Issuu on Google+

Paraná

DIVULGAÇÃO 1

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

DIVULGAÇÃO

MASTER URCA

Campeão

2011 Defesa menos vazada

(só 26 gols) Ataque mais positivo

(73) Alegria pura Master Urca, desputou o campeonato “ Amigos Da Bola “ com 10 (dez) grandes equipes participando além do Master, também Operário Mercês, Povo Da Bola, Novos Pescadores, Apotheose, Estrela Vermelha, Clube Dos 16, Radio Táxi Capital, Takaneka, Bebebum. Os jogos foram disputados aos sábados, nos campos do Iguaçu, Flamenguinho, Club Mercês e nova Orleans. A Festa de encerramento aconteceu no último dia 16 de Julho de 2011, nas dependências do Clube Urca, ótimo Baile de encerramento com premiação. Na foto: Zezinho, Glauco, Alan, Marcão, André, Jajazinho, Jajá, Edílson, Chuta-Chuta, Xandão, Brunão, Carlos Eduardo, Acyr, Sapinho, Godoy e seus filhos, Gersinho, Assis, (torcedora mirin), Totho, Adriano, Milico, Adilson, Bocage, Audari, Yago, Darley, Pereira, (Pereirinha), Anderson Caiçara, Aderbal e seus filhos, mais, Xande, Boca, Arinoel, Seu Lemes, Anísio, Celso Torquato, Zezinho (Currupio), Maria Amélia, Yara Denise, e muitos outros amigos e colaboradores. Curitiba | Agosto/2011 |

2

CURITIBA 318 ANOS

Torcida mais animada


Par aná

FILIADA AO SINDEJOR - PR

Fundada em 21/11/1990 É uma publicação mensal da Cezarini Publicidade S.C. Ltda.ML Presidente Fundador: Alfeu A. Cezarini

REDAÇÃO, ADM. E CIRCULAÇÃO: Rua Dep. Mário de Barros, 1700 - Sala 212 - CEP 80530-280 - Curitiba - Paraná Fone: (0xx41) 3253.0368 - Fax: 3254.6771 - e-mail: rev-divulga@onda.com.br / www.revistadivulgacaoparana.com.br DEPARTAMENTO JURÍDICO: Dr. Richard Trevisan Cezarini EDITORAÇÃO: Chico Lustosa - Reg. MT 1006/07/05 PR - e-mail: lustosa@onda.com.br COLABORADORES: Antonio Carlos de Souza (Kakau), Nestor Baptista, Clóvis Stadler de Souza, Paulo Gomes, Bira Hathi (fotos), Paulo Gomes Júnior, Sylvio Sebastiani e Pedro Washington IMPRESSÃO: Exklusiva, Fone: 41 3273-6467 - Curitiba/PR - TIRAGEM: 3 mil exemplares BIRÔ/CTP: Robson Lara e Leandro Schugan - Gráfica Exklusiva Os conceitos emitidos em artigos assinados são de exclusiva responsabilidade de seus autores e não representam necessariamente a opinião desta Revista. A Divulgação Paraná é filiada ao Sindicato das Empresas Proprietárias de Jornais e Revistas do Estado do Paraná

3

DIVULGAÇÃO

população - está ultrapassado. “A atual legislação ambiental brasileira coloca na ilegalidade 90% dos proprietários de terras do país. Por isso, acredito precisamos urgentemente de um novo Código Florestal que garanta a preservação do meio ambiente, mas que também beneficie quem produz riquezas para o Brasil”, comentou. Plauto Miró defendeu que o projeto do novo Código Florestal seja aprovado no Senado, onde deu entrada para votação em junho, da mesma forma como recebeu parecer favorável pela maioria na Câmara dos Deputados, um mês antes. Para o deputado, o Projeto de Lei nº 30/11, que teve como relator o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP), é moderno e prevê o equilíbrio entre a preservação do meio ambiente e a produção agrícola no país. “Nós temos inúmeras áreas produtivas no Brasil, temos áreas de florestas e precisamos preservar o meio ambiente. Mas ao mesmo tempo, com muita coerência, temos que fazer com que o solo do nosso país possa produzir alimentos”, destacou.

Palácio do Planalto em Brasília: Presidência da República e Secretarias Governo Federal: Todos os Ministérios e Órgãos Públicos Federais Congresso Nacional em Brasília: Senado Federal e Câmara Federal Embaixada e Consulados: Todas as Embaixadas e Consulados estabelecidos no Brasil Governos Estaduais Brasileiros: Todos os 27 Governos Estaduais suas Assembléias Legislativas e todas as Prefeituras de Capitais Brasileiras Governo do Estado do Paraná: Gabinete do Governador Todas as Secretarias de Estado e Autarquias Poder Judiciário no Paraná Assembléia Legislativa: Todos os Gabinetes de Deputados Prefeituras e Câmaras Municipais: Suas Secretarias e Gabinetes de Vereadores Tribunal de Contas do Estado do Paraná

Curitiba | Agosto/2011 |

Paraná

OPINIÃO

A Assembleia Legislativa do Paraná sediou (19) o 16º Seminário do Ciclo de Debates promovido pela Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA) do Senado Federal, sobre o Projeto de Lei nº 30/11, oriundo da Câmara Federal, que trata do novo Código Florestal Brasileiro. Para o deputado Plauto Miró (DEM), 1º secretário do Legislativo, o evento que trouxe a Curitiba vários senadores e reuniu ambientalistas e representantes do setor produtivo e agrícola do país, poderá contribuir para a aprovação de um novo código que tenha como base o equilíbrio. “O debate aconteceu e esperamos que tudo que foi tratado aqui possa elucidar os senadores que votarão o projeto. Esperamos que eles possam ter a tranquilidade e o equilíbrio para aprovar este novo código tão importante para o país”, disse Plauto. O parlamentar, que também é agropecuarista e empresário, disse que o Código Florestal vigente - criado em 1965 para regulamentar a exploração da terra no Brasil, baseado no fato de que ela é bem de interesse comum a toda a

CIRCULAÇÃO DIRIGIDA POR MALA DIRETA

DIVULGAÇÃO

PLAUTO MIRÓ DIZ QUE DEBATES CONTRIBUIRÃO PARA A APROVAÇÃO DE UM CÓDIGO FLORESTAL EQUILIBRADO


SENADO

Fernando Henrique: mudança na Constituição durante o primeiro mandato do ex-presidente permitiu que ele se reelegesse

Curitiba | Agosto/2011 |

Reforma política pode acabar com a reeleição no país Proposta quer eliminar o segundo mandato, alegando que ele dá aos governantes muito poder em relação a seus adversários Para Cervi, o instrumento sequer coloca o governante em uma posição que o favoreça. “Se você olhar os retrospectos, menos da metade dos governantes são reeleitos. A reeleição não é nenhuma garantia de que o político mantenha o mandato”, afirma. De acordo com Cervi, essa avaliação acontece em dois níveis: primeiro, a partir da satisfação dos eleitores com sua vida, em geral. Segundo, a avaliação da própria administração. Por causa disso, quando os índices de satisfação são altos no país, a tendência é que a reeleição seja mais fácil para os governantes – e o contrário aconteça em momentos de crise. Mudanças Já para o cientista político Fabrício Tomio, também da UFPR, o fim da reeleição não representaria grandes mudanças no sistema político brasileiro. “Se os governantes não puderem se reeleger, mudam-se as estratégias dos partidos. Só isso”, comenta. De acordo

4

Paraná

DIVULGAÇÃO

Um dos itens discutidos na Comissão do Senado para a Reforma Política, a reeleição para cargos do Executivo é uma relativa novidade no sistema político brasileiro. Antes de 1998, quando foi aprovada a toque de caixa pelo governo Fernando Henrique Cardoso, em nenhum momento da história do país ela foi permitida – com exceção aos períodos ditatoriais. Mesmo assim, parte dos políticos pretende acabar com a regra, alegando que sua existência coloca os governantes com muito poder em relação a seus adversários. Segundo o cientista político da Universidade Federal do Paraná Emerson Cervi, trata-se de uma espécie de confirmação do mandato da político. “Na prática, o que existe é um mandato de oito anos, com uma avaliação no meio”, comenta. “A reeleição é apenas um instrumento, nem bom, nem ruim. Depende de quem usa”. Apesar disso, ele diz acreditar que a discussão é válida e que, em certos casos, a reeleição é problemática – especialmente em municípios pequenos.

com ele, não é possível dizer que, na curta existência da reeleição para cargos executivos no Brasil, houve alguma melhora ou piora global no sistema político brasileiro. De acordo com Tomio, não há uma oposição clara entre a possibilidade de reeleição e a alternância democrática no poder. “Não é incomum em estados democráticos europeus que mandatários fiquem mais do que uma década no poder”, comenta. Na França, por exemplo, houve, entre as décadas de 50 e 90 do século 20, a possibilidade de um mandato de sete anos com direito à reeleição. Com isso, François Mitterrand ficou 14 anos na presidência. Depois disso, Jacques Chirac ficou mais 12 – ao longo do seu segundo mandato, foi aprovada uma reforma política que reduzia o mandato para cinco anos. Sistema democrático Ainda segundo Tomio, em um sistema democrático, é natural que a própria classe política coloque limites que impeçam que a reeleição ameace a alternância de poder. Um exemplo é a criação de limites à reeleição nos Estados Unidos, logo após a morte do presidente Franklin Roosevelt. Um dos políticos mais populares da história, Roosevelt se elegeu presidente quatro vezes entre 1932 e 1944 – e morreu no mandato, em 1945. Por causa disso, os políticos norte-americanos decidiram reduzir o número de reeleições possíveis para uma. Antes disso, era possível que um presidente tentasse a reeleição quantas vezes quisesse. (Gazeta do Povo on-line)


Nas eleições de 2010, candidatos à reeleição tiveram grande vantagem sobre seus adversários em quase todos os estados do Brasil.

5

REELEIÇÃO

De 11 governadores candidatos a reeleição, nove conseguiram se reeleger. Apenas Ana Júlia Carepa (PT-PA), que perdeu no segundo turno, e Yeda Crusius (PSDBRS), que ficou em terceiro lugar – o governo de Crusius esteve envolvido em denúncias de corrupção. Além disso, quatro vicegovernadores foram eleitos para o comando de seus estados. Nas outras 12 unidades da federação, em nove o governador não podia se reeleger por já ter sido reeleito em 2006. As únicas exceções são São Paulo, Acre e Distrito Federal. Em São Paulo, o então gover-

Paraná

Governantes têm vantagens nas eleições

DIVULGAÇÃO

nador José Serra (PSDB) deixou o governo para disputar a Presidência da República. No Distrito Federal, José Roberto Arruda (DEM) havia sido cassado no início do ano, por causa do escândalo do mensalão do DEM. Já no Acre, Binho Marques (PT) abdicou do seu direito de disputar a reeleição em favor de Tião Viana (PT), senador e irmão do ex-governador Jorge Viana. Já em 2008, o índice foi ainda maior: nas 17 capitais onde o prefeito tentou sua reeleição, em 16 ele saiu vitorioso. O único que não se reelegeu foi o então prefeito de Manaus, Serafim Corrêa (PSB), derrotado por Amazonino Mendes (PTB). Em outras três, o vice-prefeito conseguiu a vitória. Nas outras seis capitais, o prefeito não podia se candidatar à reeleição por já ter sido reeleito em 2004. Para o cientista político da Universidade Federal do Paraná Emerson Cervi, esse quadro não significa que a reeleição seja algo “garantido” no Brasil. “Não dá para pegar uma eleição e tirá-la do contexto. Nessas eleições, em 2010 e 2008, os índices de aprovação do governo estavam altos em todo o Brasil, logo, os resultados estão ligados à alta satisfação do eleitor”, explica. De acordo com ele, os índices de reeleição em outras eleições, como 1998 e 2000, quando a satisfação média da população estava baixa, foram muito menores.

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

DIVULGAÇÃO

Celso Amorim toma posse na Defesa Dilma Rousseff afirmou que ele é o “homem certo no lugar certo”. Amorim tomou posse e vai substituir Nelson Jobim, que pediu demissão A presidente Dilma Rousseff disse durante discurso (8) que escolheu com cuidado o novo ministro da Defesa, Celso Amorim, para a vaga e afirmou que ele é o “homem certo no lugar certo”. Amorim tomou posse nesta segunda e vai substituir Nelson Jobim, que pediu demissão. “Mudanças importantes requerem cuidado, cobram sensatez [..] Ele [Amorim] tem qualidades que o aproximam muito dos senhores oficiais”, disse Dilma. Ministro das Relações Exteriores no governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Amorim foi convidado a voltar ao governo depois que Dilma decidiu pela demissão de Jobim. Reportagem publicada na edição deste mês da revista “Piauí” reproduz declarações atribuídas a Jobim em que ele critica as ministras Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e Gleisi Hoffmann (Casa Civil). O ex-ministro negou ter dado as declarações, reafirmadas pela publicação.

Ao empossar Amorim, a presidente afirmou que mudanças fazem “parte da rotina” da política. “Trocas de comando fazem parte, desde que se troque de comandante e não deixe de fazer o que se deve fazer. Tenho certeza que ele fará, se dedicará a construir de corpo e alma essa política de defesa”, disse Dilma. O ex-ministro Nelson Jobim não compareceu à cerimônia. Antes das supostas críticas, Jobim havia afirmado em entrevista

que nas eleições de 2010 votou no candidato do PSDB à Presidência, José Serra, de quem é amigo. Antes de Dilma, Amorim agradeceu durante discurso “o honroso convite” para ocupar o Ministério da Defesa.

A presidenta Dilma Rousseff cumprimenta o novo ministro da Defesa, Celso Amorim, durante cerimônia de posse no Palácio do Planalto

Novo ministro da Agricultura diz que quer aprender com Rossi Mendes Ribeiro, confirmado na pasta disse que a prioridade na sua gestão será ouvir

Curitiba | Agosto/2011 |

6

MINISTÉRIO

Aumentar os recursos do programa de garantia de preço mínimo, do seguro agrícola e da defesa sanitária será a prioridade do novo ministro da Agricultura, Mendes Ribeiro Filho, que tomou posse (23). Durante a cerimônia, Mendes disse estar à altura do desafio de comandar um dos setores mais importantes do país e repetiu que vai ouvir mais do que falar. O novo ministro afirmou que assume o cargo de ministro da Agricultura tendo consciência de que “o sucesso da agricultura brasileira vem de longe e de muitos”. “Sendo assim, assumo com humildade a continuidade de políticas que ao longo dos últimos anos vem construindo um caso de sucesso”, discursou Mendes. Natural de Porto Alegre (RS), o advogado Jorge Alberto Portanova Mendes Ribeiro Filho tem 57 anos e é deputado federal pelo PMDB gaúcho pela quinta legislatura. Desde 1º de julho, exercia a função de líder do governo no Congresso. Mendes prometeu lutar por mais recursos para a agricultura e para garantir a renda do produtor. “Esse é um dos meus maiores desafios”. No discurso de despedida, o ex-ministro da Agricultura Wagner Rossi disse que “em nenhum momento” lhe faltou apoio por parte da presidenta Dilma Rousseff. Rossi, que deixou o cargo após a divulgação de que usou um jatinho de uma empresa com contratos com o ministério, ressaltou a importância do agronegócio para o país e ainda fez elogios ao vice-presidente, Michel Temer, responsável por sua indicação o cargo, e ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O ex-ministro, que antes de deixar o cargo teve que responder a denúncias de corrupção no ministério e na Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), disse o Brasil precisa reconhecer a importância da agricultura para a economia do país. “Se há um setor que o Brasil deve muito é o setor agropecuário”.


Paraná

DIVULGAÇÃO

Oposição lança site da

“CPI da Corrupção” O movimento, iniciado por parlamentares do PSDB, DEM, PSOL e PPS, também se estenderá às redes sociais e e-mails de deputados e senadores desses partidos

Rosinha: sem candidatura do PT, Ducci pode ganhar no 1º turno

7

Pré-candidato do PT à prefeitura de Curitiba, o deputado federal Dr. Rosinha (PT) já traçou a estratégia para convencer o partido a lançar nome próprio em 2012 e evitar a aliança com Gustavo Fruet. Segundo ele, sem um petista na disputa, Fruet tem sérias chances de perder para Luciano Ducci (PSB) ainda no primeiro turno. “Será uma disputa pesada contra as máquinas da prefeitura e do governo do estado”, disse.

Vanhoni prefere consenso a prévias para 2012 em Curitiba Apontado como pré-candidato do PT à prefeitura de Curitiba, o deputado federal Ângelo Vanhoni disse ,(8), que o partido deve esgotar todas as negociações para um consenso antes de realizar uma prévia para escolher o nome que o representará nas eleições do próximo ano. “Mesmo defendendo a prévia como um valor democrático, entendo que o melhor é buscar a unidade em torno de uma candidatura”, disse Vanhoni. Ele acha que a prévia, prevista no estatuto do PT quando há mais de um candidato para um determinado cargo eletivo, em algumas situações, acaba enfraquecendo o partido. “O setor que perde tem dificuldade para superar o processo e apenas um setor do partido se envolve integralmente na eleição”, observou. Vanhoni disse que não há consenso sobre a candidatura própria no PT de Curitiba e que, nesta fase, o que se tem são “conversas” e as pré-candidaturas dos deputados Dr. Rosinha e Tadeu Veneri. Embora resista em se declarar como pré-candidato, Vanhoni é partidário da tese da candidatura própria. Ele observou que terá tempo para decidir já que o processo de definição sobre os rumos do partido na eleição de 2012 ainda não foi aberto oficialmente e que estão à mesa outras teses. Entre elas, uma aliança para apoiar uma possível candidatura do deputado federal Ratinho Junior pelo PSC, ou ainda, o apoio a Gustavo Fruet, se ele se filiar ao PDT para concorrer à prefeitura. E até mesmo há uma ala que defende um acordo com o PMDB, que acena com a candidatura do ex-deputado estadual Rafael Greca. “O quadro político é complexo”, definiu o deputado, que disputou a prefeitura de Curitiba por três vezes.

Curitiba | Agosto/2011 |

GERAL

Parlamentares da oposição lançaram (17) o site www. cpid a c o r - r u p cao.blogspot. com, de acompanhamento das assinaturas de apoio à CPI mista destinada a investigar desvios de recursos públicos, sobretudo nos ministérios dos Transportes, Agricultura e Turismo, envolvidos em denúncias de pagamento de propina e Deputados e senadores lançam o portal da CPI da Corrupção, no contratos com em- Salão Verde da Câmara presas de fachada. O líder do DEM na Câmara, deputado O deputado baiano informou que “esAntonio Carlos Magalhães Neto (BA), mospontaneamente” já foram coletadas cerca trou, em um painel instalado no salão verde mil assinaturas. O movimento, iniciado de da Casa, como serão exibidos os nomes por parlamentares do PSDB, DEM, PSOL e de deputados e senadores que assinaram PPS, também se estenderá às redes sociais ou deixaram de assinar o requerimento de e e-mails de deputados e senadores desses criação da comissão de investigação. partidos. Para o líder do PSDB no Senado, ACM Neto informou que faltam 8 assiAlvaro Dias, do Paraná, “a CPI deve ser a naturas no Senado para completar o númefotografia do Congresso”. “A sociedade não ro necessário de 27 adesões. Informou, tamsuporta mais tantos escândalos, a indignabém, que faltam outras 79 assinaturas na ção é crescente”, alega. O líder do DEM no Câmara para atingir o apoio mínimo de 171 Senado, Demóstenes Torres (GO), acredita deputados. O site apresenta o endereço que a iniciativa pode repetir o que ocorreu eletrônico e telefone dos parlamentares e com o movimento em defesa da ficha lima orientação para que os cidadãos “os conpa. “Podemos reeditar o movimento da fivençam” a apoiar a CPI. Apresenta, ainda, cha limpa: os que eram contra, pressionauma relação de pessoas que apoiam a inidos pela população, aprovaram a proposciativa. ta”, disse.


Paraná

DIVULGAÇÃO Um evento do Partido Socialista Brasileiro (PSB), realizado 17) em Curitiba, serviu para fazer um lançamento, ainda que não oficial, da candidatura de Luciano Ducci para a prefeitura da capital em 2012. O encontro ainda contou com a participação do presidente nacional do partido, o governador de Pernambuco, Eduardo Campos, do presidente estadual, Severino Nunes de Araújo (FOTO), e representantes de partidos aliados ao atual prefeito de Curitiba. Foi Araújo quem, pela primeira vez, pediu abertamente voto para Ducci e disse que ele era o candidato do partido. “Quero anunciar aqui o nome do Luciano Ducci como candidato à prefeitura de Curitiba. Vamos ganhar no primeiro turno”, afirmou. Mesmo com o anúncio feito pelo presidente do partido, Ducci desconversou. “Fico feliz com a lembrança em relação à eleição de 2012, mas todos me conhecem bem e ainda temos que trabalhar bem neste ano”, diz o atual prefeito. O presidente nacional do partido, Eduardo Campos, também fez um discurso, em que falou das conquistas de Curitiba e da parceria com o governador Beto Richa (PSDB) com pouco entusiasmo. Sobre a candida-

Curitiba | Agosto/2011 |

Presidente estadual do PSB lança Ducci como candidato à prefeitura de Curitiba Severino Nunes de Araújo fez anúncio e disse que partido vencerá a disputa ainda no primeiro turno. Luciano Ducci lembrou que ainda há trabalho para fazer tura de Ducci, Campos afirmou que “esta conclamação já está feita desde muito [tempo]”. Perguntado se a visita dele a Curitiba tinha como objetivo fazer a mobilização em torno de Ducci, Campos disse que o prefeito é o principal nome do partido na capital paranaense. Araújo ainda lançou vários nomes de afiliados ao partido como candidatos a prefeito. Para São José dos Pinhais, o candidato é o deputado federal Leopoldo Meyer. O deputado estadual Reni Pereira deve concorrer para a prefeitura de Foz do Iguaçu. Ainda foram citados Wilson Quinteiro, para a prefeitura de Maringá, e Carlos Andrade, que disputaria a eleição em Campo Largo. 8

ELEIÇÕES 2012

Governador de Pernambuco, Eduardo Campos, prestigiou encontro do PSB no Paraná e lançou Luciano Ducci á reeleição


Paraná

DIVULGAÇÃO Stephanes: quantos votos ele terá em Piên?

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

O total de cidades que integram a Região Metropolitana de Curitiba passa de 26 para 29. Serão incluídos: Rio Negro, Piên e Campo do Tenente Os deputados estaduais aprovaram, (17), o projeto de lei que aumenta o número de municípios que compõem a Região Metropolitana de Curitiba. Passam a integrar o grupo três municípios do extremo sul do estado: Rio Negro, Piên e Campo do Tenente. Com isso, o total de cidades na RMC sobe de 26 para 29. Os novos municípios estão distantes, em média, 100 quilômetros da capital. O projeto de lei complementar nº 045/11 é de autoria do deputado Reinhold Stephanes Junior (PMDB). A proposta foi aprovada em primeira discussão no plenário da Assembleia Legislativa, mas ainda precisa passar por nova discussão antes de seguir para sanção do governador. O autor do projeto acredita que a inclusão deve melhorar a qualidade de vida nos novos municípios por estender para eles os projetos e planos de transporte, sistema viário metropolitano e de meio ambiente da RMC. O projeto altera o parágrafo único do artigo 2º da Lei 11.027/1994, que dispõe sobre a Coordenação da Região Metropolitana de Curitiba (Comec), autarquia vinculada à Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano, cujo objetivo é organizar, planejar e executar funções públicas na RMC.

9

Deputados aprovam ampliação do número de municípios da RMC

A Assembleia Legislativa aprovou a ideia do deputado Stephanes Jr. (PMDB) de incluir Piên, Rio Negro e Campo do Tenente na região metropolitana de Curitiba. A aprovação em primeira votação. Agora, há mais duas votações antes da sanção pelo governador. O que significa a ampliação da região metropolitana de Curitiba? Basicamente, que ela ficará ainda mais disfuncional do que já é. Quais problemas Curitiba tem em comum com Campo do Tenente, afinal de contas? Regiões metropolitanas servem para isso: para discutir problemas em comum. Para resolver as coisas em comunidade. Mas qual é a comunidade possível entre municípios tão distintos? A ideia de projetos como esse, no fim das contas, é de aumentar a autoestima dos moradores de municípios mais distantes, dar a eles a ilusão de que esse simples fato resolverá seus problemas. E, claro, trazer benefícios eleitorais ao deputado que apresentou a proposta. A região de Curitiba, no novo formato, vai desde a fronteira de Santa Catarina até a fronteira com São Paulo. Só para a leste para não chegar ao litoral. A oeste, mais um pouco e avança sobre Ponta Grossa.

Curitiba | Agosto/2011 |


O deputado estadual Nereu Moura (PMDB) reiniciou os trabalhos (22) após uma semana polêmica em que ficou decidida a aproximação da bancada estadual ao governo Beto Richa. “Algumas lideranças não ficaram totalmente convencidas de que essa seja a melhor posição para os deputados do partido. Todavia, entendo que o acordo é interessante, pois o objetivo é ajudar na governabilidade para que o Paraná se desenvolva com qualidade de vida”, explica, ao dizer que tanto a Administração Estadual quanto o PMDB sairão fortalecidos, o que, na prática, favorece a população. Em relação ao governador, o deputado Nereu Moura explicou que em nenhum momento Beto Richa criou dificuldades para que os parlamentares desempenhassem o mandato, mesmo sabendo da posição contrária durante o processo eleitoral. “Este foi um fator preponderante para que a bancada do PMDB aprovasse o apoio ao novo governo”, salientou, comentando a forma gentil com que os peemedebistas são tratados. No entendimento do parlamentar, ninguém tem condições de criticar essa decisão porque em oportunidades anteriores demonstraram atitudes incoerentes com as teses que estão defendendo neste momento. “O Requião foi durante oito anos o governador do Paraná e nunca apoiou um deputado peemedebista para assumir a presidência da Assembléia Legislativa. No seu primeiro governo, a mesa foi presidida por um tucano e no segundo por um democrata”, justifica. Quanto ao resultado desta aproximação, Nereu Moura é enfático ao comentar que os companheiros do interior, os deputados estaduais, os federais e a população terão inúmeros benefícios. “Não adianta ficarmos brigando e a população padecendo de políticas públicas. Acima dos interesses partidários e políticos, estão os interesses do povo do nosso Estado”. Por outro lado, o parlamentar expõe que se até o final do ano a bancada entender que esta aproximação não rendeu os frutos esperados, ela poderá ser facilmente desfeita e cada um seguir o seu caminho da maneira como bem entender.

Curitiba | Agosto/2011 |

Declaração de Utilidade Pública passará a ser competência do Executivo O deputado estadual Toninho Wandscheer/PT (foto) apresentou Projeto de Lei nº 670/2011 que altera a Lei nº 16.888/2011, que disciplina as declarações de utilidade pública estadual. Com a mudança, passa a ser competência do Executivo, através de decreto do Governador, a concessão da declaração de utilidade pública. “Entendemos que a decisão de reconhecer uma entidade de utilidade pública deve ser do Executivo, por decreto, não necessitando ser através de Lei. Acreditamos que a Administração do Estado possui estrutura pra isso e pode avaliar quanto ao merecimento da declaração” justificou Toninho. O deputado disse que resolveu alterar a Lei, pois segundo ele, já houve caso em que entidade pleiteou a concessão de título, apresentou todos os documentos exigidos, porém na vistoria ficou constatado que ela não apresentava condições de funcionamento e dessa forma não poderia cumprir os objetivos, conforme constava no seu Estatuto. A mudança passa a vigorar em janeiro de 2012. O projeto segue agora para a Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa (CCJ). Confira o que muda com a alteração da lei Art. 1º O art. 1º, caput, da Lei nº 16.888, de 01 de agosto de 2011, passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 1º A declaração de utilidade pública somente será reconhecida por meio de decreto do Poder Executivo, desde que atendidos os seguintes requisitos:” Art. 2º Fica revogado o art. 2º da Lei nº 16.888, de 01 de agosto de 2011. Art. 3º O art. 3º da Lei nº 16.888, de 01 de agosto de 2011, passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 3º As entidades que pleiteiam a declaração de utilidade pública deverão apresentar relatórios consubstanciados das atividades que realizaram no último ano que antecede a data do pedido perante o órgão competente indicado pelo Poder Executivo, com assinaturas dos membros da diretoria.” Art. 4º O inciso I do Art. 4º da Lei nº 16.888, de 01 de agosto de 2011, passa a vigorar com a seguinte redação: “Art. 4º ... I – deixar de prestar contas ao Tribunal de Contas do Estado do Paraná dos recursos recebidos, no último ano, sendo que aquele órgão comunicará ao órgão competente indicado pelo Poder Executivo o não cumprimento da norma, sem motivo justificado.” Art. 5º Esta Lei entra em vigor no dia 1º de janeiro de 2012.

10

Paraná

DIVULGAÇÃO ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Nereu Moura fala sobre adesão do PMDB ao Governo Richa


Ênio Ênio Verri: Verri: “O “O governo governo não não está está usando usando oo dinheiro dinheiro do do caixa. caixa. Anunciou Anunciou um um caos caos que que não não existia existia ee os os únicos únicos investimentos investimentos que que fez fez com com recursos recursos do do governo governo federal”. federal”.

Paraná

Deputados aprovam projeto que trata da exploração de árvores nativas Assegurar aos proprietários rurais o direito de explorar economicamente a madeira de árvores nativas vítimas de causas naturais como ventos, tempestades, raios e doenças. Este é o objetivo do projeto de lei nº 190/11, de autoria do deputado Nereu Moura (PMDB), aprovado (24), em primeira discussão, durante a sessão plenária da Assembleia Legislativa. De acordo com o projeto, a liberação da exploração “ocorrerá após a vistoria do órgão competente, respeitadas as normas estabelecidas pela resolução conjunta Ibama/Sema/IAP nº 007 (de 18 de abril de 2008)”. Nereu Moura justifica a iniciativa argumentando que “muitos agricultores estão tendo prejuízos devido à exigência de leis ambientais que dificultam a retirada de árvores para destinação apropriada nas propriedades rurais. Atualmente, as árvores que caem ou secam devido a ocorrências de causas naturais não podem ser aproveitadas economicamente”, frisa. Reavaliação - “É frustrante ao agricultor que tanto precisa de madeira para melhorar a sua propriedade ter que presenciar uma árvore, às vezes centenária, apodrecer no solo sem ser utilizada”, acrescenta. O parlamentar explica ainda que os produtores rurais precisam investir em melhorias em suas propriedades: “Uns necessitam construir uma casa para morar ou uma garagem para guardar as máquinas agrícolas; outros precisam construir um chiqueiro, um estábulo, um aviário, uma leiteira para diversificar sua produção e aumentar a lucratividade de sua propriedade”. Por isso, Moura entende que há necessidade de uma reanálise nos procedimentos administrativos atualmente adotados pelos órgãos ambientais, no sentido de permitir que o produtor possa utilizar esses recursos naturais “sem maiores burocracias e com maior agilidade”.

Curitiba | Agosto/2011 |

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Foto: Nani Gois

Ao contrário do caos nas finanças do estado, anunciado pelo governador Beto Richa (PSDB), quando assumiu, a arrecadação aumentou 10% no primeiro semestre, comparou Verri. Ele citou que o estudo feito por sua assessoria técnica mostra que a receita líquida subiu 11,71%, em relação ao mesmo período do ano passado, e o superávit primário (diferença entre a despesa e a receita) passou de R$ 1,6 bilhão nos primeiros seis meses de 2010 para R$ 1, 8 bilhão, entre janeiro a julho deste ano. Verri disse que os números são inequívocos. “O governo não está usando o dinheiro do caixa. Anunciou um caos que não existia e os únicos investimentos que fez com recursos do governo federal. Está acumulando receita para gastar depois”, criticou o deputado petista. Houve uma contenção dos investimentos neste período que afetaram ações em áreas prioritárias como saúde e segurança,

disse Verri. “O governo falou em caos das finanças, culpando o governo anterior. Não havia esse caos. O déficit que eles apontavam, como nós já havíamos constatado, era de débitos de anos atrás. O que aconteceu foi que o governo segurou os investimentos. Vai investir depois porque é preciso eleger os prefeitos da base do governo”, atacou o deputado. Ele disse que declarações do senador Álvaro Dias (PSDB) corroboram as análises da oposição. “Numa entrevista, o senador tucano disse que não podia avaliar os primeiros seis meses do governo Beto Richa porque não tinha o que avaliar. Isso só fortalece o que nós falamos. Uma hora, o governo vai ter que gastar. E como as obras públicas têm um rito especial, entre projetos e liberação de dinheiro, as obras vão começar a aparecer no ano eleitoral”, afirmou. Margem de lucro O líder da oposição questionou ainda o reajuste das tarifas de água pela Sanepar, em 16%, em março. De acordo com Verri, o reajuste, aliado à criação de trinta cargos em comissão neste mês, mostra que a empresa segue uma orientação contrária aos interesses da população. “O discurso do Cassio Taniguchi (secretário do Planejamento) de que precisa capitalizar a Sanepar é claro. Eles aumentaram o valor da tarifa, consequentemente o valor das ações e a margem de lucro da empresa e acionistas. Para nós, o papel do estado é distribuir renda e não lucros”, atacou. (O Estado do Paaraná on-line)

11

Com base em um balanço das finanças do governo no primeiro semestre, o líder da bancada da oposição, deputado Enio Verri (PT), concluiu que o governo estadual está fazendo “caixa” para gastar em ano eleitoral.

DIVULGAÇÃO

Oposição acusa Beto Richa de cortar investimentos para gastar em ano eleitoral


Paraná

CCJ aprova concessão de título de Cidadão Honorário ao ministro Carlos Ayres Britto, do STF

à Prefeitura de Marilândia do Sul. Já o Projeto de Lei nº 616/11 autoriza a doação do prédio histórico que abriga o Cine-Teatro Imperial ao município da Lapa; e o Projeto de Lei nº 619/11 libera imóvel doado ao município de Chopinzinho da cláusula que obrigava seu uso exclusivamente para funcionamento de serviços de saúde pública. Adiados Seis projetos tiveram a votação adiada em razão da ausência de seus relatores, os deputados Alexandre Curi (PMDB), Cesar Silvestri Filho (PPS) e Caíto Quintana (PMDB). Um deles, o Projeto de Lei nº 171/11, de autoria de Quintana, dispõe sobre os emolumentos relativos aos atos praticados pelos serviços notariais e de registro. Embora o relator, deputado Tadeu Veneri (PT), já tivesse pronto seu parecer, a comissão entendeu melhor aguardar o retorno do autor, na próxima semana, para discutir com ele o aperfeiçoamento do texto. Outra proposta de Quintana, dispondo sobre a criação de um cadastro de compra e venda de cabos de cobre nos ferros-velhos, assim como o Projeto de Lei nº 389/ 11, de autoria do deputado André Bueno (PDT), disciplinando a venda eletrônica de produtos e serviços através de site de compras coletivas pela internet e estabelecendo critérios para o funcionamento dessas empresas em território paranaense, ficou para a próxima reunião. O Projeto de Lei nº 351/11, do deputado

Curitiba | Agosto/2011 |

Raska Rodrigues (PV), criando a política estadual de saúde da mulher detenta, foi rejeitado por inconstitucionalidade. O mesmo ocorreu com o Projeto de Lei nº 432/11, do deputado Professor Lemos (PT), estabelecendo diretrizes para garantir a saúde auditiva da população; e com o Projeto de Resolução nº 011/11, do deputado Marcelo Rangel (PPS), instituindo a obrigatoriedade de que 5% dos cargos comissionados da Assembleia Legislativa sejam preenchidos por beneficiários reabilitados ou pessoas portadoras de deficiência. TV Sinal Ao final da reunião o deputado Edson Praczyk (PRB) voltou a cobrar a transmissão direta e integral das sessões da CCJ pela TV Sinal, no que foi apoiado pelo deputado Nereu Moura (PMDB), que sugeriu uma audiência dos membros da comissão

com a Mesa Diretora da Casa para discutir o assunto. Argumentando que a CCJ tem uma rotina e influi decisivamente no ritmo dos trabalhos legislativos, Tadeu Veneri propôs a formação de um colegiado de líderes de partidos para reforçar a reivindicação. O presidente da CCJ, deputado Nelson Justus (DEM), lembrou aos colegas que já oficiou à Mesa Executiva solicitando a cobertura do canal de TV da Assembleia e concordou com a necessidade de agendar uma audiência com o presidente Valdir Rossoni (PSDB), com o 1º secretário Plauto Miró (DEM) e com o 2º secretário, Reni Pereira (PSB), assim que o primeiro retornar da Europa, onde está integrando comitiva liderada pelo governador Beto Richa (PSDB) em eventos que buscam trazer novos investimentos para o Paraná.

Richard Trevisan Cezarini Advogado - OAB 49381

CÍVEL - FAMÍLIA - PREVIDENCIÁRIO TRABALHISTA - INDENIZAÇÕES

(41) 3254.6771 - 9185-9068 - richardtc@bol.com.br 12

ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA

Foto: Nani Gois

DIVULGAÇÃO

Incluído de última hora na pauta dos trabalhos (23) da Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, em regime de urgência, foi aprovado o Projeto de Lei nº 665/11, de autoria do deputado Fábio Camargo (PTB), que homenageia com o título de Cidadão Honorário do Paraná o ministro do Supremo Tribunal Federal, Carlos Ayres Britto. A intenção é aproveitar a visita que o ministro fará a Curitiba nos próximos dias para entregar-lhe a honraria. Também foram aprovadas as três mensagens do Poder Executivo tratando de doações de imóveis. Uma delas, autuada como Projeto de Lei nº 615/11, devolve área


Paraná

DIVULGAÇÃO Foto: Brunno Covello/SMCS

Prefeito Luciano Ducci participa da posse do novo secretário municipal de Habitação, Osmar Bertoldi

“Tenho certeza que será um importante reforço para a equipe da Prefeitura. Nos últimos sete anos foram muitas as grandes transformações na área de habitação em Curitiba”, disse Ducci na posse de Beroldi. Bertoldi assume a pasta da habitação com a meta de entregar 7 mil novas casas para a população até o final de 2012. “Será um grande desafio e uma grande satisfação atuar numa área tão importante do Município”, disse Bertoldi. O deputado foi vereador em Curitiba e

Curitiba | Agosto/2011 |

POSSE

Osmar Bertoldi é entusiasta da habitação, diz prefeito Luciano Ducci

13

O prefeito Luciano Ducci destacou nesta (8), que o novo secretário de Política Habitacional de Curitiba, deputado Osmar Bertoldi, conhece muito bem a cidsade e tem um grande entusiasmo pela questão habitacional.


Curitiba | Agosto/2011 |

Peemedebistas apontam Requião como “culpado” pelo apoio a Beto Richa O senador Roberto Requião (PMDB) vem sendo apontado, nos bastidores, como o “culpado” pela adesão da bancada estadual do PMDB à base de apoio do governador Beto Richa (PSDB). O “veto” de Requião à entrada do ex-deputado Gustavo Fruet no PMDB é o exemplo recorrente citado pelos deputados estaduais peemedebistas para justificar a participação na base do governo que seria sacramentada em jantar com o governador tucano na casa do líder da bancada, Caito Quintana. “Se o Requião não tivesse vetado o Gustavo, a situação poderia ser diferente”, afirmou o deputado Nereu Moura, afirmando que os deputados precisam de horizontes. Para os deputados, ao privilegiar o exdeputado Rafael Greca, indicado pré-candidato a prefeito de Curitiba, e dificultar a entrada de Gustavo, Requião impediu que o partido ganhasse fôlego na capital, que é o epicentro eleitoral e político do estado. “O Requião é meu amigo, meu companheiro, mas nesse caso ele não pensou no partido. E nós precisamos garantir a sobrevivência do partido”, afirmou Moura. O deputado Reinhold Stephanes Junior foi mais crítico. Afirmou que Requião não tem projeto de grupo. “O que o Requião fez para ajudar o partido? Vetar o Gustavo foi a única coisa que ele fez”, atacou. Sem cargos Os peemedebistas garantem que o apoio ao governo Beto Richa não vai envolver ocupação de cargos no governo. Eles consideram que a Secretaria do Trabalho, onde está o peemedebista Luiz Claudio Romanelli, não é um espaço do partido no governo Beto. “O Romanelli é da quota pessoal do Beto”, afirmou Stephanes. Na conversa com o governador, a bancada iria apresentar suas reivindicações. Na lista está o apoio do governador às candidaturas peemedebistas ligadas aos deputados nos municípios de suas bases eleitorais e a realização de obras nestas mesmas cidades. Dos doze deputados peemedebistas, onze entrarão na base do governo. Apenas Antonio Anibelli Neto declarou-se independente. Mesmo assim seria um dos comensais desta noite de quarta-feira. “Fui convidado pelo líder da bancada. Vou ouvir o governador. Mas a posição não muda”, afirmou.

14

Paraná

DIVULGAÇÃO POLÍTICA

teve atuação bastante ligada às questões habitacionais. Osmar Bertoldi (DEM), 41 anos, foi eleito três vezes vereador e duas vezes deputado estadual. Ele é formado em pedagogia pela Universidade Tuiuti do Paraná, com especialização em Desenvolvimento Sustentável pela Universidade da Califórnia/ Berkeley. É autor do livro “Ideias para uma Metrópole Sustentável”, lançado em 2006 pela Editora Esplendor. Parcerias - “Na Câmara de Vereadores, trabalhei na articulação de parcerias com a Cohab para a criação de loteamentos. Fiz requerimentos para contemplar uma área maior de espaço urbano da cidade para habitações populares. Um exemplo foi o Rio Bonito, onde foram feitos mais de 6 mil lotes de uma vez só”, afirmou. Bertoldi também criou o projeto de lei determinando que todos os logradouros públicos de Curitiba passassem a ter placas com denominação, com a obrigatória definição de numeração para os imóveis nos loteamentos e desmembramentos de terrenos aprovados no Município. A Lei 9606 foi publicada no dia 8 de julho de 1999. “Somente no moradias Diadema (CIC) foram beneficiadas cerca de 3 mil famílias, que moravam em áreas sem nomes de ruas. Antes as ruas tinham apenas letras ou números. As pessoas tinham moradias, mas não tinham endereço. Isso mudou com a criação da lei”, afirmou Bertoldi. Na Câmara de Vereadores, Osmar Bertoldi também trabalhou na criação do Parque Linear, na região da Vila Autódromo, no Cajuru. Posse - O Salão Nobre da Prefeitura de Curitiba ficou lotado de deputados, vereadores e presidentes das associações de bairros. Participaram da posse o presidente da Assembleia Legislativa, deputado estadual Valdir Rossoni (PSDB); os deputados federais Aberlado Lupion, presidente do DEM, André Zacharow (PMDB), Fernando Francischini (PSDB), Luiz Carlos Setim (DEM), o ex-deputado federal Marcelo Almeida (PMDB). Os deputados estaduais Pedro Lupion (DEM), Alexandre Curi (PMDB), Duílio Genari (PP), Nelson Justus (DEM), Rasca Rodrigues (PV), Toninho Wandscheer (PT), Plauto Miró (DEM), Elio Rusch (DEM), Bernardo Carli (PSDB), Reni Pereira (PSB), Mauro Morais (PSDB) e Stephanes Júnior (PMDB). E os vereadores Aldemir Manfron (PP), Beto Moraes (PSDB), Celso Torquato (PSDB), Denilson Pires (DEM), Dirceu Moreira (PSL), Dona Lourdes (PSB), Emerson Prado (PSDB), João do Suco (PSDB), Jorge Yamawaki (PSDB), Juliano Borghetti (PP), Julieta Reis (DEM), Nely Almeida (PSDB), Noemia Rocha (PMDB), Pastor Valdemir Soares (PRB), Paulo Frote (PSDB), Sabino Picolo (DEM), Serginho do Posto (PSDB), Tico Kuzma (PSB) e Zezinho do Sabará (PSB).

O senador Roberto Requião (PMDB) vem sendo apontado, nos bastidores, como o “culpado” pela adesão da bancada estadual do PMDB à base de apoio do governador Beto Richa (PSDB). O “veto” de Requião à entrada do ex-deputado Gustavo Fruet no PMDB é o exemplo recorrente citado pelos deputados estaduais peemedebistas para justificar a participação na base do governo que seria sacramentada em jantar nesta quarta-feira com o governador tucano na casa do líder da bancada, Caito Quintana. “Se o Requião não tivesse vetado o Gustavo, a situação poderia ser diferente”, afirmou o deputado Nereu Moura, afirmando que os deputados precisam de horizontes. Para os deputados, ao privilegiar o ex-deputado Rafael Greca, indicado précandidato a prefeito de Curitiba, e dificultar a entrada de Gustavo, Requião impediu que o partido ganhasse fôlego na capital, que é o epicentro eleitoral e político do estado. “O Requião é meu amigo, meu companheiro, mas nesse caso ele não pensou no partido. E nós precisamos garantir a sobrevivência do partido”, afirmou Moura. O deputado Reinhold Stephanes Junior foi mais crítico. Afirmou que Requião não tem projeto de grupo. “O que o Requião fez para ajudar o partido? Vetar o Gustavo foi a única coisa que ele fez”, atacou. Sem cargos Os peemedebistas garantem que o apoio ao governo Beto Richa não vai envolver ocupação de cargos no governo. Eles consideram que a Secretaria do Trabalho, onde está o peemedebista Luiz Claudio Romanelli, não é um espaço do partido no governo Beto. “O Romanelli é da quota pessoal do Beto”, afirmou Stephanes. Na conversa com o governador, a bancada iria apresentar suas reivindicações. Na lista está o apoio do governador às candidaturas peemedebistas ligadas aos deputados nos municípios de suas bases eleitorais e a realização de obras nestas mesmas cidades. Dos doze deputados peemedebistas, onze entrarão na base do governo. Apenas Antonio Anibelli Neto declarou-se independente. Mesmo assim seria um dos comensais desta noite de quarta-feira. “Fui convidado pelo líder da bancada. Vou ouvir o governador. Mas a posição não muda”, afirmou.


Foto: Victor Almeida

Paraná

O ex-governador e atual conselheiro do BNDES, Orlando Pessuti, visitou a Assembleia Legislativa (24). Pessuti, que também já presidiu a Casa, no período de 1993 a 1995, quando era deputado estadual, esteve no gabinete do deputado Artagão Júnior (PMDB), presidente em exercício. Estiveram também no gabinete do parlamentar, acompanhando o ex-governador, os deputados Ademir Bier, Waldyr Pugliesi, Luiz Eduardo Cheida e Antonio Anibelli Neto.

Procomp Tecnologia e Informática Ltda., que tem sede em Curitiba. A concorrência aconteceu por meio da internet, através do sistema de pregão eletrônico da Bolsa Brasileira de Mercadorias, que tem o endereço eletrônico www.bbmnet.com.br. Desde o início da atual administração, no último mês de fevereiro, a Assembleia Legislativa intensificou a realização de pregões eletrônicos para a compra de produtos e materiais necessários para o funcionamento da Casa. Segundo Plauto Miró, além de dar oportunidade para empresas de todo o país, os pregões eletrônicos geram mais economia e ainda garantem a lisura e transparência das negociações, que podem ser acompanhadas por qualquer cidadão via internet.

POLÍTICA

A Assembleia Legislativa realizou (23) uma licitação que garantirá uma redução de 35,99% no valor pago pelo Legislativo na compra de 15 cafeteiras elétricas. A aquisição, feita na modalidade de pregão eletrônico, tinha como valor máximo estipulado em edital, R$ 55.650,00, mas acabou sendo fechada por R$ 35.620,00. Os equipamentos serão usados nas copas existentes em cada andar dos prédios que compõem o centro legislativo e que abastecem todos os setores da Casa. Plauto Miró (DEM), 1º secretário da Assembleia Legislativa e responsável por todas as licitações feitas pela Assembleia, explica que a concorrência determinava que a definição da empresa vencedora fosse feita pelo menor preço. “Desta forma aumenta a disDeputado puta entre os parPlauto Miró ticipantes, o que acaba resultando (DEM) na redução dos acompanha valores estipulados em edital. pregão Com isso, quem eletrônico ganha é a Casa que faz as compras necessárias pagando menos pelo produto licitado”, disse. Cinco empresas participaram da licitação, todas instaladas nos estados do Paraná e em São Paulo. A vencedora foi a

Foto: Pedro de Oliveira

O presidente em exercício da Assembleia Legislativa e vice-presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), deputado Artagão de Mattos Leão Jr. (PMDB), comentou (22) sua participação na National Conference of State Legislature (NCSL), promovida entre os dias 8 e 11 deste mês,em San Antonio, Texas (EUA). “Foi um encontro extremamente positivo. Trouxemos para cá alguns aprendizados importantes, que vamos transmitir aos outros parlamentares. A Unale teve um espaço para sua manifestação, apresentando aspectos interessantes para investimentos a serem realizados aqui no país. Tivemos um debate entre delegações internacionais, apresentando pontos em comum, aprendendo um pouco mais sobre cada um dos países e promovendo intercâmbios. Em função disso, aconteceu uma reunião com a delegação russa, que está tentando promover um tratado de intercâmbio cultural e social com o Brasil ”, detalhou Mattos Leão Jr. Maior evento dos parlamentos americanos, o NCSL reuniu aproximadamente cinco mil conferencistas, entre legisladores, funcionários dos legislativos, organizações não governamentais e delegações internacionais. A Unale aproveitou a conferência realizada nos Estados Unidos para iniciar parcerias com o Senado da República da Rússia e com integrantes do Governo Chinês, que estão possibilitando a integração dos parlamentares estaduais dos países pertencentes ao chamado BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul).

Licitação para compra de cafeteiras garante economia de 35,99% à AL

15

Artagão fala sobre participação na NCSL

DIVULGAÇÃO

Pessuti visita a Assembleia

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

Foto - Andressa Katriny

DIVULGAÇÃO O espaço da Tribuna Livre da Câmara de Curitiba foi ocupado (24), com a apresentação do trabalho do Movimento Focolares. A sessão foi conduzida pelo presidente João Cláudio Derosso (PSDB) e, a convite do vereador Tito Zeglin (PDT), falaram João Manoel Motta e Ana Maria Pigoni (com tradução de Aldo Acioli / Foto abaixo.

Curitiba | Agosto/2011 |

Movimento Focolares na Tribuna Livre Ana Maria e João Manoel, representantes do Centro Internacional do Movimento Focolares para o Brasil, estão em Curitiba desde o último sábado (20) para a inauguração do Memorial Chiara Lubich, no Bosque do Trabalhador, na CIC. Chiara Lubich foi a fundadora do movimento difundido a mais de 180 países, em cinco continentes, desde a década de 40. Nesta época, da Segunda Guerra Mundial, Chiara consagrou-se a Deus e deu início “ao trabalho de unidade e comunhão espiritual, independente de culto religioso para expandir os princípios de fraternidade, liberdade e igualdade”. Da cidade de Trento, na Itália, Chiara, então com 23 anos, buscou difundir a fraternidade universal, movimento atualmente concretizado com a participação de mais de 3 milhões de simpatizantes. No projeto Economia de Comunhão preconizado por ela se articularam princípios sociais e econômicos, embasados na solidariedade e liberdade, capazes de influir nos graves desequilíbrios econômicos mundiais. As empresas que aderiram ao movimento preconizam que seu lu-

cro seja dividido, além do reinvestimento na própria empresa, para ir ao encontro de necessitados e na formação de uma nova mentalidade aberta à cultura da partilha. Prêmios Chiara Lubich, que esteve seis vezes no Brasil, numa delas recebeu o prêmio da Ordem do Mérito Nacional, pelo então presidente Fernando Henrique Cardoso. A fundadora do movimento também foi incluída na Ordem do Cruzeiro do Sul, no grau de Grande Oficial. Hoje, o movimento Focolares está presente no Brasil, em mais de 500 cidades. As empresas que aderiram ao projeto do Focolares estão divididas em três pólos empresariais, em Cota (SP), Igarassu (PE) e Benevides (PA). Também fazem parte uma rede de economistas e estudiosos que difundem os valores do movimento no mundo acadêmico. Política O Movimento Focolares ainda se difunde na política com o Movimento Político pela Unidade. Trata-se de uma rede mundial que congrega o empenho de pessoas e atuantes de variadas tendências políticas, com o ide-

16

CÂMARA MUNICIPAL

Tito Zeglin entrega o certificado a Ana Maria e João Motta acompanhado pelo presidente da Casa e demais vereadores

al de fazer da prática política um meio para tornar a humanidade “uma única família”. Em suma, os princípios espirituais do movimento visam contribuir para a renovação da vida humana, no meio econômico, social, cultural e político, envolvendo, ainda, capital e trabalho, educação e saúde, ecologia, comunicações sociais, ética e justiça. A visita na Câmara de Curitiba foi muito bem aceita pelos 38 parlamentares que trocaram considerações importantes, aproveitando, inclusive, a presença do ex-deputado federal Gustavo Fruet. Fruet reportouse a diversos encontros com os representantes em Brasília e na Itália. Afirmou que “a ocasião foi propícia para que os princípios filosóficos do movimento abençoem com incentivo e luzes o momento de transição da política municipal”. O Movimento Político pela Unidade propõe “um estilo de vida que permita à política alcançar do melhor modo o seu objetivo: o bem comum na unidade do corpo social, restaurando este tecido, por meio da liberdade e igualdade, com novos significados, rumos e opções.”


Foto – Anderson Tozato

Paraná

O líder do prefeito na Câmara de Curitiba, vereador João do Suco (PSDB), recebeu (23), na Associação Jovem Cidadão de Mãos Dadas com Você, o certificado de apoiador da Biblioteca Comunitária da Vila das Torres. O vereador foi escolhido pelo presidente da entidade, Carlos Roberto Teles, conhecido como Chameguinho Show, o Sombra da Rua XV. Estiveram reunidos durante a inauguração da biblioteca aproximadamente 50 pessoas, entre autoridades e moradores da região. A biblioteca tem 6 mil livros catalogados, todos de doações. A Biblioteca Comunitária da Vila das Torres funciona na Rua Manoel Martins de Abreu, 430, Vila da Torres. Também foi homenageado o vereador Jair Cézar (PSDB).

Comissão de Economia é favorável à integração de novas áreas ao programa Moro Aqui, de regularização fundiária

Foto - Andressa Katriny

Comissão de Economia é favorável à medida de regularização fundiária Em reunião presidida pelo vereador Paulo Frote (PDSB), os vereadores integrantes da Comissão de Economia deram parecer favorável (24), à mensagem da prefeitura de Curitiba que amplia o alcance da Lei Complementar n° 60, de 2007. A medida autoriza a remissão e anistia fiscal dos débitos tributários relativos à imóveis destinados à regularização fundiária, integrantes do programa Moro Aqui. “O parecer favorável reconhece a importância da medida, que amplia o benefício a áreas não contempladas em 2007, permitindo a regularização fundiária. Com isto, novas regiões serão integradas ao programa Moro Aqui, após terem sido analisadas pela Comissão de Regularização de Loteamentos, dentro dos parâmetros da Compahia de Habitação Popular de Curitiba (Cohab-CT)”, explica Frote. Os vereadores Sabino Picolo (DEM), Aladim Luciano (PV), Noemia Rocha (PMDB) e Zé Maria (PPS) também analisaram a abertura de crédito especial para obras do Eixo Viário de Integração e manutenção de equipamentos públicos, qualificando ambas as matérias como aptas para discussão em plenário.

DIVULGAÇÃO

Líder ganha certificado da Biblioteca Comunitária

17

Vereador Jair Cézar e prefeito Luciano Ducci durante festa de inauguração da Escola Municipal Professor Kó Yamawaki.

A Escola Municipal Professor Kó Yamawaki, no Bairro Alto, foi inaugurada (13) pelo prefeito Luciano Ducci com a participação do vereador Jair Cézar (PSDB). A unidade tem capacidade para atender 900 alunos. A festa também contou com a presença do jogador de vôlei Giba, coordenador do projeto Leões do Volêi, que vai ensinar alunos da nova escola a praticar o esporte. “Quero ver muitas crianças daqui participando do Leões do Vôlei. É uma escola maravilhosa. Difícil ver escolas com uma estrutura dessas. Morei no Bairro Alto e aqui tive anos excelentes que contribuíram para a minha formação. São oportunidades que as crianças poderão ter nesta nova escola”, afirmou o atleta. Para Jair Cézar, a inauguração é motivo de alegria para o os moradores. “O Bairro Alto vive um momento de grandes oportunidades e investimentos. Inauguramos a escola Kó Yamawaki e temos outras grandes obras sendo realizadas para melhorar a infraestrutura e a qualidade de vida dos moradores”, afirmou.

Curitiba | Agosto/2011 |

CÂMARA MUNICIPAL

Nova escola traz muitos benefícios, diz vereador


Paraná

DIVULGAÇÃO Na tribuna, Dirceu Moreira defendeu a filtragem de conteúdo a todo site que promova apologia danosa à formação do caráter

Para a vereadora Julieta Reis (DEM), o controle será muito benéfico para evitar o desvirtuamento na educação infantil

O segundo vice-presidente, Tico Kuzma (PSB), também endossou a iniciativa, lembrando que ainda existem sites que estimulam a violência e o preconceito

Serginho do Posto (PSDB), que está respondendo pela liderança do prefeito na Casa, comentou a abrangência da medida sobre o desafio de proteger crianças e adolescentes de predadores da internet

O objetivo é impedir acesso a sites inadequados que “façam apologia de drogas, pornografia, pedofilia, sexo, violência ou armamentos”, justificou o parlamentar. Moreira afirmou, na tribuna do plenário, que “a internet é, hoje, uma das principais ferramentas de acesso a informações fundamentais para

Curitiba | Agosto/2011 |

o desenvolvimento e aprimoramento cultural da sociedade, sendo imprescindível uma regulação neste acesso para as nossa crianças e jovens, porque, neste contexto, os oportunistas e infratores se aproveitam para seduzir menores e praticar delitos “.Na opinião do vereador, “a responsabilidade da prevenção e proteção a crianças e adolescentes é de todos: família, escola e comunidade. A atuação conjunta é importante para garantir os direitos da criança e do adolescente. Neste caso, a participação de todos é fundamental”. A proposta do vereador foi acatada por todos os parlamentares, que demonstraram a necessidade de “dificultar este tipo de acesso”, reconhecendo que os maiores cuidados precisam ser tomados em relação a crianças e adolescentes, “pois eles têm direito a um desenvolvimento saudável e estão mais vulneráveis a situações de perigo”.

Foto – Anderson Tozato

O uso de tecnologia de filtragem em computadores da rede de ensino público municipal poderá ser obrigatório. Projeto de lei do vereador Dirceu Moreira (PSL), que também prevê a implantação do sistema em escolas, bibliotecas, Faróis do Saber ou Ruas da Cidadania, foi aprovado por unanimidade em primeiro turno, (17).

Câmara participa do Programa Viva a Praça Os vereadores Tico Kuzma (PSB), Julieta Reis (DEM) e Noemia Rocha (PMDB) participaram (16), da abertura de mais uma edição do Programa Viva a Praça, organizada pelo Conselho Comunitário de Segurança da Área Central (Conseg). Durante todo o dia de hoje, foram realizadas atividades culturais, esportivas e educacionais na Praça Eufrásio Correia, vizinha da Câmara de Curitiba. “A Praça Eufrásio Correia, que há algum tempo foi um dos principais pontos de encontro de Curitiba, precisa ser preservada, utilizada e contemplada. A segurança pública é dever de todos nós”, afirma a presidente do Conseg Área Central, Malu Gomes. Durante a cerimônia também houve uma homenagem póstuma ao ex-deputado federal e estadual Djalma de Almeida César, pai do secretário de segurança pública do Paraná, Reinaldo de Almeida César, falecido aos 73 anos, em julho deste ano. “Quero parabenizar o Conseg por esta belíssima iniciativa. Esperamos que mais eventos como este aconteçam, contra a violência e por uma vida mais saudável”, afirmou Noemia Rocha. De acordo com ela, a intenção é estimular a população a conhecer as praças do centro da cidade, oferecendo, em contrapartida, segurança à todos os frequentadores.

18

CÂMARA MUNICIPAL

Aprovado projeto que prevê filtragem em computadores


Vereador fala de plano de ação para a cidade O líder do PRB na Câmara de Curitiba, vereador Valdemir Soares, ocupou a tribuna para falar sobre o Plano de Ação de Políticas Públicas Municipais para a cidade que seu partido definiu em evento ocorrido no último sábado (13), no Teatro Fernanda Montenegro. O documento, em forma de cartilha, distribuído pelo vereador no plenário da Casa, na sessão desta terça-feira (16), marca a decisão do PRB nacional e municipal em pontuar seus principais posicionamentos para os temas relativos à educação, saúde, segurança, meio ambiente, esporte, juventude, cultura, ação social, habitação, obras públicas e transporte. Soares comentou que o “plano de ação apresenta os projetos para melhoria da cidade, inserindo a criança, o jovem e a família como foco central das ideias”. Disse também que “a sigla definiu apoio irrestrito à atual administração, de Luciano Ducci”. Considerando que o PRB não deve sair com candidato próprio para as eleições municipais de 2012, Soares adiantou que “ficou definido o apoio à candidatura de Ducci para a prefeitura”. “O apoio é um ato natural do nosso partido, assim como a cartilha é a nossa contribuição para a cidade e sua população”, assegurou. Vereadores de outros partidos participaram do evento, que contou com a presença do prefeito Ducci e de figuras de expressão política como o presidente nacio-

Paraná

DIVULGAÇÃO

destacou o professor, ressaltando ainda a relevância de projetos como esse, o carro elétrico e a bicicleta movida a célula de hidrogênio, também em andamento na UTFPR, e que conta com diversas parcerias. Carro elétrico Carlos Motta apresentou o Pompéo, o carro elétrico paranaense, já apresentado em feiras especializadas. “Não pretendemos propor soluções para a mobilidade urbana que abram mão do transporte coletivo e do incentivo ao seu uso”, destacou o engenheiro, mostrando as vantagens, resultados de testes e outras ideias que reduzem os custos do transporte urbano privado com carros elétricos, como as várias alternativas para recarga das baterias desses automóveis. Rodrigo Alves, da Urbs, apresentou as atribuições da instituição e as várias ações desenvolvidas para segurança e fluidez viária, a prioridade que tem sido dada ao transporte coletivo seja por projetos técnicos como por meio de campanhas educativas. Também discorreu sobre projetos como o SIM (Sistema Integrado de Mobilidade). Antes do espaço aberto para perguntas e apresentação de ideias e propostas, a psicóloga Iara Thielen, em seu pronunciamento, trouxe à reflexão o quanto, de fato, a engenharia e a tecnologia podem oferecer segurança no trânsito. “É preciso levar em conta o comportamento humano, que permeia todas estas questões”, afirmou, enfatizando dois pólos relacionados à mobilidade e ao trânsito: o eu e o outro. Iara ressaltou as propensões naturais do ser humano para ser leniente com suas próprias faltas e infrações e o rigor com que trata o erro alheio, e que isso tem consequências conhecidas no dia a dia no trânsito nas grandes cidades. Também criticou o subjetivismo com que algumas pessoas encaram as leis de trânsito, como se as regras e normas não se aplicassem a elas.

CÂMARA MUNICIPAL

O vereador Valdemir Soares fala sobre o plano de ação para os vereadores, durante a sessão plenária

O projeto Mobilidade Curitiba: Ideias para Transformar o Trânsito em Nossa Cidade, promovido pelo vereador Jonny Stica (PT), teve sua primeira etapa de minipalestras realizada (11), no plenário da Câmara Municipal. “O objetivo é tratar de forma abrangente o problema, trazendo a visão de profissionais de diversas áreas e instituições, além de dar a oportunidade ao público participar, debatendo”, informa o parlamentar. Entre os participantes, estavam o arquiteto Fábio Duarte, professor dos cursos de pós-graduação e mestrado em Gestão Urbana da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUC-PR); Carlos Bittencourt, diretor-executivo do projeto Carona Solidária; Eloy Fassi Casagrande Jr, pós-doutor em Inovação Tecnológica e Sustentabilidade pelo Instituto Superior Técnico de Lisboa e coordenador do Escritório Verde da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR); Carlos Motta, engenheiro mecânico e diretor de Relações Institucionais da Fiel Indústria de Veículos; Rodrigo Alves, membro da equipe de engenharia de operações de trânsito da Urbs, e a psicóloga Iara Thielen, coordenadora do Núcleo de Psicologia do Trânsito da Universidade Federal do Paraná (UFPR). Fábio Duarte falou sobre alguns dos atuais problemas no trânsito em Curitiba, ressaltando que muitas soluções são propostas sobre dois pilares: em relação aos veículos, ou no que diz respeito a vias, à engenharia de tráfego. Afirmou que as respostas que os planejadores em Curitiba deram aos problemas de mobilidade funcionaram bem por muito tempo, mas que agora precisam ser revistas. Também apresentou gráficos correlacionando o adensamento populacional e a demanda por transporte coletivo. Carlos Bittencourt apresentou o trabalho do Carona Solidária, ONG que trabalha com o incentivo às caronas, mostrando resultados e vantagens aos usuários, às empresas, às cidades e ao meio ambiente que iniciativas como esta podem oferecer. Bittencourt ainda afirmou que para que estes trabalhos possam ser ainda mais eficazes é necessário o apoio do poder público. Um escritório construído com tecnologias limpas e materiais reciclados e com baixo impacto ambiental. Eloy Fassi Casagrande Jr. apresentou o Escritório Verde, um projeto realizado pela UTFPR. “Não se trata de algo alternativo. Todo o escritório foi construído com tecnologias já disponíveis no mercado”,

19

Foto - Andressa Katriny

Mobilidade Urbana é debatida

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

Foto - Andressa Katriny

DIVULGAÇÃO CÂMARA MUNICIPAL

Comitiva da Colômbia visita Câmara Para trocar experiências sobre transporte urbano, geração de renda e ampliação de empregos, o prefeito da cidade de Ibagué, departamento de Tolima, na Colômbia, Jesus Maria Botero Gutierrez, visitou a Câmara de Curitiba (10). Junto com assessores e a secretária de apoio e gestão, Martha Mirella Peño, o prefeito participou da sessão plenária, acompanhando a votação da pauta de projetos. Foi recepcionado pelo presidente da Casa, João Cláudio Derosso (PSDB), e demais integrantes da Mesa Executiva. A vereadora Renata Bueno (PPS) fez a saudação em nome do Legislativo.Dirigindo-se a todos os vereadores, Gutierrez enfatizou a importância da visita e da oportunidade, pelo aprendizado de novas experiências que levará para sua cidade, conhecida como a capital da música da Colômbia. Próxima de Bogotá, é nesta cidade, margeada pelo rio Combeima, que se realiza o Festival Folclórico de Música. Ibagué também é destaque no departamento de Tolima pela produção de café, cacau, tabaco, cana de açúcar e arroz. O atacante Ronaldo, maior artilheiro em Copas do Mundo, encerrou sua carreira em Ibagué no dia 2 de fevereiro de 2011, vestindo a camisa do Corinthians na derrota por 2 a 0 para o Deportes Tolima, da Colômbia

Curitiba | Agosto/2011 |

Gutierrez e a secretária Martha Peño entre os vereadores curitibanos

Comissão dos Táxis elege presidente e relator Foi instalada (10), a comissão especial que vai analisar a concessão de licença de táxis em Curitiba. O vereador Jair Cézar (PSDB) foi eleito presidente e Tito Zeglin (PDT), relator. Além deles, fazem parte do grupo Algaci Tulio (PMDB), Serginho do Posto (PSDB), Francisco Garcez (PSDB), Pedro Paulo (PT), Denilson Pires (DEM), Dona Lourdes (PSB) e Juliano Borghetti (PP). “Na próxima reunião vamos aprovar o regulamento da comissão e receber sugestões dos membros para podermos indicar os convidados. Também queremos fazer uma série de solicitações de informações à Urbs”, disse Jair Cézar. Zeglin ressaltou que o trabalho é importante para dar uma resposta à comunidade e aos taxistas. “Esta categoria merece este respeito da Câmara Municipal”. Um dos dados que a comissão pretende conseguir é o número de táxis que estão efetivamente em funcionamento. Segundo a Urbs, a frota de táxis em Curitiba é composta por 2.252 veículos, significa um táxi para cada 755 habitantes. A proporção aceitável, segundo Jair Cézar, seria no máximo 600 táxis por habitante. “Queremos saber a proporcionalidade de táxis por habitante contando com os que estão verdadeiramente rodando e comparar com outras capitais do mesmo porte de Curitiba”, explicou Jair Cézar. Além da Urbs, ele disse que devem ser ouvidos a Diretran, o Sindicato dos Taxistas, taxistas autônomos, entre outros. A comissão deve verificar ainda como é a legislação das cidades da região metropolitana e traçar um comparativo com Curitiba, para ver como está a integração deste transporte. Ao final dos trabalhos, com previsão de término em quatro meses, um relatório será elaborado com as informações e sugestões coletadas. “Aprovado este documento, ele vai a plenário e a Mesa Executiva vai submeter à apreciação dos demais vereadores”, complementou. O documento será então encaminhado ao prefeito para providências e, posteriormente, aos que vieram à Câmara contribuir com a sua elaboração.

20

A vereadora Renata Bueno faz saudação ao visitante e comitiva em nome de todos os parlamentares


Paraná

DIVULGAÇÃO Foto: Luiz Costa/SMCS (arquivo)

O II Simpósio de Família e Desenvolvimento Humano, promovido pela Sociedade Paranaense de Pediatria, concedeu menção honrosa a cinco programas da Fundação de Ação Social

Na edição de 2011 do evento, foram abertos espaços para a apresentação de 50 painéis com o tema focado na família, com o objetivo de divulgar os programas que estão sendo desenvolvidos em todo o País. O simpósio contou com a participação de estudantes, pesquisadores e profissionais de diferentes áreas (Psicologia, Medicina, Serviço Social, Direito, Pedagogia, entre outros), além de pais, mães, avós e educadores. Programas da FAS Foram premiados com menção honrosa os programas “Criança Quer Futuro – um trabalho que dá certo”, elaborado pelas servidoras Sueli Galvão Cortiano, Luciana Kusman e Leda Maria Albuquerque, que

atuam na coordenação do Resgate Social; “Prevenção e Enfrentamento à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” e os servidores Rosangela Odete de Souza Alves, Luciane Mendonça, Solange de Fátima Ilivinski, Luiza Helena Cosmo Spaki e Rafael de Paula Mendonça, do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) CIC. Também foi destacado o programa de “Melhoria da Interação Familiar (Promif)”, elaborado pelos servidores Lissandra Medeiros Santos, Solange de Fátima Ilivinski, Luiza Helena Cosmo Spaki, Rosangela Odete de Souza Alves e Luciane Mendonça, do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) CIC.

O projeto “Família Curitibana Proteção Social – A Solução vem da Família” também recebeu a menção honrosa, bem como os servidores Niucéia de Fátima Oliveira, Ana Luiza Suplicy Gonçalves, Érica Hayashida, Maria de Lourdes Corres Perez San Roman, Maria Tereza Gonçalves, Priscila de Albuquerque Maranhão Polatti e Salma Mancebo Corrêa, e ainda o projeto “Reintegração Familiar: um relato de caso”, dos servidores Marcelo Bandechi, Nadia Maria Porres Lopes; Silmara Iglesias; Maria Lucia Zacarias, da Diretoria de Proteção Especial, Coordenação de Alta Complexidade – Acolhimento Institucional.

Curitiba | Agosto/2011 |

CURITIBA

Foram premiados os programas Criança Quer Futuro – um trabalho que dá certo; Prevenção e Enfrentamento a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes; Melhoria da Interação Familiar (Promif) e Família Curitibana – Proteção Social – A Solução vem da Família; Reintegração Familiar: um relato de caso.

Programas da FAS premiados pela Sociedade de Pediatria

21

II Simpósio de Família e Desenvolvimento Humano, promovido pela Sociedade Paranaense de Pediatria, concedeu menção honrosa a cinco programas da Fundação de Ação Social voltados para a atenção de pessoas e famílias em vulnerabilidade social.


Paraná

Foto: Brunno Covello/SMCS

DIVULGAÇÃO Prefeito Luciano Ducci com líderes comunitários da Regional Cajuru

O prefeito Luciano Ducci está ampliando a parceria entre o município e as associações de moradores de Curitiba. Reunido na manhã desta quarta-feira (24) com 57 líderes comunitários da Administração Regional do Cajuru, responsáveis pelo atendimento de 10 mil famílias, o prefeito ressaltou que é importante apoiar o trabalho dos grupos comunitários para a melhoria das condições de vida da população. “A Prefeitura tem grande parcerias com associações de moradores, faz audiências públicas e visitas nos bairros, para escutar quem sabe os problemas da cidade e buscar soluções em conjunto”, disse Luciano Ducci, no encontro realizado no salão do Colégio Adventista Centenário. O apoio para a regularização dos grupos comunitários foi dado com o suporte da Fundação de Ação Social (FAS) e da Secretaria Municipal de Relações com a Comunidade, que colocaram à disposição das lideranças comunitárias uma equipe jurídica e de contabilidade. Desta forma as associações de moradores, clubes de mãe e associações comunitárias obtiveram a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), Declaração de Débitos e Créditos Tributários Federais (DCTF), Declaração de Informação Econômico-fiscais da Pessoa Jurídica (DIPJ). “Com os documentos em dia, os grupos comunitários poderão formalizar parcerias com instituições públicas, como Prefeitura, governo estadual e federal”, disse o secretário municipal de Relações com a Comunidade, Fernando Guedes. Os documentos foram

Curitiba | Agosto/2011 |

entregues pelo prefeito e os vereadores Emerson Prado, Jair Cezar e Serginho do Posto. Parceria O presidente da Associação de Moradores dos Conjuntos Lotiguassú I e II, José Aparecido Dudu da Silva, comemorou a entrega da documentação. “Nossa associação agora está formal e pode correr atrás de parcerias com a Prefeitura, ampliando o atendimento, deixando a administração municipal mais perto do Lotiguassu”, afirmou. Outra líder comunitária satisfeita foi Adelaide Nashiro, presidente do Clube de Mães e Colaboradores do Conjunto Marumbi. “Foi muito importante o gesto da Prefeitura de ajudar os clubes de mães a ficar com a documentação em dia. A gente agora pode ampliar o atendimento para as famílias”, disse Adelaide, que atende 230 famílias. O presidente da União das Associações de Moradores União Cajuru, Juscelino Salles disse que a Prefeitura sempre atuou em parceria com os grupos comunitários. “O prefeito Luciano Ducci sempre teve as portas abertas e nos deu respostas rápidas para os problemas do bairros. Por isso os bairros estão melhorando”, disse. Caminhada Depois de assistir a uma apresentação do coral do Colégio Adventista Centenário, com uma música que trata da importância da reciclagem de lixo, o prefeito visitou comerciantes da região. Na farmá-

22

CURITIBA

Prefeito amplia parceria com associações de moradores cia de Sófia Monteiro, Luciano Ducci falou sobre as melhorias programadas para a Regional Cajuru, como a construção da Rua da Cidadania Cajuru, o Centro da Juventude Audi/União e o Mercado do Produtor no Capão da Imbuia. A proprietária da farmácia aproveitou para pedir pavimentação de ruas do bairro. “O prefeito ouviu meu pedido e me disse que em breve vai ter novidade na pavimentação da cidade, com mais recicladoras”, disse a comerciante. Luciano Ducci aproveitou também para conhecer as instalações do Colégio e Faculdade Modelo, onde estudam 800 alunos. O prefeito foi até a cidade mirim da escola, onde conversou com os alunos sobre como gerir uma cidade. “Este exercício de cidadania de vocês ajuda a entender como funciona uma cidade e permite que os jovens ajudem a cuidar de Curitiba”, disse.


Paraná

Foto:Guilherma Dala barba/SMELJ

A equipe feminina de handebol de Curitiba sagrou-se campeã da fase regional dos Jogos da Juventude (24), ao derrotar a equipe de Araucária por 24 a 19, no Centro de Esporte e Lazer São Marcos, em São José dos Pinhais.

Curitiba é campeã no handebol feminino quistar o primeiro lugar da competição regional. O campeonato de basquete contou com a participação de cinco equipes, que competiram em fase única de grupo. Jogos da Juventude Além de São José dos Pinhais, os municípios de Prudentópolis, Cornélio Procópio, Astorga, Goioerê, Santa Helena, Mangueirinha e Ivaporã também sediam a competição. Em São José dos Pinhais, atletas vindos de 25 municípios paranaenses disputam as modalidades - nas categorias feminina e masculina - de basquetebol, handebol, futebol, futsal, voleibol e xadrez. Os Jogos da Juventude são disputados por seleções municipais com atletas de até 18 anos de idade.

CURITIBA

A equipe feminina de handebol de Curitiba sagrou-se campeã da fase regional dos Jogos da Juventude (24), ao derrotar a equipe de Araucária por 24 a 19, no Centro de Esporte e Lazer São Marcos, em São José dos Pinhais. Este resultado garantiu a classificação de Curitiba para disputar a fase final dos Jogos da Juventude do Paraná, que acontecerão em Campo Mourão de 7 a 16 de outubro. “Ficamos muito orgulhosos do desempenho da equipe de handebol feminino, que fez uma campanha brilhante e mostrou que Curitiba possui uma nova e talentosa geração de atletas”, disse o diretor de Esporte da Secretaria Municipal do Esporte, Lazer e Juventude, Felipe Nasser Daher. O campeonato de handebol feminino contou com a participação de sete municípios, que foram divididos em dois grupos. Nesta fase, Curitiba superou as equipes de Campo Largo, Paranaguá e Pontal do Paraná. Na semifinal, derrotou a seleção de São Mateus do Sul. A ponta esquerda Nayale Matías, de 16 anos, destacou a importância da classificação. “Poder representar e classificar Curitiba para a fase final dos Jogos da Juventude, uma das maiores competições esportivas do estado, foi uma experiência maravilhosa. Agora é começar a treinar e nos preparar, pois jogaremos contra equipes fortes e algumas das melhores atletas de nossa categoria em Campo Mourão.” Basquete A equipe de basquete feminino de Curitiba garantiu sua classificação para a fase final dos Jogos da Juventude ao derrotar a equipe de São José dos Pinhais e con23

Desde o início do ano, o consumidor que pede a Boa Nota Fiscal da Prefeitura ao fazer o pagamento da prestação de serviços está acumulando créditos que poderão ser descontados no valor do IPTU (Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana) de 2012. O desconto pode chegar até 30% do valor do IPTU. O Boa Nota Fiscal é a nota fiscal eletrônica do Imposto Sobre Serviços (ISS), que é gerado por empresas prestadoras de serviços, como estacionamentos, academias e escolas, por exemplo. A partir do dia 1º de novembro, até o dia 30 do mesmo mês, os consumidores poderão indicar o imóvel que irá receber o desconto do IPTU. Para participar do Boa Nota Fiscal o consumidor deve fazer um cadastro simples (nome, endereço, CPF, RG e senha) pelo site http://isscuritiba.curitiba.pr.gov.br/ portalnfse/Default.aspx. Será aberta automaticamente uma conta pessoal onde todos os valores serão registrados, e o saldo poderá ser consultado a qualquer momento pelo computador. Quando fizer o pagamento do serviço nas empresas cadastradas no sistema, o consumidor deve informar o número de seu Cadastro de Pessoa Física (CPF). Assim os créditos começam a ser acumulados. Atualmente são 17 mil estabelecimentos inscritos no sistema. Pelo portal do Boa Nota Fiscal os contribuintes também podem consultar as empresas que participam do programa e ficam mais perto do bairro onde moram. Histórico - A Boa Nota Fiscal começou a ser aplicada em Curitiba no mês de janeiro de 2010. No ano passado inteiro foram emitidas 5,7 milhões de notas eletrônicas. Do início de 2011 até agora já foram mais de 14 milhões de notas. O acumulado desde a implantação do sistema chega a 19,8 milhões de notas emitidas. “Se o consumidor não utilizou os créditos neste ano, pode usar em 2012. Os créditos podem ser utilizados em até 2 anos”, explicou Mario Nakatani Junior, diretor do departamento de Rendas Mobiliárias - ISS. “O Boa Nota Fiscal é bom para o contribuinte que consegue desconto no IPTU e para a Prefeitura que consegue investir mais recursos do ISS em obras pela cidade”, disse o secretário municipal de Finanças, João Luiz Marcon. Do total recolhido de ISS, 25% são dirigidos para área da educação, 15% para saúde e 60% para custeio e manutenção da cidade, com obras de meio ambiente e pavimentação, por exemplo.

DIVULGAÇÃO

Peça nota fiscal e ganhe créditos para desconto no IPTU

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

Foto: Brunno Covello/SMCS

DIVULGAÇÃO

Cuidados para evitar doenças no inverno

O Mercado Municipal de Curitiba completou 53 anos de funcionamento na primeira semana do mês de agosto. reforma do Mercado Municipal. Na imagem, Juliana Fabri (à esquerda) com a família

O Mercado Municipal de Curitiba completou 53 anos de funcionamento na primeira semana de agosto. O aniversário (2), foi comemorado em meio a maior obra de revitalização que o Mercado já passou desde que começou a funcionar, no dia 2 de agosto de 1958. Com a reforma feita pela Prefeitura, o Mercado vai dobrar de tamanho e ficará mais confortável para clientes e funcionários. O local ganhará mais 18,6 mil metros quadrados. O Mercado Municipal é considerado um dos pontos gastronômicos mais tradicionais de Curitiba e a revitalização vai deixar o espaço ainda mais aconchegante e confortável. “Com a reforma temos a expectativa de aumentar o fluxo semanal para 80 mil pessoas. Vamos ter também área de acessibilidade para cadeirantes nas calçadas em volta ao Mercado. As reformas vão trazer mais conforto para a população”, disse José Carlos Koneski, gerente do Mercado Municipal. As obras de revitalização acontecem também na praça de alimentação, que será aumentada para oferecer mais conforto e qualidade aos clientes. “Vai ser criada uma nova área de alimentação. Dos atuais 700

Curitiba | Agosto/2011 |

lugares, a praça terá 1.400 lugares. Vai dobrar o espaço e melhorar o atendimento”, explicou Jerson Straube de Castro, coordenador de projetos do Mercado Municipal. Durante as obras, a praça de alimentação foi transferida provisoriamente para uma estrutura metálica na rua da Paz, ao lado do antigo estacionamento do Mercado. Nova fachada Além da reforma na praça de alimentação, outra frente de obras está construindo a nova entrada do Mercado Municipal, pela rua Sete de Setembro. Será erguida no local uma moderna fachada. No hall da nova entrada será feita uma arena para aulas-shows de gastronomia. O piso superior da ala da rua General Carneiro, onde antes ficavam as salas de administração do Mercado, está sendo transformado em um mezanino para lanchonetes, com vista para as bancas de frutas e hortaliças. No fundo, estão sendo construídos banheiros exclusivos para funcionários e comerciantes. Os caixas-automáticos de bancos, hoje espalhados em diferentes pontos, ficarão em espaço comum, perto dos novos banheiros. A previsão é que todas as obras terminem até o final deste ano. 24

CURITIBA

Mercado Municipal completa 53 anos e vai dobrar de tamanho

Garantir a ventilação dos ambientes – mesmo nos dias mais frios do inverno – e lavar as mãos depois de tossir e espirrar estão entre as medidas que precisam ser observadas para a prevenção das doenças de transmissão respiratória como a caxumba. O vírus dessa doença benigna, que está em circulação e se dissemina com mais facilidade nessa época e na primavera, pode ser transmitido com as gotículas expelidas ao tossir e espirrar e se alojar geralmente nas glândulas parótidas, no pescoço, provocando inchaço. A caxumba ou parotidite começa a se manifestar com mal-estar, perda de apetite, dor de cabeça e febre. Um dia após o aparecimento desses sintomas e sinais, surgem o inchaço característico no pescoço, onde se localizam as parótidas, e a região começa a doer. Quem estiver nessa situação deve procurar o serviço de saúde mais próximo. As 110 unidades básicas e de Saúde da Família podem prestar esse atendimento. O paciente precisa ser medicado de acordo com os sintomas, a critério médico, e ficar em repouso. O isolamento é necessário para evitar a disseminação do agente infeccioso para outras pessoas. O vírus pode também, em casos mais raros, afetar outras glândulas. É o caso do pâncreas, dos ovários e também dos testículos, onde pode ocorrer uma inflamação denominada orquite. A orquite pode afetar até 30% dos adolescentes e homens que adquirem o vírus da caxumba. Em geral a inflamação é unilateral (em apenas um dos testículos). Por isso, a esterilidade masculina como seqüela de caxumba é rara. Esse ano, em Curitiba, a rede municipal de saúde registrou 989 casos da doença até (20). No mesmo período do ano passado ocorreram 292 casos. O crescimento do número de ocorrências vem sendo registrado desde outubro passado mas com o inicio do inverno, conforme era esperado, por se tratar de doença sazonal, observouse uma elevação no número de casos. Esse aumento das ocorrências, de acordo com a diretora do Centro de Epidemiologia da Secretaria Municipal da Saúde, Karin Luhm, deve ser relativizado. “São menos de mil casos num universo de 2,2 milhões de consultas médicas na rede municipal de saúde”, argumenta.


Paraná

DIVULGAÇÃO “E o Luciano com sua competência, serenidade e equilíbrio, espírito democrático e de liderança de uma equipe, nos ajudou nas grandes decisões em favor de todos os curitibanos”, completou. Reeleição - Beto acompanhou Ducci e Campos até o almoço em Santa Felicidade. Não ficou no encontro estadual do PSB, mas para a imprensa disse que o “caminho natural do PSB e PSDB” é continuar com o projeto político que o elegeu por duas vezes no comando da prefeitura de Curitiba. No encontro do PSB, o presidente estadual do partido, Severino Araújo, lançou Luciano Ducci para a reeleição na capital do Paraná. “Luciano Ducci está fazendo um grande trabalho e vamos reelegê-lo no primeiro turno”, adiantou Araújo. Ducci foi mais comedido, agradeceu o apoio mas disse que no momento está focado em fazer uma boa gestão na Prefeitura. Campos, mais uma vez, elogiou o prefeito de Curitiba. “Quando assumi o governo em 2007, pedi que

a ocasião e reforçou a aliança entre os dois partidos no Paraná. “No campo nacional, o PSB está na base de apoio e governa junto com a presidente Dilma, mas no Paraná sempre fiz questão de construir e reforçar essa aliança com o PSDB de Beto Richa”, disse Campos. Mãos limpas “Isso porque aprendi muito com seu pai, José Richa, que junto com meu avô, Miguel Arraes, lutaram pela redemocratização do Brasil e foram homens dignos, sérios, exemplos para todos nós, exemplo para mostrar para a nossa juventude que vale a pena participar da política”, completou. Beto Richa agradeceu, é claro, as palavras do governador de Pernambuco e fez questão de destacar o desempenho de Ducci na prefeitura de Curitiba. “Deixei a prefeitura de Curitiba em boas mãos. Mãos limpas, seguras e competentes do Luciano Ducci. Luciano nos ajudou em diversos momentos, principalmente nos mais difíceis, nos grandes dilemas que vivíamos na prefeitura”, disse.

minha equipe viesse a Curitiba conhecer o Mãe Curitibana, criado pelo Luciano. Implantamos o Mãe Coruja e a mortalidade infantil caiu 30% em Pernambuco. Curitiba está ensinando o Brasil a cuidar das mães e das crianças”, disse. Partidos Além do PSB e PSB, o prefeito de Curitiba já soma mais outros oitos partidos no projeto de sua reeleição: DEM, PTB, PP, PRP, PRB, PSDC, PSD e PSL. “São partidos identificados com as boas mudanças realizadas em Curitiba nos últimos sete anos, que fazem parte da base do governo Beto Richa, base de apoio do prefeito na Câmara de Vereadores”, disse o vereador Tico Kuzma, do PSB. “Curitiba está realizando em sem número de obras em todos os bairros e regiões. São obras de envergadura. Tem mais uma série de obras que vai começar ainda este semestre. Curitiba está avançando, vai avançar mais ainda e o condutor desses avanços tem nome: é o prefeito Luciano Ducci”, disse o vereador João do Suco (PSDB).

Curitiba | Agosto/2011 |

POLÍTICA

Ducci escolheu o nome de Miguel Arraes, fundador do PSB, para a creche de 200 vagas entregue no Conjunto Moradias Diadema na Cidade Industrial. “Homenagear Miguel Arraes é uma grande alegria. Na década de 1960, ele mobilizou a população de Pernambuco e mostrou a importância da educação”, disse Ducci na presença do neto de Arraes, Eduardo Campos, atual governador de Pernambuco e presidente nacional do PSB, e da filha de Arraes, Ana Arraes, líder do partido na Câmara dos Deputados. Ao lado, no mesmo palanque, estava o governador do Paraná, Beto Richa, o presidente estadual do PSDB. Eduardo Campos aproveitou

Prefeito de Curitiba já reúne 10 partidos para sua reeleição

25

A inauguração de uma creche na Cidade Industrial, seguido de um almoço político em Santa Felicidade, serviu no dia 17 para mostrar a coesão de duas forças políticas no Paraná - o PSB e o PSDB – em torno da reeleição do prefeito Luciano Ducci (PSB) em Curitiba.


Paraná

DIVULGAÇÃO

Arranjo para demissão em Itaipu rendeu R$ 145 mil a Gleisi Hoffmann Por Eduardo Bresciani e Leandro Colon, jornal O Estado de São Paulo “Ao conseguir ser ‘demitida’ de um cargo público, a ministra da Casa Civil, Gleisi Hoffmann, recebeu pelo menos R$ 145 mil. Em 29 de março de 2006, ela foi ‘exonerada’ do cargo da diretoria financeira de Itaipu Binacional. Só que a ministra saiu da função porque quis: ela saiu candidata ao Senado naquele ano, mas não foi eleita. Por meio de um acordo com o comando de Itaipu, Gleisi trocou a ‘exoneração a pedido’, o que de fato ocorreu, pela ‘exoneração’, ou seja, demissão. Com isso, recebeu, além de férias proporcionais, entre outros, os 40% de indenização sobre o saldo do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), além de poder sacar o próprio FGTS. A assessoria da ministra confirmou ao Estado que ela recebeu a multa de 40% relativa ao FGTS no valor de R$ 41.829,79. Foi informado ainda que ela sacou o fundo, mas Gleisi se recusou a revelar o valor. Pelo cálculo em cima dos 40%, a ministra teria pelo menos R$ 104 mil de FGTS. Ou seja, o ‘acerto’ com Itaipu rendeu a ela cerca de R$ 145 mil em 2006. A exoneração de Itaipu foi publicada no Diário Oficial da União no dia 29 de março de 2006, dois dias antes do prazo final de desincompatibilização.

O dinheiro entrou na conta de Gleisi quando ela já era pré-candidata ao Senado, mas sua assessoria nega que o recurso tenha sido investido para esse fim. A ministra também não quis explicar por que não pediu a exoneração. Quando deixou Itaipu, sua remuneração bruta era de R$ 31 mil. A Itaipu informou que, por ser binacional, a empresa tem ‘regime trabalhista próprio’. Esse modelo é similar à Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), o que garante aos funcionários direito ao FGTS e à multa rescisória. Segundo a empresa, desde 1990 esse direito foi estendido aos diretores. Também ex-diretor de Itaipu, o deputado Rubens Bueno (PPS-PR) disse ter recebido proposta para ser exonerado quando pediu para sair da empresa, em junho de 2004. Bueno, porém, preferiu recusar a oferta da binacional, que chegaria a R$ 50 mil. ‘Cargo público não é para ganhar dinheiro, por isso eu falei que não queria fazer isso’, disse. A exoneração dele foi ‘a pedido’ e, portanto, sem ônus para a empresa e para o FGTS.” http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/arranjo-para-demissao-em-itaipu-rendeu-r-145-mil-agleisi/

O deputado estadual Elio Rusch(DEM), vice-líder do Governo Beto Richa na Assembléia Legislativa esteve na manhã desta quarta-feira(17/08) na Secretaria de Desenvolvimento Urbano, junto com o prefeito de Palotina Luiz Ernesto de Giacometti para receber a ordem de serviço para o início das obras de revitalização das principais ruas e praças. Para o deputado Elio Rusch “é muito bom ver os prefeitos paranaenses sendo atendidos e recebendo a devida atenção do Governo do Estado. De agora em diante, uma série de municípios poderá iniciar obras de recuperação de seus espaços urbanos e Palotina está entre eles”. A ordem de serviço é no valor de R$ 3.300.000,00 e faz parte do Paraná Urbano, sendo os recursos destinados a recuperação e modernização do Centro de Palotina. PARCERIA Elio Rusch destaca “que está existindo entre os prefeitos e o

Curitiba | Agosto/2011 |

secretário Cezar Silvestri, do Desenvolvimento Urbano, um excelente entrosamento. E esta pasta será realmente fundamental para o cumprimento das metas estabelecidas pelo governador Beto Richa, pois atua diretamente na articulação do desenvolvimento local”. Na opinião de Elio Rusch “o

Paraná ganha muito com o estilo do governador Beto Richa, já que a análise dos projetos é feita com base em critérios técnicos”. Rusch também destaca que “o secretário Cezar Silvestri tem longa experiência como parlamentar, o que facilita bastante a relação com prefeitos, vereadores e lideranças regionais”.

26

POLITICA

PREFEITO GIACOMETTI RECEBE ORDEM DE SERVIÇO PARA URBANIZAÇÃO EM PALOTINA

LEPREVOST É ACLAMADO PRESIDENTE DO PSD DE CURITIBA O deputado estadual Ney Leprevost, mais votado da capital, foi aclamado na presidência do PSD de Curitiba. Junto com Leprevost, foi anunciada a Comissão Provisória que irá organizar o diretório do novo partido na capital e montar a chapa de vereadores para 2012. “O Partido Social Democrático nasce em Curitiba com um compromisso forte de dar voz a sociedade civil organizada e a todos os segmentos da comunidade que desejam se expressar politicamente, mas tradicionalmente não tem vez nas decisões das cúpulas partidárias”, afirma Ney. Cerca de 200 lideranças de diversos bairros prestigiaram a reunião do PSD desta sexta-feira. O evento também contou com a presença de cerca de 40 pré-candidatos a vereador que desejam se filiar ao novo partido para concorrer nas eleições do ano que vêm.


Paraná

DIVULGAÇÃO

Dragagem do Rio Atuba “Estamos fazendo a nossa parte” Prefeito Luizão de Pinhais brando que na divisa entre a capital e São José dos Pinhais, o Rio Atuba está com o leito bastante comprometido, o que dificulta o escoamento, por isso necessita de limpeza”. A atual administração de Pinhais já vem realizando obras de limpeza e desassoreamento (dragagem) dos rios desde o começo do ano passado. Em parceria com o Governo do Estado, a Prefeitura efetuou as obras nos Rios Iraí e Palmital. Após estes serviços, somado às obras de drenagem feitas por toda a cidade, as enchentes ao menos foram amenizadas. “vamos dar seqüência as ações em combate às enchentes em Pinhais e aguardar um apoio do Governo do Estado”, acrescentou. Mas vale destacar, que além deste serviço, a comunidade deve colaborar para que os rios mantenham-se limpos. Ao ver alguém despejando lixo às margens dos rios, o cidadão pode entrar em contato com o Departamento de Meio Ambiente, no telefone: 3912-5237.

Josiany Ohde/PMQB

Academia: Público já está aproveitando a novidade: só na praça central são dez equipamentos para uso da população

Academias ao ar livre Instalação das academias já começou. Primeiro local contemplado foi a Praça Raulino Alves Cordeiro, no Centro Elas estarão nas praças e também em algumas unidades de saúde. São as academias ao ar livre, um novo programa da Prefeitura de Quatro Barras que está levando aos bairros equipamentos de ginástica para atender diretamente a população e incentivar uma vida mais saudável.

meçou); na Praça Daniel Mocelin e na Unidade Básica de Saúde, ambas na Borda do Campo. A instalação de todas as academias e a inauguração oficial dos espaços está prevista para o mês de setembro. “As academias fazem parte do nosso plano de governo, que visa justamente revitalizar as áreas de lazer, remodelar as praças e oferecer à população espaços que aliem o convívio social, a integração, a saúde e o lazer. As academias ao ar livre são mais um passo neste sentido, que estamos cumprindo com satisfação”, disse o prefeito Loreno Tolardo.

O primeiro ponto já instalado foi a Praça Raulino Alves Cordeiro, no Centro, que além de toda a estrutura inaugurada no ano passado, agora conta com dez novos equipamentos para a prática de exercícios físicos. Nesta lista estão simulador de caminhada, alongador, multi-exercitador, pressão de pernas, esqui, simulador de cavalgada e rotação vertical. Além desta academia, outras três já têm local certo: serão montadas na Praça Marcos Tamanini, no Jardim Menino Deus (onde a instalação já co27

Prefeito Luizão e vice prefeita, Marli Paulino entregando a nova máquina para a dragagem dos rios de Pinhais

RMC

O prefeito de Pinhais, Luizão Goulart realizou a entrega de uma retroescavadeira hidráulica Long Reach com capacidade de alcance de 15 metros, adequada para a limpeza e desassoreamento dos rios. Esta máquina já está sendo utilizada com obras concentradas no Rio Atuba, no sentido de melhorar a vazão do rio e combater as enchentes. No sentido de dar uma resposta rápida a população, a Prefeitura de Pinhais investiu R$619 mil para a compra da máquina. O prefeito Luizão explica que este investimento foi necessário já que por diversas vezes ele procurou parcerias com a Prefeitura de Curitiba, mas não obteve êxito. “Desde o inicio do nosso mandato estamos procurando uma ação conjunta com a capital, já que o Rio divide as duas cidades”, comentou e completou: “Estamos fazendo a nossa parte, mas é necessário que Curitiba também faça a dragagem da outra metade do Rio. Lem-

Curitiba | Agosto/2011 |


Paraná

DIVULGAÇÃO

Prefeitura distribui muda de árvores nativas em Campina Grande do Sul A Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura e a Emater de Campina Grande do Sul, em parceria com o IAP (Instituto Ambiental do Paraná), estão cadastrando produtores rurais que queiram receber gratuitamente mudas de árvores nativas para a recuperação da mata ciliar em suas propriedades. O projeto visa à preservação das nascentes e margens de rios para auxiliar o produtor a recuperar áreas degradadas de seu terreno, trabalhando aspectos de adequação da propriedade para a sua legalização.

A Prefeitura Municipal está incentivando o reaproveitamento do óleo de cozinha usado

Desde 2007, a Prefeitura de Tamandaré tem dado uma destinação correta ao óleo de cozinha com a instalação de pontos de coleta em diferentes regiões da cidade. No ano de 2010, em um trabalho realizado com a Secretaria Municipal de Educação, foram instaladas bombonas para coleta do óleo de fritura em escolas municipais e CMEIs e, somente neste 1º semestre do ano, foram coletados 930 litros de óleo apenas nas instituições de ensino - número acima da média dos anos anteriores. No total, são 60 pontos de coleta no município, sendo 20 pontos comerciais, entre restaurantes, lanchonetes, panificadoras e pesque - pague. A Escola Municipal Cel. João Candido de Oliveira é a que mais se destaca nesse trabalho de destinação correta do óleo. Por meio da conscientização dos alunos e da divulgação com os pais, como relata a diretora Dalva Souza Marques Passos, foram arrecadados 300 litros de óleo pela escola nesse período. A diretora destaca ainda a importância da educação ambiental e do projeto da Agenda 21 Escolar no município. Segundo Dalva, além da comunidade escolar, restaurantes e estabele-

Curitiba | Agosto/2011 |

cimentos comerciais próximos também utilizam as bombonas da escola para entregar o óleo em garrafas pet. “Além disso, a escola recebe 10 litros de detergente por cada 100 litros coletados, o que já ajuda bastante”, afirma. Para dar uma destinação correta ao óleo coletado, a Prefeitura Municipal mantém uma parceria com a empresa Ambiental Santos, licenciada pelo IAP, que mediante o empréstimo das bombonas oferece 10% do total arrecadado do óleo em sabão e pasta e detergente, os quais ficam no próprio estabelecimento de ensino. O óleo de cozinha é extremamente nocivo ao meio ambiente e com o programa de coleta do resíduo, dando a ele um descarte ambientalmente correto, se evita a contaminação da água. A engenheira ambiental da Prefeitura, Daniele Gasparin destaca a importância do programa: “A prática de descartar o óleo em ralos de pias, bueiros, rios ou mesmo no lixo, pode acarretar sérios danos a fauna e flora que estão na água e no solo, principalmente quando se trata do Aquífero Karst, principal manancial de abastecimento público da cidade de Almirante Tamandaré”, alerta.

Prefeitura inicia ampliação de creche em Areia Branca dos Assis A Prefeitura Municipal de Mandirituba iniciou há algumas semanas mais uma obra de interesse social. O prefeito Machadinho e a secretária de Educação, Sandra Zimermam, anunciaram a ampliação do Centro de Educação Infantil (CMEI) em Areia Branca dos Assis. A creche que tinha capacidade para atender 130 crianças agora está ampliando sua estrutura física para aumentar a oferta de matriculas.

Segundo o prefeito Antônio Maciel machado, o Machadinho, a obra está sendo feita com recurso próprio da prefeitura, adequando todas as salas de aula com banheiros, atendendo a real necessidade das crianças. “A Prefeitura trabalha para atender a demanda manifesta por vagas na educação infantil, com novas obras, a reforma e ampliação de unidades já existentes”, explica Machadinho.

A prefeitura já deu início à ampliação do Cmei de Areia Branca dos Assis

28

RMC

Em Almirante Tamandaré Coleta de Óleo de cozinha cresce em escolas e CMEIs

Serviço: para fazer seu cadastro procure a Emater: (41) 3676-1336 ou a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agricultura: (41) 3676-2180.


A palestra realizada pela Guarda Municipal foi marcante durante a realização do eventoO prefeito Luiz Assunção descerrou a placa inaugural da Escola Augusto Staben

Guarda Municipal faz palestra na sede do 17º BPM no segundo dia da Sempat Palestra da Guarda Municipal Os alunos do Colégio Técnico Industrial assistiram a uma palestra no auditório da fundação sobre o uso indevido de substâncias psicoativas. A ação foi ministrada pela Guarda Municipal de Araucária. Durante o encontro foram discutidos temas encontrados no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), valores, referências dos jovens, relação familiar, infrações legais, violência e drogas. Com jogo de cintura da equipe do Departamento de Ação e Prevenção, da Secretaria Municipal de Segurança Pública, 240 estudantes do ensino fundamental e médio ficaram entretidos com a palestra. Mesclando tons de brincadeira com a seriedade do assunto, até mesmo gibi vira objeto de trabalho, como a edição especial da revistinha Turma da Mônica sobre o ECA. “Tentamos manter uma linguagem que eles entendam, se sintam atraídos e se sintam à vontade. Tem que ter didática para conseguir criar uma interação e a participação deles acaba sendo um termômetro para ver o que estão achando”, relata a guarda municipal Edna Colaço Schamne Barbosa. A diretora da instituição, Cíntia Aparecida Viesenteiner, comenta que este tipo de ação para prevenção às drogas é fundamental. “É muito melhor tentar prevenir, porque trabalhar o vício depois é difícil. Cada vez mais os problemas relacionados às drogas vão ficando mais complexos”, finaliza.

29

Dando sequência à programação da 1° Semana Municipal de Segurança e Saúde no Trabalho da Cidade de Araucária (Sempat), (23), aconteceu no Pátio da Polícia Militar de Araucária um bom dia alusivo à segurança e saúde na vida militar. Na ocasião também aconteceu o hasteamento de bandeiras acompanhado da execução do hino nacional. Alunos do Colégio Técnico Industrial (CTI) ainda assistiram a uma palestra no auditório da fundação sobre o uso indevido de substâncias psicoativas. Evento Militar Estiveram presentes no evento a presidente da Associação das Empresas da Cidade Industrial de Araucária (Aeciar), Fanny Busato, o presidente da Força Trabalhista do Paraná (Fotropar) e idealizador do projeto, professor Walter César, o secretário municipal de Segurança Pública (SMSP) Luiz Fernando Chemim, o Capitão Stoqueiro, representantes de instituições locais, além do secretário do Trabalho e Emprego, Nilton Campos, que enalteceu o trabalho da Polícia Militar. “Nada mais justo do que lembrarmos do trabalho que é executado pela nossa Polícia Militar, que mesmo sem o efetivo necessário honra seu compromisso de defesa aos cidadão. Parabenizo toda a frota que diariamente põem em risco sua vida no trabalho para manter a ordem dentro do nosso município”, disse Nilton.

Curitiba | Agosto/2011 |

Paraná

DIVULGAÇÃO

A Companhia Municipal de Transporte Coletivo de Araucária (CMTC) tem voltado sua atenção para usuários com necessidades especiais ou baixa locomoção. Com esse objetivo é que têm sido estudados mecanismos que facilitem o acesso, nos pontos de ônibus, do passageiro com deficiência visual ao Transporte Integrado de Araucária (Triar). Foi assim que a Companhia tomou conhecimento de um sistema inovador, implantado em poucas cidades brasileiras e que facilita muito o dia a dia das pessoas cegas que costumam pegar ônibus sozinhas. Trata-se de um sistema de rádio-comunicação, que leva o nome de seu inventor Dácio Pedro Simões (DPS) e a data do primeiro protótipo criado (2000). O sistema é composto por um transmissor pequeno (do tamanho de um celular) que fica com a pessoa com deficiência e um receptor, que vai instalado nos veículos do Triar e possui uma antena e uma caixa de som. O passageiro seleciona a linha que deseja tomar, quando o veículo estiver à cerca de 100 metros do ponto o receptor vai identificar o sinal e avisar o motorista por meio de bips, e assim que o ônibus chegar no ponto o aparelho vai anunciar o número da linha (mensagem de voz) para que a pessoa cega possa se orientar. “O prefeito Zezé nos pediu para que pesquisássemos alguma tecnologia que pudesse facilitar o acesso dos deficientes ao transporte público. Foi assim que descobrimos o DPS 2000. Em maio enviamos nossos técnicos para conhecer o funcionamento do sistema no município de Jaú (interior de São Paulo), onde toda a frota já tem o equipamento instalado. Então conversamos com a diretoria do Centro de Atendimento Especializado na Área Visual (CAE-AV) para ver se eles tinham interesse em testar o sistema com seus alunos. Foram escolhidos cinco voluntários cegos ou com baixa visão que utilizarão o rádio-comunicador, a princípio, nas linhas 22-Gralha Azul, 23-Santa Regina, 24-São Francisco e 25-São Sebastião”, detalhou o diretor Operacional da CMTC, José Luiz Lautert.

RMC

Foto Carlos Poly/PMA

CMTC implanta projeto piloto de acessibilidade em linhas do Triar


Paraná

DIVULGAÇÃO

Prefeito Luizão discursa observado pela secretária de Assistência Social, Márcia Ferreira, presidenta da Câmara Municipal, Ivone de Carvalho, presidente do Conselho Tutelar, Terésio Gabriel e Maria Vitória, representante dos Direitos da Criança e do Adolescente, Maria Vitória.

Conferência Municipal abriu espaço de debate para a Juventude de Pinhais

Durante todo o dia, aconteceram discussões sobre temas que afetam o público juvenil, divididas em seis eixos: tempo livre, sexualidade, drogadição, família, política e trabalho.

Curitiba | Agosto/2011 |

“Através dos jovens é que as grandes conquistas sociais acontecem”, destacou Márcia Ferreira, que também enfatizou: “Estamos comprometidos com a defesa da juventude e espero que a Conferência seja produtiva para defender os interesses dos jovens de Pinhais”. A mobilização ocorreu no Auditório do Centro Cultural Wanda dos Santos Mallmann, e os resultados dos debates serão levados para a Conferência Estadual, que acontece na segunda quinzena de outubro e auxiliarão na elaboração do Plano Nacional da Juventude – prioridades 2011/2015. No grupo da drogadição, por exemplo, foi discutido o combate à incidência de jovens no mundo das drogas e a criação de uma clínica para o tratamento de dependentes químicos. O prefeito Luizão Goulart aproveitou o momento para incentivar os jovens a expor suas idéias e contribuir com debates que envolvem os mais diversos

segmentos da sociedade. “É importante o jovem se dispor a participar, pois tenho a certeza que com esta energia e com a visão que ele tem, pode dar a sua contribuição e ajudar a melhorar cada vez mais a nossa cidade”, concluiu. Pinhais e a Juventude O poder público de Pinhais está comprometido com a defesa dos direitos dos jovens. Para isso, são regularmente oferecidos cursos de capacitação profissional, além do “Cursinho Mais”, aos estudantes que desejam se preparar para o vestibular. Os jovens também encontram espaços de conhecimento 30

RMC

A Prefeitura de Pinhais, por meio da Secretaria de Assistência Social, realizou a II Conferência Municipal da Juventude. Com o tema “Juventude, Desenvolvimento e Efetivação de Direitos”, o evento teve como objetivo contribuir para a construção e fortalecer a política nacional voltada aos jovens.

e cultura, como no programa Projovem, instalado em 2010, onde podem participar de diversas oficinas como capoeira, teatro, informática, além de debates sobre os mais variados temas. Está em obras o Centro da Juventude de Pinhais. O espaço de 1.964,19 m2 contará com auditório, coordenação, administração, copa, cozinha, vestiários, sanitários, três salas de uso múltiplo, biblioteca, sala multimídia, depósito, quadra coberta, anfiteatro e pista de Skate. O Centro da Juventude está sendo construído pelo Governo do Paraná e mantido pela prefeitura.


Paraná

DIVULGAÇÃO 31

Curitiba | Agosto/2011 |


32

Curitiba | Agosto/2011 |

FAZENDO HISTÓRIA Paraná

DIVULGAÇÃO


Edicao 237