Page 1

mercadoeeventos.com.br

AGENDA DE EVENTOS

FOLHA DO TURISMO

Minastur, Rio é de Vocês e Nastur são destaques Salão Baiano e a feira BTL, de Lisboa, complementam o calendário. Página 22

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena - Ano IX - Número 193

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Associação de Turismo dos Açores

ENTREVISTA

1 Marco Lomanto

Embratur prepara novas estratégias para as feiras internacionais de turismo e foca na segmentação

Açores

Página 3

BRASIL

Lagoa do Fogo na Ilha de São Miguel

Veja novidades do Carnaval de Pernambuco

7

AGÊNCIAS E OPERADORAS

Arquipélago de Portugal no meio do Atlântico Lagoas azuis gigantes, crateras de antigos vulcões e cinco séculos de história no roteiro. Página 16

Transmar abre filial em Campinas e quer crescer 40%

5

BRASIL

CVC: Workshop terá lançamento de roteiros nacionais e internacionais. Operadora apresenta novos diretores. Página 10 AVIAÇÃO

Avianca anuncia 20 voos diários no Rio este ano Companhia anuncia sua estratégia para o mercado carioca, com mais voos para vários destinos. Página 17 Tarcisio Gargioni, vicepresidente Comercial e de Marketing da Avianca

AGÊNCIAS E OPERADORAS

Abav anuncia saída da Feira das Américas do Rio em 2013

FITUR 2012

Brasil promove gastronomia e segmento LGBT na Espanha Cooperado do Brasil recebe boa visitação e expositores realizaram negócios na feira. Páginas 18 a 21

Entrada da Ifema, onde aconteceu a Fitur

HOTELARIA

Vela Branca, de Porto Seguro, recebe modernização

AVIAÇÃO

Trip: meta de 8 milhões de passageiros e 95 destinos em 2012 Previsão é de crescimento de 60% no faturamento do ano passado, com R$ 1,2 bilhão, e cerca de 5,3 milhões de passageiros transportados. Página 17 Evaristo Mascarenhas, diretor de Marketing e Vendas da Trip

BRASIL

Rio e Foz inauguram selo “Maravilhas do Brasil” Embratur vai estimular divulgação conjunta dos atrativos turísticos em outros destinos. Página 5

Associação pretende realizar evento em São Paulo, no mês de setembro. Página 8

Antonio Azevedo, presidente da Abav

Empreendimento com 125 acomodações quer aumentar ocupação. Página 14

Luiz Fernando, do Vela Branca Hotel

Flávio Dino, presidente da Embratur, com Paulo Senise, do Rio CVB e Mauro Sebastiany, do Iguassu CVB

RJ: servidores têm desconto em pacotes turísticos

6

PARQUES

Hopi Hari inaugura área do Looney Tunes

11

EXTERIOR

Obama agiliza emissão de vistos para brasileiros

11

BRASIL

Entrada de divisas bate recordes em 2011

6

BRASIL

JMJ atrairá mais de 1,5 milhão de turistas

6

HOTELARIA

SEHRS chega a SP com Executive Guarulhos

15


2 Fevereiro de 2012 - 1ÂŞ quinzena


ENTREVISTA

Marco Lomanto detalha atuação do Brasil nas feiras internacionais Mario Brizon

MERCADO & EVENTOS – Qual o balanço das ações realizadas pela Embratur na Espanha e no estande cooperado do Brasil durante a Fitur 2012? Marco Lomanto – Essa feira é de extrema importância para nós. O mercado da Península Ibérica, em particular a Espanha, é um dos nossos mercados prioritários. Tivemos uma adesão muito grande de cooperados, foram, ao todo, 29, além

M&E – Em 2012, a Fitur vai receber uma programação ainda maior por parte do Brasil. O que você pode antecipar neste sentido? Marco Lomanto – De acordo com o nosso planejamento de marketing, o Plano Aquarela 2020, iniciaremos a nossa autoexposição no exterior, principalmente no quesito grandes eventos, como Copa do Mundo e Olimpíadas. Iniciaremos este ano na BTL, na WTM e na FIT. Na BTL e WTM seremos o país convidado. Na Fitur, como não existe essa política de país convidado, teremos ações diversificadas e um fomento maior de ações

Marco Lomanto

de relações públicas e de marketing voltadas para o mercado espanhol. No segundo semestre de 2013, seremos o país convidado da FIT e finalizaremos na ITB com a estratégia “Estamos prontos para a Copa”. M&E – Aproveitando o tema, quais as novidades para as próximas feiras? Marco Lomanto – Esse primeiro trimestre é bem cheio para o turismo brasileiro, com a realização das principais feiras internacionais de nossos destinos prioritários. A próxima será a Bit, em Milão (16 a 19/02). O mercado italiano é muito importante para nós, pois, atualmente, os turistas italianos são os principais emissores de turistas da Europa para o Brasil, além de termos diversos voos partindo das cidades de Roma e Milão. Durante a feira, a ideia é que o planejamento de eventos e marketing na Itália seja intenso com workshops e roadshows voltados ao trade, e com ações de divulgação da Copa do Mundo de 2014.

M&E – E para a BTL? Marco Lomanto – Este ano vamos fazer dela um evento hub, não só para atingir o mercado português, mas todo o mercado europeu. Uma proposta que estamos realizando com a Tap e a BTL é convidar em torno de 400 operadores de toda a Europa, fazendo um projeto de encontro online com os nossos suppliers. Já temos vários confirmados porque todos estão interessados na feira não só pelo mercado português, mas porque sabemos que a Tap viaja para 12 destinos no Brasil. Também é uma homenagem que o Turismo faz para Portugal, porque este ano é o ano cultural Brasil-Portugal. Teremos ainda algumas novidades no estande, que será a última vez deste modelo atual nas em feiras internacionais. Na noite do primeiro dia, teremos um evento em homenagem aos hosted buyers, com atrações culturais. A ideia é que tenhamos novas intervenções tecnológicas no estande, colocando-o mais quente, promovendo os grandes eventos, e aproveitando os sete anos da Marca Brasil, vamos inserir estas intervenções no estande, para dar mais vida ao espaço brasileiro nas feiras. M&E – O mercado LGBT foi muito abordado pela Embratur antes e durante a Fitur. Qual o planejamento sobre esse mercado para as próximas feiras? Marco Lomanto – É um segmento que cresce muito. O setor encontra-se entre os segmentos prioritários da Embratur junto com o Ecoturismo

e Turismo de Aventura, e com mais oito que o Plano Aquarela possui através do Plano de Comercialização da Embratur. Nós temos um Acordo Técnico com a Associação Brasileira de Turismo GLS (Abrat). Na ITB passada, captamos a 29ª Convenção Mundial da Internacional Gay and Lesbian Travel Association (IGLTA) que será realizada em abril, em Florianópolis, Santa Catarina. Nela, vamos fazer uma palestra junto com a Organização Mundial do Turismo (OMT), com a IGLTA e a Associação Brasileira de Turismo-GLS (Abrat) mostrando a importância do segmento e, também, realizar um evento promocional divulgando o destino Brasil. Na ITB, principal feira antes do evento, vamos ter uma participação ainda maior no Pavilhão LGBT. M&E – Em 2011 o Brasil bateu o recorde de desembarques domésticos e internacionais. Que desafios esses novos números impõem ao país para 2012? Marco Lomanto – Estamos felizes, mas sabendo que isso ainda é pouco. Sabemos que somos um destino de longa distância que precisa de mais conexões e apoio a voos não regulares. O certo é que entendemos que somos o país da vez, com a economia equilibrada, um parque hoteleiro muito bom, de grandes eventos e uma diversificação de oferta muito grande. O importante agora é colocar isso na prateleira e promover o país da forma que estamos fazendo, Continua na página 4 >>

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

O diretor de Produtos e Destinos do Instituto Brasileiro de Turismo (Embratur), Marco Lomanto, responsável pelo estande cooperado do Brasil nas grandes feiras internacionais de turismo, concedeu entrevista exclusiva ao M&E, onde fez um balanço das ações realizadas durante a Fitur, que aconteceu em Madri. Ele adiantou que na feira da Espanha do próximo ano serão ampliadas as ações de divulgação e promoção do país. O executivo confirmou também que o Brasil será o país convidado de outras grandes feiras internacionais de Turismo, como a WTM, de Londres, neste ano e a ITB, de Berlim, em 2014. Em relação às próximas feiras internacionais de Turismo, que serão realizadas em Milão, Lisboa e Berlim, Lomanto adiantou algumas das ações já programadas, principalmente em relação à BTL, que acontece em Portugal, onde o Brasil será o país convidado. Já para a ITB, a Embratur estará apresentando um novo estande totalmente remodelado, e com inovações tecnológicas.

de 17 estados. Senti o pavilhão da América do Sul muito movimentado apesar da crise europeia, o público demonstrou um nítido desejo de conhecer destinos de longa distância, em particular o Brasil. Ficamos muito felizes com a ação que realizamos envolvendo a gastronomia brasileira no Mercado de São Miguel, reunindo formadores de opinião e ao mesmo tempo o público final. Isso porque 95% dos espanhóis escolhem viajar para o Brasil devido ao interesse nos sabores do nosso país. Também realizamos diversas ações de marketing: plotamos o metrô, fizemos backlights na cidade de Madri, anúncios no catálogo da feira e dentro do próprio estande fizemos algumas ações, como o sorteio de uma camisa da seleção brasileira de futebol autografada. Participamos ainda de um evento com a Tam de divulgação do destino e tivemos uma programação cultural intensa com danças e ritmos de todas as regiões do país.

3


OPINIÃO

Exemplo a ser seguido

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Roy Taylor

4

O recente pronunciamento do presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, anunciando uma série de medidas de incentivo no que se refere a emissão de vistos para que os brasileiros visitem os EUA e deixem por lá seus dólares é antes de tudo uma medida de bom senso. Afinal de contas, são os brasileiros que mais gastam em viagens entre os turistas estrangeiros. Somente no ano passado foram mais de US$ 21 bilhões em gastos no exterior. Os Estados Unidos têm buscado soluções alternativas para aumentar os recursos de caixa do governo e agora encontram no turismo uma das soluções onde o Brasil, junto com a China, despontam como grandes emissores. Por sua vez, o ministério das Relações Exteriores e o Itamarati vem dando há décadas um exemplo que vai na contramão do que acontece em boa parte dos outros países. Criam uma série de dificuldades e exigências para emissão do visto brasileiro para turistas que esbarram na burocracia e soam como verdadeiro desestímulo a que os norte americanos e turistas de outros países nos visitem, seja em viagens a negócios ou a lazer. Países como a Rússia há muito corrigiram esta distorção eliminando a exigência de visto. Outros como a Jordânia emitem o visto no próprio aeroporto após o desembarque dos passageiros. Aqui no Brasil a exigência do visto e as dificuldades para sua emissão se mantêm. Os resultados não se fazem esperar e se traduzem nos números. Para citar apenas

como exemplo basta lembrar que apenas 1% dos turistas norteamericanos que viajam ao exterior têm como destino o Brasil. As justificativas para manter o modelo atual se baseiam no princípio da reciprocidade. Com isso, deixamos de arrecadar milhões de dólares com eventuais gastos dos turistas e que poderiam ser utilizados em programas de saúde, educação e outras áreas, incluindo o turismo. A permanecer esta intransigência dos “burocratas de gabinete” vamos mantendo nossa “independência” e ao mesmo tempo assistindo os países vizinhos como a Argentina se beneficiarem. Desde a época do ministro do Turismo, Walfrido dos Mares Guia, que o MTur tem buscado em vão junto as autoridades responsáveis a adoção de medidas que permitam a flexibilização do visto. A questão vem avançando a passos lentos como querem os que se beneficiam diretamente dos recursos arrecadados com o sistema atual. Já é mais do que hora de o trade se manifestar e cobrar da presidente Dilma Rousseff uma posição sobre o assunto. Afinal de contas, o país se prepara para sediar mega eventos religiosos e esportivos nos próximos quatro anos. A se manterem as medidas atuais corremos o risco de projetar uma imagem negativa de um país que não sabe receber bem os visitantes ou que cria dificuldades para quem vem conhecer nosso país. Roy Taylor é jornalista, publicitário e vice-presidente executivo da Folha do Turismo e Mercado & Eventos

A quarta onda das reservas on-line Thiago Campos Praticamente impensável há quatro décadas, quando a via crucis do operador e do agente de viagens era consultar e concluir uma reserva utilizando meios de comunicação que, hoje, nem sequer povoam o imaginário das novas gerações que atuam no Turismo, o atual momento on-line no setor supera as mais ousadas expectativas. Para acompanhar a oferta desse mundo virtual, onde a velocidade na troca de informações está combinada à maior segurança e organização dos dados envolvidos em uma reserva, surgem no cenário empresas mais robustas e com nova bagagem. Aquelas que, tradicionalmente, operam na formatação de viagens e contam com a parceria de ampla base de vendas, agora unem modelo aprimorado de gestão à expertise em atender o cliente, auxiliadas por sistemas de reservas dotados da alma do negócio Turismo. Se paira no ar qualquer dúvida sobre a tentativa de despersonalizar as operadoras e agências de todos os portes, que utilizam esse recurso de reservas, vale uma resposta. O atual reforço tecnológico que esses sistemas proporcionam contribui exatamente para seleção e atualização mais criteriosa de fornecedores, qualidade e customização no atendimento ao cliente final e grande dose de competitividade, num mercado que pede originalidade e pressa em soluções. Muitas operadoras brasileiras têm, sabiamente, abrigado sob seu teto a inteligência dos sistemas

Mario Brizon A indefinição por parte do Ministério do Turismo sobre a realização da 5ª edição do Salão do Turismo Roteiros do Brasil não se justifica e cria um clima de insegurança junto ao mercado. A alegação, por parte da organização, de que o evento pode não se realizar por ser um ano eleitoral, não tem base sustentável já que em edição anterior, em função do mesmo problema, o Salão foi antecipado para maio, solução que poderia ser perfeitamente adotada este ano. Além do mais, a interrupção do Salão este ano pode criar um hiato e interromper um dos programas mais importantes do MTur, o de Regionalização do Turismo, e todo um trabalho de fomento ao setor que vem sendo realizado há anos, provocando assim um prejuízo de consequências incalculáveis. Neste sentido, é importante que o Ministério do Turismo encontre em parceria com a iniciativa privada uma alternativa que viabilize a realização do Salão optando até mesmo por uma solução público privada na organização, a fim de viabilizar os custos do mesmo, estimado em R$ 10 milhões. O próprio Fornatur, que representa os estados, sequer foi consultado até o momento sobre o assunto. Estados e municípios, de fato, têm o que perder sem a realização do Salão. Tido como principal evento do Ministério do Turismo, o Salão recebeu nas duas últimas edições um público

próximo de 100 mil visitantes, numa clara demonstração da força deste evento. A alegação de que o Salão pode voltar a ser realizado novamente em 2013 não garante que isso vá de fato acontecer. É importante que o Ministério do Turismo defina o quanto antes esta questão, levando em consideração os impactos e conseqüências de uma interrupção, ainda que temporária, do mesmo. No momento em que o ministério fala sobre a importância de se fortalecer o turismo doméstico e na adoção de programas e serviços que possam ser oferecidos aos quase 40 milhões de novos consumidores da classe média, não faz sentido promover a interrupção do Salão. Isso vai na contramão da política de estímulo ao turismo interno, o que prejudica a geração de emprego e renda no setor. Se o MTur avaliou que o modelo do Salão não está adequado, que se façam então os ajustes necessários. A própria diretoria da Abav Nacional chegou a se prontificar a abrir um espaço na Feira das Américas, em outubro deste ano, no Rio de Janeiro, para realização do Salão. Independente da solução encontrada é importante que se dê continuidade ao evento. O que não pode é persistir a indefinição sobre o mesmo. Mario Brizon é jornalista, publicitário, professor de Turismo, pós-graduado em Marketing e em Política e Estratégia, e diretor de Redação do Mercado & Eventos e da Folha do Turismo

Citações e Reflexões “Convicções são inimigas da verdade mais perigosas que as mentiras”. (Nietzsche, 1878)

Thiago Campos é diretor da T4W, empresa de tecnologia que desenvolveu o sistema de reserva on-line Cangooroo.

Mercado estratégico Thiago K. Vasconcelos

Salão não pode parar

de reservas on-line, desenvolvidos com performance além do que se podia prever. Desde a capacidade que dispõem de proporcionar controle gerencial remoto, redução de custos entre outros aliados da administração ao approach dado aos departamentos de vendas. Sem esquecer do impacto sensorial que recursos multimídia provocam no universo de trabalho do agente de viagens e, por consequência, no cliente final. Grandes, médias, e pequenas operadoras ou formas virtuais de vender viagem. Enfim, importa menos como esta ou aquela empresa se dirige ao consumidor. O que conta nessa corrida contra o tempo e face ao alto grau de informação do viajante é a capacidade de corresponder aos desejos do cliente e até mesmo superar expectativas, por exemplo com viagens de experiência. Pesquisar, aprofundar-se, contar com o produto e/ou serviço adequado e oferecer a quem está do outro lado do balcão, em fração de segundos, um novo roteiro já é possível. Tudo com uma mágica poção de ineditismo e exclusividade, algo impossível pelos métodos do passado. O turista experiente ou aquele recém-chegado ao mundo das viagens, sempre vai requerer das agências muita transpiração. E a inspiração? Nessa um sistema de reservas on-line pode ser decisivo.

Apesar do crescimento significativo do mercado de cruzeiros no Brasil registrado nos últimos anos, é interessante observar que este segmento tem ainda um grande potencial a ser explorado. Isso diz respeito principalmente aos cruzeiros Premium e Luxo. É interessante observar que existe uma demanda reprimida, principalmente daqueles que já têm uma vivência maior na prática de cruzeiros, por novos roteiros, experiências e qualidade de serviço que atendam ou até mesmo superem suas expectativas. Neste sentido a Pier 1 tem procurado oferecer produtos e desenvolver serviços para atender este tipo de demanda. E a resposta deste segmento de mercado tem sido das mais positivas tendo registrado ao longo de 2010 um crescimento superior a 20%, em um ano que foi muito duro para a indústria de cruzeiros a nível global. Isso comprova na prática esta teoria. A verdade é que ainda existe um grande filão de mercado a ser explorado por empresas e companhias que atuam nesta área. O Brasil também pode aumentar a sua relevância nesse segmento e oferecer um número maior de roteiros nesse segmento, mas é preciso que se invista cada vez mais em infraestrutura portuária, redução das taxas portuárias, equalização de procedimentos entre todos os portos brasileiros e massiva

divulgação do destino Brasil no exterior. Um bom modelo que o país deveria se espelhar e no da Austrália, que hoje conta com diversas companhias com sedes próprias e navios na sua costa praticamente durante o ano todo. No momento em que se tem realizado investimentos em outras áreas não se pode deixar de lado esta indústria dos cruzeiros marítimos. E os segmentos Premium e Luxo tem grande potencial para aumentar sua importância no mercado. Paga-se a mais sim, mas o retorno é muito maior e boa parte dos passageiros que optam por este tipo de cruzeiro regressam já com planos de realizar novas viagens. Os cruzeiros mais populares têm seu espaço, assim como os têm estes segmentos. Cabe explorálos com competência e profissionalismo, marcas da Pier 1, em um mercado de clientes extremamente exigentes, que na grande maioria das vezes já fizeram pesquisa a respeito do produto que pensam em adquirir. Maior prova disso é que representamos aqui no Brasil algumas das principais companhias que atuam nesta área como Crystal Cruises, Holland America, Seabourn, Silversea e The World. Cabe ao governo e ao setor privado adotarem medidas de incentivo para que o Brasil entre também nesta rota. Thiago K. Vasconcelos é diretor da Pier 1.

>> Continuação da página 3

e os números demonstram que estamos no caminho certo. A partir de agosto, em parceria com o Ministério dos Esportes, vamos realizar diversos eventos temáticos e ações promovendo a Copa do Mundo, não só em feiras mas, também, para o público final e o trade em workshops, roadshows e eventos de gastronomia. Fico muito contente porque sinto que hoje temos uma posição muito mais

madura em relação ao destino, e há uma demanda crescente para o país. Temos a missão, através da Copa do Mundo, de promover os nossos destinos e a diversificação da oferta brasileira através das 12 cidades-sede e seus estados. M&E – E em relação às Olimpíadas de Londres, que ações já estão planejadas? Marco Lomanto – A Embratur,

através de sua Diretoria de Marketing, já tem todo um planejamento de ações de rua voltado para o público final. Deveremos ter até o final de fevereiro todo o planejamento que compete ao Turismo, junto à Autoridade Pública Olímpica, sobre como vamos participar em Londres, mas é certo que teremos uma grande participação em Londres. Colaboração de Rafael Massadar


BRASIL

Embratur lança selo “Maravilhas do Brasil” com Rio e Foz do Iguaçu Rafael Massadar

Paulo Senise, falou que isso é natural que aconteça e que ambos possuem atrações incomparáveis. “É um desejo antigo que essa parceria aconteça e o bom disso é que nos dá condição de organizar ações em conjunto tanto no país como no exterior”, afirmou. Discurso parecido fez o presidente do Iguassu Convention & Visitors Bureau, Mauro Sebastiany. “Tenho a honra de assinar esse produto. É um projeto ambicioso que sem dúvida só vai trazer benefícios. Rio e Foz, a partir de agora, vão poder fazer ações capacitadoras juntas, dentro e fora do país.”

Mauro Sebastiany, Pedro Augusto Guimarães, Flávio Dino, Paulo Senise, Roy Taylor, Nilo Sérgio Félix e Antonio Paula

Anabel Moutinho A presidenta Dilma Rousseff sancionou a lei 12.591 que regulamenta a profissão de turismólogo no país. No entanto a presidente vetou três artigos que previam exigências para o exercício da profissão, como diploma e registro em órgão competente, e manteve apenas o 2º artigo; que trata das atividades do profissional. O decreto foi publicado na segunda quinzena de janeiro no Diário Oficial da União. “A Constituição, em seu art. 5o, inciso XIII, assegura o livre exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, cabendo a imposição de restrições apenas quando houver a possibilidade de ocorrer algum dano à sociedade”, afirmou Dilma. Um artigo vetado exigia que a profissão fosse exercida pelos diplomados em curso superior de bacharelado em turismo ou hotelaria e o outro que houvesse registro em órgão federal competente mediante apresentação de documento comprobatório da conclusão dos cursos de turismo, hotelaria ou similares, ou comprovação do exercício das atividades de turismólogo, e carteira

de trabalho expedida pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Mesmo com os vetos, a conquista foi saudada por Flávio Dino, presidente da Embratur: “Às vésperas da Copa do Mundo, quando o turismo deve movimentar R$ 9,4 bilhões na economia brasileira, é uma boa notícia que a profissão seja regulamentada. Seguiremos trabalhando, junto ao trade turístico, profissionais e estudantes em busca de novas conquistas que ajudem a colocar o turismo no lugar que ele merece no país, o de alavanca do desenvolvimento regional e com distribuição de renda”. Já no Ministério do Turismo, Gastão Vieira, ponderou: “O MTur sempre trabalhou pelo reconhecimento da atividade, o que acontece em boa hora, quando o país está para receber alguns dos mais importantes eventos do mundo, como a Copa e as Olimpíadas”. Gastão Vieira ressaltou que o trabalho ainda não chegou ao fim, e a profissão deve ser discutida junto ao Congresso Nacional e às entidades representativas quanto aos requisitos necessários à atividade.

Minas Gerais cresce mais que Rio e São Paulo em fluxo de passageiros Minas Gerais foi o Estado da Região Sudeste que mais cresceu no fluxo total de passageiros no ano de 2011, em relação a 2010 (27,1%), ultrapassando a média de fluxo de crescimento do país (15,5%) para o mesmo período, segundo a Infraero. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro com 16,2%, seguido de São Paulo com 13,8%. Somente os desembarques no Aeroporto Internacional Tancredo Neves cresceram 39,5%, se comparados os anos de 2010 e 2011. O secretário de Estado de Turismo de Minas Gerais, Agostinho Patrus Filho, comemora o resultado e atribui o sucesso dos números às políticas públicas implementadas no setor turístico. “A posição que Minas Gerais ocupa hoje reafirma a assertividade do Governo de Minas no trabalho de planejamento e captação de novos voos para o estado, por meio do Programa Decola Minas”. Ainda segundo dados da Infraero, em relação aos desembarques internacionais em aeroportos de Minas Gerais, o estado cresceu quase três vezes mais que a média nacional (13,7%), atingindo 38%. Nos desembarques nacionais, o aumento chegou a 26,7%, superior ao crescimento do país (15,7%).

Enio Eidt, Marco Lomanto, Felipe Gonzalez, Flávio Dino e Ronald Ázaro

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Na noite do dia 12 de janeiro, no Hotel Sofitel do Rio, a Embratur lançou o selo “Maravilhas do Brasil”. Uma parceria dos Convention Bureau de Foz do Iguassu e do Rio de Janeiro. A iniciativa dos CVBs tem como um dos objetivos usar a marca registrada para a divulgação conjunta dos atrativos turísticos das duas cidades. Neste sentido, serão criados folhetos de promoção conjunta para distribuição em congressos internacionais e feiras; networking entre mantenedores das instituições para geração de novos negócios; intercâmbio em gestão, processos e excelência na prestação de serviços, entre outros. Para o presidente da Embratur, Flávio Dino, os dois destinos são importantes em todos os segmentos para o turismo brasileiro. Ele também destacou que a parceria público-privada é um modelo benéfico para a economia brasileira. “Rio de Janeiro e Foz do Iguaçu são os nossos principais destinos. São duas cidades muito populares no exterior. Atualmente Rio e Foz ocupam a segunda e terceira posições no ranking das cidades com maior entrada de turistas estrangeiros, com 13,1% e 6,7%, respectivamente. O selo é um passo a mais no casamento dos setores público e privado. Modelo esse deixado de lado após diversas irresponsabilidades de anos anteriores pelo Ministério do Turismo, mas que acredito ser esse um caminho a ser seguido para que o turismo nacional cresça ainda mais”, disse. A iniciativa surge com o objetivo de aproveitar a escolha do Cristo Redentor como uma das Sete Novas Maravilhas da Humanidade e a escolha das Cataratas como uma das Sete Maravilhas

da Natureza, o que para diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Antonio de Britto Lomanto, não atrapalha nenhum destino, já que ambos se completam. “Estou certo de que a união dos setores público e privado só vai trazer benefícios para o Rio e Foz. Parabenizo pelo trabalho conjunto e tenho certeza que vai dar certo.” Os presidentes dos conventions também destacaram a importância de unir os destinos como estratégia para reforçar a entrada de turistas internacionais no Brasil. O superintendente geral do Rio Convention & Visitors Bureau,

Dilma regulamenta profissão de turismólogo e veta exigência de diploma

5


BRASIL

Servidor Público terá desconto em pacotes para o interior do Estado do Rio de Janeiro Fernanda Lutfi

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Turismetrô Liberdade

6

O Turismetrô, consagrado programa paulistano de roteiros turísticos populares que usa o metrô como meio de transporte oferecido pela Prefeitura e pela São Paulo Turismo (SPTuris, empresa de turismo e eventos da cidade de São Paulo), acaba de lançar um novo passeio pela região da Liberdade, localizada na zona central da cidade de São Paulo. A atração oferecida aos domingos, às 14h, passará por templos budistas, restaurantes típicos, comércios especializados e pelo Museu Histórico da Imigração Japonesa no Brasil. Os passeios partem da estação Sé com o custo de apenas um bilhete de metrô, o equivalente a R$ 2,90. Guias bilíngues acompanham o grupo, de até 25 pessoas, aos pontos que apresentam história, arte, cultura e culinária do tradicional bairro da Liberdade. Há ainda outros quatro roteiros. As saídas dos roteiros Sé e Luz acontecem aos sábados, respectivamente, às 9h e às 14h, e dos roteiros Paulista e Theatro Municipal aos domingos, respectivamente, às 9h e às 14h. Mais informações www. cidadedesaopaulo.com/turismetro

Carnaval Paulistano De 17 a 24 de fevereiro, São Paulo promove uma das maiores festas de Carnaval do Brasil. São cinco noites de desfiles e cerca de 120 mil vozes nas arquibancadas, que expressam a alegria do povo paulista e seu modo de vida. Além dos desfiles das escolas dos grupo Especial, Acesso e 1 da Uesp que acontecem no Sambódromo, blocos de rua animam a cidade do Tremembé ao Butantã, passando pela Consolação, Bela Vista, Bixiga, Barra Funda, Santana e Cambuci. Os ingressos podem ser adquiridos pelo site www.ingressofacil.com.br ou pelo telefone (11) 4003-2245. Para mais informações, acesse www.spturis.com/carnaval.

São Paulo Best Week Inspirada em outras semanas promocionais, como a São Paulo Restaurant Week, Spa Week e Balada Week, a SPTuris lançou a São Paulo Best Week, uma semana em que hotéis, restaurantes, lojas, spas e outros estabalecimentos ofereceram descontos e benefícios especiais. Depois do grande sucesso da primeira edição, de 24 de dezembro de 2011 a 1º de janeiro de 2012, turistas e paulistanos poderão aproveitar descontos em hotéis, restaurantes e serviços da cidade durante a semana do Carnaval. Novas edições estão previstas para as semanas de outros dois importantes eventos de São Paulo, Fórmula Indy e Parada LGBT. Mais informações em www.spbw.com.br.

Santuário Nacional de Aparecida Miguel Schincariol

Santuário Nacional de Aparecida O Santuário Nacional recebeu no ano de 2011 mais de 10, 5 milhões de visitantes nacionais e internacionais. O local é considerado o maior Santuário Mariano do mundo e está localizado entre as duas maiores metrópoles do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro. No dia 11 de fevereiro, o Santuário irá inaugurar o Centro de Eventos Padre Vitor Coelho de Almeida que foi projetado para acolher diversas categorias de eventos, como celebrações religiosas, shows, feiras, workshops, entre outros. Alguns grandes eventos nacionais e internacionais já estão programados nas agendas de 2012, 2013, 2014 e 2015.

Turismo do Saber Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Turismo, promove a segunda edição do programa “Turismo do Saber” que leva de crianças 32 municípios do interior do Estado de São Paulo para visitar 15 cidades do litoral paulista em um passeio de quatro dias. O programa conta com ônibus, alimentação, material pedagógico, camiseta de uniforme, monitores e policiais. O objetivo é proporcionar aos pequenos o turismo pedagógico unindo cultura, vivência social e lazer, além de proporcionar novas experiências. Mais de mil crianças já participaram no projeto. Para muitas foi a primeira oportunidade de conhecer o litoral.

Turismo digital No portal www.turismoemsaopaulo.com, estão disponíveis informações sobre as riquezas naturais e culturais que o estado de São Paulo reserva em seus 645 municípios O site recebe mais de 4 mil visitas em um mês. Destes 47% vieram por mecanismos de pesquisa, 33% por visitas diretas e 20% por referência de outros sites. Os outros portais oficiais do Estado também apresentam informações para turistas, profissionais do trade, imprensa e negócios, além de notícias que podem ser acompanhadas em tempo real, graças à interação do portal com as redes sociais. Confira mais em rotasdesaopaulo.com.br e turismo.sp.gov.br e no no Twitter @portalturismosp e no Facebook: Portal Turismo em São Paulo.

Foi lançado oficialmente na tarde do dia 24 de janeiro, no posto da Setur no Rio de Janeiro, o TurisFácil Servidor, um programa que vai oferecer pacotes de viagem com preços especiais para o servidor público. O evento foi realizado para que o secretário de estado de Turismo, Ronald Ázaro, e o presidente do Sindicato dos Servidores do Poder Executivo Estadual RJ, Ivan Carlos Azevedo, assinassem o termo de compromisso do novo projeto. Os pacotes começaram a ser reservados, mas a viagem só poderá ser feita entre a partir do dia 1 de março. O secretário explicou que as viagens devem ser feitas em períodos de baixa temporada dos destinos. “Com cerca de 400 mil servidores públicos, o projeto vai movimentar a economia do estado. Queremos dar a oportunidade para que o servidor público vá de encontro ao turismo de baixo custo, para que ele conheça melhor o

Secretário de Estado de Turismo, Ronald Ázaro

interior do Rio de Janeiro.” Até o momento foram divulgados valores para cinco pacotes: Angra dos Reis (R$ 71), Búzios (R$ 40), Cabo Frio (R$59,43), Itatiaia (R$ 95,58) e Paraty (R$ 58). Os preços são referentes a diária de apartamentos duplos por pessoa. No entanto, o presidente do sindicato afirmou que o objetivo é incluir até 92 municípios no projeto inicial. “O sindicato deu o pontapé inicial para o projeto, e após um ano estamos lançando o TurisFácil, que já existe no Paraná. Só na manhã de hoje recebemos mais

de 40 ligações de pessoas querendo mais informações sobre os pacotes. Dependendo da procura, em uma segunda fase do projeto poderemos expandir os pacotes para outros estados brasileiros, para que o carioca conheça mais o país”, disse Ivan. A Caixa Econômica Federal também está em parceria com o projeto, e quem desejar viajar pode fazer um financiamento e parcelar o valor em até 60 vezes, com os juros em torno de 1,59% ao mês. Mais informações através do número (21) 2333-1010.

Jornada Mundial da Juventude atrairá mais de 1,5 milhão de turistas ao Rio de Janeiro em 2013 e gestão de recursos no Comitê Organizador Local A próxima Jornada Mun(COL) da JMJ Rio 2013, dial da Juventude (JMJ) será Dom Paulo Cezar Costa. realizada no Rio de Janeiro Segundo a pesquisa Diem 2013. O evento deve mensionamento e Caractetrazer ao país, segundo esrização do Turismo Doméstimativas do Ministério do tico do MTur, anualmente, Dom Paulo Cezar Costa Turismo, entre 1,5 milhão e são feitas 8,1 milhões de dois milhões de turistas, oriundos de mais viagens domésticas movidas pela fé. de 170 países católicos. Números que Quando se fala em turistas estrangeiros fazem a Arquidiocese do Rio de Janeiro que vêm ao Brasil com fins religiosos, vislumbrar parcerias para desenvolver este número é de aproximadamente ainda mais o turismo religioso no Brasil, 25 mil turistas ao ano. Números que segmento trabalhado pelo MTur desde para Dom Paulo Cezar devem ser ou2009. No país, já foram identificados 96 tros números após a JMJ 2013. “Nós produtos turísticos de Norte a Sul do Brapreferimos não trabalhar com números sil. Dos 344 municípios que informaram de visitantes, mas acreditamos que possuir oferta de turismo religioso, 176 aqui no Rio de Janeiro o número de possuem calendário de eventos religiosos. vai ser bem maior que Madri”, fala. “A Jornada tem um Projeto Cultural. O evento será realizado entre os meses Dentro dele, as cidades históricas que de julho e agosto. Segundo técnicos do possuem o turismo religioso forte, onde MTur, todo o país será beneficiado com a fé deixou uma história, estão dentro do o evento, pois historicamente os jovens percurso da Pré-Jornada e até para aqueespalham-se pelas diversas cidades e reles que desejam voltar. Lembrando que giões, para depois reunirem-se na cidademuitos permaneceram no país fazendo sede, no caso do Brasil, o Rio de Janeiro. diversos tipos de turismo, principalmente O impacto deverá ser maior do que a o religioso. Então existe uma grande posCopa do Mundo de 2014 e até mesmo sibilidade de montar pacotes de Turismo das Olimpíadas de 2016 em termos de Religioso, com visistas em outras cidades. turistas, segundo estimativas do MTur. Estamos em conversa com o Ministério Para Dom Paulo Cezar o evento vai trazer do Turismo”, diz o bispo auxiliar do Rio benefícios para o turismo e para a econoe responsável pelo setor de Captação mia do país. A capital espanhola foi benefiRafael Massadar

ciada com a celebração da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Madri 2011, com mais de 354 milhões de euros. Por sua parte, a Comunidad de Madrid estimou que a JMJ gerou um incremento de 147 milhões de euros no Produto Interno Bruto da região. “Serão beneficiadas a rede hoteleira, a rede de gastronomia, o comércio de uma maneira geral e as outras cidades. No caso do turismo, a maioria dos jovens não conhecia a Espanha, sendo que mais de 70% disseram que voltariam depois para conhecer o restante do país”, disse. O Cristo Redentor foi escolhido como símbolo da Jornada Mundial da Juventude de 2013. O cartão postal do Brasil foi escolhido para levar o nome da cidade aos quatro cantos do mundo em uma exposição itinerante. A réplica da imagem, que tem mais de três metros de altura, passará também por alguns estados brasileiros junto da Cruz peregrina e do ícone de Nossa Senhora, que preparam a juventude para a JMJ. Segundo Dom Paulo Cezar, levar a imagem do Redentor a tantos países, simbolizando o Mundo inteiro, mostra como o Rio de Janeiro é acolhedor. “O Cristo é o símbolo de fé. A imagem com uma beleza muito grande e o formato dela com os braços abertos mostra bem a maneira acolhedora com que o povo carioca vai receber os visitantes”, afirma.

Entrada de divisas é recorde e chega a US$ 6,7 bilhões em 2011 Os turistas estrangeiros que estiveram no Brasil em 2011 gastaram US$ 6,7 bilhões no país, ultrapassando a meta de US$ 6,4 bilhões projetada pela Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo). O valor é recorde e representa um crescimento de 14,4% em relação a 2010, quando o resultado havia ficado em US$ 5,9 bilhões. “Com o número recorde de divisas internacionais, divulgado hoje, temos a confirmação de que o Brasil tem muito a ganhar quando investe no desenvolvimento do setor. Superamos todas as nossas expectativas”, comemorou o ministro do Turismo, Gastão Vieira. O ministro se referiu aos dados divulgados pelo Banco Central. A Embratur também comemorou o resultado. “As contratações de serviços turísticos, de hospedagem e de alimentação movimentam nossa economia, geram renda em todas as regiões do país e ajudam a consolidar nossa infraestrutura turística”, ressaltou o presidente da Embratur, Flávio Dino. Para ele, o resultado inédito da entrada de dólares é consequência natural do número recorde do ingresso de turistas estrangeiros,

obtido em 2011. Em dezembro o volume de gastos dos turistas estrangeiros atingiu a marca dos US$ 650 milhões ultrapassando, a marca histórica que era de março com US$ 630 milhões. O resultado consolidado da entrada de turistas no Brasil deve ser divulgado oficialmente no próximo mês. Mas estimativas da Embratur indicam que mais de 5,4 milhões de estrangeiros visitaram o país em 2011- o que é um recorde para o país e deve representar um crescimento maior que a média mundial. Essa marca é ainda mais expressiva quando considerada a crise econômica, que atingiu diretamente tradicionais países emissores de turistas para o Brasil, como Itália, Espanha e Portugal. Mesmo com o recorde na entrada de dólares, o déficit nas contas do segmento aumentou, chegando a US$ 14,459 bilhões, em decorrência do crescimento do número de viagens de brasileiros ao exterior. Para superar esse desafio, o presidente da Embratur considera fundamental encarar o turismo como um setor prioritário para a economia, assumindo maior peso na agenda nacional. “Vamos continuar inovando nas ações de promoção dos destinos brasileiros, intensificando o apoio à

comercialização de produtos turísticos e apoiando fortemente o debate sobre a competitividade do setor, conduzido pelo Ministério do Turismo”, afirma Dino. O deputado Otavio Leite (PSDBRJ) criticou o governo pelo déficit dos gastos de turistas apresentado em 2011. Enquanto os brasileiros gastaram US$ 21,2 bilhões no exterior, os visitantes estrangeiros deixaram US$ 6,77 bilhões no país. “O lamentável é que diante desse gigantesco déficit preanunciado, o governo federal prossegue inerte. E o país assiste à galopante perda de divisas. Nada contra brasileiros viajarem! Mas tudo a favor que mais estrangeiros visitem e consumam no nosso país”, disse. O parlamentar acredita que a flexibilização dos vistos para norteamericanos pode contribuir para diminuir este déficit. “Para combater o problema, estamos tentando aprovar no Congresso Nacional a flexibilização de vistos para americanos, por exemplo. Com essa medida, dobraríamos o número de ingressos com repercussão positiva para nossa economia”, destacou Leite.


BRASIL

CRUZEIROS

Carnaval de Pernambuco terá investimento de R$ 20 milhões

Carnaval de Recife homenageará Alceu Valença

Lançamento do Carnaval contou com a presença de autoridades e do cantor Alceu Valença

Luiz Marcos Fernandes O Carnaval Multicultural do Recife deste ano terá o cantor Alceu Valença e o artista plástico José Cláudio como homenageados e trará atrações diversificadas, desde as internacionais, locais e as nacionalmente conhecidas. A programação do Carnaval Multicultural do Recife 2012 foi apresentada pelo prefeito João da Costa. Diversos artistas da região prestigiaram a apresentação do planejamento da semana pré-carnavalesca e dos cinco dias de folia.Considerada a maior festa democrática do país o conceito de descentralização da folia será mantido com o objetivo de garantir diversão aos recifenses ou visitantes que estejam em qualquer ponto da cidade. “Reafirmamos o conceito de Carnaval descentralizado e democrático e procuramos reforçar a nossa tradição, dialogando com a cena cultural do Brasil e do mundo, naquilo que tem contribuído para a nossa festa.Traremos atrações da África, por exemplo, que reforçam a identidade cultural africana no nosso Carnaval, no Maracatu, nos Afoxés e até no Samba. Todos os polos terão grandes atrações e estamos reforçando o précarnaval com artistas de Olinda, do Pará e Sergipe, entre outros estados, ampliando, assim, a permanência do turista na nossa Cidade”, explicou João da Costa.

A abertura oficial da festa é marcada pela já tradicional cerimônia comandada pelo músico Naná Vasconcelos e dez nações de maracatu no Marco Zero, no Bairro do Recife. Este ano, os convidados especiais da cerimônia são a cantora africana Angelique Kidjo e o grupo inglês Stomp, que exaltarão a cultura afro e as batidas percussivas, ao lado do grupo de mulheres pernambucanas Voz Nagô e da Orquestra Popular da Bomba do Hemetério. A primeira noite de Carnaval terá ainda um show em homenagem a Alceu Valença, apresentando releituras de sucessos do cantor na voz de um time de convidados como Lenine, Otto, Seu Jorge, Ney Matogrosso, Criolo, Karina Buhr e Lirinha. Ainda fazem parte da grade de programação atrações conceituadas como Lulu Santos, Roberta Sá, Fundo de Quintal, Beth Carvalho, Nasi e Nação Zumbi. A folia acontecerá até a terça-feira Gorda (21 de fevereiro), quando o Polo Recife Multicultural receberá agremiações, clubes de frevo, troças, maracatus, entre outras manifestações da tradição popular. A festa de encerramento ainda terá o encontro da SpokFrevo Orquestra com o saxofonista nova-iorquino Bob Mintzer, um show com Elba Ramalho e o tradicional Orquestrão Multicultural do Recife, promovendo a reunião de 150 músicos, maestros e intérpretes na grande apoteose do frevo.

MTur não confirma Salão do Turismo e Fornatur cobra definição Faltando cinco meses para realização da sexta edição do Salão do Turismo “Roteiros do Brasil” o Ministério do Turismo não definiu a data do mesmo e admite a possibilidade de não realizá-lo. O principal argumento seria o fato de que este é um ano eleitoral, o que impediria os estados de participarem, dependendo da data do evento. A coordenação do Salão por meio da assessoria de imprensa divulgou a seguinte nota oficial onde admite o cancelamento do evento. “Ainda não há um posicionamento fechado sobre a realização do Salão do Turismo deste ano. Ele está sob análise da Secretaria Executiva do Ministério. Existe a possibilidade de o Salão do Turismo coincidir com as campanhas eleitorais deste ano. Ainda que isso possa inviabilizar sua realização, isso não significa o fim do evento para os anos seguintes”, afirma a nota. O presidente do Fórum Nacional de Secretários Estaduais e Dirigentes de Turismo, Domingos Leonelli, secretário de Turismo da Bahia, afirmou que não recebeu por parte do ministério qualquer informação sobre um eventual cancelamento. Na sua opinião o assunto deveria ser colocado em discussão com as principais entidades do setor, tanto nas reuniões do Fornatur como do Conselho Nacional de Turismo. Já o presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo se colocou a disposição para realizar o Salão junto com a Feira das Américas em outubro, no Rio de Janeiro, caso haja interesse do MTur.

Ana Elisa Teixeira e Anderson Masetto A operadora Terramar comemora o sucesso das vendas dos seus dois cruzeiros temáticos da temporada 2011/2012. O primeiro terá como protagonista a banda Roupa Nova, que está comemorando 30 anos ininterruptos de carreira (24 a 27 de março) e o outro será o “Agnaldo Rayol e Amigos” (16 a 19 de abril). Ambos serão no navio MSC Armonia e já contam com 70% das cabines comercializadas. Para que ambos navios estejam com 100% de ocupação o mais breve possível, o presidente do Grupo Terramar, Rogério Frizzi, aposta na parceria com as agências de viagens. Segundo ele, 50% das vendas dos dois roteiros oferecidos pela operadora são feitas por este canal. “Os agentes são grandes parceiros, por isso oferecemos algumas vantagens. A cada 20 cabines vendidas pelo agente, ele tem uma free. Além disso, o comissionamento é de 12%”, revelou. Frizzi ressaltou que a escolha dos artistas é a chave deste sucesso de vendas. “O Roupa Nova será um cruzeiro com boa música e boa companhia. Pelo perfil do público da banda, teremos muitas famílias a bordo”, acredita. “Este é o grande diferencial dos nossos temáticos. Não buscamos artistas que estão no seu auge, mas apostamos na segmentação do público. Por isso estamos trazendo artistas de qualidade”, completou. Embora o show que será apresentado a bordo do MSC Armonia seja o mesmo que a banda tem feito nas

Karine Alvesz, diretora de Eventos mMarítimos da Terramar Cruzeiros, Agnaldo Rayol e Adrian Ursilli, diretor da MSC

últimas apresentações, que comemoram os 30 anos do grupo, os fãs do Roupa Nova terão uma série de surpresas durante o roteiro. Quem garante é o guitarrista Kiko, que também confirmou a gravação de um documentário durante o cruzeiro. “Faremos oito números acústicos nas áreas externas do navio”, revelou. Kiko disse ainda que mesmo com um palco reduzido em relação às grandes casas de show, a banda não abriu mão da qualidade de equipamentos, de som e de luz. “Não fazemos nada pequeno. Teremos os mesmos equipamentos e qualidade que temos nos nossos shows normais”, afirmou o guitarrista. “Nunca fizemos isso antes, vamos aprender e se for bom, com certeza faremos outras vezes”, completou o baixista Nando. Agnaldo Rayol também terá um cruzeiro pela primeira vez. Durante o roteiro será gravado o segundo DVD do artista e o primeiro a bordo de um navio no Brasil. O cantor declarou que é uma grande honra fazer parte de todo o glamour proposto pelo MSC Armonia. “Teremos um grande encontro no navio e grandes amigos também virão. Acredito que o mais interessante é a experiência e um exercício de convivência. Faremos três shows e vou gravar um DVD. Um dos trabalhos mais bonitos que vou fazer na vida”, comemorou Rayol.

Para a diretora de eventos marítimos da Terramar Cruzeiros, Karine Alvesz o Cruzeiro “Agnaldo Rayol e Amigos” é uma oportunidade de interagir com o público da terceira idade e também, os jovens. “Chegamos a conclusão que tínhamos falta de um produto deste tipo. Colocar o Agnaldo Rayol com seus 53 anos de carreira foi uma ideia sensacional para o nosso primeiro cruzeiro que proporciona um acúmulo de experiências”, comentou Karine. “Acredito que o cruzeiro será um sucesso por ser a primeira vez que um artista grava um DVD a bordo”, finalizou Adrian Ursilli, diretor comercial da MSC Cruzeiros. MSC Armonia - O navio tem capacidade para mais de 2 mil hóspedes, 770 cabines divididas em 13 andares. A área de lazer oferece quatro piscinas, duas jacuzzis, academia de ginástica, teatro, quadra poliesportiva e quatro restaurantes. Próxima temporada - A operadora já faz planos para a temporada 2012/2013, quando pretende fretar três navios. Frizzi não confirma as presenças do Roupa Nova e de Agnaldo Rayol, mas garante que o perfil será o mesmo, um voltado para a família e outro para a terceira idade. O terceiro fretamento terá como alvo o público infantil. A expectativa é manter a parceria com a MSC.

Pier 1 passa a oferecer cruzeiros com pacotes e lança novo portal Luiz Marcos Fernandes Desde o final de 2011 a Pier 1 está incluindo na venda de alguns dos seus cruzeiros, pacotes com aéreo, transfer e hospedagem. Outra novidade é a inauguração até o final deste mês do novo portal da companhia que representa no Brasil a Holland America Line, a Cristal, a Silversea e a Seabourn, na venda de cruzeiros categoria Premium. As informações foram divulgadas por Thiago Vasconcelos, diretor da Pier 1. “Desde o final de novembro iniciamos a venda de pacotes completos para alguns destinos na América do Sul, como o que já teremos no Carnaval para Valparaíso, no Chile com passagem por Santiago. Também estamos investindo no novo website para o agente de viagens, que terá um novo design e informações sobre produtos, serviços e promoções”, adiantou. O dirigente acompanhou no Pier

O transatlântico Amsterdam da Holland

da Praça Mauá, no Rio de Janeiro, um grupo de cerca de 40 agentes de viagens durante uma visita técnica, com almoço ao transatlântico Amsterdam procedente de Fort Lauderdale, com escala em Recife e que seguirá para Buenos Aires, no roteiro Volta ao Mundo, que terminará em Sidney perfazendo um programa de 112 dias. O transatlântico com nove decks conta com bar e boite panorâmicos (deck 9), spa e fitness center, piscina, duas jacuzzis, com teto retrátil e restaurante (deck 8), além de cassino, restaurante, free shop (deck 5), cyber café (deck 4), teatro e o espaço

Culinária Art Center onde são ministradas aulas de culinária aos passageiros com chefs renomados, além dos espaços exclusivos para crianças e adolescentes, sem contar a ilha Half Man Cay, no Caribe exclusiva para os passageiros e com toda infra estrutura de lazer náutico. A capacidade do transatlântico é para 1.380 passageiros. Destaque também para o espaço das cabines com até 17 metros quadrados e serviço privativo como as categoria Lanai. Segundo Thiago Vasconcelos, o segmento de cruzeiros categoria premium e luxo está crescendo significativamente no país e a Pier 1 além de investir neste mercado decidiu trabalhar com roteiros alternativos, receita que vem dando grande sucesso. “Temos destinos como Alasca, Mar Báltico, além dos cruzeiros para a Asia com saídas de Hong Kong e Pequim, e Singapura”. Entre os agentes convidados estavam representantes de agências e operadoras como a Organtur, Dhe Travel, Marina Marques, Promotional, Ativa Rio e Destin Turimo, entre outras.

Blue Sea investe em cruzeiros temáticos e mostra novidades do Silver Whisper Luiz Marcos Fernandes Depois de fechar 2011 com um crescimento de 11,5% nas vendas, a Blue Sea decidiu ampliar sua carteira de produtos passando a oferecer, a partir deste ano, além dos tradicionais roteiros, cruzeiros temáticos de luxo. A informação foi confirmada por Mario Trojman, diretor da companhia. “Este é um segmento que ainda tem um grande potencial no Brasil e agora estamos começando a trabalhar com mercados e temas específicos. Teremos em maio uma saída especial no Silver Spirit de Barcelona para aqueles que desejarem assistir a corrida de Fórmula 1 em Monte Carlo. Lembro que 50% deste navio com 540 passageiros são de brasileiros”, destacou ele. Outros cruzeiros temáticos já estão sendo planejados também para o Mediterrâneo. “Estamos pensando num cruzeiro para degustadores de um bom vinho e gastronomia,

de cabine e até detalhes como cruzeiros para viagens de sola fragância de preferência teiros, entre outros”, adiantou. do passageiro e um bônus O dirigente participou de um para gastos pessoais durante jantar a bordo após uma visua viagem oferecido pela sita técnica ao navio Silver companhia”, disse. Não passa Whisper que realiza o roteiro desapercebido o fato de que Volta ao Mundo com 113 dias os passageiros que fazem de duração. Participaram do Mario Trojman o circuito completo têm na jantar os diretores da Viva Tur porta das cabines placas com seus Turismo ,Ricardo e Cláudia Oro, além de nomes de identificação. Com 10 decks Márcia Trojman, sócia e esposa de Mario o transatlântico tem lounge para shows, Trojman. A bordo o grupo foi recepciopiscina com jacuzzi, biblioteca, teatro, nado por Fernando Barroso de Oliveira, cassino, fitness center, spa e restaurantes diretor Senior de Cruzeiros e Selvagcomo o Le Champagne, com capacidade gia Rimoldi, consultora de Cruzeiros. para apenas 20 passageiros para janO transatlântico de luxo veio de Fort tares privativos e de pequenos grupos. Lauderdale passando pelas Bahamas e Além disso, há outros restaurantes seguindo por algumas capitais nordescomo o italiano La Terrazza, de gastrootinas como Fortaleza e Recife antes de mia internacional. As cabines amplas chegar ao Rio. Com capacidade para têm entre 26 m2 a 45 m2 e nas suítes, 382 passageiros o navio conta com 80% algumas delas com dois ambientes, das cabines com varanda. “Este navio cama de casal, banheira com hidromastem uma série de particularidades. O sagem, tv led e outros detalhes como o passageiro não paga taxas portuárias, frigobar com bebidas liberadas, além das gorjetas, tem bebidas liberadas, sete varandas na maior parte das cabines. refeições, mordomos para alguns tipos

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

tende, Goiana, Ipojuca, Itamaracá, Jaboatão dos Guararapes, A programação oficial do Nazaré da Mata, Paudalho, Carnaval em Pernambuco foi Pesqueira, Petrolina, Salgueiapresentada em janeiro pelo ro, Surubim, Tamandaré, secretário de Turismo, Alberto Timbaúba, Trindade, TriunFeitosa e pelo vice presidente da fo e Vitória de Santo Antão. Empetur, Romero Jatobá, que O tradicional bloco do Galo Alberto Feitosa representou o presidente André da Madrugada, que chega a Correa. O orçamento para as festividades receber dois milhões de foliões nas ruas será de R$ 20 milhões, o mesmo do ano do Recife, terá como homenageado este passado. No entanto, mais três cidades ano o cantor Luiz Gonzaga. O maior serão contempladas nos dias de folia. São clube carnavalesco do planeta resolveu os municípios de Trindade, Surubim e preparar uma grande festa para coArcoverde. “Cada uma delas prestigiando memorar o centenário do “Gonzagão”. a cultura local”, ressaltou o secretário. Com o tema “Galo, Frevo e Folião – HoAlberto Feitosa destacou a importânmenagem ao Rei do Baião”, o Galo da cia do evento que deve atrair a PernamMadrugada reconhece a importância da buco um fluxo entre 8 a 10% superior valorização da cultura pernambucana, ao do ano passado, gerando divisas que bandeira que o músico sempre defendeu. ultrapassam a marca de R$ 640 milhões O 35° desfile do clube em referência para a economia local e ressaltou a imao centenário do nascimento de Luiz portância da liberdade para o folião do Gonzaga, que ainda traz outras novitradicional Carnaval de rua. “Estamos landades. Pela primeira vez contará com çando na semana que vem a campanha a presença do Homem da Meia-Noite, Pernambuco, Estado da Alegria, onde a agremiação mais famosa de Olinda, vamos ressaltar o aspecto cultural e as que comemora 80 carnavais neste ano. festas tanto na capital, como no interior. O tradicional desfile do Galo da MadruO governo de Pernambuco confirmou gada acontece na manhã do dia 18 de ainda que as secretarias do Turismo (Setur) fevereiro (Sábado de Zé Pereira). Mas e da Casa Civil, além da Fundação do dois dias antes haverá o Desfile Inverso Patrimônio Histórico e Artístico (Fundarpe) que acontece na noite no dia 16. No ficarão responsáveis pelo planejamento. dia 21 sai o Pinto da Madrugada que Os selecionados se apresentarão nos tem uma programação mais voltada municípios de Águas Belas, Arcoverde, para o público infantil e geralmente Belém do São Francisco, Bezerros, Catem a presença do palhaço chocolate. Luiz Marcos Fernandes

Cruzeiros de Agnaldo Rayol e Roupa Nova já têm 70% das cabines vendidas

7


AGÊNCIAS/OPERADORAS

Feira da Abav sai do Rio em 2013 e vai para SP, em setembro

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Mario Brizon e Rafael Massadar O presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (Abav Nacional), Antonio Azevedo, confirmou para a reportagem do M&E, durante a Fitur, em Madri, a intenção de trocar a sede do evento Abav em 2013, atendendo aos resultados da pesquisa de satisfação realizada com os agentes de viagens e fornecedores no evento do ano passado. “Essa é uma vontade manifestada na nossa pesquisa, além disso, o mercado do Rio está saturado”, disse. Questionado se essa possibilidade é certa, ele informou que está praticamente decidido. “Há 99% de chances de o evento Abav sair do Rio em 2013”. Azevedo admite conversar com as autoridades da Prefeitura do Rio de

inclusive com data reservaJaneiro e do Governo do da para o evento da Abav Estado do RJ, mas que praem 2013: setembro, apesar ticamente não há condições de ainda existir um desejo de mudar esta decisão. Ele da Abav de realizar a feira preferiu não garantir qual no mês de março, que Azecidade será a sede do vedo diz haver disponibilievento a partir de 2013, dade de datas no Anhembi. mas como há praticamente Azevedo disse que a sede apenas duas cidades com poderá mudar novamente centros de convenções em Antonio Azevedo sempre que os agentes e condições de receber um fornecedores, além da própria Abav, evento deste porte, que são São Paulo e julgarem necessário. “O evento será Fortaleza, Azevedo reconhece que São permanentemente reavaliado e poderá Paulo tem mais chances por questões inclusive retornar ao Rio”, esclareceu. de logística e por que é onde o mercado Outra mudança que deve se confirestá concentrado. mar para o evento Abav em 2013 é a A reportagem do M&E apurou com separação do Congresso, da Feira das outras fontes que o Centro de ConvenAméricas, em datas e locais diferentes. ções do Anhembi, em São Paulo, já está

8

Veja a opinião do trade sobre a saída da feira do Rio Luiz Marcos Fernandes Riotur - O presidente da Riotur e secretário municipal de Turismo do Rio de Janeiro, Antonio Pedro Figueira de Mello, se mostrou surpreso e revoltado com a decisão. “É um absurdo e um contrasenso. Considero mesmo um verdadeiro tiro no pé se esta medida for efetivada, pois o Rio é uma referência mundial. Estou surpreso porque sequer fomos consultados e temos um acordo com a diretoria da Abav que ainda está de pé. Nossa intenção é que o evento permaneça no Rio e ainda tenho esperanças que esta medida seja revista”, adiantou ele. ABIH-RJ - O presidente da ABIH-

RJ, Alfredo Lopes, disse que se a decisão da diretoria da Abav Nacional for mantida, será uma perda não apenas para o Rio. “Perdem o Rio, o Brasil e a própria Abav, pois não existe outro local onde, neste momento, estejam sendo feitos tantos investimentos em infraestrutura e venham a ocorrer tantos eventos de grande porte. Além do mais, a hotelaria de São Paulo está sempre com poucas vagas e as pessoas que forem ao congresso nem sempre poderão ficar em hotéis próximos, levando horas em engarrafamentos no trânsito”. O dirigente duvidou também dos resultados apresentados na pesquisa realizada pela Abav Nacional. “Duvido que o agente de viagens prefira ir para São Paulo em vez do Rio de Janeiro. Certamente a grande maioria prefere o Rio, mas respeito a decisão da entidade”, reconheceu.

FBHA - O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, lembra que o assunto ainda não está encerrado e que existem outras soluções para que o Rio não perca o evento. “Eu diria que a batalha não está perdida já que o assunto tem um tempo de maturação. Esta decisão já era esperada, até porque a Abav tem neste evento um meio para captar recursos, mas os governos estadual e municipal, junto com a iniciativa privada, podem apresentar propostas e medidas de incentivo que levem a entidade a rever sua decisão. Uma medida interessante seria realizar o evento de modo alternativo no Rio e São Paulo, sendo que em cada ano seria numa das duas capitais”, destacou ele.

Iata fala sobre a polêmica Tasf para agentes na Abav-RJ Anabel Moutinho A Iata teve na primeira quinzena de janeiro a oportunidade de esclarecer aos agentes de viagem sobre a Tasf (Travel Agent Service Fee) em uma palestra promovida na sede da Abav-RJ . Quando anunciada, a Tasf foi criticada pelos agentes e não foi endossada pela Abav Nacional. O presidente da Abav-RJ, George Irmes, explica: “Esta é a primeira palestra de um ciclo que chamamos de Encontro com Parceiros. Queremos voltar aos velhos tempos, no bom sentido, deixar de nos tratarmos como fornecedores e voltarmos a ser amigos. Um vive do outro”. Durante o encontro, Filipe dos Reis e Luis Carlos Vargas, respectivamente, gerente geral e gerente de Serviços para passageiros da Air Transport Association (Iata), apresentaram o que é a Tasf e suas vantagens. A primeira explicação foi sobre a comissão na venda de passagens das companhias aéreas, que era fixa e foi retirada por algumas companhias. Filipe dos Reis explicitou que a Tasf não tem a ver com as companhias aéreas: “ela é um mecanismo para que os agentes possam cobrar pelo serviço prestado. Seja ele a emissão de uma passagem aérea, reserva de um hotel, serviço de despachante ou até mesmo de motoboy”. George Irmes acrescentou: “A Tasf é um mecanismo para não perdermos a lucratividade”. Para aderir à Tasf, o agente precisa

ser um credenciado Iata, ter acesso a um dos administradores de GDS Amadeus, Sabre ou Travelport, a um administrador de cartão de crédito e assinar um termo de adesão. Não há custo para adesão na Tasf, nem no credenciamento do administrador. Os custos para os agentes são pagos para os administradores - de 2,7% do valor cobrado de comissão - e para Iata - oitenta centavos de real por operação realizada. A Tasf é feita pelo GDS, mas é uma operação posterior a primeira realizada, como emissão de passagem. O cartão de crédito é debitado duas vezes. Isso acontece, pois o primeiro débito é relativo, por exemplo, à companhia aérea. O segundo débito do cartão tem a agência de viagem como credor favorecido da operação. Por isso são duas operações distintas, mas que estão centralizadas na mesma plataforma. O limite de valor por operação da Tasf é de mil reais e o mínimo é de cinco reais. A cobrança única pode ser desmembrada em várias ou o contato com a Iata através de telefone ou e-mail permite e transação com um valor maior. O valor acima de mil reais pode ser desbloqueado em um caso pontual ou dependendo da movimentação do estabelecimento permanentemente. O ex-presidente da Abav Nacional, Carlos Alberto Amorim Ferreira, na sua gestão, em nome da instituição, não endossou a Tasf. Agora, como agente de

Luis Carlos Vargas, gerente de serviços para passageiros da Iata, Filipe dos Reis, gerente geral da Iata, e George Irmes, presidente da Abav-RJ

viagem, Kaká esteve presente e levantou uma questão aos representantes da Iata. A pergunta foi: quem é o responsável caso o cliente não pague a Tasf, que é a comissão do agente, já que vem descrito na fatura de crédito como duas operações. Vargas respondeu: “Os agentes devem se precaver com um documento assinado pelo cliente descrito o serviço. Com esse documento em mãos, não vejo porque a administradora não pagar”. Kaká explicou que sua decisão na época foi mais política do que técnica. Agora ele ainda vai avaliar se adere ou não à Tasf. A Tasf permite que com um só código, todas as filiais de uma agência estejam em um mesmo relatório. A partir da data da emissão o recebimento é em 30 dias. O valor de oitenta centavos de real deve ser pago no dia 12 do mês seguinte à Iata.

Lazer da Trend tem novo gerente Comercial prospecções de mercado. A Trend continua reforCistia tem passagens em çando a sua equipe de lazer. diversas operadoras do país, O mais novo contratado é seu último trabalho foi na Fernando Del Cistia, que CVC. Ele já exerceu as funpassa a ocupar o cargo de ções de gerente Operacional gerente Comercial de Lazer. e gerente geral Comercial, Com 41 anos, o profissional responsável pelo resultado é formado em Turismo e Fernando Del Cistia e planejamento estratégico tem mais de 20 anos de exde vendas dos estados do Nordeste, periência na área, atuando no desendesenvolvimento de novos mercados e volvimento de produtos, atendimento e coordenação geral das atividades operanegociação com fornecedores e novas

cionais. Agora na Trend, o profissional será responsável pelas negociações e desenvolvimento dos produtos de lazer em todo território nacional. O vice-presidente Comercial, Daniel Santos, contou que a Trend estava em busca de um profissional com amplo conhecimento no mercado nacional. “O Fernando demonstrou ter um perfil adequado para essa vaga, temos certeza que ele trará excelentes resultados para a nossa área de lazer”, disse.


AGÊNCIAS/OPERADORAS

Transmar abre filial em Campinas e prevê crescimento de 40% Lisia Minelli

Trend capacita 300 agentes cariocas em roadshow sobre Caribe Fernanda Lutfi O roadshow promovido pela Trend Operadora, que tem o objetivo de divulgar para os agentes de viagens os destinos caribenhos oferecidos pela empresa, passou no dia 12 de janeiro pela terceira cidade, o Rio de Janeiro. A estimativa é que 300 agentes cariocas tenham passado pelo Hotel Pestana, em Copacabana, e recebido a capacitação. A meta da Trend é treinar cerca de 100 pessoas por cidade, aproximadamente 1.500 pessoas no final do roadshow. São cinco destinos que passaram a ser oferecidos pela operadora em outubro de 2011: Aruba, Curaçao, República Dominicana, Barbados e Colômbia. Para o evento, foi montado um estande para cada um deles, onde informações sobre cada destino foi passada para os agentes de viagens, que puderam tirar todas suas dúvidas. O negociador comercial da América do Sul e Caribe, Ivan Ramaciotti, explicou que o Caribe é um destino novo para a operadora, e como a empresa não vende diretamente para o público final e sim para os agentes de viagens, o roadshow serve para divulgar o novo destino pelo Brasil. “Apesar do destino estar sendo oferecido a pouco tempo pela Trend, nós já estamos tendo bons resultados nos primeiros meses. A expectativa para os próximos anos é o crescimento cada vez maior no número de turistas brasileiros no Caribe”, afirma Ramaciotti. O gestor regional da Trend, Thiago Lavorato, comentou que o Caribe é um destino que está na moda. A aceitação, principalmente no Rio de Janeiro, já é significativa. “Sentimos uma carência do mercado em relaçao ao Caribe. É por isso que estamos dando ênfase aos destinos que a região pode oferecer. E no evento de hoje buscamos uma maior receptividade dos agentes de viagens”, disse Lavorato. O roadshow aconteceu entre os dias 10 de janeiro e 2 de fevereiro em dez cidades brasileiras: Campinas (SP), Ribeirão Preto (SP), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Goiânia (GO), Salvador (BA), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC) e Curitiba (PR).

Negociador comercial da América do Sul e Caribe, Ivan Ramaciotti, e o gestor Regional da Trend, Thiago Lavorato

Evandro Valentini, Alessandra Piva, Marcello Machado e Renato Amaral Pires

O forte crescimento da empresa no ano de 2011, motivou a Transmar Turismo a criar o Grupo Transmar, que agora engloba os segmentos: Travel, Business, Eventos, Incentivo e Travel Design. O foco da empresa continua sendo no setor de eventos, que é o maior volume de vendas. De acordo com Pires, o maior número desses eventos é internacional. Somente em 2011 o mercado nacional começou a ter representatividade. “Cerca de 40% dos nossos eventos é realizado nos Estados Unidos. Mas percebemos também uma tendência de promovê-los na Europa, que com a atual situação cambial está cada vez mais interessante”, disse.

O crescimento de 2011 foi tanto que a Transmar trouxe um time de profissionais especializados para agregar experiência ao grupo e atender a grande demanda existente. Entre eles estão a ex-gerente de Promoção da Embratur, Alessandra Piva, Evandro Valentini, ex-CVC, além de Marcello Machado, que tem passagem pela Walt Disney World e diversas agências especializadas em eventos. Além do novo time, a empresa ainda está desenvolvendo novas ações e produtos para alcançar a meta de crescer 40% em 2012. Entre os novos produtos que devem entrar na prateleira ainda este ano da empresa estão os

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Embora a Transmar já tenha mais de 30 anos no mercado, o trade pouco ouviu falar dela. Sob o comando de Renato Amaral Pires desde 2006, a empresa cresceu, se tornou um grupo que atua em cinco segmentos diferenciados do turismo, inaugurou em janeiro sua primeira filial – em Campinas - e tem planos ambiciosos de crescer 40% no ano de 2012. A reportagem do MERCADO & EVENTOS, esteve na sede paulista da empresa e conversou com o diretor sobre os projetos do Grupo Transmar. A Transmar Turismo iniciou suas operações em 1980, mas foi a partir de 2006 que a empresa começou a atuar em eventos e incentivo. “Ainda não era um segmento estruturado, mas depois de alguns trabalhos que realizamos, passamos a ser procurados por empresas e agências de eventos. Foi um processo longo que tivemos para fazer o operacional e buscar profissionais qualificados no mercado para atender essa demanda crescente. Disso também identificamos o nosso perfil, que era atendimento às agências e não ao público final”, contou.

pacotes de lazer. “Estamos definindo a operação para lazer na América da Sul (Argentina, Chile e Peru) e EUA (Flórida, Nova York e Califórnia) com produtos diferentes do que há no mercado”, afirmou. O objetivo é que em breve a empresa anuncie o novo produto. “Por enquanto trabalharemos com este, mas depois criaremos outros produtos. Abriremos uma operação de cada vez, tudo muito consciente”, explicou Pires. Outros pacotes serão formatados, mas a previsão do diretor é que sejam lançados somente em 2013. Filial em Campinas – No dia 2 de janeiro de 2012, a Transmar inaugurou a sua primeira filial, na cidade de Campinas. Segundo Pires, a abertura é estratégica para o mercado de eventos, bem como para o setor de turismo de luxo. “O interior de São Paulo precisava de um consultor para turismo de luxo, assim, aproveitamos a filial para colocar também um especialista em eventos para nos ajudar a desenvolver o mercado da região. Campinas é um polo em crescimento e um grande mercado a ser explorado”, comentou. O diretor ainda deixou escapar que até o final do ano a empresa tem interesse em abrir uma outra filial.

9


AGÊNCIAS/OPERADORAS

Workshop CVC apresenta novos roteiros internacionais e nacionais conjugados Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Leila Melo

10

O segmento nacional é alvo de grandes lançamentos da CVC durante o 18º Workshop & Trade Show. De acordo com o diretor Comercial e de Vendas Nacionais da CVC, Victor Bauab, as novidades incluem os tarifários das férias de julho, baixa temporada, feriados do primeiro e segundo semestre e festas de final de ano. O workshop CVC 2012 acontece nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo, e terá como tema “40 anos Crescendo Juntos”. A expectativa é reunir 12 mil agentes de viagens. Mais de 700 expositores nacionais e internacionais estarão presentes. Entre os novos destinos, o destaque é

o roteiro “Encantos do Jalapão”, que inclui passeios pelos principais pontos turísticos como tour panorâmico pelo Parque Estadual do Jalapão, mirante do Espírito Santo com nascer do sol, Fervedouro do Alecrim e subida do Morro Vermelho. Além disso, a CVC amplia sua oferta com os roteiros cojungados “Aracajú com Xingó e Maceió”, “Aracaju com Salvador”, “Morro de São Paulo com Ilhéus” e “João Pessoa com Costa do Conde”. Já no campo internacional, a CVC traz uma nova programação de viagens para a Suíça com os roteiros terrestres “Explore a Suíça de Trem”, “Encantos da Suíça” e “Suíça”. Este último inclui visitas às cidades de Lucerna, Interlaken e Montreux. As viagens têm embarques confirmados até março de 2013. A ope-

radora montou ainda seis novos pacotes pela Califórnia (EUA). Um deles é o pacote “Parques Nacionais Americanos”, que inclui visitas e ingressos a parques como o Monument Valley e CanyonLands. Ainda em território americano, a operadora oferece o roteiro “Las Ve-

A CVC contratou dois novos diretores: Fabio Mader (ex-Webjet/Gol) e Miguel Alcântara (ex-Net Serviços), que assumem respectivamente as diretorias de Operações Aéreas e de Tecnologia. Com mais de 16 anos de experiência no mercado de aviação comercial, tendo ocupado posições de destaque em empresas como Gol, Varig e Webjet, Fábio Mader chega à CVC como diretor de Operações Aéreas, novo posto criado na estrutura da companhia com o objetivo de dar suporte às áreas comerciais e integrar estratégias dedicadas às operações aéreas nos destinos ofertados pela companhia no Brasil e no mundo.

Miguel Alcatara e Fabio Mader

Mader é formado em Administração de Empresas, com MBA em Estratégia em Negócios e Finanças pela FGV-EAESP, e especialização em Direito Administrativo pela Universidade de Coimbra.

lares da Copa Airlines, com parada na cidade do Panamá). Segundo Luis Soto, diretor comercial e de vendas internacionais da CVC, estas novidades norteiam os planos de transformar tendências em produtos que caibam no bolso do cliente e na prateleira do agente de viagem.

Caravanas saem de todo Brasil

Luis Soto, diretor Comercial e de Vendas Internacionais da CVC e Vitor Bauab, diretor Comercial e de Vendas Nacionais da CVC

Fabio Mader e Miguel Alcântara assumem diretorias na CVC Luiz Marcos Fernandes

gas e Nova York” com guias brasileiros acompanhando o percurso. Já a região do Caribe ganha novas programações com embarques confirmados para 2012. São eles: “Lua de Mel no Caribe” (Cancun e Punta Cana, em fretamentos com a Gol) e “Caribe com Compras” (em voos regu-

Já Miguel Alcântara, com 22 anos de atuação na área de tecnologia de informação e no setor de serviços, conduziu diversos processos de transformação e evolução de plataformas tecnológicas em empresas como Accenture, Banco Santander e Net Serviços. Alcântara assume a diretoria de Tecnologia para consolidar diretrizes em substituição a Fabio Ferreira, que em dezembro assumiu novo desafio no Grupo Accor. Formado em administração de empresas, com MBA em gestão estratégica e finanças pelo IBMEC-SP (INSPER), Alcântara também traz à CVC forte expertise na implementação de plataformas de CRM, billing, e service fulfillment.

Mais de 70 caravanas saem de municípios do interior de São Paulo e de várias cidades brasileiras, como Florianópolis, Foz do Iguaçu, Cascavel, Londrina, Maringá, Curitiba, Belo Horizonte, Pouso Alegre, Varginha, Volta Redonda, Poços de Caldas, Uberlândia, Uberaba, Rio de Janeiro e Juiz de Fora para o 18º workshop CVC. Somente do interior de São Paulo, agentes de viagens de mais de 40 diferentes municípios utilizam a estrutura de transporte terrestre. Na cidade de São Paulo, os agentes tem ainda transporte gratuito de ida e volta para o Pavilhão de Exposições, nos dois dias de evento, em ônibus que saem a cada 30 minutos, a partir das 12h, da Estação Tietê do Metrô, assim como dos aeroportos de Congonhas e Guarulhos. O trajeto de retorno do centro de exposições a esses pontos também é oferecido, das 15h00 até 19h30. Serviço: 18º Workshop & Trade Show CVC 2012 www.cvc.com.br/workshop Data: 8 e 9 de fevereiro de 2012 Local: Expo Center Norte – Pavilhão Branco Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme Horário de funcionamento para visitantes: das 13h às 19h

CVC é o novo GSA da Rail Europe no Brasil Ana Corinaldesi e Cristiane Vento, da RailEurope com Paulo Silveira, da CVC

Leila Melo Depois de dois anos de negociações, a CVC é o mais novo GSA da Rail Europe no Brasil. A operadora brasileira é a sexta companhia a ingressar nesse time no país. “Iniciamos a comercialização de bilhetes para trens há três meses e estamos estruturando um departamento específico para esse trabalho”, contou Paulo Silveira, gerente de Produto da CVC e de Hotelaria online da CVC, ao MERCADO&EVENTOS. Em parceria com Ana Corinaldesi, assistente Comercial para América do Sul da Rail Europe, o executivo comandou no final de janeiro, na capital paulista, um treinamento sobre trens para os supervisores da rede CVC em São Paulo. Cerca de 400 profissionais foram capacitados. O departamento de trens da CVC é composto por dois profissionais e um terceiro está em fase de contratação. Por enquanto, a confirmação da venda dos produtos de trens dependerá da confirmação por email. No entanto, um sistema de reservas totalmente online para a emissão de tickets e passes para as malhas de trens está sendo desenvolvido para facilitar a comercialização pelos agentes de viagens. Com essa parceria, a CVC passa a oferecer mais de 100 opções de trem de alta velocidade pela Europa e roteiros flexíveis e com guias. Os passes poderão ser vendidos individualmente em qualquer loja CVC ou atrelada a pacotes para qualquer localidade da Europa. “Com os trens queremos agre-

gar valor às nossas vendas e, ao mesmo tempo, proporcionar uma forma diferente de viagem”, disse Silveira. A CVC comercializará bilhetes em todas as localidades onde a Rail Europe atua. São ao todo 22 países da Europa e outros destinos no mundo como os Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia, Japão, Coréia do Sul e Índia. Toda a programação de trens da operadora é apresentada aos agentes de viagens de todo o Brasil durante o 18º Workshop & Trade Show CVC nos dias 8 e 9 de fevereiro, no Expo Center Norte. “O número de passageiros brasileiros em nossos trens vem crescendo vertiginosamente. O Brasil já figura como o segundo maior mercado mundial em vendas para a Rail Europe. Entre os trechos mais procurados estão aqueles que ligam a França e Espanha e Portugal a Itália”, destacou Ana Corinaldesi. De acordo com ela, os benefícios de se viajar de trem englobam desde a comodidade e conforto para o passageiro até o tempo de reduzido. A viagem de trem ligando Madri e Barcelona é feita em velocidade de 200 km/h. Já o trem francês TGV consegue operar a velocidade de 320 km/h. Todos os produtos de trens da CVC poderão ser parcelados em cinco vezes sem juros. Até o início de fevereiro, a operadora promove um ciclo de treinamento pelo Estado de São Paulo, incluindo a loja 900 da CVC e os profissionais das lojas de Campinas. Logo após o workshop CVC, a capacitação será feita em caráter itinerante.


EXTERIOR

Barack Obama anuncia aceleração da emissão dos vistos para Brasil Anderson Masetto

Obama anuncia aceleração da emissão do visto para brasileiros

No ano passado, os brasileiros gastaram US$ 22 milhões ao redor do mundo, segundo dados da Organização Mundial do Turismo (OMT). Um crescimento de 33% em relação a 2010. Outro ponto importante é a possibilidade de vídeo conferência, ainda em programa piloto, que facilitará aos brasileiros que não moram no Rio de Janeiro, São Paulo e Recife, onde estão localizados os consulados americanos no Brasil. “Nós esperamos que isto beneficie milhares de aplicantes no Brasil e na

Diversas empresas e associações do setor comentaram as medidas. Veja abaixo: “A medida é fruto do crescimento econômico do Brasil. Ela abre o caminho para o Ministério das Relações Exteriores, com base no princípio da reciprocidade, oferecer, aos americanos interessados em visitar o Brasil, pacote similar de facilidades”, Gastão Vieira, ministro do Turismo. “A declaração de Obama é mais um passo para que, em breve, o Brasil possa fazer parte do grupo de países do Visa Waiver. A decisão americana vem ao encontro do que defendemos, de flexibilizar ao máximo o visto entre os dois países o mais breve possível. Isso é necessário em um momento em que cerca de 1,5 milhão de brasileiros viajaram para os EUA em 2011, atingindo gastos acima de U$ 7 bilhões, e também a situação estável da economia brasileira, que estimula o emprego e a produção interna, diminuindo os atrativos de aventuras de vida fora do Brasil”, Marco Ferraz, presidente da Braztoa.

“Como principal destino turístico da nação e porta de entrada para o país, Nova York há muito tempo defende reformas e melhorias para o processo de emissão de vistos e de entrada para turistas, a fim de incentivar os visitantes estrangeiros – que tradicionalmente permanecem mais tempo na cidade e gastam mais do que os turistas domésticos. Estamos satisfeitos com o empenho do presidente em apoiar a indústria do turismo, um motor econômico vital e criador de empregos, e especialmente contentes com a visitação crescente de mercados emergentes como o Brasil”, George Fertitta, CEO da NYC & Company. “As iniciativas previstas e apresentadas hoje pela administração Obama certamente beneficiarão todos os que trabalham na indústria de viagens e turismo do país, o que só pode aumentar o número de empregos e fortalecer a economia. É preciso elogiar o presidente Obama por sua liderança neste esforço”, Tom Horton, presidente e CEO da American Airlines.

PARQUES

Hopi Hari inaugura nova área com personagens Looney Tunes Lisia Minelli O Hopi Hari inaugurou no dia 17 de janeiro sua nova área temática Infantasia, que agora tem como principal atração os personagens Looney Tunes como Pernalonga, Patolino, Piu Piu, Franjola, entre outros. Segundo Armando Pereira Filho, CEO do parque, o conteúdo dá o tom para criar a magia para o visitante. “Fizemos pesquisas com visitantes e fora do parque para saber qual conteúdo seria interessante termos. Daí surgiu a parceria com a Warner, que é uma grande produtora de conteúdo e tem um grande suporte de sustentação das atrações em escala global, com licenciamentos, TV e outros”, disse. De acordo com Marcos Bandeira de Mello, gerente Geral da Warner Bros. Consumer Products no Brasil, a atração conta com um show diferente do que se vê na TV, com novo traço e novo ambiente.

“Trouxemos os personagens para um ambiente urbano, onde eles vivem em uma vila e todos são vizinhos. Assim, a interação entre eles é maior, bem como com o público”, explicou. Segundo o CEO, a área de Infantasia se tornou um grande estúdio onde os personagens estão gravando um programa de TV. “Cada atração da área está tematizada com um departamento específico para a produção do filme. Por exemplo, o Chabum (atração com água) é onde fica a casa do Pernalonga e o departamento de efeitos especiais, e assim por diante”, explicou. A área de alimentação também conta com caracterização dos personagens e alguns deles, não muito conhecidos do público, ganham destaque como o Marvin, o marciano; a bruxa Hazel e o monstro Gossamer.”Além disso, temos uma loja com cerca de 600 produtos exclusivos Looney Tunes desenvolvidos e licenciados para o Hopi Hari”, contou Pereira. Para

Mello, a parceria entre Hopi Hari e Warner é o casamento perfeito. “A Warner possui investimentos em diversos parque em todo o mundo, e o Brasil precisava desse investimento também. A procura do parque por conteúdo e a necessidade de consolidar a marca Warner em parques temáticos foi o casamento perfeito, que a partir de agora terá uma longa duração”, declarou. Além da área de Infantasia, o parque lançará esse ano mais duas atrações. A primeira, que inaugura em abril, será a área de Aribabiba toda remodelada com personagens da Liga da Justiça. E em maio, será a vez da nova montanha russa - a única do Brasil com dez inversões. Segundo o CEO, o Hopi Hari é a atração paga mais visitada do Brasil. Em 2011, o parque recebeu cerca de 2 milhões de visitantes, sendo 40% provenientes da capital e baixada, 40% do interior e 20% de outros Estados. A estimativa é que para 2012 esse número dobre.

Chafariz na entrada de Infantasia e Marcos Bandeira, da Warner, Jefrey Whalen,VP da Warner e Armando Pereira Filho, CEO do Hopi Hari

Universal anunciará novidades de 2012 em seminários no Rio e SP Anderson Masetto

o que vai ser. Mas ficamos muito contentes em ter A Universal Resorts coisas novas para aprefará dois grandes semisentar a cada ano”, disse. nários, começando pelo Barros acredita que Rio de Janeiro, no dia 14 esta é uma excelente de fevereiro, no Hotel oportunidade para que JW Marriott e seguindo os agentes de viagens Marcos Barros para São Paulo, no dia conheçam melhor os 16 de fevereiro, no Hotel Interprodutos para melhorarem suas continental. O objetivo é anunvendas. “O objetivo é fazer a inteciar novidades dos parques em ração dos agentes com os nossos 2012 e capacitar os agentes de produtos. Teremos a presença viagens de ambos os mercados de personagens e de executivos sobre as atrações da Universal. A que virão de Orlando especialexpectativa, segundo diretor da mente para os eventos”, contou. empresa para a América Latina, Após esses dois eventos, serão Marcos Barros, é que cerca de 250 realizados pelo menos mais 15 treiagentes de viagens em cada uma namentos em diversas cidades dudas cidades sejam capacitados. rante o ano. De acordo com Barros, Ele adiantou que além das novas o calendário ainda não foi definido, atrações “Meu Malvado Favorito” e mas a meta é capacitar pelo menos “The Amazing Adventures of Spider 2 mil agentes de viagens em 2012. Man”, os profissionais que participaOutra novidade que deverá ser rem dos eventos terão ainda duas apresentada em fevereiro é o novo novidades dos parques da Universal profissional de Relações Públicas em 2012. “Ainda não posso adiantar da Universal para a América Latina.

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Enquanto o Visa Waiver não vem para o Brasil, a capacidade de processamento de vistos para brasileiros deve aumentar em 40% nos próximos 12 meses, conforme anunciou, em meados de janeiro, o presidente dos Estados Unidos, Barak Obama, em Orlando, Flórida. A ordem executiva divulgada pela Casa Branca pediu aos ministérios envolvidos para preparar um plano em 60 dias que assegure que 80% das solicitações de vistos sejam atendidas em até três semanas nos dois países considerados alvo: Brasil e China. “Queremos mostrar ao mundo, especialmente às pessoas destes dois países com uma classe média em expansão, que a América está pronta para os negócios”, disse o presidente norte-americano. Um dos motivos para esta medida é o crescente aumento nos gastos de brasileiros nos Estados Unidos. Em 2010 o aumento foi de 30% em relação ao ano anterior, chegando a US$ 5,9 bilhões. A meta do governo americano é processar 1,8 milhão de vistos em 2013. Em 2011 fora 820 mil em todo o Brasil.

China, fazendo-os economizar dinheiro e estimulando-os a, mais uma vez, escolher os Estados Unidos como destino de viagem. No entanto, dado que a segurança nacional continua sendo nossa prioridade, pessoas identificadas como de alto risco permanecem sujeitas a novas entrevistas”, dizia o comunicado do Departamento de Estado norte-americano, que não especifica, entretanto, a data em que o programa entra em vigor. De acordo com o comunicado do governo norte-americano, o país precisa de uma estratégia nacional para tornar os EUA um dos destinos mais procurados do mundo como parte de um esforço para estimular a criação de emprego. O número de viajantes provenientes de economias emergentes com crescente classe média - como China, Brasil e Índia - está projetado para crescer 135%, 274% e 50%, respectivamente, em 2016 quando comparado a 2010. Segundo a US Travel, o Brasil segue sendo Top Priority não somente para a associação, que seguirá fazendo todo o lobby necessário para incluir o Brasil no Visa Waiver, mas também para a administração federal que reconhece a importância do mercado brasileiro.

Na expectativa pelo Visa Waiver, notícia repercute no setor

11


12 Fevereiro de 2012 - 1ÂŞ quinzena


Fevereiro de 2012 - 1ÂŞ quinzena

13


HOTELARIA

Vela Branca moderniza empreendimento e estima aumento na ocupação em 2012 Mariana Martins

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

O Vela Branca Resort Hotel é cenário de um importante polo turístico do Brasil: Porto Seguro, na Costa do Descobrimento. Edificado sobre uma falésia, o hotel tem área de 120 m² e vista da orla e da cidade de Porto Seguro. O Vela Branca foi construído originalmente em 1972. Entretanto, somente no ano de 1995, foi demolido o antigo Vela Branca, e

iniciada a construção do Vela Branca Resort Hotel, que foi inaugurado no ano de 1997. São 125 apartamentos, sendo 45 apartamentos standard, nove luxo, 61 duplex e 10 suítes super luxo. Todos equipados com ar condicionado split individual, frigobar, tv a cabo, cofre, telefone, secador de cabelo, além de varanda com redes. O MERCADO & EVENTOS conversou com o diretor geral do hotel, Luis Fernando Oliveira,

14

Luiz Fernando Oliveira, diretor geral do Vela Branca e áreas como apartamento, piscinas e o espaço para eventos e convenções

sobre obras de modernização, análise de 2011 e metas para 2012. O diretor conta que modificações na estrutura tiveram início em 2010 e devem ser concluídas ainda em 2012, com a modernização do empreendimento como um todo. Recentemente, foram realizadas pequenas obras de modernização, como ampliação da área de A & B da piscina, com a construção de uma churrasqueira e forno de pizza, substituição do piso dos banheiros e reforma de parte do mobiliário. Quanto aos serviços, o Vela Branca preza pelo

aperfeiçoamento e treinamento do pessoal para se adequar ao mercado. Para melhor servir seus hóspedes, o Vela Branca tem realizado reformas de modernização das instalações, a exemplo da substituição das fechaduras eletrônicas por outra, de tecnologia moderna e mais eficiente; além da substituição dos equipamentos da cozinha e do mobiliário dos apartamentos. Oliveira garante que essas obras continuarão no decorrer de 2012. Entre os diferenciais do hotel, o diretor enumera as opções de lazer e a estrutura do Vela Branca. “Oferecemos ainda diversas opções de lazer: três piscinas – duas para adultos e outra infantil; dois bares; restaurante com culinária nacional e internacional, e capacidade para 240 pessoas; snack restaurante com capacidade para 120 pessoas; bar aquático; fitness center; equipe de recreação para adultos e crianças; massagem de relaxamento; sauna; duas quadras de tênis; campo de futebol; salão de jogos e quadra de vôlei de praia. Também dispomos de um completo centro de eventos para palestras e seminários com capacidade para 350 pessoas, duas salas que comportam entre 80 e 100 pessoas, e duas salas de reunião com capacidade para 40 pessoas cada, além, é claro, de recursos de apoio e business center”, comentou Oliveira. Perguntamos ao diretor se 2011 tinha sido um bom ano para a hotelaria, ao que ele respondeu, “Acredito que sim. Diversos fatores vêm contribuindo para o sucesso, um deles é o constante trabalho de marketing e promoção, através da participação em eventos e feiras de turismo e hotelaria, onde buscamos divulgar o empreendimento e mantê-lo no mercado”. De acordo com Oliveira, o ano que passou foi também positivo para o Vela Branca, atingindo a taxa de ocupação média de 61%. “Os resultados tem sido satisfatórios, uma vez que, estamos conseguindo, após 15 anos de funcionamento, iniciar algumas reformas de modernização do nosso Vela Branca. Isso realmente só foi possível com o trabalho intenso para o aumento de ocupação”, disse. Quanto à constância da ocupação do hotel, mesmo em períodos de baixa temporada, o diretor dá a dica: “Tem determinada época do ano que ocupamos o Vela Branca com um só tipo de cliente. Adequamos, então, os serviços a ele, como por exemplo, a implantação temporária do sistema ‘All inclusive’. Essa é uma versatilidade que a hotelaria moderna tem que ter para conseguir desenvolver e aumentar a captação de clientes”. Apesar da predominância de hóspedes a lazer, o Vela Branca tem recebido cada vez maior público coorporativo, especialmente por conta dos eventos na cidade de Porto Seguro. O diretor do hotel nos conta que são os hóspedes coorporativos que amenizam a queda nos índices de ocupação durante a baixa temporada. Mas como atrair o público coorporativo em uma cidade consagrada como destino de lazer? “Através da participação em feiras e eventos do trade. Também contamos com representação do Vela Branca em São Paulo (capital e interior), Rio Grande do Sul (capital e interior) e também em Curitiba. Além disso, estamos ultimando contratos de representações com Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Acreditamos que estas bases de representação tem sido de fundamental importância para a atração do corporativo e eventos” explicou Oliveira. Para 2012, o Vela Branca tem metas ambiciosas, como elevar a taxa média de ocupação em quatro pontos percentuais, atingindo o patamar de 65%. “Devemos ficar entre 64 e 66% em 2012. Acreditamos também que esse número deverá melhorar a partir de 2013, com a publicidade que estará em evidência com a Copa do Mundo de 2014”, explicou o diretor. Outra meta é superar a dificuldade de reajustar as tarifas, uma vez que o custo fixo tem aumentado expressivamente sem ser repassado integralmente aos preços do hotel. No momento não há planos de reforma ou expansão, mas sim obras de modernização, que ainda continuarão durante o ano. “Acredito que sempre um equipamento novo e/ou modernizado possibilitará inovações no setor, uma vez que mobiliário, iluminação e estrutura física como um todo, pode ser determinante no sucesso das vendas. A outra parte vem com os serviços e atendimento prestado aos hóspedes, que é a base para a satisfação do público e retorno constante ao destino e ao Hotel. Para os próximos anos, em função da Copa do Mundo de 2014, penso que deverá apenas aumentar o número de oferta de leitos, mas as inovações já estão acontecendo a todo momento, até mesmo para a própria sobrevivência e estabilidade do setor”, aposta Luis Fernando Oliveira, quando perguntado sobre as inovações no setor hoteleiro em 2012 e nos próximos anos.


HOTELARIA

Serhs incorpora seu primeiro hotel em São Paulo

Anderson Masetto Desde o último dia 11 de janeiro a rede Serhs conta com três empreendimentos no Brasil. Além do Serhs Natal Grand Hotel e do Serhs Villa da Pipa, ambos no Rio Grande do Norte, a empresa espanhola passou a administrar o Serhs Executive Guarulhos, em São Paulo. Trata-se do primeiro hotel urbano da rede no país, e de acordo com o diretor de Hotelaria da empresa, Josep Maria Serenó, que veio ao Brasil para a inauguração do hotel, não deverá ser o único. “Tomamos uma decisão de empreender novos negócios no Brasil”, revelou. “A grande aposta internacional da empresa no futuro é o Brasil. Com a Europa em crise e o país crescendo da forma como está, nós queremos estar aqui”, complementou. Além do Brasil, a empresa tem negócios no Marrocos e na Rússia. No entanto o Brasil é o único a ter hotéis do grupo fora da região da Catalunha, na Espanha. Serenó reafirmou o compromisso da rede com o Brasil e ressaltou que a a meta é ter mais dois ou três empreendimentos no país até o final do ano. O

alvo principal continua sendo a cidade de São Paulo, porém o executivo disse que o Rio de Janeiro, as demais capitais e os destinos turísticos também interessam. “O Brasil é um país de grandes oportunidades. Especialmente devido a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016. Nosso primeiro foco é São Paulo, estamos há muito tempo no Nordeste, mas mantemos há cinco anos um escritório na capital paulista”, afirmou. O Serhs Executive Guarulhos conta com 126 apartamentos e tem como principal trunfo a proximidade com o Aeroporto Internacional de São Paulo. A diretora de vendas da empresa no Brasil, Mariana Mello, contou que para a conversão de bandeira não foram feitas grandes reformas, mas em breve a recepção deverá passar por uma remodelação. De acordo com Serenó, o principal compromisso da rede com os investidores do empreendimento é a melhoria dos serviços com um aumento gradual da diária média. “A ocupação deste hotel já é alta, com uma média de 70%. Agora queremos agregar valor e serviços para que o hóspede se sinta mais satisfeito. Com isso, vamos poder aumentar a diária média”, finalizou.

Vail Resorts recebe anualmente 60 mil brasileiros nas pistas de esqui Segundo Jennifer, os brasileiros que querem passar A holding Vail Resorts alguns dias nos resorts para anunciou, no final de janeiaproveitar as pistas de esqui, ro, algumas novidades em spas e compras podem obter visita ao Brasil. A operadora 40% de desconto nas tarifas. de resorts de montanha é a “A Teresa Perez, Snowtime e principal nos Estados Unidos a Nascimento Turismo são Jennifer Viditz-Ward e conta com seis estações de algumas das operadoras que esqui em nível mundial. De acordo com oferecem tarifas com 40% de desconto. Jennifer Viditz-Ward, gerente de MarkeTemos ainda em Keystone, três vilas ting da holding Vail Resorts, dos 100 com lojas de Outlet de várias marcas mil brasileiros que costumam esquiar, que encantam a maioria dos brasileiros. ao menos 60 mil passam por uma Vale lembrar que nos últimos seis anos o das estações de esqui da Vail Resorts. número de brasileiros visitando a região “É a terceira vez que venho ao Brasil quadriplicou”, concluiu Jennifer. divulgar a nossa marca. Adoramos reAs estações que fazem parte da holceber brasileiros e esperamos fazer com ding Vail Resorts são: Vail, Beaver Creek, que a experiência vivida nas estações Breckenridge, Keystone, no Colorado, de esqui seja sempre válida”, afirmou. ainda Heavenly e Northstar, na Califórnia. Ana Elisa Teixeira

Costa Atlantico Hotel investe R$ 1 milhão em reforma que 16 deles terão um valor diferenciado para que posO Costa Atlantico Hotel samos trabalhar com tarifas iniciou em agosto de 2011 econômicas porém prestando uma ampliação e modernium serviço de hotel 4 estrelas. zação do empreendimento. Um trunfo para nós”, disse. Para isso, foram empregaDentre as melhorias ela aindos cerca de R$ 1 milhão da citou que todos os quartos Gracielle Lima em investimentos. A previterão TVs de 32“ LCD, ar Split, são de entrega é abril de 2012. Além fechaduras eletrônicas, cofres, secadores, da modernização dos 30 apartamenacesso a internet, apartamentos de catetos já existentes, ao final do procesgoria econômica com frigobar,opção de so mais 20 UHs serão acrescentadas. vista pra piscina ou cidade entre outros. Segundo Gracielle Lima, gerente geral O hotel está situado em São Luis (MA), do hotel, os novos apartamentos foram a menos de 1km da Avenida Litorânea, projetados para atender as necessidades 14 km do aeroporto, 5 km do Centro dos clientes a lazer ou negócios. “Sendo Histórico e Comercial da cidade. Lisia Minelli

NH Hoteles confirma retorno ao Brasil A rede espanhola NH Hoteles anunciou em janeiro que o foco principal do desenvolvimento do grupo passa pelo crescimento na América Latina. Algumas negociações para voltar para o Brasil já iniciaram. De acordo com as previsões para 2012, a empresa espera desempenho cauteloso, porém otimista nos mercados onde atua, com crescimento para o conjunto ano. Mariano Perez Claver, presidente da NH Hoteles, disse que “a companhia está um diamante bruto, apoiado por seus resultados, uma base de ativos de alto valor e algumas equipes com competência profissionais de alta categoria.”

Anderson Masetto O Mavsa Resort, localizado em Cesário Lange - a cerca de 150 quilômetros de São Paulo -, celebra os bons resultados obtidos em 2011. De acordo com o gerente-executivo de Contas do resort, Luciano Bloedau, o empreendimento fechou um ano com um crescimento de aproximadamente 35% de RevPar. A diária média também teve um avanço de 25%, enquanto a ocupação média foi 47% superior ao registrado em 2010. “Este crescimento ocorreu devido ao trabalho que fizemos para o posicionamento da marca”, observou Bloedau. “Além disso, fizemos um trabalho para de-

Luciano Von Bloedau, do Mavsa, e Mari Masgrau, do M&E

senvolver os mercados de eventos e lazer, o que nos ajudou a quebrar um pouco os períodos de sazonalidade”, complementou.

Para 2012, o resort prepara uma série de novidades. A primeira delas deve ser apresentada nos próximos 30 dias e trata-se de uma nova área para as crianças. Está sendo construído um Kids Club com 500 m². Com um pé direito de 7,5m, o espaço terá uma série de brinquedos e jogos eletrônicos para crianças e pré-adolescentes. Ainda em 2012, o resort passará por uma ampliação. Serão 50 novos apartamentos, que devem ficar prontos no mês de outubro. Desta forma, o empreendimento passará a contar com 130 unidades habitacionais. “Serão quartos com 50 m², no mesmo padrão dos que já existem. As obras devem ter início em março”, revelou Bloedau.

Accor nomeia diretor de operações das marcas Mercure, Pullman e MGallery para América Latina A Accor anunciou a nomeação do franco-lusitano Patrick Mendes como diretor de operações das marcas Mercure, Pullman e MGallery para América Latina com reporte direto à Roland de Bonadona, COO do grupo na região. Diplomado na escola hoteleira de Talence e titular de um Master de Gestão pela Université de Savoie e de um MBA pelo I.A.E.-Aix-en-Provence, Patrick iniciou sua carreira em redes internacionais (IHGHolyday Inn, Lucien Barrière/Accor e Forte) e em hotelaria independente, tendo ingressado na Accor em 1993, quando ocupou diferentes responsabilidades na França e em Portugal na divisão de serviços. Em 2004 Patrick Mendes passou a integrar as equipes de distribuição hoteleira onde exerceu desde 2008 as funções de diretor de vendas globais da Accor. Escolhido pela Accor América Latina por sua qualificação e profundo conhecimento de diversos mercados no mundo, e

especialidade em hotelaria upscale e para eventos, é um dos principais executivos do grupo na atualidade, e chega ao Brasil para liderar o importante momento de modernização da marca Mercure, iniciado em 2010, e que já consumiu investimentos de R$ 120 milhões na renovação de 60% da rede. Sua meta agora será complementar esta modernização e expandir a rede, ampliando a presença da marca nos países hispânicos. O executivo também terá como objetivo consolidar e expandir a marca Pullman na região, e avaliar as oportunidades de mercado para trazer e implementar diversas marcas do grupo ainda inéditas na região, como MGallery, marca upscale da Accor que já possui 41 hotéis no mundo, e Adagio, rede de apart-hotéis de alto padrão totalmente equipados para estadias prolongadas, e que já possui 33 hotéis na Europa. “Estou bastante motivado com os desa-

fios que me foram confiados pela Accor global e pela equipe da América Latina. A região, em especial o Brasil, vive um grande momento econômico e certamente só por isto já seria um grande motivador”, declara o executivo. Programa de fidelidade - A Accor colocou o ar um canal exclusivo de informações para os usuários do A Club, programa de fidelidade dos hotéis da rede. A empresa vai utilizar o http://promocaoaclub.com. br/category/beneficios/ para reforçar a comunicação e o relacionamento com os associados, além de facilitar a divulgação das vantagens em serviços e produtos que o programa lança diariamente. Este novo canal de comunicação vai anunciar em primeira mão as vantagens negociadas com parceiros do programa. Também será possível conhecer todos os parceiros e as vantagens que cada um oferece. Os associados poderão ainda efetuar resgates dos pontos acumulados e participar de promoções.

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Josep Maria Serenó, diretor da Divisão de Hotelaria da Serhrs, entre Rita Harvey, gerente geral do hotel, e Mariana Mello, diretora de Vendas da rede

Mavsa comemora bons resultados de 2011 e prepara novidades

15


Associação de Turismo dos Açores

DESTINO

Açores Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

PPedaço d da d cultura lt portuguesa t em meio ao Atlântico Leila Melo A 1.500 quilômetros de Lisboa (Portugal) e em pleno Oceano Atlântico, no extremo da Europa, está a região autônoma dos Açores. Composta por nove ilhas – Santa Maria e São Miguel (grupo Oriental), Terceira, Graciosa, São Jorge, Pico e Faial (Central) e Flores e Corvo (Grupo Ocidental) -, se escondem verdadeiras joias da natureza. Gigantes lagoas azuis emolduradas por flores, crateras profundas formadas por antigos vulcões e cinco séculos de história fazem dos Açores um destino de viagem interessante e diferente. O MERCADO & EVENTOS visitou as duas maiores ilhas: São Miguel e Terceira.

16

São Miguel e suas lagoas Com mais de 746 mil quilômetros quadrados de superfície, o arquipélago ganhou o título de maior dos Açores. De sua capital, Ponta Delgada, o visitante passa por atrações a Caldeira Velha, uma cascata termal a céu aberto. Lá, as temperaturas variam de 25ºC a 30 ºC. De origem vulcânica, a Lagoa do Fogo oferece um cenário deslumbrante. A água é de um azul que vai do escuro anil ao transparente turquesa, contornado por leves pinceladas verdes. Não à toa foi classificada como reserva natural. Outra atração imperdível da ilha é o complexo das Sete Cidades. As duas maiores lagoas – Verde e Azul – formam a Lagoa das Sete Cidades. Há diversos miradouros que levam a uma visão privilegiada das lagoas. Dentro do complexo, não deixe de passar pela Lagoa de Santiago, que mais parece uma taça de água verde, pela Lagoa do Canário e Rasa. Inclua no roteiro uma visita a vila

de Furnas e sua lagoa. Ela fica a 281 metros de altitude e 12 metros de profundidade. E suas dimensões também são superlativas. Tem 1,9 quilômetros quadrados. Além da beleza da própria lagoa, suas caldeiras são as grandes atrações com temperaturas de 61,5 ºC. A vila é formada por caldeiras e 22 nascentes de águas termais. Cada uma delas tem uma funcionalidade diferente. Muitas das lamas são usadas para tratamentos de doenças de pele. Prózimo o área da Lagoa das Furnas está situada a zona de preparo dos cozidos à portuguesa. Em panelas fechadas, o cozido é enterrado em solo vulcânico. As carnes e os legumes saem da terra diretamente para o prato. O cozimento leva em média 5 horas a temperatura de 70º C. Não perca a oportunidade de participar do Festival das Furnas. Todos os anos, no final de junho, os restaurantes locais oferecem pratos feitos pelo calor vulcânico.

Associação de Turismo dos Açores

Produtos exóticos em terras açorianas A Ilha de São Miguel também é o lugar certo para a degustação de produtos mais exóticos. O chá é um deles. Além dos tradicionais chá verde e preto, são produzidas infusões especiais como a orange pekoe. A produção é intensa até hoje e a maior parte é feita na fábrica Chá Gorreana. Se estiver na ilha entre abril e outubro aproveite para assistir a colheita das folhas. Ela acontece sempre às 8h30 e 16h. Trazida para servir como planta ornamental, o ananás se tornou uma alternativa de economia de cultivo em São Miguel. A ilha produz cerca de 90 mil frutos por ano e exporta para diversos países da Europa. Na parte central de Ponta Delgada, qualquer semelhança com Lisboa não é mera coincidência. O ponto central de São Miguel, em Ponta Delgada, foi construído justamente para imitar a arquitetura da capital portuguesa.

Terceira, patrimônio histórico

Associação de Turismo dos Açores

Lagoa vulcânica do Spa Ferraria tem águas a 30 graus, Manta verde domina ilha Terceira e Descida ao Algar do Carvão

Os ananases prontos para degustação e Chás verde, preto e orange pekoe

Uma hora de voo separa a ilha de São Miguel da ilha Terceira. Terceiro arquipélago a ser descoberto nos Açores, tem como sua capital, Angra do Heroísmo. Durante mais de um século, Angra ancorava naus carregadas com ouro e prata das Américas e as especiarias do Oriente. Por isso, era preciso se proteger. A maneira encontrada foi a construção das grandes Fortalezas de São Sebastião e São Filipe/ São João Baptista e de outros 40 fortes que encostavam na ilha Terceira. Toda a cidade foi desenvolvida em uma das baías nascidas do extinto vulcão de Monte Brasil. As primeiras casas de Angra estão posicionadas em colinas, ruas íngremes e estreitas. Saindo de Angra e indo para a área de Doze Ribeiras, a atração é o mirante de Raminho. É também de lá que foi instalada a antiga vigia da baleia. Elas costumam aparecer entre os meses de abril e outubro. Se a ideia for entender melhor os fenônemos vulcânicos da ilha Terceira, agende uma visita às Furnas de Enxofre e ao Algar do Carvão. No primeiro, o destaque são as pequenas nuvens de vapor expelidas pelas quase 20 fumarolas existentes no verde da mata. Vá também no Algar do Carvão, uma depressão bem profunda a 550 metros de altitude. Reserve um dia para subir a Serra do Cume. Seu ponto

mais alto está situado a mais de 500 metros de altitude. A manta verde do pasto e dos campos de milho intermediados pelos brancos das poucas casas que ali se baseiam convidam o visitante para uma experiência surreal. Sem contar as simpáticas vacas que com suas duas cores embelezam ainda mais esse cenário. Tradição e cenários únicos Os festivais de touradas com corda, são eventos tradicionais na ilha Terceira. Chamada de “tourada à corda”, a brincadeira consiste em enfrentar um touro amarrado por uma longa corda. As touradas acontecem de 1º de maio a 15 de outubro e chegam a reunir cinco mil pessoas. Pelos arredores do arquipélago, o turista encontra pedaços da cultura açoriana. Vá na antiga fábrica artesanal de queijo da Terceira. Passada de geração para geração, o Queijo Vaquinha produz três tipos de queijos, inclusive uma versão apimentada. Outra curiosidade da Terceira são os coloridos impérios do Espírito Santo, Cada um tem uma arquitetura e pintura diferente Eles estão espalhados por toda a ilha Terceira. Ao todo, são 68 impérios. Capital da ilha Terceira no início de povoamento, a cidade de Praia de Vitória vale um passeio, de pelo menos, um dia. Dê uma volta pela marina e pela praia. Não deixe de fazer fotos dos dois rochedos do ilhéu das Cabras, vestígios de uma cratera afundada em meio a imensidão do mar.


Associação de Turismo dos Açores

AVIAÇÃO

Avianca terá 20 voos diretos diários operados no Rio em 2012 Anabel Moutinho

SkyTeam apresenta o novo programa de benefícios da SkyPriority Ana Elisa Teixeira A SkyTeam anunciou em meados de janeiro o projeto global SkyPriority, distinta marca de serviços aeroportuários oferecido para a primeira classe e para a classe executiva. O objetivo da SkyPriority é assegurar um nível de serviço comum e eficaz para os serviços aeroportuários que é considerado prioridade em toda a aliança. “A implementação do programa será feito pelas companhias associadas. Dos 900 milhões de passageiros em todo mundo, cerca de 5% terão acesso aos benefícios da SkyPriority”, afirmou Victor Cruz, coordenador da SkyTeam para América Latina. O programa tem previsão de início para março de 2012 somente em hubs selecionados, por outro lado todo o processo de implantação dependerá dos associados da SkyTeam. A SkyPriority será implantada em pelo menos 800 estações ao longo dos próximos meses, alcançando mais aeroportos no início de 2013. “Foram investidos € 7 milhões para o lançamento do SkyPriority. México, Holanda, França e Itália serão uma das hubs que te-

rão o benefício. Para o Brasil ainda não temos previsão”, ressaltou Cruz. Os serviços serão marca nos aeroportos em todo o mundo e o indicador SkyPriority será exibido nas passagens dos passageiros no embarque. O conceito da marca será aplicada a cada identidade de cada companhia aérea, permitindo que os passageiros reconheçam os serviços da SkyPriority em qualquer aeroporto. “Primeiro consolidaremos a China. Já estamos com a China Eastern e China Southern como membros. Depois temos grande interesse em investir na Índia e no Brasil. Com certeza estamos estudando a possibilidade”, contou Cruz. A SkyTeam oferece aos seus clientes mais de 14.500 voos diários para 926 destinos em 173 países. Atualmente com 15 membros associados, Aeroflot, Aeromexico, Air Europa, Air France, Alitalia, China Airlines, China Eastern, China Southern, Czech Airlines, Delta Air Lines, Kenya Airways, KLM Royal Dutch Airlines, Korean Air, Tarom e Vietnam Airlines, a SkyTeam terá mais quatro empresas até o final de 2012. São elas: Saudi Arabian, Air Liban, Aerolíneas Argentinas e Xiamen Airlines (China).

Juan Torres, M&E, Joaquin Quintero, da Aeromexico e Victor Cruz, coordenador da SkyTeam para América Latina

Tarcisio Gargioni e equipe da Avianca

forto. Compensamos o preço praticado na quantidade de passageiros”, destacou Gargioni. A empresa é a única companhia aérea brasileira a ter classificação A no Selo Anac em conforto de poltronas.

Sobre a possibilidade de novos destinos, o VP afirmou que em 2012 a Avianca vai se centrar em melhorar os serviços aonde já opera e vê, por enquanto, como única possibilidade de novo destino sain-

do do Rio de Janeiro, a cidade de Maceió. Para 2012 é esperado pela companhia um aumento de 65% da oferta de assentos, em 2011, foi de 37%. Em relação ao tráfego doméstico a expectativa é de crescimento de 84% contra os 38% alcançados em 2011. No Rio de Janeiro os vinte voos diários vão representar uma média de 750mil passageiros por ano dos 5,4 milhões esperados no país para 2012. Até 2015, a Avianca fez uma previsão de investir R$2,7 bilhões. Tarcisio Gargioni encerrou: “Agradeço a presença de vocês, porque se não estivermos juntos não vamos a lugar nenhum”. O evento contou com a presença de cerca de 60 agentes.

Trip quer transportar 8 milhões de passageiros em 2012 Anderson Masetto Os números referentes a 2011 ainda não estão consolidados, no entanto, a Trip Linhas Aéreas espera que se confirme um avanço de 60% no faturamento em relação a 2010, com R$ 1,2 bilhão, e cerca de 5,3 milhões de passageiros transportados. As metas para este ano são agressivas. A companhia pretende crescer pelo menos 50% em faturamento e transportar 8 milhões de passageiros. Os destinos atendidos, hoje 88, devem chegar a 95 até o final do ano. As informações são do diretor Comercial da empresa, Evaristo Mascarenhas, que recebeu, no final de janeiro, o vice presidente-executivo do Grupo Folha Dirigida, Roy Taylor, e a diretora de Marketing Internacional da Folha do Turismo/Mercado & Eventos, Rosa Masgrau, na sede da empresa, em Campinas. De acordo com o executivo, um dos motivos que impede um crescimento ainda maior da Trip é a infraestrutura dos aeroportos no país. Ele explicou que existem diversas cidades pequenas e médias que contam com demanda, mas seus aeródromos não permitem uma operação da companhia. “Isso reduz a nossa capacidade de expansão. Mas vamos continuar a nossa missão de desenvolver novos destinos”, disse. Mascarenhas ressalta que mesmo atendendo as capitais, a companhia continua procurando novos destinos que demandam rotas regulares para os hubs atendidos pela Trip. “Não queremos a classe C, D ou E. Nosso foco é a classe I, de interior”, destacou. “O papel da Trip na aviação civil brasileira é justamente desenvolver novos mercados. Tanto que temos 30 destinos exclusivos no país”, completou. Nordeste – No final de janeiro a companhia recebeu mais um ATR 72. A aeronave vai atender o voo que liga as principais capitais nordestinas. A frequência começa em breve e será a terceira da Trip nesta rota. A segunda entrou em operação no final de janeiro. “Este voo entre as capitais nordestinas era muito demandado. Os que existiam

antes com outras empresas eram à noite e no meio da tarde. Por isso não atendia as necessidades dos passageiros corporativos”, contou. “As nossas frequências chegam pela manhã e saem no final do dia”, complementou. Internacional - Neste verão, a Trip fez os seus primeiros voos internacionais. Por meio de fretamentos de operadoras de Manaus e de Porto Alegre, a companhia voou para St Marteen, Aruba e Buenos Aires. A operação, segundo Mascarenhas, irá se repetir no Carnaval. No entanto, ele revela que a companhia já se prepara para voos

mais altos neste quesito. “Esses primeiros voos foram uma experiência importantíssima. Já estamos em processo para receber o certificado IOSA para operar voos internacionais regulares”, disse. Embora confirme que já existem estudos sobre os destinos que devem ser contemplados, Mascarenhas não revela quais serão as primeiras frequências internacionais da Trip. “Claro que não vamos voar Guarulhos-Buenos Aires. Teremos opções diferentes, como voos mais próximos das fronteiras”, adiantou. A previsão é de que isso ocorra entre o final de 2012 e início de 2013.

Evaristo Mascarenhas, diretor de Marketing e Vendas da Trip, entre Roy Taylor e Rosa Masgrau, do M&E

Área de controle dos voos

Interior e exterior do simulador. Trip é segunda maior operadora de ATRs do mundo

Desembarques registram recorde em 2011 Os desembarques domésticos e internacionais bateram todos os recordes históricos em 2011. Foram 79.049.171 de desembarques domésticos, resultado 15,8% maior que os 68.258.268 de 2010. O mês de dezembro também foi recorde: 7.039.826 chegadas, contra 6.499.031 registradas no mesmo mês do ano passado. Na avaliação do ministro do Turismo, Gastão Vieira, os dados resultam do aumento da renda do brasileiro, do interesse em colocar o turismo entre as prioridades de consumo e das facilidades de acesso ao crédito no país. “Viajar pelo Brasil está nos planos de uma em cada três famílias brasileiras. Governos e iniciativa privada trabalham para que os turistas realizem esse sonho, levando na bagagem o desenvolvimento do país”, afirmou. A atividade turística

corresponde 3,6% do PIB brasileiro. Os voos internacionais também registraram um resultado inédito: 9.005.165 desembarques em 2011, que corresponde a um crescimento de 13,95% em relação aos 7.902.531 desembarques de 2010, configurando-se no mais alto número verificado desde o início da série histórica, em 2000. Assim como no setor doméstico, o mês de dezembro de 2011 também registrou o recorde com 735.362 desembarques internacionais, numa variação de 6,5% sobre os 689.898 apurados em dezembro de 2010. Os aeroportos que mais receberam voos domésticos em 2011 foram: Internacional de Guarulhos, com 8,8 milhões; Congonhas, com 8,3 milhões; Internacional de Brasília, com 7,2 milhões ; Internacional do Galeão, com 5,3 milhões e Santos Dumont, com 4,2 milhões.

Infraero prevê investimentos de R$ 2 bi em 2012 Anderson Masetto A Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) deve ter investimento recorde neste ano. A previsão é de que o órgão disponha de aproximadamente R$ 2 bilhões, conforme informações do superintendente de Controladoria, Elismar Lopes. O valor é quase o dobro do investido em 2011, que chegou a R$ 1,1 bilhão. Ele ressaltou que boa parte destes recursos seriam destinados aos aeroportos de Brasília, Guarulhos e Campinas. No entanto, como estes estarão sob o sistema de concessão, serão feitos ajustes para beneficiar mais aeroportos. Para este ano, a perspectiva é de que as obras de reforma e ampliação dos aeroportos de Guarulhos, Confins, Manaus, Galeão e Curitiba entrem em fase mais avançada de execução. Além disso, estão em andamento processos

licitatórios nos aeroportos de Fortaleza, Florianópolis, Cuiabá, Salvador, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Macaé, Goiânia e Aracaju, ainda para este início de 2012. Lopes explicou que mesmo no regime de concessão, a Infraero continua responsável por alguns equipamentos, por isso, Brasília, Guarulhos e Campinas, ainda receberão alguns recursos. “A nossa proposta de orçamento, elaborada em julho, está em R$ 2 bilhões, com investimentos em vários aeroportos e novos terminais. Este valor contempla a finalização de algumas obras e o início de outras”, contou Lopes. O executivo explicou que este orçamento inicial deve sofrer alguns ajustes em função do Regime Diferenciado de Contratações (RDC), sistema que atende obras para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016. “Vamos adequar este orçamento para atender outros aeroportos, já que Brasília Guarulhos e Campinas vão

entrar no sistema de concessão”, disse. Segundo Lopes, entre as principais obras previstas, estão as do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro, que vai contar com R$ 200 milhões, o aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, com R$ 270 milhões e o aeroporto de Brasília, com R$ 131 milhões. “Além das obras, esses recursos também são aplicados em manutenção nos nossos aeroportos. São melhorias que também são muito importantes”, justificou. A Infraero encerrou o ano de 2011 com a maior execução orçamentária de investimentos de sua história, chegando a R$ 1,145 bilhão, o que corresponde a 76% do orçamento revisado para o ano passado, que foi de R$ 1,513 bilhão. Trata-se do maior percentual de execução dos últimos cinco anos, cuja média foi de 48%. O crescimento em relação a 2010 foi de 77,5%, quando foram executados R$ 645 milhões.

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Em 2012, a Avianca vai ter vinte voos diretos diários operados no Rio. Será acrescentado mais um voo na ponte aérea Santo Dumont- São Paulo, em março, totalizando nove; um para Florianópolis; um para Recife; dois para Brasília; dois para Guarulhos; dois para Belo Horizonte e três para Salvador. O único voo que saia do Santos do Dumont para Salvador vai ser transferido para o Galeão, o que mostra a política da companhia apontada pelo vice-presidente Comercial e Marketing da Avianca, Tarcisio Gargioni: “Vamos centrar nossas ope-

rações para operar com consistência”. Tarcisio Gargioni esteve na segunda quinzena de janeiro no Hotel Marina Palace, Rio de Janeiro para segundo ele “um encontro de amigos com os agentes. Bater um papo que já estava devendo”. O encontro na capital fluminense segue, segundo Gargioni, a política da companhia, para este ano, de focar no Rio de Janeiro, principalmente no aeroporto Galeão. Outra novidade apresentada foi o voo para Brasília que ganha como novidade a troca da aeronave Folker por um Airbus A319. Isso demonstra outra política da companhia para os próximos anos. “Vamos praticar preços similares à concorrência, mas oferecendo maior con-

17


FEIRAS Fitur 2012

GastãoVieira quer desonerar gastos do turista estrangeiro

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Mario Brizon e Rafael Massadar

18

O ministro do Turismo do Brasil, Gastão Vieira, participou da Fitur 2012, principal feira de Turismo da Espanha, que aconteceu em Madri, entre os dias 18 e 22 de janeiro. Em entrevista exclusiva ao M&E, ele destacou os bons números do turismo no Brasil, com grande fluxo de movimentação dos turistas e acredita que, mesmo com a crise, este ano novos recordes poderão ser alcançados, com um 2012 tão bom ou melhor que 2011. No entanto, segundo ele, é preciso desonerar os gastos dos turistas estrangeiros no Brasil em alguns aspectos. Vieira falou ainda das novas diretrizes para o mercado internacional, inclusive com mudanças no modelo do cooperado brasileiro para as grandes feiras de turismo. “Temos que facilitar a vida do turista estrangeiro no Brasil, ter uma pauta para desonerar alguns aspectos dos gastos do turista

Ministro Gastão Vieira, com sua esposa Denize, o embaixador do Brasil em Madri, Paulo Cesar Campos, o secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli e Roy Taylor, do M&E

estrangeiro no Brasil, para que ele gaste mais e diminuir os custos do turismo interno, para que os brasileiros possam viajar mais pelo Brasil e gastar mais. Por aí, vamos começar a equacionar o déficit da balança comercial no setor do turismo”, disse. Os grandes eventos que o país vai sediar também foram tema de comentário

Turismo GLBT brasileiro é destaque na Espanha antes da Fitur

Heitor Ferreira Filho, da Abrat-GLS

Juan Pedro Tudela, da New Era Consulting

Marco Lomanto, diretor da Embratur

do ministro, bem como suas preocupações para com o setor no país. Vieira mostrou-se preocupado em estimular o setor interno, com boas condições de infraestrutura, para bem recepcionar os turistas, com a garantia de condições que viabilizem o crescimento do setor no país. “Dentro dos 65 destinos indutores, apoiar obras de infraestrutura turística

que permitam aos destinos receberem bem esses turistas que virão para assistir a Copa do Mundo, que nós estimamos em 600 mil. Desejamos que 25% deles visitem outros destinos, além daquele da sua permanência, na sede em que seu país vai jogar”. O ministro falou ainda sobre a reciprocidade dos vistos, reconhecendo ser muito importante para o Brasil o crescimento da entrada de turistas americanos, assim como os turistas brasileiros hoje são imprescindíveis para o turismo e a economia americana. “O Ministério do Turismo vai ajudar o Ministério das Relações Exteriores a contratar o pessoal necessário para trabalhar nos consulados brasileiros e assim facilitar a emissão do visto para o nosso país, além de outras ações que estamos combinando com o Itamaraty”. Terceiro destino turístico do mundo - Ele ressaltou que os números mostram que o Brasil está vivendo

um bom momento, os turistas brasileiros são desejados no exterior e o mercado interno está aquecido, mas reconhece que faltam políticas do turismo. “Precisamos ter políticas que permitam o Brasil, cada vez mais, focar no seu principal cliente que é o turista internacional, aproveitar os grandes eventos para fazer com que o turista permaneça mais e gaste mais no país. O mais importante é aproveitar esse rescaldo todo para definir uma política de turismo a longo prazo e fazer aquilo que é o principal objetivo do Plano Nacional de Turismo, fazer com que o Brasil, até o ano de 2022, seja o terceiro destino turístico do mundo”, disse. FT Brasil - A revista Folha do Turismo Brasil circulou na Fitur com 12 mil exemplares distribuídos gratuitamente para os profissionais e público final presentes à feira, tanto no estande próprio do M&E/ FT quanto no cooperado da Embratur. O M&E fez a cobertura online, com entrevistas em vídeo, matérias e galerias de fotos.

Embratur anuncia ações para feiras O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Antônio Lomanto, antecipou na Fitur informações sobre o novo estande brasileiro que tem a sua estreia confirmada para a ITB de Berlim, em março, e algumas novas regras de ocupação das mesas e módulos para próximos eventos internacionais. Segundo ele, o novo estande terá mais elementos tecnológicos, como grandes telas de led, para tanto, ele pediu aos re-

presentantes dos estados que enviem de forma urgente, para o Departamento de Marketing da Embratur, novas imagens em alta resolução. “Nas próximas feiras, as inscrições dos cooperados serão realizadas on line com prazo aberto de abril a setembro. A cobrança retornará e também será feita pela internet. Terão prioridade aqueles que fizerem suas inscrições primeiro”, afirma. Como parte das ações de promoção

do Brasil durante a Fitur, a Embratur realizou publicou imagens turísticas em uma das estações de metrô mais movimentadas de Madri, a do Campo de Las Naciones, onde foram estampadas alguns dos atrativos turísticos do país, dentro da campanha “O Brasil te chama. Celebre a vida aqui”. N.R.: veja na página 3 desta edição uma entrevista completa com o diretor da Embratur.

Rosana França, da Bahiatursa entre Rodrigo Correa e Peter Jordan, da OMT

A Embratur realizou no Hotel Melia Castilla, em Madri, antes da Fitur, o Seminário LGBT com o objetivo de divulgar os destinos e produtos brasileiros do setor, além de enaltecer o potencial do país. Estiveram presentes profissionais de diversos setores e representantes da Embaixada do Brasil na Espanha e da Organização Mundial do Turismo (OMT). O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, enfatizou que o Brasil possui diversos destinos para o segmento LGBT. São Paulo e Rio de Janeiro são consideradas as capitais gays da América do Sul por oferecerem, além de opções de lazer, um menor grau de preconceito. A capital pernambucana Recife vem se destacando como um dos principais destinos de homossexuais no Brasil. Ele citou ainda a Bahia, Amazonas, Bonito e lembrou de Florianópolis, que vai sediar o congresso mundial do turismo do setor este ano. “O Brasil tornou-se o principal destino gay da América Latina. Para aproveitar a demanda, o Governo Federal vem capacitando diversos setores do turismo para que a recepção deste turista seja cada vez melhor. Tudo isso com uma meta, transformar o Brasil em um dos principais destinos LGBT do mundo”, disse. Para Lomanto, um exemplo para que a consolidação do plano seja mais rápida, foi a conquista do Brasil para sediar o evento anual da International Gay & Lesbian Travel Association (IGLTA) que acontece na primeira quinzena de abril, em Florianópolis (SC), primeiro evento do segmento na América do Sul. “É a primeira vez que a IGLTA acontece na América Latina. Com ela vamos tentar fazer com que o turista que procure o país para este tipo de turismo continue por mais tempo.” O representante da Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes (Abrat-GLS), Heitor Ferreira Filho, fez discurso semelhante. Além de apresentar um histórico do segmento no Brasil, o executivo fez questão de enaltecer que a cooperação técnica realizada pelo órgão com o Ministério do Turismo vem gerando bons frutos. “Essa estratégia vem fazendo com que cada vez mais empresas invistam no setor. Ele lembrou que o segmento é o que mais gasta, quase o

dobro de um turista heterossexual e que a captação do evento da IGLTA é o reconhecimento de que o país encontra-se preparado para receber turistas LBGTs de todo mundo. Já a Organização Mundial do Turismo (OMT) representada por Peter Jordan, responsável pelo estudo sobre o setor, disse que um dos motivos para o crescimento do mesmo foi a legalização da união estável de homossexuais e que isso foi a melhor propaganda que o Brasil poderia ter feito. “Com isso, as viagens de lua de mel transformaram-se em um mercado que envolve milhões de dólares por ano.” O organizador do seminário LGBT na Fitur, Juan Pedro Tudela, da New Age Consulting, encerrou as apresentações dizendo que é necessário estudar o setor para conseguir números expressivos economicamente. Ele citou como exemplo a Espanha, que aprendeu com seus erros. ITB - Em reunião durante a Fitur 2012, foram traçadas as metas para a divulgação do segmento LGBT do Brasil, bem como o Congresso da IGLTA que será realizado em Florianópolis, de 12 a 14 de abril deste ano. Participaram da reunião o diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, o diretor executivo dos Membros Afiliados da Organização Mundial do Turismo, Javier Blanco, o diretor de Marketing da Santa Catarina Turismo (Santur), Flávio Agustini, e o diretor da Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes (Abrat GLS), Heitor Ferreira. Foram acertadas as ações promocionais que serão realizadas durante a feira ITB, de Berlim, na Alemanha, que acontecerá de 7 a 11 de março. Já estão confirmados dois eventos: no dia da abertura, às 17 horas, no estande cooperado do Brasil e no dia 9, em um café dentro do Messe Berlin, local onde ocorre a feira com um coquetel. Os objetivos principais desses eventos são de promover o segmento LGBT do Brasil e divulgar toda a programação do Congresso da IGLTA, que acontece em Santa Catarina.

Michael Barkoczy, Roy Taylor, Luis Paulo Luppa e Domingos Leonelli

Rodrigo Correa, da OMT, Juliana Fagundes, da Embratur e Hildebrando Barboza, da Embaixada do Brasil em Madri

Carlos Vazquez, da Esferatur e Juarez Cintra Filho, da Ancoradouro

Gustavo França, da Visual e Rosa Masgrau, do M&E

Augusto Guedes e Oswaldo Freitas, da Nascimento, com Marcelo Paolill, Micheal Barkoczy, Domingos Amorim e Guilherme Amorim, da Flytour

Roselene Medeiros e Kelma Silva, do Amazonas

Luciana Canto, Tasso Gadzanis e Marisa Marrocos, da SPTuris

Teté Bezerra, secretária de Turismo do MT e Tânia Barteli, secretária de Turismo de Cuiabá

Ministro Gastão Vieira recepciona o Príncipe das Astúrias, Felipe de Bourbon

Carlos Alberto Amorim Ferreira, da CL, Jorge de Jesus, da Tam, Antonio Azevedo, da Abav, Pedro Ribeiro, do Dom Pedro e Luis Moura, da Citur

Gina Robinson, do RN, Luiz Mór, da Tap e Jeanine Pires, da Fecomercio

Monica Samia e Marco Ferraz, da Braztoa

Ana Beatriz Farias, da Setur-PE e João Paulo Gomes, de Recife

Ministro Gastão Vieira com exemplar da FT Brasil, entre o embaixador, Paulo César Oliveira e Rosa Masgrau, do M&E

Luiz Fernando Moraes, de Porto Alegre

Flávia Oliveira, da Trend


A chef brasiliense Mara Alcamim

Domingos Leonelli, Márcio Favilla e Antonio Paula

Marco Lomanto, da Embratur, com a baiana Lucicleide, o ministro Gastão Vieira e sua esposa, Denize

Os doces brasileiros aguçaram a noite espanhola

As deliciosas frutas tropicais brasileiras

Gastronomia brasileira exaltada na noite madrilenha

Fitur sediou Foro de Lideranças Turísticas Exceltur 2012

Juan Carlos, Rei da Espanha,Taleb Rifai, secretáriogeral da OMT e Mariano Rajoy, primeiro ministro

O tema deste ano do Foro de Lideranças Turísticas Exceltur 2012, realizado no dia 17 de janeiro, antes da abertura da Fitur, foi “Turismo, motor de crescimento e emprego: políticas para estimular a competitividade” e teve a organização da Exceltur e da Organização Mundial do Turismo (OMT) e colaboração da Fitur. O fórum teve o objetivo de desenvolver as pautas que marcarão a evolução do setor turístico nos próximos anos, além de apresentar as oportunidades de colaboração que podem surgir entre os participantes para que o turismo siga sendo uma ferramenta chave na política econômica dos países. O primeiro ministro da Espanha, Mariano Rajoy, abriu o evento e anunciou as linhas de atuação em que se centrará o Executivo para impulsionar o turismo na Espanha, que tem um papel crucial na recuperação da economia e geração de empregos. Durante a Exceltur, que contou com a presença das principais lideranças mundiais do turismo tanto de setor público como privativo, se analisou como o setor de turismo manteve o seu crescimento, apesar da crise econômica mundial que afetou diversos outros setores e países.

Sven Boen, da GMG e Thiago Pacos, da Costa do Sauípe

Flávio Agustini, de Santa Catarina

Luiz Raposo, do Orient Express

Ruth Avelino, presidente da PBTur

Felipe González, de Foz do Iguaçu

pratos de origens indígenas; do Nordeste e Sudeste, pratos de origens africanas; do Sul, pratos de variadas origens; e do Centro-Oeste, os mais tradicionais”, disse. Mais de 300 pessoas provaram caipirinha, caldo de feijão, acarajé com pimenta forte, pastel, entre outros. O diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, ressaltou a importância do mercado espanhol para o Brasil, dizendo que o mesmo sempre esteve entre os dez principais emissores de turistas. Depois de fornecer alguns números, Lomanto reforçou as vocações turísticas brasileiras de lazer e gastronomia, muito ligadas ao gosto do turista espanhol, mas também os grandes eventos que o país vai sediar nos próximos anos, citando nominalmente a Copa do Mundo

de Futebol de 2014 e os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. “Sabemos que os espanhóis dão muito valor à gastronomia, por isso decidimos apresentar nesta noite uma pequena mostra da rica culinária brasileira, capaz de agradar aos mais diversos gostos”, disse. Já o ministro do Turismo, Gastão Vieira, elogiou a iniciativa da Embratur em realizar o evento em um local tão importante para a histórica gastronômica de Madri. “Este tradicional local, o Mercado San Miguel, tem grande valor para os madrilenhos, igualmente localizado junto à Plaza Mayor, bem próximo do restaurante mais antigo do mundo (El Sobriño de Butin, inaugurado em 1725, localizado há apenas duas quadras)”, disse. O

ministro ressaltou o trabalho do governo brasileiro que colocou no mercado consumidor nos últimos anos cerca de 40 milhões de pessoas. “Muitas das quais contribuem diretamente para o crescimento do mercado de turismo”, acrescentou. Vieira ressaltou a característica de dinamismo do mercado de turismo e voltou a elogiar a Embratur pela escolha da chef que elaborou os pratos da noite. “A Mara Alcamim é uma das mais brilhantes chefs do Brasil e vai dar esta noite uma demostração de nossa rica gastronimia!”, disse. O ministro também exaltou a execução da música brasileira pelo DJ da noite. “A Bossa Nova retrata nossa alegria, nosso prazer de viver e nossa capacidade de bem receber os turistas”, acrecentou.

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Na do dia 18, ainda como parte da programação do primeiro dia da Fitur 2012, a Embratur realizou o coquetel “Disfrute Brasil”, uma viagem pela gastronomia, sabores e a cultura de nosso país. O evento, realizado no tradicionalíssimo Mercado San Miguel, reduto cultural e culinário da cidade, contou com a presença de autoridades, diplomatas, formadores de opinião, empresários e representantes de diversos setores do turismo espanhol, que puderam provar de quitutes típicos da culinária brasileira, especialmente elaborados pela chef Mara Alcamim. A chef disse que, ao elaborar os petiscos para a noite, optou por selecionar pratos populares do Brasil. “Temos elementos das regiões brasileiras. Do Norte,

19


FEIRAS Fitur 2012

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

1º Salão Baiano de Turismo é lançado na Espanha O secretário de Estado de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, divulgou o Salão Baiano de Turismo e a Feira dos Municípios. O evento será realizado entre os dias 15 e 18 de março deste ano, no Parque de Exposição de Salvador, capital do estado. Para ele, o evento será o primeiro totalmente dedicado à venda do destino Bahia. “A vantagem é que o Salão será realizado junto com a Feira dos Municípios. Além de mostrar toda a diversidade das diferentes regiões da Bahia em um só lugar, centenas de municípios vão expor sua música, gastronomia e manifestações culturais”, informou. A Feira e o Salão vão seguir o programa de interiorização do desenvolvimento do Turismo, em sintonia também com

Marco Lomanto, Gastão Vieira, baiana Lucicleide, Domingos Leonelli, Rosana França e Márcia Regis

o Programa Nacional de Regionalização do Turismo. Tudo isso, aproveitando a atualização dos agentes de viagens realizada pelo Governo do Estado em parceria com o Ministério do Turismo. O

destaque fica para o pavilhão totalmente destacado para a mulher baiana. No Salão também poderá ser encontrado todo o artesanato das regionais. Leonelli também apresentou o projeto ao ministro do Turismo, Gastão Vieira. Segundo o secretário, as 13 zonas turísticas da Bahia, compostas por mais de 150 municípios, estarão representadas. A expectativa é que o evento receba 20 mil pessoas. Empresas como Tam, Tap e Air Europa já confirmaram a participação. O MERCADO & EVENTOS será o media partner oficial do evento. Os agentes que quiserem participar e obter mais informações devem mandar e-mail para rfranca@bahiatursa.ba.gov.br até o dia 26 de fevereiro.

John Tanzella, presidente da IGLTA

Rosa Masgrau, do M&E, entre Eduardo Jiménez e Shawn Barret, da Geotour Solutions

Domingos Leonelli e Roy Taylor firmam parceria para o Salão Baiano de Turismo

20

Milhares de revistas da FT Brasil foram distribuídas na Fitur

Daniel Santos, da Trend

Graciliano Navarro, da Tap

Jorge Naoum, da FIT Buenos Aires

Eliseu Barros, do Marina Park Hotel

Geovanildo Júnior, do Mato Grosso

José Eduardo Barbosa, da Flot

Lucas Davis, da Master Receptivo

Leonelli e Luppa falam das ações para o Workshop Trend O secretário de Estado de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli e o presidente da Trend Operadora, Luis Paulo Luppa, anteciparam algumas das ações que serão realizadas no Workshop da Trend, em setembro, em Atibaia. A Bahia será o grande destino do evento. “Vamos ter uma área maior que no ano passado e com um destino forte este ano”, disse Leonelli. Ele comentou ainda sobre a expectativa de participar do Workshop e que vai levar a grande diversidade da Bahia para o evento. Luppa, por sua vez, elogiou a força do Turismo na Bahia, lembrando que é um dos estados mais importantes do país. Ele citou também as novas contratações da operadora, com destaque para o ex-CVC, Fernando del Cistia, que foi anunciado

recentemente e mencionou que o Departamento de Lazer da Trend, lançado em meados do ano passado, já está avançando, mas que ainda está passando por um processo de aprendizado e recebendo os ajustes necessários, mas que a adesão dos agentes de viagens foi muito positiva. Já Daniel Santos, vice-presidente da Trend Operadora, encontrou-se com Luiz Raposo, diretor de Marketing da rede Orient-Express e recebeu a notícia de que em oito meses de parceria a operadora já está entre as Top 5 em vendas do Copacabana Palace e no Hotel das Cataratas, em Foz do Iguaçu. “E os planos para este ano incluem intensificar essa parceria com promoções exclusivas para aumentar ainda mais esse volume de vendas”, informou o executivo.

Confira algumas novidades anunciadas na Fitur Flytour Viagens – O presidente da Flytour Viagens, Michael Barkoczy, esteve na Fitur com outros integrantes de sua equipe com o objetivo de consolidar acordos e captar novos fornecedores no mercado internacional. “A Flytour Viagens sai da Fitur com todos os produtos organizados para, ainda no primeiro semestre, levar um monte de novidades para o agente de viagem”, disse. Sobre a chegada de Claiton Armelin na empresa, ele disse que esse profissional representa “a parte do corpo que faltava”, com isso posiciona a operadora como uma das principais no setor de vendas nacionais. “Tanto no internacional como no nacional, a Flytour vai trazer muitas novidades para os agentes de viagens”, declarou. O executivo falou ainda da parceria com os agentes de viagens, para isso está incrementando a sinergia com eles, investindo em ferramentas e sistemas que facilitem o trabalho dos agentes e as vendas. A Flytour prepara para a realização de roadshows para capacitação dos agentes de viagens em diversas cidades Porto Alegre - O secretário de Turismo de Porto Alegre, Luiz Fernando Moraes, confirmou que no início de abril vai deixar o cargo para poder se candidatar a uma vaga de vereador na capital do Rio Grande do Sul nas eleições deste ano. A intenção do executivo é de preservar toda a atual estrutura funcional da secretaria. Em relação à Associação Nacional dos Secretários e Dirigentes de Turismo das Capitais e Destinos Indutores (Anseditur), instituição da qual é presidente, Luiz Fernando deve seguir no cargo até o mesmo período, em função de o seu atual vice, Cláudio Tinoco, presidente da Saltur, também se candidatar a vereador na capital da Bahia. Em função desse quadro, cuja situação não está prevista nos estatutos da Associação, a Anseditur vai examinar a questão na sua próxima reunião, que deverá ser realizada em março.

Marcus Rossi e Eduardo Zorzanello, do Festuris

Oscar Ghezzi, da Câmara de Turismo da Argentina

Luana Oliveira e João Gabriel Pinheiro, da Match Connections, Grupo Águia

Aloisio Mendes, da AmTours

Antonio Cordeiro, da Tourplans

Jorge Nascimento e Giselda Camargo, do Rio Grande do Sul

Maria Badakh, da MITT Rússia

Fernando Santos e Danilo Gonçalves, da Aviesp

Patrick Krahl, do MTur

Rafael Massadar, do M&E

Tam divulga Brasil para espanhóis A Tam Linhas Aéreas reuniu no dia 19 empresários espanhóis e autoridades brasileiras para celebrar a diversidade e a gastronomia brasileira. O jantar realizado no restaurante Rubaiyat, especialista em carne, pode se tornar o “Dia do Brasil na Espanha”, durante a feira em Madri, como declarou o diretorgeral da Tam Airlines para os mercados da Espanha e Portugal, Jorge de Jesús. Após o vídeo promocional da Tam destacando suas rotas no Brasil, o diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, exaltou a importância do merca-

do espanhol para o país e anunciou que a capital espanhola vai receber um escritório da Embratur até julho deste ano. “Neste ano vamos apostar muito no marketing promocional do nosso país por causa da Copa do Mundo e das Olimpíadas. Por isso, a Tam, uma parceira, tem essa responsabilidade de cada vez mais ligar a Península Ibérica ao Brasil”, disse. Anunciando também que a participação do Brasil na Fitur de 2013 será ainda maior. Entre os dez principais emissores de turistas para o Brasil, a Espanha recebeu elogios do ministro do Turismo, Gastão

Jorge de Jesús, Gastão Vieira, e Paulo César de Oliveira Campos. ao lado, o casal espanhol apredendo a fazer caipirinha

Vieira, que convidou todos os presentes para visitar o país. “Agradeço a todos por acreditarem no Brasil. Um país que tem como sua principal característica a alegria. Deixo o meu convite para todos conhecerem um país que vem batendo recordes e mais recordes no turismo.” Caipirinha - A tradicional bebida brasileira fez sucesso com os espanhóis presentes no evento. O barman brasileiro, Medeiros, ensinou aos convidados o segredo e os ingredientes da caipirinha. Houve degustação e aula prática com quem quisesse fazer o drink durante o jantar.

Visual - Gustavo França, diretor da Visual Viagens, informou que a segunda edição do Workshop da Visual, que será realizada este ano no dia 13 de junho, em São Paulo, no WTC, já está com 85% dos espaços de fornecedores comercializados. O tema do evento é “Um caso de amor com os agentes de viagens”, e segundo França, a previsão é de receber cerca de 4 mil agentes de viagens. O executivo foi à Fitur para fechar também a participação de fornecedores internacionais, e já conseguiu alguns resultados neste sentido. “Já fechamos com fornecedores da China, Portugal, Egito e Turquia”, informou. O sucesso do evento no ano passado fez com que a Visual trocasse de local, deixando de realizar o evento na Daslu. Com isso, passou de 120 para 190 fornecedores. “Nosso índice de satisfação no evento do ano passado beirou os 100%, agora temos um desafio de fazer um evento neste ano ainda melhor”, concluiu. Foz do Iguaçu – Durante a Fitur, a cidade de Foz do Iguaçu recebeu o Prêmio Excelências, do Grupo Excelencia. A premiação que existe há 15 anos tem como tradição reconhecer destinos ou personalidades que promovem o turismo, a cultura e o desenvolvimento do trade. O filho de Sílvia Zorzanello, Eduardo Zorzanello, ao lado de Marcus Rossi, diretores do Festival do Turismo de Gramado, entregaram para o secretário de Turismo de Foz de Iguaçu, Felipe González, o Prêmio Excelências Silvia Zorzanello In Memoriam 2012, “pelo trabalho e esforço conjunto do Brasil e Argentina por ser uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo”. “É o reconhecimento de uma campanha que já dura anos, conquistado graças ao trabalho conjunto das autoridades. Tenho certeza de que o prêmio proporcionará uma repercussão ainda maior a favor das Cataratas”, avaliou o secretário. Brasília - A Secretaria de Turismo do Distrito Federal lançou o Blog “Vem viver Brasília” (www.vemviverbrasilia.blogspot.com) e apresentou o novo material impresso de divulgação do destino. Na página eletrônica, quem deseja conhecer a capital vai ver que a cidade tem muita coisa para se fazer, além do Turismo Cívico. Terceiro polo gastronômico do país, Brasília apresenta um gama de sabores. Pode-se comer da alta gastronomia aos mais saborosos peticos, da comida japonesa a italiana, da nordestina a gaúcha. Segundo Deniza Gurgel, da Comunicação de Secretaria de Turismo do GDF, a estruturação de novos roteiros é uma das metas da gestão atual. “Preparamos um blog para apresentar os atrativos turísticos e culturais da capital, a fim de incentivar o turista a conhecer a grande diversidade de produtos turísticos do Distrito Federal”, informou. Turismo de Aventura e Ecoturismo, Turismo Religioso e a agenda cultural também podem ser conferidos. No blog e no novo material de divulgação, a Setur detalha Brasília como um todo. Além de roteiros integrados, como Pirenópolis, Pantanal e Chapada dos Veadeiros. Argentina - O número de turistas brasileiros na Argentina deve crescer 10%. Dado que, segundo o presidente da Câmara de Turismo da Argentina, Oscar Ghezzi, será alcançado facilmente. O Brasil já é o maior emissor de turistas para a Argentina. Neste ano, o Ministério do Turismo argentino divulgou um estudo que mostra a primeira razão da viagem dos brasileiros, com 31% da preferência estão as compras, seguidas pela oferta cultural (25%) e pelo entretenimento e diversão (23%). A lista traz ainda esportes (11%), natureza (5%) e turismo rural (4%) como motivos de visita de brasileiros à Argentina. “Para o projeto econômico argentino é fundamental a entrada de turistas brasileiros em nosso país. Antes, apenas Buenos Aires e Bariloche eram conhecidos, atualmente, além dessas cidades, lugares como a Patagônia, Mar del Plata e o norte do país também são muito procurados. Estamos em negociações permanentes com empresas aéreas brasileiras para aumentar cada vez mais o ingresso em novos destinos”, disse.


OMT calcula um bilhão de chegadas internacionais de turistas em 2012

Divulgação OMT

(+ 5%), do que nas emergentes (+ 3,8%). “O turismo internacional bateu novos recordes em 2011 apesar das difíceis condições”, disse o secretário geral da OMT, Taleb Rifai, que completou: “Para um setor que é responsável diretamente por 5% do PIB mundial, 6% das exportações totais e do emprego de uma em cada 12 pessoas tanto nas economias avançadas quanto nas emergentes, os resultados são alentadores, especialmente ao chegarem em um momento em que necessitamos urgentemente de atividades que estimulem o crescimento e a criação de empregos”. Entre os dez principais destinos turísticos, as chegadas subiram significativamente nos Estados Unidos (12%), Espanha (9%), Hong Kong (+25%) e Reino Unido (7%). No topo dos mercados gastadores, os principais emissores emergentes são: China (+38%), Brasil e Índia (32% cada) e Rússia (21%), seguidos de mercados tradicionais, com o crescimento das despesas dos viajantes da Alemanha (4%) e Estados Unidos (5%).

Taleb Rifai e diretores da OMT apresentaram os números

Cintia Coelho, da Marsans Brasil

Fabiano Silva e Milson dos Anjos, do Hotel Parque da Costeira

Maira Dalcin, de Foz do Iguaçu

Fabiany Fortes e Alessandra Fernandes, do Mato Grosso do Sul

Maíra Chianca, da Reed Alcantara

Celestino Morgado, empresário hoteleiro e José Anjos, da Trend

Xavier Martín Canals, da Turijobs e Rosa Masgrau, do M&E

Maurinei Santos, da Inter Mundial

Carlos Braga, de Recife e Elizandra Cristina, do Olé Brasil Festival

Mauro Figueiredo, do Sol Express

Rafael Felismino e Tereza Neuma, de Fortaleza

Maria Helena Santana, do Tivoli

Mario Brizon, do M&E e Márcio Favilla, da OMT

Estande da Lan

Estande do Equador

Estande do M&E e FT na Fitur

Estande da Argentina

Estande do Peru

Baiana Lucicleide e índia Tatiana evoluem na dança no estande do Brasil

Confira alguns dos principais dados divulgados no Barômetro da OMT 2011 Europa - Apesar da incerteza econômica, as chegadas de turistas para a Europa atingiram 503 milhões em 2011, representando 28 milhões dos 41 milhões de chegadas internacionais adicionais registradas em todo o mundo. Ásia e Pacífico - Ásia e Pacífico (+6%),registraram aumento de 11 milhões de chegadas em 2011, atingindo um total de 216 milhões de turistas internacionais. Sul da Ásia e Sudeste Asiático (ambos com crescimento de 9%). Se beneficiaram da demanda intraregional forte, enquanto o crescimento foi comparativamente mais fraco no Nordeste da Ásia (4%) e Oceania (+0,3%), em parte devido ao declínio temporário no mercado japonês emissivo. Américas - A região das Américas (+4%)

registrou um aumento de seis milhões de chegadas, atingindo 156 milhões no total. A América do Sul, com 10%, pelo segundo ano consecutivo, continuou a liderar o crescimento. América Central e Caribe (ambos +4%) mantiveram as taxas de crescimento de 2010. A América do Norte, com um aumento de 3%, atingiu os 100 milhões turistas em 2011. África - A África manteve as chegadas internacionais em 50 milhões, com o ganho de dois milhões nos destinos subsaarianos (+7%), compensado pelas perdas na África do Norte (-12%). O Oriente Médio (-8%) perdeu cerca de cinco milhões de chegadas de turistas internacionais, totalizando 55 milhões. No entanto, alguns destinos como a Arábia Saudita, Omã e Emirados Árabes Unidos sustentaram crescimento constante.

OMT vai eleger vice-presidência dos membros afiliados na ITB O diretor executivo da Organização Mundial do Turismo, Márcio Favilla, compareceu à Fitur e informou que está incentivando que mais órgãos, associações e empresas do Brasil venham a aderir aos membros afiliados da OMT. A Santa Catarina Turismo (Santur) que já anunciou que vai formalizar sua solicitação de ingresso na OMT durante o Congresso da IGLTA, que aconterá em abril, em Florianópolis. Ele confirmou também que a Abrasel associou-se recentemente. A Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes (Abrat GLS) vai levar a ideia de formalizar o pedido de ingresso como membro afiliado da OMT para análise junto à sua diretoria e, segundo Heitor Ferreira, presidente da Abrat GLS, a possibilidade é vista com

bons olhos. Tasso Gadzanis, vicepresidente da São Paulo Turismo, em conversa com Rodrigo Correa, da OMT, disse que também vai avaliar a possibilidade de ingressar a SPTuris como membro afiliado. Favilla também informou que durante a ITB, feira internacional de Turismo que acontecerá de 7 a 11 de março em Berlim, na Alemanha, haverá a eleição para a vicepresidência dos membros afiliados da OMT. Três entidades brasileiras ocupam atualmente essa posição: a Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), a Associação dos Roteiros de Charme e a Confederação Brasileira de Convention & Visitors Bureaux (CBCVB). Essa eleição ocorre a cada dois anos. As novas candidaturas ainda estão em fase de articulação.

Pascal Pigolet, da Castelo Viagens

Fátima Vila Maior, da BTL

Rosângela Gonçalves, do Windsor e Adriana Vils, da Del Bianco

Luz Marina, da ITB

Patricia Storni, da Brasil 4 Senses e Heitor Ferreira, da Abrat GLS

Orlando Giglio, do Iberostar

Juan Pedro Tudela, da OMT

Stella Borzilo, da Embaixada do Brasil em Madri e Denize Vieira, esposa do ministro Gastão Vieira

Nuno Ferrari, do Olissippo Hotels

Torres Filho, da Evidencia e Liliana Couto, da Clássico

Diversidade de atrativos turísticos brasileiros foi tema principal da revista FT Brasil na Espanha

Capoeira atraiu grande público ao estande do Brasil

Marcus Rossi, Felipe González, Eduardo Zorzanello, Marcelo Sanchez e José Santiago, na entrega do prêmio para Foz do Iguaçu

Valeria Pereira, da Zil Travel

Roberto Sanovicz, da ADV Tour

Rosane Palha, da Havas Creative Tours

Deniza Gurgel e Isabel Toschi, do Distrito Federal

Vânia Mendes, da Rentamar

Revistas FT Brasil foram também distribuídas no estande do Brasil

Patrick Ramos, da Embratur

Márcia Migliacci, da Riotur e Márcia Pessôa, do Rio CVB

Mariana Rosa, da Passion Brazil

Milton Pimentel, da Master Operadora

Roberto Pereira, da CTI-Nordeste

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

A Organização Mundial do Turismo (OMT), divulgou dia 16, em Madri, a previsão de que as chegadas de turistas internacionais em todo o mundo deverão atingir a marca histórica de um bilhão neste ano. Segundo dados do último Barômetro OMT do Turismo Mundial, em 2011 o crescimento foi de 4% em comparação a 2010, alcançando 980 milhões de chegadas internacionais, contra 939 milhões do ano retrasado. Embora em um ritmo mais lento, as chegadas devem aumentar entre 3% e 4% este ano. Economias emergentes devem recuperar a liderança com um crescimento mais forte na Ásia, no Pacífico e África (4% a 6%), seguida pelas Américas e Europa (2% a 4%). O Oriente Médio (0% a +5%) deve começar a recuperar parte de suas perdas de 2011. Por região, a Europa apresentou os melhores resultados (+ 6%), e nas subregiões, a América do Sul (+ 10%) foi a de maior crescimento. Contrariamente ao ocorrido nos anos anteriores, o crescimento foi maior nas economias avançadas

Claudio Garon e Tjibbe de Boer, da Embaixada do Brasil em Madri

21


AGENDA

PASSAPORTE

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena

Minastur terá foco em Sustentabilidade

22

A sétima edição do Minastur, que acontece no dia 8 de março na Serraria Souza Pinto, em Belo Horizonte, terá este ano um foco maior na questão da sustentabilidade. Segue a resposta da diretora Cláudia Miranda sobre sustentabilidade. “A Promove cederá um espaço para a Asmare – Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Material Reciclável de BH, visando colaborar com a conscientização da implantação da gestão sustentável no cotidiano, junto aos expositores e público, divulgando o trabalho desta associação e lhe destinando os resíduos sólidos do evento, entre outras ações”. Segundo as empresárias Maria Sílvia de Moraes e Cláudia Miranda, o evento já se consolidou como gerador de negócios e oportunidades para o mercado de Minas. A exemplo das edições anteriores estão confirmadas diversas caravanas de agentes de viagens de várias cidades próximas, além de outros estados. “Teremos caravanas do Espírito Santo e do Rio de Janeiro além de cidades do interior de Minas”, lembra Maria Sílvia. Ainda dentro da programação do evento um dos destaques será a edição das Secretarias Executivas de Minas. Até o momento estão

confirmadas representantes de mais de 80 empresas. Já em relação ao Salão de Exposições estão confirmados entre os mais de 350 expositores distribuídos por 130 estandes delegações da Argentina, de Israel e do Uruguai que participa pela primeira vez. “Apenas da Argentina estão confirmados a presença de 35 representantes de hotéis e operadoras locais”, adiantou Maria Sílvia. Já Claudia Miranda destaca que a cada ano o evento vem despertando mais e mais o interesse das operadoras. “Para esta edição temos confirmados pelo menos representantes de 35 operadoras”, lembrou Cláudia. O evento é uma realização da Promove Eventos, responsável pelos maiores eventos do ramo de turismo profissional. Conta com patrocínio da CVC, Tam, BHC&VB e Secretarias de Turismo de Paraíba, Sergipe e São Luis do Maranhão; e apoio da Girau Operadora. A festa de encerramento acontece no Hard Rock Café de Belo Horizonte e terá o patrocínio da secretaria de Turismo de São Luís. Paralelamente ao evento, a exemplo das últimas edições, será realizada mais um Festival do Pão de Queijo. Informações pelo site: www.promoveeventosgo.com.br

Rio é de Vocês abre temporada de workshops por São Paulo O Rio é de Vocês inicia calendário de 2012 com dois workshops: dia 13 de março no Hotel Braston, em São Paulo e no dia 29 de março em Curitiba com a participação de expositores de empresas do trade turístico carioca e fluminense entre hotéis, parques temáticos e órgãos de Turismo. Nilo Sergio Felix, subsecretário de Estado de Esporte e Lazer e um dos coordenadores do projeto, afirma que “O incentivo aos estados vizinhos como São Paulo, é importantíssimo para fomentar o aumento de turistas em nosso estado, principalmente neste momento em que estamos nos estruturando para os megaeventos; Rio+20 – Conferência das Nações Unidas para o Desenvolvimento Sustentável em junho de 2012, Copa das Confederações em junho e Jornada Mundial da Juventude em julho de 2013, Copa do Mundo em 2014 e Olimpíadas de 2016”. As rodadas de negócios acontecerão das 16h as 20h horas com exibição de um DVD institucional com as regiões

do Estado do Rio de Janeiro e sorteios de passagens aéreas com hospedagem para os profissionais que comparecerem a estes eventos. Nestes workshops os expositores apresentarão aos profissionais de turismo que comparecerem a estes eventos, pacotes promocionais para férias de julho, temporada segundo semestre 2012, réveillon e carnaval 2013 na capital fluminense. O Rio é de Vocês conta com apoio da Secretaria de Estado de Turismo, Turisrio, Secretaria de Estado de Esporte e Lazer, Rio Convention & Visitors Bureau, Riotur, ABIH-RJ e Tam como empresa aérea oficial. O projeto vem sendo realizado ininterruptamente há 22 anos com objetivo de promover, comercializar e divulgar os produtos turísticos deste estado nos principais mercados nacional e internacional. Informações pelo site: www. orioedevoces.com.br

BTL reúne 400 operadores para divulgar mercado europeu A BTL – Feira de Turismo de Lisboa 2012, que acontece de 29 deste mês a 4 de Março, quer se firmar como uma plataforma de negócios entre a Europa e os países de expressão portuguesa. A BTL 2012 que vai ter grande enfoque nas tecnologias lançou uma aplicação para smartphones com sistemas iOS e Android, em que disponibiliza para expositores e visitantes “acesso a tudo o que precisam de saber sobre o certame”, bem como quais os descontos exclusivos aplicados pelos expositores para os visitantes. Entre as novidades tecnológicas está o Canal “A minha agenda” onde o agente poderá escolher quais os eventos a que pretende assistir e adicioná-los à sua agenda, criando o seu programa de atividades; conferências e expositores por ordem alfabética, por categoria e através do mapa da feira, patrocinadores por ordem de importância; Promoções exclusivas de cada expositor; mapa da exposição e acesso a galerias de imagens e vídeos; Guia YouGo Lisboa A Braztoa levará dezenas de operadores turísticos brasileiros para Portugal. A Tap transportará boa parte dos 400 compradores de todo o mundo à BTL. Durante

o evento serão assinados acordos entre a BTL e a Abav, para troca de participações, como entre a Abav (associação) e Apavt, no sentido de cada uma das entidades acolher associados da outra. O Brasil como país convidado apresentará o novo layout do cooperado da Embratur. Na noite do dia 1º está previsto um evento no cooperado que terá 825 metros quadrados. A ideia é oferecer aos visitantes novas intervenções tecnológicas no estande, colocando-o com mais vida, aproveitando mais a Marca Brasil. A Gastronomia e a cultura regional também serão destaque. O MERCADO & EVENTOS também estará presente ao evento com um amplo estande próprio próximo ao cooperado. Além de fazer uma cobertura completa da feira com entrevistas em vídeo e galerias de fotos, serão distribuídos milhares de exemplares da edição FOLHA DO TURISMO BRASIL especialmente editada em português com matérias sobre os principais destinos e produtos turísticos brasileiros. Informações pelo site: www.btl.fil.pt

Salão Baiano acontece junto com a Feira dos Municípios A primeira edição do Salão Baiano de Turismo que acontecerá este ano, de 15 a 18 de março, no Parque de Exposições da Bahia, será realizada em paralelo a Feira dos Municípios. Em um só espaço estarão sendo divulgados os atrativos das 13 zonas turísticas da Bahia, com mais de 150 municípios, onde será dada ênfase às suas riquezas geográfica, gastronômica e artesanal. Durante o evento estão previstas manifestações culturais e uma mostra da gastronomia regional. Já o Salão do Turismo terá uma programação com debates, seminários, Rodada de Negócios e mostra de produtos. Os organizadores esperam um público de mais de 20 mil pessoas/dia que devem participar da feira. Além da diversidade do interior, o Salão contará com grandes atrações artísticas. Uma das atrações é o Espaço “Bahia Século XXI, Salto para o Futuro” onde serão apresentados projetos para o estado a serem implementados nos próximos anos. Haverá ainda uma área destinada a mostra da Agri-

cultura familiar com produção associada ao turismo, com casa de farinha, alambique e outras atrações para o público. Esta prevista também uma área de recreação infantil com pôneis, charretes e outras atrações para as crianças. A área de exposição será destinada as secretarias municipais de turismo. O secretário da Bahia, Domingos Leonelli confirmou a presença da Tam, Tap Air Europa e do Grupo Horizonte (Iberojet) no Salão Baiano de Turismo, o que garante a participação de agentes e operadores de viagem dos principais mercados emissores de turistas para a Bahia. A Organização Mundial do Turismo (OMT) também participará do evento, em um estande próprio, com apresentação de painéis exclusivos sobre o Turismo Sustentável. O evento tem o apoio da União dos Municípios da Bahia e é uma realização da secretaria de Turismo da Bahia. Informações pelo site: www.bahia.com.br

Nastur vai reunir 550 profissionais em Comandatuba Pela primeira vez o Encontro Nascimento Turismo (Nastur) será realizado fora do Estado de São Paulo. O local escolhido é o Transamérica Ilha de Comandatuba (BA). “Vamos fechar as comemorações do 50º aniversário da Nascimento Turismo com chave de ouro”, afirmou Plínio Nascimento, diretor Geral da operadora. Em 2012, o Nastur chega a sua 10ª edição que acontece de 15 a 18 de março. A organização do evento estima a presença de 350 agentes de viagens. Ao todo, o 10º Nastur reunirá 550 profissionais, entre agentes de viagens, expositores e equipe da Nascimento. Durante o encontro, estão previstas diversas ações em parceria com o resort para estimular os agentes a comer-

cializarem o Transamérica Ilha de Comandatuba. O evento em si mudará todo seu formato. As capacitações em salas ganharão uma nova dinâmica onde os expositores terão que usar a criatividade para apresentarem seus produtos e serviços aos agentes de viagens. A premiação dos destaques em vendas Nascimento no ano de 2011 será mantida. No sábado, dia 17 de março, a operadora homenageará as dez agências com maior volume de vendas e aquelas empresas que mais se destacaram por região. Nessa categoria, serão distribuídos sete prêmios (São Paulo; Interior de SP; Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Santos, Brasília e Ribeirão Preto). Informações: www.nascimento.com.br

>> Conforme antecipou o M&E, a Tam anunciou a contratação de José Luiz Cunha, ex-diretor da Embratur, como novo gerente geral para o Peru. Ele assume com o desafio de aumentar a visibilidade da marca da companhia aérea naquele país, onde está presente desde outubro de 2008, divulgando-a entre as agências de viagens e consumidores finais que viajam a negócios ou a lazer. “Nosso cliente voa principalmente para São Paulo. Em parceria com órgãos que promovem o turismo no Brasil, queremos mudar esse cenário para que os passageiros peruanos conheçam outros destinos, como o Nordeste brasileiro, uma região realmente encantadora. Além disso, vamos investir para que os clientes corporativos viajem cada vez mais conosco”, afirma José Luiz. Com passagens pela Embratur, Ministério do Turismo e também pela Varig, Cunha já trabalhou no Peru entre a década de 70 e o ano 2000. >> A MSC Cruzeiros terá nesta temporada 25% de crescimento na oferta em relação à última temporada. “Superamos 200 mil passageiros na América do Sul. Para a temporada 2012/2013 a expectativa é de 250 mil passageiros. Estamos confiantes para trazer navios maiores futuramente. A MSC Cruzeiros espera que a estrutura portuária brasileira tenha uma melhora e que os custos sejam menores”, afirmou Adrian Ursilli, diretor Comercial da MSC Cruzeiros. >> A Air France oferece para seus passageiros um novo serviço personalizado no aeroporto de Paris - Charles de Gaulle. Os clientes podem usufruir do serviço de acompanhamento de um agente da Air France durante seu trajeto no aeroporto, com prioridade para: partidas, conexões e desembarque. Também inclui outros serviços. A assistência personalizada no aeroporto tem preço inicial de 200 euros, mais impostos, para acompanhamento de até quatro passageiros por agente. >> O Busch Gardens, localizado em Tampa, conta com mais uma atração desde o final de janeiro. Trata-se do Animal Care Center, onde os visitantes tem a oportunidade de observar bem de perto os cuidados e tratamento dos animais, podendo até mesmo participar desses procedimentos. “Temos muito orgulho dos cuidados que damos aos nossos animais”, disse o vice-presidente de Operações Zoológicas do Busch Gardens, Mike Boos. >> Com o intuito de dar aos agentes de viagens melhores ferramentas para ajudar seus clientes a maximizar suas férias nos vários destinos Disney, como o Walt Disney World Resort, na Flórida e Disneyland Resort, na Califórnia, Patrick Yvars, gerente de Vendas para o mercado brasileiro e Cone Sul da America Latina, realizará um seminário de treinamento de vendas em São Paulo, no dia 6 de fevereiro de 2012 >> Punta Del Este, Uruguai, foi alvo de uma ação de divulgação e promoção turística da Capital gaúcha, com o tema “Surpreenda-se com Porto Alegre”. A Secretaria de Turismo de Porto Alegre aproveitou o movimento de público no espaço central da cidade uruguaia para divulgar a diversidade gaúcha na cultura e na gastronomia, a qualidade receptiva, atrativos e roteiros turísticos da capital do Rio Grande do Sul. >> Carlos Faustino, ex-diretor da LocarAlpha, anunciou seu desligamento da empresa. Ele informou que deixa o cargo por motivo de saúde. Para todos, deixou seu e-mail particular (faustino-carlos@uol.com.br) e diz que seus telefones continuam os mesmos. >> O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio se reuniu com o ministro do Turismo, Gastão Vieira, para discutir a implantação do programa Vale Hospedagem. A iniciativa tem como objetivo proporcionar aos trabalhadores descontos em folha de pagamento de despesas com hospedagem e pacotes turísticos a preços promocionais. >> A administração do Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro implementou novas regras para o trânsito no local e passou a proibir o acesso de veículos não credenciados ao setor de desembarque. A saída é utilizar o estacionamento, quase sempre lotado, e que cobra uma taxa mínima de R$ 6,00 para a primeira hora. >> A Anseditur firmou convênio com o Instituto Brasileiro de Desenvolvimento Econômico e Social (IBDES) para o desenvolvimento da primeira feira de Turismo do país em um ambiente totalmente virtual que oferecerá aos destinos turísticos brasileiros a possibilidade de ficarem em exposição durante 24 horas nos sete dias da semana. O endereço www.nossafeiranaweb.com/destinosdobrasil estará disponível no dia 31 de março, quando a Anseditur fará o lançamento da novidade na internet. >> A Gol anunciou que a demanda doméstica apresentou em dezembro de 2011 crescimento de 2,8% no mercado doméstico em relação ao mesmo período do ano anterior, principalmente em função do maior volume de tráfego de passageiros no mercado nacional durante o período dos feriados. A taxa de ocupação doméstica atingiu 65,5%. Em relação a novembro de 2010, houve aumento de 8,5% na demanda doméstica principalmente em função do maior número de dias operados e da sazonalidade. >> A participação da Gol e também da Tam no mercado doméstico em dezembro de 2011 foi de 75,52% contra 81,13% no mesmo mês de 2010. Esse índice aumentou a participação de mercado de empresas menores em 29,75%, comparando dezembro de 2010 e de 2011. Comparados os dois anos completos, o índice fica em 21,75%. No último mês de 2011, a procura pelo transporte aéreo doméstico cresceu 7,27%. No acumulado de 2011, a expansão foi de 15,72%, >> Durante a Fitur 2012, na Espanha, a Associação Brasileira de Turismo para Gays, Lésbicas e Simpatizantes (Abrat-GLS) anunciou parceria com a Brazil 4 Senses para divulgar o estilo de vida do segmento GLS do Brasil em todo o mundo. De acordo com o presidente da Abrat-GLS, Heitor Ferreira, a prioridade será o mercado espanhol por tudo que o país conquistou nesta área.

o jornal de maior circulação no mercado de turismo

www.mercadoeeventos.com.br

Presidente Adolfo Martins Vice-presidente Executivo Roy Taylor (roytaylor@folhadoturismo.com.br) - (55-21) 3233-6319 Diretor de Redação Mario Brizon (mario.brizon@folhadoturismo.com.br) - (55-21) 3233-6263 Diretora de Marketing Internacional Rosa Masgrau (rosamasgrau@folhadoturismo.com.br) - (55-21) 3233-6316 Diretora Geral de São Paulo Mari Masgrau (mari.masgrau@folhadoturismo.com.br) - (55-11) 3123-2247 Diretor de Projetos Especiais Juan Torres (juan.torres@folhadoturismo.com.br) - (55-11) 3123-2222 Editora Natália Strucchi (natalia.strucchi@folhadoturismo.com.br) - (55-21) 3233-6263 Chefe de Reportagem Luiz Marcos Fernandes (luiz.fernandes@folhadoturismo.com.br) - (55-21) 3233-6262 Chefe de Reportagem SP Leila Melo (leila.melo@folhadoturismo.com.br) - (55-11) 3123-2240 Diretor de Internet Fernando Martins | Diretora de Planejamento Andréa Martins Diretor Jurídico José Manuel Duarte Correia | Gerência de Tecnologia GRM | Designer Daniel Costa Reportagem Rio (55-21) 3233-6353 | Reportagem São Paulo (55-11) 3123-2239/2240 Ana Elisa Teixeira (anaelisa.teixeira@folhadoturismo.com.br) | Anabel Moutinho (anabel.moutinho@folhadoturismo.com.br) Anderson Masetto (anderson.masetto@folhadoturismo.com.br) | Fernanda Lutfi (fernanda.lutfi@folhadoturismo.com.br) Lisia Minelli (lisia.minelli@folhadoturismo.com.br) | Mariana Martins (mariana.martins@folhadoturismo.com.br) Rafael Massadar (rafael.massadar@folhadoturismo.com.br) Atendimento ao leitor mercadoeeventos@mercadoeeventos.com.br - (55-21) 3233-6353 Departamento Comercial Rio de Janeiro (55-21) 3233-6319 | São Paulo (55-11) 3123-2222 Geraldo Ramos (geraldo.ramos@folhadoturismo.com.br) | Leila Barcellos (leila.barcellos@folhadoturismo.com.br) Renata Araújo (renata.araujo@folhadoturismo.com.br) Representante Comercial em Brasília CPM Consultoria Planejamento Mídia Ltda. (márcio@marketingcpm.com.br) (55-61) 3034-7448 / SHN Quadra 2 - 15º Andar - Salas 1514/1515 / Executive Office Tower - Brasília/DF - CEP 70702-905 Representante Comercial nos Estados Unidos Brazil Travel Media - Claudio Dasilva ( www.braziltm.com - claudio@braziltm.com) +1 (954) 647-6464 / 401 E Las Olas Blvd # 130 - Fort Lauderdale - Florida - 33301 - USA Rio de Janeiro Rua Riachuelo, 114 - Centro - Cep 20.230-014 - Telefone e Fax (55-21) 3233-6201 São Paulo Rua Barão de Itapetininga, 151 - Térreo - Centro - Cep 01042-001 - Tels (55-11) 3123-2222 - Fax (55-11) 3129-9095 Os artigos e opiniões de terceiros publicados na edição não necessariamente refletem a posição do jornal.

Mercado & Eventos é uma publicação do


Fevereiro de 2012 - 1ÂŞ quinzena

23


24 Fevereiro de 2012 - 1ÂŞ quinzena

Mercado & Eventos Edição 193  

Fevereiro de 2012 - 1ª quinzena - Ano IX - Número 193

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you