Issuu on Google+


O que é um bom atendimento? Pode parecer simples saber o que é um bom atendimento. Afinal, em nosso dia a dia, todos nós, como consumidores, somos verdadeiros analistas do tema. Ao contratar qualquer serviço, comprar qualquer produto ou mesmo no pós-venda destes dois casos, podemos até não emitir nossas opiniões, mas uma coisa é inevitável: vamos julgar as empresas a quem estamos remunerando. Vamos ponderar o seguinte: na maioria das vezes é muito mais fácil lembrar e definir um mau atendimento, daqueles que fazemos questão de divulgar a nossos amigos. Você deve se lembrar daquela velha máxima que dizia que “cliente bem atendido traz mais um e cliente mal atendido leva cinco embora”, não é mesmo? O cenário descrito já era ruim para os maus fornecedores, mas agora está pior graças ao Facebook ,Youtube e outras redes sociais, que deixaram o ditado mais do que obsoleto... Mas voltando ao bom atendimento, aquele que fideliza, este sim é difícil de definir. O que faz com que nos apeguemos a determinada empresa ou a determinada pessoa, fato tão comum na relação corretor x segurado? Quem tenta responder esta e outras perguntas é o consultor Edmour Saiani, nosso entrevistado principal nesta edição. Ele dá dicas valiosas sobre reputação, marca, capacitação e outros temas de alta relevância para o corretor de seguros, não importando o tamanho da empresa. E, tão importante quanto o bom atendimento, é o que está por trás dele. Em “Gestão de Pessoas”, vamos descobrir como transformar grupos em equipes de alta performance. E em “Capacitação”, poderemos saber um pouco mais sobre o valor de uma pós graduação. Ainda falando de atendimento, para conseguir realizá-lo é preciso saber se expressar, como mostra o artigo do professor Reinaldo Polito, sobre técnicas para falar em público. E como sempre, nossa revista não estaria completa sem a matéria de Turismo. Desta vez fomos até o Jalapão, no interior do estado do Tocantins, para compartilharmos com você as maravilhas de um dos mais novos destinos turísticos do Brasil. Nossa equipe enfrentou muita estrada de terra e muita caminhada pelo cerrado para trazer a você mais um pedaço deste imenso e diverso Brasil.

Esta revista é feita para ajudar e inspirar você a fazer bons negócios. Um forte abraço, Marcos Ferreira

4

Arquivo MAPFRE

Editorial MAPFRE

Marcos Ferreira Presidente MAPFRE Seguros

EXPEDIENTE Uma publicação dirigida aos cor retores de seguros. Editada pela Rede MAPFRE Seguros.

PRESIDENTE: Marcos Ferreira COORDENAÇÃO EDITORIAL: Dirceu Tiegs, Paulo Eduardo Fernandes Rossi EDITORA-CHEFE: Tatiana Cerezer (MTB 28.989) JORNALISTA RESPONSÁVEL: André Guerra (MTB 33.675) REDAÇÃO: Guerra Comunicação COLABORADORES: Adriane Mori, Bianca Oliveira, Carina Rodrigues, Fátima Lima, Flávia Amuri Varga, Hamilton Rodrigues, Isabel Teruiya, Maíra Veloso Medeiros, Renata Martins Pappalardo e Vera Ceolim PROJETO GRÁFICO: bmew Propaganda DESIGNER: Flávio Barão FOTOS: André Guerra / Paulo Pepe CTP e IMPRESSÃO: Duograf Gráfica e Editora Ltda PUBLICIDADE Av. das Nações Unidas, 11.711 - 4º andar CEP 04578-000 - São Paulo - SP Fax: (11) 5112-7835 - revista@mapfre.com.br Negócios MAPFRE não é responsável pelo conteúdo de nenhum artigo ou trabalho assinado por seus autores. O fato de publicá-los não implica conformidade ou identificação com os trabalhos expostos. Está proibida a reprodução total ou parcial dos textos e ilustrações desta revista sem autorização prévia e por escrito dos editores.


26 BRASIL Jalapão

06 DICAS DE INTERNET

Como ganhar visibilidade na web?

08 DICAS DE LIVROS 09 VENDER É SIMPLES A melhor técnica para falar em público. 16 COMUNICAÇÃO E PUBLICIDADE Marketing pessoal.

32

18 INOVAÇÃO Inovar para crescer.

AUTOMÓVEIS

20 GESTÃO DE PESSOAS

Carros elétricos e híbridos Como transformar grupos em equipes de alta performance?

22 SEGUROS Residencial e Bilhete Multirisco Eventos. 24 CAPACITAÇÃO Encurtando distâncias. 34 ACONTECE Novo P.A.R.E.em BH 36 SUSTENTABILIDADE Sustentabilidade a serviço da cultura. 37 7 ESPAÇO CESVI

39% dos automóveis nacionais saem de fábrica sem ABS.

10

Entrevista Edmour Saiani

E AINDA NESTA EDIÇÃO

07 ESPAÇO DO LEITOR 38 FUNDACIÓN MAPFRE 40 MAPFRE NO MUNDO NEGÓCIOS MAPFRE

5


Dicas de INTERNET

Aumente a visibilidade

da sua empresa Conteúdo relevante, palavras -chave e ações de engajamento devem estar contemplados no planejamento organizacional.

C

onquistar a visibilidade da marca no ambiente web é muito importante para empresas de todos os segmentos, uma vez que os diferentes públicos da organização, de fornecedores a clientes, estão constantemente acessando sites de buscas, fazendo compras online e dedicando cada vez mais tempo às redes sociais. Por isso, estar presente e interagir neste ambiente é essencial. Em um mercado competitivo como o atual, é necessário traçar estratégias para se diferenciar dos demais e também ter um planejamento de ações para a web, visando garantir a presença da marca e a interação com o público. Ter o seu site nas primeiras posições do Google e conquistar bom engajamento nas redes sociais torna-se fundamental para aumentar a visibilidade da sua marca. Conheça quais ferramentas podem auxiliar a sua empresa a conquistar este objetivo.

6

NEGÓCIOS MAPFRE

na web

Conteúdo Relevante O conteúdo do site, do blog e das redes sociais da sua empresa não deve ter apenas caráter publicitário. Deve, sim, ser informativo, de maneira a agregar valor e interesse para o seu público. Texto extenso não é sinônimo de conteúdo relevante, então procure publicar informações concisas de maneira clara e objetiva. Explore também os recursos de áudio e vídeo para enriquecer o conteúdo.

Estratégias de SEO

SEO é a sigla para Search Engine Optimization, também conhecido como otimização para sites de busca. Trata-se do uso de técnicas para melhorar a posição do site da sua empresa nos motores de busca, como o Google. Na hora de compor os textos para o site ou blog da sua empresa, procure inserir palavras-chave, que farão com que seu público encontre seu conteúdo e, consequentemente, visite o site da sua empresa.

Links Patrocinados

São os links pagos que aparecem em resultados de páginas de busca e em sites que usam programas de publicidade, como o sistema AdSense do Google. Através de palavras-chave ou associação de conteúdo, anúncios são disponibilizados em sites de busca ou portais de conteúdo.

Invista nas redes sociais

Não basta apenas criar perfis da empresa nas redes sociais. É preciso criar estratégias para gerar engajamento do público, fazendo com que o usuário interaja com a marca. Postar informações com periodicidade e relevância, além de não deixar de responder às questões do seu público, é fundamental para manter um bom relacionamento nas redes sociais.


ESPAÇO do leitor

Leitores comentam sobre a edição anterior A Edição 36 veio recheada de importantes novidades e benefícios, como Help Desk e Assistência Emergencial para Gestante, disponíveis para segurados MAPFRE Automais, e a inauguração de novas unidades de atendimento. A revista possui o melhor conteúdo do mercado e agrega valor aos corretores e à Rede MAPFRE. Desta edição, destaco a mensagem do presidente em que ele enfatiza a importância do papel do corretor nos resultados de 2012 e a matéria sobre Facebook a seu favor agrega e quebra paradigmas mostrando para o corretor como ele pode utilizar esta ferramenta para ações eficazes, já que hoje a rede social é considerada uma das principais formas de relacionamento entre empresas e profissionais.

A Revista Negócios MAPFRE é sempre uma excelente fonte de informações para corretores e também para nós, colaboradores das Sucursais. Na última edição, destaco a reportagem sobre gestão de pessoas, que nos deu dicas de como administrar colaboradores de diversos perfis, já que entender bem as diferenças entre as gerações X, Y e Z, nos ajuda não só na gestão da sucursal como também no atendimento comercial aos nossos corretores. A matéria de Turismo foi outro item que me agradou muito, já que por ser Curitibano, fiz diversas vezes este passeio pela serra entre Curitiba e Paranaguá com meus pais. Neste ano, durante minhas férias, foi a vez de levar meus filhos para conhecer a famosa “Estrada da Graciosa” e suas belezas. Parabéns à Revista Negócios MAPFRE por mais esta excelente edição. Carlos Roberto Beninni

Gerente Sucursal Palmas / TO

Parabéns à equipe responsável pelo desenvolvimento da Revista Negócios MAPFRE, que sempre traz algo novo e diferente em uma linguagem simples, direta e enxuta.

Outra reportagem que caiu 'como uma luva' foi a que mostrou que lidar com diferentes gerações é benéfico para qualquer empresa e para isto precisamos nos preparar para este relacionamento. E também o tema abordado em sustentabilidade, pois os negócios precisam ser sustentáveis, ou seja, tem que agregar para o negócio, para os parceiros, para os clientes e colaboradores. Espero que continuem sempre inovando. Estas matérias são importantes por trazer informações e dicas de oportunidades de negócios presentes em nosso dia a dia. Flávia Diniz

Gerente Sucursal BH Varejo - MG

Muito boa a Edição 36, em especial a matéria sobre “Como lidar com diferentes gerações?” O tema é atual e, na velocidade que as coisas andam, essa adaptação é primordial e cada vez mais comum nas empresas. Além disso, nos faz refletir sobre a questão do mercado que caminha na mesma velocidade, com o mesmo perfil e nos obriga a estarmos prontos para poder atender o público das gerações X, Y e Z, que está cada vez mais exigente. Parabéns a todos mais uma vez pelo resultado desta edição. Renato Alves Périgo

JURAL CORRETORA - Marília /SP

NEGÓCIOS MAPFRE

7


DICAS de Livros

Desperte o milionário que há em você Autor: Carlos Wizard Martins Editora: Gente

O livro explora o fato de que algumas pessoas progridem sem parar e outras trabalham duro, porém mal conseguem pagar as contas. Por que somente alguns conseguem alcançar o sucesso? Poder realizar tudo o que se deseja é um privilégio apenas para poucos? O livro propõe mudanças necessárias em sua atitude mental para materializar seu sonho de fortuna e riqueza através de um método utilizado por um empresário que saiu do zero e se tornou bilionário. Carlos Wizard Martins é presidente e fundador da Multi Holding, uma multinacional brasileira líder no setor de ensino de idiomas e cursos profissionalizantes, composta por empresas bem-sucedidas, como Wizard, Yázigi, Skill, Alps, Microlins, SOS Computadores e Bit Company.

A Meta - Um processo de melhoria contínua

Autor: Goldratt, Eliyahu M.; Cox, Jeff Editora: Nobel

O que mudar? Para que mudar? Como motivar a organização para mudar? Esses são os pontos fundamentais que os autores salientam no “Gerenciamento das Restrições”. Através de uma novela, o personagem Alex Rogo é estimulado por um mentor, Jonah, a conseguir tirar sua fábrica do sufoco, obter resultados e ganhar uma promoção para administrar uma nova divisão. Essa história fez com que muitas pessoas se sentissem os próprios personagens. A proposta é motivar a evolução na forma de raciocinar, incrementar a habilidade de desenvolver e identificar problemas e apontar soluções simples, criando um processo de aprimoramento contínuo. Best-seller consagrado, com mais de 2 milhões de exemplares vendidos no mundo e traduzido em mais de 20 idiomas, o livro, adquirido pelo grande público e por homens de negócios, foi adotado por mais de 200 faculdades.

Como se tornar um campeão de vendas Autor: Allan Pease Editora: Sextante

Aos 21 anos, o autor deste livro tornou-se o mais jovem corretor da Austrália a vender 1 milhão de dólares em apólices de seguro em apenas 12 meses. Allan Pease conseguiu essa façanha acreditando na lei das médias, segundo a qual, se você fizer a mesma coisa da mesma maneira e sob as mesmas circunstâncias inúmeras vezes, essa ação produzirá um conjunto de resultados que permanecerá sempre constante. Ele sabia que, de cada 10 clientes que atendiam ao telefone, 5 concordavam em marcar uma reunião, 4 realmente apareciam, 3 assistiam à apresentação completa e 1 efetuava a compra, gerando 300 dólares de comissão. Portanto, cada cliente que atendia ao telefone significava um ganho de 30 dólares. A ideia é aprender a enxergar um “não” de um cliente como uma forma de se aproximar mais da venda, e não como motivo para desânimo ou frustração. Neste livro ele também mostra os benefícios do marketing de rede e ensina técnicas para estabelecer identificação com o cliente, fazê-lo se interessar pelo que você tem a dizer e ao mesmo tempo extrair informações úteis.

Não tenha medo de ser chefe Autor: Bruce Tulgan Editora: Sextante

O livro discute um problema comum nas empresas hoje em dia: uma epidemia de subgerenciamento que afeta toda a escala de comando - e oferece uma alternativa para que os gerentes reassumam seu papel e se tornem os líderes fortes que suas equipes precisam. O autor mostra a função de chefia com outros olhos. Não como um fardo ou uma obrigação desgastante, e sim como uma oportunidade de ser útil, contribuir para aumentar a produtividade de sua equipe e ajudar seus subordinados a conseguir aquilo que querem e fazem por merecer.

 acesse a versão digital da revista!

8

NEGÓCIOS MAPFRE


VENDER é simples

A melhor técnica

para falar em público A melhor técnica para falar em público é aquela com a qual você possa se sentir mais à vontade.

H

á oradores que preferem se apoiar em anotações. Outros se sentem mais livres quando memorizam alguns tópicos. E não são poucos aqueles que gostam de decorar os discursos. Quem poderia criticar um orador que decora, mas se sai bem em suas apresentações?! Embora eu desaconselhe esse recurso, devo reconhecer que certos oradores decoram com admirável competência. Memorizam com facilidade, são hábeis na interpretação e contornam bem os inesperados lapsos de memória. Não se nota neles aquele brilho vidrado nos olhos, próprio de quem decora o que vai dizer. Mesmo com a fala decorada, conseguem aproveitar fatos do ambiente e os incluem em suas falas como se toda mensagem nascesse ali diante do público. Alguns se dão bem no outro extremo. Levam consigo o texto completo, como se fossem ler a mensagem. Diante do público,

entretanto, apenas batem os olhos para pinçar uma informação aqui, outra ali, e se certificam de que obedecem à sequência que planejaram. Um cuidado deve ser observado: adequação à circunstância. Não seria apropriado, por exemplo, o filho ler a homenagem à mãe no dia do aniversário dela. Nessa situação seria mais apropriado um discurso curto, sem anotações, com informações da própria experiência familiar. Da mesma forma, seria desaconselhável o discurso de improviso em ocasiões que exigem correção rigorosa das informações. Se a mensagem tiver grande quantidade de cifras e datas, só a leitura ou, no mínimo, algumas anotações ajudariam a cumprir bem essa tarefa. Se você for convidado a proferir palestra sobre temas de sua especialidade, evite o excesso de anotações. Uma ou outra ficha com lembretes para as emergências e alguns visuais seriam suficientes para que pudesse desempenhar bem seu papel. Se, entretanto, mesmo sendo assunto de sua especialidade tiver de montar uma apresentação nova, não hesite em levar as anotações para a tribuna. Com um bom treino, ficará tão familiarizado com a sequência das informações que o simples bater de olhos indicará o que deve dizer.

Independentemente do domínio que tenha sobre o assunto e da técnica que resolva utilizar, nunca deixe de se preparar. Treine o máximo que puder. Esse exercício será útil não apenas para aquela determinada apresentação, mas também para o desenvolvimento da sua comunicação. Quanto mais treinar, melhor orador se tornará.

SUPERDICAS: •

Experimente todas as técnicas que puder e escolha a que julgar mais conveniente. Treine o sincronismo entre a leitura das anotações e o contato com a plateia. Olhe para as anotações como se estivesse pensando, sem se precipitar. Recursos visuais na medida certa são úteis e dão confiança.

Livros de minha autoria que ajudam a refletir sobre esse assunto: “Como falar corretamente e sem inibições”, “Como falar de improviso e outras técnicas de apresentação” e “Superdicas para falar bem”, publicados pela Editora Saraiva, também em formato digital.

Reinaldo Polito É mestre em Ciências da Comunicação, palestrante e professor de expressão verbal. Escreveu 20 livros que venderam mais de 1 milhão de exemplares.

NEGÓCIOS MAPFRE

9


Entrevista

Bom atendimento

faz toda a

diferença

Edmour Saiani Graduado em Engenharia Mecânica pelo ITA, com Curso de Extensão em Marketing pela Fundação Getulio Vargas - SP, Edmour Saiani compartilha com nosso leitores sua experiência acumulada em empresas como Kodak, Johnson & Johnson, Santista Alimentos e Pepsi. Hoje está à frente da consultoria Ponto de Referência.

O que mais i ajuda a prestar um bom atendimento é ter na marca uma cultura e causa para atender e apenas contratar pessoas que se identifiquem e consigam honrar essa causa.

10

NEGÓCIOS MAPFRE


1

 O que os empresários geralmente pensam que é bom atendimento, mas que na verdade não é?

Os empresários sabem o que é o bom atendimento quando eles se colocam no papel de clientes, pensam e agem como um e sentem as dores dele. O difícil é construir atendimento e transformar esse atendimento em diferencial verdadeiro e duradouro da marca, pois o inconsciente coletivo faz piada com atendimento o tempo todo. Piada de central de atendimento, piada de atendente de seguros, piada de balconista de varejo. Na verdade, 200 milhões de brasileiros não só fazem piada, mas reclamam de atendimento.

2

 Para prestar um bom atendimento, o que é mais importante: capacitação ou motivação? Por incrível que pareça, nenhum dos dois. A marca mais forte do varejo tradicional dos Estados Unidos no quesito atendimento é a Nordstrom, uma cadeia de lojas de departamentos que tem tradição de atender muito bem no varejo. Estava numa reunião com o diretor de RH deles e um brasileiro perguntou: como é que vocês treinam o pessoal na loja para ter esse atendimento que vocês têm? O diretor, elegante, mas ávido por sacar a resposta, falou:

NEGÓCIOS MAPFRE

11


"quem treina nosso pessoal são os pais deles em casa, a gente só os encontra e contrata." O que mais ajuda a prestar um bom atendimento é ter na marca uma cultura e causa para atender e apenas contratar pessoas que se identifiquem e consigam honrar essa causa. Claro, depois de contratada a pessoa, treinar e motivar tem de ser praticado sem moderação, todos os dias e o dia todo. Garimpar, achar a pedra preciosa, que é a pessoa com vocação de atender muito bem, e depois lapidar. Enquanto for lapidada, a pedra preciosa manterá seu brilho. Parou de lapidar? A pedra fica opaca.

3

 No que o atendimento influencia na construção de uma marca?

O atendimento é a entrega da promessa da marca. No relacionamento com o cliente, a última impressão é a que fica. E a marca faz um esforço enorme para o cliente comprá-la e experimentá-la. Nessa hora, quem entra em contato com ele é quem a marca designou para atendê-lo. Quem a marca definiu como seu representante para entregar o produto e/ou o serviço. Quem promete e não entrega consegue o feito de chamar o cliente para que ele comprove que a marca não presta. E aí começa o círculo vicioso de ter que investir mais em marketing, porque cada vez mais os clientes se vão e não são compensados por aqueles que - à custa de um esforço enorme de marketing e vendas - vêm.

4

 As pequenas empresas precisam ter o mesmo zelo com sua marca que as grandes?

As pequenas empresas quase sempre têm maior potencial de atender melhor que as grandes. Mal comparando, as grandes são catedrais onde o cliente quase não vê o padre. As pequenas são capelas onde o principal personagem é o padre. Tirando qualquer conotação religiosa para a comparação, quando o cliente entra numa megaloja, ele já imagina que não vai receber prioridade no atendimento. Ao contrário, quando entra numa loja pequena, ele espera encontrar o dono lá à disposição dele. Pequenas marcas que têm dono ativo e presente atendem melhor. O sistema de franquia original se baseava nisso. Donos representantes da marca cuidando da marca. 12

NEGÓCIOS MAPFRE


No caso da corretora  No caso do corretor de seguros, qual deve ser a estratégia para prestar um atendimento fidelizador, considerando que ele, como distribuidor, depende também do atendimento das seguradoras? É bom eu esclarecer que já trabalhei no mercado segurador como diretor de marketing. Aprendi algumas coisas nessa fase da minha vida. Em muitos casos, o corretor salva a reputação da seguradora com o trabalho que faz. Há muitos corretores da maior competência, que atendem o cliente como o médico de família antigo fazia: entendendo os medos

do segurado, defendendoos com seguros adequados aos riscos, sendo claro sobre quais coberturas e exclusões está vendendo. E, na hora do sinistro, tornando-se aliado do segurado para conseguir o que prometeu. Sim, as seguradoras podem errar, podem corrigir, podem fazer o que quiser, mas o bom corretor tem os seus caminhos.

NEGÓCIOS MAPFRE

13


 O bom atendimento depende de engajamento da equipe. Como trazer todos para este mesmo propósito? Para construir uma equipe engajada é preciso estabelecer uma causa

que faça todos sonharem com o mesmo futuro para a marca e que esse futuro melhore a vida de todos. Marcas com causas fortes tem equipes melhores porque tem líderes que cuidam das equipes. Na verdade, o quadro que usamos

para construir equipe engajada é mais complexo do que isso. Tenho dedicado minha vida, que já não é tão curta assim, a construir as variáveis que inspiram a equipe a se engajar. Elas estão contidas no trio Estratégia, Equipe e Experiências:

Estratégia, Equipe e Experiência: As variáveis que inpiram engajamento

1

17

16

a marca evolui com aprendizado do convívio matriz + campo.

15

13

TURNOVER

14

NEGÓCIOS MAPFRE

4

a marca tem diferenciais poucos bastam realmente raros e/ ou inimitáveis.

EXPERIÊNCIA

os processos são definidos e combinados por todos para construir momentos da verdade impactantes.

EQUIPE

a integração matriz + campo é imperativa.

6

os gerentes de unidades competentes são donos do negócio.

12

3

o nível de atendimento que a diretoria quer e os indicadores que vão melhorar focam todos

5

as equipes são competentes e integradas e os líderes cuidam da equipe todos os dias.

a contratação é planejada.

2

ESTRATÉGIA

todos os líderes e equipes vão ao campo, sempre.

14

os acionistas e a alta direção tem atitude próequipe e prócliente.

os indicadores se tornam os melhores do mercado em alta velocidade.

a causa de atender inspira a comunidade de servir e a cultura de se ajudar rege a postura de todos.

As ferramentas e o sistema de gestão orientam a atitude e atendimento no dia a dia.

11

a liderança é capacitada para construir equipe e experiência.

10

os líderes de campo são grandes mobilizares. os supervisores de campo são agentes de mudança bilateral.

9

8

os pontos de contato são investimento estratégico e não custo.

MARGEM

7


 Como conduzir os clientes a não determinarem o preço como fator principal de decisão? O preço de qualquer marca só é o assunto principal quando a marca não tem história para contar. Sempre há os “preceiros” ou “taxeiros” do mercado. As estatísticas mostram que 15% dos clientes sempre privilegiam preço. São os caras que compram nos sites coletivos e não são fiéis a nada. Pulam de site coletivo a site coletivo à procura de preços menores. Os outros 85% pagam mais se encontrarem diferencial na marca. Que o diga a Apple, a 3M, o McDonald’s, a Starbucks. Cobram mais e o cliente paga com prazer pelo diferencial que encontra quando vai procurar.

 Qual a relação entre Reputação, Relacionamento e Resultado? Marcas com diferenciais conseguem inspirar o cliente a pagar mais pelo produto que ele compraria na concorrência. O que constrói isso é a reputação. Quanto mais o cliente compra os produtos e usa os serviços dessa marca, mais ele gosta, elogia, recompra e recomenda. Pronto: aí se construiu relacionamento duradouro! Resultado sustentável é construído por reputação que me inspire a pagar mais e relacionamento que me leva a pagar sempre. Marcas que conseguem cobrar mais por mais tempo são as marcas sustentáveis, que vão durar mais

nesse mercado teoricamente infiel que está se mostrando.

 Quando as novas tecnologias ajudam no bom atendimento? Sempre. Mas menos do que ter uma equipe engajada. Na minha época em seguros, o grande feito que realizamos foi pagar seguro automóvel no valor de mercado, perda total em 7 dias, em vez de 30, como era praxe naquele tempo. Como fizemos isso? Sem tecnologia. Só uma equipe engajada, que mudou o processo e ajudou a empresa a triplicar o faturamento, o lucro e passar de 11º no mercado a 5º no ranking das seguradoras. Só isso, gente sabendo que poderia ajudar e querendo ajudar.

 Para conseguir se diferenciar no atendimento no futuro, o que as empresas devem começar a fazer hoje?

valor muito significativo porque eu tive uma doença grave. Coisa de empreendedor, que quando fica doente para de trabalhar. E, por último, o cliente quer que a seguradora tenha compromisso e honre os prazos. A seguradora que fizer isso será conhecida como uma seguradora confiável.

O preço de qualquer marca só é o assunto principal quando a marca não tem história para contar.

Algo como a MAPFRE fez na eliminação do “segurês”. Clareza: avisem aos clientes, com letra em negrito e do lado da assinatura, quais são as cláusulas de exclusão. Flexibilidade: mostrem um papel com todos os medos que ele pode sentir com um espaço para ele colocar um x do lado dos que ele tem. Aí a seguradora “molda” o produto que o cliente quer. Inovação: crie seguros para os novos medos que possa ter. Eu mesmo tive um câncer e fui surpreendido quando o seguro de vida que tinha feito me pagou um

NEGÓCIOS MAPFRE

15


Comunicação e Publicidade

Marketing

pessoal como vantagem competitiva Autoconhecimento é essencial para traçar uma estratégia acertada para a construção da marca.

16

NEGÓCIOS MAPFRE

S

er a mais lembrada, a mais rentável e a mais procurada é o desejo de qualquer marca neste cenário tão competitivo no mercado. E isso não acontece somente com produtos ou serviços, mas com pessoas também. Por isso, os profissionais estão buscando entender e aprender mais sobre estratégias de marketing pessoal para conquistar esses atributos tão desejados. Saber trabalhar a sua imagem é uma competência valiosa. Afinal, o trabalho do corretor de seguros é baseado na confiança depositada nele. A maneira como você é visto pelos profissionais que trabalham


Preço, produto, promoção e ponto de venda com você e pelos seus clientes é fundamental para o desenvolvimento da sua carreira, por isso é importante elaborar uma estratégia de construção da marca pessoal. Com o objetivo de valorizar as principais características e atributos do indivíduo, o marketing pessoal é uma ferramenta que utiliza os conceitos e os instrumentos do marketing em benefício da carreira e das vivências pessoais. De acordo com o sócio-diretor da Atingire Treinamento, consultoria de Treinamento e Desenvolvimento, Edilberto Camalionte, o primeiro passo para quem quer elaborar uma estratégia de marketing pessoal acertada é o autoconhecimento, e, para isso, é preciso fazer uma série de questionamentos para si mesmo, como:

No que eu sou bom? Quais são as minhas melhores características? O que eu preciso aprimorar? Após responder às questões de autoavaliação, é preciso separar as características positivas, que devem ser ressaltadas. Edilberto enfatiza que elas não devem ser forçadas, mas sim espontâneas, porque

não é possível valorizar uma característica que não é inerente. Saber os pontos que você deve melhorar e trabalhá-los é essencial para construir uma marca pessoal positiva para a organização e para os clientes. Para Camalionte, é preciso ter ouvido aberto para receber um feedback, mesmo que ele seja passado de uma maneira inadequada. Quando isso ocorrer, o importante é fazer a adaptação do que foi dito, para então retirar somente as informações necessárias e melhorar a sua imagem frente ao profissional ou a organização, tendo, assim, subsídios para fazer o reposicionamento da sua marca. A partir do seu objetivo, é possível traçar estratégias semelhantes ou diferentes para serem aplicadas com os profissionais que trabalham com você e com seus clientes. Muitas vezes, o que difere é a exigência de cada um: a empresa espera que você cumpra um conjunto de atividades em determinado tempo, e fazer isso dentro do prazo estipulado é o almejado, ou seja, a eficiência é uma característica importante para a organização. Já o seu cliente pode valorizar muito mais a sua disponibilidade para atendê-lo e a sua empatia. Por isso, é importante perceber também qual é o atributo mais relevante para cada um dos públicos com que você trabalha.

internamente, seja para o seu cliente, você diz as atividades e os cases com os quais trabalhou, tornando a sua experiência um atributo da sua marca pessoal. 4 Ps do marketing pessoal Para ajudar a criar uma marca pessoal positiva, Edilberto Camalionte conta que é possível usar os conceitos básicos dos 4 Ps (Produto, Preço, Ponto de venda e Promoção). O produto representa o profissional, que deve ter claros seus principais atributos, suas características positivas e aquelas que devem ser aprimoradas. O profissional deve estar ciente de seu preço, que nem sempre é positivo. “Muitas vezes, eles não sabem que trazem um valor negativo para a organização. Isso ocorre quando o funcionário passa a ter atitudes como chegar atrasado com frequência e não vestir a camisa da empresa, gerando assim um valor negativo”, afirma Camalionte. O ponto de venda está relacionado à capacidade de se empregar e como o profissional reage frente às mudanças no mercado e na própria organização. Já a promoção é a melhor característica do profissional, aquela que vai propagar a sua marca.

A sua experiência profissional é um componente da sua marca. Quando você se apresenta, seja

NEGÓCIOS MAPFRE

17


Inovação

Inovar para crescer Aumentar a receita e diminuir os custos são algumas das conquistas das empresas que buscam a inovação.

18

NEGÓCIOS MAPFRE

Q

uem não pensa em investir em tecnologia quando o assunto é “como a empresa pode inovar”? A ideia de que a inovação dentro das organizações deve depender de investimentos em máquinas e dispositivos tecnológicos pode até ter fundamento, mas não deve ser a única forma de ver a questão. Há diferentes maneiras e muitas delas não necessitam de investimentos volumosos para se tornarem realidade. “A inovação pode estar presente também em pequenas mudanças implantadas pela empresa que tragam resultados positivos. Essas mudanças nem sempre necessitam de investimentos ligados à

tecnologia. Mudanças e melhorias pequenas no relacionamento com o cliente, na prospecção, no processo de produção da empresa, por exemplo, podem gerar resultados benéficos e não exigem investimentos tecnológicos”, conta o consultor do SEBRAE-SP Adriano Augusto Campos. Empresas que inovam conseguem maior crescimento e aumento de receita a partir da implantação de melhorias, mas nem todos os resultados impactam diretamente nas finanças. Eles podem gerar benefícios como a melhor visibilidade da marca e a solução de falhas de comunicação, que contribuem para o bom funcionamento da organização.


O gerente de Inovações da MAPFRE, Fernando Marcio Bettine, afirma que a inovação está atrelada à necessidade de assumir riscos e corrigir o rumo rapidamente, e não necessariamente ao volume de dinheiro investido.

A inovação é essencial para a sobrevivência e a continuidade das empresas. Mudanças são constantes, e reinventar o modelo de negócio, o produto ou o serviço faz com que empresas inovadoras se destaquem em relação às demais. O consultor do SEBRAE alerta que, antes de implantar alguma mudança, é necessário pensar em como a empresa consegue avaliar os resultados obtidos. Podem ser critérios e indicadores simples, mas que lhe permitam entender se a iniciativa resultou no objetivo original.

Muitas das dicas e ideias para melhorias da organização podem surgir dos públicos próximos à empresa, como funcionários, clientes e fornecedores, e, para identificá-las, é preciso

estar aberto para receber as informações e filtrá-las. Além disso, ao planejar a inovação, é importante acompanhar se os resultados estão de acordo com os objetivos da empresa.

para inovar s a c i d 0 1

FERNANDO BETTINE LISTA PONTOS FUNDAMENTAIS PARA A IMPLANTAÇÃO DA CULTURA DA INOVAÇÃO EM UMA CORRETORA OU EM QUALQUER EMPRESA:

1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10.

A inovação começa com os gestores. Assuma riscos. Aceite o erro, mas corrija-o rapidamente. Ouça e conheça seu cliente. Não confunda inovação com criatividade. Valorize as pessoas: bons insights partem delas. Adicione ao seu objetivo estratégico metas relacionadas à inovação. Crie indicadores e métricas. Afinal, só é inovação se gerar retorno para o negócio. Obtenha conhecimento, esteja presente em fóruns, workshops e eventos. Visite empresas de diferentes segmentos. Muitas vezes, seu problema já foi solucionado por empresas que não são seus concorrentes. NEGÓCIOS MAPFRE

19


Gestão de PESSOAS

Como transformar grupos em equipes

de alta perform Equipe de elevada competência e destacado grau de comprometimento é fruto de liderança eficiente

C

Construir e manter equipes de alta performance são os grandes desafios dos líderes na atualidade, já que uma equipe formada por indivíduos de alto desempenho não é o bastante para tornar o grupo uma equipe de alta performance. Para isso, é necessário que as pessoas estejam alinhadas, fazendo a diferença pelo entrosamento e pelo compartilhamento de objetivos. “Uma equipe de alta performance é aquela que demonstra elevada competência (saber fazer) e destacado grau de comprometimento (querer fazer). São pessoas realmente alinhadas, que têm em comum valores, visão, objetivos e engajamento. E, ao mesmo tempo, têm riqueza, diversidade e multiplicidade de conhecimentos, habilidades, bagagens, opiniões e ideias”, conta a sócia-diretora da MBA Empresarial, Sandra Betti.

20

NEGÓCIOS MAPFRE


Desafio:

MANTER O ALTO DESEMPENHO

mance? Equipes de alta performance são frutos de uma liderança eficaz e competente. Líderes do tipo ‘rapadura’: duros com resultados e doces com as pessoas. Sandra Betti

Cada vez mais as organizações procuram profissionais com facilidade de relacionamento interpessoal, que saibam e gostem de trabalhar em grupo, uma vez que a contratação apenas por talentos não é garantia de resultados para a empresa. Alta produtividade, esforços conjuntos, flexibilidade e capacidade de adaptação são características diferenciadas das equipes de alta performance. Mesmo sendo aspectos necessários para qualquer grupo, apenas os de alta performance conseguem atingir esses objetivos, por isso são tão almejados pelas empresas. O primeiro passo para formar esse tipo de equipe é acertar na seleção

das pessoas, trazendo profissionais com bons valores e que tenham muita garra. De acordo com Sandra, é possível encontrar as pessoas dentro da própria empresa para compor a equipe, como também, em alguns casos, é preciso contratar profissionais para oxigenar e reforçar o grupo.

Mais complexo e desafiador do que formar é fazer com que a equipe se mantenha com alta performance, uma vez que as relações são complexas e que sempre haverá crises (pessoais e profissionais), tornando o desafio de manter a equipe um exercício constante de negociação, liderança e gestão de conflitos. Mesmo tendo um senso de unidade muito estruturado, a liderança deve sempre se lembrar das necessidades individuais existentes na equipe, procurando entender o que cada membro deseja e também a expectativa que o próprio líder tem de cada um. Assim, diminui-se a margem para frustrações e desmotivação.

Focar no trabalho conjunto, dividindo e não apenas repassando os objetivos da empresa, deve estar no planejamento e nas ações da liderança.

O líder deve incentivar que cada membro do grupo traga conhecimentos e experiências que sejam compartilhados com os demais. Uma equipe de alta performance deve ser composta por profissionais com diferentes habilidades, e essa diversidade deve ser vista como um diferencial, pois assim se forma uma equipe de talentos complementares.

Um ponto fundamental é incentivar as lideranças a atuarem como mentores, que estimulam o desenvolvimento e o aprendizado contínuo dos liderados. A promoção de políticas de reconhecimento também é uma ferramenta importante para a motivação, bem como feedbacks sinceros e constantes por parte de todos os seus integrantes.

A manutenção desse alto desempenho depende do esforço diário dos liderados e da liderança, que devem valorizar a transparência, criando um ambiente de confiança. Além disso, o grupo deve valorizar a interdependência, que reforça a necessidade e as vantagens de se trabalhar em grupo, dividindo os mesmos objetivos e conquistas. NEGÓCIOS MAPFRE

21


Seguros

MAPFRE lança novidades para Seguro Residencial e

Bilhete Multirisco Eventos

O seguro residencial da MAPFRE tornou-se um dos produtos mais sustentáveis do mercado e a contratação do Multirisco Eventos ficou ainda mais fácil. 22

NEGÓCIOS MAPFRE

Mudanças e novas coberturas do Seguro Residencial

P

ara simplificar a contratação e atender melhor as necessidades dos segurados, aliando medidas sustentáveis ao processo, as assistências do Seguro Residencial foram reformuladas. Agora o produto conta com uma redução dos perfis de 8 para apenas 3, contando com serviços mais abrangentes e com limites

mais adequados nas coberturas, com planos divididos em: Plus, Top Plus e Gold. Além disso, novos serviços foram incluídos, como descarte inteligente, consultoria ambiental, dedetização, conversão de fogões, entre outros. As novas coberturas reforçam a preocupação da MAPFRE com as questões ambientais e com o segurado.


Segundo o Diretor Geral de Massificados da MAPFRE Seguros, Maurício Galian, as mudanças destacam ainda mais o compromisso e preocupação da MAPFRE em trazer soluções que atendam sempre seus clientes da melhor maneira possivel, além de promover a consciência ambiental de seus segurados. “Nós temos um papel estratégico na proteção do patrimônio dos lares brasileiros. O setor de seguros pode garantir a economia das famílias brasileiras ao reduzir o risco de perdas patrimoniais e consciência ambiental. Esse é um compromisso da MAPFRE”, completa. O cliente pode, por exemplo, usar o descarte inteligente, que segue todas as práticas de sustentabilidade e normas vigentes, para se desfazer de móveis, equipamentos eletrônicos e eletrodomésticos. A equipe retira os móveis ou equipamentos na casa do cliente. Já a Orientação Ambiental é disponibilizada sempre que o cliente necessitar de dicas, via site ou email, para manter a residência dentro dos conceitos de sustentabilidade. Dentre as orientações estão formas de reduzir gastos com energia elétrica e água e como fazer a reciclagem correta do seu lixo residencial. A executiva de Sustentabilidade da MAPFRE Seguros, Fátima Lima, destaca que “ao incluirmos entre as assistências os serviços de descarte e a consultoria ambiental reforçamos, acima de tudo, o nosso comprometimento com a indução de práticas ecoeficientes, que faz parte de um trabalho mais amplo e constante de cultura para a mudança de comportamento do consumidor”.

O produto ainda conta com o Serviço de Assistência 24h, com serviços de chaveiro, encanador e vidraceiro sem custo adicional, além do conserto de equipamentos e eletrodomésticos danificados decorrente de oscilação de correntes elétrica (linhas branca). No plano

PLUS o limite é de 2 intervenções por vigência com limite de R$ 200,00 cada - no plano TOP PLUS o limite é de 3 intervenções por vigência com limite de R$ 200,00 cada - no plano GOLD o limite é de 4 intervenções por vigência sem limite em valor.

Confira abaixo a tabela com a nova nomenclatura de cada perfil: Nas renovações das apólices residenciais haverá o de/para conforme tabela: Assistêcias ATUAIS

NOVAS Assistências

DE:

PARA:

Essencial

Plus

Dinâmico

Top Plus

Conveniência

Top Plus

Dinâmico - Conveniência

Top Plus

Prevenido

Gold

Conveniência - Prevenido

Gold

Prevenido - Dinâmico

Gold

Completo

Gold

BILHETE MULTIRISCO EVENTOS Para facilitar a contratação e atender a necessidade de venda massificada e simplificada do Produto Multirisco Eventos, a Unidade de Riscos Especiais disponibilizou no MAPFRE Connect o sistema de bilhete para o produto. São três opções de contratação dentro deste regime: Festa de Casamento, Festa de Formatura e Festa de Aniversário. O valor máximo para contratação da cobertura Básica de até R$ 250 mil (sem necessidade de inspeção

de Risco) e são diversas as coberturas adicionais. O período máximo de vigência é limitado a duração do evento e o pagamento deve ser realizados sempre à vista através de ficha de compensação, que deverá ocorrer e ter a baixa reconhecida no sistema até 48 horas antes do início do Evento. O corretor conta com comissionamento padrão de 15%. Divulgue hoje mesmo estas novidades para os segurados.

NEGÓCIOS MAPFRE

23


Capacitação

Pós-graduação

em alta E Competitividade no mercado de trabalho faz profissional buscar nos cursos de especialização o diferencial.

24

NEGÓCIOS MAPFRE

ntrar e permanecer no mercado de trabalho com um diferencial para não ser apenas mais um é a preocupação de muitos profissionais, sejam eles colaboradores ou mesmo proprietários do negócio. Possuir apenas o diploma de ensino superior não é o bastante para quem procura qualificar-se à altura dos desafios da vida profissional. Por isso, os cursos de pós-graduação configuram-se como alternativas importantes para quem deseja investir na carreira. Na sociedade do conhecimento, cada vez mais as empresas buscam profissionais especializados, que agreguem valor ao empreendimento e que estão sempre em busca de atualização. Os profissionais, por sua vez, devem estar atentos em alinhar o curso escolhido


No ambiente empresarial hipercompetitivo, as empresas lutam para gerar mais valor para os seus clientes e também para os acionistas, mas o funcionário não pode se esquecer de agregar continuamente valor também a sua formação, sustentando e aumentando a sua empregabilidade

Os cursos de pós-graduação lato sensu, ou de especialização, representam programas de educação continuada voltados ao mercado de trabalho e com um equilíbrio entre teoria e prática. Já o MBA (Master of Business Administration) é mais direcionado para os profissionais da área de negócios e que possuem uma boa bagagem profissional. “A sigla MBA (Master of Business Administration) é utilizada como uma grife em alguns cursos de especialização, com carga horária maior”, conta o coordenador Cláudio Alberto de Moraes, que alerta sobre a importância de verificar uma série de quesitos que a instituição e o curso devem atender para corresponder às expectativas do profissional e do mercado.

Para não errar na escolha do curso, fique atento aos itens que devem ser observados: • Alinhar o curso pretendido com o seu plano de carreira. • Observar se a carga horária oferecida está de acordo com as exigências do MEC. • Escolher uma universidade com tradição, reputação e nome no mercado.

com o planejamento de carreira, tendo em mente quais conhecimentos e habilidades pretendem aprimorar. Stricto sensu, lato sensu ou MBA? É preciso saber qual é a diferença entre esses tipos de pós-graduação para saber qual deles está de acordo com os seus objetivos. O stricto sensu diz respeito aos cursos de mestrado e doutorado e são de fundamental importância para pesquisadores e profissionais que visam a carreira acadêmica.

Escolha o curso certo

Cláudio Alberto de Moraes Coordenador geral da Pós-Graduação Lato Sensu da Universidade Presbiteriana Mackenzie.

• Verificar o corpo docente quanto à experiência profissional e também acadêmica. • Verificar como será feito o trabalho monográfico de final de curso.

Networking e troca de experiências Além de promover a atualização do profissional, os cursos de especialização também são importantes para o crescimento do networking e da troca de experiências entre os profissionais. A partir de cases dos alunos que compõem a turma, é possível desenvolver discussões importantes para o compartilhamento do conhecimento. Para que haja essa troca de experiências, é preciso que os alunos tenham uma bagagem profissional. “A experiência profissional do aluno, de no mínimo 2 ou 3 anos, é de fundamental importância para um curso de pós-graduação

lato sensu, pois energiza as aulas, as discussões, as trocas e o aprendizado coletivo, além do networking”, conta o coordenador Carlos de Moraes. Não só os alunos devem possuir uma bagagem profissional, mas também os professores desses cursos de especialização devem ter vivência no mercado de trabalho, além de competências acadêmicas. E a diversidade de formações na sala de aula enriquece o aprendizado, porque agrega olhares diferentes para solucionar o mesmo problema.

NEGÓCIOS MAPFRE

25


Turismo BRASIL

Uma descoberta

O objetivo do governo federal, com a criação do estado do Tocantins, o mais novo do Brasil, foi motivar o desenvolvimento na região.

2 26 6

NEGÓCIOS MAPFRE NEGÓCIOS MAPFRE

A

capital Palmas foi construída praticamente do zero, uma cidade planejada, como Brasília/DF, Belo Horizonte, entre outras. Inaugurada em 1990, hoje conta com mais de 240 mil habitantes e o número vem crescendo, assim como o turismo. No oeste do estado, a região do Cantão e do Rio Araguaia, por exemplo, recebem cada vez mais turistas e servem de cenário para novelas da Rede Globo.

Mas, o que levou a equipe da revista Negócios MAPFRE ao Norte do Brasil foi o lado leste, que vem despontando como grande chamariz de turistas para o estado. O Jalapão é hoje um dos principais roteiros de ecoturismo no Brasil.


a no coração do Brasil O que tem atraído uma quantidade cada vez maior de apreciadores do gênero é uma combinação única de relevo, fauna e flora. A vegetação é uma transição entre o cerrado, bastante comum no centro-oeste e a caatinga, típica do Nordeste. O predomínio é de vegetação mais rasteira, com árvores de pequeno porte, que atingem no máximo 20 metros. A flora possui algumas plantas de aparência seca, e um outro tipo de vegetação mais densa, denominada cerradão. Um “personagem” importante neste quesito é o buriti, uma espécie de palmeira muito comum na região, pois dele se aproveita tudo, desde o fruto (na fabricação de doces, óleo de buriti), caule/

tronco (móveis, artesanato, cercas, paredes, portas, janelas, etc), folhas (cestas,bolsas,vassouras ) e raiz (remédio caseiro). Quando o buriti morre, o caule é aproveitado pelas araras para fazerem seu ninho no topo da árvore.

O relevo é marcado por grandes planícies, com paredões e elevações compostas por arenito, um tipo de rocha que se dissolve com mais facilidade, ou seja, mais sujeita a erosão. Isso faz com que se forme “desenhos” no relevo, como a Pedra da Catedral ou mesmo a Pedra Furada. É da erosão também que surgiram as famosas dunas, um verdadeiro “deserto” em meio ao cerrado. O arenito dissolvido forma

montanhas de areia que atingem até 30 metros de altura.

Como o Jalapão apresenta a menor densidade populacional do Brasil, cerca de 0,8 hab/km², não é difícil avistar animais como veados-campeiros, tamanduás-bandeiras, antas, capivaras, lobos-guarás, raposas, gambás, macacos, onças e até mesmo cobras. Entre as aves mais comuns estão os tucanos, os papagaios, as araras-azuis, as siriemas, as emas e os urubus (carcarás). E, por fim, uma visita ao Jalapão não está completa sem conhecer a comunidade Mumbuca, povoado remanescente de antigos quilombos, que vive do artesanato, produzindo diversas peças feitas com capim dourado. NEGÓCIOS MAPFRE

27


Principais atrações do Jalapão Cachoeira da Velha Com cerca de 100 metros de largura e 25 metros de queda livre, em formato de ferradura, é a maior cachoeira do Jalapão e uma das principais atrações. Bem próximo à Cachoeira da Velha existe uma pequena praia, de águas tranquilas cercada pela mata. A trilha para chegar da cachoeira à prainha é de fácil caminhada, com paradas para descanso e contemplação.

Pedra Furada Distante apenas 30Km de Ponte Alta, há uma pedra com buracos feitos pela erosão natural, do vento e da chuva, que corroeram as partes mais moles da rocha original, deixando um arco, com o buraco vazio no meio. O lado de trás da pedra apresenta um cenário digno de filmes de ficção científica. A impressão é estar em outro planeta. Esse é o refúgio de pássaros em ninhos escondidos nas suas várias grutas e, vista de longe, pode remeter a várias formas, dependendo da imaginação de quem vê.

28

NEGÓCIOS MAPFRE


Fervedouros Piscinas naturais de água límpida, alimentadas por nascentes subterrâneas causadoras de um fenômeno chamado ressurgência, que impede que os banhistas afundem. A transparência se dá pela pureza da água e pela areia compactada no fundo dos fervedouros.

Dunas Local mais famoso do Jalapão, é um dos pontos preferidos pelos turistas para apreciar o pôr do Sol, já que as areias refletem a luz do sol em vários tons dourados, um espetáculo imperdível.

da mata. A areia, baseada em quartzo, apresenta um tom entre o alaranjado e o dourado. As dunas estão em constante movimento, por isso, a cada visita apresentam um formato diferente.

Um cenário inesperado, pois as enormes dunas destoam do cenário em volta. É como se fosse um oásis ao contrário, um pedaço de deserto no meio

A sensação no alto das dunas é de extrema tranquilidade, o que motiva os visitantes a passarem um longo tempo contemplando o horizonte à sua volta.

NEGÓCIOS MAPFRE

29


Capim Dourado O capim dourado é outro símbolo do Jalapão, pois só brota em suas veredas. Utilizando sua haste fina e de intenso brilho metálico dourado são feitas diversas peças de artesanato: bolsas, brincos, pulseiras, chapéus, cestas e diversos objetos de decoração. A fama das peças ultrapassou há muito tempo os limites do Tocantins, conquistando mercado em todos os estados brasileiros e também no exterior, graças as suas características únicas.

Povoado Mumbuca

A arte de trabalhar com o capim dourado foi iniciada pela falecida Dona Miúda, matriarca do povoado Mumbuca (que faz parte do município de Mateiros). Hoje todos (homens,mulheres e crianças) fazem o artesanato, pois é a fonte de renda principal da comunidade.

Mais do que a oportunidade de adquirir as peças de capim dourado direto na origem, ou seja, a “preços de fábrica”, visitar a comunidade Mumbuca é uma experiência marcante.

Cachoeira da Formiga

Conhecer o modo de vida das pessoas e a cultura do lugar é fundamental para uma pessoa dizer que realmente conheceu o Jalapão.

É uma pequena queda d’água, cercada por uma vegetação exuberante, que se destaca pela cor verde-esmeralda da piscina natural que se forma em sua base.

Formado a partir do que restou de um quilombo, de escravos fugidos do interior da Bahia, o pequeno amontoado de casas tem como base paredes feitas com tijolos de adobe (ancestral do tijolo moderno, feito de terra crua, água e palha ou outra fibra qualquer) e telhados de fibra de piaçava. A população de Mumbuca, que é uma das 15 comunidades quilombolas do estado, não chega a 200 moradores. Os homens plantam

30

NEGÓCIOS MAPFRE


Fique Ligado Pelo seu aspecto bastante diferente, são importantes algumas dicas para quem se interessar em conhecer o Jalapão.

do Jalapão”) têm muitos buracos e trechos de areia fofa, que só podem ser vencidos por veículos com tração 4 x 4.

As observações mais importantes são sobre a estrutura. Ao sair da capital Palmas é necessário rodar 180 Km até a cidade de Ponte Alta do Tocantins. A partir daí são mais 160km em estrada de terra até Mateiros, que é a “base” recomendada para visitação dos principais pontos turísticos destacados nesta reportagem. Além de não serem pavimentadas, as estradas após Ponte Alta (que apropriadamente se auto intitula “Portal

Além disso, com a sinalização precária é muito fácil se perder. Por isso, é altamente recomendada a contratação de guias ou empresas especializadas. Mateiros é uma cidade de pouco mais de 2 mil habitantes. Lá existem algumas pousadas simples e não há hotéis sofisticados. A região ainda está se desenvolvendo e tudo indica que deve melhorar sua estrutura no médio prazo.

para o consumo da família e as mulheres colhem a produção e, além do trabalho de artesanato, preparam farinha. O modo de vida simples e sofrido contrasta com a alegria das pessoas que recebem os visitantes com uma canção de boas vindas. Aliás, as músicas tradicionais são uma atração à parte. Uma surpresa extremamente agradável foi encontrar o cantor Maurício, que nos apresentou uma viola feita com madeira de buriti e cordas de linhas de pesca. É uma adaptação de uma espécie de rabeca (violino rústico) que era feita com o cabo mais curto e crina de cavalo no lugar das cordas.

NEGÓCIOS MAPFRE

31


AutoMÓVEIS

Carros híbridos e elétricos engatinham no Brasil

Veículos com fontes de energia alternativa já fazem parte da realidade internacional, mas estão longe do dia a dia do brasileiro.

32

NEGÓCIOS MAPFRE

E

les são silenciosos, econômicos e não poluem. Os veículos elétricos ainda estão longe de serem encontrados com facilidade pelas ruas no Brasil, mas já fazem parte do dia a dia de milhões de pessoas pelo mundo. São 4,5 milhões de veículos elétricos circulando por todo globo, e deste total 95% é composto por carros híbridos, que tem um motor a combustão combinado com um gerador elétrico. Os outros 5% são compostos pelo carros elétricos movidos a bateria. Uma das principais vantagens dos automóveis elétricos é a redução da emissão de gás carbônico, um dos responsáveis pelo aquecimento global. Outro ponto positivo é que há menor desperdício de energia. Quanto a ser silencioso, pode ser uma vantagem para o motorista, mas não é muito benéfico para os pedestres, que não percebem a aproximação do


SEM IPVA E RODÍZIO

veículo, já que não há o barulho do motor, por isso, algumas montadoras investem em dispositivos sonoros. A elevada carga de impostos, que tornam este tipo de veículo ainda mais caro, é um dos motivos de não haver tantas unidades circulando pelo país. De acordo com o engenheiro e coordenador da Comissão Técnica de Veículos Elétricos e Híbridos da SAE Brasil, Ronaldo Mazará, não há incentivos do governo para a importação de veículos, qualquer que seja a sua tecnologia. Diferente do que acontece em outros lugares do mundo. “Países como a China e o Japão têm políticas públicas muito agressivas de estímulo ao consumidor, que compra o carro elétrico”, afirma Paulo Roberto Feldmann, coordenador da FIA/USP. Por outro lado, existem várias linhas de crédito destinadas à inovação e desenvolvimento nacional e, recentemente, foi aberto um plano que atende aos veículos elétricos e híbridos de forma mais específica. É o plano Inova Energia, instituído em parceria entre o FINEP, BNDES e ANEEL. “Nesse plano são contempladas algumas linhas temáticas, sendo uma delas intitulada “Veículos Híbridos e Eficiência Energética Veicular” na qual se apoia as iniciativas que promovem o desenvolvimento de integradores e adensamento da cadeia de componentes na produção de veículos híbridos/elétricos, e a melhoria da eficiência energética

em sistemas de motorização a etanol ou flex”, conta Ronaldo Mazará. Devido à pequena quantidade de veículos elétricos e híbridos comercializados no país ainda não há produtos de seguro específicos deste seguimento, mas de acordo com o Gerente Executivo de Produtos Diferenciados da MAPFRE, Anderson Oliveira Silva, o crescimento da circulação destes veículos no Brasil pode sim fazer com que a empresa crie um produto específico.

“Sempre acompanhamos as atualizações da indústria automobilística para a criação de produtos e coberturas diferenciadas aos nossos clientes e este nicho de veículos elétricos e híbridos está em nossos radares”

De acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE), nos estados do Ceará, Maranhão, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Sergipe, os veículos movidos a motor elétrico, ou de força motriz elétrica, são isentos de IPVA, já no Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo têm alíquota diferenciada. Outra diferenciação existente entre este tipo de veículo e os demais é que as proibições e limitações instituídas pelo Programa de Restrição à Circulação de Veículos Automotores na Região Metropolitana da Grande São Paulo (rodízio de veículos) não se aplicam a veículos elétricos. Para Ronaldo Mazará, os veículos elétricos e híbridos vê m ganhando visibilidade, que é gradativa à medida que os obstáculos tecnológicos vão sendo superados e alguns fatores são fundamentais para aceitação do sistema, como a adequação do parque industrial para a produção de novos componentes e motores, a formação e o treinamento de mão de obra especializada, o aprimoramento da tecnologia para a autonomia e tempo de carregamento da bateria, bem como, adequar a infraestrutura de abastecimento energia. ento de e

afirma Anderson.

NEGÓCIOS MAPFRE

33


Acontece

Mobilidade é o destaque do novo modelo comercial da REDE MAPFRE Durante os meses de março e abril, foram realizados cerca de 10 encontros, abrangendo todas as 18 Diretorias Territoriais e que contou com a participação de 433 colaboradores para a apresentação do novo Modelo Comercial da Rede MAPFRE. Agora totalmente estruturado, ele traz em seu DNA um foco importante: a mobilidade para aumentar a produtividade e melhorar a qualidade das visitas realizadas. Nos encontros, foram apresentados os cinco pilares deste novo Modelo Comercial: planejamento, pessoas, carteira, visita e produtividade. E além deste importante momento, os colaboradores da Rede MAPFRE receberam os tablets que auxiliarão a equipe no trabalho em campo. Os equipamentos foram entregues com o sistema Conexão Comercial e o e-mail corporativo integrados, o que permitirá o seu uso imediato pelos colaboradores. Inovação

que tem como principal objetivo garantir à Rede MAPFRE o suporte e a tecnologia necessários para a mobilidade total dos colaboradores, promovendo efetivamente um ganho em produtividade e atendimento aos corretores. O Diretor Geral da Rede MAPFRE, Dirceu Tiegs, enfatizou a importância deste movimento inovador na companhia. “Estas novas ferramentas são recursos que facilitarão a comunicação à distância e aumentarão a nossa produtividade, e demonstram a nossa preocupação em estarmos sempre acompanhando as mudanças do mercado. Se não evoluirmos, em muito pouco tempo perderemos nossa capacidade de competição, por isso, temos que estar preparados para as alterações constantes necessárias para o nosso negócio. Além disso, nosso foco hoje se traduz na melhoria das capacitações para nossos colaboradores e distribuidores”, finaliza o executivo.

Ranking parcial da campanha MAPFRE DNA A MAPFRE divulgou o ranking parcial do Programa MAPFRE DNA apurado de outubro de 2012 a março de 2013. Os resultados obtidos com o Programa gerou números recordes até aqui. Os extratos no MAPFRE Connect já estão disponíveis para consulta. Converse com seu gerente para saber quem são os melhores colocados até o momento, e lembre-se: estamos apenas na metade do MAPFRE DNA. Continue produzindo para carimbar seu passaporte para Las Vegas em 2014! 34

NEGÓCIOS MAPFRE

Nova etapa do Jeito MAPFRE de Atender

Em linha com a forma de atender da Rede MAPFRE, os atendentes receberam os novos uniformes. O “Jeito MAPFRE de Atender” é um projeto amplo, que foi iniciado com uma série de treinamentos em todo o país no final do ano passado, em que foram alinhadas as expectativas e o novo padrão de atendimento na Rede MAPFRE. O uso de uniformes representa um marco para o atendimento aos clientes e corretores de seguros, com o objetivo de compor um conjunto de ações para criar um modelo de atendimento que seja referência de excelência. Em todas as Sucursais, foram realizados também cafés da manhã especiais com os colaboradores, para marcar este grande dia.


MAPFRE fortalece presença em BH com novo P.A.R.E. A MAPFRE fortalece a presença em Belo Horizonte, com a inauguração da nova estrutura da Sucursal BH Varejo e Territorial Minas Gerais, que conta com o Posto de Atendimento Rápido Especializado (P.A.R.E.). O espaço chega para reforçar e ampliar o atendimento aos corretores e aos clientes. O P.A.R.E. é desenvolvido especialmente para oferecer todo o apoio necessário aos segurados de automóvel da MAPFRE nas mais diversas situações, tanto na realização de uma vistoria prévia quanto no atendimento em casos de colisão, furto e roubo. Na antiga localidade, a MAPFRE já atendia mais da metade dos sinistros do estado e, com a nova, ganhará ainda mais agilidade. Os atendimentos poderão ser concluídos em questão de minutos.

O local passa a contar com estacionamento próprio, salas de treinamento e equipes de atendimento exclusivo aos profissionais do mercado de seguros. Um time de especialistas estará à disposição do cliente e preparado para orientar sobre todos os procedimentos. Além

disso, o segurado pode realizar vistoria prévia do carro, abertura de sinistros, instalação de rastreador, entre outros serviços. Apenas no ano passado, as 57 unidades de P.A.R.E.s registraram mais de 100 mil atendimentos.

Apresentação dos pilotos da MAPFRE ASPAR TEAM Foi apresentada, em São Paulo, a MAPFRE Aspar Team, equipe pela qual o brasileiro Eric Granado, de 16 anos de idade, corre a temporada 2013 na categoria Moto3. Jorge Martinez, o “Aspar”, dono da equipe e uma das lendas do motociclismo mundial, e o lendário piloto brasileiro Emerson Fittipaldi anunciaram os novos rumos da carreira do jovem piloto e as expectativas da equipe MAPFRE Aspar Team.

O diretor de Marketing da MAPFRE Seguros, Paulo Rossi, destacou a importância deste esporte para a companhia. “A empresa já patrocina o Aspar Team há sete anos e agora renova suas expectativas pela presença do piloto brasileiro. Estamos muito felizes por ter um brasileiro no time e convictos de que muitas vitórias virão.”

NEGÓCIOS MAPFRE

35


sustentabilidade

MAPFRE

lança o Projeto Caju Esporte e Educação

A

iniciativa nasceu com uma parceria entre a MAPFRE Seguros e a Fundação Gol de Letra e coloca em prática o patrocínio formalizado no final do ano passado via Lei de Incentivo ao Esporte. A Fundação Gol de Letra é uma organização não governamental, criada em 1998 pelos ex-jogadores de futebol Raí e Leonardo, que beneficia mais de 1.300 crianças e adolescentes de comunidades socialmente vulneráveis por meio de programas de educação integral, encontros e ações socioeducativas para famílias e moradores. O Projeto Caju Esporte e Educação é direcionado a 200 crianças e jovens da comunidade do Caju, localizada na região portuária do Rio de Janeiro/RJ. Segundo a executiva de Sustentabilidade da MAPFRE, Fátima Lima, o projeto contribui com a educação integral a partir de aprendizagens esportivas e de convívio social nas modalidades de basquetebol, futsal, handebol, judô, voleibol, entre outras.

36

NEGÓCIOS MAPFRE

“É uma honra para a MAPFRE apoiar mais este projeto, que com certeza vai trazer muitos benefícios para esta comunidade”, ressalta a executiva. O evento contou com a presença dos presidentes da Fundação Gol de Letra, Beatriz Pantaleão e Raí, bem como do presidente da MAPFRE Seguros, Marcos Ferreira e da executiva de sustentabilidade da MAPFRE Seguros, Fátima Lima (foto).


espaço CESVI

Estudo realizado pelo CESVI

mostra que 39% dos automóveis nacionais saem

de fábrica sem ABS

Levantamento foi elaborado com veículos de 45 montadoras, totalizando 319 modelos em mais de 920 versões disponíveis no mercado brasileiro. No caso dos importados é diferente: 91% possuem o sistema antitravamento e 70% tem controle de estabilidade ESP.

H

á pouco menos de um ano, as Resoluções 380 e 395 do CONTRAN estabeleceram a obrigatoriedade do sistema antitravamento dos freios (ABS) em todos os veículos vendidos no país, fabricados a partir de janeiro de 2014. Será uma mudança e tanto, pois um estudo do CESVI BRASIL (Centro de Experimentação e Segurança Viária) constatou que 39% dos automóveis produzidos no Brasil ainda não possuem o ABS como item de série. Na categoria dos hatchs compactos, a mais expressiva do mercado brasileiro, com cerca de 57% das vendas em 2012, os números revelam defasagem ainda maior: 46% das versões não possuem o ABS de série. Isso significa que, dentre as 122 versões dos 26 modelos pesquisados, pouco mais da metade possui o acessório como item de fábrica e mais de um quarto (27%) não possui o item disponível nem como opcional. Além disso, nenhum deles oferece o sistema ESP (Eletronic Stability Program/Sistema de Controle de Estabilidade).

Entre os sedãs compactos, 54% dos veículos possuem o ABS de série. Mas, assim como nos hatchs, o número de versões sem opções do equipamento ainda é alto: 22%. O ESP também segue a tendência e continua fora dos pacotes. Já com os sedãs médios, categoria de veículos mais caros e mais equipados que os sedãs compactos, representando uma fatia de 8,5% dos carros de passeio, de acordo com a FENABRAVE (Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores), o resultado foi outro. Quase todas as versões (99%) possuem ABS de série e não há nenhum carro sem o item, pelo menos como opcional. Melhora também para o ESP, que atinge mais da metade das 66 versões dos 21 modelos pesquisados das 20 montadoras analisadas. No caso dos importados vendidos no país, os números são bem semelhantes aos dos sedãs médios. Nessa categoria, 91% das versões tem ABS instalado, sendo que 70% já contam também com o ESP. Neste caso, foram analisadas 42 montadoras, que oferecem 221 modelos em 590 versões. O estudo realizado pelo CESVI ainda fez um comparativo entre os carros que circulam no Brasil e na Argentina e organizou os índices por categoria. Entre as quatro grandes montadoras nacionais, a GM aparece em 1º lugar, com 84% de suas versões equipadas de série com ABS, seguida pela FIAT e pela Volkswagen (73%) e depois pela Ford (65%). Acesse o estudo completo no endereço www.cesvibrasil.com.br.

NEGÓCIOS MAPFRE

37


FUNDACIÓN MAPFRE

Instituto de Segurança Viária e Instituto de Prevenção, Saúde e Meio Ambiente

Fundación MAPFRE lança programa para idosos em 2013 com participação em evento do canal Saúde Brasil O evento teve repercussão na grande mídia e nas redes sociais e contou com a cobertura de importantes veículos, como Rede Globo, SBT e Rede Vida, além de emissoras de rádio.

O “Saúde Brasil”, canal de televisão que aborda conteúdos de cidadania e saúde, inclusive com foco no envelhecimento ativo, promoveu o evento “Saúde do Idoso”, que contou com a presença de mais de 8 mil pessoas. Compuseram a programação do evento uma série de exames de saúde gratuitos e a disseminação de informações e orientações sobre saúde e qualidade de vida.

A FUNDACIÓN MAPFRE marcou presença com palestra no auditório principal. A apresentação contou com a participação de 100 profissionais que trabalham com o público idoso por meio dos programas Com Maior Cuidado – que busca conscientizar familiares e profissionais que lidam com pessoas acima de 60 anos e os próprios idosos sobre como prevenir e/ou reagir com eficácia em casos de acidentes domésticos e quedas – e Segurança Viária para Idosos, com foco no desenvolvimento de ações educativas para a adoção de medidas seguras no trânsito, mostrando formas de reduzir o número de acidentes e atropelamentos envolvendo esse público.

Instituto de Ação Social

Voluntariado corporativo 2013 O Programa de Voluntariado inicia as atividades de 2013 com uma ação em comemoração ao Dia Internacional da Mulher. Em março foi realizado, em parceria com o CESVI (Centro de Experimentação para Segurança Viária), o “Curso Básico de Mecânica para Mulheres”, com a participação de 40 mulheres da comunidade do entorno da instituição com idades entre 18 e 50 anos. Para viabilizar a ação, a FUNDACIÓN MAPFRE contou com a solidariedade de 8 voluntários. Ainda em comemoração à data, os colaboradores tiveram a oportunidade de participar de uma sessão de cinema em parceria com a Casa Guadalupe, entidade que apoia portadoras do vírus HIV. Nessa ação, 10 mulheres soropositivas foram levadas ao cinema graças ao envolvimento de 14 voluntários. A FUNDACIÓN MAPFRE, com a ajuda voluntária de aproximadamente 186 colaboradores da MAPFRE, realizou ainda uma ação de Páscoa, na qual 63 crianças atendidas pela creche Ágape (São Paulo), 60 crianças da creche Querubim (São Paulo) e 100 crianças da ONG Maria

38

NEGÓCIOS MAPFRE

Pequena (Minas Gerais) foram contempladas com a doação de chocolates. Este é o segundo ano consecutivo em que é organizado o “Amigo Chocolate”, dando a oportunidade aos colaboradores de apadrinhar uma criança, tornando sua Páscoa mais feliz. No início de abril, o Programa de Voluntariado levou grupos de crianças de comunidades carentes do Rio de Janeiro para visitar a exposição “Um Olhar Sobre o Brasil – A fotografia na construção da imagem na nação”, um projeto inédito patrocinado pela MAPFRE. Ao todo, já foram levados 10 grupos de 40 crianças das localidades apoiadas pelo programa Formando Comunidades, da FUNDACIÓN MAPFRE (Salesianos e Ação Comunitária), e também pela Fundação Gol de Letra. Os jovens foram acompanhados por 11 voluntários durante a visita e no laboratório que foi realizado pela equipe do Educativo do CCBB (Centro Cultural Banco do Brasil), para que as crianças pudessem vivenciar o que viram durante o passeio.


Instituto de Segurança Viária

Parceria com governo de MG é renovada para 2013 Por 4 anos consecutivos, a FUNDACIÓN MAPFRE mantém parceria com a Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais. O trabalho, que começou em 2009 com o Programa Educação Viária é Vital, foi ampliado em 2013, englobando, além desse projeto, os programas Educação Ambiental nas Escolas e Viver com Saúde, do Instituto de Prevenção, Saúde e Meio Ambiente, e o Na Pista Certa, do Instituto de Segurança Viária.

A renovação dessa parceria confere muita relevância aos projetos da FUNDACIÓN MAPFRE, uma vez que é articulada

através do Programa de Educação em Tempo Integral (PROETI) da Secretaria do Estado de Educação de Minas Gerais. O programa é referência nacional em educação integral e consiste na oferta de atividades pedagógicas no contra turno escolar, ligadas ao desenvolvimento físico, artístico e lógico dos alunos do ensino fundamental. Em 2012, 120 mil estudantes foram contemplados pelo PROETI em Minas Gerais, e a previsão é de que, em 2013, mais 25 mil alunos sejam atendidos, totalizando o envolvimento de 145 mil alunos.

Na Pista Certa inicia suas atividades em 2013 Começou em março a temporada 2013 do “Na Pista Certa”, programa da FUNDACIÓN MAPFRE que dissemina de forma lúdica conteúdos de segurança viária aliados a valores como respeito e cidadania para crianças de 5 a 9 anos. A ação inicial foi fruto da parceria com a Secretaria Municipal de Educação de São Paulo e aconteceu no Centro Educacional Unificado Aricanduva, na zona leste da cidade, região de grande incidência de acidentes na saída das escolas. O Programa atendeu, em seis dias de atividades, 812 crianças. Ainda no mês de março, Jundiaí/SP recebeu o programa educativo, e 902 alunos participaram das atividades. Em abril, o Na Pista Certa seguiu para o Parque Bosque Maia, em Guarulhos/SP, integrando as ações de Educação no Trânsito da Secretaria Municipal de Transportes de Guarulhos, e atendeu 1.400 crianças.

No primeiro semestre de 2013, o Na Pista Certa segue ainda em viagem para o interior de São Paulo, passando pelas cidades de Cordeirópolis, Franca e São José do Rio Preto. Em seguida, parte para Minas Gerais, visitando a capital, Belo Horizonte, Divinópolis, Uberlândia e Teófilo Otoni. O Na Pista Certa surgiu em 2007 e já circulou por vários municípios do Brasil disseminando conceitos de segurança viária para mais de 77 mil crianças.

Instituto de Cultura

Exposição “Um Olhar Sobre o Brasil” continua no RJ o sucesso de SP

Com mais de 300 imagens de diferentes acervos públicos e coleções privadas, chegou ao Rio de Janeiro (capital), em 1º de março, a exposição “Um Olhar Sobre o Brasil - A fotografia na construção da imagem da nação”. A mostra esteve em cartaz em São Paulo até 28 de janeiro e recebeu 70 mil visitantes.

A curadoria do evento enfatiza o esforço em valorizar o simbólico, destacar o anônimo e o cotidiano naquilo que há de aparente e oculto e em rever criticamente as imagens conhecidas e ideologicamente comprometidas com as histórias oficiais.

NEGÓCIOS MAPFRE

39


MAPFRE no Mundo

CESVIMAP certifica a qualidade das oficinas na Turquia obtiveram a qualificação TQ Prata, que confere um destaque ao mercado turco.

A rede de oficinas Genel Servis pediu ao Centro de Experimentação e Segurança Viária MAPFRE, na Espanha, o CESVIMAP, a certificação de seus centros de reparação.

O certificado é conferido depois de uma análise minuciosa dos recursos à disposição na oficina (instalações, equipamentos, ferramentas e materiais) e pessoal (perfis profissionais são avaliados, assim como a habilidade técnica dos operadores responsáveis por cada área das oficinas). Também são analisados os processos de reparação de pintura e sistemas de gestão, organização e atendimento ao cliente. Outros importantes quesitos observados são os sistemas de proteção adequados para garantir a segurança e a higiene no trabalho.

São seis centros automotivos na Turquia, que realizam uma média de 12.000 reparos anuais e onde trabalham cerca de 145 colaboradores. Após a auditoria feita pelo CESVIMAP, as oficinas Genel Servis, Bursa e Izmir (também membros da rede)

A inspeção é realizada por pessoal especializado do CESVIMAP, que visita todas as oficinas para comprovar in loco se cumprem todos os requisitos essenciais na condução de seus negócios, dentro dos padrões estabelecidos pelo Centro.

Fundación MAPFRE e Fundação Panamericana para o Desenvolvimento assinam acordo na Colômbia O presidente da FUNDACIÓN MAPFRE, Alberto Manzano, e o embaixador da Colômbia na Espanha, Orlando Sardi de Lima, firmaram em Madri, na Espanha, um protocolo de cooperação mediante o qual a FUNDACIÓN MAPFRE adere ao “Plano de Prevenção Integral: Crianças e Adolescentes com Oportunidades”. Esse programa, lançado pelo Ministério das Relações Exteriores da Colômbia, com o apoio da Organização Panamericana Fundação para o Desenvolvimento (FUPAD Colômbia), visa a construção de espaços para garantir o desenvolvimento seguro de crianças e adolescentes entre 8 e 16 anos, por meio da promoção de iniciativas educativas durante o tempo livre.

Esses espaços também vão reforçar o trabalho em equipe, a harmonia, a autoestima e a criação das crianças em sua comunidade. O evento, realizado na Embaixada da Colômbia, em Madri, teve a presença do presidente da MAPFRE AMÉRICA, Rafael Casas, do presidente da MAPFRE COLÔMBIA, Raul Fernandez, e do diretor geral do Instituto de Ação Social FUNDACIÓN MAPFRE, Fernando Garrido.

A FUNDACIÓN MAPFRE construirá três “Casas Lúdicas”, a fim de fornecer, para 1.600 crianças e adolescentes, espaços que contribuam para leitura, escrita, artes visuais, artes cênicas e música, além de esportes e atividades de apoio à escola. Rafael Casas

40

NEGÓCIOS MAPFRE


MAPFRE lança nos EUA programa para melhorar a segurança ao volante Como parte do compromisso contínuo para melhorar a segurança do motorista, a American Commerce Insurance Company (companhia norteamericana, membro do Grupo MAPFRE) oferece um desconto em prêmios de automóvel para os clientes que usam uma nova tecnologia, chamada DriveAdvisor, que monitora o comportamento dos motoristas. O desconto está disponível mediante autorização para instalação de um dispositivo que armazena e transmite dados sobre como o veículo é operado, incluindo informações como aceleração, frenagem, velocidade do veículo e número de quilômetros percorridos. Segundo o presidente da MAPFRE Seguros nos Estados Unidos, Jaime Tamayo, a informação é confidencial, e o programa baseia-se em uma experiência bem-sucedida da companhia na Espanha. “O seguro MAPFRE tem o prazer de oferecer essa tecnologia para os nossos clientes, sendo que nosso objetivo principal é melhorar o

comportamento do condutor e a segurança no trânsito”, completa. A participação no programa é voluntária, e os clientes podem aderir ou desistir a qualquer momento. De início, está disponível apenas para os clientes do Estado de Rhode Island, mas deve se expandir em breve a outras regiões.

MAPFRE ASSISTÊNCIA lança dois novos produtos no Uruguai A empresa lançou dois novos produtos: garantia estendida para eletrodomésticos e para uso fraudulento de cartões de crédito. Com isso, a filial uruguaia espera complementar os serviços já oferecidos pelo país por meio de diferentes empresas. A garantia estendida neste caso cobre a remoção e o conserto de eletrodomésticos e a substituição do dispositivo, caso seja necessário. A partir de

agora, os parceiros MAPFRE começarão a incluir esses serviços em todos os produtos em vendas financiadas. Para a proteção contra roubo de cartão de crédito, a MAPFRE Assistência desenvolveu um produto específico para garantir a segurança dos usuários: o Cartão Blindado. O produto inclui serviços de proteção por mau uso e roubo, entre outros. Ele também tem uma série de serviços adicionais, como assistência jurídica, médica e psicológica e mudança de fechaduras para a proteção da residência. A comercialização desses dois novos produtos é um avanço importante no desenvolvimento de planos de assistência MAPFRE no Uruguai, onde a companhia é líder de mercado em assistência 24 horas, contando, hoje, com mais de 30 clientes corporativos e 65 contratos com companhias de seguros, financeiras, marcas de automóveis e empresas de segurança. NEGÓCIOS MAPFRE

41


     



 

  

 !  "#$!%          ! "#$

 

&&&"


Nm37 06jun2013 v2