Page 1

RURAL SEMANAL Informativo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro ANO XX - 2013 Apresentação pública das monografias da LEC-RJ

EDITORIAL A dimensão da Produção Cultural Nesta primeira segunda-feira de setembro, dia 2, o Auditório Gustavo Dutra será palco da última audiência pública da atual fase do Plano Diretor Participativo (PDP-UFRRJ). Nesta quinta sessão, com início às 9h, a Produção Cultural é o tema, para o qual está, mais uma vez, convidado cada membro de nossa comunidade universitária. No Brasil, o surgimento das leis de incentivo à cultura na última década do século passado fez com que a expressão produção cultural passasse a ser utilizada, principalmente referenciando ações desenvolvidas nas áreas do teatro, do rádio, da televisão e do cinema, pelo fato de incorporar, nesse trabalho, a pré-produção, produção e pósprodução de atividades artísticas e/ou culturais. A diversidade de significados que a palavra cultural carrega tem ampliado os sentidos de produção cultural para um conjunto de produtos ou serviços culturais realizados individualmente ou por grupos de indivíduos, atuando em determinado espaço e tempo identificados. Nesse sentido, poderíamos dizer que, desde a sua origem em 1910, a UFRRJ já apresenta um considerável conjunto de produtos culturais que se encontra à disposição da sociedade brasileira e, em certa medida, incorporados a processos evolutivos em várias áreas do conhecimento humano. Tais produtos, inicialmente oriundos das áreas agrárias – como exemplificados por manuais de manejo dos insumos destinados à produção de origem vegetal e animal, e documentação das ações extensionistas junto aos assentamentos rurais e aos ambientes de produção agrícola em maior escala – atualmente estão ampliados pelos resultados da produção realizada em áreas recentemente presentes na estrutura da UFRRJ. Vídeos, exposições de obras de arte, mostras de poesias e contos; textos de divulgação científica sobre resultados obtidos em laboratórios de pesquisa; espetáculos de dança e música; lançamento de livros. São algumas das formas que o Rural Semanal tem, constantemente, divulgado ao longo dos últimos anos, mostrando, com clareza, ações que envolvem discentes, técnico-administrativos e docentes dessas novas áreas de conhecimento. Esse conjunto de produtos fornece uma importante base para que esteja garantida, a cada dia, a diretriz de “ampliação e integração das atividades artístico-culturais à dimensão multicampi e a dinâmica dos cursos da UFRRJ em suas atividades de ensino, pesquisa e extensão”, definida no atual plano de gestão da UFRRJ.

Pibid seleciona projetos Envio de propostas até 10/9

Leia na página 3

Dilemas e problemas da terceirização de serviços

Pág.2

32

SETEMBRO

S

T

Q

Q

S

S

D

2

3

4

5

6

7

8

CALENDÁRIO ACADÊMICO 3/9 - Atividades coletivas e interdisciplinares. 7/9 - Feriado nacional (Dia da Independência). 23 a 27/9 - Provas optativas. De 2 a 13/9, haverá apresentação pública das 52 24/9 a 2/10 - Prazo para lançamento das notas

monografias da primeira turma de Licenciatura em Educação do Campo (LEC) do estado do Rio de Janeiro (Convênio UFRRJ/PRONERA/INCRARJ). Os horários e locais estarão disponíveis na sala 8 do Instituto de Educação. A abertura das apresentações será feita com o trabalho ‘Três Sonhadores do Tekoa Saukai’, do indígena guarani Algemiro da Silva, às 10h, no Auditório do PAT/UFRRJ, com a presença do professor José Ribamar Bessa Freire (UERJ/UNIRIO).

Faperj contempla UFRRJ em dois editais A diretoria da Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (Faperj) anunciou, em 22/8, os resultados de dois programas: Auxílio à Editoração (APQ 3) e Treinamento e Capacitação Técnica (TCT). O APQ 3 beneficiou, no total, 64 propostas, entre elas uma da UFRRJ. Já o TCT contemplou 98 projetos, sendo dois da Rural. Confira:

finais no Sistema Acadêmico pelos professores responsáveis por disciplinas. 2/10 - Prazo final para divulgação das notas finais pelos departamentos. 28/9 - Término 1º período letivo de 2013. 30/9 - Início do recesso escolar. 21/10 - Início do 2° período letivo de 2013. Confira na íntegra em http://goo.gl/NZn5A

Hospital Veterinário inaugura seu Centro de Estudos O Hospital Veterinário da UFRRJ inaugurou, em 21/8, seu Centro de Estudos do Setor de Grandes Animais. O espaço foi batizado com o nome do médico veterinário dr. João Carlos Sena Maia, presente à cerimônia de inauguração. Também participaram do evento a profa. Katherina Coumendouros, pró-reitora de Extensão, e Teresinha Sena Pacielo, assessora de Comunicação, ambas representando a Reitoria; o diretor do IV, prof. Zélson Giacomo Loss; o ex-diretor, Sergio Gaspar de Lemos; os doutores Bruno Gonçalves de Souza e Gilberto dos Santos Seppa; e professores, técnicos e estudantes. Ascom/UFRRJ

APQ 3 – Maria Cristina Affonso Lorenzon (IZ), com o projeto ‘A abelha Jataí: flora visitada na Mata Atlântica’. TCT – Adivaldo Henrique da Fonseca (IV), com o projeto ‘Isolamento e cultivo in vitro de Rickettsia spp. como suporte para diagnóstico’; e Ricardo Luis Louro Berbara (IA), com a proposta ‘Apoio a projetos de recuperação das propriedades do solo em microbacias de Nova Friburgo-RJ, após desastre ambiental’. Programas – O APQ 3 destina-se à publicação de obras que, apesar de sua contribuição ao desenvolvimento científico, têm dificuldade de edição comercial. O programa apoia a edição de livros, manuais, números especiais de revistas e coletâneas científicas em qualquer tipo de suporte. Já o TCT procura incentivar o aperfeiçoamento na formação de técnicos de nível fundamental, médio e superior, que participem de projetos já contemplados pela Faperj. As bolsas solicitadas devem refletir a necessidade de treinamento e capacitação de profissionais em atividades técnicas, para a implantação, modernização e funcionamento de laboratórios e/ou equipamentos multiusuários. Resultados na íntegra em http://goo.gl/2uuNDl (Com informações da Faperj)

Os doutores Bruno G. Souza (à esq.) e Gilberto S. Seppa (centro), ao lado do homenageado dr. João Carlos Sena Maia

Toma posse o novo diretor do campus de Campos dos Goytacazes

Rural na Bienal do Livro

Pág.3

A placa em homenagem a Sena Maia foi descerrada pelo próprio, em companhia do professor Zélson, que, na sequência, fez um emocionado discurso. Uma réplica da placa foi entregue ao homenageado pela assessora da Reitoria, Teresinha Sena Pacielo. Segundo o dr. Bruno Gonçalves de Souza, do Hospital Veterinário de Grandes Animais, o Centro de Estudos será reservado aos alunos de graduação em Medicina Veterinária que participam do Programa de Aprendizagem Prática em Clínica e Cirurgia de Animais de Produção. “Os estudantes terão à disposição três computadores com acesso à internet, pontos extras de acesso e uma minibiblioteca”, disse.

Pág.4


Pág. 2 2 a 8/9/2013

UNIVERSIDADE E SOCIEDADE

Esclarecimento à comunidade universitária

Dilemas e problemas da terceirização de serviços A terceirização do trabalho no setor público é uma realidade crescente, principalmente em atividades básicas como conservação e limpeza, vigilância, manutenção predial, condução de veículos, limpeza de parques e jardins e determinadas atividades administrativas não contempladas no atual quadro de cargos do serviço público. Vários cargos foram extintos, impossibilitando a realização de contratações por concurso público. A alternativa para as instituições públicas é a contratação de empresas de serviços que, por sua vez, contratam diretamente os trabalhadores. É a terceirização. Nestas circunstâncias, a expansão das Instituições Federais de Ensino Superior (IFES) promoveu uma intensa terceirização nas universidades, impactando significativamente a sua estrutura organizacional, bem como o quantitativo dos recursos destinados ao custeio das instituições. Hoje a UFRRJ tem 733 trabalhadores terceirizados e 14 empresas de serviços, o que representa quase a triplicação do número de contratos de serviços entre 2010 e 2013. Ao mesmo tempo, o quadro de servidores técnico-administrativos aumentou muito pouco quando confrontado com as novas demandas da universidade em expansão. A terceirização é, assim, uma questão maior, um desafio a ser enfrentado pela sociedade brasileira, representando um conceito e uma opção de Estado que vem se impondo e consolidando a pelo menos duas décadas. Cada contrato de terceirização tem um gestor e um ou mais fiscais, dependendo do tipo e abrangência do contrato. O gestor tem a responsabilidade de supervisionar prazos de eventos, como a repactuação anual, vigência, prorrogação, a conformidade legal da documentação mensal dos trabalhadores, atestando a nota fiscal para fins de pagamento. A atuação do gestor é crítica no que se refere ao adequado funcionamento dos contratos, incluindo a observância dos direitos legais dos trabalhadores terceirizados. Por outro lado, o bom funcionamento dos serviços contratados depende da atuação dos fiscais dos contratos. Normalmente, a fiscalização dos servidores de limpeza é responsabilidade das chefias dos setores onde o serviço é realizado. Os fiscais devem reportar ao gestor do contrato problemas apontados pelos trabalhadores terceirizados e questões relativas à qualidade dos serviços realizados, bem como dos materiais fornecidos pela empresa. Pode-se concluir que a gestão e fiscalização dos contratos exigem pessoal capacitado do quadro técnico-administrativo, em número suficiente para dar conta da sua complexidade contratual e peculiaridades. Aí reside uma dificuldade. Os contratos dos serviços de limpeza e conservação na UFRRJ 1. No início do mês de junho de 2013, os gestores do contrato da Digna, campus Seropédica, reportaram à PROAF que a empresa encontrava-se inadimplente quanto ao recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e do INSS dos seus trabalhadores, apresentando também falhas no pagamento de férias, no auxílio transporte e refeição de parte dos seus contratados. 2. Frente à comunicação da inadimplência, embasada em prerrogativas legais e contratuais, a PROAF entendeu que a UFRRJ não poderia repassar à empresa o valor mensal contratado en-

quanto esta não se colocasse em dia com todas as pendências trabalhistas. Este fato foi notificando diretamente à empresa, e enviado um alerta para os gestores dos contratos de Nova Iguaçu e Três Rios, que também tomaram providências em relação aos seus contratos com a prestadora de serviços. Nestes dois campi a empresa está em dia com o contrato. 3. Ficou evidente que a universidade não poderia concordar que os trabalhadores que executaram normalmente as suas atividades fossem penalizados pela situação irregular da empresa. Por este motivo, a PROAF solicitou aos representantes da empresa que enviassem a folha de pagamento dos seus contratados para permitir o pagamento diretamente aos trabalhadores. O pagamento, referente aos meses de junho e julho foi realizado pela UFRRJ, garantindo todos os direitos dos trabalhadores – uma ação inédita na história da terceirização na universidade. 4. Em julho, a empresa encaminhou à PROAF as guias de recolhimento do FGTS referentes aos meses de outubro, novembro e dezembro de 2012; e de janeiro, fevereiro, março e abril de 2013. Estas guias foram pagas pela PROAF com os recursos já empenhados para a empresa. 5. Enquanto não forem sanadas todas as pendências trabalhistas, a UFRRJ não repassará recursos à empresa contratada para o campus Seropédica; e garantirá o pagamento aos trabalhadores terceirizados, sem prejuízo das sanções cabíveis. 6. Por outro lado, não interessa à universidade e aos trabalhadores que, de uma hora para outra, os serviços de limpeza sejam interrompidos, visto que uma nova contratação depende de um certame licitatório que pode levar alguns meses. 7. Quanto à situação surgida, nos últimos dias, no Instituto Multidisciplinar (IM), motivada pela demissão de trabalhadores terceirizados, cabe esclarecer que os gestores do contrato da Digna no IM se reportaram à empresa, solicitando esclarecimentos quanto às demissões. A empresa informou que a dispensa foi motivada por problemas de assiduidade e na execução das tarefas que lhes eram atribuídas. As dúvidas que pairam quanto a esta situação precisam ser esclarecidas, e somente o diálogo e o levantamento de informações junto aos próprios trabalhadores da empresa poderão auxiliar a superação dos questionamentos que vêm sendo colocados na comunidade universitária. A PROAF está propondo medidas de caráter estrutural para melhorar não só a gestão de contratos, como também para capacitar os gestores e fiscais responsáveis por estes – duas condições que certamente promoverão melhorias que a universidade precisa e merece. Colocamo-nos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se façam necessários, reafirmando a nossa convicção de que o vigor da democracia e a amplitude das conquistas sociais residem na ampla liberdade de manifestação, organização e luta por demandas que representam direitos fundamentais para a cidadania e o desenvolvimento de uma sociedade justa: Educação, Saúde, Transporte, Moradia, Trabalho e Preservação do Meio Ambiente. Professora Nidia Majerowicz, pró-reitora de Assuntos Financeiros

RURAL SEMANAL Concurso

Prêmio Mercosul de C&T Inscrições até 9/9 Trazendo o tema ‘Educação para a ciência’, o Prêmio Mercosul de Ciência e Tecnologia 2013 está com inscrições abertas até 9/9. Os trabalhos devem tratar sobre a realidade do Mercosul e estar relacionados à educação científica, dirigida ao ensino médio ou alfabetização no ambiente escolar do nível básico.

Aberto a estudantes e pesquisadores do Brasil e de todos os países integrantes do bloco, o concurso é dividido em quatro categorias, com premiações que variam de 2 mil a 10 mil dólares. O Prêmio Mercosul é patrocinado pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), pelo Observatório Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (Oncti) da Venezuela e pela Confederação Nacional da Indústria (CNI); e apoiado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Saiba mais em http://eventos.unesco.org.br/ premiomercosul/index.php/pt

Lançamento Desenvolvimento Territorial e Enfrentamento da Pobreza Rural

A coletânea ‘Políticas de Desenvolvimento Territorial e Enfrentamento da Pobreza Rural no Brasil’ pode ser acessado, na íntegra, na página do Observatório de Políticas Públicas para a Agricultura (OPPA): www.ufrrj.br/cpda/oppa A obra é resultante da parceria entre o OPPA/CPDA/ DDAS/UFRRJ e o IICA/Fórum de Desenvolvimento Rural Sustentável. Está programado o lançamento de um segundo volume dedicado aos estudos de caso da pesquisa que deu origem ao trabalho.

PDP/UFRRJ Próxima audiência pública do Plano Diretor Participativo: dia 2/9, às 9h, no Gustavão. Tema ‘Produção Cultural’.

Eleição para coordenador e vice do curso de Agronomia Votação nos dias 2 e 3/9, das 9h às 16h, no hall do Departamento de Fitotecnia (IA).


RURAL SEMANAL Iniciação à docência

Pibid seleciona projetos até 10/9 A Capes) abriu edital (061/ 2013) para receber de Instituições de Ensino Superior (IES) propostas de projetos a serem apoiados pelo Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid). Para submissão de subprojeto é necessário observar o tema ‘Desafios da formação: cotidiano escolar e práticas docentes na educação básica’; as recomendações do edital e da Portaria 096/ 2013; e o modelo de detalhamento de subprojeto, disponíveis em http://bit.ly/18MKEC4 Cada subprojeto deverá ser enviado para o e-mail pibid.ufrrj@gmail.com, até às 23h59 do dia 10/9, com cópia impressa a ser entregue na PROGRAD, até às 16h do mesmo dia, referendada pelo colegiado do curso, comprovada em cópia de extrato de ata. Cada colegiado de curso poderá submeter apenas um subprojeto por licenciatura/habilitação em cada campus/polo, conforme Artigo 9, §2° da Portaria 096/2013. Observar especificidades de subprojetos interdisciplinares no item 4.2.2.1 do referido edital.

Reopção e reingresso interno Inscrições abertas

A UFRRJ divulgou, em 23/8, o edital para reopção de curso e reingresso interno para entrada no segundo semestre de 2013 (Edital 117/2013). Os interessados devem enviar a documentação exigida até o dia 4/9. Um formulário online está disponível no ‘Quiosque dos Alunos’ para as inscrições. Posteriormente, o candidato deverá enviar pelos correios o curriculum vitae e os comprovantes solicitados no edital (enviar como carta registrada, com aviso de recebimento). Há também a opção de entregar em envelope lacrado na sala 92 do Pavilhão Central, campus de Seropédica (Rodovia BR 465, Km 7, Seropédica/RJ, CEP 23890-000). O edital completo – com os requisitos e documentos necessários – está disponível na página da UFRRJ: www.ufrrj.br (seção ‘Editais’). Para outras informações, acesse o link ‘Acesso aos Cursos de Graduação’ em http://r1.ufrrj.br/ graduacao

JB/UFRRJ seleciona bolsistas de IC Inscrições de 16 a 20/9 O Jardim Botânico da UFRRJ vai selecionar bolsistas de Iniciação de Científica (IC) para desenvolvimento de projetos de pesquisa. O programa é voltado para os alunos de graduação, que poderão se inscrever, entre 16 e 20/9, pelo email proverde@ufrrj.br Detalhes no edital, disponível em www.ufrrj.br (seção ‘editais’).

Moradia estudantil Inscrições até 6/9

Consulte o edital 02/2013 na página institucional (www.ufrrj.br, seção 'editais').

UNIVERSIDADE

Pág. 3 2 a 8/9/2013

Toma posse o novo diretor do campus de Campos dos Goytacazes No dia 22/8, no auditório do campus Campos dos Goytacazes, aconteceu a posse da nova diretoria, formada pelos agrônomos Carlos Frederico de Menezes Veiga (diretor) e Mauri Lima Filho (vice). A mesa cerimonial foi composta pela reitora da UFRRJ, professora Ana Maria Dantas Soares; pelos próreitores Valdomiro Neves Lima (Planejamento, Avaliação e Desenvolvimento), Roberto Lelis (Pesquisa e Pós-graduação), Katherina Coumendouros (Extensão) e Nidia Majerowicz (Assuntos Financeiros); o reitor do IFF, Luiz Augusto Caldas; o secretário de Agricultura de Campos, Eduardo Crespo (representando a prefeita Rosinha Garotinho); e o professor aposentado da UFRRJ, Antonio Constantino Campos, diretor geral de Administração da Uenf (representando o reitor Silvério de Paiva Freitas). Também participaram da cerimônia o ex-diretor de do campus de Campos, Jair Felipe Ramalho; Demétrio Ferreira de Azevedo; o diretor pro tempore do ITR/UFRRJ, José Angelo Ribeiro Moreira; além de representantes da Embrapa, Pesagro, Embrater, Usinas, pesquisadores, técnicos, estudantes e familiares. Discurso de posse do novo diretor

Há aproximadamente 23 anos esta casa e grande parte de seus servidores tiveram um novo direcionamento. Passávamos a integrar os quadros da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). Um novo Universo – como a própria palavra sugere – uma nova forma de construir. Um ambiente, como se costuma ouvir, onde o debate fervilha. Um mesmo compromisso: continuar as pesquisas com a cultura da cana-de-açúcar. Diante do Universo, a inevitável disposição para nos lançarmos a novos horizontes. Não todos os caminhos nos estavam disponíveis. Momento de nos aprimorarmos. O grupo busca complementar a sua formação. O processo democrático de escolha dos nossos dirigentes nos aproxima do debate e nos leva a um processo de amadurecimento na busca por melhores destinos para o nosso campus. As pesquisas com a cultura da cana-de-açúcar voltam a ter unidade com a criação da Ridesa (Rede Interuniversitária para o Desenvolvimento do Setor Sucro-Energético), em 1992, que, além da Universidade Rural, agrega atualmente outras nove universidades federais – constitui o maior programa de melhoramento com a cultura no mundo, responsável por 60% das variedades cultivadas no país. Buscamos a resposta para o declínio do setor na região, cujas causas até então eram atribuídas de forma inconsistente aos mais diversos fatores. Através de um trabalho confiado à nossa equipe (até então executado por outra grande universidade do país para outras cadeias produtivas), podemos afirmar que contribuímos para a mudança do foco das discussões do setor sucro-energético regional ao pontuarmos as reais limitações e apontarmos soluções, muitas das quais transcendem a adoção de tecnologias. Algumas políticas públicas foram direcionadas, frutos desta nova visão. Tem sido fato não raro surgirem como alternativas técnicas já avaliadas por nossa equipe há algum tempo. O grande desafio tem sido como levá-las a um grande número de pequenos produtores que é a realidade predominante na região. A agricultura familiar tem sido também objeto de nossa grande atuação em diversas vertentes de sua complexidade. A atuação no ensino de forma espontânea, desde a capacitação operacional até a pósgraduação, também tem sido parte das atividades. Disciplinas de Programa de Pós-Graduação da UFRRJ do campus Seropédica foram coordenadas por pesquisadores do campus, como também foram desenvolvidas diversas teses sob orientação e co-orientação dos mesmos pesquisadores. Chegava a oportunidade de buscar novos caminhos para o nosso campus, qual seja: a reforma do Estatuto e do Regimento da universidade, iniciativas de grande bravura da administração anterior, liderada pelo então reitor, o professor Ricardo Motta Miranda. Tivemos a indicação do nosso nome, pelo diretor Jair Ramalho, para representar o campus na comissão que iria elaborar as propostas e encaminhá-las à apreciação da comunidade acadêmica. Cabe aqui enaltecer a forma participativa com a qual Jair conduziu a sua administração, possibilitando, não só a mim, como vice-diretor, mas a todos os servidores, que contribuíssem para o engrandecimento desta unidade. Pudemos mostrar, nos diversos debates que antecederam a aprovação dos instrumentos máximos de regulamentação da nossa instituição, a importância de termos o nosso campus efetivamente inserido no processo educacional, incluindo também em nossa unidade a missão de consolidar os três pilares fundamentais de uma universidade: o ensino, a pesquisa e a extensão. Vale ressaltar, ainda, que através desses instrumentos o campus adquiriu assento nos órgãos de máxima instância da universidade: o Conselho Universitário (CONSU) e o Conselho de Ensino Pesquisa e Extensão (CEPE). O caminho foi traçado e começa uma nova etapa: a de percorrê-lo. O tempo coincide com o da escolha de novos nomes para a administração, quando então somos convidados para participar do processo. Convidamos o colega pesquisador Mauri Lima, exemplo de dedicação profissional para todos nós, para juntos compartilharmos esta missão. O resultado da consulta à comunidade interna – com os expressivos índices de participação e aceitação de nossos nomes – trouxe um importante significado para nós: o comprometimento de todos com os novos desafios. Com o apoio da Administração Superior – liderada pela nossa reitora, professora Ana Dantas, e pelos pró-reitores – buscaremos não só o fortalecimento das parcerias já existentes com as instituições e organizações em diferentes níveis (particularmente as locais), mas também o engajamento de novos parceiros neste novo percurso. Gostaria, neste momento, de fazer referência à memória daquele que motivou talvez o primeiro grande desafio em minha vida: Frederico de Menezes Veiga. Ao escolhermos a sua profissão, pudemos melhor avaliar a dimensão do seu grande trabalho. À minha família, que aqui se encontra presente, o meu reconhecimento pelo apoio e compreensão que sempre me deu em todas as caminhadas, sabendo o que significa toda essa nossa luta. É motivo de grande alegria quando vemos aqui a presença dos amigos que nos estão honrando com as suas presenças. Manifesto, convicto, a certeza de que estarão de perto, caminhando ao nosso lado. Meu muito obrigado, de coração, a todos vocês. E que Deus ilumine a todos nós, na busca de um mundo cada vez melhor. Por Carlos Frederico de Menezes Veiga


Informes Gerais A festa das letras Em sua 16ª edição, Bienal do Livro vai até 8/9, no Riocentro

Eventos na Rural Jogos Universitários da Rural

Aberta em 29/8, a Bienal do Livro 2013 acontece no Riocentro até o próximo domingo (8). Em sua 16ª edição, a Bienal é um dos maiores eventos literáriDe 4 a 6/10. os do país. Os amantes da leitura terão a oportunidade de se aproximarem de seus auVII Seminário Interfaces da tores favoritos, além de conhecerem muitos outros. Nos espaços dedicados às atrações, o público pode participar de debates e bate-papos com persoPsicologia da UFRRJ nalidades culturais e de atividades recreativas que promovem a leitura. Con- De 3 a 5/9. Tema: ‘Local e global em psicologia fira a programação em www.bienaldolivro.com.br clínica & social’. Inscrição, programação e envio de trabalhos em r1.ufrrj.br/seminariopsi/2013

Rural na Bienal

A Editora da UFRRJ (Edur) e docentes da universidade marcam presença na XVI Bienal do Livro do Rio de Janeiro. A Edur participa no estande coletivo da Associação Brasileira de Editoras Universitárias (ABEU). Confira as atividades que tiveram participação de professores da Rural.

Seminário de Línguas da UFRRJ De 17 a 19/9. Saiba mais em http://eventos.ufrrj.br/ seminariodelinguas

V Seminário Discente de Educação (PPGEduc) Dias 17 e 18/9, no Instituto Multidisciplinar (IM), em Nova Iguaçu/RJ. Mais informações: http://  Também no dia 1/9, lançamento do livro ‘Educação Profissional Inclusiva: desafios e perspectivas’, da Coleção Pensamento Pedagógico da Educação Profissional e Tec- ocaminhoseconheceandando.blogspot.com.br nológica. Organizado pelos professores do Instituto de Educação (IE): Allan Damasceno, Lucilia Lino XIX Semeali de Paula e Valeria Marques. De 25 a 29/11, com o tema ‘Sustentabilidade e InoA mesa-redonda 'Protagonismo juvenil e a Voz das ruas', realizada no dia 30/8, contou com a vações Tecnológicas na Engnharia de Alimentos’. participação de Afranio de Oliveira Silva e Tiago de Jesus Esteves, doutorandos do CPDA/UFRRJ.  No dia 1/9, aconteceu um bate papo musical sobre o livro ‘Gente humilde: vida e obra de Garoto’, com o autor Jorge Mello (Departamento de Física/ICE).

As atividades da Bienal começaram em 29/8. A visitação acontece das 9h às 22h, de segunda à sexta; e, nos fins de semana, das 10h às 22h. O Riocentro fica na Avenida Salvador Allende, 6555, Barra da Tijuca, Rio de Janeiro/RJ.

Dia Mundial da Alimentação

GeoHora: cine-debate da Geografia

Dia 2/9, no Salão Verde (IE), às 18h30, exibição do filme ‘Roger e Eu’ (1989). Sinopse: Michael Moore descreve a situação de sua cidade natal, Flint, no estado de Michigan, cuja vida sempre girou em torno do parque industrial da General Motors (GM). Quando esta decide fechar a fábrica local, vem o desemprego e decadência. Moore Pós-graduação na Rural persegue o presidente da GM para tentar lhe Seleção para o Programa de Doutorado em Ciên- mostrar o mal que causou. Organização: Diretório cia, Tecnologia e Inovação em Agropecuária Acadêmico de Geografia (DAG). (PPGCTIA). Inscrições: de 16/9 a 25/10. Mais informações em cursos.ufrrj.br/posgradu XXIII Jornada de Iniciação acao/ppgctia/processo-seletivo Palestra em comemoração antecipada do Dia Mundial da Alimentação: ‘Perspectivas para o lançamento de alimentos com alegação de saúde’. Com a professora Lucia Miglioranza (UEL). Dia 4/9, às 9h, no Salão Verde (Instituto de Educação/IE).

Segurança na UFRRJ Qualquer ocorrência, comunique-se com a DGV, ramal 4645 e tel. 2682-1871. Tenha sempre um documento de identidade, especialmente o que ateste seu vínculo com a UFRRJ.

Ouvidoria na Rural Reclamações, elogios, críticas e sugestões, das 8h às 17h, na sala 131/P1. Tel. 2682-2915 ou em www.ufrrj.br (fale conosco/ouvidoria).

Apresenta, em 4/9, às 19h, no Gustavão, Um corpo que cai (EUA,1958; gênero: suspense, drama). Inscrições abertas, até 27/9, para a XXIII Jornada de Direção: Alfred Hitchcock; com James Stewart, Iniciação Científica e I Semana de Pesquisa, Tecno- Kim Novak, Konstantin Shayne. logia e Inovação da UFRRJ. O evento ocorrerá de 4 a Sinopse: O detetive aposentado John Ferguson 14 /11. Inscrições em http://eventos.ufrrj.br/raic (James Stewart) sofre de um terrível medo de alturas. Certo dia, encontra com um antigo conhecido, que pede que ele siga sua esposa, Madeleine ElsRural Semanal Uma construção coletiva da comunidade universitária ter (Kim Novak). Ela demonstra uma estranha atraOs conceitos, opiniões, declarações, comunicados, ção por lugares altos, levando o detetive a enfrentar resenhas e cartas são de total responsabilidade seus piores medos. Ele começa a acreditar que a dos autores. Colabore enviando artigos, cartas e mulher tem possíveis tendências suicidas, quando notas até 3ª para ascom@ufrrj.br algo estranho acontece nesta missão.

Científica e I Semana de Pesquisa

Ilustração botânica Estão abertas, até 11/9, as inscrições para o curso de extensão de ‘Desenho Botânico’, que faz parte do projeto Iustração Botânica 2013, do Jardim Botânico do Rio de Janeiro (JBRJ). Mais informações em www.jbrj.gov.br

Ascom nas redes sociais facebook.com/UFRRJ twitter: @ufrrjbr

RURAL SEMANAL: Informativo da Reitoria da UFRRJ, fundado em 26/9/1994. Reitora: Ana Maria Dantas Soares Vice-reitor: Eduardo Mendes Callado Pró-reitores: Assuntos Administrativos: Pedro

Rural Semanal Ano XX - número 32 - 2 a 8/9/2013

Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro

IMPRESSO

Paulo de Oliveira Silva Assuntos Financeiros: Nidia Majerowicz Assuntos Estudantis: Cesar Augusto da Ros Ensino de Graduação: Ligia Cristina Ferreira Machado Extensão: Katherina Coumendouros Pesquisa e Pós-graduação: Roberto Carlos Costa Lelis Planejamento, Avaliação e Desenvolvimento: Valdomiro Neves Lima Assessora de Informação e Comunicação (pro tempore): Teresinha Sena Pacielo Editor colaborador: Valdomiro Neves Lima Jornalista: João Henrique Oliveira (Mtb24325-RJ) Distribuição: Aline da Silveira Figueroa Bolsista: Cynthia Dias Impressão: Imprensa Universitária Tiragem desta edição: 3.000 Redação: Assessoria de Informação e Comunicação - BR 465 - Km7, Pavilhão Central, sala 131, CEP 23890-000 Seropédica/RJ. Tel.: (21) 2682-2915 e 2682-1080/1090; fax: (21)2682-1120. E-mail: ascom@ufrrj.br Portal: www.ufrrj.br Blog: http://ruralsemanalonline.blogspot.com ‘A exatidão dos dados dos eventos é de responsabilidade de seus organizadores’.

Rural Semanal 32/2013  
Rural Semanal 32/2013  

Informativo da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

Advertisement