Page 1

ANO 10 . Edição 36 . Mar/Abr 2017

Entrevista PSICÓLOGA THEREZINHA EBERT FALA SOBRE ENVELHECIMENTO E LIBERDADE

Rinoplastia BELEZA E FUNCIONALIDADE DEVEM SER LEVADAS EM CONSIDERAÇÃO PARA UMA CIRURGIA DE SUCESSO

Dr. Paulo Eduardo, otorrino e especialista em rinoplastia

QUALIDADE DE VIDA Ecomax entrega o Bosque da Praia, um paraíso à beira-mar de Jacumã

ODONTOLOGIA Os benefícios e a qualidade de vida que as próteses totais sobre implantes proporcionam


Nesta edição

MAR/ABR 2017

17

GENTE SAUDÁVEL

Programa desenvolvido na Unimed Natal vem transformando a vida dos colaboradores

24

CONGRESSO

A cobertura o I Congresso Sistemas Ertty realizado em Natal

25

CAPA

26

OFTALMOLOGIA

Os diferenciais no atendimento da Bodhega Óptica

Dr. Paulo Eduardo, otorrino e especialista em rinoplastia destaca pontos importantes para uma rinoplastia bem-sucedida

30

ESTILO DE VIDA

Ecomax entrega condomio de alto padrão na praia de jacumã

COLUNAS

32

8 VIVER BEM 12 PERGUNTE AO PERSONAL FITDANCE

16

Muito mais que uma aula de dança

BELEZA

19

4

Salão Vandeka Torres comemora 4 anos de sucesso

14 VIDA DE CORREDOR

INFÂNCIA

21

18 COMPARTILHANDO RECEITAS 36 ARTIGO 38 EU APRENDI A VIVER BEM

Viver Bem em revista - Ago/Set 2016

A importância da natação para a prevenção de afogamentos

ODONTOLOGIA

22

Saiba mais sobre as próteses totais sobre implantes dentários

ENTREVISTA

Psicóloga Therezinha Ebert mostra que é possível envelhecer com liberdade

37

RESPONSABILIDADE SOCIAL

Conheça o trabalho da Associação Neurinho


Editorial

ANO 10. EDIÇÃO 36 ABR 2017 Diretora de conteúdo Juliana Garcia Diretora de negócios Patrícia Guedeville Juliana Garcia juliana@guiaviverbem.com.br @jufariasgarcia

Apenas

Edição Idéia Comunicação

observe!

"É incrível a força que as coisas parecem ter quando elas precisam acontecer" (Caetano Veloso)

E

ssa frase tem ainda mais si nificado na vida das pessoas que observam atentamente o que acontece em suas vidas, que têm a sensibilidade de ouvir os recados do universo, de perceber, por exemplo, que aquela porta que se fechou na sua frente nada mais é que uma seta indicando outro caminho a ser tomado. Quando você está trilhando o seu camin o com oco e verdade tudo ui sem resistências, sem traumas, sem quedas desnecessárias. Apenas observe e muitos acontecimentos passarão a fazer mais sentido em sua vida. É fácil encontrar respostas quando você silencia a mente e consegue sentir o que seu coração deseja. O Dr. Paulo Eduardo, capa dessa edição, é otorrinolaringologista e decidiu

6

Viver Bem em revista - Ago/Set 2016

Textos Taciana Chiquetti Kyberlli Góis

se especializar em cirurgias da face no decorrer de sua profiss o Apenas se uiu o u o que a sua vida profissional indicou e hoje se destaca, recebendo pacientes de outros estados e até países, que o procuram para realização da rinoplastia, que, além da beleza, também prioriza a funcionalidade do novo nariz. A entrevista com a psicóloga Therezinha Ebert também é um convite para você reavaliar a maneira como está vivendo. Ela tem 85 anos, é a psicóloga mais idosa do país em atividade e garante que o movimento e a liberdade são ferramentas maravilhosas para promover uma vida feliz e realizada. Essa edição traz ainda reportagens sobre moradia, saúde bucal, comportamento, atividade física e responsabilidade social. Leia com atenção. Quem sabe alguma das mensagens contidas nas nossas páginas não é direcionada especialmente para você e, assim, contribuir para a sua caminhada nessa vida tão cheia de desafios e conquistas Boa leitura!

Revisão Márcia Melo Projeto gráfico e diagramação FIRENZZE - Design & Media Consulting firenzze.com Comercial GGTec Produções Impressão Unigráfica Tiragem 6.000 exemplares Fale conosco 84 99451-4142 / 99104-4561 contato@guiaviverbem.com.br

Nossa capa Dr. Paulo Eduardo Foto: Giovanna Hackradt


O PRIMEIRO SHOPPING DO POTIGUAR ESTÁ COMPLETANDO 25 ANOS DE HISTÓRIA. OU MELHOR, DE

O Natal Shopping vai celebrar essa data tão importante contando os momentos inesquecíveis que você viveu aqui. Compartilhe e conheça alguns desses melhores momentos em www.natalshopping25anos.com.br

Narinha e Túlio se encontraram pela primeira vez no shopping.

NAT-0018-16AF-210X280-Anuncio.indd 1

3/28/17 17:30


Viver bem

A turma da Korrida Maluka marcou presença em peso

Aonde você quer chegar?

N

o mês de fevereiro, o Treino Toyolex/ Viver Bem recebeu os corredores da assessoria Korrida Maluka. Foram 150 atletas que se distribuíram entre percursos de 5km a 27km pelo prolongamento da Avenida Prudente de Morais. Além dos atletas da Korrida Maluka, o treino contou também com a participação de alguns colaboradores da Unimed que participam do Programa Gente Saudável e aderiram à prática da corrida de rua. Após o treino, teve café da manhã e confraternização na Toyolex Natal. onfira as otos

Luciana Liberato, Kalyna Freire e Tatiana Jardim

8

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Homero Fernandes, no centro, rodeado por corredores da Korrida Maluka

Juliana Garcia e Risolândia Lima

Equipe Toyolex: Anderson Purificação, Felipe Leite, Renato Teixeira, Arthur Maranhão e Thiago Andrade

Angelúcia, Sônia, Risolândia, Lucélia, Raissa, Zélia, Andréia, Vera e Aline Mimimi

Os irmãos Thiago Souza, Felipe Souza, Aureliano Souza, Sávio Souza e Joselito Souza

Hélio Freire


Viver Bem

A Secretária de Turismo Mauricéia Cavalcante e as artesãs do grupo Mãos que Criam

Estrutura montada na orla de Guamaré

Andréia Adivíncula (Secretária de Meio Ambiente e Urbanismo), Mauricéia Cavalcamte (Secretária de Turismo) e Larissa Silva (Secretária de Esportes)

Juliana Garcia e Bruno Pinheiro, da Academia Summerfit

Conexão Viver Bem na Estrada

A

GUAMARÉ RECEBE UMA EDIÇÃO ESPECIAL DO EVENTO E PROMOVE LAZER E QUALIDADE DE VIDA PARA A POPULAÇÃO tividade física, alimentação saudável, tratamentos de beleza e maquiagem. Além desses serviços que já fazem parte da progra-

Edivan Barreto, Secretário de Pesca, entregando a premiação aos vencedores da regata

10

mação do Conexão Viver Bem, a edição de Guamaré contou com a participação de praticamente todas as secretarias do município, uma das características da administração do prefeito Hélio Miranda.

Participação da Secretaria de Saúde

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

A iniciativa do evento foi da Secretária de Turismo do município, Mauricéia Cavalcante. Mas cada secretaria montou o seu stand e apresentou seus serviços à população.

Turma do Fit Dance e a nutricionista Paula Medeiros

A professora Layla Danielle comandou a aula de jump


Whatsapp do Viver Bem

Desde a estreia na Band os telespectadores do Viver Bem ganharam um novo horário para assistir ao programa. Além do sábado, às 9 horas da manhã, o Viver Bem também está sendo exibido

aos domingos, às 7h30 da manhã. A produção do programa também disponibilizou um novo canal de comunicação com os telespectadores, que podem encaminhar perguntas e

@Guiaviverbem

Conectados

o nosso perfil no nsta ram se ue mostrando os bastidores das rava es, os eventos e a rotina da apresentadora Juliana Garcia. Além disso, sempre mostramos os nossos seguidores que acompanham tudo e compartilham suas fotos com a ta uiaviverbem onfiram al umas posta ens dos últimos meses

Click com Sônia Tinoco, uma das sócias do Solar Residencial Geriátrico

Entrevista com a nutricionista Andrezza Botelho

Gravamos a inauguração do Empório Döll. Na foto Fabiano Serrão, gerente geral da franquia, e Daniela Ribeiro, franquiada em Natal

Programa Viver Bem Sábado, às 9h na Band

Entrevista com a ginecologista Rossana Rebelo sobre gravidez tardia

Falamos sobre suplementação com proteínas com as nutricionistas Rayane Alves e Cristiane Ferreira, na Supplements

Turma boa na palestra "O despertar da Consciência", com Márcio Zanardo

www.guiaviverbem.com.br guiaviverbem

sugestões através do whatsapp (84) 99134-6154. A cada programa um especialista é convidado para esclarecer dúvidas dos mais variados temas.

Tvviverbem

Não estava em Natal na Semana Fit, mas acompanhei tudo pela internet e vi também a reportagem na revista. Muito bom esse incentivo ao consumo de alimentos saudáveis. Já tem outra edição agendada? Carlos Heitor, por e-mail Não conhecia o trabalho de micropigmentação de sobrancelhas da Ana Cosme e me surpreendi com a naturalidade do resultado, sem falar na localização, no Espaço América, pertinho da minha casa. Maria José, por e-mail Vocês sempre mostrando empresas que se diferenciam no mercado, como o Solar Geriátrico. Os idosos precisam demais desse atendimento completo e pelo que percebi muito amoroso também. Ceiça Belmino, por e-mail Sempre admirei o trabalho da Susan Andrews e morro de vontade de conhecer o Instituto Visão do Futuro. A entrevista nas páginas dessa revista só reacendeu esse desejo. Vamos cuidar de nós e do planeta. Jaqueline Freire, por e-mail


Foto: Hbala Films

Pergunte ao personal

Jannaína Teixeira responde

Para trabalhar todos os músculos do abdômen é preciso fazer quantas variações de exercícios por aula? Existe algum que trabalhe todos os músculos de uma só vez? Karla Nunes, por e-mail Não há um número específico de variações para se trabalhar o abdômen. Isso vai de acordo com a capacidade física e consciência corporal do aluno. Você precisa ganhar resistência e força abdominal para ir aumentando o grau de dificuldade do exercício e suas variações. Para ter a região central do corpo (core) bem fortalecida, indico alguns exercícios. • Prancha • Abdominal remador • Ponte

É verdade que o agachamento é indispensável independente do objetivo que temos com o treino? Odeio fazer agachamento e queria muito algum outro exercício para substituir. Existe? Bruna Barros, por e-mail O agachamento é um dos exercícios mais completos da musculação. Quando bem executado, só traz benefícios, independentemente de qual seja o objetivo. Não pense em deixar de executar um exercício pelo simples fato de não gostar de fazer. Pense sim nos benefícios que ele te trará. Esse exercício irá melhorar sua consciência corporal, sua flexibilidade e equilíbrio, além de ser um movimento natural do dia a dia. Portanto, se quer melhorar sua funcionalidade e garantir uma velhice mais ativa, comece agora a agachar!

Preciso emagrecer 12 quilos. Posso fazer HIIT na esteira todos os dias? Carlos Ribeiro, por e-mail Primeiramente, vamos entender o que é HIIT. Quando você treina no seu máximo, o corpo demora várias horas para voltar ao seu estado normal. Durante

12

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Formada em Educação Física plena - UERN Especialista em saúde e atividade física - UERN @jannainaqueiroz

esse tempo, o metabolismo continua acelerado e com isso mais calorias são gastas durante as próximas horas. Pessoas iniciantes, intermediárias e avançadas podem se beneficiar do HIIT, pois cada uma segue o seu ritmo. Converse com um profissional de educação física. Por ser um exercício de alta intensidade exige bastante de nosso corpo. Não deve ser praticado todos os dias, no máximo três vezes por semana, pois pode influenciar negativamente o ganho de massa muscular, assim como resultar em overtraining.

Tem dúvidas? Mande para o email produção@guiaviverbem.com.br


VENHA TREINAR NA

BODYTECH TIROL. A Bodytech oferece uma excelente estrutura, profissionais qualificados e grande variedade de atividades para toda a família. Venha conhecer! Aproveite nossos programas gratuitos para atender a sua necessidade:

BT EXPRESS

BT CLIENT

BT CARE

Para você que tem pouco tempo.

Para você que está se adaptando à academia.

Para você que precisa de cuidado especial.

MATRICULE-SE NA BODYTECH TIROL!

R. Rodrigues Alves, 930, Tirol. | (84) 3222-9000

BODYTECH.COM.BR


POR GIGI BUONORA

Como você quer

chegar aos 50?

M a r ti ns Jr Fotos:

Vida de corredor

Gigi Buonora Tri-atleta Insta: @gigibuonora_tri girleidebuonora@hotmail.com

INSPIRE-SE NESSES EXEMPLOS E COMECE A CONSTRUIR O SEU FUTURO HOJE

F

iquei muito feliz com a repercussão da minha coluna na edição passada, muita gente não acreditou que estou chegando aos 5.0 com tanta saúde e disposição. Por isso resolvi trazer duas mulheres das quais eu sou fã e que também sur-

preendem por terem chegado aos 50 anos tão bem. Cada uma com seu estilo de vida, mas com o mesmo objetivo de se manterem em forma e ativas através de hábitos saudáveis. Espero que elas inspirem todos a buscarem cada vez mais uma vida saudável.

TERESA TINOCO, EMPRESÁRIA Quando se tem 20, os 50 parecem tão distante...mas chegam... e rápido! Então, como viver bem minimizando os efeitos do passar dos anos?  Para mim, o que funciona é em primeiro lugar uma postura positiva diante da vida, atividade física e uma alimentação correta, que para mim passa longe da privação. Adoro comer e beber bem! Como atividade física faço musculação com personal três vezes por semana e uma vez escadaria ao ar livre. Tenho gostado da experiência do jejum intermitente de, no mínimo, 12 horas, o que me permite comer o que quero. Ah... uma boa dermatologista completa os cuidados que devemos ter com

14

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

INÊS LAGRECA, TRI-ATLETA

a pele! E...seja feliz! Nada pode lhe dar uma melhor aparência do que uma carinha feliz!

Chegar aos 50 anos foi mágico!!! Sou triatleta e respiro esporte e acho que com essa op o que fi na vida conse ui passar por etapas, como a menopausa, por exemplo, sem perceber. Já estou com 55 anos e a o coisas que n o fi aos 0 Tenho uma saúde e disposição perfeitas, treino todos os dias, me alimento super bem e durmo e acordo muito cedo. Sou bem feliz com a qualidade de vida que escolhi. Em maio vou fazer meu segundo Ironman e aos 60 anos espero estar melhor.


Fitness

Com Xandy do Harmonia do Samba

Palco do Carnatal 2016

Mais uma do FitDance no Carnatal

Foto: xxxxxxx

O team FitDanceRN já conta com 33 instrutores

Tem FitDance no Conexão Viver Bem

Mete Dança PROGRAMA DE AULAS DE DANÇA DINÂMICAS E DIVERTIDAS, O FITDANCE ESTÁ CONQUISTANDO CADA VEZ MAIS ADEPTOS E PROPORCIONANDO BEM-ESTAR AOS PRATICANTES

S

abia que sua vida pode ser tornar bem mais divertida através da prática da dança? Essa é a proposta do Fitdance, um programa de aulas de dança diferenciado que está fazendo sucesso em todo o país. “O FitDance utiliza uma proposta inclusiva, trabal ando com movimentos coreo r ficos modernos e métodos que facilitam a assimilação dos alunos, fazendo com que o praticante se movimente, dance e “agite” o corpo e a mente, elevando obem-estar”, explica o educador físico e a ente oficial do it ance no io Grande do Norte, Victor Mendes. O programa foi criado pelo empresário Fábio Duarte, da Agência Califórnia, em parceria com os empresários, fundadores e ex-dançarinos da 16

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Troupe Dance. Em maio deste ano, o FitDance completa um ano de trabal o no io Grande do Norte. Atualmente, 33 instrutores estão aptos a dar aulas em todo o Estado vestindo a camisa do FitDance. O programa já possui um público fiel que est presente nas aulas das academias, nos aulões e eventos que a turma do FitDance participa. São feitas também reuniões mensais para treinamentos, visando aperfeiçoar a t cnica de e ecu o coreo r fica e também aprimorar a didática das aulas. Para se tornar um instrutor FitDance o professor de dança precisa se inscrever no portal portalfitdance.com.br. “O curso é realizado aqui mesmo no nosso Estado. O objetivo é fazer com que os professores sejam

parte de uma grande empresa e com isso respeitados e valorizados. Através de cursos e metodologias analisadas, avaliadas e desenvolvidas com a proposta de promover aulas mais dinâmicas e inovadoras, o programa vai capacitando professores e fazendo com que os credenciados sejam referência”, explica Victor Mendes. SERVIÇO FitDance Insta: @fitdancern Face: facebook.com/fitdancern Agentes Oficiais RN: @victorbmendes @vitorialaurita


Fotos: cedidas

Os praticantes de corrida de rua participam de corridas na cidade

A prática do ciclismo é uma das que atraem mais colaboradores no programa

Momento numa das aulas de pilates

Gente

saudável

C

PROGRAMA INCENTIVA MAIOR QUALIDADE DE VIDA

om o intuito de gerar qualidade de vida para os seus colaboradores por meio de atividades físicas, a Unimed Natal implantou, em 2009, o Programa Gente Saudável. O programa, que passou por atualizações e cresceu ao longo do tempo, tem como principal objetivo estimular a prática de atividade física, fomentar o interesse pela promoção à saúde e prevenção de doenças, de modo a viabilizar uma vida mais saudável aos participantes. O programa é direcionado apenas a colaboradores, no entanto está em estudo um projeto de expansão das atividades para os cooperados e benefici rios Atualmente, participam e etivamente cerca de 200 colaboradores. Eles se dividem entre atividades físicas semanais em grupos de caminhada e corrida, zumba, pilates, ciclismo e ginástica laboral. “Nosso objetivo é conscientizar sobre a importância da aderência a um estilo de vida ativo e saudável, compreendido com ações voltadas a

um programa de atividade física e nutricional, visando a potencialização da saúde do colaborador nos seus aspectos biopsicossocial”, conta Ewerton Cortez, educador físico do Programa Gente Saudável. Al m disso, o pro rama promove ações pontuais, fora da Unimed, como caminhadas, passeios ecológicos e ciclísticos. “Com essas atividades, o programa chega a atingir, por ação, em média 100 pessoas - entre colaboradores e familiares”, revela a supervisora do Núcleo de Gestão de Pessoas da nimed atal, Allin reire ssas ações acontecem, no mínimo, três vezes por ano. abiano asconcelos, de anos, trabalha no setor de Produção Médica da Unimed Natal há 30 anos. Ele ingressou no programa há cerca de um ano com o objetivo de melhorar as taxas e perder peso. Já emagreceu oito quilos com a prática da caminhada e, na sequência, corrida. “O programa me ajudou a conquistar uma melhoria na qualidade de vida, me fazendo sentir bem e manter a saúde em dia, sem-

As atividades ao ar livre sempre atraem bom público

pre com acompanhamento de especialistas”, disse. Al m do re e o positivo na autoestima dos colaboradores, a supervisora de Gestão de Pessoas da Unimed Natal destaca outro efeito do programa. “Eles estão mais comprometidos e motivados no ambiente de trabalho e, consequentemente, apresentam melhores resultados e um bom relacionamento com os colegas de trabalho e gestor”, pontuou. Com isso, acrescenta Allin reire, os resultados do Programa Gente Saudável são bastante positivos. “Os colaboradores que participam ativamente têm menos adoecimento físico e mental, são mais comprometidos e têm mais satisfação no trabal o , finali ou ela SERVIÇO Unimed Natal www.unimednatal.com.br Face: facebook.com/UnimedNatal Twitter: @UnimedNatal

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

17


Compartilhando receitas Fotos: Anderson Almeida

Que tal um almoço saudável? FILÉ DE SAINT PETER COM REDUÇÃO DE LARANJA, CASTANHAS E ACOMPANHADO DE LEGUMES

A

receita dessa edição é saudável, leve e super fácil de preparar. Tanto que o nosso convidado, Anderson Almeida, não é das áreas de nutrição nem gastronomia. Jornalista e radialista, o ramo dele mesmo é a comunicação, principalmente a produção de vídeos corporativos, documentários, educativos, enfim, se or pra ravar com ele Também é apresentador do programa Sucesso S/A voltado para o empreendedorismo potiguar e comanda o blog sucessosa.com. Entretanto, cozinhar é algo que já faz parte da rotina desse comunicador, suas fotos nas redes sociais comprovam isso. “Além de procurar fazer algo sempre muito saboroso, encaro a cozinha como um divertimento responsável equilibrando os ingredientes e sempre acompanhado de um bom vinho. Até hoje nenhum convidado reclamou da minha comida”, destaca Anderson Almeida.

@Andersondealmeida

18

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Receita Ingredientes: 500g de filé de Saint Peter 300g de batata inglesa 01 cebola roxa 01 tomate grande 01 limão 01 pimentão vermelho 01 pimentão amarelo 03 colheres de sopa de azeite - até 0,5 de acidez 04 dentes de alho 08 azeitonas sem caroço 03 laranjas 100g de castanhas trituradas Sal do Himalaia e pimenta a gosto Modo de preparo: Depois de lavar o peixe, tempere com sal, pimenta, alho e regue com suco do limão (reserve). Corte as batatas em fatias com até um dedo de espessura. Corte a cebola e o tomate (sem semente) em rodelas. Faça tiras finas dos pimentões. Unte uma travessa com azeite e coloque as batatas em uma arrumação uniforme cobrindo todo o fundo da

travessa. Coloque uma pitada de sal do Himalaia sobre as batatas e um pouco de azeite. Em seguida faça uma cama com os filés de peixe e faça camadas com os legumes (cebola, tomate, pimentão). Coloque dois dentes de alho com cascas por cima (eles vão cozinhar por dentro e ficam uma delícia). Coloque as azeitonas, cubra com papel alumínio e coloque no forno pré- aquecido por 30 a 40 minutos. Em seguida, retire o papel alumínio e deixe mais 15 minutos para dourar. Redução de laranja Com o suco das laranjas leve ao fogo baixo para reduzir. O processo leva de 10 a 15 minutos, sempre mexendo. Aos poucos, o suco vai engrossando. Em um prato retire uma porção do filé, junto com os legumes, coloque a redução por cima do peixe e as castanhas. Se quiser, pode colocar um azeite por cima que sempre cai bem. Em seguida é se deliciar. Esse prato vai bem com arroz integral e uma saladinha de folhas. Bom apetite!


Beleza

Salão Vandeka Torres celebra de sucesso

Fotos: Vinicius Salgueiro

4 anos

P

ara celebrar o aniversário de 4 anos, no dia 24 de março, Vandeka Torres ofereceu um dia de beleza, em parceria com a L´Oréal, para que as clientes tivessem um atendimento diferenciado, com a consultoria técnica sobre os produtos indicados para cada tipo de cabelo. Além dos tratamentos, as clientes também foram recebidas com comidinhas saudáveis, oferecidas pela loja Supplements, e um buffet com doces, salgados e tortas de Vanessa Coutinho. O movimento foi intenso durante todo o dia e aproveitamos para fotografar as clientes que são frequentadoras assíduas do Salão Vandeka Torres.

Ricardo Victor

Equipe do salão Elza, Meire, Vandeka, Daguia, Shayene e Ana

Fadia e Sophia Rosado Carla Candiles Juliane Torres

SERVIÇO Salão Vandeka Torres Espaço América, loja 09 Av. Rodrigues Alves, 930 - Tirol (84) 3222-9769 Insta: @VandekaTorres

Eliane Morais

Aurilene Freire e Kilza Medeiros

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

19


Fotos: Vinícius Santa Rosa

Infância

A partir dos 6 meses as crianças já podem fazer natação na Academia Nad'arte

Piscina e criança N UMA COMBINAÇÃO QUE REQUER CUIDADOS

adar como forma de atividade física, para qualquer faixa etária, sempre foi uma das opções mais recomendadas por especialistas om a e plos o demo r fica em Natal nos últimos dez anos e com o consequente aumento da quantidade de prédios e casas e suas respectivas áreas de lazer, as piscinas passaram a representar também uma ameaça. “As piscinas representam risco para todas as idades, mas principalmente para as crianças menores”, observa Mara Ma-

20

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

dureira, sócia da Nad’arte, escola de natação localizada em Lagoa Nova. Saber nadar, portanto, si nifica tamb m segurança e autonomia. O afogamento causa falta de oxigênio no sangue, que afeta todos os órgãos e tecidos e cuja intensidade é determinada pelo tempo em que a pessoa fica submersa, pela quantidade e tipo de líquido que é aspirado para dentro do pulmão e pela resistência individual de cada afogado. Dependendo do período de submersão, as lesões podem ser irreversíveis.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 372 mil pessoas morrem afogadas todos os anos no mundo. O problema está entre as dez principais causas de morte de crianças e jovens em todas as regiões. Porém, em uma cidade como Natal, onde a temperatura é quente e existem muitas opções para se tomar um banho além das piscinas, como as praias e lagoas, é quase impossível se furtar a esse prazer, que faz bem ao corpo e à alma. Por causa disso, a dica é procurar, o mais cedo possível, uma escola de na-


Fotos: Vinícius Santa Rosa

“NUNCA DEVEMOS DEIXAR UMA CRIANÇA SOZINHA DENTRO OU PRÓXIMO A UMA PISCINA. NÃO IMPORTA A SITUAÇÃO, A CRIANÇA SEMPRE DEVE SER OBSERVADA QUANDO BRINCA NA ÁGUA” Mara Madureira As aulas de natação para bebês são sempre lúdicas e eles, aos poucos, vão se familiarizando com a piscina

ta o com profissionais especiali ados no ensino da natação. Um local especializado garante que a criança aprenda a nadar corretamente, evitando a automatização de erros e possíveis traumas.

ORIENTAÇÕES PARA OS PAIS

A regra básica de segurança, segundo Mara, é nunca deixar uma criança sozinha dentro ou próximo a uma piscina. Não importa a situação, a criança sempre deve ser observada quando brinca na água e no caso de casas e condomínios com piscina a segurança deve ser redobrada. s pais podem a udar seus fil os de verdade levando-os para uma escola especializada. Nos primeiros anos, o foco não é necessariamente a natação, mas sim o aprendizado sobre como sair de situações de risco, aprender a se deslocar na ua, utuar, controlar a respiração, procurar as bordas e principalmente não entrar em uma piscina sem a presença de um adulto”, explica. Outra recomendação importante é que os pais devem evitar ensinar as crianças a nadar, se de fato não tive-

rem conhecimento pleno do que estão fazendo, pois podem, com isso, causar confusões e problemas para as crianças. Toda e qualquer atividade deve ser administrada por um profissional qualificado, principalmente as que s o ensinadas para as crianças.

SEGURANÇA E QUALIDADE DE VIDA

Com o objetivo não somente de prevenir acidentes, mas também de promover qualidade de vida, a Nad’arte Natal oferece natação para bebês a partir dos seis meses de idade, natação infantil, natação para adulto iniciante ou pessoas com algum tipo de bloqueio e a natação avançada. “Também oferecemos hidroginástica, que atualmente se revela como uma das melhores atividades para gestantes, atletas (especialmente quanto à recuperação de lesões) e para pessoas com qualquer tipo de limitação, como as pessoas da melhor idade que precisam realizar uma atividade física orientada e acompanhada sem risco de quedas ou lesões”, observa Mara.

A presença dos pais na piscina garante a segurança que eles precisam nessa fase

SERVIÇO Nad’arte – Escola de Natação Rua Nascimento de Castro, 2022 Lagoa Nova - Natal/RN (84) 3206-5492 www.nadarte.com

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

21


Foto: Roberta Dijon

Odontologia

Sorriso novo de novo

T

Dra. Andréa Lira, especialista em reabilitação oral e prótese sobre implantes

PRÓTESE TOTAL SOBRE IMPLANTE PERMITE MAIS CONFORTO E SEGURANÇA PARA QUEM TEM PERDA DENTÁRIA

Por Taciana Chiquetti

er um sorriso renovado tem sido cada vez mais acessível graças aos avanços da odontologia. Além de resgatar a autoestima, a odontologia moderna busca preservar e restabelecer ao paciente a função, o conforto, a fonação, a estética. En22

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

fim, a saúde bucal de maneira inte ral Nesse contexto, um dos procedimentos cujos resultados mais impactam as pessoas é a reabilitação protética. “Por razões diversas, podemos ter perda total ou parcial dos dentes e as consequências desses acontecimentos s o amplas e a etam tanto a saúde sica

quanto emocional das pessoas”, explica a odontóloga Andréa Lira, que atende na Clínica Orale, em Petrópolis. A prótese dent ria a única solução para reverter a perda total ou parcial dos dentes. Para pessoas que estão em situação de colapso bucal, ou seja, que perderam todos os dentes, as pró-


Foto: Roberta Dijon

teses totais convencionais removíveis (popularmente chamadas de dentaduras), muitas vezes, são a primeira escolha no tratamento reabilitador. Estas próteses, mesmo quando feitas com respeito a todos os princípios t cnicos e cient ficos, n o s o totalmente capazes de proporcionar conforto e segurança para boa parte de seus usuários. Uma das reclamações relacionadas às dentaduras é a possibilidade de caírem enquanto a pessoa está falando. Além disso, ela precisa ser removida da boca para a limpeza após uma refeição, o que, muitas vezes, causa constrangimento. m resposta a estas dificuldades, sur em as próteses totais fi adas ou retidas por implantes dentários como uma alternativa aos pacientes que são usuários das próteses totais convencionais As próteses fi as ou retidas por implante trazem muitos benefícios”, diz Dra. Andréa, que é especialista em reabilitação oral e possui uma sólida experiência com esse tipo de tratamento.

REABILITAÇÃO DE SUCESSO

A especialista destaca que o êxito de uma reabilitação protética depende de um bom planejamento. “Começamos com uma minuciosa consulta na qual são avaliadas as condições de saúde do paciente e as caracter sticas relacionadas ao tratamento propriamente dito. As próteses sobre implantes podem ser fi as ou remov veis os implantes ajudam apenas na retenção das mesmas). A escolha por um tipo ou outro depende de diversos fatores a

Prótese total fixa superior

Prótese total fixa inferior

serem avaliados: aspectos anatômicos da cavidade bucal, quantidade de osso remanescente, aspectos estéticos, fonéticos e de higiene”, esclarece. A partir dos dados coletados nos exames clínicos e de imagem (tomorafia , o paciente recebe todas as informações sobre as possibilidades de tratamento para o seu caso, principalmente as vantagens e desvantagens de cada opção protética indicada para o tratamento (tipos de próteses e tipos de materiais que podem ser usados), assim como todo o esclarecimento sobre a ase cirúr ica o momento de tirar dúvidas Com isso, o paciente se sente mais seguro para escolher o procedimento e para passar pelo processo com o acompanhamento atencioso e personalizado de Andréa e sua equipe. “Após o planejamento, o tratamento sempre começa com a confecção de uma prótese convencional removível, que será duplicada para servir como uia para a reali a o da tomo rafia para a instalação dos implantes e será usada ainda como prótese provisória”, esclarece a especialista. Geralmente, as reabilitações de todos os dentes com implantes são realizadas em dois est ios cirúr icos o primeiro para a instalação dos implantes e o segundo, de três a seis meses depois da instalação, para a reabertura e confecção da prótese fi a sobre implantes propriamente dita. “Apesar dessa opção ter um alto índice de sucesso, necessita de um tempo de tratamento maior, o que causa desconforto e ansiedade em alguns pacientes. Então, sempre que

possível, tem-se aplicado o protocolo de único est io cirúr ico prot tico, também conhecido como carga imediata. Desta forma, conseguimos proporcionar mais conforto e satisfação, uma vez que há redução do tempo entre a cirurgia para instalação dos implantes e o tempo de instalação da prótese, podendo esta ficar fi a aos implantes em até 24 horas depois do ato cirúr ico , complementa Andr a Além de ganhos psicológicos, como o de autoestima, muitas limitações funcionais são reduzidas quando se volta a sorrir “de orelha a orelha”: a capacidade de engolir e mastigar, cujas consequências também são positivas para seu processo alimentar e nutricional, e a de falar, resgatando sua capacidade de comunicação. Um sorriso renovado com uma estética natural impacta diretamente na qualidade de vida das pessoas. SERVIÇO Andréa Fabiana Lira Especialista em Endodontia - UFRN Especialista em Reabilitação Oral UFRN Aperfeiçoamento em prótese sobre implantes - UFRN Imersão em prótese sobre implantes - ILAPEO Voluntária em projeto de extensão em prótese sobre implantes - UFRN Orale Odontologia Personalizada Av. Campos Sales, 632, Petrópolis (84) 3211-4522

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

23


Odontologia

I Congresso Sistemas Ertty CONFIRA AS FOTOS DO EVENTO QUE DISCUTIU OS NOVOS HORIZONTES DA ODONTOLOGIA INTEGRADA

N

atal foi palco, nos dias 16, 17 e 18 de março, de um grande evento na área da odontologia com a realização do I Congresso Sistemas Ertty, que reuniu centenas de profissionais e estudantes no Hotel Holiday Inn para falar sobre a odontologia integrada e seus novos horizontes. Durante toda a programação cient fica, que contou com participação de renomados palestrantes do Brasil e de outros países, foram apresentados novos caminhos para uma odontologia de excelência, baseados em um diagnóstico preciso por meio de tomo rafias computadorizadas e mecânicas ortod nticas que in uenciam os tratamentos multidisciplinares. “Esta abordagem permite uma maior previsibilidade dos tratamentos, menores custos biológicos, chegando a 99% dos casos tratados sem extração de pré-molares, menor tempo de tratamento e maior integração com as outras especialidades”, disse Raniere Sousa, ortodontista natalense da Clínica Vicente de Paula e presidente do congresso. 24

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Ertty Silva, criador do Sistema Ertty

Rodrigo Souaa, Raniere Sousa, Vicente de Paula, Ricardo Sousa e Ertty Silva

Self da turma para celebrar o sucesso do evento

Claudine Revoredo, Daniela Malta, Ginna Gonçalves

Raniere Sousa, Claudine Revoredo, Luciana Kayser, Ertty Silva

Raniere Sousa, a Miss Paraíba e Ertty Silva

Sérgio Pinho, Ertty Silva, Raniere Sousa, Cláudio Pinho

Equipe de Natal: Rodrigo Sousa, Claudine Revoredo, Daniella Fiod, Raniere Sousa com Ertty Silva


Saúde

Mais que uma

ótica ATENDIMENTO PERSONALIZADO COM FOCO TOTAL NA QUALIDADE É UMA DAS MARCAS DA BODHEGA ÓPTICA

T

er o receituário em mãos após a consulta com o oftalmologista é o primeiro passo para escolher os óculos novos. As próximas etapas incluem a escolha da armação e lentes, o que pode parecer simples, mas, diante de tanta variedade disponível no mercado, o processo exige alguns cuidados, já

Sócias empresárias Concita Costa e Claudinete Gomes

Ambiente intimista para receber os clientes com conforto

que a saúde dos olhos precisa vir em primeiro lugar. A Bodhega Óptica alia os melhores produtos do mercado com a experiência de mais de 25 anos da consultora esteta óptica Concita Costa, que oferece um atendimento diferenciado para os clientes que chegam para escolher seus óculos. "Muitos clientes me procuram porque sabem que vão ter a orientação certa na escolha da armação e lentes, proporcionando sempre qualidade de visão, seguindo sempre a orientação prescrita pelo seu oftalmologista", explica Concita Costa, sócia da Bodhega Óptica. Outro diferencial da empresa é que ela conta com um técnico óptico para proporcionar mais segurança aos seus clientes e mais qualidade nesse processo.

A Bodhega Óptica conta com técnico óptico e laboratório computadorizado

SERVIÇO Bodhega Óptica Rua Açu, 520 - Loja 05  -  Tirol Natal/RN   (84) 2030-5036 www.bodhegaoptica.com.br  @bodhegaoptica

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

25


“UM NARIZ BEM FEITO TEM QUE SE ADEQUAR AO PACIENTE, RESPEITANDO AS CARACTERÍSTICAS DE SEU ROSTO, ALÉM DE MANTER O BOM FUNCIONAMENTO RESPIRATÓRIO” Dr. Paulo Eduardo 26

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Foto: Giovanna Hackradt

Capa


Harmonizando

o

nariz

CONHEÇA AS ETAPAS NECESSÁRIAS PARA A PLÁSTICA DE NARIZ DE SUCESSO

P

Por Taciana Chiquetti

opularmente conhecida como “plástica de nariz”, a rinoplastia é a cirurgia estética da face mais realizada atualmente no Brasil. Entre todas as cirurgias estéticas, encontra-se em terceiro lugar em termos de procura, perdendo apenas para lipoaspiração e prótese de mama. Milhares de pessoas estão interessadas em melhorar a aparência de seus narizes, porém é importante esclarecer que, como se trata de um órgão pequeno e de destaque no rosto, a rinoplastia requer muitos detalhes para ser executada com sucesso. É o que explica o médico otorrino, especialista em cirurgia de nariz e procedimentos na face, Dr. Paulo Eduardo. “Um nariz bem feito tem que se adequar ao paciente, respeitando as características de seu rosto, além de manter o bom funcionamento respiratório. Todo nariz é diferente um do outro e, portanto, exige abordagens diferentes e personalizadas. Considero isso a chave para o sucesso da rinoplastia”, explica o médico com 20 anos de experiência. Ele coleciona pacientes satisfeitos não somente no Rio Grande do Norte, mas também em outros estados e em outros países, tanto que os pacientes o chamam carinhosamente de o “mago” do nariz. É o caso de Andréia Parrales, que mora no Canadá há 12 anos e passou pelo procedimento pelas mãos de Dr. Paulo. “Sempre tive um complexo muito grande com meu nariz. Desde criança, sabia que era questão de tempo para que eu pudesse ‘corrigir’ o que me incomodava. Entretanto, o medo da cirurgia e da anestesia junto com o estigma do ‘nariz de plástica’ sempre me fez adiar o sonho e até mesmo repensá-lo. Tomei coragem e mandei um e-mail pra clínica dele perguntando sobre o procedimento unca me senti t o se ura com um profissional da saúde quanto com Dr. Paulo. Ele me orientou a fazer uma bateria de exames médicos, os quais são importantes antes da cirurgia. Dr. Paulo Eduardo não apenas faz a plástica, ele é também um excelente otorrinolaringologista e conserta tudo no momento da cirurgia”, relata ela, que viajou de Toronto, no Canadá, até Natal para realizar a cirurgia.

“NUNCA ME SENTI TÃO SEGURA COM UM PROFISSIONAL DA SAÚDE QUANTO COM DR. PAULO” Andréia Parrales

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

27


ETAPAS PARA UMA RINOPLASTIA DE SUCESSO Para garantir um procedimento bem-sucedido, com pacientes satisfeitos, o segredo, segundo ele, é seguir criteriosamente algumas etapas. O primeiro passo é a consulta pré-operatória detalhada, com avaliação da estética e da função nasal. O especialista deve reproduzir ao máximo o que o paciente almeja, sempre procurando adequar o nariz à face do paciente, harmonizando-a, isto é , não fazer o mesmo nariz para todos os pacientes. Em seguida, é feita uma análise facial, análise do tipo de pele, além da escuta do paciente, a parte mais importante do processo. “Depois explicamos toda evolução do pós-operatório e entregamos as informações escritas da evolução pós-operatória”, explica. A próxima etapa é a realização dos exames pré-operatórios: exames de sangue, avaliação cardiológica e 28

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

exames radiológicos, além das orienta es finais pr operatórias e um, horário de internamento, duração do procedimento, entre outras). No dia da cirurgia, faz-se uso de medicação pré-anestésica para reduzir ansiedade, medo e oferecer mais conforto e segurança para o paciente. a reta final do processo, a se o acompanhamento pós-operatório, com a remoção dos curativos, as consultas de retorno, mais orientações e procedimentos complementares para harmonizar a face, tais como Botox, preenchimentos, contorno facial. As estatísticas sobre a quantidade de pessoas que buscam a cirurgia confirmam que uma mudan a nesta parte da face pode trazer uma série de bene cios, que altera si nificativamente o equilíbrio do rosto. “O nari a caracter stica mais definidora da face. Uma pequena alteração pode melhorar muito a aparência, fazendo realçar a beleza e melhorando a autoestima”, explica o médico. Além de

“ESTOU PRESTES A COMPLETAR TRÊS MESES DA CIRURGIA QUE MUDOU MINHA VIDA, MINHA AUTOESTIMA E ME FEZ TÃO REALIZADA. TIVE O RESULTADO QUE SEMPRE SONHEI, ALÉM DE ESTAR RESPIRANDO MUITO MELHOR” Marcella Correa


melhorar aspectos estéticos, a plástica de nariz também deve considerar o aspecto uncional respira o o mesmo procedimento cirúr ico é possível, por exemplo, fazer alterações internas, como o desvio de septo. Com isso, o paciente tem ainda mais ganhos”, frisa Dr. Paulo. “Sempre tive a intenção de fazer rinoplastia, mas não sentia segurança em nen um profissional que pesqui sei, pois reprovava aqueles resultados artificiais de ter um nari em que as pessoas percebessem que havia uma interven o cirúr ica bem no meio do seu rosto. Já havíamos cogitado realiar a mentoplastia cirur ia do quei xo) junto com a rinoplastia e durante a consulta ‘batemos o martelo’ para os dois procedimentos. Segui todas as orientações e fui para a cirurgia.

Diferenciais de um profissional que dedicou a vida à rinoplastia

Dr. Paulo Eduardo

Toda a equipe dele, muito simpática e solícita, me deixou ainda mais calma. Na cirurgia ocorreu tudo tranquilo, acordei como se fosse de um sono habitual, fui encaminhada para a sala de recuperação e em seguida para o quarto do hospital, sem dor, respirando muito bem e com poucos hematomas. No dia seguinte, tive alta”, conta Marcella Correa, que veio de São José dos Campos, em São Paulo, somente para a cirurgia. Ela passou por mais duas consultas para a retirada dos pontos e curativos e, depois de oito dias, nem parecia que há quase uma semana estava em um centro cirúr ico odos que acompan aram ficaram perple os com a minha recuperação. Não tive quase inchaço, o que é comum nessa cirurgia”, lembra ela, que fez a cirurgia há cerca de três meses.

Um dos diferenciais de Dr. Paulo Eduardo é ter dedicado sua vida acadêmica à cirurgia nasal, especificamente rinoplastia, o que é fundamental para o conhecimento profundo desse tão nobre órgão localizado no centro da face. Para contínua atualização, o Dr. Paulo Eduardo frequenta, pelo menos duas vezes ao ano, congressos na Europa e Estados Unidos relacionados ao tema rinoplastia. “Os tampões nasais também não são utilizados. O paciente sai respirando normalmente após a cirurgia e, em uma semana, retoma suas atividades cotidianas”, destaca o especialista. O procedimento geralmente começa pela manhã e, no máximo em 24 horas, o paciente já recebe alta. O pós-

SERVIÇO Dr. Paulo Eduardo (84) 3021-9220 – 99124-8748 (Whatsapp) drpauloeduardonatal@gmail.com @dr.pauloeduardo www.drpauloeduardo.com Natal Hospital Center – 1º andar / Av. Afonso Pena, 754 – Tirol

cirúrgico é praticamente sem dores. Os resultados já começam a ser vistos a partir dos três meses do procedimento. Um bom resultado, segundo ele, é o mais natural possível e a rinoplastia consegue atingir esses efeitos consistentes, um nariz que se adequa às características da pessoa. “Escutamos o que o paciente deseja e chegamos a um consenso do que pode ser realizado. Desta forma, conseguimos resultados realistas e com naturalidade”, diz. Alguns fatores importantes a serem considerados nas discussões com o cirurgião, antes de optar pela rinoplastia, são o tipo de espessura da pele, etnia e idade.

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

29


Fotos: Roberta Dijon

Estilo de vida

25% da área do Bosque da Praia são destinados ao lazer e preservação ambiental

Bosque da

Praia O PARAÍSO À BEIRA-MAR DE JACUMÃ

I

magine um lugar dos sonhos, quase inacreditável nos dias atuais, um condomínio fechado, na beira da praia, com muita segurança, conforto e integração total com a natureza. Tudo isso é real, está pronto e se chama Bosque da Praia, o maior e mais desejado empreendimento imobiliário residencial horizontal do Rio Grande do Norte, com conceito “pé na areia”, na paradisíaca praia de Jacumã. O Bosque da Praia faz parte da ousadia da Ecomax, a grife do mercado da construção civil que imprime padrão elevado em suas obras. O empreendi30

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

Um verdadeiro clube a beira mar e pronto para construir

mento foi entregue aos clientes no dia 8 de abril de 2017, com uma grande festa para o mercado, clientes e convidados. Por se tratar de um projeto único, padrão classe A, 90% dos 197 lotes disponibilizados foram vendidos e a disputa pelas oportunidades remanescentes só aumenta. Isso porque esta é uma grande chance de possuir uma casa à beira-mar, com infraestrutura e segurança. São muitos os atrativos que tornam o Bosque da Praia um verdadeiro clube exclusivo numa das praias mais lindas e valorizadas do Estado. O projeto contempla piscina infantil, piscina com

raia, deck molhado, salão de jogos, salão de festas, espaço gourmet, espaço de massagem, ofurô, quadras de tênis e poliesportiva, espaço para academia de ginástica, pista de caminhada ou ciclismo e trilhas ecológicas numa grande área verde de preservação ambiental. Além da natureza já preservada, a Ecomax plantou mais de duas mil árvores no Bosque da Praia, que tem 25% do território de 161.974 m2 destinados ao lazer e à preservação ambiental. O projeto arquitetônico é assinado pelo arquiteto Fabiano Pereira, que valorizou a vista para o mar e a ampla área verde, mantendo o foco sempre no conforto e


Fotos: Roberta Dijon

Acesso exclusivo à praia

A guarita de entrada foi equipada com recursos tecnológicos para reforçar a segurança

Quadras de tênis e poliesportiva

segurança. A localização estratégica, a 25 minutos de Natal e com acesso pela BR 101, também é outro atrativo.

gurança 24h nos 365 dias do ano. As guaritas são equipadas com recursos tecnológicos avançados que incluem também cerca elétrica nos muros. Diante da escassez de oportunidades imobiliárias do gênero, a Ecomax n o encontrou dificuldades na comer cialização do empreendimento e está comemorando o resultado. “O Bosque da Praia é um excelente investimento em qualidade de vida. Vendemos um conceito, entregamos qualidade e temos clientes sempre satisfeitos”, explica o gerente comercial da Ecomax, Fernando Loiola.

PROJETO E CONSTRUÇÃO TÊM PADRÃO DA GRIFE ECOMAX As obras do Bosque da Praia seguiram o padrão de qualidade da Ecomax, especializada na construção de grandes condomínios horizontais, com imagem de respeito e confian a consolidada no mercado de Natal e João Pessoa. Além do elevado investimento nos acabamentos de primeira linha, a Ecomax investiu

na construção de uma estação de tratamento de esgoto própria e de uma guarita de entrada equipada com recursos tecnológicos para reforçar a segurança. O condomínio busca valorizar o resgate do convívio com a natureza usando madeira de eucalipto certificada, o ertando em suas 197 unidades (lotes de 375 a 708,75 metros quadrados) espaços planejados para construção de casas. Ser morador do Bosque da Praia é ter a certeza da segurança e da tranquilidade para desfrutar do veraneio o ano inteiro. O Bosque da Praia conta com acompanhamento privado de se-

SERVIÇO

ECOMAX Em atividade desde 1993, a Ecomax é uma construtora que coleciona um portifólio de empreendimentos de sucesso e exclusivos, com ênfase nos condomínios horizontais de elevado padrão. Entre as obras no RN, destacamse o Bosque dos Pássaros, Bosque das Flores, Bosque das Palmeiras, Bosque dos Poetas, Vila Maria (Pirangi/RN), Bosque do Coqueiral (Pium) e o Vila Flor (Pium). Na Paraíba, a Ecomax entregou

Ecomax o Bosque das Orquídeas, Bosque das Gameleiras e Bosque de Intermares. Além dos projetos horizontais, há empreendimentos verticais de sucesso como o Terraço Residence (Pirangi/ RN) e o Residencial Renascença, Torres Siena, Florença e Veneza (PB). Há 24 anos, a Ecomax faz história pelos diferenciais que aplica em seus empreendimentos. O Bosque da Praia é um deles.

Natal: Rua Paulo Barros de Góis, 1840, Ed. Miguel Seabra Fagundes – 17º andar (84) 4005-0800 João Pessoa: Diógenes Chianca, 955 – Água Fria, BR 230 - KM 21 (83) 4009-4050 Face: facebook.com/ecomaxemp/ Insta: @ecomax.eco

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

31


Entrevista

Para Therezinha Ebert as rugas e os cabelos brancos são sinônimos de suas conquistas

Envelheça sem medo

A EXPERIÊNCIA DE VIDA E AS SUGESTÕES DE THEREZINHA EBERT, PSICÓLOGA EM EXERCÍCIO MAIS IDOSA DO BRASIL

E

la tem 85 anos, mora e trabalha em Lisboa, em Portugal. É psicóloga, especialista em terapia cognitiva comportamental e bastam alguns minutos de conversa para se contagiar com a vontade de viver, de aprender e descobrir coisas novas que ela tem. Therezinha Ebert é paulista, já viajou para Índia, Egito, Nepal e países europeus estudando suas culturas e participando do seu cotidiano. Mudou-se para Natal em 2009 e há dois anos, após en rentar a dor de perder um fil o, decidiu cru ar o oceano e construir uma nova vida em Portugal. Numa curta temporada em Natal, a psicóloga em exercício mais idosa do Brasil ministrou palestras, desenvolveu oficinas sobre ardina em terapia, outra rande pai o da sua vida, reali ou atendimentos individuais e se movimentou muito. Nessa entrevista para a Viver Bem em Revista falou sobre medo, movimento, tecnologia e deu dicas para que os idosos possam acessar sua força vital e, assim, serem livres e viverem bem.

32

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017


Chegar à velhice faz parte do ciclo natural da vida e é sinônimo de que a pessoa viveu todas as etapas. Na sua opinião, por que tanta gente ainda tem medo de envelhecer? O medo de envelhecer está ligado ao medo de morrer. Nós humanos temos um grande medo, que é o medo da morte e ele se apresenta em pequenos medos como, por exemplo, medo de cair, medo de altura, medo de doença, medo de avi o A morte o rande medo e a grande certeza. Muitas pessoas têm a crença de que a morte é terrível, pois você vai sufocar. Na verdade, tem gente que vive su ocada a vida inteira, n o Eu costumo dizer que você morre como vive e voc vive pacificamente, vai morrer em paz. A pessoa que vive com muita angústia, com muito medo, vai morrer angustiada, amedrontada. Se você vive com leveza, desapego, vai morrer levemente, tranquilamente. Nossa vida é um processo contínuo que inclui a morte. E como vencer esses medos? O medo tem que ser útil para proteger a vida, mas em dose muito pequena. É preciso se livrar do medo excessivo. Quem tem medo vive pela metade. Quanto mais medo, menos vida. O conhecimento tira muitos medos. Por exemplo, se você tem medo de via ar de avi o, mas se in orma sobre as estatísticas de que ele é o meio de transporte mais seguro que existe, que os acidentes acontecem numa propor o m nima em rela o quantidade de voos, vai ficar mais cil vencer o medo. Uma coisa que também nos tira o medo é o amor, é se abrir para o mundo, para o conhecimento, para o prazer.

“O MEDO DE ENVELHECER ESTÁ LIGADO AO MEDO DE MORRER. NÓS HUMANOS TEMOS UM GRANDE MEDO, QUE É O MEDO DA MORTE E ELE SE APRESENTA EM PEQUENOS MEDOS COMO, POR EXEMPLO, MEDO DE CAIR, MEDO DE ALTURA, MEDO DE SANGUE, MEDO DE AVIÃO... A MORTE É O GRANDE MEDO E A GRANDE CERTEZA.”

Quando o assunto é estética e beleza, principalmente as mulheres têm dificuldade de aceitar que estão envelhecendo e iniciam uma busca incessante pela juventude. Até que ponto isso é saudável? A sociedade criou essa coisa do glamour do “ser jovem”. E a que as pessoas recorrem? Ao bisturi , ao Boto , as tinturas, que s o coisas que v o contra a gente. A amônia, por exemplo, intoxica o cérebro; o bisturi, quando utilizado em excesso, deixa você feio, deformado; e o Botox paralisa o rosto. Todos nós envelhecemos. Ser jovem a todo custo para agradar a quem? As ru as s o conquistas, os cabelos brancos também. Valorizem isso! Atividade física regular é uma das principais recomendações da Organização Mundial de Saúde para quem busca longevidade. Infelizmente, muitas pessoas ainda não se conscientizaram da importância desse movimento. Natal, inclusive, é considerada uma das capitais mais sedentárias do país. O que as pessoas podem fazer para vencer essa barreira que você chama de preguiça mortal nas suas palestras? Você precisa ter conhecimento. As pessoas di em eu n o vou caminhar porque tenho preguiça mortal”. ois ent o saiba que voc vai envel ecer e morrer mais rapidamente por falta de se movimentar. Aqui em Natal temos praias maravilhosas, águas mornas, n o precisamos de a asal os, essa preguiça mortal tem que ser vencida. A pessoa tem o desejo de mudar, mas tem preguiça. O fato de Natal ser sedentária é, na min a opini o, alta de educa o, de conhecimento. Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

33


idoso vai se deprimindo. Se a pessoa idosa estiver buscando a liberdade, ela não vai aceitar a opressão da família. Os paradigmas obsoletos do envelhecimento: 1 - O idoso é um doente. Então tem que tomar remédio que lhe complicam mais a saúde. 2 – O idoso não sabe tomar decisão 3 – O idoso precisa de cuidados (superproteção) É preciso respeitar os idosos e quebrar esses paradigmas que não cabem mais nos nossos dias. A jardinagem terapia contribui para a longevidade da psicóloga

À noite, enquanto você dorme, o sistema linfático vai fazer a faxina no organismo e, para que isso ocorra bem, é preciso se movimentar. Como a linfa não tem motor como o coração, o músculo vai lá e impulsiona e a faz caminhar. Se qualquer pessoa entender que, se ela se movimentar, ela vai envelhecer mais devagar, pois a linfa vai ajudar a liberar as toxinas do corpo, é mais fácil que ela faça exercícios. Outro ponto que atrapalha bastante é que as pessoas hoje também preferem ficar na internet e o presencial est se extinguindo. As pessoas usam mal a tecnolo ia e ela fica contra voc Os idosos estão tendo que aprender muitas coisas para conviver com esse novo mundo digital. Mas alguns ainda relutam em aceitar tais mudanças e têm verdadeiro pânico de tudo que remete à tecnologia. O que fazer nesses casos? O idoso não nasceu com essa aprendizagem, é preciso aprender. Se você pedir a jovens e crianças, eles podem ajudar. Alguns são impacientes e dizem: "você não entende nada disso”. Peça ajuda a quem sabe e quer gentilmente 34

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

ajudar. Ou, então, vá fazer um curso de computação para idosos. É preciso perder o medo do computador, da internet. Estamos envelhecendo num mundo muito diferente do que já foi. Por exemplo, a pessoa idosa pode dizer: "imagina se vou apertar um botão e pedir um Uber?" Vai sim! É muito mais fácil e tranquilo que dirigir um carro Quando a pessoa vai envelhecendo é natural que uma pessoa mais jovem da família, geralmente os filhos, assuma a responsabilidade por sua vida e o idoso passa a não ter mais vontade própria. O que fazer para que essa relação seja harmoniosa e o idoso seja respeitado nas suas vontades? Eu repito muito uma frase: “Vós que por aqui passai, passai ao largo, porque na minha idade eu tenho direito a solidão e ao silêncio”. O idoso merece respeito e reverência por tudo que ele viveu. É preciso dar voz ao idoso e ouvir o que essa pessoa dese a comum os fil os resolverem tudo sem perguntar nada. O idoso vai ficando quieto, as pessoas v o saindo para trabalhar e para se divertir e o

Aos 85 anos, você leva uma vida independente e autônoma. A sociedade não enxerga que pessoas dessa idade possam ter esse estilo de vida. A que você atribui essa conquista do seu modo de viver e que sugestões daria para quem quer envelhecer bem? Não tem receita. Não tem manual de instrução. Como somos pessoas individuais, né? Quais foram meus princípios? Primeiro, trabalhar. Segundo, o contato com a natureza, depois perder o medo e buscar a liberdade. Sou uma pessoa com muitos desejos e curiosidade. Eu sempre falo para as pessoas que eliminem os pós brancos como o açúcar, sal, farinha branca, cocaína. Vivam com muita curiosidade, respeitando o próprio corpo, tomando seu suco verde, sem preguiça mortal. Não fique mo ando, movimente se eia, dance, ande com pessoas mais jovens, procure prazeres na vida compatíveis com sua idade, cuide do seu interior, ouça músicas, componha poesias, distribua o que você adquiriu na vida e percebeu durante seu tempo. o fique se uindo padr es omos pessoas individuais e somos mais interessantes do que imaginamos.


Dicas de vida

POR TACIANA CHIQUETTI

P

arece que o mundo que construímos não aceita a originalidade, a diferença, a essência. Parece que assumir-se, na concepção mais ampla da palavra, é uma afronta. Talvez Freud estivesse com a razão quando sentenciou: “o que te afeta no outro é teu”. O ser humano rejeita no outro o que intimamente vivencia em si e não tem coragem – ou condições internas – de assumir. Parece que é proibido ser diferente. Gostar, fazer ou querer simplesmente o que se quer. O senso comum, muitas vezes, é um juiz tirano que rouba a alma. Ninguém pode mais ter convicção em seus próprios valores, caso eles, de alguma forma, fujam do “convencional’: ser sensível em um mundo onde “somente os mais fortes sobrevivem”; chorar em um filme, sem ol ar para o lado para conferir se tem alguém observando; vestir combinações inusitadas; viver a sexualidade da maneira que se sente; escolher o trabalho sonhado porque ele “não dá dinheiro”; desejar pouco e satisfazer-se com isso... Ser peregrino e não turista. Assumir se ser fiel a si mesmo eal

a um sentimento poderoso de estar no lugar certo, fazendo e desejando na medida em que faz sentido e recebendo o suficiente para ser eli Assumir se se comprometer com seu próprio bem-estar e, a partir disso, multiplicar felicidade para o outro. Não é, entretanto, viver sem censura, invadir o medo alheio e ferir o ponto que fere alguém. Mas sim a liberdade de fazer o que precisa ser feito. Para chegar ao aconchegante patamar de ser fiel a si mesmo necess rio, primeiramente, ouvir o que sua voz interna diz. É aquele sinal que faz você se sentir à vontade em um caminho e não em outro. Depois, reconhecer a sua posição existencial no ambiente em que vive e como peça fundamental ao universo. Quando esses aspectos s o identificados, dificilmente voltamos a aceitar seguir uma correnteza ou ser mais um “boi marcado na boiada”. Passamos a querer seguir nosso próprio ritmo, nosso próprio caminho e traçar nosso próprio destino. sso n o si nifica debandar, e cluir ou se excluir, mas respeitar limites, desejos e valores: conquistar a si mesmo. Quem conquista a si mesmo atrai, desperta, estimula, incentiva, torna-se exemplo. Exala a energia da paz interior, da alegria satisfeita, do entusiasmo seguro e do amor-essência.

Apoio on line Quem está fora do Brasil, em uma experiência de intercâmbio ou trabalho, pode passar por dificuldades de adaptação à cultura ou sentir saudades de

Foto: Canindé Soar es

Seja fiel a si mesmo

Taciana Chiquetti Psicóloga tacychiquetti@hotmail.com

DICAS DE LEITURA

O Livro das Emoções Autora: Bel Cesar Editora: Gaia A autora nos convida a questionar as convicções profundas que alimentamos a respeito de nós mesmos e a aceitar o desafio de acolher irrestritamente todas as nossas emoções sem as rotular como boas ou ruins. E é desse modo que vergonha, frustração, autossabotagem e autoestima, irritação, medo, morte e luto são temas visitados. Bel Cesar nos inspira a recuperar a confiança básica na essência pura da mente por meio da constante abertura, confiança e coragem para olhar com entendimento e compaixão tudo com que deparamos em nossa vida. Há também indicações de meditações que farão o leitor se familiarizar com os estados positivos da mente.

casa. Situações comuns que, muitas vezes, precisam de apoio psicológico para tornar mais fácil essa experiência internacional. O atendimento psicológico on line pode ajudar nesses casos. Saiba mais: www. artpsi.com.br

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

35


Artigo

Incentivos fiscais de hospitais QUAL O DESTINO DESTES RECURSOS APÓS A REFORMA TRIBUTÁRIA DE 2016?

C

Por Noel Bastos

om as recentes propostas encaminhadas pela Prefeitura da Cidade do Natal à Câmara, no segundo semestre de 2016, o Executivo pretende impulsionar a arrecadação no corrente exercício (ano) de 2017. As mensagens elaboradas pelo chefe do Executivo e encaminhadas ao legislativo municipal com as respectivas propostas de minirreformas do Código Tributário Municipal possuem motivações idênticas, como a “necessidade” de aumentar a receita de tributos na capital em face da conjuntura econômica brasileira, ainda em estado frágil, como é sabido por todos. uanto aos impactos fiscais na rea da saúde (pública e privada), pretendese revo ar retirar bene cios fiscais da ordem de 10 milhões de reais, uma vez que as mensagens se fundam na pretensão de aumento indispensável de arrecadação de ISS (Imposto sobre Serviços), que os hospitais deixam de pagar em face dos incentivos conce36

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

didos, cuja repercussão econômica é sentida nos faturamentos dessas pessoas jurídicas e, por consequência, nos bolsos dos pacientes/consumidores, enquanto destinat rios finais de tais serviços de irrecusável essencialidade para o bem-estar da população da Cidade do Natal. Portanto, juridicamente, a medida de revo a o beneficia apenas o esouro Municipal, porquanto as pessoas jurídicas hospitalares terão de repassar os impactos econômicos desses novos custos fiscais para os pacientes consumidores dos serviços privados de saúde. or m, inda a se onde fica o dever constitucional de reutilizar na saúde pública o excedente de arrecadação de ISS sobre hospitais, após a revo a o desses bene cios fiscais do setor privado, meus ilustres leitores? A rigor, não há esse dever de empregar a arrecadação a maior de ISS. Explica-se: a Prefeitura tem somente o dever jurídico de aplicar o mínimo exigido pela Constituição Federal na saúde e nada mais. C’est la vie!

Foto: cedida

Noel Bastos é advogado tributarista, escritor e Mestre em Direito pela UFRN


Foto: Neto Severino Alves

Responsabilidade Social

Em março desse ano, a Neurinho organizou o Purple Day, na Via Costeira. Uma caminhada pela conscientização sobre a epilepsia

Você conhece a

Neurinho?

ASSOCIAÇÃO SEM FINS LUCRATIVOS ACOLHE FAMÍLIAS DE CRIANÇAS E ADOLESCENTES COM PATOLOGIAS NEUROLÓGICAS CRÔNICAS

A

Neurinho é a Associação de Crianças e Adolescentes com Patologias Neurológicas Crônicas do Rio Grande do Norte. Uma iniciativa de Dra. Mércia Bezerra, neurocirurgiã pediatra com especialização em doenças neurológicas que se sentiu sensibilizada ao ver de perto a precariedade e a falta de estrutura dos órgãos de saúde para auxiliar os pais e responsáveis pelas crianças com doenças neurológicas no ambulatório do Hospital Infantil Varela Santiago e motivou pais, alunos e toda a equipe médica a criar esta associação. em fins lucrativos, a associa o conta também com o apoio de diversas instituições que colaboram com essas necessidades, entre elas a equipe do Hospital de Pediatria - HOSPED, que busca cada vez mais acolher as famílias de crianças e adolescentes com patolo ias neuroló icas cr nicas a fim de

orientar e evitar o desânimo e buscar o fortalecimento no dia a dia. Na época da fundação, a Neurinho atendia apenas crianças com mielomeningocele, hidrocefalia e paralisia cerebral. Ao longo dos quase 14 anos, com uma grande demanda, abraçou a causa de doenças neurológicas crônicas. Diante do aumento de algumas patologias, como a mais recente da microcefalia, foi necessária a união dessas famílias em busca de conhecimento e empoderamento para enfrentar, além das dificuldades di rias, a alta de apoio e respeito aos seus direitos básicos de assistência à saúde, educação, lazer, acessibilidade e cidadania. Entre os trabalhos desenvolvidos está a realização mensal de reuniões no auditório do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), onde são oferecidas palestras visando trazer alegria, entrosamento e melhor qualidade de vida aos associados e suas famílias. A

Neurinho incentiva ainda a prática de esportes e engajamento na luta contra a discriminação através da disseminação do conhecimento. A Neurinho atende hoje mais de 100 crianças e adolescentes associados com patologias neurológicas crônicas em 26 municípios do RN, em sua grande maioria famílias de baixa renda, mães solteiras etc. A Neurinho almeja uma sede onde possa realizar atendimentos e fornecer o amparo e assistência que estas crianças e adolescentes precisam. Por isso, sua ajuda é muito importante. SERVIÇO Neurinho Instagram: @neurinho_associaçao Face: www.facebook.com/ neurinhocriançasespeciais

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

37


Eu aprendi a viver bem

Fé, bons pensamentos e foco na alimentação O QUE A LUTA CONTRA O CÂNCER ENSINOU A CABELEIREIRA SHEILA WAL*

A

pós 10 anos de provações e luta contra o câncer, eu aprendi muito e quero passar um pouco dessa experiência e aprendizado para que outras pessoas possam superar os desafios da vida com mais leveza a cada dia. Após o terceiro desafio, em 2016, eu despertei! A primeira mudança na minha vida foi que comecei a colocar meus pensamentos em ordem e assim focar na minha cura e recuperação, pois passei a entender que algumas mudanças seriam necessárias e fariam toda diferença nos resultados, bem como os pensamentos têm um poder incrível...Tudo o que pensamos, tudo que falamos, tudo o que damos importância tem poder! A vida é feita de escolhas, em vez de ficar reclamando e se lamentando, foque e apegue-se com Deus, dizendo o que quer de bom e, acima de tudo, 38

Viver Bem em revista - Mar/Abr 2017

seja grata! Em todo momento dai Glória! Deus é a nossa força e fonte de energia. Ele nos dá a oportunidade todos os dias de um novo recomeço. Outra mudança na minha vida após esse "despertar" foi na alimentação. Hoje sigo a dieta à risca por entender que a primeira quimioterapia que se faz é eliminando tudo que alimenta o câncer, principalmente o açúcar. Um outro passo a ser dado é manter sua mente ocupada sempre com coisas boas. Procurar fazer coisas que gosta como ouvir música, ler bons livros, ficar ao lado de pessoas que te fazem sorrir e que te fazem bem, estar junto da família, dos amigos... Outras maneiras de ver a vida são diminuir o ritmo de trabalho e de estresse, tentar fazer algum tipo de atividade física, nem que seja de leve e aos poucos. A vida é maravilhosa e cheia de oportunidades, de chances diárias de termos uma nova vida, com qualidade e sermos felizes, acima de tudo. Jogue fora tudo que faz mal, entre eles a carência, o pessimismo. Acredite no seu próprio poder, acredite em você, no seu poder de autocura. Deus nos concedeu esse dom da cura pelas mãos, através da oração e da fé. Mentalize só o sucesso e conquistará tudo que precisa pra viver melhor. Experimente e verá! @sheila_wal


IBOPE MEDIA WORKSTATION | SETEMBRO 2015 | PRAÇA: NATAL | FAIXA HORÁRIA: 09H00 - 09H30 | SÁBADO | TOTAL DE TELESPECTADOR

Profile for Ideia Comunicação

Viverbem Edição 36  

Viverbem Edição 36  

Advertisement