Page 1

novembro 2011 | comuna | 1


comuna 21 Produção: Comunidade da Graça Sede Pastor Presidente: Carlos Alberto de Quadros Bezerra Pastor Responsável: Wagner Fernandes Jornalista Responsável: Fabiana Lima - MTB 58739 Coordenação e Revisão: Paulo Alexandre Sartori Redação: Elisabete Mazi Projeto Gráfico e Editoração: André Rinaldi Direção de arte: Diego Boaventura Assistente de arte: Flávia Lima Cunha Contato Publicitário: Gabriela Rosaneli Tiragem: 15.000 exemplares

Nossa edição deste mês levanta uma questão importante: Até que ponto as grandes igrejas estão produzindo fiéis combinando quantidade com qualidade? A impressão que se tem é que, para se manter em pé, algumas denominações optaram por ofertas bizarras, cujo resultado tem sido uma turba – multidão em desordem – cada vez mais adepta da teoria egoísta do me dá, me dá. Quantos membros de nossas igrejas estão interessados e envolvidos na missão que Jesus deixou em Mateus 28.19 “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.”? Mas tal missão não cabe apenas aos pastores? Pergunta a grande multidão. Parece que alguns líderes estão tentando passar isso mesmo. Mas Deus não pensa assim! O caminho de volta é difícil. Muitos não retornarão. Que pena! Wagner Fernandes

Os anúncios contidos nessa edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não tendo a Igreja Comunidade da Graça nenhuma responsabilidade sobre o conteúdo e veracidade dos mesmos.

Interessados em anúnciar na próxima edição: midia@comuna.com.br 11 3588 0575

Comunidade da Graça Sede Rua Eponina, 390 - V. Carrão - (11) 2090-1800 Para saber o endereço de outras igrejas acesse: www.comuna.com.br/endereco-das-igrejas


índice

06. VISÃO

08. LIDERANÇA

10. CULINÁRIA

ÓRFÃOS NA IGREJA

EDUCABILIDADE

COSTELINHA DE PORCO COM MEL DA SILEY

11. ELES ANDARAM COM JESUS

12. DEUS AGINDO

14. FUNDAÇÃO CG

RICHARD BAXTER

O TOQUE DE JESUS MUDA A NOSSA HISTÓRIA

O ARROZ E FEIJÃO QUE MUDAM HISTÓRIAS

16. ESPECIAL

18. IGREJA-FAMÍLIA

20. PONTO DE VISTA

AUTO-CONVERSA. CUIDADO!

A ARMADILHA DE SER UM CRISTÃO NOMINAL

BABEL, A MULTIDÃO. ATOS, A COMUNIDADE

22. CAPA

30. APOCALIPSE

32. SAÚDE

QUALIDADE QUANTIDADE

A VIDA NO MILÊNIO

4 | comuna | novembro 2011


nossos horários - comunidade da graça DOMINGO

COMUNA E VOCÊ! “Graça e paz. Quando vi pela primeira vez esta revista chegar à Comunidade em Ubatuba, tive curiosidade de ler. Em todas as edições, até hoje, cada vez mais sinto que Deus age em minha vida, falando ao meu coração através do seu conteúdo. As matérias que mais gosto são as de Capa, Liderança, Visão e Deus Agindo. Nos últimos dias, a revista me ajudou no trabalho com os surdos da igreja local. Aprendemos muito com a edição de dezembro de 2010: Festa – os valores que perdemos. Na minha casa, fiz o discipulado em libras com esta revista, e todos os surdos puderam aprender os valores contidos nela. Foi uma experiência muito incrível, pois nos aproximamos mais de Deus.” Christian L. de Moura, surdo e intérprete na Comunidade da Graça em Ubatuba/SP

Gostou dos temas e assuntos da revista? Deseja fazer algum comentário? Tem sugestões? Escreva para nós. Queremos saber sua opinião! revista@comuna.com.br

09h00 – Culto de Celebração 19h00 – Culto de Celebração Durante os cultos de Celebração temos interpretação em linguagem de sinais (LIBRAS) para surdos 1o. Domingo do mês: Ceia do Senhor 2o. Domingo do mês: Projeto Neemias / Projeto Primícias

SEGUNDA-FEIRA

20h00 – Culto da Vitória Pastor Wagner Fernandes Tema: Minha família vai ficar de pé Como ter uma família forte.

QUARTA-FEIRA

15h00 – Tardes de Bênção Pastor Valmir Ventura Tema: Liberando o poder da Palavra de Deus 20h00 – Encontro de Adoração e Intercessão Pastor Ronaldo Bezerra Tema: Quartas Com Vida

2º E 4º SÁBADO

09h00 – Encontro da Melhor Idade Pastor Gilberto Dalmaso Comunhão, edificação e desafios. 20h00 – MAG / Marcando a Geração Pastor Wagner Fernandes Encontro para Jovens e Adolescentes.

CARLOS ALBERTO DE QUADROS BEZERRA Fundador e Presidente da Comunidade da Graça

Uma igreja família, vivendo o amor de Cristo, alcançando o próximo e formando discípulos

CÉLULAS

Nossos células se reúnem nos lares. Temos grupos para adolescentes, jovens, mulheres e famílias, em várias regiões de São Paulo e em vários dias da semana. Informe-se pelo telefone: (11) 2090-1817, durante o horário comercial, ou pelo email: ctl@cgbr.com.br


visão

liderança

culinária

Foto: ShutterStock

E

xiste um fenômeno nos nossos dias que merece uma reflexão cuidadosa e responsável. O aumento de denominações evangélicas e a presença de muitas delas na televisão, com programação maciça e apresentação de ofertas mirabolantes, fez surgir um novo tipo de membro dentro das igrejas: os órfãos. Trata-se 6 | comuna | novembro 2011

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

ÓRFÃOS NA IGREJA CARLOS ALBERTO BEZERRA, PR.

de milhares de pessoas que frequentam reuniões, atendem aos apelos sistemáticos da mídia e de líderes religiosos, batizam-se, filiam-se a estas organizações e assumem compromissos financeiros (geralmente fora do padrão bíblico-convencional que se restringe ao dízimo e às ofertas voluntárias), mas continuam como filhos sem Pai.

O capítulo três do evangelho de João registra um encontro de Jesus com Nicodemos, uma autoridade entre os judeus daquela época. Lendo o texto, descobrimos tratar-se, indiscutivelmente, de um dos pontos centrais do Novo Testamento. Ao que tudo indica, o tal Nicodemos era um doutor e defensor da lei mosaica. Mais tarde, no capítulo sete


igreja família

ponto de vista

capa

do mesmo livro, dos versos quarenta e cinco a cinquenta e um, o encontramos defendendo Jesus e com o seguinte argumento: “Porventura condena a nossa lei um homem sem primeiro o ouvir e ter conhecimento do que faz?”. Nicodemos era membro da seita mais rigorosa da época, a dos fariseus, mas era justo. Da breve conversa que Nicodemos teve com Jesus, há uma frase muito interessante: “... não fique admirado porque eu disse que todos vocês precisam nascer de novo” (João 3.7 – NTLH). Não bastasse esta advertência de Jesus, na sequência da conversa Ele repreende a Nicodemos: “Você é mestre em Israel e não entende essas coisas?” (verso 10). Nicodemos havia reconhecido que Jesus era um mestre (verso 2). Jesus também reconhecera Nicodemos como um mestre (verso 10). Mas no embate entre os dois, ficou patente a absoluta ignorância de Nicodemos quanto ao tema do NOVO NASCIMENTO. Jesus falara com extrema simplicidade da grande obra que o Espírito Santo operaria nos crentes: “O que é nascido da carne é carne, e o que é nascido do Espírito é espírito” (verso 6). O texto não deixa dúvida. Temos a representação do velho conceito na figura de Nicodemos. Uma representação clara daqueles que, embora bem intencionados, esforçam-se para guardar a lei de Deus como garantia para a eternidade. Do ou-

apocalipse

saúde

aconteceu

tro lado, temos o novo conceito na figura de Jesus. A representação daqueles que inexplicavelmente nascem do Espírito Santo, que recebem a vida de Cristo na vida deles, vivendo pela graça e dependência do Pai. “O vento assopra onde quer, e ouves a sua voz, mas não sabes de onde vem nem para onde vai; assim é todo aquele que é nascido do Espírito” (verso 8).

Jesus foi taxativo: “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer de novo, não pode ver o reino de Deus” (João 3.3), e “Na verdade, na verdade te digo que aquele que não nascer da água e do Espírito, não pode entrar no reino de Deus”.

O mesmo João, no capítulo 1, versos 12 e 13, traz duas revelações espirituais: a de que nem todos são filhos de Deus, e a de como nos tornarmos filhos de Deus. “Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus”. Aqueles que recebem a Cristo como Senhor e Salvador de sua vida, arrependidos de seus pecados e crendo no evangelho, Deus os transforma em filhos amados do Seu coração amoroso de Pai.

É muito grande a probabilidade de milhares de pessoas correrem atrás de cura ou prosperidade, sem a bênção maior do NOVO NASCIMENTO. O maior interesse está voltado para as bênçãos da terra, quando as maiores bênção vêem do alto, do céu, da morada do Pai das Luzes. Até quando aumentaremos o número dos órfãos de mãos “cheias” de bênçãos acessórias; e sem uma mudança de mente e coração. João Batista disse em João 3.27 que “o homem não pode receber coisa alguma, se não lhe for dada do céu”.

Se Jesus pediu a um doutor da lei que não estranhasse Seu ensino, o que diria de nós, pastores, e de todas as pessoas que frequentam nossas igrejas? Nossa pregação está alinhada com a vida nova que o Pai quer dar aos filhos? Qualquer outra ênfase, por mais chamativa que seja, não nos transportará para o reino de Deus. Foi isso que Jesus quis dizer a Nicodemos. É isso que Ele quer nos dizer hoje.

A conclusão é simples: quem não nascer de novo jamais verá ou entrará no reino de Deus.

“TODA A BOA DÁDIVA E TODO O DOM PERFEITO VEM DO ALTO, DESCENDO DO PAI DAS LUZES, EM QUEM NÃO HÁ MUDANÇA NEM SOMBRA DE VARIAÇÃO. SEGUNDO A SUA VONTADE, ELE NOS GEROU PELA PALAVRA DA VERDADE, PARA QUE FÔSSEMOS COMO PRIMÍCIAS DAS SUAS CRIATURAS.” TIAGO 1.17-18

novembro 2011 | comuna | 7


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock

EDUCABILIDADE JOHN C. MAXWELL

A 20A QUALIDADE DE UM LÍDER

Foto: ShutterStock

“CALCULE SEU TEMPO DE OUVIR E LER EM APROXIMADAMENTE DEZ VEZES SEU TEMPO DE FALAR. ISSO LHE ASSEGURARÁ QUE VOCÊ ESTÁ EM CONTÍNUO CAMINHO DE APRENDIZADO E AUTO-APRIMORAMENTO.” GERALD MCGINNIS, PRESIDENTE E CEO DA RESPIRONICS, INC.

Q

uando Chaplin nasceu, ninguém imaginou que ele seria famoso. Filho de músicos ingleses pobres, foi para as ruas ainda pequeno, quando sua mãe foi presa. Depois de anos em casas de recuperação e orfanatos, começou a trabalhar no teatro para se sustentar. Por volta dos 17 anos já era um ator veterano. Em 1914, aos 25 anos, Chaplin trabalhou nos Estúdios Keystone, em Hollywood, e recebia 150 dólares por semana. Durante o primeiro ano de sua carreira cinematográfica, fez 35 filmes trabalhando como ator, roteirista e diretor. Todos reconheceram 8 | comuna | novembro 2011

imediatamente seu talento, e sua popularidade cresceu. Um ano depois, ele ganhava 1.250 dólares por semana. Então, em 1918, fez algo inusitado: assinou o primeiro contrato de um milhão de dólares da indústria do cinema. Ficou rico, famoso, e era considerado o produtor de filmes mais poderoso do mundo – com apenas 29 anos. Chaplin foi bem-sucedido porque tinha talento e incrível disposição. Esses traços, porém, foram alimentados pela educabilidade. Ele procurava crescer, aprender e aperfeiçoar sua habilidade continuamente. Chaplin não se acomodou. Em uma entrevista, ele

explicou seu desejo de melhorar: Enquanto estou assistindo a um filme, presto bastante atenção às cenas que não fazem ninguém rir. Começo imediatamente a destrinchar a cena e tento descobrir o que estava errado em sua idéia ou execução. Se ouço a mais leve risada por uma cena que eu não esperava ser engraçada, pergunto a mim mesmo por que aquilo fez alguém rir. Esse desejo de crescer imprimiu um nível elevado de excelência em tudo que fazia. Chaplin foi reconhecido como um gênio da comédia. Atualmente, seus filmes são vistos como obras-primas.


igreja família

ponto de vista

capa

DIRETRIZES PARA DESENVOLVER E MANTER UMA ATITUDE EDUCÁVEL: 1. Cure sua doença do alvo

Algumas pessoas erroneamente acreditam que, se elas podem alcançar determinada meta, não precisam mais crescer. Quando você pára de crescer, fica privado do seu potencial.

2. Supere seu sucesso

Bons líderes sabem que aquilo que os levou à liderança não os manterá lá.

3. Renuncie aos atalhos

Há um preço para tudo de valor na vida. Se você deseja crescer em determinada área, descubra o que será realmente necessário, inclusive o preço, e então esteja pronto a pagá-lo.

4. Barganhe seu orgulho

É necessário admitir que não sabemos tudo, e com isso pode parecer que somos ruins. Se continuarmos a aprender, também deveremos continuar a cometer erros. Não se pode ser ao mesmo tempo orgulhoso e educável. Para ganhar crescimento, desista do orgulho.

5. Nunca cometa duas vezes o mesmo erro O líder que continua cometendo o mesmo erro não progride. Como um líder educável, você cometerá erros. Esqueça-os, mas lembre-se sempre do que aprendeu com eles. Senão, acabará cometendo-os de novamente.

apocalipse

saúde

aconteceu

Um líder enfrenta o perigo de se contentar com o status quo. Afinal, se você já possui experiência e respeitabilidade, por que deveria continuar crescendo? A resposta é simples: •

Seu crescimento determina quem você é.

Quem você é determina quem você atrai.

Quem você atrai determina o sucesso de sua organização.

Se você deseja evoluir, você tem de se manter educável.

Sua vida e liderança parecem melhorar a cada dia, mês após mês, ano após ano? Ou você continua apenas lutando para manter o que já alcançou? Se você não está onde esperava, seu problema pode ser a falta de educabilidade. Quando foi a última vez que você fez algo novo e inédito, ou se tornou vulnerável envolvendo-se num assunto no qual não era especialista?

PARA MELHORAR SUA EDUCABILIDADE Observe como você reage ao erro. Você admite seus erros? Desculpa-se, quando necessário? Observe-se. Pergunte a opinião de um amigo de confiança. Tente fazer algo novo. Saia de sua rotina hoje e faça algo diferente que lhe proporcione um desenvolvimento mental, emocional ou físico. Os desafios provocam mudanças para melhor. Faça dos novos desafios uma parte de suas atividades diárias. Aprenda na área dos pontos fortes. Leia de seis a doze livros por ano sobre liderança ou sua área de especialização. Continuar a crescer em uma área em que você já é um especialista evita que você se esgote e não tenha disponibilidade de aprender.

AÇÃO DIÁRIA Depois de conquistar seu terceiro título de campeão mundial, Tuff Hederman não fez uma grande comemoração. Foi direto para Denver, para iniciar a nova temporada – e todo o processo de novo. Seja você um novato inexperiente ou um veterano bem-sucedido, se quer ser um campeão amanhã, seja educável hoje. Texto extraído do livro As 21 indispensáveis qualidades de um líder, de John Maxwell - Adaptado por Wagner Fernandes À venda na livraria da Comunidade Sede - (11) 2090.1814

novembro 2011 | comuna | 9


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock Imagem ilustrativa

COSTELINHA DE PORCO COM MEL DA SILEY INGREDIENTES ½ xícara (chá) de mel ½ xícara (chá) de molho de soja 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo ½ xícara (chá) vinagre de vinho Sal e pimenta a gosto

Coloque em um recipiente o mel, o molho de soja, o açúcar, o vinagre, o sal e a pimenta. Misture a cada ingrediente adicionado. Reserve. Acomode as costelinhas em uma assadeira retangular. Distribua o alho picado, o molho reservado e o alecrim. Deixe por uma hora no tempero (para pegar gosto). Leve ao forno (150º C) por 15 a 20 minutos. A seguir, vire as costelinhas e deixe no forno (180º C) até dourarem.

1 kg de costelinha de porco 3 dentes de alho 1 colher (sopa) de alecrim

CREME DE MILHO 3 xícaras (chá) de leite 1 lata de milho verde 1 colher (sopa) de manteiga

A Siley é mãe do Bruno, Duda e Marcelo (amigos envolvidos com o ministério com Jovens) e é casada com o Ezequiel Fernandez.

10 | comuna | novembro 2011

1 colher (sopa) de mel Sal a gosto

Bata o leite e o milho no liquidificador. Coloque em uma panela e adicione a manteiga, o mel e o sal. Deixe ferver até engrossar levemente (cerca de 7 a 8 minutos). Se desejar uma consistência mais densa, adicione 1 colher (sobremesa) de amido de milho (maizena).


visão visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

RICHARD BAXTER PAULO ALEXANDRE SARTORI

Foto: Divulgação

SEU AMOR PELO PERDIDO MUDOU A HISTÓRIA DE UMA CIDADE

R

ichard Baxter nasceu na Inglaterra no dia 12 de novembro de 1615. Como seu pai não dispunha de recursos para mandar o filho a uma universidade, Baxter recebeu instrução particular. O país não experimentava, então, uma boa época no que diz respeito à religião e à moral, e os instrutores de Baxter refletiam essas características. Mas, ele superou exemplarmente estas deficiências e desenvolveu um caráter piedoso. Profundamente desejoso de ser útil às almas que pereciam por falta de conhecimento, Baxter foi ordenado com apenas vinte e um anos de idade. Em Dudley, além de pregar, ensinou numa escola. Mais tarde, em Bridgenorth, foi assistente de um idoso ministro. Três frases podem resumir seu ministério: fervor pela obra, compaixão pelos perdidos, e dependência de Deus. Em 1640, Baxter iniciou seu ministério em Kidderminster, um dos períodos mais importantes da sua vida. Quando chegou à cidade, o lugar caracterizava-se pela impiedade, espantosa aridez espiritual

e, consequentemente, baixíssimo nível moral. O método de Baxter consistia em visitar casa por casa e ser direto no assunto de conhecer a Deus com fé salvadora.

MATE O PECADO ANTES QUE ELE O MATE.

Conversões sinceras e profundas fizeram com que o templo fosse aumentado; mas mesmo assim não comportava as pessoas que queriam ouvir suas pregações. Quando saiu da cidade, a excelência da piedade e moral da grande maioria de seus habitantes não era menos espantosa. É reconhecido que, um século depois, ainda podia ser percebida a extraordinária transformação que a cidade de Kidderminster experimentou como resultado da sua vida e obra ali.

deles, Um apelo aos não convertidos, em apenas um ano, teve não menos que trinta mil cópias editadas – isto no século XVII.

Vivendo em uma época politicamente bastante conturbada, Baxter sofreu contínuas perseguições, acusações e prisões. Isto tudo, porém, não o deixou de modo algum inativo. Boa parte de seus livros foram escritos neste período. Um

RICHARD BAXTER

Realmente, quando tinha oportunidade, Baxter pregava. Quando era impedido, muitas vezes abria sua própria casa, e ali reunia aqueles que queriam ouvi-lo, e ali mesmo pregava ousadamente o Evangelho das insondáveis riquezas de Cristo. Na manhã do dia 8 de dezembro de 1691, com 76 anos de idade, Baxter entrou tranquilamente na glória. Para saber mais! Leia “O descanso eterno dos santos” e “Conselho aos pais para pastorear seus filhos”, da Shedd Publicações

novembro 2011 | comuna | 11


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock

O TOQUE DE JESUS MUDA A NOSSA HISTÓRIA SUELY BEZERRA, PRA.

Q

uantos de nós não temos muitas coisas a contar, do quanto Jesus mudou a nossa vida? No livro de Marcos, no capítulo 5, versículos 25 a 34, vemos a história de uma mulher que sofria com uma hemorragia há 12 anos. Quando ela ouviu falar de Jesus, creu que apenas tocando a borda de Sua roupa, ela seria curada. Enfrentou a multidão e tocou a roupa do Mestre. O Senhor reconheceu que Dele saiu poder e perguntou quem O havia 12 | comuna | novembro 2011

tocado. E entre toda a multidão, a mulher medrosa confessou; e Ele a abençoou e disse que sua fé a havia salvo. Todos nós temos muitas expectativas. Temos sonhos, esperanças, e cada um tem a sua história. O Senhor conhece a nossa vida. Nada passa despercebido ao Senhor. Nossa história é marcada por acontecimentos felizes, e outros tristes; alguns bons, outros maus. Coisas que nos emociona-

ram, coisas que nos causaram repulsa. Coisas agradáveis, outras não. Pessoas que marcaram nossa vida para o bem, outras deixaram feridas profundas. Uma coisa que nós precisamos muito é do toque físico. É tão bom quando encontramos uma pessoa e ela nos toca e diz: “Que bom te ver! Senti sua falta!”. Precisamos disso, porque este simples gesto, de ser tocado, ou de tocar, mostra que o outro se preocupa conosco;


igreja família

ponto de vista

capa

apocalipse

que somos importantes para o outro. Assim também é o toque do Senhor. É impressionante ver como Jesus se dava para as pessoas, não importando sexo ou condição social. Ele se preocupava com todas. O toque de Jesus transmitia poder, vida e restauração. Todas as pessoas que Jesus tocava, eram transformadas para sempre. Até hoje, o toque especial de Jesus transforma nossa vida e tudo o que está ao nosso redor.

saúde

aconteceu

não podia conviver com ninguém. Era uma situação de debilidade total. Mas, apesar de sua humilhação, quando ouviu falar de Jesus ela se animou e foi até Ele. Muitas vezes, quando nos deparamos com problemas em nossa vida, achamos que tudo acabou, que é o fim de tudo. Conflitos no casamento, um filho rebelde, uma filha com maus relacionamentos, e você pensa que chegou ao final do túnel. Mas ainda assim, você não pode baixar a sua cabeça!

O TOQUE DE JESUS QUEBRA OS VÍCIOS DA NOSSA VIDA. NÃO IMPORTA SE ALGUÉM VIVE ACORRENTADO POR ALGUM PROBLEMA GRAVE OU UM VÍCIO. QUANDO O SENHOR TOCA, DELE SAI O PODER TRANSFORMADOR PARA MUDAR ESSA VIDA, POR MAIS QUE PAREÇA IMPOSSÍVEL!

Jesus quebra laços de alma. A pior enfermidade hoje não é só a física, é a da alma, pois a alma enferma traz consequências para o corpo ta mbém: depressão, síndrome do pânico, traumas de infância, deterioração da própria imagem etc. Muitas vezes carregamos dores na alma por anos, até ela adoecer. Jesus pode mudar isso também. Uma hemorragia por tantos anos fazia com que aquela mulher vivesse abatida. Sofrer tanto assim mina as forças de qualquer pessoa. Não temos vontade de fazer nada, perdemos a segurança. Imagine o sofrimento daquela mulher. Ela não tinha nenhuma ajuda. Estava falida, pois havia gasto tudo com os médicos. Um quadro assim traz desânimo e baixa auto-estima. Que drama aquela mulher havia vivido. Naqueles doze anos ela tinha sido desprezada e considerada imunda. Solteira ou casada,

É necessário agir como aquela mulher. Mesmo no meio do desespero, ela teve uma esperança ao olhar para Jesus. Esperança de saber que Ele estava ali, curando as pessoas, e que somente um toque Dele, poderia mudar completamente o seu destino. Em suas orações, diga ao Senhor: “Jesus, eu quero olhar para o Senhor como aquela mulher hemorrágica olhou aquele dia. Receber o Seu toque com tanto amor e pureza, como fez com aquela mulher. E assim como ela tocou na borda do seu vestido e recebeu virtude, que eu seja tocado pelo Seu Espírito, e que eu tenha a minha vida transformada. Amém.”

Esta mensagem está em DVD e no nosso site: http://www.comuna.com.br/autores/pra-suely-bezerra/como-experimentar-o-toque-de-jesus-dp2

novembro 2011 | comuna | 13


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

O ARROZ E FEIJÃO QUE MUDAM HISTÓRIAS Foto: Criativo Comuna

A ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS REVELA QUE 925 MILHÕES DE PESSOAS NO PLANETA NÃO TÊM O QUE COMER. A INSEGURANÇA ALIMENTAR NO MUNDO É ALARMANTE, UMA EM CADA SETE PESSOAS EM TODO O PLANETA PASSA FOME — E CERCA DE SEIS MILHÕES DE PESSOAS MORREM POR ANO SEM TER O QUE COMER. O número de domicílios brasileiros onde as famílias admitem que não têm alimentos em quantidade e qualidade adequadas diminuiu de 34,9% para 30,2%, entre 2004 e 2009. No entanto, de acordo com o levantamento, 65,6 milhões de brasileiros não se alimentam direito. Desse total, 40,1 milhões convivem com a forma leve de insegurança alimentar (quando admitem que pode faltar dinheiro para comida). Mais 14,3 milhões estão na situação moderada – casos em que, no período de três meses anteriores à pesquisa, houve restrição de comida. Os demais 11,2 milhões passam pela privação de alimentos, a insegurança alimentar grave.

A

alta dos preços dos alimentos, que voltou a assustar o mundo desde meados de 2010, fez com que menos pessoas tivessem segurança alimentar, ou seja, acesso a uma alimentação nutritiva, saudável e em quantidade suficiente para suprir suas necessidades. Para continuar a se alimentar, muitas pessoas com menos condições financeiras tiveram que optar por abrir mão de uma refeição ou de certos alimentos considerados menos essenciais. No Brasil ainda temos 11,2 milhões de pessoas que passam fome, segundo dados de uma pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) sobre segurança alimentar. 14 | comuna | novembro 2011

Débora Regina Tavares estava passando por essa insegurança alimentar grave quando conheceu a Fundação Comunidade da Graça (FCG) que, através do projeto Primícias, provê a alimentação básica de famílias em situação de vulnerabilidade e dificuldades financeiras. Há cinco anos Débora encontrou na FCG um auxilio para a dificuldade financeira que estava passando. “Quando eu engravidei do meu primeiro filho perdi o emprego e meu esposo e eu começamos a passar necessidade, sem nenhum alimento em casa. Foi quando uma vizinha me apresentou a Fundação. Comecei a receber a cesta básica e também ganhei todo o enxoval do bebê”, relembra Débora. A Fundação concede cesta de alimentos por tempo determinado, e acompanha as famílias necessitadas através de outros programas, a fim de promovê-las para que possam se reequi-


igreja família

ponto de vista

capa

librar financeiramente. É um trabalho não só de entregar a cesta básica, mas de dar possibilidades para essa família conseguir recursos financeiros próprios. “O Programa Primícias é de suma importância na FCG, pois através dele contribuímos para o reequilíbrio de toda a família atendida, visto que existe uma grande dificuldade das pessoas entenderem palavras de motivação e incentivo, sentindo fome física”, explica Marisa Nóbrega – supervisora técnica dos programas da FCG. Em 2008, Débora ficou grávida do seu segundo filho e novamente estava em uma situação difícil. “Minha gravidez foi de alto risco e não podia trabalhar. Então mais uma vez fui ajudada pela FCG com o recebimento de cestas e ganhei também o enxoval do meu segundo filho”. Débora sofreu um acidente no dia 07 de fevereiro desse ano, quando tinha acabado de conseguir um emprego. Ela tropeçou em um buraco e, como conseqüência da queda, perdeu os movimentos do braço direito. Ela está fazendo fisioterapia e por isso não conseguiu o emprego. O marido dela trabalha como ajudante em uma empresa de ferramentas, mas o sa-

apocalipse

saúde

aconteceu

lário não é suficiente para ter uma segurança alimentar. A FCG está dando toda a assistência para ela. Em outubro, no dia das crianças, além da cesta, os filhos dela ganharam brinquedos. “Foi muito bom ver meus filhos sorrindo pelos presentes que ganharam. Hoje não fico mais preocupada com o que vou dar de comer a eles, os armários não estão mais vazios”, comenta Débora com voz de contentamento e segurança. Através desta ação a FCG consegue materializar o amor de Deus aos usuários. “Por isso, insistimos na participação de quem pode ajudar, pois é uma forma de ser agente atuante no Reino de Deus”, alerta Marisa. “Agradeço muito a Fundação, que Deus continue abençoando a vida de todos, desde a recepção, as assistentes sociais, até quem entrega a cesta. Eles têm ajudado a amenizar a dor de muita gente. Encontramos abrigo e a certeza que Jesus não nos abandona. Que esse trabalho não acabe nunca”, agradeceu Débora. Para esse e outros trabalhos não acabarem, a Fundação Comunidade da Graça conta com você. Participe!

As pessoas podem contribuir doando alimento não perecível na igreja Comunidade da Graça ou na FCG. Endereço da FCG: Rua Salvador do Vale, 9 – Vila Formosa www.fgc.org.br

ORIGEM DO RECURSO Este programa conta com doação de alimentos feita por pessoas física e jurídica.

PÚBLICO ALVO Viúvas a partir de 65 anos, que não possuam família ou alguém que supra suas necessidades, que não possuam renda própria ou cuja renda seja insuficiente. Famílias carentes em vulnerabilidade social, e que passam por dificuldades financeiras. Mães solteiras sem renda própria ou auxílio da família para prover sua alimentação e de seus filhos. Pessoas com limitações ou problemas de saúde que as impeçam de trabalhar, que não possuam família ou cuja renda familiar seja insuficiente para mantê-la, que não contem com benefícios sociais ou cujo benefício não supra suas necessidades.

ATENDIMENTO ATUAL 400 famílias por mês Coordenadora do Programa Primícias: Cleide Villanova

novembro 2011 | comuna | 15


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock

AUTO-CONVERSA. CUIDADO! ELISANGELA MAZI TEIXEIRA

Q

uantas vezes você se percebe conversando consigo mesmo? Muitos de nós temos auto-conversas durante o dia todo, organizando diálogos e mais diálogos em nossa mente, geralmente com fatos que acon16 | comuna | novembro 2011

teceram e que de alguma forma nos incomodou, entristeceu ou irritou. Frases como ‘deveria ter falado de forma diferente’; ‘por que não fiquei quieto?’; ‘perdi a oportunidade de dizer o queria’; ‘o que aquela pessoa quis dizer

com isso?’; ‘a reação dele(a) não foi o que eu esperava...’ não saem da nossa cabeça. Com estes e muitos outros questionamentos prosseguimos em verdadeiros monólogos, construindo discursos e teses por horas a fio.


igreja família

ponto de vista

capa

Meditando em uma devocional, com base no salmo 73, o Espírito Santo me alertou de como estas auto-conversas podem ser perigosas, pois geralmente na construção destes diálogos em nossa mente, que sabemos é um campo de batalha, damos margem a impressões irreais. Sem perceber podemos dar lugar às mentiras que o inimigo (o diabo) nos lança, e conseqüentemente ficamos mergulhados em uma confusão de pensamentos que nos perturba. Criamos barreiras com pessoas (muitas vezes sem elas terem feito nada daquilo que imaginamos), raízes de amargura, e permitimos que nossa auto-estima seja afetada ao aceitar afirmações iguais a: “como sou burro e incompetente por não ter feito aquilo corretamente”; “nunca irei atingir tal objetivo”; “não sou aceito mesmo”. CUIDADO! Deus não está fazendo parte desta conversa e esta não é a vontade Dele para nós.

apocalipse

saúde

aconteceu

Deus. Mas esse processo de autocomiseração encerrou quando ele, no versículo 17, disse: “até que entrei no santuário de Deus...”. Asafe levou suas impressões diante de Deus e obteve dele a resposta que precisava. Por mais louco que seja nosso questionamento, se ele for apresentado ao Pai, se sentarmos aos seus pés e conversamos com Ele, receberemos clareza em nossos pensamentos, teremos o discernimento correto do fim e propósito sobre as situações que vivenciamos e não daremos lugar ao Diabo. Temos que tornar nossas inquietações conhecidas diante de Deus, e não permitir que elas circulem ininterruptamente em nossa mente, tirando nossa paz. Asafe fez isso, como descrito no versículo 23: “todavia, estou sempre contigo...”. E o que podemos observar até o fim deste salmo é que a quietude, paz e a revelação de qual é

“QUANTO AO MAIS, IRMÃOS, TUDO O QUE É VERDADEIRO, TUDO O QUE É HONESTO, TUDO O QUE É JUSTO, TUDO O QUE É PURO, TUDO O QUE É AMÁVEL, TUDO O QUE É DE BOA FAMA, SE HÁ ALGUMA VIRTUDE, E SE HÁ ALGUM LOUVOR, NISSO PENSAI.” FILIPENSES 4.8 No salmo 73 Asafe relata que passou por um momento de intenso questionamento e indignação quanto à prosperidade daqueles que eram perversos, a ponto dele achar que tinha sido inútil conservar puro o seu coração diante de

a boa e perfeita vontade de Deus inundou o coração e mente do salmista. “Quanto a mim, bom é estar junto a Deus; no Senhor Deus ponho o meu refúgio, para proclamar todos os seus feitos” versículo 28. Que tal seguirmos este exemplo? novembro 2011 | comuna | 17


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock

CRISTÃO NOMINAL UMA ARMADILHA PR. OSMAR MISAEL DIAS

A

ntes de ascender aos céus, Jesus deixou uma promessa aos seus discípulos: “Vós sereis batizados com o Espírito Santo...” (Atos 1.5). Mas eles não entenderam o que Jesus estava falando e mudaram de assunto, pois em seguida perguntaram quando o Senhor iria restaurar o reino (governo político) a Israel (v.6). Os discípulos estavam preocupados com outros interesses, com coisas deste mundo. Jesus então responde a eles no versículo 7 “Não vos compete conhecer tempos ou épocas...” e voltou a falar a respeito da promessa do Espírito Santo “Mas recebereis 18 | comuna | novembro 2011

poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas...” (v.8). Muitos cristãos estão vivendo assim nos dias de hoje. Preocupados em ser atendidos em suas necessidades, em receber bênçãos, em ser agradados, sem entender a proposta de Cristo para eles. Querem os benefícios da vida cristã, mas não estão dispostos a serem “testemunhas” que frutificam para Cristo. Eles não estabelecem vínculos com a igreja. Não estão plantados na Casa do Senhor (Salmo 92.13). São os chamados “evangélicos não praticantes” ou “cristãos nominais”.

ESTATÍSTICA 26 milhões é o

número de Evangélicos no Brasil

1,4 milhões

Em 2003: não estavam ligados a nenhuma igreja

3,6 milhões

Em 2009: não estavam ligados a nenhuma igreja


igreja família

ponto de vista

capa

apocalipse

saúde

aconteceu

O CRISTÃO AUTÊNTICO PERGUNTA A SI MESMO: 1. Estou crescendo em amor e fé no Senhor Jesus todos os dias? Se eu não amo mais a Deus e não tenho mais compromisso do que quando me converti, estou correndo perigo. 2. Estou ativamente ajudando a minha família a crescer na fé em Cristo? Estou cooperando para o bem ou sendo um empecilho para minha família? 3. Estou fazendo uma significativa contribuição na minha igreja? Existe uma diferença entre apenas se envolver e se comprometer de verdade. 4. Estou fazendo todo o possível para que meus filhos se tornem adultos responsáveis? 5. Estou construindo um relacionamento forte e amoroso no meu casamento?

6. Estou investindo na vida de alguém, ou vivo só pra mim mesmo? Estou sendo amigo, conselheiro, parceiro ou mentor de alguém? 7. Estou gerando vidas para Deus? Tudo que tem vida cresce e se reproduz. 8. Estou cumprindo a missão que o Senhor me confiou? Se você não está cumprindo a missão, então não será uma pessoa realizada. 9. Sou um bom provedor na minha casa e igreja? Contribuo com generosidade para a edificação de vidas? 10. Estou vivendo uma vida de integridade e de boas obras? Sou uma pessoa íntegra? Meu testemunho é verdadeiro?

Os chamados “sem religião" subiram de 5,1% para 6,7% da população do país, sendo que nesta categoria se inclui os que criaram a sua própria mistura de religiões. O cristão nominal é aquele que busca o Deus que ele imagina em sua mente. A sua tendência é a de ser superficial na compreensão de Deus: ele O vê como um super avô que o mima e que está sempre pronto para atender os seus desejos. Ele sente necessidade de Deus, mas em seus próprios termos. Ele sempre deseja um Deus relativo em vez de um Deus absoluto. O cristão nominal é aquele que quando lê a Bíblia, o faz de forma superficial e interesseira. Ele sempre está procurando ganhar alguma coisa ou obter uma vantagem. Ele está constantemente buscando na Bíblia evidências para apoiar a decisão que já tomou. Na realidade, ele busca um Deus que ele próprio vai sublinhando na sua Bíblia e, ao fazer isso, ele acaba escrevendo um “quinto evangelho.”

VIVEMOS DIAS DIFÍCEIS. A PROPOSTA DO EVANGELHO É UMA VIDA DE VÍNCULO E COMPROMETIMENTO COM DEUS, COM OS IRMÃOS, COM A IGREJA E COM UMA VIDA SANTA. MAS TEM SURGIDO A IDÉIA DE UMA VIDA CRISTÃ INDEPENDENTE, DESCONECTADA E SEM RESPONSABILIDADES. É PRECISO FICAR ATENTO! SÃO SINAIS DO FIM DOS TEMPOS.

novembro 2011 | comuna | 19


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: Davi Martins

BABEL, A MULTIDÃO ATOS, A COMUNIDADE CARLOS BEZERRA JR. é pastor da Comunidade da Graça, médico e deputado estadual. É casado com a psicóloga Patrícia Bezerra e tem duas filhas: Giovanna e Giulianna.

O

rgulho, competição desenfreada, prazer e lucro a qualquer custo...O que estou descrevendo são os valores da narrativa bíblica sobre a Torre de Babel – mas, espere. Dê mais uma olhada em cada um desses adjetivos. Não são exatamente os mesmos que usaríamos para descrever a sociedade em que vivemos hoje? Curioso, não acha? É verdade. Porém, se pensarmos um pouco, veremos que não se trata exatamente de uma coincidência. Quando se buscam as 20 | comuna | novembro 2011

mesmas coisas e se tomam os mesmos caminhos, o destino final só pode ser o mesmo. Babel é o modelo da prepotência humana. Muito antes do egoísmo que marca os nossos dias, os homens do tempo descrito em Gênesis já queriam igualar-se a Deus e mostrar que não dependiam dEle para coisa alguma. Era uma multidão perdida na busca de seus interesses, tentando atender o quanto antes às necessidades de seu próprio ego.

O cotidiano dos homens violentos de Babel esmagava os fracos, excluía aqueles que não conseguiam competir. Assim como no relato da Palavra, não precisamos nos esforçar para enxergar essas mesmas máximas nos nossos tempos: o desrespeito às mulheres ganha as páginas dos jornais, os mecanismos de denúncia sequer dão conta de registrar os casos de abuso sexual de crianças, e o desrespeito aos idosos parte, quase sempre, de


igreja família

ponto de vista

capa

apocalipse

quem lhes deveria proteger. A regra é a do “cada um por si”. O egoísmo daquele povo chegou a tal ponto que cada um passou a falar sua própria língua. É verdade que Deus separou aquela multidão. No entanto, a real resposta do Senhor a Babel viria pouco mais de 2 mil anos depois. É na descrição de Atos 2 que o Pai implanta o modelo de comunidade que projetou para seus filhos. Naquele momento, a multidão que têm a marca individualista de Babel se torna uma comunidade amorosa da qual os discípulos, cheios do Espírito Santo, participavam. Nela, não havia espaço para o egoísmo da multidão do passado. Essa é a diferença entre multidão e comunidade. Essa é a grande evidência da presença de Deus entre nós. Ele nos transforma de multidão de egoístas em comunidade, em família. Todos estavam juntos, tinham tudo em comum, partiam o pão e o repartiam entre seus semelhantes, vendiam seus bens e dividiam os lucros de modo que não faltasse nada a ninguém.

saúde

aconteceu

que me toca profundamente é o fato de ter sido descrita como uma comunidade de uma só mente e um só coração. Da mesma forma é conosco – nossa conversão a Deus tem que se transformar também numa conversão ao próximo, às suas necessidades, à sua dor, à sua solidão. Não vivemos mais para nós mesmos, mas sentimos as dores do mundo. Notícias como violência contra crianças, fome, trabalho escravo, corrupção, falta de moradia, jovens nas drogas ou cristãos perseguidos, nos tocam, mexem conosco porque são as grandes evidências da ausência de Deus entre nós. O Pai não mudou. Ele continua querendo que o mundo viva segundo os Seus valores. Mais do que isso: Ele escolheu a Sua Igreja para ser o sinal, o exemplo de comunidade a ser copiado na Terra. Que igreja desejamos ser? Basta lembrarmos da visão da nossa igreja, de nossa identidade: somos uma igreja-família. Os valores dessa comunidade não estão nos bons discursos, na boa estrutura ou nas reuniões cheias. Estão, na verdade, no amor e no serviço, na sensibilidade ao nosso semelhante, ao

A IGREJA DE ATOS NÃO É APENAS UMA RESPOSTA À BABEL. É UMA RESPOSTA DE DEUS AO MUNDO: UMA COMUNIDADE, UMA FAMÍLIA QUE FALA A MESMA LÍNGUA, NA QUAL OS HOMENS VOLTAM A SE ENTENDER, A PARTILHAR, A SE SOLIDARIZAR MOVIDOS PELO MILAGRE DA CONVERSÃO E PELO MOVER DO ESPÍRITO SANTO. Mas a igreja de Atos não é apenas uma resposta à Babel. Ela é uma resposta de Deus ao mundo: uma comunidade, uma família que fala a mesma língua, na qual os homens voltam a se entender, a partilhar, a se solidarizar movidos pelo milagre da conversão e pelo mover do Espírito Santo. Mesmo que não repitamos literalmente o ideal de Atos 2, no mínimo, o Espírito que lá havia precisa estar também entre nós. O que mais me chama atenção na igreja de Atos, não são a oração, os milagres ou a quantidade de pessoas. O

próximo, ao necessitado, ao perdido. Somos família, somos comunidade da graça, do amor, do serviço, da justiça. Que o milagre operado pelo Pai em Atos continue a se fazer sentir em nossos dias tornando-nos a resposta dEle à multidão egoísta da sociedade atual. Que, como comunidade, expressemos o amor de Deus amando o nosso próximo e que, assim, a Babel moderna seja transformada em família de Deus. novembro 2011 | comuna | 21


Foto: Criativo Comuna

22 | comuna | novembro 2011


capa

QUALIDADE& QUANTIDADE Russell Shedd nasceu na Bolívia em 1929, onde seus pais eram missionários entre os índios. Aos cinco anos Shedd foi para os Estados Unidos, onde completou seus estudos e graduou-se em teologia. Lá serviu durante um ano como pastor interino e logo foi aceito como missionário pela Missão Batista Conservadora, indo trabalhar em Portugal por um curto período. Após, transferiu-se definitivamente para o Brasil em 1962, estabelecendo-se em São Paulo, onde fundou as Edições Vida Nova há mais de 40 anos. Atualmente, Shedd viaja pelo Brasil e exterior ministrando em conferências, igrejas, seminários e faculdades de Teologia. Shedd defende a autoridade suprema e inspirada da  Bíblia, sendo esta a única revelação fidedigna de  Deus, pelo que postula que “a Bíblia é a palavra de Deus”. Casado com Patrícia há 54 anos, eles têm 5 filhos e 14 netos. Uma equipe da revista Comuna foi muito bem recebida na casa do pastor Russell Shedd para fazer esta entrevista especial que você lê nas próximas linhas. novembro 2011 | comuna | 23


Comuna: Que Brasil o senhor encontrou ao chegar aqui?

Foto: Criativo Comuna

24 | comuna | novembro 2011

Russell Shedd: Era um país mais tranqüilo, um lugar mais fácil de se locomover. O bairro de Santo Amaro em São Paulo ainda tinha ruas de terra. Quando chovia, havia muita dificuldade. De lá pra cá o Brasil se desenvolveu, e as igrejas também cresceram muito e deram uma nova feição ao movimento evangélico nacional. Naquele tempo, década de 1960, as igrejas tradicionais representavam mais os evangélicos. Aos poucos isso foi se alterando, e os pentecostais alcançaram uma projeção maior. A princípio isso gerou certa tensão no convívio destes grupos, mas hoje há um diálogo maior entre as várias correntes cristãs no Brasil.


C R

Em sua opinião, as grandes igrejas que hoje estão na mídia cometem algum tipo de erro? Creio que sim. Em duas áreas principalmente. Na área da arrecadação de fundos, que é necessário para manter estes programas na Televisão. E na área da vida pessoal dos seus líderes, pois a projeção na mídia torna-os celebridades. Estes grupos também foram muito influenciados pela chamada Teologia da Prosperidade, e se apresentam como “igrejas que resolvem problemas”. Tudo se baseia nisso. As pessoas não vão a Cristo para serem salvas; elas vão à igreja porque todo mundo tem problema e lá tem solução.

C R

Qual deveria ser então o enfoque principal dessas igrejas?

As igrejas, de modo geral, precisam atuar com muito mais interesse na evangelização, e ter isso como uma prioridade e um compromisso de ministério. A tarefa principal do pastor deveria ser ensinar a Palavra e instruir as ovelhas a viver a vida cristã de forma prática e relevante.

C R

Como o senhor vê a igreja brasileira hoje?

A igreja brasileira continua crescendo. Isso é muito importante. Naturalmente, há uma necessidade de ver nesse crescimento mais substância, mais conhecimento da Bíblia, mais dependência e obediência aos mandamentos de Cristo. Esta é marca dos discípulos que seguem a Cristo – eles obedecem a Sua Palavra. Hoje em dia, me parece, muitos

que se chamam evangélicos não estão preocupados em guardar e obedecer aos mandamentos do Senhor. Obedecem somente ao que lhes é conveniente.

C R

Como o senhor relaciona quantidade e qualidade de membros na igreja? O problema é justamente esse. Há tanta gente nas igrejas que não estão sendo pastoreadas, nem confrontadas com uma mudança de vida para um compromisso com Cristo. Richard Baxter foi um conhecido pastor reformado que viveu na Inglaterra no século XVII. A cidade onde ele iria desenvolver seu ministério era conhecida como uma das piores do país, um lugar de violência, miséria, bandidagem e corrupção. Depois de 40 anos de ministério ela foi reconhecida como um das cidades mais santas da Inglaterra. Essa mudança ocorreu por causa da pregação da Palavra e do acompanhamento pessoal de cada membro. É verdade; isso foi há muito tempo. Mas ainda hoje existem igrejas que pastoreiam seus membros e os ensinam a viver uma vida que agrada a Deus. Onde as famílias aprendem a cultivar uma vida devocional, e a criar seus filhos no temor de Deus.

realidades dos países africanos e asiáticos, por exemplo. Uma coisa que me impressiona é que alguns atletas do futebol aproveitaram sua fama para plantar igrejas. Em Munique, na Alemanha, há uma grande igreja que começou com o ex-jogador Jorginho.

C

Atos 2.42 diz que a igreja primitiva perseverava na doutrina, na comunhão, no partir do pão e nas orações. Este é um grande desafio para a igreja hoje?

R

Este desafio é constante porque nunca mudou. É a característica da igreja que vive buscando a verdade de Deus revelada na Palavra. Uma igreja composta de pessoas comprometidas com a Palavra, que vivem em comunhão umas com as outras como em um corpo, que oram e participam do partir do pão em memória de Cristo.

ASSISTA O VÍDEO DA SEGUNDA PARTE DESTA ENTREVISTA NO SITE: WWW.COMUNA.COM.BR

C

Apesar destes problemas, o senhor acredita que a igreja brasileira tem alguma coisa a oferecer ao mundo?

R

Sim, missionários. Mesmo sem muito preparo, Deus tem usado os missionários brasileiros, pois eles não se importam em viver em um nível mais simples, e se acomodam melhor às difíceis novembro 2011 | comuna | 25


CERTAMENTE, O CRESCIMENTO QUALITATIVO E QUANTITATIVO DE UMA IGREJA LOCAL É RESULTADO DE UM CONJUNTO DE SENTIMENTOS E PRÁTICAS GERADOS PELO ESPÍRITO SANTO NA VIDA DE CADA CRENTE. PRIMEIRO, NO CORAÇÃO DOS LÍDERES PRINCIPAIS DA IGREJA; E DEPOIS, NO INTERIOR DOS DEMAIS MEMBROS. AGUINALDO FERNANDES, PR.

S

endo assim, como determinar um sentimento, ou uma prática, ou um fruto do Espírito, que pode ser definido como “o grande segredo” para a qualidade e crescimento da igreja? Analisando a Bíblia, descobri que a GRATIDÃO é o principal sentimento que desperta outros sentimentos cristãos, e, então, práticas cristãs. A prática (tudo aquilo que faço na vida) é resultado de um sentimento espiritual no coração; um sentimento que foi gerado por Deus em nós através do Espírito Santo. O livro de Atos mostra que, após a ressurreição de Jesus, o Espírito Santo desceu sobre os apóstolos. A partir desses líderes, estabeleceu-se a primeira Igreja Cristã; e nela, logo em seguida, começou um grande avivamento, onde “todos perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações. Enquanto isso, acrescentava-lhes o Senhor, dia a dia, os que iam sendo salvos” (Atos 2.42 e 47b). O crescimento saudável daquela igreja, e que resultou numa quantidade expressiva de novos crentes, afinal de contas três mil almas foram agregadas à igreja após a primeira pregação de Pedro (Atos 2.41), foi a simples conseqüência da generosidade, renúncia, amor e temor dos seus membros. O Espírito Santo já havia cumprido o seu grande ministério de revelar a Deus como Pai e a Je26 | comuna | novembro 2011

sus como o Salvador de todos os que cressem. A revelação de que aquele Jesus que havia sido crucificado pelos judeus, fora feito por Deus Senhor de todos (Atos 2.36) mediante a ressurreição dentre os mortos, fez surgir uma comunidade de gente disposta a entregar a vida pela causa; de perseverar e abrir mão dos próprios bens materiais em favor dos necessitados; de ver a vida na perspectiva da eternidade com Deus e não mais da visão míope e finita aqui na terra. Não pode haver qualidade e multiplicação na igreja sem uma ação soberana e abrangente do Espírito Santo. A obra é de Deus e não dos homens. E a forma de Deus agir neste tempo é através do Espírito Santo. Estamos na era do Espírito Santo. Foi assim com a primeira igreja em Jerusalém e tem sido assim com diversas igrejas espalhadas pelo mundo que reúnem crentes genuinamente convertidos e transformados em pais espirituais. A obra perfeita do Espírito Santo potencializa cada membro como um ministro e permeia o princípio da honra entre todos, de modo a garantir a unidade e o respeito às autoridades constituídas por Deus na igreja e na sociedade (Romanos 13.1 e 2). Humanamente falando, o homem tem muito potencial e capacidade para reunir grandes multidões. As pessoas em geral gostam de grandes oradores e de grandes ajuntamentos. A multidão cria e desfaz seus ídolos com a mesma facilida-

de. As pessoas seguem aqueles que são capazes de propor uma novidade. Adolf Hitler era um grande orador; um carismático que induziu as pessoas a pensarem no nazismo como um sistema legítimo de organização social. Hitler reuniu multidões. A mesma multidão que líderes religiosos atraem hoje. Mas a qualidade espiritual genuína de cada crente, à semelhança do que aconteceu em Atos 2.38, notadamente marcada por arrependimento profundo, batismo em nome de Cristo para remissão de pecados, e o recebimento do dom do Espírito Santo, é, inquestionavelmente, resultado da ação de Deus no homem. Os primeiros cristãos louvavam a Deus e contavam com a simpatia do povo (Atos 2.47a). Tratava-se de uma comunidade autêntica, onde as pessoas não estavam comprometidas com interesses pessoais. Havia uma disposição de cada cristão na direção dos necessitados. A simpatia do povo era uma comprovação da idoneidade e verdade praticada pela comunidade cristã; pela correta aplicação dos recursos financeiros na expansão da igreja e no cuidado com os pobres. Poucas igrejas nos nossos dias contam com a simpatia do povo. As pessoas sabem da desonestidade e da manipulação dos sentimentos de pessoas fragilizadas por crises. Mas Deus julgará todo procedimento leviano (Mateus 7.22-23).


Os irmãos de Atos tinham uma exata compreensão de terem recebido “o Tudo” de Deus – a salvação em Jesus – e extremamente gratos, constrangidos por tamanha bondade, não lhes restava escolha a não ser viver para a glória deste Deus bondoso. Eles eram gratos e não se viam no direito de ficar de fora da visão e dos desafios da Igreja, ou de desanimar. O derramamento do Espírito Santo fez nascer uma comunidade onde cada membro tinha prazer em discipular (cuidar) dos novos membros até que ganhassem maturidade espiritual e reproduzissem o mesmo

A

final, queremos quantidade ou qualidade? Qual o desafio para a igreja brasileira? Ao analisarmos o quadro atual das igrejas cristãs no país, percebemos que alguns têm valorizado exclusivamente a qualidade em detrimento da quantidade. E há outros que têm focado na quantidade e negligenciado completamente a qualidade. David Yonggi Cho, pastor da maior igreja evangélica da Coréia do Sul escreveu em seu livro ‘Em sociedade com o Espírito’: “Na Coréia nos vangloriamos de haver dez milhões de cristãos. Mas quantos desses cristãos cumprem a responsabilidade de ser “luz” e “sal” do mundo? Por que a profunda corrupção e confusão de nossa sociedade vai piorando cada vez mais, ao mesmo tempo em que nos gloriamos de ser um grande número de cristãos? Um número grande de pessoas professa a religião, mas não produz os frutos da justiça em seu viver diário. Os

ciclo de cuidado estabelecido por Jesus (Mateus 28.19-20). Os irmãos de Atos tinham a vívida imagem de Jesus pregado na cruz, de Sua coroa de espinho, de Seu nome incluído entre os ladrões da época, de Sua morte cruel como elementos mais que suficientes para entregarem suas vidas ao Reino de Deus e uns aos outros com muita alegria e gratidão. Da mesma forma, o ministério do apóstolo Paulo crescia proporcionalmente à nobreza de seus sacrifícios a Deus, que, por sua

vez, eram frutos de um coração divinamente grato. O tamanho da gratidão (sentimento) determina o tamanho do sacrifício (prática – qualidade) que determina o tamanho do crescimento da Igreja (resultado – quantidade). Essa é apenas outra forma de dizer que a Igreja experimenta crescimento qualitativo e quantitativo quando discerne, espiritualmente, que “tudo é Dele, por Ele e para Ele” (Romanos 11.36), após, é claro, compreender que “tudo vem dEle”.

MUITOS E BONS assim chamados “crentes” cometem tal quantidade de fraudes e de maldade que nos envergonhamos. É necessário que todos nós nos arrependamos com sinceridade.” O desafio para todos nós cristãos e igrejas no Brasil é equilibrarmos a busca pelo crescimento junto com o esforço pela formação espiritual de cada um. Não devemos ser acanhados nem irresponsáveis na implantação do reino de Deus em nossa pátria. O pastor argentino Juan José Churruarin disse certa vez que: “Queiramos ou não, consciente ou inconscientemente, comunicamos aos outros o que SOMOS e TEMOS. Quando ministramos, transmitimos não só as virtudes, mas também as debilidades. A qualidade de nossas vidas e ministérios é fundamentalmente importante! Deus insiste em qualificar-nos, pois Ele visa grande multiplicação; Ele quer muitos e bons.”

Um dos mais lindos cânticos de adoração a Cristo registrado nas Escrituras fala de muitas pessoas cujas vidas foram totalmente transformadas pelo poder da Palavra de Deus. “Depois destas coisas, vi, e eis grande multidão que ninguém podia enumerar, de todas as nações, tribos, povos e línguas, em pé diante do trono e diante do Cordeiro, vestidos de vestiduras brancas, com palmas nas mãos; e clamavam em grande voz, dizendo: Ao nosso Deus, que se assenta no trono, e ao Cordeiro, pertence a salvação.” Apocalipse 7.9-10. Cabe lembrar que as vestiduras brancas falam de um povo cuja vida foi notadamente marcada por santidade, prática da justiça, exercício constante da misericórdia, amor pelos perdidos, enfim... as características de todos aqueles que foram purificados pelo sangue de Cristo e transformados em novas criaturas pelo sacrifício perfeito na cruz. novembro 2011 | comuna | 27


28 | comuna | novembro 2011


novembro 2011 | comuna | 29


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Foto: ShutterStock

A VIDA NO MILÊNIO PARTE 2 CARLOS ALBERTO ANTUNES, PR.

N

o início do Milênio, nosso primeiro trabalho vai ser restaurar as cidades assoladas pelas pragas do Apocalipse, especialmente destruídas pelo maior terremoto da história que destruirá todas as cidades das nações, o que provocará a total derrocada do sistema econômico deste mundo chamado de Babilônia. Neste tempo os ímpios trabalharão debaixo de nossa orientação neste projeto. “Eles reconstruirão as velhas ruínas e restaurarão os antigos escombros; renovarão as cidades arruinadas que têm sido devastadas de geração em geração. Gente de fora vai pastorear os rebanhos de vocês; estrangeiros trabalharão em seus campos e vinhas. Mas vocês serão 30 | comuna | novembro 2011

chamados sacerdotes do Senhor, ministros do nosso Deus. Vocês se alimentarão das riquezas das nações, e no que era o orgulho delas vocês se orgulharão. Em lugar da vergonha que sofreu, o meu povo receberá porção dupla, e ao invés da humilhação, ele se regozijará em sua herança; pois herdará porção dupla em sua terra, e terá alegria eterna.” Isaías 61:4-7 Depois, sob administração dos santos, todas as áreas das atividades humanas no campo econômico, comercial, financeiro, educacional, artístico, esportivo, político etc., se desenvolverão de maneira fantástica e a terra conhecerá seus anos mais dourados de progresso, desenvolvimento e riquezas.

Imagine que tempos gloriosos! Sem injustiças sociais, pobrezas, fome, miséria, sem desvio de dinheiro dos impostos. Mas tudo será feito com total lisura, transparência e integridade, obedecendo-se os princípios e valores do Reino de Deus! Além do mais, haverá um ambiente de louvor e adoração em toda a terra, e nós poderemos a qualquer instante estar fisicamente com o Senhor e tomar café com Abraão, Moisés e Davi; almoçar com Wesley, Lutero, Agostinho e finalmente jantar com todos os familiares que também foram alcançados pela graça do Senhor. A Palavra de Deus nos declara que todas as nações terão que subir


igreja família

ponto de vista

capa

a Jerusalém pelo menos uma vez por ano para adorar ao Rei. A nação que não fizer isto será punida com medidas que afetará toda sua economia. “Então, os sobreviventes de todas as nações que atacaram Jerusalém subirão ano após ano para adorar o rei, o Senhor dos Exércitos, para celebrar a festa das Cabanas. Se algum dentre os povos da terra não subir a Jerusalém para adorar o Rei, o Senhor dos Exércitos, não virá para ele a chuva. Se os egípcios não subirem para participar, o Senhor mandará sobre eles a praga com a qual afligirá as nações que se recusarem a ir celebrar a festa das Cabanas. Sim, essa será a punição do Egito e de todas as nações que não forem celebrar a festa das Cabanas.” Zacarias 14:16-19 Todas estas bênçãos maravilhosas acontecerão ainda aqui nesta terra, antes de sermos transportados para os novos céus e a nova terra onde coisas mais sublimes nos aguardam! Aleluia! Mas no final destes anos, quando Satanás for solto, ele seduzirá mais uma vez os ímpios que mesmo participando do Milênio, por não terem experimentado antes o novo nascimento, se unirão ao maligno para tentar destruir os santos do Senhor; mas serão destruídos para sempre, e lançados no lago de fogo e enxofre. “Quando terminarem os mil anos, Satanás será solto da sua prisão e sairá para enganar as nações

apocalipse

saúde

aconteceu

que estão nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuni-las para a batalha. Seu número é como a areia do mar. As nações marcharam por toda a superfície da terra e cercaram o acampamento dos santos, a cidade amada; mas um fogo desceu do céu e as devorou. O diabo, que as enganava, foi lançado no lago de fogo que arde com enxofre, onde já haviam sido lançados a besta e o falso profeta. Eles serão atormentados dia e noite, para todo o sempre.” Apocalipse 20:7-10 Por tudo isto, vamos ocupar nossas mentes também em antecipar os poderes do mundo vindouro (Hebreus 6:5), para que nos momentos de lutas, tribulações e desânimos, nos alegremos com muita exultação no Senhor e na liderança que Ele tem preparado para nós. “Dando graças ao Pai, que nos tornou dignos de participar da herança dos santos no reino da luz.” Colossenses 1:12 Vamos também interceder, jejuar por todos os nossos entes queridos, familiares e amigos, evangelizá-los e discípula-los para que todos desfrutem conosco destas bênçãos extraordinárias que o Senhor tem preparado para aqueles que amam a sua vinda. “Agora me está reservada a coroa da justiça, que o Senhor, justo Juiz, me dará naquele dia; e não somente a mim, mas também a todos os que amam a sua vinda.” 2 Timóteo 4:8 novembro 2011 | comuna | 31


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

A SÍNDROME DA FADIGA CRÔNICA JORGE LUIZ MANTOAN, MÉDICO

U

m número muito grande de pessoas vem apresentando a queixa de um desgaste físico; um cansaço, uma estafa que os leva a procurar um check up, aconselhamento médico, e ao final de todo este processo, surge o diagnóstico de que os exames estão normais, e que o paciente não apresenta nenhum quadro clínico ou patológico. “Mas como que não tenho nada? E este cansaço?” indaga a maior parte das pessoas que procuram os médicos. Tal ocorrência está cada vez mais frequente e trata-se do preço que pagamos pelo estilo de vida do século XXI. Trabalhamos 32 | comuna | novembro 2011

muito, temos pouco tempo de lazer e uma má alimentação. Vamos fazer um exercício de imaginação: imagine você, leitor, sendo uma sofisticada máquina de fórmula I; mais especificamente, uma Ferrari. Você já observou que numa corrida, após uma hora de alto desempenho dos carros, aquelas máquinas fantásticas param nos boxes para repor alguns componentes? Há quanto tempo você vem correndo sem fazer uma reposição adequada? Você pode até pensar que se alimenta bem, embora as estatísticas mostrem que a maior parte dos

alimentos consumidos pelos brasileiros são os carboidratos simples, farináceos pobres em vitaminas e sais minerais, poucas frutas, quase nada de verduras e legumes frescos, e, geralmente, carnes que passaram por um processo prolongado de congelamento. Para se ter uma idéia, a proteína bovina sem hormônios e sem congelamento é uma fonte rica de aminoácidos para formar neurotransmissores que garantem a saúde emocional. Na falta de aminoácidos (triptofano, fenilanalina, argenina, taurina) a pessoa tende a desenvolver depressão e ansiedade.


igreja família

ponto de vista

capa

Fazendo uma analogia, seria como oferecer álcool combustível para um carro de Fórmula I, quando na verdade ele utiliza uma gasolina de alta octanagem. Você pode estar correndo demais, em alta performance, utilizando um combustível incompatível. Este é um dos fatores da fadiga crônica. Daí, o uso cada vez mais freqüente de suplementação alimentar. Chegamos à época dos astronautas com suprimentos e cápsulas. Diferente dos bons tempos em que nossos pais chegavam em casa às 17 horas, depois de uma jornada normal de trabalho, sentavam-se nas calçadas para um agradável bate-papo com os vizinhos, conversavam livremente sobre suas dificuldades diárias e ainda traziam os pratos preparados à base de produtos colhidos no próprio quintal. Este quadro maravilhoso nada mais era do que qualidade de vida & terapia de grupo. E a “máquina” estava zerada para a nova etapa da corrida no dia seguinte. Outro fator que se leva muito em consideração na fadiga crônica é a oxidação excessiva do organismo pelo excesso de radicais livres; ou seja, elementos oxidantes que prejudicam cada célula do organismo. De forma comparativa, a oxidação seria como a ferrugem que atinge o ferro. O radical livre é tão prejudicial para o corpo como é a ferrugem para as máquinas.

apocalipse

saúde

aconteceu

Na prática, é óbvio que o ideal seria comermos apenas produtos orgânicos, proteína animal sem hormônio, agrotóxicos, porém, a dura realidade é outra. Poluição, metais pesados (chumbo na fumaça do combustível), mercúrio dos garimpos que atingem os peixes, o cádmio (um terrível metal inalado em trilhões de radicais livres a cada tragada de um cigarro), e os conservantes, corantes e outros incontáveis produtos químicos recomendados pela indústria de alimentos. O mundo paga um preço muito alto pela tecnologia na produção de alimento. Daí, a necessidade dos antioxidantes que eliminam os radicais livres. Isso deveria acontecer naturalmente numa alimentação saudável. Mas hoje em dia, é comum uma forma de medicação com vitaminas, sais minerais e utilização de água em quantidade adequada (água; não refrigerantes ou sucos). Finalmente, é importantíssimo mantermos o equilíbrio da parte hormonal com um profissional da saúde. Você não pode viver com uma tireóide que funciona pouco. É necessário modular o funcionamento desta glândula que dá o ritmo do corpo. Quando a tireóide funciona pouco, a fadiga torna-se freqüente. Isto vale para pâncreas, hipófise e hormônios sexuais que precisam ser modulados; ou seja, equilibrados. Amigo leitor, a estimativa de vida para o terceiro milênio é em torno

de 85 anos de idade, com qualidade de vida. Os recursos médicos diagnósticos e terapêuticos avançaram significativamente. Não tem sentido viver até os 85 anos em fadiga. Enfim, e para você pensar, é importantíssimo: Alimentação rica em vegetais coloridos Atividade física Relacionamentos saudáveis Check up periódico anual Reposição de nutrientes de acordo com o seu organismo Evitar gordura animal, agrotóxicos, produtos embutidos (lingüiça, salsicha, patês) Acompanhamento de um profissional da saúde de sua confiança. E o mais importante: manter sua alma em paz pela oração, leitura diária da Bíblia e bons relacionamentos. Cientificamente, está mais do que comprovado que estes três elementos harmonizam todas as funções do corpo.

BOA SAÚDE, BOA CORRIDA, BOA REPOSIÇÃO E NOS VEMOS AOS 85 ANOS. novembro 2011 | comuna | 33


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

Carlos Bezerra Jr. discursa no Seminário Para Superação da Pobreza. Parlamentar foi o único deputado estadual do país a ser convidado para o fórum

CARLOS BEZERRA JR., NO CHILE, PARTICIPA DE SEMINÁRIO PARA SUPERAÇÃO DA POBREZA

O

pastor e deputado estadual Carlos Bezerra Jr. participou, entre os dias 3 e 6 de outubro, do Seminário “Políticas Sociais para Superação da Pobreza”, na cidade de Santiago, capital do Chile, a convite do Senado chileno e da Instituição de Assuntos Públicos da Universidade do Chile, que promoveram o evento. O parlamentar foi o único deputado estadual do Brasil no encontro, que é um dos mais importantes para discussão de políticas sociais.

O FÓRUM FREUNIU CERCA DE 30 POLÍTICOS DE CINCO PAÍSES: BRASIL, VENEZUELA, PERU E URUGUAI – ALÉM DA NAÇÃO SEDE. A escolha de Bezerra Jr. para integrar o seminário deve-se à sua militância pelos direitos humanos e pela ênfase de seu trabalho em políticas públicas de desenvolvimento social. No Chile, o parlamentar participou dos debates organizados nos três eixos do seminário: programas de transferência de renda; alternativas ao sistema público de saúde e à política habitacional. Nos painéis do encontro, foram apresentados os esforços dos países representados para superação da pobreza e para inclusão social. Entre as iniciativas mencionadas, foram destacados o programa brasileiro “Bolsa Família”; o chileno “Auge”, elogiado pelas mudanças que proporciona na saúde pública da nação, e o trabalho da ONG Um 34 | comuna | novembro 2011

igreja f


família

ponto de vista

capa

apocalipse

saúde

aconteceu

Teto Para Meu País (www.umtetoparameupais.org.br/), instituição que está presente em 19 países, especializada em habitação de interesse social em sistema de mutirão e fortalecimento da comunidade. “A reunião de políticos envolvidos nessas causas em um fórum onde há troca de experiências em realidades locais semelhantes possibilita compartilhar limitações e experiências de sucesso. Defender os mais frágeis deve ser o papel de todo cristão, e, principalmente, daqueles que estão na vida pública”, afirmou Bezerra Jr., que foi ainda à periferia de Santiago conhecer iniciativas populares de moradia.

Na periferia de Santiago, Bezerra Jr. conheceu o trabalho da ONG Um Teto Para Meu País, que trabalha para oferecer moradia à população de baixa renda

novembro 2011 | comuna | 35


visão

liderança

culinária

eles andaram com Jesus

Deus agindo

fundação CG

especial

ACAMPAMENTO DE JUNIORES

N

os dias 07, 08 e 09 de outubro foi realizado, no Hotel fazenda Vale da Graça, o Acampamento de Juniores. Foi um tempo inesquecível de ministração, comunhão e diversão para os 120 juniores de 12 até 14 anos que participaram.

O tema abordado foi sobre a armadura de Deus, conforme Efésios 6. Os juniores entenderam que eles devem revestir-se desta armadura “em todo o tempo, o tempo todo”, para que assim estejam preparados como soldados contra todas as ciladas do diabo. Todos juntos vestiram o cinto da verdade; a couraça da justiça; calçaram os pés com a preparação do evangelho da paz; colocaram o capacete da salvação; o escudo da fé; e a espada do Espírito, que é a Palavra de Deus. Os juniores passaram dias intensos de devocionais, atividades na piscina, campeonato de futebol, leitura da Palavra, amizade e integração juntamente com a equipe que coopera com os líderes do ministério, Felipe e Danyelle Viana. “Enfatizamos valores como: honra a Deus, obediência aos pais, disciplina na vida cristã, zelo em tudo e por tudo, e amor e respeito pelos amigos, para que essa turma se transforme em uma geração que ama a Deus acima de todas as coisas e ao seu próximo como a si mesmo, tornando-se agente de transformação para o mundo, canal de bênção para as famílias e instrumento santo nas mãos do Senhor para que igreja, comunidades, cidades, estados e países sejam transformados para a honra e glória de Deus”, finalizou Ellen, auxiliar dos Juniores. 36 | comuna | novembro 2011

igreja f


família

ponto de vista

capa

apocalipse

saúde

aconteceu

ANIVERSÁRIO DA CG JD. SÃO JOÃO No mês de outubro, a CG São João em Guarulhos comemorou dois anos de existência. Foi com um GCEM de jovens, da Comunidade da Graça em Guarulhos (Rua Londrina), que nasceu esta alegre igreja no bairro de São João. Durante todo o mês, convidados especiais participaram desta linda celebração. No dia 2, o pastor

Diniz ministrou a Palavra, a ceia e orou pelos novos cooperadores; no dia 5, o pastor Carlos Alberto Bezerra fortaleceu valores como igreja família; no dia 8, o pastor Osmar Misael ministrou sobre o ciclo da vida cristã e orou pelos líderes de GCEM; nos dias 23 e 30, os pastores Zuleide e Fernando Diniz deixaram um desafio para toda a igreja.

“Minha eterna gratidão aos meus pastores Diniz e Fernando Diniz, à minha esposa Jacqueline, ao meu irmão Fernando e sua esposa Paty, aos meus pais e à poderosa equipe que não se cansa de tornar esta igreja um lugar muito especial e amável”, agradeceu Flávio Santos, diácono em função pastoral.

novembro 2011 | comuna | 37


Anunciantes

38 | comuna | novembro 2011


Anunciantes

novembro 2011 | comuna | 39


Anunciantes

40 | comuna | novembro 2011


Anunciantes

novembro 2011 | comuna | 41


Classificados DRA. SILVIA ANTONOVAS Nutricionista Funcional e Personal Health Cardápio Funcional Familiar Personalizado na medida certa. Tatuapé – SP - 2672 2271 /2671 6828

CONSARQ Cons. Jurídica e Arquitetura. Av. Luis Pires de MInas, 240, S. 04 Tel: 2059-2663 Arquiteta: Rosana J. Ignacio Advogado: Anderson C. Pinheiro

DISK CLEAN LAVAGEM E IMPERMEABILIZAÇÃO Sofás, Tapetes, Carpetes, colchões, cadeiras, persianas, bancos e interna de carro, etc 11 2887-3654 www.diskclean.com.br

DRENAGEM LINFÁTICA DOMICILIAR Fisioterapeuta Danielle Barros Pós-Operatório de cirurgia plástica, Linfedema Estética 7737 7653 / 9251 9630

42 | comuna | novembro 2011

AGÊNCIA DE EMPREGOS CASA & CAFÉ

CONSÓRCIO DE IMÓVEIS

AULAS DE INGLÊS

Crédito: R$ 100.000,00 Parcelas: R$ 826,67 Adquira imóvel comercial, residencial, terreno e construção. 11 8529 4394 MARCELARUBENS@ YAHOO.COM.BR

Personalizadas, em sua residência ou trabalho, individuais ou pequenos grupos, dias e horários de sua preferência. Silvana 9757-6437 3542-8116

THOLERMAN & CONSTRUTORA REDES DE PROTEÇÃO

PNEUS REMOLD A PARTIR DE R$ 75,00

SEGUROS MARLI RAHIJ

Apto, Plays, Poliesportivas

Milton 9478 4937/3441 4564 rec. miltonpneus@live.com

Auto, residência, Empresa ,Consorcio e Planos de Saúde. LG N. Sra. do Bom Parto, 74 Tatuapé mrahij@terra.com.br 2097-3068 / 9556-4956

IMÓVEIS CAIXA

AULAS DE INGLÊS

Oportunidade única. Consulte 9989 5086 vivo 7869 6843 nextel Id 100*114355 Vagner vagner@solucaonegocios. com.br

Personalizadas, em sua residência ou trabalho, individuais ou pequenos grupos, dias e horários de sua preferência. Silvana 9757-6437 3542-8116

Vagas para Babás, Domésticas, Cuidador Idosos etc. Rua Ibitirama, 1310 sl 06 - Vl. Prudente Contatos: 3892-0330 / 3479-8904

CONSTRUTORA

Projeto em Constr. Civil e mão de obra especializada www.tholerman.com.br 7721-8402/7734-3106

NEGREIROS EQUIP. DE PROTEÇÃO Botas, Luvas, Capacetes toda linha de epis e sinalização. 11-2869-7926 Negreiros.vendas@uol. com.br www.negreirosepis. com.br

SHALLON ESCRITÓRIO DE CONTABILIDADE Escrituração: Contábil, processamento de dados R. Jacirendi, 391 Tatuapé/SP 2296 4658 / 2294 4527 Contato: Clóvis

ROBERTO AIELO SPROVIERI ADVOGADO Cível, Família Indenizações Reclamações Trabalhistas Tels. 7211 7793 / 7743 0502 ID 100*23280 robertoaielo@superig. com.br

HQ TELECOM Instalação/Manutenção de PABX, Alarmes, CFTV e Elétrica. CFTV c/ acesso pela internet a partir de R$112,00 mensais. 2831-2834 7198-0333 www.hqtelecom.com.br


Revista Comuna - Ed. 21 Novembro 2011  

Revista crista, com materias, entrevistas, estudos e artigos especiais.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you