Issuu on Google+

Janeiro de 2013 | Ano 24 | Nº 227 | abccc.com.br

Jornal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Ciclo endurista 2013 começa com novidades

Município de Bagé/RS sediou a primeira prova da modalidade que este ano terminará junto à Marcha Foto Divulgação

Foto Pedro Blanco

PÁGINAS 30 e 31

Vaquejada

Cavalgada Cavalos Crioulos são Torcedores finalistas unem-se no Piauí pela paixão Dupla teve excelente desempenho na disputa realizada em Altos/PI

Crioulistas gremistas de Camaquã percorreram 240 quilômetros até a nova Arena

Conquistas marcam o ano de 2012

Página 28

Página 33

Página 34 a 37

Retrospectiva

Enquanto a ABCCC completa 80 anos, a raça perpetua sua multifuncionalidade


2

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Opinião

Palavra do presidente

O EXERCÍCIO DA ESPERANÇA Primeiro o homem, em uma função quase divina, idealiza uma nova vida. Suas formas e habilidades já habitam nossa mente desde o acasalamento. A esperança, então, nos embala por longos 11 meses. Se a primavera nos traz um potro que não se parece com nossa expectativa, não nos abatemos: já estamos embarcados em novo sonho e o próximo cruzamento será certeiro. Quando nasce o produto que sonhamos, nos transformamos em pastores e mais uma vez a esperança nos carrega para a ciência da criação. E vêm a doma, o cabresto, a função. A interminável busca do cavalo completo submetida à dura cobrança das pistas. Por fim, o que era o objeto do nosso sonho vira instrumento para criação de outros sonhos e nossos cavalos

saem das pistas para as manadas para que o exercício da esperança comece tudo outra vez. Neste início de ano-novo, quando renovamos nossas esperanças e projetamos novos desafios, a ABCCC convida você para caminharmos juntos e lhe oferece vários destinos: o Freio de Ouro, a Marcha de Resistência, a Morfologia, as Rédeas de Ouro, a Paleteada, a Paleteada Internacional, o Enduro, o Freio Jovem, o Freio do Proprietário, o Movimiento a La Rienda, a Campereada, o Crioulaço, os Rankings Morfológico e Funcional, a Copa dos Criadores, a Tríplice Coroa. O rumo que você escolher, nós estaremos ao seu lado, para que 2013 seja o seu ano, o ano de sua Cabanha, o ano, enfim, da realização das suas esperanças.

Foto do criador

Este espaço é dedicado para divulgar imagens de criadores em momentos representativos de sua trajetória dentro da raça Crioula. As fotos, devidamente identificadas, devem ser enviadas para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br ‒ assunto: Foto do Criador.

Na foto, a égua Caçula da Vila Velha, com 22 anos, está parindo uma potranca do Pergaminho AA. Ela pertence à Estância Pedregulho que fica em Capão Alto/SC, de propriedade de Sandro Lisboa e sua filha Suelem

Errata

Índice

Diferentemente do que foi publicado na edição do mês de dezembro, a Concentração de Machos promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município de Santiago acontecerá no dia 1º de fevereiro de 2013.

Opinião

2

Por dentro da ABCCC

4

Freio de Ouro

12

Morfologia

19

Eventos

23

Geral

32

Gente

39

Sugestões de matérias a serem abordadas e comentários a respeito do Jornal Cavalo Crioulo podem ser enviados para o e-mail: jcc@abccc.com.br

Expediente Primeiro-secretário: Elisabeth Amaral Lemos Segundo-secretário: Jorge Rosas Demiate Júnior Primeiro-tesoureiro: Luis Mário Azambuja Segundo-tesoureiro: Onécio Silveira Prado Júnior O Jornal Cavalo Crioulo é uma publicação oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, produzido pelo Setor de Comunicação e Marketing da entidade. Tem periodicidade mensal e tiragem de quatro mil exemplares. Correspondências para o Jornal devem ser encaminhadas para o e-mail jcc@abccc.com.br ou remetidas à ABCCC, Av. Fernando Osório, 1754 A, CEP 96055-000, Pelotas/RS. O fechamento de cada edição ocorre no último dia do mês. ISSN - 2179-7250.

Diretoria da ABCCC 2012/2014

Presidente: Mauro Raimundi Ferreira Vice-presidentes: César Augusto Rabassa Hax, Mário Móglia Suñe, Leandro Amaral, José Luiz Lima Laitano e Álvaro Dumoncel

Conselho Fiscal: Antônio Claudir Weiand, Sandoval Caramori e Fernando Fabrício de Faria Correa. Suplentes: Hernani Taunay Angeli, Luís Augusto Weber e Milton Martins Moraes Filho Conselho Deliberativo Técnico: Mário Móglia Suñe (diretor), Ciro Manuel Canto de Freitas, Luiz Martins Bastos Neto, Rodrigo Fialho, José Ivelton Castagna e José Francisco Pereira de Moura Conselho de Planejamento: Manuel Luis Benevenga Sarmento (presidente), Roberto Sidney Davis Junior, Henrique José de Queiróz Marin Teixeira, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea e Frederico Wolf Comissão de Provas Funcionais: Leandro Amaral (diretor), Luis Rodolfo Machado, Eduardo Móglia Suñe Eduardo Azevedo, Jorge Rosas Demiate Júnior, Telmo Raimundi Ferreira,

Rafael Geisf Terra, Luiz Augusto Weber, Guilherme Tellechea e João Francisco Silveira Silveira Comissão de Marcha de Resistência: Alexandre Valente Salistre (coordenador) Jornalista responsável: Débora Borba (MTB/RS 11.619) Textos: créditos nas matérias Fotos: crédito nas imagens Projeto gráfico: Thiago Garcia Rocha - thiagorochadg@gmail.com Diagramação: Thiago Garcia Rocha Revisão: Rosi Pedroni Weege Impressão: Gráfica Zero Hora Publicidade: anuncios@abccc.com.br ou através do telefone (53) 32841450. Envio da arte sempre até o dia 25 do mês que antecede a publicação. Atenção anunciante: a ABCCC não se responsabiliza pelas informações prestadas nas páginas de publicidade, bem como pelas fotos cedidas para a publicação. Elas são de inteira responsabilidade dos anunciantes.


Inscrições: R$ 150,00 até dia 31/01/2013 - R$ 200,00 até dia 15/03/2013

Mais

I n f o r m a ç õ e s : ( 5 3 ) 3 2 8 4 1 4 5 0 | w w w. a b c c c . c o m . b r | A b r a v e q : ( 1 1 ) 3 0 3 2 7 8 6 8


4

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Remates terão planos Max Cirne

Iniciativa aprovada pelos proprietários de equinos no ciclo 2012, os planos de remates voltam a ser oferecidos para os eventos deste ano através da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). As modalidades incluem leilão na Expointer, Bocal de Ouro e classificatórias em território nacional, com valores a partir de R$ 5 mil. A novidade para 2013 é o aluguel da pista G, em Esteio/RS.

Os planos combinam a taxa para realização dos remates com pacotes de mídias, que incluem desde a veiculação de anúncios no Jornal Cavalo Crioulo e site da ABCCC até inserções nos televisores do restaurante da entidade, e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados e divulgação em catálogo e agendas oficiais. Essa alternativa combinada pode ser mais vantajosa que o tradicional pagamento de percentual sob o total da quantia comercializada no remate, repercutindo em significativas reduções de custos para aqueles que organizam seus leilões. Acompanhe o exemplo: um leilão que comercializa R$ 1,3 milhão na Expointer acarreta em R$ 26 mil de taxa percentual (valor de 2% sob o montante comercializado), somado a isso, geralmente o criador faz publicidade prévia no Jornal, Site e envio de e-mail marketing, um custo de aproximadamente R$ 4,7 mil. Ao total, R$ 28,7 mil investidos. Com o plano de remate da ABCCC, o valor desembolsado fica em R$ 21.370,00, incluindo taxa e divulgação. Uma economia de mais de R$ 9 mil. Mais uma situação: em leilão ocorrido em classificatórias ao Freio de Ouro realizadas em território nacional nas sexta-feiras e nos sábados, o pacote pela ABCCC sai por R$ 8.550,00. Se, por ventura, um remate comercializar R$ 920 mil, precisará contribuir com R$ 9.200,00 de taxa percentual, valor calculado sob 1% do total. Com mídia de R$ 2.632,00, totalizaria R$ 11.822,00 de investimento. Através do pacote da Associação, reduziria custos em mais de R$ 2,5 mil.

Lista de planos (atualizada em 6,84% da correção dos valores pelo IGPM acumulado no ciclo 2012)

PLANO A - Para todos os remates realizados na Expointer 2013 Investimento de R$ 21.370,00. Incluso: 1) Taxa de realização do leilão, 2) Uma página colorida indeterminada no Jornal Cavalo Crioulo, 3) Um banner lateral na seção Calendário (30 dias), 4) Envio de um e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados da ABCCC, criadores e proprietários de cavalos crioulos, 5) Inserções nas quatro TVs do restaurante da ABCCC durante a Expointer, 6) Limpeza do local - apenas para a Pista G (uso da Pista G mediante solicitação e aprovação prévia da ABCCC) e 7) Divulgação do leilão no catálogo do Freio de Ouro e agendas oficiais. Outra alternativa - A outra opção é o pagamento da taxa - 2% do total valor comercializado (na batida do martelo) com teto de R$ 26.710,00 (com uso de cocheiras) e R$ 21.370,00 (sem cocheiras). Incluso: 1) Taxa de realização do leilão, 2) Limpeza do local - apenas para a Pista G (uso da pista G mediante solicitação e aprovação prévia da ABCCC) e 3) Divulgação do leilão no catálogo do Freio de Ouro e agendas oficiais.

PLANO B - Para todos os remates realizados no Bocal Ouro 2013 - Investimento de R$ 16.030,00. Incluso: 1) Taxa de realização do leilão, 2) Uma página colorida indeterminada no Jornal Cavalo Crioulo, 3) Um banner lateral na seção Calendário (30 dias), 4) Envio de um e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados da ABCCC, criadores e proprietários de cavalos crioulos, 5) Limpeza do local - apenas para a Pista G (uso da pista G mediante solicitação e aprovação prévia da ABCCC) e 7) Divulgação do leilão no catálogo da Classificatória do Bocal de Ouro e agendas oficiais. Outra alternativa - A outra opção é o pagamento da taxa - 1,5% do total valor comercializado (na batida do martelo) com teto de R$ 16.030,00 (com uso de cocheiras), 2) Limpeza do local - apenas para a Pista G (uso da pista G mediante solicitação e aprovação prévia da ABCCC) e 3) Divulgação do leilão no catálogo da Classificatória do Bocal de Ouro e agendas oficiais.

PLANO C - Para os remates realizados nas Classificatórias ocorridas em território nacional - nas sextas-feiras e nos sábados. Investimento de R$ 8.550,00. Incluso: 1) Taxa de realização do leilão, 2) Meia página colorida indeterminada no Jornal Cavalo Crioulo, 3) Um banner lateral na seção Calendário (30 dias), 4) Envio de um e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados da ABCCC, criadores e proprietários de cavalos crioulos e 5) Divulgação do leilão no catálogo da Classificatória e agendas oficiais. Outra alternativa - A outra opção é o pagamento da taxa - 1% do total valor comercializado (na batida do martelo) com teto de R$ 10.684,00 (uso das cocheiras a critério do Núcleo sede, divulgação do leilão no catálogo da Classificatória e agendas oficiais. PLANO D - Para os remates realizados nas Classificatórias ao Freio de Ouro, Crioulaço e Paleteadas ocorridas em território nacional - de domingos a quintas-feiras. Investimento de R$ 5.340,00. Incluso: 1) Taxa de realização do leilão, 2) Um banner lateral na seção Calendário (30 dias), 3) Envio de um e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados da ABCCC, criadores e proprietários de cavalos crioulos, 5) Divulgação do leilão no catálogo da Classificatória e agendas oficiais (exceto nas Paleteadas e Crioulaço). Outra alternativa - A outra opção é o pagamento da taxa - 0,5% do total valor comercializado (na batida do martelo) com teto de R$ 5.340,00 (uso das cocheiras a critério do Núcleo sede), divulgação do leilão no catálogo da Classificatória e agendas oficiais. ALUGUEL PISTA G - (exceto durante os eventos promovidos pela ABCCC) Investimento de R$ 20 mil. Incluso: 1) Aluguel da Pista G e direito a uso da pista de campo, 2) Uma página colorida indeterminada no Jornal Cavalo Crioulo, 3) Um banner lateral na seção Calendário (30 dias), 4) Envio de um e-mail marketing para 11,5 mil endereços eletrônicos de associados da ABCCC, criadores e proprietários de Cavalos Crioulos, 5) Limpeza do local, 6) Cocheira com cama e equipe de reposição, 7) Serviço de Segurança e 8) Área para estacionamento e acampamento.

Gramado sedia evento em março Gramado/RS. Pelo terceiro ano consecutivo, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em parceria com a Associação Brasileira dos Médicos Veterinários de Equídeos (Abraveq), promove o Congresso do Cavalo Crioulo, em paralelo ao 3º Simpósio Abraveq Sul. Ambos eventos ocorrem de 15 a 17 de março no Serrano Convenções, Resort e Spa, localizado no município gaúcho de Gramado. O principal evento técnico-científico da raça apresenta como novidade, para esta edição, atividades práticas a fim de aproximar os participantes da vivência com o cavalo Crioulo. Além dessa atração, painéis e mesas-redondas desenvolvidas por especialistas e profissionais de renome internacional abor-

darão temas como manejo, novas tecnologias de reprodução, doma e treinamento. A programação completa será divulgada no site www.abccc.com.br. A ABCCC, que realizou recentemente dois simpósios (o primeiro em Maringá, no Parque Francisco Feio Ribeiro, durante o mês de maio, e o segundo em Pelotas, na Associação Rural, em outubro do ano passado), prepara-se para contribuir ainda mais com o fomento da atividade crioulista. Desse modo, o congresso tem como objetivo a troca de experiências sobre a raça, através de um espaço para debate e interação direta entre especialistas e diretoria da ABCCC com os proprietários de cavalos crioulos, acadêmicos e demais interessados. As inscrições até o dia 31 de janeiro custam R$ 150,00 e podem ser efetuadas pelo www. abraveqsul.com.br. Após esse período, o valor passa a ser R$ 200,00. No site também é possível obter informações sobre transporte, hospedagem e turismo em Gramado. (Max Cirne)

Confira a tabela de emolumentos e encargos 2013 A - SERVIÇO DE REGISTRO GENEALÓGICO

NÃO SÓCIO SÓCIO (2)

REGISTRO PROVISÓRIO ATÉ 9 MESES DO NASCIMENTO (3) REG. PROVISÓRIO DE 9 MESES A 1 ANO DO NASCIMENTO

REGISTRO PROVISÓRIO DE 1 A 1,5 ANOS DO NASCIMENTO REGISTRO PROVISÓRIO DE 1,5 A 2 ANOS DO NASCIMENTO REGISTRO PROVISÓRIO DE 2 A 2,5 ANOS DO NASCIMENTO

62,00

31,00

124,00

62,00

248,00

124,00

992,00

496,00

496,00

248,00

REGISTRO PROVISÓRIO DE 2,5 A 3 ANOS DO NASCIMENTO 1.984,00 REGISTRO DEFINITIVO FÊMEA

MACHO

CASTRADO

992,00

248,00

124,00

91,00

45,50

370,00

185,00

TRANSFERÊNCIA COMERCIAL

185,00

92,50

TRANSFERÊNCIA PRENHÊS/PRODUTO

259,00

129,50

TRANSFERÊNCIA ESPECIAL (4)

IMPORTAÇÃO TEMPORÁRIA

NACIONALIZAÇÃO ANIMAL IMPORTADO (5) REGISTRO DE AFIXO COMUNICADO DE PADREAÇÃO ATRASADO

SEGUNDA VIA DE CERTIFICADO DEFINITIVO

SEGUNDA VIA DE CERTIFICADO PROVISÓRIO DECLARAÇÃO PARA FINS DE SEGURO SUBSTITUIÇÃO DE CERTIFICADO

REATIVAÇÃO DE REGISTRO CANCELADO REGISTRO DE MÉRITO (11)

VISITA TÉCNICA (6) valor sugestão para visita técnica

62,00

248,00

31,00

124,00

4.136,00

2.068,00

248,00

124,00

62,00

31,00

248,00

124,00

62,00

31,00

608,00

304,00

678,00

678,00

124,00 124,00

62,00 62,00

Sem Custo Sem Custo

(1) Vigência a partir de 05 de janeiro de 2013 (2) De acordo com a letra g do Art. 25 dos Estatutos. (3) Conforme Resolução 01/95 do CDT/ABCCC. após 9 meses o valor é cobrado em dobro. (4) Sucessão, mudança razão social (dissolução de condomínio) pai/filho ou entre cônjuges. (5) Conforme Portaria nº 5, de 13/01/93 da DDA/M.A. (6) Valor sugerido devido e pago diretamente ao profissional credenciado (7) Cobrança suspensa, conforme decisão da diretoria em 03/12/2001.


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Entidade aumenta lista de técnicos credenciados Foto Maysa Maciel

Maysa Maciel

Pelotas/RS. O médico veterinário Jaime Fagundes Bica de Freitas passa hoje a integrar a relação de profissionais autorizados a fazer uso da marca da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Agora, a entidade conta com 21 credenciados, fazendo atendimento aos crioulistas em todo o território nacional.

O novo técnico foi aprovado no concurso realizado em 2010 e já cumpriu seu estágio de qualificação, antes de partir efetivamente para o trabalho de campo. O gaúcho de São Gabriel agora está disponível para, além de fazer a marcação

Jaime de Freitas recebeu a marca oficial da ABCCC das mãos do superintendente do SRG, Rodrigo Teixeira

de animais, atender aos criadores e a super visionar eventos oficiais da mesma.

Dividido em quatro fases, o concurso realizado há dois anos encerrou com sete, dos mais

de cem currículos recebidos, aprovados em todas as etapas. Desde então, os cinco primeiros candidatos já haviam sido convocados sendo estes os últimos profissionais considerados aptos às vagas disponíveis, neste processo de seleção. Os técnicos aprovados a partir deste ano estão sendo credenciados com um termo de compromisso válido por um ano, o que será uma regra inclusive para os próximos profissionais que vierem a ingressar na relação de técnicos. Com a chamada de todos os profissionais aprovados no último concurso, a Associação já está com edital do novo concurso aberto aos interessados. Veja mais informações no site da ABCCC, www.abccc.com.br.

Comunicado

O Setor Financeiro da ABCCC comunica aos associados que a modalidade de pagamento da anuidade em 12 vezes foi extinta. Sendo assim o parcelamento passa a acontecer em 11 vezes de R$ 85,00. Aqueles que, até o dia 27 de dezembro, optaram por pagar em 12 vezes receberão a partir de fevereiro as dez parcelas restantes. Os que não optaram por uma das formas oferecidas estão automaticamente incluídos nesta modalidade.

5


6

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Associação investe na qualidade Hélen Albernaz

Com foco na qualidade, a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) vem implementando melhorias para montar processos e buscar mais resultados. Conforme o gerente geral da entidade, Vagner Studzinski, já houve queda significativa no número de reclamações e melhorou a comunicação com o público. Segundo dados obtidos através dos relatórios anuais da Ouvidoria a redução nas reclamações chegou a quase 80%. Enquanto em 2011 foram 337 registros, em 2012 aconteceram apenas 72 ocorrências negativas.

Os números positivos são reflexo da implantação de uma Central de Relacionamento, em abril de 2012, e o investimento na qualificação dos funcionários - primeiros passos dados neste trabalho pela qualidade. Este ano, mais novidades devem aproximar a Associação do seu público e aprimorar o serviço prestado. Para isso, a entidade vem investindo em tecnologia e aos poucos os procedimentos passam a ser otimizados. A partir de fevereiro, por exemplo, transferências e comunicados de padreações começam a ser feitos pela internet, afirma Studzinski. Em dezembro a gestão técnica deve estar totalmente informatizada e o processamento de dados poderá ser feito em tempo

real e de qualquer lugar que tenha acesso à internet. “Assim esperamos reduzir e efetivar o tempo de trabalho, como diminuir o

tempo máximo de saída de um documento”, explica o gestor. A partir do mês de março mais uma novidade, um Setor de

Qualidade será montado e passará a gerir essas melhorias e intensificar o treinamento dos funcionários. “A nossa gestão pela

qualidade passa por três pontos: avanços tecnológicos, controle de processo e documentação e treinamento”, finaliza.

Confira abaixo o relatório da Ouvidoria completo de 2012. Administrativo

Janeiro

Dúvidas Elogios

Reclamações

Comunicação

Dúvidas

Elogios

Reclamações

Eventos Dúvidas

43 0

1 7

0

2

39

Elogios

Reclamações

Informática Dúvidas Elogios

Reclamações

Loja

Dúvidas

0

1

25 1

0

22

Elogios

1

Fevereiro

Março

Abril

Maio

Junho

33

38

1

6

12

0

0

0

1

0

10

7

3

3

6

1

1

0

35

34

0

2

28

19

1

SEM DADOS

1

SEM DADOS

1

SEM DADOS

SEM DADOS

0

22

21

0

0

3

1

2

5 4

1

1

3

0

20

19

29

13

0

0

0

1

3

0 0

0

0

6

0 1

2

1

7

0 0

1

Agosto

0

0

1

0

0

Julho

2

3

2

0

0

2

Setembro

Outubro

2

10

0

1

3

2

2

5

11

15

0

0

1

2

2

3

9

3

1

1

1

0

2

6

0

1

1

0

0

0

Novembro Dezembro

0

6

32

133

0

0

9

0

0

7

3

6

78

0

12

2

15

224

0

0

5

1

0

0

4

0

0

12

3

107

0

2

0

0

3

12

2

2

0

10

3

1 1

2

Total

1

2

0

74

0

7

SEM DADOS

0

0

0

0

0

0

0

0

0

0

98

140

42

77

85

77

116

112

99

112

186

1

0

3

7

6

7

5

2

1

1

36

Dúvidas

2

11

Reclamações

0

1

Reclamações

Registro

Dúvidas

1

88

Elogios

Reclamações

4

2

0

3

5

SEM DADOS

1

C. de relacionamento Elogios

1

5

1

7

0

Expedição

0

6

1

3

0

4

0

4

0

0

9

5

1

1232

5

57

5

3

8

2

0

8

39

0

0

0

0

0

0

1

0

2

1

0

0

0

1

4

Dúvidas

0

1

0

0

0

0

0

0

1

Reclamações

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Elogios

0

0

0

0

0

0

0

0

0

Cavalo Crioulo fecha 2012 com balanço positivo O ano de 2012 encerrou bastante positivo para a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). A evolução técnica da raça e sua valorização de mercado nos últimos anos possibilitaram também uma expansão no número de proprietários e a sua participação em eventos e provas. E neste ano não foi diferente. Segundo informações do setor de Eventos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), em 2012 houve um acréscimo no envolvimento de cerca de cinco mil expositores nos eventos oficiais. Este dado mostra a diversidade e a democracia de participação assim como um aumento do

interesse dos criadores nas modalidades esportivas e nas provas de seleção, em concordância com o aumento do número de eventos. Na avaliação de Leandro Amaral, vice-presidente de Eventos da Associação, o incremento de modalidades como o Freio do Proprietário, o Laço Criador e a força B da Paleteada oportunizaram a maior participação nas provas. “Dá para ver que existe um maior interesse na raça”, diz. Segundo o diretor, entretanto, hoje a ABCCC não tra-

balha para aumentar a quantidade de eventos, mas sim a qualidade. Amaral destaca que estes números mostram o resultado de um trabalho de fomento e que novos interessados sempre são bem-vindos. “E para 2013 a tendência é que se amplie ainda mais. Esperamos que a Tríplice Coroa e as Rédeas de Ouro, que são projetos bastante arrojados que temos, desafiem cada vez mais os criadores, assim como a Marcha que a gente pretende ampliar”, obser va.

Eventos

Expositores

Animais

2010

444

10.286

18.046

2011

580

10.235

20.066

2012

616

14.784

19.394

Já em relação ao setor de Registro Genealógico (SRG) da ABCCC, os números confirmam a tendência de expansão da raça. Com um aumento de aproximadamente 30% no número de padreações, em relação ao ano passado, o setor já prepara-se para promover melhorias na prestação dos serviços e atender às exigências da alta demanda. Também chamam a atenção as mais de 16,4 mil transferências registradas na temporada.

“Foi um ano em que se ajustaram os processos frente a um regulamento novo e nossa ideia para 2013 é focar na qualidade do atendimento através da melhoria contínua, estabelecendo padrões de atendimento com a intenção de melhorar gradativamente e facilitar os processos para os criadores através de um novo sistema de informática”, projeta Rodrigo Teixeira, superintendente do SRG. (Douglas

Padreações

46.650

Registro Definitivo

13.393

Registro Provisório Transferências

Saraiva)

2010

2011

2012

25.020

24.041

27.672

14.029

16.757

15.781

42.892 12.230

Sócios

2.518

2.672

Registro RP01

574

461

Novos afixos

811

761

60.896 14.215 2.771 764 541


8

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Núcleo é movido pela paixão Douglas Saraiva

Se hoje a Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) é uma entidade reconhecida por estimular a identificação e o trabalho de seus associados em favor da raça, muito é devido à extensão de seus braços fortes ao longo de todo o país. Os núcleos compreendem importantes parceiros no trabalho de fomento, promoção e consolidação das propostas da entidade e recebem, portanto, especial destaque do Jornal Cavalo Crioulo.

A partir desta edição, você leitor passará a conhecer um pouco da historia desses grandes parceiros que se mobilizam e não medem esforços no intuito de realçar e manifestar a expressividade da sua paixão pelo cavalo Crioulo. A cada mês, seguindo uma ordenação alfabética por região, cada uma das 86 unidades terá um resumo da sua trajetória publicada em nossas páginas. Pois são essas histórias, de personagens incansáveis e integrados, que fortalecem e distinguem cada vez mais a raça Crioula. Na estreia desta seção será contada a história do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Arroio Grande, município da

Novos sócios Alexandre Pedroso Grabher, Viamão/RS Andrea Barreto Nogueira, Itapema/ SC Antônio Vaccaro Filho, Erechim/RS Darlei Alves de Souza, Gravataí/RS Eduardo Demari, Reserva/PR

região sudeste do Rio Grande do Sul. A unidade foi fundada em 1984 quando um grupo de criadores liderados por Ricardo Pontes Netto se reuniu e decidiu materializar a ideia do núcleo. Neste mesmo ano, o Sindicato Rural da cidade inaugurou sua nova sala de remates no Parque Guilhermino Dutra e cedeu um modulo no espaço à instalação da unidade. Pontes Netto foi também o primeiro presidente e responsável pela organização, no mesmo ano, da primeira Exposição Morfológica da raça em Arroio Grande. O julgamento foi feito pelo criador de Jaguarão/RS, João Rouget Perez Wrege. Em 1988, durante a gestão de Sandra Silveira Mattos, foi organizada uma mostra funcional. A prova, nos mesmos moldes do Freio de Ouro exceto a avaliação morfológica, foi julgada por Ariano Santos Drummond e teve como vencedora a égua Margô de São Martim montada pelo seu proprietário Aníbal Dias, de Jaguarão. A primeira edição da mostra funcional no município assinalou um momento importante na história do Núcleo. Mesmo com apenas seis participantes em sua primeira edição, a prova ficou marcada por alavancar esse tipo de evento no local. Mais tarde, em 1989, a prova contou com o julgamento do coro-

nel Bayard Bretanha Jacques que, ao microfone, fez comentários e surpreendeu a todas por sua didática na avaliação. Ainda neste ano a presidência do Núcleo era ocupada por Ariano Santos Drummond, que mantinha a agenda do Núcleo na primavera com a Exposição Morfológica e a prova funcional que desde então passou a se chamar Jerônimo Cunha Santos em homenagem ao criador do município, apreciador deste tipo de modalidade. A prova foi realizada com êxito até 1994 quando foi substituída pela primeira credenciadora do Núcleo. Na época o atual presidente, Marcelo Silveira da Silveira, estava em sua primeira gestão à frente da unidade e liderou a organização do evento. Neste momento a experiência na promoção de provas funcionais foi importante, assim como a estrutura do parque que já dispunha de pista com tubo de largada, mangueira e de todo básico necessário para a disputa. Deste ano em diante o núcleo seguiu uma sequência ininterrupta anual de credenciadoras abertas na primavera, junto à Expofeira do município, até a atualidade. Já em meados da década de 90, durante a presidência de Thiago da Silva Furtado, abre-se o leque de possibilidades e passam a ocorrer

também Chasques, Paleteadas e Crioulaços no local. O presidente seguinte foi Juliano Costa que acabou passando a cadeira durante o mandato a Wilson Xavier Bence, no início dos anos 2000. Bence promoveu um incremento substancial à agenda da unidade, com a realização de uma credenciadora de inéditos no outono, passando a ter um calendário anual de eventos. A programação seguiu intensa e completa, sob o comando de Fernando Luís D’Ávila Soares e depois Fábio Canilhas Stocker. A sucessão de diretorias no núcleo sempre foi harmoniosa e buscou a continuidade das boas propostas. Atualmente, em seu segundo mandato, Marcelo Silveira está à frente da unidade com cerca de 60 associados e, preocupado com os pequenos criadores, agregou à agenda a realização de revisões coletivas. Também são realizadas provas do Freio do Proprietário e do La Rienda, sempre com grande participação de criadores, não só na organização como também na própria disputa. O contato para mais informações sobre a agenda e os eventos do Núcleo pode ser feito pelo telefone (53) 32621338 ou direto com o presidente no (53) 9975-0015.

Eduardo L. Scaini/Renan P. Schlichting, Osório/RS Francisco Fábio Fuzari, Santo André/SP João Carlos da Cunha Santanna, Porto Alegre/RS João Francisco Tavares Reis, Palmas/PR Jonas Leopoldino de Souza, Portão/RS

Jorge Umpierrez Rodrigues, Santana do Livramento/RS José Augusto Ferreira da Silva, Guaíba/RS Luiz Vitorino Filho e Marcelo C. Bazan, Uberaba/MG Márcio Rodrigues Cassini, Encruzilhada do Sul/RS Maria Cecília Brazil Menezes Garcia,

São Paulo/SP Maria Luíza Dias de Almeida, Fortaleza dos Valos/RS Ricardo A. Barbosa e Vinícius I. Russo, Pelotas/RS Thiago Augusto Moojen, Lagoa Vermelha/RS Vítor Leão Stefani, Bagé/RS Zaira Michelin Santos, Itaí/SP

ferências, onde permaneceu até junho de 2012 antes de assumir as Confirmações. Conforme Rafael, o contato com o público é o que mais encanta nesse trabalho. “Já havia atendido clientes em Pelotas, mas conversar com gente do país inteiro é diferente. E recebemos muito reconhecimento pelo serviço prestado.” E lembra ainda da sua primeira viagem para o Freio de Ouro, realizada em agosto de 2012. “Ali tivemos contato direto com a realidade que lidamos. Eu tinha muito vontade de assistir à prova de mangueira. A forma como os cavalos são conduzidos é impressionante”, comenta. Se a oportunidade de trabalhar na Associação é de apren-

dizado para o funcionário, ele aproveitou para voltar aos livros e concluiu o terceiro semestre de Análise de Sistemas. “Sou técnico em Segurança do Trabalho e, às vezes, até dou umas dicas ali na sala para melhorar a rotina do pessoal, mas nunca atuei na área”, conta. Equilibrar-se entre trabalho e estudo é, hoje, um dos maiores desafios para Rafael. Com aulas pela manhã e o serviço à tarde e à noite ele ainda arruma tempo para pintar o rosto e animar festas e confraternizações como palhaço. Com o personagem Sacramento aprendeu a compreender o público, ensinamento aplicado no contato diário com os crioulistas.

Conheça nossos funcionários

Rafael Munhoz do Sacramento Se tem uma coisa da qual Rafael Munhoz do Sacramento afirma não ter medo é de desafio. Funcionário da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) desde 2009,

ele ocupa atualmente seu terceiro cargo dentro do Serviço de Registro Genealógico (SRG) e conta que o aprendizado sobre a raça é inesgotável. Depois de atuar alguns anos em empresas privadas, nas áreas de alarmes e eletrônicos, Sacramento soube pelo amigo Cláudio Maraninchi Leite que havia uma vaga na ABCCC. Em entrevista com o chefe do SRG da época deixou claro que não entendia nada de cavalos Crioulos e ganhou a confiança do gestor. “Quando afirmei isso ele me desafiou e demonstrei vontade de fazer um bom trabalho.” E foi assim que ingressou no Protocolo, onde ficou alguns meses. Em seguida passou para Trans-

Carta aberta

Comunidade Crioulista A ABCCC - Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos, com sede em Pelotas/ RS, vem a público manifestar preocupação e desconformidade com o Projeto de Lei de autoria do Deputado Ricardo Trípoli (PSDB-SP), que dispõe sobre a proibição de eventos equestres como rodeios, vaquejadas e competições de laço, projeto este já em tramitação na Câmara Federal. Tais atividades, arraigadas na história e na origem do nosso povo brasileiro, são manifestações culturais que devem ser preservadas e protegidas, além do fato de moverem nossa economia gerando milhares de empregos. Recente pesquisa da ESALQ - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz - aferiu que apenas a Raça Crioula é responsável, em todo o território nacional, pela geração de 238 mil postos de trabalho, entre empregos diretos e indiretos, além de movimentar anualmente R$ 1,3 bilhão. Imagine-se a geração de trabalho de todas as raças equinas no nosso imenso Brasil. Eventual acidente com algum animal não pode ser precedente para fulminar importante atividade da nossa cultura e do nosso agronegócio. Cabem, sim, as medidas necessárias à proteção de todos os homens e animais envolvidos nestas atividades, no que esta Associação é exemplar em todos os seus eventos. Convocando seu apoio à não aprovação do Projeto em questão, manifestamos os votos de um próspero 2013, repleto de paz, saúde e muitas provas campeiras. Pelotas, 19 de dezembro de 2012. Mauro Raimundi Ferreira Presidente da ABCCC

Comunicado

Atenção associado! Àqueles que não optaram por uma das formas de pagamento oferecidas até 27 de dezembro, a anuidade 2013 ficou automaticamente dividida em 11 parcelas, sendo que a primeira encontra-se vencida neste mês de janeiro. Para pagamento entre em contato com a ABCCC pelo telefone 3284-1450.


10

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Calendário de Eventos Janeiro Dia 11 a 13 - Movimiento a la Rienda, Paleteada - Força A, Paleteada Internacional - Bagé/RS Dia 11 - Crioulaço - Bom Jesus/ RS Dia 11 e 12 - Campereada, Crioulaço - Rio Pardo/RS Dia 17 - Campereada - Capivari do Sul/RS Dia 18 a 20 - Credenciadora - Camaquã/RS Dia 19 - Crioulaço - Ipuaçu/SC Dia 26 e 27 - Paleteada - Força B e A, Enduro - Rio Grande/RS

Fevereiro Dia 1º a 3 - Prova de 1 Ano de Doma, Prova de 21 Dias, Revisão Coletiva, Paleteada - Força A, Crioulaço - São Borja/RS Dia 1º a 3 - Paleteada, Morfologia, Credenciadora Inéditos - Herval do Sul/RS Dia 1º - Revisão Coletiva - Santiago/RS Dia 1º a 3 - Freio do Proprietário, Freio Jovem, Credenciadora Lavras do Sul/RS Dia 2 - Freio do Proprietário, Freio Jovem - Quaraí/RS Dia 2 - Prova de 21 Dias - Santiago/RS Dia 2 - Dia de Campo, Palestra Técnica - São Francisco de Assis/ RS Dia 10 - Crioulaço - Guaraniaçú/ PR Dia 10 - Campereada - Areal/RJ Dia 16 - Crioulaço, Palestra Técnica - Urupema/SC Dia 21 a 24 - Movimiento a la

Rienda, Revisão Coletiva, Morfologia - Guarapuava/PR Dia 21 a 24 - Credenciadora, Freio Jovem, Freio do Proprietário - Nonoai/RS Dia 22 a 23 - Freio Jovem, Freio do Proprietário, Credenciadora Santa Vitória do Palmar/RS Dia 23 - Crioulaço - Vacaria/RS

Pardo/RS

A - Arroio Grande/RS

Dia 10 - Palestra Técnica, Dia de Campo - Santa Cruz do Sul/RS

Dia 23 a 25 - Crioulaço, Palestra Técnica, Revisão Coletiva, Morfologia - Pantano Grande/RS

Dia 10 - Enduro - Santa Maria/RS Dia 11 - Revisão Coletiva - Vacaria/RS Dia 15 a 17 - Freio Jovem, Credenciadora - Ponta Grossa/PR

Dia 26 a 3 - Paleteada - Forca A, Palestra Técnica, Credenciadora Inéditos, Morfologia, Credenciadora - São Lourenço do Sul/RS

Dia 15 a 17 - Paleteada - Força A, Credenciadora, Freio Jovem, Morfologia - Caxias do Sul/RS

Dia 28 a 2 - Freio Jovem, Credenciadora - Santana do Livramento/RS

Dia 15 a 17 - Revisão Coletiva, Morfologia, Crioulaço - Lajeado/ RS

Março

Dia 15 - Palestra Técnica, Crioulaço, Revisão Coletiva - Lagoa Vermelha/RS

Dia 1º a 3 - Credenciadora Inéditos - Uruguaiana/RS Dia 1º a 3 - Prova de 21 Dias, Palestra Técnica, Dia de Campo, Paleteada - Força A - Santa Vitória do Palmar/RS Dia 1º a 3 - Crioulaço - Ponta Grossa/PR Dia 1º a 3 - Rédeas, Morfologia - Avaré/SP Dia 2 e 3 - Revisão Coletiva, Crioulaço, Paleteada - Força A São Francisco de Assis/RS Dia 2 e 3 - Dia de Campo, Palestra Técnica - Chapecó/SC Dia 8 a 10 - Morfologia, Freio Jovem, Credenciadora Inéditos Dom Pedrito/RS Dia 8 a 10 - Campereada, Revisão Coletiva, Palestra Técnica - Viamão/RS Dia 8 - Palestra Técnica, Revisão Coletiva - Montenegro/RS Dia 9 - Palestra Técnica, Revisão Coletiva - Carazinho/RS Dia 9 - Campereada, Revisão Coletiva, Dia de Campo - Rio

Dia 28 a 26 - Concentração para Marcha - Jaguarão/RS Dia 28 e 31 - Revisão Coletiva, Morfologia Incentivo, Credenciadora, Campereada - Santa Rosa/ RS Dia 29 a 31 - Revisão Coletiva, Morfologia - Ponta Grossa/PR Dia 30 - Revisão Coletiva - Rosério do Sul/RS

Abril Dia 3 a 7 - Paleteada - Força A, Freio Jovem, Freio do Proprietário, Palestra Técnica, Morfologia Passaporte, Credenciadora Inéditos - Pelotas/RS

Dia 16 - Crioulaço - Santiago/RS Dia 16 - Dia de Campo - Bom Jesus/RS Dia 16 - Palestra Técnica, Dia de Campo - Nova Prata/RS Dia 17 - Paleteada - Força A - Uruguaiana/RS Dia 17 - Campereada - Rio Grande/RS Dia 21 a 24 - Credenciadora Inéditos - Balsa Nova/PR Dia 21 e 22 - Morfologia, Credenciadora, Paleteada - Força A - Esteio/RS Dia 22 a 24 - Freio Jovem, Morfologia, Freio do Proprietário, Credenciadora Inéditos - São Gabriel/RS Dia 22 a 24 - Prova de 21 Dias, Palestra Técnica, Revisão Coletiva, Paleteada - Força A - Dom Pedrito/RS Dia 22 a 24 - Credenciadora Inéditos, Movimiento la Rienda, Freio Jovem, Paleteada - Força

Dia 5 a 7 - Prova de 21 Dias, Crioulaço, Morfologia - Ponta Grossa/PR Dia 5 - Revisão Coletiva - Pedro Osório/RS Dia 5 - Palestra Técnica, Revisão Coletiva - Montenegro/RS Dia 6 - Revisão Coletiva - Canguçu/RS Dia 6 - Crioulaço - Bom Jesus/RS Dia 6 a 7 - Revisão Coletiva, Crioulaço - Nova Prata/RS

ciadora, Crioulaço - Itaqui/RS Dia 12 a 14 - Revisão Coletiva, Crioulaço, Laço Criador - Ijuí/RS Dia 12 a 14 - Morfologia, Palestra Técnica - Londrina/PR Dia 12 a 13 - Morfologia - Campo Grande/MS Dia 13 - Revisão Coletiva - Pinheiro Machado/RS Dia 13 - Dia de Campo, Palestra Técnica - Lajeado/RS Dia 13 a 14 - Crioulaço - Campo Verde/MT Dia 16 a 17 - Enduro - Pedras Altas/RS Dia 19 - Crioulaço - Santa Cruz do Sul/RS Dia 19 a 22 - Campereada, Morfologia - Santa Maria/RS Dia 19 a 21 - Crioulaço, Morfologia, Campereada - Lages/SC Dia 22 - Revisão Coletiva - Pelotas/RS Dia 25 a 28 - Morfologia Passaporte - Uruguaiana/RS Dia 25 a 28 - Morfologia, Credenciadora, Paleteada - Força A, Prova de 21 Dias - Vacaria/RS Dia 25 a 28 - Credenciadora - São Bento do Sul/SC Dia 26 a 28 - Revisão Coletiva, Freio Jovem, Freio do Proprietário, Credenciadora - Santa Cruz do Sul/RS

Dia 7 - Palestra Técnica, Revisão Coletiva - Santa Maria/RS

Dia 26 a 28 - Freio Jovem, Credenciadora, Morfologia - Canguçu/RS

Dia 7 - Revisão Coletiva - Quaraí/ RS

Dia 27 a 11 - Marcha - Jaguarão/ RS

Dia 7 a 8 - Morfologia - Bom Jardim da Serra/SC Dia 12 a 14 - Paleteada - Força A, Prova de 21 Dias, Morfologia - Alegrete/RS Dia 12 a 14 - Morfologia, Creden-

Dia 27 - Dia de Campo - Piratini/ RS Dia 27 a 28 - Campereada, Morfologia, Palestra Técnica - Petrópolis/RS Dia 30 - Revisão Coletiva - Arroio Grande/RS


12

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Freio de Ouro

Classificatórias têm datas alteradas Douglas Saraiva

As datas das provas classificatórias ao Freio de Ouro 2013 sofreram uma pequena alteração, segundo informa a Comissão de Provas Funcionais da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Após reunião realizada no dia 14 de dezembro, na sede da entidade em Pelotas/ RS, ficou decidido que as semifinais das regiões sete e dois irão trocar entre si as agendas.

Desta forma, a etapa da região sete, que abrange o estado do Paraná, irá ocorrer entre os dias 31 de maio e 2 de junho. Já a classificatória da região dois, que compreende os municípios do centro do Rio Grande do Sul, está agora programada para acontecer de 10 a 12 de maio. De acordo com o vice-presidente de Eventos da ABCCC, Leandro Amaral, a mudança ocorreu por dois motivos: a data anterior da região sete conflitava com a de uma Exposição Morfológica em Maringá/PR e para que a região dois consiga

Santa Maria credencia oito animais inéditos Santa Maria/RS. Entre os dias 30 de novembro e 2 de dezembro, o município gaúcho de Santa Maria realizou a sua XXI Credenciadora de Inéditos que selecionou oito animais - quatro fêmeas e quatro machos. Os participantes foram julgados por Jean Mendes, Luizantero Oliveira Peixoto e Mateus Goulart Oliveira e o evento teve a supervisão do técnico credenciado à ABCCC Carlos Marques Gonçalves.

promover pela primeira vez um remate televisionado. A nova data concorda com a agenda do Canal Rural e possibilita a uma ampliação das oportunidades de negócios no evento. “Essa troca vai evitar que esses dois grandes eventos no Paraná coincidam e ainda permitir a realização de um leilão com transmissão ao vivo na região dois, que é um grande polo comercial da raça, mas nunca teve. É uma troca benéfica a am-

bas as regiões, se não fosse não alteraríamos”, explica Amaral. O diretor ressalta ainda que as possíveis sedes ainda estão sendo avaliadas e os locais definitivos só serão divulgados após uma gira com a revisão final das pistas. A gira deverá ocorrer no início de 2013, a cargo da Comissão de Provas Funcionais, acompanhada da gerência da Eventos e de representantes do Canal Rural. Veja a seguir a programação atualizada.

Classificatórias do Freio de Ouro 2013 Argentina

4 a 7/4

Bocal de Ouro

15 a 21/4

Região 2

10 a 12/5

Região 1

17 a 19/5

Uruguai

23 a 26/5

Região 7

31 a 2/6

Região 3

6 a 9/6

Região 6

13 a 16/6

Região 4

20 a 23/6

Região 5

27 a 30/6

Repescagem

8 a 14/7

Repescagem

25 a 28/7

Veja o resultado (ainda não homologado pela ABCCC)

Fêmeas 1°lugar

El Tropillero Cataluña, filha de Água de Los Campos y Maquena Criterioso e Encantada de Santa Rafaela; criador e expositor Paulo Roberto Souto e Péricles Druck, Estância da Quinta e El Tropillero, Rio Pardo/RS Ginete: Deivy Flores Nota final: 17.849 2°lugar

Guarida de Santa Edwiges, filha de Tinajera Buen Abrigo e Aliança de Santa Edwiges; criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa

Edwiges, São Lourenço do Sul/RS Ginete Juliano Castro Nota final: 17.337

3°lugar KG Roseta, filha de KG Nabuco e Bonita Vencedor; criador e expositor Idelso Gasola e Luiz Carlos Kramer, Cabanha Lagoa Vermelha, Lagoa Vermelha/RS Ginete: Fábio Salles Nota final: 16.008 4°lugar Vicunha de São Pedro, filha de Napoleão de São Pedro e Ousada de São Pedro; criador Eduardo Macedo Linhares e expositor Ramiro Cerutti e Alex Fonseca, Cabanha da Divisa e Ana Terra, Cruz Alta/RS e Nova Gama/DF

Cidades que poderão sediar etapas são avaliadas As etapas classificatórias ao Freio de Ouro 2013 começam apenas em abril, mas o trabalho de organização dos eventos já está em ritmo acelerado e promete melhorias para este ciclo. Uma das principais novidades começou na seleção dos municípios que receberão as provas da raça. Os parques oferecidos pelos núcleos passaram por revisão e toda a estrutura das possíveis sedes foi avaliada. A medida pretende qualificar ainda mais as competições do cavalo Crioulo e oferecer condições melhores aos participantes. “Enquanto fora do eixo Sul reforçamos o fomento, nos locais onde a raça está consolidada queremos aprimorar as ações”, explica o vice-presidente de Eventos da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Leandro Amaral. Ao lado do gerente de Eventos e técnico de Relacionamento com Núcleos, Ibsen Votto, Amaral realizou visitas aos locais e observou todos os pontos considerados importantes. Em seguida os dois elaboraram relatórios, notificaram os núcleos e deram prazo até final de dezembro

para que as adaptações fossem feitas. Conforme Votto, durante a análise foram feitas fotografias da pista, acomodação dos animais e do público e da estrutura geral do parque. A avaliação também ponderou os serviços que a cidade oferece como rede hoteleira, restaurantes, acesso o local do evento e o apoio do poder público. Em algumas cidades houve uma segunda vistoria com o parque em funcionamento. Concluída a primeira parte do processo, o material foi reunido em apresentação e exposto à diretoria da entidade. A partir do início de janeiro os dois retornam às cidades em análise para verificar se as melhorias solicitadas foram executadas pelos núcleos e até o final do mês devem estar definidas as sedes das etapas classificatórias. “Todos compreenderam bem a nossa intenção de qualificar os eventos e estão muito empenhados nesse projeto”, afirma o vice-presidente. Segundo ele, os locais aprovados receberão o suporte necessário para que a melhoria seja efetiva. (Hélen

Albernaz)

Ginete: Miguel Souza Nota final: 15.776

Nota final: 18.299

Machos

Quinchamalo do Infinito, filho de San Ignácio Martirio e Guadalupe do Infinito; criador Roberto Davis Júnior e expositor Lucel Jussara e Carlos Ernesto Betiollo, Cabanha Beribá, Candiota/RS Ginete: Felipe Silveira Nota final: 18.153

1°lugar BT Vancouver, filho de BT Jade e BT Jamaica; criador Flávio Bastos Tellechea e expositor Júlio Cesar Veiga, Cabanha Dinastia Gaúcha, Viamão/RS Ginete: Marcelo Bernardes Nota final: 18.645

2°lugar PO Ybirapuitã, filho de Lutador do Purunã e Indaiá do Purunã; criador Gonçalo Porto Silva e expositor José Luís Benvenutti, Estabelecimento Daniel Cunha, Camburiu/SC Ginete: Daniel Cunha

3°lugar

4°lugar

Guerreiro do Ouriço, filho de Campana Guasquero e Nara da Guarida; criador Luís Augusto Weber e expositor Diego Nascimento, Carazinho RS Ginete: Fábio Salles Nota final: 16.693


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Freio de Ouro

13

Piratini reúne animais inéditos em credenciadora Fotos Humberto Manetti

Piratini/RS. O mês de dezembro teve início com programação crioula no Rio Grande do Sul. Entre os dias 1º e 2 o município de Piratini/RS sediou uma Credenciadora de Inéditos que foi julgada por Eduardo Neto de Azevedo, Jorge Aginelo do Nascimento e Ricardo Pinto Torres. A supervisão técnica ficou a cargo do técnico credenciado à ABCCC Cláudio Neto de Azevedo.

Veja o resultado

(ainda não homologado pela ABCCC)

BT Vanguarda, montada por José Fonseca Macedo, foi 1º lugar entre as fêmeas

Pompeu de Santa Angélica conquistou a 1ª colocação entre os machos

Fêmeas 1º lugar

BT Vanguarda, filha de BT Harmônico e BT Irirela, criador Flávio Bastos Tellechea e expositor Mariana Franco Tellechea e filhos, Cabanha Basca, Uruguaiana/RS Ginete: José Fonseca Macedo

Viragro Fina Estampa , filha de Viragro Rio Tinto, foi a 2ª colocada

Nuvioso 50 da Recalada foi o segundo melhor macho da prova

Montada por Mário da Rosa, Arandela Mediador foi a 3ª fêmea

Puma Cala Bassa teve média 15,636 e ficou com a terceira colocação

Nota final: 18,739 2º lugar

Viragro Fina Estampa, filha de Viragro Rio Tinto e Capella 437 Onza; criador e expositor Viragro Agropecuária Ltda, Dom Pedrito/RS Ginete: Anderson Luzardo Peres Nota final: 17,982 3º lugar

Arandela Mediador, filha de AS Malke Cartucho e Roleta Tupamabaé; criador e expositor Antônio Vinícius Amaro da Silveira, Cabanha Dom Amaro, Viamão/RS Ginete: Mário da Rosa Nota final: 17,248 4º lugar

Estrela da Laguna dos Patos, Farrapo do Telho Chico e Noite do Passo da Cruz; criador e expositor Luísa Martins Miller, Cabanha Laguna dos Patos, Pelotas/RS

Estrela da Laguna dos Patos teve média 17,235 e conquistou a 4ª colocação

Ginete: Gilson Nunes

Montado por Luís Fernando Ferreira Almeida, Butiá do Elebê foi o 4º macho

Nota final: 17,235 Machos 1º lugar

Pompeu de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Delicata de Santa Angélica; criador e expositor Leonardo Weymar, Cabanha Rincão da Feitoria, Turuçu/RS

2º lugar

Nota final: 17,204

Ginete: Bruno Vaz

Ginete: Maurício Idiart

Nuvioso 50 da Recalada, filho de Santa Elba Señuelo e BT Onza do Junco; criador e expositor Fábio Langlois Ruivo, Cabanha Recalada, Pelotas/RS

Nota final: 16,060 3º lugar

Puma Cala Bassa, filho de Honesto Simpatia e Firmeza 951 do Papito; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Wagner Silva Betemps

e filho, Cabanha Quatro Folhas, Pelotas/RS Ginete: Maurício Oliveira Nota final: 15,636 4º lugar

Butiá do Elebê, filho de Butiá

Quincas e Nelis do Elebê; criador Leônidas Burtet e expositor Domini Menegati e Luís Cláudio Almeida. Ginete: Luís Fernando Ferreira Almeida Nota final: 15,289


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Freio de Ouro

15

Etapa credenciadora reúne crioulistas em Carazinho Fotos Alexandre Freitas

Maysa Maciel

Carazinho/RS. Promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Carazinho, mais uma Credenciadora de Inéditos ao circuito do Freio de Ouro 2013 terminou na manhã do dia 9 de dezembro. O evento contou com julgamento de Lauro Martins, João Albino e Sandro Amaral. A prova teve início na manhã do dia 8 de dezembro.

Entre as dez fêmeas participantes, História do Ouriço, filha de Gago de Santa Angélica e Camoana Hebija, ficou com o primeiro lugar, terminando a prova com média 20,345. No lado dos machos, Moirão dos Três Pinhais, filho de BT Harmônico e Hornada dos Três Pinhais, ficou à frente, com nota final 20,142. Participaram 15 garanhões da disputa. A supervisão técnica do evento ficou a cargo de Jorge Aginelo do Nascimento, profissional credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

História do Ouriço foi a primeira fêmea classificada com média 20,345

Maragata dos Três Pinhais, montada por Rodrigo Nunes, ficou com a segunda colocação

Moirão dos Três Pinhais teve média 20,142 e conquistou primeiro lugar entre os machos

Resplendor do Itapororó foi o segundo macho credenciado

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC)

Fêmeas

1º lugar História do Ouriço, filha de Gago de Santo Angélica e Camoana Hebija; criador e expositor Luís Augusto Weber, Cabanha do Ouriço, Carazinho/RS

La Rinconada Golosa foi a terceira colocada com média 18,923

Montado pelo Freio de Ouro 2012, Guto Freire, Herói do Ouriço ficou com o terceiro lugar

Filha de Ganadero da Harmonia, Los Hermanos Cambona foi a quarta fêmea

Urano do Purunã foi o quarto colocado com média 18,894

Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota final: 20,345 2º lugar Maragata dos Três Pinhais, filha de BT Harmônico e Hornada dos Três Pinhais; criador Vilson Bilibio e expositor Vilson Bilibio e Norberto Ulmann Filho. Ginete: Rodrigo Nunes. Nota final: 19,673 3º lugar La Rinconada Golosa, filha de Santa Isabel Embustero e Los Nicho Divisa; criador Eduardo Tamoyo Ordenes e expositor André Rosa e Rubens Zogbi.

Milonga; criador Fernando Moraes de Mello e irmãos e expositor Moacir Luiz Fração e Lúcia Fração, Cabanha Querência Colorada, Pelotas/RS

Moirão dos Três Pinhais, filho de BT Harmônico e Hornada dos Três Pinhais; criador Vilson Bilibio e expositor Marcos Roberto Gomes Padilha.

Ginete: Lindor Collares Luís. Nota final: 18,923

Ginete: Maico Silveira. Nota final: 17,379

Ginete: Rodrigo Nunes. Nota final: 20,142

4º lugar Los Hermanos Cambona, filha de Ganadero da Harmonia e Figueral

Machos 1º lugar

2º lugar Resplendor do Itapororó, filho de Macanudo do Itapororó e Espiga

do Itapororó; criador Nestor Jadim e Maria L. Jardim e expositor Guilherme Vasconcelos e Vicente Flores. Ginete: Maico Silveira. Nota final: 20,108 3º lugar Herói do Ouriço, filho de Campana Pajero e Campana Lejana; criador e expositor Luís Augusto Weber, Cabanha do Ouriço,

Carazinho/RS Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota final: 19,359 4º lugar

Urano do Purunã, filho de BT Butiá e Lichiguana do Purunã; criador Mariano Lemanski e expositor Adolfo Neto, Flaviano Júnior e Pedro Bier. Ginete: Daniel Teixeira. Nota final: 18,894


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Freio de Ouro

17

Prova no Rio de Janeiro habilita oito conjuntos Fotos Douglas Saraiva

Douglas Saraiva

Cordeiro/RJ. O Parque de Exposições Raul Veiga em Cardeiro, município da região serrana do Rio de Janeiro sediou, entre os dias 7 e 9 de dezembro, a Credenciadora ao Freio de Ouro 2013 promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Vilson Charlat de Souza. A prova habilitou oito conjuntos à etapa semifinal da seletiva e ocorreu em evento cuja programação também contou com Concentração de Machos, Exposição Morfológica e Team Penning.

O julgamento foi responsabilidade dos criadores André Narciso Rosa, de Navegantes/SC, Jorge Demiate Júnior, de Ponta Grossa/PR, e Telmo Peixoto, de Júlio de Castilhos/RS. O técnico credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) Cláudio Neto de Azevedo supervisionou o evento. A prova foi realizada com a participação de criadores do Estado e ainda do Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo e Distrito Federal. Na avaliação dos jurados, além da qualidade da prova, também merece destaque a ótima infraestrutura das pistas, o gado e a mobilização e acolhida do Núcleo e dos criadores locais. A credenciadora foi disputada por oito machos e oito fêmeas que proporcionaram um grande espetáculo. Em primeiro lugar ficaram a égua Hortência da Charqueada montada por Thiago Beltran e o cavalo SJ Velho Barreiro montado por Flávio de Borba Pereira. Além do credenciamento e troféu, os quatro melhores de cada categoria ainda receberam premiação de R$ 6 mil, R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil, oferecida pela organização e patrocinadores. A prova foi bastante equilibrada em ambas categorias. Entre os machos, no entanto, SJ Velho Barreiro e Zaino do Capão Redondo lideraram desde o início e apenas alternaram posições. Beneficiados pelas maiores notas morfológicas e pela montaria experiente do ginete Freio de Ouro, Flávio Pereira,

Hortência da Charqueada, montada por Thiago Beltran, foi a melhor fêmea

Galera do Recando foi segunda colocada

Invernada da Boa Vista ficou em terceiro

Fazenda Boqueirão, que já havia levado o Grande Campeonato na morfologia. Marcelo Farias da Silva, presidente do Núcleo, agradeceu a participação dos criadores e destacou o empenho de todos os organizadores na promoção da prova. “Conseguimos reunir muitos amigos aqui, pessoas que vieram de longe pelo mesmo motivo que nos faz trabalhar: por amor ao cavalo. Queremos seguir fomentando a raça no Rio e manter um calendário efetivo de provas no Estado.”

Resultado (ainda não homologado pela ABCCC) Fêmeas

1º lugar

A quarta foi Jararaca do Recanto Crioulo

os animais seguraram a ponta até o fim, garantiram as duas primeiras vagas e foram os únicos a superar os 18 pontos. Entre as fêmeas a disputa estava mais aberta. Galera do Recanto Crioulo largou com a mais alta nota morfológica da categoria (7,167) e manteve a liderança por boa parte da prova. No domingo, com uma boa média nas provas de mangueira e campo II, Hortência da Charqueada chegou ao primeiro lugar dando mais um prêmio à

Hortência da Charqueada, filha de BT Neno e Gralha 179 de Nazareth; criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ Ginete: Thiago Beltran Nota final: 16,935 2º lugar

Galera do Recanto Crioulo, filha de Imperador do Purunã e Galera Simpatia; criador Darlei Hess e expositor Fabrício Rossato e Erasmo Falcão, Cabanha Rossato, Curitiba/PR Ginete: Evandro Falcão Nota final: 16,903 3º lugar

SJ Velho Barreiro ficou em primeiro entre os machos com média 19,138

Invernada da Boa Vista, filha de Chicão de Santa Odessa e Pitanga da Vila Velha; criador Fazenda Boa Vista e expositor Manoel Ribeiro de Carvalho, Cabanha Mulungú, Socorro/SP Ginete: Luís Augusto Magalhães Nota final: 15,715 4º lugar

Zaino do Capão Redondo foi segundo

Jararaca do Recanto Crioulo, filha de Mañanero Manicero e OK Recoleta; criador E. H. Hess Administração e Participação e expositor Fabrício Rossato, Cabanha Rossato, Curitiba/PR Ginete: Lincoln Wansson Nota final: 15,000

JLS Seival ficou em terceiro lugar

Machos

1º lugar

SJ Velho Barreiro, filho de BT Mouro e SJ Nogueira; criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS Ginete: Flávio de Borba Pereira Nota final: 19,138 2º lugar

Zaino do Capão Redondo, filho de Buenacho 04 do HV e Manta do Capão Redondo; criador Luiz Carlos e Antônio Carlos Albuquerque Py e expositor Macelo da Costa Gamborgi e Sérgio Roberto Ginete: Flávio de Borba Pereira Nota final: 19,008 3º lugar

JLS Seival, filho de Camb Toncho e Guria Santa Cecília; criador José

VB Eldorado Guapo ficou em quarto lugar

Luiz Biscaino Saucedo e expositor Délcio Rodrigues, Haras Anchieta, Gama/DF Ginete: Roberto Petim Nota final: 16,740 4º lugar

VB Eldorado Guapo, filho de Santa Elba Señuelo e BT Farra; criador Virgílio Biesdorf e expositor Leonardo Veiga Costa, Cabanha D, Eldorado do Sul/RS Ginete: Gilson Bonenberg Nota final: 15,678


O trabalho nos faz crescer e os resultados coroam todo este trabalho. Mas somente a amizade e o companheirismo nos mostram o quanto vale a pena a dedicação e o suor dedicado ao que nos deixa muito feliz, o desenvolvimento do Cavalo Crioulo. Que todos tenham um Feliz Natal e um Ano Novo repleto de alegrias!

(51) 3458.2666 - nccc6reg@hotmail.com www.nucelodasextaregiao.com.br


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

19

CDT define jurado para a final morfológica da Expointer Douglas Saraiva

O Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) definiu, em encontro realizado na sede da entidade no dia 13 de dezembro, o nome do

responsável pela avaliação dos exemplares na final do circuito de Exposições Morfológicas de 2013. O criador e ex-vice-presidente Técnico da Associação, Ricardo Vieira Borges, será o jurado da decisão da modalidade na Expointer.

Diferentemente das duas últimas temporadas quando o julgamento foi dividido entre dois jurados, Borges atuará sozinho. Segundo o atual vice-presidente Técnico, Mário Móglia Suñe, a diretoria aceitou a sugestão do CDT que decidiu, por una-

nimidade, indicar o nome do criador de São Gabriel/RS. “Ele foi contatado e já aceitou. É uma pessoa conceituada tecnicamente, idônea e respeitada. Tem todos os créditos para entrar em Esteio e fazer o seu julgamento.”

Sobre as classificatórias do Freio de Ouro, Suñe diz que no início de março será feita uma reunião com o corpo de jurados para unificação de critérios e, a partir daí, serão apontados os nomes dos avaliadores das semifinais.

Exposição reúne crioulistas do centro-oeste do país em Cordeiro O município de Cordeiro, na serra do Rio de Janeiro, reuniu crioulistas de diferentes localidades da região-centro oeste do país em evento promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Vílson Charlat de Souza. A agenda, organizada entre os dias 6 e 9 de dezembro, incluiu Concentração de Machos, Exposição Morfológica e Credenciadora ao Freio de Ouro. Nos dias 6 e 7 ocorreu o julgamento morfológico, a cargo do jurado André Narciso Rosa. A supervisão da prova foi responsabilidade do técnico da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Cláudio Neto de Azevedo. A mostra contou com a participação de 41 exemplares confirmados e três na categoria incentivo. O evento aconteceu nas dependências do Parque de Exposições Raul Veiga e surpreendeu o jurado e os participantes pela organização e pelo alto nível dos animais que estiveram em pista. No julgamento definitivo foram apontados como Grandes Campeões a égua menor LAA Allegra, do criador Luiz de Alencar Araripe Júnior e o potranco maior Quadrilheiro 110 da Recalada, exposto por Jorge Purcallas. Campeão da mesma categoria na Expointer, Quadrilheiro comprovou as suas virtudes e levou também o título de Melhor Exemplar da Raça. Para o jurado, os vencedores destacaram-se frente aos demais pela maior correção e equilíbrio. “A égua zaina mostrou maior volume, melhor avanço e uma potência ímpar. E o cavalo é um animal com títulos importantes, apesar de jovem, e que tem condições de formar uma manada de qualidade no RJ.” Para Araripe Júnior, o prêmio de LAA Allegra (RP03) é

um estímulo à sequência do trabalho. “Aqui no RJ é mais difícil, o clima, a pastagem, é tudo diferente. Precisamos encontrar a fórmula certa na criação, deixando os animais um pouco menos a campo. Ainda assim, acho que estamos no caminho certo e torço para que a próxima geração seja tão boa quanto esta”, resume. Já Purcallas tenta conter a euforia com os ótimos resultados de Quadrilheiro. “Tenho que ir com calma. O potranco é muito novo e vai ficar mais um ano e meio em campanha morfológica. Depois vai começar a trabalhar função com o Luís Augusto, ginete da cabanha.” (Dou-

Fotos Douglas Saraiva

LAA Allegra, égua criada no Rio de Janeiro, foi a Grande Campeã

Quadrilheiro 110 da Recalada foi o Melhor Exemplar da Raça

Mañanero Apasionada com a escarapela de Reservada

Lagunero do Infinito foi o Reservado Grande Campeão

glas Saraiva)

Resultado Fêmeas

Grande Campeã e Campeã Égua Menor LAA Allegra, filha de Agua de Los Campos Y Maquena Criterioso e Boa Idéia da Quinta; criador e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ Reservada Grande Campeã e Campeã Égua Prenhe Mañanero Apasionada, filha de Mañanero Abanico e Mañanero Que Lola; criador Eduardo Miguel Ballester e expositor Marcelo Farias da Silva e Família, Cabanha Treze Tilias, Cachoeira de Macacu/RJ 3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua Menor Querência 98 da Recalada, filha de BT Faceiro do Junco e Percanta El Entrevero; criador Fábio Langlois Ruivo e expositor Luiz de Alencar Araripe, Fazenda Boqueirao, Areal/RJ

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Adulta Galera do Recanto Crioulo, filha de Imperador do Purunã e Galera Simpatia; criador Darlei Hess e expositor Fabrício Rossato e Erasmo Falcão, Cabanha Rossato, Curitiba/PR Machos Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Potranco Maior Quadrilheiro 110 da Recalada, filho de JA Anarquista e Hija Buena da Recalada; criador Fábio Langlois Ruivo e expositor Jorge Purcallas, Cabanha Profecia, Rio de Janeiro/RJ Reservado Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto

Lagunero do Infinito, filho de CRT Guapo e BT Bailarina do Junco; criador Roberto Sidney Davis Júnior e expositor Marcelo Farias e Família e André Vaz Machado, Cabanha Treze Tilias e Don Dilo, Cachoeira de Macacu/ RJ e Bage/RS

3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Adulto Zaino do Capão Redondo, filho de Buenacho 04 do HV e Manta do Capão Redondo; criador Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py e expositor Marcelo da Costa Gambogi/Sergio Roberto

4º Melhor Macho e 3º Melhor Cavalo Adulto SJ Velho Barreiro, filho de BT Mouro e SJ Nogueira; criador e

expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS

Campeonato Incentivo Campeã Incentivo Fêmeas EF Poesia, filha de Índio do Boeiro e EF Hortencia; criador Erasmo Falcão Lopes e expositor Erasmo Falcão Lopes e Fabrício Rossato, Cabanha Falcoeiro e Rossato, Uruguaiana e Curitiba/RS

Campeão Incentivo Machos EF Pancho, filho de Índio do Boeiro e JLS Conona; criador Erasmo Falcão Lopes e expositor Erasmo Falcão Lopes e Fabrício Rossato, Cabanha Falcoeiro, Uruguaiana/ RS e Curitiba/RS


20

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Morfologia

Quarta edição do Tempranito é sucesso em Bagé Fotos Pedro Blanco

Max Cirne

Bagé/RS. No primeiro dia de dezembro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé promoveu sua renomada prova de morfologia incentivo na quarta edição do Tempranito, no Rio Grande do Sul. Cento e quatro animais participaram da competição, sendo 59 fêmeas, 33 machos e quatro trios. O jurado Carlos Loureiro de Souza considerou excelente o nível dos inscritos, que juntos configuraram um número alto de integrantes na disputa. O saldo foi tão positivo que o avaliador os definiu como animais de exceção, com qualidade a se admirar em qualquer lugar.

O principal destaque do evento ficou com Dichoso Cala Bassa, do criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, da Cabanha Cala Bassa, de Bagé, agraciado como o Melhor Exemplar da Raça com o Prêmio Mário Fernando Bruce Suñe. Conforme Souza, o animal também eleito como

Basca Uma Piedra - Grande Campeã

Dichoso Cala Bassa - Melhor Exemplar

Em seu parecer final, Souza projetou um próspero destino para os selecionados no Tempranito. “Os animais vencedores na prova serão os futuros premiados em Esteio nos próximos anos”, disse.

4ª Melhor Fêmea

Veja os resultados

Melhor exemplar da Raça e Grande Campeão

(ainda não homologados pela ABCCC)

Fêmeas Grande Campeã Basca Uma Piedra, criadora e expositora Mariana Franco Tellechea e Filhos, Canhana Basca, Uruguaiana-RS Basca Úrsula - Reservada Grande Campeã

Grande Campeão, apresentou “um trilho muito correto, boa cabeça, bom pescoço, bem retangular, de garupa comprida, bem angulado de patas e bem aprumado”. O padrão permaneceu alto com o Melhor Trio, formado por Campana Zafira, Campana Zamba e Campana Zarca, da Ca-

Quilero Xismero - Reservado

banha Campana, de Bagé, definido como “muito homogêneo” pelo jurado. Souza evidenciou ainda o nível das fêmeas participantes, avaliado como muito bom - vide a Grande Campeã Basca Una Piedra, da criadora e expositora Mariana Franco Tellechea e Filhos, da Cabanha Basca, de Uruguaiana.

Reservada Grande Campeã Basca Úrsula, criadora e expositora Mariana Franco Tellechea e Filhos, Canhana Basca, Uruguaiana-RS 3ª Melhor Fêmea Quilero Xambalá, do criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, da Cabanha Quilero, Bagé-RS

Espanhola do Mako, criador e expositor Agropecuária do Mako Ltda, São Lourenço do Sul-RS Machos

Dichoso Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé-RS Reservado Grande Campeão Quilero Xismero, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé-RS 3º Melhor Macho Piraí Marujo, criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé-RS 4º Melhor Macho Ópio do Recanto Crioulo, criador Adelmo Hess, expositor Dionízio Cauduro, Fazenda Sossêgo do Patrão, Casimiro de Abreu-RJ

Carazinho sedia mostra morfológica Fotos Alexandre Freitas

CRC Encantada - Grande Campeã

Sol de Maio Batuco - Melhor Exemplar

Condomínio Batuco, garantiu as escarapelas de Grande Campeão e Melhor Exemplar da Raça na mostra. A super visão técnica do evento ficou a cargo de Jorge Aginelo do Nascimento, profissional credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

(Maysa Maciel)

Confira os resultados

(ainda não homologados pela ABCCC) Delicada da Maya - Reservada

Perfeito dos Três Pinhais - Reservado

Carazinho/RS. Foi encerrada na tarde do dia 7 de dezembro, mais uma edição da Exposição Morfológica de Carazinho, promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade. O evento contou com a participação de 47 animais, julgados pelo criador

Lauro Varela Martins. Quem conquistou a mostra e apresentou muita qualidade foi o garanhão Sol de Maio Batuco, filho de Haragano II da Tradição e Chirua de Santa Elis. O cavalo, de criação de Paulo Afonso Dumoncel e filhos e de propriedade do

Fêmeas Grande Campeã CRC Encantada, filha de Índio do Boeiro e Legendária dos Três Pinhais; criador e expositor Rodrigo, Ademar e Mário Castelli, Cabanha Guamirim, Fontoura Xavier/RS Reservada Grande Campeã

Delicada da Maya, filha de Dom Carrasco do Purunã e OK Iemanjã; criador Zuleika Torrealba e expositor Elizabeth Lemanski, Fazenda Paraíso, São Luís do Purunã/PR 3ª Melhor Fêmea Elite da Cabanha Santa Fé, filha de La Amanecida Bandido e Pampeana 99 Maufer; criador e expositor Gilberto Rodrigues de Freitas, Cabanha Santa Fé, TaquaraRS 4ª Melhor Fêmea Baronesa 573 Maufer, filha de Mananero Jalisco e Jacarandá Tulipa; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS

ragano II da Tradição e Chirua de Santa Elis; criador Paulo Afonso Dumoncel e filhos e expositor Condomínio Batuco, Santa Bárbara do Sul/RS Reservado Grande Campeão Perfeito dos Três Pinhais, filho de Índio do Boeiro e Malícia do Elebê; criador Vilson Bilibio e expositor, Edgar Stum Monteiro, Ijuí/RS 3º Melhor Macho Favorito 1158 Maufer, filho de BT Delantero e Nena do Puruña; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS 4º Melhor Macho

Machos Melhor Exemplar da Raça Grande Campeão Sol de Maio Batuco, filho de Ha-

Amola Faca Dia Santo, filho de JLS Hermoso e Canyon Rancagua; criador e expositor André Martins Narciso, Cabanha Santa Mônica, São José do Cerrito/SC


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Morfologia

21

Mostra em Bom Jesus recebe quase 200 animais Bom Jesus/RS. Quase 200 animais abrilhantaram a mostra morfológica realiza no dia 1º de dezembro em Bom Jesus, município do norte do Rio Grande do Sul. O grande número de inscritos surpreendeu o supervisor do evento, técnico da ABCCC, Ricardo Guazzelli Martins, principalmente por ter sido o primeiro evento realizado no município.

Além dos 146 animais confirmados que participaram da exposição, 30 da categoria incentivo foram julgados pelo criador de Osório/RS, João Luiz Arísio, que contou com o auxílio de Cláudia Peretto para avaliar o grande volume exemplares. A assistente de julgamento comentou que apesar do trabalho ter sido exaustivo devido ao número de competidores, a qualidade dos animais fez o evento valer a pena. O grande destaque da mostra foi a égua filha de Viragro Rio Tinto, Caratuva Amistad, exposta por Valmor Cardoso e filhos da Cabanha Três Corações.

Fotos Júnior Fotografias

Caratuva Amistad

Farrapo do Morro Chato

Grande Campeã - Melhor Exemplar da Raça - Melhor Cabeça e Cola Caratuva Amistad, filha de Viragro Rio Tinto e Dengosa JB de Palermo; criador: Eliseu da Silva Taborda Ribas e expositor Valmor Cardoso e filhos, Cabanha Três Corações, Gramado\RS

Machos Grande Campeão

Reservada Grande Campeã

Reservado Grande Campeão

Imperatriz da Boa Vista, filha de Dom Carrasco do Purunã e Baliza da Cabanha Gaúcha; criador e expositor Fazenda Boa Vista, Vacaria/RS Imperatriz da Boa Vista

Peñarol da Boa Vista

Veja o resultado

Gramado\RS

(ainda não homologado pela ABCCC)

Campeã Incentivo Fêmea

Campeão Incentivo Macho Quilero Xivito, filho de Honesto Simpatia e Quilero Punta Ballena; criador Eduardo Móglia Suñe e expositor Valmor Cardoso e filhos, Cabanha Três Corações,

Serrilhada da Boa Vista, filha de Piraí 1040 do Brazão e EGC Estância; criador Fazenda Boa Vista e expositor Fábio Camargo/ Romeu Verza, Cabanha Boa Vista, Vacaria\RS Grande Campeonato

3ª Melhor Fêmea e Melhor Lombo Relíquea Coroados, filha de Chicão de Santa Odessa e Nazareth Coroados; criador e expositor Ricardo Guazzelli Martins, Cabanha Coroados, Vacaria\RS 4ª Melhor Fêmea Garrucha do Parque, filha de BT Faceiro do Junco e Índia AA; criador e expositor Cabanha Fazenda da Serra, Canela\RS

Farrapo do Morro Chato, filho de São João do Juncal Pandemônio e Juju do Aceguá; criador Marlus Arruda Silva e expositor Valmor Cardoso e filhos, Cabanha Três Corações, Gramado\RS

Peñarol da Boa Vista, filho de Chicão de Santa Odessa e Catarina do Itapororó; criador e expositor Fazenda Boa Vista, Vacaria\RS 3º Melhor Macho Escorpião da Santo Anjo, filho de Atracador do Capão Redondo e Dançarina do Morro Verde; criador e expositor Marcelo Búrigo, Cabanha Santo Anjo, São José dos Ausentes\RS 4º Melhor Macho Comissário Tarumã, filho de Monarca do Itaó e Juruviara Tarumã; criador Luizantero Pimenta Peixoto e expositor Farlei Sartor, Cabanha da Marca Rio Leão, Ipê/RS

Piratini sedia Exposição Morfológica de alto nível Piratini/RS. O município gaúcho de Piratini sediou uma Exposição Morfológica de alto nível no dia 30 de novembro. O evento reuniu 45 animais confirmados que foram julgados por Jorge Aginelo do Nascimento. A exposição contou ainda com 25 cavalos na categoria incentivo. O jurado destacou que a exposição foi extremamente significativa devido à qualidade apresentada pelos cavalos em pista. “Foi uma exposição muito importante com um nível muito bom e animais muito bem apresentados”, comenta. A escarapela de Melhor Exemplar da Raça ficou com a égua Liberdade F 443 da Cabanha Liberdade de Pelotas, que também foi escolhida Grande Campeã. A supervisão do evento ficou por conta do técnico credenciado à ABCCC Cláudio Neto de Azevedo.

Veja o resultado

Fotos Humberto Manetti

Liberdade F 443 foi a Melhor Exemplar da Raça

Xavier, Cabanha do Mako, São Lourenço do Sul\RS

Reservado Grande Campeão Del Bueno da Liberdade, filho de JA Anarquista e Liberdade F 236; criador e expositor Arthur Luiz da Silveira, Cabanha Liberdade, Pelotas\RS

O melhor macho foi Cancioneiro do Mako

Purunã e SJ Regalada; criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul\RS

3º Melhor Macho

3ª Melhor Fêmea SJ Zoeira - Reservada Grande Campeã

plar da Raça Liberdade F 443, filha de JA Anarquista e Liberdade F 215; criador e expositor Arthur Luiz da Silveira, Cabanha Liberdade, Pelotas/RS

Fêmeas

Reservada Grande Campeã

Grande Campeã - Melhor Exem-

SJ Zoeira, filha de Sultão do

Guanabara Lua Cheia, filha Ganadero da Harmonia e Três F Sucupira; criador e expositor Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, Estância Guanabara, Rio Grande\RS 4ª Melhor Fêmea Guanabara Lua Nova, filha de BT Inquisitor e Tradição do Esperanto; criador e expositor Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, Estância

Del Bueno da Liberdade - Reservado

Guanabara, Rio Gande\RS

Machos Grande Campeão Cancioneiro do Mako, filho de Único do Purunã e BT Devocion; criador e expositor Glauco Pinto

Harmônico de Santa Edwiges, filho de Xiru de Santa Edwiges e Regalada de Santa Edwiges; criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul\RS

4º Melhor Macho Favorito 1158 Maufer, filho de BT Delantero e Nena do Purunã; criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Wiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul\RS


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

Paleteadores conquistam vaga em Piratini Foto Humberto Manetti

Piratini/RS. O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Piratini promoveu, no final de semana de 2 e 3 de dezembro uma disputa de Paleteada Força B, em paralelo a sua Credenciadora de Inéditos e Morfologia. A prova contou com a participação de seis duplas, das quais três garantiram vaga nas classificatórias da modalidade.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC)

1º lugar

Lucas Maciel montando Abellina Guarani e Fernando Maciel montando Xirú da Baronesa 2º lugar

Roberto Robe montando Lacaio do Canto do Mato Grande e Luciano Rodrigues montando Bolero da Cascata

Julgados por Maurício Polina e Eduardo Azevedo, os conjuntos entraram em pista na tarde do domingo (2/12), sob supervisão do técnico credenciado à Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), Cláudio Neto de Aze-

3º lugar Prova contou com seis duplas participantes e três garantiram vaga Foto Douglas Saraiva

Trio jovem se destaca no Team Penning Cordeiro/RJ. A predisposição vaqueira e a qualidade funcional do cavalo Crioulo foram evidenciadas na disputa de Team Penning realizada em Cordeiro/RJ, no dia 8 de dezembro. Mais do que o resultado final, a integração entre os participantes foi o grande destaque da competição realizada no parque Raul Veiga, em uma promoção do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Vilson Charlat de Souza. A prova foi realizada dentro da programação de evento que ainda contou com Concentração de Machos, Exposição Morfológica e Credenciadora ao Freio de Ouro 2013. O grande destaque do Team Penning, apesar do terceiro lugar, foi o trio formado pelos jovens Marcela, Allyson e Stefany que mostraram maturidade montados e superaram outros trios mais experientes. Também chamou a atenção na prova o moderno sistema de cronometragem dos tempos, disparado a partir de sensores. Com alta tecnologia e animais de qualidade em pista a prova levou bom público ao parque, incluindo criadores e competidores de outras raças. O grande vencedor, com o excelente tempo de pouco mais de 48 segundos, foi o trio forma-

vedo. O Selo de Raça ficou com Aragano do Liscano.

Prova foi marcada pela integração

do por André Silva, Luiz Augusto e Evandro Falcão que montou respectivamente Indiana da Humaitá, NZ Fernanda e Caiçara da Estrela do Sul. (Douglas Saraiva)

Resultado 1º lugar André Silva montando Indiana da Humaitá, Luiz Augusto montando NZ Fernanda e Evandro Falcão montando Caiçara da Estrela do Sul Tempo: 0 48 974 Bois: 3 2º lugar Valdevino Santos montando Indiana da Humaitá, Diogo Maia montando Vanessa de Santa Angélica e Flávio Pereira montando Marca Três Nicotina Tempo: 0 75 124 Bois: 3 3º lugar Marcela Batista montando Cambona do Rio Ivaí, Allyson Farias montando Guapuruma Jóia Rara e Stefany Santos montando Indiana da Humaitá Tempo: 0 77 368 Bois: 3

Disputa de ponta em Dom Pedrito Dom Pedrito/RS. Vários finalistas da Final Nacional de Paleteada, realizada na Expointer participaram da seletiva da cidade gaúcha de Dom Pedrito, entre os dias 8 e 9 de dezembro. A disputa foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Cypriano Munhoz Filho e contou com a participação de mais de 40 animais. O evento teve julgamento de Gustavo Rodrigues e Rafael Pons, que definiram os 12 conjuntos habilitados na Força A e as três duplas da Força B. A supervisão técnica do evento ficou a cargo de Alexandre Pons Suñe.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC)

Força A 1º lugar

José Celone montando SLC Patrícia e Fernando Maciel montando Encanto das Sesmarias Aluísio Peres montando Laçador Gringa e Mário Suñe montando Campana Chimarrão 2º lugar Cláudio Ruas montando Encarnacion Cala Bassa e Thiago Teixeira montando Firmeza 1423 do Brazão 3º lugar Tiago Machado montando Baralho Tupambé e Luciano Noal montando RZ Sintiendo da Carapuça Força B 1º lugar Márcio Perez montando Aroma do Itaquatiá e José Carlos Ardovino montando Castanho do Aceguá 2º lugar Walter Souza montando Posteiro da Rama Negra e Mauro Correa montando Farrapo da Estância da Bela Vista 3º lugar Sílvio Loro montando Calandra dos Cerros Verdes e Mariana Silveira montando Ultimo do Xiniquá

Viamão promove paleteada Viamão/RS. No dia 2 de dezembro, o município gaúcho de Viamão reuniu 23 duplas no Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Viamão para uma Paleteada oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O supervisor técnico Marcelo Montano Coelho, credenciado à ABCCC, considerou a prova boa, principalmente pela qualidade da pista e demais instalações.

Julgado por Gabriel Prado e Flávio de Borba Pereira, o destaque da competição ficou com os ginetes vencedores em Esteio, João Victor Dutra e Ricardo Perez, que mostraram o potencial vaqueiro e tiraram primeiro lugar com Milonga Buena da Morada Nova. (Max Cirne)

Veja os resultados

(ainda não homologados pela ABCCC)

1º lugar

23

Campeiros são habilitados em Dom Pedrito Dom Pedrito/RS. O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Cypriano Munhoz Filho, do município gaúcho de Dom Pedrito, promoveu duas disputas crioulistas que garantem vaga no ranking oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). O evento ocorreu nos dias 8 e 9 de dezembro, em parceria com a Estância São José. Na campereada, participaram seis trios (18 conjuntos) sob supervisão do técnico credenciado à ABCCC, Alexandre Pons Suñe. O selo de raça da prova ficou com Campana Tropilla. O final de semana também contou com uma prova de paleteada, que habilitou duplas para as classificatórias da modalidade.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC)

1º lugar Flávio Martins montando Tropa Larga G do Camboin, Gustavo Martins montando Capaa Orvalho e Felipe Pons montando Irio Tupambae 6 bois - 1 52 29 2º lugar Fábio Fonseca montando Engano do Rio, Leandro Pacheco montando Ousadia do Esperanto e Regis Brião montando Coriche 174 da Coxilha do Muro 6 bois - 2 45 18 3º lugar José Carlos Arduvino montando Don Xiru do Martin Fierro, Márcio Peres montando Juruna da Duas Palmas e Mauro Correa montando Farrapo da Estância Bela Vista 6 bois - 3 32 05

João Victor Dutra montando Marquesa da Morada Nova e Ricardo Perez montando Milonga Buena da Morada Nova 2º lugar José Fernando Souza montando Serrilhada Burgues e Marcelo Martins montando Lado a Lado de Santa Angélica 3º lugar Hendrick Plates montando Sobradinho do Calin e Cassius Sanches montando Atentado da GVG trico da Princesa do Jacuí e Luiz


24

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

Disputas reúnem laçadores no mês de dezembro Foto Mário Tissot

Campos Novos contou com a participação de 86 duplas e habilitou 14 conjuntos em prova realizada no primeiro final de semana do mês

Sete provas de Crioulaço movimentaram cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo no mês de dezembro. Os eventos habilitaram dezenas de conjuntos e reuniram quase 400 duplas. Confira abaixo mais detalhes de cada disputa.

Guarapuava/RS

Vinte duplas entraram em pista no dia 2 de dezembro, na Cabanha Noca Pio, para o Crioulaço promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Guarapuava/PR. A prova foi julgada por Julinei Machado e Glaucio Prestes e supervisionada por Henrique Gonzalez, técnico credenciado pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos. O Selo de Raça ficou com a égua OK Envidia.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço

1º lugar Fernando Pacheco montando Cincerro do Rincão da Canoa e Paulo Pacheco montando Capital do Espírito Santo 2º lugar Geovane Rocha Teixeira montando FD Campana e Geovane Teixeira montando Madriguera Profecia 3º lugar Alaor Teixeira montando Justa Sorte da Lagoa Seca e Alaor Teixeira montando Jogo Duro Tupambaé Laço Criador 1º lugar Fernando Pacheco montando Cincerro do Rincão da Canoa 2º lugar Pacheco montando Carabina do Forte Atalaia 3º lugar Vinícius Krüger montando Ok Envidia

Campos Novos/SC

Após 20 armadas, o município de Campos Novos conheceu mais 14 conjuntos habilitados a participar das classificatórias do Crioulaço 2013. A seletiva catarinense foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Meio Oeste Catarinense nos dias 1º e 2 de dezembro. O evento contou com a participação de 86 conjuntos (43 duplas), julgadas pelos criadores Marcelo Neri, Reni Tadeu Soares e Alexandre Di Domenico. Além da disputa em duplas, os avaliadores também definiram o conjunto que garantiu vaga pelo Laço Criador. A disputa de proprietários contou com a participação de três laçadores. A supervisão do evento ficou a cargo do técnico credenciado à ABCCC Adolfo José Martins Neto que definiu Galponera da Tapera do Tributo com o Selo de Raça.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço 1º lugar

José Sirano Nociler montando Lua Cheia La Violetera e Felipe Manfroi montando Donzela da Sucuri 2º lugar

Antônio da Silva montando Descuido da Verde Vale e Joarez da Silva montando Herbário do Itapororó 3º lugar

Tobias Pereira montando Twingo do Campo Grande e Celso Rafaeli montando Galponera da Tapera do Tributo Laço Criador 1º lugar

Celso Rafaelli montando Galponera da Tapera do Tributo

Santo Antônio da Patrulha/RS

No dia 8 de dezembro, o Núcleo de Criadores de Cava-

los Crioulos do Litoral Norte promoveu uma das últimas seletivas de Crioulaço de 2012. O evento foi realizado na cidade de Santo Antônio da Patrulha e julgado pelo criador Luiz Cesar Alves. A prova contou com a participação de mais de cem animais, incluindo as modalidades dupla e laço criador. Ao total, foram habilitados 34 duplas e cinco criadores para as classificatórias da modalidade. Segundo o técnico credenciado à ABCCC, Ricardo Guazzelli Martins, o evento superou todas as expectativas. “Foi um evento grandioso. Além de contar com um grande número de participantes, a qualidade das duplas foi fenomenal, tal qual a qualidade do gado. Os participantes laçaram a tarde inteira, foi muito difícil definir o vencedor”, diz.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Continuação na página 26 ->


REDOMÃO RIO BONITO NO LAÇO 19 e 20/1/2013 CABANHA RIO BONITO Torneio de LAÇO DA RAÇA CRIOULA 2013 Remate REDOMÃO RIO BONITO NO LAÇO – 29 potros chucros R$ 20.000,00 em Prêmios PROGRAMAÇÃO 19/1/2013

29

8h - LAÇO DA RAÇA CRIOULA – 1º Torneio Inscrições para Duplas R$ 100,00 OBS: Volta para a nal em apenas três vidas com parceiros diferentes. Premiação R$ 5.000,00 em dinheiro. 18h - REMATE REDOMÃO RIO BONITO NO LAÇO 29 potros chucros prontos para doma em 50 parcelas sem juros. OBS: Disputarão no dia 02/03/2013 ( 41 dias após o remate) o prêmio de R$ 10.000,00 em dinheiro no tiro de laço 10 armadas.

s macho os crioul s o inteir

20/1/2013

8h - LAÇO DA RAÇA CRIOULA – 2º Torneio Premiação R$ 5.000,00 em dinheiro

Conra o catálogo online em Contato: Ronaldo - (41) 9972-1888 9972 1888 ou (41)9124-2445 (41)9124 2445


26

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos Foto Cristiano Betega Domingues

A supervisão técnica do evento ficou a cargo de Carlos Marques Gonçalves, que consagrou a égua Fortuna do Rancho King, de propriedade de Solismar Paulo Fonseca com o Selo de Raça.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço 1º lugar Caciano Dorneles montando Ricaço do Chapadão e Mikael Ribeiro montando Debochado do Capão das Criúvas 2º lugar Paulo Passos montando Novelo 936 do Peñarol e André Borges montando Índio Cala Bassa 3º lugar Luís Gilherme Leite montando Polaca do Arambaré do Sul e Matheus Ávila montando WL Ditador

Guaíba/RS

Mais de 140 animais abrilhantaram a prova realizada em Cacequi que selecionou 20 duplas para as classificatórias

Crioulaço 1º lugar Vanderlei Rosa montando Jóia do Limanso e Amauri Fideles montando RE Escapulário 2º lugar Henrique Oliveira montando Édipo Rei da Aparecida e Gustavo Foques montando Mel na Boca da Piramides 3º lugar Henrique Oliveira montando Nora do Galpão Grande e Gustavo Foques montando Palmeira da São Sebastião Laço Criador 1º lugar Daniel Macedo montando Pendenga da Hulha Negra 2º lugar Daniel Macedo montando Predileta da Hulha Negra 3º lugar André Luiz Cibulski montando Entonado Turuna

Salto do Pirapora/SP

O município paulista de Salto do Pirapora reuniu no dia 8 de dezembro 43 duplas para o Crioulaço organizado pelo Nú-

cleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Vale do Paraíba/ Sul Minas. A prova foi supervisionada por Rafael Fagundes Sant’anna, técnico credenciado ABCCC, e teve 14 classificados. O Selo de Raça foi concedido ao colorado bragado Grito Forte JB de Palermo, do município de Palmeira/PR. Além do crioulaço, o Núcleo também promoveu uma concentração de machos, que contou com a confirmação de cinco, dos seis animais apresentados. Na ocasião, foram também confirmados cerca de 20 animais, entre fêmeas e animais castrados.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço 1º lugar Éder Barbosa montando Angel Mann e Luciano Camargo montando Mucho Loca da Rio Bonito 2º lugar Lizeu Boscardin montando Dom Lucero JB de Palermo e Mateus Gonçalves montando Buena Suerte JB de Palermo 3º lugar Mateus Carvalho montando Riacho do Mineiro e Everaldo

Queiroz montando Duque da Cola Crioula

Cacequi/RS

A cidade gaúcha de Cacequi recebeu uma quantidade grande de laçadores no dia 9 de dezembro. A seletiva contou com a participação de 63 duplas e 16 criadores, totalizando mais de 140 animais. A disputa contou com o julgamento de João de Deus Fart e Adair Soares e garantiu vaga a cinco criadores e 20 duplas para as classificatórias do Crioulaço 2013. A prova foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade. Sob supervisão técnica de Olmiro de Andrade Filho, profissional habilitado à ABCCC foi consagrado TJ Sapucaí com o Selo de Raça.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço 1º lugar Marçal da Rosa montando Coração Valente Pampeiro e Alcides da Rosa montando Aragano da Majú 2º lugar Taicer Moreira montando Pampe-

ano do Cuentrilho e Juliano Rossi montando Uísque do Xiniquá 3º lugar Floriano Guimarães montando Dorival do Pinhal e Valdenir Haigert montando Recomeço da Ronda Maleva Laço Criador 1º lugar Vítor Soccal montando Hércules da Maidana 2º lugar Gustavo Azevedo montando Bombom da São Calistro 3º lugar Edson Lima Fragoso montando Esmeralda da Bossoroca

Camaquã/RS

No dia 8 de dezembro ocorreu mais uma etapa do Campeonato Nacional de Crioulaço, desta vez no município gaúcho de Camaquã. O evento foi promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Jose Júlio Coutinho, paralelo ao 3º Rodeio Beneficente da Apae. A disputa foi julgada por Edemilson de Freitas e Emerson Machado da Rosa e contou com a participação de 17 duplas, das quais cinco garantiram vaga nas classificatórias.

No dia 15 de dezembro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Costa Doce promoveu mais um Crioulaço oficial da ABCCC. O evento foi realizado em parceria com o Sindicato Rural de Guaíba e com a Cabanha GAP São Pedro e premiou a dupla primeira colocada com uma moto zero quilômetro. A disputa contou com a participação de 27 duplas, das quais nove foram credenciadas a participar das classificatórias regionais. O julgamento ficou a cargo de Dirceu Barcellos e Jairo de Oliveira Lima e a supervisão técnica da prova ficou com Felipe Caccia Maciel, que consagrou JLN Bochincheiro com o Selo de Raça.

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Crioulaço 1º lugar Marcos Cabeleira montando Guiso do Rancho King e Felipe Jardim montando Pretto 361 Ramada 2º lugar Marcos Cabeleira montando Damasco da Duas Palmas e Felipe Jardim montando Ventania de São Caetano 3º lugar Taiuan Borges montando Lua II da Figueira e Gustavo Ávila montando Jalisco TC


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

Viamão reuniu proprietários Viamão/RS. O Núcleo Viamão de Criadores de Cavalos Crioulos (NVCCC) reuniu no primeiro final de semana de dezembro ginetes da região metropolitana de Porto Alegre para as provas do Freio do Proprietário. O evento aconteceu nos dias 1º e 2 no Sindicato Rural do município.

A competição contou com 11 participantes, divididos entre as categorias Amador e Master que foram julgados por Flávio de Borba Pereira, João Furtado e Marcelo Montano Coelho. A supervisão foi realizada por Felipe Caccia Maciel, técnico credenciado pela Asso-

ciação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC). Segundo o presidente do Núcleo, José Gomes, a prova superou as expectativas da organização. “Tivemos aqui um evento de excelente qualidade, com um bom público e uma pista de alto nível”, afirmou Gomes.

Sem Fronteira Don Tejú, filho de Santa Elba Cogollo e Karina da Reconquista; criador Adriana e Ricardo Vieira Borges e expositor Cleber Luiz Goulart da Silva, Cabanha Dom Tejú, Porto Alegre/RS

Nota 9,133

Veja resultados (ainda não homologado pela ABCCC) Amador 1º lugar

Aredu Cobre, filho de Piá Lobo e Bom Retiro Fidalga; criador Edgar Luiz de Magalhães Tweedie e expositor Luciano José Chaves, CT Volmir Guimarães, Viamão/RS.

Ginete: Luciano José Chaves. Nota 11,993 2º lugar

Hf Juba, filho de San Martin de São Pedro e Folia da Ouro Branco; criador AC Agropecuária Ltda e expositor Nilo Silveira Garcia ginete Fernando Gonzales. Nota 10,343 3º lugar

Ginete: Vinícius Dal Piva da Silva. Nota 10,320 Master

1º lugar

Quaresma II do Itapororó, filha de Lamborguine do Itapororó e Imbuia do Itapororó; criador Nestor M. Jardim Neto/Maria L.F. Jardim e expositor Paulo Brochier Lopes, Cabanha Passo da Serra, Montenegro/RS Ginete: Paulo Brochier Lopes.

2º lugar

Herdeiro da Bela Vista, filho de Justiceiro do Itapororó e Lixiguana da Bela Vista; criador Pedro Ivo Silveira da Costa e expositor Ronaldo da Motta dos Santos, Cabanha Curupayti, Bento Gonçalves/RS Ginete: Ronaldo da Motta dos Santos. Nota 8,630 3º lugar

Delirante Turuna, filho de La Invernada Pascuero e Bt Guarapa; criador Nelso Cibulski e expositor Nelso Cibulski, Cabanha Turuna, Palmares do Sul/RS Ginete: Nelso Cibulski. Nota 7,756

Aspirante entra em pista em Piratini Piratini/RS. Entre os dias 1º e 2 de dezembro, o município de Piratini, no Rio Grande do Sul sediou vários eventos da raça na cidade do leste gaúcho. A programação foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Piratini contou com uma Exposição Morfológica, uma Credenciadora de Inéditos, Freio Jovem e Paleteada.

A disputa aspirante contou com a participação de um conjunto. Danilo Dias entrou em pista montando FJA Jaguar e foi julgado por Eduardo Neto de Azevedo, Jorge Aginelo do Nascimento e Ricardo Pinto Torres. A supervisão técnica ficou a cargo do técnico credenciado à ABCCC Cláudio Neto de Azevedo.

Veja o resultado

(ainda não homologado pela ABCCC)

Aspirante Masculino 1º lugar

FJA Jaguar, montando Jalisco de Santa Angélica e BT Horda do Junco; criador Fonseca Júnior Agropecuária Ltda e expositor Maurício Brod Dias de Oliveira Ginete: Danilo Dias. Nota final: 6,904

Santa Maria promove disputa Santa Maria/RS. Entre os dias 29 de novembro e 2 de dezembro, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria promoveu um grande eventos para os crioulistas. Uma das atrações foi uma disputa do Freio do Proprietário, que contou com a participação de dois conjuntos. O evento foi julgado Jean Mendes, Luiz Antero Peixoto e Mateus Gulart Silveira e teve super visão do técnico credenciado à ABCCC, Carlos Marques Gonçalves Neto. O Selo de Raça da modalidade ficou com Nobre da Quitaúna.

Veja os resultados

(ainda não homologados pela ABCCC) Categoria Master 1º lugar Buitre da Estiva, filho de Butiá Quebracho e Firmesa Serrana; criador Pedro Afonso Almeida de Salles e expositor Júlio Cesar Veiga, Cabanha Dinastia Gaúcha, Viamão/RS Ginete: Júlio César Veiga. Nota final: 7,873 2º lugar Nobre da Quitaúna, filho de Jaboti do Infinito e Charrua do Itapororó; criador Paola Bacchin Schneider e expositor Luís Alberto Menezes da Costa, Cabanha M Costa, Canoas/RS Ginete: Luís Alberto da Costa. Nota final: 4,697

27

Desafio crioulista em Cordeiro Cordeiro/RJ. Em paralelo à Credenciadora ao Freio de Ouro realizada no parque Raul Veiga, em Cordeiro/RJ, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Vilson Charlat de Souza promoveu também uma etapa do Freio do Proprietário com a participação de três conjuntos. Entretanto, apenas um completou todas as etapas, alcançou o primeiro lugar e de quebra ainda conquistou o Selo de Raça da prova. A disputa foi realizada entre os dias 7 e 9 de dezembro na pista de provas do parque. O julgamento foi feito por André Narciso Rosa, Jorge Rosas Demiate Júnior e Telmo Peixoto, sob a supervisão do técnico da ABCCC, Cláudio Neto de Azevedo. Montado por Luiz de Alencar Araripe Júnior o cavalo zaino RZ Taco da Carapuça, filho do Grande Campeão da Expointer BT Lamborguine e Grande Campeão da Exposição Passaporte de Brasília no ciclo passado, cumpriu com todas as fases da prova e foi premiado com troféu. (Douglas Saraiva)

Resultado Categoria Amador Master 1º lugar

RZ Taco da Carapuça, filho de BT Lamborguine e SJ Milonga; criador Rubens Elias Zogbi e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ. Ginete: Luiz de Alencar Araripe Júnior Nota final: 4,259


28

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

Dupla de Crioulos do Piauí segue em destaque na Vaquejada Foto Divulgação

Desta vez, os animais mostraram alta performance no Piauí

Douglas Saraiva

Altos/PI. Depois da premiação e do excelente resultado conquistado no Parque Arrocha o Nó, em Teresina/PI, no mês de novembro, os Crioulos Pura Pinta do Infinito e LS Ouro e Fio seguem mostrando

ótimo desempenho na Vaquejada. Desta vez os cavalos competiram no Parque Lorena Maria, em Altos, a 40 quilômetros da capital piauiense, e mesmo com uma dupla diferente de vaqueiros conseguiu manter a alta performance e garantir a classificação entre os finalistas.

Pura Pinta do Infinito e LS Ouro e Fio são filhos de dois vencedores do Freio de Ouro: Consuelo do Infinito e LS Balaqueiro, respectivamente. Os dois animais, de propriedade do criador Marcelo Rodrigues Sérgio, estão em treinamento na modalidade desde 2010 e este ano vem surpreendendo treinadores do norte e nordeste do país pela habilidade e força ao derrubar zebuínos de cerca de 600 quilos. Na Vaquejada de Altos, Pura Pinta (puxador) e Ouro e Fio (esteira) foram montados por Celúsio Alves da Silva e Alex Tavares de Melo. Sérgio conta que após perder a disputa, cedeu o cavalo aos amigos que conseguiram a classificação com o oitavo lugar. “O Celúsio foi para a prova sem ca-

valo, ele teve um problema com o caminhão dos seus animais e não tinha como correr. Então me pediu os cavalos emprestados, bateu duas inscrições e conseguiu passar na segunda”, diz o proprietário, salientando ainda que esta foi a primeira vez que o vaqueiro montou em um animal da raça. A classificação da dupla com a montaria de diferentes vaqueiros foi também uma mostra de que os animais estão prontos para a modalidade e bem adaptados. “As pessoas têm curiosidade e querem muito montar nesses cavalos porque percebem que eles são simples e de movimento fácil. Falei para o Celúsio fazer o arroz com feijão e deu tudo certo”, afirma Sérgio. O vaqueiro reforçou as pala-

vras do criador e ainda destacou o alto potencial dos animais. Ex-vaqueiro profissional, Celúsio tem grande experiência na modalidade, ainda assim, nunca tinha corrido em cavalos Crioulos e se surpreendeu com a raça. Montando Pura Pinta do Infinito, ele comentou a sua experiência com o puxador e também o auxílio do esteira LS Ouro e Fio. “Me chamou a atenção a habilidade dele. Tudo o que eu pedia ele fazia bem demais. A força também, na hora em que colocaram os bois mais fortes eles foram até melhor do que com os mais leves da fase classificatória. O esteira muito consciente, apoiou bem. Se tiver outra oportunidade de correr em Crioulos, vou tentar com ainda mais confiança.”


XVIII CREDENCIADORA DE

EQUINOS CRIOULOS INÉDITOS

XXXV EXPOFEIRA

DE OVINOS DE VERÃO

II MOSTRA DE

GADO LEITEIRO Foto: JG Martini

De 30 Jan à 03 Fev/2013 Sindicato Rural de Herval XXXV Expo-Feira de Ovinos Meia-lã | XVIII Rematão de Ovinos | VIII Concurso de Borregas Dia 30/01

Dia 31/01

Dia 01/02

Inscrições

12:00 horas Encerramento do ingresso de ovinos para o Rematão

09:00 horas Julgamento de admissão;

09:00 horas Concurso de lotes de borregas (Sindicato/Emater);

Até 17:00 hs – 28/01 no Sindicato Fone/Fax:0xx53 3267 1256

14:00 horas Palestra Técnica em parceria com a Casa Rural 16:00 horas XVIII Rematão de Ovinos.

10:00 horas Julgamento de classificação à galpão; 14:00 horas Julgamento de classificação de rústicos; 21:00 horas Jantar com entrega de prêmios.

XVIII Credenciadora de

Eqüinos Crioulos Inéditos

15:00 horas Inauguração da Exposição; 16:00 horas Remate de Reprodutores e Ventres Tatuados à prêmio.

Taxas de Inscrições: Associados: R$ 15,00 “Galpão” R$ 15,00 “Trio rústico” Não Sócios: R$ 30,00 “Galpão” R$ 30,00 “Trio Rústico”

XVIII Campeonato Nacional de Paleteadas XXIV Mostra Morfológica de Eqüinos Crioulos

Dia 01/02

Dia 02/02

Dia 03/02

Inscrições

08:00 horas Concentração para confirmação de machos;

09:00 horas Julgamento morfológico da XVIII Credenciadora

09:00 horas Continuação de provas da XVIII Credenciadora de Inéditos;

Até 17:00hs – 28/01 no Sindicato Fone/Fax: (53) 3267 1256 ABCCC: (53) 3223 2122

12:00 horas Encerramento do ingresso para XXIV Mostra Morfológica;

14:00 horas Início das provas funcionais, andadura, figura e mangueira;

16:00 horas XVIII Campeonato Nacional de Paleteadas.

Taxas de Inscrições: Sócios Sindicato: R$ 100,00 Não Sócios: R$ 200,00

17:00 horas Julgamento morfológico da XXIV Mostra de Eqüinos Crioulos;

20:00 horas Remate de Eqüinos crioulos registrados, após eqüinos gerais;

21:00 horas Show artístico.

24:00 horas Baile no Clube Comercial com escolha da Rainha da Pecuária.

II Mostra de Gado Leiteiro

Agentes Financiadores

Dia 03/02

Inscrições

12:00 horas Encerramento do ingresso para a II Mostra de Gado Leiteiro;

Até 17:00hs – 25/01 no Sindicato Fone/Fax: (53) 3267 1256

16:00 horas Julgamento da II Mostra de Gado Leiteiro

Taxa de Inscrições: Sócios Sindicato: R$ 20,00 Não Sócios: R$ 40,00

20:00 horas Remate de Gado Leiteiro Realização:

Patrocínio:

Apoio:


30

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

Grande evento em Bagé abre circuito 2013 do Enduro Fotos Pedro Blanco

Evento que deu início ao ciclo da modalidade aconteceu paralelamente à oitava edição da Festa da Família Crioulista

Maysa Maciel

Bagé/RS. A oitava edição da Festa da Família Crioulista da cidade gaúcha de Bagé contou com uma disputa muito especial. Além do 4º Tempranito, mostra morfológica incentivo que reuniu mais de cem animais, os espectadores do evento puderam apreciar a primeira disputa endurista do ciclo 2013.

Dando início a um ano funcional repleto de novidades, a subcomissão de Enduro da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) preparou um grande evento para abrir o circuito da modalidade. Contando com um ótimo cenário e estrutura

nota dez, a prova teve a participação de 27 conjuntos, dentre os quais seis participaram da categoria 5km, prova de fomento conhecida como Endurinho, que estimula a participação de novos cavaleiros na modalidade. Com a responsabilidade de garantir a integridade dos cavalos na disputa, os veterinários Leonardo Severo, Leandro Freitas, Natasha Abascal e Fabiane Michelon acompanharam de perto todo o percurso. Quem levou a melhor na categoria de maior dificuldade no evento (80km) foi a égua Galga do Rincão da Querência, filha de Jaguel La Invernada e Opereta do Cinco Salsos. O animal foi montado pelo gine-

te Ivonir Silveira. A égua, de propriedade de Luís Umberto Silva Rodrigues do Cerro dos Quietos foi de Aceguá para participar da disputa. De acordo com o coordenador da subcomissão da modalidade, Rodrigo Michelon, o evento foi um grande sucesso, representando bem a abertura do novo ciclo. “O Núcleo de Bagé está de parabéns pela promoção dessa grande festa. A prova teve uma infraestrutura muito boa e contou com a integração massiva da comunidade crioulista local”, diz. A supervisão técnica da prova ficou a cargo de Alexandre Pons Suñe, que elegeu a exemplar Maneia de Santa Margarida com o Selo de Raça da prova.

Integração da resistência

O ano de 2013 será de grandes novidades para os enduristas. O novo ciclo contará com mais quatro etapas da modalidade, que findará junto à Marcha de Resistência da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), unindo as duas provas de resistência mais importantes da raça. Segundo Michelon, a iniciativa permitirá uma maior visibilidade das modalidades, que estão em crescimento constante. “A integração das duas provas será essencial para seu desenvolvimento e publicidade frente ao público e aos crioulistas”, diz. Além disso, a ABCCC sub-

sidiará o frete para todas as etapas, propiciando maior participação e apoio aos amantes do Enduro. Cada seletiva terá sua rota, que será divulgada no site da Associação com antecedência. Os interessados deverão enviar o pedido através do e-mail rodrigo@michelon. com.br. A próxima disputa será realizada em Rio Grande, no Rio Grande do Sul, dia 26 de janeiro do próximo ano. A terceira etapa do circuito terá como sede a cidade de Santa Maria e já tem data definida: 10 de março. Pedras Altas realizará sua etapa nos dias 16 e 17 de abril e, a grande final, será em Santo Antônio da Patrulha, ainda sem data definida.


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Eventos

31

Uma das mais importantes provas de resistência da raça, o Enduro requer cuidado especial com os animais

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) Categoria 5km - Endurinho 1º lugar

Santa Martina Fragância, filha de Butiá Leopardo e Videira do Acampamento; criador e expositor Alexandre Pons Suñe, Cabanha Santa Martina, Dom Pedrito/RS Ginete: Martin Suñe 2º lugar

BT Despacho, filho de La Invernada Encomendero I e BT Violeta; criador Flávio Bastos Tellechea e expositor Suc. Flávio Bastos Tellechea, Cabanha Paineiras, Uruguaiana/RS Ginete: Antonelo Suñe 3º lugar

Don Fanti Ana Luz, filha de Santa Teresa Ambicioso e Capella Garantia; criador Charlon Fantinel e expositor Rafael Pons Suñe, Estância Três Cerros, Aceguá/RS

Ginete: Ignácio Suñe 4º lugar

Capanegra Hitler II, filho de Capanegra Aramaico e Chibata da Massaroca; criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra, Dom Pedrito/RS Ginete: Ramiro Moura 5º lugar

Altanera Cala Bassa, filha de Candidato Simpatia e Valência Cala Bassa; criador Marcelo Rezende Móglia e expositor Cecília Silva Lopes, Fazenda da Taipa, Bagé/RS Ginete: Francisco Móglia 6º lugar

Encarnacion Cala Bassa, filha de Candidato Simpatia e Juta da Lagoa; criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS Ginete: Joaquim Móglia Categoria 30Km B 1º lugar

Firmeza 1460 do Candidato, filha de Candidato Simpatia e Santa Thereza Farra; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS Ginete: Felipe Vaz 2º lugar

DW Aceguá, filho de Parceiro da Pousada e Maraca do Candieiro; criador e expositor Darleci Waldemar Barneche Ávila, Cabanha DW, Pedro Osório/RS Ginete: José Eduardo de Souza Magalhães 3º lugar

Maneia de Santa Margarida, filha de Palmas de Peñaflor Extraño e Estaca de Santa Margarida; criador e expositor Rodolfo Belmonte Móglia, Estância Santa Maria, Bagé/RS Ginete: Rodolfo Móglia 4º lugar

Governante Tupambaé, filho de Oriental Tupambaé e Brava Tupambaé; criador e expositor

Oswaldo Dornelles Pons, Cabanha Tupambaé, Dom Pedrito/RS Ginete: Ana Maria Pons Categoria 50Km 1º lugar

Japori do Rincão da Querência, filho de Jaguel La Invernada e Opereta do Cinco Salsos; criador Luiz Cézar Silva Rodrigues e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete: Christian Moreira 2º lugar

Redoblado da Primavera, filho de Piñon La Invernada e Daniela da Primavera; criador e expositor Flávio Xavier Krebs e filhos, Estância da Primavera, São Vicente do Sul/RS Ginete: Acilino Simas Neto 3º lugar

Gago da Ouro Fino, filho de Az da Ouro Fino e Olga Pampeira; criador e expositor Luís Mário Gomes Silveira Júnior, Fazenda Ouro Fino,

Aceguá/RS

Ginete: Carina Campos Categoria 80km 1º lugar

Galga do Rincão da Querência, filha de Jaguel La Invernada e Opereta do Cinco Salsos; criador Luiz Cézar Silva Rodrigues e expositor Luís Umberto Silva Rodrigues, Cerro dos Quietos, Aceguá/RS Ginete: Ivonir Silveira 2º lugar

Taimado do Cinco Salsos, filho de Facundo do Cinco Salsos e Cordoba do Cinco Salsos; criador Cláudio Ferrando Martins e expositor Rodrigo Juliani Pintos, Agropecuária Ecezar, Aceguá/RS Ginete: Afonso Araújo 3º lugar

Piraí 1505, filho de Piraí 1200 do Nobre e Firmeza 44 do Papupa; criador e expositor Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS Ginete: Thiago Teixeira


32

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Por dentro da ABCCC

Artigo

DNA: um avanço que contribui para o Registro Genealógico

A introdução de modernas tecnologias na criação de animais possibilitou avanços que conduziram a melhorias na qualidade dos rebanhos, sendo a genética uma forte aliada para essa finalidade. Há algum tempo, técnicas como Inseminação Artificial (IA), Fecundação In Vitro (FIV) e Transferência de Embriões (TE) têm sido utilizadas tanto para promover o aumento da produtividade em geral como para aumentar o número de descendentes de animais cujos fenótipos obedecem a requisitos que agregam valor ao rebanho. Neste contexto, é de fundamental importância a garantia de origem dos animais que compõem um rebanho e, novamente, a tecnologia vem contribuir para isso através da análise do vínculo genético (paternidade/maternidade), realizado atualmente pelo DNA. De fato, se antes uma das solicitações para o registro genealógico de animais nas respectivas associações de criadores era a Tipagem Sanguínea, hoje em dia esta foi substituída pela análise do DNA. O teste de DNA possui várias vantagens em relação à tipagem sanguínea. Pode ser realizado em qualquer material biológico, como sangue, pelo, sêmen e outros e fornece informações mais específicas de cada indivíduo, possibilitando, assim, conclusões com menor margem de erro. Embora mundialmente o teste de DNA já estivesse sendo muito utilizado há vários anos, no Brasil a Instrução Normativa que regulamentou este teste ocorreu somente em 2004. Outras instruções complementares a essa foram publicadas; a última, de 9 de agosto de 2012, estabeleceu uma nova lista de marcadores para todas as espécies, sendo que para a espécie equina os testes deverão conter ao todo 12 marcadores. Os obrigatórios, um total de 9: AHT4, AHT5, ASB2, HMS3, HMS6, HMS7, HTG10, HTG4 e VHL20. E mais três marcadores a serem escolhidos entre os seguintes: ASB17, ASB23, CA425, HMS1, HMS2, HTG6, HTG7 e LEX3. O laboratório LinkGen iniciou suas atividades em 1996 e, desde sua fundação, constantemente se aprimora na determinação de testes de paternidade

através da análise do DNA na área veterinária, procurando novas tecnologias e conhecimento, inclusive através de projetos de pesquisas que obtiveram aprovação e apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP). Atualmente desenvolve, também com o apoio da FAPESP, um projeto que tem como objetivos verificar a eficiência dos atuais marcadores utilizados na determinação do vínculo genético em diversas raças de equinos e o desenvolvimento de outros marcadores para serem introduzidos no teste. Nas figuras podem ser observados os atuais marcadores utilizados pela LinkGen, cumprindo a nova determinação do MAPA. Sendo os equinos uma população endogâmica, têm sido observados fatos como a presença dos mesmos alelos na maioria dos indivíduos testados (exemplo: no marcador HTG4 a presença de K e M tem sido muito frequente). Talvez este marcador possa não estar sendo

amostra é muito pequena, as regiões do DNA extraído que serão analisadas (os chamados marcadores) não são detectáveis. Por isto, estas regiões devem ser amplificadas, ou seja, multiplicadas, usando um aparelho chamado termociclador. Neste processo, várias cópias destas regiões são sintetizadas, tornando estas regiões detectáveis por outro aparelho, o sequenciador automático.

4 - No sequenciador automático, a parte amplificada do DNA (os marcadores) é traduzida em gráficos e esses gráficos em números (no caso de bovinos, ovinos e caprinos) ou letras (no caso de equinos). Cada marcador possui dois números ou duas letras, um que é proveniente do pai e outro da mãe. Assim, cada gráfico corresponde a um alelo de um marcador: letras na espécie equina e números nas demais.

genitores. Se houver uma incongruência ou não compatibilidade em somente um alelo com o pai ou com a mãe, por poder tratar-se de uma mutação, ainda considera-se uma qualificação.

Com a conclusão da comparação, é emitido um laudo aos solicitantes do exame. Vale a pena ressaltar a existência de casos onde um dos genito-

res morreu e não possuía o teste de DNA. Nestes casos, existe a possibilidade de reconstrução do genótipo deste genitor através do estudo de seus descendentes, mas para cada caso é necessário um estudo específico para analisar esta possibilidade. Ficamos à disposição para dirimir quaisquer dúvidas e procurar soluções para você, criador, e para sua associação.

5 - De cada amostra colocada no sequenciador obtém-se os gráficos correspondentes a cada marcador utilizado que, traduzidas em seu conjunto, nos dão o genótipo do animal.

Imagens Divulgação

Apresentação do Autor Sergio Paulo Bydlowski

adequadamente eficiente na determinação do vínculo genético. Esta avaliação é uma das metas do projeto. Obviamente, isto não quer dizer que a atual metodologia não seja adequada; significa, isto sim, que constantemente estamos procurando aperfeiçoá-la.

O Teste de DNA

Em linhas gerais, os exames de DNA são feitos da maneira a seguir. 1 - As amostras são recebidas (geralmente e, preferencialmente,e pelo, mas pode ser também sêmen ou sangue). 2 - As amostras são etiquetadas, cadastradas e introduzidas no sistema de rotina do exame, no qual o DNA será extraído, amplificado e detectado. 3 - A extração é feita através de reagentes específicos. Como a quantidade de DNA extraído da

6 - Tendo-se o genótipo de determinado animal e os genótipos de seus genitores, passamos para a análise destes, fazendo a comparação entre os três, lembrando novamente que cada marcador terá dois alelos: um que vem do pai e o outro, da mãe. Em cada marcador o indivíduo pode ser heterozigoto (dois alelos diferentes) ou homozigoto (dois alelos iguais). Isto significa que, em equinos, duas letras são encontradas para definir um determinado marcador. Porém, nos homozigotos, por convenção adotada pelo Laboratório LinkGen, somente uma letra aparece; isto significa que o indivíduo recebeu o mesmo alelo do pai e da mãe. 7 - Considera-se que um produto qualifica como cria de um garanhão e de uma égua, quando um de seus alelos, em cada marcador, estiver presente no garanhão e outro na égua. Há casos em que o animal se qualifica somente com um dos

Graduado em Medicina pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, Mestrado e Doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade Federal de São Paulo (Escola Paulista de Medicina). Pós-doutorado na University of Cincinnati School of Medicine (EUA) e no Karolinska Institute (Suecia). Livre-docente em Terapêutica Clínica pela Faculdade de Medicina da USP. Atualmente é Professor Associado de Hemato-

Comunicado

logia e Hemoterapia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Membro Titular da Academia Nacional de Medicina.

O Serviço de Registro Genealógico da ABCCC informa que, em razão de atendermos à instrução normativa 17, de 9 agosto de 2012, a qual regulamenta o novo padrão para os exames de DNA, é solicitado aos criadores que quando da ocasião de visita técnica em sua propriedade, possibilitem que os inspetores possam recoletar as amostras dos garanhões confirmados e das éguas doadoras de embrião. Para os animais que vieram a óbito, existe a possibilidade da reconstrução do DNA através de sua descendência. As despesas com a confecção do novo material, correrão por conta da ABCCC. Rodrigo R. Teixeira Superintendente do SRG - ABCCC


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Geral

33

Resistência une duas paixões em cavalgada até a Arena Foto Fagner Almeida

Maysa Maciel

Colombina da Araucária

Porto Alegre/RS. Há quem diga que nada fica à frente de uma pessoa apaixonada. Quando há união entre duas grandes paixões, até uma distância de mais de 240 quilômetros se torna pequena.

Contando com toda a resistência do cavalo Crioulo e um grupo de 20 cavaleiros gremistas obstinados, uma comitiva crioulista chegou à capital gaúcha na manhã do dia 8 de dezembro. Mostrando a resistência e a rusticidade da raça, o grupo enfrentou uma semana de mudanças climáticas e diferentes estradas para concretizar seu objetivo: visitar a cavalo a Arena do Grêmio Futebol Porto Alegrense. Os cavaleiros saíram da cidade de Caçapava do Sul e chegaram ao novo estádio cumprindo os 247 quilômetros da marcha que começou no Forte Dom Pedro II. A ideia de unir o cavalo Crioulo ao futebol partiu de uma parceria entre o Consulado Gremista de Caçapava do Sul e a Torcida Alma Farrapa com o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos. O grupo deu início a sua marcha no dia 1º de dezembro, por um acesso secundário da BR-392 e seguiu às margens da BR-290, passando por seis cidades do Rio Grande do Sul ao seu destino. Para que esse sonho pudesse se tornar realidade, uma equipe com veterinários, ferrageadores e muitos outros profissionais deixaram sua terra natal com o objetivo de acompa-

Carta do Leitor Este mês, a seção Carta do Leitor publica a dúvida enviada pelo criador Clairto Delazeri, de Ribas do Rio Pardo no Mato Grosso do Sul e a devida resposta a sua pergunta. Para participar com opiniões, sugestões, críticas e elogios e ter o seu conteúdo publicado neste espaço basta escrever para o endereço jcc@abccc.com.br. Participe!

Marca com nitrogênio

O criador sul-mato-grossense Clairto Delazeri, de

Colosso de Santa Emiliana Dália da Araucária Artista da Araucária Garopa do El Ju Aventura partiu de Camaquã e percorreu cerca de 240 quilômetros

Kita do Nhocorotó Milonga do Santa Fé Tronqueira Cigana Faísca de Santa Emiliana Atacado 02 do Cerrito de Ouro Absinto 01 do Cerrito de Ouro Bárbaro do Bolacheiro Desgarrado 175 do Taquara Lorota de Santa Emiliana Nicotina de Santa Emiliana

nhar a comitiva. Os animais demonstraram muita versatilidade e fôlego, enfrentando mudanças bruscas de temperaturas, que chegou aos 31º com sol e se aproximou dos 19º nos dias que a chuva foi companheira de estrada. “É comprovada a força do nosso cavalo. Acho que é por isso que temos tanto amor por ele. Além de ser companheiro, ele aguenta qualquer coisa. Nossa marcha é uma prova”, diz o presidente do Núcleo, Ênio Dias Santos Filho. Acompanhando as diferentes dificuldades no grupo, a jovem Isabelli Brissow demonstrou outro exemplo de força: o da mulher gaúcha. “Quem disse que a mulher é o sexo frágil?”, diz a amazona sorrindo. “Sem brincadeiras... a gente formou uma família nessa caminhada e um ajudou o outro. Não dá pra descrever o que uma paixão

pode fazer”, completa Brissow. Os jovens também estiveram presentes no time, mostrando desde cedo qualidade de montaria e espírito de aventura. “É muito emocionante andar tudo isso na garupa de um cavalo. Principalmente pelo Grêmio. Daqui a uns anos podemos dizer que fizemos parte da história”, conta Lucas Macedo Chaves, o caçula do grupo com apenas 13 anos. Os últimos sete quilômetros de cavalgada foram os mais emocionantes para a comitiva, principalmente quando as primeiras curvas do estádio surgiram. “Deu um nó na garganta quando chegamos à ponte do Guaíba e vimos o quão perto estávamos. Aquele momento foi único e traduziu um pouco do que sentíamos”, conta João Paulo Santos, integrante do grupo. De acordo com o presidente do Núcleo, Ênio Dias Santos Fi-

lho, o objetivo foi mais que cumprido. “Foi muito melhor do que eu esperava. Conseguimos”, diz emocionado, “É uma felicidade imensa isso. Foi uma ideia que amadureceu, foi cuidadosamente planejada e, agora, se torna realidade. Isso é indescritível”, completa. Para todos agora, a sensação é de alívio e dever cumprido. “Chegamos todos bem. Agora é voltar pra casa”, diz Santos.

Lâmina de Santa Emiliana Brutus do Ioi Caetano do Ioi Ditacuja do Ioi Historieta 811 do Peñarol Bolicheiro 04 do Cerrito de Ouro Flaubiana do Ioi

Arte Ana Cláudia Hermann

Escalação Os cavalos Balada de Los Santos Então Tá de Los Santos Badana da Marca M Peregrino Garrucho Dezembrina de Los Santos Dipirona de Los Santos Lautério de Santa Emiliana

Confira os remates de janeiro e fevereiro Ribas do Rio Pardo, enviou a seguinte pergunta à ABCCC: “Boa tarde, gostaria de saber se posso marcar os meus cavalos (Crioulos) com a minha marca e números com nitrogênio. A ABCCC tem algo contra ou tem que ser marcado com fogo? Obrigado”. Sobre essa questão, o superintendente do Ser viço de Registro Genealógico (SRG) da Associação Rodrigo Teixeira esclarece que, de acordo com o estatuto do setor, a marcação de confirmação do cavalo Crioulo precisa ser fei-

ta a fogo. Teixeira acrescenta que a marcação com o nitrogênio exige uma técnica específica que, se mal aplicada, pode dificultar a identificação do animal. Além disso, qualquer variação na composição do líquido poderia interferir no processo. Para o superintendente, a invariabilidade do fogo e a clareza da marcação feita com este distinguem a técnica mais tradicional como também a mais eficaz. Por essa razão, salienta ele, a orientação é que todas as marcas sejam feitas a fogo.

Janeiro

Dia 14 Leilão Virtual Cabanha Harmonia e Convidados - Remate Virtual Dia 15 Leilão Virtual DKP - Remate Virtual Dia 16 Leilão Virtual Top de Raça - Remate Virtual Dia 17 Leilão Potros e Potrancas de Luxo Capão da Lagoa - Guaíba/RS Dia 19 4º Remate 4 Naipes - Camaquã/RS Dia 20 Leilão Trança Crioula e Convidados - Santa Maria/RS Dia 21 Leilão Virtual Estância Nazareth Remate Virtual

Dia 23 Leilão Carapuça - Guaíba/RS Dia 24 Leilão Virtual Pelagens - Remate Virtual Dia 25 VI Um Mar de Função - Cassino/RS Dia 28 Leilão SJ - Edição Especial 30 Anos São Lourenço do Sul/RS Dia 30 Remates Virtuais Maufer - Sobreano - Remate Virtual Dia 31 Remates Virtuais Maufer - Sobreano - Remate Virtual

Fevereiro

Dia 15 XI Leilão Mancha Crioula - Canela/ RS


34

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Geral

2012: ano de vitórias e comemorações crioulistas Fotos Felipe Ulbrich, Fagner Almeida, Pedro Blanco, Vania Monteiro, Leandro Vieira, Gabriel Olivera, Daniel Sempe, JG Martini e Divulgação

Hélen Albernaz

O ano que passou foi de festa para os crioulistas. A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) completou 80 anos de uma história marcada pela paixão de seus fundadores, gestores, associados e parceiros e pela força de uma raça que tem como principal característica a mescla de bravura e docilidade.

Mas este não foi o único motivo de comemoração do ano. Envolvido em um mercado que movimenta cerca de R$ 1,28 bilhão e gera mais de 200 mil empregos, o cavalo Crioulo mostrou a sua multifuncionalidade e conquistou importantes vitórias em modalidades até o momento dominadas por outras raças como a rédeas e a vaquejada. Ainda em 2012, a maior prova da raça, o Freio de Ouro, contou com uma novidade que qualificou a competição. Pela primeira vez o exame antidoping faz parte das etapas classificatórias e garantiu a idoneidade da disputa. Em Esteio, palco do evento, a raça também conquistou mais uma vez o primeiro lugar em vendas de animais na Expointer. Foram mais de R$ 9 milhões comercializados em aproximadamente 300 lotes arrematados. Confira a seguir estes e outros fatos que fizeram de 2012 um ano de sucesso e realizações para o cavalo Crioulo.

Encontro técnico acontece em Uruguaiana

Bagé dá início ao ciclo funcional do Enduro

Final do Campeonato Nacional encerra ciclo de rédeas

Potro do Futuro também finaliza o ciclo de rédeas

Presidente da ABCCC recebe Prêmio Senar - O Sul

Crioulo é destaque na Copa Querência

Janeiro - ABCCC anuncia a oficialização do Freio do Proprietário e mudanças no regulamento das provas jovem. - Técnicos credenciados reúnem-se em encontro de qualificação nas estâncias Aurora e Santa Zélia, em Uruguaiana. - Entra em vigor o novo Regulamento do Registro Genealógico da raça Crioula homologado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Fevereiro - Com layout mais dinâmico e simplificado, entra no ar o novo site da Associação. - No dia 28 de fevereiro a ABCCC

Alma de Gato Cala Bassa, montado por Roberto Jou, fica entre os cinco melhores potros do mundo em uma das maiores provas de rédeas, o NRHA Futurity

completa 80 anos e dá início à série de eventos que vão marcar a data ao longo de todo o ano.

Março - O município paranaense de Guarapuava sedia uma das primeiras etapas do Concurso Jurado Jovem do ciclo. - Programação comemorativa aos 80 anos da ABCCC tem início na prévia da Morfologia para a Expo-

-FICCC. Na ocasião foi revelada a lista dos classificados em coquetel para convidados. - Associação realiza seleção de novos jurados para as provas oficiais da entidade. 40 novos nomes passaram a integrar a lista oficial. - Porto Alegre recebe a final da Copa Querência Copyland que confirma o favoritismo do conjunto formado por SJ Rodopio e o cavaleiro Wellington Teixeira.

Abril - Norte-americano conhecido como Encantador de Cavalos, Monty Roberts, ministra curso de doma racional em São José/SC e não poupa elogios à raça Crioula. - É dada a largada da Marcha de Resistência de Jaguarão/RS que comemorou os 20 anos de realização consecutiva da prova no município. - O brasileiro Francisco Martins

Bastos sobrinho representa o Brasil na Paleteada Internacional realizada em Buenos Aires, Argentina, durante o Campeonato Nacional de Rodeio, e entra para a história ao ser o primeiro estrangeiro a se classificar para a final do evento. - Esteio sedia mais uma vez o Bocal de Ouro. Durante o evento foi lançada a exposição comemorativa que retratou a história da ABCCC nos seus 80 anos.


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Geral

Raça marca presença na Expocavalos em São Paulo

Mostra comemorativa retrata 80 anos da ABCCC

35

Aniversário é celebrado com homenagens

Abertura do Freio de Ouro reuniu elementos importantes na história do cavalo Crioulo

Jaime de Freitas e Thiago Persici passam a integrar o quadro técnico

- Começa a etapa de classificatórias para o Freio de Ouro 2012. As primeiras dez duplas garantiram vaga em Esteio durante seleção realizada em Santa Vitória do Palmar. - Pela primeira vez o exame antidoping faz parte das etapas classificatórias ao Freio de Ouro, garantindo ainda mais profissionalização à seleção. - Quatro exemplares da raça tiveram lugar no pódio de um dos

Oraca do Itapororó é consagrada Melhor Exemplar da Raça em Esteio

maiores eventos brasileiros de rédea, o Derby, e o cavalo Crioulo segue mostrando suas habilidades na prova.

Maio - Expo-FICCC é o grande destaque do mês. Em 2012 o evento itinerante aconteceu no Uruguay, no Parque de Prado em Montevidéu. - Mostra comemorativa que retratou os 80 anos da ABCCC

chega ao município paranaense de Maringá. A cidade sediou o 1º Simpósio do Cavalo Crioulo que debateu a história da raça, seus processo de criação e manejo. - Depois de 45 dias e 750 quilômetros percorridos, chega ao fim a 20ª Marcha da Resistência de Jaguarão/RS.

Junho - Começa a concentração dos

Mauro Ferreira (à esquerda) assume como presidente da ABCCC

animais inscritos para a Marcha da Integração que foi realizada em Santo Antônio da Patrulha.

to Querência em Porto Alegre. - Ainda em junho, a raça ganha notoriedade no Campeonato Rondoniense e Acreano de Rédeas.

- O cavalo Crioulo é convidado especial do Chio, tradicional festival de equitação e adestramento que aconteceu na Alemanha e em 2012 homenageou o Brasil.

Julho

- Com 24 exemplares entre os 26 finalistas da principal categoria do Campeonato Gaúcho de Rédeas, o cavalo Crioulo destaca-se mais uma vez no Centro de Treinamen-

- A um mês antes da Expointer, Esteio sedia a Repescagem, etapa que garantiu vaga na final do Freio de Ouro para mais oito conjuntos.


36

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Geral

Tem início a Marcha em Jaguarão

Raide Cabanha Paulista parte de Uruguaiana

Simpósio do Cavalo Crioulo é realizado em Pelotas

Exposição comemorativa chega a Maringá

Gestão de Mauro Ferreira é empossada em solenidade na sede da Associação e estará à frente da entidade até 2014

No Brasil, Monty Roberts elogia o cavalo Crioulo

- Termina a Marcha da Integração, em Santo Antônio da Patrulha. Paralelamente o município gaúcho também sediou a 1ª Marchita que reuniu seis cavaleiros de até 12 anos.

Agosto - O mês da Expointer é sempre o ápice do ano crioulista. Em 2012 o evento ganhou um brilho especial por causa da festa que comemorou os 80 da ABCCC. O evento aconteceu no salão da Associação Leopoldina, em Porto Alegre, e contou com celebrações e homenagens.

Expo-FICCC é o grande destaque de maio

- Em assembleia durante a Expointer é eleita a nova diretoria da entidade. - Pesquisa da Esalq, encomendada pela ABCCC, revela dados importante sobre o mercado crioulista no país. Conforme estudo o cavalo Crioulo movimenta R$ 1,28 bilhão e gera 238 mil empregos por ano. - O então presidente da ABCCC, Manuel Luís Bevenenga Sarmento, é homenageado com o Troféu Senar - O Sul como criador de equinos entre 27 personalidades enaltecidas. - Sanaduva do Salton e Balaqueiro

Super Stakes acontece em São Paulo

do Nonoai entram para a história da raça como os grandes vencedores do Freio de Ouro.

- Na Morfologia, Oraca do Itapororó é consagrada Melhor Exemplar da Raça em Esteio. As finais de modalidades também movimentaram a pista de provas do Parque Assis Brasil. - Com recorde quebrado, mais uma vez o cavalo Crioulo conquista o primeiro lugar em vendas de animais na Expointer ultrapassando a marca de R$ 9 milhões em comercializações. - O cavaleiro Jango Salgado, referência em rédeas no mundo crioulista, faz a sua despedida das

pistas durante o Potro do Futuro ANCR, final do Campeonato Nacional e Copa Inter Núcleos.

Setembro - O cavalo Crioulo é representado na Expocavalos em São Paulo e chama a atenção do público presente. - Passada a Expointer, o ciclo 2013 inicia em ritmo acelerado. A capital Uruguaia, Montevidéu, sediou a primeira credenciadora e Lujan abriu o ciclo argentino. - O primeiro remate do ciclo 2013 abre a temporada com recorde

Crioulo é destaque no Super Stakes

de vendas. O leilão da Cabanha Caratuva, realizado em Camaquã, comercializou mais de R$ 4,7 milhões e entrou para a história.

Outubro - Pelotas sedia a segunda edição do Simpósio do Cavalo Crioulo. O evento aconteceu no salão nobre da Associação Rural de Pelotas (ARP) e falou sobre as técnicas e o futuro do cavalo Crioulo. - Quadro técnico da ABCCC ganha dois novos credenciados que passarão a atuar na supervisão de eventos e no atendimento com o criador. Antes de partirem para o


Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

Geral

Sananduva do Salton conquista o Freio de Ouro entre as fêmeas

Balaqueiro do Nonoai é Freio de Ouro

Festa durante a Expointer marca o aniversário de 80 anos da ABCCC

- Em solenidade na sede da ABCCC, nova diretoria da entidade toma posse dando início à gestão 2012-2014. - Uma nova premiação é lançada no primeiro mês da diretoria liderada por Mauro Ferreira. A Tríplice Coroa unirá Freio de Ouro, Morfologia e Marcha. - A valorização regional das provas é outra novidade apresentada. A partir deste ciclo, além do ranking morfológico, funcional e da Copa dos Criadores em nível nacional, haverá premiação aos que alcançarem as maiores pontuações nas três modalidades em cada região da ABCCC. - Finais do Campeonato Nacional e do Potro do Futuro da ABCCC encerram o ciclo funcional de rédeas do cavalo Crioulo 2012. A Cabanha Marca dos Santos foi destaque na prova realiza em Porto Alegre no Centro de Treinamento Querência. - Partiu de Uruguaiana o Raide Cabanha Paulista, um projeto inédito que levou dois cavalos Crioulos até Itu/SP em cavalgada que percorreu cerca de 1,8 mil quilômetros.

Marcha de Ressitência é realizada em Santo Antônio da Patrulha

Primeiro leilão do ciclo 2013 quebra recordes

Raide Cabanha Paulista é recebido com festa em Itu

trabalho efetivo eles passarão por um estágio de qualificação.

37

- A raça é destaque no Super Stakes, da Associação Nacional do Cavalo de Rédeas, competição promovida em São Paulo. - Único conjunto brasileiro no NRHA Futurity, Alma de Gato Cala Bassa e o cavaleiro Roberto Jou, parte para os Estados Unidos para correr a prova que levou a nome do cavalo Crioulo ao norte da América.

Novembro

Comitiva brasileira no NRHA Futurity

Crioulistas fazem cavalgada até a Arena do Grêmio

- Datas já definidas das classificatórias 2013 são divulgadas pela ABCCC. - Novo concurso para técnicos lança edital com regras para a seleção. - Alma de Gato Cala Bassa, montado pelo cavaleiro Roberto Jou, fica entre os cinco melhores potros do mundo em uma das maiores provas de rédea realizada em Oklahoma, nos Estados Unidos. - Termina com festa no interior de São Paulo o Raide Cabanha Paulista, cavalgada de longa distância que partiu do município gaúcho de Uruguaiana. - Livro sobre os 20 anos da Marcha de Jaguarão tem sessão de autógrafos na Feira do Livro de Porto Alegre.

Pela primeira vez, classificatórias contam com antidoping

- Cavalo Crioulo é destaque em enduro da raça Árabe chamado 2ª Copa Haras Jacová.

Dezembro - Começa a ser distribuído o Anu-

Brasil é representado na Paleteada em Buenos Aires

ário 2012. - Com a maior premiação da modalidade no país, é lançado o Rédeas de Ouro, prêmio que irá unir o Campeonato Nacional e o Potro do Futuro em um grande evento.

- Saem as primeiras parciais dos rankings Funcional, Morfológico e da Copa do Criador. - Bagé dá início ao ciclo funcional do Enduro em evento realizado no primeiro final de semana do mês.


Foto: Eduardo Rocha

ESTÂNCIA PARAYSO

ESTÂNCIA PRINCÍPIO

Uruguaiana/RS - (55) 3412 1007

Barra do Quarai/RS - (55) 3412 5958

lab@parayso.com.br

estanciaprincipio@gmail.com


Gente

Cavalo Crioulo Janeiro de 2013

39

Fotos Douglas Saraiva, Pedro Blanco, Humberto Manetti e Divulgação

Flávio Pereira e Gilson Bonenberg recebem prêmio de Marcelo da Silva em Cordeiro

Vídeo com depoimento de Vilson de Souza foi exibido em Cordeiro

André Machado, Flávio Pereira e Marcelo da Silva no Rio de Janeiro

Alexandre Santos dos Santos, Sandra e Mariana

Fernanda e Carolina Neuls

Cláudio Azevedo entrega Selo de Raça ao criador Luiz Araripe Jr.

Renato Amado

André Narciso, Jorge Demiate Jr. e Telmo Peixoto

Jurados Maurício Polina e Eduardo Azevedo entregam prêmios em Piratini

Sandro Amaral, Lauro Martins, Bruno Tombini e João Albino

Raul Lima e Ciro Manoel Canto de Freitas julgaram em Bagé

Gabriele e Karine Weber

André Narciso Rosa em Cordeiro

Luiz Araripe Jr., André Machado e Thiago Beltran

Cladis Martins, Susuna Anziani e Cristiane Bilibio



Jornal Cavalo Crioulo - Janeiro 2013