Page 1

P r é m i o Ta l e n t o 2 0 0 9 Correio de Venezuela

@correiodvzla

@correiodvzla

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

publiCaÇão Nº 572

Ano 14 • Depósito LegAL: 199901DF222 • BsF. 10

Cursos De português reComeçAm em váriAs CiDADes

pub

as autoridades venezuelanas detiveram uma mulher de nacionalidade portuguesa quando se preparava para viajar de Caracas para lisboa com mais de quatro quilogramas de cocaína, revelaram à lusa fontes do aeroporto de maiquetía. pag. 3

tAp garante que nível de incidentes nos aviões é normal um porta-voz da tAp defendeu que os incidentes com aviões da empresa que têm sido noticiados nos últimos dias são produto de uma atenção excessiva da comunicação social. pag. 10

Desporto

o Consulado geral de portugal em Caracas passou a ser gerido, desde 29 de Agosto, por um novo cônsul-geral. Luiz manuel de magalhães de Albuquerque veloso já chegou a Caracas e substituiu no cargo paulo martins dos santos. pag. 4

lusa detida por tráfico de droga

portugal

Novo cônsul-geral em Caracas

Venezuela

Comunidade

Instituições lusitanas de Caracas, Maracay e Barquisimeto anunciaram a abertura de inscrições para o novo ano académico de ensino da Língua Portuguesa. Autoridades do Estado Anzoátegui promovem o idioma de Camões entre os seus funcionários. pag. 5

Daniel Da silva voltou aos relvados o médio-campista luso-descendente regressou aos relvados após um interregno de 455 dias. uma rotura de ligamentos no joelho direito, sofrida em Barinas, a 22 de maio de 2013, constituiu a razão do afastamento. pag. 27


2 Editorial

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

retrospectiva O Governo Português demonstrou, uma vez mais, a relevância que hoje atribui à comunidade lusitana que está radicada em Venezuela. Desta vez assinalase a chegada do novo CônsulGeral para Caracas. Luiz Manuel de Magalhães de Albuquerque Veloso desembarcou poucos dias depois da partida de Paulo

três

1

Esta semana fomos surpreendidos pela notícia de que uma portuguesa foi detida no Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, no Estado Vargas. Levava presa ao corpo uma faixa com 4,16 quilogramas de cocaína. A mulher, de 37 anos de idade, foi interceptada pela Guarda Nacional Bolivariana quando se preparava para embarcar num voo da TAO com destino a Lisboa. É natural que não podemos aprovar este tipo de comportamento, porque mancha a imagem de uma comunidade trabalhadora e que não recorre a esses expedientes para sobreviver.

dois

As autoridades venezuelanas detiveram cinco indivíduos suspeitos de extorquir dinheiro a empresários, principalmente portugueses, em Caucagua, no Estado Miranda. Os detidos formavam uma quadrilha conhecida por ‘Los Sindicalistas’ que se dedicava a exercer pressão através de ameaças de morte a construtores civis e comerciantes de diferentes localidades. Esperamos que as autoridades continuem empenhadas nestas acções, pois certamente contribuem e contribuirão para o bem-estar de todos quantos vivem em Venezuela.

Martins dos Santos, que foi nomeado conselheiro da Embaixada de Portugal em Moscovo. Saudamos o novo diplomata e fazemos votos para que possa continuar o seu trabalho na linha dos melhores que, felizmente, têm desempenhado essas funções na capital venezuelana, nos últimos anos.

Consideramos que é também momento oportuno para felicitar e agradecer, em nome da comunidade lusitana, ao cônsul-geral de Portugal em Valência, João Brito Câmara, que irá mais uma vez para a cidade de Punto Fijo, no Estado Falcón. A deslocação e atendimento servirá para emitir novos passaportes e procurar dar respostas a algumas questões que os nossos conterrâneos colocam relacionadas com actos consulares. Desde que chegou a Venezuela o diplomata Brito Câmara tem trabalhado muito próximo dos Portugueses, não só no Estado Carabobo, como em toda a jurisdição consular que está à sua responsabilidade. Continua a promover vários eventos e iniciativas que focam a Portugalidade dos nossos conterrâneos.

A Língua Portuguesa prossegue a sua expansão por terra de Venezuela. Esta semana a Corporação de Turismo do Estado Anzoátegui anunciou o lançamento de um curso de Língua Portuguesa para trabalhadores do sector turístico que pretendam prestar um melhor serviço aos turistas que chegam do Brasil através da nova ligação aérea de Ilha Margarita com Manaus. Igualmente diversas instituições lusitanas anunciaram a abertura de inscrições para o novo ano lectivo. Esperamos que todos os que têm por missão ensinar o Português trabalhem para fortalecer o sistema de Ensino e procurem ajudar na qualificação de todos quantos aceitam o desafio de aprender uma nova língua.

O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Cesário, realizou uma visita à África do Sul, onde condecorou um lusodescendente com a Comenda da Ordem de Mérito, Uma notícia que pouco tem a ver com a Venezuela, mas que afirma, uma vez mais, a relevância que está a ganhar, nos últimos tempos, a Diáspora Portuguesa. Cesário já visitou a Venezuela e constatou as inquietações dos conterrâneos que aqui vivem. Agradecemos essa presença constante e esperamos que esses esforços continuem a dar frutos.

seis

fotoflash

Na tarde do passado dia 1 de Setembro principiou o cerimonial da ‘Bajada’ da Virgem do Vale para as celebrações dos 103 anos da sua coroação canónica. Repiques de sinos e fogos de artifício anunciaram o início das festividades da Senhora do Oriente Venezuelano e deram lugar às peregrinações que também começaram cedo, pela manhã, nos arredores da Basílica Menor de Nossa Senhora do Vale, no Município García, Estado de Nova Esparta. Sem dívida que se trata de umas das imagens mais veneradas e das celebrações mais importantes das terras crioulas, que em cada ano junta um número impressionante de pessoas. Esta cerimónia marca o início de uma série de actividades que levam até aquela localidade cerca de 40.000 devotos que ali patenteiam a sua fé. Uma forma também de alavancar o turismo religioso, já que os visitantes necessitam de apoio e lugares para permanecer e descansar.

Grupo Editorial

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-40058840-5

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Gerente: Carla Vieira Editor Sergio Ferreira Soares Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 35F. Las Mercedes, Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: editorial@correiodevenezuela.com

Chefe de redacção Sergio Ferreira Soares |Jornalistas Carla Salcedo Leal, Victoria Urdaneta, Yasireth De Aguiar, Kenner Prieto, Antonio Da Silva |Correspondentes Edgar Barreto (Falcón), Carlos Balaguera (Carabobo), Sandra De Andrade (Aragua), Sandra Rodríguez (La Victoria), Trinidad Macedo (Lara), Silvia K. Gonçalves (Bolívar), Ricardo Santos (Nueva Esparta), Luis Canha (Mérida), Daniela García (Miranda), Antonio Dos Santos (Zulia) |Colaborações Catanho Fernandes, Arelys Gonçalves, Antonio López Villegas, Isabel Idárraga, |Administração Ma.Fernanda Pulido |Publicidade e Marketing Carla Vieira |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Francisco Garrett |Distribuição Luis Alvarado, Carlos Agostinho Perregil R. |Impressão Cadena Capriles, Operadora La Urbina C.A. Caracas -Venezuela |Tiragem 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 de Setembro a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Segurança

Detidos cinco suspeitos de extorsão a empresários CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

Os suspeitos fazem parte de um grupo conhecido como “Los Sindicalistas” As autoridades venezuelanas detiveram cinco indivíduos suspeitos de extorquirem dinheiro a empresários em Caucágua, localidade onde os comerciantes portugueses se queixam frequentemente da criminalidade e de sequestros. Segundo fontes militares, os cinco detidos fazem parte de um grupo conhecido como “Los Sindicalistas” e dedica-se a exercer coação, com ameaças de morte, sobre empresários da construção civil e comerciantes de várias povoações daquela localidade.

A detenção foi feita por funcionários do comando militar local da Zodi. FOTO: CORTESIA

De acordo com as mesmas fontes, os suspeitos exigiam alegadamente o pagamento mensal de uma “vacuna” (espécie de tributo

ilegal) para não sequestrar familiares das pessoas em questão. A detenção foi feita por funcionários do comando militar local

Segurança

Lusa detida por tráfico de droga CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

Pretendia embarcar de Caracas para Lisboa com cocaína no corpo

A detida ia embarcar no voo da TAP com destino a Lisboa. FOTO: CORTESIA

As autoridades venezuelanas detiveram uma mulher de nacionalidade portuguesa quando se preparava para viajar de Caracas para Lisboa com mais de quatro quilogramas de cocaína, revelaram à agência Lusa fontes do aeroporto da capital venezuelana. Segundo as mesmas fontes, a portuguesa,

da Zona de Defesa Integral (Zodi), do Estado de Miranda, organismo criado em 2012 pelo Governo da Venezuela, ao abrigo da delimitação do território venezuelano em Regiões Estratégicas de Defesa Integral (Redi). Situada a 70 quilómetros a leste de Caracas, Caucágua faz parte do Estado venezuelano de Miranda e, conjuntamente com San José de Rio Chico e Higuerote, é uma das três localidades onde os portugueses mais se manifestam preocupados com a insegurança, e principalmente com os sequestros. O último rapto de um comerciante português, naquela localidade, ocorreu no início do mês de Agosto e envolveu o proprietário de uma loja de bebidas alcoólicas, localizada na estrada que liga as localidades de Caucágua e Higuerote. O comerciante foi interceptado por vários homens armados quando abria a loja e esteve três dias em cativeiro. Um dia depois, dois sargentos da Guarda Nacional Bolivariana (polícia militar) faleceram durante uma troca de tiros com funcionários do Corpo de Investigações Científicas, Penais e Criminalísticas (Cicpc, antiga Polícia Técnica Judiciária), quando pretendiam cobrar o resgate.

identificada como sendo Carla Sofia Pereira Batista, de 37 anos, foi detida na tarde de terça-feira, 26 de Agosto, por funcionários da Unidade Especial Antidrogas, da Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar) no Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, a norte de Caracas. No momento da detenção a portuguesa tinha uma faixa no abdómen e nas pernas com 20 barras que pesavam, na totalidade 4,16 quilogramas e cujo produto foi identificado como sendo cocaína. A detenção da mulher, natural do Porto, teve lugar quando pretendia embarcar no voo da TAP com destino a Lisboa. Segundo o general Richard López Vargas, comandante da GNB, o novo “modus operandi” dos narcotraficantes consiste em recrutar estrangeiros para o tráfico ilícito de substâncias estupefacientes.

Venezuela 3 soltas

O Ministério Público solicitou a privação de liberdade para Robert Arnoldo Giraldo Murillo (37), Yovany de Jesús Vásquez (24) e Frankinel Lasso Collantes (29), pela presumível participação no crime de tráfico de 405 panelas de marijuana, registado no passado 24 de Agosto, na paróquia Pueblo Nuevo, município Baralt, Estado de Zulia. O Sebin da Base Territorial de Contra-inteligência Maracaibo capturou, na noite de domingo, 31 de Agosto, no município Maracaibo do Estado de Zulia, um indivíduo procurado pela Sala Penal de Barranquilla por homicídio agravado e ligação ao ‘Bloque Paramilitar’ que opera no braço Los Rastrojos.

O Conselho Nacional do Comércio e Serviços (Consecomercio) exortoi o Governo nacional a “reagir ante as dificuldades que afectam o país, e a enfrentar as causas que geram tal problemática”, no final de uma reunião realizada a 31 de Agosto, no Estado de Apure. Na semana de 4 a 10 de Agosto, 110 empreendedoras formaram-se na Escola de Artes e Ofícios Ezequiel Zamora de Cúa, no município Urdaneta. As formandas receberam um certificado em áreas tais como: pastelaria e padaria, sobremesas, elaboração de ornamentos, entre outras. Publicidade


4 Venezuela

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

DiplomaCia

Consulado em Caracas tem novo cônsul-geral CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

O diplomata coordenará a jurisdição que compreende metade do território Este da Venezuela O Consulado Geral de Portugal em Caracas passou a ser gerido, desde 29 de Agosto, por um novo cônsul-geral, Luiz Manuel de Magalhães de Albuquerque Veloso. O novo diplomata chegou a Caracas quarta-feira à tarde, 27 de Agosto, e substituiu no cargo Paulo Martins dos Santos, nomeado conselheiro da Embaixada de Portugal em Moscovo. Luiz Albuquerque Veloso, de 50 anos, licenciou-se em Direito pela

Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa. Anteriormente integrou a missão permanente junto da Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (Unesco) e da União Latina. Desempenhou ainda funções diplomáticas nas representações de Portugal em Budapeste, na Santa Sé e junto a Ordem Soberana e Militar de Malta, tendo, no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa, dirigido os serviços da Administração Consular, na Direcção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas e da Administração e Protecção Consulares, bem como os serviços do Cerimonial e Deslocações, no Protocolo de Estado. O novo cônsul-geral assumirá funções de coordenação que abrangem os consulados honorários em Los Teques (Estado de Miranda), Barcelona (Estado de Anzoátegui), Ciudad Guayana (Es-

a arte De FotograFar

ficha técnica Nome completo: luiz manuel de magalhães de albuquerque Veloso Data de Nascimento: 28 de Junho de 1964 Formação: licenciado em Direito pela Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica portuguesa em lisboa. início de carreira: admitido em 1989. Condecorações: ordem Cruzeiro do Sul do Brasil; ordem isabel a Católica de espanha; ordem ouissam alauíta de marrocos; ordem de mérito da polónia. tado de Bolívar) e ilha de Margarita (Estado de Nueva Esparta), além de deter a competência consular para as ilhas do Caribe: Antígua, Aruba, Barbados, Barbuda, Guiana, Jamaica, Suriname, Tobago y Trinidad.

artur pastor Entre textos e imagens, uma mulher marca a passagem da história portuguesa. Fernando Cámara fcamara@correiodevenezuela.com

SerViçoS

Falcón recebe nova permanência consular CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

As sessões decorrerão no Centro Português de Punto Fijo O Cônsul-Geral de Portugal em Valência, João Brito Câmara, levará a cabo uma nova permanência consular na cidade de Punto Fijo, Estado de Falcón, com a finalidade de emitir passaportes e procurar dar resposta a qualquer questão relacionada com actos consulares. As sessões decorrerão a 19 e 20 de Setembro, entre as 10 da manhã e as 5:30 da tarde no Centro Português de Punto Fijo. As pessoas interessados em so-

licitar o passaporte deverão levar o bilhete de identidade ou cartão do cidadão válido, e pagar 937,81 bolívares, para o caso de querer

receber o documento em casa; ou 683,66 bolívares, caso prefiram levanta-lo no Consulado General de Portugal em Valência.

Esta semana, apresentamoslhe uma imagem da zona nascente da praia e vila de Sesimbra, em Setúbal, que pertence ao distrito de Lisboa. A fotografia foi tirada por Artur Pastor na década de 40 do século passado. Ao fundo, mostra um galpão onde as lanchas eram reparadas, e demais ferramentas de trabalho. Em frente, na praia, os botes e redes usadas pelos pescadores. Artur Pastor foi um fotógrafo português que nasceu em Alter do Chão a 1 de Maio de 1922 e morreu em Lisboa a 17 de Setembro de 1999. Terminou o curso de Regente Agrícola em Évora, em 1942. O seu primeiro trabalho em fotografia foi para a tese final de curso, e foi isso que o fez apaixonar pela fotografia. No início da década de 50, foi trabalhar para Montalegre, Vila Real, numa missão como enviado do Ministério da Agricultura. Em 1953, mudou-se para Lisboa e fez parte do Foto Club 6X6. Trabalhou para o Estado durante quase 30 anos, como engenheiro técnico agrícola. Ao longo dessa época, teve a responsabilidade

de dez mil fotos que fazem parte da Fototeca da Direcção Geral de Serviços Agrícolas. Graças aos serviços prestados, recebeu, da parte do Ministério da Agricultura, a distinção de Oficial da Ordem do Mérito Agrícola e Industrial. Foram organizadas 14 exposições fotográficas da sua obra: Motivos do Sul (Olhão, Janeiro de 1946), Motivos do Sul (Évora, Junho de 1946) Apontamentos de Lisboa (1986), Pequena Mostra de Fotografias de Artur Pastor (Lisboa, Junho de 1986), Algarve (Anos 50-60) Alguns Apontamentos (Albufeira, 1998), “Artur Pastor O Domador de Rolleiflex” (Porto, 2006), História(s) da Terra: Fotografias de Artur Pastor (Serra da Estrela, 2006) e Nazaré de Artur Pastor (Nazaré, 2008). A juntar isso, várias mostras internacionais em diferentes países: Espanha, Inglaterra, Brasil, Bélgica e Luxemburgo. Nas suas colecções de imagens mais famosas, encontramse: Rota dos pescadores (década de 40), Nazaré (1950), as fotos da romaria a São Bartolomeu do Mar, no dia 24 de Agosto de 1953, Algarve (1965), entre muitas outras.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

IDIomA

Turismo de Anzoátegui promove curso de Português Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Formação tem lugar no quadro da abertura da Rota ManausMargarita Trabalhadores afectos à rota aérea entre Manaus (Brasil) e Margarita (Venezuela) iniciaram um curso

de língua portuguesa no passado 1 de Setembro. Nesta actividade participam os prestadores de serviços turísticos da área hoteleira, funcionários públicos, membros do gabinete de turismo dos municípios de Guanta, Sotillo, Urbaneja e Bolívar, técnicos da Corporação de Turismo do Estado de Anzoátegui, assim como pessoal bancário, de Inparques, empregado do Hotel VENETUR e estudantes do Instituto Universitário IUTEP. Luigi Ricardo, autoridade res-

ponsável pelo turismo em Anzoátegui, explicou que a actividade de formação terá no lugar no Hotel VENETUR Puerto La Cruz, do Municipio Sotillo, onde o professor de língua portuguesa, Horacio Escobar, transmitirá conhecimentos durante várias jornadas com enfoque no atendimento de turistas de fala portuguesa que venham a visita a Venezuela provenientes do Brasil. O responsável indicou que o curso de Português conta com o apoio da Embaixada do Brasil na Venezuela, Associação Hoteleira do Estado Anzoátegui (AHOTANZ), da Unidade Estatal de Turismo e da CORANZTUR cumprindo s orientações do Ministério de Turismo. Ricardo observou que nesta primeira acção serão formadas 60 pessoas, 30 na zona norte e 30 na zona centro da entidade, num horário compreendido das 5:00pm a 8:00pm durante o mês de Setembro.

IDIomA

Inscrições abertas para os Cursos de Português no CP Sergio Ferreira Soares

Até 27 de Setembro, sócios e convidados poderão formalizar a sua participação A direcção de Cultura do Centro Português (CP), situado na urbanização Macaracuay de Caracas,

continua a impulsionar a língua de Camões através do seu curso anual de Língua Portuguesa, que inicia em breve o ano lectivo 2014/2015. Nesse sentido, o director de Cultura, Alberto Viveiros, anunciou que o período de inscrições decorre entre 22 e 27 de Setembro, das 9:00am à 1:00pm e das 2:00pm às 6:00pm. Os interessados em obter mais informação deverão dirigir-se à direcção de Cultura ou à Administração. As aulas de Português no CP

destinam-se a crianças, jovens e adultos. Ao concluir o segundo ano, os adultos estão aptos para o exame do CIPLE (Certificado de Iniciação em Língua Portuguesa) e mais à frente para o DEPLE (Certificado Elementar), ficando com um código interno na Universidade de Lisboa. As aulas dos três primeiros níveis são às segundas e quartas ou terças e quintas, das 7:30pm às

9:00pm; para além disso, aos sábados, há cursos segundo o horário estabelecido. A direcção de Cultura recorda que as aulas de Português para sócios dos 7 aos 12 anos de idade são gratuitas, devendo ser pago apenas o valor da inscrição. O CP dispõe também da escola de ‘Português a Brincar’, que ensina o idioma luso a crianças.

Venezuela 5 IDIomA

Inscrições na ALDI Victoria Urdaneta vurdaneta@correiodevenezuela.com

A instituição situada em Barquisimeto dá início às actividades dentro de duas semanas. As aulas de português contam com cada vez mais alunos e é por isso que o CORREIO mantém em dia a informação sobre as inscrições, os requisitos e os desafios de aprender um novo idioma. Nesta ocasião, entrevistamos Karina de Oliveira, directora e professora da Academia Lusa de Idiomas (ALDI), que explicou que “agora estamos de férias na ALDI até o dia 15 de Setembro, que vai ser o nosso reinício de actividade. A partir desse dia, as pessoas interessadas podem passar pela nossa instituição para receber a informação”. Para saber mais detalhes, pode dirigir-se à seguinte morada: Carrera 16 entre as ruas 32 e 33. Local 32-35. Barquisimeto, Estado de Lara; das 2:30 às 6:30 pm. Oliveira falou ainda de uma oferta de trabalho para aqueles que desejem dar aulas. “Já que temos tido uma resposta tão favorável quanto aos nossos cursos, estamos à procura de professores de português com dinamismo, energia e vontade de continuar a aprender, não é preciso que tenham experiência”, expressa.


6 Venezuela

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

ClubeS

Centro Português promove melhorias nas instalações Sergio Ferreira Soares Sferreira@correiodevenezuela.com

As piscinas do centro social têm nova ‘cara’ desde o mês passado. Nas vésperas do 56.º aniversário do Centro Português, entre os meses de Junho e Agosto, decorreram diversas obras de remodelação nas piscinas, assim como no campo de futebol de salão. Os responsáveis do centro social explicam, em comunicado, que estas obras tiveram como objectivo “continuar a melhorar as instalações e estar na vanguarda”, proporcionando bemestar aos seus associados e assegu-

A maior parte das melhorias foram realizadas na piscina olímpica de 50 metros. FOTO: CORTESIA CP

rando a máxima comodidade para os seus atletas. A maior parte das melhorias foram realizadas na piscina olímpica de 50 metros: Foi construído um pousa pés nos extremos para comodidade dos sócios, evitando, para além disso, que aconteçam lesões nos ombros. No ‘T’ azul marinho da parede, criou-se um mosaico anti-derrapante com um acabamento texturizado, que servirá para impulsionar na saída de costas. Também foram colocadas as estruturas onde serão enroscados os separadores ao longo da piscina e os mosaicos soltos e partidos foram substituídos. Também foi reparada a junta de dilatação e colocado um

mosaico azul marinho à altura dos 25 mts e dos 15 mts no chão, como forma de sinalização em cada um dos corredores. Finalmente, mudaram-se todos os bocais de retorno e aspiração; foram mudadas todas as escadas e âncoras; o tanque foi revestido a pó de mármore; foram mudadas três grades com marcos incluídos; foi usada tinta hipóxica nos azulejos das margens; e os tacos foram reparados, completando o trabalho com uma limpeza completa com ácido clorídrico. Actualmente, estão a ser finalizadas as reparações no campo de futsal e na piscina intermédia. Espera-se que os espaços sejam reinaugurados nos próximos dias.

ClubeS

Centro Social Madeirense ofereceu espectáculo em honra à padroeira da ilha Sergio Ferreira Soares

A associação continua a manter a tradição lusitana na região central do país. É já uma tradição que o Centro Social Madeirense de Valência, Estado de Carabobo, renda tributo, todos os anos, a Nossa Senhora do Monte, como forma de agradecer todos os favores concedidos no momento de emigrar e para manter vivas as tradições da terra em que nasceram. Assim, na passada sexta-feira, 15 de Agosto, a grande família do clube celebrou as festividades em honra à padroeira da Madeira, uma oportunidade que,

Centenas de pessoas entoaram cânticos e acompanharam a procissão. FOTO: CORTESIA CSM

como todos os anos, foi aproveitada para honrar a Mãe de Deus, e para receber, nas suas instalações, centenas de fiéis, que, acompanha-

dos das suas famílias, festejaram a fé na santa. O Salão Madeira foi o cenário escolhido para receber diversos grupos folclóricos e culturais, que, com a sua frescura e variedade, foram a antessala perfeita para a Eucaristia e para os restantes actos comemorativos da data. Ao início da tarde, o Oratório recebeu centenas de pessoas, que ouviram a missa atentamente, entoaram os cânticos e acompanharam a procissão. Terminada a parte religiosa da celebração, seguiu-se o espectáculo pirotécnico, que estremeceu o céu e iluminou até os arredores do clube. Tal como as restantes actividades organizadas pelo CSM, foi uma mostra do trabalho em equipa e da vontade para empreender projectos de qualidade em benefício dos seus sócios.

As aulas iniciam no mes de setembro. FOTO: ARQUIVO

Aulas de português recomeçam na Casa do estado de Aragua Os níveis de iniciação e intermédio decorrem às segundas e quartas. Sergio Ferreira Soares

O idioma Português continua a ter espaço na Casa Portuguesa do Estado de Aragua, na cidade de Maracay, o que fica corroborado com a abertura de inscrições para um novo período académico para o ensino da língua de Camões. A junta directiva e o comité de Cultura estenderam um convite a toda a comunidade para que continue a aprender

esta que é uma importante ferramenta numa altura de globalização. A inscrição custa 250 bolívares para sócios e 700 bolívares para os não associados, enquanto as mensalidades ficam em 350 e 800 bolívares, respectivamente. Para mais informações, pode dirigir-se à direcção de Cultura, situada na Casinha de Santana, na zona da piscina.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 7


8 PERFIL

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

José Manuel Vieira:

O ‘pequeno gigante’ Fernando Cámara fcamara@correiodevenezuela.com

O luso-descendente protagonizará um filme chamado ‘Contigo a mis espaldas’, junto com Paúl Gámez, Óscar Gil e Carla Müller . José Manuel Vieira é uma das pessoas mais multifacetadas dos meios de comunicação na Venezuela: Faz relatos de futebol, é actor de cinema e entusiasta do teatro. Para além disso, é voz de diferentes marcas comerciais e de dois canais na tv cabo. Durante os mundiais de futebol, costuma fazer os relatos dos jogos apenas na rádio. Este ano, coube-lhe fazer o mesmo também na televisão. “É a primeira vez que me calha fazê-lo em ambos os meios de comunicação, ainda que o faça há mais de 20 anos na rádio. Especificamente na FM Center, há 16 anos. Na etapa que estive na Meridiano Televisión, nunca tive a oportunidade num evento internacional, fosse Mundial, Copa América ou Campeonato Europeu. Esta experiência foi muito satisfatória já que o trabalho das equipas, tanto na rádio como na Venevisión, foi muito bom. Na TV, o tratamento foi excelente em cada uma das instâncias com as quais interagi, tanto no staff de locutores e comentadores como na gestão, com Héctor Cordido, que

conheço há algum tempo. A logística não foi fácil, muita exigência e um mês de loucos. Houve dias que me calharam três jogos, e quero consultar o livro dos Recordes do Guinness a ver quem já fez três jogos por dia (risos)”, disse. Destacou o trabalho de Eduardo Saragó, director técnico do Caracas Futebol Club, Jhonny Ferreira, DT do Carabobo e luso- descendente. “Foi muito bom, adorei. Além disso, Saragó tem uma intuição para lidar com as câmaras, para a sua postura perante as mesmas e para o âmbito comercial. No caso de Jhonny (Ferreira), era a sua primeira vez a trabalhar para a televisão. No primeiro jogo, estava nervoso, mas depois disso, o nervosismo acabou. Senti-me cómodo, com qualquer dos dois. Também com a longa experiência de Carlos Horacio Moreno m senti muito bem. E vale a pena recordar que já tinha trabalhado com Carlos Maldonado”, comentou. Esteve muito atarefado durante o Brasil 2014, mas isso não foi obstáculo e ficou feliz por fazê-lo. “Gostei muito, em particular pelo ritmo, pela dinâmica que vivi, um pouco louca, sempre de um lado para o outro. Adorei pelos jogos, com tantos golos, destaques individuais, funcionamentos colectivos para debater e desfrutar. Deixando para trás o esgotamento provocado pela azáfama, desfrutei. A juntar a isso, para nós, que fazemos os relatos, a qualidade dos encontros facilita o trabalho. Os jogos devem ser bons não só para o espectador mas também para quem transmite e relata”, disse. Agora, está focado no futebol

“Durante o Mundial, houve dias que me calharam três jogos, e quero consultar o livro dos Recordes do Guinness a ver quem já fez três jogos por dia.”

“Estive lá (na Madeira) quando tinha 15 anos e nunca mais fui. Sei, por referência, que a Madeira não é nem sombra do que eu conheci.”

venezuelano. “Estou a trabalhar com a FM Center e o circuito oficial do Atlético Venezuela, que é da 96.9 FM. Este ano, finalmente, porque era um sonho desde há muito tempo, estamos a transmitir futebol nacional pela FM Center com o sinal desportivo da 1300 AM, que se estreou com o Mundial. Logo que a Copa do Mundo terminou, começámos a transmitir o torneio local, com o jogo da data, enquanto que fazemos apenas alguns grupos na zona central (Caracas, Valência e Maracay), devido a problemas logísticos. Parece-me um

passo gigante para a rádio, fazendo história, porque não estamos ligados a um circuito radial de uma equipa”, explicou. José Manuel Vieira também trabalha como voz comercial. “Trabalho a título individual para canais de cabo. Sou a voz que identifica a Cinemax, HBO e Deportivas 1300. Para além dos trabalhos que faço para agências publicitárias para identificar produtos comerciais e serviços”, indicou. A representação é outra das suas facetas conhecidas, tanto nos palcos como no ecrã. “Fundamentalmente, sou actor de teatro. No entanto, daí se deriva para a dobragem de voz, o que faço há mais de 20 anos, como também para o cinema. Fui convidado para alguns projectos teatrais, mas eram na altura do Mundial, e com a multiplicidade de coisas que faço, tenho de planear com muita precisão a quantidade de actividades que tenho ao longo do ano: O relator de futebol, o actor de teatro, o narrador comercial, o actor de dobragem, entre outros. Tenho de administrar essas actividades ao longo do dia e do ano. Logo após o Mundial, tive duas semanas de férias. Mas estive cheio de trabalho porque que tive de gravar umas coisas para a Venezuela, a nível publicitário”, contou. E vem um filme a caminho. É a primeira vez que terá um papel protagonista no grande ecrã. “Há pouco tempo, comecei a trabalhar num filme e ainda que a rodagem comece apenas na segunda quinzena de Setembro, já estamos a ensaiar. Chama-se ‘Contigo a mis Espaldas’, e é baseado numa história verídica. É um sequestro de um casal em Caracas, é uma história ficcionada sobre esse facto real, ou seja, há uma mistura de ficção também. A realização é de José Tomás Angola, com quem fiz praticamente toda a minha actividade artística desde a época da universidade, na Universidade Católica Andrés Bello, principalmente com o nosso grupo ‘La Máquina Teatro’. É a primeira vez que fazemos uma longa-metragem. Participei em cinema mas em papéis pequenos. Nesta oportunidade, tenho um dos quatro papéis principais. Entram neste filme Paúl Gámez, Óscar Gil e Carla Müller, que interpreta a minha companheira”, revelou. Os pais deste luso-descendente nasceram em Santo António, no Funchal. “Estive lá quando tinha 15 anos e nunca mais fui. Sei, por referência, que a Madeira não é nem sombra do que eu conheci. Está sempre nos meus planos viajar até lá, mas as prioridades vão noutro sentido: Visitar a minha sobrinha, que é como se fosse minha filha, que vive em Barcelona, Espanha”, finalizou.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Saudades da nossa terra 9

Senhor Bom Jesus,

a romaria que fecha o Verão Marta Caires martavelosacaires@gmail.com

A festa do Senhor Bom Jesus, que se realiza no primeiro domingo de Setembro, disputa o estatuto de maior arraial da Madeira com o Monte. As opiniões divergem, mas não há dúvida que a romaria que fecha o Verão na Madeira é grande e antiga, há séculos que gentes de todas as partes da ilha acorrem a Ponta Delgada por devoção do Senhor Bom Jesus. As primeiras romarias na Ponta Delgada remontam ao século XVI e o interesse estaria, em parte, ligado à lenda do santo padroeiro e às histórias que se contavam a

propósito da imagem do Senhor Bom Jesus. Quem a encontrou no mar, a poucos metros da costa, foi uma mulher, que chamou o padre e o povo para a ir buscar. O santo veio em procissão para a ermida que havia naquela localidade. O Senhor Bom Jesus não gostou e todos os dias a imagem aparecia perto da praia, até que se percebeu que o melhor era ali construir uma igreja para acolher o santo. A lenda diz que, apesar de ser tão perto do mar, nunca a água, nem mesmo nas tempestades mais agitadas, tocou na igreja, nem sequer no adro. De facto, foi o fogo que consumiu por completo o templo num dia de Julho de

1908. A igreja que hoje existe data de 1910. Também se diz que a imagem que deu à costa – um enorme crucifixo dentro de uma caixa – seria resultado das lutas religiosas em Inglaterra, nesse tempo a braços com a disputas entre católicos leais ao Vaticano e anglicanos seguidores da fé criada pelo rei Henrique VIII. Fosse qual fosse a origem, o povo depressa ficou devoto ao Senhor Bom Jesus. No século XVI, já havia romarias, o que é de notar se se tiver em conta que para chegar a Ponta

Delgada, nesse tempo uma povoação distante no norte da ilha, que vivia da cana de açúcar e os acessos não eram simples. E mesmo assim chegavam romeiros tal como hoje, talvez com motivações mais religiosas. A festa continua a ser religiosa, a procissão sai no primeiro domingo de Setembro, mas a festa, o arraial – com tudo o que há num arraial madeirense – é na véspera, no sábado. É, no calendário do Verão madeirense, a última grande romaria. Já foi dos maiores momentos de convívio, dos mais tradicionais,

mas nos últimos anos os hábitos mudaram. E, na última semana de Agosto, as festas de São Vicente, que decorrem nas ruas da vila, levam ao norte toda a gente, as elites e o povo. Não há procissão – a festa do padroeiro é em Janeiro -, mas todos os anos o cartaz inclui concertos de artistas conceituados, verdadeiro chamariz para as festas que duram de quinta a sábado. E é por isso que já não se sabe se a maior festa é a do Monte, as de São Vicente ao o Senhor Bom Jesus de Ponta Delgada.


10 Portugal

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da venezuela

AviAção

TAP garante que nível de incidentes nos aviões é normal CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

Companhia aérea critica pressão mediática, já que o nível de problemas técnicos se mantém normal Um porta-voz da TAP defendeu, terça-feira, 2 de Setembro, que os incidentes com aviões da empresa que têm sido noticiados nos últimos dias são produto de uma atenção excessiva da comunicação social, já que o nível de problemas técnicos se mantém normal. “O que se passa é um excesso de atenção mediática aos problemas que têm acontecido na TAP”, afirmou André Soares à Lusa, sublinhando que a situação relativa aos problemas técnicos é a normal. “Quanto a isso nada de excepcional se passa excepto a atenção que a comunicação social está a dedicar a estes episódios”, disse. Nos últimos cinco dias, a TAP

Companhia assegura que está tudo dentro da normalidade com as suas aeronaves.

registou pelo menos quatro incidentes com aviões devido a problemas técnicos. Na sexta-feira, 29 de Agosto, um problema no sistema hidráulico de um avião obrigou um voo de Lisboa para Angola a regressar ao aeroporto da Portela uma hora depois de ter descolado, e, dois dias depois, um outro voo que partiu

União EUroPEiA

do Brasil com destino a Lisboa teve de aterrar por precaução no Sal, em Cabo Verde, devido a um sinal de aviso do sistema indicador de fumos na cabina. Na segunda-feira, 1 de Setembro, o terceiro incidente levou a TAP a cancelar uma ligação Milão/ Porto e, no dia seguinte, o voo Porto/Bruxelas foi atrasado por causa

Portugueses com acesso a cuidados de saúde noutros Estados-membros CORREIO/LUSA

Os portugueses passaram a poder beneficiar, desde 1 de Setembro último, de cuidados de saúde noutros Estados-membros, tendo direito a reembolso das despesas desde que dentro de certos parâmetros e com avaliação prévia de um médico de família. De acordo com a lei que estabelece as normas de acesso a cuidados de saúde transfronteiriços, os beneficiários do Serviço Nacional

de Saúde (SNS) têm direito ao reembolso das despesas directamente relacionadas com tratamentos prestados noutro Estado-membro da União Europeia, desde que sejam tidos como cuidados de saúde que caberia ao Estado português garantir, através da sua estrutura de saúde pública. O diploma estabelece que as prestações de saúde com direito a reembolso são as previstas na tabela de preços do SNS, mas salvaguarda que este di-

de um problema no radar de identificação do avião. “Aviões são máquinas e as máquinas, apesar de terem uma manutenção altamente rigorosa e cumprindo todas as regras internacionais e nacionais e indo além dessas regras e também daquelas que são impostas pelo fabricante, têm avarias”, explicou o porta-voz da companhia aérea. “Isto passa-se com todas as companhias aéreas, em todo o mundo, e existem centenas de casos destes diariamente com todas as companhias. A TAP não é obviamente excepção”, sublinhou. Garantindo que a TAP tem “uma cultura de segurança absolutamente enraizada” e que a empresa “continua no ‘ranking’ das 10 companhias mais seguras do mundo”, André Soares considerou que agir por precaução é uma prova dessa cultura de segurança. “O episódio que fez com que um avião da TAP aterrasse no Sal [Cabo Verde] por precaução foi exactamente isso – precaução – e isto não significa que a TAP é menos segura. Pelo contrário”, defendeu.

reito (ao reembolso) “pressupõe a existência de uma avaliação prévia por um médico de medicina geral e familiar” do SNS ou por serviços regionais de saúde que “determinem a necessidade dos cuidados”. O valor a ser reembolsado será apenas até ao limite do que teria sido assumido pelo Estado português enquanto responsabilidade financeira do SNS, caso esses cuidados tivessem sido prestados em Portugal. A lei estabelece ainda restrições em alguns casos, que obrigam o utente a fazer um “pedido de autorização prévia”, para ter direito ao reembolso. É o caso dos cuidados de saúde que exijam o internamento por pelo menos uma noite, cuidados que sejam “altamente onerosos e de elevada especialização”, tratamentos que impliquem risco para o doente ou para a população e prestações de saúde feitas por um profissional que suscite “preocupações sérias” quanto à qualidade ou segurança dos cuidados.

soltas Dois pescadores foram, na terça-feira, 2 de Setembro, resgatados, sem ferimentos graves, de uma embarcação de pesca local que se afundou, ao início da tarde, no limite norte da área da Póvoa de Varzim. O capitão dos portos da Póvoa de Varzim/Vila do Conde disse que os pescadores saltaram para a água quando se aperceberam que a embarcação estava a afundar, tendo sido salvos por outro barco que operava na área, revelou.

As ilhas Desertas, na Madeira, “paraíso” de mamíferos como a foca-monge ou o lobo-marinho e de aves como a freira do Bugio ou a alma-negra, receberam na quinta-feira, 4 de Setembro, o Diploma Europeu para as Áreas Protegidas do Conselho da Europa. Segundo informação do Governo Regional, o galardão foi entregue à Região Autónoma da Madeira por Eladio FernandezGaliano, o mais alto responsável para a área da Biodiversidade e Ambiente do Conselho da Europa, numa cerimónia presidida pelo presidente executivo, Alberto João Jardim, na Quinta Vigia, no Funchal.

A taxa de ocupação por quarto subiu para 72,02% em Junho, mais 1,49 pontos percentuais face ao mesmo mês de 2013, informou, terça-feira, 2 de Setembro, a Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), destacando que o primeiro semestre foi positivo. De acordo com os dados de Junho do AHP Tourism Monitor, relativos aos estabelecimentos hoteleiros portugueses, o preço médio por quarto ocupado fixou-se em 69,40 euros, tendo registado uma descida de 2,5%, e o preço médio por quarto disponível (RevPar) caiu 0,44%, fixando-se em 49,98 euros, face a Junho do ano passado.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014

Portugal 11

JuStiça

Reforma do mapa judiciário “é tranquila” CORREIO/LUSA

Em entrevista à SIC, Paula Teixeira da Cruz afirmou que “há 200 anos que não se fazia uma reforma” na Justiça A campanha circula pelas redes sociais e pode ser acedida pelo site da Deco.

SeguRança alimentaR

Rotulagem mais clara dos produtos com carne CORREIO/LUSA

cia Lusa que actualmente só a carne bovina fresca deve indicar onde o animal nasceu, foi criado e abatido. Quando a carne é transformada, essas menções deixam de ser necessárias nos rótulos dos produtos. As associações europeias de defesa do consumidor pretendem que seja indicada a origem e local de transformação da carne de todos os produtos transformados, como lasanhas, hambúrgueres, ‘nuggets’, salsichas Associações de defesa dos consumidores ou bacons. de 15 países europeus, incluindo Portugal, “Temos tido alguns escândalos alimenlançaram, na terça-feira, 2 de Setembro, uma tares que colocam à prova a confiança dos campanha que visa exigir maior transparênconsumidores”, lembrou Dulce Ricardo, incia na rotulagem dos produtos transformadicando, nomeadamente, os casos de carne dos contendo carne. de cavalo encontrada em Segundo a associação produtos transformados Pretende-se Deco, que em Portugal é o vendidos como carne boparceiro a campanha, previna. que os produtos tende-se que os produtos Assim, a organização com carne com carne transformada europeia de associações tenham “rótulos com inde defesa do consumitransformada formação mais esclarecedor pede “cada vez maior tenham dora”. transparência” na informa“Conheça a origem da ção que é fornecida: “uma “rótulos com sua carne” é o nome escorotulagem mais completa informação mais lhido para esta campanha, e esclarecedora irá ajudar que irá circular essenciala uma escolha mais preciesclarecedora” mente nas redes sociais, sa do consumidor”. lançando aos consumidoCada país vai recolher res o repto de se pronunaté ao final deste mês tesciarem sobre o assunto. É ainda pedido aos temunhos recolhidos junto dos consumidoportugueses que enviem exemplos de fotores que serão depois compilados e resumigrafias de rótulos que encontrem no mercados pela organização europeia que pretende do nacional e que tenham a informação conpressionar os estados europeus a adoptarem siderada mais esclarecedora. legislação para melhorar a rotulagem dos Dulce Ricardo, da Deco, explicou à agênprodutos transformados contendo carne.

Campanha que visa exigir maior transparência na rotulagem dos produtos transformados contendo carne

A ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, garantiu, segunda-feira, 1 de Setembro, que a reorganização judiciária, que entrou em vigor no mesmo dia, “é uma reforma tranquila”, refutando muitas das críticas que têm sido feitas ao novo mapa judiciário. Em entrevista ao Jornal da Noite, da SIC, Paula Teixeira da Cruz afirmou que “há 200 anos que não se fazia uma reforma” na Justiça e sublinhou que o novo desenho judiciário, com 23 comarcas e novos modelos de gestão com objectivos, sob “escrutínio público”, foi muito “pensado e discutido”. “O decreto-lei esteve nove meses no parlamento”, disse a governante, acrescentando que a nova organização judiciária “foi, talvez, das reformas mais participadas, que continua a ser monitorizada”. Paula Teixeira da Cruz referiu-se ao grupo de trabalho que integra o Conselho Superior de Magistratura e o Conselho Superior do Ministério Público. A ministra reiterou que o novo mapa judiciário assegura maior especialização da Justiça para o interior do país e refutou que haja populações que distem “mais de 59 quilómetros do novo tribunal”. “A distância maior face ao que existia é de 59 quilómetros. Foi tudo equacionado em termos de transportes e até medido o tempo para percorrer a distância”, acentuou, lembrando que “havia tribunais em

A ministra refutou muitas das críticas apontadas ao novo mapa judiciário.

que o juiz só ia lá de 15 em 15 dias”. Aludiu ainda ao aumento dos DIAP (Departamento de Investigação e Ação Penal), que passam de seis para 14, com a criação daqueles departamentos em Faro, Leiria, Viseu, Santarém, Braga, Madeira, Açores e Lisboa Norte (com sede em Loures). A ministra recusou a afirmação de falta de condições dos contentores em que funcionam os tribunais de Loures, Faro e Vila Real. “Os contentores não são contentores, são módulos, devidamente apetrechados, que até têm celas. Ouvimos hoje (segundafeira, 1 de Setembro) os presidentes das comarcas dizerem que estava bem e que até tinham melhores condições agora”, disse.


12 Portugal

Quinta-feira 4 de Agosto a Quarta-feira 10 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

União EUroPEiA

Portugal apoia escolha de ministra italiana para liderar diplomacia CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

Ministro português considera que a italiana “vai dar maior importância à chamada política de vizinhança sul” Portugal está “satisfeito” com a nomeação da chefe da diplomacia italiana para liderar a política de relações externas da União Europeia (UE), disse, domingo, 31 de Agosto, o ministro dos Negócios Estrangeiros, Rui Machete, em Milão. No final de uma deslocação à cidade italiana, onde participou na reunião informal de chefes da diplomacia da UE e visitou os expo-

Rui Machete desvalorizou as críticas feitas à ministra italiana.

sitores portugueses na feira internacional de calçado, Rui Machete confessou à Lusa que “já esperava”

a escolha de Federica Mogherini para o cargo de alta representante para as Relações Externas e de

Segurança da UE, anunciada no sábado anterior. O ministro português considera que a italiana “vai dar maior importância à chamada política de vizinhança sul” e que é “inteligente” e “simpática”. Além disso, Portugal e Itália têm “boas relações”, recordou. Rui Machete desvaloriza as críticas que têm sido feitas à ministra italiana sobre a sua alegada inexperiência. “Ninguém nasce ensinado, ela tem toda a capacidade para aprender aquilo que lhe faltará aprender, a experiência faz-se fazendo”, sublinhou. Porém, o cargo “apresenta muitos desafios” e será “uma missão difícil”, já que “a situação internacional é complicada em diversos sítios”, reconheceu, mencionando o conflito israelo-árabe e a ameaça dos fundamentalistas do Estado Islâmico no Iraque e na Síria.

AmbiEntE

Armazenamento de água desce em 11 bacias hidrográficas CORREIO/LUSA

Segundo dados do Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos referentes a Agosto A quantidade de água armazenada nas bacias hidrográficas de Portugal continental desceu em 11 delas no mês de Agosto, subindo apenas em uma, anunciou, terça-feira, 2 de Setembro, o Sistema Nacional de Informação de Recursos Hídricos (SNIRH). Segundo o boletim de armazenamento de albufeiras do SNIRH,

no ultimo dia do mês de Agosto – e comparativamente ao ultimo dia do mês anterior – verificou-se um aumento do volume armazenado numa bacia hidrografia e uma descida em 11. Já nos últimos dois meses, tinha sido registada a descida da quantidade de água armazenada em 11 das bacias hidrográficas do continente, tendo subido apenas em uma. Das 59 albufeiras monitorizadas, 19 apresentaram disponibilidades hídricas superiores a 80% do volume total e cinco têm disponibilidades inferiores a 40% do volume total. Os níveis mais elevados de armazenamento de água em Agosto deste ano ocorreram nas bacias do Guadiana (85,4%), Oeste (84,5%), Mira (82,6 %), Mondego (72,9%),

soltas

O Instituto de Gestão de Crédito Público (IGCP) escolheu cinco bancos internacionais e um nacional para avançar com uma emissão de dívida pública com maturidade de 15 anos, noticiou, a 2 de Setembro, a Bloomberg. Segundo a agência de informação financeira, a operação tem maturidade a 15 de Fevereiro de 2030 e CaixaBI, Credit Agricole, Danske Bank, Deutsche Bank, Morgan Stanley e Nomura foram os bancos escolhidos. O Governo convocou, terça-feira, 2 de Setembro, o Sindicato dos Trabalhadores da Administração Pública (SINTAP) para uma reunião destinada a discutir o programa de rescisões na administração local, disse à Lusa o secretário-geral do sindicato. De acordo com uma nota enviada ao SINTAP, à qual a Lusa teve acesso, o secretário de Estado da Administração Local, António Leitão Amaro, convoca o sindicato para uma reunião destinada a discutir o programa de rescisões por mútuo acordo na administração local.

A maioria PSD/CDS-PP aprovou, terça-feira, 2 de Setembro, no parlamento a reposição dos cortes salariais aos trabalhadores da função pública com vencimentos acima dos 1500 euros por mês. O diploma foi aprovado apesar do voto contra de toda a oposição.

A cada bacia hidrográfica pode corresponder mais do que uma albufeira.

Cávado (69,3%), Ave (68,4%), Arade (67,4), Barlavento (67,1%), Tejo (66,1%), Douro (61,8%), Sado (53,9%) e Lima (53,8%). Segundo o SNIRH, o armazenamento de água por bacia hidro-

gráfica apresentam-se, em Agosto, superiores às médias de armazenamento nestes meses, segundo os dados registados entre 1990/91 e 2012/13, excepto nas bacias do Lima e Douro.

Catorze mortos, menos oito do que em 2013, 65 feridos graves e 1.097 feridos ligeiros é o balanço das quatro fases da Operação Hermes, a última das quais terminou na segundafeira, anunciou, terça-feira, 2 de Setembro, a GNR.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 13


14 Portugal

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

Diáspora

ÁFRICA Do Sul

José Cesário condecora luso-descendente

José Luís Silva Correspondente em Joanesburgo DN MADEIRA

José Nascimento é advogado na África do Sul e membro da HIP Alliance O advogado José do Nascimento, luso-descendente com as suas origens na Madeira, recebeu, no passado 26 de Agosto, a Comenda da Ordem do Mérito. O secretário de Estado das Comunidades, José Cesário procedeu à imposição das insígnias, perante um vasto número de pessoas da comunidade

portuguesa de Joanesburgo. De salientar a presença de representantes das comunidades portuguesa, grega, italiana e cipriota que integram a HIP Alliance, associação que junta estas comunidades na África do Sul e tem José Nascimento entre os seus fundadores. Ricoca Freire, embaixador de Portugal elogiou as qualidades de José Nascimento, mencionando que a comenda não significa uma passagem ao pedestal ou à prateleira, mas sim responsabilidades acrescidas. O diplomata exortou a um maior entendimento e cooperação entre as pessoas, especialmente, de responsáveis por organizações portuguesas, numa referência às

querelas que se vivem na Sociedade Portuguesa de Beneficência (SPB) José Cesário sublinhou que “o Estado Português honrou este cidadão, por que este cidadão, honrou o Estado Português ”. Referindo-se ao momento actual em Portugal, o governante explanou as dificuldades que o país passa, mas também da melhoria que se pode verificar e o desempenho positivo do governo. Cesário referiu sacrifícios que os portugueses vêm passando e referiu-se aos emigrantes que continuam pujantes, com ideias e iniciativas bastante apreciáveis e empenhados em melhorar, de várias formas, as exportações de produtos nacionais.

MADEIRA

O diplomata exortou a um maior entendimento e cooperação entre as pessoas responsáveis por organizações portuguesas,

José Nascimento na foto com o secretário de Estado, após receber a condecoração.

José Nascimento fez um discurso que começou por agradecer aos familiares e aos seus compatriotas que tornaram possível o seu envolvimento em assuntos comunitários e prometeu que a sua actividade não se esgota com a comenda. Uma palavra de apreço foi dirigida aos seus colegas do HIP Alliance presentes.

FRAnçA

XI Encontro de Emigrantes António Costa diz que de São Roque do Faial emigrantes são “embaixadores que nós temos que mobilizar”

Correio/Lusa

A Casa do Povo de São Roque do Faial, no Norte da ilha da Madeira, organizou, no passado 29 de Agosto, o XI Encontro de Emigrantes de São Roque do Faial. Esta actividade faz parte do plano de iniciativas desta instituição. A data prevista deve-se ao facto de nesse fim-de-semana se celebrou nesta paróquia a solenidade do nosso padroeiro São Roque e por esse motivo, é nesta altura do ano que se encontra um maior número de emigrantes oriundos de diversos países de acolhimento. O objectivo da Casa do Povo com mais esta actividade é proporcionar aos emigrantes momentos de convívio e de confraternização entre eles e a população em geral. O encontro serviu, também, para mostrar aquilo que se vai fazendo na freguesia em prol da cultura, nomeadamente nos grupos recreativo - culturais que a Casa do Povo possui. A Casa do Povo decidiu há 9 anos criar um Prémio de Distinção denominado São Roque Peregrino que é entregue anualmente a um emigrante desta freguesia.

Correio/Lusa

“Pretendemos assim reconhecer o mérito daqueles que deixaram a nossa região e que por algum motivo se tenham distinguido na terra que os acolheu. O nome atribuído à distinção deve-se ao facto do nosso padroeiro Glorioso São Roque, ter sido, também, emigrante, pois foi como peregrino que se dedicou à evangelização mais concretamente ajudando os doentes de lepra”, referiu a Casa do Povo em nota à imprensa.

O candidato às eleições primárias do PS António Costa defendeu, no passado 2 de Setembro, a necessidade de mobilizar as comunidades portuguesas no estrangeiro ao serviço da economia nacional, classificando os emigrantes como “embaixadores” de Portugal. António Costa falava à Agência Lusa, a partir de Paris, onde visitou, na qualidade de candidato às eleições primárias socialistas, o empreendimento Paris-Ásia do grupo Saint Germain, liderado pelo empresário português Carlos Matos. O projecto, disse, é “um exemplo de como as comunidades portuguesas têm de ser mobilizadas ao serviço da nossa economia, não só como fonte de depósitos, não

só como fonte de investimento em Portugal mas também como excelentes canais de escoamento para a exportação dos produtos portugueses”. “E estes cinco milhões de portugueses no mundo são cinco milhões de embaixadores que nós temos que mobilizar”, defendeu, considerando que constituem uma “alavanca” da economia nacional. António Costa destacou que o empreendimento, próximo ao aeroporto Charles de Gaulle, “vai ser uma grande plataforma de entreposto comercial” e “um grande veículo de dinamização da economia nacional” e das exportações. António Costa e o secretário-geral socialista, António José Seguro, disputam eleições primárias para a escolha do candidato do PS a primeiro-ministro no próximo dia 28.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 15


16 Cultura

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014 | Correio da Venezuela

TeATro

Victoria Urdaneta

José Manuel de Ascensão na última sessão de ‘Par de Tres’ Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Festival de Jazz de el Hatillo O Festival de Jazz de El Hatillo, considerado património cultural do município, criado em 1998 e realizado até 2008, vai regressar a Caracas. “Queremos construir El Hatillo como uma plataforma cultural, por isso decidimos relançar uma das bandeiras do nosso município”, comentou Ángel Zambrano, director da instituição. O público poderá desfrutar de uma série de concertos no Anfiteatro do Centro de Arte de El Hatillo, na Praça Bolívar e em diversos outros locais do município. Entre os artistas convidados encontram-se Gerry Weil, que abrirá o festival a 12 de Setembro com um concerto grátis no anfiteatro, seguindose Alfredo Naranjo, Huáscar Barradas e C4 Trío. Graças à parceria com as embaixadas da Argentina e da França, o argentino Oscar Moyano e o francês Samy Thiébault também estarão presentes. Data: de 12 a 14 de Setembro, das 2:00 pm às 12:00 am Local: Município El Hatillo

‘¡Partiéndola… De pana!’ O Teatro Bar retoma a música de A Lo Flamenko, El Gran Tombo e La Séptima Bohemia, que não só levarão os seus ritmos mas também uma mensagem contra a violência. As duas primeiras bandas estão nomeadas para os Pepsi Music 2014, e vão pôr o público a dançar com os seus ritmos latinos. A terceira misturará o ska, o reggae, o pop rock e a bachata com o estilo musical que lhe dá o nome, o flamenco. Data: 30 de Agosto às 9:00 pm Local: El Teatro Bar, avenida Orinoco, torre DyD, Las Mercedes

A comédia de Johnny Gavlovski despedese do público, que espera por uma nova temporada. Os palcos venezuelanos têm ganho novo alento nos últimos anos, fruto da limitada produção de telenovelas. E sem dúvida que a comédia se tornou um dos géneros favoritos dos espectadores, no momento de escolher uma peça de teatro. Mostra disso é a necessidade de uma nova sessão, a pedido do público, da peça ‘Par de tres’: Uma produção escrita e dirigida pelo psicólogo Johnny Gavlovski, que conta com as actuações de Marian Valero, Germán Arzola e do luso-descendente José Manuel Ascensão. Assim, o Teatro Escena 8 de Las Mercedes, na zona Este de Caracas, acolherá a ultima sessão da temporada de férias desta peça

na próxima sexta-feira, dia 5, às 8 da noite. Trata-se de uma comédia produzida por Alexxey Córdova, que diverte o público mostrando situações quotidianas que podem surgir em qualquer momento insuspeito. Nesta comédia, todos os membros do público sentir-se-ão identificados, já que mostra situações que nos ocorrem em algum momento das nossas vidas, na nossa forma de viver, de nos relacionarmos, o

que aceitamos e o que não. É aí que identificaremos o facto de as nossas vidas terem mudado muitas vezes até sem querermos. Os actores farão com que as pessoas vejam como o que antes era inconcebível que acontecesse nas nossas vidas ou na vida dos nossos entes queridos, agora, em pleno século XXI, pode ser perfeitamente normal. ‘Par de tres’ conta com a equipa perfeita, já que nela participam artistas que conhecem bem a

comédia. Para além disso, Córdova lida bem com este género e tem experiência na produção e comédias para a TV e teatro de elevada qualidade Também o trajecto de Marian Valero, José Manuel Ascensão e German Anzola é conhecido no teatro, no cinema e na TV, a nível nacional e internacional, o que, segundo Gavlovski, “dá garantia de poder oferecer ao público hora e meia de uma comédia à altura”.

TeATro

Continuam as sessões de ‘La Sirenita 3 y la brújula del Pirata’ Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A peça apresenta-se no Teatro Escena 8 de Caracas até 14 de Setembro. Uma nova adaptação do filme da Disney ‘La Sirenita 3 y la brújula del pirata’ (‘A Pequena Sereia 3 e a bússola do pirata’) é levada aos palcos pelo grupo Colibrí para

contar a história da complexa relação entre um pirata e uma sereia de origem inglesa. A obra continua a apresentar-se com êxito no Teatro Escena 8 de Las Mercedes, todos os sábados e domingos. O grupo de teatro Colibrí, dá vida a esta peça escrita pelo luso-descendente Víctor Hugo Gomes e que conta com direcção e produção geral do também português José Manuel Ascensão. As sessões são aos sábados, às 3:00 pm, e aos domingos às 11:30 am e às 3:00 pm.

Sinopse A obra tem como ponto de partida o resgate do enigmático Capitão Pirata Nicanor Caupolitán, que, estando a ponto de ser enviado para a forca, é salvo pela sua tripulação de piratas. o pirata Barriga acabar de encontrar, na margem da praia, A Bússola Mágica, que pertenceu ao seu pai, o capitão Barba Negra, um fantástico aparelho que aponta sempre na direcção do tesouro apenas com um pedido. É então que os piratas decidem empreender a viagem até à Ilha Misteriosa para chegar até ao elixir da Imortalidade. entretanto, no fundo do mar, o Caranguejo Sebastião está desesperado à procura da bússola mágica que perdeu a brincar na praia, e que é a atracção principal na inauguração do museu da Atlântida, apresentado pela sereia Aranza, que já tem tudo preparado.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 17


18 Cultura

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014 | Correio da Venezuela

múSiCa

Victoria Urdaneta

João aguiar João Casimiro de Aguiar (Lisboa, 28 de Outubro de 1943 - Lisboa, 3 de Junho de 2010) foi um jornalista e escritor português de grande relevância. Passou parte da sua infância na Beira, Moçambique, onde idealizou muitas historias que pensou plasmar num livro, ainda que tenha desistido da ideia durante algumas décadas, até converter o seu sonho em realidade. Frequentou em Lisboa os cursos superiores de Direito e Filosofia, mas esses não eram o seus caminhos e licenciatura foi feita em Jornalismo na Universidade Livre de Bruxelas. Regressou a Portugal em 1976, colaborou em diversos jornais e foi guionista de televisão, mais especificamente trabalhou na RTP, onde iniciou a sua carreira em 1963 e assinou vários espaços no Diário de Notícias, A Luta, Diário Popular, O País e a Sábado. Colaborou regularmente na Superinteressante e na revista Tempo Livre. Antes, cumpriu o serviço militar num comissão em Angola produzindo rádio para as tropas. Aguiar é o autor da bem sucedida novela histórica Viriato (“A voz dos Deuses”, como se publicou em Portugal em 1984), há mais de 25 anos, e nela voltou a abordar a heróica resistência da Ibéria face ao poder de Roma, tal como diz a crítica: Serve-se “do testemunho de personagens ricas e de uma profundidade psicológica extraordinária: um filósofo grego, um general romano e um jovem escravo lusitano”. O escritor centra a novela no protagonista e narrador da historia, um personagem que se cruzara com Viriato em diversas ocasiões. A obra de Aguiar é bastante extensa e nela cabe mencionar: Uma incursão no esoterismo português (1983), O homem sem nome (romance) (1986), O trono do altíssimo (1988), O canto dos fantasmas (1990), Os comedores de pérolas (1992), A hora de Sertório (1994), A encomendação das almas (1995), Navegador solitário (1996), Inês de Portugal (1997), entre outros.

Um luso-descendente muito ‘crioulo’ Victoria Urdaneta vurdaneta@correiodevenezuela.com

Ernesto da Silva canta música tradicional venezuelana e é conhecido como ‘El Ciclón de Margarita’. Ernesto da Silva nasceu na paróquia San Juan, em Caracas, mas a mãe (natural do Estado Zulia), levou-o, junto com os irmãos, aos 4 anos de idade, para o município Antolín del Campo, no Estado Nueva Esparta. “Ela incentivou-me a estudar canto porque queria que me dedicasse a isso. Nessa altura tinha 5 anos, e ainda que no início não quisesse, depois acabei por adorar”, confessa, entre risos. “Aos 8, inscrevi-me numa escola de canto tradicional chamada San Martin de Porres, dirigida pelo sociólogo Jesús Bellorín, mais conhecido como ‘El pollo de Nueva Esparta’, e saí aos 16 anos como professor de música tradicional.” A par da participação em escolas especializadas, Silva também se formou com cultores conhecidos como Alberto ‘Beto’ Valderrama Patiño e Epifanio Ramón Arismendi, conhecido como o ‘Maestro Moncho’, que lhe ensinou a arte do ‘galerón’. “Com eles, aprendi a compor versos de arte menor e maior, quartetos, redondilhas, quintilhas, sextilhas, serventesio, décimas, lira, oitava real e muito mais, e sobretudo a valorizar a imensa riqueza da

cultura venezuelana.” Foi precisamente essa música que lhe permitiu ultrapassar fronteiras para participar em encontros internacionais da décima e do verso improvisado, conhecendo países como Espanha, México, Uruguai, Cuba, Panamá e Porto Rico, para além de ter percorrido a geografia da Venezuela. A juntar a isto, guarda a experiência de ter partilhado o palco com artistas que cantam em português, como Paulo de Freitas Mendoza e Yadir Oliveira, “brasileiros que cantam décima, e foram vivências muito enriquecedoras”.

dedicada desde 1981 à promoção e apoio da cultura popular venezuelana de raiz tradicional. “Nela encontrarão a ‘jota’, o ‘polo’, a ‘malagueña’ e os diferentes estilos da décima como a gaita antilhana, a gaita margaritenha, o gaitão e até o ‘punto cruzao’”.

Produções discográficas Silva tem na sua carreira duas produções musicais, uma gravação com os Topotopos de Margarita, intitulada ‘Al Guanaguanare’, em homenagem a um cultor margaritenho chamado Jesús Ávila e

Destacável

Vivências com os avós muitas são as vivências que vêm à mente de Ernesto da Silva quando se trata dos seus avós paternos, ambos madeirenses: Joaquim da Silva, que morreu com quase 100 anos de idade, e Joaquina Ferreira, aos 90. “O meu avô dedicou-se à construção, e nos tempos livres tocava acordeão, e eu divertia-me muito a ouvi-lo, aquele instrumento era como que uma ligação à sua terra. Também gostava de dominó e foram muitas as tardes que passámos a jogar. a minha avó cozinhava muito bem, a sua forma de preparar o bacalhau era

editada pelo Centro Nacional do Disco, uma instituição adscrita ao Ministério do Poder Popular para a Cultura que tem como objectivo difundir a cultura venezuelana; a outra produção, chamada ‘Riqueza musical del estado Nueva Esparta’, foi editada pela Fundação Bigott,

deliciosa, incluía sempre batatas cozidas a vapor nos pratos que confeccionava, azeitonas pretas, vinho do Porto... através dos pratos típicos de Portugal, ela expressava o seu amor pelas suas raízes e pela sua família”, recorda Silva, que herdou o nome do pai. “Lembro-me que tinham uma casa de três andares chamada Villa Cecilia e que ficava em frente ao Parque Central, em baixo ficava a padaria, em cima uma pensão, que a minha avó geria, e mais em cima, o andar onde vivíamos.”

Suma cumlaude Este trovador é Técnico Superior Universitário em Educação integral com menção Cumlaude pela iUTiRLa e Professor de Educação integral com menção Suma Cumlaude pela Universidade Pedagógica Experimental Libertador, em margarita, Nueva Esparta.

Partilhou o palco com artistas que cantam em português, como Paulo de Freitas mendoza e Yadir Oliveira, brasileiros que se dedicam à décima.

Número 2. Silva tem duas produções

discográficas, uma editada pelo Centro Nacional do Disco e outra pela Fundação Bigott.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 19


20 Opinião

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014 | Correio da Venezuela

FinançaS peSSOaiS inStantâneaS

Organize os documentos pela segurança da sua família

Isabel Idarraga

Juan e Mariela regressam do funeral dum grande amigo sumidos na dor. Encontraram uma viúva que desconhece quantas contas bancárias possuía o defunto esposo, se possuía apólice de seguro de e a paradeiro dos documentos do apartamento e dos veículos. Os gastos do funeral foram cobertos por uma apólice funerária cuja existência, afortunadamente, era conhecida pelo seu sócio. Juan e Mariela arquivam cuidadosamente os documentos importantes para as suas vidas e decidem compartir esta rotina com os seus filhos. Ao longo das nossas vidas, adquirimos activos que conformam o nosso património pessoal e familiar. No início, não damos importância às facturas e documentos de propriedade porque são

poucos e, talvez, o desembolso de dinheiro não foi considerável. No entanto, a gestão dum arquivo evitará inconvenientes tanto a nós como aos nossos familiares ante circunstâncias como uma doença grave ou uma morte inesperada e prematura. Sugere-se que todos os documentos sejam colocados no mesmo sítio, bem seja num escritório, uma gaveta ou numa caixa, assim como num formato digital que possamos partilhar com certas pessoas. Os chefes de família devem conhecer a sua localização e quem vive só deve informar uma pessoa de confiança. Os pais, já na terceira idade, devem indicar aos filhos onde estão guardados, como prevenção para a ocorrência e imprevistos como acidentes ou doenças graves.

Existem distintos tipos de documentos. Em princípio, os de identificação, como a cédula de nascimento, bilhete de identidade, passaporte, carta de condução, alguns dos quais levamos connosco a todo o momento. Temos os documentos relacionados com os produtos financeiros que usamos como contas e cartões de crédito e as facturas dos bens comprados que servem para tornar efectiva a garantia em caso de avaria durante a sua vigência. Depois temos os títulos de propriedade de bens móveis e imóveis. Adicionalmente, temos as apólices de seguros de saúde, veículo, imóveis, seguros de vida e serviços funerários. Por outro lado, temos comprovativos de investimentos como planes de poupança, acções do mercado

bolsista e contas a prazo. A isto somam-se os certificados de estudos, os exames e tratamentos médicos relevantes, especialmente face a condições especiais como diabetes, tensão alta ou demência. Juan e Mariela convidam os filhos a rever cada uma das capas nas quais se encontram todos os documentos importantes da família. Indicam-lhes os nomes das pessoas às quais há que chamar em caso de emergência (agentes de seguros, advogados, sócios, familiares). E recordam o nome do tutor designado para o caso em que fiquem órfãos antes de chegar à idade adulta. Sabem que com esta atitude estão protegendo os filhos e ensinam-lhes como actuar ante uma emergência.

É possível que a palavra que mais temos escutado nestes últimos tempos seja: Não há! Nã há dólares, passagens, medicamentos, pão, não há independência alimentar, peças sobressalentes, não há corrente eléctrica, não há, e paremos de contar, porque este espaço é demasiado breve para enumerar o que não há. E digo-o sem ironias, mas sim com muita tristeza e até raiva. E com tristeza justificada porque desde que esta “classe de gente” chegou ao poder, nunca havíamos conhecido

uma realidade socioeconómica como a que hoje vivemos. E não é que os que antes estiveram tenham sido uns anjinhos, porque não o foram. Não, nada disso. Só que estes “se pasaron de maraca”, com essa história do socialismo do século XXI, e com um ingrediente adicional que os distingue: a mentira e o cinismo exacerbados. Seria muito estranho e paradoxal não escutar a palavrinha, toda vez que a maior parte do aparelho produtivo do país foi

expropriado pelo defunto com o “aparente propósito”, segundo ele, de torná-lo mais produtivo, e já sabemos o que ocorre quando as empresas caem em mãos do estado. Por outras palavras, não foi uma surpresa para ninguém conhecer o destino que hoje têm todas elas. E se não foi uma surpresa para ninguém, porque não é um assunto novo, então por que é que seguiram com essa história, sabendo que terminaríamos assim? A resposta é tão demasiado simples que não merece qual-

quer explicação. E “pelos ventos que sopram”, parece ser que vão terminar de acabar com o pouco que resta em virtude de que, eles se enganaram mais não assumem os erros. Isto é justamente o que uma pessoa não deve fazer, muito menos uma gerência e muitíssimo menos os responsáveis pela qualidade de vida dum país, porque “se continuamos a fazer o que temos vindo a fazer, simplesmente continuaremos a alcançar o que temos vindo a alcançar”.

altatribuna

Não há!

Antonio López Villegas

O CORREIO da Venezuela não pode ser considerado responsável e/ou patrocinador das opiniões que são expressas neste espaço.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 21


saúde em día

22 MISCELÂNIA

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014 | Correio da Venezuela

O ouro pode ajudar a combater o cancro Sergio Ferreira Soares

Um estudo recente levado a cabo pela Universidade de Cambridge, Reino Unido, conseguiu reunir provas de que o ouro poderá servir para destruir tumores malignos. Na investigação, foi usada uma decomposição de nanopartículas de ouro para tratar o tumor no cérebro mais comum e mais agressivo nos adultos: O glioblastoma multiforme. Segundo explica a revista da Real Sociedade de Química, Nanoscale, os cientistas conseguiram, através da Nanoquímica, aliar o ouro ao cisplatino, um fármaco usado em quimioterapia para o tratamento de vários tipos de cancro. Esta nanoestrutura é uma espécie de ‘cavalo de Tróia’: Uma vez dentro da zona afectada pelo cancro, as células são expostas a radioterapia, de forma a que o ouro liberte electrões que danificam o ADN da célula cancerígena e a sua estrutura global, o que ajuda a melhorar o impacto do medicamento de quimioterapia.

“Fomos capazes de eliminar completamente o cancro in vitro e evitar que voltasse a formar-se”, destacou o professor de Nanotecnologia Mark Welland, um dos autores do estudo. “O ouro é um elemento muito importante, já que é neutro para o organismo humano, e ao mesmo tempo submetese facilmente a um impacto ao nível nano”, explicou o cientista, na publicação. O processo foi tão eficaz que 20 dias depois, o cultivo das células não deu mostras de reaparecimentos, o que sugere que

as células tumorais tinham sido destruídas. “Não é uma cura, mas demonstra o que Nanotecnologia pode conseguir na luta contra os cancros agressivos. Ao combinar esta estratégia com materiais celulares que são objectivo do cancro, deveremos ser capazes de desenvolver, no futuro, uma terapia para o glioblastoma e outros cancros desafiantes”, assegurou Welland. De acordo com dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), o cancro é uma das primeiras causas de morte a nível mundial; em 2012, foramlhe atribuídos 8,2 milhões de mortes, e os que matam mais, anualmente, são os do pulmão, fígado, estômago, cólon e mama.

Pensa Verde Carla Salcedo

Movimento ‘Cultive você mesmo’ em crescimento Nos últimos anos, inúmeros países empreenderam uma cruzada contra o consumo excessivo de certos produtos, abrindo caminho a um movimento que foi crescendo com força, sob o nome de ‘Faça você mesmo’, ou ‘Cultive você mesmo’. Já ouviu falar? Se visitou a Europa, ou algumas zonas dos Estados Unidos, provavelmente sabe a que me refiro. Segundo um estudo da National Gardening Association (NGA), dos EUA, os produtos colhidos em hortas próprias adquiriram uma popularidade nunca antes vista, registando importantes números em 2013, e já este ano, do que já se pôde ver em alguns números provisórios. Esta instituição enfatiza que o movimento ‘Cultive você mesmo’ fez com que os americanos dos EUA tivessem gasto, em 2013, cerca de 3,5 mil milhões de dólares em sementes, terra para vasos, produtos para o crescimento e desenvolvimento

Sabia que…?

segredos de cozinha

Carla Salcedo

Vá atrás da ambulância! Alguma vez se questionou de onde vem o termo ‘ambulância’? Talvez não, mas até pode ser que tenha dito muitas vezes, sem saber, que chegou atrás da ambulância. Pois bem, o termo ‘ambulância’ provém do verbo latino ‘ambulare’, cujo significado é ‘caminhar’, que faz referência aos primeiros serviços médicos de guerra, onde os pacientes eram transportados em camilhas de rodas ou manuais. Saiba, assim, que o sentido original da palavra foi o de “hospital que segue um exército em suas campanhas”. Sim, mesmo que não acredite. Este termo tinha sido utilizado no seu sentido mais moderno como forma de apelidar os hospitais de campanha da guerra franco-prussiana, as ‘ambulances volantes’. Depois, na Guerra Civil Americana, os veículos destinados a retirar os feridos do campo de batalha receberam o nome de vagões

das plantas, e outras ferramentas. Ou seja, um em cada três lares nos Estados Unidos cultiva grande parte do que consome. Além disso, os alimentos cultivados aumentaram em 43%, enquanto o apoio comunitário em relação à jardinagem aumentou até 200%. Este estudo também permitiu conhecer aspectos mais profundos do movimento, como a razão de as pessoas terem aderido, e os especialistas chegaram à conclusão de que é precisamente porque os produtos cultivados em casa sabem melhor do que aqueles que são comprados no mercado, para além de serem mais baratos, e muito mais saudáveis, na opinião dos entrevistados, que também acrescentaram que as tarefas agrícolas funcionam, em grande parte, como uma terapia ocupacional para livrar-se do stress, ansiedade e tristeza, para além de melhorar o aspecto das casas.

ambulância, e regressando a outra guerra franco-prussiana, mas desta vez nos finais do século XIX, é quando aparecem as referências directas ao socorro sanitário que evacuava os feridos da frente para os hospitais de campanha. Não obstante, há provas da construção de ambulâncias na antiguidade, como por exemplo no século X, quando os anglo-saxóni-

Arroz de Frango no Forno cos construíram um exemplar que na época se baseou numa espécie de maca, rodeada por uma carruagem puxada por cavalos. Naquela altura, o veículo era empregue apenas para transporte forçado de doentes mentais e de leprosos. As primeiras ambulâncias usadas em emergências das quais há registo foram empregues durante o reinado de Isabel I de Castela, em 1487. O principal avanço das ambulâncias de uso civil deu-se com a introdução do transporte para doentes de cólera em Londres, em 1832. Nos finais do século XIX, o automóvel encontrava-se em fase de desenvolvimento, pelo que se começaram a introduzir modelos de ambulâncias automóveis junto com as que eram puxadas por cavalos. No princípio do século XX, as ambulâncias eram movidas a vapor, gasolina e electricidade.

Receita por: Avelino Assis Freitas Pereira Prato elaborado por: Cozinheiro David Silva - Four Views Hotels

Ingredientes

1 frango Arroz Chouriço e Bacon Caldo de Frango Óleo Sal q.b. Piripiri Favas, Cenouras, Cebola, Alho e Tomate pelado

Preparação Faça um refogado com o frango partido aos pedaços, juntando-lhe o chouriço, o bacon, as favas, cenouras e as cebolas cortadas em 1 rodelas.

2

Tempere a gosto com sal e piripiri.

3

Junte o arroz e deixe cozer durante 5 minutos em lume brando.

4

Depois tape o tacho e leve ao forno durante 8 minutos.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro de 2014

Publicidade 23


24 Desporto

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014 | Correio da Venezuela

Portugal

Liga DoS CamPeõeS

Fava saiu ao Benfica, FC Porto e Sporting ficaram com brindes

O dérbi foi emocionante mas não foi além de um empate a uma bola.

Primeira Liga

FC Porto agradece empate no dérbi CORREIO / LUSA

Além do dérbi lisboeta, esta ronda fica também marcada pela primeira “chicotada” da temporada, com João de Deus a ser afastado do comando do técnico do Gil Vicente Benfica e Sporting empataram, no passado 31 de Agosto, a um golo e deixaram “fugir” o FC Porto, que bateu o Moreirense por 3-0 e agora lidera com a companhia do Vitória de Guimarães e do Rio Ave, na terceira jornada da I Liga. Mas a liderança, furto do número de golos, pertence ao Rio Ave, que venceu o Boavista, por 4-0. A jogar em casa, os vila-condenses somaram o terceiro triunfo consecutivo, graças aos golos de Bressan (26 minutos), Diego Lopes (28), Esmael (80) e Boateng (90), os dois últimos apontados quando o Boavista já jogava com menos um, depois da expulsão de Lucas Rocha (59). O Rio Ave tem nove pontos, tantos quanto Vitória Gui-

marães e FC Porto, mas melhor diferença de golos, enquanto o Boavista sofreu a terceira derrota e ainda não marcou nenhuma vez, caindo para o último lugar. Além do dérbi lisboeta, esta ronda fica também marcada pela primeira “chicotada” da temporada, com João de Deus a ser afastado do comando do técnico do Gil Vicente depois de nova derrota, desta vez em casa perante o Marítimo, por 2-1. No Estádio da Luz, o campeão nacional foi o primeiro a marcar, com um golo do argentino Nico Gaitán, aos 12 minutos, mas o argelino Islam Slimani, aproveitando um erro do guarda-redes Artur, deu o empate ao Sporting, aos 20. Com este resultado, os “encarnados” perderam os primeiros pontos nesta temporada e caíram para o quarto lugar, a dois pontos de FC Porto e Vitória de Guimarães. Mais longe ficou o Sporting, que soma cincos e segue na oitava posição. Quando já decorria o dérbi lisboeta, o FC Porto assegurou um triunfo por 3-0 sobre o Moreirense e igualou a Vitória de Guimarães na liderança, com nove pontos. No Dragão, o espanhol Óliver Torres abriu a contagem, aos 70 minutos, e o colombiano Jackson Martínez bisou, aos 82 e 87, e

CORREIO / LUSA

isolou-se no topo da lista de marcadores, com quatro golos. O seu compatriota Quintero, pelo meio, desperdiçou uma grande penalidade (86). Cem por cento vitoriosa, a equipa de Julen Lopetegui manteve-se no topo junto do Vitória de Guimarães, que na véspera bateu o Belenenses, por 3-0. Na segunda-feira, o Rio Ave pode acompanhá-los se vencer o Boavista, que ainda não somou pontos no seu regresso à I Liga. O mesmo sucede com o Gil Vicente. Em Barcelos, Diogo Valente ainda colocou a equipa minhota em vantagem, aos 25 minutos, mas o alemão Patrick Bauer (58) e o avançado do Níger Maazou (71) deram o triunfo aos Marítimo. Algumas horas mais tarde, João de Deus tornou-se no primeiro treinador da I Liga a “cair”, tendo deixado de comandar o Gil Vicente. No Funchal, o Nacional alcançou a sua primeira vitória ao derrotar o Arouca, por 2-0, e somou os primeiros pontos no campeonato. No Estádio da Madeira, Mário Rondón inaugurou o marcador, de grande penalidade, aos 19 minutos, estabelecendo o resultado ao intervalo, enquanto Suk definiu o marcador final, aos 59.

O campeão nacional Benfica ficou colocado num dos grupos mais fortes da Liga dos Campeões de futebol, tendo como adversários o Zenit, da Rússia, o Bayer Leverkusen, da Alemanha, e o AS Mónaco, de França. A “fava” do sorteio entre as equipas portuguesas acabou por sair aos “encarnados”, uma vez que, apesar de terem sido um dos cabeças de série, não evitaram o confronto, no Grupo C, com três equipas de qualidade, duas orientadas pelos técnicos lusos André Villas-Boas (Zenit) e Leonardo Jardim (AS Mónaco). Já o Sporting, que partia com a desvantagem teórica de integrar o Pote 3, esquivou-se a algumas das grandes equipas presentes no sorteio e ficou integrado no Grupo G, com Chelsea, de Inglaterra, Schalke 04, da Alemanha, e Maribor, da Eslovénia. Hélder Postiga foi anunciado como novo reforço do Deportivo da Corunha, mantendo-se na liga espanhola, depois de se ter desvinculado do Valência. Segundo a página oficial do clube galego, o avançado assinará por uma temporada, no mesmo dia em que se despediu do clube que representou desde 2012/13, apesar de ter passado parte da temporada anterior ao serviço dos italianos da Lazio, por empréstimo.

O Chelsea, treinado pelo português José Mourinho, parte como principal candidato ao triunfo no grupo, mas as perspectivas de apuramento para o Sporting mantêm-se intactas, apesar do Schalke 04, terceiro na Alemanha, também estar na corrida aos “oitavos”. O FC Porto, que assegurou a presença na fase de grupos via “play-off”, impondo-se aos franceses do Lille, com dois triunfos, por 0-1 e 2-0, ficou integrado no Grupo H, com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, Athletic Bilbau, Espanha, também proveniente do “play-off”, e BATE Barisov, da Bielorrússia. Vencedor por duas vezes da Liga dos Campeões, a última já no atual formato (2003/04), o renovado FC Porto não deverá ter dificuldades em assegurar um dos dois lugares que dão acesso aos oitavos de final.

soltas O médio ofensivo egípcio Mohamed Ibrahim já está na Madeira para representar o Marítimo, clube da I Liga de futebol, com o qual rubricou um contrato válido por cinco épocas. O clube insular já confirmou a contratação do futebolista de 22 anos, proveniente do Zamalek e internacional pelo seu país desde as camadas jovens.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014

Desporto 25 Venezuela

Torneio Clausura

Táchira volta a isolar-se na liderança

soltas

Fernando Camara fcamara@correiodevenezuela.com

Estudiantes empatou e permitiu que a equipa ‘aurinegra’ se escapasse. Tucanes e Atlético Venezuela subiram na tabela A quarta jornada do Torneio Abertura de Futebol, disputada entre 30 e 31 de Agosto, contou com sete jogos, cujos resultados mais importantes compreendem a vitória do Táchira sobre o Aragua e o triunfo do Tucanes frente ao Llaneros. Na noite de sábado, 30 de Agosto, no Estádio Nacional Brígido Iriarte, o Metropolitanos e o Zamora empataram a uma bola. Johan Moreno abriu a contagem aos 60´ para a equipa ‘barinés’, mas Cristian Casseres repôs a igualdade aos los 81´. O Deportivo Táchira derrotou, por 0-2, o Aragua FC, no estádio Hermanos Ghersi de Maracay. Wilker Ángel e Gelmín Rivas assinaram aos golos da vitória, aos 56´ e 65´, respectivamente. No domingo, 31 de Agosto, no estádio Metropolitano de Mérida, Estudiantes e Deportivo Lara não

Futebol

O ex-seleccionador da selecção venezuelana de futebol César Farías deixou de ser o director técnico do Xolos de Tijuana, na sequência dos maus resultados alcançados durante a presente campanha: apenas um triunfo em sete jogos. Na noite de sábado, 30 de Agosto, o clube deu a conhecer esta decisão através dum comunicado. conseguiram ir além de um empate a uma bola. José Marrufo viveu uma tarde invulgar: Aos 35´ colocou a equipa visitante na frente do marcador e aos 64´ devolveu a igualdade ao marcador ao protagonizar um auto-golo. Já o Portuguesa perdeu por 2-1 ante o Zulia FC, no José Antonio Páez. Walter Aguilar, aos 45´, e Oscar Hernández, aos 57´, anotaram na baliza dos visitantes. Raigel Márquez, aos 65´, descontou para o pentacampeão. O Carabobo, dirigido pelo lusodescendente Jhonny Ferreira, e o Deportivo Petare, empataram a uma bola no estádio Olímpico da UCV. Daniel Arismendi quebrou o

equilíbrio aos 22´ para o onze ‘granate’ e Darwin Gómez, aos 41´, repôs a igualdade. No Brígido Iriarte, o Atlético Venezuela venceu, por 1-0, o Deportivo Anzoátegui. Aos 10´, Guillermo Octavio marcou o único golo do encontro. Dois luso-descendentes estavam convocados: Ricardo Martins jogou os 90 minutos pela esquadra oriental, mas Daniel Da Silva não passou do banco de suplentes do conjunto nacional. O Tucanes de Amazonas venceu por 0-2 o Llaneros de Guanare, no Rafael Calles Pinto. Sergio Golindano e Gilson Salazar anotaram los 56´ y 60´, respectivamente. A partida que ia opor o Trujilla-

Unicasa e Caracas FC unem forças contra o cancro infantil Fernando Camara fcamara@correiodevenezuela.com

Por cada golo marcado por El Rojo, a empresa lusitana doará mil bolívares a esta causa nobre. A Unicasa e o Caracas Futebol Club aliaram-se para combater o cancro nas crianças. Ambos deram início uma campanha chamada ‘Golo Milionário’, que consta do

nos ao Deportivo La Guaira não se realizou devido aos compromissos de ambas equipas na Copa Sul-americana, tendo o jogo sido reprogramado, para quarta-feira, 10 de Setembro, pelas 6:00 PM. O Mineros de Guayana-Caracas FC também não foi disputado e ainda não se conhece a data da sua realização. Assim ficou a classificação: Deportivo Táchira, 10; Tucanes de Amazonas, 8; Estudiantes de Mérida, 8; Atlético Venezuela, 6; Mineros, 5; Carabobo, 5; Portuguesa, 5; Petare, 5; La Guaira, 4; Caracas, 3; Trujillanos, 3; Zamora, 3; Anzoátegui, 3; Lara, 3; Zulia; 3; Llaneros; 3; Aragua, 2 e Metropolitanos, 2.

seguinte: Por cada golo que a equipa da capital marque em todas as competições onde participe – Torneio Abertura, Torneio Clausura, Copa Venezuela e encontros internacionais – a rede de supermercados doará Bs. 1000 à Fundação Amigos da Criança com Cancro. O futebol é um instrumento que ajudará as duas organizações a beneficiar uma relevante causa social. Os contributos que a Unicasa fizer vão servir para p abastecimento de fármacos para quimioterapia e outros medicamentos contra o cancro, e ainda ajudas para exames especiais necessários para o diagnóstico e controlo dos pacientes. Esta contribuição ajudará a que os pacientes tenham a possibilidade de se salvarem ao aceder prontamente a tratamentos com profissionais especializados. Os fãs poderão seguir o projecto através das redes sociais, através da etiqueta #GolMillonario nas contas de Twitter: @Caracas_FC e @unicasaoficial. A iniciativa arrancou já no primeiro jogo.

Na noite do domingo, 31 de Agosto, o pelotero venezuelano Alexi Amarista ligou um “sencillo” pelo jardim central no décimo episódio, que levou até ao prato Will Venable e propiciou a vitória por 2-1 do Padres de San Diego sobre o Dodgers de Los Ángeles.

A dupla compista pela hispano-venezuelana Garbine Muguruza e a espanhola Carla Suárez-Navarro perderam 6-1 e 6-0 ante Serena e Venus Williams, sendo eliminadas na terceira ronda do Aberto dos Estados Unidos. O motociclista Gabriel Ramos terminou na 28.ª posição na 12.ª corrida do Campeonato Mundial de Moto3, realizada no traçado de Silverstone, o que significou uma das melhore actuações da temporada.


26 Desporto

Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014 | Correio da Venezuela

Venezuela

MaDeira

Futebol de salão e nostalgia

“Quem quer que vá dirigir o seu primeiro jogo, sente nervos. Sobretudo estou nervoso pelo número de horas que tenho que viajar”

Futebol

Noel Sanvicente estreia-se como seleccionador nacional em digressão asiática Fernando Cámara fcamara@correiodevenezuela.com

Seleccionador nacional de futebol, antiga glória do Marítimo da Venezuela, está pronto para orientar os seus primeiros jogos à frente da ‘vinotinto’ A selecção nacional de futebol da Venezuela enfrentará a Coreia do Sul e o Japão a 5 e 9 de Setembro, respectivamente. Estes compromissos constituirão os primeiros de Noel “Chita” Sanvicente como treinador do combinado pátrio, que participou em três módulos de preparação, dois em Caracas e um em Barinas. O técnico está satisfeito com o que viu nos trabalhos realizados. “São futebolistas inteligentes e é por isso que são chamados à selecção, e porque se destacam nas suas equipas e têm a projecção para ir actuar no exterior. Simples-

mente dou as ideias que tenho e rapidamente as assimilam”, observou. O corpo técnico já estudou os seus adversários. No entanto, isso não é tudo. “Nós temos estado na Federação vendo e analisando; destacando duas pessoas, uma cá e outra fora, em busca de pormenores. Mas, tal como sempre digo, devemos pensar em nós, no que podemos fazer. Do Japão: têm um treinador novo (o mexicano Javier Aguirre) e a Coreia do Sul, tem um interino. Temos as características dos jogadores de ambos conjuntos. Então, por muito que saibamos, podem variar demasiadas cosas”, relatou. Este par de jogos marcam o ‘consulado’ do técnico à frente da ‘vinotinto’. O êxito não chega da noite para o dia. “Japão e Coreia são rivais mundialistas. Apenas tenho três módulos e peço paciência, estou começando. Pela primeira vez, vou encontrar-me com os jogadores do exterior. Primeiro, há que reforçar o nosso, que a mensagem possa chegar, que seja simples, de modo a que a possam assimilar e que a equipa funcione. Para depois pensar nos

adversários. Nós devemos saber o que queremos, o que podemos fazer dentro de campo e isso requer tempo”, expôs. Os triunfos estão na mente do técnico natural de Puerto Ordaz. “Qual é o treinador que gosta de perder? Ganhar vai transmitir confiança, que é o mais importante”, comentou. Os futebolistas do ‘patio’ trabalham duma forma e os do exterior de outra. “Cada um dos que estão fora já deve ter a análise do rival. Há outras ferramentas a utilizar. Chegará o momento em que alguém viajará para fora. Os do torneio local vou tentar potenciar para que quando sejam chamados, saibam o que quero”, disse. Nota-se algum nervosismo com o facto de estar prestes a estrear-se como seleccionador nacional. Mas, parece que encara a situação com calma. “Como todo o treinador, sempre existe um pouco de ansiedade. É lógico. Com a experiência, sei como lidar com isso. Quem quer que vá dirigir o seu primeiro jogo, sente nervos. Sobretudo estou nervoso pelo número de horas que tenho que viajar”, apontou.

Agostinho Silva DN MADEIRA

Três das equipas que antigamente fizeram furor no Largo da Achada, e uma formação da A.D. Camacha em Caracas, reviveram na última sexta-feira, 29 de Agosto, outros tempos na vila camachense. O torneio relâmpago, restringido a maiores de 45 anos dentro do campo, contagiou a gente de todas as idades que se concentrou no Largo da Achada. Uma jornada nostálgica dentro e fora de campo que remexeu algumas emoções e provocou o desejo de ver repetida a iniciativa. Sexta-feira a organização esteve a cargo da Secção Desportiva da Casa do Povo da Camacha que aceitou o repto de um grupo de camachenses a residir em Caracas, e que na Venezuela fazem questão de envergar a camisola

A selecção feminina de futebol sub-15 da Venezuela conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos da Juventude de Nanjing 2014, ao perder 5-0 com a China. Pelo caminho, a ‘vinotinto’ derrotou a Papua Nova Guiné (7-0), Eslováquia (6-2) e o México, nas semi-finais (1-1 no tempo regulamentar e 4-3 nos pénaltis). Deyna Castellanos foi a melhor marcadora com sete tentos.

da A. D. Camacha nos torneios de futsal. O primeiro jogo do torneio relâmpago opôs precisamente os “venezuelanos” da A. D. Camacha a uma representação dos Unidos. Passou à final a equipa emigrante, liderada por Gilberto Gonçalves, após o desempate por grandes penalidades. O segundo jogo também foi renhido, com o Dinamo 84 a sucumbir perante o Flamengo. Nos jogos finais, o Dinamo 84 bateu facilmente os Unidos já com poucos recursos, enquanto Flamengo e AD Camacha/Caracas protagonizaram a disputa do primeiro lugar de forma aguerrida, com o Flamengo a superiorizar-se e a sagrar-se primeiro campeão desta jornada nostálgica, que teria uma espécie de prolongamento na magnífica Casa dos Salgados, com comida excelente e música ao vivo, improvisada por Adelino Silva.

soltas A selecção masculina de basquetebol 3×3 terminou entre os oito primeiros no torneio Nanjing 2014, ao derrotar, nos oitavos de final, a congénere do Porto Rico, e perder ante a Argentina, nos quartos de final. José Materán foi o melhor marcador pelos crioulos, conseguindo 8 pontos, seguido por Daniel Garmendia com 7.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 4 a Quarta-feira 10 de Setembro 2014

Desporto 27 Venezuela

Daniel Da Silva

voltou aos relvados Fernando Cámara fcamara@correiodevenezuela.com

Uma lesão no joelho afastou o médiocampista lusodescendente da competição durante mais de um ano Daniel Da Silva regressou aos relvados após um interregno de 455 dias. Uma rotura de ligamentos no joelho direito, sofrida em Barinas, a 22 de Maio de 2013, constituiu a razão do afastamento. Em 20 de Agosto último, o jogador foi titular e jogou durante 68 minutos contra o Estudiantes de Caracas na Copa Venezuela. Cabe recordar que, quatro dias depois jogou os últimos 22 minutos ante o Tucanes de Amazonas. O processo de recuperação foi muito duro. Para um futebolista, estar lesionado durante mais de um ano é doloroso. “Na verdade, foi uma etapa da minha vida bastante intensa, na qual tive de passar por momentos muito duros. Mas, com a ajuda da família e das pessoas mais próximas, fui levando a coisa”, disse. Já olha em frente, virou a página, e concentra-se na recuperação da forma de forma a alcançar a plena condução física. “Graças a Deus, depois de um ano e dois meses pude disputar uma partida oficial. Estou muito contente porque não foi fácil o período de re-

cuperação, pois tive que pôr muito da minha parte. Também com a ajuda do corpo médico da equipa, com o fisioterapeuta Carlos Gil, fizemos um duro trabalho com duplo e triplo turno em distintos lugares: campo ou consultório. Todo isso me permitiu treinar a par dos meus companheiros. Sei que tenho muitas coisas para melhorar no capítulo do físico já que não é fácil estar a par do grupo. O ritmo futebolístico não se agarra da noite para o dia. E estou mentalizado em ser o mesmo de antes, o daquela pré-temporada em Barinas”, relatou. A etapa entre a recuperação e possuir o ritmo futebolístico adequado requer um tempo prudencial, ou seja, não é algo que se produza de um momento para o outro. “Não foi fácil. O que mais custa é a parte física. Não é o e mesmo que trabalhar a par do grupo, por fora com o fisioterapeuta e o preparador físico, com os companheiros nos treinos e nas partidas, ir ao choque, entre outras coisas. Quem não está no mundo do futebol poderá não o entender, mas são coisas que pouco a pouco vou melhorar e reconquistar essa parte física”, explicou. O treinador da equipa, José Hernández, tem sido um suporte em todo momento. “O professor sempre me deu o seu voto de confiança e de apoio. O que me disse foi que desfrutasse do encontro, que me soltasse para jogar”, disse. Da Silva pensou muitas coisas antes do apito inicial. “O que me passou pela cabeça foi todo o sacrifício que tivemos de fazer a minha família e eu. A semana depois da operação foi muito difícil, eram

“Quando a minha familia viu que podia estar bem, que entrei na convocatória, foi gratificante para eles porque vivem o meu dia a dia, vivem as mesmas emoções que eu”

“Estou mentalizado em ser o mesmo de antes”

dores muito fortes. Mas as pessoas que estiveram lá. Creio que isso se consegue com muito sacrifício e é a recompensa. Sentimo-nos gratos quando se consegue o objectivo”, expressou. Não prestou muita atenção ao

primeiro toque com a bola, pois já estava metido na contenda e os nervos iniciais já tinham passado. “No momento em que começa o jogo, entra-se com calor e esquece-se tudo. Sinto muito bem do joelho. E senti-me bem desde o primeiro minuto, queria ajudar os meus companheiros e contribuir para a equipo o que me corresponde. Senti-me cómodo ao lado dos meus companheiros que também me ajudam”, observou. A sua família tem sido vital para superar tudo o que teve de viver neste périplo. Especialmente, a sua mãe, que estava no estádio assistindo ao compromisso. “Disse-se que ia regressar. Sempre falámos em casa quando me via desesperado, um pouco cabisbaixo porque tinha muito tempo sem estar a treinar e para não entrar em desespero, que tudo passa por algo, que Deus sempre tem algo guardado para todos. Quando viu que podia estar bem, que entrei na convocatória, foi gratificante para eles porque vivem o dia a dia e as mesmas emoções que eu. São coisas muito importantes porque só passam entre familiares”, expôs. Os seus companheiros de equipa têm estado atentos todo o tempo. “Sempre me apoiaram. Antes da partida, todos estavam conscientes de que seria um momento importante para mim. Estavam mais conscientes do que eu. Muitas mensagens de apoio, de confiança e estou muito agradecido com isso. São pessoas que estão competindo por um lugar”, lembrou. Trajectória Os primeiros passos no mundo do futebol foram dados no Colégio San Agustín de El Paraíso. Aqui passou pelas mãos de José Hernández (o seu actual DT), Francesco Stifano (treinador do Portuguesa), Jhonny Ferreira (estratega do Carabobo FC), Enrique Maggiolo (categoria sub-18 do Atlético Venezuela, entre outros. Aos 15 anos, participou no Sul-americano sub-15 de Santa Cruz de la Sierra, Bolívia. Quando voltou ao país, estagiou com o conjunto sub-17 do Caracas Fútbol Club e ficou. Aqui completou a sua formação e jogou até à temporada 2010-11. Na época seguinte, foi cedido ao Atlético Venezuela, que havia descido à segunda divisão. Teve um papel muito importante no regresso da equipa à primeira categoria. O seu contrato com os ‘Rojos del Ávila’ terminou e decidiu assinar pela equipa nacional. Hoje em dia é um dos jogadores mais antigos da jovem colectividade, a qual foi fundada em 2009. Agora trabalha arduamente para recuperar o nível anterior e relançar a carreira.


imagens da semana Devotos de “San Benito” veneraron a su santo en el Zulia No passado domingo, 31 de Agosto, os devotos de San Benito de Palermo, em San Timóteo, expressaram mais uma vez a sua devoção ao Santo Negro com uma das festas mais coloridas e originais da ‘venezuelalidade’. A festa, que teve lugar no município Baralt, situado no sul do Estado de Zulia, permitiu aos turistas conhecer mais sobre os costumes e tradições nacionais, convidando-os ao ‘atrevimento’ de “dar um pé de dança” ao som dos tambores. As confrarias de ‘chimbangleros’ Ambrosio de Cabimas, La Conquista del Sur del Lago, Bobures e María de los Puertos de Altagracia Miranda e San Timóteo encarregaram-se de retumbar os couros em honra do Santo Negro.

eles respondem

P r ê m i o Ta l e n t o C o m u n i c a ç ã o S o c i a l 2 0 0 9

#OPINA Algunos adoran Portugal por sus paisajes, mientras que otros lo hacen por su comida... Hay quienes se enamoran de su gentilicio y otros que se apasionan por su idioma... Cuéntanos desde tu punto de vista ¿Por qué te sientes atraíd@ por #Portugal? ¿Qué tienen esas tierras que no tenga ningún otro lugar en el mundo?

Cristiano Ronaldo junta título de melhor na Europa à Bola de Ouro

Carminda Tavares Libras: Porque lo amo, lo adoro. Aí tenho minhas raizes e toda minha familia aí naçi lo quero mucho. tem muitas paisagens bonitas do norte al sul desse país mi país. Ricardosilvapt: EL FUTBOL y el frango churrasco

Correio de Venezuela / @correiodvzla

O futebolista português Cristiano Ronaldo juntou, quinta-feira, 28 de Agosto, o título de melhor jogador a actuar na Europa, em 2013/14, à Bota de Ouro da FIFA, ao vencer a quarta edição do “UEFA Best Player in Europe Award”. Autor de 62 golos em 57 jogos na época transacta, incluindo um recorde de 17 na “Champions”, o “capitão” da selecção lusa venceu o galardão à quarta tentativa, depois de um segundo lugar (2011/12) e dois terceiros (2010/11 e 2012/13). Os 54 jornalistas, dos diversos países da Europa, reconheceram a enorme influência do português no 10.º título europeu conquistado pelo Real Madrid, selado no Estádio da Luz, em Lisboa, na final com o vizinho Atlético de Madrid.

Roxana Teles: Hermoso país.

Fashionamalia: Amo Portugal, por todo.. Es un gran país y aunque no tienen petróleo, sus habitantes viven mejor, que uno que yo conozco… viva Portugal, su gente, su idioma, su gastronomía, sus paisajes (…) hasta sus politicos que vivan… Un país con democracia y con bajo índice de criminalidad. Portugal es único. lili_de_nobrega: La magia de pertenecer al primer mundo... gastronomia. Paisajes. Gentilicio... su idioma. Todo es magico ya que precede lo que somos en america... esa es lo que atrae de europa. De ahi vienen nuestros origenes. tasdan91: Saudades da terra onde eu nasci...cresci...estudei..vivi...y me enamorei... Y pela “mourrinha” como dizia Júio Iglesias...

Correio da Venezuela 572  

Edición 572

Correio da Venezuela 572  

Edición 572

Advertisement