Page 1

Gazeta São M ateus

26 ANOS DE OLHO NOS FATOS ANO XXVI -  Nº 477 Educação

DISTRIBUIÇÃO  GRATUITA

1ª quinzena de Abril de 2019 Pag. 5

Educandário Dos Anjos realiza atividade física x sedentarismo

O

sedentarismo é uma das maiores preocupações da atualidade, este mal, somado a costumes alimentares questionáveis vem destruindo a saúde da população. Combater estes comportamentos é um dos desafios reconhecidos pelo Educandário Dos Anjos, que inclui no seu Projeto Pedagógico atividades direcionadas ao surgimento de hábitos saudáveis. O Dia Mundial da Atividade Física é celebrado todos os anos na instituição. Colocando em prática o Projeto Agita Anjos, que prevê uma semana de realizações onde os estudantes “mergulham” em atividades que visam o surgimento da conscientização acerca do bem-estar físico e emocional.

Zeladoria

Pag. 3

São Mateus recebe Projeto “Mutirão nos Bairros”

Tradição

Pag.2

Conheça a origem da tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa

A

Subprefeitura São Mateus foi a primeira a receber o Projeto Mutirão nos Bairros, que tem como objetivo levar os serviços ofertados nos equipamentos da administração municipal a cada um dos subdistritos da região. No bairro da Zona Leste, o mutirão teve início na última segunda-feira (1º) com as ações de zeladoria e foi finalizado neste sábado (6), com atividades das 9h às 15h, promovidas por várias secretarias, na Praça Felisberto Fernandes da Silva. A Subprefeitura realizou ações de varrição, raspagem das ruas para retirada de terra, remoção de entulho em pontos viciados e de faixas irregulares. Também teve operação tapa-buraco, corte de grama, poda de árvores, limpeza mecânica de galerias com hidrojato e limpeza manual de córregos.

História

Pag.4

22 de Abril - Descobrimento do Brasil

Tradição

A

to simboliza sacrifício para os cristãos Na liturgia cristã, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo, três dias após sua crucificação. A data sempre cai em um domingo, mas as atividades começam na Quinta-feira Santa, com a cerimônia de lava-pés.

Pag. 2

Qual é o verdadeiro significado da Páscoa e como ela deve ser comemorada?

E

stamos chegando à Páscoa. Feriadão chegando aí, todo mundo animado, alguns esperando pra viajar e descansar, não é mesmo? Outros esperando pra ganhar aquele Ovo de Páscoa maravilhoso de chocolate belga, recheado de trufa. É uma semana doce, isso ninguém pode negar. Agora, qual é o significado de tudo isso? Se a gente perguntar pra uma criança ela vai dizer: É quando o coelhinho vem! Traz ovos de chocolate, deixa suas patinhas por toda a casa! Marmanjos também adoram ganhar ovos de Páscoa.


Gazeta São Mateus

Página 2

1ª quinzena de Abril de 2019

Tradição

Qual é o verdadeiro significado da Páscoa e como ela deve ser comemorada?

E

stamos chegando à Páscoa. Feriadão chegando aí, todo mundo animado, alguns esperando pra viajar e descansar, não é mesmo? Outros esperando pra ganhar aquele Ovo de Páscoa maravilhoso de chocolate belga, recheado de trufa. É uma semana doce, isso ninguém pode negar. Agora, qual é o significado de tudo isso? Se a gente perguntar pra uma criança ela vai dizer: É quando o coelhinho vem! Traz ovos de chocolate, deixa suas patinhas por toda a casa! Marmanjos também adoram ganhar ovos de Páscoa. Mas, será que ainda nos lembramos do verdadeiro sentido da Páscoa? O que ela representa? Qual a mensagem que este período deveria nos passar? Como deveríamos comemorar a Páscoa de verdade? Vamos entender um pouco desta história. Para os judeus, a Páscoa é a comemoração da libertação dos judeus que eram escravos no Egito. Lembram-se da passagem da Bíblia que conta como Moisés libertou os escravos atravessando o M a r Ve r m e l h o ? E s s a fuga do Egito conhecemos como Êxodo e a Páscoa está relacionada à comemoração desse momento, ou seja, da passagem pelo Mar e o retorno para sua terra. Ainda dentro da concepção judaica, a Páscoa também é a comemoração da vida do povo

em liberdade, da formação da nação judaica e o advento dos Dez Mandamentos. As comemorações duram 7 dias e neste período, é proibido que se coma alimentos ou bebidas fermentadas. É quando preparam o famoso pão de asmo ou ázimo, que é um tipo de pão assado que não tem fermento em seu preparo. Existem duas interpretações comuns para isso: uma que diz respeito ao significado negativo da palavra fermento relacionada ao mal e ao pecado e outra que está relacionada à fuga do Egito. Com pressa para fugir, os judeus cozinharam o pão rapidamente, sem fermento ou sem aguardar a fermentação. Isso deu origem à tradição do pão sem fermento. Para os católicos, a Páscoa é a comemoração da ressurreição de Cristo após sua morte na cruz. Simbolicamente, é a passagem da morte para a vida eterna, quando o espírito vence a matéria. A Páscoa cristã começou a ser comemorada no século II d.C, mas em 325

d.C., no Concílio de Nicéia, foi decidido que as Páscoas Judaica e Cristã não poderiam ser comemoradas na mesma data. Os cristãos da igreja Luterana ou ortodoxa não comemoram a Páscoa como sendo a ressurreição do Cristo. Para eles, seguindo às orientações do apóstolo Paulo de Tarso, Cristo era a própria Páscoa, descrita em Coríntios 1 – versículos 5-8: “O cristão deve lançar fora o velho fermento, da maldade e da malícia, e colocar no lugar dele os asmos da sinceridade e da verdade.” Paulo faz um paralelo do fermento como sendo os defeitos humanos que deveriam ser banidos da vida, deixando no lugar asmo, simbolismo da pureza. O OVO e o COELHO – VÊM LÁ DAS CULTURAS PAGÃS DO MEDITERRÂNEO

Os povos desta região tinham uma festa pagã para se comemorar a chegada da primavera, um período em que o sol nascia e trazia a fertilidade para as novas plantações. Para

comemorar, eles pintavam ovos e davam de presente entre si. Os ovos de chocolate vieram substituir os ovos pintados. Cultuavam a deusa Ostera, deusa da primavera e da fertilidade. A figura desta deusa era representada por uma mulher que observava um coelho saltitante com ovos nas mãos. Quer dizer, símbolos que representam a fertilidade: ovo, coelho e a mulher. Chamavam esse período e essa festa de Páscoa (do inglês Easter que vem da deusa Ostera), ou seja, um período de renascimento das plantações e de fertilidade da terra. Para esses povos, a Páscoa era a comemoração do ciclo da vida: nascimento, morte e renascimento. Se pensarmos no significado da Páscoa para os povos pagãos, para os judeus e para a igreja católica, romana ou ortodoxa, vamos entender que existe um fio condutor, uma linha mestra em todos. Em todos os casos, Páscoa é a renovação da vida. É a festa da libertação que traz um novo tempo, tempo de renovação e esperanças: O ovo então seria a fonte da vida, o coelho representa a capacidade de se renovar, de reproduzir a espécie, reinventar. Isso nada mais é o que Jesus nos revelou: que a morte não tem poder sobre a vida e que a alma, sendo imortal, viverá para sempre. por Eu Sem Fronteiras

Tradição

Conheça a origem da tradição de comer peixe na Sexta-feira Santa

A

to simboliza sacrifício para os cristãos Na liturgia cristã, a Páscoa celebra a ressurreição de Jesus Cristo, três dias após sua crucificação. A data sempre cai em um domingo, mas as atividades começam na Quinta-feira Santa, com a cerimônia de lava-pés. O rito revive a última ceia, quando Jesus, de joelhos, lavou os pés de seus apóstolos. Além da

EXPEDIENTE Gazeta de São Mateus LTDA-ME CNPJ: 19.851.162/0001-61 Administração, Publicidade e Redação: Rua Libra, 85 - Jd. Santa Bárbara - São Mateus São Paulo - Cep: 08330-370 Fone: 2962-3172 / Cel: 994317658 E-mail: gazetamateus@terra.com.br Diretora: Lucy Mendonça Diretora Comercial: Cristina Mendonça da Silva Jornalista Responsável: Lucy Mendonça – Mtb 43029-SP Representante Comercial: Marcos Roberto Mendonça Diagramação: Marcos Roberto Mendonça

(Obs: Matérias assinadas não representam, necessariamente, a opinião do jornal)

Fotolito e Impressão: Gráfica Pana - Fone: 3208-2487 CNPJ - 02.740.573/0001-87

Proibida a reprodução total ou parcial dos textos Tiragem: 20 mil exemplares Circulação: São Mateus, Iguatemi, Parque São Rafael, Itaquera, Guaianazes, Vila Formosa, São Miguel DISTRIBUIÇÃO GRATUITA

humildade, o ato simboliza a purificação. Na Sexta-feira Santa, também conhecida como Sexta-feira da Paixão, Cristo foi condenado, carregou a cruz e foi crucificado. É dia de sacrifícios para os cristãos, em sinal de consternação pela morte de Jesus, e não se deve comer carne vermelha. Isto porque, na época, a carne era artigo de luxo, rara à mesa das

pessoas mais pobres. O peixe, por outro lado, era abundante e barato, por isso comum nas refeições dos mais humildes. Mas comer peixe não significa só adotar a simplicidade. À espelho do que fez Jesus, o ato simboliza também uma penitência. Assim, não basta apenas comer frutos do mar: toda a refeição deve ser simples - além de ser à base de peixe, - e deve-se evitar

quaisquer outros prazeres no dia. Na liturgia, a Via Sacra é encenada, revivendo-se os 14 momentos da Paixão de Cristo. No Sábado de Aleluia, os cristãos refletem sobre a morte de Jesus, e no domingo renovam suas esperanças celebrando a ressurreição de Cristo e a promessa da remissão dos pecados e da vida eterna.


1ª quinzena de Abril de 2019 Zeladoria

Gazeta São Mateus

Página 3

São Mateus recebe Projeto “Mutirão nos Bairros”

Programa leva a todas as regiões da capital ações nas áreas de saúde, assistência social e trabalho, integradas a serviços de limpeza e zeladoria população também pode receber informações sobre programas de transferência de renda, como o Bolsa Família, e orientações para outras políticas públicas, de acordo com o perfil de cada um. O C e n t r o d e A p o i o a o Tr a b a l h o e Empreendedorismo (CATe), da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Trabalho, atendeu quem busca um emprego. Também ofereceu serviços de emissão da 1ª e 2ª vias da carteira de trabalho, assim como orientação sobre o programa Tem Saída e como acessar o seguro desemprego. Os empreendedores da região

A

Subprefeitura São Mateus foi a primeira a receber o Projeto Mutirão nos Bairros, que tem como objetivo levar os serviços ofertados nos equipamentos da administração municipal a cada um dos subdistritos da região. No bairro da Zona Leste, o mutirão teve início na última segunda-feira (1º) com as ações de zeladoria e foi finalizado neste sábado (6), com atividades das 9h às 15h, promovidas por várias secretarias, na Praça Felisberto Fernandes da Silva. A Subprefeitura realizou ações de varrição, raspagem das ruas para retirada de terra, remoção de entulho em pontos viciados e de faixas irregulares. Também teve operação tapa-buraco, corte de grama, poda de árvores, limpeza mecânica de galerias com hidrojato e limpeza manual de córregos. "Reunimos aqui a ação de zeladoria que é o cuidar a cidade com as ações sociais que é o cuidar das

pessoas, que é o trabalho que a Prefeitura tem de fazer", disse o prefeito Bruno Covas, que acompanhou as ações na tarde deste sábado. "Vamos ter 12 mutirões de zeladoria em cada fim de semana e em um deles teremos essa ação concentrada com as ações sociais", explicou. A população aprovou o Mutirão nos Bairros. Marcela Messias foi retirar o termo de quitação de seu imóvel na tenda da Cohab-SP e ficou satisfeita. "Faz tempo que espero esse documento e hoje pude pegar pertinho de casa", comemorou ela. Já Edézio Rosal Amorim nem pensava em medir pressão arterial, mas estava passando pela praça para ir ao supermercado e resolveu dar uma parada no atendimento da Saúde e aproveitou pra fazer o exame. "Aqui foi mais fácil", comentou. Entre as pessoas que foram ver de perto os serviços do Mutirão, uma veio de longe. A venezuelana Carolina

esteve presente na ação. Houve ainda uma tenda na qual os munícipes puderam esclarecer dúvidas com profissionais da Coordenação de Promoção da Igualdade Racial, Coordenação de Políticas para Imigrantes e Promoção do Trabalho Decente e a Coordenação de Políticas para Idosos. Saúde Durante todo o período aconteceu vacinação contra febre amarela e orientação sobre roedores, arboviroses e eliminação de criadouros, além de exposição de animais sinantrópicos (abelhas e carrapatos).

Subprefeito de São Mateus Roberto Bernal, Gilson Barreto Jr. Prefeito Bruno Covas e vereador Gilson Barreto Quintana, em visita ao Brasil, achou muito bom ter um ônibus biblioteca tão perto e aproveitou para pegar dois livros. "Só vou precisar devolver no dia 21", informou a turista. Social A Secretaria Municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) ofereceu uma unidade itinerante do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), para realizar o cadastramento de famílias em situação de vulnerabilidade. A

também foram atendidos com informações sobre como formalizar uma empresa e se tornar um Microempreendedor Individual (MEI). Disponibilizada pela Secretaria Municipal de Direitos Humanos, uma unidade móvel de cidadania LGBTI fez atendimento às vítimas de violência, agressão ou de discriminação por gênero ou orientação sexual. O Ônibus Lilás, que presta atendimento a mulheres vítimas de violência, também

Foram distribuídos folders educativos sobre vigilância ambiental e um trailer do programa DST/AIDS realizou testes rápidos. Equipes da Secretaria Municipal de Saúde realizaram a distribuição de preservativos, ações educativas, aferição de pressão arterial e práticas integrativas como reiki, cromoterapia e auriculoterapia. Cultura O Ônibus da Cultura, estacionado em frente ao Terminal São Mateus, também integrou o Mutirão nos Bairros. A unidade, um ônibusbiblioteca, projeto da Secretaria Municipal de Cultura iniciado em dezembro, que cumpre 12 roteiros regulares, tem acervo variado formado por livros, jornais, revistas e mangás. O mutirão também contou com ações da Secretarias Municipais da Pessoa com Deficiência, da COHAB e do SEBRAE. Balanço parcial O balanço parcial do Mutirão nos Bairros São Mateus apresenta a operação Tapa buracos com participação de 210 pessoas e 14 veículos e caminhões, e a Soma, com 50 caminhões. Por Secretaria Especial de Comunicação


Gazeta São Mateus

Página 4

1ª quinzena de Abril de 2019

História

22 de Abril - Descobrimento do Brasil

História do descobrimento do Brasil resumida, os primeiros contatos entre portugueses e índios, o escambo, a exploração do pau-brasi eram de grande valia para sua comercialização na Europa. As especiarias comercializadas eram: cravo, pimenta, canela, noz- moscada, gengibre, porcelanas orientais, seda, etc. Enquanto realizava este lucrativo comércio, Portugal realizava no Brasil o extrativismo do pau-brasil, explorando da Mata Atlântica toneladas da valiosa madeira, cuja tinta vermelha era comercializada na Europa. Neste caso foi utilizado o escambo, ou seja, os indígenas

E

m 22 de abril de 1500 chegava ao Brasil 13 caravelas portuguesas lideradas por Pedro Álvares Cabral. A primeira vista, eles acreditavam tratar-se de um grande monte, e chamaramno de Monte Pascoal. No dia 26 de abril, foi celebrada a primeira missa no Brasil. Após deixarem o local em direção à Índia, Cabral, na incerteza se a terra descoberta se tratava de um continente ou de uma grande ilha, alterou o nome para Ilha de Vera Cruz. Após exploração realizada por outras expedições portuguesas, foi descoberto tratar-se realmente de um

continente, e novamente o nome foi alterado. A nova terra passou a ser chamada de Terra de Santa Cruz. Somente depois da descoberta do pau-brasil, ocorrida no ano de 1511, nosso país passou a ser chamado pelo nome que conhecemos hoje: Brasil. A descoberta do Brasil ocorreu no período das grandes navegações, quando Portugal e Espanha exploravam o oceano em busca de novas terras. Poucos anos antes da descoberta do Brasil, em 1492, Cristóvão Colombo, navegando pela Espanha, chegou a América, fato que ampliou as expectativas dos exploradores. Diante

do fato de ambos terem as mesmas ambições e com objetivo de evitar guerras pela posse das terras, Portugal e Espanha assinaram o Tratado de Tordesilhas, em 1494. De acordo com este acordo, Portugal ficou com as terras recém-descobertas que estavam a leste da linha imaginária (370 léguas a oeste das ilhas de Cabo Verde), enquanto a Espanha ficou com as terras a oeste desta linha. Mesmo com a descoberta das terras brasileiras, Portugal continuava empenhado no comércio com as Índias, pois as especiarias que os portugueses encontravam lá

Direito

Posse da Diretoria eleita da OAB Itaquera no triênio de 2019/2021

P

osse da Diretoria da OAB Subseção de Itaquera Trabalhamos, trabalhamos muito nessas eleições! Pedi votos como nunca, e não só pedi, coloquei toda a família e amigos para trabalharem em prol da chapa 1, “Avança OAB Itaquera” e em prol da chapa 11, “Coragem e Inovação”, afinal só ganham as eleições quem tem mais gente pedindo votos. E ganhamos, ganhamos na Secional e ganhamos em Itaquera. 11 de abril de 2019 – Noite de festa para a advocacia itaquerense - Noite em que comemoramos O RECADO ELOQUENTE DADO NAS URNAS, afinal foi com resultado significativo que a advocacia itaquerense elegeu a chapa 1, encabeçada pelo Dr. Eduardo Correa, Presidente, Dra. Izabel

Barros Barros, Vice-presidente, Dr. Rodrigo Cressoni, Secretáriogeral, Dra. Eunice Mendonça, Secretaria-geral-Adjunta e Dr. Eliandro França, tesoureiro. Não há dúvidas de que diretoria eleita, com renovação, muita coragem, e pautada na ética e no profissionalismo, fará uma grande administração, sempre de portas abertas para quem quiser contribuir. Parabéns Presidente e parabéns a toda diretoria eleita! Tenho certeza que a gestão de 2019/2021 entrará para a história. Parabenizo também a atuação brilhante de todas as Comissões que já tem demostrando grande trabalho para toda advocacia. Dr. Fernando Luiz Moreno , Secretário Geral da Comissão do Jovem Advogado da Secional, parabenizo-o pelo trabalho incansável em prol da

advocacia itaquerense. Nosso muito obrigada pela criação do aplicativo e do site da OAB Itaquera. Dra. Andreia Rossi, Vice-presidente da Comissão da Mulher advogada da OAB Itaquera, muitíssimo obrigada por toda a dedicação prestada para que a noite do dia 11/04/2019 fosse um sucesso. Agradecimento especial a todas funcionárias da Casa, cujo desempenho foi fundamental para que o evento fosse um sucesso! Agradecimento a todos que com sua presença prestigiaram o evento, e em especial as Conselheiras Estaduais da OAB/ SP, Fabiana Garcia, Graca De Mello, Claudia Patricia Luna, Simone Henriquez, Ana Paula Mascaro, e ao Dr. Eduardo Tuma, Presidente da Câmara Municipal, representando o Prefeito Bruno Covas, e o Deputado Estadual Jorge do Carmo Presidente Eduardo Correia

recebiam dos portugueses algumas bugigangas (apitos, espelhos e chocalhos) e davam em troca o trabalho no corte e carregamento das toras de madeira até as caravelas. Foi somente a partir de 1530, com a expedição organizada por Martin Afonso de Souza, que a coroa portuguesa começou a interessar-se pela colonização da nova terra. Isso ocorreu, pois havia um grande receio dos portugueses em perderem as novas terras para invasores

que haviam ficado de fora do tratado de Tordesilhas, como, por exemplo, franceses, holandeses e ingleses. Navegadores e piratas destes povos, estavam praticando a retirada ilegal de madeira de nossas matas. A colonização seria uma das formas de ocupar e proteger o território. Para tanto, os portugueses começaram a fazer experiências com o plantio da cana-de-açúcar, visando um promissor comércio desta mercadoria na Europa.


Gazeta São Mateus

Página 5 Educação

Educandário Dos Anjos realiza atividade física x sedentarismo

A importância da educação física escolar na formação do aluno

O

sedentarismo é uma das maiores preocupações da atualidade, este mal, somado a costumes alimentares questionáveis vem destruindo a saúde da população. Combater estes comportamentos é um dos desafios reconhecidos pelo Educandário Dos Anjos, que inclui no seu Projeto Pedagógico atividades direcionadas ao surgimento de hábitos saudáveis. O Dia Mundial da Atividade Física é celebrado todos os anos na instituição. Colocando em prática o Projeto Agita Anjos, que prevê uma semana de realizações onde os estudantes “mergulham” em atividades que visam o

1ª quinzena de Abril de 2019

surgimento da conscientização acerca do bem-estar físico e emocional. São trabalhos em diversos espaços do colégio, tais como salas de aula, quadra poliesportiva, pátio, piscina e parque onde o conteúdo é estudado por meio de apresentações, competições e debates orientados pelas professoras de Educação Física. Considerando que a conscientização necessita de reforço para se transformar em prática, o colégio envolveu a família de modo mais efetivo este ano, promovendo 1º Caminhada Agita Anjos para encerrar o projeto. O encontro ocorreu no dia 06/04 e o local escolhido foi o Parque do

Carmo, pela proximidade, pela grande área verde e também pela crescente valorização do espaço no que se refere ao atendimento, conservação e manutenção observados no local. De acordo com Joelma Augusto Pedro - mantenedora do colégio, a ação consolidou parcerias inestimáveis e fez surgir uma rede de apoio e colaboração esplêndida onde colégio e comunidade só têm a ganhar. “... o evento foi tomando corpo e percebemos que pessoas muito importantes estavam prontas para nos apoiar pois percebiam a importância da causa, quando estas pessoas nos deram as mãos para fazer acontecer, a segurança do sucesso se instalou e a cada inscrição de novos participantes o coro da torcida engrossava mais...”. Fica clara a referência ao envolvimento da proprietária da East Fitness (academia onde os estudantes do colégio praticam natação), Suzana Palma que juntamente com as professoras Daniele Simonassi e Kátia Leite estiveram entre os participantes, orientando e ditando o ritmo da caminhada. Outra presença marcante

notada pelos presentes foi a do senhor Antonio Carlos Candido da Silva - presidente do Rotary Clube São Mateus, agradecimento especial ao vereador Gilson Barreto, ao repórter fotográfico do Jornal Gazeta São Mateus Marcos Roberto, ao Wizard São Mateus, que formou turmas com estudantes do colégio e oferece o curso dentro do Educandário Dos Anjos, também se fez presente na caminhada, colaborando no envio dos personagens heroicos - Mulher Maravilha e Capitão América, garantindo a diversão na hora da pose para as fotos. Nas redes sociais o apoio foi enorme utilizando a palavrachave #agitaanjos. Os internautas postaram fotos, vídeos e depoimentos que levantaram a hashtag a um elevado número de visualizações, culminando em vídeo cheio de energia estrelado por ninguém menos que Márcio Atalla, do Programa Bem-Estar. O Educandário Dos Anjos já agendou, sob pedidos dos participantes e convite do Fábio Biazoto - coordenador de eventos do Parque do Carmo, a 2ª Caminhada Agita Anjos, em 04/04/2020.


Gazeta São Mateus

Página 6

A rtigo

Bruna Vidotto, Contadora e Administradora de Empresas. Diretora financeira da CDL São Mateus.

O

imposto de renda incide sobre a renda e sobre o provento de todos que residem no Brasil ou possuam renda que tenha o país como fonte. As alíquotas mudam de acordo com o valor da renda, trata-se de uma declaração de ajuste, já que no decorrer do ano o contribuinte teve o imposto retido na fonte de seu pagamento. Este ano a Receita Federal adotou algumas mudanças na declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2019. O prazo para a entrega da declaração esse ano será mais curto do dia 07 de março ao dia 30 de abril, uma semana a menos em relação aos anos anteriores. A Receita Federal espera receber 30,5 milhões de declarações dentro do prazo legal. A multa para o

1ª quinzena de Abril de 2019

Novidades na declaração do Imposto de Renda 2019 contribuinte que não entregar a declaração ou entregá-la fora do prazo será de no mínimo R$165,74 e o valor máximo correspondente a 20% do imposto devido. Uma das novidades desse ano é que o contribuinte poderá checar no dia seguinte se caiu na malha fina, ou se tem alguma irregularidade. A Receita Federal exigirá o CPF de todos os contribuintes e seus dependentes, inclusive de recém nascidos, no ano passado só era exigido para quem tinha mais de 8 anos de idade. Além disso, o contribuinte terá que incluir detalhes sobre seus bens, como por exemplo - carros (Renavam) ou Imóvel (Matricula e IPTU) que ainda serão opcionais esse ano, mas a partir do ano que vem serão obrigatório. Quem teve gastos com saúde, tem dependentes, paga escola ou possui empregados domésticos pode reduzir o imposto a pagar, só que o limite para abater o INSS recolhido de empregado doméstico passou de R$1.171,84 no ano passado para R$1.200,32 em 2019. De acordo com a Receita Federal são isentos de declaração do imposto de renda, quem recebeu até R$1.903,98 por mês

em 2018. É obrigado a declarar qualquer pessoa que tiver auferido no ano de 2018, renda tributável de mais de R$28.559,70 (salário, horas extras, 13º salário, são exemplos de rendimentos tributáveis), dentre outros. Quem recebeu rendimentos não tributáveis e tributáveis exclusivamente na fonte superior a R$40.000,00 (Rescisão do contrato de trabalho, indenização e herança, são alguns exemplos). Quem tem bens superiores a R$300.000,00 considerando imóveis, carros ou jóias. Vale lembrar que o valor para declarar é sempre o valor da aquisição. Quem teve algum ganho em 2018 na venda de bens e diretos. Quem obteve receita bruta superior a R$142.798,50 em atividades rurais. Caso você se encaixe em umas das categorias acima,

A DL DÁ EM ABRIL

é importante organizar a documentação e não perder o prazo. A tabela do Imposto de Renda não foi corrigida no ano passado e, segundo informações divulgadas pelo governo em 2018, também não há previsão de que ela seja atualizada neste ano. Quando a tabela não é corrigida, mais trabalhadores podem passar a pagar imposto, desde que seus salários sejam corrigidos pela inflação. Todavia os contribuintes precisam estar por dentro das novidades e não deixar para última hora, pois a declaração do imposto de renda é uma forma de garantir e provar a legalidade de seus proventos. Além disso, é um documento oficial para comprovação de renda, que pode ser usado na análise de obtenção de financiamentos e créditos. Fonte - Instrução Normativa

ADEIRO UM VERD

$ 9,99

3 Calcinhas por R 

(11) 2018-0670

 dl.loja

dl_loja

www.depositodalingerie.com.br

Profile for Gazeta  São Mateus

Jornal Gazeta São Mateus - Edição 477  

Jornal Gazeta São Mateus - Edição 477  

Advertisement