Page 1

O jornal de comunidade luso-venezuelana • Caracas, 01 a 07 de Setembro de 2011 • publicação Semanal Nº 422

www.correiodevenezuela.com

Rif.: J-31443138-2

prémio Talento da Comunicação Social 2009 Facebook: Correio de Venezuela • Twitter: @correiodvzla • website: www.correiodevenezuela.com

Carla não é Angely Sofía

Lucinda Nunes, que em Fevereiro passado anunciou ter encontrado no Facebook a filha perdida durante as enxurradas do Estado de Vargas, recebeu os resultados dos testes ADN que não confirmaram o parentesco entre elas. p.04

Ano 11 • Depósito Legal: 199901DF222 • bsF. 3,00

Porto de La Guaira será ampliado com apoio luso

“Atlântida” com destino ainda desconhecido

O navio foi apresentado ao presidente Chávez, cujo governo ficou de avaliar a sua aquisição. A avaliação acabou por concluir que o ‘ferry’ não cumpria com os requisitos exigidos pelas autoridades de Caracas. p.05

Comunidade reclama jornadas consulares

Na capital tudo decorre sem inconvenientes, mas no interior do país, a comunidade exige mais atenção. Enquanto não se faça uma nomeação, os processos consulares atrasam-se. p.08

RTP fecha emissões da RDP Internacional O presidente do conselho de administração da RTP diz que a empresa tem “todos os motivos” para suspender as emissões da RDP Internacional em onda curta. p.10 pub

A empresa estatal venezuelana Bolavariana de Puertos (Bolipuertos) e o consórcio português Teixeira Duarte / Mota assinaram um acordo para a modernização e ampliação do porto de La Guaira, no estado Vargas, que vai duplicar as capacidades portuárias deste terminal em 30 meses. p.03 ESPECIAL

CuLTuRA

Arranca Censo Nacional 2011

Katti Fernándes lança ‘Soy como soy’

Casa Portuguesa de Aragua na liga profissional

A etapa de inquéritos do Censo Nacional de População e Habitações (Censo Nacional de População e Habitação) 2011 começou esta quinta-feira, 1 de Setembro.

O disco de estreia da cantora já se encontra na rua, com o nome ‘Soy como soy’ e contém dez temas próprios que se passeiam em géneros como o pop electrónico, o jazz e os ritmos latinos. p.22

A equipa foi inscrita na Terceira Divisão perante a Federação Venezuelana de Futebol, com a possibilidade de continuar a sua passagem até à Segunda Divisão B..

p.06

DESPoRTo

p.30


2 a semana

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

clasificação

editorial Preocupação e esperança A falta de segurança ou a insegurança, como quisermos, já que a língua portuguesa e o seu rico e diverso vocabulário nos dão muitas oportunidades de designação, continua a ser um dos problemas principais da Venezuela. Já o temos referido diversas vezes neste jornal e nunca será demasiada a abordagem do tema. Entendemos que assuntos como este, que dizem respeito a toda a população e ao bem-estar da comunidade em geral, devem ser focados de vez em quando para que possamos estar sensibilizados para a sua importância e preparados para ajudar no debelar do problema que é nacional e transversal a todas as actividades no País. Nos últimos tempos deram-se passos importantes na Venezuela, nomeadamente ao nível governamental, dotando as entidades policiais e judiciais de meios que procuram circunscrever a actividade dos bandos de criminosos e desincentivá-los às práticas malévolas que, como sabemos, dia-a-dia, acrescentam mais vítimas no historial da criminalidade. Temos sentido e verificado que há vontade e que os passos têm sido dados. No último ano foi criada a Polícia Nacional Bolivariana, foi implementado o Dispositivo Bicentenário de Segurança Cidadã (DIBISE – Dispositivo Bicentenario de Seguridad Ciudadana) juntando as diferentes forças de ordem pública, foram criadas patrulhas e outras unidades de prevenção nas polícias municipais e estaduais. Enfim, há um trabalho que está a ser desenvolvido, com profissionalismo e seriedade, de que se destaca ainda, entre outras medidas, a possibilidade de serem rastreadas por satélite os meios de transporte público, que se deslocam pelas estradas venezuelanas. Sabemos, contudo, que os maiores problemas resultam da grande quantidade de armas que estão nas mãos de populares e ao pouco significado que, para certas camadas da população menos instruída e mal formada, tem um vida humana. Por isso, achamos da maior importância a legislação, publicada na “Gaceta Oficial” pela qual se proíbe o porte de armas em meios de transporte público. Um medida imposta pelo governo para estancar a alta criminalidade que se constata nas ruas da Venezuela. Esta determinação surge em conformidade com a Lei de Desarmamento, na qual estão a trabalhar conjuntamente diversas forças políticas na Comissão Mista para o Desarmamento criada no âmbito da Assembleia Nacional da Venezuela. Além do mais, sabe-se que a Comissão Presidencial para o Controlo de Armas, Munições e Desarmamento anunciará em breve a proibição do porte de armas em bares e discotecas, além de estarem a ser destruídas as armas que têm sido apreendidas a delinquentes. Há um trabalho que tem sido desenvolvido, que nos traz novas esperanças, e que nos permite estar mais tranquilos quanto ao futuro da segurança pública. Há muito a fazer ainda. Por isso estamos certos de que as propostas são todas bem vindas. Não será desajustado que enumeremos algumas: Maior vigilância (por câmaras ou barreiras de controlo) nas ruas e autopistas; depuração dos organismos policiais; novas medidas de controlo de circulação de motos de baixa cilindrada nas autopistas; melhores condições salariais e de trabalho para as forças policiais; reforço da vigilância junto dos locais de maior circulação e ajuntamento de cidadãos. O combate à insegurança pública exige vigilância contínua, atenção permanente e implica que todos estejam atentos e não menosprezem as ameaças que a todo o momento se manifestam.

www.correiodevenezuela.com Rif.: J-31443138-2

Director Aleixo Vieira Subdirector Agostinho Silva Editor Sergio Ferreira Endereço: Av. Veracruz. Edif. La Hacienda. Piso 5, ofic. 45H-3. Urb. Las Mercedes, Baruta Caracas. Telefones: (0212) 9932026 / 9571 Telefax: (0212) 9916448 E-mail: correio@cantv.net

▲▲ Muito BoM

▼▼ Muito Mau

A assinatura do acordo para a remodelação do Porto de La Guaira com o apoio de Portugal vem reafirmar a um relacionamento cada vez mais forte entre ambos países. É costume dizerse que é nos momentos difíceis que ficamos a saber quem são realmente os nossos amigos. A avaliar o que vem acontecendo nos últimos anos, a irmandade entre a Venezuela e Portugal parece não ter limites. É uma amizade que tem sido aprofundada graças às várias missões diplomáticas promovidas pelos governos de Caracas e de Lisboa e, também, devido às comunidades emigrantes radicadas em cada continente, pois representam, sem dúvida alguma, um vínculo muito forte e um motivo adicional para a manutenção dos laços de cooperação.

Continuamos sem entender como é que cerca de seis meses depois do fim da comissão da Cônsul Geral Portugal em Caracas, Isabel Brillhante Pedrosa, ainda não tenha sido nomeado um sucessor para o cargo. Sabendo o quão difícil que foi para os antecessores conseguir que cada cosa estivesse no seu lugar para funcionar correctamente, é com alguma apreensão que antevemos a possibilidade de se deixar perder todo o trabalho feito até ao momento. São incontáveis as chamadas de atenção que têm caído na nossa redacção a reclamar pela inexistência de jornadas consulares em zonas como Guatire, Guarenas, La Guaira e El Junquito... Isto sem falar na falta de informação oficial.

fotoflasH

duas representantes, um coração

Este ano, o concurso Miss Universo 2011 encerra uma particularidade: duas luso-descendentes nascidas na Venezuela vão competir pela coroa mais prestigiada do mundo da beleza. Uma com a faixa de Miss Venezuela, outra com a faixa de Miss Portugal. Ambas com o mesmo sobrenome: Gonçalves. Não restam dúvidas de que a 60ª edição do concurso, que se levará a cabo na próxima segunda-feira, 12 de Setembro, no Brasil, poderá representar um grande motivo de alegria para milhões de venezuelanos e portugueses, pelo que esperam com muita ansiedade pelo veredicto do jurado. Agora só resta esperar, sabendo de antemão que ambos países desejam que qualquer das candidatas seja a escolhida. Venezuela e Portugal, dois países diferentes com um só coração!

Chefe de redacção Sergio Ferreira |Jornalistas Nathalie Mendonca, Andrea Guilarte, Carla Salcedo Leal, Silvia Di Frisco |Correspondentes Edgar Barreto (Falcón), Carlos Balaguera (Carabobo), Trinidad Macedo (Lara), Silvia K. Gonçalves (Bolívar), Sandra Rodriguez (Aragua), Ricardo Santos (Nueva Esparta) |Colaborações Raúl Caires (Madeira), Arelys Gonçalves, Jean Carlos de Abreu, Antonio Da Silva, Victoria Urdaneta, Fernando Urbina, Antonio López Villegas, Luís Barreira, Álvaro Dias, Luis Jorge, Carlos Agostinho Perregil R. |Administração Sharlot Rodríguez |Publicidade e Marketing Carla Vieira, Deisy De Azevedo, Gloria Cadavid |Paginação Elsa de Sá |Fotografia Paco Garrett, Silvia Di Frisco |Secretariado Anaís Salazar |Distribuição Enrique Figueroa |Impressão Editorial Melvin C. A, Calle el rio con Av. Las Palmas, Boleita Sur. |Tiragem 15.000 exemplares |Fontes de Informação Agência de Notícias Lusa, Diário de Notícias, Diário de Notícias da Madeira, Ilhapress, Portuguese News Network e intercâmbio com publicações em língua portuguesa, de diferentes partes do Mundo.


venezuela

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

3

COOPERAÇÃO

Porto de La Guaira será ampliado com apoio luso Está prevista a construção de um molhe de 693 metros e elevar a capacidade de gestão para 600 mil contentores de 20 pés por ano. Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

A empresa estatal venezuelana Bolavariana de Puertos (Bolipuertos) e o consórcio português Teixeira Duarte / Mota assinaram, na passada segundafeira, 29 de Agosto, um convénio para a modernização e ampliação do porto de La Guaira, no estado Vargas, por um montante de 398 milhões de dólares e 343 milhões milhões de bolívares. O desenvolvimento do projecto inicia-se no mês de Janeiro do próximo e estende-se por 30 meses. No acto, levado a cabo no despacho de Transporte e Comunicações (MPPTC), estiveram presentes o embaixador de Portugal na Venezuela, Mário Lino da Silva, o engenheiro civil do consórcio TD/Mota, Luís Alves, o ministro de Transporte e Comunicações da Venezuela, Francisco Garcés, e a presidente da Bolipuertos, Elsa Gutiérrez, entre outros representantes de ambos os países. Duplicar a capacidade portuária O objectivo do acordo é duplicar a capacidade portuária deste terminal marítimo, com a dragagem de 1 milhão e 200 mil metros cúbicos de material e a construção de um molhe de 693 metros de longitude, com profundidade para navios de 'calado post panamax' (uma área portuária de 17,72 hectares e uma superfície complementar de 6, para um total de 23,72 hectares). Desta forma, a capacidade de manipulação de contentores eleva-se para 600 mil contentores de 20 pés ao ano, o que representa 310% em relação à capacidade actual. A área portuária estará preparada para a gestão e armazenamento de contentores cheios, com materiais perigosos, refrigerados e vazios. Actualmente, a capacidade produtiva é de 11 contentores por hora, nú-

mero que aumentará para 75, graças a um software moderno para a administração e gestão de operações, para além da atracagem simultânea de dois navios 'post panamax' (antes eram navios de 11 metros de profundidade com capacidade para 2000 contentores; agora atracam navios de 15,2 metros de profundidade com capacidade para 6.200 contentores). Capacitação do pessoal e transferência tecnológica “Antes os portugueses traziam para a Venezuela pão, bacalhau, azeite e outros produtos importantes; mas agora vemos como ajudam com tecnologias, pois uma vez terminada a construção, a sua tecnologia e formação ficarão connosco", assegurou o ministro Garcés em relação ao acordo assinado. O intercâmbio comercial implica colocação em funcionamento das equipas e do software com o qual funcionará, de forma automática, a descarga e mobilização de contentores; para além disso, os técnicos portugueses vão formar todo o pessoal da Bolipuertos para uma gestão eficiente de toda a maquinaria, o que permitirá uma vida útil da nova estrutura de 50 a 70 anos. O projecto, que cumpre as normas ambientais e permitirá que a Venezuela cumpra os parâmetros internacionais em matéria portuária, implica a construção de uma área de estacionamento de veículos de carga pesada, oficina de manutenção, área de manutenção de equipamentos e vestiários. Molhes obsoletos Elsa Gutierres referiu que os molhes deste porto têm uma média de construção de 28 anos e que naquela altura foi projectado para um tempo de vida de 30 anos, pelo que se impõe a sua modernização e ampliação. "Estes molhes ficaram obsoletos", assegurou. O Estado venezuelano empreende desde o ano passado um plano de modernização dos terminais portuários, que em 2009 passaram novamente para o controlo do Governo central, com a empresa Bolivariana de Puer-

O objectivo do acordo é duplicar a capacidade portuária deste terminal marítimo

tos, entidade que administra os portos de Puerto Cabello, La Guaira, Maracaibo, Guanta, El Guamache e La Ceiba. Em Setembro de 2010, o MPPTC assinou um acordo com a empresa China Harbour Engineering Company, destinado à ampliação e modernização de Puerto Cabello. A 19 de Agosto, a Venezuela acordou com a empresa chinesa National Machinery Industry Corporation (Sinomach) a aquisição de 272 maquinarias e equipamentos especializados para incorporar nos

FOTO: M.P.P.T.C

portos venezuelanos, por 25 milhões e 567 mil dólares. Gutiérrez Graffe ressaltou que desde que o sistema portuário foi recuperado pelo Estado, são atribuídos recursos às comunidades, o que ficou demonstrado na transferência de 250 milhões de bolívares fortes para o Fundo de Eficiência Nacional e de 165 milhões de bolívares fortes para a Missão Mães do Bairro. Em 2011, foram atribuídos mais de 13 milhões de bolívares fortes às comunidades em geral.!


4 venezuela bREVES COMUNIDADE Chávez preparado para mais quimioterapia O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, informou segunda-feira, 29 de Agosto, que os exames aos quais foi submetido no Hospital Militar de Caracas confirmaram que está em boas condições para receber uma nova sessão de quimioterapia. "Olá! Ontem foi um dia de exames. O quadro sanguíneo saiu muito bom, os rins e o coração perfeitos", escreveu Chávez em sua conta do Twitter.

Retomada Grande Missão Vivenda

O ministro do Poder Popular para a Vivenda e Habitat, Ricardo Molina, anunciou que, uma vez concluído o período de férias 2011, começará a terceira fase de registo da Grande Missão Vivenda Venezuela. O processo arrancará entre finais de Setembro e princípios de Outubro, quando a população já tenha retomado as suas actividades do quotidiano.

Governo proíbe armas em transportes públicos

O ministro das Relações Internas da Venezuela, Tareck El Aissami, anunciou que os cidadãos passam a estar proibidos de entrar com armas nos transportes públicos, uma medida que pretende combater a insegurança no país. "Foi aprovada uma resolução interministerial para proibir o porte de armas e munições nos terminais de passageiros, transportes urbanos, suburbanos e interurbanos, no sistema do Metro e no sistema ferroviário", disse o governante.

correio de venezuela • 01 a 07 de Setembro de 2011

ACTuAl

Testes de ADN negam parentesco “Continuaremos juntas e vou continuar à procura de Angely”, diz Lucinda CORREIO/LUSA A mulher que em Fevereiro passado anunciou ter encontrado no Facebook a filha perdida durante as enxurradas do Estado de Vargas, há 12 anos, recebeu os resultados dos testes ADN que não confirmaram o parentesco entre elas. "As provas (de ADN) deram negativo, não confirmam que ela era a minha filha. Acabo de falar com a Carla (a jovem) e expliquei-lhe que as coisas são assim, não se pode andar com mentiras, mas que nada vai mudar no nosso relacionamento", disse Lucinda Nunes à Agência Lusa. Mostrou-se surpreendida pela decisão mas garantiu que as duas se manterão em família. "Desde que a vi, para mim ela é minha filha, é o destino, se ela está comigo por algo será. Continuaremos juntas e vou continuar à procura de Angely, até à última gota da minha vida, nada nem ninguém me impedirá", disse. Lucinda Nunes explicou que já falou com os filhos, o marido e algumas pessoas da família sobre os resultados. "Nada vai mudar, viemos fazer uma prova, só isso. Foi só para tirar dúvidas, mas isso não influi em nada, o mundo gira e nós avançamos com ele", afirmou. Por outro lado, a jovem explicou telefonicamente à Agência Lusa que ficou surpreendida pelo resultado das provas. "Estou triste porque a quero muito, para mim Lucinda é como a minha mãe, vamos continuar juntas, não quero falar mais sobre isso", afirmou. O caso remonta a Dezembro de 1999, quando chuvas torrenciais provocaram deslizamentos de terra em quase 80 quilómetros de zona costeira o Estado de Vargas (a Norte de Caracas). A filha de Lucinda Nunes, Angely Sofia Nunes, na altura com 10 anos de idade, passava

Lucinda vai continuar a procurar a filha “até à última gota de vida”

uns dias em casa de familiares na localidade de Carmem de Úria. A casa onde estava desapareceu, sobrevivendo apenas um dos parentes. A localidade foi declarada inabitável. Três meses mais tarde, a portuguesa viu uma jovem que pensou ser sua filha numas imagens de televisão, situação que levou-a a reforçar as buscas. Em Fevereiro, Lucinda Nunes anunciou ter encontrado a filha, através do Facebook, estando à espera das provas de ADN feitas na Venezuela que confirmassem o parentesco,

um resultado ao qual nunca teve acesso, e decidiu viajar para Madeira para fazer os testes em Portugal. A jovem que acreditava ser a sua filha chama-se Carla Ures, tem legalmente 18 anos de idade, mas pensa ter 21 e estava aos cuidados de freiras numa instituição caraquenha. Na sua memória estão frescos apenas os acontecimentos dos últimos seis anos. Recorda-se que, depois da tragédia (enxurradas), viveu com uma senhora que é incapaz de identificar e a quem "não chamava mamã" e por isso hoje acredita

FOTOS: CORREIO

ter sido abandonada. Um dia foi levada para o colégio e ninguém a foi buscar, depois apareceu um polícia que a levou a um lar onde chegou "envergonhada, de olhar cabisbaixo", porque não sabia como se chamava. Foi lá que lhe disseram que se chamava Carla e que a sua família tinha morrido. Por não gostar das regras do lar fugiu com uma amiga e chegou a viver nas ruas de Caracas até ser ajudada pelas freiras da instituição que a acolheu dois anos até ao encontro com Lucinda Nunes.!


venezuela

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

Navio está em Lisboa

bREVES

“Atlântida” com destino ainda desconhecido O navio foi apresentado ao presidente Chávez, cujo governo ficou de avaliar a sua aquisição Correio/Lusa O ferry “Atlântida” está sediado, desde o passado domingo, 29 de Agosto, na Base Naval do Alfeite, Almada, a partir da qual realizando provas de mar que têm “corrido muito bem”, segundo indicou à Lusa fonte do Ministério da Defesa Nacional. O “Atlântida” vai continuar “mais alguns dias” em “testes e provas” no Alfeite, até que seja anunciado o seu destino. “Há várias hipóteses em cima da mesa, com várias entidades. O destino está a ser

o navio tem capacidade para 750 pessoas e é descrito como luxuoso.

avaliado”, acrescentou fonte do Ministério da Defesa Nacional. A mesma fonte disse ainda que o futuro destino do navio será conhecido dentro de dias e pode envolver o regresso do ferry aos estaleiros de Viana, entre outras hipóteses.

O navio foi apresentado ao presidente Chávez, cujo governo ficou de avaliar a sua aquisição. Contudo, a avaliação acabou por concluir que o ‘ferry’ não cumpria com os requisitos exigidos pelas autoridades de Caracas. O navio deveria ter seguido

5

Celebrações em Valência

em 2009 para os Açores, mas a empresa pública dos Açores "AtlanticoLine" rescindiu o contrato com a empresa pública de Viana, alegando uma diferença de 1,4 nós na velocidade máxima. O "Atlântida" é o primeiro de dois navios encomendados pelos Açores. Com capacidade para 750 pessoas e descrito como luxuoso, o navio deveria ter seguido em Maio de 2009 para os Açores, mas o governo regional, através da empresa pública de transporte marítimo ‘Atlânticoline’ decidiu romper o contrato com os Estaleiros Navais de Viana do Castelo, alegando o incumprimento na velocidade máxima (18 nós), por ficar-se nos 16,6 nós.!

A direcção do Centro Social Madeirense de Valência convida os seus sócios e conhecidos a participar na celebração das festas de Nossa Senhora do Loreto e de Nossa Senhora de Coromoto, que se realizam o fim-de-semana de 17 e 18 de Setembro.

Verbena das vindimas

No dia 18 de Setembro, decorre, no Centro Português, em Caracas, a popular celebração da verbena das vindimas, onde os sócios e os convidados poderão desfrutar de uma tradicional tarde portuguesa. Comida, bebidas, rifas e música marcarão este encontro. PUb


6 venezuela

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

CENSOS 2011

Quantos somos? Os questionários permitirão obter a informação estatística de todos os venezuelanos

do questionário, adaptadas aos interesses e objectivos da República Bolivariana da Venezuela e do Projecto Nacional Simón Bolívar.

Silvia C. Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

História dos censos Os censos na Venezuela têm uma grande relevância em termos históricos. Antes de realizar o primeiro censo oficial no nosso país, registaram-se contagens e estimativas de população que constituem uma ideia aproximada da evolução populacional na primeira metade do século XIX. Em 1873, por decreto presidencial de Guzmán Blanco, realizou-se oficialmente o primeiro censo de população, que resultou no número 1 milhão 732 mil 411 habitantes. Desde 1941, os censos de população e habitação realizam-se de forma conjunta. Em 1982, realiza-se oficialmente o Primeiro Censo Indígena da Venezuela, e em 1992, o Primeiro Censo Bi-nacional Colombo-venezuelano da Etnia Wayúu, através de um convénio entre os dois países. Isto foi uma iniciativa pioneira na história das investigações demográficas sobre a população indígena americana.

A etapa de inquéritos do Censo Nacional de População e Habitações (Censo Nacional de População e Habitação) 2011 começou esta quinta-feira, 1 de Setembro. Trata-se da maior operação estatística que se realiza no nosso país e que, como em ocasiões anteriores, está a ser gerida pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). Este processo consiste na recolha, porta a porta, família a família, de dados e informações estruturantes que são do interesse geral da nação, ao longo de três meses. O objectivo geral do censo é compilar, processar, actualizar e difundir a informação demográfica e socioeconómica da população que reside em todo o território nacional, para aplicar em prol do desenvolvimento do país. Com este trabalho, é esperada uma mostra estatística representativa para manter séries históricas de dados específicos que poderão ser empregues em análises e comparações nacionais e internacionais. Para além disso, os resultados conseguidos pelo censo serão a principal fonte a empregar pela Oficinal Nacional de Presupuesto (Gabinete Nacional do Orçamento), na distribuição do Situado Constitucional (?) e do Conselho Nacional Eleitoral na planificação de qualquer processo eleitoral que se faça no futuro. Nesta oportunidade, para a planificação do programa do Censo foram tidas em conta as experiências prévias do país e de outros países próximos. Adicionalmente, este censo terá em conta as recomendações internacionais correspondentes à Ronda Censal 2010, propostas pela Organização das Nações Unidas (ONU), no que tem a ver com a temática e as perguntas

Receptividade na população Mas foram muitos os venezuelanos que expressaram desconfiança e insegurança em revelar a informação soli-

Em 1873 realizou-se oficialmente o primeiro censo de população

citada. Anitza Freitez, demógrafa e professora na UCAB, assegura que todas as perguntas pensadas pelo INE se ajustam aos parâmetros internacionais e respondem ao está estabelecido desde 1950, mas admite que o ambiente que rodeia esta nova contagem populacional é diferente. Trino Márquez, sociólogo e professor da UCV, refere que os factores de confiança e de insegurança podem alterar os resultados do estudo, mostrando uma imagem distorcida do país. "As pessoas não esqueceram as listas Tascón e Maisanta, usadas como mecanismos punitivos. Para além disso, o censo chega a meio de uma arremetida do Governo contra a propriedade privada (...) e como se não bastasse, as pessoas podem temer dar informação pessoal devido ao clima de insegurança", declarou à comunicação social. Um aspecto que alguns especialistas criticam é a participação quase nula da academia

na organização do processo. "Até 2011, constituía-se um comité técnico no qual participavam as universidades, institutos, utentes, ministérios e ONG's. Desta vez, o INE fez-nos uma apresentação já no final, quando na realidade o papel da academia é discutir e apoiar uma operação dessa magnitude", disse Freitez. No entanto, os meios oficiais avançaram que os dados do censo estão protegidos pela Lei da Função Pública da Estatística, que estabelece a protecção, por segredo estatístico, da informação pessoal obtida directamente ou por meio de vias administrativas. Para além disso, garante que a informação relacionada com

FOTO: CORTESIA

a origem étnica, as opiniões políticas, ideológicas, morais ou religiosas e aquela referente à honra e à intimidade não é de resposta obrigatória. Elías Eljuri, presidente do Instituto Nacional de Estatística, recordou que durante os períodos de teste das metodologias e operações do censo, foram percorridas 7.318 habitações na paróquia Macuto do estado Vargas e 1.021 pessoas inquiridas no estado Amazonas, tendo sido obtidos bons resultados. “A maioria da população atendeu de uma forma receptiva e a percentagem de pessoas que se negaram a responder ao questionário foi de apenas 2,08%”, informou.!


venezuela

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

reSpOnSAbilidAde SOciAl

Responsabilidade social é uma secção aberta para dar a conhecer aos leitores o trabalho que as grandes empresas fazem para além da vertente comercial.

‘Festa cor-de-rosa’ em prol da ‘Senosalud’ Centro Português em Caracas tem o evento marcado para 7 de Outubro Andrea Guilarte aguilarte@correiodevenezuela.com

O cancro da mama é uma das doenças que mais afecta milhões de mulheres à escala mundial. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), ocupa o primeiro lugar entre os cinco tipos de cancro mais comuns que causam a morte de mulheres em todo o mundo. Na Venezuela, são diagnosticados diariamente nove casos, dos quais quatro levam à

O público participante deverá usar algo cor-de-rosa

morte, sendo a segunda causa de morte oncológica. Perante o aumento do número, foi criada, a 19 de Julho de 2002, a ‘Senosalud’, uma associação civil sem fins lucrativos com o fim de constituir-se como organização de apoio à mulher venezuelana.

7

FOtO:cOrteSiA

A ‘Senosalud’ trabalha no dia-a-dia para divulgar informação e promover o conhecimento acerca do cancro de mama na Venezuela, a sua prevenção, diagnóstico precoce, possibilidades de cura e uma sobrevivência com qualidade de vida.

breveS

inscrições para caminhada Para ajudar a associação, o Comité de Damas do Centro Português em Caracas levará a cabo a ‘Festa cor-de-rosa’, a 7 de Outubro, a partir das 9:00 da noite, no salão nobre. O evento contará com a actuação do grupo EA e com a animação do Dj Salvatore. Nesse dia, o público participante deverá usar uma peça cor-de-rosa, pois o laço com esta cor foi o símbolo com o qual a organização se posicionou, para além de ser um símbolo internacional usado por pessoas, empresas e organizações que se comprometem a criar consciência sobre o cancro da mama. Para mais informações, visite o sítio www. centroportugues.com.!

No próximo 18 de Setembro realiza-se a caminhada participativa do Automercado Plaza´s, promovida em parceria com a Alcaldía de Chacao e Baruta, em benefício da Fundação Techo. Os interessados em participar devem dirigir-se ao Centro Techo, situado na Avenida Libertador com a rua Los Ángeles, Galpón Nº 3, ou entrar em contacto através dos telefones: 0212-2644774, 0212-2637564 e 02122678206. O horário de atendimento é das 9h00 da manhã às 4h00 da tarde. PUb


8 venezuela

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

COmUnIdAde

Caracas ainda não tem cônsul Na capital o processo decorre sem inconvenientes, mas no interior do país, a comunidade exige a atenção do Estado português Andrea Guilarte Rincón aguilarte@correiodevenezuela.com

A 7 de Abril de 2011, o CORREIO dava conta da cessação de funções de Isabel Brilhante Pedrosa à frente do Consulado Geral de Portugal em Caracas. Desde então, o processo de designação da pessoa que irá substituí-la no cargo mantém-se “em curso”. Desde a sua chegada ao país, a 23 de Setembro de 2008, a diplomata encarregou-se de consolidar a união à comunidade lusa no país, principalmente àquela que reside no interior da Venezuela. Tony de Viveiros, licenciado em

Estudos Internacionais pela Universidade Central de Venezuela em 2004 e especializado em Direito e Política Internacional na mesma universidade, assegurou que a consequência mais grave da ausência de um cônsul geral é a tramitação de documentos. “Afecta a grande quantidade de portugueses que reside na Venezuela. É o cônsul geral que assina todos os documentos, como o bilhete de identidade, actas de difusão e o referente às heranças, e enquanto não se faça uma nomeação, os processos consulares atrasam-se”, disse.

Apelo do interior

“A cônsul que esteve connosco foi muito boa, o seu trabalho faz muita falta, o que fez foi aproximar os portugueses que durante muito tempo se sentiram relegados para segundo plano”, disse Daniel Ramírez, vice-presidente da Associação Virgem de Fátima

PUb

PROJECTO FINANCIADO DE INVESTIGAÇÃO EM TURISMO NA UNIVERSIDADE DE AVEIRO - EMIGRANTES PORTUGUESES CONVIDADOS A COLABORAR Nos últimos anos, temos assistido a um período conturbado na economia portuguesa e o agravamento do desemprego tem sido uma das suas principais consequências. Dinamizar a economia é um grande desao em Portugal e as pequenas e médias empresas têm um papel fundamental na sua recuperação, pela sua capacidade de gerar emprego, aumentar a produção e produtividade e, por conseguinte, atingir o crescimento económico. Neste âmbito, a promoção do turismo é primordial, pois a despesa turística cria mais emprego e rendimento do que qualquer outro sector da economia, bem como gera e mantém emprego em outros sectores da economia que fornecem os visitantes e as empresas turísticas. O regresso denitivo e a participação dos emigrantes portugueses em projectos de desenvolvimento turístico nas suas regiões de origem, que são as mais carenciadas em Portugal, poderão contribuir para estimular a economia regional e nacional, porque trazem competências técnicas e, eventualmente, capital nanceiro obtidos durante a sua experiência de emigração. Na Universidade de Aveiro, encontra-se a decorrer (desde 2008) um projecto de investigação de doutoramento em Turismo, nanciado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia, cujo tema centra-se na avaliação do contributo do potencial retorno e xação dos emigrantes portugueses para o desenvolvimento do turismo no seu local de origem, em Portugal. Salvaguardando devidamente todos os aspectos de sigilo de informação, o próprio jornal adere a este projecto esperando dos seus leitores emigrantes, actores-chave do projecto, a mesma atitude de colaboração numa demonstração de verdadeiro espírito de cidadania. A recolha de dados úteis, passíveis de ter um valor cientíco reconhecido, faz-se neste caso, através do preenchimento de um questionário, localizado no link anunciado neste jornal, pelos emigrantes portugueses.

http://questionarios.ua.pt/index.php?sid=24619&lang=pt

Tramitações podem ser dificultadas devido à ausência de um cônsul

em Higuerote. Ramírez destacou que a organização é uma referência informativa para os cidadãos lusos e luso-descendentes que residem na região mirandina e assinalou que restam alguns documentos da última jornada consular, que se realizou na zona durante o mês de Agosto de 2010, e que hoje são utilizados para que os portugueses que precisem de resolver alguma questão possam praticar, perante a possibilidade da chegada, em breve, de um novo funcionário para o cargo. O vice-presidente da Associação Virgem de Fátima indicou que as jornadas consulares no interior do país foram um impulso para a comunidade lusa de Higuerote e para as zonas mais próximas, pois antes os habitantes tinham de viajar até Caracas para realizar qualquer tipo de trâmite, e as jornadas serviram para “unificar” os cidadãos. Enquanto na capital venezuelana a maioria dos utentes se sente satisfeita com o atendimento do Consulado, graças à modernização da sua estru-

eRRATA

FOTO: ARQUIVO

tura operativa, no interior do país as pessoas pedem a nomeação imediata de um funcionário que se encarregue dos trabalhos consulares. António de Freitas, presidente do Centro Sociocultural Virgem de Fátima em Guatire, comentou que é inadmissível que a nomeação de um novo cônsul se tenha atrasado mais de quatro meses, considerando a quantidade de portugueses que residem na Venezuela. Destacou que em Guatire, a última jornada consular realizou-se em Março deste ano, e esperavam poder realizar outra em Julho, no entanto, aguardam que o Estado português designe um novo diplomata. Viveiros lembra que “a nomeação é uma competência do Ministério dos Negócios Estrangeiros de Portugal, e se não o faz, o canal adequado é dirigir-se ao Conselho das Comunidades Portuguesas para que exerçam pressão e em breve possa ser nomeado um novo cônsul geral de Portugal em Caracas.”!

Na edição 422, de 25 a 31 de Agosto de 2011, na notícia sobre o ciclo de música clássica no Consulado Geral de Portugal na cidade de Valência, devia ler-se: “Com ela Portugal estará, decerto, indelevelmente mais próximo de todos nós”.

PUb


venezuela

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

9

TrAdiçãO

Fiéis de Caracas celebraram Nossa Senhora do Livramento A Missão Católica Portuguesa acolheu, como todos os anos, os fiéis da santa lusa. Sergio Ferreira Soares sferreira@correiodevenezuela.com

Cerca de uma centena de fiéis reuniu-se, no passado domingo, na Ermita Nossa Senhora de Coromoto e de Fátima, sede da Missão Católica Portuguesa, no sector Bernardino de Caracas, para professar a sua devoção a Nossa Senhora do Livramento. A jornada iniciou-se pelas quatro e meia da tarde com uma missa celebrada pelo pároco da Missão Católica Portuguesa, Alexandre Mendonça, que posteriormente encabeçou a procissão da imagem nos arredores do templo. Crianças vestidas de anjos ou atavia-

do com trajes folclóricos portugueses fizeram a sua entrada na igreja à frente de Nossa Senhora do Livramento, para além dos 20 festeiros organizadores. Um deles, Manuel Rufino Figueira, explicou ao CORREIO que esta tradição realiza-se há cerca de 10 anos em honra à padroeira da sua terra natal. “É uma festa religiosa que se realiza anualmente na nossa povoação em Portugal e que nós trouxemos para a Venezuela para demonstrar a fé que temos no nosso coração. São tradições necessárias para mantermos o nosso povo unido”, disse Figueira. Sobre a Santa

Muitos brasileiros são devotos a Nossa Senhora do Livramento; mas a história desta santa provém de terras lusitanas, dos tempos de Alcácer Qui-

A história desta santa provém de terras lusitanas

bir. Com a morte de D. Sebastião, os nobres que não queriam homenagear os conquistadores foram encarcerados. Entre eles estava Rodrigo Homem de Azevedo, um dos maiores defensores da pátria portuguesa. A esposa de Rodrigo encomendou o caso à Virgem e durante nove dias, rezou em temor pela vida do marido. Terminada a novena, sonhou que a Virgem lhe dizia “Não te preocupes. Eu o livrarei. Mas quando puderes edifica

FOTO: S.F.S.

uma igreja, para que meu Filho seja glorificado aqui”. O marido foi libertado enquanto os outros nobres foram executados, motivo pelo qual mandam esculpir uma imagem conforme a descrição no sonho da sua mulher: “Vestido branco. Os cabelos loiros soltos. O Menino Jesus no braço esquerdo e a mão direita em sinal de amparo”. Para além disso, construiu uma capela e deu-lhe o nome da santa a partir da frase “Eu o livrarei”.! PUb


10 diáspora

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

A grande maioria de emigrantes regressados aos Açores tem mais de 60 anos, é reformado e tem poucos estudos, segundo um estudo sobre esta comunidade, revelado pelo Governo Regional do arquipélago.

Ensino no EstrangEiro

Prorrogadas licenças dos professores Medida é bem-vinda, mas "não é solução" a prazo, afirma o presidente da APPEUC CORREIO/LUSA A prorrogação das licenças dos professores de português nos Estados Unidos, Canadá e outros países pelo Ministério da Educação é bem-vinda, mas "não é solução" a prazo, afirma o presidente da Associação norte-americana de Professores de Português (APPEUC). "A solução lógica e justa era integrá-los na rede do EPE [ensino de português no estrangeiro], equiparando-os aos colegas da Europa e África, mas em Portugal ninguém quer sequer ouvir falar disso, pois teriam de lhes pagar", disse à Lusa Diniz Borges, presidente da APPEUC.

"Assim, para os nossos governantes, a solução era cortar-lhes as licenças: alguns regressariam a Portugal, e os outros, que por razões familiares decidissem ficar, perderiam o vínculo" à função pública, explica. O Ministério da Educação e Ciência anunciou na sextafeira, 26 de Agosto, em nota enviada à Lusa, que a licença sem vencimento dos professores contratados para ensinar português no estrangeiro será prorrogada por mais um ano. Em causa estava a situação dos professores contratados por associações de emigrantes portugueses para ensinar Língua e Cultura Portuguesa no estrangeiro aos luso-descendentes nos EUA, no Canadá, na Austrália e na Alemanha. Estes enfrentavam a hipótese de não lhes ser concedida licença sem vencimento para

continuarem a trabalhar no novo ano lectivo. Em caso de não renovação, os professores que não voltassem antes do arranque do novo ano lectivo corriam o risco de perder o lugar que deixaram em Portugal e de deixar de lhes ser contado para a reforma o tempo de trabalho no estrangeiro. Segundo Diniz Borges, a associação contou com apoio do Secretário de Estado das Comunidades, José Cesário, e da deputada eleita pela emigração Fora da Europa, Maria João Ávila. Para o presidente da APPEUC, "não há qualquer desculpa para [a situação] se ter arrastado tanto no tempo". "Já em 2007, quando o regime legal que suportava a deslocação destes professores foi substituído pela figura das licenças sem vencimento/sem

Em causa estava a situação dos professores contratados por associações de emigrantes lusas para ensinar Língua e Cultura Portuguesa

remuneração, os professores dos Estados Unidos e Canadá se viram na iminência de regressar a Portugal ou abdicarem do seu lugar nas escolar a que pertenciam". No ano passado, havia apenas 4 professores na Alemanha e 2 na Austrália nesta situação, contra os 25 na América do Norte. "Apesar das múltiplas insistências e promessas", diz Borges, Instituto Camões e Ministério "não chegaram a qualquer acordo durante um

ano porque sempre preferiram colocar estes professores no mesmo saco dos colegas de Portugal que se encontram no regime de mobilidade, ignorando a sua situação específica de professores do EPE que, embora deslocados das suas escolas, são pagos pelas associações portuguesas". "A verdade é que em todo este tempo nada mudou e nem a passagem do EPE para a tutela do Instituto Camões contribuiu para resolver o problema", acrescentou.!

RTP fecha emissões da RDP Internacional CORREIO/LUSA

A onda curta não tem hoje a audição que se supõe, diz o administrador

O presidente do conselho de administração da RTP, Guilherme Costa, disse quarta-feira, 31 de Agosto, que a empresa tem “todos os motivos” para suspender as emissões da RDP Internacional em onda curta. Porque é “tendencialmente obsoleta do ponto de vista tecnológico”, tem globalmente “má qualidade do ponto de vista de recepção” e é “caro”. A discussão sobre a onda curta começou no seio da em-

presa em Maio de 2009.“A onda curta não tem hoje a audição que se supõe, para além de que parte dessa audição pode ser facilmente substituível”, declarou, adiantando que recebeu 190 posições de cidadãos sobre a suspensão das emissões e “mais de metade vieram por email”, por pessoas que podem ouvir as emissões também na Internet. A suspensão das emissões em onda curta da RDP foi uma decisão autorizada pelo anterior ministro dos Assuntos

Parlamentares, Jorge Lacão. O emissor de onda curta situa-se próximo de Pegões, freguesia do concelho do Montijo. Em rádio, a onda curta corresponde à transmissão que cobre uma distância mais longa. A RTP anunciou em Maio ter decidido suspender provisoriamente, a partir de 1 de junho, as emissões da RDP Internacional em onda curta, alegando o reduzido do número de ouvintes e a necessidade de diminuir custos.


diáspora

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

11

O sindicato dos funcionários consulares enviou um ofício ao ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas, defendendo um processo negocial que conduza a uma solução satisfatória às reivindicações dos trabalhadores em greve na Suíça, informou a organização sindical.

Estudo avalia contributos Governo quer promover dos emigrantes Açores

regresso dos jovens

CORREIO/LUSA No passado mês de Julho a Universidade de Aveiro iniciou um processo de inquirição, através de um questionário, aos emigrantes portugueses no âmbito de um projecto de investigação em Turismo financiado pela Fundação para a Ciência e a Tecnologia. Este estudo tem como objectivo avaliar o contributo do regresso e fixação dos emigrantes portugueses para o desenvolvimento do turismo no seu local de origem, em Portugal. O período conturbado da economia portuguesa e o agravamento do desemprego estão na origem do projecto. Neste âmbito, a criação de pequenas e médias empresas, aliada à promoção do turismo, apresentam-

se como potencial alternativa para a criação de emprego e rendimento, comparativamente com outros sectores da economia. O regresso definitivo e a participação dos emigrantes portugueses em projectos de desenvolvimento turístico nas suas regiões de origem, que são as mais carenciadas em Portugal, poderão contribuir para estimular a economia regional e nacional. Se é emigrante português e pretende participar e manifestar a sua opinião em relação a este projecto, poderá fazê-lo até 30 de Setembro preenchendo um questionário localizado em http://questionarios.ua.pt/index. php?sid=24619&lang=pt ou, na página do projecto criada recentemente no facebook em http://www.facebook. com/EmigrantesPortugueses.! PUb

A governante salientou a importância da aproximação dos jovens da diáspora aos Açores

Para Graça Castanho, é importante sensibilizar os jovens açorianos da diáspora CORREIO/LUSA O Governo Regional dos Açores pretende aproveitar a reunião do Conselho Mundial das Casas dos Açores, que começou, quarta-feira, 31, no Rio de Janeiro, Brasil, para promover uma aproximação dos jovens da diáspora com o arquipélago. "Os Açores são ilhas de sonho, com tudo o que é preciso para tornar a existência dos jovens açorianos e descendentes de açorianos numa experiência de vida única e insubstituível", afirmou Graça Castanho, directora regional das Comunidades, em declarações à Lusa. A importância da aproximação dos jovens da diáspora aos Açores é um dos temas centrais da intervenção que Graça Castanho vai proferir na abertura desta reunião, que conta com a presença das 12 Casas dos Açores que existem no mundo. "É necessário investir nos jovens e nas famílias jovens", frisou, salientando que, "se os Açores são a escolha de imigrantes de 86 nacionalidades para viver, também podem ser para os jo-

vens açorianos ou descendentes de açorianos que vivem na diáspora". Para Graça Castanho, é importante sensibilizar os jovens açorianos da diáspora para o "contributo que podem dar ao desenvolvimento dos Açores com um regresso temporário ou definitivo à região". "É preciso que eles saibam que nos Açores se vive com muita qualidade de vida", salientou a directora regional das Comunidades, defendendo o papel que pode ser desempenhado pelas Casas dos Açores na divulgação das potencialidades que a região tem para oferecer aos jovens. Na reunião do Conselho Mundial das Casas dos Açores que decorre nos próximos dias no Rio de Janeiro deve ser aprovada a entrada de mais uma instituição. Graça Castanho revelou que a Associação Los Azurenos, de S. Carlos, no Uruguai, pretende tornar-se na 13.ª Casa dos Açores. "É uma associação com décadas de existência, sendo a única ligada aos interesses açorianos no Uruguai", afirmou, salientando o esforço que a Associação Los Azurenos tem feito para a divulgação da cultura açoriana no Uruguai, nomeadamente com a realização de espectáculos de folclore em todo o país.!


12 história de vida

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

FranCiSCo Bênção nogueira Souto

“Vim como agricultor mas sempre fui padeiro” Silvia C Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

A 17 de Junho de 1933, nascia, em Anjeija, distrito de Aveiro, Francisco Bênção Nogueira Souto. Francisco é o mais velho dos três filhos do casamento entre Emilia Rodrigues Teixeira Bênção e Alirio Rodrigues Nogueira Souto. Os irmãos chamam-se Humberto e Mercedes Carolina. O negócio da família era um dos maiores da povoação, e consistia num supermercado, um café e um restaurante, todos na mesma zona. Francisco cresceu neste ambiente, e já um pouco mais velho, mudou-se para Lisboa, onde aprendeu as técnicas do pão com os seus tios. Fugindo da guerra em África, Francisco emigrou para a Venezuela em 1952. A 14 de Agosto, desembarcou do Santa Maria, no porto de La Guaira, com papéis de agricultor. “Nunca fui agricultor, mas como era o que estavam a pedir, foi mais simples fazê-lo assim. Os meus avós foram mas eu não. Sempre fui padeiro”, confessa. Uma vez em Caracas, foi recebido por Joaquim Alves, um conterrâneo estabelecido

no país, que lhe ofereceu casa e trabalho numa padaria chamada La Lusitana, situada em El Valle. Francisco foi o primeiro da sua família a deixar Portugal, e posteriormente o irmão veio para a Venezuela. “Este país era impressionante. Havia respeito e as pessoas eram muito sãs, podia dormir com as portas abertas (...). Era como na Europa, mas em ditadura. No entanto, havia calor humano e confiança no estrangeiro, pois todos éramos pessoas capazes”, recorda Francisco, que em 1953 estava estabelecido na Venezuela, trabalhando na distribuição de pão. A jornada era dura, cabialhe percorrer longas distâncias de moto, cobrindo rotas entre Coche, La Mariposa e Las Mayas. Em 1955, monta uma padaria em La Candelaria junto com dois sócios, que ainda se mantém aberta. Mas devido a um incidente, viu-se obrigado a regressar a Portugal. Ao chegar, reencontra uma amiga do passado, Maria Odette da Cruz Pinho. Depois de cortejá-la e receber permissão dos seus pais, decidem casar-se. Em 1956, Francisco decide regressar à Venezuela, deixando em Portugal a sua

mulher, já grávida de Mercedes, a primeira filha. Uma vez estabelecido, manda chamálas. Reunida a família, monta uma nova padaria chamada Coimbra, situada em San José, e depois muda-se para La Candelaria novamente, onde comprou uma casa. Ali estiveram durante alguns anos, durante os quais nasceram mais dois filhos, Ricardo e Francisco. Posteriormente, regressa a El Valle, onde instala uma padaria a que chama Virgem del Valle. Este negócio foi demolido pelo Banco Obrero para construir a Avenida Intercomunal de El Valle, mas nunca recebeu indmenização. A maquinaria foi retirada pelo sócio sem o seu consentimento. Apesar destes duros golpes e das perdas económicas, Francisco não se dá por vencido e continua a trabalhar pela sua

família. Regressa novamente a La Candelaria, onde inagura a padaria Nueva Lisboa, e reabre outra que estava abandonada em Baruta, chamada La Flor Silvestre, para que fosse gerida pela mulher, Odette. Mas devido a problemas legais com o dono do local, Francisco vê-se obrigado a mudar La Flor Silvestre para Petare. Tempos depois, Odette e Francisco abriram Pan Dorado, em La California Norte, e posteriormente, mudou-se para La Victoria, onde montou a padaria Alianza. Francisco movimenta-se semanalmente entre Caracas e La Victoria para tomar conta do negócio e partilhar com a família. Trabalhou sempre em sociedade com outros portugueses. Inesperadamente, Francisco teve que viajar para Portugal nos anos 90, pois sofreu de

amebíase e teve de ser operado ao fígado. Nessa altura, decide recuperar tranquilamente e retirar-se do trabalho. Ao ficar recomposto, regressa a Caracas para descansar e partilhar com a esposa, os filhos e os cinco netos. Actualmente vive em La California Sur, junto com Odette, numa casa própria que adquiriu há 45 anos. O casal mantém-se com a renda de alguns anexos da vivenda, e ambos viajam para Portugal anualmente para descansar e visitar os amigos e conhecidos. Ainda que confesse que gostaria de voltar a viver em Anjeija, Francisco sabe que o seu lugar é junto à sua família. “Nunca este país esteve como agora, e basta abrir um jornal para nos darmos de conta. Perderam-se muitos valores”, diz, com nostalgia e tristeza.!

PUB

ENCONTRE O CORREIO DA VENEZUELA ATRAVÉS DOS SEGUINTES CONTACTOS Victor Vieira

Centro Portugués de Guayana

Trinidad Macedo José E. De Abreu

Casa Portuguesa de Maracay

Antonio Dos Santos

Programa radial "Así es Portugal"

(0286) 962.6802 / (0414) 8776547

Puerto Ordaz - Edo. Bolívar

(0251) 262.8768

Barquisimeto - Edo. Lara

(0414) 345.6709

Maracay - Edo. Aragua

(0261) 755.7018

Maracaibo - Edo. Zulia

Carlos Balaguera

(0414) 341.2422

Valencia - Edo. Carabobo

Sandra Rodríguez

(0412) 434.5017 / (0412) 756.5448

La Victoria - Edo. Aragua

322.4246

Los Teques - Edo. Miranda

Gabriel Ferreira

Ruiz Sr. Import Programa radial "Mocedades Portuguesas"

(0414) 244.5611

Los Teques - Edo. Miranda

Joao Nolasco

Consulado de Portugal en Margarita

(0414) 794.8239

Margarita - Edo. Nueva Esparta

Luis Canha

(0424) 704.45.84

El Vigia - Edo. Mérida

Fernando David Urbina

(0414) 293.8170

Higuerote - Edo. Miranda

Restaurant El Fogón

(0261) 743.2142

Prolongación Maracaibo

Emisora @lfa 100.9 FM

Programa Gente de Portugal y Venezuela

Valles del Tuy


portugal

01 a 07 de setembrpo de 2011 • correio de venezuela

13

O Governo quer vender a Águas de Portugal e a RTP até ao fim de 2012, segundo um relatório preliminar da primeira avaliação do programa de ajuda financeira a Portugal, avançou a agência de notícias financeira Bloomberg.

Semana cultural muito concorrida no CSCM

RTP

Estado vai pagar 225 milhões de euros Relvas diz que a RTP Internacional deve ser a “grande aposta” da empresa para o futuro

Sílvia Ornelas DN-MADEIRA

LUSA/CORREIO O ministro dos Assuntos Parlamentares declarou, segunda-feira, 29, que o Estado vai pagar em antecipação cerca de 225 milhões de euros da dívida da RTP, em 2012. A medida resulta, segundo Miguel Relvas, de renegociações de empréstimos e sucede depois de, já neste ano, as finanças públicas terem adquirido o arquivo da empresa por 150 milhões. “Devemos ou não ter a responsabilidade de iniciar a reestruturação da empresa? Eu não tenho dúvidas nenhumas”, declarou, frisando que não se deve estar “agarrado a visões do passado”. Relvas foi ouvido na Comissão de Ética, Cidadania e Comunicação. A suspensão da onda curta da RDP foi o tema que motivou a ida do governante, mas a sessão abordou outras áreas da presença do Estado na comunicação social. O ministro dos Assuntos Parlamentares disse também que pediu à administração da RTP para “repensar” o contrato firmado entre a empresa e o Euronews e que custa anualmente cerca de dois milhões de euros gastos num canal onde a RTP não tem “qualquer acompanhamento editorial”. Para Relvas, a RTP Internacional deve ser a “grande aposta” da empresa para o futuro mais imediato. “Queremos que a RTP Internacional seja a TV Portugal”, disse aos depu-

O Estado vai pagar em antecipação cerca de 225 milhões de euros da dívida da RTP, em 2012.

tados da Comissão de Ética, Cidadania e Comunicação. Rescisões depois do dia 15 Também o presidente do conselho de administração da RTP, Guilherme Costa, declarou que um eventual novo plano de rescisões amigáveis na empresa só avançará depois de 15 de setembro. “Só depois da apresentação do plano de reestruturação é que posso garantir se haverá novos processos de rescisões voluntárias”, disse Guilherme Costa aos jornalistas depois de ter sido ouvido na Comissão de Ética, Cidadania e Comunicação. A referida data marca o último dia apontado pelo Governo para que a RTP apresente um plano de reestruturação com o intuito de abordar o futuro mais próximo da empresa “com maior optimismo e maior eficiência”.

PS contesta Governo A deputada socialista Inês de Medeiros define a intenção do Governo em privatizar um dos canais da RTP como uma opção “inadequada à realidade” e que foge à tendência europeia. De acordo com a deputada do PS existe na Europa um “consenso absoluto” no que à “importância do serviço público independente” diz respeito. Nos restantes países do espaço europeu, sustentou, o debate faz-se em torno de como melhorar o financiamento do serviço público de comunicação. “Muito precipitado” O presidente não executivo da Media Capital, dona da TVI, Paes do Amaral, considerou, que é “muito precipitado” avançar com a data de 2012 para a venda da RTP, defendendo que o tema deve ser

FOTO GLOBAL IMAGENS

estudado a fundo antes de ser tomada qualquer decisão. “Tudo isto me parece muito precipitado, não me parece bem”, disse à Paes do Amaral, um dia depois de a agência de notícias Bloomberg ter divulgado que o Governo pretende alienar a RTP até ao final de 2012. Provedor demite-se O Provedor do Ouvinte das antenas da RTP declarou, no Parlamento, que se a administração da empresa mantiver a suspensão das emissões da RDP Internacional apresentará a sua demissão do cargo. “O que está em causa com o fim da onda curta é a própria concessão de serviço público de radiodifusão”, declarou Mário Figueiredo. O Provedor disse ainda ter recebeu 159 e-mails a contestar a suspensão das emissões da RDP Internacional em onda curta.!

Deveria terminar no domingo, 28, mas, a pedido de algumas pessoas, a IX Semana Cultural, promovida pelo Clube Social das Comunidades Madeirenses, só encerrou no dia seguinte. Segundo Olavo Manica, responsável pela organização, ao longo dos últimos dias, foram muitos os emigrantes e antigos emigrantes que passaram pelo clube, onde, além do convívio, puderam desfrutar da actuação de alguns grupos e de alguns petiscos gastronómicos, em particular da Venezuela, onde está radicada a maior comunidade de emigrantes madeirenses. Olavo Manica lembrou que esta é altura em que há um maior número de emigrantes, daí que seja este o melhor mês para realizar esta iniciativa. Muitos deles, salientou, estão na Região pela primeira vez, como é o caso de alguns luso-descendentes, pelo que o Clube Social proporciona-lhes algumas das iguarias mais típicas da Madeira, desde o milho frito à espetada e ao cozido à portuguesa. Na componente musical, a oferta foi também variada, como grupos da região, mas também das comunidades, proporcionado, segundo o responsável pelo clube social, a maior diversidade possível.


14 portugal

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro DE 2011

O secretário-geral da CGTP, Carvalho da Silva, considerou quarta-feira, 31 de Agosto, que existem razões para uma “mobilização muito grande da sociedade portuguesa contra” as medidas de austeridade avançadas pelo Governo.

bREVES

Plano para reduzir custos nos hospitais

A implementação de um plano para reduzir os custos nos hospitais públicos e a revisão da tabela de preços no Serviço Nacional de Saúde (SNS) são medidas previstas para o sector da Saúde no documento de estratégia orçamental até 2015 do Governo. A consolidação orçamental na Saúde tem “o objectivo último de fazer o mesmo com menos recursos”, lê-se no documento, apresentado por Vítor Gaspar.

Menos 12% na Ciência, Tecnologia e Ensino O Governo quer cortar cerca de 12% nos custos de funcionamento e investimento do exMinistério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, face à execução prevista para 2011, de acordo com a estratégia orçamental até 2015. A redução global prevista para o Programa Ciência e Ensino Superior no próximo ano é de 9,6%.

Salários congelados O Governo defende o congelamento dos salários e das promoções e progressões no sector público nos próximos dois anos para garantir que o peso das despesas com pessoal no PIB vai decrescer efectivamente. “Preconiza-se o congelamento dos salários, bem como o impedimento, a qualquer título, de consequências financeiras associadas a promoções e progressões”, diz o documento.

AjudA ExtErnA

Aumentos de impostos são temporários mas não têm fim à vista Estimativas do Centro de Apoio aos SemAbrigo (CASA) para um período desde 2008 LUSA/CORREIO O aumento de impostos para os contribuintes nos escalões mais elevados e empresas será “temporário”, garante o ministro das Finanças, mas vai manter-se enquanto o Estado fizer a consolidação das suas contas públicas, nos próximos anos. “[Estas medidas] são apresentadas como temporárias na lógica do Governo porque fazem parte de um conjunto de medidas de equidade social na austeridade, e portanto justificam-se claramente no contexto de esforço adicional que é pedido à sociedade portuguesa no contexto de grave crise”, disse o ministro das Finanças, durante a apresentação do documento de estratégia orçamental 2011-2015, realizada na quarta-feira, 31 de Agosto. A “taxa adicional de solidariedade” irá manter-se enquanto houver a necessidade de ajustar as contas públicas, um período ainda não definido, sendo que pelo menos até 2015 o Governo pretende continuar a apresentar défices orçamentais mais baixos ano após ano, e as projecções para a dívida pública apontam para que esta continue em níveis superiores a 100 por cento do PIB no final de 2015, quando as regras europeias limitam este valor a 60 por cento do PIB, deixando antever austeridade pelo menos até esta altura. O Governo espera alcançar

A região mais afectada é o Algarve porque “só por si, já é uma região pobre”.

com esta taxa uma receita ligeiramente inferior a 100 milhões de euros, fazendo para tal diversas alterações em sede de IRS e IRC. Em sede de IRS, o ministro das Finanças explicou que o Governo está a considerar um aumento de 2,5 por cento sobre a parcela do rendimento colectável que excedam o limite máximo do último (oitavo) escalão de IRS, actualmente nos 46,5 por cento, e ainda uma actualização da tributação das mais-valias no mesmo nível que as restantes taxas liberatórias, ou seja, 1,5 pontos percentuais para os 21,5 por cento. O oitavo escalão de IRS foi criado apenas em 2010 pelo

Governo de José Sócrates, na altura em 45 por cento, mas sofreu de imediato um aumento de 0,87 pontos percentuais com o aumento transitório em 2010, que subiu para 1,5 pontos percentuais já este ano, enquanto a taxa sobre as mais-valias em bolsa, em sede de IRS, foi criada na mesma altura. O aumento das taxas liberatórias em 1,5 pontos percentuais deixou de fora as maisvalias por decisão do então Governo PS. A estas mudanças, acresce ainda que os sujeitos passivos nos últimos dois escalões de rendimento “deixarão de poder efectuar deduções à colecta de despesas de saúde,

educação e de encargos com imóveis”. No que diz respeito ao IRC, Vítor Gaspar explicou que a intenção do Governo passa por criar uma taxa adicional de 3 por cento sobre a parte do lucro tributável superior a 1,5 milhões de euros. Esta decisão traduz um duplo agravamento que se junta ao já feito na anterior legislatura, quando foi criada uma taxa adicional de 2,5 pontos percentuais (a que irá acrescer agora mais uma taxa adicional de 3 pontos percentuais) sobre o lucro tributável superior a dois milhões de euros (sendo o valor da derrama estadual agora reduzido para 1,5 milhões de euros).!


portugal

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

15

O presidente do Governo Regional da Madeira, Alberto João Jardim, disse quarta-feira, 31 de Agosto, não estar surpreendido com as notícias de “novos buracos” financeiros e disse que “vai ser assim” até às eleições regionais de 9 de outubro.

AjudA ExtErnA

Situação da Madeira “é insustentável” Região tem de recorrer a programa de ajustamento semelhante ao do continente LUSA/CORREIO O ministro das Finanças, Vítor Gaspar, voltou a sugerir que a Região Autónoma da Madeira recorra a um programa de ajustamento semelhante ao do continente e diz que a situação na região é de crise e “insustentável”. Vítor Gaspar disse, durante a apresentação do documento de estratégia orçamental 2011-2015, na quarta-feira, 31 de Agosto, que a solução para a situação da Madeira (principalmente) e dos Açores poderia passar por “se estabelecer um programa semelhante ao que existe para a República”, acordado com as instituições internacionais. “Nessas condições parece-me que será possível garantir um ajustamento bem sucedido nas Regiões Autónomas, garantir a disciplina orçamental e contribuir para a estabilidade financeira.

A situação na Região Autónoma da Madeira parece-me uma situação de crise, parece-me uma situação insustentável, e por isso parece-me importante que se actue rapidamente”, disse o ministro. Quanto à possível falta de colaboração do Governo Regional liderado por Alberto João Jardim, Vítor Gaspar garantiu aos jornalista ter “indicações seguras que a Região Autónoma da Madeira está inteiramente disponível para participar neste esforço”. Bruxelas confirma “deslize” de 500 ME A Comissão Europeia confirmou “deslizes” nas contas públicas da Madeira na ordem dos 500 milhões de euros, que agravam o défice português em 0,3 por cento do PIB, e reclamou uma melhor monitorização para prevenir novas derrapagens. Em declarações à Lusa, o porta-voz da Comissão responsável pelos Assuntos Económicos e Monetários, Amadeu Altafaj Tardio, confirmou a notícia

Os “deslizes” nas contas públicas da Madeira agravam o défice português em 0,3% do PIB

veiculada pelo Diário de Notícias sobre a “duplicação” de dívidas e despesas do Governo Regional, inicialmente estimada em 223 milhões de euros, na avaliação da troika de meados de Agosto, mas que afinal atingem os 500 milhões. O porta-voz apontou que os deslizes se devem a “dívidas de uma empresa do Governo Regional com problemas financeiros” (Estradas da Madeira) e a “um acordo abortado de Parceria Público-Privada” (PPP). Segundo a Comissão, “estes deslizes

exigem uma monitorização e gestão eficientes” por parte das autoridades regionais mas também locais, dada a necessidade de “conter riscos orçamentais, ao mesmo tempo que se procura melhorar as perspectivas de competitividade e crescimento, para toda a República Portuguesa”. O porta-voz remeteu quaisquer outros detalhes sobre a questão para a revisão do programa de ajustamento que será realizada na segunda quinzena de setembro.!

Governo Regional nega que dívida seja de 8 mil ME O secretário Regional do Plano e Finanças, Ventura Garcês, negou, terça-feira, 30 de Agosto, que a dívida da Madeira seja de oito mil milhões de euros, como afirmou o secretário-geral do PS, mas escusou-se a divulgar o montante. “Desminto, isso só revela a pouca credibilidade com que o Partido Socialista diz as coisas, não tem qualquer fundamento esse valor”, afirmou Ventura Garcês à margem da cerimónia de assinatura de contratos no âmbito do programa de recuperação de

imóveis degradados, que decorreu no Funchal. No domingo, no encerramento da Festa da Liberdade, organizada pelo PS-Madeira, António José Seguro desafiou o primeiro-ministro a esclarecer quem vai pagar a “irresponsabilidade” do Governo Regional na gestão dos dinheiros públicos, quando a Madeira está na bancarrota. “Quem paga a irresponsabilidade da dívida que existe aqui na Madeira, da exclusiva responsabilidade do seu partido, o PSD, aqui na Madeira?”,

questionou o líder socialista. Questionado sobre o montante da dívida da Madeira, Ventura Garcês declarou: “Não digo qual é o valor, mas de qualquer forma esse valor está muito, muito empolado, é o estilo do Partido Socialista. Mesmo considerando o sector público empresarial da Região Autónoma da Madeira, nunca chega a esse valor”, acrescentou Ventura Garcês, esclarecendo que a “maioria do capital” de algumas empresas públicas na região pertence ao Estado.!


16 publicidade

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011


01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

Banquetes

Gales

Salón Windsor Alejandra e Juan uniram as suas vidas Silvia C Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

No passado sábado, 27 de Agosto, o salão Majestic do Grupo de Banquetes Gales acolheu a festa que Alejandra Martínez e Juan Pestana ofereceram para celebrar a sua união matrimonial, que foi oficiada na Igreja Católica Anglicana de San Román. Héctor Martínez e Denis Pérez, pais da noiva, e María Hilda, mãe do noivo, juntaram-se aos 190 convidados, entre amigos e familiares, que festejaram e brindaram pelo melhores votos de felicidade para os recém-

casados. Os padrinhos desta união foram Annie Martínez, irmã da noiva, e Félix Alberto Pestana, irmão do noivo. O salão foi adornado com tons sóbrios de branco com detalhes dourados. Lírios e rosas decoraram as mesas e outros complementos. A noiva vestiu de branco com uma peça impecavelmente desenhada por Ramiro López.A música da Orquesta Almíbar e os jogos de animação de Pedro Moreno foram os encarregados de dar mais alguma vida à noite que teve como ponto alto a actuação do Grupo Folclórico do Centro Português, de Caracas.•

sociales

17


18 cultura BREVES LuSoS

Festival de Veneza acolhe dois filmes lusos O Festival de Cinema de Veneza começou esta quarta-feira, 31 de Agosto, em Itália, assinalando o regresso ao activo do realizador Roman Polanski e com dois filmes portugueses em exibição. São 23 os filmes que estarão em competição pelo prémio máximo, o Leão de Ouro.

Nomeado disco de Laginha e Maria João "Follow the Songlines", gravado na Casa da Música por Mário Laginha e Maria João com os belgas David Linx e Diedrik Wissels, é um dos três nomeados na categoria "artista ou formação vocal" dos prémios franceses Victoire du Jazz. O disco foi gravado em Portugal em 2008 e editado em Outubro de 2010, em França, o que lhe permite integrar a selecção destes prémios, os "grammy" franceses.

Festival junta bandas de Portugal e Espanha O grupo galego Quempallou é um dos destaques do cartaz da terceira edição do Arredas Folk Fest, que decorrerá a 2 e 3 de Setembro na praia fluvial do rio Neiva em Tregosa, Barcelos, anunciou a organização. Ricardo Dias, presidente da associação Torgo, responsável pela organização, sublinhou à Lusa que este é um festival "no cost". O palco está "integralmente montado sobre a água".

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

Miss República poRtuguesa

Bárbara Franco conquista 'trono'

MISS uNIVERSo

As concorrentes

Jovem madeirense, natural da Ribeira Brava, foi coroada Miss Mundo Portugal 2011 Sandra Ascensão Silva DN-MADEIRA "Sinto-me muito orgulhosa por representar o nosso país num concurso tão prestigiado como a Miss Mundo e prometo dar o meu melhor para que todos os portugueses se sintam orgulhosos da minha prestação". A afirmação pertence a Bárbara Franco, a grande vencedora do concurso Miss República Portuguesa, que teve lugar na noite de sábado, 27 de Agosto, em Sintra. Ao alcançar o primeiro lugar, a jovem madeirense, natural da Ribeira Brava, foi coroada Miss Mundo Portugal 2011, sendo, por isso, a representante oficial no concurso que engloba as mais belas mulheres do planeta, que se realiza em Londres no próximo mês de Novembro. Mas a noite de glória premiou mais duas modelos madeirenses. Betty Rodrigues, Miss Madeira, sagrou-se Miss Queen Turismo Internacional e Rossana Lopes, que ficou nos nove primeiros lugares, irá participar num concurso internacional ainda por definir. O resultado final coloca a Madeira no centro das atenções, ao premiar três das quatro participantes. Alexandra Agua, produtora do concurso, faz um balanço positivo a esta edição da Miss República Portuguesa e enaltece as qualidades e o potencial das candidatas. "A Madeira sai deste concurso muito bem representada e, acima de tudo, orgulhosa", realça, ao mesmo tempo que aposta numa boa prestação de todas elas, nos concursos que irão representar. "Cada uma tem potencial para vencer e é com esse propósito que vamos aos eventos internacionais". Sobre a vencedora,

Valerie shu Xian lim singapura

ema Jagodic eslovénia

bárbara Franco participa na Miss Mundo.

F oto: coRtesia

Mara Damasia Freitas de Andrade, 21 anos, representou a comunidade luso-venezuelana na primeira edição do Miss República Portuguesa. Apesar de ter deixado uma boa impressão entre os jurados, a jovem não conseguiu arrecadar qualquer título. Bárbara Franco, diz que "tem todas as características de uma Miss Mundo e, embora a vitória não seja certa, as qualidades e capacidades da candidata dão-nos muita esperança". Bárbara Franco nunca escondeu a paixão pela moda. Tem feito vários trabalhos nesta área, desde sessões fotográficas, desfiles de moda e sagrou-se 1ª dama de honor no concurso Miss Madeira 2011. Participou na Miss República Portuguesa a convite da organização e superou todas as provas, a mais difícil, este sábado na gala final. Estava nervosa, mas confiante numa

boa prestação. "Não estava à espera desta vitória. Claro que quando estamos num concurso, a ideia é sempre ganhar, mas nunca pensamos nisso a cem por cento. Agora, o sonho tornou-se realidade e nem consigo acreditar". Os próximos tempos serão de preparação para a Miss Mundo, mas já é possível sonhar com uma carreira internacional. "Isso é um sonho que ainda está longe, mas se consegui chegar aqui, nada é impossível", explica a jovem que, apesar da fama, não abdica do curso em medicina veterinária.

paula guillo espanha

stephanie siriwardhana sri lanka

Joy-ann biscette santa lucia


cultura

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

BELEZA

Pequenas lusas triunfam na moda internacional

mISS UNIVERSO

As concorrentes

Enquanto que Oriana e Catherine já desfrutam do seu reinado, Nikol prepara-se para tomá-lo no próximo dia 11 de Setembro

Ronnia Fornstedt Suécia

CORREIO DE VENEZUELA As últimas semanas foram de grande relevância para a beleza venezuelana e para a comunidade lusitana radicado no país: Diversas princesas, rainhas e misses crioulas deram que falar no exterior, coroando-se em alguns certames de beleza. É o caso de três pequenas luso-descendentes, duas das quais já desfrutam do seu título, e outra que parte como favorita para um novo concurso venezuelano. Oriana Rodríguez coroada Little Beautty Internacional A luso-descendente Oriana Valentina Rodríguez Belo corou-se como Little Beautty Internacional no passado dia 6 de Agosto, na cidade de Punta Cana, República Dominicana, concurso em que usou a faixa de Miss Margarita, depois de vencer o Little Beauty Venezuela e preparar-se durante um ano sob a direcção da organização Intermodel's, dirigida por Sandro Mustillo. Oriana, que tem apenas 10 anos de idade, sempre se mostrou atraída pelo mundo da moda e das artes. "Desde pequena que tem aulas de protocolo, moda e pintura, para além de Sevillanas, que foi a sua prova de talento no concurso", recorda a mãe, Celeste Belo, acrescentando que se sente orgulhosa e feliz pela coroa obtida, "foi uma emoção muito grande vê-la a representar a Venezuela." A pequena modelo, também recebeu prémios especiais de Amizade e Traje Típico, com uma criação de Ramiro López baseada na orquídea, flor nacional da Venezuela. O traje de gala, foi desenhado

Oriana Rodríguez

Catherine Silva

Nikol da Luz

por Jenny Gomes. O espectáculo foi levado a cabo pela organização Little Princess Production e dirigido pela sua presidente, Yahira Santos, que referiu que a representante da Ilha de Margarita destacou-se desde o início pela sua elegância, passerelle e disciplina. Este evento contou com mais de 30 participantes em cinco categorias: Baby, Mini, Preteen, Teen e Miss.

Venezuela. Com apenas dois meses de preparação, esta menina ganhou a coroa. Na semana passada, Valentina viajou com a mãe para o Brasil, onde representou a Venezuela no concurso Mini Nations, uma competição que consta de duas partes: Uma primeira na qual foi coroada Princess of The Seas International, e uma segunda na qual obteve a posição de 'Virreina'. Valentina não só tem facilidade de estar em frente às câmaras e sobre as passerelles como tem também talento para dançar flamenco, e demonstrou-o bem nesta última competição, sendo seleccionada como uma das melhores. "Coloca muito empenho, não se cansa com facilidade e gosta muito das mudanças de roupa", conta a mãe, Eneida, que pretende fazer com que Catherine tenha uma formação profissional, e diz que se mais à frente, a filha decidir conciliar os estudos com a moda, terá apoio dos pais. Entre os planos mais próximos de Valentina está viajar, no mês de Novembro, para a África do Sul, onde representará a Venezuela no concurso Mini Miss International.

No próximo dia 11 de Setembro, entre 1h00 e 5h00 da tarde, Nikol Anahí da Luz demonstrará, perante o público do Teatro Tilingo, o que aprendeu durante os seus sete meses de treino no concurso 'Chiquitísima de Venezuela'. Apenas com três anos de idade, a luso-descendente já recebeu aulas de protocolo e de etiqueta, e já ensaiou para o grande 'oppening' do evento em que partilhará o palco com 22 meninas. O pai, Marco da Luz, e a mãe, Karen Pérez, apostam no glamour e na feminilidade que a jovem manifestou desde que tinha dois anos. 'Chiquitísima de Venezuela' será o primeiro concurso no qual Nikol participará, mas a avó, Ana da Luz, não descarta a possibilidade de que o seu talento a leve mais longe. Nikol representará o estado Amazonas no evento e irá competir na categoria Baby, no qual concorrem dez crianças com idades compreendidas entre os dois e os quatro anos. Durante o certame, a pequena desfilará em vestido de gala, desenhado por Miguel Alemán, que já confeccionou trajes para o Miss Venezuela. Para votar em Nikol Da Luz, entre em www.bellezavenezolana.net/ e clique em 'Vota por Chiquitissima de Vzla 2011'.!

Catherine Silva Ferreira coroada Princess of The Seas International Catherine Valentina Silva Ferreira nasceu em Caracas a 18 de Abril de 2005. Os pais são luso-descendentes, com origens nas zonas de Campanário, Quinta Grande (concelho de Câmara de Lobos) e Canhas (concelho da Ponta do Sol). Esta pequena de seis anos acaba de ir para o primeiro ano, e entre os seus passatempos está a dança e a moda. Os seus pais asseguram que a menina "sempre foi muito coquete", pelo que em 2010 decidiram inscrevê-la no curso de protocolo e moda oferecido pelo Centro Português, em Caracas. Valentina desfrutou tanto das aulas e colocou tanto empenho que foi chamada para um casting para participar no concurso Mini Beleza

Nikol da Luz prepara-se para brilhar em 'Chiquitísimas'

19 ›

Nelly Kamwelu Tanzânia

Melisa Asli Pamuk Turquia

Easher Parker Ilhas Turcas e Caicos

Alexandra Evans Ilhas Virgens (EUA)


20 CULTURA PensA VerDe Migrações aceleradas silvia C. Di Frisco Segundo um estudo científico publicado recentemente, o tão mencionado fenómeno das alterações climáticas e as suas terríveis consequências parecem estar a forçar muitos seres vivos a migrar para locais mais favoráveis, até três vezes mais rápido do que se acreditava. Os investigadores que levaram a cabo este projecto compararam os resultados obtidos com dados dos estudos anteriores sobre o movimento das espécies, e evidenciaram uma clara tendência de viagem para um clima mais frio, com migrações mais rápidas nos locais onde as altas temperaturas se intensificam. Os animais afastam-se do Equador a uma velocidade de 20 centímetros por hora, todos os dias, segundo o director do projecto, Chris Thomas, professor de biologia na Universidade de York. “Isto foi acontecendo ao longo dos últimos 40 anos e vai continuar pelo menos durante o resto deste século”, acrescentou. Este é o comportamento do Planeta a responder à ameaça do homem, este é o mecanismo de sobrevivência dos seres vivos. O estudo foi realizado com base no comportamento de aves, mamíferos, repteis, insectos, aranhas e plantas da Europa, América do Norte, Chile, Malásia e da ilha sul-africana de Marion. Ao comparar os resultados, os cientistas encontraram pela primeira vez uma ligação entre a temperatura e o movimento dos organismos. . Se não tomarmos medidas, será apenas uma questão de tempo até que também nós tenhamos que mudar-nos para outras latitudes. Lembre-se que cuidar hoje é garantir o futuro das novas gerações.

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

TEATRO

Centro de Guatire enche para ver ‘Plaza Miranda’

Miss UniVerso

As concorrentes

Uma peça irónica dirigida por Agustín Vallenilla Correio de Venezuela editorial@correiodevenezuela.com

O Centro Sociocultural Virgem de Fátima em Guatire ‘encheu’ com o humor negro da obra ‘Plaza Miranda’, um original de Noreida Flores, uma peça em que uma praça em remodelação se converte num cenário de reflexões e sátiras sobre a condição humana. Com o busto de Francisco Miranda ao fundo, ‘El Cuervo’ utiliza o espaço para as suas travessuras; ‘Juancho’, um indigente assíduo da praça, torna-se ‘amigo’ da estátua, ao mesmo tempo que protege ‘Lulú’, uma prostituta que também ronda na zona. Personagens que através da sua interacção, vão descobrindo a existência da solidariedade e outros sentimentos, enquanto cada um revela as causas que os levou cair nos seus vícios. Durante a montagem, o herói Miranda permanece como exemplo de luta pelos Direitos Humanos e como fiel protector da mulher.

A peça desenrola-se junto ao busto de Francisco Miranda.

orGAniZAÇÃo

ArTisTAs

Direcção: Agustín Vallenilla Assistente de Direcção: Dalia Lucena Produção: Noreida Flores Assistente de Produção: Abigail Rodríguez Música: Pedro Marrero Maquilhagem: Cristina Martínez

Yoselin Rojas Fernando Nieves Gabriel Rodríguez Danni Hernández Víctor Olivera

Dirigida por Agustín Vallenilla e interpretada pelos actores dos grupos ‘Fénix’ e ‘Escena I’, a obra contou com a participação do talento da região mirandina, entre eles o jornalista Gabriel Rodríguez, a actriz Yoselin Rojas, Fernando Nieves, Víctor Olivera

F OTO: cORTEsíA

e Danni Hernández. “Apresentamos de novo esta comédia onde o humor negro, através da figura do precursor, transporta um canto de vida e uma profunda reflexão, perante a luta pela igualdade do ser humano e os direitos da mulher”, diz Noreida Flores, encarregada da produção de ‘Plaza Miranda’.!

Uma peça para toda a família Andrea Guilarte rincón aguilarte@correiodevenezuela.com

Escrita por Víctor Hugo Gomes, com produção e direcção geral de José Manuel Ascensão, chega ao Teatro Escena 8 a comédia musical infantil ‘La Sirenita 2: El Retorno del Pirata’, que inicia a sua temporada no dia 4 de Setembro, domingo, com sessões aos sábados e domingos às 3:00 da tarde. Protagonizado pelo Grupo Colibrí, a obra narra uma história de aventuras marcada

pelo amor entre uma sereia e um pirata, que começa com o regresso do capitão Nicanor Caupolitán (personagem interpretado por José Manuel Ascensão), que, seduzido pelo canto de uma misteriosa sereia, navega junto com a tripulação de bravos piratas para tentar obter o poderoso Tridente de Neptuno. Enquanto isso, debaixo de água, Aranza, a sereia sonhadora, está a ser obrigada pelo pai, Neptuno, a casar com Aureliano, um tritão que ela não quer.

Em breve descobre-se que foi tudo um maléfico plano tramado por Úrsula, a Bruxa do Mar. Mais de 20 actores em palco num faustoso espectáculo que mistura a beleza do fundo do mar com a música e efeitos especiais. As letras de canções da obra foram escritas por Victor Hugo Gomes. O valor dos bilhetes é de Bs.F 120, e as sessões decorrem no Teatro Escena 8, situado na Calle La Guairita com a Calle Hípica, Las Mercedes, Caracas.

Vanessa Andrea Gonçalves Gomes Miss Venezuela Universo 25 anos Medidas: 92 – 60 – 92 Altura: 1,78 cabelo: Ruivo Olhos: Verdes

Nasceu em Caracas, a 10 de Fevereiro de 1986. É filha de portugueses, sendo o pais natural do Funchal e mãe da Ribeira Brava, ilha da Madeira. Estudou no Colégio San Luis de El Cafetal e licenciou-se, pela Universidade Santa Maria, em Odontologia Estética. Além de falar espanhol, também domina perfeitamente o português. Vanessa nunca tinha tido contacto com o mundo das passarelas e da moda e assegura que jamais sonhou em ser a mais bela das venezuelanas, até que o seu mentor lhe fez a proposta. A 28 de Outubro de 2010, foi coroada Miss Venezuela Universo em representação do Estado de Miranda, num evento transmitido pela televisão desde a cidade de Maracaibo. Nos concursos prévios à “Gala de la Belleza” conquistou a faixa de melhor corpo da competição. Caso venha a vencer o concurso Miss Universo 2011, Vanessa alcançar a sétima coroa deste certame para a Venezuela.


01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

publicidade

21


22 cultura BREVES CuLtuRAiS

Crónicas nos palcos do Escena 8

Jean Carlo Simancas, Fedra López, Saul Marín, Estefanía López, Zhandra de Abreu, José Vieira, Damián Genovese e María Gabriela González, sob a direcção de Dairo Piñeres, trazem aos palcos caraquenhos a peça ‘Crónicas Desquiciadas’, uma obra do quotidiano que está estruturada em dez monólogos carregados de sarcasmo. O local é o Teatro Escena 8. Sessões: sexta-feira e sábado às 8h00 da noite, e domingos às 6h00 da tarde.

KimberlydosRamos nosKidsChoice Awards

Kimberly dos Ramos e os seus companheiros na telenovela ‘Grachi’, Andrés Mercado e Isabella Castillo, estão nomeados na segunda edição dos Kids Choice Awards México, prémios que serão entregues a 3 de Setembro. Os jovens estão nomeados nas seguintes categorias: Personagem Masculina Favorita de uma Série, Personagem Feminina Favorita de uma Série, Vilão / Vilã Favorito e Programa Favorito.

“La Barbie” faz de vilã na Venevisión

Myriam Abreu, “La Barbie”, formará parte do elenco de nova novela de Venevisión, "El Árbol de Gabriel", que será protagonizada por Jorge Reyes e Daniela Bascopé. A luso-descendente, que se tem destacado também na animação, será a contra-figura de Bascopé, ou seja, a vilã do dramático televisivo.

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

noVoS tALEntoS

MiSS uniVERSo

As concorrentes

Kati Fernándes

"Quero oferecer conteúdo e sentimentos " Depois de 10 anos de carreira musical, a lusodescendente decide lançar-se como cantora e compositora Silvia C. Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

Katiuska Fernándes Vásquez nasceu em Caracas, a 14 de Janeiro de 1984. A sua família materna é de origem cubana, e o pai, Leonel Luis Fernandes, é madeirense, natural da Ponta do Sol. Esta mistura de culturas ancestrais deu-lhe, na sua essência, um grande talento para a música e a educação do amor pelo trabalho. Kati sempre soube, desde pequena, que a sua paixão pelos sons era o motor que movia o seu mundo. No colégio, participava em todas as actividades musicais, pelo que, quando teve um pouco mais de noção, começou a insistir em preparar-se profissionalmente para o mundo da música. Aos 13 anos, entrou no conservatório Lino Gallardos, e dois anos depois, decidiu fazer vários cursos de percussão proporcionados pela alcaldia de Chacao. "No princípio, os meus pais não estavam muito seguros de querer apoiarme; mas com o tempo, ao ver a facilidade com a qual me relacionava com a música e com a dedicação que eu tinha, acabaram por convencer-se e levaram a que tudo fosse mais sério", recorda. Aos 17 anos, fez um casting para o artista Ricardo Montaner e foi seleccionada para uma banda ao vivo. Ali permaneceu durante cinco anos, durante os quais viajou por toda a América Latina e parte dos Estados Unidos. Paralelamente ao trabalho com Montaner, o seu talento acompanhou os artistas Jere-

Laura Adriana Gonçalves da Câmara Miss Portugal Universo 22 anos Medidas: 88 – 60 – 90 Estatura: 1,75 Cabelo: Ruivo Olhos: Verdes

Os jovens farão uma exposição no salão Cantinho da Cultura

mías e Divine. Para além disso, teve a oportunidade de partilhar os palcos com o maestro Andy Duran no seu Latin Jazz Big Band e de participar na produção juvenil Somos Ty y Yo. Roque Valero, Mariana Vega, Ilan Chester e Lsquadron, completam o seu currículo. E a par da sua carreira musical, estudou Filosofia na UCV.

Momento de dar o salto

Depois de 10 anos de experiências na indústria da música, Kati Fernándes decide finalmente levar a sua carreira a outro nível. "Fiz desde sempre os coros nos grupos com os quais trabalhei e sempre gostei de cantar e compor as minhas canções", assegura esta jovem que em 2008 conseguiu o segundo lugar no Festival da Voz UCVista, no refrão tradicional. O seu disco de estreia como cantora já se encontra na rua, com o nome 'Soy como soy' e contém 10 temas próprios que se passeiam em géneros como o pop electrónico, o jazz e os ritmos latinos. O primeiro sin-

FOTO: CORTESIA

gle promocional foi 'El mundo gira', uma canção que alcançou o lugar 40 do Record Report, o principal top nacional de música. “A minha meta mais próxima é dar-me a conhecer no mercado venezuelano. Quero ocupar esse espaço vazio dentro do género pop feito por artistas femininas de qualidade, que fazem a sua música e compõem as suas canções. Eu quero oferecer conteúdo e sentimentos", diz Kati, que tem sempre presente que "não é fácil, mas também não é impossível (...). Quem chega ao final é quem é constante, quem põe dedicação, amor e sacrifício no que faz." No que diz respeito às suas raízes, Férnandes adiantou que com a ajuda do pai, está a tratar de escrever alguns temas do seu disco em português, pois interessa-lhe muito aproximar-se do mercado europeu e do Brasil. Se quer saber mais sobre Kati Fernándes, pode visitar: MySpace: www.myspace.com/ katifernandes Twitter: www. twitter.com/LaKatiFernandes.!

Nasceu em Caracas, a 4 de Fevereiro de 1989. Esta filha de emigrantes portugueses estudou a na Academia Merici até 2007, ano em que deu início aos estudos universitários de arquitectura na Universidade Simón Bolívar. Em 2009 mudou-se para Portugal, fixando residência na ilha da Madeira. Mas acabou por viajar até à capital portuguesa, para estudar na Universidade Nova de Lisboa. Os seus primeiros passos na indústria da moda foram dados quando começou a trabalhar para o desenhador venezuelano Giovanni Scutaro. Em 2010, venceu o concurso Cabelo Pantene, convertendo-se na imagem desta marca em Portugal. Actualmente, trabalha como modelo numa das agências mais importantes do Portugal. A 29 de Julho de 2011, no Hotel Miragem, em Cascais, foi corada Miss Portugal Universo. Laura Gonçalves marca o regresso de Portugal a esta importante evento de beleza, no qual não participava desde 2002.


opiniÃo

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

Cartas

23

Favor enviar as suas cartas e comentários ao endereço electrónico: correio.prensa@gmail.com

Tristeza e decepção Que triste saber que mais um campeonato de futebol se inicia e os emigrantes na Venezuela, não podemos seguir de perto os jogos em directo nem sequer através do canal que dizem ser do Estado português. Há dias indaguei fazendo vários telefonemas para canais venezuelanos. Falei com amigos conhecedores da matéria e fiquei mais triste e decepcionado quando me disseram que os canais venezuelanos fazem grandes esforços junto das autoridades desportivas portuguesas. Dizem-me dizem que é difícil, que há muitos impedimentos e que pedem muito dinheiro, pois têm exclusividades com empresas portuguesas. Que “brutos”! Por acaso não sabem o peso e a número de emigrantes portugueses espalhados pelo mundo e que de certeza seriam maior o número de seguidores dos clubes portugueses? Pela minha parte já desisti este ano e seguirei vendo o futebol italiano, o espanhol, o argentino e o venezuelano, que por certo está cada ano melhor. Aqui fica a minha contribuição para os intelectuais portugueses que enaltecem a grandeza da lusitanidade no mundo... “Tontos e burros” é o que são.. Não conhecem e não sabem mais além do território português. Agradeço publiquem esta carta e da mesma maneira sugiro ao Correio da Venezuela que faça um seguimento ao campeonato espanhol, italiano, Inglês. Primeiro os jogos são transmitidos aqui na Venezuela e, segundo, talvez ali até joguem mais portugueses que no campeonato português! Fernando C. Do Nascimento

Mais luz também para Caracas Saudações para toda a equipa do CORREIO. É um prazer saudar-vos e também expressar a minha gratidão pelo trabalho que fazem ao divulgar os feitos da comunidade lusitana que reside nestas terras. Foi com agrado que pude ler que Portugal apoiou a Venezuela na instalação de

Isto só acontece aqui

alguns transformadores no interior do país. Como é tão útil e apropriada esta aliança! Mas gostava que o Governo também desse atenção às solicitações dos caraquenhos, pois actualmente sofremos muito com os apagões. O que temos nesta cidade não transformadores mas sim ‘BOMBILLOS’, que apenas chegaram

para iluminar as ruas. Grande parte do estado Miranda está sofrendo com esta situação perigosa, já que não faz mais que ajudar os malfeitores e minar a paz de quem reside perto destas zonas. Oxalá possam dar resposta a este pedido.

nascimento e, por “supuesto”, leio o vosso jornal na net todas as semanas. Dá-me alento, alimenta a minha esperança e o meu sonho de vida. Dá-me confiança e contraria em boa parte tudo aquilo que dizem e falam da Venezuela aqui em Portugal. Sei que a insegurança é o maior mal, mas afinal os portugueses continuam a abrir negócios continuam a frequentar os

clubes, continuam a crescer como famílias e continuam a confiar na Venezuela. Graças ao vosso jornal continuo a alimentar a esperança de algum dia voltar com os meus filhos, para mostrar a eles e à minha esposa, quão linda que é a Venezuela, apesar de me sentir feliz em Portugal.

Felizia Conde

Obrigado Correio Sou Venezuelano e Português. Que orgulho!!! Nasci na Venezuela mas sou filho de portugueses naturais do norte do País. Vivi na Venezuela até aos 14 anos de idade, altura em que os meus pais decidiram regressar à sua terra de origem. Fiz vida aqui, casei e tenho três filhos e embora não tenha regressado à minha querida terra Venezuela sigo muito de perto tudo quanto tem a ver com o meu País de

Luís Carreira

Tap: uma empresa falida? Queria escrever para comentar as cartas enviadas na vossa ultima edição do jornal relacionadas com os serviços da empresa Tap na Venezuela. Se por um lado achei injusta a carta enviada por um leitor que se queixava da atenção dada a um seu familiar de idade avançada, onde segundo pude ler e concluir, a funcionária visada actuou seguindo as orientações e as ordens gerais de qualquer linha aérea do mundo. Entendo que “jeitos” e “excepções”, todos fazemos. Agora como leitor gostaria de saber qual foi a atitude do leitor visado. Será que actuou educadamente? Não será que foi arrogante? Autoritário? Por outro lado, li a carta de um outro leitor, ou leitora, onde agradecia a disponibilidade e a atenção recebida pelos

funcionários da Tap em La Guaira. Fica a quem lhe compete ajuizar quem tem ou não razão no caso. Da minha parte queria manifestar a minha solidariedade com o leitor da carta dos elogios. Primeiro, porque viajo na Tap pelo menos duas vezes ao ano; segundo, porque tenho pessoas próximas entre os funcionários da Tap em Caracas e elas falam-me das odisseias que realizam tão poucos funcionários. Falamme dos perigos que correm todos os dias no aeroporto por causa das drogas, e falam-me dos contratempos diários no aeroporto que nada têm a ver com os funcionários da empresa que trabalham nos aeroportos de Portugal e noutras paragens do mundo que não seja a Venezuela.

Sejamos correctos e justos. Como luso-descendente acho injusto esta crítica. Porque não criticam os directores da Tap, os chefes da Tap em Portugal e no mundo que pouco ou nada fazem para o êxito da empresa que segundo dizem está falida? Uma coisa tenho a certeza e talvez seja das únicas rotas do mundo que não deve dar prejuízos é a rota da Venezuela. Porque? Os preços são os mais caros. Os funcionários são poucos são aplicados e têm vocação de serviço. E se a rentabilidade não é a melhor do mundo, a culpa não a têm os funcionários em Caracas nem os passageiros, neste caso emigrantes como eu. J. Manuel F. Costa

Feliz dia, caros leitores. Quero compartir convosco uma experiência desagradável e que tem a ver com as vivências de várias pessoas que me são chegadas. Neste sentido, quero fazer, através deste meio de comunicação, uma chamada de atenção às autoridades competentes para que sejam tomadas medidas sobre este assunto e que tem a ver com os incómodos que muitos passageiros que, como é o meu caso, têm de atravessar na Alfândega no regresso de uma viagem pelo principal aeroporto do país, Maiquetía. É um absurdo que depois de se ter passada muitas horas num voo, numa pista e, posteriormente, numa fila para descer do avião, passar pelo serviço de imigração e de retirar a bagagem, também se tenha de despender um tempo adicional esperando que um agente faça uma revista aos nossos pertences, que são vasculhados até ao mais mínimo detalhe. O que é que procuram? Pois uma desculpa ou razão mínima para levarem-nos a pagar, seja algum tipo de imposto, ou, no pior dos casos, um suborno. São incontáveis as pessoas que, diariamente, fazem fila no chamado “cuartico” para expor os seus pertences à vista de todos, e esperar, pacientemente, para ver se lhes toca, como se diz em crioula, “bajarse de la mula”, legal ou ilegalmente, ou se saem com algo de sorte. Estas cosas não acontecem noutros países... María Figueira


24 lazer

correio de venezuela • 01 a 07 de setembro de 2011

HOróScOpO

Carneiro 21/03 - 20/04

SUDOKU

Touro

21/04 - 20/05

Gémeos 21/05 - 21/06

Amor: Festeje as datas importantes

Amor: Faça os possíveis por agradar

Amor: Poderá encontrar o amor ines-

da sua relação. Saúde: Não se deixe

ao seu parceiro. Saúde: Tendência

peradamente. Saúde: Desfrute mais

abater por uma dor insignificante.

para alergias. Dinheiro: A sua pre-

dos passeios ao ar livre. Dinheiro: Boa

Dinheiro: Este não é o momento indi-

sença poderá ser necessária para mo-

altura para fazer um negócio que an-

cado para fundar uma sociedade.

derar uma discussão de trabalho.

seia há muito tempo.

Caranguejo 22/06 - 21/07

Leão

22/07 - 22/08

Virgem 23/08 - 22/09

Amor: Ouça os conselhos dos mais

EMPREGO: As coisas andam um

Amor: Andará nas nuvens, pois o amor

velhos, seja puro e sincero nas suas

pouco lentas, mas vá a passo firme e

invadiu o seu coração. Saúde: Um pro-

amizades. Saúde: Coma alimentos

conseguirá muitas coisas. AMOR: Há

blema de saúde de algum familiar po-

com mais vitaminas. Dinheiro: Não

confusão. SAÚDE: Dores de cabeça.

derá preocupá-lo. Dinheiro: Cuidado!

misture a amizade com os negócios.

CONSELHO: Não existem limites, ca-

As suas finanças estão a descer.

nalize os seus projectos e actue.

Balança 23/09 - 22/10

Escorpião

23/10 - 21/11

Sagitário 22/11 - 21/12

Amor: Andará deprimido devido a

Amor: De momento, não quererá

Amor: Seja mais destemido na sua

uma relação mal terminada. Saúde:

envolver-se demasiado numa relação.

vida sexual. Revele os seus sentimen-

Tente contrariar a tendência de andar

Saúde: Cuidado com os esforços físi-

tos! Saúde: Evite andar agitado e com

em baixo. Dinheiro: Esta é uma fase

cos. Dinheiro: Não se descuide, pois

stress. Dinheiro: Período equilibrado.

tranquila.

está a ir por um óptimo caminho.

Capricórnio 21/12 - 20/01

Aquário

21/01 - 19/02

Peixes 20/12 - 20/03

Amor: Dê largas à sua imaginação

Amor: É possível que se sinta um

Amor: Poderá não se sentir prepara-

para que a sua relação não caia na

pouco carente e a necessitar do ca-

do para assumir uma nova relação.

rotina. Saúde: Procure fazer uma vida

rinho dos amigos. Saúde: Consulte o

Saúde: Anime-se e verá como a sua

mais saudável. Dinheiro: Conseguirá

seu médico e faça um check-up geral.

auto-estima

ultrapassar esta fase menos positiva

Dinheiro: Dia marcado por algumas

Poderá receber um prémio devido ao

que a sua vida financeira atravessa.

perdas a nível financeiro.

seu esforço laboral.

agradecerá.

Dinheiro:

cinE ! ESTrEiAS DA SEMAnA ... na Venezuela

After Life After Life

El Precio De La Traicion Chloe

Igor Igor

Linterna Verde Green Lantern

Mr Poppers Pinguins Mr Poppers Pinguins

Um Dia One Day

Amigos Coloridos Friends with Benefits

... em Portugal

Assim é o Amor Beginners

Capuchinho Vermelho: A Nova Aventura

O Último Destino 5

Solução anterior - Edição 421

lAbirinTO


01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

publicidade

25


26 saúde ›

SAúDe Ao DíA

Maus hábitos contagiam Os resultados de um estudo apresentado na 106.ª reunião anual da Associação Sociológica dos Estados Unidos, revelaram que os casais estáveis, tendem a contagiar-se em termos de maus hábitos, seja fumar, dietas pouco saudáveis ou falta de exercício.

Tecnologia venezuelana no exterior A Venezuela mostrou, na Colômbia, os avanços de uma fábrica geradora de água potável a partir da humidade atmosférica e de uma equipa médica para curar a leishmaníase, doença parasitária produzida pelas moscas.

Óleo de coentros contra infecções

Cientistas da Universidade da Beira Interior demonstraram que o óleo de coentros é tóxico para uma ampla gama de bactérias, pelo que a sua utilização, tanto na cozinha como em agentes clínicos, poderá prevenir doenças transmitidas por alimentos e tratar infecções resistentes a antibióticos.

Bactéria contra o dengue Uma equipa de cientistas australianos assegura que uma bactéria comum nos insectos pode converter-se na solução para erradicar a transmissão do dengue. Se os principais transmissores do dengue forem infectados com a bactéria, reduzem-se as possibilidades de incubação do vírus do dengue.

correio de venezuela  01 a 07 de setembro de 2011

IncontInêncIa

Botox: Para além da estética Estudos recentes atribuíram novas propriedades à célebre toxina, entre elas o tratamento contra a incontinência urinária Silvia C. Di Frisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

Para além dos benefícios atribuídos à Toxina Botulíncia Tipo A para travar a passagem do tempo e reverter o aparecimento de rugas, o Botox ganhou protagonismo como uma importante alternativa aplicada para o bem da saúde. Fora do campo da estética, esta conhecida substância é utilizada eficazmente em diversas áreas terapêuticas como a urologia, a neurologia e a ortopedia. Para além disso, o

Botox começa a ser empregue com êxito no tratamento do estrabismo. Recentemente, as autoridades sanitárias dos Estados Unidos aprovaram o uso médico do Botox no tratamento de doentes com incontinência urinária, entre outras novas utilizações. Esta aplicação teve a aprovação da agência reguladora de medicamentos e alimentos, a FDA, para ser administrada em pessoas com esclerose múltipla ou lesão da medula espinal que sofram de incontinência urinária e que devam tratar-se com medicação ou cateter. O processo implica a injecção da substância na bexiga do paciente, até 30 vezes menos quantidade que nos casos estéticos, numa intervenção que requer anestesia geral. Isto causa

os especialistas recomendam considerar alguns aspectos

uma paralisia parcial nos músculos, evitando que o paciente perca urina inoportunamente e reduzindo a sua vontade de ir à casa de banho. Estudos clínicos mostraram que o tratamento pode diminuir os episódios de incontinência urinária durante um período que pode durar até nove meses. Este novo procedimento começa a aplicar-se na União Europeia desde o corrente mês. No entanto, foi comprovada a existência de alguns efeitos se-

Foto: coRtESIa

cundários como infecções no trato urinário e retenção de urina. Entre os novos usos aprovados para o Botox, ressaltam a aplicação no tratamento da enxaqueca crónica, rigidez muscular, sudação excessiva nas axilas e luta contra a contracção ocular. A história da Toxina Botulínica Tipo A remonta ao ano de 1920, quando foi isolada pela primeira vez em forma cristalina.!

Alerta perante novo surto de influenza Andrea Guilarte Rincón

AS MeDiDAS

aguilarte@correiodevenezuela.com

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a gripe A (H1N1) ou influenza é uma infecção respiratória aguda e muito contagiosa nos porcos, causada por um dos vários vírus da gripe de Tipo A dessa espécie. A Organização assinala, no seu sítio na Internet, que o vírus transmite-se entre os porcos através de aerosóis, por contacto directo ou indirecto. Ao longo de todo o ano, aparecem vários surtos nestes animais, mas a incidência é maior no Outono e no Inverno nas zonas temperadas. A 24 de Agosto, a vice-ministra da Saúde venezuelana, Miriam Morales, anunciou o alerta para todos os tipos de influenza em todos os centros de saúde, depois do aparecimento de dois casos positivos de H1N1 no estado Mérida. "Não temos frequência mensal, não ultrapassam os 10 casos a

o vírus é altamente contagioso, e afecta tanto homens como mulheres

nível nacional, neste momento", afirmou. Morales assinalou que dos pacientes que entrem nos serviços de saúde com pneumonia, será tirada uma mostra para depois se detectar a presença do vírus H1N1, pois 75 por cento dos casos não corresponde à influenza, apesar da semelhança dos sintomas. O pediatra e especialista em doenças infecciosas Leopoldo Córdova explicou que a in-

Foto: coRtESIa

fluenza é uma doença que pode evoluir de forma clássica ou complicada. Os sintomas são: Mal-estar geral, febre, tosse, desfalecimento, secreção nasal, dores musculares, cefaleias e dor na parte de trás do olho. Esta sintomatologia confundese de forma frequente com um resfriado comum, e em certas ocasiões as complicações são tão intensas que podem incapacitar temporariamente quem delas sofre.!

O vírus classifica-se em três tipos: Clássico, fulminante e complicado. Dado que na Venezuela as estações do ano não são tão marcadas, a doença pode apresentar-se em qualquer época do ano, ainda que a incidência aumente em Novembro, Dezembro e Janeiro, quando as temperaturas descem mais. A influenza de estação contagia por via respiratória, espirros, secreções, contacto com a saliva da pessoa afectada ou com elementos contaminados como lençóis, cobertas, roupas e toalhas. Anualmente, o vírus da influenza muda a sua estrutura genética, pelo que se recomenda aplicar a vacina todos os anos. No país, a vacina é recomendável entre Setembro e Outubro, antes do período mais frio, duas doses pediátricas nas crianças com menos de 30 meses e uma só dose nos adultos.


Liga Zon SagreS

Benfica e Braga repartem liderança Marítimo foi a Alvalade bater o Sporting por 2-3, que ainda não venceu

rrota, ao perder em casa com o Marítimo, por 3-2, num jogo decidido pelo senegalês Baba, que vai ser transferido para os escoceses do Celtic de Glasgow, já no período de descontos. Também Vitória de Guimarães e Rio Ave saíram derrotados em terreno próprio na terceira ronda, na recepção ao Beira-Mar (3-0) e ao Olhanense (1-0), respectivamente, enquanto o Feirense empatou a zero na recepção ao Paços de Ferreira.!

CORREIO/LUSA A selecção portuguesa de futebol de Benfica e Sporting de Braga, com as vitórias na Madeira e em Setúbal, respectivamente, assumiram na segunda-feira a liderança provisória e repartida da Liga portuguesa de futebol, antes de o FC Porto encerrar a jornada na visita à União de Leiria. Os lisboetas, moralizados pela qualificação para a fase de grupos da milionária Liga dos Campeões, venceram na Choupana, com um golo do paraguaio Óscar Cardozo, na primeira parte, e um tento “tardio” do brasileiro Bruno César, num encontro marcado por duas interrupções devido ao nevoeiro.

o Marítimo foi a alvalade agudizar a crise do Sporting

Já o Sporting de Braga sofreu para levar de vencida o Vitória de Setúbal, que só sucumbiu com um golo do extremo Hélder Barbosa, a oito minutos do final do encontro. Benfica e Sporting de Braga somam agora sete pontos, mais um que o campeão FC Porto,

27 BREvES›

desporto

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

FoTo: CorTeSia

que adiou para 6 de Setembro o jogo com a União de Leiria, e que a Académica, que saiu vergada a uma derrota de Barcelos, por 2-0, ante o Gil Vicente, na inauguração da ronda. No domingo, o Sporting, que continua sem vencer na prova, sofreu a primeira de-

4.ª JORnAdA Beira-Mar – U. Leiria Marítimo - rio ave Benfica – V. Guimarães académica - nacional FC Porto – V. Setúbal P. Ferreira – Sporting olhanense – Feirense S. Braga – Gil Vicente

Portugal obrigado a vencer o Chipre Portugal joga, esta sextafeira, 2 de Setembro, com o Chipre, selecção que roubou dois pontos a Portugal quando empatou em Guimarães a quatro golos na primeira jornada da fase de qualificação. Agora, quase um ano depois, as duas selecções voltam a encontrar-se para um duelo decisivo para os portugueses, obrigados a vencer para não perde terreno face aos adversários directos: Dinamarca e Noruega. No site de apostas da Betclic, Portugal é claro favorito ao reunir 1.33 contra os 9.00 da vitória dos cipriotas. O empate está cotado em 4.75. Esta sexta-feira jogam também a Noruega e a Islândia.

PUb


28 desporto

correio de venezuela  01 a 07 de setemBro de 2011

Liga Orangina

União lidera isolado e só com vitórias Madeirenses venceram por 2-0 na visita ao Sporting da Covilhã

3ª JORnAdA

Estoril-Praia – Portimonense Trofense – Oliveirense Moreirense – Freamunde Belenenses – D. aves

CORREIO/LUSA O União da Madeira, recém-promovido ao segundo escalão, isolou-se, domingo, 28 de Agosto, no comando da Liga Orangina em futebol, depois de vencer por 2-0 na visita ao Sporting da Covilhã. Dois golos em três minutos, pouco depois do arranque do segundo tempo, apontados por Tozé (54) e Gleibson (57) asseguraram o triunfo e deixaram os madeirenses, os únicos só com vitórias, isolados no topo da tabela. Concluída a segunda ronda, o trio formado por Arouca, Santa Clara e o também recém promovido Atlético persegue os madeirenses, a dois pontos de distância, depois de todos PUB

União da Madeira – Penafiel naval 1.º de Maio – S. Covilhã Santa Clara – atlético arouca – Leixões

Os insulares arrancaram a época em excelente forma física e táctica

terem vencido. O Arouca bateu em casa o Moreirense por 3-1, mas só na recta final do encontro assegurou os três pontos, começando a desfazer a igualdade e um minuto do fim, por intermédio de Hélder Silva. Já nas compensações, Babanco, na conversão de uma penalidade, fechou a contagem e acabou com as dúvidas.

Num jogo que juntou dois candidatos à subida, o Santa Clara foi a Matosinhos vencer o Leixões por 2-1, jogando praticamente toda a segunda parte em superioridade numérica, após a expulsão de André Carvalho aos 47 minutos. Moreira inaugurou o marcador para os açorianos a um minuto do intervalo, com Sylvestre a dilatar a vantagem 11

minutos após o reatamento. A Pedro Santos coube o golo de honra do Leixões, a dois minutos do fim. Ao Atlético bastou o golo solitário de Bruno Carvalho, aos 27 minutos, para assegurar ao clube lisboeta o triunfo sobre o Estoril-Praia, na Reboleira. O Freamunde venceu em casa o Trofense, reduzido a 10 elementos desde os 65 minutos, por 3-1, com golos no segundo tempo, num jogo da segunda jornada marcado pelo equilíbrio.!

bREvES Messi fez a diferença

Uma “traição” de Guarín, que isolou Messi (39 minutos) para golo, custou, sexta-feira, 27 de Agosto, ao FC Porto boa parte da perda da Supertaça Europeia de futebol frente ao FC Barcelona, com um “pesado” e já tardio 2-0, no Mónaco. O campeão português deu boa réplica frente ao “senhor da Europa”, mas o lance fatídico do médio internacional colombiano ajudou a que a equipa de Pep Guardiola conquistasse o quarto troféu em oito tentativas: os portistas têm apenas um em quatro. O FC Porto acabou reduzido a nove por expulsão de Rolando (86), quando estava ainda 1-0, e Guarín, aos 90, por entrada dura sobre Mascherano.


desporto

01 a 07 de setembro de 2011 • correio de venezuela

29

Torneio AberTurA

Esppor renasce da melhor maneira Equipa conseguiu vencer os meridenhos por 5-0 Carla Salcedo Leal

csalcedo@correiodevenezuela.com

O Torneio Abertura tem decorrido com um sabor agridoce para o Real Esppor Club, uma equipa que demonstrou que não tem medo dos desafios do desporto-rei, elevandose como a Fénix quando ninguém aposta neles. Durante a terceira data marcada para a equipa de Sanvicente, em que os caraquenhos foram até ao estádio Metropolitano de Barquisimeto, sofreram um revés ao cair ante o Deportivo Lara por 4-0. Muitos foram os comentários que este resultado levan-

tou, num encontro em que tudo indicava que a equipa merengue daria luta para ficar com os três pontos. Mas pouco importou a estes rapazes, que cresceram na dificuldade e continuaram o seu caminho até à cidade dos cavaleiros, onde foram recebidos pelo Estudiantes de Mérida. Sem piedade Devido a um castigo da Federação Venezuelana de Futebol, o encontro marcado para o domingo 28, no Mérida, decorreu à porta fechada, onde o Esppor ‘fuzilou’ a equipa local ao conseguir um contundente resultado por 5-0, conseguindo assim os três pontos. Ainda durante o primeiro tempo, não houve grandes jogadas de nenhuma das equi-

Chourio converteu-se num dos heróis merengues

pas, e foi ao minuto 44 que Chourio aproveitou uma defesa do guarda-redes meridenho, Miguel Ángel Aponte, para rematar e marcar. Ao regressar do intervalo, os merengues saltaram para o campo para mostrar a sua eficácia, deixando a equipa anfitriã sem esperanças. Foi ao minuto 81 que começaram a chover os humilhantes golos para os meridenhos. Yeferson Velasco marcou o 2-0, e um

minuto mais tarde foi ‘Chino’ Avilés que, sem piedade, irrompeu pelas redes de Aponte. De novo apareceria a artilharia acertada do anjo moreno dos merengues, Chourio, para colocar o marcador 4 a 0, seguido na façanha por Velasco no minuto seguinte. Ficaram, assim, desarmados, os cavaleiros meridenhos. Merengues para a Vinotinto O plantel ibérico regressou

FoTo: neLSon PuLiDo (CorTeSiA)

a Caracas para descansar uns dias e continuar os treinos para receber a sua primeira equipa visitante, a 10 de Setembro, quando regressarem ao Brígido Iriarte. Entretanto, Chourio e Granados receberam a chamada do professor César Farías para integrar o plantel da Vinotinto convocada para o encontro ante a Guiné, que se realiza a 6 de Setembro no Estádio Olímpico de Caracas.! PUb


30 desporto

correio de venezuela  01 A 07 DE SETEMBRO DE 2011

Segunda diviSão B

Casa de Aragua na liga profissional Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

Uma boa notícia para a comunidade portuguesa na Venezuela é a ascensão de outra equipa de origem lusa à liga profissional de futebol venezuelano, que faz a sua estreia nas próximas semanas. Trata-se da equipa da Casa Portuguesa de Aragua, que foi oficialmente inscrita na Segunda Divisão B perante a Federação Venezuelana de Futebol, com a possibilidade de continuar a sua passagem até à Segunda Divisão. Começar do zero Há quatro meses, o ex-futebolista e treinador, Manuel Gonçalves, solicitou ao centro social a oportunidade de dirigir a equipa sénior da associação, que desde o início manteve as suas ligas em distintas competições interclubes, com a finalidade de preparar uma equipa

para a liga profissional de futebol venezuelano. E começa assim, finalmente, a construir-se a história de uma equipa que decidiu lançar-se no meio profissional. O plantel é formado por 40 jogadores, divididos em duas equipas, uma que será a titular da segunda divisão B, e outro que se manterá nas competições interclubes, segundo disse ao CORREIO o técnico da selecção, Manuel Gonçalves, que tem experiência de direcção de equipas em Aruba e Bonaire. “A equipa é formada por jogadores que são sócios e não sócios do clube. E estamos a cumprir com os regulamentos estipulados pela Federação, pelo que incluímos no nosso primeiro plantel o juvenil José Cartaño. Há que ressaltar que grande parte da equipa profissional é constituída por filhos de portugueses”, destacou Gonçalves. A equipa mudou a sua rotina para

o plantel fará a sua estreia na próxima semana

preparar-se para este novo desafio, pelo que agora treinam de segunda a sexta, duas horas por dia, enquanto aos finsde-semana podem fazer trabalho extra fora da instituição para fortalecer-se, para além de ser feito um seguimento exaustivo, tanto médico como desportivo, a cada jogador. “Nota-se a diferença porque antes jogávamos com outras equipas que não são de renome e dificilmente ganhávamos, mas temos intensificado o trabalho e a equipa cresceu, e as provas que temos disso é que dos últimos nove encontros, ganhámos oito e empatámos

FoTo: aRQuivo

um”, ressalta o director técnico. “Este é um projecto de futuro, estamos a crescer a pouco e pouco, pelo que até agora não batemos à porta de ninguém. Consideramos que o projecto tem de ser credível para poder receber apoio de instituições. Por agora temos feito eventos com os jogadores para recolher fundos, e as pessoas têm sido receptivas. Vivi com o Marítimo em 86 e recordo o auge dos adeptos portugueses, que seguiam a equipa por toda a Venezuela, espero que esta seja outra razão para encher os estádios”, concluiu o treinador.!

PUB

Informamos os nossos estimados telespectadores que a transmissão do programa Contacto Venezuela vai ser interrompida até 21 de Setembro, por motivo do período de férias. Findo este período de descanso, retomaremos as transmissões quinzenais do programa que procura apresentar o melhor da comunidade portuguesa na Venezuela. “Contacto Venezuela” é transmitido quinzenalmente, todas as quartas-feiras, em três emissões. É produzido por Roteiro Filmes C.A., Produtora Nacional Independente que desde Novembro de 2007 é responsável do programa “Contacto Venezuela” para RTPI. Através do endereço electrónico: http://ww1.rtp.pt/multmedia/

lindex.php?tvprog=17736 poderão consultar o arquivo dos programas emitidos recentemente. VENEZUELA CONTACTO Quarta-feira, 21 de Setembro de 2011 Horários de transmissão no seguintes canais: RTPI Venezuela (cada 15 dias): Às quartas-feiras 4:30am 3:30pm - 9:30pm RTPI América | 21:30h RTPI Ásia | 15:00h Sábados por RTP Madeira | 16:27h

roteirofilms@gmail.com

venezuelacontacto@gmail.com

Esta sexta-feira, 9 de Setembro, poderás desfrutar mais um pouco do nosso futebol jovem através da Academia de Campeones, onde conhecerás a Escola de Futebol Todos Estrellas, que foi fundada a 8 de Outubro de 2001 pelo professor Celso De Oliveira, que se destacou como jogador profissional no Brasil formando parte da Selecção Militar na Copa Sul-americana, jogando na mesma equipa do PELÉ. Além disso, possui uma ampla trajectória desportiva no nosso país, onde representou várias equipas, tais como a da Universidade Central da Venezuela, o Deportivo Galicia, Deportivo Canarias e Deportivo Itália, entre 1959 e 1970; percurso que o fez merecedor de diversos títulos como jogador

Sexta-feira às 5:00 p.m.

amador e profissional. A toda esta experiência desportiva soma-se uma excelente equipa técnico de treinadores, os quais, semana após semana, se esforçam em prol da formação integral de cada jogador como futuras estrelas de nosso futebol nacional. Todos as sextas-feiras às cinco da tarde (5pm) na Meridiano Televisión, os especialistas em desporto.

academiadecampeones@gmail.com

Av. Principal San Luis,Torre Mayupan, Piso 1, Ofic. 1-4, Urb. San Luis El Cafetal. Distrito CApital. Caracas-Venezuela. Zona Postal 1061


desporto

01 A 07 DE SETMEBRO DE 2011 • correio de venezuela

Nadar por Febles

SOFTBOL

Torneio Clausura da liga do CPV de Guayana começa a 17 Estão confirmadas 9 equipas e ainda há três lugares disponíveis Silvia C DiFrisco sdifrisco@correiodevenezuela.com

A liga de softbol do Clube Português Venezuelano de Guayana inaugura, a 17 de Setembro, o Torneio Clausura 2011. Até agora, as equipas que foram convidadas e que manifestaram interesse em participar são as seguintes: Multicomputer,Marainn, CocaCola, FinanzasVenalum, Popayan, Piscineros, Cemex, e os anfitriõesC.P.V.G. Félix Rivas, presidente da comissão de softbol do C.P.V.G., assinalou que o Torneio Clausura começa no cam-

po do clube a partir das 10:00 am e que a data para o encerramento é 4 de Dezembro. Este campeonato coloca um fim nas actividades da liga até Fevereiro do próximo ano. No passado fim-de-semana, a comissão de softbol do C.P.V.G. organizou um torneio curto, como parte da preparação das equipas do clubepara os Jogos Nacionais daFeceporven, Maracay 2011. O convite é extensível a outras equipas, pois ainda existem três lugares disponíveis, e os interessados em participar podem contactar a organização através do endereço electrónico ligasoftbolcpvg@ gmail.com ou pelo telefone 04249305155, com o senhor Félix Rivas, coordenador do referido evento.!

O convite é extensível a outras equipas

31

Carla Salcedo Leal csalcedo@correiodevenezuela.com

FOTO: CORTESIA

No passado sábado, 27 de Agosto, na piscina do Hogar Canário, foi realizada uma Australiana de Natação em benefício de Asofebles, associação criada na sequência da enfermidade do recordado professor Pedro Febles. Na actividade participaram cerca de 200 pessoas, que se lançaram à água para colaborar com a causa. Aos nadadores somaram-se pessoas de várias regiões do país, que apesar de não terem podido assistir ao evento enviaram os seus donativos. Espera-se que outras comissões desportivos do Hogar Canario anunciem nos próximos dias novos eventos para colaborar com a instituição.! PUB


O jornal da comunidade luso-venezuelana Caracas,

01 a 07 de Setembro de 2011

www.correiodevenezuela.com

encontro com: Víctor Rodríguez

Da televisão para os palcos da música Actor e dançarino, participou na popular série juvenil 'Somos tu y yo' Andrea Guilarte Rincón aguilarte@correiodevenezuela.com

Participou em comerciais, grupos de dança e no êxito juvenil 'Somos tu y yo', uma telenovela venezuelana produzida em 2007 pela Venevisión e recentemente transmitida no canal por cabo Boomerang e pelos canais colombianos Caracol Televisión e Telepacífico. Víctor Rodríguez pertenceu ao popular infantil El Club de Los Tigritos, junto com as animadoras Wanda e Yalimar, depois o seu talento na dança levou-o a fazer parte dos Mini Pops, do Súper Sábado Sensacional, do programa 'Sábado Gigante' e em várias edições do certame de beleza mais importante do país, o Miss Venezuela. Mesmo tendo sido a representação que o catapultou como um dos talentos jovens mais importantes do momento, Víctor Rodríguez confessa-se um apaixonado pela dança.

Nascido em Caracas a 24 de Fevereiro de 1988, o actor e dançarino encontra-se actualmente a trabalhar com o duo musical da Mackediches Records, Gustavo e Rein -'Los Nene'-, e prepara alguns projectos como 'mackedancer' dos populares Chino y Nacho. Qual ou quais são as suas maiores paixões? O dinheiro e a dança. Qual a sua equipa de beisebol favorita? Los Navegantes del Magallanes e os Medias Rojas de Boston. Como se definiria em três palavras? Honesto, sincero e multifacetado. Se fosse Deus por um dia, o que faria? Mudaria a mente da Humanidade para que existisse mais paz no mundo. Diz tudo o que pensa ou pensa em tudo o que diz? Digo tudo o que penso.

Qual a chave para o êxito? Disciplina e sentir que és o melhor. Se souberes que és o melhor, as restantes pessoas acreditam nisso. Quando ouve a palavra 'Português', qual a primeira coisa que lhe vem à cabeça? As mulheres de Portugal. São muito bonitas (risos). Qual a sua opinião sobre a comunidade portuguesa que reside na Venezuela? É uma comunidade que trabalha muito e é ambiciosa.

Pode contar-nos algum episódio ou contacto com portugueses? Tive a oportunidade de trabalhar em muitos actos culturais no Centro Português de Caracas e gostei muito porque a receptividade foi excelente. Que mensagem envia aos leitores do Correio da Venezuela, único semanário português no país? Que nos esforcemos por mudar o mundo, para que seja melhor... E que me convidem para o vosso país, estou à procura de um amor português (risos).! PUB

Correio da Venezuela 422  

Edición 422

Correio da Venezuela 422  

Edición 422

Advertisement