Page 1

mercadoeeventos.com.br

REPORTAGEM ESPECIAL

FOLHA DO TURISMO

Aviação Nacional Impostos, taxas e combustível. Conheça os vilões da aviação nacional e as manobras das companhias aéreas para voltar a ter lucro. Um balanço completo sobre o setor no país. Páginas 32 e 33 Setembro/2013 - 2ª quinzena - Ano X - Nº 232 - Tiragem: 16.400 exemplares

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

ENTREVISTA

1

Eduardo Nascimento

Uma avaliação clara sobre o Turismo no país, incluindo OTAs Página 3

Abav 2013

AGENDA

Mudança para São Paulo agrada ao trade

Festival de Turismo de João Pessoa e Top Resa são os destaques. Página 38

Muitos elogios e algumas críticas marcaram a edição. Público ultrapassou 50 mil. Páginas 5 a 26 POLÍTICA

EVENTOS

CRUZEIROS

EVENTOS

Travelport reúne 100 profissionais no e-Volve Summit 2013

Pullmatur apresenta Monarch após reformas de US$ 8 milhões

Centro-Oeste Tur, em Brasília, prevê R$ 12 milhões em negócios

Evento aconteceu pela primeira vez na América Latina. Página 27

O navio, construído em 1991, foi adquirido pela companhia em abril. Página 36

Evento registrou 756 agentes de viagens, 250 expositores e 77 convidados. Página 30

MTur apresenta novo Viaja Mais Melhor Idade

7

PARQUES

Sindepat lança catálogo de parques temáticos

24

EVENTOS Luis Carlos Vargas e Antonio Loureiro, da Travelport

São 1.193 cabines e capacidade para 2.766 passageiros

Corte de fita marcou abertura oficial

Série especial sobre os 10 anos do M&E fala sobre 2007 e um traz um depoimento enfático de Toni Sando. Páginas 34 e 35 EVENTOS

EVENTOS

Pernambuco movimenta ruas de Nova York com ação inédita

Ski & Golf Fair registra 800 agentes de viagens

Estado reuniu cerca de 150 operadores e agentes de viagens para divulgar o destino. Página 29

SP recebeu sua primeira feira destinada somente para os segmentos de esqui e golfe. Página 28

André Corrêa, Luciana Fernandes e Alberto Feitosa

ENCARTE ESPECIAL

Workshop Trend 2013 Media partner, o M&E preparou um suplemento com a cobertura completaa do workshop, que neste ano ocorreu na cidade dee São Paulo

Ondina Becker, organizadora da feira

CNT registra, somente nos últimos 60 dias, 200 apps publicados na Apple Store e Google Play. Página 13

Visit Florida celebra turistas brasileiros com festa em SP 25 EVENTOS

Riviera Nayarit quer se firmar pelo luxo

25

ABAV 2013

Veja opiniões do trade sobre o evento

26

EVENTOS

Portugal terá feira sobre inovação em novembro

31


2 Setembro de 2013 - 2ÂŞ quinzena


E NTREVISTA

Brasil é caro e falta aos governantes ver o turismo como fator de desenvolvimento Luiz Marcos Fernandes

Mercado & Eventos – Muito se tem falado dos benefícios que os megaeventos poderão trazer ao país. Como vê essas oportunidades e quais desafios ainda temos que superar para atingir um padrão de qualidade no setor? Eduardo Nascimento – Acho que essa questão de megaeventos gera, sem dúvida, boas oportunidades. Uma bela experiência que o nosso país terá pela frente com eventos como a Copa e, principalmente, as Olimpíadas. Creio que já avançamos em muitas coisas e muitos dos estados estão quase prontos, dentro do cronograma estabelecido. Claro que sempre existe um atraso aqui e outro lá. A questão principal diz respeito à mobilidade urbana, a questão dos transportes para eventos que têm local e horário definidos. É uma oportunidade para que o país possa investir em infraestrutura e melhorar também a qualidade do nosso turismo receptivo. M&E – O que falta ainda ao Brasil para que se torne mais conhecido e atraia o turista internacional? Eduardo Nascimento – Creio que estamos avançando. É preciso reabrir os EBTs no exterior para promover mais o país. Já estamos caminhando para isso e em breve teremos a licitação para o novo modelo que será implantado pela Embratur na Europa, Estados Unidos e América do Sul. Temos um número de turistas que não pode ser comparado ao de países como a França, Espanha e Estados Unidos. Mas é preciso levar em consideração também a nossa localização geográfica. O fato de recebermos cerca de seis milhões de turistas por ano não é tão insignificante assim. É um número expressivo se levarmos em consideração que não estamos situados no meio da Europa. Precisamos investir cada vez mais em promoção, principalmente nos destinos próximos. O grande entrave que contribui para afetar o turismo internacional diz respeito à exigência de visto, principalmente para destinos como os Estados Unidos. Há questões burocráticas que são um entrave. Lembro que dos mais de 60 milhões de turistas norte-americanos que viajam ao exterior, somente 1% acabam vindo ao Brasil em função das dificuldades para se emitir o visto. Muitos modelos de facilitação poderiam ser adotados, como é o caso da flexibilização dos vistos, onde os mesmos poderiam ser emitidos no próprio aeroporto na chegada ao país. Enfim, modelos existem e é preciso vontade política para aplicá-los. O país deixa de ganhar divisas com todos esses entraves. M&E – Recentemente, o Sindetur-SP entrou na justiça contra a Decolar.com. Como vê a questão das promoções das OTAs junto aos consumidores? Como evitar abusos e propaganda enganosa? Eduardo Nascimento – Creio que a questão é simples. O Código de Defesa do Consumidor diz claramente que aquilo que você anunciar tem que vender pelo preço divulgado. Quando isso não acontece, então estará acontecendo um abuso e uma propaganda enganosa ao passageiro. No caso da Decolar.com, o que aconteceu exatamente foi isso. As OTAs gastam milhões na mídia e cabe a nós, agentes de viagens, esclarecer ao consumidor quando os abusos vierem a acontecer. Muitas vezes ele vê o preço anunciado e no final acaba pagando mais caro do que se comprasse o seu pacote de viagem numa agência de viagem, depois de contabilizar as taxas que vão sendo embutidas ao preço inicial divulgado. Já tivemos reuniões com representantes do setor para discutir essa questão. M&E – Muitos secretários estaduais de Turismo têm defendido uma política de céus abertos para o país. Qual a sua opinião a respeito desta medida? Ela pode gerar maior oferta e concorrência? Eduardo Nascimento – Essa é uma questão

M&E – O que falta para que o brasileiro possa viajar mais e conhecer melhor o seu país? Os preços são caros em comparação a outros destinos? Eduardo Nascimento – Acho que estamos no caminho certo. Nunca se viajou tanto neste país. Claro que mais programas e políticas de incentivo são bem vindos. Não existe uma fórmula mágica e isso diz respeito tanto ao turismo doméstico quanto ao internacional. O importante é que você tenha um produto atraente com preços honestos. Veja o caso de destinos como a Tailân-

dia e Ilhas Maldivas e tantos outros que têm produto e preços atraentes. A verdade é que o Brasil é muito caro. Você vai num restaurante em São Paulo e três pessoas acabam pagando 100 dólares cada uma. Isso diz respeito também a outros setores onde o fator tributário acaba pesando muito. Falta aos nossos governantes uma mentalidade para entender o turismo como importante setor de desenvolvimento na economia do país. M&E – Isso diz respeito também ao segmento dos cruzeiros marítimos? A que atribui a redução na demanda pelos cruzeiros na costa brasileira? Eduardo Nascimento – Sem sombra de dúvidas que falta aos nossos governantes a consciência da importância de setores como o dos cruzeiros. A legislação é ultrapassada, arcaica e pior do que isso: ainda querem adotar medidas que são completamente inviáveis. É o caso de exigir das companhias a contratação de tripulantes brasileiros em navios que fazem apenas escala na nossa costa, o que é um absurdo. Parece que em vez de ajudar eles trabalham contra. A queda no volume de cruzeiristas já era esperada. As cargas dos portos e impostos estão entre as mais caras e os passageiros também não

Eduardo Nascimento

têm novos portos. Até mesmo essa ideia de usar navios durante a Copa do Mundo é totalmente inviável em função do custo para trazer um navio em pleno verão europeu. Isso tudo é balela.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Com uma vida dedicada ao turismo e à frente da Nascimento Turismo, que no mês passado comemorou 52 anos de atividade, Eduardo Nascimento, presidente do Sindetur-SP, é tido como um dos nomes mais conceituados e experientes do setor. Nesta entrevista exclusiva ao M&E, ele fala das oportunidades do país geradas pelos megaeventos e também sobre o papel da OTAs, destacando as restrições e disputas que o setor tem travado com a Decolar.com por suas ações promocionais. O dirigente lembra que o segmento das operadoras tem enfrentado longos e difíceis caminhos, e ressalta que sempre lutou por aquilo que, de fato, acredita. Confira aqui, a opinião dele sobre temas como a política de céus abertos e a crise que afeta o segmento dos cruzeiros marítimos.

muito complexa. Céus abertos é muito bom para aumentar a oferta do mercado. Agora isso só é possível numa realidade diferenciada da nossa, porque se você traz ao país empresas estrangeiras para atuarem aqui, quem vai garantir que elas não venham num futuro breve a adotar uma política de preços nociva ao consumidor e que seja de interesse das mesmas. Seria como que a prática de dumping que já aconteceu em outros setores da economia e poderia ser adotado também na aviação comercial brasileira. Falar de medidas protecionistas é muito complicado, ainda mais num mercado cada vez mais globalizado.

3


O PINIÃO

Desvio de conduta

4

Não passou desapercebida a última reunião do Fornatur realizada durante a Abav. Vários secretários de turismo se recusaram a participar do encontro, pelo fato do mesmo ter sido realizado no estande de um veículo da mídia, abandonando o local. É lamentável que o atual presidente do Fornatur adote este tipo de decisão, por influências nefastas, que só têm esvaziado a entidade colocando por terra todo um trabalho realizado por seus antecessores. Não se pode fazer do Fornatur um palco para autopromoção. Se ha bem pouco tempo o Fórum Nacional de Secretários Estaduais e Dirigentes de Turismo havia conquistado um espaço como elo de diálogo entre o Ministério do Turismo e os Estados, desde que a atual gestão tomou posse, o Fornatur vem perdendo cada vez mais credibilidade junto ao trade e ao Governo. A última decisão de realizar essa reunião suprapartidária num estande de um veículo de comunicação, é uma clara demonstração de quanto a atual presidência tem deixado de lado questões importantes no que diz respeito ao interesse dos estados, para substituir os debates e reivindicações do setor, por questões menores. A pronta reação de alguns secretários estaduais de turismo, se recusando a participar da reunião foi um claro sinal de alerta feito para a atual presidência, de que o

Fornatur não pode ser utilizado para interesses pessoais e particulares. Se a atual diretoria persistir neste tipo de comportamento corre o risco de transformar as reuniões num amigável encontro de amigos. Há questões outras a serem discutidas como é o caso da distribuição da malha aérea e dos recursos da verba descentralizada, entre outros. Situação parecida se repete no Conselho Estadual de Turismo do Rio de Janeiro, cada vez mais esvaziado e sem propostas efetivamente concretas para fomento ao turismo do Estado. As reuniões se transformaram num simples encontro de interesses pessoais sem resultado prático para o incremento do turismo estadual. Aliás, a Setur-RJ deveria se preocupar mais com as políticas de interiorização e fomento do setor em seu estado. Nem mesmo o Salão do Turismo do Rio de Janeiro, conquista alcançada nas gestões anteriores, conseguiu definir a data, faltando quatro meses para terminar o ano. É importante que tanto o Fornatur, como o Conselho Estadual de Turismo do Rio de Janeiro atuem dentro do propósito a que se destinam. Sejam de fato entidades que possam contribuir para o incremento do turismo estadual deixando de lado interesses outros para apresentação de propostas e contribuições ao setor. Roy Taylor é jornalista, publicitário e vice-presidente executivo da Folha do Turismo e Mercado & Eventos

No caminho certo Natália Strucchi

Após muita expectativa, a finalização da Feira das Américas e Congresso da Abav 2013 gero um saldo positivo. A maioria do trade aprovou a mudança para capital paulista e a união da Abav com as demais entidades do setor, possibilitando a realização do Encontro Braztoa e do Abeta Summitt como parte do evento. As parcerias com a BTL e com a ITB também colocam a feira no caminho certo para que a Abav assuma um papel de destaque entre os grandes eventos do turismo mundial, concretizando, de fato, a tão sonhada internacionalização, já almejada há alguns anos. Foi possível sentir que esta edição esteve mais séria, com menos “oba-oba” e com agentes focados mais nos contatos, no chamado “networking”, do que na busca por brindes. O que mostra um avanço e a consciência de que quem não se capacitar ficará para trás. Ainda sim, nem tudo são flores. Infelizmente, muitas salas da Vila do Saber estiveram vazias ao longo dos dias, o que revela a necessidade de um trabalho e esforço ainda maior da Abav na divulgação e atração desses profissionais. Nesse sentido, vale ressaltar o lançamento da campanha de valorização do agente de viagens através do conceito de que “o turismo não existe sem o agente” e o “agente não existe sem o turismo”. Assim como o discurso de Antonio Azevedo na cerimônia de abertura, que pediu a urgente aprovação do Projeto de Lei 5.120, que regulamenta a atividade das agências de viagens no Brasil. Após ter tra-

mitado por todas as comissões parlamentares, o referido Projeto aguardava apenas ser colocado em processo de votação no plenário, no Congresso Nacional. De fato, fazse urgente essa aprovação, que deixaria claro, de uma vez por todas, que o Governo tem noção da importância do turismo e do agente de viagem para o país. Cabe aqui nesta avaliação falar do Anhembi, que apareceu como ótima alternativa para a feira, bem localizado e espaçoso, sem que fosse preciso andar entre diversos pavilhões, como ocorria no Riocentro e tornava o deslocamento bastante cansativo. Entre as – poucas – críticas, muitos citavam que a Feira não conseguiu captar agentes cariocas e até do próprio interior de São Paulo. Outros lamentaram o fato de muitos estandes terem ficado vazios nos dias abertos ao público final. Ou seja, está aí uma informação para a Abav apurar e punir, de alguma forma, os envolvidos. Entre elogios e críticas, o saldo foi positivo. No próximo ano a feira permanece em São Paulo, desta vez entre os dias 24 e 28 de setembro e passará a se chamar Abav - Expo Internacional de Turismo. Além disso, o Conselho da Abav Nacional confirmou que o Congresso da entidade não será mais separado da feira, o que mantém a Vila do Saber em 2014. Diante do resultado apresentado neste ano, ficam as melhores expectativas para a próxima edição, mas ainda resta a certeza que há algumas pontas soltas. Natália Strucchi é jornalista, pós-graduada em Relações Internacionais e editora-chefe do M&E, Folha do Turismo e FT Brasil

Luciana Fernandes

O Brasil, o eterno país do futuro, vem ganhando cada vez mais visibilidade no mundo do presente, chegando a assumir certo protagonismo internacional, encabeçando a lista dos países emergentes de maior destaque internacional no grupo conhecido como BRICS, numa alusão às iniciais de Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul. Isso, por si só, já chama as atenções para o País. No entanto, além disso, o Brasil vem despertando grande interesse também em virtude da realização de grandes eventos como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, no Rio de Janeiro. Estudo realizado pela Ernst Young, em parceria com a Fundação Getúlio Vargas, indica que o potencial de crescimento no fluxo internacional para o País é de 8% até 2016, quando o Brasil atingiria a marca de 7,9 milhões de visitantes. O Brasil está em evidência, isso é fato. Os Estados, contudo, não podem ficar parados esperando os resultados caírem por gravidade. É preciso investir, fazer estudos, pesquisas. Enfim, ver o que eles estão procurando lá fora e mostrar o que estamos fazendo e o que temos a oferecer nos aspectos cultural, gastronômico, de entretenimento e de negócios. Em Pernambuco, nós já acordamos para essa necessidade. Por isso temos olhado com bastante atenção as oportunidades de divulgação em feiras, congressos, roadshows e outros eventos. Para o mercado internacional, decidimos trabalhar a marca Recife, fortalecendo o nome da nossa capital, onde fica localizado o aeroporto internacional do Es-

Divulgação

Julho de 2011 Setembro de 2012 2013 - 2ª -quinzena 2ª 1ª quinzena

Roy Taylor

A hora e a vez do Brasil

tado e nosso terminal marítimo, portanto o portão de entrada para os visitantes estrangeiros. Nossas ações são prioritariamente desenvolvidas a partir de ações conjuntas. Parcerias com as companhias aéreas, trade turístico e operadores. Temos parcerias importantes com a Associação dos Hoteis de Porto de Galinhas, Flytour, CVC, Match, a agência oficial da FIFA, entre outros colaboradores públicos e privados. O mercado é carente de bons parceiros e quando uma oportunidade interessante aparece, esses parceiros geralmente investem junto. Nossa participação no Brazilian Day em New York é um bom exemplo de parceria bem sucedida. Há três anos estamos presentes no evento, promovendo uma série de ações prévias, como shows, workshops, exposições e festivais gastronômicos. Este ano, batizamos essas ações de Semana de Pernambuco em New York, levando um pouco da nossa cultura a americanos e turistas do mundo. E os resultados têm aparecido, mais rápido até do que esperávamos. As ações em New York contaram com o apoio da American

Airlines, que decidiu apostar em um voo direto ligado Recife a Miami. Há dois anos tínhamos um voo compartilhado com Salvador. Hoje, temos seis voos semanais diretos, com uma taxa média de ocupação de 80%. No início, segundo a própria companhia, 10% dos assentos nesses voos eram ocupados por americanos. Hoje, essa proporção é de 30%, o que prova que esse trabalho dá resultado. Em 2012, os Estados Unidos foram o segundo principal emissor de turistas internacionais para Pernambuco, à frente de Portugal e Alemanha e atrás apenas da Argentina. Recife é hoje a capital nordestina que conta com o maior número de voos internacionais. Operam no Recife, além da America Airlines, a TAP (há 46 anos), Copa Airlines e Condor. De todos nossos principais emissores, só não dispomos de ligação aérea direta com a Argentina, mesmo assim, nossos vizinhos representam 35% de nossos visitantes, mais que a média nacional, que está em 30%. Sem dúvida, o Brasil está na crista da onda. O interesse pelo País aumenta nos quatro cantos do mundo. Todos querem saber um pouco mais sobre o Brasil. Cabe a cada destino e a cada player do mercado desenvolver ações para aproveitar essas oportunidades. De nossa parte, queremos fazer de Pernambuco o principal destino do Nordeste do Brasil até 2014. E para isso trabalhamos continuamente para colocar Pernambuco na prateleira, fazê-lo cada vez mais presente nos catálogos e portfólios das operadoras do Brasil e do mundo. Luciana Fernandes é diretora Comercial da Empetur

T URISMO EM D ADOS

Copa de 2014 motiva busca por passagens aéreas para o Brasil Segundo pesquisa do site Skyscanner, a Inglaterra é a seleção que apresentou maior aumento nas buscas de passagens para o Brasil durante a Copa de 2014. Antes mesmo da confirmação, os torcedores ingleses estão confiantes que seu time estará presente na abertura dos jogos, no dia 12 de junho, com um aumento de 1.208% no número de busca por voos para o Brasil em junho do ano que vem. Apesar de apenas cinco países já terem suas vagas garantidas no Mundial, isso não impediu que vários países pesquisassem por tarifas aéreas e demonstrassem confiança em seus jogadores, enquanto ainda competem por uma das 27 vagas restantes. Atrás dos confiantes ingleses estão torcedores da Colômbia e México, que também apresentaram aumento na procura por bilhetes aéreos para o mês de julho, com a Colômbia crescendo 879% e o México, 651%. Outros países tradicionalmente fanáticos por futebol também apresentaram grandes aumentos na

busca por passagens. A Suécia deu um salto de 403%, a Alemanha de 273% e a França teve crescimento de 184%. Os italianos, no entanto, não mostraram a mesma confiança e o número de buscas subiu apenas 15%. O mesmo acontece com a Espanha (63%), última campeã do mundial, e Portugal (57%). Com vagas garantidas, torcedores japoneses e australianos já começaram a organizar a vinda para o Brasil. A Austrália apresentou aumento de 533%, enquanto o Japão ficou com 156% de crescimento na procura por passagens para o Brasil. “Os ingleses são os criadores do futebol e alucinados pelo esporte. Provavelmente por isso mostram tanto interesse em estar presente no Brasil para os jogos da Copa. Ainda sem classificação garantida no torneio, torcedores colombianos e mexicanos têm tanta confiança nas seleções de seus países que também estão planejando viagens para acompanhar

o mundial no Brasil”, comenta Mateus Rocha, Executivo do Skyscanner no Brasil.

RANKING MOSTRA AUMENTO NA PROCURA DE PASSAGENS AÉREAS PARA O BRASIL Inglaterra

1208%

Colombia

879%

México

651%

Austrália

533%

Noruega

446%

Taiwan

437%

Suécia

403%

Bélgica

367%

Emirados Árabes Unidos 358% Estados Unidos

346%

* Diferença entre a média do número de pesquisas por voos para o mês de junho de 2014 em comparação à média dos cinco meses anteriores. Consideraram-se as buscas por passagens aéreas no Skyscanner entre janeiro e 26 de agosto de 2013.

Turismo doméstico se expande, revela pesquisa O número de brasileiros que pretendem viajar pelo Brasil (72,7%) é três vezes maior que os que desejam um destino além das fronteiras do país (24,7%), de acordo com o

último levantamento do Ministério do Turismo em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Os dados fazem parte da Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, do

mês de agosto, e trazem informações coletadas com dois mil cidadãos em sete capitais do país: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de janeiro, Salvador e São Paulo.


A BAV 2013

Auditório lotado durante cerimônia inicial

Balanço geral

Em discurso, Azevedo pede regulamentação

Durante a abertura oficial da feira, Azevedo cobrou mais atenção do Congresso Nacional para a regulamentação do segmento de Turismo e das agências de viagem. Segundo ele, desde 2001 a proposta 5.120 tramita na casa para aprovação. “São mais de dez anos para aprovar um projeto. Precisamos levar com urgência a votação dele”, afirmou. Para o presidente da Abav, a falta de regulamentação cria um cenário favorável para abusos e injustiças, “que geram prejuízos para as agências e o consumidor final”, advertiu. De acordo com ele, a concorrência desleal é outro fator gerado pela falta de regulamentação. “A venda online é um desses fatores que prejudicam o setor, com ofertas e promoções enganosas”, criticou. Azevedo destacou ainda a participação do consumidor final. “Estamos lado a lado com o cliente, aproximando produtos e destinos deles. Motivando o consumo e estimulando o planejamento de viagens com a consultoria dos agentes”, ressaltou.

Abav e CVC se unem em campanha de valorização do agente O segundo dia da Abav 2013 foi encerrado com um show do cantor Buchecha. A apresentação marcou o lançamento de uma campanha de valorização dos agentes de viagens – resultado de uma parceria entre a Abav Nacional e a CVC com o apoio da Secretaria de Turismo do Rio de Janeiro. Denominada “Agente faz, Agente cuida”, a música tema foi inspirada no hit de sucesso “Eu fico assim sem você”. Nesta nova versão, o hit embala nos conceitos de que “o turismo não existe sem o agente” e o “agente não existe sem o turismo”, reforçando o papel estratégico do agente de viagens. “A CVC, que sempre recomendou em suas campanhas publicitárias a consultoria dos agentes de viagens, não hesitou em patrocinar a campanha de valorização dos profissionais do setor”, contou Antonio Azevedo. “Uma campanha divertida, altoastral e que combina com férias e tranquilidade, atributos oferecidos por quem mais entende de viagem com assistência – o agente de viagens”, complementou Luiz Eduardo Falco, presidente da CVC. COBERTURA JORNALÍSTICA ABAV 2013 Matérias: Natália Strucchi, Luciano Palumbo, Luiz Marcos Fernandes, Anderson Masetto, Rafael Massadar, Lisia Minelli, Samantha Chuva, Pedro Menezes e Arthur Stabile Fotos: Eric Ribeiro

São Paulo foi a capital brasileira do turismo entre os dias 4 e 8 de setembro, período em que a cidade recebeu a 41ª Feira das Américas – Abav 2013. Ao todo foram mais de 2.613, expositores de aproximadamente 60 países, além da presença dos 26 estados brasileiros no Espaço Brasil – que substituiu o Salão do Turismo. O evento também recebeu o 40º Encontro Comercial Braztoa, a Ilha Corporativa da Abracorp e o Abeta Summit. Nos três primeiros dias, que foram dedicados aos agentes de viagens e demais profissionais do setor, a feira recebeu um total de 38.706 visitantes. Um recorde para o evento e acima dos 30 mil estimados pela entidade. O maior fluxo aconteceu no segundo dia,

com 13.944 participantes. O primeiro dia teve 12.848 e o último 11.914. Já o final de semana, quando o foco era o público final, o resultado foi abaixo do esperado. No sábado e no domingo, passaram pelo Pavilhão de Exposições do Anhembi 13.459 pessoas, totalizando 52.165 visitantes nos cinco dias. A Vila do Saber foi novamente um dos destaques, uma vez que 3.978 pessoas participaram das palestras, debates e capacitações oferecidas no espaço. O programa e hosted buyers levou ao evento um total de 750 compradores nacionais e estrangeiros. Além disso, a Feira das Américas gerou 5.494 mil empregos (organização, montadores e serviços). “Em São Paulo Abav está em

outro patamar”, disse o presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo já ao final do primeiro dia. A impressão do dirigente foi a mesma de diversos expositores, que reiteraram não apenas a quantidade, mas a qualidade dos profissionais que visitaram a feira. Sobre o evento como um todo, ele destacou a união com outras entidades e com o Ministério do Turismo. “Agregamos parcerias muito importantes neste evento, tanto do setor público quanto do privado”, lembrou. “Provamos que é possível unir esforços em prol do segmento, ajudando o desenvolvimento social e econômico do país”, completou. 2014 – No próximo ano a feira permanece em São Paulo, desta vez

Hino nacional cantado durante abertura da feira

entre os dias 24 e 28 de setembro e passará a se chamar Abav - Expo Internacional de Turismo. Além disso, o Conselho da Abav Nacional confirmou que o Congresso da entidade não será mais separado da feira, o que mantem a Vila do Saber em 2014.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Antonio Azevedo, presidente da Abav

Em São Paulo, Abav faz maior feira de todos os tempos

5


A BAV 2013 Galeria

Celso Guelfi e representantes da GTA

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Adrian Ursilli e a equipe da MSC

6

Domingos Leonelli, Luiz Fernando Moraes, Marilene Carvalho, Elisa Wypers, Valdir Walendowsky e Haroldo Silva

Alexandre Zachello, José Maruilson e Marco Moraes, da Pullmantur

Aroldo Schultz, presidente da Schultz

João Carvalho de Araújo, Bruna Ianuzzi, Giselle Falabella e Keynes Breves, da Amazonastur

Alvaro Santos, da Paratur, Adenauer Góes, secretário de Turismo do Pará, Nelson de Abreu Pinto, da CNTur, e Roy Taylor, do M&E

Tomás Ramos, diretor Comercial do Othon

Daniele Novis, de Alagoas, Rosana França, da Bahiatursa, e a baiana Lu

Cristina Alcantara, da Pacific, Juan Torres, do M&E, e Margareth Granthan, do DZT

Vicente Reis Filho, Adonai Aires de Arruda Filho, Vagner Barbosa e Gabriel Cordeiro Strobel, da BWT

Douglas Schapiro, da Kompas, com Cleiton Feijó, da Nascimento Turismo

András Fulop e Karla Haimenis, do Grupo High Light

Antonio Azevedo e Buchecha, antes do Show

Pedro Costa, do Salvador CVB, com Silvio Pessoa, do Sol Express

Claudio da Silva, do M&E, com Claudia Lobo, do Visit Orlando

Werner Heilbrun, Edgar Garza, Antonio Carlos de Lima e Thiago Machado de Campos, da Cangooroo

Cleo Ickowicz e Renata Ickowicz, da Mandala Tours, com Andreia Grinszpan, da Guaraná Viagens & Turismo

Tasso Gadzanis e Luciane Leite, da SPTuris, com Toni Sando, do SPCVB

Willian Périco, da Wings, com Marcelo Matera, da Aviesp

Cláudio Bonuccelli, do Transamerica Hotel, com Luis Paulo Luppa, da Trend

Gisela Marti e Rolando Aedo, do Greater Miami CVB

Beatriz Paredes e Diana Pomar, do México

Daniel Santos, da Trend, com Afonso Celso, da Avis

Iza Garbin e Wagner Ferreira


A BAV 2013 Política

Embratur inicia campanha com investimento de R$ 20 milhões

O presidente da Embratur, Flávio Dino, anunciou uma nova campanha promocional com início no próximo mês e investimento inicial de R$ 20 milhões. Ele aproveitou a ocasião para pedir o apoio do ministro do Turismo, Gastão Vieira, e do presidente do Sebrae, Luiz Barretto, para que esse valor possa ser ampliado. “Vamos focar esse trabalho no legado de capacitação e qualificação que os megaeventos estão proporcionando ao país”, disse. A ideia é que o turista estrangeiro grave a imagem de um Brasil diversificado. “O imaginário internacional deve conter todas as vertentes de nosso país”, justificou Dino. Ele lembrou que durante a Copa das Confederações e Jornada Mundial da Juventude (JMJ) foram registrados mais e R$ 2 bilhões com gastos de turistas. A previsão é que na Copa do Mundo de 2014 esse número alcance R$ 25 bilhões. “Essa é a década de ouro para o turismo do Brasil”, finalizou. Outra aposta da Embratur é na segunda fase do Goal to Brasil, que teve início nos últimos dias 11 e 12 de setembro, em Bogotá. Segundo o diretor de Produtos e Destinos da Embratur, Marco Lomanto, cerca de 200 convidados, entre operadores e autoridades, prestigiaram o evento, que teve como foco a gastronomia, a música, a dança e o artesanato brasileiro. “É o momento de mostrar ao mundo a diversidade cultural e gastronômica, além dos nossos atrativos”, adiantou.

Confira mais novidades apresentadas Qualificação - O Ministério do Turismo promoveu uma reunião com representantes dos mais diversos setores do trade para discutir a criação da Secretaria Nacional de Qualificação. A informação foi confirmada por Fábio Mota, secretário Nacional de Desenvolvimento do Turismo. “Nós estávamos até então desenvolvendo um programa junto com o MEC por meio do Pronatec. Agora vamos criar um modelo próprio e, para isso, estamos reunindo as principais entidades e vamos promover, em outubro, um seminário internacional para troca de experiências de outros países a fim de estabelecermos um modelo próprio”, adiantou. Sebrae - Até o final de outubro, o Sebrae e o MTur vão assinar um convênio, num valor estimado de R$ 3,5 milhões, com o objetivo de criar modelos de gestão e programas de capacitação e empreendedorismo. A informação foi confirmada pelo presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barreto. “Estamos já na fase final do convênio que prevê diagnósticos e modelos de gestão a fim de contribuir na melhoria do nosso receptivo para os megaeventos”, adiantou. Durante a solenidade de abertura, Barreto declarou que o desafio é aumentar a gestão, competitividade e formação dos profissionais de turismo. Convênio - O ministro do Turismo, Gastão Vieira, assinou, durante a Abav, um convênio com o Governo de Portugal para uma troca de experiências, principalmente na questão da capacitação de mão de obra. Segundo Fábio Motta, secretário de Programas do MTur, a ideia é aproveitar a experiência de Portugal nesta área . Será criada uma escola técnica em Lisboa para receber alunos brasileiros em diversos setores como hotelaria e outras áreas. Viaja Brasil – O MTur apresentou a nova versão do Programa Viaja Brasil. A partir da compra, o cliente poderá escolher a agência suporte que fará seu atendimento pós-venda. Caso não tenha uma preferência, o sistema elegerá uma de forma randômica, dentro de uma visão inovadora. Isso é o que afirma o presidente do Viaja Brasil, Wagner Ferreira, ao listar as vantagens de toda a transação. Economia - Celebrar o otimismo. Essa foi a mensagem que o ministro do Turismo, Gastão Vieira, passou durante o discurso de abertura da Abav. De acordo com o ministro, muitos tiveram uma visão pessimista da economia brasileira e acreditaram que 2013 fosse um ano perdido. Porém, o crescimento do PIB no terceiro trimestre deixou todos perplexos. Gastão Vieira destacou as desonerações no setor e afirmou que este é o primeiro ano que o MTur esteve com presença expressiva na Abav. “Precisamos nos unir para que o turismo no Brasil continue crescendo. O MTur está em peso na Abav 2013, pois somos os responsáveis por guardar a herança dos megaeventos”, finalizou.

O ministro do Turismo, Gastão Vieira, ressaltou o relançamento do programa “Viaja Mais Melhor Idade”. O programa com descontos de até 40% e vantagens exclusivas para pessoas a partir de 60 anos, tem por objetivo movimentar o mercado interno brasileiro, principalmente nos períodos de baixa temporada. Entre as novidades da nova versão as parcerias com Braztoa, Banco do Brasil, Abav e Caixa Econômica Federal. “Este programa é um dos mais bem sucedidos do Ministério do Turismo, desde que assumi a pasta fui cobrado para trazê-lo de volta”, disse. Segundo Vieira, o programa neste ano receberá investimentos de R$ 10 milhões para promoção e publicidade. “Apostamos numa faixa etária que tem renda e tempo para viajar. Além disso, o embasamento para os investimentos foi focado em pesquisas realizadas pela Fipe e FGV”, comentou. Cinquenta e quatro destinos, 22 estados, saídas de 39 municípios e mais de 300 pacotes já formatados. São esses os números iniciais do programa ”Após um longo período e esforços do MTur e

Autoridades reunidas no lançamento do Viaja Mais Melhor Idade

dos nossos parceiros, conseguimos concretizar esta nova versão”, avaliou o secretário Nacional de Políticas do Turismo, Vinícius Lummertz. Entre 2007 a 2010, o antigo Viaja Mais Melhor Idade vendeu 600 mil pacotes. “Nosso desafio era descobrir como fazer com que o programa, na nova versão, funcionasse melhor”, finalizou. O presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo, acredita que os agentes possuem um papel fundamental na venda através do Viaja Mais Melhor Idade. “Os agentes são o principal canal de distribuição. Esse público-alvo em questão deve ser muito bem

atendido. Eles precisam ser tratados com carinho e atenção. Todas as informações precisam ser minuciosamente explicadas”, disse. De acordo com Marco Ferraz, presidente da Braztoa, as operadoras já prepararam 300 pacotes com descontos ou diferenciais. Eles serão atualizados de acordo com os meses. Ele aproveitou para ressaltar que no site do programa a pessoa terá um botão no qual poderá encontrar um agente de viagem mais perto de seu endereço. “Para participar, o agente deverá estar inscrito no Cadastur”.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Flávio Dino, presidente da Embratur

“Viaja Mais Melhor Idade” volta reformulado

7


A BAV 2013 Agências/Operadoras

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Nascimento cresce mais de 25% em vendas de hotéis De acordo com o diretor geral da Nascimento Turismo, Plínio Nascimento, a operadora registrou 25,7% de incremento em noites de hotelaria no período de 1º de janeiro a 31 de agosto deste ano. Outro crescimento foi no share da operadora na venda de destinos exóticos. “Novos destinos estão sendo comercializados, em especial aqueles que vieram ao Brasil para se promoverem”, comentou. “Com isso, a Nascimento toma corpo e se consolida como operadora que vende o mundo todo”, declarou. Em relação ao crescimento nas vendas, o diretor citou os números registrados: Ásia (134%), África (54%), Brasil (51%), Oriente Médio (47%), Oceania (40%) e México (37%). Nascimento ainda falou da parti-

cipação da operadora na Abav, onde eles apresentaram aos agentes os catálogos com a alta e a baixa temporada. No total, são 2850 bloqueios para baixa e oito mil lugares para alta no aéreo. Todos com disponibilidade imediata para reserva. Lembrando que os voos saem de todas as cidades onde a Nascimento tem base: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Brasília. Top T en - A Nascimento TurisTen mo levará os seus agentes Top Ten para a Croácia no final de outubro. A ação tem o apoio da Tap e da Kompas Holidays, agência receptiva especializada em destinos do Leste Europeu. De acordo com o diretor Comercial da operadora, a ideia de escolher este destino foi em função do aumento na procura por

Plínio Nascimento e Cleiton Feijó, da Nascimento Turismo

informações pelo país pelos agentes de viagens nos últimos anos. “Além do prêmio, os agentes poderão conhecer melhor o destino para poder vender melhor”, disse. “Já tínhamos este produto na prateleira, mas de alguns anos pra cá a procura dos profissionais por informações aumentou muito”, complementou.

8

Abav lança curso para profissionalizar agentes durante a feira A Abav-SP lançou, no ultimo dia 4, o projeto Longevidade Empresarial, desenvolvido com o apoio de um seleto grupo de consultores especializados no setor de viagens e turismo. “Este é um programa subsidiado pela entidade que apoia o crescimento seguro das agências de viagens e funcionará como se fosse um miniSebrae,” compara Constantino Karacostas, recém-eleito presidente da Abav-SP. Embasado em oito pilares – qualidade, tecnologia, contabilidade, RH e capacitação, jurídico, governança corporativa, marketing e finanças

Flytour apresenta novos roteiros A Flytour Viagens apresentou o lançamento de novos roteiros para Europa, África, Ásia e América do Sul, além de mais de 50.000 lugares aéreos garantidos com saídas de todo o Brasil para o Sul, Sudeste e Nordeste e mais de 3.000 lugares para destinos internacionais como Caribe, América do Sul, Orlando, Paris e Nova Iorque. A operadora ainda tem como novidade um roteiro de neve para Andorra, um pequeno país europeu localizado entre o nordeste da Espanha e o sudoeste da França, e que traz excelentes opções tanto para os apaixonados por ski quanto os fascinados por compras.

Costantino Karacosta, presidente da Abav-SP

–, tem como objetivo aprimorar o desempenho das agências de viagens a partir de um mapeamento da atual situação da empresa, sugerindo, posteriormente, medidas preventivas e corretivas.

Com o relatório em mãos, a empresa pode optar por contratar a consultoria dos profissionais responsáveis pelo projeto e, assim, fazer um acompanhamento das necessidades destacadas. Trata-se, na verdade, de uma avaliação estratégica da agência de viagens na qual são apresentados 10 indicadores de performance, gargalos operacionais e de crescimento e impeditivos, tais como fraquezas, oportunidades não aproveitadas e ameaças. Um plano de ação é traçado considerando as características e o planejamento do negócio e, depois, os resultados são apresentados.

Braztoa reúne associados e presta homenagem aToninho A Braztoa reuniu seus associados para comemorar as 40 edições do seu Encontro Comercial. Na ocasião, foi realizada uma homenagem ao ex-presidente da entidade, Antônio Aulísio. Toninho, como era conhecido, faleceu no final de julho. O atual presidente, Marco Ferraz, entregou um quadro e uma placa à família de Toninho em agradecimento aos feitos do ex-presidente pelo turismo. ”Essa homenagem a Antônio Aulísio é mais do que merecida. Ele trabalhou muito para a Associação e convidei sua família para realizarmos um singela homenagem”, disse Marco Ferraz.”Ele não tinha medo de agregar e realizar mudanças. Acho muito justa essa homenagem”, completou Eduardo Barbosa, da Flot.

Também foram homenageadas as nove operadoras que participaram da fundação da entidade. Cada uma delas recebeu uma placa lembrando os anos de cooperação entre as associadas. As operadoras homenageadas foram: Abreu, Agaxtur, Flot, Designer, Marsans, Monark, Nascimento, Queensberry e Século XXI. Sobre a primeira edição do Encontro Comercial Braztoa dentro da Feira das Américas, Ferraz ressaltou o acerto da escolha. Além de um novo modelo de estandes, o EBC não conta mais com corredores em zinguezague e um espaço de convivência. “Mudamos muita coisa e acertamos na escolha da Abav para fazer o nosso evento”, comemorou. Segundo Ferraz, este modelo será replicado nos próximos eventos.

MAIS NOTÍCIAS DE AGÊNCIAS E OPERADORAS • Boteco da T rend Trend Durante os três dias de feira da Abav 2013, a operadora Trend realizou o ‘Boteco Amigos da Trend’, no estande do Mercado & Eventos, onde recebeu as principais redes hoteleiras, companhias aéreas, agências de viagens e os parceiros da operadora. Com um bar regado aos tradicionais ‘quitutes de bar’ e à chope de caneca, a Trend comemorou o sucesso do 15º Workshop Trend que aconteceu um dia antes do início da Feira das Américas, no dia 3 de setembro.

Andreia Anjos e Gabriella Cavalheiro, da Trend Operadora

• T ransmundi Transmundi Com expectativa de um crescimento de 8% para esse ano, e capacitações agendadas em várias cidades do país, a operadora Transmundi está com um novo roteiro pela Europa. Segundo Miguel Andrade, sócio proprietário da Transmundi o roteiro Vale Romântico do Rio Reno tem tudo para ser uma atração a mais para o mercado brasileiro. “Você embarca em Strassburgo e vai até Amsterdam, além de fazer um tour de nove dias pelas cidades da Suíça”, afirmou ele. Com o objetivo de capacitar os agentes de viagens a operadora inicia em outubro uma série de workshops passando por Rio de Janeiro, São Paulo, Belo Horizonte, Florianópolis e Porto Alegre. A operadora está com um novo gerente em São Paulo, Carlos Brandão, ex-Soletur. • CVC A CVC lançou, no último dia da Abav 2013, uma ação de investimento em mídia nacional e internacional de R$ 5 milhões, a ‘Quinzena de Ofertas CVC’. São quatro cotas de divulgação de variam de 35 mil à 45 mil reais. Cada cota possui promoção em mídias diferentes, e o nível de visibilidade aumenta com o valor da cota. • W eb Viagens Web Após três meses de casa, a Web Viagens já apresenta novidades com a contratação de Gustavo França. O executivo declarou com exclusividade ao MERCADO & EVENTOS que a Web Viagens desenvolveu uma área de grupos, eventos, incentivos e premiações chamada de Web Incentive. “Vamos lançar o site no dia 18 deste mês. Vamos cuidar e customizar a viagem de empresas, seja ela dentro ou fora do Brasil. Será uma consultoria completa, desde briefing para ver o destino que mais se adequa para o evento até a sua produção. Nosso objetivo é satisfazer o cliente e surpreender os convidados e participantes”, disse o diretor de Novos Negócios, Gustavo França. A empresa deve faturar R$ 100 milhões neste ano, o que representa três vezes mais que 2012.Os novos contatos de Gustavo França: gustavo.franca@webviagens.tur.br e (11) 3231-9000, ramal 221. • Grupo Águia O Grupo Águia firmou parcerias com Gol e Tam para ter bloqueios nas duas companhias durante a Copa do Mundo. O objetivo é garantir que as pessoas que compraram pacotes de hospitality, que são comercializados pela empresa, tenham o transporte aéreo garantido durante o torneio. O anúncio foi feito durante a Abav 2013 e o programa foi denominado de Passe Brasil.O presidente do Grupo Águia, Paulo Castello Branco afirmou que embora já Paulo Castelo Branco, haja acordo com as duas maiores aéreas do presidente do Grupo Águia país, a ideia é que todas participem. Segundo ele, as demais companhias estão em negociação. “Todas deverão participar”, disse. O objetivo do Passe Brasil é garantir às empresas e seus convidados que já adquiriram os ingressos tenham direito aos bilhetes aéreos. Além disso, a empresa promete que os preços serão competitivos. “A Copa é um evento de todo o país e a nossa missão é ajudar no sucesso do evento”, justificou o diretor de Vendas da Tam no Brasil, Klaus Kühnast.


ABAV 2013 Agências/Operadoras

MAIS NOTÍCIAS DE AGÊNCIAS E OPERADORAS • Serra V erde Verde

Adonai Filho, da BWT e Serra Verde

• BWT A BWT Operadora de Turismo anunciou com exclusividade ao MERCADO & EVENTOS que abriu uma filial em São Paulo. A nova unidade começou a funcionar no início de setembro.”Essa nova unidade vai nos facilitar na realização de ações para esses públicos. Outra filial aberta foi em Porto Alegre”, disse o diretor da BWT, Vicente Reis. A segunda edição da Campanha Premiada fez os registros de vendas junto às regiões do Paraná e de Santa Catarina dispararem. Até o início deste mês, a solicitação por pacotes para agências do Sul subiu 42%, segundo registros da operadora paranaense. • T ravel T ours Travel Tours Pensando em atender os clientes de forma personalizada, a Travel Tours se lança no mercado como uma agência boutique com foco nas exigências e perfil dos clientes. Segundo Mara Vasconcellos, diretora da empresa, uma pesquisa feita pela Travel Tours identificou que a maior reclamação dos clientes das agências é o atendimento pós venda. “Vender é fácil, mas quando os problemas ocorrem durante a viagem, muitas agências faltam com a responsabilidade. É nisso que focamos”, disse. • A viaresp Aviaresp

Klaus Becker eThomas Drechsler, da Aviareps

Com escritório no Brasil desde maio de 2012, a Aviareps quer ampliar a sua gama de clientes no país. Para isso, o COO da empresa, Thomas Drechsler, esteve no Brasil para participar da Abav pela primeira vez. “Representamos cerca de 100 companhias aéreas e 100 demais clientes como destinos, locadoras, shoppings e cruzeiros ao redor do mundo. Temos também 96 escritórios em diversos países”, contou o executivo.Segundo ele, o escritório brasileiro é um dos mais jovens, no entanto apresenta um grande potencial de crescimento. “Abrimos o escritório no país porque acreditamos muito no potencial do país. Estamos trabalhando para ter novos clientes e teremos boas notícias em breve”, adiantou.

• A virrp Avirrp O mandato de Emerson da Silveira na Avirrp está chegando no final. Após três feiras, o atual presidente se despede do comando da entidade no final deste ano. Durante a Abav 2013, a vice-presidente, Marcia Marighetti, lançou a sua candidatura no estande do M&E. Ela é uma das fundadoras da associação e tem o apoio de Emerson. A feira

da Avirrp 2014 acontece entre os dias 15 e 16 de agosto. • Ancoradouro

Juarez Cintra Filho, da Ancoradouro

Lançado no fim de agosto, o novo portal do Grupo Ancoradouro já é um sucesso entre os agentes de viagens. A afirmação é do presidente da empresa, Juarez Cintra Filho. Para ele, o E-Fácil Plus – resultado de uma parceria com a E-HTL – traz inúmeras facilidades para os profissionais, com todos os produtos em um só lugar.”Em 90

dias vamos incluir os pacotes no sistema”, disse Cintra ao M&E. Além disso, ele revelou que após a abertura de uma nova filial em Vitória (ES), a ideia é ampliar a atuação da consolidadora com home offices pelo Nordeste. “Este processo será comandado por Luís Sales, que comanda a unidade de Vitória”, revelou. • CI Em busca de ampliar as vendas por meio dos agentes de viagens, a Central de Intercambio (CI) – que completa 25 anos de operação do turismo de intercambio - foca na capacitação e treinamento do trade para incrementar o share de suas ações. Segundo o diretor da CI, Celso Garcia, a aposta para vendas via agentes de viagens é para regiões que não comportem um loja especifica da operadora. “Temos feito um mapeamento e buscado

regiões que não possam ser atendidas por lojas próprias ou franquias e investido pesado na capacitação dos agentes via e-learning”, disse. Hoje a CI conta com 71 lojas e pretende chegar a 100 até o final de 2015. • V aletur Valetur A Valetur, operadora especializada no Rio Quente Resorts e Caldas Novas está ampliando a sua oferta, com voos extras com saídas de São Paulo a partir de outubro. Os novos fretamentos serão oferecidos todas as quintasfeiras e aos domingos, pela Azul Linhas Aéreas. A operadora esta apresentando ainda pacotes e programação especial para os feriados do segundo semestre, Natal/Réveillon, férias de janeiro e julho e os feriados de 2014 como voos fretados com saídas da cidade do Rio de Janeiro para Caldas Novas (GO), no período de 20

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

A Serra Verde Express anunciou durante a Abav que lançou pacotes com motos. Ao todo são 14, sendo dez Harley Davidson e quatro BMWs. As opções são variadas, como, por exemplo, unir uma viagem no trem turístico da Serra Verde Express e depois partir para uma aventura de moto pelo litoral curitibano. “O passageiro poderá alugar a moto e levá-la no bagageiro do trem. Depois é só aproveitar a viagem pela Serra do Mar no trem e continuar a aventura no passeio de moto”, sugeriu o diretor comercial da Serra Verde Express, Adonai Arruda Filho.

• T ravel Consulting Travel A Travel Consulting apresentou uma série roteiros por Portugal baseados na gastronomia e no vinho. O programa foi lançado no início do ano para as operadoras brasileira durante o Encontro Estratégico da Braztoa, que aconteceu no país. Na ocasião, os representantes das operadoras tiveram a oportunidade de participar de um jantar para conhecer os roteiros.

9


ABAV 2013 Estados/Cidades

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Pernambuco e Flytour fecham parceria para promoção em Portugal

10

esta missão de formar os agentes de Portugal. “Convidamos as operadoras portuguesas Abreu, Só Férias e Exóticas, nossas principais parceiras no país, para participar dos treinamentos”, afirmou Luciana. Dentro do Confly, entre os dias 26 e 31 de outubro na capital Lisboa, Pernambuco estará como patrocinador do encontro. “Vamos fazer tudo em conjunto com Pernambuco em Portugal”, garantiu Michael, que reafirmou a importância de realizar treinamentos com franqueados e que também conta com a participação de membros da diretoria da Flytour e a possibilidade de agregar a capacitação do trade – tanto brasileiro quanto português – e a divulgação do destino. “Não teria como ir para Portugal sem levar Pernambuco”, disse Michael, citando a parceria da operadora com a companhia aérea Tap e também o bom relacionamento de

Pernambuco com a aérea. “São 46 anos de ligação do Estado com a Tap”, ressaltou Feitosa. Cleiton Armelin, vice-presidente da Flytour Viagens; Ricardo Urano,

diretor da Flytour American Express Business Travel e presidente do Confly; e Carlos Henrique Sobral, representante do Ministério do Turismo; estiveram na divulgação da

parceria, que contou com a entrega do livro “Porto de Galinhas, muito mais que um paraíso”. Abav 2014 - Pernambuco é o primeiro candidato a ser estado anfitrião da Abav 2014. O anúncio foi feito no estande do destino com a presença do presidente da entidade, Antonio Azevedo, e da diretora da Promo, Gisele Lima. Na ocasião, Azevedo também foi homenageado com presentes típicos do estado. “Sou admirador do trabalho feito por Pernambuco, que tem uma gestão séria e inovadora”, disse Azevedo. “A nossa ideia é fortalecer a divulgação do destino como um todo, com sol e praia, negócios, cultura e eventos”, complementou o secretário Alberto Feitosa. Luciana Fernandes, diretora Comercial da Empetur, revelou que caso confirmado como estado anfitrião do evento, Pernambuco pretende dar a sua cara à feira.

Claudio Vischioni, representante de Aquiraz (CE)

Aparecido Sparapani, secretário de Turismo de GO

Luiz Otávio Neves, secretário de Turismo do DF

Agostinho Filho, secretário de Turismo de MG

Alexandre Passos, secretário de Turismo do ES

Nordeste - Os principais secretários de Turismo dos Estados do Nordeste – seis dos noves que compõem a região – deixaram, pela manhã do segundo dia de feira, a reunião do Fórum Nacional dos Secretários e Dirigentes Estaduais de Turismo (Fornatur), por não concordar em realizá-la em local privado, desta vez, dentro de um veículo de comunicação. Segundo alguns secretários – ouvidos pelo M&E – em 10 anos de Fornatur as reuniões sempre aconteceram em locais públicos e isentos de participações partidárias. A não democratização junto aos veículos especializados de imprensa impossibilita a reunião, que tem como principal objetivo, assuntos relevantes às promoções dos estados e a ampliação da capacidade turística do país. A reunião seria para discutir questões relacionadas às políticas de participação em eventos internacionais e parcerias com EBTs. Outros representantes de estados das regiões Centro-Oeste e Sul também se colocaram insatisfeitos com as praticas apresentadas no evento presidido por Ronald Ázaro.

Bahia - O secretário de Turismo da Bahia, Domingos Leonelli, apresentou a campanha “Viaje por um Mundo Chamado Bahia – 40 Roteiros”. Leonelli ainda ressaltou que em sua gestão foram 22 milhões de desembarques contra 11 milhões da gestão anterior. “Além disso, tivemos cerca de US$ 5,6 bilhões de investimentos contra 2,2 da gestão anterior”, comentou. Segundo o secretário, as perspectivas para o verão são as melhores possíveis. “Estamos inclusive negociando com a Lan Colômbia um voo entre Lima e Salvador, além de charteres para Portugal e Argentina que vamos confirmar”.

três delegações durante a competição, conforme explicou ao M&E, Sparapani. O destino possui três Centros de Treinamento (CT’s) aprovados pela Fifa para abrigar as equipes: o CCT do Atlético Goianiense, o Estádio Serra Dourada e o Complexo da Serrinha.

já está consolidado e começa dia 15 de dezembro”, afirma Adenauer.

Otávio Neves, falou sobre as obras de infraestrutura pelas quais vem passando a capital federal. Neves ainda destacou o crescimento do aeroporto de Brasília. “O Aeroporto está quase dobrando a sua capacidade para a Copa do Mundo” afirmou.

Motivados em apresentar o destino Pernambuco para o trade português, a Flytour Viagens e o Turismo do Estado fecharam parceria para realizar ações no velho continente, acordo divulgado durante a 41ª Feira das Américas. “Esta é uma oportunidade de capacitar os agentes e de promover o destino”, afirmou Michael Barkoczy, presidente da Flytour Viagens, em entrevista no estande do M&E na Abav. A participação de Pernambuco no Confly – evento com as 114 franquias da operadora – está inclusa nas atividades. Representando o Governo de Pernambuco, Alberto Feitosa, secretário de Turismo do Estado, e Luciana Fernandes, diretora Comercial da Empetur, apresentaram a iniciativa em conjunto com a operadora e ressaltaram que a festa “Pernambuco é Só Chegar” será realizada em Portugal, exatamente para cumprir

Ricardo Urano, Cleiton Armelin, Carlos Henrique Sobral, Alberto Feitosa e Michael Barkoczy

Mais notícias do setor

Amazonas - Pela segunda vez como estado patrono da Abav, a presidente da Amazonastur, Oreni Braga, revelou, com exclusividade ao M&E, que o estado já negocia com a Tap a criação de um novo voo direto de Portugal para Manaus, atendendo turistas de toda a Europa e trazendo uma nova alternativa de rota para os brasileiros. Oreni ainda destacou que será realizado um seminário sobre oportunidades de negócios e um workshop em Lisboa com o objetivo de fomentar negócios e captar eventos. Durante a abertura da feira, Oreni anunciou o lançamento da primeira bola ecológica do Brasil, a Ecoball.

Espírito Santo - Em visita ao estande do M&E, os secretários de Turismo do Espírito Santo, Alexandre Passos, e de Vitória, Paulo Renato Fonseca, falaram sobre a evolução do turismo capixaba nos últimos anos, decorrente do grande investimento na divulgação do destino e na construção de novos produtos. Entre os principais destinos do estado, está a cidade de Venda Nova do Imigrante. Com foco na gastronomia e na cultura, o município se diferencia com roteiros de serra no país. Goiás - A Secretaria de Turismo de Goiás lançou, durante a Abav, uma nova campanha intitulada “Conheça Goiás, Coração do Brasil”. Segundo o secretário, Aparecido Sparapani, o objetivo é divulgar 51 destinos turísticos do estado. Ele confirmou também que já foram iniciadas as obras do novo centro de convenções de Anápolis, com capacidade para três mil pessoas. Apesar do estado não receber nenhum jogo na Copa do Mundo de 2014, Goiás pode sediar

Minas Gerais - A partir de 2014 a estrutura governamental do turismo em Minas Gerais vai mudar. De acordo com decreto do governador Antonio Anastasia, a Setur de MG vai se transformar na Secretaria Estadual de Turismo e Esporte. O atual secretário, Agostinho Patrus, já confirmou que deve se afastar do cargo a partir do início do próximo ano para participar das eleições. “O objetivo desta mudança é permitir que as secretarias de Turismo, Esporte e Copa tenham um só comando, bem como uma só estrutura e orçamento”, afirmou. O secretário também disse que está em negociações com a Infraero e as empresas aéreas para solucionar o problema provocado pelo fechamento noturno do aeroporto internacional a partir de 2014. Ele confirmou também negociações com o governo uruguaio para retornar voos regulares entre Belo Horizonte e Montevidéu. Já, sobre a ampliação da Expominas, afirmou que serão investidos R$ 400 milhões na construção de um novo auditório. Pará - O Pará deve entrar na rota de voos internacionais das companhias aéreas Tam, Tap e Avianca. A informação é do secretário de Turismo do Pará, Adenauer Góes, que durante a Abav esteve reunido com dirigentes dessas companhias em São Paulo, no estande do Pará. “O voo da Tam que ligará Belém a Miami

Paraná - O secretário de Turismo do Estado do Paraná, Jackson Pitombo, disse em entrevista ao M&E, que o estado está promovendo uma mega ação para o verão na região. Além disso, a votação do projeto de lei que prevê julgamento diferenciado de crimes contra turistas – de autoria de Pitombo, já está no supremo e pode ser julgado ainda este ano. Pernambuco - A Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) anunciou o lançamento da nova campanha promocional para operadores, agentes e público final. O presidente da Empetur, André Correa e a diretora Comercial, Luciana Fernandes, apresentaram as novas folheterias que contêm todos os segmentos de turismo no estado, principalmente destinos como Recife, Noronha e Porto de Galinhas. A Empetur levará também uma ação diferenciada a Buenos Aires, durante a FIT. “Vamos priorizar o público final na Argentina, que corresponde a 3% dos turistas internacionais de Pernambuco”, comentou Luciana. Rio Grande do Sul - Além de roteiros integrados com o Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, que resultaram num incremento de 12% no fluxo de turistas internacionais, o Rio Grande do Sul também está buscando uma maior qualificação do seu receptivo. O estado também lançou o programa Tri Legal, que tem postos nas principais rodovias, oferecendo aos turistas um atendimento melhor. Distrito Federal - Em entrevista exclusiva ao M&E, o secretário de Turismo do Distrito Federal, Luís

Aquiraz (CE) - Depois de Fortaleza, o destino mais procurado no estado do Ceará é Aquiraz, cidade histórica e predominantemente de sol e praia. O representante da cidade, Claudio Vischioni, comentou que, durante a feira, foi lançado um material com todos os serviços do local, com o objetivo de fomentar ainda mais o turismo na região. “Nos últimos quatro anos tivemos um avanço significativo no número de turistas presentes na cidade. Por exemplo, durante a Copa, já temos uma reserva de 40 finlandeses. E nossa geografia acaba ajudando, por estarmos perto do Estádio do Castelão”, declarou o representante. Bonito (MS) - A cidade de Bonito, no Mato Grosso do Sul, receberá de 24 a 30 de abril de 2014, a Conferência Internacional de Ecoturismo e Turismo Sustentável, a mais importante conferência de ecoturismo, que reúne os principais representantes do segmento do mundo. O evento é promovido pela Sociedade Internacional de Ecoturismo, uma organização sem fins lucrativos dedicada à promoção do ecoturismo. Os temas de debate colocam o turismo como setor importante para a conservação, proteção da diversidade cultural e desenvolvimento sustentável da comunidade. São esperados cerca de mil participantes de mais de 45 países. Podem participar acadêmicos, consultores, governos, operadores turísticos, representantes da hotelaria, especialistas e ecoturistas.


ABAV 2013 Cidades Destinos apresentam novidades

José Márcio dos Santos, secretário de Turismo de Búzios

Cuiabá (MT) - A menos de um ano para o começo da Copa do Mundo 2014, em 12 de junho, a capital do Mato Grosso, Cuiabá, tem 43 obras em andamento. De acordo com o historiador e guia cultural, Oscar Neto, a cidade está como um canteiro de obras. “A evolução da cidade trará um legado e benefícios. Por exemplo, o sistema de VLT terá 22km ligando o aeroporto até o centro da capital”, declarou o guia. Curitiba (PR) - O Ministério do Turismo investirá R$ 50 milhões na construção do Centro de Convenções e Feiras de Curitiba (PR), como parte do Programa de Aceleração do Crescimento, o PAC do Turismo. O local já foi definido e fica a dez minutos do centro da cidade. O espaço para feiras terá cerca de 18 mil m². O Instituto Municipal de Turismo de Curitiba vai realizar um concurso público internacional para a escolha da empresa de arquitetura que fará o projeto. De acordo com a diretora do Curitiba Turismo, Cristiane Santos, a conclusão do projeto deve ocorrer em 2015, mas no ano que vem o centro já estará em operação. Fortaleza (CE) - O secretário municipal de Fortaleza, João Salmito Filho, afirma que a troca de gestão foi bastante contundente para evolução da cidade, mas que ainda deixa a desejar no quesito “mobilidade urbana”. “Estádios, aeroportos e hotéis estão na mão do governo do estado. Por nossa conta, está a mobilidade urbana, que atingiu cerca de 70% de evolução das obras na gestão de Roberto Cláudio, em cinco meses. Infelizmente, não conseguiremos chegar aos 100% das obras até a Copa, mas acreditamos no sucesso da cidade”, afirma João Salmito Filho. Os investimentos já somam, ao todo, R$ 245 milhões.

Flávio Agustini, secretário de Turismo de Lages

Lages (SC) - O turismo de Lages tem um novo local para a

Claudia Pessôa, secretária de Turismo de Maceió

Maceió (AL) - Em visita ao estande

do M&E, a secretária de Turismo de Maceió e presidente da Anseditur, Cláudia Pessôa, destacou as novidades do turismo em Maceió, com destaque para o Réveillon. O evento contará este ano com atrações como Ivete Sangalo, Asa de Águia e Anitta. Recife (PE) - No dia 13 de outubro a cidade de Recife vai inaugurar o seu novo terminal de navios de forma oficial. Para o secretário de Turismo da cidade, Felipe Carreiras, isso deve trazer um grande incremento para o setor. Segundo ele, em conjunto com a Secretaria de Turismo de Pernambuco, está sendo negociado com as operadoras uma forma para aumentar as paradas de transatlânticos no município. Rio das Ostras (RJ) - O município de Rio das Ostras levou para a

Abav seus principais atrativos. De acordo com o representante Rodrigo Lopes, apesar da maioria de turistas procurarem sol e praia, a cidade tem muito mais a oferecer. “Estamos com uma ampla divulgação do Festival de Jazz que acontece na cidade, além do nosso festival de gastronomia de frutos do mar”. De acordo com Rodrigo Lopes, o município está com um estudo de perfil em andamento para visualizar os principais pontos que os turistas mais visitam e, desta maneira, padronizar e investir nas rotas mais visitadas. SPTuris SPT uris (SP) - A SPTuris apresentou um novo material de divulgação do turismo da cidade. De acordo com o presidente do órgão, Marcelo Rehder, o folheto é destinado tanto para agentes de viagens como para o público final, pois contém dicas de

lugares para visitar e de roteiros de um dia para os executivos que vão à cidade para fazer negócios. Outro programa em andamento é o ‘São Paulo Porta a Porta’, que já visitou mais de 200 agências no interior do estado, em 17 cidades. Até o final do ano mais seis municípios serão contemplados. Rehder falou também sobre o city tour oficial de São Paulo, que deverá ter início no segundo trimestre de 2014.

Marcelo Rehder e Luciane Leite, da SPTuris

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Búzios (RJ) - Investindo fortemente em ações de marketing e propaganda, o município de Búzios, localizado na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, tem forte potencial para angariar turistas. Principalmente após o possível lançamento de voos saindo de Viracopos-SP ou Belo Horizonte- MG, ação que está sendo prevista em parceria com a Azul. “Com workshops, famtours e essas ações com a Azul, podemos esperar uma grande procura de brasileiros, especialmente, do interior de SP”, destaca o secretário de Turismo, José Márcio Moreira dos Santos. Em relação aos projetos para a Copa e estratégias para fomentação turística da cidade, o secretário acredita que Búzios pode ser considerada uma boa ‘cidade-treino.’

promoção municipal. A plataforma www. visitlages.tur.br, somente em português, terá mais dois idiomas – inglês e espanhol – até o final do ano. “Informativos, gastronomia, hotelaria e eventos são alguns dos conteúdos do site”, afirmou Flavio Agustini, secretário de turismo de Lages. Foram precisos dois meses para a construção do conteúdo apresentado no site.

11


A BAV 2013 Galeria

Equipe da Visual Turismo

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Equipe da Avianca

Fabiola Velasquez, da Promperú

12

Equipe da Trend Operadora

Equipe do Estado de Pernambuco

Equipe da Viagens Master

Fernando Ferrero, da Bahiatursa, com Fabio Mader, da CVC

Elói d'Avilla, da Flytour, com Carlos Amorim, da Ancoradouro

Douglas Simões, da Abeta, Flávio Dino, da Embratur e Oreni Braga, da Amazonastur

Renata Pascoal, Ricardo Kaiser e Fernanda Aveloes, da Hertz

Enrico Fermi Torquato, da ABIH Nacional, Dilson Jatahy Fonseca Neto, da Resorts Brasil, e Adolfo Martins, do Grupo Folha Dirigida

Leslie Benveniste, de Tampa, com Martha Koszutski, da Pier 1

Fernando Haddad, de SP e Luiz Barretto, do Sebrae

Fabio Mota, Mauro Formiga e Sergio Braune, do MTur


ABAV 2013 Serviços

Mais notícias do setor

Equipe da Shift: Renato Kirste, Mario Maia, Fernando Cavalcanti e Alexandre Pinto

Abav Nacional e Ifaseg Apresentar aos agentes a importância da gestão de risco. Este é o objetivo da parceria entre a Abav Nacional e a Interface Seguros – Ifaseg. Durante a 41ª edição da Feira das Américas, Mario Gasparini, diretor da empresa, apresentou palestra sobre o tema. Segundo o diretor, as agências precisam ter conhecimento da importância do assunto, e as palestras visam dar suporte ao trade e aproximá-lo dos seguros, entre eles de acidentes pessoais e de cancelamento de viagens. “Nossa função é fazer a ponte, com produtos e a administração dos programas”, finalizou Mario Gasparini, diretor da Ifaseg. GT A - Viajantes brasileiros com GTA destino à Europa tem uma nova opção de cobertura de assistência para suas viagens. Criado pela GTA, o Plano Euromax amplia o valor máximo da cobertura e inclui valor para acidentes e enfermidades, além da repatriação sanitária. “Cada uma destas duas coberturas terá valor de 35 mil euros”, afirmou Celso Guelfi, presidente da GTA. InterMundial - A InterMundial – empresa de seguro para a indústria de turismo, presente há três anos noBrasil-ofereceumprodutodiferencial no mercado. O cancelamento VIP cobre 93% das causas mais comuns dos cancelamentos de viagens dos clientes. Segundo F. Javier del Nogal, diretor executivo de Operações, a empresa ainda é pequena no Brasil, mas enxerga um grande potencial de crescimento no segmento. O Brasil é o primeiro país na América Latina a ter um escritório da InterMundial. Em breve, outro será inaugurado no México. Na Europa, a InterMundial possui um share grande de mercado e na Espanha é considerada o maior brocker de seguros de viagem. A empresa está presente ainda em Portugal, Itália, França e Reino Unido. “Em breve abriremos mais um escritório próprio, agora na Polônia”, comentou. Localiza - Em 2013, a Locali-

ção de produtos e serviços da Localiza. Hertz - Com objetivo de ganhar share no mercado brasileiro, a Hertz está investindo em programas para o trade. Segundo John Salagaj, diretor de marketing da locadora no Brasil, a empresa quer se consolidar no país. A ideia é dobrar o volume de vendas entre 2012 e 2015. “Para 2013, nossa meta é crescer 15%”, declarou o diretor. Durante a Abav 2013, a Hertz promoveu adições ao seu portfólio, o New Ford Fiesta, com transmissão automática, oferecido com exclusividade pela locadora, além dos novos serviços já oferecidos no mercado internacional e agora disponíveis para os clientes brasileiros, como o Hertz Business Rewards, programa de fidelidade para pequenas e médias empresas.

Em fevereiro deste ano a Central de Negócios Turísticos (CNT) criou uma plataforma para desenvolver aplicativos para dispositivos móveis para agências de viagens e empresas da área de Turismo. Pouco mais de seis meses depois, a empresa já alcançou a marca de 1,4 mil motores de busca em agências de viagens. De acordo com o CEO da CNT, André Khouri, somente nos últimos 60 dias foram 200 apps publicados na Apple Store e Google Play. ”Com esta ferramenta nós disponibilizamos o B2C para as agências de viagens”, disse Khouri. Ele revelou ao M&E que somente nos dois primeiros dias da Abav 2013 foram fechados cerca de 140 negócios para o desenvolvimento de aplicativos. Khouri explicou que há uma plata-

André Henry Khouri e Alexandre Angelli, da CNT Soluções Mobile

forma fixa que pode ser personalizada de acordo com os interesses das agências. O diferencial é que os clientes podem orçar e até comprar as viagens por meio dos tablets e smartphones. “Conseguimos colocar funcionalidades como dicas de viagens e outros produtos das agências”, afirmou. Um dos motivos do sucesso do produto, na opinião do executivo é a forma de comercialização.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Shift – Depois de anunciar a parceria com a Feira das Américas como transportadora oficial do evento, a Shift Mobilidade Corporativa anuncia mais investimentos em frota e em uma nova sede na capital paulista. Segundo o diretor da assistência em transporte, Alexandre Pinto, hoje a empresa tende a investir cada vez mais na ampliação da frota e na capacitação e incremento da equipe. Para Renato Kiste, também diretor da Shift, a empresa está superando os resultados projetados para o ano e já apresenta 52% de incremento no acumulado nos meses de janeiro a julho. “Nossa expectativa era crescer 25%”, disse. Além das ações pontuais de assistência em transporte realizadas pela Shift dentro do país, o mercado internacional cresce 10% em operação, segundo Alexandre Pinto. Com relação à frota, hoje a Shift possui mais de 50 carros entre ônibus, vans, micro-onibus e carros executivos.

za está comemorando 40 anos e para marcar a data, a empresa está desenvolvendo uma série de ações. O primeiro foco foram os próprios colaboradores: foram realizados eventos e criada uma rede social para que eles possam compartilhar a sua história com a empresa e demais funcionários. De acordo com o diretor de Marketing da locadora, Hebert Viana, o próximo passo é desenvolver ações pra o trade. “Há um calendário de ações para colabores, clientes e parceiros. Teremos também ações customizadas para o trade”, disse. Durante a feira, a diretoria da Localiza, liderada por Paulo Henrique Pires, recebeu em seu estande o presidente da Abav, Antonio Azevedo, acompanhado de Alessandro Macedo, para assinatura de uma nova parceria entre a locadora e a Abav. O objetivo é permitir que os agentes associados possam ter, a partir de agora, um desconto de 20% na comercializa-

CNT já desenvolveu mais de 1,4 mil motores de busca para agências

13


A BAV 2013 Hotelaria

MAIS NOTÍCIAS DE HOTÉIS E RESORTS

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Ricardo Domingues e Dilson Jatahy, da Resorts Brasil

14

Resorts Brasil lança programa“Especialista em Resorts” e ganha novo associado O Tropical Manaus está de volta à Resorts Brasil, associação da qual saiu durante 2006. O resort foi um dos fundadores da associação. Com o retorno, outros empreendimentos da rede também já desejam ingressar, como por exemplo, o Tropical Tambaú, na Paraíba. Atualmente, a Resorts atinge o total de 50 resorts associados por todo o país. Depois de uma média de crescimento de 5% nos primeiros meses do ano, a Resorts Brasil constatou, em maio, um crescimento de 12% nas vendas. A Resorts Brasil lançou – durante a Feira das Américas 2013 – o “Programa Especialista em Resorts 2013”, que tem como objetivo aprimorar o relacionamento e estimular os modelos de negócios entre resorts e agentes de viagens. Segundo o diretor executivo da associação, Ricardo Domingues, a proposta é criar um canal de comunicação direto com os agentes especialistas em vendas de resorts no Brasil. “Queremos ter os agentes mais próximos dos 50 associados”, disse.

Bourbon investe na renovação dos hotéis da rede A rede Bourbon está investindo na seus hotéis próprios com uma série de reformas. No caso da unidade de Curitiba (PR), a recepção está passando por uma renovação completa e em janeiro terá os seus dois restaurantes reformulados, bem como o resort de Atibaia (SP), cujo o restaurante Don Caetano ganhará características de uma típica cantina italiana. Em Foz do Iguaçu, o hotel passa por mudanças no fitness center e terá o Espaço Turma da Mônica ampliado. “Nosso objetivo é ter 100% do nosso parque atualizado em dois anos”, disse o diretor de Vendas da rede, Jeferson Munhoz. Além disso, o hotel de Alphaville, que é administrado pela Bourbon passa por um retrofit completo. No dia 1º de agosto, a rede inaugurou o seu primeiro empreendimento na capital argentina. Tratase do Bourbon ME, hotel boutique com apenas sete apartamentos. Ele é de propriedade do cineasta Francis Ford Coppola. O casarão, datado da década de 30, foi residência de Coppola entre 2007 e 2009, quando filmou Tetro. A marca Rio Hotel By Bourbon também irá ganhar novas unidades no Brasil, com projetos em desenvolvimento em Curitiba e Limeira e dois em construção, sendo um em Foz do Iguaçu e outro em Botucatu. Ciudad del Este, no Uruguai, será a próxima a ganhar um projeto da Bourbon com esta bandeira, assim como Ponta Grossa, no Panamá e Macaé, no Rio de Janeiro.

Manoel Cardoso, do Rio Quente Resorts

Rio Quente - A partir de outubro, o Rio Quente Resorts contará com mais dois voos fretados com saídas de São Paulo. A Azul fará a operação de quinta e domingo, no aeroporto de Guarulhos. Durante o Natal e Réveillon, haverá saídas também do Rio de Janeiro. Segundo Manoel Cardoso, diretor de Experiência, Marketing e Vendas do Grupo, outras localidades também receberão voos. “Em todos os feriados de 2014 e durante a temporada de julho haverá saídas de diversas cidades do Brasil”, disse. As cidades são: Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Londrina, Maringá, Porto Alegre, Curitiba, Brasília e Campo Grande. Atlantis Paradise Island O Atlantis Paradise Island está reformando as suas Royal Towers. Segundo Erica Valbuena, gerente de vendas do resort, a torre oeste já teve todos os seus apartamentos reformados. Em breve será iniciada a torre leste. “Todo enxoval e mobiliário será trocado e o banheiro reformado”, disse. Além disso, foram inaugurados dois novos espaços gastronômicos, um restaurante mediterrâneo chamado Olives, com o chef estrelado Todd English e um Moonbar, no Cassino. Nickelodeon - O Nickelodeon Suites Resort, localizado em Orlando, está apostando no mercado brasileiro. A primeira ação do hotel no país foi durante a WTM-LA, realizada em março deste ano. A gerente de Vendas, Collen McKay, revelou que somente com esta ação o Brasil já se tornou o segundo mercado internacional para o empreendimento, atrás apenas do Canadá. “Temos um material em Português e já temos pessoal no hotel falando o idioma para atender os brasileiros”, disse. Segundo ela, o resort já firmou acordo com algumas das maiores operadoras brasileiras, como CVC, Nascimento, Flytour, Schultz, RCA e Trend.

Ximena Urjel, gerente geral do Kunza

Hotel Kunza - Comemorar o Ano Novo em alto estilo, cercado por deslumbrantes paisagens, em instalações de luxo e na companhia de pessoas especiais. Essa é a proposta do Kunza. “O Ano Novo no deserto do Ataca é totalmente diferente. Temos ainda 20 quartos com pacotes a partir de US$1.905. Fora do hotel, os hóspedes têm direito a duas excursões de meio dia, ou uma de um dia todo para o ponto turístico que desejar conhecer no deserto, entre eles o Valle de La Luna, os Geisers del Tatio, as Termas de Puritama”, disse a gerente comercial do Kunza, Ximena Urjel.

Costa do Sauípe - Direcionado para informar os agentes de viagens, a Costa do Sauípe lançou durante a Abav o Portal de Agentes. “Não serão realizadas vendas pela plataforma, vamos atender à demanda de informar os profissionais”, explicou JJ Garcia, diretor de vendas da Costa do Sauípe. Para ele, o espaço agrega assuntos importantes para os agentes, com fácil acesso a fotos, materiais institucionais, campanhas, vídeos e anúncios de Sauípe.

JJ Garcia, da Costa do Sauípe

The W estin - Localizado Westin exatamente na divisa entre a parte francesa e holandesa, o hotel The Westin é o principal resort voltado para eventos e negócios em St Maarten. São sete salas de reuniões, com um total de 10 mil m², localizados em três andares de prédio. “A localização estratégica do hotel permite que a pessoa saia de uma reunião de negócios e vá diretos para as mais belas praias da ilha. A logística é perfeita”, declara Barbara Warren, do The Westin. JW Marriott RJ - O JW Marriott Rio de Janeiro apresentou a renovação do lobby, que passou por quatro meses de reforma e passa a adotar o conceito “Greatroom”, estratégia internacional da rede Marriott. Se antes a área na entrada do hotel era vista por grande parte dos hóspedes como um local de passagem, agora reúne o moderno bar The Carioca, passando a ser um espaço interativo, de convivência, onde as pessoas podem tomar um drink, conversar, trabalhar e ler. Grupo Pestana - A rede portuguesa Pestana está estruturando um novo modelo no Pestana Rio Atlantica, localizado no Rio de Janeiro. O novo formato contará com aporte de investidores que terão participação nos ativos imobiliários da unidade. O objetivo é acelerar a expansão da rede e focar na operação. O Grupo Pestana continuará como proprietário de parte do hotel no Rio de Janeiro e se manterá como responsável pela operação da unidade. Este modelo já é aplicado em algumas unidades do grupo em outros países e também é usado por outras redes hoteleiras em todo o mundo.

pecializada em hospedagem de apartamentos. São diversas opções de acomodações, entre Studios de luxo e apartamentos de 1 a 4 quartos que comportam até 10 pessoas. “A vantagem dos apartamentos é que dão mais privacidade e conforto ao hóspede e a qualidade da interação e socialização é muito melhor. A convivência dos hóspedes que dividem o espaço fica mais agradável”, declara Jane Terra.

Alexandre Sampaio, da FBHA

FBHA - O presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio, confirmou que a entidade quer expandir a atuação no interior de São Paulo e nas capitais do país. Além disso, o executivo disse que as entidades do setor como Resorts Brasil, Fohb e ABIH estudam a unificação dos escritórios para ampliar a participação e otimizar as tomadas de decisões em prol do segmento. Hotelera Posadas - A Hotelera Posadas México retomou suas atividades no Brasil. A rede anunciou que contratou a empresa BG Marketing & Travel Solutions como sua representante exclusiva no mercado brasileiro. “Seremos responsáveis em promover as diferentes marcas do Hotéis & Resorts do grupo mexicano e atuar como GSA (agente geral de vendas) em todo o território nacional para desenvolvimento de vendas, promoções e atividades de marketing junto ao trade”, disse a diretora do Hotelamais, Clara Costa. Hotel Unique - Reafirmando seu posicionamento de vanguarda, o Unique acaba de se tornar o primeiro hotel do Brasil a estar 100% certificado com o ISO22000. Seu restaurante, o Skye, torna-se assim o primeiro restaurante de hotel do país a ser certificado nesta diretriz. A ISO 22000 é a primeira norma internacional voltada para a segurança de alimentos. Ela define os requisitos necessários para que estabelecimentos comerciais atinjam a excelência em seu sistema de gestão alimentício e engloba toda a cadeia de fornecimento de alimentos.

Matt Teixeira e Luis Barrios, da Best Western

Jane Terra, da Stay Sky Hotels

Sky Hotel - O número de brasileiros que opta por apartamentos para se hospedar vem aumentando, é o que aponta Jane Terra, da Sky Hotel, rede es-

Best W estern - A Best WesWestern tern acaba de firmar parceria com o Cangooroo para distribuir seus hotéis no Brasil. Matt Teixeira, diretor de vendas da Best Western para a América Latina, esteve no estande do M&E, acompanhado de Thiago Campos, diretor comer-

cial da T4W – empresa de tecnologia da informação que desenvolveu a ferramenta de distribuição hoteleira - CCM e a plataforma de reservas Cangooroo, para falar sobre a novidade. “O Brasil é o principal mercado na América Latina e, sem dúvida, esta parceria com a CCM renderá grandes negócios. Nosso objetivo é aumentar nossas vendas e estreitar o relacionamento direto com o trade nacional. Vamos conseguir, desta forma, atingir mercados secundários e terciários”, disse Matt. BHG - A BHG confirmou a mudança na Diretoria de Novos Negócios, até então comandada por Flávio Maia. O executivo, que deixa a BHG, será sucedido por Felipe Gomes, que assume a posição a partir desta data. Felipe Gomes tem 32 anos e é formado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) com especialização (MBA) pela mesma Universidade. Radisson Faria Lima Atualmente com 65% do empreendimento reformado, o Radisson Faria Lima irá concluir suas obras entre o final deste ano e o início de 2014. O hotel passa por melhorias desde 2010, quando começou a realizar uma retrofit, divido em quatro etapas. “Faltam 65 apartamentos para concluirmos a última etapa”, afirmou ao M&E, Rafael Caron, gerente de Vendas da Atlantica. A intenção inicial era efetuar esta última etapa entre o ano passado e o início de 2013, porém, uma nova obra foi iniciada, envolvendo as áreas comuns do empreendimento – restaurante, recepção, lobby e área de eventos, que teve capacidade dobrada. “Depois de concluir a 4ª etapa, iremos construir três suítes”, disse Caron. Meliã - A Meliã Hotels International trará a sua bandeira Innside para o Brasil. O primeiro hotel da marca será em Recife e deve ser inaugurado em dois anos. Serão 280 apartamentos de frente para o mar, que terá como foco tanto o lazer como o corporativo, devido à proximidade com o porto de Swap. Além disso, a rede já iniciou as negociações para implantar a marca ME, no Rio de Janeiro e em São Paulo. Rui Manuel, vice-presidente da rede no Brasil, falou ainda sobre as novas unidades que serão implantadas nos próximos cinco anos, sendo um em Belo Horizonte, um em Itaboraí (RJ) da marca Tryp, além de dois da marca Meliá, sendo um em Recife e um Cuiabá. Palladium - O Palladium Hotel Group está investido no segmento corporativo. Há cerca de um mês o hotel contratou Sara Noronha como nova gerente de MICE Brasil. O objetivo dela é incrementar os eventos do hotel, dando mais visibilidade ao espaço de eventos do resort - que conta com quatro salas com capacidade para até 500 pessoas em auditório. “Temos uma infraestrutura pouco utilizada e queremos propectar eventos com a meta de equilibrada a ocupação do resort o ano todo”, disse. “O resort já está consolidado como um produto de lazer e o grande dessafio é também mostrar o hotel como uma opção para eventos”, completou.


A BAV 2013 Hotelaria

Transamérica Hospitality Group terá 15 novos hotéis até 2016

ABAV 2013 ABETA Summit 2013

Douglas Simões, presidente da Abeta

ABETA reúne mais de mil pessoas em palestras Considerado o 10º Encontro Brasileiro de Ecoturismo e Turismo de Aventura, o ABETA Summit 2013 aconteceu na última semana como parte da Abav. Ao todo, mais de mil pessoas passaram pela sala 12 da Vila do Saber, local onde aconteciam as palestras, durante os quatro dias de evento. Organizado pela Associação Brasileira de Empresas de Ecoturismo e Turismo de Aventura, o Summit reuniu representantes da Abav, Braztoa e Abracorp. “Essa junção das associações é muito importante porque mostra bem o que é o turismo no nosso país. O turista não tem rótulo, não tem uma etiqueta mostrando o que ele faz. Em uma mesma viagem ele pode fazer atividades de aventura, ao mesmo tempo em que pratica o turismo cultural. Essas parcerias são provas disso”, afirma Douglas Simões, presidente da Abeta. O destaque ficou para a palestra “Turismo em parques nacionais: realidades e desafios”. Após o discurso acalorado do consultor Gustavo Timo, um espaço foi aberto para perguntas dos presentes. O resultado foi uma discussão de alto nível com propostas para tornar o turismo em parques nacionais uma das grandes frentes no mercado brasileiro. “Este é um assunto muito amplo, que tem duas dimensões. Uma é de conservação, de valorização de áreas protegidas. Outra é a questão prática do país. O Brasil tem áreas ambientais tão preciosas que poderiam e deveriam ser mais valorizadas”.

são da THG no Brasil”, salientou Heber Garrido, diretor da THG. Enquanto os novos empreendimentos vão ganhando forma, outros, já consolidados, mostram bons resultados e novos investimentos. Em Comandatuba, o hotel (que passará por um retrofit em 2014) é movimentado em grande parte pelo setor de eventos, que representa 37%. A ocupação média gira em torno de 47%, com oscilações de acordo com as temporadas. “O maior desafio para o turismo como um todo e que poderia alavancar a ocupação de diversos hotéis e resorts do país diz respeito à aviação. Falta uma malha aérea capaz de atender e suprir as necessidades existentes”, avalia Garrido. Penando nisso, o hotel aposta em fretamentos durante a alta temporada. Entre o Natal e o Carnaval, por exem-

plo, já são 45 voos confirmados. Em São Paulo, o setor de eventos representa 65% da movimentação do hotel, seguido do coorporativo individual, com 30%, e as demais hospedagens, com 5%. Além disso, o setor de A&B também vem se destacando. Segundo o diretor geral do Hotel Transamérica São Paulo, Claudio Bonuccelli, o hotel é responsável por 80% de todo o volume de A&B do Transamérica Expo Center. Com 400 quartos, a empreendimento passa por uma reforma que já foi concluída em 200 apartamentos e agora vai alcançar os demais 200. Ao todo, R$ 16 milhões serão investidos apenas nos quartos. Somados a este valor, mais R$ 8 milhões estão previstos para modernizar espaços internos, sociais e a infraestrutura. FIT - O THG vai deixar de atuar

Heber Garrido, Alejandro Mancylla, e Silvana Faria, do Transamérica

somente no segmento de alto padrão, com o lançamento de sua quinta bandeira: a Transamérica Fit, situada entre os segmentos econômico e de quatro estrelas. “Vamos inaugurar as unidades a partir de 2015

e, entre 2016 e 2017, já devemos alcançar seis hotéis. Serão baseados na tecnologia, modernidade e sustentabilidade”, afirma o gerente de desenvolvimento e novos negócios do THG, Romulo Silva.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

O Transamérica Hospitality Group (THG) vai inaugurar 15 novos hotéis no país até 2016, o que significa 2.700 apartamentos. Hoje, a rede conta com 22 empreendimentos no Brasil, sendo dois próprios e os demais administrados, totalizando cerca de 4.500 quartos. Ainda neste ano de 2013 entram em funcionamento o Prime Guarujá e o Porto Feliz, ambos com foco no segmento coorporativo. As informações foram reveladas pela equipe do Transamérica no país, que aproveitou a Abav 2013 para visitar o estande do M&E. O Transamérica Prime Guarujá fica na praia da Enseada e oferece 78 apartamentos. Já o Transamérica Executive Porto Feliz, na cidade de mesmo nome, está 132 quilômetros distante de São Paulo e oferece 74 apartamentos e suítes. “Essas novas unidades reforçam a expan-

15


A BAV 2013 Galeria

Marcus Vinicius Nunes, da Gol, Ariel Rodriguez, da Aerolíneas Argentinas, Eduardo Bernardes, da Gol, Gisela Marino, da Aerolíneas Argentinas, Ivan Blanco e Rosângela Cruz, da Aerolíneas Argentinas

Marcelo Pedroso, do Ministério da Cultura

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Roy Taylor, Eduardo Pinho, Valdir Walendowsky e Tarcísio Gargioni

16 Gabriel Adrian Hofnug, do Pestana Hotels, Douglas Presto, do Grupo Águia, Gilson Novo, do Grupo Águia, e Gustavo Luck, da Luck Receptivo

Marco Ferraz, da Braztoa, Steve Knode, Jussara Haddad e Dennis Hankins, do Consulado dos Estados Unidos

John de Denghy, da IHG, Robert Routh, do Crowne Plaza, e Steve Choe, do InterContinental

Gustavo Novaes, José Francisco e Marcelo Lima, do MTur

Luciana Canto, coordenadora de promoção turística da SPTuris

Bar amigos da Trend

Guilherme Paulus, da CVC, com Alberto Grau, da GJP Hotels & Resorts

Mário Trojman, diretor de Vendas da Silversea no Brasil

Ian Black, do The Bazilian Court; Cláudio Dasilva, do M&E e Rodrigo Trujillo, do Palm Beach CVB Lucia Brandão, Vivian Penha e Hélida Cristina, Porto Bay

Antônio da Matta, presidente Abav-MG

Luiz Mór, da Tap, e Eduardo Nascimento, da Nascimento

Mauro Vasconcelos, do Ponta Verde Hotel

Mari Masgrau do M&E, com Karin Lima, da Emirates

Luiz Barrero, do Sebrae, Valter Patriani e Roberto Vertemati, da CVC

João Araújo, da Integra Live Marketing, Roy Taylor, do M&E, e Francisco Paco Garcia, da IHG

Roberto Silva, da Sanchat, com Ana Gonzalez, do Visit Florida

Expositores de Orlando

Luiz Fernando Destro, representante da CzechTourism no Brasil

Juarez Cintra Filho e Juarez Cintra Neto, da Ancoradouro

Luís Sobrinho entre Lorena Mascarenhas e Grasiele Carrara, da Air Europa

Leandro Oliveira, secretário de Turismo de Canela, com Mari Masgrau, do M&E

Mauro Schwartzmann, da Costa Brava Turismo, e Amauri Caldeira, da Transoceanic

George Irmes, presidente da Abav-RJ


A BAV 2013 Galeria

Mario Carvalho, da Tap, Marcelo Sanovicz, da Advance, Eduardo Sanovicz, da Abear e Luiz Mór, da Tap

Roy Taylor, do M&E, Olaf Kaehlert, da Korean, Ralf Asmann, da Emirates, Carlos Antunes, da Etihad, e Adolfo Martins, do Grupo Folha Dirigida Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Roberto Roman, da Travel Ace, e Ricardo Roman, da Interamerican

Luis Vargas e Antonio Loureiro, da Travelport

Secretário Municipal de Fortaleza, João Salmito Filho, com Geraldo Ramos, do M&E

Luciana Fernandes, da Empetur, com Vitor Bauab, do Beto Carrero World

Luciane Camilotti e Maria Cláudia Evangeslista, de Florianópolis

Renata Araújo, do M&E, com Alejandro Mancylla, do Transamérica Prime Barra

Jornalista Rosana Jatobá

Julia Rodrigues, Rosangela Brito, Romualdo Lodino, e Fernando Ferreira, representantes de Moçambique

Equipe da TransMundi liderada por Miguel Andrade

17


A BAV 2013 Aviação

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

American Airlines destaca novo voo para CWB e POA A American Airlines apresentou uma série de novidades para os agentes de viagens que visitaram a Abav 2013. A companhia norte americana divulgou a sua nova frequência que vai ligar as cidades de Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) a Miami. A partir do dia 21 de novembro, a aérea passa a ter um voo diário entre a capital paranaense até Miami, parando antes no aeroporto Salgado Filho, na capital do Rio Grande do Sul. “Desta forma conseguimos atender esses dois importantes mercados”, disse José Roberto Trinca, diretor Comercial da companhia no Brasil. As vendas já tiveram início e de acordo com o executivo a frequência está

sendo muito bem aceita pelos dois mercados. “Curitiba não tinha uma ligação com os Estados Unidos e Porto Alegre não tinha um voo direto”, complementou. A operação será feita com um Boeing 767 com 212 lugares, sendo 28 na classe executiva e 184 na econômica. Além disso, a companhia dará início no dia 18 de dezembro a outra frequência diária no Brasil, desta vez partindo de Guarulhos para Los Angeles. O voo será operado com um 777-200, que tem capacidade para 247 passageiros. “O Brasil tem a maior operação internacional da American Airlines e esses novos voos mostram a importância do país para a companhia”, ressaltou Trinca.

Klaus Kühnast, da Tam, Eduardo Sanovicz, da Abear, e Antonio Américo, da Azul

Abear prevê crescimento lento

Equipe da AA: José Roberto Trinca, Dislon Verçosa e Alexandre Cavalcanti

18

Korean Air amplia canais de vendas e já pensa em crescimento na AL

Olaf Kaehlert, da Korean

Com objetivo de ampliar sua presença na América Latina, a Korean Air planeja investir na região – que hoje possui três voos semanais saindo de São Paulo. Segundo Olaf Kaehlert, gerente geral Latin America, a companhia está abrindo novos canais de vendas no Panamá, Costa Rica e Equador. “Estamos criando melhores condições de vendas para

os agentes e fomentando uma estrutura mais ampla para no futuro podermos aumentar a presença no Continente”, comentou. Hoje, a Korean Air já atua dentro do BCP no Chile, Colômbia, Peru, México, Brasil, Bolívia e Argentina. “A América Latina é um mercado importante para a Korean, principalmente México, Colômbia e Peru”, antecipou. No

Brasil, a companhia acaba de completar cinco anos de novas operações. Segundo Luis Cavalcante, gerente assistente de vendas, recentemente a rota Brasil – Los Angeles – Seoul ganhou nova aeronave – B777-300ER – com maior capacidade. “Dobramos o número de assentos na executiva e agora oferecemos 56 lugares”, disse.

O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Sanovicz, acredita que este será um ano de crescimento lento para as companhias nacionais. Em entrevista ao M&E, ele lembrou os inúmeros desafios que o setor vem enfrentando nos últimos anos e, mais recentemente, o impacto da alta do dólar na aviação comercial brasileira. “Até 2010 vínhamos muito bem, mas quando o dólar chegou a R$ 2 foi um baque muito grande, pois 55% dos nossos custos são dolarizados. Tivemos dois anos de prejuízos, mas fizemos a lição de casa para reduzir despesas”, contou o executivo, ressaltando que a recente escalada da moeda norte americana elevou novamente os custos.

Singapore - A Singapore Airlines apresentou durante a feira o seu site em português focado no mercado brasileiro. Para marcar o lançamento, a companhia está promovendo uma promoção: passagens ida e volta adquiridas no website para a rota São Paulo-Barcelona saem por US$ 788 na classe econômica. Tam - Um voo entre Belém e Miami está sendo negociado entre a Tam e o Governo do Pará. A informação foi confirmada pela presidente da companhia, Claudia Sender e pelo ministro do Turismo, Gastão Vieira. Segundo o ministro, será uma excelente oportunidade para que a região Norte possa abrir mais uma porta para entrada do Turismo norteamericano. Já Claudia preferiu não dar muitos detalhes, mas confirmou a negociação. “Existe sim uma solicitação do governo paraense e estamos analisando essa proposta, assim como outras”, adiantou. Tap - A Tap promoveu um coquetel durante a Abav 2013 para apresentação de sua nova carta de vinhos. Na ocasião o vice-presidente da empresa, Luiz da Gama Mor, destacou a preocupação com a qualidade do serviço de bordo na escolha da nova carta. “Essa seleção foi feita de forma criteriosa com um júri formado por especialistas e jornalistas do setor”, adiantou. O especialista João Paulo Martins e o chef Danio Braga destacaram os critérios na escolha dos novos vinhos. Para a classe executiva foram selecionados 12 vinhos tinto e branco e um do Porto e na classe econômica cinco vinhos. Aerolíneas Argentinas - O diretor geral da Aerolíneas Argentinas para o Brasil, Ariel Rodriguez, anunciou que a companhia terá sete novas frequências para a Bahia. O estado que tinha perdido um voo da Tam que ligava a capital Salvador à Buenos Aires, agora terá quatro frequências semanais para Salvador e outras três para Porto Seguro. A operação ainda não tem data para começar, segundo Rodriguez, mas o pedido junto à Anac já foi feito. “Vamos dar de volta à Bahia o voo internacional e proporcionar o intercâmbio de turistas entre os dois países”, disse. Avianca - A Avianca obteve um crescimento de 32% na oferta no primeiro semestre deste ano. Ao mesmo tempo, a demanda teve um incremento de 37%. As informações são do vice-presidente Comercial e de Marketing da companhia, Tarcisio Gargioni. Ele destacou ainda que o plano de investimentos da empresa segue no decorrer do ano. Até agora foram recebidas duas novas aeronaves e até o final de 2013 serão mais três. “Vamos colocá-las em voos para o Nordeste”, disse. Azul - A Azul Linhas Aéreas entregou uma placa para Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional, como forma de agradecimento pela parceria que todos os agentes de viagens firmaram com a empresa aérea. Na oportunidade, Michel Tuma Ness, presidente da Fenactur, também recebeu a mesma homenagem. As placas foram entregues por José Mario Caprioli, presidente do Conselho, Trey Urbanh, vice-presidente de Marketing, e Antônio Américo, diretor Comercial.


A BAV 2013 Cruzeiros

Mais notícias do setor

MSC - A partir de novembro, a MSC terá um navio baseado no Caribe durante o ano todo. O Divina terá dois roteiros de sete dias na região, ambos a partir de Miami, sendo um pela região americana e outro pelo México. Para iniciar a operação, a armadora está oferecendo a promoção 2x1. Além disso, o navio Musica já faz roteiros pelas Ilhas Antilhas, no Sul do Caribe. “Há uma procura muito grande de brasileiros não apenas por Caribe, mas também por outros destinos internacionais. E por já sermos conhecidos no país, temos uma vantagem grande neste mercado”, disse Adrian Ursilli, diretor de Vendas e Marketing da companhia para o Brasil. “Pretendemos duplicar o número de brasileiros no Caribe”, complementou. Sobre a temporada brasileira, Ursilli lembrou que serão três navios – Magnifica, Orchestra e Preziosa, além do Poesia, que ficará baseado na Argentina. “A procura está muito boa. Mesmo com a alta do dólar, a demanda esta grande”, revelou. Princess Cruises - A Princess Cruises apresentou um produto novo que une os transportes marítimo, aéreo e terrestre, já pensando na alta temporada e festas de finais de ano. O diretor de Vendas, Pablo Zabala, explicou a nova estratégia da empresa em angariar, cada vez mais, turistas domésticos e fechar o ano com um crescimento estimado em 15%. “Estamos realizando um pacote para as festas de final de ano que reúne Natal e Réveillon, com saídas de RJ e SP no dia 19 de dezembro. A dois meses da saída, já estamos com quase todos os quartos reservados”. Celebrity - Segundo Ricardo Amaral, VP da Royal Caribbean, as vendas da Celebrity tiveram um grande crescimento para brasileiros. “Nos últimos tempos intensificamos a ações com a marca e isso deu muito certo. Esta é uma marca que atrai os brasileiros por oferecer serviços diferenciados e atrações de um grande navio”, disse. Para a próxima temporada no Brasil, a Royal trará mais uma vez o Splendour of the Seas, navio consagrado pelo público. “Nosso índice de satisfação é muito alto com esse navio”, comentou. Uma novidade dessa temporada será o primeiro cruzeiro temático durante a travessia de volta do Brasil para Barcelona. De acordo com Amaral, este será o temático de maior duração já feito.

Além dos tradicionais e enormes transatlânticos, a Costa Cruzeiros decidiu apostar no público que busca por mais luxo e exclusividade, optando por navios menores em suas viagens de férias. Foi por esse motivo que o Grand Mistral teve sua vinda à América Latina cancelada na próxima temporada. Ele agora passará por uma reformulação e fará parte da grade da Costa nesta nova linha (ainda sem nome e sem muitos detalhes revelados). “Até os navios precisam se reinventar”, explicou a nova gerente de Vendas da empresa, Marcia Galvão, que assumiu o posto deixado por Claudia del Valle. Depois da larga experiência na

Marcia Galvão da Costa Cruzeiros

aviação, Marcia promete se dedicar ao segmento de cruzeiros com mesmo entusiasmo que marcou sua carreira no setor aéreo.

NCL apresenta o navio Gatheway, que estreia em fevereiro A Norwegian Cruise Line, companhia de cruzeiros de luxo que dispõe de uma frota composta por 12 navios, apresentou o Gatheway, mais um a fazer parte da frota a partir de fevereiro de 2014. De acordo com a diretora da NCL no Brasil, Estela Farina, as inovações deste navio interessam bastante ao público brasileiro. “Estaremos com rotas entre Miami e Caribe, destinos que estão totalmente apresentados ao mercado nacional e bastante aceitos. A novidade consiste em um restaurante com espaço interno e externo, dando a opção ao cliente de poder usufruir de nossa gastronomia ao ar livre.” Para a alta temporada, Estela Farina atribui o Réveillon e os 12 ro-

teiros diferentes pela Europa como fator Estela Farina, primordial para da NCL a fomentação da NCL no mercado nacional, apresentando, em números gerais, um crescimento de 20% em 2012. “Esperamos fechar 2013 com o mesmo crescimento. Há 11 anos atuando no mercado nacional, lidamos com operadoras e contatos diretos com agentes de viagem”, disse Estela, que ainda completou: “O que falta são os roteiros nacionais, pela costa brasileira, algo que ainda leva tempo por causa do tamanho de nossa frota e por toda a burocracia e condições portuárias”, finalizou.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Silversea - O diretor de Vendas da Silversea no Brasil, Mario Trojman, anunciou, durante a Abav, mais duas novidades para a temporada 2013/ 2014. “Trago o Carnaval na Ásia, com passagens por Singapura, Bangkok, entre outras cidades. O nosso navio tem saída marcada para 28 de fevereiro e permanece 11 dias viajando pelo mar asiático em clima de Carnaval. Já estamos promovendo os pacotes e reservando cabines. Os preços estão a partir de US$ 5.990. A outra novidade trata-se de mais um de nossos navios, que tem saída marcada para o dia 26 de julho de 2014. A rota tem o privilégio de passar pelo mar báltico durante 7 dias, além de visitar cidades como Estocolmo e Copenhague. Neste caso, nossas cabines estão saindo a partir de R$ 3050 dólares”, explicou Mário. De acordo com ele, todos os pacotes e navios têm o sistema all inclusive.

De olho nos que buscam exclusividade, Costa terá nova linha de navios

19


A BAV 2013 Exterior

Veja o que cada destino divulgou durante a feira vel por parte do país junto ao público brasileiro. “Estamos com uma divulgação ampla da região central da Suíça, com capacitações que combinam diversas atividades em pouco espaço de tempo.”Uma grande parte de pacotes como esse é all inclusive. Visto isso, podemos esperar um crescimento de 10% a 15% em relação a 2012".

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Luiz Moura, da US Travel

20

Empresas se unem para ganhar concorrência da Brand USA A união faz a força. Dessa forma pensam a Insight, Imaginadora, Interamerican e South Marketing. Ao invés de disputarem, todas decidiram se juntar para, assim, ganhar a concorrência que vai definir o representante da Brand USA no Brasil. A estratégia pode dar certo, já que o grupo, encabeçado por Luiz Moura, está entre os cinco finalistas. A decisão sai no final do mês.”Além do nosso grupo, imagino que outras empresas locais e internacionais com representação no Brasil devem estar na disputa. Creio que temos chance, já todos possuem experiência neste ramo”, justificou Luiz Moura, que já bastante conhecido do trade pelo seu trabalho na US Travel com a delegação brasileira do Pow Wow e como representante da própria Brand USA até junho deste ano. “Caso a gente ganhe a concorrência, com a estrutura que estamos propondo, eu não vou precisar contratar uma grande equipe. Teremos um profissional dentro da Imaginadora, um dentro da Interamerican e um dentro da South Marketing focados diretamente à Brand USA. Eu vou cuidar da parte administrativa”, detalhou Moura.

Em muitos países, os representantes da Brand USA já foram definidos: China – Aviareps; Hong Kong - Connectworldwide Brandstory; Índia - Sartha Global Marketing; Japão - Aviareps Reino Unido e Irlanda Black Diamond; Coréia – Aviareps; Taiw an – Connect Worldwiaiwan de Brandstory Alemanha, Austrália e Suíça - Brandmasters America Ohg

Fabián Szewczuk, da Emprotur

Fabián Szewczuk, da Emprotur

Visit Berlin - O Visit Berlin está com um novo líder na América do Sul. Elizabeth Villanueva passa a comandar a representação do órgão alemão na América do Sul, e considera que seu principal desafio é mostrar Berlim como a capital turística da Europa. “Berlim tem ótimos atrativos com custo acessível”, disse ao M&E. Ela elenca a rica história recente, a cultura e a tolerância à diversidade como características do destino na atração de visitantes.

Bariloche - O destino Bariloche, na Argentina, espera receber 35 mil brasileiros até o final de 2013, segundo Fabián Szewczuk, presidente da Emprotur. Ele afirmou que a visitação será normalizada durante este ano, após baixas visitas nas duas temporadas anteriores. Ele espera que 2013 tenha 10 mil turistas a mais em comparação a 2012 – quando recebeu 25 mil. Presente durante a Abav, o destino promoveu seus atrativos voltados para o turismo de aventura. “O brasileiro que for em outros períodos vai se surpreender com uma Bariloche diferente”, disse Szewczuk, explicando que o local não apresenta somente neve, principal motivo de viagens do público estrangeiro ao local.

Moçambique - Com objetivo de aumentar o intercâmbio entre os países, Moçambique está em busca de investidores brasileiros. Segundo Romualdo Lodino, conselheiro econômico para Assuntos do Turismo e Cultura, o país busca parceiros para construir hotéis, resorts, escolas de formação e cursos profissionalizantes. “Queremos ainda criar parcerias entre os operadores dos dois destinos. Esses são os focos de nossas ações para promover Moçambique e aumentar o fluxo de brasileiros”, disse. Segundo Johnam, o primeiro semestre do ano já apresenta um resultado 30% maior no fluxo de turistas do Brasil para o país. Em parceria com a SVC Travel, Moçambique levará em novembro uma proposta para criar um calendário de eventos com foco na capacitação dos agentes e operadores. Jordânia - O Jordan Tourism Board, órgão oficial de turismo da Jordânia, informou que o número de visitantes brasileiros no primeiro semestre foi de 5.797 turistas contra 4.654 no mesmo período do ano passado, o que representa um aumento de 24,6%. Em comparação com outros mercados das Américas, o Brasil segue disparado na frente em relação ao porcentual de crescimento no primeiro semestre deste ano. O órgão lançou em agosto uma nova ferramenta de capacitação para os agentes brasileiros. Segundo Ahmad AlHadid, gerente regional de marketing do Jordan Tourism Board, existe um projeto para capacitar pelo menos 700 agentes. Para aumentar mais esse fluxo, o Jordan Tourism Board fará novas ações de promoção.

OMT - Durante a 20ª reunião da Assembleia Geral da Organização Mundial do Turismo, Taleb Rifai foi reeleito para seu segundo mandato como secretário-geral da entidade, que irá até 2017. Antes de servir ao órgão, Rifai trabalhou na Organização Internacional do Trabalho e fez parte de diversos ministérios na Jordânia, entre eles o do Planejamento, da Informação e do Turismo e Antiguidades. NYC - A NYC & Company, organização de marketing, turismo e parcerias de Nova York, e a OffBroadway League anunciaram o início das vendas de ingressos “2 por 1” para 42 espetáculos participantes. As entradas estão disponíveis no nycgo.com/offbroadwayweek, válidas de 23 de setembro a 6 de outubro. A Off-Broadway Week tem uma gama de gêneros teatrais, incluindo comédias, dramas, musicais, entretenimento familiar e muito mais, a um preço acessível. Suíça - “Quem conhece, volta!” Essas são as palavras da gerente Regional da Titlis para América Latina, Vanda Catao, ao destacar os principais pacotes oferecidos, em conjunto com as operadoras, para conhecer a Suíça. Apesar da retração cambial, que de certo modo espanta o público, Vanda acredita em um momento agradá-

Julio Cesar Urban

ICCA - O Brasil pode passar a ser o país de origem do próximo representante da ICCA na América Latina. Julio Cesar Urban, da Idealiza Events, concorre ao posto máximo da associação de congressos a partir de novembro, quando acontece a eleição. Atualmente representada pelo argentino Mariano Castex, a associação também pode seguir comandada por um argentino na região. Ao lado de Urban, Pablo Sismanian, representante da Emprotur, concorre ao cargo. O Brasil tem direito a 18 votos na disputa, enquanto a Argentina 14.A votação acontecerá durante o Congresso Mundial da ICCA, programado para ser realizado entre os dias 2 e 6 de novembro em Shangai, na China. Fort Laudardale - Com o foco no Brasil, o Fort Lauderdale Convention e Visitors Bureau, promoveu ações na Abav para se consolidar como destino turístico. De acordo com o vice-presidente, Fernando Harb, o objetivo foi divulgar o mercado para brasileiros e mostrar que há mais na Flórida que apenas Miami. Somente no ano passado, a cidade atraiu mais de dois mil brasileiros, a expectativa para 2013 é atrair mais de cinco mil brasileiros, mais que o dobro de visitantes em relação ao ano passado. Uruguai - Para incentivar a entrada de brasileiros em seus destinos, o Uruguai implementou a isenção de alguns impostos para visitantes internacionais. “Gastos com gastronomia, aluguel de automóveis e locação de lugares para festas fazem parte desta medida”, explicou o vice-ministro de Turismo e Desporto do Uruguai, Antonio Carámbula. Os turistas terão

descontos em IVA (imposto sobre serviços) de aproximadamente 10% e 22% no uso de cartão de crédito. “No caso de brasileiros, os aeroportos de Punta del Este e Montevidéu são locais com descontos”, informou. Até julho deste ano, 170 mil brasileiros viajaram para o Uruguai. Kissimmee - Um dos lugares que teve destaque na feira foi a cidade de Kissimmee, localizada ao sul de Orlando. “É incrível porque muitas pessoas desconhecem Kissimmee, mas já estiveram lá. Isso porque o parque Magic Kingdom, da Disney, fica em Kissimmee”, declarou Melissa Basillo, responsável pela promoção do destino. Entre as ações inovadoras para a Abav, Kissimme realizou uma promoção exclusiva. Os interessados que realizassem reservas de cinco ou mais noites em um dos seis hotéis parceiros da HotelBeds recebiam uma mala grátis.

Andrea Wolleter, do Chile

Chile - O Brasil é o mercado emissivo prioritário para os chilenos. De acordo com a gerente geral do Turismo do Chile, Andrea Wolleter, o país deve ter um aumento em torno de 10% de visitantes brasileiros neste ano. “O país investiu cerca de US$ 2 milhões no mercado brasileiro. Entre os estrangeiros, estima-se que 30% do público esteja dividido entre argentinos, europeus e americanos. O restante é composto somente por brasileiros. Em outubro, o Chile vai realizar workshops em São Paulo e no Rio de Janeiro, além de iniciar uma nova campanha de marketing na mídia brasileira. Riviera Nayarit - Segundo Richard M. Zarkin, gerente de Relações Públicas de Riviera Nayarit, o destino apresentou um incremento de 35% no fluxo de turistas no segmento de luxo. “No último evento do LIDE tivemos a participação de um grupo de empresários brasileiros que representam cerca de 40% do PIB do país, em diversos segmentos”, disse. De acordo com o gerente, o destino quer se posicionar no Brasil como referência em luxo.


A BAV 2013 Exterior

Mais notícias do setor

Rafael Villanueva, do Las Vegas CVA

Las V egas - Dentro das ações Vegas promocionais de Las Vegas durante a Abav ficou em destaque a nova imagem que o destino quer divulgar junto ao mercado brasileiro. Segundo Rafael Villanueva, diretor do Las Vegas CVA, a ideia é mostrar que o destino não é composto apenas de cassinos. “Temos 150 mil quartos e um número infinito de atrações incluindo outlets e muita diversão. Hoje o turismo internacional representa 17% e queremos elevar a 30% entre os 40 milhões de turistas que recebemos. O Brasil é hoje o sexto emissor e deve aumentar esse fluxo com o novo voo da American Airlines que vai ligar Los Angeles a SP”. Atlanta - O Atlanta Convention & Visitors Bureau divulgou os atrativos do destino. “Temos atrações de primeiro mundo que o brasileiro pouco conhece”, disse Jesus Garcia, diretor de Vendas Internacionais e Marketing do Atlanta CVB. Ele citou as importantes ligações aéreas diretas realizadas pela Delta entre o Brasil e Atlanta, com saídas do Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília, considerando o destino “bastante acessível” ao público brasileiro. “O Brasil está atrás apenas do Japão e da Alemanha em movimentações no aeroporto internacional”, citou. Aruba - Desde o final de julho, o escritório de Aruba tem um novo diretor para o Brasil. Quem assumiu o cargo foi Carlos Barbosa, que pretende intensificar as ações junto aos agentes de viagens e também atrair o público jovem. “Desde julho capacitamos 300 agentes de viagens e agora estamos promovendo o destino também para o público jovem”. Depois de registrar um incremento de 40% em agosto, comparado ao mesmo período do ano passado, o escritório de Aruba trabalha com uma meta de incremento de 10% para esse ano em comparação a 2012, chegando aos 23.500 brasileiros.

Ushuaia.”Vamos apresentá-lo em Brasília e Belo Horizonte no final de outubro para aproveitar os novos voos da Aerolíneas Argentinas no Brasil. Na ocasião, acontecerá um Festival de Cinema e de Gastronomia”, disse Jaime Rios. “Além disso, a CVC confidenciou que as vendas da Argentina aumentaram 52%”, afirmou o coordenador da Inprotur. Jaime Rios, da Argentina

Patagônia - O coordenador do Mercado Brasil do Instituto Nacional de Promoção Turística da Argentina (Inprotur), Jaime Rios, anunciou que o órgão vai lançar no mercado brasileiro o pacote Patagônia Fantástica. O produto é composto por hotéis de luxo e serviços de cinco estrelas em El Calafate, Península Valdes e

Curaçao - O Brasil é o quarto mercado prioritário para Curaçao. O país caribenho conta com ligações através da Avianca e Copa Airlines. Além de São Paulo, as cidades do Rio, Belo Horizonte, Porto Alegre, Recife, Manaus e Brasília também têm a facilidade na ida a Curaçao com o voo da Copa iniciado em julho. “Em agosto desse ano, crescemos 25% em comparação com o mesmo período de

2012. O nosso objetivo é chegar a 2015 com 25 mil turistas brasileiros”, disse o diretor da CTB (Curaçao Tourist Board), Hugo Clarinda.

Tatiana Bozzo, Alexandra del Arco, Cléo Audi Calil e Gisele Abrahão, da GVA

Coreia do Sul - Anualmente, o país recebe mais de dez milhões de turistas, sendo o Brasil um dos mercados emergentes. Somente em 2012, 15.761 brasileiros visitaram o destino. De acordo com a Organização de Turismo, o número de turistas só tende a crescer. “O segredo é a mistura entre a cultura tradicional, vida urbana e a modernidade”, declara Hy Owon Ahn, diretora do departamento da Organização de Turismo da Coreia. De acordo com a diretora, a gastronomia é outro forte polo que atrai muitos turistas. “A Abav é ótima porque posso conhecer melhor o mercado latino-americano”.

Barbados - Segundo Gisele Abrahão, da GVA, pela primeira vez o destino Barbados fará um investimento em campanha institucional. “Faremos ações para o trade, mas o foco principal serão os consumidores finais”, disse. “Queremos que as pessoas vejam um destino com valor cultural agregado”, comentou. Para Gisele, está na hora de mostrar ao público novas opções de experiências no destino. “Apesar de termos apenas um voo semanal com a Gol, o destino apresenta um crescimento muito forte no fluxo de turistas. Em três anos o volume saltou de 400 para 6 mil turistas visitando Barbados”, afirmou.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Arizona - O Escritório de Turismo do Arizona (AOT) começou sua representação no mercado brasileiro por meio da Global Vision Access (GVA), em maio deste ano, e dará início às suas ações promocionais neste segundo semestre. “Desde 2007 temos mapeado o mercado brasileiro e agora é o momento de investirmos”, disse Kimberly Todd, gerente de Relacionamento de Trade e Mídia. “O Brasil é um importante mercado nos Estados Unidos, sendo o segundo que mais cresce no país. Queremos cada vez mais a presença dos brasileiros no Arizona”, disse Mary Rittmann, diretora de Relacionamento de Trade e Mídia do AOT. O Arizona recebe anualmente cerca de 38 milhões de turistas, sendo 5 milhões internacionais, tendo o México primeiro mercado e Canadá como segundo.

21


A BAV 2013

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Galeria

Presidente da Abav Nacional, Antonio Azevedo recebe placa de agradecimento da Azul Linhas Aéreas

Paulo Villela e Kaleco Sá, da RioTur, com Marcelo Rehder e Luciane Leite, da SPTuris

Otávio Leite, Deputado Federal, com Adenauer Góes, secretário de Turismo do Pará

22 Renata Araujo, do M&E, com Paulo Henrique Pires, Luciana Costa e Herbert Vianna, da Localiza

O secretário de Turismo de Mendoza, Javier Espina, com a rainha e a princesa da Festa da Vindima

Ondina Becker, organizadora da Ski & Golf Fair, com Mari Masgrau, do M&E

Nilva Meirelles e Luciano Von, do Mavsa Resorts

Rosa Masgrau, do M&E, entre Marcos Rossi e André Lameiro, do Golden Tulip

Silvio Páez, diretor de Vendas da Sandals

Normando Pierini, Marcia Marigueti, Emerson da Silveira e Antonio Sergio, da Avirrp

Renato Medina e Gisele Lima, da Promo

Luísa Mussi e Ricardo Miranda, do Rio Design Hotel

Manoel Cardoso, do Rio Quente Resorts, e Alain Baldacci, do Wet'n Wild

Silvio Luis e Thaís Chohfi, da Pullmantur

MauricioVianna, de Punta Cana, com Grisel Quesada, da Occidental

Plínio Nascimento, da Nascimento Turismo, Rafael Villanueva, do Las Vegas CVA, Magda Nassar, da SoftTravel e Frederico Levy, da Interpoint

Orlando Palhares, gerente do Departamento Marítimo, e Marcelo Oeste, gerente de Publicidade e MKT da CVC

Renata Rigui e Luigi Roturno, do La Torre

Orlando Giglio, da Iberostar

Marisa Marrocos e Luciane Leite, da SPTuris

Mauro Wekerma, presidente da Belotur e Danielle Morreale, diretora de Marketing

Ricardo Amaral, da Royal Caribbean

Rosa Masgrau, do M&E, Lawrence Reinisch, da Reed, e Ney Huberto Neves, da Le Lieu Marketing

Vera Joppert, da Turismo Clássico

Sérgio Alves, da Evidência

Isabel de Quiñones, da Viajes Pacífico

Alberto Cestrone, do Infinity Blue

Airton Pereira, da FGV

Martina Dalmolini, Marcos Mello e Doreen Latimer, da IHG

João Moreira e Nuno Ferrari, do Olissippo

Silvana Nascimento, de Minas Gerais

Marcelo Oliveira, da Abav e Salvador Saladino, da Bito


ABAV 2013 Vila do Saber

Vila do Saber promove debates e está mantida para Abav de 2014 sileiro se reuniram e tiveram espaço para discutir competitividade e sustentabilidade do país em plenária. Flávio Dino, presidente da Embratur, destacou as consequências que serão vistas pelo corte de verbas destinadas à Embratur. “O corte que tivemos de R$ 10 milhões pela política do governo federal na redução dos gastos tem consequência, visto que o saldo da competitividade tem a ver com o decréscimo da inflação”. O superintendente de Vendas e Produtos da CVC, Valter Patriani, acredita que todo este processo leva tempo, mas é o único jeito de atrair cada vez mais turistas. “O governo deveria não cobrar tantos impostos, dentro de taxas, como cobra e, assim, facilitar a vinda de estrangeiros para o país. Além disso, vale lembrar que a propaganda e divulgação dos estados estão sendo pouco investidas e uma ausência deste tipo de serviço pode espantar o turista internacional”, afirmou.

Marco Lomanto, diretor da Embratur Valter Patriani, Fabio Godinho e Luis Falco, da CVC

Dino: “Corte de R$10 mi no orçamento da Embratur tem consequências”

Em palestra realizada na Vila do Saber, grandes figuras influentes do Turismo bra-

Marco Lomanto ressalta atração de eventos internacionais

Em participação na Vila do Saber, Marco Lomanto, diretor de Produtos e Destinos da Embratur, liderou palestra “Programa de apoio à comercialização”, momen-

to em que apresentou renovações no turismo, como novos Centros de Convenções e melhoria na estrutura de espaços já existentes. “O país tem um grande potencial para atrair eventos, são cerca de 300 convenções internacionais por ano segundo o ICCA”, apontou. O diretor comprovou sua fala apresentando a captação da ESTC 2014, evento de ecoturismo que será sediado em Bonito, no Mato Grosso do Sul. Além deste evento, Lomanto citou os 18 patrimônios culturais listados pela Unesco como formas de captar outros, como a Expo 2020.”O maior legado da Expo 2020 será o Pavilhão em Pirituba, assim como foi a Torre Eiffel na França”, disse Marco Lomanto. MTur discute importância das redes sociais no Turismo

Mais de 90% dos turistas brasileiros não utilizaram agências de viagens em viagens domésticas. Isto é o que aponta pesquisa realizada pelo Ministério do Turismo. “É importante debater o assunto pois não existe fórmula pronta para comunicação digital. Redes Sociais é algo que está em alta e o trade precisa se aproxima mais desse espaço”, afirmou Tatiana Lobão, palestrante e coordenadora de Comunicação Digital do Mtur.

Vila do Saber

Operadores debatem relação com agências

Em uma das sessões da Vila do Saber, um grupo de operadores debateu o relacionamento entre operadoras e agências de viagem. Na discussão, o papel de cada uma delas nos assuntos: realidade online e a concorrência com as OTAs; novos produtos e destinos; oferta das operadoras; e capacitação. Participaram do debate Olga Arima, da Designer Tour, Michael Barkoczy, da Flytour, Ana Maria, da MMTGapnet, Afonso Louro, da Visual, Plínio Nascimento, da Nascimento Turismo. “OTAs não são concorrência para as agências uma vez que as operadoras investem cada vez mais em ferramentas online”, argumentou Olga, que contou com aprovação de todos os presentes.

Vice-prefeita de SP fala dos benefícios da Expo2020

Potencial do público LGBT é debatido na Vila do Saber

São Paulo é candidata a sediar a Expo2020. Para isso, a cidade está passando por uma grande transformação, com investimentos em um Centro de Convenções na região de Pirituba. Segundo Nadia Campeão, vice-prefeita de São Paulo, os benefícios serão grandes caso a capital consiga captar o evento. “A Expo seria a consolidação do destino a sediar também eventos de grande magnitude”, declarou Nadia.

O turismo LGBT foi tema abordado e apresentado ao trade presente na 41ª Abav como um grande mercado em potencial. Promovido pelo ITB Berlin, o debate apresentou o dado que 30% dos visitantes deste público divulgam as viagens pelo Facebook, reafirmando a importância de atração de turistas deste potencial, inclusive na divulgação feita por pessoas que já visitaram os destinos.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

As formações e treinamentos que aconteceram na Vila do Saber – criada na edição anterior da Feira das Américas – estão garantidos para o evento de 2014. Assim assegurou Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional, após reunião do conselho da associação. “O que precisamos é avaliar o melhor formato”, explicou o presidente. Ao longo de quatro dias, entre 4 e 7 de setembro, profissionais tiveram contato com discussões sobre importantes questões do segmento, como relação de operadoras e agências, redes sociais e qualificação profissional. Com a mudança para São Paulo, as formações ocorreram em conjunto com a feira, ao contrário do formato utilizado no Rio de Janeiro em 2012, quando os treinamentos acontecendo no período da manhã. “Existe uma corrente para separar as formações da feira. Isso será avaliado, mas elas certamente acontecerão”, apontou Azevedo. Porém, o presidente afirmou que houve certo desconforto com a pouca audiência em algumas palestras. “A gama de cursos é muito ampla, vamos estudar profundamente para adequar o formato”, disse.

23


A BAV 2013 Parques

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Sindepat lança catálogo de parques temáticos

24

O Sindepat (Sistema Integrado de Parques Temáticos e Atrações Turísticas) lançou, em parceria com a Embratur, um catálogo que contém fotos e informações dos principais parques temáticos brasileiros durante a 41ª Feira das Américas. Em inglês e espanhol, o objetivo do catálogo integrado é atrair turistas estrangeiros para o segmento dos parques temáticos. De acordo com o presidente da Sindepat, Alain Baldacci, o livreto é uma importante ferramenta para alavancar o turismo no país. “São os parques temáticos que massificam o turismo, uma vez que trata-se de um setor para todas as idades. À exemplo da Disney, que atrai anualmente 126 bilhões de turistas”, declarou Alain

Baldacci. De acordo com o presidente da Embratur, Flávio Dino, a ferramenta é uma forma de tornar o Brasil um destino mais completo, que vai além do rótulo de praias, carnaval e futebol. “Como a Copa do Mundo, em 2014, vai acontecer no inverno, a expectativa é quebrar a mitologia de que o Brasil é um país sempre tropical ”, afirma Flávio Dino. Baldacci ainda aponta a importância do instrumento para os operadores e agentes de viagens. De acordo com o presidente da Sindepat, o catálogo abrirá caminhos para novas comercializações, por fornecer informações essenciais e ilustrações que aproximam o consumidor do produto.

Felipe Timerman, Juliana Bordin e Mauricio Alexandre, da SeaWorld Parks & Entertainment

Seaworld comemora 50 anos com festa nos parques

Alain Baldacci, presidente do Sindepat, Flávio Dino, presidente da Embratur e Antonio Azevedo, presidente da Abav Nacional

Em 2014, o Seaworld completa 50 anos da inauguração de seu primeiro parque em San Diego, Califórnia. Para comemorar a data, a partir de 21 de março de 2014 os três parques Searworld (San Diego, San Antonio e Orlando) terão programação especial, que terá duração de 18 meses. Segundo Maurício Alexandre, diretor de Vendas e Marketing, os visitantes nesse período contarão com atrações especiais, surpresas e paradas diferenciadas. “Além disso, estamos reconstruindo a entrada principal do parque da Califórnia para os visitantes já entrarem no clima da festa”, disse. De acordo com ele, o Seaworld trabalha para sempre levar inovações e novidades aos turistas. “Pensando nisso, neste ano tivemos a inauguração do Antartica e que teve uma procura muito grande, superando as nossas expectativas. E para 2014, teremos o lançamento do Falcons Fury, no Busch Gardens, previsto para o primeiro trimestre - entre os meses de abril e junho para aproveitar o verão americano”, contou.

Flávia Light, Sarah Domenech e Patrick Yvars, da Disney

Disney revela mudanças do navio Magic, que parte de Miami em outubro O navio Disney Magic, amplamente reformulado, volta ao mar em 25 de outubro, partindo do Porto de Miami. Acreditando no potencial e interesse do turista brasileiro, a Disney, através do gerente de Vendas, Patrick Yvars, apresentou os diferenciais durante pequenas palestras, junto com Miami, na Abav. ”Entre os diferenciais o tobogã Aquadunk, com três andares e que promete muita adrenalina, a aérea dos personagens da Marvel, quartos com a temática do Toy Story, além de bares e discoteca remodelados para o público adulto”, explicou. Para demonstrar a importância do público brasileiro, o navio possui o restaurante Carioca, inspirado no personagem Zé Carioca. “Um jogo de luzes vai transformar o ambiente, que terá um jeito diferente de dia e de noite, variando entre diversão e elegância”, revelou Yvars. Desde que iniciou a promoção da Disney Cruise Line no Brasil, o número de passageiros do país aumentou. “Agora temos documentos e folhetos em português em nossos cruzeiros”. Depois do Magic, o navio Disney Wonder passará por remodelações. O executivo, no entanto, não revelou a data exata.


A BAV 2013 Eventos

Riviera Nayarit promove destino com coquetel

Richard M. Zarkin, gerente de Relações Públicas de Riviera Nayarit

“A campanha de divulgação e promoção do destino tem apenas seis meses, mas já percebemos uma procura maior pelos brasileiros. A vantagem de Riviera Nayarit é que somos um destino de luxo, mas com preços acessíveis. Com valores melhores que Cancun, oferecemos a mesma qualidade, diversidade e exclusividade”, afirma o gerente de Relações Públicas. Richard conta que já foram realizadas duas caravanas no Brasil, para divulgação do local. A pri-

meira passou por Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo. Enquanto a segunda, um pouco mais extensa, passou por Campinas, Vitória, Ribeirão Preto, Recife e Curitiba. “Ainda lançaremos, em outubro, a versão em português do site com informações sobre os eventos, atividades, novidades, locais para se hospedar e mapa interativo. Essa ação vai nos aproximar mais dos brasileiros, que poderão acessar o site em sua língua materna”, concluiu Richard.

Visit Florida celebra turistas brasileiros com festa Em 2012, aproximadamente 1,8 milhão de brasileiros visitaram os Estados Unidos, crescimento de 18% sobre 2011 e de 504% em dez anos. Desse total, cerca de 1,6 milhão escolheu a Flórida. Por isso, o destino resolveu agradecer o apoio do trade com um coquetel em São Paulo. Os principais parceiros se uniram para celebrar a conquista de mais e mais visitantes do Brasil. Conhecida mundialmente por suas diversas atrações turísticas, a Flórida atrai anualmente mais de 60 milhões de turistas de outros estados americanos e países. Miami - Segundo o relatório divulgado pelo Departamento de Comércio dos Estados, os brasileiros correspondem a 60% do total de turistas que visitam Miami anualmente. No último ano, os brasileiros chegaram a primeira posição na emissão de turistas para a

cidade, ultrapassando o Canadá e atingindo um volume de 690 mil - um crescimento de 15%. O Brasil já era o primeiro colocado no ranking dos turistas que mais gastam, afinal, as compras em Miami são um dos principais atrativos e motivo pelo qual o número de visitantes brasileiros aumenta significativamente a cada dia, conforme informação da Câmara de Comércio do Brasil na Flórida. Em 2012, foram gastos mais de US$ 1,5 bilhão. Ranking - Os números registrados em 2012 colocam o Brasil como quarto maior emissor para os Estados Unidos, atrás de Reino Unido, Japão e Alemanha, mas apenas 50 mil atrás do terceiro colocado. Não será surpresa se nos números finais essa diferença ainda diminuir ou desaparecer. Em gastos, estimados em US$ 10 bilhões, o Brasil ocupa, com folga, a terceira posição.

Diretora de Vendas e Marketing, Milena Dante, com o gerente geral, Flávio Andrade

Michael Chong, do Riverside Hotel, Paula Lewis, do Morgans Hotel, Alfredo Gonzalez, da Brand USA, e Claudio Dasilva, do M&E

Olga Vianna e Gisela Perez, da MK Travel, com Rodrigo Trujillo, de Palm Becah

Marina Barros, de Miami

Fernando Harb, de Fort Lauderdale, Denise Arencibia, do Visit Florida e Mari Masgrau, do M&E

O Hotel Holiday Inn Anhembi promoveu um coquetel para os jornalistas convidados da Abav. Na ocasião, o gerente geral, Flávio Andrade, e a diretora de Vendas e Marketing, Milena Dante, destacaram os investimentos que a rede IGH vem realizando no Brasil e no exterior. “Estamos com várias unidades sendo abertas e apenas esse ano, no Brasil, estão previstos pelo menos mais quatro hotéis”, destacou Flávio. Já a diretora de Marketing lembrou que a taxa média de ocupação do Holiday Inn tem ficado na faixa de 65% e que o hotel tem investido cada vez mais nas redes sociais e nos serviços ao hóspede. “Na gastronomia temos, por exemplo, o Festival das Américas, que estará homenageando a República Dominicana”, adiantou.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

O destino Riviera Nayarit realizou um coquetel na noite do segundo dia de Abav, no Hotel Holiday inn. No evento, o gerente de Relações Públicas, Richard M. Zarkin, explicou as novas ações para fomentar o turismo no local. Segundo Richard, atualmente, cerca de 3% dos turistas que visitam o destino são da América do Sul e Europa. O objetivo é fazer uma ação conjunta aos operadores e agentes de viagens para traçar uma meta e atrair mais turistas brasileiros.

IHG promove coquetel para mídia especializada e anuncia 23 hotéis

25


A BAV 2013 Institucional

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

M&E faz ampla cobertura e recebe prêmios

26

O MERCADO & EVENTOS encerrou, no dia 8, a cobertura da 41ª Feira das Américas (Abav) realizada na capital paulista. No total, foram mais de 630 fotos, 23 vídeos e 250 matérias publicadas em tempo real. Quem passou pelo estande do M&E recebeu, de forma gratuita, a edição produzida especialmente para feira. Dando sequência a nossa tradicional Retrospectiva, decidimos citar três fatos marcantes deste ano de 2013: as manifestações populares, a Copa das Confederações e a Jornada Mundial da Juventude. Esses acontecimentos levantaram muitas questões ao longo dos últimos meses e, por isso, foram escolhidos como tema central da nossa revista. Todos, de forma direta ou indireta, causam impacto no turismo. Estaria o país está de fato preparado para receber os turistas internacionais como estes devem ser recepcionados? A caminho da Copa de 2014, passamos ou não nos primeiros testes? As respostas não são simples e as avaliações são muitas, feitas pelo próprio governo, ministérios e por especialistas em diversos segmentos. As diferentes respostas foram debatidas ao longo das páginas. Fomos ainda além, buscando traçar um panorama da preparação do país para 2014. A contagem regressiva até o Mundial da Fifa já começou. Prêmios - Além disso, o Clube do Feijão Amigo, representado por Michel Tuma Ness e Vitor Daniel, homenageou o MERCADO & EVENTOS com a entrega do tradicional prato comemorativo. Roy Taylor, vicepresidente executivo e Rosa Masgrau,

diretora de marketing internacional, receberam a homenagem. Outro prêmio foi dado ao M&E, desta vez pela melhor cobertura jornalística da BNT Mercosul. Roy Taylor recebeu das mãos do diretor comercial da BNT Mercosul, Jair Pasquini, um tablet pela conquista.

Estande do M&E na Abav 2013

Equipe do M&E

No detalhe, as revistas produzidas especialmente para a Abav e distribuídas no estande do M&E. E Jair Pasquini, da BNT Mercosul, entregando tablet a Roy Taylor pela melhor cobertura jornalística da BNT Mercosul

Feira dividiu opiniões, mas saldo foi positivo

Michelão e Vitor Daniel entregam homenagem ao M&E

O balanço é positivo. Esta foi, sem dúvidas, a melhor edição da Feira das Américas dos últimos cinco anos – até porque, no próximo ano, o evento muda de nome e deve retomar algumas práticas antigas, como por exemplo, os transfers com saídas dos hotéis. Existem opiniões desfavoráveis, mas a grande maioria comentou o sucesso da organização. Está certo que o público não compareceu como esperado, mas os negócios nos corredores foram nítidos. De acordo com as opiniões coletada pela equipe do M&E, a feira passou no teste desde a organização - qualidade, negócios, profissionalismo, conteúdo – até à união das entidades do segmento que busca o crescimento e ampliação da atividade turística do país. Neste contexto, MTur, Braztoa, Abav, Abracorp, ITB fizeram mesmo a diferença.

Veja o que pensa o trade: “Vou sugerir que a Abav seja circulante. Porque em um estado de tamanho médio, como a Bahia ou Brasília, a Abav não é só mais um evento, e sim o evento. Além de que novos destinos motivam pessoas de outros países a visitarem a feira”. Dilson Jatahy, presidente da Resorts Brasil “A Abav mais uma vez foi o ambiente ideal para trocar experiências com nossos parceiros, agregar conhecimento e fazer negócios. Além disso, foi uma ótima oportunidade para apresentar ao mercado nossas novidades, que tem como objetivo contribuir cada vez mais com o turismo nacional”. Manoel Cardoso, diretor de Experiência, Marketing e V endas do Grupo Rio Quente Vendas “Elogiamos, ainda, os esforços para trazer o consumidor final nesta edição. Vale ressaltar que a logística mais eficaz do Anhembi em relação ao Rio Centro foi um facilitador para todos que fizeram negócios durante a feira. Por fim, a pluralidade dos diversos expositores enriqueceu bastante a 41ª edição da Abav”. Victor Hugo Bassegio, sócio-diretor da CI “O evento foi bem organizado e os expositores estavam ainda mais criativos. Sem dúvida, uma ótima oportunidade para fortalecer o relacionamento e os negócios com os profissionais do setor”. Ricardo Amaral, vice-presidente global da Royal Caribbean e presidente da Clia Abremar “Com a mudança do evento para São Paulo acreditávamos que iria gerar uma curiosidade entre os agentes do interior, capital e baixada santista, que nas edições anteriores pouco participavam pela distância, mas isso não aconteceu. Como ponto positivo, destaco o local escolhido, com fácil acesso, e a organização interna que também foi satisfatória”. Cleiton Feijó, diretor Comercial da Nascimento T urismo Turismo “Gostei muito da movimentação nos três primeiros dias, mas algumas coisas precisam mudar para o próximo ano. Minha sugestão seria cadastrar e cobrar a participação de vendedores, pois há investimentos altos para se montar um belo estande e 80% das pessoas que nos visitam querem vender algo e não comprar. Isto não é justo com os expositores e, por esse motivo, temos cada vez menos hotéis investindo em feiras. Além disso, foi constrangedor vermos inúmeros estandes fechados, realmente um desrespeito ao consumidor que pagou para visitar a Abav no sábado e no domingo”. Eduardo Pereira Filho, superintendente de Marketing e V endas da Rede T ropical Vendas Tropical


E VENTOS

Dan Westbrook, VP de Relacionamento com as Aéreas da Travelport

Jason Nash, vice-presidente de Inovação de Produtos da Travelport

Simon Nowroz, diretor-presidente de Mercado Emergentes da Travelport

Luis Carlos Vargas e Antonio Loureiro, da Travelport

E-Volve Summit: Travelport reitera seu compromisso com o Brasil Lisia Minelli

Informações online são principal fonte para viajantes Durante o e-Volve Summit 2013, uma das apresentações foi de Leonardo Vieira, do Google Brasil, que falou dos impactos das tecnologias nas decisões de compra de viagens. Segundo Vieira, que trabalha num setor muito próximo ao trade no desenvolvimento do mercado de viagens da empresa, o online é hoje a principal fonte de informação para os viajantes. “A forma de se compartilhar informações mudou e a interação offline influencia as buscas online. Hoje temos mais de 102 milhões de brasileiros conectados a internet, quase 50% da população”, comentou. De acordo com ele, 82% dos 102 milhões conectados pesquisam viagens online antes de comprar. “Além disso, entre os anos de 2010 e 2013 o brasileiro passa 58% mais tempo conectado; 15% do tráfego da net é feita via dispositivo móvel e cerca de 25% da receita gerada com viagens na América Latina é feita por meio online”, enumerou. Para Vieira, esse volume aumentará para 40% em pouco tempo. Em 2012, foram gerados US$ 6,3 bilhões em receita com viagens online. “A expectativa é dobrar esse número até 2016”, antecipou.

de viagem e fortalecer suas vendas. Pensando nisso, a Travelport quer que os agentes colaborem na criação de uma nova ferramenta, com objetivo de facilitar as buscas. “Levantar o maior volume de informação para o cliente é essencial. Quanto mais dados, mais fácil identificar seu perfil e preferências. Temos que agregar valor às viagens do cliente”, falou. “Trabalhar com o trade e saber sua opinião sobre o processo de elaborar um novo produto é que queremos. Ideias po-

dem virar produtos, gerar mais produtividade e experiências mais contundentes aos clientes”, completou. Foco nas aéreas – A partir de novembro, a Travelport disponibilizará ao mercado o Smartpoint - nova ferramenta agregadora de conteúdo. Nela, está também a plataforma Merchandising, que visa reunir todos os produtos de todas as companhias aéreas do mundo para busca do agente de viagem. Segundo Dan Westbrook, vice-presidente de relacionamento das compa-

nhias aéreas da Travelport, o objetivo é avançar as negociações usando a conectividade. De acordo com ele, a ferramenta disponibilizará acesso a produtos tradicionais como também serviços auxiliares. “Somos hoje a única empresa que atua assim no mercado. As aéreas tem interesse e já estamos trabalhando juntos para resolver as estratégias e colocar este produto no mercado”, comentou. “O Smartpoint revolucionará a forma de agregar e distribuir produtos”, finalizou.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Durante três dias, a Travelport reuniu um grupo de cerca de 100 profissionais do turismo para participar do e-Volve Summit 2013 - que aconteceu pela primeira vez na América Latina. Na ocasião, Luis Carlos Vargas, country manager para o Brasil, falou da importância do evento ser realizado no país. Para a edição brasileira do evento, além dos temas já abordados como colaboração, inovação e inspiração, outros três foram incluídos: desmistificação, comunicação e desafio. “Tudo isso nos levará a alcançar os resultados que pretendemos para o mercado brasileiro, que é recuperar uma parcela do mercado que nos é de direito. Nosso objetivo é participar cada vez mais do desenvolvimento do setor e de forma mais efetiva”, disse. O eVolve já é um evento tradicional na Europa e neste ano aconteceu, além do Brasil, também em Las Vegas e África do Sul. Já em outubro, dias 16 e 17, será a vez do México receber a sua primeira edição - voltada para todo o mercado latino, com a participação de diversos países da América do Sul. Um dos temas do evento foi a inovação. Segundo Simon Nowroz, diretor-presidente de Mercados Emergentes da Travelport, a indústria de viagens está buscando inovações, produtos e serviços para atender um público cada vez mais exigente. “Estar na frente no desenvolvimento de ferramentas é estar apto a continuar crescendo no segmento”, disse. O diretor falou da importância em encontrar alternativas para os negócios. “Temos que pensar diferente para não perdermos oportunidades. Quem

não pensa assim, está fadado ao fracasso”, afirmou. Para ele, é necessário trabalhar com possibilidades e não com probabilidades. Parceria com os agentes – De acordo com Para Jason Nash, vicepresidente de Inovação de Produtos da Travelport, o mundo muda em ritmo acelerado e há um crescimento exponencial das informações e tecnologias. Por isso, a empresa desenvolve ferramentas que tem como objetivo facilitar a vida das agentes

27


E VENTOS

Edição inaugural da Ski & Golf Fair busca desmistificar segmentos Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Arthur Stabile

28

São Paulo recebeu sua primeira feira destinada somente para os segmentos de esqui e golfe. A Ski & Golf Fair, realizada na sede da Fercomércio-SP durante os dias 2 e 3 de setembro, reuniu 800 agentes de viagem, além de promover 330 entrevistas nos dois dias de evento. Como informou ao M&E, Ondina Becker, organizadora da feira, a missão desta primeira edição foi apresentar o potencial de crescimento destas áreas no país ao trade. Edição inaugural da Ski & Golf Fair busca desmistificar segmentos. Para a edição inaugural, 33 expositores divulgaram seus atrativos e explicaram aos agentes como apresentar estes produtos segmentados. “Os agentes têm medo de arriscar no golfe, mas existe a curiosidade”, afirmou Ondina. Segundo ela, a principal função des-

ta primeira feira é apresentar os produtos de ambas as áreas e educar os profissionais do trade. Com essa finalidade, seis palestras – três em cada dia – treinaram os profissionais. Representantes da Alemanha, França, Itália, Peru, Espanha e Argentina estiveram presentes na Ski & Golf de 2013. Pensando na próxima edição, que acontecerá nos dias 1 e 2 de setembro de 2014, a ideia inicial é crescer 40%, segundo apontou Ondina Becker. Existe a possibilidade do evento também acontecer Argentina no próximo ano, mas a organizadora explicou que ainda “não há nada decidido” e este assunto ainda será abordado com o Turismo da Argentina. Divulgação – Para fomentar o crescimento do segmento de golfe, a organizadora explicou que será realizado um projeto de levar agentes para campos e colocar os profissionais em contato com o esporte. “Estas serão aulas clínicas e no campo. Queremos desmistificar o segmento”, disse Ondina Becker. Cada visita será formada pelo grupo de 12 agentes no Clube de Golfe Vila da Mata, em São Roque (SP), com início em outubro. Estande da Promperú

André Cadena, Izael Bulgari, Carlito Lopes e Ernesto Rosa, da Nascimento Turismo

Thailana Frizzo, Sean Corte Real e Cléia Cararo, da GJP

Salvatore Constancio, da Enit, Gabriella Talamini, da Cortina Turismo, com Alessandro Cremon, da Holes Stars

Daniella Panzoldo e Milagros Ochoa, da Promperú, com Ondina Becker

Ilya Hirsch, da Qualitours

Paula Giosa e Mariana Paludo, do Club Med

Margaret Grantham, do DZT

Ondina Becker, organizadora da primeira Ski & Golf Fair, citou a possibilidade de um evento na Argentina para o próximo ano

Roberto Dilton, do Hotel Ancora, com Cintia Silva, daVipsTravel Services

Itália promoverá torneio de golfe em 2014 O brasileiro pouco conhece as atrações de esqui e golfe da Itália. Assim considera Salvatore Costanzo, diretor do Enit na América Latina, que participou da primeira Ski & Golf Fair. O diretor trouxe uma novidade para os brasileiros amantes do golfe: “Estamos planejando um torneio de golfe, o “Prêmio Itália”, que deve acontecer próximo à Copa de 2014", disse, fazendo referência aos 400 campos deste esporte no país. Para Costanzo, o país pode oferecer experiências diferentes para o público da América Latina, em especial para o brasileiro. “Além do esqui ou o golfe, o turista pode agregar cultura e gastronomia à sua viagem”, declarou o diretor, explicando que o viajante pode conectar estes interesses em diversas regiões do país. Mas ele pondera que, atualmente, o segmento de esqui é maior do que o de golfe em relação à atração de público, e garante que ambos têm potencial para crescer e levar mais pessoas à Itália.

Qualitours tem primeiros cruzeiros com destinos de golfe Também presente na Ski & Golf Fair, a Qualitours divulgou seus cruzeiros e, entre as novidades, estão roteiros com destinos de golfe. “Cada vez mais buscamos atingir segmentos específicos”, disse Ilya Hirsch, diretor-geral da operadora. Para ele, especializações devem ser atendidas pelo mercado e, com cada vez mais preparo, praticamente não existe concorrência. Pacotes de três companhias estiveram na divulgação: Paul Gouguin Cruises, SeaDream Yacht Club e Compagnie du Ponant Yacht Cruises, que apresentam viagens com entrada opcional nos campos de golfe. “É preciso divulgar o segmento, as companhias são bem aceitas, mas o público não conhece os pacotes”, disse João Fernando Golçalves, gerente de Contas da Qualitours.

Promperú divulga pacotes de golfe em São Paulo Parceira da primeira Ski & Golf Fair, a Promperu apresentou pacotes específicos para viajantes interessados em golfe. Elaborados em parceria com a operadora Lokos 4 Golf e com o Country Club Lima Hotel, valores para pessoa em apartamento duplo a partir de US$ 540, e em apartamento de solteiro por R$ 650, incluindo duas noites de hospedagem, café da manhã, e dois green fee no Lima Golf Club. Na primeira edição da feira em São Paulo, a Promperú ofereceu camisetas para os atletas que disputaram a Taça Ski & Golf, realizado no dia anterior ao início da feira. “A camiseta é feita de tecido peruano, a pima, preferida pelos atletas por não esquentar”, explicou Milagros Ochoa, da Promperu. Cerca de 110 atletas disputaram as partidas – divididas em quatro categorias – para um público de 250 pessoas.


E VENTOS

PE promove ação em NY e comemora 20% a mais nos voos para os EUA

André Correia, Luciana Fernandes e Alberto Feitosa

Luiz Marcos Fernandes

André Correia fala aos operadores norte-americanos

Brazilian Day

Bonecos de Olinda

Frevo encantou o público

Alexandre Cavalcante, da American Airlines

Cônsul geral do Brasil em NY, Luis Felipe Seixas

Grupo se reuniu na Praça Columbus para ação promocional

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

O aumento de 20% na frequência dos voos entre Recife e Miami levou a American Airlines a ampliar, de quatro para cinco, o número de voos semanais entre as duas cidades. De olho no mercado norte-americano, a Setur-PE, junto com a Empetur, reuniu no Yhotel, em Nova York, cerca de 150 operadores e agentes de viagens para divulgar o destino. A “Noite de Pernambuco” marcou o início de uma ação promocional que se estendeu durante cinco dias, incluindo manifestações festivas nas ruas próximas a Time Square, com distribuição de sombrinhas de frevo e camisetas com a marca Recife, em meio a bonecos gigantes usados no Carnaval de Olinda e apresentações de dança. No encerramento, o destaque ficou por uma participação expressiva no Brazilian Day, no último dia 1º deste mês. O secretário de Turismo de Pernambuco, Alberto Feitosa, lembrou que essa é a terceira edição da promoção realizada na cidade norte-americana. “Quando iniciamos éramos apenas oito pessoas, hoje esperávamos 100 e apareceram 150 convidados, mostrando o interesse do trade pelo nosso produto”, adiantou ele. Segundo Feitosa, as taxas de ocupação dos voos da American cresceram 20% esse ano. O secretário destacou também crescimento de Pernambuco nos mercados doméstico e internacional. Segundo ele, mesmo com a crise, o volume de passageiros cresceu 4% esse ano no aeroporto do Recife. Ele lembra também que a taxa de crescimento do turismo tem se mantido acima da média nacional. “No internacional também estamos tendo uma outra participação, de forma mais efetiva e vamos priorizar mercados como os Estados Unidos e Argentina, aproveitando que o custo Brasil ficou mais barato em função da alta do dólar”, lembrou. A American Airlines inicia em novembro a quinta frequência de Miami para Recife e tem solicitação do governo de Pernambuco para que a empresa aérea passe a operar entre Recife e Nova York. Já o presidente da Empetur, André Correa, lembrou que a ação teve custo estimado de R$ 350 mil, com bons resultados. “Os norte-americanos são nosso segundo mercado, só perdendo para a Argentina. Hoje, dos 4,5 milhões de turistas anuais que nos visitam, pelo menos 9% são estrangeiros”. Esses dados foram reforçados durante a apresentação de Luciana Fernandes, diretora Comercial da Empetur. Na explanação aos operadores, ela apresentou os principais atrativos turísticos do estado e ressaltou alguns motivos para que os norteamericanos visitem Pernambuco. “Temos um destino que não é caro, tem um clima fantástico e uma diversidade de praias, cultura e gastronomia invejáveis”. Após a apresentação, os convidados puderam assistir a um show do cantor André Rio, com direito a frevo e maracatu, além de uma mostra da cozinha regional pernambucana. Carnaval - Mais de 200 integrantes vestidos a caráter percorreram as ruas próximas à Time Square, numa caminhada pela praça Columbus, com distribuição de sombrinhas de frevo e camisetas com o slogan de Recife. Durante todo percurso, uma banda e a figura de bonecos gigantes de Olinda acompanharam o grupo, despertando a atenção do público. O grupo seguiu, no início da tarde, para uma nova ação no Pier 17, onde foi montado um palco com show de André Rio e sua banda ao ritmo de frevo e maracatu. Na véspera do Brazilian Day, o grupo participou do desfile com grupos da Bahia na tradicional “lavagem da 46” e da confraternização numa churrascaria local. Durante o Brazilian Day, que reuniu cerca de 500 mil pessoas, o governo de Pernambuco montou um estande de Recife divulgando o estado. PE foi um dos apoiadores do evento, que teve também as participações da Embratur, Banco do Brasil, Delta, Gol, entre outros.

29


E VENTOS

25º Centro-Oeste Tur Brasília reúne 756 agentes e 250 expositores

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Pedro Menezes

30

Com 756 agentes de viagens, 250 expositores e 77 convidados, ocorreu no último dia 29 de agosto, a 25ª edição do Centro-Oeste Tur Brasília, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães, cuja abertura oficial aconteceu por volta de 12h30. A diretora-presidente da Promove e organizadora do evento, Cláudia Miranda, destacou o crescimento da feira e a organização de caravanas saindo de diversas cidades. Em um único dia de exposição, os visitantes puderam encontrar novidades de diferentes destinos domésticos e internacionais, entre roteiros e pacotes específicos para cada demanda, além de contratos que viabilizam viagens para acompanhar a Copa do Mundo de 2014. “Nossa expectativa era receber até 1.200 agentes de viagens de várias partes do Centro-Oeste e outras regiões e, de certa forma, esse número foi alcançado. Vejo o evento crescer de acordo com o desenvolvimento do turismo nacional. O evento apresentou um avanço de

Corte da fita

20% nos negócios e na participação dos agentes. Projetamos algo em torno de R$ 12 milhões em volume de negócios, considerando o médio e longo prazo. Foram mais de 10 estados participantes, divulgando seus destinos e peculiaridades, além de todo o apoio recebido de Brasília e do Distrito Federal”, destacou a diretora da Promove, Cláudia Miranda. Ao lado de Cláudia estava sua filha, Ana Cláudia Miranda, vice-diretora da Promove, que também demonstrou uma atenção especial para com as

Cláudia Miranda e Ana Cláudia Miranda

capacitações e prêmios, exclusivamente sorteados para os agentes. “Podemos constatar uma evolução significativa em número de capacitações. Nesta edição, apresentamos três salas com oito capacitações entre operadoras e destinos. Em relação aos prêmios, organizamos sorteios entre os profissionais do turismo presentes para concorrer a uma moto zero, além da entrega de outros vários prêmios durante o evento “, frisou Ana Cláudia. Participaram da cerimônia de abertura e do corte da fita as autoridades: Cláudia Miranda, diretora da Promove,

Ana Cláudia Miranda, vice-diretora da Promove, Jaime Rios, coordenador para o Mercado Brasil do Instituto de Promoção Turística da Argentina (Inprotur), Aparecido Sparapani, presidente da Goiás Turismo, o secretário de Turismo adjunto do DF, Geraldo Bentes, além dos representantes da Visual e Nascimento Turismo. A 25ª edição do Centro-Oeste Tur contou com a presença de mais de 10 estados, como Paraíba, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul e Santa Catarina, além de cidades e órgãos oficiais. O tema desta edição foi “Turismo e Sustentabilidade”.

Presente em 100% dos aeroportos, Localiza está preparada pra Copa Foi apresentando o slogan “Agente de viagem, a tranquilidade do cliente é a sua tranquilidade”, que a Localiza preparou o seu estande para 25ª edição do Centro-Oeste Tur Brasília. “Focamos na comodidade da transação com os agentes de viagens e na utilização do serviço prestado pelo usuário final. A Localiza conta, atualmente, com 42

Filial da Nascimento em BSB apresenta crescimento de 50% A Nascimento Turismo chegou a Brasília com o pé-direito. Desde 2011, quando foi inaugurada a primeira sede da empresa na região, que a operadora está sendo bem aceita. Cleiton Feijó, diretor Comercial, comentou sobre os números da Nascimento, que já embarcou mais de 10 mil turistas só em 2013. “Desde a primeira filial aqui em Brasília, registramos um crescimento, em média, de 50%. Isso também se deve aos investimentos que fazemos, como diversas ações”. Segundo Cleiton, a operadora também vem investindo bastante em prêmios. Com uma campanha chamada “Corrida de Prêmios” (www.corridadepremios.com.br), a Nascimento promove prêmios mensais a duas agências por estado atuante, como Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

Luiz Negrão, executivo de Contas, Cleiton Feijó, diretor Comercial, e André Chaves, executivo de Contas

diferentes modelos de carro e assistência 24 horas”, frisou o gerente regional de Vendas, Arnaldo Bouzada. Arnaldo ainda destacou a forte presença da locadora no mercado brasileiro, algo que pode ser bastante influente para a Copa do Mundo 2014. “Estamos presentes em 100% dos aeroportos brasileiros, o que mostra sermos a maior rede de locadoras nacional”.

Arnaldo Bouzada, gerente regional de Vendas, Fabrícia Oliveira, representante de Vendas, Rosangela Mello, gerente de Atendimento, e Polliany Lima, representante de Vendas

Voo Brasília-Buenos Aires é visto como nova força turística Para muitos já pode ser considerada um quintal, para outros é uma novidade que está a poucas horas do Brasil. Essa é a Argentina, país que levou, com seu estande na 25ª edição do Centro-Oeste Tur, as novidades de seus diferentes destinos, como a própria Buenos Aires, Rosário Central, além da Patagônia Argentina e Bariloche. “Tentamos espalhar o turista brasileiro por toda a Argentina, mas é inviável colocá-lo em um pacote que não passe por Buenos Aires. A capital serve, além de toda sua peculiaridade, como um ponto de partida para conhecer outros pontos do país”, avaliou Jaime Rios, coordenador para o Mercado Brasil do Instituto de Pro-

Max Lovera, Gisele Ferbani, Romina Monteverdi, Aran Krikorian, Jaime Rios e Estanislau Villanueva

moção Turística da Argentina (Inprotur). Ele completa: “Pontos, esses, que se espalham pelo território, como Rosário Central, que tem uma agenda cultural bem chamativa, e Bariloche, paixão dos brasileiros que está voltando a ser mercado ascendente”. Ele comentou ainda sobre o suces-

so do novo voo operado pela Aerolíneas Argentinas, BSB-BUE. “Essa é a novidade, não né? Acredito que é uma força turística muito grande para a Argentina. Para termos uma ideia, estamos com uma ocupação que gira em torno de 80%, principalmente nos finais de semana”, destacou.

Flytour promove capacitações e destaca roteiros na Índia e Itália A Flytour levou ao Centro-Oeste Tur Brasília produtos regionais e internacionais já pensando na alta temporada, além de apresentar parcerias e promover capacitações durante todo o workshop. De acordo com Ronaldo Faria, gerente de Treinamento e Capacitação, a Flytour chega a Brasília já apresentando um número de seis mil lugares reservados para a alta temporada 2013/2014. “Somos muito forte nacionalmente. Ao todo, já são 12 mil lugares disponíveis para brasileiros curtirem

suas viagens, com saídas do Sul e Sudeste do país para o Nordeste. E dentro desse número, quatro mil são para viagens internacionais, principalmente para Itália, Índia, Caribe e Estados Unidos”, destacou. Ronaldo aproveitou a oportunidade para falar mais sobre o caderno em parceria com Portugal. “Acredito que estamos mantendo o nível de aceitação desses pacotes por um preço acessível e por disponibilizar roteiros interessantes. Neste caso, estamos com parceria junto a Tap, na divulgação desses destinos”.

Wanessa Pereira, executiva de Contas, Ronaldo Faria, gerente de Capacitação, André Gonçalves, gerente Regional, e Laryssa Gomes, representante de Vendas

Monarch e Horizon são as novidades da Pullmantur para alta temporada Em estande montado em mais uma edição do Centro-Oeste Tur Brasília, a Pullmantur pôde apresentar os roteiros de seus dois novos navios, em rotas que são conhecidas como “Caribe sem visto”. Com parcerias feitas junto a Nascimento Turismo, Visual Turismo, entre outras operadoras, a Pullmantur coloca o Monarch, considerado o maior navio

da frota, com 2.700 passageiros, e o Horizon, como as novidades para a temporada 2013/2014. “São cruzeiros rotativos, durante o ano inteiro. São conhecidos como “Caribe sem visto” porque têm o privilégio de colocar o turista a conhecer todas as ilhas. Por exemplo, o Horizon é um navio que apresenta belos passeios pela República Domi-

nicana. E dentro destes pacotes está nosso diferencial, com sistema allinclusive e crianças grátis, respeitando os limites que vão de seis meses a 11 anos de idade,” destacou o executivo de Vendas, Paulo César Silva. A Pullmantur também anunciou treinamentos, capacitações e rodada de negócios em Brasília, fato que pode fomentar toda a região Centro-Oeste.

Thaís Chohufi, representante de Vendas e Paulo César Silva, executivo de Vendas

Paraíba aproveita momento do turismo brasileiro para investir em feiras internacionais Desde o litoral até o sertão. É desse modo que o estande da Paraíba, organizado pela PBTur, trabalhou na 25ª edição da CentroOeste Tur. De acordo com Nílton Ferreira, coordenador de Marketing da PBTur, apesar do investimento em todas as regiões, o destaque sempre chega com roteiros que incluem sol e mar. “Estamos com ações no mercado nacional e argentino para desenvolvermos esses segmentos. E o resultado, creio eu, está aparecendo. Tivemos um crescimento de 20% no número de turistas no estado, em comparação com 2012”, destacou. Nilton ainda comenta sobre o forte potencial que a Paraíba tem para participar de feiras internacionais: “Somos considerados uma subsede da Copa do Mundo 2014, por estarmos entre duas sedes do evento. Isso faz com que aproveitemos ainda mais nossa participação nas feiras internacionais, como BTL e Fitur, nas quais, com certeza, estaremos presentes”, finalizou.

Blue Tree destaca hotéis-resorts em Lins (SP) e Búzios (RJ) A Blue Tree chegou a 25ª edição da Centro-Oeste Tur Brasília levando os dois hotéis resorts, localizados em Búzios (RJ) e Lins (SP), como destaque para a alta temporada, sem esquecer, claramente, dos destinos tradicionais. Além disso, a Blue Tree já está com grande parte das unidades reservadas nas sedes e subsedes da Copa do Mundo 2014. “Estamos com uma significante procura para toda a alta temporada 2013/2014. Em relação à Copa, grande parte de nossas hospedagens já está toda reservada, muito pelo fator da Match organizar todo esse procedimento” - destacou o representante da Blue Tree, Marcelo Ribeiro. “O que está nos chamando bastante atenção é a grande procura de empresas interessadas em fechar pacotes com nossa rede para oferecer aos seus clientes”, finalizou.

Santur apresenta suas opções turísticas e mira roteiros alternativos Um dos destinos presentes na 25ª edição da Centro-Oeste Tur foi o Estado de Santa Catarina. Representado por Haroldo de Oliveira Silva, diretor de Marketing, a Santur chegou a Brasília para divulgar todas as regiões, incluindo pacotes especiais para conhecer, por completo, a Costa Esmeralda e Verde, sem falar nas principais cidades do Estado. “É claro que viemos aqui divulgar todos os destinos, porque todos são bem atraentes e diversificados, como a própria capital, Florianópolis, que oferece uma gama de atividades durante o dia e a noite. E, obviamente, chamar o turista doméstico para conhecer nossas regiões, já que muitas delas têm taxas de ocupação altas devido à procura de turistas estrangeiros dos países sul-americanos. Além disso, estamos fomentando diversas regiões em um pacote composto por Costa Esmeralda, Costa Verde & Mar, Caminho dos Príncipes, Blumenau, as áreas de praia e o próprio Beto Carrero”, destacou.


E VENTOS

Em noite caribenha, companhia premia principais parceiros brasileiros Lisia Minelli

David Seromenho, da CV&A Consultores, Fátima Vila, da BTL, Odilon Wagner, da APTI, e Carlos Moura, diretor da Aicep

Arthur Stabile

Inovação será tema de festival em Lisboa, capital de Portugal. Entre os dias 14 e 17 de novembro, a principal cidade portuguesa recebe o Festival Inovação & Criatividade, que tem como objetivo tornar boas ideias em projetos rentáveis, como explicou Fátima Vila, diretora da FIL (Feira Internacional de Lisboa). Para ela, 60 mil pessoas devem visitar a feira, que será a primeira edição. Segundo Fátima, esta nova feira voltada para a inovação pretende sedimentar a interligação entre empresas, investidores e criadores de boas ideias. “Queremos agregar empresas, fomentar negócios e promover a inclusão”, explicou. A primeira feira segmentada para a atividades de ideia, que também agrega protótipos e novos produtos, serve como espaço de interação entre os criadores. De acordo com a diretora, o perfil de público do Festival Inovação & Criatividade une investidores à procura de projetos inovadores; sonhadores em busca de financiamento para seus projetos e interessados em aprender sobre o segmento. O Turismo de Portugal e de Lisboa são parceiros na realização do Festival.

Skorpios e Remota lançam roteiro na Patagônia Chilena A Cruzeiros Skorpios e o Hotel Remota – na Patagônia chilena, se uniram para lançar um roteiro que contempla o melhor da região. As duas empresas reuniram um grupo de jornalistas no último dia 11 de setembro, em São Paulo, para mostrar o roteiro para o mercado brasileiro. Há roteiros de cinco, seis, sete e oito noites. A temporada do Skorpios tem início em setembro e vai até abril. “Não se trata de um produto massivo para os brasileiros. Não é para quem procura por compras ou para quem faz uma viagem internacional pela primeira vez”, explicou Carlos Miller, gerente Comercial e de Marketing do Skorpios. “Este roteiro é para quem gosta das coisas simples da vida e as belas paisagens, não o luxo artificial”, complementou.

Daniel Gonzales, do Hotel Remota, com Ana María Kochifas e Carlos Miller, do Skorpios

Top 10 Cruzeiros: Ancoradouro Cia Marítima CVC Decolar.com Flot Operadora Logitravel Marsans MMTGapnet Nascimento Turismo Visual Turismo

Premiados no Top 10 Cruzeiros

Marco Moraes, José Maruilson, Alexandre Zachello e Silvio Luiz, da Pullmantur

Maurício Vianna, da República Dominicana Orlando Palhares, da CVC, Marcelo Rodrigues, da Logitravel, Fabio Godinho, da CVC

Top 3 Circuitos: Avitur Flot New Age

Eduardo Barbosa, da Flot e Juarez Cintra, da Ancoradouro

Marcus Viana, da Marsans, Celso Miranda, da LM Turismo e Mauricio Rosa, da JVS

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Portugal terá feira sobre inovação em novembro

A Pullmantur celebrou junto de parceiros seus dois anos no mercado brasileiro – atuando diretamente com escritório. Na ocasião, durante a festa caribenha, a companhia premiou os melhores parceiros do ano para a temporada 2013/2014. Segundo Alexandre Zachello, diretor geral da Pullmantur, as agências e operadoras premiadas na categoria cruzeiros representam 90% das vendas do produto. Dentro dos resultados da companhia no mundo, o Brasil representa 40% das vendas. “Acreditamos no mercado e continuamos investindo. Tanto que nesta temporada teremos três navios na costa brasileira totalmente revitalizados”, declarou. Além disso, a Pullmantur oferece produto o ano todo para os turistas, como

um navio baseado o ano inteiro no Caribe. Para 2013, a companhia espera ter um crescimento de 15% em relação ao ano anterior.

31


A VIAÇÃO

Companhias fazem ajustes em busca da lucratividade

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

32

Não é novidade que os últimos balanços das duas principais companhias aéreas nacionais [leia-se Tam e Gol] têm apontado sucessivos prejuízos financeiros. Desde o ano passado as empresas começaram a fazer ajustes em suas malhas e na oferta de voos e assentos. Em 2012, ambas anunciaram o início do que chamaram de adequação de oferta, a Gol em abril e a Tam em setembro. O objetivo é a volta da lucratividade. As ações parecem ter dado resultado, pois o último balanço da Gol mostrou que de janeiro a junho deste ano a receita por assento ofertado – conhecida no mercado como Prask – teve um crescimento acumulado de 11%. No segundo trimestre a empresa teve prejuízo de R$ 433 milhões, uma redução de 39,5% sobre igual período do ano passado. O balanço operacional da Latam – grupo ao qual a Tam pertence mostra que somente em junho a capacidade nos voos domésticos caiu 10,7%, o que fez com que a ocupação média alcançasse 80,4%. Em julho, o tráfego do mercado doméstico no Brasil diminuiu 0,9%, enquanto a capacidade recuou 4,5%. Como resultado, o load factor cresceu 3,1 pontos percentuais, atingindo 84,5%. No caso da Tam, o “ajuste” atingiu inclusive os funcionários. Foi anunciado em agosto um Programa de Licença Não-Remunerada (LNR) e um Programa de Demissão Voluntária (PDV), que deve atingir mais de 800 tripulantes. O comunicado da companhia sobre o caso disse que a ação visa garantir a sustentabilidade do negócio da empresa, adequando o quadro funcional à realidade operacional já em vigor. “As companhias resolveram parar de brigar por market share e voltar a ter lucro”, disse ao M&E um secretário de Turismo do Nordeste incomodando com a redução de voos para o seu estado. Retórica ou não, parece que é isso mesmo que está acontecendo, pelo menos a parte que diz sobre a volta da lucratividade. O presidente da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), Eduardo Os vilões – Os altos custos operacionais das companhias aéreas nacionais é também creditado a outros dois fatores: taxas e combustível. Somente o querosene de Aviação é responsável por mais de 40% do custo do transporte aéreo, 30% mais do que a média global, conforme dados da Abear. “A fórmula de precificação adotada pela Petrobras, maior importador, segue atrelada à variação dos preços do petróleo praticados no mercado internacional, cotado em dólares. A segunda questão que encarece o combustível e que preocupa, é a tributação sobre o insumo, cujo qual incidem PIS/ Cofins e ICMS. Com relação ao ICMS, a falta de homogeneidade na alíquota aplicada pelos Estados gera ineficiência operacional para as empresas, guerra fiscal e aumento da emissão de gases poluentes”, explicou Sanovicz.

Agência Brasil

Anderson Masetto

Infraestrutura – Este é outro ponto considerado um gargalo para o crescimento do setor. No entanto, ele parece estar mais próximo de ser equacionado. O presidente da Anac, Marcelo Guaranys admite que a ampliação e modernização dos aeroportos é um entrave para a aviação. “Entretanto, esse problema foi atacado com a concessão dos principais aeroportos à iniciativa privada. Tivemos Guarulhos, Viracopos e Brasília em 2012 e de São Gonçalo do Amarante em 2011. Neste ano vamos leiloar os aeroportos de Confins e Galeão”, justificou. I NVESTIMENTOS NA INFRAESTRUTURA AEROPORTUÁRIA

Marcelo Guaranys, presidente da Anac

Sanovicz, ressaltou que o desempenho do setor aéreo está intimamente ligado ao sucesso da economia do país, o que pode explicar o atual cenário da aviação comercial brasileira. Há dois anos, o PIB do país cresceu 2,7% e em 2012 menos de 1%. Entre janeiro e março deste ano, o avanço foi ainda menor, não passou do 0,5%. Além da economia, Sanovicz vê outros vilões, como os impostos, taxas e o próprio combustível. Ele também credita os prejuízos recentes ao esforço das empresas para manter os seus clientes. “A questão dos altos custos relativos esteve presente e as empresas fizeram todo o possível para impedir que afetasse o atendimento à deman-

da crescente. E, com isso, efetivamente, conquistaram um inestimável patrimônio, que foi essa expansão do mercado consumidor. Então foi natural que algumas empresas aceitassem ter resultados negativos para reunir e preservar esse patrimônio”, afirmou. Para ele, a tendência de crescimento da demanda permanece, mas com a redução do ritmo da economia e com os esforços das aéreas para atender bem este novo mercado consumidor sem repassar custos, as margens internas acabaram diminuindo. “Esse quadro só reforça a importância de uma maior integração entre o setor público e privado”, ponderou.

Fontes: Estimativa Bain & Co baseada em dados do BNDES e da Infraero

O que eles pensam Claudia Sender, presidente da Tam, e Paulo Kakinoff, presidente da Gol

PREÇO DO COMBUSTÍVEL DE AVIAÇÃO EM DIFERENTES AEROPORTOS (USD/GAL) Agosto/2013

2

1

4 3

C USTO POR ASSENTO POR QUILÔMETRO VOADO ( CENTAVOS DE REAL , 2011)

1 - “O que fizemos foi rever ro-

tas e frequências. Dessa forma, asseguramos o equilíbrio entre rentabilidade e atendimento aos passageiros”.

Cláudia Sender, presidente da T am Tam

2 - “A Gol tem adequado sua

capacidade à nova realidade de custos do setor de aviação. A companhia reduziu a malha aérea doméstica ao mesmo tempo em que ajustou a sua estrutura e capacidade operacional”.

As companhias sonham com uma alíquota única de ICMS em todo o país. Esta reivindicação já chegou ao Governo Federal, mas ainda parece

longe de ser atendida. “É um sonho. Mas é um sonho possível”, ponderou o vice-presidente Comercial e de Marketing da Avianca, Tarcisio Gargioni.

Paulo Kakinoff, presidente da Gol

José Mário Caprioli, COO da Azul/Trip, e Tarcísio Gargioni, vice-presidente Comercial e de Marketing da Avianca

3 - “O primeiro semestre foi

bastante positivo para a companhia. Continuaremos a ampliar nossa malha de voos e destinos, melhorando a conectividade de nossos clientes”.

José Mário Caprioli, COO da Azul/T rip Azul/Trip

4 - “Os números são extremamente favoráveis para nós. Na oferta, o mercado diminuiu 6% no primeiro semestre e nós crescemos 32%. Os dados são totalmente opostos a situação do mercado”.

Tarcisio Gargioni, vice-presidente Comercial e de Marketing da A vianca Avianca

Enquanto as grandes se adequam, as menores decolam Avianca e Azul/Trip não têm capital aberto. No entanto, é possível perceber que, embora não voem em um céu de brigadeiro, vêm aumentando oferta em caminho contrário dos adotados pelas outras duas companhias nacionais. Gol e Tam são responsáveis por 67,02% do mercado (de acordo com dados do primeiro semestre). A Azul, junto com a Trip, tem 25,01%, enquanto a Avianca é responsável por 7,79% dos passageiros embarcados.

O COO da Azul/Trip, José Mario Caprioli lembrou que a companhia é responsável, hoje, por 30% de todas as decolagens do transporte aéreo regular doméstico do país, com 102 destinos atendidos. A Avianca, no entanto, ressalta a aposta no diferencial dos seus produtos. Gargioni acredita que o sucesso da empresa, que teve a maior ocupação média de todas as companhias nacionais no primeiro semestre (80,64%), é o tratamento dado aos seus passageiros.


A VIAÇÃO

Com investimentos, futuro é promissor P ERSPECTIVAS PARA O SETOR AÉREO NO B RASIL

Fontes: Estimativa Bain & Co

Abear discute agenda com governo a entidade reivindica. A criação de uma política nacional para o querosene de aviação, de acordo com o preço médio internacional; o estabelecimento de uma alíquota única de ICMS em todos os estados; a ampliação da proposta do Fundo Nacional de Aviação Civil para que a redução de tarifas não atinja apenas aeroportos com movimento até um milhão de passageiros; e a inclusão do setor aéreo na medida 617, que reduz a cobrança de PIS/Cofins para o setor de transporte terrestre. “Nesse sentido,

O SETOR AÉREO BRASILEIRO

Eduardo Sanovicz

queremos voar mais para mais cidade e atender mais gente. Com condições de competir e trabalhar semelhantes às internacionais”, finalizou Sanovicz.

P ASSAGENS MAIS BARATAS *Críticas, reclamações, dúvidas e elogios ** Relatório da ouvidoria da ANAC

De acordo com o estudo Agenda 2020, da Abear, o transporte aéreo de passageiros deve crescer 115% no Brasil até 2020, enquanto o de carga deve avançar 58%. No período, o setor será responsável pela geração de 660 mil novos empregos, sendo que 100 mil deles serão diretos, com uma contribuição de R$ 146 bilhões ao PIB do país. Mas para que isso realmente ocorra, são necessários pesados investimentos na infraestrutura do país. “Entre os pressupostos para superar os 200 milhões de passageiros anualmente ao final dos sete próximos anos, apontamos a necessidade de algo entre R$ 42 e 57 bilhões em investimentos públicos, que devem ser destinados principalmente à ampliação de 47 aeroportos, além da construção ou reativação de outros 73, passando dos atuais 96 para um total de 169 em 2020”, explicou Sanovicz. “Aspectos como a modernização e extensão do sistema de controle de tráfego aéreo e desenvolvimento de novas rotas também merecerão atenção das autoridades para que o sistema como um todo esteja apto ao volume correspondente de operações”, completou. O relatório aponta ainda que os custos do Brasil impedem uma maior competitividade por parte das empresas brasileiras. O estudo compara uma aérea nacional com uma europeia e mostra que as despesas por assento por quilômetro voado aumentam 27% por aqui.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

A Abear reconhece que há um problema a ser enfrentado no setor e, segundo Sanovicz, as companhias já iniciaram a “lição de casa” para se adequar à nova realidade custos. No entanto, a entidade acredita que são necessárias ações governamentais para que a aviação comercial brasileira volte a ser equacionada. “Temos que mostrar o quanto a aviação é um setor essencial para o nosso país”, reiterou o executivo. Existem quatro pontos principais que

33

Fontes: Infraero; DAESP *Em 2002, passa a vigorar a liberdade tarifária no transporte aéreo doméstico no Brasil

Dólar nas alturas causa ainda mais problemas Outro dado que pode explicar um pouco o atual cenário é que desde 2002 – quando o preço dos bilhetes foi liberado pelo Governo Federal - as passagens aéreas ficaram 46% mais baratas. Ao mesmo tempo, o número de passageiros transportados aumentou em 161%. Sanovicz explicou que, após dois anos de prejuízos nas maiores companhias e de dificuldades para as demais, as empresas fizeram a lição de casa para diminuir custos. “A Gol, por exemplo, no primeiro semestre cortou R$ 260 milhões em custos revendo toda a sua estrutura de trabalho. Mas quando o câmbio foi de R$ 2 para R$ 2,30, isso significou 340 milhões a mais de custos. Então, você passa seis meses trabalhando e o aumento do câmbio leva embora todo este esforço”, justificou.


2007

10 ANOS M&E

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Em 2007, Marta Suplicy assumia o Ministério do Turismo

34

O ano de 2007 foi movimentado para o turismo no Brasil. Marta Suplicy, ex-prefeita de São Paulo, foi empossada pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, como ministra do Turismo, no lugar de Walfrido dos Mares Guia. Ao assumir, afirmou que daria prioridade ao turismo doméstico como forma de crescimento do setor. Outra novidade foi a compra da Varig pela Gol. O início do ano começou com mudanças no comando de diversas entidades, João Moreira era reeleito para o comando da Federação Brasileira de Conventions e Bureaux (FBC&V). Emília Silva era eleita a nova presidente da Bahiatursa. E a CTI Nordeste elegeu Virgínio Loureiro como presidente. Além de Fernando Ferrero assumir a Emtursa – Empresa de Turismo S/A e Valdir Walendowsky virar o novo presidente da Santa Catarina Turismo. Além de mudanças, boas notícias também eram anunciadas. As divisas do turismo registraram recorde de US$ 4,3 bilhões em 2006. O que significava um crescimento de 11,7% em relação ao ano anterior.

Governo Federal destinava R$703 milhões para o orçamento do Ministério do Turismo. A Costa Cruzeiros confirmou três navios para 2007/2008. Já a Varig voltava a voar para Fernando de Noronha. Érica Drumond era oficialmente anunciada como nova secretária de Turismo de Minas Gerais. A companhia aérea Bra anunciava novo voo para Itália e ampliação da sua frota. A rede Iberostar assumia o Le Méridien. Fernando Ferrero assumia a presidência da Emtursa.

Fevereiro Roy Taylor e Rosa Masgrau, do M&E, com Dilson Jatahy

Os desembarques domésticos cresceram 7,35% no mesmo período. Por outro lado, os internacionais registraram queda de 6,75%. O MERCADO & EVENTOS também passou por mudanças. Em julho, a publicação apresentava uma nova diagramação, remodelação dos segmentos e até uma fonte exclusiva. O designer gráfico Ucha assinou a responsabilidade pelo projeto. O redesenho foi também uma forma de assi-

Prêmio Personalidade do Turismo Em 2007, realizado através de eleição direta, foram escolhidas as 10 personalidades e três instituições do turismo. O resultado da eleição foi divulgado após a contagem de 7.816 votos. Quem estava presente entre as Personalidades do Turismo de 2007, eram: Airton Pereira (MTur), Caio Luiz de Carvalho (SPTuris), Constantino de Oliveira Junior (Gol), Eduardo Nascimento (Abremar), Érica Drummond (Minas Gerais), Fernando Pinto (TAP), Jeanine Pires (Embratur), Michel Tuma Ness (Fenactur), Paulo Senise (RCVB), Virgínio Loureiro (Alagoas CTI/NE).

nalar a maneira diferenciada da instituição com o trade. O Cristo Redentor foi anunciado como uma das Sete Novas Maravilhas do Mundo. No mesmo período, a realização dos Jogos Pan-americanos e Parapan-americanos foi guiada pela premissa do legado que os eventos garantiriam ao Rio, ao Brasil e aos demais países envolvidos. Já no inicio da organização dos Jogos, viu-se a intenção do governo e do comitê organizador de mostrar que o Rio 2007 tinha potencial inigualável para promover o país turisticamente. O Ministério do Turismo investiu R$ 175 milhões nos Jogos. A herança física, representada pelas instalações esportivas e demais obras estruturais que ficaram no Rio de Janeiro após o fim das competições também se constitui como legado. Existiu também o chamado legado emocional, que pôde ser verificado na elevação da auto-estima do cidadão carioca. As estruturas esportivas foram o principal e mais significativo legado na questão física, visto que foram construídas com alta qualidade e funcionalidade e que atenderam às mais rigorosas determinações das Federações Internacionais de esporte.

Depoimento: Toni Sando de Oliveira Presidente executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB) “O MERCADO & EVENTOS chegou ao mercado editorial brasileiro em um momento em que o turismo começava a dar sinais de que poderia se consolidar como importante setor gerador de divisas. Desde o início, a publicação acreditou no crescimento e na profissionalização do segmento. E acertou. Hoje, no Brasil, o turismo é item importante na cadeia produtiva nacional, envolvendo 53 setores da economia e gerando emprego e renda. O mercado de viagens e turismo prospera no mundo e particularmente no Brasil, que teve crescimento acima da média global. E a equipe de jornalistas e articulistas do M&E acompanhou tudo isso. Nesses dez anos, o M&E mostrou a que veio. Em suas edições quinzenais retratou toda a transformação do turismo no Brasil e no mundo. Sempre presente aos principais eventos nacionais e internacionais, traçou um perfil correto e atualizado das ações desenvolvidas pelos setores públicos e privados. Em suas edições impressas ou online é perceptível o incessante empenho na busca da verdade e da qualidade da notícia. A participação nas feiras internacionais merece um elogio à parte. A presença do M&E nas principais feiras internacionais contribuiu e muito com a divulgação do Brasil e seus diversos destinos no exterior. Foram milhares e milhares de edições especiais em diversos idiomas, produzidas e entregues aos profissionais do turismo ao redor do planeta. E São Paulo também ganhou muito com toda essa promoção, pois apresenta o cenário ideal para atrair cada vez mais turistas vindos de todas as partes. E o São Paulo Convention & Visitors Bureau (SPCVB), em sua missão de ampliar o número de visitantes e aumentar o seu tempo de estadia no destino, trabalha com o objetivo de dinamizar e organizar o volume de negócios, promovendo, captando e gerando eventos. Parabéns pelos primeiros 10 anos e que venham muitos outros sempre com a mesma competência”!!!

A companhia aérea Qatar Aiways preparava seus voos entre São Paulo e Doha. A FOLHA DO TURISMO estava presente na Fitur com uma edição especial. O ex-governador de Santa Catarina, Luiz Henrique da Silveira, apresentava o Sistema Estadual de Turismo. O Queen Mary 2 trazia 2.300 passageiros ao Brasil. O trade intensificava a campanha pelo Cristo Redentor para que ele se tornasse uma das “Novas Maravilhas do Mundo”. A Gol inaugurava o voo São Paulo-Rio com novo Boeing.

Março O Ministério do Turismo anunciava o investimento de R$175 milhões no Pan-Americano. A Localiza começava a oferecer GPS em 25 cidades. Já o Catussaba anunciava que teria dois novos resorts em Itapuã (Bahia). A rede Accor apresentava planos de ter 200 mil quartos até 2010. A MSC lançava seu hotsite e campanha de incentivo. A Abeoc criava o Eventos Brasil e comemorava seus 30 anos. A Travel Ace lançava novos produtos e logomarca. O Centro-oeste Tur recebia 950 agentes.

Abril Martha Suplicy assumia o Ministério do Turismo. A Gol comprava a Varig por U$S 320 milhões. A rede Othon investia R$14 milhões no Suítes Macaé. A BNTM anunciava recorde de suppliers e US$135 milhões em negócios. O Encontro Braztoa reunia 2.626 agentes. A Tap apresentava 13 novos voos para o Brasil. Eram cinco frequências a mais para o Rio de Janeiro, três para São Paulo, além de cinco para Brasília. A Lei Geral do Turismo ia para o Congresso.

Maio Acontecia a mudança no layout do jornal, dispondo as notícias de maneira mais clara, que permanece até os dias atuais. A Tap registrava crescimento de 18% no 2º trimestre. Domingos Leonelli defendia a reabertura de cassinos. Na Expotur-ES, a geração de negócios alcançava R$3,8 milhões. Ao mesmo tempo, Lisboa se destacava com portão de entrada para brasileiros na Europa. Por sua vez, Bariloche consolidava-se como destino preferido pelos brasileiros no exterior.

Junho Acontecia a mudança no layout do jornal, dispondo as notícias de maneira mais clara, que permanece até os dias atuais. A Tap registrava crescimento de 18% no 2º trimestre. Domingos Leonelli defendia a reabertura de cassinos. Na Expotur-ES, a geração de negócios alcançava R$3,8 milhões. Ao mesmo tempo, Lisboa se destacava com portão de entrada para brasileiros na Europa. Por sua vez, Bariloche consolidava-se como destino preferido pelos brasileiros no exterior.


10 ANOS M&E

Julho Santa Catarina investia no turismo o montante de R$ 100 milhões no ano. A Aerolíneas Argentinas anunciava cinco voos entre São Paulo e Miami. Já a Gol ampliava investimentos em equipes e aeronaves. Na época, o Pan 2007 era considerado o maior evento realizado no Brasil. O Chile já atraia brasileiros com estações de esqui. O Cristo Redentor recebia reconhecimento internacional. Por sua vez, os Estados Unidos desejavam 940 mil turistas brasileiros por ano. A Tam investia US$5,4 bilhões em 36 aeronaves.

Outubro O MERCADO & EVENTOS apresentava Paraty e seu refúgio histórico e ecológico. Na época, a Trend superava meta de crescimento na 3ª convenção nacional de vendas. Varig e Tam apresentavam seus novos voos na Top Resa 2007. Descobrimos porque Roma, capital da Itália, recebia 13 milhões de turistas ao ano. WTM e BMP eram os destaques na agenda de feiras internacionais. A Emirates inaugurava voo e lançava planos para 2008 no Brasil. O M&E fazia a cobertura completa da 30ª edição da Aviestur.

Novembro O jornal destacava as críticas ao setor aéreo e a disputa pela sucessão da Abav no 35º Congresso, que reuniu quase 24 mil profissionais no Riocentro (RJ). American Airlines iniciava oito novos voos para Miami de RJ e SP. O Great Brazil Express fazia sua viagem inaugural. O turismo brasileiro para os Estados Unidos crescia 18%. Tam e Lan iniciavam codeshare. Luiz Fernando Moraes assumia como novo secretário de Turismo de Porto Alegre. A Feira da Abav anunciava crescimento de 3,8% em número de participantes.

Dezembro Dubai tornava-se novo destino para brasileiros no exterior e Emirates surgia como oportunidade de voo. Na época, Carlos Alberto Amorim ganhava a eleição da Abav nacional e prometia reunião entre agentes. Além disso, na WTM, a Copa de 2014 e Cristo Redentor eram os destaques. Crescia o fluxo de turistas entre Brasil e Espanha, e Madri era destaque. Álvaro Bezerra assumia a ABIH Nacional. Emirates registrava lucro recorde com crescimento de 99% e Tap anunciava o lançamento de seu novo serviço de bordo. Setembro de 2013 - 2ª quinzena

35

Agosto Campos do Jordão e Peru eram os destinos destaques de nosso jornal, apresentando suas vocações turísticas. Os profissionais se preparavam para os grandes eventos na agenda, como AVIRRP, Centro-Oeste Tur e Adventure Fair. A Alitalia comemorava 60 anos no mundo e 59 no Brasil. A Lan apresentava crescimento de 300% no Brasil em um ano. O Brasil já representava 54% do market share da Royal Caribbean. A Embratur realizava o 1º Roadshow na França. Além disso, a premiação das Personalidades do Turismo apresentava novidades na disputa.

Setembro O Explore South África aguardava 100 expositores no dia 11 de setembro e crescia 60%. Santa Catarina se preparava para as “Oktoberfestas”. Outra notícia apontava que a internacionalização e crescimento de 15% marcaram 15ª edição Centro-Oeste Tur. O Blue Tree comemorava 10 anos com novidades para clientes. Começava o compartilhamento entre voos da Tam e Tap. Buenos Aires já era considerada a nova capital dos brasileiros, recebendo milhares de turistas ao mês. E 2,5 mil agentes confirmavam presença na Abav - Feira das Américas. Já a Embratur investia R$6,8 milhões em promoções nos Estados Unidos.


C RUZEIROS

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Visão panorâmica do The Waves, área VIP do navio; piscina iluminada à noite; elevadores panorâmicos; e o piano bar, com música ao vivo todas as noites

36

Rumo ao grande desafio A partir do momento em que o primeiro transatlântico ancorar em nossa costa e em seguida zarpar superlotado de brasileiros para iniciar a temporada 2013/2014, mais uma vez teremos a certeza de que nosso trabalho a favor dos Cruzeiros Marítimos evolui no sentido de marcar o Brasil como um dos grandes destinos do setor em todo o mundo. Mais uma prova de que esse trabalho tem sido feito com seriedade e competência por parte de todos os atores envolvidos. Será uma bela temporada, a que começará em novembro, tenho certeza. Agora, enquanto os transatlânticos navegam pelas águas do lado de cima do Equador, uma intensa atividade se desenvolve em nosso trade: contratação de mão de obra, checagem dos destinos – com todas suas oportunidades -, reserva antecipada de serviços. Cada detalhe é pensado por equipes de profissionais altamente qualificados, com o objetivo de entregar aos cruzeiristas mais uma experiência única e inesquecível de lazer, entretenimento, conforto e comodidade. Claro, nem tudo é boa notícia. A redução de 15 navios da temporada passada para os 11 deste ano nos entristece. Mas a luta para voltar aos patamares anteriores não esmorece. As autoridades brasileiras haverão de compreender que a redução no tamanho deste negócio é prejuízo também para os cofres públicos.

Monarch atracado em Curaçao

Como sabemos, os Cruzeiros Marítimos cresceram tanto no Brasil que acabaram esbarrando na precária infraestrutura, numa das mais altas cargas tributárias do mundo e nos labirintos da burocracia. É necessário destravar os nós que emperram o desenvolvimento do setor. Os números que envolvem os Cruzeiros Marítimos são grandiosos e o Brasil só tem a ganhar com seu crescimento, a começar por abrir suas portas aos turistas estrangeiros. Mas que se olhe para a contribuição do setor em outras áreas. Só para esta temporada, serão contratados mais de 2.500 tripulantes brasileiros nos navios que estarão em nossa costa. Se contarmos ainda os empregos gerados em escritórios, agências de viagem, receptivos e nas cidades onde os navios fazem escala, este número é quadruplicado. Enfim, mais uma vez temos pela frente o compromisso de qualidade com os nossos clientes, que esperam sempre o melhor atendimento e as melhores condições para desfrutar os dias de lazer e entretenimento proporcionados pelos Cruzeiros Marítimos. Vamos trabalhar com toda a seriedade em busca do aprimoramento constante para merecer a confiança que, felizmente, cresce a cada temporada. É esta confiança que, não apenas vai nos ajudar a recuperar o terreno perdido, como voltar ao rumo do crescimento para atingir o topo. Este é o grande desafio – e venceremos. Ricardo Amaral Presidente da CLIA ABREMAR BRASIL

Proa do Costa Diadema é instalada A proa do Costa Diadema, novo mega navio da Costa Cruzeiros, acaba de ser instalada. Ela tem oito metros de altura, 34 metros de comprimento, 36,11 metros de largura e pesa 392 toneladas. Com capacidade para 4.947 passageiros, o transatlântico será entregue em 30 de outubro de 2014. Com o início de sua operação, a frota da Costa poderá acomodar até 45 mil hóspedes. O Costa Diadema é o 15º navio da companhia e o 10º construído no estaleiro de Fincantieri, em Veneza. Entre as inovações a bordo estão: o “Bavarian Bierkeller” (bar no estilo bávaro), o restaurante japonês “Teppanyaki”, o “Country Rock Club”, lugar para ouvir música americana, e o Lazer Maze, espaço de jogos interativos. Além disso, o Samsara spa, centro de bemestar e relaxamento, irá ocupar três andares do transatlântico.

Royal Caribbean International anuncia temporada brasileira 2014/2015 A Royal Caribbean International acaba de anunciar o retorno do transatlântico preferido pelos brasileiros para a temporada de cruzeiros 2014/2015 na América do Sul. O Splendour of the Seas está com sua chegada ao país prevista para dezembro de 2014 e ficará no litoral sul-americano até abril de 2015. Os roteiros pela América do Sul continuarão presentes com duração de sete noites com passagem por Punta Del Este, Montevidéu, além de Buenos Aires. O Réveillon será em Copacabana com oito noites de duração e escalas em Porto Belo, Búzios, Rio de Janeiro, Ilha Grande e Ilhabela. Já no Carnaval de 2015, o navio parte para a folia na América do Sul em um roteiro de sete noites.

Msc Cruzeiros aquece os motores para a temporada 2013/2014 A dois meses da temporada, a armadora destaca os roteiros e diferenciais da frota que aportará na América do Sul, com uma oferta de 290 mil leitos. O grande destaque desta estação, o MSC Preziosa, traz muitas inovações a bordo, além do MSC Yacht Club. Partirá de Santos, com opções pelo Sudeste e Nordeste e o MSC Orchestra fará rotas para o Nordeste ou rumo ao Prata, saindo de Santos e, depois, do Rio de Janeiro. O MSC Magnifica terá rotas rumo ao Prata, a partir de Santos; e já o estreante MSC Poesia, terá embarques exclusivos da Argentina rumo ao Rio.

Monarch passa a integrar frota da Pullmantur, reforma custou US$ 8 milhões Anderson Masetto

Desde maio deste ano a Pullmantur conta com o Monarch em sua frota. O navio, construído em 1991, foi adquirido pela companhia em abril e após uma reforma passou a operar com um roteiro pelas Ilhas Antilhas e Caribe Sul. Com passagens por Colón, no Panamá; Cartagena das Índias, na Colômbia; La Guaira, na Venezuela; Aruba e Curaçao, o embarque pode ser feito em qualquer um dos portos e o cruzeiro tem duração de sete noites. Antes de integrar a frota da Pullmantur, o Monarch passou por uma reforma geral. Além da identidade visual da companhia a embarcação, que pertencia a Royal Caribbean, ganhou nova decoração e espaços exclusivos. O investimento total foi de US$ 8 milhões. Ele se junta ao Soverign – que é seu irmão gêmeo -, Empress, Zenith e Horizon, totalizando cinco transatlânticos. O Monarch tem 268 metros de comprimento, 1.193 cabines e capacidade para 2.766 passageiros, com cerca de 800 tripulantes. A embarcação é irmã gêmea de um navio já conhecido do público brasileiro, o Sovereingn. São 12 decks no total, com cinco restaurantes, nove bares, duas piscinas externas, duas piscinas infantis, biblioteca, academia, discoteca, spa, teatro, cassino, salão de beleza e kids club.

Uma das novidades desta embarcação é o The Waves, área vip com acesso para passageiros que adquirem suítes. No caso das suítes júnior é possível comprar acesso para o espaço que conta com internet wifi, áreas de descanso internas e espreguiçadeiras na parte externa. Há ainda um menu próprio com comidas e bebidas a qualquer hora do dia para os hóspedes. Para o mercado brasileiro, a recomendação é que o embarque ocorra em Colón, no Panamá, ou em Cartagena das Índias, na Colômbia, por conta das ligações aéreas. Assim como os demais roteiros da Pullmantur, este cruzeiro opera no sistema all inclusive, com bebidas e refeições. Mais brasileiros - De acordo com o coordenador de Marketing da Pullmantur para o Brasil, as metas são agressiva. Segundo ele, o objetivo, até abril de 2014, é enviar cerca de 2 mil brasileiros por mês para o Caribe. “O mercado brasileiro é estratégico para nós. Prova disso é que mantivemos os três navios para esta temporada no país”, disse. “Vamos investir na divulgação deste roteiro no Brasil. Já fa- Teatro Broadway

zemos um trabalho com as operadoras e agora daremos início a uma divulgação para o público final”, complementou. O mercado brasileiro representa atualmente 40% do total de vendas da companhia, que tem sede na Espanha.

Monarch atracado em Curaçao


WWW . MERCADOEEVENTOS . COM . BR

Últimos vídeos

 São Paulo apresenta novo material durante a Abav  Braztoa aprova novo formato do ECB  Resorts Brasil comemora crescimento de 12% em maio  ABIH defende autoclassificação hoteleira  Paraná promove ações para o verão e potencializa turismo regional

Pesquisa:

Após o término da Feira das Américas, o M&E perguntou aos seus internautas se eles gostaram do novo formato do evento. Confira abaixo o resultado: Sim Não

01/09 - 07/09 1ª - Veja as fotos do 15º Workshop Trend 2ª - Veja fotos do 2º dia Abav - Feira das Américas 3ª - Trend lançará “Tarifas Flutuantes” em parceria com hotéis 4ª - Feira de Turismo das Américas 2013 é oficialmente aberta 5ª - Trend encerra Workshop com mais de 6,8 mil agentes

08/09 - 14/09 Últimas galerias de fotos

 Trade paulista conhece empreendimentos da Leading Hotels  Bahia anuncia onze novos voos da Air Europa  Veja mais fotos do WTTC Asia Summit 2013  Abav 2013 chega a seu último dia; veja fotos  Veja as fotos da Abav dedicado ao público final

Adrien Genier, da Switzerland Tourism, Anne Greth Paulus, do Alto Vale do Reno, Margaret Grantham, Turismo da Alemanha, e Ricardo Bueno Hida, do Atout France

Alto Vale do Reno se promove no mercado brasileiro pela primeira vez

Adrien Genier, da Switzerland Tourism, Anne Greth Paulus, do Alto Vale do Reno, Margaret Grantham, Turismo da Alemanha, e Ricardo Bueno Hida, do Atout France. Um destino e três países. Foi assim que a diretora de Vendas da região do Alto Vale do Reno, Anne-Greth Paulus, definiu a região, que engloba cidades da França, Alemanha e Suíça. Pela primeira vez há uma promoção no mercado brasileiro, que ganhou folheteria em português e em breve terá um site específico para agências e operadoras do país. No dia 10 de setembro, representantes dos três países receberam a imprensa para um almoço de apresentação do destino. Na ocasião, AnneGreth, que também representa a cidade alemã de Baden-Baden, fez uma apresentação sobre as principais atrações da região. “Quem viaja para lá tem a oportunidade de descobrir o que há de mais rico nos três países, os costumes diferentes dos povos e atrativos diferenciados em cada um dos lugares. Estados Unidos, Canadá e Ásia são os nossos principais mercados”, explicou. Paradisus Cancun e operadoras divulgam empreendimento no país

Algumas operadoras brasileiras estarão junto com o hotel Paradisus Cancun na divulgação do empreendimento no país, com pacotes promocionais. CVC, Nascimento Turismo e Agaxtur fazem parte de parceiros no Brasil, terceiro principal mercado da unidade – atrás de Estados Unidos e México –, considerado mercado “muito importante” pelo vice presidente do Paradisus Resorts, Bernard Wyss. Estão previstas ações para novembro deste ano em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre, Recife, Salvador e Brasília. “Para atrair mais brasileiros, vamos levar ofertas especiais para centros comerciais”, explicou Conrad Bergwerf, gerente do Paradisus Cancun. Entre janeiro e agosto deste ano, cerca de seis mil brasileiros já se hospedaram no Paradisus. A promoção de pacotes para o destino será destinada para o público final e, durante os encontros, os representantes do hotel divulgarão programas especiais.

85.7%

1ª - M&E tem a mais completa cobertura da Abav 2013 2ª - Em artigo, Antonio Azevedo avalia Abav 2013 3ª - Veja as fotos da Abav no primeiro dia dedicado o público final 4ª - Programa de viagens beneficia idosos 5ª - ibis Colatina: Accor inaugura sexto empreendimento no ES

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

14.3%

TOP 10 mais lidas no site do M&E

37


A GENDA

P ASSAPORTE

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Festival de João Pessoa espera 700 agentes

38

A 3ª edição do Festival do Turismo de João Pessoa reunirá cerca de 700 agentes de viagens do Nordeste, além de profissionais convidados pelas principais operadoras de turismo do país. Também estarão presentes executivos de companhias aéreas nacionais e internacionais, assim como de grandes redes hoteleiras, e operadoras, que buscam uma maior aproximação com o mercado regional. O evento será realizado no Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima, nos dias 27 e 28 de setembro. Segundo os organizadores, a estimativa é de um crescimento em 30% do número de visitantes neste ano em relação a 2012. Uma novidade é a rodada de negócios com operadoras de turismo do Nordeste, coordenada pelo Sebrae-PB, que já trabalha na formatação do projeto.

”Vamos ter caravanas do interior da Paraíba, do Rio Grande do Norte, Pernambuco, Bahia, Alagoas, Ceará, grupos de Santa Catarina e Rio de Janeiro. Os números mostram que estamos no caminho certo, se compararmos ao ano anterior, quando tivemos a nossa 2° edição do evento, conseguimos passar a ser o maior evento do Nordeste em quantidade de agentes e operadores visitantes, porém muito trabalho ainda tem de ser feito”, disse o diretor comercial do Festival, Claudio Júnior. Outro destaque apontado pelo executivo são as três salas de capacitação. Paralelo ao festival, estão programados eventos voltados para acadêmicos de Turismo, empresários do setor e expositores. “Estamos articulando a vinda de palestrantes de nível internacional. Para esta edição

já temos confirmados a presença de Guilherme Paulus e Aroldo Schultz. A cada ano o festival está mais profissional”, declarou Claudio Júnior. Homenagens - Este ano, o Festival do Turismo irá homenagear oito mulheres que têm contribuído com o crescimento do evento. Serão elas, Christiane Pereira (diretora da Luck Receptivo); Elízia Lopes (presidente do João Pessoa Convention Bureau); Manuelina Hardman (coordenadora da Câmara do Turismo da Paraíba); Mônica Barros (diretora Regional do Sesc-PB); Regina Amorim (gestora de Turismo do Sebrae-PB); Ruth Avelino (presidente da PBTur); Simone Farret (diretora da Communicare) e Vera Lúcia (diretora de Educação Profissional do Senac-PB).

México promove de 26 a 29 a Fita, maior evento profissional do setor A Fita – Feira Internacional de Turismo será realizada de 26 a 29 deste mês, na Cidade do México. Os dois primeiros dias do evento são abertos a profissionais e os dois últimos são abertos ao público. O evento se repete pelo quarto ano consecutivo. A exemplo da última edição, a feira deverá reunir profissionais da indústria do turismo global, a fim de reforçar a promoção e comercialização de produtos e destinos turísticos. A expectativa é superar os números da última edição que registraram perto de três mil expositores de 550 em-

presas. A expectativa é que cerca de 10 mil profissionais participem do evento. O Brasil é tido como um dos destinos prioritários. Confira abaixo a programação do evento. Informações pelo www.fitamx.com. Programação: • Quarta-feira (25/09) 20:00 - Coquetel de abertura • Quinta (26/09) 08:00 - Registro de visitantes 10:30 - Abertura da Feira 10:00 - Início da Rodada de Negócios e da Feira

Festuris confirma novos países e 22 empresas aéreas Faltando menos de dois meses para o início da edição de 25 anos, o Festival do Turismo de Gramado confirma a participação de 22 companhias aéreas, nacionais e internacionais. Estarão presentes: Tam, Tap, Gol, Azul, Avianca, South África Airways, American Airlines, Taca, Emirates, Turkish Airlines, Etihad Airways, Delta Airlines, Buquebus, Pluna Lineas Aereas, Aerolíneas Argentinas, Air Canadá, Air China, Copa Airlines, Lufthansa, Singapore Airlines, Swiss e United Airlines. Entre as participantes do Festuris estará a Star Alliance, principal rede de companhias aéreas do mundo, com 28 empresas, sendo que 11 estarão no evento. Este ano, o evento terá o crescimento de quase 20% na área de expositores e já estão confirmados 73 países representados nos mais de 350 estandes da Feira. Estes são alguns números que se apresentam a menos de dois meses da realização do evento, que acontece de 7 a 10 de novembro. Para o diretor do Festuris, Marcus V. Rossi, a internacionalização do evento se solidifica na medida em que os expositores vêm para o festival em

busca de negócios que se consolidam especificamente em Gramado. “O turismo emissivo do Sul do país e dos vizinhos do Mercosul é diferenciado em relação ao Centro do Brasil, o que acaba atraindo destinos e empresas do segmento de todo o mundo para fechar parcerias comerciais em nosso evento”, comemora. Ele lembra ainda que a divulgação do Festuris nas maiores feiras de turismo dos quatro continentes também contribui para esse crescimento. “Temos uma grande amostra dos mais influentes destinos e serviços de turismo mundial reunidos em um mesmo ambiente, permitindo a ampliação dos negócios.” Em relação ao aumento de 17 mil para 20 mil metros quadrados na área do Serra Park, Rossi destaca que tem como objetivo atender a alta demanda de expositores em 2013. “A segmentação também é essencial neste sentido, pois permite que os espaços estejam bem delimitados e facilitem a visitação à feira nos dois dias”, complementa. A livre circulação pelos corredores será mantida neste ano, apenas com o diferencial de saída pelo pavilhão 2, e não mais pelo mesmo local de entrada, no pavilhão 1.

18:00 - Término da Rodada de Negócios • Sexta (27/09) 09:00 - Registro de visitantes 10:00 - Início da Rodada de Negócios e da Feira 18:00 - Término da Rodada de Negócios • Sábado (28/09) 09:00 - Registro de visitantes 10:00 - Início da Feira 10:00 a 18:00 - Eventos artísticos e culturais 18:00 - Término da Feira • Domingo ( 29 /09) 29/09) 10:00 – Início da Feira 10:00 a 18:00 - Eventos artísticos e culturais 17:00 – Término da Feira

Top Resa acontece esse mês em Paris Será realizada entre os dias 24 a 27, no complexo Paris Expo Porte de V ersailles, a 35ª Versailles, edição da Top Resa. O evento é organizado pela Reed Exhibition. A exemplo das edições anteriores, a Embratur estará com um estande na Internacional French Travel Market Top Resa. O M&E fará a cobertura online do evento com fotos e matérias divulgadas posteriormente em sua edição impressa. No cooperado da Embratur haverá distribuição de uma edição em francês da revista FOLHA DO TURISMO BRASIL divulgando os atrativos de alguns dos principais destinos do país. São esperados, nos quatro dias, mais de 30 mil visitantes. O Brasil aproveita a oportunidade para apresentar ao público as cidadessede da Copa de 2014.Esse ano, a Top Resa apresenta a Jornada Internacional de Viagem de Negócios destacando o segmento Mice. A Top Resa funcionará nos dias 24 e 25 das 9h30 às 19h e nos dias 26 e 27, das 9h30 às 17h30. Outras informações pelo site: www.iftm.fr.

Tome Nota BTL - A edição 2014 da feira BTL acumula a comercialização de 60% do espaço disponível para exposição. “As vendas começaram em agosto e temos resultados satisfatórios”, afirmou Fátima Vila, diretora da Feira Internacional de Portugal (FIL). Para o evento são esperados cerca de 900 expositores e 60 mil visitantes. Agendada para acontecer entre os dias 12 e 17 de março, a feira será realizada no Parque das Nações, em Lisboa (Portugal), que tem área de

40 mil m² disponível para o encontro. “A BTL conta novamente com a Convenção da Braztoa e com uma missão empresarial da Abav para o próximo ano”, garantiu Fátima. Para ela, o Brasil deve aproveitar a “grande potencialidade”, não só geográfica, mas também linguística do evento, assim como as conexões oferecidas pela Tap, que leva brasileiros para destinos europeus. “O Brasil é um mercado aquecido e tem vasta oferta no segmento”,

disse a diretora. Peru - Uma nova feira de Turismo para o trade peruano irá englobar as regiões norte e sul do país. Denominada Muchik Peru - Feira de Turismo Internacional Trujillo 2013, o evento irá acontecer entre 18 e 20 de outubro e divulga a cultura da região de Muchik, com história mais antiga do que a Inca. “Iremos juntar todas as operadoras do Norte e do Sul do Peru”, afirmou José Carlos Plaza, diretor da Carrusel.

>> A partir de março de 2014, a cidade de Contagem receberá o mais moderno Centro de Convenções da região metropolitana de Belo Horizonte. Com término das obras em dezembro deste ano, o Actuall Convention Hotel terá capacidade para até duas mil pessoas e estará estrategicamente localizado na maior área industrial da região, local servido por diversas redes hoteleiras. >> São Paulo é candidata a sediar a Expo2020 Expo2020. Para isso, a cidade está passando por uma grande transformação, com investimentos na região de Pirituba - onde será feito o evento caso a cidade ganhe a disputa com Dubai, Turquia e Rússia. Segundo Nadia Campeão, vice-prefeita de São Paulo, os benefícios serão grandes. Em breve, a cidade receberá os delegados da Expo que votarão e escolherão a cidade vencedora, que será conhecida no dia 27 de novembro. No legado, a Expo2020 deixará para a capital paulista um novo cento de convenções, um parque público, uma área de preservação, edifícios públicos e privados, infraestrutura de transporte e moradia e mobilidade. >> A Expo Tur chega a sua 6ª edição em 2014 e espera reunir dois mil agentes de viagens na cidade Canela, na Serra Gaúcha Gaúcha. De acordo com o diretor do evento, Jairo Hurliki, a feira foi ampliada e tem como objetivo mostrar os atrativos e produtos turísticos da região para profissionais de todo o Brasil. "Somos 100% voltados ao agente de viagens", disse Hurliki. "Já reservamos dois mil quartos na região para acomodar os profissionais que pretendemos trazer de todo o país", complementou. Segundo ele, o objetivo é de que pelo menos 80% dos visitantes sejam de outras regiões. >> O workshop 'Rio é de V ocês' não será mais realizado durante a FIT de Buenos Vocês' Aires como estava programado. A decisão foi tomada pelos organizadores que optaram também por cancelar todos os demais eventos previstos para esse ano. A justificativa é que o modelo estava desgastado e agora a ideia é buscar um novo modelo para que o mesmo seja reativado, mantendo a divulgação do Rio de Janeiro nos principais destinos emissores. >> A Costa Cruzeiros passa a concentrar sua operação comercial em âmbito nacional a partir de sua sede em São Paulo. A meta é aprimorar cada vez mais a qualidade de serviço prestado aos clientes e parceiros da indústria de viagens, sempre aliada às novas soluções tecnológicas implantadas pela companhia. Dessa forma, o escritório da empresa marítima localizado no Rio de Janeiro encerrará atividades no próximo dia 31 de outubro. No entanto, a Costa continuará atuando na cidade com um executivo de vendas em esquema home office, assegurando respostas imediatas ao mercado carioca. >> O governo de Portugal prevê relançar "brevemente" a reprivatização da Tap ap, segundo o anteprojeto das Grandes Opções do Plano (GOP), ao qual a Agência Lusa/ SOL teve acesso em meados de setembro. O governo salientou no projeto das GOP para 2014 que o processo de reprivatização da TAP deve ser "relançado brevemente", sem adiantar datas. No dia 20 de dezembro de 2012, o governo português anunciou que decidiu recusar a proposta de compra do grupo Synergy para a Tap, o único concorrente à privatização da companhia aérea nacional, por considerar que não tinham sido cumpridos requisitos previstos no caderno de encargos da operação. >> A Global Business T ravel Association (GBTA) lançou o seu mais recenTravel te relatório GBTA BTI Outlook sobre o Brasil como parte da sua série semianual. O estudo, patrocinado pela Visa, aponta que os gastos totais dos brasileiros com viagens corporativas deverão crescer 6,3% em 2013, subindo para $31,8 bilhões e outros 12,6% em 2014, subindo para $35,8 bilhões, pois a economia global ganha força assim como a demanda interna brasileira. >> As recomendações "Turismo Acessível para Todos", da Organização Mundial do Turismo (OMT) foram aprovadas pela Assembleia Geral da entidade. O documento foi atualizado a partir da versão de 2005 e tem como objetivo permitir que as pessoas com necessidades de acesso desfrutem dos produtos turísticos e demais serviços de forma independente. Estas recomendações foram desenvolvidas no âmbito da Convenção da ONU sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência de 2007. >> A Gol implementará, a partir do dia 10 de outubro, um novo modelo de acúmulo de milhas nos seus voos domésticos e internacionais. O objetivo é fidelizar ainda mais os passageiros que apresentam um perfil diferenciado pela frequência e padrão de consumo. O novo modelo prestigia e recompensa quem voa mais e é cliente. Com o novo modelo, o cálculo de milhas acumuladas por voo ficará mais fácil. Para os voos domésticos, o cálculo será feito pelo valor da passagem e não mais pela distância do voo. Nos voos internacionais a base para acúmulo de milhas continua sendo a distância entre origem e destino final. >> A cidade de Curitiba (PR) anunciou que a partir de 21 de novembro, o destino voos. Um voo direto Miami/Curitiba/Porto Alegre, que será ganhará dois novos voos realizado pela American Airlines e terá frequência diária; e um novo voo direto Buenos Aires/Curitiba que será realizado, a partir de 2014, pela Aerolíneas Argentinas. Outra novidade anunciada é que em 2015 a cidade concluirá as obras de um novo Centro de Eventos com mais de 20 mil metros quadrados de área de exposição, com parte dos recursos vindo do Ministério do Turismo.


Setembro de 2013 - 2ÂŞ quinzena

39


40 Setembro de 2013 - 2ÂŞ quinzena


FOLHA DO TURISMO

Setembro/2013 - 2ª quinzena - Ano IX - Nº 232 - Tiragem: 16.400 exemplares

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

1

Boteco Profissional Trend leva agentes e amigos a boteco e promove maior Workshop de sua história


De volta a São Paulo, Trend fecha Workshop com mais de 6,8 mil agentes

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Luciano Palumbo, Anderson Masetto e Rafael Massadar

2

Bar, petiscos, capacitações, lançamentos, novos produtos e muitos profissionais do turismo. Esse foi o resumo da 15ª edição do Workshop Trend que aconteceu no Expo Center Norte, em São Paulo, no ultimo dia 3 de setembro. Depois voltar para a capital paulista e promover uma série de novidades para a rede de distribuição, o presidente da Trend Operadora, Luis Paulo Luppa comemora o número de 6.848 agentes de viagens participantes do Workshop. “Nosso evento representou o tamanho da Trend”, comentou. Entre os lançamentos deste ano, os passeios de jipe e cicloturismo no Rio de Janeiro (RJ), o Rio 360º e o sucesso dos voos de helicópteros – que tem 58% das vendas no segmento de lazer. “Fomos inovadores com as vendas de helicóptero e hoje oferecemos mais um produto exclusivo da Trend”, comentou. Vendas – “Uma das grandes essências da Trend é a capilaridade. Por isso temos produtos diferenciados no Lazer, Corporativo ou

Diretores da Trend Operadora

mesmo com a incorporação de novos destinos, como Orlando, por exemplo”, comentou. A expectativa de crescimento para operadora, segundo Luppa é superar os três dígitos. No geral foram 200 expositores, entre hotéis, locadoras, companhias aéreas e operadores receptivos, além de estandes institucionais. Entre os destaques deste ano, o Boteco

Amigos da Trend que ofereceu petiscos e 10 mil litros de chopp aos agentes e ainda o som do pagode do Só Pra Contrariar. A feira teve como patrocinadores a Gol, Empetur, Travel Ace, Turismo da Argentina, além de Avis, Localiza, Movida, Unidas e Hertz. O M&E por mais um ano foi media partner oficial do evento.

Recepção para VIPs A Trend Operadora reuniu, durante toda a manhã do dia 3, em sua sede no centro de São Paulo, agentes de viagens que participaram da 15ª edição do Workshop da Trend. O objetivo foi recepcionar os agentes que vieram de outras cidades e estados do Brasil nas caravanas organizadas pela operadora. Na ocasião, o grupo se reuniu para juntos serem transportados para o Expo Center Norte para a abertura do evento. Enquanto aguardavam, os agentes tiveram a oportunidade de conhecer o espaço de convivência da Trend e ainda conversar com os executivos da empresa.

Eliete Coimbra, da Harabello, e Giuliane Araujo, da Sunline

Julio Lucca e Sandra Carneiro, da Alta Rota Viagens

Edilson de Oliveira, da Ilha de Santorini, e Thiago Zacharias, da Livre Acesso

Lenita e Ana Luiza Medeiros, da Aerovip Turismo

Mercia Santana, da Mcz Turismo, e Dayse Pontes, da Bigu Turismo.

Luciene Carvalho, da Logos Tur, e Rejane Silva, da Klp

Ravison Souza, da Aereotur, e Andreia Souza, da Excelense Travel

Diana Carvalho, da 4 Estações, e Mariana Hecksher, da Trend


Preti e Anjos destacam Luppa no comando da operadora

Washington Preti Jr. , Luis Paulo Luppa e José dos Anjos

Agentes reforçam importância de WS

Daniel Santos, vice-presidente Comercial da Trend

Trend lançará Tarifas Flutuantes ainda este ano

Caroline Lima, da Flatur, Telma Souza, da AFX Viagens e Ana Lucia Sousa, da Exxclusive Viagem

Rodrigo Venancio, da Trip Service e Aristides Patricio, da Trend

Boris Wolfenson, da SW Consultoria

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Os conselheiros da Trend Operadora, Washington Preti Jr. e José dos Anjos ressaltam a importância e o sucesso das edições do Workshop da operadora que começou no antigo hotel Hilton, em São Paulo, com a participação de apenas 300 agentes. “Há 15 anos começamos a apresentar as novidades do mercado para os agentes. O crescimento foi tão grande que na ultima edição deixamos de atender alguns expositores por falta de espaço”, disse Preti Jr. Ele ressaltou ainda a movimentação da operadora para capacitar os agentes de viagens ao longo desses anos. “Nós estamos cada vez mais profissionalizando os agentes, oferecendo informações e ferramentas tecnológicas para que, cada vez mais, eles tenham menor custo com maior benefício”, disse. Segundo José dos Anjos, a vontade da Trend era ir além da hotelaria nacional. “Hoje temos 25% das vendas em hotelaria internacional”, afirmou. Segundo ele, a Trend se posicionou para proporcionar novidades aos agentes de viagens. “Temos uma diretoria profissional liderada pelo Luis Paulo Luppa que conseguiu levar a Trend para outros patamares que nós [eu e Washington] não conseguimos”, comentou.

Depois de anunciar um crescimento de 32% no primeiro semestre de 2013, o vice-presidente comercial da Trend, Daniel Santos, afirmou com exclusividade ao M&E que a operadora lançará, ainda neste ano, algumas ferramentas em benefício dos agentes de viagens. “Teremos várias novidades. Uma delas será a flutuação tarifária de uma forma diferente”, disse. Segundo ele, o lançamento da ferramenta depende ainda de ajustes tecnológicos que estão sendo desenvolvidos, mas terá o preço – apara os agentes – garantido pela Trend. “Nessa tarifa flutuante o hotel poderá reduzir o preço de acordo com a ocupação e disponibilidade”, ressaltou Santos. Para os agentes, a nova ferramenta irá disponibilizar tarifas dinâmicas válidas por dias ou mesmo horas. “Isso dará mais agilidade ao agente que poderá usufruir melhor desse novo serviço”, finalizou.

Márcio Paulo, da Agência Amplitude: “É importante para nós participarmos do workshop promovido pela Trend porque temos contato com os fornecedores e ficamos a par das novidades do setor e conhecemos os novos produtos disponíveis no mercado”. Ricardo Araújo, da Agência BSP: “Estou há quatro anos na BSP e participamos do evento em todos eles. É nele que conhecemos os lançamentos da operadora, como novos empreendimentos hoteleiros, e também dos destinos. Dessa forma é possível ter uma maior visão dos produtos”. Marili Cardoso, da Agência Atmosfera Turismo: “Normalmente, o workshop da Trend faz nossas vendas crescerem cerca de 25%, principalmente em relação aos destinos no Nordeste. Com a alta do dólar, esperamos um crescimento ainda maior, por que os produtos nacionais devem compensar a falta de vendas internacionais. Se isso não acontecer, estamos fritos”. Milena Chahine, da VCA Turismo: “Basicamente, o que esperamos e conseguimos agregar nestes encontros são as informações. Seja de ampliação dos destinos ou de novas ferramentas no portal, como no ano passado foi o lazer. Para nós, que trabalhamos com o público corporativo, isso é essencial”.

3


GALERIA DE FOTOSSetembro de 2013 - 2ª quinzena

Adriano Aguiar e Lourdes Vera, da Hertz

Eliseu Barros, do Marina Park, e Roy Taylor, do M&E

Olavo Medeiros, da Trend Operadora, com Rosa Masgrau e Mari Masgrau, do M&E

Denise Borges e Antonio Boldrin, do Ponta Verde Hotéis

Camila Zequini e Marisa Alves, do Bourbon

Janaína Nery, da Trend Operadora, Ruby Marcela García, da All Reps, Florence de Lavigne, do Sofitel Luxury Hotels-Colombia, Camila Masmagi e Juan Camilo, da Movich Hotels & Resorts

Caroline Teixeira e Andrea Nayane Vidal, da Best Western

Luppa entre Gabriela Scheffer, do Papilon Grand Canyon, e Cintia Hormenezi, do Brazilian Hosts USA

4

Marco Quioratto e Gustavo Palacio, do Golden Tulip

Annie Morrisey e Ricardo Bluvol, da Atlantica

Helio Neto, da Hertz, e José dos Anjos, da Trend

Gabriella Cavalheiro, da Trend Operadora, com Luciano Mello, da Iter Viagens e Turismo

Andreia Anjos e Rogério Martini, da Trend

Boteco amigos da Trend

Cristiane Yumi Miyazaki, da Avis, Aline Gonçalves, da Unidas, Fernando Silva, da Avis, Juliana Santos, da Unidas, e Solange Paiva, da Avis

Colaboradores da Trend aguardando os agentes de viagens

Licério Santos com a equipe do Brasil Total Receptivos

Corredores lotados durante o 15º Workshop Trend

Drielle Santos, J. Amorim de Oliveira e Paula Macedo, da Rede de Hotéis OK


Luppa com os integrantes do Só Pra Contrariar

Autoridades presente na abertura do 15º Workshop Trend

José Wahnon, Cléia Cararo, Artur Fernando e Marc Balanger, do Grupo GJP

Parte da equipe da Trend pronta para receber os agentes de viagens

Expositores da Argentina

GALERIA DE FOTOS

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Galeria de fotos Uma história de sucesso

5

Paulo Henrique, Ana Carolina McGinn, Augusto Bezerra, Andrea Lima e Priscila Daloia, da Localiza

Verônica Guglielmi, Luigi Roturno e Renata Righi, do La Torre Resort

Executivos da AT Travel entre Bruna Freitas e Daniela Santos, da Aeroméxico

Lucila de Castro, da Movida Rent a Car, com Israel Trvão, da Hertz

Washington Preti Jr e Gabriella Cavalheiro, da Trend Operadora

Giza Santos, da IHG

Nivaldo Egeia e Paula Pavão, do Hotéis Othon

Guilherme Bonasorte Alves, da Sol Express Hotéis & Resorts

Waldoilson Leite, Paulo Henrique Sobral, Sérgio Lima Oliveira, Luciana Gonçalves e Hugo Julião, da Emsetur

Dilson Jatahy Fonseca Jr, presidente da Resorts Brasil

Felipe Carreiras, secretário de Turismo do Recife

Toni Sando, do SPCVB, Cláudio Bonucelli, do Transamerica Hotels, Willian Périco, e Marcelo Matera, da Aviesp


Recife no topo de vendas da Trend Em plena expansão promocional no Brasil e no Mundo, a Empresa de Turismo de Pernambuco (Empetur) comemora os bons resultados com os turistas que chegam ao Estado. Segundo a diretora Comercial da Empetur, Luciana Fernandes, o trabalho da Empetur é posicionar Pernambuco como um destino para todos, seja para o turista corporativo ou de lazer. “Somos incansáveis nisso, promovemos sol e mar, lua de mel, terceira idade, gastronomia, entre outros”, comentou. A diretora da Empetur afirmou que a Trend é a operadora que mais vende Recife no segmento corporativo no Brasil. “Aqueles que

visitam Recife a negócios voltam a lazer com a família e a Trend é responsável por esse turismo”, disse. Segundo ela, cerca de 3 mil novos leitos serão implantados somente em Recife neste ano. “Recife tem um produto específico para o turismo, independente do segmento”, conta. Luciana afirma que hoje são 32 operadoras que vendem o destino em todo país. “No primeiro trimestre crescemos 34% em desembarques internacionais – devido às promoções nos locais onde há voo direto par o estado, já o turismo cresce cerca de 10% ao ano comparado ao turismo mundial”, ressaltou.

Luciana Fernandes, da Empetur entre Daniel Santos e Gabriela Cavalheiro, da Trend

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

La Torre lança programação noturna de praia Durante o 15º Workshop Trend, o La Torre Resort, de Porto Seguro (BA) apresentou aos agentes de viagens a sua programação noturna na praia. De acordo com o diretor geral do resort, Luigi Rotuno, o destaque é a cabana de praia Nativa, que agora funciona à noite todos os dias. Também fazem parte de programação jantares temáticos, artistas com estilos musicais variados e apresentações de capoeira. As segundas acontece o jantar com Espaguetes aos Frutos do Mar na telha, seguido por um luau. Na terça é servido um risoto Italiano e o estilo musical é o forró. Quarta feira o cardápio apresenta a moqueca mista, já na quinta o prato é paella valenciana. Na sexta é a vez da Noite Baiana, com show de capoeira e um buffet à baiana com moqueca

6

Luigi Rotuno, do La Torre Resort

de peixe, vatapá, caruru e acarajé. Aos sábados é servido um churrasco com muito samba. Por fim, no domingo, um duo MPB encerra a noite.

Estande Visit Orlando

Visit Orlando: Parcerias e Capacitações Pela primeira vez o Visit Orlando participou do Workshop Trend. No ano passado, o órgão foi responsável por uma série de capacitações e o sucesso foi tão grande que a atuação foi ampliada no evento. Segundo a representante da entidade no Brasil, Claudia Lobo, a proximidade com a Abav facilitou a vinda dos parceiros. “Estamos muito felizes com a parceria com a Trend. No ano passado, focamos na capacitação e este ano, por ser um dia antes da Abav, trouxemos seis parceiros”, explicou. De acordo com a executiva, em outubro já estará disponível para os agentes de viagens as capacitações online sobre Orlando. “Isso vai facilitar muito para os profissionais. Em 2014 vamos ficar muito na capacitação”, finalizou.

América do Norte foi destaque no Workshop Trend Diversos destinos e equipamentos turísticos da América do Norte tiveram destaque na 15ª edição do Workshop da operadora. Expositores de Miami, Orlando, Las Vegas, Nova Iorque, México e Canadá divulgaram as principais novidades relacionadas ao mercado de turismo. O departamento de lazer da Trend também preparou uma programação especial para os visitantes, que incluiu entrega de brindes e sorteio de CDs dos espetáculos musicais Once e Jersey Boys. Em junho deste ano, a Trend foi considerada pela US Travel Association uma das maiores Salas de Treinamentos

compradoras mundiais de produtos turísticos norte-americanos, o que reforçou ainda mais o interesse dos expositores estrangeiros. Mas a participação não é exclusiva às empresas que atuam na terra do Tio Sam. Entre as novidades casas para aluguel em condomínios na Flórida, próximos aos parques de diversões mais famosos, novas atrações e facilidades no Sea World e Universal Orlando, passeios de helicóptero pela região do Grand Canyon, cruzeiros World Yacht em NY e as novidades em cartaz na Broadway, entre outras atrações.


Trend entrega prêmio aos principais parceiros Durante o evento, a operadora premiou os seus principais parceiros. Ao todo foram entregues 37 troféus nas categorias Agências, Locadora, Hotelaria Nacional e Hotelaria Internacional. O vice-presidente Comercial da empresa, Daniel Santos, agradeceu o apoio destacou o reconhecimento da Trend pela parceria. “A razão da existência da Trend são as agências de viagens e os nossos parceiros hotéis, locadoras e receptivos”, afirmou. Ele fez ainda um agradecimento especial ao secretário de Turismo de Recife, Felipe Carreiras, uma vez que o órgão patrocina o espaço VIP da feira.

Gabriela Cavalleiro, da Trend,entrega prêmio para Hamilton Tourinho, da Promotional Travel

Reginaldo Albuquerque, da Globalis

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Veja abaixo quem foram os premiados:  Agências  Promotional Travel  Saltur Turismo  Travel Mix  Cantatur Turismo  DH Turismo  Amazon Explorers  Tivolitur  Maiorca  Globalis  Livre Acesso  Bravo Viagens  Berlin Turismo  Casablanca Turismo  Salvatur

Gisele Torrano, da Meliã, recebendo o troféu de Daniel Santos, da Trend

Dadrina Borges, do Vila Galé recebendo o prêmio

 Locadora  Localiza  Hotelaria Nacional  Tivoli Mofarrej  Nacional Inn  Golden Tulip Recife  Swan Express Rio Grande  Century Paulista  Windsor Guanabara  Dayrell Hotel  Praia Centro  Vila Galé  Best Western Majestic  Blue Tree Manaus  Ritz Suites  Radisson Hotel Belém  Hotelaria Internacional  Universal Studios  SeaWorld  Brodway Inbound  Princess Hotels  Las Torres  Barceló Resorts  Best Western International  Meliã  Riu Hotels

Jaqueline Oliveira recebeu o troféu pelo Dayrell Hotel

Paulo Henrique Pires recebeu o prêmio pela Localiza

Mais notícias do Workshop Marina Park - A festa de Réveillon mais tradicional do Ceará terá uma novidade neste ano. Além dos show da banda Chiclete com Banana e do sertanejo Cristiano Araújo, a decoração terá como tema todas as Copas do Mundo, com homenagens aos oito países campeões mundiais – Uruguai, Brasil, Argentina, Alemanha, França, Itália, Espanha e Inglaterra. “Todos os anos buscamos um tema novo e em função da Copa de 2014 teremos a Champions Night no Réveillon”, disse o diretor do hotel, Eliseu Barros. Segundo ele, as vendas para a festa já estão 12% acima do mesmo período do ano passado. Além disso, o Marina Park se prepara para receber

a Seleção Brasileira durante o mundial. “Se as datas dos jogos não coincidirem, a Itália também ficará conosco”, revelou Barros. Trend leva TTC ao seu workshop - Jorge Aragão, Alcione, Bezerra da Silva e Beth Carvalho. Em comum, todos mestres do samba e homenageados durante o Workshop Trend 2013. Eles e outras lendas do ritmo emprestaram os seus nomes para as salas do Trend Training Center (TTC), que fez uma série de capacitações durante o evento. Foram no total oito salas. Os agentes puderam conferir as novidades da própria Trend com uma sala dedicada a Central do Carro e

outra aos produtos de lazer da operadora. Além disso, Las Vegas, Dubai, Turquia, Hard Rock, IHG e Visit Orlando apresentaram os seus produtos aos profissionais. Aeroméxico - Daniela Santos é a mais nova contratada da Aeroméxico. Após seis anos como executiva de vendas da Emirates, a profissional assume a mesma função na companhia mexicana. Antes disso, Daniela atuou por dez anos na American Airlines. “México é um destino que está crescendo muito entre os brasileiros. Há um potencial muito grande de crescimento”, disse a executiva sobre o novo desafio. Anote os novos contatos de Daniela Santos: dsantos@aeromexico.com.

7


Agente de Jandira leva carro 0 km O carro zero quilômetro do 15º Workshop Trend foi para o interior de São Paulo. A agente de viagens Cristiane Marinho, da agência Estação Férias Viagens, de Jandira, foi sorteada e recebeu as chaves das mãos do vice-presidente Comercial, Daniel Santos. “Já tinha um carro, mas era financiado. Este agora é meu”, disse a profissional.

Setembro de 2013 - 2ª quinzena

Isabelle Felix e Luppa no 15º Workshop Trend

8

Luppa recebe sua mais jovem fã no WS Cristiane recebe os parabéns de Daniel

Só pra Contrariar encerra WS Trend 2013 O grupo de samba Só Pra Contrariar realizou show de encerramento do 15° workshop da Trend, que aconteceu no Expo Center Norte, em São Paulo. Liderado pelo vocalista Alexandre Pires, o grupo comandou a festa final do evento tocando seus pprincipais p sucessos. O ggrupo, p , qque está em turnê comemorativa de seus 25 anos, foi ao palco com sua formação original. No repertório, entraram músicas que consagraram co ons n ag agraraam a bbanda anda da no nos os anos 1 1990, 99 90, 0, ccomo om mo “E “Essa Esssa tal tal lilibe liberdade”, berd rddadde”,”, “A bbarata” a atta”” e ““Tão ar Tãoo só” Tã só”. ó”.

Marcos Farquis e Belklene Felix, proprietários da agência MB Viagens, de Manaus (AM), receberam, há cerca de um ano, o livro de Luis Paulo Luppa “Os 12 Mandamentos do Agente de Viagens”. A primeira a ler foi a filha do casal, a jovem Isabelle Felix. Nascia ali uma grande admiração. “Ela começou a pesquisar tudo sobre a vida dele na internet e virou mesmo fã do empresário”, disse Belklene. Algum tempo se passou até que os pais decidiram trazê-la a São Paulo para uma consulta médica e, para otimizar o tempo, marcaram a data na mesma semana do Workshop Trend. “Quando Isabelle soube que seu ídolo estaria no evento, ela quis ir conosco”, relatou a mãe da adolescente. “É a fã mais jovem que eu tenho, fiquei muito contente”, revelou o diretor-presidente da operadora.

M&E Edição 232  

M&E Edição 232

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you