Page 1

Fundadora: Judith Mac Knight Jones – 14 de outubro de 1979.

BOLETIM DO CAMPO SETEMBRO 2017

ANO 38 Nº 150

PRÓXIMA REUNIÃO: 25/03/2018 – ÀS 11:00H Culto na Capela e almoço para os descendentes e familiares.

MENSAGEM RELIGIOSA REFLEXÃO Te mo s a c om p a n h a d o b a s t a nt e o noticiário mostrando noticias sobre as mudanças que tem acontecido no mundo e acompanhamos como essas mudanças nos afetam diretamente como brasileiros. Fatos que acontecem nos Estados Unidos ou na Eu ropa nos preoc upa m, not ic i a s de violências, possíveis guerras, ditaduras. Não preocupam só porque muitos de nós temos alguém querido morando em outros países, mas também por que, de alguma forma, isso ref lete na economia e no comportamento das pessoas aqui no Brasil. E st a mos v ivendo momentos de polarização onde o diálogo tem sido o principal inimigo das pessoas de bem e o simples fato de questionar pode gerar uma

r e pr e s s ã o ou d i s c u s s ã o. Temo s que continuar lutando pelo nosso direito de pensar por conta própria, precisamos da liberdade de discordar, de trocar ideias sempre com o objetivo de crescimento e nunca de imposição. É imprescindível nosso esforço para que continuemos preservando os valores que aprendemos com nossos familiares e ensinar nossas crianças o valor do respeito e do trabalho honesto para, aí sim, fazermos parte de um país melhor. “Os sábios herdarão honra, mas os louc o s tom a m s obr e s i ver g on h a” Provérbios 3-35

Abra sua bíblia em Romanos 8:28

“Deus nos abençoe!” Se você quer construir um navio, não chame as pessoas para juntar madeira ou atribua-lhes tarefas e trabalho, mas sim ensine-os a desejar a infinita imensidão do oceano. Antoine de Saint-Exupery

FRATERNIDADE DESCENDÊNCIA AMERICANA CNPJ: 54.016.100/0001-35 | CRCE 0711/2016 Utilidade Pública Municipal: Lei 705/1968 de 27 de março de 1968 Utilidade Pública Estadual: Lei 16.435 de 06 de junho de 2017


2

BOLETIM DO CAMPO

PALAVRA DO PRESIDENTE Prezados amigos e associados da Fraternidade Descendência Americana Qu isera o dest ino que durante as comemorações dos 150 Anos da Imigração e da criação do cemitério pudéssemos publicar o boletim do campo de número 150. Em 150 edições pudemos contar nossas conquistas, alegrias e tristezas, registramos nosso passado em i mpressos e assi m imortalizamos a história de uma grande família. Os últimos anos foram difíceis. Cada um sabe bem a luta pessoal por que passou neste p e r í o d o d e a l t o s e b a i x o s . To d o s enfrentamos alguma provação, sangramos e sofremos, seja em qualquer sentido, mas vencemos. Deus nos permite que através dos tempos difíceis possamos aprender e crescer. A dor nos fortalece, as feridas cicatrizam. A m a r c a f ic a pa r a s empr e c omo u m a lembrança de que um dia nos ferimos mas nos curamos. É o amor pelo que somos que nos fortalece, é o orgulho em ser parte de algo que nos impulsiona. Preservar a memória e os ensinamentos daqueles que amamos, compartilhar seus con heci mentos, é uma for ma de homenagem das mais ricas e gratificantes. Ano passado fomos abençoados com visitas de centenas de crianças de várias escolas públicas e particulares assim como

de amigos da Igreja Batista e diversos outros v i s it a ntes . o s des c endentes tem no s procurado para participar cada vez mais, bençãos tem acontecido e cada dia mais somos gratos por isso. Cada vez mais podemos fazer melhorias no Campo e pretendemos melhorar cada vez mais. Continuem, por favor, nos cobrando de for m a p o s it iv a . Pa r t ic ip em , env iem sugestões. Queremos nossas reuniões cheias de vida, como eram no passado. Obrigado à Deus pelas lições, obrigado à vocês por participarem. Obrigado por confiarem em nós. São 150 anos de história. Nossa história. Eu tenho orgulho demais! E você? Que Deus abençoe à todos. “Se eu te adorar por medo do inferno, queimame no inferno. Se eu te adorar pelo paraíso, excluame do paraíso. Mas se eu te adorar pelo que Tu és, não escondas de mim a Tua face”. (Rabia 800 D.C.) Fraternalmente João Leopoldo F. Padoveze Presidente FDA (2016-2018)

”Where there’s unity, there is always victory”

DIRETORIA EXECUTIVA DA FRATERNIDADE DESCENDÊNCIA AMERICANA GESTÃO 2016 -2018 Presidente: João Leopoldo Ferreira Padoveze Vice-Presidente: Roberto Cullen Dellapiaza 1º Tesoureiro: Marcelo Sans Dodson 2º Tesoureiro: Karoline Townsend Lucke 1º Secretário: Keila Mara Ferreira Padoveze Armelin 2º Secretário: Carlos Enrique Sans Dodson Conselho Fiscal: Vitor Sans, Eliana Costarelli, Kátia Vaughn


3

BOLETIM DO CAMPO

INFORMAÇÕES DA TESOURARIA Marcelo Sans Dodson & Karoline Townsend Lucke A FDA tem melhorado suas receitas nos últimos anos graças ao sucesso de público da Festa Confederada. Ela representa 82,15% do total de receitas da ent idade e seu sa ldo líquido é que está p o s s ibi l id a nd o r e a l i z a r investimentos no Cemitério do Ca mpo e em out ros projetos. No ano de 2017, foram pagas 51 anuidades, representando 12,13% das receit a s. I sto foi u ma redução em 10 anuidades, quando comparadas com o ano de 2016. No total, a FDA teve uma receita de R$216,909,16 (Duzentos e dezesseis mil novecentos e nove rea is e dezesseis centavos). No campo das despesas, as despesas com empregados r e p r e s e n t a m 14 , 7 3 % , indicando novamente que as anuidades pagas não são suficientes para cobrir nem a fol h a de pa g a mento d a entidade. No ano de 2017 foram investidos R$14.030,85 na correção de solo, adubação e plantio da grama e da cerca viva de hibisco no Cemitér io do campo. Há uma saída de R$38.696, 53 (item tota l financeiro) que representa o total das tarifas bancárias mas também ind ica a transferência de R$37.500,00 para aplicações e m r e nd a f i x a . S e nd o , R$7.500,00 para o projeto

de remoção das árvores no me io d o c e m it ér io que comprometem a integridade das sepulturas e R$30.000,00 para o fundo de reserva da FDA. Assim, a diferença entre as receitas e as despesas foi de -R$17.567,17. Considerando o saldo de 31/12/2016 de R $ 41, 3 97, 81 t e mo s e m 31/12/2017 o s a ldo em conta corrente de R$23.830,80. Para o ano de 2018 estão

planejados a abertura da ONG “The Confederados” que será o braço comercial d a F DA . E st á ONG permitirá que a entidade venda o l iv ro Soldado Descansa! em sites, bem como camisetas e outros artigos relacionados a nossa entidade. A expectativa é que ela seja uma nova fonte de renda para nossa organização.cv


4

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE ESPORTES BASQUETE FEMININO DE SBO É CAMPEÃO DOS JOGOS REGIONAIS A equipe de Basquete Feminino de Santa Bárbara d’Oeste sagrou-se campeã dos Jogos Reg ionais, realizado em Americana, em 17 de julho de 2017. O time da SEME (Secretaria Municipal de Esportes), comandado pelos técnicos Raphael Ribeiro e Clóvis Pavão, venceu Rio Claro na decisão pelo placar de 77 a 27 no Ginásio do Sesi. Este é o primeiro ouro do Município na modalidade dentro dos Jogos Regionais. A descendente Fernanda Costarelli fez parte desta equipe campeã. Ela é descendente das famílias Fergusson e Thomas.

Fernanda Costarelli, (em pé: segunda da esq. para a dir), foi campeã com a equipe SEME de Santa Bárbara d’Oeste.

DESCENDENTE DISPUTOU MUNDIAL DE TIRO ESPORTIVO NO LESTE EUROPEU Após conqu ist a r i nú meros t ít ulos nacionais e sul-americanos, os amigos jundiaienses Esdras de Medeiros, Cassiano Pyles e Itamar Bento, praticantes de tiro esportivo, representaram o Brasil pela primeira vez no Mundial da modalidade na Eslovênia, no Leste Europeu, que aconteceu a partir do dia 2 de agosto. Ele s d i s pu t a r a m a s m o d a l id a d e s “benchrest” (quando a arma fica apoiada em uma plataforma), nas distâncias de 25 e 50 metros do alvo. Cassiano, de 53 anos, passou a competir após conhecer Esdras. Com quatro anos de carreira em competições, ele ostenta o

recorde brasileiro na categoria “benchrest”, com 250 pontos, sendo “16 x”, ou seja, dos 25 tiros, exatamente 16 foram no meio do alvo. Ele superou a pontuação de 250 com “11 x” e vai competir na prova de 25 metros. Atualmente Cassiano é diretor da Federação Paulista de Tiro Esportivo e vive grande exp e ct at iva pa r a comp et i r no vel ho continente. Fonte: www.jj.com.br


5

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE FESTIVAL GASTRONÔMICO DE INVERNO DE STA BÁRBARA D’OESTE

No d ia 22 de julho de 2017 a FDA participou do Fest iva l Gratronômico de Inverno na Praça da Migração na Zona Leste em Santa Bárbara d’Oeste. Na ocasião pudemos part icipar vendend na barraca refrigerantes, água e cerveja. O evento foi mais uma iniciativa do COMTUR de Sa nt a Bá rba ra pa ra divulgar os restaurantes da cidade assim como os projetos do turismo no município. A F DA pa r t ic i pa d o s projetos do COMTUR em parceria com o município, afim de conquistar melhorias para o turismo da cidade.

SBO GARANTE VAGA NA FINAL DO ESTADUAL DE VÔLEI FEMININO SUB 16 SBO g a r a nte v a g a na finaldo Estadual Sub 16 A e q u i p e d e Vô l e i Feminino da Seme (Secretaria Municipal de Esportes) de Santa Bárbara d’Oeste está classificada para a Fase Final da 4ª ed ição da Copa de Voleibol do Estado, categoria Sub 16 , c omp et iç ã o promovida pela Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude. Na etapa regional do torneio, a equipe obteve 100% de aproveitamento.

O passaporte para a Final E st adua l foi obt id a após v it ór i a s sobre L i mei r a e Valinhos, ambas por 2 sets a 1, e sacramentada com o triunfo por 2 a 0 diante de Atibaia, parciais de 25-21 e 25-5. Também descendente da s fa m í l ia s Ferg usson e Thomas, Giovana Costarelli é uma das atletas que disputará a fase f inal, na cidade de Araraquara.

FRATERNIDADE AGORA CONTA COM ESTAGIÁRIA EM SUA SEDE NO CENTRO Dando continuidade ao Projeto de Profissionalinação da FDA, a partir do mês de novembro, a F DA passa a contar com uma estagiária em sua sede, a fim de auxiliar as questões administrativas e financeiras da entidade, assim como nos projetos de turismo, tradução e revisão de textos. Larissa Businari Costarel l i, é for mada em Letras pela UNESP

Araraquara e em Línguas, Literaturas e Culturas pela Universidade do Porto, em Portugal. Descendente da família Thomas e Fergusson, ficamos muito felizes em ter uma descendente nos ajudando nos trabalhos e nas melhorias da fraternidade. SEJA MUITO BEM VINDA!

PROJETOS DA FRATERNIDADE Gostaríamos de ouvir de todos sugestões para a melhoria da captação de recursos e ad m in ist ração da F DA . Se você tem conhecimento e tempo disponível para trabalhar voluntariamente conosco, por favor ent re em cont ato com a nossa diretoria. presidente@fdasbo.org.br

PROJETOS ADMINISTRATIVOS

• Software de Gestão Financeira; • Cobrança via internet / website • Cadastro de Descendentes • Árvores Genealógicas


6

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE PROJETO CULTURAL ESCOLAS 2016/2017

Neste ano mais uma vez a FDA participou do Projeto Cu lt ura l do Consel ho Mu n ic ipa l de Pol ít ic a Cultural de Santa Bárbara d’Oeste. Com isso, recebemos uma verba de R $ 9. 6 0 0 , 0 0 p a r a le v a r alunos das escolas estaduais

da cidade para o cemitério. Os alunos tiveram uma pa lestra com Marcelo Dodson sobre a imigração norte-americana e a criação do cem itér io. Após a palestra, os alunos foram divididos em grupos onde u ma pa r te con heceu os

Escola

implementos agrícolas e o trolley e a outra parte visitou o cemitério, onde puderam aprender ma i s sobre os primeiros imigrantes. Após o tour oferecemos um la nche onde todos puderam experimentar o nosso tradicional biscuit. O Projeto é uma parceria da FDA com a Prefeitura Municipal de Santa Bárbara d’Oeste e tem o objetivo de ensinar sobre a importância da imigração para o município e para o Brasil. O Projeto Cu lt ura l 2016/2017 fa z pa r te do Edital de Cultura - Lote 11 2 67 06 0211 - Processo: 00035437/2016 – Nota de Empenho: 04100/2017 Segue abaixo as escolas participantes:

Data

Alunos

Endereço da Escola

E.E. Prof.ª Elisabeth Steagall Pirstoucheg

25/08/2018

62

Rua do Iridio, 275 - Vila Mollon IV Santa Barbara d’Oeste - SP

E. E. Comendador Emílio Romi

29/08/2018

164

Praca Dona Carolina, 11 - Jardim Panambi Santa Barbara d’Oeste - SP

E.E. Col. Luiz Alvez

05/09/2018

100

Av da Industria, sn - Jardim Pérola Santa Barbara d’Oeste - SP

E.E. Prof.ª Sonia Bataglia

12/09/2018

135

R. Padre Anchieta, 173 - Vl S Campos, Santa Barbara d’Oeste - SP

LIVROS “SOLDADO DESCANSA!” 2ª edição R$50,00 (cinquenta reais)

“NOSSAS RECEITAS” Culinária Norte Americana R$15,00 (quinze reais)

PEDIDOS E INFORMAÇÕES E-mail: tesoureiro2@fdasbo.org.br Fones: (19) 3629-1800 ou (19)99941-3024


7

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE 2° PEDALA BATISTA – COMEMORAÇÃO 146 ANOS NO BRASIL O 2 ° Pe d a l a B at i s t a a c ont e c eu no d i a 3 d e s e t e m b r o d e 2 017, e m Comemoração aos 146 anos da Igreja Batista no Brasil. O evento foi uma parceria da Igreja Batista Memorial em Santa Bárbara d’Oeste, Fraternidade Descendência Americana, ABAA s s o c i a ç ã o B enef ic ent e Assistencial (Bazar Missionário e ABAMED), COMTUR-Conselho Mu n ic ipa l de Tu r i s mo, Prefeit ura Mun icipa l de Santa Bárbara d’Oeste e Guarda Municipal.

Comemora a chegada dos Pastores Bat istas na cidade em setembro de 1871, sob coordenação do pastor Richard Ratcliff, marcando o pioneirismo da nova fé em solo brasileiro. Contou com um tour sobre a história dos batistas no Cemitério do C a mp o, u m d e l ic io s o brunch, show musical e plantio de árvores. Foram plantadas 15 mudas de pin heiros, da mesma espécie dos que já existem no cem itér io. A sa íd a aconteceu à s 7h3 0 do Museu da Imigração.

Um dos objetivo dessas atividades é a integração das famílias, membros batistas, colaboradores e sociedade. Visa compartilhar história dos Batistas, sua chegada ao Br a s i l e Sa nt a Bá rba r a d´Oestes e seu legado.


8

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE VISITAS ESCOLARES CIEP PADRE VITÓRIO No dia 10 de agosto de 2017, recebemos a visita dos a lu no s d o C I E P Pa d r e Vitório de Santa Bárbara d’Oeste. A visita contou com 60 p e s s o a s e nt r e a lu no s e professores.

VISITA DO COLÉGIO IDEAL O Colég io Ideal de Santa Bárbara d’Oeste vistitou o Cemitério do Campo no dia 30 de agosto de 2017. O passeio contou com as palestras de May Trochmann e Nanci Padoveze que fa laram sobre a imigração e suas contribuições.

Ao final do passeio, os alunos do colégio se uniram e f izeram uma doação em d i n hei ro pa r a a F DA nu m tot a l de R$590,00. Com esse dinheiro pudemos pagar parte de um freezer horizontal para o Cemitério do Campo.


9

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE DEBATE SOBRE A BANDEIRA CONFEDERADA No dia 30 de Setembro de 2017, a Frater n idade Descendência Americana se reunião com o Movimento Crisálidas / UNEGRO / Associação e Coletivo das Mulheres Negras Carolina Mar ia de Jesus no salão Nobre da Secret a r ia de Educação para um debate sobre a bandeira confederada. No debate pudemos falamos sobre a Guerra da S ecessão, sua s causa s e consequências, dentre elas a imigração para o Brasil após a guerra. Apresentamos aos que não conheciam a FDA, nossas ações para com a preservação da história da imigração, sobre a importância do cemitério e de s u a m a nut enç ã o, a s palestras e passeios turísticos guiados que fazemos com as crianças do ensino municipal, assim como a Festa Confederada e outros

eventos que r ea l i za mos todos os anos. Dev ido aos ú lt imos acontecimentos nos Estados Unidos, a F DA propôs o encontro para que tanto a nossa organização como forma de entendimento, já que as notícias que vem Fora possível ouvir pela ótica dos representantes da “ F DA” - M a r c e lo S a n s Dodson e João Leopoldo a versão que justificam manter a bandeira mesmo após a apropriação na década de 40 por movimentos como a Ku klux klan, na luta contra os direitos civis e em especial dos afro-americanos, sendo enfático os preletores que houve má apropriação da bandeira. Claudia Monteiro e João Igor Mazoni apresentaram por out ro lado que a bandeira é utilizada como símbolo de segregação pela supremacia branca, e que

e s t a i nt e r pr et a ç ã o n ã o surg iu premat ura mente, mas, com signif icado e de maneira claramente intencionada e proposital. O saldo positivo deste encontro é a possibilidade de novos debates na busca de se compreender que se houve a colaboração dos imigrantes do sul dos EUA na região de Campinas, e suas histórias estão registradas. Também pudemos discutir a contribuição dos negros e a q u eb r a d e u m s i l ê n c io histórico. O encontro fora um avanço e possibilitou que sentasse os dois lados para entender os impactos que um símbolo pode representar numa sociedade que ainda carrega na sua cu ltura e educação a f ilosof ia eugenia e trata o out ro, suas d i ferenças e d iversidade com tota l invisibilidade.

CAMISETAS “CONFEDERADOS”

R$50,00 (cinquenta reais)

“HALLOWED GROUND” “LOVE AND HERITAGE” R$50,00 (cinquenta reais)

R$50,00 (cinquenta reais)

Nas cores branca, preta e cinza. | Verificar disponibilidade de tamanho Pedidos: pelo email bazar@fdasbo.org.br ou Whatsapp (19) 99783-7365


10

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE HISTÓRIA DA BANDEIRA CONFEDERADA O objetivo deste texto é esclarecer os leitores sobre a realidade dos fatos sobre a bandeira confederada e desmistif icar a visão tendenciosa e distorcida que vem sendo apresentada por vários veículos de comunicação. Com o início do conflito, ambos os lados organ izaram seus exércitos para enfrentamentos nos campos de batalha seguindo as regras de guerra elaboradas durante o período Napoleônico. As tropas federais (Yankees) utilizaram uniforme azul escuro enquanto as tropas confederadas (Rebel) utilizaram uniforme cinza. Isto causou um grande problema no campo de batalha pois a fumaça e a poeira cobriam os uniformes azuis fazendo-os parecer cinza. Para evitar confusões nos campos de batalha, os regimentos decidiram criar bandeiras para identif icar suas tropas no campo de batalha. No princípio, os Confederados t inham vár ios t ipos de bandeira de bata lha que somente foi unificada em 1º de maio de 1863 quando a ma ior ia dos reg i mentos a adot a r a m bandeira utilizada pelo General Robert E. Lee. A bandeira Confederada possui um fundo vermelho, símbolo de perserverança, coragem, e valor, sobre ela possui um “X” em azul, esta cor simboliza vigilância, verdade, lealdade e justiça, tendo o “X” adornado por linhas e estrelas brancas, cuja cor representa paz e honestidade. O “X” é uma alusão ao Santo André, primeiro discípulo de Jesus que foi crucificado pelos Romanos. No momento de sua crucificação ele pediu qu a cruz fosse em forma de “X” porque ele não se sentia no direito de mor rer da mesma maneira que Jesus morreu. As 13 estrelas representam os 13 estados que realizaram a secessão e lutaram por sua independência: Carolina do Sul,

Mississippi, Florida, Alabama, Georgia, Louisiana, Texas, Virginia, Arkansas, Carolina do Norte, Tennesee, Missouri e Kentucky. Com a rendição das tropas confederadas no dia 9 de abril de 1865, a bandeira confederada foi proibida de ser disposta em público pois o governo federal acreditava que ela poderia motivar a população a tentar novamente a sua independência bem como suprimir o orgulho sulista. Com o passar dos anos, inicia-se o falecimentos dos veteranos da guerra e a bandeira, cujo cai xão era cober to pela bandeira confederada. Aproximadamente 15 anos após a Guerra da Secessão, inicia-se um movimento em to do EUA de con st r u i r monumentos em honra aos soldados que lutaram na g uerra, onde foram autor izados ut i l izar a ba ndeira con federada simbolizando a causa perdida (independência). A partir da 2ª Guerra Mundial (1945) iniciou-se os movimentos de direitos civis contra a segregação racial adotada pelo governo federal em todo os EUA, decretada após a guerra da secessão. A associação entre a bandeira confederada em atos racistas iniciou-se em 1948 pelo partido segregacionista Dixiecrat, e pelo grupo de supremacia branca Klu Klux Kan (que até então usava somente a Bandeira oficial dos EUA). Estes grupos racistas adotaram a ba ndeira con federada como uma provocação aos grupos de direitos humanos e, infel izmente, associando seu ód io, violência, preconceito e discriminação com a bandeira confederada. Após anos de uso indev ido da bandeira confederada, a sociedade de modo geral também faz, atualmente, esta associação. No site do Soutern Poverty Law Group(1) é possivel visualizar todos os 917 grupos de ódio racial


11

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE nos EUA espalhados por todo os estados. É um conceito simplista acreditar que todos eles adotem a bandeira confederada como símbolo, principalmentes os grupos de ódio nos estados nortista. No entanto, estes grupos não representam a grande maioria das pessoas que consideram a bandeira como um componente de um momento histórico que definiu os destinos dos EUA, da sua relação com seus ancestrais e de a feto que possuem com este símbolo histórico. É i mp or t a nt e r e s s a lt a r que o s o presidente Abraham Linlcon e grande parte da população dos Estados Nortistas eram racistas. O que diferenciava-os dos Estados Sulistas é que eles defendiam a exploração da mão de obra livre ao invés da escrava. Isto está muito claro nos discursos do presidente L i n lcon e sua pol it ica de colonização (2), onde ele propos o envio de TODOS os neg ros dos EUA pa r a a A mazôn ia Brasi leira, no própr io posicionamento dos Partidos Republicano e Democrata nos anos anteriores ao conf lito (2), e no comportamento do exercito Yankee em relação ao neg ro (3). Ta mbém é necessário ressaltar que a escravidão era LEGA L nos EUA e protegida pela lei, assim, o seu fim somente poderia acontecer via alteração da constituição, o que somente ocorreu em dezembro de 1865, oito meses após o fim da guerra. O Sons of Confederate Veterans – SCV ( F i l ho s d o s s o ld a d o s C on fe d e r a d o s veteranos) é o maior grupo de preservação da memória de todos os sulistas envolvidos na guerra da secessão dos EUA com mais de 30.000 membros, expressa em seu estatuto e regimento: “O SCV não é um grupo de ódio racial e proíbe qualquer membro de t a is atos, tendo como pun ição a sua ex pu l são. É ex pressa mente proibido qualquer ato que incite a violência. Nosso dever é proteger e preservar a história e a herança do soldado confederado – ambos negros ou brancos”.

A FDAa, é a maior organização não governamental do Brasil na preservação da memória e da história dos imigrantes norte americanos para o Brasil. Em atividade há 63 anos, ela defende e promove a igualdade de raça gênero e religião. Seu estatuto regulamenta a conduta de seus membros bem como expressa o sent imento dos descendentes. Art. 8º: No desenvolvimento de suas atividades, a FDA observará os princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, publicidade, economicidade e da eficiência e não fará qualquer discriminação de raça, gênero, cor, idade, religião ou quaisquer outras formas de discriminação. Kevin Garber def iniu muito bem a problemát ic a em tor no d a ba ndei r a confederada: “Removendo a bandeira não irá remover o ódio, a divisão e a violência promovido pelas pessoas racistas, a mídia e as lideranças. O problema está no coração dos homens”. Isto quer dizer que o problema está nos valores e atitudes que as pessoas têm. Se, de um lado, têm-se indivíduos que usam a bandeira para incitar a violência racial e, de outro lado, temos indivíduos que sofrem com esta violência mas revidam com mais violência, cria-se então um círculo vicioso de ação e reação com resultados da nosos pa r a todos. I n fel i zmente, a bandeira confederada ainda está associada com um grupo minoritário de indivíduos que não representa os valores da grande maioria das pessoas que possuem laços histór icos com o mov imento de independência dos estados sulistas dos EUA. Citações: (1): https://www.splcenter.org/hate-map (2): Foner, E. (1970). Free soil, Free labor, Free Men. The ideology of the Republican Party before the civil War. New York: Oxford University Press. (3): Sampaio, M. C. (2013). Não diga que não somos brancos: OS projetos de colonização para afro-americanos do governo Lincoln na perspectiva do Caribe, America Latina e Brasil dos 1860. São Paulo: Universidade de São Paulo. (Tese de Doutorado).


12

BOLETIM DO CAMPO

NOTÍCIAS DA FRATERNIDADE MUSEU DA IMIGRAÇÃO - 30 ANOS Foi lançada hoje (7) a exposição “Museu da Imigração - 30 anos”, que faz parte das comemorações dos 200 anos de S.Bárbara. A mostra destaca a construção e o desenvolvimento do prédio, agora atual símbolo da imigração local. O conteúdo exposto faz parte do acervo técnico do Centro de Memória, rico em imagens e vídeos históricos da fundação da nossa cidade. Além das imagens da edificação, desde quando abrigou a Casa de Câmara, a Cadeia e a Delegacia, a exposição traz v ídeo inéditos - nunca convertidos ao formato digital -, que apresentam a vinda dos imigrantes Norte-Americanos para Santa Bárbara d’Oeste. Trata-se do resgate e preservação da nossa história, ação que será ampliada nas

comemorações do Bicentenário. Até 28 de fevereiro, o visitante pode conferir vídeos em 360 graus com conteúdo em quatro telas exibidas simultaneamente na Sala “Antonio Duarte”. O telefone do Museu da Imigração de Santa Bárbara d’Oeste é (19) 3455-5082

SANTA BÁRBARA D’OESTE COMPLETARÁ 200 ANOS que fosse erguida uma igreja para sua santa de devoção: Santa Bárbara. Algumas décadas depois, a cidade de Santa Bárbara acolheu nossos antepassados, que aqui puderam se instalar, recomeçar e, muitos deles, prosperar. A história da imigração Norte-Americana é sentida e relembrada até hoje pela cidade. Nosso cemitério completa 150 Anos de criação e a Festa Confederada completa 30 ed iç ões . Nos s a s fest a s s ã o pa r te d a comemoração dos 200 Anos do município como parte importante do desenvolvimento da cidade.

Neste ano de 2018, precisamente dia 4 de dezembro, a cidade Santa Bárbara d’Oeste celebrará, com muita alegria, seu bicentenário. fundada em 1818, o municipio tem a lg u ma s d a s ma i s i nteressa ntes histórias, fatos que enriqueceram o país de forma muito impactante, refletidas até hoje Contamos com vocês para prestigiarem na economia e nos costumes de todos nós. conosco todas essas datas especiais. Santa Bárbara d’Oeste foi fundada por Dona Margarida da Graça Martins, que veio de Santos para tomar posse de suas terras e, ao faze-lo, doou um terreno para a


13

BOLETIM DO CAMPO

DATAS DAS REUNIÕES DA DIRETORIA JANEIRO

MARÇO

MAIO

JULHO

Dia 28

Dia 25

Dia 27

Dia 29

Acontece todo primeiro domingo do mês, às 10h, no Cemitério do Campo

ASSEMBLÉIA GERAL JANEIRO

ABRIL

JULHO

Dia 14

Dia 08

Dia 08

Acontece todo primeiro domingo do mês, às 10h, no Cemitério do Campo

ELEIÇÃO 2018 A eleição em 2018 para a diretoria que assumirá a Fraternidade Descendência A mer ic a n a no s a no s d e 2 018 -2 0 2 0 acontecerá no dia 8 de Julho de 2018. Todos os descendentes contribuites podem participar e apresentar uma chapa, constituída por:

• Presidente; • Vice-Presidente; • 1º Secretário; • 2º Secretário; • 1º Tesoureiro; • 2º Tesoureiro. • Conselho Fiscal ( 3 pessoas) Os interessados em concorrer deverão apresentar suas chapas até o dia 8 de Abril, na assembléia geral. Ao lado, o trecho do estatudo da FDA que trata das eleições.

CAPÍTULO XIII DAS ELEIÇÕES Art. 57º: A eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal será realizada no mês de Julho, sendo de 02 (dois) anos o mandato dos membros da Diretoria e do Conselho Fiscal, na seguinte forma: I) As chapas deverão de inscrever até o mês de Abril anterior à eleição; II) Convocada a Assembleia Geral serão escolhidos dois membros para auxiliara eleição; III) O voto poderá ser por procuração simples, sempre nominal ou determinada; IV) Somente poderá votar o associado que estiver quite com a Tesouraria; V) Apurados os votos e resolvidas as impugnações, se houver, o Presidente da mesa proclamará os eleitos e a posse se dará imediatamente. P a r á g r a f o Ú n i c o: S ó p o d e r ã o candidatar-se associados contribuintes, e t er á d i r e it o a vot o, s ome nt e contr ibuintes, desde que estejam ambos em dia com a anuidade.


14

BOLETIM DO CAMPO

ANUIDADES DADOS BANCÁRIOS

ANUIDADE

Fraternidade Descendência Pague a sua anuidade através de depósito bancário Americana identificado, cheque CNPJ: 54.016.100/0001-35 nominal, transferência bancária ou boleto bancário. Banco Itaú: 341 Agência: 6345 Valor atual: R$477,00 (Quatrocentos e setenta e sete reais) Conta Corrente: 12566-7

CHEQUE NOMINAL À Fraternidade Descendência Americana Entregar no endereço: R. Dona Margarida, nº340 Centro Santa Bárbara d’Oeste/SP CEP: 13450-001

referente à ½ salário mínimo.

Sede Administrativa: Av. Tiradentes, 01 - Casa 01 - Santa Bárbara d’Oeste - SP Contato: (19) 3629-1800 e/ou (19) 99941-3024 | tesoureiro2@fdasbo.org.br CONSULTE CONDIÇÕES DE PARCELAMENTO DA ANUIDADE

BAZAR DA FDA Temos no Cemitério do Campo um bazar com vários itens à venda. Toda a renda é revertida para a FDA.

Doações fale com Nanci Padoveze. E-Mail: nanci_padoveze@hotmail.com Fone: (19) 99783 8164

RESGATE HISTÓRICO CEMITÉRIO DO CAMPO: Falar com Sra. Raimunda (caseira): (19) 99112-4710

VISITAS AO CEMITÉRIO: Devem ser agendadas antecipadamente pelo telefone: (19) 3629-1800.

A diretoria da FDA tem feito um trabalho de recuperação de documentos antigos como cartas, fotografias, certidões entre outras, assim como também objetos de importância histórica. A ideia é resgatar o máximo possível de material relevante para nossa história. Sua doação será recebida com a devida importância. Caso não deseje a doação, gostaríamos de realizar uma cópia digital dos materiais. Nos comprometemos a fazer o processo de digitalização e devolução de seu material, ou, se preciso for, nos deslocamos até sua residência para realizar o procedimento. Contamos com a colaboração de todos para aumetarmos o acervo histórico da FDA.

BOLETIM Envie-nos notícias, fatos interessantes e fotos para serem publicadas no Boletim da FDA. Email: presidente@fdasbo.org.br E-mail: fdasbo@outlook.com

Fone: (19) 99128 5678 Fone: (19) 3629-1800


15

BOLETIM DO CAMPO

FALECIMENTOS ALICE JUNE MAC KNIGHT

ANA MARIA MAC ALPIN

Ocorrido no dia 19/07/2017, com 57 anos SCHWARZENBEC Ocorrido no dia 20/10/2017, com 79 anos. de idade. Era filha de Sebastião Mac Alpin e de Benedita de Oliveira, deixando os f ilhos: Era esposa de Oscar Schwarzenbeck e filha de Harvey Monroe Mac Knight e Mary Elizabeth Douglas Fabian e Leandro. Mac K n ight. Seput ada no Cem itér io do LUCIANA VAUGHAN PIZARRO Campo. Ocorrido no dia 18/09/2017, com 59 anos de idade. Era filha de Arthur vaughan. Morreu CÍCERO GREEN O c or r ido no R io de Ja nei r o no d i a aos 42 anos deixou 3 filhos. Foi sepultada em 26/01/2018, com 96 anos de idade. Era filho Sumaré. de Henrique Green e Genny Green. e casado C A R O L I N A E U N I C E D A M I A N com Maria Lino de Freitas. Sepultado no CARR DE MUZIO Cemitério do Campo Ocorrido no dia 20/09/2017, com 59 anos de idade. Era esposa de Daniel Carr de Muzio, dei xa ndo os f i l hos A n na L ee e Sa muel. Sepultada no Cemitério do Campo

AJUDE A PRESERVAR NOSSO CEMITÉRIO Queremos cada vez mais contar com o É importante a união de todos neste apoio de todas as famílias para participar trabalho pois temos mais de 600 nomes na preservação dos túmulos. para conservar em nosso cemitério.

SEPULTAMENTO Para sepultamentos, favor contatar a FDA

Fone: (19) 3629-1800

Há regras para sepultamento que deverão ser seguidas.

O serviço do sepultamento deverá ser agendado com os coveiros.

Todos os descendentes da colonização Estão isentos da taxa os: americana, bem como seus cônjuges tem direito A. Sócios honorários ao sepultamento no Cemitério do Campo. O sepultamento dar-se-á mediante uma autorização da Fraternidade Descendência Americana. Esta autorização deverá ser solicitada à tesouraria.

B. Os sócios contribuintes há 10 anos ou mais, estendendo-se a isenção aos cônjuges, filhos menores de 21 anos e, excepcionalmente, pais idosos.

É fixada taxa de sepultamento correspondente a 10 (dez) anuidades.

Os sócios contribuintes há menos de 10 anos pagarão taxa de sepultamento proporcional aos anos que faltam para completar esse tempo.

As contribuições devem estar rigorosamente em dia por ocasião do sepultamento. Deverá ser designado, entre os familiares, o responsável pela continuidade do pagamento da anuidade.


16

BOLETIM DO CAMPO

Já estamos cadastrando voluntários para trabalhar na Festa Confederada nos dias 28 e 29 de abril de 2018. Precisamos de pessoas para trabalhar nas barracas, na decoração e no apoio. Os interessados devem enviar um email para fdasbo@outlook.com com: Nome completo, RG, CPF e telefone para contato ou no fone 19 3629 1800.

Profile for Fraternidade Descendência Americana

Boletim FDA 150  

Boletim FDA 150  

Profile for fdasbo
Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded