Page 1

IMPRESSO

Jornal da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos

Maio de 2011 | Ano 22 | Nº 207 | abccc.com.br

Bocal abre comemorações dos 30 anos do Freio de Ouro

Fotos Felipe Ulbrich

PÁGINAS 32 a 34

RZ Revuelto Cristal da Carapuça (E) e Fantasia Cala Bassa (D) foram os vencedores do Bocal de Ouro 2011

Final da Paleteada Internacional Página 57

Buenos Aires classifica para o Freio Página 35

Cristal sedia etapa do Enduro Página 60

Cavalo Crioulo lidera ranking das Rédeas Página 66

Registro tem nova superintendente Página 11

Morfologia

Pista forte e qualificada no julgamento da Outonal Exemplares de morfologia bastante elogiada desfilaram pela pista do Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, na Outonal. A exposição teve a a participação total de 115 animais Página 53


2

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Opinião

Editorial

Foto do criador

Três espetáculos em um só palco A segunda quinzena do mês de abril voltou novamente as atenções para a arena de Esteio/RS. Pelo grande número de participantes e espectadores, o feriadão de Páscoa parece ter sido uma boa ocasião para reunir a família crioulista. A novidade, que veio a se somar aos já tradicionais eventos realizados nesta época, foi a final de Paleteada Internacional (leia mais na página 57), que, a partir deste ano, passa a ocorrer junto à Outonal e ao Bocal de Ouro. Como já era de se esperar, a 9ª edição da Outonal apresentou nível excepcional de animais e o 12º Bocal de Ouro, além de revelar os novos talentos, abriu oficialmente as comemorações alusivas aos 30 anos da nossa maior prova de seleção: o Freio de Ouro. Acompanhe a reportagem das páginas 32 e 33 e saiba quem são os inéditos que estarão brigando pelo grande título. Já a cobertura completa da morfologia acompanhe na matéria da página 53. Mas, além da morfologia e da funcionalidade, aquele mesmo final de semana mostrou que a economia em torno do cavalo Crioulo permanece pra lá de aquecida. Nos

Este espaço é dedicado para divulgar imagens de criadores em momentos representativos de sua trajetória dentro da raça Crioula. As fotos, devidamente identificadas, devem ser enviadas para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br – assunto: Foto do Criador.

quatro remates realizados durante a programação de Esteio/RS, sendo um deles virtual, a raça faturou o equivalente a R$ 5 milhões. O volume de negociações nesses quatro primeiros meses do ano já alcança os R$ 20 milhões. Em 2010 a comercialização exclusiva em leilões fechou o ano na faixa dos R$ 100 milhões, valor que neste ritmo deverá ser logo logo superado. Saiba mais detalhes dessas vendas e acompanhe a agenda de remates na página 67 desta edição. O crescimento da raça já não chega a ser mais novidade. Porém, este fato tem exigido cada vez mais da ABCCC. O resultado dessa expansão reflete também em novas demandas administrativas, que no caso do mês de abril, ficaram por conta do Setor de Registros cuja a área passa, pela primeira vez, à administração de uma mulher. A médica veterinária e até então técnica da Associação, Christina Freitas Bandeira de Mello, assumiu a superintendência do setor em substituição ao também veterinário Gilberto Loureiro de Souza, que passará a integrar o Conselho de Planejamento Estratégico. Saiba mais detalhes dessa transição na página 11. Boa leitura!

A Foto do Criador do mês de maio foi enviada por Claudino Farias Murillo Júnior, de Quaraí/RS, e mostra a pequena Aline Ferreira, servindo água na mangueira para o cavalo Apache de Santa Cinilda, em uma tarde de muito calor na Cabanha Senzala

Frase da edição

Criar cavalo é muito gratificante, estudar o cruzamento, imaginar o futuro potro, vê-lo nascer e, com erros e acertos, vê-lo competir ou apenas encilhá-lo e sair para cavalgar.”

Índice

Altair Menosso da Costa, criador que atualmente reside no Peru, sobre o prazer proporcionado pela raça, Página 4

Opinião

2

Perfil

4

Por dentro da ABCCC

6

Freio de Ouro

16

Especial

36

Morfologia

38

Eventos

54

Geral

66

Gente

70

Sugestões de matérias a serem abordadas e comentários a respeito do Jornal Cavalo Crioulo podem ser enviados para o e-mail: jornalcavalocrioulo@abccc.com.br

Expediente

O Jornal Cavalo Crioulo é a publicação oficial da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), produzido pelo setor de Comunicação e Marketing da Associação. Tem periodicidade mensal e tiragem de quatro mil exemplares. Correspondências para o Jornal devem ser encaminhadas para o e-mail jornalcavalocrioulo@abccc.com.br ou remetidas à ABCCC, avenida Fernando Osório, 1.754-A, CEP 96055-000, Caixa Postal 571, Pelotas/RS. O fechamento de cada edição ocorre no último dia do mês. ISSN - 2179-7250. DIRETORIA DA ABCCC 2010/2012 Presidente: Manuel Luís Benevenga Sarmento

Vices-presidentes: Frederico Wolf, Alfredo Lisboa Ribeiro Tellechea, Mauro Raimundi Ferreira e Mário Móglia Suñe Primeiro-secretário: Elisabeth Amaral Lemos Segundo-secretário: Luís Augusto Weber Primeiro-tesoureiro: César Augusto Rabassa Hax Segundo-tesoureiro: Mílton Martins Moraes Filho Conselho Fiscal: Daniel Anzanello, Eduardo Macedo Linhares, Luiz Antônio Martins Bastos Suplentes do Conselho Fiscal: Antônio Augusto Marques de Fernandes, Fernando Fabrício de Faria Corrêa Presidente do Conselho Deliberativo Técnico: Ricardo Vieira Borges Membros: Antônio Carlos Albuquerque Py, Francisco Kessler Fleck, Luiz Martins Bastos Neto, Ciro Manoel Canto de Freitas, Eduardo Móglia Suñe, Luiz Alberto Martins Bastos Diretor de Marcha Resistência: Paulo Gomes Móglia Diretoria de Provas Funcionais

Membros: Cássio Souza Bonotto, Francisco Carlos Habowsky, José Francisco Pereira de Moura, Lauro Varela Martins, Leandro Amaral, Luís Rodolfo da Costa Machado Jornalista responsável: Débora Borba (MTB/RS 11.619) Textos: créditos nas matérias Fotos: créditos nas imagens Projeto Gráfico: Thiago Garcia Rocha - thiagorochadg@gmail.com Diagramação: Tadeo Pérez Davyt e Thiago Garcia Rocha Revisão: Rosi Pedroni Weege Impressão: Grupo Editorial Sinos AS, Novo Hamburgo/RS Publicidade: anuncios@abccc.com.br ou através do telefone (53) 3223-2122. Envio de arte sempre até o dia 25 de cada mês Atenção anunciante: a ABCCC não se responsabiliza pelas informações prestadas nas páginas de publicidade, bem como pelas fotos cedidas para a publicação. Elas são de inteira responsabilidade dos anunciantes


4

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Perfil

Crioulista leva a raça à cordilheira peruana Fotos Arquivo Pessoal

J. Tomás

A paixão pela raça Crioula não tem fronteiras. Seja em qualquer parte do Brasil, da Argentina, do Uruguai, do Chile ou do Paraguai, é cada vez mais comum encontrar pessoas que nutrem o gosto pelos animais e pelo mundo que cerca o desenvolvimento e a criação de cavalos.

E onde esta admiração ainda não chegou, basta que algum crioulista tome as rédeas para que, rapidamente, outro canto da América passe a conhecer de perto a versatilidade e a força desses equinos. A mais nova fronteira desbravada encontra-se no Peru. É na capital Lima que o adido do Corpo Diplomático da Embaixada Brasileira/Polícia Federal, Altair Menosso da Costa, 49 anos, divulga sempre que a oportunidade lhe permite a história do cavalo Crioulo. Instalado naquele país desde dezembro de 2009, Altair levou na bagagem muito mais do que roupas. Transportou o gosto que desenvolve desde os cinco anos de idade pelos animais. Natural de Sananduva/RS, não esquece este momento de sua vida e o que germinou a partir da semente plantada pelo avô Plácido, na fazenda nos Campos de Cima da Serra. Tanto que em 1997 registrou o afixo Poncho Negro em homenagem a ele, italiano de nascimento mas brasileiro de coração, como diz. “Lembro-me das manhãs frias do Rio Grande, quando meu avô saía campo afora em seu cavalo negro como a noite, protegido por seu inseparável poncho negro. O pingo e o poncho negro foram sua marca. Como cultivo às tradições,

JCC - De alguma forma a criação

Costa mantém a paixão pelo cavalo Crioulo e divulga a raça em Lima, no Peru, onde reside atualmente

sigo seu caminho.” Dos motivos que o levaram a se tornar um criador Altair também destaca a parte esportiva - “as credenciadoras, classificatórias e, principalmente, a final do Freio de Ouro são provas de muita emoção, de muita adrenalina” - e o prazer proporcionado pela profissão - “criar cavalo é muito gratificante, estudar o cruzamento, imaginar o futuro potro, vê-lo nascer e, com erros e acertos, vê-lo competir ou apenas encilhá-lo e sair para cavalgar”. A atividade comercial também é citada. O enorme potencial, a versatilidade, o trabalho desenvolvido pela ABCCC e os leiloeiros tornaram o cavalo Crioulo objeto de desejo não só dos gaúchos, mas de todo o mundo, observa. Lembra ainda que passou a ser comum ver estrangeiros adquirindo animais em leilões. A internacionalização do cavalo Crioulo, até então conhecido como cavalo dos

gaúchos, melhorou consideravelmente o preço dos animais e passou a ser uma atividade de grande potencial lucrativo.

Entrevista Quase um ano após sua chegada a Lima, Altair já destaca a rápida simpatia peruana pela raça e seu projeto de levar alguns exemplares até lá para demonstração. Pela internet, ele conversou com a reportagem do Jornal. Confira a seguir. Jornal Cavalo Crioulo - Mesmo

distante, o senhor mantém criação de cavalos Crioulos no Brasil? Altair Menosso da Costa - Sim. Possuo duas áreas, uma no município de São José dos Pinhais (PR), próximo ao Aeroporto Internacional Afonso Pena, dotada de instalações físicas para doma, preparo para provas funcionais e

Desde 2009 na capital peruana, o crioulista descreve a boa aceitação e o grande interesse dos locais à raça

exposições morfológicas. Outra área em Mandirituba, cerca de 50 quilômetros de Curitiba, destinada à criação. Por preservar os animais no seu hábitat natural mantenho invernadas de reprodutores com seus respectivos lotes de éguas. JCC - Realiza de que forma o con-

tato com esta área no Brasil? Altair - Fiz da tecnologia minha aliada. Mantenho um contato diário com a cabanha, obtenho e passo informações. A internet e o site da ABCCC são consultas diárias e obrigatórias. Recebo mensalmente o jornal Cavalo Crioulo e catálogos de leilões. A ligação com o cavalo é tão forte e a saudade é tamanha que estou instalando câmaras na cabanha para acompanhar via internet. JCC - Onde está atualmente, exis-

tem animais da raça Crioula? Altair - Resido em Miraflores, cidade de Lima, região litorânea, cuja característica é a inexistência de chuvas. A região peruana compreendida entre a cordilheira dos Andes e o oceano Pacífico é desértica, por esta razão torna-se muito difícil a criação de cavalos, pois todo o verde é mantido com irrigação diária. Visitei criadores de cavalos de Passo, típico cavalo peruano, com características do mangalarga marchador. São pequenos espaços com reduzido número de animais. Não encontrei exemplares Crioulos na região. Tenho buscado informações do interior, mas não localizei proprietários ou criadores de cavalo Crioulo.

de cavalos Crioulos atrai a atenção daqueles que fazem parte do seu dia a dia profissional? Altair - O cavalo Crioulo desperta a atenção de todos que visitam a Embaixada. Possuo no escritório muitas fotos e DVDs da raça. A beleza do nosso cavalo tem chamado a atenção dos peruanos e estrangeiros que nos visitam, sem falar dos amigos europeus e americanos que frequentam nossa casa. Estamos em tratativas para trazermos alguns animais ao Peru e, através da Embaixada, divulgar a raça Crioula neste país. Pensamos em fazer uma demonstração da tipicidade, funcionalidade e mansidão do cavalo Crioulo.

Saiba mais Quem é: Altair Menosso da Costa Naturalidade: gaúcho de Sananduva Estado civil: casado com Rubia Márcia Benatti Filhos: dois. Thomas, 22, cursa Engenharia no Brasil, e Altair Filho, 19, que estuda Medicina na Faculdade San Fernando da Universidade de San Marcos, Lima Currículo: aprovado para o Ministério da Justiça/Departamento de Polícia Federal em 1979, desempenhou atividades em vários setores do Departamento. Em 2009 recebeu o convite para atuar na Embaixada do Brasil em Lima/Peru e em 12 de novembro foi nomeado para assumir o cargo Onde está: em Lima, capital do

Peru, distante 5.502 quilômetros de Brasília (via transporte rodoviário).

A Adidância Policial no Peru foi a

quarta aberta em 2009 e a 11ª re-

presentação da Polícia Federal no exterior (fonte: Sindipol/DF). Até a corporação estava presente em Ar-

gentina, Bolívia, Colômbia, Estados Unidos, França, Itália, Paraguai, Portugal, Suriname e Uruguai.

A capital Lima Área: 34.801,59 quilômetros quadrados Número de províncias: dez População: 8.445.211 habitantes Taxa de crescimento anual (1993/2007): 2,1 por cem habitantes


6

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Por dentro da ABCCC

Encontro reúne jurados da ABCCC Foto Douglas Saraiva

Douglas Saraiva

Cerca de 50 jurados de provas funcionais da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) estiveram presentes no dia 12 de abril, em encontro para discutir e uniformizar critérios de avaliação. A proposta da diretoria da ABCCC e do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da entidade reuniu os integrantes das listas 1 e 2, que relaciona os jurados efetivos e auxiliares, no auditório da Vetesul, em Pelotas, para debater suas concepções em julgamentos funcionais.

Na reunião foram exibidos diversos vídeos de apresentações funcionais, exemplificando variadas situações que podem gerar dúvida na hora do julgamento. Os jurados foram separados em trios e deram nota a cada uma das provas, simulando uma avaliação real. Na mesa, mediando o encontro, estavam o presidente do CDT, Ricardo Borges, e o vice-presidente de eventos da Associação, Mário Móglia Suñe. Na abertura do encontro o presidente da ABCCC, Manuel

Debate sobre a avaliação de provas funcionais ocorreu no auditório da Vetesul, em Pelotas/RS

Luís Sarmento, falou sobre a importância da revisão nos critérios de avaliação. “Atualmente o nosso julgamento está baseado na penalização, o que é uma concepção equivocada. Não estamos julgando robôs”, afirmou. “Queremos trocar ideias. Ninguém é dono da verdade”, completou Borges, salientando ainda que a análise dos jurados deve ser alinhada e de acordo com o que prevê o re-

gulamento das provas. Após o encerramento, o presidente do CDT avaliou como positiva a atualização. “A intenção era fazer com que todos conseguissem enxergar as provas do mesmo jeito e uniformizar o julgamento. Os participantes elogiaram o método e entenderam a nossa proposta. Pretendemos agora realizar uma revisão como esta na Argentina e no Uruguai”, disse.

Galeria de Novos Associados Alacir A. Gresele e Felipe Basso Gresele

Fábio Roberto Wenning

Marcos Neri Poffo

Anderson Boeira Floriano

Flávio P. Falcão Bauer/Daniella S. F. Bauer

Parceria Flores do Inhanduí

Antônio Ademar dos Santos

Isoel Gotardo Andrighetti

Celso Batista Rosas

Jeremias Eli dos Santos

Douglas Peres de Oliveira

Leonardo Pereira de Almeida

Valdecir José Köhler

Edmundo Damian Fainbrum

Marcelo Ferreira da Silva

Wilmar Pacheco de Oliveira

Roger Andre Farias Tiago Martins Ribeiro

Papo Técnico

Felipe Caccia Maciel - Médico veterinário – CRMV/RS 10.381

Exame andrológico: o quê e por quê? Nos últimos anos temos visto uma valorização crescente nos reprodutores consagrados e, principalmente, em animais que, através de seus desempenhos nas provas morfológicas e funcionais da raça, são largamente utilizados como pais de cabanha. Muitas vezes, entre os critérios para a utilização de um reprodutor não se leva em conta a sua eficiência. Porém, existe uma série de fatores que podem afetar a capacidade reprodutiva de um garanhão: como a capacidade individual própria, nutrição, idade, saúde, estação do ano e raça. Porém, o fator mais importante talvez seja o manejo reprodutivo adotado, uma vez que existem diferenças individuais entre garanhões e nem sempre o manejo que ser ve para um vai ser vir para outros. A avaliação da capacidade reprodutiva de um garanhão é feita através de um exame andrológico que reflete suas atuais condições. O exame andrológico destina-se não somente à observação das condições do sêmen, mas também de toda a função reprodutiva e que envolvem as condições de saúde geral, eficiência na cópula, alterações locomotoras ou alterações do sistema genital (testículos, epidídimos, cordões espermáticos) que possam influenciar a monta. Chamamos de Potência Coeundi esta capacidade e Potência Generandi a capacidade de produzir espermatozoides viáveis. O exame andrológico deve ser realizado antes da venda/ compra de um reprodutor, antes de cada temporada de monta, ajuda a estimar o número de coberturas que podem ser feitas durante a temporada e o manejo a ser adotado: monta natural a campo, monta controlada ou inseminação artificial (conforme Capítulo VII do Regulamento do Registro Genealógico da Raça Crioula), ser ve tanto para otimizar o uso do reprodutor como no momento em que há suspeita de queda na fertilidade ou um comportamento sexual anormal obser vado. O exame inicia com a avaliação da saúde geral do ga-

ranhão e o histórico clínico-reprodutivo que incluem os índices reprodutivos de temporadas passadas e o uso de quaisquer medicamentos. O exame específico do aparelho reprodutor: pênis, testículos e glândulas anexas deve ser sempre realizado com ultrassonografia inclusive. A seguir, se procede a coleta do sêmen e faz-se a avaliação do sêmen: primeiro suas características macroscópicas (volume, cor, densidade e odor) e, em seguida, as características microscópicas (motilidade total e progressiva, vigor, concentração e patologia/morfologia espermática). Dependendo do caso, duas ou mais coletas são necessárias. O laudo de um exame andrológico nunca é definitivo (para o resto da vida reprodutiva do animal) e deve servir de base para a temporada a seguir e sempre devemos levar em consideração que o animal pode vir a sofrer de alguma doença que leve à diminuição em sua qualidade espermática após a realização do exame e, por isso, o laudo não deve ser emitido com uma validade superior a 60 dias (tempo médio em que ocorre a espermatogênese e o trânsito epididimário). A avaliação da capacidade reprodutiva dos garanhões antes da temporada de monta é imprescindível, pois uma temporada mal-sucedida pode comprometer todo o planejamento de uma cabanha, principalmente dos pequenos e médios criadores. Costumo dizer que para quem tem cem éguas na cria, se duas ficarem vazias são apenas 2% de éguas falhadas, mas para quem tem dez éguas, se apenas uma égua ficar vazia são 10% de éguas falhadas. Os investimentos numa criação de equinos são altos e, por isso, devemos sempre procurar a maximização dos resultados para que o investimento não se torne um gasto. Resumindo, aconselho o exame andrológico completo para se ter real conhecimento da capacidade reprodutiva de um garanhão e propor manejos e tratamentos específicos para cada caso.

Dúvidas? Envie sua pergunta para

jornalcavalocrioulo@abccc.com.br


10

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Artigo do Criador

Transferência de Embriões - Por que não liberar? Atualmente, o planeta vive em um processo constante de atualizações nas mais diversas áreas, biológicas ou exatas, colocando-nos à disposição tecnologias que, há poucas décadas, jamais cogitaríamos existir. Dentre as ferramentas descobertas para melhorar e aprimorar as diversas raças e espécies, inclusive algumas para “fugir” da extinção, está sendo utilizada como alternativa a transferência de embriões, que visa transplantar a uma receptora um óvulo fecundado (embrião), produzido do cruzamento de outros indivíduos, geralmente animais com potencial genético que deva ser perpetuado ou reproduzido. Além disso, a possibilidade de variação genética de pais em uma mesma mãe produtora de óvulos (doadora), durante uma mesma temporada de acasalamento, faz com que esta ferramenta tenha papel fundamental para o crescimento e o desenvolvimento de uma raça, pois uma matriz com carga genética seria testada em acasalamentos com dois ou mais pais diferentes, aumentando a probabilidade de sucesso dos frutos provenientes desta fêmea. No que se refere à raça Crioula, a ABCCC (associação - pessoa coletiva composta por indivíduos singulares agrupados em torno de um objetivo comum) que muito orgulha seus associados pela forma digna e correta como é conduzida, infelizmente, ainda permanece com paradigmas e ideologias hoje não mais aceitos, pois seu estatuto rege que somente alguns de seus membros, com fêmeas comprovadamente exitosas, possuam este direito (o de realizar nos animais de sua

Por dentro da ABCCC propriedade a transferência de embriões). Portanto, apenas uma minoria, que não chega a representar 2% da população total de éguas pertencentes a cerca de 2% de proprietários, está apta a realizar este procedimento, tolhendo, assim, o direito de igualdade dos demais sócios que representam os restantes 98% da entidade. Muito embora o objetivo de crescimento e aprimoramento da raça seja o principal foco dos membros da ABCCC, não existe igualdade de tratamento (regimentar) para a aquisição dos meios de melhoramento da raça. A livre concorrência tão necessária e salutar para o desenvolvimento de todos não é acessível a todos e somente pode ser exercitada por um pequeno e seleto grupo de criadores/associados, hoje em dia, chamados de produtos ranqueados. A disponibilidade das técnicas revolucionárias de reprodução deve ser difundida e liberada a todos os criadores, deixando a cada um a escolha de quais são os animais do seu plantel que merecem se submeter à transferência e não à ABCCC, sendo a partir daí os produtos provenientes destas técnicas julgados e avaliados na “pista”. Sem dúvida, seria mais um passo extremamente importante para aumentar a qualidade da raça. Em economia, diz-se que as técnicas quando disponíveis somente a um grupo seleto e determinado de indivíduos gera o oligopólio: “Oligopólio é um termo utilizado que deriva do grego, onde oligo significa poucos e polens significa comércio. Este termo é usado quando um grupo de empresas domina o comércio de um determinado produto ou serviço. Para os consumidores a formação de oligopólios não é boa, pois dificulta a entrada de outras empresas no setor dominado. Desta forma, a concorrência di-

minui e os preços podem ficar altos. Os países que seguem uma economia baseada na livre concorrência empresarial, tomam medidas que dificultam a formação de oligopólios na economia” (http://www.suapesquisa. com/o_que_e/oligopolio.htm). A igualdade de todos os sócios reunidos em associação com objetivo comum deve ser premissa básica a ser obedecida por todos. Para isso, levamos em consideração um determinado exemplo: uma propriedade possui 100 éguas reprodutoras, dentre as quais várias filhas de campeões, como: BT Inteiro do Junco, BT Faceiro do Junco, Campana Farrapo, Chicão de Sta Odessa, Las Hortencias Rigolemu, Santa Elba Comediante e Santa Elba Senuelo, mas não possui fêmeas com a pontuação preconizada pela ABCCC para que sejam doadoras de embriões. Porém, a boa genética está comprovada e dela poderá sair uma grande campeã ou um grande campeão, ainda mais se tiver a oportunidade de testar variações genéticas de padrillos em uma mesma égua. Cabe lembrar que a imensa maioria de éguas aptas à doação de embriões são oriundas de mães com genética diferenciada mas que não possuem pontuações para a transferência. Nesse caso se está impedindo que BT Tropilha, mãe de BT Jurado e avó de São João Juncal Pandemônio, ou que a Famosa AA, mãe de Pergaminho AA, e, ainda por suposições, que a própria La Invernada Tortolita IV , mãe de Balisa do Itapororó (grande campeã da Expointer) e avó de Faceira II do Itapororó e Jocasta do Itapororó, também grandes campeãs da Expointer, não estariam habilitadas para a transferência de embriões. Será isto correto? Será isto incentivo ao crescimento da raça? A maioria das grandes éguas da raça é de filhas de excelen-

tes mães, sem pontuação e sem morfologia diferenciada, mas, simplesmente, com uma carga genética consistente e preciosa, geraram, por critérios reprodutivos e sorte ao acasalamento, excelentes produtos sendo que o regulamento da ABCCC, mesmo assim, nega a transferência de embriões destas mães ou avós. Como saber que animais produzirão grandes ventres ou grandes campeões/campeãs se não houver maior chance de acasalamentos? Ou chances iguais a todos? O que acontecerá se obtido um grande campeão/campeã e a mãe e a avó forem tolhidas de doar embriões? Será que é este o melhoramento que os associados da ABCCC querem para a raça Crioula? Outro ponto importante é que esta propriedade acima exemplificada poderá utilizar as éguas de melhor morfologia e genética com diferentes garanhões em um mesmo ano. E, em contrapartida, as éguas consideradas por este proprietário fictício como sendo de qualidade inferior, serviriam como excelentes receptoras, tornando a utilização destas matrizes até então produtoras de animais medianos ou abaixo da média, de extrema importância e utilidade. Salienta-se aqui que a biologia é previsível mas não exata, portanto, animais provenientes de grandes campeãs e doadoras poderão ser medianos, bons e ruins, dependendo exclusivamente da penetrância e dominância dos genes, ao passo que uma égua de não tão boa morfologia e que já produziu grandes animais está à margem das transferências de embriões, inibindo a potencialização máxima de sua habilidade como matriz. Cada sócio é potencialmente um produtor de campeões perante a ABCCC, por isso, a distinção entre proprietários, referindo-se às técnicas de reprodução, não deve ser discriminada.

Além de todo o processo para a aquisição de um produto advindo de transferência de embriões, não há motivo para preocupação com a qualidade dos mesmos que justifique a não liberação para todos os proprietários, pois a origem dos produtos é hoje obrigatória e facilmente exigida pela ABCCC pelo exame de DNA e, após isso, um crivo rigoroso pelos eficientes técnicos, que indicarão o real parâmetro da origem e qualidade deste produto, ficando à mercê de todas as normas e sanções aplicadas nos demais animais não oriundos de tal técnica. Outro ponto positivo é a facilidade que um criador de outro Estado terá para a compra de embrião, transporte e crescimento de seu plantel que certamente não possui acesso a tais genéticas principalmente pela distância de sua propriedade, dificuldade e periculosidade no transporte de animais valiosos e, muitas vezes, com cria ao pé. Em suma, se há hoje o crivo técnico e de DNA para os animais pertencentes a esta raça, por que então não deixar as pistas mostrarem os resultados advindos desta maravilhosa tecnologia e que certamente deve ser ampliada a todos os criadores que desejem arcar com os custos de tais procedimentos? Os leitores poderão enviar suas opiniões através do e-mail diegolutzky@yahoo.com.br e havendo concordância com este artigo, coloquem nome completo e RG para que as mudanças possam ser pleiteadas junto à comissão técnica e à diretoria da ABCCC. DIEGO COURTES LUTZKY SÓCIO 11220 Médico ortopedista traumatologista Advogado

e


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Por dentro da ABCCC

11

Setor de Registro Genealógico tem nova superintendente Foto Douglas Saraiva

Douglas Saraiva

O Setor de Registro Genealógico (SRG) da Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) conta a partir de agora com nova supervisão. A médica veterinária e até então técnica da entidade, Christina Freitas Bandeira de Mello assume o posto em substituição ao também veterinário Gilberto Loureiro de Souza, que deixa o cargo e passa a integrar a Comissão de Planejamento Estratégico da Associação. Christina acumula também a função de gerente do SRG, no lugar de Edilon Xavier.

Após 17 anos como superintendente, Souza descreve que a transição foi necessária e está transcorrendo de forma coerente e dentro de um planejamento. “O que ocorre é um crescimento da

Christina Bandeira de Mello com Manuel Luís Sarmento e Gilberto Loureiro de Souza

raça, visível a todos os olhos, que demandaria a minha dedicação exclusiva à entidade. Me foi dado

o direito de escolha pela diretoria mas optei pelas minhas outras atividades”, disse. Aprovado como

técnico em 1982, Souza, que também já foi presidente do Conselho Técnico por duas vezes e presidente de Provas Funcionais, elogiou a indicação de Christina. “É uma pessoa altamente capacitada em função do currículo e da performance que tem na raça.” Para Christina, o convite da diretoria foi uma surpresa muito boa. “É um orgulho para mim. Chegar à superintendência mostra que o meu trabalho como técnica estava sendo feito de maneira correta.” A superintendente diz acreditar que a sua experiência pode facilitar o início das atividades na nova atribuição. “O importante é que já tem uma equipe formada. Eu vou entrar em uma máquina que já está funcionando. Agora basta que eu me adapte a eles e eles se adaptem a mim.” Além do trabalho específico como técnica, Christina adquiriu

muito de sua experiência em casa. Filha e irmã de criadores, aos 37 anos, ela conta que desde muito jovem teve a vida envolvida com cavalos Crioulos. “Quando meu pai julgava provas eu sempre ajudava, era secretária. Depois fiz faculdade de Veterinária e fui aprovada no concurso para técnica da ABCCC.” O cavalo Crioulo já foi, inclusive, objeto de estudo da técnica em sua tese de mestrado sobre o comportamento reprodutivo da raça. “Como tinha a matéria-prima em casa, consegui desenvolver uma boa pesquisa e ainda defendê-la em um congresso internacional na Holanda”, conta. Desde 2005, em paralelo ao trabalho com a ABCCC, a Christina também era professora da Faculdade de Zootecnia, Veterinária e Agronomia, no campus de Uruguaiana da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC).


12

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Calendário de Eventos Maio 1 - Evento: Paleteada e Tiro de Laço - Cidade: Quaraí/RS - Apoio: Núcleo Quaraiense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Claudino Farias Murillo Júnior – Contato: (55) 3423 1012/9984 1345/9964 5163 5 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Julio de Castilhos/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilho - Responsável: Thiago Mascarenhas Jobim Van Hoogstraten – Contato: (55) 9973 6728 5 a 8 - Evento: Paleteada, Morfologia e Credenciadora - Cidade: Vacaria/RS - Apoio: Núcleo Serrano de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Fábio Muricy Camargo – Contato: (54) 9974 8324 5 a 8 - Evento: Morfologia e Palestra Técnica - Cidade: Santo Ângelo/RS - Apoio: Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Pedro Paulo Bottom Moro Contato: (55) 3312 5370/9961 2615 5 a 8 - Evento: Provas Jovens, Campereada, Credenciadora e Morfologia - Cidade: Soledade/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavavols Crioulos de Soledade - Responsável: Josiano Garcia – Contato: (54) 8118 2820 6 a 8 - Evento: Credenciadora, Provas Jovens e Morfologia - Cidade: Palmeira das Missões/RS - Apoio: Núcleo Palmeirense de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Luíz Carlos Ardenghy Sobrinho – Contato: (55) 3742 2265/3742 3089/3742 2265/9964 1122/9657 3823 6 - Evento: Resenha Coletiva e Palestra Técnica - Cidade: Arroio do Sal/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979 6 a 7 - Evento: Campereada, Prova de 1 ano de doma e Prova de 21 dias - Cidade: Jaraguá do Sul/ SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto Norte Catarinense – Contato: (47) 3435 3550/3275 8501/9977 2843 7 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Chapecó/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense 8 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria 8 - Evento: Paleteada - Cidade: Ca-

Por dentro da ABCCC xias do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vinhedos 8 - Evento: Prova de 21 dias - Cidade: Chapecó/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense 12 a 13 - Evento: Morfologia - Cidade: Maringá/PR - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Noroeste do Paraná – Contato: (44) 4009 6666/4009 6669/9974 1772 13 a 15 - Evento: Morfologia Passaporte - Cidade: Uruguaiana/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Flávio Bastos Tellechea – Contato: (55) 3413 3567/3412 4259/9935 4224 13 - Evento: Paleteada - Cidade: Alegrete/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Alegrete - Responsável: Ciro Manoel Canto de Freitas – Contato: (55) 3422 4236/3422 6823/9974 2024/9626 8729 13 a 14 - Evento: Morfologia - Cidade: Cruz Alta/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta - Responsável: Jorge Alberto Machado da Costa - Contato: (55) 3322 1460 13 a 15 - Evento: Credenciadora - Cidade: Cachoeira do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cachoeira do Sul – Contato Maninho: (51) 3722 7386/3722 2181/9847 5757 13 a 14 - Evento: Morfologia, Resenha Coletiva - Cidade: Aceguá/RS - Apoio: Núcleo de Criadore de Cavalos crioulos de Aceguá - Responsável: Luis Mário Silveira - Fone(s): (53) 3246 1008 (53) 9974 6090 13 a 15 - Evento: Classificatória - Cidade: Montevideo - Apoio: ABCCC Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 13 a 15 - Evento: Credenciadora Cidade: Maringá/PR - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Noroeste do Paraná - Contato: (44) 4009 6666/4009 6669/9974 1772 14 - Evento: Classificatória de Paleteada - Cidade: Alegrete/RS Apoio: ABCCC - Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 14 a 15 - Evento: Provas Jovens - Cidade: Cachoeira do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cachoeira do Sul – Contato com Maninho: (51) 3722 7386/3722 2181/9847 5757 14 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Dom Pedrito/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Dom Pedrito – Contato: (53) 3242 1273/3243 3622/3243 3378/9945 3287

14 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Piratini/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Piratini - Responsável: Frutuoso Luiz de Araújo – Contato: (53) 9948 2800/9975 4150 14 - Evento: Resenha Coletiva e Dia de Campo - Cidade: Estrela/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos dos Vales do Taquari e Rio Pardo - Responsável: Roberto Müller – Contato: (51) 3710 2714/9933 1113/9996 5354 14 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Nova Santa Rita/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Encosta da Serra – Contato: (51) 3504 2979/9157 4121 15 - Evento: Classificatória de Paleteada - Cidade: Alegrete/RS Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 15 a 16 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Botucatu/SP - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Eliza Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/3234 8852/9652 3445/ (42)9962 3488 19 a 22 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: São Lourenço do Sul/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 20 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Camaquã/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos José Júlio Coutinho - Responsável: Luiz Mário Azambuja - Contato: (51) 3692 3173/9984 0682/9984 0606 20 a 22 - Evento: Credenciadora, Provas Jovens, Movimiento a La Rienda e Palestra Técnica - Cidade: Joinville/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto Norte Catarinense - Responsável: Luciano Ghisleri - Contato: (47) 3435 3550/3423 3718/3435 3852/9977 2843 20 a 22 - Evento: Provas Jovens e Copa do Proprietário - Cidade: Santo Antônio da Patrulha/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Diego Borges Peixoto – Contato: (51) 3662 1274/9918 9130/9974 4539 21 - Evento: Provas Jovens - Cidade: São Jerônimo/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Região Carbonífera - Responsável: Luiz Mierczynski Neto – Contato: (51) 3347 2370/3208 2637/3501 9644/9282 1977 21 a 22 - Evento: Provas Jovens e Morfologia - Cidade: Rio Pardo/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rio Pardo - Res-

ponsável: Amilcar Pereira Rigo Neto - Contato: (51) 3731 3489/3731 3051/9994 4605 25 - Evento: Movimiento La Rienda - Cidade: Bagé/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Bagé - Contato: (53) 3242 0006/9948 4404 25 a 29 - Evento: Palestra Técnica, Provas Jovens, Credenciadora e Resenha Coletiva - Cidade: Passo Fundo/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos José Ronald Bertagnolli - Contato: (54) 3311 1191/3313 2287/9104 2179/9971 3228 26 a 27 - Evento: Morfologia - Cidade: Tupanciretã/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Tupanciretã - Responsável: Rodrigo Fernandez Bopp – Contato: (55) 3272 1779/9988 0818 27 a 29 - Evento: Classificatória Cidade: Bagé/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/ 3223 4774 27 a 29 - Evento: Provas Jovens e Credenciadora - Cidade: Santo Ângelo/RS - Apoio: Núcleo Missioneiro de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Pedro Paulo Bottom Moro – Contato: (55) 3312 5370/9961 2615 27 a 28 - Evento: Morfologia - Cidade: Osório/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan - Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979 27 a 29 - Evento: Curso de Rédeas - Cidade: Sapopema/PR - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Eliza Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/3234 8852/9652 3445/(42)9962 3488 28 - Evento: Palestra Técnica e Resenha Coletiva - Cidade: Arroio Grande/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Arroio Grande - Responsável: Marcelo Silveira da Silveira - Contato: (53) 3262 1272/3262 2885/9975 0015 28 a 29 - Evento: Provas Jovens e Prova de Criadores - Cidade: Tupanciretã/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Tupanciretã - Responsável: Rodrigo Fernandez Bopp – Contato: (55) 3272 1779/9988 0818

de Cavalos Crioulos do Contestado - Responsável: José Ademir Pereira – Contato: (47) 3622 3111/3622 1271/3622 4316/9986 6276 Junho 3 a 5 - Evento: Classificatória de Paleteada, Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Lages/SC Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 3 a 5 - Evento: Resenha Coletiva, Tiro de Laço e Palestra Técnica - Cidade: Ijuí/RS - Apoio: Núcleo de Criadores Cavalos Crioulos de Ijuí - Responsável: Vilson Aozane Bilibio – Contato: (55) 3333 7619/9944 5950 3 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Santa Rosa do Sul/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Grande Florianópolis e Vale do Rio Tijucas - Responsável: Antônio Henrique Baki Huscher – Contato: (47) 3349 3132/3349 3132/9936 3441/9936 3441 4 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Rosário do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Rosário do Sul - Responsável: Eunice Schossler – Contato: (55)9976 5891 4 - Evento: Resenha Coletiva - Cidade: Pinheiro Machado/RS - Apoio: Núcleo Zona Sul de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Mauricio – Contato: (53) 3248 1600/9973 7368 4 a 5 - Evento: Rédeas - Cidade: Campina Grande do Sul/PR - Apoio: ABCCC - Responsável: Eduardo Mattas 4 - Evento: Movimiento La Rienda Cidade: Eldorado do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Costa Doce - Responsável: Roberto Jou – Contato: (51)9982 2451 5 - Evento: Campereada - Cidade: Júlio de Castilhos/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Júlio de Castilho - Responsável: Thiago Mascarenhas Jobim Van Hoogstraten - Contato: (55)9973 6728 10 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Santo Ângelo/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

28 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Porto Alegre/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da 6ª Região

11 e 12 - Evento: Morfologia e Campereada - Cidade: Ourinhos/SP Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Eliza Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/3234 8852/9652 3445/(42)9962 3488

28 a 30 - Evento: Tiro de Laço e Paleteada - Cidade: Canoinhas/ SC - Apoio: Núcleo dos Criadores

17 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Camaquã/ RS - Apoio: ABCCC - Contato: (53)


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Por dentro da ABCCC 3223 2122/3223 4774

Contato: (42) 3232 2893/8805 1332

17 a 19 - Evento: Credenciadora Cidade: Ponta Grossa/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos – Contato: (42) 3232 2893/8805 1332

Julho 1 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Pato Branco/PR - Apoio: ABCCC – Contato: 3223 2122/3223 4774

17 a 19 - Evento: Credenciadora Cidade: Campo Largo/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos – Contato: (42) 3232 2893/9911 4927/8805 1332 18 a 19 - Evento: Tiro de Laço e Campereada - Cidade: Mostardas/ RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979

23 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Passo Fundo/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 23 a 26 - Evento: Tiro de Laço - Cidade: Tibagí/PR - Apoio: Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos –

2 a 3 - Evento: Campereada - Cidade: Capivari do Sul/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979 6 - Evento: Palestra Técnica - Cidade: Soledade/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Soledade - Responsável: Josiano Garcia – Contato: (54) 8118 2820 8 a 10 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Esteio/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 9 a 10 - Evento: Enduro - Cidade: Pelotas/RS - Apoio: Núcleo Sudeste de Criadores de Cavalos Crioulos 15 - Evento: Palestra Técnica - Cidade: Chapecó/SC - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Oeste Catarinense

17 - Evento: Dia de Campo - Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria 22 - Evento: Morfologia Passaporte e Classificatória - Cidade: Brasília/DF - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 28 a 31 - Evento: Tiro de Laço, Paleteada e Morfologia - Cidade: Arroio do Sal/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte - Responsável: Germano Salazar Trevisan – Contato: (51) 3601 1812/3662 1891/3601 1812/9971 9979 Agosto 7 - Evento: Campereada e Enduro Cidade: Santa Maria/RS - Apoio: Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria – Contato: (55) 3026 429/3222 8989/9971 1469 13 - Evento: Rédeas - Cidade: Baurú/ SP - Apoio: Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos - Responsável: Ana Eliza Esparza e Paulo R. Parmegiani – Contato: (14) 3227 6777/3227 6326/3234 8852/9652 3445/(42)9962 3488 24 a 28 - Evento: Freio de Ouro – Cidade: Esteio/RS - Apoio: ABCCC -

13

Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

13 – Aceguá/RS, técnico à definir

28 - Evento: Final de Rédeas Aberta - Cidade: Esteio/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

20 – Rio Pardo/RS, Felipe Caccia Maciel

29 a 30 - Evento: Morfologia - Cidade: Esteio/RS- Apoio: ABCCC - Contato: (53) 3223 2122/3223 4774 31 - Evento: Final de Rédeas Amador - Cidade: Esteio/RS - Apoio: ABCCC – Contato: (53) 3223 2122/3223 4774

CONCENTRAÇÕES Maio

5 – Vacaria/RS, Ricardo Guazelli Martins

5 – Santo Ângelo/RS, Gilberto Domingues Rieth 5 – Soledade/RS, Gilberto Domingues Rieth

6 – Palmeira das Missões/RS, Jorge Aginelo do Nascimento 12 – Maringá/PR, 10h, Jorge Aginelo do Nascimento 13 – Uruguaiana/RS, Paulo Armando Solheid

13 – Cruz Alta/RS, 15, Fernando Drummond de Mello

13 – Cachoeira do Sul/RS, 8h, Marcelo Montano Coelho

14 – Botucatu/SP, Rodrigo Teixeira

20 – Joinville/SC, 14h, Adolfo José Martins Coelho 25 – Bagé/RS, 14h, Alexandre Pons Suñe

25 – Passo Fundo/RS, Rodrigo Albuquerque Py 26 – Tupanciretã/RS, 14h30min, Jorge Aginelo do Nascimento 27 – Canoinhas/RS, Adolfo José Martins Coelho 27 – Osório/RS, 13h30min, Ricardo Guazelli Martins

30 – Camboriu/SC, Adolfo José Martins Coelho 31 – Nova Veneza/SC, às 15h, Adolfo José Martins Coelho Junho

3 – Ijuí/RS, 14h, Jorge Aginelo do Nascimento 3 – Santa Rosa do Sul/RS, 9h, Romeu Koch 10 – Ourinhos/SP, técnico à definir 24 – Tibagí/PR, técnico à definir Julho

28 - Arroio do Sal/RS, técnico a definir


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Por dentro da ABCCC

15

Exame de DNA e transferências A Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) ratifica que, conforme determinação do Conselho Deliberativo Técnico (CDT) da entidade, todos os produtos nascidos a partir do dia 1º de julho de 2010, deverão fazer exame de DNA. Reforçamos que os garanhões que estão sendo usados devem fazer o exame de DNA, independente de terem tipagem sanguinea. A ABCCC já enviou correspondência aos

proprietérios desses animais. As éguas cobertas no período 2009/2010, não terão registrados os potrancos desses reprodutores, sem a sua regularização, assim como as padreações do período 2010/2011 não serão aceitas. Para evitar custos, a Associação sugere que os criadores aproveitem a visita do técnico por ocasião da resenha ao pé da mãe, para a realização do exame.

Comunicados 1º - É imprescindível que o animal esteja no nome de quem o está transferindo.

tipo de sociedade, é necessária a

2º - O comunicado de Transferência

torização para que uma pessoa re-

dos animais e devidamente reco-

4º - Nas transferências em que a taxa

deve ser assinado pelo proprietário nhecido em cartório.

3º - No caso do animal pertencer a um condomínio, parceria ou outro

assinatura dos proprietários ou que esteja protocolado na ABCCC a aupresente os demais.

será paga pelo comprador, deve vir

anexada a autorização assinada por

quem vai receber a cobrança, devi-

damente autenticada. 5º - Todo o proprietário que tiver uma pessoa assinando as transferências por si, deve enviar a procuração registrada em cartório. Observação: usar o formulário próprio (acesse o site e imprima ou peça para a ABCCC).


16

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Emoção e surpresa na Credenciadora de Dom Pedrito Fotos Antônio Torres

Douglas Saraiva

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Cypriano Munhoz Filho promoveu, entre os dias 1º e 3 de abril, sua 18ª Credenciadora ao Freio de Ouro, em Dom Pedrito/ RS. Mesmo com notas altas entre os machos, a estreia de um jovem ginete chamou a atenção na disputa das fêmeas.

Com estrutura e organização elogiadas, o evento foi realizado no Parque de Exposições Juventino Corrêa de Moura, cuja pista de campo e mangueira contribuíram para o sucesso das provas. A super visão técnica foi feita por Luiz Francisco de Quadros Leite. Na avaliação dos jurados Luiz Martins Bastos Neto, Eduardo Moglia Suñe e Carlos Loureiro de Souza, os primeiros credenciados machos foram os destaques. “Os dois cavalos, o primeiro e o segundo colocados, têm boas condições de chegar ao Freio de Ouro. As três primeiras éguas também eram boas e podem vir a se classificar”, disse Bastos. Estreia com credenciamento Apesar de competir por uma das vagas da seletiva, o clima de rivalidade esteve longe da disputa entre pai e filho, os ginetes Lindor Collares Luís e o jovem Leonardo Collares Luís, de apenas 12 anos. A torcida de um pelo outro e a emoção foram maiores do que o resultado. Para o pai, assistir à estreia de Leonardo foi uma grande satisfação. “É uma emoção tão grande quanto ganhar um Freio de Ouro. Ver a postura dele, o jeito como correu, muito centrado. O cavalo Crioulo está no sangue”, disse. Mesmo emocionado com o filho, Collares ainda fez questão de elogiar o companheirismo de Itamar Franco, ginete que credenciou a primeira fêmea e que correu lado a lado com seu filho na paleteada final. Após sua estreia, na prova em que credenciou a terceira melhor fêmea, Leonardo se disse surpreso com o resultado. “Eu não esperava conseguir credenciar logo na estreia. A égua é um animal jovem e ainda tem alguma coisa para melhorar, mas andou muito bem”, comentou.

São Pedro, Uruguaiana/RS. Ginete: Lindor Collares Luiz. Nota: 18,092 3º lugar Guapuruma Fantasia, filha de Santa Elba Comediante e AS Malke Elite, criador André Luís Narciso Rosa e expositor Leonardo Collares Luiz. Ginete: Leonardo Collares Luiz. Nota: 17,856 4º lugar Campana Relíquia, filha de Habanero Chico e Campana Ida e Vuelta, criador e expositor Mário Móglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS. Ginete: João Paulo Nunes. Nota: 16,905 Machos 1º lugar

Destaque entre as fêmeas, Illa Dengosa, com o ginete Itamar Franco, recebeu nota 18,527 e garantiu a primeira colocação

Faceiro do Recanto Crioulo, filho de Balconero do Recanto Crioulo e BT Clareira do Junco, criador e expositor Darlei Hess. Ginete: Daniel Marim Teixeira. Nota: 20,028 2º lugar Santa Mônica Volteio, filho de Santa Elba Señuelo e Santa Mônica Ocacion, criador Adolfo Martins e Filhos e expositor Solano e Leonardo Ribas e Adolfo Martins, Cabanha Casa Grande, Itaiópolis/SC, e Cabanha Santa Mônica, São José do Cerrito/SC. Ginete: Daniel Marim Teixeira. Nota: 19,540 3º lugar Marumby Tupambaé, filho de Galo de Briga Tupambaé e Barcelona Tupambaé, criador Oswaldo Dornelles Pons e expositor Marcos Vinícius Paim Vieria. Ginete: Rodrigo Fonseca. Nota: 17,621 4º lugar

Nos machos, Faceiro do Recanto Crioulo, com o ginete Daniel Teixeira, ficou em primeiro lugar ao encerrar a prova com média 20,028

Resultado Fêmeas 1º lugar Illa Dengosa, filha de Imigrante da Tradição e Punilha 2001 da Tradição, criador e expositor Arthur Lopes Villamil de Castro e Filhos, Fazenda Cerro Verde, Dom Pedri-

to/RS. Ginete: Itamar Franco. Nota: 18,527 2º lugar Vênus de São Pedro, filha de Napoleão de São Pedro e Jacutinga de São Pedro, criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Estância

Jagunço Ico, filho de Destaque de Santa Adriana e Quina Tupambaé, criador e expositor Frederico Wolf, cabanha São Desso, Dom Pedrito/ RS. Ginete: Denílson dos Santos. Nota: 16,950


18

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Rivera sedia última credenciadora internacional do ciclo Maysa Maciel

Nos dias 2 e 3 de abril foi realizada em Rivera, no Uruguai, a última Credenciadora ao Freio de Ouro fora do Brasil. O evento foi promovido pela Associação de Criadores de Cavalos Crioulos de Rivera no parque Curticeiras.

Com a participação de 19 exemplares, a sexta edição da prova contou com o julgamento dos brasileiros: Cláudio Azevedo, Manoel Gonçalves e Sandro Amaral e a supervisão técnica do evento ficou a cargo de Vilson Aguiar. Segundo Aguiar, a presença de um público maior e o aumento do número de participantes na

prova mostram que as credenciadoras estão voltando a interessar uruguaios e argentinos. “Começamos a incentivar a participação da população do local para prestigiar o evento e em Rivera pudemos ver o resultado desse estímulo”, diz. O investimento que está sendo feito na infraestrutura das pistas também foi um ponto positivo observado pelo técnico da ABCCC. “Foi interessante ver que as pistas estavam em processo de melhoria. Isto demonstra que as agremiações estão investindo na prova, que só tem a crescer no Uruguai e na Argentina”, completa Aguiar. Além da seletiva de Rivera, foram realizadas no ciclo 2011

outras quatro etapas credenciadoras ao Freio de Ouro fora do Brasil: em Pando e Tacuarembó, também no Uruguai, além da credenciadora de inéditos em Lujan, e das credenciadoras abertas em Pellegrini e Curuzu Cuatiá, na Argentina.

raguatá, expositor Juan Montans y Cecilia Ferrando, Cabanha El Chiripa Ginete: Marcelo Móglia. Nota: 19,008

Credenciados

4º lugar Porá Payanca, filha de Pacífico Nube Negra e Pora Silenciosa, expositor Carlos Parietti, Cabanha Santa María Ginete: Soledad Ferreira. Nota 17,561

Fêmeas 1º lugar Calandria Poral, filha de Santa Elba Granizo e Poral 254, expositor J. M. Campiotti, Cabanha Don Poro Ginete: J.P. Gonzalez. Nota: 19,623 2º lugar Chismosa Caraguata, filha de Guaporé do Itapororó e Chamarrita Ca-

Fêmeas

3º lugar Coe Artiguense, filha de Mañanero Abanico e Mañanero Arriera, expositor Carlos Parietti, Cabanha Santa María Ginete: Marcelo Móglia. Nota: 18,946

Machos 1º lugar Cojar Chico, filho de Campana Guasqueiro e Cocarda Chico, expositor Solis Etcheverria Zerbino, Cabanha

2º lugar La Mini 164, filho de Palmas de Peñaflor Escabullido e La Mini Castilla, expositor Valentín Gamarra, Cabanha Santa Gloria Ginete: Alfonso Araújo. Nota 16,223 3º lugar No Mas Bien Tupambaé, expositor Roni Machado, Cabanha Cerros Verdes Ginete: Luís Pedro Albornoz. Nota 15,681 4º lugar Quelen Carioca, filho de La Amanecida Cautil e Del Oeste Gallega, expositor Marcela y Agustín Alonso, Cabanha San Martin Ginete: Andres Granja. Nota 14,769

Machos

Calandria Poral, com o ginete J. P. Gonzalez, ficou com o primeiro lugar ao encerrar a prova com média 19,623

Porá Payanca foi a quarta melhor fêmea

Fotos Divulgação

O melhor entre os machos foi Cojar Chico, com o ginete Anibal Berrutti, que ficou com média final 17,393

Chismosa Caraguata foi a segunda melhor fêmea da credenciadora

A terceira posição foi de Coe Artiguense

Aguas Claras Ginete: Anibal Berrutti. Nota 17,393

La Mini 164 ficou com a segunda melhor nota entre os machos

O terceiro melhor macho foi No Mas Bien Tupambaé

A quarta posição foi de Quelen Carioca


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

19

Em Itaqui, regularidade garante vaga na classificatória Maysa Maciel

O tempo bom e a boa organização do núcleo foram os pontos chave da Credenciadora ao Freio de Ouro realizada no município gaúcho de Itaqui, entre os dias 9 e 10 de abril. A disputa contou com a participação de 16 exemplares sob supervisão técnica de Paulo Armando Rebello Solheid.

Com a responsabilidade de avaliar o desempenho dos candidatos a uma vaga nas etapas classificatórias ao Freio de Ouro, os criadores Ciro Manoel de Andrade Freitas, Jean Carlos Santos Mendes e Rodrigo Bastos da Silva consideraram a prova de nível bom, com destaque para os

exemplares Ibiza de São Manoel e Pirata do Itapevy. Segundo Mendes, a regularidade dos campeões da prova foi o que garantiu o primeiro lugar e o credenciamento. “Os dois (campeões) foram muito bem em todas as etapas da prova, muito regulares e sem grandes erros”, diz. O município gaúcho ainda contou com uma Exposição Morfológica, realizada no dia 8 de abril (leia mais na página 40).

Credenciados Fêmeas 1º lugar Ibiza de São Manoel, filha de BT Jo-

hnnie Walker do Junco e Carpeta de Pai Passo, criador e expositor Ricardo Alvarez, Fazenda São Manoel, Massambará/RS. Ginete: Gabriel Marty. Nota: 17,829 2º lugar Floreio Kaygua, filha de Tan Tan Cimarron e Floreio Baronesa, criador e expositor Luiz Alberto Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS. Ginete: Gabriel Marty. Nota: 17,004 3º lugar Pileta Destemida, filha de Despacito do Itapevy e Havana de Santa Angélica, criador e expositor Cláudio Petrini Belmonte, Cabanha Pileta, Itaqui/RS. Ginete: Evandro Requelme de Souza. Nota: 16,670

Fêmeas

4º lugar Basca Naja, filha de BT Lucero e Basca Giana, criador Mariana Tellechea Pinto e filhos, expositor Maurício Bastos Molina, Cabanha Passo Novo, Uruguaiana/RS. Ginete: Rogério Soares. Nota: 16,578 Machos 1º Lugar Pirata do Itapevy, filho de Cônsuelo do Infinito e Espoleta do Itapevy, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS. Ginete: Valério Moura. Nota: 18,350 2º lugar TJ Sacramento, filho de Santa Elba Cogollo e TJ Preciosa, criador Telmo Motta Júnior, expositor Sérgio Au-

gusto Motta Allende, Cabanha do Terceiro Milênio, São Borja/RS. Ginete: Valois Serres Filho. Nota: 17,686 3º lugar Dançarino da Ponta Negra, filho de Bandolero da Camila e Milla de Pindayassú, criador Paulo Augusto Mendes Barroso, expositor Armando Vargas Leal, Cabanha Passo da Salga, Itaqui/RS. Ginete: Gabriel Trindade. Nota: 16,610 4º lugar Vaqueano do Mata-Olho, filho de BT Inverno e Heroína do Mata-Olho, criador Venâncio Silva, expositor Leandro Silva Neto, Cabanha Posto Branco, Barra do Quaraí/RS. Ginete: Evandro Requelme de Souza. Nota: 14,506

Machos Fotos Miguel Araújo

Ibiza de São Manoel, com o ginete Gabriel Marty, foi a primeira fêmea credenciada, com média final 17,829

O primeiro macho credenciado foi Pirata do Itapevy, montado pelo ginete Valério Moura, com nota final 18,350

Floreio Kaygua ficou com a segunda melhor nota da prova

Pileta Destemida foi a terceira melhor fêmea

Basca Naja ficou com a quarta posição entre as fêmeas

O segundo melhor entre os machos da prova foi TJ Sacramento

O terceiro melhor foi Dançarino da Ponta Negra

Vaqueano do Mata-Olho ficou em quarto lugar


20

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Brasília sedia Credenciadora ao Freio de Ouro Helen Albernaz

Brasília foi sede da 6ª Credenciadora ao Freio de Ouro do Distrito

Federal, entre os dias 8 e 10 de

abril. As provas aconteceram na

Granja do Torto, cuja estrutura de pista, brete e mangueira foram bastante elogiadas e contaram

com a promoção da Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do estado.

Os jurados Marcelo Montano Coelho, Álvaro Dumoncel e Adolfo José Martins Neto avaliaram os 19 conjuntos inscritos, com a super visão do técnico Heitor Cheuiche Coelho. De acordo com Dumoncel, o estado tem animais muito bons e um grande potencial de crescimento. “O Distrito Federal tem provas funcionas apenas uma vez no ano, por isso, ainda falta um pouco de qualificação dos ginetes. No entanto, a tendência de crescimento no local é evidente”, afirmou. Para Dumoncel, a estrutura da Granja colaborou bastante com a prova. “A pista e o gado estavam muito bons, com condições realmente perfeitas”, finalizou. O resultado final apontou os animais habilitados a disputar a fase classificatória da região. Entre os credenciados da capital federal, destaque para o primeiro colocado entre os machos, Quesito do Itaó, que alcançou a maior nota final, 18,076, sob o comando do ginete Miguel Souza.

Credenciados Fêmeas 1°lugar Entonada Delpiá, filha de Mui Ami-

go do Purunã e Cerro 256 do Ipané, criador Narbal Andrade de Souza

e expositor Pedro Augusto Scar-

pellini Wilke, Agropecuária Santa Amélia, São João da Aliança/GO.

Ginete: Haroldo Mello da Silva. Nota: 16,867

2°lugar Barro Preto Favorita, filha de Ok Nanquim e Carolina de Santa An-

gélica, criador Wladimir Antônio Bernardi e expositor Antônio Car-

los Medeiros Nobell, Cabanha Nobell, Guapimirim/RJ. Ginete: Val-

Machos

Fotos Cibele Queiroz

devino Antônio dos Santos. Nota: 16,523

3°lugar BT Trempe II, filha de BT Lucero e BT Ilha Bela, criador Flávio Bastos

Tellechea e expositor Onécio Silveira Prado, Haras Tamareira, Mundo Novo/GO. Ginete: Ernesto Monteiro Wairich. Nota: 14,715

4°lugar BT Russa, filha de BT Guzman e Hungria de São Martin, criador Flá-

vio Bastos Tellechea e expositor Aquiléa Terra, Fazenda Vale do Sol,

Silva Jardim/RJ. Ginete: Santiago

Quesito do Itaó, com o ginete Miguel Souza, foi o primeiro credenciado entre os machos da seletiva com média final 18,076

Monteiro Wairich. Nota: 14,314

Machos 1°lugar Quesito do Itaó, filho de Butiá Leopardo e Escritura do Itaó, criador

Cássio de Souza Bonotto e expositor Alex Sandro Klein da Fonseca,

Cabanha Ana Terra do Planalto Central, Nova Gama/GO. Ginete:

Secreto de Sol de Maio ficou com a segunda posição

Fêmeas

Em terceiro ficou Rivelino do Tronco da Figueira

Ibicuí do Salton foi o quarto colocado

Miguel Souza. Nota: 18,076

2°lugar Secreto de Sol de Maio, filho de BT

Reinado do Junco e BT Indonésia, criador Agropecuária Sol de Maio Ltda e expositor Thor Construtora Ltda, Estância da Sierra Bessa, Itabirtito/MG. Ginete: Ernesto Monteiro Wairich. Nota: 17,970

3°lugar Rivelino do Tronco da Figueira, filho de Camb Toncho e BT Ventania,

criador Maira Goulart Rocha Visintainer e expositor Cristiane Terra

Magagnin, Fazenda Vale do Sol,

Silva Jardim/RJ. Ginete: Santiago Monteiro Wairich. Nota: 15,347

A melhor média entre as fêmeas ficou com Entonada Delpiá, montada pelo ginete Haroldo da Silva, que obteve o credenciamento com 16,867

4°lugar Ibicuí do Salton, filho de Cacique

Salton e Joana da Santa Leodora, criador Paulo Murilo Barreto Dias

Lopes e expositor Fabiano Ribeiro

Louzada, Brasília/DF. Ginete: Júlio Cesar Teixeira. Nota: 14.848

Barro Preto Favorita foi a segunda melhor fêmea

A terceira colocação ficou com BT Trempe

BT Russa foi a quarta fêmea credenciada


22

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Desempenho das fêmeas é elogiado em Santa Maria Yéssica Lopes

Promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria/RS, a Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 reuniu 16 exemplares no parque da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM).

De acordo com o técnico da ABCCC que supervisionou a prova, Fernando Drummond de Mello, apesar de poucos participantes, os animais eram de qualidade. A competição foi julgada por Eduardo Móglia Suñe, Jean Carlo Mendes e Telmo Peixoto. O jurado Jean elogiou a organização do evento. “É importante ressaltar o cumprimento dos horários das provas. Além disso,

o destaque foi das fêmeas por serem bem competitivas, incluindo a vencedora do Freio de Bronze do ano passado”, comenta.

Resultados Fêmeas

1º lugar

Herança do Carrachi, filha de La Invernada Pascuero e Barbarela do Itapororó, criador Altemo Gomes de Oliveira e expositor Aldo Vendramin - Estância Vendramin, Ponta Grossa/PR, ginete Fábio Teixeira da Silveira. Nota 20,451 2º lugar

Marca Três Bela Vista, filha de LS

Balaqueiro e Crioula da Marca Três, criador Cayetano Maestropablo de Souza e expositor José Luiz Tridapalli - Cabanha Tridapalli, Itajaí/SC, ginete Lindor Collares Luiz. Nota 18,596 3º lugar

Bromelia do Barro Vermelho, filha de Chicão de Santa Odessa e LS Urna, criador Condomínio Estância Barro Vermelho e expositor Condomínio Estância Barro Vermelho - Estância Barro Vermelho, São Gabriel/ RS, ginete Inácio Vale. Nota 17,846 4º lugar

Recoluta de Santa Angélica, filha de General de Santa Angélica e Jacobina de Santa Angélica, criador

e expositor Sucessão de Paulino e Agenor Ávila Costa - Cabanha San-

ta Angélica, Pedras Altas/RS, ginete Márcio Pereira. Nota 17,121 Machos

1º lugar

Vieira, ginete Lindor Collares Luiz. Nota 18,592 3º lugar João Louco do Relento, filho de Tostão do Junco e Perdigona do Relento, criador Florduarte Damázio

Nativo do HB, filho de Nobre Tu-

Marques Balbé e expositor Flordu-

criador e expositor Hamilton Brum

zenda Santo Inácio, Santo Antônio

Candiota/RS, ginete Pedro Móglia.

Pedroso Grabher. Nota 18,376

pambaé e Bailarina do Agabê,

arte Damázio Marques Balbé - Fa-

Bulcão - Agropecuária Sepé Tiaraju,

das Missões/RS, ginete Alexandre

Nota 19,505

4º lugar 2º lugar

General da Reiúna, filho de BT Her-

Huracan da Boa Vista, filho de Chi-

mes e Anahy da Reiúna, criador e

criador Fazenda Boa Vista e exposi-

nha Reiúna, São Pedro do Sul/RS,

cão de Santa Odessa e JA Geada,

expositor Ricardo Bassotto - Caba-

tor Fazenda Boa Vista/Leandro Luís

ginete Miguel Souza. Nota 16,439


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

23

Nível excelente na seletiva de Campo Alegre Yéssica Lopes

Machos e fêmeas de muita qualidade se apresentaram na Credenciadora ao Freio de Ouro 2011, promovida pela parceria entre Cabanha Bela Aliança e Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto Norte Catarinense.

O evento ocorreu entre os dias 14 e 17 de abril no município catarinense de Campo Alegre, sob a supervisão do técnico da ABCCC, Adolfo José Martins Neto. Segundo o técnico, a estrutura do local também contribuiu para o bom resultado da competição. A prova reuniu 16 machos e

17 fêmeas julgadas por Vinícius Guedes Freitas, João Luiz Arísio e Jorge Rosas Demiate Júnior. De acordo com Freitas, a prova foi de nível elevado. “A competição foi bem forte com destaque para as fêmeas. O gado e a pista eram excelentes e isso facilitou a média alta. Os exemplares credenciados, com certeza têm condições de representar bem na classificatória”, comenta o jurado.

Credenciados

Fêmeas 1º lugar Joaquina da Bezinha, filha de Faço-gosto da Bezinha e Codiciada Fortin, criador Paulo Roberto Borges Silveira e expositor Paulo Roberto

Borges Silveira, Fazenda da Bezinha, Bom Jesus/RS. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Nota: 21,118 2º lugar Granfina da Reconquista, filha de BT Malacara e Viúva Negra da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli e expositor Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/RS. Ginete: Daniel Teixeira. Nota: 19,140 3º lugar Herdeira do Taboado, filha de Imperador do Purunã e Gamela da Reconquista, criador Edson Luiz Espíndola e Zélio Espíndola e expositor Luís Gustavo e Luciane Manika Espíndola, Cabanha Querência Crioula, Tijucas do Sul/PR.

Fêmeas

Ginete: Saulo Schafacheck. Nota: 19,007 4º lugar Guapuruma Heroína, filha de Guapuruma El Payador e Justiceira de Santa Angélica, criador André Luiz Narciso Rosa e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC. Ginete: Cláudio Correira. Nota: 18,793 Machos 1º lugar Quem Te Vê da Água Funda, filho de Santa Elba Señuelo e Chimarrita do Ivay, criador Henrique José de Queiroz Marim Teixeira e expositor Condomínio Quem Te Vê. Ginete: Daniel Teixeira. Nota: 19,189 2º lugar

3º lugar Santa Martina Curanto, filho de Butiá Leopardo e Inativa dos Três Cerros, criador Alexandre Pons Suñe e expositor Alexandre Pons Suñe, Cabanha Santa Martina, Dom Pedrito/RS. Ginete: Daniel Teixeira. Nota: 18,183 4º lugar Antares do Elebê, filho de Chicão de Santa Odessa e Musa do Elebê, criador Leônidas Burtet e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS. Ginete: Raul Lima. Nota: 18,008

Machos

A melhor fêmea da credenciadora foi Joaquina da Bezinha, com o ginete Cézar Freire, que recebeu nota 21,118

Guapuruma Heroína ficou em quarto lugar

Fotos Mário Tissot

Quem Te Vê da Água Funda, com Daniel Teixeira, ficou em primeiro lugar entre os machos com nota 19,189

Granfina da Reconquista ficou com a segunda melhor nota

A terceira posição foi de Herdeira do Taboado

Paisano do Purunã, filho de BT Butiá e Despojada 656 do Itapororó, criador Mariano Lemanski e expositor Eder Ricardo de Castro Salgueiro, Cabanha Itaimbé, Navegantes/SC. Ginete: Eder Ricardo de Castro Salgueiro. Nota: 18,911

Paisano do Purunã foi o segundo melhor macho da prova

O terceiro melhor macho foi Santa Martina Curanto

A quarta melhor nota foi de Antares do Elebê


26

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Machos são destaque da prova em Santa Cruz do Sul Pâmela Seyffert

As chuvas passageiras e a movimentação do público marcaram a competição das provas realizadas na cabanha Cerro Velho, em Santa Cruz do Sul, no Rio Grande do Sul. O evento foi organizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município entre os dias 30 de abril e 1º de maio e contou com a análise dos jurados Luís Rodolfo da Costa Machado, Ricardo Pinto Torres e Rodrigo Bastos da Silva.

De acordo com o técnico responsável, Felipe Caccia Maciel, a credenciadora teve a participação de oito fêmeas e dez machos. Enquanto as provas jovens tiveram a participação de um concorrente na categoria Aspirante Feminina e quatro concorrentes na categoria Aspirante Masculino. “A instabilidade do tempo prejudicou

um pouco a presença do público no sábado, mas no mais o evento estava bem organizado. A cada ano que passa a cabanha evolui em termos de infraestrutura”, ressaltou. Para o jurado Luís Rodolfo da Costa Machado o nível dos machos foi superior ao das fêmeas. Além disso, foi possível perceber uma evolução na organização e na preparação do evento. “O espaço físico está melhor, mas ainda é necessário realizar algumas mudanças na mangueira. No entanto, a pista deles é excelente”, concluiu.

der Charrua e Caatinga dos Arroios,

Credenciados

3º lugar

(ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas

criador e expositor Marcelo Zanetti, Cabanha Mal Abrigo, Santa Vitória do Palmar/RS

Ginete Fábio Teixeira da Silveira. Nota 16,601 2º lugar

4º lugar BT Paris, filha de Impulso de Pai Passo

e BT Francesita, criador Flávio Bastos Tellechea e Rafael e Carina Cruz, Ca-

patia, criador Darlei Hess e expositor Adelmo Hess, Estância Três Coxilhas, Barra Velha/SC

Ginete Fábio Teixeira da Silveira. Nota 16,519

Azucena Cala Bassa, filha de Hones-

to Simpatia e Beleza Rara Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende

Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/

1º lugar

RS

Mágica da Mal Abrigo, filha de Lí-

Ginete Anderson Nunes. Nota 16,136

e expositor Mário Maciel Camargo Filho, Cabanha Maria Thereza, Palmeira/PR

banha Santa Domitila, Eldorado do

Ginete Fábio Teixeira da Silveira. Nota

Ginete Marcelo Quadros. Nota 16,111

3º lugar

Sul/RS

Galera do Recanto Crioulo, filha de

Imperador do Purunã e Galera Sim-

Vista, criador Otto Jayme Beckert

18,601

VMB Aragano, filho de Cônsuelo do Machos 1º lugar Aguerrido do Pinhal, filho de Pixote

do Pinhal 475 e Urtiga 1762 da Tra-

dição, criador Jesusa da Cunha Souza e expositor Santo Izidro Ouro Fino

Crioulos, Cabanha São Francisco do Pinhal, Júlio de Castilhos/RS

Ginete Raul Lima. Nota 18,907 2º lugar Trovador JB de Palermo, filho de CRT Guapo e Cacimba do Potreiro da Boa

Infinito e Chimarrita do Infinito, criador e expositor Mauro Borges e Van-

derlei Maurer, Cabanha VMB, Porto Alegre/RS

Ginete Cássio Jardim. Nota 16,786 4º lugar Forasteiro 50 do Cerro Velho, filho de Quilombo de São Pedro e Capella

Norteña, criador Lizandro Paz Lopes e expositor André Konzen, Cabanha Rancho dos Taura, Vale do Sol/RS

Ginete Deivi de Lima Flores. Nota 16,502


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

27

Disputa forte e com qualidade em Pato Branco Yéssica Lopes

Topo da Serra, criador Mário Maciel

O final de semana foi de qualidade

Maciel Camargo Filho - Cabanha

na Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 promovida pelo Núcleo de

Criadores de Cavalos Crioulos do município paranaense de Pato Branco.

A programação ocorreu entre os dias 28 de abril e 1º de maio e contou com Credenciadora, Concentração de Machos e Exposição Morfológica, sob a super visão do técnico da ABCCC Jorge Aginelo do Nascimento. Realizada no Parque de Exposições de Pato Branco/PR, a credenciadora foi julgada por Álvaro Dumoncel, Luiz Francisco Leite e Júnior Demiart e premiou com mais de R$ 3 mil os melhores colocados. O destaque foi o macho Ditador da Bela Aliança, que conquistou a melhor nota da seletiva. De acordo com o técnico, o evento teve excelente organização e grande presença de público. Participaram 23 exemplares. O jurado Álvaro Dumoncel também elogiou o evento. “Tudo estava bem organizado e a pista é uma das melhores que conheço no circuito, o que favoreceu a qualidade da prova. O gado era muito bom e o nível dos competidores estava bastante forte, com destaque para os dois primeiros machos. Apesar da chuva, a pista portou-se firme”, comentou o jurado.

Credenciados

Camargo Filho e expositor Mário

Fêmeas 1º lugar Hortelã do Recanto Crioulo, filha de Desgarrado do Recanto Crioulo e Madressilva do Telho Chico, criador

Darlei Hess e expositor Adelmo Hess - Estância Três Coxilhas, Barra Velha/SC. Ginete: Daniel Cunha. Nota 18,553

Cristiano Gomes. Nota 18,098

3º lugar

MT Estância da Maria Thereza, filha de Lorde do Purunã e Esperança do

Ditador da Bela Aliança foi o 1º entre os machos

A 2ª posição ficou com Baluarte do Itaipú

Galo da Charqueada ficou com o 3º lugar

Garboso do Recanto Crioulo foi o 4º macho

Hortelã do Recanto Crioulo foi a 1ª fêmea

A segunda fêmea foi MT Estância da Maria Thereza

Em 3º lugar ficou Princesa do Purunã

Sanfona do Purunã foi a quarta credenciada

Princesa do Purunã, filha de BT Butiá

e Espiã JB de Palermo, criador Mariano Lemanski e expositor Luiz Rodolfo Buch - Rancho LB, Gaspar/SC.

Ginete: Rafael de Souza. Nota 17,671

4º lugar Sanfona do Purunã, filha de Defensor de Las Flechas e Madona de Santa Cecília, criador Mariano Lemanski

e expositor Mariano Lemanski - Estância São Rafael, Balsa Nova/PR.

Ginete: Ronovaldo dos Santos. Nota 16,868

Machos

Fêmeas

1º lugar Ditador da Bela Aliança, filho de Santa Elba Señuelo e Sobradinho

Miranda, criador Francisco Carlos Habowsky e expositor Francisco Carlos Habowsky - Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC. Ginete: Caio Francisco Habowsky. Nota 20,591

2º lugar Baluarte do Itaipú, filho de Luxem-

burgo do Monte Verde e Destacada do Itaipu, criador Valmir Dallacosta e expositor Valmir Dallacosta - Cabanha Itaipu, Pato Branco/PR. Ginete: José Sérgio Ramos. Nota 18,628

3º lugar Galo da Charqueada, filho de Pozo Azul Deslinde e Gafieira da Luz, criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Thiago Luiz Spessatto - TRD Ca-

valos Crioulos, Xanxerê/SC. Ginete: Cleir Odilon. Nota 18,324

4º lugar Garboso do Recanto Crioulo, filho

de Carimbo de Santa Angélica e Baronesa do Recanto Crioulo, cria-

2º lugar

Fotos Alexandre Freitas

Maria Thereza, Palmeira/PR. Ginete:

(resultado ainda não homologado pela ABCCC)

Machos

dor Darlei Hess e expositor Adelmo

Hess - Estância Três Coxilhas, Barra Velha/SC. Ginete: Garboso do Recanto Crioulo. Nota 18,289


28

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Santana do Livramento já tem seus representantes Yéssica Lopes

Fêmeas Fotos Elton Enick

O Parque de Exposições do município gaúcho de Santana do Livramento reuniu Crioulistas, entre os dias 15 e 17 de abril, na Credenciadora ao Freio de Ouro 2011 da cidade.

Promovida pelo Núcleo Santanense de Criadores de Cavalos Crioulos, a prova foi avaliada por Carlos Azambuja Neto, Paulo Armando Solheid e Sandro Fonseca do Amaral. Sob a supervisão do técnico da ABCCC Alexandre Suñe, o evento reuniu 16 exemplares para a competição. De acordo com Solheid, os exemplares eram de alto nível. “Os animais estavam bem, com destaque para a égua que ganhou com pontuação alta na morfologia e para o alto grau de funcionalidade nos machos”, disse o jurado. Além disso, ele ainda elogiou o presidente do Núcleo, Elton José Enick, pela recepção.

1º lugar, As Malke Opinião, e 2ª colocada, JCL Estampa, tiveram pouca diferença de pontos

3ª colocada Chiquita da Guarita e 4º lugar Aroeira II da Sant’anna, paletearam sob chuva

1º lugar foi de Zás-Trás de Santa Edwiges, da cabanha Edugaral, e o ginete Garibaldi Ferraz

2º colocado foi Viragro Payaco, da cabanha A Tala, montado por Felipe Silveira

Machos

Credenciados Machos 1°lugar Zás-Trás de Santa Edwiges, filho de

Tañido Redoblado e Lua de Mel de

Santa Edwiges, criador Daniel Aza-

nello, expositor Neomar Nesello, cabanha Edugaral, Nova Pádua/RS.

Ginete: Garibaldi Maidana Ferraz. Nota: 19,189 2°lugar Viragro Payaco, filho de Santa Teresa Papayero e Capella Indaia, cria-

dor Viragro Agropecuária, expositor

Condomínio Payaco, Cabanha A

Tala, Dom Pedrito/RS. Ginete: Felipe Silveira. Nota: 18,638 3°lugar Noitero da Marca Antiga, filho de Butiá Leopardo e Florecita da Marca

Antiga, criador e expositor Gustavo Loureiro de Souza Delabary, Cabanha Marca Antiga, Lavras do Sul/RS.

Ginete: Gustavo Loureiro de Souza Delabary. Nota: 18,563 4°lugar Tirano de São Pedro, filho de Osas-

co de São Pedro e BT Julieta, criador Eduardo Linhares, expositor Comercial M. Gucciardi Ltda, Cabanha Ca-

literra, Eldorado do Sul/RS. Ginete: Roberto Martinez. Nota: 17,572

Fêmeas

3°lugar

1°lugar

Chiquita da Guarita, filha de Capella Outono e Charlota do Itapororó, criador e expositor Luiz Carlos Ardenghy Sobrinho e Filhos, Fazenda 3 Capões, Palmeira das Missões/RS. Ginete: Luiz Cléber F. Silva. Nota: 17,283

AS Malke Opinião, filha de BT Hospedeiro e AS Malke Inocência, criador e expositor José Schutz Schwanck, cabanha Malke Cerrito, Uruguaiana/RS. Ginete: Marcelo Rezende Móglia. Nota: 19,172 2°lugar JCL Estampa, filha de BT Fidalgo e Itapema da 3J, criador cabanha JCL, expositor Alegria Steimbruch, Agro Florestal Jacuí e Faz. Philippson, Triunfo/RS. Ginete: Roberto Martinez. Nota: 18,722

4°lugar Aroeira II da Sant’anna, filha de Que Facha do Purunã e Orquídea da Sant’anna, criador Luiz Mário Azambuja, expositor Belmiro Tadeu Nascimento Krieger, Cabanha Vale dos Salsos, Santana do Livramento/RS. Ginete: Dilamar Pereira Machado. Nota: 16,146


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

29

Tibagi realiza a sua segunda Credenciadora Douglas Saraiva

Pela segunda vez, o município de Tibagi, no Paraná, recebeu uma Credenciadora ao Freio de Ouro em seletiva realizada entre os dias 31 de março e 3 de abril. A prova foi promovida pelo Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos e pela Cabanha Santa Carmelita.

A prova foi realizada no centro de eventos de Tibagi, com apoio da prefeitura e o julgamento dos 25 animais foi feito pelos jurados João Luís Arísio, Ramiro Madruga Costa e Cássio Menarin. O técnico responsável pelo evento foi Jorge Aginelo do Nascimento. Conforme Arísio, que salientou a receptividade, a acolhida e a orga-

nização do Núcleo, o nível dos machos estava mais forte em relação às fêmeas da seletiva. “Os machos eram muito bons. Os dois primeiros eram muito bons de morfologia. As fêmeas não estavam com um nível tão forte de cabresto, mas mostraram boa função”, descreveu. Os primeiros colocados na credenciadora, tanto o macho como a fêmea, ganharam uma moto zero km. Na programação do evento ainda ocorreu Exposição Morfológica, com premiação aos melhores do Grande Campeonato e da categoria Incentivo.

Credenciados Fêmeas 1º lugar Ligeira do HB, filha de BT Delfino e

Granada do HB, criador Hamílton Brum Bulcão e expositor Elinton Nasseh Dona, Fazenda Kaûixi, Ponta Grossa/PR. Ginete: Tiago Cordeiro de Lima. Nota: 18,164 2º lugar Guapuruma Hermossa, filha de Joio de Santa Edwiges e AS Malke Elite, criador e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC. Ginete: Cláudio Correia. Nota: 18,037 3º lugar Pepita da Rio Bonito, filha de Butiá Orelhano e BT Hetera, criador e expositor Empreendimentos Agropecuários Rio Bonito Ltda, Fazenda Santa Cruz, Ponta Grossa/PR. Ginete: Luís Sérgio Rocha. Nota: 17,685

Fêmeas

4º lugar Dengosa da Bela Aliança, filha de Esquilador do HV e Formosa Pedrozo, criador e expositor Francisco Carlos Habowsky, Cabanha Bela Aliança, São Bento do Sul/SC. Ginete: Thiago Augusto Habowsky. Nota: 16,791 Machos 1º lugar Macho Picho do Salero Velho, filho de Itaqui do Salero Velho e Escandalosa Fortin, criador e expositor Eldiomar Benedito Chipanski, Cabanha Salero Velho, Campo Largo/ PR. Ginete: Felipe Chipanski. Nota: 19,361 2º lugar Paisano do Purunã, filho de BT Butiá e Despojada 656 do Itapororó, cria-

3º lugar Palanqueiro JB de Palermo, filho de Batedor Sombra e Galopeira JB de Palermo, criador Otto Jayme Beckert e expositor Mário Maciel Camargo Filho, Cabanha Maria Thereza, Palmeira/PR. Ginete: Delmar Porcelis de Oliveira. Nota: 18,601 4º lugar Intrépido de Aquigraças, filho de Divino de Aquigraças e Juruá JB de Palermo, criador Rancho Aquidauana Agropecuária Ltda e expositor Roberto Garrett, Cabanha Santo Amaro, Lapa/PR. Ginete: Cristiano da Silva Gomes. Nota: 18,012

Machos

A melhor fêmea foi Ligeira do HB, com o ginete Tiago de Lima, que encerrou a credenciadora com nota 18,164

Na quarta posição ficou Dengosa da Bela Aliança

Fotos Felipe Ulbrich

Macho Picho do Salero Velho, com o ginete Felipe Chipanski, ficou com a melhor média entre os machos, 19,361

A segunda colocação ficou com Guapuruma Hermossa

Pepita da Rio Bonito foi a terceira melhor fêmea

dor Mariano Lemanski e expositor Eder Ricardo de Castro Salgueiro, Cabanha Itaimbé, Navegantes/SC. Ginete: Éder Salgueiro. Nota: 19,107

Paisano do Purunã foi o segundo melhor entre os machos

O terceiro melhor foi Palanqueiro JB de Palermo

Intrépido de Aquigraças ficou na quarta colocação


30

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Núcleo de Canguçu retoma atividades com Credenciadora Yéssica Lopes

Nem o feriado e muito menos o tempo frio impossibilitaram a reunião de inúmeros Crioulistas na Credenciadora ao Freio de Ouro 2011, no município gaúcho de Canguçu. Promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade, entre os dias 28 de abril e 1º de maio, a prova contou com a presença de 20 exemplares sob a supervisão do técnico da ABCCC, Cláudio Neto de Azevedo.

A avaliação ficou a cargo de Ciro Manoel de Andrade Freitas, Frederico Araújo e Maurício Polina Pereira. No evento também foram realizadas Exposição Morfológica, Concentração de Machos e Provas Jovens. “O pessoal do Núcleo de Canguçu é um exemplo de retomada. Após um período sem realizar evento devido à construção das pistas de campo e de mangueira, que estavam com problemas, a Credenciadora ocorreu muito bem”, comenta o técnico. Freitas também destacou a qualidade da pista nova. “O Núcleo demonstrou um esforço muito grande e conseguiu construir uma pista de primeira. Isso ajudou a tornar a prova bem competitiva e parelha. Além disso, os cavalos e o gado eram de qualidade e tudo ocorreu dentro da normalidade”.

Credenciados

(ainda não homologado pela ABCCC) Fêmeas 1º lugar Maleva do Purunã, filha de BT Butiá e Chelforo Alegre, criador Mariano Lemanski e expositor Frutuoso Luiz de Araújo - Cabanha Redomona, Piratini/RS. Ginete: Eduardo Ribeiro. Nota 17,275

2º lugar Geada do Pantano Grande, filha de Buenacho 04 do HV e Guampa Biznaga, criador Luiz Lopes Burmeister e expositor Amauri G. Tasso e Rosangela D. Rodrigues - Cabanha Santa Jhulia, Rio Grande/RS. Ginete: Ricardo Oliveira. Nota 16,858

Fêmeas

Fotos Lia Goulart Terres

3º lugar Zeferina das Três Lagoas, filha de Destino das Três Lagoas e Jangada das Três Lagoas, criador Paulo José Saibro Ferreira e expositor Paulo José Saibro Ferreira - Estância Três Lagoas, Candiota/RS. Ginete: Gerson Maciel. Nota 16,745 4º lugar Avalanche dos Andes, filha de BT Guzman e BT Loteria, criador Carlos Antônio Vieira de Oliveira e expositor Carlos Antônio Vieira de Oliveira - Cabanha dos Andes, Camaquã/RS. Ginete: Mateus Oliveira. Nota 16,555 Machos

Maleva do Purunã, de Piratini, montada pelo ginete Eduardo Ribeiro, foi o grande destaque entre as fêmeas

1º lugar Cinchador Rio Negro, filho de Chasque Capitão e Campana Kasta, criador Aldo José Tavares dos Santos e expositor Aldo José Tavares dos Santos - Cabanha Cinchador, Bagé/RS. Ginete: Miguel Souza. Nota 18,898 2º lugar RZ Oponente da Carapuça, filho de FAT Ostigoso e Folgada do Iguaçú, criador Rubens Elias Zogbi e expositor Rubens Elias Zogbi - Estância da Carapuça, Cristal/RS. Ginete: Gerson Maciel. Nota 18,449

Geada do Pantano Grande

Machos

Zeferina das Três Lagoas

Avalanche dos Andes

3º lugar Atalaia do Macanudo, filho de Pergaminho AA e Quirela Tupambaé, criador Antônio Augusto Brum Ferreira e expositor Mauro e Telmo Ferreira - Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/ RS. Ginete: Cezar Lopes. Nota 18,320 4º lugar RZ Trampolin da Carapuça, filho de BT Hermes e Dona da Capela, criador Rubens Elias Zogbi e expositor Rubens Elias Zogbi - Estância da Carapuça, Cristal/RS. Ginete: Leandro Oliveira. Nota 18,132

Cinchador Rio Negro, de Bagé, sob o comando de Miguel Souza, teve a melhor nota da prova credenciadora

RZ Oponente da Carapuça

Atalaia do Macanudo

RZ Trampolin da Carapuça


32

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

Bocal classifica os melhores inéditos ao Freio de Ouro Douglas Saraiva

As múltiplas possibilidades se invertiam e a sorte pulava de um box a outro a cada ponto de placa ou escapada do boi nas paleteadas finais que definiram os grandes vencedores da 12ª edição do Bocal de Ouro. A disputa que revela os melhores inéditos do ciclo, este ano, abriu oficialmente as comemorações dos 30 anos do Freio de Ouro e reuniu centenas de criadores, proprietários e admiradores que assistiram à consagração de dois filhos de Chicão de Santa Odessa como os melhores inéditos do ciclo 2011.

Nesta edição, o Bocal de Ouro, promovido anualmente pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC) em

Fêmeas

Esteio/RS, foi disputado entre as 43 exemplares fêmeas e os 47 machos que tiveram o melhor desempenho nas credenciadoras de inéditos da temporada. A disputa foi realizada no parque de exposições Assis Brasil, entre os dias 21 e 24 de abril, em evento cuja programação ainda contemplou o julgamento morfológico da 9ª Expo Outonal, a etapa final do Campeonato de Paleteada Internacional e quatro remates de equinos da raça.

Início equilibrado e sem favoritos

Após a apreensiva espera do público que não foi embora até a definição das filas, na tarde do dia 21 de abril, foi encerrada a avaliação morfológica dos 47 machos e

43 fêmeas presentes na disputa. Além dos olhos atentos do público, os animais foram observados e julgados pelo olhar criterioso dos jurados Álvaro Dumoncel, Luiz Martins Bastos Neto e Vinícius Guedes Freitas - que avaliaram as fêmeas - e Ciro Manoel Canto de Freitas, Rodrigo Albuquerque Py e Rouget Gigena Wrege - nos machos. Após a avaliação morfológica dos exemplares foi também anunciada a primeira baixa da seletiva. O cavalo Piraí 1533 do Honesto, inscrito no Box 66, foi retirado da prova por decisão dos jurados, em razão de estar claudicando. Os primeiros colocados na parcial morfológica foram a fêmea BT Tiffany, com média 7,967, e o macho Bagunceiro 24 da Trovador, com 7,567.

A égua Fantasia Cala Bassa montada por Marcelo Móglia foi a primeira entre as fêmeas

Machos

No segundo dia, com o início das avaliações funcionais, alguns exemplares já começavam a se destacar e a se firmarem entre os primeiros da lista, apesar da alternância de posições. Ao final do dia 22, Nuvencita do Infinito e Martin Fierro do Infinito ficaram com as primeiras colocações parciais, após obter respectivamente 19,169 e 18,988 nas andaduras. A fêmea trocou a oitava posição morfológica pela liderança enquanto o macho, que não tinha se saído tão bem na morfologia, deu um salto incrível e saiu da 35ª colocação para o topo da lista. Além disso, novas baixas foram anunciadas. A fêmea Piazita do Infinito e o macho Quatrilho do Purunã acabaram saindo da disputa. No sábado, dia 23, foi a vez de definir os 12 machos e 12 fêmeas

Respeitada da República ficou em quarto lugar

Final emocionante com premiação à regularidade

No dia da decisão, a emoção tomava conta das arquibancadas do Parque Assis Brasil e servia de estímulo para o público que, com muita animação, fazia torcida pelo

Fotos Felipe Ulbrich

RZ Revuelto Cristal da Carapuça levou o Bocal de Ouro entre os machos

Tinideira do Purunã levou a Prata para Pantano Grande

Boneca da Anita da Estância Tamareira foi Bronze

que disputariam no domingo, o Bocal de Ouro. Após as provas de mangueira e campo, beneficiadas pela estrutura reformulada da pista e mangueira do parque assim como pelo gado bastante elogiado, cedido pela Wolf Genética, foram conhecidos os grandes finalistas. Liderando as parciais estavam a fêmea Respeitada da República e o macho RZ Revuelto Cristal da Carapuça.

Balaqueiro do Nonoai conquistou o Freio de Prata

Cézar Freire levou Abre Cancha da Onicron ao Bronze

O quarto lugar ficou com Campana Rumo Certo


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

33

Felipe Ulbrich

bom desempenho dos conjuntos. Nem mesmo a chuva que caiu intensa sobre a região de Esteio na noite do dia 22 e na manhã de sábado, dia 23, foram suficientes para limitar o desempenho dos conjuntos e minimizar o brilhantismo da 12ª edição do Bocal de Ouro. Tanto na seletiva dos machos quanto na das fêmeas, o primeiro lugar era disputado com muita vontade pelos conjuntos, proporcionando um belo espetáculo ao público. A paleteada final foi decisiva e as penalizações aplicadas aos mais afoitos na hora de conduzir o boi abriram espaço àqueles que demonstraram maior controle e tranquilidade para encarar o gado. No final, na prova dos machos, o Bocal de Ouro ficou com o cavalo RZ Revuelto Cristal da Carapuça, de propriedade dos expositores Luizantero Peixoto e Vitelio Rigão, montado pelo ginete Daniel Waihrich Marim Teixeira, com nota final 19,782. Segundo o ginete, antes da disputa o cavalo ainda era considerado inapto. “Achávamos que ele ainda não estava pronto. Conseguimos o credenciamento para a prova só há 15 dias. Mas, no final ele foi muito correto, a morfologia ajudou e ele andou parelho”, descreve. “Já tínhamos uma boa expectativa, sabíamos que ele era um cavalo bom, tranquilo. Mas em uma prova de inéditos é difícil vencer. Estamos muito satisfeitos”, completou Peixoto, um dos proprietários do animal. Já entre as fêmeas, o Bocal de Ouro ficou com a égua Fantasia Cala Bassa, de propriedade de Marcelo Rezende Móglia, montada pelo próprio, com nota final 19,516. Após a final, o ginete, criador e proprietário da égua falou sobre a competição, a qual vence pela primeira vez. “Foi muito emocionante, é muita alegria. Ainda mais pelo nível de prova que tivemos, pelo patamar dos outros competidores que correram aqui. Eu dedico essa vitória à minha família, aos meus amigos e a todos aqueles que incentivam o nosso trabalho”, diz. Sobre a sequência do ciclo, Móglia define: “Agora é uma nova guerra. Vamos seguir trabalhando para o Freio”. Assim como os vencedores, os machos: Balaqueiro do Nonoai, Bocal de Prata, Abre Cancha da Onicron, Bocal de Bronze e o quarto colocado Campana Rumo Certo; além das fêmeas: Tinideira do Purunã, Bocal de Prata, Boneca da Anita, Bocal de Bronze e a quarta colocada, Respeitada da República, garantiram vaga no Freio de Ouro 2011, distado no mês de agosto, durante a Expointer. Também foram premiados os ginetes destaques da prova, es-

em Herval com média 20,268. Ginete: Lindor Collares Luiz. Média parcial: 17,422 - Média final: 18,295 9º lugar Quebracho de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Catruca de Santa Angélica, criador Paulino e Agenor Ávila Costa, expositor Ramiro e Déborah Madruga Costa, Cabanha Estribillo, Pedras Altas/RS. Credenciado em Herval com média 20,268. Ginete: Lindor Collares Luiz. Média parcial: 17,329 - Média final: 18,173

Governador Tarso Genro prestigiou a premiação e anunciou reformas no parque de Esteio

colhidos pelos jurados, Antonieto Rosa, nas fêmeas, e Daniel Marim Teixeira, nos machos. O mês de maio contará com mais duas classificatórias ao Freio de Ouro: São Lourenço do Sul/RS entre os dias 19 a 22 e Bagé/RS de 27 a 29.

Comemoração dos 30 anos do Freio de Ouro é aberta

O presidente da ABCCC, Manuel Luís Benevenga Sarmento, comemorou o sucesso do evento, saudou os vencedores e salientou que a etapa dá início às comemorações dos 30 anos do Freio de Ouro. Conforme o presidente, ao longo do ciclo que encerra em agosto, na Expointer, serão promovidas ações alusivas à data que marca os 30 anos da maior seletiva da raça. Além disso, Sarmento ainda falou sobre o crescimento e os atuais projetos da entidade. “Temos um trabalho em andamento que visa otimizar a utilização do parque e qualificar o nosso ciclo de provas que hoje concentra mais de 700 eventos. Os números nos mostram que a raça está crescendo, tanto em quantidade de animais quanto de criadores, e se expandindo pelo território nacional, por isso, trabalhando para manter o mercado de cavalos Crioulos consistente e seguro”, disse.

Números atraem investimentos

Presente na ocasião, o governador do RS, Tarso Genro, ressaltou as reformas que estão sendo promovidas no Parque Assis Brasil, sede das principais seletivas da raça Crioula. “Faremos uma série de reformas e, inclusive, os recursos já foram liberados. Estamos investindo na reorganização deste espaço, agora sob administração de Telmo Motta Jr., e pretendemos transformá-lo em um campo de atividades permanente. Sabemos da importância deste evento e da raça Crioula no Estado e isso precisa ser preservado.”

Veja a colocação final dos participantes do Bocal de Ouro Machos 1º lugar RZ Revuelto Cristal da Carapuça, filho de Chicão de Santa Odessa e BT Abadessa, criador Rubens Elias Zogbi, expositor Luizantero Peixoto e Filhos e Vitelio Rigão, Fazenda Tarumã e Estância da Conquista, Júlio de Castilhos e Lavras do Sul/RS. Credenciado em São Gabriel com média 17,823. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Média parcial: 18,361 - Média final: 19,782 2º lugar Balaqueiro do Nonoai, filho de SBT Custódio e Etiqueta Tambaé, criador Fábio Vaccaro, expositor Condomínio Balaqueiro, Cabanha Santa Luíza e Cabanha Turra, Nonoai e Marau/RS. Credenciado em Santo Antônio da Patrulha com média 19,203. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Média parcial: 17,711 Média final: 19,385

10º lugar Agua de Los Campos y Maquena Criterioso, filho de Lo Miranda On Ramo e Santa Rosario Monona, criador Italo Zunino Muratori, expositor Francisco Fleck e Paulo Roberto Souto, Cabanha Gravatá e El Tropillero, Gravataí e Viamão/RS. Credenciado em Guaíba com média 19,172. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Média parcial: 17,432 - Média final: 17,739 11º lugar Faconaço da Charqueada, filho de Santa Elba Señuelo e Tinajera Mancha Rara, criador Motolândia Agropecuária Ltda, expositor Jacó Edmundo Weiand, Cabanha da Charqueada, Vale Verde/RS. Credenciado em São Lourenço do sul com média 18,193. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Média parcial: 17,561 Média final: 17,585 12º lugar KT Príncipe, filho de Camb Toncho e Jocasta de Santa Angélica, criador e expositor Alfredo, Guilherme e Diego Tellechea, Cabanha KT, Uruguaiana/RS. Credenciado em Uruguaiana com média 19,879. Ginete: José Fonseca Macedo. Média parcial: 17,642 - Média final: 17,238 13º lugar Regalo do Purunã, filho de Muchacho de Santa Angélica e Pozo Azul Destacada, filho de criador Mariano Lemanski, expositor Parceria Regalo do Purunã, Estância Espinilho, Barra do Quaraí/RS. Credenciado em Santa Rosa com média 19,214. Ginete: Gabriel Marty. Média parcial: 17,029

3º lugar Abre Cancha da Onicron, filho de Pergaminho AA e Quina Tupambaé, criador e expositor José Eduardo Bueno, Cabanha Onicron, Novo Hamburgo/RS. Credenciado em Arambaré com média 20,015. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Média parcial: 17,883 - Média final: 19,181

14º lugar Idioma Tupambaé, filho de Cincerro de Santa Angélica e Dachila Tupambaé, criador Oswaldo Dornelles Pons, expositor Luciano de Oliveira Silva, Fazenda da Canoa, Santa Vitória do Palmar/RS. Credenciado em Pelotas com média 19,307. Ginete: Jackson Fonseca. Média parcial: 17,018

4º lugar Campana Rumo Certo, filho de BT Faceiro do Junco e Gringa do Aceguá, criador Mário Moglia Suñe, expositor José Luiz Marona Pons, Cabanha Santa Ângela, Uruguaiana/RS. Credenciado em Bagé com média 19,901. Ginete: Raul Lima. Média parcial: 17,614 - Média final: 18,634

15º lugar PO Rechiflao, filho de Santa Elba Comediante e Garça de Santa Angélica, criador Gonçalo Porto Silva, expositor Carla F. Musa e Onécio Silveira Prado Jr, Estância Tamareira, Ribeirão Preto/SP. Credenciado em Vacaria com média 18,032. Ginete: Ernesto Wairich. Média parcial: 16,930

5º lugar RZ Rodopio da Carapuça, filho de BT Lamborguine e Descoberta do Itapororó, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS. Credenciado em Arroio Grande com média 19,726. Ginete: Gilmar Soares. Média parcial: 17,710 - Média final: 18,622

16º lugar Bagunceiro 24 da Trovador, filho de BT Lucero e BT Olada, criador Neri, Adriano e Guilherme Mallmann, expositor Adriano e Guilherme Mallmann, Cabanha Trovador, Santana do Livramento/RS. Credenciado em Arambaré com média 20,345. Ginete: Márcio Maciel. Média parcial: 16,887

6º lugar Tango II do Passo Fundo, filho de Intendente do Inhanduvá e Jararaca do Passo Fundo, criador Evaristo Tagliari Neto, expositor Josemar Sgorla, Cabanha Olho D’água, Passo Fundo/RS. Credenciado em Soledade com média 18,607. Ginete: Charles Fagundes. Média parcial: 17,064 - Média final: 18,314

17º lugar AS Malke Pampa, filho de Jalisco de Santa Angélica e Cantina de Santa Angélica, criador Agro Pecuária Schwanck Ltda, expositor José Schutz Schwanck, Cabanha Malke Cerrito, Uruguaiana/RS. Credenciado em Uruguaiana com média 19,318. Ginete: Gabriel Marty. Média parcial: 16,734

7º lugar Martin Fierro do Infinito, filho de Santa Elba Señuelo e Bomba de Santa Arminda, criador e expositor Roberto Sidney Davis Júnior, Agropecuária Infinito Ltda, São Sepé/RS. Credenciado em Herval com média 19,188 Ginete: José Fonseca Macedo. Média parcial: 18,225 - Média final: 18,301

18º lugar Coronel 666 Maufer, filho de BT Faceiro do Junco e Carpeta do Strass, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS. Credenciado em Balsa Nova com média 19,336. Ginete: Nei Eduardo Rodrigues Lima. Média Parcial: 16,676

8º lugar Quebracho de Santa Angélica, filho de Santa Elba Señuelo e Catruca de Santa Angélica, criador Paulino e Agenor Ávila Costa, expositor Ramiro e Déborah Madruga Costa, Cabanha Estribillo, Pedras Altas/RS. Credenciado

19º lugar Discutido da Reconquista, filho de BT Haragano e Temida da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli, expositor Gilvane Terezinha Marca dos Santos, Cabanha Marca dos Santos, Viamão-RS. Credenciado em San-

to Antônio da Patrulha com média 17,447. Ginete: Júlio Pereira. Média parcial: 16,541 20º lugar JA Colibri, filho de Rodopio de Santa Edwiges e JA Namorada, criador José Antônio Anzanello, expositor Parceria Gonçalves e Silveira, Cabanha Odilo, Jaguarão/RS. Credenciado em Arroio Grande com média 19,052. Ginete: Marcos Silveira. Média parcial: 16,539 21º lugar Enigma de Aparecida, filho de BT Faceiro do Junco e Butiá Lila, criador Maria Aparecida de Almeida Missel, expositor Marcelo, Fábio e Rinaldo Bertacco, Cabanha Grande Esperança, Porto Alegre/RS. Credenciado em Bagé com média 18,196. Ginete: João Furtado. Média parcial: 16,490 22º lugar La Passion Brilhante, filho de Pozo Azul Deslinde e Milionária 181 do Barulho, criador Francisco M. Bastos e Jayme M. Matarazzo, expositor Dean Jaison Eccher, Cabanha Furna Crioula, Rio do Sul/SC. Credenciado em Balsa Nova com média 18,982. Ginete: Hercules Almeida. Média parcial: 16,468 23º lugar Imperador de Santa Cinilda, filho de BT Harmônico e Borboleta de Santa Cinilda, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro, expositor CT Cabanha Sorsul e Cabanha Santa Cinilda, CT Cabanha Sorsul, Horizontina e Chiapetta/ RS. Credenciado em Cruz Alta com média 17,145. Ginete: Rodrigo Nunes. Média parcial: 16,170 24º lugar Gaitero Del Rey, filho de Quilombo de São Pedro e Roseta da Carovy, criador Márcio Scherer, expositor Virso Moreira de Vargas, Cabanha Aporriado, Santa Cruz do Sul/RS. Credenciado em São Gabriel com média 17,331. Ginete: David de Lima Flores. Média parcial: 15,940 25º lugar Jacarandá Negrito, filho de Jalisco de Santa Angélica e Jacarandá Valsa, criador Antônio Augusto Marques de Fernandes, expositor Enilton Francisco Maduell Nunes, Cabanha Del Huaso, Viamão/RS. Credenciado em São Lourenço do Sul com média 17,605. Ginete: João Furtado. Média parcial: 15,862 26º lugar Jalisco dos Três Pinhais, filho de BT Harmônico e Delicada de Santa Angélica, criador e expositor Vílson Aozane Bilibio, Fazenda Três Pinhais, Cruz Alta/RS. Credenciado em Carazinho com média 17,817. Ginete: Rodrigo Nunes. Média parcial: 15,845 27º lugar Feitiu Bueno da Charqueada, filho de General de Santa Angélica e Garnacha do Iguaçu, criador Motolândia Agropecuária Ltda, expositor Cabanha SP Favorita, CT Gatiado, Viamão/RS. Credenciado em Canela com média 18,559. Ginete: Alexandre Pedroso Grabher. Média parcial: 15,837 28º lugar Farrapo de Santa Edwiges, filho de Rodopio de Santa Edwiges e Oliva de Santa Edwiges, criador Daniel Anzanello, expositor Roberto de Lima Silveira e filhos, Cabanha Mitai, Herval. Credenciado em Herval com média 17,881. Ginete: Marcos Silveira. Média parcial: 15,749 29º lugar Trinta e Três Filhos do Vento, filho de Pozo Azul Deslinde e Acordeona da Escondida, criador Fernando Eli Zandonai da Silva, expositor Valcir Ascari, CT Dutra, Gravataí/RS. Credenciado em Canela com média 17,548. Ginete: Elisandro Dutra. Média parcial: 15,706 30º lugar Rincão da 3J, filho de General de Santa Angélica e Atrevida de Santa Angélica, criador Agropecuária Andrade Lima Ltda, expositor Enilton Francisco Maduell Nunes, Cabanha Del Huaso, Viamão/RS. Credenciado em São Lourenço do Sul com média 18,563. Ginete: Volmir Santos de Guimarães. Média parcial: 15,198

Continua na página 34


34

Cavalo Crioulo Maio de 2011

31º lugar Fogo Campeiro do Pinhal, filho de BT Faceiro do Junco e Iriade do Pinhal 423, criador Armin José Schvarcz, expositor Parceria Cerros Verdes, Cabanha Durasnal, Alegrete/RS. Credenciado em São Gabriel com média 17,664. Ginete: Márcio Costa. Média parcial: 15,156 32º lugar Buenacho 21 da Trovador, filho de Chicão de Santa Odessa e Enxuta do Basalto, criador Neri, Adriano e Guilherme Mallmann, expositor José Silvestre Schneider, CT Filipe Lopes, Ijuí/RS. Credenciado em São Lourenço do Sul com média 17,406. Ginete: Felipe Lopes. Média parcial: 15,070 33º lugar Atracador do Capão Redondo, filho de Farandola do Itapororó e Quinta do Capão Redondo; criador Luiz Carlos e Antônio Carlos A. Py, Barra do Ribeiro/RS, expositor Cabanha Santo Anjo e Paulo Ricardo Búrigo, Cabanha Santo Anjo, São José dos Ausentes/RS. Credenciado em Vacaria com média 17,182. Ginete: Francisco Alves. Média parcial: 15,023 34º lugar Bienvenido Al Baile Del Candieiro, filho de Ibirapuitã do Itapororó e Safira das Águas Claras, criador Isoel Gotardo Andrighetti, expositor Fernando e Vinícius de Zorzi, Cabanha do Lobo, São Francisco de Paula/RS. Credenciado em Arroio Grande com média de 17,881. Ginete: Garibaldi Maidana Ferraz. Média parcial: 14,978 35º lugar Taco dos Castanheiros, filho de General de Santa Angélica e Ousada de Santa Angélica, criador Miguel e Rodrigo Scarpellini Campos, expositor José Darcy de Leão e Filhos, Cabanha Leão, Sapiranga/RS. Credenciado em Esteio com média de 17,734. Ginete: Juca Rolim. Média parcial: 14,921 36º lugar Plebeu do HB, filho de Enigma do Agabê e Estrela do Agabê, criador e expositor Hamílton Brum Bulcão, Cabanha do Hb, Candiota/ RS. Credenciado em Herval com média de 18,772. Ginete: Evaldo Motta. Média parcial: 14,752 37º lugar Feito Carreto da Fronteira, filho de Nobre Tupambaé e Inquieta de Santa Edwiges, criador Marcelo Macedo Linhares, expositor Dennis Sfair Silveira, Cabanha Sabiendas, Porto Alegre/RS. Credenciado em Santana do Livramento com média 17,351. Ginete: Pedro Silva. Média parcial: 14,720 38º lugar RJD Andarilho, filho de Las Missiones Couro Cru e Canela Kiko, criador Renato Júnior Donadel, expositor Renato Júnior Donadel e Jailson Warpechowski, CT La Timbaúva, Cruz Alta/RS. Credenciado em Carazinho com média 18,090. Ginete: Renato Júnior Donadel. Média parcial: 13,257 39º lugar Lancero da Boa Vista, filho de Tinajera Buen Abrigo e Baliza da Cabanha Gaúcha, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fábio Camargo, Cabanha Boa Vista, Vacaria/RS. Credenciado em Canela com média 19,282. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Média parcial: 12,473 40º lugar Hermosso do Topo da Serra, filho de Gago de Santa Angélica e Alma Perdida do Strass, criador Júlio Cesar Pissetti, expositor Lucas Enéas da Cruz, Cabanha Kle, São José dos Pinhais/ PR. Credenciado em Carazinho com média de 18,111. Ginete: Fernando Rodrigues. Média parcial: 11,743 41º lugar Inspetor de Santa Cinilda, filho de BT Harmônico e Capanegra Sacha, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro, expositor Norberto Ullmann Filho e Poliani Patrícia Naressi, CT Cabanha Sorsul, Horizontina/RS. Credenciado em Canela com média 17,648. Ginete: Rodrigo Nunes. Média parcial: 11,650 42º lugar Molejo da Guajuvira, filho de Galo de Briga Tupambaé e Relíquia Tupambaé, criador Walter Francisco de Moura, expositor Valdir Júnior Sperinde da Silva, Cabanha da Extrema, Porto Alegre/RS. Credenciado em Pelotas com média 18,144. Ginete: Flávio de Borba

Freio de Ouro

Pereira. Médias parcial: 6,783 43º lugar Inédito de Santa Cinilda, filho de BT Harmônico e BT Doidivana, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro, expositor CT Cabanha Sorsul e Cabanha Santa Cinilda, CT Cabanha Sorsul, Horizontina e Chiapetta/RS. Credenciado em Soledade com média 17,603. Ginete: Rodrigo Nunes. Média parcial: 6,500 44º lugar Quatrilho do Purunã, filho de Dom Carrasco do Purunã e BT Baronesa, criador Mariano Lemanski, expositor José Thomaz Larratea Arduvino e filhos, Cabanha Santa Brígida, Santana do Livramento/RS. Credenciado em Balsa Nova com média 18,860. Ginete: Márcio Maciel. Média parcial: 6,383 45º lugar Riacho Frio Don Casmurro, filho de Dom Carrasco do Purunã e Labuta do Purunã, criador e expositor João Nestor Mendes Antunes, Fazenda Riacho Frio, Luziania/GO. Credenciado em Balsa Nova com média 18,817. Ginete: Ernesto Wairich. Média parcial: 6,367 46º lugar Hospedeiro do Tamboré, filho de Santa Elba Señuelo e BT Georgia, criador Diego de Lucena Zanandréa, expositor Condomínio Hospedeiro do Tamboré, CT Flavio Pereira, Barra do Ribeiro/RS. Credenciado em Arambaré com média 19,134. Ginete: Flávio de Borba Pereira. Média parcial: 6,367 Fêmeas 1º lugar Fantasia Cala Bassa, filha de Chicão de Santa Odessa e Forquilha do Capão Redondo, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Aceguá/RS. Credenciado em Bagé com média 20,041. Ginete: Marcelo Rezende Móglia. Média parcial: 18,03 - Média final: 19,516 2º lugar Tinideira do Purunã, filha de Muchacho de Santa Angélica e Lenda do Purunã, criador Mariano Lemanski, expositor Cabanha Cola Crioula, Cabanha Cola Crioula, Pantano Grande/RS. Credenciada em Santana do Livramento com médio 20,057. Ginete: Antonieto Rosa. Média parcial: 17,378 - Média final: 19,427 3º lugar Boneca da Anita, filha de Ganadero da Harmonia e Boneca da Harmonia, criador Giovana Ely Flores e Augusto Luís G. Dias, expositor Carla F. Musa e Onécio Silveira Prado Jr, Estância Tamareira, Ribeirão Preto/SP. Credenciada em Arambaré com média 19,886. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Média parcial: 17,727 - Média final: 19,371 4º lugar Respeitada da República, filha de CAMB Toncho e Jogatina da República, criador Luiz Felipe Martins Bastos, expositor Luiz Felipe Martins Bastos E Helio Ribeiro, Estância Nazareth e Cabanha HMP, Uruguaiana e Rio Grande/RS. Credenciada em Canela com média 20,256. Ginete: José Fonseca Macedo. Média parcial: 18,685 - Média final: 19,325 5º lugar Nuvencita do Infinito, filha de Cônsuelo do Infinito e Hematita do Infinito, criador Roberto Sidney Davis Júnior, expositor Roberto Sidney Davis Júnior, Agropecuária Infinito Ltda, São Sepé/RS. Credenciada em Arroio Grande com média 19,247. Ginete: José Fonseca Macedo. Média parcial: 18,240 - Média final: 19,079 6º lugar Niazzi Cambona, filha de Jurado de Santa Adriana e Dama das Mercedes, criador e expositor Tiago Antoniazzi, Cabanha Niazzi, São Gabriel/RS. Credenciada em Uruguaiana com média 19,199. Ginete: Lindor Collares Luiz. Média parcial: 17,631 - Média final: 18,990 7º lugar Luma da Boa Vista, filha de Chicão de Santa Odessa e Dunga da Glória, criador Fazenda Boa Vista, expositor Fernando Alberto Scholze, Cabanha Don Alberto, Santo Cristo/RS. Credenciada em Canela com média 20,435. Ginete: Fábio Teixeira da Silveira. Média parcial: 17,760 - Média final: 18,855 8º lugar

Rapariga do Amanhecer, filha de Nácar do Purunã e Sendero Luna Llena, criador e expositor Fábio Bellotti Moura, Cabanha Nova Querência, Brasília/DF. Credenciada em São Gabriel com média 18,690. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Média parcial: 18,479 - Média final: 18,614

20º lugar Baturete Cimarron, filha de Xique Cimarron e Urtiga Cimarron, criador e expositor Fernando Fabrício de Faria Corrêa, Estância Aurora, Uruguaiana/RS. Credenciada em Uruguaiana com média 19,053. Ginete: Gabriel Marty. Média parcial: 16,008

9º lugar Quilero Que Suerte, filha de Pozo Azul Deslinde e Quilero Katiuska, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS. Credenciada em Pelotas com média 19,017. Ginete: Marcelo Rezende Móglia. Média parcial: 17,462 - Média final: 18,029

21º lugar Astuta 487 Maufer, filha de BT Bailongo e Simpática 189 Maufer, criador Maurício e Fernando Lampert Weiand, expositor Joni dos Santos e Volmir Santos Guimarães, Cabanha 55, Porto Alegre/RS. Credenciada em Esteio com média 17,324. Ginete: Volmir Santos de Guimarães. Média parcial: 15,950

10º lugar Festa Campeira do Pinhal, filha de Piá Forasteiro e Caramela do Pinhal, criador Armin José Schvarcz, expositor Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Cabanha Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Santa Maria/RS. Credenciada em Arambaré com média 20,095. Ginete: Miguel Souza. Média parcial: 17,246 - Média final: 16,705 11º lugar BT Tiffany, filha de BT Delantero e BT Dolores, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Marcelo e Maria da Glória Tellechea Cairoli, Reconquista Agropecuária Ltda, Alegrete/ RS. Credenciada em Balsa Nova com média 18,575. Ginete: Daniel Waihrich Marim Teixeira. Média parcial: 17,298 - Média final: 15,216 12º lugar Rendilha do Itaó, filha de BT Cara e Coroa e Lagoa do Acampamento, criador e expositor Cássio Souza Bonotto, Cabanha Itaó, Santiago/RS. Credenciada em Uruguaiana com média 19,229. Ginete: Cláudio dos Santos Fagundes. Média parcial: 17,005 - Média final: 14,429 13º lugar Guanabara Gaita, filha de Santa Elba Señuelo e BT Vassoura, criador e expositor Luiz Carlos da Silva Carvalho Júnior, Estância Guanabara, Rio Grande/RS. Credenciada em Herval com média 19,497. Ginete: José Fonseca Macedo. Média parcial: 16,905 14º lugar PO Una Más, filha de Lutador do Purunã e Entrosada do Junco, criador e expositor Gonçalo Porto Silva, Cabanha Don Marcelino, Lavras do Sul/RS. Credenciada em São Lourenço do Sul com média 18,727. Ginete: Onildo Gonçalves Nunes. Média parcial: 16,802 15º lugar Farra de Santa Edwiges, filha de Rodopio de Santa Edwiges e Tormenta de Santa Edwiges, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS. Credenciada em São Lourenço do Sul com média 19,750. Ginete: Mílton Castro. Média parcial: 16,628 16º lugar BBC Imperatriz, filha de JA Silêncio e Candelaria do Inhanduva, criador Cabanha BBC, expositor Cabanha Santo Anjo e Paulo Ricardo Búrigo, Cabanha Santo Anjo, São José dos Ausentes/RS. Credenciada em Herval com média 19,597. Ginete: Francisco Kras Alves. Média parcial: 16,490 17º lugar Dominique da Reconquista, filha de BT Delantero e Urtiga da Reconquista, criador Eduardo e Marcelo Tellechea Cairoli, expositor José Fernando Keller Jochims, Cabanha Del Chaco, Piratini/RS. Credenciada em Pelotas com média 19,104. Ginete: Flávio de Borba Pereira. Média parcial: 16,375 18º lugar Ressolana do Purunã, filha de Hércules do Purunã e Denúncia do Itapororó, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR. Credenciada em Santo Antônio da Patrulha com média 17,971. Ginete: Vagner Jesus Neumeister. Média parcial: 16,096 19º lugar Formosa do Ferrabraz, filha de Moleque do Purunã e BT Ostra, criador Odílio de Leão, expositor José Darcy Leão e Filhos e Odílio de Leão, Cabanha Leão e Ferrabraz, Sapiranga/RS. Credenciada em Canela com média 18,416. Ginete: Juca Rolim. Média parcial: 16,074

22º lugar Quebrada do Itapororó, filha de Añanero Zapatazo e Gaviota do Itapororó, criador Nestor M. Jardim Neto e Maria L.F.Jardim, expositor Cabanha Itapororó e Santa Marta, Cabanha Itapororó e Santa Marta, Alegrete e São Borja/RS. Credenciada em São Lourenço do Sul com média 20,047. Ginete: Reinaldo Silveira. Média parcial: 15,848

15,282 32º lugar Campana Raísa, filha de Campana Guasquero e Campana Kuenca, criador e expositor Mário Moglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS. Credenciada em Bagé com média 17,838. Ginete: Armando Duarte. Média parcial: 14,704 33º lugar Cantiga de Los Campos, filha de Macanudo do Itapororó e Joana do Itapororó, criador e expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Palmeira/PR. Credenciada em Balsa Nova com média 18,513. Ginete: Fábio Gonçalves. Média parcial: 14,668 34º lugar Três Cerros Saia Curta, filha de Hilário do Purunã e Farofa do Kavaju Porã, criador Rafael Pons Suñe, expositor Edoardo Maes Schulz e Alexandre, Cabanha Campo Alegre e Fabifer, Campo Alegre/SC. Credenciada em Bagé com média 16,856. Ginete: Abrão de Borba. Média parcial: 13,865

23º lugar Tabaquera Cala Bassa, filha de Candidato Simpatia e Esbelta Cala Bassa, criador Marcelo Rezende Móglia, expositor Luís Augusto Weber, Cabanha do Ouriço, Carazinho/ RS. Credenciada em Soledade com média 18,854. Ginete: Charles Fagundes. Média parcial: 15,824

35º lugar Tropilha do Purunã, filha Dom Carrasco do Purunã e Lichiguana do Purunã, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR. Credenciada em Santo Antônio da Patrulha com média 17,688. Ginete: Vagner Jesus Neumeister. Média parcial: 13,795

24º lugar Bugra da Santa Johanna, filha de Verso da Ramada e Hortelã da Ilha Bela, criador e expositor Douglas Rietjens, Cabanha Santa Johanna, Santa Barbára do Sul/RS. Credenciada em Santa Rosa com média 17,927. Ginete: Charles Fagundes. Média parcial: 15,823

36º lugar Heroína da Vasdef, filha de Prezépio da Vasdef e Capela da Vesdef, criador Manuel José Dornelles D’Arriaga, expositor Parceria Espelho das Aguadas, CT La Frontera, Porto Alegre/RS. Credenciada em Santo Antônio da Patrulha com média 17,446. Ginete: Marcos Bueno. Média parcial: 13,319

25º lugar Avenca do Morro chato, filha de Molejão do Purunã e Santa Mônica Rancheira, criador Marlus Arruda Siva, expositor Sérgio Pedro Nesello, Cabanha La Conquista, Caxias do Sul/RS. Credenciada em Vacaria com média 17,734. Ginete: Garibaldi Maidana Ferraz. Média parcial: 15,808

37º lugar Quizomba de Santa Angélica, filha de Jalisco de Santa Angélica e Doida de Santa Angélica, criador Paulino e Agenor Ávila Costa, expositor Carlo Lazzeri, Cabanha Lazzeri, Vacaria/RS. Credenciada em Vacaria com média 16,354. Ginete: Leocir Zamboni. Média parcial: 12,863

26º lugar Quilha do Itapevy, filha de Despacito do Itapevy e Bandida 22 do Itapevy, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS. Credenciada em Uruguaiana com média 19,066. Ginete: Valério Moura. Média parcial: 15,793

38º lugar PO Ushuaya, filha de Lutador do Purunã e Jupira de São Pedro, criador e expositor Gonçalo Porto Silva, Cabanha Dom Marcelino, Lavras do Sul/RS. Credenciada em Guaíba com média 18,941. Ginete: Onildo Gonçalves Nunes. Média parcial: 12,311

27º lugar Mangerona de Santa Cinilda, filha de BT Harmônico e Encardida de Santa Cinilda, criador Márcia Regina Gonsalves de Castro, expositor CT Cabanha Sorsul e Cabanha Santa Cinilda, CT Cabanha Sorsul, Horizontina e Chiapetta/ RS. Credenciada em Cruz Alta com média 17,693. Ginete: Rodrigo Nunes. Média parcial: 15,675

39º lugar Amorosa 546 Maufer, filho de BT Faceiro do Junco e F Lágrima do Seival, criador Maurício e Fernando Lampert Weiand, expositor Cabanha do Mako, Cabanha do Mako, São Lourenço do Sul-RS. Credenciada em São Lourenço do Sul com média 18,700. Ginete: Raul Lima. Média parcial: 12,043

28º lugar Capanegra Kopa de Cristal, filha de Hilário do Purunã e Capanegra Ursula, criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra, Dom Pedrito/RS. Credenciada em Arroio Grande com média 18,186. Ginete: Roberto Carlos Ferraz Duarte. Média parcial: 15,668 29º lugar Capanegra Morocha Del Sol, filha de Jalisco de Santa Angélica e São Martim Trilha do Sol, criador e expositor Fernando Dornelles Pons, Cabanha Capanegra, Dom Pedrito/RS. Credenciada em São Gabriel com média 17,918. Ginete: Roberto Carlos Ferraz Duarte. Média parcial: 15,601 30º lugar Borboleta 600 Maufer, filha de Muchacho de Santa Angélica e Prenda 100 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS. Credenciada em Bagé com 20,064. Ginete: Nei Eduardo Rodrigues Lima. Média parcial: 15,565 31º lugar BT Tereza, filha de BT Delantero e BT Gina, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Jandir dos Santos Ribas, Cabanha Castelo, Osório/RS. Credenciada em Pelotas com média 18,484. Ginete: Jucinei Oliveira. Média parcial:

40º lugar Chilenita Gravatá, filha de San Baldomero Puestero e Urcamis do Sinuelo, criador Condomínio Rural J. C. Fleck, expositor Francisco Kessler Fleck, Cabanha Gravatá, Gravataí/ RS. Credenciada em Carazinho com média 17,206. Ginete: Cézar Augusto Schell Freire. Média parcial: 12,030 41º lugar Tirana de Pai Passo, filha de BT Haragano e Labareda de Pai Passo, criador e expositor Condomínio Pai Passo, Estância Pai Passo, Barra do Quaraí/RS. Credenciada em Herval com média 18,651. Ginete: Lindor Collares Luiz. Média parcial: 11,754 42º lugar Tabatinga do Purunã, filha de BT Butiá e Orgulhosa de Santa Angélica, criador Mariano Lemanski, expositor Cabanha Itapororó e Santa Marta, Cabanha Itapororó e Santa Marta, São Borja/RS. Credenciada em Cruz Alta com média 19,277. Ginete: Reinaldo Silveira. Média parcial: 11,505 43º lugar Piazita do Infinito, filha de Cônsuelo do Infinito e Piá Libertá, criador Roberto Sidney Davis Júnior, expositor Elton José Barreto Enick, Cabanha Don Enick, Santana do Livramento/RS. Credenciada em Arambaré com média 19,671. Ginete: Márcio Maciel. Média parcial: 6,067


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Freio de Ouro

35

Em Buenos Aires, cinco são classificados para a grande final André Amaral

A beleza do Parque de Exposições La Rural, sede da primeira classificatória para o Freio de Ouro ciclo 2011, realizada no bairro de Palermo, em Buenos Aires, na Argentina, foi apenas um dos muitos atrativos da disputa, transcorrida entre os dias 6 e 8 de abril. Na briga pela classificação, dez fêmeas e nove machos foram avaliados pelos jurados Alexandre Suñe, Francisco Fleck e Luiz Martins Bastos Neto, que reconheceram por unanimidade a supremacia das fêmeas, em especial da primeira classificada, Ñandu Tenebrosa. Outros quatro animais conseguiram obter a classificação para Esteio, foram eles os machos Dormido Centenário e Charque Juego e as fêmeas Carulo Lenguita e Chaque La Zamba.

Ao considerar os exemplares morfologicamente muito satisfatórios, o trio elegeu Ñandu Tenebrosa a melhor égua e Guampa Siriri o melhor cavalo. Segundo Fleck, as fêmeas se sobressaíram aos machos por estarem mais equilibradas e parelhas entre si, ficando o destaque à primeira colocada. “Muito balanceada, equilibrada, com muita qualidade de linhas. Foi a vencedora da classificatória aqui no ano passado”, disse. Depois das etapas realizadas no dia 6, Francisco Fleck, ao ser questionado a respeito do desempenho dos competidores nas provas funcionais e da qualidade da estrutura das pistas de provas, disse que apesar do esforço dos argentinos, o local ainda deixa um tanto a desejar, prejudicando o desempenho dos animais. “Os competidores são muito bons, mas o manejo do gado foi difícil e a estrutura ainda precisa melhorar”, afirmou.

Os destaques Após ter um primeiro dia marcado pelo destaque absoluto da égua Ñandu Tenebrosa, tanto na morfologia quanto nas demais provas, na segunda etapa da classificatória, realizada no dia 8 de abril, oito fêmeas e seis machos seguiram na disputa pelas vagas no Freio. Suñe reconheceu a evolução dos Crioulos argentinos e elogiou o desempenho dos ginetes que, segundo ele, souberam apresentar seus animais perfeitamente de acordo com as exigências da modalidade. “A Argentina teve um grande crescimento no Freio de

Ouro. Hoje, ele já é uma realidade por aqui”, afirmou. Na prova de mangueira II, os destaques foram Carulo Lenguita, Chake Flor del Monte e a anteriormente consagrada Ñandu Tenebrosa, que entrou confiante e empolgou o público. Entre os machos, é válido ressaltar o desempenho de Charque Juego e Dormido Centenário, este com a melhor pontuação entre os competidores, tendo alcançado nesta prova a marca de 16,498 pontos. Na avaliação de Bastos Neto, a qualidade da mangueira evoluiu se comparada ao primeiro dia e os participantes, de modo geral, estavam ainda melhores. “Tiraram um pouco de areia, o que facilitou para os animais. Todos foram melhores, já a Ñandu Tenebrosa decepcionou um pouco”, ponderou. Na prova de Bayard Sarmento, Ñandu Tenebrosa teve novamente um excelente desempenho e alcançou a melhor média da etapa. Charque Juego também se consagrou ao ficar com a melhor colocação entre os machos. Para finalizar a primeira classificatória de maneira extremamente emocionante, a prova de campo II, uma paleteada muito disputada. Com as fêmeas, nenhuma novidade, Ñandu Tenebrosa fez 14,250 pontos, bastante à frente de Carulo Lenguita e Chake La Zamba, respectivamente segunda e terceira colocadas. Nos cavalos, Charque Juego e Dormido Centenário correram juntos e brindaram o público com uma excelente prova na qual obtiveram notas muito boas, capazes de elevar a média final dos competidores. Após a última corrida, no encerramento da classificatória, o trio de jurados revelou ter ficado positivamente impressionado com o nível dos ginetes e dos animais. “Eu havia julgado uma credenciadora na Argentina há dois anos e posso dizer que a competição evo-

luiu muito por aqui. Os competidores podem brigar de igual para igual com os brasileiros no Freio de Ouro”, afirmou Fleck. Questionados sobre o resultado final, que contou com a classificação das fêmeas Ñandu Tenebrosa, Carulo Lenguita e Chake La Zamba e dos machos Dormido Centenário e Charque Juego, os jurados foram taxativos ao afirmar que estes animais eram, sem dúvida alguma, exatamente os que mereciam uma vaga em Esteio. “Tanto os cavalos quanto as éguas, passaram os que deveriam passar”, afirmaram.

Classificados Fêmeas 1º lugar Ñandu Tenebrosa, filha de Basco El Simbolo e Ñandu Yancamil, criador Maria Marcela Ballester de Tronconi e expositor Juan Victor Tronconi Ballester, Cabanha Las Mulitas. Ginete: Cristian Aguilera. Nota: 19,921

Fêmeas

Ñandu Tenebrosa, com Cristian Aguilera, foi a melhor entre as fêmeas com nota 19,921

Carulo Lenguita ficou na segunda colocação entre as fêmeas

2º lugar Carulo Lenguita, filha de Nochero Muere Pollo e Carulo Lenga, criador e expositor Sofia e Ballester de Maqueda, Cabanha La Ignacia. Ginete: Arturo Silveira. Nota: 18,850

A terceira melhor nota entre as fêmeas foi de Chake La Zamba

3º lugar Chake La Zamba, filha de BT Jaguar e Chake La Bofetada, criador e expositor Ricardo D. Matho Meabe, Cabanha La Estrella. Ginete: Ruben Veron. Nota: 18,170 Machos 1º lugar Dormido Centenário, filho de Maquena Chuchoca e Dormida Linda Rosa, criador La Dormida S. C. e expositor Las Cadenas S. C., Cabanha Las Cadenas. Ginete: Marcelo Segura. Nota: 18,872

Fotos Felipe Ulbrich

Machos

2º lugar Charque Juego, filho de Curitoro Facon e Charque Altamisa, criador e expositor Sucessão de Júlio Alberto Ballester, Cabanha San Arsênio. Ginete: Raul Gonzáles. Nota: 18,761

Com nota 18,872, Dormido Centenário, com o ginete Marcelo Segura, foi o primeiro macho

O segundo melhor macho classificado foi Charque Juego, com nota 18,761


Histórias, recordes e nomes escritos nas pistas Fotos Arquivo ABCCC

J. Tomás

A frase de Lindor Collares Luiz minutos depois de conquistar o Freio de Ouro 2010, montando o macho Pampa de São Pedro, explica o que representa para um ginete conduzir o animal vencedor até o ponto mais alto do pódio. Cansado, sujo pelo barro da pista e visivelmente emocionado, Collares desabafou depois de tantos dias sob intensa pressão: “Disseram que eu estava aposentado, era ex-campeão. Taí a resposta”. Os ginetes até podem ser considerados figuras coadjuvantes durante a competição, mas em muitos momentos tornam-se gigantescos o que os coloca em igualdade com o cavalo que conduzem. Viram também protagonistas de belas histórias, mesmo sem títulos. E são estas histórias que o Jornal Cavalo Crioulo irá contar neste terceiro capítulo da série especial sobre as 30 edições do Freio de Ouro, celebrado no próximo mês de agosto no Parque de Exposições Assis Brasil. O primeiro nome a ser forjado no livro dos campeões foi Vilson Chalart de Souza. Em 1982, montando Itaí­ T upambaé, ele se tornou o primeiro ginete a ganhar o

Mílton Castro é o ginete que mais vezes levantou troféus na final do Freio de Ouro; em 2007, montando Bonita de Santa Edwiges (foto), ficou com o primeiro lugar entre as fêmeas

prêmio maior e a inaugurar uma lista em que poucos conseguem ingressar. Ninguém, entretanto, assinou tantas vezes seu nome quanto

Mílton Pereira Castro, 41 anos. Seu currículo é invejável: seis Freios de Ouro, dois Freios de Prata, dois Freios de Bronze e um Freio de Ouro da Federação Inter-

Daniel Teixeira, que em 2005 levou o Freio de Ouro com Largo da 3J (foto), foi o ginete mais jovem a montar um finalista da seletiva

nacional de Criadores de Cavalos Crioulos (FICCC). Mílton conquistou seu primeiro título aos 21. A receita para tanto sucesso, afirma ele, tem dois ingredientes básicos: um bom cavalo e um “pouco” de sorte, sem se preocupar em citar a competência do ginete. O título mais desejado pelos homens que conduzem os melhores exemplares da raça, afirma, tem o poder de mudar completamente a vida de quem se dedica ao trabalho de doma e montaria. “Sou reconhecido por onde ando”, diz. Para este ano o multicampeão trabalha com duas éguas nas credenciadoras. A história de Daniel Waihrich Marim Teixeira começou ainda mais cedo. Com 14 anos de idade, ele se tornou o ginete mais jovem a colocar um animal na final do Freio. Foi em 1994, quando ficou com o Bronze. “Não tinha noção (da importância do prêmio). Naquela época brincava de montar. Hoje dou muito mais importân-

cia”, analisa Daniel, referindo-se a sua aventura de adolescente. A precocidade foi o sinal do que o futuro reserva a ele. Aos 30 anos, o ginete tem em sua bagagem dois ouros da FICCC, um ouro, uma prata e quatro bronze do Freio. A disputa está mais acirrada a cada ano, lembra Daniel, resultado do nível técnico dos competidores. E nesse cenário enquadram-se as mulheres, que ainda têm uma marca a conquistar: o primeiro título da competição por uma representante do sexo feminino. É o que você irá ler a seguir.

Elas estrearam em 1995 Nenhuma mulher conquistou até hoje o Freio de Ouro. Uma barreira que o mundo crioulista ainda espera ver derrubada. A pioneira foi Eliana Sussenbach Vaz, que aos 16 anos conduziu o macho Relâmpago Tupambaé.


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eliana não conseguiu chegar à final porque o animal não realizou a andadura e já entrou galopando, o que fez com que a nota ficasse muito baixa nesta prova. “Depois fiz entre as melhores notas na prova de figura e paleteada, mas não foi suficiente.” A conquista da vaga foi emocionante, recorda a hoje médica dermatologista de 32 anos. “Tudo começou quando eu fui treinar com o Vilson Souza para competir na prova feminina (Celim de Ouro) e durante o treinamento o tio Vilson (como sempre o chamei) achou que eu podia mais e minha família também me estimulou. Iniciei o treinamento e me classifiquei em Montevidéu, abaixo de uma chuva intensa, o que deixou a prova ainda mais emocionante, porque o Relâmpago é excelente de função e naquele dia ele não me decepcionou! Após classificar fui direto ao Freio de Ouro realizar um grande sonho”, descreve a pioneira. A trajetória de Eliana foi curta no mundo crioulista. Após participar do Freio de Ouro ela não competiu mais por causa dos estudos. Estava no último ano do Ensino Médio e preparava-se para prestar vestibular. Ingressou na Medicina e, como conta, ficou sem tempo para se dedicar aos cavalos. Apenas agora voltou a montar, duas vezes por semana, em Porto Alegre, e em alguns finais de semana na Cabanha Cavalera, no município de Bagé (RS). Por ser a primeira mulher em uma prova com o predomínio dos homens, a ginete deparou-se com a aceitação e, ao mesmo tempo, o receio dos adversários, principal-

37

Eliana Sussenbach Vaz foi a pioneira entre as mulheres ao montar Relâmpago Tupambaé (à direita na foto) no Freio de Ouro de 1995, aos 16 anos, após se classificar em Montevidéu

mente na hora das provas mais fortes. Nada, porém, que a desanimasse. “Na primeira paleteada já coloquei o meu cavalo para cima do boi para mostrar que seria de igual para igual, pois o meu cavalo era muito bom nisso”, conta. A médica - casada com o também médico Rafael Grimm Vaz e mãe de uma menina de um ano e oito meses - acredita que chegará o momento em que uma mulher irá conquistar o Freio de Ouro,

embora a prova esteja mais competitiva. Em 2010 ela torceu e se emocionou com a apresentação de Soledad Ferreira, que ao lado de Caroline dos Santos Zagonel despontou na pista entre os outros 96 candidatos. Com La Tigra Chalchalero, Soledad ficou entre os dez melhores.

Curiosidades

- Na 29ª edição do Freio de Ouro o ginete Cézar Augusto Schhell Freire,

o Guto Freire, estabeleceu um recorde. Nada menos do que 12 cavalos e éguas ficaram sob sua responsabilidade. Seu esforço apareceu na pista. Nas categorias Macho e Fêmea ele levou à finalíssima Infinito do Infinito e Joaquina da Bezinha. Ele ainda conquistou o troféu de Melhor Ginete 2010. Ao final, bastante cansado, Guto prometeu montar menos animais este ano e investir mais na qualidade para disputar um título que ainda persegue.

- Em 2010 o campeão com os machos, Lindor Collares Luiz, também não teve tempo para descansar durante as provas. Ele conduziu duas fêmeas e três machos. - O sucesso nas pistas transformou vários ginetes em hábeis “professores”. Muitos oferecem aulas, cursos e centros de treinamento para quem deseja conhecer ou aprimorar a técnica. Qualquer pessoa, atualmente, pode aprender com um multicampeão das pistas.

Foto Felipe Ulbrich

Acompanhe a série Março - As 30 edições do Freio de Ouro Soledad Ferreira foi finalista do Freio de Ouro no ano passado e ficou entre os dez melhores montando La Tigra Chalchalero

Edição anterior - Como funciona a prova Este mês - Os ginetes campeões Junho - A prova ultrapassa as fronteiras Julho - A economia gira em torno do Freio Agosto - O presente: do espetáculo ao envolvimento familiar

(*) Para a realização dessa série também foram consultados o site da ABCCC e o livro

Freio de Ouro, uma história a cavalo, de Renato Dalto


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

38

Marcados e incentivos de alta qualidade em Tibagi Yéssica Lopes

Entre os dias 31 de março e 3 de abril, o município paranaense de Tibagi sediou Exposição Morfológica e sua 2ª Credenciadora ao Freio de Ouro, promovidas pelo Núcleo Caminho das Tropas de Criadores e Proprietários de Cavalos Crioulos e Cabanha Santa Carmelita.

Com apoio da prefeitura de Tibagi, o evento foi realizado no Centro de Eventos da cidade e contou com nível bom dos exemplares, tanto marcados quanto incentivos. O técnico da prova foi Jorge Aginelo do Nascimento e o jurado, João Luís Arísio. No Grande Campeonato, o destaque foi para o melhor colocado dos machos, que conquistou também a categoria de melhor exemplar. A avaliação Arísio considerou as fêmeas de grande qualidade, porém, muito jovens, o que acarretou na melhor titulação aos machos. “O macho já era adulto, um cavalo pronto, formado e, por isso, foi o Melhor Exemplar. A melhor fêmea ainda era um animal muito jovem. Na categoria Incentivo, os exemplares também eram muito bons, tanto machos como fêmeas”, comenta.

Resultado Fêmeas

Grande Campeã

Abadessa da Pena Branca, filha de Viragro Rio Tinto e Autoridade Charrua, criador Euro da Silva Taborda Ribas e expositor Tiago Henrique Wandscheer - Cabanha FTW, Campo Largo/PR Reservada Grande Campeã

La Pátria do Paraná, filha de FAT Ostigoso e Chilenita da Harmonia, criador Gino Claassen de Campos e ex-

positor Nestor Augusto/Jorge Rosas Demiate Jr. - Cabanha Santo Onofre, Ponta Grossa/PR

Fêmeas

Fotos Felipe Ulbrich Fotos J.G. Martini

3°Melhor Fêmea

Caratuva Amapola, filha de Viragro Rio Tinto e Sestrosa 187 Maufer, criador Eliseu da Silva Taborda Ribas e expositor Rodrigo Esber - Cabanha Lapa, Araucária/PR 4ª Melhor Fêmea

Santo Onofre Picucha, filha de FAT Ostigoso e Cafona do São Pedro, criador e expositor Nestor Augusto/ Jorge Rosas Demiate Jr. - Cabanha Santo Onofre, Ponta Grossa/PR

Machos

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão

Grande Campeã foi Abadessa da Pena Branca, do expositor Tiago Henrique Wandscheer, de Campo Largo

Paisano do Purunã, filho de BT Butiá e Despojada 656 do Itapororó, criador Mariano Lemanski e expositor Eder Ricardo de Castro Salgueiro Cabanha Itaimbé, Navegantes/SC Reservado Grande Campeão

El Camiño JB de Palermo, filho de CRT Guapo e Madame do Campestre, criador e expositor Otto Jayme Beckert - Rancho J B, Palmeira/PR

Reservada, La Pátria do Paraná

3º lugar foi para Caratuva Amapola

Santo Onofre Picucha ficou em 4º

Machos

3°Melhor Macho

Buen Abrigo do Rocio, filho de Itaqui do Salero Velho e Armadilha da Mutá, criador e expositor Felipe Puppi Ribas - Fazenda Nossa Senhora do Rocio, Balsa Nova/PR 4º Melhor Macho

Corralon Sombra, filho de BT Delantero e A La Pucha Sombra, criador Luiz Carlos Cassal de Albuquerque e expositor Jader, Michel e Ivonei Alberti - Cabanha Santa Carmelita, Tibagi/PR

Paisano do Purunã, de Navegantes/SC, foi escolhido o Grande Campeão e Melhor Exemplar da Raça

El Camiño JB de Palermo

3º lugar, Buen Abrigo do Rocio

4º colocado, Corralon Sombra


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

39

Lages realiza sua 3ª Exposição Morfológica com sucesso Maysa Maciel

Com um número expressivo de exemplares e elogiada organização, foi realizada a 3ª Exposição Morfológica promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Serra Catarinense, no município de Lages. O evento ocorreu nos dias 1º e 2 de abril, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, e reuniu 62 animais marcados e dez incentivos.

A mostra foi julgada por Marcelo Tellechea Cairoli, com supervisão técnica de Adolfo José Martins Neto. Além do julgamento também foram realizadas disputas de Tiro de Laço e Campereada. De acordo com o presidente

do Núcleo, Leonardo Camargo Alves, a exposição surpreendeu a todos pelo significativo número de inscritos. “Recebemos animais oriundos de diversas localidades do estado, exemplares de nível muito bom”, opinou. Alves ainda comentou sobre a satisfação do núcleo em receber criadores de outras regiões. “Ficamos muito satisfeitos, houve uma confraternização muito positiva.”

lim do Igiquiquá e Safira do Igiquiquá, criador e expositor André Luiz Narciso Rosa, Estância Guapuruma, Navegantes/SC

Resultados

3ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Menor

Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Adulta

Guapuruma Jandaia, filha de Zepe-

Reservada Grande Campeã - Reservada Campeã Égua Adulta

JT Recompensa, filha de Quebracho do Purunã e Muchachita da Rio Bonito, criador José Otávio Ferreira Telles e expositor Erni José Backes - Cabanha Rigorosa, Chapecó/SC

Mapuche Esta Si, filha de San Pedro Cauquen e Exibida de Pai Passo, criador e expositor Osvaldo e Renato Vacinaletti, Cabanha Mapuche, Pomerode/SC

4ª Melhor Fêmea

Canyon Reparona, filha de Níspero do Purunã e OK Consuelo, criador André Martins Narciso e expositor Robson Gustavo de Souza Vieira, Cabanha Estância Crioula, Urupema/ SC Machos

Grande Campeão - Campeão Potranco Menor

Farrapo do Morro Chato, filho de São João do Juncal Pandemônio e Juju do Aceguá, criador e expositor Marlus Arruda Silva, Cabanha Morro Chato, Painel/SC Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor

Guapo da São João do Burity, filho

de CRT Guapo e Gaviã do Itapororó, criador e expositor Alexandre e José Arlindo di Domenico, Fazenda São João da Burity, Campos Novos/SC 3º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor

Mapuche El Temporal, filho de San Pedro Cauquen e Mapuche Buena Moza, criador e expositor Osvaldo e Renato Vacinaletti, Cabanha Mapuche, Pomerode/SC 4º Melhor Macho - Campeão Cavalo Adulto Raio de Santa Odessa, filho de Chicão de Santa Odessa e Bellaca de Santa Odessa, criador Torquato Tasso Alano Petrarca e expositor André Ricardo Hoeschl, Cabanha Canaã, Lages/SC Fotos Mário Tissot

Guapuruma Jandaia foi eleita Melhor Exemplar da Raça

Reservada Grande Campeã, JT Recompensa, é de Chapecó

Potranco Menor Farrapo do Morro Chato foi o melhor macho

Guapo da São João do Burity é o Reservado Grande Campeão

Exemplares a campo são destaque em Dom Pedrito A 28ª edição da Exposição Morfológica de Outono de Dom Pedrito/RS contou com número e nível alto de animais. Realizada no dia 1º de abril pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Cypriano Munhoz Filho, o evento confirmou a tradição do município ao apresentar animais a campo de muita qualidade. A exposição contou com 48 exemplares participantes nos campeonatos, julgados pelo criador Luiz Martins Bastos Neto e sob super visão técnica de Luiz Francisco de Quadros Leite. Segundo o técnico da ABCCC, Dom Pedrito sempre destaca-se quanto à qualidade de animais,

principalmente os da categoria a campo e os trios. “Os animais estavam muito parelhos e de uma ótima qualidade, o que acirrou a disputa. A região da campanha tem um histórico excelente de apresentar bons animais a campo”, diz Leite. Outro destaque na mostra foi a categoria Potranca Menor, que trouxe para a pista exemplares raçudos e de estruturas excelentes. O jurado, inclusive, salientou o fato inusitado no Grande Campeonato das fêmeas. “A Grande Campeã e a Reservada saíram dos trios e acabaram vencendo. A terceira e a quarta melhor eram da categoria potrancas”, disse Bastos. (Maysa Maciel)

Resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã Campana Tutora, filha de BT Brazão do Junco e Campana Nicotina, criador e expositor Mário Moglia Suñe, Cabanha Campana, Bagé/RS Reservada Grande Campeã Campana Têmpera, filha de Mananero Jalisco e Campana Ida e Vuelta, criador e expositor Mário Moglia, Cabanha Campana, Bagé/RS 3°Melhor Fêmea

Acertada Cala Bassa, filha de Piraí 1441 do P1272 Destaque e Yo Soy Linda Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

Reservado Grande Campeão Quilero Ico, filho de Universal 331 Maufer e Margarida Ico, criador e expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS

4ª Melhor Fêmea Adrenalina Cala Bassa, filha de Honesto Simpatia e Almendra Cala Bassa, criador e expositor Marcelo Rezende Móglia, Cabanha Cala Bassa, Bagé/RS

3°Melhor Macho Guaycuru Relicario, filho de Tormento da Badana e BT Dina, criador Edmundo Torres Neto e expositor Frederico Wolf, Estância Santa Anna, Dom Pedrito/RS

Machos Grande Campeão Quilero Tero Real, filho de São João do Juncal Pandemônio e Quilero Meta Y Ponga, criador e expositor Eduardo Móglia Suñe, Cabanha Quilero, Bagé/RS

4º Melhor Macho Oitão de Rancho da Escondida, filho de Índio da Escondida e Gargantilha da Escondida, criador José Inácio e Vinícius Freitas e expositor Tiago Antoniazzi, Fazenda Santa Marta, São Gabriel/R


40

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

Animais promissores em Itaqui Maysa Maciel

“Notamos um crescimento enorme do cavalo Crioulo nesta exposição. A renovação da raça pôde ser observada pela grande qualidade dos incentivos e pela idade dos exemplares do grande campeonato”, coloca Ciro Manoel de Andrade Freitas, jurado da Exposição Morfológica realizada em Itaqui, no Rio Grande do Sul, no dia 8 de abril.

A mostra foi promovida pelo Núcleo Itaquiense de Criadores de Cavalos Crioulos, sob supervisão técnica de Paulo Armando Rebello Solheid, e contou com a participação de 43 exemplares marcados e 16 na categoria Incentivo. Segundo Freitas, a disputa foi bem competitiva e apresentou animais muito parelhos. “Além de muito bem organizada pelo Núcleo, a prova teve animais muito bons, parelhos e com boas estruturas. Os incentivos estavam bem apresentados e tanto machos quanto fêmeas apresentavam uma ótima morfologia”, diz. Sobre a grande campeã, Freitas ainda descreve que “a égua estava muito bem, mereceu ser escolhida a Melhor Exemplar da Raça porque tem muito futuro e é muito raçuda”.

O evento ainda contou com a realização da 1ª edição da Copa Mergulhão de Paleteadas, que teve a participação de 34 duplas e distribuiu mais de R$ 12 mil em prêmios.

Fotos Miguel Araújo

Resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã Passo Novo Estrela, filha de BT Inverno e Aurora do Passo Novo, criador Condomínio Agropecuário Duarte Molina e expositor Maurício Bastos Molina, Cabanha Passo Novo, Uruguaiana/RS Reservada Grande Campeã Tranca do Itapevy, filha de Bom Retiro do Itapevy e Garrucha do Itapevy, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS 3°Melhor Fêmea Esfinge Cimarron, filha de Santa Teresa Ambicioso e Xiba Cimarron, criador e expositor Fernando Fabrício de Faria Corrêa, Estância Aurora, Uruguaiana/RS 4ª Melhor Fêmea

Diamante Negro da Cabanha Santa Fé

Saturno do Itapevy

Passo Novo Estrela

Tranca do Itapevy

BT Veneranda, filha de BT Jade e BT Odalisca II, criador Flávio Bastos Tellechea, expositor Everson Boeira Machado, Uruguaiana/RS Machos Grande Campeão Diamante Negro da Cabanha Santa Fé, filho de La Frontera Tormento e Pampeana 99 Maufer, criador Gilberto Rodrigues de Freitas, expositor

Rodrigo Dias Bertin, Itaqui/RS Reservado Grande Campeão Saturno do Itapevy, filho de Água de Los Campos Y Maquena Cucarro e Guaxe do Itapevy, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS 3°Melhor Macho Bom Retiro Resoluto, filho de Nico

do Itapororó e Mimosa do Bom Retiro, criador e expositor Fermino Fernandes Lima Júnior, Cabanha Bom Retiro, Itaqui/RS 4º Melhor Macho Pirata do Itapevy, filho de Cônsuelo do Infinito e Espoleta do Itapevy, criador e expositor Ana Maria I. Matas e Vicente D. Matas, Cabanha Tarumã, Itaqui/RS

Número alto de participantes em Santa Vitória Julgada pelo ginete tricampeão do Freio de Ouro, Zeca Macedo, a Exposição Morfológica realizada no dia 8 de abril em Santa Vitória do Palmar foi um grande sucesso de público e participantes, reunindo 60 exemplares no Parque de Exposições do município. A Expo-Outono foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Pedro Arício de Souza e teve supervisão técnica de Rodrigo Teixeira. O destaque da mostra foi para a categoria Égua Prenhe, que contou com a participação de 17 exemplares inscritos. Além do considerável número de animais, o nível da prova também chamou muita atenção do jurado, que deu destaque à grande qualidade nas fêmeas. “Eu achei um nível muito bom, os quatro melhores cavalos estavam muito bem, mas tinha um número maior de fêmeas com chance de ganhar”, diz Macedo. Outro fato curioso foi que todos os animais que integraram as principais filas do julgamento, no grande campeonato de machos e fêmeas, foram expostos por criadores do próprio município, o que mostra o potencial e a qualidade

do trabalho desenvolvido com a raça em Santa Vitória do Palmar. (Maysa Maciel)

Resultados

Grande Campeonato Machos Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor Harmonia Temprano, filho de Ganadero da Harmonia e Coral Sombra, criador e expositor Harmonia Agricultura e Pecuária Ltda, Cabanha Harmonia, Santa Vitória do Palmar/RS Reservado Grande Campeão - Reservado Campeão Cavalo Menor Duerme Negrito da Tamanca, filho de Xiru Velho da Tamanca e Zorra da Tamanca, criador e expositor Lauro Cardoso Terra e filhos, Estância Tamanca,

Santa Vitória do Palmar/RS 3º Melhor Macho - 3º Melhor Cavalo Menor Domingo da Tamanca, filho de Ganadero da Harmonia e Refundanga da Tamanca, criador e expositor Lauro Cardoso Terra e Filhos, Estância Tamanca, Santa Vitória do Palmar/RS 4º Melhor Macho - Campeão Potranco Menor Pampeano 86 da Recalada, filho de BT Faceiro do Junco e Jardineira da Itaúna, criador Fábio Langlois Ruivo, expositor Cristiano Maximilla, Santa Vitória do Palmar/RS Fêmeas Grande Campeã - Campeã Potranca Menor Encrenca da Tamanca, filha de Xiru

Velho da Tamanca e A La Mierda da Tamanca, criador e expositor Lauro Cardoso Terra e filhos, Estância Tamanca, Santa Vitória do Palmar/RS Reservada Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Harmonia Percanta, filha de Ganadero da Harmonia e Thalia da Acauã, criador e expositor Harmonia Agricultura E Pecuária Ltda, Cabanha Harmonia, Santa Vitória do Palmar/RS 3ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Prenhe Canjibrina da Tamanca, filha de BT Cara e Corôa e Garufa da Tamanca, criador e expositor Lauro Cardoso Terra e Filhos, Estância Tamanca, Santa Vitória do Palmar/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã

Égua Prenhe Mercedita do Canguçu, filha de General de Santa Angélica e Esperança de Santa Angélica, criador e expositor Mauro Duarte Mabilde Silveira, Estância Santa Teresinha, Santa Vitória do Palmar/RS Categoria Incentivo Machos Campeão Bárbaro Mainá, filho de Sete Belo de Santa Edwiges e Rainha Mainá, criador e expositor Renato Solé e Filhos, Cabanha Mainá, Rio Grande/RS Fêmeas Campeã Buerana do Jarunã, filha de De Dar Gosto Marupá e Huertera da Boa Vista, criador e expositor Fabiano Lopes Almeida Costalunga, Cabanha Jarunã, Rio Pardo/RS Fotos Gabriel Flório

Grande Campeã

Reservada Grande Campeã

Grande Campeão

Reservado Grande Campeão


42

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

Região cinco mostra força em Bragança Paulista Douglas Saraiva

Junto à programação da 46ª Expoagro, no Parque de Exposições Doutor Fernando Costa, em Bragança Paulista, foi realizada Exposição Morfológica de cavalos Crioulos, entre os dias 9 e 10 de abril. O município da região Sudeste de São Paulo também recebeu os conjuntos que competiram em prova de Equinolatina, além de oito exemplares que participaram da Concentração de Machos, no dia anterior, e foram confirmados pelo técnico Cláudio Azevedo.

As provas, promovidas pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Vale do Paraíba e Sul de Minas, tiveram a grande presença de público e despertaram a atenção de muitos interessados. Durante os três dias da Expoagro, cerca de 60 mil pessoas prestigiaram a feira, organizada em uma das regiões mais prósperas do estado. Conforme o secretário do Núcleo, Eduardo Valassi, a boa aceitação mobilizou inclusive as secretarias do município que se comprometeram em qualificar o parque com pista e mangueira, para a realização de outras seletivas no ano que vem. O jurado da morfologia, Felipe Caccia Maciel, afirma que a mostra contou com exemplares de muita qualidade, oriundos de

criatórios da própria região. Entre os 41 animais em pista, destaque para a Melhor Exemplar, La Passion Estampa. “Uma potranca menor muito boa, nova, que acredito que deverá fazer uma campanha excelente, daqui para a frente”, avaliou Maciel, que ainda destacou a boa apresentação da categoria incentivo.

Resultados Grande Campeonato Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça La Passion Estampa, filha de Xingú Ibiá e Coronilha 188 de Nazareth, criador e expositor Francisco Martins Bastos e Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha La Passion, Barra do Quaraí/RS Reservada Grande Campeã Cobiçada do Barulho 671, filha de Ouro 18 do Aceguá e Florestina 130 do Barulho, criador Francisco Martins Bastos Sobrinho e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP 3ª Melhor Fêmea Esa Malvada da Recalada, filha de Charque Chingorioli e Garapa de Santa Edwiges, criador Fábio Langlois Ruivo e expositor João Correa, Santo Antônio do Pinhal/SP

Fotos Eduardo Valassi

4ª Melhor Fêmea Azulcena de São Pedro, filha de Truco de São Pedro e Tâmara de São Pedro, criador Eduardo Macedo Linhares e expositor Jeremias Eli dos Santos, Igarapá/SP Machos Grande Campeão Futuro da Matarazzo, filho de Xingú Ibiá e AS Malke Madona, criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP

Melhor Exemplar da Raça, La Passion Estampa

Reservada Grande Campeã, Cobiçada do Barulho

Futuro da Matarazzo foi o Grande Campeão

Bueno de Franz, Reservado Grande Campeão

Safira Bibarrense, filha de BT Tribuno e FM Flauta, criador e expositor Celestino da Silva Júnior, Haras e Pecuária Bibarrense, Duas Barras/RJ

Grande Campeão Senhor Bibarrense, filho de BT Tribuno e Hirta Bibarrense, criador e expositor Celestino da Silva Júnior, Haras e Pecuária Bibarrense, Duas Barras/RJ.

Reservado Grande Campeão Bueno do Franz, filho de Las Missiones de Já Hoje e Salamera da 3J, criador Adalberto Franz e expositor Karla Daniela dos Santos Saram, Cabanha Saram, Igaratá/SP 3°Melhor Macho Famoso da Matarazzo, filho de Xingú Ibiá e Lua Nova de Santa Edwiges, criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP 4º Melhor Macho Quilero Seu Moço, filho de Campana Naco e Quilero Niña-Linda, criador Eduardo Móglia Suñe e expositor José Carlos Vendramini Fleury, Cabanha Fleurycidade, Santo Antônio do Pinhal/SP Campeonato Incentivo Fêmeas Grande Campeã

Reservada Grande Campeã Vedete do Rancho Grande, filha de La Invernada Pascuero e Sereia do Rancho Grande, criador e expositor Isabel Sampaio Moreira Piegas, Fazenda Rancho Grande, Mococa/SP. Machos

Reservado Grande Campeão Sereno Bibarrense, filho de BT Tribuno e Lisandra do Cinco Salsos, criador e expositor Celestino da Silva Júnior, Haras e Pecuária Bibarrense, Duas Barras/RJ

Distrito Federal apresenta exposição de alto nível A Associação de Criadores de Cavalos Crioulos do Distrito Federal realizou, nos dias 7 e 8 de abril, a 9ª Exposição Morfológica de Cavalos Crioulos do estado. A prova aconteceu na Granja do Torto, em Brasília, e contou com a participação de 42 animais sob a supervisão do técnico da ABCCC, Heitor Cheuiche Coelho. O Melhor Exemplar da Raça foi Real Invido do Purunã, do expositor Jefferson Moreira, de Goiás. Segundo o jurado Álvaro Dumoncel, o nível dos animais foi excelente. “Há cerca de quatro anos eu não avaliava em Brasília e fiquei muito satisfeito com o crescimento que houve”, afirmou. O jurado salientou ainda que Brasília é um dos locais, distante do Rio Grande do Sul, mais ativos no ramo crioulista. “Existem cabanhas importantes, com bons investimentos e nota-se que

Foto Cibele Queiróz

Cabanha Butiá Ltda e expositor Felipe Takis da Costa, Cabanha Ftakis, Montes Claros de Goiás/GO Reservada Grande Campeã Estribillo Napa, filha de General de Santa Angélica e Estribillo Invernada. criador e expositor Ramiro e Déborah Madruga Costa, Cabanha Estribillo, Pedras Altas/RS

Jurado Álvaro Dumoncel afirma que Brasília é um dos locais, fora do solo gaúcho, mais ativos no ramo

eles querem melhorar.” Na ocasião houve ainda julgamento da categoria incentivo, que, segundo Dumoncel, apresentou um nível muito bom de animais. Paralelamente à morfologia, o evento também contou com uma Credenciadora ao Freio de Ouro. (Hélen Albernaz)

Resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas Grande Campeã Butiá Teimosia, filha de Butiá Olodum e Butiá Maluca. criador Sementes e

3ª Melhor Fêmea Alegria do Rincão Monarca, filha de João Barreiro do Barulho e Mulata 182 de Nazareth. criador e expositor Rodrigo Madeira Mombaque, Cabanha Rincão Monarca, Uruguaiana/RS 4ª Melhor Fêmea Garoa de Cristalina, filha de Entusiasmo de Santa Cinilda e Anday Cristalina. criador Cesar Sandri e expositor Alex Sandro Klein da Fonseca, Cabanha Ana Terra do Planalto Central, Novo Gama/GO Machos Grande Campeão e Melhor Exem-

plar da Raça Real Invido do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Espiã JB de Palermo, criador Mariano Lemanski e expositor Guilherme Sampaio Pissetti, Cabanha Topo da Serra, Balsa Nova/PR Reservado Grande Campeão TJ Senador da Timbaúva, filho de Santa Elba Cogollo e Itaperajú Barbuda, criador Telmo Motta Júnior e expositor Felipe Takis da Costa, Cabanha Ftakis, Montes Claros de Goiás/ GO 3°Melhor Macho DKP Coiote, filho de Muchacho de Santa Angélica e Guerreira da Escondida, criador Délcio Rodrigues Pereira, Haras Anchieta, Gama/DF 4º Melhor Macho Oficial de Santa Margarida, filho de CRT Guapo e Demônica de Santa Margarida, criador Rodolfo Belmonte Móglia e expositor Raul Machado de Lima, Fazenda Savana, Padre Bernardo/GO


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

43

Fêmeas são destaque na exposição em Pantano Grande Hélen Albernaz

O município de Pantano Grande, localizado na região centro oriental do Rio Grande do Sul, sediou no dia 9 de abril a II Exposição Morfológica promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalo Crioulo da cidade. O evento foi realizado no Centro de Remates de Pantano Grande e contou com a participação de 64 animais.

Segundo o jurado da mostra, Ricardo Pinto Torres, as fêmeas foram o grande destaque do julgamento. “Fiquei surpreso com a quantidade de animais e, principalmente, com a qualidade das éguas”, salientou. Responsável técnico da ABCCC, Olmiro Andrade Filho também destacou o nível bastante competitivo das fêmeas apresentadas. “A vencedora inclusive já foi premiada em Esteio”, afirmou.

Entre os animais que desfilaram na fila principal da exposição, o grande destaque ficou com a égua escolhida como o Melhor Exemplar da Raça, JA Guadalupe. A gateada, exposta por Alexandre Espíndola Araújo, foi a Terceira Melhor Fêmea da passaporte de Pelotas e já tem lugar garantido na seletiva de Esteio/RS.

Resultado Fêmeas Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça JA Guadalupe, filha de Xiru de Santa Edwiges e JA Santinha, criador José Antônio Anzanello e expositor Alexandre Espíndola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS Reservada Grande Campeã VV Única, filha de BT Delantero e

Piaçaba de Santa Edwiges, criador e expositor Victor Inácio Volkweis, Cabanha das Figueiras, Triunfo/RS 3°Melhor Fêmea Emblema Bertolini, filha de Butiá Leopardo e Princesa Solimas Bertolini, criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS 4ª Melhor Fêmea Fiesta de Quaraci, filha de Chicão de Santa Odessa e Intriga Maragato, criador e expositor Rosalie Tavares Negrini Jones, Cabanha Quaraci, Santa Cruz do Sul/RS Machos Grande Campeão La Passion Angüera, filho de Osasco de São Pedro e Baiuca do Retiro do Ouro, criador Francisco Martins Bastos e Jayme Monjardim Matarazzo e expositor Leônidas Burtet, Agropecuária Burtet, Cachoeira do Sul/RS

Reservado Grande Campeão JK do Tamboré, filho de Tamboré do Purunã e JA Sinhá Moça, criador e expositor Diego de Lucena Zanandréa, Cabanha Tamboré, São Francisco de Paula/RS 3°Melhor Macho Faraó Bertolini, filho de Oficial do Purunã e Herança da Glória, criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS 4º Melhor Macho Buenacho da Bazilicia, filho de Viragro Hijo Guapo e TL Barbela, criador Cleber Teixeira Nunes e expositor Karine Dias Giongo Silva Categoria Incentivo Fêmeas Grande Campeã Amapola de Quaraci, filha de Três F Potreador e Intriga Maragato, criador e expositor Rosalie Tavares Ne-

grini Jones, Cabanha Quaraci, Santa Cruz do Sul/RS Reservada Grande Campeã Gargantilha Bertolini, filha de Butiá Olodum e Nazária do Purunã, criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS Machos Grande Campeão Universo do Itapororó, filho de Roncador do Itapororó e Jandaia do Infinito, criador Nestor Jardim Neto/ Maria Jardim e expositor Joner Frederico Kern, Cabanha Duas Meninas, Arroio do Meio/RS Reservado Grande Campeão Las Espuelas Genitor, filho de Agua de Los Campos Y Maquena Criterioso e Capella La Invernada, criador e expositor César Adil Couto de Oliveira Souto, Cabanha Las Espuelas, Canela/RS Fotos Marcus Tatsch

JA Guadalupe foi escolhida o Melhor Exemplar da Raça

VV Única foi a Reservada Grande Campeã da mostra

O Grande Campeão foi La Passion Angüera

JK do Tamboré foi o Reservado Grande Campeão

Santa Maria mostra renovação da raça Animais jovens e muito bem preparados foram o grande destaque na Exposição Morfológica produzida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santa Maria entre os dias 14 e 15 de abril, no Parque da Universidade Federal do município. Os 59 exemplares que participaram da exposição foram julgados pelo criador Eduardo Móglia Suñe, que considerou a prova de alto nível, principalmente, por reunir jovens animais com muito futuro. “Os animais mais novos estavam muito competitivos. Isso é o resultado da busca das cabanhas por bons acasalamentos, o que traz uma melhoria na raça e

um grande futuro de seus exemplares”, diz Suñe. Bem como os exemplares do grande campeonato, que contou com potrancas de ótima qualidade e com um campeão potranco menor da FICCC, os incentivos também fizeram bonito na prova e confirmaram o futuro da modalidade. A entrega de premiação da prova, que teve supervisão técnica de Fernando Drummond de Mello, foi realizada durante um chá promovido pelas esposas dos criadores da região. A solenidade, que já é um costume no município, foi realizada no final do dia 15. (Maysa Maciel)

Veja os resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã Italuí Granada, filha de General de Santa Angélica e Perfídia do Italuí, criador e expositor Luiz Francisco Biacchi, Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS Reservada Grande Campeã JA Guadalupe, filha de Xiru de Santa Edwiges e Ja Santinha, criador José Antônio Anzanello e expositor Alexandre Espindola Araújo, Cabanha Marconi, Santana do Livramento/RS

3ª Melhor Fêmeas FR Afilhada, filha de Camb Toncho e FR Pantera, criador e expositor Rocha Peccinin-irmãos, Fazenda Mato Alto, Santa Maria/RS 4ª Melhor Fêmea Fina Flor do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Havana dos Campos Neutrais, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS Machos Grande Campeão Rebuliço da Primavera, filho de Chicão de Santa Odessa e Esperança da Primavera, criador e expositor Flávio Xavier Krebs e Filhos, Estância da Primavera, São Vicente do Sul/RS

Reservado Grande Campeão Marconi Fogo de Chão, filho de Xiru de Santa Edwiges e Tira-Teima de Santa Edwiges, criador Alexandre Espíndola Araújo e expositor Maurício Wiesel Beltrame, Cabanha Mistério, Santa Maria/RS 3º Melhor Macho RVP Lero-Lero, filho de BT Haragano e Festança do Tero, criador e expositor Rodrigo Pacheco Ribeiro, Cabanha São Miguel, Tupanciretã/RS 4º Melhor Macho OF Itapitocai, filho de CRT Guapo e Urtiga do Pinhal, criador e expositor Santo Izidro e Ouro Fino Crioulos, Cabanha Santo Izidro e Ouro Fino, Santa Maria/RS


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

45

Destaque para as fêmeas na exposição de Canguçu Fotos Lia Goulart Terres

Fantasia do Liscano foi o Melhor Exemplar da Raça

Maysa Maciel

Com a presença de um grande público, a Exposição Morfológica promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Canguçu, no dia 29 de abril, reuniu 48 exemplares com grande destaque para as fêmeas.

Sob supervisão do técnico da ABCCC Cláudio de Azevedo Neto, a prova aconteceu em paralelo à 16ª Credenciadora ao Freio de Ouro do município e teve como jurado o criador Ciro Manuel de Andrade Freitas. Para Neto, a organização do evento estava excelente, com destaque aos investimentos do Nú-

Debochada do Alamo, a Reservada Grande Campeã

cleo em infraestrutura. “O local é novo e está muito bom. A diretoria do núcleo está investindo na prova e teve um grande retorno, tanto em público, quanto em participantes”, diz. Comprovando a superioridade das fêmeas na mostra, foi consagrada como Melhor Exemplar da Raça a égua Fantasia do Liscano, que se tornou Grande Campeã após competir na categoria éguas com cria.

Resultados ainda não ABCCC)

homologados

pela

Melhor Exemplar da Raça – Grande Campeã

O Grande Campeão foi Galo de Santa Edwiges

Fantasia do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e BT Macaca do Junco, criador e expositor Pietro e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda Liscano, Arroio Grande/RS Reservada Grande Campeã Debochada do Alamo, filha de Bo-

São Leopoldo Gatilho foi o Reservado Grande Campeão

4ª Melhor Fêmea Imperatriz do Quartel Mestre, filha de Viragro Rio Tinto e Lindaça do Quartel Mestre, criador e expositor Carlos Álvaro e Gabriel da Silva Neto, Estância Rincão de São João, Jaguarão/RS

chincho do Retiro e São Leopoldo Donzela, criador e expositor Felipe

Lontra Otero Ávila, Cabanha Alamo,

Machos

Pelotas/RS

Grande Campeão

3°Melhor Fêmea

Neutrais, criador e expositor Pietro

Galo de Santa Edwiges, filho de Tinajera Chambergo e Baioneta do Tamboré, criador e expositor Daniel Anzanello, Cabanha Santa Edwiges, São Lourenço do Sul/RS

Liscano, Arroio Grande/RS

Reservado Grande Campeão

Fina Flor do Liscano, filha de Festeiro do Itapororó e Havana dos Campos

e Giuliano Pereira Zanetti, Fazenda

São Leopoldo Gatilho, filho de Impulso do Itapororó e Revelação da São Leopoldo, criador São Leopoldo Agricultura e Pecuária e expositor Enilton Werner da Silva Vergara 3°Melhor Macho Segredo da Sia’dona, filho de San Ignacio Martirio e Campana do Strass, criador e expositor Deolinda Helena Coelho Dourado, Cabanha Sia’dona, Canguçu/RS 4º Melhor Macho Dito Cujo do Rebuliço, filho de Santa Teresa Ambicioso e Mañanero Apasionada, criador e expositor César Augusto Rabassa Hax, Cabanha Rebuliço, Pelotas/RS

Morfologia reúne grande público em Santo Cristo/RS Com a presença de exemplares de várias cidades do Rio Grande do Sul e destaque para as fêmeas participantes, foi realizada nos dias 9 e 10 de abril a Exposição Morfológica de Santo Cristo/RS, sob supervisão técnica de Jorge Aginelo do Nascimento. A disputa foi julgada pelo criador Sérgio Vieira Bertagnolli, que destacou a importância e a qualidade de evento para a região. “A exposição estava muito boa e contou com grande público, principalmente, porque reuniu participantes de várias cidades da região.” Tendo a participação de 46 exemplares, a prova consagrou como Melhor Exemplar da Raça a égua colorada Manhosa da Quitaúna, que conquistou o título por ser completa e com ótima estrutura. “A melhor exemplar da exposição é daquelas éguas que não importa com qual garanhão seja cruzada, vai sempre dar uma cria de qualidade”, qualificou o jurado. Mesmo com o grupo das fê-

Foto Charles Thiele

meas mais uniforme, o Grande Campeão conseguiu um grande destaque e arrancou elogios do jurado. “O garanhão tem um biótipo moderno excelente, o que fez ele se destacar em meio aos exemplares. Foi uma grande escolha e um título merecido”, completa. (Maysa Maciel)

Resultados

Foto Charles Thiele

Grande Campeão

O Melhor Exemplar, Manhosa da Quitaúna

TL Décima Rima, Reservada Grande Campeã

Foto Charles Thiele

Foto Taiane Zocchetto

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã

Itapororó, criador Paola Bacchin Schneider e expositor Fernando Alberto Scholze, Cabanha Dom Alberto, Santo Cristo/RS

Reservada Grande Campeã TL Décima Rima, filha de Ibirapui-

tã do Itapororó e Trigueira de São

Pedro, criador e expositor Bruno

Las Misiones Missioneiro, filho de Las Missiones Couro Cru e Querência de São Martim, criador e expositor Fernando Gonçalves do Nascimento, Cabanha Las Misiones, São Luiz Gonzaga/RS Reservado Grande Campeão Uivo do Purunã, filho de Hércules do Purunã e Justa do Purunã, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR 3°Melhor Macho

Manhosa da Quitaúna, filha de

Querosene do Elebê e Guarita do

Machos

Las Misiones Missioneiro, Grande Campeão

Uivo do Purunã, Reservado Grande Campeão

Berwig Tombini, Sementes e Caba-

Cruz Alta/RS

nha Tombini, Carazinho/RS 3°Melhor Fêmea

Maragata dos Três Pinhais, filha de BT Harmônico e Sinuosa dos Três Pinhais, criador e expositor Vílson Ao-

zane Bilibio, Fazenda Três Pinhais,

4ª Melhor Fêmea Magnífica de Santa Cinilda, filha de BT Harmônico e Demônica de Santa

Cinilda, criador e expositor Márcia Regina Gonsalves de Castro, Cabanha Santa Cinilda, Chiapetta/RS

Alto Astral do Parque, filho de BT Jurado e Farpa Liberal, criador Cabanha Fazenda da Serra Ltda e expositor Jauri Silva da Cunha, Cabanha Sinuelo, São Nicolau/RS 4º Melhor Macho Harmonioso Marca da Tradição, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Tabuleiro Comparsa, criador e expositor Paulo Gilberto Bochi Dorneles, Cabanha Vitória, Alecrim/RS


46

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

São Jerônimo mostra evolução Maysa Maciel

Com maior participação de criadores e um público bastante expressivo, vindo inclusive de fora do município, o Núcleo de Criadores de Criadores de Cavalos Crioulos da Região Carbonífera promoveu sua 5ª Exposição Morfológica de Outono, no município gaúcho de São Jerônimo.

A prova foi realizada no dia 16 de abril, sob supervisão do técnico da ABCCC Marcelo Montano Coelho, e contou com a participação de 46 animais confirmados e cerca de 20 na categoria incentivo. O julgamento da prova ficou a cargo do criador Lúcio Foutoura. Segundo Coelho, que julga as exposições morfológicas do município desde sua terceira edição, a qualidade da prova vem aumentando e superou o ano passado quanto à quantidade e à qualidade dos animais expostos. “Vieram mais criadores e os animais estavam muito bem preparados. A prova vem crescendo e isso demonstra o quanto a região está investindo na raça”, diz. A lobuna bragada Haragana da Charqueada conquistou o título de Melhor Exemplar da Raça. A égua, de propriedade e exposta por Jacó

Edmundo Weiand, Lajeado/RS, levou também os prêmios de melhor cola, lombo e aprumos. Entre os machos quem ponteou no grande campeonato foi Jango da Charqueada, também de propriedade de Jacó Edmundo Weiand.

Resultados Grande Campeonato Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Égua Adulta Haragana da Charqueada, filha de BT Delantero e Jandaia de São Pedro, criador Jacó Edmundo Weiand, expositor Jacó Edmundo Weiand, Cabanha da Charqueada, Vale Verde/ RS Reservada Grande Campeã Campeã Égua Menor Duquesa do Kentucky, filha de BT Lamborguine e Huertera da Escondida, criador Frazari Agropastoril Ltda, expositor Fabiano Martins Dias, Cabanha Martins, Novo Hamburgo/RS 3ª Fêmea - Campeã Égua Prenha Três Pontas Morena, filha de Campana Farrapo e BT Demônica, criador e expositor Luiz Mierczynski Neto, Cabanha Três Pontas, São Jerônimo/RS 4ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Égua Adulta Chalana do Caraguatá, filha de Aqui Estoy da Santa Juvita e Jóia dos Três Cerros, criador e expositor Antônio

Fotos João Inácio Coelho

Juarez da Silva Ramos, Cabanha Caraguatá, São Jerônimo/RS Machos Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Jango da Charqueada, filho de BT Delantero e Laços Espanhóis do Strass, criador e expositor Jacó Edmundo Weiand, Cabanha da Charqueada, Vale Verde/RS Reservado Grande Campeão Campeão Cavalo Menor Malambo do LG, filho de VV Palanqueiro e Flor do LG, criador Luiz Alencar Grazziotin, expositor Bento Gonçalves dos Santos, Cabanha BG, Triunfo/RS 3º Melhor Macho e Reservado Campeão Cavalo Menor Entrevero da Santa Juvita, filho de Aqui Estoy da Santa Juvita e Santa Thereza Encruzilhada, criador Émerson Peukert Schaedler, expositor Leones da Silva e Márcio Santos, Cabanha Dois Coqueiros, Taquari/RS 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Potro Menor Faraó Bertolini, filho de Oficial do Purunã e Herança da Glória, criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda Bertolini, Minas do Leão/RS Campeonato Incentivo Fêmeas Campeã Gargantilha Bertolini, filha de Butiá Olodum e Nazária do Purunã, criador e expositor Irani Bertolini, Fazenda

Jango da Charqueada foi o Grande Campeão da mostra

Haragana da Charqueada foi escolhida o Melhor Exemplar da Raça

O Reservado Grande Campeão foi Malambo do LG

A Reservada Grande Campeã foi Duquesa do Kentucky

Bertolini, Minas do Leão/RS Reservada Campeã Buerana do Jarunã, filha de De Dar Gosto Marupá e Huertera da Boa Vista, criador e expositor Fabiano Lopes Almeida Costalunga, Cabanha Jarunã, Rio Pardo/RS Machos Campeão Atentado do Caraguatá, filho de

Almirante do Caraguatá e Esbelta do Iruí, criador Antônio Juarez da Silva Ramos, expositor Carlos Henrique Scherer, Cabanha da Cali, Cachoeira do Sul/RS Reservado Campeão Três Pontas Ramão, filho de Três Pontas Real Invido e Três Pontas Jardineira, criador e expositor Luiz Mierczynski Neto, Cabanha Três Pontas, São Jerônimo/RS

Fêmeas são destaque em Pato Branco/PR O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Sudoeste do Paraná promoveu, dia 29 de abril, na cidade de Pato Branco/ PR, uma Exposição Morfológica que reuniu 41 exemplares no Parque de Exposições do município. A prova foi julgada pelo criador Luiz Francisco de Quadros Leite e apresentou um nível elevado de exemplares, com um destaque maior nas fêmeas. “As categorias Égua Adulta e Potranca Menor se destacaram muito nesta exposição. As fêmeas estavam muito parelhas e com ótimo biotipo”, diz Leite. Seguindo a premissa, consagrou-se como Melhor Exemplar da Raça a zaina Luna da Guerra, filha de BT Farsante e Lua de Mel do Purunã. “A Grande Campeã é uma égua muito equilibrada e, se posso dizer, tem nível de Expointer”, coloca o jurado. Além dos ótimos participantes, outro destaque do evento foi o público, presente em grande número, principalmente de Santa Catarina e do Paraná. No final de semana também foi realizada a Credenciadora ao Freio de

Ouro do município, que, assim como a morfologia, teve supervisão de Jorge Aginelo do Nascimento. (Maysa Maciel)

Resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça – Grande Campeã Luna da Guerra, filha de BT Farsante e Lua de Mel do Purunã, criador e expositor Agrícola Guerra Ltda e expositor Agrícola Guerra Ltda, Ca-

banha Guerra, Abelardo Luz/SC Reservada Grande Campeã Santa Tecla 07 Buena Suerte, filha de Jacarandá Peleador e Sapata de Santa Edwiges, criador e expositor Máximo Antônio Deud e Jamil Deud Júnior, Cabanha Santa Tecla, Clevelândia/PR 3ª Melhor Fêmea Rb Buena, filha de Herói do Monte Verde e Sereia da Rampa, criador e expositor Ralf Murilo Bertol, Cabanha Guepardo, Pato Branco/PR 4ª Melhor Fêmea

Tr Muchacha, filha de Ganadero da Harmonia e Baita da Boa Ventura, criador e expositor Eliete Vignaga Tonus, Cabanha Tradição Crioula, Pato Branco/PR Machos Grande Campeão Pai de Fogo da Escondida, filho de Índio da Escondida e Haragana da Escondida, criador e expositor José Inácio e Vinícius, Estância Escondida, Alegrete/RS Reservado Grande Campeão Galo da Charqueada, filho de Pozo Azul Deslinde e Gafieira da Luz,

criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Thiago Luiz Spessatto, TRD Cavalos Crioulos, Xanxerê/SC 3°Melhor Macho Luzeiro do Carumbé, filho de Índio do Boeiro e Iguapé 364 do Carumbé, criador e expositor José Carlos Fabrício Barbosa, Cabanha Santa Izabel, Uruguaiana/RS 4º Melhor Macho Santa Mônica Cerrito, filho de Cacho Lince e Hortência de São Pedro, criador Adolfo José Martins Neto e expositor Agrícola Guerra Ltda e Adolfo Martins Neto

Fotos Alexandre Freitas

O Melhor Exemplar da Raça foi a égua Luna da Guerra

Santa Tecla 07 Buena Suerte foi a Reservada Grande Campeã

Pai de Fogo da Escondida foi o Grande Campeão do julgamento

O Reservado Grande Campeão foi Galo da Charqueada


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

47

Raça presente na Expo Londrina Pâmela Seyffert

A Expolondrina reuniu mais de 100 exemplares da raça Crioula, em julgamento morfológico realizado no dia 16 de abril, em Londrina no Paraná. O tempo bom e a estrutura qualificada proporcionada pelo Núcleo Norte Paranaense de Criadores de Cavalos Crioulos foram alguns dos destaques do evento, que contou com a presença de grande público prestigiando a mostra.

De acordo com o técnico, Jorge Aginelo do Nascimento, a Expolondrina é um dos eventos mais importantes do Paraná, tanto pela estrutura do evento quanto pela qualidade dos animais apresentados. “Esta exposição é uma das maiores da América Latina e pela primeira vez os cavalos da raça participaram. Este é um avanço importantíssimo para todos nós”, disse. Tamanha qualidade foi apreciada também pelo presidente da ABCCC, Manuel Luis Benevenga Sarmento, que esteve na mostra e na inauguração da nova sede do Núcleo, assim como do vice-presidente de Relacionamento com os Núcleos, Mauro Rai-

mundi Ferreira, responsável por julgar a mostra. Segundo Nascimento, o nível dos animais estava excelente, em especial as fêmeas que proporcionaram uma disputa bastante competitiva. O reflexo desta qualidade foi o responsável por definir a potranca Ramon 129 Profana como Campeã Potranca Menor, Grande Campeã e Melhor Exemplar da Raça. “Acho que o evento estava perfeito. Foi tudo organizado de forma impecável”, concluiu.

Resultados Fêmeas

Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeã - Campeã Potranca Menor

Ramon 129 Profana; filha de Viragro Rio Tinto e Ramon 03 Amante Argentina, criador e expositor GER Administração e Participações S/A, Cabanha Valente, Porto Amazonas/PR Reservada de Grande Campeã - Campeã Égua Prenhe

Sinhá do Purunã; filho de Hércules do Purunã e Grandeza Simpatia, criador Mariano Lemanski, expositor Agropecuária Estrela do Sul Ltda, Agropecuária Estrela do Sul, Cruzeiro do Sul/PR 3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Menor

Fotos Divulgação

GP Querendona; filha de Quelen Curare e Harmonia JB de Palermo, criador e expositor Ricardo Guimarães Pereira, Fazenda Jerivá, Conselheiro Mairinck/PR 4ª Melhor Fêmea - 3º Potranca Menor

La Passion Esmeralda; filha Xingú Ibiá e Carmen Labareda, criador e expositor Francisco M. Bastos e Jayme M. Matarazzo, Cabanha La Passion, Barra do Quaraí/RS

Ramon 129 Profana, o Melhor Exemplar

Sinha do Purunã, a Reservada

Futuro da Matarazzo, o Grande Campeão

Forasteiro da Itaipú, o Reservado

Machos

Grande Campeão - Campeão Potranco Menor

Futuro da Matarazzo; filho de Xingú Ibiá e AS Malke Madona, criador e expositor Jayme Monjardim Matarazzo, Cabanha Villa Matarazzo, Amparo/SP Reservado de Grande Campeão - Reservado Campeão Potranco Menor

Forasteiro da Itaipú; filho de AS Malke Coronel e Homogênea do Agabê, criador e expositor Valmir Dallacosta, Cabanha Itaipu, Pato Branco/PR 3º Melhor Macho - Campeão Cavalo Adulto

Principe JB de Palermo; filho de CRT Guapo e Carona da Boa Vista, criador Otto Jayme Beckert, expositor Daniel Hungaro Driessen, Cabanha Driessen, Conselheiro Mairinck/PR 4º Melhor Macho - Reservado Campeão Cavalo Adulto

Orelhano Ico; filho de Centenário do Batovi e Doriana Ico, criador Frederico

Wolf, expositor Thiago Munhoz Cabau, Cabanha Dothi, Paraná

Campeonato Incentivo Fêmeas

Campeã Mini Incentivo

Buenaça da Sartor; filha de RZ No Me Toques da Carapuça e Bailanta do Império Crioulo, criador e expositor Rondinei Sartor, Cabanha Sartor, Pranchita/PR Campeã Incentivo

ZR Constantina; filha de Viragro Rio Tinto e Firmeza 1477 do 1040, criador e expositor Agropecuária Estrela do Sul Ltda, Agropecuária Estrela do Sul, Cruzeiro do Sul/PR

Reservada Campeã Incentivo

Estampa da Roraima; filha de Leco Chico e Porteña do Purunã, criador e expositor Rivadavia Fiorillo Menarim, Fazenda Roraima, Castro/PR Machos

Campeão Mini Incentivo

La Passion Fronteiriço; filho de Charque Lindo Nene e Carmen La Virtud, criador e expositor Francisco M. Bastos e Jayme M. Matarazzo, Cabanha La Passion, Barra do Quaraí/RS Reservado Campeão Mini Incentivo

GP Romancero Gitano; filho de Quelen Curare e FJC Balalaika, criador e expositor Ricardo Guimarães Pereira, Fazenda Jerivá, Conselheiro Mairinck/PR


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

49

Fêmeas foram superiores aos machos em prova de Viamão Pâmela Seyffert

Nem o tempo nublado atrapalhou as atividades da Festa do Arroz com Leite na cidade de Viamão, no Rio Grande do Sul. Na programação do evento, realizado no Parque do Sindicato Rural da cidade, foi realizada Exposição Morfológica de cavalos Crioulos. A mostra ocorreu no dia 29 de abril e reuniu participantes de inúmeros municípios gaúchos como Porto Alegre, Caxias do Sul e Guaíba.

Segundo o técnico, Marcelo Montano Coelho, a exposição estava bem organizada e contou com a presença de 88 animais. Além disso, foi a primeira parceria estabelecida com o Sindicato Rural de Viamão. ”O nível dos

cavalos estava excelente. Os machos e as fêmeas estavam ótimos.” De acordo com o jurado, José Inácio de Andrade Freitas, a exposição foi surpreendente, tanto pela quantidade quanto pela qualidade dos animais apresentados. “A fêmea foi o Melhor Exemplar da Raça e estava superior aos machos. Além disso, a participação dos jovens foi importantíssima, visto que isso significa que o futuro da raça Crioula está garantido na região”, destacou.

Resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Fêmeas Melhor Exemplar da Raça - Grande

Campeã - Campeã Égua Menor

Guerreira da Água Verde, filha de Inspetor de Santa Angélica e Ametista da Água Verde, criador e expositor Edson Silva da Silveira, Cabanha Água Verde, Viamão/RS Reservada Grande Campeã

Az de Ouros Donatela, filha de La Invernada Pascuero e Bombonera Gravatá, criador e expositor Eduardo Kessler Fleck e Filhos, Cabanha Az de Ouros, Gravataí/RS 3ª Melhor Fêmea - Campeã Potranca Menor

Três Cerros Alegria II, filha de Campana Naco e VF Alteza, criador Rafael Pons Suñe e expositor Matheus Drago de Almeida, Cabanha Tapera do

Reservado Grande Campeão - Campeão Cavalo Adulto

Pascoal, Bom Jesus/RS 4ª Melhor Fêmea - Campeã Égua Adulta

Alegria Apache, filha de Ramão de São Bibiano e Fortaleza Apache, criador Desidério Luiz Brusda e expositor CT Del Candieiro, Caxias do Sul/RS Machos

Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor

Quero Mesmo do Boeiro Branco, filho de Comandante da Velho Pedro e Harpa do Boeiro Branco, criador Bráulio Dinarte da Silva Pinto e expositor João Luiz da Silva Costa e Juliano S. Costa, Cabanha Estância Grande, Viamão/RS

Alado do Ribeirão Bonito, filho de Jalisco de Santa Angélica e Laura de Santa Angélica, criador Arison Jung e expositor Fernando Andrigreti, CT Del Candieiro, Caxias do Sul/RS 3º Melhor Macho

El Ideal Enlazado, filho de Santa Isabel Estandarte e El Ideal Campera, criador Leonardo Garcia Sabugal, expositor Luiz Fernando L. Aguiar, Criatório Paraíso, Viamão/RS 4º Melhor Macho

Impulso 22 da Recalada, filho de Santa Elba Señuelo e Silhueta Crioulo, criador Fábio Langlois Ruivo e expositor Edison Freitas de Siqueira, Haras 3S, Guaíba/RS Fotos Faby Mattos

Guerreira da Água Verde foi o Melhor Exemplar da Raça

Az de Ouros Donatela foi eleita a Reservada Grande Campeã

Quero Mesmo do Boeiro Branco foi o Grande Campeão

Alado do Ribeirão Bonito foi o Reservado Grande Campeão


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

51

Exposição Nuestros Caballos é destaque em Palermo Fotos Daniel Sempé

Douglas Saraiva

e expositor Tresarg S.A

O Parque de Exposições La Rural, em Palermo, Buenos Aires, foi novamente o palco de uma das principais seletivas morfológicas de equinos Crioulos da América Latina. O público, que tomou por completo as arquibancadas do espaço, pôde apreciar a excelente qualidade dos exemplares presentes na Exposição Nuestros Caballos.

Com a presença de criadores, expositores e admiradores da raça de diferentes localidades, a mostra foi realizada entre os dias 7 e 9 de abril, junto à Classificatória argentina ao Freio de Ouro 2011, além de outras provas funcionais promovidas pela Associación de Criadores de Caballos Criollos (ACCC) daquele país. A Exposição morfológica foi julgada por Marcelo Gaztambide (machos) e Santiago Tapia (Fêmeas), que escolheram Patrón Chico Guapo e Del Oeste Pampeana, como os Grandes Campeões.

Núcleo Serrano organiza prova em Petrópolis Durante os dias 15, 16 e 17 de abril o Núcleo Serrano de Criadores de Cavalos Crioulos organizou Exposição Morfológica e disputa de Team Penning (Campereada), durante a Petrópolis Rural. O evento ocorreu no Parque Municipal de Itaipava, município da região de Petrópolis, no Rio de Janeiro. De acordo com o técnico, Heitor Cheuiche Coelho, estas foram as primeiras provas realizadas na região, por isso, o evento foi importante para identificar expositores e criadores. “O evento foi bastante favorável. Nosso objetivo agora é expandir as competições e buscar associados para o núcleo.” As temperaturas amenas e o clima agradável do período facilitaram a troca de informações entre os 13 expositores cariocas que participaram do evento. Para Coelho a tendência é que a raça e as provas ganhem um maior destaque na região. “Foi possível perceber que muitos participantes não tinham

necio e Del Oeste Gambeta, criador Terceira Melhor Fêmea Coscojera Glotona, filha de Calfiao Mamao e Coscojera Bicicleta, criador e expositor Aguerre S.A. Cinco-Ar Valda foi a Reservada

Machos Grande Campeão Macho Patrón Chico Guapo, filho de BT Cabaret e Patron Chico Lina, criador e expositor Marcelo Gaztambide Reservado Grande Campeão

Melhor Macho, Patrón Chico Guapo

Charque Oro en Polvo, filho de Jaguel Dictador e Charque Granja,

Del Oeste Pampeana, do criador e expositor La Esperanza de Ballester, foi a Grande Campeã do evento

criador e expositor Sucessão Júlio Alberto Ballester

Resultado

Oeste Mutante e Del Oeste Pituca

Grande Campeã Fêmea

Reservada Grande Campeã Fêmea

Del Oeste Pampeana, filha de Del

Cinco-Ar Valda, filha de Cinco-Ar Se-

Fêmeas

contato com núcleos e que novos expositores estão interessados em promover a raça Crioula no Estado.” Ambas as provas não foram oficiais, no entanto, 33 animais participaram da Exposição, julgada pelo vice-presidente técnico da ABCCC, Ricardo Borges, e o Team Penning foi vencido por um trio de cavalos Crioulos, na disputa multirraças. Segundo o técnico o nível dos cavalos do Rio de Janeiro está bem elevado e o Núcleo Serrado já está elaborando um cronograma para desenvolver mais atividades da raça no Estado. Conforme o presidente do Núcleo, Luiz de Alencar Araripe Júnior, o evento foi um sucesso. “Foi a primeira vez que organizamos as provas. Estamos retomando o trabalho do núcleo e muita gente da região já se interessou. A raça despertou muito interesse. Acredito que nas próximas teremos ainda mais participantes.” (Pâmela Seyffert)

Resultados Machos

Melhor Exemplar da Raça, Grande Campeão e Campeão Cavalo Adulto RZ Taco da Carapuça, filho de BT Lamborguine E SJ Milonga, criador Rubens Elias Zogbi e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

Terceiro Melhor Macho

II, criador e expositor S.R.L. La Espe-

Del Paye Domingo Alegre, filho de

ranza de Ballester

BT Jiquiqua e Charque Domingue-

ra, criador e expositor Sílvia G. de Charque Oro en Polvo foi o Reservado Foto Flávia Araripe

Matteucci

4ª Melhor Fêmea e Campeã Égua Menor Milonga Niña do Sombrero, filha Xote do Jundiá e Calandria do Sombrero, criador José Henrique Galvani e expositor José Henrique Galvani, Cabanha Sombrero, Cachoeiras de Macacu/RJ

Campeão Incentivo Machos Retorno das atividades do Núcleo despertou a atenção de novos interessados na raça

Reservado Campeão da Raça e Reservado Campeão Cavalo Adulto Deputado da Maior, filho de Juquiri do Purunã e Gaita da Boa Vista, criador André Ricardo Souto Maior e expositor Márcio Mattos de Faria, Fazenda da Palha, Santa Rita da Floresta/RJ 3º Melhor Macho e 3º Melhor Cavalo Adulto Santa Alice Envido, filho de Jubileu do Itapororó e Santa Alice Roseta, criador Marcelo Bonfiglio Marçal e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ 4º Melhor Macho e 4º Melhor Cavalo Adulto Horizonte da Badana, filho de Tormento da Badana e BT Palometa do Junco, criador Uilson Silveira Machado e Filhos e expositor Marcelo Baptista, Cabanha Vale Verde, Guapimirim/RJ

Fêmeas Grande Campeã da Raça e Campeâ Égua a Campo Ponte Suela da Porteira de Ferro, filha de BT Macanudo e Trama da Sinhá, criador Diego Moscarelli Pinto/ Guilherme Xavier e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ Reservada Campeã da Raça e Campeã Égua Adulta

Santa Martina Hermano, filho de Piraí 1569 do Brazão e Xulipa do Acampamento, criador Alexandre Pons Suñe e expositor Marcelo Farias da Silva, Cabanha Treze Tilias, Cachoeira de Macacu/RJ Reservado Machos

Campeão

Incentivo

Palanque 180 do Jarau, filho de Palenque de São Bibiano e Jara da Branca, criador Martim Galant Giudice e expositor Valdevino Santos, Cabanha Humaitá, Curitiba/PR Campeã Incentivo Fêmeas

Hortência da Charqueada, filha de BT Neno e Gralha 179 de Nazareth, criador Jacó Edmundo Weiand e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

LAA Allegra, filha de Agua de Los Campos Y Maquena Criterioso e Boa Idéia da Quinta, criador e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

3ª Melhor Fêmea e Reservada Campeã Égua a Campo

Reservada Fêmeas

Manta Pampa Iço, filha de BT Juruna e Affonso Xispa, criador Frederico Wolf e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

LAA Angra, filha de BT Faceiro do Junco e Radija da Quinta, criador e expositor Luiz de Alencar Araripe Júnior, Fazenda Boqueirão, Areal/RJ

Campeã

Incentivo


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Morfologia

53

Outonal destaca expoentes da raça Douglas Saraiva

Com excelente presença de público na pista de provas da raça Crioula no Parque Assis Brasil, em Esteio/RS, foi realizado o julgamento da 9ª Expo Outonal, em paralelo à programação do 12º Bocal de Ouro. A mostra morfológica foi julgada por Eduardo Móglia Suñe e encerrou na manhã do dia 21 de abril, com AS Malke Sedutor e Almendra de São Pedro com as escarapelas de grandes campeões.

Foram inscritos 115 exemplares na exposição, sendo 92 animais marcados e 23 na categoria incentivo. Antes da mostra, porém, na terça-feira, dia 19, foi realizada Concentração de Machos sob orientação do técnico da ABCCC, Ricardo Guazzelli Martins, que também supervisionou o julgamento. Dos três animais concentrados, um foi confirmado e marcado pelo técnico. Em seu comentário final, após a definição dos grandes campeonatos, o jurado agradeceu a indicação de seu nome, feita pela diretoria da ABCCC, oportunizando-lhe julgar em uma pista tão importante como a da Outonal. “Estão aqui animais de excelente qualidade, de muito boa morfologia. Os criadores estão de parabéns”, disse. Entre os grandes campeões, destaque para o macho AS Malke Sedutor, da cabanha Malke Cerrito de Uruguaiana/ RS, que recebeu do criador Sandoval Caramori a faixa de Melhor Exemplar da Raça, além de ser premiado como Melhor Cola, Lombo e Cabeça. “Ele está em seu ápice. É um animal muito equilibrado, com bom garrão, cabeça e pescoço e que vende excepcionalmente a raça”, considerou Suñe. Além disso, AS Malke Tormento-TE - seu irmão inteiro - foi escolhido o 4º Melhor Macho da exposição. Sobre a Grande Campeã, o jurado salientou que ela representa muito bem a evolução da raça e o que se busca atualmente em uma égua Crioula. “Tem um pescoço muito bom, o garrão forte, caminha bem, assim como boa garupa e linha de cima.” Na sequência da Exposição Morfológica, o público presente foi convidado a se deslocar até o restaurante da ABCCC, no boulevard do Parque, onde foi organizado um coquetel para a entrega dos prêmios. À tarde, a partir das 14h, houve o início do julgamento morfológico do 12º Bocal de Ouro.

Resultado final da Expo Outonal Machos Melhor Exemplar da Raça - Grande Campeão - Campeão Cavalo Menor AS Malke Sedutor, filho de Mackenna Guindo e AS Malke Opinião, criador Agropecuária Schwanck Ltda e expositor José Schutz Schwanck, Cabanha Malke Cerrito, Uruguaiana/RS

Almendra de São Pedro, filha de Napoleão de São Pedro e Quíchua de São Pedro, criador e expositor Eduardo Macedo Linhares, Estância São Pedro, Uruguaiana/RS

3ª Melhor Fêmea - Reservada Campeã Potranca Menor Tropilha do Itaó, filha de Desafio de Santa Edwiges e La Gringa do Infinito, criador e expositor Cássio de Souza Bonotto, Cabanha Itaó, Santiago/RS

3º Melhor Macho - Reservado Campeão Potranco Menor Farrapo do Morro Chato, filho de São João do Juncal Pandemônio e Juju do Aceguá, criador e expositor Marlus Arruda Silva, Cabanha Morro Chato, Painel/SC

4ª Melhor Fêmea - 3ª Melhor Potranca Menor Esmeralda do Ribeirão Bonito, filha de Viragro Rio Tinto e Delta de Rosazul, criador e expositor Arison Jung, Cabanha Ribeirão Bonito, Guarapuava/PR

Campeão Cavalo Adulto Rebuliço da Primavera, filho de Chicão de Santa Odessa e Esperança da Primavera, criador e expositor Flávio Xavier Krebs e Filhos, Estância da Primavera, São Vicente do Sul/RS Reservado Campeão Cavalo Menor SJ Xadrez, filho de BT Fiador e Utopia de Santa Edwiges, criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS Reservado Campeão Cavalo Adulto Relâmpago do Itaó, filho de BT Cara e Corôa e Madrinha do Itaó, criador e expositor Cássio Souza Bonotto, Cabanha Itaó, Santiago/RS 3°Melhor Cavalo Menor Estilhaço do Caçador, filho de Santa Elba Señuelo e Ofélia do Purunã, criador e expositor Sandoval Caramori, Cabanha Caçador, Água Doce/SC 3°Melhor Cavalo Adulto RZ Talantero da Carapuça, filho de BT Lamborguine e Tropicália do Elebê, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS 4º Melhor Potranco Menor Fandango do Caçador, filho de Temporal do Purunã-Te e Ofélia do Purunã, criador e expositor Sandoval Caramori, Cabanha Caçador, Água Doce/SC 4º Melhor Cavalo Menor Domínio 857 Maufer, filho de BT Delantero e Turca 266 Maufer, criador e expositor Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS 4º Melhor Cavalo Adulto Caçador 04 Bolero, filho de Dom Carrasco do Purunã e FJC Bendita, criador e expositor Sandoval Caramori, Cabanha Caçador, Água Doce/SC Fêmeas Grande Campeã - Campeã Égua Menor

Fotos Felipe Ulbrich

Égua menor Almendra de São Pedro foi a Grande Campeã

Reservada Grande Campeã - Campeã Potranca Menor Esperança do Ribeirão Bonito, filha de Herdeiro do Itapororó e JÁ Trovoada, criador e expositor Arison Jung, Cabanha Ribeirão Bonito, Guarapuava/PR

Reservado Grande Campeão - Campeão Potranco Menor Caratuva Alcapone, filho de Viragro Rio Tinto e BT Quero Mana II, criador e expositor Eliseu da Silva Taborda Ribas, Cabanha Caratuva, Araucária/PR

4º Melhor Macho - 3°Melhor Potranco Menor AS Malke Tormento-TE, filho de Mackenna Guindo e AS Malke Opinião, criador Agropecuária Schwanck Ltda e expositor José Schutz Schwanck, Cabanha Malke Cerrito, Uruguaiana/RS

Fêmeas

Potranca menor Esperança do Ribeirão Bonito é a Reservada

Campeã Égua Adulta RZ Selva Negra da Carapuça, filha de BT Lamborguine e Folgada do Iguaçu, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS Campeã Égua Prenhe Rz Señora da Carapuça, filha de BT Lamborguine e Posteiro Joanna, criador e expositor Rubens Elias Zogbi, Estância da Carapuça, Cristal/RS Reservada Campeã Égua Menor Dalia Negra de Los Campos, filha de São João do Juncal Pandemônio e Indiana da Escondida, criador e Expositor Aldo Vendramin, Estância Vendramin, Ponta Grossa/PR Reservada Campeã Égua Adulta Utopia do Purunã-te, filha de Dom Carrasco do Purunã e Faceira II do Itapororó, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/ PR

Tropilha do Itaó foi eleita a 3ª Melhor Fêmea

Esmeralda do Ribeirão Bonito ficou em 4º

Machos

As Malke Sedutor, o Melhor Exemplar da Raça, é de Uruguaiana

Reservada Campeã Égua Prenhe Quarela Ico, filha de Cancioneiro do Portal Gaúcho e El Trapiche do Carrachi, criador e expositor Frederico Wolf, Cabanha São Desso, Dom Pedrito/RS 3ª Melhor Égua Menor Italuí Granada, filha de General de Santa Angélica e Perfídia do Italuí, criador e expositor Luiz Francisco Biacchi, Cabanha São Francisco, Caçapava do Sul/RS 3ª Melhor Égua Adulta Donzela do Jundiá, filha de Nico do Itapororó e Neca da Judiá, criador e expositor Frederico Ormazabal Sastre, Estância Anjo da Guarda, Uruguaiana/RS

Reservado Grande Campeão, Caratuva Alcapone, é de cabanha paranaense

4ª Melhor Potranca Menor Abadessa da Pena Branca, filha de Viragro Rio Tinto e Autoridade Charrua, criador Euro da Silva Taborda Ribas e expositor Tiago Henrique Wandscheer, Cabanha FTW, Campo Largo/PR 4ª Melhor Égua Menor Bt Ágata, filha de BT Delantero e BT Rocha, criador Condomínio Flávio Bastos Tellechea e expositor Mariana Franco Tellechea e Filhos, Cabanha Basca, Uruguaiana/RS 4ª Melhor Égua Adulta Sereia do Purunã, filha de Muchacho de Santa Angélica e Espiã JB de Palermo, criador e expositor Mariano Lemanski, Estância São Rafael, Balsa Nova/PR

3º Melhor Macho, Farrapo do Morro Chato

As Malke Tormento-TE, o 4º Melhor Macho


54

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Dom Pedrito reúne 37 duplas Maysa Maciel

Promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos Cypriano Munhoz Filho, a paleteada realizada no dia 3 de abril em Dom Pedrito, no Rio Grande do Sul, garantiu a presença de oito conjuntos na Classificatória de Paleteada de Alegrete/RS.

A prova foi julgada por Eduardo Móglia Suñe e Lindor Collares Luís e reuniu 37 duplas no Parque de Exposições Juventino Corrêa de Moura, sob supervisão da técnica de Luiz Francisco de Quadros leite. O selo de raça ficou com Bagunceiro 25 da Trovador. Comprovando a crescente qualidade dos exemplares em provas funcionais, a prova impressionou os jurados e o público. “As duplas estão cada vez mais uniformes. Antigamente a gente

conseguia ver os conjuntos que se destacavam, hoje a disputa é entre profissionais”, diz Collares. O jurado também falou sobre a grande qualidade de exemplares que participarão das classificatórias na modalidade. “Os ginetes e exemplares que participarão da Final da Paleteada vão ser definidos no detalhe. Hoje já não existe um conjunto mediano, o nível das provas é de bom a excelente.” A classificatória das regiões 2 e 3 será realizada em Alegrete/RS nos dias 14 e 15 de maio (leia mais na página 55 ).

Confira os habilitados

Grande público na competição de Fraiburgo

Mário Suñe com Capella Oigate e Carlos Souza montando La Bamba do Infinito Carlos Félix montando Itapitocai Guena e Manoel Pons com Querendão de Pai Passo Válter Marques com Barão de Dom Pulsério e Vanessa Castilhos montando Capanegra Morena Rosa Dario dos Santos com DS Iemanjá e Diego Torres montando Amparo Puacá Eduardo Souza montando Capanegra Fulana e Carlos Souza com Manta Pampa Tupambaé

(resultados ainda não homologados pela ABCCC)

Pablo Fialho com Atrevida da Pitangueira e Rogério Fialho montando Calhandra do Tablado

Anibal Torres montando Guaycuru El Zorzal e Diego Torres com Buenacha Tape

Tomáz Gonçalves montando Odilo Bolicho e Júlio César Hax com Demanda do Rebuliço

Em paralelo à Expofrai, a Associação Catarinense de Criadores de Cavalos Crioulos promoveu uma prova de paleteada que contou com grande público no dia 17 de abril, em Fraiburgo. O evento teve a participação de 11 conjuntos crioulos e habilitou duas duplas para a classificatória da modalidade que acontecerá em Lages/SC, no dia 5 de junho. Julgados por José Arlindo Di Domenico e André Narciso, os exemplares foram considerados bem preparados, enfrentando chuva e sol em uma disputa bem acirrada. “O nível dos animais era muito bom, o que dificultou a escolha das duas duplas”, diz Narciso. Além do elogiado desempenho dos animais, outro fator

que impressionou o jurado foi o grande público que compareceu ao evento. “As pessoas que estavam assistindo à prova e que não tinham ligação com cavalo ficaram pra prestigiar o evento. Isso foi muito bom pois a paleteada é uma prova que chama muito a atenção”, completa. (Maysa Maciel)

Confira os resultados (ainda não homologados pela ABCCC) André Rosa montando La Rinconada Golosa e Jarico Silveira com Guapuruma Farroupilha

Iúri Martins com Campeiro da Salca e Adolfo San Martin montando Libanês do Purunã

Santa Vitória realiza a 1ª Copa Mergulhão de Paleteada

Foto Gabriel Flório

Prova em Capão do Leão apresenta alta qualidade Foto Solano Ferreira

Animais bem preparados e gado de qualidade garantiram os bons resultados

Prova reuniu 37 duplas no parque de expsoições Juventino Corrêa sob a supervisão técnica de Luiz Francisco de Quadros Leite

Sob supervisão técnica de Fernando Drummond de Mello, o município gaúcho de Capão do Leão promoveu uma disputa de paleteada, reunindo 13 duplas julgadas por Rogério Delias e Clayton Jardel. Segundo Delias, a prova contou com grande qualidade dos exemplares e a estrutura do Parque Carvalho também colaborou no sucesso do evento. “O nível da prova foi bom, os animais estavam bem preparados e o gado e a pista

eram de qualidade”, diz. A disputa na localidade foi a penúltima oportunidade para as duplas da região tentar garantir uma

vaga na Classificatória de Paleteada das regiões 1 e 6, disputada em Pelotas no Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes. (Maysa Maciel)

Confira o resultado Eduardo Vidal com Mancha Crioulo do Itapororó e Eduardo Zambiano montando Butiá Leiser

Márcio Pereira montando Milonga JS do Trevo e João Francisco Silveira com Lua JS do Trevo

Lucas Maciel montando Abellina Guarani e Fernando Maciel com Nicotina Guaçú

Elton Gularti com Formoso de Santa Angélica e Alex Maciel montando BT Volare

Com um número expressivo de participantes, a 1ª Copa Mergulhão de Paleteada, promovida no dia 9 de abril em Santa Vitória do Palmar, pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da cidade, ofereceu uma premiação de R$ 12 mil para seus participantes. O evento foi realizado no Parque de Exposições do município e reuniu 31 conjuntos e o julgamento foi feito por Frederico Araújo e Joel Brião. Segundo Araújo, as condições da pista e o gado estavam excelentes e os participantes muito bem preparados para a prova. “Mesmo com a possibilidade de habilitação para a próxima etapa da modalidade, cinco duplas já tinham lugar garantido na classificatória e isso demonstra a qualidade dos participantes”, diz. “Além disso, os vencedores conseguiram alcançar mais de 90% de aproveitamento na disputa.” O selo de raça foi concedido pelo técnico da ABCCC responsável pelo evento, Rodrigo Rodrigues Teixeira, ao exemplar

Harmonia Maciel)

Temprano.

(Maysa

Veja os resultados (ainda não homologados pela ABCCC)

Paulo Barbosa montando Herdeiro da Ouro Branco e João Carlos Passos com Gandaia da Ouro Branco João Vítor Dutra com Iguaria da Morada Nova e Ricardo Peres montando RZ Santana da Carapuça Luís Vaqueiro montando Centenária do Silvano e Ricardo Peres com Azteca do Silvano Ricardo Peres montando SJT Chamameceiro e Luís Vaqueiro com Excêntrico da Princesa do Jacuí Jorge Patella montando Osorno Cigano e Lucas Sannes com Trago Forte da Tamanca Cristiano Kinzel com SR Paloma e Luís Vaqueiro montando Pascuero do Firmamento Gustavo Senna montando El Baqueano Pardo e Conrado Amaral com Naipe do Kantão Edson Pereira montando Minuano do Curral Grande e José Rafael Nunes com Urco Porre da Tamanca


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

55

Pelotas abre Ciclo de Classificatórias de Paleteada Yéssica Lopes

Uma situação inusitada ocorreu nas primeiras classificatórias de Paleteada do ciclo 2011, promovidas pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC).

No município gaúcho de Pelotas, pai, filhos e amigo de infância conquistaram as melhores colocações no final de semana que reuniu quase 40 conjuntos habilitados na região um (que compreende os municípios de Pelotas, Rio Grande, Jaguarão, Herval e arredores) e 17 duplas da região seis (de Porto Alegre, Caxias do Sul, Camaquã, Soledade e Santa Cruz do Sul). As duplas habilitadas nas 18 disputas realizadas na região Sul, Metropolitana e Serra do Rio Grande do Sul competiram na etapa semifinal das regiões um e seis, realizada dias 16 e 17 de abril, no Parque de Exposições Ildefonso Simões Lopes. Tais conjuntos foram julgados por Rouget Gigena Wrege e Manoel Vanderlei Gonçalves, sob a supervisão técnica de Rodrigo Teixeira. Mesmo sob tempo instável, a pista portou-se bem ao

drenar a água e a competição acirrada garantiu 20 duplas para a final da modalidade, realizada na Expointer, em Esteio/RS. “As duplas têm condições de fazer bonito em Esteio, pois estão bem preparadas e com bons animais. O Selo de Raça contribuiu para o aperfeiçoamento dos exemplares, o que acarretou no aumento da qualidade das provas”, explica Manoel. Emocionados, Júlio César Hax montando Demanda do Rebuliço e Tomaz Gonçalves com Odilo Bolicho obtiveram a melhor colocação no sábado, pela Região um. Apesar de correrem juntos há pouco mais de um ano, os ginetes mantêm amizade desde pequenos. “Não esperávamos ganhar. Trocamos a égua de última hora e ficamos muito surpresos com o resultado”, diz Gonçalves, também integrante da família que venceu pela Região seis. No domingo, Gilberto e Rodrigo Gonçalves, pai e filho, montaram Odilo Rodada e Odilo Capa Negra, alcançando a pontuação máxima. “Corremos juntos desde 98 e estamos bem mais aliviados por passar dessa etapa. Competimos ontem e, apesar de não classificar, meu outro filho conquistou

a vaga”, comenta Gilberto. De acordo com Mário Móglia Suñe, da Comissão de Provas Funcionais da ABCCC, o nível da Paleteada tem aumentado no decorrer dos últimos anos. “A competição está cada vez mais forte, tanto na qualidade dos animais quanto em termos de competidores. Nossa missão agora é ampliar o número de participantes para também atrair o público”, explica. O selo de raça da Região um foi para Gandaia da Ouro Branco. Na seis, ficou com Damasco da Reconquista. A próxima classificatória da modalidade será realizada em Alegrete/RS, entre os dias 14 e 15 de maio, e será disputada entre os habilitados nas regiões dois e três.

Resultado

Classificados Região 6 Rodrigo Gonçalves montando Odilo Capa Negra e Gilberto Gonçalves com Odilo Rodada Marcelo Fioravante montando Fábula do Bom Fim e Vasco Antônio da Costa Gama Filho com Escravo do Bom Fim Leandro dos Santos montando Vir-

Região 1

do Rebuliço e Tomaz Gonçalves com

Nei Eduardo Lima montando Tenente 263 Maufer e Fernando Weiand com Secretário 191 Maufer

João

João Victor Dutra montando Esperança da Morada Nova e Ricardo Perez com Garoa da Morada Nova

Branco

Consuelo da Camila e Irio Tupambaé foram os terceiros

Odilo Bolicho

Carlos

Passos

montando

Gandaia da Ouro Branco e Paulo Barbosa com Herdeiro da Ouro Rafael Suñe montando Consuelo da

Camila e Solimar Munhoz com Irio Tupambaé

Rudi Penso montando Carmencita do Mate Doce e Ildo Quevedo com Concertina do Mate Doce João Victor Dutra montando Flor de Masanilha da Morada Nova e Ricardo Perez com Lembrança da Morada Nova Rudi Penso montando Santa Alice Otário e Juarez Conceição com JA Amargo Cristiano Kinzel montando Sr Paloma e Luiz Vaqueiro Castro com Pascuero do Firmamento Luciano de Moura montando Oportunista 696 do Barulho e Álvaro Guimarães com Ícaro do Barulho

Anibal Torres montando Guaycuru El Zorzal e Diego Torres com Buenacha Tape

Diego Torres montando Amparo Puacá e Dario dos Santos com DS Iemanjá João Francisco Silveira montando

Missioneira II JS do Trevo e Volnei Chagas com Abaré de São Simão

João Francisco Silveira montando Junta de Prata do Trevo e Gustavo Silveira com Rinconada da Granja Ricardo Peres montando RZ Santana da Carapuça e João Vítor Dutra com Iguaria da Morada Nova

Gilmar Castro montando SJT Chamameceiro e Luís Vaqueiro com Excêntrico da Princesa do Jacuí

Classificados Região 1 Júlio César Hax montando Demanda

Região 6

Demanda do Rebuliço e Odilo Bolicho, montados pelos ginetes Júlio e Tomaz, tiveram melhor pontuação

Gandaia da Ouro Branco e Herdeiro da Ouro Branco

gílio da Manto Azul e Luiz Vaqueiro Castro com Damasco da Reconquista

Eduardo Anzanello montando JA Enxerida e Rivelino Barreto com Escarapela de Santa Edwiges

Fotos Solano Ferreira

Rodrigo montando Odilo Capa Negra e Gilberto com Odilo Rodada foram os destaques da sexta região

Fábula e Escravo do Bom Fim se classificaram em 2º

Virgílio da Manto Azul e Damasco da Reconquista


Eventos

Cavalo Crioulo Maio de 2011

57

Brasileiro e argentino vencem a Paleteada Internacional Douglas Saraiva

A integração entre um brasileiro e um argentino resultou no primeiro lugar na disputa final da Paleteada Internacional da ABCCC. Alinhados tanto dentro quanto fora da pista, Francisco Martins Bastos Sobrinho, montando Pistoleira do Barulho 766, e Fernando Pinasco, com La Passion Amañecida, foram os campeões da modalidade, decidida em Esteio/RS, junto à programação do Bocal de Ouro.

Após 12 corridas, paleteando o gado por uma estreita faixa sobre o barro da pista enlameada do Parque de Exposições Assis Brasil, já no início da noite de sábado, 23 de abril, a dupla que compete há sete anos juntos encerrou a prova com 72 pontos. A condução dos bois, nas 12 voltas de cada uma das 12 duplas de competidores, foi julgada por Marcelo Rezende Móglia e pelo argentino Gustavo Prena. Após a vitória, Sobrinho ressaltou que o resultado é fruto da parceria e do entrosamento da dupla. “Desde a primeira vez que competi na Paleteada Internacional, foi sempre com o Pinasco. Já corremos juntos em provas na Argentina, no Uruguai e, inclusive, na FICCC”, disse. “Correr com ele é como jogar com o Ronaldinho ou melhor, com o Maradona”, comparou. Pinasco, que corre no Brasil desde a primeira edição da prova como uma modalidade oficial da ABCCC, vê a Paleteada Internacional como uma disputa em crescimento no Brasil. “Está crescendo, muito lentamente, mas cresce tanto em qualidade quanto em quantidade. Eu agradeço ao Chico (Bastos), à sua família e à

Fotos Felipe Ulbrich

ABCCC por me oportunizarem participar desta prova.” Ambos reforçaram o convite para que mais criadores venham aderir à modalidade. “Precisamos de mais gente a cavalo dentro da pista. Correr é muito mais lindo do que olhar de fora”, afirmou Bastos. Na tarde de domingo, dia 24, foi aberta a possibilidade para novos interessados testarem a prova, formando dupla com um dos experientes competidores. O Selo de Raça da prova, concedido pelo técnico Ricardo Guazzelli Martins, foi dado à Pistoleira do Barulho 766. Feliz com a titulação de sua égua, Sobrinho descreveu. “Como criador, procuro produzir cavalos bons, vaqueiros e bonitos.”

Resultado 1º lugar Fernando Pinasco com La Passion Amañecida e Francisco Martins Bastos Sobrinho montando Pistoleira do Barulho 766 – Pontos 72 2º lugar Guilherme Abascal montando Pinheiro do Barro Vermelho e Carlos Loureiro de Souza com La Bamba do Infinito – Pontos 49 3º lugar Aluízio Perez montando Laçador Taquari e Carlos Loureiro de Souza com Viragro Asi Será – Pontos 41 4º lugar Francisco Martins Bastos Sobrinho com Calandria Consentida e Luís Felipe Ballester montando Madrugada Negra do Strass – Pontos 38 5º lugar Eduardo Loureiro de Souza com

Experiência de sete anos de parceria levou Sobrinho e Pinasco, com La Passion Amañecida e Pistoleira do Barulho 766, ao título

Campana Muy Amigo e Carlos Loureiro de Souza montando Água de Los Campos Y Maquena Guindo Santo – Pontos 36 6º lugar Diogo Jacques montando Mandinga Silvério e Luís Pedro Albuquerque com Mandinga Tocaia – Pontos 28 7º lugar Mário Suñe com Capella Oigate e Carlos Loureiro de Souza montando Capella Grossero – Pontos 26 7º lugar Renato Quadros montando Picumã da Ponderosa e Thiago Teixeira com Primavera da Ponderosa – Pontos 26 9º lugar Thiago Teixeira com Capella Orvalho e Carlos Loureiro de Souza montando Capella Pedro Milonga – Pontos 25

Guilherme Abascal e Carlos Loureiro de Souza foram os vice-campeões

10º lugar Luís Martins Bastos Neto montando Triunfo de Santo Ângelo e Fernando Pinasco com Relâmpago III da Tradição – Pontos 22 11º lugar Aluízio Perez com RPS Hercules 30 e Guilherme Abascal montando Capella Lageado – Pontos 13

Jurado argentino Gustavo Prena (E) recebe homenagem de Mário Móglia Suñe

12º lugar Pablo Rodrigues montando Homenageado do Boeiro e Francisco Martins Bastos Sobrinho com Íntegro do Boeiro – Pontos 0

Ginetes Aluízio Perez e Carlos de Souza com o troféu de terceiro lugar


58

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Núcleo da Serra Catarinense organiza Campereada Foto Mário Tissot

Douglas Saraiva

Após uma disputa bastante equilibrada, o trio formado por Arbolito da Quinta, Brisa da Invernada do Tanque e Farol Del Piá ficou com o primeiro lugar na Campereada realizada entre os dias 1º e 3 de abril, no Parque de Exposições Conta Dinheiro, em Lages/SC. A prova foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Serra Catarinense, junto à Morfologia, ao Tiro de Laço, à Concentração de Machos e à Palestra Técnica.

Os 12 trios inscritos competiram sob a avaliação dos jurados Carlos Camargo, Alexander Bertoni e Juliano Bertoni. A supervisão técnica ficou a cargo de Adolfo José Martins Neto. De acordo com o presidente do Núcleo, Leonardo Alves, a prova empolgou o público

Confira os melhores ranqueados 1º lugar Arbolito da Quinta, com Júlio César Gamborgi Ramos Brisa da Invernada do Tanque, com Celso Luís Rafaeli Farol Delpiá, com Hélio Nunes Tempo: 01‘23“65, 6 bois 2º lugar

Evento inédito reuniu grande público no Parque de Exposições Conta Dinheiro

presente. “Foi a primeira vez que o núcleo organizou uma Campereada e todos gostaram muito. O público ficou bastante empolgado. Com certeza no ano que vem vamos organizar a prova novamente.” Segundo Alexander Bertoni, um dos jurados, a presença de

ginetes experientes, acostumados com a lida campeira, elevou o nível da competição. “O trio vencedor se destacou na segunda volta, quando conseguiu fazer um aparte bem rápido, organizar o lote e entrar com o gado na mangueira em pouco tempo.”

Domingueiro da Escondida, com Alex Werner

Maragato da Várzea Cesar, com Rafael Oliveira PO Yucatan, com João Francisco Furtado Tempo: 01‘31“03, 6 bois 4º lugar Ibiza da Várzea, com César Irineu Pamplona Filho Lenda da Marca 32, com Sílvio Assunção Bacardi da Invernada de São Pedro, com Israel Zimermann Tempo: 01‘32“24, 6 bois

Maragata Meu Pai, com Diogo Costa

5º lugar

SC Sonhador, com Maurício Delfes

Amora da Igreja, com Júnior Cordova

Tempo: 01‘29“86, 6 bois

VBG Pinha, com Hélio Nunes

3º lugar

Compadre da Invernada de São Pedro, com Sebastião Vieira

BT Harpão, com Romão Francisco de Oliveira

Tempo: 01‘33“73, 6 bois


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

59

Equinolatina em Bragança Paulista Douglas Saraiva

O Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Vale do Paraíba e Sul de Minas realizou, entre os dias 9 e 10 de abril, a disputa funcional de Equinolatina, em Bragança Paulista/SP. A prova, que simula o trabalho de campo sem a utilização de gado, teve a presença de oito competidores, sendo premiados os três primeiros colocados.

A prova fez parte da programa-

ção organizada pelo Núcleo, que ainda teve Exposição Morfológica e Concentração de Machos, com a presença dos técnicos da ABCCC, Cláudio Azevedo e Felipe Maciel. O evento ocorreu junto à Expoagro, feira agropecuária que reuniu cerca de 60 mil espectadores no município da região sudeste de São Paulo. A Equinolatina é uma corrida contra o relógio na qual os conjuntos precisam completar um percurso e ultrapassar obstáculos

como contornar tambores e balizas, abrir porteiras, saltar traves e girar fenos. Conforme Eduardo Valassi, secretário do Núcleo, a modalidade vem ganhando novos adeptos na raça nos últimos anos e, inclusive, despertou a atenção de muitos interessados na ocasião. “Foi uma prova de alto nível, com tempos muito baixos, mesmo com a pista molhada. O público adorou”, disse. “Vários criadores que não participaram ficaram empolga-

dos e garantiram que no ano que vem estarão competindo.” Os três primeiros colocados receberam R$ 500,00, R$ 300,00 e R$ 200,00, respectivamente.

Resultados 1°lugar

Enxaqueca da Boca Braba Cabanha Rancho Queimado - Espírito Santo do Pinhal/SP

Ginete Alessandro A. N. Santos 2°lugar Fleurycidade Juguete Cabanha Tapanhão - Jacareí /SP Ginete Hélio Agostinho dos Santos 3°lugar Seresteiro da YB Cabanha Herança Gaúcha - Toledo/ MG Ginete Rogério Antônio Ferreira

Rosário do Sul realiza seu 1º Movimiento a La Rienda Buscando a integração e a participação de criadores e proprietários de cavalos Crioulos, o Núcleo de Rosário do Sul promoveu, no dia 2 de abril, sua 1ª edição da prova de Movimiento a La Rienda no Parque de Exposições Anannias Vasconcelos. O evento teve supervisão técnica de Christina Bandeira de Mello e contou com a participação de três exemplares na categoria amador e cinco na categoria profissional, julgados por Ronaldo Kreusch. Reunindo estreantes na modalidade, o jurado ainda ministrou uma palestra técnica antes da prova com objetivo de apresentar aos ginetes os regulamentos e as técnicas do La Rienda. Em crescimento no Rio Grande do Sul, a prova vem conquistando um público grande na região e o interesse dos participantes foi um dos grandes destaques do evento. “O La Rienda é uma pro-

va nova no Brasil inteiro e os animais ainda estão se adaptando à modalidade. Mas, com a boa vontade dos ginetes e proprietários a região vai crescer ainda mais no meio das rédeas”, diz Kreusch. Ainda segundo o jurado, a região gaúcha tem bons cavalos, que têm tudo para disputar a modalidade em qualquer outro lugar. “Faltou um pouco de técnica, de essência da prova, todos estão com muita vontade de se encaixar na modalidade, mas ela ainda é uma novidade para cavalos e ginetes. Tenho certeza que a próxima etapa vai estar muito melhor”, completa. Após a prova, que teve o apoio da Cabanha Mapuche, ocorreu a 3ª Resenha coletiva organizada pelo Núcleo, sob a supervisão da técnica da ABCCC, Christina Freitas Bandeira de Mello. As próximas etapas do La Rienda estão agendadas para ocorrer em

Joinville/SC, no dia 22 de maio, e em Bagé/RS, no dia 25 de maio. (Maysa Maciel)

Resultados

Categoria profissional 1º lugar Santa Augusta Cambona, filha de

3º lugar

Categoria Amador

Pipoca 121 do Metico, filha de Te-

1º lugar

rêncio do Telho Chico e Santa Alice

Neta, criador e expositor Ayrton Oliveira Marçal, Fazenda Boa Vista, Rosário do Sul/RS

Cavaleiro: Igor Bittencourt 4º lugar

Espantoso Tupambaé e Rainha de

Santa Adriana Pau Ferro, filho de

lherme Vasconcellos, Estância Santa

na de Santa Adriana, criador Carlos

Santa Alice, criador e expositor GuiAugusta, Rosário do Sul/RS Cavaleiro: Antônio Correa 2º lugar

Firmeza 1578 do 1040, filha de Piraí

Destaque de Santa Adriana e JoaquiAlberto Veríssimo da Costa e expositor Jorge Nei Severo Pires. Cavaleiro: Vagner Chuma 5º lugar

Vacilo do Campo Seco, filho de Chimarrão 09 do HV e Querida do Campo Seco, criador e expositor Fernando Camps Dominguez, Estância Santa Ambrosina, Rosário do Sul/RS Cavaleiro: Rodrigo Santos Louzada 2º lugar Farpa da Hora, filha de Butiá Entonado e Guará 134, criador Jorge Ney Soares do Amaral e expositor Miguel Ângelo Prates Schossler, Cabanha Marca 15, Rosário do Sul/RS Cavaleiro: Miguel Schossler 3º lugar

1040 do Brazão e Firmeza 1185 do

Seiva do Manantial, filha de BT Era

lo Tavares Móglia, Estância Firmeza,

criador Rafael Macedo Gregory e expositor Ricardo de Marqui.

Guará 153, filha de Butiá Entonado e Guará 109, criador e expositor Israel Gonçalves, Estância Guará, Rosário do Sul/RS

Cavaleiro: José Elivano

Cavaleiro: Gabriel Rigola

Candidato, criador e expositor PauBagé/RS

Cavaleiro: Rodrigo Giorges

Uma Vez e Gardênia do Manantial,


60

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Cristal/RS recebe a 3ª etapa do Enduro Solidário Maysa Maciel

Reunindo 11 exemplares, a ABCCC, com o apoio do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Camaquã e da Cabanha Sapato, realizou a terceira etapa do Enduro Solidário. A modalidade, que desde o mês de fevereiro vem doando um cavalo Crioulo para várias das Associações dos Pais e Amigos dos Excepcionais (Apaes), promoveu mais uma vez uma ação beneficente.

Com um nível de animais muito bom, o percurso escolhido nesta etapa foi o do município gaúcho de Cristal, onde está localizada a Cabanha Sapato. A supervisão técnica da prova foi feita pelo coordenador da Subcomissão de Marcha da ABCCC, Rodrigo Michelon, e a equipe veterinária contou com Fabiane Alves Michelon, Leandro Cruz Freitas e Paulo Miller. Para Miller, a prova superou todas as expectativas, principalmente, pela receptividade maravilhosa da Cabanha. “Apesar do mau tempo, que afugentou um pouco a população, a prova foi um belo espetáculo. O percurso estava ótimo e o nível dos animais muito bom. Todas as categorias foram bem disputadas”, diz. A disputa parelha surpreendeu os organizadores, que consideraram o percurso um dos melhores até agora. “Ginetes e animais estavam muito bem preparados e a distância entre os participantes foi mínima. Foi uma prova muito boa mesmo”, comenta Rodrigo Michelon. O patrocínio do Enduro Soli-

Fotos Etiane Nunes

dário é da Companhia Estadual de Energia Elétrica (CEEE) juntamente com a ABCCC. A próxima prova será realizada em Pelotas/RS, nos dias 9 e 10 de julho. Assim como nas outras etapas, a prova doará um cavalo Crioulo para a Equoterapia da Apae. Desta vez, o contemplado foi o município gaúcho de Camaquã.

Veja o resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Categoria 30Km “A” 1º lugar Montarás da Sotéia, filho de Luceroja da Sotéia e Estrela dos Oito Tentos, criador Parceria Agro Pecuária Sotéia e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete Henrique do Amaral 2º lugar Dureza do Rincão dos Xucros, filho de Veneno da Carovy e Paixão do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete Rodrigo Zambrano Categoria 30Km “B” 1º lugar Ponteira 222, filha de Pajarito La Invernada e Ponteira 74, criador Raul Annes Di Primio e expositor Luísa Martins Miller, Cabanha Laguna dos Patos, Pelotas/RS Ginete Paulo Miller 2º lugar Orgulhoso do Rincão do Barreto, fi-

Cabanha Sapato foi o pano de fundo para o percurso considerado um dos melhores até agora pelos organizadores

lho de Oriental Tupambaé e Radiosa do Rincão do Barreto, criador Parceria Rincão do Barreto e expositor Parceria Rincão do Barreto, Estância Rincão do Barreto, Dom Pedrito/RS Ginete Guilherme Peres 3º lugar FM Bela Dona do Cinco Salsos, filha de Notaço do Aceguá e FM Macarena, criador Felipe Mário Martins e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete Bernardo Kummer 4º lugar Raçudo do Rincão dos Xucros, cria-

dor e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete Jorge Pires Categoria 50km 1º lugar FM Bela Dona do Cinco Salsos, filha de Notaço do Aceguá e FM Macarena, criador Felipe Mário Martins e expositor Rogério Fabian Fick Kummer, Cabanha Ponche Verde, Dom Pedrito/RS Ginete Bernardo Kummer 2º lugar Intrusa do Rincão dos Xucros, filha de Gambeta da Várzea Grande e In-

vocada do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário Do Sul/RS Ginete César Galeano 3º lugar Infinito do Rincão da Querência, filho de Jaguel La Invernada e Juliana do Cinco Salsos, criador Luiz Cézar Silva Rodrigues e expositor Rogério Nunes de Oliveira Ginete Rogério Nunes de Oliveira Categoria 80Km 1º lugar Dele Ruta Del Camino, filho de Vitório do Cinco Salsos e Mulata do Cinco Salsos, criador e expositor Cabanha La Caminera, Cabanha La Caminera, Aceguá/RS Ginete Fernando Moreira 2º lugar Virtuoso do Rincão dos Xucros, filho de Veneno da Carovy e Baderna do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete Itamar Benites

Ginetes e animais bem preparados proporcionaram uma disputa equilibrada

Equipe técnica realizou os vet-checks ao longo do percurso da terceira etapa

3º lugar Valorosa do Rincão dos Xucros, filha de Veneno da Carovy e Odalisca do Rincão dos Xucros, criador e expositor Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS Ginete Jorge Pires


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

61

Marcha em Jaguarão testa a resistência da raça Fotos Maysa Maciel

Maysa Maciel

A 19ª Marcha de Resistência e a 11ª Marcha de Integração Dr. Rodolfo Malfatto Del Campo reuniram 29 exemplares na cidade gaúcha de Jaguarão. Os animais foram concentrados desde o dia 25 de março, com o objetivo de se igualar em condições competitivas, e largaram para a prova no dia 24 de abril com a chegada programada para o dia 8 de maio.

A largada da primeira etapa da prova foi realizada no Sindicato Rural do município, pelo diretor da Marcha de Resistência da ABCCC, Paulo Gomes Móglia, que elogiou a boa organização e o nível excelente de animais este ano. “O preparo, além do número expressivo de participantes, está realmente impressionando a todos. Todos os animais estão em condições de vencer a prova”, disse Móglia. Os exemplares percorreram uma distância de 750 quilômetros, entre etapas livres, reguladas e semirreguladas nos 15 dias de prova. Com 19 anos de vivência na marcha, o coordenador do evento, Luiz Carlos Albuquerque, coloca que os animais da modalidade têm evoluído muito, apresentando uma melhora constante. “Nenhum cavalo apresentou lesões antigas ou inconstância na concentração. Isso é sinal de que os exemplares foram muito bem

Os participantes largaram para a marcha na sede do Sindicato Rural de Jaguarão

preparados, mesmo antes de virem para a prova. É profissionalismo, a preocupação com os participantes veio antes e isso é muito importante”, disse Albuquerque. Além do alto nível dos animais, o clima jaguarense colaborou com ginetes e animais nestas primeiras etapas. Os termômetros não ultrapassaram os 20ºC. “O tempo vem ajudando muito. O calor é um dos maiores inimigos da prova. Cansa mais, tanto o cavalo quanto o ginete”, completa Albuquerque. O evento, organizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Jaguarão em parceria com a Associação, também apresentou novidades no cuidado com os cavalos. Além da equipe veteri-

Após 30 dias de concentração os animais partiram em iguais condições

Percurso exigiu perícia e resistência tanto dos animais quanto dos ginetes

nária, que acompanha os animais desde a concentração, foi utilizada uma mangueira para banho terapêutico, para os exemplares com dores musculares. Ao total, foram percorridas 15 etapas, sendo quatro reguladas, oito semirreguladas e três livres. Os grandes vencedores da 19ª Marcha de Resistência podem ser conhecidos na próxima edição do Jornal Cavalo Crioulo ou no site oficial da ABCCC.

Veja os participantes Categoria Éguas Paysana da Estancinha, filha de Pajarito La Invernada e Querência da Estancinha, criador Nelson Dutra da Silva e proprietário Pedro Soares da Silva, Condomínio Rural Sima, Jaguarão/RS Índia do Rincão da Querência, filha de Jaguel La Invernada e Opereta do Cinco Salsos, criador e proprietário Luiz Cézar Silva Rodrigues, Sítio Querência, Aceguá/RS Pepita da Santa Elizabeth, filha de Relincho La Invernada e Ponteira da Santa Celinea, criador Rubens Gonçalves Marques e proprietário Gilberto Gonçalves, Cabanha Odilo Gonçalves, Jaguarão/RS Tirana da Legenda Campeira, filha de Cincerro da Legenda Campeira e Lalá do Cabeto, criador e proprietário Talai Djalma Selistre e filhos, Cabanha Legenda Campeira, Canguçu/ RS

te de Santo Ângelo e Pipoca 1502 da Tradição, criador e proprietário Luiz Alberto Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS

Tradição e Salamanca da Itaúna, criador e proprietário Antônio Carlos Rodrigues Marques, Estância Santo Antônio, Jaguarão/RS

Criança Corralera, filha de As Malke Juramento e Criança Barranca, criador e proprietário Sérgio e Álvaro Affonso de Azevedo, Estância As Crianças, Jaguarão/RS

Hera de São João, filha de Rincão do Cinco Salsos e Tirana de São João, criador e proprietário Parceria Agro Pecuária Rodeio, Cabanha São João, Bagé/RS

Maldade do Rincão dos Xucros, filha de Gambeta da Várzea Grande e Esbelta do Rincão dos Xucros, criador e proprietário Condomínio Irmãos Zambrano, Cabanha Rincão dos Xucros, Rosário do Sul/RS

Índia de Santa Elizabeth, filha de Relincho La Invernada e Ponteira de Santa Celinea, criador Rubens Gonçalves Marques, proprietário João Carlos Bandeira Affonso e irmãs, Estância Santa Ilza, Jaguarão/RS

Jararaca Sombra, filha de Pajarito La Invernada e Nevoa Sombra, criador e proprietário Luiz Carlos Cassal de Albuquerque, Estância São Luiz, Jaguarão/RS

Boléia Jac, filha de Curru Tue Canário III e Carona Jac, criador e proprietário João Antônio Borges da Cunha, Estância Vista Alegre, Santana do Livramento/RS

Galga do Rincão da Querência, filha de Jaguel La Invernada e Opereta do Cinco Salsos, criador e proprietário Luiz Cézar Silva Rodrigues, Sítio Querência, Aceguá/RS

Milonga do Palomy, filha de Clark do Barro Azul e Corruira, criador e proprietário Condomínio Nestor de Lima Piuma, Estância Palomy, Jaguarão/RS

Urutu da Salamandra, filha de BT Muchaço do Junco e Jibóia da Salamandra, criador e proprietário Joarez Elias de Freitas, Cabanha Salamandra, Uruguaiana/RS

Categoria Cavalos Castrados Ponteiro Affonso, filho de Quinchador do Quilombo e Pretenciosa do Cerro Negro, criador e proprietário José Raul Azambuja Di Primio, Estância do Rancho, Jaguarão/RS

Mandinga Mala Suerte, filha de Tinajera Chambergo e Berachi Sombra, criador e proprietário Bayard Bretanha Jacques, Cabanha Os Tuco Tuco, Jaguarão/RS Gaviona do Rincão da Querência, filha de Jaguel La Invernada e Noiva do Cinco Salsos, criador e proprietário Luiz Cézar Silva Rodrigues, Sítio Querência, Aceguá/RS Solange da Bandeira, filha de Sargento do Capão Redondo e Eliane da Bandeira, criador e proprietário João Carlos B. Affonso Neto e irmãs, Estância Bandeira, Jaguarão/RS Macanuda da Santa Anita, filha de BT Macanudo e Pipoca da Santa Anita, criador e expositor Vítor Hugo Marques Rosa, Estância Santa Anita, Jaguarão/RS Mandinga Araucania, filha de Curru Tue Canário Iii e Surpresa Sombra, criador e proprietário Bayard Bretanha Jacques, Cabanha Os Tuco Tuco, Jaguarão/RS

Affonso Sapeca, filha de Las Callanas Bailongo e Affonso Xucra, criador e proprietário Fernando Rodrigues, Estância Boa Vista, Jaguarão/RS

Equatoriana dos Faria, filha de Equador Tupambaé e Chambona dos Faria, criador e proprietário Parceria Schiehll Faria, Fazenda Rincão Do Barreto, Dom Pedrito/RS

Floreio Kournikova, filha de Mandan-

Gajeta da Itaúna, filha de Falcão da

Simbronaço do Rincão do Telho, filho de Tinajera Chambergo e Caibaté Flôr da Bretanha, criador e proprietário Lineu Albuquerque de Faria Passo, Fazenda Progresso, Jaguarão/RS Curió da Tradição, filho de Imigrante da Tradição e Lisa 1806 da Tradição, criador e proprietário Luiz Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS Brasiliano da Tradição, filho de Imigrante da Tradição e Anuba 838 da Tradição, criador e proprietário Luiz Martins Bastos, Estância Nazareth, Uruguaiana/RS Oficial Maragato, filho de Afamado de Santa Angélica e Fábula Maragato, criador e proprietário Luiz Gonzaga C. Barros Salles Filho e filhos, Cabanha Maragato, Bagé/RS Truco 233 Maufer, filho de Mananero Jalisco e Preciosa 87 Maufer, criador e proprietário Maurício e Fernando Lampert Weiand, Cabanha Maufer, Cruzeiro do Sul/RS Piraí 1133 do Candidato, filho de Candidato Simpatia e Santa Thereza 346 do Piraí, criador e proprietário Paulo Tavares Móglia, Estância Firmeza, Bagé/RS


62

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Laço movimenta três estados no mês de abril Foto Mário Tissot

O ciclo 2012 do Laço segue firme, e mobilizou 211 duplas somente no mês de abril. Em cada uma das sete provas do período, a presença do público foi marcante e reforçou a paixão dos adeptos pela modalidade. Saiba a seguir como foram as armadas.

A estrutura e o gado de qualidade contribuíram para o sucesso da prova que reuniu 33 duplas em Lages/SC

Disputa com 33 duplas em Lages

Promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos da Serra Catarinense, o Crioulaço realizado entre os dias 2 e 3 de abril no município de Lages foi considerado um grande sucesso de público e participantes, reunindo 66 exemplares em pista. A prova, julgada por Jonas Ferreira, Ivanir Arruda e Rafael Arruda, classificou dez conjuntos para a Final do Tiro de Laço 2012 do Rio Grande do Sul, que será realizada em Santa Maria, em abril. Segundo o técnico da ABCCC Adolfo José Martins Neto, a disputa reuniu bons animais e a infraestrutura do evento também estava muito boa. “O local estava muito bem preparado para a prova, o gado era de grande qualidade e a pista também”, diz Neto, que concedeu o Selo de Raça do Crioulaço à exemplar Aparecida do Lageado da Cruz. O município também contou com uma disputa de Laço Criador, disputada entre nove participantes tendo classificado quatro para a final da modalidade. (Maysa Maciel)

Resultados (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Tiro de Laço Alex Werner montando EP Jambo e Diogo Costa com Maragata meu Pai Gelci de Oliveira com CAC Cajuru Chibata e Maico Oliveira montando Belíssima do Herdeiro Alex Werner com Domingueiro da Escondida e Diogo Costa montando CAC-F-179 Gelci de Oliveira montando Nativa do Pago Santo e Maico de Oliveira com D’Ana da Salvador Leandro Rafaelli com Espora da Invernada de São Pedro e José Cordova Jr com Compadre da Invernada de São Pedro Márcio Souza montando Altanero da

Crioulaço e três participantes no Laço Criador. Sob supervisão técnica de Christina Bandeira de Mello, oito conjuntos e dois participantes do Laço Criador estão aptos a participar da classificatória da modalidade, que será realizada em abril de 2012 no município gaúcho de Santa Maria. O Selo de Raça do Tiro de Laço foi para Lambança da Tropilha Mansa, da Cabanha São Marcos, em Alegrete. (Maysa Maciel)

Resultados Oigatchê e Diego Branco com Impac Místico Odair Neres da Silva com Andarilha da Estância Crioula e Joacir da Rosa montando EJCG Altaneiro José Hack montando Brisa dos Lagos e Albano Souza com Raposo La Bendicion Felipe César com Aparecida do Lageado da Cruz e Plínio Delfis montando Tabuleiro Novedoso Mateus Apolinário com Estancieiro do Barreiro e Reinaldo Camargo montando Índio do Tamanduá Laço Criador Maico de Oliveira com Belíssima do Herdeiro Luís Renato Ramos Filho montando Caraguatá do Capão do Gato Gelci Rosa de Oliveira montando Guapo da Herdeira Robson de Souza com Andarilha da Estância Crioula

Carazinho reúne 35 duplas

Tempo bom e temperaturas amenas. Este foi o clima da prova de Crioulaço realizada no dia 10 de abril, dentro da programação do II Festança na Querência, Rodeio Internacional de Carazinho, no Rio Grande do Sul. A prova contou com a participação de 35 duplas no Tiro de Laço, sendo 11 delas classificadas para a final no Estado, e nove inscritos no Laço Criador. As premiações foram troféus para o primeiro e segundo lugar, de ambas as categorias. De acordo com o presidente do Núcleo de Criadores de Cava-

(ainda não ABCCC)

los Crioulos de Carazinho, Bruno Tombini, a adesão de competidores comprovou a tradição da região na modalidade. Na ocasião, a avaliação do Crioulaço foi feita pelo jurado Valdemar Barben. Segundo o técnico, Jorge Aginelo do Nascimento, a concorrência foi grande e ressaltou a participação do município. Uma das novidades foi o Laço Criador, realizado pela primeira vez em Carazinho. “As provas estavam bem concorridas. O Crioulaço Foi bastante acirrado”, ressaltou. O dia ensolarado foi um fator positivo durante a competição. Para Nascimento, os animais estavam muito bem apresentados. Além disso, a disputa de Laço Criador deve evoluir e reunir mais adeptos em breve no local. ”Foi muito importante a promoção dessa modalidade, justamente para valorizar a participação e o uso do cavalo pelo criador”, concluiu. (Pâmela Seyffert)

Resultados Tiro de Laço Vantuir Almeida com Buenastarde da Querência Xucra e José Sérgio Lopes montando Atrevido da Santa Johanna Natan Schneider montando Labareda do Monjolo e Eduardo Scain com Adaga do CHF Wagner de Carli com Comparça do Uruguay Phitan e Rafael dos Santos montando Enganada do Ouriço Leandro Bueno montando Daz Atrevido e Caetano Machado com Yguero Pala Gasto Vanderlei Machado com Bailarina do Taquaruçu e Roberto Meira montando Bailanta do Taquaruçu

Eder Despessel montando Berlinda de Santo Aniceto e Marcos Teodoro com Chita Bpires Mauro Steffen com Famosa da Ponta Negra e Anderson Weirich montando Zulu do Cedro Eduardo Quadros montando Favorita Ituzaingo e Rafael dos Santos com Cara Branca do Centenário Rodrigo Testolin com Permicência do Cambuchin e Wagner Lauerman montando Lendário dos Três Pastores Henrique Borges com Butiá Rambo e Chico Bueira montando Butiá Profeta Fábio Dapper montando Ilustre dos Três Pinhais e Tarso Barros com Vulcão do Hebelê Laço Criador Roberto Meira montando Bailanta do Taquaruçu Carlos Alberto Dias Rodrigues com Sedutor das Oito Palmas Roberto Meira com Bailarina do Taquaruçu Daniel Quadros montando DQ Alteza

Núcleo de Alegrete promove Crioulaço No dia 16 de abril, o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Alegrete promoveu, em parceira com o Centro do Cavalo La Campana, as disputas de Tiro de Laço e Laço Criador, valendo vaga nas finais das modalidades. As provas foram julgadas por César Fonseca, Almir Duarte e Amaril Becker e contaram com a participação de 29 duplas no

homologados

pela

Tiro de Laço Herton Goelsch com Pintura do Sá Brito e Pedro Goerch montando AV Sombreia 171 Gustavo Azevedo montando Saqueadora da Carapuça e Francisco Vieira com Bombom da São Calistro Anderson Almeida montando Quieta do Sá Brito e Enio Dinei Aurélio com roseta do Sá Brito Aury Vargas montando Inca II do Jacaraí e Rogério Ace com Nascente do Jacaraí Fábio Pedroso com Dois Esses Hebreu e Fabiano Dorneles montando Pastoreio da Tropilha Mansa Adil de Souza Oliveira montando Olvido da Tropilha Mansa e Jeferson Gorostide com Quilapy Quebranto Edmar Dorneles com Nata do Jacaraí e Evandro Bonet montando Dois Esses Hornada Elisando Migliorin montando Quilapy Pala-Velho e Filipe Santos com Ovelheiro da Tropilha Mansa Fábio Pedroso com Pesuelo da Santa Isabel e Fabiano Dornelles montando Bagunceiro do Tempo Laço Criador Lúcio Rincon Stacowski montando Upa e Truco da Querência Frederico Kasburg com Infinito da Chamarrita

Nova Prata integra ginetes da região

O Núcleo Biriva de Criadores de Cavalos Crioulos organizou nos


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos dias 16 e 17 de abril as provas de Tiro de Laço e Laço Criador. O evento ocorreu na Cabanha Coroados, em Nova Prata/RS, e promoveu a disputa por uma vaga na final do Rio Grande do Sul, disputada no município de Santa Maria. De acordo com o jurado, Diego Zago, a prova de Laço Criador não reuniu muitos participantes, mas o nível e a beleza dos animais deram um destaque à competição. Além disso, na disputa do Tiro de Laço, o índice de aproveitamento dos participantes foi elevado, assim como a qualidade dos animais. “O gado era excelente”, ressaltou. Mesmo com o tempo chuvoso, as duplas participantes apresentaram uma disputa bastante acirrada. A estrutura da Cabanha Coroados foi um dos destaques do evento, que obteve a participação de um bom público durante o final de semana de competições. “O evento em si estava bem organizado, mas seria interessante aumentar um pouco o espaço do brete”, indicou o jurado. (Pâmela Seyffert)

Resultados Tiro de Laço Adel Policárpio montando Bandoleiro 505 J. Ferreiro e Robson dos Santos com Geada do Retiro J. Ferreiro Roges Marson montando Pretto 334 Ladina e Juliano Santana com Índio do Rastro Marcos Ávila montando Hornero Tupambaé e Mauro Hoffman T com J Pampeiro Fernando Mesquita montando Pretto 281 Luna Tajada e Ulisses Colla com Pinheira Mattos Ronaldo Oliveira montando Demorado dos Altos B. Vista e Almir Vieira com Baita Macho do Encanto Adriano Moretto montando Ancora da Cabanha Xavier e Mateus Vieira com Carqueja do Saibro Roque Greff montando Bonfeitor de São Roque e Fábio Greff com Ocidente da Boa Vista João H. Cristianetti montando Destemida de São Roque e Gilberto Fonseca com Carabina SDP Rodrigo O. de Rosa montando Fsa Devassa e Eloir Xavier com Prata I da Lagoa Fábio Vagner Ferreira montando Mossoró da Macena e Vilmar Rodrigues com Bolicho da Santa Paz Marcos Ávila montando Harmonia do Boqueirão e Mauro Hoffman com Lichiguana Don Seival Jocinei Rebeschini montando Cabresto do Saibro e Alis dos Santos

Foto Divulgação

com Pretto 217 Esteio Gaúcho Luan Zatt montando Pretto 287 Soñadora e Daniel Rigo com Bandoleiro do Recanto do Boqueirão Márcio Orso montando Estrela da Invernia e Marcos Orso com Gladiador do Cinco Sete Jocinei Rebeschini montando Ogum Pousada dos Maragatos e Eleandro Berton com Bibiana do Passo do Pontão

63

Duplas experientes acirraram a disputa do Laço em Capão da Canoa , que contou com a participação de 42 duplas

Jeferson Invernisi montando Igarapé da Harmonia e Daniel Rigo com Toro Viejo da Granja Márcio Orso montando Badana do Imbé e Marcos Orso com Rosário Carqueja Raul Barretto montando FSA Guerreiro e Elbio Melara com HF Justiça Laço Criador Roque Greff com Bem Feitor de São Roque Evandro Klein montando Catiga da Cabanha do Prata Marcos Ávila com Harmonia do Boqueirão

Prova acirrada em Capão da Canoa

No dia 8 de abril, 42 duplas participaram do Crioulaço realizado em Capão da Canoa/RS. O evento ocorreu na pista do CTG João Sobrinho e foi promovido pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Litoral Norte. As provas foram avaliadas pelos jurados Luciano Santos e Evandro Schonardie e classificaram 14 duplas para a final do Rio Grande do Sul, que ocorrerá em Santa Maria. O Crioulaço teve a supervisão do técnico Rouget Gigena Wrege, que elegeu como Selo de Raça o cavalo Arunco Gravatá. Na ocasião também foi realizada disputa do Laço Criador que contou com cinco participantes. O Selo de Raça da categoria foi para a égua EJV Dama Linda. Segundo o vice-presidente do Núcleo, Tiago Peretto, que além de acompanhar a prova também competiu, a disputa foi bastante acirrada. “O laço teve um nível bem alto. O gado era muito bom e muitos dos participantes eram duplas aqui da região, acostumadas a competir. Como a prova aconteceu dentro de um rodeio bem grande aqui da cidade, tinha bastante público, com arquibancadas dos dois lados”, disse. (Hélen Albernaz)

Resultados Tiro de Laço Vagner Andrade com Minuano da Legenda Campeira e Dênis Batista montando Delicada da Viamara Marcelo Gama montando Arunco Gravatá e Lucas Peres com Discípulo

da IF Adilsom Pereira com Ginete da Querência Azul e Jonas Souza montando Alma do Tramamby Edson Santos montando Rincão de Santa Clara e Ezequiel Medeiros com Retiro de Santa Clara Claudiomar Oliveira com Herança da Morada Nova e Henrique Lumerts montando Data Venia Batucada Edson Carvalho montando Floreada da Sanga Funda e Gilmar Oliveira com El Trapiche Infinito 23 Dênis Batista montando Orégano da Querência Azul e Vagner Andrades com Boiadeiro do Bolicheiro Rodrigo Pacheco com Fuzarca da Marcamar e Marcos Trindade montando Nobre Gajo do Trinta e Oito Rafael Jardim montando Data Venia Bocal e Adair de Jesus com Quengo de São Bibiano Peterson Pinho com JSR Castelo e Marcelo Baratto montando EJV Dama Farroupilha Pepe Menegalli montando CM Tenente e Júlio Valim com Möller Fina Flor Tadeu Silveira com Gaúcho dos Sete Povos e Luciano Saraiva montando Nossa Bala do Trinta e Oito Adair de Jesus montando Cancionero do Recanto Crioulo e Ezequiel Medeiros com Norte da Sanguinha Sérgio Rodrigues com Matreiro do Trinta e Oito e Veneci Pires montando Deputado do Itapororó Laço Criador Tiago Peretto com Gatinha de São Cristóvão

Frio dificulta na serra catarinense

No dia 1º de maio, 17 laçadores se reuniram no município catarinense de Bom Jardim da Serra para tentar garantir vaga

na classificatória da modalidade. Apesar do tempo bonito, o principal contraponto enfrentado pelos ginetes foi o frio. A prova foi julgada por Danilo Nunes da Silva, Aldo Souza da Silva e Hermes Pinto de Arruda Neto. Segundo Danilo da Silva, os cavalos eram muito bons, mas o tempo atrapalhou um pouco os laçadores. “Tava muito frio e com esse tempo é meio complicado laçar, mas os classificados mereceram, foi um grande evento”, diz. Além da boa qualidade dos exemplares, a infraestrutura do evento foi muito elogiada. “A cancha era gramada e bem parelha. Além disso, o gado estava excelente o que ajudou muito na prova”, completa Danilo da Silva. O técnico responsável pelo evento foi Adolfo José Martins Netto. (Maysa Maciel)

Resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Gabriel Alano com Dom Floriano Couro Cru e Clério Goulart montando BJS Sol Fabrício Matos montando Velhaco Perau e Ederson Ramos com Navarco II Tupambaé Antônio Carlos com Rio do Rastro Goiana e Maurício Meurer montando Rio do Rastro El Niño Djalma Correa montando Yvituhatã Baquiano Cantador e Marciel Alves com SJ Xerga Saulo Souza montando Uirapuru Gravatá e Gabriel Cruz com BBC Estilhaço

Público presente em Itapetininga

Com presença de bom público e resultando em seis duplas habilitadas para uma das classificatórias na modalidade, São Paulo foi palco de um Crioulaço que reuniu 20 conjuntos, dia 30 de abril,

no Parque de Exposições de Itapetininga. A disputa foi promovida pelo Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos e contou com o julgamento de Antônio Carlos Barbosa e Eduardo Melo Gaudilho. Segundo o técnico responsável pelo evento, Rafael Sant’anna, o evento foi uma oportunidade de aprendizado sobre o cavalo Crioulo. “Houve bastante contato para obter informações sobre a raça. Tanto no Crioulaço quanto na Concentração de Machos, o público presente estava muito interessado”, diz. Além dos seis classificados, a prova consagrou Naipe 44 da Recalada, de Marcos Franciz Nassar, de Campina do Monte Alegre/SP, com o selo de raça da modalidade. “Era um animal bastante interessante, bem aprumado, com linhas corretas e um biótipo moderno. É bem o que procuramos para os moldes da raça”, completa o técnico. (Maysa Maciel)

Resultado (ainda não ABCCC)

homologado

pela

Matheus de Carvalho com Nário Tupambaé e Pedro Luiz de Carvalho montando Soberano do Barrozo Fábio Ponce Luz montando Astuto del Primor e Gustavo Fernandes com Campana Patron Viejo Edvaldo Sartori com Caliterra Constância e Fernando Galdino Camargo montando Medianoche do Mangrulho José Antônio Guimarães montando Campana Moro Viejo e Reinaldo Assis com Orgulho do Mineiro Valdinei Noronha com Primavera de São Firmino e João Guilherme Carvalho Acosta montando Entrevero da Velha Morada Luciano Camargo montando Mucholoco da Rio Bonito e Vanderlei Vaz Vieira com Moleca da Rio Bonito


64

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Jovens surpreendem na prova de Canguçu Fotos Lia Goulart Terres

Xirú Véio do Macanudo, com Pedro Ferreira, ficou em primeiro lugar na categoria infantil

O jovem ginete Diogo Xavier, foi o melhor na categoria juvenil, com JZ Vento Negro da Santa Mathilde

Maysa Maciel

Nove concorrentes e sete expositores. Estes foram os números da disputa de Provas Jovens promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Canguçu nos dias 30 de abril e 1º de maio.

Sob julgamento dos criadores Ciro Manuel de Andrade Freitas, Frederico Araújo e Maurício Bolina Pereira, a modalidade bateu o recorde de participantes no ciclo. Na categoria Infantil Masculina participaram dois jovens ginetes, enquanto a aspirante feminina Camila Lobato ranqueou duas éguas na modalidade. Porém, o grande destaque da prova foi a categoria Juvenil Masculina, que, além de reunir quatro

concorrentes, apresentou um ginete de grande futuro para a raça: Diogo Xavier com JZ Vento Negro da Santa Mathilde, alcançaram a média de 10,789 na prova.

Resultado (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Categoria Infantil Masculina 1º lugar Xiru Véio do Macanudo, filho de Butiá Leopardo e Palhetinha da Somel, criador Antônio Augusto Brum Ferreira e expositor Mauro e Telmo Ferreira, Cabanha Macanudo, Lavras do Sul/RS Ginete Pedro Ferreira. Nota 9,246 2º lugar Milonga Sam, filha de Chicão de San-

Camila Lobato foi a melhor aspirante feminina, com SJ Vodka

ta Odessa e Arrependida do Capão Grande, criador e expositor Cláudio Alves Pimentel, Haras Santa Anita do Minuano, Capão do Leão/RS Ginete Rian Valadão. Nota 8,996 Categoria Juvenil Masculina 1º lugar JZ Vento Negro da Santa Mathilde, filho de Santa Elba Señuelo e Dina das Três Estâncias, criador e expositor João Elano Azambuja, Estância Santa Mathilde, Herval do Sul/RS Ginete Diogo Xavier. Nota 10,789 2º lugar Coringa da Aliança, filho de Esplendor da Carovy e Formosa da Baraúna, criador e expositor Dari Hartwig, Cabanha Aliança, Pelotas/RS Ginete Felipe Delias. Nota 8,465 3º lugar Espelho D’água Acanguaçu, filho de BT Quarteto e Fantasia da Baronesa, criador Jairo Sedrez Terres e expositor Rudimar Borges Pacheco Ginete Anderson Pacheco. Nota 7,209 4º lugar Bienvenida Buena Suerte, filha de Buenacho 04 do HV e Se Justa, criador e expositor Cláudia Py e Flávio de Borba Pereira, Cabanha Bienvenida, Barra do Ribeiro/RS Ginete Felipe Bachieri. Nota 6,136 Categoria Aspirante Feminina 1º lugar SJ Vodka, filha de Orelhano do Igiquiquá e Picumã do Igiquiquá, criador e expositor Lugajo Agricultura e Pecuária Ltda, Fazenda São João, São Lourenço do Sul/RS Ginete Camila Lobato. Nota 9,801 2º lugar Invernada do Rincão das Hortências, filha de Estribo do Rincão das Hortências e Pérola do Mouro Velho, criador e expositor Manoel Vanderlei Braz Gonçalves, Cabanha Rincão das Hortências, Rio Grande/RS Ginete Camila Lobato. Nota 7,754

Disputa com muita qualidade em São Borja Com ótimas condições de pista e participantes muito bem preparados, foi promovida pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de São Borja uma disputa de provas jovens que reuniu bom público no município gaúcho. Julgados pelos criadores Jaime Franco, Gian Mendes e Ricardo Alvarez, os dois participantes inscritos fizeram bonito na prova, conseguindo se ranquear para a final da modalidade. Para o técnico responsável pela prova, Paulo Armando Solheid, os exemplares estavam bem preparados. “Os dois meninos têm muito preparo e fizeram uma ótima prova. É um incentivo a todos ver jovens ginetes participando”, diz Solheid. Além das provas jovens, o núcleo promoveu uma Exposição Morfológica de Éguas Prenhes e Éguas com cria ao pé, além de uma campereada. (Maysa Maciel)

Resultado (ainda não homologados pela ABCCC) Categoria Infantil Masculino Cascalho Cimarron, filho de Yanomami Liberal e Urtiga Cimarron, criador Fernando Fabrício de Faria Corrêa e expositor Jeferson do Nascimento da Silva, Cabanha Usted, Uruguaiana/RS Ginete Carlos Augusto Falcão Filho. Nota 9,600 Categoria Aspirante Masculino Latino do Mineiro, filho de BT Jurado e Sota de Basto da Escondida, criador José Mário Rodrigues de Freitas e expositor Tisa Helena Monteiro de Quadros, Agropecuária Fronteira, Uruguaiana/RS Ginete Rodrigo Pereira. Nota 7,928

Disputa promovida em Livramento estimula jovens crioulistas Paralelo a sua credenciadora ao Freio de Ouro, o Núcleo Santanense de Criadores de Cavalos Crioulos promoveu, entre os dias 15 e 17 de abril, uma disputa de Provas Jovens que contou com a participação de dois conjuntos. Sob tempo bom e com a presença de grande público no Parque de Exposições de Santana do Livramento, a prova teve o julgamento de Carlos Sá Azambuja Neto, Paulo Armando Rebello Solheid e Sandro Fonseca do Amaral, além da supervisão do técnico da ABCCC Alexandre Suñe. Segundo Solheid, a movi-

mentação e a recepção dos representantes do núcleo fizeram com que o evento fosse um verdadeiro sucesso. “O evento estava muito bom, bem organizado e realmente serviu para estimular mais a região para eventos de cavalos Crioulos”, diz. Participou da prova na categoria Aspirante o jovem ginete Guilherme Machado, montando OPL Sarandi. Já na categoria Juvenil Marcelo Teixeira Alves Filho montou Quilapy Lanceiro. Nenhum dos dois, porém, alcançou a pontuação necessária para se classificar para a final da modalidade. (Maysa Maciel)


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Eventos

Boas notas em Campo Alegre

Feminina. O técnico responsável pelo evento foi Adolfo José Martins Neto. (Maysa Maciel)

Paralelo à Credenciadora ao Freio de Ouro 2011, a Cabanha Bela Aliança e o Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do Planalto Norte Catarinense promoveram, nos dias 16 e 17 de abril, uma disputa de provas jovens, que reuniu quatro participantes no município catarinense de Campo Alegre. A organização do evento, bem como a qualidade da pista e do gado foram bastante destacados pelos jurados João Luís Arísio, Jorge Rosas Demiate Júnior e Vinícius Freitas. Além disso, a qualidade dos exemplares e dos jovens ginetes também deu o que falar, completando o brilho da prova. Segundo o Demiate Júnior, o grande destaque foi a jovem ginete Estefânia Salgueiro, que apresentou muita noção de condução do exemplar. “A menina foi muito bem na prova e alcançou uma nota muito boa na sua categoria”, diz. Além de Estefânia, a prova ainda teve a participação de um aspirante masculino e de uma competidora na categoria Juvenil

(ainda não ABCCC)

Resultado homologados

pela

Categoria Juvenil Feminina DC Jaçanã, filha de Vichadero Tupambaé e Duvidosa 09 Do Tapanhão, criador Dionízio Cauduro e expositor Marco Antônio de Moraes Machado, Cabanha Galpão Crioulo, Paraíba do Sul/RJ Ginete Fabiana Machado. Nota 7,979 Categoria Aspirante Feminina Hormiga do Prelo, filha de Galponero do Purunã e Huella do Prelo, criador Wilson Vieira dos Santos e expositor Luiz A. Witt Júnior e Marco A. Batista, Cabanha Dom Marcílio, Canoinhas/SC Ginete Estefânia Salgueiro. Nota 9,354 Categoria Aspirante Masculino Barbarela do Parque, filha de Faceiro do Campo Grande e Tranqueira do Azul, criador Cabanha Fazenda da Serra Ltda e expositor Eder Ricardo de Castro Salgueiro, Cabanha Itaimbé, Navegantes/SC Ginete Douglas José Schritki. Nota 7,782

65

Muita chuva na prova de Santa Cruz do Sul A cabanha Cerro Velho, no município gaúcho de Santa Cruz do Sul, foi palco de um final de semana que reuniu muitos crioulistas e entusiastas da raça. O evento, que teve em sua programação Credenciadora ao Freio de Ouro e Provas Jovens, foi organizado pelo Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos do município entre os dias 30 de abril e 1º de maio. Os aspirantes entraram em pista sob forte chuva e tiveram o seu desempenho avaliado pelos jurados Luís Rodolfo da Costa Machado, Ricardo Pinto Torres e Rodrigo Bastos da Silva. A prova contou com uma concorrente na categoria feminina e quatro na masculina. Segundo o técnico da ABCCC responsável pelo evento Felipe Caccia Maciel, a instabilidade do tempo prejudicou um pouco os exemplares, mas a prova apresen-

tou bom nível e os jovens estavam bem preparados. “Quase todos os participantes conseguiram se ranquear na modalidade e isso foi muito bom. Cada vez mais a região cresce e se prepara para estes eventos”, coloca Maciel. (Maysa

Ranqueado em São Gabriel

cavalo tostado BT Ufano II foram ranqueados na disputa de Provas Jovens realizada no município, com a nota de 11,738. A prova foi julgada pelos criadores Francisco Geraldo Souza, Frederico Sastre e Vinícius Freitas, também responsáveis por avaliar os exemplares da credenciadora.

Em paralelo à Credenciadora de Inéditos realizada na cidade de São Gabriel, entre os dias 7 e 10 de abril, o conjunto formado pelo jovem ginete Daniel Martins e o

Maciel)

Resultado (ainda não ABCCC)

homologados

pela

Categoria Aspirante Masculino 1º lugar Demônica da Santa Elba, filha de Osco Tupambaé e Guapa do Salimar, criador e expositor Maurício Steigleder Narchi, Cabanha Santa Carolina, São Lourenço do Sul/RS Ginete Maurício Steigleder Narchi. Nota 8,946 2º lugar Faca Branca da Capão Formoso, filha de Serrilhada Caudilho e Garota da Fé, cria-

dor e expositor Carlos Alberto Roos, Cabanha Capão Formoso, Candelária/RS Ginete Jair Paulo dos Santos. Nota 7,983 3º lugar DAC Deslinde, filha de Buenacho 04 do HV e RP Helena, criador e expositor Antônio Flávio da Costa, Cabanha da Costa, Nova Hartz/RS Ginete Moacir Ballestrin Júnior. Nota 7,793 4º lugar JT Navajo, filho de PO Ñacurutu e Butiá Gazela, criador José Otávio Ferreira Telles e expositor Valdir Camargo Ayres, Fazenda Aurora, Lavras do Sul/RS Ginete Bruno Petry. Nota 6,603 Categoria Aspirante Feminina 1º lugar Latino da Rota 5, filho de Jamonero das Três Estâncias e Centenária dos Pagos, criador Lúcia Maria Kliemann e expositor Mariana Schilling da Cunha Ginete Mariana Schilling da Cunha. Nota 8,892

O exemplar BT Ufano II, que se saiu muito bem em todas as etapas da disputa, é filho de BT Haragano e BT Pepita, criado por Flávio Bastos Tellechea e de propriedade de Everson Boeira Machado, da Cabanha Pôr do Sol, no município gaúcho de Uruguaiana. (Maysa Maciel)


66

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Geral

Crioulo domina ranking anual das Rédeas Foto Perigo

Maysa Maciel

Entre os 50 exemplares selecionados para compor o ranking dos melhores nas rédeas no ano ciclo 2010/2011 da Associação Nacional de Cavalos de Rédeas (ANCR), 11 cavalos Crioulos marcaram presença, entre eles, o primeiríssimo colocado da lista.

Mesmo com uma inserção recente na modalidade, a raça vem conquistando um espaço considerável nestas provas e confirmando a sua funcionalidade. Muitos cavalos vêm se destacando e conquistando provas de extrema importância. Um dos exemplos destas conquistas foi o título nacional do crioulo Las Callanas Julito, que foi coroado com a Tríplice Coroa da ANCR no dia 9 de abril deste ano. Sob comando do cavaleiro Gabriel Diano, o exemplar conquistou as três provas mais im-

Las Callanas Julito, sob o comando de Gabriel Diano, conquistou as três provas nacionais mais importantes: Potro do Futuro, Super Stakes e Derby

portantes no cenário nacional das Rédeas em 2011: Potro do Futuro, Super Stakes e Derby. A premiação aconteceu na Fazenda Barrinha, na cidade paulista de Espírito Santo do Pinhal. O fato marca outra conquista inusitada: pela primeira vez na história da premiação, em 20 anos, cavalo e cavaleiro conquistam o título juntos.

Para Diano, alcançar os três maiores prêmios da ANCR com Las Callanas Julito foi maravilhoso já que, após cem anos da existência da Tríplice Coroa, apenas três cavaleiros no mundo conquistaram o feito. “Foi uma satisfação enorme alcançar um dos recordes da ANCR com o Julito. É meu grande prêmio em sete anos de rédeas e, além disso, também

é histórico o cavaleiro conseguir o prêmio montando o mesmo animal”, diz. O cavaleiro ainda ressaltou que este Crioulo detém, hoje, a liderança do ranking das rédeas e muita força para mais inúmeras conquistas. “O Las Callanas Julito é um cavalo excepcional, ele está comigo há dois anos e cada vez mais vem mostrando que tem muitas disputas pela frente para liderar. É um exemplo. Exemplo de que os Crioulos são muito bons na modalidade”, completa. Além da conquista de Gabriel Diano e Las Callanas Julito, outros crioulos vêm despontando no universo das rédeas. A melhor colocação do país (7º lugar entre 23 participantes) nos Jogos Equestres Mundiais (World Equestrian Games), realizados anualmente em diferentes pontos do mundo, foi conquistada por Wellington

Núcleo Norte Paranaense inaugura sede

Foto Divulgação

Cerimônia realizada paralelamente à primeira Exposição Morfológica promovida pelo grupo contou com a presença de criadores e proprietários

Entre os dias 15 e 17 de abril, o Núcleo Norte Paranaense de Criadores de Cavalos Crioulos realizou, em paralelo à sua primeira Exposição Morfológica promovida durante a Expo Londrina, no município paranaense, a inauguração da sua sede própria. Além do julgamento, também foram organizados uma concentração de machos e um remate. O novo espaço recebeu em sua abertura oficial a presença de criadores, proprietários e da direto-

ria da ABCCC. O presidente da ABCCC, Manuel Luís Benevenga Sarmento, que esteve presente na ocasião, destacou a representatividade do evento e a importância da atuação efetiva da raça na localidade. “Em seu primeiro evento, o núcleo já conseguiu realizar uma exposição com mais de 100 animais e um leilão bastante forte. Este ano ocorreu um fato inédito. Pela primeira vez a raça teve um percentual maior de

crescimento fora do Rio Grande do Sul do que dentro do Estado. Isso mostra que o cavalo Crioulo está entrando com força em outros mercados e despertando cada vez mais o interesse de novos criadores.” Além de Sarmento, o vice-presidente de Relacionamento com os Núcleos, Mauro Raimundi Ferreira, também esteve em Londrina e foi o responsável pelo julgamento da mostra que contou com a presença de mais de 100 exemplares.

Teixeira e o crioulo SJ Rodopio. Considerada a “Copa do Mundo do Cavalo”, a disputa organizada pela Federação Equestre Internacional (FEI) foi realizada entre os dias 25 de setembro e 10 de outubro de 2010, no estado norte-americano de Kentucky. Além de Teixeira, João Antônio (Jango) Salgado também levou um cavalo Crioulo, impulsionando a equipe brasileira para a 14ª colocação na prova, a melhor do país em Jogos Equestres Mundiais. Em meio à predominância dos Quartos de Milha na modalidade, o Crioulo também ganhou uma prova de rédeas própria para a raça: a Copa Querência. Organizada pela Associação Gaúcha dos Cavalos de Rédeas (AGCR), a disputa já está na sua 7ª edição e distribuiu mais de R$ 150 mil em prêmios em 2011.

Núcleo Centro Norte de Campo Grande é reativado Fortalecimento da raça e promoção de eventos. Estas são as metas do Núcleo Centro Norte de Criadores de Cavalos Crioulos, restabelecido em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. O principal objetivo da direção da unidade é que, com a reativação do espaço, seja possível organizar eventos mais frequentes e estimular a criação local. De acordo com o técnico da ABCCC, Rafael Sant’Anna, a cidade possuía um núcleo ativo, mas o mesmo foi encerrado em 1998. Desde então nunca mais foi organizado nenhum evento da raça Crioula no município, o que desmotivou os criadores da região. “Agora estamos fazendo um trabalho de resgate com os criadores, com muito esforço e através da ajuda de todos.” A mobilização dos criadores já possibilitou organizar uma Exposição Morfológica com 53 animais. Além disso, a formalização do Núcleo Centro Norte, com a denominação de um quadro gestor já está sendo tratada,

tendo em sua direção o presidente Leonardo Zamban. “Ainda é necessário um processo mais jurídico e de protocolo para que os documentos sejam encaminhados à ABCCC, para regulamentar o núcleo”, ressaltou o técnico. Sant’Anna destacou ainda que um calendário de eventos também já está em fase de construção, o que deve movimentar o mercado da cidade que possui a segunda melhor pecuária do Brasil. “A criação do núcleo está bem encaminhada. Tivemos uma ótima exposição com bastante público e participantes”, disse. No mesmo evento também foi realizado um leilão com transmissão ao vivo pelo Canal do Boi. Os 45 animais foram ofertados na pista do Tatersal de Elite da Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul. “O leilão foi um sucesso. Tivemos uma média de R$ 12 mil por animal. A expectativa de novos eventos é grande e acreditamos no fortalecimento da raça na região”, concluiu o técnico. (Pâmela Seyffert)


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Geral

Remates do Bocal têm altas cotações Douglas Saraiva

Em quatro noites de remates, durante o período do Bocal de Ouro em Esteio/RS, o mercado de equinos da raça Crioula foi altamente movimentado com a comercialização de animais de grande cotação. No total, os eventos atingiram o somatório de R$ 4.830.000,00 na venda de aproximadamente 180 animais. Conheça abaixo os resultados dos remates e os lotes mais valorizados de cada um.

Cabanhas Itaó e Macanudo

Realizado no dia 21 de abril, na pista J do parque Assis Brasil, o primeiro remate do período começou com excelente média de venda. Oferecendo 40 animais e mais 16 coberturas, o leilão das Cabanhas Macanudo e Itaó alcançou o valor total de R$ 964.500,00, com média de R$ 21.712,50 por lote. O animal mais valorizado foi a égua Milonga do Itaó, cujo lote foi adquirido por Sandoval Caramori,

Agenda de Remates Maio Dia 6 – Crioulos do Litoral – São José/SC, às 20h (Premier Leilões) Dia 6 - 8º Leilão Criando Função – Vacaria/RS, às 20h (Três Martelos, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 10 - Leilão Sangues Consagrados – Esteio/RS, às 20h30min (PH Negócios Rurais, transmissão Canal Rural) Dia 12 – Leilão Tradição – Uruguaiana/RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal Rural) Dia 12 – Remate Cavalos Crioulos – Esteio/RS, às 20h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 13 - 2º Leilão Rédeas do Futuro – Terraville, Porto Alegre/RS, às 20h30min (PH Negócios Rurais, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 13 – Leilão Nobreza Crioula – Virtual, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 14 - Remate do Núcleo de Cruz

da Cabanha Caçador, do município de Caçador/SC, por R$ 85 mil. O evento foi realizado sob a responsabilidade da Trajano Silva Remates.

Show das Estrelas – GAP São Pedro

Na segunda noite de vendas do Bocal, dia 22 de abril, a Trajano Silva remates promoveu o leilão intitulado Show das Estrelas, que ofereceu 41 animais e cinco coberturas da cabanha GAP São Pedro. Na ocasião, o total geral ficou em R$ 1.332.500,00, com média de R$ 31.036,59 por lote. Na ocasião, o animal mais valorizado foi a égua Uchoa de São Pedro, adquirida por Elizabeth Lemanski, da Fazenda Paraíso, de São Luiz do Purunã/PR, por R$ 75.000,00.

Jurado e Sucessores – Cabanha Malke Cerrito

O Remate Jurado e Sucesso-

Alta – Cruz Alta/RS, às 20h (Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Cruz Alta) Dia 14 - Leilão Estância Guarda Velha – Passo Fundo/RS, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais) Dia 15 – Remate BT Geração 2007 – Porto Alegre/RS, às 20h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 18 – Remate Essência Campeira – Pelotas/RS, às 21h (Casarão Remates, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 20 – Remate Cabanha Santa Edwiges – São Lourenço do Sul/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 21 - 2º Leilão SJ Edição Especial – São Lourenço do Sul, às 21h (Casarão Remates, transmissão Canal Rural)

Campo Grande registra pista ágil e limpa

res, realizado pela Trajano Silva no dia 23 de abril na pista J, comercializou o montante total de R$ 1.493.500,00. No leilão, foram oferecidos 45 animais e 13 coberturas da Agropecuária Schwanck. A comercialização atingiu o seu ápice ao oferecer no lote de número dois o cavalo AS Malke Tormento-TE, adquirido por R$ 110.000,00 por Fabiano Lopes Almeida Costalunga, da Cabanha Jarunã, de Rio Pardo/RS.

3J, La Castellana e Dom Marcelino

O último leilão do período, realizado virtualmente pelo Trajano Silva Remates, manteve a média dos eventos anteriores e comercializou R$ 1.040.000,00 no dia 24 de abril. Foram oferecidos 40 lotes de animais oriundos das Cabanhas 3J, La Castellana e Dom Marcelino. O animal vendido pelo mais alto valor no leilão virtual foi a égua PO Talavera, adquirida pelo uruguaio Marcón San Ramon, por R$ 90.000,00.

Dia 26 – Remate de Potros – Terraville, Porto Alegre/RS, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 27 - Leilão de Potros do Núcleo do Litoral – Osório/RS, às 20h (PH Negócios Rurais) Dia 28 – Remate Tupambaé – Bagé/ RS, às 20h (Trajano Silva Remates) Dia 28 - 2º Leilão Cavalos Crioulos – Canoinhas/SC, às 20h (Três Martelos Negócios Rurais) Dia 29 – Remate Campeiro – Bagé/ RS, às 14h (Trajano Silva Remates, transmissão on-line pelo C2 Rural) Junho Dia 2 – Remate Cavalos Crioulos – Lages/SC, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural)

Dia 22 – Leilão Capão Grande e Convidados – Pelotas/RS, às 21h (Trajano Silva Remates e Knorr Remates)

Dia 2 - Remate Equinos Crioulos – Capão do Leão/RS, às 20h (Knorr Remates)

Dia 26 – Remate Catanduva e Convidados – Esteio/RS, às 21h (Crioulo Remates e Tellechea & Bastos, transmissão Canal Rural)

Dia 4 - 1º Leilão Parceiros de Laço Crioulo – Ijuí/RS, às 20h (Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Ijuí)

Dia 26 - Remate Especial Crioulo Cinchador e Amigos – Bagé/RS, às 20h (Cambará Remates)

Dia 10 - Remate Madrugada dos Crioulos – Santo Ângelo/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão

67

Foram comercializados os 41 lotes ofertados no União Raça Crioula

Junto à exposição morfológica promovida pelo Núcleo Centro Norte de Criadores de Cavalos Crioulos, entre os dias 7 e 9 de abril na Expogrande em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, foi realizado o leilão União Raça Crioula do MS. Na ocasião os 41 lotes ofertados foram rapidamente comercializados, totalizando R$ 458.500,00. O leilão foi considerado um sucesso pelos seus organizadores e contou com a presença dos técnico das ABCCC, Romeu

Koch e Rafael Sant’Anna, além do vice-presidente Administrativo e Financeiro da entidade, Frederico Wolf, que elogiaram a iniciativa e o resultado bastante positivo do evento. Para o vice-presidente, tanto o remate quanto a exposição morfológica e a reativação do núcleo servirão de estímulo para o fortalecimento do cavalo Crioulo naquela região. “Tenho certeza que virão mais eventos pela frente, no intuito de divulgar essa raça”, afirmou Wolf.

Multiweb)

Remates)

Dia 14 – Remate Reconquista Crioulos – Esteio/RS, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural)

Dia 16 – Remate Raça e Função – Virtual, às 21h (Trajano Silva Remates)

Dia 17 – Remate Cavalos Crioulos – Camaquã/RS, às 21h (M&D Leilões, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 18 – Remate Carapuça e La Passion – Camaquã/RS, às 20h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 24 - Remate Cabanhas Itapororó e Santa Marta – Passo Fundo/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 26 - Remate Cabanha Carrati – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Julho Dia 1 – Remate Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Pato Branco – Pato Branco/PR, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 7 – Remate Cavalos Crioulos – Esteio/RS, às 21h (Crioulos Remates) Dia 9 – Remate Don Tejú – Esteio/ RS, às 21h (Trajano Silva Remates) Dia 10 – Remate Capa Negra – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva

Agosto Dia 24 – Remate Cavalos Crioulos – Esteio/RS, às 21h (Casarão Remates, transmissão on-line pelo C2 Rural) Dia 25 – Remate Cavalos Crioulos – Esteio/RS, às 21h (Crioulo Remates, transmissão Canal Rural) Dia 26 – Remate BT A Marca da Função – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 27 – Remate Cabanha Santa Angélica – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 28 – Remate Mães que Valem Ouro e Barrigas que Valem Sonhos – Esteio/RS, às 21h (Premier Leilões, transmissão Canal Rural) Dia 29 – Leilão Butiá – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural) Dia 30 – Remate Cabanha Maufer – Esteio/RS, às 21h (Trajano Silva Remates, transmissão Canal Rural)


Cavalo Crioulo Maio de 2011

Geral

69

Mural

Curso de rédeas em Londrina Nos dias 27 e 29 de maio, o município paranaense de Sapopema reunirá crioulistas para mais um curso de rédeas ministrado por Jango Salgado. O evento será realizado na Fazenda Primor, localizada na região de Londrina, em parceria com o Núcleo Sem Fronteiras de Criadores de Cavalos Crioulos. As vagas são limitadas e as inscrições podem ser efetuadas pelos telefones (14) 3227-6326, (43) 8442-7668 e (43) 8419-6229, seguido de depósito identificado. O valor é de R$ 600,00 para alunos montados e R$ 300,00 para ouvintes.

Atividades em São José dos Pinhais, no Paraná A melhor maneira de aprender a controlar seu cavalo de esporte, passeio ou potro recém-domado com técnicas seguras e exercícios simples. Essa é a proposta do Curso de Rédeas, Embocaduras e Controle do Cavalo que ocorrerá no município paranaense de São José dos Pinhais nos dias 14 e 15 de maio. O evento será ministrado por Aluísio Marins e as inscrições já podem ser efetuadas. Serão abordados temas como equipamentos utilizados, biome-

cânica do movimento e aplicação enquanto montado, exercício de flexão de nuca e pescoço visando ao controle e como montar corretamente. A realização é da Via Rural e de Paulo Nazário em parceria com a Universidade do Cavalo e Haras 3S, local do encontro. Mais informações pelos telefones (41) 3329-2213 e (41) 99881866 ou e-mails viaruralky@ terra.com.br e paulomnazario@ yahoo.com.br.

Aprendizado via internet No dia 19 de maio, a Universidade do Cavalo ministrará um curso de casqueamento, ferrageamento e aparelho locomotor ao vivo via internet. As palestras, bem como demonstrações práticas, serão realizadas por Edison Pagoto, Aluísio Marins e Danilo Gabrilaitis, na quarta-feira, às 20h. O curso terá duração de aproximadamente duas horas e abordará assuntos como anatomia do aparelho locomotor, anatomia específica do casco, importância do casqueamento, tipos de ferraduras para os diferentes tipos de cavalos e modalidades, escolha da melhor ferradura para o cavalo e trabalho de forja e modelagem de ferraduras. Para mais informações, reser vas e inscrições clique aqui. (www.universidadedocavalo. com.br/contato)

Núcleo Quaraiense realiza Dia de Campo Mesmo com um dia chuvoso, o Núcleo Quaraiense de Criadores de Cavalos Crioulos realizou seu 1º dia de campo no dia 16 de abril, com a presença de mais de 100 crioulistas e entusiastas da raça na Cabanha Branca de propriedade da família Giudice. Foi realizada na programação do evento uma palestra técnica a cargo do médico veterinário Ronald Quadros, o qual tratou sobre Tratamento dentário equino. No final da palestra aconteceram debates sobre o tema logo após o NQCCC ser viu um churrasco aos presentes. Também foi realizada uma visitação aos animais da cabanha, onde foram apresentados os produtos dos cruzamentos da cabanha branca, bem como sua manada. A realização do evento ficou a cargo da diretoria do Núcleo Quaraiense.

Santiago sedia Resenha Coletiva e Concentração No dia 25 de março de 2011, os integrantes do Núcleo de Criadores de Cavalos Crioulos de Santiago organizaram um dia repleto de atividades, sob a super visão técnica de Olmiro Andrade. Pela manhã foi realizada uma

resenha coletiva onde proprietários tiveram a oportunidade de resenhar seus potrilhos e confirmar seus animais com o custo da visita subsidiado pela ABCCC. Já na tarde, Rieth conduziu a Concentração onde se apresentaram 18 machos, inclusive dois

produtos chilenos do criadero Las Callanas, sendo que 11 garanhões foram aprovados para marca. Na ocasião também foram confirmados mais de 15 animais que participaram do XVII Crioulaço promovido pelo Núcleo.

Formulário de Habilitação para a Copa Querência 2012

Autorização

Eu, abaixo qualificado, autorizo à AGCR – Associação Gaúcha do Cavalo de Rédeas, habilitar minha Cabanha na prova intitulada Copa Querência 2012, ciente de que para tal assumo o compromisso de efetuar o pagamento da habilitação, entre as datas abaixo relacionadas:

Cabanha:____________________________________________ Afixo:_______________________________________________ Responsável:_________________________________________ Fones:______________________________________________ E-mail:______________________________________________ CPF/CNPJ:___________________________________________ Endereço:___________________________________________ Datas para pagamento:

Até 31/3/2011 valor de R$ 1,200,00 ( )

1º/4/2011 até 31/08/2011 valor de R$ 1,500,00 ( ) 1º/9/2011 até 31/12/2011 valor de R$ 1,800,00 ( ) 1º/1/2012 até 31/01/2012 valor de R$ 2,000,00 ( )

Porto Alegre ____/____/______ _____________________________ Ciente do Responsável Enviar para o Endereço: Associação Gaúcha do Cavalo de Rédeas – Av. Juca Batista, 9622 – bairro Belém Novo, Porto Alegre/RS. CEP 91780-070


70

Cavalo Crioulo Maio de 2011

Gente


Gente

Cavalo Crioulo Maio de 2011

71

Fotos Felipe Ulbrich, Mรกrio Tissot e Joรฃo Inรกcio Coelho


Jornal Cavalo Crioulo - Maio 2011  

Cavalo Crioulo

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you