Page 1

P r é m i o Ta l e n t o 2 0 0 9 Correio de Venezuela

@correiodvzla

@correiodvzla

Caracas, 21 a 27 de Agosto 2014

publiCAÇão Nº 570

Ano 14 • Depósito LegAL: 199901DF222 • BsF. 10

sócios Do cp Discutem proBLemáticA Do terreno

trata-se de uma das saídas para a crise económica, sobretudo para captar recursos vindos do estrangeiro. É dessa forma que chegaram a portugal os vistos gold para cidadãos de países fora da união europeia que estejam dispostos a investir em portugal. pag. 10

pub

Fc porto fica mais perto da ‘champions’ o Fc porto colocou-se em vantagem no “play-off” de acesso à liga dos campeões de futebol, ao vencer o Lille, em França, na quatra-feira, 20 de Agosto, por 1-0, em jogo da primeira mão, com um golo de Herrera. pag. 26

Cultura

Vistos gold são ‘dinheiro em caixa’

Desporto

portugal

Os associados de Centro Português de Caracas estão a ser informados acerca da situação das obras da nova propriedade, que foi afectada por um deslizamento de terras. A direcção não quer arriscar avançar sem explicar aos sócios o que está a acontecer. pag. 3

luso-descendente poderá ser eleita senhorita Desporto Andrea Bausano recebeu a faixa de senhorita Desporto mérida, o que lhe assegura um lugar na gala final marcada para o mês de novembro em caracas.

pag. 18


2 Editorial

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

retrospectiva Têm sido notórias a agenda e as actividades programadas pelo Centro Marítimo de Venezuela, situado em Turumo, no Estado de Miranda. Para os que ainda se recordam de outros tempos, é com satisfação que reconhecem que a vitalidade que o caracterizou no passado está de volta. Estão abertas inscrições para diversas actividades, e foi reactivada a venda de novas ac-

três

1

Tem sido relevante a intenção da actual direcção do Centro Português de Caracas em informar os seus associados acerca do andamento das obras da nova propriedade do clube, onde um deslizamento de terras, em Novembro de 2012, atrasou o projecto. Face aos contratempos a equipa não desmobilizou, nem sequer voltou atrás. Soube esperar e encontrar uma solução que resolvesse os problemas e que seja, assim esperam, de consenso. “Não queríamos apresentar-vos apenas o problema, mas também uma solução”, disse Juan dos Santos na primeira de algumas reuniões em que pretende esclarecer os sócios do Centro Português sobre o caminho que está a ser seguido.

dois

Há questões em que a prática de outros, o sucesso de melhores práticas, como a implementação de processos de luta ou programas de combate contra drogas, deve ser atentamente acompanhadas por quem tem o mesmo problema dentro de casa. É, felizmente, o que está a acontecer com a cooperação da União Europeia em Venezuela. Num quadro de apoio, conjugado com outras entidades, foram entregues, há poucos dias, na cidade de Caracas diversos kits para a Identificação Preliminar de Substâncias Precursoras de Drogas, aos encarregados de zelar pelo correcto uso dos químicos controlados na Venezuela. O objectivo desta acção formativa é disponibilizar o treino necessário aos técnicos e contribuir para o fortalecimento do controlo operacional de precursores de drogas de sintéticas

ções, tanto a portugueses como a locais. E, porque tem sido no desporto que o clube de Turumo se tem notabilizado, foram abertas inscrições para aulas de natação, karaté e ginásio, esperando, muito em breve, poder ter também aulas de futsal em diferentes categorias. Entre outras actividades… porque há mais. Está garantida a continuidade.

A diminuição da insegurança pública – não vamos dar foguetes antes da festa… – está a ter efeitos positivos na participação das pessoas nas acções convocadas pelas associações de beneficência, nomeadamente em Caracas, onde agora as pessoas afluem em maior número. Um facto interessante, pois esta normalidade (que, esperamos, continue a verificar-se e a crescer) está a levar mais gente e maiores receitas às instituições, o que se reflecte agradavelmente nos resultados permitindo aos responsáveis trabalhar com mais folga nos projectos que estão a desenvolver a bem de diversas causas.

Em tempo de férias é comum dizer-se que “não está cá ninguém”, “anda tudo em viagem”… “agora só quando regressarem”. Pois é, os tempos também não têm permitido que muitos fossem de férias, pelo que há conterrâneos nossos e familiares que continuam a frequentar os clubes e centros sociais. É com satisfação que verificamos que muitas direcções estão a se esforçar por manter actividades para juntar os associados, de forma que as férias sejam também agradáveis quando se fica em casa. Afinal os clubes têm essa missão intrínseca e, é por isso, também, que existem e que, com tal pretexto, foram criados. Precisamos ocupar os nossos jovens dentro das associações, que reconhecemos adequadas, depois da grande instituição familiar e escolar. Um grupo de emigrantes portugueses oriundos da Ribeira Brava, na ilha da Madeira, está a programar uma grande reunião de confraternização no próximo dia 2 de Novembro, em Caracas, que contará com a presença do presidente da Câmara daquele município da zona Oeste da ilha. Uma grande festa em perspectiva, em que, naturalmente, será evidenciado o grande orgulho desses cidadãos terem nascido na Ribeira Brava, terra de viscondes, como é hábito dizer-se na Madeira. Para já, podemos adiantar que o presidente da Câmara irá deslocar-se a outras regiões de Venezuela, onde vivem ribeiravrenses. Uma visita que não olhará a distâncias, porque a confraternização e a fraternidade não se medem em quilómetros.

seis

fotoflash

A Direcção da Casa Portuguesa do Estado Aragua liderada por David Alcaria, continua a desenvolver obras interessantes que têm em vista o bem estar dos seus associados, oferecendo novas comodidades aos que frequentam as instalações do centro social, em Maracay. Recentemente investiram no melhoramento do parque de estacionamento e dos campos de ténis. Agora estão a remodelar as piscinas, as esplanadas e outras instalações. Nota-se interesse e motivação, o que muito agrada aos associados da instituição, pois além do conforto que todos gostam de usufruir há motivos para voltar, apreciar e utilizar o que se está a tornar novo. Bons exemplos são sempre motivadores.

Grupo Editorial

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-40058840-5

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Gerente: Carla Vieira Editor Sergio Ferreira Soares Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 35F. Las Mercedes, Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: editorial@correiodevenezuela.com

Chefe de redacção Sergio Ferreira Soares |Jornalistas Carla Salcedo Leal, Victoria Urdaneta, Yasireth De Aguiar, Kenner Prieto, Antonio Da Silva |Correspondentes Edgar Barreto (Falcón), Carlos Balaguera (Carabobo), Sandra De Andrade (Aragua), Sandra Rodríguez (La Victoria), Trinidad Macedo (Lara), Silvia K. Gonçalves (Bolívar), Ricardo Santos (Nueva Esparta), Luis Canha (Mérida), Daniela García (Miranda), Antonio Dos Santos (Zulia) |Colaborações Catanho Fernandes, Arelys Gonçalves, Antonio López Villegas, Isabel Idárraga, |Administração Ma.Fernanda Pulido |Publicidade e Marketing Carla Vieira |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Francisco Garrett |Distribuição Luis Alvarado, Carlos Agostinho Perregil R. |Impressão Cadena Capriles, Operadora La Urbina C.A. Caracas -Venezuela |Tiragem 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

ClubeS

Sócios do CP discutem problemática do terreno Fernando Cámara

Um deslizamento de terras fez com que as obras no clube se tivessem atrasado. Agora é preciso estabilizar as áreas intervencionadas. A junta directiva do Centro Português, encabeçada por Juan dos Santos, realizou, na noite da passada quinta-feira, 14 de Agosto, no Salão Nobre, um fórum informativo sobre as obras e avanços nas áreas de expansão do referido clube social. Os terrenos onde serão construídas as infra-estruturas ficam nas proximidades de Cementerio del Este e a primeira estrutura a levantar será o campo de futebol. Em Novembro de 2012, um deslizamento de terras na nova propriedade atrasou os trabalhos. Esse foi o tema principal do encontro. “Por todos os contratempos, que nos roubaram muito tempo, não pudemos apresentar estes dados mais cedo. Não queríamos apresentar a informação a meio caminho. Não queríamos apresentar-vos apenas o problema, mas também uma solução”, começou por dizer o presidente do clube, Juan dos Santos. O responsável citou o engenheiro Carlos Rodríguez, representante da empresa Rodríguez & Associados, Engenheiros Consultores, que disse, na altura, “dêem graças a Deus que isto aconteceu agora e não quando tivessem as bancadas e a relva, tudo se teria perdido, e o pior de tudo, perder uma vida humana”. O responsável clarificou ainda que não foram ultrapassados os limites dos vizinhos.

Os trabalhos para reparação dos danos foram realizados. “Para travar o movimento de terras, fezse um contraforte de terra. Havia duas opções: Ou trazer terra de fora ou tirá-la do próprio terreno. Obviamente foi a segunda a ser escolhida, e adiantaram-se todos os movimentos de terra em cerca de 90%”, ou seja, os próximos movimentos serão de menor envergadura”, explicou Santos. O projecto possui várias fases: A primeira é o campo de futebol, as zonas viárias e as zonas próximas às áreas desportivas; a segunda, o campo de softball; a terceira o estacionamento e as zonas viárias circundantes e as duas últimas as estruturas de cimento armado. Cronologia dos factos Em 2008, foi tomada a decisão, numa assembleia, de comprar um terreno de quase 10 hectares, do qual se tinha pouco conhecimento em relação à parte geológica. Com as ideias saídas da assembleia, foi feito um plano director do que se poderia edificar e começar a traba-

lhar sobre o mesmo. Em Agosto de 2009, iniciaram as rotas de penetração para os estudos preliminares e ter, assim, um pouco mais de conhecimento de como estava o terreno. Em Novembro de 2009, estava pronto o plano director, no qual se incluía um campo de futebol e um multiusos, para além de um estacionamento. A 26 de Novembro de 2009, o sócio Jaime Reis de Abreu interpôs um pedido de anulação no Tribunal Supremo de Justiça, porque alegava que não estava a ser informado correctamente. A 27 de Janeiro de 2011, a entidade judicial decidiu a favor do Centro Português. Em Abril de 2011, já havia um projecto concreto de arquitectura que podia sofrer pequenas variações no tempo. Mas a ideia era a original. Aos campos de futebol e multiusos, somou-se o campo de softball, vários edifícios de estacionamento e o desenvolvimento de espaços culturais. Em Julho, iniciou-se a desflorestação e os trabalhos para cimentar o campo de futebol.

A 26 de Julho de 2012, o Centro Português organizou uma actividade durante a qual se praticaram diversas disciplinas desportivas: TRX, bailoterapia, step e futebol. Cerca de 250 sócios marcaram presença. Em Novembro de 2012, aconteceu o deslizamento de terras. Em Janeiro de 2013, decidiram, junto com a construtora Rodríguez & Associados, Engenheiros Consultores, fazer um contraforte de terra para deter o movimento de terras. O plano proposto Foi consultado o departamento de solos da Universidade Central de Venezuela e concluíram que se devia levantar uma série de pilares. Mas este trabalho não pôde ser feito porque não existem, na Venezuela, as máquinas necessárias para o efeito, pois foram para outros países. O que será feito será umas paredes de 4500 metros para travar a terra e fazer com que haja estabilidade. Esta é uma solução provisória para o problema. O contraforte de terra, que será eliminado no futuro e que vai ser utilizado noutras zonas, não permite que o campo de futebol (a relva artificial já está comprada) esteja a 100%, o campo de softball está a 90% e a parte urbanística está apenas a 5%. A ideia é que tudo o que seja construído daqui para a frente seja perdurável, ou seja, que não se tenha de destruir nem danificar algo que já esteja pronto. A zona de quebrada a oeste do terreno tem de ser estabilizada, pois a água pode continuar a provocar erosão e danificar estruturas civis e que já estejam prontas. Está também planeada a edificação de: Muros de terra armada para a colocação de relva artificial, as cercas no perímetro do campo de futebol e as drenagens primárias do projecto geral, contemplando ainda a construção de estruturas para os postes de luz, para não destruir o que está feito, e por último, a reflorestação dos locais intervencionados. Devido às férias escolares, muitas pessoas estão fora da cidade. Serão realizados, por isso, mais dois ou três fóruns informativos para que todos os sócios fiquem informados de todas estas situações, para que sejam depois submetidas a votação.

Venezuela 3

Assuntos consulares em dia Os Consulados Gerais de Portugal na Venezuela disponibilizam uma lista, por ordem alfabética, de tradutores e intérpretes públicos, cujos contactos podem ser solicitados através dos e-mails mail@caracas.dgaccp.pt (Caracas) e mail@valencia.dgaccp.pt (Valência), mas tal não constitui ou representa qualquer recomendação por parte destes postos consulares.

Tradutores oficiais Consulado Geral em Caracas - Alcina da Conceição Almeida de Garcia - Alcino Gameiro Louro - Ana Maria da Costa Corales - António José Guerreiro Gordinho - Emília Santos - Felipe Pereira da Costa - Fernanda L. Almeida De La Roca - Francisco Joaquim de Sousa - Frederico Manuel F. Henriques - Inácio Afonso de Gouveia Pereira - Irene Figueiredo Almeida - Jaime Reis de Abreu - Jerónimo Soto Mast - João Carlos Nascimento Abreu - José Manuel Pereira de Almeida - Maria Amélia da Silva Pita - Maria Fernanda Barreto Portela - Maria Helena Pereira Dias Alves - Mário Gonçalves Bento - Sónia Margarita Fernandez de Abreu - William Batista de Sousa Consulado Geral em Valência - Heliodoro Jaime Gomes - Alcindo Gameiro Louro - Ana Maria da Costa Corales - Antonio Guerreiro Gordinho - Frederico M. de Freitas Henriques - Francisco Joaquim de Sousa - Irene Figueiredo de Almeida - João Carlos Nascimento de Abreu - João Manuel Freitas Henriques - Maria Fernanda Barreto Portela - Maria Helena Pereira - Dr. Mário Gonçalves Bento Publicidade


4 Venezuela

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

CoopErAção

UE apoia Venezuela na luta contra as drogas Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Entrega de kits para a Identificação Preliminar de Substâncias Precursoras de Drogas A União Europeia, através da sua delegação na Venezuela, continua a contribuir para o desenvolvimento da sociedade deste país sul-americano, desta feita ao colaborar na luta contra as drogas. Na segunda-feira, 11 de Agosto, nas instalações da Oficina Nacional Anti-drogas (ONA), o departamento das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (Unodc), através do Projecto de Prevenção do Tráfico de Substâncias Precursoras de Drogas nos Países da América Latina e do Caribe (Prelac), levou a cabo a entrega de kits para a Identificação

Preliminar de Substâncias Precursoras de Drogas, aos encarregados de zelar pelo correcto uso dos químicos controlados na Venezuela. A entrega foi efectuada no quadro da realização dum workshop de qualificação subordinado ao tema da “Aplicação Adequada das Provas de Identificação Preliminar de Precursores de Drogas de Sintéticas”. O objectivo desta acção formativa é disponibilizar o treino

necessário aos funcionários responsáveis pela execução das medidas de controle, para contribuir para o fortalecimento do controlo operacional de precursores de drogas de sintéticas. O workshop decorreu entre 11 e 13 de Agosto. O presidente da ONA, G/D Alejandro Keleris Bucarito, indicou que através da entrega destes kits seroa fortalecidas as capacidades operacionais e

administrativas de fiscalização por parte dos organismos, no controlo da identificação de precursores de drogas. “Com material facilita-se o reconhecimento das substâncias químicas no terreno, além de ser a prova de que trabalhando unidos poderemos avançar e vencer a batalha contra o problema mundial das drogas”, sentenciou Keleris. Por seu turno, a encarregada de negócios da delegação da União Europeia na Venezuela, Katarina Leinonen, destacou que foram entregues 20 kit e realizada a respectiva qualificação para a sua correcta utilização. “Esperamos que estes kits cumpram o seu propósito de prevenção para o povo da Venezuela”, disse Leinonen. De igual modo, Flavio Mirella, coordenador geral do projecto Prelac, indicou que este projecto fundamenta-se na prevenção do tráfico de substâncias químicas além de complementar os conhecimentos dos funcionários venezuelanos nesta matéria. A intenção é capacitar os funcionários encarregados de zelar pelas regulações do manuseamento de substâncias químicas controladas, isto com o domínio de conceitos teóricos e práticos mediante demonstrações da correcta aplicação das provas de identificação preliminar homologadas para substâncias químicas.

SEgUrAnçA

Controlo reforçado no Aeroporto de Maiquetía Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Medidas visam proteger tanto os passageiros com os seus bens As autoridades do Aeroporto Internacional Simón Bolívar de Maiquetía, no Estado de Vargas, incrementaram as acções de fiscalização nesta infra-estrutura com objectivo de salvaguardar os passageiros e os seus bens. A medida foi dada a conhecer na segundafeira, 11 de Agosto, após uma reunião mantida com representantes das companhias aéreas, organismos de segurança e do Ministério Público. O ministro para o Transporte Marítimo e Aéreo, Luis Graterol, explicou, através de uma nota de imprensa, que foram tomadas medidas para reforças os pontos de inspecção dos passageiros e as operações aéreas, com o fim de ga-

rantir um processo de viagem rápido e cómodo, tomando em conta a elevada afluência de viajantes nesta temporada férias. Referiu também que o Comité de Segurança do instituto aeroportuário mantém periodicamente encontros de coordenação com os operadores de serviço e corpos de segurança, com vista ao fortalecimento dos mecanismos de controlo e vigilância nas instalações. Graterol destacou que, como resultado de reuniões anteriores, foram implementados modelos de vigilância com a Guarda Nacional Bolivariana (GNB) e a segurança aeroportuária, para agilizar os controlos de fiscalização dos voos, o que aligeirou a inspecção das equipagens na zona de plataforma. O ministro referiu ainda que o sistema de videovigilância tem evitado furtos nas equipagens dos passageiros, devido ao rigoroso controlo na transladação de malas para o porão do avião. Graterol exortou os passageiros a denunciar qualquer acto ilícito no Aeroporto

soltas

Apreendidas 130 toneladas de alimentos por contrabando Autoridades policiais e militares em Táchira anunciaram a apreensão de 134,66 toneladas de produtos e alimentos da cesta básica que teriam como destino a Colômbia. O general Efrain Velasco, chefe da Região de Defesa Integral Los Andes, anunciou que numa semana de aplicação da medida de restrição de circulação na fronteira foram apreendidos mais de 20.000 litros em combustíveis.

Ministro reconhece falhas no fornecimento de medicamentos O ministro de Saúde, Francisco Armada, reconheceu a existência de falhas na distribuição de alguns medicamentos mas assegurou que o Governo está a seguir a situação de modo a encontrar uma solução. “Temos um grupo de medicamentos em que temos repostado falhas. Há outro grupo onde ainda existindo os medicamentos reportam falhas”, disse em entrevista à VTV.

Mais de 200 casos de chikungunya

de Maiquetía, o principal terminal aéreo do país, já que assim permitem à entidade supervisora rever e optimizar os processos de vigilância. Maiquetía oferece várias vias de atendimento para canalizar as denúncias ou requerimentos de in-

formação dos passageiros, como o centro de atendimento telefónico 0800-alóIAIM (2564246), o usuário no Twitter @SVMI e os módulos de informação situados nas áreas públicas e de trânsito nos terminais nacional e internacional.

O ministro de saúde, Francisco Armada, revelou que foram registados mais de 200 casos do vírus de chikungunya. Observou que o número de casos locais supera os importados e que a maior concentração de casos foi registada na região central do país. O governante acrescentou ainda que a maioria dos casos correspondem a pacientes adultos.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Clubes

Uma casa com história Há quase 42 anos, um grupo de portugueses sonhou em grande e uniu esforços para levar a cabo a criação de uma instituição na qual pudessem praticar o orgulho que sentiam (e sentem) pela sua terra natal. Foi assim que, com uma visão futurista e com bastante sacrifício, criaram a Associação Desportiva Luso Venezuelana, cuja sede

foi estabelecida na urbanização de Turumo. O ‘Centro Luso de Caracas’, como o chamam carinhosamente muitos membros da comunidade lusitana, foi fundado a 18 de Abril de 1972 com propósito de criar uma sede para o Deportivo Português e para o Unión Ciclista Portugal. Conta com um área de construção de 10.000 metros e uma área total de terreno de 47.750 metros. Possui piscina, restaurante e bar com sala de jogos, como pool, bilhar e jogos de mesa; salão para festas e eventos; salão de conferências; salão de karaté; salão de folclore; capela; área para churrasco; bolas crioulas e campo de futsal. Actualmente, depois de terem sido ultrapassados diversos problemas derivados da situação crítica da rede viária e da insegurança que assola a zona, a direcção do agora Centro Marítimo da Venezuela (CMV) está a colocar todos os seus esforços na reabilitação das instalações, numa maior participação dos sócios e, assim, levar a que o clube volte a ter o esplendor da sua época dourada.

los dentro do clube. Agora falta apenas pintar e colocar as tampas dos quadros eléctricos e de águas negras. A obra foi realizada com extraordinários contributos e graças à boa administração da actual junta directiva. Simultaneamente, a junta directiva impulsionou a reparação

dos campos de ténis, com a substituição de toda a rede de protecção por uma nova, a reparação de brechas nos campos, a pintura dos mesmos e a colocação de um filtro de água. Também está a ser construído um tanque ao lado dos campos para recolha das águas da chuva.

Centro Marítimo procura renovar-se missa e procissão, para dar depois passagem a uma bonita festa com venda de comida e bebida, para além da actuação do grupo folclórico da casa e música ao vivo. No próximo dia 31 de Agosto, domingo, os accionistas da associação desfrutarão do Grande Festival da Sopa, no Salão Luso, a partir do meio-dia. Trata-se de uma iniciativa da direcção de Cultura, que conta com o apoio da junta directiva.

Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

O associação lusa de Turumo, Estado de Miranda, promove novas actividades para a comunidade. A junta directiva do Centro Marítimo de Venezuela, situado no sector Turumo, Estado de Miranda, está a tentar regressar à vitalidade que cativou, outrora, tantos portugueses na capital do país. Por isso, o centro social informou, através da sua página no Facebook, que estão abertas inscrições para diversas actividades, e foi reactivada a venda de novas acções, tanto a portugueses como a locais. Assim, o grupo dirigido por Al-

fredo Amaral anunciou a abertura de inscrições para aulas de natação, karaté e ginásio, esperando, muito em breve, poder ter também aulas de futsal em diferentes categorias. Informou ainda que todos os domingos, é celebrada uma missa, pelo padre Alexandre

Mendonça, às 9:30 da manhã, e anunciou a reabertura do Salão Venezuela. Como parte desta nova dinâmica, o centro social acolheu as festividades de Nossa Senhora da Saúde, no passado dia 17. A jornada começou às 9 da manhã, com

Venezuela 5

Clubes

Avançam obras na Casa de Aragua Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

O estacionamento e os campos de ténis mostram uma nova cara. A junta directiva da Casa Portuguesa do Estado de Aragua, presidida por David Alcaria, continua a dar forma ao projecto de remode-

lação, e começa a avistar-se o fim das obras do centro social. Nos últimos meses, as instalações têm mudado e começam a mostrar uma melhor “cara”, totalmente modernizada, para comodidade de todos os seus associados. Mostra disso são os avanços dos trabalhos no complexo de piscinas, que incluem a ampliação da piscina destinada às crianças e a colocação de um novo tobogan e outras atracções para desfrute dos mais pequenos. Também está completa a colocação dos mosaicos,

tanto na piscina olímpica como na semi-olímpica, para além da remodelação dos balneários, vestiários e fonte de soda. Por outro lado, depois de retirado o velho asfalto do estacionamento principal, que já tinha mais de 30 anos, e cuja cobertura era de apenas três centímetros, procedeu-se à colocação de uma nova capa de asfalto, com o dobro da grossura. Esta obra cobriu uma área de cerca de 5200 metros quadrados, melhorando consideravelmente a circulação de veícu-


6 Venezuela

Quinta-feira 21 de agosto a Quarta-feira 27 de agosto 2014 | correio da Venezuela

BEnEficência

Espetada de Maracay celebrou 11 anos de trabalho Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A participação nas actividades está a ser afectada pela insegurança, motivo pelo qual procuram novas formas de colaborar com as suas causas sociais. A Academia da Espetada Mãe, com sede na cidade de Maracay, no Estado de Aragua, levou a cabo a seu tertúlia referente ao 11.º aniversário, no passado dia 11, no restaurante Rodeo Grill. Uma celebração “muito especial”, nas palavras da presidente, Ana Maria de Abreu, que explicou que este ano, a celebração coincidiu com a data em que se realizou a primeira tertúlia, nesse mesmo restaurante. “Realizámos pela primeira vez a tertúlia com a presença de ho-

mens e correu muito bem, entoando o nosso hino e fazendo o nosso brinde do costume. Sentimos muito calor humano e muita vontade de que tudo corresse bem e de nos entregarmos à causa”, disse Abreu. A jornada contou com a actuação de uma artista chamada Mayerlin, que interpretou temas antigos e actuais. A presidente da Academia da Espetada Mãe acrescentou que a insegurança existente na região obrigou a Academia a adoptar a medida de permitir a participação de homens e também a reduzir o número de tertúlias. Para não

diminuir as colaborações com as diversas causas sociais, criaram os ‘Bingo Compartir Entre Amigas’, que se realizam de 15 em 15 dias, e nos quais cada participante leva alguma sobremesa ou prato para partilhar com os restantes membros. “Cerca de 85% da nossa colaboração é dedicada ao Geriátrico Luso Venezuelano, em especial na área da fisioterapia. O resto das colaborações são dadas em medicamentos ou exames médicos a algumas pessoas de poucos recursos que precisam de ajuda”, explicou Ana Maria, enfatizando que as

colaborações destinam-se directamente aos projectos. A presidente da instituição da beneficência aproveitou para reforçar o convite a todas as amigas para que continuem a apoiar as causas pelas quais lutam. “Eu digo sempre que o medo não nos pode dominar nem devemos permitir que nos paralise. Não podemos deixar de viver, pelo contrário, devemos tomar todas as medidas que possamos para tentar viver com normalidade, sem deixar que o medo nos trave. Na Academia, temos um ambiente especial, onde se sente e reflecte a bonita essência do ser humano: Exploramos a amizade e os bons sentimentos. Unidas, podemos realizar coisas maravilhosas, estando seguras de que tudo o que se faz para o bem e em prol dos mais necessitados, o universo multiplica. Continuamos a trabalhar e a lutar juntas por estes bonitos projectos”, finalizou. Próximos eventos A associação maracayera está já a preparar-se para o ‘Bingo Compartir Entre Amigas’ no próximo dia 21 de Agosto no Salão de Jogos de Senhoras da Casa Portuguesa do Estado de Aragua, a partir das 3:30 da tarde. A entrada com cartão incluído tem um custo de 100 bolívares por pessoa e o cartão adicional custará 30 bolívares. A próxima tertúlia da Academia da Espetada de Maracay está marcada para 14 de Novembro na Casa Portuguesa do Estado de Aragua.

soltas Espetada de caracas descansa em agosto A Junta Directiva da Academia da Espetada - Caracas informou, através da sua página no Facebook, que por motivo do período de férias e curso, não será realizada a habitual tertúlia mensal em Agosto. As amigas, lideradas por Sílvia Henriques, recordaram que em Setembro levarão a cabo a “Tertúlia das Vindimas” e que já se encontra, à venda as entradas para a “Festa de Natal” agendada 9 de Novembro.

Operações especiais em Valência Como parte das diferentes actividades planeadas pela junta directiva e comités do Centro Social Madeirense de Valência, sediado no Estado de Carabobo, a instituição acolheu, entre 9 e 10 de Agosto, uma Jornada Óptica que ofereceu descontos em lentes. De igual modo, os sócios deste centro social usufruíram duma iniciativa que facilitou a tramitação do Certificado Médico Viário no passado, domingo, 17 de Agosto, no quadro das Festividades de Nossa Senhora do Monte.

festival da Sopa da fundação Martins

BEnEficência

Espetada de Guayana angaria fundos Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A associação está a vender uma rifa no âmbito do terceiro aniversário, para ajudar doentes com cancro. A Academia da Espetada Guayana, sedeada na cidade de Puerto Ordaz, Estado de Bolívar, está a vender uma rifa em benefício das diversas causas sociais que apoiam, no âmbito do seu terceiro aniversário. As Amigas, sob liderança de Silvina Fonseca, têm como prémios um cruzeiro no Caribe, para primeiro prémio; uma

mota para segundo; e 15 mi bolívares para o terceiro. O sorteio, que foi aprovado pela Administração Tributária da Alcaldia de Caroní, realiza-se a 18 de Outubro, no Centro Português Venezuelano de Guayana, com a presença de um notário público que certificará os resultados. O custo das rifas é de 100 bolívares e já se encontram à venda, à responsabilidade da junta directiva da Academia da Espetada da região. A sede no Estado de Bolívar deu os seus primeiros passos no mês de Setembro de 2011, depois de três representantes da Academia da Espetada de Maracay terem visitado a cidade Puerto Ordaz para se reunirem com os membros do novo núcleo da Academia em Guayana. Ana Maria Abreu, Maria José de Gonçalves e Adriángela Gonçalves estabeleceram os regulamentos,

objectivos e princípios que guiariam esta organização. Durante a reunião, fez-se o simulacro das tertúlias, onde as amigas puderam desfrutar de uma espetada acompanhada de sangria. Passado um mês, a 5 de Outubro, as Amigas da Academia da Espetada de Ciudad Guayana reuniram-se naquela que foi a sua primeira tertúlia desde o núcleo foi criado. Estiveram na tertúlia as representantes da Academia mãe de Maracay, e ainda de Barquisimeto e

de Caracas. O Centro Português Venezuelano de Guayana foi o cenário escolhido para o jantar, no qual participaram cerca de 250 pessoas. Desde então, a instituição tem realizado um sem número de actividades com a finalidade de recolher fundos em prol da luta contra o cancro, seja com o custo dos medicamentos necessários para o tratamento do cancro, consultas médicas, produtos de higiene pessoal, ou simplesmente fazer companhia nos momentos felizes e tristes.

A Casa Portuguesa Venezuelana de San Diego, no Estado de Carabobo, celebrará o 15.º aniversário da Fundação Martins com um Grande Festival da Sopa 2014, no próximo domingo, 31 de Agosto. A iniciativa, que já conta nove edições, destinará todos os fundos angariados a esta associação sem fins lucrativos que luta contra a paralisia infantil. A entrada custa 200 bolívares e dá direito a saborear dois tipos de sopa, enquanto desfruta de música ao vivo. O início está agendado para o meio-dia.

feira escolar em San Diego A Casa Portuguesa Venezuelana de San Diego, no Estado de Carabobo, promove a Feira Escolar 2014 nas suas instalações durante toda a temporada de férias. Os sócios poderão adquirir a bons preços diverso tipo de materiais escolares para os seus filhos.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Saudades da nossa terra 7

Rali Vinho Madeira, 55 anos de histórias Marta Caires martavelosacaires@gmail.com

A primeira corrida de carros realizou-se em 1959, ainda a prova tinha o nome de Volta à Madeira em Automóvel e ninguém sonhava sequer com o campeonato europeu de ralis. Nesse ano, ganhou José Lampreia com um MGA. O Rali Vinho Madeira, nome com que depois seria baptizado, dava os primeiros passos numa história que tem já 55 anos, muitas aventuras e acidentes a lamentar. O automobilismo ganhou adeptos depressa, apesar de ser um desporto dispendioso numa época em que ter carro era um sonho para ricos e emigrantes. As máquinas de velocidade faziam sonhar, sobretudo os mais novos que nem dormiam para ver as classificativas nocturnas. E os pilotos eram os meninos bonitos. Os pioneiros como Zeca Cunha e Janica Clemente ainda hoje são lembrados. A prova, no entanto, não tinha a organização de hoje, com a polícia a desviar o trânsito e impor limites de segurança para o público. Era tudo muito mais amador, tão ama-

dor que, em 1977, quando a Volta levava quase 20 anos de existência, os pilotos tiveram de esperar que a procissão de Bom Jesus da Ponta Delgada passasse. A história dos carros de rali à espera da procissão acabou por influenciar o resultado final. Enquanto os pilotos esperavam, Américo Nunes, que seria o vencedor dessa edição, inventou um esquema para romper o trânsito. Fez crer que o co-piloto precisava de ajuda médica, ligou os piscas e, claro, chegou primeiro que os outros. Estes foram, no entanto, os tempos de um certo romantismo.

No ano seguinte, em 1978, a Volta seria ganha por Ari Vatanen, futuro campeão mundial de rali, homem do Paris Dakar. A Volta à Madeira em Automóvel estava prestes a passar a Rali Vinho Madeira e a trazer pilotos de marca e com ambições no campeonato da Europa. Em 1984, Henri Toivonen, promessa do automobilismo europeu, venceu o Rali Vinho ao comando de um Lancia 4. O piloto finlandês acabaria por morrer num acidente no Rali da Córsega, dois anos depois. A meados dos anos 80 o rali madeirense entrava no mapa e tinha até uma estrela feminina.

Antonella Mandelli, uma italiana bonita, fez vários terceiros lugares e um segundo no Rali Vinho Madeira. Primeiro com o Fiat e depois com um Lancia. Foram os tempos das mulheres nos ralis e das quais Michelle Mouton, piloto francesa, foi a mais bem sucedida. Chegou a ganhar uma etapa do campeonato do Mundo. Enquanto chegavam os pilotos estrangeiros, mais a prova ganhava peso social. O Governo Regional passou a decretar tolerância de ponto na sexta-feira do rali e milhares de madeirenses começaram a rumar à serra, para acampar e ver

os carros passar. E uma prova com tantos anos tem também a suas tragédias. Em 1998, na 22ª classificativa no Paul da Serra, o carro do piloto português Adruzilo Lopes despistouse, capotando várias vezes e colhendo vários espectadores. Uma jovem de 20 anos e uma criança de sete morreram no acidente. O caso ainda corre nos tribunais. Adruzilo Lopes regressou ao Rali Vinho Madeira e ganhou a prova em 2001, mesmo sob grande contestação das famílias das vítimas. Por esta altura, fim dos anos 90, já a Madeira tinha um campeonato regional de ralis com várias equipas e pilotos. Em 2004, Victor Sá, filho do empresário Jorge Sá, venceu a prova. Foi a época de melhores resultados e maior abundância de recursos, em que as equipas madeirenses disputavam os primeiros lugares com os pilotos estrangeiros. O Rali Vinho Madeira sofreu, no entanto, com o corte nos subsídios ao desporto. Em 2011, não conseguiu pagar a cadeia de televisão Eurosport para integrar o Intercontinental Rallye Challenge, mas manteve-se no Campeonato Europeu de Ralis. Em 2013 baixou para o coeficiente 20, o lugar que ocupava dez anos antes. Este ano a prova foi para estrada só com pilotos madeirenses. Bruno Magalhães somou a terceira vitória na prova.


8 Saudades da nossa terra

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

Funchal, do mar à serra Marta Caires martavelosacaires@gmail.com

Apesar de crise que fez fechar muitas lojas, é ainda um lugar cosmopolita, centro social e económico da Madeira A cidade, a primeira fundada por portugueses fora da Europa, celebra este Agosto 506 anos e, na essência, o Funchal não mudou. É o mesmo lugar cosmopolita, uma mistura de turistas e madeirenses, de cafés, lojas, o mar a bater nos quebra-mares do cais e o casario a subir a encosta até à serra. E, apesar de estar quase tudo na mesma, houve mudanças políticas na Câmara e, na frente-mar, as obras decorrem e vão alterar a imagem da zona ribeirinha. Lançadas após o temporal de 20 de Fevereiro, as empreitadas na Avenida do Mar e na foz das

ribeiras de João Gomes, Santa Luzia e São João criaram um imenso estaleiro na beira-mar, obrigaram a alterações de trânsito e, por enquanto, não são muito populares. Certo é que, depois de prontas, a paisagem será outra e há quem compare a intervenção ao que fez Fernão Ornelas, o carismático presidente da Câmara do Funchal, que nos anos 40 do século passado mudou a baixa da cidade. São do tempo do Fernão Ornelas a Avenida do Mar, a Avenida Arriaga, a Avenida do Infante e a Rotunda do Infante. No seu tempo, o plano foi muito contestado, até porque, durante as obras, desapareceram ícones da cidade como o Pilar de Banjer, marco importante na história da navegação comercial. Deste pilar, restam umas quantas pedras encontradas na Avenida do Mar após as obras de alargamento dos anos 80. Hoje, as obras que estão no terreno, pretendem prevenir o Funchal contra as cheias como as de 20 de Fevereiro de 2010. Enquanto as máquinas revolvem a frente-mar, a gestão municipal mudou de mãos em Setem-

bro do ano passado, a primeira mudança em 40 anos de democracia em Portugal. O Funchal passou do PSD para uma coligação de seis partidos. Paulo Cafôfo, o novo presidente, diz que sente muito orgulho em ser presidente da Câmara, mas o primeiro ano de mandato ficou marcado pela demissão de três vereadores e da presidente da Assembleia Municipal. De referir que estas demissões foram acompanhadas de grande polémica, sobretudo por causa do vereador Gil Canha, que teve até uma manifestação de protesto à porta da Câmara. O presidente queria uma autarquia mais facilitadora e desentendeu-se com o vereador, houve um braço de ferro. No fim da crise, tinham saído três vereadores e, com isso, renovaram a equipa de Cafôfo. Alheios às guerras políticas, os turistas continuaram, no entanto, a inundar a baixa. Na época alta dos cruzeiros (Outubro a Abril), chegaram de barco, no Verão aterram no aeroporto e hospedam-se nos muitos hotéis do Funchal, sobretudo nos situados entre a

Avenida do Infante e a Estrada Monumental. E são os turistas que enchem as esplanadas e os cafés. Agora têm menos um local para visitar. O Golden Gate, o café que o escritor português Ferreira de Castro baptizou como a esquina do Mundo, fechou no princípio do mês. Local de encontro dos funchalenses e dos estrangeiros de passagem, dos portugueses a caminho ou no regresso das colónias, o café foi fundado em 1841 e tinha, além do café, um pequeno hotel, mesmo à entrada da cidade. As obras a meados do século passado confinaram o café ao primeiro piso, ao qual se acedia por uma escadaria em mármore. Em 1998, a gestão passou para o grupo do empresário Luís Camacho, o prédio é propriedade do Banco Comercial Português. No princípio do mês, o Golden Gate fechou por dívidas, tinha muitas rendas em atraso. De momento, não há cadeiras de vimes nem mesas na Esquina do Mundo, a esplanada está fechada e dá sensação de faltar qualquer coisa, ali, na esquina da Avenida Arriaga e da Avenida Zarco, onde durante 150 anos madeirenses cruzaram com gente de passagem, estrangeiros e nacionais. A história do Funchal, elevado a cidade em 1508, tem, no entan-

to, muitos episódios, muitas polémicas como as que envolveram as obras de Fernão de Ornelas, mas também algumas mais trágicas e violentas. Em 1803, a cidade foi devastada pela aluvião que fez centenas de mortos e obrigou a fazer muralhas na foz das ribeiras. E, no século XVI, o saque dos corsários franceses provocou grande destruição na cidade. A Fortaleza do Pico foi construída depois desse ataque, que revelou que o Funchal não tinha defesas militares para enfrentar um ataque de corsários. A cidade resistiu, no entanto, e, apesar de crise que fez fechar muitas lojas, é ainda um lugar cosmopolita, com 112 mil habitantes, centro social e económico da Madeira desde os primeiros anos do povoamento. É a essa época que remonta a explicação para o nome Funchal, que terá resultado da abundância de funcho na zona. Verdade ou lenda, o nome ficou. Funchal que hoje se estende serra acima às zonas às quais se dá o nome de zonas altas, que obrigaram a cimentar becos, a arranjar transportes públicos, até foi preciso encontrar autocarros especiais para correr os caminhos íngremes. E tudo porque a cidade faz honrar o slogan: Funchal, do mar à serra.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 9


10 Portugal

Quinta-feira 21 de agosto a Quarta-feira 27 de agosto 2014 | Correio da Venezuela

InVEstIMEnto EstrangEIro

‘Vistos gold’ já trouxeram para Portugal 817 ME CORREIO/DINHEIRO VIVO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

Desde que o programa foi lançado, em Outubro de 2012, e até 31 de Julho deste ano O investimento estrangeiro realizado em Portugal através dos vistos gold aproxima-se rapidamente dos mil milhões de euros. Segundo dados do Ministério dos Negócios Estrangeiro (MNE), foram aplicados perto de 817 milhões de euros desde que o programa foi lançado, em Outubro de 2012, e até 31 de Julho deste ano. Até ao início do mês de Julho, o investimento global era de 724 milhões, o que significa que em apenas um mês entraram quase 100 milhões de euros no país, e só via vistos gold. No total, foram atribuídas 1360 licenças, das quais perto de 900 foram concedidas este ano, ou seja, em apenas sete meses concedeu-

se quase o dobro do atribuído em todo o ano de 2013. Os chineses continuam a ser os que têm mais vistos - num total de 1101 - seguindo-se os russos com 43 e depois os brasileiros com 38. Contudo, não quer dizer que a ordem de quem mais investe seja também esta. Segundo o MNE, os chineses são, de facto, os que

1360 vistos gold

Quem pode requerer?

no total, no mesmo período de um ano e nove meses, foram concedidos 1360 vistos gold, dos quais quase 900 nos primeiros sete meses deste ano.

os cidadãos nacionais de Estados terceiros que exerçam uma actividade de investimento, pessoalmente ou através de uma sociedade, que conduza, em regra, à concretização de, pelo menos, uma das seguintes situações em território nacional por um período de cinco anos: 1) transferência de capitais no montante igual ou superior a 1 milhão de euros; 2) Criação de, pelo menos, 10 postos de trabalho; 3) aquisição de bens imóveis de

1101 para chineses os chineses têm 1101 vistos, seguidos dos russos com 43 e dos brasileiros com 38. os chineses são os que investem mais, mas são depois seguidos pelos brasileiros e só depois pelos russos.

45 nacionalidades segundo dados do MnE, os 1360 vistos gold foram atribuídos a cidadãos de 45 nacionalidades diferentes e de todo o mundo.

mais compram, mas seguem-se os brasileiros e só depois os russos. No top 10 das nacionalidades que mais investem surgem ainda a África do Sul, Angola, Líbano, Paquistão, Índia, Turquia e Ucrânia. Mas há muitos mais oriundos de outros países a investir e a receber vistos gold, precisamente 45, segundo os dados do MNE. É

Mais informação: valor igual ou superior a 500 mil euros. abrange os titulares de capital social de uma sociedade com sede em Portugal ou noutro Estado da UE e com estabelecimento estável em Portugal, com situação contributiva regularizada.

no Estrangeiro: * Postos Diplomáticos e Consulares de Portugal * aICEP - agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal Em Portugal: * Direcções e Delegações regionais do serviço de Estrangeiros e Fronteiras * Centro de Contacto do serviço de Estrangeiros e Fronteiras

Portais na Internet

Como pode requerer? I. Formular o pedido online em: www.sef.pt II. Entregar o pedido nos Postos Diplomáticos e Consulares Portugueses no estrangeiro;

o caso dos EUA, Iraque, Síria, Venezuela, Emirados, Vietname, Birmânia ou Azerbeijão. Ou ainda localizações mais inesperadas como São Cristovão e Nevis, na América Central, as Ilhas Marshall, perto da Indonésia, o Barém ou o Djibuti. Apesar de haver mais pedidos, este ano foram negados apenas dois vistos gold, enquanto no ano

III. Entregar o pedido nas Direcções e Delegações regionais do serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

Comunidades Portuguesas www.secomunidades.pt aICEP Portugal global www.portugalglobal.pt serviço de Estrangeiros e Fronteiras www.sef.pt

passado foram indeferidos 10, segundo dados oficiais do ministério da Administração Interna (MAI). “Os motivos estão relacionados com o não cumprimento dos requisitos da actividade de investimento”, disse ao Dinheiro Vivo fonte oficial do MAI. São eles a transferência/depósito de um milhão de euros ou mais, a criação de pelo menos 10 postos de trabalho ou a compra de imóveis a partir de 500 mil euros. Chineses procuram imóveis para rendimento A compra de imóveis tem sido o requisito mais usado pelos investidores, mas não só de casas. Os chineses procuram cada vez mais imóveis que dêem rendimento, como prédios degradados para reabilitar em casas ou escritórios e depois vender ou arrendar. Ou ainda edifícios de escritórios e lojas bem arrendados nas zonas nobres de Lisboa, como a Avenida da Liberdade, Avenidas Novas, Baixa ou Chiado. Já os brasileiros apreciam as casas de luxo na linha de Cascais e os russos as do Algarve. Os vistos gold são, assim, um importante contributo para o aumento do investimento estrangeiro em imobiliário em Portugal, que segundo o presidente da APEMIP, Luís Lima, duplicou no segundo trimestre face ao primeiro. Mas é ainda preciso juntar os compradores europeus, como os ingleses e, mais recentemente, os franceses. Estes estão a investir cada vez mais à boleia de um outro mecanismo do governo que permite aos reformados não pagar impostos. Por exemplo, nas mediadoras Century 21 e Era, dos negócios feitos com estrangeiros, a maior parte foram mesmo com franceses. CPCI: “Exemplo de incentivo ao imobiliário” A Confederação Portuguesa da Construção e Imobiliário (CPCI) considerou, no início de Agosto, os vistos ‘gold’ e o regime fiscal dos não residentes habituais como “dois bons exemplos de incentivos” que aproveitam o potencial do imobiliário português e que devem ser valorizados. Em comunicado, a entidade refere que estas duas medidas são um “vector essencial para a dinamização do crescimento económico” e que estas devem ser avaliadas “no sentido de garantir que os efeitos positivos destes instrumentos possam chegar á generalidade do território nacional”. A confederação cita os números oficiais do programa de vistos ‘gold’ (ou vistos dourados): Dos 817 milhões de investimentos no âmbito do programa vistos dourados, 749 milhões de euros são no imobiliário, destaca a CPCI.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de agosto a Quarta-feira 27 de agosto 2014

portugal 11

EUropa

Conselhos de administração lusos com poucas mulheres CORREIO/LUSA

Em 2013, apenas 5% dos lugares em administrações de empresas no índice bolsista Stoxx Europe 600 eram ocupados por mulheres

As universidades têm de submeter, até 22 de Agosto, os seus orçamentos para 2015.

Ensino sUpErior

Universidades reclamam reforço de 50 a 70 ME CORREIO/LUSA

Reforço financeiro, no orçamento de 2015, destinase a para pagar salários, após a recente deliberação do TC As universidades reclamaram, na terçafeira, 19 de Agosto, um reforço financeiro de 50 a 70 milhões de euros no orçamento de 2015, para pagar salários, após a recente deliberação do Tribunal Constitucional (TC) que considerou constitucionais os cortes na função pública. O valor estimado foi avançado em conferência de imprensa, em Lisboa, por reitores, após uma reunião do Conselho de Reitores das Universidades Portuguesas (CRUP) sobre o orçamento das instituições para o próximo ano. As universidades públicas têm de submeter, até sexta-feira, 22 de Agosto, à tutela os seus respectivos orçamentos para 2015. Contudo, estimam que, não obstante a redução anunciada há uma semana pelo Ministério da Educação, globalmente inferior a 1,5%, a diminuição possa ser maior, atendendo a que o TC considerou, na quinta-feira passada, constitucional a reintrodução, em 2014 e 2015, dos cortes salariais entre 3,5% e 10% no sector público acima dos 1.500 euros. “A dotação orçamental de 2015 é inferior à de 2014 e, além disso, não contempla qualquer reforço que nos permita cumprir o preceito legal que tem a ver com o acórdão do

Tribunal Constitucional. Para cumprirmos o acórdão, prevemos que possa haver uma necessidade de um reforço da ordem dos oito a dez por cento”, o correspondente a 50 a 70 milhões de euros, assinalou o presidente do CRUP, António Rendas. Em plenário, reunido na terça-feira, 19, o CRUP decidiu enviar uma carta ao secretário de Estado do Ensino Superior, José Ferreira Gomes, pedindo “informação adicional” sobre a elaboração dos orçamentos para 2015, “tendo em conta a necessidade legal de fazer estimativas realistas da despesa com pessoal, no cumprimento das decisões do TC”. O CRUP decidiu igualmente enviar uma carta ao primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho, para que garanta que na dotação das universidades para o próximo ano “se mantenha a correcção relativa ao erro identificado pelo CRUP no Orçamento do Estado de 2014, entretanto assumida pelo Governo no valor de 22,7 milhões de euros”. Os reitores consideram que, a manter-se o corte orçamental anunciado para 2015 e a não ser feito o reforço financeiro estimado, ficam ameaçados diversos compromissos, como a contratação de pessoal, a manutenção de equipamentos e instalações e o apoio à investigação. O orçamento de 2014, de cerca de 680 milhões de euros, alegam os reitores, era “de sobrevivência”, apenas dava para “manter o funcionamento das universidades com dificuldades”. Na conferência de imprensa estiveram, além do presidente do CRUP, António Rendas, os reitores das universidades do Minho, Évora, Lisboa, Porto, Aveiro e Algarve.

Portugal é entre os países europeus aquele que apresenta uma menor percentagem de mulheres em Conselhos de Administração, indicou, na terça-feira, 19 de Agosto, a agência Bloomberg. Os dados analisados pela Bloomberg Intelligence mostram que em Portugal, em 2013, apenas 5% dos lugares em administrações de empresas no índice bolsista Stoxx Europe 600 eram ocupados por mulheres. O segundo lugar nesta tabela é ocupado pela Grécia, com 6,7% dos lugares de administração no feminino, e de seguida surge a Itália, com uma percentagem de 10,5%. Em contrapartida, é na Noruega que os Conselhos de Administrações contam com mais mulheres (cerca de 40%), depois de em 2003 o país ter tornado obrigatória uma quota mínima de 40%. Seguem-se a Finlândia e a França, que adoptaram também legislação nesta área, acrescenta a Bloomberg. Itália, Espanha, Alemanha, Bélgica e Holanda têm igualmente regras legais que

Na Noruega, os Conselhos de Administrações contam com mais mulheres.

impõem quotas mínimas quanto à presença de mulheres em administrações de empresas. “Parece tão anacrónico no mundo moderno termos tão poucas mulheres em Conselhos de Administração”, comentou em declarações à Bloomberg Helena Morrissey, fundadora do 30% Club, que tem como objectivo aumentar para esse nível a presença de mulheres em administrações nas empresas do índice FTSE 100. A mesma especialista considera que, nalguns países, o baixo número de administradores do sexo feminino poderá ser uma das causas para os problemas de crescimento económico.


12 Portugal

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

ElEiçõES

Aceites candidaturas de Costa e Seguro à liderança do PS

nido que António Costa estará em primeiro lugar no boletim de voto do sufrágio, com António José Seguro a figurar em segundo. Seguro e Costa disputam a 28

de Setembro a votação para escolher o candidato do PS a primeiroministro. A proposta de regulamento das eleições primárias para a escolha do candidato a primeiro-ministro prevê que os simpatizantes se registem até 12 de Setembro, uma semana antes do ato eleitoral. O ex-ministro socialista Jorge Coelho é o presidente da comissão eleitoral das primárias, sendo acompanhado no órgão pelo exjuiz do Tribunal Constitucional Armindo Ribeiro Mendes e pela exdeputada do PS Maria Carrilho. Até quinta-feira, inscreveramse para votar nas primárias mais de 35 mil pessoas, disse Jorge Coelho à agência Lusa. Os simpatizantes estão obrigados na inscrição a assinar um compromisso individual de concordância com a declaração de princípios do PS e de não filiação em qualquer outro partido.

noutros países e “não é exclusiva do Algarve”, tendo sido reportados à associação três casos em 2013, esquemas que, no sotavento algarvio, conduziram à detenção de uma pessoa. Outras das sugestões da associação, inspiradas num documento de uma solicitadora britânica especializada em fraudes deste género, é pesquisar num motor de busca o nome do ‘site’ ou agência seguidos da palavra “queixa” e nunca enviar dinheiro através de empresas de transferências financeiras, pois qualquer pessoa pode recolhê-lo. Segundo a Algarve Safe Communities, é relativamente fácil obter detalhes de propriedades na Internet, para depois as publicitar ilegalmente, pelo que os turistas devem preferir centrais de reser-

vas que disponham de seguro, já que a maioria não se responsabiliza por perdas financeiras, não sendo obrigatório verificar se a oferta é legítima. Este ano, a GNR e a PSP receberam 22 queixas por burlas relacionadas com o arrendamento fictício de imóveis para férias no Algarve (19 na área da GNR e três na área da PSP), número inferior às 29 queixas registadas no ano passado. Na área da responsabilidade da GNR, foram, até agora, registados 19 casos, número igual ao de 2013, com a diferença de que no ano passado as queixas foram mais a sotavento (leste) e este ano têm ocorrido mais para o barlavento (oeste) algarvio, disse à Lusa fonte do Comando de Faro da GNR.

CORREIO/LUSA editorial@correiodevenezuela.com

As únicas candidaturas que deram entrada até ao prazo final, na quinta-feira, 7 A comissão eleitoral das primárias do PS, liderada por Jorge Coelho, validou, na terça-feira, 19 de Agosto, as candidaturas de António Costa e António José Seguro, as únicas que deram entrada até ao prazo final, na quinta-feira, 7. “Depois de devidamente analisadas e por cumprirem todos os requisitos previstos no regulamento eleitoral, a comissão eleitoral validou (...) as candidaturas de António Costa e António José Seguro ao processo eleitoral de designação do candidato do PS

António José Segurou e António Costa disputam liderança do PS.

ao exercício do cargo de primeiroministro”, revela nota enviada à comunicação social pela comissão eleitoral. Na reunião ficou também defi-

TuriSmo

Alerta para burlas com casas de férias na região do Algarve CORREIO/LUSA

Burla que este ano já originou 22 queixas às autoridades da região, segundo fontes das forças de segurança Uma associação para a segurança no Algarve está a alertar os turistas para o perigo do arrendamento fictício de imóveis para férias, burla que este ano já originou 22 queixas às autoridades da região, segundo fontes das forças de segurança. As burlas acontecem normalmente através de reservas ‘online’,

em que as vítimas, na sua maior parte pessoas residentes no estrangeiro, fazem o pagamento adiantado do alojamento em casas de férias, para descobrirem depois que a reserva não foi feita ou que a casa não existe. Para ajudar os turistas a não serem enganados, a Algarve Safe Communities publicou na sua página de Internet alguns conselhos, como a necessidade de os turistas se certificarem de que o ‘site’ que publica a oferta é de uma entidade legítima e de perceberem se existe informação detalhada sobre a empresa, comentários de anteriores clientes ou contactos credíveis. Segundo o presidente da associação, dedicada à prevenção de crimes, David Thomas, a prática deste tipo de esquemas existe

morreu o general Pires Veloso O general António Pires Veloso, um dos protagonistas do 25 de Novembro de 1975 e que naquela década ficou conhecido como “vice-rei do Norte”, morreu no Porto, no domingo, 17 de Agosto, disse à Lusa fonte oficial do Estado-Maior do Exército português. De acordo com a mesma fonte, Pires Veloso, 88 anos, morreu no pólo do Porto do Hospital das Forças Armadas.

Candidaturas ao Estímulo Emprego O período de candidatura à nova medida Estímulo Emprego começou na quarta-feira, 20 de Agosto, dando a possibilidade às empresas privadas de usufruir de apoio financeiro para contratar desempregados inscritos no Instituto do emprego e Formação Profissional. Ao abrigo desta medida, as empresas, com ou sem fins lucrativos, que celebrem contratos de trabalho com desempregados inscritos no IEFP podem receber 80% ou 100 % do Indexante dos Apoios Sociais, que corresponde a 419,22 euros.

“A Voz de Trás-osmontes” fechou O semanário “A Voz de Trás-osMontes”, sediado em Vila Real, fechou as portas, na terça-feira, 19 de Agosto, no mesmo dia que os jornalistas e funcionários receberam as cartas de despedimento. Com edições regulares desde 1943, o jornal já não vai estar nas bancas na próxima quinta-feira.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 13


14 Portugal

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

Diáspora

EstuDo

Portugueses emigram mas voltam à origem

CORREIO/LUSA

Estudo mostra que “o país não está a perder para sempre os seus melhores recursos”. As emigrações recentes de portugueses são menos definitivas, registando-se frequentes saídas e reentradas no país, o que significa que Portugal “não está a perder os seus melhores recursos para sempre”, disse à Lusa o coordenador de um estudo nacional. “Os movimentos migratórios, hoje, são provavelmente mais rápidos e certamente mais circulares do que eram no passado. Em vez de os portugueses irem lá para fora, passarem uma vida inteira e depois eventualmente virem passar a reforma a Portugal, o que encontramos hoje são muitas saídas de pessoas muito jovens, por

vezes muito qualificadas, mas com posteriores reentradas”, afirmou João Peixoto, professor catedrático no Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa (ISEG), coordenador do estudo Remigr, que pretende estudar o fenómeno das migrações portuguesas desde o início do século XXI. Para o responsável, não está em causa “uma perda definitiva, para sempre”. “Nos anos 60, as pessoas emigravam para França e encontravam empregos para a vida toda. Isso hoje já não existe e por isso é normal que os trajectos sejam muito mais precários. As pessoas arranjam trabalho lá fora, ficam lá algum tempo em trabalhos mais ou menos precários e depois ou vão para outro país ou regressam a Portugal ou mudam de emprego”, explicou. Estes são dados baseados no último recenseamento nacional, de 2011, que “transmitem algum

optimismo”. “Grande parte do pânico mais recente em relação às saídas tem a ver com a possibilidade de estas saídas serem definitivas e permanentes e de o país estar a perder para sempre os seus melhores recursos. Não é isso que nós vemos”, garantiu. Esta é uma realidade que um grupo de investigadores de quatro faculdades nacionais pretende agora aprofundar, num projecto que pretende fazer um «retrato o mais fiel possível”, disse à Lusa João Peixoto. Intitulado Remigr, o projecto é financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e reúne especialistas em migrações do Centro de Investigação e Sociologia Económica e das Organizações, do ISEG, e do Centro de Estudos Geográficos, do Instituto de Geografia e Ordenamento do Território, ambos da Universidade de Lisboa; do Centro de Estudos Sociais, da Universidade de Coimbra, e do Cen-

Os dados mostram que os não licenciados continuam a ser os que mais saem do país.

tro de Investigação e Estudos de Sociologia, do ISCTE, do Instituto Universitário de Lisboa. “Queremos apanhar um retrato da emigração portuguesa tão fiel quanto possível sobre as saídas após a viragem do século”, disse o coordenador, que afirmou que o expectável é que “a maior parte sejam muito recentes”, sendo certo que “as saídas nunca pararam e, agora, aumentaram”. Os dados estatísticos “mostram ainda que os não licenciados continuam a ser os que mais saem do país”, afirmou. Além da emigração dos portugueses, o estudo pretende também perceber “em que medida

estas pessoas mantêm relações com Portugal, seja na perspectiva de regresso, de férias, de investir em Portugal ou fazer negócios”, referiu. O projecto está a basear-se nos dados estatísticos disponíveis, nomeadamente o censos de 2011, e num inquérito online, que está disponível na página da internet do projecto, e que pode ser preenchido por qualquer pessoa. Em cerca de dois meses, o inquérito já reuniu cerca de três mil respostas, mas continuará disponível até ao Outono, disse João Peixoto, que conta ter os primeiros resultados provisórios do trabalho no final deste ano.

EmIgrAção

Igreja Católica alerta para falsas promessas CORREIO/LUSA

Alerta para a necessidade de os emigrantes se prepararem antes de saírem do país A Igreja Católica está preocupada com os emigrantes portugueses que “se deixam iludir” por promessas de altos rendimentos nos países de destino, alertando para a necessidade de se prepararem antes de saírem do país. “É preciso que as pessoas se informem e se preparem bem para que emigrem com segurança”, disse à agência Lusa o director da Obra Católica Portuguesa de Migrações, frei Francisco Sales Diniz, aconselhando a que previamente contactem as instituições do Estado ou da Igreja.

É preciso que as pessoas se informem bem antes de emigrar

A propósito da peregrinação dos migrantes ao Santuário de Fátima, que decorre na terça e na quarta-feira, Francisco Sales Diniz afirmou que “há emigrantes que pagam autênticas fortunas a terceiros que lhes prometem trabalho e, quando chegam ao destino, essas pessoas não existem”.

“Muitos deixam iludir-se por promessas de grandes rendimentos que são, afinal, falsas, feitas por angariadores de mão-de-obra barata e até de tráfico de pessoas. A Internet é um bom meio para iludir as pessoas”, declarou o responsável, considerando que “muita gente emigra ‘à aventura’, sem ter

preparado antes o seu caminho”. Notando existirem “casos esporádicos de portugueses, vítimas de tráfico humano para exploração laboral no estrangeiro”, sobretudo para a agricultura e construção civil, o director defende que os diversos tipos de exploração exigem a concertação dos Estados, a coordenação das forças de segurança e dos sistemas judiciais, das organizações não-governamentais e a sensibilização dos cidadãos. A peregrinação dos migrantes é, este ano, centrada nos emigrantes portugueses, devido “ao grande aumento do número de emigrantes”, alguns “com tantas dificuldades lá fora e a viverem situações dramáticas”, adiantou Francisco Sales Diniz. Estima-se que, entre 2007 e 2012, deixaram o país, em média, 80 mil portugueses por ano. “Há uma diferença entre a emigração portuguesa da década de 60 e a actual. Na altura, os emigrantes que partiram viviam em

extrema pobreza, foram trabalhar e pouparam sempre com o desejo de voltarem, nunca perdendo a sua dignidade. O que assistimos agora é que há pessoas, que tinham um estilo de vida médio, que emigram e começam a degradar-se. Há casos que caem na rua e tornam-se sem-abrigo e não têm capacidade de se reerguer”, alertou. Segundo o responsável, países como o Reino Unido, Suíça, Luxemburgo ou França contam, entre a população sem-abrigo, cidadãos portugueses, mas a Obra Católica Portuguesa de Migrações “não tem números desta realidade”. Adivinhando que a emigração vai continuar a aumentar, “devido à crise económica e à falta de trabalho”, o director da obra disse olhar “com muita preocupação para o futuro de Portugal”, que se está a transformar “num país de velhos”, duvidando de que “o Estado Social tenha capacidade para se aguentar”, mas esperançado em que “o futuro talvez seja melhor”.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 15


16 Cultura

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

CinemA

Conde del Guácharo estreia novo filme Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A produção conta a história de um detective em Hollywood e mostra a nova marca de produtos que espera lançar em breve no mercado. ‘Er Conde suelto en Hollywood’, o terceiro filme de Benjamín Rausseo, conhecido popularmente como ‘Er Conde del Guácharo’, estreou em todas as salas de cinema do país no passado dia 15 de Agosto. Trata-se de um thriller de acção, humor e amor, que surpreende o público pela positiva, especialmente as centenas de milhares de cinéfilos que viram os dois filmes anteriores. Ainda que a história do filme se desenrole em Hollywood, foram poucas as cenas filmadas naquela cidade americana: Puerto Ordaz foi um dos principais pontos de filmagem na gravação de ‘Er Conde suelto en Hollywood’, especial-

império de ‘er Conde’ expande-se o sistema de product placement (colocação de mensagens publicitárias de produtos de forma subtil em conteúdos televisivos, filmes, etc.) chega também ao grande ecrã neste ‘er Conde suelto en Hollywood’, através da nova empresa de rausseo, ‘Alimentos Der Conde’, que colocará em breve no mercado nacional a bebida achocolatada ‘Chococonde’, para além de “aveia, ‘chicha’, gelado de manteiga, cereais”, informou o humorista. Por agora, rausseo não espera entrar na política num futuro próximo. Só espera “fazer parte do grupo que participou para conseguir uma mudança no país (...) eu o que quero é que este seja um país de proprietários, que toda a gente tenha ‘real’”, brinca er Conde, ao referir-se ao seu projecto no país, pois não descarta voltar à política nas próximas eleições.

mente a Torre Bell Corporativa e outros locais. É um filme venezuelano para toda a família, produzido pela Guácharo’s Producciones, produtora nacional independente que destaca o potencial de uma nova geração de actores e profissionais de cinema. ‘Er Conde Suelto en Hollywood’ é a história do detective Conde, membro da ‘Polícia Montada de Güiria’, que, devido a problemas pessoais com a companheira (ainda que não goste de falar disso...), chega a Los Angeles através de um programa de intercâmbio entre Corpos Policiais. O nosso personagem, de chapéu e alpargata, chega à cidade dos sonhos, numa altura que coincide com a entrega anual dos prémios da Academia. E este ano, farão uma homenagem aos cem anos de vida artística de Charles Chaplin, entregando uma edição especial da estatueta, avaliada em 30 milhões de dólares. Mas logo que chega, um falso assalto num banco distrai as autoridades e a estatueta é roubada do seu espaço, depois de uma série de explosões. Sofia, uma bela agente, dá hospedagem ao detective e tornase numa grande companheira e a pessoa com quem viverá o caso mais importante da sua carreira. ‘Er Conde Suelto en Hollywood’ – escrito, dirigido e produzido por Benjamín Rausseo – conta com actuações das estrelas Benjamín Rausseo, Michelle Taurel, Steve Wilcox, Xavier Burbano e Elio Pietrini, acompanhados por um elenco de artistas convidados: Michelle Ciotti, Carlos Sicilia, Luis Canache, Pastor Oviedo, Honorio Torrealba Jr, Máximo Díaz, Víctor Olivera, Athina Marturet, Pérez Ponds, La ‘Titi’, ‘Machalengo’ e ‘El Maracucho’.

TeATro

Anthony Teixeira regressa ao teatro Carla Salcedo csalcedo@correiodevenezuela.com

A comédia procura chamar à reflexão o tema da infidelidade e a vida em casal. O jovem actor luso-venezuelano Anthony Teixeira regressa aos palcos depois da sua estreia na televisão nacional, com uma comédia na qual partilha o cenário

com grandes actores como Marco Pérez, Rhandy Piñango, Leonardo Aldana e Ángel Cueva, na peça ‘Cómo ser infiel y no morir en el intento’. Ainda que o nome da obra deixe muita gente espantada, trata-se de uma espécie de reflexão social, na qual os personagens expõem as relações através de diferentes pontos de vista. Um professor, um homem pensativo, o promíscuo e o conselheiro apresentam diversas situações através da comédia, levando o público a uma espécie de conferência internacional sobre a

As entradas estão à venda nas bilheteiras do teatro, e através de www.ticketmundo.com. infidelidade, para reconhecer, desta forma, as atitudes dos homens, e em diversas oportunidades, das mulheres, quando mantêm um romance fora da sua relação formal. ‘Como ser infiel y no morir en el intento’ é uma comédia teatral

original de Oswaldo Estrada Rondón, num texto que surgiu fruto de muitas conversas escutadas, e que está em palco desde a passada quinta-feira, 14 de Agosto, na sala improvisada do ‘El Teatro Bar’, na Calle Paris de Las Mercedes.

Sergio Ferreira Soares

el misterio De La Felicidad Santiago e Eugenio são mais quen amigos: são sócios desde sempre num negócio de electrodomésticos. Entendem-se sem falar, complementam-se, gostam um do outro e precisam de ambos; mas um dia, sem aviso prévio, Eugenio desaparece. Santiago tarda em notar a ausência e só se apercebe do aconteceu quando Laura (Inés Estévez), a mulher de Eugenio, assegura que ele foi embora. Santiago e Laura iniciam então um caminho para encontra-lo e no trajecto dão-se de conta de que não o querem encontrar. Mistério da Felicidade é uma película de amor, mas vá ais além: move limites, aprofunda conceitos de fidelidade e traição e, definitivamente, coloca-se à frente dos sonhos, ante tudo o que é convencional.

Transformers 4 : La era De La extinción Estreia: 22/8/2014 Alguns anos após o grande confronto entre Autobots e Decepticons em Chicago, os gigantescos robôs alienígenas desapareceram. Eles são actualmente caçados pelos humanos, que não desejam passar por apuros novamente. Quando Cade (Mark Wahlberg) encontra um caminhão abandonado, ele jamais poderia imaginar que o veículo é na verdade Optimus Prime, o líder dos Autobots. Muito menos que, ao ajudar a trazê-lo de volta à vida, Cade e sua filha Tessa (Nicola Peltz) entrariam na mira das autoridades americanas. O franchise, que volta a contar com Michael Bay como realizador, tem novos atores: Mark Wahlberg, Nicola Peltz, Jack Reynor, Sophia Myles, Abigail Klein e Stanley Tucci, a quem se juntam novos e absolutamente fantásticos Transformers. O maior destaque, vai para os efeitos especiais e para o aparecimento dos tão aguardados Dinobots.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 17


18 Cultura

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

BeLezA

Luso-descendente concorre ao título de Senhorita Desporto Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Andrea Bausano representa o Estado de Mérida na competição nacional de beleza A figura de Andrea Bausano tem passado por algumas passerelles de Caracas nos últimos anos. Mas as aspirações desta jovem de 21 anos de idade são maiores. Foi por isso que, na noite de 13 de Agosto, a luso-descendente deu um passo firme no restaurante Ganadero Grill, do Centro Comercial San Ignacio, a Este de Caracas, onde marcaram presença diferentes personalidades para a entrega das faixas e cachecóis às raparigas e rapazes que participam este ano no concurso de Senhorita e Mister Desporto 2014. Durante a jornada, animada por Oriana Grazia e Antonieta Suárez, a luso-descendente Andrea Bausano recebeu a faixa de Senhorita Desporto Mérida, na modalidade de Atletismo, o que lhe assegura um lugar na final marcada para o mês de Novembro, no Salão Bicentenário do Hotel Alba Caracas.

Apoiar Andrea no concurso A organização relançou a sua página na internet, www. fundaciondeportesenaccion.org, onde poderá saber mais sobre Andrea e os demais aspirantes a Senhorita Desporto e Mister Desporto Venezuela. Também pode demonstrar o seu apoio a esta luso-descendente através do Facebook “Srta Deporte Venezuela” e do instagram “@SRTAMRDepoRTeVzLA”.

Este ano, o concurso inclui um reality show, que será transmitido a partir de 13 de Setembro pelo sinal do Canal I, onde, para além de se mostrarem bonitos corpos, também serão dados conselhos e alimentação e exercícios físicos. O presidente da Fundação Desporto em Acção e da Organização Senhorita e Mister Desporto Venezuela, Bruno Caldieron, assegurou que este certame aposta em algo mais do que a frivolidade a que por vezes se assiste neste tipo de espectáculos. Sete anos na moda caraquenha Nascida a 3 de Novembro de 1992 no Estado de Miranda, há já sete anos que Andrea Bausano frequenta as principais passerelles juvenis na capital do país. “Foi a minha tia foi quem me despertou essa curiosidade e me ajudou a entrar na academia Matisse, e daí comecei a minha carreira como modelo”, conta. Neta de portugueses – os avós são naturais da Madalena do Mar, Madeira -, tem tido pouco contacto com a comunidade lusa que vive no país, no entanto, reconhece as suas aptidões. “Vejo que são muito trabalhadores, empreendedores e gente muito alegre”, e confessa que gostava de conhecer a terra dos avós. Gosta de dança e de representação e integrou diversas peças de homenagem às suas raízes. “Participei em grupos folclóricos desde muito pequena e hoje estou a aprender piano”, um instrumento que a apaixona e no qual quer especializar-se. “Quero seguir esta profissão até onde puder. Chegar à Europa e converterme numa grande modelo profissional”, confessou a jovem.

expoSição

Gales acolhe Salão Show Noivos2000 Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Nesta edição, a exposição estreia um novo conceito. O Salão de Banquetes Gales, situado no Centro Comercial Ciudad Tamanaco de Caracas, veste-se de azul para receber o novo conceito do Salão Show Noivos2000, que vai na sétima edição, marcada

para 18 e 19 de Setembro. A intenção é homenagear os melhores locais para uma boda de sonho: A costa venezuelana. Aos tradicionais expositores de organização de casamentos juntam-se alguns especiais que podem oferecer diferentes destinos para um casamento perfeito na praia. Nesta nova edição, a Noivos2000 oferecerá um conceito muito original, criando a primeira exposição temática para casamentos, sempre à procura de inovar e apoiar os casais que estão prestes a contrair matrimónio. O tema é escolhido

Victoria Urdaneta

‘Hechizo de Brujas’ Esta peça infantil é um original de Yovanny Durán e conta com direcção de Dairo Piñeres. Conta a história de três bruxas que sonham com a beleza eterna e, para isso, têm de conseguir agarrar três atractivas princesas para roubar-lhes a juventude. Nessa tentativa, só conseguem encontrar uma, mas que está protegida por uma grande fada madrinha que complicará a sua missão com a ajuda de um príncipe covarde. Esta é uma montagem destinada ao público infantil que abordará valores como a lealdade, a amizade, a integridade e a beleza interior. Além disso, ensina a importância de uma boa alimentação no dia-a-dia das crianças. Data: De 9 de Agosto a 5 de Outubro. Sábados e domingos ao meio-dia Local: Urban Cuplé, Centro Comercial Ciudad Tamanaco.

Workshop para crianças Crianças entre os 8 e os 12 anos de idade poderão explorar as suas capacidades criativas no workshop de montagem e representação do centro cultural Rio Teatro Caribe, durante 5 meses, num total de 20 aulas de 3 horas cada uma. Um workshop para aproveitar as férias, dirigido aos que desejem aprender a gerir expressões corporais, a dominar o espaço com agilidade, a conseguir espontaneidade e sensibilidade em relação ao outro. Data: Desde 6 de Julho, todos os domingos, 10 am à 1 pm. Local: Rio Teatro Caribe, avenida Adolfo Ernst, a quarteirão e meio de Crema Paraíso, San Bernardino.

‘Cambiando de tema’

em cada edição de acordo com as tendências que marcam a organização dos casamentos no momento. Este conceito estreia-se com “Azul: Uma cor que evoca mar, céu e Caribe”. Os casais encontrarão no 7.º Salão Show Noivos2000 uma área de exposição com cerca de 40 reconhecidos fornecedores para a organi-

zação de um casamento, entre os quais também haverá especialistas na organização de casamentos em belas zonas de praia como Los Roques, Margarita, Coche e Curacau, por exemplo. O evento está marcado para o Salão Windsor da Banquetes Gales, a 18 e 19 de Setembro. Entradas à venda à porta do evento.

O colectivo de stand-up comedy El Banquito regressa com a segunda temporada do seu novo espectáculo, chamado ‘Cambiando de tema’. Onze comediantes formam este grupo, mas nem todos se apresentam em cada sessão. São quatro talentos por cada fim-de-semana, uma vez que a ideia é que o público assista mais de uma vez, para que se ria mais! Data: Sextas às 7:00 pm e sábados e domingos às 6:00. Local: Teatrex El Hatillo, CC Paseo El Hatillo, piso 5.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 19


20 Cultura

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

LiTerATurA

Victoria Urdaneta

Venezuela Móvil Fest É já a 30 e 31 de Agosto que o Móvil Fest chega à Venezuela, ao Centro Cultural Chacao, com a finalidade de dar a conhecer as tendências artísticas realizadas através de dispositivos móveis. Nesta segunda edição do festival, há duas modalidades de participação: Fotografia e vídeo. São 14 categorias com um prémio para cada uma. Os vencedores obterão um reconhecimento em acrílico e a exibição da sua peça na exposição do festival. O prazo para participação é até 15 de Agosto. É fundamental seguir as contas Instagram venezuelamovilfestival e IgersVenezuela e consultar os requisitos na página oficial do festival. Data: 30 e 31 de Agosto Local: Centro Cultural Chacao, Av. Tamanaco, El Rosal.

Hip-Hop em La Pizarra O Hip-Hop está nos centros de ensino. Três conferências e três oficinas formativas do género estão marcadas para o Centro Cultural La Pizarra, até finais de Outubro deste ano. Os participantes poderão conviver com artistas de renome, participando nos workshops sobre DJ, MC e Break Dance. Desta maneira, a Cultura Sucre une esforços com a Fundação Nuevas Bandas, La Mega Estación e OnRecords para dedicar um espaço de relevância a uma subcultura que se difunde cada vez mais em diferentes cidades do Mundo. O primeiro workshop deste mês será sobre as estratégias de um Dj. Datas: Segunda 25, quarta 27, sábado, 30 de Agosto, das 5:00 pm às 7:00 pm. Local: Centro Cultural La Pizarra, edifício anexo ao C.C. Millenium Mall, Los Dos Caminos.

“Temos de trabalhar para que a poesia portuguesa não se perca” Victoria Urdaneta vurdaneta@correiodevenezuela.com

Este é um dos objectivos do escritor José Carlos de Nóbrega de Sousa, que enfatiza a importância da tradução. “A literatura em português é bela e dediquei muito tempo a estudá-la. No entanto, temos de trabalhar para que a poesia portuguesa não se perca. Para isso, não só se deve promover a sua leitura como conseguir cada vez mais traduções e chegar, assim, a um público mais vasto”, afirma José Carlos de Nóbrega de Sousa, escritor lusovenezuelano nascido em Caracas a 4 de Julho de 1964, licenciado em Educação, vertente Língua e Literatura, pela Universidade de Carabobo, com um mestrado em Literatura Latino-Americana pela Universidade Pedagógica Experimental Libertador e vencedor do Prémio Nacional do Livro, capítulo centro-ocidental, durante os anos

2006 e 2007. Para Sousa, o idioma português tem muita relevância, com efeito, foi tradutor e autor de prólogos de obras como ‘Las imaginaciones/ El soldado raso’, poemas de Ledo Ivo (Fondo Editorial Fundarte, Alcaldía de Caracas, Caracas, 2014) e de ‘La pasión según G.H’, uma novela de Clarice Lispector (Fondo Editorial Fundarte, Alcaldía de Caracas, Caracas, 2014), e ainda que neste caso a autora seja brasileira, o que o escritor destaca é “a essência da escrita em português”. Entre os desafios apresentados nesta tarefa, menciona “a musicali-

dade, especialmente nos sonetos, na medida em que é difícil transpor de um idioma para outro. Para além disso, é uma arte poder transmitir ao público de outro idioma a mensagem e os sentimentos do texto original.” A par deste trabalho, Sousa é docente de pré e pós graduação da Universidade de Carabobo, participou recentemente na Feira do Livro realizada em Caracas e o ano passado, no mesmo cenário, lançou o primeiro volume de contos intitulado ‘El Dragón Lusitano y otros relatos’, do Fondo Editorial de Cultura y Artes.

raízes lusitanas

Versão electrónica

O seu sangue é madeirense, por parte do pai, José do Nascimento de Nóbrega, natural do Caniço, e da mãe, Augusta de Sousa, do Funchal. Chegaram à Venezuela nos finais da década de 50 do século passado.

Vários dos livros deste autor podem ser encontrados em versão electrónica:

Traduções de eugénio de Andrade - Morada

SALMOS COMPuLSiVOS POr LA CiuDAD, http://www.letralia. com/ed_let/salmos

A primeira casa não era ainda a casa: não chega a ser morada. Na outra, mais pequena, onde ninguém perguntava que idade tinha ou se o verão já passara ou o cão mordia, amanhã estava à janela. essa era a casa, o sol onde ardia.

La primera casa no era aún la casa: no llega a ser morada. en la otra, más pequeña, donde nadie preguntaba que edad tenga o si el verano ya pasara o el perro mordía, mañana estaba a la ventana. esa era la casa, el sol donde ardía.

PArA MACHuCAr Mi COrAZÓN: uNA ANTOLOGÍA POÉTiCA De BrASiL, http://letralia.com/ transletralia/brasil/index.htm Também podem consultar outros textos no blog www. salmoscompulsivos.blogspot. com

Victoria Urdaneta

Herberto Helder de Oliveira Herberto Helder de Oliveira é um poeta português de ascendência judaica que nasceu no Funchal, a 23 de Novembro de 1930. Estudou na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e trabalhou em Lisboa como jornalista, bibliotecário, tradutor e até apresentador de programas de rádio. Em 1994 venceu o Prémio Pessoa, mas recusou-o. Os seus textos podem ser classificados na categoria do surrealismo tardio. Escreveu “Os Passos em Volta”, um livro que mediante contos aprofunda as dualidades do ser humano e o fenómeno da identidade; em “Photomaton e Vox” utiliza o ensaio e o poema como instrumentos de reflexão para os leitores, enquanto que em “Poesia Toda” cria uma antologia dos seus livros de poesia. Para finalizar, ficam estes poemas de Herberto Helder de Oliveira, cujo primeiro pode ler-se em Ofício Cantante - Poesia Completa, e o segundo em Poesia Toda: Quero um erro de gramática que refaça na metade luminosa o poema do mundo, e que Deus mantenha oculto na metade nocturna o erro do erro: alta voltagem do ouro, bafo no rosto. .Não sei como dizer-te que a minha voz te procura e a atenção começa a florir, quando sucede a noite esplêndida e casta. Não sei o que dizer, especialmente quando os teus pulsos se enchem de um brilho precioso e tu estremeces como um pensamento chegado. Quando iniciado o campo, o centeio imaturo ondula tocado pelo pressentir de um tempo distante, e na terra crescida os homens entoam a vindima, eu não sei como dizer-te que cem ideias, dentro de mim, te procuram.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 21


22 Opinião

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

O CORREIO da Venezuela não pode ser considerado responsável e/ou patrocinador das opiniões que são expressas neste espaço.

FinAnçAs pessOAis instAntâneAs

Fazes contas e os rendimentos não chegam

Isabel Idarraga

Carlota e Ernesto revêem, uma vez mais, o orçamento mensal e, por mais que façam cortes, o dinheiro disponível não é insuficiente. Ernesto suspira e diz: “Temos que procurar rendimentos adicionais o quanto antes, porque, a continuar assim, em dois anos não poderemos pagar a escola dos nossos filhos.” É um daqueles momentos em que sabes que tens de actuar e não sabes como começar. A principal fonte de rendimentos da maior parte da população provém do trabalho. Uns são empregados e recebem um salário, outros prestam serviços em troca de honorários e os empresários obtêm receitas com a gestão dos seus

negócios. Um sector da população possui activos, como os bens imóveis ou investimentos financeiros, que geram rendas. Também á quem viva de bolsas, donativos ou da caridade dos outros. Quando é impossível efectuar mais cortes no orçamento familiar e o dinheiro é insuficiente para satisfazer as necessidades do lar, é imperativo entrar em acção. Os jovens começam um emprego com horário compatível com os estudos, as donas de casa iniciam um pequeno negócio que podem levar a cabo sem abandonar os seus trabalhos regulares, os chefes do lar fazem trabalhos nas suas

noites. Encontrar uma actividade que permite gerar rendimentos adicionais, costuma não ser fácil. Observa-se o meio, pede-se a opinião de familiares e amigos. Aqueles que têm facilidade para certas tarefas como a costura ou a mecânica, começam a oferecer os seus serviços entre os conhecidos com a esperança de que o “boca a boca” lhes permita criar uma carteira de clientes cada vez maior. Para as pessoas que conhecem as suas fortalezas, este processo poderá ser mais simples pois possuem uma ideia do que são capazes de fazer. E se é algo de que gostam, o começo é muito mais fácil.

Assim começou numa fábrica de roupa infantil a esposa desempregada ou numa escola de pastelaria; ou o advogado que foi dispensado duma instituição financeira depois de dez anos de serviço. Carlota conta a Ernesto que Marina, a sua melhor amiga da Universidade, comentou-lhe, há uns dias, que ficaria encantada poder contar com ela para realizar tarefas de marketing na sua empresa. É algo que podes fazer desde a tua casa e receberias uma remuneração que bastante falta te faz, disse Marina. Olham um para o outro e Carlota, pensa: o melhor é despachar-me e ligar-lhe antes que contrate outra pessoa.

era “condenável”, mesmo do ponto de vista jurídico e, no caso em que era praticado, clandestinamente e também por isso, de riscos elevados para a mulher. Para aqueles que “conseguiram” ser avós, podem, por isso, viver uma nova etapa natural da vida humana, isto é, presenciar a continuação do seu sangue e da sua árvore genealógica. Têm, assim, a oportunidade de poderem corrigir e ou melhorar muitas das coisas que fizeram nos seus papeis de pais e mães. Contudo e por razões várias, não é fácil, às vezes porque o relacionamento entre os pais e os avós nem sempre é o melhor e o mais desejável, por culpa das partes, mas esse período único na vida dum adulto sénior, não deve ser desperdiçado, porque todos ganham com essa partilha e essas vivências inter-geracionais, sendo os netos os mais beneficiados. Para aqueles que foram PAIS, mesmo que humana e naturalmente com muitas fraquezas, erros e omissões, é extremamente fácil serem depois AVÓS, até porque têm uma rica “escola da vida”, assente nos saberes, na experiência, na maturidade e na paciência, mas,

acima de tudo, no AMOR paternal e maternal, muito diferente da paixão (coisa diferente de amor) entre adultos a que, muitas vezes e inapropriadamente, chamamos amor. Imodestamente, considero-me neste grupo de pessoas, porque vivo a “AVOSIDADE”, desde há menos de três anos e reforçada com a chegada ao mundo de novos “reforços” para a equipa dos netos. Confesso que é indescritível aquilo que sinto e partilho/troco com aqueles seres tão belos, tão pequeninos, tão frágeis e tão genuínos e aquilo que recebo deles é , numa palavra, que tenho dificuldades em encontrar para definir o que sinto, talvez essa abrangência a possa sintetizar na palavra: AMOR. Até quando, não sei porque já não tenho a idade em que fui pai e do calendário da vida (finito) é retirada em cada dia uma folha. Que o seja por muitos anos, para continuar a “viver” com o crescimento humano e também físico, dos meus netos, para meu “bem” e para bem deles. Bem haja, por ter sido pai e agora por ser avô. Ousaria, modéstia à parte, escrever com maiúsculas PAI e AVÔ, por aquilo que significa recorrer a esta grafia, como o fiz atrás. “Avós precisam-se”, mas para

que tal aconteça, também “precisam-se de netos”, porque não há avós sem netos, embora e infelizmente, haja (muitos) “avós” sem netos tal como há muitos “pais” (aqui “avós” e “pais” em sentido potencial e não real) sem filhos, mas nunca filhos sem pais, biologicamente falando, entenda-se, porque existe, mesmo em países desenvolvidos, muita “orfandade afectiva”. O “problema” da baixa natalidade do nosso país tem sido explicada por inverdades e os responsáveis estão mais preocupados com o efeito na economia e nas finanças públicas e na sustentabilidade do sistema da segurança social, mas, no meu entender, os efeitos mais graves dizem respeito às roturas que tal provoca e continuará a provocar nas famílias e nas estruturas da nossa sociedade. “País de velhos” é o que nos espera, se a tendência não for invertida, triste futuro em que vale a pena reflectir, nesta celebração do “Dia dos Avós”, tal como se celebram muitos outros “Dias de.....”, como se os avós tivessem apenas um dia, principalmente os “avós cuidadores” dos netos, porque para esses (quase) todos os dias são “dias dos avós”.

CróniCAs de LisbOA

“Avós Precisam-se”

Serafim Marques

Há pessoas que não saborearam a “riqueza” da paternidade ou maternidade, porque não puderam, não souberam ou nem sequer o foram. Depois, na fase da “avosidade”, há muita gente que, mesmo tendo sido pais/mães, não vão ser avós, nalguns casos porque a maternidade/paternidade perdeu os “valores” de outrora e os adultos em idade fértil tem outras motivações, infelizmente, mais materialistas. Se os seus pais tivessem agido com o mesmo individualismo ou egoísmo, essas pessoas não estariam aqui para poderiam usufruir tudo aquilo que as alternativas de vida, essencialmente do lazer e do hedonismo, lhes proporcionam. Obviamente que o reflexo está na baixa natalidade no nosso país, mas a crise da natalidade não é de agora, embora no presente seja mais grave, para mim, com maiores preocupação socioafectivo do que do ponto de vista económico/ capitalista, porque a figura de “filho único” já começou há décadas, principalmente fora do meio rural, ali onde as famílias numerosas eram uma realidade no “bayboom” dos anos 60, por várias razões, incluindo culturais e as religiosas. O controlo da natalidade e o aborto


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Banquetes

Gales

Salón Majestic Gretchen e Joel unidos pelo matrimónio Fernando Cámara fcamara@correiodevenezuela.com

Na noite do passado sábado, 16 de Agosto, o Salão Majestic de Banquetes Gales recebeu a celebração da união matrimonial de Gretchen Hummel com Joel Abreu, na companhia de familiares e amigos. A Igreja de Nuestra Señora Caridad del Cobre, situada na urbanização Santa Paula de El Cafetal, foi a escolhida para a realização da cerimónia religiosa, onde os padrinhos dos noivos, Karina Giuliano, Alberto Hummel e José Melín Abreu, deram as respectivas bênçãos e desejaram uma longa vida de amor e união. Na entrada do salão, as boas-vindas aos mais de 200 convidados foram dadas pelos pais do noivo, Manuel Melín Abreu

e Rosario de Fátima de Abreu, acompanhados pelos pais da noiva, Carlos Alberto Hummel e Rosa Elvira Salas. O início da recepção foi animado por um saxofonista, que se encontrava na pista de baile, enquanto que a Orquestra Luis Morillo esteve a cargo da música ambiente. O tema da festa foi subordinado ao futebol e cada mesa foi identificada com a bandeira duma equipa de futebol: Chelsea, Barcelona, Real Madrid, Sporting de Portugal, Porto, Paris Saint Germain, Manchester United, Arsenal, Juventus, Manchester City, Benfica, entre outros. Por volta das 2 da manhã, teve lugar a actuação do grupo de tambores “Caña y Miel”. Seguiu-se ainda a apresentação dum grupo de “zanqueros”. O bolo dos noivos foi obra da pasteleira Gracia Almeida.

Publicidade 23


saúde em día

24 MISCELÂNIA

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

Encontrado tratamento promissor contra a calvície Sergio Ferreira Soares

Um estudo realizado recentemente no Centro Médico da Universidade de Columbia, Estados Unidos, aumenta a esperança de encontrar um tratamento eficaz contra um tipo frequente de calvície: A alopecia areata. Os investigadores descobriram que um fármaco utilizado para o tratamento de distúrbios sanguíneos teria o potencial de restaurar o crescimento do cabelo em menos de cinco meses. A investigação, publicada na revista Nature Medicine, refere que a utilização de Ruxolitinib permitiu a regeneração do cabelo em três pacientes com alopecia passados quatro a cinco meses de iniciado o tratamento. Para além disso, as células T que atacam os folículos pilosos tinham desaparecido do couro cabeludo. Os investigadores testaram um inibidor das enzimas Janus quinasa (JAK) aprovado pela Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA para o tratamento da mielofibrosis,

uma afectação da medula óssea que provoca menor produção de células sanguíneas. Previamente, nos testes em animais, o Ruxolitinib mostrou o seu potencial para deter o ataque aos folículos pilosos e restaurar completamente o pêlo num período de 12 semanas. O efeito do fármaco foi de longa duração, já que o cabelo novo persistiu durante vários meses depois de interrompido o tratamento.

“Ainda temos de fazer mais testes para estabelecer que o Ruxolitinib pode ser utilizado na alopecia areata, mas esta é uma excelente notícia para os pacientes e os seus médicos”, disse Raphael Clynes, médico que dirigiu a investigação. A alopecia areata é uma doença auto-imune que provoca manchas redondas de perda de cabelo e pode levar à calvície total. Até ao momento, não existem tratamentos conhecidos que possam restaurar completamente o cabelo, e os pacientes com a doença podem vir a ter stress psicológico e sofrimento emocional.

Pensa Verde Carla Salcedo

Árvores que salvam vidas As cidades crescem, e muitas vezes de forma indiscriminada, passando ao lado da importância das árvores, que ultrapassa questões estéticas ou paisagísticas. Por isso, é importante saber, ou recordar, que as árvores trazem inúmeros benefícios, entre os quais se destaca a purificação do ar, tornando o ambiente mais fresco e melhorando, inclusive, a nossa saúde. Apesar de sabermos destas características, um grupo de cientistas norte-americanos propôs-se determinar exactamente em que se traduzem estas propriedades purificantes ao nível da saúde pública. Foram considerados, para a experiência, quatro contaminantes ambientais, os mais comuns, como o dióxido de nitrogénio, o ozono, o dióxido de enxofre e matéria fragmentada de menos 2.5 micrómetros. Durante o estudo, foi comparada a quantidade de contaminação que se purifica naturalmente em ambientes urbanos e rurais, e notaram que o impacto da contaminação na saúde dos citadinos é significativamente maior do

Sabia que…?

segredos de cozinha

Carla Salcedo

Canal de Panamá, uma obra magnífica Sabia que o Canal do Panamá, uma obra colossal que serve actualmente 6% do comércio mundial, acaba de cumprir 100 anos? Ao longo de mais de três séculos, o projecto de construir um canal inter-oceânico pelo Panamá - o que, pela sua geologia e pelo seu clima, parecia ser impossível – captou o interesse internacional. A primeira tentativa de construir o canal foi dos franceses, a partir de 1880, e durou quase 20 anos, primeiro, pela mão do conde Ferdinand de Lesseps – que não era engenheiro – e da Companhia Universal do Canal Interoceânico, que sucumbiu a um escândalo financeiro em 1889. Da Companhia Universal, passouse à Nova Companhia do Canal e os franceses retomaram e avançaram significativamente nas obras de escavação dirigidas pelo engenheiro Philippe Bunau-Varilla,

que nas pessoas que vivem no campo. O curioso é que apesar de o impacto que as árvores têm numa cidade ser aparentemente mínimo, limpando o solo em apenas 1% da contaminação, se transformarmos estas estatísticas em números, implica que só nos Estados Unidos, se salvem anualmente 850 vidas, e representa uma poupança de 7 mil milhões de dólares. Se estes dados forem elevados à escala mundial, as vidas salvas graças às árvores multiplicam-se, assim como o dinheiro poupado, e não se trata apenas disso, mas também dos benefícios que nos pode trazer, ao nível da saúde, uma cidade com zonas florestais, sejam em parques ou zonas de caminhada nas nossas urbanizações, ou inclusive junto às autoestradas ou principais artérias.

mas, através deste, acabaram por vender os seus direitos de construção aos Estados Unidos por 40 milhões de dólares. Parte deste fracasso deveu-se à obstinação de Lesseps de fazer um canal nivelado, como o de Suez, embora Varilla tenha retomado a ideia de outro engenheiro francês, de construí-lo com comportas e dois lagos para elevar os barcos e fazê-los passar pela cordilheira.

O esforço dos franceses e, em especial, a astúcia de Varilla para convencer o jovem império norteamericano de que se decidira por um canal inter-oceânico pelo Panamá e não pela Nicarágua, serviu a Washington para concluir com êxito o canal entre 1904 e 1914, com um custo próximo dos 400 milhões de dólares. O canal está sob soberania plena do Panamá desde 31 de Dezembro de 1999, nos termos dos Tratados Torrijos-Carter, que também puseram fim à presença militar norte-americana naquele país. A Autoridade do Canal do Panamá administra-o desde que os Estados Unidos transferiram a sua propriedade para os panamianos e agora está a realizar a ampliação da via inter-oceânica com um novo conjunto de enormes comportas que deve estar pronto em finais de 2015.

Dourada no forno com coentros e chouriço Receita por: Natividade Maria Santos Pires Prato elaborado por: Chefe David Silva, Four Views Hotels

Ingredientes

∙ Peixe dourada ∙ Coentros ∙ Batatas ∙ Sal ∙ Azeite ∙ Cebola ∙ Chouriço ∙ Cenoura

Preparação

1

Corta-se a cebola em meias luas e tempera-se a dourada com sal.

2

Abre-se o peixe e recheia-se a barriga com os coentros.

3

Põe-se o peixe no centro do pirex e à volta coloca-se as batatas, as cenouras às rodelas e o chouriço, rega-se com azeite.

4

Vai ao fonro até o peixe estar cozido e douradinho.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Publicidade 25


26 Desporto

Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014 | Correio da Venezuela

Portugal

“PLAy-oFF”

FC Porto vence Lille e fica mais perto da ‘Champions’

A vitória do Braga sobre o regressado Boavista valeu a primeira liderança da I Liga

PrimeirA LigA

Braga lidera após a primeira jornada

O mexicano Herrera marcou ao minuto 61 CORREIO / LUSA

CORREIO / LUSA

Benfica inicia defesa do título com 2-0 sobre o Paços de Ferreira. FC Porto venceu o Marítimo por igual resultado O campeão Benfica iniciou, no domingo 17 de Agosto, a defesa do título com vitória (2-0) sobre o Paços de Ferreira, enquanto o Sporting de Braga “apadrinhou” o regresso do Boavista com 3-0, que valem a liderança da Liga. A “maldição” que durava há uma década de não vencer o jogo inaugural do campeonato foi ultrapassada com tentos de Maxi Pereira (25) e Sálvio (72), não sem um susto anterior, anulado pelas mãos de Artur, que defendeu um pénalti de Manuel José (10). Mesmo sem os reforços de “milhões” Wallace, Danilo, Matheus e Djavan, o Sporting de Braga de Sérgio Conceição cedo anulou as aspirações do regressado Boavista: aos 56 segundos, Pedro Tiba já tinha inaugurado o marcador.

O primeiro minuto do segundo tempo também foi fatal para os “axadrezados”, neste caso com remate de fora da área de Ruben Micael – Éder (83) sentenciou de pénalti (Fábio Ervões expulso por acumulação de amarelos) e permitiu três golos de diferença, que valem o primeiro lugar entre os vitoriosos no arranque da Liga. O Moreirense teve o melhor dos regressos à I Liga, com vitória 1-0 na visita ao europeu Nacional: os insulares pagaram a falta de eficácia – o guarda-redes Marafona também brilhou - com um golo do paraguaio Cardozo (81), de cabeça, após cruzamento de André Simões. Depois de perder a Supertaça para o Benfica, nos penaltis, o Rio Ave ficou em situação periclitante na estreia da Liga quando Filipe (40) foi expulso, porém o brasileiro Diego Lopes (54) colocou a equipa de Pedro Martins na liderança. O triunfo foi confirmado aos 78, com tento do também brasileiro Marcelo, numa altura em que ambos jogavam com 10 elementos: os sadinos terminaram com nove. Fábio Sturgeon (06) adiantou o Belenenses no seu primeiro lance de perigo em casa do recém-pro-

movido Penafiel, com João Martins (33) a empatar de pénalti para a equipa que se apresentou 100 por cento portuguesa. Deyverson (51), liberto na área e de cabeça, recolocou os mais experientes e consistentes lisboetas em vantagem, que se tornou definitiva já nos descontos com tento oportuno de Miguel Rosa (90+5). A Liga principiou na sexta-feira, 15, com o FC Porto a vencer 2-0 o Marítimo em casa, enquanto, no sábado, o Sporting tropeçou com 1-1 na visita à Académica e o Vitória de Guimarães impôs-se 3-1 no duelo minhoto com o Gil Vicente, em Barcelos. O Arouca e o “europeu” EstorilPraia empataram 1-1, na segundafeira, 18 de Agosto, no jogo que encerrou a jornada inaugural da I Liga de futebol, disputado no Estádio Municipal de Arouca. A equipa local foi a primeira a marcar, por Pintassilgo, aos 16 minutos, mas o Estoril, quarto classificado na época passada e com entrada directa na Liga Europa, igualou aos 32, por intermédio de Kuka. Com este empate, Arouca e Estoril juntam-se no oitavo lugar a Académica e Sporting, que também empataram no arranque do campeonato.

O FC Porto colocou-se em vantagem no “play-off” de acesso à Liga dos Campeões de futebol, ao vencer o Lille, em França, na quatra-feira, 20 de Agosto, por 1-0, em jogo da primeira mão, com um golo de Herrera. No Estádio Pierre Mauroy, o mexicano marcou ao minuto 61 e deixou o FC Porto mais perto da sua 19.ª presença na Liga dos Campeões, competição em que não disputava uma fase prévia desde 2001. Os “dragões” entraram a controlar completamente a posse de bola e conseguiram o primeiro lance de perigo aos 11 minutos. O “menino” Rúben Neves, que se tornou no jogador mais novo a actuar por um clube português na prova milionária, arrancou do lado direito e atirou para defesa atenta do nigeriano Enyeama. Aos 28’, um livre batido pelo médio de 17 anos caiu na área dos franceses, onde a camisola de Jackson parece ser propositadamente puxada por Basa. Bjorn Kuipers nada assinalou, mas fica a ideia de uma grande penalidade por assinalar. O FC Porto continuou a controlar no meio-campo até ao intervalo, mas acusou falhas nos

flancos e permitiu que os franceses se aproximassem com perigo da baliza de Fabiano. Aos 44’, Corchia ficou mesmo muito perto de igualar a partida, mas o lateral francês falhou duas oportunidades consecutivas para bater o guardião portista. Julen Lopetegui manteve a mesma equipa para o segundo tempo, mas lançou Cristian Tello aos 60 minutos para o lugar de Brahimi. O extremo espanhol conseguiu causar estragos logo um minuto depois, com um cruzamento exímio após passe de Rúben Neves a cair na cabeça de Jackson Martínez, que atirou para grande defesa de Enyeama. Não entrou à primeira mas entrou à segunda, porque Héctor Herrera estava logo ali para finalizar na recarga. Estava feito o único golo da partida. Ricardo Quaresma entrou nos minutos finais da partida e ajudou a segurar o resultado. Mesmo sem exibir uma grande exuberância, a equipa de Julen Lopetegui conquistou uma vantagem muito importante que dá aos “dragões” um maior fôlego para encarar a segunda mão da eliminatória. O próximo jogo disputa-se no Estádio do Dragão, no próximo dia 26.


Correio da Venezuela | Quinta-feira 21 de Agosto a Quarta-feira 27 de Agosto 2014

Desporto 27 Venezuela

FutEBOL

Deportivo Táchira é o 1.º líder isolado Fernando Camara fcamara@correiodevenezuela.com

Trujillanos, Caracas, Carabobo e Deportivo Anzoátegui não jogaram devido à Copa Sul-americana A segunda jornada do Torneio Abertura de futebol contou apenas com sete jogos, que foram disputados entre sábado e domingo, 16 e 17 de Agosto. Destaque para o facto de o Mineros não ter conseguido ir além dum empate caseiro contra o Portuguesa, e o Táchira ter ascendido à liderança isolada da prova ao vencer, em casa, o Llaneros. A jornada, curiosamente, ficou ainda marcar por cinco empates a um. Sábado, no Estádio Nacional Brígido Iriarte, o Metropolitanos e o Aragua FC empataram a uma bola. Jarlin Quintero abriu a contagem aos 55´, mas 11 minutos de Jorge Rojas repôs a igualdade. No mesmo dia, o Deportivo Lara e o Deportivo La Guaira protagonizaram igual resultado, no Estádio Metropolitano de Cabudare. Imanol Iriberri colocou os visitantes em vantagem aos 16 ́, tendo Heiber Díaz igualado a contenda aos 61´.

O luso-descendente Pablo Camacho não foi convocado para actuar pela equipa do Estado de Vargas. No segundo dia da jornada, domingo 17 de Agosto, no Olímpico da UCV, o Deportivo Petare e o Tucanes de Amazonas protagonizaram o terceiro empate a um bola. Jhon Palacios anotou pelos ‘parroquiales’, aos 46´, e Víctor Valera, imitou-o aos 55’. Já o Atlético Venezuela conseguiu a primeira vitória oficial da temporada ao derrotar, por 1-0, o Zulia FC, graças ao golo de Héctor “El Tico” Pérez. O luso-descendente Daniel Da Silva foi convocado mas não passou do banco de suplentes.

O Estudiantes de Mérida e o Zamora deram corpo à quarta igualdade a uma bola da jornada, desta feita no Estádio Metropolitano de Mérida. O uruguaio Carlos De Castro inaugurou o marcador aos 27’, mas três minutos depois, Pierre Pluchino desfez a vantagem, fixando o resultado final. No CTE Chachamay, o Mineros de Guayana e o Portuguesa registaram a quinta igualdade 1-1 da ronda. Javier Villafraz inaugurou o marcador aos 16´ pelo pentacampeão, mas Richard Blanco salvou a honra da casa ao repor a igualdade aos 74´. Já o Deportivo Táchira venceu

Futebol de Salão

CP Sub-8 logra 4.º lugar em torneio de Mérida Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Equipa da capital com boa prestação no “I Torneio Nacional Comunitário de Futsal – Tulio Febres Cordero” A equipa Sub-8 do Centro Português, em Caracas, conquistou o quarto lugar do I Torneio Nacional Comunitário de Futebol de Salão – Tulio Febres Cordero”, que se

disputou, em Julho, em Ciudad de Mérida, Estado de Mérida. Neste torneio participaram oito equipas da categoria Sub 8: Tulio Febres Cordero (Bailadores), Tovar

(Mérida), Amigos de Adam (Trujillo), La Playa (Mérida), Full Accion Isnotu (Trujillo), Centro Metropolitano (Falcón) e o Centro Português (Caracas)

0-2 o Llaneros de Guanare, no Rafael Calles Pinto. César González, aos 82´, e José Miguel Reyes, aos 93´ assinaram os tentos da partida. Devido à participação dos clubes nacionais na Copa Sul-americana, não se realizaram dois jogos relativos à 2.ª jornada do Torneio Abertura. O Trujillanos-Caracas foi reprogramado para as 6:00 m de quarta-feira, 12 de Novembro, no Estádio José Alberto Pérez, enquanto que o Carabobo, dirigido pelo luso-descendente Jhonny Ferreira, ainda não tem data definida para receber no Misael Delgado o Deportivo Anzoátegui, de Ricardo Martins.

No primeiro encontro, a equipa do Centro Português venceu o Centro Metropolitano, por 6-0, iniciando assim da melhor maneira a sua participação na prova. Os jogadores do centro social da capital reservaram uma chuva de golos para o segundo jogo, disputado frente ao La Playa: 8-1. O ritmo dos lusos não abrandou, já que no jogo seguinte voltaram a golear, desta feita por 5-2, o Full Accion Isnotu, de Trujillo. No quarto jogo, o CP enfrentou a equipa da casa, o Tulio Febres Cordero e perdeu em pénaltis por 2-1. No quinto confronto, os sub-8 do CP entraram em campo sem alguns dos seus titulares para enfrentar al equipo de La Playa. A vitória sorriu ao La Playa, por 5-2. O jogador mais destacado do Torneio foi Christian Gomes, do Centro Português, melhor conhecido por “El Ruso”. Os treinadores do CP, Jonathan Fumero e Juan Fernandes, consideram que esta participação constituiu uma grande experiência e servirá para futuros campeonatos.

soltas A selecção venezuelana de Voleibol masculino conquistou, no sábado, 16 de Agosto, o quinto lugar da IX Copa Panamericana de Voleibol Varonil 2014, que se levou a cabo no Centro de Alto Rendimento de Baja California, no México. A ‘vinotinto’ viajará ao Qatar onde enfrentará a Austrália, Irão, Inglaterra, Líbano, Eslovénia, Japão e Qatar. Depois partirá para a Polónia para o Campeonato Mundial. O meridenho Carlos Fischer e a caraquenha Génesis Ruiz triunfaram na segunda edição do Herbalife Triatlón Los Caracas, segunda prova do Circuito Herbalife de Triatlo, que se realizou no domingo, 17 de Agosto, na Playa La Punta, Ciudad Vacacional Los Caracas, no Estado de Vargas. Na segunda-feira, 18 de Agosto, Luis Valbuena bateu três imparáveis em outras tantas oportunidades e impulsionou uma corrida no triunfo 4-1 do Cachorros de Chicago sobre o Mets de New York. Além disso, Héctor Rondón conseguiu o 18.º ‘salvado’ da campanha.

O nadador venezuelano Carlos Claverie conseguiu, no passado 18 de Agosto, o terceiro lugar na prova dos 100 metros bruços dos II Jogos Olímpicos da Juventude, que se celebram em Nanjing, China, conseguindo desta forma a medalha de bronze e a primeira da Venezuela nesta competição. José Altuve disparou no primeiro grand slam da sua carreira na vitória por 8-1 dos Astros de Houston sobre o Medias Rojas, no Fenway Park da cidade de Boston, na tarde do domingo, 7 de Agosto. O venezuelano encerrou a sua actuação na segunda-feira seguinte com quatro imparáveis em cinco visitas ao prato.


P r ê m i o Ta l e n t o C o m u n i c a ç ã o S o c i a l 2 0 0 9

eles respondem

imagens da semana Governo lança aplicação móvel para denunciar delitos O Governo vai activar uma aplicação para telefones inteligentes com o fim de facilitar aos cidadãos uma rápida comunicação caso sejam vítimas de delitos. O ministro do Interior, Justiça e Paz, Miguel Rodríguez Torres, anunciou esta medida numa conferência de imprensa, indicando que com a aplicação, ao clicar no desenho ou logótipo de ‘Patria Segura’ no telemóvel, automaticamente aparecerá a pessoa em que quadrante de segurança se encontra e qual é o telefone, para chamar de maneira imediata. “Assim evitamos que a pessoa perca tempo procurando o número do seu quadrante de segurança ou tenha de o decorar”, disse. Acrescentou que o sistema estará interconectado com o 911, pelo que ao realizar a chamada se receberá a informação da localização exacta da pessoa.

#OPINA ¿Fue usted fanático del C.S. Marítimo de Venezuela? ¿Qué recuerda de aquella época?

75% dos turistas desconhecem que Coimbra é Património Mundial

Manuel De Nobrega: Inolvidable. Siempre mi padre me llevaba al Universitario o a El Paraíso a ver al glorioso Marítimo. Deseaba otra vez que se conformara el equipo eterno. Eddy Ch: ¿De qué época del Marítimo es esa foto? Correio de Venezuela / @correiodvzla

Um inquérito realizado pela Universidade de Coimbra a visitantes, em Julho, conclui que 65% dos turistas desconheciam que Coimbra fosse Património Mundial da Humanidade, revelou à agência Lusa um vice-reitor. Cerca de 65% dos turistas que visitaram a cidade não sabiam que a zona da Alta, Rua da Sofia e Universidade de Coimbra tinha sido classificada como Património Mundial da Humanidade, sendo que dos restantes 35% que sabiam, 68% reconheceram que a distinção “teve influência na visita” à cidade, disse Luís Menezes, vice-reitor da Universidade de Coimbra. Apesar dessa constatação, 55% dos turistas referiu no inquérito que a motivação da visita “tinha a ver com a história da universidade”, referiu.

Angelo Pombo: ¡El grande Marítimo de Venezuela! Tiempos aquellos. Muchos recuerdos. Siempre lo llevamos en el corazón. Como Marítimo no hay otro igual.

Portus Madrid: El glorioso Marítimo de Venezuela Erwin Da Costa: Ojala pudiesen los especialistas levantar de nuevo ese equipo. Yo tuve oportunidad de probar en las categorías menores. Laura Teixeira: Mi papá si lo era. No se perdía un partido de ellos en Caracas. Marisela Rodriguez: Una gran epocaaa.. inolvidable

Correio da Venezuela 570  

Edición 570

Correio da Venezuela 570  

Edición 570

Advertisement