura (utilidade: baixa) mais alto grau de utilidade na aprendizagem foram as técnicas de teste Reler um conteúdo, em regra, é meMas é certo que há alguns prático e de prática distribuída. nos efetivo do que as demais técnicas Longe de mim considerar esse estu- truques que funcionam para a apresentadas. O estudo, no entanto, do uma verdade absoluta. Muito pelo grande maioria das pessoas.” mostrou que alguns tipos de leitura contrário, já deixei registrado inúme(massive rereading) podem ser mais ras vezes que cada pessoa tem suas preferências em relação às eficazes do que resumos ou grifos, se aplicados no mesmo petécnicas de estudo. Uma técnica pode ser boa para um estudan- ríodo de tempo. A dica é reler imediatamente depois de ler, por te e não funcionar de jeito nenhum para outro. Nesse assun- diversas vezes. to, cada qual desenvolve o próprio método. Mas é certo que há alguns truques que comprovadamente funcionam bem para a Mnemônicos (utilidade: baixa) grande maioria das pessoas. Por isso, vale a pena conhecer as Em apostilas e sites de concursos públicos, é muito comum conclusões dessa pesquisa, que, como eu disse, traz algumas ver listas de mnemônicos (algo relativo à memória) que explosurpresas. Muita gente não as levaria em consideração, exata- ram as primeiras letras ou sílabas do conteúdo que se quer memente por considerar pouco eficientes técnicas de ampla utili- morizar. É o caso do mnemônico SoCiDiVaPlu, formulado para zação entre os estudantes. E é aí que vocês que me leem podem ajudar a decorar os fundamentos da República Federativa do ter um trunfo. Brasil (artigo 1º da Constituição). Como eu mencionei, o estudo da Psychological Science in the Para a tristeza dos estudantes que adoram esse método, o es-


tudo da Psychological Science in the Public Interest mostrou que os mnemônicos só são úteis quando as palavras-chaves são importantes e quando o material estudado inclui palavras-chaves fáceis de memorizar. Assuntos que não se adaptam bem à geração de palavras-chaves não foram bem apreendidos com o uso de mnemônicos. Então, recorra a eles apenas em casos específicos e, de preferência, pouco tempo antes das provas.

Resumos (utilidade: baixa) Resumir os pontos mais importantes de um texto sempre foi uma técnica quase intuitiva de aprendizagem. Contudo, o estudo demostrou que os resumos são úteis para provas escritas, mas não para provas objetivas. Embora tenha sido classificada como de utilidade baixa, a técnica de resumir ainda é mais eficaz do que a de grifar ou a de reler textos. Segundo os pesquisadores, a técnica pode ser uma estratégia efetiva para quem já é hábil em produzir resumos. Interrogação elaborativa (utilidade: moderada) A técnica de interrogação elaborativa consiste em criar explicações que justifiquem por que certos fatos apresentados no texto são verdadeiros. O estudante deve concentrar-se em perguntas do tipo “Por quê?” em vez de em questionamentos do tipo “O quê?”. Seguindo o exemplo dado, algumas linhas atrás, em vez de de-

“Para vencer o desafio de passar em um concurso, três requisitos são fundamentais: muito estudo, muita disciplina e muita dedicação. Ao somar esses três fatores, o candidato já terá 50% de chances de aprovação.” corar o mnemônico SoCiDiVaPlu, o ideal seria perguntar, por exemplo: “Por que o Brasil adota a dignidade da pessoa humana como fundamento da República?”. Em seguida, deve-se buscar a resposta na origem do Estado Democrático de Direito e na adoção do princípio da dignidade da pessoa humana pelas principais democracias ocidentais após a Revolução Francesa. Note que esse tipo de estudo requer esforço maior do cérebro, que se concentra em compreender as causas de um dado fato, investigando suas origens. Em se tratando de concursos públicos, a técnica da interrogação elaborativa faz toda a diferença na hora de produzir redações ou de responder questões discursivas. Prática distribuída (utilidade: alta) Essa técnica consiste em distribuir o estudo ao longo do tempo, em vez de con-

centrar toda a aprendizagem em um único bloco na véspera da prova. Pesquisas indicam que o tempo de distribuição das sessões de estudo considerado ótimo é de 10% a 20% do período que o conteúdo precisa ser lembrado. Com base nessa conta, se a pretensão é lembrar-se de algo por cinco anos, deve-se espaçar o aprendizado a cada seis meses. Se a intenção é lembrar-se de um conteúdo por uma semana, deve-se estudar uma vez por dia. A prática distribuída também pode ser interpretada como distribuição do estudo em pequenos períodos ao longo do dia, com intervalos para descanso. Por exemplo, estuda-se durante uma hora pela manhã, uma hora pela tarde e outra hora de noite. Aí está, amigos, esse interessante trabalho sobre técnicas de estudo. Trata-se de uma contribuição que não pode ser ignorada, diante da seriedade com que abordou o tema. Vocês que estão na luta por uma vaga no serviço público e levam a sério a preparação para as provas podem e devem se apropriar das conclusões da pesquisa. Aplicá-las nos estudos pode ser o grande diferencial a levá-los à conquista do seu tão desejado. FELIZ CARGO NOVO! J. W. GRANJEIRO Diretor-Presidente do Gran Cursos Coordenador do Movimento pela Moralização dos Concursos - MMC. www.professorgranjeiro.com http://twitter.com/jwgranjeiro http://facebook.com/josewilsongranjeiro

gran cursos

Visualização (utilidade: baixa) Os pesquisadores pediram que estudantes imaginassem figuras enquanto liam textos. O resultado foi positivo apenas na memorização de frases. Em relação a textos mais longos, a técnica mostrou-se pouco útil. Surpreendentemente, a transformação das imagens mentais em desenhos também não demonstrou aumentar a aprendizagem e ainda trouxe o inconveniente de limitar os benefícios da imaginação. Isso não invalida completamente o uso de mapas mentais, já que esses desenhos consistem na conexão de ideias e conceitos. De qualquer maneira, o estudo demonstra que a visualização não é uma técnica eficiente para provas que exijam conhecimentos inferidos de textos.

89


92

gastronomia


Mixologia molecular:

Por Adriana Nasser – Fotos: Henrique Ferreira e divulgação

urpreender! Essa é a nova onda dos bartenders brasileiros que transformam drinks tradicionais em espumas, esferas, gelatinas e mousses. Estudando e pesquisando a química dos ingredientes, eles combinam novas texturas e transformam líquidos em sólidos ou gasosos. Tá mais pra mágica do que pra gastronomia. Mas o que importa é que essa novidade vem transformando as simples saídas com amigos pra um happy hour, por exemplo, em legítimas experiências sensoriais. Conhecida como mixologia molecular, a técnica usa e abusa dos reagentes químicos que modificam o estado e texturas das bebidas. O bartender Victor Quaranta, responsável por boa parte dos cardápios de bares e restaurantes da cidade, garante que a quantidade de álcool é a mesma de um drink tradicional, o que muda é a estrutura. “Trata-se da combinação de sabores onde a dose é a mesma, o que se diferencia é o sistema de preparo”, revela o barman. Todo mundo já tomou um drink diferente ou exótico, mas você já tomou um drink sólido? Pois bem, a partir de técnicas

simples de gastronomia molecular, é possível transformar as bebidas e deixá-las bem diferentes. São seringas, borrifadores, espectômetros, caviar box, que, aliados a ingredientes moleculares, transformam, muitas vezes, líquidos em bebidas quase mastigáveis. Coquetéis totalmente inusitados, como o Piratas do Caribe e o Star Wars, do recém-inaugurado Paradiso Cine Bar, vêm conquistando o público brasiliense. Rafael Cavalcante, barman do Paradiso, comenta que quem quiser entrar nesse meio tem que se atualizar constantemente para saber o que está sendo feito em outras partes do país e do mundo. “O diferencial é a textura, uma brincadeira que deixa as pessoas intrigadas. Deve seguir as exigências de qualidade, pois temos que equilibrar dulçor, acidez e álcool em uma só bebida”, comenta. A ideia é ótima pra explorar novas sensações. Ao usar espessantes, dá pra transformar os líquidos para o estado de gel. Além do ar futurista, quase cibernético que dá ao drink, causa impacto nos consumidores. Nem que seja só pela curiosidade! É, pelo visto, a ideia de bebida sólida, que mais parecia ser uma febre passageira, invadiu os cardápios dos bares e restaurantes da cidade, mostrando que veio pra ficar.

gastronomia

tudo é possível! S

93


E Brasília está cheia de novidades. Bares e restaurantes novos e uma adega que tem o vinho que você quiser! Confira: Brasília está entre os maiores mercados consumidores de vinhos e espumantes do país. E para quem curte um bom vinho, a cidade ganhou mais uma loja especializada no assunto. A Decanter, que está na cidade há mais de 10 anos, acaba de abrir uma nova loja na 208 Sul. Vale lembrar que a marca é a representante exclusiva da importadora Decanter, de Blumenau.

Olivae é o mais novo restaurante da 405 Sul. Sob o comando do chef Agenor Maia, a casa é mais uma opção de cozinha contemporânea. O chef, que já trabalhou no premiado D.O.M. do chef Alex Atala e também no Astrid Y Gaston de Lima, apostou as fichas no próprio negócio e decidiu abrir seu restaurante. Já fui. Vale a pena conferir.

Na Asa Norte, a novidade chama Riders Café e fica dentro da loja da Harley Davidson, na 510. Da mesma turma do badalado Ares do Brasil, o lugar traz uma proposta totalmente oposta: american food. No menu, onion rings, hambúrgueres, milk shakes, brownie e cheesecake. Mas tem também saladas, massas e sanduíches no ciabata. Vale a visita!

gastronomia

O Paradiso Cine Bar é o lugar ideal para os amantes do cinema. A casa com três ambientes abriu há pouco tempo na 306 Sul. Claro que o menu de drinks passeia por vários filmes, desde os clássicos até os mais moderninhos. Destaque para os Smurfs, o Star Wars e os Piratas do Caribe. Os preços das bebidas variam de R$14 a R$25.

94

Com leite fresco, iogurte natural, chocolate branco, morango e calda da fruta, o Gelato Hello Kitty acaba de chegar ao mercado nacional. Brasília foi a quinta capital a receber a iguaria por meio da Cremosità del Gelato Italiano. A gelateria foi a primeira a lançar o produto no DF, no Boulevard Shopping e na 104 Sul. O Espresso Mogiana é o mais novo point da 209 Sul. O endereço remete ao início do século XX, numa viagem pelas ferrovias do interior de São Paulo. O café vem da região paulista da Alta Mogiana, da grife Octavio Café. São vários tipos da bebida, coado, expresso, na prensa francesa etc. Para acompanhar: croque monsieur, bolos, tortas, sanduíches e risotos.


e Brasília recebe quem disse, berenice? Apostando na liberdade da mulher, a quem disse, berenice? acaba de inaugurar três lojas em Brasília, dando mais um passo no processo de expansão nacional que contempla 70 lojas pelo país até o final do ano. A nova unidade de negócios do Grupo Boticário foi lançada em agosto de 2012. “Diversidade é a palavra que define Brasília, assim como quem disse, berenice? Nossa linha de maquiagem é extensa e leva em consideração essa mistura de cores e gêneros que se traduzem na pele da mulher brasileira. Temos em Brasília uma oportunidade única de crescimento e consolidação da marca”, explica Alexandre Bouza, diretor da quem disse, berenice? Na prática, as mulheres podem se divertir escolhendo entre mais de 500 itens para rosto, olhos, boca, além de esmaltes, perfumes, acessórios e kits presentes, com grande variedade de cores. Site: www.quemdisseberenice.com.br

Ideal para o seu bebê A DANUTRI oferece papinhas deliciosas e com textura ideal para cada fase de alimentação do bebê. O diferencial está no sabor de comidinha caseira, pois são elaboradas de forma artesanal e com ingredientes naturais, sem adição de açúcar e conservantes químicos. As papinhas mais famosas são as que contêm grãos como quinua, linhaça e arroz integral, por conterem um alto valor nutricional. As papinhas de frutas são ideais para intercalar entre as principais refeições e são uma delícia, além de ajudar o bebê a desenvolver um paladar rico e variado. A DANUTRI também realiza atendimento na própria loja ou por telefone, as mamães podem tirar suas dúvidas sobre os produtos na hora, diretamente com as nutricionistas, que terão o maior prazer em atendê-las.

Tel.: (61) 35267240 / 35267242

Moda uruguaia na cidade Originária de Punta Del Este, Lu by Lolita abre a sua primeira franquia em Brasília. Com peças atemporais para múltiplos estilos e temperaturas, o segredo da Lu by Lolita promete fazer sucesso entre as fashionistas que apostam em marcas com um mix de peças clássicas e cheias de tendências. São oito coleções anuais que fazem a transição de uma estação para outra. Fundada em 1960 pelas irmãs Greta e Lolita Engelman, a marca conquistou rapidamente clientes uruguaias e, posteriormente, várias cidades do mundo, ao criar peças que valorizam a feminilidade. São roupas e acessórios delicados, românticos, elegantes, clássicos e ao mesmo tempo despretensiosos e cheios de estilo. O conceito da marca é fiel às necessidades da mulher moderna e sempre em busca das principais tendências do mundo da moda. A sua primeira loja é localizada no Brasília Shopping.

Tel.: (61) 3033-8456 96


Skechers abre sua primeira loja no Brasil A segunda maior empresa de calçados dos EUA escolheu Brasília para seu primeiro endereço no país. A concept store da Skechers, localizada no ParkShopping, traz toda a variedade de produtos que compõem a marca com calçados infantis e adultos, casuais e de performance. A evolução da marca se deve, entre outros fatores, à inventividade e originalidade marcantes da Califórnia transmitidas a seus calçados. A Skechers desenvolve tênis para performance e fitness, além de calçados casuais em modelos femininos, masculinos e infantis. Reconhecida por aliar conforto e alta tecnologia, a marca tornou-se referência por criar um calçado para a prática de corrida com a tecnologia Mid-Foot Strike, que induz a pisada com a parte central do pé, promovendo uma passada mais próxima da natural, o que favorece a performance e melhora a postura.

Tel.: (61) 3028-6014

Bom para a sua saúde A Teramag é uma empresa consolidada e especializada no ramo de colchões magnéticos, vibroterápicos, bioquântico e infravermelho longo, e está há mais de 13 anos no mercado cuidando da saúde do brasileiro. Seu último lançamento é um aparelho fisioterapêutico que proporciona vários tipos de tratamentos, tais como: densidade progressiva, tratamento antifungos, antiácaros, Infraverlon, Bio Energy e Magnetoterapia com energia bioquântica. Esses processos ajudam a tratar e a prevenir várias doenças psiquiátricas, neurológicas e degenerativas, como o mal de Alzheimer e o mal de Parkinson. Além disso, o aparelho ajuda a melhorar a circulação e a qualidade física e química do sangue, aumentando a resistência do organismo. Os colchões Teramag auxiliam na saúde e têm 15 anos de garantia.

Tel.: (61) 8158-3655 / 8633-3081

Para o grande dia Inaugurado em 2008, o Vila Bella oferece um espaço bem reservado e aconchegante paras as noivas de Brasília. Além de toda a comodidade e elegância, o local dá a opção de, no dia do casamento, a noiva transformar o momento da sua preparação em uma grande festa. Pode chamar as madrinhas e amigas mais próximas para acompanhar o seu dia, fazendo desse momento o início da comemoração. Além dos serviços comuns de salão de beleza, o Vila Bella também oferece maquiagem definitiva e alongamento de cílios, que são técnicas muito procuradas pelas brasilienses. O design contemporâneo e convidativo do edifício também é o diferencial do salão. A novidade do momento é a cabeleireira Carine Chibeni, que agora faz parte da incrível e capacitada equipe do Vila Bella.

Tel.: (61) 3248 2024

97


PERSONAL NAS PASSARELAS Reconhecido por dois anos consecutivos, pelo Brasília Capital Fitness (BCF), como um dos melhores profissionais de seu segmento, na categoria personal trainer, Allan Lucena estreou na carreira de modelo, quando desfilou no lançamento da coleção do estilista Rafael Siqueira, durante a programação do último Capital Fashion Week, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB Brasília). Com cerca de dez anos de experiência profissional, Lucena tem no currículo passagem pelas principais academias da cidade. Em 2012, ganhou o primeiro lugar como “melhor personal trainer do DF”, concedido pela organização do BCF. Em 2013, garantiu a segunda colocação. O brasiliense tem no currículo alunos ilustres e conhecidos, como o ex-governador José Roberto Arruda, a deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB/RS), o repórter da TV Globo, Kenzô Machida, além de sete Misters Brasil Edição 2013.

:G to Fo

iv

SEMPRE APERFEIÇOANDO A brasiliense Clarissa Telles Kahn é psicóloga, doula e educadora perinatal. Atualmente coordena as atividades do Espaço Acalanto, que é um lugar em que as grávidas, mães e pais podem falar sobre maternidade. O local conta com uma equipe interdisciplinar com nutricionista, acupunturista e psicoterapeuta da infância. Para as mamães e papais de primeira viagem, Clarissa promove oficinas de preparação para o parto, técnicas para a acupuntura e introdução dos alimentos na vida dos bebês. O grande desafio é poder, cada vez mais, orientar e ajudar mães e pais na criação dos fi lhos de uma forma saudável. Quando não está trabalhando, Clarissa gosta de ficar com a família. O seu projeto profissional é seguir se aperfeiçoando em Psicologia Perinatal, e o pessoal é viajar com o marido e a filha de 6 anos.

ESTUDO E DEDICAÇÃO O equatoriano Fausto Camilo Bermeo é cirurgião plástico, naturalizado brasileiro há dois anos. Concluiu o curso de medicina em 1984, no Equador. Em 2001, realizou o sonho de montar a própria clínica, a Interplástica Fausto Bermeo, com o intuito de concentrar as atividades e ter a própria equipe. Não obstante, continuou traba– lhando nos ambulatórios dos hospitais e nos serviços de emergência de politrauma, realizando cirurgias restauradoras. Os desafios para manter uma clínica de alto padrão técnico de qualidade são muitos e requerem grande concentração e energia, qualidades que nunca faltaram a Fausto. Mesmo com dedicação integral à medicina, costuma relaxar jogando tênis e passeando no Lago Paranoá. Outra dedicação é a filha, que mora em Santiago, no Chile. Entre os sonhos, projeto pessoal e profissional está, principalmente, o de ampliar o serviço de cirurgia plástica atual.

98

a


A ARTE DE COMUNICAR Formado em Marketing, Wilson J. Mendes Camargos é natural de Patos de Minas (MG), mas encontrou em Brasília o lugar perfeito para abrir seu negócio. Com especialização em Planejamento de Marketing, o empresário iniciou sua carreira como contato publicitário na Ploory, logo depois foi contratado pela multinacional Pfizer como executivo de contas. Atuou no Grupo Zambia como gerente de atendimento e teve uma passagem na Inhouse Comunicação como diretor de atendimento. Foi aí que resolveu abrir a Agência W2, onde é diretor executivo e fundador do Grupo de Network – BNC, presidente do Grupo BRW, composto por quatro empresas do ramo de comunicação: Integrare, Ventus Promo, B1 Marketing e Agência W2. Aliando seu lado pessoal e profissonal, o maior sonho do empresário é desenvolver projetos que vão colaborar com a área social do país.

MUDANÇA NO PERCURSO Formado em Administração de Empresas, o carioca Rodrigo Merçon Bendelá começou a sua carreira em 1999, quando montou a sua primeira agência de Marketing Direto, no Rio de Janeiro. De lá para cá, sua carreira seguiu por vários caminhos. Chegou em Brasília em 2006, onde foi sócio local da Percepttiva Comunicação, uma agência de publicidade, com sede no Rio, que tinha o foco em lançamentos imobiliários. Juntos fizeram cerca de 24 lançamentos, em Brasília, em cinco anos de existência. Em 2012 entrou para como sócio na Markimóveis Imobiliária, onde faz hoje toda a parte do planejamento e marketing da empresa. Casado e com um filho de quatro anos, o Gabriel, o empresário encontrou em seu trabalho a realização que procurava. Agora seu maior desafio é continuar seus projetos e transformar a Markimóveis em uma referência.

iet t ch or S Vit Fot o:

Formada pela UnB em Artes Plásticas, Rachel Vallego Rodrigues é brasiliense, artista plástica, curadora, produtora, estudante de mestrado e procura sempre agregar mais ao seu currículo. Foi a faculdade de artes visuais que rapidamen– te a despertou para a questão da circulação e visibilidade das obras de arte. Começou a estudar sobre curadoria e exposições de arte e quis descobrir mais sobre esse mundo. A partir daí teve duas experiências importantes, o estágio na Galeria de Arte do Banco Central e no Espaço Cultural Marcantonio Vilaça que fica no TCU. Nessa época, Rachel já trabalhava em outros projetos de exposições paralelamente, fazendo principalmente a parte de produção cultural. A Conjunto A4 também surge nesse momento. A galeria foi lançada em agosto de 2011, por ela e seus três sócios, e tem sido seu foco principal desde então.

i

EM NOME DA ARTE

99


Veja, ouça, visite e divirta-se Zeca Pagodinho em Brasília Um dos artistas mais populares do país, Zeca Pagodinho festeja 30 anos de carreira com show em Brasília, dia 5 de outubro, na Arena Brasília, no estacionamento do Shopping Iguatemi. No repertório, os clássicos do samba que fazem parte do mais novo trabalho do artista, o DVD Zeca Pagodinho: 30 Anos – Vida que Segue, e os sucessos que marcaram a trajetória do sambista. A nova turnê teve início em São Paulo e seguirá para as principais cidades do país. No palco com Zeca Pagodinho, a banda Muleke, que o acompanha por todo esse tempo. A direção musical é de Paulão 7 Cordas, o cenário, inspirado no Rio Antigo, é assinado por May Martins, o figurino é de Juliana Maia e a luz, de Carlinhos Nogueira. Os ingressos estão à venda na Central de Ingressos do Brasília Shopping.

Aerosmith e Whitesnake Com a realização da XYZ Live e da Vision Produções, Brasília recebe o primeiro mega show de rock n’ roll do Estádio Nacional Mané Garrincha, no dia 23 de outubro, a partir das 21h, com a banda norte-americana Aerosmith e abertura com a banda inglesa Whitesnake. Aproveitando a passagem pelo país por conta do festival Monsters of Rock, nos dias 19 e 20 de outubro em São Paulo, Aerosmith e Whitesnake farão shows únicos nas duas capitais brasileiras, Rio de Janeiro e Brasília. Na Capital Federal, as venda dos ingressos é feita na Central de Vendas Livepass, no primeiro piso do Brasília Shopping, ou pelo site livepass.com.br. Os valores do primeiro lote variam de R$70, a meia para cadeiras superiores, e R$350 a meia entrada para o camarote.

agenda cultural

Elvis Presley in Concert

100

Um dos grandes sucessos de público na temporada de shows de 2012 está de volta aos palcos nacionais: Elvis Presley in Concert. A energia e os principais hits de Elvis, cantados pelo público como se o próprio ocupasse o palco, poderão ser vistos agora em oito shows em sete capitais brasileiras. Em Brasília, o espetáculo acontece dia 17 de outubro, na Arena Brasília do Shopping Iguatemi. Uma superprodução. Assim pode ser definido o show Elvis Presley In Concert, o surpreendente espetáculo que reúne no palco uma banda completa, que tem em sua composição vários músicos e cantores que trabalharam com Elvis originalmente, e projeções remasterizadas em telões de alta definição das principais apresentações do cantor. Os ingressos variam de R$150, Setor Prata, e R$1.000, Back Stage, com vendas pelo ingressorapido.com.br.


Green Move Festival O Green Move Festival acontece no dia 13 de outubro, na Esplanada dos Ministérios, para unir diversão, informação e gerar atitudes para melhorar a vida das pessoas e do meio ambiente. O festival, totalmente democrático e gratuito, já confirmou atrações como Zeca Baleiro, Paralamas do Sucesso e Nando Reis. Todos podem participar, com a opção de estar mais perto dos artistas na Área Consciente em frente ao palco. Mas, para isso, é preciso participar de alguma ação proposta pelo evento. Quem não puder participar de uma ação poderá assistir aos shows na Área Evolução, localizada logo após a Área Consciente. Nas diversas tendas da Área Informação serão realizadas palestras, debates, encontros, promoções, oficinas e apresentações.

New York City: Dreams of Broadway Luzes, barulho, pessoas, metrô, música. Em meio a todo esse tumulto, típico da cidade dos talentos, um artista brasileiro chega a New York, em busca de seu sonho: brilhar em um musical da Broadway. É nesse contexto que o musical New York City: Dreams of Broadway se desenrola, nos dias 26 e 27 de outubro, no Teatro Oi Brasília. A peça reúne um elenco composto por mais de 50 artistas – cantores, atores, bailarinos e músicos. Com roteiro todo escrito na cidade de Nova Iorque, o espetáculo promete dar o que falar, especialmente nos quesitos qualidade e inovação. Os ingressos custam R$60, a inteira, e R$30, a meia, e já estão disponíveis na bilheteria do Teatro Oi Brasília (de terça a sábado, das 13 às 19h) e na loja Oi do Shopping Iguatemi. Mais informações pelo site www.grupoilluminare.com.

Casa Cor A sofisticação e a criatividade do trabalho realizado pelos profissionais de arquitetura estarão ainda mais evidenciados na CASA COR BRASÍLIA 2013. São 44 ambientes distribuídos em um área decorada de 7 mil metros quadrados (área construída de 3.449 metros quadrados e 3.600 metros quadrados destinados à praça e aos jardins). Os visitantes irão conferir, durante os 41 dias de realização da mostra, projetos de arquitetura, decoração e paisagismo criados para ambientes residenciais, comerciais e áreas externas. O evento acontece entre os dias 25 de setembro e 5 de novembro, em terreno no Setor de Indústrias Gráficas (SIG), escolhido pelas franqueadas da mostra na cidade, Eliane Martins, Moema Leão e Sheila Podestá. Nomes conceituados da arquitetura e do design de interiores participam desta 22ª edição, que consolida ainda mais a sofisticação, inovação e criatividade dos profissionais da capital do país. Mais informações: www.casacor.com.br.

Para celebrar os grandes marcos na carreira, Milton Nascimento apresenta a turnê de 50 anos de carreira, que promete reviver todos os grandes sucessos. O show está marcado para o dia 6 de outubro, às 20h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. Com o lançamento do álbum E a Gente Sonhando em 2010, o artista completou 38 discos gravados. Este ano essa turnê deve passar por toda a América do Sul, Europa e Estados Unidos. Os ingressos variam entre 70 e 150 reais, com meia entrada. Os pontos de venda estão no Brasília Shopping, na Central de Ingressos – G2, na Fnac do Park– Shopping e no site ingressorapido.com.br. Classificação etária de 14 anos. Para mais informações: (61) 4003-1212.

agenda cultural

Milton Nascimento em “45 Anos - Uma Travessia”

101


Mustknow O Brasil está mesmo na moda. Copa das Confederações, Copa do Mundo, Olimpíadas. De acordo com o site britânico www.djmag.com.br, o país também é sede de outra coisa: a melhor casa noturna do mundo! Quer saber qual é e quais são as mais bombadas boates do planeta? Será que você conhece alguma?

#1 – Green Valley (Camboriú – Brasil) Aberto em 2007, o local só vem acumulando prêmios. Todos os principais nomes da música eletrônica mundial já passaram por lá e, sem exceção, consideraram a casa algo único e jamais visto. São mais de 10 mil metros quadrados em um espaço que acomoda lagos, pistas de dança, camarotes, bares, banheiros, loja, praça de alimentação, além de um palco. O local acomoda, sem aperto, cerca de oito mil pessoas.

NiNa rocha

#2 – SpaCe IBIza (Ibiza – espanha) Não é à toa que ela é a melhor boate da cidade que possui as melhores festas do mundo. Às vésperas de completar 25 anos, a casa está sempre em busca de novidades, mas sempre mantendo a sua tradição, e é referência em festas que duram o dia todo, como a We Love... Space, o que a tornou uma das marcas mais renomadas, valiosas e a mais premiada do ramo.

102

#3 – paCha IBIza (Ibiza – espanha) As duas cerejinhas mais famosas do mundo completaram 40 anos de história e também deixaram de estar presentes apenas em noites de festa. A marca, hoje, possui restaurantes, hotéis, uma linha de produtos e boates por todo o mundo. A decoração simples e um line-up impecável são os pontos fortes do local na cidade espanhola. É de lá que David Guetta comanda a melhor quinta-feira da música eletrônica mundial. Os ingressos ficam sold out meses antes das apresentações.


#4 – FaBrIC (londres – Inglaterra) As noites de sábado da Fabric, que tem esse nome porque está localizada em um antigo armazém industrial, já revelaram alguns dos melhores DJs e produtores musicais do planeta. E, para quem realmente gosta do gênero, a casa já armou festas com cerca de 30 horas de música sem parar. Lá a balada nunca tem hora pra acabar!

#5 – zouk (Cingapura) Quer um bom motivo para ir a Cingapura? Conhecer o clube mais famoso da Ásia e curtir uma noite incrível com até 30 mil pessoas. A Zouk, com mais de 20 anos de tradição, é um complexo formado por quatro ambientes temáticos. Destaque para a área externa, com um Wine Bar e lounges ao ar livre. O DJ do momento, Hardwell, é figurinha carimbada por lá.

o Brasil ainda possui outras casas noturnas entre as 100 melhores do mundo: #8 Sirena – Maresias; #16 Warung Beach Club – Camboriú; #23 Anzu Club – Itu; #32 D-Edge – São Paulo; #Miroir – Rio de Janeiro; #95 Space B - Camboriú

Profile

Marianakaawa nome completo: Mariana Kaawa Y. de Almeida Barros. Idade: 26. profissão: Advogada. para agitar no fim de semana: Antes da balada, sugiro o Dudu Bar para drinks e um jantar mais animado. para ir a dois: Grand Cru, Expand ou o sempre impecável Gero.

Destino preferido nas férias: Praia, sempre! Quem vem a Brasília não pode deixar de: Ver o pôr do sol na Ermida Dom Bosco, assistir à missa na Catedral – linda e única – caminhar pela Praça dos Três Poderes e curtir um almoço sem pressa em algum dos restaurantes à beira do Lago Paranoá.

NiNa rocha

para beber uns bons drinks: BalcoNY e Dudu Bar.

103


Quando temos que

tomar cuidado Problemas do coração podem causar morte ou até mesmo sequelas graves, por isso, devemos tomar cuidado e ficar atentos aos diversos sintomas que podemos apresentar

Por Camila Bocchino – Fotos: Alexandre Alves

Q

coração

uem nunca ouviu falar de alguém que perdeu um parente ou conhecido por doenças do coração? Elas podem ser silenciosas e acometer qualquer um sem hora marcada e nem sintoma prévio. No Brasil, as doenças cardiovasculares são um grande problema de saúde, correspondendo a 31,3% das causas de morte. As mais conhecidas são o Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) e o Acidente Vascular Encefálico (AVE, antigo AVC), pois são

104

responsáveis por aproximadamente 300 mil mortes anualmente em nosso país. “A grande vilã nesses casos é a formação das placas de gordura, ou placas de ateroma, nos vasos sanguíneos. Ainda podemos citar a hipertensão arterial e a insuficiência cardíaca, que também são doenças cardiovasculares muito prevalentes na população brasileira”, explica o coordenador de cardiologia do Hospital Santa Helena, Dr. Fausto Stauffer. O AVE, também chamado de derrame, e a Doença Arterial Coronariana (DAC), ou infarto do miocárdio, estão englobados


“Estamos preparados para assistir pacientes em estado mais grave, como também aqueles que buscam serviços ambulatoriais”, diz o Dr. Fausto Stauffer pensar no tratamento das doenças cardiovasculares como um conjunto de medidas. “Em primeiro lugar está a mudança do estilo de vida. Os pacientes acometidos por essas doenças precisam incorporar a prática do exercício físico e a alimentação saudável no seu dia a dia”, aconselha o Dr. Fausto. “Cada síndrome cardiovascular exigirá um tipo específico de tratamento. Para arritmias podemos aconselhar o uso de tratamento por ablação (radiofrequência) e, se indicado, implante de dispositivos elétricos (marcapasso, desfibrilador), por exemplo. Varia de acordo com o problema”, explica o Dr. Anderson. Ainda assim, o melhor meio de prevenir esse tipo de problema é um bom acompanhamento médico e monitoramento das taxas sanguíneas. “As consultas regulares ao médico são essenciais, pois é a oportunidade para medir pressão arterial, realizar o exame físico, fazer o controle de peso, a orientação nutricional, ou seja, identificar os fatores de risco”, afirma o Dr. Fausto. “Alguns desses fatores não têm como mudar: idade, sexo, história de doença cardíaca na família. Porém, existem outros que você pode mudar: fumo, alimentação inadequada, obesidade, falta de exercícios físicos, colesterol alterado, diabetes, pressão alta e estresse”, continua o médico.

“A identificação precoce de indivíduos com tendência a doenças cardiovasculares é fundamental em todos os casos”, afirma o Dr. Anderson Rodrigues Por sua excelência em atendimento e tratamento, Brasília já pode ser considerada um polo de referência no tratamento de doenças cardiovasculares no Brasil. “A cardiologia da Capital Federal constitui uma das áreas de referência da medicina,  como no exemplo dos transplantes de coração e de outros órgãos. Segundo dados da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), em 2013 o DF se manteve como líder nacional no total de transplantes de coração realizados por milhão de habitantes, e em segundo lugar no ranking nacional por número absoluto”, comenta o Dr. Anderson. “Em Brasília, posso afirmar que estamos preparados, seja para assistir pacientes em estado mais grave, que necessitem passar por procedimentos mais complexos, como uma cirurgia ou cateterismo, como também aqueles que buscam serviços ambulatoriais, para realizar, por exemplo, um check up”, finaliza o Dr. Fausto. Com tantos recursos disponíveis, é possível prevenir todos esses problemas e tratá-los com sucesso. Apesar de serem uma das principais causas de mortandade no mundo, esse tipo de doença é altamente tratável e pode ser controlada, garantindo uma vida plena e saudável.

coração

na nomenclatura de Aterotrombose. Uma das principais causas de morte no mundo, estima-se que a Aterotrombose acometerá cerca de 25 milhões de pessoas até 2020. Mas essas não são as únicas ameaças ao coração. Também podemos citar a Hipertensão Arterial (HAS), que atinge cerca de 30% da população brasileira. Existem ainda mais males ligados a esse órgão tão importante. “Além das doenças cardíacas principais, existem tantas outras que também se somam num grande grupo de doenças cardiovasculares, como a dislipidemia, a diabetes mellitus, entre outras”, complementa o Dr. Anderson Rodrigues, cardiologista do Laboratório Sabin. O maior risco dessas doenças é ter sintomas silenciosos, ou seja, nem sempre podemos identificá-los a tempo. A maioria deles se dá pelo acúmulo de gordura nas artérias e isso não é sentido pelo paciente até que já esteja em um estágio muito avançado, o que dificulta o tratamento. “A identificação precoce de indivíduos com tendência a doenças cardiovasculares é fundamental em todos os casos”, comenta o Dr. Anderson. “A identificação dos fatores de risco para o desenvolvimento das placas de ateroma não é fácil, necessitando de avaliação médica e exames complementares, como a análise de sangue”, acrescenta o Dr. Fausto. São muitos os tipos de exames a serem feitos, cada um podendo identificar um tipo de problema, mas é sempre necessário um acompanhamento médico para se obter um diagnóstico preciso. A alta tecnologia empregada no desenvolvimento dos aparelhos que realizam esses exames ajudou muito na precisão na hora de identificar qual problema cardiovascular o paciente pode ter. “É difícil que não haja nenhum tratamento para alguma doença cardiovascular. Existem casos difíceis e existem casos fulminantes, ou seja, casos nos quais não houve tempo para o tratamento. Mas na maioria das vezes, podemos prevenir, tratar e controlar essas doenças”, comenta Dr. Fausto. É importante lembrar que a maioria dessas doenças é crônica, ou seja, o paciente necessitará de acompanhamento médico por toda a vida. Justamente por não possuírem um sintoma específico e serem crônicas, podemos

105


Moda de Brasília em alta Capital Fashion Week chegou à sua 15ª edição e mostrou que, por aqui, o mercado continua firme e forte Por Fernando Lackman - Especial para a Revista Foco Fotos: Cristiano Sérgio/Fotoforum

CFW

O

106

Centro Cultural Banco do Brasil Brasília (CCBB) foi palco de mais uma edição do Capital Fashion Week (CFW). A semana de moda brasiliense foi realizada entre os dias 17 e 20 de setembro e festejou sua 15ª edição movimentando o mercado de moda e consumo local. Cerca de 20 mil pessoas passaram pelos pavilhões de vidro do Centro Cultural e saíram maravilhados com o potencial de criação, desenvolvimento e produção das marcas locais. Com viés voltado para a sustentabilidade e cultura, o CFW contou com desfiles, espaço para negócios e formação profissional. Criadores do DF e entorno puderam apresentar seus trabalhos em dois espaços para desfiles e em um encontro de negócios, o Capital Fashion Business. Para Márcia Lima, idealizadora do evento, a moda local ainda tem muito para ser explorada. “Estamos felizes com a reunião de mais de 40 marcas da cidade. O potencial de criação de artesãos, estilistas e artistas é muito grande e foi nisso que apoiamos nossas ações para esta edição do CFW”, festeja. O Capital Fashion Business funcionou como um espaço para trocas de experiências de compra e venda para o grande público. O CFWB contou com patrocínio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), que acredita na moda brasiliense. E entre as maiores novidades, o retorno de Romildo Nascimento e seu trabalho minucioso de bordados e execução e o lançamento da primeira coleção feminina da marca Akihito Hira. Novas apostas – Desde a primeira edição do Capital Fashion Week, são lançados nomes para o mercado da moda. Já passam de 43 nomes selecionados como “Novos Talentos” e lançados pelo Capital Fashion Week. Em 2013, o concurso elegeu Victoria Junqueira, Jéssica Vasconcelos e Carol Nemoto.


LUBIA DUCA

AKIHITO HIRA

JÉSSICA NASCIMENTO

CFW

CAROL NEMOTO

107


SAMODA DELUXE

LUCIANA MACHADO BY CA

CFW

MORANA

108

RAFAEL SIQUEIRA

FASHION TEEN


FERNANDA FERRUGEM

OSÓRIO PRINCESAS

ROMILDO NASCIMENTO

CFW

VICTORIA JUNQUEIRA

SANDRA LIMA

109


Kettlebell

O novo treinamento funcional por excelĂŞncia

110


Perca até 300 calorias em apenas 30 minutos de aula com a nova modalidade Kettlebell, que já chegou às academias

P

ara quem deseja queimar calorias, deixar o corpo impecável para o verão e sair da rotina fazendo uma atividade diferente, a nova modalidade Kettlebell está agitando os treinos e aulas nas academias. Com o formato de uma bola de ferro com alça, o Kettlebell é praticado com movimentos pendulares, trabalhando a musculatura do corpo de forma mais intensa. Esse exercício pode fazer com que 300 calorias sejam queimadas por aula. Além de aumentar a capacidade cardiovascular e a resistência muscular, esse método fortalece os glúteos, as pernas, o tronco e os ombros com apenas 30 minutos de exercício. O Kettlebell possui alto índice de perda calórica e pode ser feito por homens e mulheres que buscam treinos mais avançados, intensos e inovadores. Com foco no trabalho posterior do corpo, como pernas e glúteo, o novo método também pode ser trabalhado junto às aulas de musculação de forma intercalada, uma prática livre escolhida por cada aluno. Para Ana Luiza Fleury, os exercícios são mais dinâmicos e práticos. “Dá para malhar em casa, em lugares abertos ou em qualquer outro espaço que você queira”, enfatiza Ana Luiza. Utilizado nas séries de preparação física de lutadores profissionais, acompanhado de pneus, marretas, cabos elásticos de tração, barras, entre outros, o Kettlebell passou a fazer parte de um treinamento funcional e individual, principalmente pelos praticantes de fitness. Com diversidade de movimentos e in-

tensidade média a alta, o método traz a quebra na rotina diária dos exercícios e o alcance estético satisfatório. O educador físico e professor da academia Companhia Athletica, Marco Rodrigo Silva, acredita que o Kettlebell é um implemento durável, que dispensa grandes espaços e possibilita uma diversidade de combinações de movimentos que proporcionam um condicionamento físico global funcional e com treinamento de forma integrada. “Além de uma modalidade do fitness, é também um esporte competitivo e em cima dele existem vários programas de treinamentos e desafios de performance que geram muita motivação pela sua execução”, complementa. Os exercícios possibilitados pelo Kettlebell geram integração multimembros, ou seja, que resgatam a excelência na atuação dos movimentos e reeducação de habilidades biomotoras, fundamentais para o equilíbrio da saúde física e postural do corpo. Resumindo potência, força, resistência anaeróbia lática, resistência aeróbia, coordenação ampla, equilíbrio, concentração e flexibilidade, o Kettlebell é um treinamento funcional por excelência. “Com o crescimento da preocupação com a saúde e com a boa forma, a orientação profissional tem sido valorizada. Afinal, a atividade física não é privilégio de atletas nem dos jovens; idosos, crianças e adultos, em geral, devem praticar exercícios, que são essenciais para o bem estar e para a saúde”, conclui a presidente do CREF7, Cristina Calegaro. Colaboração: Tamiris Ávila

Kettlebell

Por Flávia Landim – Fotos: Erik Almeida

111


Luxo de Festa Primavera 2013 ParkShopping recebe edição pocket do maior evento para casamentos, festas e celebrações de Brasília Pela segunda vez o ParkShopping recebeu o Luxo de Festa Primavera, uma edição especial do maior evento para festas, celebrações, casamentos e eventos corporativos de Brasília e um dos principais do país: o Luxo de Festa. O evento aconteceu

Clarice, Catarina e Luiz Afonso Medeiros

César Serra e Natália Vaz

Eliane Barcelar, Cosete Gebrim e Elizabet Campos

Flávia e Miriam Innecco

Clarice Dewes, Nilson Portuguez e Clariana Gonzaga

Dandara Domingues, Wanderley Estrella e Fernanda Rodrigues

PARKSHOPPING

Janaína Leal e João Filho

112

Toni Feletti , Taina Frota e Fernando Peixoto

Pedro Lucas, Vivi Alves e Tiago Correia

entre os dias 2 e 4 de setembro, na Praça Central e na FNAC. Desfiles dos principais estilistas de noivas, apresentações musicais e palestras com grandes nomes do setor rechearam a programação deste evento que já deixou saudades.

Rogério Midlej e Thais Uessugui

Ricardo Maia e Maria Virgínia

Juliana Divanda e Julia Pereira

Rodrigo e Elizabeth Resende


Fause Haten & emagalog 17 bonecas reproduziam nomes famosos como Gisele Bündchen, Naomi Campbell, Linda Evangelista e Julianne Moore. A ocasião também marcou o lançamento da oitava edição da emagalog, revista de moda e estilo do shopping, que traz as tendências para as estações mais quentes do ano, cujo download você faz no http://www.parkshopping.com.br/emagalog.

Daniela Matias e Pedro Lucas

Giullyane e Lúcia Bittencourt

Marília Dario e Tiago Correia

Márcia Rocha e Jackson Araujo

Nida Chalegre e Norberto Landerreche

Pedro La Place e Patrícia Viçosa

Thiago Leite, Gute Oliveira e Marco Antônio Vieira

Francisco Martins e Benigna Venâncio

Natália Vaz e Fause Haten

Rita Márcia Machado e Consuêlo Badra

Sílvio e Cláudia Jucá

PARKSHOPPING

Lúdica e encantadora. Esses são alguns dos adjetivos que podemos dar para a noite de abertura da exposição O Mundo Maravilhoso do Doutor F., que aconteceu no ParkShopping, no último dia 19 de setembro. A mostra nasceu a partir do desfile de marionetes que o estilista Fause Haten criou para apresentar sua coleção Verão 2013/14 na São Paulo Fashion Week. Ao todo,

113


A empresa Elétrica Ferraz está situada no SIA Sul Qd. 05C loja 01 BRASÍLIA-DF - CEP: 71200-055 Cnpj: 72.585.904/0001-37. Venho através desta informar que trabalhamos com materiais para construção, do básico ao acabamento, além de toda a linha de materiais elétricos e hidráulicos. Colocamo-nos à disposição para atendê-los, viabilizando sempre o menor preço de custo-benefício.

FERRAZ CONSTRUÇÃO e

INCORPORAÇÃO EPP

CNPJ.97.536.364/0001-22 IE 07.579.389/001-43

A empresa FERRAZ CONSTRUÇÃO e INCORPORAÇÃO ENGENHARIA CONSTRUÇÕES e REFORMAS Está apta a realizar qualquer tipo de modificação ou reforma em edificações residenciais, comerciais e industriais, fornecendo mão de obra e material de 1ª qualidade, do básico ao acabamento, dando inclusive manutenções continuadas aos serviços executados, buscando sempre estratégias para minimizar o impacto do serviço no dia a dia de seu negócio. Executamos com equipe especializada obras civis desde a elaboração do projeto arquitetônico, como a execução, até a entrega da obra, dando diversas opções aos nossos clientes em todas as etapas dos serviços a serem executados.


ENGENHARIA – CONSTRUÇÃO CIVIL – EXECUÇÃO DE PROJETOS D a fundação ao acabamento

TROCA DE PASTILHAS EM FACHADAS DE EDIFICAÇÕES

IMPERMEABILIZAÇÃO – FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE MANTA ASFÁLTICA

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE PISOS EM GERAL

INSTALAÇÕES ELÉTRICAS – HIDRÁULICAS E LUMINÁRIAS

VIDROS TEMPERADOS E LAMINADOS

PINTURAS PREDIAIS

PAVIMENTAÇÃO ASFÁLTICA E BLOQUETES

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE AR-CONDICIONADO

FORNECIMENTO E INSTALAÇÃO DE VENTILADORES

LIMPEZA DE FACHADAS

3037-5353 Pabx - 3361-0506 / 3037-5354 (61)

SIA Sul Quadra 05C Lote 06 - DF


Seja bemvinda! Chegou uma das mais aguardadas estações do ano e com ela as cores, aromas e sorrisos das flores Por Marcela Oliveira – Fotos André Zímmerer

primavera

A

116

partir de 22 de setembro, Brasília se nutre de esperança. O desabrochar das flores colore e aquece os corações cinzas e frios, resquícios deixados pelo inverno. Caio Fernando Abreu, famoso autor brasileiro, cita que nossos sentimentos e emoções caminham juntos com as estações, nosso coração vê no clima uma forma de se expressar, e se o inverno nos tornou frios e pálidos, é hora de renascer, revigorar e florescer. Preparem-se: é primavera. Esse período é marcado por belas paisagens formadas pela natureza, com uma grande diversidade de flores, tais como orquídeas, jasmim, violeta, hortênsia, crisântemo e ipês. A temperatura na primavera é bastante agradável neste período que compreende 22 de setembro a 21 de dezembro, no Hemisfério Sul.

Renata Liziane, pedagoga e moradora de Brasília, traz na data de nascimento esse sentimento. Todo 26 de setembro comemora não só seu aniversário, como a primavera que há pouco chegara. “É um momento de renascer, de fazer novos planos e sonhos. A data de nascimento funciona mais que um réveillon, pois, pra mim, o aniversário é o início de um novo ano, e ter a felicidade de me ver renovar junto com as flores, as cores e o clima mais gostoso é algo realmente muito encantador”, conta. A primavera é uma estação que costuma alegrar e inspirar um grande número de pessoas. É lembrada como a charmosa estação das flores, alegrando os olhos com um espetáculo de cores. Do ponto de vista biológico, o biólogo Paulo Vieira retrata bem essa época: “Para muitas espécies vegetais, é época de reprodução, o que significa floração abundante, estereótipo marcante dessa estação. Atraídos pelo néctar floral, insetos


117

primavera


primavera 118

polinizadores auxiliam na perpetuação de populações vegetais”, salientou o biólogo. E é em meio a esse clímax de vivacidade que o ar se enche do aroma floral e provoca sensações agradáveis, de bem estar, que acaba por trazer boas lembranças de outras primaveras, já que o sentido do olfato tem uma forte ligação com a memória. Vale ressaltar também que é neste período que os pássaros iniciam a época de acasalamento e, ao cantar, convidam um parceiro a dar continuidade à sua espécie, prosperando a vida. O orquidófilo Luis Carlos dos Santos, detentor de mais de 1.000 plantas dos mais variados gêneros, destaca: “Primavera significa vida, é a natureza mostrando sua exuberância com a floração de várias espécies”. Luis, um amante da flora, revela o seu encanto por orquídeas, que hoje o faz participar de grupos de estudo e pesquisa, além de cultivar uma coleção belíssima que volta e meia expõe. Nesse período reforça os cuidados para todas as espécies. “No início de setembro Brasília sofre muito com a seca, a frequência de


primavera

chuva diminui e a umidade cai, é preciso estar atento quanto à rega”, explica. Os ipês, flores que representam bastante a capital, tornam Brasília um cenário cinematográfico. Durante os meses de estiagem, a seca e o cinza do concreto são vagarosamente contrapostos à cor e à vida trazidas pelos ipês roxos. Depois deles, os amarelos e os brancos tornam-se o símbolo da primavera. O tempo leve, suave e caloroso, enche de cor e ilumina o nosso dia a dia. Quanto ao clima, com o passar dos dias e o começo de outubro, há uma mudança no regime de chuvas e temperaturas na maior parte do Brasil. Nas Regiões Centro-Oeste e Sudeste, as chuvas tornam-se mais frequentes e intensas, marcando o período de transição entre a estação seca e a estação chuvosa. Sem dúvida é uma estação na qual há uma verdadeira explosão de vida na natureza, um espetáculo visual pelas cores, olfativo pelos aromas das flores e auditivo pelo cantar dos pássaros, o que a torna contagiante. E assim ela chega, colorindo e perfumando a cidade, reflorescendo e renovando a todos, iluminando nossos corações. Para deixar claro, como bem dito por Paulo Coelho: “Não se pode dizer para a primavera: tomara que chegue logo e dure bastante. Pode-se apenas dizer: venha, me abençoe com sua esperança, e fique o máximo de tempo que puder”.

119


rangelcavalcante@uol.com.br

E o do ônibus? Candidato a prefeito de Pindamonhangaba nas eleições de 1976, o hoje governador paulista Geraldo Alckmin garimpava votos pelo distrito de Curucutuba, um importante reduto eleitoral onde há uma grande fábrica de papel com centenas de empregados. Eles moravam com suas famílias numa quase cidadezinha na Fazenda Curucutuba, de propriedade da companhia. Lá havia de tudo, além da vila residencial, escolas, posto de saúde, cinema e até um salão de baile. O jovem candidato cuidou de visitar casa por casa, tentando convencer as famílias de que era o melhor candidato e por isso merecia os seus votos. Numa das casas foi recebido por uma mulher, que o convidou a entrar. E ele logo iniciou a sua preleção, explicando detalhadamente o seu plano de governo, que consistia basicamente em educação, saúde pública, saneamento e combate à mortalidade infantil. Prometia escolas, postos médicos, água encanada etc. A mulher ouvia tudo atentamente. Ao final de quase uma hora de preleção do candidato, a mulher anunciou: – Doutor Alckmin, o senhor me convenceu. Vou votar no senhor. O candidato agradeceu sorridente. E já ia se retirando quando a dona casa o chamou: – Olha, doutor, só falta o dinheiro do ônibus. E o visitante, surpreso: – Mas como dinheiro do ônibus? A sessão eleitoral ficará aqui na escola, bem pertinho. É só andar uns dois quarteirões. A eleitora esclareceu: – Não, doutor, o problema é que eu voto em Itajubá, em Minas Gerais.

E o monitor? Certa feita, conversava com o neto, o Rangel Neto, então com oito anos, sobre como era o trabalho do jornalista antes do advento dos computadores e das modernas técnicas de comunicação hoje tão disseminadas até entre as crianças, como ele, que já possuía o seu micro. Falávamos de coisas preciosas dos velhos tempos, como algumas das nossas “velharias”, como a famosa Rolleyfex e o gravador de rolo, o flash eletrônico, o telex, a telefoto etc. Foi então que resolvemos dar a ele um presente: a velha e bem conservada máquina de escrever portátil Remington, que nos acompanhou durante décadas em viagens pelo país e pelo mundo e na qual produzíamos nossos textos para o jornal. O menino ficou feliz quando recebeu o mimo. Examinou bem, tocou em algumas teclas e, antes de qualquer agradecimento, perguntou: – E quando o senhor vai trazer o monitor?

rangel cavalcante

quEstão dE fé

120

Essa quem contava era o senador piauiense Alberto Silva, que por duas vezes foi governador do seu estado. Tempos atrás havia em Teresina um famoso agiota chamado Pascoal. Como todo mundo que empresta dinheiro a juros, o nosso capitalista não era muito querido pelos seus clientes, embora hoje merecesse uma estátua, pois os juros que cobrava eram cinco vezes menores dos que atualmente são cobrados no país. Um dia Pascoal adoeceu gravemente. Dois dos seus clientes se encontram na Praça Pedro II, centro da capital, e começa o diálogo: – Sabe, Nonato, o Pascoal está muito doente. – É mesmo? De que? – Sei bem não. Já o levaram para São Paulo. – Humm, São Paulo? Deve ser mesmo coisa muito grave. – Me disseram que é uma tal de cirrose. O outro acaba a conversa: – Humm... eu tenho mais fé num câncer!


trocado Padre Cícero Romão Baptista, o patriarca de Juazeiro, tido como santo pelo povo nordestino e a quem se credita uma imensa cópia de milagres, distribuía aos pobres boa parte do dinheiro e outros donativos que arrecadava na paróquia. Vice-presidente do Estado, eleito sem fazer qualquer campanha, recebia em sua casa políticos de todos os matizes, que vinham se aconselhar ou simplesmente tratar de aparecer perante o eleitorado ao lado do sacerdote. Certa feita um desses coronéis da política nordestina foi visitá-lo. Ao chegar entregou ao padre um pacote de dinheiro. – Isso aí, meu “padim”, é para ajudar na sua grande obra de caridade. Padre Cícero pegou o dinheiro e, sem contar, enfiou no bolso da batina. Um minuto depois entra uma pobre mulher, com um filho pequeno nos braços, pedindo “uma esmolinha pelo amor de Deus”. O padre meteu a mão no bolso, tirou uma moeda, deu à mulher, que se ajoelhou, beijou-lhe a mão e se retirou agradecida. O padre virou-se então para o visitante: – Viu, coronel, como é a coisa aqui? O dinheiro mal entra e logo vai saindo para ajudar a minorar o sofrimento dos pobres. – É verdade, “meu padim”. E o mais interessante é que entra graúdo e já sai trocado!

ViVa a ditadura O nosso amigo Nelson Fahena, escritor e jornalista consagrado, morava em Limoeiro do Norte, no Ceará, à beira do Jaguaribe, que, antes da perenização pelo DNOCS, os cearenses diziam com orgulho ser “o maior rio seco do mundo”. Eram os anos de chumbo do regime militar de 64. Na cidade os bares fechavam cedo e a turma da boemia costumava fechar a noite bebendo no cabaré do Chico de Dedé, no bairro da Carnaubinha. O Nelson ficara amigo do sargento Ubaldino, do Exército, que acabara de chegar à cidade como instrutor do Tiro de Guerra. O ilustre militar era chegado a umas e outras, um bom copo. Levado ao lupanar do Chico, foi apresentado ao dono da casa como uma autoridade importante da Revolução. Beberam um litro de Rum Montilla, a bebida charme da época no interior. Na hora de pagar a conta, o Nelson virou-se para o Ubaldino e bradou: – Estamos sendo roubados. Em todo canto por aqui o litro de rum custa 5 cruzeiros e aqui estão cobrando 10. E o gelo é de péssima qualidade. Sargento, o Exército está sendo desmoralizado! Ubaldino, já bastante alto, encheu-se de brios e, fingindo falar sério, deu voz de prisão ao dono do bar, sob a alegação de estar cometendo um crime contra a economia popular. Nesse memento o Nelson interveio: – Sargento, dê-me dois minutos. Eu preciso conversar com o Chico. Levou o assustado barman a um canto e sussurrou que a situação dele era delicadíssima. Como estávamos numa ditadura, ele iria ficar preso por pelo menos um ano por explorar uma autoridade militar. O pobre homem apavorou-se. Quis dispensar a conta, mas o Nelson não aceitou. Pagou o que considerava justo – 5 cruzeiros – e conseguiu que a ordem de prisão fosse imediatamente revogada pelo sargento. No dia seguinte, domingo, os dois voltaram ao cabaré. Para surpresa de ambos, depararam na entrada com um enorme cartaz pregado na parede, onde estava escrito: – Rum Montilla – CR$ 4,00 o litro – o menor preço da cidade. E viva Ditadura!


De A a Z CHIQUINHO DORNAS, de muitas passagens interessantes na vida de Brasília, continua sendo um ser vibrante da cidade, assinando um blog de comportamento, uma coluna no jornal Entre Lagos, tendo ainda participação intensa no Facebook. Além disso, é assíduo frequentador do Parque da Cidade como ciclista, defendendo com ardor esse espaço fantástico. EDISON GARCIA surge como proposta de renovação na eleição do Iate Clube de Brasília, marcada para o dia 8 de outubro. Sócio desde 1972, ainda quando criança, tem força e entusiasmo para ser o futuro comodoro, na proposta de renovação feita pela chapa Novos Tempos. O Iate precisa se abrir mais para a cidade, renovando-se em todas as práticas. GIM ARGELLO, senador, é uma das grandes incógnitas da política brasiliense. Na eleição de 2014, não se sabe ainda para onde conduzirá o PTB, partido do qual é o presidente no DF. O destino do próprio Gim é incerto, pois pode ser candidato ao Senado, mas pode também aparecer como candidato a vice de algum governador.

renato riella

JUM NAKAO é um dos principais consultores de moda do Brasil, de renome internacional. Desde 2005, tem grande ligação com Brasília, por causa do Capital Fashion Week. Ele já orientou e lançou no mercado 43 jovens estilistas, descobertos pelo concurso Novos Talentos do CFW. De tanto vir a Brasília, conhece bem os principais pontos da cidade.

122

LILIANA AYALDE é a nova embaixadora dos Estados Unidos no Brasil. Chega a Brasília no momento em que se discute a espionagem norte-americana contra a presidente Dilma e a Petrobras, entre outros pontos do Brasil. Ela terá de usar toda a sua experiência em matéria de América Latina para superar tantos desconfortos.

LUIZ ESTEVÃO demonstrando que não perdeu interesse em influir na política local. Sabe-se que não será candidato, mas com uma legenda partidária nas mãos, poderá investir na eleição de deputados distritais, tendo força nas decisões da Câmara Legislativa. Acredita-se que ele ainda esteja ligado politicamente a Joaquim Roriz. LUIZ PITIMAN, deputado federal, conseguiu grande conquista ao receber do Tribunal Superior Eleitoral autorização para deixar o seu partido de origem, o PMDB. Agora ele estuda nova opção partidária, mas tem prazo apertado, que termina em 4 de outubro. Se for para o PSDB, Pitiman é opção para disputar o Governo do DF na eleição do próximo ano. MOEMA LEÃO, à frente do CasaCor, demonstrou mais uma vez que as dificuldades de apoio nesta cidade não impedem a realização de grandes empreendimentos. Ela tem história, mas consolida-se neste evento anual, que este ano contou com um espaço muito bem localizado, no antigo prédio do Jornal de Brasília. PAULO RORIZ, com passagem anterior pela Câmara Legislativa, aguarda em silêncio o desfecho do caso Raad Massouh. Ele é o primeiro suplente e, caso esse deputado perca mesmo o mandato, conforme determinado pelo Conselho de Ética, será empossado para pelo menos 15 meses de atuação. Raad responde a processo por causa de uso suspeito de emenda parlamentar. SANDRA DE RESENDE DRUMOMOND, mineira de coração e moradora de Brasília há 40 anos, artista plástica de mão cheia, lançou seu primeiro livro. Plural de Mim é uma coletânea de poesias intercaladas com gravuras em metal feitas pela artista. Sandra traz ao mundo poesias nunca antes lidas por outras pessoas. Já suas gravuras ganharam o mundo e receberam prêmios.


Diferenças De libiDo Como alcançar o equilíbrio no casal

SEXUALIDADE

Pela redação – Fotos: João Telles Sá

126

N

um relacionamento sexual, não é de se admirar que dois seres humanos experimentem graus de desejo. O extraordinário seria que sentissem exatamente o mesmo e que a sua libido aumentasse e diminuísse ao mesmo tempo. Por isso, o casal deve procurar adaptar-se, sem desânimo, a essas diferenças.

Antigamente, as diferenças eram marcadas nos relacionamentos heterossexuais, porque o homem era considerado o iniciador e a mulher como alguém que apenas reagia: esta não devia, pois, ter iniciativa, bastando pôr-se à disposição. Em certas sociedades, o homem é, ainda hoje, considerado como uma espécie de “agressor sexual”, pelo que qualquer indício de enfraquecimento da libido pode ser bem-vinda pela mulher, que fica aliviada por não ser “incomodada”.


Atualmente, em um casal que caminha no sentido da perfeita proximidade e harmonia, cada membro faz exigências a si mesmo e ao outro. A excitação sexual torna-se, assim, indício de amor e de carinho pelo parceiro e a sua ausência parece significar uma fria rejeição. SOBREVALORIZAÇÃO DO SEXO Numa cultura orientada para o sexo, como a nossa, elevamos a sexualidade a um tal nível de importância que a trans-

PROBLEMAS CAMUFLADOS Frequentemente, o sexo representa para as pessoas coisas que estão pedindo e que só de maneira indireta estão ligadas ao que sucede nos órgãos genitais. Muitos problemas do casal aparecem rotulados como sexuais, quando são, de fato, muito diferentes. Se a mulher ou o homem pedem mais sexo do que obtêm, pode ser por acharem que lhes falta contato físico com o outro ou que o seu parceiro nunca tem tempo suficiente para si. Também há fases em que a emoção se desvia para outros objetivos: o trabalho ou até outra pessoa, como um filho ou pai que precisem dos nossos cuidados, por exemplo. Essas situações fazem parte de todos os relacionamentos e não devem constituir motivo de crise. MUITOS OUTROS FATORES

Por outro lado, pode haver momentos em que não somos capazes de nos sentirmos excitados, sem que isso signifique que algo corre mal com o parceiro. Muitas doenças físicas abalam a libido, porque nos fazem sentir cansados e fracos. Se temos dores, é natural que não consigamos nos concentrar no amor que fazemos. Uma mera dor de dentes ou inflamação de garganta, por exemplo, são suficientes para abafar o desejo. Também os problemas de dinheiro ou com os filhos, no emprego (ou o desemprego) e outras preocupações se imiscuem no desejo sexual. A libido, tal como o apetite por comida, é afetada pelo stress, pela ansiedade e pela depressão. Quando a energia vital está sendo utilizada para combater o stress, é provável que fiquemos demasiado esgotados para querer e apreciar o sexo. Em resumo: as sensações sexuais refletem e expressam outras coisas que estão acontecendo na cabeça e na vida como um todo. Se o sexo for o único ponto de encontro de um casal – ou o mais importante –, é muito provável que, ao verificarem que está havendo falta de sincronia, se sintam feridos ou ansiosos, por não perceberem por que o outro parece repeli-lo. Pelo contrário, se a comunicação no seio do casal for boa acerca de todas as outras coisas que acontecem na sua vida, é provável que haja muito menos problemas sexuais. Ou seja, quando o sexo é abordado fora do contexto, visto como uma atividade isolada de todo o resto, é muito mais provável que haja mal-entendidos e diferenças óbvias de desejo entre os parceiros, provocando variações inexplicáveis, que são interpretadas como perda de amor ou rejeição direta. SUPORTAR A REJEIÇÃO Se você acha que está sendo repelido(a), talvez valha a pena perguntar a si mesmo(a) se há algo que o seu parceiro possa achar ameaçador no relacionamento. Talvez ele(a) tenha um pavor silencioso de que você o(a) rejeite ou de não atingir um padrão suficientemente elevado. Pense, também, nas vezes em que você fugiu à intimidade – não necessariamente de natureza sexual – com a outra pessoa. Depois, pergunte-se se há

SEXUALIDADE

formamos num teste de significância para o relacionamento, como se sem ele a ligação entre dois seres humanos não pudesse ser forte. De fato, muitos casais aprendem a aceitar as diferenças no desejo, habituando-se a viver com elas e recusando-se a deixar que isso arruíne a sua ligação. Mas isso pode ser algo difícil na nossa cultura, porque existe uma pressão no sentido de se achar que, havendo obstáculos como esses a ultrapassar, deve existir algo de fundamentalmente errado no casal. Somos bombardeados por artigos em revistas e livros, para que encontremos a raiz de um tal problema e o erradiquemos – por vezes, no pressuposto de que o homem “precisa” de sexo, devido à sua natureza biológica e que um casal pode se desfazer se a mulher não puder lhe satisfazer o apetite. Alguns casais adotam um modus vivendi diferente: um deles pode ter “casos” fora de casa, sem que isso incomode o outro. Mas para muitos, tal solução não resulta. Talvez concordem, pelo contrário, em que um conceda ao outro prazer sexual, sem ter de fingir a excitação que não sente, simplesmente porque há amor e afeto. Um parceiro poderá masturbar-se para aliviar a tensão sexual e ambos podem preferir o contato físico e os carinhos, em vez do sexo genital. O que é importante é que cada um compreenda realmente o outro.

127


“A libido, tal como o apetite por comida, é afetada pelo stress, pela ansiedade e pela depressão”

alguma forma de o(a) apoiar do ponto de vista emocional, de forma a facilitar o aumento da sua confiança. Uma reflexão acerca disso tudo talvez conceda ao casal uma boa base para conversar acerca dos sentimentos de rejeição e malogro que podem estar na raiz do problema. É capaz de ser importante um parceiro conseguir dizer ao outro: “Sinto-me pressionado para ter relações sexuais e isso está fazendo com que sinta maior dificuldade em ser espontâneo”. É capaz de ser importante para o outro parceiro dizer também: “Não precisa mostrar que me ama tendo um orgasmo, mas preciso de contato físico, portanto, me toque e me acaricie...” INTERESSAR-SE E COMUNICAR As sensações eróticas são parte integrante da personalidade. Manifestam-se com mais facilidade quando nos sentimos confiantes, seguros e repousados, e são rapidamente inibidas quando começamos a duvidar de nós mesmos e ficamos inseguros e tensos. Masters e Johnson – na sua obra Human Sexual Inadequacy – defendem que a observação crítica da nossa própria excitação e atuação sexual, presidindo à experiência sexual como um juiz, destrói a libido. Chamam-lhe “ser um espectador”. No sexo, a “autodúvida” – medo de falhar, análise da própria atuação, etc. – tem propensão para resultar em malogro, o que leva a uma erosão da confiança. Por conseguinte, o casal precisa conversar acerca da forma como realmente se sente e daquilo que cada um busca no outro.

EFEITOS DO STRESS O stress é uma palavra demasiadamente utilizada. Muitas vezes, dá a entender que se trata da causa de quase todos os padecimentos do ser humano. No entanto, é uma faceta normal da vida e, sem ele, não haveria qualquer excitação nem motivação para saltarmos da cama, continuar a trabalhar e fazer coisas diferentes. As pessoas buscam o stress para que confira uma centelha às suas vidas, de outra forma monótona e aborrecida. Ler thrillers, ver filmes de terror, jogar bingo, escalar montanhas, entrar num concurso da TV ou até a forma de guiar um automóvel são esquemas para introduzir, de propósito, mais stress nas nossas vidas. É uma forma de jogar com o desconhecido, por vezes até com a morte. Para cada um de nós, há um nível de stress apropriado; se o ultrapassamos, ele torna-se nocivo. E o nível correto do stress aos 20 anos pode revelar-se muito diferente daquele que se aguenta aos 50. Um trabalho árduo, embora cheio de stress, não interfere necessariamente no sexo. Pode trazer uma sensação de realização, que nos fortalece o ego e ajuda a ter prazer nas relações sexuais. Mas, muitas vezes, usa-se o trabalho para fugir à intimidade e para se não ficar profundamente envolvido. O trabalho pode, assim, ser utilizado como escape, porque o sexo acarreta a dor da possível rejeição.

A comunicação talvez não abra de par em par as portas da paixão sexual, mas abre, com certeza, as da ternura, do carinho, do amor, do reconhecimento da realidade e da singularidade da outra pessoa. Assim, a compreensão vem ocupar o lugar do ressentimento e da acusação, já que as tensões se desvanecem, enquanto o casal compartilha e explora em conjunto.


Jogar, jogar tênis

e nunca parar 130

Alegria, diversão e prazer. É assim que muitas pessoas definem o esporte em suas vidas


E

m meados do século XIII, existia na França um jogo tradicional chamado “Jeu de Pame”, no bom português, “jogo de mão”, em que os jogadores utilizavam as mãos para rebater a bola contra a parede. A partir do século XIV, alguns jogadores desenvolveram o esporte e passaram a utilizar uma raquete de madeira. Depois, chamado de Longue-Paume, era pratica-

do em uma quadra retangular, dividido por uma rede. E assim surgiu o tênis, esporte que mescla diversão, disciplina e muita qualidade de vida. Para quem joga há oito anos, como a economista Renata Pacheco de Queiroz, é fácil explicar o porquê de jogar tênis, e não outro esporte. “Sempre tive dificuldade com esportes em grupo e jogar tênis é divertido, relaxante e prazeroso. Faz bem para a alma, a mente e trabalha a paciência. No tênis eu me encontrei”, conta Renata.

tênis

Por Marcela Oliveira – Fotos: André Zimmerer

131


tênis 132

Por trás de toda a empolgação da Renata em contar o que o tênis significa para ela, existe o treinador Julio Cesar dos Santos Rocha, que é considerado um grande amigo, além de professor. “Eu faço um trabalho motivacional, para que a Renata queira jogar cada vez mais. Sempre fazemos aulas diferentes, nada de rotina no tênis”, conta Julio. A relação professor-aluna é bastante reforçada pelos dois. “Para quem quer começar no tênis, é preciso que haja uma identificação com o professor, um santo precisa bater com o outro. Já troquei de professor antes, agora não troco nunca mais”, conta Renata. A estudante Luiza Lassi Puglia tem 16 anos, joga há apenas três, mas sonha muito alto quando o assunto é o tênis. “Quero me tornar uma tenista profissional. Se isso não acontecer, pelo menos pretendo levar o tênis como lazer pelo resto da vida”, ela conta. A paixão pelo

esporte vem de família: pai, mãe, irmão, tios e primos, todos jogam. A diversão é garantida quando a família se junta para assistir aos campeonatos pela televisão. Essa é uma das motivações que a Luiza encontra para não parar de treinar e se dedicar sempre mais ao esporte. Para comprovar que o espaço da Luiza no tênis de Brasília é garantido, ela é vencedora do Campeonato Brasileiro da Federação Brasiliense de Tênis e terceiro lugar no Top 8 Feminino de Brasília na categoria 14 anos. O maior ídolo é o sérvio Novak Djokovic, um dos melhores do mundo e ganhador do torneio de Wimbledon em 2011. Apesar de adorar Novak, a maior inspiração vem do irmão Lucas. “Quando jogo com ele me supero, sou cobrada de uma forma diferente e presto mais atenção na aula”, conta. Tanto Renata quanto Luiza não conseguem imaginar a vida sem o tênis.

Foto: José Martins Silvestre

“Se eu parar de jogar tênis eu morro”, diz Renata Queiroz

“Sonho em ser uma tenista profissional”, conta Luiza Puglia

Mesmo com objetivos diferentes, as duas buscam se aperfeiçoar no esporte para garantir qualidade de vida, fugir do sedentarismo e adquirir um bom condicionamento físico. E assim é o tênis, um esporte que, por mais individual que seja, une as pessoas, traz tranquilidade e concentração para o dia a dia.


Vida social e cultural de Brasília

O casal Senador Áureo Mello e Rogerio Tunholi, em sua casa.

Jeru, nos seus 80 anos, ladeada por Aci e Raimundinha, na Casa do Poeta.

Raimundinha e Rita Márcia, em dia de festa.

Donato, nosso músico, e sua mulher, Terezinha, Troféu Mulher Cariné e o historiador de Brasília Adirson das meninas da Palmerinda Vasconcelos em reunião da Casa do Poeta. Donato, na casa do poeta.

Raimundinha, Nazareth, Antônia Rosa, Graça Carneiro, advogada conceituada, Lúcia Paiva e uma amiga no “niver” de Palmerinda Donato.

Raimundinha ladeada por Neusa e Marli em dia de aniversário de Palmerinda Donato.

Cerqueira e o saxofonista Demerval no aniversário de Palmerinda Donato.

Raimundo Ribeiro, sua mulher, Lucy, ladeando Raimundinha e Graça Carneiro, em reunião da Casa do Poeta.

Serra Azul, Cerqueira, presidente da Casa do Poeta em aspectos gerais da reunião de 24-08-2013.

O casal Serra Azul e a grande Palmerinda Donato, no dia do seu “niver”.

Serra azul

Serra Azul sentado, ladeado pelo grande maestro Sebastião Teodoro, Raimundinha e o casal Conselheiro de Educação Professor Durval, no aniversário de Palmerinda Donato.

133


134

Foto: Alexandre Perroto

turismo

A cĂŠu aberto


F

ormas ousadas e a falta de cor definem as construções mais famosas da nossa cidade. Concreto e formas metálicas, linhas duras e desenhos fluidos já são parte do cotidiano dos brasilienses. O Congresso Nacional, o Palácio do Planalto e a Catedral Metropolitana de Brasília já viraram cartões postais. Para muitos, existe pouco além disso para se ver na cidade. Moradores e turistas desconhecem o vasto acervo de pontos turísticos da cidade. Falta manutenção e divulgação, mas basta uma pequena pesquisa para se descobrir verdadeiros tesouros escondidos na capital do Brasil. Começando pelo mais fácil, um bom roteiro pode começar pela Esplanada dos Ministérios. Ela corta o Plano Piloto no sentido leste-oeste e abriga 17 prédios idênticos ao longo dos 16 quilômetros de extensão, os ministérios. Eles ficam em lados opostos do Eixo Monumental e são separados por um grande gramado, onde acontecem shows e eventos, geralmente abertos à população. Ao fundo está o Congresso Nacional e a Praça dos Três Poderes. Ao visitar a Esplanada, não podemos deixar de dar uma passadinha na Biblioteca Nacional e no Museu Nacional de Brasília. São os mais novos pontos turísticos e foram construídos há poucos anos. Eles fazem parte do roteiro de turismo cultural da capital e oferecem exposições periódicas, além de cenário para belas fotos de sua arquitetura assinada por Oscar Niemeyer. Para chegar à Catedral Metropolitana de Brasília, basta atravessar a rua. Seus vitrais e esculturas históricas atraem visitantes desde a sua inauguração e dispensam apresentações.

Brasília é tida como um polo do turismo arquitetônico e nossas fotos não negam isso, mas vamos mostrar que nem só de concreto e paisagens se faz os pontos turísticos da capital

turismo

Foto: Patrick Grosner

Por Camila Bocchino

135


Foto: José Maria Palmieri Foto: Patrick Grosner

turismo 136

Atravessando o gramado, temos o Teatro Nacional Cláudio Santoro. Ícone na vida cultural da capital, ele já serviu de palco para espetáculos encenados por grandes nomes da vida artística brasileira e internacional, como Bibi Ferreira e sua eterna interpretação de Piaf. O Teatro também é sede de várias mostras e exposições na capital, mas possui um tesouro permanente em seus jardins internos projetados por Burle Marx e seu afresco externo por Athos Bulcão. Ao final da Esplanada, temos o Congresso Nacional. Famoso por ser o local de trabalho de nossos senadores e deputados, abriga a Câmara e o Senado. Além disso, temos uma vasta biblioteca que pode ser visitada pelo público e o Museu Histórico do Senado Federal. Ao lado direito temos o Palácio do Itamaraty, que abriga o Ministério das Relações Exteriores. Seu exterior conta com um espelho d’água e a escultura O Meteoro, de Bruno Giorgi, e seu interior possui um dos mais belos jardins feitos pelo paisagista Burle Marx. À esquerda do Congresso, encontra-mos o Palácio da Justiça e suas fontes, parada obrigatória para fotos. Dado continuidade à Esplanada, chegamos à Praça dos Três


companhias de humor do Brasil, os Melhores do Mundo. Para quem procura uma alternativa para o fim de tarde, o Pontão do Lago Sul já virou figurinha carimbada de quem passa pela capital. Seu visual no fim de tarde e localização ajudam muito a garantir essa preferência. Além disso, o espaço é local de algumas das feiras mais famosas de Brasília, como a BSB Mix e a Feira da Lua. Não podemos deixar de citar o Parque da Cidade, o Zoológico e o Jardim Botânico, ótimos lugares para levar a família e conhecer um pouco mais sobre os animais e plantas que eles abrigam, além de garantir uma boa caminhada. São tantas opções quando se começa a pensar, que encheriam facilmente duas matérias. Poderíamos gastar bastante tempo falando do Setor Militar Urbano e suas linhas marcantes. Ou da histórica Igrejinha Nossa Senhora de Fátima e seus afrescos de Athos Bulcão. Nada que uma boa pesquisa sobre a capital não possa ajudar a organizar. Ainda temos que trabalhar muito para garantir que todos esses pontos turísticos e os que ficaram de fora da nossa lista sejam divulgados como deveriam. A nossa esperança é de que tenhamos ajudado um pouco e que cada vez mais turistas possam visitar esta cidade tão importante para nosso país. Agradecimento: Brasília Shopping

turismo

Foto: Daniela Cadena Henrique

Poderes, que comporta o Palácio do Planalto, o Supremo Tribunal Federal, o Panteão da Pátria, A Justiça, de Alfredo Ceschiatti, Os Guerreiros, de Bruno Giorgi, e o Mastro da Bandeira, com mais de 100 metros de altura. A cada primeiro domingo do mês, acontece a solenidade de troca da bandeira, com desfile militar. Não muito longe dali temos o Centro Cultual Banco do Brasil, que oferece diversas opções no circuito de artes, teatro, cinema, música, além de exposições permanentes e uma vista privilegiada do Lago Paranoá. Seguindo um pouco mais à frente temos o Palácio da Alvorada, residência oficial da nossa presidenta Dilma Rousseff. Algumas das mais belas fotos da paisagem de Brasília foram tiradas do alto do observatório da Torre de TV. Indo nesse sentido, temos o Palácio do Buriti, sede do governo da capital. Um pouco mais acima, temos o Museu da História Indígena e o Memorial JK, alguns dos 27 museus da cidade. Logo depois do Memorial, temos a Praça do Cruzeiro, local onde foi celebrada a primeira missa de Brasília. Temos ainda o Museu do Catetinho, o Museu Vivo da História Candanga, o Museu da Imprensa, o Museu dos Valores e o da Caixa Econômica Federal. Temos, ainda, vários teatros que oferecem uma vasta gama de montagens locais de clássicos e espetáculos originais. Foi daqui que saiu uma das mais famosas

137


Vlogs Literários Um mundo até então desconhecido Por Marcela Oliveira – Fotos: Arquivo Pessoal

INTERNET

A

138

emblemática escritora Clarice Lispector já dizia: “você que me lê que me ajude a nascer”. Em meio a essa expressiva frase e com a criação de blogs para compartilhar seus pensamentos, podemos caracterizar os jovens dos anos 2000 como mais maduros, não só na vida, como na literatura. Os blogs foram se desenvolvendo, agregando novas ferramentas e ideias. Com o aprimoramento das formas de expressão, foram criadas as versões visuais desses blogs, os famosos vlogs, que parecem estar dando certo para muita gente. A paixão por literatura é primordial para se ter um vlog literário. A criadora do Papo de Estante, Bruna Camargo da Silva, de 22 anos, sempre gostou muito de ler, fez a primeira carteirinha na Biblioteca Municipal de São Manuel, em São Paulo, com 6 anos. Estar lá era seu passatempo preferido durante a infância. “Quando meus pais queriam me punir por alguma coisa que eu tinha feito de ruim, meu castigo era não poder ir à biblioteca por um determinado tempo”, conta. Desde essa época, Bruna cultiva o hábito de levar livros para todo lugar que vai, incentivando seus seguidores a ler cada vez mais. O que

Papo de Estante: “Leio andando na rua, já tropecei e quase fui atropelada”, conta Bruna da Silva


Verônica Valadares: “Eu sempre amei ver e ler a opinião das pessoas”, afirma Verônica Valadares

mais a fascina é que, diferentemente dos 5.700 inscritos no seu canal de nome Vevs toda a história. Minha tolerância a críticanais de televisão, onde há conflitos Valadares, como todo mundo carinhosa- cas também melhorou, não somos obripela audiência, na vlogosfera isso não mente a chama. Um pouco diferente dos gados a concordar com tudo, mas aceitar existe. “Somos uma comunidade que demais canais, Vevs tem uma queda pe- e agradecer a opinião contrária passou a interage, que se apoia e que deseja que los chamados clássicos. “Com o tempo fui ser algo mais natural”, afirma. Comandado por Danilo Leonardi e Gao outro cresça, pois o crescimento dos desenvolvendo o gosto por clássicos, não outros vlogs também resulta em seu pró- por pedantismo ou por achar que são li- briel Utiyama, o vlog Cabine Literária está vros melhores que os outros, mas eu amo no ar há três anos. Por ter uma grande prio crescimento”, explica Bruna. Direto de Diamantina, Minas Gerais, livros antigos e respeito muito a posição quantidade de resenhas publicadas, livros famosos como A Culpa é das Estrelas Amanda Azevedo Silva, de 19 anos, expõe que ocupam em nosso cânone”, afirma. Verônica explica que fazer o vlog traz e A Guerra dos Tronos são os mais pedidos para o mundo a sua opinião literária com o vlog Lendo & Comentando. “Eu come- outros benefícios além de muita diversão e visualizados. Expandir o canal é algo cei com uns vídeos tímidos, mas com o e puro contato com a literatura. “Depois que passa pela cabeça de Danilo, que contempo isso foi melhorando”, conta. “Ape- de começar com os vídeos, minha ca- ta que o futuro do Cabine Literária será, sar de ter perdido um pouco da timidez pacidade de síntese melhorou bastante, além de um canal do Youtube, um portal na hora de gravar, eu ainda sinto uma agora consigo ler um livro e pensar rapi- de notícias e entretenimento. “É engravergonha enorme quando alguém que damente em uma sinopse, sem entregar çado pensar que algo que comecei por hobby hoje me fez largar o emeu conheço diz que assistiu a um prego, abrir CNPJ e mudar toda a vídeo meu”, completa. minha vida. Gosto de pensar que Como a maioria das criações o Cabine é capaz de mudar pra via Internet, o canal Lendo & melhor a vida de muitas outras Comentando surgiu como quem pessoas”, conta Danilo. não quer nada e hoje faz parte É apaixonante ver que ainda da vida da Amanda e de quem existem jovens que sonham em a acompanha. “Leio um livro e viver de literatura, por mais que quero gravar um vídeo para coa presença da Internet seja inmentar com as pessoas os sentidispensável. É assim que camimentos que aquela história me nhamos para um mundo mais trouxe. E quero saber também o culto, expressivo e engajado. que elas sentiram. Eu adoro essa Mesclar poesia, clássicos, best troca”, afirma. sellers com troca de opiniões, Para mostrar que Brasília não tecnologia e globalização é ainestá fora desse submundo exda uma forma pura de apreciar pressivo, poético e opinativo, a estudante de Letras da UnB, Cabine Literária: “Expandir o canal é algo que sempre esteve em minha boas leituras, mesmo que você não a faça, somente escute. Verônica Valadares, tem quase mente”, conta Danilo Leonardi, à esquerda

INTERNET

Lendo e Comentando: “É com prazer que preparo os vídeos que posto no canal”, diz Amanda Silva

139


Os 15 anos de Giovanna Moura O tema da noite do dia 21 de setembro de 2013 era Diamante, mas nada brilhava mais do que a Giovanna Moura Velho

A

15 anos

na Paula e Alexandre Spegiorin, os anfitriões dessa inesquecível noite, capricharam tanto nos detalhes dos 15 anos de Giovanna que surpreenderam até mesmo a aniversariante, que usou três lindos vestidos produzidos pela estilista Vilma Rocha! Em um breve discurso, após a tradicional valsa, Giovanna fez questão de dizer para seus 450 convidados: “Eu queria agradecer à minha mãe e ao meu padrasto, que não só realizaram meu sonho, mas fizeram muito mais do que eu poderia imaginar!”. O espaço Unique Palace foi o local desse sonho: com um buffet irresistível, foi preparado para atender a todos os mais refinados gostos. A decoração ficou por conta da Nativa Festas, assinada por Robinho Lemos, e seguiu o mesmo padrão dos convidados: o charme do preto e branco, com muita orquídea e copos de leite recepcionando a todos em uma decor surpreendente.

140

Logo na entrada, o que se via era uma incrível mesa de bombons que trazia lustres majestosos. A foto de Giovanna, em P&B sobre a mesa de bombons, completava as boas-vindas. Cada detalhe dessa noite foi pensado e repensado pela cerimonialista Andreia Nascimento juntamente com a mãe da aniversariante, Ana Paula Spegiorin. As fotos ficaram sob responsabilidade do ótimo fotografo Maxwell. Do brinde dos convidados à banda Yow, vinda diretamente de Salvador para essa festa, tudo seguiu um alto padrão. Para completar a festa, Giovanna fez uma apresentação de dança juntamente com os dançarinos da Caixa Cênica, que deixou os presentes boquiabertos: um hip hop cheio de bom humor e uma coreografia incrível! Ainda tivemos flashmob de surpresa na pista de dança e muita, muita animação. Sem dúvida, foi uma das festas mais badaladas de 2013. Marcou história!


Aniversariante com sua mãe Ana Paula e seu padrasto Alexandre

Dr. Clodomir, Giovanna e Ieda Spegiorin

Os anfitriões Ana Paula e Alexandre Spegiorin

Aniversariante com seu irmão Pedro Moura Bisa Alzira, Giovanna e Biso Augusto

Aniversariante com seu irmão Paulo Henrique Spegiorin

Ana Paula, Alexandre, Luana e Marcel

Giovanna com seu padrasto Alexandre

Dr. Sidney, Ana Paula e Dr. Ryan

15 anos

Aniversariante com sua mãe

Debutante Giovanna

141


Giovanna com seu irmão Paulo Henrique

Dr. Rubens, Ana Paula, Giovanna e Alexandre

15 anos

Giovanna com os dançarinos da Caixa Cênica

142

Aniversariante com a mãe

Giovanna com seu irmão Pedro Moura

Padrinho Jadir, Marina, Ana Paula e Alexandre

Giovanna e sua avó Eunice Maciel

Banda YOW

Giovanna com os recepcionistas

Alexandre, Ana Paula e o procurador Serra Azul


Fotos de Oswaldo Rocha e Paulo Lima

Ainda repercute nos salões da Corte o belíssimo casamento de Camilla e José Humberto, na foto ladeado pelos pais Paulo Lobo e Susie, Márcia e Antônio Bento da Silva

Alzira e Mounir Naoum ladeados pelo genro Maurício do Valle e as filhas Janeth e Elizabeth

gilberto AmArAl

Helenita e Nabil El Haje, avós da noiva

144

Auristela Constantino, Tutti e o médico Ricardo Fenelon

Teresa e Paulo Mury com a filha Eduarda


Leila Rejane e o ministro Brito Pereira do TST, o ministro João Dalzen do TST e Judith, prestigiando o jantar do grande advogado Estenio Campelo A Casa do Ceará viveu uma noite de grande estilo quando o advogado Estenio Campelo recebeu do presidente Osmar Alves de Melo o Diploma de Sócio Benemérito

O chefe do gabinete da Receita Federal, José Carlos de Sousa Dias, pediu a mão da bela goiana Vanessa Sobral, à luz das velas do La Tambouille, na capital paulista, onde o casal foi recebido com maestria pelo anfitrião Giancarlo Bolla, que acabou sendo a testemunha do noivado

gilberto AmArAl

A família Campelo em torno do irmão homenageado: Marizalva e ministro Valmir Campelo, Maria de Fátima Bezerra, Maria Valdira, Regina, Estenio, Ana Cristina, Eliane e Káthya Campelo

145


Elegância no altar

A

advogada Juliana Amaral e o engenheiro Sérgio Afonso, filhos de Lea, Antonio Amaral Junior e Conceição e Celso Afonso, casaram-se no último dia 30 de agosto, em cerimônia religiosa na Igreja do Perpétuo Socorro, presidida pelo Padre Pedro e coadjuvado por Frei Donald, repleta de momentos emocionantes. A noiva, ao entrar, tomou a benção dos seus avôs, Iléa e Ministro Antonio Amaral (aposentado TST), bem como do avô materno do noivo, José Goulart, momento que a todos

O celebrante Padre Pedro dando a benção aos noivos

Os noivos Juliana e Sérgio com os pais, as damas e o pajem

O brinde dos noivos Juliana e Sérgio

A noiva Juliana com seu pai, Antônio Amaral Junior

O momento da assinatura

casamento

A cerimônia religiosa na Igreja do Perpetuo Socorro

emocionou. A elegante recepção teve na comentada e belíssima decoração a assinatura de Neto Galvão, o espaço Patrícia Buffet, mais uma vez, se superou, não deixando parar de circular em suas baixelas, carregadas por garçons atenciosos e elegantemente trajados, deliciosas iguarias e bebidas refinadas ofertadas pelo novo casal a seus ilustres convidados e o jantar com pratos da cozinha internacional seguiu a animada festa, sendo servido até o amanhecer. Um toque de elegância, uma festa de sonho.

146

Os noivos ladeados por Ricardo Alexandre Peres, o presidente da OAB/DF Ibanez Rocha, Evandro Pertence e Everardo Gueiros Filho

Os noivos ladeados pelas “Chandonetes”, madrinhas da noiva (Priscila, Mariana, Stefanie e Leticia)


Os padrinhos Lina e Marco Antônio com os noivos

Decoração Netto Galvão no Espaço Patrícia

Os padrinhos Yeda e Augusto Potiguar com os noivos

O noivo Sergio e a mãe Conceição Afonso

Os tios da noiva, Claudio e Circe Dias

A noiva com os pais Léa e Antonio Amaral Junior

Os irmãos da noiva, Flávia e Antônio Claudio Amaral

O noivo com os pais Conceição e Celso Afonso

O avô do noivo José Goulart

casamento

A noiva com os avós Antonio e Iléa Amaral

Família dos noivos

A tia do noivo Marlidina As damas Karol e Valentina e o pajem Henrique e a dama Valentina

147


Prontas Par Fotos: Paulo Lima e César Rebouças

gente fina

A moda deve estar a serviço do seu próprio estilo. Só uma observação: ninguém deve se tornar um escravo da moda. Precisamos usá-la para reforçar o estilo.

148

Amanda Nasser

Cláudia Villas Boas

Sofia Guedes

Isa Matias


Luciana Liviero

Embaixatriz Laura Mbeng

Caroline Melo

Marcela Temer

gente fina

ara brilhar

149


cenas em

Fotos: Paulo Lima, Telmo Ximenes, Lincoln Iff, Cléo Passos, Cesar Rebouças

O chef peruano Javier Ampuero foi o destaque na noite de abertura do festival gastronômico do Brasil 21, realizado no dia 12 de setembro. No cardápio, ceviches e outras receitas preparadas com ingredientes típicos da culinária peruana. O festival aconteceu no restaurante Norton Grill.

Helena Bayona, Jorge Bayona e Consuêlo Badra

Jorge Bayona, Helena Bayona e JavierAmpuero

Lian Choo, Helena Bayona, Jorge Bayona e Sumaia Baqavi

Lidia Araujo e Marcelo Araujo

flashes

Consuêlo Badra e Adriana Colela

150

Liliana Cunha Campos e Ana Maria Cunha Campos Mariela Amorin e o embaixador do Uruguai, Carlos Amorin


Fabiano Cunha Campos, Natividade Pires e Manuel Pires

Manuel Pires, Joacinara Jansen, Newton Lins e Natividade Pires

Fabrício Malagolli e Petra Malagolli

Ana Claudia Leão, Claudia Galdino e Regina Alves

Natividade Pires, TiagoCorreia e Samanta Sallum

Maria Regina, Ana Luisa Cunha Campos, Maria Josina, Ana Maria e

Fabiano Cunha Campos

flashes

Fotos: Tomaz Faquini

A noite de reabertura do restaurante Dali, no dia 15 de agosto, refletiu o sucesso da parceria entre a família Cunha Campos e Natividade Pires, mulher do renomado restauranter Manuelzinho, sócio do Antiquarius Grill. Localizado no hotel Brasil 21 Convention Suítes, dentro do complexo Brasil 21.

151


O arquiteto e decorador Nardim Júnior movimentou a noite da Capital Federal, dia 10 de setembro, no coquetel de inauguração da ampliação de sua loja Nardim Júnior Home. Um clima aconchegante e tropical foi montado em um belo jardim, assinado pelo paisagista Cleber Depieri, que acolheu os convidados e foi preparado especialmente para a ocasião. Tudo regado pelos deliciosos espumantes da Casa Valduga e um buffet refrescante assinado pelo Rio 40º.

Nardim Júnior e embaixador e subsecretário do Itamaraty Hadil Vianna

Embaixador da Grécia Dimitri Alexandrakis, embaixatriz Mariela Amorin e embaixador do Uruguai Carlos Amorin

flashes

Denise e Paulo Zuba

152

Carla de’Carli e Paula Batista

Francisco Caputo e Janaína Toscano

Josiane Ferreira e Dr. Sebastião Ferreira Neto

Embaixatriz Victoria Trombetta e embaixador da Itália Rafaelle Trombetta

Embaixador José Antônio Marcondes de Carvalho e Patrícia Calisto

Isabella e Carlos Carpaneda


Antonio Henrique foi o anfitrião da noite do dia 9 de setembro. O designer de joias recebeu em sua loja no Gilberto Salomão, no Lago Sul, convidados da amiga Gracia Cantanhede em torno do lançamento do mais novo livro da escritora brasiliense: Mulheres Apaixonadas.

Gavin Louis e Antonio Henrique

Gracia Cantanhede, Silvestre Gorgulho e Nazareth Tunholi

Moema Leão e Janine Brito

Thamis Peires, Eide Ávila e Carol Hudson

Thiago e Gabriel Cantanhede

flashes

Jacira Abrantes e Heloísa Hargreaves

153


No dia 14 de agosto ocorreu a entrega das medalhas da Ordem do Mérito Judiciá rio do Trabalho, no pátio externo do Tribunal Superior do Trabalho, em Brasília. Várias personalidades civis e militares foram agraciadas. Do Rio Grande do Norte foram agraciados os empresários Antônio Gentil de Souza e Nevaldo Rocha, este representado pelo seu filho Flávio Rocha, presidente do Grupo Guara rapes/Riachuelo, na foto ladeado pelos potiguares ministro Emmanoel Pereira e Garibaldi Alves Filho e pelo potiguar honorário Carlos Motta de Souza, formado em Direito pela UFRN, em 1964.

Advogados Carlos Motta de Souza e Estenio Campelo, Dr. João Batista Brito Pereira, ministro do TST, e Dr. José Jorge Pinto

Advogados Estenio Campelo, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, presidente do Conselho Federal da OAB, Carlos Motta de Souza e Esdras Dantas de Souza, Conselheiro do Conselho Nacional do Ministério Público

Vice-Almirante José Carlos Mathias, Comandante do 7º Distrito Naval, Almirante de Esquadra Álvaro Luiz Pinto, ministro do STM, Dr. Carlos Motta de Souza e Dr. Artur Vidigal de Oliveira, ministro do STM

Dr. Emmanoel Pereira, ministro do TST, e esposa, Srª Cristina, Sr. Flávio Rocha, Dr. Carlos Motta de Souza, Dr. Garibaldi Alves Filho, ministro da Previdência, Sr. Antonio Gentil de Souza e Srª Marluce Souza

Na manhã do dia 10 de setembro, os doutores Henrique Magalhães, José Geraldo Pereir a, Renato Braz Dias e Daniel Moon Lee, sócios-diretores do grupo INOB, com muito orgulho aprese ntaram a clientes, parceiros, colaboradores e autoridades o HOG (Hospital de Olhos do Gama).

flashes

Drs. José Geraldo Pereira, Henrique César Vianna, Daniel Moon Lee e Renato Braz Dias

154

Alexandre Monteiro e Aline Diniz

Andrea Borb e Carlos Rachman

Alexandra Josias e Sônia Riggo


Idealizado por Stela Guerra Eventos e realizado pelo IECAP (Instituto de Educação, Esporte, Cultura e Artes Populares), a Renda-se – Feira de Artesanato, Bordados e Rendas encerrou sua terceira edição com grande sucesso.

Regina e Glaucia Benevides

Valeska Tonet-Camargo

Rodrigo Rollemberg, Ellen Oléria e Renata Hargreaves

Lúcia Flecha de Lima

Isadora Campos

flashes

Stella Guerra, Isabela Guerra e Renata Hargreaves

155


O promoter Tiago Correia convidou as finas da sociedade brasiliense para conhecerem a nova coleção da marca MARA MAC, no ParkShopping. A estilista e empresária Mara MacDowell foi pessoalmente à loja para prestigiar o evento, que foi bastante badalado.

Cosete Ramos, Mara Mac, Tiago Correia e Wanzenir Edler

Cosete Ramos e Rita Márcia Machado

flashes

Aline Kohn e Carmen Bocorny

156

Lúcia Alasmar, Cidália Varela e Lúcia Chaves

Carol Hudson e Erika Kallai

Augusta Lobo e Eide Ávila

Simoneta Santelli e Odette Trotta


Fotos de Paulo Lima e César Rebouças

Fabiano Cunha Campos e Natividade Pires promoveram um jantar de reinauguração do restaurante Dalí, apresentando um cardápio com pratos da cozinha portuguesa e catalã.

Natividade Pires, o casal Fabiano e Luciana Cunha Campos e Manoelzinho Pires

Lygia Camargo, Adriana Colela e Maria Regina Abreu

Newton Lins e Joacinara Jansen

Ana Cláudia Leão, Claudia Galdina e Regina Alves

Cláudio Rocha e Barbara Maleharadze Maria Josina Cunha Campos e a filha Ana Luiza, Maria Inês Nogueira e Patrícia Rodrigues da Cunha

flashes

Elizabet e Adilson Campos

Samanta Sallum e Tiago Correia

157


Bem movimentado o aniversário de Julinha Cubel de

La Guardia. Local: Aeropark.

Ronaldo e Mariza Junqueira, Salomão Ramires e Mary Olivei

ra

Kátia Cubel, Julinha e Julio de La Guardia

Gustavo, Cristiano, Alexandre e Luciana Sedlmayer Renata, Catharina e Márcio Carvalho

flashes

Luís Guilherme, Danielle e André Moreira

Helen, Enzo e José Roberto Soares Henrique, Gustavo e Daniela Santos

158


do Lago Sul, Cleucy de Oliveira abriu as portas de sua belíssima residência em uma chácara maquiador e para homenagear com requintado almoço o aniversário de Luiz Carlos Alvarenga, empresário pioneiro de nossa Brasília.

Elcy Meirelles, Valeska Tonet, Luiz Carlos, Cleucy Oliveira e Consuêlo Badra

Fernanda e Cleucizinha Oliveira, Luiz Carlos Alvarenga e Cleucy Oliveira

Mônica Oliveira e Mércia Crema

Ângela Alves, Áurea Farah e Conceição Pinheiro

Cleuza Ferreira e Melissa Gontijo

Bia Koffes

Joãozinho Brito e Janine Britto

flashes

Valéria Leão Bittar e Mônica Fonseca

159


de casamento de Hellen Jarjour e Diego Como nas mais belas e românticas histórias de amor, a cerimônia ço da Corte para recepção. Góes, tendo como cenário o Santuário Dom Bosco e em seguida o Espa

Roberto e Yara Curi, Martha e Mitri Moufarrege

Marina Santos e Abdalla Jarjour (pais da noiva), Hellen e Diego, Branca Góes e Adalberto Coelho (pais do noivo)

José Roberto Arruda e Flávia ao lado do casal Marisa e Ronaldo Junqueira

Siham e Kamal Ghazal

Vice-governador Tadeu Filippelli, Patrícia Maia e Mario Habka

Samir e Paula Mokdissi

flashes

Daniela Monte Rosa e Marília Dario

160

Victória Henriques, Karla Nasser e Melissa Gontijo


Paulo Castelo Branco cercado pela esposa Vera e pela filha Elisa

Esteves Colnago e Lincoln de Oliveira

Paulo Castelo Branco lançou seu livro Ladrão de Histórias, na sede do Conselho Federal da OAB.

Adriana e Sergio Marques

Esteves Colnago e Lincoln de Oliveira

Rosângela e Hiran Franco

A médica Wajiha Nasser comemorou seu aniversário cercada do carinho de amigos e família, no restaurante Picorino.

Cristiane Breckenfeld comemorou mais um ano de vida, reunindo na casa dos pais 100 convidados.

Natália, Wajiha e Olívia Nasser

A aniversariante ladeada por seu pai, Silvio, e sua mãe, Isabel

flashes

Paulo Octávio, Affonso Heliodoro, Marcus Vinícius Furtado e Paulo Castelo Branco

161


embaixador Cosete e Hassan Gebrim ofereceram delicioso jantar ao casal Rodrigo do Amaral e sua Laís. Noite das mais agradáveis.

Hassan e Cosete ao lado de Rodrigo e Laís do Amaral

Gustavo e Rafaela Carvalho ao lado de Denise Gebrim e André Etrusco

Leila e Arnaldo Chagas

flashes

Maria da Graça Miziara e César Lima

162

Yara e Roberto Curi ao lado de Consuêlo Badra e Silvestre Gorgulho

Maria Inês Nogueira e Carla D’Carli

Celso Dias, Vera Coimbra, Moema Leão e Cel. Luiz Coimbra


Renda-se, a III Feira de Artesanato, Bordados e Rendas, idealizada por Renata Hargreaves, Stella e Isabela Guerra, integra o calendário de comemorações do aniversário do Lago Sul.

Stella Guerra e Renata Hargreaves

Eliane, Karina e Paulo Evangelista

Vice-governador Tadeu Filipelli, deputada Jaqueline

Roriz e Manoel Neto

Heloisa Hargreaves e Rita Márcia Machado

Alessandra Paiva, César Serra, Marcia Maria More

ira e Ketlin Feitosa

Joyce Cardoso, Ana Maria Gontijo e Isab

Embaixatriz Lúcia Flecha de Lima

flashes

ela Guerra

163


ersário de Rafael Salim Coimbra, Foi divertida e muito criativa a comemoração do aniv to Salim. com o tema Galinha Pintadinha, na chácara do avô Faus

Cláudio, Verônica e David Sasaki

Daniela Salim, o aniversariante Rafael e o pai Marcos Coimbra

Sônia e Fausto Salim

a, e Consuêlo Badra Adriana Colela, a avó do aniversariante, Ana Rosa Sabói

Marcos com a esposa Elisbet e a netinha Ângela França

flashes

Luiz e Ana Rosa Sabóia

Alexandre, Isabela e Fabiana Hoff 164

Sérgio Batista e Rafaela Salim


O ex-presidente do Conselho Federal da OAB, Ophir Cavalcante, e seus sócios inauguraram as novas instalações de seu escritório no Lago Sul, em Brasília, em prestigiado coquetel de abertura. Renomados da advocacia, parlamentares e ministros de tribunais superiores conheceram a bela e moderna sede na QI 23.

Os sócios do escritório juntamente com advogados parceiros. Luis Alexandre Rassi, Oswaldo Ribeiro, Miguel Cançado, Ophir Cavalcante, Reginaldo Martins Costa, Fernanda Loureiro, Pedro Paulo de Medeiros, Jainara Loiola e Reinaldo Siqueira Barreto

Os ministros do STJ Antonio Carlos Ferreira (esquerda) e Luiz Felipe Salomão (direita), juntamente com Ophir Cavalcante e o diretor jurídico da Globo, Carlos Araújo

Reginaldo Martins Costa, Miguel Cançado, Ophir Cavalcante, ministro Eduardo Paes Saboia, Fernando Tibúrcio, Pedro Paulo de Medeiros, Fernanda Loureiro e Oswaldo Ribeiro

Ophir Cavalcante, Marici Barros Pereira, ministra Delaíde Arantes, Aldo Arantes, Symone Calil, Miguel Cançado e Marluce Britto

Reginaldo Martins Costa, Ophir Cavalcante, o ministro do STJ Ricardo Villas Bôas Cueva e Pedro Paulo de Medeiros

Pedro Paulo de Medeiros, Thaissa Tocantins, Reginaldo Martins Costa, Sandra da Silveira Costa, Ophir Cavalcante, Marici Barros Pereira, Miguel Cançado, Symone Calil, Reinaldo Siqueira Barreto e Luíra Cristina de Carvalho

Sérgio Ferraz, Ophir Cavalcante, Nabor Bulhões, Roberto Busato, Miguel Cançado e Raimundo Marques

Ophir Cavalcante, Marici Barros Pereira, Alessandra Louza Rassi e Luis Alexandre Rassi

Os sócios Luis Alexandre Rassi, Miguel Cançado, Ophir Cavalcante e Pedro Paulo de Medeiros receberam o senador Gim Argello

Pedro Paulo de Medeiros, Claudio Lamachia, Reinaldo Siqueira Barreto, o presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado, e Miguel Cançado

coquetel

Reinaldo Siqueira Barreto, Oswaldo Ribeiro, Pedro Paulo de Medeiros, o ministro do STJ Luiz Felipe Salomão, Ophir Cavalcante, Luis Alexandre Rassi e o presidente da OAB-DF, Ibaneis Rocha

165


Homenagem ao advogado Estenio Campelo A Casa do Ceará em Brasília, em sessão solene, no espaço cultural daquela entidade, no dia 3 de setembro do corrente ano, concedeu o Título de Sócio Benemérito ao Advogado Estenio Campelo, pelos relevantes serviços prestados àquela instituição cultural e filantrópica. À solenidade compareceram familiares do homenageado, amigos e autoridades dos Poderes Judiciário,Legislativo,Executivo e Eclesiástico. Após a solenidade foi servido coquetel seguido de jantar pelo Buffet Carlitos, em noite animada pelo Maestro Ivanildo, o sax de ouro, que veio de Natal para abrilhantar o evento.

À mesa, Estefânia Viveiros, Padre Aleixo, Vice-Almirante José Carlos Mathias, Comandante do 7º Distrito Naval, Ministro João Oreste Dalazen (TST), Estenio Campelo, Osmar Alves de Melo, Presidente da Casa do Ceará, Ministro Valmir Campelo (TCU), Ministro José Coelho Ferreira (STM), Desembargador Lecir Manoel da Luz (TJDFT) , Jardson Cruz ( Secretario Geral da OAB/CE) e o Reitor Getúlio Lopes (UNICEUB)

Estenio Campelo com familiares e amigos

estenio campelo

Desembargadora Eliene Bastos, Ministro Cláudio Santos, Estenio e Ana Cristina Campelo

166

Os casais Leila Rejane e o Ministro Brito Pereira, Ministro João Oreste Dalazen e Judite, Ana Cristina e Estenio Campelo

Família do homenageado: Marizalva e Valmir Campelo, Maria de Fatima Bezerra, Maria Valdira, Regina, Estenio, Ana Cristina, Eliane e Káthya Campelo

Bernardo Cardillo, Viviane Ferreira ,Ricardo e Alice Figueiredo, Estenio e Ana Cristina Campelo, Maria Helena e Carlos Motta

Andrei Aguiar, Gladson Mota, Calos Eduardo Paes, Leonardo Carvalho, Pedro Jorge Medeiros, Estenio Campelo, Jardson Cruz, Guilherme Campelo e o Deputado Federal José Airton

Estenio Campelo e o Presidente da Casa do Ceará, Osmar Alves de Melo


Ministro Brito Pereira, Estenio Campelo e o Deputado Mauro Benevides

Monica e o Desembargador Cruz Macedo

Os casais, Ministro Brito Pereira e Leila Rejane, Ana Cristina e Estenio Campelo

Padre Aleixo, Estenio Campelo, Ministro Ubiratan Aguiar e o Desembargador Lecir Manoel da Luz

Reitor Getúlio Lopes, Claudia Maldonado, Ana Cristina e Estenio Campelo

O casal Osmar Alves de Melo e Ivete com Estenio Campelo

estenio campelo

Estefânia Viveiros com o casal Estenio e Ana Cristina Campelo

Ministro José Coelho Ferreira e o Presidente da ANPPREV, Procurador Antônio Fernandes

Os casais, Ministro João Oreste Dalazen e Judite, Ana Cristina e Estenio Campelo

167


Carlos e Maria Helena Motta, Ana Cristina e Estenio com a Jornalista Maria Valdira

João Jacob, Paulo Nogueira, Estenio Campelo e Vera Nogueira

Maria Dionne, Osmar Melo e Ivete, Estenio e Ana Cristina Campelo

Telma Campelo, Senador Inácio Arruda, Eliane e Guilherme Campelo

Desembargador Lecir Manoel da Luz, Lincoln de Oliveira, Desembargador José Divino e o Advogado carioca Jorge Pinto

Márcia e o Vice-Almirante José Carlos Mathias, Alda e o Ministro Carlos Alberto Marques Soares

estenio campelo

Marlene Galeazzi, Lúcia Garófalo, Estenio Campelo e Marisa Abreu

168

Marjor Brigadeiro Nilson Carminati e Nazaré, Ana Cristina e Estenio

Neto Fernando Moraes Júnior e Ana Cristina, Regina e José Carlos de Sousa

Campelo

Mariana Brasiliense e Magela Carvalho


Ana Cristina e Estenio Campelo, Maria Dionne, Eliane Campelo e Helvio Ferreira

Lúcia Garófalo com o casal Luiz e Vera Coimbra

O casal Marco Antônio e Narcisa Anna Campanella e Estenio Campelo

João Rodrigues, Mauricio Neves e o Ministro Brito Pereira

A Diretoria da OAB/CE na entrega da carteira de identidade de advogado daquela Seccional ao homenageado

Estenio Campelo, Maestro Ivanildo, o Sax de Ouro, e Francisco Machado

Zélia e Gilson Pena

Odilon e Sandra Costa

O casal Francisco e Rita Márcia Machado e Jorge Pinto

estenio campelo

Severino Cajazeiras e Estenio Campelo

169


Belíssimo o casamento de Ana Beatriz Lins e Eduardo Lôbo no

Recanto das Águas. Prestigiadíssimo.

Rita e o deputado Átila Lins (pais da noiva), Ana Beatr noivo Eduardo Lôbo ao lado dos pais Ionice e Odenofre iz e o Lôbo

Senador Eunício Oliveira e Mônica ao lado do casal Marcela e o vice-presidente da República, Michel Temer

flashes

Sandra e o senador Eduardo Braga com o ministro Raimundo Carreiro e Maria José

170

Consuêlo Badra e Tiago Correia

Caroline e o senador Fernando Collor

Senador Renan Calheiros, prefeito de Manaus Arthur Virgílio, e o deputado Eduardo Azeredo Heitor e Lilian Gurgulino


Nascimento de JK – O Abertura da Exposição interativa mostra os 111 Anos do Construção de Brasília. Realizador, contendo imagens inéditas de Juscelino e da

oz ao Ana Cristina Kubitschek Pereira, governador Agnelo Queir aio Samp Arlete ada deput a e io lado de sua esposa, Ilza, Paulo Octáv

O presidente da Novacap, Nilson Martorelli, e o vice-governador Tadeu Filippelli Silvestre Gorgulho e Samanta Sallum

flashes

Embaixadores Horácio Sevilla e Jaime Bográn

172

Afonso Heliodoro, Nathanry Osório, Embaixador Paulo Tarso Flecha de Lima e Antônio Matias

Wilson Granjeiro e Cosete Gebrim

Mayra Gadelha, Wilma e Claudia Pereira


213 Norte Bloco A Loja 19/32 Tel: 3349-0188 / 9999-3478 vania.ladeira@terra.com.br www.vanialadeira.com.br


Abertura da exposição Nossa Porcelana, Nosso Estilo, organizada pela professora Maria Helena Rosa, na Embaixada de Portugal.

Casais Esteves Colnago e Glaucia Benevides ao lado de Tâmara Bontempo e José Eduardo Loureiro

Cristiane e Gabriela Constantino

Sofia, Rosália, Lourenço, Joana e Júlia Peixoto

Embaixatrizes Laís do Amaral e Ana Maria Leonardos com o embaixador Antônio Tabajara

flashes

Embaixadores Victor Monge-Chacón, Júlio Armando Herrera e Rina Ângulo

174

Marlene e José Bacelar Padre Aleixo, Maria Helena Prill e Ruy Coutinho


com um coquetel em Lisboa, Portugal. O colunista Marcelo Chaves celebrou seu aniversário pertenceu ao Marquês de Valle Flôr, Ele reuniu convidados em um palácio do século XIX, que e onde fica o Pestana Palace Hotel. hoje considerado um monumento nacional português

Aniversariante Marcelo Chaves

flashes

Vandira Peixoto, Filipe Batista e Vânia Carvalho

176

Flávio Leme e Marcelo Chaves

Alédio e Ana Helena Rangel com Paulo Miguel e Layla Kammeier

Bruno Leone

Sebastien Socchard, Ingrite Rieck Pujol, Consuêlo Badra, Manuella Peixoto e Patrício Rodrigues


Roberto e Mércia Crema receberam convidados para um almoço na Pousada dos Pirineus em comemoração ao aniversário de Márcia Lima. Brasília em peso marcou presença na festa.

Moema Leão, Roberto e Mércia Crema e Consuêlo Badra

Renato Riella e Márcia Lima com os pais Antônio e Adriana Machado

Rosália e Lourenço Peixoto

A anfitriã Mércia Crema com a homenageada Márcia Lima na hora do parabéns

Marisa Junqueira, Pedrinho Monteiro, Miranda Castro e Lucia

Itapary

Mônica e o marido senador Eunicio Oliveira Consuêlo Badra e a aniversariante

flashes

Antônio e Isa Matias

177


los, a comemoração de aniversário Foi na residência dos avós, Maria e Geraldo Vasconce iu de palco para a celebração. de suas netas Luiza e Júlia Vasconcelos. A linda noite serv

Geraldo Vasconcelos com Maria e as netas Julia e Luiza

Gerusa e Marcella Vasconcelos

flashes

Hugo e Cláudia Gueiros

178

Paula, Marcella e Marília e Vasconcelos

Deputado Roberto Freire e Marisa Vasconcelos

Renato e Glória Acher

Eduardo Vasconcelos e Marina Aquino

Suely, Luiza, Edvaldo, Júlia e Sarah Vasconcelos



Foco setembro 216