Page 1

Desde 2006 - Número 203 - Sábado, 2 de Novembro de 2019 - Barroso/MG - Distribuição Gratuita

PLEASED TO MEET YOU

O lutador barrosense, Gabriel Santos, está competindo nos Estados Unidos


Novembro 2019

barrosoemdia.com.br

Editorial

2

Lá vem noiz de novo! Cidade louca essa... também, né?! Um ano para a eleição e daí começa a politicagem.

Em uma entrevista no ano passado ao jornalista Bruno Ferreira, no programa Em Pauta, no canal do Barroso EM DIA no Youtube, o ex-prefeito da cidade e atual vereador Baldonedo Napoleão, afirmou que o Centro de Esportes, Cultura e Lazer Artidônio Napoleão de Souza, o Ceclans, foi construído, na década de 80, com o intuito de revelar talentos do esporte barrosense. Apesar do objetivo, por sinal uma grande ideia, todos nós, lamentavelmente, sabemos que este sonho/objetivo nunca aconteceu. Muito pelo contrário, por uma série de fatores o clube se tornou um tanto quanto obsoleto e somente a quadra do ginásio é explorada apenas uma vez por ano, ou seja, em janeiro no futsal. Muito pouco dado o tamanho e a ousadia da obra, uma das maiores da região e que foi destaque no passado. Fato é que, independente do Ceclans e da ideia de ser uma fábrica de talentos, a cidade, de alguma forma, mesmo que desorganizada, se organizou. Acreditem! Hoje, Barroso não cansa de se destacar no esporte! É muito comum, independente do esporte, você abrir um jornal, ligar a televisão ou o rádio e ver e ouvir Barroso nas páginas e noticiários esportivos. E isso é prazeroso! Que Barroso seja mesmo um celeiro de futuros nomes do esporte, seja na natação, no rugby, jiu-jitsu, vôlei, futebol ou qualquer outro esporte. É orgulhoso ver capas como a desta edição que preenchem todo o nosso sentimento bairrista. É um alento ver que um barrosense está vencendo na vida e na sua modalidade esportiva, algo tão escasso em um país de terceiro mundo. Ver o nome do nosso município estampado nas capas dos jornais e nas telas de telejornais nos faz crer, mesmo sem a escola reveladora de talentos, o tal Ceclans que deveria servir de berço para o esporte, que estamos no caminho certo. Salve a atitude do passado, digna de aplausos, mas vamos reverenciar a independência e a luta, garra dos atletas do presente. Viva o esporte barrosense!

Num entendi a resposta dos políticos que não confirmaram que são candidatos. Eu hein! Todo mundo corre do pau, mas todo mundo quer o pau. Ficou estranho isso! Por falar em estranho, será que vem uma dupla feminina aí como candidata?! Seria interessante... Alô, Barroso! E ainda sobre política, acho que o próximo filme do Jurassic Park vai ser gravado em Barroso. Ouvi falar que tem Bardola e Bigode querendo duelar de novo. Pelo amor dos meus filhinhos! E essa história de que o pintinho tá crescendo?! Tá estranho isso também! Pintinho crescendo?! Minha vizinha fica assanhada querendo ir pra Cabana dançar. Fogosa! Mudando de assunto... e a fábrica de neblina? Continua mandando embora ou está gerando emprego na cidade? Nada, né... Só produzindo neblina mesmo! Que farsa! Vou nessa, mas volto. E num guento mais ouvir o raio da caneta azul e do segue o líder. Tá mais chato que a cantora Wanderléia chorando! É dia dos mortos, mas eu tô vivo de olho nessa minha pova. Ah... só uma coisinha que me contaram aqui outro dia: A Japa não pode se candidatar! Fiquei sabendo isso aí... Alô, Padre Claudir! É noiz, meu amigo. Chega mais que o povo já tá mais calmo, mas sem bebida e sem foguete!

Questão de Opinião Paulo Terra Eleições municipais de 2020

Política e Cidadania Luizinho Moreira

luizinhomoreirablog.com

Quem salvará o Rio das Mortes da Morte? O surgimento da Lei 2.883/2019, de autoria do vereador Leone Nascimento, idealizada pelo cidadão Francisco Carlos Rodrigues - o Maruzam - despertou a necessidade para debates e ações efetivas de extrema importância: Salvar o Rio das Mortes da Morte. Por isso, na segunda-feira (28), a Câmara de Barroso realizou uma Audiência Pública, sugerida pelo vereador Baldonedo. Dos 16 municípios que o rio percorre, apenas os prefeitos de Barroso e Dores de Campos participaram. Duas brilhantes palestras, proferidas pelo biólogo Marcos Magalhães e pelo advogado e gestor público Alisson Diego, foram suficientes para motivar o público quanto à importância para discussão, motivação e reflexão sobre o nosso Rio. Já que no passado, com abundância de água despoluída, não o preservamos, agora é hora de, juntos, salvá-lo da morte. Ministério Público de Contas aprova contas de 2016 As contas da gestão da ex-prefeita Eika Oka de Melo, de 2016, foram aprovadas pelo Ministério Público de Contas de Minas Gerais através do parecer prévio, de 04/10/2019, emitido pela procuradora Cristina Andrade de Melo. No documento, a procuradora alega que não foram verificadas irregularidades. Declara, ainda, que não foi encontrada ocorrência de desequilíbrio financeiro-orçamentário nas contas prestadas. Um dos momentos mais aguardados pelos prefeitos e toda equipe é, sem dúvida, a emissão do parecer prévio de suas contas. Brevemente, o parecer prévio, com caráter técnico e opinativo, será encaminhado à Câmara Municipal de Barroso. O clientelismo político ainda é uma prática cruel na política Mesmo com o avanço da consciência política da população nos últimos tempos, ainda há práticas de compra de votos e do clientelismo político. Estudos indicam que a precariedade e ineficiência do serviço público, o despreparo de alguns políticos, aliados à má fé, são as principais causas desses métodos cruéis. Uma cesta básica, um saco de cimento, um emprego, um pagamento de conta de água, luz, uma consulta médica... São os artifícios mais comuns praticados por alguns políticos. “O vereador conhece o cara que precisa de um remédio e arranja o remédio, conhece alguém que precisa de uma consulta e arranja a consulta. Ele conhece a demanda individual, mas não conhece a demanda coletiva”. Se conhecesse a demanda coletiva, buscaria soluções para toda a população. Os benefícios seriam bem mais amplos. Crueldade ou despreparo? Vereadores denunciam a situação precária dos veículos da Prefeitura Na reunião de segunda-feira (21), os vereadores Leone Nascimento e Anderson de Paula denunciaram a situação precária dos veículos da Prefeitura. Segundo eles, atualmente existem 18 veículos, com defeitos, parados no pátio do almoxarifado da prefeitura; destes, 13 pertencem à Secretaria Municipal de Saúde. Além do prejuízo econômico, causado pela deterioração do patrimônio exposto ao tempo, boa parte da população deixa de ser atendida, especialmente na área de saúde pública que, mesmo com a frota completa e em condições de uso, ainda é insuficiente. EXPEDIENTE www.barrosoemdia.com.br Rua Maria José Melo, 13 - Centro - Barroso/MG Telefone: (32) 9.9199-1575 - WhatsApp

Co-fundador: Antônio Marcos Pinto (in memoriam) Editor Chefe/Jornalista responsável: Bruno Ferreira - 11.558/MG CNPJ: 12.772.555/0001-30 (E.I.) - Tiragem: 1.500 exemplares Repórter - Douglas Gonçalves / Colaboradores: Paulo Terra / Luiz Moreira E-mails: barrosoemdia@yahoo.com.br facebook.com/barrosoemdia twitter/@barrosoemdia Instagram: @jornalbarrosoemdia

Resido em Barroso desde 4 de outubro de 1955, de modo que participei até agora, como eleitor, de todas as eleições municipais, à exceção da de 1955, quando foi eleito Geraldo Napoleão de Souza como primeiro prefeito municipal do recém criado município de Barroso. Como participante ativo da história de Barroso pelas minhas atividades apolíticas, tais como funcionário da Fábrica de Cimento por 38 anos ininterruptos, como preposto e diretor da Escola da CCPB de 1962 até sua desativação em 1972, professor, secretário e diretor do Ginásio São José enquanto existiu, professor do Colégio Municipal, Vice-Diretor do Colégio São José de 1998 até 2008. Sem fazer referência ao meu orgulho de autor da letra do Hino Oficial de Barroso. Com essas prerrogativas de cidadão participativo da nossa história é que me sinto capacitado para observar que a maior parte dos prefeitos eleitos de Barroso não eram barrosenses de nascimento, ou seja, João Alves de Macedo Couto, Inimá Rodrigues Pereira, Genésio Graçano, Eika Oka de Melo, sem mencionar outros candidatos que não conseguiram se eleger. Creio ser interessante mencionar um fato interessante relativo à eleição municipal do ano 2000 para o mandato de 2001 a 2004. É possível que alguns barrosenses se lembrem do boato que houve de que Padre Fábio eventualmente poderia vir a ser indicado como candidato a prefeito por uma das fortes facções políticas locais. Houve até um pedido de audiência a Dom Waldemar, então Bispo Diocesano de São João del Rei, para discutir a eventual candidatura do pároco. Aconteceu que Dom Waldemar veio a Barroso e decidiu receber no Colégio São José, à noite, os postulantes da audiência. Estiveram presentes Dom Waldemar, José Meneguin, Célio Reis, o ex-prefeito Inimá e eu como “sapo de fora”. Exposta ao Senhor Bispo a intenção de apresentar Padre Fábio como candidato, Dom Waldemar foi taxativamente contra como Bispo Diocesano. Declarou que como cidadão nada impedia que o padre fosse candidato a qualquer cargo político. Mas, caso ele viesse a aceitar a candidatura, “ipso facto” ele estaria de imediato destituído de qualquer função eclesiástica no clero diocesano. Com essa decisão pretensa a candidatura nasceu morta e Barroso continuou tendo um dinâmico pároco. Este jornal, em sua edição de outubro, trouxe a seguinte manchete na capa: “Políticos miram a próxima eleição”. Em outubro de 2020 todos os municípios brasileiros elegerão prefeitos e vereadores para o período 2021-2024. Na mesma edição do jornal, em matérias das páginas 2 (Editorial), Coluna Política e Cidadania, e toda a página 3 são citados eventuais possíveis futuros candidatos ao poder executivo municipal. São todos nomes conhecidos, barrosenses, já engajados nas disputas políticas em eleições anteriores, alguns eventualmente em busca de reeleição. Para mim não será surpresa, dada repetição eventual da história, que também, de repente, algum dos nossos empresários barrosenses ou não, mas já consolidado como empreendedor de sucesso possa se sentir atraído também para o sucesso na política municipal agora, e em nível estadual no futuro. Além dos diversos pré-candidatos já declarados, citados na mencionada edição do jornal, admito que vários outros, a meu ver, podem tranquilamente se apresentar como candidatos já experientes como administradores, tais como os irmãos Célio e Celmo Reis, os irmãos Leandro e Leonardo Pantaleão, o Eng. Geraldo Cosme Pinto que foi vice-gerente da Fábrica de Cimento por vários anos, e outros que administram com sucesso suas médias, pequenas ou micro empresas no município. É válido ressaltar que, diferentemente da eleição anterior, na de 2020 não serão permitidas coligações de vários partidos em torno de um mesmo candidato, devendo cada legenda ter o próprio candidato a prefeito ou vereador. De qualquer modo, eu espero que os barrosenses já tenham aprendido ao longo dos anos e de sucessivas eleições, que promessas vazias e inexequíveis o vento as leva e o tempo as desmente. Não acreditem em candidatos que até hoje nada fizeram por nós.


Novembro 2019

barrosoemdia.com.br

BARROSENSE É DESTAQUE NOS EUA GABRIEL SAIU DO BAIRRO JARDIM EUROPA PARA TENTAR CONQUISTAR O MUNDO

C

conquista do PAN NOGI, do Atlanta Summer e do Charlotte International Open IBJJF Jiu-Jitsu Championship. Podem parecer nomes complicados, mas esta tem sido a realidade do barrosense, lutador de JiuJitsu, Gabriel Santos, que também conquistou duas medalhas de ouro no US GRAPPLING GREENBORO, campeonato que aconteceu no último fim de semana na Carolina do Norte, nos Estados Unidos, onde Gabriel está desde setembro, quando iniciou as disputas na terra do Tio Sam. Aliás, foi a quarta vitória seguida do jovem que vem participando das competições. E a história não para por aí, o barrosense ainda tem um desafio em dezembro, talvez o mais importante das competições, trata-se do Mundial, na cidade de Anaheim – Califórnia. ”Graças a Deus deu tudo certo aqui. Pude fazer boas lutas aprendendo mais e mais após cada uma delas e assim conseguindo ser campeão da minha categoria e absoluto. Obrigado a todos os envolvidos. Quero agradecer a todos aqueles que me ajudam e já me ajudaram até aqui e em especial ao mestre @taniel_abu_bergerak que está me dando essa oportunidade incrível de estar brigando pelo meu sonho aqui nos Estados Unidos,” disse. HISTÓRIA Assim com vários lutadores barrosenses, Gabriel veio da acadêmia Centro de Treinamento União, o CTU, do Professor Túlio Geovanni. “O Gabriel chegou aqui gordinho, acima do peso. Ele iniciou em 2012 no Muay Thay e depois aproveitei ele no Jiu-Jitsu também”, diz o Professor Túlio, do Centro de Treinamento União, CTU, onde tudo começou. “Ele disputava na região as copas e depois foi testado

nos campeonatos mineiros. No começo teve dificuldades, mas depois começou a faturar os estaduais, três ou quatro”, diz o treinador que cavou oportunidades com amigos para que ele pudesse disputar em grandes centros. “Depois que chegamos do Vitória Open tudo mudou. Ele foi para o Rio na Academia Game Fight, onde se destacou, e agora está enfrentando estes desafios no exterior visando o campeonato mundial”, declara. De qualquer forma, ele continua o mesmo, ou seja, CTU de coração, Barroso de coração e muito focado na competição que vai ser em dezembro”, diz. O COMEÇO Desde bem novo Gabriel sempre teve vontade de lutar. “Sempre fui fascinado por brigar da maneira certa. Meu pai sempre me apoiou ao máximo. Íamos sempre que dava assistir aos treinos, mas infelizmente não tínhamos condições financeiras para pagar. Depois de um tempo Deus ajudou a gente e meu pai conseguiu um emprego melhor e assim pude começar aos meus 12 anos a treinar na CTU. Passava o tempo treinando, pois queria ficar melhor a cada dia que se passava. E tudo mudou quando recebi uma proposta de ir para o Rio de Janeiro para viver do esporte” relata Gabriel que recebeu apoio da família. “Foi onde me apaixonei pelo Jiu-Jitsu. Comecei a levar a sério e vi que era aquilo que eu queria para a vida”, declara o lutador que é do bairro Jardim Europa e tem 17 anos de idade.

Campeão nos States

PATROCÍNIOS O atleta conta com o patrocínio da Conara Barroso, Jonathas Juninho Andrada, SB Bebidas, Simone Costa, Borracharia Xavier, Stefani Henrique Ramalho, Márcia Possa e Supermercado Melo.

Gabriel tem sido atração nos Estados Unidos

3


Novembro

barrosoemdia.com.br

2019

5

SUSPEITO DE ASSEDIAR MULHERES É PRESO DURANTE O MÊS DE OUTUBRO, CIDADÃS BARROSENSES FORAM VÍTIMAS DE ASSÉDIO NAS RUAS DA CIDADE

A

Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) prendeu no dia 24 de outubro o homem suspeito de assediar diversas mulheres em Barroso. O indivíduo, de idade não informada, abordava as vítimas em via pública, em horários distintos, proferindo uma série de expressões ofensivas e as perseguia durante o trajeto que elas executavam. Em uma das ocasiões, o suspeito teria se masturbado na frente de uma das mulheres. Tais fatos causaram grande repercussão local, alarde social e afetaram a ordem pública. Após relatos das vítimas e investigações realizadas pela equipe policial, o homem foi localizado e preso preventivamente. Além disso, foram apreendidas a motocicleta utilizada no cometimento dos crimes e peças de vestuário e capacetes, semelhantes aos apontados pelas vítimas. O indivíduo foi conduzido para uma unidade policial, onde foi ouvido e depois encaminhado ao sistema prisional onde permanecerá à disposição da Justiça. ENTENDA O CASO Diversas mulheres barrosenses relataram nas redes sociais terem sofrido assédio de um motoqueiro pelas ruas do município. Os casos ocorreram em dias e horários diferentes, mas se assemelhavam pela situação e a forma como o homem as abordava. Em um dos relatos

Suspeito de assediar mulheres pelas ruas da cidade foi preso

uma das mulheres disse que por volta das 20h30 voltava do centro sentido ao bairro Dr. José Guimarães, quando começou a ser seguida por um homem de moto que começou a lhe proferir falas obcenas. Ela conseguiu apoio ao entrar na casa de uma conhecida. Já outra barrosense disse que foi seguida pelo motociclista quando ia para o trabalho. “Segunda-feira passada quando estava vindo trabalhar um homem de moto me seguiu da Ponte do Rosário até perto do meu serviço, fa-

lando coisas horríveis! Como saio muito cedo de casa não tinha ninguém na rua. Não nego que fiquei com muito medo. Desde então, fico apreensiva quando venho trabalhar. Infelizmente algumas pessoas hoje em dia perderam o respeito mesmo,” disse. Na tarde do dia 14 de outubro, a polícia entrou em contato com uma das vítimas que fez o Boletim de Ocorrência e deu algumas características do motociclista. Com base nas informações coletadas no B.O., a

Polícia Militar (PM) obteve a identificação do suspeito que já era conhecido no meio policial. Na ocasião, o Tenente Daher, da Polícia Militar de Barroso, orientou as vítimas em como proceder em situações como essa. “Estamos a qualquer hora do dia e da noite em condições para qualquer tipo de acionamento. Então para as mulheres, homens e qualquer cidadão que por ventura passar por uma situação como essa, o ideal é tentar procurar o mais rápido pos-

sível um comércio ou uma residência para pedir algum apoio. E o fundamental é fazer o acionamento imediato da Polícia Militar,” destacou o Tenente. Outra dica ressaltada pela polícia é coletar o máximo de informações possíveis para facilitar o rastreio e identificação do suspeito como a cor do veículo e o modelo, anotar o número da placa ou parte da numeração e as características físicas do indivíduo como altura, porte físico e cor da pele, por exemplo. Além disso, dentro

das medidas de prevenção a PM também orienta a evitar locais com pouca luminosidade, pouca movimentação e determinados horários aonde o tráfego de pessoas nas ruas é menor. Segundo o Tenente, a meta das equipes da Polícia Militar de Barroso é atender o mais rápido possível as ocorrências, mas há dias em que acontecem mais acionamentos na cidade. “Muitas das vezes a pessoa liga na hora, mas a viatura está fazendo outro tipo de averiguação ou está atendendo outra ocorrência. Mas o fato é que nós conseguimos ter mais de uma equipe na rua. Este é um dos propósitos quando assumi o pelotão aqui de Barroso, em trazer um maior número de policiais nas ruas. Então, se por ventura uma equipe já estiver empenhada, provavelmente haverá outra equipe que possa fazer esse atendimento. Mas nós trabalhamos com a gravidade dos fatos. Sendo assim, situações mais graves automaticamente vão tendo prioridade. Um fato desses em que uma pessoa liga e diz estar com medo, com um indivíduo suspeito lhe seguindo, o acionamento deve ser feito que com certeza vamos mandar uma viatura ou uma motocicleta da Polícia Militar,” finalizou o tenente. O número de acionamento da Polícia Militar éo

190.

Anúncio Publicitário

Doutor Frederico participou da Noite Mineira em Barroso No mês de outubro, estive em Barroso prestigiando a 3ª Noite Mineira, evento beneficente em prol da Pastoral da Saúde e da Pastoral Social, da Paróquia de Sant’Ana. Na ocasião, pude rever o querido povo barrosense e reencontrar amigos, especialmente o Padre Fábio José Damasceno, um dos pilares desse acontecimento tão nobre e festivo. Tive a grata surpresa de assistir à apresentação do grande cantor que também é o Padre Fábio, além da pessoa especial e abençoada por Deus. Uma das atrações do evento, ele e sua banda animaram a noite! Agradeço a todos os presentes pela calorosa recepção que, como sempre, fez com que eu me sentisse em casa na cidade de Barroso. Sempre que possível, estarei presente junto dos barrosenses, prestigiando seus eventos, ouvindo suas demandas e compreendendo seus problemas, para representá-los da melhor maneira como Deputado Federal, buscando soluções e benefícios para o município. É importante dizer que já liberamos R$ 33 mil para o Hospital de Barroso e em breve teremos outras novidades na casa de R$ 1 milhão.


MONTANHÊS ENFRENTOU EX-PROFISSIONAIS

N

a tarde do dia 19 de outubro, a equipe Máster do Montanhês entrou em campo no Estádio João Vigia, em Barroso, para um amistoso contra o Amigos do Charles Guerreiro, ex-jogador do Flamengo e de outros grandes clubes do futebol. O time reúne importantes nomes do futebol nacional como Donizete Amorim (ex-Cruzeiro), Somália (ex- Fluminense) e Sérgio Araújo (ex-Atlético Mineiro e Seleção Brasileira). Já os torcedores do Montanhês puderam conferir também jogadores que marcaram época na equipe como Carlinho Gomes, Leleco, Ferreira, Serginho e companhia, que por sinal continuam disputando o Cinquentão. BAIXA Apesar de ser o “dono” do time, o principal jogador da equipe visitante, Charles Guerreiro, não compareceu ao amistoso por problemas pessoais. Assim sendo, ficou a cargo de Somália, ex-Fluminense e América Mineiro, assumir a responsabilidade de comandar a equipe, que no fim venceu a partida pelo placar de 10 a 2. “Vamos ficando mais velhos e a experiên-

MONTANHÊS O Clube Atlético Montanhês (CAM) surgiu em 2 de março de 1958, ou seja, há 61 anos. O time barrosense de tantas glórias e histórias tinha o exprefeito Geraldo Napoleão de Souza como primeiro presidente da equipe alvinegra. Entre as inúmeras histórias e conquistas do Montanhês vale ressaltar o primeiro título de expressão no campeonato regional organizado pela Liga de Desportos de Barbacena (LDB), em 1962, quando a equipe venceu o Andaraí e ficou com o título de Campeão do Inteirior de forma invicta. Carlos Rabelo, Nercy, Moacir Del-

Montanhês enfrentou um combinado de ex-profissionais

cia também acaba tomando conta. Fico muito feliz em poder participar desse evento. É sempre bom rever alguns amigos que conhecemos durante a carreira. Eu por ter passado pelo América, Fluminense, Grêmio, disputado duas Champions League, pra mim é muito importante estar fazendo parte dessa história aqui juntamente com a rapaziada”, disse Somália. Após se aposentar do esporte, o ex-jogador hoje se dedica principalmente a seu Instituto, o Show no Esporte Show na Escola, que aten-

de de forma gratuita 1500 crianças, que participam de atividades esportivas em 12 modalidades como futebol e natação, além de aulas de inglês e informática. Já para Taquinho, presidente do Clube Atlético Montanhês, a partida ocorreu da melhor forma possível e o evento foi uma oportunidade para o reencontro entre grandes nomes do futebol local e mundial. Pelo Montanhês participaram da partida: Maurinho, Expedito Lara, Zuru, Ferreira, Valdir, Carlinho, Mendonça, Tarcis-

inho, Wilson, Cenildo, Gilson, Zezé, Serginho, Juvenal, Fernando, Rick, Amarildo, Tonho, Soló, Rogerinho, Djalma, Juninho, Taquinho e Leleco. Apesar do evento reunir grandes nomes do futebol nacional, a participação popular em Barroso foi discreta e poucos torcedores compareceram ao estádio e tiveram a oportunidade de rever alguns dos ídolos do futebol brasileiro. “Pena que a população não prestigia eventos como este” diz Aloísio Mello, torcedor.

gado e Cazuza faziam parte daquele chamado Esquadrão Alvinegro. Não faltam histórias que possam abrilhantar a trajetória do Montanhês. Recentemente o Barroso EM DIA produziu um vídeo que está disponível no seu canal no YouTube. Basta acessar o código abaixo para rever o documentário.

Jogador Taquinho, organizador do evento

Profile for Bruno

Edição 203 - Novembro 2019  

Edição 203 - Novembro 2019  

Advertisement