__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 12

CAMINHO DE SANTIAGO | C. M. VILA POUCA DE AGUIAR

O Caminho Português Interior de Santiago é uma das cinco rotas sinalizadas que parte de Portugal em direção à Catedral de Santiago de Compostela, na Galiza, Espanha. Para melhor conhecermos este caminho e o trabalho desenvolvido na promoção e divulgação desta rota milenar, estivemos à conversa com Ana Rita Dias, vice-presidente da Câmara Municipal de Vila Pouca de Aguiar. O Caminho Português Interior de Santiago é um dos cinco percursos principais que atravessam Portugal e que todos os anos são seguidos por um grande número de peregrinos, com mochila às costas ou de bicicleta, em direção ao túmulo do apóstolo Santiago Maior, na catedral espanhola: Caminho da Costa, Caminho Português Interior, Caminho Central Português, Caminho Portugal Via Nascente e Caminho de Torres. Ligando Viseu a Chaves, o Caminho Português Interior, o único a nível nacional com a distinção de itinerário cultural europeu pelo Conselho da Europa, atravessa, em território nacional, os municípios de Viseu, Castro Daire, Lamego, Peso da Régua, Santa Marta de Penaguião, Vila Real e Vila Pouca de Aguiar, até atingir Chaves. Ao longo de oito municípios e 205km o verde ‘abraça’ e conduz os peregrinos por um dos mais belos e autênticos caminhos ao santuário. Se para muitos o caminho de Santiago de Compostela é uma oportunidade de contato com a natureza, também há quem o considere um caminho de respostas e introspeção. “Temos percebido que o procuram, sobretudo, pessoas que querem estar sozinhas, numa introspeção. Penso que o Caminho Português Interior tem esta magia, pelo fato das pessoas poderem fazê-lo como entenderem, seja a pé, de bicicleta, sozinho ou em grupo e para o fim, que naquele momento, a pessoa estiver a precisar, sempre num contexto de natureza, tranquilidade e paz”. À descoberta de Vila Pouca de Aguiar No concelho de Vila Pouca de Aguiar o percurso beneficia de paisagens que têm como pano de fundo as Serras do Alvão e Padrela. Atravessando as freguesias de Telões, Soutelo de Aguiar, Vila Pouca de Aguiar, Bornes de Aguiar e Sabroso de Aguiar, o percurso apresenta vários pontos de interesse onde se desatacam a Capela de S. Gonçalo, em Zimão, a imagem alusiva a Santiago peregrino, Orago em Soutelo de Aguiar, ou ainda a Capela de Santiago, em Vila Meã. Para pernoitar, os peregrinos têm ao seu dispor, em Parada de Aguiar, o Albergue de Santiago, que se destina exclusivamente a peregrinos, e ao qual se irá juntar, no futuro, um novo albergue municipal, em Saboroso, que se destinará essencialmente a peregrinos que ali cheguem de bicicleta. Certificação e promoção do caminho Certificar, promover e melhorar este Caminho de Santiago são os principais objetivos para 2021 e, nesse sentido, estão já em curso duas candidaturas, no âmbito do Programa Valorizar do Turismo de Portugal. “Temos uma candidatura para melhorar a sinalética, adaptando-a à nova legislação, melhorar albergues, tornando-os mais eficientes, fazer novos albergues, promover e digitalizar a informação do Caminho Português Interior de Santiago, é também uma das apostas nesta primeira candidatura. 12 // REVISTA BUSINESS PORTUGAL

Temos outra candidatura, no âmbito das acessibilidades, onde queremos fazer um caminho para todos, com audioguias e acessibilidades melhoradas, para todo o tipo de peregrinos que nos queiram visitar. Queremos um caminho para se fazer caminhando pelas belas terras transmontanas, dando a possibilidade de cada um o poder desfrutar à sua maneira”, elucida Ana Rita Dias.

Profile for Revista Business Portugal

Revista Business Portugal Edição Março 2021  

Revista Business Portugal Edição Março 2021

Revista Business Portugal Edição Março 2021  

Revista Business Portugal Edição Março 2021

Advertisement