Issuu on Google+

Refugiados sírios com passaportes falsos que procuravam asilo em Portugal vindos de Bissau esperavam desviar o avião para o aeroporto de Beja na esperança de conhecer a Lili Caneças e arranjar um trabalho de sonho na apanha da azeitona.

31 Diário do Alentejo 20 dezembro 2013

Primeiro voo Beja-Lisboa abre o caminho às rotas Beja-Barreiro, Beja-Barrancos, Beja-Penedo Gordo e Beja-Beja com paragens no Continente, Parque da Cidade e no Diogo das Farturas.

facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Inquérito Acompanhou a chegada do voo entre Lisboa e Beja? Como vê o futuro do aeroporto de Beja?

LILI CANEÇAS, 69 ANOS Pessoa que acha que estar em Beja é o contrário de não estar em Beja

Falso intérprete de linguagem gestual no funeral de Nelson Mandela afirma que só estava a treinar para trabalhar como arrumador de aviões no aeroporto de Beja O funeral de Nelson Mandela ficou marcada por momentos polémicos como a selfie de Obama com a primeira-ministra dinamarquesa, que deixou Michelle mais ciumenta do que Florbela Espanca quando o seu amado olhava para o tornozelo de outra mulher. Mas o momento mais caricato foi a aparição de um intérprete de linguagem gestual que, afinal, não teria qualificações para o cargo. “Parecia que estava a ver um bailarino com Parkinson a dançar o Gagnam Style, não tinha ponta por onde se pegasse…”, explicou Teolinda Sinalética, do Centro de Linguagem Gestual de Panoias. Já o falso intérprete declarou, em linguagem gestual, que se tratou tudo de um

Serpa: Gang da Malha espalha o terror pelas retrosarias da região! A notícia foi apresentada como uma coisa muito fofinha mas desengane-se, prezado leitor: não são apenas pessoas que se reúnem para fazer gorros e cachecóis. O Gang da Malha, que tem realizado reuniões na Cidade Branca, tem muito que se lhe diga. Uma investigação conjunta “Não confirmo, nem desminto”/revista “Ponto Cruz” revela-lhe o mundo subterrâneo das malhas e no tricô. “Alguém tem de parar esta gente, isto está fora de controlo!”, afirmou a dona da retrosaria Lopes que preferiu manter o anonimato para que ninguém saiba que é a dona Josefa. “Ele é rixas com agulhas de tricô, ele é batalhas sangrentas com novelos de lã, ele é raptos com recursos a xailes, enfim, um suplício! A minha loja já foi assaltada 12 vezes e só na semana passada. Elas apanham-me distraída e adormecem-me com um pano da loiça bordado com galos de Barcelos embebido em clorofórmio. Depois levam de tudo, desde malhas de Vales Mortos até meias de rede de pesca. Só prejuízo!”. Segundo apurámos, a GNR está a acompanhar o caso com preocupação, em especial pelo receio do aparecimento de outros gangs internacionais como a Quadrilha dos Naperons ou a Liga Terrorista dos Bordados em Macramé.

grande equívoco; “Peço-vos que me compreendam, estava muito nervoso. Esqueci-me de metade das coisas e aproveitei o resto do tempo para treinar para arrumador de aviões no aeroporto de Beja. Tenho de procurar trabalho noutra área, que este mercado de trabalho de intérpretes-de-linguagem-gestual-para-funerais-de-grandes-estadistas-africanos-que-estiveram-presos-uma-porradaria-deanos-injustamente já deu o que tinha a dar. Em Beja é que está o meu futuro! Metam-me umas raquetes de ping-pong nas unhas que eu arrumo boeings, cessnas, bandos de patos selvagens, como gente grande…”, afirmou.

Museu de Cristiano Ronaldo vai ter delegação em São Brissos Depois do Centro George Pompidou anunciar a abertura de um centro com o mesmo nome em Málaga, foi a vez de uma instituição ainda mais importante anunciar a abertura de uma delegação em São Brissos: o Museu CR7. Segundo apurámos, o mesmo localizar-se-á nas imediações do aeroporto de Beja: junto à entrada estarão duas rotundas, uma com uma estátua de Irina nua, e na outra estará uma estátua de Cristiano a dar um pontapé na cabeça de Messi. A delegação alentejana terá as mesmas regalias da sua sede: ao final de 12 visitas o visitante ganha um CD da irmã de CR7 e haverá uma sala especial só para o ego do jogador português. A cotação do craque do Real Madrid está de tal modo em alta que há quem acredite que o Museu CR7 vale mais do que o Museu Coleção Berardo. Cristiano declarou no seu Facebook estar muito contente com a abertura desta delegação no Alentejo pois era um sonho abrir um museu seu no estrangeiro.

Queria dizer que adooooooro o Alentejo, as suas planícies, as suas gentes, a sua comida como as açordas, as migas, as francesinhas e assim… Eu vim no voo e só foi pena ser tão curtinho. Só me deu tempo de sentar e as minhas peles nem chegaram a descair totalmente. Confesso que estava um pouco nervosa porque nunca gostei muito de andar de avião desde a minha primeira experiência nos céus: aquele Ícaro era demasiado doido para o meu gosto…

ADUZINDO MODA, 73 ANOS Pessoa que voou pela primeira vez

Eu vim no voo que ligou Lisboa a Beja e posso dizer que gostei muito. Fui integrado no meu grupo coral e foi tudo muito bonito. O avião era arejado. Fazia lembrar o meu Opel Kadett de 1984, mas em maior. Foram só 20 minutos. Quando cantámos o “Castelo de Beja” só chegámos ao “subindo lá vai” pois já estávamos a avistar a pista de Beja. O que eu mais gostei foi de uma hospedeira que passou o tempo a fazer-me olhinhos. É normal, ninguém é mai’ lindo que o Aduzindo!

ROLANDO CONCORD, 33 ANOS Pessoa que acha que é uma vergonha haver quem lamente a morte de Nelson Mandela quando nunca ouviram uma canção dele

Eu vejo o futuro do aeroporto com muito otimismo! Acho apenas que devia mudar o nome para algo mais apelativo. Há quem lhe queira chamar aeroporto Aristides de Sousa Mendes, mas se calhar tem de ser algo que diga mais às pessoas como aeroporto Lucy e Djaló, aeroporto Liliane Marise ou aeroporto Tony Carreira. A minha opção favorita é esta última! Era vir charters de fãs todas as semanas – tinha de se construir uma cidade só para elas! Só não vê quem não quer!


Edição N.º 1652