Page 1

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO 1

Curitiba | Agosto | 2009


ParAanon18á

2

DIVULGAÇÃO Curitiba | Agosto | 2009


ParAanon18á

FILIADA AO SINDEJOR - PR

Fundada em 21/11/1990 É uma publicação mensal da Cezarini Publicidade S.C. Ltda.ML Presidente Fundador: Alfeu A. Cezarini Diretor Geral: Márcio Trevisan Cezarini

obras superfaturadas. Sua visão é que, mesmo diante da constatação de indícios gritantes de irregularidades, elas não devem ser paralisadas. Acabamos de saber pelo próprio TCU que, a cada três obras auditadas, uma está irregular. O Presidente da República vetou dispositivo da Lei de Diretrizes Orçamentárias que estabelecia um limite para os gastos com publicidade, diárias e viagens do Governo no ano eleitoral. Um veto que atenta contra a moralidade pública. Mais uma demonstração explícita de desapreço à ética movida pela manutenção de um projeto de poder. Sua interferência no cenário do Congresso Nacional é compulsiva, notadamente na atual crise enfrentada pelo Senado. Restaurar a ética na política e na condução dos negócios públicos é um imperativo para a consolidação da democracia brasileira. O esforço nesse sentido não exime de responsabilidade Sua Excelência o Presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Senador Alvaro Dias 1º vice- líder do PSDB

Palácio do Planalto em Brasília: Presidência da República e Secretarias Governo Federal: Todos os Ministérios e Órgãos Públicos Federais Congresso Nacional em Brasília: Senado Federal e Câmara Federal Embaixada e Consulados: Todas as Embaixadas e Consulados estabelecidos no Brasil Governos Estaduais Brasileiros: Todos os 27 Governos Estaduais suas Assembléias Legislativas e todas as Prefeituras de Capitais Brasileiras Governo do Estado do Paraná: Gabinete do Governador Todas as Secretarias de Estado e Autarquias Poder Judiciário no Paraná Assembléia Legislativa: Todos os Gabinetes de Deputados Prefeituras e Câmaras Municipais: Todas as Prefeituras do Paraná e suas Secretarias Câmaras Municipais do Paraná: Todos os Gabinetes de Vereadores Tribunal de Contas do Estado do Paraná

EDITOR: Francisco Lustosa - Reg. MT 1006/07/05 PR - e-mail: lustosa@onda.com.br Redação, Adm. e Circulação: Rua Dep. Mário de Barros, 1700 - Sala 212 - CEP 80530-280 - Curitiba - Paraná Fone: (0xx41) 3253.0368 - Fax: 3254.6771 - e-mail: rev-divulga@onda.com.br / www.revistadivulgacaoparana.com.br COLABORADORES: Antonio Carlos de Souza (Kakau), Nestor Baptista, Clóvis Stadler de Souza, Paulo Gomes, Bira Hathi (fotos), Paulo Gomes Júnior, Sylvio Sebastiani e Pedro Washington IMPRESSÃO: Exklusiva, Fone: 41 3273-6467 - Curitiba/PR - TIRAGEM: 3 mil exemplares EDITORAÇÃO ELETRÔNICA E FOTOLITO: Ponto Final Rua Reinaldo Egon Heidinger, 36 - Ap. 15 - CEP 80035-290 - Curitiba - Paraná Os conceitos emitidos em artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião desta Revista. A Divulgação Paraná é filiada ao Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Estado do Paraná

Curitiba | Agosto | 2009

ParAanon18á

ARTIGO

DIVULGAÇÃO

da Presidência da República chegam praticamente à metade do total de dispêndios com cartões corporativos. Os cartões corporativos se constituíram em instrumento para despesas da ordem de R$35 milhões neste ano de 2009, e as cifras da gastança secreta ou sigilosa - como queiram - correspondem à quase metade do total dos gastos com cartões corporativos. É contraditório... enquanto combatemos os atos secretos no Senado Federal, os quais devem ser extirpados e banidos do dicionário Parlamento brasileiro, convivemos com a pouca transparência no cerne do Poder Executivo. A Constituição estabelece que os atos da Administração Pública devem ser revestidos de transparência e publicidade. Portanto, a gravidade imputada aos atos secretos do Legislativo se reproduz naqueles consumados no âmbito da Presidência da República. É inaceitável que quem proclamou a transparência como itinerário do respeito à sociedade possa optar por uma estrada vicinal que sonega gastos efetuados com dinheiro público, oriundo de impostos pagos com sacrifício pela população brasileira. Sabemos que o cidadão não suporta mais a carga tributária escorchante que, de forma implacável, inibe o crescimento econômico do País, roubando oportunidades de trabalho, de salário e renda. Nessa linha de complacência com os desvios éticos, o Presidente Lula reitera: não entende a razão de o Tribunal de Contas da União (TCU) impugnar

3

Na condição de anfitrião de um jantar que reuniu aliados, o presidente Lula declarou aos comensais que a oposição está sem discurso e que, diante do vazio, só restará hastear a bandeira da ética no pavilhão da campanha eleitoral do próximo ano. Sob a ótica presidencial, a ética não é um abre-alas capaz de empolgar a platéia. Em que pese ter sido a bandeira empunhada pelo Partido dos Trabalhadores durantes anos, quando chegou ao poder substituiu sem cerimônia crenças e símbolos cultuados no passado. De arauto da ética o presidente incorporou postura contemplativa em relação aos desmandos governamentais que ocorreram ao longo dos seus dois mandatos. Em todos os episódios ruidosos de sua administração, o presidente Lula procurou apresentarse como advogado de defesa dos acusados do seu governo. A conduta do Presidente durante um dos grandes escândalos da República, - "o mensalão" revelou a condescendência com atos de corrupção na máquina pública. Quando se instalou uma Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) para investigar os cartões corporativos, o Presidente Lula determinou uma "operação abafa". A blindagem produziu uma "CPI chapa branca", para impedir que as investigações evoluíssem, sobretudo para impedir que chegassem ao Palácio do Planalto e abrissem uma caixa preta que esconde os mistérios dos gastos sigilosos da Presidência. A Transparência Brasil acaba de revelar: os gastos secretos

CIRCULAÇÃO DIRIGIDA POR MALA DIRETA

DIVULGAÇÃO

Ética relegada a segundo plano


ParAanon18á

Mais de 478 mil famílias do Paraná recebem recursos do Bolsa Família para combater a pobreza nos grandes centros urbanos, mas o crescimento deve ocorrer em todas as regiões, completa. Municípios - os dados do programa mostram que Curitiba é a cidade paranaense que mais tem beneficiários inscritos no Bolsa Família. Em agosto, 48.655 lares da capital receberam os repasses, o equivalente a R$ 3.324.530,00 em investimentos. Londrina, no Norte Pioneiro, registrou 15.728 famílias beneficiadas no mês. O programa transferiu R$ 1.042.903,00 para os inscritos no município. Em Foz do Iguaçu, oeste do estado, 13.933 lares contaram com o auxílio do Bolsa Família. O programa repassou mais de R$ 1 milhão aos beneficiários da cidade no oitavo mês do ano. Colombo registrou 11.655 inscritos, enquanto Ponta Grossa, Guarapuava e Cascavel tem, cada uma, cerca de 10,9 mil famílias participantes. Paranaguá, São José dos Pinhais e Almirante Tamandaré contabilizam

De acordo com a Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego e Promoção Social (Setp), responsável pela coordenação do programa no Paraná, o aumento é reflexo da expansão nos municípios onde houve significativo acréscimo de população. Segundo o IBGE, as estimativas para julho de 2009 indicam aumento de 96.078 habitantes no número de residentes no estado, em comparação a 2008. “O Bolsa Família não é apenas um programa de transferência de renda. O objetivo é garantir melhor qualidade de vida, saúde e escolaridade. Por isso, acompanha os avanços demográficos e as mudanças no perfil dos beneficiários”, disse o secretário Nelson Garcia. Ele lembra, ainda, que o valor para entrada no programa passou de R$137,00 para R$140,00. “Esta é a segunda etapa da expansão do Bolsa Família, que prevê a inclusão de 1,3 milhão de famílias em todo o país, até o fim do ano. As novas concessões vão priorizar as regiões metropolitanas

6.632; 6.633 e 6.896 beneficiados, respectivamente. Em Maringá, Norte paranaense, o total de famílias que receberam o programa em agosto foi de 5.835. Na vizinha Sarandi, são 5.591 lares inseridos no Bolsa Família. Condições - para receber a transferência de renda do Bolsa Família, os beneficiários precisam vacinar os filhos com até seis anos e garantir o acompanhamento constante de saúde. O mesmo vale para gestantes e mulheres que estão amamentando. Famílias com filhos com idades entre seis e 17 anos têm que manter as crianças e adolescentes na escola e comprovar assiduidade. As cidades que não registram pelo menos 20% das informações sobre as condições que as famílias precisam cumprir para receber o benefício, ficam sem receber os repasses do Índice de Gestão Descentralizada (IGD), criado e repassado pelo Ministério do Desenvolvimento Social.

Em agosto, 478.677 famílias do Paraná foram beneficiadas pelo programa Bolsa Família, do Governo Federal. Mais de 36 mil lares foram incluídos e os recursos destinados aos paranaenses tiveram acréscimo de R$ 2 milhões em relação ao mês de julho. Com isso, o total de repasses ao estado somou R$35.081.665,00 no mês.

Curitiba | Agosto | 2009

4

BENEFÍCIO

DIVULGAÇÃO

Em agosto, 478.677 famílias do Paraná foram beneficiadas pelo programa Bolsa Família, do Governo Federal. Mais de 36 mil lares foram incluídos e os recursos destinados aos paranaenses tiveram acréscimo de R$ 2 milhões em relação ao mês de julho. Com isso, o total de repasses ao estado somou R$35.081.665,00 no mês.


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Nelson Justus e o deputado Durval Amaral (DEM), um dos “criadores” do Portal da Transparência, apresentam o site e seus recursos aos demais parlamentares. Segundo eles, os gastos dos parlamentares feitos neste mês já estarão disponíveis

Para mais detalhes sobre gastos específicos com alimentação, por exemplo, basta clicar sobre a despesa e aparecerá os valores por nota fiscal e o CNPJ do restaurante. O portal também trará os gastos com as viagens dos deputados em missões oficiais. O salário bruto dos deputados será publicado, com a dedução de INSS e Imposto de Renda. Atualmente, o salário líquido é de R$ 9.307,11. Além do custeio da atividade legislativa, no portal poderão ser acessadas 34 telas referentes à administração, gestão fiscal e legislação. A lista dos servidores da Assembleia vai ser publicada, mas será a mesma que foi divulgada no mês de abril, sem os cargos que os funcionários ocupam, os salários e os gabinetes onde estão lotados. Só estará disponível uma tabela com o enquadramento do quadro efetivo e os valores dos salários dos servidores de carreira da Assembleia Legislativa, que

ção, hospedagem, material de expediente, serviços gráficos, divulgação da atividade parlamentar, passagens e taxas de embarque, locação de imóveis, serviços de comunicação e consultoria técnica. Foi fixado um limite de R$ 4,5 mil para combustível e R$ 3,2 mil de cota postal telefônica. Todas as despesas vão estar especificadas no site por meio de notas fiscais, com o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) da empresa fornecedora ou prestadora de serviços. O nome da empresa, porém, não será publicado. Para pesquisar os gastos das verbas de ressarcimento dos deputados, o internauta pode escolher o ano, mês e o nome do deputado e ter acesso a um quadro com as despesas gerais do parlamentar.

variam de R$ 873,15 a R$ 6.633,66, fora gratificações e vantagens. No caso dos comissionados, não haverá nenhuma referência salarial porque cada deputado pode dividir como quiser os R$ 32 mil para pagamento de pessoal a que tem direito mensalmente. Os gastos da Casa com pessoal também serão disponibilizados. Em 2008, a Assembleia gastou R$ 190,6 milhões com pessoal ativo e R$ 52 milhões com inativos e pensionistas, totalizando R$ 243 milhões. Será possível conferir também pela internet os relatórios de receita, despesa, dívida pública, títulos e precatórios da Assembleia Legislativa. O presidente da Casa, Nelson Justus (DEM), disse que o portal recebeu críticas antes mesmo de entrar no ar, mas que elas foram recebidas com “bom humor, humildade e respeito”. Segundo ele, algumas delas – como a ausência da lista de pre-

Curitiba | Agosto | 2009

LEGISLATIVO

A partir de hoje a população do Paraná vai poder saber como e onde os 54 deputados estaduais gastam o dinheiro público acessando o Portal da Transparência da Assembleia Legislativa. A prestação de contas mensal da verba de ressarcimento de R$ 27,5 mil destinada a cada parlamentar, as despesas do Legislativo e outras informações que nunca foram públicas vão poder ser consultadas pela internet no link da transparência no site oficial da AL: (www.alep. pr.gov.br). Apesar de ser considerado um avanço, o portal não vai mostrar alguns dados que, segundo especialistas, são essenciais para dar mais transparência às atividades dos deputados. A Gazeta do Povo já havia revelado, no último dia 16, que o site não traria informações importantes, tais como a publicação dos Diários Oficiais da casa; a lotação e o salários dos servidores; a lista de presença dos deputados nas sessões; e os resultado das votações. Apresentação A apresentação oficial do Portal da Transparência foi feita ontem durante a sessão plenária da Assembleia pelo deputado Durval Amaral (DEM), que coordenou a comissão especial criada para implantar o projeto. Segundo ele, na prestação de contas que será publicada a partir de hoje já estarão os gastos dos deputados realizados neste mês. Do total de R$ 27,5 mil que cada parlamentar tem direito por mês, R$ 15 mil podem ser usados para alimenta-

Nelson Justus apresenta o Portal da Transparência aos deputados

5

Portal da Transparência da Assembleia entra no ar mostrando diversas informações que nunca foram públicas, mas sem dados importantes


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

sença e do registro de como votam os deputados – vão servir como sugestões para aperfeiçoar o sistema. “O portal não é estático e vai ser alimentado com mais informações aos poucos. Demos um passo importante que poucos tiveram coragem de dar. A transparência é um caminho sem volta e assumi esse compromisso para valer”, afirmou Justus. Sobre a não publicação dos Diários Oficiais no site, Justus disse que eles vão continuar sendo impressos, mas que vão

estar à disposição de todos na biblioteca e nos gabinetes dos deputados. Atualmente, embora sejam distribuídos aos gabinetes, não há um local na Assembleia que reúna os documentos para consulta popular. Os salários e cargos dos funcionários também não serão publicados. Segundo Justus, a Assembleia não pode fazer isso porque é inconstitucional e “quem fez foi penalizado”. A ausência da lotação dos servidores, no entanto, dificulta o controle da população sobre o trabalho dos assessores.

RODOVIA DA LAPA DEVE RECEBER NOME DO JORNALISTA FRANCISCO CUNHA PEREIRA FILHO

Os deputados aprovaram (26) projeto de lei no qual estabelece que a rodovia BR 476, que liga Curitiba a Lapa, receba o nome do jornalista e empresário Francisco Cunha Pereira Filho. A homenagem foi proposta pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, Antonio Anibelli (PMDB). A matéria ainda deve passar por outras votações antes de ir à sanção do governador Roberto Requião (PMDB). Francisco Cunha Pereira Filho, que assumiu o grupo da Rede Paranaense de Televisão (RPC) em 1962, faleceu em março deste ano vítima de uma parada cardiorrespiratória. Além de jornalista e empresário é também advogado. “A vida dele é registrada por suas lutas em prol do direito de expressão e pela integração do Paraná. Saiu da vida entrando definitivamente na história brasileira. Sua morte foi uma perda para o primado das liberdades”, destacou Anibelli. A sessão plenária (26) teve outros momentos de saudosismo, quando o deputado Luiz Carlos Martins (PDT) fez um aparte para render homenagens ao falecido Aníbal Curi, que por anos esteve à frente da presidência do Legislativo Paranaense. Ele disse ainda que uma rua muito importante deve receber o nome do homem que foi considerado o “guru da política”. INTERNET – A criação de cadastro dos usuários de lan houses ou cibercafes também foi aprovada. A matéria passou em redação final e agora deve ser enviada ao Executivo. Se sancionada, locais de acesso público à internet terão que manter um banco de dados dos seus clientes e colocar câmeras para monitorar todos os usuários. De acordo com os autores, deputados Marcelo Rangel (PPS) e Ney Leprevost (PP), a medida tem o objetivo de diminuir o número de crimes praticados nestes locais em virtude de não haver um controle de quem acessa a internet. Os estabelecimentos terão que manter um cadastro atualizado dos clientes, contendo as seguintes informações: tipo e número do documento de identidade apresentado; endereço e telefone; equipamento usado e horário do início e do término da utilização, assim como o Protocolo Internet (IP) do equipamento usado. As informações deverão ser armazenadas por meio eletrônico, ficando proibida a divulgação, exceto mediante autorização do cliente, pedido formal do representante legal ou ordem judicial.

O compromisso de campanha do então candidato ao governo do Paraná, Roberto Requião, realizado em 2002 de que, caso eleito, construiria 200 mil casas populares ficou somente no discurso. A denúncia foi apresentada pelo líder da Oposição, deputado Élio Rusch (DEM), (26) durante pronunciamento na Assembleia Legislativa. “É uma questão que atinge diretamente as pessoas menos favorecidas que vivem em busca de uma casa. Com toda certeza essas pessoas carentes votaram no atual governador e foram enganadas com a falsa promessa de que teriam uma moradia digna”, disse Rusch. Desde 2003, a Companhia de Habitação do Paraná, (Cohapar) construiu 31.807 residências. “Em seis anos e oito meses de mandato foram construídos apenas 15% do total prometido. Em pouco mais de um ano que lhe resta de mandato o governador não tem condições cumprir o que foi prometido”, ressaltou. Rusch criticou também a morosidade para o início da construção de novos empreendimentos. Segundo o deputado, informações da Cohapar, obtidas através de requerimento, relatam que convênios com as prefeituras estão sendo assinados. “Os prefeitos doam os terrenos com a expectativa de que as moradias serão construídas. São 211 terrenos que já foram doados para a Cohapar. Nestes terrenos há a previsão de se construir 12.962 unidades habitacionais. Mas a Cohapar não tem previsão para o início das obras”. Ainda segundo as informações da Cohapar, existem atualmente 99 empreendimentos em Curitiba | Agosto | 2009

construção no Paraná, o que resultará em 5.210 novas moradias. “Considerando as unidades já entregues, as que estão em construção e aquelas sem previsão de início das obras, será possível chegar a um total aproximado de 50 mil casas. Será que em pouco mais de um ano o governo conseguirá entregar mais 18 mil casas?”, questionou. “Mesmo assim, ficará muito aquém das 200 mil prometidas em 2002”, completou Rusch. O líder oposicionista destacou ainda a possibilidade que o Governo do Paraná tem de construir novas moradias através de convênio com o Governo Federal, pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”, que tem previsão de construir no Paraná 44.172 moradias. “Se fosse somar todos os projetos, dos governos Estadual e Federal, não totalizaria 100 mil residências. Sabemos que isso não vai acontecer. Não irão conseguir cumprir. O governo estadual tem feito promessas em vão e só temos que lamentar mais esse factóide do governo Requião”. 6

PROMESSA

Requião prometeu 200 mil casas e não cumpriu, diz Rusch


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Segundo a diretora da Vigilância Sanitária da Secretaria estadual da Saúde, Suely Vidigal, o Plano Diretor de Vigilância Sanitária desempenha um papel político, estratégico e pedagógico importante na medida em que se configura como um instrumento de reafirmação da Vigilância Sanitária no campo da saúde pública, e deve, portanto, ser trabalhado dentro dos princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS)

ses estabelecimentos considerados como sendo de saúde. Ela reconhece o previsto na Lei 5.991/ 73, do Ministério da Saúde, que define farmácia como sendo estabelecimento de saúde passível de comercializar produtos manipulados e drogarias como locais de venda de medicamentos, correlatos em suas embalagens originais. Determinações Entre as Boas Práticas Farmacêuticas previstas pela RDC 44/09 estão o direito do cidadão à orientação profissional também na venda de medicamentos pela internet ou telefone. Para oferecer medicamentos na web as farmácias deverão ter lojas abertas ao público e manterem um farmacêutico de plantão para atendimento aos clientes, entre outras coisas. A nova legislação está sendo considerada pelas Vigilâncias Sanitárias como uma conquista importante para a saúde pública. Sua aplicação levará ao uso racional de medicamentos e retoma o conceito de que farmácias e drogarias são estabelecimentos diferenciados. A medida também incentiva serviços de orientação aos usuários de medicamentos como o monitoramento de parâmetros fisiológicos e bioquímicos

Os estabelecimentos farmacêuticos e drogarias terão seis meses para se adequar às novas regras de funcionamento, previstas na RDC nº 44, de 17 de agosto de 2009, da Diretoria Colegiada da Agência Nacional de Vigilância Sanitária/Anvisa. “A nova Resolução é fruto de cerca de dois anos de discussões entre técnicos das Vigilâncias Sanitárias, com vistas a regularizar uma situação equivocada, que perdurava no Brasil desde a década de 90: a descaracterização de farmácias como estabelecimento de saúde” , disse a chefe do Departamento de Vigilância Sanitária da Secretaria de Estado da Saúde, Suely Vidigal. Segundo ela, a interpretação dada a uma Resolução Estadual de 1999, que regulava a presença de farmácias instaladas dentro de supermercados . Com isso foram instaladas farmácias com características de mercados. Naquele momento funcionaram com força de liminar judicial. Tais situações não estão previstas na Lei 5.991/ 73 MS que trata do comércio farmacêutico. A RDC 44/09 decreta o fim das vendas de pães, carvão, chocolates e outras guloseimas nes7

Foto:Venilton Kuchler/SESA

O PSDB inaugura um dos principais canais de interatividade do novo portal da legenda (www.tucano.org.br), a “TV Tucana”. Participam do programa de estreia o presidente nacional da legenda, senador Sérgio Guerra (PE), e o presidente do diretório paulista, deputado Mendes Thame. Dentre os temas que serão abordados, estão a crise no Senado Federal e as eleições 2010. “Este será um momento importante para a militância interagir e ouvir o comando do partido com relação a temas tão importantes”, destaca o secretário-executivo do PSDB paulista, Cesar Gontijo, um dos idealizadores do novo portal. A transmissão é gravada na sede da executiva estadual da legenda na Capital, entre 15 e 16 horas. Os dois dirigentes deverão expor as diretrizes tucanas com relação aos recentes episódios no Senado Federal e as estratégias para as eleições do ano que vem entre dez a quinze minutos. Depois dessa apresentação, será aberto espaço para os debates e questionamentos dos internautas, que estarão interagindo no chat do portal, em tempo real. “O debate com a militância é fundamental para melhorar a nossa comunicação e para saber o posicionamento frente a essas questões”, reitera Gontijo. A “TV Tucana” já está programando também outras entrevistas ao vivo. Em setembro, em data a ser definida, será a vez do presidente de honra da sigla, Fernando Henrique Cardoso. E depois, quem vai interagir com a militância é o governador de São Paulo, José Serra, um dos nomes cotados pela legenda para disputar as eleições à Presidência da República no ano que vem.

Saúde define novas regras para farmácias e drogarias

deles - monitoramento da pressão arterial, a administração de medicamentos injetáveis e inalatórios e atendimento domiciliar, para a realização desses procedimentos. Também de acordo com a nova Resolução, em farmácias e drogarias, os medicamentos não poderão mais ficar ao alcance dos usuários. Tanto os medicamentos, quanto os produtos isentos de prescrição médica deverão estar dispostos atrás do balcão, o que levará o usuário fazer a solicitação ao farmacêutico e receber orientações necessárias. As exceções ficam por conta dos medicamentos fitoterápicos dermatológicos como, por exemplo, Água Boricada, Glicerina, Hidróxido de Magnésio, etc. A RDC 44/09, juntamente com a lista de produtos relacionados à saúde que poderão ser comercializados em farmácias e drogarias, e que inclui plantas medicinais, cosméticos, produtos de higiene pessoal e de saúde para uso por leigos, está na Instrução Normativa nº 9 e na Instrução Normativa n° 10 estão à disposição para consulta, nos sites www.saude.pr.gov.br e www. anvisa.gov.br

Curitiba | Agosto | 2009

GERAL

TV Tucana estreia com debate sobre Senado e eleições


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

DEM ainda não definiu Gustavo Fruet assume para quem dará seu apoio pré-candidatura ao Senado E os Democratas estão numa encruzilhada. Em reunião da executiva estadual, a direção e os deputados do DEM resolveram que terão que começar a pensar se vão ficar no palanque do PSDB ao governo do Estado ou se aliam à candidatura do senador Osmar Dias (PDT). O partido está dividido. Enquanto o presidente estadual, Abelardo Lupion, não esconde sua opção por Osmar, o presidente da Assembleia Legislativa, Nelson Justus, expõe suas preferências por um acordo com os tucanos. Os Democratas combinaram de definir, logo, uma posição única. “Estava cada um falando por si e concordamos que temos de afinar a banda”, disse Justus.

O deputado federal Gustavo Fruet (PSDB) comunicou (24), aos deputados estaduais do partido que planeja concorrer ao Senado nas eleições do próximo ano. Gustavo está no terceiro mandato de deputado federal e sua candidatura ao Senado entusiasma os mesmos setores tucanos que trabalham pela indicação do prefeito de Curitiba, Beto Richa, para concorrer ao governo do Estado. “A intenção dele completa a proposta dos tucanos de propor mudanças e renovação dos quadros políticos no estado”, afirmou o presidente estadual do PSDB, Valdir Rossoni. A pré-candidatura de Gustavo, um ex-peemedebista, ao Senado é vista por boa parte dos tucanos paranaenses como uma forma de provocar o governador Roberto Requião (PMDB), que também deverá concorrer a uma das duas vagas destinadas ao Paraná nas eleições de 2010. Mas também pode ser uma forma de pressionar para que Requião “libere” o PMDB para o palanque do candidato tucano ao governo do Estado, entendem alguns peemedebistas, sobretudo se o nome for o do prefeito de

Nelson Justus

Abelardo Lupion

A provável filiação da senadora Marina Silva no Partido Verde animou a Executiva Estadual do PV no Paraná. Em reunião os dirigentes aprovaram o nome do presidente do diretório estadual, Melo Viana, como pré-candidato ao governo do Estado. Da mesma forma que ocorreu em anos anteriores, a proposta é que o PV tenha uma chapa pura. Nas eleições de 2006, Melo Viana também se apresentou como candidato. Em nota, o PV disse que tem expectativa de eleger cinco deputados estaduais e três federais. Atualmente, o partido tem apenas uma representante na Assembleia Legislativa, a deputada Rosane Ferreira. “A filiação da senadora Marina Silva, que deve ocorrer nos próximos dias, promete contribuir para o aumento de novos filiados em todo o País”, afirmou a direção estadual. Segundo informou o vice-

Curitiba | Agosto | 2009

presidente da Executiva Nacional do PV, vereador Alfredo Sirkis (RJ), “o cenário” para o ingresso da senadora Marina Silva no PV já está montado. De acordo com Sirkis, em reunião ocorrida em São Paulo, ficou definido que o ingresso de Marina no PV será no dia 30 de agosto, domingo, também em São Paulo, durante convenção nacional do partido. (Isso aconteceu antes do fechamento desta edição).

Valdir Rossoni continua na presidência do partido

O mandato do deputado estadual Valdir Rossoni na presidência do PSDB paranaense foi prorrogado nesta quarta-feira, dia 19, pela executiva nacional do partido. A decisão foi comunicada em nota oficial pelo senador Sérgio Guerra, presidente nacional do PSDB. O deputado Affonso Camargo substitui Luiz Carlos Hauly na secretaria geral. NOTA A executiva nacional do PSDB decidiu prorrogar o mandato dos atuais dirigentes do partido no Paraná, com a entrada do deputado federal Affonso Camargo para ocupar o cargo de secretário geral. A decisão foi tomada por amplo entendimento entre as lideranças tucanas no Estado, envolvendo as bancadas de deputados federais e estaduais e, destacadamente, o senador Álvaro Dias e o prefeito Beto Richa. Brasília, 19 de agosto de 2009. Senador Sérgio Guerra Presidente Nacional

8

POLÍTICA

PV anuncia pré-candidato ao governo do Estado

Curitiba, já que o senador Alvaro Dias encontra menos resistência junto a Requião. Para o líder da bancada estadual do PSDB, Ademar Traiano, a apresentação de Gustavo como pré-candidato não significa que os tucanos estejam ocupando todos os espaços que poderiam ser reservados para uma coligação. No espectro de aliança dos tucanos está o DEM, que tem um pré-candidato ao Senado, o deputado federal Abelardo Lupion, e o PP, que já lançou o deputado federal Ricardo Barros para a posição. “Se temos duas vagas para preencher, nada impede que uma aliança possa ter dois candidatos”, sugeriu Traiano.


A direção estadual do PT manifestou sua posição oficial sobre a postura do senador Flávio Arns, que ameaçou se desfiliar alegando que estava envergonhado de pertencer ao PT. Na nota, a direção estadual classificou de “injustas e desrespeitosas” as manifestações de Arns e deu como certa a saída do senador do partido, apontando que caberá a direção nacional decidir se irá requerer o mandato de Arns. Na nota, a direção estadual defende o partido, afirmando que são trinta anos de história e que o PT “ajudou a consolidar a democracia e está ajudando a mudar o Brasil”. No boletim informativo que divulgou ontem, Arns disse que espera poder deixar o PT com o amparo da Justiça Eleitoral. A tese do senador é que com o argumento que o PT se afastou dos seus princípios ele possa se resguardar dos efeitos da resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que definiu a fidelidade partidária. Conforme a resolução, o mandato pertence ao partido e não ao eleito. O deputado federal André Vargas acha que a direção nacional deveria pedir de volta o mandato de Arns. Vargas lembrou que, diversas vezes, Arns juntou-se aos adversários do PT, começando pelo partido ao qual estava filiado, antes de ser eleito senador. Arns esteve filiado ao PSDB entre 1990 e 2001. Neste período, cumpriu mandato de deputado federal e foi candidato a vice-prefeito de Curitiba, na chapa encabeçada pelo então deputado tucano Carlos Simões, em 1996. Vargas lembrou que, recentemente, Arns já dava sinais de reconciliação com os tucanos ao ser apontado pelo líder do PSDB no Senado, Arthur Virgílio (AM) e o presidente nacional do partido, senador Sérgio Guerra, como uma das opções para substituir o senador José Sarney (PMDB) no cargo.

ParAanon18á

POLÍTICA

PT, Gleisi Hoffmann, disse que a decisão do PSDB de priorizar seus candidatos próprios ao governo melhora a conversa com o senador Osmar Dias (PDT) sobre a composição para a disputa ao governo no próximo ano. E que a postura tucana vai tornar mais “objetiva” a negociação com o pedetista. Gleisi, entretanto, deixou claro que, independente da posição do governador Roberto Requião, que disse ao presidente Lula que não apóia Osmar para o governo, o PT vai continuar insistindo em ter o PMDB junto na próxima campanha eleitoral. “Nós temos ainda muitos espaços a conversar”, disse. O senador Osmar Dias (PDT) retomou seus périplos pelo interior do Estado como se nada tivesse acontecendo. Ontem, esteve em Cascavel, filiando trezentos novos pedetistas. “Vamos reforçar o PDT em todos os municípios. Teremos um time trabalhando pelo nosso projeto”, disse o senador. Com jeito vai Ainda há ruídos nas conversas entre o senador Osmar Dias e setores do PT. O deputado federal André Vargas ficou sabendo que, ao ser abordado por um petista que queria saber se iria acontecer a aliança entre o PT e o PDT no Paraná, Osmar teria respondido “é, acho que não terá outro jeito”. Ontem, Vargas disse que iria “emprestar “ a resposta do senador para avaliar as chances do acordo. “É, se não tiver outro jeito....”. 9

O diretório estadual do PP divulgou (5), uma nova pesquisa de intenções de votos ao Senado nas eleições do próximo ano. Realizada pelos institutos DataVox Brasil e Souza Lopes, a sondagem mostra a liderança do governador Roberto Requião (PMDB) com 56%, seguido por Gleisi Hoffmann (PT) com 27%, Ricardo Barros (PP) com 19%, Flavio Arns (PT) com 18%, Gustavo Fruet (PSDB) com 16%, Abelardo Lupion (DEM) com 6% e João Elísio (DEM) com 2%. O diretor do Instituto Souza Lopes, Bruno Lopes, informou que Requião lidera em todas as 14 regiões pesquisadas, mas perde em Curitiba, onde Gleisi Hoffmann estaria em primeiro lugar. De acordo com o diretor do Instituto, o resultado da pesquisa demonstra o grau de conhecimento do eleitor sobre os nomes pesquisados. “O governador é o nome mais conhecido. Já Gleisi já foi candidata ao Senado, obteve uma boa votação, e no ano passado, foi novamente candidata, desta vez à prefeitura de Curitiba. Há também um resíduo, embora não seja apenas isso”, disse. O diretor do instituto disse ainda que o eleitor também não está informado sobre a existência de duas vagas ao Senado. “Esta é uma informação que os postulantes terão que trabalhar para que não haja um aumento de votos nulos”, afirmou. Ela acredita em acordo entre PT, PDT e PMDB A presidente estadual do

Senador Flávio Arns quer deixar o PT e manter o mandato

DIVULGAÇÃO

Gleisi é a preferida dos curitibanos para o Senado

Curitiba | Agosto | 2009


DIVULGAÇÃO

ParAanon18á

Bancada do PT já perdeu 4 senadores desde a eleição

A bancada do PT perdeu quatro senadores desde a eleição de 2002, quando foram eleitos os senadores cujos mandatos terminam em 2011. Esta semana, a senadora Marina Silva (AC) anunciou que, após 30 anos de militância, deixa o PT com a possibilidade de ser candidata à presidência da República pelo PV. Ao mesmo tempo, o senador Flávio Arns (PR) expressou a vontade de sair do partido, para concorrer nas próximas eleições por outro partido. No momento em que a Justiça Eleitoral confirmar as duas desistências, o PT contará com apenas dez senadores. Marina Silva foi ministra do Meio Ambiente do governo Lula durante seis anos, mas, em carta encaminhada ao presidente do partido, Ricardo Berzoini, a senadora alega que “faltaram condições políticas para avançar no campo da visão estratégica, ou seja, de fazer a questão ambiental alojar-se no coração do governo e do conjunto das políticas públicas”. Flávio Arns, por sua vez, anunciou que abandonará o partido ontem, logo após reunião do Conselho de Ética, na qual os senadores arquivaram 11 ações movidas contra o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP). Segun-

Apesar de o senador Cristovam Buarque (PDT-SP) ter sido cortejado por membros do PV para ser lançado a vice em uma eventual candidatura de Marina Silva ao Palácio do Planalto em 2010, o pedetista afirmou em entrevista à Agência Estado que seu desejo é encabeçar uma chapa à Presidência da República pelo PDT, como fez em 2006. “Tem me animado bastante a hipótese de ser candidato à sucessão”, disse. Antes avesso à possibilidade de sair como cabeça de chapa em uma disputa à sucessão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o pedetista mudou de ideia nos últimos dias. Os escândalos recentes no Senado, que têm como pivô o presidente da Casa, José Sarney (PMDB-AP), fizeram com que Cristovam reavaliasse a hipótese de lançar seu nome pelo PDT. “Eu não me sinto mais estimulado em ser senador. Não estou feliz no Senado. A Casa tem vivido momentos de tristeza que reforçam a imagem de um Brasil tomado pela velha corrupção”, disse. No entanto, Cristovam teme que o esperado anúncio da participação da ex-ministra do Meio Ambiente na disputa eleitoral dificulte a construção de um leque de apoios à sua eventual candidatura. “O PV já está anunciando em agosto a provável candidatura de Marina Silva. Eu temo que o meu partido deixe para a última hora o lançamento do meu nome ou de nosso candidato, tornando inviável a articulação de apoios”, alertou. O lançamento de uma candidatura própria para 2010 já é assunto discutido entre as lideranças do PDT. O presidente da sigla, deputado federal Carlos Eduardo Vieira da Cunha (RS), diz

Curitiba | Agosto | 2009

que a legenda tem estudado nos últimos dias algumas opções com envergadura eleitoral, mas admite que Cristovam Buarque é o melhor nome de que o partido dispõe no cenário atual. “Nossa primeira opção é apoiar um candidato do PDT que tenha reconhecimento nacional, como o Cristovam”, avaliou. No caso de a candidatura do senador não encontrar viabilidade na convenção nacional do partido, prevista para fevereiro do ano que vem, o presidente do PDT disse que a sigla deve apoiar a eventual candidata do PT à Presidência da República, a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff. “Seria uma tendência natural, uma vez que fazemos parte do bloco governista.” Tucanos Um dos articuladores do apoio do PDT ao PT em uma eventual candidatura de Dilma, o deputado federal Paulo Pereira da Silva (SP), o Paulinho da Força, minimiza um quadro eleitoral com Cristovam como candidato à sucessão presidencial. “Ele já entrou na disputa uma vez.” Paulinho ainda lembra que a sigla pode integrar uma coligação tucana caso o candidato ao Planalto seja o governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB). “Temos uma afinidade com a candidatura de Aécio. Agora, se o candidato do PSDB for (José) Serra, apoiaremos a Dilma.” A hipótese de apoio da sigla à pré-candidata do governo não agrada Cristovam. O pedetista teme que uma decisão nesse sentido crie desavenças entre as lideranças da sigla. “Vão ter pedetistas que apoiarão Dilma, outros que apoiarão (José) Serra (PSDB) e alguns darão suporte a Marina. Eu, por exemplo, daria meu apoio a Marina”, afirmou. 10

POLÍTICA

Cristovam diz que quer ser candidato a presidente

do o senador, foi “vergonhosa” a decisão do PT de ajudar José Sarney, engavetando as ações. Em 2005, durante o escândalo do Mensalão, o senador Cristovam Buarque (DF), hoje filiado ao PDT, também desembarcou do partido. Na mesma época, a ex-senadora Heloísa Helena (AL), atualmente vereadora pelo PSOL, deixou o partido. Ela, entretanto, havia sido eleita em 1998 (legislatura que acabou em 2006). Outra baixa ocorreu em 2006, quando Ana Júlia Carepa foi eleita governadora do Pará e deixou a vaga no Senado para o suplente, senador José Nery (PSOL). As perdas, entretanto, foram compensadas com a indicação de Alfredo Nascimento (PL) para assumir o Ministério dos Transportes, quando o suplente do PT, João Pedro (AM), assumiu a cadeira do Senado em seu lugar. O senador Augusto Botelho também ajudou a aumentar a bancada petista ao ingressar na legenda após ter sido eleito senador pelo PDT em 2006. Apesar das baixas, o PT continua tendo a quarta maior bancada no Senado, atrás do PMDB (19 senadores), DEM (14 senadores) e PSDB (12 senadores). Após o PT, o maior partido é o PTB, com sete senadores.


raná, a evasão escolar chega a 54% no ensino médio, sendo que 70% desses jovens alegam que deixam o ensino médio por falta de estímulo. “É claro que vão dizer que as pessoas precisam sair da escola para trabalhar e ajudar no sustento da família. Bom, mas se elas continuarem na escola e tiverem a oportunidade de fazer um curso de capacitação e um bom estágio, aí sim elas vão estar preparadas para ajudar no sustento da família”, concluiu. Para o senador, na escola em tempo integral a criança estará sendo preparada não só para os desafios do mercado de trabalho, como se costuma dizer, mas para os desafios da

vida. Ela estará recebendo os primeiros ensinamentos do que é ser cidadão, ter responsabilidade e, sobretudo, saber os seus direitos. LEI DO ESTÁGIO – Osmar Dias falou ainda da lei do estágio, de sua autoria. Para ele, o estágio deve ser também uma complementação dos ensinamentos recebidos na escola de ensino médio ou na faculdade e não apenas uma preparação para o emprego. “O jovem fará o estágio em uma atividade similar a que ele está cursando e a empresa cadastrada será obrigada a fazer um relatório de acompanhamento do estágio daquele estudante e o acompanhamento também terá que ser feito por um professor da escola que ele está cursando. Tudo para assegurar exatamente que essa exigência seja cumprida: estágio na mesma especialidade do curso. Isso vai formar, capacitar, profissionalizar e ele vai sair da escola de Ensino Médio com uma profissão escolhida e definida”, garante. A nova lei de estágio também evita que o estágio seja enxergado como uma mão de obra de segunda categoria ou um subemprego com baixo salário, o que resulta em baixo custo para a empresa. A bolsa de auxílio do estágio deve ser de, pelo menos, um salário mínimo para um estágio de 8 horas. E o estagiário ainda tem direito a férias, vale-transporte e vale refeição. “Isso é um estímulo. E o jovem, quando estimulado, encontra uma porta aberta para o emprego na mesma empresa em que ele está estagiando”, revelou. Segundo pesquisa feita pelo Ipea 65% dos jovens que estão fazendo o estágio naquela empresa permanecem empregados naquela mesma organização. Osmar Dias falou ainda que o Projeto Paraná contempla a educação integral em todos os municípios paranaenses. “Esse é um programa de governo. E será, se Deus quiser. Eu tenho muita fé que este se tornará um grande programa de governo no Estado do Paraná”, finalizou. Curitiba | Agosto | 2009

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

lhorará os índices de todas essas metas que foram estabelecidas: a educação em tempo integral”, destacou. Segundo o senador, quando a criança entra em uma escola em tempo integral, com quatro anos de idade, permanece nela por dois anos, fazendo a escola infantil. Com uma cooperação entre Estado e Municípios prossegue com a educação em tempo integral na escola básica. Esse sistema cria um ambiente em que a educação na escola torna-se a extensão da educação recebida na família. “Esse modelo acaba também por atrair as famílias para participarem da educação da criança na escola. As escolas poderão receber as famílias desses jovens e dessas crianças nos finais de semana para não só promoverem a integração entre a família, os professores e os profissionais em educação, mas, sobretudo, permitir que as crianças sintam que a escola é a continuação da sua casa”, garante. Osmar Dias alertou que a educação integral evita ainda a evasão escolar, pois faz a criança e o jovem sentirem prazer em frequentar a escola. No Pa-

EDUCAÇÃO

Para Osmar Dias falta uma base para formar as pessoas para que elas entendam bem quais são seus direitos e responsabilidades de cidadão. “Penso que a educação em tempo integral deveria ser um compromisso e uma meta a ser estabelecida pelas Nações Unidas para os Estados cumprirem. Lá não está essa meta. Lá está saneamento: água tratada. É bom que esteja. Mas tudo isso pode ser melhorado se investirmos em um único ponto que, permeando todos esses assuntos, me-

Osmar Dias elege educação em tempo integral para frear a escalada da violência

11

O líder do PDT no Senado Federal, Osmar Dias, afirmou que os projetos de promoção da educação integral e da qualificação profissional dos jovens são as grandes soluções para frear a escalada da violência num momento em que a insegurança toma conta da população brasileira.


Uma emenda apresentada pelo deputado Marcelo Rangel, líder do PPS na Assembleia Legislativa à Lei do Emprego nº 16.192, de 24 de julho de 2009, vai possibilitar que toda empresa paranaense que ampliar em 10% o seu quadro de funcionários possa pleitear recursos e incentivos financeiros liberados pela a Agência de Fomento do Paraná. A idéia teve a parceria do deputado Reni Pereira (PSB). A decisão foi bastante comemorada por Rangel, que vislumbra um grande incentivo aos pequenos e médios empresários. “Ela incrementa as empresas, abre novas frentes de trabalho e dá estabilidade econômica”. Rangel lembrou que o assunto gerou debates, mas prevaleceu o bom sendo. “Agora contabilizo como mais uma das grandes vitórias parlamentares que alcanço aqui na Assembleia”, festejou. Para se chegar a emenda Rangel teve que convencer deputados da situação. Ele conseguiu 51 assinaturas de apoio a sua ideia, pois como ressaltou na época, a lei pura e simples previa apenas punições a empresas que demitissem e era muito abrangente. Para atingir aos pequenos e médios empresários, foi preciso transpor uma barreira, que era o temor de aprovar no Legislativo um dispositivo que significasse novas demissões numa época de crise. A nova Lei, com a emenda de Rangel, corrige distorções, fomenta o setor produtivo em época de crise e garante novos empregos. “Foi importante e vai ajudar muito o progresso do Paraná, favorecendo os empresários especialmente nas dificuldades e crises econômicas. No momento de crise precisamos ter nas mãos ideias que possam reconstruir o progresso. Tenho certeza que demos um tiro certeiro no problema. Os empresários serão gratos pelo benefício que estamos alcançando”, disse Rangel, otimista com os resultados que virão.

Da esquerda para a direita o prefeito de Serranópolis José Arlindo Sehn, os vereadores de Céu Azul Oscar Backes e Irineu Rieger, o prefeito de Céu Azul José Eneron da Silva Telles, deputado Dobrandino e os prefeitos Lotário Otto Knob (Itaipulândia) e Elias Carrer (Medianeira)

ÔNIBUS VÃO GARANTIR MAIS QUALIDADE NO ENSINO NO OESTE “Os ônibus para transporte escolar vão garantir mais qualidade ao ensino público das escolas do Oeste do Paraná”, disse (25), o deputado Dobrandino da Silva (PMDB), ao entregar a documentação de 34 ônibus para 13 prefeitos de sua base de atuação política. A solenidade, durante a reunião semanal de secretários estaduais no Museu Oscar Niemayer, foi coordenada pelo governador Roberto Requião. Receberam os ônibus os prefeitos Joacir Antonio Lazzaretti (Anahy), Joseney Vicente (Braganey), José Eneron da Silva Telles (Céu Azul), Eliezer José Fontana (Corbélia), Martinho Lucas de Godoy (Iguatu), Lotário Oto Knob (Itaipulândia), Edson Primon (Matelândia), Elias Carrer (Medianeira), Adilto Luis Ferrari (Missal), Rui Spagnol (Ramilândia), Armando Polita (São Miguel do Iguaçu) e José Arlindo Sehn (Serranópolis do Iguaçu).

PRACZYK APLAUDE PROJETO DE RASTREAR MEDICAMENTOS O deputado, Pastor Edson Praczyk- PRB, elogiou na AL a elaboração de um projeto conjunto da Anvisa e Ministério da Justiça, para que cargas de medicamentos que circulam pelo país possam ser rastreadas. A idéia é inibir o aumento da pirataria de remédios no Brasil, e os órgãos criarão um sistema para que as caixas de medicamentos passem a ter um código de barras ou uma série numérica que permita ao consumidor conferir, ainda na farmácia ou em casa, pela internet, a procedência do produto, por meio de um leitor óptico. Segundo o deputado, não é mais aceitável que, todos os dias, a imprensa de todo o país, noticie o

Curitiba | Agosto | 2009

o próprio chefe de segurança institucional da Anvisa Adilson Bezerra, alertou recentemente sobre outros itens relacionados à saúde que estão sendo falsificados, como gaze, mascáras e material cirúrgico, até pontas de diamante utilizadas em bisturis para cirurgia de miopia. A Anvisa também alerta para que as pessoas fiquem atentas quando há uma diferença muito grande de preço entre as farmácias, quando se trata de um mesmo medicamento. Para o deputado, a garantia de que campanhas publicitárias alertando a população sobre a pirataria de medicamentos será lançada em breve, também irá ajudar a combater este tipo de crime no Brasil.

roubo de cargas de medicamentos, ou apreensão de mercadorias contrabandeadas ou falsificadas, gerando danos à saúde da população e milhões de reais de prejuízos à empresas e laboratórios que, legalmente comercializam e distribuem os medicamentos que, diariamente são consumidos pelas pessoas em todo o país. Através deste novo sistema implementado na caixa do medicamento, será permitido ao consumidor, conferir onde o medicamento foi fabricado, quem recebeu para distribuição, o estado onde foi vendido e qual a farmácia que o comprou. Isso dará ao consumidor a segurança de estar comprando um produto seguro. Segundo Praczyk,

12

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

EMENDA DE RANGEL VIRA LEI E BENEFICIA EMPRESAS DO PARANÁ

Os 34 ônibus foram entregues da seguinte forma: Anahy (dois ônibus), Braganey (três), Céu Azul (dois), Corbélia (três), Iguatu (três), Itaipulândia (dois), Matelândia (quatro), Medianeira (quatro), Missal (três), Ramilândia (dois), São Miguel do Iguaçu (quatro) e Serranópolis do Iguaçu. “Os ônibus entregues hoje foram feitos sob encomenda. São veículos de 23 e 31 lugares ao custo médio de R$ 110 mil cada um”, informou Dobrandino. De acordo com o deputado, os 34 ônibus totalizaram um investimento de R$ 3,8 milhões, destacou Dobrandino. “Agora só depende das prefeituras recolherem o valor do seguro e treinar os motoristas que vão trabalhar no transporte dos estudantes”, completou. TRANSPORTE ESCOLAR – Dobrandino informa que a entrega dos ônibus faz parte do programa de Transporte Escolar do Governo do Estado, que prevê a aquisição de 1.100 veículos e investimento superior a R$ 133,4 milhões. São 630 ônibus de 31 assentos, da empresa cascavelense Mascarello, e 470 de 23 lugares, da Iveco. Os veículos estão sendo cedidos a municípios com menos de 100 mil habitantes que tenham alunos em zona rural. O uso deve ser exclusivo para o transporte escolar rural. Para o deputado, o governo tem investido na melhoria da qualidade do serviço de transporte escolar, ao proporcionar treinamento aos motoristas. “Eles recebem noção de mecânica, para evitar que o ônibus fique parado numa estrada por um pequeno problema, noções de primeiros socorros, para atender um aluno que se sinta mal, aprendem a conviver com crianças – enfim, são treinados para tudo isso”, disse Dobrandino.


O deputado Luiz Claudio Romanelli (PMDB), líder do Governo na Assembleia Legislativa, anunciou (25) que mais quatro cidades do Norte Pioneiro – Congonhinhas, Nova Fátima, Santo Antonio do Paraíso e Sengés – receberão Centros de Referência de Assistência Social (Cras). As novas unidades fazem parte das 110 anunciadas pelo Governo do estado em um investimento de R$ 9,1 milhões. “As prefeituras que recebem o Cras ganham a capacidade de agir junto a população que está em situação vulnerável, seja por questões econômicas ou familiares. O Cras articula ainda junto aos setores organizados de sua região potencializando sua abrangência”, destacou Romanelli. ESTRUTURA - O tamanho das unidades dos centros de assistência social varia entre 103,95 m2 e 138,10 m2 - o que inclui salas de atendimento, oficinas, banheiros, entre outros espaços. O município entra com o terreno, o Governo do Estado constrói a obra e a prefeitura administra o centro com equipe de técnicos e funcionários. Segundo Romanelli, os centros são muito importantes às cidades do Norte Pioneiro porque as demandas pelos programas sociais - tanto do governo do Estado como do Governo Federal - são

grandes. “Daí a necessidade de ter uma estrutura de atendimento, cadastro e de acompanhamento de programas que vão do Bolsa Família ao Leite das Crianças”. ATENDIMENTO - Os centros vão oferecer atendimento a pessoas e famílias que sofrem as mais diversas formas de vulnerabilidade, como desemprego, pobreza, trabalho infantil, ausência de acesso a bens e serviços. Nos locais serão realizados atendimentos por assistentes sociais e psicólogos, grupos de convivência, qualificação profissional e inclusão produtiva. Os centros também abrigarão as agências do trabalhador. Depois de prontos, as prefeituras receberão recursos, entre R$ 4,5 mil e R$ 6,3 mil mensais, do governo federal para executar os serviços prestados pelos centros de referência. “Os centros vão identificar as situações de vulnerabilidade social e risco e a partir disso, articular uma rede de prestação de serviços. Outras demandas serão encaminhadas a uma rede de proteção social especial e de políticas setoriais, como saúde e educação, trabalho, habitação, esporte e cultura”, completou Romanelli.

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

CENTRO DE REFERÊNCIA DE ASSISTÊNCIA SOCIAL CHEGA A MAIS 4 CIDADES, ADIANTA ROMANELLI

do: “Não podemos esquecer que a conquista desta instituição tem um sabor a mais de vitória, pois ela nasceu da luta dos movimentos sociais, das organizações do movimento pró-Universidade, contou com o empenho das nossas lideranças da agricultura familiar e camponesa e com os prefeitos dos municípios que abrigarão a universidade, além do apoio determinante do ministro, alocando recursos e priorizando a ação”, completou. O prefeito Gaievski concorda com a deputada e lembra que

“sem dinheiro, não é possível implementar nenhum projeto de lei”. Ele diz que o apoio do ministro paranaense foi decisivo para concretizar a conquista. O projeto total está orçado em aproximadamente R$ 304 milhões ao final do quatro anos de funcionamento da instituição, divididos em R$ 15 milhões em 2009, pouco mais de R$ 80 mi em 2010, mais R$ 95 mi em 2011 e R$ 114 milhões em 2012. A nova universidade terá sede em Chapecó (SC), além de duas unidades no Norte do Rio Grande do Sul e outras duas nas regiões 13

Dia histórico. Foi aprovado há pouco, por unanimidade pela Comissão de Educação do Senado Federal, o projeto de criação da Universidade Federal Fronteira Sul (UFFS). A decisão é terminativa, o que significa que, após cumprido o prazo de cinco dias para apresentação de recurso, a matéria seguirá diretamente para a sanção do Presidente Lula. A deputada estadual Luciana Rafagnin (PT), defensora do projeto, recebeu a notícia do prefeito de Realeza, Eduardo Gaievski, que acompanhou bastante emocionado a votação em Brasília. Depois de conversar por telefone com o ministro do Planejamento, Paulo Bernardo, Luciana acredita que já na próxima semana o Presidente Lula assine a lei de criação da nova universidade federal. “É uma prioridade do Governo Lula, dentro do plano de expansão das universidades federais”, disse a deputada. Ela também ficou emocionada com a notícia e comemorou dizen-

do Sudoeste e da Cantuquiriguaçu no Estado do Paraná, mais especificamente nos municípios de Realeza de Laranjeiras do Sul. Ela abrirá as portas em março de 2010 com a oferta de 2.160 vagas para estudantes de 36 cursos nos seus cinco campi. Ao final de quatro anos, esse número deverá subir para 8.500 estudantes de graduação e 1.500 outros em cursos de especialização, mestrado e doutorado. Maiores informações, no site da UFFS: http://www. uffs.edu.br.

Curitiba | Agosto | 2009

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

APROVADO POR UNANIMIDADE NO SENADO O PROJETO DE CRIAÇÃO DA UNIVERSIDADE FEDERAL FRONTEIRA SUL


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

KIELSE, PREFEITA CÉLIA E VEREADORES BUSCAM PARCERIAS COM A PROVOPAR PARA PROJETOS EM CAMPINA DA LAGOA O deputado estadual e vicelíder do Governo na Assembleia Legislativa, Cleiton Kielse (PMDB), acompanhou a prefeita municipal de Campina da Lagoa, Célia Cabrera, em visita à sede do Provopar Ação Social, em Curitiba. O objetivo, segundo o parlamentar, era buscar parcerias para as obras assistenciais e de geração de renda que estão sendo desenvolvidas no município. Kielse, a prefeita Célia, o presidente da Câmara Municipal, Rudnei Prado, e o vereador Josias Vieira foram recebidos pela presidente da instituição, Lúcia Arruda, que reiterou o compromisso de manter o apoio do Governo do Estado às obras e investimentos sociais em Campina da Lagoa. O deputado estadual Kielse ressaltou que o município de Campina da Lagoa possui um dos mais baixos Índices de Desenvolvimento Humano (IDH)

Prefeita e lideranças de Campina da Lagoa com Kielse, Lúcia e João Arruda

do Estado e necessita muito do apoio e parceria do Provopar. “Campina da Lagoa possui uma vasta área rural e conta ainda com cidadãos vivendo abaixo da linha de pobreza. São projetos como estes desempenhados pelo Provopar, de auxílio direto e de geração de renda comuni-

tários, que ajudam o Paraná a continuar seu salto de qualidade de vida em todas as regiões do Estado”, destacou Kielse. Segundo a prefeita Célia, a visita serviu também para agradecer pela doação de 300 cobertores, que foram repassados à população carente em Cam-

Um projeto de lei apresentado esta semana pela deputada Cida Borghetti (PP) estabelece reserva de vagas para pessoas com necessidades especiais nos contratos de órgãos públicos estaduais com empresas prestadores de serviços. Seja da administração direta, indireta ou fundacional, se o projeto for aprovado, todos os órgãos estaduais estarão obrigados a exigir das empresas fornecedoras de mão-de-obra terceirizada que reservem no mínimo 12% do quantitativo contratado aos portadores de necessidades especiais aptos às funções a serem desempenhadas. “Trata-se de oportunidade de inclusão social e melhoria da qualidade de vida das famílias que lutam para sobreviver e superar as limitações das necessidades especiais’, explica Cida Borghetti. De acordo com o artigo segundo do projeto, não havendo número suficiente de candidatos com necessidades especiais para provi-

Curitiba | Agosto | 2009

mento das vagas disponíveis, seriam supridas por menores de idade, com dezesseis ou dezessete anos, portadores de necessidades especiais. Segundo a deputada, a lei também tem a finalidade de criar alternativa de emprego para os adolescentes, respeitadando a legislação federal sobre essa faixa etária. “A limitação física ou mental é certamente obstáculo de difícil superação em qualquer fase da vida, mas essa situação é mais grave na adolescência, um momento de grande mudança para o ser humano, quando afloram os questionamentos existenciais”, justifica. “Nas camadas menos favorecidas economicamente da população, em que a família necessita do trabalho dos menores com mais constância, em razão da necessidade de subsistência, a presença da necessidade especial é fator ainda mais perverso para o adolescente que busca uma oportunidade de trabalho, o tão buscado primeiro emprego”, finaliza.

14

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

EMPRESAS QUE PRESTAM SERVIÇOS AO GOVERNO ESTADUAL PODERÃO SER OBRIGADAS A RESERVAR VAGAS PARA PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS.

pina da Lagoa. “Agora estamos aqui buscando o apoio do Provopar para os projetos sociais que já estão em andamento e também para a implantação de ações que venham a gerar renda e inclusão social para os nossos moradores da sede e dos três distritos”, explicou a prefeita. A presidente Lúcia Arruda enfatizou a prioridade do Provopar em trabalhar com projetos de geração de renda em todos os municípios do Paraná. “Estamos prontos para apoiar não só a comunidade de Campina da Lagoa, mas a todos os municípios paranaenses. Entendemos que, através do trabalho, a pessoa tem a oportunidade de comprar a sua própria cesta básica e melhorar continuamente”, ressaltou. Participaram ainda da visita o empresário João Arruda e a presidente da Provopar local.

PARA MORAES, POPULAÇÃO DEVE EXIGIR MAIS SEGURANÇA Uma pesquisa divulgada recentemente pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública revelou que o Paraná está entre os estados que menos investem em segurança pública, ocupando o 21º lugar na lista de gastos com a área. Para o deputado Mauro Moraes (PMDB), os dados divulgados pelo fórum não causam surpresa. Ex-presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, o parlamentar sempre fez questão de ressaltar que os investimentos no Paraná com o setor estão abaixo do esperado para garantir a tranqüilidade da população. “O Paraná gasta míseros R$108,90 por habitante quando o assunto é segurança pública. Com pouco investimento, dificilmente resolveremos a maioria dos problemas que tem relação direta com a criminalidade”, argumenta. Um exemplo claro dos efeitos negativos provocados pela baixa aplicação de recursos na área é a inclusão do Paraná na lista dos dez estados brasileiros mais violentos, com 26,7 homicídios por 100 habitantes (dados referentes ao ano de 2008). “Estamos vivenciando uma onda de criminalidade que pode colocar gradativamente o Paraná no topo da lista dos estados mais violentos do Brasil”, alertou.


Zucchi assume o PDT no PR dor do Paraná à proposta de aliança com Osmar em 2010, como vem defendendo o presidente Lula (PT), não é considerada por Zucchi um obstáculo irremovível a um acordo entre os dois partidos para as eleições do próximo ano. “A posição que o Requião tem manifestado não é a do coração dele. Talvez, o momento tenha exigido essa posição. Mas não acho que seja estanque”, disse o dirigente pedetista. A rivalidade de 2006, quando Requião e Osmar disputaram o governo, não deve atrapalhar um acordo, acredita Zucchi. Nem mesmo quando o governador peemedebista sugere que uma aliança com Osmar significaria o mesmo que renegar sua história política ou faz críticas ácidas ao senador por suas posições favoráveis ao setor de agronegócios podem ser vistas como impeditivo para uma aliança, disse o presidente do PDT. “Quando o Requião e o Osmar foram senadores juntos, se você fizer um levantamento, irá descobrir que eles votaram do mesmo jeito, com as mesmas posições, na maioria das vezes”, citou. O período em que Osmar e Requião trabalharam juntos também foi mencionado por Zucchi. Osmar foi secretário da Agricultura do primeiro mandato de Requião como governador. “O Requião conhece muito bem o Osmar. Ele sabe quem é o Osmar. Ele trabalhou com o senador e sabe como ele age em relação à coisa pública. Por isso, tenho certeza que a postura do Requião não é contra o Osmar e que vai mudar conforme o tempo”, disse o presidente do PDT. 15

O novo presidente do PDT do Paraná, deputado Augustinho Zucchi, disse ontem, 6, que o senador Osmar Dias e seu partido não veem a eleição do próximo ano como um confronto com o governador Roberto Requião (PMDB). “Nós estamos fazendo um projeto para o estado do Paraná. Para nós, a eleição é para o governo. Não contra o Requião. É importante que as coisas boas, executadas pelo atual governo, sejam mantidas”, afirmou o dirigente do PDT, que também não vê abismos ideológicos ou programáticos entre o senador Osmar Dias, pré-candidato do PDT ao governo, e Requião. A política tributária do atual governo, que estabeleceu uma escala de isenções fiscais para micros e pequenas empresas, e a preservação das empresas públicas são duas diretrizes que integrarão o programa de governo que está sendo elaborado para o senador Osmar Dias, citou Zucchi. “Tem coisas que estão funcionando e que nós consideramos importantes. O que não significa que o senador Osmar Dias concorde com tudo no atual governo”, afirmou. Zucchi está substituindo o senador Osmar Dias na presidência do PDT, desde a semana passada. Osmar estava acumulando a liderança do partido no Senado e a direção estadual. Os pedetistas acharam que ele estava sobrecarregado e resolveram proporcionar mais tempo ao senador para que dedique à formulação do plano de governo para 2010. Do coração A resistência do governa-

O deputado estadual Edson Strapasson (PMDB), acompanhado do prefeito de Colombo, J. Camargo, esteve na última semana na sede regional da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). Strapasson e J.Camargo conversaram com o diretor dos Correios no Paraná, Itamar Ribeiro, sobre o atraso na entrega de correspondências e a ausência de entrega domiciliar nos bairros Vila Zumbi, Jardim Palmares e Vila Liberdade. “Grande parte das correspondências recebidas pela população são boletos bancários. Como as contas chegam atrasadas, o cidadão acaba pagando multas e juros. Pedimos ao diretor regional que haja um reforço na estrutura de trabalho dos Correios para que as correspondências possam ser entregues em todo o município com maior agilidade”, destacou o deputado. “Colombo registra uma taxa de crescimento anual maior que a da capital. Entendemos que o município carece de uma atenção maior. Com mais carteiros os problemas de atrasos devem ser sanados. Já a implantação de um segundo centro de distribuição deverá contribuir com a logística de entregas, uma vez que temos uma grande área territorial, acidentada e densamente povoada”, avaliou. A medida será adotada até que o bairro tenha condições técnicas de receber as correspondências através de entrega domiciliar. “Trata-se de uma solução temporária, para beneficiar a população da Vila Liberdade, enquanto o bairro recebe as obras de urbanização já confirmadas pelo governador Requião. Entretanto, em nossa conversa com o diretor regional dos Correios, já solicitamos que seja estabelecido no programa de expansão dos Correios a entrega domiciliar no bairro”, finalizou. Curitiba | Agosto | 2009

ParAanon18á

O deputado Ney Leprevost, presidente da Comissão de Saúde da Assembléia Legislativa do Paraná, esteve (20) no McDonalds Batel juntamente com o comediante Diogo Portugal, a presidente da APACN, Vera Andretta, e a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Janice Gastaldon, para gravar uma matéria do programa Em Ação (CWB TV). O objetivo da reportagem foi incentivar os curitibanos a participar da campanha McDia Feliz, que ajuda milhares de pacientes de câncer todos os anos. “A APACN e a Rede Feminina de Combate ao Câncer são instituições sérias, que ajudam os que estão necessitados. Vamos ajudá-las a continuar realizando este trabalho voluntário maravilhoso”, convida Ney. Durante a campanha do McDia Feliz, o Hospital Erasto Gaertner e a Associação Paranaense de Apoio a Criança com Neoplasia – APACN - trabalham para vender tíquetes do sanduíche Big Mac, recebendo o valor para a realização de obras e benfeitorias em suas estruturas. Em anos anteriores o Hospital Erasto Gaertner já foi premiado pelo maior número de tíquetes vendidos. Em 2009, o McDia Feliz acontece no dia 29 de agosto em todos os restaurantes da rede no Brasil e o custo unitário do sanduíche é de R$ 8,00. O padrinho da campanha 2009 é o humorista curitibano Diogo Portugal. A venda dos tíquetes é feita nas lojas do Batel, Boca Maldita, Chile, Cabral, Park Shopping Barigui, Portão, Shopping Curitiba e São José dos Pinhais.

DIVULGAÇÃO

STRAPASSON PEDE PROVIDÊNCIAS NA ENTREGA DE CORRESPONDÊNCIAS EM COLOMBO

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Augustinho Zuchi: “A postura do Requião não é contra o Osmar e vai mudar conforme o tempo”.

DIOGO PORTUGAL E NEY LEPREVOST DIVULGAM MCDIA EM PROL DAS CRIANÇAS


(Foto - Irene Roiko)

Urbanismo quer viabilizar testes com infláveis Os brinquedos infláveis estiveram entre os assuntos debatidos (26), na reunião da Comissão de Urbanismo da Câmara de Curitiba. José Carlos Lauter, representante da Casa na comissão da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que visa a padronização nacional destes brinquedos, foi ouvido pelos vereadores e informou que a viabilidade dos testes mecânicos conclusivos para a normatização dos equipamentos requer recursos que podem ser obtidos por meio de patrocínios. Segundo Lauter, diretor de Apoio às Comissões do Legislativo, a base dos testes está nas normas européias, que já foram traduzidas e estudadas, traçando os parâmetros de segurança. A comissão da ABNT para o estabelecimento das normas para a fabricação dos infláveis foi instalada por sugestão de comissão especial da Câmara de Curitiba, criada após a morte de duas crianças em acidente com brinquedos desse tipo numa confraternização de funcionários da empresa Siemens, em 2007. “Se tais produtos tivessem, na época, uma padronização regulamentada, embasada em estudos teóricos e testes experimentais, o

CÂMARA MUNICIPAL

A primeira reunião foi realizada nas dependências da Churrascaria do Ervin, com a participação dos comerciantes, representantes da Polícia Militar e da Guarda Municipal e do vereador Mario Celso Cunha (PSB). Além da questão da segurança pública, foram relacionados alguns aspectos sobre urbanização, sinalização, iluminação e outros envolvendo a prefeitura municipal. Segundo Guilherme Boldy, da Churrascaria do Ervin, “precisamos de uma ação mais efetiva na área de segurança, pois muitos restaurantes do local já foram assaltados.” Francisco Hurban, do Bar do Victor, reforçou o pedido, dizendo que, “a partir de agora, vamos buscar soluções em conjunto, pois a criação do Centro vai valorizar ainda mais a região”. Também o proprietário da Casa do Camarão, Nixon Fiori, lembrou dos assaltos, falando que “a Polícia Militar tem dado resposta aos nossos pedidos, mas, infelizmente, o ladrão é preso e daqui a pouco está solto novamente. Vamos fortalecer nossa ação com a criação de uma associação.” Conforme o tenente Lima, responsável pela 2ª Cia do 12º Bata-

Julieta Reis, Jonny Stica e Tico Kuzma analisaram e apresentaram pareceres sobre projetos que seguem trâmite na Câmara

acidente poderia não ter ocorrido”, afirmou Lauter. Tico Kuzma (PSB), presidente da Comissão de Urbanismo, que também coordenou a comissão especial, manifestou apoio a medidas que colaborem com a conclusão dos testes, adiantando que o grupo pode trabalhar neste sentido. “Será uma norma de impacto nacional”, afirmou o parlamentar, destacando que é de suma relevância evitar outros acidentes, elevando a qualidade destes produtos. Projetos A comissão também debateu e analisou projetos de lei. De autoria da vereadora Julieta Reis (DEM), a proposta que regula o uso de vidros reflexivos nas edificações obteve parecer favorável e segue trâmite. “Há, ainda, um amplo debate com técnicos e especialistas, mas as implicações do uso de certos tipos de vidro devem ser levadas em conta, já que atrapalham a visibilidade nas proximidades”, afirma a parlamentar. Também recebeu parecer favorável proposta de Serginho do Posto (PSDB) que torna obrigatórias também nas casas lotéricas portas eletrônicas de segurança, para passagem individual, como as já existentes nos bancos.

lhão da Polícia Militar, “a polícia tem feito a sua parte e vamos continuar atuando no combate ao crime. A criação do Centro será importante para buscarmos soluções em conjunto.” O guarda municipal Odgar Nunes Cardoso, chefe do Núcleo da Matriz, disse que “estamos reforçando o patrulhamento na região, com homens a pé, de bicicleta, motos e viaturas. Existe uma programação preventiva que vem trazendo bons resultados.” De acordo com o jornalista Luis Augusto Juk, presente à reunião, Curitiba é uma capital lembrada pela excelência de sua gastronomia. Além de Santa Felicidade, a região da Mateus Leme é uma referência nesta área. “Fico feliz ao saber da criação do Centro e da motivação dos comerciantes”, acrescentou. Participaram da reunião representantes da: Churrascaria do Ervin, Bar do Victor, Casa do Camarão, Albatroz, Costelão do Gaúcho, Tempero do Titio, Restaurante Casa Velha, Restaurante Novo Chalé, John Bull, Primavera Bar e Restaurante, Toca Frutos do Mar, Aroma Brasil, Taberna Mineira, Menphis House, Muquifo, Quanto Basta e Restaurante Silvia Simeão.

Mario Celso pretende abrir frentes de ajuda também junto aos governos estadual e federal

Famílias vão deixar área de risco no Atuba

Famílias moradoras às margens do rio Atuba serão transferidas para casas construídas na Estrada Velha de Colombo, nas proximidades da Igreja do Santa Cândida. A informação é do vereador Jair Cézar (PSDB), que está acompanhando todo o processo. O parlamentar aproveitou para visitar as obras junto com alguns interessados. Durante a vistoria, Jair Cézar fez duas sugestões aceitas pelo presidente da Cohab, Mounir Chaowiche: a primeira é a denominação do conjunto habitacional. Inicialmente chamado de Faxinal, o condomínio poderá ter novo nome, por escolha dos moradores. A outra sugestão é que as ruas internas tenham nomes de antigos moradores já falecidos do Bairro Alto. Como exemplos, o parlamentar tucano cita Antônio Francisco do Nascimento, Diácono Cláudio Celestino Scarpeta, Alexandre de Souza Prado, Professora Gisele D'Angelis Bogoni e Oralina de Córdova Miranda.

Curitiba | Agosto | 2009

16

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Centro Gastronômico na Mateus Leme


O presidente da Casa, João Cláudio Derosso, que tem projetos nesta área, foi voz conciliadora, lembrando a importância de avaliar a questão

Vereadores aprovam Comissão da Água

A Câmara de Curitiba aprovou (25), a criação de Comissão Especial para verificar a condição de tratamento da água consumida por mais de um milhão e meio de habitantes. Com votos acima do necessário para aprovação e profundamente debatido, o requerimento dos vereadores Francisco Garcez (PSDB) e Caíque Ferrante (PRP) solicitando a CE levantou muitas discussões a respeito da qualidade da água tratada que chega nas ligações domiciliares e a extensão de poluição do esgoto despejado nas águas fluviais. A CE pretende abrir amplo debate com a população, entidades e órgãos governamentais, além de universidades e comunidade científica para avaliar a gestão das bacias hidrográficas urbanas da cidade. O crescimento demográfico e a crescente industrialização vêm, segundo os parlamentares que fizeram o requerimento, comprometendo drasticamente a qualidade da água. Os dois vereadores listaram para investigação as bacias do Ribeirão dos Padilhas, Atuba, Belém, Barigui, Passaúna e Iguaçu e seus afluentes que superam 400 quilômetros quadrados de área. Responsabilidade Aprofundar-se no assunto é, de acordo com o consenso dos debatedores, “uma responsabilidade comum aos órgãos públicos e à sociedade em geral”. Dados da Sanepar dão conta que 90% dos rios da capital estão comprometidos e que o principal risco à qualidade da água é o despejo do esgoto doméstico. Ao que consta em registros da prestadora de serviços, Curitiba tem 77% do esgoto coletado e tratado. Os parlamentares já verificaram que todos os rios e mais de 30 afluentes recebem esgoto doméstico, gerando uma poluição que já está nos 90% de índice crítico para comprometer o meio ambiente. Outro fator agravante é que a rede de esgoto da região metropolitana serve apenas 25% das cidades. A iniciativa da Câmara servirá como mais uma das alternativas aos esforços de preservar o meio ambiente, antes que ele se esgote e invada a saúde pública. Comentaram o assunto na tribuna da Casa os vereadores tucanos Paulo Frote, Jair Cézar, Serginho do Posto e Omar Sabbag Filho, os petistas Pedro Paulo e Jonny Stica e, ainda, Julieta Reis (DEM), Juliano Borghetti (PP), Algaci Tulio (PMDB), além dos autores do requerimento, do presidente do Legislativo, João Cláudio Derosso (PSDB), e do líder do prefeito, Mario Celso Cunha (PSB). A CE da Água será composta por cinco vereadores de diversas bancadas partidárias. Em função da experiência em trabalhos anteriores nesta área, o vereador Jair Cézar foi convidado por Garcez e Ferrante para presidir a nova comissão especial, posição, esta, que ainda será definida pelas lideranças de bancadas.

Iguaçu, Eli Ghellere. Quem foi Getúlio Getúlio Dorneles Vargas nasceu em São Borja (RS), no dia 19 de abril de 1883. Por duas vezes foi presidente da República do Brasil. Na primeira vez, de 1930 a 1945, governou o Brasil em três fases distintas: de 1930 a 1934, no governo provisório; de 1934 a 1937, no governo constitucional, eleito pelo Congresso Nacional, e de 1937 a 1945, no Estado Novo. Na segunda vez, de 1951 a 1954, governou o Brasil como presidente eleito por voto direto. Getúlio era chamado, pelos seus simpatizantes, de "pai dos pobres" e, por pessoas próximas, de "Doutor Getúlio". A sua doutrina e estilo político foram denominados de getulismo ou varguismo. Os seus seguidores, até hoje existentes, são denominados getulistas. Suicidou-se em 24 de agosto de 1954, com um tiro no coração, em seu quarto, no Palácio do Catete, na cidade do Rio de Janeiro, então capital federal. Sua influência se estende até hoje. A sua herança política é invocada por pelo menos dois partidos políticos atuais: o Partido Democrático Trabalhista (PDT) e o Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

17

Homenagem aconteceu em frente ao monumento em honra ao ex-presidente da República, com a participação dos vereadores Tito Zeglin e Roberto Hinça

Curitiba | Agosto | 2009

ParAanon18á

CÂMARA MUNICIPAL

Foto - Andressa Katriny

Como ocorre anualmente no dia 24 de agosto, lideranças do Partido Democrático Trabalhista (PDT), representantes de associações de classe, estudantes e simpatizantes do trabalhismo se reuniram na praça Tiradentes, no Centro de Curitiba, para lembrar o aniversário de morte de Getúlio Vargas. A homenagem aconteceu na manhã desta segunda-feira (24), em frente ao monumento em honra ao expresidente da República. “É um ato cívico marcado pela simplicidade e que tem como objetivo deixar vivo na memória de todos o legado de Vargas, principalmente no que se refere às leis trabalhistas, que consolidaram direitos importantes ao trabalhador e ainda estão em vigor”, ressaltou o primeiro vice-presidente da Câmara Municipal de Curitiba, vereador Tito Zeglin (PDT). O parlamentar leu a carta testamento deixada pelo ex-presidente antes de cometer o suicídio. O evento desta segunda-feira teve a participação do vereador Roberto Hinça, líder do PDT no parlamento municipal; do secretário municipal do Trabalho e Emprego, Jorge Bernardi, e do ex-deputado estadual e ex-prefeito de São Miguel do

DIVULGAÇÃO

Aniversário da morte de Getúlio Vargas é lembrado


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Vereador representa Câmara em Brasília O vereador Juliano Borghetti (PP) representou a Câmara de Curitiba na posse do presidente da Cohab, Mounir Chaowiche, na Associação Brasileira de Cohabs. A solenidade aconteceu neste mês, em Brasília, sede da entidade, que é uma das principais interlocutoras do governo federal para tratar de questões relacionadas à habitação. Da cerimônia de posse do novo presidente da associação participaram o ministro das Cidades, Márcio Fortes, o deputado federal Ricardo Barros e o prefeito José Antônio Pase, de Campo Magro. A ABC é formada por 39 instituições que trabalham com moradia de interesse social no País. São companhias habitacionais ou de desenvolvimento urbano, departamentos e autarquias estaduais e municipais que atuam como agentes do Sistema Financeiro da Habitação (SFH). Uvepar - Borghetti também participou da solenidade de posse da nova diretoria da União de Vereadores do Paraná. A cerimônia foi no auditório do Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores do Estado do Paraná (Cietep), no encerramento do 1º Encontro Estadual sobre Empreendedorismo nas Câmaras Municipais.

Curitiba | Agosto | 2009

“Com uma moedinha de um real você não passa fome em Curitiba”, diz o vereador Mario Celso Cunha (PSB), lembrando do sucesso que é o Restaurante Popular, uma unidade de alimentação e nutrição que está completando dois anos de existência. Segundo o líder do prefeito, Beto Richa já foi várias vezes provar da comida do Restaurante Popular e confirmar a qualidade do alimento servido diariamente a centenas de pessoas. Localizado na Praça Rui Barbosa, tem atraído mais de 2 mil pessoas por dia. “Pelo preço cobrado, o trabalhador tem um benefício duplo: economia e boa alimentação”, destaca. Para comemorar os dois primeiros anos de funcionamento, o prefeito anunciou a ampliação do programa e mais dois Restaurantes Populares serão construídos, na CIC e no Sítio Cercado. “Vamos levar o benefício da comida barata e saudável para os moradores e trabalhadores destes dois bairros e já estamos programando unidades para o Boqueirão e Pinheirinho”, disse Richa. O público beneficiário do restaurante é formado por trabalhadores formais e informais de baixa renda, desempregados, estudantes, aposentados, moradores de rua e famílias em situação de risco de insegurança alimentar e nutricional. “É importante lembrar que os produtos são selecionados com rigor, adquiridos da agricultura familiar, oriundos de sítios e chácaras da região. São produtos de qualidade, supervisionados por nutricionistas, integrantes de uma equipe de mais de 30 pessoas. O Restaurante Popular funciona de segunda a sexta-feira, das 11h30 às 14h30, com uma procura que supera todas as expectativas”, afirma Mario Celso. Segundo o secretário de Abastecimento, Norberto Ortigara, “o custo de cada refeição é de R$ 3,06 e a prefeitura entrega para os trabalhadores ao preço de apenas R$ 1,00, servindo um total de 500 mil refeições por ano.” Conforme informou a nutricionista Mônica Taques, gerente do Programa Restaurante Popular de Curitiba, os dois restaurantes que estão sendo construídos na CIC e Sítio Cercado ficam prontos em outubro e serão inaugurados em novembro. O vereador salienta que o programa é fruto de uma feliz parceria com o governo federal e completou que “os recursos aplicados no primeiro restaurante passaram de R$ 2 milhões, sendo que o governo federal investiu cerca de R$ 900 mil e a prefeitura uma contrapartida de R$ 320 mil, além do terreno de 785 m², cujo valor é de R$ 1,5 milhão. Agora, mais de R$ 3 milhões serão aplicados nos outros dois restaurantes, uma perfeita e bem programada ação social”, encerra Mario Celso.

tribuna, ainda lembrou que as instituições fazem questão de atrair clientes e um dos meios é a isenção da taxa. Como ex-coordenador do Procon, o vereador Algaci Tulio (PMDB) falou sobre a cobrança e a relação de consumo. Líder do PSDB, o vereador Serginho do Posto usou a tribuna para ressaltar a possibilidade de veto do Executivo, já que entende que, pela constitucionalidade, não é competência do município legislar sobre este assunto, embora no Distrito Federal seja proibida a cobrança. Informou, porém, que é importante evitar cobranças abusivas. O líder do prefeito, Mario Celso Cunha (PSB), disse que o projeto está se adequando ao sistema comum do consumidor. “Quem mais ganha dinheiro no Brasil, fora o tráfico de drogas, são os banqueiros.” Também comentaram a proposta os vereadores Tico Kuzma (PSB), Paulo Frote (PSDB), João do Suco (PSDB), Jair Cézar (PSDB), Pedro Paulo (PT), Francisco Garcez (PSDB), Cantora Mara Lima (PSDB), Julieta Reis (DEM), Renata Bueno (PPS) e Noemia Rocha (PMDB).

18

A cobrança de taxa por emissão de carnê ou boleto bancário pode ser proibida em Curitiba. A proposta, de autoria do vereador Roberto Hinça (PDT), foi discutida e aprovada em primeiro turno (24), na Câmara de Curitiba. Considerando que a cobrança fere o Código de Defesa do Consumidor e gera despesas injustas aos clientes, Hinça pediu a aprovação dos demais vereadores, após os debates e discussões. O projeto de lei proíbe que instituições financeiras, comércio e prestadores de serviços em geral acrescentem ao valor da prestação o custo da emissão e envio de boleto ou do serviço de cobrança, independentemente de constar em contrato. De acordo com Hinça, a cobrança não é informada e não há meios de liquidar a dívida total sem pagar a taxa. O parlamentar disse que há leis neste sentido aprovadas em outras localidades, embora a Constituição seja a mesma para todos. A cobrança, considerada abusiva e ilegal, já foi proibida no Estado do Ceará, pelo Ministério Público Estadual. Na justificativa do documento, o vereador comenta que “a taxa representa o preço além da mercadoria adquirida, sem ciência da parte contratante”, violando o Código de Defesa do Consumidor e a Constituição Federal. Na opinião de Roberto Hinça, quem deve arcar com o valor são as instituições, que têm lucros e retornos financeiros com o serviço. Na

Restaurante Popular é pura ação social

Foto - Andressa Katriny

CÂMARA MUNICIPAL

Aprovado projeto que proíbe cobrança de boletos bancários


O vereador Aladim Luciano (PV) solicita melhorias em diversas ruas da cidade. Nesta semana, requereu com urgência a pintura de faixa amarela na esquina da rua Marechal José Bernardino Borman e avenida Padre Anchieta, no bairro Bigorrilho. Segundo o parlamentar, no local ocorre constantemente a parada irregular de veículos, o que acaba acarretando falta de visibilidade e até mesmo o bloqueio dos carros que saem dos prédios ali estabelecidos. Também pede a pintura de caixa amarela no cruzamento das ruas Martin Afonso com Marechal José Bernardino Borman, para melhorar o fluxo de veículos e prevenir acidentes. Para o conforto e segurança dos moradores do bairro, ainda requer a realização de operação tapa-buracos em toda a extensão da rua Padre Anchieta. Revitalização No bairro Boa Vista, Aladim pede à prefeitura revitalização do pavimento da rua Delegado Miguel Zacarias. Segundo relato dos moradores, há grande circulação de veículos, sobretudo de ônibus e a via precisa ser melhorada. Também por reivindicação de moradores, o

Renata Bueno, Mario Celso e Pedro Paulo foram recebidos, na Câmara do Rio de Janeiro, pelo primeiro vice-presidente, Stepan Nercessian

Vereadores de Curitiba visitam Câmara carioca

Os vereadores Mario Celso Cunha (PSB), Renata Bueno (PPS) e Pedro Paulo (PT) estiveram em visita à Câmara Municipal do Rio de Janeiro, onde foram recebidos pelo primeiro vice-presidente do parlamento carioca, vereador Stepan Nercessian (PPS). Os vereadores conheceram a estrutura da Casa, bem como fizeram uma visita ao plenário histórico. Os três paranaenses participaram de uma reunião com membros da Comissão de Direitos Humanos, quando trocaram ideias sobre projetos afins. O vereador Stepan, conhecido ator da Rede Globo, prometeu retribuir a visita.

vereador solicita à prefeitura a revitalização do pavimento da rua Angelina Ançai, no bairro Fazendinha, que está com muitos buracos. No bairro Boqueirão, o pedido é de melhoria do asfalto e implantação de meio-fio na rua José Lacerda Werneck. Limpeza Aladim também requer roçada e limpeza do passeio da rua José Lacerda Werneck, entre as ruas Cleto da Silva e Anne Frank, no Boqueirão. O vereador justifica que recebeu reclamação de vários moradores e motoristas que por ali circulam, insatisfeitos com o mato e irregularidades que causam transtornos.

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Aladim pede melhorias em ruas da cidade

os terminais Santa Cândida (norte) e Cidade Industrial, localizado na região sul da cidade, com 22 estações. Dos 22 km, 19 serão escavados, num sistema chamado cut and cover, que, segundo o presidente do Ippuc, é mais barato que o método convencional (túnel). A linha terá, ainda, um trecho elevado de um quilômetro e outro de superfície, com dois quilômetros, que seguirá até o futuro terminal CIC-Sul,

onde será construído um complexo com pátio de estacionamento e Centro de Controle Operacional e de Manutenção. Com capacidade para 1.100 passageiros, cada veículo será composto, inicialmente, por quatro carros, podendo ser ampliado e receber mais dois, passando a atender 1.600 passageiros. A velocidade máxima prevista será de 80 Km/h e a média operacional de 35 km/h, mais que o dobro da média atual.

Ao final da explanação, foi entregue diploma de participação a Cléver Teixeixa de Almeida 19

Por sugestão do vereador Caíque Ferrante (PRP) e convite de Paulo Frote (PSDB), o presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba (Ippuc), Cléver Ubiratan Teixeira de Almeida, ocupou o horário destinado à tribuna livre desta quarta-feira (19), para apresentar o projeto de implantação do metrô na cidade. Na saudação, Frote destacou a necessidade de aumentar as alternativas de transporte público para atender a população e o acompanhamento dos parlamentares em todos os processos de elaboração e implantação do novo modal. Segundo Almeida, a linha azul, nome dado à obra do metrô, deverá fazer parte da rede de transporte existente, ou seja, dos 90 quilômetros de canaletas atualmente utilizadas exclusivamente para o tráfego dos ônibus biarticulados, 19 serão escavados para incorporação do metrô. “Mesmo sendo subterrâneo, deverá ser o mais superficial possível”, acrescentou. A profundidade e outros detalhes só poderão ser definidos após conclusão dos estudos de impacto ambiental. O projeto inicial do novo modal prevê a construção de 22 quilômetros entre

“Ou seja, dobra a velocidade operacional e reduz pela metade o tempo de viagem”, esclareceu Cléver Almeida. Os recursos para execução da obra, estimados em R$ 2,3 bilhões, deverão ser custeados pelo município, iniciativa privada e pelo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do governo federal. Após o término dos estudos, projetos e modelagem, previsto para o final deste ano, será iniciada a obra. Não há previsão exata para a conclusão. Porém, grande parte deverá ser inaugurada até 2014, quando Curitiba sediará a Copa do Mundo de Futebol. A capacidade será de 500 mil passageiros por dia. Hoje, o sistema de transporte atende quase 417 mil usuários diariamente. Benefícios Além da melhoria geral da modalidade, Almeida ressaltou outros benefícios, como a redução dos níveis de poluentes no ar, ruídos, tempo de viagens, não só para o transporte coletivo, mas também dos automóveis, diminuição de acidentes de trânsito, conforto, segurança e atratividade aos usuários do automóvel, que deverão migrar para o novo sistema.

Curitiba | Agosto | 2009

CÂMARA MUNICIPAL

Metrô reduzirá tempo de viagem em 50%, diz Ippuc


ParAanon18á

Foto: Orlando Kissner/SMCS

DIVULGAÇÃO

Linha Verde terá passarela coberta perto do Colégio Medianeira A Prefeitura de Curitiba está construindo uma nova passarela para pedestres na Linha Verde, perto do Colégio Medianeira. O novo equipamento vai substituir a atual passarela, que será removida para implantação de novas faixas de veículos e ônibus na região. A nova passarela será toda metálica, com cobertura para proteger os pedestres. A nova passarela terá 56,8 metros de comprimento por 2,9 metros de largura, com altura máxima de 7,20 metros. Serão construídos seis lances de rampas, com áreas de acessibilidade para pessoas com deficiência. Nesta semana, as equipes começam a colocar os pilares que vão sustentar a estrutura metálica. A previsão é que em setembro seja colocada a base metálica, que será soldada nos pilares. A estrutura metálica virá montada de fábrica, exigindo grandes guindastes na região. Em função disto, poderão ocorrer bloqueios pontuais na Linha Verde. Após a implantação da base metálica, as equipes farão a montagem da passarela com a colocação da cobertura, feita com telhas de aço. Com a entrega do novo equipamento, programada para outubro, será desmontada a antiga passarela em concreto.

"Desenvolvimento humano", Curitiba tem o melhor índice de saúde entre as capitais

em dados dos anos de 2000 a 2005. Os números divulgados agora mostram que o IFDM de Curitiba avançou de 0,7386 para 0,8546 ("alto desenvolvimento humano") de 2000 a 2006, um crescimento de 15,7%. O IFDM foi criado pelo Sistema Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan) para acompanhar a evolução dos municípios brasileiros e os resultados da gestão das prefeituras. O objetivo é orientar ações públicas e seus impactos sobre o desenvolvimento dos municípios. O índice varia em uma escala de 0 (pior) a 1 (melhor) para classificar o desenvolvimento humano, de acordo com informações oficiais relativas a emprego e renda, educação e saúde. Os critérios de análise estabelecem quatro categorias: baixo desenvolvimento (de 0 a 0,4), regular (0,4001 a 0,6), moderado (de 0,6001 a 0,8) e alto desenvolvimento (0,8001 a 1).

Passarela Linha Verde > Comprimento - ........................................ 56,80 metros > Altura - ...................................................... 7,2 metros > Largura - ................................................... 2,9 metros > Rampas de acesso

A saúde nas capitais | Índice Firjan 1º - Curitiba (PR) ................................................. 0,9294 2º - Campo Grande (MS) ..................................... 0,8899 3º - Goiânia (GO) ................................................ 0,8820 4º - Porto Alegre (RS) .......................................... 0,8723 5º - Vitória (ES) ................................................... 0,8700 6º - São Paulo (SP) ............................................... 0,8679 7º - Belo Horizonte (MG) ..................................... 0,8527 8º - Florianópolis (SC) .......................................... 0,8527 9º - Aracaju (SE) ................................................. 0,8360 10º - Rio de Janeiro (RJ) ....................................... 0,8347 Curitiba | Agosto | 2009

Prefeitura implanta nova passarela na Linha Verde, próximo ao colégio Medianeira 20

CURITIBA

Curitiba tem a melhor saúde pública entre as capitais brasileiras, de acordo com o Índice de Desenvolvimento Municipal (IFDM), da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan). Na saúde, Curitiba obteve o índice 0,9294, bem à frente da média nacional, de 0,7699. O índice varia de 0 a 1. A partir de 0,8, indica "alto desenvolvimento humano". Para calcular o indicador, a Firjan considerou variáveis como atenção básica e atendimento pré-natal, com dados do Ministério da Saúde. Curitiba ficou acima da média nacional nas outras duas áreas analisadas pela Firjan. Na área de emprego e renda, o município obteve índice 0,8802 (média nacional: 0,7642). Em educação, o indicador de Curitiba ficou 0,7543 (média nacional: 0,6787). Os resultados consideram números oficiais de 2006. O índice desenvolvido pela Firjan foi divulgado pela primeira vez em 2008, com base


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO Foto: Rogério Machado/SMCS

Reunião da FAS com o Ministério do Desenvolvimento Social. Curitiba

"A maioria das missões vem interessada em conhecer o funcionamento nos CRAS e o trabalho com moradores de rua. Os programas de geração de trabalho e renda também passaram a atrair atenção das cidades", diz a presidente da Fundação de Ação Social, Fernanda Richa. As cidades de Itajaí e Jaraguá do Sul estão entre as 24 missões que manifestaram interesse em estreitar os laços de cooperação na área social, em oito meses. "Os catarinenses ficaram muito interessados com a estrutura que se criou com a gestão do prefeito Beto Richa", explica Fernanda. Em 2005 a estrutura da FAS passou a ser dividida em três principais diretorias - Proteção Básica e Especial; e a de Geração de Trabalho e Renda, para que a política de atendimento social em Curitiba seja desenvolvida, dentro da particularidade e atenção que cada área necessita. Embora, quando a prática acontece, o resultado envolve uma ação conjunta.

Agosto foi o mês com maior número de visitas à Fundação de Ação Social, foram cinco e todos demonstraram interesse pelo sistema de implantação e funcionamento dos Cras. A mais recente comitiva foi da Universidade de Shukutoku, que fica na cidade de Tóquio, no Japão. Os representantes do departamento Internacional de Comunicação da Universidade visitaram algumas unidades de atendimento social e trocaram experiências sobre geração de trabalho e renda. No Centro de Referência e Assistência Social (Cras) Vila Sandra, o grupo conheceu a estrutura operacional e o atendimento a famílias nas comunidades. "Eles ficaram encantados com a estrutura física e com a oferta de serviços que os centros oferecem à população", disse a diretora da FAS, Maria de Lourdes San Roman. CRAS Os Centros de Referência e Assistência Social são espaços para o atendimento social

em Curitiba e foram criados para acolher com dignidade a todas as famílias, atendidas pelos programas da FAS, principalmente as que estão em situações de vulnerabilidade social ou em situações que precisam de proteção e de defesa jurídica. "A promoção social em nossa cidade é feita com respeito ao cidadão, porque consultamos suas necessidades dentro das comunidades", disse Fernanda Richa. Em 2008, uma comissão do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome esteve em Curitiba para conhecer mais sobre o protocolo do CRAS e sobre política pública da cidade para Assistência Social, e como são feitos os atendimentos e acompanhamentos de famílias em situação de vulnerabilidade social nos CRAS. O protocolo do CRAS da FAS foi um dos vencedores do 2º Prêmio Práticas Inovadoras da Gestão do programa Bolsa Família, do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, no ano passado Curitiba | Agosto | 2009

CURITIBA

FAS vira modelo para cidades brasileiras e do exterior

21

A Fundação de Ação Social (FAS), instituição responsável pela política social de Curitiba, recebeu comitivas de diversas cidades brasileiras e de países estrangeiros, entre janeiro e agosto deste ano. Foram mais de cem visitantes, entre autoridades governamentais e técnicos que vieram conhecer os programas da FAS e as unidades de atendimento social, entre eles o Centro de Referência da Assistência Social (Cras).


Foto: Orlando Kissner/SMCS

A presidente da Fundação de Ação Social, Fernanda Richa, entregou (21) cobertores para 300 famílias que moram na Vila Pantanal, na Regional Boqueirão. As doações fazem parte do 39º lote de arrecadações feitas pela Campanha Doe Calor, promovida pela Prefeitura de Curitiba e FAS, em parceria com o Instituto Pró-Cidadania de Curitiba (IPCC). Foram distribuídas 1.190 peças de roupas, 135 pares de calçados e 1.020 cobertores a mais duas instituições sociais conveniadas com a FAS - Associação de Moradores Vila Rex II e Clube de Mães Itamarati. As doações beneficiarão 510 famílias que participam de programas sociais do município. "Que estes cobertores tragam um pouco mais de conforto as famílias, da mesma forma que a escola, a creche, a quadra esportiva e outros equipamentos da Prefeitura melhoraram a qualidade de vida de todos", disse Fernanda. Cada instituição recebeu kits com roupas, calçados e cobertores. Desde abril passado, a Campanha Doe Calor arrecadou 378 mil agasalhos e já distribuiu 300 mil peças, que beneficiaram mais de 127 mil pessoas. As doações poderão ser feitas até 30 de setembro, em um dos 916 postos de coleta na cidade. Doe Calor - Desde abril, a Campanha Doe Calor atendeu mais de 127 mil pessoas. Foram entregues mais de 57 mil cobertores nas nove Administrações Regionais da Prefeitura. Cada família recebeu dois cobertores de casal. Também foram atendidas mais de 322 instituições sociais. Cada instituição recebeu mais de 100 peças entre agasalhos, roupas masculinas, femininas e infantis, além de pares de luvas e de calçados. As doações também podem ser feitas pelo telefone 156 da Prefeitura. Entidades que receberam a doação: > Associação de Moradores da Vila Pantanal > Associação de Moradores Vila Rex II > Clube de Mães Itamarati

Prefeito de Curitiba, Beto Richa, participa da posse da nova diretoria da União de Vereadores do Paraná, no Cietep

Beto Richa participa da posse da União de Vereadores do Paraná O prefeito Beto Richa participou (20) da posse da nova diretoria da União de Vereadores do Paraná. A cerimônia foi no Auditório do Centro Integrado dos Empresários e Trabalhadores do Estado do Paraná (Cietep), em Curitiba, no encerramento do 1º Encontro Estadual sobre Empreendedorismo nas Câmaras Municipais. O vereador Bento Batista da Silva, do município de Juranda, no centrooeste do Paraná, foi empossado para a quarta gestão como presidente da entidade, que congrega aproximadamente 3.700 vereadores dos 399 municípios do Estado. O prefeito Beto Richa ressaltou a importância da Uvepar para as comunidades. "Os vereadores são os representantes de cada comunidade, os defensores dos interesses da população e, na medida em que se unem em torno de um objetivo importante, como é a capacitação, irão exercer melhor seus mandatos, apresentar melhores projetos e a população sai ganhando", disse Richa.

Foto: Rogério Machado/SMCS

A presidente da Fundação de Ação Social, Fernanda Richa, entregou (21) cobertores para 300 famílias que moram na Vila Pantanal, na Regional Boqueirão. - Na imagem a entrega no Clube de Mães Unidos para vencer do Jardim Iguaçú

Curitiba | Agosto | 2009

22

CURITIBA

DIVULGAÇÃO

ParAanon18á

Doe Calor entregou 300 mil peças de agasalhos, para 127 mil pessoas

"O objetivo principal da Uvepar é promover a capacitação permanente dos vereadores, em função dos processos legislativos, da evolução das normas, do entendimento da Lei Orgânica dos municípios, do regimento interno de cada casa legislativa", afirma Bento. Segundo ele, a renovação dos quadros de vereadores é natural e contínua e ninguém começa sabendo de tudo, daí a importância da ação da entidade. "Temos que estar preparados para ajudar os novos vereadores de cada legislatura, promovendo eventos como esse Encontro Estadual de Empreendedorismo nas Câmaras Municipais, em parceria com o Sebrae do Paraná", completou. A solenidade de posse teve a presença do senador Osmar Dias; dos deputados estaduais Augustinho Zucchi, Fabio Camargo e Plauto Miró Guimarães; dos vereadores Juliano Borghetti, Jonny Stica, Professor Galdino e Roberto Hinça; do coordenador de políticas públicas no Sebrae no Paraná, César Ricetti; do presidente do Sistema Secovi - Paraná, Luiz Carlos Borges da Silva e da coordenadora estadual do movimento Nós Podemos Paraná, Maria Aparecida Zago Udenal.


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO das pelo Ippuc desde a criação do Instituto e a evolução do sistema de transporte, Almeida comparou a demanda existente hoje nos dois primeiros eixos de transporte e desenvolvimento implantados na cidade - norte e sul - a outras cidades que já oferecem o metrô aos usuários. Atualmente, nos eixos onde será implantada a primeira linha do Metrô Curitibano, são transportados quase 417 mil passageiros. Considerado o aumento da população e a atratividade do sistema, quando começar a funcionar, o metrô deverá transportar 500 mil usuários, volume próximo do que é transportado, por exemplo, pelo Metrô do Rio de Janeiro que possui duas linhas de metrô e transporta 550 mil pessoas. "A escolha do traçado foi feita em função da demanda que temos nestes eixos. Do ponto de vista da viabilidade econômica, não dá para fazer metrô onde não existe demanda. E a escolha do metrô segue a evolução do sistema, que começou justamente nos eixos Norte e Sul. O Metrô

completa a Rede Integrada de Transporte que está sendo construída há quase 40 anos. É preciso entender este momento como um momento de ampliação da capacidade do sistema, não é a derrota do nosso sistema atual de BRT (Bus Rapid Transit), que continuará existindo e será aprimorado", explicou o presidente do Instituto, que também respondeu a perguntas de quase todos os 22 vereadores presentes. Entre os questionamentos, alguns vereadores quiseram saber da possibilidade de ocupação das canaletas, atualmente usadas pelos ônibus do sistema expresso, por carros e motocicletas. Cléver Almeida explicou que a meta não é devolver o espaço do ônibus a quem utiliza o transporte individual, já que em Curitiba a prioridade é o transporte público. A proposta pretende destinar o espaço das canaletas para a utilização de pedestres e ciclistas. O assessor de projetos especiais da Prefeitura, Maurício Sá de Ferrante, enfatizou a im-

portância da participação do governo federal no projeto. "Sem a participação do governo federal, não existe o metrô", disse Ferrante. O presidente do Ippuc afirmou que os ministérios envolvidos nas negociações do Metrô Curitibano, como Planejamento e Cidades, sempre estiveram de portas abertas para a Prefeitura de Curitiba. "Queremos continuar esta parceria", disse Cléver Almeida. Desde 2005, a Companhia Brasileira de Trens Urbanos, empresa de serviços de transporte ferroviário de passageiros ligada ao Ministério das Cidades, está envolvida no projeto para a construção do metrô de Curitiba. A empresa que já implantou metrôs em diversas cidades brasileiras, participou dos estudos preliminares feitos em 2005 e financia parte dos custos dos contratos em andamento para a elaboração dos estudos e projetos de engenharia e EIA/RIMA do Metrô Curitibano. A Companhia do Governo Federal também acompanha criteriosamente o andamento dos trabalhos. Curitiba | Agosto | 2009

CURITIBA

A apresentação ocorreu (19) na Câmara Municipal de Curitiba e foi feita pelo presidente do Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Curitiba, Cléver Almeida, que compareceu à tribuna ao lado do assessor de projetos especiais da Prefeitura, Maurício Sá de Ferrante. Depois de apresentar os conceitos de planejamento, diretrizes que vêm sendo segui-

Metrô Curitibano fará parte da Rede Integrada de Transportes

23

Os vereadores de Curitiba conheceram os detalhes e puderam fazer questionamentos ao projeto da primeira linha do Metrô Curitibno, que neste momento passa pela elaboração dos estudos e projetos de engenharia, do Estudo de Impacto Ambiental e do Relatório de Impacto ao Meio Ambiente.


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Em Tijucas no Mês dos Pais ASSETS promove festa e brincadeiras em parceria com o Sebrae No barracão de festas da Igreja Matriz de Tijucas do Sul, será realizada homenagem com festividades alusivas ao mês dos pais, com buffet de cachorro quente, salgados, doces e muita recreação com piscinas de bolinhas, oficina de desenhos para as crianças da cidade. A promoção é da diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Tijucas do Sul (ASSETS). Na opinião do presidente da entidade, César Matucheski, objetivo é valorizar os aproximados noventa associados da agremiação. Matucheski aproveitou para robustecer as boas parcerias firmadas com Câmara Municipal e prefeitura da cidade. Exemplo disso destacou o empresário, é essa parceria com o Sebrae através do programa grupo empreendedor. Dois cursos estão em andamento sobre capacitação na produção de champion e criação de salões de beleza, sob acompanhamento da vigilância sanitária. Meta é a união do grupo para geração de emprego e renda. “É importante destacar que a Associação Comercial, juntamente com o Conselho da Mulher Executiva e o poder público municipal vem ensinando e estimulando as atividades comerciais de trabalho através do ingresso na formalização, sendo essas pessoas contribuintes do INSS, sob proteção da lei geral da micro e pequena empresa, a partir da orientação e abertura da empresa. O programa em parceria com o Sebrae vem dando certo e tende ser ótima ferramenta para viabilizar maior renda aos trabalhadores e empresários do município”, enfatizou o presidente da Assets. (C.E.) Serviço: Associação Comercial e Empresarial de Tijucas do Sul – ASSETS (rua Manoel Alves de Oliveira, 1370 – Vila Cubas). Telefone: 3629-1346.

Prefeito Machadinho ao lado do atleta José Alexandre Prates e a equipe da academia AM Fit

Mandirituba na Copa Brasil de Kick Boxing

Não é de hoje que José Alexandre Prates, 33 anos, traz importantes títulos ao município de Mandirituba. No mês de junho deste ano, o atleta, para o orgulho dos munícipes, obteve o título de Campeão Brasileiro de Kick Boxing, categoria 80 kg. Neste mês de agosto, nos dias 14, 15 e16, participou da Copa do Brasil de Kick Boxing realizada na cidade de Embu das Artes, estado de São Paulo. Com mais de 500 atletas inscritos, conquistou o segundo lugar. Em janeiro do ano que vem, na cidade de Bankoc-Tailândia, Alexandre enfrentará o seu maior desafio, conseguir uma boa colocação no Campeonato Mundial de Muay Thai, pois terá de ficar 25 dias competindo pelas regras asiáticas. Será com certeza a prova de luta mais dura

que o nosso atleta irá enfrentar, porém Alexandre sabe que se não fosse por seus esforços e o apoio de amigos, como a professora de educação física Maraci Nickel, que o auxilia em sua preparação, e também a empresas que o patrocinaram e acreditaram em seus sonhos, ele não alcançaria tão bons resultados. O prefeito Machadinho destaca a dedicação do atleta nas suas competições e ressalta que o município também sai ganhando através da representatividade nas diversas disputas que Alexandre participa. “É acima de tudo um exemplo para os jovens e para as pessoas em geral. Precisamos acreditar em nosso sonhos e trabalhar para torna-los reais”, comentou o prefeito.

Curitiba | Agosto | 2009

xeira; o gerente José Alberto Salceda e o arquiteto Juarez Nakamura. “É com grande satisfação que comunico a vinda desse novo empreendimento para São José dos Pinhais. De início, isto significa a criação de 150 postos de trabalho mais os reflexos indiretos que um investimento dessa categoria acarreta na economia da cidade”, afirmou o prefeito. A nova loja vai ser construída no terreno situado na esquina da rua Isabel, A Redentora com a avenida Rui Barbosa, antiga sede da indústria de bebidas Irmãos Trevisan Ltda, fabricante da cachaça Trivisan.

(Foto: Silvio Ramos/PMSJP)

Trata-se do braço brasileiro do grupo empresarial mexicano Coppel, que atua no varejo de móveis, eletrodomésticos, confecções e calçados. O novo empreendimento em São José dos Pinhais será uma loja de departamentos com cerca de quatro mil metros quadrados de área construída. A sua sede vai se localizar na região central da cidade, com inauguração prevista para março de 2010. O anúncio ocorreu logo após a reunião de Ivan Rodrigues com dirigentes da Coppel. Participou do encontro diretor Gilmar Godoy; o diretor administrativo Luiz Antonio Tei-

24

RMC

São José dos Pinhais anuncia vinda de nova empresa


evitar maiores transtornos próximos às obras”, disse Riechi. Ainda de acordo com ele, o tráfego pesado (caminhões de pedras) será desviado para o bairro São Cristóvão, não só neste período de obras, mas também com a finalização do Novo Centro. “Já os caminhões que atendem ao comércio local terão que cumprir o horário de carga e descarga específico para a avenida, que ainda está em estudo”, informou o secretário. Investimento O investimento da revitalização da avenida é de aproximadamente R$ 2 milhões, sendo R$ 1 milhão e 400 mil do Ministério do Turismo e cerca de R$ 524 mil de recursos próprios do município. Para o prefeito Gabriel Jorge Samaha (Gabão), além de revitalizar a avenida, o objetivo é estabelecer o resgate cultural, social e econômico do município. “Por meio destas obras, queremos garantir a função social da cidade, ou seja, o desenvolvimento autossustentável, a infraestrutura urbana e o lazer dos cidadãos, criando áreas de convivências para as pessoas”, declarou o prefeito, que também comentou sobre o convite feito aos comerciantes e moradores: “desde a minha primeira gestão procuro manter uma relação aberta e democrática com os munícipes. Todos os transtornos que iremos enfrentar agora, pois estamos mexendo em uma cidade vivendo nela, são para colher resultados positivos no futuro, seja na melhor infraestrutura do comércio ou na valorização dos imóveis”, avaliou Gabão.

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Ocorreu recentemente a entrega dos Certificados de Dispensa de Incorporação – CDI do serviço militar aos reservistas Mandiritubenses que completam maior idade neste ano. Para muitos desses jovens, o ato cívico de receber o documento representa, entre outras coisas, a passagem da adolescência para a vida adulta, reforçando responsabilidades com o seu país. A solenidade foi realizada no ginásio Mandiritubão e foi coordenada pelo 2° Tenente do Serviço Militar de São José dos Pinhais, Claudecir Aparecido Bovo. Participaram do evento o prefeito Machadinho, a vice-prefeita Sandra Zimmerman, o secretário da Junta de Serviços Militares, Ulisses José Mendes da Cruz, os vereadores José Luís, Celso Batata e Valdir Cruz, além de amigos e familiares dos jovens que receberam o CDI. Palestra reuniu educadores, supervisores, diretores, orientadores e professores das redes municipal, estadual e particular

Orientações sobre a gripe antes do início das aulas Seguindo as recomendações do Ministério Público Federal, e preocupado em garantir condições seguras à população, o prefeito de Quatro Barras, Loreno Tolardo, estabeleceu uma ação conjunta entre as secretarias de Saúde e Educação: na quinta-feira (20), reuniu educadores, supervisores, diretores, orientadores e professores das redes municipal, estadual e particular de ensino para receber orientações sobre a Gripe A H1N1, antes do retorno das aulas. Participaram do encontro mais de 80 educadores. A palestra foi ministrada pelo secretário de Saúde, Dr. Julio Lopes, que passou informações sobre a transmissão da doença, os cuidados tomados com as crianças e com a mobília – para evitar o contágio – sintomas, precauções e medidas necessárias para a prevenção. Segundo ele, a secretaria e a equipe da Vigilância em Saúde estão à disposição para esclarecer qualquer dúvida. “A doença já está em processo de declínio em função dos cuidados que a população já vem adotando, e a tendência é decli-

Para o prefeito Gabão, com a revitalização do Centro, o objetivo é garantir a função social da cidade, ou seja, o desenvolvimento autossustentável, a infraestrutura urbana e o lazer dos cidadãos

nar ainda mais com a saída do sol. Com todas as precauções tomadas, vamos estancar o processo de transmissão. A palestra vem reforçar essas medidas preventivas e tornar a equipe ainda mais ciente de como deve proceder”, disse Lopes. De acordo com a secretária de Educação, Maria Rodrigues, além desta orientação, a prefeitura está adotando várias medidas cautelares. Uma delas é a aquisição de materiais de higienização para as escolas, como álcool gel 70%, sabonetes líquidos, toalhas e copos descartáveis, e dispense para as salas de aula. Todas as escolas foram abertas para garantir a circulação do ar. “O trabalho de conscientização vem sendo bastante amplo, com palestras, panfletagens, orientações e cartazes. E deste encontro com as educadoras, a informação também irá adiante. Todas elas serão multiplicadoras, não só para a equipe das escolas, mas também para todos os alunos. O prefeito Loreno Tolardo vem solicitando a máxima atenção e todos os cuidados necessários”, informou Maria. Curitiba | Agosto | 2009

RMC

As obras do trecho 1 do Novo Centro (entre a Rua Roque Vernalha e a Igreja Matriz) têm início (18). Para minimizar os impactos que obras de grande porte costumam gerar a comunidade, a secretaria de Urbanismo fez uma reunião com os comerciantes e moradores da região, no último dia 13, para reapresentar o Projeto Novo Centro e o cronograma das obras. Comerciante há 42 anos, Celso Artigas, durante a reunião expôs algumas sugestões, e também aproveitou para reivindicar. “Queremos o comprometimento da prefeitura com o prazo da execução das obras e também uma maior organização da avenida como, por exemplo, tirou a calçada velha já em seguida conclui a calçada nova, para não ficar material espalhado por toda a avenida”, comentou Artigas. Segundo o secretário municipal de Urbanismo, Silvio Riechi, a previsão da conclusão deste trecho é de dois a três meses. “Tudo irá depender do clima, quanto menos chuva melhor, porém este é um cronograma superestimado, já contando com imprevistos que possam vir a ocorrer”, avaliou Riechi. A primeira etapa da obra será a retirada das calçadas existentes e a drenagem do local. Passada esta fase serão colocadas novas calçadas e meio-fio, além de paisagismo. Alteração no trânsito Com o início das obras, nos próximos dias deve ser fechada uma das pistas da avenida (sentido prefeitura). Já a pista no sentido a linha férrea ficará em mão dupla. “Pedimos que os motoristas reduzam a velocidade, para

Jovens recebem CDI

25

Foto: Frans Rodrigues

Em Piraquara obras na Avenida Getúlio Vargas já foram iniciadas


Com o fim do recesso escolar decretado por duas semanas por causa da nova gripe, o retorno das aulas nas escolas municipais e CMEIS de Campina Grande do Sul, (17), foi marcado por atividades pedagógicas que abordaram medidas de prevenção contra a disseminação do vírus Influenza A (H1N1). Além das ações curriculares, a secretaria de Educação disponibilizou um vídeo educativo sobre a doença, que foi transmitido em todas as instituições de ensino. No período de suspensão das aulas, a equipe pedagógica foi treinada e recebeu uma apostila informativa como apoio para o desenvolvimento de diversas atividades. Na aula de Educação Física da Escola Municipal José Eurípedes Gonçalves, por exemplo, as turmas aprenderam como lavar corretamente as mãos. Tarefas como pesquisa e produção de redação sobre o assunto e orientação sobre alimentação saudável também fizeram parte dos trabalhos. As escolas e CMEIS foram equipados de acordo com recomendações dos órgãos de saúde. Os sabonetes convencionais foram substituídos por líquidos e o papel toalha ocupa o lugar das toalhas de tecido. As instituições ainda foram abastecidas com álcool gel 70%, que está à disposição das crianças o dia todo. Para a hora do lanche, as educadoras pedem que os alunos levem copos e pratos de casa, para uso exclusivo. O horário do recreio está maior para que as professoras destinem alguns minutos para as crianças lavarem as mãos e aplicarem o álcool antes e após o intervalo. Mudanças também no quadro de funcionários. As professoras gestantes ou que se enquadram em outras situações de risco foram dispensadas e substituídas. Para o transporte escolar, também foram tomados uma série de cuidados. Motoristas e

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está instalado em Araucária desde fevereiro de 2005. O Senai no município foi idéia do prefeito Albanor Zezé Gomes já na sua gestão anterior (2001-2004). A boa vontade e confiança passadas por Zezé, possibilitaram a vinda do serviço para o município, beneficiando centenas de jovens, aprendizes de uma profissão e trabalhadores em busca de aperfeiçoamento técnico. No entanto o primeiro convênio celebrado entre o Senai e a Prefeitura de Araucária, durou apenas dois anos e não foi renovado desde abril de 2007. “Diante dessa situação e tendo consciência da importância do serviço para os cidadãos araucarienses, acabamos de assinar um termo de acordo de parceria com o Senai para realização dos programas de aprendizagem”, explicou o prefeito. O acordo foi assinado em 27 de julho, e agora tem prazo indeterminado de vigência, beneficiando adolescentes do município que vivem em situação de vunerabilidade social e são atendidos pelos programas sociais ofertados pela Secretaria Municipal de Promoção Social e Cidadania (SMPS). Segundo a diretora do Departamento da Criança e do Adolescente da SMPS, Claudia Hass, para poder fazer o teste de seleção e participar do curso técnico de aprendizagem de auxiliar administrativo e produção industrial o adolescente deve ter entre 14 e 17 anos, ter concluído o Ensino Fundamental e estar participando há no mínimo seis meses dos programas sociais da prefeitura. “Todos esses adolescentes que fazem o curso, são oriundos dos programas sociais da SMAS: Adolescentro, Espaço Menina, Adolecência Cidadã e às vezes da Casa da Criança”, detalha Claudia. O curso é ministrado por professores da Prefeitura e também por técnicos do Senai. Tem duração de um ano e meio e é constituído por três módulos semestrais, totalizando 815 horas de teoria e prática. Desde o primeiro módulo, os alunos passam um período do dia no curso, outro estagiando em uma empresa do município e à noite devem frequentar a escola. No início de julho concluiram o curso 83 adolescentes do município. De seis em seis meses o Senai abre uma nova turma, com 60 ou 120 vagas. “Por se tratar de um curso profissionalizante e reconhecido nacionalmente, que oferece uma grande oportunidade de crescimento para esses jovens, eles se esforçam por passar no teste. Mas mesmo que eles não passem, sempre podem tentar novamente no outro semestre”, disse a diretora. De acordo com informações da SMPS enquanto estão estagiando os jovens aprendizes também recebem da empresa salário e demais benefícios (assistência médica, alimentação e transporte), além de terem grandes chances de serem efeitivados ao final do curso. Mas para que o jovem possa se formar é fundamental que ele esteja indo à escola. “Nós fazemos um acompanhamento de cada aluno. Um dos critérios para que o adolescente possa continuar no curso é que ele tenha um desempenho escolar satisfatório”, finaliza Claudia Hass.

Curitiba | Agosto | 2009

monitoras receberam orientações sobre as medidas cautelares e os veículos são desinfetados várias vezes ao dia com álcool. A equipe pedagógica está atenta às crianças que apresentarem sintomas de gripe ou resfriado. A secretaria de Educação conta com um responsável pela monitoração dos casos suspeitos para supervisionar as situações. O monitor é encarregado de fazer contato com a secretaria de Saúde e acompanhar a sala do aluno com suspeita da doença, ajudando a reforçar a prevenção e detectando precocemente qualquer outro caso suspeito. Para isso, conta com o auxílio da equipe da Visa (Vigilância em Saúde). “As crianças que apresentarem quaisquer sintomas de gripe são dispensadas da aula e ficam em uma sala exclusiva até que a escola entre em contato com os responsáveis. Se necessário, serão encaminhadas à unidade de saúde”, explica a secretária de Educação, Esporte e Cultura, Eliane Zanetti. As escolas recomendam que as crianças que apresentarem sintomas não compareçam à escola. “Só receberemos alunos gripados ou resfriados mediante a apresentação de um atestado médico permitindo o convívio da crianças no ambiente escolar”, declara Sônia Belo, gerente da secretaria de Educação.

Foto: Gabriela Siqueira/PMCGS

Convênio de parceria estabelecido entre Prefeitura e Senai agora vale por prazo indeterminado

26

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO RMC

Rede municipal de ensino recomeça aulas preparada contra a gripe A

Prefeito Zezé regulamenta Senai no município


Esposa do senador Osmar Dias esteve em Pinhais onde conversou com o prefeito Luizão e a vice Marli Paulino

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

“Candidatura de Osmar Dias ao governo do Estado é irreversível”, diz Maria Teresa

O prefeito Luizão Goulart (PT) e a vice-prefeita de Pinhais, Marli Paulino (PDT) receberam nesta quarta-feira (19) a visita de Maria Teresa Dias, esposa do senador Osmar Dias. Durante encontro, Maria Teresa reforçou o compromisso com o município e Prefeito Luizão e vice-prefeita Marli Paulino receberam a visita de Maria Teresa Dias explanou sobre a implantação de projetos voltados à agricultura familiar. lar ações sociais no município, por meio de esforços que apóiem Uma das afirmações de Maria Teresa diz respeito ao posicio desenvolvimento humano e a cidadania, integrando o homem onamento de Osmar Dias em relação ao pleito eleitoral de em sua comunidade como agente ativo e responsável. 2010. Segundo ela, o projeto encabeçado pelo PDT está avanO objetivo do projeto é desenvolver uma rede de particiçando e o lançamento do candidato a governador é praticapação, junto com a prefeitura, parceiros da iniciativa privamente certo. “A candidatura de Osmar Dias ao Governo do da e voluntários visando o desenvolvimento e a assistência Estado é irreversível”, afirmou, contrariando os rumores de que às populações carentes. “Nós fizemos este programa para o senador poderia abrir mão da disputa para apoiar outro candipromover hortas comunitárias e com alimentos saudáveis, dato. mas também para que as famílias sejam beneficiadas e, com Além de política, o encontro abordou a intenção de introduisso, queremos promover outro programa envolvendo cozizir em Pinhais o programa Paraná Ainda Mais Verde. O Progranhas itinerantes que vão ensinar a usar e reaproveitar os ma é uma ação voluntária que leva idéias práticas para estimualimentos”, declarou.

O governador Roberto Requião e o presidente da Cohapar, Rafael Greca, assinaram na Escola de Governo, os primeiros contratos para construção de moradias pelo programa “Minha Casa, Minha Vida”. Nesta primeira fase, estão definidas 2.694 unidades habitacionais em 14 municípios do Estado. O investimento será de R$ 110 milhões. O município de Mandirituba está entre os selecionados para receber o investimento e a Secretaria de Ação Social já promoveu um pré-cadastro das famílias interessadas e que se enqua27

Prefeito Machadinho assinou o contrato na escola de governo

dram no formato do programa. Segundo o prefeito Machadinho, todas as etapas para viabilizar a construção das casas estão sendo cumpridas. “Assinamos contrato para a implantação de 103 residências, que tem como objetivo atender aquelas famílias que realmente necessitam de apoio para conquistar o sonho da moradia própria”, relata o prefeito. Em Mandirituba o terreno pré-selecionado está localizado no bairro da Lagoinha. O programa atende famílias que receber entre zero e dez salários mínimos, em duas modalidades.

Curitiba | Agosto | 2009

RMC

Mandirituba no “Minha Casa, Minha Vida”


Jornalista e empresário, que foi vítima de parada cardíaca, realizou o sonho de adolescência de ser proprietário de jornal Morreu o jornalista e empresário Abdo Aref Kudri, fundador do jornal Diário do Paraná e presidente da Associação das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Paraná. Kudri, que estava internado no Hospital Santa Cruz, morreu aos 80 anos de uma parada cardíaca. O corpo foi velado na Assembleia Legislativa do Paraná e foi no Cemitério Municipal de Curitiba. Em razão da morte do empresário, o governador do Paraná, Roberto Requião, decretou luto oficial de três dias no Estado. Nascido em 5 de novembro de 1928, Kudri passou a infância em Paranaguá, onde, aos 10 anos de idade, trabalhava como engraxate e entregador de jornais para ajudar os pais. Segundo o livro Abdo Aref Kudri – 50 Anos de Jornalismo, escrito por Gilberto Namur, Kudri teve seu primeiro texto publicado quando ainda era adolescente, no Jornal do Comércio, de Paranaguá. Na época, já sonhava em ter o seu próprio jornal. RPC A Rede Paranaense de Comunicação (RPC) lamentou o falecimento do jornalista Abdo Aref Kudri, diretor-presidente do jornal Diário Popular e presidente do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Paraná. De espírito conciliador, era reconhecido por todos como um líder que buscou, através do diálogo, o entendimento comum tendo por escopo maior o fortalecimento da classe. Depois de viver por um curto período de tempo em Sorocaba, interior de São Paulo, Abdo Kudri se mudou com a família para Curitiba, onde trabalhou como escrevente de car-

Curitiba | Agosto | 2009

Paraná, voltado para os leitores da capital do estado. Em 1959, depois de ser diagnosticado com câncer, Abdo Kudri decidiu vender o Correio por ouvir dos médicos que teria apenas mais um ano de vida. Mas, ao contrário das previsões, se recuperou completamente da doença. Na obra de Gilberto Namur, revela: “Das duas uma: ou o diagnóstico de câncer foi um erro primário, ou Deus me deixou ficar mais um pouquinho”. Em 1963, voltou à ativa como empresário e lançou o Diário Popular, que permanece com circulação ininterrupta em Curitiba. Foi responsável pela criação do prêmio Melhores do Ano, que homenageava as grandes personalidades do estado, e pela Chuteira de Ouro, que anualmente contempla os melhores atletas do futebol paranaense. Líder A Associação dos Jornais Diários e Revistas do Estado do Paraná foi criada em 1979, ao lado dos colegas empresários, entre eles Francisco Cunha Pereira Filho, diretor-presidente da Rede Paranaense de

tório e ingressou nos cursos de Direito, da Universidade Federal do Paraná, e de Economia, da Faculdade do Paraná. Mas o objetivo de Kudri era se tornar um jornalista profissional. Em 1949, teve a sua primeira chance na grande imprensa. Foi convidado pela jornalista Juril Carnasciali a integrar a equipe da Gazeta do Povo. “Ele foi um moço de garra e se destacou principalmente pela inteligência”, conta Juril. Dois anos depois, foi contratado pelo Diário da Tarde e se tornou editor-chefe do mesmo jornal que vendia na plataforma da estação de trem de Paranaguá. Empreendedor A trajetória de Kudri como empresário começou ainda na década de 50 com a publicação de jornais quinzenais voltados para a população de cidades pequenas como São José dos Pinhais, Lapa e Guaratuba. “Ele se dizia presidente da Rede Paranaense de Jornais e foi responsável por um jornalismo atuante e de qualidade”, lembra o jornalista Luiz Geraldo Mazza. Em 1958, fundou o Correio do

“Algodão entre cristais” Abdo Aref Kudri era conhecido por sua vocação pacificadora. Os amigos diziam que ele era um “algodão entre os cristais”, pois conseguia conciliar diferentes visões e interesses, sem deixar “que os cristais se quebrassem”. Os colegas de longa data, entre eles o jornalista Luiz Geraldo Mazza, lembram de um episódio curioso que aconteceu em 1963, ano do golpe militar. “Decidimos, em assembleia, paralisar as nossas atividades. Todos os jornais pararam de rodar”, conta Mazza, um dos autores da proposta. Mas, enquanto vários donos de jornal pediam reforço policial, Abdo agiu de maneira inusitada, como conta Gilberto Namur, no livro Abdo Aref Kudri – 50 Anos de Jornalismo. Kudri decidiu ceder seu parque gráfico para que os jornalistas publicassem o seu manifesto, chamado de A Greve, e explicar à população o motivo da decisão tomada. “O jornal circulou durante três dias”, lembra Mazza. (JK)

Comunicação (RPC), e Paulo Pimentel, diretor-presidente do Grupo Paulo Pimentel, com o objetivo de unir e fortalecer o setor. Desde 1994, também ocupava a presidência do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Estado do Paraná (Sindejor), criado posteriormente. “Ele foi um dos pioneiros, previu a evolução dos sindicatos em substituição às associações. Liderava a classe porque tinha um temperamento pacificador”, conta o empresário Paulo Pimentel, vice-presidente do Sindejor. A diretora da Unidade de Jornais da RPC, Ana Amélia Cunha Pereira Filizola, lembra que Abdo Kudri foi um batalhador pela imprensa paranaense por mais de 50 anos, e enaltece a forte amizade de Abdo com o seu pai, o jornalista Francisco Cunha Pereira Filho. “Os dois amigos estavam em permanente contato e lideraram juntos a fundação do Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Paraná”, destaca. Família Abdo Aref Kudri era viúvo e deixou duas filhas e três netos. Para a filha Soraya Rosana Torres Kudri, o jornalista e empresário era um pai “maravilhoso”. “Ele tentava fazer tudo o que a gente queria, mesmo sem a gente pedir”, conta. “Ensinava o caminho correto e sempre ficava orgulhoso do que a gente fazia.” A outra filha, Cristina Kudri Sobania, destaca a importância de Abdo Kudri para o jornalismo e para o Paraná. “Foi uma vida dedicada à imprensa”, resume. “Ele faz parte da história, sempre lutou pelo estado.”

ALMIRANTE TAMANDARÉ

Abdo Kudri

28

ParAanon18á

DIVULGAÇÃO LUTO

Paraná perde


DIVULGAÇÃO

mo também foi estendido de 24 para 48 meses (o mínimo continua a ser de quatro meses) e a taxa de juros, além de reduzida, foi escalonada de acordo com o prazo de contratação. O valor das prestações é debitado em conta corrente na data escolhida pelo cliente, com carência de até 180 dias para pagamento da primeira parcela. A linha, que tinha juros fixos em 2% ao mês, agora passa a oferecer a taxa de 0,99% ao mês para contratos com prazo de até 12 meses. No prazo máximo, a taxa de juros do BB também ficou menor do que o teto de 2% estabelecido pelo Banco Central e agora é de 1,8% ao mês. As novas condições facilitam o acesso ao crédito e demonstram confiança no reaquecimento da economia. Desde 2004, quando o BB Crédito Pronto foi lançado, o volume desembolsado é de R$ 2,5 bilhões, que corresponde a 5,2 milhões de clientes atendidos. As novas condições do microcrédito do Banco do Brasil estão disponíveis para clientes com renda máxima de mil reais e que não possuam aplicações financeiras com valores superiores a R$ 3 mil. A contratação é bem simples e pode ser feita por meio dos terminais de autoatendimento, pela internet ou em qualquer agência BB por aqueles correntistas que tenham limite de crédito aprovado.

Consumidores de todo o País ganharam mais uma ferramenta para discutir e relatar problemas dos serviços de atendimento ao consumidor (SACs) das empresas reguladas pelo Decreto nº 6.523/08. Está no ar um novo espaço no portal do Ministério da Justiça para avaliar a qualidade do SAC. O acesso poderá ser feito na página principal do Ministério (www.mj.gov.br). Na página, o consumidor poderá dizer se o atendimento foi adequado, se o atendente resolveu as pendências e se o tempo de espera foi respeitado, entre outras possibilidades. “Será um termômetro, mais um instrumento de monitoramento dos SACs”, disse a secretária de Direito Econômico do Ministério da Justiça, Mariana Tavares. Os registros vão colaborar para a formulação de políticas públicas sobre o assunto pelo Sistema Nacional de Defesa do Consumidor (SNDC). Procons - A secretária esclarece que o Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor (DPDC), vinculado à Secretaria de Direito Econômico (SDE), não irá funcionar como um Procon em função do novo serviço. “As reclamações devem continuar a ser feitas nos Procons. Ele será um espaço para o consumidor nos dizer como tem sido o atendimento das empresas, para que possamos ter uma melhor compreensão do que funciona, do que precisa ser feito”, completou. Caso o consumidor tenha interesse em apresentar uma reclamação para solução individual, poderá procurar diretamente um dos órgãos do SNDC, como Procons, Defensorias Públicas, Ministérios Públicos e Entidades Civis de Defesa do Consumidor. Para registrar sua visão sobre o assunto, é obrigatório que o internauta diga seu nome, CPF e número do serviço de call center que ligou. Além do portal do MJ, um link para a ferrramenta também estará disponível nas páginas de parceiros do órgão, como Procons estaduais, municipais e Ministérios Públicos. Regras gerais - As determinações do Decreto nº 6.523, regulamentando a Lei nº 8.078/1990, entraram em vigor em 1ª de dezembro de 2008. Ele fixa normas gerais sobre o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC). As regras valem para setores regulados pelo governo, como serviços de telecomunicações, de água e energia elétrica, instituições financeiras, companhias aéreas, transportes terrestres e planos de saúde.

Curitiba | Agosto | 2009

GERAL

Consumidor pode relatar problemas com SAC na internet

29

Donos de bares e restaurantes de todo o País poderão contratar financiamentos do Banco do Brasil com taxas de juros, em média, 25% mais baixas. Está disponível a medida que é fruto de um convênio do Banco do Brasil (BB) e da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), com apoio do Ministério do Turismo. Pelo convênio, os associados da Abrasel podem tomar financiamentos para capital de giro, compra de equipamentos e ampliação do negócio, com processo mais ágil e taxas diferenciadas. A empresa que tiver o cadastro regular no BB poderá assinar o contrato de financiamento em até 48 horas. Antes, esse processo durava mais de uma semana. O BB também elevou em R$ 15 milhões o limite para os associados que já são correntistas para a antecipação das vendas com cartão de crédito. O limite anterior era de R$ 27 milhões. Para terem acesso às vantagens, os estabelecimentos devem ter conta corrente no BB. O limite de crédito e juros variam com o porte e o ramo da empresa. Microcrédito – Também desde o dia 20, o Banco do Brasil tem novas condições para o microcrédito. A linha BB Crédito Pronto, que atende ao público de menor renda, teve o limite de contratação ampliado de R$ 1 mil para R$ 2 mil. O prazo máxi-

ParAanon18á

Bares e Restaurantes têm crédito mais barato


Alerta é feito por profissionais da saúde diante das denúncias de que muita gente tem tomado medicamentos homeopáticos com a promessa de que ficará protegida A professora aposentada Maria Helena (nome fictício), 58 anos, ficou confusa quando a funcionária de uma farmácia de manipulação ligou para sua casa avisando que o medicamento homeopático dela contra a gripe A estava pronto. “Levei um susto. Eu não tinha encomendado nada”, conta. O médico Sidney (nome fictício) também ficou surpreso quando um paciente seu lhe falou que um outro médico tinha recomendado a vacina contra gripe comum para proteção contra a nova gripe, cobrando um valor 75% maior que o usual. Em tempos de gripe A, em que o número de vítimas fatais da doença cresce em progressão geométrica, a população fica sem saber o que fazer e no que acreditar. E, quando as autoridades de saúde parecem falhar, a saída buscada é qualquer uma que aparecer primeiro. Um exemplo disso é a receita do tal chá de anis estrelado que correu a internet, por meio de e-mails, e fez com que a planta se tornasse o novo Tamiflu em sua versão popular, somente porque ambos contêm uma substância semelhante na composição. Mesmo sem comprovação científica sobre os seus efeitos, o chá de anis passou a ser recomendado de boca em boca, na falta do medicamento de marca, para o combate e prevenção da nova gripe. É justamente em momentos como esse, porém, que as pessoas devem ficar mais atentas, dizem os especialistas. “É nessa hora que os espertos vão abusar da fé das pessoas”, afirma o presidente da Sociedade Paranaense de Infectologia e membro do Conselho Regional de Medicina do Paraná (CRM-PR), AlCuritiba | Agosto | 2009

ceu Fontana Pacheco. Nesta semana, a reportagem entrou em contato com uma farmácia de manipulação da capital paranaense e encomendou a tal medicação homeopática contra gripe A. A informação passada pelos atendentes é que o remédio estaria sendo prescrito, a pedido de um médico, para todos os seus pacientes como forma de prevenção. Sem qualquer dificuldade, o pedido foi feito e os dois frasquinhos, um com a substância influenzinum e outro com colibacillinum, no valor total de R$ 15,80, foram apanhados no dia seguinte, sem qualquer consulta prévia, receita ou confirmação de dados. De acordo com o presidente da Associação Médica Homeopática do Paraná, Jayme Simões, não existe nenhum medicamento homeopático contra a gripe A. Contudo, segundo ele, a homeopatia pode ser usada como forma de retomar o equilíbrio do corpo do indivíduo. Essas substâncias, já utilizadas na prevenção e tratamento da gripe comum, estimulam as defesas do organismo e, assim, melhoram a imunidade contra várias doenças. O “x” da questão, porém, é que melhorar a imunidade de um paciente não significa dizer que ele ficará imune. “Se a medicação homeopática for usada da forma correta, o indivíduo fica menos suscetível a doenças e a tendência de pegar gripe A e outras é menor, mas fortalecer o organismo não significa que o indivíduo esteja imunizado”, explica Simões. O tratamento homeopático correto, segundo Simões, prevê individualidade na terapêutica. “Não existe fórmula mágica que pode ser dada

para todo mundo”, afirma. A individualização também acontece na produção do medicamento. Segundo a coordenadora da Vigilância Sanitária, Rosana Zappa, as farmácias de manipulação não podem produzir em escala. “A medicação tem de ser feita sob receita médica, paciente a paciente”, diz. De acordo com Simões, para prescrever a medicação, ainda, é necessário que o médico avalie quais pacientes têm indicação ou não e qual será o remédio específico para cada um. A ideia de que “mal não faz” cai por terra, segundo Simões. De acordo com o médico, medicamentos homeopáticos utilizados indevidamente podem, sim, trazer efeitos colaterais sérios. Vacina Em relação à vacina, é preciso também estar bem informado. Para Pacheco, o fato de os pacientes acharem que estão imunizados contra a gripe A ao tomar a vacina contra gripe comum pode ser perigoso. “Isso pode desarmar as pessoas”, opina. A despeito de alguns artigos científicos levantarem a hipótese de que a vacina para gripe comum pode trazer alguma proteção contra o vírus da gripe A, por meio de uma rea-

ção cruzada, não há nenhuma comprovação científica sobre esse efeito. “Eu sou a prova cabal de que a vacina para gripe sazonal não protege contra a pandêmica”, afirma Pacheco – o médico teve confirmação laboratorial de que pegou o vírus da nova gripe, mesmo tendo se vacinado contra a gripe comum. De acordo com Pacheco, todo médico, porém, tem o direito a ter uma opinião técnica sobre o assunto. “O que não pode haver é interesse econômico por trás disso”, explica. Caso exista essa suspeita, o paciente deve procurar o CRM-PR e protocolar uma denúncia. Uma sindicância será aberta para investigar os fatos. Até o momento, o CRMPR não registrou nenhuma denúncia contra profissionais e a abordagem em relação a prevenção e tratamento suspeito contra gripe A. *** Serviço As denúncias devem ser assinadas e protocoladas na sede do CRM-PR, localizada na Rua Victório Viezzer, 84, Vista Alegre. Dúvidas podem ser tiradas pelo e-mail protocolo@crmpr.org e pelo telefone (41) 3240-4000. Extraído do jornal Gazeta do Povo on line 24/08/2009

Doença afeta menos as crianças Crianças de até 4 anos estão entre os grupos menos afetados pela gripe A (H1N1). No Paraná, essa faixa etária é a que apresenta menos casos confirmados: 6,6% do total, segundo análise epidemiológica da Secretaria de Estado da Saúde. Também entre as 142 mortes registradas no estado, 4 aconteceram entre crianças dessa idade. “Esse vírus pegou as crianças de forma branda”, diz o infectologista Marcos Lago, chefe do Departamento de Pediatria da Universidade Estadual do Rio de Janeiro, um dos participantes de um encontro realizado neste fim de semana, na Bahia, em que se discutiu a vacinação.

30

PANDEMIA

DIVULGAÇÃO

ParAanon18á

Nenhum remédio imuniza contra gripe A


ParAanon18á

DIVULGAÇÃO

Ministro lança hotsite da Copa do Mundo 2014 O ministro Luiz Eduardo Pereira Barretto Filho, do Turismo, lançou oficialmente o hotsite sobre a Copa do Mundo 2014. Ele ressaltou a importância da participação dos governos na preparação para campeonato. “Um grande legado será deixado para o Brasil”, afirmou Barreto Filho. O vereador Mario Celso Cunha (PSB), presidente da Comissão da Copa na Câmara, falou que “o Brasil está motivado para receber a Copa do Mundo e nós, de Curitiba, estamos concentrando esforços para atingir o máximo de sucesso”. O diretor do Ministério, Márcio Nascimento, destacou que “é muito importante a presença do Ministério do Turismo na internet, neste processo da Copa. O interesse da população pelo tema é crescente e o objetivo do hotsite é ser a vitrine das ações e dos programas do Ministério, além dos governos estaduais e municipais, tornando-se a principal fonte de referência”. O hotsite é www.copa2014.turismo.gov.br. 31

Mario Celso e Barreto Filho: preparação para a Copa do Mundo 2014

Curitiba | Agosto | 2009


ParAanon18á

32

DIVULGAÇÃO Curitiba | Agosto | 2009

Revista Divulgação Paraná  

Revista Divulgação Paraná - edição 215

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you