Deccs Skateboarding Magazine #112 - Revista Skate

Page 1




Skatista: Gustavo Teixeira Fotografo: Wanderley Bolão

MANOBRA: BS TAIL SLIDE

indice

Editorial

Agradecimento e Novidades

ANDRE PAIVA

[04] - DECCS MAGAZINE

Salve!! Meu nome é Andre Paiva satisfação total, Chegamos na edição N112, gratidão a todos que estão abraçando a Revista Deccs Magazine de uma maneira incrível e acolhedora, Gratidão por todos que estão na edição N112 e aceitaram o desafio de tão pouco tempo. novidade, estamos com um novo layout de Capa Versão 2022, Gratidão também a todos os Fotógrafos e todos os leitores que estão sempre marcando presença nas edições Semanal.

CAPA Skatista: Diogo Andrade Capa - 07/JUl - N112 Manobra Capa: Bs blunt slide Acompanhe a entrevista - inédita. Corre lá Pag: 12-21


MANOBRA: BS CROOKED

indice

EDITORIAL

INDICE

DIRETOR: ANDRE PAIVA REVISÃO: DECCS MAGAZINE EDIÇÃO: JUL DIA 07 ED: N112 REDAÇÃO: DECCSMAGAZINE CORREÇÃO: DECCS MAGAZINE ANUNCIE: DECCSMAGAZINE@GMAIL.COM ASSINE: WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

CAPA - LUCAS DESIDERIO: ABERTURA - THORCO IND: IND & EDIT: GUSTAVO TEIXEIRA: FLOW/AM - MARCOS DURANGO: FLOW/AM - HADRIEL JUNIOR: FLOW/AM - DAIVISON OLIVEIRA: FLOW/AM - LUAN FURLANETO: FLOW/GIRL - GABRIELL GALVÃO:

Editorial

A REVISTA DECCS MAGAZINE É UMA PUBLICAÇÃO SEMANAL DCS WWW.SHOP.DECCSMAGAZINE.COM.BR

:12-21 2-3 4-5 6 7 8-9 10-11 24-25

FLOW/GIRL - LUIZA GAMA: 26-27 FLOW/MIRIM - DANIEL CORRÊA: 22 ESPAÇO/FREESTYLE: MAURO CORRÊA: 23 MATÉRIA - SKATE EM AÇÃO: 24-27 MATÉRIA - CONTESTADO SKATE CAMP: 28-29 MATÉRIA: MATÉRIA: PODCAST - FALA BAIXO: 30-31 CONTRA CAPA - LUCAS DESIDERIO: 32 DECCS MAGAZINE - [05]


FLOW AM

FLOW/AM

HADRIEL JUNIOR

20 ANOS, 9 ANOS DE SKATE, CURITIBA – (PR) / @JUNINHOHADRIEL Como surgiu o interesse de ser skatista? Na verdade, tudo começou na diversão eu colava na rua de baixo de casa jogar bola e tinha uns moleques andando de skate e quando eles cansavam pedia pra andar e depois disso não consegui mais parar Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação do covid ? No começo foi bem difícil pq os guardas estavam fechando os picos q eu normalmente colava e depois de uns dois meses me joguei pra São Paulo e colar com os manos mais monstros do skate a evolução vem natural Conte sobre os seus treinos e os preparos físicos? Na verdade, não penso nessas de treino, o mais da hora do skate são as sessões com meus amigos e estar sempre rindo com eles dá uma evolução mais da hora porque um sempre incentiva o outra a aprender alguma coisa nova Você está trabalhando em alguma video parte ? Sim, tem um projeto que terminei recentemente com o time da 4M e tem outros projetos q venho fazendo com o Marcio Neves. Logo menos estão nas redes e espero q curtam Conte sobre alguma trip que marcou sua caminhada no skate ? A mais da hora foi quando viajei de avião pela primeira vez, fui pra Bahia correr o Brasileiro e foi muito style quando cheguei lá e já estava alguns amigos meus e aí já me senti em casa foi muito style está trip Como está a sua caminhada para se profissionalizar no skate ? A caminhada não é fácil, mas quero ir pra fora conhecer e viver mais o skate e produzir para as minhas vídeo parte e depois passar pra Pro pode ser consequência Como está o trabalho em competições? Normalmente to mais trabalhando nas partes de rua e os eventos eu vejo mais pra fazer um caixa e se manter no corre Conte um pouco sobre os seus patrocinadores que fortalece o seu skate no dia a dia ? A gente sempre está nas sessão de rua com a equipe produzindo e é muito style estar trampando com marcas q estão pelo skate Suas influências no skate ? Meus amigos Uma mensagem de agradecimento: Agradeço a todas as pessoas q me ajudaram a me manter fazendo o que mais gosto, jamais vou esquecer, amo vocês. Uma frase? Fé [06] - DECCS MAGAZINE

FOTOGRAFO: SIDPICS MANOBRA: OLLIE


FLOW AM

MARCOS DURANGO

FLOW/AM

36 ANOS, 21 ANOS DE SKATE, SÃO PAULO – (SP) / @MARCOS.DURANGO Como surgiu o interesse de ser skatista ? Comecei a andar de skate em 2000, por influência de uma galera do meu bairro que andava de longboard. Cheguei a ter contato com skates de street bem vagabundos anteriormente, mas não aprendi muita coisa e cheguei a pensar que skate não era pra mim. Quando descobri o Downhill e todas as possibilidades do skate de ladeira, fiquei louco! Montei meu primeiro skate longboard e nunca mais parei de andar. Conte sobre os seus treinos e os preparos físicos? Na correria não consigo realizar o preparo físico que gostaria de ter, mas faço pelo menos alongamento diariamente e de vez em quando pedalo. Saio para andar de skate uma ou duas vezes por semana e filmo sempre que consigo, pois além de gerar material pra postar, uso os vídeos para analisar meus erros e evoluir. Além disso tento manter uma alimentação saudável e tenho bebido pouco também. Você está trabalhando em alguma video parte ? Atualmente estou gravando um vídeo para a Chronic 420, que fechei uma parceria recentemente para testar os novos shapes da marca. Conte sobre alguma trip que marcou sua caminhada no skate ? Já fiz muitas trips para participar de competições, mas uma das viagens mais legais que fiz foi para o Chile para participar do "Slide Afuego". Foi uma experiência incrível participar de um evento em outro país, os chilenos foram muito receptivos e tenho algumas amizades que mantenho até hoje. Como está a sua caminhada para se profissionalizar no skate ? Consegui a minha profissionalização no Longboard e Downhill Slide em 2018. Como está o trabalho em competições? Sempre gostei de participar de campeonatos, pois como o Downhill ainda é uma cena pequena comparada com o street ou o park, então é uma das formas de reunir os melhores do skate de ladeira e poder andar com todos eles. Nunca fui o cara mais competitivo, porém também acredito que todos que participam tem o objetivo de ganhar, afinal de contas tem que se dedicar bastante para conseguir bons resultados e todos os benefícios que vêm junto. Desde que me profissionalizei, tiveram poucas competições por causa da pandemia. Participei de um campeoanto em São Pedro em 2019 (6º), um na Ladeira da Morte em 2021 (9º) e outro nesse ano de 2022 (7º). Acredito que esse ano ainda deve ter mais um evento, provavelmente em São Pedro. Conte um pouco sobre os seus patrocinadores que fortalece o seu skate no dia a dia ? Atualmente conto com apoio das marcas que fechei parceria para produzir vídeos para o quadro "Review na Prática" da Essência Skateboard no Youtube e gerar conteúdo para mídias sociais. A Thor Co está me dando suporte de Amortecedores e outras peças pequenas de skate, a Chronic 420 com Shapes de Street e produtos de Vestuário Streetwear, a Hondar Longboards com as Rodas Juice 65mm, a FLH Skateboard com Trucks e a É Nose Longboard com Shapes de 40". Uma mensagem de agradecimento : Agradeço a Deus por cada oportunidade e por me dar disposição para sempre correr atrás dos meus objetivos, aos meus apoiadores por acreditarem no trabalho e a minha família por sempre me apoiar. Uma frase ? Skate no Pé e Diversão na Mente!

FOTOGRAFO: SIDPICS MANOBRA: OLLIE GREB DECCS MAGAZINE - [07]


FLOW AM

FLOW/AM

DAIVISON OLIVEIRA

21 ANOS, 8 ANOS DE SKATE, CABREÚVA – (SP) / @DENTIN.00 Como surgiu o interesse de ser skatista? Por conta do meu irmão mais velho, ele começou a andar eu criei curiosidade e comecei a praticar e até hoje nós andamos juntos. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Meio difícil, pois, eu e outros skatistas tivemos que começar a andar de máscaras e apenas em uma pista, pois as outras pista não podíamos andar por conta do isolamento. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu começo me alongando e fazendo um aquecimento só para poder começar a andar e, aos poucos vou começando a andar e mandando as mais básicas até chegar nas mais difíceis. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? No momento não, mas já estou na correria para poder fazer umas, estou atrás de muitos picos e algum vídeomaker para poder registar as manobras. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Curto muito andar na minha cidade, pois muitas das minhas referências estão aqui na cidade e outros estão fora do país e eu me sinto privilegiado em poder andar no mesmo lugar que o pessoal que eu me inspiro. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Estou tendo bastante dificuldade, pois minha família não apoia muito, mas estou na correria pra isso acontecer, quero me profissionalizar e sei que vou conseguir e sei que tenho que dar um passo de cada vez. Como está o trabalho em Competições? Sou um pouco tímido para campeonatos, mas participo de alguns da minha região e procuro aos poucos me adaptar com a pressão de participar dos campeonatos. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Atualmente não tenho mais patrocínio, mas mesmo sem consigo andar e me divertir. Influências no skate? Com certeza meu irmão, Thiago Monteiro, Lucas Ribeiro, Thiago Lemos, Caio bigode e meus amigos que estão junto comigo na sessão. Mensagem e Agradecimento... Quero agradecer primeiramente a Deus, alguns familiares que me apoiam, meus amigos, ao fotógrafo, minha namorada e todos que estão trabalhando na Deccs. Uma frase? Persista, pois, cada degrau é uma experiência nova.

DECCS MAGAZINE - [08]

FOTOGRAFO: WENDELL RODRIGUES MANOBRA: FRONTSIDE NOSEGRIND


FLOW AM

LUAN FURLANETO

FLOW/AM

23 ANOS, 12 ANOS DE SKATE, SANTO ANDRÉ – (SP) / @LUANSKATEE Como surgiu o interesse de ser skatista? Desde pivete sempre joguei futebol até um dia que passei no parque e tinha uma pista de madeira que tinham montado pra um campeonato, nesse dia a vida mudou e comecei a andar e até hoje é um amor sem fim pelo skate. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Foi difícil, como tenho criança em casa andei muito pouco, mas o ritmo tá voltando. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Geralmente só colo na sessão e ando, já pensei várias vezes em fazer algum exercício pra melhorar as sessões, mas o tempo que tenho livre aproveito pra andar mais. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? No momento não. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Nunca cheguei fazer uma trip focada só no skate por enquanto, mas o sonho é um dia colar pro macba, Califórnia, entre outros e ainda vai realizar. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Tá indo sem pressa, por conta do trampo e família tá mais devagar, hoje eu ando por que o skate é mais que só chegar a ser um pro e sim por que se tornou meu estilo de vida, se chegar um dia a pro vai ser mais um sonho realizado se não chegar da mesma forma vou andar até não aguentar mais. Como está o trabalho em Competições? Não tá rolando muitas competições faz um tempo, mas sempre que tem eu tento tá presente. Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? No momento estou sem, mas trabalhando pra isso. Influências no skate? Maior influência são meus amigos a sessão sempre flui bem mais e é muito mais doara. Mensagem e Agradecimento... Queria agradecer pelo espaço na deccs, isso é um sonho que vocês tão realizando, agradecer aos meus amigos que sempre acreditaram e nunca me deixam desanimar, agradecer a Deus sempre pela saúde para poder andar, e agradecer minha família minha esposa e filhas por sempre estarem comigo acompanhado o skate. Uma frase? Você só vence amanhã se não desistir hoje.

FOTOGRAFO: MARKO FURLANETO MANOBRA: FS TAIL DECCS MAGAZINE - [09]


FLOW AM

FLOW/AM

GABRIELL GALVÃO

17 ANOS, 6 ANOS DE SKATE, ITÚ – (SP) / @GABRIELL.AEREO Como surgiu o interesse de ser skatista? Por causa do meu irmão mais velho, ele andava a mais tempo que ele e ele me incentivou no skate e comecei a evoluir junto com ele. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação da covid? Andava muito na madruga, pois era o melhor horário, pois os policiais ficavam muito em cima por conta do isolamento, mas nos horários comuns eu usava máscara e tentava andar sozinho. Conte sobre seus treinos e preparos físicos? Eu faço bastante Crossfit, calistenia e alongamento, mas o alongamento é mais voltado apenas pro skate. Você está trabalhando em alguma vídeo parte? Ainda não, pois só com essa amenizada no

COVID voltei a andar real e, só agora estabilizei com meus patrocínios. Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Eu amo andar na pista que sou local, pois lá é minha terapia e era meu sonho andar nela e hoje eu consigo andar e evoluir constante nela. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Atualmente estou mais tranquilo sobre ser profissional, mas eu trabalho com skate, sou professor na Fabrika do Skate, uma pista indoor na minha cidade. Como está o trabalho em Competições? Por causa do COVID estive sem disputar… mas agora estou correndo vários campeonatos aqui na região.

Conte um pouco sobre seus patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Atualmente estou na undergrind, e eles me ajudam muito, me dão suporte total no skate, e graças a eles eu posso andar e evoluir constante. Influências no skate? Curto muito meu irmão Wendell, curto o rolê do Pedro Barros ele é o cara que me inspiro muito por seu estilo agressivo. Mensagem e Agradecimento... Eu agradeço muito a equipe da Deccs, vocês dão voz ao interior, ao meu irmão Wendell que anda de skate comigo e é o fotógrafo que me ajudou a sair na revista e a undergrind pois eles acreditam muito em mim. Uma frase? Mesmo que eu caia não vou desistir.

FOTOGRAFO: WENDELL RODRIGUES MANOBRA: EARLY BACKSIDE MELON [10] - DECCS MAGAZINE


FLOW GIRL

LUIZA GAMA

FLOW/GIRL

11 ANOS, 5 ANOS DE SKATE RIO GRANDE DA SERRA – (SP) / @LULU_SKT Como surgiu o interesse pelo skate ? Minha tia mora de frente a pista de Skate da minha cidade, sempre olhava o pessoal andar e pedi para meu pai me levar nas aulas, ganhei um Skate usado do meu primo e desde então nunca mais parei. Conte sobre os seus treinos e os preparos físicos? Meus treinos são diários e meu preparo físico meu Pai quem me auxilia pois ele é Personal Trainer. Como foi se adaptar e ainda conseguir evoluir nessa situação do covid ? Meu Pai construiu uma mini Ramp na sala de casa bem antes da pandemia, no meu quintal também tem obstáculos criados por ele, por isso consegui manter minha rotina de treinos em casa. Onde você costuma andar de skate? Nas pistas públicas de Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra. Você costuma andar de skate sozinho ou com os amigos? Sempre quando vou andar encontro alguém na pista se não for amigo acaba se tornando. Na sua opinião qual foi a manobra mais difícil para você realizar? Rock Slide. Qual a manobra mais louca que você já pensou em fazer, mas ainda não fez? Dar um flip pulando de um vagão do trem para o outro, ou pode ser um ollie mesmo kkkk Suas influências no skate: Raicca Ventura e Vanderley Arame. Uma mensagem de agradecimento / dica / inspiração? Agradeço primeiramente a Deus e minha família por me apoiar em tudo. Uma frase? Seja Forte e Corajoso

FOTOGRAFO: SIDPICS MANOBRA: ROCKSLIDE DECCS MAGAZINE - [11]


FLOW AM

Como foi o seu primeiro contato com o skate? Meu primeiro contato com o skate foi em um natal na casa de uma tia, meu primo tinha ganhado um e todos os primos presentes estava correndo e pulando no skate (obs: fui o único que cai kkkkk), desde então comecei a ter o interesse de andar. O que você está sentindo sendo capa da edição N112 da Deccs Magazine? Uma sensação inexplicável de felicidade, pois isso é um sonho de todo skatista. Como está a cena do skate em sua região? A cena de Belo Horizonte sempre foi carente das grandes marcas apoiando o skate local. Mas mesmo sem cenário tem muitos skatista bons dedicando em fazer vídeo partes, alguns eventos locais! Aqui sempre teve muitos skatistas raízes que tentam manter essa chama acessa e mostrando o que tem de bom. Conte como estão os projetos de sua vídeo parte? Fluindo de pouco em pouco. Fale um pouco dos patrocinadores que fortalecem seu skate no dia a dia? Tenho um patrocínio (Fellorsss FDK), é uma marca de roupa local, feita por um amigo "davidson Meireles" É uma marca real skateboard de rua que é uma expansão da g7 crew e tem me fortalecido muito nesses ultimos anos, principalmente nas idéias Alguns projetos em desenvolvimento para soltar em 2022? Estou no projeto da vídeo parte para a Fellorsss FDK

LUCAS DESIDÉRIO @desideriog7

[12] - DECCS MAGAZINE


FOTOGRAFO: RODRIGO SAMPAIO MANOBRA: FS 50-50

DECCS MAGAZINE - [13]


FLOW AM

Conte sobre uma trip que marcou sua caminhada no skate? Uma das minhas ultimas idas ao Rio de Janeiro, foi um trip que fizemos (Jefferson Bill, Alexandre Alvarenga, Luiz Henrique, Diedro Sampaio.) fomos para a casa do Ademar Lucas no santo amaro, e a trip foi muito boa, muito skate, muitas idéias e é claro... Muita zoeira. Como está sua caminhada para se profissionalizar? Procuro estar sempre focado no skate, filma, fazer uma foto e principalmente em evoluir como pessoa. Conte um pouco sobre suas correrias em competições? Sobre competições não sou muito fã, prefiro estar na rua na sessão com a família filmando. Quais suas influências no skate? G7 Crew, @g7skateboard Oque o skate proporciona para sua vida? Liberdade! Oque você está buscando hoje para sua Realização no skate? Ter foco e determinação. Fale um pouco mais sobre pontos importantes em sua História? Praça 7, ali foi onde me criei no skate, onde conheci meus aliados, onde aprendi a viver! Deixa sua Mensagem e Agradecimentos?

Obrigado a todas as pessoas que contribuíram para meu sucesso e para meu crescimento como pessoa. Sou o resultado da confiança e da força de cada um de vocês. Ser lembrado é acima de tudo um agradecimento que deve ser retribuído com um obrigado muito especial, feito de dentro para fora, do coração para o mundo. G7 CREW Fé em Deus e nas crianças das favelas.

[14] - DECCS MAGAZINE

FOTOGRAFO: DIOGO ANDRADE MANOBRA: NOLLIE LASER FLIP


FOTOGRAFO: DIOGO ANDRADE MANOBRA: SWITH FS SHOVE IT DECCS MAGAZINE - [15]


FOTOGRAFO: DIOGO ANDRADE MANOBRA: FS NOSEGRIND

[16] - DECCS MAGAZINE


FOTOGRAFO: DIOGO ANDRADE MANOBRA: FS NOSEGRIND

FOTOGRAFO: @_SOL_E_SAL_ MANOBRA: FS MADONNA TAIL

DECCS MAGAZINE - [17]


ARTE: LUCAS DESIDÉRIO [18] - DECCS MAGAZINE


ARTE: LUCAS DESIDÉRIO

DECCS MAGAZINE - [19]


[20] - DECCS MAGAZINE


FOTOGRAFO: MATEUS ARAÚJO MANOBRA: BS FEEBLE

DECCS MAGAZINE - [21]


FLOW MIRIM

FLOW/MIRIM

DANIEL CORRÊA

11 ANOS, 2 ANOS DE SKATE, GUARAPARI - (ES) / @DANIELALVESK8 Se apresente aos leitores? Oi, sou o Daniel ,tenho 11 anos. iniciei no skate há dois anos no street, participei de 3 campeonatos em Guarapari classificando em segundo e terceiro lugar. em janeiro de 2022 comecei a praticar freestyle com meu pai, em março participei do campeonato nacional ficando em primeiro lugar. Gostei muito da experiência e pretendo continuar na modalidade. Como se interessou pelo skt? Meu pai anda de skate e eu tentava imitar desde os 3 anos, que foi quando ganhei meu primeiro skate. Sua família te apoiou? Muito!! Principalmente meu pai por andarmos juntos, mas além dele tem outros skatistas na família que me apoiam também. Quais são seus patrocínios? No momento a loja heijhow (@ heijhowboardshop) e MTM (@ mtmesporteelazer) me ajudam sempre que podem. Conte um pouco sobre seus treinos? Todos os dias depois da escola vou treinar com o meu pai na orla que tem aqui perto. Como foi sua ultima Trip que você fez ? Foi muito legal! Viajei para são Paulo com meu pai para participar do campeonato organizado pela CBSK. Lá eu conheci os melhores do freestyle do Brasil e consegui aprender muito com eles também. Está filmando para algum vídeo qual? No momento não. Fale um pouco sobre seu foco para 2022? Me preparar para os próximos campeonatos, quero manter meu título e procurar melhorar minhas manobras. Para finalizar, deixe sua mensagem e agradecimentos? Agradeço a Deus e a todas as pessoas que teem me apoiado nessa aventura. Estou vivendo um momento único com meu pai e que com certeza vai ser muito bom para a minha carreira! Espero que crianças se inspirem em mim e que eu possa sempre dar meu melhor para vocês. Uma frase? Skate é vida. [22] - DECCS MAGAZINE

FOTOGRAFA: ISABELLA IASMYN MANOBRA: CASPER


FLOW FREESTYLE

MAURO CORRÊA

FLOW/FREESTYLE

61 ANOS, 49 ANOS DE SKATE, GUARAPARI – (ES) / @MAUROMARTELINHOGP Como começou no Freestyle? Em 1974,vi pela primeira vez um skate na rua, achei incrível, mas não tinha nem condições, e nem onde comprar um, então achei um pé de patins bandeirantes no luxo, cortei no meio, fiz um shape com tábua lixando no asfalto e agora eu tinha um skate, cheio de problemas mas deu pra começar, e sem acesso a imagens das manobras fui inventando o que dava certo, depois descobri uma loja no Rio de janeiro que vendia skate, fiz de tudo, desde carregar compras na feira até vender jornais usados pra embrulho nós mercadinhos e consegui comprar um skate costa norte completo, e lá também comprei uma revista gringa que trazia umas fotos das manobras,aí foi só praticar. Voce atua no Freestyle a Quanto tempo? Até 1985,praticava sempre, depois por causa dos estudos e trabalho, fiquei 37 anos parado, voltei em 2020 porque meu filho queria aprender andar de skate. Oque mudou de 30 anos atraz para hoje no cenario Freestyle? Infelizmente, o freestyle foi colocado de fora da cena do skate, poucos jovens descobrem o freestyle, por causa de um skatista antigo, não é como o street,que tem crianças querendo praticar em todo lugar, essa pra mim foi a grande mudança, se nas olimpíadas fosse incluído o freestyle,com certeza daria uma boa alavancada no que foi uma das primeiras modalidades de skate. Conte um pouco mais de sua História ? Bem,depois daquela luta inicia-lhe nunca desisti,em 1980,em Minas Gerais,na minha cidade que é Juíz de Fora,teve um campeonato de freestyle,treinei muito e fiquei em primeiro lugar,foi incrível a repercussão,daí fui patrocinado pela Lee,uma marca grande na época,mas ainda não acontecia nada de outros campeonatos,aí fui trabalhar e o tempo ficou curto,até parar com o skate,mas me formei em mecânica industrial,depois fiz faculdade de história,formei,fui pra Portugal,vivi lá 13 anos,voltei pro Brasil,e já tinha essa família que tenho hoje,passado alguns anos,nasceu o Daniel,depois o André,e fiquei com essa família maravilhosa,hoje com 61 anos voltei a praticar está modalidade (por causa do meu filho Daniel)que é a mais artística que se pode ver no skate,pretendo andar,até o fim,se Deus permitir. Mensagem e Agradecimentos... Agradeço a Deus,minha esposa que sempre me deu força em tudo que faço,aos meus amigos,antigos e novos,e agradeço a vcs,por sempre fortalecer o skate no Brasil,

FOTOGRAFA: ISABELLA IASMYN MANOBRA: FINGER FLIP DECCS MAGAZINE - [23]


SKATE EM AÇÃO

HENDERSON AIRES @hendersonayres @projetoskateeacao

38 anos 24 Anos de skate 9 anos de skate em ação Lauro de Freitas – (Bahia)

MATÉRIA

Fotografo Gabriela Fagundes @gabrielaffagundes

[24] - DECCS MAGAZINE

O COMEÇO: O projeto skate em ação surgiu da vontade do Skatista Profissional Henderson Aires, transformar vidas através de skate, e de toda cultura de Rua, gerando oportunidades para pessoas viverem através do skate uma experiência nunca vivida antes, e poder através do esporte fazer uma transformação na vida de todos envolvido, em 2004 começamos as primeiras aulas de skate na cidade de Lauro de Freitas, cidade em que mora o Professor Henderson e cidade em que toda história começou. O INÍCIO DE UMA HISTÓRIA: O Projeto skate em ação e iniciou no ano de 2013, na cidade de Luís Eduardo Magalhães Ba cidade onde Henderson foi morar, e tudo começa a se transformar. Em Luís Eduardo Magalhães tivemos 5 núcleos do projeto com Aulas de Skate e Street dance, gratuita para comunidade dos bairros Santa Cruz, Vista Alegre, Sol do Cerrado, Jardim das Acácias e Mimoso, onde atendemos cerca de 70 alunos por núcleos beneficiados diretamente pelo Projeto Skate em Ação

com aulas de skate, aulas de stress dance fotografia, atendimento odontológico, psicólogo, buscando levar mais qualidade de vida e esperança de um futuro melhor. EM 2015 Implantamos o skate na escola, com aulas de skate no contra turno escolar erramos em 3 escolas, atendendo 80 alunos em cada uma delas, com aulas de skate e stress dance onde já atendemos mais de 1.500 crianças e Adolescentes de toda cidade e região. No mesmo período criamos a Copa Oeste de skate, onde temos um circuito em 3 etapas, com competição de skate, patins in line e bike bmx, que já estamos na 5 edição, que estamos retornando agora em 2022, após 2 anos parados por conta da pandemia. SKATE EM AÇÃO VOANDO ALTO: No ano de 2020 o Projeto skate em ação começou suas primeiras atividades em Brasília DF, que por conta da Pandemia tivemos uma oportunidade de Criar a SKATE HOUSE, uma casa onde damos aulas de skate de segunda a sábado para todas as idades,


FOTOGRAFO: GABRIELA FAGUNDES INSTAGRAM: @GABRIELAFFAGUNDES

o Projeto Skate em Ação Brasília hoje já está com 3 núcleos Lago Sul, Riacho Fundo onde fazemos diversas atividades Sociais e Interlagos, além da Escola Cantinho Mágico, onde atuamos com aulas de skate e Patins, e Temos o Wagner Fernandes como Responsável pelas Unidades de Brasília, com todo acompanhamento do Professor Henderson skatista profissional e idealizador do Skate em ação. REALIZAÇÃO DE IM SONHO: No ano de 2021 abrimos mais dois núcleos do Projeto Skate em ação, na cidade de Lauro de Freitas Ba, nos bairros de Villas do Atlântico, onde temos uma estrutura própria e atuamos como escolinha de skate, formando mais que skatistas, direcionando para o esporte competição e Lara vida, e também montamos um núcleo no Bairro de Itinga, onde atendemos 120 crianças e adolescentes com aulas de skate gratuitas no contra turno escolar, nossas aulas são gratuitas e todo material cedido pelo Projeto Skate em Ação, skate, capacete, e equipamentos de segurança, a única exigência é que a criança ou adolescente

esteja na escola, e quando ele não está, nós fazemos um acompanhamento para matrícula nas escolas municipais. HENDERSON AIRES, O CARA E A CARA DO SKATE EM AÇÃO: Toda transformação que o skate fez na vida do Skatista profissional Henderson Aires, que é o único atleta profissional de skate da cidade de Lauro de Freitas, esteve sua sua trajetória muitos títulos municipais, estaduais e Ortega nordeste, e que através do skate pode rodar todo Brasil, e ser reconhecido pela Confederação Brasileira de Skate CBSK, e pelas federações da Bahia e do Distrito Federal, hoje toda essa bagagem está sendo transferida para novas gerações que estão sendo formadas pelo Projeto Skate em ação, que está transformando vidas e formando campeões para o mundo, através da luta e dedicação de um skatista da cidade de Lauro de Freitas que desbravou o mundo e hoje leva o skate como transformação de vidas de muitas pessoas pelo Brasil, Henderson Airas o cara do Skate em ação.

TRANSFORMANDO VIDAS: Através do skate, trabalhamos pontos muito essenciais na vida de qualquer ser humano tinham uma metodologia de ensino onde trabalhamos pontos essenciais como Coordenação motora, Equilíbrio Físico e Emocional, Atenção ,Concentração, postura e consciência corporal, todos esses pontos ligados a atividades direta com skate para ter maiores resultados no esporte e na formação de nossos alunos como cidadãos, para que possamos ter um futuro melhor, temos que tomar cidadãos melhores para o mundo. CONTATO: Interessados em conhecer mais sobre o Projeto Skate em Ação, e todas as suas atividades, ou que queiram participar direta ou indiretamente do projeto, pode entrar nas redes sociais Instagram @projetoskateemacao ou página do Facebookskateemacao e pode fazer contato que nossa equipe irá retornar com maior prazer. DECCS MAGAZINE - [25]


[26] - DECCS MAGAZINE


DECCS MAGAZINE - [27]


REALIZAÇÃO

RZL SKATE LAB MINAS SKATE CREW GREENFALL SKATE PARK

O maior evento de Skate da Serra Catarinense!

Um final de semana com muito skate, Curitibanos Sc recebeu no dia 02 de julho o maior evento de Skate da Serra Catarinense! CONTESTADO SKATE CAMP - Realizadores – @rzlskatelab / @minasktcrew / @greenfallskatepark, contamos com os patrocinadores - @agilizzacredcentro / @nichelatti_oficial / @felipeinhaia, os apoiadores vieram em peso - @deccsmagazine / @dropdeadskateboard / @thefront_skateboards / @hardskatecompany / @accordmusical / @asemanaonline / @tipoboldo / @lojasberlandareceberam, contamos com atletas de diversos estados do Brasil e cidades de Santa Catarina presença confirmado do @williamluis.bld um show incrível, o evento entra para a historia e teve uma grande repercussão na mídia positiva, o evento teve transmissão Ao vivo pela Deccs Magazine e conseguiu atingir o Pais na transmissão, skatista Alex Silva levantou o publico no evento com seu skate explosivo, a cena de Floripa vem muito forte, Paraná marcou presença e mostrou grande potencia em formação de atletas com manobras muito técnicas, o evento fechou com chave de ouro e foi um marco. [28] - DECCS MAGAZINE


Fotografo Tiago lima @tiagolnog

DECCS MAGAZINE - [29]


convidado da semana no @falabaixo.podcast é Alex Silva um dos O cara que recentemente foi Capa da Edição N108 da revista e representa muito a cidade de Brusque e Santa Catarina, com um role

explosivo, levanta o publico por onde passa a caminhada nao para, esta em diversos campeonato de skate em todo o Brasil. Isso mesmo galera Alex Silva esteve no maior Podcast de Canta Catarina e fez Historia, o Podcast foi ao ar às 19:30 no dia 04/07/2022 @falabaixo.podcast no canal do YouTube acesse @falabaixo.podcast e confira na integra.

Participante @alex_sktlife Patrocinadores oficiais do Fala Baixo Podcast @bqmilgrau @fnpbrusque @fnpitajai @mauriciobebidas06 [30] - DECCS MAGAZINE


DECCS MAGAZINE - [31]