__MAIN_TEXT__

Page 1

ALERTA JORNAL

JORNAL INFORMATIVO DO SINDICATO DOS EMPREGADOS NO COMÉRCIO DE MARÍLIA

30 anos

JANEIRO de 2019- ano XXIX - Número 327

Sindicato entrega material escolar gratuito para comerciários 03 pag.

Representantes dos Patrões não aceitam assinar Convenção Coletiva dos comerciários EDITORIAL: Depois

da reforma trabalhista, menos direitos para o trabalhador Comerciária é premiada no sorteio mensal do seguro de vida 05 pag.

Mais comeciários recebem o prêmio maternidae do Sindicato 06 pag.

07 pag.

07 pag.


PISOS E SALÁRIOS

Confira seu piso salarial... Comércio em geral, lojas e supermercados - set/17 até ago/18 EMPRESA EM GERAL

CARGOS OU FUNÇÃO

Piso de ingresso Empregados em geral Faxineiro / Copeiro Caixa Office boy / Empacotador Garantia do Comissionista Quebra de Caixa

R$ não possui R$ 1.352,00 R$ 1.190,00 R$ 1.450,00 R$ 994,00 R$ 1.583,00 R$ 66,00

EMP. PEQUENO PORTE

R$ 1.163,00 R$ 1.295,00 R$ 1,139,00 R$ 1.393,00 R$ 994,00 R$ 1.522,00 R$ 66,00

O Ã Ç A I C O

G E N EM

MICROEMPRESAS R$ 1.102,00 R$ 1.239,00 R$ 1.108,00 R$ 1.347,00 R$ 994,00 R$ 1.451,00 R$ 66,00

CARGOS OU FUNÇÃO

Farmácias e Drogarias - jul/18 até jun/19

PISO SALARIAL R$ 1.061,00 R$ 1.310,00 R$ 1.439,00 R$ 1.467,00 R$ 1.507,00 R$ 1.838,00

CARGOS OU FUNÇÃO

Supermercados e Hipermercados -Atacado

PISO SALARIAL R$ 1.345,00 R$ 1.186,00 R$ 987,00 R$ 1.578,00 R$ 1.445,00 R$ 66,00

Empacotador, Office boy, aux. de reposição e faxineiro Empregados em geral Entregadores Motorizados Função de auxiliar de farmácia com manipulação Atendente de pescrição médica magistral com manipulação Balconistas, comissionistas ou não Técnicos de Farmácia

Empregados em Geral Faxineiro / Copeiro Office boy / Empacotador Garantia do Comissionista Caixa Quebra de Caixa

O Ã Ç A I C O

G E N EM

CARGOS OU FUNÇÃO

Concessionários e Dist. de Veículos - out/18 até set/19

Jovens apreendizes (18 à 24 anos) na função de Enxugador de Veículos

Enxugador de Veículos, Office boy, Mensageiro e Aux. de Serv. Adm Jardineiro, Copeiro, Faxineiro, Lavador de Veículo, aux./assist. outra função exercida fora da oficina

Outras funções dentro dos concessionários de motocicletas Comissionistas Puros Concessionárias de Motos Comissionistas Puros Concessionárias de Carros, Tratores e outros Manobrista/Entregador Motorizado (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas) Demais Funções (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas) Ajudante, Auxiliar e Assist. de Oficina (Conc. de outros tipos de veículos, máquinas e implementos e agrícolas)

PISO SALARIAL R$ 1.038,45 R$ 1.141,35 R$ 1.468,00 R$ 1.544,00 R$ 1.819,00 R$ 1.957,00 R$ 1.569,00 R$1.645,00 R$1.326,15

Sindicato dos Empregado no Comércio de Marília - Catanduva nº 140 - Centro - CEP:17500-240 - Marília/SP - (14)3413-1059 - www.secmarilia.org.br imprensa@secmarilia.org.br - Presidente Mario Herrera - Utilidade Pública Nº5096 - 05/11/2001 - Os artigos publicados são de inteira responsabilidade do Sindicato e traduzem a defesa dos interesses da categoria. - Jornalista Responsável/Designer Gráfico/Fotografias: Anderson Andreozi - Mtb 38050-JP

02

ALERTA


MATERIAL ESCOLAR GRATUITO

Sindicato entrega material escolar gratuito para comeciários

H

á 30 anos o Sindicato dos Comerciários de Marília começou a investir na educação da família comerciária. Em 1989, o Sindicato dos Comerciários começa um projeto solitário em busca de colaborar, investir na formação educacional do comerciário e ao mesmo tempo contribuir com a situação econômica da família do trabalhador. “Deu certo, são 30 anos de muitos desafios. Não pense vocês que foi fácil adquirir material escolar para distribuir. Tempos difíceis de inflação e instabilidade econômica. Tenho orgulho do projeto do material escolar gratuito”, relembrou Mário Herrera presidente do Sindicato dos Comerciários de Marília. A distribuição de kits do material escolar gratuito já ultrapassou os 25 mil kits. “Começamos de forma humilde, atendendo apenas uma parte dos estudantes e hoje, nosso projeto projeto é grande e fornecemos material da pré escola até o ensino universitário”, explicou Herrera. As inscrições para retirar o material escolar gratuito em 2019 já se encerraram e agora acontece apenas a distribuição do material que é realizado em duas etapas. “Encerramos a primeira fase de entrega e agora estamos trabalhando na entrega da segunda fase para os que se inscreveram. Em breve teremos o número final de kits distribuídos” explicou o presidente da entidade. Para maiores informações sobre o material escolar gratuito e também para ser um contribuinte associado, basta ligar no telefone (14)3413-1059 ou comparecer a Rua Catanduva nº140 - centro. Acesse também o site www.secmarilia.org.br Sidneia Maria Vieira comerciária contribuinte associada das Lojas Tânger com o material escolar

ALERTA

03


MATERIAL ESCOLAR GRATUITO

O presidente do Sindicato dos Comerciários Mário Herrera, entrega o material escolar para a comerciária do Supermercado confiança Fernanda de A. Candeloro

O comerciário contribuinte associado Valdemar Emídio Júnior da loja Casa dos Desconto recebe o material escolar gratuito do Sindicato

04

Joice Queli de Avelar Lucindo o presidente Mário Herrera e Débora Moraes de Oliveira, ambas do Supermercado Tauste recebendo o material escolar gratuito

Luciano Douglas Roberto comerciário do Supermercado Kawakami recebendo o material escolar gratuito

Renan Victorino comerciário da empresa Lojas Cem com a bolsa do material escolar

ALERTA


SEGURO DE VIDA

Comerciária é premiada no sorteio mensal do seguro de vida

T

odo comerciário contribuinte e associado do Sindicato dos Empregados no Comércio de Marília concorre mensalmente a um prêmio de 5 mil reais através da seguradora contratada para prestar o serviço à entidade. No mês de dezembro a Comerciária associada e contribuinte Maria Aparecida de Oliveira do Supermercado Pão de Açúcar de Marília foi a sorteada do prêmio de 5 mil reais através do seguro de vida pago pelo do Sindicato. Segundo o presidente do Sindicato dos Comerciários Mário Herrera o seguro é importante para o trabalhador. “O seguro de vida é apenas mais benefício que o trabalhador comerciário contribuinte associado tem. A busca do Sindicato nas questões assistenciais é sempre prestigiar as famílias com diversos serviços como prêmio maternidade, material escolar gratuito, entre outros”. “Toda a cobertura do seguro, é feita por uma empresa especializada. No caso dos sorteios, eles são realizados todo mês e em Marília já temos 5 ganhadores do prêmio de 5 mil”, explicou Herrera. Para ter direito ao benefício do Seguro de Vida o comerciário deve ser contribuinte associado do Sindicato. Para maiores informações e regra sobre o seguro de vida premiável do Sindicato é preciso ligar para o telefone (14)3413-1059.

O presidente do Sindicato dos Comerciários Mário Herrera, ao lado da comerciária Maria Aparecida de Oliveira do Supermercado Pão de Açucar de Marília

LIGUE JÁ! (14)3413-1059

ALERTA

05


PRÊMIO MATERNIDAE

Prêmio Maternidade...

mais comerciários premiados

O

s comerciários nas fotos foram contemplados com o Prêmio Maternidade do Sindicato dos Empregados no Comércio de Marília. Tem direito ao Prêmio Maternidade os comerciários associados. “Esse benefício é um dos mais festejados pelos associados”, disse Mário Herrera presidente do Sindicato.

A mamãe ou papai comerciário tem direito ao benefício de 20% do piso base da categoria no valor de R$270,00 (Duzentos e Setenta). Maiores informações no site do Sindicato dos Comerciários - www.secmarilia.org.br ou no telefone (14)3413-1059. Fique sócio do Sindicato dos Comerciários de Marília e tenha muito mais benefícios a sua disposição.

A comerciária contribuinte associada Francieli F. Limão da loja Alba com filho Matheus recebendo Prêmio Maternidade do diretor Ademar Rodela

O comerciário contribuinte associado Luís Carlos dos Santos do supermercado Confiança a esposa Mariana e a filha Yasmin recebendo Prêmio Maternidade do presidente Mário Herrera

A comerciário contribuinte associado Ítalo Mesquita Neves da empresa Vision e a esposa Amanda com filho Gael recebendo o Prêmio Maternidade

A comerciária contribuinte associada Silvana dos Santos Faria do supermercado Kawakami, o esposo Fernando e o filho João Pedro recebendo o Prêmio Maternidade

06

ALERTA


PALAVRA DO PRESIDENTE

Depois da reforma trabalhista menos direitos...

I

sso mesmo! Depois da reforma trabalhista os patrões ainda buscam retirar direitos do trabalhador em pleno 2019. Essa história de reforma trabalhista que beneficia trabalhador, não passa de uma fábula. Após a reforma trabalhista o que vemos diariamente acontecer, é que tudo se tornou mais difícil para o trabalhador e hoje lutamos para não perder direitos, enquanto antes buscavamos conquistar direitos. Na Convenção Coletiva que estamos negociando desde setembro, o setor patronal busca apenas retirar direitos, deixando bem claro

uma postura autoritária, demostrando que cada vez mais deseja submeter o trabalhador a executar sua função ganhando menos. Vergonha é o setor patronal negar reajuste e buscar subtrair direitos em uma Conevnção que deve beneficiar o trabalhador. Fiquemos atentos, pois ainda vem por aí uma reforma trabalhista que se for realizada mais uma vez com foco no trabalhador, aí sim, estaremos completamente escravizados pelos sistema empresarial e politico. MÁRIO HERRERA (MH)

CONVENÇÃO COLETIVA COMERCIÁRIOS 2018/19

Representantes dos Patrões não aceitam assinar Convenção Coletiva dos comerciários

D

epois de cinco meses de negociação com Sindicato Patronal os comerciários continuam sem reajuste. A categoria tem sua data base em 1º de setembro e mais de 10 mil trabalhadores na cidade. Segundo o presidente do Sindicato dos Comerciários Mário Herrera o impasse acontece por intransigência dos patrões. “O representante dos patrões não aceitam assinar uma Convenção Coletiva que valorize o trabalhador garantindo direitos e um reajuste digno. Estamos aqui no Sindicato para conquistar e garantir direitos e reajuste digno a família comerciária”.

ALERTA

Um dos pontos do impasse informou Herrera se deve a flexibilização das leis. “O setor patronal quer rasgar a Lei d os comerciários. Trabalhar mais e ganhar menos é isso que o patronal sempre busca e isso não aceitamos”. “O Sindicato Patronal tem que aceitar que a Convenção coletiva é beneficio do trabalhador e não do patrão”, desabafou Herrera. Herrera explicou ainda, que essa atitude de não assinar a Convenção Coletiva do setor patronal gera um prejuízo para as empresas e prejudica o trabalhador. “As empresas terão que pagar todas as diferenças salariais desde setembro de 2018 até a assinatura. O Sindicato patronal prejudica assim as empresas e os

trabalhadores”. “É só o Sindicato Patronal manter a as cláusulas da Convenção do ano anterior e aplicar um reajuste digno e assinar a Convenção. Eles não tem que ficar inventando cláusula nova ou tentando mudar as que estão funcionando”, desabafou Herrera. Herrera explicou que vai a justiça. “Entraremos com processo de dissídio coletivo para garantir direitos e conquistar reajuste digno já que Sindicato patronal se recusa a assinar uma Convenção Coletiva que beneficie o trabalhador comerciário”. Maiores informações no telefone (14)34131059 ou no Sindicato na Rua Catanduva nº140.

07


PARQUE AQUÁTICO DOS COMERCIÁRIOS EM AVARÉ -SP

Venha se divertir com a família no Centro de Lazer dos Comerciários (14)3413-1059

CENTRO DE LAZER DOS COMERCIÁRIOS EM PRAIA GRANDE -SP

08

ALERTA

Profile for Sindicato dos Comerciários de Marília

JANEIRO DE 2019  

JANEIRO DE 2019  

Advertisement