__MAIN_TEXT__

Page 1

ESPAÇO DO PROFESSOR

MERGULHANDO NO MAR DE CAYMMI

MÚSICA | 

DANÇA | 

LÍNGUA PORTUGUESA | 

HISTÓRIA


guia de ícones ler observar, ver (imagens)

ouvir, colocar (música) para tocar

analisar, questionar, elaborar hipóteses, comentar (questionando)

registrar, criar, destacar, grifar, completar

discutir, conversar demonstrar, experimentar, cantar, praticar (exercícios de música) dica


título

Mergulhando no Mar de Caymmi apresentação Nesta sequência, aprenderemos sobre a vida e obra deste importante baiano, na história da música popular brasileira. Da sua obra, focaremos as chamadas “canções praieiras” e o imaginário misterioso que elas despertam. Por fim, mergulharemos no gênero popular da “ciranda”, marcha inventada para se dançar em roda.

objetivos ••Utilizar o canto e a dança para compreender conteúdos informativos e poéticos

da canção; •• Entender as contribuições da obra de Caymmi para a música popular brasileira; ••Estudar a célula rítmica básica da ciranda (marcha dos pescadores).

áreas do conhecimento

segmento

Música, dança, língua portuguesa, história.

Ensino Fundamental I e II.

duração

recursos necessários

De 3 a 4 aulas.

••Um aparelho de som que reproduza CD; ••CD Canções Praieiras, de Dorival

­ aymmi (1954); C ••CD Caymmi e o Mar, de Dorival Caymmi (1957), faixa 1; ••Ficha (anexo 1) com trecho da letra de Canção da Partida, a ser distribuída para cada aluno.


desenvolvimento 1º MOMENTO

Apresentação Para apresentar o assunto aos alunos, sugerimos a leitura compartilhada do verbete sobre Dorival Caymmi. O professor pode estimular essa aproximação utilizando imagens de época (década de 1950) e trechos de canções de Caymmi. Uma sugestão para ampliar a aproximação dos alunos com o compositor é a montagem coletiva de um quadro sobre as principais influências e referências dele.

2º MOMENTO

Audição dirigida: compreendendo o que a canção revela Apresentar aos alunos o disco Cancões Praieiras (1954). Faça uma primeira audição com a finalidade de sensibilizar a turma para uma escuta atenta, identificando palavras-chave. Recomendamos:

••Criar um ambiente favorável para uma audição atenta; ••Ouvir sem o suporte da letra e sem material de registro; ••Listar na lousa em tópicos (palavras-chave) o que os alunos compreenderam nesse primeiro contato com a canção.

Em seguida, já familiarizada com o contexto, divida a classe em grupos e faça a segunda audição das canções. Peça para que cada grupo realize o roteiro de audição, conforme modelo a seguir. A atividade pode ser registrada nos cadernos ou em uma cartolina.

6

ESPAÇO DO PROFESSOR


Sugestão de dinâmica: O disco tem 8 faixas. Os alunos podem ser divididos em 4 grupos e cada grupo fica responsável por analisar 2 faixas, seguindo um pequeno roteiro de audição.

ROTEIRO DE AUDIÇÃO 1. Nome, autoria e data da canção; 2. Aspectos da letra a serem destacados; 3. Aspectos da música a serem destacados; 4. Sensações que a canção provocou na primeira audição; 5. Sensações que a canção provocou na segunda audição; 6. Outros comentários. Deixe que os alunos sistematizem e comentem sobre a audição realizada. Alguns elementos importantes devem ser garantidos para a apropriação dessa obra. Caso os alunos não os ressaltem, caberá ao educador destacar:

••Todas as canções são executadas unicamente por Caymmi (voz e violão); ••Aspecto intimista das canções (voz, assobios e violão); ••Dorival Caymmi como contador de histórias; ••Foco narrativo em terceira pessoa. Canções tratam do dia a dia de “pessoas

do mar” e não de questões individualizadas (foco narrativo em primeira pessoa: eu/nós); ••Exaltação das belezas da natureza e seus aspectos de encantamento (características míticas e lendárias); ••Exaltação dos afazeres dos trabalhadores do mar sem ressaltar a vida dura dos mesmos; ••A quase inexistência de metáforas nas letras, compensadas por imagens que as canções sugerem no conjunto. O professor pode montar na lousa um quadro com a síntese de todas as ideias e sensações obtidas pelos grupos no roteiro de audição.

MERGULHANDO NO MAR DE CAYMMI

7


3º MOMENTO

Ouça a Canção da Partida Ouça com os alunos a primeira faixa do disco Caymmi e o Mar (15’22”), acompanhando toda a história. A Canção da Partida está entre as narrativas e canções que compõem a faixa “História de Pescadores”. Não utilize suporte escrito, somente ouçam e “mergulhem” na história. Converse com os alunos sobre os aspectos desta “peça” que dialogam com os levantados no roteiro de audição das Canções Praieiras.

••Cante com os alunos a Canção da Partida, acompanhando a letra no anexo 1; ••Proponha aos alunos que cantem juntos, uma vez, acompanhando o áudio para firmar a canção e o ritmo da música na memória. ••Se o professor ou alguém tocar violão, sugerimos que cantem a música acompanhados pelo instrumentista.

4º MOMENTO

Aprendendo os passos da ciranda Na primeira faixa do disco Caymmi e o Mar, intitulada “História de Pescadores”, o artista intercala histórias sobre pescadores e sua relação com o mar com algumas canções. Entre elas, a Canção da Partida (15’22”), uma ciranda, marcha inventada para se dançar em roda. A ciranda obedece a contagem 1, 2, 3, 4, sendo que o pulso forte é o 1. Abaixo, segue a sistematização dos momentos da canção em que o pulso forte acontece:

8

ESPAÇO DO PROFESSOR


Canção da Partida (Marcha de pescadores/ciranda)

( 1 , 2, 3, 4)

Dorival Caymmi (1957) In: Caymmi e o Mar. Rio de Janeiro: Odeon, 1957.

( 1 , 2, 3, 4)

( 1 , 2, 3, 4) ...

Minha jangada vai sair pro mar Vou trabalhar meu bem querer Se Deus quiser quando eu voltar do mar Um peixe bom eu vou trazer Meus companheiros também vão voltar E a Deus do céu vamos agradecer

••Conte com os alunos de 1 a 4, batendo palmas no pulso forte (1). Em segui-

da, em pé, cante a canção, batendo o pé direito no tempo forte, conforme o esquema da letra acima; ••Agora, para dançar a ciranda, é só fazer uma roda e seguir o esquema dos passos das imagens adiante. Bom divertimento!

MERGULHANDO NO MAR DE CAYMMI

9


Canção da Partida: sistematização da ciranda

10

ESPAÇO DO PROFESSOR


reflexão final

F

aça uma roda de conversa com os alunos para discutir sobre o que eles acharam da atividade e sobre a importância de Caymmi. Sua obra traz referências eruditas e da cultura popular, uma vez que os temas abordam as tradições populares e o cotidiano dos pescadores.

referências

CAYMMI, Dorival. Canções praieiras. Rio de Janeiro: Odeon, 1954. 1 CD. CAYMMI, Dorival. História de Pescadores. In: Caymmi e o mar. Rio de Janeiro: Odeon, 1957. 1 CD. DORIVAL Caymmi. In: ENCICLOPÉDIA Itaú Cultural de Arte e Cultura Brasileiras. São Paulo: Itaú Cultural, 2018. Disponível em: <http://enciclopedia.itaucultural. org.br/pessoa3901/dorival-caymmi>. Acesso em: fev. 2018. Verbete da Enciclopédia. ISBN: 978-85-7979-060-7. DORIVAL Caymmi. Site oficial do artista. Disponível em: <http://www.dorivalcaymmi. com.br/>. Acesso em: fev. 2018.

MERGULHANDO NO MAR DE CAYMMI

11


ANEXO 1

Canção da Partida (Marcha de pescadores/ciranda)

Minha jangada vai sair pro mar Vou trabalhar meu bem querer Se Deus quiser quando eu voltar do mar Um peixe bom eu vou trazer Meus companheiros também vão voltar E a Deus do céu vamos agradecer

Dorival Caymmi (1957) In: Caymmi e o Mar. Rio de Janeiro: Odeon, 1957.


núcleo enciclopédia Gerência Tânia Rodrigues Coordenação Glaucy Tudda Equipe Camila Nader Elaine Lino Lucas Rosalin (estagiário)

núcleo comunicação Gerência Ana de Fátima Souza Coordenação Carlos Costa Direção de Arte Arthur Costa Luciana Orvat (terceirizada) Projeto Gráfico Serifaria Produção Editorial Victória Pimentel

Profile for Itaú Cultural

Mergulhando no mar de Dorival Caymmi  

Nesta sequência, aprende-se sobre a vida e a obra de Dorival Caymmi, importante nome da música brasileira. As chamadas "canções praieiras" c...

Mergulhando no mar de Dorival Caymmi  

Nesta sequência, aprende-se sobre a vida e a obra de Dorival Caymmi, importante nome da música brasileira. As chamadas "canções praieiras" c...