Issuu on Google+

– Ano XIX – Nº 224 – Maio de 2014

CirCulação NaCioNal

MAIO/2014 - Nº 224 - R$15,00

Revista


editorial

V

4

A Deus toda a honra e toda a glória pela realização de mais uma revista Foco

ocê pode não gostar das respostas, mas pelo menos vai ficar sabendo. A maioria dos problemas do mundo pode estar firmemente embasada em suposições. Se fazemos suposições sobre alguma coisa, acreditamos saber do que se trata, mas não sabemos. Presumimos que a informação parcial que temos é um fato completo, e a partir de então tudo fica pior. Supomos que os outros gostam da nossa ideia, mas não gostam, e as coisas dão errado. O melhor é fazer perguntas logo no início e saber exatamente o que está acontecendo. Perguntar ajuda a esclarecer a situação. As perguntas colocam as pessoas sob os holofotes, e isso faz com que elas tenham de pensar – e pensar é sempre bom para todo mundo, não importa qual seja o assunto. Bem, vamos às matérias do mês: Pedro Gordilho: prepare-se para entender melhor como as mudanças podem ser para o bem e para nos fortaceler. Mara Amaral: nossa parceira nos leva a uma viagem pela encantadora e moderna capital do Chile, Santiago. Saúde: quebramos os mitos da infecção urinária e damos dicas de como tratar e controlar a doença. Gastronomia: Adriana Nasser nos leva pelas opções gastronômicas oferecidas por restaurantes brasilienses especialmente para o período da Copa do Mundo. Ambientes: Clausem Bonifácio nos mostra um pouco de ambientes inspirados em grandes personalidades. Copa do Mundo: Marcela Oliveira nos mostra como diversos tipos de investimentos e melhorias realizados para a chegada do mundial. E ainda nos dá algumas sugestões que grandes marcas prepararam para o campeonato. Dress Code: Camila Bocchino mostra como a imagem é tudo para uma empresa e como a forma de se vestir dos funcionários pode influenciar nisso. Vinho: Matt Skinner lança livro que ensina como comparar, escolher e degustar essa iguaria dos deuses. Quiosques: o Núcleo Bandeirante está repleto deles e vamos te levar para conhecer um pouco mais sobre esse tipo de estabelecimento que une tradição e sucesso. Poluição: Márcia Casali faz um alerta de como a poluição pode afetar mães e bebês durante a gestação. Dia dos Namorados: a data mais esperada pelos casais enfim chegou e a FOCO traz algumas histórias de amor inspiradoras, além da tradicional vitrine para ajudar na escolha dos presentes. Moda: Fernando Lackman mostra como a moda autoral tem valores culturais e de negócios no Dragão Fashion Brasil. Bem Estar: Wemerson Santos nos propõe uma reflexão sobre qualidade de vida e nossos objetivos pessoais. O que você gostaria de fazer menos? Para terminar, é bom esclarecer que fazer perguntas lhe dá um tempo para pensar e respirar. Em vez de perder as estribeiras porque acha que entende a situação, é melhor você fazer algumas perguntas e descobrir qual é a verdade. Você terá mais ferramentas para responder calma, correta logicamente. Que todos tenham um mês maravilhoso e até a próxima edição da nossa Foco. Até lá,


D-P

C B

consuelo@revistafoco.com.br D  A

R A

C E C B, A P P  V, A D, C C, F M, J A M, P C B, P G  R C  C A D, C B, C C, C P, D A, F M, G A, J A M, L T, P C B, P A, P G, R C , M A  P P R C B, C B  M O

expediente

redacao@revistafoco.com.br

R C C B, F C, F L, M C, M S  W S

E  A G N criacao@revistafoco.com.br F C B, J T S  P L

F C A Z, A A, B S, C C, C R, J C D, R P  K O D. A  F T L  S tania@revistafoco.com.br C M C financeiro@revistafoco.com.br

MICABEAUTY, marca californiana de cosméticos, chega ao Brasil 08

Consuêlo Badra Em primeira mão

20          . A       M F E L,   ,  -    . Acesse www.revistafoco.com.br

A C E M comercial@revistafoco.com.br

44. Capa

Aniversariantes Aniversariantes de abril

23

Carlos Chagas Indiferença

24

José Alberto Couto Maciel A onda e nós

25

Paulo Castelo Branco Mercado de pulgas

26

Aristóteles Drummond Política com modos

28

FlorianM adruga A campanha

C SH/Sul Quadra 06, Conjunto “A”, Bloco “E”, Sala 809 Edifício Business Center I - CEP: 70.322-915 – Brasília-DF (61) 3248-7868 / 3532-4436 CAPA: MOMENTO PROMMO

30

Mara Amaral Santiago, Chile

34

Pedro Gordilho Travessia Teologal

38

Ambientes Personalidades inspiradoras

48

Gastronomia Brasília na Copa

52

Copa do Mundo Está chegando a hora!

60

Renato Riela De A a Z

6


62

Boas e Novas Novidades da capital

64

Gente em Foco Destaques de Brasília

66

Agenda Cultural Veja, ouça, visite e divirta-se

72

Livro Vinho, a iguaria dos deuses

74

Quiosque A cidade dos quiosques

76

Saúde

76. Saúde

Infecção urinária

78

Infecção urinária

Etiqueta

82. Poluição

Respostas aos leitores

82

Poluição

Perigo invisível

Perigo invisível

86

Rangel Cavalcante Histórias miúdas

90

Dia dos Namorados E que seja eterno...

106

Moda Transformando sonhos

112

Gente Fina Prontas para brilhar

114

Gilberto Amaral A corte candanga

116

52. Copa do Mundo

Cenas em Foco Flashes

Está chegando a hora!

72. Livro

Vinho, a iguaria dos deuses

30. Mara Amaral Santiago, Chile

90. Dia dos Namorados E que seja eterno...

7


Fotos: Paulo Lima, César Rebouças e Célio Costa

VIVA BÚZIOS! Brigitte Bardot vai ser a homenageada deste ano do Festival Gastronômico de Búzios, que começa logo depois da Copa, no dia 18 de julho, e terá 60 participantes – um recorde. A Orla Bardot e a Rua das Pedras terão instalações com fotos de BB nessa edição. Pela primeira vez o evento terá algumas das atrações num dos pontos mais charmosos da cidade: a praça da Praia dos Ossos.

ARTE Fernanda Amaral e Lauro Novaes.

PEDALANDO O Parque da Cidade Sarah Kubitschek ganhará uma novidade: aquelas famosas bicicletas para aluguel, comuns em parques pelo mundo. O projeto será implantado este ano.

ANFITRIÕES Grande festa foi agendada para junho do próximo ano, na mansão do senador Eunício Oliveira e Mônica Paes de Andrade Oliveira, no Lago Sul. Tudo indica que vem mais um casamento em família.

JUNHO Dia 7 de junho, Rosany Ribeiro receberá em sua bela casa para um chá de bebê. A homenageada será Duda Maria, nora de Rosany, e as anfitriãs, a filha da dona da casa, Flávia, e a cunhada Natália Viotti.

ALLEN NO RIO: A MISSÂO A prefeitura continua sonhando com um filme de Woody Allen passado na cidade. O convite já foi formalizado e, segundo o secretário de Cultura, Sérgio Sá Leitão, Allen respondeu que está “muito interessado” em filmar no Rio, mas ainda procura “a história certa”.

consuêlo badra

NOIVADO

8

Nathalia Abi-Ackel e Pedro Valadares estão noivos. O noivado foi em Tiradentes, onde ocorreu o pedido. Comenta-se que o casamento será poderoso.

TÍTULO Cláudia Galdina festeja antecipadamente, ao lado de familiares e amigos, o Título de Cidadã Honorária de Brasília, que receberá no dia 25 de junho.

Cerca de 70 obras que ilustram a diversidade da cultura nacional, incluindo o futebol, integram a mostra “Retratos da Brasilidade”, com abertura dia 4 de junho, no Salão Negro do Congresso Nacional. Entrada franca.

DIVA Antes mesmo de ficar pronta, a autobiografia da atriz Sophia Loren já teve seus direitos vendidos para vários países. Por aqui, sairá pela editora Best Seller. Loren, que ainda escreve o livro, é a convidada de honra do Festival de Cannes, em que apresenta o filme La voce umana. Ela foi dirigida pelo filho, Edoardo Ponti.

devem acampar em um terreno na zona sul de São Paulo durante o Mundial. Os contêineres que servirão de abrigo para eles vão chegar de avião. No dia 23 de junho, quando a seleção da Holanda joga contra o Chile, todos se concentrarão em um determinado ponto da cidade, a cerca de 2km do Itaquerão. E seguirão para o estádio a pé, atrás do Orange Bus, o ônibus que tradicionalmente acompanha a seleção holandesa em torneios mundiais. Os holandeses estão combinando também com torcedores chilenos para que todos se juntem num show de música dias antes da partida.

ESPAÇO LIVRE A pedido de algumas Embaixadas, o prefeito Márcio Lacerda, de Belo Horizonte, providenciou terreno de 30 mil metros quadrados para que turistas da América Latina possam estacionar seus motorhomes. A cidade e o entorno vão hospedar as seleções do Uruguai, da Argentina e do Chile. A Prefeitura de Belo Horizonte negocia ainda com três campings lugares para acolher torcedores que cheguem de última hora, com barracas, sem ter onde se instalar.

SÃO JOÃO Está marcada para o dia 18 de junho a tradicional festa junina do ministro Guilherme Caputo e da mulher Cláudia Simões Falcão, que todos os anos capricham no evento. A noite, que promete reunir nomes poderosos do judiciário, além de festejar São João, também vai comemorar os 80 anos do ministro Guimarães Falcão, pai de Cláudia.

ROTEIRO SOCIAL O príncipe Harry, do Reino Unido, quer visitar a Cracolândia, em São Paulo. Ele planeja vir ao Brasil assistir às partidas da seleção da Inglaterra na Copa do Mundo e quer fazer também um circuito de cunho social. Ingleses já fizeram visita precursora à região com funcionários da Prefeitura de São Paulo, responsável pelo projeto Braços Abertos, de tentativa de recuperação de dependentes do crack.

HOLANDA Cerca de 5.000 torcedores holandeses

Mariana Vieira e Fabiana Rocha.

FADA MADRINHA Nelson Piquet encontrou sua fada madrinha: um sapateiro de Goiânia. O expiloto explicou à Forbes que, por causa do acidente sofrido em 1992, na pista de Indianápolis, ficou com uma perna mais curta que a outra. Resultado? Calça 39 em um pé e 41 no outro. Por isso, era obrigado a sempre comprar dois pares de sapatos – e ainda colocar um salto. Agora, não mais.


LINHA E AGULHA

PRIMEIRO MUNDO

“VIVE LE BRÉSIL”

Ricardo Almeida fez participação especial no longa Os Homens São de Marte... É Para Lá Que Eu Vou. Papel? Ele mesmo, o estilista da personagem de Mônica Martelli.

É de primeiro mundo a Clínica Cardioimagem, que o Dr. Brasil Caiado acaba de inaugurar no Lago Sul, em frente ao Hospital Brasília. O hospital terá atendimento em cirurgia cardíaca, neurológica e vascular. Dr. Caiado mantém, hoje, consultório na 716 Sul e agora também no Lago Sul. Atendimento de primeiro mundo.

Rio de Janeiro e São Paulo serão abençoados pela bíblia da gastronomia mundial. Em outubro, será lançado o Guia Vermelho Michelin, que foca hotéis e restaurantes. Aliás, o Rio já teve a sua edição do Guia Verde Michelin, aquele que destaca mais os pontos turísticos.

As mulheres terão mais uma forma de denunciar violência contra elas. O governo federal lançou aplicativo para smartphones com esse fim. Entre os serviços, rede de atendimento em caso de agressão.

Rafael Rangel escolheu Nova York para pedir a mão de Marília Torrecillas, em casamento. O anel de noivado tem a marca Tiffany & Co, que ofereceu ao casal um belo jantar no ABC Kitchen NY.

NÃO AUTORIZADA O livro Jogada Ilegal – Uma Viagem aos Bastidores da Fifa, do português Luís Aguilar, será lançado no Brasil pela Gryphus Editora. Com prefácio de Juca Kfouri, a obra aborda assuntos polêmicos, como subornos, compra de votos, venda ilegal de bilhetes e suspeitas de tráfico de armas. “A oferta de aberrações made in Fifa é extensa e não para de crescer”, diz o autor.

FESTA JUNINA A festa junina da Associação Médica de Brasília já tem data marcada: 7 de junho. O evento começa às 21 horas, na sede da Associação. A banda Só Pra Xamegar e a dupla Wilian e Marlon vão animar o arraiá, que será open bar e terá quitutes juninos como canjica, quentão e pé-de-moleque.

CAMPANHA Claudia Tolentino tem divulgado para os amigos, pelo WhatsApp, as ações do primo Aécio Neves, candidato à Presidência da República. O aplicativo promete fazer a diferença.

IV FEIRA RENDA-SE Isabela Guerra, Renata Hargreaves e Stela Guerra estão à frente da 4ª Feira de Artesanato, Bordados e Renda – Rendase, que acontece de 12 a 15 de junho, no Pontão do Lago Sul, em Brasília. Destaque na coleção de marcas, estilistas e designers nacionais e internacionais, o artesanato nunca esteve tão em alta na moda e na decoração. E o “feito à mão” brasileiro, que cria o ar exclusivo e original de peças tão cobiçadas fora do País, ganha destaque nos quatro dias da mostra. Os produtos comercializados são uma oportunidade para brasilienses e turistas brasileiros e estrangeiros que visitam a capital no mês da Copa do Mundo adquirirem os mais belos trabalhos de artesanato e renda atualmente desenvolvidos no Brasil, inclusive detentores do selo top 100 de Artesanato do Sebrae. Horário: das 10 às 22 horas. Entrada franca.

PAPO-CABEÇA A Editora Intríseca trabalha intensamente para pôr nas livrarias em novembro a versão em português do livro O capital no século XXI, de Thomas Piketty, o francês de 43 anos que virou xodó no mundo inteiro. A edição terá a consultoria da economista Monica Baumgarten de Bolle, da Casa das Garças, que chama a atenção de que a obra, que aborda a questão da concentração de renda, é elogiada tanto à esquerda como à direita. Aliás, conselho de um sábio: se você quer fazer sucesso junto ao pessoal do papocabeça, comente o livro desse francês. Vale também elogiar o cubano Leonardo Padura, com seu excelente O homem que amava os cachorros (Boitempo).

DUAS MEDIDAS O padrão Fifa chegou ao Imposto de Renda. Quem trabalhar para a federação na Copa e ganhar até cinco salários mínimos por mês (R$ 3.620) estará isento de cobrança do IR. Qual a regra para o resto dos trabalhadores brasileiros? A isenção é só para quem recebe pouco mais de dois salários (R$ 1.787,77), metade do valor.

É ASSIM MESMO A Fifa reage naturalmente à onda de greve às portas da Copa. Uma pessoa em Zurique lembra que o problema é uma constante: “Na Alemanha, em 2006, o sindicato dos ferroviários se aproveitou da exposição do Mundial para ensaiar uma paralisação”. O protesto era contra a entrada da Deutsche Bahn (a CPTM alemã) na Bolsa de Valores.

Joselito e Patrícia Garrote.

ROUBO DE PATERNIDADE Não é só o Grupo Gay da Bahia, a mais antiga ONG LGBT do Brasil, que anda de bronca com Dilma e o PT. Dias atrás, nas redes sociais da turma, choveram protestos porque no último dia 17 o partido publicou em seu Facebook que era o “responsável pela aprovação do casamento entre pessoas do mesmo sexo no País”. Só que a decisão, como se sabe, foi do STF. O Brasil fez mais de mil casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo, após um ano da medida do Supremo que autoriza o casa-

consuêlo badra

BY PHONE

9


mento entre homoafetivos. São Paulo saiu na frente, com 701 casórios. Depois estão Distrito Federal e Rio de Janeiro, com 130 matrimônios cada um. Em Curitiba, foram 85, e em Porto Alegre, 68.

Aurélio aposta que a melhor partida do Mundial será Alemanha x Portugal, no próximo dia 16, em Salvador.

LANÇAMENTO Cacá Diegues lança em julho, durante a Flip, seu livro de memórias, Vida de cinema (Editora Objetiva). Comenta que aos 13 anos foi levado por um amigo mais velho ao apartamento de uma moça em Copacabana para sua primeira transa. Que todo finzinho de tarde, na volta do Colégio Santo Inácio, passava em frente ao terreno baldio no pé do Morro Dona Marta para fumar baseado, entre muitos outros detalhes.

FORA DO BRASIL

Melissa e Ana Maria Gontijo, Márcia Lima e Ilca Oliveira.

RUSSOS ESTÃO CHEGANDO Nem chega a ser uma ocupação igual à de Crimeia, mas o governo brasileiro espera uma delegação oficial de 2.500 russos, de longe a maior de todas, durante a Copa. A caravana comandada por Putin inclui artistas que vão participar da festa de encerramento no dia 13 de julho, do Maracanã. É nessa festa que a Rússia convidará a todos, oficialmente, para o próximo mundial, no país de Tchaikovsky, em 2018.

consuêlo badra

UM VENCEDOR

10

A cura do câncer depende de vários fatores. Um deles é conhecer a doença. Dia 4 de junho, o querido oncologista Fernando Maluf lançará aqui na nossa Brasília o livro Vencer o Câncer. Com 512 páginas, a obra é uma espécie de bíblia sobre a enfermidade para os leigos. O projeto ainda traz a assinatura de outros dois figurões do ramo: Antonio Carlos Buzzaid e Drauzio Varella. Depois do livro, a próxima missão será montar aqui em Brasília um hospital de excelência no tratamento do câncer.

José Padilha bateu o martelo e decidiu morar fora do Brasil a partir de agosto. Ficará na Colômbia por seis meses para dirigir uma série para o Netflix sobre o traficante Pablo Escobar e, para 2015, já procura um imóvel em Los Angeles.

RIVAL DA AMAZON

O ministro do STF Marco Aurélio Mello vai comentar a Copa do Mundo para o portal G1. Flamenguista fanático, Marco

CASSANDRA NO BRASIL Dia 24 de junho sai no Brasil Cidade do Fogo Celestial, da iraniana Cassandra Clare, conhecida por escrever a série de livros best-seller Os Instrumentos Mortais. Até lá, dificilmente seus leitores saberão qualquer coisa sobre a nova trama. A agência que representa a autora, que participará da Bienal do Livro de São Paulo, em agosto próximo, exigiu que a Galera Record assinasse um contrato de confidencialidade para a tradução de Cidade do Fogo Celestial. A editora brasileira jura de pés juntos que só cinco pessoas têm acesso à edição original: os dois tradutores, os dois revisores e Ana Lima, editora executiva do selo jovem da Record.

AIR COPA A Copa neste país-continente vai exigir 190 voos domésticos das 32 seleções durante a competição. Desse total, 120 serão feitos pela Gol.

A Barnes & Noble, a maior rede de livrarias dos EUA, se prepara para entrar no Brasil. Além de a empresa já ter enviado minutas de contratos para as principais editoras daqui, uma executiva da Barnes desembarca no país no início de junho para negociar.

EM OBRAS O governo Dilma aposta que em setembro uma montanha de obras ficará pronta, justamente a tempo de impressionar o eleitor na campanha.

DISSERAM “NÃO” Felipão e vários jogadores da seleção foram sondados para fazer propaganda oficial do Brasil para a Copa. Todos disseram “não”. A propósito, entre os jogadores impera o mesmo espírito que os uniu na Copa das Confederações: não ficarão contra as manifestações nem se deixarão ser usados pelo governo.

MUSICAL SURREAL NASCE UM COMENTARISTA

captar R$ 15.559.943,55 – dinheiro meu, seu, nosso, pela Lei Rouanet.

Carlos Alberto Riccelli vai adaptar o filme Amor em Sampa, do qual é diretor, para o teatro. O musical deve estrear em janeiro de 2015. Riccelli foi autorizado a

Marconi e Lucila de Souza.

PAÍS DO ATLETISMO Os ministérios do Esporte e da Educação estão investindo R$300 milhões em 23 mil escolas espalhadas por mais de três mil cidades brasileiras. É para incluir oito milhões de alunos em atividades esportivas. O futebol não é o esporte mais praticado pelos estudantes, mas o atletismo e o judô. Os dados serão divulgados no Rio de Janeiro.

FILMES NO CCBB A mostra “O Novo Cinema Pernambucano” vai ocupar o Cinema do Centro


Cultural Banco do Brasil, de 4 a 28 de junho. A retrospectiva traz uma seleção da nova safra de filmes produzidos nos últimos 17 anos em Pernambuco, estado que se firmou definitivamente como um dos principais representantes da cultura cinematográfica brasileira. Durante quatro semanas serão exibidos 16 longas-metragens e 13 curtas-metragens sob curadoria de Marina Pessanha. A programação conta com obras que obtiveram excelente recepção e reconhecimento nacional e internacional.

pintadas. Simon garante que “o povo sabe que o dinheiro é desviado pela corrupção, e esse dinheiro é o mesmo que falta nos hospitais, na escola, na rua e nas casas. O povo sabe, portanto, que a corrupção é causadora principal de todos os tipos de apartheid”. Daí seu apelo aos jovens para protestarem.

cumprido dois mandatos como deputado estadual. Compõem a chapa de Henrique Eduardo Alves o deputado federal João Maia, como vice, e a exgovernadora do RN e atual vice-prefeita de Natal, Wilma Faria. A animação é grande no PMDB potiguar.

DUCHA FRIA

OUTRA VEZ

A senha foi dada pelo próprio PT, por intermédio do vice-presidente do partido, Alberto Cantalice, ao senador Lindberg Farias, candidato a governador do Rio de Janeiro, e que espera ter no seu palanque, com exclusividade, a presença da presidente Dilma Rousseff. Cantalice foi enfático: “Todos sabem que a campanha da Dilma é ampla, com vários partidos, e Lula é o principal articulador. Ele vai percorrer o Brasil para ajudá-la e o Rio não vai ficar de fora por sua importância eleitoral”. A campanha de Dilma transcende a do Lindberg. Uma verdadeira ducha fria nas pretensões do jovem senador.

O senador José Sarney, do alto dos seus 84 anos, vai participar de mais uma campanha eleitoral com um olho no Amapá e outro no Maranhão. Concluindo o quarto mandato senatorial, Sarney vai concorrer mais uma vez pelo Amapá, enfrentando o clã dos Capiberibe, que hoje domina a política amapaense. Por outro lado vai se dedicar, também, à sucessão da sua filha, e governadora Roseana Sarney, que lançou o senador Edison Lobão Filho para ocupar o Palácio dos Leões, contra o ex-presidente da Embratur, Flávio Dino, que lidera as pesquisas. São duas eleições para quem tem nervos de aço.

ALIANÇAS

COMIDA BOA A Comissão de Meio Ambiente e Defesa do Consumidor, do Senado, aprovou projeto de lei do senador Antônio Carlos Valadares, do PSB de Sergipe, que obriga restaurantes, lanchonetes e similares a informarem aos clientes qual o valor nutricional dos pratos oferecidos. Segundo o senador sergipano, o consumidor é atraído “pelo paladar, pela praticidade e pelo preço, e muitos brasileiros baseiam sua dieta em comidas rápidas, caracterizadas pela alta densidade energética, abundância de gordura e carboidratos e escassez de fibras, vitaminas e minerais”. O projeto vai agora à deliberação da Comissão de Assuntos Sociais.

JOVENS NAS RUAS Ao subir à tribuna, o senador Pedro Simon, do PMDB do Rio Grande do Sul, que está no quarto mandato senatorial e diz não disputar mais eleição, conclamou os jovens para voltarem às ruas, como fizeram nas campanhas pelas Diretas, já, na luta pela anistia e no movimento dos caras-

Tudo indica que o candidato do PSDB ao Planalto, senador Aécio Neves, vai nadar de braçada em sua terra, Minas Gerais, está investindo forte em São Paulo, território tucano, e caminha para formar alianças no Rio de Janeiro, sua terra por adoção. Uma parte do PMDB carioca aderiu à campanha de Aécio; o DEM, que terá o vereador César Maia, candidato ao Palácio Guanabara, já fechou com Aécio. O tucano espera, ainda, a adesão do PPS e do PROS cariocas. Como se sabe, Minas, São Paulo e Rio de Janeiro formam os três maiores colégios eleitorais do país. É nesses três colégios eleitorais que Aécio Neves quer faturar alto.

TRIPLA MISSÃO O ministro da Previdência Social, o senador licenciado Garibaldi Alves Filho, vai mergulhar na campanha eleitoral no Rio Grande do Norte com uma tripla missão: pedir votos para a reeleição da presidente Dilma Rousseff; eleger seu primo, deputado Henrique Eduardo Alves, governador do Estado; e conseguir uma votação consagradora para seu filho, Walter Alves, para a Câmara dos Deputados, depois de ter

Marcelo e Rosângela Xavier.

COMPETENTE Agora é oficial: o ex-governador de Minas Gerais, Antônio Anastasia, é candidato ao Senado pelo PSDB. Anastasia deixou o governo mineiro com a popularidade altíssima, o que lhe garantirá uma votação para ficar na história da política das alterosas. Técnico competente, grande planejador, Antônio Anastasia tomou gosto pela política. Num provável governo de Aécio Neves, terá cadeira próxima ao presidente no Planalto. Se optar por ficar no Senado, vai, com certeza, elevar o nível dos debates no plenário e nas comissões.

consuêlo badra

Elaine Caldas, Maria Lúcia Moriconi e Maria Luiza Mathias.

11


isso”. O senador acreano apenas endossou o que 73% do eleitorado tem apontado nas pesquisas: quer mudanças.

IMPRENSA INIMIGA

Jacira Abrantes, Fabíola Loureiro e Marlene de Souza.

EM TOCANTINS A eleição de outubro no Tocantins vai ter pai e filho disputando lado a lado. O ex-governador Siqueira Campos, criador do estado, vai disputar a vaga pelo PSDB, e seu filho, Eduardo Siqueira Campos, o governo do estado, pelo PTB. A senadora e presidente da Confederação Nacional da Agricultura, Kátia Abreu, do PMDB, vai disputar a reeleição. Quando estava filiada ao DEM, Kátia era ferrenha crítica do Planalto. Hoje é uma atuante aliada do governo Dilma Rousseff. Coisas da política.

TUCANOS O candidato tucano ao Planalto, senador Aécio Neves, que vem subindo nas pesquisas e ameaça ir ao segundo turno com a petista Dilma Rousseff, que tenta a reeleição, começa a dar as dicas de como será seu governo caso seja eleito. Vai reduzir os ministérios, que hoje são 39, para no máximo 22. Vai propor a redução penal de 18 para 16 anos. Vai combater tenazmente a inflação. Vai manter o Bolsa Família. Em conta-gotas Aécio começa a mostrar a cara de como seria um governo tucano.

consuêlo badra

ÓBVIO

12

O senador Aníbal Diniz, do PT do Acre, que herdou o mandato do ex-senador Tião Viana, eleito governador do Estado, foi à tribuna anunciar o óbvio: “Os eleitores estão muito mais exigentes e querem mais de tudo: mais educação, mais saúde, mais investimentos, mais empregos, melhoria salarial. E não é só com conversa que se consegue isso, tem que mostrar na prática quais são as propostas para

O ex-presidente Lula é quem dita o rumo e o ritmo da campanha da presidente Dilma Rousseff à reeleição. É ele quem dá a última palavra nas coligações estaduais, orientando o PT sobre quem deve ser candidato ou quem deve ser apoiado. Para Lula é fundamental a eleição do ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha, ao governo de São Paulo, mesmo sabendo que o petista vai mal das pernas. E Lula elegeu como o pior adversário não os tucanos, mas a imprensa, afirmando que “O principal partido de oposição no país é a imprensa”.

sucesso irá retornar às telonas. Dirigido por James Bobin e produzido por David Hoberman e Todd Lieberman, Muppets 2 – Procurados e Amados traz Miss Piggy, sapo Kermit e toda a turma dos Muppets em uma turnê mundial, lotando teatros grandiosos em alguns dos destinos europeus mais eletrizantes, incluindo: Berlim, Madri e Londres. No filme, a confusão segue no exterior quando eles se veem envolvidos em uma trama criminosa internacional chefiada por Constantine — o Criminoso Número Um do Mundo e sósia de Kermit — e seu covarde capanga Dominic, codinome Número Dois, interpretado por Ricky Gervais. O filme é estrelado por Tina Fey como Nadya, uma irascível policial da prisão, e Ty Burrell como o agente da Interpol Jean Pierre Napoleon.

ALERTA TOTAL Nenhum dos pré-candidatos ao Palácio do Planalto na eleição de outubro próximo pode garantir que seu nome aparecerá na tela da urna eletrônica. É que a Resolução nº 23.400, do Tribunal Superior Eleitoral, permite a troca de candidatos até o dia 15 de setembro, ou seja, 20 dias antes da eleição. Portanto, os candidatos devem ficar alertas, igual escoteiro, porque qualquer vacilo pode provocar a substituição. É sempre bom lembrar que os defensores do “volta, Lula” estão alertas.

NIVER Daniela Kniggendorf aniversaria no dia 9 de junho. Aliás, está às voltas com a festa de 15 anos de sua filha Júlia, quando agosto chegar. Quem está ao lado dela na organização é Tiago Correia.

NOVO PONTO A loja Reserva do ParkShopping está com novo ponto desde o início do mês. A abertura foi celebrada com festa no mall.

GRANDE FESTA O simpático baiano Felipe Silver, grande empresário de eventos, circulou pela cidade, visitou o Luxo de Festa e reviu vários amigos. Fará uma grande festa em Salvador dia 17 de agosto e prometeu convidar os brasilienses.

PROCURADOS E AMADOS No próximo dia 26 de junho um grande

Aniversário de 1 ano de Maitê Campos. Na foto, ela laedeada pelos pais Vanessa e Humberto Campos.

DIA DOS NAMORADOS ANTECIPADO O restaurante La Tambouille resolveu antecipar o Dia dos Namorados em ano de Copa do Mundo. A casa está preparando sugestões especiais para os casais apaixonados que não quiserem ficar divididos entre o amor e o futebol. Com a abertura do maior evento esportivo do mundo e jogo do Brasil acontecendo no dia 12 de junho, a casa terá dois dias seguidos dedicados aos apaixonados (11 e 12/06). E o novo chef da casa em Brasília, Waldeone Ferreira, com 18 anos de experiência no restaurante de São Paulo, já assumiu as caçarolas da filial brasiliense prometendo criar um cardápio com toques pra lá de românticos.


PASSAPORTE Brasília estará muito bem representada no XIII Congresso Internacional de Filosofia Prática, que acontece em agosto, em Belgrado, capital da Sérvia. José Eustáquio Moreira de Carvalho, diretor da Clínica de Economia Comportamental, teve o trabalho que associa Finanças Pessoais e Filosofia selecionado para apresentação.

ACREDITAÇÃO

INTERCÂMBIO Quem passou por Brasília no mês de maio foi a médica americana e especialista em implante capilar Dra. Robin Unger, do Mount Sinai Hospital e diplomata do Conselho Americano de Cirurgia de Restauração Capilar (ABHRS). Considerada um dos nomes mais respeitados do mundo nesse segmento, a Dra. Robin veio trocar experiências e analisar os procedimentos usados pelos Dra. Alessandra Juliano, responsável pelo setor de tricologia da Clínica Dr. Gilvan Alves, e com o Dr. Rodrigo Frota. Um intercâmbio de conhecimentos, onde os clientes da clínica do dermatologista Gilvan Alves serão os grandes beneficiados.

NOVIDADES GASTRONÔMICAS Depois do sucesso do Rosso, Pasta & Grill no ParkShopping, o empresário Eduardo Nogueira, um dos sócios da marca, inaugura o Rosso, Pasta & Grill Due, no Deck Sul, no Lago Sul. Com um cardápio especial para a noite e serviço diferenciado da grife localizada no shopping, o novo empreendimento investe em um produto de qualidade com um preço compatível. A carta de vinhos oferecerá 12 bons rótulos com um preço acessível e que deverá agradar bastante os clientes, garante Nogueira. O restaurante de 60 lugares tem design moderno e é assinado pelo renomado Washington Fiúza, especialista em arquitetura de restaurantes e dono de projetos reconhecidos internacionalmente.

DKJ STORE Com marcas badaladas no cenário da moda nacional, a empresária Daniele Egido inaugurou, no dia 29 de abril, a multimarcas DKJ Store. Localizada no Centro Comercial Gilberto Salomão, no Lago Sul, a loja apresenta nas suas araras as últimas tendências do Inverno 2014. No evento, com coquetel assinado pela banqueteria Rio 40° Graus, animado pelo DJ Léo S.A. e mailing list de Tatiana Vartuli, os convidados conferiram de perto as novidades de marcas como Skazi Premium, Renata Campos, Linda de Morrer, Ammis, Vivaz, Camila Klein, entre outras, com peças da estação.

NOVIDADES A banqueteira Renata La Porta foi uma das expositoras no Luxo de Festa Brasília 2014. Durante o evento, fez sucesso a degustação de uma de suas novas criações: o Sorbet Show. La Porta apresentou também parte de seu amplo acervo de louças, taças, talheres e guardanapos de linho.

VISÃO Finalmente cai o tabu em torno dos jogadores com problemas de visão. Nesta Copa do Mundo, Daniel Alves, nosso representante com a amarelinha, é um dos muitos atletas que utilizam lentes de contato. O integrante da seleção italiana, Mario Balotelli, passou recentemente por uma cirurgia para correção de miopia porque era alérgico a lentes. O oftalmologista Edney de Resende, do Hospital Pacini, compartilha: “Até o rei Pelé usou lentes corretivas”.

NOITE DE PREMIAÇÃO A 11a edição do Prêmio Engenho de Comunicação – O Dia em que o Jornalista Vira Notícia vai acontecer no dia 19 de novembro. A mudança de data, prevista inicialmente para 27 de maio, se deu a pedido do júri, que quer avaliar a cober-

Geovane Meireles e Andréa.

CONVITE A Fundação Armando Álvares Penteado e a Revista Consultor Jurídico convidam para o lançamento do Anuário da Justiça Brasil 2014, com a presença do Ministro Felix Fischer, presidente do Superior Tribunal de Justiça, dia 4 de junho, a partir das 18h30, no Mezanino do Superior Tribunal de Justiça.

LONGE DA BAGUNÇA Michel Platini, vice-presidente da Fifa, não ficará no Brasil durante a Copa. O cartola acompanha aqui os quatro primeiros jogos e volta para a Europa. Só retorna para as semifinais – e a final.

consuêlo badra

Hezir Espindola lançou seu livro Uma História de Vida no Iate Clube de Brasília. Na foto, Estenio Campelo e Hezir Espindola.

Primeiro hospital do DF a figurar no ranking da ONA/Ministério da Saúde, desde 2006 o Anchieta mantém a Acreditação Nível III – o mais elevado certificado brasileiro de conformidade dos serviços assistenciais. Em junho, a instituição passa, mais uma vez, por auditoria externa, que tem como principal foco a segurança de pacientes, médicos e colaboradores. À frente da qualidade está a competente executiva Maria Orlanda Pereira.

tura jornalística da Copa do Mundo e das eleições de outubro. No dia 20, anunciamos a mudança em jantar oferecido pelo Conselho Federal da OAB.

13


O pedido de impressão foi feito há alguns dias. “Vendemos em média 350 exemplares por mês”, diz Joseita Ustra, mulher do coronel reformado.

deas amarelas. Fátima Freitas de Castro, assim que chegar de temporada em seu novo apartamento carioca, abrirá sua residência no Lago Sul para assistir a um dos jogos da Copa em que o Brasil jogará.

Foto: Erivelton Viana

O PROBLEMA É CUIABÁ

Governador Agnelo Queiroz e o vice Tadeu Filippelli com o presidente do Clube de Engenharia de Brasília, João Carlos Pimenta, na inauguração da galeria dos ex-presidentes da casa.

PÕE NA TELA Os principais premiados do Festival de Cannes já têm exibição garantida no Brasil. O turco Winter Sleep e o italiano Le Meraviglie foram comprados pela Alpha Filmes e serão lançados pela distribuidora Pandora, ambas de André Sturm. A estreia será na Mostra Internacional de cinema em São Paulo, quando outubro chegar.

Dizem no Planalto: as obras mais atrasadas são as de Mato Grosso. A apenas 15 dias da partida Chile x Austrália, Cuiabá virou um grande canteiro de obras no entorno da Arena Pantanal. Aliás, 64% das pessoas que vão assistir ao jogo são estrangeiras

SE EU QUISER FALAR COM DEUS A editora Agir comprou os direitos de Deus – Uma história de revelação, do médico e escritor indiano Deepak Chopra, guru de estrelas como Lady Gaga e Gwyneth Paltrow. O livro mostra a relação de dez personagens históricas com o “divino”. Deepak traça o retrato de um Deus em constante transformação, mostrando como nossas crenças também se transformam ao longo dos séculos.

consuêlo badra 14

Cleucy Oliveira e sua mãe Elcy Meireles.

FINOS RECEBEM EM CASA

O governo prepara a terceira edição do Minha Casa Minha Vida com a contratação de mais 1 milhão de moradias a partir de 2015. A renovação atende às expectativas do setor de construção civil de que haverá continuidade do programa, independentemente de quem vencer as eleições. Até o fim deste ano, o Minha Casa vai beneficiar 3 milhões de famílias.

Muitas socialites já estão se preparando para os jogos da Copa e pretendem receber pequenos grupos para assistirem aos jogos e torcer para o Brasil em grande estilo em casa. Gislene Borges é uma delas. No decorrer dos jogos pequeno grupo participará de feijoada em sua bela residência na Península dos Ministros, assim que retornar de Paris, onde passa temporada em seu apartamento parisiense. Carla Lobo, que também pretende receber, já está com a decoração toda pronta, com direito a esculturas de cacatuas nas cores verde e amarelo, combinando com suas orquí-

Livro de autoria de Carlos Alberto Brilhante Ustra, ex-chefe do DOI-Codi, A Verdade Sufocada chegará à 10ª edição.

A próxima novela das nove vai se chamar Império. É de Agnaldo Silva, com direção de Rogério Gomes. Estreia após a Copa, no fim de julho. Vai ser dos mais rigorosos o esquema de segurança no Copacabana Palace durante a Copa do Mundo. Até agora, já estão com a hospedagem confirmada no hotel a chanceler alemã Angela Merkel, o príncipe Albert, de Mônaco (filho de4 Ranier III e de Grace Kelly), e o sheik do Catar Hamad bin Khalifa.

CASARÃO

ASSIM FALOU USTRA

NÃO É FALSO BRILHANTE

FALTAM POUCOS DIAS CRAQUES DO AMANHÃ Entre 10 e 15 de junho, 130 adolescentes de 28 países participam do Coke Camp. Aline Cristina da Silva, 14, é a representante brasileira no acampamento em Sapucaí Mirim (MG). Jogadora da seleção de Valinhos, ela foi campeã da Copa Coca-Cola em 2013. Com os demais jovens da competição, já garantiu seu ingresso para Brasil x Croácia.

Simonetta Santelli, Odette Trotta e Iracema Torres.

ALIÁS E A PROPÓSITO Por questão de segurança, o presidente russo Vladimir Putin decidiu não se hospedar em hotel durante sua estada no Rio de Janeiro para a Copa do Mundo. Putin e sua comitiva chegam em três aviões na manhã do dia 13 de julho. Ele assiste à final do Mundial, no Maracanã, e dorme na Base Aérea do Galeão, que terá segurança reforçada.

GAP A gigante americana GAP desembarca no BarraShopping, Rio, dia 24 de julho. Ocupará 750 metros quadrados de área útil. Terá todas as coleções, em especial a Kids, febre no mundo todo.


recordar é

viver Fotos Rodolfo Stuckert, Henrique Guillen, Emivaldo Silva

Tereza Cruvinel, Inocêncio Coelho, Leonardo Motta Neto, Lygia Leite de Camargo, deputado Paes Landim e Consuêlo Badra

recordar é viver

Walmir Campelo, José Gravia e Wanderley Mattos

16

José Alberto Couto Maciel

Tatiana Lacerda e sua mãe, Wilma Moraes com o marido Eugênio Lacerda

Laila Navarrete, Ana Luiza Pinheiro, Zely Ornellas e Lygia Leite de Camargo


Regina de Castro, Tereza Sabino, Lincoln Souza e Vera Lucia Rocha

Cleucy de Oliveira, Adriana Colela, Cleuza Ferreira, Isa Mozzato, Elizabeth Amorim e Cristina Peduzzi

Walblou Steckelberg e Cel. Danton Nogueira

Deborah Pinheiro Rocha

Gilberto Amaral (completando este ano 80 anos bem vividos)

recordar ĂŠ viver

Nice LobĂŁo, Elza Nabut e Maria Helena Gomide

17


As irmãs Áurea e Salma Farah com o marido Gilvan

recordar é viver

Norma Pedrosa, Gilda Cury, Marta Prata, Clotilde Cunha Costa, Neuza Paiva e Eliza Ferraz

18

Carlos Aguiar, casal Therezinha e Waldemar Scarone, Claudio Valente e Jota Mape

Isa Mozzato, Wilma Pereira e Maria Salomão

Gilberto Salomão

Chiquinho Scórcio e Kurt Pessek


Ana Luiza Miranda, Terezinha Fiuza, Bernadete Amaral, Consuêlo Badra e Eunícia Guimarães

Neusa Almeida e Marta Palhano

O casal Raquel e Aroldo de Castro Oliveira

Tania e sua mãe, Lygia Leite de Camargo

Amir Nasr

recordar é viver

Fábio de Carvalho e Francisco Arinos

19


Aniversariantes de junho

aniversariantes

Fotos: Paulo Lima e César Rebouças

20

Dia 1 - Anna Christina Kubitschek Pereira

Dia 1 - Tania Camargo

Dia 1 - Roseane Sarney

Dia 2 - Isadora Dutra Badra

Dia 3 - Clotilde Chaparro

Dia 5 - Francisco Pinheiro da Rocha

Dia 7 - Walter Egídio da Costa

Dia 9 - Daniela Kniggendorf

Dia 9 - Elany Leão


Dia 10 - Marcone Formiga

Dia 11 - Lúcia Toller

Dia 11 - Marília Dario

Dia 11 - Carmen Fonseca

Dia 12 - Oswaldinho Rocha

Dia 13 - Ana Paola Frade Pimenta da Veiga

Dia 13 - Leda Napoleão

Dia 15 - Lourdinha Araújo

Dia 16 - Carol Hudson

Dia 17 - Diego Badra Garcia Nunes

Dia 17 - Rita Pepitone

aniversariantes

Dia 10 - Fabiany Damasceno

21


aniversariantes 22

Dia 19 - Ana Claudia Badra

Dia 19 - Ciromar Amaral

Dia 19 - Eneida Neumann

Dia 19 - Ă‚ngela Alves

Dia 21 - Mariza de Macedo-Soares

Dia 21 - Senador Eduardo Suplicy

Dia 23 - Ivan David David

Dia 23 - Renata Hargreaves

Dia 23 - Francisco Amaral

Dia 25 - Maria Celina Gordilho

Dia 29 - Wesliane Roriz

Dia 29 - Lia Dinorah


Carlos Chagas

I

ncontáveis vezes o Lula anunciou viagens permanentes por todo o país, em defesa da candidatura de Dilma, mas fora uma bissexta passagem pela Bahia, continua devendo. Prefere o exterior, de onde não arrancará um voto sequer para a sucessora. Aécio Neves desde o final do ano passado anuncia caravanas pelo Nordeste, o Norte e demais regiões, mas fica mesmo no eixo Brasília-São Paulo. Eduardo Campos até mudou-se para a Paulicéia, que seria o centro irradiador de visitas aos demais estados, mas parece que gosta mesmo é do Recife. Dilma viaja muito, misturando obrigações presidenciais com campanha eleitoral velada, mas, constrangida pela legislação, não pede votos. Assim estamos a quatro meses das eleições, ainda que deva ser descontado mais um mês e meio por conta da Copa do mundo. Comemorações ou incriminações ocuparão a segunda quinzena de julho, concluindo-se que a campanha presidencial começará mesmo em agosto. Felizmente, dirão os céticos, satisfeitos porque de uns anos para cá desapareceram os comícios em praça pública, substituídos pela propaganda nada gratuita na televisão, mas oferecendo o artifício de desligar os aparelhos. Na verdade, são os políticos que empurram as campanhas e as eleições com a barriga, cientes de que o eleitorado não está nem aí. Desinteresse ou rejeição, tanto faz, porque pelo menos

até agora o cidadão comum não toma conhecimento da disputa. A última vez em que se registrou maior participação popular foi em 1989, depois de três décadas sem que o povo pudesse votar para presidente. Deu no que deu aquela malfadada experiência. As escolhas de Fernando Henrique e do Lula, em seguida, empolgaram muito pouco. Basta atentar para que as novelas sempre bateram os debates, nas telinhas. A conclusão a tirar é de que se o voto não fosse obrigatório, voltaríamos aos tempos da República Velha, quando a média de 25% de cidadãos comparecia às urnas, mesmo descontada a proibição de analfabetos e de mulheres votarem. A pergunta que fica é se o país está melhor assim, mergulhado na indiferença. Parece que sim, ainda que devamos esperar outubro. CRIME DE LESA-PÁTRIA Imagens chocantes ganharam a mídia, semana passada, mostrando faltar muito pouco para a floresta encobrir de vez a rodovia Manaus-Porto Velho, abandonada pelo radicalismo de Marina Silva e outros ambientalistas, inclusive os companheiros. Sequer deixaram que a estrada, porta de saída da capital do Amazonas, fosse asfaltada. Em nome do macaquinhos de cabelos louros, impediu-se o desenvolvimento da região, onde inexistem até botequins de origem duvidosa. Os governos Lula e Dilma não moveram um dedo sequer para corrigir o atraso.

ARTIGOS

Indiferença diante das campanhas

23


José Alberto Couto Maciel

A onda e nós

aritgos

E

24

xiste o mar, imensa força inexplicável de água coberta pelo céu. Repentinamente surge a onda; nasce do nada, filha do mar. Ela cresce, e durante sua rápida vida, corre até se espraiar na areia e, então, a água que formou a onda volta para o mar, ficando dela somente a lembrança. O mar é como a força energética que nos cria, mistério que prenuncia a vida, inexplicável também. Não sabemos quando nem por que, mas da relação entre mar e céu nasce a onda, e da relação entre homem e mulher nascemos nós, como a onda. E nossa vida vai seguindo, correndo no tempo, rapidamente, e quando pensamos em recomeçar já estamos chegando ao fim. Algumas ondas se sobressaem, são fortes, são altas, são lindas; outras são pequenas, correndo ou quebrando na arrebentação; ainda outras se tornam apenas marolas. A vida da onda, como a nossa, é breve. Alcança seu auge, começa a envelhecer, decai correndo ou quebrando, vai perdendo sua força e morre na praia. O importante, porém, é que, na verdade, a onda, como nós, não morre quando parece chegar ao seu fim, espraiada. Ao perder sua característica de vida, volta ela, levada pela correnteza, a ser integrante do mar novamente, e vemos que o que era onda agora é mar.

Nós, que viemos de uma força energética, desconhecida, sem saber como nem por que, ao morrer, como pensam todos que de nós se despedem, ao morrer também na verdade não morremos. Nosso espírito, que se espraia após o que chamamos morte, perde a individualidade, o contato com o ego, surgindo nosso eu não manifesto. Como a onda, passamos a integrar nossa força infinita, que é somada pelo espírito de todos nós. Deixamos lembranças, mas continuamos após a morte, não como um ser individualizado, mas como parte da força energética universal de onde viemos. O mar é força, o espírito é força, a onda, nós e tudo materialmente em volta são expressões materializadas de um mundo que é muito maior e muito mais infinito do que o nosso, daí a incompreensão de todos sobre esse mistério que ninguém esclarece. Surgem religiões, seitas, numerosas hipóteses para dar uma solução de vida aos que morrem, como se quiséssemos dizer: “Nossa vida continua independentemente da morte”. O contrário, porém, é o que acontece. A onda corre, se espraia e volta a ser mar. Nós crescemos, vivemos e voltamos a ser força, ou seja, somos apenas energia, vivendo com uma roupagem, como a onda, mas, na realidade, somos, como a onda, o mar, uma força energética.


Paulo Castelo Branco

A

s viagens de turismo sempre foram motivação para, especialmente as mulheres, saírem às ruas em busca de raridades em brechós e mercados de pulgas. Na verdade, esses locais não têm nada de sujo, como se faz supor pelo nome dado a eles. A realidade é que as pulgas mais comuns na área urbana são as Pulex irritans, que têm como hospedeiro preferencial os seres humanos e podem transmitir doenças leves ou sérias. Não cabe aqui desenvolver mais pesquisas googleanas para continuar o assunto das visitas aos “mercados de pulgas” que se espalham pelo mundo. Antigamente, antes da descoberta da americana Miami, os turistas buscavam em Paris os melhores marché aux puces da cidade. As pulgas de Saint-Ouen, mais conhecidas como “Les Puces”, são compostas de dezesseis mercados que constituem o maior mercado de antiguidade no mundo! Cada ano, os mercados recebem mais de seis milhões de visitas. Ali se pode comprar de tudo, desde roupas e acessórios até móveis Louis XV. As principais lojas são: Malik, Jules Vallés, Vernaison, Antica, Malassis, Dauphine, Biron, Cambo e Serpette. Outros importantes mercados são o Porte Vances e Porte-­deMontreuil, além de outros tantos que deixarei para serem apresentados pelo Pedro Gordilho, nosso especialista em Paris, a quem peço desculpas pela intromissão em assuntos pertinentes à sua preciosa coluna. A minha intenção mesmo é atravessar o oceano e desembarcar na quase anexada pelos brasileiros, na nossa nova cidade maravilhosa, Miami. A antiga capital informal cubana foi invadida por nós, não só pela proximidade, mas também em busca de segurança e liberdade de circular pelas ruas a qualquer hora. Os brasilienses ainda estão com maior vantagem, pois é

mais rápido chegar ao outro lado do Atlântico do que ir a Taguatinga ou Planaltina. Um amigo, cansado das longas viagens à Europa, encantado com os relatos de que Miami havia se tornado uma metrópole digna de estar entre as melhores cidades do mundo, cedeu aos pedidos da mulher e dos filhos e resolveu passar duas semanas por lá. Levou os sogros, as babás e o motorista de confiança. Alugou uma van de luxo pelo preço de um “ponto zero” das nossas locadoras. Chegou por Orlando para os filhos passarem uns dias nos parques da Disney. Depois, pelas rodovias de alta velocidade, rumou para Miami. Hospedou-se em um dos melhores resorts com vista para o mar. Em duas suítes para a família e dois apartamentos para os empregados. Sentiram-se milionários com tanto conforto e luxo a preços módicos; em termos, é claro. As crianças ficaram nas piscinas, enquanto meu amigo e o sogro saíram em busca de restaurantes e bares para degustarem as melhores marcas de vinhos e pratos. A mulher e a sogra, atendidas pelo motorista, partiram em direção aos mercados de pulgas que, segundo especialistas, não ficam nada a dever aos parisienses. Começaram pelo mais famoso, o “Opa Locka Hialeah Flea Market”, nome complicado, mas que oferece de tudo: joias, ferramentas, malas, brinquedos, roupas, móveis e artigos de decoração. Bateram pernas, até cansar. À noite, exaustos, foram todos cedo para a cama. Na madrugada, o primeiro pinicar incomodou uma das crianças, que foi chorando para a suíte dos pais. Por incrível que pareça, uma praga de pulgas havia atacado o hotel. Os hóspedes, desesperados, reclamavam insistentemente da invasão dos insetos, que nada tinham a ver com o “mercado de pulgas”. Foi preciso uma operação FIFA para acabar com o surto.

Artigos

Mercado de pulgas

25


Aristóteles Drummond

Política com modos

ARTIGOS

A

26

nda faltando razão e bom senso em tudo quanto é lado neste Brasil que se deixa dominar pelas tensões pré-eleições. Nessa confusão toda, governo e oposição têm suas motivações, mas, no final, todos perdem a razão. A oposição é negativista demais, por vezes exagerando nas críticas, e omissa nas propostas concretas. O governo, com certa arrogância, não ouve seus próprios quadros e permanece imóvel com o “fogo amigo” dos que entregavam projetos nas áreas do meio ambiente, dos índios e dos agitadores do campo. Ora, ninguém pode negar a qualidade dos quadros do setor elétrico, preservados inclusive pela presidenta, que tem gente de sua confiança e reconhecida competência na área. O mesmo ocorre com o Banco Central, BNDES e o Banco do Brasil. Os diplomatas e militares são fornecedores tradicionais de grandes executivos no setor público. Mas forças estranhas inibem o aproveitamento desses quadros em posições estratégicas. E, no caso do Itamaraty, nem são ouvidos na política externa, que é tratada de maneira bolivariana. A própria presidenta, se não é a executiva que gostaríamos, ou que as circunstâncias políticas impediram, não é o desastre alardeado entre oposicionistas, na política, na mídia e nas redes sociais. Os seus projetos, denominados PAC, são importantes. E os atrasos são devidos a esse pessoal do próprio governo, que embarga, engessa e faz atrasar todos os cronogramas. Para

esses, ela deveria voltar seu gênio forte e suas reações quando contrariada. Começou, aliás, muito bem, quando foi afastando a turma sob suspeita. Poderia voltar à “faxina”, como ficou conhecida sua postura inicial. Caso não se reeleja, seria um fecho de mandato. No mais, no mundo moderno não se governa mais ao sabor das preferências ideológicas e, sim, das conveniências reais dos povos e países. O objetivo é melhorar a vida da população. E não nos parece ser o que acontece com parceiros queridos de sua assessoria internacional, como Cuba, Venezuela, Equador, Bolívia e Argentina. Na oposição, o que credencia o senador Aécio Neves não é o discurso recomendado pelos profissionais do marketing político. O que grita no ex-governador mineiro é a sua obra, a capacidade de formar equipe competente e séria, tocar grandes projetos com sucesso. Essa é a sua credencial, que inclui um excelente relacionamento com as forças produtoras de Minas. O povo sabe disso tudo. Logo, a campanha não pode nem deve ser de baixo nível, pois o desgaste maior é para a democracia que se tenta construir. E a politicagem do toma lá, dá cá é repelida pela sociedade em todos seus segmentos. Nível alto na disputa, mais lealdades e menos “fogo amigo” permitirão um avanço que será observado lá fora pelos investidores. Com as coisas no rumo que estão, ninguém se arriscará a apostar no nosso país.


Florian Madruga

A campanha continua

ARTIGOS

H

28

á dois meses lancei a campanha contra a burocracia, esse mal que corrói o Brasil, pior que câncer agressivo. Nesse período, festejei dois importantes apoios contra a burocracia. O primeiro, do senador Fernando Collor de Mello, presidente da Comissão de Serviços de Infraestrutura do Senado, ferrenho crítico da burocracia, durante o 1º Fórum Nacional de Infraestrutura, quando discorreu sobre a complexidade das soluções para os problemas do Brasil, provocados pela burocracia. Senador Collor foi enfático: “Sem transporte, a economia não anda. Sem energia e combustível, ela se apaga e para. Da mesma forma que, sem telecomunicações, ela se cala. E sem saneamento, ela adoece. Mas sinto que nossa conformação público-administrativa, aliada ao seu infinito arcabouço legal, alastra-se e, cada vez mais, ofusca qualquer tentativa de uma boa gestão. Burocracia e tecnocracia, de tão enraizadas e encasteladas na cultura dominante de nossos governos, e de tão repetidas quando se esmiúça o poder público, tornaram-se termos desgastados, desprezados e até vulgarizados. Por isso, caíram no lugar comum. São práticas que insistem em se recriar, se reinventar e, pior, em procriar. Hoje, nos tornamos reféns da auditocracia, da controlocracia e da licenciocracia, todas adeptas da letra fria da lei e de peculiaridades como a rigidez de análise, a estreiteza de horizontes, a desproporcionalidade de decisões e a insensibilidade perante as reais necessidades do país”. Arremata o Senador alagoano: “O Brasil carece, acima de tudo, de bom senso, razoabilidade e realismo em praticamente todas as áreas da administração pública”.

O segundo, recebi do doutor Cid Heraclito de Queiroz, exProcurador-Geral da Fazenda e atual Consultor Jurídico da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo, a CNC, que, em magnífica palestra proferida para o Conselho Técnico da entidade, discorreu sobre “A Burocracia”, transformada em bem acabada plaquete. Diz o autor no início de sua palestra: “A grande crítica ao modelo da burocracia é a de que ele não se coaduna com a rapidez e a flexibilidade necessárias, nos dias atuais, para a tomada das decisões e respectiva execução. Mas não haveria outro melhor e as deficiências tidas como sendo do modelo são devidas, na realidade, às distorções na sua prática: estruturas gigantescas; muitos chefes; encargos repetitivos; muitos níveis hierárquicos; e nomeação, para os cargos de direção e chefia, de pessoas despreparadas, sobretudo quando a escolha recai em estranhos às carreiras da entidade.” E conclui: “Dessa forma, a expressão burocracia passou a significar, na administração, as exigências, as condições, os procedimentos desnecessários, morosos, inoportunos ou repetitivos, as filas, a sucessão de pareceres, as diligências, o exagero de níveis hierárquicos, os atendentes despreparados e lentos, as licenças e autorizações, a falta de informações visuais nos locais de atendimento público, os prazos longos ou sem limite predeterminado, bem assim as barreiras intransponíveis e os entraves inexplicáveis, sempre onerosos aos cidadãos, às entidades e ao Estado. A burocracia consagra a prevalência da forma sobre a finalidade ou o objetivo. São cognatos de “burocracia”, em sua nova acepção, o verbo “burocratizar”, o adjetivo “burocrático” e o substantivo “burocrata”. A burocracia torna improdutivos e inoperantes os entes públicos e muitas entidades privadas, com aumento imoderado de custos, perda de competitividade, ineficácia das ações, desestímulo aos investidores”. Como se vê, nestes tempos de campanha eleitoral, seria ótimo se os candidatos ao trono do Palácio do Planalto lessem “A Burocracia”, de Cid Heraclito de Queiroz. Quem se eleger terá um bom roteiro para começar seu governo. Aliás, vou verificar se na plataforma dos candidatos (eles ainda têm plataforma?) fazem alguma referência ao combate à burocracia. DO SAMBISTA ZECA PAGODINHO, MAIS CARIOCA QUE NUNCA: “Mulher fria e cerveja quente são as duas maiores derrotas que existem”.


A moderna Santiago Chile

mara amaral

S

30

aindo de São Paulo pelos modernos BOEINGS 777, em apenas três horas e meia você chega a capital do Chile. A espetacular Cordilheira dos Andes pode ser vista de qualquer lugar da cidade. Com parques arborizados, prédios modernos, shoppings internacionais, ótimos restaurantes e vinhos para ninguém botar defeito, Santiago está bem modernizada, com galerias e centros culturais cosmopolitas e a gastronomia cada vez melhor. Tudo isso sem falar nos centros culturais cosmopolitas e zonas residenciais muito agradáveis. Roteiros nas vinícolas são o que não falta no Chile, que tem muito orgulho de suas Viñas. Duas vinícolas se destacam perto de Santiago, a Santa Rita e a Concha Y Toro. Na moderna Santiago, os espaços públicos estão enfeitados com obras de artistas variados, e as fachadas do centro foram

renovadas. O passeio pelos prédios históricos é agradável, como o Museu de Belas Artes , de 1920, e o Mercado Central. Caminhar pela Plaza de Armas e visitar o Parque Florestal, onde tem sempre gente tomando sol e crianças brincando, é um passeio muito divertido. Lastarria, no centro, cujo coração é o Cerro Santa Lúcia, tem um belo parque com mirante. As avenidas Castañera e Alonso de Córdoba, ambas em Vitacura, lembram a Champs Elysées ou a Quinta Avenida de NYC, com muitas galerias de arte, Museu da Moda e lindas lojas de grifes internacionais. Os destaques de Santiago estão ao redor do rio Mapocho, que corre na direção leste-oeste vindo dos Andes e corta a cidade. El Centro é a antiga cidade, Providencia é a área residencial e comercial da classe média. Todas as distâncias no Chile são medidas a partir da grande Plaza

Foto: Bernadette Amaral

Em geral a capital Chilena tem um alto desenvolvimento econômico

George Lamaziere – Embaixador do Brasil no Chile. Competente, querido, está fazendo um excelente trabalho, elevando o nome do nosso país. Juntamente com sua mulher Olívia, forma um casal de destaque no mundo


Mercado Central, contruído em 1857 com a colaboração do arquiteto Charles Garnier

Detalhe do seu interior

de Armas, o centro histórico da cidade e atrativo para uma eclética mistura de ambulantes, engraxates, trabalhadores e jovens românticos se abraçando nos bancos do parque. O Museu de História Nacional tem um bonito acervo de artefatos coloniais; ali perto, o Museu de Arte Pré-Colombiana tem artefatos indígenas originários do México ao Chile. Perto da principal via do centro, a Avenida Alameda, está o Palácio de La Moneda e os escritórios da primeira presidente mulher do Chile, Michelle Bachelet. Em frente ao Palácio está o subterrâneo Centro Cultural Palacio La Moneda, o melhor centro artístico de Santiago há muito tempo. De volta ao rio Mapocho, em Vergara e na Avenida 2 de Mayo, está o confuso e colorido Mercado Central. Mais adiante estão as ruas cheias de cafés do charmoso Parque Forestal, e o elegante e barroco parque Cerro Santa Lucía. Do outro lado do Mapocho está Bellavista, parte do bairro de Providencia e um lugar boêmio onde está o Museu La Chascona, uma

Melhor época do ano A alta temporada na maioria das regiões é de dezembro a fevereiro (verão). De junho (final) a setembro (inverno), o tempo é ideal para resorts e ski, por causa da neve. Para outros locais, como no centro-sul, recomenda-se viajar a partir de outubro, para um clima menos frio e menos estradas bloqueadas. Para a Patagônia, recomenda-se outubro/novembro, e março/abril são recomendados para quem vai ao extremo sul, quando diminuem os ventos. Para o norte, a preferência é o mês de novembro.

Degustação de vinhos Concha y Toro – O vinho é o mais famoso e tradicional produto de exportação do Chile. Nada menos do que oito vales estão entre uma e duas horas de Santigo e muitas vinícolas estão abertas para visitas e degustação. Concha y Toro e sua vinícola top como o vinho Almaviva ficam tão perto de Santiago que dá para ir de táxi. Os vales mais falados do momento são o San Antonio, Maipo e Cachapoal, tão procurados

que é preciso fazer reservas com antecedência. Procure uma agência de viagens.

Economia O cobre responde por metade da exportação do Chile, assim como as frutas, o vinho, peixes, ferro, aço, madeiras e derivados.

Restaurantes Coquinaria Mestizo Osaka Lolita – O meu favorito Aquí Está Coco Café con Piernas Patio Bellavista Astrid & Gastón Happenning Aquí Está Coco – Frutos do mar * Peça ao Concierge do seu hotel o endereço.

Especialidades

Pisco Sour Não deixe de provar o drink mais popular do Chile. Esse está para o Chile assim como a caipirinha está para o Brasil. Empanadas Por todo lado da cidade você verá lojas vendendo “empanadas”. Prove todas e eleja a melhor de Santiago.

mara amaral

das casas do poeta chileno Pablo Neruda. O Cerro San Cristóbal/Parque Metropolitano, um parque na montanha, também está na região e oferece vistas de cair o queixo da cidade e dos Andes.

31


La Chascona, casa de Pablo Neruda

A Catedral

O teleférico para apreciar a linda vista

Mall Sport Como o nome diz, é dedicado exclusivamente a esportes. Parque Arauco Shoppings Parque Arauco e Alto Las Condes, no estilo dos melhores shoppings brasileiros. O Parque Arauco é maior, Foto: Bernadette Amaral

Hotéis The Ritz – Carlton Santiago (provavelmente o mais luxuoso da cidade); Grand Hyatt Santiago; W Hotel – O hotel mais cool da Rede Starwood, imperdível.

Compras Pura Em Las Condes, confira a loja Pura com uma seleção de artigos regionais de excelente qualidade. Artesanais de Chile Essas lojas são as melhores para comprar algo como a pedra local, lápis lazuli.

mara amaral

Paseo Ahumada No centro da cidade, repleta de lojas e galerias incluindo as duas principais lojas de departamentos de Santiago – Ripley e Falabella.

E por nada no mundo perca

Christofer – O concierge do Ritz que virou amigo

Alonso de Córdova No elegante bairro de Vitacura. Lindas casas históricas ambientam as mais famosas grifes internacionais. Vá à tarde, pois de manhã costuma estar muito vazia. Email: maraamaral2002@hotmail.com

32

com melhores lojas e uma grande variedade de restaurantes.

Portillo, estação de esqui e snowboard de primeira linha; Vale Nevado, outra estação de sky famosa, essa precisa ter fôlego, são 60 curvas até chegar no vale com 3.000 metros de altura; Patio Bellavista, um mini-shopping a céu aberto com várias opções de restaurantes e lanchonetes para todos os gostos; O novo Centro Cultural Palacio La Moneda; Não deixe de visitar o Cerro San Cristóbal; Jardim Botânico e Jardim Zoológico; Plaza de la Ciudadanía; La Chascona a casa onde morou o poeta Pablo Neruda, ganhador do Prêmio Delícia, delícia: Centolla, comida típica do Chile

Nobel, o mais famoso poeta chileno; MAVI (Museu de Artes Visuais), MAS (Museu Arqueológico de Santiago); Concha y Toro; Teatro Municipal, o esplêndido Teatro foi concluído em 1857 com a colaboração do arquiteto Charles Garnier, que projetou a Ópera de Paris; Experimentar o clássico prato, a Centolla (Mercado Municipal); Combinar com a agência indicada pelo concierge do seu hotel uma visita ao Deserto de Atacama; Conhecer o Centro Cultural Gabriela Minstral, com lojas, espaços ao ar livre e salas para exposições e shows.


34

pedro Gordilho


Travessia teologal “Dá-te pressa, Senhor, em responderme (...), mostra-me o caminho por onde devo andar, porque a ti elevo a minha alma.” (Sl. 143, 7-8)

pedro Gordilho

M

udanças inesperadas permitem o surgimento do herói que temos dentro de nós. O herói que enfrenta as adversidades, segue adiante e cria um ambiente agradável e confiante ao seu redor. Há dois tipos de mudanças, segunda a metáfora utilizada pela medicina tradicional chinesa: as mudanças mobilizadas pelo céu e aquelas mobilizadas pelo trovão. As primeiras são as que vamos buscar. Nós temos a iniciativa. Resultam de nossos desejos e ações. Já aquelas mobilizadas pelo trovão são as que aparecem de forma inesperada, mortes, enfermidades, despedidas. São dolorosas. Geram medo. O primeiro passo, diante desse cenário, é assumir que qualquer desafio é um convite para darmos o melhor de nós. “Siga o conselho do seu próprio coração, porque mais do que este ninguém será fiel a você. A alma do homem frequentemente o avisa melhor do que sete sentinelas colocadas em lugar alto. Além disso tudo, peça ao Altíssimo que dirija seu comportamento conforme a verdade”. (Eclo, 37, 13-15). O segundo passo é entender que temos em nós essa possibilidade de adaptação às mudanças. Nosso cérebro está em evolução há 2 milhões de anos. Tem uma capacidade infinita para fazer ajustamentos. Mas o medo nos impede de ver todo nosso potencial. Ora, nascemos e morremos com medo. Dizem os budistas: “Muito poucas vezes não temos medo. É quando temos pânico”.

35


pedro Gordilho 36

“Quem teme ao Senhor não tem medo de nada e não se assusta, porque o Senhor é a sua esperança. O Senhor cuida daqueles que o amam. Ele é escudo poderoso e sustentáculo forte, abrigo contra o vento sufocante e abrigo contra o ardor do meio-dia, proteção contra os obstáculos e socorro contra as quedas. O Senhor eleva a alma e ilumina os olhos, concedendo saúde, vida e benção.” (Eclo, 34, 14-17). Podemos conviver com o medo. O fundamental é que sigamos adiante, coerentes com o que buscamos e preservando nossa unidade. Isso enfraquece a tensão provocada pelo medo. Começa, nesse momento, a travessia do deserto. O grande desafio. A difícil transposição. “Persevere em sua tarefa, faça dela a sua vida, e envelheça cumprindo o seu dever.” (Eclo, 11, 20). Parece que tudo se desmancha, perde a integridade. Surge aí nossa fragilidade. Pensamos que a vida seria de certo modo e vemos que não é assim. A vantagem é que aí defrontamos com a humildade. Temos o sentimento de nossa fraqueza. Sentimento que haverá de ser aceito com naturalidade. E então aprendemos. Aprendemos que a palavra humildade vem de húmus (terra) e quando chegamos no chão aprendemos coisas que de outro modo não seríamos capazes. Vem a compreensão de que podemos sair do deserto. Sair e dar um sentido à vida.

“(...) os meus ossos não te foram encobertos, quando no oculto fui formado, e entretecido como nas profundezas da terra. Os teus olhos viram a substância ainda informe e no teu livro foram escritos todos os meus dias, cada um deles escrito e determinado, quando nem um deles havia ainda”. (Sl 139, 15-16) “Seja qual for a ofensa, não guarde ressentimento contra o próximo, e não faça nada levado pela raiva. A soberba é odiosa para o Senhor e para os homens, e os dois abominam a injustiça.” (Eclo, 10, 6-7). “A essência do orgulho humano é afastar-se do Senhor e manter o coração longe de quem o criou. O pecado é o princípio do orgulho. Quem se entrega a ele espalha abominação.” (Eclo, 10, 12-13). É fundamental o apoio de amigos sinceros, capazes de nos ouvir. “Converse com homens de bom senso e tenha sempre como assunto as leis do altíssimo. Que seus companheiros sejam homens justos e seja seu orgulho temer ao Senhor.” (Eclo, 9, 14-16).

Temos sombras e o trovão as põe na bandeja para que sejam vistas frente a frente. E aí vemos que há sempre uma luz atrás das sombras. Autoaceitação. Nós temos de equilibrar a aceitação de nós mesmos e a aceitação de nós, como somos, pelo mundo. Se somos coerentes, fidedignos e fiéis a nós mesmos, e por isso nos aceitamos, haverá oportunidades e pessoas que nos aceitam. Uma certeza certifica a outra. “Desde o princípio, Deus criou o homem e o entregou ao poder de suas próprias decisões. Se você quiser, observará os mandamentos, e sua fidelidade vai depender da boa vontade que você mesmo tiver. Ele pôs você diante do fogo e da água, e você poderá estender a mão para aquilo que quiser. A vida e a morte estão diante dos homens, e a cada um será dado o que cada um escolher. De fato, a sabedoria do Senhor é grande, pois ele é Todo-poderoso e tudo vê. Seus olhos estão sobre aqueles que o temem, e ele conhece cada ação que o homem realiza. Ele não mandou ninguém se tornar injusto e a ninguém deu permissão para pecar. (Eclo, 15, 14-20). Após a travessia vem a parte iniciática. Nova reflexão. Novas hábitos. Novas ações. Que devem começar somente após a travessia. Nunca antes. “Não faça nada sem refletir, e não mude de ideia enquanto está agindo. Não ande por caminho acidentado e você não tropeçará nas pedras. Não confie no caminho que não tem obstáculos, e seja cau-


“Sonda-me (...) e conhece o meu coração; prova-me e conhece os meus pensamentos; vê se há em mim algum caminho mau, e guia-me pelo caminho eterno”. (Sl 139, 23-24) de reducionismo, de exclusivismo. A visão para fora, o interesse solidário. Abnegação. Altruísmo. Solidariedade incondicional. E o outro ponto é que sozinho o verdadeiro caminhante se salva. Não espera ninguém, toma a iniciativa, não cai na vitimização. Ele é um autêntico protagonista de sua vida. Um condutor do infinito.

pedro Gordilho

teloso até com seus filhos. Em tudo o que você faz, acredite em si mesmo, porque também isso é observar os mandamentos. Quem acredita na Lei, observa os mandamentos; quem confia no Senhor, não ficará frustrado.” (Eclo, 32, 19-24). O término do caminho. O caminho do protagonista termina quando ele regressa ao cotidiano e, logo, vai descansar no pequeno. Somos a mesma pessoa mas por dentro não somos iguais ao que éramos antes. Passamos a ser personagens principais de nós mesmos. Dois pontos devem ser então ressaltados. O primeiro deles é que nosso figurante, a partir de agora, tem um compromisso com algo mais do que ele mesmo, ou seja, com o que está além, o oposto de egoísmo, de egolatria,

Referencias bibliográficas • Bíblia Sagrada, Ed. Pastoral, Paulus, 1990. • Eclesiástico (Eclo). Obra escrita entre 190180 a.c. por Jesus Ben Sinac. Chegou até nós graças à tradução grega, feita pelo seu neto, em 132 a.c.. A narração mostra a experiência básica de todo homem e de qualquer povo: a sabedoria que nasce da experiência concreta e conduz à vida. • Salmos (Sl). Os Salmos são orações que manifestam a fé que os oprimidos têm no Deus aliado. Orações que nos conscientizam e nos engajam na luta dentro dos conflitos, sem dar espaço para o pieguismo, o egoísmo, o individualismo ou a alienação. Contempla cento e cinquenta orações e constitui o coração do Antigo Testamento. • Pilar Jericó, Todos temos um herói dentro de nós, in Lotus Bem Estar n. 273, outubro 2011.

37


Ambientes

Ambientes

inspirados

38


E

m mostra recente realizada aqui em Brasília, os arquitetos e designers receberam o desafio de homenagear personalidades de destaque do meio social brasiliense, trazendo o universo deles para dentro de seus ambientes. Nesta matéria vamos conhecer um pouco desses espaços e das pessoas que os inspiraram.

Ambientes

Texto e fotos: Clausem Bonifácio

39


Espaço para Consuêlo Badra

Ambientes

Para homenagear a jornalista Consuêlo Badra, conhecida por seu requinte, a arquiteta Walleria Teixeira criou uma sala de jantar sofisticada e moderna. Para escolher vinhos e degustar com convidados, Walleria criou ainda uma saleta completando o ambiente. A vedete do espaço fica por conta do buffet oslo em espelho chumbo. Os tons de cinzas, beges, pratas e chumbo predominaram, realçando a mesa em tons de madeira clara.

40


InspIrado na vanguarda

Ambientes

Ricardo Maia, profissional que representa o universo que valoriza a beleza feminina, com forte expressão na Capital Federal, foi o homenageado de Karla Amaral. Inspirada na vanguarda e ao mesmo tempo no refinamento clássico de Ricardo, Karla criou um living em tons cinza e marrom com apelo bem urbano. O espaço é aquecido pelo piso em madeira e a iluminação traz a grande cena. A composição de mobiliário é despojada e permite diversos momentos, desde sofá à chaise longue, poltrona etc.

41


Ambientes

o quarto do fotógrafo

42

Nesse ambiente projetado por Beta Pollis, tive o privilégio de ser o homenageado. Beta criou um quarto sofisticado em tons de bege e cor de vinho, com a cama de casal posicionada solta no centro e encostada em uma leve divisória com madeira e vidro, dividindo e ao mesmo tempo integrando os ambientes. Beta escolheu objetos pessoais, deixando o quarto com uma atmosfera fotográficamusical. O destaque fica por conta de duas fotografias minhas do Rio de Janeiro impressas em canvas, que foram finalizadas pelo artista plástico Paulino.


43

Ambientes


capa

Nothing compares to you 44

Com um mercado em crescimento constante, chega ao Brasil a MICABEAUTY, marca californiana de cosmĂŠticos que escolheu BrasĂ­lia para debutar em solo brasileiro


cânico, eles possuem propriedades que protegem, nutrem e trazem inúmeros benefícios à pele. Claro que para nossas mulheres a qualidade vem em primeiro lugar, mas estão no mesmo patamar de avaliação o atendimento e a versatilidade desses produtos, características que são carro-chefe da MICABEAUTY. Em um bate-papo com a FOCO, o grande idealizador da implantação da marca em solo brasileiro, Bruno Avelar, nos conta um pouco da aventura que foi conseguir trazer algo tão grande para um mercado tão diversificado. As brasileiras são grandes consumidoras de cosméticos no mundo. Por que a MICABEAUTY chegou só agora? O Brasil é hoje o segundo maior mercado de cosméticos no mundo, atrás apenas

dos Estados Unidos e à frente da China. Mas o nosso diferencial é que nos EUA, por exemplo, o mercado gira em torno do turismo, então, não são os americanos que fazem o seu consumo. E quando nós falamos de cosméticos, isso agrega muitas coisas, como perfumes, por exemplo. E o Brasil possui um mercado que, nessa área, mostra um crescimento de aproximadamente 20% ao ano, o que o torna um dos melhores mercados para investimento no Brasil. E, sabendo disso, nós fomos muito cuidadosos, fizemos um vasto estudo de mercado nas principais capitais do país para saber se essa era mesmo a realidade. Passamos um ano só em pesquisas para podermos chegar ao mercado sabendo o que a mulher brasileira precisa e procura, para não nos tornarmos apenas mais um.

capa

P

esquisas de mercado, avaliação de qualidade, registro nacional, exclusividade, inovação, diversidade, versatilidade, personalização… Tudo isso faz parte do processo para a chegada da MICABEAUTY ao Brasil, multinacional com sede em Los Angeles, nos Estados Unidos. Depois de muito investimento, persistência, estudo e, principalmente, dedicação, os empresários Bruno Avelar, sua esposa, Cláudia Avelar, e a sócia Kátya Cabral lançam a marca de cosméticos minerais que é a preferida dos renomados maquiadores lá fora. São produtos de primeira linha, que chegam para dominar o mercado brasileiro e fazer o que nenhuma marca conseguiu antes: fidelizar a consumidora brasileira. Feitos de um mineral vul-

45


Por ser uma marca com origem internacional, houve algum entrave cultural em relação à implementação da marca do Brasil? O nome da empresa MICABEAUTY (leia-se maicabeuty) sempre foi a nossa preocupação, por causa da pronúncia em inglês. Mas os brasileiros se familiarizam rápido com as marcas americanas. Então, qual a origem desse nome? MICA (maica) vem de uma rocha vulcânica, que é o mineral da onde são extraídos todos os elementos para os nossos produtos. Então é daí que vem essa fama de ser absolutamente mineral? Exatamente. E é um diferencial muito grande porque a marca utiliza pigmentos 100% minerais, totalmente livres de conservantes, como o parabeno, corantes químicos, talcos, óleos ou outras cargas. Nós nos preocupamos com a pele da mulher no dia a dia. Desenvolvemos um produto que possibilite esse tratamento diário. Um produto com o qual a mulher possa inclusive dormir, sem causar nenhum dano.

46

Além do aspecto mineral, qual o outro diferencial da MICABEAUTY? A versatilidade dos produtos. Uma sombra, por exemplo, é também um esmalte, um batom, um blush. Tudo isso se transforma utilizando apenas uma base líquida transparente ou um creme hidratante. Basta misturar com o pigmento e você tem inúmeras possibilidades. São 128 cores disponíveis. Além das sombras temos, bases em pó, glitter, lip gloss, base compacta, blush em pó e compactos, bronzer, rímel e pincéis com maior durabilidade.

São 128 cores disponíveis. Além das sombras temos, bases em pó, glitter, lip gloss, base compacta, blush em pó e compactos, bronzer, rímel e pincéis com maior durabilidade

capa

E essa história de produtos com a validade infinita? Não é história, é realidade. Os produtos são 100% minerais, ou seja, 100% providos de uma rocha, e as rochas estão lá há milhões de anos sem sofrer alterações. Então, nós as transformamos em nossos produtos, e se é mineral, não tem conservantes, não tem validade.


Internacionalmente, qual o produto de maior destaque? A máscara lifting facial. Feita com ouro 24 quilates, ela reduz os danos causados ao longo dos anos em apenas dez minutos. Isso porque o produto estimula o crescimento celular da camada basal para regenerar as células da pele saudável. Quais os próximos passos para a expansão da marca no Brasil? Nesse ponto, eu gostaria que o nosso diretor administrativo financeiro Cícero Cruz, respondesse nossa estratégia de crescimento. Cícero Cruz: Estamos iniciando as operações por Brasília, com a inauguração da nossa primeira loja no ParkShopping no dia 10 de julho, mas o nosso plano de expansão contempla a abertura de mais cinco lojas ainda em 2014. Começaremos com uma loja física no Shopping Flamboyant, em Goiânia, e alguns pontos de vendas em outros shoppings de Brasília, como Conjunto Nacional, Taguatinga Shopping e Gilberto Salomão. Nós começamos esse projeto MICABEAUTY com uma visão bem modesta, entretanto, a partir do momento em que começamos a fazer contatos, analisar o mercado e descobrir outras empresas no mesmo ramo, e estudando mais profundamente a situação dos cosméticos no Brasil, abriu-se para nós um leque de possibilidades e passamos a ser procurados por parceiros querendo investir na MICA Brasil. Para 2015 já definimos a abertura de lojas em São Paulo, Belo Horizonte, Uberlândia e Manaus.

Então podemos deduzir que será o lançamento do ano? Lançamento do ano e a festa do ano.

capa

Geralmente os lançamentos da MICA no mundo são eventos grandiosos. Como será o lançamento em Brasília? Vamos fazer uma grande festa no dia primeiro de julho no Espaço da Corte, em Brasília. Toda a diretoria da MICABEAUTY mundial virá prestigiar o evento. Teremos também a presença de artistas, jornalistas e todo o trade de cosméticos. Muitas surpresas estão sendo preparadas para esse dia, com show de Matheus e Kauan e participação de Gusttavo Lima. Vamos colocar à disposição todos os produtos da marca. Por outro lado, a loja será inaugurada 10 dias depois, no dia 10 de julho, no ParkShopping, também em grande estilo, com presenças marcantes e muitas surpresas que eu não posso contar agora.

47


48

Foto: Gui Teixeira

gastronomia


Por Adriana Nasser – Fotos: Divulgação

A

Copa do Mundo está chegando e, pela segunda vez, o Brasil sediará o evento mais importante do futebol mundial. Nessa edição, o torneio será disputado por 32 seleções, em 12 cidades-sede, inclusive Brasília. Entre 12 de junho e 13 julho, a arena Mané Garrincha receberá sete jogos, incluindo um da Seleção Brasileira na primeira fase (Brasil X Camarões, em 23/06) e também a disputa pelo terceiro lugar. Os bares e restaurantes da cidade estão prontos para receber os turistas, atrair mais clientes e os atletas durante a Copa. Investimentos voltados para tradução do cardápio, qualificação de funcionários e novidades no Menu e carta de drinks estão entre as práticas mais procuradas pelos empresários do setor de alimentação fora do lar.

Para aqueles que vão assistir o campeonato na Capital Federal, alguns restaurantes da cidade vão receber seus clientes com promoções e pratos especiais. Veja as sugestões. Casa do futebol em Brasília, a Choperia Maracanã (207 Norte) criou um prato exclusivamente para a Copa: o David Luiz – bolinho de mandioca recheado com calabresa temperado com toque especial do chef. A referência ao jogador brasileiro é porque o petisco tem um segredinho na hora de fritar que o deixa com texturas que lembram a cabeleira do nosso zagueiro. O prato vem com 12 bolinhos por R$25,00. Inspirado na gastronomia brasileira, o restaurante Rio Bistrô e Lounge, na 404 Sul, lança em seu cardápio uma entrada especial para o mundial de futebol, batizada de Zé Pequeno: são 12 dadinhos de tapioca servidos com melaço picante por R$23,00. O chef Marcello Piucco, do El Negro Restaurante, também

gastronomia

Restaurantes de Brasília preparam ações especiais para a Copa

49


entrou no clima verde e amarelo e criou o Olé. O prato é feito com escalopinho de picanha em manteiga de ervas e mostarda dijon, acompanhado de farofa de ovos e arroz parrilleiro. O Bar do Alemão preparou toda sua infraestrutura para ser um dos melhores locais da cidade para acompanhar o mundial. Os três andares da casa contarão com telões e TVs que irão passar os jogos sempre regados a chopp gelado e comida farta. A novidade é que a casa preparou um drink em homenagem a cada país participante da competição. O do Brasil é o Tropicália. O Restaurante Due, que fica na 409 Norte, vai oferecer durante o jantar o Gnocchi Verdeoro, em homenagem ao apelido carinhoso que os italianos dão à seleção brasileira de futebol. O prato é apresentado com nhoques de ricota com espinafre ao pesto de amêndoas com fonduta de pamesão. A receita italiana com as cores do Brasil sai por R$39. O Espaço Maria Tereza preparou um menu especial e um ambiente perfeito para os dias de jogo. Localizado na QI 5 do Lago Sul, o local possui três ambientes diferenciados com opções variadas para torcer pela nossa seleção. O Bar Bottarga montou uma estrutura com televisão HD de 50 polegadas para os jogos. Enquanto a galera torce, o bar servirá double drink de vodka Ketel One, com um drink novo a cada jogo, inspirado nos duelos dos países no mundial. O Café das 5 Forneria também vai atender seus clientes com um telão preparado para transmitir todos os jogos da Copa. No cardápio, a sugestão da casa é o rodízio de pizzas, que apresenta quatro sabores de pizzas tradicionais e uma doce.

O Babel preparou duas novidades para os clientes durante o jantar no mês da Copa do Mundo. A primeira é uma criação de Diego Koppe, que estará como sugestão do Chef entre os dias 12 de junho e 13 de julho. O Pecorino de Babel é um prato de cordeiro com a cara do Brasil, montado com uma persilage (camada de ervas verdes), que dá o toque da bandeira brasileira, e legumes, que ajudam na cor. A outra novidade são pacotes para grupos de até 22 pessoas. Um deles é o Pacote Ouro, que inclui couvert, uma entrada, um prato principal e uma sobremesa. O outro é o Pacote Prata, que inclui couvert, uma entrada, um prato principal, uma sobremesa e doces para acompanhar o café. Tem ainda o Bronze, com couvert, um prato principal e uma sobremesa. A novidade do badalado e premiado Paradiso Cine Bar fica por conta do drinque “Viva Brasil!”, uma homenagem que vem no nome e nas cores dedicadas à seleção brasileira. Criada pelo barman da casa, Rafael Cavalcante, com as tonalidades do Brasil, verde e amarelo, a mistura de ingredientes tropicais é composta por xarope de maracujá, calda de erva doce, vodca Ketel One, Licor 43, suco de limão siciliano, uvas verdes e xarope de maçã verde. O drinque sai no valor de R$23,00. O Spoleto também preparou uma nova campanha. Chamada de #SPOLETOCOLORIUAMASSADEVERDEEAMARELO, como já diz a frase, as massas da casa serão servidas com as cores da camisa da seleção. Vale lembrar que muitas casas também adequaram seus cardápios com tradução para o inglês, para facilitar a leitura.

Choperia Maracanã

gastronomia

Paradiso Cine Bar

50

Spoleto

Bar do Alemão


Como a Copa começa no Dia dos Namorados, confira algumas dicas para celebrar a data Como todos os anos o restaurante Villa Tevere, que fica na 115 Sul, tem casa lotada no Dia dos Namorados, a casa decidiu inovar e irá oferecer comemorações também na véspera da data dos enamorados e da abertura da Copa. No dia 11 de junho, o restaurante abrirá com um espaço dedicado aos “pombinhos”, com lounge, violino, espumante e canapés de Carpaccio, crostini de funghi e canapés de camarão.

Inaugurado no fim do ano passado, o Brasília Prime Grill (403 Sul) criou pratos afrodisíacos para o dia do amor, entre eles a Picanha de Cordeiro servida com molho de tamarindo e um delicioso risoto de morangos frescos. A Adega Decanter, que fica na 208 Sul, elegeu o espumante dos famosos para celebrar a data. O Ferrari, que foi servido no Oscar desse ano, é a sugestão da Decanter para comemorar o Dia do Amor! Os valores vão de R$174 a R$524.

Outra dica para comemorar o 12 de junho, é o recém inaugurado Wine Bar da Adega Baco, na 101 do Sudoeste. A casa oferece vinhos brancos, rosés e tintos em taças de 30, 75 e 150ml. Assim, o cliente pode provar diferentes bebidas em uma única noite.

gastronomia

Na 209 Norte, o Due está de cara nova. A casa está com novidades no menu e um espaço novo no subsolo. O lugar está lindo, com um clima super romântico e acolhedor.

51


52

copa do mundo


A Copa do Mundo é nossa! Um dos eventos mais importantes do mundo está mais perto do que nunca

D

epois de mais de cinco décadas de espera, o Comitê Executivo da Fifa anunciou, em 2007, que a Copa do Mundo de 2014 seria no Brasil. Desde então, muitas mudanças aconteceram no país. As cidades-sede Brasília, Belo Horizonte, Cuiabá, Curitiba, Fortaleza, Manaus, Rio de Janeiro, Natal, Recife, São Paulo, Porto Alegre e Salvador reformaram seus estádios, construíram mais hotéis, expandiram os restaurantes e se prepararam da melhor forma possível para receber os estrangeiros. O evento vai ocorrer entre o dia 12 de junho e 13 de julho.

copa do mundo

Por Marcela Oliveira – Fotos: Alexandre Alves e divulgação

53


copa do mundo 54

Em Brasília as mudanças foram significativas. Muito foi gasto com o novo estádio, ampliação do aeroporto, repaviamento das ruas, limpeza e pintura dos monumentos, pontes e espaços turísticos. Também foi criado o Expresso DF, linha que faz o ligamento do Gama e Santa Maria ao Plano Piloto, facilitando a mobilidade urbana. Outro ponto positivo na capital é a proximidade dos setores hoteleiro e hospitalar do Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, além de opções de lazer, como o Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Parque da Cidade e a Torre de TV, também nas proximidades. É possível fazer esses percursos a pé ou de bicicleta.

“Em dias de jogo nossa ocupação chega perto de 100%”, afirma José Aldomiro


Ter 17/06 – 16h (Fortaleza)

Seg 23/06 – 17h (Brasília)

Brasil X Croácia

Brasil X México

Brasil X Camarões

janeiro para priorizar o treinamento dos funcionários. Todos estão seguros para deixar o cliente o mais confortável possível. Também foram instalados telões que transmitirão todos os jogos. Para o gerente operacional do American Prime, Paulo César Ribeiro, nesse período deverá ter um aumento de 40% no movimento. O Primeiro Bar apostou em programação de música diferenciada, com contração de bandas brasilienses para alegrar os torcedores antes e depois das partidas. Certo de que os petiscos gourmets farão sucesso durante a Copa, o restaurante Rubaiyat oferecerá pipoca trufada, nuts caramelizadas e mini-hambúrgueres preparados para a chamada “Arquibancada Rubaiyat”. O espaço estará todo de-

corado para ambientar os torcedores. A Copa do Mundo tem transformado todos os segmentos da moda. De lojas de roupa a acessórios, todos apostaram em coleções com essa temática. A proprietária da Esmalteria Brasil, Andréa Geiza, conta que os esmaltes coloridos têm atraído a mulherada. “Verde, azul, amarelo, várias marcas lançaram esmaltes com as cores da bandeira do Brasil. E nós aproveitamos para fazer mais. Aqui desenhamos na unha a bandeira de qualquer país que a cliente quiser” afirma. Não importa como vamos estampar as cores do Brasil, se em acessórios, roupas, unhas, sapatos, o importante é manter a paixão pelo país e torcer muito pelo hexacampeonato.

copa do mundo

De acordo com o Ministério do Turismo são esperados 207 mil turistas em Brasília. O impacto foi sentido pelo gerente do hotel Athos Bulcão. “Em dias de jogo, nossa ocupação chega perto de 100%. A maioria dos hóspedes é brasileira, mas esperamos um grupo grande da Inglaterra e de outras partes da Europa”, conta José Aldomiro. A equipe do hotel também está preparada para o evento. Os funcionários são bilíngues, as acomodações são sofisticadas e o serviço está no padrão internacional, tudo para impressionar o público que está para chegar. A gastronomia da capital também está adaptada para receber os torcedores. O restaurante American Prime, por exemplo, abriu o ciclo de contratações em

Qui 12/06 – 17h (SP)

55


Vitrine da Copa Conjunto lanche Republic of love R$ 60,00

copa do mundo

Camiseta Copa Star THELURE - R$ 198,00

56

Blusa Copa Zebra THELURE R$ 188,00

Esmalteria Brasil


Pack de Itens Torcida Linda O Boticário

Tigela Cereal Bowl é gol Republic of love

Caneca Easy Republic of love R$ 9,00

Swarovski World Cup - Slake set R$295,00 cada

copa do mundo

Chinelos - Globo Marcas R$ 39,90

57


Dress Code Muito da imagem que uma empresa e uma profissão passam para seu público está intimamente ligada à forma como seus funcionários se portam, e o dress code é parte importante disso

Por Camila Bocchino – Fotos: Alexandre Alves

comportamento

D 58

ress Code é um termo importado do inglês que pode ser facilmente traduzido para “código de vestimenta”. Importantíssimo nas empresas e incorporações, o dress code dita como os funcionários devem se vestir no ambiente de trabalho e dá sugestões de vestimenta para eventos corporativos. Hoje esse tipo de regra é facilmente solucionado no dia a dia com a introdução de uniformes, mas não são todas as empresas e ambientes corporativos que podem contar com essa facilidade. Hotéis, ambientes hospitalres, esco-

Para Rejane Castilho e Karla Rosa, da Empório R e K, o sucesso depende muito da imagem

las, laboratórios, associações, enfim, podemos citar vários ambientes corporativos que fazem uso dos uniformes, mas existem aqueles que preferem abrir mão desse recurso e implementam regras a serem seguidas pelos seus funcionários. É verdade que em algumas empresas o dress code parece não existir, mas muitas vezes não é bem por aí. A falta de regras claras pode levar a uma diversidade de roupas que podem não passar a imagem certa para quem visita esses ambientes de trabalho. Desde decotes inadequados, tamanhos de saias incoerentes, até sapatos esportivos demais, é possível encontrar de tudo nas empresas hoje.


No mercado hoteleiro o problema do dress code é facilmente solucionado com uniformes padronozados

É por meio da sua imagem e da de seus funcionários que as empresas passam a sua credibilidade, confiança e comprometimento. Quando chegamos em um escritório, a primeira coisa que notamos é como os funcionários da recepção se portam e como estão vestidos. É aí que o visitante tem a primeira impressão do funcionamento da empresa e, querendo ou não, o velho ditado também se aplica aqui: “a primeira impressão é a que fica”. “O sucesso de uma organização depende muito também da atuação das pessoas e, consequentemente, da imagem que elas passam para os outros. Podemos sentir segurança, ou não, através da imagem. Evitar extravagâncias e manter a sobriedade é uma sugestão sempre”, comenta a consultora Rejane Castilho, da Empório R e K consultoria de varejo. Para garantir que a imagem passada está de acordo com os princípios da empresa, é preciso ter regras. “As regras começam desde o atendimento, pilar básico. ele deve ser sempre cortês, com simpatia, um sorriso no rosto e a total disponibilidade para atender as dúvidas/reclamações dos hóspedes. Temos também o vestuário, que deve ser o mais apresentável possível. Na Hplus fazemos ainda um diferencial nos uniformes

Dicas para um Dress coDe aDequaDo: No caso das mulheres:

- Quanto mais tradicional a empresa, menos enfeitada deve ser a bolsa; - Saltos altos não podem faltar no armário da mulher. Evite bicos muito finos e acoplados; - Dê preferência a roupas discretas com cores harmoniosas; mas a mulher não deve “apagar” sua personalidade. O ideal é escolher algo que combine tanto com o seu estilo quanto com o ambiente de trabalho; - Seja autocrítico e peça a opinião de quem estiver próximo: amigo, namorado, marido, mãe.

No caso dos homens:

- Combine camisas de acordo com o perfil do seu ambiente de trabalho. Eles podem compor com calças sociais ou jeans, conforme as regras de conduta. Uma excelente opção é o chino, que tem o conforto do jeans, o toque macio do algodão e o caimento do social; - Com as cores neutras nunca tem erro; - Aposte também nos detalhes: os acessórios fazem toda a diferença.

para cada cargo, o que facilita a identificação, melhora a apresentação e também padroniza a equipe”, explica Caroline Constantino, Gerente de Recursos Humanos da HPlus Hotelaria. Essa dife-

renciação nos uniformes também ajuda o visitante a saber quem procurar para ajudar a sanar seus problemas. Quando não se tem essa diferenciação de uniformes, ou até mesmo não se tem a utilização de uniformes implementada, isso se torna mais difícil, mas mesmo assim não é impossível. Mesmo com normas bem definidas, ainda assim é possível cometer gafes. Pequenos erros podem ser facilmente solucionados, mas não podem ser deixados para depois. Isso pode se tornar uma rotina e assim fica mais difícil de corrigilos. “As extravagâncias da moda acabam se tornando gafes. É preciso fugir delas! Isso é o principal causador dos apelidos de mau gosto e até da baixo autoestima”, comenta Patrícia Eitel, franqueada Hering no Águas Claras Shopping. Não existe uma fórmula mágica para um dress code perfeito. Cada empresa, cada ocasião e cada perfil de atendimento precisam de um código de vestimenta personalizado que combine com o seu perfil, o que podemos fazer é estudar a imagem que passamos e a que queremos passar. Cada profissão demanda um grau de seriedade e um nível de hierarquia que pode, ou não, ser passado por meio da forma como os empregados se portam. Cabe às equipes responsáveis decidirem como isso será feito.

comportamento

“O vestuário deve ser o mais apresentável possível”, diz Caroline Constantino, Gerente de RH

59


De A a Z

renato riella

ALBERTO ALVES, economista de larga experiência em cargos diversos, assumiu a Secretaria Executiva do Ministério do Turismo, justamente às vésperas da Copa do Mundo. Ele é nome de prestígio em Brasília, onde fez carreira nas áreas pública e privada. Nos últimos tempos, teve atuação destacada na Anfavea, a entidade que congrega os fabricantes de veículos.

60

MANINHA, política bastante conhecida no DF, já foi deputada e secretária de Saúde. Hoje ela é uma das mais destacadas líderes do partido PSOL, pelo qual pretende disputar a próxima eleição de olho numa vaga de deputada distrital. A experiência da médica Maninha pode valorizar os debates sobre saúde na Câmara Legislativa do DF.

EUNÍCIO OLIVEIRA, senador que tem forte ligação com Brasília, está liderando com folga as pesquisas para a eleição de governador no Ceará. O PMDB pode ter com ele a vitória mais expressiva entre todos os estados brasileiros. Daí a firmeza com que tem sido tratada a manutenção dessa candidatura, vital para o partido aliado da presidente Dilma Rousseff.

MARCOS PARENTE lançou em Brasília o livro As desventuras de um cinquentão no Facebook. Ele alerta que, em tempos de relacionamentos abertos nas redes sociais, em particular o Facebook, a fronteira entre o que é ou não permitido se tornou frágil, quase inexistente. Parece interessante. A Ler Editora distribui o livro no mercado.

GILBERTO LIMA, expert brasiliense em mercado externo, com passagem marcante pela Apex-Brasil, assumiu um cargo de nível internacional. Ele tomou posse, em Lisboa, como presidente do Conselho Empresarial da Confederação Empresarial da CPLP – Comunidade dos Países de Lingua Portuguesa. Como sempre, abrirá oportunidades de negócios lá fora.

PEDRO HENRIQUE VERANO assumiu a presidência do Sindicato das Indústrias Gráficas do DF (Sindigraf), para o triênio 2014/2017. À frente da Gráfica Coronário, ele herda a liderança do seu pai, Henrique Verano, já falecido, que foi figura marcante do setor nas décadas passadas. As gráficas passam por grande transformação tecnológica, exigindo muito do Sindigraf.

JAIR TEDESCHI assumiu o cargo de diretor-geral do DFTrans e mereceu comentários elogiosos das mais diversas áreas. Coronel da reserva da Polícia Militar, ele é muito experiente e exerce liderança sobre áreas expressivas do DF, por atuações anteriores. À frente da política de transportes públicos em Brasília, mostrará firmeza e determinação.

RAFAEL BARBOSA, que acaba de deixar a Secretaria de Saúde do DF, surpreendeu a todos ao afirmar publicamente que se dispõe a ser candidato a deputado federal pelo PT. Ele conta com o respaldo de projetos interessantes que lançou, como a Carreta da Mulher e o mutirão da catarata, que já devolveu a visão a sete mil pessoas do DF e do Entorno.

JORGE ANTUNES é um brasiliense inquieto, professor universitário e maestro com bons contatos internacionais. Vibrante, está sempre presente nas lutas da cidade, como fez agora, no “abraço” à Biblioteca da 507 Sul, inexplicavelmente fechada pelo governo federal. Ele já foi candidato a senador antes e agora pretende disputar vaga de distrital pelo PSOL.

SÔNIA CARNEIRO, jornalista que se tornou muito conhecida pela atuação nas empresas do Jornal do Brasil, é há algum tempo a Secretária do Governo da Bahia em Brasília. Faz vibrante ligação do estado com o Distrito Federal. Constantemente, ela conduz o governador Jaques Wagner por locais típicos de Brasília, mostrando a ele a nossa cidade.


e E-commerce de vestidos de noivas O Brasil acaba de ganhar o primeiro e-commerce especializado em vestidos de noiva. Lançado este mês, o atelier online Noiva nas Nuvens (.com.br) entra no mercado de casamentos com um modelo de negócio inovador. A empresa espera atender noivas práticas, que já consomem pela internet e procuram produtos diferenciados, de boa qualidade, com um valor competitivo.“Já fui noiva e sei o desafio que é encontrar um modelo que você sempre sonhou com preço justo”, explica Samantha Fasolari, idealizadora do projeto com as irmãs Daniela e Tatiana. A ideia surgiu durante os preparativos do casamento de Samantha, que na época morava em Nova York, e enxergou a oportunidade de negócio na venda de vestidos de noivas online no Brasil, já que essa prática é realidade em vários países como EUA, Espanha e França.

Casa & Bebê A Casa & Bebê Brasília é a única empresa brasileira que presta consultoria e assessoria de RH residencial, selecionando e aperfeiçoando profissionais da área doméstica. Com o objetivo de satisfazer as necessidades dos clientes na hora de contratar, a Casa & Bebê busca a melhor solução de forma segura e eficiente, com elevado índice de assertividade. Em sua consultoria residencial, são utilizadas as melhores práticas para retenção do profissional na residência do cliente, estabelecendo equilíbrio nas relações de trabalho entre empregado e empregador. A metodologia de contratação da Casa & Bebê é: Fácil, Moderna e Segura. Acesse o site: www.casaebebebsb.com.br.

Tel.: (61) 3034-8008/3365-3698

Mais uma Hering Store Pode-se encontrar uma Hering Store em quase todos os shoppings de Brasília. Agora vai ficar ainda mais fácil. Dia 9 de maio foi inaugurado mais um espaço no Águas Claras Shopping, na Avenida das Araucárias. O espaço é de aproximadamente 136,50 metros quadrados. A nova unidade será o que a empresa chama de loja-conceito. O diferencial está no look & feel mais confortável, ou seja, materiais contemporâneos, otimização dos elementos construtivos e uma fachada mais clara, focando na valorização dos produtos e da vitrine com lâmpadas em LED. Voltada ao público masculino e feminino, a Hering apresenta um estilo casual, alegre, descontraído e democrático, sendo amplamente aceita por todas as faixas etárias e classes sociais.

62


The Stylist Os jovens estilistas que se destacam e tentam um espaço no mercado da moda para divulgar e vender suas peças nas passarelas do mundo fashion agora possuem uma nova plataforma para ajudá-los. Os sócios Bruno Amaro, Mariana Amaro, Isabelle Mascetti, Carlos Melo e Vanessa Rouvier criaram o The Stylist (.com.br). Com investimento de R$500 mil e expectativa de faturar cerca de R$1 milhão no primeiro ano de atividade, o portal tem a proposta de lançar novos estilistas no mercado. A seleção dos profissionais e das peças que são apresentadas aos clientes é feita com a ajuda de um grande nome da moda brasileira, o estilista Reinaldo Lourenço.

Centro de Compras Premium O potencial econômico de Águas Claras recebe o mais novo e sofisticado complexo de compras da região, o DF Plaza, um mall completo que promete surpreender os moradores com a oferta comercial de alto nível: serão 160 lojas. O DF Plaza – centro de compras premium – leva para a região, lojas e restaurantes que mantinham unidades apenas no Plano Piloto, como Santa Lolla, Harry, Uncle K, Alphabeto, e os restaurantes Outback, Coco Bambu e Soho. O grupo de investidores formado pela Saga Malls, Mirante Incorporações e LH Investimentos, aplicou R$ 160 milhões no empreendimento voltado para o público A/B. A inauguração será em março de 2015.

Um mundo de diversão! Inaugurada em abril de 2014 e com 1.500 metros quadrados, chega a Brasília a Megamundo Festa, um espaço de festas infantis totalmente dedicado a melhor entreter as crianças. Com uma localização privilegiada, ao lado da Ponte JK, o lugar oferece brincadeiras e diversão para todas as idades e gostos, como um camarim para os aniversariantes, área baby, estrutura para arvorismo e tirolesa, mega torre, top speed, pista de dança, Xbox com Kinect e muito mais. O espaço conta com vários ambientes especiais e um dos mais interessantes é o lava pés – idealizado especialmente para as crianças lavarem os pezinhos depois das brincadeiras – e o local para os pais – uma área reservada com mesa de sinuca, mesa para jogar cartas e televisão, além de uma ampla varanda com vista para a terceira ponte. 63


MUITOS PROJETOS A arquiteta Arina Araújo começou o ano de 2014 muito bem. A profissional foi convidada para fazer vários projetos importantes, como a nova fachada da Embaixada dos Países Baixos, a decoração de um novo Resort, localizado em Jeriquaquara, e a Mostra Artefacto 2014. A arquiteta também foi escolhida para fazer o projeto de reforma e decoração da casa do renomado advogado Pedro Gordilho. No mês de abril, Arina Araújo esteve na Itália, onde participou do Salão de Móveis de Milão. Lá conferiu o que tinha de novidade, principalmente para cozinhas e salas de banho. Formada em Arquitetura e Urbanismo, Arina tem se destacado tanto em projetos residenciais, quanto em comerciais e coorporativos. Para 2014, Arina também já confirmou presença na Casa Cor Brasília 2014 e promete surpreender o público.

JOVEM EMPREENDEDOR Nascido em Brasília, o empresário Diego Moreira, à frente da Aloha Eyewear, viu na cidade o lugar ideal para implantar o seu negócio. Formado em publicidade e propaganda, Diego, hoje com 31 anos, sempre acreditou no seu poder de empreendedor. Em 2009, passou a integrar o grupo Aloha Eyewear como franqueado de uma única loja. Por ter tido a oportunidade de colaborar com a formação inicial da marca Aloha Eyewear, o jovem empresário logo se destacou, assumindo, no final de 2012, o cargo de diretor do grupo, tendo, atualmente, seis pontos próprios de venda da marca, entre lojas e quiosques nos principais shoppings da cidade. “Estar à frente do Grupo Aloha Eyewear é formidável e me identifico muito com o que faço”, acrescenta. Solteiro, o empresário, nas horas vagas, gosta de praticar esportes, principalmente o futebol, e de ler bons livros, entre eles, A arte da Guerra, de Sun Tzu.

GENTE EM FOCO

ESTUDIOSA

64

Responsável pela Renata Rebelo Doces, a empresária Renata Rebelo é formada em turismo. Dentro da Arte de Culinária e Eventos, trabalhou em Londres na “IN OR OUT”, que é a prestadora de Serviços de Buffet para a Rainha da Inglaterra. Lá se inspirou para começar a trabalhar na área. No Brasil fez cursos com Marcela Sanchez, Vera Madeira, Isamara Amâncio, Silvia Carlos, e diversos workshops nacionais e internacionais. Está há quatro anos no mercado, três deles com uma loja física. Suas conquistas vieram com as várias parcerias com profissionais de destaques da cidade. Ela aposta também em qualificação das funcionárias, técnicas diferenciadas, ingredientes de qualidade e aprimoramento visual dos produtos. Tem um filho, e nas horas vagas gosta de viajar, apreciar boas comidas e pesquisar novidades.


SUCESSO NA CARREIRA O engenheiro civil Paulo Roberto de Morais Muniz é natural de Belo Horizonte e morador de Brasília desde 1961. Atualmente é construtor e incorporador, sócio e diretor da Conbral S.A. Construtora Brasília, onde iniciou as atividades profissionais no segundo semestre de 1975, atuando como desenhista e na elaboração de projetos de arquitetura e instalações prediais. Também é presidente da Ademi – DF (Associação de Empresas Mercado Imobiliário do DF). É casado com Marcia Muniz e tem 3 filhos, Danniel, Raphael e Érika. No tempo livre gosta de ficar com a família e amigos, além de correr de kart, jogar futebol e viajar pelo mundo. Os seus projetos futuros incluem ter saúde e concluir a sua administração na ADEMI-DF com a construção de sede própria nos critérios mundiais de sustentabilidade.

NOVA SEDE Um dos mais conceituados profissionais da cidade na concepção de projetos corporativos para grandes empresas e organismos internacionais, o arquiteto e urbanista Sérgio Borges, diretor comercial da Atiwa, inaugura este ano a nova sede do seu escritório no Lago Sul. O espaço, mais amplo, está sendo totalmente reformado com as últimas novidades do segmento voltadas para empresas. A Atiwa está instalada em três capitais e também atende seus clientes em outras importantes cidades brasileiras. Criada por jovens profissionais, a empresa surgiu com a meta de oferecer um serviço diferenciado para implantação de escritórios e residências de alto-padrão.

GENTE EM FOCO

ANOS DE EXPERIÊNCIA O competente cirurgião plástico Sérgio Feijó está com clínica nova. O consultório fica no complexo Hangar 5, no Lago Sul. A decoração do novo espaço une luxo e contemporaneidade. Sérgio Feijó é natural de São Paulo, mas já mora em Brasília há 15 anos. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, o médico tem experiência de mais de 25 anos em clínica privada com cirurgias estéticas e na rede pública com cirurgias reconstrutoras. Pós-graduado em Cirurgia Geral e Cirurgia Plástica em São Paulo, Feijó também é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP). E foi pensando em atender esse grande mercado de Brasília que o médico fez da capital sua morada.

65


Crédito: Marcos Portinari

Veja, ouça, visite e divirta-se Baile do Almeidinha Em 13 de junho, a festa consagrada da noite carioca volta a Brasília, no Arena Futebol Clube. Desta vez sobem ao palco Móveis Coloniais de Acaju e Dudu Maia. Diretamente da Lona do Circo Voador, um dos principais sucessos do verão carioca, o Baile do Almeidinha, volta à noite de Brasília com Hamilton de Holanda e Orquestra. E como manda a tradição, recebe convidados muito especiais. Os ingressos antecipados já estão à venda no Balaio café (201 Norte), Kingdom Camisetas (108 Norte), Greens (302 Norte e 202 Sul) e Endossa (307 Sul). O Baile acontece às 20h no Arena Futebol Clube e os ingressos têm os valores de R$60,00 e R$30,00 (meia-entrada para estudantes e doadores de um livro em bom estado de conservação, exceto apostilas de concursos e livros de graduação). Informações: (61) 8121 7041. Classificação 18 anos.

Brasília já sente a chegada da Copa do Mundo, que começa no dia 12 de junho. O Pátio Brasil também entrou no clima e preparou uma exposição fotográfica do último Mundial, na África do Sul. As imagens dos jornalistas Renato Alves e Iano Andrade ficarão expostas na Praça Central, de 19 de maio a 8 de junho. Ao todo, são 16 painéis com imagens de quando os jornalistas estiveram no continente africano, mas com focos diferentes. Renato Alves buscou mostrar costumes, política, economia, atrativos turísticos do país. Já o repórter-fotográfico Iano Andrade, que durante a Copa manteve uma base em Joanesburgo, acompanhou a Seleção Brasileira, antes e durante a Copa, incluindo os preparativos em treinamentos e amistosos. Os painéis estão expostos na praça central do Pátio Brasil Shopping e têm classificação livre e entrada franca.

Crédito: Renato Alves

Aquecimento

agenda cultural

Dona Bolota e o Segredo da Árvore Encantada

66

Em uma única árvore que restou de uma floresta devastada vivem uma gulosa fada conhecida como Dona Bolota e o pássaro Tico-Tico depenado. Um dia, quatro crianças, que carregam em suas personalidades os elementos da natureza, fogo, terra, água e ar, vão brincar na floresta e desvendam o mistério daquela árvore sombria e o porquê de toda a devastação. Crianças de todas as idades vão embarcar juntas nessa aventura que revela o quão importante é o respeito ao nosso meio ambiente e tudo o que está ao nosso redor. Direção de Catarina Accioly e William Ferreira. Com Ana Flávia Garcia, Iano Fazio, Kael Studart, Luana Proença, Luisa Duprat e Miriam Virna. Até 2 de agosto, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), aos sábados e domingos, às 17. Os ingressos variam entre R$5,00 (meia entrada) e R$10,00. Classificação livre.


Museu Egípcio Imagine encontrar em um só lugar mais de 400 réplicas de múmias, sarcófagos, estátuas de deuses e faraós, objetos funerários, joias e papiros dos museus do Cairo, Alexandria, Luxor, Louvre, Londres, Berlim e Vaticano. Pois esse contato com o mundo egípcio estará ao alcance de todos os brasilienses até o dia 22 de junho, no Piso 3 do Pátio Brasil. O Museu Egípcio é um evento itinerante com a intenção de aproximar o público da cultura do Egito Antigo e atual, fascinando adultos, jovens e crianças em uma viagem a mais de três milênios de civilização. A mostra fica aberta ao público de segunda a sábado, das 10h às 22h, e no domingo, de 12h às 20h. Os ingressos custam R$10,00. Classificação livre.

A Procura O espetáculo A Procura, montado durante a segunda edição da Oficina de Teatro do diretor e ator brasiliense Alexandre Ribondi, ficará em cartaz nos dias 4 e 5 de junho, no Centro Cultural de Brasília (CCB). O texto é uma reflexão crítica sobre o que se procura no teatro, e até um “jogo de línguas” que promete surpreender os expectadores. A obra expõe o ponto de vista dos alunos formados durante os quatro meses de curso. Adaptado de textos de vários autores e dramaturgos como Luis Fernando Veríssimo e Flávio Nardelli, passando pelos estrangeiros Anjash (grupo japonês) e Wislawa Szymborka (poeta polonesa), até obras do próprio Ribondi, esse espetáculo acabou atraindo alunos de outras nacionalidades. Com ingressos entre R$15,00 e R$30,00, a classificação é livre. Informações: (61) 8143-5637/8425-6885.

Ira! e Frejat Depois de um recesso de sete anos, o Ira! está de volta. O guitarrista Edgard Scandurra e o vocalista Nasi retomaram os ensaios e estão de volta em show exclusivo com Frejat no dia 6 de junho, sexta-feira, às 22h, no Net Live Brasília. Os fãs, ávidos por ver a banda mais emblemática de São Paulo, irão ao delírio com o reencontro, que parecia improvável tempos atrás. O show também contará com apresentação de Frejat. Nos últimos dois anos, o músico, cantor e compositor que ajudou a escrever parte da história do rock na MPB e hoje é um dos nossos maiores nomes do gênero no Brasil. O som começa às 22h e tem ingressos entre R$50,00 na pista, meia entrada do primeiro lote e R$80,00 frente de palco, meia entrada, primeiro lote open bar. Classificação 18 anos. Informações: (61) 3342-2232.

O espetáculo infantil Monster High, um dos mais esperados do ano, chega a Brasília, nos dias 7 e 8 de junho, no Teatro UNIP. Adaptação livre para o teatro do grande sucesso do momento. Venha matricular-se na escola mais arrepiante e badalada que já conquistou toda a garotada. Um mundo cheio de charme, encanto e elegância são as definições mais que perfeitas para descrever essas monstruosas bonequinhas... Aqui a diversão é tanta que até a diretora já perdeu a cabeça. Um espetáculo que agrada a todos, pela primeira vez no Teatro. As criaturas mais famosas do momento bem pertinho de você. Seja você, seja única, seja horripilante. Ingressos entre R$30,00 a meia entrada e R$60,00. Classificação livre. Informações: (61) 8144-1514.

agenda cultural

Monster High

67


68

BEM ESTAR


O que você gostaria de

FAZER MENOS? Reuniões, trabalho, discussões, preocupações, rotina, levar a vida tão a sério... Todo mundo tem uma resposta para a pergunta acima. E você? Pelo bem da humani... Quer dizer, pelo seu próprio bem, tem feito menos aquilo que lhe deixa mal?

Por Wemerson Santos – Fotos: André Zímmerer

“Ouse mais. Faça menos o que não te deixa feliz”, diz Raquel Pellicano

BEM ESTAR

R

epare. Mesmo sem necessariamente romper com o consumo, com o lado material da vida, há multidões de pessoas de todos os tipos e de todas as partes repensando o jeito como conduzem suas vidas. Essa onda silenciosa de “repensamento” vem se manifestando, por exemplo, em empresas que veem seus talentos pedindo demissão para seguir rumo a algo além de cargos, poder e dinheiro, ou em pessoas que adotam uma rotina mais relax ao perceberem o quanto é saudável fazer menos aquilo que não gostam. Pode até ser que estejamos presenciando o movimento que o Nobel da Paz de 1989, Tenzin Gyatso, o Dalai Lama, batizou de Revolução Espiritual. E não se engane. Segundo o próprio, “revolução espiritual não é um apelo por uma revolução religiosa”. Vinham a bordo de sua Revolução ideias do tipo: “Se você quer transformar o mundo, experimente primeiro promover o seu aperfeiçoamento pessoal e realizar inovações no seu próprio interior”. Então, fazer menos aquilo que nos deixa mal é um passo importante para fazermos inovações em nosso interior? Para a advogada e professora universitária Érica Coutinho, quase isso.

69


“Tente fazer menos aquilo que não lhe agrada”, diz Luísa Peleja

BEM ESTAR

“Aceite suas limitações e ache um jeito de viver melhor”, afirma Flávia Dutra

70

Em sua leitura, o negócio é “quanto mais você sabe quem você é e o que você quer, menos você deixa as coisas te chatearem”. Ela, por exemplo, sabe o que a deixaria melhor se fizesse menos – trabalhar. Mas ela não se diz infeliz por trabalhar tanto. “Se eu encarasse o que não gosto de fazer como infelicidade, de certa forma, eu estaria colocando tudo o que sou nessa infelicidade”.

Ela explica: “Trabalhar menos significa dar mais atenção a outras vivências importantes e que passam despercebidas: viajar, encontrar mais as pessoas, ficar à toa, simplesmente”. Ao menos no quesito viagem, descrito por Érica, o mundo pode contar com uma guardiã. Seu nome? Raquel Pellicano. Sua profissão: fotógrafa. Sua paixão: viajar. Para ela, fazer menos o “não legal da vida” é sinônimo de liberdade. “É fácil conseguir – ouse mais, tente aos poucos sair da inércia até chegar ao ponto de mudar radicalmente sua rotina”, ela recomenda. E até mesmo ela, pessoa de rotina invejável, tem algo que gostaria de fazer menos. No caso da fotógrafa, ela diz: “Eu gostaria de fazer menos desorganização, e claro, pagar menos contas”. Tirem-me daqui Conforto. Estilo. Elegância. Parece que as palavras preferidas dos discursos publicitários para vender carros perderam o seu brilho. Para pessoas como a designer Flávia Dutra, conforto, estilo e elegância é dirigir menos. Então, na vida, é isso que você gostaria de fazer menos,

Flávia? “Sim”, ela responde. “E quer saber, ultimamente sair de carro por aí tem me causado pavor, pânico mesmo”, emenda. Qual o motivo? “Porque o trânsito, o comportamento das pessoas nas ruas, os estacionamentos e a insegurança têm deixado tudo mais difícil”. Seria esse mais um sinal de que estamos vivendo hoje a era do “repenssamento”, apontada há anos por Dalai Lama? No que depender da opinião de Luísa Peleja, sim. A jornalista brasiliense é mais uma a engrossar o coro do “eu gostaria de dirigir menos”. “Perco um tempo enorme em trânsito, acabo perdendo a paciência. Fico pensando no que poderia estar fazendo enquanto estou ali, sabe?”, ela diz. O discurso pode soar conhecido e pode até ser um sintoma presente na sua vida. E para esse sintoma, Peleja tem uma solução: “Tente fazer menos aquilo que não lhe agrada”. “O poder disso é enorme: menos tristeza, estresse, preocupação e vários outros sentimentos negativos. Quem tem esse poder, tem muita coisa na mão”, ressalta Peleja. Em resumo, a jornalista diz: faça mais aquilo que te dá prazer. E ela tem razão. Segundo Freud e Darwin, só para ficar nesses dois, o prazer é uma sensação tão importante que, se ele não existisse, a humanidade provavelmente teria estancado em alguma escala de sua evolução. E não pense que eles se referiam apenas àquele prazer maior, que nos leva, dia após dia, à irrefreável multiplicação da espécie. Não. Eles sabiam que o prazer que nos ajudou a evoluir também é aquele que mora, digamos, nos detalhes. “É a chave pra viver um pouco melhor”, como diz a designer Flávia Dutra. Para ela, “sempre há possibilidades de você abrandar aquilo que você não gosta de fazer”. Como? “Há medidas mais drásticas, e você tem que estar preparado para aceitar suas consequências, como vender tudo e ir trabalhar na praia; e as menos drásticas, como vender o carro e andar de bicicleta. Aceite suas limitações com o mundo e ache um jeito para você viver melhor”, arremata. Serviços: raquelpellicano.com baroqueloja.com.br leiaysk.com


72

livro


Vinho N

o princípio todos os vinhos eram iguais. Era apenas uma bebida. As uvas eram cultivadas, colhidas, esmagadas, fermentadas, engarrafadas e ingeridas. Fim de papo. Não existia a cultura do vinho para complicar a vida, nem os rótulos elaborados para confundir, nem o jargão do vinho para aprender, nem truques para tornar a escolha mais fácil. Não havia escolha. Havia apenas vinho. E você o bebia. Então, algo aconteceu. Ficou claro que alguns países eram melhores em produzir vinho do que outros... Mas não era só isso. Regiões específicas dentro de certos países eram melhores do que outras. Determinados produtos dentro de regiões específicas e vinhos especiais feitos por determinados produtores eram melhores do que outros. Você já se viu parado no corredor dos SOBRE O LIVRO

vinhos, olhando a vasta quantidade de garrafas à sua frente sem estar vendo nada? Você quer desesperadamente experimentar algo novo e abandonar aquela velha opção segura que sempre acaba comprando. Conforme observa, vê um você diferente, que se movimenta com confiança e sabedoria pelo corredor dos vinhos. A versão enóloga de você ignora as ofertas especiais, se encaminha para um país que soa estranho, pega uma garrafa que parece exótica, feita de uma variedade de uva igualmente exótica, verifica o rótulo, checa o preço, sorri e sai – fácil assim. Enquanto seu verdadeiro eu procura a opção segura – o mesmo vinho que comprou uma semana atrás e que provavelmente comprará na próxima –, esse você-real deseja muito ser um pouco mais parecido com o você-enólogo. Se quer beber melhor, então, muito antes de pegar o saca-rolhas, vai ter de mudar algumas coisas no que pensa sobre vinho. E eu vou passar uma série de dicas

Quando se trata de vinhos, saber do que se gosta é bom, mas entender por que se gosta daquele vinho faz toda a diferença em cada garrafa, taça e até na última gota que tocar seus lábios. Vinho – Como comprar, escolher e degustar é um guia prático de como você pode tirar o máximo proveito do seu vinho e como ele pode – e deve – fazer parte de sua vida em todos os momentos.

interessantes para que você se torne um comprador melhor.

O VINHO Não existe método fácil de aprender sobre vinhos. Se você quer beber melhor, terá de experimentar e pensar mais – saia da sua zona de conforto e abra a mente para experimentar coisas novas. Pense no preço do vinho e como ele se decompõe; saiba a diferença entre Velho Mundo e Novo Mundo; considere vinhos orgânicos, biodinâmicos e os certificados por Comércio Justo e Solidário. Não há truques para escolher uma garrafa boa, apenas conhecimento – apesar de ainda existirem vários mitos sobre como medir a qualidade. Saiba também que ofertas espaciais raramente são tão especiais assim: como a maioria das coisas na vida, com o vinho você recebe o que paga. Finalmente, nunca se esqueça de que você não precisa saber muito para beber algo melhor. SOBRE O AUTOR

Em 2002, Matt Skinner deixou Melbourne, na Austrália, sua terra natal, para assumir a área de vinhos do restaurante Fifteen, de Jamie Olivier, em Londres. Com um talento especial para tornar o vinho algo simples, desde então Matt vem ensinando e escrevendo sobre a bebida com paixão e entusiasmo. Matt supervisiona o trabalho com vinhos para o grupo mundial Fifteen, escreve regularmente uma coluna para a revista Waitrose Food Illustrated, no Reino Unido, e participa de programas de TV.

livro

Da Redação – Fotos: Divulgação

73


A cidade dos quiosques Núcleo Bandeirante possui mais de 20 quiosques espalhados por suas avenidas Por Marcela Oliveira – Fotos: Alexandre Alves

quiosque

O 74

Núcleo Bandeirante é umas das regiões administrativas mais tradicionais de Brasília. Construída para abrigar os candangos que trabalhavam na construção da capital, a cidade desenvolveu-se e hoje abriga 26.089 pessoas. Ao longo das três avenidas que constituem a cidade estão espalhados mais de 20 quiosques para os mais variados gostos, e a Foco foi conferir os melhores para você! O Farol de Itapuã é um quiosque localizado na Avenida Central do Núcleo Bandeirante. A gastronomia desperta lembranças do Nordeste. Caranguejo, acarajé, tapioca e camarão são alguns dos pratos servidos no local. Os peixes também não deixam a desejar, vermelho, tucunaré, pescada amarela e pratos como isca de peixe e moqueca estão entre os mais pedidos da casa. O proprietário Rômulo Souza e a sua irmã Roberta Souza cuidam do local que existe há 20 anos, ele na administração e ela na cozinha.

Rômulo Souza e a irmã Roberta Souza à frente do Farol de Itapuã


O Daniel Kreps foi um dos primeiros quiosques do Núcleo Bandeirante

Para eles, o quiosque representa a vida, a Bahia e a saudade da terra natal. Ligado na Copa do Mundo, o Farol oferece um cardápio bilíngue e televisões para os que optarem por assistir aos jogos por lá. Quebrando o mito de que quiosque só vende churrasquinho e hot dog, a proprietária do Daniel Kreps, Débora Valadão, oferece um espaço dedicado a crepes na 2ª avenida do Núcleo Bandeirante. Com a massa crocante e o queijo derretendo na boca, o crepe Garfield é

o mais pedido no local. Entre os ingredientes estão frango, milho e catupiry. Crepes doces e personalizados estão inclusos no cardápio. Para os clientes, o ambiente descontraído e informal é o diferencial do quiosque. O Daniel Kreps foi um dos primeiros quiosques da cidade, e com toda a certeza, o primeiro a se especializar em crepe. A arquitetura do quiosque remete a um cenário praiano, sendo esse um dos pontos positivos do local.

Para fechar com chave de ouro, o mais inusitado dos quiosques é o Bar do Led. Rock’n roll e blues são as trilhas sonoras do local, que existe há quatro anos. Discos de vinil do Pink Floyd, The Who, Beatles, Led Zeppelin e Deep Purple fazem parte da decoração do espaço. O dono, Olivaldo Domingues, criou o que ele chama de combinação perfeita. “Quando eu chegava em casa do trabalho, por volta das 18h, em época de horário de verão, o céu ainda estava claro. A minha vontade era de sentar em algum lugar para tomar cerveja e ouvir rock. Então resolvi criar o bar que fosse perfeito para mim”, conta. Desde então, o local tem dado muito certo. O público é diferenciado, assim como os produtos oferecidos no quiosque. Lá você pode optar por mais de 50 marcas de cerveja, e os petiscos são cozinhados sem gordura, feitos em fritadeiras sem óleo. Clube do livro e shows de bandas locais são propostas do quiosque, que acomoda cerca de 30 pessoas. De acordo com o cliente assíduo, Gilmar Duarte, o bar aglomera tudo o que ele gosta. “Cerveja de qualidade e preço justo, ao som de boa música é isso o que me faz vir sempre aqui”, aponta. Além desses, vários outros quiosques se destacam pela inovação e exclusividade dos serviços. O que não falta no Núcleo Bandeirante é diversidade de temperos e pratos. E vale a pena conhecer cada um deles!

quiosque

Olivaldo Domingues e a esposa Leli Cortes no Bar do Led

75


76

saĂşde


Infecção urinária,

não!

Por Plinio Brant – Foto: Divulgação

S

e você sente algum incômodo na hora de fazer xixi, não ignore o sintoma – pode ser infecção urinária. Aprenda a se prevenir do mal para evitar complicações. Urgência para urinar, além de dor e ardência e xixi esbranquiçado são sinais dessa doença que atinge uma em cada cinco mulheres no mundo pelo menos alguma vez na vida, segundo o Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos. Por causa da anatomia do corpo feminino, que tem ânus, vagina e uretra muito próximos, as mulheres são as mais afe-

tadas – mas também existem casos em homens e crianças. O problema se manifesta sobretudo quando o organismo está com a imunidade baixa, o que facilita a proliferação de micro-organismos. As bactérias se aproveitam da situação: sobem pela uretra e atingem a bexiga, os ureteres e os rins. Em quase 90% das vezes a bactéria Escherichia coli, que habita o intestino, é a culpada. Por isso, é tão importante fazer corretamente a higiene íntima, limpando sempre da vagina em direção ao ânus. Não é preciso esperar acontecer o mal para se cuidar. Você pode blindar o seu organismo contra infecções adotando estes hábitos saudáveis.

ALIMENTAÇÃO BALANCEADA

Recomendo a ingestão de frutas, verduras e legumes diariamente: eles são ricos em vitaminas e minerais, que elevam a imunidade. Consuma também alimentos integrais, ômega 3 e leite fermentado para turbinar o sistema imunológico. Outra dica: coma alho, de preferência cru, pois ele é um bactericida natural.

FORA DO CARDÁPIO

Elimine a ingestão de açúcar, álcool e gorduras e maneire na cafeína. Não consegue? Tente ao menos reduzir o consumo desses alimentos, pois eles enfraquecem o sistema de defesa.

HIGIENE NOTA 10

Após fazer suas necessidades, limpe as partes íntimas sempre da frente para trás. Se possível, lave-­ se ou use lenços umedecidos. Urinar após as relações sexuais e usar calcinha de algodão ajudam a evitar a infecção urinária. É importante visitar o ginecologista todos os anos e tratar eventuais infecções ginecológicas. Você deve tomar, no mínimo, dois litros de água por dia – a hidratação mantém o aparelho urinário ativo, prevenindo a infecção. Se você estiver com a doença, consuma também frutas com vitamina C, que eliminam infecções: tome o suco de dois limões, coma um caju ou duas laranjas diariamente.

saúde

LÍQUIDO E CERTO

77


ETIQUETA Por Consuêlo Badra e Silvia Seabra – Ilustrações: Divulgação

etiqueta

1

78

Adoro perfume, mas não sei como escolher o certo para mim. Qual perfume combina comigo? “Mulher sem perfume é mulher sem futuro”, disse Mlle. Chanel. A escolha do perfume feminino deve levar em conta o estilo e personalidade da mulher. Além de deixar a pessoa cheirosa, o perfume se tornou algo marcante em uma pessoa. É muito comum as pessoas sentirem determinado perfume e lembrarem de você. Por esse motivo, ele precisa ser bem escolhido e variado, caso contrário ele pode provocar um efeito negativo, coisa que ninguém quer. Nada mais agradável que um bom perfume, seja quando você o usa, seja quando você sente em alguém um delicioso odor, mas ao escolher a fragrância que vamos utilizar, não podemos deixar de lado o bom senso e pensar na ocasião, hora do dia e estação do ano em que estamos. Outra coisa que se deve levar em conta é a ocasião. Não é bom utilizar o mesmo perfume que você usaria à noite, em uma festa, para ir trabalhar, por exemplo. Prefira as fragrâncias mais suaves no dia a dia e as mais fortes em ocasiões especiais.


3

A escolha da nossa roupa diz muito sobre nossa personalidade, e nossa educação também. Uma escolha imprópria será lembrada por muito mais tempo do que uma escolha acertada. Como devo me apresentar no trabalho? O que é “dress code”? Dress Code significa “código de vestimenta”. Dress Code nada mais é do que um código de vestimenta, que serve tanto para a vida social como profissional. Atualmente, podemos notar que as empresas estão investindo nessa prática para que os profissionais entendam os valores e conceitos da organização onde trabalham e consigam traduzir a imagem da empresa na maneira de se vestir. No ambiente de trabalho a roupa deve ser mais discreta e formal. O ideal é que não tenha decotes, nem saias curtas, sempre na altura do joelho. Os braços não devem estar à mostra e deve-se ter muito cuidado com estampas. As camisas de seda, calça social e saia lápis também entram nesse tipo de guarda-roupa. Fique de olho no salto, que também merece atenção. Não deve ser muito alto. Escolha as opções de tamanho médio. Quanto aos acessórios, vale usar o bom senso. Pulseiras e colares são bem vindos, desde que não atrapalhem no equilíbrio do visual.

so tempo. É deselegante resolver pela rede social qualquer problema pessoal. Enviar indiretas demonstra infantilidade e pode acabar atingindo uma pessoa não relacionada ao assunto.

5

Etiqueta no Facebook – como devo usar esta mídia social, onde as pessoas pensam que podem escrever tudo sobre si e os outros? Estou seriamente pensando em abandonar essa mídia. Como agir? É muito bom ter uma vida virtual em um perfil do Facebook, mas isso se torna um problema quando essa vida passa a substituir sua interação social cotidiana. O mundo lá fora é muito mais legal e emocionante! A diversidade cultural e social no Facebook é muito grande, então, é preciso tomar cuidado ao expressar uma opinião sobre assuntos polêmicos. Tente manter uma coerência entre sua vida dentro e fora do ambiente virtual. Antes de se expressar, pense se você realmente faria isso se não estivesse atrás de um monitor.

4

A respeito da Netiqueta e do falso anonimato da Internet: por que certas pessoas fazem criticas e comentários maldosos? Já se tornaram rotineiros o aparecimento de casos de agressão verbal, violência, ameaças e preconceito na internet. Por estarmos atrás de uma tela de computador, temos a falsa sensação de que estamos impunes, protegidos pelo anonimato e que a internet se torna um espaço aberto para falarmos o que quisermos, da maneira que quisermos e para quem quisermos. Na realidade, isso não é assim. Nunca devemos esquecer que o contato feito via web é sempre recebido por outra pessoa e não simplesmente por uma máquina. Direitos civis e privacidade devem ser respeitados em qualquer lugar, inclusive na web. A máxima de “faça para os outros o que você deseja que façam para você” nunca foi tão necessária em nos-

etiqueta

2

Fui escolhida para fazer uma apresentação na empresa. O assunto eu domino, mas chegou o momento de começar falar. E agora? Como proceder? Por mais que você tente agradar ao seu público, o melhor é falar com naturalidade. Procurar gerar situações em que as pessoas participem mais ativamente ou se sintam contempladas é essencial para cativar a plateia e segurar a atenção de todos. Contar uma história que se relacione ao tema, convidar as pessoas a responder perguntas, usar do bom humor e fazer uma reflexão são formas de gerar engajamento em quem está ouvindo. Falar em público não tem segredo: é preciso organização, conhecimento e uma pitada de desinibição. Aposte em boas apresentações, principalmente no campo profissional: elas podem mostrar quão seguro e concentrado você é, além de indicarem boa capacidade de liderança. Algumas dicas: • Seja natural; • Cuide de sua linguagem; • Mantenha um bom ritmo; • Utilize imagens; • Abrace o seu público; • Treine e treine. Boa sorte!

79


10

Gafes acontecem. Qual a melhor forma de lidar com situações constrangedoras? Gafes e gafes... quem não as comete? O ideal é não acentuar o erro, tentar agir com naturalidade, como se nada errado tivesse ocorrido.

11

6

Novas oportunidades para um profissional podem surgir a partir de uma boa apresentação pessoal? A aparência pessoal é de fundamental importância para o sucesso social e profissional. Valorize a aparência pessoal cuidando com carinho de seus cabelos, pele e mãos. Fique sempre atento quanto ao vestuário (meias, sapatos, bolsa, pasta etc). Mantenha o equilíbrio visual, ou seja, seja distinto e discreto.

7

Ao perceber que uma autoridade não está seguindo corretamente as regras de etiqueta, qual a melhor forma dessa abordagem sem que existam maiores constrangimentos? Não é elegante tomar a iniciativa de informar o que é correto sem que seja solicitado. Dependendo do evento, caberá ao mestre de cerimônias analisar se o comportamento da autoridade irá interferir no bom andamento e na imagem que será divulgada. Aí sim, deverá conversar sobre o assunto como se fizesse parte do roteiro.

etiqueta

8

80

Tenho uma colega de sala que gesticula demais, além de falar alto. O que posso fazer? Devo conversar com ela? O gesto é um complemento discreto para ilustrar a ideia, e não para impor a palavra. Gesticular em excesso não tornará o interlocutor mais atento ao que você tem a dizer. Todo gesto deve ser comedido e harmonioso. Deve-se evitar a mímica e o excesso de gesticulação. O gesto diz muito da pessoa. Quanto mais educada e segura de si, menos uso ela fará da gesticulação. A voz deve ter clareza e simpatia. Quanto ao tom, não pode ser muito alto a ponto de incomodar as pessoas, nem tão

baixo a ponto de não ouvirem. Antes de falar, sempre reflita, veja se isso não será considerado como uma ofensa. Uma opção é sugerir ao departamento de recursos humanos uma palestra sobre boas maneiras. Agora, se você tiver uma certa intimidade com essa colega, pode falar, lógico que fora do ambiente de trabalho.

9

Boas maneiras vêm da cultura familiar ou podem ser adquiridas ao longo do tempo? As boas maneiras nem sempre vêm de berço, elas poderão ser adquiridas ao longo do tempo. Com cursos, livros e observando pessoas educadas, podese adquirir conhecimentos e atitudes corretas. É possível encontrar regras de etiqueta social para muitas situações, do âmbito público ao privado; do real ao virtual. Tais condutas são memorizadas com a prática, tal como qualquer outro aprendizado. Na dúvida, siga a regra do “mais é menos”, mantenha-se recatado e “sinta” o ambiente em volta para saber como interagir, evitando atitudes espalhafatosas e, consequentemente, constrangedoras. É importante ressaltar que a pessoa tem que desejar aprender.

Em um evento da empresa devo cumprimentar o presidente? Para um evento empresarial o adequado é chegar pontualmente, agradecer a pessoa que fez o convite, ser gentil, saber se comportar e sair sóbrio antes do final do evento. É importante mencionar que nem sempre o convite foi feito pelo presidente da empresa, dessa forma, o convidado não terá o direito de se achar íntimo e ir cumprimentá-lo, caberá a um subordinado direto fazer essa apresentação ou não.

12

Como caminhar com elegância? Todas já ouvimos a nossa mãe ou a nossa tia dizer que para aprender a andar de salto alto não há nada melhor do que caminhar com um livro sobre a cabeça. Pois fique já a saber que essa é uma grande verdade. É que o livro sobre a cabeça obriga-nos a adotar a postura correta. E isso é o começo de tudo. Você deve andar com elegância, calma e desembaraço. Não pise com a ponta dos pés nem com os calcanhares; o pé pisa por inteiro para distribuir o peso do seu corpo de forma a ter a postura correta. Os ombros devem estar na curvatura normal, sem sacudir. O tórax deve ser mantido firme e os braços devem cair suavemente ao longo do corpo. Lembre-se: seu andar deve ser natural. Caminhe, portanto, com desenvoltura, flexibilidade, leveza, mas sempre corretamente.

13

De onde vem a palavra Etiqueta? Conforme o Wikipédia: etiqueta (do francês étiquette) é o conjunto de regras cerimoniais que indicam a ordem de precedência e de usos a serem observados pela corte em eventos, públicos ou não, onde estiverem presentes chefes de estado e/ou alta autoridades tais, como solenidades e datas oficiais; por extensão, são ainda as normas a serem observadas entre particulares, no trato entre si.

Contato Silvia Seabra: www.silviaseabra.com.br – Email: silvia@silviaseabra.com.br – (61) 9257-6173


82

poluição


Perigo invisível De acordo com pesquisa realizada no Canadá, a poluição chega até o feto e é responsável pela má formação do coração

D

e acordo com relatório divulgado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), a maioria das cidades do planeta não cumpre as diretrizes da organização, referente aos níveis seguros de poluição, uma ameaça para a saúde das pessoas. De cada dez habitantes, aproximadamente nove estão sujeitos a níveis de poluição inaceitáveis. O índice inclui 1.600 cidades de 91 países. Segundo a OMS, em 2012 dobrou o número de óbitos por ano, devido à poluição do ar.

poluição

Por Márcia Casali – Fotos: Bárbara Bastos

83


poluição

Dados da organização revelam ainda que em comparação aos anos anteriores, a situação está piorando e alertam que as principais causas das mortes estão relacionadas às doenças cardiovasculares, como o acidente vascular cerebral (AVC), cardiopatia isquêmica, doença pulmonar obstrutiva crônica (Dpoc), câncer de pulmão e infeções respiratórias agudas em crianças, que, aliás, fazem parte de grupos vulneráveis, assim como as mulheres e os idosos. Em relação às crianças, uma recente pesquisa, realizada pela Universidade de Alberta, no Canadá, informa que os agentes poluentes são responsáveis pelo aumento de crianças com malformação do coração. No país, a população sofre com a poluição, principalmente nas cidades com grande número de fábricas, além da utilização de biomassa na cozinha e no aquecimento e o aumento dos automóveis. Tendo como base a pesquisa realizada no Canadá, e fazendo um comparativo com a realidade no Brasil, observa-se um aumento significativo das emissões de dióxido de carbono (CO²) pela crescente utilização de transporte individual, além do desmatamento. Uma pesquisa sobre mobilidade urbana, realizada em 12 capitais brasileiras, apresenta o Distrito Federal em terceiro lugar no ranking nacional de crescimento de veículos. Em 2001 eram 626 mil veículos, que se tornaram 1,2 milhão em 2011, um aumento de 103,6%. Vale destacar que o CO² é responsável pelo efeito estufa, e representa 50% do aquecimento global.

84

É preciso cautela Para o cardiologista Anderson Rodrigues, do laboratório Sabin, a pesquisa da Universidade de Alberta, por ser ainda preliminar, não prova a relação entre os agentes poluentes tóxicos e os riscos para o desenvolvimento cardíaco. Mas destaca a importância em alertar sobre os riscos potenciais da exposição à poluição. “É necessário um maior investimento em pesquisas semelhantes, visando-se descobrir a real influência do ambiente sobre a formação do feto”, diz. Especialistas advertem que mulhe-

“No Brasil, estudos de teratogenicidade humana ainda são muito escassos. O assunto possui peculiaridades com consequências importantes que devem ser investigadas”, diz o cardiologista Anderson Rodrigues

res grávidas devem evitar contato com substâncias poluentes, como o liberado pelos veículos automotivos. O médico entende que seria o ideal, porém, de difícil execução na prática diária. Segundo ele, existe a possibilidade de crianças nascerem com problemas cardíacos, inclusive é o que informa o estudo canadense. Todavia, vale lembrar a importância de se determinar, com segurança e precisão, a frequência de exposição da

gestante e do feto, a uma possível substância teratogênica durante a gestação, o que possibilita obter dados suficientes para concluir o seu potencial teratogênico, que é a malformação congênita. “Outro detalhe são alguns estudos epidemiológicos, que demonstram que nos dias de maior concentração de poluentes no ar, aumenta o número de atendimentos em hospitais de pacientes com arritmias, trombose venosa profunda


(TVP) e angina instável”, destaca. Mãe saudável gera filhos saudáveis Existem três vias de exposição a agentes químicos e físicos às quais os seres humanos estão sujeitos: domiciliar, ocupacional e ambiental. O primeiro se refere a substâncias químicas utilizadas no ambiente domiciliar e fatores radioativos. O ocupacional são agentes cujo contato ocorre no cotidiano profissional e por fim o ambiental, que é a exposição à contaminação na água, no solo ou ar, como poluentes, catástrofes ecológicas, depósitos de lixo tóxico, entre outros. A geriatra Marcela Pandolfi lembra que não recebeu orientações específicas, durante o pré-natal, sobre os perigos da poluição para o bebê. A médica conta que procurou evitar algumas situações por entender que até a 8ª semana de gestação podem ocorrer as malformações – denominação dada às anomalias estruturais, responsáveis por alterações durante o

Marina encanta e traz muita felicidade à família

período chamado de organogênese. “Eu não tive informações referentes à pesquisa realizada no Canadá, pois ela é recente. Mas já havia lido sobre os possíveis efeitos danosos da poluição do ar sobre a gravidez e o feto”, comenta. Mãe de Pedro, 1 ano, e Marina, recém nascida, ela teve gestações tranquilas,

sempre respeitando as orientações médica. Dentre elas, o cuidado em evitar produtos como alvejantes e pesticidas, durante e após a gestação. Todo produto químico é perigoso, o que pede uma ação preventiva dos pais, tanto no manuseio, quanto no armazenamento. Vale lembrar que muitos produtos causam danos, não por terem sido ingeridos, mas inalados. A mistura de produtos como sabão em pó, amoníaco e água sanitária gera uma fumaça asfixiante, que pode deixar uma pessoa sem um dos sentidos. Por isso, todo cuidado é pouco quando o assunto é proteger a quem se ama. “Ser mãe é descobrir o real sentido da vida. Deixamos de ser prioridade e viramos coadjuvante da nossa história. Com procedimentos simples é possível evitar acidentes e proteger nossas famílias”, afirma Marcela. Créditos Bárbara Bastos: (61) 3257-6620 OMS: (61) 3251-9595 Laboratório Sabin: (61) 3329-8000

poluição

Marcela conhecia os possíveis efeitos danosos da poluição do ar sobre a gravidez e o feto, o que a fez mudar certos hábitos pela saúde do Pedro e Marina

85


rangelcavalcante@uol.com.br

ArrombA! Em 1960 o Nordeste atravessou uma temporada de chuvas que inundaram cidades e campos de vários estados. Um dos mais atingidos foi o Ceará, onde o rio Jaguaribe – conhecido como o maior rio seco do mundo – transbordou, forçando a retirada de populações ribeirinhas de Russas, Aracati, Itaiçaba, Jaguaribe e outros municípios. Mas o grande perigo era o iminente arrombamento do Orós, então o maior açude público do Brasil, cuja barragem dificilmente suportaria o volume de água acumulado. O presidente Juscelino Kubitschek foi ver de perto os estragos das cheias e determinar medidas de auxílio às populações atingidas. Foi aí que Rádio Dragão do Mar mobilizou a sua equipe e iniciou uma campanha para recolher donativos destinados às famílias ameaçadas por um possível arrombamento da barragem, que por certo levaria de roldão milhares de casas e as lavouras ao longo do rio. Pelas ruas em torno da Praça do Ferreira, a principal de Fortaleza, as equipes da rádio desfilavam com lençóis brancos, com os seus artistas segurando as pontas, animadas por uma bandinha que tocava dobrados e pela palavra emocionada do diretor de rádio-teatro Jota Oliveira, que aos gritos de “vamos ajudar as vitimas do Orós. O açude vai arrombar. Precisamos da sua ajuda!”, comandava a operação. E o povão jogando dinheiro no lençol. Quando o cortejo passava em frente ao Ritz, um café e bar frequentado por intelectuais, principalmente jornalistas, um bêbado, com uma cédula de mil cruzeiros na mão, aproximou-se e antes de jogar o dinheiro no lençol perguntou ao Jota Oliveira: – E se o açude não arrombar? Ao mesmo tempo em que pegava o dinheiro da mão do bebum, o nosso Jota Oliveira respondeu alto e bom som pelo megafone: – Arromba! Arromba, sim. Tem que arrombar! No final o Orós não arrombou. Os engenheiros do DNOCS decidiram abrir uma fenda na barragem, reduzindo a pressão da água e evitando o desastre.

Pelo brAdesco Durante a campanha eleitoral de 1982, no Pará, o chefe do comitê central do PSD, Antonio Amaral Junior, recebe um telefonema de Santarém. O ex-prefeito Elias Pinto, um dos mais entusiasmados cabos eleitorais do partido, queria falar com o candidato a governador, Oziel Carneiro, que prontamente atendeu o correligionário. E deu-se o diálogo: – Alô Oziel. Aqui é o Elias. Já está tudo providenciado para o grande comício lá em Mojui dos Campos. Vai ser uma festa e tanto. Comprei 20 bois para um precisando do teu apoio moral. – Pois não, meu caro Elias. Pode contar com todo o meu apoio – garantiu o candidato. E o Elias: – Obrigado, meu caro governador. Manda ele logo hoje, pelo Bradesco!

rangel cavalcante

NÃo deu PrA NAdA

88

Depois de mais de meio século de batente como repórter político em vários jornais e emissoras de rádio do país, o jornalista Newton Pedrosa decidiu encostar as chuteiras. Vive hoje num belo sítio, de frente para o mar, na famosa praia de Paracuru, litoral norte do Ceará, onde se dedica a escrever livros, beber cachaça e a papear com pescadores e turistas. Dias atrás, gastava conversa com o “seu” Antônio, um dos velhos pescadores da região, hoje também aposentado, de quem costumava ouvir histórias incríveis da vida dos pescadores locais. O velho contava que fora criado praticamente pelo “coronel” Antonio Tabosa, rico fazendeiro de Paraipaba, convivendo com os quatro filhos do latifundiário, como se fossem irmãos. E relatava: – Os meninos deram gosto aos pais. O mais velho “estudou para médico”, outro é advogado e o terceiro é “doutor agrônomo”. Só o mais novo, que foi muito mimado, por ser o caçula, fim de rama, é que não deu para nada. E desfechou: – Foi ser jornalista, assim como o senhor.... O jornalista Macário Batista, que visitava o Pedrosa e participava da conversa, adorou.


PelA PAusA O Cabralzinho era um líder estudantil em Campina Grande, na Paraíba, cheio de pretensões políticas, conta o jornalista Simão Pessoa. Sonhava em ser governador do estado. Certa feita foi passear em Sobral, no Ceará, em plena campanha eleitoral, e teve a oportunidade de assistir a um grande comício. Deslumbrou-se com a figura do deputado Crisanto Moreira da Rocha, que impressionava pela oratória vibrante e pelos longos cabelos brancos esvoaçantes, candidato à reeleição. Crisanto começou o seu discurso gritando: – Ladrões! Ladrões! A multidão que enchia a praça assustou-se. Mas logo o candidato continuou: – Ladrões! Ladrões! Vocês, sobralenses, roubaram o meu coração! Foi um delírio total entre os presentes. Cabralzinho voltou à sua terra entusiasmado com o que viu no interior cearense. Dois anos depois, candidatou-se a vereador. No primeiro comício decidiu reeditar a oratória de Crisanto Moreira da Rocha. E começou com o ar agressivo: – Ladrões! A praça inteira ficou em silêncio. E ele repetiu: – Ladrões! E novamente, mais forte: – Cambada de ladrões! Foi o bastante. Logo a multidão, aos gritos, invadiu o palanque, jogando pedras, paus, sapatos, muitos dos quais atingiram o orador, que apenas tentava dizer que “eu explico”. Levado às pressas, foi medicado no Pronto Socorro, onde explicou sua intenção de causar impacto nos eleitores. E lamentava: – O meu erro foi fazer a pausa longa demais...

Quem é mAcho? Em abril de 1977 o país foi surpreendido com a edição do Ato Institucional número 5, o famoso AI-5, com o qual o então presidente Ernesto Geisel decretou o recesso do Congresso Nacional e alterou a legislação eleitoral para inviabilizar uma possível vitória das oposições nas eleições do ano seguinte. Na Câmara Municipal de Manaus, o líder do MDB, vereador Fábio Lucena, que depois foi um dos nossos mais brilhantes senadores da República, ocupou a tribuna para protestar contra o que chamou de mais uma demonstração de violência da ditadura militar. E chamou o general-presidente Geisel de “novo nazista brasileiro de ascendência alemã”. A bancada da ARENA, o partido do governo, não gostou a comparação e logo se iniciou um tremendo bate-boca que rapidamente evoluiu para ofensas pessoais de lado a lado. Fábio Lucena decidiu encerrar o pronunciamento com uma provocação: – Eu só não vou dizer o que penso dessa bancada da ARENA porque nem todos os seus integrantes são machos! O vereador Vinicius Câmara, que era o líder do partido governista, não gostou da provocação e, furioso, partiu para cima de Lucena, só não chegando à agressão física graças à intervenção de outros colegas. E gritava aos berros: – Quem é que não é macho aqui, seu canalha? Quem não é macho aqui nessa porcaria? Vamos, aponte quem não macho, se tem coragem! E Lucena realmente apontou: – A vereadora Léa Alencar, única representante feminina na Casa, por sinal integrante da bancada liderada por Vossa Excelência! O barulho das gargalhadas nas galerias fez com que a sessão fosse encerrada.


90

dia dos namorados


E que seja

eterno... Este ano o dia 12 de junho será marcado pela abertura da Copa, mas é também a data em que casais brasileiros celebram o seu amor

T

odo ano casais apaixonados usam o 12 de junho para celebrar seu amor. Restaurantes são lotados de juras de amor e clima romântico. O clima mais friozinho do outono torna propícia a companhia de um bom vinho na celebração. Jantares especiais, trocas de presentes, muito amor e carinho podem ser presenciados por quem resolver sair nesse dia. Promoções nas lojas, pacotes especiais nos hotéis e, por que não, até uma viagem especial, opções não faltam, e este ano, além de ajudar na escolha dessa programação especial, a Revista FOCO reuniu algumas histórias de amor que merecem ser compartilhadas e podem servir de inspiração para outros casais.

Fabiany Damasceno e Eduardo Macedo Casados há cinco anos, o carioca Eduardo Macedo­e a brasiliense Fabiany Damasceno acabam de celebrar bodas de ferro. Os dois se conheceram na comemoração de aniversário de um amigo em comum numa boate seis anos atrás. Foram apresentados, trocaram olhares e uma boa conversa e não se desgrudaram mais. Após um ano de namoro já estavam casados. Bem sucedidos em seus próprios negócios, Fabiany e Eduardo re-

solveram embarcar em um novo desafio e desde o final do ano passado estão à frente de um empreendimento em comum, o restaurante Limoncello. Mas o maior desafio é assegurar que a sociedade não interfira no relacionamento. “Tentamos não conversar o tempo todo sobre negócios, mas não há como desligar o botão”, diz Fabiany, que aposta em uma receita simples para a sociedade no restaurante não desandar o casamento. “O fundamental é separar os papéis de cada um na sociedade e que o responsável pela sua área tenha autonomia para tomar as suas próprias decisões”, observa a empresária, que afirma que questões relativas ao trabalho só são evitadas durante viagens de lazer. Viagens, entretanto, que são convidativas a ideias de trabalho. Foi em um tour do casal pela Costa Amalfitana que a dupla decidiu abrir, no final do ano passado, o Limoncello. Daniella e André Naegele Juntos há 25 anos, Daniella e André Naegele se conheceram em um aniversário de amigo em comum, mas só começaram o namoro um mês depois. Com três anos de namoro, o então funcionário do Banco do Brasil e a vendedora de roupas decidiram montar um negócio próprio, que prosperou. Hoje, a dupla, que completa em 2014 dezenove anos de casamento, tem três filhos e seis lojas

dia dos namorados

Por Camila Bocchino – Fotos: Divulgação

91


que compõem a Avanzzo, uma marca consolidada que começou de forma despretensiosa pelo então casal de namorados. Lidar com um negócio em conjunto e um casamento nem sempre é fácil, mas Daniella atribui à definição de papéis o sucesso dos dois. Ela cuida da parte de criação e estilo. Ele, do administrativo. “Mas eu às vezes tenho que frear a Dani”, brinca André. “Ela é muito empolgada, eu mais pé no chão. Ela viaja, pesquisa e aparece cheias de ideias. Preciso antes fazer as contas para ver se elas são possíveis antes de aprovar”, diz o empresário. “Evito levar e conversar muito sobre trabalho quando estamos em família, mas nada que interfira nos nossos momentos como casal. Viajo muito e o André é um super parceiro. Me ajuda a cuidar da casa e dos nossos filhos. Relações saudáveis têm que ter cumplicidade”, completa a empresária.

92

Márcio Corrêa e Adriana Orlandi O início dessa história de amor é uma data marcante para o mundo inteiro. No dia 11 de setembro de 2001, dia em que as torres gêmeas americanas foram destruídas, os dois estavam em São Paulo para visitar uma feira de revestimentos. A empresária Adriana convidou o arquiteto Márcio Corrêa para um jantar de negócios no Café des Arts, juntamente com outras pessoas que estavam no evento. Nesse dia, não pararam de conversar e de querer saber mais um do outro, parecia que o restante do grupo havia desaparecido como por encanto. Combinaram de repetir a dose em Brasília e dias depois Márcio convidou Adriana para ir ao show do Caetano Veloso. “Na saída do show decidimos prolongar a noite no Universal Dinner e lá aconteceu o nosso primeiro beijo”, conta Adriana. “O Dia dos Namorados é uma data importante para nós. Sempre trocamos presentes, até hoje, com dez anos de casamento. Nesse dia, procuramos celebrar o romantismo, a alegria do amor e a cumplicidade que existe entre nós”, continua a empresária. A cumplicidade de início de namoro continua até hoje. “Gostamos de estar o tempo todo juntos. Gostamos de namorar bastante, cuidar de nosso filho, ir ao clube, passear, cozinhar e fazer planos. Sem contar a paixão em comum, a arquitetura e o design, já que ambos seguiram carreiras nessa área”, comenta Márcio. Para ajudar nas escolhas desse dia especial, seguem algumas dicas da FOCO.

Foto: César Rebouças

dia dos namorados

Natalia Pacini e Rafael Lycurgo O casal se conheceu em 2001 em uma festa de Réveillon aqui na capital e teve algo passageiro na época. “Acabamos tendo uma amizade que se fortaleceu a cada ano e começamos a trabalhar juntos. De lá até 2008, namoramos e terminamos algumas vezes, até que nosso namoro firmou em 2009, noivamos e nos casamos em 2011”, conta Natalia. O casal se tornou inseparável e os dois passaram a fazer praticamente tudo juntos. “Somos muito parceiros e melhores amigos um do outro. Hoje em dia, gostamos de ficar em casa com nosso filho, brincar com nossas cachorras, gostamos muito de abrir um vinho gostoso e conversar bastante”, continua Natalia. “Acho essencial ter admiração pela outra pessoa. Essa é a base para um relacionamento duradouro, eu acredito. Com a admiração, fica fácil lidar com as questões desafiadoras do dia a dia e crescer sempre ao lado dessa pessoa”, comenta Rafael. No Dia dos Namorados os encantos de ser um casal afloram e os dois

valorizam essa comemoração com uma quebra da rotina para tornar tudo mais especial. “O mais importante é aproveitar esse simbolismo para fazer algo especial para o outro, qualquer coisa, mas com muito amor. Algo que saia um pouco da rotina e deixe o relacionamento sempre com mais emoção”, conclui Natalia.

Fabiany e Eduardo – comemorar o amor

Daniella e André – amor que deu certo

Márcio e Adriana – romance marcante


Brincos Antonio Henrique - preço sob consulta

Bota de montaria, Sonho dos Pés - R$129,00 Vinho Don Melchor, Vinícula Concha y Toro - preço sob consulta

dia dos namorados

Camisa estampada, Basic Collection - R$231,92

Bolsa Sutra Mini Crossbody, Diane Von Furstenberg - R$1.800,00

Kit Malbec, O Boticário - R$154,00

Kit Egeo Dolce Feminino, O Boticário - R$120,00

93


Tテェnis Everlast para Di Santinni R$179,99

Espadrille, Di Santinni R$59,99

Aquasurce Deep Serum, Biotherm R$239,00

Clutch, Avanzzo - R$198,80

dia dos namorados

Colar Correntes, Ellus R$159,00

94

テ田ulos escuros Masculino e Feminino, Aloha Eyewear - R$229,00


Porta Jóias Bicho de Pé, Amor aos Pedaços - R$19,00

Kit Sexy, Cacau Show - R$49,90

Perfume Amor Amor in a Flash, Cacharel - R$319,00

Joias Camila Brito preço sob consulta

Perfume Masculino Action, Cyzone - R$44,50

Perfume Feminino Oh Red!, Cyzone - R$50,00

dia dos namorados

Tênis Asics Gel Kayano Feminino, Pro Corrida - R$599,90

95


Óculos Aviador, Go Eyewear R$449,00

Anel Emar Batalha - preço sob consulta Óculos Feminino, Go Eyewear - R$149,00

Poltrona Swan Jeans, Etna R$1.699,00

dia dos namorados

A cada R$100,00 em compras concorra a dois Cherry QQ no JK Shopping

96

Kit Poesia da Água, Natura Todo Dia R$32,00

Powerful Wrinkle Reducing Cream - Kiehl’s R$245,00


Sandália Animal Print, Schutz R$370,00

Colar Altair Star, Lanvin R$6.490,00

Kit Aqua Di Giò R$329,00

Cruzeiro MSC Ópera, 10 noites pela Europa, - a partir de USD863, na experiência Bella

Banho Tântrico Blue Ocean, Sexy Hot R$39,90

dia dos namorados

Camiseta Cashmere, Mixed - R$1.698,00

97


Brincos Veneza, Vivara R$3.990,00 Pacote Especial Hotel Saint Moritz R$499,00

Pacote Especial Hotel Athos Bulcão R$578,00

Abotoaduras, Vânia ladeira - preço sob consulta

Sutiã Mini Corcelet Estampado, Gisele Bündchen Intimates R$169,00

dia dos namorados

Calcinha Fio Dental Estampada, Gisele Bündchen Intimates R$79,00

98

Os anéis Unbreakable Hope são uma parceria do GRAACC com o designer de joias Ara Vartanian e têm toda sua venda revertida em prol da instituição

Coturno Etiqueta Negra - R$1.300,00


O Shopping Sul conta com uma programação especial para os namorados entre os dias 11 e 13 de junho

Brincos Audio, Swarovski - R$504,00

Colônia 1960, Koesmein para Farmacotécnica - R$75,00 (50ml)

DVD Amores Roubados, Globo Marcas - R$79,00

Sutiã Hope R$139,00

Calcinha Hope - R$79,00

Base Teint Visionnaire, Lancôme R$309,00

dia dos namorados

Perfume Black XS L’aphrodisiaque Feminino, na Época Cosméticos - R$227,20

99


Foto, família e formação

E

xposição de fotos, homenagem às mães e a volta do retail club fizeram parte da programação do ParkShopping nos meses de abril e maio. Com a exposição Do Céu Brasília, do fotógrafo Bento Viana (01 a 04), o PKS homenageou a cidade pelos seus 54 anos com belas imagens clicadas das alturas pelo artista. Já no Dia das Mães, o centro comercial

Marcelo Martins e Bento Viana

2

3

Zuleika de Souza e Rogério Midlej

Débora e Tomas Seixas

PARKSHOPPING

10

100

Renata e Dalton dos Anjos

6

Ana Paula Sacchi e as filhas Isabela e Beatriz

Tetê e Vera Catalão 7

Roberta Aviz e Michelle Macedo

5

4

8

crédito: Fotoforum

1

brindou as matriarcas com apresentação musical e distribuição de presentes para as famílias que almoçaram no Espaço Gourmet naquela data (05 a 08). Já no dia 15 de maio, uma palestra sobre Neuromarketing – Comportamento do Consumidor marcou a volta do retail club, uma série de eventos mensais voltados para a formação de lojistas do mall (09 a 12).

Luciana e Silvia Sousa 9

Mariana e Antônio Pereira 11

Ísis Costa e Antônia Andrade

Carlos Gardel e Silvia Vasconcelos 12

Pedro Camargo e Natália Vaz


Eu tenho o melhor emprego do mundo!

gran cursos

A

102

aprovação em concurso público é um momento es- coragem de enfrentar o grande desafio que é estudar para um pecial na vida das pessoas. Diria mesmo que é um concurso público, logo alcança o grande objetivo de ser aprovamomento mágico, que pode nunca mais se repetir, do. Tenho certeza de que, quando ela afirma ter largado tudo ainda que o concurseiro tente, encorajado pelo su- em 2012 para virar concurseira, não está exagerando. Ainda cesso anterior e disposto a conseguir cargo melhor. Quem al- mais que, como vocês devem se lembrar, o concurso da Caixa cança uma aprovação deve saber aproveitar o momento e valo- foi o mais concorrido do mundo – eu escrevi isso na ocasião –, rizar sua nova condição de empregado do governo – servidor do com cerca de 1,2 milhão de candidatos disputando 29 mil vagas público –, situação que lhe abrirá as portas de uma nova vida, em todo o País. Na época, eu ressaltei que o certame só seria muito melhor do que a que vivia antes. superado pelo ENEM e pelo vestibular da China – uma brincaDigo e escrevo isso com a convicção de quem vivenciou oito deira, evidentemente, mas que tem lá o seu fundo de verdade, vezes a experiência. Fui servidor público durante 17 anos, no se é que existe vestibular na China. governo federal e no do Distrito Federal, e olhe que tudo coContudo, é importante dizer que Natália só foi aprovada meçou depois de um insucesso: a reprovação em um concurso porque conseguiu se superar e vencer todos os obstáculos que, para o Banco do Brasil, o primeiro que fiz, logo depois de com- com toda a certeza, surgiram durante o período de preparapletar 19 anos de idade. Longe de me desanimar, esse foi o pavio ção, que não deve ter sido nada fácil. O conteúdo do concurque acendeu em mim o desejo, ainda maior do que antes, de so da Caixa foi terrível, com matérias que muitos candidatos me tornar um concurseiro de sucesso. Isso acabou ocorrendo têm pavor só de imaginar, como Raciocínio Lógico e Contabiem curto tempo, o que me conduziu ao êxito profissional até os lidade, para citar apenas dois desses bichos-papões. Para vendias de hoje. cer essa parada, o candidato precisa ter algum diferencial nos Por isso, é sempre uma satisfação renovada ficar sabendo de estudos, e esse deve ter sido o segredo da aprovação de Natália casos de sucesso de ex-concurseiros que foram nossos alunos. e de todos os outros que conseguiram superar os desafios lanRelatos desse tipo fazem parte do meu çados pela banca examinadora. “Quem alcança uma dia a dia, mas eu não tomaria conheAgora, tenho outro exemplo de sucimento deles se os ex-alunos não me cesso que faço questão de contar. Quanaprovação deve saber enviassem suas histórias. A seguir, redo abri este e-mail e li o título, cheguei produzo uma delas: a ficar emocionado. Era assinado pela aproveitar o momento e FUI APROVADA NA CAIXA jovem A. A. e começava assim: valorizar sua nova condição “Eu larguei tudo para virar concursei“EU TENHO O MELHOR EMPREGO ra em 2012. Essa passou a ser minha proDO MUNDO, MEU DEUS! de empregado do governo – fissão, que é árdua e não remunerada. Olá, Professor Granjeiro! Sou Aline, Por vários motivos, sonhei com a Caixa servidor do público –, situação estive na sua sala, no ano passado, para desde o início. E agora, em 2014, pude pedir a indicação de um advogado que que lhe abrirá as portas de realizar meu sonho. Fui classificada em pudesse me orientar, pois eu estava na 68º lugar. Acredito que estarei na priuma nova vida, muito melhor lista de aprovados do Senado Federal, meira turma a ser nomeada. Por isso veera a próxima da lista, na verdade. Não do que a que vivia antes.” nho agradecer a vocês que contribuíram sei se o Senhor vai se lembrar. Naquela muito para a realização desse sonho. ocasião, expliquei a situação dos exPude perceber a dedicação de cada um pela turma. E, quanto a cedentes depois da entrada do senador Renan (que não queria mim, podem ter certeza, foram decisivos nesse processo. Por isso, nomear mais ninguém) na presidência do Senado. O senhor agradeço. Continuem dando aulas de qualidade e lutando pelas foi bastante prestativo, ouviu tudo que eu tinha para dizer e pessoas, assim posso acreditar em um mundo melhor.” (N. T. A.) me deu o nome de um colega que é advogado. O senhor ainda A jovem Natália é um desses exemplos de determinação. Para me encorajou ao dizer: ‘Tenho certeza que você será chamada, a história de pessoas como ela, só pode haver um final feliz. Co- pode começar a gastar por conta’. Bom, realmente fui nomeada. nheço muitos outros exemplos assim, de gente que, graças à Minha nomeação saiu em fevereiro, tomei posse em março e


“ São casos que nos dão a certeza de que a recompensa para quem se dedica a estudar de verdade para concurso público chega, mais cedo ou mais tarde. É preciso, porém, saber escolher o caminho e, depois disso, manter o foco até alcançar a tão sonhada aprovação.” de Aline quando ela afirma que tem “o melhor emprego do mundo”. Entrar para o Senado, por meio de concurso público, sem dúvida deixa a pessoa com essa sensação. A começar pelo ambiente de trabalho, onde você lida com o dia a dia dos bastidores da política do País, passando pelas inúmeras vantagens e pelos muitos benefícios oferecidos aos servidores da casa e chegando ao mais importante, o salário acima dos padrões do próprio serviço público em geral, começando já em cerca de R$ 12 mil, a depender do cargo, e podendo passar de R$ 20 mil, no caso dos analistas

e consultores. Dizem que o melhor emprego do mundo é o do Barack Obama, mas é porque ele nunca trabalhou no Senado brasileiro. Tanto que alguns apelidaram o órgão de “CEUNADO”, afinal, o órgão é melhor que o céu, já que não é preciso morrer para entrar nele. Contei a história dessas duas ex-alunas para deixar registrados dois exemplos de sucesso inspiradores para todos os concurseiros. Natália e Aline são daqueles casos que nos dão a certeza de que a recompensa para quem se dedica a estudar de verdade para concurso público chega, mais cedo ou mais tarde. É preciso, porém, saber escolher o caminho e, depois disso, manter o foco até alcançar a tão sonhada aprovação. Já afirma um antigo provérbio indiano: “Se você não faz as escolhas, as escolhas fazem você”. E isso pode dar errado. Por isso, caro leitor, seja um concurseiro de sucesso, fazendo as escolhas certas, e, assim como Natália e Aline, logo você poderá comemorar o seu FELIz CARGO NOVO! J. W. GRANJEIRO Diretor-Presidente do GRAN CuRsOs Vice Presidente da ANPAC Coordenador do Movimento pela Moralização dos Concursos - MMC. www.professorgranjeiro.com http://twitter.com/jwgranjeiro http://facebook.com/josewilsongranjeiro

gran cursos

já estou trabalhando! Não era servidora e tenho a exata noção de que estou em um dos melhores órgãos públicos do País. Por meio dessa mensagem, gostaria apenas de agradecer ao Senhor por ter me recebido de forma tão cordial e por ter ouvido as minhas angústias naquele momento. Fico feliz em saber que o maior nome do País em concursos públicos é também o de uma pessoa acessível e simpática. Obrigada! E esse ano eu finalmente pude dizer que tive o meu ‘feliz cargo novo’!” Imaginem o que sentia essa concurseira naqueles dias em que conversamos. Pensem na angústia que é, depois de esforço brutal, necessário para ser aprovado num dos concursos mais difíceis do País, ficar na expectativa da nomeação e na dependência do bom humor do presidente do Senado, para ver concretizado o sonho que parecia tão perto de virar realidade. Tornar-se servidor do Senado é uma oportunidade que pouquíssimos têm, considerando-se os milhares de candidatos que concorrem às poucas vagas oferecidas e as poucas centenas que as conquistam. Como costumam dizer os gaúchos, é aquela situação em que o cavalo passa encilhado na sua frente, e você não pode deixar de montar, porque ele dificilmente voltará a aparecer. Portanto, compreendo o entusiasmo

103


O que você quer ser antes de crescer? Essa pergunta é a inspiração da Festas Criativas ao desenvolver seus projetos de decoração de festas infantis para seus clientes

FESTAS CRIATIVAS

P

104

ara realizar esses sonhos, basta um pequeno gesto: deixar a criança mergulhar na inocência de sua fantasia e ser um forte super-herói, uma linda princesa, um jogador de futebol, uma bailarina... ou mesmo pertencer ao mundo encantando da Disney. A Festas Criativas, que já era a maior empresa de decoração de festas infantis de Brasília, acaba de ampliar ainda mais sua loja e inaugurar um show room com mais de 3 mil metros quadrados de cenários e decorações infantis, considerado o maior da América Latina. E foi nesse magnífico espaço que a proprietária Julie Lopes recebeu para um almoço, no dia 28 de maio, um seleto grupo de profissionais que atuam no mercado de festas e formadores de opinião, que tiveram a oportunidade de conferir e interagir com as decorações impecáveis e esculturas em tamanho real que impressionam por sua beleza plástica e perfeição. Os convidados se encantaram com o lado lúdico da decoração, que, de tão real, chega a confundir o imaginário das crianças e traz à tona gostosas lembranças da nossa infância.

Julie no cenário do Cirque du Soleil


Frozen, o tema queridinho do momento

A mesa do Peter Pan foi um dos cenários mais visitados da festa

Cenário da Branca de Neve

Recepção da Loja

Recepção da Loja

A empresa trabalha com mais de 80 temas de decoração e mesas para os parabéns, indo dos clássicos infantis aos últimos lançamentos do mundo da imaginação. As mesas ricamente decoradas e os cenários gigantes possibilitam a interação das crianças, inclusive com os personagens, e favorecem imagens lindas

nos registros fotográficos. No show room há também um espaço especial com incontáveis opções de lembranças, toalhas, convites e tudo o que você precisa para fazer um kid’s b-day de sucesso! A loja é dirigida pela competente publicitária e decoradora Julie Lopes, que já atuava no mercado de festas infantis antes

FESTAS CRIATIVAS Park Way – Show room SMPW Quadra 05 Conjunto 09 Lote 08, Brasília – DF Telefone: (61) 3568-2289 / (61) 3568-0055 Segunda a sexta de 09:00 às 18:00 Sábados: 08:00 às 12:00 contato@festascriativas.com.br Asa Norte – Escritório SCLN 402 Bloco C Loja 24, Brasília-DF Segunda a sexta de 09:00 às 18:00 Telefone: (61) 3327-1828

FESTAS CRIATIVAS

Visão parcial dos cenários expostos no show room

Julie e sua gerente geral, Eliete Pinheiro de fundar a Festas Criativas. Seu segredo? Revela: “Penso como uma criança, relembrando a emoção que senti quando fui à Disney pela primeira vez. Ver os cenários em grandes proporções, com toda aquela magia e encanto, foi sem dúvida um dos momentos mais inesquecíveis da minha vida. Por isso, nossa proposta é proporcionar ao aniversariante e seus convidados essa mesma experiência”. Julie é considerada a “queridinha” das casas de festas, pelo respeito e comprometimento que tem com a pontualidade na entrega das decorações, mas ela afirma que não conseguiria fazer isso sozinha. Para que a Festas Criativas consiga realizar tudo com perfeição, ela emprega uma equipe com mais de cinquenta profissionais, entre serralheiros, cenógrafos, marceneiros, equipes de operação e montagem, designers, projetistas, motoristas, vendedoras, costureiras, artesãos, entre outros, e cada um tem um papel fundamental, o que os torna também responsáveis pelo sucesso e knowhow alcançados durante esses dez anos de mercado. Se você sonha em proporcionar momentos mágicos aos seus filhos, não deixe de conhecer a Festas Criativas. Vocês irão se surpreender!.

105


Transformando

sonhos em

realidade Dragão Fashion Brasil não para de crescer e mostrar que moda autoral tem valores culturais e de negócios Por Fernando Lackman – Fotos: Roberta Braga/Silvia Boriello/Ricardo K.

moda

N

106

ada como ver o crescimento da moda brasileira bem de perto e poder acompanhar o desenvolvimento de um mercado como o nosso. No finalzinho de abril foi realizada em Fortaleza a 15ª edição do Dragão Fashion Brasil (DFB). A semana de moda cearense é totalmente voltada a para moda autoral e é uma grande responsável pela descoberta de novos estilistas, dos quais alguns já despontam no mercado nacional e até internacional. O local escolhido para a realização do evento foi o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Foram mais de 40 desfiles, cerca de 50 mil pessoas e muito conhecimento e estudos sobre a moda e o papel dela na sociedade. Estilistas locais dividiram espaço com nomes nacionais e criadores vindos de outras partes do mundo. Uma troca de experiências válida para que o mercado continue a avançar em busca de estar entre os mais importantes do mundo. O evento é agregador e consegue, com maestria, unir diversas áreas em um só local. Entre os destaques está o espaço dado à gastronomia cearense de primeira linha, que se fez presente por intermédio do “Jardim das Delícias”, espaço no qual era possível degustar pratos exclusivos, criados por importantes chefs de Fortaleza. Falou em cultura e arte, falou de DFB. Música, artes plásticas, beleza, estética e consumo estão entre os braços do Dragão. O público foi presenteado com uma porção de atividades enriquecedoras, além de poder trocar experiências com quem saiu de outros estados para admirar o DFB.


Gisela Frank criou roupas para uma mulher que nĂŁo mostra suas curvas

moda

Mario Queiroz festejou 18 anos de carreira e trouxe um revival de looks de todos os desfiles feitos atĂŠ hoje

107


moda 108

No Atelier Criativo, Alysson Aragão se juntou a Suzane Farias e apostou no fetiche

Lindebergue Fernandes dançou em bailes de antigamente para mostrar coleção alegre


Tendências e negócios & Fashion”, “Encontros com o Trade de Moda do Ceará” e “Atelier Criativo” permearam os debates e a busca por novos caminhos para a moda no Nordeste. “Batalhamos para que o Ceará esteja entre os mais importantes pólos de criação de moda mundial. Contamos com o talento e, especialmente com o trabalho dos estilistas daqui”, orgulha-se Claudio. (*) Fernando Lackman viajou a convite do Dragão Fashion Brasil.

Florinda fez e aconteceu tirando lembranças do baú das avós

João Sobarr foi étnico e misturou artesanato da Ilha de Marajó (PA) a texturas tecnológicas

RCHLO apresentou looks para inverno sob uma temática ligada a Nova Iorque

moda

Mas não é apenas de desfiles que vive o Dragão Fashion Brasil. A proposta de Claudio Silveira, idealizador e diretor geral do evento, é de agregar o máximo de possibilidades para o desenvolvimento da moda no Ceará, seja com palestras, cursos de formação, debates sobre comercialização ou promoção de encontros de grandes revendedoras com os criadores cearenses. Projetos como “Dragão Pensando Moda”, “Dragão Fast

109


moda 110

Pelo projeto Atelier Criativo, Mark Greiner uniu seu talento ao de Roberto Dias e apresentou um dos mais criativos desfiles do DFB

Atelier Criativo juntou Mar Del Castro e Jomara Cid, que festejaram mulheres que fizeram hist贸ria


Vida social e cultural de Brasília Últimos eventos de que participamos

Gilberto Amaral sendo agraciado pela jornalista Maria Félix, Drª. Maria da Guia, representante do vice-governador do DF, Tadeu Filippelli, e o Presidente da Academia Taguatinguense de Letras, Gustavo Dourado

Raimundinha e Teresy Fleuri Godói

O casal Serra Azul e Evangelina Cariné

Nazareth e Raimundinha no aniversário da primeira

O Presidente da Academia Brasiliense de Ciências Artes, História e Literatura, Dr. Michel, conferindo diploma ao Subprocurador-Geral da República, Serra Azul

Marcelo Antônio e Braulina, na festa de entrega de diplomas no Pontão

Raimundinha e a Professora Terezy Fleury Godói

O casal Serra Azul com sua amiga, a Professora Terezy

Albanesa e Raimundinha

Braulina rodeada por Isaías Oliveira Sousa e pelo Procurador da República Marcelo Antônio

Raimundinha rodeada pelo casal Vinícius Figueiredo e sua linda esposa Daniele

Raimundinha em companhia do advogado Renato e sua bela noiva Mariana

Serra azul

Nazareth Tunholi ladeada por Serra Azul e Lúcia Faria

111


Prontas Pa r As mães que brilham no mês das mães.

gente fina

Fotos: Paulo Lima

112

Luiza Brunet

Neuza Alves

Marisa Junqueira

Ana Cláudia Leão


Simone Hamerschamidt

S么nia Vieira

Cleire Paniago

Ana Cristina Campelo

gente fina

a ra brilhar

113


Fotos: Paulo Lima e Oswaldo Rocha O ministro Dias Toffoli com Luis Inácio Adams

Na posse de Toffoli Foi das mais concorridas e prestigiadas as posses do presidente e vice no Tribunal Superior Eleitoral. As fotos de Paulo Lima mostram o acontecimento judicial e político.

Senador José Sarney entre a ministra Maria Thereza de Assis e a governadora potiguar Rosalba Ciarlini

gilberto AmArAl

O comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, com o ministro Teori Zavascki. Comandante do Exército Enzo Peri e os ministros Carlos Ayres Britto e Nelson Jobim

114

O êxito do BB I

Ontem liguei para parabenizar o pioneiro ministro Valmir Campelo (foto) pela nova função de vicepresidente do Banco do Brasil para a área do governo. Ele está entusiasmado em ocupar tão importante cargo num banco que é o maior da América Latina, e pelo honroso convite da presidenta Dilma.

O êxito do BB II

Valmir falou do êxito do atual presidente Aldemir Bendine (foto), que ocupa há cinco anos o cargo. Quando ele assumiu o BB, o banco tinha 400 bilhões de ativos e hoje atingiu a fantástica cifra de 1 trilhão e 200 bilhões de reais. Duplo cumprimento pela atuação do presidente Dida e pela nomeação de Valmir.


Dos mais alegres e prestigiados o almoço que festejou o aniversário da querida Ilca Oliveira, na Trattoria do Rosário. Na foto, a sempre sorridente Ilca com o marido Luiz Carlos Carvalho, a filha Marita e a irmã Fernanda

O empresário Luiz Estevão com a linda netinha Marita

Os irmãos Luiz Estevão e Luiz Eduardo com as namoradas, Flávia e Marcela

E o almoço foi uma verdadeira reunião de mulheres bonitas e perfumadas

gilberto AmArAl

As elegantes Caroline Collor, Cleucy Oliveira, Elcy Meirelles e Mara Amaral

115


cenas em

Fotos: Paulo Lima, César Rebouças

Posse dos novos dirigentes do Tribunal Regional Federal (TRF) 1º Região para o Biênio 2014/2016.

Daniella, Desembargador Presidente do Tribunal Cândido Ribeiro e Carolina Ribeiro Lígia Azevedo, Neuza Alves, Lucinha Itapary e Antônio Rodriguês

Catão Alves e Francisca Guimarães Júlio e Ministra Assusete Magalhães com Deye Gomes

flashes

Souza e Juraci Prudente

116

Amilcar Machado e Bia Luciano

Senador José Sarney

Ministra Isabel Galloti e o Ministro Ricardo Lewandowski


Cosete Gebrim oferece jantar para Maria Estela Kubitschek.

Cristina Monteiro, Wanzenir Edler e Marilda Porto

Vera e Luiz Coimbra

Denise Gebrim

Rosete Carvalho, Marcelo Chaves e Consuêlo Badra

Francisco e Rita Márcia Machado

Consuêlo Badra, Cosete Gebrim e Maria Estela Kubitschek

Wilson e Ivonete Granjeiro

flashes

Cosete Gebrim, Silvestre Gorgulho e Maria Estela Kubitschek

117


A temporada de inverno chegou intensa na Lu by Lolita, com loja no Brasília Shopping. A marca de moda feminina uruguaia, surgida no badalado balneário de Punta del Este, escolheu três fontes de inspiração para a criação da nova coleção.

Tiago Correia e Carmen Bocorny

Ceres Flores, Dani Bezerra e Rita Pepitone

Elizeth Casale e Cátia de Paula

Rosângela Fonseca e Andrea Castro

Tininha Almeida e Nívea Alencar

Organizada pelo COB, “Jogos Olímpicos: Esporte, Cultura e Arte” reúne cerca de 300 peças históricas do maior evento esportivo do mundo.

flashes

José Preto, Fernando Monteiro e Marcelo Netto

118

Carla Camurati, Renata Trovão e Christiane Paquelet

Carlos Arthur Nuzman, Leila Barros e Aldo Rebelo

Mario Andrade, Isabel Magalhães e Carlos Arthur Nuzman


Os diretores da Oftalmed – Hospital da Visão, Celso Boianovsky, Sebastião Ferreira Neto e Sérgio Saraiva, comemoraram em grande estilo o Dia do Oftalmologista, celebrado no dia 7 de maio.

Sérgio Saraiva, Sebastião Ferreira e Celso Boianovsky

Fernanda Carvalho e Alessandra Rossi

Mônica Marques, Soraya Lacerda e Jalili Elias

Fernando e Lilian Nogueira

Volnei Braga e Sabrina Casarin

A mais nova multimarcas de Brasília, DKJ Store, foi inaugurada no dia 29, no Centro Comercial Gilberto Salomão, no Lago Sul.

Gilberto Salomão e Jéssica Guimarães

Sarah Fischer e Gabriella Bueno

Cláudia,Marina e Cynthia Czarneski

Tatiana Vartuli e Luciana Cunha Campos

flashes

Calene Dias, Daniele Egido e Carol Lobato

119


Anna Christina Santana recebeu em sua loja Ótica Santana, no Lago Sul, amigos e familiares que foram prestigiar o coquetel de lançamento da grife francesa de óculos Céline, em Brasília.

Celina Jardim, Heloisa Roriz, Marilena Blois e Marianne Vicentini

Adilson Santana, Anna Christina Santana e Paulo Bernardo

Elaine Carneiro, Yara Cammarota e Elinor Moren

Wanzenir Edler e Cosete Ramos

Márcia Lima e Consuêlo Badra

A top fotógrafa de street style Ana Clara Garmendia, radicada em Paris, lançou livro na loja da 206 Sul.

flashes

Daniella e André Naegele com Ana Clara Garmendia

120

Maria José e Juliana Santana

Daniela Fontenelle, Carla Rodrigues e Renata Ferreira

Márcia Coelho e Conceição Pinheiro

Luly Mello, Carol Hudson e Carol Rezende


A Ornare, marca brasileira de móveis de alto padrão, para celebrar a chegada de sua nova coleção, intitulada High Line, organizou almoço para profissionais da arquitetura e design de interiores, parceiros e convidados, em seu showroom, no Shopping CasaPark.

Mônica Pinto e Valeska Tonet

Dorotéa e Rômulo Mendonça

Marilucy Oliveira, Denise Zuba e Carla Andrade

Fabiane Bertialli e Karla Madrilis

Murilo e Esther Schattan

Flávia Andrade e Marcela Passamani

Murilo e Valéria Pires

flashes

Ivana Valença e Márcia Lima

Marília Dario e Tiago Correia

121


O Clube Internacional de Brasília homenageou a nossa Brasília com a palestra “A mulher Sarah Kubitschek”. O evento aconteceu na residência de Celina e Jorge Jardim.

Maria Estela Kubitschek, Cosete Gebrim, Sara Kubitschek e Celina Jardim

Wanzenir Edler, Rita Márcia Machado e Carmen Bocorny

flashes

Maria Estela Kubitschek e Consuêlo Badra

122

Beth Seabra

Marilda Porto, Elizabet Campos e Maria do Socorro de Carvalho

Maria Olímpia Gardino, Eliana de Campos e Gleyds de Oliveira

Celina e Jorge Jardim

Marly Nogueira e Sônia Ghisi

Maria Helena Brayer, Mena Abreu e Francisca Guimarães


O aniversário de Marisa Junqueira foi comemorado com uma feijoada no Hotel Naoum.

Laís e Rodrigo do Amaral e Cosete Gebrim

Ronaldo, Marisa e Victória Junqueira

Mário e Maria Olímpia Gardino

Suely Nakao, Marcelo Chaves e Hedwiges Siqueira

Geru Ponce e Diana Morais

O desembargador Getúlio de Moraes Oliveira tomou posse no cargo de presidente do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios para o Biênio 2014/2016.

Bia e Francisco Amaral

Elaine Starling, Estefania Viveiros e o bispo Marcony Ferreira

Weber Magalhães e Manoel Andrade

Eliene Bastos e o ministro Cláudio Santos

flashes

Desembargador Getúlio de Moraes Oliveira e Geraldo Vasconcelos

123


Nazareth Tunholi comemorou seu aniversário reunindo amigos e familiares num almoço no Restaurante Soho.

Letícia e Nazaré Tunholi e Luana Depieri

Joyce Benevides, Isabel Morais e Maria José Santana

Aurinete Leite, Marli Vianna, Irene Maia e Divanda Pereira

Marlene de Souza, Isabel Breckenfeld e Fabíola Loureiro

Elaine Caldas, Maria Olímpia Gardino e Maria Lúcia Moriconi

Guilherme Campelo ofereceu um coquetel surpresa em sua residência para comemorar o aniversário de seu pai, Estenio Campelo.

flashes

Guilherme e Tereza Campelo, Marcelo Feitosa, Estenio Campelo e Andréa Campelo Feitosa

124

Valmir, Marizalva e Henrique Campelo

Deputadas Jacqueline Roriz e Eliana Pedrosa


Maria José (Zeza) Santana abriu as portas de sua bela residência, ao lado de Márcia Lima, para homenagear Consuêlo Badra pela nova idade. Tarde de muita alegria, prestigiadíssima, contando com o buffet de Adriana e decoração de belas mesas pela dona da casa, com predominância da cor azul.

Ana Claudia Badra e sua mãe Consuêlo

Aldemir Santana e Zeza, a aniversariante e o casal Márcia e Renato Riella

Lucia Itapary, Carmem Minuzzi e Rita Márcia Machado

Laís Amaral, a aniversariante e Mara Amaral

Gitana Lira e Elizabet Campos

Moema Leão, Rosália Peixoto e Ana Rosa Saboia

Lilian Gurgulino

flashes

Gitana Lira, Moema Leão, Consuêlo e Maria Inês Nogueira

125


Dando continuidade à comemoração do aniversário de Consuêlo Badra na residência de Maria José Santana. Tarde das mais elegantes.

Lygia Leite de Camargo, Consuêlo e Adriana Colela

Marcelo Chaves e Liliane Roriz

126

Carmem Fonseca e Ana Helena Rangel

Janine Brito, Consuêlo e Isa Matias

Márcia Zardo e Soraia Debs

Cleucy de Oliveira, Pompeia Addario e Vania Carvalho

Yara Curi e Consuêlo

Vandira Peixoto e sua filha Manuella cercam a aniversariante


Ainda na comemoração da nova idade de Consuêlo Badra em tarde das mais requintadas, as presenças de:

Kátia Cubel e Consuêlo

Consuêlo dando a primeira fatia do bolo à anfitriã

Celina Jardim

Vera Coimbra Consuêlo e Rosália Peixoto

flashes

Suzy Pena e Ana Pires

Juliana e Alessandra Santana

127


A requintadíssima Joalheria Tiffany & Co. pela primeira vez abre suas portas para comemorar aniversário. Por meio do promoter Tiago Correia, organizou uma tarde alegre, com champagne e bolo para a jornalista Consuêlo Badra. As amigas disseram “presente”.

Tiago Correia e Consuêlo

Rita Márcia Machado, Thamis Peres, Mônica Cruz, Consuêlo e Odaísa

Hedwiges Siqueira, Brunilde Moraes e Lucila La Porta

flashes

Carmem Bocorny e Cosete Gebrim

128

Divanda e Juliana Pereira

Rodrigues

Ionne Baracat, Denilson Gonçalves e Ivelise Longhi

Karla Osório e Aluísio Torrecillas

Rita Lins, Tiago Correia e Rita Márcia Machado


O querido casal embaixador Rodrigo do Amaral e sua Laís homenageou, em sua belíssima casa de Pirenópolis, a jornalista Consuêlo Badra e o primo advogado Pedro Gordilho com delicioso almoço goiano. Tarde das mais agradáveis.

Arnaldo Chagas, Aníbal Lima e Rodrigo do Amaral durante almoço festivo em Pirenópolis: três cunhados

Christina Queiroz e Consuêlo em Pirenópolis

Paulo e Denise Zuba

Casal Rodrigo do Amaral e sua Laís, Consuêlo e Pedro Gordilho assoprando velinhas pelo aniversário

Mércia Crema, Moema Leão e Consuêlo na residência de Laís e Rodrigo do Amaral

Marcelo Chaves com o casal Thaís Santiago e Diego Badra Garcia Nunes em almoço na cidade de Pirenópolis

Valmir Campelo, Fernado Queiroz e Celso Martins

flashes

Pedro Gordilho e a anfitriã de Pirenópolis, embaixatriz Laís do Amaral

129


Roberto e Mércia Crema receberam em sua residência, no início de maio, o grupo que viajou com destino ao Marrocos e os amigos que viajarão para o mesmo destino em setembro próximo.

Hugo e Maria Alice Braga, Mércia Crema, Willian e Arlete Egido, Soraia e Neto Vieira, Inêz Godoy, Maria Alice Godoy, Isa Mozzato, Ieda Godoy, Verônica Clerot e Marly Pinheiro

Soraia Vieira e Soraia Debs

Yone Melo

Osmar e Lúcia Vasconcelos

Rafael e Paula Maciel Azambuja receberam os amigos e a familiares para o Chá de Fraldas de José Maciel Azambuja.

flashes

Moema Leão, Lisberth França, Paula e Rafael Azambuja, Maria Regina Abreu e Adriana Colela

130

Ana Maria Gontijo, Paula Azambuja e Pompeia Addario

Consuêlo Badra, Paula e Rafael Azambuja

Paula e Rafael Azambuja e Mônica e José Alberto Maciel



Foco Maio 224