Issuu on Google+

31 Diário do Alentejo 4 abril 2014

Bruno de Carvalho lança comunicado a acusar as arbitragens de impedir o Clube Desportivo de Beja de disputar o terceiro lugar com o FC Porto. Deputado Pita Ameixa quer questionar S. Pedro no parlamento para saber por que é que não para de chover no Baixo Alentejo. facebook.com/naoconfirmonemdesminto

Pai de Passos Coelho diz que não conhece o atual primeiro-ministro e que tem muito orgulho no seu outro filho mais simpático: Vlad, o Empalador O pai do primeiro-ministro Pedro Passos Coelho tem dado uma série de entrevistas a queixar-se do estado da nação, afirmando que a culpa pela atual situação do País é dos governos anteriores, do rei D. Sebastião, do Pedro Granger, do ébola e da febre

dos fenos. Todavia, consta que o pai do primeiro-ministro tem evitado aparecer na rua com medo de sofrer represálias pelas ações do filho no executivo, afirmando que não faz ideia de quem seja “esse tal de Passos Coelho”, mas tem muito orgulho nos outros filhos que são “umas joias de pessoas”, como é o caso de Vlad, o Empalador, Darth Vader, Ming o Impiedoso, e os Irmãos Dalton. O nosso correspondente em Vila Real de Trás-os-Montes apurou que o progenitor de Passos tem uma cave por baixo de sua casa para o caso de estalar uma guerra civil apocalíptica em Portugal entre o exército de pensionistas e desempregados e uma legião de Miguéis Relvas gigantes com duas cabeças!

o Pinto el eb R a id ar g ar M e d o vr li em Filme baseado s saibam ça n ia cr as e u q a ar p s la co es as vai ser passado n um lado negro na vida que há

com r, quando snifamos cola!” Foi pio Ou . os am ud est o nã do s seus que acontece quan da Bemposta, se despediu do ico cn “Estão a ver meninos, isto é o lité Po uto tit Ins do r, ca to. Há sora Blimunda Ós nima de Margarida Rebelo Pin mó estas afirmações que a profes ho ra ob na o ad se ba ”, lá! do filme “Sei alertar para alunos após o visionamento s alunos com o objetivo de os seu s ao em ag etr -m ga lon a mostrar est Amêndoas. E escolas da região que estão a o álcool, a TVI ou o Magnum , ga dro a e qu do de da cie so perigos na que trabalhamos das nove em te, cen de o lado mau da vida. “Há mais a vid a um ter s nos percebam. Podemo scuras da literatura ou, pior ob las rue s na é isso que queremos que os alu ar ab ac s mo de m mer atum em lata, ou po acrescentou: “Este filme é bo e qu , ão às cinco e vamos para casa co aç uc Ed da io tér nis os afirmou fonte do Mi smo melhor do que o livro. E me é ainda, a escrever para o SOL”, me fil um e qu em e ad de uma tória da humanid uma posologia do Brufen ou de porque é a primeira vez na his el nív ao a tiv rra na ia nc s vão ao e tem uma cadê tão bem que os próprios aluno do miúdos percebem bem porqu rri co tem ia nc riê pe ex a e escolas em qu cabr***!” receita de sopa de tomate! Há os homens não são todos uns se: fra a s ze ve 0 10 er rev esc te quadro voluntariamen

Se libertação de linces ibéricos falhar, animais equacionam voltar ao seu passado obscuro em que dobravam filmes porno em castelhano Está em risco a libertação de oito exemplares de lince ibérico na natureza por haver falta de coelho bravo, a sua principal presa. Ao que parece a introdução de coelhos do LIDL, coelhos da Páscoa e coelhinhas da Playboy não foi suf iciente para manter a subsistência da espécie. A revolta destes animais, em especial dos espanhóis, não se fez esperar: “Não percebemos por que é que

os nossos irmãos portugueses ficam passivos perante esta ameaça à nossa espécie. Nós não podemos sobreviver com pires de leite e whiskas saquetas!”, declarou um lince ibérico de Badajoz, que acrescentou: “Eu não saí da Universidade de Felinos, com uma licenciatura em estudos do Rei Leão e uma pós-graduação em caça ao coelho bravo para andar a ser alimentado como se fosse um gato siamês comprado na Feira de Castro!”. Os linces espanhóis já admitiram voltar aos tempos em que reproduziam às pazadas e dobravam filmes porno em castelhano para garantir a sua subsistência. Estes animais estão na calha para participar em filmes como o “Bacanal no Parque Nacional Doñana” e “Delírios Anais do Parque Nacional da Peneda Gerês”.

Inquérito Estudo revela que um quarto dos jovens toma medicação para aumentar concentração. Acha que é verdade?

JUVENAL AMNESIA, 18 ANOS Jovem que tem a memória de uma sardinha

Ya, isso é tudo uma ganda treta. Eu nunca tomei medicação e tenho a memória de… como é que se chama? Aquele animal que interpretava o Dumbo? Peço desculpa, mas às vezes distraio-me com muita facilid… Olha, um pássaro a voar! Espera lá, aquilo é um pássaro, ou aquela cena metálica com asas… um… como é que se chama? Espere lá, afinal qual era a pergunta?

LUCAS ALZHEIMER, 78 ANOS Pessoa que refila

A única coisa que sei é que estes jovens de hoje em dia querem tudo facilitado. E como não se esforçam, recorrem a essa medicação?! Eu com a idade deles sabia o nome de todos os rios do império português, dos caminhos de comboio e respetivos apeadeiros. Não me serviu para nada, é certo, mas não tomávamos destas modernices que provocam a queda das sobrancelhas. Se têm problemas de memória, façam como eu e tomem uma aspirina e um duche de água fria: estimula a circulação no cérebro e mata o bicho da sífilis.

EDUARDO PARKINSON, 19 ANOS Colecionador de vistos gold

Eu tomo e ajuda-me bué. Tomo um medicamento e na época de exames acrescento um Red Bull. A verdade é que fico muito concentrado, consigo ver através das paredes e aparece-me uma barbatana nas costas. Tirando isso, não vejo qual é o problema. Mas isso é só um quarto dos jovens, o resto anda muito pior: muitos dormem mais do que seis horas por dia e comem de forma saudável – nem sei como é que aguentam!


Edição N.º 1667