__MAIN_TEXT__

Page 1

Em seu artigo “A Esperança não morre nunca”, Paiva Netto ressalta: “Todo dia é dia de renovar nosso destino. (...) Sigamos firmes com o Cristo de Deus, o Grande Amigo que não abandona amigo no meio do caminho”.

www.boavontade.com

BOA VONTADE ANO 64 • No 247 • JUNHO/2020

Solidariedade EDIÇÃO DIGITAL

Deuselane Tomas, 30 anos, mora na Cidade Estrutural, uma das regiões mais vulneráveis de Brasília/DF.

O novo coronavírus pode matar. E A FOME TAMBÉM! Durante a pandemia, a LBV realiza campanha emergencial que já arrecadou e distribuiu mais de 260 toneladas de doações em todo o Brasil.

O poder da Solidariedade A LBV completa 70 anos com esta expressiva marca de atendimentos e benefícios aos mais pobres em 2019:

13.636.888


SUMÁRIO

O

6

MENSAGEM DE PAIVA NETTO Em seu artigo “A Esperança não morre nunca”, ele destaca: “Todo dia é dia de renovar nosso destino. (...) Sigamos firmes com o Cristo de Deus, o Grande Amigo que não abandona amigo no meio do caminho”.

30

22

SOS CALAMIDADES Novo coronavírus: o mal que fez o mundo parar, mas não deteve a Solidariedade

APRESENTAÇÃO A Solidariedade não pode parar!

BOA VONTADE

Solidariedade

4 | BOA VONTADE Solidariedade

E mais...

44

SOS CALAMIDADES Empatia contra os efeitos da Covid-19


REFLEXÃO DE BOA VONTADE “Diante das mais variadas situações, em que a dor, a angústia e o desespero chegam, muitas vezes sem avisar, é imprescindível o gesto solidário das criaturas em prestar socorro espiritual e material ao seu próximo. E, ao lado desse apoio imediato, é preciso alimentar a força da Esperança e da Fé Realizante, que movem o ser humano a se manter sob a proteção do Pai Celestial e o estimulam a arregaçar as mangas e concretizar suas mais justas súplicas. ”

16

JOSÉ DE PAIVA NETTO

Jornalista, radialista e escritor, em seu e-book A Esperança não morre nunca. paivanetto@lbv.org.br | www.boavontade.com Acesse www.PaivaNetto.com/Esperança

UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL Entrevista com dr. Cláudio Domênico: No front contra a Covid-19

BOA VONTADE

Solidariedade

Revista apolítica e apartidária da Espiritualidade Ecumênica ANO 64 • EDIÇÃO 247 • JUNHO/2020 Edição fechada em 1o/6/2020

BOA VONTADE é uma publicação da LBV, lançada pela Editora Elevação. Registrada sob o no 18.166 no livro “B” do 9o Cartório de Registro de Títulos e Documentos de São Paulo. DIRETOR E EDITOR RESPONSÁVEL: Francisco de Assis Periotto — MTE/DRTE/RJ 19.916 JP CHEFE DE REDAÇÃO: Rodrigo de Oliveira — MTE/DRTE/SP 42.853 JP COORDENAÇÃO-GERAL DE PAUTA: Gerdeilson Botelho SUPERINTENDÊNCIA DE MARKETING E COMUNICAÇÃO: Gizelle Tonin de Almeida EQUIPE ELEVAÇÃO: Adriane Schirmer, Carolina Salomão, Cida Linares, Leila Marco, Leilla Tonin, Mariane de Oliveira Luz, Mário Augusto Brandão, Neuza Alves, Nicholas de Paiva, Vivian R. Ferreira, Walter Periotto, Wanderly Albieri Baptista, Wellington Carvalho e William Luz.

50

NOSSO DIFERENCIAL Cidadania Ecumênica como foco

CAPA E PROJETO GRÁFICO: Helen Winkler DIAGRAMAÇÃO: Diego Ciusz e Helen Winkler FOTO DE CAPA: Bruno Castro ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA: Rua Doraci, 90 • CEP 01134-050 • Bom Retiro • São Paulo/SP • Tel.: (11) 3225-4971 • Caixa Postal 13.833-9 • CEP 01216-970 • Internet: boavontade.com / E-mail: info@boavontade.com A revista BOA VONTADE não se responsabiliza por conceitos e opiniões em seus artigos assinados. A publicação obedece ao elevado propósito de estimular o debate dos temas relevantes brasileiros e mundiais e de refletir as tendências do pensamento contemporâneo.

CANAIS DA LBV NA INTERNET

68

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA — 2019 Solidariedade do Oiapoque ao Chuí

www.lbv.org.br

Facebook: LBVBrasil

Instagram: LBVBrasil

Youtube: LBV Videos

Twitter: @LBVBrasil

BOA VONTADE Solidariedade | 5


MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Pa i va Ne t t o Escre v e

A Esperanรงa nรฃo morre nunca 6 | BOA VONTADE Solidariedade


Mensagem de Paiva Netto Márcio Francisco

Dona Tânia, moradora da Ilha dos Marinheiros, em Porto Alegre/RS, recebe, emocionada, uma cesta de alimentos oferecida pela campanha SOS Calamidades durante a pandemia da Covid-19. Ela também participa do serviço Vida Plena, da LBV.


João Preda

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

JOSÉ DE PAIVA NETTO é escritor, jornalista, radialista, compositor e poeta. É diretor-presidente da Legião da Boa Vontade (LBV). Membro efetivo da Associação Brasileira de Imprensa (ABI) e da Associação Brasileira de Imprensa Internacional (ABI-Inter), é filiado à Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj), à International Federation of Journalists (IFJ), ao Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Escritores do Rio de Janeiro, ao Sindicato dos Radialistas do Rio de Janeiro e à União Brasileira de Compositores (UBC). Integra também a Academia de Letras do Brasil Central. É autor de referência internacional na defesa dos direitos humanos e na conceituação da causa da Cidadania e da Espiritualidade Ecumênicas, que, segundo ele, constituem “o berço dos mais generosos valores que nascem da Alma, a morada das emoções e do raciocínio iluminado pela intuição, a ambiência que abrange tudo o que transcende ao campo comum da matéria e provém da sensibilidade humana sublimada, a exemplo da Verdade, da Justiça, da Misericórdia, da Ética, da Honestidade, da Generosidade, do Amor Fraterno”.

8 | BOA VONTADE Solidariedade

Nesta edição, a mensagem fraterna do jornalista e escritor Paiva Netto, diretor-presidente da Legião da Boa Vontade, nos ajuda a encontrar o equilíbrio e o ânimo necessários para enfrentar os difíceis dias que vivemos, nos quais o distanciamento social e as incertezas provocados pela pandemia do novo coronavírus invadem o cotidiano. O texto faz parte de sua obra literária A Esperança não morre nunca, disponibilizada, gratuitamente, no formato digital e em audiolivro. Um trabalho escrito para incentivar todos a perseverar e a avançar na jornada da própria existência, a despeito dos obstáculos que venham a surgir. São reflexões inspiradas no extraordinário exemplo de Jesus, com Quem é possível vencer qualquer tormento, afinal o Divino Mestre, além dos inúmeros milagres que operou, ressurgiu, vencendo até a morte! Certamente, você terminará essa leitura revigorado, com renovadas energias e Fé para não esmorecer diante do desalento e da apatia, e encontrará saída para qualquer desafio. Como brada o autor, firmado em sua experiência de mais de 64 anos dedicados às Causas do Bem: “Reagir ao desânimo gera boa disposição!” Os editores

“POR QUE TEMEIS, HOMENS DE PEQUENA FÉ?” Quantas vezes, ao ter de enfrentar os embates do mundo, tudo parece perdido na vida do ser humano, que lamenta: — Nada dá certo... Para que lutar? Olha a calúnia, a infâmia! Veja a mentira, a ganância, o ódio, a falta de misericórdia. O Amor sumiu da Terra! Não há mais Esperança... Ora, ninguém está alheio aos dramas, que, se não forem os seus próprios, atingem a quem amamos. Mas, para aqueles que cultivam a Fé Realizante*1, a Luz de Deus e o Esplendor do Cristo virão em seu auxílio, e ela ou ele sempre restabelecerá suas forças, a fim de atravessar as frias sombras do inverno e ver despontar no horizonte o Sol da Esperança Divina! *1 Fé Realizante — É aquela que, seguindo o exemplo de Jesus, realiza Boas Obras e se opõe à fé ociosa, egoística. Leia mais sobre o assunto no primeiro volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (1987), do autor de A Esperança não morre nunca. Adquira no site www.PaivaNetto. com/livros ou ligue 0300 10 07 940.


Mensagem de Paiva Netto Vivian R. Ferreira

Reprodução BV

Do medo à Fé, obra de Howard Lyon

Ainda que essa luminosidade não possa mostrar-se em todo o seu brilho, em todo o seu fulgor, invariavelmente apresenta um sinal, como a dizer:

Baixe agora gratuitamente o livro digital A Esperança não morre nunca, no site www.paivanetto.com/esperanca

JESUS VENCE AS PROCELAS DO MUNDO Por pior que seja a tormenta, Jesus sempre conduzirá e fortalecerá os que, amando-O e perseverando além do fim, encontrarão as soluções para as dores dos povos, pois Ele calará os ventos, acalmará os mares e estabelecerá uma duradoura bonança.

Reprodução BV

— Por que temeis, homens de pequena fé? Eu sou capaz de aplacar qualquer tempestade. Não vos transmiti o meu vigoroso incentivo? Jamais se esqueçam dele: “Minha Paz vos deixo, minha Paz vos dou. Eu não vos dou a paz do mundo. Eu vos dou a Paz de Deus, que o mundo não vos pode dar. Não se turbe o vosso coração nem se arreceie. Eu estarei convosco, todos os dias, até o fim dos tempos!” (Evangelho do Cristo, segundo João, 14:27; e Mateus, 28:20).

João

BOA VONTADE Solidariedade | 9


Leilla Tonin

Valdir Bigas

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Reprodução BV

Belo Horizonte/MG

São José/SC

Vamos à extraordinária passagem bíblica que motiva essas nossas reflexões:

depois musicados pelo maestro legionário Vanderlei Pereira:

JESUS APLACA A TEMPESTADE

A ESPERANÇA NÃO MORRE NUNCA!

(Evangelho, consoante Mateus, 8:23 a 27; Marcos, 4:35 a 41; e Lucas, 8:22 a 25)

Reprodução BV

Mateus

Reprodução BV

Marcos

Lucas

Aconteceu que, num daqueles dias, Jesus tomou uma barca, acompanhado pelos Seus discípulos. E eis que se levantou no mar tão grande tempestade de vento que as ondas cobriam a barca, enquanto Jesus dormia na popa, sobre um travesseiro. Os discípulos O acordaram aos brados, dizendo: Salva-nos, Senhor, porque nós vamos morrer! E Jesus lhes respondeu: Por que temeis, homens de pequena fé? Então, erguendo-se, repreendeu os ventos e o mar; e se fez grande bonança. Aterrados e cheios de admiração, os discípulos diziam uns aos outros: Afinal, quem é este, que até o vento e o mar Lhe obedecem?

JAMAIS DESISTIR DO BEM A Esperança não morre nunca! Essa inspiração me veio à mente, no início da década de 1980, ao assistir, na televisão, a um moço dizer ter perdido a fé no futuro. Não me considero poeta. Mas tomei da caneta e ousei estes simples e despretensiosos versos,

10 | BOA VONTADE Solidariedade

A Esperança não morre nunca! Nunca! Não morre, não! Pois, como a Vida, que é eterna, mãe tão fraterna, pode morrer?! Não, não morre nunca! Não morre, não, a Esperança no coração! A Esperança é Jesus!

COMBATER A APATIA Pelas veredas da existência espiritual-humana, quantas vezes nos deparamos com dificuldades, das quais — pensávamos todos — não haveríamos de restar? — Ah, meu Deus, que situação! Se eu vou nessa direção, crio problemas aqui; se vou em frente, crio problemas na direção oposta; se viro pra cá, aborreço esse ou aquele.


Mensagem de Paiva Netto

Vânia Besse

Dona Inês/PB

— Ih, até havia esquecido: aquilo que me parecia uma enormidade já passou! Aquela outra situação teve um bom desfecho! Já sei como superar tal percalço! Não se trata de um passe de mágica, tampouco incentivo a quem quer que seja a desviar a cara dos desafios reais que se apresentam. Todavia, quando estamos decididamente empenhados em defrontar os embates diários, os Amigos Espirituais — conhecidos ainda por Almas Benditas, Espíritos Guias, Numes Tutelares... — também operam os seus feitos e se aproximam de nós com elevadas sugestões, intuindo-nos a enxergar caminhos antes despercebidos. Basta acreditar nesse apoio invisível e estabelecer uma sintonia sublime com nossos Anjos Guardiães para, de fato, contar com eles. No entanto, ainda há alguns — e respeitamos os seus motivos — que acidamente retrucam:

— Eu não creio nessa coisa de Esperança. Porém, qual o contraponto em suas propostas? Com frequência, recorre-se a um vazio existencial. Contudo, não podemos aceitar o desalento, o derrotismo, a apatia, o desprezo da criatura por si própria e por seus pares como saídas para quaisquer crises. Sempre tem de haver Esperança! E, acima de tudo, a firme vontade de sobrepujar as intempéries da vida. A questão é querer fazer o Bem, fazer, mas fazer certo!

Vivian R. Ferreira

Aí você vai dormir, toma um bom banho quente ou frio (conforme o gosto) e, no outro dia, descobre uma solução ou aparecem outras demandas para resolver e, então, se surpreende:

Vanderlei Pereira

REAGIR AO DESÂNIMO GERA BOA DISPOSIÇÃO Costumo afirmar aos meus estimados leitores e às minhas queridas leitoras que reagir ao desânimo gera boa disposição! Do contrário, o que nos resta? Deitar e morrer?! Jamais! A Alma carece de constante estímulo à prática das Boas Obras. Por que dizer aos jovens que não alimentem a Esperança? Se o nobre idealismo não sobreviver, o que lhes sobrará? Um campo aberto para o esmorecimento. Todos percebem que, num mundo globalizado, o mal que acontece lá (onde quer que seja esse lá) poderá atingir-nos bem aqui. Vejam o caso da economia mundial com o baque sofrido em 2008*2, BOA VONTADE Solidariedade | 11


Bruna Gonçalves

Vivian R. Ferreira

MENSAGEM DE PAIVA NETTO

Reprodução BV

Buíque/PE

Albert Einstein

São Paulo/SP

de que poucos suspeitavam e cujos reflexos se estendem até hoje. Inacreditável, não é? Por isso, necessário se faz surgir algo além do presente estágio do conhecimento terrestre: ligarmo-nos ao Governo Ideal, que começa no Céu. Foi o próprio Cristo Quem assegurou tal realidade nestes Versículos de Jesus Infalíveis: Em verdade, em verdade vos digo: Tudo quanto ligardes na Terra será ligado no Céu; e tudo quanto desligardes na Terra será desligado no Céu. 19 Ainda vos digo mais: Se dois de vós concordarem na Terra acerca de qualquer coisa que pedirem, isso lhes será feito por meu Pai, que está nos Céus. 20 Porque, onde houver dois ou mais reunidos em meu nome, aí estarei no meio deles (Evangelho de Jesus, segundo Mateus, 18:18 a 20). 18

É imprescindível aplicarmos, em todas as circunstâncias, a Espiritualidade Ecumênica antes de tudo. Trata-se de tema que, um dia, a cautelosa Ciência abordará sem preconceitos. A intuição, já escrevi, é a inteligência de Deus em nós.

Pensamento de Albert Einstein (18791955): — Acredito em intuição e inspiração. (...) Às vezes tenho certeza de que estou certo sem saber o motivo. Quando o eclipse de 1919 confirmou minha intuição, não fiquei nem um pouco surpreso. Na verdade, eu teria ficado surpreso se tivesse sido de outra forma. A imaginação é mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado, enquanto a imaginação abraça o mundo inteiro, estimulando o progresso, dando origem à evolução. É, estritamente falando, um fator real na pesquisa científica. Muita vez, o que a razão demora a captar a intuição mais rapidamente alcança, incluí­ das as soluções de nossos maiores infortúnios!

A INFINDÁVEL ESPERANÇA Há quem diga que “a Esperança é a última que morre”. Mas nós, aqui na Religião do Terceiro Milênio, ratificamos, com eloquência, que a Esperança não se extingue jamais, porquanto ela é Jesus, o

*2 Leia mais sobre o assunto no subtítulo “Entrevista a Ana Serra”, no livro Jesus, o Profeta Divino (2011), do mesmo autor deste editorial. Adquira no site www.PaivaNetto.com/livros ou ligue 0300 10 07 940. 12 | BOA VONTADE Solidariedade


Mensagem de Paiva Netto

Ingrid Alves

Levantar, pois, a cabeça e ir em frente, sem temores, é a atitude dos que, com Boa Vontade, acreditam “num Brasil melhor e numa humanidade mais feliz”. Todo dia é dia de renovar nosso destino.

A existência da Religião do Amor Universal é a manifestação da crença inderrotável em dias melhores, plenos de dignidade para o Espírito Eterno do ser humano. (...) Desistir do Bem por causa das adversidades? Por quê? Deixemos as amarguras de lado, joguemos nossos complexos no lixo. Se os que nos antecederam, vencendo as piores dificuldades que sempre aparecem desafiantes no caminho do progresso, tivessem capitulado, onde estaríamos?! No tempo das cavernas. Por isso, não esmorecemos. Pelo contrário, nosso dever é não jogar a toalha. Aí, os fatos realmente mudam e o milagre, que de um clique se deseja, concretiza-se: o do trabalho, alimentado pela Fé Realizante. De mais a mais, em correspondência de 18 de abril de 1816, Thomas Jefferson (17431826), principal autor da declaração de independência dos Estados Unidos, alerta-nos sobre o perigo de sofrer por antecipação:

— Se o mundo faz vencedores, Jesus faz invencíveis,

— Quanto nos custaram os males que nunca aconteceram!

concluiu, esplendidamente inspirado, o poeta vassourense Casimiro Cunha (Espírito), em seu poema Grãos de Luz. Sigamos firmes com o Cristo de Deus, o Grande Amigo que não abandona amigo no meio do caminho. Ele nos convida a avançar além do Além:

Thomas Jefferson Reprodução BV

Cristo Ecumênico, o Sublime Estadista! Conforme registrei no terceiro volume das Sagradas Diretrizes Espirituais da Religião de Deus, do Cristo e do Espírito Santo (1991):

Reprodução BV

Salvador/BA

Casimiro Cunha

— Sê fiel até à morte, e Eu te darei a coroa da vida (Apocalipse, 2:10). Porquanto, Jesus é a Bússola de nossa mais legítima Esperança. Sem Ele, isto é, a Fé Realizante e a Caridade Divina, viveremos perdidos nos mares procelosos da vida humana. 

paivanetto@lbv.org.br | www.paivanetto.com

BOA VONTADE Solidariedade | 13


O MUNDO PRECISA DE AMPARO. E VOCÊ, DE ESPERANÇA! ENCONTRE EM JESUS A FORÇA INESGOTÁVEL PARA CONSTRUIR DIAS MELHORES!

LIVRO DIGITAL

AUDIOLIVRO


ACESSE AGORA E BAIXE GRATUITAMENTE* O SEU: PAIVANETTO.COM/ESPERANCA * válido durante o período da quarentena.


UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL

No front contra a Covid-19 O renomado doutor Cláudio Domênico fala dos cuidados para evitar o contágio e dos avanços no enfrentamento da doença

shutterstock.com

Assista à entrevista na íntegra: https://www.youtube.com/watch?v=Z1L6aFBaaMo

16 | BOA VONTADE Solidariedade


Saúde

N

a linha de frente no combate à pandemia do novo coronavírus estão os profissionais de saúde. Entre eles, o professor Cláudio Domênico, doutor e mestre em Cardiologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e chefe da unidade de cardio-oncologia do Hospital Pró-Cardíaco, na capital fluminense. Em entrevista ao programa Viver é Melhor, da Boa Vontade TV, em 28 de maio de 2020, quando o Brasil contabilizava mais de 400 mil casos confirmados de Covid-19, o dr. Domênico fez um sério alerta: “o país ainda não atingiu o pico de contaminação”. Por isso, o especialista destacou a necessidade de que a população esteja muito atenta aos cuidados para evitar a progressão da doença, pois essa é ainda a mais potente arma para salvar vidas e resguardar o emocional e o físico de quem trabalha em hospitais e centros de atendimentos ambulatoriais, que sofre um esgotamento jamais visto em nossa recente história, em decorrência das longas jornadas de trabalho e da grande quantidade de pacientes em tratamento nesses locais. O renomado cardiologista respondeu também a várias perguntas do público, esclarecendo dúvidas e ajudando as pessoas no enfrentamento desse mal. Ele recebeu a homenagem da LBV e de seu diretor-presidente, José de Paiva Netto, por intermédio da jornalista Angélica Beck, que conduziu o bate-papo e saudou o especialista e a todos os trabalhadores da área de saúde pela resiliência e empatia nos cuidados dos enfermos. A seguir, os principais trechos da entrevista, que pode ser vista na íntegra no canal da Boa Vontade TV no YouTube: (https:// www.youtube.com/watch?v=Z1L6aFBaaMo).

BOA VONTADE — No Brasil, temos hoje mais de 400 mil casos confirmados. No mundo, esse número ultrapassa a marca de 5 milhões. Qual o panorama da doença? Dr. Domênico — Primeiramente, é uma honra e um prazer estar aqui com vocês. O Brasil é um país continental, com vários Brasis dentro dele e apresenta um comportamento diferente da doença. Até mesmo essa pandemia, ela é dinâmica, depende do que a sociedade faz. Por que a Argentina, que é nossa vizinha, proporcionalmente tem muito menos casos do que o nosso país? O Estado de Minas Gerais, se comparado, por exemplo, com o Estado do Rio de Janeiro, tem muito menos casos. Provavelmente, eles fizeram medidas de isolamento, fizeram o dever de casa um pouco mais sério. A preocupação é grande porque nós não atingimos o pico, esse número ainda vai crescer bastante. BV — Tendo em vista que o Brasil ainda não atingiu o pico de contaminação, a população não pode baixar a guarda, precisa continuar se protegendo... Dr. Domênico — Em alguns Estados, pode estar começando a diminuir [o número de casos], mas em outras cidades, como Goiânia, no Estado de Goiás, está crescendo. (...) A doença está saindo dos grandes centros [e indo] para o interior. Isso preocupa. O principal motivo do distanciamento social

“A preocupação é grande porque nós não atingimos o pico, esse número ainda vai crescer bastante.”

Andreia Fontenele

O professor Cláudio Domênico é doutor e mestre em Cardiologia pela UFRJ e chefe da unidade de cardio-oncologia do Hospital Pró-Cardíaco.


UTILIDADE PÚBLICA FEDERAL

“Os avanços são enormes, os tratamentos, a busca pelas vacinas... Há mais de 100 vacinas sendo testadas no mundo todo. Alguns ousam dizer que teremos vacinas prontas ainda no segundo semestre de 2020, talvez em setembro. A grande maioria acredita que ela chegará para o início de 2021, no primeiro semestre.”

shutterstock.com

é que, se você estiver com um quadro grave de Covid-19 e várias pessoas estiverem doentes [ao mesmo tempo], não há estrutura hospitalar para atender todo mundo. A transmissividade desse vírus é alta, e há a necessidade de achatar essas curvas por causa da superlotação das emergências, dos hospitais; isso é muito importante para que não cause o caos total. Não tem um tratamento estabelecido contra ela e nenhuma vacina pronta; talvez em breve, mas, enquanto isso, a melhor coisa é ficar isolado, ficar distanciado socialmente, esperar essa curva achatar. O melhor é seguir a recomendação da Organização Mundial da Saúde. Nós temos que acreditar e confiar nos cientistas.

18 | BOA VONTADE Solidariedade

BV — Pesquisas mostram que é possível que o contato com o novo coronavírus torne a pessoa imune a ele. Há a possibilidade de um indivíduo se reinfectar com a doença futuramente? Dr. Domênico — Às vezes, a gente trata casais em que o marido teve a Covid-19 grave, ficou internado, e a esposa não [contraiu a doença]. São vários os motivos para isso ocorrer, um deles é a imunidade cruzada, ou seja, eu posso ter tido uma infecção por outro coronavírus — são vários os coronavírus —, com um quadro de gripe, e ter desenvolvido uma imunidade cruzada contra o Sars-Cov-2, que é o vírus que causa a Covid-19. Outra coisa é que a gente não tem a resposta definitiva — os virologistas dividem-se quanto a isso — se eu teria uma segunda chance de me infectar com o novo coronavírus. A gente não toma a vacina da gripe todo ano porque o vírus sofre mutação? Então, mesmo quem já teve o novo coronavírus e está bem, mantenha a higiene das mãos e o uso de máscara e evite muitos abraços e contato físico. Isso é importante, porque nós estamos lidando com um inimigo que conhecemos ainda muito pouco, é o vírus da incerteza no momento. BV — Sobre o conhecimento desse novo vírus, o que o senhor tem para nos contar? Dr. Domênico — O que aconteceu nestes 60 dias? De forma bem transparente, de coração aberto, to-

Dicas para o isolamento nos casos mais leves da doença


Saúde dos nós [médicos] no início, quando começamos a lidar com a Covid-19, ficávamos com medo, temerosos. Hoje, sabemos identificar alguns fatores de risco, alguns pacientes que vão reagir mal à droga que vão usar e em que momento usarão. Os avanços são enormes, os tratamentos, a busca pelas vacinas... Há mais de 100 vacinas sendo testadas no mundo todo. Alguns ousam dizer que teremos vacinas prontas ainda no segundo semestre de 2020, talvez em setembro. A grande maioria acredita que ela chegará para o início de 2021, no primeiro semestre. Agora, tem o Remdesivir, que é um antirretroviral que parece encurtar o tempo de tratamento, de internação; há alguns trabalhos que mostram que o tempo de tratamento de 12 dias cai para 8. Quem sabe, no futuro, seja possível associar dois ou três retrovirais e, com isso, ter um tratamento igual ao que existe para Hepatite C e outras doenças virais. Enquanto isso não acontece, resta-nos, além do distanciamento social, identificar o mais precocemente a doença e tentar descobrir os casos mais leves, os moderados e os casos graves (...) e direcioná-lo para internação, para a vigilância em uma unidade semi-intensiva ou para um acompanhamento ambulatorial, sempre monitorando os sintomas desse paciente. BV — Quais os principais sintomas da Covid-19 que podemos observar? Dr. Domênico — A doença pode se apresentar

de diversas formas. Há paciente que chega tossindo, com febre, dor no corpo, dor de cabeça, dor de garganta, alteração no olfato e no paladar. Esse doente já está com diagnóstico, mas existem os com poucos sintomas, são os chamados oligossintomáticos ou assintomáticos. Esses são perigosos, por isso a vantagem da testagem em massa. O que fazer no caso daqueles que têm quadros leves e moderados, com dor no corpo, alteração no paladar e no olfato, um pouquinho de dor de cabeça? Nesses casos mais leves, [é importante] manter as pessoas em casa. Se a pessoa apresenta o quadro de febre persistente, falta de ar, desconforto respiratório, uma certa ofegância, a febre não baixa, o coração acelerado e confusão mental, ou seja, sinais de que tem uma infecção mais grave, esse doente não deve ficar em casa. Existe um aparelhinho chamado oxímetro de pulso, ele tem sido muito falado, a gente coloca no dedo, e ele dá a saturação de oxigênio. As pessoas que podem adquirir esse aparelho, que custa em torno de R$ 150, se sentirem falta de ar, coloquem o dedo e vejam a saturação de oxigênio. O paciente diz: “Doutor, o meu pulso está com 80 batimentos por minuto (bpm), e a minha saturação está 97%”. Ele está com febre? Não. “Fica tranquilo, não venha para o hospital.” Mas, se estiver saturando abaixo de 93, 90, 91% e [o indivíduo] estiver cansado, a gente diz: “Venha para o hospital”. 

Fique no quarto isolado, usando máscara.

Abra sempre a janela para arejar o ambiente.

Ao trocar a vestimenta e as roupas de cama, coloque-as em um saco plástico para isolar e lave-as separadamente. Faça a mesma coisa com os utensílios após as refeições.

Se possível, faça o exame do PCR (com material coletado da garganta e do nariz) depois de 15 dias do diagnóstico. Se o resultado der negativo, significa que você não tem mais a doença.

BOA VONTADE Solidariedade | 19


64 ANOS Da REVISTA Boa Vontade Desde que foi lançada, em 1o de maio de 1956, a revista BOA VONTADE tem oferecido conteúdos sobre os mais variados assuntos, promovendo informação, cultura, educação, saúde, cidadania, entre outras necessidades do ser humano, sempre à luz da Espiritualidade Ecumênica. Ao longo desses 64 anos, foram constantes os aprimoramentos da publicação, que passa a ser veiculada mensalmente, no formato digital, a partir desta edição. Agora você pode ler a BOA VONTADE quando e onde quiser, acessando-a no aplicativo da plataforma ISSUU (disponível gratuitamente na Google Play e na App Store) ou na página: www.boavontade.com/revistadigital


PAIVA NETTO escreve: “Combate à violência contra mulheres e meninas”.

PAIVA NETTO escreve “Máquina humana e óleo do sentimento”

Mulher

Educação SOCIEDADE SUSTENTÁVEL

Reeducar para transformar o planeta

Proposta inovadora da Legião da Boa Vontade (LBV): Educação formal e informal e erradicação da miséria para o desenvolvimento das nações

EM DEFESA DA MULHER

Lei Maria da Penha

Cultura de Paz: Valores de Espiritualidade Ecumênica na formação de cidadãos solidários Histórias de sucesso: Resultados alcançados pela LBV em comunidades de baixa renda e escolas do Brasil e de vários países

AUTORIDADES E ESPECIALISTAS APONTAM AVANÇOS E DESAFIOS DESSA IMPORTANTE LEI BRASILEIRA, QUE COMPLETA SETE ANOS EM 2013.

Maria da Penha Maia Fernandes: A mulher que inspirou, com sua história, a criação da lei de combate à violência de gênero no Brasil.

LBV

61 anos

LBV: Organização brasileira com status consultivo geral no Ecosoc, das Nações Unidas, apresenta recomendações para autoridades participantes da Reunião de Alto Nível do Conselho Econômico e Social da ONU, no Palais des Nations, em Genebra, Suíça, de 4 a 7 de julho de 2011.

63 anos

PELA VIDA EDUCAR TAMBÉM O SENTIMENTO PARA PREVENIR A VIOLÊNCIA CONHEÇA AS AÇÕES INTERSETORIAIS PROMOVIDAS PELA LBV, HÁ DÉCADAS, QUE CONTRIBUEM PARA A PROTEÇÃO E A VALORIZAÇÃO DE MENINAS E MULHERES EM SITUAÇÃO DE VULNERABILIDADE.

A Legião da Boa Vontade apresenta recomendações para participantes da 57a sessão da Comissão sobre a Situação da Mulher, na sede da ONU, em Nova York, EUA, em 2013. A LBV é uma organização da sociedade civil brasileira com status consultivo geral no Conselho Econômico e Social das Nações Unidas, desde 1999.

Alziro Zarur e Paiva Netto, amizade firmada em Jesus!


Joalisson Nascimento

APRESENTAÇÃO

A Solidariedade não pode paraR! Covid-19: LBV mobiliza a população brasileira a participar de uma grande campanha em favor dos mais vulneráveis

E

sta edição comemora os 70 anos da Legião da Boa Vontade — fundada em 1o de janeiro (Dia da Paz e da Confraternização Universal) de 1950, na cidade do Rio de Janeiro/RJ — e a força da Solidariedade, que é a própria razão de existir dessa Obra septuagenária. Desde a sua origem até os tempos atuais, foram décadas de bons serviços prestados ao povo. Notadamente, neste momento em que o planeta enfrenta a pandemia do novo coronavírus, sua atuação se faz ainda mais necessária. O ano de 2020 já é um marco histórico, não só pelos gigantescos desafios surgidos, mas porque, apesar do aparente isolamento provocado pelo distanciamento social, jamais, como agora, a Fraternidade Ecumênica precisou ser tão exercitada. É hora de pensar com maior generosidade e empatia não apenas nos que estão ao nosso lado, mas em todos os Irmãos em Humanidade, entre eles os profissionais de saúde, que estão arriscando a própria vida para salvar a de tanta gente; os que contraíram a Covid-19, os idosos e aqueles que sofrem com algum tipo de situação de vulnerabilidade social, como a violência e a falta de recursos para se alimentar. Assim sendo, o trabalho da LBV conta, mais do que nunca, com o generoso empenho de colaboradores, voluntários, amigos, parceiros e de todos os que compartilham desse Ideal, que há 70 anos promove a Caridade Completa: a do corpo e da Alma.

Previsões e desafios para o Brasil em 2020 5,4 milhões de brasileiros devem entrar em situação de extrema pobreza por causa da pandemia do novo coronavírus

5% de queda no PIB

até 17 milhões de desempregados Fontes: Banco Mundial e Fundação Getúlio Vargas (FGV).

22 | BOA VONTADE Solidariedade


Apresentação SAPÉ/PB Essa cidade, situada na Zona da Mata Paraibana, é amparada com a campanha emergencial da LBV. Possui um dos piores Índices de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) do Brasil e apenas um terço das residências tem esgotamento sanitário adequado.

IDHM 0,569


Márcio Francisco

APRESENTAÇÃO

Você ajuda, a LBV faz!

P

Ana Paula Ferreira

Pelotas/RS

Leilla Tonin

or isso, neste número, a revista BOA VONTADE apresenta uma reportagem especial sobre a grande mobilização que a Entidade está realizando em combate às consequências do novo coronavírus: a campanha SOS Calamidades. A iniciativa visa amenizar os impactos dessa pandemia no cotidiano das famílias amparadas pela Instituição e por organizações parceiras. Nos locais onde as atividades estão suspensas, a LBV está provendo seus atendidos com itens de primeira necessidade, a exemplo de cestas de alimentos não perecíveis e produtos de limpeza e de higiene, além de fornecer orientações e informações para que não fiquem desprotegidos. Até o dia 1o de junho deste ano, já haviam sido entregues mais de 260 toneladas de doações. Neste compêndio poderá ser visto também o engajamento de personalidades, artistas, esportistas e empresas na ação.

Belo Horizonte/MG

24 | BOA VONTADE Solidariedade

Belém/PA


Apresentação

Reginaldo de Souza José Gonçalo

Piraquara/PR

Em adesão às campanhas mundiais Setembro Amarelo, Outubro Rosa e Novembro Azul, há alguns anos a LBV ilumina com as referidas cores o Templo da Boa Vontade (TBV), na foto, em Brasília/DF; o Conjunto Educacional Boa Vontade, em São Paulo/SP; e o Centro Educacional José de Paiva Netto, no Rio de Janeiro/RJ. Para reforçar a importância de se manter todos os cuidados recomendados durante a pandemia do novo coronavírus, o TBV e a unidade da Instituição na capital paulista também ganharam a coloração verde.

BOA VONTADE Solidariedade | 25


A publicação traz ainda um resumo do resultado do Balanço Social em 2019: período em que a Legião da Boa Vontade alcançou a expressiva marca de 13.636.888 atendimentos e benefícios, impactando mais de 525 mil pessoas em situação de risco social. A despeito das dificuldades econômicas em nosso país, a LBV, com a colaboração de tantos valorosos cidadãos, continuou, com enorme esforço, mantendo o seu trabalho, e até realizando mais, em suas 82 unidades, que compreendem: Centros Comunitários de Assistência Social, abrigos para idosos, escolas de Educação Básica e escola de capacitação profissional. Vale dizer que, no ano passado, as campanhas especiais da Entidade tiveram grande destaque, entregando mais de 42 mil cestas de alimentos não perecíveis a famílias em situação de vulnerabilidade social, e, na volta às aulas do ano passado, ajudando 19 mil estudantes com kits de material escolar destinados a crianças e jovens em todo o território nacional.

Vivian R. Ferreira

APRESENTAÇÃO

Andressa Ferreira

Bruno Castro

Curitiba/PR

Brasília/DF

26 | BOA VONTADE Solidariedade

Rio de Janeiro/RJ


Arquivo BV

A Legião da Boa Vontade está presente na Organização das Nações Unidas (ONU) há 26 anos. Em 1994, ela se associou ao então Departamento de Informação Pública (DPI), atual Departamento de Comunicação Global (DCG), da ONU. Em 1999, tornou-se a primeira organização da sociedade civil brasileira a obter o status consultivo geral, grau máximo no Conselho Econômico e Social (Ecosoc/ONU). Dessa forma, obteve o direito de compartilhar propostas para a agenda internacional de desenvolvimento, colaborando para a implementação de políticas públicas em todos os 193 países membros do organismo internacional. Em 2000, a LBV passou a integrar a Conferência das ONGs com Relações Consultivas para as Nações Unidas (Congo) e, em 2004, foi cofundadora do Comitê de ONGs sobre Espiritualidade, Valores e Interesses Globais nas Nações Unidas em Nova York. Ao longo dessas décadas, a Instituição também tem marcado presença nos eventos oficiais das Nações Unidas. Para esses encontros, leva importantes documentos e publicações, editados em vários idiomas e entregues a chefes de Estado, conselheiros ministeriais, agências internacionais e representantes da sociedade civil. Com destaque, os encaminhados, anualmente, à Comissão sobre a Situação das Mulheres (CSW), à Conferência das Partes (COP) e à Reunião Anual de Alto Nível do Conselho Econômico e Social da ONU.

BOA VONTADE Solidariedade | 27

Apresentação

LBV na ONU


APRESENTAÇÃO

A força da boa vontade A sua doação é investida para ajudar a mudar a realidade de muitas famílias

13.636.888

atendimentos e benefícios prestados a pessoas e famílias

525.042 pessoas foram impactadas pelos nossos programas socioeducacionais

+ de 200 municípios brasileiros receberam nosso atendimento

+ de 3.000 voluntários participaram ativamente de nossas ações

2.171 entidades, organizações sociais, lideranças comunitárias e usuários das políticas públicas de assistência social foram assessorados e capacitados

Nossa missão Promover Desenvolvimento Social, Solidário e Sustentável, Educação e Cultura, Arte e Esporte, com Espiritualidade Ecumênica, para que haja Consciência Socioambiental, Alimentação, Segurança, Saúde e Trabalho para todos, no despertar do Cidadão Planetário.

Nossa atuação

e

82 Bess

Com o apoio de todos os que acreditam no potencial da Boa Vontade, a Instituição prossegue sua luta no enfrentamento aos desafios mundiais em prol das populações mais sofridas ou pobres do Brasil e do exterior, incentivando valores como Ética, Solidariedade, Compaixão, Esperança e Cidadania, a partir do diferencial da Espiritua­lidade Ecumênica. Para finalizar, cabe ressaltar estas palavras do diretor-presidente da LBV, José de Paiva Netto: “Quando administramos, devemos fazê-lo oferecendo o melhor de nós hoje. Contudo, sempre mirando o futuro, a almejar uma comunidade, um país, enfim, um mundo pacificado pelo esforço das pessoas de Boa Vontade. Isso quer dizer: agir de forma eficaz no presente, para que o amanhã seja a glorificação do que ousamos realizar agora”. Acesse o site www.lbv.org.br e conheça a LBV! Apaixone-se pelo trabalho feito por ela e ajude a multiplicar a Boa Vontade nos corações! Boa leitura!

Vânia

FRATERNIDADE SEM FRONTEIRAS

unidades socioeducacionais em todo o país compostas de:

• 72 Centros Comunitários de Assistência Social; • 1 centro de assessoramento; • 3 abrigos para idosos; • 1 escola de capacitação profissional; e • 5 escolas de Educação Básica.


Apresentação

Público atendido pela LBV An aP au la

55%

8%

(mais de 60 anos)

Fer reira

Crianças e Adolescentes

Idosos

nd

es

(de 0 a 14 anos)

ré An d

Fe

rn

a

a Ferreira

17% 20%

And

r e ss

Adultos

Jovens

(de 15 a 29 anos)

(de 30 a 59 anos) ry Ne João

em tempos de crise, a LBV socorre mais “O povo ajuda, a LBV faz!” (Paiva Netto)

66.256.608 12.509.267

13.026.136

13.523.005

13.561.312

13.636.888

atendimentos e benefícios prestados de 2015 a 2019

2015

2016

2017

2018

2019

A Legião da Boa Vontade possui Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social (Cebas). Há mais de duas décadas, a Instituição tem seu balanço geral analisado e aprovado por auditores externos independentes, em uma iniciativa de José de Paiva Netto, diretor-presidente da LBV, muito antes de a legislação que exige essa medida entrar em vigor no país.

BOA VONTADE Solidariedade | 29


SOS CALAMIDADES

novo coron av írus

o mal que fez o mundo parar, Mas não deteve a solidariedade WELLINGTON CARVALHO DE SOUZA

O

ano de 2020 ficará marcado na história da humanidade. O contágio com o novo coronavírus, iniciado em dezembro de 2019, na cidade de Wuhan (capital da província de Hubei), na China, alastrou-se por todo o planeta nos últimos meses. Até o dia 1o de junho, os casos confirmados pela infecção da Covid-19 no mundo passaram de 6 milhões, segundo informações da Universidade Johns Hopkins (EUA). O número de óbitos ultrapassa a marca de quase 370 mil. No Brasil, já são mais de 500 mil casos confirmados e mais de 29 mil mortes, conforme contabiliza o Ministério da Saúde.

30 | BOA VONTADE Solidariedade


Brasília/DF Paulo Araújo

SOS Calamidades


A fim de evitar que o número de internações ultrapasse a capacidade de atendimento dos sistemas de saúde, autoridades internacionais têm solicitado o distanciamento social entre os habitantes de seus respectivos países, atitude primordial neste momento para preservar vidas, até que tudo possa voltar ao normal. Enquanto hospitais estão superlotados, as ruas das cidades estão praticamente vazias. Essas medidas de isolamento, com autorização de funcionamento somente de comércios, indústrias e serviços essenciais, impactam a economia mundial, contribuindo seriamente para a elevação dos índices de desemprego e acarretando grandes prejuízos aos profissionais autônomos. Uma pesquisa do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) confirma esse cenário preo­ cupante. De acordo com o estudo, que estima queda do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e da geração de emprego, os lares mais pobres (com renda entre 0 e 2 salários mínimos) podem ter suas vidas mais prejudicadas neste período. Para amenizar a situação de vulnerabilidade social de milhares de pessoas, a Legião da Boa Vontade, ao lado de outros importantes atores sociais, vem promovendo grande mobilização em todo o país: a campanha SOS Calamidades, que já distribuiu mais de 260 toneladas de doações em cerca de 94 cidades de todas as regiões

Márcio Francisco

SOS CALAMIDADES

Itens da cesta de alimentos e kit de limpeza

Paulo Araújo

Porto Alegre/RS

DE TRIGO

de milho

500g

5 quilos de arroz; 3 quilos de feijão; 2 litros de óleo de soja; 2 quilos de açúcar; 2 pacotes de macarrão; 1 quilo de farinha de mandioca; 500 gramas de farinha de milho; 1 quilo de farinha de trigo; 500 gramas de fubá; 2 latas de extrato de tomate; e 1 quilo de sal.

32 | BOA VONTADE Solidariedade

2 litros de água sanitária; 2 litros de desinfetante; 1 litro de detergente; limpador multiuso; e 1 quilo de sabão em barra.

Brasília/DF


SOS Calamidades

Genivaldo Marquiza Matheus Paulo

Na capital paulista, a Legião da Boa Vontade está preparando, de segunda a sexta-feira, centenas de lanches reforçados para consumo imediato de moradores de rua. Essas refeições são entregues pela InfoRedes aos que se encontram no bairro do Glicério. Para saber mais, assista ao depoimento do Alecsandro, um dos beneficiados com a ação, neste link: http://twixar.me/Rx2T.

São Paulo/SP

BOA VONTADE Solidariedade | 33

M a th

Moradores de Rua de SP recebem ajuda da LBV

e u s P a ul o

Campo Grande/MS


brasileiras. A iniciativa pretende garantir que todas as famílias em risco alimentar atendidas pela Instituição (em suas escolas, Centros Comunitários de Assistência Social e Lares para Idosos) e por organizações parceiras recebam cestas de alimentos não perecíveis, refeições e kits de limpeza, bem como orientações e informações sobre o combate à Covid-19. Vale dizer que os donativos têm sido entregues conforme as normas de distanciamento e higiene recomendadas. Desse modo, com o apoio de doadores, de voluntários, de empresários e da classe artística, a Entidade vem reforçando a segurança dos que mal têm recursos para se manter. Confira, nas páginas a seguir, a palavra de alguns dos beneficiados e os números da campanha em cada região, que já impactou mais de 37 mil indivíduos até o momento.

Matheus Paulo

SOS CALAMIDADES

Matheus Paulo

Poá/SP

“Eu moro numa ocupação próxima da Cracolândia. [No local,] moram oito pessoas; a gente não tem cama, dorme em colchão... A nossa renda é bem baixinha, a gente compra doze fardos de água e vende no farol. A minha preocupação é a fome, porque eu prefiro alimentar meus filhos do que eu. Pra mim, a LBV está sendo de grande ajuda! Quem tiver condições de ajudar que ajude, porque assim vocês estão ajudando muita gente!” FABIANA MORAES

São Paulo/SP

A renda mensal da família com o trabalho autônomo é de 300 reais, mas, com a pandemia, nem isso eles têm conseguido. O filho mais novo dela, Samuel, de 1 ano e um mês, é atendido na Supercreche Jesus, da LBV em São Paulo/SP.

“A Solidariedade é a grande força que temos neste momento. O povo está sensibilizado com as perdas que atingiram [muitas famílias], não escolheu classe social, nem nível cultural. Obrigado ao povo mineiro e a instituições como a LBV, que tem participado com doações e ajuda humanitária de grande importância, para a mitigação [das necessidades] neste período tão árduo para Minas Gerais.” TENENTE WALMER ANDRADE

Defesa Civil de Minas Gerais

34 | BOA VONTADE Solidariedade

ick mer Larissa E


Fotos: Pedro Felipe

ITENS DISTRIBUÍDOS: alimentos não perecíveis, máscaras de pano, kits de limpeza e de higiene e máscaras cirúrgicas com tripla proteção bacteriana.

Rio de Janeiro/RJ

A importância do apoio a comunidades De acordo com pesquisa realizada pela Data Favela/ Instituto Locomotiva, o novo coronavírus alterou a vida de 97% das 13,6 milhões de pessoas que moram em comunidades em todo o Brasil — e sete em cada dez famílias sentiram seus efeitos na renda do lar. O estudo revela que 47% dos entrevistados trabalham por conta própria ou são profissionais liberais, 10% estão desempregados e 8% vivem de pequenos serviços sem carteira assinada. Estima-se ainda que 86% desses moradores têm problemas para comprar comida e outros itens básicos de sobrevivência nesse período.

ABRANGÊNCIA Espírito Santo: Cachoeiro do Itapemirim e Vitória. Minas Gerais: Araxá, Belo Horizonte, Ipatinga, Juiz de Fora, Montes Claros, Patos de Minas, São Sebastião do Paraíso e Uberaba. Rio de Janeiro: Belford Roxo, Cabo Frio, Maricá, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, São Gonçalo, Rio de Janeiro (comunidades da Cidade de Deus, do Complexo do Alemão, da Cruzada São Sebastião, de Manguinhos e do Vidigal). São Paulo: Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Franca, Mogi das Cruzes, Piracicaba, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, Santo Expedito, São José do Rio Preto, São José dos Campos, Sorocaba, São Paulo (Bom Retiro e Cidade Dutra).

“Com essa cesta, a LBV está mudando a minha vida, porque lá em casa está quase sem nada para comer. Tudo o que tenho é graças à LBV, como os meus estudos. Vocês sempre me amparam! Agradeço aos colaboradores por ajudarem a LBV a estar sempre maior, sempre guerreira, porque a LBV é guerreira, todo mundo sabe disso.” DOUGLAS RODRIGUES

Aluno do Centro Educacional da LBV, no Rio de Janeiro/RJ.

BOA VONTADE Solidariedade | 35

SOS Calamidades

Região Sudeste


Márcio Francisco

SOS CALAMIDADES

Região SUL ITENS DISTRIBUÍDOS: alimentos não perecíveis, kits de limpeza e de higiene, máscaras de pano e fraldas descartáveis. ABRANGÊNCIA Rio Grande do Sul: Glorinha, Pelotas e Porto Alegre (destaque para as comunidades Ilha dos Marinheiros, Lomba do Pinheiro, Rincão da Madalena, Vila Farrapos, Vila Jardim e Xará). Santa Catarina: Biguaçu (comunidades indígenas Tekoa Porã e MBiguaçu), Cri­ ciúma, Florianópolis, Joinville, São José e Tijucas. Paraná: Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Londrina, Maringá e Ponta Grossa.

Márcio Francisco

Márcio Francisco

Porto Alegre/RS

Gravataí/RS

Percentual de Benefícios Campanha SOS Calamidades, da LBV

80,5% cestas de alimentos

13,5% alimentos perecíveis

5,9%

Kits de higiene e de limpeza

36 | BOA VONTADE Solidariedade

Pelotas/RS


SOS Calamidades

Rosana Serri

Curitiba/PR

“Estamos atuando como Defesa Civil, representando toda a Curitiba, auxiliando no trabalho de distribuição de cestas e nos protocolos de saúde, oal ess Arquivo p e vemos que a ação da LBV é de suma importância para a comunidade da região de Tatuquara, onde famílias carentes foram atingidas pela pandemia e também pessoas autônomas, que, por conta da Covid-19 e do desemprego, agora se encontram em situação de mais vulnerabilidade. A Defesa Civil está aí para auxiliar a LBV em todas as ações.” DANIEL RAMIRES

Vânia Carla Barros

Gestor da Defesa Civil no bairro de Tatuquara, em Curitiba/PR

“Estou muito emocionado, arrepiado mesmo. A LBV não tem medido esforços para amparar a todos. Quero louvar a Deus pelas pessoas da LBV serem instrumentos Dele, anjos em nossas vidas. Não são só preocupados com a educação dos nossos filhos, em terem conhecimento, mas [também em irem] crescendo e vendo essas atitudes e ações de ajuda ao próximo.” BRUNO ANELLI

Maringá/PR

Pai de aluna do Centro Educacional José de Paiva Netto, em Curitiba/PR.

BOA VONTADE Solidariedade | 37


Bruno Castro

SOS CALAMIDADES

Região Centro-Oeste ITENS DISTRIBUÍDOS: alimentos não perecíveis, frutas, legumes, verduras, kits de limpeza e de higiene e máscaras de pano. ABRANGÊNCIA Brasília: Distrito Federal (ocupação Chácara Santa Luzia, na Cidade Estrutural). Goiás: Anápolis, Goiânia, Inhumas e Valparaíso. Mato Grosso: Cuiabá. Mato Grosso do Sul: Campo Grande e Paranaíba.

Ana Paula Cazaroti

Egeziel Castro

Brasília/DF

Goiânia/GO

38 | BOA VONTADE Solidariedade

Paranaíba/MS


SOS Calamidades

Genivaldo Marquiza

Campo Grande/MS

População de rua é beneficiada em Campo Grande

Junio Alcantara

Na capital sul-mato-grossense, a LBV tem doado itens essenciais à Secretaria de Assistência Social (SAS), os quais foram úteis à população de rua da cidade. Dentre os donativos constam tecidos para a confecção de 2.300 máscaras de pano; produtos de limpeza, tais como sabonete líquido e álcool 70%; materiais de higiene pessoal, a exemplo de escovas e pastas de dente; máscaras cirúrgicas com tripla proteção bacteriana; e luvas.

“A LBV é muito importante na minha vida. Obrigada por não nos abandonarem neste momento tão desafiador.” MARIA JOSÉ DA SILVA

Participante do serviço Vida Plena, da LBV, em Campo Grande/MS

“Venho agradecer, imensamente, a valorosa contribuição que temos recebido da LBV [, bem como] o incentivo e a parceria nas doações neste momento de pandemia da Covid-19. A Secretaria está com quatro acolhimentos destinados à população em situação de rua; nós necessitamos do apoio de toda a sociedade civil. Venha conosco salvar vidas. Muito obrigada, LBV.”

za qui Genivaldo Mar

MARCILENE RODRIGUES

Gerente de Média Complexidade da Proteção Social Especial, da Secretaria de Assistência Social de Campo Grande/MS

Cuiabá/MT

BOA VONTADE Solidariedade | 39


Gabriela Souza

SOS CALAMIDADES

Região Nordeste ITENS DISTRIBUÍDOS: alimentos não perecíveis, frutas, verduras, legumes, máscaras de pano e kits de limpeza e de higiene. ABRANGÊNCIA Alagoas: Maceió. Bahia: Itabuna, Lauro de Freitas e Salvador (destaque para comunidades da Península Itapagipe). Ceará: Fortaleza. Maranhão: São Luís. Paraíba: Campina Grande e João Pessoa. Pernambuco: Recife. Piauí: Coivaras e Teresina. Rio Grande do Norte: Macaíba e Natal. Sergipe: Aracaju.

Pluggar Cine Photography

Suyane Oliveira

Salvador/BA

São Luís/MA

“Estou agradecendo mais uma vez o kit que ganhei. Eu parei de fazer faxina e agora estou com a renda das latinhas que cato e da cesta básica que ganhei da LBV.”

Ga

b rie

la S o

uza

DÉBORA FERREIRA Mãe de um menino atendido pelo programa da LBV em Salvador/BA

40 | BOA VONTADE Solidariedade


SOS Calamidades

Leikson Kleummer

Macaíba/RN Ana Paiva

“A LBV é a mãe de todas as mães. A minha despensa estava basicamente vazia. Cheguei em casa, abri a cesta de vocês e fui colocando o feijão no fogo para minhas [cinco] crianças almoçarem. Eu queria agradecer à LBV, ao Wesley Safadão e a todos que contribuíram para o alimento chegar em minha mesa. Por favor, continuem esse trabalho maravilhoso, que fez chegar [alimento] na minha casa, como em outras casas carentes também.” DÉBORA ALVES DA SILVA

Fortaleza/CE

João Pessoa/PB

Comunidade Chico Mendes 3, no interior de Macaíba/RN

BOA VONTADE Solidariedade | 41


Região Norte

Ana Paula Ferreira

SOS CALAMIDADES

Itens distribuídos: alimentos não perecíveis, frutas, verduras, legumes, kits de limpeza e de higiene e máscaras de pano.

Ana Paula Ferreira

ABRANGÊNCIA Amazonas: Manaus. Pará: Ananindeua e Belém. Rondônia: Porto Velho.

Ana Paula Ferreira

Belém/PA

Ananindeua/PA

A LBV precisa da sua ajuda. DOE AGORA! https://doar.lbv.org/ LBV Brasil @LBVBrasil

42 | BOA VONTADE Solidariedade

“Esta cesta da LBV chegou em um momento muito necessário! Trabalho por conta própria e estou sem poder sair de casa para exercer meu serviço. Quero agradecer a todos os colaboradores e pedir que não deixem de fazer sua contribuição. Muito obrigada a todos!” MÁRCIA DA CRUZ

Ananindeua/PA


SOS Calamidades

Matheus Paulo

São Paulo/SP

Fotos: Placilda Silva

“Agradeço muito o tratamento que a LBV proporciona às minhas filhas. Elas são muito bem cuidadas, bem alimentadas. Essa cesta veio em boa hora. Foi uma bênção para minha casa. Obrigada de todo coração.” JAQUELINE PINHEIRO BEZERRA

Manaus/AM

Mãe de duas meninas atendidas pela LBV em Manaus/AM

BOA VONTADE Solidariedade | 43

ieg

Em meio à pandemia do novo coronavírus, a Legião da Boa Vontade, além de distribuir cestas de alimentos e itens de limpeza e higiene às famílias em situação de vulnerabilidade social, atende __São José/SC mulheres grávidas por meio do serviço Cidadão-Bebê, da Instituição, entregando enxovais a mães que vivem a dupla faceta desta crise sanitária: a ansiedade natural da chegada da criança e o fato de não ter o básico para vestir e cuidar do filho. Na foto maior, mobilização em São Paulo/ SP e, no destaque, atendimento em São José/SC.

as

Apoio a gestantes durante a pandemia do novo coronavírus

Sc

he

il a

V


SOS CALAMIDADES

Empatia contra os efeitos da Covid-19 Nas redes sociais, classes artística e esportiva apoiam campanha emergencial da LBV WELLINGTON CARVALHO DE SOUZA

A

o longo de seus 70 anos de fundação prestando socorro espiritual, material e emocional ao ser humano e seu Espírito Eterno, a Legião da Boa Vontade conquistou a confiança do povo e a aprovação das mais variadas personalidades quanto às suas iniciativas. Assim, é frequente a participação de artistas em mobilizações solidárias da Instituição, o que demonstra atenção às questões socioeducacionais do país. O mesmo ocorre com a campanha SOS Calamidades, por meio da qual a LBV tem amenizado, com a distribuição de cestas de alimentos e de kits de higiene e de limpeza, as dificuldades que as populações mais vulneráveis têm enfrentado por causa da pandemia do novo coronavírus (saiba mais na página 30).

44 | BOA VONTADE Solidariedade


BOA VONTADE Solidariedade | 45

SOS Calamidades

Leikson Kleummer

A LBV entregou, com o apoio de voluntários do projeto WSolidário, cestas de alimentos não perecíveis a famílias em situação de vulnerabilidade social do assentamento Chico Mendes, em Macaíba, cidade da zona rural do Rio Grande do Norte. As doações foram arrecadadas pelo cantor Wesley Safadão.


Goiânia/GO Egeziel Castro

O cantor sertanejo Gusttavo Lima é um desses benfeitores. No dia 28 de março, ele realizou da própria fazenda, localizada no interior de Goiás, uma live em seu canal no YouTube, transmitida também pelo Facebook, com 10,3 milhões de visualizações e 750 mil acessos simultâneos. Enquanto se entretinha, a audiência foi convidada a fazer doações para entidades filantrópicas de Goiânia/GO. Empresários e amigos de Gusttavo ainda contribuíram, posteriormente, com toneladas de alimentos e insumos hospitalares. Como fruto dessa corrente fraterna, o Centro Comunitário de Assistência Social da LBV na capital goiana foi beneficiado com 272 quilos de alimentos, ofertados pela empresa Arroz Vasconcelos, que foram distribuídos a centenas de famílias. Também em Goiânia, a Instituição foi beneficiada por mais duas lives solidárias. A primeira, da dupla Junior & Thyago, realizada em 2 de maio, angariou 270 cestas de alimentos, 70 litros de álcool em gel, 70 kits de limpeza, 100 protetores faciais e 200 litros de leite. Ao levar as doações à unidade da Obra, Junior declarou: “Estamos aqui na LBV para entregar as cestas [de alimentos] que a gente conseguiu... Álcool em gel, leite... E a gente está muito feliz pelo resultado da nossa live. Obrigado a todo mundo que ajudou. Vamos fazer mais lives e queremos a ajuda de vocês aí”. Thyago completou: “Continuem colaborando, gente. A galera pode entrar no [site] lbv. org e fazer parte desse time, dessa corrente do Bem!” Já no dia 9 de maio, o violeiro Junyo Motta reverteu o resultado de sua apresentação em favor da campanha da LBV. Além de ajuda financeira para a iniciativa, conseguiu arrecadar 250 cestas de alimentos.

Mariany Gomes

SOS CALAMIDADES

EM PROL DAS COMUNIDADES MAIS CARENTES Em 17 de abril, foi a vez do cantor e compositor Jorge Vercillo realizar sua live solidária no Instagram e no Facebook. Durante as apresentações de suas músicas e um descontraído bate-papo com os fãs, ele os convocou a colaborar com as atividades da Legião da Boa Vontade e do Backstage Solidário, projeto que tem como objetivo ajudar, com alimentos, famílias de profissionais que trabalham nos bastidores de eventos musicais e que estão temporariamente parados. Na semana anterior, na manhã do dia 5, Vercillo esteve no depósito do Supermercado Mega Box. Lá conheceu toda a logística para separar e entregar as duas toneladas de alimentos que esse parceiro de longa data da LBV doou à Obra. A maior parte foi destinada às principais comunidades do Rio de Janeiro, a exemplo do Complexo do Alemão e do Vidigal. À tarde, o cantor visitou o Centro Educacional da Legião da Boa Vontade, localizado em Del Castilho, e enalteceu os resultados alcançados até então.

Junyo Motta

ul o

To rr

es

Jorge Vercillo e sua esposa, Martha Suarez.

Pe

46 | BOA VONTADE Solidariedade

dro

Pa


SOS Calamidades

Egeziel Castro

Junior & Thyago

Leilla Tonin

Pedro Paulo Torres

Lendas do futebol em apoio à LBV O querido técnico de futebol Arthur Antunes, o Zico, não poderia ficar fora do time da Solidariedade; por isso, gravou uma mensagem de incentivo à colaboração de todos na campanha SOS Calamidades, da Legião da Boa Vontade. No vídeo, postado em 30 de março na conta da Instituição no Instagram (@LBVBrasil), declarou: “Aqueles que tiverem oportunidade e desejarem ajudar os necessitados procurem a LBV. Conheço muito bem o trabalho que eles fazem. Já fiz diversas ações com eles, gente da maior seriedade e sempre ajudando o próximo. Um grande abraço para todos! Tudo de bom, e vamos ficar em casa”. Também em vídeo, publicado em 6 de abril no canal da Entidade no YouTube, o técnico Paulo Roberto Falcão enfatizou aos internautas: “A LBV solicita doações de alimentos não perecíveis e itens de higiene pessoal e de limpeza para doar às famílias que ela já ajuda bastante e a outras que vivem em comunidades das grandes cidades do país. Você ajuda, a LBV faz!” Vale ressaltar que o craque já vestiu a camiseta da Obra em outras oportunidades, contribuindo com as campanhas emergenciais e a manutenção dos programas socioeducacionais que a Legião da Boa Vontade realiza em todo o Brasil.

BOA VONTADE Solidariedade | 47


À Super Rede Boa Vontade de Comunicação (rádio, TV, internet e publicações), Vercillo detalhou: “Estamos na escola da LBV, que está fazendo mais uma enorme doação às comunidades carentes da região. São 11 toneladas de alimentos, mais de 750 cestas básicas para essas famílias. Além disso, fora da pandemia, jovens e crianças passam o dia inteiro aqui, com várias refeições, aulas, materiais didáticos... A LBV é que provém tudo isso”. E completou: “É muito legal estar perto deste coração generoso, essa criação divina! Quando se volta para ajudar o próximo, o ser humano está ajudando a si mesmo e constrói algo divino. José de Paiva Netto  [diretor-presidente da Entidade]  é mais uma dessas mentes brilhantes, que deixa um legado muito grande, especial. Em nome da música brasileira e da sociedade civil, agradeço demais e parabenizo a LBV”.

Suyane Oliveira

SOS CALAMIDADES

FORROZEIROS SOLIDÁRIOS DO BRASIL Na Região Nordeste, as unidades da LBV em Fortaleza/CE, Natal/RN, Recife/PE, São Luís/MA e Teresina/PI foram beneficiadas com as doações do cantor Wesley Safadão e de sua esposa, a empresária e digital influencer Thyane Dantas, por intermédio do projeto WSolidário. Ao todo, foram quase 54 toneladas de mantimentos doados. Toda essa ajuda é reThyane sultado da live, iniciada pelo cantor em 18 de Dantas e Wesley abril e concluída na manhã do dia seguinte, Safadão após 10 horas de duração, com 1,8 milhão de visualizações simultâneas no YouTube. O show ocorreu na casa de Safadão, em Aquiraz/CE, e contou com a presença do humorista e amigo de Boa Vontade Tirulipa, além das participações, por vídeos previamente gravados, da atriz Paolla Oliveira, do cantor Bell Marques e dos jogadores de futebol Neymar Jr., Gabigol e Ronaldo Fenômeno. Divul gação Na mesma data, outra live trazia mais esperança a quem precisa: a da banda Cavaleiros do Forró, com mais de 1,3 milhão de visualizações no YouTube. O evento foi um verdadeiro sucesso, pois, além de alegrar tantos espectadores em isolamento social, colaborou com o Centro Comunitário da LBV na capital potiguar. Com a presença do empresário do grupo, Alex Pandangue, a unidade recebeu, no dia 28 daquele mês, mangas, coco e mamão (100 unidades de cada), bem como 50 quilos de batata e 50 pencas de banana. Em Natal/RN, no dia 25 de abril, a forrozeira Socorro Lima promoveu mais uma live em favor da LBV, angariando mais de uma tonelada de alimentos não perecíveis.

PARCEIRA ASSÍDUA A campanha SOS Calamidades foi divulgada no perfil da querida 48 | BOA VONTADE Solidariedade

___Fortaleza/CE

Thyane Dantas e Wesley Safadão

Recife/PE


A seguir, o registro do que cada Centro Comunitário de Assistência Social da Legião da Boa Vontade recebeu: Local: FORTALEZA/CE Itens: 9,9 toneladas de alimentos não perecíveis. Local: NATAL/RN Itens: 3 toneladas de alimentos não perecíveis, 500 quilos de queijo de búfala, 240 unidades de álcool 70%, mil máscaras e 10 latas de tinta (para a manutenção do espaço físico). Local: RECIFE/PE Itens: Uma tonelada de alimentos, acondicionada em cestas, 300 quilos de açúcar e 300 quilos de fubá.

Local: TERESINA/PI Itens: 2.715 cestas de alimentos (tendo 12 quilos cada), 300 quilos de polpa de frutas, 1.000 litros de iogurte, 1.000 quilos de peixe, 384 litros de suco cajuína, 150 quentinhas e 150 garrafas de água.

Thiago Ferreira

Miguel Bacelar

Local: SÃO LUÍS/MA Itens: 1,5 tonelada de frutas (abacaxi, banana, laranja, manga, melancia e melão).

A live da dupla Thaeme & Thiago, realizada no YouTube no feriado de 1o de maio, mobilizou a doação de 326 quilos de alimentos para a unidade da LBV em Presidente Prudente/SP. BOA VONTADE Solidariedade | 49

SOS Calamidades

Doações de Wesley Safadão para a LBV


O pagodeiro Alexandre Pires uniu-se à corrente solidária da LBV e disponibilizou quase meia tonelada de alimentos arrecadados em sua live solidária no YouTube, em 18 de abril, para o Lar de Idosos da LBV em Uberlândia/MG.

Lua Blanco

A LBV precisa da sua ajuda. DOE AGORA! https://doar.lbv.org/ LBV Brasil |

@LBVBrasil

Comunidades indígenas de Biguaçu recebem apoio da LBV A LBV beneficiou, por intermédio da campanha SOS Calamidades, famílias das aldeias indígenas Tekoa Porã e MBiguaçu com cestas de alimentos não perecíveis e kits de higiene e de limpeza, visando ao enfrentamento da Covid-19. Localizadas na comunidade de São Miguel, no município de Biguaçu/SC, as aldeias são habitadas por povos Guarani, Guarani Mbya e Guarani Ñandeva e vivem do consumo do que plantam. Durante a entrega, a equipe da Instituição não teve contato direto com os índios, seguindo as recomendações oficiais, e contou com o apoio da Secretaria de Assistência Social de Biguaçu e da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai) na distribuição dos donativos.

50 | BOA VONTADE Solidariedade

Andressa Ferreira

atriz Lua Blanco no Instagram, sempre presente nas ações solidárias da Legião da Boa Vontade. Em 7 de abril, ela postou um carrossel com fotos que tirou, no fim de 2019, com as crianças atendidas pela LBV na capital fluminense, além de peças informativas sobre como fazer doações financeiras para a Instituição. Mais de 30 mil pessoas curtiram o post e tantas outras elogiaram o apoio da artista à Entidade, a exemplo da @Millamatoso, que comentou: “Que lindo, amiga! Temos que ajudar mesmo, tem muita gente precisando e não é de hoje... Deus ilumine! Vamos fazendo nossa parte”. A adesão de Lua Blanco à campanha foi destaque, inclusive, em recente entrevista que ela concedeu à revista #GQporElas, do grupo Globo, também reproduzida, em 27 de abril, no site da publicação. Na oportunidade, a atriz declarou: “Hoje, no mundo em que a gente vive, sobretudo no que virá depois que este momento passar, não existe a possibilidade de não pensar no próximo. Acho que vai além da Caridade, é uma obrigação moral de quem tem mais ajudar a quem tem menos. E, quanto mais se tem, maior o dever de ajudar”. Nossos agradecimentos também às atrizes Giovanna Grigio, Duda Wendling, Roberta Rodrigues e Gabriela Saraivah, ao ator Jonathan Azevedo e às jornalistas e apresentadoras de TV Nadja Haddad e Ticiane Pinheiro, que apoiaram e divulgaram a campanha fazendo stories no Instagram.

Arquivo BV

SOS CALAMIDADES


SOS Calamidades

Reprodução BV

Reprodução BV

Reprodução BV

A dupla Alex & Yvan realizou também uma live solidária em seu canal oficial no YouTube em 14 de maio. O show on-line durou mais de três horas e beneficiou o Centro Comunitário de Assistência Social da LBV em Campo Grande/MS.

Reprodução BV

Valdir Bigas

Fábio Caldeira (post ao lado), integrante da Banda Maestrick, de São José do Rio Preto/SP, conhecida internacionalmente, além de se engajar na campanha SOS Calamidades, divulgando-a em suas redes sociais, fez sua própria doação. A unidade foi também beneficiada com sete cestas de alimentos e vários chocolates arrecadados durante a live do cantor sertanejo Ricardo Marques (foto acima). Ele ainda postou um vídeo na sua conta no Instagram reforçando a divulgação da iniciativa.

No dia 15 de maio, o forrozeiro Sandro Becker promoveu show on-line no YouTube, no Facebook e no Instagram, com transmissão simultânea na TV Band RN e TV Grande Natal, a qual contou com a participação do apresentador Jacson Damasceno. Durante a ação, os internautas puderam conhecer mais sobre o trabalho da LBV e fazer doações por meio de QR Code. BOA VONTADE Solidariedade | 51


SOS CALAMIDADES

Ação emergencial da LBV é destaque nas mídias do Brasil

Egeziel Castro

Reprodução BV

Reprodução BV

Muitos dos principais veículos de comunicação do país têm divulgado a campanha SOS Calamidades, realizada pela Legião da Boa Vontade, fortalecendo o engajamento da população nessa iniciativa solidária, a exemplo de várias emissoras de televisão: Globo: telejornal DF1 (Brasília/DF); TV Anhanguera (afiliada em Goiânia/GO); Inter TV Cabugi (afiliada em Natal/RN); jornal Boa Noite Paraná, RPC TV (afiliada em Curitiba/PR); e TV Rio Sul (afiliada em Volta Redonda/RJ). Record: TV Clube (afiliada no Recife/PE); TV Cidade (afiliada em Fortaleza/CE); programa Balanço Geral (São José do Rio Preto/SP); e programa Correio da Manhã, da TV Correio (afiliada em João Pessoa/PB). Cultura: TV Nova Nordeste (afiliada no Recife/PE). SBT: Tambaú Notícias, da TV Tambaú (afiliada em João Pessoa/PB). Rede TV: TV Arapuan (afiliada em João Pessoa/PB). TV Brasil: Nova TV de Catanduva/SP (afiliada em Catanduva/SP). Nossos agradecimentos também ao G1, site de notícias da Globo, por divulgar as ações da LBV na capital brasileira; ao jornal Tribuna Independente, de Maceió/AL, por publicar em 23 de abril o apoio do técnico de futebol Zico à campanha SOS Calamidades; e à Bestplace, empresa de Mídia Out of Home, por dar visibilidade a essa mobilização fraterna em painéis eletrônicos nas principais avenidas de Natal/RN; ao Diário do Pará e aos seguintes jornais em São Luís/MA: O Estado do Maranhão, O Imparcial, Jornal Pequeno, Extra, além do Portal Imirante e do Blog do William Santos.

Stella Souza

José Gonçalo

Reprodução BV

TV Anhanguera, Goiânia/GO

TV Cidade, Fortaleza/CE

52 | BOA VONTADE Solidariedade

TV Globo, Brasília/DF


A Legião da Boa Vontade agradece a todos os parceiros que têm se unido a esta Corrente Fraterna contra os efeitos do novo coronavírus. A seguir, você, amigo(a) leitor(a), poderá conhecer algumas dessas marcas solidárias.

BOA VONTADE Solidariedade | 53

SOS Calamidades

Agradecimento especial


SOS CALAMIDADES

54 | BOA VONTADE Solidariedade


SOS Calamidades BOA VONTADE Solidariedade | 55


Vivian R. Ferreira

NOSSO DIFERENCIAL

Cidadania Ecumênica como foco A

marca de todas as ações promovidas pela Legião da Boa Vontade — programas, oficinas, cursos, serviços, atividades escolares para crianças, jovens e adultos etc. — é o diferencial que ela traz para a vida de seus atendidos, pensando neles em sua integralidade, ao cuidar da ampliação do conhecimento (cérebro), sem esquecer os sentimentos (coração) de cada indivíduo, tratando a cada um com amor, atenção e empatia, ao lhes proporcionar Educação com Espiritualidade Ecumênica. A Instituição entende que a raiz dos maiores problemas do Brasil e do mundo pode estar na falta do exercício desses e de outros sentimentos e valores elevados, vivência essa que representa a maior riqueza que um país pode ter. Para transformar esse ideal fraterno em realidade, a LBV, há mais de 30 anos, fez surgir uma linha pedagógica inovadora, com uma metodologia própria. Você, amigo(a) leitor(a), conhecerá um pouco dessa proposta educacional nas páginas seguintes.

56 | BOA VONTADE Solidariedade


Curitiba/PR

Nosso diferencial


NOSSO DIFERENCIAL

E

Leilla Tonin

Resultados da Proposta Pedagógica da LBV Os resultados da aplicação da linha educacional da LBV podem ser constatados pelos seguintes relevantes pontos: • evasão escolar zero; • desenvolvimento acadêmico dos alunos semelhante ao apresentado nos índices de aproveitamento escolar da população estudantil de países ricos e desenvolvidos; e • reconhecido trabalho permanente de prevenção e combate ao bullying e a comportamentos de agressividade.

Assunção, Paraguai

58 | BOA VONTADE Solidariedade

São Paulo/SP Letícia Teixeira

m prol do desenvolvimento do indivíduo em todas as suas dimensões (espiritual, biológica, psíquica e social), o diretor-presidente da LBV, o edu­ cador José de Paiva Netto, criou a Pedagogia do Afeto (destinada a crianças de até os 10 anos) e a Pedagogia do Cidadão Ecumênico (aplicada àqueles que têm a partir dos 11 anos de idade). Estas são postas em prática na LBV, que atua em países da América Latina, da América do Norte e da Europa. A proposta da linha educacional vanguardeira da Entidade é que se some aos valores espirituais, éticos e ecumênicos o saber intelectual a fim de que haja maior enriquecimento do conteúdo pedagógico oferecido. Em consonância com esse propósito, o dirigente da Instituição, há décadas, tem pontuado: “Convoco a inteligência de todos para este entendimento: é essencial enxergar além do intelecto. A mente sem o sentimento é forma castradora de pensar”. Desse modo, a LBV investe na formação completa do educando, pois o considera em sua integralidade como um ser espírito-biopsicossocial, que traz consigo o registro de experiências anteriores, as quais podem contribuir para o aprendizado dele. A educação proporcionada pela Instituição fundamenta-se nos valores nascidos do Amor Fraterno, que enriquece a pessoa para a vivência da Cidadania Ecumênica, firmada esta no exercício pleno da Solidariedade Global, que se traduz no preceito imortal de Jesus: Seu Novo Mandamento — “Amai-vos como Eu vos amei. Somente assim podereis ser reconhecidos como meus discípulos” (Evangelho, segundo João, 13:34 e 35).

Vivian R. Ferreira

Uma visão além do intelecto


Nosso diferencial Carlos César da Silva

Montevidéu

Buenos Aires, Argentina

O Instituto de Educação José de Paiva Netto, em São Paulo/SP, demonstra que educação de qualidade, Solidariedade e Espiritualidade Ecumênica são indispensáveis à formação do cidadão pleno. Tais valores são exercitados pela Pedagogia do Afeto e pela Pedagogia do Cidadão Ecumênico, criadas por Paiva Netto e aplicadas, com sucesso, na rede de ensino e nos programas socioeducativos da Instituição. Em um grande totem, ao lado do frontispício, o dirigente da LBV fez colocar esta máxima de Aristóteles (384-322 a.C.), grafada em letras douradas: “Todos quantos têm meditado na arte de governar o gênero humano acabam por se convencer de que a sorte dos impérios depende da educação da mocidade”.

BOA VONTADE Solidariedade | 59


NOSSO DIFERENCIAL

É

a pedagogia utilizada para atividades com crianças de até os 10 anos, levando-se em conta a rea­ lidade de um cenário muitas vezes de agressividade (na forma de violência física, psicológica e/ou emocional), que produz diversas sequelas, entre as quais cicatrizes no corpo e/ou no Espírito. Daí se reforçar a importância de a vivência dos bons sentimentos aliar-se ao estímulo do desenvolvimento da inteligência das meninas e dos meninos desde a mais tenra idade deles, para que o afeto que recebam não fique restrito ao ambiente familiar, mas também seja compromisso da escola. A fórmula do sucesso dessa pedagogia implica nutrir o coração das crianças de bons valores ao mesmo tempo que se oferece ensino de alta qualidade, abrangendo-se, assim, indivíduos de uma faixa etária mais vulnerável no processo do próprio desenvolvimento. Esses esforços fortalecem seus corações e os preparam, nessa fase determinante da aprendizagem, para a convivência harmoniosa em sociedade.

João Periotto

Pedagogia do afeto, da LBV

Leilla Tonin

Bruna Gonçalves

São Paulo/SP

Mogi das Cruzes/SP

60 | BOA VONTADE Solidariedade

Recife/PE


Nosso diferencial Leilla Tonin

“Sem Instrução e Educação não há progresso. Todavia, instruir e educar não é somente ensinar a ler, a mergulhar nos livros. Trata-se, acima de tudo, de iluminar a inteligência para as funções harmônicas do ser humano na sociedade. (...) Isso somente será conseguido quando as criaturas souberem ver além do intelecto, com os olhos do Espírito (...).” JOSÉ DE PAIVA NETTO

Ananindeua/PA

Educador e diretor-presidente da LBV

BOA VONTADE Solidariedade | 61


BALANÇO SOCIAL DA LBV

Pedagogia do Cidadão Ecumênico, da LBV

A

Vivian R. Ferreira

plicada no ensino regular — abrangidos neste os Ensinos Fundamental e Médio e a Educação de Jovens e Adultos (EJA) — e nos programas socioeducacionais propiciados pela Legião da Boa Vontade a indivíduos que têm 11 ou mais anos de idade, a Pedagogia do Cidadão Ecumênico apresenta resultados bastante expressivos, fruto do oferecimento de um conteúdo pedagógico de excelência, permeado pela Espiritualidade Ecumênica. Isso fica comprovado pela motivação dos alunos na continuidade dos estudos — as escolas da LBV não têm evasão escolar — e pelo acesso dos concluintes da Educação Básica ministrada na rede de ensino da Instituição a faculdades públicas e privadas (com bolsas parciais e integrais).

Em consonância com a diretriz da Instituição de não deixar nenhum aluno para trás e de respeitar as diferenças, o Programa LBV — Potencializando Habilidades (PPH), aplicado nas escolas da Legião da Boa Vontade, tem o objetivo de acompanhar o desenvolvimento pedagógico e social dos alunos com necessidades educacionais especiais. Além de realizar Atendimento Educacional Especializado (AEE), apoia e instrumentaliza os profissionais desses estabelecimentos de ensino, oferecendo-lhes suporte técnico e de outros tipos, para a atuação deles de acordo com as necessidades individuais específicas das crianças e dos jovens atendidos conforme suas especificidades detectadas, por profissionais externos à instituição escolar.

62 | BOA VONTADE Solidariedade

Andressa Ferreira

Programa LBV – Potencializando Habilidades

Vivian R. Ferreira

São Paulo/SP, antes da pan


Nosso diferencial Bruna Gonรงalves

ndemia

Rio de Janeiro/RJ, antes da pandemia

Recife/PE, antes da pandemia

BOA VONTADE Solidariedade | 63


BALANÇO SOCIAL DA LBV

Mogi das Cruzes/SP Viviane de Oliveira

A

LBV possui metodologia própria para sua rede de ensino e para os programas socio­ educacionais que mantém: o MAPREI (Método de Aprendizagem por Pesquisa Racional, Emocional e Intuitiva). Trata-se de ferramenta pedagógica que viabiliza a aplicabilidade dos valores de Espiritualidade Ecumênica aliados aos conteúdos pedagógicos, mediante os conceitos que inspiram a rede de ensino da LBV, advindos da Pedagogia criada pelo educador Paiva Netto, que objetiva garantir qualidade intelectual unida ao desenvolvimento de Cidadãos Ecumênicos. É utilizada no planejamento das atividades da matriz curricular nos estabelecimentos de ensino da Entidade, bem como no das ações lúdicas e esportivas realizadas em outras unidades de atendimento da LBV, em conformidade com as diferentes faixas etárias atendidas nesses locais. O objetivo do MAPREI é desenvolver no indivíduo habilidades investigativas, racionais e intuitivas por meio do incentivo à pesquisa e do aprofundamento do estudo de temas diversos, recursos esses primordiais à construção do conhecimento. O educando é visto como protagonista no processo de aprendizagem, mediado pela figura do professor, responsável pelo sucesso dos estudantes ao direcionar as ações de sua respectiva disciplina nas seis etapas do método.

Vivian R. Ferreira

Linha pedagógica da LBV na prática

Belo Horizonte/MG

64 | BOA VONTADE Solidariedade


Nosso diferencial Leilla Tonin

Vivian R. Ferreira

São Paulo/SP

Assunção, Paraguai

BOA VONTADE Solidariedade | 65


BALANÇO SOCIAL DA LBV

Faça parte deste projeto Ajude na construção do Centro Educacional e de Assistência Social da LBV dos EUA

A

Fotos: Danilo Parmegiani

nova unidade de atendimento da Legião da Boa Vontade dos Estados Unidos está precisando muito do apoio de todos no atual estágio de sua construção. Depois da reforma do prédio original e de levantar um anexo complementar, é hora de arregaçar as mangas para concluir a obra. Nessa fase de acabamento, é estimado um grande investimento social para a realização da concretagem, do revestimento externo, dos serviços de eletricidade, de encanador e carpintaria, o acerto de calçada e a colocação de pisos, revestimentos, janelas, escadas e portas, além da compra de mobílias, utensílios e equipamentos. O Centro Educacional e de Assistência Social Paiva Netto (em inglês, Paiva Netto’s Educational and Social Assistance Center) funcionará no bairro Ironbound, em Newark, a maior cidade do Estado de New Jersey, que sofre com altos índices de pobreza e violência. Ao todo, serão 1.300 famílias em situação de vulnerabilidade social beneficiadas anualmente pelas ações que se realizarão no local, que abrigará uma escola de Educação Infantil e um centro comunitário. O empreendimento possibilitará que os pais das crianças ali amparadas tenham tranquilidade no trabalho por saber que os filhos estão em segurança na LBV. 

Janeiro/2019 66 | BOA VONTADE Solidariedade

Maio/2019


Nosso diferencial Ajude você também! Saiba mais sobre o projeto e apoie sua realização acessando https://www.lgw.org

Dezembro/2019 BOA VONTADE Solidariedade | 67


MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

Uauá/BA Situada no norte baiano, a cidade enfrenta grandes desafios sociais, entre eles o fato de apenas 2,7% de domicílios possuírem esgotamento sanitário adequado.

IDHM 0,605


Mobilização solidária

Solidariedade

do Oiapoque ao Chuí No fim de 2019, a LBV soma esforços e distribui mais de 840 toneladas de alimentos por todo o Brasil

Irâ Evangelista

WELLINGTON CARVALHO DE SOUZA

BOA VONTADE Solidariedade | 69


MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

P

Ana Paula Ferreira

or incrível que pareça, a escolha do que comer não é condição acessível a todos. Ainda há muitos brasileiros que mal garantem as refeições diárias, nem mesmo o tradicional arroz com feijão. Segundo o relatório “O estado da segurança alimentar e da nutrição no mundo”, divulgado pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), mais de cinco milhões de indivíduos sofrem com a escassez de alimentos em nosso país. Associa-se a esse cenário outra preo­ cupante realidade constatada pela Síntese de Indicadores Sociais (SIS), divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE): desde 2015, o número de miseráveis aumentou. Em 2018, 13,5 milhões de pessoas tinham renda de até US$ 1,90 por dia, ou seja, viviam com cerca de R$ 145 mensais, o que, de acordo com o Banco Mundial, caracteriza um quadro de pobreza extrema. Trata-se de uma população maior do que a de alguns

Macapá/AP

70 | BOA VONTADE Solidariedade

países da América Latina, como da Bolívia, da Bélgica, de Cuba, da Grécia e de Portugal. Dentre as principais causas para essa situação, destaca-se o alto índice de desemprego, já que atinge, de acordo com o IBGE, mais de 12 milhões de cidadãos. A fim de aliviar o sofrimento dos que enfrentam a fome, a Legião da Boa Vontade distribuiu, durante o mês de dezembro, 42.081 cestas de alimentos não perecíveis nas cinco regiões do país. Isso graças à ajuda do povo, que, mais uma vez, apoiou a tradicional campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!, a qual coroa o atendimento que a Instituição presta, ao longo do ano, a famílias em situação de vulnerabilidade social e também auxilia a outras comunidades socorridas por entidades parceiras. Na reportagem a seguir, o leitor conhecerá alguns relatos daqueles que fizeram parte dessa mobilização solidária e o impacto dela na vida dos beneficiados.


Mobilização solidária

Vivian R. Ferreira

presente onde o povo precisa! São Paulo/SP

42.081

Genivaldo Marquiza

cestas de alimentos entregues por meio da campanha Natal Permanente da LBV — Jesus, o Pão Nosso de cada dia!

127.528

pessoas impactadas

Todas as regiões brasileiras abrangidas

Campo Grande/MS

BOA VONTADE Solidariedade | 71


Dignidade aos “esquecidos”

Ingrid Alves

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

E

Lauro de Freitas/BA

Vânia Besse

m abril de 2019, a FAO alertou para a persistência da fome e da pobreza em “territórios esquecidos” em nações da América Latina e no Caribe. Quanto ao Brasil, a região nordestina foi citada pela agência da ONU como exemplo de localidade que sofre com essas duas situações. “Estamos falando de municípios em países como Colômbia, Peru, República Dominicana e Brasil, que fizeram progressos significativos no seu desenvolvimento, mas que ainda possuem crianças com fome, que crescem com as vidas mutiladas por desnutrição crônica”, afirmou Julio Berdegué, subdiretor-geral e representante regional da FAO. Um dos principais problemas que assolam o Nordeste brasileiro são as estiagens prolongadas, a respeito das quais há registros desde o século 16. Felizmente, a condição climática melhorou entre novembro de 2018 e abril do ano seguinte. Todavia, as precipitações ocorreram de maneira irregular em relação a tempo e espaço. Nas cidades onde predominaram, a “seca verde” fez-se presente: ela colabora com a exuberância da

Alagoa Grande/PE

“Os 70 anos da Legião da Boa Vontade é uma coisa que emociona e faz parte das nossas vidas. É uma organização séria. Seja colaborador, ajude de coração. Eu sou a prova de que vocês [da LBV] estão fazendo um belíssimo trabalho para com aquelas pessoas necessitadas. Muito obrigado a todos os colaboradores. Vamos ser doadores da LBV, porque ela merece.” nia

sse

Be

FRANCISCO IRINEU

Comunidade Caiana dos Crioulos, Alagoa Grande/PB


Mobilização solidária

Suyane Oliveira

Nizete Souza

Em Irauçuba, município do sertão cearense, voluntários da Legião da Boa Vontade distribuíram os alimentos arrecadados às comunidades de Mandacaru e São Joaquim. Para esse atendimento, a Instituição contou com o apoio da 10a Região Militar do Exército Brasileiro no transporte das doações.

Uauá/BA

BOA VONTADE Solidariedade | 73


Suyane Oliveira

Bruna Gonçalves

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

Vania Bandeira

Irauçuba/CE

Paulo Araújo

Buíque/PE

Aracaju/SE

“Esse é o melhor dia da minha vida” No Norte do país, a LBV distribuiu 40 toneladas de gêneros alimentícios, contemplando todos os Estados da região e dando dignidade a três mil famílias. Uma das beneficiadas foi Fátima Batista de Oliveira, que reside no município rondoniense de Pimenta Bueno, distante mais de 500 quilômetros de Porto Velho. Ela mora com a filha e três netos e, para todas as despesas do lar, conta com R$ 280 mensais. A cesta chegou quando não havia quase nada em sua despensa. Comovida com o gesto de carinho e Humanidade, assim se expressou a matriarca: “Esse é o melhor dia da minha vida, e sei que vou passar um Natal feliz, pois, na hora que eu mais preciso, recebo essa cesta básica. Peço a Deus que abençoe cada um deles [que colaboram com a LBV]. Esse alimento chegou numa boa hora”.

74 | BOA VONTADE Solidariedade


Abrangência dos atendimentos ALAGOAS Cidades: Atalaia, Arapiraca, Batalha, Maceió e Taquarana. BAHIA Cidades: Camaçari, Curaçá, Feira de Santana, Ipirá, Itabuna, Juazeiro, Lauro de Freitas, Salvador, Sobradinho e Uauá. CEARÁ Cidades: Canindé, Caridade, Caucaia, Fortaleza, Irauçuba, Juazeiro do Norte, Pacatuba e Quixadá.

Pedra/PE

vegetação, mas não garante a safra em áreas não irrigadas, como nas convencionais culturas de feijão, de milho e de mandioca. Portanto, os agricultores mais pobres, que cultivam de maneira bastante rudimentar, quase não viram benefício para a lavoura deles a maior incidência de chuvas, que ainda não foi suficiente para encher os reservatórios de água. As características geográficas também pesam na qualidade de vida. Habitando em alguma metrópole, o desempregado pode manter esperanças de novo serviço ao distribuir seus currículos às empresas. Já no sertão, as famílias mais humildes, tantas vezes isoladas em suas roças, chegam a enfrentar dificuldades até mesmo para ir ao povoado mais próximo buscar itens básicos para a sobrevivência. Sem chuva abundante e sem ter a quem pedir emprego, a possibilidade de trabalho é ameaçada e, por conseguinte, a renda. Ainda que a família receba algum tipo de benefício social, as necessidades prioritárias, com exceção da comida, como roupas, remédios, transporte, entre outras, tendem a não ser supridas.

MARANHÃO Cidade: São Luís e Satubinha. PARAÍBA Cidades: Alagoa Grande, Campina Grande, Dona Inês, João Pessoa e Sapé. PERNAMBUCO Cidades: Arcoverde, Buíque, Pedra, Recife e Tupanatinga. PIAUÍ Cidades: Amarante do Piauí, Coivaras, Nossa Senhora de Nazaré e Teresina. RIO GRANDE DO NORTE Cidades: Afonso Bezerra, Arez, Felipe Guerra, Macaíba, Natal, Pedro Avelino, Pedro Velho, São Tomé e Taipu. SERGIPE Cidades: Aracaju, Monte Alegre de Sergipe e Nossa Senhora da Glória.

BOA VONTADE Solidariedade | 75

Mobilização solidária

Bruna Gonçalves

Região nordeste


Cacoal/RO

Nizete Souza

João Preda

É o caso de Maria Eneide de Lima, moradora do município de Pedra/PE, localizado a 250 quilômetros de distância da capital, Recife. No lar, três pessoas sobrevivem com R$ 180 mensais. “Meu esposo só trabalha quando aparece [alguma oportunidade], porque a gente vive de agricultura, e, no momento, não estamos trabalhando em nada. Nós nos sustentamos só com o Bolsa Família. Já passei dificuldade, não vou mentir, não. Teve dia de faltar as coisas dentro de casa, mas a gente ‘bota’ Deus na frente e ‘vamo simbora’”, contou à equipe da revista BOA VONTADE. Ao receber a cesta de alimentos da LBV no dia 11 de dezembro, a atendida declarou quanto é grata. “Não há nem palavras [para agradecer], porque é um gesto lindo que vocês fazem pra gente daqui. Eu mesmo agradeço de coração. Fico muito alegre, muito, muito, muito mesmo. Obrigada ao pessoal da LBV. Que Deus [os] abençoe!” No dia 13 daquele mês, foi a vez do município de Alagoa Grande/PB receber a caravana solidária da Legião da Boa Vontade. Ao chegar à comunidade quilombola de Caiana dos Crioulos, foi grande a alegria que o caminhão cheio de comida propor-

Paulo Araújo

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

Curaçá/BA

76 | BOA VONTADE Solidariedade

Goiânia/GO


Mobilização solidária

Ana Paula Ferreira

Região Norte Abrangência dos atendimentos ACRE Cidade: Rio Branco. AMAPÁ Cidade: Macapá.

Aneliese de Oliveira

Belém/PA

AMAZONAS Cidade: Manaus. PARÁ Cidades: Ananindeua e Belém. RONDÔNIA Cidades: Cacoal e Porto Velho. RORAIMA Cidade: Boa Vista.

Paulo Araújo

Ananindeua/PA

TOCANTINS Cidade: Palmas.

Palmas/TO

BOA VONTADE Solidariedade | 77


cionou aos habitantes do lugar. Ao fim da distribuição, Francisco Irineu, diretor da Escola Firmo Santino da Silva, narrou o que observou: “Todos estavam maravilhados. Eles perguntavam: ‘vem carne seca dentro da cesta?’ Vem carne seca! ‘A carne está cara. Graças a Deus!’ Então, com a ceia de Natal dessas famílias, a LBV contribuiu. Não vou nem me prolongar mais, porque está me dando vontade de chorar, pela felicidade que é essa ajuda”. Francisco emocionou-se, a ponto de embargar a voz. Ele falou como é duro sentir-se à margem da sociedade: “Somos quilombolas e sofremos por falta de políticas públicas voltadas para a nossa comunidade. Somos, na maioria, negros e sofremos por isso, mas venceremos. Graças a Deus, estamos juntos nessa luta com a LBV. Que essa campanha se espalhe ainda mais por todo o Brasil, abrangendo aquelas famílias mais carentes!” E revelou a dignidade e o conforto que a Instituição ofereceu à população local: “A comunidade Caiana dos Crioulos necessita muito de ajuda, de colaboração, de Humanidade, de gestos de carinho, como a LBV faz”.

Junio Alcantara

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

Nossa Senhora do Livramento/MT

Região Centro-Oeste Abrangência dos atendimentos DISTRITO FEDERAL Cidades: Brasília, Ceilândia e Estrutural. GOIÁS Cidades: Anápolis, Aparecida de Goiânia, Canaã, Catalão, Goiânia, Inhumas, Nova Veneza, Real Conquista, Rio Verde, Valparaíso de Goiás e Trindade. MATO GROSSO Cidades: Cuiabá, Nossa Senhora do Livramento e Rondonópolis. MATO GROSSO DO SUL Cidades: Campo Grande, Paranaíba, Ponta Porã e Porto Murtinho. Rondonópolis/MT

78 | BOA VONTADE Solidariedade


Junio Alcantara

Goiânia/GO

Mídia brasileira destaca campanha da LBV

Muitos foram os veículos de comunicação que divulgaram a iniciativa solidária da Legião da Boa Vontade. A entrega de cestas em São Paulo/SP, por exemplo, motivou reportagem, em 19 de dezembro, do telejornal SP1, da TV Globo. Na ocasião, acompanhando a ação no Conjunto Educacional Boa Vontade, estiveram presentes o repórter Filipe Gonçalves, o produtor Paulo Gomes, o cinegrafista Mizael Brito e o auxiliar Marcos Rossati. Antes mesmo da veicula­ ção das imagens, o jornalista César Tralli comentou: “O Natal é uma chance importante para exercitar a Solidariedade, a Generosidade, estender a mão para o próximo, [manter o] calor humano. E muita gente tem feito isso até passando por dificuldades”. No dia anterior, a distribuição de alimentos na capital fluminense também fora noticiada nos telejornais Bom Dia Rio e RJ1, da mesma emissora. Nesse último, a apresentadora Mariana Gross enfatizou: “O projeto é lindo! Mais de mil famílias que vivem em comunidades como a do Complexo do Alemão, do Jacarezinho e da Mangueira receberam as doações”. Da mesma forma, essa ação no Bem mereceu apoio do site do Jornal de Brasília, que publicou, em 9 de dezembro, matéria assinada por Willian Matos anunciando a entrega de cestas no Distrito Federal, que ocorreu no dia 18 daquele mês, no Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, situado na Quadra 915 Sul.

Mobilização solidária

Vivian R. Ferreira

Genivaldo Marquiza Sabrina Paiva

Ponta Porã/MS


Vivian R. Ferreira

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

LBV leva Esperança ao vale da pobreza F

São Paulo/SP

No mapa da fome No Natal de 2019, a LBV entregou cestas de alimentos a 1.500 famílias no Vale do Jequitinhonha. As cidades contempladas foram Almenara, Araçuaí, Bandeira, Jenipapo de Minas, Joaíma, Jordânia, José Gonçalves de Minas, Minas Novas, Novo Cruzeiro, Palmópolis, Rio do Prado e Rubim.

80 | BOA VONTADE Solidariedade

ormado por 51 municípios no Nordeste de Minas Gerais, o Vale do Jequitinhonha caracteriza-se pelos indicadores sociais mais baixos do Estado. Os números atrelados à expectativa de vida, à escolaridade e à renda são muito inferiores à média nacional. Ciente dos desafios da localidade, a Legião da Boa Vontade abrangeu 12 cidades com sua campanha natalina, a exemplo de Araçuaí, onde a distribuição de cestas ocorreu em 2 de dezembro. Grato por ter sido assistido pela iniciativa no referido município, Carolino Pereira dos Santos ressaltou: “A LBV não exclui ninguém, ela só ensina o Bem. Agradeço ao José de Paiva Netto [, diretor-presidente da Entidade], que, mesmo sem conhecer pessoalmente, é um pai para mim. Ao ajudar a LBV, só [se] tem a ganhar. Às vezes, não se vê materialmente os benefícios de ajudar o próximo, mas espiritualmente vocês vão ver. Muito obrigado [aos colaboradores]!” Por sua vez, Maria dos Anjos Mendes, que participa do serviço Vida Plena — o qual oferece a idosos atividades como artesanato, dança, práticas esportivas, passeios culturais e palestras educativas pertinentes à terceira ida-


Abrangência dos atendimentos ESPÍRITO SANTO Cidades: Barra de São Francisco, Cachoeiro de Itapemirim e Vitória. MINAS GERAIS Cidades: Almenara, Araçuaí, Araguari, Araxá, Bandeira, Belo Horizonte, Divisa Nova, Ipatinga, Janaúba, Jenipapo de Minas, Joaíma, Jordânia, José Gonçalves de Minas, Juiz de Fora, Minas Novas, Montes Claros, Novo Cruzeiro, Palmópolis, Paracatu, Patos de Minas, Rio do Prado, Rubim, São Sebastião do Paraíso, Teófilo Otoni, Uberaba e Uberlândia. RIO DE JANEIRO Cidades: Belford Roxo, Cabo Frio, Maricá, Niterói, Nova Friburgo, Petrópolis, Rio de Janeiro e São Gonçalo.

Jordânia/MG

SÃO PAULO Cidades: Araçatuba, Araraquara, Bauru, Campinas, Cubatão, Embu das Artes, Ferraz de Vasconcelos, Franca, Guarulhos, Itapeva, Mogi das Cruzes, Ourinhos, Piracicaba, Poá, Presidente Prudente, Registro, Ribeirão Preto, Santo Expedito, Santos, São José do Rio Preto, São José dos Campos, São Paulo, São Vicente e Sorocaba.

Vitória/ES

Flammarion Campos

de —, agradeceu pela iniciativa de fim de ano e pela inauguração, em 14 de agosto de 2019, do novo Centro Comunitário de Assistência Social da LBV na cidade. Para ela, “foi incrível a vinda da LBV para Araçuaí. Que os doadores continuem contribuindo, conheçam o trabalho, o serviço da LBV! Que eles passem a saber mais o que Entidade representa na vida das pessoas, para doarem de coração mesmo, porque [ela] ampara os que mais precisam!” Quanto à doação recebida, Maria não poupa elogios: “Além de saciar a fome, também traz um momento de alegria (...). Na situação em que a gente está, ganhar uma cesta maravilhosa dessas é muito bom. Estou feliz não só por mim, mas por tanta gente que recebeu a cesta!” Motivos para a LBV estar presente no município não faltam. De acordo com o IBGE, estima-se que Araçuaí possua mais de 36 mil habitantes, dos quais apenas 11,5% têm alguma ocupação profissional, e, entre esses, o salário médio era de 1,7 salário-mínimo em 2017. No ano de 2010, época do último censo, apenas 38,3% das residências contavam com esgoto sanitário adequado.

BOA VONTADE Solidariedade | 81

Mobilização solidária

Mônica Mendes

Região Sudeste


Apesar de ser a maior metrópole da América do Sul e o principal polo econômico do país, São Paulo/SP possui ainda mais de 700 mil cidadãos vivendo em situação de extrema pobreza, como aponta o IBGE. Outros indicativos também preo­cupam, como a falta de moradia e a exposição à violência e à fome em regiões diversas na cidade. Por isso, em 19 de dezembro, a LBV abriu as portas do Conjunto Educacional Boa Vontade para entregar 73 toneladas de alimentos a quatro mil famílias que enfrentam enormes desafios. Uma das beneficiadas, Carlinda Muniz de Andrade, explica que, do minguado salário do marido, vem a única renda para manter todos da residência, entre os quais cinco crianças e um idoso. “Na minha casa, são nove pessoas, e só um trabalha para sustentar todas essas bocas. Essa cesta de alimentos chegou na hora certa. Como Deus é bom!”, exclamou. Entre os voluntários que participaram da distribuição, havia vários colaboradores da Entidade, a exemplo de Mario Edson da Silva. “Contribuo todos os meses. Tenho 72 anos e estou aqui espontaneamente. A fome é um negócio difícil, insuportável, e entregar essas cestas me faz sentir muita alegria. Se você tem [condições], por que não dar? Eu moro em Santana do Parnaíba, [são] três horas [de viagem] até aqui. Acordei 5h30 para poder vir.” Para ele, todo o esforço foi recompensado. “Estou feliz da vida! Para mim, é gratificante.”

Rio de Janeiro/RJ

en de s

NA CAPITAL PAULISTA, QUASE 4 MIL FAMÍLIAS BENEFICIADAS

Bruna de Jesus

MOBILIZAÇÃO SOLIDÁRIA – 2019

APOIO AO POVO SULISTA

82 | BOA VONTADE Solidariedade

aM nic Mô

Valdir Bigas

No Paraná, no Rio Grande do Sul e em Santa Catarina, a Instituição distribuiu quase 120 toneladas de comida. A gratidão de quem recebeu esse apoio especial ficou evidente a cada conversa com os assistidos. A cidade de Pelotas/RS recebeu a caravana da Boa Vontade no dia 11 de dezembro. Na oportunidade, Elisabete Silva de Moraes declarou: “[A cesta] ajuda bastante, ainda mais pela situação difícil que passei neste ano, quando meu marido veio a falecer. Pelo menos neste fim de ano terei esse alívio”. Maria Aparecida, moradora de Sarandi/PR, é mãe de quatro filhos e, trabalhando como diarista, criou-os sozinha após ser abandonada pelo marido. Segundo ela, “com essa ajuda, Deus me iluminou, abriu o céu [com] as estrelas, clareou tudo. Graças à LBV, estou em outro mundo agora”. E prosseguiu: “O Natal vai ter mesa farta. Deus me abençoou muito. (...) Daqui pra frente, tenho certeza de que não vai faltar mais [comida]. (...) Que Deus abençoe [os doadores], porque, com a doação do povo, nós fomos amparados!”

São José/SC


Mobilização solidária

Reginaldo de Souza

Região sul Abrangência dos atendimentos

Piraquara/PR

“A gente fala [aos filhos] ‘espera um pouquinho’, mas é muito difícil pedir para a criança esperar para comer. [Os adultos] aguentam firme, mas, para uma criança com vontade de comer, é bastante ruim. É triste. E não podemos fazer nada. [Nosso Natal] vai ser maravilhoso, agradecemos muito pela cesta!” CÍNTIA SILVA TEIXEIRA

RIO GRANDE DO SUL Cidades: Glorinha, Gravataí, Passo Fundo, Pelotas e Porto Alegre. SANTA CATARINA Cidades: Biguaçu, Criciúma, Florianópolis, Itajaí, Joinville, Lages, Palhoça, São José e Tubarão.

Porto Alegre/RS

Reginaldo de Souza

Nadiele Bortolin

Beneficiada pela campanha da LBV, Rubim/MG.

PARANÁ Cidades: Atalaia, Cascavel, Curitiba, Foz do Iguaçu, Goioxim, Londrina, Maringá, Nova Laranjeiras, Palmital, Piraquara, Ponta Grossa, Rio Branco do Ivaí, São José dos Pinhais, Sarandi e Ventania.

Cascavel/PR

BOA VONTADE Solidariedade | 83


Profile for Revista BOA VONTADE

#247 BOA VONTADE Solidariedade  

Com 70 anos de história, trabalhando “por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, a Legião da Boa Vontade segue empreendendo inúm...

#247 BOA VONTADE Solidariedade  

Com 70 anos de história, trabalhando “por um Brasil melhor e por uma humanidade mais feliz”, a Legião da Boa Vontade segue empreendendo inúm...