Page 1

P r é m i o Ta l e n t o – C o m u n i c a ç ã o S o c i a l 2 0 0 9 Correio de Venezuela

@correiodvzla

@correiodvzla

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

publicaÇão Nº 662

Ano 16 • Depósito Legal: 199901DF222 • BsF. 50

Forum Madeira Global reúne emigrantes madeirenses

cultura

CLUBES

Decorre na próxima semana na ilha da Madeira o Fórum Madeira Global, uma reunião anual dos representantes da Diáspora Madeirense. Este ano serão empossados o primeiros 21 conselheiros, que funcionarão como órgão de consulta junto do Presidente do Governo Regional da Madeira, nomeadamente para questões relacionadas com a Emigração. A Venezuela terá três nomeados. /P.3

pub

Agosto é mês de arraiais e festas nos centros sociais /P.4 Médica lusavenezuelana candidata a Miss Venezuela 2016 /P.17

Madeira cria balcão de apoio ao investidor da Diáspora Sérgio Marques, secretário regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus, anuncia em entrevista ao CORREIO de Venezuela que o Executivo a que pertence resolveu criar o balcão de apoio ao investidor da Diáspora. O objectivo é agilizar as burocracias que se apresentam aos emigrantes que retornam à Região com intenções de investimento, explica o governante. /P.3

Portugal entrou a ganhar nos Jogos Olímpicos A equipa de futebol de Portugal estreou-se com uma vitória sobre a Argentina no torneio olímpico de futebol no RIO 2016. Embalados pela conquista do Europeu deste ano os Portugueses parecem nada temer e estão cheios de confiança. Mas o interessante é trazer algumas medalhas e as Olimpíadas são muito mais que o futebol. Há esperança. /P.20


2 Editorial

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

retrospectiva

1

Na próxima semana, nos dia 8 e 9 de agosto, decorre na ilha da Madeira, o primeiro Fórum Madeira Global, uma iniciativa do Governo Regional, através do Centro das Comunidades Madeirenses e Migrações, instituição que está sob tutela da Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus. Trata-se de uma promessa do novo Executivo Madeirense, empossado em Abril de 2015, que assegurou uma nova estrutura capaz de dar uma resposta mais rápida aos problemas sentidos pelos conterrâneos que vivem na Diáspora, nomeadamente quando têm de enfrentar as pesadas máquinas burocráticas da Administração Pública Portuguesa. Mas não só. O Fórum vai debater questões pertinentes que se colocam à vida da denominada Comunidade Madeirense que vive fora da ilha, estimada em cerca de quatro vezes o número de habitantes das duas ilhas do arquipélago atlântico. É este debate que se proporcionará nos próximos dias e que está marcado para acontecer anualmente no mês de Agosto, tempo de retorno e de felicidade para todos quantos podem voltar de férias e matar as saudades da terra natal e dos seus familiares. Há contudo pontos que irão ser analisados e tratados mais além da facilitação dos contactos e da festa que se vive em cada retorno à ‘Pérola do Atlântico’. E um deles pode ser a avaliação do potencial empreendedor e de investimento que alguns desses madeirenses ou descendentes poderão ter para o futuro desenvolvimento da Região Autónoma. Se é verdade que nalguns países as crises económicas vigentes afastam essas perspectivas, outros há em que essas perspectivas existem e potenciam-se num quadro de globalização e universalidade, no qual o madeirense tem sido um intérprete audacioso e vencedor. O Conselho da Diáspora Madeirense, constituído por 21 personalidades residentes fora do arquipélago, nomeados nesta semana por Miguel Albuquerque, tomará posse na terça-feira, dia 9. Não se trata propriamente de um novo órgão, já que no tempo de Alberto João Jardim existiu o Conselho das Comunidades Madeirenses, completamente dominado pelo regime que se implantou nas ilhas entre 1978 e 2015. O que pretende agora Miguel Albuquerque e Sérgio Marques é que a Diáspora Madeirense seja interventiva, que tenha ideias, que ajude na governação e que contribua para o desenvolvimento e progresso da Região Autónoma. Há experiências que não podem ser esquecidas, há conhecimentos que devem ser agregados e empresários com visão de futuro nas várias áreas de produção em que hoje se move a economia mundial.

2

Vivemos por estes dias os primeiros Jogos Olímpicos que se disputam num país onde se fala Português e, também, pela primeira vez, a disputar-se numa nação da América do Sul. Há elementos valorizadores para olharmos com atenção e carinho para o que acontecerá nas próximas semanas na cidade do Rio de Janeiro. Há nomes da diáspora portuguesa que estão nos Jogos representando outros países, aqueles que adoptaram por nascimento e por lá viverem. Em diversas áreas: como atletas, como treinadores e noutros serviços. É um Portugal que se espraia pelo mundo além, confirmando a perseverança e o esforço deste Povo de Raça que se esforça no dobro quando está fora da Pátria e que ajuda outras pátrias a progredir. Na Venezuela também temos alguns atletas que são filhos desta simbiose de Povos que se juntaram na Pátria sonhada e conquistada por Simón Bolívar, que juraram fidelidade também a esta Bandeira e que integram o ‘Bravo Pueblo’, pois aqui vivem e querem ser respeitados. O Espírito Olímpico é para ser vivido nos campos desportivos, mas sobretudo na convivialidade e na fraternidade de todos os Povos, esmagando barreiras e ultrapassando quadros de intriga e de desconfiança que algumas mentes perversas e pouco operárias teimam em criar para desunir e desbaratar quem persegue objectivos e quer ver acesa a Chama que alumia o futuro. Que seja hoje a Chama Olímpica, mas que essa Luz não se perca de vista, nem se apague pela nossa mão!

fotoflash Está marcado para o próximo dia 12 de Outubro na Casa Portuguesa de Aragua mais um Festival da Canção da Feceporven. As intenções de participação apontam para a presença de seis clubes luso-venezuelanos que enviarão os seus representantes até Maracay para participar nesta, que tem sido, nos últimos anos, umas das mais concorridas iniciativas da Federação dos Centros Portugueses na Venezuela. O CORREIO saúda desde já os organizadores que estão a responder até melhor do que lhes era exigido – já que o festival era para acontecer de dois em dois anos – e quer deixar-lhes uma palavra de estímulo e a todos quantos se sentem com vontade e valor para estarem presentes, pois o sucesso acontece apenas quando esses dois vetores estão reunidos. Em tudo quanto seja unir e juntar a nossa Comunidade faremos o possível para estar presentes e ao longo do período de preparação é importante que sejamos informados para que a mensagem chegue a todos, antes da celebração do que será, estamos certos, mais um êxito organizativo da Feceporven.

Grupo Editorial

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-40058840-5

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Gerente: Sergio Ferreira Soares Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 35F. Las Mercedes, Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: editorial@correiodevenezuela.com

Chefe de redacção Sergio Ferreira Soares |Jornalistas Ommyra Moreno, Carla Salcedo Leal, Victoria Urdaneta, Kenner Prieto, Antonio Da Silva |Correspondentes Edgar Barreto (Falcón), José Manuel De Oliveira (Falcón), Carlos Balaguera (Carabobo), Sandra Rodríguez (Aragua), Trinidad Macedo (Lara), Silvia K. Gonçalves (Bolívar), Mariana Santos (Nueva Esparta), Luis Canha (Mérida), Carlos Marques (Mérida), Daniela García (Miranda), Antonio Dos Santos (Zulia) |Colaborações Catanho Fernandes, Arelys Gonçalves, Antonio López Villegas, Isabel Idárraga, Shary Do Patrocinio, Serafim Marques, António Delgado, Carla Angarita |Publicidade e Marketing Carla Vieira |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Francisco Garrett |Administração Cindy Calabria |Distribuição Luis Alvarado, Carlos Agostinho Perregil R. |Impressão Grupo Últimas Noticias. Caracas -Venezuela |Tiragem 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

ENTREVISTA

Governo da Madeira Cria balcão ao investidor da Diáspora

Correio da Venezuela

Objetivo é facilitar o investimento de emigrantes madeirenses Nos dias 8 e 9 de agosto, o Governo Regional da Madeira, através da Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus, organiza o Fórum Madeira Global. Em entrevista ao Correio da Venezuela, Sérgio Marques aborda alguns dos temas que serão tratados no encontro. O Governo Regional, através da Secretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus, organiza no Funchal, nos dias 8 e 9 de agosto, o Fórum Madeira Global e o Conselho da Diáspora Madeirense. Qual é o principal objetivo desta iniciativa? O Fórum Madeira Global pretende assegurar uma maior participação das nossas comunidades, promovendo o envolvimento mais ativo das gerações mais novas e da nova emigração qualificada, para permitir ao Governo Regional conhecer melhor o movimento e as dinâmicas migratórias. É um espaço de diálogo e debate, numa participação organizada das comunidades madeirenses dispersas pelo mundo. O Governo Regional possui núme-

ros concretos ou uma estimativa do número de pessoas que tem regressado à Madeira depois da situação da Venezuela? Essa matéria é da competência do SEF – Serviço de Estrangeiros e Fronteiras. No entanto, a informação que temos aponta para números dentro da normalidade e, a existir um aumento de regressos, este é residual. Desta forma, a realização do Fórum Madeira Global, nos dias 8 e 9 de agosto, será um espaço pertinente para perceber a tendência dos fluxos migratórios. Que mecanismos têm sido acionados para apoiar os emigrantes e lusodescendentes que decidem regressar ao seu país? Há, em termos de investimento empresarial, algum tipo de incentivo de que possam beneficiar? É articulado com o Instituto de Desenvolvimento Empresarial a apresentação de soluções de incentivos que os emigrantes podem beneficiar. O Centro das Comunidades Madeirenses e Migrações (CCMM), tutelado pela Sesretaria Regional dos Assuntos Parlamentares e Europeus, colabora com a Direção Regional de Inovação, Valorização e Empreendedorismo na criação de um balcão ao investidor da Diáspora, que tem como objetivo facilitar o investimento, na Região, de emigrantes madeirenses. No âmbito social, há alguma política específica de ajuda aos emi-

grantes que queira destacar? O CCMM tem, desde Março deste ano, um balcão que apoia os emigrantes, ou futuros emigrantes, o GRAME – Gabinete Regional de Apoio ao Madeirense Emigrante, que faculta todo o tipo de apoio e prestação de serviços em áreas tão distintas como orientação em termos de fiscalidade, saúde, documental, logístico e burocrático. Qual é o papel do Centro das Comunidades Madeirenses e Migrações? O CCMM é um organismo do Governo Regional com competências no relacionamento com o movimento migratório associado à Madeira, seja emigração, imigração, ou as “Casas da Madeira” no Continente e Açores. A este Centro, tanto recorrem pessoas que procuram emprego no estrangeiro como outras que pretendem obter informações acerca de familiares residentes nas comunidades. Também há quem procure o Centro para aferir a legalidade dos contratos de trabalho ou, ainda, para simplesmente obter uma segunda opinião. É prestado apoio nos mais variados aspetos, em articulação com as embaixadas, serviços consulares e outras entidades. A dinamização do movimento associativo da Madeira no mundo, a promoção do destino junto das comunidades madeirenses e o acompanhamento às comunidades de imigrantes residentes na Região, são outras das muitas valências deste serviço.

Venezuela 3

região autónoma

Centena e meia de emigrantes participam no Fórum Madeira Global

Correio da Venezuela

No decurso da reunião será empossado o Conselho da Diáspora O secretário dos Assuntos Parlamentares e Europeus da Madeira, Sérgio Marques, anunciou que o fórum de emigrantes, agendado para 08 e 09 de Agosto, deve reunir na região autónoma 150 participantes, oriundos de diversas comunidades madeirenses. “A ideia é que este encontro sirva para concretizar e promover aquela visão de que somos apenas um só povo, uma só comunidade, independentemente do sítio onde estejamos”, afirmou Sérgio Marques na apresentação do 1.º Fórum Madeira Global, iniciativa que resulta das conclusões do I Encontro das Comunidades realizado no ano passado. O Governo Regional pretende promover uma reunião “aberta, plural e diversa”, com o objetivo de reforçar a ligação com as comunidades e a aproximação destas entre si, cimentando a noção de uma comunidade madeirense “verdadeira” e “una”. Nos dias 08 e 09 de agosto vão estar em análise temas relacionados com o investimento, a fiscalidade, a política, a solidariedade e, sobretudo, a diáspora como afirmação da Madeira no

mundo. Os debates vão contar com a participação de lusodescendentes que alçaram notoriedade nos países de acolhimentos, como Ralph Gonsalves, primeiro-ministro de São Vicente e Granadinos, e Manny de Freitas, deputado ao parlamento Sul-Africano, pela Aliança Democrática, bem como os investigadores do fenómeno migratório Maria Beatriz Rocha-Trindade e Alberto Vieira. No decurso do 1.º Fórum Madeira Global será, por outro lado, empossado o Conselho da Diáspora, órgão consultivo do Governo Regional, composto por 21 elementos, que visa o acompanhamento permanente das questões relacionadas com as comunidades madeirenses. O secretário dos Assuntos Europeus e Parlamentares, que tutela os assuntos da emigração, sublinhou que o encontro decorre numa época de grandes restrições orçamentais, pelo que representa um investimento de apenas 10 mil euros, sendo que o mês de agosto foi eleito por ser aquele em que mais emigrantes estão de visita à região. Os números oficiais apontam para a existência de um milhão de emigrantes madeirenses, entre primeira, segunda e terceira gerações espalhados por diversos países, com particular incidência na Venezuela e África do Sul.


4 Venezuela

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

Clubes

Caracas e Valencia comemoram Nossas Senhoras do Monte e da Saúde Sergio Ferreira Soares Ommyra Moreno Suárez

As direções do Centro Português e Centro Social Madeirense celebram a tradição Uma vez mais, a Associação Civil Centro Português, localizada no setor Macaracuay do este de Caracas, promove uma festa com o melhor estilo luso, com a finalidade de ressaltar os costumes e a idiossincrasia do povo ibérico. Trata-se do arraial em honra à Nossa Senhora do Monte e Nossa Senhora da Saúde, que terá lugar no domingo dia 14 de agosto, a partir do meio-dia, na área da Fuente de Soda. A jornada inicia-se às 12h00 com a tradicional missa, dirigida pelo Padre Alexandre Mendonça, para posteriormente dar lugar à festividade que incluirá a venda de alguns pratos e bebidas típicas de Madeira e Continente, assim como também a apresentação de grupos folclóricos, músicas de dança e outras surpresas. O Diretor de Cultura do Centro Português, José Alberto Viveiros, assegurou ao CORREIO que para além da situação do país é importante fazer um esforço e impulsionar este tipo de atividades, pois nelas está a continuidade e o futuro da comunidade luso-venezuelana. «Comemorar os nossos santos é uma demonstração de fé e agradecimento, mas acima de tudo uma forma de transmitir esse legado tão bonito aos nossos filhos e netos, ara que num futuro sejam eles que

continuem a artilhar a cultura, os costumes, as tradições, as crenças e tudo o que constitui a idiossincrasia do povo português», sentenciou. Por sua vez, o Centro Madeirense levará a cabo, no próximo sábado dia 20 e domingo 21 de agosto, as “Festas de Nossa Senhora do Monte - Fé, Tradição e História”. As comemorações iniciam-se no sábado, a partir das 19h30, com a apresentação de shows musicais, um bazar madeirense e um encontro de despiques, um género popular na ilha de Madeira, característico pelo seu canto improvisado. No domingo 21 de agosto, a partir das 16h00, realiza-se a missa, seguida por uma procissão com os fiéis pelos espaços do centro social. Às 16h00, terá lugar uma festa, a qual será animada por grupos folclóricos, que aproveitarão oportunidade para enaltecer o melhor da ilha da Madeira com as suas danças populares. A jornada termina às 21h00 com um espetáculo de fogo-de-artifício e balões de desejo. Nossa Senhora do Monte São várias as lendas de Nossa

Senhora de Fátima que passaram de geração em geração. Não existem documentos que fixem a data da lendária aparição da Virgem a uma jovem no Terreiro da Luta, mas poderá ter ocorrido em Outubro de 1477. Quando se deu a aparição, já existia a Capela de Nossa Senhora da Encarnação, mandada construir por Adão Gonçalves Ferreira em 1470. Reza a história que uma menina brincava durante toda a tarde com uma pastorinha desconhecida, que lhe ofereceu uma merenda. A pequena contou a história aos familiares, ao regressar a casa, mas não acreditaram nela porque nesse recanto tão afastado da povoação, era pouco provável que se encontrasse uma pastorinha. No dia seguinte, voltou a acontecer a mesma coisa. Ao terceiro dia, o pai decide seguir a filha e ficou perplexo ao ver que a pequena falava e brincava com uma imagem da Virgem Maria, que se encontrava sobre uma rocha. O homem decide contar a história às autoridades, que colocaram a imagem na Capela de Nossa Senhora da Encarnação. Outra lenda surgiu em Outubro

de 1566, quando estando de viagem em Lisboa o 5.º Capitão Donatário do Funchal, Simão Gonçalves da Câmara, chegaram à Madeira 1200 corsários franceses da religião de Calvino que invadiram e saquearam a ilha. Os hereges, na sua fúria de destruição, foram à Igreja de Nossa Senhora do Monte. Um deles agarrou na imagem da santa e lançou-a com força pelas escadas de pedra, mas a imagem ficou intacta. À terceira tentativa, uma lasca de pedra saltou e penetrou no coração do homem, matando-o instantaneamente. Finalmente, mas não menos importante, também passou de geração em geração o caso que ocorreu na Ribeira das Cales. Ali, a água que corria caudalosamente era aproveitada para regar os campos e para uso doméstico. Inexplicavelmente, a ribeira secou, pelo que a população decidiu levar a imagem de Nossa Senhora do Monte até à nascente, onde, repentinamente, a água apareceu de novo, e em grande volume. Nossa Senhora da Saúde Tradicionalmente invocada pe-

los doentes, tornou-se particularmente cultuada a partir dos finais do século XVI, sendo-lhe atribuída a intervenção miraculosa que levou ao fim de vários surtos de peste ocorridos em Portugal. Em sua honra, nas povoações libertas do flagelo, foram-lhe erigidas igrejas ou dedicadas velhas capelas preexistentes. Assim, o primeiro surto, ocorrido em Lisboa no reinado de Dom Sebastião, em 1568, atingiu o seu ponto máximo no Verão do ano seguinte; ante a elevada mortandade, a população da capital começou a organizar procissões em honra da Virgem, para que por sua intercessão pudesse cessar a peste. Tendo a mortalidade decrescido até ao começo da Primavera seguinte, o povo agradecido passou a celebrar anualmente uma procissão em honra de Maria, sob a invocação de Nossa Senhora da Saúde, no 1.º Domingo de Maio. A imagem protectora foi depositada na Igreja do Colégio de Jesus, tendo mais tarde sido transferida, em 1662, para a pequena Capela de Nossa Senhora da Saúde e de São Sebastião da Mouraria, na freguesia de Santa Justa, próxima ao Rossio. Um novo surto da doença, em 1599, tornou mais visível a devoção pela Senhora da Saúde. A pestilência era tão intensa que muitas pessoas fugiam da capital para os arredores, em busca de ares mais saudáveis. Em Sacavém, nos arredores da capital, foi encontrada uma imagem de Maria com o Menino nos braços que, invocada como Nossa Senhora da Saúde, se diz ter feito cessar a peste: a imagem foi depositada na Capela de Santo André aí existente, passando a ser todos os anos e cultuada com uma procissão no primeiro fim-de-semana de Setembro. Em Vila Fresca de Azeitão, Setúbal, também se venera Nossa Senhora da Saúde e se realiza uma Procissão integrada na Festa dedicada a Nossa Senhora da Saúde. Esta festa realiza-se no fim de semana mais próximo do dia 8 de Setembro, desde 1723 na sequência de uma peste que ameaçou aquela região no Verão de 1723.

CONSULADO

Lusos em Falcón receberão jornada consular Ommyra Moreno Suárez

Evento realiza-se nas instalações do Centro Português de Punto Fijo Os lusos a residir o Estado Falcón receberão na próxima sexta-

-feira dia 9 e sábado 10 de setembro, a partir das 8h00 até às 17h00, uma jornada consular onde serão atendidas as inquietações da comunidade e poderiam realizar os seus trâmites de nacionalidade portuguesa. A iniciativa é organizada pelo Consulado Geral de Portugal em Valencia. A jornada realiza-se nos espaços do Centro Português de Pun-

to Fio, localizado na avenida Raul Leoni (em frente ao hotel “Brisas de Paraguaná”). Os interessados em solicitar o passaporte português devem levar o seu “Bilhete de Identidade” ou “Cartão de Cidadão”. Para mais informações, pode comunicar-se através dos números 0269-2454866/0269-9354025 ou pelo correio eletrónico cppf09@ gmail.com.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 5


6 Venezuela

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

clubes

Carlos Rodrigues foi reeleito presidente da Casa Portuguesa Venezuelana do estado Carabobo Ommyra Moreno Suárez

A situação do país não tem sido impedimento para que estas associações continuem com as suas atividades de beneficência A Casa Portuguesa Venezuelana, localizada em Valencia, levou a cabo, no passado domingo 31 de julho, a partir das 8h00, o processo eleitoral para a eleição da junta diretiva corresponden-

te ao período 2016-2018. Carlos Rodrigues foi reeleito presidente juntamente com Carmen Dias, primeira vice-presidente e Luis Rivero, segundo vice-presidente; Vanda de Pontes foi eleia secretária e Horacia Viegas tesoureira; Omar Escalante diretor de Relações Públicas; Alfonso Dos Santos primeiro-vogal e José Ferreira segundo-vogal. Finalmente, Raúl Pérez terceiro vogal. Os membros da mesa que estiveram a cargo do funcionamento do clube durante dos últimos 2 anos desenvolveram a sua campanha sob o slogan: “O Progresso Continua”. Rodrigues assinalou que durante este período vão dedicar-se a terminar as obras de cons-

trução já iniciadas em áreas destinadas à recreação, desporto e cultura: as salas de jogo e internet, o ginásio-sauna, os campos de futebol e a inauguração da nova tasca-restaurante, que tem um avanço de 90%. Espera-se que nos próximos dias os vencedores nomeiem os representantes da comissão de festas, disciplina e manutenção, desporto, comité de damas, cultura, infraestruturas e obras, assim como o comité juvenil. Nas suas declarações, os dirigentes convidaram os sócios a participar e a integrar as atividades que organizam os diferentes comités. Ainda, agradeceram o apoio e a confiança durante o seu mandato.

clubes

clubes

Festival da Sopa teve lugar em Valencia Ommyra Moreno Suárez

A iniciativa foi pensada com o objetivo de oferecer espaços para conviver com os associados, família e convidados No passado domingo dia 24 de julho, o Centro Social Madeirense, localizado em Valencia, recebeu nas suas instalações um Festival

da Sopa, ao qual assistiram de forma massiva os sócios do clube e os seus convidados, que puderam desfrutar das propostas gastronómicas oferecidas para satisfazer os desejos dos presentes. As atividades foi produto do trabalho de equipa dos diferentes comités e comissões da instituição, encabeçadas pelos membros do comité de Damas, que assumiram a tarefa de coordenar e impulsionar o evento. Caldo verde, cruzado, sopa de marisco e chupe foram só algumas das opções que puderam ser degustadas no encontro que, para além do mais, contou com a

Comunicado do Centro Social Madeirense

realização de um Bingo Familiar com fabulosos prémios. Como ingrediente adicional, os assistentes participaram numa sessão de Terapia de Riso, onde puderam ter uma experiência inesquecível. Por outro lado, para as crianças foi criada uma área de recreação com muita criatividade, onde podiam fazer desenhos e outras atividades, enquanto os adultos desfrutavam do programa. A iniciativa foi pensada com o objetivo de oferecer espaços para partilhar com os associados, juntamente com os seus familiares e convidados, tudo num ambiente de harmonia, irmandade e unidade.

A Junta Diretiva do Centro Social Madeirense, juntamente com o Comité de Cultura e Imigração, e com o aval do Conselho Fiscal, realizou uma investigação exaustiva sobre a situação da Escola e o Grupo Folclórico Português, detetando que estavam a funcionar sem a aprovação da Junta Diretiva anterior, pois não a mesma não constava das actas de reunião da Junta Diretiva. Por outro lado, a existência de um segundo grupo folclórico tinha causado divisão e até um ambiente hostil entre alguns dos sócios que desenvolviam a atividade folclórica da Associação, violando o artigo 3 dos estatutos vigentes e o Código de Ética, onde se especifica que devem respeitar e reforçar os valores de união, amizade e fraternidade.

Em reunião realizada no dia 28/07/2016, onde estavam os representantes da Junta Diretiva, Conselho Fiscal, Comité de Cultura e Imigração, Grupo Folclórico e os diretores da Escola e Grupo Folclórico Português, foi exposto aos presentes e explicada a situação, convidando-os a unir-se em família, constituindo um único Grupo Folclórico e recuperando assim os valores anteriormente assinalados de união, amizade e fraternidade. Acreditamos veemente que a Solução é a Unidade e continuaremos a trabalhar para reunificar a divisão e fomentar a amizade entre todos os sócios da nossa associação. Convidamos todos a trabalhar unidos pelo bem comum, em prol do sucesso do nosso Centro Social Madeirense.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 7


8 Venezuela

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

Empresas

Jota’s Gourmet abre as suas portas em Caracas Sergio Ferreira Soares

Um espaço ameno e muito bem decorado, com raízes lusas e de vapital 100% local, mistura o conceito de mercearia com um vitrina do melhor dos artesãos gastronómicos do país

Na passada quinta-feira 28 de julho, as suas portas o “Jota’s Gourmet”: o novo espaço gourmet no sector Altamira Sul, localizado a este de Caracas, que oferece um delicioso encontro de culturas e sabores num espaço ameno e muito bem decorado. Trata-se de um projeto inovador do lusodescendente José Caldeira, que pretende juntar neste local uma ampla seleção de produtos venezuelanos e algumas opções importadas, com excelentes preços e um serviço extraordinário. «Jota’s Gourmet resulta de três anos de trabalho que vai desde o conceito do local até a procura dos melhores produtos de artesãos gastronómicos. Acreditamos

que é o momento perfeito para investir no país e apoiar os estão a desenvolver novos sabores. É por isso que na área da mercearia, para além da charcutaria e carnes pré-embaladas, azeite, conservas e enlatados contamos com uma seleção de produtos nacionais que inclui chocolates gourmet misturados com ingredientes não tradicionais, cremes para untar, azeites, bolachas, pães e bebidas com ingredientes tão venezuelanos como o coco, a ‘sarrapia’ ou o ‘aji dulce’», explicou o diretor do restaurante. Para além da área de mercearia, Jota’s Gourmet oferece um menú de sandes, wraps e saladas gourmet idealizadas pelos nossos colaboradores, os chefes

Carlos Aguirre e Carlos Contreras, para além do tradicional e das sobremesas. «A nossa meta é converter-nos na melhor opção da zona, pela qualidade e variedade dos nossos produtos, mas também pela nossa atenção. Neste momento, oferecemos serviços dentro do local e sabores a todos os escritórios e vizinhos da zona», acrescentou Caldeira. Sobre os valores da Portugalidade, o diretor de Jota’s Gourmet explicou que estão presentes desde o preciso momento em que idealizaram o projeto. «A minha família, proveniente da ilha da Madeira, ensinou-me o valor do trabalho e a importância de oferecer um serviço de qualidade ao cliente. A proximidade que cara-

Responsabilidade Social

Excelsior Gama apoia “Fundación Paso a Paso”

Sergio Ferreira Soares

A fundação trabalha na integração de jovens com incapacidades e será a beneficiada de Um Sorriso Graças a Si durante o mês de agosto

A cadeia de supermercados Excelsior Gama continua a promover o seu programa de Responsabilidade Social “Um Sorriso Graças a Si”, cuja finalidade é dar um grãozinho de areia para a melhoria da qualidade de vida das crianças de todo o país graças ao trabalho conjunto dos empregados da caixa, voluntários e clientes da empresa. Então, durante o mês de agosto, a organização beneficiada será a Fundação Paso a Paso, ONG que desde 1991 se dedica a promover a interação de pessoas com incapa-

cidade dentro do contexto social e familiar. Angela Martínez, presidente de Paso a Paso, assinalou que esta é a segunda participação da organização no projeto Um Sorriso Graças a Si. «Nos últimos anos, temos verificado um crescimento importante pois passamos de 600 beneficiários diretos e 24.140 indiretos em 2013 para 1.879 e 42.600 em 2015, respetivamente, sendo que estes participam nos nossos diferentes programas tentando gerar uma mudança de atitude entre a popu-

lação no que se refere à incapacidade, abrir espaços de convivência, dar orientação às famílias e fortalecer os vínculos naqueles núcleos familiares que cotam com um ou mais membros com diferentes tipos de incapacidade», explicou. Os fundos angariados através de Um Sorriso Graças a Si serão utilizados para financiar dois programas-chave para a Fundação: “A jogar juntos”, que impulsiona a inclusão social de crianças com incapacidades organizando atividades recreativas, com o apoio de voluntariado de liceu e “Best Buddies”, que promove a socialização e o protagonismo das pessoas com incapacidade intelectual e transtorno o desenvolvimento. Este organiza-se em torno de clubes de amigos ao nível do liceu, universidades e nas empresas, permitindo que as pessoas com incapacidades interajam socialmente com pessoas que não têm essa condição. Ao fazer um apanhado da atividade que realizam, Angela Martínez, presidente da Fundação Paso a Paso, assinalou que «neste momento contamos com um cen-

teriza o português e a sua boa disposição para colocar o seu grau de areia para o desenvolvimento da Venezuela são sem sombra de dúvidas alguns dos nossos valores mais apreciados. Esta é uma casa não só de portugueses mas de todos os venezuelanos que queiram desfrutar de um lugar ameno e diferente. São todos bem-vindos», afirmou José Caldeira. Jota’s está ocalizado em Primera Avenida Sur com Av. José Félix Sosa, Altamira Sur, em frente à Torre Británica, e abre de segunda a sexta das 8h00 às 18h30 e aos sábados das 8h00 às 15h00. Conta com estacionamento próprio. Está a par das novidades deste espaço através de @jotasgourmet em Facebook, Instagram e Twitter.

tro de informação e recursos sobre incapacitados (CIRDIS) e um recurso web idealizado para as famílias com filhos com incapacidades e para profissionais que nos apoiam; ainda assim, também oferecemos palestras sensibilizadoras sobre incapacidade para crianças da primária e levamos a cabo um programa de formação em trabalhos manuais». Alix Reyes, coordenadora de Compromisso Social de Excelsior Gama, indicou que esta é a segunda vez que a Fundação Paso a Paso sendo que: «o nosso objetivo é apoiar as organizações que trabalham para melhorar as condições de vida das crianças e dos jovens, e uma das formas de o conseguir é fomentando a integração social de pessoas com incapacidade. Estamos certos de que o montante arrecadado nesta ocasião lhes permitirá continuar a aumentar o alcance dos seus valiosos programas». Há 47 anos, Excelsior Gama tem crescido juntamente com o país; atualmente, conta com 24 sucursais que geram mais de 3.000 empregos diretos. Com a premissa de Excelente Qualidade nos seus produtos e serviços, a cadeia de supermercados tem conseguido inovar ao após ano, introduzindo novos serviços para logo de seguida converter-se numa referência no mercado venezuelano.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

economia

Governo espera investimento de 150 M€ no programa “Valorização do Património” Agência Lusa

Projeto envolve 30 edifícios públicos degradados, que o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, espera chamar os privados O ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, afirmou quarta-feira que espera que sejam investidos 150 milhões de euros por entidades privadas, no âmbito do programa “Valorização do Património”, projeto que envolve 30 edifícios públicos degradados. O programa, que está a ser desenvolvido pelo Ministério da Economia, Ministério da Cultura e Ministério das Finanças, visa concessionar a privados 30 imóveis históricos que se encontrem de-

gradados, para que sejam recuperados e desenvolvidos projetos que sejam “diferenciadores”. “Esperamos investimentos nestes primeiros 30 edifícios de cerca de 150 milhões de euros. Estes edifícios, ao serem colocados ao serviço da comunidade, vão poder criar também emprego”, sublinhou. Manuel Caldeira Cabral, que falava aos jornalistas em Elvas, no distrito de Portalegre, à margem da assinatura do memorando de entendimento sobre a recupera-

ção do Convento de São Paulo, um dos espaços que integra o programa “Valorização do Património”, acrescentou que estão a ser criadas linhas de crédito para que os investidores possam apostar nesta iniciativa do Governo. De acordo com o ministro da Economia, nesta altura existem “vários interessados” em investir nos imóveis que o Estado vai colocar a concurso para concessão. O Convento de São Paulo em Elvas, propriedade do Ministério da De-

emergência

Quatro mil pessoas retiradas do recinto do “Andanças” Agência Lusa

Centenas de viaturas foram destruídas num dos parques de estacionamento do evento Cerca de quatro mil pessoas foram retiradas na quarta-feira, por precaução, do recinto do festival “Andanças”, devido ao incêndio que destruiu centenas de viaturas num dos parques de estacionamento, disse à agência Lusa o comandante operacional distrital de Portalegre. O comandante distrital de operações de socorro, Belo Costa, indicou não haver registo de danos pessoais, mas “prejuízos materiais enormes”, com centenas de via-

turas danificadas, em Castelo de Vide. “Estavam quatro mil pessoas no recinto, que foram retiradas

por precaução”, referiu Belo Costa, frisando que foi acionado o plano de emergência do festival e que “funcionou”.

fesa e cedido ao município, é o primeiro espaço que vai ser lançado a concurso no âmbito deste projeto, estando previsto para o local a criação de uma unidade hoteleira. O caderno de encargos já se encontra definido e a concessão (entre o município e o investidor) será por um período de 40 anos, prevendo o Estado que sejam investidos na recuperação do convento mais de cinco milhões de euros. Apesar da concessão, os 30 imóveis abrangidos pelo programa “Valorização do Património” vão continuar a pertencer ao Estado, que privilegia nesta iniciativa os projetos que sejam “diferenciadores” e que tragam “valor acrescentado” às regiões. Através desta iniciativa, o Governo pretende também “valorizar” o património, através da reabilitação e da sustentabilidade, assim como através do turismo histórico/cultural. O Turismo de Portugal possui linhas de apoio para este tipo de projetos que privilegia as iniciativas que têm como objetivo a reabilitação urbana.

Segundo os bombeiros e a GNR, o fogo teve origem numa viatura num dos parques de estacionamento, que fica localizado a “algumas centenas de metros” do recinto do festival. Belo Costa indicou que o fogo se propagou depois às outras viaturas que se encontravam no parque de estacionamento e à zona de mato circundante. “A operação de socorro demorou uma hora e 13 minutos”, observou o comandante operacional distrital, destacando “a rápida, eficaz e extraordinária intervenção” da Proteção Civil, “atendendo à multiplicidade de problemas que a situação acarretava”. O combate às chamas, que estavam em rescaldo cerca das 17:00, mobilizou 171 operacionais, com o apoio de 50 viaturas e de quatro meios aéreos, dois aviões e dois helicópteros. O “Andanças” - Festival Internacional de Danças Populares decorre desde segunda-feira nas margens da albufeira de Póvoa e Meadas, no concelho de Castelo de Vide. Promovida pela PédeXumbo, Associação para a Promoção da Música e Dança, a 21.ª edição do festival esperava receber, até domingo, 40 mil visitantes, numa área de 28 hectares.

Portugal 9 coimbra

Mais de 300 operacionais combatem i ncêndio em Góis Agência Lusa

O incêndio que lavra há mais de seis horas em Góis, Coimbra, está a ser combatido por mais de 300 operacionais, apoiados por 103 meios terrestres, refere na sua página na Internet a Autoridade Nacional de Proteção Civil. Segundo a Autoridade Nacional de Proteção Civil, às 21:52 o incêndio continuava “ativo a arder com intensidade em povoamento florestal”. No combate ao fogo estão envolvidos 322 operacionais, incluindo o Grupo de Reforço de Ataque Ampliado de Leiria e o Grupo de Reforço para Incêndios Florestais de Santarém. O alerta para o incêndio, na localidade de Obrais, Alvares, no concelho de Góis, foi dado às 15:37.

empresas

Transavia estabelece parceria com TripAdvisor Agência Lusa

A companhia aérea lowcost Transavia estabeleceu uma parceria com o TripAdvisor, com o objetivo de promover a nova plataforma de comentários do TripAdvisor sobre companhias aéreas, anunciou a companhia aérea em comunicado. Os passageiros que viajem com a companhia aérea recebem um convite por email, na semana a seguir à do seu voo, para partilharem as suas experiências na nova plataforma dedicada à aviação do TripAdvisor. “Podemos ajudar os viajantes a determinar as opções de voo que apresentam melhor relação qualidade-preço, destacando os comentários genuínos dos viajantes, bem como fotos e informações detalhadas sobre os serviços”, disse Andrew Wong, Diretor de Parcerias.


10 Portugal

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

tributação dos imóveis

Proprietários consideram “gravíssimo” aumento do IMI das casas com exposição sol Agência Lusa

A Associação Lisbonense de Proprietários (ALP) considerou recentemente “gravíssima” a variação do Imposto Municipal sobre Imóveis (IMI) consoante a exposição solar ou a qualidade ambiental da habitação, afirmando que este incremento na tributação vai gerar “valores absolutamente incomportáveis”. Em declarações à agência Lusa, o presidente da ALP, Luís Menezes Leitão, disse que a introdução de novos critérios no IMI é “mais uma surpresa” do atual Governo e criticou os sucessivos aumentos da tributação sobre imóveis. O representante dos proprietários declarou que é contra a introdução de novos critérios na tributação dos imóveis, acrescentando que tal “não faz sentido absolutamente nenhum”. “A ideia de tributar um património já de si é gravíssima, porque o património pode não gerar qualquer rendimento e as pessoas em última análise até podem perder os seus imóveis, em consequência de estarem a ser tributados por um património que não gera rendimentos, designadamente quando é para habitação própria”, defendeu Luís Menezes Leitão. O presidente da ALP frisou que as pessoas que ainda estão a pagar a casa ao banco podem ver-se

saúde

Para o governo a nova entidade deverá ser pessoa colectiva de direito privado O Ministério da Saúde garantiu ontem que a ADSE não será privatizada e que a preocupação central será a sua sustentabilidade, na sequência de um relatório que defende a transformação desta entidade em “pessoa colectiva de direito privado”. “Cumpre reafirmar que, em

PJ confirma apreensão de droga num veleiro da Calheta Diário de Notícias da Madeira

confrontadas com “reavaliações brutais do valor do imóvel, que não correspondem àquilo que esperavam”. Menezes Leitão lembrou a conquista conseguida com a reforma da tributação de 2003, que terminou com “uma tributação absolutamente expropriatória dos valores dos imóveis”, lamentando que o que se tenha vindo a verificar depois sejam “sucessivos incrementos”. “O mais brutal de todos é o coeficiente de localização”, apontou. Segundo o presidente da ALP, o aumento do ‘coeficiente de qualidade e conforto’ estava previsto na lei para ser uma medida excecional, pelo que critica a introdução de características como

a exposição solar ou a qualidade ambiental da habitação para efeitos de tributação. Com estes novos critérios vai tornar-se “praticamente impossível para a maior parte das pessoas ter um imóvel”, reforçou Menezes Leitão. O IMI pode aumentar ou diminuir consoante a exposição solar ou a qualidade ambiental da habitação, segundo um diploma publicado hoje em Diário da República que aumenta a variação máxima prevista para o coeficiente de ‘localização e operacionalidade relativas’. O decreto-lei n.º41/2016, publicado hoje, introduz uma alteração ao Código do Imposto Municipal sobre Imóveis, no coeficiente de ‘localização e operacionalidade

Governo não vai privatizar a ADSE Agência Lusa

madeira

relativas’, um dos elementos que influenciam (aumentando ou diminuindo) o coeficiente de qualidade e conforto, que é tido em conta no cálculo do valor patrimonial tributário, base à qual é aplicada a taxa de IMI. O diploma define agora que o coeficiente de ‘localização e operacionalidade relativas’ possa ser aumentado até 20% ou diminuído até 10%, caso fatores como a exposição solar, o piso ou a qualidade ambiental sejam considerados positivos ou negativos. Até aqui, o código do IMI previa que o coeficiente de ‘localização e operacionalidade relativas’ tivesse uma ponderação máxima de 5% - o que significava que estes elementos podiam aumentar ou diminuir o coeficiente até esse valor.

nenhum momento, serão apresentadas quaisquer medidas que tenham como objectivo a privatização total ou parcial da ADSE. Importa acima de tudo reafirmar a preocupação central com a sustentabilidade da ADSE reforçando os mecanismos de estabilidade e de confiança que cumpram as legítimas expectativas do conjunto dos seus beneficiários”, afirma o Ministério da Saúde em comunicado. A posição da tutela surge na sequência da divulgação, na passada terça-feira, do relatório final da Comissão de reforma da ADSE (Assistência na Doença aos Servidores do Estado), que defende que “a nova entidade deverá ser pessoa colectiva de direito privado, de tipo associativo, sem fins lucrativos e de utilidade pública administrativa”. O Ministério da Saúde explica que, em nome das responsabilidades públicas e da transparên-

A Policia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal do Funchal, anunciou quarta-feira, em comunicado a apreensão de 217 quilos de cocaína que se encontravam dissimulados a bordo de um veleiro aportado na Ilha da Madeira. A operação decorreu em colaboração com a Polícia Marítima. “Esta apreensão vem na sequência de uma outra, de 122 quilos do mesmo produto, efetuada no passado mês de Julho e que levou à detenção de duas pessoas”, informa a PJ. De acordo com a PJ “o produto estupefaciente será disponibilizado à comunicação social para eventuais reportagens, pelas 16 horas do dia de hoje”, acrescenta a mesma nota. O comunicado da PJ confirma assim o essencial da notícia de hoje do DIÁRIO que fala numa nova apreensão de droga num veleiro ‘Calma’, atracado na marina da Calheta. Já na semana passada havia sido feita outra apreensão de 122 quilos de cocaína.

cia, entendeu divulgar publicamente o relatório, mas sublinha que as suas conclusões representam apenas “as visões dos membros que a integram” e “não reflectem necessariamente as visões do Ministério da Saúde ou de qualquer das instituições com que os membros da Comissão se encontrem afiliados.” Ao ministério de Adalberto Campos Fernandes, cabe agora elaborar uma proposta de procedimento legislativo que tenha em conta o dever de cumprimento dos compromissos inscritos no seu programa. Nesse procedimento legislativo, serão tidos em conta todos os documentos produzidos - nomeadamente este, o da Entidade Reguladora da Saúde e o do Tribunal de Contas - bem como os contributos dos parceiros sociais, em particular das estruturas sindicais representativas dos trabalhadores da Administração Pública.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

madeira

Confirmado encerramento da Praça CR7 à noite Diário de Notícias da Madeira

Sociedades de Desenvolvimento alegam razões sanitárias e de segurança para o fecho entre as 02h e as 08h da manhã A Praça CR7 passa a ficar fechada ao público entre as 02 horas e as 08 horas. A confirmação acaba de ser assumida, em comunicado, pelas Sociedades de Desenvolvimento, entidade que tem a tutela daquele espaço no Funchal. Depois da polémica que se tem verificado nos últimos dias, aquela entidade acaba de assumir que “foi decidido, por razões sanitárias, de segurança e a frequentes actos de vandalismo, encerrar a Praça CR7 e zona adjacente, entre as 02.00horas e as 08.00horas da manhã.”

utao

Governo usou mais de 1/3 da despesa de integração de saldos de gerência anterior Agência Lusa

Acrescenta o comunicado que “esse encerramento em nada prejudica o usufruto livre desse espaço público, por parte dos cidadãos e turistas”. E recorda que “já aquando do encerramento do Parque de Santa Catarina, há largos anos atrás, idêntica polémica foi suscitada, mas que se veio a revelar sem qualquer fundamento.” A mesma nota informativa acrescenta que a decisão de fe-

char a Praça “foi acordada entre o Governo Regional e todos os concessionários dos espaços comerciais e não prejudica absolutamente ninguém, antes pelo contrário” conclui. E garante que a medida representa “uma mais valia para a preservação do espaço publico e para uma considerável melhoria das suas condições sanitárias.”

A UTAO indicou que, no primeiro semestre deste ano, o Governo usou mais de um terço da dotação orçamental de despesa resultante da integração dos saldos de gerência de anos anteriores, cuja utilização efetiva penaliza o défice. Na nota sobre a execução orçamental do primeiro semestre em contas públicas, a que a Lusa teve hoje acesso, a Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) analisa a integração e utilização de saldos de gerência anterior em 2015 e 2016, uma das formas a que o Governo pode recorrer para realizar alterações orçamentais ao longo do ano. S egundo explica a UTAO, compete à Assembleia da República realizar alterações orçamentais ao longo do ano (através da

politica

BE questiona Governo sobre as descargas suinícolas ilegais na bacia do rio Lis Agência Lusa

Até agora, constatase uma enorme incapacidade inspectiva e a não resolução deste problema Os deputados do Bloco de Esquerda (BE) Heitor de Sousa e Pedro Soares questionaram o Governo sobre as descargas suinícolas ilegais na bacia do rio Lis, a incapacidade inspetiva e a resolução deste problema. Numa pergunta enviada ao ministro da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural na terça-feira e hoje divulgada, os deputados recordam que a “na bacia hidrográfica do Lis, a atividade pecuária está fortemente presente,

Portugal 11

exercendo elevada pressão ambiental devido à enorme carga poluente que a produção de efluentes representa e que, com grande

frequência, são ilegalmente descarregados para as linhas de água”. Há vários anos que o BE “recebe testemunhos e relatos de denún-

cia às autoridades destas práticas predadoras do ambiente, promovidas por suinicultores e até pela empresa de recolha e tratamento de resíduos, a Ambilis S.A”, referem. Segundo os deputados, em Leiria, são produzidos cerca de 2.500 metros cúbicos por dia de efluentes que “acabam maioritariamente despejados nas linhas de água”. Aparentemente, escrevem os parlamentares, “os serviços de fiscalização, nomeadamente o SEPNA/GNR, são insuficientes, não tendo capacidade de resposta para as muitas queixas apresentadas” e “abundam ainda os relatos sobre suiniculturas com condutas subterrâneas difíceis de detetar e com recintos vedados à atividade inspetiva”. “Toda esta situação configura também um incumprimento da Diretiva-Quadro da Água, que obriga à proteção de todo o tipo de águas”, concluindo o BE que se trata “não só de uma situação danosa

aprovação de orçamentos retificativos), mas o Governo também pode fazê-lo, através da dotação provisional, do aumento das receitas próprias ou consignadas ou através da integração de saldos de gerência ou dotações de anos anteriores. Estas alterações orçamentais da competência do Governo “têm como objetivo garantir o equilíbrio entre os montantes de dotação orçamental de despesa aprovada pela Assembleia da República como um todo para a administração central e assegurar uma margem orçamental ao Governo de forma a garantir a flexibilidade para acomodar as necessidades efetivas de cada serviço, mantendo o respeito pelo princípio na especificação da despesa”, explicam os técnicos independentes que apoiam o parlamento.

para o ambiente e para os recursos naturais, mas também para a saúde pública, poluindo os lençóis freáticos, as margens do rio e a Praia da Vieira, onde inúmeros cidadãos se banham diariamente nas águas do Lis”. Neste sentido, os deputados questionam o Governo se tem conhecimento de todas as “situações descritas” e que “medidas vão ser implementadas para reforçar a capacidade inspetiva às suiniculturas poluentes e para dar resposta às denúncias dos cidadãos”. “Dado que, atualmente, não há capacidade de tratamento para o volume de resíduos produzidos e que o projeto anunciado está longe de ser uma resposta satisfatória, de que forma pretende o Governo solucionar o problema para o qual não se prevê capacidade de tratamento instalada”, perguntam ainda os deputados. Os parlamentares apelam também para que seja dada resposta às exigências da legislação, de modo a “proteger os recursos naturais e a saúde pública na região”. Heitor de Sousa - eleito por Leiria - e Pedro Soares referem ainda no documento enviado ao Governo que “no passado, foram atribuídos fundos comunitários para apoiar a resolução deste problema e que não se sentiram, nem viram, efeitos da sua aplicação”.


12 Publicidade

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 13


14 Publicidade

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Cultura 15

clubes

Ommyra Moreno

“Caracas Imborrable” Na galeria da loja de desenho Sirte al Cubo, no Centro de Arte Los Galpones, foi inaugurada uma exposição sobre o que significa para o caraquenho a sua cidade. A mostra, intitulada “Caracas Inborrable”, é composta por 31 peças distribuídas em cinco séries, onde se exibem (bordadas, perfuradas a laser e moldadas sobre cimento e resina) as silhuetas dos que cataloga como «nove íconos fundamentais que têm permanecido intactos» na sua memória. Inaugurada no marco do 449º aniversário da fundação da cidade, a mostra, como relata Benaím, impõe-se como um contributo para a reflexão em torno da identidade e, sobretudo, como um apelo à liberdade. «Nenhum destes espaços foi construído durante os últimos 17 anos, nem muito menos na chamada quarta república, embora ali tenham sido feitas grandes edificações. Estes são locais inapagáveis, que se tentam recordar e eu mostro como me lembro deles. Entrada livre Local: Galeria Siete al Cubo. Centro de Arte Los Galpones. Octava Transversal con Avenida Ávila. Los Chorros.

Festival da canção de Feceporven leva-se a cabo em outubro

Daniel Bastos

Ommyra Moreno Suárez

No encontro, espera-se a participação de pelo menos seis clubes A Federação do Centros Portugueses de Venezuela anunciou a data para a realização do Festival da Canção, que se realiza no próximo sábado dia 12 de outubro nas instalações da Casa Portuguesa do Estado Aragua, em Maracay. No encontro, espera-se a participação de pelo menos seis clubes luso-venezuelanos, que deverão enviar os seus representantes, os quais terão a tarefa de entreter o público com a sua voz, destacando-se nas categorias: Voz Branca, Voz Cristal, Voz Prata e Voz Dourada, com versões em português e espanhol, nas quais também poderão participar

Castelos de areia

duos. Em princípio, a ideia era realizar o evento pelo menos uma vez em cada dois anos, contudo nos últimos tempos o certâmen tem-se realizado anualmente, o que permite que os novos talentos possam melhorar as condições entre cada participação. Os orga-

nizadores assinalam que existe um árduo trabalho por detrás de tudo isto, mas assegura ser necessário impulsionar estas iniciativas, pois fazem parte da cultura e representam um estímulo para os jovens da comunidade, para além de ser uma forma de expressar o seu talento através da música.

Na enseada da fantasia construo com as mãos impregnadas de maresia pulcros castelos de areia. Fortalezas inexpugnáveis de alegria e esperança guardam tesouros incalculáveis, sonhos eternos de criança. Alindados com torres de vigia contemplo dos celsos pináculos com o binóculo da nostalgia o amanhecer sobre o mar. Ouço lá longe o rebentar das ondas que um dia hão de desmoronar os castelos de areia com que nunca devemos deixar de sonhar. Daniel Bastos, “Castelos de areia”, in Terra.

Siempre Frida A Galeria de Arte La Florida apresenta, juntamente com a Associação de Artistas Mulheres AMOJ, uma exposição coletiva intitulada “Siempre Frida”. Trata-se de uma homenagem à célebre intora mexicana Frida Kahlo, a 109 anos do seu nascimento. Com a curadoria, museografia e concetualização de Mirla Soto, esta mostra oferece a visão de 53 criadoras venezuelanas em torno de uma das artistas mais importantes da América Latina, através de uma seleção de obras de diferentes tendências artísticas entre as que se incluem pinturas, esculturas, fotografias, cerâmica, ourives, desenho, poesia, canto e teatro, entre outras. Cada uma delas, a partir da reinterpretação, mostra a sua visão sobre Frida, tanto através do feito icónico como através do seu carater conceitual. Entrada livre Data: de 31 de julo a 20 de agosto Local: Galería de Arte Florida, localizada na Avenida Don Bosco, Qta. Castillete, urbanización La Florida.

Artes

Dalia Ferreira apresenta as suas peças em homenagem a Frida Kahlo Ommyra Moreno Suárez

A iniciativa surge como parte de uma comemoração dos 109 anos do nascimento da reconhecida pintora mexicana A artista plástica, fotógrafa e jornalista luso-venezuelana Dalia Ferreira vai exibir as suas peças como parte integrante da mostra intitulada “Siempre Frida”, que permanecerá na Galeria de Arte La Florida, em Caracas, até ao

próximo dia 20 de agosto. Cada elemeto da exposição presta homenagem à reconhecida pintora mexicana Frida Kahlo, nos 109 anos do seu nascimento. Thais Tula Leal, Beatriz Baumgarnert, Linda Morales, Juana Flores, Gloria Meli Blancazo, Raiza Carreño, Amarilis Hannot, Beyla Medina, Morella Muñoz-Tebar, Frida Varnagy, Beatriz Peñin, Gladys Calzadilla, Maritza Alayón, Federica Morales, Laura Rizzo, Jennina Guzmán, Esmeralda León, Maira Pivernat e Mirian Labarca são alguns dos artistas que acompanham a lusodescendente com os seus respetivos trabalhos, instalados num formato único de 25 x 25 centímetros. As peças integram

desenhos e elementos simbólicos acompanhados com representações figurativas utilizadas por Frida Kahlo, concebidas pela visão artística de cada uma das suas criadoras. A iniciativa foi organizada pela também artista Mirla Soto, que foi a encarregue de realizar a convocatória e de levar a cabo a concetualização da exposição. «Escolhi Frida como personagem porque

foi uma mulher que se sobrepôs às dificuldades e que nunca deixou de criar. Era uma pessoa que lutava por ela e pela sua sociedade e então, de alguma forma, uma pessoa sete, declara. Durante o período da mostra comemora-se todos os sábados encontros com as credoras e desenvolvimentos de projetos plásticos, desde um olhar defensor dos direitos da mulher na sociedade.


16 Cultura

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

Ommyra Moreno Suárez

Ommyra Moreno Suárez

Esquadrão suicida

Favoritas mas Solteiras

Enquanto o Governo dos EUA não tem sabe como responder a uma visita de extraterrestres à Terra com intenções maléficas, Amanda ‘El Muro’ Waller, a líder da agência secreta A.R.G.U.S., oferece uma curiosa solução: recrutar os vilões mais cruéis, com habilidades letais e inclusive mágicas, para que trabalhem para eles. Sem demasiadas opções a dar uma negativa, os sete supervilões mais perigosos do mundo aceitam colaborar com o Executivo em perigosas missões secretas, quase suicidas, para assim conseguir limpar o seu expediente. Agora terão que obedecer à ordens ou morrer na tentativa, algo que os obrigará a Rick Flag, o seu samurai e guarda-costas katana e os implantes explosivos ou nano-bombas que levam enxertados no pescoço, cortesia de Industriais Wayne. Mas a explosiva e ingovernável “Força Especial” não é o único problema de Waller, pois El Joker, sabendo que o seu amante Harley Quinn já não está por detrás das grades, vai fazer o possível para a recuperar.

A obra “Favoritas mas Solteiras”, do escritor Reinaldo Navas, apresenta-se no Teatro Sambil Caracas todas as sextas-feiras pelas 19h00. Mariana, Jessica e Gabriela são as personagens de uma história quotidiana no centro da comédia que te fará passar um bocado ameno e divertido através de monólogos anedóticos de três miúdas belas e exitosas que continuam solteiras, segundo elas, pela incapacidade e desequilíbrio emocional dos homens. Esta peça foi escrita e é dirigida por Reinaldo Navas, produzida por Dheijzywc Merchán e protagonizada por Vanessa Suarez, atriz de TV que atualmente participa na telenovela “Entre tu Amor y mi Amor”, Andreina Mesa, a estrela do êxito de “Micro Teatro Escena de un Crimen” e “Florgeipsa”. Podes assistir a esta divertida e interessante obra todas as sextas-feiras às 19h00 no Teatro Sambil. As entradas podem ser adquiridas nas bilheteiras do teatro ou através de www.ticketmundo.com.

The Killing Joke Baseado na conhecida novela gráfica com o mesmo nome, “Batman: The Killing Joke” realiza um recorrido na escura psique do príncipe palhaço do crime, desde os seus humildes começos como um comediante até o seu fatídico encontro com Batman, que muda a vida de ambos para sempre. Anos depois, e agora já depois de ter fugido de Arkham Asylum, The Joker desenha um plano para demonstrar que um mau dia pode fazer com que qualquer pessoa enlouqueça tanto como ele e fixa os seus objetivos no Comissário Gordon, até que o cavaleiro da noite decide pôr fim ao último plano do Joker e salvar um dos melhores homens de Gotham City. Depois de um prólogo introdutório com as heroicas aventuras de Barbara Gordon como Batgirl, juntamente com Batman, “Batman: The Killing Joke” mantem-se fiel à autêntica história que se tem mantido na imaginação dos fãs durante quase três décadas que põe em relevo o nascimento de um super-vilão, a fortaleza de um super-herói e uma conclusão que o deixará sem palavras.

Espetáculos

Marjorie de Sousa protagoniza nova campanha de PETA Latino Ommyra Moreno Suárez

A lusodescendente une-se à longa lista de celebridades que promovem a bondade unto dos animais A atriz e modelo luso-venezuelana Marjorie de Sousa anunciou a sua participação na nova campanha publicitária de PETA Latio, que se desenvolverá pelas ruas da cidade de Miami sob o lema “Sê um anjo para os animais”.

No audiovisual, a luso-venezuelana aparece com um ar de asas e a passear com a sua companheira canina resgatada, que tem como nome Lola. Numa entrevista exclusiva à PETA Latina, destaca a importância de esterilizar as mascotas. «Na América Latina, é impressionante a quantidade de cães que há na rua e na verdade é ada vez pior. Necessitamos um pouco mais de humanidade e de amor para com os animais. Mas como podemos ajudar? Esterilizando primeiro», assegurou a atriz. Desta forma, Marjorie de Sousa une-se à longa lista de celebridades, como:

Gaby Moreno, Rubén Albarrán, Carla Morrison, Eva Mendes, Alfonso Herrera e Kate del Castillo, que têm trabalhado com PETA e cm PETA Latino para promover a bondade para com os animais. Igualmente, através da sua conta de Instagram, também demonstrou os seus dotes para o canto, ao deleitar todos os seus seguidores ao cantar “Amor a la mexicana”, de Thalia. No vídeo, que já tem mais de 100 mi reproduções, também aparecem as atrizes mexicanas Renata Notni e Betty Monroe como parte de uma comemoração pelo fim da telenovela “Sueño de amo”.

teatro

Lusodescendente destaca-se em “Felizes para sempre?” Sergio Ferreira Soares

A peça faz parte da oitava temporada do Microteatro Venezuela De 4 de agosto a 25 de setembro, Caracas vive novamente a euforia do teatro de Micoteatro Venezuela. Os Espaços Urban Cuplé, localizados no nível C2 do Centro Comercial Ciudad Tamanaco (CCCT ) vão servir de sede para esta grande festa teatral que nesta oportunidade com duas temporadas sucessivas de

Microteatro Adulto e a segunda edição do Microteatro Infantil. O jovem lusodescendente Jorge Melo vai ser um dos protagonistas da oitava temporada, quando suba ao palco para interpretar a peça “Felizes para sempre?”, juntamente com Carolina Torres. A peça apresenta-se de forma consecutiva durante seis dias à semana com seis funções diárias: terças a sábados desde as 7h15 até às 21h45, e aos domingos das 18h15 até 20h45. Esta comédia amorosa, dirigida por Marisol Martínez e escrita por Fernando Martínez, é prota-

gonizada pelas clássicas personagens dos irmãos Grimm, Branca de Neve e o Príncipe, para narrar os sucessos posteriores a um sicariato frustrado. Branca de Neve sobrevive, escrava de sete anões, delatada por um espelho, enfeitiçada por uma bruxa e resgatada por um necrófilo. Conta o final de uma história de amor 20 anos depois, quando se acabam todos os contos. Todas as entradas podem ser adquiridas através de www.ticketmundo.com e diretamente no evento nas bilheteiras. Para mais informação, visite www.microteatrovenezuela.com

“Sé seria mamita, escribe” A peça teatral conta a história de Regina Carbonell ou Mamita Pérez, o seu nome real, uma escritora de 60 e poucos anos não muito culta mas que lê muito, filha de europeus e nascida na América Latina, que por diversos motivos nunca pôde escrever nada a sério, a não ser uns contos eróticos quando tinha 16anos. Um acontecimento vai, no entanto, mudar a sua vida: a ira do seu pai, que vai revoltar-se contra ela com qualificações como “não és séria” e “não serves para nada”. A atitude cruel faz com que Regina tenha um grande trauma, passando a ser viciada em drogas e álcool. Esta peça teatral é protagonizada por Lula Bertucci, que partilha o cenário com Oriana Rodríguez. A produção executiva está a cargo de Rhazes Moreno, a assistência de produção está nas mãos de Víctor Valdiris, a direção é de David Catarí, a assessoria de vestuário depende de Andrés Izarra e os Eventos de I.M. Ainda, os adereços são da responsabilidade de Antonio Medrano. «Se seria mamita, escribe», é apresentada aos sábados às 18h00. As entradas podem ser adquiridas em www.solotickets.com.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Moda Ommyra Moreno

Cultura 17

Beleza

Lusodescendente tenta coroar-se como Miss Venezuela 2016

Top Música Sergio Ferreira

Ommyra Moreno Suárez

4 clássicos que não podem faltar no verão Óculos de sol: Os óculos de sol oversize (grandes), furor no ano de 1954, graças a Audrey Hepburn, desde então têm estado na moda. Trata-se de um complemento ideal para qualquer conjunto. São muito grandes têm a vantagem de ser muito elegantes, dando muito glamour, enquanto que se optares por um modelo vintage podes parecer distinta. Se tens um rostro largo, as linhas curvas ajudam a suavizar o contorno da tua cara e a disfarçar a distância com o teu pescoço. Blusas de ombros descobertos: Uma peça que marcou a tendência durante este verão foi definitivamente a blusa off the shoulder (ombro descoberto). Têm uma combinação feminina com a sensualidade necessária, o que ao mesmo tempo é muito favorecedor porque deixa a descoberto os teus ombros sem te expor demasiado. Outra vantagem é que não se trata de uma prensa justa, o que te fará sentir cómoda e te permitirá dissimular a zona da barriga. Quimonos: Os quimonos têm a característica de dar um toque diferente aos conjuntos veraneantes. Com as suas cores fortes e estampadas apelativas, esta tendência oriental já tem o seu lugar nos mais modernos guarda-roupas. Sem dúvida, ratão inspirados nas longas peças de roupa usadas pelas Geishas, mas agora apresentam-se com tecidos mais suaves, frescos e costuras mais simples. Camisa branca: A camisa branca também não pode faltar no verão. Durante esta temporada, podes combiná-la com uns calções. A versatilidade da sua utilização é uma das principais razões para que marcas como a Carolina Herrera as ache tão especiais. Podes usá-las com ou sem acessórios, com jeans ou com saias curtas ou compridas. Esta peça de roupa oferece um sem fim de opções para parecer bem em qualquer evento.

O “Zar da beleza” selecionou as 24 candidaturas que deverão iniciar uma árdua preparação para o dia 6 de outubro A médica cirurgiã Claret de Gouveia, de 24 horas, conseguiu um lugar entre as 24 candidaturas que foram selecionadas para concretizar o seu sonho de se converter na nova soberana da beleza nacional. Durante a primeira emissão do programa “A Magia de Ser Miss”, a qual s realizou no passado dia 23 de julho, o denominado “Zar da beleza”, Osmel Sousa, mencionou um a um o nome das jovens venezuelanas que deverão iniciar uma árdua preparação para obter a cora no próximo dia 6 de outubro na Miss Venezuela 2016. O evento foi conduzido por Mariángel Ruíz, Renato Barabino e Henrys Silva, para além da participação dos animadores dos programas de Venevisión e Venevisión Plus no marco da Temporada da Beleza, entre os quais estão: Kerly Ruíz, Osmariel Villalobos,

Em Portugal

Mariela Celis, Jesús de Alva, Jordan Mendoza, Dave Capella e Osmel Sousa, Presidente da Organização Miss Venezuela. A nota musical esteve a cargo de Acero, La Voz Ucabista 2015, a apresentação de Benavides e Desakataos. María Paredes, Yanett Díaz, Viviana Valente, Jelaning Fargas, Ysabel Cedeño, Diana Croce, Tulia Alemán, Elizabeth Sargo, Mela-

nie Bermúdez, Raymar Valbuena, Reneta Bello, Victoria González, María Bencomo, Betania Rojas, Melanie Gerber, Antonella Massaro, Rosangelica Piscitelli, Maria D’Ambrosio, Keysi Sayago, Fernanda Zabian, Frinddy Bocaranda, Sarahim Dávila, Mariana Palazzo, são outros dos nomes que figuram para este certâmen de beleza mais importante do país.

“Gyal You A Party Animal” / Charly Black “This Girl” / Kungs & Cookin’ On 3 Burners “This One’s For You” / David Guetta Feat. Zara Larsson “I Need This Girl / Virgul “Duele El Corazon” / Enrique Iglesias Feat. Wisin

beleza

Lusodescendente aspira a converter-se em Grande Modelo Venezuela Teen Sergio Ferreira Soares

Atualmente estão abertas as votações para a banda cibernética Não é segredo para ninguém que a beleza das luso-venezuelanas em chamado a atenção dos especialistas no âmbito da moda e dos concursos de beleza. Desde que Vanessa Gonçalves foi coroada Miss Venezuela e obteve a melhor qualificação no desfile de fato de banho do Miss Universo 2010 que muitas jovens enveredaram por este ramo com o intuito de se converterem na mais bela do país. Isto mesmo aconteceu com a jovem modelo Valeria Correia,

que nas próximas semanas aspira a se converter em Grande Modelo Venezuela Teen Female 2016, um concurso organizado pela conhecida agência de modelos GARBO & CLASS, que nesta oportunidade estrutura o seu show anual sob o conceito de “Tempo e Espaço”. Espera-se que nos próximos dias seja dado a conhecer o lugar e a data da final da competição. Valeria, jovem que faz a sua vida na Associação Civil Centro Português, em Caracas, nasceu a 2 de novembro de 1993 em Caracas e estudou no Colégio María Inmaculada. A sua disciplina fez com que participasse em diferentes espaços relacionados com o mundo da beleza e fizesse parte de agências de modelo, onde impulsiona a

Na Venezuela sua carreira profissional. Atualmente, está aberta a votação para a banda Gran Modelo Venezuela Teen Internet. Se desejas apoiar a esta lusodescendente, só tens de seguir a conta de Instagram do concurso e fazer um like à fotografia oficial de Valeria Correia.

“Toy enamorao” / Mozart LP, Sharlene y Nacho “Sayonara” / Jonathan Moly y Jerry Rivera “El perdedor” / Maluma “Como tu” / Juan Miguel “Como se sufre se baila” / Pedro Alonso


18 Miscelânea

Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016 | Correio da Venezuela

Saúde em dia

Sémen do homem fortalece VIH

Pensa Verde Sergio Ferreira Soares

‘Granitos de arena’ surfistas

Um novo estudo feito em conjunto com a Universidade da Califórnia, em San Francisco, nos Estados Unidos, e The Gladstone Institute, avançou que o sémen dos homens parece dar ao vírus da SIDA um impulso adicional. Este achado, conforme sustentam os investigadores, poderia explicar porque é tão difícil desenvolver cremes ou geles efetivos para prevenir a infeção. A investigação também revelou que o medicamento chamado maraviroc (selzentry, nome comercial nos EUA e celsentri fora da EU) poderia marcar o caminho para resolver este problema e dar-lhe aos micróbios o impulso necessário para que tanto as mulheres como os homens pudessem utilizar para se protegerem efi-

cazmente contra a infeção. «Acreditamos que este pode ser um dos fatores que explicam porquê tantas drogas que bloqueiam eficazmente a infeção por VIH nas experiências de laboratório não trabalham no ambiente do mundo real», declarou Nadia Roan, autora principal do estuo que foi publicado na revista especializada Science Translational Medicina. O sémen, o líquido que transpor ta os espermatozoides, também contêm pacotes de proteína chamada fibras amiloides. O vírus da imunodeficiência humana (VIH) une-se a eles em grupos que os ajudam a invadir as cédulas. Os grupos também parecem ser capazes de repelir os fármacos utilizados nos microbicidas. Quando Roan e os seus colegas

experimentaram diferentes microbicidas em mostras de VIH, concluíram que a inclusão de sémen dava um impulso de dez vezes mais ao vírus para infetar as células, e fez com que os microbicidas fossem vinte vezes menos eficazes. «Os microbicidas foram desenvolvidos originalmente como uma forma de potenciar e proteger as mulheres na África subsaariana, que muitas vezes não têm uma forma de negociar sexo seguro ou a utilização de um preservativo», contou o doutor Warner Greene, diretor de Virologia e Imunologia do Instituto Gladstone. «Contudo, a primeira geração de microbicidas foi em grande medida ineficaz ou, pior ainda, alguns ajudaram a aumentar a transmissão do vírus».

O movimento ecológico na Venezuela continua a crescer, e mostra disso é a recente actividade realizada em duas praias do Estado de Vargas, na qual o Movimento Internacional ‘Granito de Arena’, da Fundação Eco-Social de Mulheres Surfistas (FEMS), utilizou o surf como ferramenta para despertar a consciência de crianças de escassos recursos sobre a importância de manter as praias limpas, especialmente de plástico. O movimento ‘Granito de Arena’ é uma iniciativa promovida por cinco surfistas latinos, entre eles o primeiro campeão mundial venezuelano, Magnum Martínez, que procuram devolver ao mar tudo o que este campo natural lhes deu, e uma forma de fazê-lo foi fazer com que as crianças se apaixonem pelo surf, demonstrando-lhes o quão divertido o mar pode ser a bordo de uma prancha, e porque é tão importante que mantenhamos as praias livres de plástico. Nesta oportunidade, os surfistas juntaram-se às jovens da

FEMS que, durante meses, trabalharam com comunidades como as de Mare Abajo, ensinando às crianças a importância de reciclar e preservar o ambiente, mas também os benefícios que lhes traz, e às suas famílias, a recolha dos desperdícios e transporte para os locais de reciclagem da zona, tal como o fizeram os membros desta fundação, que financiam os seus eventos através dos desperdícios depositados nestas indústrias que muitas vezes passam despercebidas na nossa sociedade.

Segredos de cozinha

Cherne com iogurte

Sabia que...? Ommyra Moreno Suárez

Dados curiosos sobre os ruivos Os científicos demonstraram há algum tempo que os ruivos (naturais) têm uma biologia única, diferente de qualquer outra pessoa. Como todos sabemos, trata-se de uma cor de pelo curiosa e chamativa, mas traz consigo uma série de características associadas tanto à saúde como a relações com os outros. O gene ruivo pode saltar entre gerações e reaparecer algumas depois. Diversos estudos têm evidenciado que as pessoas morenas com bastantes sardas, embora não sejam ruivas, nem tenham pais ruivos, têm altas probabilidades de ter mutação no gene MC1R e, como tal, alguns dos seus filhos pode herdar o gene ruivo se ambos os pais (sem importar a cor do seu cabelo) forem portadores do gene. O gene responsável pelo cabelo avermelhado foi identificado até ao ano 2000, pelo que é difícil saber quantas pessoas ruivas existem exatamente em

todo o planeta. Estima-se que entre 1 a 2% da humanidade possua o gene ruivo. A mutação genética em MC1R permite explicar a cor e a típica pele clara dos ruivos, mas não só. Esta mutação também liberta uma hormona no cérebro que tem a capacidade de imitar a produção de endorfinas. Uma das funções principais das endorfinas é proporcio-

nar alívio à dor, o que converte os ruivos em pessoas mais sensíveis aos analgésicos receitados pelos médicos. É por isso que uma pessoa ruiva deve tomar doses mais baixas destes medicamentos para conseguir o mesmo nível de tolerância à dor do que as outras. Ainda assim, a relação com os medicamentos também é muito curiosa: a alguns deles praticamente não faz efeito enquanto que a outros o efeito é muito forte e têm que reduzir as doses. Os ruivos destacam-se, especialmente as mulheres, pois são sinal de juventude e fertilidade. Segundo uma investigação levada a cabo pelo psicólogo Scott Kaufman, no jogo da sedução, o cabelo vermelho provoca mais excitação do que qualquer outro. Também, o facto de ser pouco comum encontrar pessoas ruivas faz com seja mais encantador.

INGREDIENTES:

1 kg de cherne em postas; 1 kg de batatas cozidas; sal e pimenta; 2 cebolas picadas; 2 alhos picados; azeite; 100 g de bacon em fatias finas; 1 limão; 2 iogurtes naturais

PREPARAÇÃO: • • • • • • •

Tempere as postas de cherne com sal e pimenta. Cubra o fundo de um pirex com a cebola e os alhos. Coloque as fatias de presunto e as batatas cozidas, cortadas em rodelas. Regue com um pouco de azeite e leve ao forno durante cerca de 15 minutos. Introduza as postas de cherne, regue com o sumo de meio limão e coloque o restante, cortado em rodelas, por cima do peixe. Regue com mais um fio de azeite e leve de novo ao forno por mais 15 a 20 minutos. Bata ligeiramente os iogurtes naturais e deite por cima do peixe. Leve ao forno mais 5 minutos.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 19


26 20 Desporto

Quinta-feira5 30 de Outubro a11Quarta-feira Novembro | Correio da Venezuela Sexta-feira a Quinta-feira de Agosto de6 de 2016 | Correiode da2014 Venezuela

Portugal futebol

Ronaldo, Bale e Griezmann finalistas na eleição para melhor jogador da UEFA Agência Lusa

O júri irá depois votar novamente para eleger o vencedor, durante o sorteio da fase de grupos da Liga dos Campeões Cristiano Ronaldo, Gareth Bale e Antoine Griezmann são os três candidatos à eleição do Prémio de Melhor Jogador da UEFA na Europa de 2015/16, cujo vencedor será anunciado a 25 de agosto, no Mónaco. O anúncio foi feito hoje pela UEFA, a partir de uma lista de cinco jogadores votados por um júri de jornalistas de cada uma das 55 federações membro do organismo que tutela o futebol europeu. Os atletas foram ordenados do primeiro ao quinto, com o primeiro a receber cinco pontos, o

segundo quatro e assim sucessivamente. Os dez jogadores mais votados avançam para a segunda votação, que determinou os três finalistas hoje conhecidos. O júri irá depois votar novamente para eleger o vencedor, durante o sor teio da fase de grupos da Liga dos Campeões, agendado para 25 de Agosto, no Mónaco. Os vencedores das edições anteriores foram Lionel Messi (2011, 2015), Andrés Iniesta (2012), Franck Ribéry (2013) e Cristiano Ronaldo (2014), pelo que o avançado do Real Madrid e de Portugal poderá igualar o craque argentino, com dois troféus conquistados, enquanto o extremo galês (Real Madrid) e o avançado francês (Atlético de Madrid) obterão pela primeira vez o prémio caso sejam os escolhidos. Renato Sanches (Benfica/ Bayern Munique e Portugal), e Pepe (Real Madrid/Portugal), que tal como Cristiano Ronaldo, se

sagraram em julho campeões europeus, em França, são os outros portugueses a jogar na Europa que receberam votos na eleição inicial. Em femininos, as finalistas são,

Ada Hegerberg (Olympique Lyon e Noruega), Amandine Henry (Olympique Lyon/Portland Thorns FC e França) e Dzsenifer Marozsán (FFC Frankfurt/Olympique Lyon e França).

Portugueses ‘arrumaram’a Argentina na estreia do Grupo D do torneio olímpico de futebol Rio2016 Agência Lusa

O médio português Bruno Fernandes afirmou quinta-feira que a “união” foi a chave da vitória

Jogos Olímpicos Rio2016, volta a jogar no domingo, frente às Honduras, às 15:00 locais (19:00 em Lisboa). O médio português Bruno Fernandes afirmou quinta-feira que a “união” foi a chave da vitória de Portugal sobre a Argentina (2-0), na estreia no Grupo B do torneio olímpico de futebol. Em declarações à Agência Lusa, após o embate disputado no Estádio Olímpico João Havalenge, no

FC Porto joga com a Roma o acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões

O FC Porto vai defrontar a AS Roma no play-off de acesso à fase de grupos da Liga dos Campeões. O sorteio determinou que o primeiro jogo será no Estádio do Dragão, a 16 ou 17 de Agosto e a segunda mão, em Itália, a 23 ou 24.

Rio2016

Portugal bateu a Argentina por 2-0, na estreia no Grupo D do torneio olímpico de futebol Rio2016, no Estádio Olímpico João Havelange, com golos de Gonçalo Paciência e do suplente Pité. O avançado do FC Porto marcou aos 66 minutos e o médio que os ‘dragões’ emprestaram ao Tondela faturou aos 84, permitindo à formação lusa assumir a liderança do agrupamento, com os mesmos três pontos das Honduras (3-2 à Argélia). A formação das ‘quinas’, que inaugurou a participação lusa nos

soltas

Rio de Janeiro, o jogador da Udinese falou de uma “importante vitória”, deixando claro que a equipa sabia que era muito bom “entrar com o pé direito”. Entre outras coisas, o triunfo sobre a Argentina terá acabado com a conversa sobre as muitas ausências na formação comandada por Rui Jorge. “A questão das ausências passa-nos ao lado. Tentámos formar o grupo o mais rapidamente

possível, seguindo as instruções do selecionador e demonstrámos que temos uma boa equipa, mas temos de continuar”, frisou o médio luso. Depois do triunfo sobre os sul-americanos, medalhas de ouro em 2004 e 2008, seguem-se as Honduras, no domingo: “O objetivo é o próximo jogo, que é importante para passar a fase de grupos”. Ainda quanto ao embate com os argentinos, Bruno Fernandes confessou que se sentiu bem, “porque a equipa ajudou”, e avançou que “a união foi a chave da vitória”. Para chegar à vitória, Portugal teve também o grande apoio dos adeptos brasileiros. “Foi muito bom sentir o apoio dos portugueses que estiveram aqui e dos brasileiros. Foi muito importante”, finalizou à Lusa Bruno Fernandaes.

Miguel Campos faz o melhor tempo na classificativa do Campo de Golfe Miguel Campos (Skoda Fabia R5) fez o melhor tempo na primeira passagem pela classificativa do Campo de Golfe, com o tempo de 7:03,6 minutos, menos 2,7 segundos do que José Pedro Fontes (Citroen DS3 R5), enquanto Miguel Nunes (Ford Fiesta R5) fechou o top-3, ao fazer 7:07,1 minutos. Após as duas primeiras provas especiais Miguel Campos/Vitor Calado lideram o Rali Vinho Madeira, com 3,3 segundos de vantagem sobre José Pedro Fontes e 3,6 em relação a Bruno Magalhães.

Estádio do Algarve vai receber o Portugal-Letónia de apuramento para Mundial2018 O estádio do Algarve vai receber a 13 de novembro o encontro entre Portugal-Letónia, da quarta jornada do Grupo B de apuramento para o Mundial de futebol 2018, anunciou hoje a Federação Portuguesa de Futebol (FPF). A receção à Letónia será a segunda partida de qualificação para o Mundial2018 que a seleção campeã europeia disputará em casa, depois de o jogo com Andorra, agendado para 07 de outubro, em Aveiro. Em declarações ao sítio da FPF, o vice-presidente da Câmara de Faro, Paulo Santos, mostrou-se bastante satisfeito com a escolha do palco para o encontro com a Letónia.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 21


26 22 Desporto

Quinta-feira5 30 de Outubro a11Quarta-feira Novembro | Correio da Venezuela Sexta-feira a Quinta-feira de Agosto de6 de 2016 | Correiode da2014 Venezuela

Venezuela Instituições

Sporting Clube da Venezuela comemorou terceiro aniversário Ommyra Moreno Suárez

O encontro desportivo contou com a participação de mais de 200 atletas A Associação Civil Sporting Club de Venezuela comemorou o seu terceiro aniversário no passado sábado 30 de julho com um campeonato de Futsal entre clubes, que teve lugar nas instalações do Centro Marítimo de Venezuela, localizado em Turumo, Estado de Miranda. No torneio, disputado nas primeiras categorias e +45 Máster, participaram mais de 200 atletas provenientes da Casa Portuguesa do Estado Araua, Centro Social Madeirense, Deportivo Portugués, Centro Marítimo de Venezuela e Sporting Club de Venezuela. Na categoria primeiras, os jogadores da Casa Portuguesa do Estado Aragua conseguiram ser campeões, Sporting de Venezuela vice-campeões e o Deportivo

Venezuela inicia-se no remo no Rio 2016 Onze países, entre os quais o Equador, a Venezuela, Vanuatu e Singapura, vão participar pela primeira vez na competição olímpica de remo durante os Jogos Olímpicos do Rio, que terão lugar no dia 5 de agosto. A Federação Internacional deu a conhecer esta terça-feira a participação nominal em provas olímpicas, com a Grã-Bretanha como equipa estrela: classificou 12 de 14 embarcações possíveis. Vão competir no Rio 69 países. Os onze iniciados são Vanuatu, Singapura, Líbia, Equador, Togo, Nigéria, Bahamas, Bermuda, Trinidad e Tobago, Venezuela e Angola.

Campeãs de sub17 em jogo amigável no México

Portugués conseguiu o terceiro lugar da competição. Na categoria +45 Máster, o Sporting de Venezuela foi campeão da categoria; o Centro

Marítim de Venezuela foi classificado em segundo lugar e o Deportivo Portugués obteve o terceiro lugar na categoria. Importa destacar que o even-

to desportivo foi transmitido em deferido por Meridiano Televisión no programa Futsal TV, que é feito pelo lusodescendente Antonio da Silva.

Futebol

Caracas Futebol Clube impôs-se sobre Trujillanos Ommyra Moreno Suárez

Os jogadores conseguiram vencer com olhos de Over Garcís, Miguel Mea Vitali, Andrés Sánchez e Reiner Castro O Caracas Futebol Clube, equipa onde joga o lusodescendente Robert Garcés, obteve uma vitória no passado domingo no Estádio José Alberto Pérez de Valera, cenário onde ele não vencia desde 2009. Os jogadores conseguiram vencer ao Trujillanos por 5-1, com golos de Over García, Miguel Mea Vitali, Andrés Sánchez e Reiner Castro, com jogo a dobrar. Com uma temporada de vantagem, o Rojo impôs-se no jogo.

soltas

Cada vez que perdiam a bola, não demoravam muito a recuperá-la graças à muita pressão e posicionamento dos volantes de primeira linha (Mea Vilati e Garcés), que para além do mais se encarregaram de dar-lhe equilíbrio e uma saída rápida. Logo depois do 3-0, sobre o minuto 42, o árbitro principal

Eduardo Mármol teve que parar o jogo porque fãs da equipa local invadiram o campo de José Alberto Pérez de Valera. Após oito minutos, os Trujillanos regressaram ao seu local e o ogo recomeçou, continuando a equipa Rojo a dominar, atacando inclusive, embora tenha falhado uma tentativa de remate, que o guarda-redes Cas-

tro defendeu. A equipa Trujillanos conseguiu descontar na fração 55’, quando a equipa Rojo levantou o pé do acelerador. Ottoniel Espinoza, avançado da equipa local, aleijou a perna direita a Thonattann Yustiz, que não conseguiu fazer nada perante o remate de ariete (1-4). O quinto golo chegou ao minuto 58, outra vez através de Reiner Castro, que recebeu um passe de Robert Hernández desde o lado direito e, com a pera direita, colocou a bola no ângulo, deixado sem opção Héctor Pérez (1-5). Ao Caracas Futebol Clube, cabe jogar o encontro frente ao outro combinado da capital, que acontece em Cocodrilos Sports Park e corresponderá à jornada de encerramento, onde os avilenhos esperam repetir a dose justa mostrada hoje e conseguir outros três valiosos pontos.

A seleção venezuelana Sub’17 de futebol feminino partiu rumo ao México onde disputará uma série de jogos amigáveis perante um grupo também jovem daquele país e outras equipas como preparação para o Mundial da categoria na Jordânia, que se inicia no próximo mês de setembro. O técnico da Vinotinto feminina, Kenneth Zseremeta, definiu um grupo de 18 jogadoras para este desafio: Alexa Castro, Nohelis Coronel, Hilary Vergara, Iceis Briceño, Nayerlyn Ropero, Heliamar Alvarado, Olimar Castillo, María García, Isabel Massa, Eliesmy Moreno, Sandra Luzardo, Fátima Lobo, Wilkary Camacho, Gladysmar Rojas, Yerliane Moreno, Dayana Rodríguez, Enyer Higuera e Kareylen Capdevilla.

Venezuelanas vencem o Madison Beach Volley Tour

A dupla feminina venezuelana de voleibol de praia constituída por Olaya Pazo e Norisbeth Agudo ganhou a medalha de ouro no terceiro desafio do Madison Beach Volley Tour 2016, que se realizou neste fim-de-semana sobre a arena da Playa de La Salvé em Villa de Laredo, Espanha. As venezuelanas venceram a final à dupla espanhola com 2 sets a 0, por Clara Lozano e Nazaret Florián, que tinha acabado de adjudicar o primeiro lugar na segunda parada do circuito, que se realizou na Playa da Malvarrosa da cidade de Valencia, Espanha. A dupla venezuelana conseguiu vencer o campeonato ao obter a vitória com resultados de 21-17 e 21-11.


Correio da Venezuela | Sexta-feira 5 a Quinta-feira 11 de Agosto de 2016

Publicidade 23


P r e m i o Ta l e n t o a l a C o m u n i c a c i ó n S o c i a l 2 0 0 9

Imagem da semana

Porto recebe magia de Harry Potter

Colômbia e Venezuela reabrem pontes fronteiriças a peões

Correio de Venezuela 662  

Edición 662

Correio de Venezuela 662  

Edición 662

Advertisement