Page 1

IMÓVEIS | ARQUITETURA | URBANISMO | DECORAÇÃO | DESIGN | SERVIÇOS

ENTREVISTA

ROGério rosa conta sua história e fala sobre os planos da embraed

mercado

pé-direito duplo é tendência no mercado de luxo

decoração

00036 9 776423 011013

EDIÇÃO 36 • ANO 4 • ABRIL• 2013

salas de jantar para se inspirar

R$10,00

arquitetura

da Maturidade Empreendimentos e projetos arquitetônicos voltados para a terceira idade contribuem para a autonomia e segurança dentro do lar


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

2-3


Prime na localização: Meia Praia, a 80 m do mar.

Prime no espaço:

4 suítes com 251,53 m2 de área total.

Prime no lazer:

1.500 m2 de área mobiliada e com wi-fi.

Perspectiva Ilustrada da Piscina Coberta

4 Suítes e 2 Vagas . .. .. .. .. Piscina adulto e infantil coberta e aquecida Hidro-spa Sauna úmida com ducha Espaço fitness Salões de festas com terraço Sala de jogos Playground Espaço Music 2 espaços gourmet na piscina

Per


Prime como você.

Sofisticação e estilo na medida do seu bom gosto.

Perspectiva Ilustrada da Fachada

Perspectiva Ilustrada da Sala de Jogos

Perspectiva Ilustrada da Brinquedoteca

Central de Vendas: (47) 3368-9717 R. 277, Bairro Meia Praia - Itapema | SC www.embraconci.com.br

A comercialização das respectivas unidades autônomas somente ocorrerá após o consequente registro do memorial de incorporação perante cartório de registro de imóveis de Itapema / SC. Projeto em aprovação, sujeito a alteração.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

6-7


EDITORIAL

EXPEDIENTE DIREÇÃO Armandio do Nascimento armandio@destaqueimobiliario.com 47 9104 7233

OS NOVOS VELHOS A população do Brasil tem envelhecido cada vez mais. Em 20 anos o número de pessoas com mais de 60 anos dobrou no país e a expectativa de vida já chega aos 74 anos. Embora a esperança de viver mais deva ser comemorada, muita gente tem aversão a ser chamado de velho. Como diria Elaine Brum no artigo “Me chamem de velha”, a velhice sofreu uma cirurgia plástica inclusive na linguagem. Mas até dá para entender porque muitos senhores e senhoras não gostam de ser chamados assim.

EDITORA Francine Mirele da Silva (MTB/SC 3717 JP) jornalismo@destaqueimobiliario.com 47 9156 7289 REDAÇÃO Francine Mirele da Silva e Roberta Watzko COMERCIAL Mário Junior comercial@destaqueimobiliario.com 47 9205 0007 PROJETO GRÁFICO E DIAGRAMAÇÃO João Ricardo Zattar Rafaela Wiele Anton diagramacao@destaqueimobiliario.com

Embora os novos velhos, com o perdão da palavra, sejam pessoas ativas, que viajam, dançam, namoram, etc., a cultura do envelhecimento no Brasil ainda permanece muito ligada a perda de autonomia, dinheiro e qualidade de vida. E são os hábitos e o cotidiano dessas pessoas que tem, aos poucos, transformado o pensamento brasileiro. Vivem com mais qualidade de vida, com mais saúde e diria que até com mais direitos. A verdade é que não dá para fingir que a velhice nunca chega. Do contrário, ela chega só para quem teve sorte. O que é possível e necessário é fazer com que envelhecer no Brasil seja cada vez mais agradável. E a arquitetura tem uma função essencial para fazer com que a independência e autonomia dos idosos do século 21 melhorem. Embora a passos lentos, novos empreendimentos e projetos arquitetônicos começam a trazer detalhes para que a vida dos idosos dentro e fora de casa possa ser aproveitada com plenitude, conforto e muita segurança. Alguns exemplos você encontra na matéria Arquitetura da Maturidade, que ilustra a capa desta edição.

8-9

Francine M. da Silva

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

Boa leitura!

jornalismo@destaqueimobiliario.com EDITORA

ADMINISTRATIVO E FINANCEIRO Carolina Tolentino destaque@destaqueimobiliario.com 47 9172 5364 ASSINATURAS assinaturas@destaqueimobiliario.com 47 3022 1441 CIRCULAÇÃO Norte de Santa Catarina e Florianópolis. Principais cidades: Jaraguá do Sul, Joinville, Blumenau, Piçarras, Itajaí, Balneário Camboriú e Itapema. Periodicidade Mensal A Revista Destaque Imobiliário é uma publicação editada por Editora Top Ltda. Rua Reinoldo Rau, 60. Centro Empresarial Market Place, Sala 607. Centro - Jaraguá do Sul/SC. +55 47 3055 2777 | 3055 2696 www.destaqueimobiliario.com IMPRESSÃO Gráfica Impressul Tiragem: 7000 exemplares. Artigos assinados não expressam, necessariamente, a opinião da revista. Arquitetos, designers e paisagistas interessados em publicar seus projetos devem encaminhar um e-mail para jornalismo@destaqueimobiliario.com com as fotos dos ambientes e uma breve descrição da obra para análise.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

64

42

32

10-11

76

60 24


SUMÁRIO DESTAQUES 40 |CAPA Arquitetura da maturidade

48 |ENTREVISTA

CENÁRIOS 60 | DO LADO DE LÁ

Rogério Rosa fala sobre o império que construiu em Balneário Camboriú

68 |ESPECIAL

Taj Mahal entre os amores do oriente

62 | DO LADO DE CÁ

Salas de jantar para se inspirar

IDENTIDADE

Feirinha do Largo da Ordem, uma experiência de sentidos

64 | GASTRONOMIA Congrio ao molho de laranja e pimenta, um sabor bem brasileiro

28 |EU GOSTO Uma seleção de produtos por Lucienne Leutprecht

30 |PERFIL A extravagância emocional de Nika Zupank

DETALHES 20 | NA VITRINE Pendentes, artigos de luxo e produtos recém-chegados

32 |TALENTO A expressão figurativa de Rodrigo Cunha

66 | OBJETO DE DESEJO Ferrari F12 Berlinetta chega ao Brasil

EM FOCO

76 | ACESSIBILIDADE Um lar confortável e seguro para os idosos

34 |CENÁRIO Irmãos Campana criam cenário da São Paulo Fashion Week

80 | ARQUITETURA Cenário marcante, por Ivan Wodzinski

36 |MERCADO Pé-direito duplo é tendência no mercado de luxo

88 | APARTAMENTO MODELO Todos os sentidos em um só local

52 |INVESTIMENTO Segmento de galpões vivencia crescimento considerável

56 |FEIRA

SEÇÕES

Feicon movimenta mais de R$ 400 milhões

94 |URBANISMO Mais qualidade para o espaço urbano

104 |DESTAQUE SOCIAL Um giro pelos eventos da região

12 | 14 | 96 | 98 | 106 | 108 | 110 |

DO LEITOR ACONTECE DESIGN ARTIGOS SOCIAL AGENDA CLASSIFICADOS


DO

LEITOR

ESTE ESPAÇO É SEU! Envie seus elogios e críticas sobre a revista, ou dúvidas sobre o mercado imobiliário, arquitetura e decoração. jornalismo@destaqueimobiliario.com

CURTA www.facebook.com/ revistadestaqueimobiliario Acompanho a revista Destaque a mais de dois anos e gostaria de parabenizar a equipe pela evolução que tiveram nesse tempo. Todo mês, quando a revista chega ao meu escritório, me surpreendo com a qualidade.

“É sempre bom estar atenta às novidades e tendências do universo encantador da arquitetura e decoração. A matéria sobre a Abimad, da edição 35, ficou linda! Colorida e diversificada assim como é a feira.” Giovana Abreu (Itajaí) Parabenizo a revista, pois tem sido grande ferramenta de informação para corretores de imóveis e empresários do setor imobiliário. Nota-se que cada edição é elaborada com a visão a que se propôs! Fabyola Graczyk (Balneário Piçarras)

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

12-13

Assine a revista Destaque Imobiliário Apenas 2x R$ 45 para recebê-la por 12 meses. (47) 3055 2777 assinaturas@destaqueimobiliario.com Acesse: www.destaqueimobiliario.com

Iriane Vieira Porto (Jaraguá do Sul) //irianev


a c o n t e c e

Balaroti inaugura loja em Jaraguá A quarta loja da rede Balaroti em Santa Catarina abriu as portas em Jaraguá do Sul no dia 4 de abril. Com o conceito de home center, oferece soluções para todas as etapas da construção ou reforma de uma casa, com mais de 60 mil itens. São 7,5 mil m² de área e a geração de 50 vagas de emprego direto. Este ano a rede ainda prevê a inauguração de unidades em Blumenau e Florianópolis. Crédito: Chan

edifício comercial em Joinville O mercado de imóveis comerciais está em crescimento. Joinville é uma das cidades que tem recebido imóveis de alto padrão neste segmento. Em breve, a cidade ganhará um novo empreendimento, o Neo Concept Business, da Casa Qualitá. Localizado na esquina das ruas 9 de Março com Henrique Meyer e Blumenau, terá salas de 28 m² que se agrupadas podem chegar a 650 m². São 18 andares, previsão de estacionamento rotativo com valet, uma vaga de gara-

Quase 40% da água tratada no país é desperdiçada Um impressionante estudo do Instituo Trata Brasil, que analisou os desperdícios de água no Brasil, mostra que quase 40% da água tratada é desperdiçada no país. Os sistemas de distribuição antigos e sem manutenção são os principais vilões, além das ligações clandestinas. Os vazamentos são o principal problema e podem causar um estrago bilionário para as empresas operadoras. O das perdas do país representaria uma receita de

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

estudo mostra que uma redução de apenas 10% 14-15

R$ 1,3 bilhão, quase a metade do investimento feito em abastecimento de água em 2010.

gem por sala, área de conveniências e shopping de lojas e serviços, entre outros atrativos.


R$ 3 bilhões Pacto por Santa Catarina

Governo catarinense financia R$ 3 bilhões

Seis construtoras catarinenses estão entre as maiores do Brasil Realizado pela Inteligência Empresarial da

No dia 4 de abril o governo Raimundo Colombo

Construção, o Ranking ITC fez um levantamento

assinou o contrato referente ao Pacto por Santa

das 100 maiores construtoras do país, avaliando

Catarina. São R$ 3 bilhões emprestados pelo

o número de metros quadrados construídos ou

Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico

em construção no ano de 2012, seja comercial,

e Social (BNDES), que será investido em obras nas

residencial ou industrial. A lista da nona edição

áreas de saúde, segurança pública, educação, jus-

do estudo aponta seis construtoras catarinenses

tiça e cidadania, prevenção de desastres naturais,

no ranking.

assistência social, trabalho e habitação, infraes-

Juntas, as construtoras Álamo e Cota Engenharia,

trutura e saneamento básico, entre outros.

de Florianópolis, Criciúma Construções, Construtora Fontana e Corbetta Construtora, de Criciúma, e a blumenauense Speranzini Engenharia, somam 134 obras apenas em 2012, um total de 1,26 milhão de m². A grande campeã do ranking nacional foi a MRV Engenharia, que fechou 2012 com 407 obras e o total de 6,81 milhões de m² construídos.

Portobello lança livro de arquitetura A Portobello, empresa líder no segmento de revestimentos cerâmicos na América do Sul, lançou em março o livro “Arquitetura Brasileira - 2.ª Edição”, que reúne trabalhos representativos de 20 renomados escritórios de arquitetura de todo o Brasil. Com 200 páginas, a obra é uma iniciativa do CRIAR, Programa de Relacionamento da Portobello, cujo objetivo é oferecer serviços adicionais e melhorar o canal de comunicação com os profissionais da arquitetura. O livro traz um conteúdo bilíngue inteiramente novo, incluindo uma nova seleção de arquitetos e projetos. A polifonia de referências na arquitetura brasileira se traduz no livro com empreendimentos de vários usos, estilos e estágios de construção.

37 ª

criciúma construções 55 Obras / 581,59 mil m²

68 ª

construtora fontana 27 Obras / 209,36 mil m²

81 ª

corbetta construtora 18 Obras / 166,76 mil m²

83 ª

speranzini engenharia 21 Obras / 140,27 mil m²

95 ª

cota 7 Obras / 82,31 mil m²

96 ª

álamo 6 Obras / 79,95 mil m²


Brava Beach Internacional inicia segunda etapa da obra O Brava Beach Internacional iniciou a fase de acabamentos e revestimentos externos nas reservas Corais e Aroeira. Esta fase contempla sete torres, sendo quatro na Reserva Corais e três na Reserva Aroeira. Ambas estão com entrega prevista para setembro de 2014. Com imensas proporções, o empreendimento é concebido como um complexo multiuso, que contará também com boulevard, open shopping e um hotel resort.

Crédito em alta Dados da Associação Brasileira das Entidades

Fev 2013

Jan/Fev 2013

Últimos 12 meses

5,8 bilhões em empréstimos

12,5 bilhões em empréstimos

4,5 bilhões em empréstimos

13,8% de aumento em relação ao mesmo período anterior

15,7% de aumento em relação ao mesmo período anterior

4,4% de aumento em relação ao mesmo período anterior

29,3 mil imóveis financiados

64,9 mil imóveis financiados

453 mil imóveis financiados

-5,2% de queda em relação ao mesmo período anterior

-17% de queda em relação ao mesmo período anterior

-7,3% de queda em relação ao mesmo período anterior

de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) mostram que o volume de crédito imobiliário cresceu 13,8% em fevereiro comparado ao mesmo mês do ano passado, um total de R$ 5,8 bilhões emprestados para a aquisição e construção de imóveis. Contudo, embora o montante emprestado tenha subido, o número de imóveis financiados diminuiu.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

16-17


Balneário Piçarras Com a obra do aterro hidráulico sendo executada na Praia Central de Piçarras, a orla foi revitalizada e o turista e a população já podem desfrutar bons momentos à beira-mar. Durante a temporada de verão 2012/2013 a praia recebeu eventos esportivos e culturais que movimentaram e agradaram os moradores e visitantes. A reurbanização do calçadão da orla continua sendo executada, para receber a todos com melhor infraestrutura turística.

Para baixar, acesse: r www.cbic.org.b

Materiais de construção Conforme informações da Associação Brasileira da Indústria de Materiais de Construção

Guia de sustentabilidade

(Abramat), as vendas de materiais de construção tiveram queda de 4,8% em fevereiro, na

O Cbic disponibilizou, para download gratuito,

comparação com janeiro. Contudo, no primeiro

o Guia de Boas Práticas em Sustentabilidade

bimestre de 2013 as vendas do setor acumula-

na Indústria da Construção. Lançado dia 22 de

ram alta de 2,5% em relação ao mesmo período

março, a publicação é resultado de um trabalho

de 2012. Até o final de 2013 a Abramat espera

de pesquisa da Fundação Dom Cabral (FDC) e re-

que o setor tenha um crescimento de 4,5%.

úne 29 experiências bem-sucedidas em diversas áreas ligadas à sustentabilidade e tem como objetivo estimular as mais de 170 mil empresas que integram o setor, para que incorporem os conceitos e práticas de sustentabilidade corporativa ao seu cotidiano.


AQUI COMEÇA O SEU PROJETO 19 PAVIMENTOS SAL SALÃO DE FESTAS GOURMET * FITNESS CENTER * PISCINA* BRINQUEDOTECA * SALA DE JOGOS E TV * BICICLETÁRIO CADEIRAS DE PRAIA PARA OS MORADORES

SISTEMA DE SEGURANÇA S C/ CÂMERAS ELEVADOR SOCIAL E DE SERVIÇO IINFRAESTRUTURA PARA INTERNET WI-FI AMBIENTES MOBILIADOS E DECORADOS AMB

VISITE O DECORADO

BALNEÁRIO PIÇARRAS

A 100 METROS DA PRAIA Imagens meramente ilustrativas. Consulte memorial descritivo.

HALL DE ENTRADA

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

18-19

PISCINA

VENDAS

(47) 3275-9500


O DEDEVIDA. VIDA.

APARTAMENTOS APARTAMENTOS COM COM

2 e23e 3

DORMS. DORMS. 1 e 2 VAGAS 1 e 2 VAGAS DE GARAGEM DE GARAGEM

PARCELAS PARCELAS A PARTIR A PARTIR DE DE

DEPARA FRENTE PARA O MAR DE FRENTE O MAR (9O ANDAR) (9O ANDAR)

PRÉ-LANÇAMENTO PRÉ-LANÇAMENTO SALÃO SALÃO DE FESTAS DE FESTAS

INCORPORAÇÃO INCORPORAÇÃO

WWW.REALSEC.COM.BR WWW.REALSEC.COM.BR

BRINQUEDOTECA BRINQUEDOTECA

Incorporação registrada no Cartório de Registro de Imóveis de Piçarras sob o nº 43.422

,00 ,00 R$ 2.099 2.099 Incorporação registrada no Cartório de Registro de Imóveis de Piçarras sob o nº 43.422

R$


v i t r i n e

puro luxo! O Brasil deve ganhar um reforço no mercado de decoração assinada por grandes grifes. Depois da Missoni abrir sua segunda loja no ano passado, a Armani também inaugurou sua nova casa no mês de março, em São Paulo. Outras marcas como Fendi, Kenzo, Aston Martin, Bentley e Trussardi Home, já estão preparando seu desembarque em terras tupiniquins. Veja algumas peças para deixar a casa ainda mais bonita e sofisticada.

ARMANI CASA A mesma linha de móveis encontrada nos hotéis Armani poderão

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

20-21

ser vistas na primeira loja Armani Casa no Brasil, em São Paulo.


versace Aparelho de chá da linha Dedalo, da grife italiana Versace.

holly hunt

MISSONI

A designer norte-americana Holly Hunt, fez par-

Almofada da linha

ticipação especial na Casa Cor nos últimos dois

Noceda, da Missoni

anos para testar o mercado, e deverá instalar em

Home, 100% algodão.

São Paulo, na alameda Gabriel Monteiro da Silva,

Após dois anos em São

na mesma rua aonde a Maison do designer fran-

Paulo a Missoni Home

cês Christian Liaigre se instalou em março. Esta

chegou ao Rio de Janei-

cadeira da marca é do designer Christophe Pillet.

ro no final de 2012.

formafantasma Bancos Fendi criados em parceria com o estúdio Formafantasma.

swarovski

A peça deve desembar-

As novidades da

car em breve no Brasil.

Swarovski para este ano incluem um porta-velas com linhas retas e inúmeros cristais transparentes, além das taças com base de cristal lapidado e hastes preenchidas com cristais transparentes de lapidação chaton. Um luxo.


v i t r i n e

Recémchegados Dada a largada de um novo ano, começam a aparecer lançamentos em todos os segmentos da decoração. Sofás, poltronas, revestimentos, artigos decorativos, entre muitos outros. Um mundo novo de possibilidades. Confira alguns desses lançamentos:

glamour Entre as muitas coleções lançadas pela Portobello, a Gioielli merece destaque. São mini formatos com o máximo do glamour. As pastilhas de porcelanta tem cores inspiradas em pedras

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

22-23

semi-preciosas, com acabamento que dá efeito furta-cor.


samba Leve e agradável como o ritmo que leva no nome, a cadeira de aproximação Samba possui estrutura em madeira maciça Grandis e pesponto especial em sua costura. Da marca Abraccio.

áfrica Inspirada na cidade de Mombasa, no Quênia, a poltrona Mombasa, da Mac Móveis, é uma homenagem aos elefantes que vivem no parque florestal Mombasa. Feita em madeira cumaru maciça, tem encosto reclinável para maximizar o conforto.

contemporânea Com linhas simples, porém sofisticadas, a poltrana Mytho é ideal para a composição de ambientes modernos. É uma das apostas da Bell’Arte para 2013.

enigmático Desenhada por Marcelo Rosembaum o sofá Envelope é um dos lançamentos da Benita Brasil. O produto é clássico, elegante e tem um ar um tanto quanto enigmático.


v i t r i n e

Pendu rados As luminárias pendentes têm tomado conta de diversos ambientes. Seja em grandes ou pequenas dimensões, suas inúmeras possibilidades de uso, formas e materiais têm conquistado um espaço cada vez maior nos projetos de decoração. São usadas individualmente, em conjunto com o mesmo modelo, ou com pendentes de diferentes formas, cores e design. Inspire-se:

Exótica A luminária Circe sintoniza todas as qualidades

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

24-25

que fazem dessa peça uma referência em design. Essa novidade que a Stilo Clean traz ao mercado proporciona uma elegância única.


volumetria Com design de Omer Arbel, o pendente Bocci 28 explora inúmeras possibilidades do proces-

vidro

so de fabricação de uma

atemporal

O pendente Chouchin,

luminária. O sistema de

O pendente Mega

da Lumini, tem cúpula

luz produz diferentes for-

Bulb é um clássico do

de vidro soprado. Mede

mas em peças compos-

design criado por Sofie

40 cm de diâmetro e é

tas por esferas de vidro.

Refer. É uma homena-

uma criação da desig-

Elas podem ser usadas

gem à lâmpada incan-

ner Lonna Vautrin.

sozinhas ou combinadas

descente, seguindo seu

em composições de

formato. Minimalista, a

maior ou menor volume.

peça já ganhou diversos prêmios.

Boa mistura Este pendente é produ-

Rústico

zido em metal e cúpula

Da La Lamp, o pendente

em cristal. Ideal para

Shed foi inspirado nos

decorar e iluminar com

antigos lustres utili-

estilo! Um produto da

zados em galpões de

Decor que retrata inova-

fabrica. É feito em alu-

ção e design. Disponível

mínio com pintura na

nas Lojas Breithaupt.

cor cobre texturizado.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

26-27


e u

g o s t o

Lucienne Leutprecht Arquiteta há 14 anos, Lucienne comanda o escritório Casabella Arquitetura, em Jaraguá do Sul, onde conta com uma equipe de quatro profissionais que desenvolvem projetos de arquitetura, design de interiores, planejamento e gerenciamento de obras. Em seus trabalhos busca unir a preocupação estética com as melhores soluções técnicas e funcionais. Com característica do clássico, contemporâneo e atemporal, a arquiteta não se limita a

beleza

um só estilo, apostando na mistura de diferentes

As luminárias são como joias, um detalhe que faz toda diferença no ambiente. A mineira Rita Valladares é a criadora da famosa marca Scatto e de lindas peças como a Luminária Lello.

conceitos para trazer autenticidade aos ambientes, sem nunca desconsiderar o conforto. Confira uma seleção de produtos selecionados por ela:

Atemporal Da Decameron, considerada uma das grandes grifes do design brasileiro, o sofá Urban é assinado por Marcus Ferreira e traz elegância e refinamento em cores sóbrias para encantar e aproximar as pessoas, servindo seus usuários de maneira confortável.

elegância A poltrona Ego, da Désirée, tem design italiano e uma concepção orgânica envolvente e suavemente sinuosa, convidativa ao descanso. Ela dosa elementos modernos com muito conforto, mas sem perder a elegância.

eternidade

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

28-29

A poltrona Proust, da Magis, é uma releitura da “Poltrona di Proust” do designer Alessandro Mendini. A partir de 1978 a peça viajou pelos museus do mundo, sendo exibida em diferentes versões. Atualmente se transformou em um objeto rotomoldado, em termos de produção, trazendo a energia de novas cores a um objeto eterno.

personalidade Criação do italiano Ferruccio Laviani, esta é a mesa Nassa, de madeira e tampo em vidro. Investir em peças-chaves e em materiais nobres possibilita criar uma atmosfera aconchegante e com personalidade.


PERFIL

emocional

extravagância DESTAQUEIMOBILIÁRIO

30-31

A designer eslovena Nika Zupank tem feito sucesso pelo mundo com seu jeito sensual e feminino


Esquerda: O restaurante AS Aperitivo, localizado em Liubliana, capital eslovena, teve interior projetado pela designer. Direita: Com design sensual a luminária Cherry ganhou espaço nas páginas de publicações de inúmeros países. Cadeira: Com estilo retrô e motivo floral, esta cadeira é da coleção 5’O’Clock, para a holandesa Moooi.

a designer faz seleções cuidadosas de materiais e possíveis formas, criando peças com apelo emocional, que prometem transmitir diferentes sensações

vem já é referência no universo do design, com mais de 20 exposições pelo mundo e criações para marcas como a Moroso e Moooi. Trabalhando como designer independente com produtos em todos os continentes, em março de 2011 abriu em Milão o seu primeiro showroom, chamado Spazio Pontaccio, e desde então seus produtos caíram na graça da imprensa internacional. Entre os muitos adjetivos sobre o seu trabalho Nika foi considerada uma estrela do design, pelo Wall Street Journal, um dos jornais

Sensual. Esta é a palavra que define muitas

mais lidos dos Estados Unidos.

das criações da designer eslovena Nika Zupank.

Antes de criar um produto, a designer faz sele-

Dona de ideias requintadas e excêntricas, ela re-

ções cuidadosas de materiais e possíveis formas,

presenta seu contato e interações com o mundo

criando peças com apelo emocional, que prome-

por meio de desenhos simples, mas que tradu-

tem transmitir diferentes sensações. Com uma es-

zam formas, contornos, gostos e sentimentos do

tética inteligente e uma linguagem bem feminina

universo feminino.

seus produtos se destacam neste mercado pre-

Formada há apenas 12 anos na Academia de

dominantemente masculino. Embora suas peças

Artes e Design de Liubliana, capital eslovena, seu

geralmente tenham características minimalistas, é

sucesso começou cedo, os primeiros prêmios de

comum encontrar detalhes como lacinhos, recor-

design vieram no mesmo ano da formatura. A jo-

tes que imitam rendas, corações e cerejinhas.


t a l e n t o

expressão figurativa O artista catarinense Rodrigo Cunha retrata a exuberância e a fragilidade do ser humano em suas telas

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

32-33

Crédito: Nica Azevedo


O quadro também tem seus próprios desejos e o artista tem que aprender a escutar

Desde criança Rodrigo Cunha via no desenho

projeção do próprio artista, de sua

uma maneira de diversão e de expressar como

imaginação e de tudo o que lhe in-

enxergava o mundo e as pessoas. Gostava mes-

teressa nas pessoas, nas figuras hu-

mo era de retratar figuras humanas e nunca mais

manas e em sua existência, criando

parou de desenhá-las. Um dia, viu uma namorada

identidades próprias para cada retra-

da adolescência pintando a guache, e observar

to, com diferentes faces, estruturas,

a seriedade e o comprometimento com que ela

posições, vestes e expressões. “O

tratava aquele papel foi mais uma influência para

quadro também tem seus próprios

entender o que mais desejava na vida: pintar.

desejos e o artista tem de aprender

Nascido em Florianópolis e bacharel em pin-

a escutar”, avalia.

tura e gravura pela Udesc, Rodrigo percebe com

Na hora de criar, Rodrigo Cunha é

clareza que sua pintura é o desdobramento da-

metódico, sente que precisa da luz

queles desenhos que fazia quando criança. “Mas

natural, para ver as cores em sua ple-

com toda uma bagagem cultural e existencial de

nitude. Começa muito cedo e segue

quem frequentou uma faculdade de arte e já pas-

até o sol se despedir, entre pincela-

sou dos trinta”, brinca.

das e reflexões. “Gosto de começar

A expressão de sua arte, em óleo sobre tela,

antes dos pedreiros e dos cortadores

retrata figuras geralmente solitárias e em situa-

de grama. Geralmente coincide com a

ções exuberantes ou trágicas do cotidiano do ser

passagem do jornaleiro”, brinca.

humano. Seus personagens nos olham no fundo

O artista já expôs em diversas cida-

dos olhos. Para o artista, os quadros represen-

des do Estado e em outros locais do

tam também uma busca por uma identidade

Brasil, como importantes galerias de São Paulo.

pessoal no mundo contemporâneo, fragmenta-

Para ele, a mais marcante foi uma exposição in-

do por excelência.

dividual em São Paulo, a convite da Myrine Vla-

Influenciado por Lucian, Freud, Rembrandt e

vianos (que agencia o artista em Santa Catarina)

por Velazquez, porque “Cada um, a seu modo,

quando realmente percebeu que poderia viver

soube olhar profundamente o ser humano”, o

de arte, tarefa que não é muito fácil no Brasil. No

artista tem mudado ao longo dos anos. Os per-

momento, comemora mais uma conquista: tem

sonagens jovens que pintava quando criança

duas obras expostas na concorrida exposição

tem dado espaço a senhores que refletem uma

Art13 London, em Londres.

Acima a obra “Homem em Cadeira Reclinada” e abaixo “Homem com Criança nos Braços”.


c e n á r i o

Mistura brasileira Irmãos campana assinam a cenografia do São Paulo Fashion Week

Há muito tempo moda, arquitetura e design andam juntas. São tendências, cores, formas e texturas que caminham na mesma linha, seja na passarela, na produção de móveis e artigos decorativos ou dentro de casa. E para mostrar que nem só de fashionismo é feito o maior evento de moda do país, os grandes nomes do design e das artes plásticas Brasileiras, Irmãos Campana, foram convidados para a ambientação do prédio da Bienal durante a 35ª edição do São Paulo Fashion Week – Verão 2014, que aconteceu entre os dias 18 e 22 de março.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

34-35

Os paulistas Humberto e Fernando Campana de-

Ráfia (usado na construção das casas indíge-

ram um toque artístico, contrastante e funcional à ce-

nas), madeira, cactos Mandacaru e papelão pin-

nografia do evento. No projeto, uma mistura bem bra-

tado com reflexos dourados misturam glamour

sileira do luxo, do minimalismo de Oscar Niemeyer

com a natureza, aliando sustentabilidade, simpli-

e de materiais muito utilizados na natureza indígena.

cidade e um desenho inovador.

Glamour e natureza se misturam no ambiente criado pelos paulistas Humberto e Fernando Campana.


m e r c a d o

Alto

estilo

A medida que vai do chão ao teto pode modificar totalmente a forma como o seu lar é visto e sentido Por Roberta Watzko

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

36-37

Projeto da designer de interiores Carla Gil Heller. Crédito: Marcelo Stammer


Cada vez mais presente nos projetos contem-

to em um empreendimento exclusivo, o Otto Sky

porâneos, o pé-direito duplo vem se tornando a

View, que irá contar com apartamentos nesse es-

menina dos olhos dos arquitetos e do público em

tilo. De acordo com João Carlos Borges da Silveira,

geral. Além de ampliar a sensação do espaço, ele

gerente de marketing e trade do Grupo, os empre-

integra os pavimentos e harmoniza a decoração.

endimentos com este detalhe acabam ganhando a

Para quem não conhece a expressão, pé-direito

preferência do cliente na hora da compra, principal-

é o termo utilizado para definir a medida que vai

mente por conta da integração entre o empreendi-

do chão ao teto. Quando esta altura ultrapassa

mento e seu entorno, proporcionada pela vista que

cinco metros, o pé-direito é chamado de duplo.

o pé-direito duplo pode gerar.

De acordo com a arquiteta Jeane Busana Bian-

Nos apartamentos deste empreendimento, que

chi, aconchego é a palavra chave que define

será lançado ainda neste ano, o recurso em ques-

o estilo que começa a se criar quando se opta

tão será projetado na sala de cada unidade e con-

por este detalhe, que afinal, faz toda a diferença.

tará com altura de seis metros. De acordo com Sil-

“Além de criar inúmeras possibilidades de ilumi-

veira, não há um dado que informe um acréscimo

nação e ventilação, o pé-direito duplo abre uma

na obra por conta desta altura maior entre o chão

gama de perspectivas internas onde a sofistica-

e o teto, já que neste caso, o empreendimento já

ção e simplicidade passam pela personalização

conta com um orçamento exclusivo.

do técnico e do proprietário, respondendo assim as necessidades do ambiente”, afirma ela. O planejamento deste recurso em um projeto nasce do desejo e da possibilidade técnica da

Para decorar

execução. Jeane explica que é necessário uma análise solar, do projeto, e do próprio ambiente,

Confira algumas dicas elaboradas pela

mas ressalta que a opção é bastante utilizada

arquiteta Jeane Busana Bianchi para

nos projetos mais criativos. Na região de Balne-

explorar melhor o pé-direito:

ário Camboriú, área de atuação da arquiteta, o pé-direito duplo é bastante empregado, até pela questão climática e pelas vistas paradisíacas. “A elegância, a criatividade e o estilo arrojado são marcas da arquitetura regional que sempre buscam se utilizar deste detalhe”, explica. Apesar de não existir uma regra do local onde possa ser aplicado, este recurso geralmente é criado em cômodos de expressão e visibilidade ampla para que o espaço adquira um aspecto marcante. A escolha do local requer sensibilidade e visão global do uso do espaço. Jeane aconselha evitar o uso do recurso em um espaço de pouca circulação e, apesar de cada projeto ser único, sugere a sala como uma excelente opção. Atentos a esta nova tendência, o Grupo Estrutura, de Joinville, resolveu investir neste tipo de proje-

1

É interessante revestir a parede com pedras, tijolos, papel de parede, ou somente usar uma cor mais escura e quente;

2

Lustres e luminárias pendentes preenchem o espaço;

3

Vasos com plantas ornamentais em diferentes níveis funcionam da mesma maneira preenchendo o espaço;

4

Rodapés altos ficam muito bem em paredes altas;

5

Nas paredes altas fica adequado e proporcional usar telas ou objetos de arte de grandes porte pendurados;

6

Abuse de tapetes, almofadas, chales e tecidos;

7

Cortinas de tecidos leves possibilitam criar ambientes envolventes;

8

Use luminárias com lâmpadas quentes e de efeito aconchegante principalmente de noite, a iluminação ajuda a criar um clima intimista.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

38-39


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

c a p a

40-41


arquitetura da

maturidade Empreendimentos e projetos arquitetônicos voltados para a terceira idade contribuem para a autonomia e segurança dentro do lar

Há cinco anos Marilene Guerreiro, 68, deixa a

sas do setor turístico e as agências de publicida-

sua casa em Ponta Grossa (PR) e vem passar uma

de, é claro, já consideram a terceira idade como

temporada entre março e abril no apartamento

um excelente e promissor nicho de mercado.

do filho, em Balneário Camboriú. A viagem, a

Na área de habitação não tem sido diferente.

praia, as caminhadas ao ar livre, e os programas

Tem crescido o número de residenciais pensados

que faz com as amigas que encontrou na cidade

e adaptadas para a vivência de idosos, que fun-

são o que mais gosta. “Só não moro aqui porque

cionam com estrutura e atendimento diferencia-

não quero ficar longe da minha família”, diz ela,

do para esse público (veja projeto do Residencial

comemorando sua independência, “Ainda posso

Ventura na página 76), contudo, é preciso pensar

fazer quase tudo sozinha”, completa.

naquelas pessoas que desejam envelhecer man-

Marilene faz parte dos 23,5 milhões de brasi-

tendo a sua autonomia, independência e vivendo

leiros com mais de 60 anos e representa bem o

em condomínios ou casas comuns, mas que aten-

perfil de muitos idosos no país. O Brasil demorou

dam as necessidades desse novo perfil dos idosos.

a começar a envelhecer, mas o ritmo agora se ace-

De acordo com o professor e mestre em arquite-

lera, representando 12% da população. Enquanto

tura, Carlos Alberto de Souza, no Brasil a preocu-

na Europa foi preciso um século para o número de

pação com esse público tem avançado um pouco

idosos dobrar, no Brasil levou apenas 20 anos, em

por parte da iniciativa privada e por isso ainda

1991 eles eram apenas 10,7 milhões.

estão muito ligadas às pessoas de renda mais

Com mais qualidade de vida, a expectativa de

elevada. “Como estamos ficando mais velhos, os

vida já chega aos 74 anos e, de acordo com o Ins-

problemas da terceira idade, de locomoção, ha-

tituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE),

bitabilidade, acessibilidade começam a aparecer.

deve chegar a 81 anos em 2050.

Existe uma preocupação com esse público, mas

Conhecer esses números tem feito muita gente

não é nem parecido com o que acontece em pa-

repensar seu posicionamento no mercado. In-

íses da Europa e nos Estados Unidos aonde esse

dústrias da alimentação, de cosméticos, empre-

entendimento parte do poder público”, explica.


Iniciativa

idosos é preciso levar em conta as questões psi-

Quando lançou um empreendimento na Pom-

cológicas, culturais e sociais dessas pessoas. “Elas

péia, em São Paulo, com 104 m² de área privativa,

gostam de estar com outras pessoas, de se sentirem

a Tecnisa traçou um perfil de clientes entre jovens

inseridas na sociedade. Então é preciso criar am-

casais, com nenhum ou poucos filhos. Contudo,

bientes que possibilitem essa interação”, explica.

analisando os números do pós-vendas, percebeu

Além das características internas, o entorno do

que 15% dos compradores estavam na faixa dos

prédio é outro aspecto muito valorizado. Para a

55 anos de idade ou mais. “Vimos que isso refle-

corretora de imóveis Frederica Richter, que tem

tia a estatística nacional de que a população da

nos idosos a maioria de seus clientes, a localiza-

terceira idade está não só crescendo, como tam-

ção do empreendimento é essencial. “Eles tem a

bém se posicionando como um público ativo, que

vida bem ativa, querem ir ao mercado sozinhos,

viaja, trabalha, casa novamente, frequenta univer-

fazer ginástica, caminhar. Por isso preferem fi-

sidades, tem filhos, compra apartamentos novos,

car próximos ao comércio, e principalmente da

entre outras atividades interessantes”, afirma a

praia, no caso de cidades como Balneário Cam-

diretora de projetos Patrícia Valladares.

boriú”, afirma. “Quando possível, eles também

Foi a partir daí, que a empresa tornou-se pioneira em projetos gerontológicos no país. Através

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

42-43

querem estar perto de filhos, parentes ou de algum amigo”, completa.

do projeto Consciência Gerontológica, criado em

Quem apostou na localização e também resol-

2008, a construtora uniu uma equipe multidisci-

veu trazer um novo conceito para o mercado foi a

plinar de profissionais de gerontologia, geriatria

Construtora e Incorporadora Laguna, de Curitiba.

e arquitetos especializados para assessorá-la em

A empresa entrega em 2014 o Soul Batel Soho,

alguns empreendimentos, analisando desde o

que permite com que os apartamentos, assim

uso proposto de ambientes de lazer, até as espe-

como as áreas sociais, tenham desenho univer-

cificações técnicas que estavam sendo adotadas.

sal, atendendo necessidades especiais dos mo-

Muito além de rampas de acesso, os empreen-

radores. É possível optar por apartamento com

dimentos que seguem este projeto contam com

planta especial sem aumentar o custo do imóvel.

atrativos específicos para o público idoso, assim

O empreendimento fica no circuito denomina-

como existem os playgrounds e as brinquedote-

do Batel Soho, que oferece opções de diversão,

cas para as crianças, nesses prédios existem am-

cultura, gastronomia, arte e lojas, sem perder a

bientes de convívio e socialização para quem tem

característica de um bairro residencial.

mais idade. O Clube da Experiência, por exemplo,

O projeto prevê espaços funcionais com rampas,

tem decoração voltada para os mais velhos e é

plataformas elevatórias e barras de apoio, equipa-

um espaço para trocas de experiência, com es-

mentos sanitários com barras de apoio, pisos an-

paços diversos - como cozinha e corte e costura

tideslizantes e uma academia para atividades de

-, funcionando da seguinte forma: me ensine a

reabilitação, além da possibilidade de incluir vagas

cozinhar, que eu te ensino a costurar. Além disso,

específicas na garagem. “Acreditamos que esta é

a salas de jogos, como carteado e xadrez, fica ao

uma necessidade para todas as pessoas em deter-

lado do salão de jogos juvenil. Os primeiros em-

minada fase da vida. A acessibilidade é um item

preendimentos serão entregues ainda este ano.

que contribui sim para a venda e tem dado resul-

Para Souza, esse tipo de ação é importante, já que

tado comercialmente. Em outros projetos também

além de cuidar dos aspectos técnicos da arquitetura

estamos discutindo essas questões”, afirma Isabel

para promover a segurança e a acessibilidade dos

Raad Carneiro, gerente comercial da Laguna.

Nos empreendimentos que seguem o projeto Consciência Gerontológica, da Tecnisa, o salão de jogos para a terceira idade (acima) fica integrado ao playground. A ideia do ambiente é que os idosos não fiquem isolados, mas sim, possam interagir com netos e outros moradores. Já os banheiros recebem adaptações com barras e bancos de apoio (ao lado).


Apartamento decorado do Soul Batel Soho, em Curitiba. No empreendimento da Construtora Laguna é possível optar por apartamento com planta especial sem aumentar o custo do imóvel.

CASA Confortável e segura Confira algumas orientações do arquiteto Junior Granatti para uma casa mais confortável e segura para os idosos: Pisos Optar por pisos antiderrapantes. Quanto mais brilhoso o piso, mais liso será. Circulação Ampliar espaços de circulação e vãos de passagem e deixa-los o mais livre possível. Iluminação Deve se dissolver muito bem no ambiente para que seja eficiente tanto durante o dia quanto a noite. Tapetes É melhor não usar, mas se for indispensável optar pelos tapetes baixos e antiderrapantes. Banheiro Usar pisos antiderrapantes e barras de apoio no chuveiro e sanitário ajuda a evitar acidentes. As torneiras também devem ser mais altas, para facilitar a lavagem das mãos e do rosto. Mobiliário Alguns mobiliários, como a mesa de jantar e mesas laterais, precisam ser rígidos e estáveis para que o idoso possa se apoiar. Já o sofá não pode ser muito fofo e profundo, para que não tenha dificuldade em levantar-se.

Eles tem a vida bem ativa, querem ir ao mercado sozinhos, fazer ginástica, caminhar Frederica Richter

Cozinha As horizontais são as melhores. É ideal investir em tecnologia como móveis com abertura pelo toque e gavetas no lugar de portas, pois facilitam o acesso aos utensílios. Dormitórios As melhores camas geralmente são muita altas. Em alguns casos é preciso projetar a cama sob medida. No guarda-roupa é mais fácil retirar roupas dos cabides do que quando empilhadas. Os interruptores devem ficar perto da cama para que o idoso não levante no escuro.


Resistência O público da terceira idade é heterogêneo, seja por sua classe social, por suas capacidades ou dependências físicas. Para o professor Carlos Alberto de Souza, ainda existe uma questão cultural muito forte de que a acessibilidade é necessidade exclusiva de portadores de necessidades especiais. “As pessoas ainda tem dificuldade em admitir que estejam ficando velhas e aceitar que adaptações específicas na casa vão contribuir para o seu bem-

O que para os mais jovens seria um luxo, para muitos idosos pode ser mais que um conforto, uma necessidade

-estar e sua segurança”, afirma.

Junior Granatti

Ele explica que existe uma diferença bem grande entre as normas de acessibilidade e que as necessidades dos idosos vão muito além da Lei Federal nº 10. 098, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilida-

lhes capazes de evitar acidentes decorrentes de

de das pessoas portadoras de deficiência ou com

problemas de visão, redução da audição, hiper-

mobilidade reduzida. Segundo ele, a norma trata

tensão, labirintite, entre outros comuns na ter-

do mínimo necessário, e é incipiente mesmo para

ceira idade. O arquiteto Junior Granatti, de Bal-

portadores de necessidades especiais. “É preciso

neário Camboriú, sabe bem disso e está atento

considerar que as deficiências do idoso ocorrem

ao futuro dos seus clientes. “Temos que pensar

no decorrer do tempo e são muito específicas,

que toda a arquitetura e interiores não são fei-

não apenas de locomoção ele tem, por exemplo,

tos para pouco tempo. Eu tenho muitos clientes

problemas de ofuscamento, que é a dificuldade

com cerca de 60 anos. Embora eu ainda não veja

de passar de um ambiente escuro para um local

limitações neles, preciso ter um programa de ne-

claro, que pode o deixar momentaneamente cego

cessidades, tanto de funcionalidade quanto de

e até causar algum acidente”, exemplifica.

personalidade, considerando que vão envelhe-

Para ele, deveriam existir normas mais voltadas

cer naquele espaço”, afirma.

para o idoso, com uma visão global de suas ne-

Além de cuidar para não criar obstáculos, é

cessidades. “Como não existe, cabe à universida-

preciso estar atento aos aspectos arquitetônicos

de e aos profissionais de arquitetura e também

do imóvel, como evitar degraus, priorizar vãos de

de interiores, estarem atentos e ter essas ques-

passagem e espaços de circulação maiores e per-

tões sempre em mente na hora de criar projetos

sonalizar as alturas dos móveis, tomadas e inter-

aos seus clientes, para que sejam eficientes, sem

ruptores evitando que os idosos tenham que se

aumentar custos”, afirma ele que é coordenador

abaixar ou se esticar muito.

do curso de Arquitetura e Urbanismo da Univali.

Contudo, existem inúmeros cuidados que não são tão perceptíveis. “Os pisos, por exemplo,

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

44-45

Arquitetura e interiores

quanto mais brilhantes, mais lisos. Precisamos

Um espaço desenhado e planejado adequada-

optar por um revestimento mais antiderrapante

mente é capaz de promover a independência por

e encontramos inúmeras opções no mercado”.

mais tempo na vida do idoso. São inúmeros deta-

A iluminação também é essencial para aumen-


Em alguns empreendimentos a Tecnisa traz o Clube da Experiência. Com decoração voltada para os idosos, é um espaço para compartilhar aquilo que se sabe e aprender o que o outro pode ensinar.

tar a visibilidade e até evitar quedas. Sensores também são bem-vindos para que o idoso não se levante no escuro, por exemplo. “A altura dos mobiliários é importante, a tendência é que com o passar dos anos os idosos comecem a se curvar. Para aqueles que já tem pouca estatura, o ideal é ter a área de trabalho da cozinha e as pias um pouco mais baixas”, explica (veja outras dicas no box na página 45). A tecnologia também tem sido uma grande aliada desse público. As cozinhas das grandes

exercício ao ar livre

marcas nacionais, por exemplo, possuem gavetas

Comuns em muitas cidades da região, as acade-

que abrem e fecham com um toque e substituem

mias ao ar livre, instaladas em parques e praças

as portas por grandes gavetas, facilitando a re-

chegaram aos condomínios. Segundo o diretor da

tirada dos utensílios necessários. Além da auto-

empresa Playlandia, de Chapecó, que fabrica esse

mação, que evita esforços desnecessários com a

tipo de equipamento, a procura de construtoras

abertura de cortinas, janelas entre outros. “O que

e incorporadoras pelos produtos tem crescido bas-

para os mais jovens seria um luxo, para muitos

tante. “Embora sejam destinadas para pessoas de

idosos pode ser mais que um conforto, uma ne-

qualquer idade e até cadeirantes, essas academias

cessidade”, afirma.

são ideais para os idosos que já tem a muscu-

Para Granatti, ainda existem as condições espe-

latura mais retraída, pois é uma atividade física

cíficas de cada cliente. Caso uma senhora cuide

passiva”, afirma Domingos Malagutti. Condomí-

da casa sozinha, por exemplo, é preciso privile-

nios como o Alphaville, em São Paulo, e grandes

giar revestimentos, móveis e demais itens de fá-

construtoras como a Vita Construções e a PDG

cil manutenção. “Tudo o que for mais fácil e esti-

Construtora já tem adquirido os equipamentos

ver à mão, sempre será melhor”, finaliza.

para seus empreendimentos.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

46-47


e n t r e v i s t a

sem limites para construir Com quase 30 anos de empresa e 28 prédios construídos, incluindo o maior edifício residencial do país, Rogério Rosa se prepara para erguer um dos maiores prédios da América do Sul

Quando tinha 17 anos, o sonho de Rogério Rosa era comprar um fusca. Conseguiu emprego em um

Revista Destaque Imobiliário: Quando começou a sua vida como empreendedor?

banco e no primeiro dia de trabalho começou a

Rogério Rosa: Quando eu tinha 11 anos já ven-

calcular quanto tempo demoraria para realizar o

dia pandorga, avião de isopor, entre outras coi-

seu primeiro grande sonho: oito anos. Cerca de 30

sas. Era uma época muito difícil, que não tinha

minutos depois, virou as costas e foi embora.

nem televisão, então era preciso usar a criativi-

A irreverência, persistência e a coragem da-

dade de todas as formas para ganhar algum di-

quela época, e um longo caminho percorrido,

nheiro. Acho que já nasci com um empreendedor

fizeram com que colocasse muito mais que um

dentro de mim.

fusca na garagem. O Mercedes SLS, Rolls Royce, Jaguar, Porshe Turbo e Limousine que possui são

Mas quando foi que entrou no ramo da construção?

reflexos do sucesso de quem há 40 anos já ha-

Depois que voltei para Itajaí eu estava sem di-

via superado inúmeros desafios e ganhava a vida

nheiro. Instalei meu trailer de lanches perto da

vendendo lanches em um trailer de Itajaí.

matriz, trabalhava a noite e durante o dia come-

Hoje Rogério comemora o sucesso de quase 30

cei a construir casas. Tinha 19 anos. Fiz um car-

anos de sua empresa, a Embraed, que conta com

tão escrito “Rogério Rosa – construção a preço

mais de 28 edifícios erguidos e outros nove em

de custo”, e ganhava apenas os 10% da admi-

construção, totalizando mais de 500 mil metros

nistração da obra, mas eu não entendia nada de

quadrados de área construída. Com diversas em-

construção. Depois que eu fiz as quatro primei-

presas agregadas à marca, possui uma empresa

ras casas e comecei a entender como o mercado

de fundações, outra especializada em decora-

funcionava, desejei ter uma construtora, mas não

ções e design de interiores e é dono do Infinity

tinha nenhum dinheiro. Foi só em 1984, quase

Blue Resort e Spa, em Balneário Camboriú.

10 anos depois, que eu consegui juntar 45 mil

Simpático, muito bem humorado, e com uma simplicidade que não combina em nada com seus empreendimentos, Rogério Rosa recebeu

ali que começou a história da Embraed. E essa época foi um período de crise. Como conseguiu se erguer?

lão de pé-direito duplo, com paredes revestidas

Era uma época em que a inflação estava muito

em gesso que imita mármore, piso de mármore,

alta, chegava a 40% ao ano. A economia do país

e uma luxuosa decoração que demostra a impo-

estava falindo e a construção civil em Balneário

nência de suas construções. Contou sua história,

Camboriú definhou quase que por completo.

48-49

seus desafios, como conseguiu construir o im-

Mesmo assim eu queria construir. Todo mundo

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

nossa equipe no edifício Alexandria, em um sa-

dólares, que na época era bastante dinheiro, e foi

pério chamado Embraed e quais os seus planos

dizia que eu era louco, que deveria colocar meu

para 2013. Confira:

dinheiro na poupança. Eu não conseguia mais


Crédito: Edson Beline

Digo que os imóveis em Balneário Camboriú vão aumentar 100% em quatro anos

esperar e comecei a construir o San Diego, próximo a Avenida Brasil, no centro, um prédio com qualidade e acabamento superior ao que havia na época. Mas não tinha como vender, a inflação era uma coisa muito louca, um apartamento começava o mês com um valor e poderia terminar valendo menos de 1/3. Então eu construí todo o prédio para vender somente depois de pronto. E foi difícil vender? Não. Em 1986 quando eu estava com o prédio pronto, o governo lançou o plano cruzado, que congelou a moeda. Meus apartamentos que valiam cerca de 10 mil dólares em 90 dias passaram a valer cerca de 60 mil dólares e eu tinha 100 apartamentos para vender. Foi ali que eu fiz uma fortuna para continuar investindo em mais qualidade. Seis meses depois o mercado sofreu uma maxidesvalorização, mas eu já havia vendido tudo. Então também tem muita sorte nessa história toda. Claro. Eu digo que as grandes histórias de sucesso sempre misturam persistência, visão e muita sorte. Eu tive a sorte de conseguir juntar muito dinheiro para ampliar os negócios. Na época, com a venda de um único apartamento eu conseguia comprar mais dois terrenos para construir outros dois empreendimentos, era muito barato. Se antigamente o desafio era a falta de dinheiro, qual o desafio hoje? É sempre melhorar o que já temos. O padrão de qualidade de construção da Embraed foi diferenciado desde o início e sempre norteou nosso trabalho. Além da excelência nos detalhes, meus


as grandes histórias de sucesso sempre misturam persistência, visão e muita sorte

Crédito: Edson Beline

prédios são feitos com produtos de longa dura-

uma piscina de mais de 770 m², cinema, parque

ção, que com a manutenção correta resistem por

aquático, salas de massagem, boate, mini golfe,

longos anos. Cada prédio tem algo a mais. Preci-

entre outros atrativos que eu diria que não são

samos surpreender sempre.

encontrados em muitos hotéis cinco estrelas do

Os prédios de vocês seguem o imponente estilo neoclássico. Como isso começou?

país. Isso também é conforto. O nosso cliente é um cidadão que a gente não conhece ainda, mas

Iniciamos esse estilo em 1998. Quando eu

sabe que é extremamente exigente. Quando ele

comecei a construir em Balneário Camboriú os

nos conhece ele se identifica com o nosso padrão

empreendimentos eram muito iguais uns aos ou-

de construção e nossa qualidade e exclusividade.

tros. Eu identifiquei o neoclássico como algo que

E o valor dos imóveis em Balneário Camboriú

nunca fica velho, que com a devida manutenção

podem ser um indicativo de exclusividade. Você

sempre parecerá atual. Hoje ele é a identificação

acredita que os valores ainda vão subir?

da marca. As pessoas até tentam fazer coisas pa-

Eu tenho certeza. Balneário Camboriú tem um

recidas, mas não conseguem, pois a gente produz

futuro promissor, pois nós estamos calibrados

muitos elementos que usa: o vidro, o alumínio, o

nessa valorização que vem de longos anos. Por

gesso detalhado, a madeira, o mármore. São os

isso eu acredito que vai valorizar muito mais.

colaboradores e artistas da Embraed que produ-

Digo que vai aumentar 100% em quatro anos.

zem essa excelência de detalhes exclusivos.

Eu vou explicar o porquê. Houve uma enorme valorização nos terrenos. Desde que eu comecei a

luxo, que tem mudado bastante ao longo dos

construir, eles devem ter aumentando centenas

anos. Hoje o que é luxo?

de vezes o seu valor. Eu brinco que hoje, para

Luxo para o meu cliente se traduz em uma pa-

comprar terra em Balneário Camboriú, só se for

lavra: conforto. Ele precisa da estabilidade de

em saquinho. Não tem mais terrenos à venda, e

ter algo seguro, bonito e bem localizado. Hoje

os que existem podem custar R$ 200 milhões.

ele quer um prédio com perfil de home club.

Além disso, o mercado imobiliário como um todo

Ele pode nem usar tudo o que o prédio ofere-

tem valorizado muito nos últimos anos, defasan-

50-51

ce, mas quanto mais atrativos tiver, melhor. Nós

do o valor de alguns imóveis na cidade.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

Você sempre trabalhou com o mercado de

entregamos em abril o Vila Serena Home Club, que terá em breve seu lançamento oficial. Tem

Mas já estamos falando de imóveis que custam milhões.


Em geral sim, mas é preciso entender o movi-

renos na cidade é inviável cons-

mento do mercado. Você ainda encontra bons

truir um hotel, aqui acontece na

imóveis no centro da cidade por cerca de R$ 600

contramão, os hotéis existentes

mil. Balneário Camboriú tem a característica de

são demolidos para a construção

ser mais caro do que cidades vizinhas como Itajaí

de prédios. Além do veranista,

e Blumenau. Pelos atrativos que oferece precisa

precisamos do turista qualificado,

ser no mínimo duas vezes mais caro. Acontece

que gere renda aqui na cidade.

que os imóveis nessas cidades estão com custos

Eu acredito que o novo plano di-

elevados e fazem com que essa diferença de va-

retor contemple um incremento

lores entre as cidades diminua. Essa comparação

e incentivo para essa área. Nós já

causa uma lacuna no valor dos imóveis daqui. E

temos um belo terreno no Infinity

ainda tem outra questão, tivemos uma valoriza-

Blue, para fazer um complexo tu-

ção de mais de 1000% em dez anos. Quem com-

rístico impressionante, mas ainda

prou imóvel aqui há anos está cacifado e também

vamos aguardar estas mudanças.

pode vender mais caro e comprar imóveis mais

A ideia é continuar evoluindo com

novos e melhores. É um efeito dominó.

um pardão de qualidade e exce-

E se os preços realmente dobrarem não vai faltar cliente pra comprar? Não. Tem gente do Brasil inteiro. O sonho dourado do brasileiro é morar na praia. Hoje as pessoas já entenderam que o que mais precisam da vida é

lência internacional, e criar uma nova matriz econômica mesclando o resort com um condomínio residencial. A Embraed tem projetos ousados para este ano. Quais são os planos?

aproveitá-la. E o Brasil está cada vez mais olhando

Esse ano nós vamos lançar 200 mil m² em no-

para cá. Cada vez que a cidade aparece na mídia

vas obras, e temos um grandioso projeto pronto

nacional mais gente deseja vir para cá. Um voo

que pretendo lançar ainda este ano, depois que

de São Paulo até Santa Catarina demora apenas

estiver incorporado. O maior prédio residencial

40 minutos e as condições de acesso só tendem

construído no Brasil, segundo o Councilon Tall

a melhorar. É claro que não podemos deixar de

Buildings and Urban Habitat (CTBUH), é o nosso

oferecer atrativos. É preciso finalizar o alargamen-

Vila Serena, que está 70% vendido. Tem 46 an-

to da faixa de areia entre outras obras necessárias

dares. E este novo empreendimento é muitíssimo

para que a cidade não fique estagnada.

maior e será um dos mais altos da América do Sul,

Você fez um investimento milionário no segmento turístico quando comprou o antigo Recanto das Águas, agora Infinity Blue. O espaço foi re-

mas ainda não posso dar mais detalhes. Quando começou a construir já tinha objetivo de grandiosidade? Qual o sentimento hoje?

formado, modificado, o que ainda acontecerá lá?

Eu sinto orgulho, para quem não tinha nada,

Balneário tem uma matriz econômica base-

só tinha vontade, é a única coisa que posso sen-

ada na construção civil, que gera uma riqueza

tir de mim. É algo que vai acontecendo e você

impressionante para o município. Em um futuro

nem percebe, eu não conseguia nem imaginar

próximo, a construção deve deixar de ser o prin-

que chegaria até aqui. Você tem um pensamen-

cipal atrativo de renda para a cidade que começa

to, um sentimento para as coisas darem certo,

a investir mais no turismo, mantendo incentivos

mas você não consegue ter noção e dimensão

para a hotelaria. Contudo, com o preço dos ter-

do que é capaz.

O Villa Serena Home Club é o maior prédio residencial construído no Brasil: tem 46 andares e inúmeras opções de lazer, entre elas, uma piscina com mais de 770 m². Crédito: Ângelo Borba


i n v e s t i m e n t o

investimento certo Segmento de galpões vivencia crescimento considerável Por Roberta Watzko

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

52-53


No ano de 2012, em um contexto de desace-

Leye ainda comen-

leração do mercado imobiliário, o segmento de

ta que não há um

galpões logísticos surpreendeu e avançou, com

perfil específico para

estoque entregue quatro vezes maior em relação

os investidores deste

ao ano anterior, além de baixo nível de vacância,

segmento, entretan-

segundo levantamento da Cushman & Wakefield,

to, observa que, na

divulgado no mês de fevereiro.

maioria, são empresários bem sucedidos em sua ati-

Em Santa Catarina, principalmente na região do

vidade principal, buscando diversificar investimentos,

Vale do Itajaí, a situação não é diferente. O empre-

objetivando uma remuneração interessante com bai-

sário do ramo da construção civil Celestino Granza,

xíssimo custo e sem necessidade de gestão própria.

da Tradição Construtora, descobriu este segmento

De acordo com a consultora de imóveis Francie-

há oito anos e relata o aquecimento do setor. De-

le Rauber, entre as vantagens do segmento para o

pois de 22 anos construindo edifícios residenciais,

investidor que está pensando em investir no setor,

Granza foi procurado para construir um galpão de

está a possibilidade de contratos de longo prazo,

1 mil m² para um investidor brasileiro, que atual-

baixo índice de inadimplência e melhores taxas de

mente divide sua residência entre a Alemanha e a

retorno sobre o investimento. Segundo Francie-

França. Deu tão certo, que o empresário resolveu

le, a rentabilidade dos galpões é atraente e pode

apostar neste segmento e investiu em um condo-

variar de acordo com a qualidade do imóvel. Algu-

mínio de galpões de 11.600m², às margens da BR

mas características que, segundo ela, são levadas

101, em Camboriú.

em conta são a altura do pé-direito, capacidade de

Atualmente Granza está investindo em mais um

sustentação do piso, área de manobra, facilidade

condomínio. Desta vez, será a união de galpões e

de acesso a BR e viabilidade para tráfego de cami-

salas comerciais. Este novo empreendimento vai

nhões nas imediações. “A rentabilidade depende

contar com cinco galpões de 10 mil m² cada, po-

de muitos fatores, pois está diretamente ligada ao

dendo ser fracionado em áreas menores, além de

investimento”, diz.

duas torres com oito andares, contempladas por salas comerciais e área administrativa.

Por experiência de mercado e atento a nova demanda, Granza afirma que os clientes deste seg-

De acordo com Granza, houve um aumento na pro-

mento estão cada vez mais exigentes. Por esse

cura de galpões na região, principalmente em fun-

motivo está investindo em galpões de alto padrão.

ção da proximidade com o Porto de Itajaí e por conta

“Estamos construindo galpões com piso resistente

dos incentivos do governo estadual nas alíquotas de

e com paredes e coberturas termo acústicas. Sem

ICMS nas importações. A opinião também é partilha-

contar que se trata de um condomínio empresarial

da pelo consultor imobiliário Roger Leye, que apesar

fechado, com segurança 24 horas. Um dos galpões

de achar que a procura poderia ser ainda maior sem

será equipado com câmera fria para estocagem de

as incertezas geradas pelas ações governamentais,

produtos congelados e resfriados”, explica.

acredita que este crescimento do setor, principal-

Entre os riscos citados pelos consultores de imó-

mente nas cidades do litoral norte e do Vale do Ita-

veis procurados pela reportagem estão a escolha

jaí, se deve às condições geográficas e de logística

de um terreno não adequado, que sofre problemas

muito favoráveis, além da mão de obra qualificada.

com enchente, por exemplo, ou local que pode ter

“Na medida em que as rodovias se tornarem mais fa-

proibida a circulação de caminhões, além de mu-

voráveis ao aumento de tráfego, acredito que haverá

danças na economia e crescimento da oferta, que

mais incentivos para crescimento”, afirma.

pode gerar queda no valor das locações.

Perspectiva do novo condomínio fechado de galpões, da Tradição Construtora, que está em fase de construção.


O melhor edifício da cidade Navegantes abre as portas para um empreendimento que combina estilo, modernidade, conforto e bem-estar. Um projeto único, à beira-mar, pensado para atender as necessidades e desejos dos nossos clientes: moradores que adoram curtir as coisas boas da vida.

Imagens meramente ilustrativas

De frente para o mar de Navegantes

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

54-55

Apto Tipo 1 e 2

3 suítes (1 master com hidro) 2 vagas de garagem

Apto Tipo 3 e 4

3 dorm. (1 suíte) 2 vagas de garagem


Vendas Vendas

4747 3342-7335 3342-7335 / 8872-5267 / 8872-5267

www.construtoraatlanticosul.com.br www.construtoraatlanticosul.com.br Incorporação matrícula 11.251 no Registro de Imóveis da Comarca de Navegantes/SC

Incorporação matrícula 11.251 no Registro de Imóveis da Comarca de Navegantes/SC


F e i r a

Feicon

movimenta mais de R$ 400 milhões Maior Salão da construção da América Latina recebe mais de 127 mil visitantes e traz lançamentos ao mercado

Tendências, tecnologia e um ambiente propí-

da feira para o setor da construção. A Feicon é o

cio para a realização de negócios, com mais de

evento mais completo da área, pois só ele reúne

2 mil lançamentos de produtos do mercado de

todos os grandes líderes do segmento em uma

construção, expostos em estandes de mais de

exclusiva exposição de produtos e serviços para

mil marcas. Foi isso que os 127 mil visitantes

todos os setores do ramo.

da Feicon Batimat 2013 - 19º Salão Internacio-

A entrada de empresas da Espanha, Itália e

nal da Construção encontraram no Pavilhão de

Alemanha no mercado brasileiro e a criação de

Exposições Anhembi durante os dias 12 e 16

ferramentas e equipamentos para a construção

de março.

apresentada por produtores de outros setores,

Um público qualificado e focado nos negó-

chamaram a atenção no evento. Uma das ob-

cios fez com que o balanço prévio, realizado

servações de muitos visitantes é que os fabri-

um dia antes do término do evento, superasse

cantes têm aprimorado seus processos e insu-

R$ 400 milhões em negócios, número muito

mos, mas ainda possuem dificuldades em trazer

positivo tanto para a indústria como para o va-

grandes inovações para o mercado, já que a

rejo dos materiais de construção.

construção civil ainda é um setor que evolui em

Na edição 2013, estiveram presentes empresas de 27 diferentes países, sete a mais do que na edição anterior, o que reafirma a importância

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

56-57

ritmo lento. Confira alguns dos produtos apresentados na feira:


PET RECICLADA Mais de 500 mil toneladas de garrafas PET já foram transformadas em matéria-prima para a linha de termoacústicos sustentáveis desenvolvida pela Trisoft. Produzida com lã de garrafas plásticas recicladas sem adição de água e resinas, a linha pode ser utilizada em tratamentos térmicos de paredes (protegendo o ambiente contra incêndios, já que não é inflamável) em acabamentos que necessitem de tratamento acústico, como pisos e paredes, além de dutos de ar condicionado e coberturas metálicas.

Porta resistente A Multidoor trouxe a porta RU, resistente à umidade. O produto é ideal para áreas molhadas de uso interno como banheiros, cozinhas e lavanderia.

ILUMINAÇÃO Na iluminação, o LED tem tomado conta. Esta é a luminária de mesa CLIP Super LED, da FLC, que pode até ser conectada ao computador via USB. O produto tem iluminação dimerizável, sem gerar calor.


piscina iluminada

Chuveiro inteligente O chuveiro My Shower, da Exatron, também chamou a atenção dos visitantes. É o único produto 100% eletrônico e digital do mercado. Sua maior novidade é que após o banho seu visor mostra o volume de água consumido e o valor em reais que aquele gasto representa. Assim, conscientiza o usuário, que pode programar até cinco tipos de banho controlando a temperatura, intensidade e consumo de água.`

A Sibrape Pentair lançou os Laminares, arcos de água que dão um show de elegância em luzes, cores, formatos e alturas. Os arcos podem atingir uma altura de 2,15 metros e são projetados a uma distância de até 2,45 metros. Quando chega a noite, os Laminares se transformam num brilho colorido que sai de uma fonte de luz proveniente de LED. Ficam parecidos com o arco-íris, mantendo uma cor constante ou alternando uma série de tons variados.

andaime plástico

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

58-59

O grupo Baram trouxe o primeiro andaime (balancim), produzido com plástico. O Balancim compósito ECO 600 é feito com 30 Kg de compósitos, (processo utilizado na aviação, em carros Formula 1 e plataformas de petróleo), transformados em um equipamento com a mesma capacidade de um balacim de aço, que transporta até 500 Kg, mas com redução de peso e duração de até 15 anos - dependendo da manutenção recebida, sendo cinco anos com garantia da fábrica.


telhas termoacústicas A Brasilit trouxe o novo design das telhas termoacústicas TopSteel e a telha Colonial, que reduz em até 25% o madeiramento da estrutura da casa.

gerenciador online Muitos empresários ficaram de olho no lançamento da Tecnicon Sistemas Gerenciais. O software da empresa permite o acesso a todas as áreas de gestão como folha de pagamento e gerenciamento fiscal, totalmente online. Ele pode ser instalado em qualquer computador ou dispositivo móvel.

encaixe A Fórmica, maior fabricante de laminados decorativos da América Latina, apostou na tecnologia de pisos com encaixe. O Aquaclic® Piso Premium tem maior resistência à umidade, aos riscos e às manchas, dispensa o quebra-quebra na instalação e pode ser colocado sobre o piso já existente. Crédito: Arquiteto: Francisco Calio / Foto: Fábia Mercadante

Acústica A Trishopping, empresa com 25 anos de experiência em soluções de redução sonora, atraiu a curiosidade dos visitantes com diversas demonstrações do funcionamento de seus produtos. Em uma delas, quando o visitante chegava ao estande da empresa escutava uma música muito alta proveniente de um aparelho de som localizado dentro de uma caixa de vidro aberta. Assim que essa caixa era fechada, o alto volume de cerca de 40 decibéis cessava imediatamente, evidenciando o desempenho do vidro acústico.


DO

LADO

DE

Amores do Oriente Considerado uma das sete maravilhas do mun-

outros, estão passagens do Corão utilizadas como

do moderno, o Taj Mahal é o monumento mais

elementos decorativos com letras incrustadas com

conhecido da Índia. Localizado na cidade de

quartzo opaco sobre os painéis de mármore branco.

Agra, a cerca de 200 km da capital Nova Delhi, é

A imponência do Taj Mahal também está relacio-

um mausoléu construído entre 1632 e 1653 por

nada ao seu tamanho. O monumento tem uma al-

cerca de 20 mil homens.

tura aproximada de 60 metros e a cúpula principal

Mais do que um suntuoso palácio, o Taj Mahal também é uma das maiores lendas de amor eterno. Isso porque foi idealizado pelo imperador Shah Jahan e construído sobre o túmulo de sua esposa favorita, a quem chamava de Mumtaz Mahal (a joia do palácio), para eternizar sua memória. De natureza romântica e arquitetura esplêndida, a consturção segue elementos típicos da arquitetura mongol (grupo geopolítico que dominou quase todo o subcontinente indiano), embora com um nível muito maior de sofisticação. Foram utilizados materiais nobres, com base em mármore branco, inúmeras pedras semioreciosas DESTAQUEIMOBILIÁRIO

60-61

e fios de ouro na cúpula. Em todo o complexo, que conta com jardins, edifícios secundários, mesquita, mausoléu, entre

mede 20 metros de diâmetro e 25 de altura.


DO

LADO

DE

Diversidade ao ar livre Curitiba é uma cidade linda. Limpa, organizada, com um planejamento urbano que é exemplo no

turísticos como a Igreja da Ordem, o Memorial de Curitiba e a Casa Romário Martins.

Brasil e no exterior e dona de uma infinidade de

Para quem gosta de comida de rua, um banquete

belos parques e áreas verdes. Não falta o que fazer

ao ar livre: acarajés, pierogis, empanadas argenti-

na capital paranaense e um dos programas imper-

nas, tacos mexicanos, pasteis, entre muitas outras

díveis é a tradicional Feirinha do Largo. Muito fre-

opções, além dos vários restaurantes ao redor da

quentada pelos curtibanos e por turistas, a feira de

tradicional feira, que começou em 1973.

arte e artesanato é um espaço multicultural, no Largo da Ordem, um dos pontos históricos da cidade. Lá, todos os domingos, cerca de 15 mil pessoas se espelham entre as mais de mil barracas montadas em oito quadras do Largo, entre as 9h e 14 h. Organizada, a diversidade de produtos impressiona e vai de lembrancinhas da cidade à móveis para a casa, passando por objetos de decoração, livros, roupas, entre outros. exposições e manifestações artísticas como músi-

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

Além dos artigos para compra a feira também tem 62-63

ca, literatura e dança. Também é possível apreciar a arquitetura dos casarões antigos e visitar pontos


APROVEITE UM FINANCIAMENTO ESPECIAL PARA VOCÊ CONQUISTAR O SEU IMÓVEL EM BALNEÁRIO PIÇARRAS

M ATÉ IADO E C N A N I F

300

X

EGA A ENTR É T A % 20 AVES DAS CH GTS) E SEU F (UTILIZ

REPRESENTAÇÃO DA FACHADA FINAL PREVISÃO DE ENTREGA DEZEMBRO DE 2013

APTOS COM 2 DORM. COM E SEM SUÍTE

A H.VOGEL APRESENTA A OPORTUNIDADE QUE VOCÊ ESPERAVA PARA INVESTIR EM UM IMÓVEL NUMA DAS PRINCIPAIS AVENIDAS DA CIDADE. FINANCIAMENTO EM ATÉ 300X PELO BANCO DO BRASIL PODENDO UTILIZAR SEU FGTS. ACESSE O SITE E CONHEÇA A PROPOSTA COMPLETA. WWW.H.VOGEL.NET/ALAMEDASDOSOL

ÚNICO EMPREENDIMENTO DA REGIÃO FINANCIADO PELO BANCO DO BRASIL

HÁ 10 ANOS SUPERANDO EXPECTATIVAS

Av. Emanoel Pinto, 1951 - sala 08 Balneário Piçarras - Santa Catarina (47) 3345-4070 - w w w. hvo g e l . n e t


g a s t r o n o m i a

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

64-65

Explosão de sabores

Com foco na culinária brasileira, uma das delícias do Bistrô Casa da Praia é o Congrio ao molho de laranja e pimenta


Quando a chef Mônica Constante criou o menu do Bistrô Casa da Praia teve como premissa o

1 dedo de alho pequeno picado Azeite de oliva

foco na culinária artesanal brasileira, onde pratos da culinária nacional e internacional receberam

Modo de preparo

uma releitura criativa e técnicas de alta gastrono-

Peixe: Temperar com o sal e pi-

mia, valorizando os ingredientes do nosso país. O

menta branca a gosto e grelhar.

resultado são delícias como o purê de mandio-

Reserve.

quinha, creme de amoras e a farofa de banana.

Molho: Colocar o alho e a pi-

Outra criação da Chef foi o Congrio ao molho

menta com um fio de azeite de

de laranja com pimenta, uma mistura de sabores

oliva para fritar levemente, de

diferenciados que une a leveza do peixe ao sabor

forma que os ingredientes não

envolvente da laranja, que dá um toque adocica-

escureçam. Acrescentar o suco

do. Apenas no final é possível sentir a leve ardên-

de laranja e ferver. Incluir as

cia da pimenta que completa o sabor (a receita

duas colheres de geleia de pi-

você confere a seguir).

menta e deixar reduzir até ter

Localizado em um local paradisíaco, na pou-

consistência.

sada Praia do Estaleiro Guest House, o Bistrô

Acompanhamento: Cortar a ce-

atende hóspedes e fica aberto ao público todos

noura, o brócolis e a ervilha tor-

os dias, mediante reserva. A comida é artesa-

ta na quantidade e padrão que

nal, sem temperos, caldos ou molhos prontos,

desejar. Colocar em uma pane-

priorizando sempre produtos frescos e locais,

la com água fervendo por dois

alguns são inclusive colhidos no próprio Bistrô.

minutos e retirar da água. Jogar

Seguindo o conceito da pousada, personalizar é uma palavra de ordem. No cardápio o

manteiga para saltear. Cozinhar a batata rústica intei-

cliente escolhe como deseja montar sua refei-

ra, na quantidade desejada. Cortar pela metade

ção, define o tipo de carne, peixe ou frango,

e colocar na frigideira com sal e alecrim a gos-

que será preparado com o molho e os acom-

to. Saltear até dourar.

panhamentos que preferir. E as refeições são servidas para atender a preferência do cliente - na piscina, no Bistrô ou em algum cantinho exclusivo, criando um clima romântico e intimista. Seu desejo é uma ordem. COngrio ao molho de laranja e pimenta Ingredientes 2 postas de Congrio (cerca de 150g cada) Sal e pimenta branca Suco de três laranjas peneirados ½ pimenta dedo de moça picada 2 colheres de geleia de pimenta (preferencialmente da marca Cranberry)

Bistrô Casa da Praia Restaurant Praia do Estaleiro Gest House - Balneário Camboriú / SC Abre diariamente do meio dia às 23 horas mediante reserva (47) 3363 5071

A Chef Mônica Constante é quem comanda o Bistrô.


o b j e t o

d e

d e s e j o

máxima potência Desejada pelos amantes da velocidade, a Ferrari F12 Berlinetta finalmente começou a ser vendida no Brasil. As primeiras unidades chegam às estradas brasileiras no final de abril.

de níveis de CO2 na atmosfera. A economia de

Quem estiver disposto a pagar cerca de R$ 2,8

combustível, segundo a marca, melhorou em

milhões poderá se aventurar com a máquina de

10% em relação ao modelo antecessor, 599.

740 cv de potência e torque de 70,3 kgfm, forneci-

O superesportivo usa várias peças de fibra de

dos pelo motor V12. Tanta potência reflete na velo-

carbono, contribuindo para que o peso da F12

cidade: chega a 100 km/h em apenas 3,1 segundos

seja menor.

e pode alcançar incríveis 340 km/h. A transmissão

O design é como uma Ferrari precisa ser: aero-

é automatizada, são sete velocidades com dupla

dinâmico, imponente, elegante e ao mesmo tem-

embreagem e trocas sequenciais realizadas por

po agressivo. Conta com uma nova distribuição

paddle-shifts - botões no volante, comuns em car-

de peso e distância entre eixos mais curta que

ros esportivos, que quando pressionados, podem

no 599. Apesar disso, oferece na cabine espaço

mudar de marcha para cima ou para baixo.

e muito conforto.

Um destaque enfatizado pela Ferrari é a re-

Até o início de março a F12 era considerada a

dução de consumo de combustível e emissão

Ferrari de rua mais potente da história, quando foi desbancada pela LaFerrari, uma das estrelas do Salão de Genebra deste ano.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

66-67


CARTÃO-POSTAL

18 de maio a 30 de junho Fpolis: Av. Beira Mar Norte, 3974 Itajaí: Rod. Osvaldo Reis, 3385

Banco Pão de Açúcar, criado por Gilson Martins em 2002. www.casacorsc.com.br

PATROCÍNIO MÁSTER

APOIO LOCAL

@casacorsc

PATROCÍNIO NACIONAL

Um olhar muda tudo /casacorsc

Seja bem-vindo ao novo momento de CASA COR. A mais completa mostra de arquitetura, decoração e paisagismo das Américas.

PATROCÍNIO LOCAL


e s p e c i a l

9 salas de jantar para

saborear!

Grandes ou pequenas, exclusivas ou integradas aos outros ambientes, as salas de jantar merecem cuidados especiais

DESTAQUEIMOBILIĂ RIO

68-69


Projeto de Juliana Pippi. CrĂŠdito: Lio Simas


O ambiente das salas de jantar mudou bas-

Os tapetes são dispensáveis, mas para quem

tante ao longo dos anos, muito mais do que um

não abre mão deles é necessário fugir daqueles

espaço para apreciar saborosas comidas, virou

com cerdas altas, para facilitar a limpeza e mini-

local para um bate papo agradável entre anfitri-

mizar as marcas que serão causadas pelos mó-

ões e convidados. Cada vez mais tem deixado

veis. Já na iluminação, a vedete continua sendo

de ser um ambiente exclusivo e se integrado à

o lustre sobre a mesa, elegante e imponente é a

sala de estar, e até à cozinha.

peça que vai conferir mais glamour ao ambiente.

Podem ser multifuncionais ou usadas apenas quando se recebe visitas. Algumas são compostas apenas por uma pequena mesa no canto do ambiente, outras têm espaço amplo, exclusivo, muitas cadeiras e até bufê de apoio. Grandes ou pequenas, o ideal é que sejam confortáveis e convidativas para proporcionar bons momentos à mesa. Na hora de decorar é preciso cuidar de tudo. Cortinas, tapete, móveis e uma iluminação perfeita podem contribuir para que o jantar fique ainda mais saboroso! Para os espaços integrados, é preciso estar atento a harmonia com os demais ambientes. Embora todos os elementos sejam importantes, é preciso lembrar que é em torno da mesa que, literalmente, tudo vai girar. Para a mobília, cai bem a tradicional madeira, o clássico vidro, ou até composições com peças arrojadas de design. Contudo, o tamanho da mesa deve ser condizente ao espaço, avaliando o conforto das pessoas quando sentadas e também o espaço para que possam circular sem incomodar outros convidados. Se o espaço for suficiente, no lugar das tradicionais cadeiras é possível investir em confortáveis poltronas.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

70-71

Confira nove ambientes que selecionamos para você se inspirar:


elegante Compondo um ambiente contemporâneo, a paleta de cores sóbrias faz composição com os móveis em madeira escolhidos pela arquiteta Vanessa Schmidt, da Blanc Concept Design. Como a família é grande a sala de jantar recebeu duas mesas dispostas uma ao lado da outra para acomodar a todos. As cadeiras e as luminárias com detalhes escuros conferem uma elegância sublime ao espaço. Crédito: Cícero Viegas


IMPONENTE Esta sala de jantar projetada por Ivan Wodzinsky tem como elementos de destaque a cor preta, o sofisticado lustre e os grandes quadros simétricos nas parede. Os móveis são lineares e as poltronas causam recortes geométricos no ambiente. Crédito: Daniel Sorrentino

LIMPA

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

72-73

O conceito desta sala de jantar projetada pela arquiteta Calina Mussi foi o de limpeza visual, e conforto. O estilo é contemporâneo, mas quem ganha destaque são as duas mesas de madeira de demolição e vidro, desenhadas pela própria arquiteta. A parede foi revestida em mosaico de mármore botticino. Merece destaque também a iluminação, pois permite que os moradores criarem várias cenas conforme a necessidade de cada momento.


CONTEMPORÂNEA Esta sala de jantar é o resultado de uma reforma e repaginação de móveis, tecidos e revestimentos, feita pela designer Carla Gil Heller. Segue um estilo contemporâneo, com linhas retas e toques suaves de cores e texturas que tornam o espaço aconchegante e com personalidade.

DIVERTIDA O pequeno espaço de 12 m² projetado pela arquiteta Keyla Kinder une elementos retrô e contemporâneos. O espaço fica entre o estar e a cozinha. Uma das paredes ganhou tinta lousa para anotações e recadinhos, estimulando também a criatividade. Como o ambiente não é muito grande a arquiteta optou por cadeiras com encostos mais baixos, que deixam o espaço visualmente mais limpo e amplo. Crédito: Daniel Sorrentino


MODERNA A mesa Sarineen de oito lugares sempre foi o objeto de desejo da arquiteta Juliana Pippi. Nesta sala de jantar. A ela optou pela versão de seis lugaraes para ganhar mais espaço de circulação. A bancada de apoio desse ambiente abriga a adega climatizada, o faqueiro e ainda serve de apoio para um jantar. Mas o grande destaque de todo o living é uma cozinha gourmet, logo ao lado, totalmente equipada (foto de abertura, página xx). Crédito: Lio Simas

LUXO O requinte toma conta da sala de jantar projetada pela arquiteta Letícia Ruivo. As duas mesas são ligadas por um aparador, decorado com flores. Em tons terrosos e harmônicos, um diferencial são as cadeiras das pontas da mesa, que ganham uma cor diferente das demais.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

74-75


Clássica Para criar um ambiente clássico e sofisticado, como era o desejo da cliente, as arquitetas Cristiane Maciel e Sony Luczyszyn optaram por uma mesa com tampo de vidro para dar ainda mais destaque as cadeiras, com revestimento em veludo e folheadas em prata. Ao fundo, o móvel de madeira ganha nichos de espelho e entre eles portas basculantes para guardar objetos. Crédito: Gerson Lima

NATURAL Para um apartamento de veraneio, em Balneário Camboriú, a arquiteta Cibele Spolti optou por um ambiente fino, porém de praia, usando cores neutras e elementos naturais como a madeira, fibra natural e linho. Conforto, praticidade e elegância para acomodar 10 pessoas confortavelmente. Um dos destaques do ambiente é a mesa de jantar, com 2 tampos de vidro e duas bases de tronco de madeira natura esculpida pela Residual. O espaço ainda conta com um buffet na lateral, com duas adegas de inox embutidas. Crédito: Cícero Viegas


a c e s s i b i l i d a d e

um lar confortável e seguro Idealizado para o crescente público da terceira idade, o Ventura Residence, de Joinville, é um empreendimento que traz diferenciais do serviço hoteleiro, misturado ao conforto de uma casa e a conveniência dos cuidados médicos e ambulatoriais. E se dizem que a arquitetura significa qualidade de vida, no Ventura Residence a afirmação faz todo o sentido. Além de ambientes tranquilos e harmônicos, que proporcionam conforto físico e mental, o local ganhou inúmeros cuidados para garantir a acessibilidade e a segurança dos moradores. A prioridade do arquiteto José Antonio Giuliari e da decoradora Maria Luiza de Freitas ao planejar o Ventura Residence foi, além de garantir espaços sofisticados, proporcionar conforto, comodidade e acessibilidade para adequá-los às necessidades dos moradores. Como, por questão de segurança, não poderiam dispor de muitos adornos, decidiram explorar as texturas em materiais como madeira, fibras, estampas florais e linho que marcam o projeto em estilo contemporâneo.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

76-77


restaurante No restaurante, destaque para a lareira a gás e para o piano. Para as cortinas, os profissionais escolheram tecidos florais que levam mais cor ao ambiente. O mobiliário é composto majoritariamente por poltronas com assentos sintéticos, que facilitam a limpeza. biblioteca Para levar a mesma proposta de decoração contemporânea e acolhedora para a biblioteca, os decoradores também investiram em painéis de madeira e tecidos florais em tons de roxo. ateliê de artes No ateliê de artes, poltronas de acrílico são uma releitura moderna daquelas tradicionais poltronas da vovó. Ao longo dos corredores, ainda foram dispostos quadros com fotos de Lino Sasse que mostram pontos históricos de Joinville.


dormitórios Alguns dormitórios possuem camas adaptadas com grades laterais para proporcionar segurança e conforto aos idosos. Ela evita com que eles erguer a cabeceira e a parte inferior (dos pés) e

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

caiam, além de possuir um estrado móvel para 78-79

pode ficar mais alta ou mais baixa de acordo com a necessidade do hóspede e do cuidador.


BANHEIRO Para facilitar a vida dos idosos, que em geral possuem limitações de força e equilíbrio, todos os 77 apartamentos estão equipados com produtos da linha Benefit Docol, como barras de apoio, torneira e acabamento para válvula de descarga com alavanca. São metais que contribuem para a segurança, praticidade, facilidade e comodidade, reduzindo o risco de quedas, a dificuldade em acionar os produtos e a insatisfação dos usuários.

José Giuliari Arquiteto (47) 8865 7501 Maria Luiza Freitas Decoradora (47) 9984 3569

Ventura Residence - Joinville (47) 3029 6600 www.venturaresidence.com.br Bellacatarina (48) 3225 0222 www.bellacatarina.com.br Cantos Encantos Decorações (47) 3433 7558 vendas@cantosencantos.com.br Dohler (47) 3441 1666 www.dohler.com.br Luminarium Iluminação (47) 3423 2400 www.luminarium.com.br


a r q u i t e t u r a

Com proporções de 600 m², esta casa está localizada em um condomínio de luxo na cidade de Ponta Grossa, no Paraná. O proprietário, um empresário bem sucedido, contratou o arquiteto curitibano Ivan Wodzinski para cuidar do projeto, cheio de luxo, sofisticação e imponência – traços marcantes do trabalho de Wodzinski.

CENÁRIO MARCANTE Crédito: Rodrigo Ramirez

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

80-81


Além de requintados, todos os ambientes são muito integrados, práticos e de fácil manutenção. O arquiteto cuidou para não desperdiçar nenhum espaço e também para fazer o máximo aproveitamento da luz natural. Outro cuidado foi manter a sintonia entre interior e exterior da residência, com a predominância do mesmo gênero de materiais, como pedra, madeira, linho, cerâmicas, seda, fibras, etc. além da cartela de cores suaves como bege, marrom e cinza. A casa é térrea, mas divide de forma óbvia e prática a área íntima do espaço social. O salão principal é integrado com o terraço, que tem pé-direito alto, e com a piscina e jardim. A sala de jantar e gourmeteria (foto acima) permitem acomodar inúmeras pessoas confortavelmente para as refeições. A mesa de jantar para 14 pessoas tem tampo de cristal. Já o móvel da gourmeteria

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

82-83

leva o desenho do arquiteto. Feito em radica de im-

Cheio de detalhes, um espaço do living ganhou

buia a peça aproveita o pé-direito alto e leva a cor

poltronas clássicas e quadro conceitual, ao fundo

marrom para dar aconchego ao ambiente.

fica o hall de entrada.


Com espaço amplo, o salão integra as áreas de hall, living, home theater, jantar e gourmeteria com churrasqueira. Na vista geral do living com o home theater, móveis em tons claros da Artefacto e painel do Home em Radica de Imbuia.

Vista do Hall de Entrada (foto a esquerda), ambiente que se une a sala através de uma imensa porta, sempre nas cores bege e branco, explorando o limestone Vermont e a luminária em latão dourado fosco.


A casa conta com três suítes. Como os filhos são casados e eventualmente se hospedam na casa dos pais, os quartos receberam duas camas de casal, para que acomodem também os netos. O quarto do filho recebe tons de marrons, tapete em tons de bege, mobiliário Artefacto, piso em madeira Sucupira. Já o quarto da filha é mais suave e romântico, com tons verde água e cru, que combinam com a parede que recebe papel com tema provençal. Na suíte do casal, o luxo toma conta com o predomínio da cor cinza, papel de parede e roupas de cama sofisticadas. A mesa lateral recebe espelho bronze e completa o requinte do espaço. Donatelli (41) 3224 1844 www.donatelli.com.br Indusparquet (41) 3528 7434 www.indusparquet.com.br Kitchens (41) 3342 7017 www.kitchens.com.br

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

84-85

NPK Mármores (41) 3377 2601 www.npk.com.br

Ivan Wodzinsky Arquiteto Curitiba (41) 3027 6854 www.ivanwodzinsky.com.br


2013 2013 collection collection


a p a r t a m e n t o

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

88-89

m o d e l o


sentidos

todos os

Um refúgio para um jovem casal e ao mesmo tempo um confortåvel lar para receberem muitos amigos. Essas foram as premissas para o projeto de interiores de um dos quatro apartamentos decorados do Villa dos Corais Residence, da Aliança Empreendimentos.


Localizado de frente para o mar de Itapema, o apartamento é amplo, conta com uma enorme área social totalmente entegrada, que ganha diferentes ambientes, mesmo sem barreira visual. A arquitetura de interiores leva a assinatura da arquiteta Isabel Cristina Maus e segue um estilo moderno e sofisticado. Para a área social, Isabel escolheu cores neutras e sóbrias, com tons terrosos, contudo, destacou o projeto luminotécnico, como as sancas no gesso que ganharam iluminação amarela.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

90-91


A cozinha promete deixar o ato de cozinhar ainda mais prazeroso. É super moderna, prática e funcional, com poucos elementos decorativos e superfícies que facilitam a limpeza. O amarelo é o grande destaque e dá alegria ao ambiente, que tem como base a cor cinza.


A suíte máster é um dos ambientes mais importantes do apartamento do jovem casal. Moderno e inspirador, foi projetado nos mínimos detalhes para que transmitisse boas sensações. A cama é totalmente revestida com tecido de cor moderna e sensual. Já o romantismo fica por conta das poltronas florais, objetos decorativos e do papel de parede.

No total, o apartamento conta com quatro suítes. Uma delas é esta suíte de casal onde o espelho sobre a cama e o tapete listrado dão sensação de amplitude ao espaço. Destaque para a mesa de cabeceira, totalmente espelhada.

Aliança Empreendimentos Itapema-SC villadoscoraisresidence.com.br Bontempo (47) 3345 1313 www.bontempo.com.br MK Som (47) 3360 8501 www.mksom.com.br

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

92-93

Solaris Decor (47) 3360 7888 contato@solarisdecor.com www.solarisdecor.com

Isabel Cristina Maus Arquiteta Itapema (47) 9603 2866


URBANISMO

Qualidade para o espaço urbano Todo e qualquer projeto arquitetônico pode proporcionar benefícios para a cidade, transformando espaços urbanos

A cidade, como espaço de convívio e trocas

Temos que reconhecer que a grande maioria

sociais entre a comunidade, depende direta-

destes investimentos não qualifica o espaço

mente da qualidade de seus espaços públicos

urbano em que foi inserido. De fato, ele não

para garantir a qualidade de vida de seus cida-

foi pensado para isso, seu objetivo final e dire-

dãos, entre outras necessidades como transpor-

to é o máximo aproveitamento do terreno para

te público, saneamento básico, preservação de

construção e seu lucro imediato. Essa vontade

seu patrimônio e praças urbanas, etc.

insaciável de lucro passa por cima dos inte-

Nós, arquitetos, temos a obrigação de, a cada

resses que deveriam nortear toda e qualquer

projeto desenvolvido, ao menos tentar trans-

construção, a melhoria do espaço urbano, ou

formar aquele espaço urbano, aquele bairro,

seja, a qualificação do espaço da cidade. Como exemplo de uma pequena contribuição

paço de melhor qualidade do que ele é hoje.

para a cidade, colaborando com a configuração

Todo e qualquer projeto pode vir a proporcio-

do caráter deste bairro e destas ruas em que

nar este benefício para a cidade, esta “gentile-

estão inseridos, estes dois projetos de peque-

za urbana”.

nos conjuntos residenciais (um com 4 unidades

Os projetos aqui apresentados são típicos do

e outro com apenas 3 unidades), projetados

construtor particular, uma pessoa que opta por

para as cidades de Penha e de Balneário Piçar-

investir seu capital, não em poupança, ou outro

ras, ambas localizadas no litoral norte catari-

fundo de investimento, mas sim na construção

nense, buscam proporcionar algo novo para a

civil. Sem ter conhecimento específico para

cidade, um espaço de encontro, um local para

isto, ele passa a acompanhar o andamento de

lazer, para o ócio, para a contemplação. Uma

uma obra, pois esta obra é o seu investimento

pequena praça foi criada a fim de qualificar

financeiro. Uns mais bem servidos de profis-

este espaço da cidade, abrindo mão de uma fa-

94-95

sionais arquitetos, engenheiros e construtores,

tia do terreno para um bem maior.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

aquela rua que estamos modificando, num es-

outros nem tanto, começam a construir algumas das paisagens da nossa cidade.

Esta pequena praça, que certamente atrairá a atenção das crianças e famílias que ali por per-

Cada edifício é apenas uma parte de um todo muito maior que é a cidade, e que sempre deve ser priorizado


Conjunto de residências desenvolvido para a cidade de Balneário Piçarras, destaque para o painel artístico voltado para a praça / cidade.

to moram, foi criada para a cidade, sem prejudicar o investidor, pois isto certamente valorizará este conjunto de casas. Porém, sabemos da dificuldade dos incorporadores e investidores considerarem esta hipótese, de doar algo para o bem público, sem que isto lhe traga maiores lucros. Logicamente, esta é uma visão destruidora, um capitalismo selvagem, que não considera um investimento mais inteligente, mais adequado ao local, a nossa época e a nossa cidade. A melhor ação que poderia ocorrer nestas e em outras cidades seria a criação de uma lei

Será que podemos almejar construtores e

onde os investimentos imobiliários que ocu-

investidores conscientes de que o seu papel

passem a esquina das quadras, fossem obriga-

dentro de uma sociedade é muito mais amplo

dos a deixar uma de suas laterais para uso pú-

do que apenas ter um empresa lucrativa?

blico, buscando com isso proporcionar à cidade

Será que podemos esperar que estas cons-

e às pessoas a melhoria de seu espaço urbano

trutores vejam que são responsáveis pela

através de investimentos particulares.

construção de nossas cidades e de nossas pai-

Também sabemos que este espaço residual,

sagens urbanas? É assim que devem se com-

que seria abdicado pelo investidor, de forma

portar, sempre preocupados com o cenário ur-

alguma, abala o seu lucro final. Sim, ele conti-

bano que criam seus investimentos, certos de

nuaria construindo, movimentando a economia

que cada edifício é apenas uma parte de um

e juntamente com isto estaria espalhando pe-

todo muito maior que é a cidade, e que sempre

quenas praças por nossas cidades.

deve ser priorizado.

Conjunto de residências projetado para a cidade de Penha.

Pablo José Vailatti PJV Arquitetura Penha (47) 3345 0535


d e s i g n

LIGHTING DESIGN

EM ALTA no Brasil

A iluminação em projetos arquitetônicos ganha cada vez mais importância por sua qualidade, eficiência e ousadia Por Roberto Mannes Jr.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

96-97

Museu de Arte do Rio (MAR) com projeto de lighting design assinado pelo Estúdio Carlos Fortes.


Profissionais que dedicam suas carreiras à arte e

proposta arquitetôni-

à ciência da iluminação, os lighting designers con-

ca propunha a manu-

quistaram reconhecimento do mercado quando o

tenção da fachada do

assunto é a importância da iluminação em um pro-

Palacete Dom João VI,

jeto. No Brasil, nomes como Carlos Fortes e Ricar-

em estilo eclético, o

do Heder têm ganhado destaque pela qualidade e

lighting designer criou

ousadia de seus projetos.

uma

iluminação

de

Um ramo formado basicamente por arquitetos

dentro pra fora do pré-

e designers, dentre as necessidades atendidas

dio para mantê-lo vivo.

por esses profissionais estão, em primeiro lugar,

Outro

projeto

de

o atendimento às necessidades das pessoas que

destaque, a nova Ga-

irão utilizar o espaço. A escolha de produtos ren-

leria Leme, em São

táveis e eficientes em termos energéticos, solu-

Paulo, é assinado pelo

ções de iluminação que atingem o equilibrio per-

escritório de arquite-

feito entre função e estética e o fato de fortalecer

tura Metro Arquitetos,

o espaço com ideias criativas são determinantes

e traz o trabalho do

e justificam o ofício desse profissional hoje.

lighting designer Ricardo Heder, da Lux Proje-

Em sentido horário (1ª e 3ª foto): Nova galeria Leme, em São Paulo.

Estudos mostram como a qualidade da luz afeta

tos. A nova Galeria Leme é uma reconstrução do

as pessoas de maneiras diferentes, seja em casa,

primeiro edifício, com projeto de Paulo Mendes

no ambiente de trabalho ou, até mesmo, na atrati-

da Rocha e Metro arquitetos, demolido no final

vidade do público para uma loja, parque ou museu.

de 2011. Além da reprodução do projeto origi-

Não é segredo que as pessoas são atraídas para

nal foi acrescentado um anexo, um cubo de 9 x

instalações bem iluminadas. Uma boa iluminação

9 metros, ligado ao edifício principal por uma

Museu de Arte do Rio (MAR) com projeto de lighting design assinado pelo Estúdio Carlos Fortes.

melhora o humor e conveniência destes espaços

ponte no pavimento superior. Os espaços ad-

Crédito: Jaime Acioli

e contribui muito para o sentimento de bem-estar.

ministrativos contam com claraboias e janelas

Assinado pelo Estúdio Carlos Fortes, com cola-

e estão dispostos sobre os espaços expositivos,

boração de Gilberto Franco, o projeto de lighting

que tem entre seis e nove metros de altura,

design do Museu de Arte do Rio (MAR), um com-

também com iluminação zenital.

plexo que une museu e escola em 15 mil m², loca-

Nessa mesma linha de raciocínio, universida-

lizado na Praça Mauá, representa um dos marcos

des de todo país tem oferecido aos jovens pro-

do Porto Maravilha, projeto da Prefeitura do Rio

fissionais da área opções de cursos em ‘lighting

de Janeiro de revitalização da sua zona portuária.

design’. Nada mal para um segmento cuja ten-

Nesse projeto, Fortes partiu de uma prerrogativa

dência é crescer, com o objetivo de melhorar a

comum aos museus: a necessidade de se evitar a

relação das pessoas com o entorno e gerar valor

entrada de luz direta tampando janelas. Como a

aos projetos.

Crédito: Leonardo Finotti.


ARTI G O

Prosopopeia de valores Os mascotes personificam as marcas e agregam credibilidade, mas seu uso deve ser uma decisão cuidadosa plo, se transformou no embaixador da McDonald’s Os estudos da linguagem apontam a prosopo-

junto das crianças, de reconhecimento imediato

peia como a figura pela qual se dá vida, voz e ação

e ligação exclusiva com a rede de fast-food. Ao

a objetos inanimados. Personificação. O radical Pro-

contrário, a imagem do coelho das pilhas de longa

sop, do grego, significa “rosto, face”. Esse é justa-

duração está dividida entre as marcas Energizer e

mente o principal objetivo das mascotes de marca.

Duracell. Uma disputa que obrigou as empresas a

Personificar, dar um rosto à imagem do anunciante

uma separação de mercados: nos Estados Unidos o

e, se possível, ao seu principal benefício/caracterís-

coelho é usado pela Energizer, já na Europa é usado

tica. Tomemos os coelhos mascotes das marcas de

pela Duracell.

pilhas Energizer e Duracell. Não só transmitem os

O uso de mascotes, porém, implica na neces-

valores da marca, mas representam o principal be-

sidade de abordagens uniformes, consistentes e

nefício do produto – pilhas de longa duração.

de interação contínua com o público, adotando a

Não data de hoje a criação de mascotes para a publicidade. No período pós-guerra, publicitários e ilustradores já focavam seus esforços na criação de bonecas de cerâmica que tinham como objetivo identificar-se com uma marca determinada. Foi Rodrigo Oliveira é redator da Free Multiagência. Especialista em Comunicação Publicitária pela UTP - Universidade Tuiuti do Paraná e em Estudos Literários pela FURB - Universidade Regional de Blumenau. É autor de Selenita (2011).

a forma de dinamizarem as marcas, de aproximá-las do

O uso de mascotes implica na necessidade de abordagens uniformes, consistentes e de interação contínua com o público

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

ou símbolo – tão precioso quanto o próprio logo da empresa. Diversos fatores ainda influenciam a criação e uso de mascotes, inclusive uma avaliação precisa se esta é, ou não, uma estratégia adequada; uma vez que uma mascote demanda grandes investimentos,

consumidor num período marcado pela explosão de

cuidados e regularidade de exibição, sob pena de

consumo que prenunciaria nossos dias atuais. Esse

perder notoriedade, ligação com a marca ou sua

período foi marcado pelo surgimento de importan-

própria personalidade, de acordo com as estraté-

tes mascotes, como o tigre Tony, dos cereais matinais

gias de comunicação traçadas.

Kellogg’s no início dos anos 50.

98-99

personagem como ícone –

O uso da prosopopeia está embasado não tanto

Mascotes são testemunhos. A personagem torna-

na forma, que dá vida a animais ou objetos inani-

-se porta-voz da marca. A mensagem anunciada

mados, mas no conteúdo destas personagens. Que

passa a não ser dita mais pela marca, mas por uma

digam Lewis Carroll, J.M. Barrie, Walt Disney e tan-

terceira pessoa (a personagem), agregando a si

tos outros – isso além da maioria de nossas fábulas

mais credibilidade.

infantis. Para as mascotes de marcas, assim como

Fundamental na criação da mascote é a associação entre ela e a marca que representa. A associação deve ser imediata. Ronald McDonald, por exem-

para qualquer personagem pública, um rostinho bonito apenas, já não basta.


Built to Suit Investimento do capital na vocação da empresa pada. Outra importante alteração diz respeito à possibilidade de renúncia a ação revisional. Para No mercado imobiliário a expressão “built to

o locador que promoveu um relevante investi-

suit” significa “construção sob encomenda”. Essa

mento é plausível que espere um retorno de lon-

modalidade de locação comercial vem ganhando

go prazo com o aluguel do imóvel. Uma eventual

evidência, em especial após a publicação da Lei

redução nos valores planejados poderia lhe tra-

12.744 de 20/12/2012 que objetivou regula-

zer prejuízos irrecuperáveis.

mentar uma prática existente em diversos países, mas ainda, pouco propagada no Brasil. Na espécie built to suit o locador/investidor compra, edifica ou reforma substancialmente um imóvel comercial com as características desejadas pelo locatário. A contrapartida é um contrato por prazo determinado mais longo a fim de possibilitar o retorno sobre o investimento. Os contratos do tipo built to suit, geralmente de grande investimento, não estão abarcados pela Lei de Locações e são Gleidson Henrique Karnopp é advogado, especialista em Direito Imobiliário, inscrito na OAB/SC sob n° 28.378 e proprietário da Karnopp Advogados em Joinville.

considerados atípicos. A recente modificação na lei

Interessante analisar que uma alteração aparentemente simples trouxe reflexos positivos para todos os envolvidos. O locador ganha se-

A fatia de dinheiro que seria aplicada na compra e construção de uma unidade é direcionada para a vocação do negócio

gurança jurídica ao passo que seu investimento passa a contar com garantia de retorno. Ao locatário, por sua vez, é permitido negociar as características do imóvel que melhor se adequam ao seu empreendimento e, principalmente, destinar seus recursos para o foco do negócio, sem a necessidade de imobilização de capital. A fatia de dinheiro que seria aplicada na compra e construção de uma unidade é direcio-

veio colaborar para uma significativa redução na

nada para a vocação do negócio. Há que se consi-

insegurança jurídica que permeava esses con-

derar ainda o aspecto tributário, dependendo do

tratos. Pela nova redação é permitido às partes,

regime contábil da organização.

por exemplo, negociarem a multa rescisória pela

Por fim, é importante destacar que os créditos

saída antecipada do locatário. Tal multa poderá

decorrentes de contratos “built to suit” são passí-

ser cobrada pelo locador em valor equivalente à

veis de securitização, ou seja, o investidor pode ce-

soma dos aluguéis remanescentes até a data fi-

der o recebimento a terceiros, permitindo a emis-

nal estabelecida no contrato.

são de Certificados de Recebíveis Imobiliários.

Estima-se uma redução nos valores de aluguel dessa espécie, uma vez que tende a minimizar eventual prejuízo causado pela rescisão anteci-


ARTI G O

Incentivos para a construção A desoneração na folha de pagamento e redução da alíquota para as incorporações com regime especial de tributação lação e refrigeração, obras de fundações e serviços especializados anteriormente, obras de acabamenApós diversas manifestações e reivindicações

to e outras de acabamento da construção, obras de

do setor da construção civil, o Ministro da Fazenda,

fundações e serviços especializados para constru-

Guido Mantega, anunciou no final do ano passado

ção não especificados anteriormente.

mudanças significativas ao setor, o que nos impor-

Já no que se refere ao Regime da Afetação na

ta destacar a alteração na Lei 12.546/11 quanto

Incorporação imobiliária, a cita Medida Provisória

às contribuições previdenciárias e a redução da

alterou parte da Lei nº10.931/04 no que dispõe

alíquota prevista na Lei 10.931/2004 referente ao

sobre as empresas construtoras que adotem o Re-

Regime Especial Tributário, atribuído às construto-

gime Especial Tributário submetido ao sistema do

ras subordinadas ao Patrimônio de Afetação.

Patrimônio de Afetação; neste passo e com tal alte-

Sendo assim, conforme previsão da Medida Provisória 601/2012 que alterou a citada Lei 12.546/2011, a partir de abril de 2013 até dezembro de 2014, as empresas do ramo da construção civil serão incluídas no rol de empresas submetidas à alíquota de 2%, para recolhimento da contribuição previdenciária de seus trabaCarolina Pavão é advogada no escritório Bonikoski & Associados Advocacia Tributaria e Empresarial, em Joinville. É pós-graduada em direito tributário e pós-graduanda em direito previdenciário.

lhadores sobre sua receita bruta, substituindo assim os 20% sobre a folha de pagamento,

A partir de abril de 2013 até dezembro de 2014, as empresas do ramo da construção civil terão benefícios

ração passou a Lei a viger (artigo 4º) sobre a redação de que, para cada incorporação submetida ao regime especial de tributação, a incorporadora ficará sujeita ao pagamento equivalente a 4% da receita mensal recebida, que corresponderá ao pagamento mensal unificado dos impostos e contribuições devidos pela Construtora e não mais 6% como estabelecia a Lei 10.931/04. A divisão dos 4% será da seguinte forma: CO-

conforme artigo 8º da MP; excluindo, entretanto,

FINS (1,71%), contribuição social (0,66%), Imposto

as vendas canceladas e possíveis descontos in-

de Renda (1,26%) PIS/Pasep (0,37%). Para concluir, vale ressaltar que a citada alíquota

Tal alteração está direcionada às empresas en-

de 4% será reduzida a 1% para projetos de incor-

quadradas nos grupos 412, 432, 433 e 439 da

poração de imóveis residenciais de interesse so-

CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econô-

cial (enquadradas no programa Minha Casa Minha

micas) 2.0, nos parâmetros do inciso IV do artigo 7º

Vida) nos parâmetros do artigo 4º, §6o e §7o da Lei

da aduzida Medida Provisória, no qual tais códigos

10.931/04 de forma a incentivar ainda mais seu

100-101

respectivamente dizem respeito aos setores de ati-

uso nos empreendimentos imobiliários.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

condicionais concedidos.

vidade da construção civil de edifícios, instalações elétricas, instalações hidráulicas, sistemas de venti-


ARTI G O

Os agentes da mudança Gestão de pessoas: é preciso valorizar e trabalhar o capital humano e seu potencial A visão equivocada do setor de RH faz com que a organização perca um grande aliado no planeÉ tradicional e conservador o pensamento de

jamento estratégico, desconsiderando o capital

que “gestão de pessoas” é de responsabilidade

humano envolvido e seu potencial. Empresas

de um designado setor, específico nas organiza-

com visão equivocada costumeiramente perce-

ções, denominado de RH ou GP. Em decorrência

bem o setor como responsável apenas pela emis-

deste pensamento, muito das atribuições dos

são de folha de pagamento, controle do ponto,

gestores foram erroneamente repassadas para o

recrutamento e seleção e outras atividades bu-

setor designado, centralizando as ações sob res-

rocráticas. Não desconsidero ou minimizo estas

ponsabilidade de planejamento e execução do

atividades, pelo contrário, são de muita impor-

RH, perdendo o caráter participativo

de gestão

de pessoas. Observa-se que, gradativamente as organizações percebem a necessidade do caráter coletivo de gestão de pessoas, não mais centralizando

as

ações

e alienando gestores de suas responsabilidades.

tância, mas existem outras

A visão equivocada do setor de RH faz com que a organização perca um grande aliado no planejamento estratégico

Percebe-se a tendência

atividades

estratégicas

passíveis de implantação e que maximizam a ação do setor e proporcionam ganhos organizacionais. As empresas necessitam ter clareza da importância estratégica de Gestão de Pessoas, em contrapartida os profissionais devem estar mui-

Alcir Ribeiro Júnior é psicólogo na Orghes Consultoria em Gestão de Pessoas.

de pensamento de que gestão de pessoas é de

to bem informados sobre as práticas que levam

responsabilidade de todos os gestores da em-

conhecimento e habilidades necessárias para

presa e que juntamente com o RH serão coorde-

alcançar os resultados exigidos pela organiza-

alcir@orghes.com.br

nadas as atividades e construídas coletivamente.

ção e pelo mercado altamente competitivo.

Cabe ao RH organizar, planejar e coordenar as

Muitas empresas não comportam um pro-

atividades de gestão com auxílio de uma equipe

fissional apenas para gestão de pessoas, mas

de gestores, formada por profissionais compe-

não significa que as responsabilidades se

tentes para o alcance das metas da empresa.

tornem dispensáveis. É relevante que estas

Em sua essência, esta é uma das funções mais

responsabilidades sejam praticadas, indepen-

nobres da organização, pois nela cabe identifi-

dente do tamanho da empresa, adaptadas à

car necessidades, propor alternativas, elaborar

sua realidade.

e auxiliar na aplicação de projetos para alcance das metas.


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

102-103


d e s t a q u e

s o c i a l

profissional de ouro

Esquerda: Cátia com os profissionais premiados, Erico Luiz da Conceição, que viaja para Las Vegas, Suâmi Pedrollo que vai a Porto de Galinhas e Ana Luísa Reis Panozzo e Artur Henrique dos Santos, do escritório Arqtetos, premiados com uma viagem para Natal.

requinte da alta gastronomia, com menu assina-

Direita: O casal Catia e Marcelo Bastos, anfitriões da festa.

do pelo renomado chef Rossano, ao o bom gosto

A Combinare, de Balneário Camboriú, uniu o

pela música, com o duo Daniel Monteiro e Saxofonista, para comemorar a premiação da campanha Profissional de Ouro.

premiação

As construtoras J.A.Russi, Aliança e Embraconci,

A Formaplas premiou 59 arquitetos de diversos

de Itapema, inovaram no marketing de vendas con-

locais do Brasil na 6ª edição do programa de re-

vidando a ex-panicat Aryane Steinkopf para entre-

lacionamento da marca. O evento aconteceu no

gar a tabela de vendas de março aos corretores de

badalado restaurante Donna Jurerê, em Jurerê In-

imóveis participantes da promoção Acelera 2013,

ternacional, uma das praias mais famosas de Flo-

que irá premiar os corretores de imóveis com duas

rianópolis. Os profissionais premiados passaram o

104-105

BMWs zero no mês de abril. Na foto, Felipe Reis,

final de semana no luxuoso hotel Il Campanario.

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

belo incentivo

Ricardo Serpa, Aryane e Leandro Chiamenti. Crédito: João Souza


Estrela internacional

é top Para promover a campanha Top de Vendas a Em-

Balneário Camboriú ganhou ares hollywoodia-

braed trouxe a palestra motivacional “Uma venda

nos com a presença de Sharon Stone em evento

não ocorre por acaso: é simples, mas não é fácil”

VIP da FG Empreendimentos. O majestoso FG Ce-

do renomado especialista internacional Lair Ribei-

lebrity Party reuniu mais de 1000 convidados de

ro. O evento aconteceu dia 19 de março no Centro

frente para o mar, com uma vista privilegiada da

de Eventos do Infinity Blue Resort & SPA e contou

bela praia de Balneário Camboriú. Com direito a

com a presença de mais de 900 corretores imo-

tapete vermelho, luzes, fotógrafos, e muitos fãs na

biliários. Na foto, os anfitriões Rogério Rosa, pre-

entrada do evento. A atriz, que é garota propagan-

sidente do Grupo Embraed e a diretora executiva

da da construtora, não poupou elogios ao Brasil

Adriana Amorim, com o palestrante.

“Trouxe a minha família, meus filhos e meus me-

Crédito: Bruno Machado/Embraed

lhores amigos. Este é um lugar que vou continuar vindo e vou passar meus melhores dias no futuro.”, disse no pequeno discurso que fez. Na foto o Diretor Presidente da FG Empreendimentos Jean Graciola, Sharon Stone e Francisco Graciola – Presidente do Conselho Administrativo da FG.

Karim Rashid, um dos designers contemporâneos mais conhecidos do mundo, esteve presente no evento apresentando diversas coleções assinadas para a catarinense Oxford.

Maurício Tawli, diretor da Duo Design, o deco-

bem assinado

rador João Armentano, que assinou uma coleção para a Duo Design,

No mês de março aconteceu em São Paulo a

com Mauro Jordão,

Gift Fair, uma das maiores feiras de artigos para a

presidente da Laço,

casa, decoração e design da América Latina. Além

empresa organizadora

da apresentação de tendências para a moda casa,

da Gift Fair e D.A.D e

algumas marcas investiram no design assinado

Alessandro Jordão,

por famosos do mundo decor.

artista plástico.


s o c i a l

Noite de gala na Premiação NDVale O luxo e a sensualidade da Turquia foram transformados em uma grande festa pelo Núcleo de Decoração do Vale. Com decoração temática, o evento

1 2

marcou a premiação no programa de incentivos 2011/2012 da entidade e anunciou os ganhadores de viagens para Istambul e Chile. Cerca de 500 convidados se surpreenderam com as atrações da noite, como as apresentações de dança do ventre com um grupo de bailarinas de Curitiba, que trouxeram à cena o ritmo envolvente da cultura oriental. Em noite de gala, os profissionais premiados chegaram ao evento de Limusine e adentraram ao Maria’s Shows e Eventos por um enorme tapete vermelho. (1) Dança da serpente (2) Deisi Priori, Solange Hadlich Sedrez, Marco Aurélio Sedrez e Debora Costa (3) Mariana Spengler e Silvia Spengler, da Loja Spengler Decor, premiada pelo maior relacionamento com profissionais (4) Simara Deolla, Leo Chanin, Moacir Schmitt Jr., Suâmi Pedrollo, Luana Flava e Marcio Moreal (5) Carlinhos Berlatto e a premiada Carina Negrini (6) Vice-presidente do NDVale Haiko Schroer, Erico Luiz da Conceição, Silvia Pedrassani

5

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

106-107

3

4

6


7

8

10

9

11

12

(7) Débora Rosa, o presidente do NDVale Sidney Rosa, e os profissionais Phillippe Siarcos e Ana Claudia Guerra, que ficaram com o primeiro lugar na premiação (8) Gustavo Chanin, Vanessa Schmidt, Leo Chanin, Flávia de Carvalho (9) Profissional premiada Luciana Pereira chegando ao Maria’s de Limousine (10) Kelyne Bins de Marco e Indiara Darós Barbieri (11) Salvio Junior e Moacir Schmitt Jr. (12) Cibeli Spolti e Claudia Sella da Brinna


a g e n d A

8 a 30/06

CASA COR SANTA CATARINA A maior mostra de decoração do estado inova em 2013. A Casa Cor Santa Catarina acontecerá simultaneamente no empreendimento Simphonia Woa Beiramar, dentro do condomínio Jazz Club, em Florianópolis, e na Praia Brava, em Itajaí, no Riviera Concept, o primeiro complexo multiuso do estado. Um único ingresso dará direito a visitar as duas sedes da mostra, independente da data de compra. Mais informações: www.casacor.com.br/santa_catarina

15 a 17/05 EXPOGESTÃO

Joinville recebe um dos mais importantes tivos do Brasil, que

CASA COR SÃO PAULO CASA COR RIO GRANDE DO SUL

reúne líderes empre-

No mês de maio também iniciam outras duas edi-

sariais, executivos e

ções da Casa Cor. Em São Paulo acontece do dia

gestores de todo o

28 de maio até 23 de julho, no Jockey Club. No

país para fortalecer

Rio Grande do Sul o evento inicia antes, no dia

relacionamentos e

24, e segue até 14 de julho.

encontros corpora-

trocar experiências de sucesso. O congresso acontece no Centreventos Cau Hansen e conta com uma seleção especial de temas e palestrantes, baseada nos cenários atuais. Paralelamente acontecem workshops e uma feira de negócios. DESTAQUEIMOBILIÁRIO

108-109

Mais informações: www.expogestao.com.br

Mais informações: www.casacor.com.br


27 a 29/05 MACEF BRASIL

A MACEF Brasil | Internacional Home Show é uma feira profissional e dirigida de artigos para a casa, segmentada em dois grandes setores: Acessórios de Decoração e Utilidades Domésticas. Reunirá, em apenas três dias, toda a cadeia produtiva do setor, atraindo compradores qualificados do Brasil e do exterior. Acontece no Centro de Convenção Frei Caneca.

14 a 17/05

Mais informações: www.macefbrasil.com.br

MÓVEL BRASIL

Com foco no mercado nacional, a feira Móvel Brasil conta com mais de 150 ex-

21 a 23/05

mente do planalto

CONGRESSO E FEIRA INFRA

norte catarinense,

O 10ª Congresso e

que apresentam pro-

feira INFRA é o maior

dutos de qualidade,

Encontro de Líderes

com design perso-

da América Latina em

nalizado e voltado

Gestão de Infraestru-

para o consumidor

tura e Serviços em

brasileiro. O evento

Ambientes Constru-

ocupará uma área de

ídos. Acontece no

mais de 10 mil m² no

Centro de Conven-

Centro de Eventos

ções Frei Caneca,

Promosul, em São

em São Paulo. Reúne

Bento do Sul.

gestores da área de

EXPOSEC

positores, especial-

14 a 16/05

construção, mobi-

Acontece no Centro de Exposições Imigrantes a Fei-

Mais informações:

liário, climatização,

ra Internacional de Segurança, das 13h às 20h30. O

www.movelbrasil.com.br

serviços, tecnologia

evento reúne soluções, conhecimentos e tecnolo-

entre outros.

gias para todos os segmentos de segurança, seja ela pessoal, residencial, empresarial, etc.

Mais informações: www.eventosinfra.com.br

Mais informações: www.exposec.com.br

A Câmara de Vereadores de Jaraguá do Sul ficou ainda mais .legal www.jaraguadosul.sc.leg.br


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

110-111


CLASSIFICADOS

JOINVILLE

CONDOMÍNIO

KR033 - Saguaçu - Lindo Sobrado em condomínio fechado com 330m² de muito bom gosto requinte 4 suítes, estar, jantar, TV, lavabo, cozinha, área de serviço, área de churrasqueira, bwc, serviço garagem p/ 3 carros.

IMÓVEL COMERCIAL KC001 – Glória – Prédio Comercial com 6 pavimentos 53 vagas de garagens, acabamento Premium.

R$ 9.000.000,00 ou locação R$ 58.000,00

R$ 1.250.000,00

ÓTIMO IMÓVEL

KR085 - América - Ótimo imóvel p/ comercial ou residencial c/173m² área construída e terreno c/ 780m². Averbado. R$950.000,00

CASA GEMINADA

KR060 - Floresta - Localização privilegiada linda Res. geminada seminova, Suíte c/closet 2dormitório bwc social, lavabo, estar, jantar, cozinha, churrasqueira. Aceita permuta por apto até R$ 150.000,00 R$ 298.000,00.

OPORTUNIDADE

KR074 - Costa e Silva - Casa térrea 200m², 2 suíte, 1 dormitório, piscina, porcelanato, cozinha mobiliada, rua asfaltada, espaço gourmet, próximo Embraco / Wetzel. Aceita terreno Glória, Saguaçu, costa e Silva até 210 mil ou carro.

ALTO PADRÃO

KR014 - Glória - Condomínio com apenas 4 geminados. Acabamento de alto padrão c/ 132,00M² de área construída com suíte com closet e 2 vagas garagens. R$ 370.000,00

R$ 480.000,00

LINDO SOBRADO

KR038 - Saguaçu - Lindo Sobrado com 1 suíte, 2 dormitórios, sala de estar e jantar, cozinha, 2 bwcs, escritório com sacada, lavanderia, churrasqueira, 2 garagens. R$ 720.000,00

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

112-113

www.koncreta.com.br

BOA LOCALIZAÇÃO

KC002 – Centro - Excelente imóvel comercial, Ideal para escritório. Térreo e mais 3 pavimentos. Estuda Proposta, imóvel tanto para venda quando locação. R$ 2.500.000,00. Ou 12.000,00. .


CLASSIFICADOS

Jaraguá do sul

BLUE CHIP CENTRO EXECUTIVO

BONS NEGÓCIOS PODEM NÃO TER O MESMO SEGREDO, MAS VÃO TER O MESMO ENDEREÇO. Um upgrade na vida do seu negócio. Criado não só para instalar empresas, mas também para valoriza-las. Com essa missão nasceu o Blue Chip, o mais completo centro executivo de Jaraguá do Sul’. - Mais de 17 mil m² de área construída; - 153 Salas comerciais para escritório; - 9 Lojas e 1 bistrô; - 1 Sala de reunião em cada pavimento; - Estacionamento privativo. Consulte preços e condições

ED. ELEGANS – CENTRO

ED. IMPERIALIS – BARRA DO RIO CERRO

ED. GALAXY – BAEPENDI

ED. GRACILIS – JARAGUÁ ESQUERDO

Apartamentos com suíte + 01 ( 79m² e 83m²) e suíte + 02 (107m2). Áreas socias entregues totalmente equipadas e decoradas. Entrega para set/2013.. Preço: A patir de R$ 248.900,00

DESTAQUEIMOBILIÁRIO

114-115

Apartamentos com suíte + 02 ( 115m²) e 02 vagas de garagem. Áreas sociais serão entregues totalmente equipadas e decoradas. Entrega para Nov/2014. Preço: A partir de R$ 335.000,00

Apartamentos com 02 quartos ( 66,19m²). Áreas socias mobiliadas e decoradas. Apartamento pronto para morar e financiar. Preço: A partir de R$ 193.000,00

Apartamentos com suíte + 01 quarto ( 77,00m²) e suíte + 02 quartos (84m²) . Áreas socias mobiliadas e decoradas. Apartamento pronto para morar e financiar. Preço: A partir de R$ 199.000,00

www.marleneizidoro.com.br


TERRENO COMERCIAL NOVA BRASÍLIA

Localização: Rua José Emmendoerfer. Terreno de 1.456m² com 02 casas: - uma de 292m² de área construída; - uma de 192m² de área construída.

CASA COMERCIAL CENTRO Casa localizada na Rua Marina Frutuoso com terreno de 865m². Preço: R$ 890.000,00

Preço: consulte-nos

ED. ROYAL BARG CENTRO 01 Suíte + 02 dormitórios, 140 m² de área privativa e 02 vagas de garagem. Preço: R$ 650.000,00

OPORTUNIDADE

BALNEÁRIO CAMBORIÚ ED. SAINT GERMAN Suíte + 01 dormitório, prédio com 02 elevadores, salão de festas, 4 aptos por andar e 01 vaga de garagem. Rua 2450.

CASA COMERCIAL RAU

Casa localizada na Rua Erwino Menegotti, com 299m² de área construida e 651m² de terreno. Preço: R$ 450.000,00

ED. TORRE D`NAPOLI REZIDENZE BALNEÁRIO CAMBORIÚ

03 suítes, 03 vagas, 360m² de área total, apto no andar 27, Rua 1201. Preço: R$ 1.400.000,0

Preço: De R$ 550.000,00 por R$ 480.000,00

ED. SOLAR DI MANSANI

BALNEÁRIO CAMBORIÚ Suíte + 01 dormitório, localizado próximo a Havan, Rua 3100, 01 vaga de garagem. Cozinha mobiliada. Preço: R$ 380.000,00

ED. LE MAJESTIC BALNEÁRIO CAMBORIÚ

03 suítes, 03 vagas, andar 19, Rua: 3551 Preço: R$ 1.400.000,00


DESTAQUEIMOBILIÁRIO

116-PB

Revista Destaque Imobiliário - Abril 2013  

Para informações ou para anunciar entre em contato com nosso departamento comercial pelo e-mail: comercial@destaqueimobiliario.com

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you