Issuu on Google+

37 <<

www.gpsbrasilia.com.br

para o futuro das crianças. “Uma criança não tem culpa de ter contraído o vírus e é vista com receio pelos próprios coleguinhas e seus pais. com esse trabalho de inclusão desde a infância, eles serão adultos melhores”, acredita o cartunista. o lançamento da edição especial da revistinha será no dF, com a presença do cartunista e criador da Turma da Mônica, Maurício de sousa. O projeto tem apoio da Embaixada da austrália no brasil e da Petrobras no dF. a distribuição dos 30 mil exemplares será feita nas brinquedotecas do distrito Federal, nas pediatrias dos hospitais da rede amil, postos de gasolina da rede Petrobrás e em hospitais públicos da secretaria de saúde do GDF. “A revista não será vendida, é um produto gratuito. Nosso objetivo é levar a informação para as crianças e conscientizá-las da maneira que elas mais gostam: lendo juntamente com a Turma da Mônica”, explica Ramos. Esta não é a primeira vez que a Turma da Mônica recebe amigos especiais. Já foram produzidos gibis sobre acessibilidade de pessoas com deficiência visual (personagem dorinha) e cadeirantes (personagem lucas). Teve também a personagem Tati, para explicar sobre a síndrome de down. “atualmente, também estamos desenvolvendo campanhas contra as drogas com a Turma da Tina. Produzimos material até para campanhas internacionais”, revela Maurício.

bruno Pimentel

Christiano Ramos, presidente da ONG, em uma das seis brinquedotecas Renato Russo

sobre a oNG a oNG amigos da Vida existe há 12 anos. “ela foi criada quando assumi minha soropositividade”, conta Christiano ramos, 44 anos. ele descobriu a doença aos 19. o carro-chefe é o atendimento jurídico aos portadores e seus familiares, além de um recorte especial para as crianças. A organização é responsável por seis brinquedotecas em hospitais públicos do dF, montadas com o objetivo de promover o entretenimento entre as crianças durante o tratamento, com um ambiente

lúdico. Mas a maior demanda da ONG é ajudar trabalhadores que são demitidos quando os patrões descobrem que eles têm a doença. o distrito Federal conta com 580 crianças infectadas pelo vírus e em torno de 4.900 adultos. “acreditamos que esse número seja maior, pois só é registrado quem procura tratamento e

ainda tem muita gente que nem sabe que tem a doença”, afirma Ramos. Para ele, o mais importante é mostrar para a população que a AIDS hoje não é mais uma sentença de morte, é apenas uma limitação de vida. “as pessoas acham que vão encontrar uma pessoa magra, doente, mas isso não é mais realidade. Temos uma vida normal, com cuidados, como uma pessoa que tem diabetes ou hipertensão”, garante o presidente da oNG. Serviço lançamento do gibi Amiguinhos da Vida com a Turma da Mônica Data: 17 de setembro de 2012, às 17h Local: Livraria Cultura do iguatemi Shopping, auditório Eva Hertz


Revista Gps Brasília 2