Page 1

embanews revista

Ano 24 - Edição 289 - Abril 2014

REVISTA ESPECIALIZADA EM EMBALAGEM , DIRIGIDA AOS SETORES DE ALIMENTOS , BEBIDAS , COSMÉTICOS , FARMACÊUTICOS E AFINS

REPORTAGEM

Embalagens de papelão ondulado adequadas e inovadoras têm possibilitado a redução de perdas de alimentos

ESPECIAL A importância das boas práticas na logística da embalagem asséptica

ENTREVISTA Maykon Vieira, da Mondelez Todos os segmentos de chocolates crescem na Páscoa

Capa-289.indd 1

26/03/2014 16:30:17


1GLOBO 25/3/14 17:50 Page 1

Over Shoulder - Impressão até o Ombro A Globoplast desenvolve em suas bisnagas plásticas o processo de acabamento com impressão Over Shoulder (impressão até o ombro). Mais sofisticação e personalidade para a embalagem de seu produto.

O processo de impressão até o ombro Globoplast possibilita o completo aproveitamento do tubo, garantindo assim a melhor qualidade da imagem e valorizando a apresentação e destaque do produto.

Máxima Proteção - Bisnagas Plásticas Globoplast Multicamadas As Bisnagas Plásticas Globoplast Multicamadas (Coextrudadas) oferecem segurança e proteção ao produto. O Copolímero de etileno e álcool vinílico EVOH é a resina barreira mais eficiente contra agentes do ambiente externo como umidade, óleos e gorduras, vapores orgânicos, oxigênio e outros gases, preservando a integridade das características do produto durante todo seu ciclo de vida. CAMADA EXTERNA O EVOH é introduzido na estrutura do tubo como uma camada central no processo de coextrusão, se unindo às camadas polares da estrutura por adesivos polímeros de alta compatibilidade.

CAMADA ADESIVA

O EVOH é altamente cristalino, apresenta alta transparência e brilho, boa resistência mecânica, elasticidade e alta resistência à abrasão.

CAMADA INTERNA

EVOH CAMADA ADESIVA

A Globoplast desenvolve e produz bisnagas plásticas extrudadas de máxima qualidade, atendendo os segmentos Cosmético, Farmacêutico e Veterinário, Alimentício e Químico Industrial com fechamentos especiais e decoração em OFF Set, Silk Screen, Hot Stamping, Impressão em Alto Relevo e aplicação de Braille. Mais do que produzir embalagens, nosso compromisso é proporcionar confiança aos nossos clientes com uma atuação mais competitiva e dinâmica em seu mercado.


Untitled-2 1

25/03/2014 21:12:45


4

xxx editorial

revista

Prêmio Embanews abre o calendário de eventos do setor

A

Páscoa concentra o consumo de chocolates no Brasil, que as pessoas consideram como um momento de presentear por excelência, abrindo oportunidades para a indústria de embalagem, já que inovação é a palavra-chave que move

essa indústria e é o tema da entrevista com Maykon Vieira da Mondelez.

A guerra contra o desperdício de alimentos requer melhores em-

balagens e sistemas, além de uma cadeia logística eficiente. O setor de embalagens de papelão ondulado se destaca pelo trabalho que faz no mercado de hortifrutis, e está na Reportagem.

Agora, todos os olhos se voltam para a festa do Prêmio Brasileiro

de Embalagem Embanews, que acontece no dia 4 de abril, e vai revelar os grandes vencedores de 2014. A cobertura completa estará na edição especial, com matérias com os grandes homenageados da noite.

embanews A notícia na embalagem certa Fundador:

Roberto Hiraishi (1942 ~ 2006) Diretor Responsável: Ricardo Hiraishi Administração: Rejane Doria Publicidade: Vilma Cocka Representante de publicidade: Bruno Eloi comercial@embanews.com Redação: Elizabeth Keiko Sinzato e Margaret Hayasaki editorial@embanews.com Diagramação: Carlos Rodrigues Assinatura e circulação: Gislaine Duarte Mucciolo assinatura@embanews.com Impressão e Acabamento: Cly Capa: Shutterstock A Revista embanews é uma publicação mensal da Newgen Comunicação Ltda. Redação, Administração e Comercial: Av. Francisco Matarazzo, 999 - Conjunto 22 - CEP 05001-000 São Paulo/SP - Brasil - Tel/Fax: (11) 3864-2390 ~ (11) 3864-9621 Registrada segundo a Lei de Imprensa no 2º Ofício de Registro de Títulos e Documentos sob nº 31.881 em 17 de julho de 1990. Dirigida ao segmento de: alimentos, bebidas, brinquedos, cosméticos, embalagens, farmacêuticos, químicos, e afins. Dirigida aos profissionais: con- sumidores e fornecedores de emba­lagens; fornecedores de matériasprimas e de insumos para a confecção de embalagens; fabricantes de máquinas e equi­ pa­ men­ tos para envase, emba­ lagem, estocagem e transporte; e pres­ta­dores de ser viços de apoio, asso­ciações, universidades e ins­ti­tui­ções ligadas ao ramo de em balagem. As opiniões dos artigos assinados e dos entrevistados não são necessariamente as mesmas da Revista embanews. © Direitos Reservados Todos os direitos dos artigos publicados na revista embanews são reservados pela Newgen Comunicação Ltda. Proibida a reprodução parcial ou total por qualquer meio de comunicação internet, digital, impresso, etc. E-mail: embanews@embanews.com Site: http://www.embanews.com

Tiragem: 15.000 exemplares

Boa leitura! Elizabeth Keiko Sinzato

editorial.indd 4

Abril 2014

26/03/2014 19:44:12


❘❘❘ sumário

Foto: Carlos Rodrigues

6

42 ESPECIAL

A embalagem asséptica ampliou as fronteiras para os produtos sensíveis. Os cuidados nas etapas de logística e distribuição são fundamentais para a qualidade

46 EMPRESA

Grupo Coesia inaugura planta fabril em Jundiaí (SP) e reúne suas 14 marcas

Seções 08 News

26 ENTREVISTA

Maykon Vieira: A Páscoa é o maior evento do consumo de chocolate no Brasil; para a Mondelez é uma operação que envolve mais de 10 mil pessoas

24 Agenda 22 Blogs & Sites

32 SUSTENTABILIDADE

48 Livros

As novas embalagens da linha capilar feminina Sapien Women da Surya Brasil utilizam plástico verde. Projeto Reciclaço coleta 2,9 milhões de latas de aço durante o carnaval no Ceará

50 Competitividade

34 REPORTAGEM

58 Tecnologia

A melhoria da qualidade dos produtos do setor de hortifruti passa necessariamente pelo setor de embalagens. Um bom exemplo a ser seguido é o que tem feito o mercado de embalagens de papelão ondulado para reduzir as perdas de frutas e legumes

52 Fronteiras 54 Design

62 Negócios Baixe o código QR e acesse embanews de seu celular

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

sumário.indd 6

26/03/2014 17:03:35


Uma codificação ruim pode atrapalhar suas vendas.

Está com problemas para codificar seus produtos com qualidade? A Videojet tem a solução. As codificadoras de caixas 2300 e 2120 da Videojet são totalmente integradas com o CLARiTY™, a conceituada interface do usuário para garantir a configuração da mensagem. Com o CLARiTY™, você pode eliminar os erros de codificação através de um software simples e intuitivo que minimiza e elimina os erros das entradas do operador no processo de codificação e marcação. Defina parâmetros de mensagens facilmente e limite o que pode ser alterado pelo operador. É o controle e garantia extra que podem fazer a maior diferença para a sua operação e seus resultados.

Para mais informações acesse o nosso site www.videojet.com ou entre em contato pelo email: br.marketing@videojet.com ou ligue para (11) 4689-7273

...Temos certeza de que os códigos estão corretos... Isso é praticamente à prova de erros.

Jose Torres, Chefe de Manutenção de Produção da Dutch Gold Honey


Shape acinturado A linha de produtos para cabelos cacheados bn.Cachos, do Instituto Beleza Natural, tem 16 itens, quatro para cada tipo, seja o cabelo ondulado, encaracolado, crespo ou frisado. A inovação também passou pelo conceito das embalagens, feita em cocriação com as clientes em trabalho que durou três anos em parceria com a agência Modo Design. “Nossa cliente cuida do cabelo enquanto cuida da casa. Tem apenas um banheiro em casa e acaba cuidando do cabelo no tanque. O desenvolvimento da embalagem dos produtos considerou este aspecto”, conta Rafaela Gomes, gerente de marketing de produtos do Beleza Natural. As embalagens valorizam a pega, por isso têm um gargalo maior e um shape acinturado, com bico dosador tipo pump para evitar o contato das mãos com todo o creme. Os frascos em PEAD e as tampas em PP são produzidos pela Zeviplast, Artmed e Neoplástica. Já os rótulos em PE com acabamento em cold foil são fornecidos pela EGM. www.belezanatural.com.br

Fotos: Divulgação

xxx news

8

Formato adequado A bebida à base de extrato de soja integral Soylait da Jasmine Alimentos ganhou nova embalagem desenvolvida por uma equipe interna de designers da empresa. O layout resgata o uso do desenho da marca Soylait e retrata o novo posicionamento da marca como um pó para preparo de bebida vegetal alternativa ao leite de origem animal. A embalagem redonda foi adotada porque é o formato adequado para a categoria. A tampa e o pote de polipropileno (PP) são fornecidos pela WS e o rótulo sleeve com aplicação de verniz é produzido pela 43 S.A. Gráfica. www.jasminealimentos.com

Tradição e modernidade Tradicional cachaça de alambique de Campo Alegre (AL), a Caraçuípe chega ao mercado em embalagem de luxo da linha Covet, produzida com exclusividade pela Owens-Illinois. Desde o princípio, a ideia era encontrar uma embalagem que transmitisse essa dicotomia tradição/modernidade, que é muito forte na Caraçuípe. “A cachaça agora envasada numa embalagem Covet deu o status que tanto buscamos para nosso produto, pois o consumidor não tem dúvidas de que está levando para casa um produto de qualidade”, ressalta Renato Coutinho, proprietário do Engenho Caraçuípe. “Estamos tendo um retorno extraordinário em vendas e a embalagem teve uma participação fundamental para o sucesso desse lançamento”, afirma. www.oidobrasil.com.br

Revista embanews

news.indd 8

xxx Abril´14

26/03/2014 15:05:54


MODPR2 25/3/14 17:48 Page 1

A Promáquina desenvolve soluções de qualidade em sistemas de envase e fechamento de embalagens para os mercados Farmacêutico, Cosmético, Químico e de Alimentos e Bebidas. Os equipamentos possuem projeto moderno e versátil, de alto desempenho para todos os níveis e exigências de produção. Se a necessidade é alimentar, posicionar, encher, tampar, rotular e encaixotar, entre em contato e conheça nossas linhas.

Precisão e Produtividade é Promáquina.

Soluções na medida exata • • • •

Posicionadores Lavadoras/Sopradoras Enchedoras Tampadoras

• Rotuladoras • Final de Linha • Enchedoras de Bisnagas

• Encartuchadoras • Aplicadoras de Sleeve • Contadoras de Comprimidos

CONHEÇA NOSSA TECNOLOGIA DE PERTO, VISITE-NOS NAS FEIRAS:

Fone: + 55 11 3686-6722 - www.promaquina.com.br


10

xxx news

Reflexo da pérola Fotos: Divulgação

O cartucho de papel cartão do creme facial antissinais Ciclos Priorage 30+, da Racco, segue a identidade visual da linha Ciclos. Com o uso do acabamento iriudim, a cor da embalagem remete ao mesmo reflexo da pérola, fazendo uma referência à matéria-prima utilizada no creme, o extrato do pó de pérola. O cartucho é fornecido pela Corgraf e o pote e a tampa pela Incom. O design da embalagem é assinado pelo designer da empresa Wilian Soares. www.racco.com.br

Visual clean A proposta conceitual das embalagens da linha de batata palha, batata chips lisa e chips ondulada Bem Orgânico é baseada na essência que os produtos orgânicos transmitem, ou seja, algo mais natural possível. A leveza do layout e a grande presença da cor branca acompanham as tendências de design utilizadas para produtos orgânicos. O visual clean permite a evidência da marca e a exposição dos principais elementos, ou seja, os produtos. As cores marcantes são para diferenciação dos itens da linha e para criar uma identidade visual marcante. O design foi desenvolvido pela Zoom Mais Comunicação Design e a embalagem é fornecida pela Relipel. www.fhom.com.br

Desdobramento da arquitetura de marca A linha da Wickbold conhecida como light agora se chama Estar Leve. O naming Estar Leve é um desdobramento da arquitetura da marca, que possui também a linha Estar Bem, a primeira em pães funcionais do Brasil. A mudança ocorreu para atender à nova regulamentação da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Mesmo que o produto não tenha adição de açú-

Revista embanews

news.indd 10

cares e/ou teor reduzido ou mesmo nulo de gorduras, se, em relação ao alimento de referência (versão convencional do mesmo alimento), não houver redução de ao menos 25% no valor energético, ele não pode ser denominado light. A embalagem é fornecida pela Cristal, Polyplastic e Riva Embalagens. O design da embalagem é assinado pela Team Creatif. www.wickbold.com.br

xxx Abril´14

26/03/2014 15:06:13


índice de anunciantes xxx

11

Edição 289 (ABRIL 2014) 4 Control.................................................... 24

Formold..................................................... 55

Mainard......................................................61

Santa Inês............................................. 31/57

Aha Packaging........................................... 57

Forpoly....................................................... 33

Markem Imaje.............................................17

Sarapui....................................................... 53

Aleusa Brasil................................................21

Frasquim.................................................... 59

Max Film.................................................... 55

Saviplast......................................................51

Antilhas...................................................... 29

Fujinox........................................................61

MN Design..................................................51

Serac.......................................................... 59

Artepel....................................................... 57

Geraldiscos..................................................51

Moltec........................................................ 53

Sicpa.......................................................... 53

Baumgarten............................................... 23

Globoplast................................................. 02

Optima....................................................... 25

SIG Combibloc........................................... 03

Bobst.....................................................53/64

Grampel..................................................... 57

Brogotá................................................. 05/59

GRC........................................................... 55

BST Latina.................................................. 04

Gris.............................................................51

Celco.......................................................... 59

Ibema......................................................... 27

Cobrirel...................................................... 47

Ibeplas....................................................... 22

CSA............................................................ 53

IFTB............................................................ 45

Dager......................................................... 57

Igaratiba..................................................... 59

Embaclass.................................................. 53

Inkjett........................................................ 55

Embalabor...................................................61

Inpet.......................................................... 59

Embali.........................................................51

Instituto de Embalagens............................. 48

Embaquim...................................................12

Interplast.................................................... 37

Paferpack................................................... 53

Simbios-Pack...............................................61

Panizzon......................................................61

Soft Color.................................................. 55

Pavan Zanetti..............................................15

Sunnyvale....................................................13

Pentapack.................................................. 53

Super Finishing...................... 51/53/55/57/59

Perflexo...................................................... 59

Supporte.................................................... 59

Pintarelli..................................................... 57

Tec do Brasil............................................... 53

Plásticos Pirituba........................................ 55

Technocoat................................................ 55

Ponto Inicial............................................... 57

Technoveda................................................ 55

Promáquina................................................ 09

Trans Erg.....................................................61

Promon...................................................... 55

Tudela.........................................................61

Rami............................................................51

Uniflex.........................................................51

Emplas........................................................11

Jet Filtros.....................................................61

Engepack................................................... 57

Krones.........................................................19

RC Dudas....................................................51

Vedapack................................................... 57

Lanin.....................................................38/63

Rotulan...................................................... 53

Vicpack.......................................................61

FCE Cosmetique......................................... 49

Log3D........................................................ 59

Saferpak..................................................... 59

Vídeojet..................................................... 07

FCE Pharma.................................................41

Loti..............................................................61

Salazar........................................................51

WFA........................................................... 55

Expoprint................................................... 39

Revista embanews

indice.indd 11

xxx Fevereiro´14

26/03/2014 19:05:17


12

xxx índice editorial

ín

Edição 289 (ABRIL 2014) 43 S.A. Gráfica.................. 08/20 Abeaço....................................33 Abief........................................62 Abigraf....................................62 ABPO.......................................34 Abre.........................................18 Alispec................................16/62 Amaciante Plush.....................62 Anvisa..................................10/14 Ápice Gráfica..........................16 Aptar.......................................14 Arcor....................................19/54 Aro..........................................20 Artecola...................................60 Artepremium..........................21 Artmed....................................08 Artpel......................................20 Áurea Alimentos.....................56 Autopack.................................62 Baldacci...................................14 Balluff......................................18 Baumgarten............................62 Blug.........................................54 BR Films...................................14 Brainbox Design......................56 Brander....................................54 Brasilgrafica.............................20 Braskem...................................32 Brassell.....................................18

indice.indd 12

Bril Cosméticos........................56 C.Borg.....................................54 Camil.......................................62 Caraçuípe................................08 Cargill......................................62 Casa Rex..................................56 C-Borg.....................................19 CCL..........................................14 Ceagesp..................................34 Celocorte.................................54 CentroPack..............................14 Cepêra.....................................62 Chocolife.................................19 Coesia......................................46 Congraf...................................14 Copobras.................................56 Corgraf....................................10 C-Pack......................................32 Criame.....................................20 Cristal......................................10 Datamark................................62 Dezign com Z..........................21 DKT do Brasil...........................54 Ducoco....................................54 Dumold Ferramentaria............14 Eastman..................................58 EGM........................................08 Elsevier.....................................48 Embale....................................56

Empório Santa Maria..............21 Engratech................................14 FAO..........................................34 FGV..........................................18 Fhom.......................................10 Fini...........................................62 Fleischmann............................62 Fugini.......................................62 Gebo Cermex..........................58 Gráfica Fama...........................56 Gráfica Gonçalves...................56 Gráfica Rex..............................19 Green Inhand..........................22 GT América.............................56 Guabi.......................................62 Guala Closures........................16 Hai-Sai.....................................56 i9 Business...............................14 Ibema......................................18 Igaratiba..................................14 Incom......................................10 Innovapack..............................19 Instituto Beleza Natural...........08 Ipel...........................................56 Ital............................................48 Jasmine Alimentos..................08 jkr global.................................22 Juxx.........................................56

Klabin......................................34 Klöckner Pentaplast................62 Kopenhagen...........................20 Krones.....................................42 L´occitane.................................14 Laboratório Takeda.................54 Linx..........................................60 Macron....................................14 Maquiplast..............................16 Markem-Imaje........................18 Massa F1.................................62 Maxiquim................................62 Miteco.....................................62 Mondelez Brasil.......................26 MVW Rigesa...........................34 Natura.....................................62 Nazca.......................................62 Neoplástica.............................08 Nestlé Purina...........................62 O Boticário..............................56 Obah Design...........................54 Omega Pack............................20 Open D!..................................56 Owens-Illinois..........................08 Panco.......................................56 Pavão.......................................54 Pernord Ricard.........................16 PH2..........................................16

Polyplastic................................10 Predilecta.................................62 R1234................................. 20/54 Racco.......................................10 Relipel......................................10 Riva Embalagens.....................10 Rodak......................................62 Romiti......................................20 SAi...........................................60 SDL..........................................16 SGD.........................................14 Sol PP.......................................56 Sovena.....................................54 Sunnyvale........................... 18/58 Surya Brasil..............................32 Tambaú...................................62 Team Creatif....................... 10/20 Tetra Pak........................42/54/62 Top Cau...................................20 Tradbor....................................62 Unilever...................................56 Vale do Sol..............................62 Verdemar................................54 Wickbold.................................10 WO Design..............................19 WS...........................................08 Zeviplast..................................08 Zoom Mais Com. Design........10

26/03/2014 12:28:16


xxx news

14

Inspirada na Bromélia A L’occitane au Brésil, marca franco-brasileira do Grupo L’occitane, foi buscar na faixa de terra entre o mar e as montanhas da Mata Atlântica o extrato de uma das plantas mais radiantes do país para criar produtos exclusivos de cuidados para o corpo e os cabelos. É a linha Bromélia, que foi inspirada na delicadeza e resistência da Bromélia Imperial.

As embalagens foram desenvolvidas por Olivier Baussan, diretor artístico da L’occitane, em parceria com a ilustradora Tatiana Paiva. O frasco de vidro é fornecido pela SGD e o de

plástico pela Engratech e Igaratiba. A válvula pump é produzida pela Aptar, o rótulo pela CCL e o cartucho pela Congraf. www.loccitane.com.br

Em homenagem ao futebol A i9 Business lança a versão Fut Gogo’s Crazy Bones da bebida Drink & Brink. Cada embalagem pet de 200 ml vem com o personagem Fut Gogo’s Crazy. São 90 personagens colecionáveis que estão divididos em nove times. A nova edição também foi criada para homenagear o esporte mais amado no Brasil, o futebol. Os brindes também virão nas versões energy, que mudam de cor conforme a temperatura, multicolors, que são pintados à mão e relevo, com mais de 20 cores diferentes. O layout da embalagem foi produzido pela equipe de criação do departamento de marketing da i9 Business. O rótulo é fornecido pela BR Films e a embalagem pela CentroPack em parceria com a Dumold Ferramentaria. www.solbebidas.com.br

Área impressa menor

Fotos: Divulgação

O laboratório farmacêutico Baldacci apresenta sua nova marca cor-

porativa como parte da estratégia de crescimento para os próximos anos no mercado nacional. O projeto de rebranding - desenvolvido pela Arteria Comunicação estendeu-se também às embalagens das diversas especialidades médicas em que atua. Além do aspecto visual, a mudança deve-se a uma maior otimização no processo de impressão: a área impressa é menor e o tamanho dos cartuchos foi reduzido. O Baldacci também se antecipa à resolução da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e adota a identificação via DataMatrix (código 2D), além de marcação em braile e selo de qualidade raspável. Para os próximos meses, também será implementada a tecnologia hot melt, que garante ao paciente maior proteção contra falsificações e violações. O cartucho é fornecido pela Macron. www.lbaldacci.com.br

Revista embanews

news.indd 14

xxx Abril´14

26/03/2014 15:06:28


Untitled-1 1

25/03/2014 20:51:20


❘❘❘ news

16

Fotos: Divulgação

Praticidade ao consumidor Pensando em diversificar seu portfolio e oferecer praticidade aos seus consumidores, a Alispec, indústria brasileira atuante no mercado de alimentos de food service e varejo, acaba de lançar o Brigadeiro d’Colher em stand-up pouch, que confere excelente apresentação no ponto de venda e praticidade ao consumidor. Produzida pela Maquiplast, a embalagem é composta por um filme de náilon e polietileno, laminado com poliéster, que garante excelente barreira à permeação de oxigênio e vida de prateleira. O design da embalagem foi desenvolvido pela PH2. www.alispec.com.br

Estilo único

Fotos: Carlos Rodrigues

A vodca polonesa Wyborowa Exquisite, da Pernord Ricard, ganhou uma embalagem especial que tem o mesmo formato retorcido de sua elegante garrafa de vidro. Produzida pela Ápice Gráfica, a embalagem de polipropileno (PP) foi impressa em quatro cores no verso, com aplicação de hot stamping prata. Além disso, a transparência do material permite aos consumidores visualizar o produto na embalagem. www.apicegrafica.com.br

Revista embanews

news.indd 16

Guala investe no Brasil A Guala Closures está lançando no Brasil um novo modelo de tampa conta-gotas, o Super DeLux (SDL), que traz mudanças para o mercado de bebidas destiladas; entre elas o visual premium que a tampa confere ao conjunto da embalagem, através da superfície lisa e de aspecto metalizado, e o amplo espaço lateral para decoração. A principal inovação fica por conta do novo conceito ‘tamper-evident’ da SDL, que deixa visível um anel branco na tampa após a primeira abertura e proporciona elevado grau de segurança. Segundo o diretor geral da empresa, Ivan De Nadai, estas são atribuições importantes da SDL para o segmento de bebidas de alto valor, que precisa se defender das falsificações. O lançamento envolveu recursos de quase 2 milhões de euros no Brasil e precede novos investimentos em lançamentos que devem chegar em breve no mercado. www.gualaclosures.com

❘❘❘ Abril´14

26/03/2014 15:07:16


Pronta. Sob Medida. Veloz.

Nova SmartLase Série C

Potencialize sua linha de envase. Projetada para o seu mercado, fornecendo o controle máximo de seus custos de produção com a melhor qualidade de codificação e a velocidade que você precisa, não importa a taxa de produção, o tamanho ou o substrato.

Codificação em Taxa de disponibi- Desenhada para alto contraste a lidade de 99,9% durar 30% a mais mais de 100.000 líder no mercado que o padrão do produtos por hora. com total integração. mercado. Potencialize

Smartlase Beverage (BR) 210x280.indd 1

Versões dedicadas para os mercados alimentícios e de bebidas.

Contate-nos ainda hoje: www.markem-imaje.com.br

11 4003 9470

30/01/2014 14:45


18

❘❘❘ news

Curtas

A indústria brasileira de embalagens obteve receita de R$ 51,8 bilhões em 2013 - que representa 1,1% do PIB brasileiro -, superando os R$ 46,7 bilhões gerados em 2012. O dado é resultado de um estudo encomendado pela Associação Brasileira de Embalagem (Abre) e coordenado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo Salomão Quadros, coordenador de análises econômicas da FGV, a produção física de embalagem cresceu 1,41% em relação a 2012. “Os setores de embalagens de vidro e de metálicas apresentaram aumento de produção de 9,31% e 7,57%, respectivamente”, revela. Já os setores de papel, papelão e cartão (-1,03%), plástico (-2.03%) e madeira (-17,06%) sofreram queda de produção. Segundo ele, o desempenho positivo do segmento de perfumes, sabões, detergentes e produtos de limpeza que obteve crescimento de 5,54%, em 2013, explica o crescimento da produção física de embalagens de vidro. O nível de emprego na indústria de embalagem atingiu, em dezembro de 2013, 227.355 postos de trabalho. A indústria do papel apresentou o maior crescimento em 2013, 2,04%. A balança comercial do setor de embalagens foi deficitária, com exportações de US$ 492 milhões e importações de US$ 914 milhões. As exportações caíram 1%, enquanto as importações cresceram 7% na comparação com 2012. “Esse déficit não foi diferente do restante da indústria”, afirma Quadros. O setor de embalagens plásticas responde pela maior participação nas exportações, com 41,28% do total, seguido do setor de metálicas, com 30,83%, papel e papelão, com 21,93%, vidro, com 3,08% e madeira, com 2,89%. O mesmo acontece no bolo total das importações. O setor de embalagens plásticas representa 56,67%, o papel e papelão, 14,86%, vidro, 14,53%, metálicas, 13,88%, madeira, 0,06%. Em 2014, a expectativa é que a produção física do setor de embalagem atinja um crescimento de 1,5%. “O câmbio mais desvalorizado poderá conter em parte a importação de bens de consumo, abrindo espaço para a substituição pela produção doméstica. Isso deve aumentar a demanda de embalagem”, explica. www.abre.org.br

Revista embanews

news.indd 18

A Markem-Imaje, fabricante e distribuidora de soluções de identificação e rastreabilidade de produtos, nomeou Vincent Vanderpoel como presidente e CEO do Grupo. O executivo será responsável por conduzir os esforços da companhia para atender a uma base mundial de clientes cada vez mais importantes. Ele assume o cargo no lugar de Serge Kral, que se aposenta após 20 anos na Markem-Imaje. Rodrigo Paes Leme assume a presidência da Brassell, empresa mineira especializada em equipamentos industriais para codificação industrial, inspeção e controle de qualidade e embalagens. A Brassell atende a região de Belo Horizonte (MG), como distribuidora da Sunnyvale, que atua na comercialização e fabricação de equipamentos industriais. No comando da empresa, Leme tem a missão de fortalecer a presença da Brassell em setores industriais que crescem no mercado mineiro, onde a empresa atua há 21 anos. A brasileira Adriana Belmiro assume a presidência da Balluff, empresa de origem alemã, especialista no desenvolvimento de sensores e soluções para automação industrial, instalada em Vinhedo (SP) há mais de 30 anos. Ela tem como desafio principal concretizar o potencial de crescimento da Balluff e alavancar grandes negócios, com o apoio de uma produção local, com laboratórios, suporte técnico e produtos de elevada qualidade.

Escala de operação – R$ mil

Fonte: IBGE

Fotos: Divulgação

Setor de embalagens obtém receita de R$ 51,8 bilhões em 2013

*Dados estimados

Ricardo Cesar Vieira Fernandes deixa suas atividades do suporte técnico para atuar na área de novos negócios do setor comercial da Ibema em São Paulo. Fernandes integra o time comandado por Fabiano Bissule, supervisor da equipe de novos negócios que tem por objetivo ampliar o atendimento direto às pequenas gráficas com volume de compras a partir de um palete.

❘❘❘ Abril´14

26/03/2014 15:09:28


news xxx

19

Embalagem especial Um dos grandes lançamentos para este ano da Arcor é o ovo Bon o Bon de Colher que marca a entrada da empresa no mercado gourmet. De olho neste segmento, a empresa inovou seu portfolio e apresenta um formato especial, além de um delicioso recheio cremoso de amendoim. O layout explora o logo Bon o Bon e o produto, destacando o creme de amendoim. O design foi desenvolvido pela C-Borg e a embalagem de papel cartão pela Innovapack. www.arcor.com.br

Prazer sem culpa Ovo de Páscoa Beauty Care com colágeno, sem açúcar, glúten, gordura trans e lactose é a novidade da Chocolife. O design criado pela agência WO Design explora um conceito clean, além de destacar os principais benefícios do novo produto. A embalagem foi produzida pela Gráfica Rex. A Chocolife produzirá uma edição limitada de 3 mil ovos para a Páscoa 2014. www.chocolife.com.br

Revista embanews

news.indd 19

xxx Abril 14

26/03/2014 15:10:50


20

xxx news

Requinte e delicadeza Sinônimo de presente de Páscoa, a Kopenhagen aposta na linha de ovos Dessert com casca recheada: Nhá Benta frutas vermelhas, Nhá Benta maracujá, creme bruleé e tiramissú. O lançamento ganhou um novo formato de embalagem que confere requinte e delicadeza ao produto. Trata-se da fibralata que já é bastante utilizada por algumas marcas de chocolate fora do Brasil para garantir inovação e diferenciação. A embalagem é fornecida pela Artpel e o design da embalagem é assinado pela agência R1234. www.kopenhagen.com.br

Foto: Divulgação

Fotos: Divulgação

Ideais para presentear A Bauducco traz uma opção aos amantes de chocolate, a nova Colomba Pascal Mousse, com massa de chocolate e recheio cremoso de mousse de chocolate e a nova embalagem de Colomba avelã, ideal para presentear, composta pelas cores dourado e marrom. Já a Visconti apresenta suas novas embalagens de Colomba frutas e gotas, alinhadas ao novo posicionamento da marca “A vida sem cerimônia” e a nova arte da lata, muito mais moderna e sofisticada, fornecida pela Aro. Os cartuchos de papel cartão são produzidos pela Romiti e Brasilgrafica. O design das embalagens é assinado pela Team Creatif. www.bauducco.com.br/www.visconti.com.br

Diversão garantida Ovos de Páscoa com brindes devem garantir a diversão da criançada. A Top Cau apresenta a linha de ovos da Winx Fadas, que traz lindas miniaturas das carismáticas personagens Bloom, Flora e Stella, agora como fadas. Para os meninos que gostam de muita ação, o destaque é o ovo de Páscoa com a máscara do personagem Bumblebee, o esperto e confiável robô que se transforma em carro na série de televisão, Transformers Prime. A embalagem com janela transparente apresenta o produto e o brinde de forma harmoniosa, além de permitir a visualização do produto pela criançada. O design da embalagem foi desenvolvido pela agência Criame. O cartucho de papel cartão é fornecido pela 43 S.A. Gráfica e o blister pela Omega Pack. www.topcau.com.br

Revista embanews

news.indd 20

xxx Abril´14

26/03/2014 15:11:22


news xxx

21

Conceito inovador

Foto: Divulgação

news.indd 21

Através da embalagem, o Empório Santa Maria atende as expectativas dos seus clientes, agrega valor sentimental ao pro-

duto e oferece ovos de Páscoa personalizáveis. A equipe de criação da empresa em parceria com a agência Dezign com Z desenvolveu uma proposta inovadora. Sete estampas coloridas, cada uma impressa em quatro cores, identificam os diferentes sabores de chocolate. Cada caixa, feita de cartão duplex 325g/ m2 com faca especial e berço interno, contém a metade de um ovo. Sua faca especial possui uma trava, que possibilita o encaixe entre duas embalagens criando um ovo completo. Quando unidos, os designs das duas caixas se comunicam pela cor marrom, comum a todas as estampas, e se complementam formando a imagem de um ovo. Os cartuchos são fornecidos pela Artepremium. www.emporiosantamaria.com.br

26/03/2014 15:14:08


❘❘❘ blogs & sites

Fotos: Divulgação

22

A linha de maquiagem Eve Lom´s ganhou design gráfico e estrutural da embalagem assinado pela jkr. Elevando a ideia de pureza através do design, a aparência e a sensação resultante dos produtos refletem o brilho interno e o brilho associado à nova linha. Através da combinação de diferentes acabamentos, como cetim e vidro, além de detalhes em relevo, a nova embalagem entrega um apelo sensorial único e inesperado na mão. DICA: http://www.jkrglobal.com/latest-news/

blogs & sites.indd 22

A embalagem do ohashi é nova, única e impressionante. Um método simples que combina habilmente o produto e a embalagem, expressando a beleza perfeita de um jeito simples. O design foi desenvolvido pela estudante de design Ye Yu-Jin. DICA: www.greeninhand.com

26/03/2014 14:48:44


24

❘❘❘ agenda

NACIONAL 2014 23 a 25 de abril RECICLA NORDESTE Centro de Eventos do Ceará – Fortaleza – CE www.reciclanordeste.com.br 12 a 14 de maio FCE PHARMA E FCE COSMETIQUE Transamérica Expo Center – São Paulo – SP www.fcepharma.com.br // www.fcecosmetique.com.br 3 a 6 de junho FISPAL TECNOLOGIA Pavilhão de Exposições do Anhembi – São Paulo – SP www.informagroup.com.br 16 a 22 de julho EXPOPRINT LATIN AMERICA Transamérica Expo Center – São Paulo – SP www.expoprint.com.br 5 a 7 de agosto INTERNATIONAL FOODTEC BRASIL Expo Unimed – Curitiba – PR www.foodtecbrasil.com.br 12 a 15 de agosto EMBALA NORDESTE Centro de Convenções de Pernambuco - Olinda - PE www.embalaweb.com.br 18 a 22 de agosto INTERPLAST Expoville – Joinville-SC www.interplast.com.br 7 e 8 de outubro CONGRESSO BRASILEIRO DE EMBALAGEM Centro Fecomércio de Eventos – São Paulo – SP www.abre.org.br

INTERNACIONAL 2014 6 a 10 de maio METPACK Messe Essen – Essen – Alemanha www.metpack.de 7 a 10 de maio PACKPERU Centro de Exposições Del Jockey – Monterrico – Lima – Peru www.packperuexpo.com 8 a 14 de maio INTERPACK Messe Dusseldorf – Dusseldorf – Alemanha www.interpack.com 16 a 19 de junho ARGENPLAS Costa Salguero – Buenos Aires – Argentina www.argenplas.com.ar 9 a 12 de setembro EAST AFRIPACK Kenyatta International Conference Centre – Nairobi – África www.eastafripack.com 28 de outubro a 1 de novembro INTERNATIONAL PLASTIC FAIR Makuhari Messe – Tóquio – Japão www.ipfjapan.jp 2 a 5 de novembro PACK EXPO INTERNATIONAL Chicago’s McCormick Place – Estados Unidos www.packexpo.com Revista embanews ❘❘❘ Abril 14

agenda.indd 24

26/03/2014 14:43:34


Untitled-1 1

26/03/2014 18:05:27


xxx entrevista

Fotos: Carlos Rodrigues

26

Operação Páscoa Este ano a Mondelez levará ao mercado 28 milhões de ovos de Páscoa, um trabalho que começa com 18 meses de antecedência Elizabeth Keiko Sinzato

A

Páscoa é o maior evento de venda de chocolate do país, e durante o mês em que acontece, o seu consumo aumenta em média até 40%. Não são apenas os Ovos de Páscoa, mas todos os segmentos de chocolates crescem neste período: caixas de bombons, tabletes, wafles. A Páscoa é também o segundo maior evento sazonal do Brasil; só fica atrás do Natal, e é uma data em que todos reconhecem

“Durante a Páscoa o consumo de todas as categorias de chocolate chega a aumentar até 40%”

como um momento de presentear. A diferença entre as duas datas é que na Páscoa só se presenteia com chocolate e as empresas se esmeram nos lançamentos. Quem conta esta e outras particularidades sobre o mercado de chocolates e a Páscoa, em entrevista à embanews, é Maykon Vieira, gerente de marketing de Páscoa da Mondelez Brasil, dona de marcas tradicionais aos consumidores brasileiros como

Revista embanews xxx Abril´14

entrevista.indd 26

26/03/2014 12:15:26


28

❘❘❘ entrevista

Sonho de Valsa, Diamante Negro, Bis, Laka, Confeti. Este ano, a Lacta, que reúne as marcas da Mondelez para chocolates, levará ao mercado 28 milhões de ovos; 53 itens, dentre os quais cinco lançamentos. É uma operação gigantesca que tem início com 18 meses de antecedência, e envolve mais de 10.000 pessoas contratadas para trabalhar especificamente com a Páscoa, que este ano acontece em abril, quando o evento é considerado mais promissor. Pela simples razão de estar mais distante do período mais crítico para o orçamento familiar: o início do ano, fazendo prever melhores resultados. Maykon Vieira está há um ano como responsável pelos produtos de Páscoa da Mondelez. Ele ingressou na companhia em 2006, como gerente de trade marketing de biscoitos, e percorreu diferentes cargos para categorias diversificadas de produtos. Sua carreira em multinacionais teve início pelo trade marketing da Unilever, há 13 anos. Embanews: O ovo de chocolate é um símbolo forte da Páscoa no Brasil. Isso acontece em todo o mundo? Maykon Vieira: O mundo inteiro comemora a Páscoa, mas as proporções que o evento assume no Brasil em matéria de consumo de chocolate só acontecem aqui. Somente no Brasil há ovos de 1 kg, de 3 kg, e lojas com tantos ovos em exposição, ocupando parreiras inteiras. O interessante é que no Brasil come-se muito menos chocolate do que nos países europeus durante o ano; só na Páscoa é que esse consumo se torna muito maior do que em qualquer país do mundo. Embanews: E qual é o anseio das pessoas neste período? Maykon Vieira: O consumo de todos os tipos de chocolate cresce na Páscoa, não apenas o de ovos, um momento em que as famílias dedicam-se a presentear. Porém o ovo de Páscoa se destaca como opção de presente e é aí que a embalagem ganha uma

cessariamente o que o consumidor pediu. Por isso, hoje existem itens de pré-Páscoa; são itens de menor desembolso, para atender a necessidade do consumidor e do shopper. Não é preciso esperar a Páscoa para dar um presente ao seu filho. Você pode presenteá-lo com itens como os mini-ovos, por exemplo, que deixam o seu filho feliz, são mais baratos e dar o ovo efetivamente na Páscoa. Porque além de mais caro, ele é difícil de armazenar. Por essa razão o shopper deixa para comprar o ovo já próximo à Páscoa, daí a importância dos produtos pré-Pascoa, em que as embalagens fazem total diferença. Nesse período a durabilidade é muito importante, porque os itens serão mais intensamente manuseados.

“Todo o processo de embalagem de ovos de Páscoa é feito manualmente” elevada importância. Ou seja, quanto mais bonito, vistoso e presenteável, melhor é a percepção do produto, tanto para o consumidor final quanto para o shopper, que é aquele que toma a decisão de compra. Embanews: O que o shopper leva em conta na decisão? Maykon Vieira: O shopper é um elo importante na escolha do produto. A Páscoa é feita em baixo da parreira. O consumidor pode pedir por um item, mas se ele estiver quebrado ou amassado, ele levará outro em melhores condições. Por isso, é preciso garantir que o ovo esteja lá bem exposto, bonito, sem quebras e sem derreter. Além disso, o shopper vai levar o item que o consumidor pediu, mas também aquele que ele não pediu. É no período pré-Pascoa, que compreende o período póscarnaval até cerca de 20 dias antes da Páscoa, que o shopper geralmente compra itens que ele decidiu, não ne-

Embanews: O mercado infantil continua em crescimento? Maykon Vieira: Ele é muito importante e cresce cada vez mais. A criança sempre quer algo a mais, não quer só o chocolate. É por isso que os licenciamentos de personagens são tão disputados. Para 2014 temos 12 licenciamentos que se desdobram em uma variedade de ovos, tamanhos e brinquedos. Ao total são 15 ovos infantis, seis masculinos, seis femininos e três para todas as crianças. Embanews: Qual é o destaque entre os lançamentos este ano? Maykon Vieira: Este ano estamos com 53 itens, entre os quais cinco lançamentos. O principal destaque é o Bis Xtra, único ovo customizável, e é voltado para o público jovem que poderá se presentear de forma divertida. Esta é uma versão de 1 kg que vem com cartela de autoadesivos que permite decorar a embalagem com a cara de quem vai ganhar o presente. Ele também contém maior quantidade de chocolate, são quase 70 gramas em tabletes. Embanews: Como vê o papel da inovação na embalagem e como a Mondelez trabalha essa questão?

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

entrevista.indd 28

26/03/2014 12:15:38


ANOS


xxx entrevista

Maykon Vieira: A importância da inovação é gigantesca. Os insumos de embalagem são em grande parte commodities, e sofrem constante impacto de preço. A inovação nos formatos, tecnologias, formas de embalar, etc. aumenta a percepção de valor do produto e minimiza o impacto do custo das commodities. O planejamento de uma Páscoa acontece com uma antecedência de 18 meses, quando começamos a elaborar o portfólio e, a partir desse momento, a decidir tudo o que envolve o desenvolvimento do produto, o sabor, o tamanho, a embalagem, tudo para que o produto chegue ao consumidor no ‘timing’ certo. A produção em si começa de seis a sete meses antes da Páscoa. Na planta de Curitiba, no Paraná, onde se concentra 100% da produção de ovos de Páscoa da Lacta, temos um time dedicado ‘full time’ ao desenvolvimento e inovação na área de embalagem e outro time só para produtos. Lá eles podem testar as inovações na linha, conhecer os impactos, fazer testes de armazenagem, paletização e tudo o que for necessário. Esse movimento não pára, temos pesquisas constantes para o desenvolvimento de fórmulas, novos insumos e embalagens, seja no formato, material ou processo. Embanews: O que é importante em uma embalagem de ovo de Páscoa além de ser bonita e presenteável? Maykon Vieira: A embalagem é importante em tudo o que se refere a transporte, segurança e armazenagem do produto, desde que sai da fábrica até a hora em que chega à mão da pessoa que está sendo presenteada. O chocolate é sensível ao calor, e o Brasil é um país quente. É preciso que todos os ovos tenham uma armazenagem especial diferentemente de um chocolate convencional. 100% do volume de ovos de Páscoa produzido é transportado e armazenado em caminhões e armazéns refrigerados. Os tabletes, por seu próprio formato e pela maneira como são embalados, são muito mais resistentes ao choque e ao calor, pois formam um bloco rígido. Já o ovo de Páscoa é oco por dentro; qualquer impacto vai quebrá-lo, amassá-lo e ninguém dá um presente danificado, por isso a embalagem precisa garantir a total integridade

todos processos manuais porque não existem máquinas que façam isso. Isso demonstra o cuidado que requer o processo de embalagem de ovos de Páscoa.

Fotos: Divulgação

30

Bix Xtra, forma divertida de presentar os amigos

do produto e uma caixa de papelão para um ovo de Páscoa, por exemplo, tem que ser mais resistente do que para um tablete. Embanews: O índice de perdas é alto? Maykon Vieira: Existe um percentual de quebra, como é chamado, e de devolução, mas isso é comum para todos os fabricantes, e ocorre devido ao manuseio no ponto de venda. Para assegurar a qualidade do produto, o manuseio dentro da fábrica é feito de maneira especial. O ambiente fabril é controlado, com algumas linhas dedicadas a ovos de Páscoa, com regras de higiene e qualidade para garantir que o ovo chegue com integridade na casa do consumidor. Mais de 70% do processo de produção do ovo de Páscoa e 100% do processo da embalagem é feito manualmente. Só na planta temos mais de 1.000 pessoas trabalhando para colocar os ovos dentro da embalagem. Primeiro, é preciso colocar o bombom dentro do ovo, passar o alumínio, colocar o copinho, o envoltório, o laço, a etiqueta, depois colocar na caixa; são

Embanews: E como esse cuidado se estende às etapas de logística e distribuição? Maykon Vieira: Além do transporte e armazenagem refrigerados, as condições da loja também são importantes. Por conta disso, os promotores nas lojas também recebem um treinamento específico sobre os ovos de Páscoa, sobre como devem ser armazenados, em que condições de temperatura e higiene. Nem sempre há ar condicionado nas lojas, por isso as parreiras são normalmente montadas nas áreas em que estão as câmaras frias dos supermercados. Por isso os estoques nas lojas são menores, pois estas áreas são geralmente mais quentes. Na questão da higiene, por exemplo, não se pode colocar um palete de ovos de Páscoa ao lado de um palete de sabão em pó, porque vai haver contaminação pelo odor. Não se pode colocá-lo também em um ambiente que tenha umidade. Todas as 3.500 pessoas da equipe de merchandising e vendas recebem essas informações, para garantir a qualidade do produto no ponto de venda. Precisam saber também em que condições o produto deve ser exposto no ponto de venda, qual é a posição correta, como a gôndola deve ser limpa, com qual a periodicidade. Tudo isso é transmitido a todo o time durante o treinamento. Embanews: Como se dá a parceria da Mondelez com os fornecedores de embalagem? Maykon Vieira: Nós temos parceiros estratégicos para cada um dos insumos de embalagem; eles correm o ano inteiro atrás de inovações e soluções que envolvem a decisão pelo tamanho da embalagem, a espessura da caixa, a melhor disposição, etc. Outro ponto importante é garantir o acesso do consumidor ao produto. É quando a equação entre custo e inovação ganha destaque, como expliquei anteriormente. Também trabalhamos com um parceiro estratégico para o design das embalagens, que desenvolve todo o nosso portfolio. www.lacta.com.br

Revista embanews xxx Abril´14

entrevista.indd 30

26/03/2014 12:15:46


Para uma cachaça Premium, a embalagem só poderia ser Grand Prix.

A Santa Inês leva muito a sério tudo o que faz e quando aceitou a conta da Cachaça Velho Barreiro Diamond, empenhou-se em mais um . de seus grandes desafios. Num brilhante trabalho realizado a 4 mãos com a Genéricacom deu forma e conteúdo a uma embalagem vencedora e vendedora! !

O Cartucho Velho Barreiro Diamond, ganhador do Prêmio Embanews na categoria marketing como melhor embalagem promocional, agora confirma a sua liderança conquistando o Grand Prix da Indústria Gráfica, o Prêmio Fernando Pini. Apenas uma questão de ação e afirmação.

www.genericacom.com.br

www.velhobarreirodiamond.com.br

www.santaines.com.br


xxx sustentabilidade

Fotos: Divulgação

32

Beleza

SUSTENTÁVEL As novas embalagens da linha capilar feminina Sapien Women da Surya Brasil utilizam plástico verde

A

preocupação com o meio ambiente está no DNA da Surya Brasil, marca de cosméticos naturais, veganos e orgânicos, que acaba de lançar quatro novos produtos da linha capilar feminina Sapien Women, a primeira a ser certificada pela Ecocert, Cosmebio, Peta e Vegan, certificadoras reconhecidas mundialmente. Desenvolvidos para mulheres que querem ficar mais bonitas sem agredir o meio ambiente, os produtos foram inspi-

rados nas brasileiras modernas, que são conscientes das escolhas que fazem em seu dia a dia, por isso optam por produtos de qualidade, os quais sabem de onde vieram e como foram produzidos. “Os cosméticos naturais, veganos e orgânicos hidratam profundamente a pele e cabelos, proporcionando resultados reais e de longa duração. É uma opção ainda inédita no mercado brasileiro e ideal para as mulheres que se importam com a beleza, com o bem-estar e com a conservação do

planeta”, explica Clélia Angelon, diretora e fundadora da Surya Brasil. Com o conceito Desintoxique sua Beleza, a linha capilar, composta por xampu, condicionador, leave-in (creme para pentear) e reparador de pontas, é um complemento e inspiração da masculina Sapien Men, que busca oferecer produtos mais sustentáveis, utilizando embalagens feitas com o plástico verde da Braskem. As embalagens da linha Sapien Women também utilizam o plástico verde, cujo diferencial está em contribuir para a redução da emissão dos gases do efeito estufa na atmosfera. O plástico verde é feito a partir do eteno obtido do etanol de cana-de-açúcar capturando gás carbônico durante o seu processo produtivo. Para ajudar o consumidor a reconhecer o plástico verde, a Braskem criou o selo ‘I´m green ™’, que garante a origem renovável da embalagem. Para a Braskem, os novos produtos estão alinhados aos valores da empresa de inovar e melhor servir às pessoas. “O uso do plástico verde proporciona ao consumidor uma solução sustentável para embalagens. A expansão da parceria com a Surya reforça o cuidado da empresa em oferecer soluções para seus clientes”, afirma Alexandre Elias, diretor de químicos renováveis da Braskem. As embalagens plásticas da linha Sapien Women foram produzidas pela C-Pack, empresa especializada na produção de bisnagas plásticas, e serão comercializadas nas Américas do Sul e Norte, Europa, Ásia e África. Elas atendem ao conceito Eco-Packaging, levando em conta os princípios da sustentabilidade. Os produtos são desenvolvidos com 50% menos de energia e menor quantidade de matéria-prima. Para Luiz Gonzaga Coelho, CEO da empresa, a parceria com a Surya Brasil e a Braskem mostra o quanto as empresas estão cada vez mais preocupadas em disseminar a importância do investimento na cadeia sustentável. “A tecnologia promove a sustentabilidade e nós acreditamos e investimos em ações socioambientais como esta”, completa. www.suryabrasil.com.br www.braskem.com.br www.c-pack.com.br

Revista embanews xxx Abril´14

sustentabilidade.indd 32

26/03/2014 12:35:48


sustentabilidade ❘❘❘

33

2,9 milhões de latas de aço pós-consumo coletadas Esse volume representa 96 toneladas de aço que foram recolhidas durante o Carnaval de 2014 no Ceará pelos catadores em parceria com o projeto Reciclaço

D

urante o carnaval de 2014 catadores de diversas cooperativas dos litorais da capital, leste e oeste do Ceará recolheram aproximadamente 2,9 milhões de latas de aço para bebidas – refrigerante e cerveja -, o que representa cerca de 96 toneladas de aço, em parceria com o Projeto Reciclaço, iniciativa do poder privado criada com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da reciclagem e incentivar a valorização das embalagens de aço pós-consumo para fins comerciais. Todo o aço recolhido, material 100% reciclável, será vendido para as siderúrgicas que o reutilizarão para a fabricação de novo aço, usado para os mais diversos seg-

sustentabilidade.indd 33

mentos como construção civil, automóveis ou mesmo embalagens. “O Programa Reciclaço tem como objetivo a divulgação, conscientização e educação ambiental, bem como o incentivo da coleta de latas de aço para bebidas pós-consumo”, explica Alexandre Alves do Nascimento, coordenador do projeto. No litoral da capital foram recolhidas 84 toneladas pelos parceiros do Reciclaço. Já nos litorais leste e oeste foram cerca de 3 e 9 toneladas respectivamente. “Queremos aumentar ainda mais o índice de reciclagem das embalagens de aço para bebidas no Brasil, que hoje já alcança 88% do mercado”, conta Nascimento. O Projeto Reciclaço foi criado em 2001 e conta com aproximadamente

3.350 estabelecimentos voltados para a coleta diária de latas de aço para bebidas. Sem fins lucrativos, o projeto é responsável por gerar renda para mais de 15 mil famílias e possui como estratégia subsidiar o serviço de coleta, oferecendo ao mercado o melhor preço pela sucata de latas de aço para bebidas. Estima-se que mais de 194 mil toneladas de aço já foram recolhidas desde o início das atividades. A atuação do Reciclaço acontece em eventos populares nos estados do Nordeste e no Pará. O programa criou um canal direto com os sucateiros, cooperativas e associações para o esclarecimento de qualquer dúvida, pelo telefone 0800-7035282. www.abeaco.org.br

26/03/2014 12:35:54


xxx reportagem

Fotos: Divulgação

34

Combate

ao DESPERDÍCIO A melhoria da qualidade dos produtos do setor de hortifruti passa necessariamente pelo setor de embalagens. Um bom exemplo a ser seguido é o que tem feito o mercado de embalagens de papelão ondulado para reduzir as perdas de frutas e legumes

S

Margaret Hayasaki

egundo o novo estudo da Organização da Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) divulgado no ano passado, 1.3 bilhões de toneladas de alimentos são desperdiçados anualmente no mundo. Isso não só causa grandes perdas

Revista embanews xxx Abril´14

reportagem.indd 34

26/03/2014 11:47:27


reportagem xxx

Paulo Iserhard, vice-presidente da MWV Rigesa do negócio de papelão ondulado

Gabriella Michelucci, diretora da divisão de embalagens de papelão ondulado da Klabin

econômicas estimadas em US$ 750 bilhões por ano, como também graves impactos nos recursos naturais dos quais a humanidade depende para se alimentar. Por ano, os alimentos produzidos mas não consumidos utilizam um volume de água equivalente ao fluxo anual do rio Volga na Rússia e são responsáveis pela emissão de 3.3 mil milhões de toneladas de gases com efeito estufa na atmosfera do planeta. De acordo com o estudo, 54% do desperdício alimentar no mundo ocorre na fase inicial da produção, manipulação pós-colheita e armazenagem. Os restantes 46% ocorrem nas etapas de processamento, distribuição e consumo. Quanto mais tarde um produto alimentar se perde na cadeia alimentar, maiores são as consequências ambientais, de acordo com a FAO, já que ao custo inicial da produção devem ser adicionados os custos ambientais incorridos durante o processamento, transporte, armazenamento e utilização. O estudo destaca várias regiões críticas do desperdício alimentar. O elevado nível de desperdício de frutas contribui significativamen-

te para a utilização desnecessária de água na Ásia, Europa e América Latina. Da mesma forma, o alto volume de desperdício de hortícolas nos países industrializados da Ásia, Europa e Sul e Sudeste da Ásia, resultam numa grande pegada de carbono para o setor. No Brasil, na maior central de abastecimento da América Latina, a Companhia de Entreposto e Armazéns Gerais do Estado de São Paulo (Ceagesp), que reúne 1190 empresas atacadistas de frutas, hortaliças e legumes, movimenta 11 mil toneladas por dia destes produtos e 230 milhões de embalagens por ano. O desperdício é de pouco mais de 1%. Para ajudar a combater o desperdício e a perda de valor das frutas, hortaliças e legumes, o uso da embalagem adequada é essencial. A caixa K de madeira tida como uma grande vilã perdeu participação nos últimos anos, caindo 30% no período de 2004 a 2012. Segundo Anita de Souza Dias Gutierrez, coordenadora do Centro de Qualidade em Horticultura da Ceagesp, há uma maior conscientização dos agricultores que migraram para o

uso da caixa de papelão ondulado, especialmente, no caso de frutas, respondendo hoje por 56% do volume total, além disso a caixa de madeira está mais cara devido à falta do material. “Ainda se usa muita caixa de madeira pesada e áspera. É uma prática muito antiga, mas isto não quer dizer que ela não pode ser boa”, defende. Para combater o desperdício de alimentos, Anita defende o manuseio mínimo das frutas e hortaliças. Em parceria com a Associação Brasileira do Papelão Ondulado (ABPO, o Centro de Qualidade em Horticultura desenvolveu o Manual Manuseio Mínimo que foi distribuído para agricultores, empresas do entreposto e supermercadistas. Segundo pesquisa da Associação Paulista de Supermercados (APAS), os perecíveis como frutas, legumes e verduras (FLV) são grandes responsáveis por levar o consumidor às lojas. Não à toa a importância da seção de FLV cresceu 5,1% em 2012. No entanto, a área mais crítica em termos de perdas é FLV, que no mesmo ano, registrou perdas de 4,22%. Mas, isso se deve à exposição inadequada desses alimentos na gôndola. A grande maioria dos supermercados brasileiros empilha o produto, provocando o amassamento, frutas moles, sem brilho e deterioradas. O ideal, segundo Anita, é utilizar a própria embalagem para a exposição dos produtos no ponto de venda. Lá fora, o uso da caixa display pronta para exposição de frutas no ponto de venda é bastante comum, mas no Brasil ainda não. “Percebemos que há um amadurecimento deste tipo de embalagem nos pontos de venda no Brasil, principalmente para frutas, mas acreditamos que ainda levará um tempo para alcançar o uso intensivo existente no mercado internacional”, acredita Paulo Iserhard, vice-presidente da MWV Rigesa - negócio de papelão ondulado. Segundo ele, hoje a embalagem de alta ventilação é utilizada no conceito “caixa-display”, já que, além de possuir alta resistência, conta com uma maior área de visualização do produto. “Temos ainda outras soluRevista embanews

reportagem.indd 35

35

xxx Abril´14

26/03/2014 11:47:38


36

xxx reportagem

Embalagens sob medida

Foto: Divulgação

Portfolio completo e versátil de embalagens

ções, como todo o nosso portfolio de embalagens tipo bandeja. São embalagens expositoras que permitem total visualização do produto e facilitam o empilhamento”, revela. Na opinião de Gabriella Michelucci, diretora da divisão de embalagens de papelão ondulado da Klabin, essa é

uma cultura principalmente dos países desenvolvidos, que recebem, em sua maioria, embalagens de papelão ondulado com frutas de outros países, incluindo o Brasil. “Seria interessante que essa cultura fosse ampliada para o nosso país, valorizando assim a embalagem de papelão ondulado”, destaca.

Por isso, a melhoria das embalagens é tão fundamental não somente para a expansão dos negócios do setor de hortifrutícolas, mas principalmente visando a redução de perdas motivadas por problemas na estocagem e no transporte. Um bom exemplo é o que tem feito o setor de embalagens de papelão ondulado ao desenvolver soluções inovadoras. A MVW Rigesa investe continuamente em inovação e tecnologia e possui uma equipe de especialistas dedicada à busca de soluções inovadoras que garantam ao cliente melhor aproveitamento da carga, minimizando as perdas da lavoura até o consumidor final. Segundo Iserhard, a alta tecnologia das embalagens oferece estrutura e design exclusivos, com características importantes para as necessidades do mercado de frutas, verduras e legumes, como alta resistência em condições de frio e umidade, facilidade no empilhamento e dimensões versáteis. “A embalagem de alta ventilação, outra inovação da empresa, proporciona à fruta alta velocidade de resfriamento na câmara fria. Além disso, a embalagem permite facilidade para a troca de gases, o que retarda o amadureci-

Evolução do número de embalagens, por grupo de produtos, de 2004 a 2012 Ano

Diversos

Frutas

Legumes

Verduras

Total

Índice 100

2004

10.944.354

109.139.418

31.877.421

18.497.634

170.453.827

100

2005

11.920.496

122.407.798

33.580.292

17.293.920

185.202.506

109

2006

11.599.617

122.919.327

34.414.827

18.074.809

186.909.580

110

2007

11.879.024

124.014.882

36.144.861

18.095.634

190.134.401

112

2008

12.574.507

131.127.523

38.275.620

19.188.674

201.166.324

118

2009

12.127.313

127.811.970

41.017.292

19.653.236

200.609.811

118

2010

13.461.880

134.519.351

47.082.737

20.515.077

215.579.045

126

2011

12.257.715

138.475.448

46.920.455

19.910.973

217.564.591

128

2012

13.179.420

141.641.675

49.703.722

21.823.706

226.348.523

133

Fonte: Detin

Crescimento de 33% do número de embalagens

Revista embanews xxx Abril´14

reportagem.indd 36

26/03/2014 11:47:48


Untitled-3 1

25/03/2014 21:25:39


38

xxx reportagem

Estimativa do número de embalagens movimentadas, por tipo e por grupo de produto, nas Ceasas do Interior da CEAGESP, em um ano Grupo

Papelão

Plastico

Madeira

Saco

Total

Frutas

8.871.836

5.010.333

8.207.096

602.998

22.692.263

Legumes

934.583

5.672.841

3.146.106

408.610

10.162.140

Verduras

0

110.646

3.756.357

570.104

4.437.107

Diversos

401.202

0

26.496

4.935.248

5.362.946

Total

10.207.621

10.793.820

15.136.055

6.516.960

42.654.456

Fonte: Detin mento do fruto, contribuindo para melhores condições de armazenamento e transporte, que são fundamentais para processos que envolvam grande locomoção, como exportação”, explica o executivo. “As soluções em embalagens da MWV Rigesa podem atender a todas as necessidades dos mais variados mercados e customizadas cliente a cliente. Nosso portfolio é completo e versátil”, afirma Iserhard. Ele

continua: “Temos sempre um número significativo de projetos em nosso pipeline de inovação e, naturalmente, este mercado de frutas esta sempre presente. Não podemos nos antecipar aos lançamentos, mas garanto que novos desenvolvimentos estão a caminho para evolução do segmento”. Na Klabin, os projetos de inovação são co-gerados entre fornecedores e a equipe de P&D&I do cliente. A área de suporte técnico acompanha e monitora a embalagem até o seu uso final, mesmo em outros países. “Estamos sempre disponíveis para realizar projetos de reengenharia de embalagens, reduzindo itens e otimizando as embalagens”, revela Gabriella. No caso do projeto da caixa de papelão ondulado para transporte de frutas, por exemplo, a área de P&D&I realizou, durante 18 meses, pesquisas e testes para que o produto atendesse às necessidades do grande produtor e do pequeno agricultor. A Klabin oferece modelos personalizados para cada tipo de cliente/produto. “Todas as propostas são personalizadas e as embalagens são adaptadas para cada condição de uso. No total, atendemos mais de 20 segmentos do setor hortifruti”, informa Gabriella.

Desafios para o uso da embalagem adequada Nem sempre a cadeia logística está preparada para o uso de uma embalagem de qualidade, principalmente no mercado interno. “Uma embalagem adequada exige embalamento em local coberto e caminhões fechados, por exemplo, artigo raro em algumas regiões e para alguns produtos”, explica Iserhard. Hoje, segundo ele, o grande desafio é influenciar a melhoria da cadeia, de maneira que a embalagem adequada possa ser utilizada. “A questão tecnológica da embalagem não é mais um entrave e, em cadeias estruturadas, como a de exportação, a embalagem de papelão ondulado é dominante”. O principal desafio, de acordo com Gabriella, é desenvolver uma embalagem que seja competitiva, resistente, e que tenha espaço interno para atender à necessidade do Revista embanews xxx Abril´14

reportagem.indd 38

26/03/2014 11:47:58


expoprint. com.br

A MAIOR FEIRA GRÁFICA DA AMÉRICA LATINA EL MAYOR EVENTO DE LA INDUSTRIA GRÁFICA EN AMÉRICA LATINA THE LARGEST EVENT OF THE GRAPHIC ARTS INDUSTRY IN LATIN AMERICA

TRANSAMÉRICA | SÃO PAULO | BRASIL

16 A 22 DE JULHO DE 2014

Ao efetuar o seu cadastro gratuito, você ainda recebe informações sobre o mercado gráfico e as novidades dos expositores da ExpoPrint.

JULY 16TH TO 22ND • 16 AL 22 DE JULIO

Aproveite e ainda concorra a um iPad! www.expoprint.com.br

ASSOCIADOS AFEIGRAF | ASOCIADOS AFEIGRAF | AFEIGRAF MEMBERS

APOIO ENTIDADES | APOYO ENTIDADS | ENTITIES SUPPORT

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DE FORMULÁRIOS, DOCUMENTOS E GERENCIAMENTO DA INFORMAÇÃO

APOIO INTERNACIONAL | APOYO INTERNATIONAL | INTERNATIONAL SUPPORT

REALIZAÇÃO | REALIZACIÓN | REALIZATION

21x28 IPAD.indd 1

ORGANIZAÇÃO E PROMOÇÃO | ORGANIZACIÓN Y PROMOCIÓN | ORGANIZATION AND PROMOTION

1/17/14 4:45 PM


40

❘❘❘ reportagem

mercado, mas que ao mesmo tempo permita a integridade do produto até o consumidor final. “Vale reforçar a importância do manuseio da embalagem e seu armazenamento, que impactam diretamente nas condições do produto transportado”, ressalta a diretora da divisão de embalagens de papelão ondulado da Klabin.

Evolução das embalagens expande as exportações de frutas A melhoria das embalagens de papelão ondulado tem sido fundamental para a expansão dos negócios no que se refere à exportação de frutas. Há uma sinergia muito grande entre a ampliação das exportações de frutas e a evolução da tecnologia aplicada nas embalagens para frutas no Brasil. “A cadeia de exportação de frutas é extremamente agressiva e a resistência da embalagem está intrinsecamente ligada à qualidade do produto que chega ao destino. A estrutura da embalagem deve ser

dimensionada para garantir a proteção das frutas considerando as condições de frio, umidade, transporte e peso a que são submetidas. Isto exige tecnologia diferenciada, que a indústria de papelão precisou desenvolver para suportar as exportações brasileiras”, revela Iserhard. A melhoria nas caixas de papelão ondulado agrega maior resistência à embalagem e também maior integridade do produto ao longo do transporte. “A evolução nas caixas de papelão pode ser observada desde o desenho, passando pela maior capacidade de impressão, até as características da matéria-prima. Todas essas questões são fundamentais para a expansão no que se refere à exportação de frutas”, afirma Gabriella.

Negócio importante A MVW Rigesa investiu com o objetivo de crescer 50% em volume nos próximos 4 a 5 anos no negócio de caixas de papelão ondulado para o segmento hortifruti. “Para 2014, não

podemos abrir números em relação às nossas expectativas, mas podemos afirmar que nosso compromisso de crescer e atender às expectativas dos clientes é o nosso foco para o mercado brasileiro”, diz Iserhard. O segmento de hortifruti que vem crescendo dentro da Klabin, que mantém investimentos nas unidades de papelão ondulado. Em 2013, a unidade Goiana (PE), por exemplo, ampliou sua produção local de 71 mil toneladas/ano para 146 mil toneladas/ano para atendimento ao mercado da região Nordeste, que inclui, entre outros setores, o setor de hortifruti. “Por ser uma companhia de capital aberto, a Klabin não faz projeções. Mas podemos afirmar que a empresa está se preparando para atender às demandas futuras do mercado e cada vez mais busca produtos inovadores que mantenham a qualidade e tradição da companhia. O principal objetivo é continuar crescendo de forma sustentável”, assegura Gabriella.

Proporção % dos tipos de embalagem por grupo de produto nas Ceasas do Interior da Ceagesp Verduras

Verduras

Frutas

Legumes

Fonte: Detin Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

reportagem.indd 40

26/03/2014 11:48:07


xxx especial

Fotos: Divulgação

42

Embalagens assépticas ampliam fronteiras Cartonada asséptica cresce em mercados emergentes; asséptico em PET aposta em produtos premium Elizabeth Keiko Sinzato

O

crescimento contínuo da demanda por alimentos ganha escala global por conta da expansão dos países emergentes e da melhoria da renda das classes de baixo poder aquisitivo, elevando a pressão sobre governos no mundo inteiro em relação à disponibilidade futura de alimentos, água e recursos energéticos. Fatores como o consumo de água, terra, clima, preço dos insumos agrícolas podem ser vetores da alta de preços de alimentos e de quedas na produção agrícola. Nesse contexto reduzir o desperdício é imprescindível para se enfrentar

esse desafio e leva em conta empregar a embalagem correta, envasada no sistema apropriado, com formas corretas de manuseio, transporte e armazenagem, que não exponham o alimento ao risco de deterioração de suas propriedades. Segundo o estudo apresentado para o Congresso Internacional Save Food, durante a Interpack de 2011, “a embalagem é uma parte essencial de um processo de longo prazo para o desenvolvimento de soluções para reduzir as perdas, que terá que empregar uma combinação de tecnologias e processos (Ol-

smats e Wallteg, 2009). A indústria de embalagens global de alimentos tem muito a contribuir, não apenas para enfrentar as perdas de alimentos, mas também para garantir a segurança alimentar, bem como o incremento do comércio mundial de alimentos, que é uma das chaves para o desenvolvimento econômico dos países”. A segunda edição do Congresso Internacional Save Food acontece este ano em Dusseldorf, na Alemanha, nos dias 7 e 8 de maio, durante a feira Interpack. Há várias formas de se melhorar a

Revista embanews xxx Abril´14

especial - asseptica.indd 42

26/03/2014 19:25:04


especial xxx conservação e o tempo de duração de um alimento, como desidratação, liofilização, congelamento, uso de aditivos químicos, por calor, adição de açúcar, fermentação, irradiação, etc., assim como diversos tipos de embalagem. O sistema de envase asséptico, que implica em uma descontaminação da embalagem e no tratamento do produto, em um ambiente controlado, é utilizado em várias formas de embalagem, como as caixas cartonadas, embalagens PET e pouches flexíveis. Neste momento, vamos nos deter nas embalagens cartonadas assépticas e nas embalagens PET envasadas no sistema de enchimento asséptico a frio. Hoje atuam no mercado brasileiro de embalagens cartonadas assépticas a Tetra Pak e a SIG Combibloc. A embalagem cartonada asséptica, conhecida por Longa Vida, foi criada em 1961 pela Tetra Pak e uniu os conceitos de ultrapasteurização e embalagem asséptica, o que permitiu a produtos perecíveis e altamente sujeitos a contaminação, como o leite, aumentarem o seu tempo de vida de forma radical na época. “Esses produtos podem ser estocados por longos períodos de tempo sem a necessidade de refrigeração e sem conservantes, e levados a regiões onde não poderiam ser encontrados facilmente in natura”, ressalta o vice presidente de estratégia de negócios da Tetra Pak Eduardo Eisler. O alimento é tratado pelo processo UHT (Ultra High Temperature), conhecido por ultrapasteurização, quando é aquecido a temperaturas de 130° C a 150° C por 2 a 4 segundos. A embalagem é esterilizada antes do envase do alimento. No caso da Tetra Pak, o método consiste em passar o material de embalagem ainda sem formato por um banho aquecido de peróxido de hidrogênio a 70° C por seis segundos. O peróxido de hidrogênio é então eliminado do material da embalagem através de roletes de pressão ou ar quente. O sistema de enchimento asséptico a frio em embalagens PET é recente e também combina uma embalagem PET esterilizada previamente ao produto tratado por UHT ou outro, em

características e tipos de tratamento diferentes, o leite é muito mais suscetível à contaminação.”

Mercados em crescimento

Eduardo Eisler, vice presidente de estratégia de negócios da Tetra Pak

ambiente controlado. A Krones atua nesse mercado e desenvolveu dois tipos de tecnologias de envase asséptico a frio. A primeira é com ácido peracético, conhecida como processo úmido; a outra, com peróxido de hidrogênio, é mais conhecida como processo a seco. Segundo o diretor comercial da Krones, Silvio Rotta, no envase asséptico, é importante unir esses três vetores: a embalagem descontaminada, o produto tratado corretamente e o ambiente em condições de higienização corretas. Para Rotta, é preciso desmistificar essa tecnologia, entender como ela funciona, e ter cuidados na assepsia em todo o processo para que a qualidade seja assegurada, principalmente por parte dos operadores, que são vulneráveis a erros. “Ao mesmo tempo não se trata de um laboratório farmacêutico ou uma sala cirúrgica, é uma tecnologia acessível”, afirma. Além do envase a frio, há outros tipos de envase considerados assépticos, como o envase a quente ou hot fill, que também é fornecido pela Krones, e consiste no aquecimento do produto a temperaturas altas, entre 85º a 88ºC que em contato com o frasco acaba fazendo a desinfecção do frasco. Segundo Rotta, o tipo de envase influi na diferença de sabor e de cor do produto. “Tudo depende do tipo de produto, mais ou menos sensível, pois o leite e o chá, por exemplo, têm

Hoje a embalagem cartonada asséptica, já consolidada em diversas categorias de produtos e em vários países, está expandindo sua participação principalmente nos países emergentes e entre as populações de baixa renda em ascensão, ampliando o seu acesso a produtos básicos como o leite e outros lácteos. De acordo com pesquisa da Tetra Pak, o consumo global de produtos lácteos líquidos deve crescer a taxas de 2,9% entre 2011 e 2014, principalmente devido à demanda crescente da Ásia, África e América Latina. Países como Índia, Estados Unidos e Paquistão lideram o consumo de leite no mundo, e o Brasil está na quarta posição. É importante notar que entre os 4 primeiros, três são países em desenvolvimento. No Brasil, o crescimento e desenvolvimento econômico do país melhoraram o padrão de vida e aumentaram o poder aquisitivo dos consumidores, permitindo que mais pessoas pudessem comprar produtos lácteos. “Em 2013, o consumo de leite longa vida no Brasil atingiu 6,2 bilhões de litros. Tivemos um crescimento expressivo, já que em 1995 apenas 22% do leite consumido era longa vida, em torno de um bilhão de litros. Apesar de hoje 90% dos lares já consumirem leite longa vida, o volume médio ainda é baixo, de 278 ml ou um copo por dia, o que representa uma grande oportunidade de crescimento”, afirma Eisler. “Em embalagens longa vida, o leite aromatizado é o segundo produto lácteo líquido mais consumido após o leite branco, e cresceu a uma taxa anual composta (CAGR) de 10,6% nos últimos 10 anos, atingindo meio bilhão de litros em 2013. A região Nordeste do país apenas confirma essa vertente: entre 2009 e 2013, as vendas de leite UHT na região subiram 31% em volume. No mesmo período, houve um aumento de 14% no país como um todo”, acrescenta. Em um país de dimensões conRevista embanews

especial - asseptica.indd 43

43

xxx Abril´14

26/03/2014 19:25:15


44

xxx especial

tinentais e de clima quente como o Brasil, a manipulação correta das embalagens é muito importante para garantir que o produto chegue com qualidade aos consumidores. É na cadeia de distribuição onde acontece o maior número de danos aos produtos, gerando custos desnecessários e perdas. “Para se contrapor a isso, a Tetra Pak orienta varejistas, atacadistas e distribuidores sobre as melhores práticas de paletização, transporte, estocagem, exposição das embalagens, reciclagem e outras informações úteis. Assim, desde 2004, a Tetra Pak realiza o programa Desperdício Zero, para ensinar práticas simples e eficazes aos colaboradores de lojas e supermercados que manuseiam as embalagens. O treinamento consiste em aulas de cerca de 40 minutos ministradas por consultores especializados, que vão aos locais de venda que solicitam o serviço. Ao fim do treinamento, cada aluno recebe um certificado chancelado pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o que contribui para aumentar sua competitividade profissional no mercado varejista. O programa foi criado depois de a Tetra Pak constatar que há um volume considerável de desperdício ao longo da cadeia de distribuição, gerando prejuízos para a indústria e impedindo o varejo de lucrar mais”, explica Eisler. Para a embalagem asséptica em PET, a criticidade do tranporte e da armazenagem em regiões quentes e por longa distância dependem muito do tipo de produto, segundo Rotta. “Os produtos que são sensíveis à luz, como o leite e achocolatados, precisam de maior atenção. O calor, independente do produto ou da embalagem, é sempre nocivo e é preciso tomar alguns cuidados em regiões mais quentes, controlando as condições de temperatura a que a carga é submetida. A temperatura dentro dos caminhões por exemplo é um ponto que precisa ser observado. Assim como as cartonadas, as embalagens PET são testadas em relação ao empilhamento, resistência a choque, temperatura, e condições de transporte e armazenamento.

Silvio Rotta, diretor comercial da Krones

Envase asséptico a frio em PET, oportunidades em produtos premium O mercado de embalagem asséptica de envase a frio em PET ainda está no início e está avançando, mas lentamente e ainda abaixo das expectativas no Brasil, segundo Rotta. “As perspectivas desse mercado concentram-se inicialmente em produtos de

maior valor percebido, que buscam comunicar atributos diferenciados, que levam em conta a qualidade de vida das pessoas. No entanto, com a massificação do uso da tecnologia, há uma tendência para a redução de custos, pela amortização do custo entre vários equipamentos e clientes. “Eu acredito que essa seja uma tecnologia que tem todas as condições de ser adotada pelo mercado de massa, pois as pessoas estão cada vez mais preocupadas com a qualidade dos alimentos que elas estão ingerindo, e essa preocupação ainda não está disseminada, mas é perceptível uma tendência nessa direção”, afirma. “No final quem vai decidir sobre isso é o consumidor, mas está ligado também a fatores, como a economia, educação, conscientização, que levam um tempo para amadurecer. Nos países desenvolvidos, a evolução tem sido mais rápida, com uma maior variedade de produtos, até mesmo a água mineral envasada assepticamente a frio, por exemplo. “O ponto principal é que o consumidor consiga identificar a diferença entre um produto de qualidade e outro que não tem. É o que acontece muito hoje no Brasil. Um exemplo é o consumidor não conseguir distinguir entre néctar e suco integral, e não valorizar o de melhor qualidade”, conclui Rotta.

Sistema de envase asséptico a frio da Krones

Revista embanews xxx Abril´14

especial - asseptica.indd 44

26/03/2014 19:25:27


xxx empresa

Fotos: Divulgação

46

Isabella Seragnoli, Stefano Nanni, diretor geral do grupo Coesia na América Latina e Angelos Papadimitriou, CEO do grupo

Ciclo de expansão Grupo Coesia investe na América Latina unificando as operações de 14 empresas em nova planta em Jundiaí

O

grupo italiano Coesia está investindo R$ 15 milhões na América Latina em suas novas sedes no Brasil e Argentina. No Brasil, foi inaugurada uma planta de 17 mil m² em Jundiaí, São Paulo, no dia 11 de março, que vai agrupar em um único site as operações antes distribuídas em três unidades instaladas na capital e região metropolitana de São Paulo, resultando em uma área produtiva 40% maior. O valor investido no Brasil não foi divulgado. As operações na América Latina representam aproximadamente 9% do faturamento mundial do grupo, que foi de 1,4 bilhão de euros em 2013, com crescimento de 15% sobre 2012.

O grupo reúne 14 empresas que fornecem soluções ao mercado nas áreas de envase, acondicionamento e embalagem para os segmentos de bens de consumo, tabaco, cuidados

Empresas do Grupo Coesia: GD

Sasib

AcmaVolpak

RA Jones

GDM

Norden

IPI

CituxKalix

FlexLink

Hapa

Laetus

Sacmo

ADMV

Cima

com a saúde e eletrônicos. Com a nova planta, há estrutura para produzir localmente praticamente todo o portfolio do Grupo. Segundo o diretor geral do grupo Coesia na América Latina, Stefano Nanni, as novas instalações proporcionarão maior espaço para o estoque de peças das máquinas, reduzindo o tempo de entrega, e minimizando o risco de equipamentos parados em seus clientes. “Futuramente, nosso plano é instalar um Centro de Inovação, com foco no desenvolvimento de novas tecnologias para envase e embalagem, e também em inovações em formatos de embalagem, design e em novas aplicações em escala industrial, utilizando modelos de co-criação com os nossos parceiros, fornecedores e clientes”, afirmou Nanni. O extenso portfolio do grupo favorece trabalhar com o conceito de soluções turn key, segundo o gerente de marketing da Coesia, Gustavo Melo, com o objetivo de oferecer soluções completas aos clientes, integrando todo o portfolio. De acordo com Melo, um dos principais desafios de

Revista embanews xxx Abril´14

empresa.indd 46

26/03/2014 14:41:20


empresa xxx unir sob um mesmo grupo marcas diferentes é a integração entre as diversas tecnologias existentes no grupo. “Conseguimos superar essa dificuldade com o nosso programa de ‘transferência de conhecimento’, que foca a capacitação de nossos profissionais para a produção local, e na manutenção do nível de excelência no atendimento de nossos clientes.”

As oportunidades do mercado brasileiro A Coesia iniciou suas atividades no Brasil em 1981, como GD do Brasil, focada inicialmente no segmento de tabaco, e em seguida produzindo máquinas para o mercado de descartáveis. Em 2005, ampliou os seus negócios criando o Coesia Group, com sede em Bolonha. Entre os mercados que mais receberam investimentos no Brasil estão o de alimentos e cosméticos e cuidados pessoais. Segundo Melo, dependendo do setor, o cenário é diferente. “Em al-

empresa.indd 47

47

Integração do portfolio favorece o fornecimento de soluções turn key aos clientes

guns casos, como o tabaco, por exemplo, devido às novas regulamentações, os investimentos estão focados em novos formatos e não necessariamente associados ao crescimento de volume de produção. Para a automação de fim de linha e sistemas para logística de produção, há um aumento significativo de solicitações para novas soluções; o mesmo acontece para sistemas de

rastreabilidade (track&trace) no segmento farmacêutico. Para todos os outros segmentos, temos uma grande quantidade de oportunidades, mas percebemos que os clientes estão postergando a decisão. Para a Coesia em geral, nossa projeção para este ano é de um crescimento significativo comparado ao último ano”, afirma. www.coesia.com

26/03/2014 14:41:28


48

❘❘❘ livros

A indústria brasileira e as cadeias globais de valor O objetivo do livro A indústria brasileira e as cadeias globais de valor, publicado pela Editora Elsevier, é entender como as empresas brasileiras dos setores aeroespacial, eletrônica e de dispositivos medidos do Brasil estão integradas às cadeias mundiais e de que maneira os instrumentos de políticas adotados facilitam ou dificultam essa aproximação. A publicação que também está disponível em formato e-book, busca despertar e aperfeiçoar o debate sobre a relação da indústria brasileira com as cadeias globais de valor, tema importante para se compreender os novos rumos da indústria local e mundial. Thimothy Sturgeon, Andrew Guinn, Gary Gereffi e Ezequiel Zylberberg são os autores da obra. www.elsevier.com.br

livros.indd 48

50 anos da história do Ital e da indústria de alimentos Em comemoração ao seu cinquentenário o Instituto de Tecnologia de Alimentos (ITAL) lançou a versão digital do livro “ITAL Ciência, Tecnologia e Inovação a serviço da Indústria de Alimentos no País”. A publicação traz fatos e personagens que compõem a história do ITAL e do setor de alimentos no Brasil, desde os momentos que antecederam a fundação do Instituto, em 1963 como Centro Tropical de Pesquisas e Tecnologia de Alimentos (CTPTA), até os dias atuais. A publicação foi realizada pelo ITAL em parceria com o Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo – Labjor, da Universidade Estadual de Campinas, com o apoio da Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa do Agronegócio - Fundepag e da Associação de Defesa Vegetal – Andef. www.ital.sp.gov.br/50anos

26/03/2014 14:59:56


❘❘❘ competitividade

Contabilidade da vida de prateleira I – CONCEITOS GERAIS

Foto: Divulgação

50

Antonio Cabral

I

nicia-se nesta edição uma série de artigos focados nos procedimentos para se estimar a vida de prateleira de vários tipos de produtos. Objetiva-se com eles interpretar fatos e questionamentos reunidos ao longo do tempo e oferecer ao leitor um roteiro para aplicação no seu cotidiano. Este primeiro texto apresenta os conceitos básicos sobre o tema. Vida-de-prateleira ou vida útil é o intervalo de tempo,

concentração atinge um nível indesejável, diz-se que o produto está impróprio para consumo. A vida de prateleira depende das condições de estocagem (temperatura e umidade relativa) e do tipo de embalagem utilizada, como esquematizado na Figura 1. Como se pode observar, nas condições B (estocagem abusiva ou embalagem inadequada), o indicador de qualidade atinge o valor crítico num tempo menor do que nas condições A. O resultado é uma vida útil maior nas Figura 1: Redução da qualidade em função das condições condições A do que nas condições B. Alguns (apenas alguns) dos fade estocagem e do material de embalagem tores, que podem fazer com que uma condição seja mais severa do que outra, são relacionados abaixo: ● Maior temperatura e umidade relativa nos ambientes de estocagem e comercialização; ● Nesse ambiente mais agressivo, as propriedades de barreira das embalagens reduzem-se sensivelmente; ● Frequentes oscilações de temperatura e umidade relativa que favorecem a deterioração; ● Manuseio abusivo. O fato de todos esses fatores se consolidarem num sistema embalagem1 permite concluir que sempre haverá extrema dificuldade em mantê-los sob controle. Com isso, a tarefa de “determinar” se transforma em outra, mais árdua, que estabelecido pelo fabricante, a partir da data de produção, é “estimar” a vida de prateleira com a máxima certeza durante o qual o produto se mantém dentro dos padrões possível, tendo como base informações confiáveis. A anáde qualidade estabelecidos pela empresa para atender o lise crítica de como as diversas empresas conjugam, e as desejo do consumidor e a legislação em vigor. Ela também recomendações sobre como deveriam conjugar esse verbo é conhecida como prazo de validade. “estimar” regerão essa série de textos. Todas as embalagens informam os consumidores sobre a data de validade, mas nem todas deixam claro qual foi a data de fabricação. O ideal é que se saiba a idade do produto (tempo Sistema Embalagem é o conjunto de operações, materiais e acessórios que são utilizados na indústria com a finalidade de conter, proteger e conservar decorrido desde a produção) e não apenas o que resta de vida os diversos produtos e transportá-los aos pontos de venda ou utilização, atendendo às necessidades dos consumidores e/ou clientes a um custo adepara ele (diferença entre a data da compra no ponto de venda quado, respeitando a ética e o meio ambiente. e a de validade). Não há porque omitir informações. A vida útil é determinada em função de um parâmetro Antonio Cabral específico, denominado “chave” ou “crítico”, por exemplo, Coordenador do Curso de Pós-graduação em Engenharia de Embalagem do Centro ganho de umidade ou oxidação ou perda de aroma ou deUniversitário do Instituto Mauá de Tecnologia acabral@maua.br terioração do princípio ativo, entre outros. Quando sua 1

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

competitividade.indd 50

26/03/2014 14:53:07


sid - sistema de informação dirigida xxx 51

máquinas, matérias-primas e serviços

Referência mundial no setor gráfico A ExpoPrint Latin America consagrou-se como o maior e principal evento da indústria gráfica da América Latina, mostrando, a cada quatro anos, o que há de mais moderno na tecnologia gráfica para pré-impressão, impressão e acabamento. Trata-se de um evento de referência mundial, tanto pelo número de visitantes, quanto pelo volume de negócios gerados em sete dias de realização. Os números da última edição da ExpoPrint Latin America 2010 falam por si. O evento recebeu mais de 35 mil visitantes e gerou mais de US$ 300 milhões. O ano de 2014 torna-se, então, fundamental para a indústria gráfica. As empresas expositoras da ExpoPrint planejam uma série de grandes lançamentos durante a feira, com tecnologias que irão agilizar o fluxo de trabalho do profissional gráfico. É a chance de fazer um investimento consciente e estar à frente nesse importante e disputado mercado. A ExpoPrint Latin America acontece de 16 a 22 de julho de 2014, no Transamerica Expo Center, em São Paulo. www.expoprint.com.br ExpoPrint - www.expoprint.com.br

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Sid-01.indd 51

26/03/2014 16:31:37


❘❘❘ fronteiras

Tradição nas embalagens de produtos pessoais

Assunta Napolitano Camilo

Rússia III

P

ara encerrar a série sobre embalagens russas, o Fronteiras deste mês vai apresentar as peculiaridades das embalagens para produtos pessoais. No geral, o uso da arte e da tradição nas embalagens, como as fotos das antigas matriarcas, é bem comum nos rótulos. Há arte nas bisnagas, desde a categoria de oral care, como no creme dental R.O.C.S.®, cuja grafia do nome acompanha a arte do cartucho, junto com a aquarela de uma árvore que lembra bem a arte de mosaico, forte na Rússia. A Hexharnehka (НЕЖНАЯ ПЕНКА®) utiliza bisnagas numa categoria considerada premium. O produto é um antiidade facial de alto valor e custo. Os traços mais sóbrios, clássicos e alinhados aos demais produtos da linha, em tons fortes de vermelho e marrom finalizados com o hot stamping dourado, marcam os detalhes. A OrganicTherapy® abusa dos recursos gráficos para se destacar nos pontos de venda, além do hot stamping prata, de forma bem harmoniosa e suave. As folhas “metalizadas” são compostas delicadamente com as demais, coloridas. O acabamento soft touch da bisnaga acentua a proposta orgânica e suave da máscara facial. A Ujirbahn (ДЛЯ БАНИ®) decorou sua bisnaga de creme para massagem à base de mel com um rótulo autoadesivo. A arte é bem incrementada, com hot stamping emoldurando a colmeia de abelhas. O caminho criativo é o mesmo adotado no restante da linha, que é tradicionalíssima na Rússia. Para garantir um ajuste perfeito, o rótulo tem um corte inteligente e ade-

Fotos: Divulgação

52

quado que se encaixa na bisnaga e não enruga à medida que o produto vai sendo consumido. Vermelho, vinho e marrom são as cores mais usadas, como no xampu KPACHAЯЛИHИЯ®. O frasco segue o padrão russo: reto e sério, mas o rótulo traz um pequeno detalhe em hot stamping e uma ilustração hiper-realista de orquídea branca que adorna delicadamente o conjunto. Encontramos também exemplos de produtos que “apelam” para a ecologia, porém, não conseguem alinhar o conceito à embalagem e, com isso, perdem uma grande oportunidade de se consolidar. A Natura Siberica® tem uma linha de produtos

“naturais” e chegou a ganhar o “Best Green Cosmetics” da feira Cosmoprof em 2012. No entanto, o frasco, que mais lembra uma granada, poderia ser de plástico reciclado e ter tampa do mesmo material, sem a necessidade de usar “tag”, principalmente com hot stamping. Notei que, de maneira geral, os russos estão bem à nossa frente em relação à rotulagem ambiental. Quase todas as embalagens estão corretamente identificadas, pois orientar sobre o material, se é reciclável ou reciclado, e onde se deve dispô-lo, é educação ambiental. Embalagem pode e deve orientar sobre a sua correta disposição. Embalagem melhor. Mundo melhor.

ASSUNTA NAPOLITANO CAMILO Diretora da FuturePack - Consultoria de Embalagens e do Instituto de Embalagens - Ensino & Pesquisa Professora e palestrante internacional de embalagens. Coordenadora de vários livros sobre o assunto. Membro do Conselho Científico-Tecnológico do ITEHPEC. E-mail: atendimento@institutodeembalagens.com.br

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

ARTIGO_ASSUNTA.indd 52

26/03/2014 14:45:12


sid - sistema de informação dirigida xxx 53

máquinas, matérias-primas e serviços Av. Cachoeira, 1059 Vila Industrial Barueri/SP - 06413-000 Fone: (11) 4168-1153 Fax: (11) 4168-1365 embaclass@embaclass.com.br www.embaclass.com.br

Fabricamos frascos e tampas standard e exclusivos para: Cosméticos, Laboratórios Farmacêuticos e Veterinários, Produtos Alimentícios, Produtos Químicos. Desenvolvemos projetos exclusivos com ferramentaria própria.

International FoodTec Brasil atrai empresas europeias Empresas internacionais e associações representativas dos segmentos de carnes, suínos, aves e emba lagens aderem à International FoodTec Brasil 2014 (IFTB), que será realizada de 5 a 7 de agosto, em Curitiba (PR). O evento traz na bagagem o conceito global de feiras de negócios das promotoras Koelnmesse e Hannover Fairs Sulamérica. Conta com o apoio e participação das empresas Bettcher, Bremil, Cozzini Middleby, Handtmann, Incomaf, Jarvis, Linco, Multivac, New Max Industrial, Poly-Clip System, Sunnyvale, Tecmaes, Ulma Packaging e Vemag. Também apóiam a IFTB a Associação Brasileira da Indústria de Armazenagem Frigorificada - Abiaf, Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carne - Abiec, Associação Brasileira de Embalagem - Abre, Sindicato das Indústrias de Produtos Avícolas do Estado do Paraná - Sindiavipar, além da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha de Curitiba e do Curitiba Convention & Visitors Bureau. International Foodtec Brasil www.foodtecbrasil.com.br

Terceirização

de

rotulagem autoadesiva

Áreas: ✔ Farmacêutica;

Alimentícia; ✔ Cosméticos; Bebidas; ✔ Higiene e Limpeza; ✔ Veterinária, ✔ Lubrificantes, ETC. ✔

Rua Bixira, 132 - Mooca - São Paulo - SP - Cep: 03119-020 FONE: 2601 8333 / 2601 5929 / 2601 6500 / 2601 1885. E-mail: rotulan@rotulan.com.br - www.rotulan.com.br

www.sicpa.com Matriz Rio de Janeiro: Tel. (21) 2418-1200 ● Fax. (21) 2418-1234 Barra da Tijuca Tel. (21) 2132-7720 ● Fax. (21) 2492-0002

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Sid-02.indd 53

26/03/2014 17:07:22


54

xxx design

Preservativos, DKT do Brasil Fotos: Divulgação

Seguindo sua tendência de inovação constante no mercado de preservativos, a DKT do Brasil, detentora da marca Prudence, apresenta a primeira camisinha do país, com cor, sabor e aroma de caipirinha. A embalagem transmite de forma muito clara os atributos do produto: bicolor (verde e amarelo) e o sabor caipirinha. Para isso, a marca utilizou as cores verde e amarelo e a imagem da bebida. Design: Brander

Sorvetes, Verdemar As embalagens do sorvete iogurte grego, nas versões tradicional e light, e os mineirinhos Tradição de Minas, nos sabores queijo com goiabada e queijo com doce de leite, da Verdemar, ganharam uma nova identidade visual. As imagens do sorvete e da folhinha de arruda usada pelos deuses gregos foram desenvolvidas de modo que posicionasse claramente o iogurte grego dentro do seu segmento e destacasse, ainda, seu atributo diferencial nas gôndolas. No projeto das embalagens do sorvete Tradição de Minas, o charme fica por conta dos rococós e dos elementos em estilo rústico que fazem referência à cultura de Minas. Design: Obah Design Embalagem: Pavão

Medicamentos, Laboratório Takeda A pomada com ação antibiótica Nebacetin e o antisséptico Neba-Sept, do laboratório Takeda, estão sendo lançadas em embalagens mais práticas, como bisnaga de plástico e tampa flip top. As mudanças oferecem mais facilidade de uso, além de evitar possíveis rachaduras que acabam por desperdiçar o produto. As embalagens de Neba-Sept também terão em seu layout o ícone da família Neba (a seta), criando uma identidade visual para a dupla de produtos. Além disso, para reforçar ainda mais a identidade das marcas, todos os produtos da linha Neba-Sept terão as tampas na cor verde, combinando com as setas presentes nas suas embalagens. Já a linha Nebacetin terá as tampas na cor azul, assim como as setas presentes nos produtos. Design: R1234

Suco de frutas com água de coco, Ducoco O conceito de design da embalagem do suco de frutas com água de coco Ducoco Kids - nos sabores morango, maçã, abacaxi e uva – explora a naturalidade e o sabor. A cor de fundo lembra o papel reciclável em referência ao projeto WWF-Brasil que envolve o produto. A cada embalagem vendida, uma parte será revertida em projetos para proteger os animais brasileiros ameaçados de extinção, como a onça pintada, tucano, mico leão dourado e arara azul, por exemplo, que estão estampados nas embalagens junto ao selo da organização. Designer: Isabele Fidelis Embalagem: Tetra Pak

Azeites, Sovena O azeite Andorinha traz ao Brasil a embalagem na versão aerossol spray. O novo formato possui três modos de aplicação através do jato em spray, do fio de azeite e da utilização em gotas. Além disso, a embalagem tem quatro camadas que evitam a exposição ao ar e à luz, o que proporciona maior frescor e validade de 24 meses ao azeite. A tecnologia usada para liberação de pressão do azeite não utiliza materiais nocivos ao meio ambiente, tendo o ar como principal agente de propulsão. Design: Blug

Caramelos, Arcor A Arcor do Brasil traz inovação para a marca de caramelos Butter Toffees Premium White e Premium Dark, que ganhou uma embalagem com zíper e um layout moderno, retratando toda a indulgência do produto. Na parte inferior, traz uma breve história dos sabores, preparo, tradição e requinte do produto. Design: C.Borg Embalagem: Celocorte

Revista embanews xxx Abril´14

design-pag54.indd 54

26/03/2014 12:24:15


máquinas, matérias-primas e serviços

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Equipamentos Semi Novos ☛ Farmacêuticas ☛ Químicas ☛ Cosméticas ☛ Alimentícias PABX: (11) 2901-6396 Site: www.wfa.com.br

sid - sistema de informação dirigida xxx 55

Tecnologia para o setor farmacêutico Principal evento do mercado farmacêutico na América Latina, a FCE Pharma chega em sua 19º edição que acontece entre os dias 12 e 14 de maio, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. Organizado pela NürnbergMesse Brasil, o evento apresentará novidades e lançamentos abrangendo todas as etapas de produção, em especial as de fabricação, fornecimento e distribuição de produtos e serviços. Criar experiências, conectar pessoas e promover conhecimento é a missão da equipe da NürnbergMesse Brasil, que pela primeira vez, promove o Circuito de Conhecimento e Inovação FCE Pharma, que apresentará a POWTECH Arena, com palestras sobre soluções para partículas finas e de sólidos secos. Também será realizado o 3º Seminário FCE Pharma em parceria com a M&D Consultoria para abordar importantes temas do mercado farmacêutico, veterinário e cosmético. Dirceu Barbano, presidente da Anvisa, Alfonso Izarra, presidente ISPE e Fernando Amaral, especialista e mestre em microbiologia, são alguns dos palestrantes confirmados. FCE PHARMA / ww.fcepharma.com.br

Ferramentaria especializada na fabricação de moldes para sopro e injeção de termoplásticos Av. Jacobus Baldi, 514 - Santo Amaro 05847-000 - São Paulo - SP PABX/FAX: (11) 5511-3343

e-mail: vendas@formold.com.br http://www.formold.com.br

SELADORAS DE TAMPAS POR INDUÇÃO

“CAP - SEALER”

Av. Antonio Raymundo de Oliveira, 135 Galpão C-7 - Jundiaí Mirim - CEP 13216.645 - Jundiaí/SP Telefax: (11) 4584-0011 E-mail: grc.ind@terra.com.br www.grcindustria.com.br

Sid-03.indd 55

26/03/2014 15:52:53


56

❘❘❘ design

Pães, Panco

Maquiagem, O Boticário

Novos sabores e novas embalagens são as novidades das linhas de Pães da Panco, que foram reformuladas conforme as mais recentes tendências do mercado. Uma das principais mudanças é o lançamento da linha Zero cujo nome vem em destaque nas embalagens, para orientar o consumidor que quer manter a forma e a saúde. A embalagem da linha Light explora a leveza e a saúde; da linha integral Mix, qualidade de vida e bem-estar; da linha Integral Total, apelo natural e saudabilidade. Design: Hai-Sai Embalagem: Sol PP

A nova coleção Make B. Barroco Tropical, criada em parceria entre o make up artist exclusivo da marca Fernando Torquatto e o estilista mineiro Ronaldo Fraga. A coleção foi inspirada na riqueza de detalhes e texturas da moda brasileira. Resgata a opulência dos dourados e a elegância do preto, próprios do estilo barroco. A Brainbox Design Estratégico trabalhou na criação gráfica das embalagens e compactações dos produtos utilizando os croquis e estampas criados por Ronaldo Fraga exclusivamente para esta coleção. Design: Brainbox Design estratégico Cartucho: Gráfica Gonçalves Embalagens primárias: Ipel (Grupo Qualipac)/HCT

Sucos funcionais, Juxx Doces de frutas, Áurea Alimentos A linha de Doces de Frutas da Áurea Alimentos foi relançada com nova embalagem e rótulo, agora mais coloridos. Os tons dos rótulos e das tampas se assemelham à cor natural da fruta, facilitando a identificação do sabor pelo consumidor. As frutas também aparecem em destaque no rótulo, valorizando o apelo natural do produto. Design do rótulo: GT América Pote e tampa: Copobras Rótulo: Gráfica Fama

Sopas instantâneas, Unilever A Casa Rex desenvolveu o redesign das embalagens da linha de sopas instantâneas Knorr para a Rússia. Para tornar a linha realmente sedutora para o consumidor, a agência reintroduziu os ingredientes em cenas mais realistas e apetitosas, indo além de sua antiga função apenas identificadora, para criar uma nova imagem cativante que expressa o sabor e qualidade de Knorr. Design: Casa Rex

A Juxx reforça no mercado sua linha Zero Açúcar dos sabores cranberry, romã, ameixa e cranberry com morango que são adoçadas com sucralose Splenda, um adoçante à base de cana-de-açúcar. O conceito do design mostra ao consumidor o quão natural é o suco, seguindo a principal linha de comunicação que é ser uma bebida funcional, que oferece diversos benefícios à saúde. As cores das embalagens são alinhadas com às das frutas, preservando um design clean e premium. Embalagem: Tetra Pak

Creme para as mãos, Bril Cosméticos O conceito de decoração da bisnaga do novo creme para as mãos com óleo de argan, da Bril Cosméticos, tem a proposta de mostrar um produto sofisticado e com ingredientes e ativos naturais. O design é assinado pela Open D!. A bisnaga de polietileno de alta densidade (PEAD) é fornecida pela Embale. Design: Open D! Bisnaga: Embale

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

design-pag56.indd 56

26/03/2014 12:22:05


SID - sistema de informação dirigida ❘❘❘ 57

máquinas, matérias-primas e serviços

O detalhe faz a diferença... Embalagens S/A

www.grampel.com.br

Preformas em PET para refrigerante, água mineral, óleo comestível, produto de limpeza, suco e diversos. Rua do Rócio, 199 - cj.12 - 1º andar Vila Olimpia - 04552-000 - São Paulo - SP Fone: (11) 2149-8800 - Fax: (11) 2149-8801 E-mail: comercial@engepack.com.br

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Tel/Fax: (11) 2404-2000

Ponto de encontro para discussão e geração de negócios Principal plataforma de negócios do setor cosmético da América Latina, a FCE Cosmetique, há 19 anos proporciona um ambiente favorável para relacionamentos, intercâmbio de informações e, como resultado, o desenvolvimento do mercado. Este ano, o evento acontece em paralelo à FCE Pharma, entre os dias 12 e 14 de maio de 2014, no Transamérica Expo Center, em São Paulo. A FCE Cosmetique reúne toda a cadeia produtiva do setor, incluindo profissionais qualificados, fornecedores, distribuidores e revendas para gerar grandes e importantes negócios na América Latina. A 19ª edição do evento prevê receber mais de 19 mil profissionais interessados em conhecer as novidades em matéria-prima, embalagens, equipamentos, máquinas entre outros. FCE Cosmetique www.fcecosmetique.com.br

Sid-04.indd 57

Produzimos embalagens tubulares em papel, PVC, PP com ou sem impressão e tubos de papelão com diversos acabamentos

Tel. (11) 2276-1700

vendas@pontonicialembalagens.com.br

www.pontoinicialembalagens.com.br

Fabricamos Latas, Tubetes e Cofres em vários diâmetros Material 100% reciclável Tampa e fundo em aço Impressão em Offset

26/03/2014 15:55:01


58

xxx tecnologia Fotos: Divulgação

Esteira transportadora de garrafa de cerveja A nova esteira transportadora de garrafa de cerveja K110, da Gebo, apresenta um sistema de guia universal robusto, bem como características inovadoras que estabelecem um novo padrão. O mecanismo de orientação da garrafa oferece robustez superior, flexibilidade e higiene. A guia do trilho permite a máxima estabilidade da embalagem, com a capacidade de operar com todos os principais formatos. Além disso, a altura do perfil de 110 mm evita qualquer potencial de dano aos rótulos. Também oferece grande flexibilidade, podendo manipular garrafas de vidro, latas e garrafas PET. A esteira transportadora é calibrada para a manipulação suave, contínua e simétrica das garrafas. Seu desenho geométrico simples e flexível permite fácil curvatura, possibilitando aos fabricantes de cerveja adaptar a sua instalação de acordo com a sua linha de produção. www.gebocermex.com

Copoliéster para uso em rótulos Buscando um acabamento superior para refletir seu novo produto de beber, a britânica The Good Whey Company escolheu o copoliéster Eastman Embrace™ HY para uso em seus rótulos. Esses rótulos – fornecidos pela CCL Label Decorative Sleeves, também sediada na Inglaterra – são usados nos frascos da Upbeat, uma bebida láctea com alto teor de proteínas. O Embrace HY foi escolhido porque o material oferece uma sensação macia ao toque, visual fosco, efeito outdoor de 360 graus e benefícios de sustentabilidade, como densidade 30% menor do que outros copoliésteres, o que significa menos material para a mesma demanda. O copoliéster se molda com precisão em embalagens altamente arredondadas. O material é naturalmente de cor branca, eliminando a necessidade de imprimir revestimentos dessa cor. www.eastman.com/embrace.

Embaladora de bandejas A Sunnyvale conta com soluções para embalagem de bandejas que atende às necessidades de redes de varejo, produtores FLV e outros estabelecimentos comerciais que precisam de qualidade e padronização da embalagem, além de agilidade no processo. A embaladora de bandejas Digi tem se destacado por ser uma solução acessível e pelo seu design compacto para instalação em qualquer tipo de ambiente. Conta com entrada e saída automática das bandejas e embala até 30 bandejas por minuto. Outro ponto de destaque é sua flexibilidade no uso de bobinas de 300 a 500 mm, que gera economia de filmes e consumíveis. A Sunnyvale também passou a ter como possibilidade a combinação da Digi com a GLM-E da fabricante alemã Bizerba, que é uma máquina compacta que pesa a bandeja e já cola a etiqueta no produto com informações como validade, peso e outros dados que possam ser exigidos no processo de produção e embalo. www.sunnyvale.com.br Revista embanews xxx Abril´14

tecnologia-pag58.indd 58

26/03/2014 14:31:21


máquinas, matérias-primas e serviços

sid - sistema de informação dirigida xxx 59

DO BRASIL Máquinas de enchimento e fechamento para acondicionar produtos líquidos e viscosos em embalagens de 100g até 50kg.

SERAC DO BRASIL IND. E COM. LTDA. Tel: (11) 3611-2400 - Fax: (11) 3611-2405 info@serac.com.br - www.serac-group.com

Inovação em embalagens, processos e logística

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Principal feira do setor na América Latina, a Fispal Tecnologia chega à sua 30ª edição trazendo inovação em embalagens, processos e logística para as indústrias de alimentos e bebidas. O evento será realizado de 3 a 6 de junho de 2014, no pavilhão de exposições do Anhembi, em São Paulo. A feira reúne mais de 60 mil profissionais em busca de novidades em máquinas e equipamentos, embalagens, produtos e serviços para o setor industrial. Profissionais das áreas de compras, marketing, engenharia e de suprimentos de todas as regiões do Brasil e mais de 38 países estarão reunidos em quatro dias de evento. Entre os expositores que já confirmaram sua participação estão a Tetra Pak, SIG Combibloc, Comprint, Sunnyvale, Videojet, Markem Imaje, Aleusa, Optima, Linx, Promáquina, Krones, Baumgarten, Emplas, Gebo Cermex, Serac, Tudela, Inkjett, Embali, entre outros. Fispal Tecnologia www.informagroup.com.br

Sid-05.indd 59

26/03/2014 16:36:59


xxx tecnologia

Adesivo de alta performance

Fotos: Divulgação

60

Software otimiza a preparação de impressão A SA International (SAi) desenvolveu o software PixelBlaster 3.0, que otimiza consideravelmente a preparação de impressão e a eficiência do fluxo de trabalho. Trata-se de um sistema modular completo e dimensionável que abrange os processos de pré-impressão à produção. Usando RIP com base em PDF, o PixelBlaster oferece um pacote de aplicativos de fluxo de trabalho selecionados por clientes que podem controlar uma ampla linha de impressoras de formato grande, independentemente do fornecedor. Um importante recurso é sua capacidade de padronizar cores com base em perfis aceitos pelo setor, inclusive GRACoL, Euroscale e FOGRA. Foi especialmente desenvolvido para atender às necessidades de usuários de formatos extra grandes, de ambientes de produção de impressão de alto volume, bem como do setor de impressão especializada cada vez mais importante que adota substratos como vidro e cerâmica. www.ThinkSAi.com

Investindo no desenvolvimento de tecnologias próprias de alta performance, a Artecola Química apresenta ao mercado o adesivo Artemelt Supera 1000 que oferece excelente desempenho na colagem de caixas corrugadas de Cobb variado e cartuchos diversos. Conta com uma base polimérica constituída de poliolefinas de elevada resistência à oxidação. Além disso, o produto possibilita a diminuição de gastos com paradas e limpeza de máquinas, fazendo com que os intervalos entre as manutenções no equipamento aplicador (coleiro) sejam mais espaçados. Possui viscosidade na faixa de 1.300 a 1.700 mPa.s (160°C) e ponto de amolecimento na faixa de 110 a 120°C. www.artecolaquimica.com.br

Ribbons mais longos A impressora por termotransferência da Linx Printing Technologies agora opera com ribbons com comprimento 20% maior, variando entre 700 m e 1200 m. Isso significa para os usuários da Linx TT5 ou TT10 que podem codificar mais antes de substituir o ribbon, maximizando a produção e a redução de custos. As impressoras Linx TT são confiáveis para operação fácil e rápida e os ribbons mais longos estão disponíveis nas larguras entre 20 e 80mm. www.linxglobal.com

Revista embanews xxx Abril´14

tecnologia-pag60.indd 60

26/03/2014 14:25:25


SID - sistema de informação dirigida ❘❘❘ 61

máquinas, matérias-Primas e serviços

Frascos de PET, PEAD e PP para os mais diversos segmentos. Desenvolvemos novos produtos, temos bombonas homologadas de 5, 20, 25 e 30L. Tampas para bebidas, vinagre, óleo, produtos de limpeza, higiene e químicos. Flores da Cunha RS 54 3292 9100 www.panizzon.ind.br

Grande demanda de expositores para a Interpack 2014 Também na edição de 2014, a Interpack (Feira Internacional de Embalagem), que acontece de 8 a 14 de maio – destaca-se como evento mais importante do mundo do setor e da indústria de processos afins. Já no prazo final de inscrição, em fevereiro de 2013, todas as áreas disponíveis do recinto de exposições de Düsseldorf, na Alemanha, estavam esgotadas. Por isso, novamente são esperados 2700 expositores das áreas de alimentos, bebidas, doces e panificação, produtos farmacêuticos e cosméticos, bens de consumo não-alimentícios, produtos industriais e serviços relacionados. Na edição anterior, em 2011, o evento contou com a participação de 2703 expositores e recebeu 165 mil visitantes, dos quais 84% estão envolvidos em processos de decisão em suas empresas.

EMPILHADEIRAS MANUAIS

TRANSLIFT

A MAIOR LINHA DE EMPILHADEIRAS MANUAIS COM ELEVAÇÃO MANUAL E MOTORIZADA DO MERCADO

Trans Erg

Mecânica Industrial

Aceitamos cartões

Visa ou Mastercard

VENDAS: (19) 3535-4414

www.transerg.com.br

TUDELA

Ind. Com. Máq. e Ferr. Ltda.

Rotuladoras e Datadores R. Pirambóia, 413 Fone: (11) 2941-6930

Interpack www.interpack.com

E-mail: tudela@tudela.com.br Site: www.tudela.com.br

Aguarde inscrições

24º Prêmio embanews

Ligue (11) 3864-2390 premio@embanews.com www.embanews.com

Sid-06.indd 61

26/03/2014 16:04:39


62

❘❘❘ negócios

A nova onda de stand-up pouches Notável por sua praticidade, as embalagens stand-up pouch estão cada dia mais presentes no mercado nacional. Sendo um destaque mundial em versatilidade e praticidade, essa novidade vem aumentando sua participação no Brasil de forma surpreendentemente rápida e pode ser encontrada em várias versões, capazes de suportar desde baixíssimas temperaturas até um alto nível de calor. Presente em uma quantidade admirável de setores, as embalagens stand-up pouches podem ser aplicadas para alimentos, líquidos, produtos naturais, doces, grãos e castanhas, condimentos, confecções, cosméticos, pet food, insumos farmacêuticos, fármacos, produtos veterinários e químicos, suplementos, entre outros. O mercado de vegetais em conserva está começando a aderir a esta embalagem, caso das marcas Quero e Predilecta. Algumas das muitas empresas

que fazem uso do stand-up pouch no território nacional são Fugini, Tambaú, Natura, Nestlé Purina, Vale do Sol, Amaciante Plush, Alispec, Fini, Massa F1, Cepêra, Fleischmann, Predilecta, Cargill, Camil, Guabi e Nazca. Entre os produtos pesquisados, o destaque fica por conta da quantidade usada para envase de molhos de tomate. Somente no ano de 2012 foram envasadas 444,06 milhões de unidades de stand-up pouches. Uma das principais fabricantes dessa embalagem é a Tradbor, que atua há vários anos na área de embalagens. Mais leve, com grande variedade de tamanhos, flexível e de fácil transporte, tem baixo custo e causa um impacto menor ao meio ambiente. Somadas essas características fundamentais, este tipo de envase se torna uma boa opção na hora da escolha da embalagem a ser utilizada.

Evolução das embalagens stand-up pouches em molhos de tomate (milhões unidades)

A indústria brasileira de embalagens plásticas flexíveis apresentou um crescimento de 3,5% em 2013, comparado ao ano anterior, atingindo um volume de 1,88 milhão de toneladas produzidas, de acordo com dados da Maxiquim para a Abief, entidade do setor. O faturamento cresceu 14,4% em 2013, para R$ 13,7 bilhões. Para 2014, a projeção é de que o setor deverá fechar com um crescimento moderado, semelhante ao registrado em 2013. A produção física da indústria gráfica brasileira deverá recuar 1,7% em 2014, segundo previsão da Abigraf, depois de quedas consecutivas de 6,7% em 2013 e 4,3% em 2012. A produção de embalagens gráficas impressas caiu 0,9% em 2013 e 0,8% em 2012. Os investimentos em máquinas e equipamentos alcançaram US$ 1,17 bilhão em 2013, um recuo de 3% sobre o ano anterior. Desde 2007, o setor investiu US$ 9,41 bilhões, o que lhe garantiu atualização tecnológica, segundo o presidente da entidade, Fábio Arruda Mortara, porém, fatores internos estão reduzindo a competitividade com outros países. A Baumgarten assinou acordo de aquisição da indústria gráfica Autopack, de Pablo Podestá, próxima a Buenos Aires, na Argentina. Este é o segundo investimento da gráfica brasileira no exterior; a primeira foi a empresa mexicana Rodak, e faz parte da estratégia de internacionalização da empresa. Segundo o presidente da empresa, Ronaldo Baumgarten Jr., o objetivo é tornar-se fornecedor global para as empresas multinacionais, assim como um parceiro forte para as nacionais. A Klöckner Pentaplast está investindo US$ 3,3 milhões no aumento da capacidade de produção de Pentapharm, um filme barreira para produtos farmacêuticos, na unidade localizada em Villa Del Totoral, na Argentina, para atender o mercado sul-americano, que antes estava disponível somente via importação das instalações dos EUA e Europa.

www.datamark.com.br

A Tetra Pak adquiriu por valor não divulgado a empresa suíça Miteco, líder em soluções de processamento de refrigerantes, sucos de frutas e alimentos líquidos, principalmente bebidas carbonatadas, complementando o portfólio da Tetra Pak de soluções de processamento.

Revista embanews ❘❘❘ Abril´14

negocio.indd 62

26/03/2014 15:01:58


Lanin.qxd

19/5/2009

15:32

Page 1


210x280

   A PRODUTIVIDADE ENFIM COMEÇOU

Os conversores da BOBST, pré-alimentadores automáticos e empacotadores lhe permitem atingir o máximo rendimento possível de suas linhas de produção. Rápido e simples de operar, de fácil montagem e desmontagem, temos uma completa gama de modelos que asseguram que sempre haverá uma solução adequada para suas necessidades de projeto - cada periférico ajuda a aumentar sua velocidade de produção, reduzir a intervenção manual, assegurar a qualidade e diminuir as paradas de máquina. EQUIPAMENTOS PERIFÉRICOS BOBST: Soluções ideais para maximizar a produção.

www.bobst.com

embanews 289 - abril 2014  

The most important magazine in the packaging sector in Brazil.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you