Issuu on Google+

IMPRESSO

Novembro de 2010 | Ano 21 | Nº 201 | abccc.com.br

Jornal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos Foto Henrique Vicente

Campana Sereno vence o Potro do Futuro Conduzido por Jango Salgado, o cavalo de Kelyn Cristine Wentz obteve 72,5 pontos na disputa realizada pela ABCCC

Anuidades mais baratas até 21/12 Página 4

Estudo

Saiba como importar e exportar animais Páginas 8 e 9

Raça disputará Equinolatina em SP Página 60

Busca pelo Freio de Ouro segue acirrada Páginas 10 a 21

PÁGINA 57

31 cidades realizam mostra morfológica Páginas 22 a 43

Foto Vanesa Barraco Foto Felipe Ulbrich

Tecnologia

Mercosul debate sobre a raça

Representantes de quatro países participaram do 1º Simpósio Internacional A América Funcional, realizado em Bagé/RS Página 59

Nasce o primeiro clone Ñandubay é o primeiro cavalo Crioulo do mundo obtido a partir de células da pele; ele foi desenvolvido na Argentina Página 58


2

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Opinião

Editorial

Uma história recente e que já nos enche de orgulho Parabéns criadores! Este mês não poderíamos começar esse texto de forma diferente. Há uma década a ABCCC organizou a primeira prova de Rédeas, mas a oficialização veio há apenas três anos. Neste curto período a raça Crioula tem colecionado títulos atrás de títulos nessa modalidade.

Das três categorias da competição, o cavalo Crioulo ponteou em todas.”

No penúltimo final de semana de outubro nosso pequeno grande cavalo das Américas brilhou na pista do Centro Querência, na capital gaúcha. Além do Potro do Futuro da ABCCC, que contou com a participação de 34 competidores, a raça também mereceu lugar de destaque no pódio da Associação Gaúcha de Cavalos de Rédeas. Das três categorias da competição, o cavalo Crioulo ponteou em todas. (Leia a reportagem na página 57 desta

edição) O motivo é de grande orgulho para esta Casa. Afinal, foi através dos criadores que investem e apostam nessa modalidade e das experientes mãos de Jango Salgado (1º lugar na categoria Aberta do Potro do Futuro ABCCC) e da habilidade de Wellington Teixeira, que dois exemplares da raça – Leopardo do Infinito e SJ Rodopio – pisaram, em setembro deste ano, pela primeira vez na Capital Mundial do Cavalo, nos Estados Unidos. Outra notícia bastante animadora, embora ainda muito recente para delimitarmos os rumos a serem tomados pela Associação, foi o anúncio feito pela empresa argentina Biosidus. No dia 19 de outubro os profissionais anunciaram o primeiro clone de um cavalo Crioulo do mundo. (Leia mais na página 58) O feito, com certeza, nos forçará a reavaliar alguns conceitos. Mas, o certo é que o pioneirismo dos hemanos argentinos colocou a raça Crioula nas capas dos principais periódicos do país e do mundo e, mais, mostra-nos que o mercado do nosso cavalo está despertando, a cada dia, novos interessados.

Foto do criador

Este espaço é dedicado para divulgar imagens de criadores em momentos representativos de sua trajetória dentro da raça Crioula. As fotos, devidamente identificadas, devem ser enviadas para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br – assunto: Foto do Criador.

No mês de novembro quem ilustra esta coluna é o criador de Fortaleza/CE, Ney Frota Araújo. Há três anos ele deu início a sua criação e espera em breve fornecer exemplares para as Vaquejadas nordestinas.

Erramos

Diferentemente do divulgado no editorial da edição passada, nesta mesma página, a população brasileira é de 193,7 milhões de pessoas segundo estimativas de 2009 do IBGE.

Índice Opinião Por dentro da ABCCC

2 4

Freio de Ouro

10

Morfologia

22

Entrevista

34

Morfologia

27

Eventos

45

Geral

58

Gente

62

Expediente

O Jornal Cavalo Crioulo é a publicação oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), produzido pelo setor de Comunicação e Marketing da Associação. Tem periodicidade mensal e tiragem de quatro mil exemplares. Correspondências para o Jornal devem ser encaminhadas para o e-mail jornalcavalocrioulo@abccc.com.br ou remetidas à ABCCC, avenida Fernando Osório, 1.754-A, CEP 96055-000, Caixa Postal 571, Pelotas/RS. DIRETORIA ABCCC 2010/2012 Presidente: Manuel Luís Benevenga Sarmento

Vices-presidentes: Frederico Wolf, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea e Mauro Raimundi Ferreira Primeiro-secretário: Elisabeth Amaral Lemos Segundo-secretário: Luis Augusto Weber Primeiro-tesoureiro: César Augusto Rabassa Hax Segundo-tesoureiro: Milton Martins Moraes Filho Conselho Fiscal: Daniel Anzanello, Eduardo Macedo Linhares, Luiz Antônio Martins Bastos Suplentes do Conselho Fiscal: Antônio Augusto Marques de Fernandes, Fernando Fabrício de Faria Corrêa Presidente do Conselho Deliberativo Técnico: Ricardo Vieira Borges Membros: Antonio Carlos Albuquerque Py, Francisco Kessler Fleck, Luiz Martins Bastos Neto, Ciro Manoel Canto de Freitas, Eduardo Móglia Suñe, Luiz Alberto Martins Bastos Diretor de Marcha Resistência: Paulo Gomes Móglia Diretor de Provas Funcionais: Mário Móglia Suñe

Membros: Cássio Souza Bonotto, Francisco Carlos Habowsky, José Francisco Pereira de Moura, Lauro Varela Martins, Leandro Amaral, Luis Rodolfo da Costa Machado Jornalista responsável: Débora Borba (MTB/RS 11.619) Textos: Créditos nas matérias Fotos: Créditos nas imagens Projeto Gráfico: Thiago Garcia Rocha - thiagorochadg@gmail.com Diagramação: Tadeo Pérez Davyt e Thiago Garcia Rocha Revisão: Rosi Pedroni Weege Impressão: Grupo Editorial Sinos AS, Novo Hamburgo/RS Publicidade: anuncios@abccc.com.br ou através do telefone (53) 3223-2122. Envio de arte sempre até o dia 25 de cada mês Atenção anunciante: a ABCCC não se responsabiliza pelas informações prestadas nas páginas de publicidade, bem como pelas fotos cedidas para a publicação. Elas são de inteira responsabilidade dos anunciantes


4

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Por dentro da ABCCC

Técnicos participam de reciclagem Douglas Saraiva

Com o objetivo de afinar critérios e unificar conceitos, o Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) realizou, entre os dias 11 e 13 de outubro, em Bagé/RS, encontro de técnicos da entidade. Na ocasião, os responsáveis diretos pela manutenção dos padrões da raça foram reunidos com a intenção de reforçar suas concepções a respeito do cavalo Crioulo.

O encontro ocorreu no Senac de Bagé e na sede do Sindicato Rural do município. Além dos integrantes do CDT, estiveram presentes o presidente da ABCCC, Manuel Luís Benevenga Sarmento, representantes da diretoria, e

uma psicóloga. A programação incluiu o debate de temas propostos pelos técnicos, palestra motivacional e a participação coletiva em Concentração de Machos. Para o gerente técnico da ABCCC, Ibsen Pacheco Votto, que esteve presente no encontro, a proposta foi positiva pelo fato de abrir espaço à palavra dos profissionais. “Os técnicos são os braços e os olhos da raça e é importante que a ABCCC ouça as suas sugestões e mantenha um contato próximo com eles.” Votto disse crer que a troca de ideias é importante, também, porque valoriza o trabalho desenvolvido pelos mesmos. A psicóloga Sibelie Valente, que acompanhou o programa, salientou que a experiência favoreceu o trabalho técnico da Associação em dois principais pontos:

a evolução conjunta do conhecimento e a uniformidade de ideias, conforme o perfil da ABCCC. Ainda segundo Sibelie, todo o evento foi organizado com base no Programa Gaúcho de Qualidade e Produtividade (PGQP), com o intuito de atender todas as partes interessadas: entidade, profissionais e criadores. Na reunião, os três profissionais aprovados no último concurso da ABCCC foram integrados ao corpo técnico da entidade. Os novos credenciados receberam, em palestra junto dos demais técnicos, orientações de postura e atuação conforme as expectativas da nova diretoria. A intenção do conselho, segundo Votto, é continuar promovendo encontros com maior frequência entre os técnicos.

Associados poderão pagar a anuidade com desconto até o dia 21 de dezembro Os associados da ABCCC poderão pagar nos próximos dias a anuidade que neste ano terá o vencimento em 21 de dezembro. A taxa será corrigida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGPM) que será calculado até 31 de novembro. Quem optar por realizar o pagamento integral até o vencimento por boleto bancário ganhará

desconto. O criador também pode optar entre outras duas opções: três parcelas com vencimentos em dezembro de 2010 e em março e agosto de 2011 ou, ainda, dividir em 12 parcelas mensais. O associado que não fizer sua opção de pagamento até o vencimento terá a anuidade automaticamente dividida em três vezes.

Seja sócio Além de desconto de 50% em praticamente todos os serviços prestados pela ABCCC e nas inscrições de provas oficiais, o associado recebe mensalmente o Jornal do Cavalo Crioulo, um anuário gratuito pelo Correio e, claro, diversas outras vantagens. (Osiris Reis)

Papo Técnico

Rafael Fagundes Sant’Anna - Inspetor técnico da ABCCC, zootecnista e médico veterinário - CRMV 0547-Z

Nutrição certa para a criação de cavalos Em um criatório existem alguns pontos básicos quando se inicia - qual genética será buscada, qual infraestrutura necessária, qual o objetivo deste criatório, quais os resultados almejados... Mas nenhum deles é possível ser alcançado sem uma nutrição correta que propicie desenvolvimento e condição para os animais executarem determinada atividade ou, ainda, expressarem sua carga genética.

está em crescimento. A genética só será expressada se houver o fator ambiente contribuindo, em todas as fases podem ser utilizados concentrados (rações) como forma de equilibrar a dieta e não deixar déficit. Outra fase que necessita de uma dieta extremamente equilibrada é o momento que o animal vai para a doma e o treinamento, onde ainda está passando por fase de desenvolvimento e será exigido uma série de exercícios, com gasto energético que até então não possuía.

Ter um manejo nutricional Tipos de forrageira correto não é algo complica- indicados para do e é um fator cada região Nos estados que possuem o decisivo”

Falando-se em cavalos, é muito importante na propriedade ter uma fartura de alimentos verdes, afim de se evitar excesso de arraçoamento o que pode levar a possíveis complicações e ainda a maior custo, mesmo sendo uma forma importante de complementar a dieta. Ter um manejo nutricional correto não é algo complicado e é um fator decisivo, basta apenas um planejamento prévio onde se deve pensar na implantação de pastagens de qualidade, feno e concentrado para complementar, estas irão variar de acordo com cada região do país. A importância no manejo correto propicia melhores resultados, sendo assim na época da estação de monta as éguas deverão possuir um estado corporal bom o que elevará os índices de prenhez, ter uma gestação com uma dieta correta leva a um melhor desenvolvimento fetal, como consequência no momento do parto a mãe terá uma maior produção de leite criando o potro de forma saudável. O momento da desmama é a fase onde o potro deverá ter alimento com muita fartura, pois estará dependendo somente dele, uma vez que é cessado o leite materno e

inverno com temperaturas baixas (RS, SC, PR) existe uma das melhores gramíneas que é o azevém, nas épocas quentes pastagens nativas ou mesmo algumas estrangeiras como o papuã, o aruana que possuem bons valores, porém, deve-se estar muito atento a problemas de descalcificação que é evitado através de uma mineralização correta. Em regiões onde o clima é quente (Centro-Oeste, Sudeste, Norte e Nordeste) as pastagens a serem buscadas são: tiftton, estrela africana, coast-cross todos por mudas ou os passíveis de semente com valores um pouco mais baixos, mas de boa qualidade como: tanzânia, mombaça, massai e para solos mais fracos dyctioneura que, embora um pouco mais fraca, suporta pisoteio durante todo ano cuidando sempre a mineralização correta e a altura de pastejo. Como pastagem de inverno neste locais mais quentes pode ser utilizado o milheto, como leguminosa podemos trabalhar com o estilozante como banco de proteína verde consorciada com as pastagens mencionadas acima serve de alimento de qualidade. O sucesso de um criatório está embasado em alguns pilares sendo todos eles, na minha opinião, de suma importância não podendo faltar um: nutrição, genética, manejo e sanidade.

Dúvidas? Envie sua pergunta para

jornalcavalocrioulo@abccc.com.br


Por dentro da ABCCC

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

5

Biblioteca ganha novo acervo Foto Divulgação

Peças raras e com um português, literalmente do século passado, ganharam espaço nas prateleiras da biblioteca da ABCCC. Trata-se de anais argentinos, uruguaios e brasileiros, além de livros históricos e técnicos sobre a raça Crioula, que foram doados pela família do primeiro presidente da Associação, Guilherme Echenique Filho.

“Aqui eles ficarão bem guardados e ao alcance daqueles que se interessam pela raça Crioula”, disse Leda Echenique, nora do ex-presidente ao entregar parte do acervo da família ao atual presidente da ABCCC, Manuel Luís Benevenga Sarmento. Acompanhada de seu filho, que também carrega o mesmo nome do avô, Guilherme Maciel Echenique, Leda garantiu que novos livros deverão chegar à Associação, pois ela ainda está fazendo um levantamento do acervo em sua biblioteca particular. “Peguei um desses livros e comecei a ler, mas tive que parar. Caso contrário não doaria um”, contou ela ao comentar sobre as curiosidades expostas nas páginas já amareladas das publicações. Para Sarmento as obras chegam em um momento ímpar à Associação. “Estamos reorganizando o acervo desta casa e este tipo de atitude nos possibilita preservar parte da história da raça.” A entrega dos livros ocorreu no dia 22 de outubro, na sede da ABCCC, e contou também com a presença da secretária da diretoria, Elisabeth Lemos. Entre os exemplares, que agora podem ser acessados diretamente na sede da Associação, está um livro técnico de 1890. De autoria de Lyrio Ferdinand, a publicação intitulada O Cavallo ou Tratado Completo traz informações relativas à criação, à alimentação, à escolha e ao tratamento de equinos.

Familiares de Guilherme Echenique Filho fizeram a entrega dos livros para o presidente Manuel Luís Benevenga Sarmento

Saiba mais Guilherme Echenique Filho presidiu a ABCCC por quatro gestões - 1932/33, 33/35, 60/62 e 62/63. Além de primeiro presidente da Associação, ele foi um dos responsáveis por preservar e garantir que o cavalo Crioulo, hoje reconhecido no mundo inteiro por seu excelente desempenho em provas funcionais, mantivesse suas características. Foi com a liderança de Guilherme Echenique Filho que o stud book brasileiro foi constituído e os primeiros registros da raça consolidados no Brasil.

Galeria de Novos Associados Ana Luísa Gubert Susin/Inára Susin - Caxias do Sul/RS Anna Lúcia Coelho Paiva - Campo Grande/ MS Brasil Fernandes de Lima - Vacaria/RS Arlindo Falavigna e Kleyton Falavigna - Ouro/ SC Carlos Murillo Leite de Oliveira - Alegrete/RS Carmen Lígia B. Teixeira Chiappetta - São Gabriel/RS Danilo Crocetta Redivo - Orleans/SC Danton de Deus Ramos Morais - São Luiz Gonzaga/RS Dejair Leandro Ferreira - Nova Veneza/SC Douglas Elias Geremias - Tucunduva/RS Evandro Kirst - São José do Sul/RS Ewerson Cristiano Breda - Curitiba/PR Geovani Bohn - Morro Reuter/RS Gilberto José Mendes da Fonseca - André da Rocha/RS Francisco José Bernardi Vieira - Curitiba/PR Gustavo Carlesso Pereira - Alegrete/RS Hamilton Couto e Marlon Siqueira - Camaquã/RS

Jairo José Bonfiglio - Sananduva/RS Joaquim Soares da Costa Neto - Ivinhema/MS Jorge da Silva Meira - Maracajú/RS Rodrigo Pinto de Souza - Mato Leitão/RS José Alberto Marques Ventura - Colombo/PR José Maria Campiotti Buela - Montevidéu-ROU Leonardo Lippmann Cunha da Silva - Santa Maria/RS Leonardo Zamban - Campo Grande/MS Luís Fernando Martinez Pereira - Bento Gonçalves/RS Luís Márcio Ribeiro/Gabriela Gonçalves - Santana do Livramento/RS Luíza da Silva - Novo Hamburgo/RS Marcelo Rodrigues Sérgio - Teresina/PI Máximo Pereira de Lucena - Viamão/RS Orlando Borges Müller - Porto Alegre/RS Parceria Cabanha Eviju - Pedro Osório/RS Paulo Roberto Gomes Luzzardi - Pelotas/RS Pedro Luiz Magalhães - Pelotas/RS Rafael Halila Neves - Curitiba/PR Raul Penso - Farroupilha/RS Salviano Ari Silveira e Carlos Bernardes - Joinvile/SC


6

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Por Dentro da ABCCC

Calendário de Eventos

Novembro 11 a 14 - Evento: Resenha Coletiva, Morfologia, Tiro de Laço, Paleteada e Prova de Redomão - Cidade: Aceguá/ RS - Apoio: NCCC de Aceguá Responsável: Luis Mário Gomes Silveira - Contato: (53) 3246-1008/9974-6090 11 a 14 - Evento: Morfologia, Credenciadora e Provas Jovens - Cidade: Rio Grande/RS - Apoio: NCCC de Rio Grande - Local: Parque de Exposições - Responsável: Manoel Gonçalves - Contato: (53) 3230-1317/9931-1415/9971-1415 11 a 15 - Evento: Morfologia e Campereada - Cidade: Mococa/SP - Apoio: N Sem Fronteiras de CCC - Responsável: Carlos Piegas – Contato (19) 9776-6686 12 e 13 - Evento: Campereada e Tiro de Laço - Cidade: Caxias do Sul/RS - Apoio: Núcleo Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos - Responsável: Jorge Luiz Sehbe - Contato: (54) 3214-1432/(54) 9944-9451 12 e 13 - Evento: Palestra Técnica e Morfologia - Cidade: Canguçu - Apoio: NCCC de Canguçu - Responsável: Chéli Terres - Contato: (53) 9976-0918 12 e 14 - Evento: Morfologia, Tiro de Laço e Prova de 21 dias - Cidade: Rolante/RS - Apoio: N Encosta da Serra de CCC - Responsável: Neri da Costa - Contato: (51) 3565-2414 12 a 14 - Evento: Morfologia - Cidade: Maldonado/UR - Apoio: Sociedad de Criadores de Cavallos Criollos (Uruguai) 12 a 14 - Evento: Morfologia, Tiro de Laço, Paleteada, Campereada e Potro de 21 dias - Cidade: Pinheiro Machado/RS - Apoio: NZSCCC - Local: Parque Charrua do Sindicato Rural de Pinheiro Machado - Responsável: Maurício Oliveira - Contato: (53) 3248-1600 12 a 14 - Evento: Prova Jovens e Final da Copa do Proprietário - Cidade: Esteio/ RS - Apoio: NCCC 6 Região - Responsável: Claudia Kratochwil - Contato: (51) 3458-2666/3232-2065 13 - Evento: Dia De Campo - Cidade: Cidreira/RS - Apoio: Núcleo Criadores Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Marcelo - Contato: (51) 9958-0121 13 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: São Martinho/SC - Apoio: Assoc. Catarinense de CCC – Local: Cabanha Destak - Responsável: Amanda Schlemper Contato: (48) 8833-0777 13 e 14 - Evento: Prova de 21 dias, Tiro de Laço e Paleteada - Cidade: Pantano Grande/RS - Apoio: NCCC de Pantano Grande - Responsável: Laertte de Oliveira - Contato: (51) 9996-8259 13 a 15 - Evento: Morfologia e Palestra Técnica - Cidade: Erechim/RS - Apoio: N Alto Uruguai de CCC - Local: Parque de Exposição da Frinape - Responsável: Fabio Vendruscolo - Contato: (54) 9142-9880 14 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores de Cavalos Crioulos 14 - Evento: Paleteada e Tiro de Laço Cidade: Uruguaiana/RS - Apoio: N Flavio Bastos Tellechea - Responsável: Romulo Galarça - Contato: (55) 9935-4224 14 - Evento: Paleteada - Cidade: Rosário do Sul/RS - Apoio: NCCC de Rosário do Sul - Responsável: Eunice Schossler Contato: (55) 9976-5891 15 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Santo Amaro da Imperatriz/SC - Apoio: Assoc. Catarinense de CCC - Responsável: Jardel - Contato: (48) 9959-6007 18 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Ijui/RS - Apoio: NCCC de Ijui - Local: Parque de Exposição Wanderley Burmann

- Responsável: Vilson Bilibio - Contato: (55) 9944-5950 18 a 21 - Evento: Morfologia, Credenciadora de Inéditos e Paleteada - Cidade: Esteio/RS - Apoio: NCCC 6ª Região - Responsável: Claudia Kratochwil - Contato: (51) 3458-2666/3232-2065 19 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Criciúma/SC - Apoio: NCCC do Sul Catarinense - Local: CTG Pedro Raimundo - Responsável: Volnei Santos - Contato: (48) 9623-7142 19 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Panambi/RS - Apoio: NCCC de Ijui - Local: Parque de Rodeios do CTG Tropeiro Valho - Responsável: Vilson Bilibio - Contato: (55) 9944-5950 19 e 20 - Evento: Resenha Coletiva e Morfologia - Cidade: Pato Branco/PR - Apoio: NCCC de Pato Branco - Local: Cabanha Porá e Parque de Exposições - Responsável: Valmir Dallacosta - Contato: (46) 9105-6659/9973-7410 20 - Evento: Palestra Técnica - Cidade: Soledade/RS - Apoio: NCCC de Soledade - Responsável: Josiano Garcia - Contato: (54) 8118-2820 24 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Palmeira/PR - Apoio: APRCCC - Responsável: Sérgio Feijó dos Santos - Contato: (42) 9136-8558 26 a 28 - Evento: Credenciadora de Inéditos e Morfologia Incentivo - Cidade: Arambaré/RS - Apoio: NCCC José Julio Centeno Coutinho - Local: Cabanha do Pontal - Responsável: Luiz Mario Azambuja - Contato: (51) 2104-0393/2104-0390 26 e 27 - Evento: Prova de 21 dias, Tiro de Laço e Palestra Técnica - Cidade: São Marcos/RS - Apoio: NCCC dos Vinhedos - Responsável: Valdecir de Souza - Contato: (54) 9119-5941/9152-7433 26 a 28 - Evento: Credenciadora de Inéditos, Morfologia e Campereada Cidade: Soledade/RS - Apoio: NCCC de Soledade - Responsável: Josiano Garcia - Contato: (54) 8118-2820 27 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Capão Alto/SC - Apoio: Assoc. Catarinense de CCC - Responsável: Amanda Schlemper - Contato: (49) 9982-1888 27 e 28 - Evento: Morfologia, Provas Jovens e Prova de 21 dias - Cidade: Pedras Altas/RS - Apoio: NCCC de Pedras Altas - Responsável: Carlos Santos Silveira de Ávila - Contato: (53) 9951-2311/3613-0063 28 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Aceguá/RS - Apoio: NCCC de Aceguá Responsável: Luis Mário Gomes Silveira - Contato: (53) 3246-1008/9974-6090 29 e 30 - Evento: Morfologia - Cidade: Santo Antônio do Pinhal/SP - Apoio: NCCC do Vale do Paraíba e Sul de Minas - Responsável: Alexandre Pupo - Contato: (12) 9766-9340

posa/ 9984-0606 5 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Capão Alto/SC - Apoio: Núcleo Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé - Responsável: Vânia Ferrari – Contato: (53) 3242-0006 5 - Evento: Paleteada - Cidade: Bagé/RS - Apoio: NCCC de Bagé - Responsável: Vânia Ferrari - Contato: (53) 3242-0006 5 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Cacequi/RS - Apoio: NCCC de Cacequi - Local: CTG Estância Pedro Broll Sobrinho - Responsável: Sérgio Perdomo - Contato: (55) 9972-2398 9 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Antonio Prado/RS - Apoio: N Serrano de CCC - Local: CTG Cancela do Imigrante Responsável: Fabio Camargo - Contato: (54) 3232-6077 9 a 13 - Evento: VI Festa da Família Crioulista, Morfologia, Potro de 21 dias e Prova de Jurados - Cidade: Bagé/ RS - Apoio: NCCC de Bagé - Responsável: Rafael Pons Suñe - Contato: (53) 3242-0006/8118-6548/9991-2009 11 - Evento: Resenha Coletiva e Dia de Campo - Cidade: Cachoeira do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cachoeira do Sul - Responsável: Núcleo de Cachoeira do Sul - Contato: (51) 3722-7386/ 3722-2181/ 9847-5757 11 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Bom Retiro do Sul/RS - Apoio: NCCC de Santa Cruz - Local: Cabanha da Fé - Responsável: Luiz Henriques dos Santos - Contato: (51) 3766-3162/9353-3483 11 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: São Martinho/SC - Apoio: Assoc. Catarinense de CCC - Local: Cabanha Destak – Responsável: Amanda Schlemper Contato: (48) 8833-0777 11 - Evento: Prova de 21 dias - Cidade: Cruz Alta/RS - Apoio: NCCC de Cruz Alta - Responsável: Jorge Costa 11 - Evento: Morfologia, Dia de Campo e Palestra Técnica - Cidade: Canelinha/ SC - Apoio: NCCC da GF e VRT - Responsável Antonio Husher - Contato: (48) 9984-5341/84067207 11 - Evento: Prova de 21 dias - Cidade: Palmeira/PR - Apoio: NCCCPB - Responsável NCCCPB - Contato: (46) 9105-7424 12 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Itaqui/RS - Apoio: Núcleo Itaquiense de CCC - Local: Fazenda Santa Rita - Responsável: Irene Passos - Contato: (55) 3433-1342 12 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Santa Vitória do Palmar/RS - Apoio: NCCC de Pedro Aricio de Souza - Local: Parque Ruedo do Tacuru - Responsável: Leonardo Teixeira - Contato: (53) 3263-1551

Dezembro

12 - Evento: Dia de Campo e Resenha Coletiva - Cidade: Caçapava do Sul/ RS - Apoio: NCCC de Caçapava do Sul Responsável: Luiz Antônio Brito Teixeira - Contato: (55) 9964-2218

2 a 5 - Evento: Credenciadora, Morfologia, Paleteada e Potros da Capital - Cidade: Piratini/RS - Apoio: NCCC de Piratini - Responsável: Murilo Ávila - Contato: (53) 3257-1325/9976-1540

12 - Evento: Tiro de Laço e Paleteada Cidade: Quaraí/RS - Apoio: Núcleo Quaraiense de CCC - Local: Sindicato Rural de Quarai - Responsável: Martin Gadret - Contato: (55) 9112-2441

2 a 5 - Evento: Credenciadora de Inéditos, Morfologia, Campereada e Provas Jovens - Cidade: Carazinho/RS - Apoio: NCCC do Planalto - Local: Parque de Exposições Vali Albrecht - Responsável: Luis Augusto - Contato: (54) 3331-2074/3331-2000

18 e 19 - Evento: Festa Campeira da Família - Cidade: Pelotas/RS - Apoio: Núcleo Sudeste de CCC - Local: Assoc. Rural de Pelotas - Responsável: Maria Helena - Contato: (53) 3273-3414

4 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Camaquã/RS - Apoio: Núcleo Criadores de Cavalos Crioulos José Júlio Coutinho - Responsável: Luiz Mário Azambuja Contato: (51) 3692-3173/ 9984-0682-es-

19 - Evento: Paleteada - Cidade: Tijucas/ SC - Apoio: Núcleo Criadores de Cavalos Crioulos Florianópolis/Tijucas - Responsável: Kety Kaiser - Contato: (48) 99725500, Antônio Henrique Baki Huscher ou (47) 3349-3132/ 3349-3132/ 99363441 e 9936-3441

Calendário 2011 Janeiro 7 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Frederico Westphalen/RS - Apoio: N Palmeirense de CCC - Responsável: Luiz Sobrinho - Contato: (55) 3742-5210 8 - Evento: Paleteada e Paleteada Internacional - Cidade: Jaguarão/RS - Apoio: NCCC de Jaguarão - Responsável: Rodrigo Gonçalves - Contato: (53) 8434-2629 16 - Evento: Prova Jovem e Paleteada - Cidade: Bagé/RS - Apoio: NCCCB - Responsável: Vania Ferrari (53) 3242-0006 21 e 23 - Eventos: Credenciadora, Provas Jovens e Paleteada - Cidade: Camaquã/ RS - Apoio: NCCC José Júlio Coutinho - Responsável: Luiz Mário Azambuja Contato: (51) 3692-3173 22 e 23 - Evento: Credenciadora e Provas Jovens - Cidade: Lavras do Sul/RS Apoio: NCCC de Lavras do Sul - Responsável: Gustavo Delabary 27 a 30 - Evento: Credenciadora - Cidade: Santa Vitória do Palmar/RS - Apoio: NCCC de Santa Vitória do Palmar - Responsável: Rafael Machado - Contato: (53) 9981-0298 28 a 30 - Evento: Credenciadora de Inéditos e Provas Jovens - Cidade: Canela/RS - Apoio: NCCC Encosta da Serra - Local: Parque Fazenda da Serra - Responsável: Flávio da Costa - Contato: (51) 9159-7258 29 - Evento: Resenha Coletiva, Palestra Técnica e Prova de 21 Dias - Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: NCT - Contato: (42) 3232-2893 Fevereiro 3 a 6 - Evento: Prova de Jovens, Paleteada, Campereada e Tiro de Laço - Cidade: São Borja/RS - Apoio: NCCC de São Borja - Responsável: Rita Dorneles - Contato: (55) 3431-5195 5 e 6 - Evento: Enduro da Raça Crioula Cidade: Dom Pedrito/RS - Apoio: NCCC de Dom Pedrito - Responsável: Filipe Gomes - Contato: (53)9975-5341 5 e 6 - Evento: Prova de 21 Dias - Cidade: Pelotas/RS - Apoio: Núcleo Sudeste de CCC - Local: Assoc. Rural de Pelotas - Responsável: Maria Helena - Contato: (53) 3273-3414 5 e 6 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Lavras do Sul/RS - Apoio: NCCC de Lavras do Sul - Responsável: Gustavo Delabary 11 a 13 - Evento: Credenciadora de Inéditos, Morfologia e Paleteada - Cidade: Herval/RS - Apoio: Núcleo Sudeste de CCC - Responsável: Gisliane Puccinelli Contato: (53) 3267-1256

25 a 27 - Evento: Credenciadora de Inéditos, Provas Jovens - Cidade: São Lourenço do Sul/RS - Apoio: NCCC de São Lourenço do Sul - Responsável: João Alberto Cunha da Rocha - Contato: (53) 3253-2526 26 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: NCCCSM - Contato: (55) 3026-4293 27 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Palmeiras das Missões/RS - Apoio: N Palmeirense de CCC - Local: Cabanha Guarita - Responsável: Luiz Sobrinho Contato: (55) 3742-5210

Concentrações de Machos Novembro 11 - Pinheiro Machado/RS, 14h, Rodrigo Rodrigues Teixeira

11 - Aceguá/R, Fernando Azevedo Drummond de Mello 11 - Mococa/SP, 15h, Jorge Aginelo do Nascimento

12 - Rio Grande/R, 8h, Ricardo Pinto Torres

12 - Canguçu/RS, 14h, Alexandre Pons Suñe 12 - Rolante/RS, Ricardo Guazzelli Martins

12 - Florianópolis/SC, 14h30min, Adolfo José Martins Neto 13 - Erechim/RS, 17h, Jorge Aginelo do Nascimento

13 - Rosário do Sul/RS, Christina Bandeira de Mello 18 - Esteio/RS, Marcelo Montano Coelho 19 - Panambi/RS, 14h, Ricardo Guazzelli Martins

19 - Pato Branco/PR, Jorge Aginelo do Nascimento 24 - Palmeira/PR, 9h, Adolfo José Martins Neto 26 - São Marcos/RS, Fernando Azevedo Drummond de Mello

26 - Santo Amaro da Imperatriz/SC, 17h, Ricardo Guazzelli Martins 26 - Pedras Altas/RS, 14h, Ricardo Pinto Torres

26 - Soledade/RS, 10h, Jorge Aginelo do Nascimento

28 - Santo Antônio do Pinhal/SP, 14h, Rafael Fagundes Sant'Anna Dezembro

2 - Carazinho/RS

3 - Campos Novos/SC, 17h, Adolfo José Martins Neto

19 - Evento: Prova de 21 Dias, Tiro de Laço e Morfologia - Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: NCT - Contato: (42) 3232-2893

3 - Piratini/RS, Ricardo Pinto Torres

19 e 20 - Evento: Rédeas e Movimiento La Rienda - Cidade: Rosário do Sul/RS - Apoio: NCCC de Rosário do Sul - Responsável: Eunice Schossler - Contato: (55) 9976-5891

19 - Tijucas/SC, 9h30min, Ricardo Guazzelli Martins

20 - Evento: Campereada - Cidade: Palmeiras das Missões/RS - Apoio: N Palmeirense de CCC - Local: Parque de Exposições - Responsável: Luiz Sobrinho - Contato: (55) 3742-5210

Janeiro de 2011

25 - Evento: Copa do Proprietário - Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: NCT Contato: (42) 3232-2893

11 - Herval/RS, 8h

9 - Bagé/RS, 14h

9 - Bom Retiro do Sul/RS, 15h 11 - Canelinha/SC, 7h30min

Concentrações 2011 7 - Frederico Westhephalen/RS 28 - Canela/RS, 9h Fevereiro

19 - Ponta Grossa/PR


8

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Por dentro da ABCCC

Importação e exportação: saiba como romper essas fronteiras Fotos José Guilherme Martini

coberturas O criador que deseja fazer a importação temporária de algum reprodutor terá que ter o cuidado de exigir o exame de DNA, por um período de monta, e deverá solicitar à ABCCC a designação de um técnico que realizará a inspeção no país de origem. O solicitante, após receber a devida autorização da associação, deverá contatar com o técnico para agendar a inspeção. Para participação em exposições morfológicas, funcionais ou provas de resistência, é também solicitado o nome completo do expositor com nome do estabelecimento e município de criação, assim como o valor da inscrição estipulado para o evento.

Procedimentos na exportação O criador que desejar exportar animais, em caráter definitivo ou temporário, deverá tomar as providências a seguir citadas.

Os processos oficiais de importação e exportação de cavalos da raça Crioula são controlados no Brasil pela ABCCC, que também orienta aos criadores a melhor forma de efetivar o translado

Douglas Saraiva e Osíris Reis

O translado de animais entre criatórios brasileiros e estrangeiros representa importante estímulo à expansão e ao melhoramento da raça, dentro e fora do país. Os processos de importação e exportação de cavalos Crioulos, seja para cruzamentos, exposições ou provas, possibilitam a intensificação da seleção através do choque entre animais de diferentes genealogias. Orientar e proporcionar condições para que este mercado esteja disponível aos seus criadores também faz parte do papel da ABCCC, que desde 1980 regula o ingresso e a saída de animais da raça no país.

Entretanto, a movimentação de cavalos Crioulos entre os limites brasileiros está visivelmente atrelada à economia do país. Sua intensidade ou não, depende especificamente dos saldos da balança comercial. Em 2009, por exemplo, foram registradas pela Associação 177 importações e 106 exportações, enquanto que neste ano já foram contabilizadas respectivamente 68 e 39, até o mês de setembro.

De acordo com o gerente do Serviço de Registro Genealógico (SRG) da ABCCC, Edilon Xavier de Almeida, as exigências burocráticas dos processos de importação e exportação são ajustadas para tornar mais prático o trâmite de animais. A entidade orienta, inclusive com a distribuição de um manual entre os criadores, como agir para concretizar o processo e qual a documentação necessária. Tanto a importação como a exportação de animais podem ocorrer em caráter definitivo ou provisório. Os cavalos podem cruzar a fronteira por compra/ venda ou para participar temporariamente de algum evento da raça. Para cada uma das opções existem fatores específicos aos quais os interessados no processo devem atentar.

Para importar de forma definitiva Além de solicitar um técnico à ABCCC para realizar a inspeção no país de origem do animal, o criador que desejar importar

animais também deverá contar com o técnico designado para agendar a inspeção. Os custos da inspeção técnica serão de inteira responsabilidade do importador. Após a inspeção do animal, o técnico deverá proceder a resenha, fazer a ata de inspeção e emitir o parecer de importação, favorável ou não, e remeter para o setor de registro genealógico da ABCCC.

Documentos necessários A documentação abaixo relacionada deverá ser enviada ao SRG pelo importador ou escritório despachante. - Cópia do certificado de registro genealógico do animal. - Pedigree com genealogia de no mínimo três gerações de ascendentes. - Cópia da fatura pró-forma em nome do importador. - Certificação zootécnica, preenchida com os dados do importador e devidamente assinada pelo mesmo ou pelo seu procurador legal (formulários disponíveis no SRG da ABCCC).

- Resultado do exame de DNA para ambos os sexos. - Requerimento para solicitação de autorização de importação ao serviço de sanidade animal do mapa no estado, conforme portaria 49/87 (formulários disponíveis no SRG-ABCCC). - Laudo de exames andrológico e ginecológico para animais com idade superior a 18 meses. Estes exames somente serão exigidos no momento da entrada dos animais no país.

Parecer.

De posse destes documentos, o setor de registro da ABCCC emitirá um parecer zootécnico favorável à importação e o encaminhará para a delegacia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do estado do importador. Assim que houver a homologação pelo Ministério, o mesmo mandará fazer vistoria e cadastro na propriedade de destino, para após autorizar a importação. A documentação exigida é a mesma anteriormente citada, com exceção da cópia da fatura pró-forma em nome do importador e do resultado de exame de DNA. Importação temporária para

- Quando for caráter definitivo, deverá enviar o certificado original para ser feita a transferência ao novo proprietário. - O proprietário que está exportando deverá fazer uma correspondência para a ABCCC informando o animal e o país a que se destina. - A ABCCC de posse desta solicitação emitirá um ofício para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, informando que o animal está devidamente registrado na Associação e pode ser exportado para outro país (conforme portaria nº 5 de 13/1/1993 do Mapa). - Assim que o Ministério homologar fica liberado para o despachante providenciar os exames e estabelecer a quarentena no país de origem, os exames sanitários e as vacinas para exportação serão por conta do importador. - Todos os animais para serem exportados com mais de dois anos, precisam obrigatoriamente ser confirmados.

Um mercado em crescimento A história de Mariano Lemanski, 37 anos, com a raça Crioula começou por acaso, em 1987. Na época, a família adquiriu algumas éguas e um garanhão


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Por dentro da ABCCC

9

Foto Arquivo Pessoal

Para o criador João Rouget Wrege, brasileiros estão se tornando mais seletivos na importação de animais devido à amplitude da oferta

Para Mariano Lemanski, o investimento aplicado proporcionou maior credibilidade ao plantel

com a finalidade de obter animais de trabalho e manejo de gado. No entanto, a criação foi aumentando e, em alguns anos, a família via-se atrelada à raça Crioula e projetada a um dos mais importantes e crescentes mercados do ramo: a exportação. Atualmente com um plantel de 300 animais, sendo que 120 são éguas de cria, Lemanski avalia o mercado exportador com expectativa dentro da realidade Crioula. Para ele, exportação e importação devem andar de mãos dadas. Em seu caso, a seleção da raça foi possível também devido à importação de animais. “Investimos na genética e na qualidade, o que nos proporcionou gerar credibilidade em torno de nossa criação”, explica o empresário. A Cabanha São Rafael de sua propriedade está localizada no município paranaense de Balsa Nova, na localidade de São Luís do Purunã. Quando adquiriu expressão dentro da raça, a cabanha começou a ser notada e gerou interesse no mercado de exportação, que logo começou a realizar transações. Em sua avaliação, o Brasil sempre se preocupou em importar as melhores linhagens,

o que concedeu credibilidade aos criadores e estabilidade comercial ao mercado. Em relação às provas funcionais, como o Freio de Ouro, Lemanski acredita que além de ser a mais importante ferramenta de aprimoramento da raça, também inspira os países vizinhos a adotarem as mesmas técnicas.

que iniciou a atividade há cerca de 35 no município de Jaguarão/RS. Em 1975 adquiriu os primeiros cavalos no Uruguai, mas por determinações entre os dois países, foi impossibilitado de trazer todos. Apesar da atividade com equinos ser uma das metas de sua vida, Wrege começou a criá-los no Uruguai por consequência, já que seu sogro possuía propriedades no país. Atualmente, o empresário é parceiro da cabanha chilena Las Callanas, situada na Província de Osorno.

A filial, em Jaguarão, hoje cria aproximadamente uma centena de cavalos Crioulos. Em relação à importação o médico veterinário e fiscal aposentado explica que optou pela atividade principalmente pelo aspecto financeiro. "Encontrei na importação uma maneira mais barata de comprar e iniciar a minha criação."

Importância.

Importar, exportar, comprar, vender. Qual será o limite que deve ser segui-

do para que o criador certifique-se da qualidade em seu plantel? Wrege explica que o mercado brasileiro de importação já foi mais ávido, principalmente por fêmeas chilenas. “Atualmente, devido à grandiosidade da oferta, o mercado brasileiro vem se tornando cada vez mais seletivo com aquilo que importa”, diz. Apesar de futuro incerto, o criador acredita que sempre haverá espaço suficiente no mercado para a mercadoria de alta qualidade.

Exigências.

Em relação aos procedimentos necessários para a exportação dos animais, ao mesmo tempo que os avalia como importantes, também sugere que os controles sanitários sejam mais efetivos. “Os postos aduaneiros deveriam ser mais eficientes e bem equipados, tanto em profissionais, quanto em equipamentos”, diz o criador que tem como principal cliente o Uruguai.

Importar: uma maneira de refinar a raça Como na maioria dos casos, o início nunca é fácil. E não foi diferente para o criador João Rouget Pérez Wrege, 61 anos,

Para proceder com segurança, criadores sugerem que a fiscalização e o controle sanitário sejam mais eficientes nos postos aduaneiros


10

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

Éguas qualificadas e machos parelhos na Credenciadora de Ijuí André Amaral

Bom nível técnico, excelente estrutura e animais parelhos. Este foi o cenário encontrado pelos jurados Telmo Ferreira, Rodrigo Bastos e Carlos Loureiro de Souza, responsáveis pelo julgamento da Credenciadora realizada no Parque de Exposições Wanderley Burmann, em Ijuí, Rio Grande do Sul, entre os dias 6 e 10 de outubro. Nove machos e 12 fêmeas participaram da prova que, na avaliação de Ferreira, estava excelente.

Em meio à tão alta qualidade, Ferreira destacou, além da estrutura do parque e do sindicato, as

duas primeiras éguas colocadas e os quatro machos credenciados. Com relação às fêmeas, o jurado ressaltou a boa apresentação e a condução das mesmas. Entre os machos, o quesito uniformidade foi bastante evidenciado. “Os quatro machos foram muito bem. Embora as notas não tenham sido parecidas, o nível era muito parelho e nenhum se sobressaiu”, informou. (Leia mais na página 23) Considerado o único ponto a ser melhorado na prova, o gado, na opinião do jurado, estava um pouco cansado por ter sido utilizado em ambos os dias. “Não estava ruim, mas poderia ter sido melhor”, ponderou.

Credenciados

banha Sorsul, Horizontina/RS. Ginete: Rodrigo Nunes. Nota: 18,580

1º lugar - Borboleta da Bela Aliança, criador Francisco Carlos Habowsky, expositor Júlio Ronda, Cabanha Galpão da Ronda, Cruz Alta/RS. Ginete: Renato Donadell. Nota: 19,604

4º lugar - BT Tarimba II, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Maurício Molina, Cabanha Passo Novo, Uruguaiana/RS. Ginete: Gabriel Marty. Nota: 17,205

2º lugar - Cacho Jandaia, criador Mário Luiz dos Santos Rivero, expositor Citânia Filha, Cabanha Andrômeda, Chapecó/SC. Ginete: Cleir Odilon. Nota: 19,036

Machos

Fêmeas

3º lugar - Resenha de Sol de Maio, criador Agropecuária Sol de Maio Ltda, expositor Norberto Narezi, Ca-

Fêmeas

1º lugar - El Trapiche Infinito 19, criador João Vicente Brasil Sá, expositor Janaína Colognesi, Centro de Treinamento Mano a Mano, Carazinho/RS. Ginete: Eduardo de Quadros. Nota: 18,329 2º lugar - Cotrilla Pinatrero, criador

Jorge Andres Rademacher Guerrero, expositor Sementes e Cabanha Butiá Ltda, Cabanha Butiá, Passo Fundo/RS. Ginete: Marcelo Bertagnolli. Nota: 17,932 3º lugar - Resumo de Sol de Maio, criador Agropecuária Sol de Maio Ltda, expositor Renato Amado, Susana e Ana Carolina, Cabanha Scaravelho, Carazinho/RS. Ginete: Charles Fagundes. Nota: 17,694 4º lugar - Palmares Forasteiro, criador José Fernando de Castro Klafke, expositor José Fernando Klafke, Cabanha Sanga Funda, Capivari do Sul/ RS. Ginete: Everton de Deus Valim. Nota: 17,629

Machos Fotos Felipe Ulbrich

Borboleta da Bela Aliança teve o melhor desempenho entre as fêmeas e conquistou o primeiro lugar da seletiva

El Trapiche Infinito 19 garantiu a melhor colocação entre os machos credenciados com nota final 18,329

Cacho Jandaia, segunda melhor fêmea da credenciadora

Resenha de Sol de Maio ficou com o terceiro lugar

BT Tarimba II foi a quarta melhor entre as fêmeas

O segundo lugar entre os machos ficou com Cotrilla Pinatrero

A terceira melhor nota foi de Resumo de Sol de Maio

Palmares Forasteiro foi o quarto melhor credenciado


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

11

Pista diferenciada exige qualidade na seletiva de Júlio de Castilhos Fotos Divulgação

André Amaral

Inca da Coxilha Alta, filha de BT Macanudo e Vistosa da Coxilha Alta, criador Cláudio Franco Gonçalves, Jaguarão/RS, expositor Cláudio Franco Gonçalves, Estância Coxilha Alta, Jaguarão/RS. Ginete: Felipe Santos. Nota: 16,496

Para selecionar animais à etapa classificatória da região quatro, que será realizada em 2011, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilhos realizou Credenciadora entre os dias 7 e 10 de outubro. Sob a responsabilidade de Thiago Van Hoogstraten, a prova foi julgada por Álvaro Dumoncel, Clécio Barros e Marcelo Tellechea Cairoli, no Parque de Exposições Miguel Wairich. (Leia mais sobre este evento na página 24)

Pista exigente, inauguração da nova pista de mangueira e presenças de destaque foram alguns dos diferenciais da prova realizada junto à programação da 49ª Expojuc, em Júlio de Castilhos, Rio Grande do Sul. Sob clima ensolarado e de primeira qualidade, oito fêmeas e dez machos precisaram lidar com as adversidades. A chuva forte que atingiu a região na quinta-feira, dia anterior à realização da Credenciadora, deixou a pista muito embarrada e testou a qualidade dos competidores. Na avaliação de Van Hoogstraten, os animais, bastante exigidos pela pista de prova, tinham qualidade muito satisfatória e o destaque qualitativo ficou por conta dos machos. “A pista testou a qualidade dos animais e a perícia dos ginetes.” Para disponibilizar instalações qualificadas e proporcionar a realização de provas cada vez mais competitivas, foi inaugurada a nova pista de mangueira. Segundo o responsável pelo evento, o resultado foi muito positivo e agradou os ginetes. “Todos elogiaram. Diziam ser um prazer correr em

4º lugar

Machos 1º lugar Viragro Rio Tinto, filho de CRT Guapo e Respeitosa de Santa Angélica, criador Viragro Agropecuária Ltda, Curitiba/PR, expositor Condomínio Rio Tinto, Condomínio Rio Tinto. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota: 20,888 2º lugar

Nova pista de mangueira do Parque Miguel Wairich foi muito elogiada por competidores e jurados da credenciadora de Júlio de Castilhos

uma pista daquelas.” Cairoli, um dos componentes do trio de jurados, além de elogiar a qualidade da nova pista de mangueira destacou a organização e a receptividade do núcleo como um todo. Segundo ele, o gado estava de excelente qualidade e o local da prova, apesar de pesado e escorregadio em decorrência do tempo chuvoso, tinha ótima estrutura.

Qualidade na seletiva Presença de destaque, o cavalo Viragro Rio Tinto, que perdeu o Freio de Ouro 2010 na última

paleteada para o Pampa de São Pedro, foi outra atração à parte desta prova que reuniu, além de animais da região, exemplares do Paraná e de outras localidades do Rio Grande do Sul. “No geral a Credenciadora teve um bom nível. O Rio Tinto, grande vencedor desta prova, se apresentou morfologicamente muito bem e correu de forma tranquila”, opinou Cairoli que também elogiou a qualidade do segundo colocado entre os machos. O ginete que conduziu Rio Tinto à nota final 20.888, Daniel Waihrich Marim Teixeira, também se destacou na seletiva, com o credenciamento de três dos oito melhores. Além do Zaino pertencente ao Condomínio Rio Tinto, Teixeira também habilitou a primeira e a terceira melhor fêmea - RZ Regalada da Carapuça e Butiá Uruguaiana, respectivamente.

18,627 2º lugar Charrua da Bela Aliança, filha de Esquilador do HV e BT Fogosa, criador Francisco Carlos Habowsky, São Bento do Sul/SC, expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC. Ginete: Caio Habowsky. Nota: 17,910

1º lugar

Etapa habilitou oito conjuntos à classificatória da região quatro, do Freio de Ouro 2011

RZ Regalada da Carapuça, filha de BT Hermes e Esponja da Fama, criador Rubens Elias Zogbi, São Paulo/SP, expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota:

3º lugar João Louco do Relento, filho de Tostão do Junco e Perdigona do Relento, criador Florduarte Damázio Marques Balbé, Santo Antônio das Missões/RS, expositor Florduarte Damázio Marques Balbé, Fazenda Santo Inácio, Santo Antônio das Missões/RS. Ginete: Leonir Melo Pinto. Notas: 17,782.

3º lugar Butiá Uruguaiana, filha de Santa Elba Comediante e Butiá Marília, criador Sementes e Cabanha Butiá Ltda, Passo Fundo/RS, expositor Sementes e Cabanha Butiá Ltda, Cabanha Butiá, Passo Fundo/RS. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Nota: 17,314

Credenciados Fêmeas

General da Reiúna, filho de BT Hermes e Anahy da Reiúna, criador Ricardo Bassotto, São Pedro do Sul/RS, expositor Ricardo Bassotto, Cabanha Reiúna, São Pedro do Sul/RS. Ginete: Miguel Souza. Nota: 19,224

O ginete Daniel Teixeira (E) teve performance destacada na credenciadora

4º lugar Inspetor do Trinta e Oito, filha de Jotace Destaque e FAT Feiticeira, criador Cabanha do 38 Agropecuária Ltda, Porto Alegre/RS, expositor Amauri Pinheiro, Cabanha Recanto dos Pinheiros, Sapucaia do Sul/RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 17,545


12

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

Núcleo de São Borja promove Credenciadora na 2ª Fenaoeste Fotos Divulgação

André Amaral

Realizada entre os dias 7 e 10 de outubro, a 25ª Credenciadora ao Freio de Ouro de São Borja, no Rio Grande do Sul, contou com a participação de nove fêmeas e 12 machos. Organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Borja, a prova ocorreu na Associação Rural do Município junto da 2ª Fenaoeste e foi julgada por Mauro Ferreira, Hermes Dourado e João Arísio. Bom nível de competidores, ginetes habilidosos, pista de prova e mangueira de qualidade também foram fatores de destaque no evento. (Leia mais sobre este evento na página 27)

A presença de finalistas do Freio de Ouro em edições anteriores foi um dos quesitos decisivos para acirrar a competição. “O nível da prova foi bastante interessante”, frisou o jurado Mauro Ferreira. Os animais não foram os únicos a receber elogios dos jurados. As excelentes condições da pista de campo e da mangueira também foram bastante elogiadas, assim como alguns ginetes de destaque. “Dois já foram Freio de Ouro e um Freio de Prata”, informou. Todos estes pontos positivos podem ser comprovados através

2º lugar Volumosa 437 Maufer, filha de Muchacho de Santa Angélica e Lasca Perau, criador Maurício e Fernando Lampert Weiand, expositor Maria Aparecida Almeida Cenacchi, Cabanha Santa Marta, São Borja/RS. Ginete: Valério Moura. Nota: 19,425 3º lugar

Jurados elogiaram os conjuntos pelo alto nível apresentado na credenciadora

da análise das notas finais alcançadas tanto pelos machos quanto pelas fêmeas. Ainda assim, o trio de jurados destacou a superioridade das duas primeiras fêmeas credenciadas. “Superaram a maior morfologia das credenciadas em terceiro e quarto lugar pela regularidade funcional, com poucas notas abaixo de 7 de placa.” Já entre os quatro machos credenciados, todos cavalos conhecidos e com morfologias consistentes, a regularidade não foi a mesma das fêmeas nas etapas funcionais. Para melhorar ainda mais as próximas provas organizadas pelo núcleo, como crítica constru-

tiva, Ferreira indica a construção de um brete que leve o gado até a mangueira, o que iria evitar o desgaste dos bovinos antes da competição.

Credenciados Fêmeas

1º lugar Uchoa de São Pedro, filha de BT Hospedeiro e Gente Fina de São Pedro, criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Cabanha GAP São Pedro, Uruguaiana/RS. Ginete: Lindor Collares Luiz. Nota: 19,430

Machos

Santa Zilda Carqueja, filha de BT Muchaço do Junco e Campana 2063 da Tradição, criador Eduardo Andrade Fernandes Lima, expositor Armando Vargas Leal, Cabanha Passo da Sanga, Itaqui/RS. Ginete: Valério Moura. Nota: 19,137 4ª lugar Vizinha de Santa Thereza, filha de Galo de Briga Tupambaé e Isca de Santa Thereza, criador Mário Tavares Móglia, expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Cabanha Santa Thereza, Bagé/RS. Ginete: Pedro Móglia. Nota: 18,840 Machos 1º lugar Abandono do Recanto Crioulo, filho de Guerreiro da Fascinação e BT In-

veja do Junco, criador Adelmo Hess, expositor Condomínio Neri Raulino, Cabanha Neri Raulino, Araquari/ SC. Ginete: Éberson Pinheiro. Nota: 19,133 2º lugar Butiá Pégaso, filho de Santa Elba Comediante e BT Butiá 2, criador Sementes e Cabanha Butiá Ltda, expositor Renan e Wilian Capoani, Cabanha WR, Bento Gonçalves/RS. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira Filho. Nota: 19,127 3º lugar BT Quebra Quebra II, filho de BT Delantero e BT Lentilha, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Lavínia B. F. Mendes e Jaime F. Bica de Freitas, Cabanha Itacurubi e Catamarca, São Gabriel/RS. Ginete: Márcio Maciel. Nota: 18,819 4º lugar Lindo Nene Cala Bassa, filho de Candidato Simpatia e Laranjeira Cardeal, criador Marcelo Rezende Móglia, expositor Vanderlei Maurer, Cabanha VMB, Lavras do Sul/RS. Ginete: Cássio Jardim. Nota: 18,798

Fêmeas

Abandono do Recanto Crioulo, o melhor pontuado, e Butiá Pégaso, segunda melhor nota

Volumosa 437 Maufer, segunda credenciada, e Uchoa de São Pedro, a melhor da seletiva

BT Quebra Quebra II, terceiro colocado, e Lindo Nene Cala Bassa, o quarto credenciado

Santa Zilda Carqueja, terceiro lugar, e Vizinha de Santa Thereza, a quarta credenciada


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

13

Novos animais são credenciados em Bagé para o Bocal de Ouro Nívea Bilhalva Oliveira

Entre os dias 15 e 17 de outubro, os jurados Alexandre Pons Suñe, Rouget Gigena Wrege e Luiz Bastos Neto, avaliaram as aptidões de 17 animais estreantes, destes oito fêmeas e nove machos, durante a Credenciadora de Inéditos de Bagé/RS, promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade. O evento ocorreu na pista da Associação Rural de Bagé, dentro da programação da 98ª Expofeira.

Na ocasião, atuaram como secretários dos jurados os jovens Josias Souto (Alexandre), Aluísio Peres (Luiz) e Luís Felipe Fetter (Rouget). A supervisão da credenciadora foi feita pelo técnico da ABCCC, Rodrigo Py. (Leia mais sobre este evento nas páginas 33, 44 e 59) Os melhores da seletiva, além de ganhar troféu e prêmio em

Fêmeas

dinheiro, garantiram passagem ao Bocal de Ouro, disputado no mês de abril em Esteio/RS. Para o jurado da casa, Alexandre Suñe, os dois primeiros credenciados, tanto entre as fêmeas como nos machos, têm condições de chegar bem nesta classificatória, pois, apresentam boa morfologia e grande potencial funcional.

Expectativa com novatos

Conforme o experiente ginete Freio de Ouro 2010, nas fêmeas, Nei Eduardo Lima, montar animais inéditos sempre traz uma grande expectativa. “São animais que embora bastante treinados em casa, nunca se apresentaram fora e, por isso, não se sabe como vão andar, mas quando alcançam o objetivo trazem uma gratificação muito grande para nós”, explica Lima.

Na seletiva de Bagé, o ginete credenciou em primeiro lugar a égua que vai completar cinco anos de idade, filha de Muchacho de Santa Angélica e Prenda 100 Maufer, Borboleta 600 Maufer, com a nota 20.064. Entre os machos, a primeira posição ficou com Pirai 1533 do Honesto, de cinco anos de idade, montado por Sérgio Ferraz. O tostado concluiu a prova com a nota 20,031.

Credenciados Fêmeas

Fantasia Cala Bassa, filha de Chicão de Santa Odessa e Forquilha do Capão Redondo. criador Marcelo Rezende Móglia. expositor Marcelo Resende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS. Ginete: Marcelo Móglia. Nota: 20,041. 3º lugar Campana Raísa, filha de Campana Guasquero e Campana Kuenca. criador e expositor: Mário Móglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS. Ginete: Armando Duarte. Nota: 17,838. 4º lugar Três Cerros Saia Curta, filha de Hilário do Purunã e Farofa do Kavaju Porã, criador Rafael Pons Suñe, expositor Cleiton A. S. Freitas/Lisandro Tedesco, Cabanha Turmalina, Sapucaia do Sul/RS. Ginete: João Furtado. Nota: 16,857.

1º lugar Borboleta 600 Maufer, filha de Muchacho de Santa Angélica e Prenda 100 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/ RS. Ginete: Nei Eduardo Lima. Nota: 20,064.

Machos

2º lugar

1º lugar

Borboleta 600 Maufer, guiada por Nei Eduardo Lima, conquistou o primeiro lugar entre as fêmeas com a nota 20,064

Machos

Quarto lugar, Três Cerros Saia Curta

2º lugar Campana Rumo Certo, filho de BT Faceiro do Junco e Gringa do Aceguá, criador Mário Moglia Suñe, expositor José Luiz Marona Pons, Cabanha Santa Ângela, Uruguaiana/ RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 19,901. 3º lugar Enigma de Aparecida, filho de BT Faceiro do Junco e Butiá Lila, criador Maria Aparecida de Almeida Missel, expositor Fábio Guerra Bertacco. Ginete: João Furtado. Nota: 18,196. 4º lugar Incrível Tupambaé, filho de Oriental Tupambaé e Alma Grande Tupambaé, criador e expositor Osvaldo Dorneles Pons, Cabanha Tupambaé, Dom Pedrito/RS. Ginete: Solimar Munhoz. Nota: 18,154. Fotos Felipe Ulbrich

Piraí 1533 do Honesto, com Sérgio Ferraz, foi o melhor credenciado entre os machos alcançando a nota final 20,031

Segundo lugar, Campana Rumo Certo

Segundo lugar, Fantasia Cala Bassa

Terceiro lugar, Campana Raísa

Piraí 1533 do Honesto, filho de Honesto Simpatia e Santa Thereza Fisga, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS. Ginete: Sérgio Ferraz. Nota: 20,031.

Terceiro lugar, Enigma de Aparecida

Quarto lugar, Incrível Tupambaé


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

15

Clima eleva dificuldade na Credenciadora de Chapecó André Amaral

Entre os dias 14 e 17 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense realizou, junto à exposição Morfológica e Tiro de Laço, Credenciadora ao Freio de Ouro com a participação de nove fêmeas e 11 machos (Leia mais sobre as outras provas deste evento nas páginas 36 e 44). No evento, que integrou a programação da Expoeste, os animais foram julgados por Alexandre Di Domênico, André Nascimento e André Narciso Rosa.

A prova foi considerada de nível médio na avaliação do jurado André Rosa. Ele disse que o clima chuvoso reduziu a qualidade da pista e prejudicou o desempenho dos competidores. “A chuva castigou. Dificultou as manobras”, disse. Consequência das adversidades, as notas finais não superaram

os 17 pontos, entre as fêmeas, e não chegaram a 18, na disputa dos machos. Apesar do clima, Rosa disse que as instalações do parque de exposições da Efapi, assim como o gado e a receptividade do núcleo, estavam realmente muito bons. “Muitas pessoas envolvidas, recebendo muito bem o público. Sem dúvida o espírito crioulista esteve presente”, afirmou. Os animais habilitados nesta seletiva estão aptos a concorrer a uma das vagas disponíveis na classificatória da região 5A, que serão disputadas na cidade de Lages/SC. Credenciada em primeiro lugar entre as fêmeas, a tordilha Cacho Jandaia correu em casa. De propriedade de Citânia Tobin Golo e filha, da Cabanha Andrômeda de Chapecó, a égua confirmou a passagem, ainda que já tivesse se credenciado em Ijuí/RS com nota superior. Já o gateado

Irônico da Meline, primeiro entre os machos, disputou a sua primeira credenciadora do ciclo, após ter ficado com o quarto lugar na classificatória de Brasília, no ano passado.

Credenciados

Vanei Rosa. Nota: 17,701 2º lugar

3º lugar Sanfona do Purunã, filha de Madona de Santa Cecília e Defensor de Las Flechas, criador Mariano Lemanski, expositor Ralf Murilo Berh, Cabanha Guepardo, Pato Branco/PR. Ginete: Ronovaldo dos Santos. Nota: 14,641 4º lugar

Fêmeas

1º lugar

Cacho Jandaia, filha de BT Itaoca do Junco e BT Demônio do Junco, criador Mário Luiz dos Santos Rivero, expositor Citânia Tobin Golo e filha, Cabanha Andrômeda, Chapecó/SC. Ginete: Cleir Odilon. Nota: 16,790 2º lugar

Brisa Arb, filha de Fantasia do Bombeador e Faceiro do Evany. criadores Marcos A. Begrow e Marcos A. Begrow Jr., expositor Marcos A. Begrow, Agropecuária Tancho Begrow, Carazinho/RS. Ginete: Charles

Fêmeas

Fagundes. Nota: 16,563

NZ Fernanda, filha de DC Balisa de Mi Flor e Harmônico da Tradição, criador Nelvir José Zardin, expositor Vanderlei e Regis Casagrande, Cabanha Alvorada, Pato Branco/PR. Ginete: Rudinei Rossoni. Nota: 14,196

3º lugar

Baluarte do Itaipu, filho de Destacada do Itaipu e Luxemburgo do Monte Verde, criador Valmir Dallacosta, expositor Valmir Dallacosta e Juarez, Cabanhas Itaipu e Inviolável, Pato Branco/PR. Ginete: Sérgio Ramos. Nota: 16,768 4º lugar

Machos

1º lugar

Imperador da Sessenta e Seis, filho de Broma de Santa Margarida e Ermão de Santa Margarida, criador e expositor Valdecir de Lima, Cabanha Sessenta e Seis, Caxias do Sul/ RS. Ginete: Garibaldi Ferraz. Nota: 17,114

Ironico da Meline, filho de Lindaura 1269 de Santo Ângelo e BT Moirão, criador Altamiro Ricardo da Silva Júnior, expositor Altamiro Ricardo, Cabanha Meline, Mangueirinha/PR.

Umbuzeiro 303 Maufer, filho de Jacarandá Raya e Mananero Jalisco, criador Maurício e Fernando Lampert Weiand, expositor Jaime A. Brigueti, Cabanha Del, Caxias do Sul/RS. Ginete: Marcos Andrighetti. Nota: 16,645

Machos Fotos Mário Tissot

Cacho Jandaia, montada pelo ginete Cleir Odilon, teve o melhor desempenho entre as fêmeas da credenciadora

Ironico da Meline, conduzido por Vanei Rosa, recebeu dos jurados a nota 17,701, a melhor pontuação da seletiva

Brisa Arb, com o ginete Charles Fagundes, ficou com o segundo lugar entre as fêmeas

O terceiro lugar ficou com Sanfona do Purunã, montada por Ronovaldo dos Santos

NZ Fernanda, guiada por Rudinei Rossoni, encerrou a prova com a quarta melhor pontuação

Imperador da Sessenta e Seis, com Garibaldi Ferraz, foi o segundo melhor macho da seletiva

Baluarte do Itaipu, com o ginete Sérgio Ramos, ficou com o terceiro lugar

Marcos Andriguetti levou Umbuzeiro 303 Maufer ao quarto lugar da credenciadora


16

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

Começam as seletivas uruguaias rumo ao Freio de Ouro Fotos Vilson Aguiar

Maysa Maciel e Pâmela Seyffert

Foi dada a largada na corrida pelo Ouro 2011 também para os hermanos uruguaios. Na Credenciadora de Taquarembó/ ROU, realizada entre os dias 15 e 17 de outubro, foram escolhidos os oito crioulos que disputarão a classificatória de Montevidéu. O evento foi promovido pela Sociedad de Criadores de Caballos Criollos Del Uruguay.

Na avaliação do jurado Marco Antônio Stumpf, que avaliou os animais ao lado de João Luiz Arísio e Paulo Borges Júnior, a prova credenciou dois cavalos, com boas condições de competirem em novas etapas. “Achei a competição fraca e com poucos animais na disputa.” Ao todo foram 22 animais, cinco machos e 17 fêmeas. Infraestrutura adequada, pista de qualidade e receptividade. Estes foram os principais pontos destacados por Stumpf, que acredita na evolução do evento, no decorrer das próximas edições. “Esta foi a primeira etapa realizada no Uruguai e não faltaram empolgação e vontade. Além disso, os machos fizeram médias mais altas que as fêmeas”, concluiu.

Os oito conjuntos habilitados na credenciadora de Taquarembó estão aptos a disputar uma das vagas disponíveis na etapa classificatória de Montevidéu ao Freio de Ouro 2011

Resultado Fêmeas

1º lugar - Tape Tejana, do expositor Roberto J. Mailhos. Ginete Pablo Duran. Nota 18.519 2º lugar - Constancia Discordia 779,

expositor Sapeli Gutierrez Hinos. Ginete Yairo Sosa. Nota 17.835

lermo Jose Sanguinetti. Nota 15.848

3º lugar - Jaguel Fortaleza, expositor Green Belt S.A. Ginete Cláudio Fernandez. Nota 16.899

Machos

4º lugar - GS Paineiras, expositor Guillermo Sanguinetti. Ginete Guil-

1º lugar - Lanceiro Simpatia, expositor Marcelo Berrutti. Ginete Anibal Berrutti. Nota 19.669

2º lugar - Hecho a Mano da Recala-

da, expositor Cabaña Santa Fé. Ginte Lindor Luiz Collares. Nota 19.436 3º lugar - Balaco 08 da Motolandia, expositor Mário Carrere. Ginete Pablo Duran. Nota 18.346

4º lugar - Quelen Carioca, expositor Marcela y Agustin Alonso. Ginete Andres Granja. Nota 14.983

Maior evolução e adesão nas pistas de Pellegrini Entre os dias 22 e 24 de outubro, 20 animais participaram da Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 de Pellegrini, em Buenos Aires, na Argentina. As 13 fêmeas e os sete machos foram julgados por Cláudio Azevedo, Rouget Gigena Wrege e Vilson Aguiar. A qualidade dos concorrentes e o bom nível da prova podem ser constatados pelas altas notas conferidas aos primeiros colocados. As duas primeiras fêmeas e os quatro machos credenciados atingiram média final superior a 18 pontos, um tanto superior às notas atingidas pelos credenciados na disputa do ano passado. De acordo com o jurado Rouget Gigena Wrege, o nível dos animais apresentados chamou muita atenção do público. Além disso, a evolução da doma dos animais foi um grande destaque. “Acompanho a competição argentina há muitos anos e o nível estava excelente.” Os machos, de forma geral, estavam mais superiores do que

Seletiva argentina mostrou bom nível de competição e variabilidade genética

as fêmeas, que deixaram a desejar em poucos detalhes de apresentação. “É importante ressaltar a evolução do evento. Além, da adesão e do entusiasmo dos argentinos quanto ao Freio de Ouro.” Para o jurado, a infraestrutura para realizar as provas estava muito boa. No entanto, a pista de mangueira poderia ser reformulada para as próximas competições. “A

pista de campo estava ótima e a variabilidade genética, com sangues diferentes, surpreendeu ao alcançar o padrão de qualidade”, conclui. (André Amaral e Pâmela Seyffert)

Resultado Fêmeas

1º lugar Guampa Canela, criador e expositor Marta Tronconi de Ballester, Caba-

nha La Valentina, Pellegrini/Buenos Aires. Ginete Leonardo Gonzalez. Nota: 18.429 2º lugar Chake Flor Del Monte, criador e expositor Ricardo Matho Garat, Cabanha La Estrella, Solaria, Corrientes. Ginete Ruben Dario Verón. Nota: 18.401 3º lugar Del Siete Balanceada, criador e expositor Raul Moneta, Cabanha La Re-

pública, Lujan, Buenos Aires. Ginete Gaston Casal. Nota: 17.879 4º lugar Tanido Morfina, criador e expositor Juan Felipe Ballester, Cabanha La Serena, Yutuyaco, Buenos Aires. Ginete Pablo Sanchez. Nota: 17.531

Machos

1º lugar El Escudo Duende, criador Ramon Kuerten Balic, expositor Marta Ballester, Cabanha La Valentina, Pellegrini, Buenos Aires. Ginete Diego Rivera. Nota: 19.942 2º lugar Del Paye Encontrado, criador e expositor Sílvia Galicchio Matteucci, Cabanha Bototi Picu, Gualeguaychu, Entre Rios. Ginete: Hugo Noguera. Nota: 19.728 3º lugar Dormido Tintillo, criador La Dormida e expositor Cabanha La Enterriana, Cabanha La Enterriana, Entre Rios. Ginete: Nestor Fonsea. Nota: 18.332 4º lugar Charque Juego, criador e expositor Júlio Ballester, Cabanha San Arsênio, Brandsen. Ginete: Raul Gonzalez. Nota: 18.242


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

17

Oito inéditos de Vacaria seguem na corrida pelo Freio 2011 Quem foi até a Credenciadora de Inéditos realizada pelo Núcleo Serrano de Criadores de Cavalos Crioulos no Parque de Exposições Nicanor Kreamer da Luz, em Vacaria, no Rio Grande do Sul, entre os dias 21 e 24 de outubro, encontrou, além do clima chuvoso, animais com rendimento médio.

Os 25 exemplares foram julgados por Lúcio Fontoura, João Arízio e Luiz Mierczynski Neto, com a supervisão técnica de Ricardo Guazelli. De acordo com Luiz Mierczynski Neto, a qualidade geral dos animais era média, sendo o nível dos machos superior ao das fêmeas, consideradas ainda

um tanto fracas pelo jurado. O destaque da prova, segundo ele, ficou para o macho PO Rechiflao, que andou bem em quase todas as provas e garantiu a melhor nota do evento. O jurado também elogiou a qualidade da pista, do gado, da pista de mangueira e a ótima receptividade do núcleo anfitrião.

Credenciados Fêmeas 1º lugar - Avenca do Morro Chato, filha de Santa Mônica Rancheira e Molejão do Purunã, criador Marlus Arruda Silva e expositor Sérgio Pe-

dro Nesello, Cabanha La Conquista, Caxias do Sul/RS, ginete Garibaldi Ferraz. Nota 17,734 2º lugar - Zoada do Capão Redondo, filha de Ópera do Capão Redondo e Buenacho 04 do HV, criador Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py e expositor José Darcy de Leão e Filhos - Cabanha Leão, Sapiranga/RS, ginete Juca Rolim. Nota 17,510 3º lugar - Quizomba de Santa Angélica, filha de Doida de Santa Angélica e Jalisco de Santa Angélica, criador Paulino e Agenor Ávila Costa e expositor Carlo Lazzeri, Cabanha Lazzeri, Vacaria/RS, ginete Leocir Zimboni. Nota 16,354 4º lugar - Harmônica do Tamboré,

Fêmeas

filha de Balisa e Lutador do Purunã, criador Diego de Lucena Zanandréa e expositor Antônio Goulart de Vargas, Cabanha Estilo, Igrejinha/RS, ginete Miguel Barbieri Marques. Nota 16,177

Machos 1º lugar - Po Rechiflao, filho de Garça de Santa Angélica e Santa Elba Comediante, criador Gonçalo Porto Silva e expositor Carla Musa e Onécio Prado Júnior, Cabanha Estância Tamareira, Ribeirão Preto/SP. Ginete Ernesto Wairich. Nota 18,032 2º lugar - Atracador do Capão Redondo, filho de Quinta do Capão

Machos

Avenca do Morro Chato, conduzida pelo ginete Garibaldi Ferraz, alcançou a maior pontuação entre as fêmeas

Harmônica do Tamboré

3º lugar - Discutido da Reconquista, filho de Temida da Reconquista e BT Haragano, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Gilvane Terezinha Marca dos Santos, Cabanha Marca dos Santos, Viamão/RS, ginete Júlio Pereira. Nota 17,172 4º lugar - Líder da Boa Vista, filho de Pitanga da Vila Velha e Chicão de Santa Odessa, criador Fazenda Boa Vista e expositor João Vítor Wille, Cabanha Recanto da Várzea, Gramado/ RS, ginete Cléo Falcão. Nota 16,341

Fotos Alexandre Freitas

PO Rechiflao, guiada por Ernesto Wairich, concluiu a prova em primeiro lugar entre os machos da credenciadora

Zoada do Capão Redondo

Quizomba de Santa Angélica

Redondo e Farandola do Itapororó, criador Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py e expositor Marcelo Búrigo, Cabanha Santo Anjo, São José dos Ausentes/RS, ginete Francisco Alves. Nota 17,182

Atracador do Capão Redondo

Discutido da Reconquista

Líder da Boa Vista


18

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

Disputa acirrada em Lages André Amaral

Pista de qualidade, público numeroso, gado ligeiro e a presença de 30 animais muito competitivos marcaram a Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 realizada pela Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos, nos dias 22 e 23, em Lages, Santa Catarina. Além da prova funcional o núcleo também promoveu mostra morfológica. (Leia mais na página 37)

Realizada no Parque Conta Dinheiro, a estrutura do local recebeu a construção de uma casinha para os jurados e melhorias na pista, foi muito elogiada pelo jurado Alexandre Di Domenico, que disse ter instalações muito boas tanto às pessoas quanto para os animais. “Tem todas as condições para sediar a Classificatória, que será realizada aqui em Lages”, opinou.

O bom nível dos competidores foi testado pelo gado corredor, ligeiro e não muito pesado. Segundo Di Domenico, a prova foi muito concorrida, tendo sido disputada do início ao fim, com bastante alternância de colocações. Com relação à qualidade dos exemplares, o jurado considerou os machos um pouco superiores. Segundo ele, foram mais habilidosos e com mais força para realização do trabalho. Além de Di Domenico também dividiram a missão de avaliar os animais Jean Carlos dos Santos Mendes e Luciano Ghisleri. A supervisão técnica foi de Adolfo Martins Neto

Purunã e Muchacho de Santa An-

gélica, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa

Nova/PR. Ginete: Vagner Jesus Neumeister. Nota: 18.143

2º lugar

Guapuruma Geada, filha de Donzela Vencedor e BT Faceiro do Junco, criador e expositor André Luiz Narciso da Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC. Ginete: Cláudio Rodrigues. Nota: 17,507

Chinoca do Aceguá e Esquilador do HV, criador e expositor Francisco Ha-

bowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC. Ginete: Thiago Augusto Habowsky. Nota: 18.010

3º lugar de Santa Angélica e Obelisco do Pu-

Machos 1º lugar Ulisses 350 Maufer, filho de Imperatriz 06 do Maufer e Santa Elba Comediante. criador Maurício e Fernando Lampert Weiand. expositor Ailton Batista dos Santos, Cabanha Todos os Santos, Maquine/RS. Ginete: Everton de Deus Valim. Nota: 18.583

runã, criador e expositor André Ri-

Fêmeas

cardo Souto Maior, Cabanha Maior,

1º lugar Sintonia do Purunã, filha de Lilica do

Painel/SC. Ginete: Jeferson Lima Santana. Nota: 17.711

Fêmeas

do Purunã e Ok Mandrake, criador Mariano Lemanski, expositor Roberto Sandrini Cascaes, Cabanha Rio do Rastro, Bom Jardim Da Serra/SC. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Nota: 18.562 3º lugar

Da Fronteira da Bela Aliança, filha de

Bandida da Maior, filha de Lavanda

Resultado

4º lugar

2º lugar Sussurro do Purunã, filho de Lenda

Granero Chico, filho de Amapola Chico e Habanero Chico, criador Manuel Rossell Sarmento, expositor Rivaldo Macari e filhos e Alexandre Rodrigues, Fazenda Passo Velho, Bom Jardim da Serra/SC. Ginete: César Augusto Schell Freire. Nota: 17.845 4º lugar Diamante do Recanto Crioulo, filho de BT Inveja do Junco e Tordilho do Junco, criador Adelmo Hess, expositor Fernando Evers, Cabanha Divina Aliança, Canoinhas/SC. Ginete Fábio Teixeira da Silveira. Nota: 17.830

Machos

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

Fotos Mário Tissot

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h

wtoh urhj hr uoouirjbbjefich i hsghea w y e y6 e heh h


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

19

Cruz Alta credencia estreantes ao Freio de Ouro 2011 André Amaral

Foi sob o julgamento de Álvaro Dumoncel, Fernando Dockhorn e Telmo Motta Júnior e supervisão técnica de Jorge Aginelo do Nascimento que oito machos e nove fêmeas foram avaliados na Credenciadora de Inéditos organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta/RS, entre os dias 28 e 30 de outubro.

A prova, realizada no Parque de Exposições do Sindicato Rural de Cruz Alta, aconteceu sob chuva, mas segundo Álvaro Dumoncel não prejudicou o desempenho dos concorrentes. A ótima pista de prova e a excelente pista de

mangueira, esta considerada por Dumoncel uma das melhores do estado gaúcho, permitiram que a credenciadora transcorresse sob total tranquilidade. O gado, muito corredor, foi outro fator determinante para testar o desempenho dos competidores que, na avaliação de Dumoncel, rendeu destaque geral às fêmeas. “A primeira colocada andou muito bem e apresentava excelente morfologia. Os machos também estavam bons, mas inferiores às fêmeas.”

Tormento. criador Lizandro Paz Lo-

Resultado

Monte Bello, criador Reinaldo Che-

pes e expositor Bruno Tombini, Se-

mentes e Cabanha Tombini, Carazinho/RS, ginete Charles Fagundes. Nota 20,124.

2º lugar - Tabatinga do Purunã,

filha de Orgulhosa de Santa Angélica e BT Butiá, criador Mariano Le-

manski e expositor Cabanha Santa Marta, São Borja/RS, ginete Reinaldo Silveira. Nota 19,277

3º lugar - FSA Encomendada, filha de Perada Astares e Cacique do rubini Filho e expositor Jauri Silva

Fêmeas

1º lugar - Guapa 72 do Cerro Velho, filha de Oba do Painel e La Frontera

da Cunha, Cabanha Sinuelo, São Nicolau/RS, ginete Renato Dorneles. Nota 17,797

Fêmeas

4º lugar - Mangerona de Santa Cinilda, filha de Encardida de Santa Cinilda e BT Harmônico, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro e expositor Cabanha Sorsul e Cabanha Santa Cinilda, Horizontina/RS, ginete Rodrigo Nunes. Nota 17,693

Machos 1º lugar - Imperador de Santa Cinilda, filho de Borboleta de Santa Cinilda e BT Harmônico, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro e expositor Cabanha Sorsul e Cabanha Santa Cinilda, Horizontina/RS, ginete Rodrigo Nunes. Nota 17,145 2º lugar - Segredo de São Pedro, filho de Habanera de São Pedro e

Napoleão de São Pedro, criador Eduardo Macedo Linhares e expositor Lucas Krieger Martins, Estância Capão da Batalha, Bossoroca/RS, ginete Gabriel Marty. Nota 17,043 3º lugar - Poncho da Santa Izabel, filho de Picardia da Santa Izabel e Nutriero Floreo, criador Luiz Aury Santos Rocha Melchiades e expositor Sílvio G. Trindade, Cabanha FX Alegrete/RS, ginete Márcio Costa. Nota 16,97 4º lugar - Buenacho 21 da Trovador, filho de Enxuta do Basalto e Chicão de Santa Odessa, criador Neri, Adriano e Guilherme Mallmann e expositor José Silvestre Schneider, CT Felipe Lopes, Santo Cristo/RS, ginete Felipe Lopes. Nota 16,622

Machos Fotos Luiz Henrique Vilagran Pereira

Guapa 72 do Cerro Velho, com o ginete Charles Fagundes, foi a única a concluir a seletiva com nota superior a 20

O primeiro lugar entre os machos da credenciadora foi de Imperador de Santa Cinilda com o ginete Rodrigo Nunes

Tabatinga do Purunã ficou com a segunda vaga

A terceira fêmea credenciada foi FSA Encomendada

Mangerona de Santa Cinilda ficou com o quarto lugar

Segredo de São Pedro foi o segundo macho

Em terceiro lugar ficou Poncho da Santa Izabel

Buenacho 21 da Trovador ficou com a quarta vaga


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Freio de Ouro

21

Santo Antônio da Patrulha define quem segue na busca pelo Ouro André Amaral

A boa receptividade do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte, aliada às instalações qualificadas da Cabanha RV, em Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul, reuniu 34 animais à Credenciadora o Freio de Ouro 2011, realizada entre os dias 28 e 31 de outubro.

Os 25 machos e as nove fêmeas foram avaliados por Francisco Fleck, João Arísio e Luís Fontoura, que contaram com a supervisão técnica de Ricardo Guazzelli Martins. O trio de jurados considerou o nível da prova muito bom, mas, segundo Fleck, o destaque do evento ficou por conta dos machos. “Entre as éguas as duas primeiras colocadas,

especialmente a primeira, tinham nível muito bom, mas os machos, além de estarem em maior quantidade, eram melhores”, opinou. O gado, assim como a pista de provas e de mangueira, também recebeu elogios de Fleck que considerou a prova qualificada em todos os sentidos. “Gado bom, clima ótimo, pista boa, recepção atenciosa e instalações excelentes”, completou o jurado.

Resultado (Fornecidos pelo núcleo)

Fêmeas 1º lugar PO Ucrania, filha de Lutador do Purunã e Garbosa da 3J, criador Gonçalo Porto Silva e expositor Cabanha

Cola Crioula, Cabanha Cola Crioula, Pantano Grande/RS. Ginete Antonieto Rosa. Nota 18,889 2º lugar Nevada do San Diego, filha de Favorito do Basalto e Medida Perau, criador e expositor Diego Borges Peixoto, Cabanha San Diego, Santo Antônio da Patrulha/RS. Ginete Alexandre Jardim. Nota 18,255 3º lugar Mostarda dos Baios, filha de BT Fado e Charmosa dos Baios, criador Régis Lopes Salles e expositor Onécio Prado Júnior, Estância Tamareira, Ribeirão Preto/SP. Ginete Ernesto Wairich. Nota 17,916 4º lugar Graciosa do Tamboré, filha de BT

Fêmeas

Butiá e Amélia de Santa Angélica, criador Diego de Lucena Zanandréa e expositor Cabanha Tamboré, Cabanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS. Ginete César Augusto Freire. Nota 17,769

Machos 1º lugar Desgarrado do Portal Gaúcho, filho de Santa Elba Señuelo e Irmã do Infinito, criador José Luiz Teixeira Marcantonio e expositor Tiago Henrique Wandeschur, Portal Gaúcho, Vacaria/RS. Ginete César Augusto Freire. Nota 19,729 2º lugar Esquinazo do Monte Bello, filho de La Frontera Tormento e Valdívia do

Capão Grande, criador CZ Negócios e Participações Ltda e expositor Sérgio Luiz Santos de Sá, Cabanha Incentivo, São Leopoldo/RS. Ginete João Furtado. Nota 19,286 3º lugar Zaino do Capão Redondo, filho de Buenacho 04 do HV e Manta do Capão Redondo, criador Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py e expositor Rafael Nunes Rech, Cabanha Temporona, Guaíba/RS. Ginete Marcelo Quadros. Nota 19,035 4º lugar Huila da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Greda do Juncal, criador Fazenda Boa Vista e expositor Fábio Camargo, Leandro Vieira e Juliano Kurten. Ginete Francisco Krass Alves. Nota 18,333

Machos Fotos Henrique Vicente

PO Ucrania apresentou excelente desempenho e garantiu o primeiro lugar entre as fêmeas participantes

Desgarrado do Portal Gaúcho foi destaque entre os 25 machos que participaram da Credenciadora

Nevada do San Diego garantiu a segunda colocação

Mostarda dos Baios ficou em terceiro lugar

Graciosa do Tamboré acabou em quarto lugar

Esquinazo do Monte Bello conquistou o segundo lugar

Zaino do Capão Redondo, o terceiro colocado

Huila da Boa Vista acabou em quarto lugar


22

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Cachoeira do Sul apresenta os campeões da mostra de primavera Nívea Bilhalva Oliveira

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cachoeira do Sul/RS promoveu Exposição de Primavera, no dia 2 de outubro, durante a 60ª Feapec - Feira Agropecuária do município. O julgamento dos mais de 80 animais que fizeram parte da mostra ficou a cargo de João Arísio, enquanto o trabalho técnico de manter a seleção da raça foi feito por Marcelo Montano Coelho.

Na avaliação de Coelho esta foi uma das melhores exposições que já ocorreram em Cachoeira do Sul, tanto pelo número de animais inscritos como também pela qualidade e apresentação dos exemplares. ”As quatro melhores

fêmeas são animais que qualquer criador gostaria de ter em suas manadas.” Participação intermunicipal Criadores de várias cidades gaúchas levaram animais para concorrer na mostra de Cachoeira do Sul. Entre as de maior número estiveram: Caçapava do Sul, São Jerônimo, Santa Cruz, Santa Maria, São Sepé e Porto Alegre. Foi muito elogiada a gentileza e boa acolhida por parte do pessoal da diretoria do Núcleo, especialmente do presidente Edson Silva.

Resultado

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Machos

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Almirante do Caraguatá, filho de Chicão de Santa Odessa e Jóia dos Três Cerros, criador e expositor Antônio Juarez da Silva Ramos, Cabanha Caraguatá, São Jerônimo/RS Reservado Grande Campeão Campeão Cavalo Menor Expresso do Elebê, filho de Tupambaé do Elebê e GB Juju, criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS 3°Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Sócrates do Elebê, filho de BT Delantero e Amora de Santa Odessa, criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do

Sul/RS 4º Melhor Macho - 3°Melhor Cavalo Adulto Escondido Sombra, filho de Fulano de Tal da Escondida e Pendenga Sombra, criador Luiz Carlos Cassal de Albuquerque, expositor Daise Mota Souza/Nelson Bennemann, Cabanha Daise e Rio Branco, Cachoeira do Sul/RS

Fêmeas Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Favorita Del Rey, filha de BT Apache e Nutria 67 do Maufer, criador Márcio Scherer e expositor Tibicuera Menna Barreto de Almeida, Cabanha Rancho de Gaudérios, Santa Cruz do Sul/RS

Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Maior

Italuí Granada, filha de General de Santa Angélica e Perfídia do Italuí, criador e expositor Luiz Francisco Biacchi, Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS 3°Melhor Fêmea - Campeã Égua Prenhe

Chalana da Capão Formoso, filha de Butiá Quito e Forquilha da Escondida, criador Carlos Alberto Roos, expositor Astor Ellwanger, Cabanha Passo Bonito, Cachoeira do Sul/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta

Camará Bertolini, filha de BT Balconero e Aracá Bertolini, criador Irani Bertolini, expositor Itamar Rodrigues de Oliveira, CT Charles Lopes, Santa Cruz do Sul/RS Fotos Marcus Tatsh

Almirante do Caraguatá foi escolhido o Melhor Exemplar da Raça na exposição de Cachoeira do Sul

Dentre as fêmeas participantes do julgamento morfológico, a Grande Campeã foi Favorita Del Rey

Expresso do Elebê recebeu as escarapelas de Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Italuí Granaca foi apontada pelo jurado como Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior

Camaquenses apreciam mais uma exposição da raça Crioula No dia 10 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos em Camaquã/RS realizou sua segunda Exposição Morfológica nesta primavera. O evento foi realizado no parque do Sindicato Rural do município e teve a égua Karabina 42 da Alfama premiada como Melhor Exemplar da Raça. (Leia mais sobre o evento nas páginas 44 e 50) Os jurados da exposição foram Roberto Crespo e Luís Eduardo Centeno enquanto Ricardo Guazzelli Martins foi o técnico responsável por garantir uma competição dentro das normas da ABCCC. Segundo Crespo, o evento foi destaque em qualidade nesta pri-

mavera. “Para demonstrar o quanto foi alto o nível dos animais inscritos, podemos dizer que a égua vencedora da Exposição Morfológica em Pelotas foi a 4ª melhor fêmea no julgamento em Camaquã”, disse Crespo. (Maysa Maciel)

Resultado (Os campeonatos podem ser acessados no

criador e expositor Vandir Régis da Silva Paiva, Cabanha Alfama, Capela de Santana/RS. Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Hélice da Ouro Branco, filha de Víbora III Hermano e Heroína Quincha, criador e expositor Erni Griebeler, Fazenda Ouro Branco, Camaquã/RS.

site da Morfologia da ABCCC)

3º Melhor Fêmea – Reservada Campeã Égua Adulta

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Menor

Harmonia da Dois F, filha de BT Jade e Linda Flor da Capororoca, criador e expositor Frederico Bartz Menezes, Cabanha Dois F, Camaquã/RS.

Fêmeas

Karabina 42 da Alfama, filha de La Invernada Pascuero e Guarita Sombra;

4ª Melhor Fêmea - 3ª Melhor Égua

Adulta Xispa da Sant’Anna, filha de Muchacho de Santa Angélica e Ortega da Sant’Anna, criador e expositor Luiz Mário Azambuja, Fazenda Sant’Anna, Camaquã/RS.

BT Jade e Chispa do Quincas, criador e expositor Walter Szortika Tessmann, Cabanha Passo D’Amora, Camaquã/RS.

Machos

Huarê da Charqueada, filho de BT Delantero e Gaita Ponto Pampeana, criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Francisco Cardoso Oliveira, Camaquã/RS.

Grande Campeão – Campeão Cavalo Adulto Guri Perau, filho de BT Faceiro do Junco e Rusga Perau, criador e expositor Kátia Huber Ribeiro, Fazenda Santa Izabel, Camaquã/RS. Reservado Grande Campeão – Reservado Campeão Cavalo Adulto Ambar do Passo D’Amora, filho de

3º Melhor Macho – Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho - 3º Melhor Cavalo Adulto La Castellana Corralero, filho de Idioma Campeiro Tupambaé e São Martim Toscanina, criador Marcelo Amaral Moraes, expositor Daniel Cunha de Souza.


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

23

Morfologia competitiva em Ijuí André Amaral

Paralela à Credenciadora, também realizada entre os dias 6 e 10 de outubro, no Parque Wanderley Burmann, em Ijuí, Rio Grande do Sul, a Exposição Morfológica da raça Crioula foi julgada por Telmo Ferreira (Leia mais sobre este evento na página 10). Em pista, 75 animais oriundos de diversas localidades do Rio Grande do Sul e Santa Catarina foram apresentados sob ótimo clima e com excelente estrutura tanto às pessoas quanto aos animais.

Os animais agradaram o jurado, que elogiou a quantidade e a qualidade dos exemplares presentes em pista. “Uma prova muito boa de julgar, com bons indivíduos em todas as categorias.” O prêmio de melhor da

raça ficou para a Grande Campeã Encantada da Estância Guarda Velha, filha de Âncora Floreio e Arisca da Canhada, considerada muito completa e bem condicionada. “Tem uma silhueta linda, já correu o Freio e se apresentou muito bem. Ganhou por estar muito completa.” Entre os machos, o destaque ficou para o Grande Campeão Índio do Boeiro, filho de Camb Toncho e Adega do Boeiro, muito retangular e impressionante. “Estrutura e linhas de posterior muito boas. O reser vado tinha excelente ossatura e musculatura, mas a retangularidade do Grande Campeão era melhor”, avaliou. A categoria Incentivos também foi bastante elogiada por Ferreira. Segundo ele, os animais eram muito parelhos, es-

tavam bem apresentados e são realmente promissores. “Todos estavam muito bem, sem excesso de peso e preparo, mas dou destaque à fêmea incentivo maior, muito bonita e correta.”

Resultado (Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça - Campeã Égua Adulta

Encantada da Estância Guarda Velha, filha de Âncora Floreio e Arisca da Canhada, criador e expositor Jacson Thiago de Souza Silva, Estância Guarda Velha Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Maior

TL Décima Rima, filha de Ibirapuitã do Itapororó e Trigueira de São Pe-

dro, criador e expositor Bruno Berwig Tombini, Carazinho/RS Terceira Melhor Fêmea - Campeã Égua Menor Estrela da Santa Juvita, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Divina da Tia Chica, criador Émerson Peukert Schaedler, Cruz Alta/RS, expositor Émerson Peukert Schaedler, Cabanha Santa Juvita, Boa Vista do Cadeado/RS Quarta Melhor Fêmea - Campeã Égua com Cria RZ Salva Alegria da Carapuça, filha de BT Lamborguine e JZ Muchachita da Santa Mathilde, criador Rubens Elias Zogbi, São Paulo/SP, expositor Fernando e Alberto Scholze, Cabanha Dom Alberto, Santo Cristo/RS

Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Índio do Boeiro, filho de Camb Toncho e Adega do Boeiro, criador Pauli-

no Rodrigues Neto/Moacir Rodrigues, Uruguaiana/RS, expositor Pedro G. Müller/Pablo Acosta Rodrigues Reservado Grande Campeão - Reservado Campeão Cavalo Adulto Uivo do Purunã, filho de Hércules do Puruna e Justa do Puruna, criador Mariano Lemanski, Curitiba/PR; expositor Taiane Letícia Zocchetto, Cabanha Taimã, Santa Rosa/RS

Terceiro Melhor Macho - Terceiro Melhor Cavalo Adulto Barão Liberal, filho de Tan Tan Cimarron e Sanfona Liberal, expositor Pedro Bohn de Andrade, Cabanha Três Aporriados, Carazinho/RS Quarto Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Estouro da Taimã, filho de Inquerito de Santa Cinilda e Lua Clara da Escondida, criador: Taiane Letícia Zocchetto, Santa Rosa/RS, expositor Taiane Letícia Zocchetto, Cabanha Taimã, Santa Rosa/RS

Fotos Felipe Ulbrich

Encantada da Estância Guarda Velha foi escolhida o Melhor Exemplar da Raça e Campeã Égua Adulta

Índio do Boeiro se destacou pela retangularidade e venceu o Grande Campeonato entre os machos

A Reservada Grande Campeã e Campeã Potranca Maior da Exposição Morfológica foi TL Décima Rima

Uivo do Purunã foi o Reservado Grande Campeão e Reservado Campeão Cavalo Adulto da Exposição

Montenegro realiza 3ª Exposição Morfológica da raça no município No dia 9 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Encosta da Serra promoveu a 3ª Exposição Morfológica de Montenegro/RS, no Parque Centenário do município. As provas foram julgadas pelo criador Rodrigo Py e a super visão técnica do evento ficou a cargo de Marcelo Montano Coelho. Para Rodrigo Py entre os 59 animais inscritos o destaque foi para a Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, Relíquia de San Diego, uma égua que surpreendeu a todos por ser um animal jovem e com poucas participações em eventos deste porte. “Foi a primeira vez que eu

vi um animal assim ganhar um grande campeonato. A égua era bem jovem e isso demonstra que a raça vem se renovando”, diz.

(Maysa Maciel)

Resultado

(Os campeonatos podem ser acessados no

Patrulha/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor Dama do Erreve, filha de Leopardo do Basalto e Luma do Imbaha, criador e expositor Vítor Jair da Silva & Filhos, Cabanha Errevê, Santo Antônio da Patrulha/RS

site da Morfologia da ABCCC)

3ª Melhor Fêmea – Campeã Égua Adulta

Grande Campeã – Melhor Exemplar da Raça – Campeã Potranca Maior

Devassa do Parque, filha de Chicão de Santa Odessa e Faísca da Miroca, criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda., Canela/RS

Fêmeas

Relíquia de San Diego, filha de Dilúvio de Entre Rios e Ambiciosa da Manto Azul, criador e expositor Diego Borges Peixoto, Cabanha San Diego, Santo Antônio da

4ª Melhor Fêmea Geada de Las Flechas, filha de El Trapiche T Maqui e Teniágua do Vale do Camoaty, criador Márcio

Ferrari Borin e expositor Marco Antônio Marcadella.

Machos Grande Campeão – Campeão Cavalo Adulto ABN Altaneiro, filho de BT Olimpo do Junco e ABN Santiaga, criador Antônio Martins Bastos Neto, expositor João Batista Francisco, Montenegro/RS Reservado Grande Campeão – Campeão Cavalo Menor Querendon dos Alpes, filho de FAT Solitária e Maragato dos Alpes, criador Leonardo Pereira Dias e expositor Valmor Cardoso e Filhos,

Cabanha Três Corações, Gramado/ RS 3º Melhor Macho ER Gatilho, filho de ER Buenacha e Huicaco da Tala, criador Everton Giovani da Rosa e expositor Djonas Weiss Heinle, Cabanha do Cantão, Igrejinha/RS 4º Melhor Macho – Reservado Campeão Cavalo Adulto Estradeiro do Portal Gaúcho, filho de Feiticeira do Socorro do Sul e Sobradinho Picasso, criador José Luiz Teixeira Marcantonio e expositor Luís Roberto de Souza Bortolotti, Cabanha Santa Delurdes, Sapucaia do Sul/RS


24

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Morfologia é destaque na Expojuc André Amaral

Junto da Credenciadora, também realizada em Júlio de Castilhos, Rio Grande do Sul, entre os dias 7 e 10 de outubro no Parque de Exposições Miguel Wairich, a Morfologia julgada por Marcelo Tellechea Cairoli contou com a participação de 19 incentivos e 55 confirmados. (Leia mais sobre o evento na página 11). O clima chuvoso não foi suficiente para reduzir o número de animais presentes e superou as expectativas do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilhos, grande organizador do evento.

Além da expressiva quantidade de participantes, o nível qualitativo dos exemplares também chamou a atenção do jurado. Segundo ele, o volume de animais era grande e estes estavam muito bem preparados e apresentados. “O grupo estava realmente muito bom, mas a fêmea, eleita melhor da raça, estava mais completa”, opinou Cairoli, que também destacou o potencial da região e a empolgação dos criadores locais. Entre as fêmeas, Cairoli ressaltou a qualidade das prenhas e paridas e não poupou elogios à grande

Exemplares de qualidade em Caçapava do Sul Caçapava mais uma vez mostrou sua força e qualidade na raça Crioula. Entre os dias 7 e 10 de outubro de 2010, no Parque de Exposições de Caçapava do Sul/RS, foi realizada a exposição Morfológica, que contou com a presença de 70 exemplares, entre incentivos e marcados, e foi julgada por Ciro Manoel de Andrade Freitas. No dia 7 de outubro foram apresentados 24 animais na concentração de machos, ficando o serviço técnico a cargo de Luiz Francisco Leite, onde foram confirmados 13 garanhões de diferentes criatórios da região. Segundo Leite, os animais aptos à marca se enquadraram nos padrões da raça, com linhas e angulações corretas, animais estes equilibrados de uma forma geral. Já nos dias 8 e 9 de outubro, foram apresentados e julgados 70 animais da raça, sendo 24 potros e potras na categoria incentivo e 46 animais já confirmados e aptos a disputarem as diferentes categorias morfológicas da raça, onde o julga-

campeã. “Égua muito boa, feminina, musculada, com excelente linha superior e aprumos.” Nos machos, os quatro vencedores foram considerados bastante satisfatórios pelo jurado. “O grande campeão, um animal recém-marcado, é muito moderno, ossudo, de boa retangularidade, tem bons ângulos e aprumos.” Outro ponto frisado de maneira positiva foi a categoria dos incentivos. Na avaliação de Cairoli, estes surpreenderam em número e qualidade mesmo com a organização paralela de outras provas em diferentes municípios. “O macho incentivo menor era muito raçudo, de boa cabeça e equilibrado. O incentivo maior, moderno, preciso e caminhador. As fêmeas, muito equilibradas e femininas.”

Resultado (Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC) Fêmeas

Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça - Campeã Égua Prenhe

Xerenga da Água Funda, filha de Quem Te Viu da Água Funda e Que Linda da Água Funda, criador Henrique José de Queiroz Marim Tei-

mento ficou a cargo de Ciro Manoel de Andrade Freitas, criador e jurado renomado. Os trabalhos técnicos referentes à morfologia ficou a cargo de Luiz Francisco Leite. No evento ficou constatada a expansão da raça, principalmente da Exposição Morfológica de Caçapava do Sul, onde há poucos anos havia a necessidade de trazer muitas vezes animais sem preparo, sem cuido em cocheiras, trazidos do fundo dos campos para que conseguissem “ranquear” a morfologia junto à associação. De acordo com o presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Caçapava do Sul, Luiz Antônio Brito Teixeira, a situação não é mais a mesma. “Não tem sido mais necessário, pois o crescimento da nossa feira, tanto em número quanto em qualidade,

Fotos Divulgação

xeira, Júlio de Castilhos/RS, expositor Henrique José de Queiroz Marim Teixeira, Cabanha Água Funda, Júlio de Castilhos/RS

Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor

Estância do Elebê, filha de BT Hermes e Hie-

na Kiko, criador Leônidas Burtet, Cachoeira

do Sul/RS, expositor Cristiele Ribeiro e João Manoel Rocha, Cabanha Crijo, Cachoeira do Sul/RS

Xerenga da Água Funda foi o Melhor Exemplar da Raça

Água Funda Bacarat venceu o Grande Campeonato nos machos

A Reservada Grande Campeã foi Estância do Elebê

O Reservado Grande Campeão foi Marconi Fogo de Chão

3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Prenhe

Dom Castro Esquecida da Noite, filha de Ganadero da Harmonia e Hortência da Perpeta, criador Alisson Castro Wollmeister, São Vicen-

te do Sul/RS, expositor Alisson Castro Wollmeister, Cabanha Dom Castro, São Vicente do Sul/RS

4ª Melhor Fêmea - Campeã Égua com Cria

Madona da Água Funda, filha de Entrevero

José de Queiroz Marim Teixeira, Júlio de Cas-

rique José de Queiroz Marim Teixeira, Júlio

Marim Teixeira, Cabanha Água Funda, Júlio

3º Melhor Macho - Campeão Cavalo Adulto

Charrua e Chimarrita do Ivay, criador Hen-

tilhos/RS, expositor Henrique José de Queiroz

Escudo da Ronda, filho de Jurado da Tradição

de Castilhos/RS, expositor Henrique José de

de Castilhos/RS

Ana Luíza Bastos Fernandes, Uruguaiana/RS,

da, Júlio de Castilhos/RS

Reservado Grande Campeão - Campeão Po-

Machos

Marconi Fogo de Chão, filho de Xiru de Santa

4º Melhor Macho - Campeão Cavalo Menor

Menor

dor Alexandre Espindola Araújo, Santa Maria/

Elebê e GB Juju, criador Leônidas Burtet, Ca-

Queiroz Marim Teixeira, Cabanha Água Fun-

tranco Maior

Grande Campeão - Campeão Potranco

Edwiges e Tira-Teima de Santa Edwiges, cria-

Água Funda Bacarat, filho de Largo da 3J e

RS, expositor Maurício Wiesel Beltrame, Caba-

Obra Prima da Água Funda, criador Henrique

nha Mistério, Santa Maria/RS

salta aos olhos.” Segundo Teixeira, o aprimoramento dos pequenos criatórios vem “paleteando” cabanhas renomadas, sendo prova disto a existência de vários animais de “RP 01”, inscritos e apresentados durante o evento. (André Amaral)

Cinchador Tarca, filha de Cinchador Katuama

Resultado

Infinito e LS Balaqueiro, criador Boris Soares

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC) Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Potranca Maior

Bagunça da Forquilha, filha de Vagalume da

Forquilha e Odalisca da Forquilha, criador e

expositor Luiz Cláudio Lemieszek Pereira, Cabanha Forquilha, Bagé/RS

Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor

e BT Brazão do Junco, criador Aldo José Tava-

res dos Santos e expositor Aldo José Tavares

e Ocasião 1490 da Tradição, criador Laura e expositor Condomínio Escudo da Ronda, Tupanciretã e Uruguaiana/RS

Expresso do Elebê, filho de Tupambaé do

choeira do Sul/RS, expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Tavares dos Santos e expositor Aldo José Tavares dos Santos, Cabanha Cinchador, Bagé/RS

dos Santos, Cabanha Cinchador, Bagé/RS

Reservado Grande Campeão - Campeão Ca-

3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua

Poncho Viejo do Cristóvão, filho de Regência

Menor

Ave Sonora do São Crispim, filha de Lolita do Delabary e expositor Boris Soares Delabary Cabanha São Crispim, Lavras do Sul/RS

4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Maior

Italuí Granada, filha de Perfídia do Italuí e Ge-

neral de Santa Angélica, criador Luiz Francis-

co Biacchi e expositor Luiz Francisco Biacchi,

valo Menor

do Marco Caído e Labrusco do Infinito, criador Ricardo, Fernando, Frederico da S. Tava-

res e expositor Fernando e Frederico Lima Silva Tavares, Estância Serro Alegre, Bagé/RS 3°Melhor Macho - Campeão Cavalo Adulto

Comentário da Ressaca, filho de Iapa da Sorti-

ga e Justiceiro do Itapororó, criador Luiz Auri Salla Filho e expositor Luiz Auri Salla Filho Cabanha Ressaca, São Pedro do Sul/RS

Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS

4º Melhor Macho - Campeão Potranco

Machos

Fandango do Recreio, filho de Guria do Re-

Grande Campeão - Campeão Potranco Maior

Cinchador Tu Sueño, filho de Gaúcha do Reponte e Bt Brasão do Junco, criador Aldo José

Menor

creio e Guamerin Tupambaé, criador Palmira

Paiva Lima e Filhos e expositor Palmira Pai-

va Lima e Filhos, Estância Mato do Recreio, Bagé/RS

Fotos Repont

O Melhor Exemplar da Raça foi a potranca Bagunça da Forquilha

Cinchador Tarca levou o prêmio de Reservada Grande Campeã

Cinchador Tu Sueño foi escolhido o Grande Campeão entre os machos

O Reservado Grande Campeão foi Ponjo Viejo do Cristóvão


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

25

Uruguaiana elege seus campeões André Amaral

Quantidade e qualidade foram destaques da prova de Morfologia realizada no Parque de Exposições Agrícola e Pastoril de Uruguaiana, Rio Grande do Sul, entre os dias 7 e 10 de outubro. No evento, organizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Flávio Bastos Tellechea, junto da 74ª Exposição Agropecuária de Uruguaiana, 151 animais disputaram a competição julgada por Luiz Rodolfo Machado.

Sob clima ensolarado, os 62 machos e as 89 fêmeas chamaram a atenção do jurado não só pelo número expressivo de competidores. Machado aprovou a qualidade dos exemplares como um todo, mas destacou a superioridade das fêmeas. “Estavam equilibradas, muito típicas e femininas. A grande campeã fêmea andava muito bem e tinha excelente linha de cima.” No entanto, mesmo com grande número de éguas qualificadas, o exemplar eleito melhor da raça foi o macho Basco Onassis, criado e exposto por Mariana Tellechea. “Um cavalo muito classudo, com cabeça, pescoço e ante-

Núcleo de Itaqui celebra seus 24 anos com exposição Com a presença de 72 animais, o Núcleo Itaquiense de Criadores de Cavalos Crioulos promoveu durante os dias 15 e 16 de outubro, durante a Expofeira de Itaqui/RS, a 37ª Mostra de Equinos da raça. Os animais foram avaliados pelo jurado do município de São Borja/ RS, Jean Mendes, na pista do Parque de Exposições Comendador Fermino Fernandes. De acordo com o presidente da entidade, Jurandir Jardim, que está

Fotos Ceni Adriano Alves

rior maravilhosos.” Questionado sobre sua escolha para melhor exemplar da raça, Machado explica que mesmo tendo encontrado muitas fêmeas interessantes, estas não superaram o macho que, em sua avaliação, pode contribuir mais à raça. “O cavalo pode ter muitos filhos e contribuir mais à evolução do plantel”, explica. A prova, que reuniu animais de toda a região, também foi elogiada nos quesitos organização e receptividade. “Local da prova sensacional, pessoal maravilhoso, animais preparados e parque 100%”, avaliou.

Prova de 21 dias tem premiação em dinheiro Paralela à Morfologia, também foi realizada a prova de 21 dias. Esta contou com a participação de seis animais e distribuiu R$ 3 mil em prêmios entre os três primeiros colocados. “Prova muito boa e com cavalos parelhos. Os três primeiros colocados exigiram que os jurados fizessem um desempate”, informou o responsável, Rômulo Galarça. O primei-

em sua segunda gestão, o evento foi comemorativo aos 24 anos de existência do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município. “Durante a exposição tivemos o prazer de receber animais de criadores dos municípios de Uruguaiana/RS, que foi a grande maioria, de São Borja/RS, Barra do Quaraí/RS e de Itaqui”, ressaltou Jardim.

Entrega de prêmios Aproveitando a presença de diversos criadores de municípios vizinhos, a diretoria programou a entrega de prêmios logo a seguir ao término do julgamento. O encontro de crioulistas foi bastante concorrido, sendo feito além do coquetel de entrega de prêmios, um leilão de coberturas. Durante o leilão foram comercializadas 12 coberturas doadas por

ro lugar foi Adão Gonçalves, com Camoati Salerosa. Beto Bairros conquistou o segundo lugar com Princípio Mulita e Rogério Soares, com Zafira de São Pedro, acabou em terceiro.

Resultado

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Basco Onassis foi apontado como o Melhor Exemplar da Raça na mostra

O Grande Campeonato entre as fêmeas ficou com Almendra de São Pedro

O Reservado Grande Campeão foi Domingo En Libres do Jundiá

Pampa Mia da Escondida foi escolhida a Reservada Grande Campeã

Machos Grande Campeão - Melhor Exemplar da Raça - Campeão Cavalo Adulto Basco Onassis, filho de BT Lucero e Basca Dulcinéia, criador e expositor Bruno Tombini, Mariana Tellechea e Rodrigo Castelli, Cabanhas Tombini, Basca e Guamirim, Carazinho/RS e Uruguaiana/RS Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Domingo En Libres do Jundiá, filho de Apaisanado do Jundiá e Embusteira de Santa Angélica, criador e expositor Frederico Ormazabal Sastre, Estância Anjo da Guarda, Uruguaiana/RS 3º Melhor Macho - Campeão Potranco Maior Pai de Fogo da Escondida, filho de Índio da Escondida e Haragana da Escondida, criador e expositor José Inácio e Vinícius Freitas, Estância Escondida, Alegrete/RS 4º Melhor Macho Alambrador de Pai Passo, filho de BT Neruda e Morena de Pai Passo, criador e expositor

criadores da região, arrecadando um valor total de R$ 33,85 mil. A renda, revertida ao Núcleo, servirá para custear o aumento do espaço físico da sede para melhor acolher os criadores e os visitantes.

Ações da diretoria Uma das inovações implantadas pela diretoria de Jurandir foi a realização de, no mínimo, duas exposições durante o ano. “Antes de 2008 só era realizada uma exposição ao ano, ou a de Primavera ou a de Outono, fato que hoje mudamos, realizando as duas”, disse. Entre os projetos do gestor estão a melhoria nas pistas de mangueira e campo, assim como alguns ajustes na infraestrutura do Parque de Exposições para pleitear uma etapa Classificatória do Freio de Ouro. (Nívea Bilhalva

Condomínio Pai Passo, Uruguaiana/RS

Estância Escondida, Alegrete/RS

Fêmeas Grande Campeã - Campeã Potranca Maior Almendra de São Pedro, filha de Napoleão de São Pedro e Quichuá de São Pedro, criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Estância São Pedro, Uruguaiana/RS

3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor Donzela do Jundiá, filha de Nico do Itapororó e Neca da Judiá, criador e expositor Frederico Ormazabal Sastre, Estância Anjo da Guarda, Uruguaiana/RS

Reservada de Grande Campeã - Campeã Égua Menor Pampa Mia da Escondida, filha de Índio da Escondida e Dama Negra da Escondida, criador e expositor José Inácio e Vinícius Freitas,

4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Menor OEA Zabumba, filha de BT Hospedeiro e OEA Sorte Grande, criador e expositor Olavo Epaminondas de Almeida, Cabanha OEA, Uruguaiana/RS

Oliveira)

co, criador Eduardo Andrade Fernandes Lima e expositor Armando Vargas Leal, Cabanha Passo da Sanga, Itaqui/RS

Resultado

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Quilha II do Itapevy, filha de Ícone do Itapevy e Bt Inteiro do Junco, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor Patroa do Boeiro Branco, filha de Clementina do Itapororó e Carqueja Lucero, criador e expositor Bráulio Dinarte da Silva Pinto, Cabanha Boeiro Branco, Itaqui/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Santa Zilda Carqueja, filha de Campana 2063 da Tradição e BT Muchaço do JunFotos Divulgação

4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Menor OEA Zabumba, filha de OEA Sorte Grande e BT Hospedeiro, criador e expositor Olavo Epaminondas de Almeida, Cabanha OEA, Uruguaiana/RS Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, filho de Pampeana 99 Maufer e La Frontera Tormento, criador Gilberto Rodrigues de Freitas e expositor Rodrigo Dias Bertin, Cabanha Onze de Maio, Itaqui/RS Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Ajeitado da Retomada, filho de Palmeira 2068 da Tradição e Macanudo do Itapororó, criador e expositor Jurandir de Campos Jardim, Fazenda Retomada, Maçambará/RS 3º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Dançarino da Ponta Negra, filho de Milla de Pindayassú e Bandolero da Camila, criador Paulo Augusto Mendes Barroso e expositor Armando Vargas Leal, Cabanha Passo da Sanga, Itaqui/RS

Quilha II do Itapevy foi escolhida como Melhor Exemplar da Raça

A Reservada Grande Campeã foi Patroa do Boeiro Branco

Diamante Negro da Cabanha Santa Fé foi o Grande Campeão

O título de Reservado Grande Campeão ficou com Ajeitado da Retomada

4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Menor PP Mustang da Renascer, filho de PP Fortaleza da Renascer e BT Mano a Mano, criador e expositor Paulo Roberto Pavin, Estância Renascer, Uruguaiana/RS


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

27

Detalhes definem julgamento Morfológico em São Borja André Amaral

Paralela à prova Credenciadora, também realizada entre os dias 7 e 10 de outubro, a Morfologia organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Borja na Associação Rural reuniu 101 exemplares, entre confirmados e incentivos. Os animais, oriundos de diferentes cidades do Rio Grande do Sul, incluindo até mesmo participantes da Expointer 2010 de Esteio/RS, foram avaliados pelo jurado Mauro Ferreira, que considerou o nível da prova muito satisfatório e destacou a qualidade dos exemplares mais jovens. (Leia mais na página 12)

Na disputa oficial, que reuniu 41 animais, as duas primeiras fêmeas mereceram destaque. Segundo o jurado, a Grande Campeã e Melhor Exemplar da raça foi escolhida por sua excelente estru-

tura, selo racial e linha superior. “Além de progressão de andares e ótimos aprumos”, comentou. A Reservada Grande Campeã, muito jovem, havia completado dois anos no dia da prova e foi considerada uma potranca muito feminina, moderna, de linha superior impecável e bastante retangular. Nos machos, o Grande Campeão foi um potro de boa estrutura e linhas firmes, assim como o Reservado, este superado pelo melhor macho nos quesitos retangularidade e profundidade de costelas. Na categoria incentivo, que teve a participação de 36 exemplares, as fêmeas, muito parelhas, foram ordenadas por pequenos detalhes. Já entre os machos, o que foi consagrado Campeão Incentivo Menor se sobressaiu pela modernidade, ótimas linhas e equilíbrio. O evento ainda contou com 24 animais na concentração.

Rubia do Inhanduvá, Melhor Exemplar da Raça

Santo Ângelo garante bom potencial da raça na pista A reduzida quantidade de exemplares, insuficiente à oficialização da exposição, não teve relação alguma com a elevada qualidade dos 32 animais que participaram da morfologia organizada pelo Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos. A competição julgada por Telmo Motta Júnior ocorreu no Parque de Exposições da Fenamilho, em Santo Ângelo/RS, no dia 16 de outubro e, segundo os organizadores do evento, contou com animais de excelente qualidade. Alguns dos concorrentes, como o cavalo Grande Campeão em São Borja/RS, Mano a Mano do Mormaço, foram presenças de destaque. O jurado responsável, Telmo Motta Júnior, disse que a qualidade de animais, apesar de estar em

Resultados

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Menor Rubia do Inhanduvá, filha de Macanudo do Itapororó e Mañanero Demetria, criador Nestor de Moura Jardim Neto e expositor Condomínio Itapororó e Santa Marta, Cabanhas Itapororó e Santa Marta, Alegrete e São Borja/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Menor Soberana de São Manoel, filha de Pampa de Pai Passo e Gaivota de São Manoel, criador e expositor Ricardo Alvarez, Fazenda São Manoel, Maçambará/RS 3°Melhor Fêmea - Campeã Égua Prenhe

Mano a Mano do Mormaço, Grande Campeão

número insuficiente à oficialização, estava boa tendo como base o nível das provas do interior. Motta Júnior também elogiou a organização do Núcleo e a supervisão da prova. “Bom nível de exemplares. O melhor da raça foi um macho, mas a exposição toda estava com um nível geral bom”, afirmou. (André Amaral)

TJ Universitária, filha de BT Bailongo e Hiena do Capão Redondo, criador e expositor Telmo Motta Júnior, Fazenda Don Teju, São Borja/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Maior Manilha do Mormaço, filha de João de Barro de Chuny Campeiro e Garatuja de Santa Edwiges, criador Pedro Paulo Bottom Moro e expositor Gilberto Dalla Costa, Cabanha 3G Missioneiro, Santo Ângelo/RS

Machos Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Mano a Mano do Mormaço, filho de Impostor do Itapororó e Estrela do Mormaço, criador e expositor Pedro Paulo Bottom Moro, Invernada Mormaço, Santo Ângelo/RS Reservado Grande Campeão -

(Os campeonatos podem ser acessados no site da Morfologia da ABCCC)

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Balconero Flor do Tabulero, filho de Fotos Divulgação

BT Juruna e Oferta do Xiniquá, criador e expositor Mauro Luciano de Melo, Agropecuária Tabulero, Eugênio de Castro/RS

Uivo do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Justa do Purunã, criador Mariano Lemanski e expositor Taiane Letícia Zocchetto, Cabanha Taimã, Santa Rosa/RS 3º Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Estouro da Taimã, filho de Inquerito de Santa Cinilda e Lua Clara da Escondida, criador e expositor Taiane Letícia Zocchetto, Cabanha Taimã, Santa Rosa/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor

Balconero Flor do Tabulero

Querência Amada do Éden

Mano a Mano do Mormaço, filho de Impostor do Itapororó e Estrela do Mormaço, criador e expositor Pedro Paulo Bottom Moro, Invernada Mormaço e Chuny, Entre-Ijuís Santo Ângelo/RS

Fêmeas Uivo do Purunã

Manilha do Mormaço

3° Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Menor Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, filho de La Frontera Tormento e Pampeana 99 Maufer, criador Gilberto Rodrigues de Freitas e expositor Rodrigo Dias Bertin, Cabanha Onze de Maio, Maçambará/RS 4º Melhor Macho - Campeão Potranco Maior Comandante do Aguapey, filho de Jota do Itapororó e Fagulha do Inhandejú, criador e expositor Maria Aparecida Almeida Cenacchi, Cabanha Santa Marta, São Borja/RS

Sargento do Itapororó, Reservado Grande Campeão

Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto

Machos

Sargento do Itapororó, filho de Macanudo do Itapororó e Princesa do Itapororó, criador Nestor M. Jardim Neto/Maria L. F. Jardim e expositor Condomínio Itapororó e Santa Marta, Cabanhas Itapororó e Santa Marta, Alegrete e São Borja/RS

Fotos Divulgação

Soberana de São Manoel, Reservada Grande Campeã

Resultado

Campeão Cavalo Menor

Grande Campeã - Campeã Égua

Menor

Querência Amada do Éden, filha de Ibicuí da Escondida e Chamarra II do Éden, criador e expositor Mauro Bastos Medeiros e Cabanha Paraíso, Garruchos/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Maior Manilha do Mormaço, filha de João de Barro de Chuny Campeiro e Garatuja de Santa Edwiges, criador Pedro Paulo Bottom Moro e expositor Gilberto Dallas Costa e Filhos, Cabanha 3G Missioneira, Santo Ângelo/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Maior Estanciera do Rincão do Sossego, filha de Camb Toncho e Mimosa 68, criador Cláudio Gilberto Duarte e Filhos e expositor Lucas Eisele Duarte, Cabanha Rincão do Sossego, Santo Ângelo/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Prenhe Las Missiones Buenacha, filha de La Invernada Hornero e Piava do Junco, criador e expositor Fernando Gonçalves do Nascimento, Cabanha Las Misiones, São Luiz Gonzaga/RS


28

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Morfologia integra 43ª Expofeira de Santa Maria Mostra morfológica realizada na 43ª Expofeira de Santa Maria/RS foi marcada pela qualidade dos 70 animais inscritos.

O jurado Francisco Fleck ressaltou que o nível dos animais, principalmente das fêmeas, foi muito bom. Segundo ele, a Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, JA Guadalupe, possui um bom selo racial e ótimas angulações e aprumos. No final da tarde de sexta-feira, dia 15 de outubro, os expositores foram recebidos na sede do núcleo santamariense para as premiações. Lá, foi divulgado o resultado da tradicional disputa entre as cabanhas dos associados do núcleo e somados os pontos obtidos pelos animais em exposições morfológicas, passaportes, provas funcionais e, também, na Expointer 2010. Nesse ciclo, a Cabanha Santa Colina, de Rodrigo Araujo, ficou com o prêmio de Cabanha do Ano.

Resultados (fornecidos pelo núcleo, mais fotos e as categorias estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça

Definidos grandes campeões de Pedro Osório/RS Quem passou pelo Sindicato de Pedro Osório no dia 23 de outubro pode desfrutar da beleza dos exemplares da raça Crioula que desfilaram pela pista da exposição morfológica, promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município. A prova, que foi julgada por Roberto Crespo, teve 67 animais inscritos e supervisão técnica de Ricardo Torres. O evento antecedeu ainda a prova de paleteada, que garantiu a participação de quatro duplas na classificatória da Região 1. De acordo com o jurado, Roberto Crespo, o nível da competição es-

JA Guadalupe, filha de JA Santinha e Xiru de Santa Edwiges; criador José Antonio Anzanello e expositor Alexandre Espindola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS Reservada Grande Campeã Gaivota do Pinhal, filha de Bola Cheia do Pinhal e Butiá Latino; criador Armin José Schvarcz e expositor Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Santa Maria/RS 3ª Melhor Fêmea Hélice da Ouro Branco, filha de Heroína Quincha e Víbora Iii Hermano; criador Erni Griebeler e expositor Erni Griebeler, Fazenda Ouro Branco, Camaquã/RS 4ª Melhor Fêmea FR Afilhada, filha de FR Pantera e Camb Toncho; criador Rocha Peccinin-irmãos e expositor Rocha Peccinin-irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS

Reservado Grande Campeão Rebuliço da Primavera, filho de Esperança da Primavera e Chicão de Santa Odessa; criador Flávio Xavier Krebs e Filhos e expositor Flávio Xavier Krebs e Filhos, Estância da Primavera, São Vicente do Sul/RS Marconi Fogo de Chão, filho de Tira-teima de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges; criador Alexandre Espindola Araújo e expositor Mauricio Wiesel Beltrame, Cabanha Mistério, Santa Maria/RS Gaiteiro de Santa Edwiges, filho de Abençoada de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges; criador Daniel Anzanello e expositor Antero Inácio Xavier, Cabanha Ivy-Marae, São Vicente do Sul/R

ssd asds dsahd sa dhsad gsah d gasjd ghsadjh gj gasdajsg dasj g

Festejo de Santa Edwiges, filho de Aposta de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges; criador Daniel Anzanello e expositor Rodrigo Espíndola de Araújo, Fazenda da Figueira,

(mais fotos e os campeonatos estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe Fantasia do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e BT Macaca do Junco, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor

ssd asds dsahd sa dhsad gsah d gasjd ghsadjh gj gasdajsg dasj g

4º Melhor Macho

Grande Campeão

Resultados

ssd asds dsahd sa dhsad gsah d gasjd ghsadjh gj gasdajsg dasj g

3º Melhor Macho

Machos

tava excelente e os exemplares de fêmeas foram o grande destaque do evento. “Gostei muito dos animais apresentados, principalmente das fêmeas, que estavam bem superiores aos machos”, opinou. Segundo Crespo, mesmo sendo uma exposição nova, o município de Pedro Osório está de parabéns pelo evento promovido. “Para mim, a competição estava muito boa, mas ainda falta realizar algumas adequações na infraestrutura, para melhor receber os animais”. (Pâmela Seyffert)

Fotos Roberto Rizzato

Maçambará/RS

Rica Flor do Rodeio, filha de Papiro do Capão Redondo e Marca do Rodeio, criador e expositor Luíz Carlos Albuquerque Py e Filhos, Fazenda Capão Redondo, Barra do Ribeiro/RS 3°Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor Taragüi Jamás, filha de CRT Guapo e Âncora do Elebê, criador e expositor Érico e Sérgio Russo, Cabanha Taragüi, Pelotas/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Maior Ibuena da Tracioneira, filha de Rodopio de São Pedro e Chimarrita da Nativista, criador e expositor Júlio de Araújo Lara e Filhos, Cabanha Tracioneira, São Lourenço do Sul/RS

Machos

Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Andarilho da Terrabella, filho de Rebuliço da Tradição e Palmeira 2302 da Tradição, criador e expositor Estevão Stobiênia, Cabanha Terrabella, Cristal/RS Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Netuno do Purunã, filho de Santa

Elba Comediante BT Vênus, criador Mariano Lemanski e expositor Parceria Pedra Oveira e Don Castelo, Cabanha Pedra Oveira, Gravataí/RS 3°Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Menor Itaú do Liscano, filho de AS Malke Olho D’agua e SJ Tramposa, criador e expositor Pietro e Giuliano Perei-

ssd asds dsahd sa dhsad gsah d gasjd ghsadjh gj gasdajsg dasj g

ra Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Andarilho da Aliança, filho de Festeiro do Itapororó e Pampeira do Strass, criador Dari Hartwig e expositor Deivid Nunes Damaceno, Cabanha Don Netto, Pelotas/RS Fotos Solano Ferreira

csacsacsauistou a premiação de Melhor Ex

csacsacsauistou a premiação de Melhor Ex

csacsacsauistou a premiação de Melhor Ex

csacsacsauistou a premiação de Melhor Ex


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

29

Mostra e confirmação em Rio Pardo Maysa Maciel e Pâmela Seyffert

A exposição de primavera de Rio Pardo/RS reuniu um expressivo número de animais de diversos municípios da região. Além da mostra morfológica, o evento, que teve início no dia 8 de outubro, contou ainda com concentração de machos e Campereada.

No dia 8 o técnico da ABCCC, Ricardo Torres, esteve à frente dos trabalhos para a confirmação de machos. Foram apresentados 17 garanhões, dos quais 11 foram confirmados. O julgamento morfológico, realizado no dia 9 de outubro, foi feito pelo criador Francisco Fleck. Um público atento compareceu para acompanhar e apreciar os animais em pista. O evento foi promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Pardo. Após o julgamento morfológico o NCCC de Rio Pardo prestou uma homenagem à Cabanha Quitaúna, de Paola Schineider, localizada no distrito de Albardão, também em Rio Pardo, pela conquista do Freio de Bronze 2010 com o cavalo Manotaço do Infinito. Uma faixa de saudação à Cabanha, seus titulares e ginete, foi exposta e a

Raça Crioula ganha destaque em expofeira santanense As atividades da exposição morfológica de cavalos Crioulos de Sant’Ana do Livramento/RS, promovidas pelo Núcleo Santanense de Criadores, tiveram início no dia 21 de outubro, com a chegada dos cerca de 50 animais inscritos, vindos dos mais variados municípios. A mostra ocorreu durante a expofeira local. O julgamento morfológico ocorreu no dia 22 de outubro. Ao receber os crioulistas o presidente do núcleo, Elton Enick, falou da honra e do orgulho de receber os participantes. Nesta mesma noite o a entidade santanense inaugurou sua sede, junto ao parque da Associação e Sindicato Rural do município. A unidade leva o nome da crioulista Ângela Guerra Albornoz, homenageada no ato de inauguração. Espetáculo a parte na história do núcleo, a instituição da sede foi a realização de um sonho, fruto de

diretoria do núcleo entregou uma placa de prata alusiva à conquista para Paola que apresentou, no cabresto, o garanhão ao público. De acordo com o jurado, Francisco Fleck, o nível do evento foi mediano, já que o volume dos animais não era muito grande. O destaque da competição foi para as fêmeas, de ótimo nível. “A infraestrutura era muito boa e recebeu bem o público de toda a região sul. Ressalto também o bom nível dos machos e fêmeas da categoria incentivo’.

Resultados (mais fotos e as categorias estão disponíveis no site da Morfologia) Fêmeas Grande Campeã - Campeã Égua Menor Cobiçada do Esplendor, filha de Buenacho de Santa Lúcia e Pretto 207 Dengosa; criador Cristiano R. Herberts/Ricardo A. Bruch e expositor Cristiano Ricardo Herberts, Cabanha Esplendor, Venâncio Aires/RS

Fotos Jaime Lambres

peã Égua Adulta Camará Bertolini, filha de BT Balconero e Aracá Bertolini; criador Irani Bertolini e expositor Itamar Rodrigues de Oliveira, CT Chales Lopes, Santa Cruz do Sul/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Chusma da Princesa do Jacuí, filho de BT Delantero e Nutria Sombra; criador e expositor João Carlos Raichle, Cabanha Princesa do Jacuí, São Jerônimo/RS

Almirante do Caraguatá foi eleito o Melhor Exemplar da Raça

Cobiçada do Esplendor, a Grande Campeã da mostra

Oficial do Purunã, o Reservado Grande Campeão

Camará Bertolini escolhida Reservada Grande Campeã

4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Maior Imaculada 145 do Cerro Velho, filha de Candidato Simpatia e Oba do Painel; criador Lizandro Paz Lopes e expositor Erli Goecks, Cabanha Terra Bruta - Santa Cruz do Sul/RS Machos Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Almirante do Caraguatá, filho de Chicão de Santa Odessa e Jóia dos Três Cerros; criador e expositor Antônio Juarez da Silva Ramos, Cabanha Caraguatá, São Jerônimo/RS

servado Campeão Cavalo Adulto Oficial do Purunã, filho de BT Butiá e Espiã JB de Palermo; criador Mariano Lemanski e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS

3°Melhor Macho - Campeão Cavalo Menor

Reservada Grande Campeã - Cam-

Reservado Grande Campeão - Re-

Expresso do Elebê, filho de Tupam-

muito trabalho de vários amantes da raça. Para Ciro Manuel, jurado da morfologia, os animais apresentaram alto nível. Ele afirmou que a cada ano o qualidade supera em muito a quantidade. "Estar em Livramento é reencontrar amigos e perceber o quanto esta exposição está se tornando referência no estado gaúcho. Fico feliz com o trabalho apresentado aqui, tanto por criadores quanto por expositores". A festa terminou com a entrega dos troféus, na qual vários expositores se mostraram satisfeitos com os resultados. Para o expositor e criador da égua Chimarrita 56, escolhida o Melhor Exemplar da Raça, Adriano Mallmann, da Cabanha Trovador, a exposição foi emocionante. "Nossa cabanha é nova, somos apaixonados por cavalos e

para nós é um grande incentivo vencer a exposição em nossa terra. Temos a certeza que estamos influenciando outros jovens a entrarem neste mundo encantador do cavalo". (Ana Feltrim)

Reservada Grande Campeã

Resultados (resultado fornecido pelo núcleo, mais fotos e as categorias estão disponíveis no site da Morfologia) Fêmeas Melhor Exemplar da Raça

Chimarrita 56 da Trovador, filha de BT Delantero e Regalada 147 Maufer; expositor Adriano e Guilherme Mallmann, Cabanha Trovador, Sant'Ana do Livramento/RS

Donzela do Jundiá, filha de Nico do Itapororó e Neca do Jundiá; expositor Frederico Ornazabal Sastre, Cabanha Jundiá, Uruguaiana/RS 3ª Melhor Fêmea

Quelinda ICO, filha de Pampa de São Pedro e Doriana ICO; expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS 4ª Melhor Fêmea

Desejada 79 da Trovador, filha de Tormento da Badana e Âncora de Santa Edwiges; expositor Adriano e Guilherme Mallmann, Cabanha Trovador, Sant'Ana do Livramento/RS Machos Grande Campeão

Donde Estas 110 da Trovador, fi-

baé do Elebê e GB Juju; criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS 4º Melhor Macho - 3°Melhor Cavalo Adulto BT Romário, filho de BT Lucero e BT Gardênia; criador Flavio Bastos Tellechea e expositor Heine Hardi Müller, Cabanha Kimajé, Rio Pardo/RS

lho de Capella El Trapiche T e Viragro Andaluzia; expositor Adriano e Guilherme Mallmann, Cabanha Trovador,Sant'Ana do Livramento/RS Reservado Grande Campeão

Quilero ICO, filho de Universal 331 Maufer e Margarida ICO; expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS 3º Melhor Macho

Domingo en Libres do Jundiá, filho de Apaisanado do Jundiá e Embusteira de Santa Angélica; expositor Frederico Ornazabal Sastre, Estância Anjo da Guarda, Uruguaiana/RS 4º Melhor Macho

Bagunceiro 24 da Trovador, filho de BT Lucero e BT Olada; expositor Adriano e Guilherme Mallmann, Cabanha Trovador, Sant'Ana do Livramento/RS Fotos Divulgação

Chimarrita 56 da Trovador, a Melhor Exemplar da Raça

Donde Estás 110 da Trovador, o Grande Campeão

Donzela do Jundiá eleita Reservada Grande Campeã

Quilero ICO, o Reservado Grande Campeão do evento


30

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Pelotas expõe qualidade da região Nívea Bilhalva Oliveira

Bastante entusiasmado ao fazer seus comentários, o jurado Gustavo Weiand, declarou que os animais da 36ª Exposição de Primavera de Equinos Crioulos de Pelotas/RS mostraram a qualidade excepcional do criatório da região, ele destacou a cidade como uma das pistas mais fortes do Rio Grande do Sul. O evento que ocorreu de 9 a 11 de outubro no Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes, contou com a participação de mais de 130 animais.

A primeira avaliação foi dos animais da categoria Incentivo, onde Weiand julgou 31 exemplares. “Encontrei em pista animais bem aprumados e que terão bastante destaque em outras mostras que vierem a participar.”

História ligada a Pelotas

Durante a avaliação dos animais o jurado da mostra lembrou que sua história como crioulista iniciou em Pelotas. “Em 1982 meu pai comprou a primeira égua de minha montaria em um remate durante a exposição pelotense. A partir daí tomei gosto pela raça Crioula”, contou. Gustavo ainda ressaltou a grande amizade que formou com os criadores do município, junto dos quais participa desde 2000, ininterruptamente, das exposições realizadas na localidade.

Por pouco sem o tricampeonato

A Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça eleita durante a 36ª Exposição de Pelotas, SE Paysana, arrebatou o título pela terceira vez. A égua, porém, foi inscrita na última hora, ficando classificada inclusive como extracatálogo. A gateada dos criadores de Santa Vitória do Palmar/RS, Luciano e Renato Morroni, foi a Pelotas para ser apresentada no remate Manadas da Fronteira, mas como já estava no parque, os proprietários resolveram inscrevê-la na mostra. Com mais este título, Paysana sagrou-se tricampeã e melhor exemplar da raça nas exposições de Pelotas/RS nos anos de 2006 e 2009.

Maior participação da mostra

Com a presença de 12 animais, o criador Fábio Muricy Camargo, da Estância Boa Vista, de Vacaria/ RS, percorreu aproximadamente 500 quilômetros para participar da

exposição. Camargo se faz presente na expofeira de Pelotas há seis anos. “Gosto muito dos eventos daqui por ser um dos mais fortes do Estado, por isso trazemos nossos animais para ver como estão”, conta o criador, que aproveita a data para seguir com seus animais para a mostra de Bagé, que é realizada na semana seguinte.

Resultado Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe SE Paysana, filha de Entrevero Charrua e Zebelina Crioulo, criador e expositor Luciano e Renato Corrêa Morrone, Cabanha Santa Elisia, Santa Vitória do Palmar/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor JA Flor de Espadas, filha de Tinajera Buen Abrigo e JA Ogiva, criador e expositor José Antônio Anzanello, Fazenda Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS 3°Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta Imperatriz da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Baliza da Cabanha Gaúcha, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Maior Taragüi Jamás, filha de CRT Guapo e Âncora do Elebê, criador e expositor Érico e Sérgio Russo, Cabanha Taragüi, Pelotas/RS Campeã Potranca Menor Cambona do Álamo, filha de BT Mascote e Chinoca das Três Bocas, criador e expositor Felipe Lontra Otero Ávila - Cabanha Álamo, Pelotas/RS Campeã Égua com Cria Hematita da Boa Vista, filha de Diamante da Carovy e EL Trapiche Gavilana, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Reservada Campeã Potranca Menor Pólvora da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Hematita da Boa Vista, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Reservada Campeã Potranca Maior Upamaroti Tape, filha de Centenário da Tala e Tarancón Dansarina, criador e expositor Anibal e Diego Torres, Estância Santa Anna, Dom Pedrito/RS Reservada Campeã Égua Menor Guerreira Charrua, filha de Entrevero Charrua e Jornada do Rincão, criador e expositor João Rouget Pérez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS Reservada Campeã Égua adulta Espora de Santa Edwiges, filha de Tinajera Buen Abrigo e Xuxinha de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS Reservada Campeã Égua prenhe Escultura da Boa Vista, filha de LA Invernada Hornero e Huifquenco Tranqüilla, criador Fazenda Boa Vista e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda e Fábio Camargo, Cabanha Fazenda da Serra e Cabanha Boa Vista, Canela e Vacaria/RS Reservada Campeã Égua com Cria Gitana da Boa Vista, filha de Rico Raco Tupambaé e Gitana 157, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3ª Melhor Potranca Menor Costanera Guadalupe, filha de CRT Guapo e Vasca 3130 da Tradição, criador e expositor Parceria Agropecuária Costanera, Cabanha Costanera, Bagé/RS

3ª Melhor Potranca Maior Atrevida da Santa Eulália, filha de Viragro Rio Tinto e Bt Calhandra do Junco, criador e expositor Joaquim Francisco B. de Assumpção Mello, Estância Santa Eulália, Pelotas/RS 3ª Melhor Égua Menor Graúna de Santa Edwiges, filha de Quero-Quero de Santa Edwiges e Viola de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS 3ª Melhor Égua Adulta Imagem da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Ocasião 1234 da Tradição, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3ª Melhor Égua Prenhe Granada da Boa Vista, filha de Chicão de Santa Odessa e FAT Dengosa, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4ª Melhor Potranca Menor Dinamita da Querência Colorada, filha de BT Gracias Viejo e BT Quinzena, criador e expositor Moacir Luiz Fração e Lúcia M. S. Fração, Cabanha Querência Colorada, Pelotas/RS 4ª Melhor Potranca Maior Guardiã de Santa Edwiges, filha de Xiru de Santa Edwiges e Reservada de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS 4ª Melhor Égua Menor Taleira de Santa Angélica, filha de General de Santa Angélica e Oportunista de Santa Angélica, criador e expositor suc. de Paulino e Agenor Ávila Costa, Cabanha Santa Angélica, Pedras Altas/RS 4ª Melhor Égua Adulta Invicta da Las Querendonas, filha de BT Martin Fierro e Ilha da Baronesa, criador e expositor Simone e Daniel de Souza Mello, Cabanha Las Querendonas, Pelotas/RS 4ª Melhor Égua Prenhe Zumbideira Charrua, filha de Entrevero Charrua e Decisão Charrua, criador João Rouget Pérez Wrege e expositor Felipe Lontra Otero Ávila, Cabanha Álamo, Pelotas/RS

Machos

Grande Campeão - Campeão Potranco Maior Peçuelo Potreador, filho de Mano a Mano do Itapororó e SJ Nevasca, criador Heber Vega Pereira de Ávila e expositor Carlos Amorin e Antônio Carlos de Souza, Cabanha Monte Sinai, São José do Norte/RS Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Laçador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Achira da Rama Negra, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3°Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Pajador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Gralha do Rodeio, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Maior Harmonia Temprano, filho de Ganadero da Harmonia e Coral Sombra, criador e expositor Harmonia Agricultura e Pecuária Ltda, Cabanha Harmonia, Santa Vitória do Palmar/RS Campeão Cavalo Menor Tarapacá Vuelta de Honor, filho de Ganadero da Harmonia e Tegebe Fábula, criador e expositor Hermes Antônio Goulart Sá, Estância Querência, Dom Pedrito/RS Reservado Campeão Potranco Menor Peñarol da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Catarina do Itapororó, cria-

Fêmeas

Fotos Solano Ferreira

SE Paysana conquistou a premiação de Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Prenhe

JA Flor de Espadas

Imperatriz da Boa Vista

Tarangui Jamás

Machos

Peçuelo Potreador foi apontado pelo jurado como Grande Campeão e Campeão Potranco Maior da exposição

Laçador da Boa Vista

Pajador da Boa Vista

dor e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Reservado Campeão Cavalo Menor Señuelo da Liberdade, filho de Santa Elba Señuelo e Luzia do Purunã, criador Jaime, Luiz Carlos e Arthur Luiz Silveira e expositor Arthur Luiz da Silveira, Cabanha Liberdade, Pelotas/RS Reservado Campeão Cavalo adulto Inspetor da Boa Vista, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Vinagrete, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3°Melhor Potranco Menor PF Irapuru, filho de Comunista da Boa Vista e Nuputira do Itapororó, criador e expositor Manuel Francisco Ferro, Cabanha São Francisco, Pelotas/RS 3°Melhor Potranco Maior Zorro Guapo dos Campos Neutrais, filho de BT Delantero e BT Mandala, criador Vítor Hugo Feijó e expositor Condomínio Zorro Guapo dos Campos Neutrais, Santa Vitória do Palmar/RS 3°Melhor Cavalo Menor Huron do Canguçu, filho de Fulano de Tal da Escondida e Lança Farrapa do Canguçu, criador Mauro Duarte Mabilde Silveira e expositor Anderson Pacheco, Cabanha da Saudade, Canguçu/RS 3°Melhor Cavalo Adulto El Forte Ballantines, filho de Ganadero da

Harmonia Temprano

Harmonia e Jerra do Brejo, criador e expositor Jorge Patella, Cabanha El Forte, Santa Vitória do Palmar/RS 4º Melhor Potranco Maior Dibujo da Tamanca, filho de Xiru de Santa Edwiges e BT Jornalista do Junco, criador Lauro Cardoso Terra e filhos e expositor Lauro Cardoso Terra e Gabriel Ribeiro, Estância Tamanca e São João da Armada, Santa Vitória do Palmar e Canguçu/RS 4º Melhor Cavalo Adulto São João do Juncal Paladino, filho de Tormento da Badana e São João do Juncal Pretensiosa, criador e expositor Roberto Vieira Lucas, Estância São João do Juncal, Jaguarão/RS

Incentivo

Campeão Incentivo Menor - Machos Apache do Purunã, expositor Daniel Melo e Pierre Almeida, Cabanha Las Querendonas - Pelotas/RS Campeão Incentivo Maior - Machos Pampa da Boa vista, expositor Fábio Camargo, Estância da Boa Vista, Vacaria/RS Campeã Incentivo Menor - Fêmeas JZ Carmelita de Santa Mathilde, expositor João Elano Azambuja, Cabanha Santa Mathilde, Herval/RS Campeã Incentivo Maior - Fêmeas Xaira Cigana, expositor Irmãos Braga Sá, Estância Braga Sá, Dom Pedrito/RS


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

31

Vacaria apresenta renovação da raça Maysa Maciel

A exposição morfológica promovida pelo Núcleo Serrano de Criadores de Cavalos Crioulos (NSABCCC) foi destaque pela qualidade dos animais inscritos. O evento, realizado entre os dias 21 e 24 de outubro no Parque de Exposições Nicanor Kramer da Luz, também demonstrou grande renovação da raça Crioula ao eleger dois animais jovens entre os oito melhores de seu grande campeonato. Naquele mesmo final de semana Vacaria sediou ainda a Credenciadora de Inéditos. (Leia mais na página 17)

Participaram da exposição 105 animais confirmados e 26 na categoria incentivo, julgados pelo criador Lúcio Fontoura. Devido ao grande número de inscritos o evento foi considerado, assim como a exposição morfológica de Pelotas (realizada no dia 11 de outubro), uma das primeiras exposições morfológicas da categoria B nesta primavera, e teve como técnico responsável Ricardo Guazelli Martins. Dentre os animais expostos, o melhor exemplar da raça, Imperatriz da Boa Vista, foi escolhida por seu biotipo moderno e perfil atual, sendo um animal de bastante presença e porte. Laçador da Boa Vista, por sua vez, se consagrou Grande Campeão por sua retangularidade média, perfil idealizado por vários criadores. A qualidade das fêmeas também foi muito observada. A Reservada Grande Campeã BT Joaninha se destacou por ser muito raçuda e profunda e ainda levou o título de Melhor Égua Prenhe. Segundo Fontoura, outro animal muito bem apresentado na ocasião foi Pólvora da Boa Vista, da Fazenda Boa Vista. A potranca de apenas dois anos, confirmada em setembro deste ano, foi eleita 3ª Melhor da Fêmea. “Este animal tem um enorme futuro e com certeza se destacará muito quando for adulta. Ela já chama atenção, mesmo muito jovem”, diz. O também recém-marcado Pajador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Gralha do Rodeio, se consagrou Reservado Grande Campeão desta morfologia, com destaque para sua masculinidade e porte. A qualidade de animais novos já vinha sendo notada em várias outras morfologias realizadas neste ano, o que demonstra grande potencial da raça, preparação, prezo e responsabilidade que os criadores vêm construindo quanto a estes eventos. “Estes animais começam sua trajetória muito cedo e tudo indica que mostrarão um enorme potencial quando fo-

rem adultos”, completa Fontoura.

Resultado Fêmeas

Grande Campeã - Melhor Exemplar da Raça - Campeã Égua Adulta Imperatriz da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Baliza da Cabanha Gaúcha, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe BT Joaninha, filha de La Invernada Hornero e BT Alhambra, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Cabanha Fazenda da Serra, Canela/RS 3ª Melhor Fêmea e Campeã Potranca Menor Pólvora da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Hematita da Boa Vista, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Estabelecimento Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Adulta BT Xerenga do Junco, filha de BT Hornero do Junco e Rama Negra 906 de São Bibiano, criador Junco Agricultura e Pecuária S/A, expositor Carlo Lazzeri, Cabanha Lazzeri, Vacaria/RS Reservada Campeã Potranca Menor Querendona da Macena, filha de BT Damasco e JA Pechincha, criador José Atílio Marcantonio Muricy, expositor José Atílio Marcantonio Muricy, Cabanha da Macena, Vacaria/RS 3ª Melhor Potranca Menor Faísca do Parque, filha de Sinuelo Tupambaé e Delantera Tupambaé, criador Cabanha Fazenda da Serra Ltda, expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Cabanha Fazenda da Serra, Canela/RS 4ª Melhor Potranca Menor Cigana da Estilo, filha Rincón Curtido e Erva Mate Destes Pagos, criador Antônio Goulart de Vargas, expositor Antônio Goulart de Vargas, Estabelecimento Cabanha Estilo, Taquara/RS Campeã Potranca Maior FSA Índia, filha de Bacuri de Santa Edwiges e Fada do Capão da Herança, criador Reinaldo Cherubini Filho, expositor Reinaldo Cherubini Filho, Fazenda Santo Antônio, Nova Prata/RS Reservada Campeã Potranca Maior Beleza da Mãe Maria, filha de Zepelim do Igiquiquá e Surpresa do Igiquiquá, criador e expositor Pedro Luiz Zandavalli, Cabanha Mãe Maria, Nonoai/RS 3ª Melhor Potranca Maior

Quermece do Morro Grande, filha de Butiá

Quartzo e Maragata 330 de Nazareth, criador e expositor Ricardo Barcellos Barizon,

Fazenda do Morro Grande, Vacaria/RS 4ª Melhor Potranca Maior Quebreira do Morro Grande, filha Butiá Quartzo e Mulata 326 de Nazareth, criador e expositor Ricardo Barcellos Barizon, Fazenda do Morro Grande, Vacaria/RS Campeã Égua Menor Glamour da Estância Guarda Velha, filha Âncora Floreio e Soberana da Dalana, criador e expositor Jacson Tiago de Souza Silva, Estância Guarda Velha, Gentil/RS Reservada Campeã Égua Menor Nutria da Boa Vista, filha de PO Granfino e Nutria Pampeira, criador Fazenda Boa Vista, Vacaria/RS, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS

3ª Melhor Égua Menor Paloma da Macena, filha de Juquiri do Purunã e Guitarra da Macena, criador José Atílio Marcantonio Muricy, expositor José Atílio Marcantonio Muricy, Cabanha da Macena, Vacaria/RS 4ª Melhor Égua Menor Neblina da Hulha Negra, filha de Juquete do Itapororó e Lança do Morro Agudo, criador e expositor Antônio José Alves de Macedo, Cabanha Hulha Negra, Caxias do Sul/ RS 3ª Melhor Égua Adulta Harmônica da Tamboré, filha de Lutador do Purunã e Balisa, criador Diego de Lucena Zanandréa, expositor Antônio Goulart de Vargas, Cabanha Estilo, Igrejinha/RS 4ª Melhor Égua Adulta Nuvem da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Herança da Boa Vista, criador Fazenda Boa Vista, expositor Leandro Luiz Vieira, Cabanha Mangueira Velha, São José dos Ausentes/RS Reservada Campeã Égua Prenhe Indiana da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Carona da Capela, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3ª Melhor Égua Prenhe Navalla da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Carona da Capela, criador Fazenda Boa Vista, Expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4ª Melhor Égua Prenhe Escaramuça da Estância Guarda Velha, filha de Âncora Floreio e Sirigaita do Passo Fundo, criador e expositor Jacson Tiago de Souza Silva, Estância Guarda Velha, Gentil/RS Campeã Égua com Cria Jaçanã do Paiol, filha de Largo da 3J e Benvinda da Esmeralda, criador e Expositor Jairo Roberto Schmith, CT Schmith, Caxias do Sul/RS Reservada Campeã Égua com Cria Gitana da Boa Vista, filha de Rico Raco Tupambaé e Gitana 157, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3ª Melhor Égua com Cria Guria da Boa Vista, filha de Bambollero do Sobradinho e Goiaba da Glória, criador Fazenda Boa Vista, expositor Leandro Luís Vieira, Cabanha Mangueira Velha, São José dos Ausentes/RS 4ª Melhor Égua com Cria Palmatória do Morro Grande, filha de Américo da Tradição e Guairacá 331 do Barulho, criador e expositor Ricardo Barcellos Barison, Cabanha do Morro Grande, Vacaria/RS

Machos

Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Laçador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Achira da Rama Negra, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Reservado de Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Pajador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Gralha do Rodeio, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 3°Melhor Macho - Campeão Potranco Maior Gaúcho do Portal Gaúcho, filho de Dom Carrasco do Purunã e Chinoca do Strass, criador e expositor José Luiz Teixeira Marcantonio, Cabanha do Portal Gaú-

Fêmeas

Fotos Alexandre Freitas

Imperatriz da Boa Vista conquistou a premiação de Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeã e Campeã Égua Adulta

BT Joaninha

Machos

Pólvora da Boa Vista

BT Xerenga do Junco

Laçador da Boa Vista recebeu os títulos de Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto no julgamento morfológico

Pajador da Boa Vista

Gaúcho do Portal Gaúcho

cho, Vacaria/RS 4°Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Nazareno da Macena, filho de Chicão de Santa Odessa e Palometa de Santa Edwiges, criador José Atílio Marcantonio Muricy, expositor José Atílio Marcantonio Muricy e Leandro Luís Vieira, Cabanha da Macena, Vacaria/RS Reservado Campeão Potranco Menor Paisandu da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Iluminada da Boa Vista, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fazenda Boa Vista e Leandro Luís Vieira, Cabanha Boa Vista e Cabanha Mangueira Velha, Vacaria e São José dos Ausentes/RS 3°Melhor Potranco Menor Panamá da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e FAT Havana, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4°Melhor Potranco Menor Picumã da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Achira da Rama Negra, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS Campeão Cavalo Menor Estancieiro do Parque, filho de Chicão de Santa Odessa e Jotace Esmeralda, criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Cabanha Fazenda da Ser-

Nazareno da Macena

ra, Canela/RS Reservado Campeão Cavalo Menor Fortin Tapera Kandieiro, filho de PO Rincón e Ágata de São Pedro, criador Valesca Kulbieda, expositor Luiz Helio de Oliveira, Cabanha Pinheiro Alto, Vacaria/RS 3°Melhor Cavalo Menor Nidal da Boa Vista, filho Dom Carrasco do Purunã e Baliza da Cabanha Gaúcha, criador Fazenda Boa Vista, expositor Leandro Luís Vieira e Francisco M. Alves, Cabanha Mangueira Velha, São José dos Ausentes/RS 3°Melhor Cavalo Adulto Inspetor da Boa Vista, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Vinagrete, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4°Melhor Cavalo Adulto Balconero da Invernia, filho de Ganadero da Harmonia e La Índia Muerta Medianoche, criador Carlos Alberto Padilha de Ávila, expositor Fernando Richetti, Estância Portal da Serra, São Jorge/RS Campeã Incentivo - Fêmeas Impala do Portal Gaúcho, filha de Juquiri do Purunã e Malicia da Vila Velha, criador e expositor José Luiz Teixeira Marcantonio, Cabanha do Portal Gaúcho, Vacaria/RS Campeão Incentivo - Machos Pampa da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e JA Ogiva, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio M. Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS


32

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Especial

Cavalos, genética e amigos em todas as geografias do sul Fotos Felipe Ulbrich

Renato Dalto

A vida de Gilberto Loureiro de Souza está toda direcionada ao cavalo. A infância nos campos da família, a opção profissional, o acúmulo de conhecimento, as amizades, tudo vem daí. Médico veterinário formado pela Universidade de Santa Maria, fez aperfeiçoamento em clínica e reprodução equina no Jockey Clube de São Paulo. “Sempre fui crioulista, mas profissionalmente usei o Puro Sangue Inglês para aprender. Naquela época, quem queria mexer com equino tinha que ir para o Puro Sangue Inglês, assim como em bovinos para o gado de leite, porque são duas raças de alta capacidade de produzir velocidade e leite, um selecionado pelo relógio e outro pelo balde e as suas deficiências têm que ser supridas pela tecnologia”, conta.

Foi presidente do Conselho Técnico da ABCCC, onde é supervisor do Registro Genealógico desde 1999. Hoje, Gilberto é diretor-técnico da Viragro Agropecuária e trabalha na Cabanha A Tala, em Dom Pedrito, na campanha gaúcha. É nesse criatório, do empresário Avelino Vieira, que conquistou os prêmios de maior expressividade morfológica no Cone Sul, dois Grandes Campeonatos da FICC com CRT Guapo (Montevidéu, em 2003) e Viragro Rio Tinto, filho de Guapo, em Palermo, Buenos Aires, em 2007. Este ano com Viragro Rio Bravo, filho de Rio Tinto, a cabanha conquistou o Grande Campeonato da Expointer. Esses cavalos representam o rigor de uma seleção onde só vão

Experiente em seletivas morfológicas, Gilberto Loureiro de Souza aposta agora na genética campeã de Viragro Rio Bravo, filho de Rio Tinto

para a reprodução éguas e cavalos comprovados nas pistas. “Temos um número reduzido de éguas porque não aceitamos produzir e não provar”, explica Gilberto. Nos campos da Tala, o número de matrizes em cria a cada ano varia em torno de 15 éguas. Quando começou com esse trabalho, em 1994, recebeu um mega plantel de 180 éguas. E reduziu já na época a 15 animais. De lá para cá, faz rotação de plantel, mas o número de matrizes se mantém estável. Gilberto Loureiro de Souza é também uma espécie de embaixador do cavalo Crioulo que já julgou, além do Brasil, no Uruguai, na Argentina e participou de provas no Chile. Disso tudo,

A paixão pela raça influenciou os filhos, Eduardo e Carlos, a competir em provas funcionais

tirou lições essenciais: “É muito importante interagir com criadores de outros países. Busquei incessantemente isso, continuo colhendo bons frutos, amizades que conquistei. Na casa da gente, criando cavalos, não que apareçam soluções para todos os problemas, mas tem um arsenal para solucionar problemas maiores”. Fez muitos amigos e agradece a eles as oportunidades de aprender. Divide em família a paixão pelo cavalo e pelas provas: os filhos Carlos e Eduardo correm paleteada, enduro, marcha e outras provas e só não se dedicam ao Freio porque os estudos não deixam tempo para isso. No trabalho na Tala, porém, uma premissa das pistas orienta toda a seleção: “Os animais nossos para serem levados para reprodução têm que obrigatoriamente serem finalistas do Freio de Ouro. É o mais eficiente sistema de avaliação de cavalo que eu conheço. Temos uma particularidade que reforça isso: nós começamos os nossos eventos morfológicos com os cavalos encilhados e começamos os nossos eventos funcionais analisando morfologicamente os cavalos”. Qual o critério básico usado para acasalamentos? - Provocar choque de linhas consagradas morfológica e funcionalmente. E a partir do nascimento, avaliação assídua, contínua, buscando o enquadramento daquele indivíduo nas linhas preconizadas dentro da seleção, em primeira

instância, morfológica da raça. E os que chamam atenção nesses parâmetros são medidos funcionalmente. Temos um número reduzido de éguas, porque não aceitamos produzir e não provar. Usamos os sangues Hornero, Señuelo, Colibri através do Papayero e Estribillo. Adquirimos da Argentina algumas éguas chilenas filhas do Chuchoca e do Esperando, que é o filho do Estribillo mais importante que teve no Chile nos últimos anos. Armando a torta genética em casa, no grupo de éguas, temos que ter todas as linhagens que determinaram a revolução morfológica e funcional em todos os países do Cone Sul. Como é o manejo nutricional das éguas na cria e na parição? - Temos uma área de campo numa região privilegiada do Rio Grande do Sul, reconhecida como tendo campos naturais de muita eficiência. Procuramos manter isso, fazemos fertilização nos campos e nas áreas de pastagem, para que apareçam todas as espécies nobres do banco de sementes da região. Temos ainda algumas áreas com consorciação com outras variedades de gramíneas e leguminosas e também algo que gera muita diferença na produção que é um sistema de irrigação. O ambiente é o único instrumento capaz de potencializar o pedigree e a genética naturalmente. Cavalo geneticamente bem construído mas com criação deficiente jamais terá possibilidade de exteriorizar

a sua potencialidade. Esse ambiente, quando assistido, é uma unidade de suporte excepcional para cavalos, sem necessidade de artificialismos, suplementação, concentrado. Única e exclusivamente a campo se consegue desenvolver todo o processo de criação. Por que a decisão de trabalhar com poucas éguas na cria? - Quando se trabalha com um número reduzido de fêmeas provadas tem uma chance muito maior de acertar, porque se mede a capacidade morfológica e funcional desses animais. Conhecendo a genética, a origem, as surpresas são muito menores. E hoje, ao se olhar a performance de animais que são campeões repetidas vezes em Esteio, veremos que são filhos de campeões, no âmbito morfológico e funcional, ou são campeões em seus países de origem, no Chile, na Argentina, no Uruguai e que hoje contribuem com a nossa genética. Como é feito o desmame dos potrilhos? - Sempre com a retirada da mãe do lote, hierarquicamente em função do nascimento, fazendo com que no fim fique uma ou duas éguas que pariram por último. Eu levo as éguas na mangueira, retorno com elas a cabresto atrás do lote. Chego no potreiro e volto com as éguas. O segredo é manter distância, o filho não pode escutar o relincho da mãe e vice-versa e ele se ampara psicologicamente perfeitamente no grupo onde ele viveu todo tempo. É a mesma coisa que um filho que perde a mãe, se for amparado numa família bem estruturada o dano é bem menor. Qual o critério usado para levar animais para cabanha? - Usamos sempre os animais mais representativos da tendência morfológica, rigorosamente enquadrados no biótipo preconizado. Os que são representativos da nossa criação, arrancamos com a campanha morfológica. No momento em que achamos que a estrutura física está compatível iniciamos com uma doma suave sem nada a ver com treinamento, é instalar a submissão e andar pra frente. Enquanto fazemos campanha morfológica avançamos e aprimoramos a doma. Quando consolidamos a campanha morfológica, desembocamos na parte funcional.


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Especial

E como foram os dois grandes campeonatos da FICC? - É a consagração maior que qualquer criador pode almejar. Ganhamos em 2003 no Uruguai e em 2007 na Argentina em Palermo. Um cavalo ser considerado o melhor cavalo da América tem uma importância muito grande. O Rio Tinto ganhou na Argentina, em 2007, com um nível de disputa mais acirrado ainda. As exposições da FICC no Uruguai em 2003, Argentina 2007 e Brasil 2009, foram três eventos maravilhosos, de uma importância bárbara não só pela qualidade dos animais expostos mas pela maneira como estão interagindo os criadores no Uruguai, no Chile, na Argentina e no Brasil. Nunca tivemos esse estreitamento de relações e com o foco tão dirigido em torno da seleção do cavalo Crioulo. Tomara que isso seja concretizado de uma forma definitiva com uma grande Exposição da FICC no Chile (em 2011). Levando em consideração a seleção na cabanha, como são escolhidos os machos que se tornarão reprodutores? - Primeiro, animais que sejam geneticamente bem construídos,

morfologicamente consistentes e que deem a resposta adequada no momento que começar a doma e sejam solicitados funcionalmente. E que tenham tido performance. Não usamos cavalos anônimos, que nunca tenham competido. Uma forma muito objetiva de chegar à qualificação de um produto, macho ou fêmea, é se autoquestionar em três pontos: quantas vezes precisou sair para ganhar a primeira? Onde correu? E de quem ganhou? Essas questões respondidas de forma fidedigna dão uma ressonância magnética de eficiência do produto. Como é iniciada a doma e qual o sistema utilizado? - Usamos o bocal em alguns casos mas há outros animais que não suportam o bocal. Porque nesse investimento morfológico, genético, essa depuração nos proporcionou que chegasse na nossa mão um indivíduo completamente diferente em termos de docilidade, inteligência, capacidade de aprendizado e de manter o aprendizado. Tem animais que suportam e outros não e é essa sensibilidade que deve ter o domador. A nossa doma é de bocal e

bridão no início e enfrenada longa com freio duro. Nós não encomendamos data para apresentar cavalo, é eles que nos dizem quando estão prontos. A nossa interação com outras culturas que também domam cavalos nos fizeram importar uma série de técnicas, levantaram a bola de uma série de aspectos que não eram conhecidos. A doma, no estilo gaúcho, que toda a vida foi feita aqui no Brasil, no Uruguai e na Argentina e que o Chile faz também - usa bocal, a guatana, mas usam por cima da língua e no canto da boca e nós usamos exatamente no espaço interdental bem embaixo. Acredito que qualquer sistema é eficiente. Uma vez um chileno me pediu pra ver os freios brasileiros, mostrei e ele me disse que não era freio, mas instrumento de tortura. Eu disse: "O senhor vai me desculpar, mas eu já vi no final do Movimento a la Rienda aparecer sangue da boca do cavalo, aqui se aparecer isso nós botamos pra fora". O instrumento maior de tortura que um ginete carrega é sua mão. Portanto, isso não procede. Todas as embocaduras, quando bem usadas por quem sabe, são boas. Nós, na doma gaúcha, temos

um hábito de sabermos ensinar e instalar a submissão como poucos e lograr em muito poucos dias um resultado quase incomparável. Qual o sistema de apresentação de animais em provas morfológicas e funcionais? - Participamos em todas as categorias, do incentivo até cavalo adulto, e enquanto ele vai fazendo campanha morfológica nós vamos aprimorando a doma. Como são escolhidos os animais que vão à venda num remate? - Somos vendedores de animais importantes. Temos um número reduzido de éguas medidas, testadas e comprovadas. Se pegar um catálogo da Viragro e ver a performance dos pais e de alguns produtos que já saíram para competir, nós não temos mães nem pais sem campanha. Os que vão a remate são oriundos dessas gerações. A escolha eu sempre faço pela rotação de plantel. Tiro alguns produtos das éguas e chega a um momento que eu largo as éguas. A mãe do Rio Tinto nós vendemos. Essas éguas, eu já tirei o que precisava delas, elas estão representadas dentro da cabanha.

33

As que eu resolvo não vender as mães, vendo os produtos. Qual a sua maior emoção como criador? - Foi ganhar a exposição da FICC com o Rio Tinto na Argentina. Foi uma aposta num cavalo, um respeito muito grande pela linha da mãe, a Respeitosa (de Santa Angélica), uma filha de um cavalo espetacular que é o Señuelo. Esse cavalo, além da sua eficiência como reprodutor tem outra coisa especial: o Señuelo foi embaixador entre eu e o Maneca Costa, foi através dele que nos tornamos amigos. Fomos apresentados em 1982 e montamos a primeira monta controlada no Brasil de cavalos crioulos. Nunca me esqueço de agradecer as pessoas que me ajudaram, através de convite, de solicitações, de oportunidades de atuar em exposições, que tiveram uma importância muito grande na maneira da gente proceder como criador e selecionador de cavalo. E em especial ao Avelino Vieira, proprietário da Viragro, que me deu uma missão muito importante com ampla e total liberalidade e autonomia para agir.


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

35

Bagé ratifica resultado da Expointer Nívea Bilhalva Oliveira

O cavalo menor Viragro Rio Bravo, propriedade de Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, município de Dom Pedrito/ RS, foi eleito pelo jurado Rodrigo Py como grande campeão e melhor exemplar da raça durante a 98ª Exposição Morfológica de Bagé, que aconteceu entre os dias 13 e 14 de outubro. O fato foi repetido ao grande campeonato da última Expointer, quando Rio Bravo também foi escolhido como o grande campeão. Desta vez no Parque da Rural de Bagé, ele foi avaliado junto a mais de 120 animais que disputaram a mostra.

Diferentemente do que avalia em sua região (Sexta), em Bagé o jurado encontrou um equilíbrio grande entre os participantes e um número maior de animais jovens de qualidade, fato que demonstra a alta capacidade dos criadores do município. “Aqui é uma zona de criadores e lá, na nossa região, encontramos mais consumidores e usuários, os quais já adquirem animais prontos.”

“Bem amigos” crioulistas

Esteve presente na 98ª Exposição Morfológica da Raça Crioula o comentarista esportivo da Rede Globo, Galvão Bueno. Muito descontraído no meio crioulista e até bastante entrosado, de botas e bombacha, Galvão entregou a escarapela aos animais premiados na mostra e demonstrou bastante interesse pela raça Crioula.

Distância não impede a participação

Foi grande o número de criadores de diversos municípios do Rio Grande do Sul, assim como de fora dele, que levaram seus animais para disputar uma das mais importantes exposições do calendário da ABCCC. Além dos vizinhos de Aceguá, Candiota, Dom Pedrito e Lavras do Sul, percorreram longas distâncias os criadores de Rolante/RS, Vacaria/RS e Caçador/SC. Os animais de Sandoval Caramori, criador de Santa Catarina, rodaram 850 quilômetros para estar presentes na mostra de Bagé. “Fizemos muitos amigos dentro da raça e isso faz com que tenhamos de participar e retribuir as visitas”, destacou o criador.

Resultados Machos

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Viragro Rio Bravo, filho de Viragro Rio Tinto e Capella La Pataya, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS Reservado Grande Campeão - Reservado Campeão Cavalo menor Lanceiro da Badana, filho de BT Hospedeiro e Preciosa da Badana, criador e expositor Uilson Silveira Machado e Filhos, Agropecuária Palmito, Arroio Grande/RS 3°Melhor Macho - 3°Melhor Cavalo Menor Quilero Ico, filho de Universal 331 Maufer e Margarida ICO, criador e expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS 4º Melhor Macho - 4º Melhor Cavalo Menor Hornado da Reconquista, filho de BT Delantero e Zafira do Capão Redondo, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Diego, Rafael e Pablo Rodrigues/ Marcelo Cairoli, Cabanha Ponche Verde Reconquista Agropecuária Ltda. Bagé/RS Campeão Potranco Menor Quilero Tero Real, filho de São João do Juncal Pandemônio e Quilero Meta Y Ponga, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS Campeão Potranco Maior Amuleto AA, filho de BT Faceiro do Junco e Famosa AA, criador Leandro Amaral e expositor Evaldo Francisco da Rosa, Estância Liberdade, Rolante/RS Campeão Cavalo Adulto RZ Sanguinário da Carapuça, filho de BT Lamborguine e RZ Inclusion, criador Rubens Elias Zogbi e expositor Condomínio Sanguinário, Condomínio Sanguinário, Bagé, Triunfo, São Jerônimo e Pedras Altas/RS Reservado Campeão Potranco Menor Peñarol da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Catarina do Itapororó, criador Fazenda Boa Vista e expositor Fábio Camargo Reservado Campeão Potranco Maior Cafajeste do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Soberba do Macanudo, criador e expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS Reservado Campeão Cavalo Adulto Piraí 1533 do Honesto, filho de Honesto Simpatia e Santa Thereza Fisga, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS 3°Melhor Potranco Menor Pajador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Gralha do Rodeio, criador Fazenda Boa Vista e expositor Fábio Camargo 3°Melhor Potranco Maior Grito de Guerra Charrua, filho de Destaque de Santa Adriana e Soga Charrua, criador e expositor João Rouget Pérez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS 3°Melhor Cavalo Adulto Laçador da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Achira da Rama Negra, criador e expositor Fazenda Boa Vista, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS 4º Melhor Potranco Menor Abusado Cala Bassa, filho de Honesto Sim-

patia e Garopa Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Machos

Fotos Felipe Ulbrich

4º Melhor Potranco Maior Bom Cavalo do Bamba, filho de Campana Quinchador e Mimosa do Bamba, criador Clóvis Magalhães Teixeira e expositor Rafael Teixeira

Fêmeas Grande Campeã - Campeã Potranca Maior Campana Tutora, filha de BT Brazão do Junco e Campana Nicotina, criador e expositor Mário Moglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Favorita Cala Bassa, filha de Honesto Simpatia e Amapola Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Viragro Rio Bravo foi escolhido o Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor da exposição

3°Melhor Fêmea - Campeã Égua Menor Guerreira Charrua, filha de Entrevero Charrua e Jornada do Rincão, criador e expositor João Rouget Pérez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor Brahma Extra do Macanudo, filha de Pergaminho AA e Relíquia do Macanudo, criador Antônio Augusto Brum Ferreira e expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS

Lanceiro da Badana

Quilero Ico

Hornado da Reconquista

Fêmeas

Campeã Potranca Menor Cumparcita do Macanudo, filha de Índio da Escondida e Urtiga do Macanudo, criador e expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS Reservada Campeã Potranca Menor Abadesa Cala Bassa, filha de Piraí 1569 do Brazão e Florença Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS Reservada Campeã Potranca Maior Campana Têmpera, filha de Mananero Jalisco e Campana Ida e Vuelta, criador e expositor Mário Moglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS

Campana Tutora conquistou os premios de Grande Campeã e Campeã Potranca Maior do julgamento morfológico

Reservada Campeã Égua Adulta Navidad Tupambaé, filha de Nobre Tupambaé e BT Jibóia, criador e expositor Oswaldo Dornelles Pons, Cabanha Tupambaé, Dom Pedrito/RS 3ª Melhor Potranca Menor Costanera Guadalupe, filha de CRT Guapo e Vasca 3130 da Tradição, criador Parceria Agropecuária Costanera e expositor Fausto Costa, Bagé/RS 3ª Melhor Potranca Maior Viragro Fina Estampa, filha de Viragro Rio Tinto e Capella 437 Onza, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS 3ª Melhor Égua Menor Usura do Purunã, filha de Macanudo do Itapororó e Izaura do Inhanduvá, criador Mariano Lemanski e expositor João Luís Arísio, Cabanha Querência Azul, Osório/RS 3ª Melhor Égua Adulta Firmeza 1524 do 1040, filha de Piraí 1040 do Brazão e Firmeza 1206 do Candidato, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS

Favorita Cala Bassa

Guerreira Charrua

4ª Melhor Potranca Menor Viragro Fiestera, filha de CRT Guapo e Viragro Fiesta en Domingo, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS 4ª Melhor Potranca Maior Abadia Cala Bassa, filha de Ganadero da Harmonia e Agenciada Magestic, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS 4ª Melhor Égua Menor

Brahma Extra do Macanudo

Boa Vista e expositor Zuleika Borges Torrealba, Cabanha da Maya, Rio de Janeiro/RJ

Campeão Incentivo Menor - Machos RE Famoso, criador e expositor Evaldo Francisco da Rosa, Estância Liberdade, Rolante/RS Campeão Incentivo Maior RE El Conquistador, criador e expositor Evaldo Francisco da Rosa, Estância Liberdade, Rolante/RS

Caçador 27 de La Tierra, filha de Dom Carrasco do Purunã e Poderosa de São Pedro, criador e expositor Sandoval Caramori, Cabanha Caçador, Água Doce/SC

Campeã Incentivo Menor - Fêmeas

4ª Melhor Égua Adulta

Campeã Incentivo Maior - Fêmeas

Labareda da Boa Vista, filha de Chicão de Santa Odessa e JA Geada, criador Fazenda

RE Exclusiva - criador e expositor: Evaldo Francisco da Rosa - Estância Liberdade - Rolante/RS

Indiana II do Aceguá - criador e expositor Carlos Mário Antunes Suñe e Filhos - Estância Santa Leontina - Bagé/RS


36

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Expoeste exibe morfologia da raça André Amaral

Quem foi até a 9ª Expoeste, em Chapecó/SC, também pôde conferir a exposição morfológica, realizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense, que reuniu 42 animais adultos e 25 incentivos. A mostra teve a supervisão técnica de Adolfo Martins e foi julgada por André Rosa e André Nascimento, que elegeram como melhor exemplar da raça o cavalo Rico da Lagoa Seca. O evento contou também com prova de Tiro de Laço e Credenciadora ao Freio de Ouro 2011. (Leia mais sobre este evento nas páginas 15 e 44)

exemplar, o jurado afirmou que a enorme qualidade racial do exemplar foi fator decisivo no momento da decisão. “Sem dúvida vai ser um raçador”, aposta.

Resultado (Os campeões de categoria você encontra no site Morfologia)

Fêmeas

Grande Campeã - Campeã Égua Menor Conquista da JRV, filha de NS Nobre e Uli da Música, criador e expositor Vanderlei e Régis Casagrande, Cabanha Alvorada, Pato Branco/PR

A exposição, considerada muito boa na avaliação de Rosa, teve como destaque a qualidade das fêmeas. Apesar de o exemplar eleito melhor da raça ter sido um macho, segundo Rosa, este era o único exemplar do sexo masculino que se destacava. “Os outros machos deixavam a desejar. As fêmeas estavam superiores, mais expressivas e com morfologia privilegiada”, opinou. Quando questionado sobre o motivo para Rico da Lagoa Seca ter sido escolhido como melhor

Reservada Grande Campeã Campeã Égua Adulta JT Recompensa, filha de Quebracho do Purunã e Muchachita da Rio Bonito, criador José Otávio Ferreira Telles e expositor Erni José Backes, Cabanha Rigorosa, Chapecó/SC

Decisão feita no detalhe

recebeu muitos elogios. O mesmo com relação ao local da prova, considerado de excelente estrutura. “Não há crítica alguma”, resumiu. (André Amaral)

A exposição Morfológica, realizada nos dias 22 e 23 de outubro pelo Núcleo Gabriense de Criadores de Cavalos Crioulos, em São Gabriel, foi decidida no detalhe. Julgada por Eduardo Suñe, a mostra reuniu 90 animais e foi supervisionada pelo técnico Gilbero Rieth. O excelente nível da prova foi muito destacado pelo jurado, que considerou os exemplares de ambos os sexos muito parelhos e qualificados. A égua eleita Melhor Exemplar da Raça, a Grande Campeã La Castellana Espoleta, foi considerada muito equilibrada e harmônica, superando os machos em pequenos detalhes. Entre os machos, muito elogiados por Suñe, a decisão entre o Grande Campeão e o Reservado Grande Campeão foi acirrada. “Fiz a escolha me baseando na maior retangularidade e proximidade ao chão”, informou, sem deixar de elogiar a excelente qualidade do Reservado. A receptividade dos anfitriões, que proporcionaram uma palestra aos criadores presentes,

3° Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Santa Tecla 07 Buena Suerte, filha de Jacarandá Peleador e Sapata de Santa Edwiges, criador e expositor Máximo Antônio Deud e Jamil Deud Júnior, Cabanha Santa Tecla,

Resultado (Fornecidos pelo núcleo - os campeonatos você pode acessar no site Morfologia da ABCCC) Fêmeas

Grande Campeã e Melhor exemplar da raça

La Castellana Espoleta, filha de Escolhida de Santa Angélica e Lutador do Purunã, criador e expositor Marcelo Amaral Moraes, Cabanha La

Fotos Mário Tissot

Clevelândia/PR 4ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Prenhe Campina do Vale do Canoinhas, filha de Ídalo de São Pedro e Floresta da Fascinação, criador Luiz Fernando Freitas e expositor Ricardo da Silva, Cabanha Vó Ataíde, Chapecó/SC

Machos

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Rico da Lagoa Seca, filho de Real Invido do Purunã e Hortelã da Lagoa Seca, criador Gilda Campello e expositor Ralf Murilo Bertol, Cabanha Guepardo, Pato Branco/PR Reservado Grande Campeão Campeão Cavalo Adulto Fandango da Estância Guarda Velha, filho de Âncora Floreio e Sirigaita do Passo Fundo, criador Jacson Tiago de Souza Silva e expositor Rodrigo Madeira Mombaque, Cabanha Rincão Monarca, Uruguaiana/RS 3°Melhor Macho - Campeão Cavalo Menor Hilário da Barra Mansa, filho de Hermano da Boa Vista e Rubia da Deus é Grande, criador Antônio

Castellana, Santiago/RS Reservada Grande Campeã

Iluminada da Meia Lua, filha de Quelu Buta Fortin e BT Delantero; criador e expositor Francisco Geraldo Pereira de Souza, Estância do Bolso, São Gabriel/RS 3ª Melhor Fêmea

FR Afilhada, filha de FR Pantera e Camb Toncho, criador e expositor Rocha Peccinin-irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS 4ª Melhor Fêmea

Santa Adriana Regata, filha de Har-

O título de Melhor Exemplar da Raça ficou com Rico da Lagoa Seca

A Grande Campeã foi a égua menor Conquista da JRV

Fandango da Estância Guarda Velha foi o Reservado Grande Campeão

JT Recompensa foi escolhida a Reservada Grande Campeã

Luciano Lobascz e expositor Jean Carlos Capelli e Antônio Luciano Lobascz, Cab El Guitarrero Estância da Barra Mansa, Galvão/SC

Jujomalo do Passo Fundo, filho de Gavioteiro do Itapororó e Coatiara do Passo Fundo, criador Evaristo Tagliari Neto e Expositor Aldovino José Loureiro de Mello, Cabanha Oca Gaúcha, Nonoai/RS

4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto

monia do Retiro e Jurado de Santa Adriana, criador e expositor Carlos Alberto Veríssimo da Costa, Estância Santa Adriana, São Gabriel/RS

Machos

Grande Campeão

Marconi Fogo de Chão, filho de Tira-Teima de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges, criador Alexandre Espíndola Araújo e expositor Maurício Wiesel Beltrame, Cabanha Mistério, Santa Maria/RS Reservado Grande Campeão

Oitão de Rancho da Escondida, filho de Gargantilha da Escondida e Índio

da Escondida, criador José Inácio e Vinícius Freitas e expositor Henrique Ribas e Tiago Antoniazzi, São Gabriel/RS 3º Melhor Macho

Ordenança da Meia Lua, filho de Gatinha do Bolso e Chicão de Santa Odessa, criador e expositor Francisco Geraldo Pereira de Souza, Estância do Bolso, São Gabriel/RS 4º Melhor Macho

Gaiteiro de Santa Edwiges, filho de Abençoada de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges, criador Daniel Anzanello e expositor Parceria Gaiteiro, São Vicente Sul/RS Fotos Divulgação

La Castellana Espoleta, o Melhor Exemplar da Raça na mostra

Marconi Fogo de Chão foi o Grande Campeão dos machos

A Reservada Grande Campeã foi Iluminada da Meia Lua

Oitão de Rancho da Escondida foi o Reservado Grande Campeão


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

37

Morfologia Crioula surpreende na exposição de Estância Velha Maysa Maciel

Os gaúchos prestigiaram mais uma exposição morfológica no dia 16 de outubro, desta vez em Estância Velha. Promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Encosta da Serra, a prova foi realizada junto à programação da 1ª Expo Estância Velha e teve supervisão técnica de Ricardo Guazzelli Martins.

O evento, que foi realizado no Parque de Exposições Campo Grande, contou com 82 animais inscritos e foi julgado pelo criador Gustavo Weiand, da Cabanha Charqueda. Para o presidente do núcleo Encosta da Serra, Neri Costa, o número de animais inscritos surpreendeu

os jurados, já que o município é pequeno. “Não sabíamos da existência desta cultura de grande adesão na exposição local.” Na avaliação de Costa os animais eram de extrema qualidade e a infraestrutura estava bem organizada. “Estava tudo lindo. A raça crioula possui tanta expansão que tu podes fazer uma exposição em qualquer lugar que sempre aparecem animais de ótimo nível”, conclui.

Resultados (fornecido pelo núcleo, as categorias e mais fotos estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas

Grande Campeã - Campeã Égua Menor - Melhor Lombo

Dama do Errevê, filha de Leopardo do Basalto e Luma do Imbaha, criador e expositor Vítor Jair da Silva e Filhos, Porto Alegre/RS, Cabanha Errevê, Santo Antônio da Patrulha/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe BT Joaninha, filha de La Invernada Hornero e BT Alhambra; criador Flávio Bastos Tellechea, Uruguaiana/RS, expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Cabanha Fazenda da Serra, Canela/RS 3º Melhor Fêmea - Campeã Potranca Menor - Melhores Aprumos Faísca do Parque, filha de Sinuelo Tupambaé e Delantera Tupambaé, criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Canela/RS

4º Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta - Melhor Cabeça Devassa do Parque, filha de Chicão de Santa Odessa e Faísca da Miroca, criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Canela/RS Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor - Melhor Cola Querendon dos Alpes, filho de Maragato dos Alpes e Fat Solitária, criador Leonardo Pereira Dias, Gramado/RS, expositor Valmor Cardoso e Filhos, Cabanha Três Corações, Gramado/RS Reservado Grande Campeão Campeão Cavalo Adulto Almirante do Caraguatá, filho de

Chicão de Santa Odessa e Jóia dos Três Cerros, criador e expositor Antônio Juarez da Silva Ramos, Cabanha Caraguatá, São Jerônimo/RS 3º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Estradeiro do Portal Gaúcho, filho de Sobradinho Picasso e Feiticeira do Socorro do Sul, criador José Luiz Teixeira Marcantonio, Porto Alegre/RS, expositor Luís Roberto de Souza Bortolotti, Cabanha Santa Delurdes, Sapucaia do Sul/RS 4º Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Falcão do Parque, filho de Impulso do Itapororó e Ligeira 1329 de Santo Ângelo, criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra Ltda, Canela/RS Fotos Henrique Vicente

Dama do Errevê foi a vencedora do Grande Campeonato entre as fêmeas

Querendon dos Alpes foi o Melhor Exemplar da Raça no julgamento morfológico

Almirante do Caraguatá

BT Joaninha

Fêmeas qualificadas e potros promissores na morfologia de Lages A variação climática não prejudicou o bom andamento da exposição Morfológica realizada nos dias 22 e 23 de outubro pela Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos. Mais de 70 animais participaram da mostra julgada por Alexandre Domênico e Francisco Habowsky, realizada no Parque Conta Dinheiro, em Lages, Santa Catarina, sob a supervisão técnica de Adolfo Martins Neto. Na avaliação do jurado Francisco Habowsky, o nível da competição deixou um pouco a desejar. Segundo ele, as fêmeas até estavam melhores e mais competitivas do que os machos, mas os incentivos foram o grande destaque do evento. A Grande Campeã e eleita melhor exemplar da raça, Usura do Purunã, foi considerada muito feminina, bem cuidada e aprumada e de boa cabeça. Já o Grande Campeão, MT Ultimato do Vale do Canoinhas, apesar de ter bom comprimento, recebeu algumas críticas. “Lombo não muito bom, a

cabeça deveria ter mais ganacha”, explicou. Com relação aos incentivos, bastante elogiados, foram considerados de nível médio a alto e revelam, na opinião do jurado, o investimento feito pelos criadores da região. “Bastante gente está criando e o pessoal começando a investir”, revelou. Além da Morfologia, Lages também foi palco de credenciadora ao Freio de Ouro 2011. (Leia mais a respeito, na página 18) (André Amaral)

Resultados (as categorias e mais fotos estão disponíveis no site Morfologia)

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Menor Usura do Purunã, filha de Izaura do Inhanduvá e Macanudo do Itapororó, criador Mariano Lemanski e expositor João Luis Arísio, Cabanha Querência Azul, Osório/RS Reservada Grande Campeã - Reservada Campeã Égua Menor Entonada da Maior, filha de JC Atre-

vida e Buenaço da Maior, criador André Ricardo Souto Maior e expositor André Ricardo Souto Maior, Cabanha Maior, Painel/SS 3ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta Sereia do Purunã, filha de Espiã JD de Palermo e Muchacho de Santa Angélica, criador Mariano Lemanski e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR

Reservado Grande Campeão - Reservado Campeão Cavalo Adulto Oriundo Do Purunã, filho de Bt Heroína Do Junco e Ok Mandrake, criador Mariano Lemanski e expositor José Ademir Pereira - Cabanha Espigão, Canoinhas/Sc 3°Melhor Macho - Campeão Potranco Menor

Facuero da Maior, filho de Madona de Santa Angélica e JLS Hermoso,

4ª Melhor Fêmea - 3ª Melhor Égua Menor Guapuruma Jandaia, filha de Safira do Igiquiquá e Zepelim do Igiquiquá, criador André Luiz Narciso Rosa e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/ SC Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Ultimato do Vale do Canoinhas, filho de Floresta da Fascinação e Oriundo do Purunã, criador Luiz Fernando Freitas e expositor Luiz Fernando Freitas, Cabanha Vale do Canoinhas, Canoinhas/SC

criador André Ricardo Souto Maior e expositor Júlio Cesar Gamborgi Ramos, Fazenda Pedras Brancas, Lages/SC 4º Melhor Macho - 3º Melhor Cavalo Adulto Grego da Enluarada, filho de Sentinela das Águas Claras e Charque Chingorioli, criador Renato Lemos Dalto e expositor Felipe Weis, Cabanha Marca F, São José do Cedro/SC Fotos Mário Tissot

Usura do Purunã

Ultimato do Vale do Canoinhas

Entonada da Maior

Oriundo do Purunã


38

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Quantidade e qualidade em Jaguarão Nívea Bilhalva Oliveira

Entre os dias 29 e 30 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Eudóxio Corrêa realizou sua Exposição de Primavera no Parque do Sindicato Rural de Jaguarão, fronteira do Rio Grande do Sul.

Cerca de 80 animais participaram da mostra, que foi julgada por José Ignácio de Andrade Freitas, o popular Aca, criador em Alegrete/RS. A pedido da diretoria do Núcleo, Aca fez comentários detalhados durante a avaliação dos animais de cada categoria, aprofundando-se na descrição dos exemplares. “Ele conseguiu justificar com muita clareza as posições dos animais, enriquecendo com isso o ambiente e proporcionando aos interessados que se fizeram presentes um amplo conhecimento”, comentou o presidente do núcleo, João Pedro de Albuquerque Jacques. A exposição foi marcada pelo bom nível dos animais em geral, em grande parte de participantes assíduos aos eventos promovidos pelo Núcleo de Jaguarão e que ano a ano ajudam na realização do evento.

Machos para serem utilizados na criação Foi sob clima de primeira qualidade que 58 animais foram avaliados pelo criador e jurado Luiz Antero Peixoto, na exposição Morfológica organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Missões, em São Luiz Gonzaga, no Rio Grande do Sul, nos dias 22 e 23 de outubro. A mostra foi supervisionada por Jorge Aginelo do Nascimento e ofereceu boa receptividade e demonstrou grande organização. Apesar das fêmeas terem qualidade muito satisfatória, foram os machos que roubaram a cena e chamaram a atenção do jurado. “Qualquer um dos quatro primeiros colocados eu usaria em minha criação. Acredito que este seja o maior elogio que pode ser feito a um cavalo”, opinou. O exemplar eleito Melhor da Raça, o cavalo Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, recebeu inúmeros elogios por parte do jurado. “Animal muito lindo, com aprumos e lombo excelentes e uma cabeça fora de sério.” A qua-

Além do bom número de animais, o evento contou com expressiva participação de público que apreciou a mostra e o excelente nível de animais expostos. Jacques agradece o apoio dos participantes de fora do município que abrilhantaram a mostra e também aos criadores de Jaguarão pelo apoio incondicional e auxílio na organização da Exposição Morfológica.

Resultados (Fornecido pelo núcleo, mais fotos e as categorias, no site da Morfologia) Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã

Guerreira Charrua, filha de Entrevero Charrua e Jornada do Rincão, criador e expositor João Rouget Perez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/ RS

Fotos Rafaela Esteves

Juncal, Jaguarão/RS 3ª Melhor Fêmea

Castelhana do Capão Redondo, filha de Buenacho 04 do HV e Urtiga do Capão Redondo, criador e expositor Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py, Fazenda Capão Redondo, Barra do Ribeiro/RS 4ª Melhor Fêmea

Luar Sombra, filha de Pena Branca Sombra e Escora Sombra, criador e expositor Luiz Carlos Cassal de Albuquerque, Estância São Luiz, Jaguarão/RS

Guerreira Charrua se destacou e foi eleita a Melhor da Raça

Império Mapocho foi o Grande Campeão do evento

São João do Juncal 102 ficou como Reservada Grande Campeã

Andarilho da Terrabella foi o Reservado Grande Campeão

Machos

Grande Campeão

Império Mapocho, filho de BT Lucero e Linha Dura de Santa Angélica, criador e expositor Sérgio Santos Sant’Anna e Filhas, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS Reservado Grande Campeão

4º Melhor Macho

Reservada Grande Campeã

Andarilho da Terrabella, filho de Rebuliço da Tradição e Palmeira 2302 da Tradição, criador e expositor Estevão Stobiênia, Cabanha Terrabella, Cristal/RS

3°Melhor Macho

lidade das fêmeas, mesmo inferior à dos machos, também estava satisfatória. Peixoto frisou as qualidades da Grande Campeã que, segundo ele, é uma égua comprida, de bom lombo e muito bem estruturada. (André Amaral)

Santiago/RS

criador Fernando Quadros Cardoso, expositor Márcio Fontoura Vieira Marques, Fazenda da Pedra, São Luiz Gonzaga/RS

tom Moro, expositor Pedro Moro e

São João do Juncal 102, filha de Patron Chico Caudillero e CPO Claudete 82, criador e expositor Roberto Vieira Lucas, Estância São João do

Resultados (Fornecidos pelo núcleo, mais fotos e as categorias estão disponíveis no site Morfologia) Fêmeas Grande Campeã Ursula do Tupancy, filha de Basco Kaiser e Platina do Tupancy, criador Osmar Armando Block, expositor Vicente Beltrão, Cabanha Beltrão,

Reservada Grande Campeã AV Uva Merlot, filha de BT Jô e AV Patavina 81, criador Adriana Veríssimo, expositor Felipe Frizon, Cabanha La Pierda, Bossoroca/RS

3ª Melhor Fêmea Las Missiones Buenacha, filha de La Invernada Hornero e Piava do Junco, criador e expositor Fernando Gonçalves do Nascimento, Cabanha Las Misiones, São Luiz Gonzaga/RS

4ª Melhor Fêmea SR Charmosa, filha de Campanero Sombra e Ipirela de São Martim,

Grito de Guerra Charrua, filho de Destaque de Santa Adriana e Soga Charrua, criador e expositor João Rouget Perez Wrege, Cabanha Os Charruas, Jaguarão/RS

Machos Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, filho de La Frontera Tormento e Pampeana 99 Maufer, criador Gilberto Rodrigues de Freitas, expositor Rodrigo Dias Bertin, Cabanha Onze de Maio, Maçambara/RS

Imperador Mapocho, filho de Mano a Mano do Itapororó e Simpática Mapocho; criador e expositor Sérgio Santos Sant’Anna e filhas, Cabanha Mapocho, Pelotas/RS

João Albino, Invernada Mormaço e

Chuny, Santo Ângelo e Entre-Ijuís/ RS

3º Melhor Macho Las Misiones Missioneiro, filho de Las Missiones Couro Cru e Querência de São Martim, criador e expositor Fernando Gonçalves do Nasci-

mento, Cabanha Las Misiones, São Luiz Gonzaga/RS

4º Melhor Macho Reservado Grande Campeão

La Piedra Brilhante, filho de BT Cara

Mano a Mano do Mormaço, filho de Impostor do Itapororó e Estrela do Mormaço, criador Pedro Paulo Bot-

sitor Felipe Dalcin Frizon, Cabanha

e Corôa e AZ Indiana, criador e expoLa Piedra, Bossoroca/RS

Fotos Telão

Diamante Negro da Cabanha Santa Fé foi o Melhor Exemplar da Raça

Ursula do Tupancy foi escolhida a Grande Campeã do evento

Mano a Mano do Mormaço ficou como Reservado Grande Campeão

AV Uva Merlot , a Reservada Grande Campeã da mostra morfológica


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

39

Exemplares elogiados na Exposição Morfológica de São Sepé André Amaral

Fêmeas qualificadas e machos de ótimo nível estrutural foram algumas das características da exposição Morfológica realizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Sepé Tiarajú, no dia 16 de outubro, em São Sepé, Rio Grande do Sul. Julgada por Telmo Motta Júnior e supervisionada por Olmiro Andrade Filho, a mostra teve como grande e positiva surpresa a categoria de Incentivos, presentes em quantidade e qualidade.

A região, muito promissora e com bons criadores, apresentou machos bastante satisfatórios, mas que foram superados pelas fêmeas. Entre os 23 exemplares marcados, a Grande Campeã Ita-

luí Granada foi eleita a Melhor Exemplar da Raça. De acordo com o jurado Telmo Motta Júnior, a égua, além de ter melhor morfologia, estava melhor preparada na ocasião. O Grande Campeão, um animal bastante jovem, Expresso do Elebê, também recebeu elogios do jurado. Segundo Motta Júnior, o cavalo tem um futuro promissor e uma estrutura impressionante. A receptividade do núcleo também foi quesito de destaque, tendo sido considerada excelente à realização de exposições morfológicas.

Resultados (fornecido pelo núcleo, mais fotos e o Campeonato podem ser acessados no site da Morfologia)

Fêmeas

4ª Melhor Fêmea

Melhor exemplar - Grande Campeã Italui Granada, filha de Perfídia do Italuí e General de Santa Angélica, criador Luiz Francisco Biacchi e expositor Luiz Francisco Biacchi, Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS Reservada Grande Campeã Herança de Santa Adriana, filha de Atalaia da Harmonia e Comunista do Itapororó, criador Carlos Alberto Veríssimo da Costa e expositor Francisco Cortiana Ferreira Montagner, Cabanha São Marcelo, São Gabriel/RS

Que Mas Dá do Infinito, filha de Bomba de Santa Arminda e San Ignacio Martirio, criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Roberto Sidney Davis Júnior, Agropecuária Infinito Ltda, São Sepé/RS

Machos Grande campeão Expresso do Elebê, filho de GB Juju e Tupambaé do Elebê, criador e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

3ª Melhor Fêmea

Reservado Grande Campeão

Estância do Elebê, filha de Hiena Kiko e BT Hermes, criador Leônidas Burtet e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Quebranto do Infinito, filho de BT Domitila e BT Parceiro do Junco, criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Roberto Sidney Davis Jú-

nior, Agropecuária Infinito Ltda, São Sepé/RS 3º Melhor Macho Leva Jeito da Felicidade, filho de Figueiral Joana e BT Lamborguine, criador José Antônio de Azeredo Lemos e expositor Francisco Cortiana Ferreira Montagner. Cabanha São Marcelo, São Gabriel/Rs 4º Melhor Macho Escondido Sombra, filho de Pendenga Sombra e Fulano de Tal da Escondida, criador Luiz Carlos Cassal de Albuquerque e expositor Daise Mota Souza/Nelson Bennemann Campeão Incentivo - Hercules JR do Elebê, de Leônidas Burtet Campeã Incentivo - RJ Buenas Noches, de Rosângela Frassão Fotos Hernani Angeli

Italuí Granada levou o título de Melhor Exemplar da Raça

Expresso do Elebê ficou com o Grande Campeonato nos machos

Herança de Santa Adriana

Quebranto do Infinito

Mais de 50 animais na primeira mostra de primavera de São Jerônimo No dia 23 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Jerônimo/RS promoveu a I Exposição de Primavera do município. Os 51 animais inscritos foram julgados pelo criador Rodrigo Py e a supervisão da prova ficou a cargo de Marcelo Montano Coelho. O jurado considerou o nível geral dos exemplares excelente, principalmente entre os grandes campeões, com destaque especial às fêmeas, que estavam muito fortes. Ainda assim, o exemplar escolhido como Melhor da Raça foi Almirante do Angoera, muito

equilibrado e vencedor de diversas provas. O público compareceu em peso e pôde desfrutar da excelente estrutura oferecida pelo local. “Parque muito bom e clima ótimo. Não tem crítica alguma a ser feita”, disse Py.

Resultados (fornecido pelo núcleo, as categorias estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas

Grande Campeã Dama do Errevê, filha de Luma do Imbaha e Leopardo do Basalto, criador

e expositor Vítor Jair da Silva & Filhos, Cabanha Errevê, Santo Antônio da Patrulha/RS Reservada Grande Campeã Pitangueira da Escondida, filha de Dâle-gaita da Escondida e Índio da Escondida, criador José Inácio e Vinícius Freitas e expositor Leandro Mosmann, Sapiranga/RS 3ª Melhor Fêmea Três Pontas Negaça, filha de Três Pontas Serenicima e Três Pontas Real Invido, criador Luiz Mierczynski Neto e expositor Jorge Roberto Nunes Saint Pierre, Cabanha Acácia Negra, São Jerônimo/RS

4ª Melhor Fêmea

Reservado Grande Campeão

Galega do Angoera, filha de Jussara da Glória e Ultimato da Reconquista, criador Gaspar Estevão Volkweis e expositor Luís Carlos e Eduardo Fernandes, Granja Triunfo, Triunfo/RS

Moicano da Paraguassú, filho de Gata da Ronda e Umbú do Pastoreio, criador Paulo Renato Rosales e Filhos e expositor Diego da Silva e Marcos Martins, Camaquã/RS

Machos

Melhor Exemplar da Raça e Grande Campeão Almirante do Caraguatá, filho de Jóia dos Três Cerros e Chicão de Santa Odessa, criador e expositor Antônio Juarez da Silva Ramos Antônio Juarez da Silva Ramos, Cabanha Caraguatá, São Jerônimo/RS

3º Melhor Macho Bt Veterano II, filho de BT Indiana e San Baldomero Puestero, criador Flávio Bastos Tellechea e expositor José Diego Pereira, Arroio do Sal/RS 4º Melhor Macho Pisco do Infinito, filho de BT Ostra do Junco e Cônsuelo do Infinito, criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Fausto Manica, Eldorado do Sul/RS Fotos Divulgação

Moicano da Paraguassú

Almirante do Caraguatá

Dama do Errevê

Pitangueira da Escondida


40

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

Morfologia da raça Crioula integra 43ª Expofeira de Santa Maria A Mostra morfológica realizada na 43ª Expofeira de Santa Maria/RS foi marcada pela qualidade dos 70 animais inscritos.

O jurado Francisco Fleck ressaltou que o nível dos animais, principalmente das fêmeas, foi muito bom. Segundo ele, a Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça, JA Guadalupe, possui um bom selo racial e ótimas angulações e aprumos. No final da tarde de sexta-feira, dia 15 de outubro, os expositores foram recebidos na sede do núcleo santa-mariense para as premiações. Lá, foi divulgado o resultado da tradicional disputa entre as cabanhas dos associados

do núcleo e somados os pontos obtidos pelos animais em exposições morfológicas, passaportes, provas funcionais e, também, na Expointer 2010. Nesse ciclo, a Cabanha Santa Colina, de Rodrigo Araújo, ficou com o prêmio de Cabanha do Ano.

Resultados (Fornecidos pelo núcleo. Mais fotos e as categorias estão disponíveis no site Morfologia da ABCCC)

Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça JA Guadalupe, filha de JA Santinha e

Xiru de Santa Edwiges, criador José Antônio Anzanello e expositor Alexandre Espíndola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS Reservada Grande Campeã Gaivota do Pinhal, filha de Bola Cheia do Pinhal e Butiá Latino, criador Armin José Schvarcz e expositor Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Santa Maria/RS 3ª Melhor Fêmea Hélice da Ouro Branco, filha de Heroína Quincha e Víbora III Hermano, criador Erni Griebeler e expositor Erni Griebeler, Fazenda Ouro Branco, Camaquã/RS 4ª Melhor Fêmea

FR Afilhada, filha de FR Pantera e Camb Toncho, criador Rocha Peccinin-irmãos e expositor Rocha Peccinin-irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS

Machos Grande Campeão Festejo de Santa Edwiges, filho de Aposta de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges, criador Daniel Anzanello e expositor Rodrigo Espíndola de Araújo, Fazenda da Figueira, Maçambará/RS Reservado Grande Campeão Rebuliço da Primavera, filho de Esperança da Primavera e Chicão de

Santa Odessa, criador Flávio Xavier Krebs e Filhos e expositor Flávio Xavier Krebs e Filhos, Estância da Primavera, São Vicente do Sul/RS 3º Melhor Macho Marconi Fogo de Chão, filho de Tira-teima de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges, criador Alexandre Espíndola Araújo e expositor Maurício Wiesel Beltrame, Cabanha Mistério, Santa Maria/RS 4º Melhor Macho Gaiteiro de Santa Edwiges, filho de Abençoada de Santa Edwiges e Xiru de Santa Edwiges, criador Daniel Anzanello e expositor Antero Inácio Xavier, Cabanha Ivy-Marae, São Vicente do Sul/RS Fotos Roberto Rizzato

JA Guadalupe, Melhor Exemplar da Raça

Festejo de Santa Edwiges, Grande Campeão

Gaivota do Pinhal, Reservada Grande Campeã

Rebuliço da Primavera, Reservado Grande Campeão

Definidos os campeões da mostra de primavera de Pedro Osório/RS Quem passou pelo Sindicato de Pedro Osório/RS no dia 23 de outubro pode desfrutar da beleza dos exemplares da raça Crioula que desfilaram pela pista na exposição morfológica, promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município. A prova, julgada por Roberto Crespo, teve 67 animais inscritos e super visão técnica de Ricardo Torres. O evento antecedeu ainda a prova de paleteada (Leia mais na página 53), que garantiu a participação de quatro duplas na classificatória da Região 1. De acordo com Crespo, o nível da competição estava excelente e os exemplares de fêmeas foram o grande destaque do evento. “Gostei muito dos animais apresentados, principalmente das fêmeas, que estavam bem superiores aos machos”, opinou. Segundo o jurado, mesmo sendo uma exposição nova, o município de Pedro Osório está de parabéns pelo evento promovido. “Para mim, a

competição estava muito boa, mas ainda falta realizar algumas adequações na infraestrutura, para melhor receber os animais.”

(Pâmela Seyffert)

Resultados (Mais fotos e os campeonatos estão disponíveis no site Morfologia da ABCCC)

Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe Fantasia do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e BT Macaca do Junco, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor Rica Flor do Rodeio, filha de Papiro do Capão Redondo e Marca do Rodeio, criador e expositor Luiz Carlos Albuquerque Py e Filhos, Fazenda Capão Redondo, Barra do Ribeiro/RS 3° Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor

Taragüi Jamás, filha de CRT Guapo e Âncora do Elebê, criador e expositor Érico e Sérgio Russo, Cabanha Taragüi, Pelotas/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Maior Ibuena da Tracioneira, filha de Rodopio de São Pedro e Chimarrita da Nativista, criador e expositor Júlio de Araújo Lara e Filhos, Cabanha Tracioneira, São Lourenço do Sul/RS

3°Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Menor

4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto

Itaú do Liscano, filho de AS Malke Olho D’água e SJ Tramposa, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS

Andarilho da Aliança, filho de Festeiro do Itapororó e Pampeira do Strass, criador Dari Hartwig e expositor Deivid Nunes Damaceno, Cabanha Don Netto, Pelotas/RS Fotos Solano Ferreira

Machos

Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Andarilho da Terrabella, filho de Rebuliço da Tradição e Palmeira 2302 da Tradição, criador e expositor Estevão Stobiênia, Cabanha Terrabella, Cristal/RS

Fantasia do Liscano

Andarilho da Terrabella

Rica Flor do Rodeio

Netuno do Purunã

Reservado Grande Campeão Campeão Cavalo Adulto Netuno do Purunã, filho de Santa Elba Comediante BT Vênus, criador Mariano Lemanski e expositor Parceria Pedra Oveira e Don Castelo, Cabanha Pedra Oveira, Gravataí/RS


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

41

Mostra consagrada em Cruz Alta André Amaral

Quem foi até a Exposição Morfológica, realizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta/RS, entre os dias 28 e 30 de outubro, pôde encontrar uma mostra de grande qualificação e numerosa, com destaque às fêmeas, consideradas superiores na avaliação do jurado Álvaro Dumoncel.

A grande receptividade do núcleo foi refletida em numerosas presenças, o que comprova que a mostra de Cruz Alta já é consagrada dentro do circuito de eventos morfológicos da região. Entre os mais de 80 animais, Dumoncel frisou o fato de as éguas, de todas as categorias, incluindo as potrancas e éguas menores, estarem muito parelhas e competitivas. A Grande Campeã e Melhor da Raça, Cumparcita do Macanudo, foi bastante elogiada. “Excelente potranca, muito polida e equilibrada.” Entre os machos, o destaque ficou para o Grande Campeão Bombachudo do Macanudo, considerado também muito bom e equilibrado. Na categoria Incentivo, o potro campeão revelou um futuro promissor e agradou Dumoncel. “De alta qualidade mesmo.”

Qualidade no Litoral Norte A qualidade impressionou, especialmente com relação às fêmeas, os jurados responsáveis pela exposição Morfológica realizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte, em Santo Antônio da Patrulha, no Rio Grande do Sul. Instalações qualificadas e boa receptividade foram apenas algumas das qualidades apresentadas no evento. José Fernando Klaske e João Arísio avaliaram 110 animais, sendo 70 marcados e 40 incentivos, no Parque da Cabanha RV, e encontraram alguns machos muito bons e fêmeas de altíssimo nível. “Nos machos o destaque ficou para o Grande Campeão. Já nas fêmeas, todas as categorias apresentavam bons exemplares”, informou Klaske. O melhor exemplar da raça foi a Grande Campeã Alteza 517 Maufer, escolhida pelos jurados por ter uma genética polida, pela qualidade de aprumos e por apresentar uma musculatura bastante desenvolvida. Já o Grande Campeão, JL

Resultados (Mais fotos e categorias estão disponíveis no site Morfologia) Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça - Campeã Potranca Menor Cumparcita do Macanudo, filha de Índio da Escondida e Urtiga do Macanudo; criador Mauro e Telmo Ferreira, Lavras do Sul/RS; expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Menor Brahma Extra do Macanudo, filha de Pergaminho AA e Relíquia do Macanudo; criador Antônio Augusto Brum Ferreira, Lavras do Sul/RS; expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor JA Guadalupe, filha de Xiru de Santa Edwiges e JA Santinha; criador José Antônio Anzanello, Porto Alegre/ RS; expositor Alexandre Espíndola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS 4ª Melhor Fêmea - 3ª Melhor Égua Menor Umbrela dos Castanheiros, filha

Fantástico foi considerado um animal muito moderno e expressivo. Outra surpresa positiva da mostra foi a categoria Incentivo que, segundo Klaske, apresentou tanto machos quanto fêmeas de futuro muito promissor. “Tanto o macho quanto a fêmea surpreenderam muito bem. Um casal ganhador de padrão muito alto.” (André Amaral)

Resultados (Mais fotos e as categorias estão disponíveis no site Morfologia) Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Adulta

Fotos Luiz Henrique Vilagran Pereira

de Butiá Olodum e Java de Santa Angélica; criador Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, Cruz Alta/RS; expositor Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, Cabanha dos Castanheiros, Pejuçara/RS Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Bombachudo do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Franca de Santa Angélica, criador Antônio Augusto Brum Ferreira, Lavras do Sul/RS; expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS

Cumparcita do Macanudo foi o Melhor Exemplar da Raça

Bombachudo do Macanudo venceu o Grande Campeonato dos machos

Brahma Extra do Macanudo ficou com o título de Reservada Grande Campeã

O Reservado Grande Campeão foi Olho Branco do Purunã

3º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto Fuzuê da Jacuí, filho de BT Jurado e JA Sirigaita; criador Alegria Steimbruch, Porto Alegre/RS; expositor Alegria Steimbruch, Agroflorestal Jacuí e Fazenda Philippson, Triunfo/RS

bio, Ijuí/RS; expositor Vílson Aozane

Cabanha do Mercosul, Dom Pedrito/

4º Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Nitido dos Três Pinhais, filho de Soberano do Purunã e Jade dos Três Pinhais; criador Vílson Aozane Bili-

eira do Sul/RS

Alteza 517 Maufer, filha de Mananero Jalisco e Lúcia de Santa Angélica, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Menor Dama do Errevê, filha de Leopardo do Basalto e Luma do Imbaha, criador e expositor Vítor Jair da Silva & Filhos, Cabanha Errevê, Santo Antônio da Patrulha/RS

Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto Olho Branco do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Atacama de Santa Angélica; criador Mariano Lemanski, Curitiba/PR; expositor Condomínio Olho Branco

Reservada Grande Campeã Ponta de Lança do Purunã, filha de Ok Mandrake e Chake La Menguante, criador Mariano Lemanski e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, Cabanha Santa Fé, Taquara/RS 3ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Menor Enamorada da Cabanha Santa Fé, filha de La Amanecida Bandido e Buena Suerte da Boa Vista, criador e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, Cabanha Santa Fé, Taquara/RS

Bilibio, Fazenda Três Pinhais, Cruz Alta/RS

Campeão Mini-Incentivo - Machos

Hércules JR do Elebê, de Leônidas

Burtet, Agropecuária Burtet, Cacho-

Campeão Incentivo - Machos

Angico do Moirão da AVT, de Marcus e Márcio de Pietro, Agropecuária e

Machos Grande Campeão - Campeão Potranco Maior JL Fantástico, filho de Haragano da Boa Vista e Que Sorte do Tronco da Figueira, criador e expositor Juliano Pires Pinheiro, Cabanha JL, São Vicente Do Sul/RS Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Querendon dos Alpes, filho de Ma-

RS

Campeã Mini-Incentivo - Fêmeas

Farroupilha da Mumbuca, de Rodrigo Tostes Brunelli, Cabanha Mumbuca, Pejuçara/RS

Campeã Incentivo - Fêmeas

Debochada do Macanudo, de Mau-

ro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS

ragato dos Alpes e FAT Solitária, criador Leonardo Pereira Dias e expositor Valmor Cardoso e Filhos, Cabanha Três Corações, Gramado/RS 3°Melhor Macho - Campeão Cavalo Adulto Vento Leste de Santa Edwiges, filho de Tañido Redoblado e Novela de Santa Edwiges, criador Daniel Anzanello e expositor Ventos do Sul Energia S/A 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto AS Malke Lenço Maragato, filho de BT Hospedeiro e AS Malke Baliza, criador Agropecuária Schwanck Ltda e expositor Fabiana da Silva Simão Fotos Henrique Vicente

O Melhor Exemplar da Raça foi a égua Alteza 517 Maufer

Ponta de Lança do Purunã foi a Reservada Grande Campeã

O Grande Campeão entre os machos foi o potranco JL Fantástico

Querendon dos Alpes foi o Reservado Grande Campeão


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Morfologia

43

Raça Crioula mais uma vez é atração na Farm Show O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Dom Pedrito/RS realizou, no dia 30 de outubro, julgamento morfológico. A prova ocorreu durante a 77ª edição do tradicional evento propagador do setor primário, a Farm Show.

Resultados

Participaram da mostra de Primavera 42 exemplares da raça, de 26 expositores. Teve ainda competição entre animais menores de dois anos. A avaliação dos animais, que garantiu a potranca Campana Têmpera a escarapela de Melhor Exemplar da Raça, foi do criador uruguaio Carlos Parieti Henderson. Ao lado do jurado atuou o técnico da ABCCC Ricardo Pinto Torres, que teve a responsabilidade de supervisionar a prova. A mostra morfológica, ocorrida na pista de julgamentos do Parque de Exposições do Sindicato Rural, reuniu um grande número de criadores. A Farm Show ocorre durante oito dias consecutivos e se caracteriza por ser o maior evento agropecuário do município. Durante esse período foram comercializados 753 animais, um faturamento equivalente a R$ 3,21 milhões. Deste total, 33 exemplares eram cavalos Crioulos.

Campana Têmpera, filha de Mananero Jalisco e Campana Ida e Vuelta, criador e expositor Mário Moglia Suñe, Cabanha Campan, Bagé/RS

Melhor para as fêmeas em Quaraí

principalmente por ser uma exposição do interior. Os grandes campeões estavam em ótima forma e caracterizavam bem a raça”, diz. A melhor exemplar da raça OEA Zabumba, de criação de Olavo Epaminondas de Almeida, se destacou por sua modernidade e postura. “A grande campeã é um animal com nível de final de Expointer. Sua estrutura é muito feminina e seus traços diferentes. Ela vai se destacar muito nas próximas competições que participar”, avalia o jurado. Upa e Teve do Macanudo, consagrado Grande Campeão, teve seu destaque na estrutura física e por ser um belo exemplar da raça Crioula.

Paralelo à programação da 59ª Expofeira Agropecuária de Quaraí/RS, o Núcleo Quariense de Criadores de Cavalos Crioulos promoveu uma Exposição Morfológica que reuniu animais de ótimo nível. A prova foi realizada no dia 29 de outubro no Parque de Exposições do município e teve supervisão técnica de Paulo Armando Rebello Solheid. Segundo o criador que avaliou os exemplares, Marcel de Medeiros, o nível da prova estava muito parelho, com machos bem aprumados e fêmeas modernas. “Apesar de a qualidade geral ser muito boa, as éguas se destacaram mais nesta competição”, ponderou Medeiros. Os grandes campeões, segundo Solheid, eram animais já conhecidos em exposições morfológicas e estavam muito bem apresentados na ocasião. “A prova surpreendeu quanto ao nível,

(Mais fotos e as categorias estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Potranca Maior

Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Navidad Tupambaé, filha de Nobre Tupambaé e BT Jibóia, criador e expositor Oswaldo Dornelles Pons, Cabanha Tupambaé, Dom Pedrito/RS 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Maior Viragro de Briga, filha de CRT Guapo e Capella La Pataya, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Firmeza 1524 do 1040, filha de Piraí 1040 do Brasão e Firmeza 1206 do

(Maysa Maciel)

Resultados (Mais fotos e o campeonato estão disponíveis no site Morfologia)

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã OEA Zabumba, filha de BT Hospedeiro e OEA Sorte Grande, criador e expositor Olavo Epaminondas de Al-

Fotos Divulgação

Candidato, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS

Machos Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Quilero Ico, filho de Universal 331 Maufer e Margarida Ico, criador e expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS

A potranca maior Campana Têmpera foi o Melhor Exemplar da Raça

Quilero Ico foi o Grande Campeão e Campeão Cavalo Menor

Navidad Tupambaé foi escolhida a Reservada Grande Campeã

O Reservado Grande Campeão foi o potranco menor Viragro Lucero

Viragro Índio Guapo, filho de CRT Guapo e Respeitosa de Santa Angélica, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS

Hamilton Brum Bulcão, Agropecuária Sepé Tiaraju, Candiota, RS

Reservado Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Viragro Lucero, filho de CRT Guapo e Mañanero Estrellita, criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Cabanha A Tala, Dom Pedrito/RS 3°Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor Quilero Tero Real, filho de São João do Juncal Pandemônio e Quilero Meta y Ponga, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Menor

meida, Cabanha OEA, Uruguaiana/ RS Reservada Grande Campeã Carta Marcada da Senzala, filha de TT Manotaço e China Guapa da Boa União, criador e expositor Claudino Farias Murillo Júnior, Cabanha Senzala, Quaraí/RS 3°Melhor Fêmea Imbira da Tapera do Mariano, filha de Capanegra Etrusco e Nahuel Huapi Nice, criador e expositor Joe Paim Hoffmann, Cabanha Tapera do Mariano, Lagoa Vermelha/RS 4ª Melhor Fêmea Sem Reserva do Itapororó, filha de Macanudo do Itapororó e Jandaia do Infinito, criador e expositor Nestor Jardim Neto e Maria Jardim, Cabanha Itapororó, Alegrete/RS

Machos Grande Campeão

Campeã Incentivo Tão Linda do HB, criador e expositor:

Campeão Incentivo Dom Joaquim Fantasma, criador e expositor: Mauro dos Santos Villanova, Cabanha Dom Joaquim

Upa e Teve do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Habanera do Macanudo, criador Antônio Augusto Brum Ferreira e expositor Maria Fajardini & Joaquim Fajardini Neto, Cabanha Santa Ariaz, Santana do Livramento/RS

3°Melhor Macho

Reservado Grande Campeão

4º Melhor Macho

Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, filho de La Frontera Tormento e Pampeana 99 Maufer, criador e expositor Gilberto Rodrigues De Freitas, Cabanha Santa Fé, Taquara/RS

PP Mustang da Renascer, filho de BT Mano A Mano e PP Fortaleza da Renascer, criador e expositor Paulo Roberto Pavin, Estância Renascer, Uruguaiana/RS

Três Pampas Debochado, filho de Índio da Escondida e Erva Mansa do Camboim, criador e expositor Rafael Medeiros Saporiti, Cabanha Três Pampas, Alegrete/RS


44

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Final Nacional do Laço dará mais de R$ 70 mil em prêmios Fotos Mário Tissot

A Final Nacional do Tiro de Laço, que ocorrerá nos dias 14, 15 e 16 de janeiro de 2011, avaliará novamente a boa qualidade na montaria e a precisão do laçador. Para os melhores, R$ 70,5 mil em prêmios estão reservados no evento que ocorrerá no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio/RS. (Leia mais sobre a premiação na página 49)

Somente no mês de outubro, 17 cidades dos estados do Rio Grande do Sul e Santa Catarina reuniram os melhores ginetes da região para selecionar os representantes na final. Ao total, foram 472 duplas habilitadas para competir em uma das provas mais importantes para a raça Crioula. No ciclo de 2010, foram realizados 108 eventos de laço, com a participação de 1.247 duplas em todo o país. Já no ciclo de 2011, ocorreram até o final de outubro de 2010, 58 eventos, com mais de 680 duplas. A estimativa aproximada é de que 250 duplas participem da final. Confira abaixo os habilitados para disputar a etapa final da prova divididos pelos municípios em que foram selecionados.

Triunfo abre as competições com 35 duplas O Núcleo de Criadores da ABCCC realizou o III Crioulaço de Triunfo/RS no dia 9 de outubro sob a supervisão do técnico Marcelo Coelho. Ao total, foram 35 duplas e 70 animais inscritos.

Resultado Carimbo 479 Maufer com Anderson Luiz e Indiana da Tala com Marcos Leandro dos Santos Kuhn Nicolau do Boeiro Branco com Nilcemar Camargo e Eldorado do Carrachi com Auri Costa

A Cabanha Arroio da Prata, em Campo Belo do Sul, foi uma das 17 localidades que sediaram torneios de Laço Crioulo no mês de outubro; na ocasião, foram mais de 80 animais inscritos

Que Idéia da Fé com Alex Santos e JLV do Barulho com Felipe Jardim

Bimbo do Aconchego com Giordano Giacomeli e Brisa da Itagiba com Vinício Azeredo de Souza

Apaixonado do Itagiba com João Batista e Povoeiro da Fé com Sandro Oliveira

Los Rotcha Altaneira com Manoel Fortes e BT Florete do Junco com Paulo Brochier Lopes

Vamil Bagunceiro com Vagner Quadros e Vento Sul das Três Estâncias com Fabiano Martins

Jóia Três Pontas com Igor Diego e Fanfarrona da Kênia com Roberto Ticha

Abrupto da Princesa do Jacuí com Anderson Luiz e VMB Espantoso com Márcio Ávila

Ocaso dos Guris com Tiago Scnheider e Forasteiro do Mano com Fernando Pedroso

Expectativas são superadas em Caçapava do Sul Na avaliação do supervisor Luís Antônio Brito Teixeira, o evento que aconteceu no dia 10 de outubro, em Caçapava do Sul/RS, superou todas as expectativas dos organizadores. As provas também contaram com a supervisão de Alexandre Féelix e do técnico Luís Francisco Leite. “O balanço foi excelente. Vínhamos de edições que não conseguíamos reunir mais de 26 duplas. Nessa última edição, contamos com 35 duplas”, contou Teixeira. O Crioulaço também teve a participação de municípios como Lavras e Santa Maria. Na ocasião, o selo de raça foi concedido a Fina Flor da Roca Porena. O supervisor avalia como satisfatória a qualidade das duplas que durante o desempate, por exemplo, armaram uma sequência de laçadas

fantásticas. Novos eventos já estão agendados para o mês de janeiro.

Resultado Cartucho 221 do Santa Fé com Marcos Santos e Engenheiro da Araucária com Buru Cantes Namorada do Rincão Bonito com Fabrício Machado e Princesa do Rincão Bonito com Agnaldo Santos

Farroupilha do MP com Gabriel Melo e Impacto dos Mineiros com Paulo Edson Lunarejo de Santa Emiliana com Lucas Silva e Pykumã Maru com Juliano Lima Harmônica dos Minérios com Raí de Barcellos e Sorro de São Pedro com Lazaro Dorneles

AE Fulana de Tal com Rodrigo Picapau e Silueta F. do Camboim com Edir Lima

Queimada do Rincão Bonito com Valdomiro da Silva e Querência do Rincão Bonito com Reinaldo dos Santos

Príncipe do Rancho de Pedra com Alexandre Cruz e Garufa da Grota com Ubiratan Alves

Santa Adriana Pampeiro com Jorge Nunes e STF Canjica com Carlos Nunes

Sobradinho Vodka com Jorge Nunes e Santa Adriana Orfeu com Carlos Nunes

Guará da MP com Edson Chimenes e Pimentão do Reponte com Ricardo Moreira


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Campo Belo do Sul Laço tem 27 duplas reúne 82 conjuntos em São Leopoldo A Cabanha Arroio da Prata promoveu no dia 9 de outubro mais um Crioulaço em Campo Belo do Sul/SC. Ao total, foram 82 animais inscritos sendo 12 aptos. O selo de raça foi Aparecida do Lageado da Cruz.

Resultado Brisa da Oigatchê com Eder Pereira e Rata da Cabanha Galpão com Maico de Oliveira

Impac Quatrilho com Márcio Leite e Fandango do Alto Paraíso com Jairo Ampessan

Índio do Tamanduá com Renaldo

Camargo e Ícaro da Terra Preta com Isaías Oliveira

Diretriz da Camila com Renato Ramos e Caraguatá do Capão do Gato com Adriano Batista

Quebra Freio do Tamanduá com Rosnildo Sutil de Oliveira e Fandango da Água Branca com Renaldo Camargo

Comanche da Água Branca com

Waldoino Moraes e Brasão do Vale Encantado com Arian Kell Borges Moraes

Impac Noiva com Idemir Figueiredo

e Napoleão do Taquarembozinho com Guilherme Figueiredo

Alvoroço do Cerro Leão com Maurício Nufes e Lagarto do Guassupi com Diogo Costa

Floresta 280 com Júnior Cominetti e

Urbano da Água Funda com Amauri Bittencourt

Marimbondo do Tamanduá com

Cláudio Amaral e Capela Gaita Velha com Lucas Barbosa

Lady Di Do Pé de Cedro com Mar-

celo Selere e DP Lua Nova com Alan Bogoni

Andarilha da Estância Crioula com Germano Madruga da Rosa e EJCG Altaneiro com Joacir Madruga

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região realizou, em São Leopoldo/RS, no dia 9 de outubro, uma classificatória para a fase final do Tiro de Laço que será realizado em janeiro no município de Esteio/RS. O Crioulaço contou com 27 duplas inscritas, sendo que oito se classificaram. O técnico responsável pelo evento foi Romeu Koch e o jurado Cássio Rosseti. O selo de raça foi Altaneira AA.

Resultado RG Huana com Cleber Krieger e Santa Alice Destorcida com Lucas Santos Tarca do Pantano Grande com Paulo Rogério Bueno e Basco Entrevero com Júlio César Ferreira Noite Escura do Canário com Alex Martins e Muchado do Gateado com Anderson da Silveira Recorrida da Fé com Priscila Jardim e Tradição da Fé com Adriano Santos EJV Bailanta com Ernesto Soares e Extinta da Marcamar com Fabiel Gugel Novidade da Baraúna com João Couto Júnior e Jasmin dos Três Pastores com João Couto Gênio Don Olímpio com Giovane Faleiro e Xingu de Santa Flora com Matheus Garcez de Oliveira Jacarandá Judas com Alex Pereira e Tendência da Tamanca com Paulo Pereira

Expofeira de Bagé teve Crioulaço O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé realizou nos dias 9 e 10 de outubro mais um Crioulaço, integrante da programação da 98ª Expofeira do município. Ao total, foram 51 duplas e 102 animais inscritos. O selo de raça foi Quinteiro Kiko.

com Paulo Osório Esmeralda da Cabanha do Trevo com Murilo Guterres e Canela da Kênia com Paulo Osório Trincheira da Lua Negra com Francisco Freitas e Graça da Gansa com Márcio Simões Canário da Bela Aliança com Brenoli Rodrigues e Três Cerros Regalada com Aguinaldo Rodrigues Elenara da Bicoteiro com Valdir Milla Martins e DS Natureza com Gilberto Caillava Sina Sina Chiara com Julio César Caillava e Farroupilha Bien Hablado com Gilberto Caillava PRB Jandira com Jairo Fagundes Carvalho e Dorado da Chimangá com Jorge Silva Barão Fuzileiro com Patric Nunes e Bordona do Aceguá com Eder Lima Pataca da Tuna com Claudiomiro Lopes e Igarapé da Beira do Itu com José Brum OPL Rancho com Rogério Godinho e Gulosa do Kavaju Porã com Antônio Telles Descoberta Aragano com Lucas Forgiarini e Bacuda da Parceira Matreia com Ricardo Astirraga Esmeralda da Cabanha do Trevo com Murilo Guterres e Canela da Kênia com Paulo Osório Estribo Serrano com Aguinaldo Rodrigues e João de Barro da La Coronilla com Matheus Maurer

Graxaim do Ituzaingo com Pablo Souza e HF Grego com Márcio Buchhorn Magalhães Chiru do Ejac com Claudemir Garcia dos Santos e Quebra Freio do Jacaré com Carmelo Chimeiguell Lamborghini do Arambaré do Sul com Marcelo Silva e Florícia 867 da Capororoca com Maike Rodrigues Entendente do Jacaré com Diego Longarai e MJJ Balaço com Márcio Viegas Enamorada do Trinta e Oito com Maike Rodrigues e Tâmisa do Jacaré com Roger Silveira JCL Jóia Rara com João Batista e Farrapo das Águas Claras II com Adriano Silveira

Tiro de Laço cresce em Chapecó O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Oeste Catarinense realizou um Crioulaço durante a programação da 9ª Expoeste, entre os dias 14 e 17 de outubro no Parque da Efapi, em Chapecó/RS. Ao total, foram 68 animais participantes da competição. O Selo de raça foi dado a JT Paisagem. No evento também foram realizados a Terceira Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 e exposição morfológica, sob a responsabilidade do técnico da ABCCC Adolfo Martins.

Resultados Herdeiro da Sevilha com Ademar

Camaquã classifica oito duplas O evento realizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos (NCCC) José Júlio Coutinho em Camaquã/RS, no dia 10 de outubro, reuniu 52 duplas. A prova teve como jurado Robson Nunes, que escolheu Noche Escura da Sanguinha, como selo de raça. Ao total, foram classificadas oito duplas.

Martinello e Jalisca da Bragança com Miguel Pereira

Erva Mate da Guarita com Daniel

Giacomelli e Calandra do Bugre com Matheus Giacomelli

Ipê da Timbauva com James Torres e Corticeira do Catimbau com Athos Torres

Chilena da Dom José com Andrimar

Paulo de Prá e La Passion Afinada com Jair da Costa Silveira

Resultado

Resultado

DF Catiaqueira com Guilherme Danque e Japiranga dos Baios com Lucas Forgiarini

CM Reculuta com Ênio Júnior e Aragano Pressi com Carlos Eduardo Ribeiro Sábio

Guinada do Boca Braba com Murilo Guterres e Espora de São Cristóvão

HF Guri com Everton Farias e Mui Guapo da Itaúna com Jorge Silva

Nakita da Guerra com Everson Guerra e SPT Ibérica com Robson Guerra

AVZ Aragana com Ricardo Zando-

ná e Sendero Ilhapa com Rodrigo Zandoná

Malandro da Oito Baixos com Flávio

45

Tonello e Mulata da Conceição com Cassiano Gafuri

Carta Achada Tupambaé com João

Gusberti e Conquista da Rédea com Samoel Meneguetti

KW Chimarrita com Edson Torres e Diamante da Guerra com Aldocir Jonas Ayres Torres

Água Marinha do Campo Grande

com Roni Rotava e Dom Alberto Disparada com Aldroaldo dos Santos

Praia Grande faz parceria com Rodeio Crioulo As provas aconteceram no dia 15 de outubro e foram incluídas na realização do 27º Rodeio Crioulo Nacional, de 11 a 17 de outubro, no CTG Porteira do Faxinal. Para o Patrão Henrique Maciel, as provas incentivaram novos criadores, além de valorizar e incentivar novos adeptos à raça Crioula, que também é muito forte na região sul catarinense. Participaram 27 duplas e o selo de raça foi Jogo Duro da Trinta e Oito.

Resultados FS Uther com Rubens Trindade e Melgaço Tupambaé com Fernando Pereira Möller Flor de Liz com Fábio Lummertz e Möller Garrucha com Félix Lummertz Preciosa da Rincha com Maurício Rios e Paloma II do Pesqueiro com Ruchel Silveira Jogo Duro do Trinta e Oito com Adriano Valim e Latino do Trinta e Oito com Gustavo Dorneles As Malke Logrado com Daniel Belletini e Mercenário do Trinta e Oito com Josué Souza Maestro do Tero com Josué Souza e Odalisca das Três Argolas com Renan Simão Fiesta da Boa Vista com Fernando Rodrigues e Moenda Derthazi com Renan Simão Recuerdo do Garrucho com Juarez Neves Simão e Uruguaio da Baronesa com Felipe Luzardo

continua na página 47 >


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

47

La Piedra Brilhante com Tancredo Flores e Loimira da Oca com Chico Santos Júlio de Castilhos impressiona por número de inscritos

Júlio de Castilhos impressiona pelo número de classificados Com 39 duplas inscritas, o crioulaço realizado no dia 23 de outubro em Júlio de Castilhos, no Rio Grande do Sul, foi o evento que classificou o maior número de duplas para a final em Esteio/ RS. A prova, julgada por Cristiano Maçalai, Rubiano Silva e Rodrigo Portela Melo, foi supervisionada por Lúcio Rigon Stacowski, da Subcomissão de Rodeio e Tiro de Laço da ABCCC. O selo de raça ficou com Cataluña Tarumã.

Resultados GT Conhaque com Rafael Terra e Batuque do Laço Fino com Zé Paraguai Xispa dos Troncos com Ramiro Oliveira e Nova Era do Nhocorotó com Luciano Machado No ciclo de 2010 mais de 1,2 mil duplas competiram em 108 seletivas da modalidade. Agora a expectativa é que 250 duplas participem da acirrada disputa que ocorrerá em janeiro

Crioulaço em Cruz Alta tem 28 duplas Na cidade gaúcha de Cruz Alta competiram, ao total, 28 duplas na disputa de laço ocorrida no dia 16 de outubro. O julgamento das armadas foi feito por Paulo Afonso Ribas dos Reis e Dico Reis. O técnico foi Jorge Aginelo do Nascimento.

Resultados Cobiçada do Paraíso Benito com Alan Soares e JBS Anastácia com Taian de Ávila Imbira do Guassupi com Angelino Custodio Hernandes e Mor Carapuça com Lucas Conrado dos Santos Gaúcha do Jari com Filipe Pereira de Moura e KT Baltazar com Geferson Rodrigues Estampa da Nochebuena com Ênio Hernandes e Resposta da Sortiga com Gefersom Rodrigues Gambeta do Itaó com Otacílio Nascimento Herter e Jade do Jacaraí com Lucas Conrado dos Santos NZ Janaína com Leonardo Toazza Cechi e NZ Idêntica com Rodrigo

Ventura Jeitoso de Santa Cinilda com Márcio José Lucca e Impulso de Santa Cinilda com Lucas Nascimento de Amaral NZ Inajara com Fábio Júnior Eckert e NZ Júlia com Felipe Marcelo Lopes

Livramento já projeta próximos eventos Segundo o presidente do Núcleo Santanense de Criadores de Cavalos Crioulos, Elton Enick, o evento que aconteceu no dia 17 de outubro ocorreu dentro do que a organização esperava: um dia de sol e arquibancadas cheias deram o tom para as 23 duplas que disputaram uma vaga na final em Esteio/RS. O selo de raça ficou com Antenada da Faxina. O município prepara-se para mais uma rodada de eventos que, segundo o presidente, deve distribuir diversos prêmios aos vencedores.

Resultados Harpa do Campo Seco com Jeferson Gorostides e Guincho da Hora com Fabiano Furtano

Lótus do Topador com Jair Andrade e Santa Alice Rosca com Volnei Marques Remédio da Tradição com Fabiano Furtado e Heroína II do Pinhal com Jeferson Gorostides Pilchas Ventania 223 com José Bento Ignácio e La Diabla Aguardiente com Gabriel Garcia dos Santos NS Minuano com Fabrício Santana e La Diabla Calchalero com Augusto Rodrigues Nacarito da Brisa com Tiago Tamara e Orgulhoso F do Camboim com Gabriel Acosta

São Luís Gonzaga quer promover eventos maiores Ao total, 29 duplas participantes para o Tiro de Laço. No entanto, a ambição do núcleo de apenas um ano e meio de existência era maior: além de oferecer eventos com qualidade, a presidente, Lara Teixeira, afirma que o principal mote de trabalho é a construção

da sede do núcleo. “Sempre fizemos através do Sindicato Rural as provas de Crioulaço e Morfologia. Nosso propósito no futuro também é trazer a Credenciadora para a região”, explicou. O técnico responsável pelo último Tiro de Laço foi Jorge Aginelo do Nascimento.

Resultados

Madrinha do Guaçupí com Robson Portillo e Minisaia do Guaçupí com Ronaldo Maidana Lua Cheia La Violetera com Leonardo Mello e Pérola da Sinuelo da Tradição com Mauro Fagundes Chimarrita da Nobleza Gaúcha com Augusto Peixoto e Passo Blanco Inácia com Hugo Pascae

RN Pala de Seda com Lucas Perônio e F Isca do Seival com Fábio Hoffmann

Margarida La Violetera com Adriano Portella e Estribilho do Poço Grande com Alair Soares

João Bico do Relento com Cristian Antunes e LT Canivete com Itamar Soares

Cantilena da Estância Nativa com Antônio Luís Antonello e Jóia dos Cinamomos com Fernando Antonello

ST Coruja com Evandro Bonetti e Patacuada do Carmo com Márcio Costa

Cataluña Tarumã com José Vítor e Carta Vieja Tarumã com César Alexandre

Aurora de Santa Corila com Daniel Peroni e Baronesa da Marca Crioula com Lucas Peroni LT Delicada com Maurício Souza e LT Galponero com André Rebolho Ousadia do HB com Pedro Ivo e Que Delícia do Purunã com Mílton Rios Arapey Brava com Maurício Costa e LT Lorota com Evandro Bonetti

GT Gambá com Rafael Terra e Fábula do Pinhal com José Pinheiro Neto Índia Tarapiá com Marcos Lírio e Queimado do Sol de Maio com Rafael Malheiros LRS Dandara com José Vítor e LRS Dondoca com Luís Carlos Silva Guapo do Cerro Colorado com Lauro Barcellos e Quimera da Conceição com Marcos Lírio


48

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Competidores mediram a precisão das armadas em busca do Campeonato Nacional de Laço, que vai entregar aos melhores da temporada 2011 a premiação de mais de R$ 70 mil na grande final que ocorre em Esteio/RS

Cabanha de Santo Cristo inaugura nova pista O Crioulaço que aconteceu em Santo Cristo/RS no dia 23 de outubro culminou com a inauguração da pista de provas da Cabanha Dom Alberto. Além da qualidade das cerca de 30 duplas participantes, o tempo ensolarado contribuiu para a realização do evento que reuniu um público expressivo. Ao total, foram classificadas dez duplas para a final. Segundo o técnico responsável, Alexandre Suñe, o evento chegou a contar com a participação de 160 duplas no Laço Aberto. “A pista era maravilhosa e o gado registrou alta qualidade”, disse. As provas foram encerradas pelo show do cantor tradicionalista Lisandro Amaral. Para o ano que vem, a Cabanha já programa novos eventos com o foco na premiação de uma motocicleta para a melhor dupla do Crioulaço. O selo de raça foi de Favorita Benvenutto.

Resultados Fandango da Platana com Juarez Oliveira e Lua Cheia de Santa Cinilda com Justino Goergen Apuã do Rolador com Lúcio Zorzan e Barão da Buena Amigo com Marcos Abreu Campana do Comandai com Davis Dalmazo e Baronesa do Comandai com Jorge Flores Balaço do Rolador com José Fábio Coelho e Bom de Briga do Rolador com Leones dos Santos Capão da Divisa Talonera com Jonas Maica e Jamaica Rumbeador com Luciano Menegate La Piedra Balconero com Gilberto dos Santos e Importante do Pauferro com Magnos Brun Quero Vê dos Cinamomos com Fernando Rebelato e Fumaça de João Clementino com Ricardo Chassot

Betina Tremembé com Jacó Schneiders e Balanceiro do Pauferro com Rodrigo Eich Aruá Conexão com Lauro Zorzo e Quebra Freio do Jundiá com Sandro Lazari Dom Alberto Harmônico com Jonas Maica e Maçarico da Mimosa com Lúcio Zorzan

São Francisco de Assis reúne 45 duplas de laço As provas de Tiro de Laço aconteceram no dia 24 de outubro durante a 34ª Expofeira de São Francisco de Assis/RS e contaram com a participação de 45 duplas inscritas. O Crioulaço teve a supervisão técnica de Christina Bandeira de Mello que concedeu o selo de raça a Peruano do Itapororó. Segundo o presidente do recém formado Núcleo, Bento Fontoura Oliveira, as provas aconte-

ceram em nível de competições de Esteio e qualquer um dos laçadores possui as condições necessárias para vencer as provas finais. “São Francisco de Assis é a terra dos laçadores”, disse o presidente. As premiações foram de R$ 800,00 para os primeiros colocados, R$ 500,00 para os segundos e terceiros e R$ 100,00 para os quartos colocados. Para o futuro, Carvalho antecipa que o núcleo formado em agosto já pretende realizar exposição morfológica na próxima expofeira do município.

Resultados

Júnior Lima Hermano do Jacaraí com Maicon Dicheti e Dope Paraverá com Marcos Marques Malavolta

Peruano do Itapororó com Osmar Fagundes e Vida da Rama Negra com Nilson Fagundes

Recomeço da Ronda Maleva com Jorge Soares e Eliodora de Pindayassu com Valdenir Haigert

Valente do Tupancy com Daisson

Gauber Bastiani e Riacho do Manantial com Felipe Tusi

Leviana dos Três Pinhais com Mai-

Reponte da Santa Úrsula com Daniel

Américo com Marcos dos Santos

lherme Medeiros

con Maia e Florência 50 do Rincão do

Busnelo e Tornado da Tuna com Gui-

Relâmpago da Limeira com Rodrigo

Iansã 61 do Rincão do Américo com

biano Dorneles

do Américo com Marcelo Dorneles

Dorneles e El Segredo Jujo com Fa-

Campana 335 de Nazareth com Ariel

Soares e Daninha do Itapitocaí com

Osmar Fagundes e Guapo do Rincão

Gaúcho Guerra com Marcos Malavolta e BRM Cabo com Alan Soares


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos Feijão Preto da Escondida com Enilton Lichtenecker e Gazela do Cerro do Catimbau com Nelci Portela da Silva Charrua do Caty com Simão Freitas e Salpicão da Tuna com Luan Rosso Bara Gelú 47 do Rincão do Américo com Onei Paz Pereira e Evita do Segredo do Ibicuí com Cassiano Freitas

que aconteceu no dia 30 de outubro superou as expectativas dos organizadores. “A chuva da véspera não atrapalhou os participantes e muita gente compareceu para apreciar as disputas”, contou. O técnico das provas foi Adolfo José Martins Neto.

Resultados Atenta da Nacavina com Hélio João

da Silva e Prestógio do Morro Verde Alegria da Parceria Matreira com Guidi Soares e Garota 321 do Santa Fé com Júnior Lima

com Vanderlei Paulo

Zart Ratinho com Marlon da Silva e

Fogo de Outono da Nova Era com

São José premiou com potro xucro Para conseguir a premiação do potro xucro, as duas duplas finalistas deram nove voltas e acabaram entrando em um acordo: dividiram a premiação. Segundo a proprietária da Cabanha Belino, Priscilla Goebert, a prova

Priscila Goedert

Ocarina das 3 Estâncias com João Henrique Simas e Certeza da Figueira com Daniel Muller

Ponteiro da Figueira com Daniel

Muller e TJ Quinhentão com Rafael Porto

Madrigueira Guajuvira com Ladislau Dias e Zart Relâmpago com Jorge Luiz Ribeiro Patrão de São Manoel com Idel Paulo Amaral e Peregrino do Itaó com Rui João de Souza

Prêmio em dinheiro Na grande final a ABCCC vai distribuir R$ 70,5 mil em prêmios para os melhores do Tiro de Laço. Durante a competição o vencedor de cada categoria poderá retornar para disputar o Laço de Ouro. Na oportunidade ocorrerão, também, as provas de laço individual Laço Guri, destinada a laçadores com até 12 anos; o Laço Feminino, aberto a mulheres de todas das idades, e o Laço Veterano, acima de 65 anos. As inscrições para a final poderão ser feitas através do site da ABCCC (WWW.abccc.com.br)

até o dia 7 de janeiro, ou no escritório em Esteio/RS, junto à pista de provas, no dia 13 de janeiro, das 14h às 20h. Neste caso, a taxa por dupla custa R$ 200,00. Dia 14 de janeiro até as 20h é a última chance para realizar a inscrição, direto no escritório, porém o custo por dupla passa para R$ 300,00. Para o laço individual Feminino, Guri e Veterano as inscrições custam R$ 50,00 e podem ser feitas até o dia 15 de janeiro, às 10h, também no escritório. A programação completa está disponível no site Tiro de Laço, acessado através do portal da ABCCC.

6 armadas R$ 6 mil 5 armadas R$ 5 mil

Laço de Ouro Ouro R$ 11 mil Prata R$ 8 mil Bronze R$ 5 mil

Laço Guri 1º lugar R$ 300,00 2º lugar R$ 200,00

Veja como fica a distribuição das premiações individuais

Laço Veterano 1º lugar R$ 300,00 2º lugar R$ 200,00

10 armadas R$ 10 mil 9 armadas R$ 9 mil

Laço Feminino

8 armadas R$ 8 mil

1º lugar R$ 300,00

7 armadas R$ 7 mil

2º lugar R$ 200,00

49


50

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Novos trios ingressam no ranking de Campereada Foto Jaime Labres

Em Rio Pardo, Leonardo Machado com PPR Querendona, Luciano Silveira com Farrapo da Lagoa Serena e Amilcar Pereira Rego com PPR Omã, concluíram a prova em primeiro lugar, após encerrar seis bois na mangueira

Durante o mês de outubro, quatro seletivas de Campereada, também chamada Team Penning, mobilizaram a participação de 47 trios de competidores. A tradicional prova de aparte e encerramento de bois na mangueira foi promovida, nesse período, nas cidades de Pelotas, Rio Pardo, Camaquã e Itaqui, no Rio Grande do Sul.

A Campereada da ABCCC segue um sistema de rankeamento, no qual, são listados todos os participantes das competições organizadas no ciclo. As 20 melhores equipes se encontram no fim da temporada na disputa final nacional da modalidade, em Esteio/ RS. Confira como foram as últimas provas e quem são os trios que vão pleitear uma vaga na grande final.

Nível elevado em Rio Pardo No dia 10 de outubro o município gaúcho de Rio Pardo foi palco de duas competições de Campereada. Além da seletiva da ABCCC,

o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade também realizou a segunda edição da Copa Tortuga da modalidade. A entidade ainda promoveu exposição morfológica (leia mais sobre este evento na página 29). A Copa Tortuga contou com a participação de seis trios, sendo três de Rio Pardo e três de Caxias do Sul/RS. O NCCC de Rio Pardo, que correu em casa, largou na frente no certame e conquistou os três primeiros lugares, garantindo assim a pontuação máxima para uma etapa. O prêmio para os trios vencedores foi de R$ 600,00 para o primeiro colocado, R$ 300,00 para o segundo e R$ 100,00 para o terceiro. A próxima prova será em Caxias do Sul, dia 13 de novembro. Simultaneamente os trios da Copa Tortuga e os demais inscritos, concorreram na etapa do Campeonato da ABCCC, que contou com clima bom e participação de 22 trios. Conforme a entidade promotora, a disputa foi acirrada e os trios obtiveram excelentes tempos, o que fez o público vibrar e torcer a cada uma das corridas.

Julgaram a prova, José Evilásio Macedo, Enio Mundstock e Neri Saldanha Filho, todos de Rio Pardo. Na avaliação dos jurados a prova teve nível realmente alto. “Dois trios realizaram a prova em menos de um minuto”, lembrou Macedo. Já Mundstock, além de elogiar a qualificação dos concorrentes, também destacou a qualidade do gado. “Era muito bom. Além disso, o núcleo ofereceu dois ternos de gado. Uma corrida com um gado, que depois foi trocado por outro”, informou. O trio primeiro colocado desta etapa ganhou como prêmio três passagens aéreas para o Chile para assistir à final do Rodeo Chileno. Os integrantes do trio vencedor doaram o valor do prêmio para o NCCC de Rio Pardo.

Resultado

ciano Silveira com Farrapo da Lagoa Serena; Amilcar Pereira Rego com PPR Omã – Rio Pardo/RS

com Farrapo da Lagoa Serena; Amilcar Pereira Rego com PPR Omã – Rio Pardo/RS. 6 bois, tempo: 1’28”

2º lugar – 6 bois – 3’03” Flávia Miguel com PPR Jocasta; Tiago Barcellos com Bochincho Mesteño; Everton Machado com Caudilho da Lagoa Serena – Rio Pardo/RS

2º lugar – Gustavo da Silva com Abellina Santa Maria; Gladimir da Silva com Abellina Anacauyta; Marisa da Silva com Palheiro da Fé – Rio Pardo/RS. 6 bois, tempo: 1’55”

3º lugar – 6 bois – 3’24” Gilberto Correia com Ultimato do Passo; Vanderlei Paz com Parceiro do Passo; Rizzio Azambuja com Veneno do Passo – Rio Pardo/RS

3º lugar – Flávia Miguel com PPR Jocasta; Tiago Barcellos com Bochincho Mesteño; Everton Machado com Caudilho da Lagoa Serena – Rio Pardo/RS. 6 bois, tempo: 2’18”

4º lugar – 4 bois – 5’09” Moises Massarotto com Que Bueno de Santa Angélica; Gelson Gedos Jr. com Harmonia Ebhes dos Cedros; Libamar Novello com Deputado de Santa Rafaela, com Caxias do Sul/RS

4º lugar – Leonel Antonio Susin com Filoca do Parapó; Gilberto Andreatta Santos com JLM Alegria; Geraldo Panatta com Campana Kacilda - Caxias do Sul/RS. 6 bois, tempo: 2’27”

Copa Tortuga

Campeonato ABCCC

1º lugar – 6 bois – 1’28” Leonardo Machado com PPR Querendona; Lu-

1º lugar – Leonardo Machado com PPR Querendona; Luciano Silveira

5º lugar – Gilberto Correia com Zoeira do Passo; Vanderlei Paz com Zebra do Passo; Rizzio Azambuja com Pluma do Passo – Rio Pardo/RS. 6 bois, tempo: 2’46”


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

51

Foto Nívea Oliveira

Casa cheia em Camaquã O tempo bom e a qualidade dos bois foram o grande destaque na Campereada do município gaúcho de Camaquã, realizada no dia 10 de outubro no Parque da Associação Rural. A prova, julgada por Bruno Silveira, teve nove trios inscritos e foi organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município. Embora apenas uma equipe tenha conseguido completar a prova, os trios foram muito elogiados pela organização do evento. Segundo o jurado Bruno Silveira “Todos ficaram satisfeitos com o julgamento da prova, a qualidade dos bois realmente era muito alta”. O técnico Ricardo Guazzelli Martins foi o responsável por manter o evento dentro das normas da Associação, e destacou a participação e receptividade da população camaquense. “O local do evento estava cheio e o público participava ativamente de todas as provas”. Juntamente com a Campereada, o evento também contou com tiro de laço e exposição morfológica. (Leia mais sobre o evento nas páginas 22 e 44)

sefj gbguijcfdrj gvdfnbrhnhvcnwojcgj

Resultado 1º lugar - Luis Diego Cardoso montando HF Judiaria, Vitor Flores montando HF Guarda e Nilo Garcia montando HF Inteligente. 6 bois, tempo 5’52”30 2º lugar - Maurício Freitas montando HF Joaquiri, David Carvalho montando HF Inspetor e Jeferson Carvalho montando HF Inovação. 4 bois, tempo 5’05”68 3º lugar - Rubem Machado montando Jurado Dois F, Diego Machado montando Invernada da Demanda e Elton Silveira montando As Espada da Temabella. 1 boi, tempo 2’58”82 4º lugar – Márcio Viegas montando MJJ Balaço, Márcio Magalhães montando HF Grego e Frank Martins montando AVR Cambona. 1 boi, tempo 2’59”86

Sete trios na prova de Itaqui O município gaúcho de Itaqui, através do presidente do Núcleo Itaquiense de Criadores de Cavalos Crioulos, Jurandir de Campos

Guitarra Sam com Cláudio Pimentel, Jaguarila das Três Argolas com João Souza e Serenata Sam com Mateus, ficaram com o primeiro lugar em Pelotas, com cinco bois e tempo de 4’58”24

Jardim e sua diretoria, promoveram no dia 16 de outubro, no Parque de Exposições Comendador Fermino Fernandes, a prova de Campereada. Participaram da prova sete trios, sendo selecionados entre eles os três que concluíram o aparte em menor tempo. (Leia mais sobre este evento na página 25) A responsabilidade de verificar os padrões da raça dos animais participantes do evento ficou a cargo do técnico da ABCCC, Paulo Armando Rebello Solheid, que também controlou o tempo e o número de bois encerrados na mangueira durante a prova.

Resultado 1º Lugar - Diogo Gaviecão com Vataja 154 do Araã, Gabriel Trindade com Santa Zilda Carqueja e Evandro Souza com Camb Oba Oba. 6 bois, tempo: 3’10”64 2º Lugar - Fernando Melo Silveira com Garufa do Pica Pau, William Bertin Paloschi com Andorinha do Pica Pau e Valdir Bertin Neto com

Reboldosa da Camila. 6 bois, tempo: 3’25”00 3º Lugar - Jaime Franco com Bucaneiro do Aguapey, Reinaldo Silveira com Agua de Los Campos Y Maquena Minguero e Everaldo Silveira com Balim do Iñandeju. 6 bois, tempo: 3’55”00

Núcleo Sudeste promove seletiva Na ensolarada manhã de segunda-feira, 11 de outubro, a diretoria do Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos, realizou na pista de campo da Associação Rural de Pelotas/RS, a prova de Campereada. O evento integrou a programação da Expofeira do município, e incluiu ainda Exposição Morfológica e Paleteada (Leia mais nas páginas 30 e 53). Participaram da competição nove trios de 19 expositores, sendo avaliados por Joca Martins e Juliano Bolzoni. Após a prova, os jurados conferiram o selo de raça a Guitarra Sam.

Com o aparte de cinco bois em pouco menos de cinco minutos Cláudio Pimentel com Guitarra Sam, João Souza com Jaguarila das Três Argolas e Mateus com Serenata Sam, garantiram o primeiro lugar da disputa. No final do ciclo, os 20 trios melhores rankeados nas seletivas oficiais da raça competem na final nacional da modalidade em Esteio/RS.

Resultado 1º Lugar - Guitarra Sam com Cláudio Pimentel, Jaguarila das Três Argolas com João Souza e Serenata Sam com Mateus. 5 bois, tempo: 4’ 58” 24

2º Lugar - Xango da Baronesa com Alex Maciel, Cristal da Carruíra com Regison Lemos e Hospedeiro do Liscano com Vagner Milke. 3 bois, tempo: 4’ 41” 52

3º Lugar - Xucra da 3J com Renato Farias, Xamixunga da 3J com Júlio Hax e Demanda do Rebuliço com Leonir Mello. 3 bois, tempo: 4’ 44” 92

4º Lugar - Armeiro das Três Bocas com Tiago Soares, Anita das Três Bocas com Lucas Saores e Hagar do Puruã com Douglas Machado. 3 bois, tempo: 4’ 48” 94

5º Lugar - Maleva do Purunã com Eduardo Ribeiro, JZ Veterano da Santa Mathilde com Jorge Júnior e Jurado do Rincão com Eduardo Henrich. 3 bois, tempo: 5’ 13” 69

6º Lugar - Xiba da 3J com Leonir Melo, Xaramusca da 3J com José Laitano e Carta Vieja do Rebuliço com César Hax. 3 bois, tempo: 5’ 30” 58

7º Lugar - Ilhapa da Ouro Branco com Alex Maciel, Fanfarra do Capão Grande com Pablo Riberas e Figueiral Maritaca com Luciano Rodrigues. 2 bois, tempo: 5’ 42” 77

8º Lugar - Ocho do Rincão da Feitoria com Leonardo Weymar, Sorvete do Rincão da Feitoria com Felipe Otero Ávila e Bien Calçado Acanguaçu com Cheli Terres. 1 boi, tempo: 4’ 58” 20


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Municípios credenciam para as classificatórias de Paleteada

53

Foto Nívea Oliveira

Osíris Reis

Em outubro, foi a vez de seis municípios credenciarem suas melhores duplas da Paleteada que irão representar as regiões nas etapas classificatórias. Dessa etapa, sairão os finalistas que disputarão o título na Expointer 2011, em Esteio/ RS. Nesse mês, Alegrete, São Luiz Gonzaga, Pedro Osório, Quaraí e Pelotas, no Rio Grande do Sul, e Lages, em Santa Catarina, pararam para assistir às duplas que tinham como missão conduzir o boi através do percurso de 110 metros. Desta vez, foram 32 duplas credenciadas para as classificatórias.

Pelotas abre as provas do mês Na manhã de segunda-feira, 12 de outubro, a diretoria do Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos, realizou na pista de campo da Associação Rural de Pelotas a prova de Paleteada, com a presença de 28 duplas. O evento integrou a programação da Expofeira do município, junto a prova de Campereada e Exposição Morfológica (leia mais nas páginas 30 e 50). Os jurados responsáveis pela avaliação dos competidores foram os jovens Carlos Loureiro de Souza e Felipe Ribeiro Moraes. De acordo com Souza, o gado proporcionou mais dificuldade aos ginetes, fato que ele assemelhou à final da prova deste ano em Esteio. “O gado estava refugando bastante, o que não permitiu aos animais um bom desempenho”, avaliou. A diretoria do Núcleo Sudeste entregou aos vencedores uma premiação de R$ 400,00 para a dupla classificada em primeiro lugar, R$ 300,00 para a segunda e R$ 100,00 para a terceira. Confira abaixo os classificados. 1 º lugar - Válter Souza com Capanegra Farina com e Gonçalo Castro com Lorde Cala Bassa 2º lugar - Lazaro Martinez com Meridiano Tupambaé com e Luciano Noal com Kavaju do Capão Bonito 3º lugar - Paulo Santos com Dengoso do Velho Paraíso e Zezeca Araújo com Chasqueiro do 27 de Maio

Valter Souza com Capanegra Farina e Gonçalo Castro com Lord Cala Bassa superaram os demais competidores e ficaram com o primeiro lugar em Pelotas (foto) e também em Alegrete

4º lugar - Rafael Ávila com Guanabara Danete com e Everton Lobato com Neblina da Dona Silvina 5º lugar - Júlio Hax com Otario Cigano e Tomaz Gonçalves com Odilo Bolicho 6º lugar - Flávio Campelo com Hagar do Puruã e Claudecir Machado com Rocada do Jaredo

Alegrete credencia seis duplas O gado testou a habilidade das 25 duplas que participaram, entre os dias 16 e 17 de outubro, da Paleteada organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Alegrete, no Rio Grande do Sul, no Parque de Exposições Lauro Dornelles. A única ressalva ficou por conta do gado que, apesar de ter boa qualidade, poderia estar melhor em função da época do ano não ser muito favorável. No mesmo evento, foi também pro-

movida Exposição Morfológica da raça. (Leia mais na página 28) Na ocasião, seis duplas foram classificadas e os jurados responsáveis, Eduardo Bandeira de Mello e Carlos Alberto, consideraram a prova como de nível mediano. O destaque, na avaliação de Mello, foi a participação das duas primeiras duplas classificadas, ambas de Santana do Livramento, Rio Grande do Sul. “Os cavalos eram muito bons e bem preparados; conseguiram fazer seu trabalho mesmo sem a cooperação do gado”, disse. Confira os classificados, a seguir. 1º lugar - Gonçalo Castro com Lord Cala Bassa e Válter Souza com Capanegra Farina 2º lugar - Mariana Silveira com Oriente 704 do barulho e Vanessa Castilho com El Gringo do Boeiro 3º lugar - Mário Sabóia com Hermano Iguape e Felipe Silveira com

Amaranto da Escondida 4º lugar - Adão Rodrigues com BT Umbral e Francisco Loureiro com Urtigão da Estância Jacaraí 5º lugar - Adão Rodrigues com Av Vinho Tinto 254 e Vinícius Oliveira com Av Opereta 70 6º lugar - Alfeu Guerra com Índio Pampa das Caturras e Alessandro Costa com Graciosa Guerra

Prova abre espaço na região de São Luiz Gonzaga As provas de Paleteada que aconteceram em São Luiz Gonzaga serviram como um grande treinamento para os futuros competidores. O evento que aconteceu no dia 23, apesar de ainda não ter uma cultura enraizada na região, superou as expectativas

dos jurados. A Feira, que também incluiu Julgamento Morfológico e Crioulaço (leia mais nas páginas 38 e 44) aconteceu no Parque de Exposições do Sindicato de São Luiz Gonzaga. Segundo um dos jurados, Márcio Vieira Marques, o município ainda não tem profissionais na prova, mas a intenção dos organizadores é incentivar a comunidade para essa modalidade de competição. “Dentro de algumas limitações, tivemos resultados excelentes”, disse. Nesse ano, as premiações foram de R$ 600,00 e R$ 400,00; para o próximo ano, Marques antecipa que as bonificações serão maiores, com a intenção de incentivar a prática na região. Confira, a seguir, os credenciados.

1º lugar - Otávio Aragão com Tubi-cha media luna e Tiago dos Santos com OEA Quidama 2º lugar - Juliano Marques com Paisano do Itaó e Diego Arregui com Dançarina do Recanto Crioulo


54

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos Foto Solano Ferreira

Na Paleteada disputada em Pedro Osório, a dupla Luciano Rodrigues com Guapo da Cascata e Alex Maciel com Ilhapa da Ouro Branco ficou em primeiro lugar e garantiu vaga para a fase classificatória à grande final da modalidade

Paleteada é destaque na ExpoLages A Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos deu mais um exemplo de coordenação na Paleteada realizada em Lages no Parque Ponta Pinheiro, em conjunto com a Expolages no dia 24 de outubro. Das 12 duplas inscritas, quatro classificaram-se, mas na avaliação do jurado Alexandre Di Domenico, todas obtiveram resultados acima da expectativa e o destaque foi para uma mulher, que demonstrou grande habilidade em todas as etapas da prova. Apesar de ainda pouco difundida no Estado, Di Domenico acredita que existe espaço suficiente para o crescimento da prática na região que contará com o apoio da associação para que cada vez mais pessoas se interessem pela prova. “O campo está aberto e a Associação será a grande fomentadora”, disse. Confira, abaixo, os credenciados para as classificatórias. 1º lugar - Cláudio Rodrigues com La

Rinconada Golosa e André Luiz Narciso Rosa com Guapuruma Heroína 2º lugar - Salviano Ari da Silveira com Barão da Orwisa e Carlos Cesar Bernardes com Poncho Verde JB de Palermo 3º lugar - Adolfo San Martin com Tornado de São Pedro e Leonardo Parente com Tarca 231 Maufer 4º lugar - Eder Salgueiro com Ultimato do Vale do Canoinhas e Laurindo Afonso com Bandida da Maior

Quatro duplas se credenciam em Pedro Osório Dentre as 19 duplas inscritas, quatro conseguiram vaga para a fase classificatória no dia 24 de outubro, em Pedro Osório. A prova, organizada pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município, foi realizada no Sindicato Rural da cidade e contou

com o julgamento de Bernardo e Eduardo Falson, além da supervisão técnica de Ricardo Torres. No mesmo evento, ocorreu ainda Exposição Morfológica da raça (leia mais na página 40). Confira os vencedores, a seguir. 1º lugar - Luciano Rodrigues com Guapo da Cascata e Alex Maciel com Ilhapa da Ouro Branco 2º lugar - Antônio Castelo com Aredo Badalada e Júnior Menezes com Netuno do Purunã 3º lugar - Luiz Carlos da Silva Jr. com Guanabara Diablo e Edemar Pioscar com Guanabara Festeiro 4º lugar - Humberto Moncks com Gata da Costa da Lagoa e Willian Bense com Paraná Perau.

Seletiva de Quaraí tem dez duplas habilitadas

A região da fronteira do Rio Grande do Sul recebeu mais uma disputa de Paleteada no dia 31 de outubro. Na competição, realizada na cidade de Quaraí, dez duplas foram credenciadas sob julgamento de Paulo Armando Rebello Solheid. Na ocasião, a Paleteada foi promovida em evento junto à Exposição Morfológica. (Leia mais na página 43) Confira abaixo os vencedores

com Barão de Dom Pulsério

1º lugar - Lucas Garcia de Olivencia com Imperador das Três Divisas e Michele Machado com Retorno de Pai Passo

7º lugar - Valdoir Pinto com Paisano 65 do Jarau e Leonardo Lopes com Dois Esses Comissário

2º lugar - Roberta Silveira com Dama do Carajá e Márcio Maciel com Bochinchero do Itaquatiá 3º lugar - Mário Saldanha com Isqueiro de São Bibiano e Francisco Carlos da Luz Feltrin com Prateada da Lima Negra 4º lugar - Caco Rodrigues com Gardel Tupambaé e Válter Marques

5º lugar - Pedro Ari da Luz com Polvo da Tapera e Renan Saldanha com Gostoso da Barragem 6º lugar - Miguel Ângelo Miranda da Conceição com Herodes Tupambaé e Jaime Molina com Santa Brígida Aculeo

8º lugar - Luciano Noal com Kavaju do Capão Bonito e Lázaro Martinez com Meridiano Tupambaé 9º lugar - Márcio Carvalho com Entulio do Saladeiro e Dioni Arrial com Samurai do Manantial 10º lugar - Márcio Maciel Pires com Entonado do Itacamochim e Márcio Peres Maciel com Aroma do Itaquatiá


56

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

Provas Jovens movimentam nova geração de crioulistas Douglas Saraiva

Inspirados nas disputas entre os ginetes profissionais, os jovens crioulistas têm demonstrado em pista que têm competência para dar seguimento ao trabalho de aprimoramento funcional do cavalo Crioulo. As Provas Jovens do ciclo 2011 da ABCCC já começaram e, desta vez, projetam superar os números da edição passada.

Durante o mês de outubro três localidades abriram espaço às seletivas da modalidade: Ijuí/ RS, Vacaria/RS e Lages/SC. Nas duas primeiras, contudo, a participação ficou limitada a apenas um conjunto em cada uma, sendo que, em Vacaria, o competidor não alcançou a média mínima da classificatória. Na etapa de Ijuí, que integrou a agenda de evento com Credenciadora e Exposição Morfológica (leia mais nas páginas 10 e 23) entre os dias 6 e 10 de outubro, Jonair Freitag, montando o douradilho EF Lancelot, concluiu o conjunto de provas com nota final de 6,131. A prova ocorreu no Parque Wanderley Burmann e foi julgada por Telmo Ferreira, Rodrigo Bastos da Silva e Carlos Loureiro de Souza, sob supervisão do técnico Jorge Aginelo do Nascimento. Entre os dias 22 e 24, a modalidade teve etapa disputada na ExpoLages, em Santa Catarina, junto à Credenciadora, Morfologia e Paleteada (leia mais nas páginas 18, 53 e 54). Na seletiva, o tordilho EP Jango, guiado por Marciel de Souza, recebeu a nota final 7,066 e ficou em primeiro lugar. O segundo melhor, com nota 6,738, foi o colorado Brasão da Villa Verde, conduzido por Jonas Rodrigo de Moura.

Foto Felipe Ulbrich

O trabalho técnico da prova ficou a cargo de Adolfo José Martins Neto e os jurados foram Alexandre Di Domenico, Jean Carlos dos Santos Mendes e Luciano Ghisleri.

ABCCC incentiva a renovação Apostando no momento de retomada e renovação do interesse pela seleção da raça, o diretor da Subcomissão de Provas Jovens da ABCCC, Álvaro Dumoncel, diz acreditar no crescimento da modalidade. Para ele, o apoio da entidade à promoção de eventos voltados ao público jovem é de suma importância. “Essa modalidade já foi enorme, era uma prova superconcorrida, bastante grande e forte. Essa renovação, a volta do incentivo é muito importante para a raça. Hoje, a ABCCC tem uma comissão jovem muito atuante e está abrindo crédito para premiação e execução das provas”, disse. Para Dumoncel, a nova interpretação da prova de campo e a inclusão da pechada na categoria aspirante, instituídas no novo regulamento da prova, servem de estímulo à formação de novos ginetes. “Além do esporte e do lazer, tem esse outro lado que é o fomento à sequência do trabalho de seleção funcional da raça. Com tendência ao profissionalismo, a prova é um Freio de Ouro quase que completo. Temos vários exemplos de ginetes, como o próprio Fabinho, que começaram disputando Provas Jovens”, lembrou. Confira o regulamento atualizado da prova no site Provas Jovens. A página pode ser acessada através do portal da ABCCC.

EF Lancelot, montado pelo jovem ginete Jonair Freitag, se apresentou na etapa de Ijuí das Provas Jovens, alcançando a nota final de 6,131

Foto Mário Tissot

EP Jango, conduzido por Marciel de Souza, ficou com o primeiro lugar em Lages


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Eventos

57

Cavalos Crioulos vencem disputas de Rédeas em Porto Alegre Fotos Henrique Vicente

André Amaral

Disputas acirradas reuniram 45 participantes em Porto Alegre/RS, nos dias 23 e 24 de outubro, nas provas da Associação Gaúcha do Cavalo de Rédeas (AGCR) e Potro do Futuro da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), que juntas organizaram uma Classificatória para o Campeonato Nacional de Rédeas Potro do Futuro da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, 1ª etapa do Campeonato Gaúcho 2010/2011 e Potro do Futuro AGCR, aberto a todas as raças. A competição, realizada no Centro Querência da capital gaúcha, foi supervisionada pelo diretor de Rédeas da ABCCC, Eduardo Matas, julgada por Reginaldo Melo da Rosa, de Goiás, e teve cavalos Crioulos como vencedores.

No Potro do Futuro ABCCC, entre os 34 concorrentes, o experiente Jango Salgado, montando Campana Sereno, de propriedade de Kelyn Cristine Wentz, de Lages/SC, ganhou nota 72,5 e ficou com o primeiro lugar na categoria Aberto. Com apenas meio ponto acima do segundo colocado, Salgado levou para casa um troféu e o prêmio de R$ 6 mil. Além de Jango, que competiu este ano nos Jogos Mundiais em Kentucky, nos Estados Unidos, a prova ainda contou com a presença de Wellington Teixeira, melhor pontuado do país na competição internacional. Na categoria Amador, Santo Izidro Costaneira, de propriedade de Reynaldo Titoff Salvador, de Porto Alegre/RS, guiado por Mariana Salvador, teve o melhor desempenho em pista entre os dez inscritos e garantiu a primeira colocação, com nota 70, após disputar o desempate com o segundo colocado, Sapeca do Itapevy, montado pelo seu proprietário, André Luiz Vaz Bez, de Florianópolis/ SC. Mariana ainda recebeu R$ 2 mil pelo feito. Nas mãos do também experiente Gabriel Diano, o alazão OEA Palheiro foi o melhor na categoria Aberta da Classificatória ABCCC para a final nacional 2011 da modalidade, disputada em Esteio/RS durante a Expointer. O animal da raça Crioula, pertencente a Márcia Merlim Ribeiro, de Porto Alegre/RS, recebeu nota 72,5 do jurado e alcançou o lugar mais alto do pódio. Já na categoria Amador, PO

Conduzido por Jango Salgado, Campana Sereno ficou em primeiro lugar na categoria aberto do Potro do Futuro ao alcançar a nota 72,5 e concluir a prova com meio ponto acima do segundo colocado

Undurraga, montado por Jonathan dos Santos, da Cabanha Marca dos Santos, de Viamão/ RS, recebeu nota 70, confirmou o favoritismo e terminou a prova na primeira colocação. O mesmo conjunto detém a atual fivela de Campeão Nacional de Rédeas da modalidade e compete em busca do bicampeonato.

Resultados Potro do Futuro Categoria Aberto

1º lugar - Campana Sereno, de Kelyn Cristine Wentz, Lajes/SC. Cavaleiro:

Jango Salgado. Nota: 72,5

2º lugar - Ferro Branco da Bela Aliança, de Edison Paludo, Viamão/RS. Cavaleiro: Marcelo Bernades. Nota: 72 3º lugar - Santo Izidro Costaneira, de Reynaldo Titoff Salvador, Porto Alegre/RS. Cavaleiro: Maximiliano da Silva Conceição Nota: 71,5

3º lugar - Impulso do Recanto Crioulo, de Darlei Hess, Barra Velha/SC. Cavaleiro: Marcelo Fonseca. Nota: 71,5 5º lugar - Furacão do Veio D’Água, de Gustavo Duarte da Silva Goulart, Porto Alegre/RS. Cavaleiro: Roberto Jou. Nota: 71 5º lugar - Boemia da Tamareira, de Onécio Silveira Prado Júnior, Ribeirão Preto/SP. Cavaleiro: Welington Teixeira

Nota: 71 5º lugar - Sapeca do Itapevy, de André Luiz Vaz Bez, Florianópolis/SC. Cavaleiro: Zé Paraná. Nota: 71 5ºlugar - Bailarina da Tamareira, de Onécio Silveira Prado Júnior, Ribeirão Preto/SP. Cavaleiro: Welington Teixeira. Nota: 71 5º lugar - Hospitaleiro da Terra Nativa, de Marcus de Paula, Porto Alegre/RS. Cavaleiro: Volmir Guimarães. Nota: 71

Potro do Futuro Categoria Amador

1º lugar - Santo Izidro Costaneira, de Reynaldo Titoff Salvador, Porto Alegre/ RS. Amazona: Mariana Salvador. Nota: 70 2º lugar - Sapeca do Itapevy, de André Luiz Vaz Bez, Florianópolis/SC. Cavaleiro: André Luiz Vaz Bez. Nota: 67,5

3º lugar - Seda do Itapevy, de André Luiz Vaz Bez, Florianópolis/SC. Cavaleiro: André Luiz Vaz Bez. Nota: 66

1º lugar - PO Undurraga, de Cabanha Marca dos Santos, Viamão/RS. Cavaleiro: Jonathan dos Santos. Nota: 70 2º lugar - Laço JB de Palermo, de João Carlos Brasil Feijó, AC Rédeas, Porto Alegre/RS. Cavaleiro: João Carlos Brasil Feijó. Nota: 69,5

3º lugar - Gaundêncio do Tupambaé, de Décio Krebs Conceição, de Porto Alegre/RS. Cavaleiro: Décio Krebs Conceição. Nota: 68,5

Potro do Futuro AGCR Categoria Aberto

Campeão: Normando do Trinta e Oito, com Gabriel Diano, proprietário: Rafael Xavier, Porto Alegre/RS

Categoria Aberto Light Campeões (empatados)

Sapucaí do Barulho, com Marcos Rodrigo, proprietários Márcia M. Ribeiro e Luís Barbosa, Porto Alegre/RS

Classificatória ABCCC Categoria Aberto

Santo Izidro Costaneira, com Maximiliano Conceição, proprietário Reynaldo Titoff Salvador, Porto Alegre/RS.

2º lugar - Vichiadero da Quinta, de Braulio Ractz, Marau/RS. Cavaleiro: Roberto Jou. Nota: 71,5

Categorias Amador e Amador Light

1º lugar - OEA Palheiro, de Márcia Merlim Ribeiro, Porto Alegre/RS. Cavaleiro: Gabriel Diano. Nota: 72,5

Na categoria amador a melhor pontuação foi de Santo Izidro Costaneira, guiado por Mariana Salvador

Classificatória ABCCC Categoria Amador

3º lugar - Boa Vista Dom Manuel da Camila, de Adriano Dutra, Porto Alegre/ RS. Cavaleiro: Roberto Jou. Nota: 71,5

Impulso do Recanto Crioulo, com Marcelo Fonseca, proprietário Darlei Hess, Barra Velha/SC

Campeão: Normando do Trinta e Oito, com Rafael Xavier, animal de sua propriedade, Porto Alegre/RS


58

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Geral

Hermanos anunciam o primeiro clone da raça Crioula no mundo

Fotos Vanesa Barraco

Depois dos Estados Unidos e da Itália chegou a vez da Argentina anunciar ao mundo que também está apta a trabalhar com clonagem equina. Além do pioneirismo na América Latina, os hermanos argentinos também inovaram na escolha da raça e desenvolveram pela primeira vez um cavalo Crioulo a partir de células de pele de um grande campeão. O experimento só foi divulgado no dia 19 de outubro.

BS Ñandubay Bicentenário nasceu no dia 4 de agosto em uma cabanha da cidade de Baradero (150 quilômetros ao norte de Buenos Aires). Conforme Marcelo Argüelles, presidente da empresa Biosidus e proprietário da Cabaña Don Antonio, parceiros no desenvolvimento da técnica, o potro é resultado do material genético proveniente do exemplar crioulo Tresar Ñandubay, nascido do ventre da égua, também da raça Crioula, Perdida Puestera. De acordo com um dos cientistas da Biosidus, Andrés Bercovich, a tecnologia de clonagem reser va especial importância para cavalos de competições esportivas como salto, polo e enduro (prova de resistência). “A Argentina se tornou um dos três países capazes de reproduzir cavalos de alta qualidade mediante a clonagem”, argumenta Bercovich. Em carta encaminhada ao presidente da Associação dos Criadores de Cavalos Crioulos da Argentina, Marcelo Argüelles esclarece que a escolha pelo cavalo Crioulo está associada ao fato de ser uma raça tipicamente argentina. Ele também reve-

Perdida Puestera, que gestou o exemplar clonado, e o potro Crioulo BS Ñandubay Bicentenario, gerado a partir de células da pele de um grande campeão da raça pertencente a criatório argentino

lou que a ação possibilitou uma grande visibilidade ao cavalo Crioulo, pois a partir do anúncio do experimento a raça ganhou capas dos principais jornais, revistas e sites no mundo inteiro. Antes da Argentina apresentar BS Ñandubay Bicentenario ao mundo, tinham sido produzidos a partir do método de clona-

gem aproximadamente 30 exemplares equinos nos centros dos Estados Unidos e da Itália. Lino Barañao, ministro argentino de Ciência de Tecnologia, afirmou que do ponto de vista científico, esta clonagem não apresenta risco algum para a saúde do animal ou para o meio ambiente. De acordo com os realizadores do projeto argentino, o processo de clonagem desenvolvido naquele país foi certificado pelo Laboratório de Genética Veterinária da Universidade da Califórnia, nos Estados Unidos, considerado o centro de referência mundial em estudos genéticos de equinos.

Em busca dos melhores

Pioneiro na América Latina, o experimento foi certificado por laboratório de referência mundial

Fruto de um trabalho conjunto entre Biosidus, Cabaña Don Antonio e Faculdade de Agronomia de Buenos Aires, os responsáveis apontam que a tecnologia permitirá obter clones equinos com as mesmas características

do exemplar de doador. Porém, obser varam que a diferença é que agora terá capacidade reprodutiva. Daniel Salamone, do laboratório de Biotecnologia Animal da Faculdade de Agronomia, ex-

plica que muitos destes animais são campeões de alguma modalidade esportiva como o polo. “Para facilitar a doma eles acabam sendo castrados”, comenta ao argumentar que agora esses animais poderão ser clonados.


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Geral

59

Sem limite de idade para nutrir o conhecimento e a paixão pela raça Nívea Bilhalva Oliveira

Com a presença de 31 jovens, a pista de julgamento da Associação Rural de Bagé, na tarde de 15 de outubro, foi palco para novos crioulistas aprenderem mais sobre a raça.

As explanações ficaram a cargo do técnico Alexandre Pons Suñe, que comentou os detalhes de um julgamento e logo após houve a ordenação de cinco fêmeas e cinco machos por parte dos participantes. Para o diretor da subcomissão de Jovens da ABCCC, Álvaro Dumoncel, “a ideia de realizar este concurso foi maravilhosa” e ele acredita que está pegando força. “Os jovens integrantes da comissão são muito ativos e organizam os eventos praticamente sozinhos. Minha caixa de e-mails está sempre cheia de assuntos deles e isso é muito bom, pois mostra o interesse que estão tendo.” Conforme o coordenador do evento em Bagé, Manuel Gularte Sarmento, o primeiro concurso foi realizado nos moldes do regulamento. “Diferente do concurso realizado este ano, em Esteio, aqui em Bagé tivemos um maior número de adesões da categoria infantil, enquanto lá os maiores registros foram na aspirante”, comentou Sarmento.

Saiba mais sobre o Jurado Jovem

O concurso terá sete classificatórias durante o ciclo, as quais irão definir as 30 melhores notas para a final em Esteio, no próximo

Foto Felipe Ulbrich

Alexandre Pons Suñe comentou detalhes de um julgamento para 31 jovens crioulistas; os participantes mostram, desde muito cedo, a paixão que nutrem pela raça Crioula

ano. O regulamento, na íntegra, encontra-se no site da ABCCC (abccc.com.br).

Classificação Categoria Infantil

1º lugar: Rodrigo Suñe de Blanco - 15,5 2º lugar: Sílvia Basson - 15

3º lugar: Felipe Cerqueira- 14 Arthur Amaral - 14 4º lugar: Ramiro Moura - 13,5 Fernando Montano - 13,5 5º lugar: Pedro Ferreira - 12,5 Martin Suñe - 12,5 Jozé Francisco Souza - 12,5 6º lugar: Ignácio Suñe - 11,5 Luiz Antônio Falson - 11,5 7º lugar: Frederico Tavares - 11

Categoria Juvenil

1º lugar: Aluizio Perez - 15 Helena Suñe de Blanco - 15 2º lugar: Pedro Pons Magalhães - 14 3º lugar: Cecília Lopes - 13,5 4º lugar: Felipe Weber - 13 Fernanda da Silva - 13 5º lugar: João Pedro Falson - 12 Manuela Montano - 12 6º lugar: Leonardo Robaina 8,5

Categoria Aspirante

1º lugar: Pablo Rodrigues - 15,5 Manuel Vieira - 15,5 Fernando Tavares - 15,5 2º lugar: Carlos Suñe de Blanco - 15 Paula Suñe de Blanco - 15 Arthur Domingues - 15 3º lugar: Bruno Peduze - 13,5 4º lugar: Felipe Fetter - 13 5º lugar: Hélio Tavares - 12,5

América Funcional movimenta Bagé no 1o Simpósio Internacional “Sucesso total.” Com estas duas palavras a presidente do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé/RS, Roberta Móglia, sintetizou o 1º Simpósio Internacional A América Funcional, realizado entre os dias 14 e 15 de outubro, no Parque da Rural de Bagé. O evento que mobilizou crioulistas de quatro países do Mercosul abordou os temas: Genética e linhagens e a prova do Freio de Ouro. Os debates tiveram início na tarde de quinta-feira, com a presença de um público seleto, que demonstrou grande interesse

em aprender mais sobre a raça Crioula, comprovando a integração entre criadores da Argentina, do Chile, do Uruguai e do Brasil.

Unificação de critérios entre países Para o superintendente do Setor de Registro Genealógico da ABCCC, Gilberto Loureiro de Souza, o principal fato definido no simpósio foi a busca pela unificação de critérios seletivos da raça Crioula entre os quatro

países. “Cada um dos palestrantes contou um pouco de como é feita a seleção da raça em seu país. O conjunto de fatos relatados originou um ganho objetivo a todos os participantes.” Foi feita também uma comparação entre o primeiro Freio de Ouro, realizado em 1982, com as provas atuais, mostrando a relação existente entre a morfologia e a função dos animais mais influentes da raça.

Condição genética um fator importante

Destacado pelo superintendente como o fator de maior importância dentro da raça Crioula, a condição genética dos animais não exerce, porém, tanta influência sobre os criatórios brasileiros. “Para nós aqui no Brasil este é um fator que não impacta tanto”, disse. Foi abordada com intensidade a importância das diversas linhagens sanguíneas dentro de cada país, sendo admitido por todos os criadores estrangeiros o grau de melhoria morfológica aliada à qualidade funcional dos animais brasileiros. “Nossos hermanos

admitiram e demonstraram a grande admiração pela seleção integral de morfologia e função feita pela ABCCC”, contou Loureiro de Souza. Confira os palestrantes do Simpósio: José Luis Pinochet, Italo Zunino e Emiliano Ruiz Cobos (Chile), Victor Esevich e Juan Cruz Amestoy (Argentina), Roberto Mailhos e Pablo Duran (Uruguai). Do Freio de Ouro: os jurados Luís Bastos Neto, Mário Móglia Suñé e Rouget Gigena Wrege. Ginetes: Daniel Teixeira, Guto Freire e Zeca Macedo. (Nívea Bilhalva Oliveira)


60

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Geral

Núcleo Santanense inaugura sua nova sede Foto Divulgação

Na noite de 22 de outubro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Sant’Ana do Livramento/RS inaugurou sua nova sede, durante a 78ª Expofeira do município. A cerimônia ocorreu na própria unidade e contou com a presença de membros da diretoria e convidados.

A nova casa dos crioulistas na região da fronteira está localizada no Parque Associação e Sindicato Rural e leva o nome de Ângela Guerra Albornoz, empreendedora que se dedicou à concretização do projeto. Durante o evento Ângela lembrou, emocionada, o esforço de todos para que o local fosse inau-

Novo núcleo promove morfologia e Equinolatina O recém-fundado Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Vale do Paraíba e Sul de Minas anuncia a realização de sua 1ª Exposição Morfológica

Mococa terá Team Penning Milionário O Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos promove a 4ª edição da prova milionária de Tean Penning

Verba de show e gineteadas teve destino solidário A terceira edição do Rodeio Tradição e Coragem, evento já consagrado por reunir grandes nomes da gineteada do Mercosul, durante a programação da 84ª Expofeira de Pelotas/RS, este ano foi dividido em dois momentos. Entre as noites de 8 e 10 de outubro, foi realizado festival musical, inédito na região, com a participação de 12 músicas pré-selecionadas.

Novo espaço leva o nome de Ângela Guerra Albornoz e foi inaugurado em cerimônia na noite de 22 de outubro

gurado e agradeceu àqueles que apoiaram a materialização da sede santanense. Na ocasião, criadores

ligados à entidade presenciaram o descerramento de uma placa alusiva à inauguração do espaço.

de Primavera, Concentração de Machos e Prova Funcional de Equinolatina. Os eventos serão realizados entre os dias 3 e 5 de dezembro, na cidade de Jacareí/SP, no parque de Exposições da Fapija. Para a prova funcional, que terá a presença de diferentes raças, a ABCCC destinará R$ 3 mil em prêmios para os três cavalos Crioulos mais bem pontuados da equinolatina. O

primeiro receberá R$ 1,5 mil, o segundo R$ 1 mil e o terceiro R$ 500,00. O valor da inscrição, para sócios, é de R$ 120,00 por animal. Já para não sócios R$ 150,00 por exemplar, sendo exigido o exame de anemia infecciosa e atestado ou comprovação de vacinação de influenza equina. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 99805353, com Eduardo Valassi.

(Campereada), entre os dias 11 a 14 de novembro no Parque de Exposições José André de Lima, em Mococa/SP. A prova é aberta a todas as raças e dará mais de R$ 50 mil em prêmios, além de um Fiat Uno para o primeiro colocado no HandCap 11. Para a raça Crioula haverá premiação especial no valor de R$ 15 mil. A programação inclui ainda

a realização da 2ª Exposição Morfológica da Raça Crioula e Concentração de Machos. Mais informações podem ser obtidas com Guilhermo Brisighello pelo telefone (19) 8202-9282 ou pelo e-mail gbrisighello@uol.com.br ou ainda com Carlos Sampaio Piegas através dos contatos (19) 97766686, csmpiegas@hotmail. com.

Agenda de Remates Novembro Dia 5 - Cabanha Trovador - Santana do Livramento, RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 6 - Bela Aliança - São Bento do Sul, SC, às 20h (Trajano Silva Remates)

Durante as tardes, as atrações foram as gineteadas, que lotaram a pista de campo da Associação Rural. Participaram 70 competidores, dentre os quais o primeiro colocado que foi contemplado com um carro zero quilômetro. A organização do evento ficou por conta dos integrantes da diretoria do Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos, Daniel Mello, Rouget Wrege e Júlio Hax, em parceria com a Associação Rural de Pelotas. Toda renda do festival de música nativista e do rodeio Tradição e Coragem foi revertida ao Centro de Reabilitação de Pelotas (Cerenepe), entidade que dá assistência educacional para crianças e jovens portadores de necessidades especiais, totalmente gratuita à comunidade.

Dia 21 - Marcas de Raças - Esteio, RS, às 20h30min (Crioulo Remates) Dia 24 - 8º Leilão Genética de Campeões - Esteio, RS, às 21h (Crioulo Remates) Dia 26 - Cabanha do Pontal - Arambaré, RS, às 14h (Trajano Silva Remates) Dia 28 - Cabanha Liscano - Pelotas, RS, às 21h (Trajano Silva Remates)

Dia 7 - Doma e Laço - Lavras do Sul, RS, às, 13h30min (Trajano Silva Remates)

Dezembro Dia 1º - Seleção Reconquista, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural)

Dia 11 - Genética a toda prova Pelotas, RS, às 20h30min (Crioulo Remates)

Dia 4 - Carapuça e Convidados, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural)

Dia 13 - Leilão Santa Ambrosina e Convidados, Rosário do Sul, RS, às 21h (Premier Leilões, transmissão on-line)

Dia 4 - Butiá Virtual, às 9h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural)

Dia 14 - VI Leilão de Cabanhas, Monte Belo, São Luiz e Convidados - Esteio, RS, às 21h Dia 17 - Remate Quatro Naipes - Esteio, RS, às 21h (Crioulo Remates) Dia 19 - Cabanha Maufer - Esteio, RS, às 21h (Crioulo Remates) Dia 20 - Estância Tupambaé - Esteio, RS, às 21h (Trajano Silva Remates)

Dia 5 - Legenda Crioula, Bagé, RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 9 - Leilão São João e Convidados, às 21h (Crioulo Remates, transmissão canal Rural) Dia 10 - Redomão na Lagoa 2010, Bagé, RS. Dia 11 - Mancha Crioula, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural)


Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Geral

61

Cavalo Crioulo conquista o 3º lugar em prova de Atrelagem Foto Raphael Macek - Horse Photography

Cerca de 150 pessoas prestigiaram a disputa do Troféu Madalena Abecassis de Atrelagem, realizado no sábado, dia 23 de outubro, no Haras Larissa, em Monte Mor/SP. Na competição, a primeira oficial ocorrida no Brasil, o cavalo Crioulo La Pataya Alambique, integrante da quadra de animais da raça que se apresentou na abertura do Freio de Ouro 2010, ficou em 3º lugar na modalidade para um cavalo.

A prova foi bastante elogiada por Carolina Borja, diretora de Atrelagem da Confederação Brasileira de Hipismo (CBH), responsável por conduzir o carro com La Pataya Alambique. Trinta conjuntos participaram da prova de maneabilidade nas categorias Atrelagem para um Cavalo, Parelha e Quadra. Os condutores tiveram que percorrer um circuito de cones no menor tempo possível sem derrubar os obstáculos colocados em cima dos cones. As crianças entraram na pista de grama na disputa com pôneis. A apresentação dos jovens competidores foi uma prova de que o novo esporte tem um futuro promissor. “Acho que a Atrelagem tem grande potencial para se desenvolver por aqui”, projetou Madalena Abecassis, juíza portuguesa da Federação Equestre Internacional (FEI), personalidade que deu nome ao evento e julgou a prova. A opinião de Madalena foi reforçada pela do argentino Luís Losa, considerado experto em

Mural Expofeira de Rio Grande O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Grande/RS convida para evento da raça, paralelo à Expofeira do município. A atividade ocorre entre os dias 11 e 14 de novembro, no Parque de Exposições Filinto Eládio da Silveira e inclui Credenciadora, Morfologia e Provas Inscrições e informações pelos telefones (53) 8405-2935 e 9963-7226, com Frederico. Festa de fim de ano Para comemorar mais um ano de atividades, o Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos promove nos dias 18 e 19 de dezembro

La Pataya Alambique, que vem sendo treinado por Carolina Borja há apenas seis meses na modalidade, conquistou o terceiro lugar na categoria Atrelagem para um cavalo

carruagens antigas e estudioso de carruagens tradicionais. No país vizinho, a Atrelagem é bem difundida, tanto que eles participam de eventos internacionais

no chamado concurso completo que compreende, além da prova de Maneabilidade, disputas nas categorias Maratona e Elegância. Porém, apesar da tradição,

Losa conta que as competições na Argentina não reúnem um número tão expressivo de conjuntos como ocorreu no Haras Larissa. Ele também se surpreendeu com

a habilidade dos participantes. “Eles conduziram os carros muito bem, achei que estariam mais atrasados. O esporte tem muito futuro no Brasil”, prevê.

provas campeiras durante todo o dia. Além das provas, serão oferecidos almoço e jantar na sede do Núcleo. Podem participar das provas, sócios da entidade e membros da diretoria. As inscrições devem ser feitas na própria, que fica junto ao Parque Ildefonso Simões Lopes, em Pelotas/RS.

com Kety Kayser pelo telefone (48) 9972-5500.

Crioulos de Soledade/RS realizará, no dia 26 de novembro, a Exposição Morfológica da raça Crioula, no Parque de Eventos Centenário junto ao Soledade Tchê. O evento ainda terá a primeira Credenciadora de Inéditos do município e Concentração de Machos. Será entregue premiação total de R$ 5 mil na Credenciadora. Mais informações com o Núcleo de Soledade, através do telefone (54) 3381-2201 e do e-mail nucleosoledade@hotmail.com.

concorrem à premiação especial em prova de 21 dias e em competição de laço disputada em 2011. Mais informações com o presidente do Núcleo, Guilherme Vasconcellos, pelo telefone (55) 9977-1541 ou pelo e-mail ncccrs@hotmail.com.

Prova de Paleteada O Centro de Treinamento El Cimarron promove, no dia 19 de dezembro, a 2ª Prova de Paleteada, junto à Concentração de Machos, Castrados e Fêmeas. A competição será disputada no CT em Tijucas, Santa Catarina, sob supervisão do técnico da ABCCC Ricardo Guazzelli Martins. Será oferecido R$ 650,00 em premiação, além de coberturas de BT Posteiro II. Mais informações

Doma Inteligente Estão abertas as inscrições para o curso Doma Inteligente, que ocorre de 26 a 28 de novembro em Castelli, província de Buenos Aires, na Argentina. A capacitação é dirigida a todas as pessoas envolvidas em atividades hípicas e àqueles que estão ingressando no mundo dos cavalos. O curso tem vagas limitadas e será ministrado na hospedaria El Manantial, localizada no quilômetro 171, rota 11. Mais informações no site www. domainteligente.com.ar. Inéditos em Soledade O Núcleo de Criadores de Cavalos

Fim de semana Crioulo O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rosário do Sul/RS convida para Concentração de Machos, Paleteada, 1ª Copa de Mini-Incentivo e Remate Cavalo Certeiro no final de semana de 13 e 14 de novembro de 2011. Os potros do remate ainda

Credenciadora em Carazinho Entre os dias 2 e 5 de dezembro, ocorre Credenciadora de Inéditos, prova de Paleteada e a 27ª Exposição Morfológica de Carazinho, no Rio Grande do Sul. As inscrições estão abertas até o dia 27 de novembro, às 18h, pelo telefone (54)33302206. Será exigido na inscrição cópia do registro do animal e do comprovante de depósito. Mais informações com Bruno Tombini pelo telefone (54) 9933-0837 ou pelo e-mail btombini@hotmail.com.


62

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

Gente


Gente

Cavalo Crioulo Novembro de 2010

63



Jornal Cavalo Crioulo Novembro 2010