__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1


creative


creative


FOTO: TONINHO BRUNHARA

revista

CAUÊ ROSSI, BÁRBARA FERNANDES, LUARA PEDROSO, BIANCA FERNANDES DAVID BENEDETTI E DANI DALCIN BENEDETTI

Editorial

GERENTE FINANCEIRA Bárbara Fernandes financeiro@qrevista.com.br

Pensar em nossas edições é trabalhar com carinho no conteúdo que queremos lhe entregar. É saber que, quando pegar uma de nossas revistas, temos a garantia que irá não só se informar como também se entreter. Exemplo disso é essa edição de abril: temos o grupo itatibense Dona Ginga estampando nossa capa e uma entrevista bastante interessante que fizemos com seus integrantes sobre o surgimento e o sucesso em Itatiba e região, conteúdos de nossos parceiros e colunistas que sempre compartilham um material de primeira e, claro, fotos do nosso Boteco que aconteceu em fevereiro, registrando recorde de público. Foi um sucesso! Não deixe de dar uma espiada. E por falar de eventos de sucesso, não é novidade que estamos preparando mais um. Além das nossas tradicionais festas como o Q Boteco e as de aniversário temáticas no final do ano, agora, a Q vai ceder o palco para o rock n’ roll. Sim, os preparativos para o Q Rock estão a todo vapor e você não perde por esperar. Os ingressos já estão à venda e podem ser adquiridos através do site https://web.lets.events/e/q-rock. Garanta jáo seu e aguarde nossas novidades.

Fique com Deus e um grande abraço.

David e Dani Dalcin Benedetti Acompanhe nosso site www.qrevista.com.br Siga a Q Q_Revista

JORNALISTA Giovane Almeida - MTB: 0080910/SP redacao@qrevista.com.br PROJETO GRÁFICO/DESIGNER David Benedetti Bianca Glicério Fernandes • arte@qrevista.com.br FOTO CAPA Divulgação COMERCIAL Cauê Rossi • contato@qrevista.com.br AUDITORIA Athros | ASPR auditores independentes TIRAGEM: 10 mil exemplares DISTRIBUIÇÃO: Foco Distribuição AGÊNCIA RESPONSÁVEL Q CREATIVE Rua Benjamin Constant, 433 - Loja 3 Centro - CEP 13250-340 - Itatiba - SP CONTATO Tels.: (11) 4534.0519 (11) 99804-9105 (Dani) / 98149-0634 (Cauê) contato@qrevista.com.br • www.qrevista.com.br

Esperamos que tenha uma leitura prazerosa.

Curta a Q qrevistaoficial

DIRETOR RESPONSÁVEL David Benedetti - MTB: 64.709-SP david@qrevista.com.br DIRETORA EXECUTIVA Danielle Dalcin Benedetti - MTB: 64.708-SP danielle@qrevista.com.br

E mais uma vez estamos aqui, amigo-leitor!

Para anunciar (11) 4534.0519

FOTO CAPA Diogo Massarelli Baptistella

e-mail: contato@qrevista.com.br

Faça parte da Q qrevista

Siga a Q @qrevista

ASSESSORIA JURÍDICA Advocacia Bortolossi Mariah Carminatti Campos Leme Bortolossi Tel.: 4524-0804 A Q Revista não se responsabiliza por eventuais mudanças na programações fornecidas, bem como pelas opiniões emitidas nesta edição. O conteúdo dos anúncios publicados na Q Revista é de total responsabilidade dos anunciantes.


40

casa & decoração

Foto: Diogo Massarelli Baptistella

CAPA

Vou construir: contrato um Engenheiro, um Arquiteto Ou os dois?

saúde

44

Você é sensual?

perfil

46

Eva Aparecida Franco

contabilidade

gastronomia

34•DONA GINGA 38 48

Pôquer, bilhar, diversão e drinks

Erros mais comuns na Declaração de Imposto de renda Pessoa Física


FOTOS: EDSON FOTO

Dona Ginga foi a banda que deu início ao show do evento animando demais nossos convidados!!! Uma apresentação perfeita e muito elogiada pelos convidados.

Nossas patrocinadoras Natalia e Cris da Serra dos Cocais, sempre muito simpáticas e atenciosas com tudo e muito profissionalismo, agardecemos mais uma vez essa grande parceria! Salão de jogos para os convidados mesas do Bilhares Correia.

Uma festa OPEN BAR de caipirinhas e batidinhas do Luigi Bartender.

Os patrocinadores Kalinca e Marcelo Fernandes do Posto Calopsyta prestigiando o evento.

As patrocinadoras Mirelle, Jaqueline e Michelle Dedim, Juliana Camargo e Edilamar Dedim representando a empresa Dedim Ferragens.

Dani e David Benedetti com o patrocinador Edson Passador da Cervejaria Villa Alemã

10

A gastronomia da festa ficou por conta do Casarão 1859 com o chef Sandrão Silva e o Chef Rodrigo Landal comandando a cozinha, parabéns pelo sucesso!

Milena e Felipe Bonnon patrocinadores do evento com a empresa Bonor Charbel.

Casa cheia! A Serra dos Cocais bombou uma festa para ficar na história de Itatiba e região, agradecemos a todos os convidados.

Edson e Márcia Almeida fotográfos oficiais do evento da empresa Edson Foto.

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


FOTOS: CLICK ITATIBA

O espetáculo ficou por conta do Grupo Piracema que fez os convidados dançarem muito, um show à parte.

Mariah, Washington Bortolossi, Bruno Lanhoso e Camila Consoline Aguilar marcaram presença no evento!

12

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


FOTOS: PLUGADO GERAL

Parte da equipe do Casarão 1859

14

Nosso querido e amigo e apoiador Renato do Plugado Geral.

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


creative


FOTOS: TONINHO BRUNHARA

Para a surpresa dos convidados fechamos a noite com a Escola de Samba Leões da Hortolândia que levou os convidados ao delírio!

16

Cleverton Gomes fezendo a caricatura do Secretário de Cultura e Turismo Washington Bortolossi e sua esposa a advogada Mariah, grandes parceiros da Q.

WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!


FOTOS: EDSON FOTO

Mayra Tuon com muito profissionalismo levou o Studio Neide Tuon no evento e deu um up nas convidadas! Sucesso da noite.

Escola de Samba Leões da Hortolândia.

A equipe Elen Torso Cerimonial fez a recepção dos convidados e organizou todos os detalhes do evento. Parabéns!

Alltap marcou presença com seu Toten Fotográfico onde as fotos eram postadas no telão do evento.

18

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


FOTOS: CLICK ITATIBA

20

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


FOTOS: TONINHO BRUNHARA

Massagista e estética Mari Custódio sempre rodeada de amigos cuidou dos pés de nossos convidados, com muito carinho.

22

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

23


FOTOS: EDSON FOTO

Kombi do Cleverton Gomes marcando presença!

Studio Neide Tuon arrasando no evento!

Para entreter os convidados a empresa Alltap levou uma mesa digital onde o convidado era desafiado a marcar o seu gol e fazer o maior número de pontos. Luis e Gislaine do Click Itatiba grandes parceiro da Q!

Salão de jogos para os convidados montado pelo nosso parceiro Bilhares Correia.

24

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

25


FOTOS: EDSON FOTO

A cervejaria Villa Alemã decorando a festa com sua chopeira no formado de kombi.

Zé Antônio e Valéria Belgini do Jornal Corujão prestigiando o evento.

26

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


FOTOS: EDSON FOTO

Nosso apoiador Cart Company levou os carrinhos de pipoca para os convidados.

Mais uma vez a Barbearia Star Man fazendo a diferença no evento, cuidando muito bem dos nossos convidados.

28

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

29


FOTOS: EDSON FOTO

Todos os convidados ganharam uma caneca personalizada do evento.

Decoração da festa ficou por conta da Q Creative muito elogiado pelos convidados.

Nosso apoiador Gil do Bugilgangas.

30

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

31


FOTOS: EDSON FOTO

Chopeira da espaço Serra dos Cocais servindo os seis tipos de chopps chopp bem gelado para os convidados, a cervejaria Villa Alemã arrasou no evento. A Cart Company levou suas chopeiras para dar um atendimento diferenciado!

Bonon Charbel sorteou cinco óculos de sol para nossos convidados, um dos ganhadores foi o Edson Passador, sucesso da noite!

A empresa Chucrutz adoçou a noite dos convidados.

APOIADORES:

Decoração Q Creative


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

33


CAPA

NO GINGADO DA

BANDA GINGA

Grupo que se uniu de maneira despretensiosa agita noites de Itatiba e já acumula grandes eventos e projetos.

D

ois amigos que, em uma brincadeira e sem intenção alguma, gostavam de tocar juntos e resolveram se unir e tocar para que outras pessoas pudessem curtir o som que gostavam tanto. Parece uma história como tantas outras, mas, com um toque especial: dessa união, surgiu, em Itatiba, a Dona Ginga. “A banda surgiu há quatro anos comigo [Luiz] e com o Renato Martinussi (bateria), sem pretensão. A ideia era só tocar juntos. Tocávamos em qualquer lugar e em qualquer horário”, lembra Luiz Uchôa, que comanda voz e violão. E, desse passo, Renato entrou

34

em contato com um barzinho para que eles pudessem tocar. “Ele conseguiu negociar nesse barzinho aqui de Itatiba para a gente ‘fazer

a noite’, e foi daí que sentimos a necessidade de encorpar um pouco mais e montar uma banda mesmo!”. Assim, chamaram LuWWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


cas Bartholomeu, para o baixo, e a Gabriela, para vocal. “Depois de um ano e meio trouxemos o Bruno Tourino (guitarra) e assim ficamos!”. NOME E FORMAÇÃO Assim como o início da formação, o nome também surgiu de maneira despretensiosa. “Juntamos a galera e tivemos algumas ideias que foram votadas. Me lembro que a Gabriela disse ‘Dona Ginga!’. A gente se olhou e pegou! O nome tem muito a ver com o nosso estilo e nosso som!”, conta Luiz.

Hoje, além dos primeiros integrantes, a Dona Ginga também conta com vários outros parceiros para agregar quando necessário, ou socorrer na indisponibilidade de alguém. “Atualmente contamos com o groove do Ronaldo no contrabaixo”. ESTRADA E DESAFIOS Ao longo desses quatro anos,

Luiz relata que a banda teve experiências boas demais. “Viajamos para tocar em Minas Gerais, participamos de grandes eventos de Itatiba, casamos um monte de gente... [risos]. Mas, para a gente, o mais especial foi a abertura do show do Jota Quest, o que foi incrível! É uma banda que nos inspira e da qual somos super fãs. Foi muito legal mesmo!”.

Esse som ao qual Luiz faz referência vem do Pop (gênero dançante, eclético e que integra vários estilos diferentes, com refrãos e batidas repetidos). “Tocamos músicas nacionais e internacionais, músicas que tocam na radio, sempre voltados para o groove, o swing marcante da disco music. Mas é bem complicado falar de estilo hoje em dia. Tocamos muita música boa!” WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

35


CAPA

Entre os desafios, um dos que já surgiram foi alinhar os compromissos, ou até mesmo lidar com indisponibilidade ou ausência de um ou outro integrante. “Mas acreditamos que o mais complicado é encontrar lugares bacanas pra tocar, que valorizem a banda e a boa música. Outro desafio é ganhar espaço e visibilidade, para isso temos contado muito com as redes sociais, além do nosso estilo e som”. PRÓXIMO PASSO Agora, o próximo passo da banda é gravar as músicas autorais. “Queremos lançá-las para a galera curtir, além de continuar trabalhando bastante para ganhar espaço nos bailes e eventos corporativos; coisa que já fazemos, mas queremos mais!”, finaliza Luiz.

INTEGRANTES LUIZ UCHÔA - Voz e violão, GABRIELA UCHÔA - Voz RENATO MARTINUSSI - Bateria BRUNO TOURINO - Guitarra LUCAS BARTHOLOMEU - Baixo

CONTATO: donagingacontato@gmail.com 36

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

37


GASTRONOMIA

Pôquer, bilhar, diversão e drinks

Snooker Bar abre as portas no Itatiba Mall trazendo novo conceito de coquetelaria para Itatiba.

U

m estilo pub, com mesas de bilhar, jogos de tabuleiro e pôquer. Junte tudo isso a drinks e um cardápio elaborado. Essa é a proposta do Snooker Bar, que abriu no Itatiba Mall, e traz à cidade um novo conceito de coquetelaria, com drinks exclusivos aliados a um ambiente descontraído para diversão. O local é ideal para reunir os amigos. “O dono, William Manoel, sentiu falta disso aqui na cidade e, como ele é de São Paulo, a procura por esse tipo de ambiente é imensa. A ideia era trazer algo que empolgasse e fizessem as pessoas se divertirem, aliados ao prazer de experimentar nossos coquetéis e nossa comidas”, explica o gerente, Melk Silva. JOGADAS DE PÔQUER Para os que são fãs de um bom jogo de mesa, ao pegar o cardápio já se surpreendem: os drinks exclusivos têm nomes de jogadas de pôquer ou de snooker. “A inspiração, a base do coquetel é justamente o que as pessoas mais procuram nesse ambiente. Além disso, temos uma variedade de Whiskys para os jogadores”, ressalta Melk. Já na parte das comidas, as opções vão desde petiscos clássicos de boteco numa versão mais sofisticada até comida árabe. “A comida árabe é nossa especialidade. Ou seja, não é algo encontrado facilmente em Itatiba”.

38

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

39


CASA & DECORAÇÃO

VOU CONSTRUIR:

CONTRATO UM ENGENHEIRO, UM ARQUITETO OU OS DOIS? Entenda suas diferenças e as vantagens do trabalho conjunto destes dois profissionais em sua construção.

T

odos sabemos que o Arquiteto e o Engenheiro Civil são profissionais muito importantes, principalmente se você pensa em construir. Entretanto, nem sempre as diferenças entre essas duas áreas ficam claras. Então, como saber se ambos são necessários para sua obra, e qual deve contratar? Veja as principais semelhanças e diferenças entre engenheiros e arquitetos. Legalmente é obrigatória a participação deles na construção, sendo responsáveis técnicos pelos projetos, execução e fiscalização das obras. Porém, a diferença entre os mesmos começa na formação acadêmica. Portanto, cada um atua melhor em aspectos específicos da construção. ARQUITETO A formação acadêmica do arquiteto tende mais para o “uso” da construção. Ele pesquisa e entende o que o cliente necessita e espera da edificação e, com isso, elabora um partido arquitetônico que atenda aos requisitos. Nesta fase, representa a melhor maneira de aproveitar os espaços, além de ideias de paisagismo e design de ambientes. O arquiteto não leva em conta somente as preferências pessoais do cliente para o projeto, mas também estuda condições como iluminação, ventilação, insolação, isolamento térmico e acústico, mobilidade, entre outros fatores, de forma a fornecer uma solução que garanta conforto, qualidade e beleza.

40

ENGENHEIRO A formação do engenheiro está mais voltada para a área da “execução”, além do projeto também, incluindo várias disciplinas ligadas às ciências exatas. Dessa forma, o engenheiro está habilitado a fazer os cálculos necessários para concretizar o projeto com total segurança. Em resumo, o engenheiro se envolve mais com a parte estrutural e funcional da construção. Ele analisa as forças às quais a edificação estará sujeita, o tipo de solo, a intensidade de ventos e chuvas na área, o uso da água e da energia elétrica. Assim, determina a estrutura necessária, dimensiona e distribui as redes de água e energia, acompanhando o desenvolvimento da obra para que tudo seja feito conforme especificado e dento das normas técnicas. O profissional da Engenharia está habilitado para projetar e coordenar a construção de qualquer porte de obra, seja de infraestrutura, como pontes, viadutos, barragens, estradas, como de residências ou edifícios. SEMELHANÇAS Embora o arquiteto e o engenheiro civil atuem com focos diferentes, legalmente ambos possuem atribuições profissionais semelhantes, podendo atuar no projeto e na construção de edificações. A Arquitetura e a Engenharia Civil são áreas que caminham juntas e, por isso, é relativamente comum que um engenheiro tenha afinidade com o trabalho do arquiteto e vice-versa. Contudo, é preciso lembrar

que a atuação de apenas um destes profissionais na sua construção, pode não garantir um trabalho com qualidade total. Certamente com a atuação destes dois profissionais em sua obra, você contará com uma construção não apenas segura, mas também bonita, confortável e de qualidade, contando com a otimização de prazos e investimento. Exija sempre a emissão da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) do engenheiro e/ou do Registro de Responsabilidade Técnica (RRT) do arquiteto. Elas garantem sua segurança de estar contratando profissionais legalmente habilitados e realmente responsáveis pelos trabalhos de projeto e execução das obras. Procure a Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Itatiba (AEAI) e esclareça suas dúvidas. Engº Civil Nelson J. Mostaço Presidente da AEAI Membro Instituto de Engenharia de SP

ONDE ENCONTRAR ASSOCIAÇÃO DOS ENGENHEIROS E ARQUITETOS DE ITATIBA www.aeai.com.br /aeaianote89 R. Miguel Hércules, 211 Jd. Tereza - Itatiba/SP contato@aeai.com.br Tel: (11) 4524-4088 www.creasp.org.br Acesse: Fiscalização > Denúncia on-line

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


CASA & DECORAÇÃO

EXISTE UM MOMENTO CERTO PARA COMPRAR UM IMÓVEL? ROSIVALDO REIS DA SILVA

Corretor de Imóveis Creci 108936

Av. Prof. Clarismundo Fornari, 300 Engordadouro - Jundiaí/SP Contato: (11) 9.9605.2880

H

á momentos, na vida, em que sentimos a necessidade de adquirir um lugar para chamarmos de lar: na ocasião de um casamento, na conquista da independência, no nascimento ou a saída dos filhos, no desejo de uma moradia mais prestigiosa ou de um imóvel mais seguro, mais prático, melhor localizado. ALÉM, AINDA, NA PROCURA DE UM INVESTIMENTO RENTÁVEL.

Mas, pensar somente nas razões fundamentais que demandam a compra de um imóvel pode ser superficial. Há, entretanto, questões econômicas essenciais envolvidas na determinação do momento oportuno para a compra de um imóvel. CICLOS ECONÔMICOS E MERCADO IMOBILIÁRIO A economia, em geral, e o ramo imobiliário, em particular, são sujeitos a ciclos, com duração média de 4 anos,

42

basicamente compostos por quatro fases: recessão, recuperação, expansão, excesso de ofertas. Entre os anos de 2010 a 2014 houveram aquecimentos econômicos seguido por uma profunda recessão que levaram a uma desvalorização e a um encalhamento dos imóveis. Em 2017, sinais de recuperação na economia nacional deram vida a uma retomada das compras de moradias, mas o movimento ainda em 2019 é morno, o que pode gerar chances de barganha para o consumidor. Enfim é melhor adquirir um imóvel quando a economia está em expansão ou quando está em crise? Depende. Quem tem uma reserva financeira para comprar um imóvel, na época de crise, se dá bem, pois os preços das construções estão em baixa. A RECUPERAÇÃO ECONÔMICA Com a atual recuperação econômica

o pior ficou para trás. Agora é o momento favorável para a compra de um imóvel e para fazer um bom investimento. A situação é oportuna seja em termos de oferta ou em nível de preços, o que dá margem de negociação a quem está interessado em comprar. É certo que os preços tendem a subir, só não sabemos a velocidade com que se realizará este processo. A reação do mercado imobiliário é uma consequência da recuperação do emprego e da renda e o consumidor manifesta sinais de retomada de confiança, com menos temor para adquirir um imóvel. ENTENDA SUAS NECESSIDADES Por fim, o fator fundamental que indica “quando comprar um imóvel” é sua necessidade e seu desejo. Talvez você queira encontrar um lar mais confortável, seguro e prático, pois seus filhos já alcançaram sua independência. Também é possível que você procure uma melhor localização ou um imóvel de prestígio. Um conselho: aja com equilíbrio e não espere a situação ideal em que todas as condições sejam perfeitamente alinhadas, pois isso pode não acontecer. WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

43


SAÚDE

FOTO: BANCO DE IMAGENS / FOTO MERAMENTE ILUSTARTIVA

VOCÊ É SENSUAL?

Hoje eu estou podendo, hoje eu estou me achando!

Isso é bom ou ruim? A sensualidade é descrita no atos, modos, gestos de se comportar e exprimir um sentimento voltado a intenção de despertar e impulsionar uma vontade relacionado ao sexo em outro. É chamar a atenção a si de modo atraente. Então a sensualidade está totalmente relacionada à maneira como despertamos o interesse nos outros por meio dos sentidos. Se nos vestirmos de uma maneira mais sedutora, é porque consciente - ou inconscientemente - estamos querendo aguçar a visão dos alvos de sedução. O mesmo ocorre quando passamos um perfume (olfato) ou dizemos algo com a voz suave no ouvido daquele que de alguma forma desejamos. Ser sensual não tem nada a ver com usar roupas extremamente curtas, coladas ao corpo ou provocantes. Muito menos fazer ‘caras e bocas’. Quanto

44

ABRIL/MAIO2019

mais sensual estiver nosso interior, seremos mais bonitos e atraentes. Pesquisando sobre sensualidade, descobri algumas dicas que você pode ou não concordar, mas aí vai: sorria sempre, seja expressivo no rosto e nas mãos, cuide do seu corpo, use perfume, deixe seus cabelos brilhantes, use salto alto, evite batom vermelho e seja confiante. Com relação as mulheres, ser feminina e ser sensual são coisas bem diferentes. A sensualidade tem um contexto biológico. Um exemplo seria quando a mulher no período fértil, por uma questão hormonal, sente-se mais bonita, uma vontade maior de se vestir e se arrumar melhor, mesmo sem se dar conta. A sensualidade gera uma elevação da autoestima com maior sensação de poder. Mas, cuidado: a pessoa pode se tornar prisioneira da sensualidade por uma necessidade de afirmação pessoal e aí o vazio interno só tende a aumentar, coisa esta que seria uma catástrofe. Então pergunto: como anda a sua sensualidade?

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Q

uem nunca sentiu, em algum momento, a sensação de estar bonito, poderoso, ou melhor, arrasando?

Dr. santiago

ESPECIALISTA EM em geriatria e psicossomática CRM 83759

PARA SABER MAIS:

Dr. Carlos Alberto Santiago Rua Senador Lacerda Franco, 495 Centro - Itatiba/SP Tels.: (11) 4487-1627 / 9 9501-0990 WWW.QREVISTA.COM.BR

revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

45


PERFIL

Nome completo:

Eva Aparecida Franco (Eva Franco, como todos me conhecem) Profissão:

Conciliar dois empregos na mesma área em empresas diferentes. Seguiria outra carreira se pudesse? Se sim, qual? Não. Amo o que eu faço.

Jornalista e Locutora de Rádio na CRN - Central de Rádio e Notícias

Meu pai. Faleceu em 2017. O que te deixa infeliz? A preocupação Qual o sonho que ainda não realizou? Viajar o mundo O que mudaria no mundo se pudesse?

Atua há quanto tempo? Como jornalista me formei em 2005 pela PUC-Campinas e na CRN estamos caminhando para 24 anos de rádio.

Se quisermos mudar o mundo, precisamos começar por nós.

Por que decidiu seguir essa carreira?

Qualquer viagem é maravilhosa se for ao lado de pessoas especiais.

Para qual lugar gostaria de viajar?

Eu gostava de comunicação desde criança, sabia interpretar bem textos, tinha uma ótima leitura e vencia concursos de redação na escola. A rádio foi meu primeiro emprego. O jornalismo foi uma consequencia, sabia que precisava me especializar na área e por isso decidi fazer a faculdade.

Qual seu livro de cabeceira? Não tenho nenhum específico Qual hobbie não deixa de fazer? Passeios e viagens Três sentimentos que considera mais forte?

Como se imaginava na área quando jovem?

Qual é sua memória mais forte da infância?

Eu sabia que não seria fácil, foram muitos desafios enfrentados.

As amizades que fiz e as quais estão presentes em minha vida até hoje.

Quais foram seus maiores desafios?

46

O que te faz sentir saudade?

Fé, Amor e Gratidão. Três sentimentos que lhe incomoda? Falsidade, Egoísmo e Ingratidão.

WWW.QREVISTA.COM.BR

ABRIL/MAIO2019 revista A informação que fica!


WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

47


CONTABILIDADE

A

Receita Federal divulgou que 628 mil declarações de Imposto de Renda de 2018 ficaram retidas na malha fina por inconsistências nas informações prestadas. Isso porque o sistema da Receita Federal já tem várias informações que serão confrontadas com sua declaração.

Essas informações já foram entregues pelas fontes pagadoras, pelos bancos, pelos detrans, pelos cartórios, clinicas médicas, dentárias, etc. e os próprios outros contribuintes.

quando o mesmo é pago pela empresa; •

Não abater o valor pago para administradora de imóveis nos aluguéis;

Não preencher a ficha renda variável quando operou na bolsa de valores;

Não preencher a ficha de ganho de capital no caso de alienação de bens e direitos;

Lançar mais que R$ 24.751,74 como parcela isenta de proventos de aposentadoria de declarantes com 65 anos ou mais;

SEGUE LISTA DOS ERROS MAIS COMUNS: •

Não preencher as fichas de bens e direitos do declarante e dos dependentes;

Lançar pagamentos de previdência complementar VGBL como dedutível ao Imposto de renda;

Não preencher as fichas da dívidas e ônus do declarante e dos dependentes;

Atualizar os bens e direitos na declaração sem ter os comprovantes de pagamentos dos mesmo;

Não recolher o Carnê Leão mensalmente;

Lançar na ficha de bens e direitos compra de bem financiado pelo valor do contrato e não pelo valor pago;

Não recolher a Previdência sobre os valores recebidos (Profissionais Liberais);

Lançar o valor financiado na ficha dívidas e ônus;

Não preencher os rendimentos dos dependentes;

Pressupor que idoso não precisa declarar;

Declarar dependentes já declarados na declaração do cônjuge;

Lançar despesas inadequadas no campo dedutíveis;

Lançar despesas médicas que havia sido reembolso pelo plano de saúde;

Não analisar se os rendimentos são suficientes para os gastos e investimentos efetuados pelo contribuinte (caixa).

48

Lançar pagamento de pensão alimentícia sem a decisão judicial; Lançar pagamento de plano de saúde

ABRIL/MAIO2019

Para saber se caiu na malha fina, acesse o Centro Virtual de Atendimento

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Erros mais comuns na Declaração de Imposto de renda Pessoa Física Milton Yasuyuki Morihiro CONTATOR - CRC 1SP153820/O-5 da Receita Federal (eCAC) gerando um código de acesso e senha. Caso a situação de sua declaração esteja “com pendência” e ainda não recebeu Intimação da Receita Federal, ainda dá tempo para retificar a sua declaração e evitar a cobrança de multa. Mas, caso a situação esteja “com pendência” e suas informações, corretas, pode-se solicitar a antecipação da apresentação dos documentos à Receita Federal para comprovar as informações. Se a Receita Federal entender que houve fraude nas informações prestadas, além de multa de 150% sobre o valor do imposto sonegado, o Ministério Público Federal pode denunciar por crime contra a ordem tributária, podendo resultar até em prisão. Lembrando que não é porque a sua declaração esteja na situação de “processada” que sua declaração está correta. Processada que dizer apenas que passou pela malha fina. A Receita Federal tem ainda 5 anos para solicitar documentos que comprovem a veracidade das informações prestadas.

PARA SABER MAIS:

Ed. Comercial Inside Corporate Rua Crescêncio da Silveira Pupo, 75 Salas 41 e 42 - Villa Cassaro, Tel: (11) 4487-6460 www.altacontabil.com.br WWW.QREVISTA.COM.BR

revista A informação que fica!


CLASSIFICADOS

WWW.QREVISTA.COM.BR revista A informação que fica!

ABRIL/MAIO2019

49


Profile for Q Revista

Dona Ginga  

Q Revista - Edição 67

Dona Ginga  

Q Revista - Edição 67

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded