Associação de Futebol de Castelo Branco Newsletter - julho a dezembro 2021

Page 1

Newsletter.05 Associação de Futebol de Castelo Branco FUNDADA EM 22 DE MARÇO DE 1936 | FILIADA NA FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE FUTEBOL

2021

julho/dezembro Distribuição gratuita

C.U. Idanhense conquista Supertaça Beira Interior 2021

AFCB homenageou Campões do Mundo Futsal A SS O C I AÇ ÃO D ETaças F U T E BOAFCB L D E C A ST E LO BRA21/22 N CO / 1


Índice C.U. Idanhense conquista Supertaça Beira Interior 2021

Conjunto de Idanha-a-Nova vence C.D. Gouveia por 1-3 em jogo muito disputado e típico de início de temporada. ... P6

7 em 8, melhor era impossível!

São sete as formações filiadas na AFCB que estarão hoje no sorteio da 2ª eliminatória da Taça de Portugal Placard. ... P12

Associações distritais de futebol reuniram em Leiria

Desafios para sustentar o crescimento da atividade competitiva não profissional no futuro próximo em cima da mesa. ... P14

Caminhos que se entrelaçam

Mensagem do Presidente Manuel Candeias

2 / a fc b

Fará em abril de 2022 dez anos que me encontro à frente dos destinos da Associação de Futebol de Castelo Branco enquanto presidente da sua direção. Nesta década que passou depressa demais, apenas conheci um presidente da Federação Portuguesa de Futebol, Fernando Gomes. Quis o destino que as nossas lideranças se cruzassem e permitissem um trabalho conjunto na promoção e desenvolvimento do desporto português em geral e do futebol, do futsal e do futebol de praia em particular.


Índice AFCB homenageou Campões do Mundo

Taças AFCB Futsal 21/22

Campeões do mundo de futsal – lituânia 2021 do distrito de Castelo Branco foram homenageados em cerimónia que decorreu nas instalações da AF Castelo Branco. ... P18

“Festa do Futsal albicastrense” aconteceu nos dias 4 e 5 de dezembro no pavilhão da ARB Boa Esperança, em Castelo Branco ... P30

Futebol: um jogo de relação e intenção

A simpatia, a humildade e a abertura do presidente Fernando Gomes geraram admiração, respeito e amizade. É pois de um líder e de um Amigo que vos falo. De um homem que marca de forma indelével o desporto nacional e cujos feitos alcançados aquando da sua presidência ecoarão pela eternidade. Os títulos conquistados pelas seleções nacionais seniores masculinas são a face mais visível da sua imagem e do seu minucioso labor. Todavia, é no resgate do futuro para o presente, com a edificação da Cidade do Futebol, a aposta em escalões de formação, no futebol e no futsal feminino e na investigação que alicerça e salvaguarda o futuro.

O futebol é um fenómeno complexo. ... P26

É este o legado, do tempo antes do tempo, que a todos inspira e para o qual temos o privilégio de contribuir. Privilégio que nos permite projetar o distrito e a região para o epicentro do desporto nacional e mundial. Porque, como diria Fernando Pessoa: “E ao imenso e possível oceano, Ensinam estas Quinas, que aqui vês, Que o mar com fim será grego ou romano: O mar sem fim é português.”

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 3


4 / a fc b


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 5


C.U. Idanhense conquista Supertaça Beira Interior 2021 Conjunto de Idanha-a-Nova vence C.D. Gouveia por 1-3 em jogo muito disputado e típico de início de temporada.

Quarta edição da Supertaça da Beira Interior e segunda conquista para um clube da AF de Castelo Branco (AFCB) que iguala a AF Guarda no número de conquistas de uma competição que teve a sua primeira edição em 2018. C.U. Idanhense junta-se assim ao SC Mêda, Ginásio Clube Figueirense (Figueira de Castelo Rodrigo) e CD Alcains, vencedores das edições anteriores da prova. Num jogo característico de início de temporada, com as equipas ainda em crescimento competitivo e jogado sob um intenso calor, a formação do C.U. Idanhense foi mais sagaz e feliz num jogo muito disputado e dividido no qual soube controlar, gerir e vencer de forma segura. A jogar fora, a cerca de 700m de altura, em Gouveia, terra do escritor Virgílio Ferreira, autor de “Manhã Submersa” e “Aparição”, e já com público a colorir as bancadas, o

6 / a fc b

conjunto Idanhense, orientado por Vasco Guerra, chegou à vantagem no marcador ainda na primeira parte numa altura em que o jogo estava dividido e equilibrado. O golo foi o tónico para os idanhenses acercarem-se ainda mais das redes do CD Gouveia, contudo o resultado não haveria de sofrer qualquer alteração até ao final da primeira parte. A segunda parte trouxe um CD Gouveia mais afoito e a arriscar mais, risco que o C.U. Idanhense aproveitou e que redundou no 0-2 para a formação do distrito de Castelo Branco. Com os forasteiro em vantagem por dois golos o jogo partiu-se, fruto da quebra emocional provocada pelo golo sofrido e também pelo cansaço acumulado e das substituições realizadas que acabaram, em certa medida, por descaraterizar o jogo de ambas as equipas. O 0-3 haveria de surgir, com alguma naturalidade, pouco depois.

Com o jogo partido sucederam-se as situações de golo em ambas as balizas tendo o CD Gouveia chegado, de forma merecida, ao tento de honra e que fecharia o resultado no 1-3 final. O C.U. Idanhense foi um justo vencedor e o CD Gouveia um digno vencido num jogo marcado pelo regresso do público às bancadas. Público que compôs o Estádio do Farvão e que animou o bom espetáculo com que as duas formações beirãs presentearam aqueles que, movidos pela saudade, desafiaram o calor de agosto para voltarem a sentir, in loco, as emoções do futebol. De realçar o espírito de fairplay vivido dentro e fora das quatro linhas, bem como a salutar confraternização entre as associações de futebol da Guarda e de Castelo Branco. ■ (Publicada em 16 agosto 2021)


Bruno Duarte para a História Vem aí a 4.ª edição do Prémio Futebol para Todos! Prémio dirigido a instituições sem fins lucrativos vai distribuir novamente 50.000 euros. Candidaturas abertas até 17 de dezembro.

Árbitro albicastrense esteve, como 2º árbitro, no jogo decisivo que ditou a primeira formação campeã nacional de futebol de praia feminino. O jogo que contou com transmissão em diferido no Canal 11 consagrou a ACD Sótão que venceu a AD Pastéis da Bola por 3-2, em jogo disputado no Estádio do Viveiro - Jordan Santos, na Nazaré. ■ (Publicada em 8 agosto 2021)

Samuel Petronilho (Futsal) e José Vidal (Futebol), árbitros da AFCB

Já estão abertas as inscrições para a 4.ª edição do Prémio Futebol para Todos". Este prémio é promovido anualmente pela Federação Portuguesa de Futebol, com o apoio do programa UEFA “HatTrick FSR”, e no cumprimento da sua política de responsabilidade social. Como nas anteriores edições, o objetivo do prémio é envolver a sociedade civil em temas tão prementes como o combate à discriminação e a promoção da inclusão social através do futebol. O montante atribuído assume a forma de donativo e terá o valor máximo de 50.000,00 euros, sendo este valor parcelado por dois ou mais projetos. O prémio é dirigido a instituições sem fins lucrativos, e consubstancia-se na apresentação de projetos – sob o preenchimento de um questionário – que considerem a prática do futebol um veículo promotor para o combate à discriminação e à promoção da integração social de crianças, jovens, adultos e pessoas portadoras de qualquer tipo de deficiência. Os projetos candidatos deverão ter como premissa que cada individuo é único, bem como a rejeição de todas as formas de discriminação com base na raça, idade, género, religião, orientação sexual, cultura e nacionalidade. Requisitos para a candidatura As instituições candidatas deverão encontrar-se legalmente constituídas e registadas, cumprir todas as condições legais necessárias ao pleno exercício da respetiva atividade, possuir situação regularizada face à administração fiscal e à segurança social, possuir ou assegurar a organização, os recursos humanos e materiais necessários ao desenvolvimento do projeto, possuir contabilidade organizada nos termos da legislação aplicável. Cada entidade promotora não pode candidatar mais do que um projeto.

(Créditos fotográficos: APAF)

Samuel Petronilho (Futsal) e José Vidal (Futebol), árbitros da AFCB, acompanhados por Sérgio Mendes, dirigente da APAF, no IIIo Estágio Nacional de Arbitragem da APAF - Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol. ■ (Publicada em 31 agosto 2021)

Critérios de seleção O critério de seleção para eleger os melhores projetos é o da candidatura com maior pontuação global. A avaliação dos projetos será feita de acordo com um sistema de pontuação de 1 a 5, considerando o 1 como a pontuação mais baixa e o 5 como a pontuação mais alta. A cada projeto admitido será atribuída uma pontuação global resultante das classificações

obtidas em cada um dos seguintes fatores de apreciação: adequação do projeto aos objetivos do prémio; adequação dos custos apresentados aos objetivos e ao programa de trabalhos propostos; qualidade do projeto quanto à originalidade, planeamento, resultados esperados e grau de respetiva difusão; relevância e capacidade de replicabilidade do projeto noutras instituições; e demonstração da sustentabilidade do projeto, revelando capacidade de manter a intervenção findo do apoio da FPF. Os 10 projetos com pontuação global mais elevada serão divulgados no site da FPF com o objetivo de recolher votos do público, sendo a votação do público a grande novidade na edição 2021 do Prémio Futebol para Todos. As escolhas do público terão um peso de 20 por cento na pontuação final, tendo o voto do Júri um peso de 80 por cento. Composição do Júri O painel de jurados é constituído por dois elementos da Federação Portuguesa de Futebol o vice-presidente Humberto Coelho e a Diretora para o Futebol Feminino Mónica Jorge - e por três elementos representativos de entidades externas: a administradora do Grupo Impresa e presidente da SIC Esperança, Mercedes Balsemão, o presidente da Cruz Vermelha Portuguesa, Francisco George, a Embaixadora da Boa Vontade do Fundo das Nações Unidas para a População e Presidente e Fundadora da Associação Corações Com Coroa, Catarina Furtado. Competências do Júri Compete ao painel de jurados fazer uma triagem das candidaturas com pontuação mais alta e elaborar uma 'short list' de dez candidaturas, que serão submetidas a votação do público. Prazos de candidatura e divulgação de resultados O período para a apresentação de candidaturas termina no dia 17 de dezembro de 2021, seguindo-se a avaliação e triagem do painel de jurados, no período entre 20 de dezembro e 21 de janeiro de 2022. A votação do público decorrerá entre 24 e 30 de janeiro de 2022 e divulgação dos projetos vencedores irá acontecer até ao dia 15 de fevereiro de 2022.

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 7


AFCB recebe Interassociações Sub-17 Masculino de Futsal Evento organizado em parceria entre FPF e AFCB decorrerá em Castelo Branco, Fundão e Alcains entre os dias 27 e 30 de dezembro e trará ao distrito de Castelo Branco o futuro do futsal nacional. mitivas distritais, 19 árbitros, 44 jogos, mais de 29 horas de futsal, cinco pavilhões divididos por três localidades e seis unidade hoteleiras. Números impressionantes que manifestam o grau de confiança depositado pela FPF na AFCB para a organização de eventos de grande dimensão e que revelam a aposta da FPF na modalidade de pavilhão que mais tem crescido e na qual somos campeões mundiais. Recordar que os jogos têm entrada livre, sendo obrigatória a apresentação de certificado digital COVID ou comprovativo de teste negativo para o vírus SARS-CoV-2 e o uso de máscara. Jogos da Seleção Distrital de Castelo Branco: 27.12.2021 Será a fechar o ano civil que o distrito de Castelo Branco irá receber um dos mais importantes torneios interassociações (TIA) do país. O TIA Sub-17 masculino de futsal, trará à beira baixa aqueles que se perfilam como as próximas joias do futsal português e da seleção nacional. Com a presença assegurada dos selecionado-

8 / a fc b

res nacionais Jorge Braz e José Luís Mendes, bem como do homem forte do futsal Nacional, Pedro Dias, diretor coordenador da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), o TIA não deixará ninguém indiferente e os números falam por si: 22 seleções distritais de futsal (18 continentais e 4 insulares), 264 atletas, 154 elementos das co-

AF Santarém x AF Castelo Branco 11.30H – AE Afonso Paiva (Castelo Branco) 28.12.2021 AF Castelo Branco x AF Viseu 9.30H - AE Afonso Paiva (Castelo Branco) ■


Seleção Distrital Feminina SUB16 participou no Interassociações Fase zonal do Torneio Interassociações decorreu no distrito de Coimbra entre os dias 17 e 19 de dezembro. Duas derrotas ante as congéneres de Coimbra e Braga colocaram a Seleção Distrital da AFCB no terceiro e último lugar do grupo D. êxito da baliza à guarda de Ana Alcobia. O 1-0 a favor das atletas de Coimbra expressava alguma injustiça ao marcador mas seria o resultado com que terminaria o jogo. Sábado, 28 de dezembro Em dia de jogo entre as seleções distritais de Coimbra e Braga, 0-3 a favor das minhotas, acomitiva albicastrense aproveitou o dia de descanso e o bom tempo que se fez sentir na região centro do país para descontrair e passear pela Universidade, Alta e Sofia, conjunto arquitectónico classificado, desde 2013, pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade. Domingo, 19 de dezembro

Faltaram os golos à seleção distrital de feminina sub16 que no passado fim de semana de 17 a 19 de dezembro participou, no distrito de Coimbra, na fase zonal do Torneio Interassociações de Futebol 9 para o escalão/género. Dois jogos, duas derrotas, três golos sofridos e nenhum marcado traduziu um pecúlio demasiado pesado para uma equipa que jogou bem, nunca se deu por vencida, que procurou sempre a baliza adversária e dignificou a camisola da AFCB.

Sexta-feira, 17 de dezembro Frente à formação da “casa”, em jogo disputado em Condeixa, as craques albicastrenses sabiam que tinham de entrar muito concentradas para levarem de vencida a seleção da AF Coimbra. Todavia, apesar do equilíbrio no jogo jogado, das oportunidades de golo, que não se conseguiram concretizar, e de um nulo ao intervalo, a formação conimbricense conseguiu, de livre direto e a 5 minutos do apito final, acercar-se com

A precisarem de uma vitória expressiva sobre a forte formação bracarense, as atletas da seleção distrital de Castelo Branco não conseguiram alcançar o desejado. Numa primeira parte dominada pelas nortenhas, o resultado cifrava-se ao intervalo em 2-0 a favor da Seleção da AF Braga. Na segunda parte a seleção do distrito de Castelo Branco, orientada por Francisco Pires, cresceu e acercou-se da baliza contrária mas não conseguiu expressar em golos o bom futebol protagonizado. 2-0 foi o resultado final, que traduz justiça no marcador, mas que peca pela falta de um golo para as albicastrenses, algo que coroaria um fim-de-semana de bom futebol, empenho e crescimento desportivo.■

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 9


Sorteio das Competições Seniores Distritais Masculinas de Futebol e Futsal

Sorteios da Liga Churrasqueira da Quinta, Taça Honra “José Farromba” e Taça de Honra de Clubes Provas Nacionais Futsal realizaram-se esta segunda-feira, 23 de agosto.

Foi na sede da AF Castelo Branco (AFCB) que esta segunda-feira, 23 de agosto, pelas 17.30h, realizou-se o sorteio das Competições Seniores Distritais de Futebol e Futsal da AFCB para a temporada 2020/2021, Liga Churrasqueira da Quinta, Taça Honra “José Farromba” e Taça de Honra de Clubes Provas Nacionais Futsal. O sorteio, realizado em regime de sessão à distância através da plataforma ZOOM, para minimizar o risco de exposição e transmissão do vírus SARS-CoV-2, contou com a presença de diversos clubes filiados e órgãos de comunicação social regionais.

de na época anterior ter disputado a série E do Campeonato de Portugal.

No que respeita ao Campeonato Distrital de Seniores Masculinos uma das grandes novidades está relacionada com o “naming” da competição, que na presente época desportiva chamar-se-á Liga Churrasqueira da Quinta. A outra novidade reporta-se ao facto da competição contar com mais uma equipa do que na época transata, onze. Se por um lado SC Covilhã terminou o seu projeto com a equipa “b”, entraram o GDC Silvares e o CA Fundão que há vários anos estavam fora das lides do futebol sénior. De notar também, em comparação com época 20/21, a subida do CU Idanhense ao Campeonato de Portugal, juntando-se a ARC Oleiros, GD Vitória de Sernache, Sertanense FC e Sport Benfica CB e o regresso do CD Alcains ao Campeonato Distrital depois

1 0 / afc b

GDC Silvares - CCDR Vila Velha Rodão

Relativamente à Taça de Honra de Clubes Provas Nacionais Futsal, que se divide em duas competições, uma para os clubes que militam na 1ª e 2ª divisões, AD Fundão, ADR Retaxo e ACD Ladoeiro e outra para os clubes que estão na 3ª divisão, ARB Boa Esperança e GD Mata/ AAUBI, o sorteio determinou o seguinte alinhamento:

ACD Pedrógão S. Pedro - ACRD Cabeçudo

Clubes da 1ª e 2ª divisões

UD Belmonte - CD Alcains

nacionais de futsal

CCD Estrela Zêzere - GD Águias Moradal

1ª jornada (3/9/2021)

Folga: CA Fundão

ADR Retaxo – AD Fundão

Já no que diz respeito à Taça de Honra “José Farromba”, a primeira eliminatória, marcada para dia 19 de setembro irá colocar frente a frente:

2ª jornada (5/9/2021)

Realizado o sorteio, ficou assim determina a 1ª jornada da Liga Churrasqueira da Quinta (26/09/2021): ACD Proença a Nova - ACR Atalaia Campo

AD Fundão – ACD Ladoeiro 3ª jornada (7/9/2021) ACD Ladoeiro – ADR Retaxo

ACD Proença a Nova – GD Águias Moradal CCD Estrela Zêzere - GDC Silvares

Clubes da 3ª divisão de futsal

UD Belmonte - ACRD Cabeçudo

1ª jornada (24/9/2021

ACR Atalaia Campo - CCDR Vila Velha Rodão

ARB Boa Esperança – GD Mata/AAUBI

ACD Pedrógão S. Pedro - CA Fundão

2ª jornada (26/9/2021)

Isento: CD Alcains

GD Mata/AAUBI – ARB Boa Esperança ■ (Publicada em 21 fevereiro 2021)


Abertas as pré-inscrições para os cursos de treinadores de futebol e futsal Associação de Futebol de Castelo Branco (AFCB) irá realizar cursos de treinadores Grau I (UEFA C) e Grau II (UEFA B) para as modalidades de futebol e futsal.

São quatro os cursos de treinadores que a AFCB se propõe realizar na época 2021/2002. Na linha do que se tem acontecido em épocas desportivas transatas, serão levados a efeito cursos de treinadores de grau I (UEFA C) e grau II (UEFA B) para as modalidade de futebol e futsal.

A data prevista para o início dos mesmos será outubro de 2021.

submetê-la para o email afcastelobranco@gmail.com.

As pré-inscrições nos respetivos cursos decorrem até dia 30 de setembro, devendo os interessados descarregar a ficha de inscrição a partir da página oficial da AFCB na Internet e, após preenchimento,

O valor dos cursos ainda não está definido, pelo que os pré candidatos serão posteriormente informados do mesmo. ■ (Publicada em 30 agosto 2021)

Terminou o Curso de Treinadores

Terminou ontem, 5 de setembro o Curso de Treinadores de Futsal UEFA B que ao longo de quatro meses a Associação de Futebol de Castelo Branco desenvolveu com as suas congéneres AF Coimbra, AF Guarda e AF Viseu. ■ (Créditos Fotográficos: AF Coimbra) (Publicada em 06 setembro 2021)

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 1 1


7 em 8, melhor era impossível! São sete as formações filiadas na AFCB que estarão no sorteio da 2ª eliminatória da Taça de Portugal Placard.

Foi no passado 11 de setembro que se ficou a saber que serão sete os clubes do distrito de Castelo Branco que a 15 de setembro, na Cidade do Futebol, em Oeiras, irão saber qual o adversário na 2ª eliminatória da prova rainha do futebol português. Depois da ARC Oleiros ter ficado isenta na primeira eliminatória e do SC Covilhã, por se tratar de uma equipa da Liga Portugal 2, só entrar em competição na 2ª eliminatória da prova, foram seis as equipas filiadas na AF Castelo Branco que no passado sábado entraram em campo com o sonho da presença no Jamor. Se há partida se sabia que uma das “nossas” equipas teria de ficar pelo caminho, decorrente das vicissitudes de um sorteio que colocou frente a frente CDRC Vila Velha de Rodão e GD Vitória de Sernache, as restantes formações disputavam jogos que se podiam apresentar complicados, pela valia dos adversário ou ainda, pelo facto do embate ser “fora de portas”. Mas a força beirã fez-se sentir em todos os terrenos com o GD Águias do Moradal, Sertanense FC, Sport Benfica CB, CU Idanhense e GD Vitória de Sernache a imporem-se diante dos seus adversários. A jogar fora, ante o CD Estarreja (AF Aveiro), cedo o GD Águias de Moradal fez funcionar o marcador (7’) num jogo que acabaria por redundar num 1-2 com o tento dos de Estarreja

1 2 / afc b

a acontecer a 5 minutos dos 90’, algo que ainda chegou a acalentar expectativas para os visitados, mas que a formação do Estreito soube, com mestria, controlar. Também a jogar fora o CU Idanhense impôs-se perante um AC Marinhense (AF leiria) que aos 53 minutos de jogo se colocou em vantagem. Todavia, a resposta imediata dos de Idanha-a-Nova viria a redundar numa reviravolta fruto de um bis de Carlos Semedo (54’ e 80’). A jogar perante o seu público, Sport Benfica CB e Sertanense FC também não tiveram tarefas facilitadas. Em Castelo Branco o Benfica local venceu pela margem mínima a UDRC Mata Mourisquense (AF leiria). 1-0, golo de Jaílson Gomes à passagem de meia hora de jogo. Na Sertã, o Sertanense FC, clube com tradição na Taça de Portugal, venceu por dois golos sem resposta o GD Peniche (AF Leiria), com golos a abrir e a fechar o jogo (12’ E 80’). No encontro entre formações do distrito, e apesar de jogar em casa, o CDRC Vila Velha de Rodão não conseguiu fazer frente a um GD Vitória de Sernache que, mais experiente e tranquilo por um golo logo aos 7 minutos de jogo fez, por mais duas vezes, abanar as redes da equipa de Vila Velha de Rodão, 0-3 foi o resultado com que terminou o jogo. ■ (Publicada em 15 setembro 2021)

Formações filiadas na AF Castelo Branco Presentes na 2ª eliminatória da Taça de Portugal Placard 2021/2022:

SC Covilhã (Liga Portugal 2) CU Idanhense (Campeonato de Portugal) Sertanense FC (Campeonato de Portugal) Sport Benfica CB (Campeonato de Portugal) GD Vitória de Sernache (Campeonato de Portugal) ARC Oleiros (Campeonato de Portugal) GD Águias do Moradal (Campeonato Distrital - Liga Churrasqueira da Quinta)


Taça de Portugal Placard: Jogos grandes rimam com jogos difíceis Quatro formações da AF Castelo Branco vão medir forças com equipas da Liga Portugal 2 na 2ª eliminatória da Taça de Portugal Placard. Dois jogos terão transmissão televisiva no canal 11.

O sorteio da 2ª eliminatória da Taça de Portugal Placard decidiu colocar à prova a fibra dos clubes do distrito de Castelo Branco, ficando a cargo do GD Vitória de Sernache, CU Idanhense, Sertanense FC e ARC Oleiros as tarefas que, teoricamente, serão mais complicadas, com estes clubes a receberem formações da Liga Portugal 2. O Sport Benfica CB será a única a jogar fora do distrito e o GD Águias do Moradal medirá forças com uma equipa do mesmo patamar do futebol nacional. O líder da Liga Portugal 2, Rio Ave FC, desloca-se ao terreno do GD Vitória Sernache, naquele que se prevê um jogo extremamente difícil, mas de motivação máxima para os de Sernache que defrontarão uma equipa que na presente época está focada em regressar ao patamar mais alto do futebol português. O Rio Ave é, provavelmente, num momento em que ainda não competem equipas da Liga Bwin, a melhor equipa em prova. Na Sertã, o Sertanense FC procurará manter a tradição de bater o pé e eliminar formações de patamares superiores. O CD Mafra não se vislumbra “presa” fácil, mas na Sertã mora uma equipa com ambições na prova rainha do futebol português. O CU Idanhense receberá os vizinhos do SC Covilhã que apesar de jogarem fora de por-

tas não saem do distrito. Duelo distrital de sabor agridoce, já que uma equipa do distrito passará à fase seguinte e outra ficará pelo caminho. No concelho de Oleiros dois jogos. A ARC Oleiros receberá o Varzim SC, equipa atravessa um mau momento na Liga Portugal 2, competição em que ainda não conseguiu ganhar na época 21/22, mas que não deverá facilitar na Taça de Portugal e o GD Águias do Moradal que no Estreito medirá forças com o SF Damaiense, equipa que milita no campeonato distrital da AF Lisboa A jogar fora casa e fora do distrito, o Sport Benfica CB encontrará uma equipa do mesmo patamar do futebol nacional, contudo o fator casa e o facto do Sport Benfica Castelo Branco ter de realizar uma deslocação de quase 300 km abonam em favor da AR São Martinho, equipa da AF Porto. Todavia a equipa liderada por João Nívea quererá mostrar a força albicastrense em terras onde o bolo ”Jesuíta” é rei e trazer para Castelo Branco uma vitória que garanta a presença no sorteio da 3ª eliminatória. Os jogos estão agendados para o fim de semana de 25 e 26 de setembro, com os jogos “caseiros” do GD Vitória de Sernache e ARC Oleiros, ambos no dia 26 de setembro, a serem alvo de transmissão televisiva no Canal 11.

Taça de Portugal Placard – 2ª eliminatória - Jogos dos clubes filiados na AF Castelo Branco: CU Idanhense – SC Covilhã (25/09 – 15 horas) Sertanense FC - CD Mafra (25/09 – 15 horas) GD Águias Moradal – SF Damaiense (25/09 – 15 horas) AR São Martinho – Sport Benfica CB (25/09 – 15 horas) ARC Oleiros – Varzim SC (26/09 – 11 horas – Canal 11) GD Vitória de Sernache – Rio Ave FC (26/09 – 14 Horas – Canal 11). ■ (Publicada em 26 abril 2021)

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 1 3


Associações distritais de futebol reuniram em Leiria Desafios para sustentar o crescimento da atividade competitiva não profissional no futuro próximo em cima da mesa.

A Mesa do Plenário das 22 Associações Distritais e Regionais de Futebol (ADRs) promoveu no passado 23 de outubro, em Leiria, uma jornada de trabalho que concentrou, sobretudo, atenções naquilo que serão os alicerces para que a prática competitiva não profissional assegure um renovado crescimento qualitativo e quantitativo, nos próximos anos. No debate realizado no Auditório da Associação de Futebol de Leiria, os presidentes associativos identificaram um conjunto de dificuldades, decorrentes das respetivas realidades, que consideram justificar particular atenção, no sentido de serem ultrapassadas, o que permitirá às ADRs garantirem renovadas condições que possam contribuir para o fortalecimento dos objetivos de execução do Programa “Crescer 20-24”, tutelado pela Federação Portuguesa de Futebol. “Estamos preocupados com aquilo que é ou que poderá ser o futuro do futebol não profissional em Portugal. E, obviamente, foram discutidos pontos fundamentais naquilo que

1 4 / afc b

é o nosso potencial de crescimento, mas por outro lado, também as nossas preocupações relativamente aos constrangimentos e às dificuldades que são comuns a todas as associações, no sentido de prepararmos e sustentarmos aquilo que é o futuro do futebol, do futsal e do futebol de praia em Portugal”, manifestou António Marques da Silva, presidente da Comissão Coordenadora da Mesa do Plenário e líder diretivo da AF Vila Real, que ao agradecer e elogiar a AF Leiria pelo acolhimento e apoio na organização do evento, mostrou-se “extremamente satisfeito com a participação das associações nesta reunião”. Por seu turno, Manuel Nunes, presidente da Direção da AF Leiria, salientou, com “muito gosto”, o facto de a reunião ter sido realizada na região leiriense, na qual foram “tratados assuntos bastante relevantes, com o objetivo de fazer desenvolver e potenciar as nossas modalidades”, através de vários níveis de intervenção.

O dirigente associativo anfitrião do evento, realçou que na sequência do encontro foram registadas “conclusões importantes, que serão inscritas em documento a apresentar brevemente em reunião entre a Federação Portuguesa de Futebol e as associações”, assinalando que a definição daquilo que constar do programa de execução federativo “será fundamental para revitalizar a atividade”, depois de um longo período de paragem provocado pela pandemia. Recordar que nesta reunião esteve presente, em representação da AF Castelo Branco, Manuel Candeias, Presidente da Direção da AFCB. A próxima reunião da Mesa do Plenário das ADRs terá como anfitriã a AF Évora. ■ (Publicada em 25 outubro 2021)


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 1 5


Primeiro treino da Seleção Sénior Masculina da AF Castelo Branco Realizou-se ontem, 25 de outubro, o primeiro treino da seleção masculina sénior de futebol 11 da AF Castelo Branco com vista à preparação da Taça das Regiões da UEFA. LISTA DOS ATLETAS CONVOCADOS: Diogo Marques Tomás Sousa Diogo André Elian Gamboa João Henriques Diogo Raínho Guilherme Geraldes Gonçalo Nunes João Lourenço José Simão Paulo Santos Pedro Jacinto Ricardo Gonçalves Bruno Rafael César Martins Davi Lima Diogo Tereso Epifanio Bento

Foi ontem, 25 de outubro que, pelas 19.30 horas, no Parque Urbano/Zona de Lazer de Castelo Branco, arrancou a preparação para a participação da Seleção Distrital Sénior Masculina na fase zonal da Taça das Regiões da UEFA. Foi o primeiro dos oito treinos agendados até ao início da competição que terá lugar entre os dias 28 e 30 de Janeiro em Alter do Chão e Nisa (Portalegre), Alto Alentejo, e reunirá em competição por um lugar na fase final, as seleções distritais das Associações de Futebol de Portalegre, Santarém, Ponta Delgada e Castelo Branco.

1 6 / afc b

Francisco Pires, diretor técnico regional e selecionador distrital, convocou para este primeiro treino 26 atletas de sete clubes da Liga Churrasqueira da Quinta. Recordar que a Seleção da AF Castelo Branco teve presente na última edição da fase final da Taça das Regiões da UEFA, edição que teve como anfitriã a própria AF Castelo Branco e que consagrou a seleção Vianense como a grande vencedora numa final que teve direito a transmissão televisiva no Canal 11. ■ (Publicada em 26 outubro 2021)

João Martins Pedro Carmo Pedro Queichinho Bruno Taborda David Oliveira Francisco Viegas Leonel Carvalho Diogo Curto


Assembleia Geral da AFCB

Workshop sobre Integridade

Momentos da Assembleia Geral da AFCB (28/10/2021) onde foi aprovado por unanimidade o Relatório e Contas relativo à época 2020/2021. ■

Formação obrigatória no âmbito da Certificação das Entidades Formadoras que conta com as presenças do Gestor da AFCB, André Rodrigues, e pelo Diretor Técnico Regional, Francisco Pires. O objetivo da formação, realizada na Cidade do Futebol, passa por fornecer informação aos responsáveis das ADR's sobre a temática da integridade. ■

(Publicada em30 outubro 2021)

(Publicada em 19 novembro 2021)

Adriana Mendes, atleta do distrito de Castelo Branco

"Adriana Mendes, atleta do distrito de Castelo Branco, que joga atualmente no SL Benfica, durante os trabalhos da Seleção Nacional de Futsal Feminino que decorreram na cidade de Vila Real entre os dias 14 e 17 de Novembro. Adriana Mendes estará também nos Trabalhos da Seleção Nacional Sub-21 em Proença-a-Nova (26 a 29 de dezembro)." ■ (Publicada em 21 novembro 2021)

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 1 7


AFCB homenageou Campões do Mundo Campeões do mundo de futsal – lituânia 2021 do distrito de Castelo Branco foram homenageados em cerimónia que decorreu nas instalações da AF Castelo Branco. 26 dias após a conquista do mais importante troféu de seleções em futsal, a AFCB reuniu nas suas instalações aqueles que tendo uma ligação ímpar ao distrito de Castelo Branco fizeram parte do staff que na Lituânia alcançaram o mais alto lugar do pódio. A cerimónia “singela, mas justa”, como Manuel Candeias, presidente da direção da AFCB, definiu, homenageou José Luís Mendes (Treinador Nacional), Bruno Travassos (Treinador Fisiologista), António Fonseca (Enfermeiro) e André Sanano (Fotógrafo FPF), todos “embaixadores do distrito” e com ligações muito estreitas com a AFCB,

1 8 / afc b

instituição onde deixaram o cunho do seu trabalho e com a qual colaboram com frequência. Destaque também para a homenagem a Pedro Dias, Diretor Executivo da FPF para o futsal e futebol de praia, que nas palavras de Manuel Candeias é “um dos maiores instigadores para a sua prática (do futsal) e a quem esta associação de futebol também muito deve”. No discurso de agradecimento aos homenageados o presidente da direção da AFCB destacou a ambição da FPF, o investimento

das associações de futebol, clubes e autarquias, bem como a competência de atletas e técnicos, realçando ainda o sacrifício das famílias como a exigência maior para quem trabalha na obtenção destes resultados. Recordar que Portugal sagrou-se pela primeira vez campeão do mundo de futsal ao bater na final, no dia 3 de outubro, em Kaunas (Lituânia), a seleção argentina, então detentora do título mundial, por 2-1, com os golos portugueses a serem apontados por Pany Varela. ■ (Publicada em 2 novembro 2021)


Conheça os Campeões do Mundo homenageados pela AFCB Saber os nomes não chega, conheça um pouco mais sobre os Campeões do Mundo de Futsal – Lituânia 2021 homenageados pela AFCB no dia 29 de outubro.

Pedro Dias

José Luís Mendes

Bruno Travassos

É o super titulado do grupo homenageado, com títulos europeus e mundiais no futsal e no futebol de praia.

Covilhanense, 55 anos e professor de Educação Física, é um dos imprescindíveis de Jorge Braz. Ama e conhece o jogo como poucos. Muitos dos melhores beberam em sua casa os conhecimentos que os fazem ser... os melhores.

Nasceu há 40 anos em Coimbra, mas foi a Carapinheira, uma freguesia do Concelho de Montemor-o-Velho, que o viu crescer. Aos os 18 anos de idade rumou até à Beira Interior para, na Universidade da Beira Interior, se licenciar e tornar-se mestre.

Discreto, competente e circunspecto, é uma espécie de sombra do selecionador nacional que nunca abdicou dele no trabalho que há muitos anos desenvolve na FPF.

Fez da Beira Interior, da Covilhã e do Departamento de Ciências do Desporto, sua casa, locais onde reside e trabalha como professor do Ensino superior. Já é um dos nossos!

Campeão da Europa e do Mundo, é talvez um dos que mais crença tem no trabalho e no nosso potencial. Quando ninguém imaginava colocou o Fundão no mapa futsalístico português, trajeto ainda hoje reconhecido e que o levou à FPF e também aos títulos europeu e mundial.

Doutorado pela Faculdade de Motricidade Humana, o seu trabalho de investigação na área do futsal fê-lo destacar-se entre os demais e chegou à FPF para na seleção nacional acrescentar o valor do seu trabalho. É o treinador fisiologista, motorizando a performance dos atletas e da equipa em jogo e em treino.

Gaiense e Diretor Executivo da Federação Portuguesa de Futebol para as modalidades do Futsal e Futebol de Praia e com um currículo profissional vastíssimo, de onde se destacam a presidência da Federação Portuguesa de Desporto Universitário, o trabalho enquanto Técnico Superior na Universidade da Beira Interior e Técnico Superior nos Serviços de Ação Social da Universidade do Minho. Membro do painel de Futsal e Futebol de Praia da UEFA é o grande responsável pelo sucesso e expansão destas modalidades em Portugal. Foi em 2015 agraciado pelo então Sr. Presidente da República, Aníbal Cavaco silva, com Grau de Comendador da Ordem de Mérito A sua ligação à Beira Interior é quase umbilical, fazendo a Covilhã e a UBI parte da sua formação académica no ensino superior.

Nas suas mãos estão depositados os tesouros que num futuro próximo brilharão na quadra com as quinas ao peito.

É uma das pessoas que recorrentemente colabora com a AFCB.

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 1 9


António Fonseca

André Sanano

Dos elementos há mais anos ligado aos quadros da FPF, este covilhanense é chefe de enfermagem no serviço de ortopedia do Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira.

É provavelmente o menos conhecido, talvez o que menos tenha influenciado a conquista, mas aquele que sempre foi os nossos olhos, aquele que através da sua objetiva trouxe até nós os instantes que nos eram vedados pela distância ou pelos momentos específicos de preparação.

Afável, próximo, presente e sempre com uma palavra amável para os que o rodeiam, destacam-lhe a qualidade humana que se confunde com a sua competência científica e profissional. Quando pensamos se os pés e os joelhos dos nossos atletas, ou até o calcanhar do Ricardinho, como o Presidente da República tanto destacou, estão em boas mãos, as mãos são as dele que, fazendo parte da equipa médica da seleção, permitem que os craques estejam “inteiros”, a 100%. Falamos daquele que foi durante muitos anos o enfermeiro das seleções distritais da AFCB.

Os momentos que congela em fotografia alimenta em nós a imaginação, a curiosidade. Em cada rosto e gesto captado coloca-nos ali, ao lado do João Matos, do Ricardinho, do Jorge Braz. Faz-nos ser o bebé na sua elástica muralha. Faz-nos estar lá não estando. Aos 29 anos, nascido e criado em terras albicastrenses é um dos fotógrafos oficiais da FPF, trabalho que realiza com distinção, destacando-se pelas fotografias desportivas impactantes com que nos brinda. ■ (Créditos fotográficos: Filipa Farinha) (Publicada em 31 maio 2021)

2 0 / afc b


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 2 1


Associações distritais de futebol reuniram em Évora Definido documento com conjunto de propostas de execução a apresentar à FPF em nome do crescimento da atividade competitiva não profissional para os próximos anos. As associações distritais e regionais de futebol (ADRs) aprovaram por unanimidade, no passado sábado, 5 de novembro, em Évora, em reunião plenária, um conjunto de propostas que vão ser apresentadas à Federação Portuguesa de Futebol, tendo em conta aquilo que consideram ser necessidades adequadas para o crescimento sustentado da prática competitiva não profissional do futebol, futsal e futebol de praia nos próximos anos. Trata-se de um documento que reflete um número significativo de contributos das associações, que visam a respetiva implementação no âmbito do Programa “Crescer 20-24”, da responsabilidade da entidade federativa. “Nas últimas semanas, as associações, fiéis à sua essência e responsabilidade institucional, trabalharam de forma empenhada na elaboração de um documento detalha-

2 2 / afc b

do, revelador daquilo que entendemos ser muito importante implementar pela FPF, no âmbito do aumento do número de praticantes, infraestruturas desportivas, recursos humanos e transição digital”, enunciou António Marques da Silva, presidente da Comissão Coordenadora da Mesa do Plenário das ADRs. O dirigente associativo, que lidera a AF Vila Real, elogiou o trabalho realizado, que resultou na conclusão do documento, reconhecendo que “caberá, naturalmente, à FPF, a avaliação e execução das sugestões registadas”, assegurando que “as ADRs estão, como sempre, determinadas em contribuir para a evolução quantitativa e qualitativa da prática competitiva e da promoção do futebol, futsal e futebol de praia dinamizada pelos clubes”, garantiu António Marques da Silva, que não hesitou em agradecer à Associação de Futebol de Évora pelo “acolhi-

mento e colaboração na organização do evento”, realizado no Auditório Professor Jorge Pombo. "Hoje teve lugar em Évora, talvez, uma das reuniões mais importantes das associações distritais e regionais. Estivemos a debater e a resolver o nosso futuro com ponderação, pois fizemos o trabalho de casa. Temos uma Mesa do Plenário que trabalha bem, ouve as associações e em resultado deste trabalho comum resultou um documento que vai agora ser entregue à Federação Portuguesa de Futebol sobre o futuro do futebol e do futsal em Portugal", assinalou António Pereira, presidente da Direção da Associação de Futebol de Évora, na qualidade de anfitrião da reunião de trabalho das ADRs. Nesta reunião plenária a Associação de Futebol de Castelo Branco fez-se representar por Nuno Alves, vice-presidente da AFCB. ■ (Publicada em 09 novembro 2021)


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 2 3


2 4 / afc b


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 2 5


Área Técnica FUTEBOL: UM JOGO DE RELAÇÃO E INTENÇÃO O futebol é um fenómeno complexo. As diferenças entre um campeão e um desportista vulgar são relativamente pequenas. Numa corrida de 100 metros, 0,5 segundos separam um velocista vulgar (10,2s) de um dos mais rápidos (9,7s): uma diferença de 5%. O mesmo acontece no futebol. A diferença entre a bola bater no poste e entrar ou não na baliza é de escassos centímetros. Evitar ou não um golo são décimos de segundo.

Da responsabilidade do Gabinete Técnico da Associação de Futebol de Castelo Branco, a “Área Técnica” é um espaço de partilha de opinião e/ou trabalhos de investigação nas áreas do futebol e do futsal. António Vicente, Professor auxiliar do Departamento de Ciências do Desporto da Universidade da Beira Interior assina o "Área Técnica" da Newsleter AFCB 05.

Num penalti3, uma bola rematada a 75km/h demora 0,53s a percorrer os 11m até à baliza; mas rematada a 150Km/h demora apenas 0,26s. Considerando que o tempo de reação no futebol dificilmente é inferior a 0,5s, para velocidades de bola acima de 75Km/h a necessidade do guarda-redes se centrar no diálogo e leitura do rematador é essencial para poder ter sucesso e evitar o golo. Pelo contrário, abaixo destas velocidades de bola os comportamentos solicitados ao guarda-redes são completamente diferentes bastando-lhe focar-se na bola e na sua trajetória para poder ter sucesso4.

Um exemplo concreto: Na situação de remate da figura 2 o guarda-redes não conseguiu evitar a bola de chegar à baliza. Para ganhar tempo não pode ficar à espera da bola ser rematada para reagir. Tem de antecipar a sua decisão e ação. Precisa focar-se no rematador e fazer a sua leitura (ler não é adivinhar). Ler indicadores que lhe permitam identificar a trajetória da bola ainda antes desta ser rematada (ex: trajetória do deslocamento, relação centro de massa / base de apoio, movimento da perna e pé de remate, colocação do pé de apoio, etc.).

E ser mais rápido nem sempre implica desenvolver as capacidades físicas. Ler o outro (conseguir identificar indicadores como os apresentados) permite ganhar mais tempo, muito mais rapidamente, e com efeitos duradouros. O tempo da ação do jogador que intervém sobre a bola é frequentemente Figura 1. superior ao tempo da bola (figura 3). Representação de um penalti. Se o tempo (t') do guarda-redes for menor ou igual ao tempo (t) da bola a chegar à baliza não será golo (t'≤t1). Se o tempo do guarda-redes for maior então não conseguirá evitar o golo.

2 6 / afc b

Figura 2. Situação de remate onde de a diferença de tempo de a) para b) foi de 0,48 segundos.


Figura 3. Representação do tempo de ação. Também um passe é uma relação entre jogadores onde é necessário considerar: 1) a possibilidade de dar seguimento à jogada pelo jogador que receberá a bola (face ao objetivo, ao local onde se está, onde poderá receber a bola, aos defensores, às balizas, ao resultado, ao tempo de jogo, etc.); 2) o espaço que a bola irá percorrer até chegar ao seu destino; 3) o tempo que a bola demorará a percorrer este espaço (que depende da velocidade desta e=v.t); 4) o espaço que o defesa terá de percorrer até um possível ponto de interceção da bola; 5) o tempo que o defesa demora a percorrer esse espaço (que também dependerá da sua velocidade de deslocamento); 6) as janelas de oportunidade (definidas pelas possibilidades de coordenação entre quem passa e quem recebe a bola face aos adversários); 7) os tempos de reação; 8) etc..

Figura 4. Situação de passe onde o tempo de a) para b) foi de 0,24s, e de b) para c) de 1,36s. Se considerarmos a relação de tempos que se estabelece entre os jogadores envolvidos numa situação de passe, verificamos que raramente o passe deverá ser feito para onde o jogador que vai receber a bola está, mas sim para onde este vai estar visando assim aumentar a vantagem no diferencial de tempos face aos defensores (veja-se a sequência apresentada na figura 4). Percebe-se assim a importância da leitura e antecipação também no passe para se poder ganhar vantagem na relação de tempos com o adversário. Antes de receber a bola é preciso preparar e decidir o que fazer em seguida (ao próprio, à bola, aos companheiros e aos adversários). Porque jogar futebol não é apenas a relação com a bola, mas o diálogo / oposição de dois grupos2. Jogar futebol é jogar intencionalmente com relações e tempos. Treinar futebol é desenvolver as capacidades e potencialidades dos jogadores para otimizar os seus tempos. Melhorar implica identificar o que falta (diagnóstico), intervir onde necessário (prescrição) de forma intencional e organizada (considerando custos e benefícios), e controlar a evolução dos jogadores (verificar se estão a melhorar os tempos ou não e porquê).

1. Almada, F., Fernando, A., Lopes, H., Vicente, A. & Vitória, M. (2008). A Rotura: A Sistemática das Actividades Desportivas. Edição VML. 2. Almada, F., Fernando, A., Lopes, H., & Vicente, A., (2018). The Understanding and Explanation of Sport: The Importance of Methodology. Biomedical Journal of Scientific & Technical Research, 10(4). 3. Vicente, A., Fernando, A., & Lopes, H. (2013). Towards a rupture in sport: Using a functional model to understand and intervene in soccer. International Journal of Humanities and Social Science, 3(16). 4. Almada, F., Fernando, A., & Vicente, A., (2020). Concretizing Minimum Times in Sport and Health. Journal of Physical Fitness, Medicine & Treatment in Sports, 8(1). 5. Almada, F., Fernando, A., & Vicente, A., (2021). Knowledge: Understanding, Structuring and Employing. Biomedical Journal of Scientific & Technical Research, 38(5). 6. Almada, F., Fernando, A., & Vicente, A., (2021). Conceptual Tools to Think Man. Advances in Orthopedics and Sports Medicine, 2021(4). ■

Os meios e instrumentos hoje disponíveis permitem compreender a complexidade do futebol e ir mais além na intervenção, compreendendo o detalhe, os 5% que fazem os campeões. Partilhamos alguns trabalhos que permitem aprofundar estas questões. Bons jogos!

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 2 7


2 8 / afc b


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 2 9


Taças AFCB

Taças AFCB Futsal 21/22 “Festa do Futsal albicastrense” aconteceu nos dias 4 e 5 de dezembro no pavilhão da ARB Boa Esperança, em Castelo Branco, e consagrou UD Cariense, SL Águias do Dominguiso, ADR Retaxo e GD Mata/AAUBI como vencedores das Taças AFCB Futsal da época 2021/2022. UD Cariense foi o grande vencedor das Taças AFCB Futsal 21/22 com dois títulos, iniciados e seniores, em três finais disputadas. SL Águias do Dominguiso, em infantis; ADR Retaxo, em Juvenis e GD Mata/ AAUBI foram os outros vencedores que lograram levantar os “canecos” em jogos que foram um hino ao futsal e ao fair play.

Já as equipas de arbitragem, que estiveram em bom plano, passaram sempre despercebidas, dando o palco aos verdadeiros intérpretes do espetáculo. As guardas de honra prestadas por todas as formações aos “homens do apito” foram sintomáticas do excelente trabalho realizado.

AD Fundão (infantis e Juvenis), GD Vitória de Sernache (Iniciados), UD Cariense (juniores) e ACD Ladoeiro b/CB Idanha-a-Nova (seniores), formações que que não alcançaram a vitória nas finais disputadas foram dignos vencidos pelo desportivismo demonstrado e pelos espetáculos “futsalísticos” proporcionados.

As 5 finais...

3 0 / afc b

Infantis: AD Fundão 1 – 6 SL Águias do Dominguiso Na única final disputada no sábado, uma vitória incontestável da formação do Dominguizo (Covilhã) que dominou o jogo desde o

primeiro minuto de jogo. A vencer por 2-0 ao intervalo e com um jogo mais partido na segunda parte, o SL Águias do Dominguiso ampliou a vantagem com mais 4 golos na segunda metade do jogo. A abnegação, resiliência e esforço dos pequenos craques da AD Fundão foi premiada com o golo de honra já perto do apito final. 1 – 6 foi o resultado final.

Iniciados: UD Cariense 8 – 1 CCRD Carvalhal Formoso Numa final entre formações do concelho de Belmonte, foram os golos madrugadores da UD Cariense que detonaram as aspirações da recém formada formação do CCRD Carvalhal Formoso. A vitória da UD Cariense,


Futsal 21/22 que nunca esteve em causa, reflete o acerto dos “azuis” de Caria e algum desnorte, principalmente no capítulo da finalização, dos do Carvalhal Formoso que após os golos a abrir a partida nunca mais se encontraram emocionalmente para superar a maior experiência dos atletas da UD Cariense. O resultado final, desnivelado e demasiado penalizador para os vencidos, fixou-se em 8 –1.

los. Entrada forte da ADR Retaxo com 4 em 5 minutos colocava o marcador em 3-8. Mas a AD Fundão nunca baixou os braços e três golos de rajada colocaram em sentido os adversários, faltava um minuto para o apito final. Nos 60 segundos que se seguiram o marcador não voltou a mexer-se e a festa foi mesmo dos Retaxenses. 6-8 e a taça seguiu para a freguesia do Retaxo.

Seniores: UD Cariense 4 – 2 ACD Ladoeiro b/CB Idanha-a-Nova

Juvenis: AD Fundão 6 – 8 ADR Retaxo

Juniores: GD mata/AAUBI 7 – 1 UD Cariense

Talvez mais espetacular jogo do fim de semana desportivo, muito por força dos 14 golos apontados, da alternância de equipas na frente do marcador, de um pavilhão cheio e de um ruidoso e incentivador público da freguesia do Retaxo que empurrou os seus jovens futsalistas para a vitória final.

Vitória que nunca esteve em causa dada a superioridade revelada pelos covilhanenses redundou em números demasiado penalizadores para uma equipa que é mais forte do que o que conseguiu demonstrar.

Pavilhão cheio, atletas com muita vontade de levantar a Taça “Carlos Ranito Xistra”, jogo intenso e praticado com fair play, redundou numa excecional promoção do desporto e da modalidade futsal em particular.

Jogo intenso e com constantes mudanças no marcador, abriu com dois golos da ADR Retaxo que levou ao rubro a claque retaxense. Porém a resposta da AD Fundão fez-se sentir e três golos sem resposta colocaram os do Fundão na frente do desafio, estavam volvidos 9 minutos de jogo. A ADR Retaxo sentiu e reagiu. Dois golos, ao minuto 11 e minuto 19, levaram para o intervalo o Retaxo na frente do marcador (3-4). Na segunda parte mais uma chuva de go-

Com um conjunto mais equilibrado do que o do rival, o GD Mata/UBI entrou muito forte no jogo e aos onze minutos já vencia por 3-0. No mesmo minuto 11, o cariense André Gomes reduz para 3-1, inflama as hostes carienses que alimentam a esperança de uma reviravolta. Todavia, lesões de jogadores preponderantes no equilíbrio defensivo da UD Cariense e a tranquilidade e segurança demonstrada pelos “amarelos” do GD Mata/AAUBI redundaram em 4 golos na segunda parte para os da Covilhã que acabariam o jogo com uma vantagem gorda de 6 golos. 7-1 foi o resultado final.

Depois de terem eliminado o GD Vitória de Sernache e a AD penamacorense no dia anterior, UD Cariense e ACD Ladoeiro b/ CB Idanha-a-Nova encontravam-se na final para aquele que era o jogo mais esperado do fim de semana das Taças AFCB Futsal e que não defraudou as expectativas.

No jogo jogado a UD Cariense abriu a primeira parte a vencer por dois golos, mas foi a ACD Ladoeiro b/CB Idanha-a-Nova quem a fechou também com dois golos que colocaram o marcador em 2-2 na entrada para os balneários. Na segunda parte dois golos, minuto 29 e 36, ambos para a UD Cariense que confirmaram as grandes expectativas da UD Cariense na conquista do troféu. 4-2 foi como terminou o jogo e foram os Carienses a levantar a taça e a fazerem a festa envolvidos por uma chuva de confetes. ■ (Publicada em 09 dezembro 2021)

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 3 1


Prática desportiva no 1ª ciclo Assinatura de protocolos de cooperação institucional entre AFCB e autarquias contará com a presença de Humberto Coelho, Vice-Presidente da FPF. Será na sexta-feira 3 de dezembro, que serão assinados os protocolos de cooperação institucional para a implementação do projeto “A prática desportiva no 1º ciclo – Uma abordagem a partir do futebol e futsal”. O projeto, que “tem por premissa basilar a construção de uma verdadeira comunidade educativa que proporcione vivên-

cias significativas às crianças e jovens”, será assinado entre a Associação de Futebol de Castelo Branco e os Municípios de Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova e Vila de Rei, vincando a fundamental e estreita relação entre o sistema autárquico, escolar e desportivo. A assinatura dos protocolos contará com a presença de Humberto Coelho,

Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), algo que reforça a importância e o valor atribuído pela FPF a estes projetos. Recordar que entre assinatura dos protocolos com as supracitadas autarquias, haverá um repasto oferecido pelo Município de Proença-a-Nova a toda a comitiva. ■ (Publicada em 02 dezembro 2021)

Cursos de Árbitros de Futebol e Futsal AFCB lança cursos de nível 1 de árbitros de futebol e futsal. O arranque está agendado para 8 de janeiro de 2022. Ciente da importância do elemento árbitro ao jogo de futebol e futsal, bem como da importância da formação nestes atores do espetáculo desportivo, a AFCB lança mais dois cursos de árbitros nível 1, um para árbitros de futebol e outro para árbitros de futsal. Os candidatos, que terão de ter entre 14 e 39 anos de idade, poderão inscrever-se até ao dia 6 de janeiro de 2022, sendo que o arranque dos cursos está marcado para o dia 8 de janeiro, dois dias após o termino das inscrições. Nas páginas oficiais da AFCB no facebook e Instagram o desafio está lançado sob o lema “Há várias caminhos para estares nos grandes palcos e entre os melhores do mundo, um deles é seres árbitro de futebol ou futsal!” ■ (Publicada em 9 dezembro 2021)

3 2 / afc b


A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 3 3


Assinados protocolos de cooperação com os Municípios de Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova e Vila de Rei Em causa a implementação do projeto “A prática desportiva no 1º ciclo – Uma abordagem a partir do futebol e futsal”. Foi na passada sexta-feira, 3 de dezembro, que Humberto Coelho, Vice-Presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) deslocou-se ao distrito de Castelo Branco para, em representação da entidade máxima do futebol nacional, assinar com a Associação de Futebol de Castelo Branco e os municípios de Vila Velha de Ródão, Proença-a-Nova e Vila de Rei, os protocolos de cooperação institucional para a implementação do projeto “A prática desportiva no 1º ciclo – Uma abordagem a partir do futebol e futsal”. O périplo, em ambiente animado e descontraí-

do, iniciou-se pouco depois das 10 horas com a assinatura do protocolo com Município de Vila Velha de Ródão, seguindo-se a assinatura do protocolo na Câmara Municipal de Proença-aNova. Após o almoço, oferecido pela autarquia de Proença-a-Nova, a comitiva seguiu para Vila de Rei onde foi assinado o protocolo com a autarquia local. Com a assinatura dos protocolos, os municípios assumem a responsabilidade de assegurar um professor para lecionar, nas escolas do 1º ciclo dos agrupamentos de escolas envolvidos e em

atividades de enriquecimento curricular (AEC), os conteúdos programáticos emanados pela FPF e AFCB, entidades que também disponibilizarão os materiais necessários ao bom desenrolar das aulas. À AFCB caberá também a responsabilidade pela supervisão do projeto. Recordar que “o Projeto 'A Prática Desportiva no 1º Ciclo - Uma abordagem a partir do Futebol e Futsal' tem por premissa basilar a construção de uma verdadeira comunidade educativa que proporcione vivências significativas às crianças e jovens.” ■ (Publicada em 7 dezembro 2021)

FUTSAL: 2ª eliminatória da Taça de Portugal AFCB terá quatro clubes nos sorteios da 3ª eliminatória. No masculino, as equipas que jogaram no seu reduto tiveram prestações que as catapultaram para a 3ª eliminatória da Taça de Portugal de Futsal Placard. ACD Ladoeiro e ADR Retaxo impuseram aos seus adversários, CF Sabugal (AF Guarda) e ADRC Casa da Ribeira (AF Angra do Heroísmo), a lei do mais forte. 7-1 e 6-0 foi como terminaram ambos os encontros.

Não foi só de Taças AFCB Futsal que se fez o fim de semana “futsalístico” do distrito de Castelo Branco. Com as 2ªs eliminatórias da Taça de Portugal Feminina de Futsal e Taça de Portugal de Futsal Placard marcadas para o passado fim de semana desportivo, eram cinco as formações do distrito de Castelo Branco com jogos decisivos agendados em diferentes pontos do país.

3 4 / afc b

No futsal feminino e a jogarem “fora de portas”, GD Valverde e Núcleo do Sporting de Castelo Branco tiveram sortes distintas. Se as de Valverde foram a Ourém vencer o Juventude Ouriense/Digidelta (AF Santarém) por 0-5, já as sportinguistas albicastrenses saíram derrotadas de Torres Vedras ante o CF “Os Paulenses” (AF Lisboa) por 5-1.

Menos sorte teve o GD Mata/AAUBI que se deslocou a Faro para defrontar o SC Farense (AF Algarve). Num jogo altamente disputado e com a incógnita a pairar sobre o resultado final da partida, os Covilhanenses levaram o jogo para prolongamento (4-4), estiveram em vantagem até ao minuto 48, mas não resistiram aos dois golos de rajada dos algarvios. 6-5 foi o inglório resultado que colocou o GD Mata/AAUBI fora do sorteio da 3ª eliminatória da Taça de Portugal de Futsal Placard. Recordar que Núcleo Juventude de Proençaa-Nova, isento da 2ª eliminatória da Taça de Portugal Feminina de Futsal marcará presença na 3ª eliminatória da Taça de Portugal. ■ (Publicada em 09 dezembro 2021)


Campeonato Interdistrital de Futsal Sénior Feminino é Liga Aduane Sports A empresa especializada na organização e transmissão de eventos, consultadoria e gestão de carreiras, Aduane Sport Solutions, será a patrocinadora do Campeonato Interdistrital de Futsal Sénior Feminino. Liga Aduade Sports será a designação pelo qual na época desportiva 2021/2021 o Campeonato Interdistrital de Futsal Sénior Feminino será conhecido. O naming da competição vem assim reforçar a ligação iniciada em 2019/2020 entre a AF Castelo Branco e a Aduane Sport Solutions. Na presente temporada, e com o intuito de proporcionar um quadro competitivo mais alargado e estimulante, as associações de futebol de Castelo Branco e de Santarém, em concertação com os clubes filiados em competição, uniram esforços para a criação de uma prova (liga) inter-

distrital que comutasse os seus campeonatos distritais e proporcionasse uma melhor experiência competitiva e possibilitasse um crescimento efetivo de clubes e atletas. O Campeonato Interdistrital de Futsal Feminino 2021/2022, Liga Aduane Sports, será também uma espécie de “estudo de caso” para aquilatar a possibilidade e viabilidade de se avançar para este tipo de cooperação para competições em que haja poucas equipas nas respetivas associações regionais. ■ (Publicada em 15 outubro 2021)

Seleções Nacionais de Futsal Sub-21 em Proença-a-Nova Vila de Proença-a-Nova receberá as seleções nacionais de futsal sub-21 masculino e Feminino em estágio que decorrerá entre os dias 26 e 29 de dezembro. Será na última semana do ano que Proença-aNova será anfitriã das seleções jovens, sub-21, de futsal masculino e feminino. O estágio, marcado para os dias 26, 27, 28 e 29 de dezembro, reforça a aposta da Federação Portuguesa de Futebol no interior e na Beira Baixa e catapulta o distrito de Castelo Branco para epicentro do futsal nacional. O estágio, que contará com a presença da equipa técnica nacional campeã do mundo de futsal na Lituânia, marcará também o regresso de Adriana Mendes, atleta do SL Benfica, aos pavilhões do distrito, ela que foi atleta das seleções distritais, de futebol e futsal, da AF Castelo Branco (AFCB). Recordar que a par dos estágios das seleções nacionais de futsal sub-21, decorrerá, entres os dias 27 e 30 de dezembro, em Castelo Branco, Fundão e Alcvains, o Torneio Interassociações de futsal masculino sub-17 numa organização conjunta entre FPF e AFCB. ■

A SS O C I AÇ ÃO D E F U T E BO L D E C A ST E LO BRA N CO / 3 5


3 6 / afc b