__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 1

Relatรณrio de Atividades 2016/2017


Reconhecimentos da nossa trajetória

Selo Melhores ONGs 2017

A BrasilPrev recebeu

O Reciclar é credenciado

Em 2007, o Reciclar foi

Prêmio BemEficiente,

pela revista Época, estando

o prêmio na categoria

para receber recursos da

incluído pelo Pacto Global

concedido pela

entre as 100 melhores

Conglomerado BB e

UWW e da CAF,

em um restrito rol de ONGs

Kanitz&Associados,

ONGs do Brasil.

Parceiros Estratégicos,

organizações mundiais que

indicadas no Guia de

em 2004.

em 2014, pelo patrocínio

mobilizam doações

Negócios em Parceria com

ao Ciclo Educacional

e ações de voluntariado

ONGs e a ONU, publicado

e Cultural do Reciclar.

para programas idôneos.

no Financial Times.

Auditoria independente


Sumário

06. Mensagem Conselheiros e Diretores

08. 2016 Transição de modelos 09. Da Educação pelo trabalho ao Empreendedorismo Social 11. Atividades de transição 11. Encerramento da Oficina de Reciclagem de Papel Semeando uma nova cultura 13. Encerramento dos cursos noturnos 14. Exposição Corte & Recorte – Olhar Empreendedor 15. Projeto Resíduos sólidos – Embrião do Novo Programa


16. 2016 - 2017 Dando vida ao Novo Reciclar

26. Novo Programa Reciclar Uma jornada de transformação

17. Relembrando o caminho percorrido

28. Conheça os principais marcos dessa jornada

18. Preparativos finais para alçar vôo

32. O Novo Programa na voz dos nossos

20. Documento norteador do Novo Programa

stakeholders

20. Nova equipe educacional 21. Conhecendo o perfil dos jovens 22. Papo Transformador 23. Revitalização da sede 25. Acompanhamento dos resultados

34. Demonstrações financeiras 2016 37. Faça Parte - Formas de contribuir 38. Créditos: Quem faz o Reciclar


Caros amigos, Um novo programa de desenvolvimento de jovens, feito para

Como em qualquer renovação, investimos muito tempo

um novo horizonte de mundo, de mercado, de sociedade

em explicar, ouvir, esclarecer dúvidas e realizar os ajustes

e de geração.

necessários. É fundamental que vocês saibam que a nossa intenção é seguir assim: tratando o Novo Programa Reciclar

Esse foi o desafio que nos colocamos há três anos, quando

como um organismo vivo, que evolui continuamente a partir

decidimos que estava na hora de resgatar o nosso DNA

das vivências que ele promove.

inovador e colocar o Reciclar a serviço de construir os novos tempos que estão por vir.

Nas próximas páginas vocês entenderão melhor como esse novo modelo de atuação está configurado. Contamos com

Repensar o modelo consolidado ao longo de 20 anos

vocês, com inspirações e contribuições para que façamos

renovou o vigor da nossa equipe e nos permitiu construir

do Novo Programa Reciclar um caso de sucesso. Venha nos

o Novo Programa Reciclar, conectado às expectativas

visitar e ver, de perto, como estamos trabalhando.

e desejos dos jovens e aos novos modelos de educação,

Será um prazer recebê-los na nossa nova casa.

de trabalho e de desenvolvimento social. Nosso muito obrigado por compartilharem conosco Depois de dois anos de pesquisa e planejamento, em 2016

essa nova etapa da trajetória do Reciclar.

o Novo Programa Reciclar começou a tomar forma, com a seleção dos jovens participantes da turma de 2017, a contratação da nova equipe educacional e a reforma do espaço físico.

Um abraço de todos nós.


DIRETORIA

CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO

Luiz Augusto Candiota

Cassio Casseb Lima

Diretor Presidente

Presidente

Luciano Maresca

Alda Pereira de Araújo

Diretor de Marketing e Comunicação

Maercio Soncini

Altamiro Bôscoli

CONSELHO FISCAL

Ademir Pautasso Nunes

José Carlos Nunes de Oliveira

Luiz Antonio Soares

Diretor Financeiro/Administrativo

Priscila Pasqualin Afonso

Francisco Vidal Luna

Rui Fernando Ramos Alves

Diretora Jurídica

Teresa Perez

João Ayres Rabêllo Filho

Diretora Educacional (2017)

Moira Demange

João Flávio Ramos Alves

Diretora Educacional (2016)

João Pinheiro Nogueira Batista

José Renato Simão Borges

DIRETORA EXECUTIVA

Renata Ruggiero Moraes Diretora Executiva

Relatório Reciclar 2016/2017 .07


2016

Transição de modelos


Da Educação pelo trabalho ao Empreendedorismo Social Depois de mais de 20 anos de atividade educacional bem-sucedida com os jovens do Jaguaré, reinventamos o nosso programa educacional. O Novo Programa Reciclar investe no aprendizado na prática para desenvolver competências socioemocionais e habilidades profissionais e técnicas, possibilitanto a formação de cidadãos e agentes de transformação em suas vidas, no trabalho e na comunidade. Ao longo de 22 anos, o Reciclar ofereceu aos jovens do Jaguaré um caminho de transformação e ampliação de horizontes em suas trajetórias de vida. Mais de 600 jovens passaram pela Oficina de Reciclagem de Papel e pelas aulas de Complementação Educacional. Durante o ciclo de 4 anos do Programa e do exercício diário do trabalho e do estudo, os atendidos conquistavam sua autoestima e passavam a se reconhecer como cidadãos, mirando novos horizontes e escrevendo histórias de sucesso. Um currículo intenso de atividades pedagógicas, aulas, saídas culturais, a oferta do primeiro emprego e a inserção no mercado formaram as bases do nosso modelo de atuação. Centenas de histórias de superação e de inspiração depois, percebemos que poderíamos fazer ainda mais,

novas realidades, tecnologias e tendências da sociedade, do mercado de trabalho e da comunidade. A base do processo de mudança foi uma reflexão profunda e abrangente, que deu origem ao Novo Programa Reciclar, cuja metodologia está direcionada ao empoderamento e ao autoconhecimento dos jovens, por meio do aprendizado na prática, despertando sua autoconfiança e desenvolvendo aspectos como trabalho em rede, espírito colaborativo, inovação e gestão de projetos. Estes conceitos ajudam o jovem a reconhecer seus direitos e deveres diante da sociedade, preparando-os para serem cidadãos e agentes de transformação em suas vidas, no trabalho e na comunidade. Assim, ao longo de 2016, conduzimos a transição do antigo para o novo modelo de atuação. A expectativa é que, com o Novo Programa Reciclar, seja possível ampliar o impacto na vida dos jovens através de propostas que façam sentido para eles e gerem vínculo com o conhecimento. Para isso, o Novo Programa prioriza o diálogo individualizado, a ampliação do universo cultural, a aprendizagem de línguas, das linguagens matemáticas e do uso da tecnologia, dando as bases para que os jovens tenham condições para fazer as melhores escolhas.

aprofundando os efeitos positivos da transformação que

Mais detalhes sobre o Novo Programa Reciclar

ajudávamos a promover nos jovens ao nos conectarmos às

no próximo capítulo. Relatório Reciclar 2016/2017 .09


Jovens beneficiados / ano 1995 14 2016 74 1995 - 2016 Mais de 600

Horas-aulas anuais 1995 0 2016 1.014 1995 - 2016 28.000

Alunos nos cursos noturnos 1995 0 2016 56 1995 - 2016 475

Papel reciclado

Folhas produzidas

1995 90kg 2016 1,1 ton 1995 - 2016 212 ton

1995 1.000 2016 10.226 1995 - 2016 2.205.506

Refeições servidas

Produtos confeccionados

1995 1560 2016 39.386 1995 - 2016 1.120.688

10. Relatório Reciclar 2016/2017

1995 600 2016 13.071 1995 - 2016 2.080.831


Atividades de transição Em 2016, grande parte de nossa energia foi dedicada às atividades de transição do antigo para o Novo Programa, incluindo o encerramento das atividades da Oficina de Reciclagem e dos cursos noturnos, a reforma da nossa sede e a seleção da nova equipe educacional e dos jovens para compor a 1º turma do Novo Programa. Nesse rito de passagem, envolvemos jovens e equipe em diferentes atividades para celebrar as conquistas e perpetuar o maior legado da Oficina de Reciclagem: o desenvolvimento sustentável como ferramenta de transformação social.

Encerramento da Oficina de Reciclagem A Oficina sempre foi o centro das nossas atividades. Durante

Em 2017, a primeira edição do Guia Melhores

duas décadas, ela foi a ferramenta para a formação de

ONGs do Brasil realizado pela revista Época e

centenas de jovens, que viviam a experiência de conhecer o

pelo Insituto Doar traz o Reciclar entre as 100

mundo do trabalho na prática e de receber o seu primeiro

melhores organizações não governamentais

salário. Os clientes, por sua vez, sentiam orgulho de

do País!

demonstrar apoio ao estampar seus logotipos em nossos brindes.

Ao todo, mais de 1.500 organizações participaram da pesquisa, que verificou as

Além do impacto na vida dos jovens, em 22 anos, mais de

condições de transparência e gestão nas

200 toneladas de papel foram transformadas em cerca de 2,1

organizações a partir de cinco grandes pilares:

milhões de produtos, como cadernetas, moleskines,

Causa e estratégia de atuação; Representação

cadernos, cartões, porta celulares e muitas outras opções de brindes corporativos. Com esse trabalho, cerca de 4 mil

e Responsabilidade; Gestão e Planejamento; Estratégia de Financiamento; e Comunicação

árvores foram preservadas.

e Prestação de Contas.

A Oficina também rendeu muitas histórias inspiradoras e prêmios para celebrar, como o BemEficiente, concebido em 2004 pela Kanitz & Associados – na época, o mais valorizado do terceiro setor. Em 2007, o Instituto foi indicado pelo Pacto

Durante o último ano de produção, trabalhamos para

Global das Nações Unidas como uma das instituições de

preservar a memória de um dos mais importantes legados

mais credibilidade e profissionalismo no mundo.

da Oficina: o desenvolvimento sustentável como ferramenta

Recentemente, tornou-se signatário do Pacto Global.

de transformação. Relatório Reciclar 2016/2017 .10


Um dia na Oficina Abrimos as portas para que colaboradores de duas empresas parceiras, a Black Rock e a SwissRe, vivenciassem um dia de produção na Oficina de Reciclagem de Papel. Sob a supervisão dos jovens, eles realizaram todas as etapas de produção, da triagem do papel à finalização dos produtos.

Papel reciclado na vitrine da Aramis Outro projeto marcante foi a vitrine decorada com papéis reciclados que desenvolvemos para a Aramis Menswear. A parceria surgiu para reforçar o conceito da campanha Verão 2017 da marca: - “O amanhã é o começo, um futuro que se constrói hoje”. Todo o trabalho foi documentado e transformado em um vídeo inspirador que você assiste aqui.

“Apoiar o trabalho de uma ONG que investe na formação do jovem é construir o homem do futuro, o homem que realiza.” Richard Stad, CEO da Aramis

Mais consciência sobre a reciclagem do papel A Escola Vera Cruz nos convidou a participar do “Feito por Nós”, evento anual no qual seus alunos da educação infantil e do ensino fundamental apresentam suas produções – bordados, colares, brinquedos artesanais, artigos em tricô e crochê, dentre outros –, resultado do processo de aprendizagem de novas técnicas artesanais. Participamos com uma mini-oficina de reciclagem onde os alunos e familiares produziram papel, customizaram cadernetas de anotações e conheceram um pouco mais sobre o nosso trabalho.

12. Relatório Reciclar 2016/2017


Formatura da turma Foi neste espírito de celebração que o Instituto Reciclar realizou a cerimônia de formatura dos atendidos em 2016. Reunimos os jovens e seus familiares, socioeducadores e colaboradores do Reciclar em uma noite de festa e muita alegria no CEU Jaguaré. “A Formatura de 2016 é única porque não somos só nós que estamos mudando, o Reciclar está mudando junto”, disse a jovem Ana Carolina Silva, em seu discurso como oradora da turma.

Encerramento dos cursos noturnos De 2012 a 2016, ampliamos nosso serviço educacional à comunidade do Jaguaré ao oferecer cursos gratuitos como ferramenta de capacitação para adultos que almejavam entrar no mercado de trabalho, mudar de emprego ou de ramo de atuação. Aproveitando a estrutura disponível nos horários em que os jovens não tinham atividades, recebemos, ao longo de 5

“Realmente nós mudamos e quantas coisas nós vivemos

anos, um total de 475 alunos, que participaram de 3,6 mil

juntos! Encomendas e trabalhos a serem entregues no prazo,

horas-aula em cursos de Alfabetização, Inglês, Espanhol,

comprometimento, responsabilidade, pontualidade,

Informática, AutoCad, Office e Manicure.

reconhecimento e, principalmente, trabalho em equipe. Obrigada, Reciclar!”.

Em 2017, desativamos os cursos noturnos para

Ana Carolina Silva, oradora da turma.

concentrarmos o foco de nossas atividades no Novo Programa Reciclar.

Sementes de uma nova cultura Consolidando o caminho de transição, os jovens atendidos em 2016 foram envolvidos em projetos e atividades complementares, onde puderam vivenciar os princípios do Novo Programa como aprendizado na prática, soluções para a comunidade e trabalho em rede.

Relatório Reciclar 2016/2017 .13 .12


Exposição Corte & Recorte Olhar Empreendedor Envolveu os jovens que atuavam na Oficina de Reciclagem em um dos conceitos-chave do Novo Programa: o empreendedorismo. No projeto, idealizado por nós e pela Abrace uma Causa, com incentivo da Lei Rouanet e patrocínio da Cielo, os jovens realizaram um curso de fotografia, assistiram palestras, visitaram exposições e debateram questões relacionadas ao tema central da exposição – empreendedorismo. Divididos em cinco grupos, eles buscaram histórias de sucesso, estudaram os casos e os transformaram nas fotografias da exposição que apresentou, de maneira singular, sentimentos e emoções presentes na vida de um empreendedor, na visão dos jovens que os retrataram: perseverança, coragem, liberdade, visão, transformação, resiliência. As fotos compuseram a Exposição Corte & Recorte, registrada em um catálogo que tornou-se uma bela peça de arte construída coletivamente.

14. Relatório Reciclar 2016/2017


Projeto Resíduos Sólidos Embrião do Novo Programa O acúmulo de resíduos sólidos nas ruas é um problema crônico com o qual convivem diariamente milhares de moradores do Jaguaré. Por isso, ele foi o ponto de partida para que os jovens experimentassem na prática o aprendizado de se conectar com os problemas da comunidade e buscar alternativas para solucioná-los ou mitigá-los. Patrocinado pela Black Rock, o projeto foi a primeira vivência deles com uma versão simplificada das Oficinas Criativas de Soluções, um dos pilares do Novo Programa Reciclar. Depois de assistirem a palestras com especialistas e estudarem o assunto de forma mais ampla, os jovens mapearam a comunidade em busca de problemas relacionados à coleta, ao descarte e ao acúmulo irregular de resíduos e desenvolveram propostas de atuação na comunidade. No rol de propostas apresentadas por eles estão articulações com a prefeitura e a empresa responsável pela coleta de lixo em São Paulo para a remoção dos resíduos acumulados e a instalação de lixeiras compactadoras. Na outra ponta, ações de sensibilização dos moradores das redondezas para a manutenção da limpeza e a construção coletiva de benfeitorias (hortas e jardins verticais, parques com brinquedos feitos a partir de resíduos recicláveis).

Relatório Reciclar 2016/2017 .15


2016/2017

Dando vida ao Novo Programa Reciclar 15. Relatรณrio Reciclar 2016/2017


Relembrando o caminho percorridoo

Para dar vida ao novo modelo de atuação, desenvolvido ao longo de dois anos (entre 2014 e 2015), contamos com o apoio de consultorias especializadas em um processo que envolveu pesquisa com diversos stakeholders. Centrado no aprendizado na prática e no

A partir disso, a missão do Programa Reciclar foi redefinida:

desenvolvimento de competências socioemocionais, habilidades profissionais e técnicas de jovens da zona oeste de São Paulo, o Novo Programa representa nossa resposta a um mundo em constante transformação.

Em um processo de evolução contínua, pautado pelo desejo de transformar realidades sociais, iniciamos, em 2014, uma profunda reflexão envolvendo conselheiros, diretores e colaboradores para avaliar o quanto nosso modelo de atuação estava conectado com a vida dos jovens com os quais trabalhamos e com as novas realidades, tecnologias e tendências da sociedade e do mercado de trabalho. Nesse movimento, iniciamos a construção do Novo Programa Reciclar. Desenvolvido a partir de pesquisas com os jovens, pais, escolas, profissionais de Recursos Humanos, organizações sociais e com o apoio dos principais especialistas em educação do País, entre os quais a Comunidade Educativa CEDAC, em um processo facilitado por consultorias especializadas, como a Thempero e a Plongê.

DESENVOLVER JOVENS PARA EMPREENDER NA VIDA, NO TRABALHO E NA COMUNIDADE.

Para que isso seja possível, mobilizamos os jovens em três dimensões: Profissional, Social e Pessoal, a partir dos pilares da Educação integral: Aprender a ser: autonomia emocional e intelectual em evolução permanente. Aprender a fazer: formação técnico-profissional associando teoria e prática. Aprender a conhecer: compreensão e descoberta prazerosa do mundo de convívio e do trabalho. Aprender a conviver: desenvoltura na convivência e na participação social, na percepção do outro e no respeito à diversidade ao administrar conflitos e realizar projetos comuns. Relatório Reciclar 2016/2017 .17


Preparativos finais para alçar voo O ano de 2016 foi um ano de grandes transformações para o Reciclar. Durante a transição, diretoria e equipe atuaram ativamente nos preparativos finais da implementação do Novo Programa, incluindo a divulgação das inscrições, o processo de seleção da primeira turma de jovens e do time de socioeducadores, a reforma do espaço físico e a definição dos indicadores que permitirão mensurar os impactos do nosso novo modelo de atuação. Veja a seguir como cada diretoria atuou para garantir a sinergia nas mudanças. Para formar jovens cada vez mais preparados para o mercado de trabalho e para a vida, o Novo Programa Reciclar se desdobra em um novo modo de atuação, que demandou o desenvolvimento de estruturas de gestão e de governança mais sofisticadas, capazes de assegurar o cumprimento da nossa missão com excelência.

Luiz Augusto Candiota Diretor Presidente

Para isso, nossa equipe passa a atuar em quatro grandes áreas: Educação, Comunicação, Relações Institucionais e Administração. Para fazer a conexão entre o Conselho, a Diretoria e a equipe operacional, incorporamos à nossa estrutura a Diretoria Executiva, que vem trabalhando para melhorar a qualidade da execução dos planos de ação de todas as áreas.

Diretoria Educacional

Moira Demange (2016)

Tereza Perez (2017)

Pensamos com cuidado em todas as etapas do Novo Programa,

que resultou em um plano político-pedagógico único. É um

desde a concepção de um processo de seleção de jovens que

documento vivo, que tem flexibilidade e que serve para orientar e

estimulasse o autoconhecimento e transformação dos participantes

estimular o pensamento dos socioeducadores. Ao final deste intenso

até a contratação de socioeducadores alinhados ao nosso propósito e

trabalho, Moira deixou o Reciclar para dedicar-se exclusivamente à

ao novo modelo educacional.

educação infantil. Tereza, Diretora Presidente e co-Fundadora do

Dando vida ao Novo Reciclar

CEDAC, assumiu a posição, trazendo sua ampla experiência como

Para a construção do Documento Norteador do Novo Programa

pedagoga nos setores público e privado para somar forças para a

estabelecemos uma parceria com a Comunidade Educativa CEDAC,

consolidação do Novo Programa Reciclar.

18. Relatório Reciclar 2016/2017


Diretoria de Comunicação

Diretoria Financeira Administrativa

Luciano Maresca

Maércio Soncini

Guiados pelo novo modelo de atuação, que dialoga com novos atores

Para garantir o impacto de nossas ações, estamos aprimorando

sociais, definimos estratégias para tornar nossa proposição de valor

nossas estruturas de gestão e de governança, incluindo a definição de

clara e relevante para os nossos diversos stakeholders.

um novo conjunto de indicadores relacionados à missão do Novo Programa.

Para gerar relações sólidas e de longo prazo, estamos nos dedicando a conhecer profundamente cada um de nossos stakeholders e a

Já demos início ao novo modelo de atuação tendo seus indicadores

desenvolver programas de relacionamento eficientes, com canais de

definidos, de forma que sempre tenhamos objetividade e

comunicação dinâmicos e diretos.

transparência em relação ao impacto que estamos promovendo junto ao público atendido. De forma quantitativa, eles traduzem o nível de

Diretoria Jurídica e de Relacionamento com o Terceiro Setor

desempenho, de participação e de satisfação dos jovens, assim como os resultados alcançados ao final do programa. Os indicadores institucionais também foram criados com o intuito de acompanhar os trabalhos administrativos necessários para a

Priscila Pasqualin

operação da organização e se dividem em 5 categorias: Sustentabilidade Financeira, Eficiência na Captação de Recursos, Direcionamento de Recursos, Transparência e Relacionamento com Stakeholders.

Seguimos focados na construção de mecanismos que assegurem a

Diretora Executiva

sustentabilidade do Reciclar no longo prazo. Para isso, ampliamos as nossas fontes de receita e formalizamos o nosso fundo patrimonial. Continuamos a aprimorar nossos sistemas de transparência, monitoramento e controle interno e externo, com eficiência e rigor em

Renata Ruggiero Moraes

seus aspectos jurídicos, fiscais e regulatórios. Além disso, participamos intensamente do trabalho que resultou nos Guias de Endowments Culturais, contribuindo para o avanço das discussões sobre a regulamentação desse mecanismo (o PLS 16/2015 está em votação no senado), que entendemos ser de extrema importância para que a iniciativa privada aumente os investimentos em projetos que, como o Reciclar, melhoram a vida da nossa população com mais justiça social.

Com o apoio dos conselheiros, diretores e consultores, a migração para o novo modelo de atuação tem sido uma experiência bem-sucedida de reestruturação da organização e de mobilização da equipe, de diálogo constante com os jovens e com a comunidade e de maior aproximação com os parceiros do Reciclar, em todos os níveis de relacionamento. Tudo isso feito de forma responsável, grantindo a manutenção do DNA Reciclar, e com o máximo de respeito à cultura organizacional e ao tempo de adaptação das pessoas envolvidas no processo. Relatório Reciclar 2016/2017 .19


Documento norteador do Novo Programa Produzido ao longo de dois anos em parceria com a

de conhecimento, mas aspectos cognitivos e socioafetivos

Comunidade Educativa CEDAC – especializada no

fundamentais para a formação pessoal, social e profissional

desenvolvimento de metodologias e estratégias de

dos participantes.

educação –, o Documento Norteador do Novo Programa é o ponto de partida para a construção e consolidação do futuro

Do processo de seleção e preparação do time de

do Reciclar.

socioeducadores emergiu uma equipe da qual nos orgulhamos: engajada, curiosa, criativa, 100% empenhada em

Nele, estão as diretrizes do Novo Programa, inspirando e

ouvir os jovens para buscar as melhores alternativas de

direcionando, sem limitar ou enrijecer, o desenvolvimento

aprendizagem e para ajudá-los a voar alto, superando suas

das atividades pela equipe educacional. Um documento

limitações.

vivo, que incorpora os aprendizados que obtemos com os jovens, educadores, famílias, comunidade e mercado.

Para tirar o Documento Norteador do papel e convertê-lo em realidade, dedicamos um mês inteiro à imersão dos

O caráter inovador do Programa é inspirado em boas práticas

socioeducadores na metodologia do Novo Programa

pesquisadas dentro e fora do Brasil. Seu principal diferencial

Reciclar e ao planejamento conjunto das atividades. Com

é a atenção à singularidade, à essência de cada jovem e ao

isso, os percursos de aprendizagem utilizados em cada

que ele aspira da vida.

atividade dialogam com os diferentes conteúdos que abordamos.

Outra diretriz do Documento Norteador é que o Novo Programa Reciclar se converta em laboratório de uma nova metodologia educacional, que poderá ser replicada por outras organizações, ampliando ainda mais seus impactos positivos.

As interações entre as atividades são garantidas com reuniões semanais da equipe educacional. Além disso, quinzenalmente a coordenação educacional recebe os socioeducadores individualmente para ajustes finos no planejamento, nos percursos didáticos e nos desafios que estão sendo enfrentados.

Nova equipe educacional Os socioeducadores têm papel fundamental na jornada de transformação e empoderamento dos jovens, por isso, a escolha desses profissionais foi criteriosa e envolveu várias etapas, como entrevista com a diretoria, dinâmicas e desevolvimento de um projeto. Além de competências específicas, o desafio era encontrar profissionais com disposição genuína para se relacionar com os jovens, considerando não apenas o conteúdo da sua área

20. Relatório Reciclar 2016/2017


Conhecendo o perfil dos jovens O Instituto Elos colocou a serviço do Reciclar seus mais de 15 anos de experiência na formação de jovens, desenvolvendo um processo de seleção pautado na colaboração, no autoconhecimento e na transformação dos participantes. Ao longo do 2º semestre de 2016, os jovens tiveram a possibilidade de conhecer melhor as suas habilidades, de se conectar com outros jovens, planejar e implementar ações de melhoria para as comunidades onde vivem, além de refletir sobre os aprendizados obtidos durante a experiência. Os jovens que trabalhavam na nossa Oficina de Reciclagem de Papel foram convidados a se engajar no Comitê de Comunicação, participando da divulgação do Novo Programa Reciclar nas escolas e em projetos sociais da comunidade. Foi uma vivência muito rica, em que eles conversaram com seus pares sobre futuro, trabalho e cidadania. O Comitê de Seleção, formado por membros da diretoria e da equipe do Reciclar e por convidados de instituições parceiras foi responsável pela análise do perfil dos candidatos, em busca de jovens com vontade de aprender e desenvolver potenciais, com desejo de dedicar tempo e energia para uma formação sólida eque gostassem de desafios, entre outros critérios. Ao final do processo, 63 jovens foram selecionados para compor a 1ª turma do Novo Programa Reciclar em 2017.

Relatório Reciclar 2016/2017 .21


Papo Transformador Aquecendo os motores para o início do Novo Programa Reciclar, nos conectamos ao movimento Jovens Transformadores - uma iniciativa pioneira que reúne jovens com altíssimo potencial de transformar realidades - para

“É sempre um prazer poder trocar experiências profissionais e de vida com jovens transformadores. Vida longa ao projeto!” André Vasco

discutir como esta geração pode construir um país melhor. O resultado foi a idealização de um evento repleto de inspiração, o Papo Transformador. Realizado em fevereiro de 2017 no Canto da Arte, espaço cultural da comunidade do Jaguaré, ele reuniu os jovens da 1º turma do Novo Programa Reciclar para falar sobre empreendedorismo e carreira. O papo foi conduzido pelo apresentador, músico e embaixador do Encontro Jovens Transformadores, André Vasco, que mediou a conversa com duas convidadas mais do que especiais: Valéria Almeida, jornalista da Rede Globo, e Glayce Uchôa, jovem formada pelo Reciclar.

“Minha história de vida é muito parecida com a de muitos desses jovens, por isso fiquei muito feliz por participar desse momento. Espero voltar para tantos outros.” Valéria Almeida

“Foi sensacional. Acredito que os jovens gostaram da experiência. Como ex-participante do Reciclar, fico feliz de contribuir, de buscar sempre o melhor para este mundo!” Glayce Uchoa

Além da conversa com André Vasco e convidados, o Papo Transformador também levou um pouco de cultura e arte para os participantes. Os jovens do Projeto Palco abriram o encontro com releituras e músicas autorais. O encontro teve a participação dos grafiteiros Box e Deco e do grupo musical Capitão Macedo Trio.

23. Relatório Reciclar 2016/2017 22.

“Achei muito legal, com história comoventes e inspiradoras. Foi muito bom!” Vitor Lourenço, um dos novos integrantes do Novo Programa


Revitalização da Sede Um programa inovador pede um espaço físico compatível. A repaginação total que promovemos atendeu a três dimensões: prática (a necessidade de desativar a Oficina para dar lugar às salas multifuncionais de atividades), intencional (a metodologia que desenvolvemos demanda novas configurações) e simbólicas (demarcar o início de uma nova fase, a construção de uma nova cultura).

Térreo

Deck para encontros, rodas de

Espaço de convivência em estilo

As salas de aula dão lugar a espaços

conversa e relaxamento. O jardim

co-working, com computadores

de trabalho coletivo moduláveis, que

vertical está sendo instalado.

disponíveis para livre uso para que os

se transformam a cada atividade, de

jovens interajam, troquem informações

acordo com a intencionalidade.

e desenvolvam suas ideias, antes e durante as atividades.

Relatório Reciclar 2016/2017 .23


Térreo

Em vez de sala dedicada à informática,

A sala de artes, banhada de luz natural,

As paredes são ocupadas por

inserimos a tecnologia em todas as

que é utilizada em diversas atividades

produções dos jovens, transpirando

atividades para promover a

coletivas.

inspiração e ação.

apropriação do uso dos recursos disponíveis de forma mais ampla. Todas as salas contam com telas interativas, um laptop para cada dois alunos e desktops em estações fixas de trabalho.

P ri m eiro andar

A sala da equipe educacional permite reuniões abertas e fechadas, além de promover o acompanhamento das atividades. A porta de vidro convida à proximidade e à transparência.

24. Relatório Reciclar 2016/2017


S e gundo andar

O refeitório serve almoço gratuito e

Duas salas fechadas permitem

Sala da Administração: espaço para

saudável para os jovens e para a

atividades mais reservadas, quando

que a equipe trabalhe em sintonia para

equipe do Reciclar.

necessário.

o sucesso das atividades.

Monitoramento dos resultados A nossa Matriz de Indicadores do Novo Programa permite acompanhar o envolvimento e o desenvolvimento individual dos jovens, assim como ajustar o percurso das atividades para incentivar seu progresso, com apoio dos educadores e das famílias. A Matriz contempla quatro eixos:

Evolução individual do jovem: autoavaliação e avaliação

Satisfação do jovem em relação ao Programa: atividades,

dos socioeducadores ao longo do Programa, tanto em

socioeducadores, estrutura, alimentação.

relação ao desenvolvimento das competências socioemocionais quanto das habilidades específicas.

Resultados: ao final do Programa, mede o índice de

Através destes indicadores, também é possível o

empregabilidade e de remuneração dos jovens formados,

acompanhamento dos resultados efetivos do Programa,

assim como a aprovação nas Escolas Técnicas e a

mensurados de forma coletiva.

conclusão da formação profissionalizante.

Participação dos jovens nas atividades: evasão e frequência.

Relatório Reciclar 2016/2017 .25


Novo Programa Reciclar

Uma jornada de transformação


O novo modelo está baseado em quatro grandes pilares:

Oficinas Criativas de Soluções: aprendizado prático, por meio da gestão de projetos, a partir de situações reais. Projeto de Vida: apoio à escolha da profissão e definição do plano individual para construção de uma carreira sólida. Curso técnico: realizado em instituições de referência, na área de interesse do jovem, totalmente custeado pelo Reciclar. Encaminhamento profissional e mentoria: apoio à empregabilidade e suporte às decisões pessoais e profissionais dos jovens.

O Novo Programa Reciclar é uma incubadora de talentos de onde partem jovens protagonistas rumo a um futuro de sucesso. Aqui eles recebem suporte para aceitar novos desafios, organizar sua bagagem, definir a rota e escolher as ferramentas para cumprir sua jornada de autoconhecimento, protagonismo e realização. São dois anos de esforços concentrados que os preparam para promover transformações que gerem impactos positivos em suas vidas e na sociedade. Conheça os principais marcos dessa jornada.

Relatório Reciclar 2016/2017 .27


Conheça os principais marcos dessa jornada

Ano 1

60 jovens/ano 11 socioeducadores 4 horas de atividades/tarde 5 dias de atividades/semana

Oficinas Criativas de Soluções (durante 1h30, duas vezes por semana) É o coração do Programa. A cada trimestre, os jovens recebem um desafio: desenvolver projetos para solucionar problemas reais da comunidade. São fisgados pelas atividades porque se percebem protagonistas dos desafios, descobertas, trocas, apropriações e soluções.

As primeiras soluções criativas Um novo capítulo da história de sucesso do Reciclar começou a ser escrito em março de 2017, quando a primeira turma de jovens do Novo Programa foi recebida em nossa sede para o início das atividades.

Nesse processo, eles aprendem a trabalhar coletivamente, a

Foram três meses de estudos, debates e muitos

estudar e resolver um problema, a estruturar um projeto e a

aprendizados: trabalhar coletivamente, estudar e

realizar uma produção dentro de um prazo e buscando gerar resultados concretos. Os socioeducadores dão suporte ao percurso de cada grupo, incentivando a aplicação dos

resolver um problema, usar a criatividade, transformar ideias em objetivos, planejar ações e executá-las.

saberes gerais e específicos à realidade trabalhada. Assim, os participantes do Novo Programa Reciclar O desenvolvimento das Soluções Criativas é realizado a

chegaram aos primeiros projetos da Oficina

partir da metodologia de gestão de projetos e inclui as

Criativa de Soluções. Relacionados ao tema

seguintes etapas: aproximação ao tema, aprofundamento e ação. Ao final do período, os jovens elaboram a apresentação das soluções desenvolvidas no trimestre para as famílias, comunidade e convidados do Reciclar.

28. Relatório Reciclar 2016/2017

Consumo, os projetos materializam a percepção dos jovens sobre os hábitos de consumo da sociedade e propõem novos olhares e reflexões para o tema.


Aplicativo Nome: Trocaki (www.app.vc/trocaki) Resumo: o aplicativo tem como objetivo o consumo sustentável de bens, por meio da reutilização dos mesmos. Procura aproximar pessoas interessadas em trocar ou doar coisas e pessoas interessadas em obter algo por meio da troca ou da doação. Outras funcionalidades, como agenda, links, fotos e informações sobre consumo sustentável completam o aplicativo.

Exposição de fotografias Nome: Trashfood: lixo de um, luxo do outro Resumo: a exposição de fotos convida o público a refletir sobre os nossos hábitos de consumo, de desperdício e de descarte relacionados à alimentação, principalmente às frutas que muitas vezes são descartadas em boas condições. Assim, com imagens tiradas em Hortifruti, no final de uma feira de rua e no Ceagesp, a exposição tem como intuito falar também sobre nosso cotidiano.

Gelhadeira Comunitária Nome: Geladeira Comunitária - Somar para Dividir Resumo: com o intuito de reduzir o desperdício e o descarte de alimentos, a instalação de uma Geladeira Comunitária foi pensada para reduzir o desperdício através da disponibilização de alimentos frescos, gratuitos e fáceis de consumir para quem quiser e precisa, dentro de regras estipuladas para o seu bom funcionamento.

Relatório Reciclar 2016/2017 .29


Oficinas de Suporte Acontecem simultaneamente às Oficinas Criativas de Soluções para complementar conhecimentos necessários para o bom desenvolvimento das soluções criativas, assim

Teatro - As Artes Cênicas são trabalhadas como veículo para que o jovem aprenda a se comunicar, vença a timidez e a insegurança, trabalhe em equipe e ative sua memória, desenvolvendo habilidades importantes para a sua vida pessoal e profissional.

como para desenvolver nos jovens habilidades de

Ao lado das Oficinas Criativas de Soluções e das Oficinas de

compreensão sobre o mundo, de formação de opinião

Suporte, os jovens participam de atividades complementares

e de expressão.

ao seu desenvolvimento:

No lugar de aulas tradicionais, os participantes são provocados a construir o seu conhecimento a partir de múltiplas atividades, sempre ligadas a temas pulsantes da vida atual, estimulando o interesse e a apropriação.

Linguagens Matemáticas - Os jovens aprendem a usar a matemática para construir o pensamento crítico em torno de temas relevantes para a sua formação e para os projetos que desenvolvem. Eles podem, por exemplo, estudar como a mídia usa a matemática para ilustrar suas reportagens, trabalhar com infográficos, interpretar um gráfico, identificando quando ele foi manipulado com a mudança de escala, etc. Eles também aprendem a usar a matemática para entender porcentagens, juros, taxa Selic, dívidas, investimentos, descontos. Tudo aplicado à vida real. Leitura, Escrita e Comunicação Oral - Aqui os jovens são envolvidos em processos de reflexão, argumentação e uso do texto como veículo de organização e exposição de ideias e de opiniões. As atividades podem partir, por exemplo, da análise de artigos de opinião veiculados na grande mídia, que ajudam a pensar criticamente, a opinar e a discutir. Conhecendo as características do gênero, eles passam a produzir diferentes exercícios (em grupo, duplas, individualmente), envolvendo escrita, leitura crítica, leitura em voz alta e discussões, até produzirem um artigo opinativo individual, sobre o tema que escolherem. Inglês - Ter fluência mínima em inglês é fundamental ao trânsito no mundo do trabalho. Aqui, os jovens vivem a experiência de intercâmbio sem sair do País, já que os professores são estrangeiros e não falam Português. O foco das aulas é a conversação para que os jovens se sintam à vontade para interagir de forma espontânea, sem apego à gramática.

30. Relatório Reciclar 2016/2017

Projeto de Vida - Divididos em grupos de 15 alunos, os jovens são conduzidos por um dos nossos psicólogos em uma vivência que abre espaço para que cada um decida que carreira quer seguir, com abertura total para possibilidades que fogem do senso comum e respeitando a singularidade de cada indivíduo. O Projeto de vida é um espaço de autoconhecimento (para que eles possam se conhecer mais profundamente, identificar aptidões e áreas de interesse) e de planejamento (identificar o que querem fazer, que caminhos podem seguir nessa direção, pesquisar sobre o futuro breve e o de longo prazo), nos âmbitos profissional e pessoal. Tomar contato com o seu propósito individual fortalece o espírito desbravador e saber a direção a seguir lhe confere foco. O ponto de partida é como cada jovem se imagina daqui a 10 anos. A partir daí, promovem um conjunto de atividades envolventes que ampliam o repertório e ajudam os jovens a desconstruir e reconstruir seus projetos de vida. A escolha profissional é parte fundamental desse trabalho, definindo o curso técnico que cada um escolherá logo depois. A reflexão sobre o significado do trabalho também é central, pois estamos formando jovens para serem empreendedores das suas vidas. História do trabalho, definição de sucesso, diferença entre profissão e trabalho, remuneração e contratação estão entre as questões discutidas. Diálogos - Espaço de prevenção, autocuidado e convívio, em que questões próprias da adolescência e da juventude são discutidas com os nossos psicólogos, em rodas de conversa francas. Mentoria - Dentre as atribuições dos socioeducadores, está a responsabilidade em acompanhar mais de perto um grupo de até 15 jovens como mentor de seu desenvolvimento integral.


Caso algum destes jovens esteja enfrentando dificuldades ou precise de algum apoio específico, o mentor deverá estar a postos para ajudá-lo. É durante a mentoria que o jovem recebe suporte adicional para traçar seu plano de voo individual e superar desafios para que alcance toda a sua potencialidade.

e da sociedade. Além do curso técnico, o jovem continua

Atividades especiais - A cada semana uma atividade diferente, que dialoga com os temas tratados nas Oficinas Criativas de Soluções e no Projeto de Vida. A proposta é ampliar o repertório dos jovens, promover reflexão e formação de opinião:

Leitura Comunicação Oral e Escrita e de TIC – Tecnologias da

• Cineclube: Filme seguido de debate sobre o tema em questão. • Atividade externa: Passeios culturais diversos, espetáculos, visitas a exposições e outros. • Clube de leitura: : A cada bimestre um livro lido por todos, gerando dois encontros para apreciação crítica, análise do gênero literário, debates e reflexões sobre como aproximar o hábito da leitura da vida dos jovens. • Visitantes: Convidados vêm ao Reciclar para uma roda de conversa, com o intuito de inspirar e provocar insights nos jovens.

frequentando o Reciclar, onde seu tempo se divide entre novos projetos nas Oficinas Criativas de Soluções e nas Oficinas de Suporte. Em linha com o curso técnico, o jovem escolhe entre as Oficinas de Linguagens Matemáticas, de Informação e Comunicação, aquelas das quais vai participar. Os encontros com os psicólogos no Projeto de Vida passam a ser realizados um sábado ao mês.

Ano 3

60 jovens/ano 1 mentor por jovem

Na reta final de formar-se no Curso Técnico e tendo cumprido todas as atividades no Reciclar, é hora do jovem

Ano 2

7 socioeducadores 3 horas de atividades/dia no Reciclar 2 dias/semana + 1 sábado/mês + CURSO TÉCNICO em escolas de referência, na área escolhida pelo jovem

colocar em prática, no mercado e na vida, tudo o que vivenciou no intenso processo de formação e transformação proporcionado pelo Novo Programa Reciclar. Para mantê-lo confiante no caminho e apoiá-lo nas primeiras decisões com mais coerência e visão de futuro, ele conta com o suporte de um mentor que o acompanha por 2 anos, até que ele esteja firme para seguir com mais autonomia

Com a bagagem organizada e a rota traçada, é hora de lançar-se na aventura de navegar por novos mares. A partir do segundo ano do Programa, além de participar das atividades no Reciclar, o jovem escolhe o curso técnico de acordo com a carreira que ele projetou. Para assegurar a qualidade de formação do jovem, o Reciclar se compromete a buscar os melhores e mais qualificados cursos técnicos. Tendo a oportunidade de aprender o que escolheu em uma instituição qualificada, o jovem passa a ter mais chances de se realizar profissionalmente e reverter isso em benefício dele próprio

pelo novo caminho que projetou percorrer.


P a rceiros

O Novo Programa na voz dos nossos stakeholders

Jove n s

Giovanna de Almeida, 16 anos, Jaguaré. Desde os meus 10 anos sonho em ser confeiteira. Assisto

Kamily Eduarda Ramos da Silva, 15 anos, moradora do

todos os programas de TV e testo as receitas em casa. É

Jaguaré.

minha paixão. Quando me contaram que o Novo Programa ia

Minha avó soube do Programa e me convenceu a vir. Na

permitir que a gente escolhesse um curso técnico, entendi

verdade, eu queria mesmo era começar a trabalhar, mas

que era minha grande oportunidade de realizar o meu sonho.

nunca fiz um curso além da escola e não tinha ideia de como

Me inscrevi e fui selecionada.

procurar emprego. Hoje, aproveito todas as aulas para ter mais segurança do Estou aprendendo mais coisas do que imaginava e de um

que quero e para desenvolver as habilidades de que vou

jeito diferente, mais interessante.

precisar. Nesse pouco tempo, minha timidez diminuiu, tenho um olhar mais crítico e mais opinião formada sobre as coisas,

Outra coisa que descobri é que gosto mais de trabalhar em

consigo falar e me posicionar. Como sei o que quero, estou

grupo do que sozinha porque me concentro melhor, conheço

mais focada e aproveito tudo o que o Programa tem para me

outras formas de pensar e tenho mais ideias. Sempre saem

oferecer.

trabalhos mais legais assim. Daniel Nascimento da Costa, 15 anos, Jaguaré. Breno Rodrigues, 16 anos, Jaguaré. Minha mãe me pediu pra vir, mas eu não estava a fim de estudar à tarde porque a minha vida estava fácil. Ficava em casa, jogava videogame e fazia panfletagens para ganhar dinheiro. Não vim muito animado, mas aqui encontrei gente nova, um espaço bonito e bem cuidado e um jeito de ensinar bem prático. Quanto mais aprendo, mais tenho vontade ir a fundo, de resolver as coisas. Minha atitude na escola mudou: era meio preguiçoso e estou mais interessado. Outra dia a professora pediu pra escrever um parágrafo com a minha opinião sobre um tema. Escrevi uma folha inteira porque tinha muitas coisas a dizer. Gosto

Desde que comecei no Reciclar, tenho prestado mais atenção na aula porque estou entendendo que eu decido meu futuro e que, se eu não me dedicar, não vou ser ninguém. Sou bem tímido e, com os seminários, apresentações, discussões e aulas de teatro, estou ficando mais relaxado para falar em público. Também costumava ficar muito na rua. Agora tenho vontade de ficar em casa de boa, de ler um livro. Estou tentando trazer a minha namorada para a próxima turma. Pai s

tanto daqui que trouxe mais três amigas para participar. Augusta Soto, mãe da Jovem Giovana Almeida. Esse curso está me trazendo mais felicidade do que eu teria

A gente sabe como é difícil encontrar projetos que sejam

com um salário porque depois eu vou ter um trabalho de que

consistentes, que realmente trabalhem o desenvolvimento

eu realmente gosto e conquistar as coisas que quero pra mim

dos jovens em um processo contínuo, como o Novo

e pra minha família.

Programa Reciclar. Como mãe, espero que a Giovana aproveite essa oportunidade única e cresça não só profissionalmente, mas, como pessoa; que ela queira não só

32. Relatório Reciclar 2016/2017


ter dinheiro e bens materiais, mas que dissemine o

Val Rocha, Instituto Elos.

conhecimento adquirido no Reciclar para outras pessoas,

O Reciclar transformou muitas histórias de vida e ouso dizer

contribuindo para transformações sociais.

que transformará ainda mais. Transformou a minha ao abrir as portas de um universo fascinante: a realidade dos jovens do

Cleber Simas, pai da Jovem Nicole Simas.

ensino médio do Jaguaré, suas aspirações, medos e sonhos.

Sou muito grato ao Reciclar por acreditar nos sonhos da minha filha e de tantos outros jovens. Quando jovem, não tive

Além disso, me permitiu conhecer de perto uma organização

a mesma oportunidade. Eu falo pra ela: ‘filha, aproveita,

que tem a ambiciosa meta de transformar a realidade desses

porque o conhecimento e o estudo são coisas que ninguém

jovens pelo acesso à educação de ponta, com um cuidado e

vai roubar de você’. Eu espero que ela tenha um futuro de

um respeito muito grandes por todos os envolvidos e uma

sucesso, realizando os sonhos que ela tem. E que um dia

vontade genuína de reinventar a si mesma.

volte ao Reciclar e conte a sua história para inspirar outros jovens.

Silvia Ferreira Anjos, mãe da Jovem Thayná Oliveira. A decisão de deixar minha filha participar do Reciclar foi pensando não só em um futuro emprego (porque ela poderia ser uma Menor Aprendiz), mas na vontade dela de fazer algo maior. Ela queria se encontrar, se desenvolver, descobrir a

Leandro Oliva, Projeto Palco. Que esses novos passos do Reciclar sejam um sucesso para o Instituto, para cada jovem participante e para todo o território onde atuamos! Celebremos as flores e frutos que estão por vir desse plantio!

forma de se apresentar para o mundo... e é isso que está acontecendo no Reciclar. Ela fala que precisa estudar muito, que tem um projeto de vida e um prazo de 10 anos para

Maria de Fátima Mendonça, Maria de Lourdes Bandeiras e

realizar. Minha filha está ganhando asas e estamos radiantes.

Michele Menezes, Congregação Santa Cruz. Ficamos felizes por saber que a maioria dos nossos adolescentes que participou da seleção para o Novo Programa Reciclar foi aprovada. É notória a evolução pessoal

P a rceiros

que eles estão vivendo, o que mostra que estão aproveitando muito essa oportunidade.

Sérgio Loyola, Fundação Salvador Arena. O projeto nos surpreendeu pela proposta inovadora de

Laura Vitto, ONG Espaço Urbano.

empoderar jovens. Posso dizer, até, que o modelo de

Acreditamos no poder das transformações e que elas

aprendizagem e educação que o Reciclar criou beira a

sempre vêm para o bem. Vimos muito isso quando o Reciclar

ousadia porque é incomum recebermos propostas, em

lançou seu Novo Programa, confiando na formação de

nossos processos seletivos, com modelos disruptivos de

jovens como futuros empresários, trabalhadores e

educação e promoção social como esse. Mas para um

sonhadores, com mentalidade aberta e crítica para ajudar na

projeto ser aprovado conosco, não basta ser inovador e

construção de um meio ambiente melhor e usufruindo do

ousado. É preciso ser factível, objetivo, que tenha metas

principal agente transformador: a Educação.

claras, engajamento da equipe e um modelo de gestão consistente, competente e transparente. E o Instituto Reciclar reúne essas competências. Relatório Reciclar 2016/2017 .33


Demonstraçþes

Financeiras 2016


O ano de 2016 foi bastante atípico em nossa trajetória. Conforme antecipamos, a transição entre os nossos modelos de atuação repercutiu em oscilação da nossa tradicional curva de receitas e despesas.

Para garantir a saúde financeira do Reciclar, todos os investimentos envolvidos na implantação do Novo Programa – incluindo consultorias, reforma do espaço físico, renovação da equipe e ações de comunicação – foram previamente dimensionados e aprovados pelo Conselho de Administração. A seguir, sintetizamos as informações básicas das nossas

Acesse as Demonstrações Finaceiras na íntegra e o Relatório de Auditoria:

Demonstrações financeiras, auditadas pela KPMG Auditores Independentes.

Relatório Reciclar 2016/2017 .35


Origem dos recursos

Aplicação dos recursos

42%

6%

42%

52%

50%

7% 1%

Vendas R$ 133.219

Despesas com pessoal

Produtos e serviços vendidos a clientes da Oficina de Reciclagem

Salários, 13o e Férias pagos aos jovens contratados, equipe

Receitas com doações R$ 1.229.797

administrativa, educacional e de produção para a Oficina de Reciclagem de Papel

Nota Fiscal Paulista; Doações de Pessoa Física, Jurídica e anônimas; Contribuições dos Associados e Mantenedores; Doações de bens, de alimentos e de papel; Trabalho voluntário; Captação de recursos via FUMCAD, CONDECA e editais públicos de empresas privadas

Receitas financeiras R$ 984.739 Rendimentos de aplicações do Fundo Patrimonial

Outras R$ 3.091

R$ 1.495.154

Custos de produção R$ 203.953 Oficina de Reciclagem de Papel; Projeto Resíduos Sólidos e Projeto Oficinas Criativas

Despesas administrativas R$ R$ 1.234.310 Serviços contratados; Depreciação; Manutenção; Alimentação; Consumo de água, luz, telefone e internet; Despesas com veículos; Trabalho Voluntário; Brindes e doações; Material de consumo

Despesas financeiras R$ 7.501

36. Relatório Reciclar 2016/2017


Faça parte Contribua para o Novo Programa Reciclar apoiando as

Nossa área de Relações Institucionais pode apresentar o

seguintes atividades e/ou etapas de formação de nossos

programa e suas atividades e você escolhe qual o

jovens:

investimento mais apropriado para você ou sua empresa.

Processo de Seleção

Seja um mantenedor: contribuindo mensalmente com o Instituto Reciclar você apoia a realização de todas as atividades oferecidas aos jovens.

Oficina Criativa de Soluções Cursos Técnicos Mentoria e Encaminhamento Profissional Alimentação Infraestrutura

Entre para a Rede de empregadores do Reciclar, oferecendo oportunidade de ingressar no mercado de trabalho e convidando os jovens a participar dos processos de seleção conduzidos por sua empresa.

Apoie nossos projetos incentivados doando parte do imposto de renda devido para um dos nossos projetos aprovados pelo CONDECA, CMDCA de São Paulo ou pela Lei Rouanet. Empresas e pessoas podem contribuir, consulte nossa área de Relações Institucionais e conheça mais sobre os projetos em fase de captação de recursos.

Faça uma doação direta Banco do Brasil Agência: 1201-7 c/c: 1995-x Instituto de Reciclagem do Adolescente CNPJ: 00.750.121/0001-50

Doe sua nota fiscal paulista por meio d0 aplicativo oficial do Programa Nota Fiscal Paulista. É muito simples doar pelo aplicativo: sua nota oficial sem o CPF tem o crédito doado ao instituto Reciclar e você continua participando dos sorteios. Não se esqueça de selecionar pelo nome ''Reciclar" ou pelo CNPJ ''00.750.121/0001-50"

Seja nosso voluntário e engaje os seus amigos para contribuir também! Agende uma reunião e saiba sobre

Paloma Peinado Relações Institucionais

como nos apoiar e as contrapartidas que oferecemos aos

paloma@reciclar.org.br

nossos parceiros!

(11) 3768-3607

Relatório Reciclar 2016/2017 .37


Quem faz o Reciclar Nosso profundo agradecimento a essa maravilhosa rede de pessoas e de organizações que torna nosso sonho realidade todos os dias.

GOVERNANÇA CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO Cassio Casseb Lima (Presidente), Alda Pereira de Araújo, Altamiro Bôscoli, Francisco Vidal Luna, João Flávio Ramos Alves, João Pinheiro Nogueira Batista, josé Ayres Rabêllo Filho e José Renato Simão Borges. CONSELHO FISCAL Ademir Pautasso Nunes, José Carlos Nunes de Oliveira, Luiz Antonio Soares e Rui Fernando Ramos Alves. DIRETORIA Luiz Augusto Candiota (Diretor Presidente), Luciano Maresca (Diretor de Comunicação e Marketing), Maercio Soncini (Diretor Administrativo Financeiro), Priscila Pasqualin Afonso (Diretora Jurídica e de Relacionamento com o Terceiro Setor) e Moira Demange (Diretora de Educação 2016) e Teresa Perez (Diretora de Educação 2017). EQUIPE DIRETORIA EXECUTIVA Renata Ruggiero Moraes. RELAÇÕES INSTITUCIONAIS (2017) Paloma Peinado, Aline Vieira, Andressa Durães e Laercio Costa. EDUCAÇÃO Mary Ellen Ferreira e Aline Gomes. SOCIOEDUCADORES 2016 Aline Barticus, Bruno Brun, Fernanda Cassão, Michelle Cristina Neves, Rafael Villares, Paulo Henrique Yaekeshi, Renato Magalhães e Rosimeire Camargo. SOCIOEDUCADORES 2017 Flávia Lira, Gina Dinucci, Gustavo Hoffmann, Júlio Rubinstein, Luís Fernando Pereira, Loreto Barreiro, Maíra Marquez, Maria Beatriz Ricca, Paulo Henrique Yaekeshi, Rafael Villares, Renelyn Lastimosa e Vinicíus Silva. COMUNICAÇÃO Amanda Cletti Batista (2016) e Thaís Bossolan. ADMINISTRAÇÃO Paulo Roberto de Carvalho (2016) Jaqueline das Virgens, Cleyson Brito, Viviane Nascimento, Daiane dos Santos, Gleydson Brito, João Laelson, Maria José dos Santos e Milene Batista Santos. PRODUÇÃO 2016 João Batista. PARCEIROS HISTÓRICOS Fesa, Fesap, Cetip, Haitong, PLKC, KPMG, ID. Bureau de Criação, Virta, Expressão Studio, SGM, Wake Up, Banco de Alimentos, Mesa Brasil, Selmi, Projeto Palco, Escola Augusto do Amaral, Rede Jaguaré Mais Feliz, Raízes do Futuro, Unicef, Gráfica Guanumbi, Centrográfica, Lojas Marisa, Instituto HSBC, Siemens, Odebrecht, Banco ABBC, Fundação Salvador Arena, P.J. Clarkes, Feller Hotéis, Tim, Instituto Oi Futuro, Banco Votorantim, Hershey’s, Art In Company, Swiss Re, Demarest, Brasilprev, Cielo, Credz, Renase, Tribanco, Fina Nata, Carolina Man Ging, Casa Itaim, BB Saúde, Nextel, VB Serviço, SCA Etanol, KPMG, Mapfre Seguro, Sanofi, Cielo, Banco Fibra/ CredFibra, Natura, Helicidade, MSD – Coopers, Brasilprev, Globo, Carrefour, Mallet, Colégio Oswald, Vivo, Tetrapak, CEJAM, Credz, Aliança do Brasil, Braskem, Banco Barclays, CNA, Sadia, Instituto Perdigão, Bunge, Banco Morgan Stanley,Merck Sharp & Dohme, Viva Real, Premier Pet, Accenture do Brasil, Pão de Açúcar, Unilever, Pfizer, Engebras, Banco Triangulo, Banco ABC, Nissin Ajinomoto, Cetip, Redecard, Eurofarma, WWF, Banco HSBC, Suzano, Banco Bradesco, Mailson da Nobrega, IBGC, Colégio Oswald, Goiasa, Nextel, BR Foods, Alcoa, C&A, Solvi, Citibank, Banco Cidade, Danone, Nestlé, Petrobrás, Instituto Red Bull, Mc Donald’s, Johnson & Johnson, Banco Calyon, Odebrecht, Vale, Volkswagen, AES Eletropaulo, Elevadores Otis, Reckitt Benckiser, Cosan


Quem faz o Reciclar Nosso profundo agradecimento a essa maravilhosa rede de pessoas e de organizações que torna nosso sonho realidade todos os dias.

MANTENDEDORES E PADRINHOS FESAP Holding, Part. E Repres. Ltda, Helicidade - Full Heliport Service, RFH Participações Ltda, Cia de Progresso e União Fabril da Bahia, Ademir Pautasso Nunes, Agostinho Edson Correia Gaspar, Alceu Amoroso Lima Neto, Alda Pereira de Araújo, Altamiro Bôscoli, Alvaro Antonio Cardoso Souza, Caio Fernandes Dias, Cassio Casseb Lima, Ciro Dias dos Reis, Ciro Dias Reis, David Feffer, Fernão Machado de Souza, Francisco José de Arruda Camargo, Francisco Luna, Francisco Vidal Luna, Henri Philippe Reichstul, Igor Cornelsen, Isac Krutman, João Ayres Rabêllo Filho, João Bosco Silva, João Carlos Chede, João Cesar Queiroz Tourinho, João Pinheiro Nogueira, João Sayad, José Carlos Nunes de Oliveira, José Flávio Ferreira Ramos, José Guimarães Monforte, José Luiz Rodrigues, José Renato Simão Borges, Julio Cesar Mezzalira Martins, Krikor Atchabahian, Luis Stuhlberger, Luiz Augusto Casseb Nahuz, Luiz Calabrese, Luiz Laurent Bloch, Luiz Massuo Yamasaki, Manuelito P. Magalhães Júnior, Marco Bologna, Nelson Eizirik, Nelson Magalhães Graça, Priscila Pasqualin Afonso de Souza, Raquel Balarin, Renata Dolabella Fabrini, Renato Calixto Marcondes Cafruni, Rossano Maranhão, Suzana de Oliva Mesquita, Vera Martha F. Ferreira, Walter Appel e William Lohn. PARCEIROS INSTITUCIONAIS Cartonarte, CMDCA, Condeca, Escola Vera Cruz, Hoteis Feller, Foundation Carrefour, Programa Nota Fiscal Paulista, Serasa, Staples e SwissRe. PARCEIROS DE PROJETOS Black Rock, Cielo, FEDCA, FUMCAD, Fundação Salvador Arena, PwC e SwissRe. PRÓ-BONO Clínica de Olhos Dr. Moacir Cunha, PLKC e FEA Social. PARCEIROS TÉCNICOS Comunidade Educativa CEDAC, Instituto Elos, Plongê, Projeto Palco e Abrace uma Causa. ESCOLAS ESTADUAIS E.E Deputado Augusto do Amaral, E.E Professor Arthiticlino Santos, E.E Professora Maria Eugenia Martins, E.E Professor João Baptista de Brito, Fundação Bradesco – Jardim Conceição, E.E Professor Ernesto Thenn de Barros, E.E José Monteiro Boa Nova, E.E Professora Alice Velho Teixeira, E.E Anhanguera, E.E Padre Antônio de Oliveira, E.E Doutro Antônio Braz Gambarini, E.E Professor José Maria Rodrigues Leite e E.E Manuel Ciridião Buarque. COLABORADORES Animarte Estratégias Surpreendentes, Aramis Menswear, Banco de Alimentos, Banco de Alimentos – CEAGESP, Canto da Arte, Centrográfica, Correios, Encontro Jovens Transformadores, ONG Espaço Urbano, Halei Rembrandt, Id. Bureau de Criação, Jocélia Mainard, Mais Argumento, Mapfre Seguros, Mesa Brasil – SESC-SP, Metropolitan, Oribá Soluções Criativas, Projeto Palco, PwC, Rede por um Jaguaré mais Feliz, Selmi, Serasa Experian, SGM, SwissRe e Vila de Negócios Coworking. DOADORES Aline Miranda, Mônica Seifried, Marco Antônio, Silvio Steinberg, Elio Santana, Teresa Midori, Ana Paula Altieri, Antônio Faridayze, Arua Covo, Guadalupe Andrade, Marcela Cotrim, Ivan Bezerra, Leandro Oliveira, Brian Lynch, Martin Weymann, Felipe Rodrigo, André Ricardo e Ivan Maya. Empregadores SwissRe, Helicidade, Instituto Criança é Vida, Fina Ideia, Big Fish Media, PLKC, Projeto Nossa Vila Limpa, Credz, Restaurante Ritz, Sabiar, FESAP, SGM e Clínica de Olhos Dr. Moacir Cunha.

Créditos do relatório COORDENAÇÃO Luciano Maresca e Thaís Bossolan (Instituto Reciclar). PROJETO EDITORIAL E REDAÇÃO Jocélia Mainardi. PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO Oribá Soluções Criativas. IMAGENS Carlos Cézar Sandrini, Isabella Cristina Santos e Souza, Nathália Gonçalves, João Carvalho da Silva, Raniere Pontes e Thico Oliveira.


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar)


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

Conteúdo

2


KPMG Auditores Independentes Rua Arquiteto Olavo Redig de Campos, 105, 6º andar - Torre A 04711-904 - São Paulo/SP - Brasil Caixa Postal 79518 - CEP 04707-970 - São Paulo/SP - Brasil Telefone +55 (11) 3940-1500, Fax +55 (11) 3940-1501 www.kpmg.com.br

Relatório dos auditores independentes sobre as demonstrações financeiras Aos Administradores e Associados do Instituto de Reciclagem do Adolescente - Reciclar São Paulo - SP Opinião Examinamos as demonstrações financeiras do Instituto de Reciclagem do Adolescente Reciclar (“Instituto”), que compreendem o balanço patrimonial em 31 de dezembro de 2016 e as respectivas demonstrações do superávit (déficit), do resultado abrangente, das mutações do patrimônio social e dos fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, bem como as correspondentes notas explicativas, compreendendo as políticas contábeis significativas e outras informações elucidativas. Em nossa opinião, as demonstrações financeiras acima referidas apresentam adequadamente, em todos os aspectos relevantes, a posição patrimonial e financeira do Instituto em 31 de dezembro de 2016 o desempenho de suas operações e os seus fluxos de caixa para o exercício findo nessa data, de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil. Base para opinião Nossa auditoria foi conduzida de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria. Nossas responsabilidades, em conformidade com tais normas, estão descritas na seção a seguir intitulada “Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações financeiras”. Somos independentes em relação ao Instituto, de acordo com os princípios éticos relevantes previstos no Código de Ética Profissional do Contador e nas normas profissionais emitidas pelo Conselho Federal de Contabilidade, e cumprimos com as demais responsabilidades éticas de acordo com essas normas. Acreditamos que a evidência de auditoria obtida é suficiente e apropriada para fundamentar nossa opinião. Responsabilidades da administração pelas demonstrações financeiras A administração é responsável pela elaboração e adequada apresentação das demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil e pelos controles internos que ela determinou como necessários para permitir a elaboração de demonstrações financeiras livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro.

KPMG Auditores Independentes, uma sociedade simples brasileira e firmamembro da rede KPMG de firmas-membro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça.

KPMG Auditores Independentes, a Brazilian entity and a member firm of the KPMG network of independent member firms affiliated with KPMG International Cooperative (“KPMG International”), a Swiss entity. 12


Na elaboração das demonstrações financeiras, a administração é responsável pela avaliação da capacidade do Instituto continuar operando, divulgando, quando aplicável, os assuntos relacionados com a sua continuidade operacional e o uso dessa base contábil na elaboração das demonstrações financeiras, a não ser que a administração pretenda liquidar o Instituto ou cessar suas operações, ou não tenha nenhuma alternativa realista para evitar o encerramento das operações. Responsabilidades do auditor pela auditoria das demonstrações financeiras Nossos objetivos são obter segurança razoável de que as demonstrações financeiras, tomadas em conjunto, estão livres de distorção relevante, independentemente se causada por fraude ou erro, e emitir relatório de auditoria contendo nossa opinião. Segurança razoável é um alto nível de segurança, mas não uma garantia de que a auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria sempre detectam as eventuais distorções relevantes existentes. As distorções podem ser decorrentes de fraude ou erro e são consideradas relevantes quando, individualmente ou em conjunto, possam influenciar, dentro de uma perspectiva razoável, as decisões econômicas dos usuários tomadas com base nas referidas demonstrações financeiras. Como parte da auditoria realizada de acordo com as normas brasileiras e internacionais de auditoria, exercemos julgamento profissional e mantemos ceticismo profissional ao longo da auditoria. Além disso:

Identificamos e avaliamos os riscos de distorção relevante nas demonstrações financeiras, independentemente se causada por fraude ou erro, planejamos e executamos procedimentos de auditoria em resposta a tais riscos, bem como obtemos evidência de auditoria apropriada e suficiente para fundamentar nossa opinião. O risco de não detecção de distorção relevante resultante de fraude é maior do que o proveniente de erro, já que a fraude pode envolver o ato de burlar os controles internos, conluio, falsificação, omissão ou representações falsas intencionais.

Obtemos entendimento dos controles internos relevantes para a auditoria para planejarmos procedimentos de auditoria apropriados às circunstâncias, mas, não, com o objetivo de expressarmos opinião sobre a eficácia dos controles internos do Instituto.

Avaliamos a adequação das políticas contábeis utilizadas e a razoabilidade das estimativas contábeis e respectivas divulgações feitas pela administração.

Concluímos sobre a adequação do uso, pela administração, da base contábil de continuidade operacional e, com base nas evidências de auditoria obtidas, se existe incerteza relevante em relação a eventos ou condições que possam levantar dúvida significativa em relação à capacidade de continuidade operacional do Instituto. Se concluirmos que existe incerteza relevante, devemos chamar atenção em nosso relatório de auditoria para as respectivas divulgações nas demonstrações financeiras ou incluir modificação em nossa opinião, se as divulgações forem inadequadas. Nossas conclusões estão fundamentadas nas evidências de auditoria obtidas até a data de nosso relatório. Todavia, eventos ou condições futuras podem levar o Instituto a não mais se manter em continuidade operacional.

KPMG Auditores Independentes, uma sociedade simples brasileira e firmamembro da rede KPMG de firmas-membro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça.

KPMG Auditores Independentes, a Brazilian entity and a member firm of the KPMG network of independent member firms affiliated with KPMG International Cooperative (“KPMG International”), a Swiss entity. 13


Avaliamos a apresentação geral, a estrutura e o conteúdo das demonstrações financeiras, inclusive as divulgações e se as demonstrações financeiras representam as correspondentes transações e os eventos de maneira compatível com o objetivo de apresentação adequada. Comunicamo-nos com a administração a respeito, entre outros aspectos, do alcance planejado, da época da auditoria e das constatações significativas de auditoria, inclusive as eventuais deficiências significativas nos controles internos que identificamos durante nossos trabalhos.

São Paulo, 5 de maio de 2017

KPMG Auditores Independentes CRC 2SP014428/O-6

Gustavo Mendes Bonini Contador CRC 1SP296875/O-4

KPMG Auditores Independentes, uma sociedade simples brasileira e firmamembro da rede KPMG de firmas-membro independentes e afiliadas à KPMG International Cooperative (“KPMG International”), uma entidade suíça.

KPMG Auditores Independentes, a Brazilian entity and a member firm of the KPMG network of independent member firms affiliated with KPMG International Cooperative (“KPMG International”), a Swiss entity. 14


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

Notas explicativas às demonstrações financeiras (Em Reais)

1

Contexto operacional O Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar), fundado em junho de 1995, é uma instituição de direito privado, sem fins lucrativos, devidamente certificada nos prazos descritos na Nota Explicativa nº 3k, pelos Conselhos Municipal, Estadual e Nacional de Assistência Social, e reconhecida como utilidades pública pela Prefeitura do Município de São Paulo, pelo Governo do Estado de São Paulo e pela Secretaria Nacional de Justiça e tem como principais objetivos estatutários:

a.

Criar e manter uma estrutura constituída de bens móveis e imóveis, pessoas e serviços, que dê suporte aos Associados para prática de atividades de assistência social, benemerência e filantropia;

b.

Desenvolver e manter atualizada a metodologia de formação humanística e profissional a serem aplicadas no processo de apoio ao desenvolvimento escolar e no processo de reciclagem, especialmente de papel, ensinando aos jovens técnicas que vão desde a reciclagem da matéria prima, a elaboração de produtos acabados, tais como, cadernos, agendas, cartões até o planejamento sustentável desta atividade;

c.

Oferecer aos jovens, a partir de 14 (quatorze) anos, atividades de apoio ao desenvolvimento escolar, através de aulas complementares, tais como português, inglês, matemática, computação, formação cívica, conhecimentos gerais, artes, literatura, teatro, atividades culturais, sempre em um ambiente saudável, estimulante e acolhedor;

d.

Oferecer o primeiro emprego aos jovens a partir de 16 (dezesseis) anos, desenvolvendo no ambiente de trabalho os valores e princípios discriminados acima e propiciando aprendizado, treinamento e iniciação à atividade profissional, condicionados à frequência e aproveitamento escolar;

e.

Fornecer aos adolescentes instalações físicas adequadas ao trabalho no processo de reciclagem e de elaboração de produtos acabados, em condições de habilidade, higiene, salubridade, funcionalidade e segurança, utilizando-se sempre de materiais ecologicamente sustentáveis e atóxicos;

f.

Demonstrar e instruir os jovens a importância de construir e manter relações pautadas em valores éticos tanto nas relações interpessoais como nas profissionais;

g.

Estimular nos jovens o desejo de desenvolver-se como cidadãos úteis, responsáveis e participativos, promovendo o espírito de cooperação comunitária e, ainda, que tenham interesse em expandir seus conhecimentos escolares e extracurriculares;

h.

Oferecer aos jovens a possibilidade de interagir com o mundo ao seu redor, favorecendo uma visão sobre temas atuais, o que possibilita a aquisição de conhecimentos que proporcionem uma melhor qualificação para o trabalho no seio da comunidade em que se encontra inserido;

i.

Desenvolver nos jovens a consciência ecológica, proporcionando conhecimentos sobre meio ambiente e ecologia, estabelecendo uma postura de preservação e respeito a um bem vital para a sua sobrevivência;

20


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

j.

Promover o acesso à cultura, através de atividades, cursos, palestras, eventos e outros meios que julgarem serem adequados à formação do jovem;

k.

Produzir e comercializar produtos e prestar serviços, direta ou indiretamente vinculados à sua atividade fim, tais como os produtos acabados e/ou artefatos de papel, impressos ou não, produzidos pelos jovens com o material derivado do processo de reciclagem, prioritariamente sobre encomenda, produtos institucionais, artesanato, livros e vídeos educativos, sempre com o objetivo de instruir os jovens conceitos de trabalho, comércio e prestação de serviços e de promover a sustentabilidade do Reciclar, de forma que este possa continuar exercendo seus objetivos, sendo certo que toda a receita daí obtida será integralmente utilizada na manutenção dos objetivos da Instituição; e

l.

Manter convênios e/ou parcerias com pessoas jurídicas de direito público e privado, nacionais ou estrangeiras, bem como associar-se a organização similares, sempre que necessário à viabilização de seus objetivos, desde que resguardada sua autonomia. O patrimônio social do Reciclar é constituído por bens móveis, imóveis,direitos e ações transmitidas na sua constituição pelos associados fundadores ou, posteriormente, por quaisquer pessoas títulos da dívida pública e de todos os valores consignados em sua contabilidade. As receitas do Reciclar provirão da contribuição financeira dos Associados, de doação de pessoas físicas e/ou jurídicas, de direito público ou privado, nacionais ou estrangeiras, legados e subvenções, patrocínios, prestação de serviços, produção e/ou comercialização de produtos, realização de eventos, exploração de direitos autorais ou de propriedade intelectual, juros, correções ou dividendos resultantes de aplicações que venha a fazer. Todo o superávit apurado será integralmente destinado, segundo o critério do Conselho de Administração, para manutenção, ampliação e/ou aprimoramento das iniciativas sociais já existentes ou para implementação de novas iniciativas no âmbito das atividades de escopo do Reciclar. Durante o ano de 2016, o Reciclar manteve-se com cerca de 43 mantedores (47em 2015), empregou 38 (58 em 2015) adolescentes entre 16 e 19 anos e assistiu 36 (87 em 2015) meninos e meninas entre 14 e 15 anos e 56 (163 em 2015) adultos que participaram de cursos noturnos e aulas para comunidade conforme posição a seguir:

Durante o ano de 2016 Durante o ano de 2015

Empregados Administração

Programa de Inserção no Mercado de Trabalho

Programa de Complementação Escolar e Cultural

Aulas para Comunidade

13 15

38 58

36 87

56 163

21


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

m.

2

Novo Programa - A estratégia adotada desde sua fundação foi a Educação pelo Trabalho. Através da Oficina de Reciclagem de Papel, o instituto proporcionou aos jovens sua primeira experiência profissional, além da complementação escolar. Ao longo do tempo, esse modelo de atuação evoluiu e a partir de 2017 passa a ser baseado em Oficinas Criativas de Soluções, que trabalha competências socioemocionais e do mundo do trabalho, com suporte em comunicação e racionício lógico. O Reciclar também apoia o jovem em sua escolha profissional e empregabilidade, além de custear integralmente um curso técnico, na sua área de interesse, em escolas de referência. O projeto é direcionado a jovens entre 15 e 19 anos e tem duração de dois anos. Os jovens ingressam no Reciclar prioritariamente quando estiverem cursando o 1º ano do ensino médio, em escolas públicas da zona oeste de São Paulo. Em 2016 o Reciclar passou por um período de transição entre o modelo de atuação da Oficina de Reciclagem de Papel para o modelo de atuação das Oficinas Criativas de Solução, tendo feito o primeiro processo seletivo para o novo programa, durante o segundo semestre. Ao longo de todo o processo de seleção, os jovens tiveram a possibilidade de conhecer melhor as suas habilidades, se conectar com outros jovens que também participaram do processo, planejar e implementar ações de melhoria para as comunidades onde vivem, além de refletir sobre os aprendizados obtidos durante a experiência e celebrar as conquistas. Foram selecionado 59 jovens para iniciar o novo programa.

Apresentação das demonstrações financeiras As demonstrações financeiras foram elaboradas com base nas práticas contábeis emanadas da legislação societária brasileira, aplicáveis a uma entidade sem fins lucrativos, incluindo as alterações introduzidas pelas Leis nº 11.638/07, nº 11.941/09 e NBC ITG 2002 aprovada pela Resolução CFC 1.409/2012, quando não coberto pela ITG 2002 aplicou-se NBC ITG 1000. As demonstrações financeiras elaboradas para o exercício de 2016 foram aprovadas pela Administração em 20 de março de 2017.

3

Resumo das principais práticas contábeis

a.

Moeda funcional Moeda funcional é a moeda em que são apurados os valores transitados no balanço. As demonstrações financeiras do exercício findo em 31 de dezembro de 2016 e 2015 foram apresentadas com a sua funcional nacional brasileira: o Real.

b.

Instrumentos financeiros não derivativos Caixa e equivalentes de caixa Caixa e equivalentes de caixa abrangem saldos de caixa e investimentos financeiros com vencimento original de três meses ou menos a partir da data da contratação. Os quais são sujeitos a um risco insignificante de alteração no valor, e são utilizadas para pagamento das obrigações de curto prazo.

Ativos financeiros disponíveis para venda Investimentos disponíveis para venda são ativos financeiros não derivativos que não são classificados em mantidos até o vencimento ou para negociação para os quais existe a intenção de

22


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

mantê-los por um período de tempo indefinido e que podem ser vendidas em resposta a mudanças nas taxas de juros, taxas de câmbio, preços de títulos de patrimônio ou necessidade de liquidez. Ativos financeiros disponíveis para venda são reconhecidos inicialmente a valor justo, os quais correspondem ao valor pago incluindo os custos de transação, e são mensurados subsequentemente a valor de mercado com ganhos e perdas reconhecidos no patrimônio liquido, em resultados abrangentes, com exceção das perdas por valor não recuperado e dos ganhos e perdas cambiais de conversão, até que o ativo deixe de ser reconhecido. Se um ativo disponível para venda apresentar uma perda por valor não recuperável, a perda acumulada registrada no resultado abrangente é reconhecida a demonstração do resultado.

Determinação do valor justo O valor justo dos ativos financeiros é apurado de acordo com a cotação de preço de mercado disponível na data do balanço. Se não houver cotação de preços de mercado disponível, os valores são estimados com base em cotação de distribuidores, modelos de definições de preços, modelos de cotação ou cotações de preços para instrumentos com características semelhantes. As aplicações em fundos de investimentos são avaliadas com base no valor da cota divulgada pelo Administrador do fundo investido, que reflete o valor de mercado dos investimentos que compõem a carteira do respectivo fundo.

Redução ao valor recuperável de ativos financeiros classificados disponíveis para venda O Institutoavalia em cada data de balanço se há evidência objetiva de um ativo financeiro ou um grupo de ativos financeiros estejam com perda de seu valor recuperável. Se qualquer evidência deste tipo existir para ativos financeiros disponíveis para venda, a perda acumulada - mensurada com a diferença com o custo de aquisição e o valor justo atual, menos qualquer perda por redução ao valor recuperável sobre o ativo financeiro reconhecido anteriormente - é baixado do patrimônio e reconhecido na demonstração do resultado. Se em um período subsequente, o valor justo de um instrumento da dívida classificado como disponível para venda aumentar, e o aumento puder ser objetivamente relacionado a um evento que ocorreu após o prejuízo por redução ao valor recuperável ter sido reconhecido, a perda por redução ao valor recuperável é revertido da demonstração do resultado.

c.

Estimativas contábeis A elaboração de demonstrações financeiras de acordo com as práticas contábeis adotadas no Brasil, aplicáveis às entidades sem fins lucrativos requer que a Administração use de julgamento na determinação e no registro de estimativas contábeis. Ativos e passivos significativos sujeitos a essas estimativas e premissas incluem o valor residual do ativo imobilizado e provisões para perdas de ativo imobilizado, provisão para obsolescência de estoques e provisão para contingências. A liquidação das transações envolvendo essas estimativas poderá resultar em valores diferentes dos estimados, em razão de imprecisões inerentes ao processo de sua determinação. O Instituto revisa as estimativas e premissas pelo menos anualmente.

d.

Estoques São avaliados ao custo de aquisição para as matérias-primas e ao custo médio de aquisição ou de produção, que não excede o valor de mercado, para os produtos semi-acabados e acabados.

e.

Despesas antecipadas São apropriadas pelo decorrer do prazo dos contratos e apresentadas pelo valor líquido de realizações.

23


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

f.

Imobilizado O imobilizado, que é originado por aquisições e doações, está registrado pelo valor de custo de aquisição ou valor atribuído na data de recebimento da doação, considerando os parâmetros de mercado e a avaliação das condições gerais e do estado físico de bens e equipamentos já utilizados. A depreciação do imobilizado de uso é calculada pelo método linear, com base em taxas anuais que contemplam a vida útil e econômica dos bens, suas condições gerais e seu estado físico no caso de doações de bens já utilizados, sendo 10% a.a. para móveis e utensílios novos, 10% a.a. para máquinas e equipamentos novos, 20% a.a. para veículos novos e 20% a.a. para equipamentos de Informática.

g.

Provisões e passivos contingentes O reconhecimento, a mensuração e a divulgação das provisões e das contingências passivas são efetuados de acordo com os critérios definidos pelo CPC 25, sendo:

 

h.

Provisões- Sempre que a perda for avaliada como provável,o que ocasionaria uma provável saída de recursos para a liquidação das obrigações, e que quando os montantes envolvidos forem confiavelmente mensuráveis. Passivos contingentes -É utilizado para passivos que não são reconhecidos, pois a sua existência somente será confirmadapela ocorrência ou não de um ou mais eventos futuros e incertos que não estejam totalmente sob o controle da Administração. Os passivos contingentes não satisfazem os critérios de reconhecimento, pois são considerados como perdas possíveis, devendo ser apenas divulgados em notas explicativas, quando relevantes. As obrigações classificadas como remotas não são provisionadas e nem divulgadas.

Outros ativos e passivos Os ativos foram demonstrados pelos valores de realização, incluindo, quando aplicável, os rendimentos auferidos e a provisão para perda, quando necessário. Os passivosdemonstradosincluem osvalores conhecidos e calculáveis, acrescidos dos encargos incorridos.

i.

Eventos Subsequentes Correspondem aos eventos ocorridos entre a data-base das demonstrações financeiras e a data de autorização para sua emissão. Esses eventos são dividos em:  Eventos que originam ajustes: são aqueles que evidenciam condições que já existiam na data-base das demonstrações financeiras; e  Eventos que não originam ajustes: são aqueles que evidenciam condições que não existiam na data-base das demonstrações financeiras.

j.

Apuração do superávit/déficit A apuração do superávit/déficit do exercício é realizada pelo regime de competência. As doações em espécie e bens são registradas no superávit do exercício na data do efetivo recebimento.

k.

Aspectos fiscais As contribuições previdenciárias, na parte dos empregados, e os demais encargos sociais e tributários sobre a folha de pagamento (INSS, FGTS, IRRF e PIS), os impostos e as contribuições

24


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

sobre serviços de terceiros (INSS, IRRF) são recolhidos com base na legislação e nas alíquotas vigentes. A partir de mês de maio de 2010, o Instituto passou a gozar da imunidade das contribuições sociais previdenciárias, na parcela do empregador, com base na Lei 12.101/2009, uma vez que atende aos requisitos legais que asseguram a imunidade, tendo usufruído em 2016 do benefício fiscal no valor de R$ 262.948 (R$ 354.541 em 2015),conforme demonstrativos abaixo: Total INSS Trimestre 1ºTrim2016 2ºTrim2016 3ºTrim2016 4ºTrim2016

Salários 194.947 182.785 235.303 243.378 856.413

INSS 54.195 50.814 65.414 67.659 238.083

Autônomos 39.177 33.934 19.341 31.873 124.325

INSS 7.835 6.787 3.868 6.375 24.865

Trimestre 1ºTrim2015 2ºTrim2015 3ºTrim2015 4ºTrim2015

Salários 272.163 271.335 268.423 307.514 1.119.436

INSS 75.661 75.431 74.622 85.489 311.203

Autônomos 52.324 51.392 53.344 59.631 216.692

INSS 10.465 10.278 10.669 11.926 43.338

62.031 57.601 69.282 74.034 262.948

Total INSS 86.126 85.709 85.291 97.415 354.541

Em relação à contribuição social sobre o lucro líquido (CSLL), imposto de renda (IRPJ), contribuição para o financiamento da seguridade social (COFINS) e programa de integração social (PIS) o Reciclar também é imune. Em relação ao PIS, o recolhimento era feito de acordo com a incidência especial de 1% sobre a folha de salários. De acordo com pareceres jurídicos apresentados à administração do Reciclar e, em especial, a Lei 12.101, o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social em vigor e a decisão do Supremo Tribunal Federal com repercussão geral Recurso Extraordinário 636.941, o Reciclar é imune a todas as contribuições sociais, o que inclui o PIS sobre a receita e sobre a folha de salários e a COFINS sobre toda e quaquer receita, motivo pelo qual parou de efetuar o recolhimento do PIS sobre a folha de salários, enquanto tiver o Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social em pleno vigor. Caso o Reciclar não fosse imune a impostos e contribuições sociais, o valor dos tributos em relação à 2016 estão demonstrados abaixo: Descrição

2016

2015

IRPJ CSLL PIS COFINS

2.160 3.927

4.137 19.055

Em relação ao ISS, IPVA, ICMS, IPTU e ITCMD, o Reciclar possui os certificados de reconhecimento de instituição imune. Caso o Reciclar não fosse imune a impostos, o valor desses tributos em relação à 2016 e 2015estão demonstrados no abaixo: Descrição

2016

2015

ISS IPVA

4.618 2.153

4.515 2.299

25


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016 IPTU ITCMD ICMS

7.688 7.280 6.936

5.398 2.831 4.498

O Instituto, na condição de entidade sem fins lucrativos de assistência social, goza da imunidade no que refere aos impostos sobre seu patrimônio, renda e serviços para o desenvolvimento de seus objetivos, atendendo aos requisitos legais que asseguram essa imunidade. Os certificados órgãos públicos competentes, estão detalhados a seguir, com seus respectivos prazos de vencimento, quando aplicável: Certificado

Órgão

Vigência

CEBAS

15/12/2019

Certificado de Utilidade Publica Estadual

UPE

30/11/2017

Certificado de Utilidade Publica Municipal

UPM

03/11/2017

Registro no CMDCA

CMDCA

24/07/2017

Registro no COMAS

COMAS

Indeterminad o

Declaração de reconhecimento de imunidade tributária do IPTU

Prefeitura Municipal do Estado de São Paulo

31/12/2017

Declaração de reconhecimento de imunidade tributária do ISS

Prefeitura Municipal do Estado de São Paulo

31/12/2017

Declaração de reconhecimento de imunidade do ITCMD

Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo

03/01/2018

Certificado de Entidade Beneficente de Assistência Social

4

Caixa e equivalentes de caixa Descrição

2016

2015

Caixa(a) Banco conta-movimento (a) Subtotal disponibilidade

119 6.167 6.286

205 1.883 2.088

970.359 976.645

35.432 37.520

Aplicação em fundos de investimentos (b) Total (a+b)

(a)

Os recursos disponíveis em 31 dezembro de 2016 e 2015 são originados das vendas e doações ocorridas durante o mês de dezembro de 2016 e 2015 respectivamente, sendo utilizados durante os exercícios subsequentes para pagamento de despesas operacionais. Os recursos são destinados a atender compromissos de curto prazo ou possível falta de doação.

(b)

São aplicações em fundo de investimento de renda fixa, de condomínio aberto, sem vencimento e administrado pela BB Gestão de Recursos DTVM S.A.

26


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

5

Duplicatas a receber As duplicatas a receber no montante de R$ 228 (R$ 28.293 em 2015), referem-se a vendas efetuada, com vencimentos em 2017.

6

7

Estoques 2016

2015

Matéria Prima (a) Produto semi-acabado (b) Produto acabado (c)

17.005 110.358 8.895

14.381 116.614 10.727

Total

136.258

141.722

a)

O estoque de matéria-prima é formado por corantes diversos, papel para reciclagem, amido e colas, sendo utilizados para a produção das folhas brutas.

b)

O estoque de produto semi-acabado é composto substancialmente por envelopes e folhas brutas de diversos padrões, oriundas do processo de reciclagem do papel.

c)

O estoque de produto acabado é composto de porta-retratos e materiais de escritório disponíveis para venda.

Outros créditos Em 2016, o saldo de outros créditos corresponde substancialmente a adiantamento a empregados e fornecedores no montante de R$ 12.769 (R$ 28.461 em 2015).

8

Ativos financeiros disponíveis para venda - Fundo patrimonial Reciclar Os Ativos financeiros no montante de R$ 7.347.029 (R$ 8.786.101 em 2015), classificados como disponível para venda no não circulante, compreendem aplicações financeiras. Tais recursos foram oriundos via créditos das notas fiscais paulistas doados ao Reciclar até o ano de 2011.

Títulos Títulos públicos - Fundo patrimonial (a) Cotas de fundos de investimento renda fixa (b) Total em 2016

2016 Valor do Marcação Acima de Custo a 360 dias Atualizado Valor Justo Mercado

2015 Valor de Marcação Nível de mercado/ a Hieraquia contábil mercado (c)

7.347.029

7.347.028

7.321.081

25.947

-

-

1

7.347.029

7.347.028

7.321.081

25.947

8.786.101

-

1

8.786.101

Total em 2015

a) São títulos do Tesouro Nacional (NTN-B), o qual o Banco de Investimento XP S.A. administra através de fundo patrimonial. b) Cotas de fundo de investimento aberto, referenciado ao DI, administrado pela BB Gestão de Recursos DTVM S.A.

27


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

c) Hieraquia do Valor Justo: preços cotados em mercados, sendo que no Nível 1, incluem títulos públicos brasileiros e cotas de fundos de investimento, que são altamente líquidos e ativamente negociados em mercados de balcão. Em reunião realizada em 13/12/2011 o Conselho de Administração determinou que os recursos obtidos até aquele ano, com o programa estadual de doações dos créditos de ICMS das Notas Fiscais Paulistas deveriam ser aplicados em Instituição Financeira sólida para garantir a sustentabilidade financeira do Reciclar e para futura ampliação das atividades ou projetos especiais, mediante a aprovação prévia pelo Conselho de Administração, não podendo ser utilizados para gastos diários do Reciclar, exceto pelos rendimentos da aplicação, descontada a inflação do período medida pelo IPC-A, que poderão ser usados para cobrir o déficit eventualmente apurado, conforme orçamento previamente aprovado pelo Conselho de Administração. Em 15/12/2015 o Conselho de Administração aprovou o uso de até R$ 1.337.500 destes recursos para investimento no projeto especial denominado "Planejamento Estrategico 2015-2018", que contempla a transição do programa antigo para o novo programa Reciclar, conforme projeto apresentado pela Diretoria. Em 30/6/2016 o Conselho de Administração aprovou a formalização do Fundo Patrimonial Reciclar com estes recursos, com um Regulamento específico, elegeu um Comitê de Investimentos que ficou de apresentar uma proposta de investimento inicial e resgate para aplicação em curto prazo de acordo com as seguinte aprovações do Conselho de Administração: (i) a Diretoria foi autorizada a usar em 2016 os rendimentos reais do Fundo Patrimonial Reciclar e até 7% do montante principal para suprir necessidades de caixa de 2016 e até 4% para suprir as necessidades de caixa de 2017; (ii) adicionalmente a Diretoria foi autorizada a utilizar os recursos aprovados em 15/12/2015 para o Planejamento Estratégico 2015-2018. Em 8/7/2016 o Conselho de Administração aprovou a Política de investimentos e alocação de recursos do Fundo Patrimonial Reciclar, com a determinação de aplicação em investimento de longo prazo no valor de R$ 7.065.814, com aprovação de uso imediato pelo Reciclar dos juros reais gerados por essa aplicação; com a determinação de que o valor de R$ 1.577.000 seja mantido na aplicação financeira anterior, para suprir as necessidades de caixa de 2016 e 2017 previamente aprovadas. Com isso, em 28/07/2016 foi realizado investimento em Titulos do Tesouro Nacional. Em 07/12/2016 o Conselho de Administração aprovou o uso adicional de R$ 188.535 para o projeto especial denominado "Planejamento Estrategico 2015-2018".

9

Imobilizado de uso Em 2016, o saldo de imobilizado compreende os seguintes bens:

28


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

Edifícios

Computadores

Máquinas e

Periféricos

equipamento

Móveis e Veículos

Utensilios

Total Benfeitorias

Custo ou custo atribuído

74.887

171.609

1.929

21.500 (15.039)

680.000

76.816

178.070

(215.312)

(45.599)

(70.050)

(27.197)

(14.183)

(15.220) 8.079

(242.509)

(59.782)

(77.191)

Em 31 de dezembro de 2015

464.688

29.288

101.559

Em 31 de dezembro de 2016

437.491

17.034

100.879

Saldo em 31 de dezembro de 2015

680.000

Adições Alineações/Baixas Saldo em 31 de dezembro de 2016

79.320

112.553

556.597

56.851 -

51.721

79.320

169.404

608.318

(79.320)

(39.895)

(176.239)

(11.906)

(23.751)

(51.801)

(199.990)

-

72.658

380.358

-

117.603

408.327

-

Depreciação e perdas no valor recuperável Saldo em 31 de dezembro de 2015 Depreciação no período Alineações/Baixas Saldo em 31 de dezembro de 2016

-

(79.320)

Valor contábil

(a)

10

1.674.966 132.001 (15.039) 1.791.928 (626.414) (92.260) 8.079 (710.594) 1.048.551 1.081.334

Referente à baixa de ativos, conforme inventário físico dos bens, realizado pelo Reciclar.

Fornecedores Em 2016, o saldo de R$ 28.646 (R$ 17.144 em 2015) de fornecedores refere-se à aquisição de matéria-prima e serviços de impressão, com vencimento de curto prazo.

11

Passivos contingentes O Instituto foi citado no processo trabalhista No. 1001885-84.2016.5.02.0068 de funcionário terceiro, o qual está requerendo uma indenização total no valor de R$ 36.000. Os assessores jurídicos avaliam o risco de perder dessa ação, como possível, o valor atualizado deste desembolso é de R$ 18.000.

12

Salários, férias e encargos a pagar

Provisões de férias e encargos Salário a pagar FGTS a recolher INSS a recolher IRRF a recolher Outros Total

29

2016

2015

67.684 47.023 9.074 7.587 5.843 2.027

46.704 45.485 8.434 9.071 2.212 1.461

139.239

113.367


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

13

14

Outras obrigações 2016

2015

Provisão para serviços de terceiros INSS sobre serviços de terceiros Seguros a pagar Outros a pagar

42.936 5.406 1.727 759

303 2.245 180

Total

50.828

2.728

Vendas/Serviços a clientes da Oficina de Reciclagem de Papel 2016

2015

94.989 38.230 133.219

225.734 24.960 250.694

2016

2015

Crédito de Nota Fiscal Paulista (b) Contribuições dos associados mantenedores Doações Esporádicas de Pessoa Física Doações em Bens Trabalho Voluntário (a) Doações Esporádicas de Pessoa Juridica Doações em Papel Doações pessoas Anônimas

265.278 202.956 119.082 38.678 27.445 21.678 11.501 1.274

222.507 236.187 19.810 123.139 264.510 3.568 1.076

Total receitas sem restrições

687.892

870.797

299.078

372.716

107.094 67.913 35.140 32.680 -

70.780 47.190 20.746 36.167

541.905

547.599

1.229.797

1.418.396

Serviços prestados Venda de produtos Total receitas de serviços e venda de produtos

15

Receitas com doações

FUMCAD - Oficina de Reciclagem de Papel Termo de Convênio 005/2015 SMDHC (*) Condeca - Projeto Complementação Cultural Educacional - Termo de Fomento 423/2016 (c) Swiss Re Fondation Padrinhos para cursos noturnos Black Rock FUMCAD - Complementação cultural Termo de Convênio 082/2013 SMDHC Oi futuro - Oficina reciclagem papel Total de receitas de doaçõese subvenções públicas com restrições Total das receitas com contribuições associativas, doações e subvenções públicas

(a)

A partir do exercício de 2012 o Reciclar passou a quantificar e registrar os trabalhos voluntários conforme item 19 da resolução CFC No. 1409/13, que determina que o trabalho voluntário deve ser reconhecido pelo valor da prestação do serviço como se tivesse ocorrido o desembolso financeiro,

30


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016 (b)

Os valores são oriundos de créditos de Notas Fiscais Paulistas doadas ao Instituto no exercício. Essas doações fazem parte do Programa do Estado de São Paulo que dá a opção de direcionar os créditos oriundos da Nota Fiscal Paulista a Entidades de assistência social, cadastradas na Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social (SEADS).

(c)

O Reciclar assinou em setembro de 2016 o Termo de Fomento 423/2016 com a Secretaria Desenvolvimento Social através do chamamento publico CONDECA para o Projeto Complementação Cultural Educacional. O primeiro repasse foi realizado em outubro de 2016 em conta bancária única e exclusiva para o projeto, no Banco do Brasil (informar a conta contábil desse conta bancária). O projeto terá inicio em fevereiro de 2017, conforme pedido de aditamento apresentado em 12/01/2017. Os recursos financeiros recebidos estão aplicados no Banco do Brasil.

(d)

Os jovens atendidos pelo Reciclar não pagam qualquer contraprestação, sendo os serviços de assistência social integralmente gratuitos a todos os seus usuários. (*) O Instituto recebeu do Fundo Municipal da Criança e do Adolescente (FUMCAD) em 2016 R$ 299.078 para o Projeto Oficina de Reciclagem de Papel, convênio 005/2015: preparação e apoio a entrada no mercado de trabalho e geração de renda o projeto irá encerrar em 31/01/2017 a verba recebida está sendo utilizada conforme demonstrativo:

Despesas Projeto Oficina de Reciclagem de Papel: preparação e apoio a entrada no mercado de trabalho e geração de renda - 1º Semestre Descrição

Janeiro Fevereiro

Salários e ordenados Alimentos Água Energia Elétrica Transportes Despesas Gerais Moveis e Utensílios Total

5.000 3.997 8.997

6.000 2.835 292 500 9.627

Março

Abril

Maio

Junho

5.170 2.786 411 500 1.000 9.867

4.752 2.686 357 500 5.895 14.190

8.912 2.249 500 200 11.861

10.356 2.771 419 200 13.746

Despesas Projeto Oficina de Reciclagem de Papel: preparação e apoio a entrada no mercado de trabalho e geração de renda - 2º Semestre Descrição

Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro

Total 2016

Total 2015

Salários e ordenados Alimentos Água Energia Elétrica Transportes Despesas Gerais Moveis e Utensílios

13.295 3.172 300 120 720 -

13.500 3.240 300 120 -

12.500 3.000 300 120 350 -

12.500 3.000 300 120 650 -

12.500 3.000 300 120 650 -

6.600 111.085 252.067 - 32.736 56.555 120 3.599 4.754 60 2.560 2.100 3.370 6.000 5.895 39.300 1.199 -

Total

17.607

17.160

16.270

16.570

16.570

6.780 159.245 361.975

Resumo FUMCAD Receitas 2016 Despesas 2016 Diferença suportada com recursos próprios a ser ressarcido pelo FUMCAD Valor devolvido em fevereiro de 2017

31

299.078 159.245 139.833


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

16

Resultado financeiro Rendimentos de aplicação financeira Outros rendimentos Despesas financeiras Total resultado financeiro

17

2016

2015

979.828 4.911 (7.501) 977.238

1.100.084 16 (7.108) 1.092.992

Despesas com pessoal Salários s/ restrição Férias e 13º salário Salários c/restrição INSS,FGTS e PIS Processo de reciclagem c/restrição Professores s/ restrição Professores c/ restrição Total

2016

2015

754.305 211.379 111.085 179.537 129.560 82.869 26.419 1.495.154

677.690 240.989 287.067 146.543 139.782 150.392 115.024 1.757.487

Parte substancial das despesas de pessoal foram feitas em beneficio direto aos jovens e adolescentes beneficiários do Instituto, pois tratam-se de despesas com a contratação dos jovens do Programa de inserção no mercado de trabalho e com a contratação dos professores para aulas, tanto no Programa de inserção no mercado de trabalho quanto no Programa de complementação cultural e no Processo de Reciclagem.

18

Custos de produção

Processo de reciclagem Projeto de residuos solidos e educacao financeira - Black Rock (a) Projeto oficinas criativas de soluções - Swiss Re Fondation (b) Total

2016 98.541 37.498 67.914

2015 159.666 -

203.953

159.666

(a) O Projeto de resíduos sólidos e educação financeira, apoiado pela Black Rock, tem como principais objetivos: a conscientização dos jovens para praticas responsáveis relativas ao meio ambiente e à gestão das finanças pessoais, a redução das áreas de descarte irregular de resíduos na comunidade e o estimulo ao desenvolvimento de iniciativas para o uso rentável dos resíduos como fonte de renda extra para as famílias do Jaguaré. (b) O Projeto oficinas criativas de soluções, apoiado pela Swiss Re Foundation, tem como objetivo apoiar a transição do modelo de educação do Reciclar. O novo modelo será baseado em oficinas criativas de soluções, que trabalham necessidades reais da comunidade através de uma metodologia de gestão de projetos, com a finalidade de desenvolver as competências socioemocionais e técnicas dos jovens atendidos, incluindo sua formação profissionalizante.

32


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016 (c) Não existe receitas advindas da contribuição dos Jovens. Os jovens atendidos pelo Reciclar não pagam qualquer contraprestação, sendo os serviços de assistência social integralmente gratuitos a todos os seus usuários.

19

Despesas Administrativas Serviços tomados (a) Depreciação Alimentação Consumo água, luz, telefone e internet Despesas com veículos Trabalho voluntário (b) Despesas com manutenção Brindes e doações (c) Material de consumo Outras (d) Total

20

2016

2015

861.053 92.258 55.085 35.641 30.700 27.445 18.861 15.348 9.431 88.488

580.584 85.800 87.877 39.045 28.985 125.865 23.956 4.316 40.785 204.534

1.234.310

1.221.747

a)

São serviços prestados de pessoas jurídicas, serviços como assessoria contábil, consultoria de desenvolvimento institucional e outros serviços.

b)

A partir do exercício de 2012 o Reciclar passou a qualificar e registrar os trabalhos voluntários conforme item 19 da resolução CFC No. 1409/12, que determina que o trabalho voluntário deve ser reconhecido pelo valor da prestação do serviço como se tivesse ocorrido o desembolso financeiro.

c)

Os brindes são produtos do estoque dado a visitantes e as doações são baixas de bens do ativo permanente doados.

d)

Refere-se à despesas cotidianas tais como: cópias, gás,material de limpeza, material de escritório e informática, condução e serviços prestados por terceiros.

Coberturas de seguros O Reciclar adota a política de contratar cobertura de seguros para os bens sujeitos a riscos por montantes considerados suficientes para cobrir eventuais sinistros, considerando a natureza de sua atividade.

21

Partes relacionadas Remuneração de pessoal-chave da administração Os diretores e membros do conselho são voluntários, desta forma, não recebem qualquer tipo de remuneração para o desempenho da função.

33


Instituto de Reciclagem do Adolescente (Reciclar) Demonstrações financeiras em 31 de Dezembro de 2016

22

Outras informações a) Está previsto para fevereiro de 2017, o início do novo modelo de atuação, que matém os mesmos objetivos sociais do Reciclar, mas com realização por outra metodologia, conforme aprovado pelo Conselho de Administração. Nesse novo modelo de atuação, os adolescentes terão uma vivência mais completa, estimulando-os a criar e viabilizar projetos que solucionem problemas reais da comunidade, encerrando os programas Complementação Cultura e Educacional, a Oficina de Reciclagem de Papel e o 1º emprego.

b) Exceto pelo parágrafo acima, não houve eventos subsequentes, que requerem ajuste ou divulgação, para as demonstrações financeiras encerradas em 31 de dezembro de 2016.

c) O Instituto não operou com instrumentos financeiros derivativos nos exercícios findos em 31 de dezembro de 2016 e de 2015.

* * *

34


Profile for Instituto Reciclar

Relatório de Atividades 2016/17  

Relatório de Atividades 2016/17  

Advertisement