Page 1

Classificados Saúde & Bem-Estar.... págs.: 50 à 74 Saúde & Bem-Estar Culinária Oriental.................75 / 76 ............... págs.: 75 à 83 Gastronomia Delicatessen................................76 Academia.............................54 / 55 Gastronomia Lanches.......................................76 Acupuntura.................................55 págs.: 84 à 88 Festas............................ Picolés.........................................76 Angiologia...................................56 Festas Pizzarias...............................76 / 77 Cardiologia..................................56 & Bem-Estar págs.: 89 à 94 Educação ....................Saúde Restaurantes...............................77 ClínicaEducação Geral................................56 Clínica Médica......................57 / 58 ... Gastronomia págs.: 95 à 109 Casa & Decoração Casa & Decoração  Diagnóstico por Imagem..............58 Festas Endocrinologia............................58 Serviços Enfermagem Domiciliar...............58

Aluguel de Brinquedos................78

Espaço Terapêutico......................58

Aluguel de Material.....................78

Educação

& Bem-Estar Serviços ...............................Saúde págs.: 110 e 123 Forros..........................................88

Lavagens...................................101

Gastronomia

Auto & Cia.......................... págs.: 124 à 125 Horto...........................................89 Limpa Fossa. .....................101 / 102 Saúde & Bem-Estar Madeireira..................................89

Móveis para Escritório...............102 Festas ................................. pág.: 126 Imóveis Material de Construção...............89 Pet Shop.Gastronomia ................................... 103 Educação Móveis Planejados...............89 / 90 Táxi........................................... 103 .........................Festas págs.: 127 à 128 Tribuna do Leitor Pátina..........................................90 Terceirização.............................103 Decoração  Casa & pág.: Películas......................................90 Transportes...............................103 Luas & Marés.................................. Educação 130



Persianas.....................................90 Piscinas.......................................90 Portões........................................90

Veterinários...............................103



Serviços Casa & Decoração

Gastroenterologia.......................61

Bufê.....................................78 / 79

Geriatria......................................61

DJ................................................79

Laboratório.................................61

Espaços para Eventos. ..................79 Auto & Cia

Auto & Cia Serviços Serviços............................ 104 / 105 Redes de Proteção.......................90 Imóveis Saúde & Bem-Estar Segurança Eletrônica............90 / 91 Auto & Cia Serviços.......................................91 Gastronomia Imóveis Serviços Gerais............................91 Telas Mosquiteiras. Festas ......................92 Imobiliárias...................... 106 / 107

Material Hospitalar.....................62

Garçons.......................................79

Toldos...................................92 / 93

Auto & Cia Estética. ................................58 / 59 Fisioterapia..........................59 / 60

Aluguel de Móveis. ......................78 Casa & Decoração 

Imóveis

Bolos & Tortas.............................78

Serviços

Redes..........................................90

Meditação...................................62

Saúde & Bem-Estar Educação MesasImóveis & Cadeiras........................80 Vidraçaria. ...................................93

Nutrição......................................62

Personalização............................80

Gastronomia

Nutrologia...................................62

Festas

Odontologia.........................62 / 66 Oftalmologia........................66 / 68

Educação

Otorrinolaringologia.............69 / 70





Casa & Decoração Serviços

Administração de Condomínios...94

Auto & Cia

Pediatria...............................70 / 71

Cursos.........................................81

Advocacia....................................94

Planos de Saúde..........................71

Dança..........................................81

Água / Purificação.......................94 Imóveis

Podologia....................................71

Escolas.................................81 / 82

Andaimes....................................94

Casa & Decoração

Psicanálise...................................71

Serviços Saúde & Bem-Estar Idiomas................................82 / 83

Psicologia.............................71 / 72

Livraria........................................83

Ar Condicionado..........................95

Psicopedagogia.....................72 / 73

Música........................................83

Artigos Esportivos........................95

Psicoterapia.................................73

Imóveis ReforçoFestas Escolar............................83

Assistência Técnica...............95 / 96

Auto & Cia Gastronomia

Psiquiatria...................................73

Educação

Terapia........................................73 Urologia......................................73



Casa & Decoração

Saúde & Bem-EstarArquitetura.................................86 Serviços Construção & Reforma.........86 / 87 Gastronomia Cortinas.......................................87 Auto & Cia Decoração...................................88 Acarajé & Abará..........................75 Festas Divisórias....................................88 Açougue......................................75 Imóveis Eletricista....................................88 Bolos & Tortas.............................75 Educação Cestas de Café.............................75



Estofados....................................88

Antenas.......................................94

Autoescola..................................96 Carretos......................................97 Chaveiros....................................97 Contabilidade..............................97 Desinsetização......................97 / 98 Entulhos & Podas.................98 / 99 Estofados....................................99 Fogões.........................................99 Gás..............................................99 Hospedagem.............................100 Informática................................100

ORIENTAÇÃO AOS LEITORES A revista Vilas Magazine não tem qualquer responsabilidade pelos serviços e produtos das empresas anunciados em suas edições, nem assegura que promessas divulgadas como publicidade serão cumpridas. Pessoas físicas e jurídicas de má fé podem utilizar um veículo de comunicação para fraudar e ludibriar os leitores, ou induzi-los em erro. A fim de evitar prejuízos, recomendamos que os leitores avaliem e busquem informações sobre os produtos e serviços anunciados, que estão sujeitos às normas do mercado, do Código de Defesa do Consumidor e do CO­NAR – Conselho Nacional de Auto-regulamentação Publicitária. A revista não se enquadra no conceito de fornecedor, nos termos do art. 3º do Código de Defesa do Consumidor e não pode ser responsabilizada pelos produtos e serviços oferecidos pelos anunciantes, sobretudo quando não se pode deduzir qualquer ilegalidade no ato da leitura de um anúncio. A revista Vilas Magazine, com o objetivo de zelar pela integridade e cre­di­bilidade das mensagens publicitárias publicadas em suas edições se reserva o direito de recusar ou suspender a vei­culação de anúncios enganosos ou abusivos que causem constrangimentos ao consumidor ou a empresas.

Casa & Decoração Serviços Auto & Cia

Março de 2018 | Vilas Magazine | 53


Antidepressivos funcionam, e não é por efeito placebo

V

olta e meia a eficácia dos antidepressivos é questionada. Seria a explicação para o funcionamento deles o famigerado efeito placebo, ou seja, eles não passariam de um mero embuste farmacológico? A melhor evidência disponível até o momento diz que, na verdade, a resposta é não – antidepressivos funcionam, e são superiores ao placebo. Há motivos fortes para se engajar nesse debate. Além do impacto da depressão na qualidade de vida, há também um grande impacto econômico, responsável por mais de um quinto do que se gasta ou perde (pela falta de produção no trabalho) anualmente com doenças em todo o mundo. São mais de 350 milhões de pessoas afetadas (número superior à população dos EUA), que custam direta ou indiretamente US$ 210 bilhões (R$ 685 bilhões) ao ano. Se o placebo equivalesse aos antidepressivos em termos de eficá-

ACADEMIAS

cia, dezenas de bilhões de dólares poderiam ser economizados. Para o bem ou para o mal, não parece ser o caso. Um estudo publicado na última revista médica “The Lancet” considerou dados de mais de 100 mil pacientes, de 522 outros trabalhos, para chegar à conclusão de que antidepressivos, sim, são eficazes. Em todos esses estudos, os pacientes foram distribuídos aleatoriamente entre os grupos tratados com a droga em questão ou com placebo. Os pesquisadores não sabiam quem fazia parte de qual grupo até o fim da pesquisa, o que reduz a chance de erros decorrentes do viés de observação (ou da torcida do cientista). Resultado: a chance de uma pessoa melhorar com antidepressivos é de 37% a 113% maior do que com placebo. Ter dados de tantos pacientes é fundamental, já que, no curto espaço de tempo estabelecido – apenas oito semanas –, os efeitos dos remédios tendem a ser discretos. O tratamento foi tido como bem-sucedido nos pacientes cujo escore relacionado à gravidade da depressão, calculado por um profissional de saúde, fosse reduzido em mais da metade. Sabe-se que há mais de 40 antidepressivos no mercado, mas, para essa meta-análise, foram considerados os estudos de 21 drogas para as quais havia boa qualidade de evidência na literatura médica. Valiam tanto as comparações entre antidepressivo e placebo quanto aquelas entre dois medicamentos. Curiosamente, sabe-se ainda pouco sobre o funcionamento de antidepressivos – o que acaba sendo um gargalo para o desenvolvimento de possíveis novas drogas. Segundo a principal autora do estudo, Andrea Cipriani, de Oxford, os achados são relevantes para adultos que estão passando pelo primeiro ou segundo episódio de depressão. Para os demais casos, a escolha pelo medicamento não é tão simples e depende de outros fatores. Ela afirma que antidepressivos podem ser uma ferramenta efetiva para tratar a depressão grave, mas isso não significa que as drogas devam ser sempre a primeira linha de tratamento – outras práticas,

ACADEMIAS

ACADEMIAS

54 | Vilas Magazine | Março de 2018


como terapias psicológicas, podem ser levadas em conta. A cientista afirma ainda que o paciente deve estar a par dos potenciais benefícios e riscos dos antidepressivos e sempre conversar com seu médico sobre qual seria o melhor tratamento para seu caso. RANKING Algumas das drogas analisadas na metaanálise se destacaram, seja positiva ou negativamente. Considerando eficácia e a taxa de desistência do tratamento (por causa de efeitos colaterais severos, por exemplo), agomelatina, escitalopram e vortioxetina concorrem ao posto de queridinhas dos psiquiatras. Já as drogas fluvoxamina, reboxetina e trazodona podem ter maior chance de se acumularem nas prateleiras das farmácias. Segundo Sagar Parikh, da Universidade de Michigan, que comentou o estudo para o “Lancet”, a pesquisa funciona como um guia em meio a um intenso emaranhado de mais de 2.000 meta-análises que medem e comparam a eficácia desses medicamentos. Cipriani e colaboradores elaboraram, inclusive, um tabelão em que há comparação duas a duas das 21 drogas avaliadas – prato cheio para hipocondríacos e para profissionais de saúde terem mais sucesso na escolha do melhor caminho terapêutico a ser percorrido contra a depressão.

ANÁLISE Entender raiz da depressão pode ajudar a criar novos remédios Ricardo Alberto Moreno

D

entre as doenças médicas, a depressão é uma das mais importantes causas de morbidade (adoecer) e mortalidade. Ela ocorre em ambos os gêneros, em todas as idades e níveis sociais. Apesar da variedade existente de antidepressivos, de 20% a 30% dos pacientes tratados não atinge a recuperação completa e outros até mesmo desenvolvem depressão resistente. O motivo disso é a característica heterogênea da síndrome depressiva, com sintomas e sinais complexos que comprometem todo o organismo – algo que ainda não é completamente compreendido pela medicina. Outro ponto é que antidepressivos apresentam uma janela de tempo de duas a quatro semanas entre o início do tratamento e o efeito terapêutico. No caso de uma droga ineficaz, isso pode significar mais sofrimento, incapacitação, e tentativas de suicídio. Em uma fração considerável dos casos de depressão tratados com antidepressivos, porém, há melhora logo nas primeiras semanas, o que tem um bom valor preditivo para o sucesso no tratamento. Em contrapartida, caso não haja resposta parcial em até quatro

semanas, são poucas as chances de resposta ou remissão. É recomendado a alguns pacientes o uso contínuo de antidepressivos – é o caso de quem tem depressão crônica (por mais de dois anos), episódios com tentativas de suicídio ou com sintomas psicóticos e depressões recorrentes, por exemplo. A depressão tornou-se um problema médico tratável farmacologicamente, tal qual o diabetes e a hipertensão, a partir da descoberta acidental da ação antidepressiva de drogas (iproniazida e imipramina) inicialmente pesquisadas para o tratamento de tuberculose, na década de 1950. Essas substâncias atuavam modificando o metabolismo de substâncias cerebrais – os neurotransmissores monoaminas –, aumentando a disponibilidade dessas moléculas no cérebro e assim facilitando a comunicação entre os neurônios. Desde então houve o desenvolvimento de diversas moléculas a fim de tentar driblar os efeitos colaterais sem perder a eficácia apresentada pelas drogas anteriores. Para uma boa prática clínica recomendase usar o antidepressivo em dose terapêutica, incrementando-a conforme eficácia e tole-

Continua na página 68 u

ACADEMIAS

ACADEMIAS

ACADEMIAS

Março de 2018 | Vilas Magazine | 55


ANGIOLOGIA

CARDIOLOGIA

CARDIOLOGIA

ANOS LAURO DE FREITAS

Corpo Clínico:

Serviços:

- Consultas - Ecocardiograma Transtorácico Colorido - Eletrocardiograma - Holter - Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial - Teste Ergométrico Computadorizado - Nutricionista - Reabilitação Cardíaca (CORDIS)

71 3024-5500/3379-7803 CARDIOLOGIA

56 | Vilas Magazine | Março de 2018

Amâncio Valois Mendez | CRM 6597 Antonio Carlos Fonseca de Queiroz | CRM 8206 Carolina Guimarães Bandeira Machado | CRM 15232 Carolina Kilpp Leiria | CRM 21154 David Vasquez Jacob | CRM15753 Fernanda Baptista Lins | CRM 13298 Iracema Santos Oliveira | CRM 6246 Maria do Carmo Orge Rodrigues | CRM 13172 Nelmacy Ribeiro de Freitas | CRM 6316 Oseas Valença Baptista Neto | CRM 5949 JJlandia Rodrigues dos Santos | CRN 2485 (Nutricionista)

UNIDADE LAURO DE FREITAS

SHOPPING ESTRADA DO COCO, SALA 315

UNIDADE PITUBA

PITUBA PARQUE CENTER, SALA 134 - ALA B

CLÍNICA GERAL

RESPONSÁVEL TÉCNICO: CAROLINA MACHADO (CRM: 15232)

A CLÍNICA DO SEU CORAÇÃO. PORQUE O NOSSO, BATE POR VOCÊ!


CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

Direção: Fga Rosângela Lourenço CRFa. 9957 - BA

CLÍNICA MÉDICA

CONSTRUÍDA POR NÓS, VIVIDA POR VOCÊS.

Erasmo, uma parceria que vai além. Especialidades Atendidas: Fisioterapia | Fonoaudiologia | Intervenção Precoce | Integração Sensorial Musicoterapia | Oficinas Terapêuticas | Orientação Profissional | Psicologia Psicomotricidade | Psicopedagogia | Terapia Ocupacional

Aceitamos Particular e Convênios: Amil | Bradesco Saúde | Camed | Cassi | Fachesf | Gama Saúde | GEAP Saúde Life Saúde | Mediservice | Petrobras | Postal Saúde | Promédica | ProSocial Sulamérica | Saúde Caixa | Unimed | e outros

71 3289.5264 | 98785.6559

R. Praia de Imbé, nº34. Vilas do Atlântico clinicaserasmoneto.com.br

Março de 2018 | Vilas Magazine | 57


CLÍNICA MÉDICA

CLÍNICA MÉDICA

Clínica Médica e Geriatria Dra. Silvana Santana

Rua Leonardo R. da Silva, Belo Horizonte, Lauro de Freitas-BA Edf. Multiplus Empresarial, Sala 508.

(71) 3051-1463 / 99414-7623

DIAGNÓSTICO POR IMAGEM

ENDOCRINOLOGIA

ENFERMAGEM DOMICILIAR

ESTÉTICA

58 | Vilas Magazine | Março de 2018

ESPAÇO TERAPÊUTICO


ESTร‰TICA

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 59


FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

Fisioterapia Ambulatorial e Domiciliar Fisioterapia Estética Reabilitação Vestibular RPG Drenagem Linfática Disfunções da ATM Massoterapia Estimulação Precoce

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

FISIOTERAPIA

Palmilhas Funcionais Para crianças, adultos e idosos São indicadas para a melhora da pisada, postura e alívio das dores nos pés, joelhos, quadril e coluna.

Marque sua avaliação: 71 98180-9636

60 | Vilas Magazine | Março de 2018

@pisada_ideal


䐀椀爀攀琀漀爀愀 吀挀渀椀挀愀 ⴀ 䐀爀愀⸀ 䄀搀爀椀愀渀愀 刀椀戀攀椀爀漀 ⠀䌀刀䴀 ㄀㌀㌀㜀㐀⤀

GASTROENTEROLOGIA

儀唀䔀䤀䴀䄀윀쌀伀 一伀 䔀匀吀퐀䴀䄀䜀伀㼀   一팀匀 䌀唀䤀䐀䄀䴀伀匀      䐀䔀 嘀伀䌀쨀⸀

䔀一䐀伀匀䌀伀倀䤀䄀 伀甀琀爀漀猀 猀攀爀瘀椀漀猀㨀 ∠䌀漀氀漀渀漀猀挀漀瀀椀愀㬀 ∠䈀愀氀漀 䤀渀琀爀愀最猀琀爀椀挀漀㬀

∠䌀椀爀甀爀最椀愀 䈀愀爀椀琀爀椀挀愀㬀 ∠瀀䠀ⴀ洀攀琀爀椀愀 ⼀ 䴀愀渀漀洀攀琀爀椀愀 㬀 ∠䌀漀渀猀甀氀琀愀猀 䴀搀椀挀愀猀⸀

GERIATRIA

GERIATRIA

AF_LBA-0014-18 - ANÚNCIO REVISTA VILAS MAGAZINE--18,2x8,4cm.pdf

1

07/02/18

15:27

LABORATÓRIO

Março de 2018 | Vilas Magazine | 61


MATERIAL HOSPITALAR

MEDITAÇÃO

NUTRIÇÃO

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

62 | Vilas Magazine | Março de 2018

NUTROLOGIA


ODONTOLOGIA

Prótese - Estética - Harmonização Facial - Clínica Geral - Implantes - Ortodontia Laserterapia - Endodontia (canal) - Bichectomia - Preenchimento Facial - Botox - Lente de Contato Dr. Edger Bitencourt

Dra. Dayviane Sales

Implantes e Harmonização Facial

Especialista em Prótese e Estética

CRO/BA: 14747

CRO/BA: 7044

Dra. Maria Fernanda Bastos Especialista em Endodontia CRO/BA: 8482

Particular e Convênios: REDE UNNA - AMIL - BRADESCO - AMS PETROBRAS - SULAMERICA

71

3369.3695 / 3508.6736

98787.9269

MAIS EMPRESARIAL - Salas 1205/1206 - Buraquinho - Lauro de Freitas/Bahia

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

Março de 2018 | Vilas Magazine | 63


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

64 | Vilas Magazine | Marรงo de 2018


ODONTOLOGIA

Odontopediatria Ortodontia

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 65


ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

ODONTOLOGIA

OFTALMOLOGIA

66 | Vilas Magazine | Marรงo de 2018


OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 67


OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

OFTALMOLOGIA

Continuação da página 55

rabilidade até a dose máxima indicada pela posologia, por um tempo de no mínimo 6 a 8 semanas antes de considerar que o paciente seja resistente ao composto. Em caso de retirada da medicação, esta deve ser gradual para evitar o aparecimento de sintomas de

68 | Vilas Magazine | Março de 2018

descontinuação abrupta. Desinformação, preconceito e estigma em relação a problemas psiquiátricos são uma realidade no mundo todo. A forma de combater isto é através da educação da sociedade com informações precisas e objetivas baseadas em evidências científicas. Talvez a pesquisa de novas drogas possa

dar um grande salto quando soubermos mais sobre a fisiopatologia da depressão (onde, no organismo, está a raiz da doença). RICARDO ALBERTO MORENO é doutor em psiquiatria e coordenador do Programa de Transtornos Afetivos do Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da USP


OTORRINO

OTORRINO

OTORRINO

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 69


OTORRINO

OTORRINO

PEDIATRIA

70 | Vilas Magazine | Marรงo de 2018


PEDIATRIA

PEDIATRIA NUTRIÇÃO

MÁRIO HENRIQUE GUIMARÃES

71.

3508-1735

Particular e Convênios

Atendimento: Segunda à Sábado. MAIS Empresarial, sala 602.

CRM - 12.245 / Médico Resp.

CLÍNICA

Dr. MÁRIO HENRIQUE R. GUIMARÃES

ODONTOLOGIA

PLANOS DE SAÚDE

PODOLOGIA

PSICANÁLISE

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

Março de 2018 | Vilas Magazine | 71


PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

PSICOLOGIA

CASSI, CAIXA, TRF (PRÓ-SOCIAL) E POSTAL SAÚDE

R. Alceu Amoroso Lima,786, Tancredo Neves Trade Center, Sala 717, Caminho das Árvores, Salvador-Ba

Av. Praia de Itapuã, 627, Quadra A 06, lote 09, Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas-Ba

PSICOLOGIA

PSICOPEDAGOGIA

72 | Vilas Magazine | Março de 2018


PSICOPEDAGOGIA

PSICOTERAPIA

PSICOTERAPIA

PSICOTERAPIA

PSICOTERAPIA

PSIQUIATRIA

TERAPIA

UROLOGIA

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 73


Tempero do bem O manjericão é muito utilizado como tempero e deixa a comida com aroma e sabor marcantes; suas folhas são nutritivas e ajudam a manter a saúde

F

amoso por integrar receitas de molho pesto, o manjericão é versátil e muito utilizado na cozinha para dar frescor aos pratos. Ele também marca presença na tradicional pizza marguerita e em alguns drinques. Além de saboroso, possui nutrientes que fazem bem ao organismo. “Quando utilizado como tempero, o manjericão pode estimular o aparelho digestivo a combater gases, cólicas e gastrites”, afirma a nutricionista Jane Carvalho. Outras vantagens: ele é fonte de cálcio; de vitamina A, que faz bem para a pele e para

o cabelo; e de vitamina C, que fortalece o sistema imunológico. Bastante rico em óleos essenciais e antioxidantes, que impedem o envelhecimento precoce, o manjericão possui, ainda, potássio, fibras e ferro. Além de compor receitas salgadas e saladas, esse ingrediente também é usado em chás, para fins medicinais. Thiago Giaconi, nutrólogo e médico do esporte, aconselha o consumo em forma de chá e a mastigação das folhas. “Muita gente utiliza há décadas o manjericão como tratamento alternativo para a ansiedade e para o combate a algumas doenças físicas”, afirma. O consumo em pequenas quantidades, diz Giaconi, ajuda a frear a produção excessiva de cortisol, que é o hormônio do estresse, e a aumentar a liberação de endorfina, substância que causa sensação de bem-estar. Segundo os especialistas, o manjericão também ajuda a potencializar a saúde

respiratória, devido às suas características antibacterianas e anti-inflamatórias, que melhoram as vias aéreas. Os rins, ainda, ficam mais protegidos graças à ação antioxidante das folhas, reduzindo o risco de cálculos renais.

Parmegiana de manjericão INGREDIENTES Filé 500 g de filé de carne cortado em tiras (é recomendado o miolo de alcatra); 2 ovos batidos; 1 xícara (chá) de farinha de trigo; 2 xícaras (chá) de farinha de rosca; 1 maço de manjericão; 2 colheres (sopa) de azeite; Sal e pimenta a gosto. Molho 1 lata de tomate pelado picado; 1 cebola pequena picada; sal e pimenta a gosto. Montagem Salsa picada (o quanto bastar); 200 g de mozzarella fatiada.

Canapés de manjericão com maçã INGREDIENTES Pasta ½xícara (chá) de margarina light; 200 g de ricota; 25 g de manjericão; 5 nozes descascadas; 1 dente de alho; ½xícara (chá) de queijo parmesão ralado; 30 ml de suco de limão; Sal a gosto. Canapés Dez fatias de pão de fôrma integral; 1 maçã verde com casca; 30 ml de suco de limão; ½ litro de água. MODO DE PREPARO Pasta Junte todos os ingredientes da pasta e bata em um processador até obter uma mistura homogênea e com pedacinhos pequenos de manjericão. Se necessário, ajuste o sal. Canapés Corte os pães na diagonal, fazendo quatro triângulos de cada um. Espalhe a pasta sobre eles e asse em forno preaquecido a 180 ºC por cinco minutos, sem deixar a pasta derreter por com74 | Vilas Magazine | Março de 2018

pleto. Enquanto isso, coloque o suco de limão em uma vasilha com meio litro de água. Corte a maçã em quatro pedaços, retire deles as sementes, pique-os em cubinhos muito pequenos e deixe-os na água com limão. Assim que o pão estiver pronto, retire-o do forno e cubra com os cubinhos de maçã. Sirva em seguida. (Crédito: Delícia (delicia.com.br)


MODO DE PREPARO Filé Reserve um ramo do maço de manjericão para decorar o prato. No liquidificador, bata o azeite e as demais folhas de manjericão, sem os talos, até virar um creme. Tempere as tiras de filé com o creme, o sal e a pimenta. Coloque as tiras temperadas direto na farinha de trigo, passe-as nos ovos e finalize empanando na farinha de rosca–assim, ficará mais sequinho e crocante. Frite em óleo bem quente (200 ºC). Molho Refogue a cebola e o tomate com sal e pimenta por cinco minutos. Montagem Em uma travessa funda, jogue o molho por cima das tiras fritas, cubra com a mozzarella. Leve a receita ao forno micro-ondas por um minuto e meio, para derreter o queijo. Acrescente salsa picada e sirva como petisco. (Crédito: Chef Melchior Neto)

ACARAJÉ & ABARÁ

BOLOS & TORTAS

AÇOUGUE

CESTAS DE CAFÉ

CULINÁRIA ORIENTAL

CULINÁRIA ORIENTAL

Março de 2018 | Vilas Magazine | 75


CULINÁRIA ORIENTAL

LANCHES

DELICATESSEN

LANCHES

DELIVERY: 3123-0802 PREMIUM HOT DOGS!

PICOLÉ

PIZZARIA

PIZZARIA

76 | Vilas Magazine | Março de 2018

THE DOGFATHER - VILAS DO ATLÂNTICO Avenida Praia de Pajussara, 656 | Lauro de Freitas

PIZZARIA


PIZZARIA

RESTAURANTE

RESTAURANTE

Risoto de limão INGREDIENTES 1 xícara (chá) de arroz integral; 2 xícaras (chá) de água; 1 colher (sopa) de suco de limão; 1 colher (sopa) bem cheia de cream cheese light; ¼ xícara (chá) de vinho branco seco; 1 cebola pequena cortada em cubos; 1 abobrinha grande cortada em cubinhos; Raspas de limão para decorar. MODO DE PREPARO Refogue a cebola sem óleo. Coloque o arroz na panela, deixe aquecer e junte o vinho branco. Depois que o vinho evaporar, junte as duas xícaras de água. Deixe cozinhar até secar a água. Após esse tempo, o arroz ainda estará duro. Adicione mais água, aos cítrico poucos, e mexa devagar até o arroz chegar quase no seu ponto. Acrescente a abobrinha picada e o suco de limão e mexa. Quando estiver tudo cozido, incorpore o cream cheese, misture tudo e sirva imediatamente, colocando as raspas de limão para decorar. Crédito: Nutricionista Jane Carvalho

Março de 2018 | Vilas Magazine | 77


ALUGUEL BRINQUEDOS

ALUGUEL DE BRINQUEDOS

ALUGUEL DE BRINQUEDOS

ALUGUEL DE MATERIAL

ALUGUEL DE MATERIAL

ALUGUEL DE Mร“VEIS

BOLOS & TORTAS

BUFFET

78 | Vilas Magazine | Marรงo de 2018


BUFFET

DJ

DJ

ESPAÇO PARA EVENTOS

ESPAÇO PARA EVENTOS

ESPAÇO PARA EVENTOS

GARÇON

Março de 2018 | Vilas Magazine | 79


MESAS & CADEIRAS

MESAS & CADEIRAS

PERSONALIZAÇÃO

CONTRATE COM SEGURANÇA Confira sempre a qualidade do serviço antes de contratá-lo. Certifique-se de que o anunciante possua referências confiáveis. Requeira sempre nota fiscal do serviço contratado, é um direito seu. Os textos e responsabilidades de fornecimento desses serviços são única e exclusivamente do anunciante. l Evite realizar depósitos ou pagamentos antecipados, sem ter verificado a idoneidade do prestador do serviço. l Em caso de ter sido vítima de fraude, procure imediatamente a delegacia mais próxima para fazer um Boletim de Ocorrência. Comunique também à revista Vilas Magazine, pois sempre que o anunciante se revela inidôneo ou que haja recorrentes reclamações dos clientes, o setor jurídico determina a suspensão da veiculação dos anúncios, até que se resolvam os questionamentos. l l l l

80 | Vilas Magazine | Março de 2018


EDUCAÇÃO | CURSOS

Especial DANÇA

ESCOLA

ESCOLA

ESCOLA

Março de 2018 | Vilas Magazine | 81


ESCOLA

IDIOMAS

Programa de Imersão em Inglês

Semeanddoe valores

Play, Learn

Era uma vez...

and

Grow...

T gether! Arte/Arts

Culinária/Cooking Jardinagem/Gardening E muito mais!

E viveram felizes para sempre!�

Ana Maria 71 3379-6684 Silvia Martins 71 9123-7447

Seu Filho vai aprender inglês brincando! MATRICULE SEU FILHO JÁ - 3 À 9 ANOS

IDIOMAS

IDIOMAS

IDIOMAS

82 | Vilas Magazine | Março de 2018

Contato:

brinkandplay


IDIOMAS

LIVRARIA

MÚSICA

MÚSICA

| www.cmmozart.com ESTÁ NO SEU DNA

71 3508.9447 | 99217.2687

MÚSICA

REFORÇO ESCOLAR

Março de 2018 | Vilas Magazine | 83


FINANÇAS Não existe como estabelecer um valor má quem contrata, mas a partir de R$ 15 mil já é possív

Quanto custa projeto Quanto custa um projeto de decoração?de de Não existe como estabelecer um valor máximo, tudo depende do bolso de quem contrata, mas a partir de R$ 15 mil já é possível decorar um pequeno ambiente

2

3

M

uitas dúvidas podem surgir na cabeça de quem está pensando em contratar um profissional para fazer o projeto de arquitetura e decoração da sua casa, principalmente em relação aos valores, que sempre variam muito de um projeto para outro. Não tem limites para o valor que será gasto, pois tudo depende de quanto a pessoa tem para investir naquilo e o tipo de conforto e luxo que ela vai querer. No entanto, é possível realizar projetos de decoração em apartamentos pequenos a partir R$ 15 mil. As arquitetas Gizela Vilas Boas e Luciana Beck já decoraram um apartamento com R$ 15 mil. “Foi um desafio, mas conseguimos decorar um de dois quartos, fazendo muita pesquisa de preço”, explica Gizela. O projeto não tinha necessidade de mudança de paredes e grandes reformas, só a parte da SALVADOR SÁBADO 3/2/2018 iluminação, compra de móveis, papel de parede e objetos de decoração. “Podemos também aproveitar as promoções das

1, 2 e 3 - Projeto da arquiteta Gizela Vilas Boas, com área de 300 m² e quatro quartos. Segundo a arquiteta, para montar um apartamento YUMI KUWANO* como esse, é necessário desembolsar um1,valor R$ 60 mildaa R$ 100 mil. 2 e 3deProjeto Muitas dúvidas podem surgir arquiteta 4 e 5 - Projeto da arquiteta Andréa Carvalho, com Gizela quatroVilas suítesBoas. e área na cabeça de quem está penApartamentofoinodeHorto total de 200m². A média de custo do apartamento R$ 600 mil sando em contratar um proFotos: Lucas Florestal com áreaSilva de/ Divulgação fissional para fazer o projeto de 300 m² e quatro quartos. arquitetura e decoração da sua Segundo a arquiteta, para casa, principalmente em relamontar um apartamento ção aos valores, que sempre como esse, é necessário variam muito de um projeto desembolsar um valor de para outro. R$ 60 mil a R$ 100 mil Não tem limites para o valor que será gasto, pois tudo de4 e 5 Projeto da arquiteta pende de quanto a pessoa tem Andréa Carvalho. para investir naquilo e o tipo de Apartamento localizado na conforto e luxo que ela vai queParalela, com quatro rer. No entanto, é possível reasuítes e área total de 200 lizar projetos de decoração em m². A média de custo do apartamentos pequenos a apartamento foi de partir R$ 15 mil. R$ 600 mil As arquitetas Gizela Vilas Boas e Luciana Beck já decoraram um apartamento com R$ 15 mil. “Foi um desafio, mas conseguimos decorar um de dois quartos, fazendo muita pesquisa de preço”, explica Gizela. O projeto não tinha necessidade de mudança de paredes e grandes reformas, só a parte da iluminação, compra de móveis, papel de parede e objetos de decoração. “Podemos também aproveitar as FINANÇAS Não| existe como estabelecer um valor máximo, depende do bolso de 84 | Vilas Magazine Março de 2018 promoções das lojastudo de decopara conseguirmos quem contrata, mas a partir de R$ 15 mil já ração é possível decorarbons um pequeno ambiente descontos e peças para pronta entrega”, diz. Já um outro apartamento

1

4


Quanto custa um Quanto custa um projeto de decoração? projeto de decoração?

2 2

3 3

lojas de decoração para conseguirmos bons descontos e peças FINANÇAS Não existe como estabelecer um valor máximo, tudo depende do bolso de para pronta entrega”, diz. quem contrata, mas a partir de R$ 15 mil já é possível decorar um pequeno ambiente Já um outro apartamento, com 300m², projetado por Gizela, precisou de uma reforma grande. “O cliente pediu que fosse feito um ambiente para juntar os amigos, por isso mudamos todo o layout, decidimos integrar a varanda com a sala, e é tudo climatizado”, conta. Segundo a arquiteta, é possível o cliente ter um projeto desse, desde o início, desembolsando entre R$ 60 mil e R$ 100 mil, em um tempo de cinco a oito meses. 3 2 “Esse valor é a casa pronta, mas, claro, se o cliente desejar investir em móveis ou equipamentos mais caros, a conta vai subindo”, comenta. De acordo com a arquiteta Andréa Carvalho, quanto o cliente vai gastar vai variar muito.“Não tem como estimar um valor, depende do tipo de material, do tipo do móvel que ele escolher. Existe sofá de R$ 2 mil, R$ 5 mil, R$ 10 mil, ao total pode chegar a R$ 1 milhão”, observa. O imóvel com quatro suítes na Avenida Paralela feito do YUMIcom KUWANO* zero, revestimentos, pisos, marcenaria e toda a parte de 2 e 3 Projeto da cortina e YUMI KUWANO* produção, que são os itens finais da1,decoração, como Muitas dúvidas podem surgir arquiteta Gizelada Vilas Boas. 1, 2 e 3 Projeto tapete, custa o cliente, em média, R$ 600 mil. Já o serviço na cabeça depara quem estásurgir penApartamento no Horto Muitas dúvidas podem arquiteta Gizela Vilas Boas. sando em contratar um proda arquiteta, incluindo acompanhamento de obras, nas Florestal com área delojas e na cabeça de quem está penApartamento no Horto fissional para fazer o projeto de produção, por R$ 13 300 YUMI m² KUWANO* ecom quatro 4 sando emsai contratar ummil. proFlorestal áreaquartos. de arquitetura e decoração da sua 1, 2 e 3 Projeto da Segundo a arquiteta, para fissional para fazer o projeto de Muitas dúvidas podem surgir 300 m² e quatro quartos. arquiteta Gizela Vilas Boas. casa, principalmente em na cabeça de quem está penmontar umarquiteta, apartamento arquitetura e decoração darelasua VALOR Apartamento no Horto MAIOR ESPAÇO, MENOR Segundo sando a em contratar umpara proção aos valores, que sempre Florestal com área de comofissional esse, éapartamento necessário casa, principalmente em rela- cobrar para fazer por o projeto de montar um Os profissionais costumam o seu serviço metro 300 m² e quatro quartos. variam de que um sempre projeto desembolsar valor arquitetura eum decoração dade sua ção aosmuito valores, Segundo a arquiteta, para como esse, é necessário para outro. quadrado. No caso de Andréa, seu trabalho pode variar de R$ casa, principalmente em relamontar um apartamento R$ 60 mil avalores, R$ 100 mil variam muito de um projeto desembolsar um valor de ção aos que sempre Não tem o valormaior o espaço, 60 aR$outro. 100 limites por m²,para e quanto menor oprojeto valor. como esse, é necessário para variam muito de um desembolsar um valor de R$ 60 mil a R$ 100 mil que será gasto, pois deoutro. da elétrico, 4 episo, 5para Projeto arquitetade R$ 60 mil a R$ 100 mil Não limites para o valor “Faço o tem projeto em 3D,tudo paginação de projeto Não tem limites para o valor pende de quanto a pessoa tem Carvalho. que será gasto, pois tudocliente de- para será gasto, pois tudoaprodemarcenaria. Sento com aprovar. for 4Andréa eele 5que Projeto daSe arquiteta 4 e 5 Projeto da arquiteta para investir naquilo eoo tipo de pende de quanto a pessoa tem Apartamento localizado na pende de quanto a pessoa tem Andréa Carvalho. Andréa Carvalho. vado, saio para fazer uma pré-seleção nas lojas do que pode ser para investir naquilo e o tipo de conforto e luxo que ela queApartamento localizado na Paralela, com quatro para investir naquilo e ovai tipo de conforto e luxo que ela vai queApartamento localizado na Paralela, com quatro comprado depois oela acompanho fechar aentanto, compra”, explica. rer. No entanto, é possível rea- para suítes total de 200 rer.eNoárea é possível reaconforto eeluxo que vai quesuítes e área total de 200 Paralela, commas quatro lizar projetos de decoração em lizar projetos de decoração em Gizela também trabalha por metro quadrado, não consem². Aapartamentos média custo do a m². A média de custo do rer. No entanto, é possível reasuítes e área de total de 200 pequenos foi de apartamentos pequenos a gue um “Varia em muito dem². acordo com o apartamento foitrabalho de doque apartamento lizarprecisar projetos devalor. decoração R$ 15de mil. R$ 600 mil Apartir média custo partir R$ 15 mil. As arquitetas Gizela Vilas R$ 600mudança mil foi de apartamentos pequenosse vai a terapartamento vamos fazer, por exemplo, muita do projeto Boas e Luciana Beck já decoAs R$ arquitetas Gizela Vilas partir 15 mil. rarammil um apartamento com original, como mudança de paredes, iluminação e tomadas R$ 600 5 Boas Luciana Beck já decoR$ 15 mil. “Foi um desafio, As earquitetas Gizela Vilas ou se terá apenas mudançascom mais simples”,mas analisa a arquiteta. conseguimos decorar um raram um apartamento Boas e Luciana Beck já decode dois quartos, fazendo muita R$ O15 mil.final “Foitambém um desafio, valor varia comde opreço”, tamanho pesquisa explica Giraram um apartamento com de acordo projeto não tinha mas conseguimos decorar um do uma tabelazela. deO honorários doneR$apartamento. 15 mil. “Foi “Seguimos um desafio, cessidade de mudança de pade dois quartos, fazendo muita mas conseguimos decorar um redes e para grandesos reformas, só a Conselho de Arquitetura e Urbanismo (CAU) profispesquisa de preço”, explica Giparte da iluminação, compra de doisde quartos, fazendo muita sionais arquitetura”, completa Gizela. de móveis, papel de parede e zela. O projeto nãoexplica tinha nepesquisa deuma preço”, Giobjetos de “PodePara ter noção, em um apartamento dedecoração. 80 m², Ancessidade de mudança de pamos também aproveitar as zela. O projeto não tinha nepromoções das lojas decodréa cobrar de R$ 5demil projeto. “Sedefor redespode e grandes reformas, só cessidade de mudança pa-a R$6mil pelo ração para conseguirmos bons parte da iluminação, compra só um quarto, por exemplo, cobro cerca de R$ 1.500”, revela. descontos e peças para pronta redes e grandes reformas, só a entrega”, diz. de Além móveis, papel de parede e existem profissionais que cobram também parte dadisso, iluminação, compra Já um outro apartamento objetos de decoração. “Podede móveis, papel de parede e projetado por Gizela,ainda localizado por hora trabalhada, então os valores podem variar mos também aproveitar as no Horto Florestal, com 300 m², objetos de decoração. “Podemais, porquedas vai lojas depender do nível de exigência doreforma cliente. precisou de uma granpromoções de decomos também aproveitar as de. “O cliente pediu que fosse ração para conseguirmos bons Yumi Kuwano, supervisão de Cassandrafeito Barteló / Ag. A Tarde. um ambiente para juntar promoções dassob lojas de decoos amigos, por isso mudamos descontos econseguirmos peças pronta Fotos: Lucas Silva /para Divulgação. ração para bons todo o layout, decidimos inteentrega”, diz. grar a varanda com a sala, e é descontos e peças para pronta tudo climatizado”, conta. O imóvel com quatro suítes paginação de piso, projeto elé- “Seguimos uma tabela de hoJá um diz. outro apartamento entrega”, Segundo a arquiteta, é pos- na Avenida Paralela feito do trico, de marcenaria. Sento norários do Conselho de Arprojetado por Gizela, localizado Já um outro apartamento sível o cliente ter um projeto des- zero, com revestimentos, pi- com o cliente Março para ele de aprovar, e Urbanismo |(CAU) 2018 quitetura | Vilas Magazine 85 no Horto Florestal, com 300 m², se, desde o início, desembolsan- sos, marcenaria e toda a parte se for aprovado, saio para fazer para os profissionais de arquiprojetado por Gizela, localizado do entre R$ 60 mil e uma pré-seleção nas lojas do tetura”, completa Gizela. de produção, que são os itens precisou uma reforma com 300granm², no Horto de Florestal, R$ 100 mil, em um tempo de finais da decoração, como cor- que pode ser comprado e dePara ter uma noção, em um de. “O cliente pediu que granfosse cinco a oito meses. “Esse valor é tina e tapete, custa para o clien- pois o acompanho para fechar apartamento de 80 m², Anprecisou de uma reforma a casa pronta, mas, claro, se o te, em média, R$ 600 mil. Já o a compra”, explica. dréa pode cobrar de R$ 5 mil a feito“O umcliente ambiente de. pediupara quejuntar fosse cliente desejar investir em mó- serviço da arquiteta, incluindo Gizela também trabalha por R$ 6 mil pelo projeto. “Se for só os amigos, por isso mudamos

Quanto custa um projeto de decoração?

4 4

5 5


ARQUITETURA

ARQUITETURA

CONST. & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

86 | Vilas Magazine | Março de 2018


CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CONSTRUÇÃO & REFORMA

CORTINAS

CORTINAS

CORTINAS

Março de 2018 | Vilas Magazine | 87


DECORAÇÃO

DIVISÓRIAS

ELETRICISTA

ELETRICISTA

ESTOFADOS

ESTOFADOS

ESTOFADOS

FORROS

88 | Vilas Magazine | Março de 2018

FORROS

FORROS


HORTO

MADEIREIRA

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MATERIAL DE CONSTRUÇÃO

MÓVEIS PLANEJADOS

MÓVEIS PLANEJADOS

Março de 2018 | Vilas Magazine | 89


MÓVEIS PLANEJADOS

PELÍCULAS

PÁTINAS

PERSIANAS

PISCINAS

PORTÕES

REDES

REDES DE PROTEÇÃO

SEGURANÇA ELETRÔNICA

90 | Vilas Magazine | Março de 2018

REDES DE PROTEÇÃO

SEGURANÇA ELETRÔNICA


SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SEGURANÇA ELETRÔNICA

SERVIÇOS

SERVIÇOS

SERVIÇOS GERAIS

SERVIÇOS GERAIS

Março de 2018 | Vilas Magazine | 91


TELAS MOSQUITEIRAS

TOLDOS

TOLDOS

TOLDOS

92 | Vilas Magazine | Marรงo de 2018

TOLDOS


TOLDOS

VIDRAÇARIA

VIDRAÇARIA

VIDRAÇARIA

Espelhos

VIDRAÇARIA

Fechamento de área

Tucunaré, Arembepe - BA

(71) 98675-0974

CONTRATE COM SEGURANÇA

l Confira sempre a qualidade do serviço antes de contratá-lo. l Certifique-se de que o anunciante possua referências confiáveis. l Requeira sempre nota fiscal do serviço contratado, é um direito seu. l Os textos e responsabilidades de fornecimento desses serviços são única e exclusivamente do anunciante. Março de 2018 | Vilas Magazine | 93


ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

ADVOCACIA

ADMINISTRAÇÃO DE CONDOMÍNIOS

ÁGUA / PURIFICAÇÃO www

R$

9

EM

ANDAIMES

ANDAIMES

www.amesandaimes.com.br ANDAIMES

ANDAIMES

ANTENAS

94 | Vilas Magazine | Março de 2018

ANTENAS

00

80,

uer

alq

Qu

o

Filtr


AR CONDICIONADO

AR CONDICIONADO

AR CONDICIONADO

ARTIGOS ESPORTIVOS

AR CONDICIONADO

ARTIGOS ESPORTIVOS

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

Março de 2018 | Vilas Magazine | 95


ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

ASSISTÊNCIA TÉCNICA

96 | Vilas Magazine | Março de 2018

AUTOESCOLA


CARRETOS

CHAVEIROS

CONTABILIDADE

CONTABILIDADE

CONTABILIDADE

DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

Março de 2018 | Vilas Magazine | 97


DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

DESINSETIZAÇÃO

98 | Vilas Magazine | Março de 2018

ENTULHOS & PODAS


ENTULHOS & PODAS

ESTOFADOS

ESTOFADOS

FOGÕES

FOGÕES

GÁS

GÁS

Março de 2018 | Vilas Magazine | 99


INFORMÁTICA

HOSPEDAGEM

INFORMÁTICA

INFORMÁTICA

CONTRATE COM SEGURANÇA

l Confira sempre a qualidade do serviço antes de contratá-lo. l Certifique-se de que o anunciante possua referências confiáveis. l Requeira sempre nota fiscal do serviço contratado, é um direito seu. l Os textos e responsabilidades de fornecimento desses serviços são única e exclusivamente do anunciante.

100 | Vilas Magazine | Março de 2018


LAVAGEM

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

Marรงo de 2018 | Vilas Magazine | 101


LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

LIMPA FOSSA

102 | Vilas Magazine | Março de 2018

MÓVEIS PARA ESCRITÓRIO


PET SHOP

TÁXI

TÁXI

TERCEIRIZAÇÃO

TRANSPORTE

VETERINÁRIO

VETERINÁRIO

VETERINÁRIO

Março de 2018 | Vilas Magazine | 103


E

Ignorar sinais de problemas no carro pode multiplicar custo de reparo

m três décadas como mecânico, Alexandre Correia, diz que já viu de tudo. O cheiro de gasolina que, ignorado, virou incêndio; a suspensão que tanto gritou por socorro que soltou uma roda com o carro em movimento; o óleo que em 50 mil quilômetros jamais havia sido trocado e arruinou o motor. “O que eu mais escuto na oficina é ‘depois eu faço, esse orçamento ficou muito caro’”, diz Correia. Segundo ele, muitos pedem para fazer apenas o serviço básico, para vender o carro. “Passamse meses e o cliente volta, com uma quantidade de problemas infinitamente maior.” Os casos relatados pelo mecânico têm duas características em comum: chegaram ao limite porque o motorista foi negligente e tiveram soluções bem mais caras devido à demora em providenciar o conserto. “As peças geralmente trabalham em conjunto. Não adianta trocar somente as pastilhas de freio se o disco também estiver ruim. Faço questão de registrar na nota fiscal que o cliente optou por fazer apenas parte do serviço, porque com certeza ele voltará”, afirma Correia. BARULHO Orlando Júnior, 34, é dono de uma banca de revistas e ainda paga as prestações do reparo de seu Chevrolet Corsa 2006. Ele havia sido alertado por seu mecânico que era preciso trocar não apenas a correia que aciona diversos acessórios de seu carro mas

também os rolamentos que fazem parte do conjunto. Júnior decidiu que faria o serviço em partes, por acreditar que gastaria menos. Um dia, a caminho do trabalho, o carro parou logo após um forte barulho. “Um rolamento estourou, a correia de acessórios se rompeu e um pedaço entrou por trás da polia do motor, levando ao rompimento de outra correia. Já vinha escutando um barulhinho, mas deixei para lá, achei que era besteira”, diz Júnior, que teve de gastar com a retífica e a troca de várias peças, além de pagar o reboque. FALTOU ÁGUA A falta de manutenção também gera problemas silenciosos. Um pequeno vazamento de água no radiador pode ter consequências graves, porque muitos dos carros atuais não têm marcador de temperatura. Correia lembra o caso de um cliente que rodou com o carro com nível baixo de fluido refrigerante por tanto tempo que o motor não resistiu. Partes internas começaram a derreter. Segundo o mecânico, o conserto que sairia por R$ 600 saltou para R$ 3.500. Quando o assunto é manutenção, desleixo vira sinônimo de prejuízo. Para o mecânico, há condutas que podem evitar surpresas desagradáveis. O motorista deve circular por trechos curtos com os vidros abertos e o rádio desligado, para que sinais sonoros dados pelo

Mais rápida que o seguro!

Pr

da

inc

sB

at

es

er

ia

a

s

Baterias entrega e instalação

Serviços completos de oficina »»» Atendemos os clientes mais rápido que a seguradora. Consulte-nos www. 71 3369 3996 princesadasbaterias 71 3243 1544 .com.br

104 | Vilas Magazine | Março de 2018


carro sejam percebidos. Outra dica é seguir as recomendações do manual do carro. “Está tudo lá, com os prazos determinados pelo fabricante para manutenções. Se é para trocar o óleo aos 10 mil quilômetros, não pode deixar para fazer isso aos 20 mil”, afirma Correia. No caso do carro que rodou 50 mil quilômetros com o mesmo lubrificante, um Hyundai Tucson, o mecânico afirma que o gasto chegou a R$ 5.000. Caso a manutenção tivesse sido feita no prazo, o serviço sairia por R$ 600. Marco Antonio Rocha Folhapress.

* Cálculo considera peças de carros compactos produzidos no Brasil. Fontes: Oficinas e lojas de autopeças

A revista de Lauro de Freitas & Região

Março de 2018 | Vilas Magazine | 105


Dicas para negociar aluguel ou compra de um imóvel

O

momento é favorável para pedir descontos na compra ou no aluguel de um imóvel. Mas, antes de pechinchar, é preciso conhecer bem fragilidades e pontos positivos da propriedade e a região em que está localizada para aumentar as chances de sucesso no negócio e evitar conflitos com a outra parte. Os descontos em transações imobiliárias estão entre 5% e 8%, de acordo com o corretor Tadeu Carvalho, dono de uma imobiliária que leva seu nome, em Vilas do Atlântico. “Quando o mercado estava menos aquecido e havia uma taxa de desemprego mais alta, os descontos eram maiores”, afirma. Em nível nacional, o percentual médio de desconto também tem caído: foi de 8,9% em dezembro de 2016 para 7,6% um ano depois, de acordo com o índice Fipe-Zap. O percentual tem recuado desde junho de 2016. Apesar dos descontos mais modestos, ainda é um bom momento para regatear, pois ainda há muita oferta excedente e demanda reprimida. Para fazer uma boa negociação, estar bem informado é fundamental.

106 | Vilas Magazine | Março de 2018

O primeiro passo é levantar os valores de imóveis semelhantes na região para descobrir se o valor ofertado está acima da média do mercado. Depois dessa fase, é hora de olhar para dentro do apartamento. Infiltrações, piso quebrado, pintura malfeita e outros problemas estruturais podem depreciar a unidade. Mas criticar demais um imóvel pode ser um tiro no pé. “Focar apenas nos pontos negativos é a pior coisa. Os proprietários podem ficar irritados, já que têm uma relação afetiva com o lugar”, explica Tadeu Carvalho. Com jeitinho, o publicitário Mauro Rossi, conseguiu pechinchar o valor do aluguel de um apartamento. “Visitei o lugar três vezes e projetei todas as reformas que seriam necessárias, para argumentar com o máximo de informações possível”, conta. Conseguiu fechar o aluguel, por meio da imobiliária por R$ 2.200, em vez dos cerca de R$ 4 mil pedidos no início. Saber se a região tem boa infraestrutura também é importante para chegar a uma oferta justa. “A recomendação é só negociar

o preço depois de já ter avaliado todo o conjunto de coisas. Nunca comece uma conversa falando sobre valores”, afirma Tadeu. Para além de questões estruturais e urbanísticas, descobrir a urgência do proprietário para vender ou locar o imóvel é outro fator que ajuda na hora da barganha, afirma o economista da FGV Alberto Ajzental. Nesse sentido, oferecer condições de pagamento atrativas pode facilitar a negociação. No caso da locação, valores altos de impostos e taxas condominiais podem justificar um desconto no aluguel. Outra dica é o locatário dizer que não pretende se mudar tão cedo. COMO CONSEGUIR UM BOM DESCONTO Pesquise preços da região Descubra se imóveis no entorno estão sendo anunciados por valores semelhantes. Mas não se esqueça de levar em conta características que podem valorizar uma casa e desvalorizar outra, como o andar no prédio e a vista. Também vale saber se há muitas unidades em estoque no bairro.


O que esperar do mercado imobiliário em 2018 Carlos Jose Berzoti

T

odo início de ano renascem as esperanças nas pessoas, impulsionadas pela enxurrada de promessas na virada do ano novo. Daí, logo surgem novas metas acompanhadas de alguns questionamentos sendo um deles o clássico “ será que nesse ano vou conseguir comprar minha casa própria?” Afinal, que brasileiro não sonha com esta conquista. E para esse pessoal não faltam boas notícias. Existem alguns pontos favoráveis que podem dar uma forcinha para tirar os planos do papel. A taxa de juro Selic caiu para 6,75% e também os bancos voltaram a reforçar seu caixa com a caderneta de poupança. Os juros da poupança estão superiores aos da renda fixa e assim ficarão por um

bom tempo. Aliado a isto, temos a retomada do recurso do FGTS. Assim, a Caixa Econômica terá mais verba para destinar ao empréstimo imobiliário denominado Pró-Cotista. Como parte dos recursos da poupança deve ser direcionado ao financiamento habitacional, já estamos sentido um movimento dos bancos nesse sentido. Com juros baixos, já temos investidores analisando a possibilidade de migrar seus investimos para imóveis de olho no resultado da locação, mercado que aqueceu muito nos últimos anos. O estoque de imóveis novos pronto disponíveis nas construtoras diminuíram, devido as ofertas dos últimos meses. A entrega das obras que estavam em andamento e o anúncio de novos empreendimentos animam o mercado imobiliário. Lançamentos de edifícios significa possibilidade de compra do imóvel na planta,

onde durante o prazo de construção o comprador só tem que desembolsar 30% do valor do imóvel como parte da entrada, divididos pelo tempo da construção que dura cerca de dois anos. A previsão dos especialista do mercado imobiliário já anunciam crescimento de 10% nos lançamentos de imóveis novos e usados e a retomada começou por mercados importantes como São Paulo e Brasília. Boas notícias de todos os lados! E qual é o momento certo? Como sempre digo, o momento certo é agora! Comece decidindo se comprará um imóvel novo ou usado, se pronto para morar ou na planta, veja seus recursos a ser investido, consulte bancos para aprovação de um crédito imobiliário e faça planos para o seu futuro. Desejo um ano de muitas realizações e que você consiga um bom negócio ao comprar seu imóvel. Carlos José Berzoti é empresário e palestrante especializado no mercado imobiliário.

Faça uma vistoria no lugar Avalie com cuidado se o imóvel tem problemas, como infiltração e má conservação, e tente reduzir o preço. Quanto mais detalhado for o levantamento das informações, melhor. No caso de locação, o inquilino pode se propor a realizar melhorias em troca de aluguéis mais baratos. Não ofereça muito pouco Não deprecie demais o imóvel durante as conversas. Caso contrário, o proprietário pode se ofender e desistir do negócio. A proposta não deve ser feita com base em quanto o interessado pode pagar, mas calculada a partir de pesquisas na região e em portais imobiliários. Pague mais rápido Durante uma negociação de venda, pagar o valor à vista ou dividido em poucas parcelas costuma garantir um desconto. Arcar com os custos relativos à transferência de propriedade, como atualização de documentos e taxa de corretagem, também pode ser uma moeda de troca. Converse com o proprietário Descubra as expectativas de quem quer alugar ou vender um imóvel – se tem urgência em fechar o negócio, por exemplo – e use isso a seu favor. O diálogo entre as partes também pode ajudar a descobrir problemas omitidos pelo dono. Faça o máximo de perguntas e analise a reação do proprietário. Júlia Zaremba / Folhapress.

Março de 2018 | Vilas Magazine | 107


TRIBUNA DO LEITOR

Neste espaço o leitor pode sugerir pautas, criticar matérias abordadas pela revista, fazer denúncias de problemas e irregularidades que atingem a comunidade. Envie email para redacao@vilasmagazine.com.br com seus dados pessoais e contatos

A AGONIA DOS RIOS QUE CORTAM LAURO DE FREITAS OSCIP Rio Limpo: Ainda falta muito Marcelo Cordeiro

H

á alguns anos atrás nascia a Organização Social de Interesse Público, denominada Rio Limpo. Aqueles gatos pingados que participaram dos trabalhos de parto, não imaginaram que a instituição recém nascida ganhasse a musculatura que tem hoje. Alma ela já tinha, eram as histórias dos pescadores e das marisqueiras que, muitas vezes, acalentaram as noites estreladas do rio em seus dias crepusculares. Em seus poucos anos de vida, a entidade ganhou corpo e credibilidade. Os moradores de Lauro de Freitas, principalmente os que habitam às margens de seus fatigados rios, foram tomando consciência que a ação comunitária é poderosa e capaz de vencer obstáculos que pareciam intransponíveis. A Rio Limpo veio a lume inspirada na luta de todos para preservar e proteger a grande bacia hidrográfica da região, cujo eixo é o vistoso Rio Joanes, no qual outros mananciais depositam suas águas até desaguar, entre mangues e lendas, no Oceano Atlântico.

Despossuída de recursos financeiros que lhe possibilitassem voos mais audaciosos, a Organização Social, contudo, logrou obter o apoio e a confiança de milhares de cidadãos, convertendo-se em um eficaz instrumento de ação política, sem vínculos partidários que lhe retirassem a autonomia necessária ao diálogo que sempre cultivou, com sabedoria e discernimento, nas diversas esferas do Poder Público. O levantamento dos estudos existentes nos órgãos públicos, necessários a que se chegasse à um conhecimento mais científico da gravidade das ameaças que pairam sob os nossos rios, constitui-se numa conquista fundamental para a formação de uma reivindicação popular embasada e incontornável. Sem dúvida, os programas de saneamento e recuperação ambiental, dotados de recursos financeiros definidos, decorreram deste processo de mobilização social e ampla consciência moral, política e ecológica. Sem a emergência das mesmas, dificilmente as autoridades públicas voltassem a atenção para a nossa região, tão degradada

em sua qualidade de vida, pela presença de outros tantos problemas urbanos que a afligem. Mais do que nunca, quando registramos tantos avanços desde aquela noite em que nos reunimos para colocar em cena a nossa Rio Limpo, é preciso insistir no protagonismo de todos que estão reunidos em sua entidade, para revigorar suas lutas até que se possa ver novamente o brilho das águas, a saúde dos peixes e a alegria da comunidade. Marcelo Cordeiro, presidente do Conselho Consultivo da OSCIP RIO LIMPO.

Rio Sapato 1 Era uma vez um pequeno rio chamado Sapato, um verdadeiro espelho d’água que alegrava, enchia os olhos dos moradores e visitantes de Vilas do Atlântico, de paz, beleza e tranquilidade, mas infelizmente tornou-se um matagal que invade cercas, esconde lixos e marginais, criadouro de muriçocas exalando um odor fétido irrespirável, isso pelas autoridades responsáveis fazerem ouvidos moucos, apesar de todos os pedidos das associações de moradores, condomínios. Não sabemos mais a quem apelar. Só nos resta chorar esse final infeliz. Alice De Nes. Cond. Moradas do Atlântico.

O Brasil que eu quero O Joanes, nos tempos em que podia ser considerado um rio. Hoje não passa de um fétido depósito de esgotos.

108 | Vilas Magazine | Março de 2018

O Brasil que desejo é aquele que estimule a todos os brasileiros, cuidar do “meio ambiente”. Lamentavelmente, os gestores públicos de Lauro de Freitas desconhecem esse cuidado, pois destratam o Rio Sapato, com a falta de fiscalização e autuação às residências que jogam seus esgotos, “in natura”, dentro do seu leito. Também se descuidam de limpar o rio, deixando-o poluído de baronesas e matos, matando os peixes que ali viviam. Esse manancial, que nasce na Praia do Flamengo e corta todo o loteamento de Vilas do Atlântico, até desembocar no mar de Buraquinho, está imundo, maltratado e já faz um ano que não se vê limpeza alguma. Com essa campanha publicitária da Rede Globo, espero que os poderes públicos de Lauro de Freitas sejam mais dedicados para com o meio ambiente e promovam a devida limpeza do nosso Rio Sapato, um patrimônio natural da nossa região. Jaime de Moura Ferreira. Vilas do Atlântico.


Rio Sapato 2 De acordo com a Rio Limpo, entidade que defende a recuperação dos rios em Lauro de Freitas, a prefeitura “realizou uma fiscalização nas margens do rio Sapato” para identificar pontos de lançamento clandestino de esgoto doméstico. Fernando Borba, da Rio Limpo, afirma que falta apenas autuar os infratores identificados: “certamente darão tratamento adequado a seus esgotos antes que sejam multados”, disse.

Rio Sapato tomado pelas baronesas, plantas que se alimentam da matéria orgânica dos esgotos. Elas alertam para os dejetos que estão sendo despejados no rio.

Março de 2018 | Vilas Magazine | 109


TRIBUNA DO LEITOR

Neste espaço o leitor pode sugerir pautas, criticar matérias abordadas pela revista, fazer denúncias de problemas e irregularidades que atingem a comunidade. Envie email para redacao@vilasmagazine.com.br com seus dados pessoais e contatos

Villas Tênis Club contesta reclamações por poluição sonora na festa do Réveillon

Moradores reclamam do caos no loteamento Miragem. E vai piorar

Prezado Sr. Accioli Ramos Em relação ao Editorial e à seção Tribuna do Leitor da edição 229 da revista Vilas Magazine, páginas 3, 108 e 109 respectivamente, da edição 229, de fevereiro, comentamos: 1 - A área do clube é privada. Foi doada pela Empreendimentos Odebrecht ao Villas Tênis Club, que é uma associação civil sem fins lucrativos, com o objetivo social de promover a pratica do esporte, o congraçamento social, artístico e cultural de seus associados; 2 - Seus estatutos permitem locação por prazo determinado de suas instalações. O clube locou área para realização de um evento de Réveillon, tradicional a mais de 35 anos, a um promotor de eventos de Lauro de Freitas, sob contrato comercial que previa o cumprimento de toda a legislação pertinente. O contrato foi celebrado entre as partes, não havendo quaisquer interferências do poder público. Entendemos como tendenciosa a alegação de que a Prefeitura estaria “protegendo a festa”. Declaramos também que em momento algum a prefeita Moema Gramacho interferiu na realização ou não do evento; 3 - A data de 31 de dezembro é dia de celebração e festividades em todo o mundo. Consta que além do clube, centenas de residências, terrenos fronteiros à praia, condomínios, restaurantes e outros, estiveram festejando a virada do ano em decibéis bem acima do previsto em legislação municipal (sabe-se que a voz humana a 1 metro equivale a 70 dB; fogos tipo rojão, a 135 dB; conjunto de rock, a 120 dB; buzina de carro, a 120 dB; jato na decolagem, a 140 dB, estando o limiar da dor auditiva em 140 decibéis). Os leitores citados indicam para o clube 80 decibéis e até 247 (??) decibéis. Em se havendo a interveniência dos órgãos responsáveis pela fiscalização em momento algum insistiríamos em desobedecer às instruções emanadas da fiscalização; 4 - Finalmente, entendemos que a lei de sonorização é para todos e está acima dos interesses comerciais e privados, devendo a fiscalização atuar e a lei ser cumprida e exigível, sejam em áreas públicas ou privada, residenciais ou comerciais, carros particulares amplificados e/ou outros. Lauro de Freitas, 15 de fevereiro 2018 Jose Nivaldo da Silva, presidente do Conselho Deliberativo do Villas Tênis Club.

Moradores do loteamento Miragem continuam reféns do Colégio Sartre. Nos horários de entrada e saída dos alunos – nos dois turnos – ficamos praticamente impedidos de utilizar a via pública. O grave problema de engarrafamento no nosso bairro se arrasta há vários anos e vem se agravando dia após dia, pois além do referido colégio, foram inaugurados, no último ano, uma grande academia e o Colégio Adventista. O caos está instalado e deve piorar, pois a prefeitura liberou a construção de um supermercado, e a obra já está sendo executada. A AMOM - Associação dos Moradores do Miragem, já entrou em contato com o Ministério Público, já participou de reuniões com a prefeitura, mas o problema continua sem solução. Será que é incompetência ou a prefeitura não pretende resolver esse problema? Moradores do nosso bairro são contribuintes e exigem a devida atenção dos órgãos públicos. Isso é um total desrespeito ao nosso direito de ir e vir. Pedro Dantas.

RESPOSTA DO EDITOR: 1 - A Vilas Magazine acredita que o Villas Tênis Club, digam o que disserem seus estatutos, tem a obrigação ética de priorizar a comunidade que o abriga e que lhe dá razão de ser, evitando perturbar a vizinhança, seja de que forma for. 2 - A área ainda ocupada pelo Villas Tênis Club foi cedida pela Empreendimentos Odebrecht em razão do loteamento e para servir a comunidade aqui residente, não se tratando de empreendimento independente que possa agora ignorar o seu entorno. É nesse sentido que, não sendo área pública, privada também não é. 3 - A Vilas Magazine entende que há uma diferença abissal entre festas privadas de Réveillon em residências da orla e eventos comerciais com potente sonorização e palco profissional, cantores contratados e venda de ingressos para milhares de pessoas – como esse que impediu festas familiares de Réveillon no entorno do Villas Tênis Club. 4 - A Vilas Magazine lamenta que o Villas Tênis Club precise da “interveniência dos órgãos responsáveis pela fiscalização” para perceber o transtorno que causaria um evento comercial daquelas proporções à sua vizinhança. Primeiro porque esses órgãos se mostram inoperantes, mas principalmente porque os dirigentes do clube são membros da comunidade de Vilas do Atlântico. 5 - Lamentamos, por fim, que, mesmo apresentado às reclamações da vizinhança nas páginas da Vilas Magazine, o presidente do Conselho Deliberativo do Villas Tênis Club perca a oportunidade de pedir desculpas às famílias ao seu entorno, que foram prejudicadas. O presidente prefere sublinhar a ausência de fiscalização do poder público e o disseminado descumprimento da lei do silêncio, como se a soma dos erros alheios produzisse um acerto seu.

110 | Vilas Magazine | Março de 2018

Prestando contas O Rotary Club Lauro de Freitas está ampliando o espaço da Escola Rotary de Quingoma. Nesta primeira etapa foram construidos cerca de 150 m² de muros, com as respectivas fundações. Tudo já devidamente chapiscado. Agora terá inicio a face de ampliação da escola, quando serão construidas três novas salas de aulas. Para atender adequadamente o aporte dos novos alunos serão construidos mais sanitários e banheiros, ampliada a área da cozinha e também construído um espaço multiuso. Essa ação é viabilizada com os recursos provenientes das campanhas sociais promovidas pelo clube e acolhidas pela comunidade. Joaquim Ramos, presidente do Rotary Club Lauro de Freitas.


TELEFONES ÚTEIS ATENDIMENTO MÉDICO SAMU.............................................................................................. 192 Hospital Aeroporto (24h).....................................................3288-8100 Hospital COF - Centro Médico (24h)......................... 3206-4444 / 4440 Hospital Jorge Novis (24h)....................................................3251-8149 Hospital Menandro de Farias (24h).......................... 3379-1799 / 0099 Unidade de Saúde Nelson Barros (24h)................................3288-8801 SERVIÇOS Correios (Vilas do Atlântico )................................................3369-3088 Coelba........................................................................... 0800 071 0800 Embasa (24h)................................................................. 0800 0555 195 Iluminação Pública - Citéluz (24h).................................0800-2848 181 SAC................................................................................ 0800 071 5353 SEGURANÇA Polícia Militar................................................................................... 190 Polícia Civil 23ª Delegacia (Centro)............... 3288-8920 / 8762 / 8373 Polícia Civil 27ª Delegacia (Itinga)........................................3116-1610 Gabinete do Delegado Geral do Estado...............................3116-6500 Plantão 24 horas...................................................................3378-3302

Denúncia (drogas, assaltos e roubos)...................................3235-0000 Polícia Federal (24 h)............................................................3319-6000 Furtos e Roubos de Veículos................................................3116-4623 Viatura de Vilas do Atlântico..............................................99609-7879 Polícia Rodoviária Estadual....................................... 3117-8317 / 8319 Guarda Municipal............................................................................ 153 SALVA....................................................................................3504-0356 Juizado de Pequenas Causas................................................3283-1905 Juizado de Menores.............................................................3283-3602 Ministério Público................................................................3378-4975 MEIO AMBIENTE Polícia Ambiental............................................................................. 153 Denúncia Ambiental.............................................................3369-9168 Licenciamento Ambiental.....................................................3369-2156 PREFEITURA DE LAURO DE FREITAS Gabinete do Prefeito............................................................3288-8621 Alvará de Obras e Funcionamento (Seplan)............. 3369-9196 / 9800 Centro de Controle de Zoonoses........................................ 3288-8912 Secretaria de Serviços Públicos (SESP)............ 3378-8500 / 3378-8502 u Limpeza urbana, coleta de lixo e varrição............ 0800 284 88 33 Vigilância Epidemiológica.....................................................3288-8911 Procuradoria Jurídica............................................................3369-3722

TÁBUA DAS MARÉS – Março / Abril 2018 1º/3 - Quinta-feira 3h38....... Alta....... 2,5m 9h36....... Baixa..... 0,2m 15h51..... Alta....... 2,6m 22h02..... Baixa....-0,1m

8/3 - Quinta-feira 1h45....... Baixa..... 0,8m 8h08....... Alta....... 1,8m 14h06..... Baixa..... 0,8m 20h47..... Alta....... 1,8m

15/3 - Quinta-feira 2h54....... Alta....... 2,2m 8h53....... Baixa..... 0,4m 14h58..... Alta....... 2,3m 21h08..... Baixa..... 0,2m

22/3 - Quinta-feira 0h38....... Baixa..... 0,4m 6h58....... Alta....... 2,1m 13h04..... Baixa..... 0,5m 19h28..... Alta....... 2,1m

29/3 - Quinta-feira 2h32....... Alta....... 2,4m 8h34....... Baixa..... 0,3m 14h49..... Alta....... 2,5m 21h......... Baixa..... 0,1m

5/4 - Quinta-feira 0h28....... Baixa..... 0,6m 6h45....... Alta....... 2,0m 12h45..... Baixa..... 0,6m 19h15..... Alta....... 1,9m

2/3 - Sexta-feira 4h15....... Alta....... 2,6m 10h13..... Baixa..... 0,1m 16h32..... Alta....... 2,7m 22h41..... Baixa..... 0,0m

9/3 - Sexta-feira 2h47....... Baixa..... 1,0m 9h15....... Alta....... 1,7m 15h26..... Baixa..... 0,9m 22h09..... Alta....... 1,7m

16/3 - Sexta-feira 3h26....... Alta....... 2,3m 9h23....... Baixa..... 0,3m 15h34..... Alta....... 2,4m 21h43..... Baixa..... 0,1m

23/3 - Sexta-feira 1h24....... Baixa..... 0,6m 7h54....... Alta....... 2,0m 14h04..... Baixa..... 0,6m 20h36..... Alta....... 2,0m

30/3 - Sexta-feira 3h13....... Alta....... 2,5m 9h11....... Baixa..... 0,2m 15h30..... Alta....... 2,6m 21h41..... Baixa..... 0,0m

6/4 - Sexta-feira 1h06....... Baixa..... 0,8m 7h28....... Alta....... 1,9m 13h28..... Baixa..... 0,8m 20h08..... Alta....... 1,8m

3/3 - Sábado 4h54....... Alta....... 2,5m 10h51..... Baixa..... 0,1m 17h09..... Alta....... 2,6m 23h17..... Baixa..... 0,0m

10/3 - Sábado 4h34....... Baixa..... 1,0m 10h45..... Alta....... 1,7m 17h17..... Baixa..... 0,9m 23h49..... Alta....... 1,7m

17/3 - Sábado 4h........... Alta....... 2,4m 9h56....... Baixa..... 0,2m 16h08..... Alta....... 2,5m 22h13..... Baixa..... 0,1m

24/3 - Sábado 2h32....... Baixa..... 0,8m 9h08....... Alta....... 1,9m 15h28..... Baixa..... 0,7m 22h02..... Alta....... 1,9m

4/3 - Domingo 5h30....... Alta....... 2,4m 11h24..... Baixa..... 0,2m 17h49..... Alta....... 2,5m 23h53..... Baixa..... 0,2m

11/ Domingo 6h08....... Baixa..... 1,0m 12h02..... Alta....... 1,8m 18h36..... Baixa..... 0,8m

18/3 - Domingo 4h32....... Alta....... 2,4m 10h28..... Baixa..... 0,2m 16h43..... Alta....... 2,5m 22h49..... Baixa..... 0,1m

25/3 - Domingo 4h15....... Baixa..... 0,9m 10h41..... Alta....... 1,9m 17h09..... Baixa..... 0,7m 23h36..... Alta....... 1,9m

19/3 - Segunda-feira 5h04....... Alta....... 2,4m 11h02..... Baixa..... 0,2m 17h19..... Alta....... 2,5m 23h21..... Baixa..... 0,1m

26/3 - Segunda-feira 5h56....... Baixa..... 0,8m 12h04..... Alta....... 2,0m 18h30..... Baixa..... 0,5m

5/3 - Segunda-feira 6h04....... Alta....... 2,3m 12h......... Baixa..... 0,3m 18h24..... Alta....... 2,3m

12/3 - Segunda-feira 0h58....... Alta....... 1,8m 7h02....... Baixa..... 0,8m 13h......... Alta....... 1,9m 19h23..... Baixa..... 0,7m

6/3 - Terça-feira 0h26....... Baixa..... 0,4m 6h41....... Alta....... 2,2m 12h34..... Baixa..... 0,5m 19h02..... Alta....... 2,2m

13/3 - Terça-feira 1h43....... Alta....... 2,0m 7h45....... Baixa..... 0,7m 13h45..... Alta....... 2,1m 20h02..... Baixa..... 0,5m

7/3 - Quarta-feira 1h02....... Baixa..... 0,6m 7h19....... Alta....... 2,0m 13h13..... Baixa..... 0,7m 19h49..... Alta....... 1,9m

14/3 - Quarta-feira 2h21....... Alta....... 2,1m 8h17....... Baixa..... 0,5m 14h23..... Alta....... 2,2m 20h38..... Baixa..... 0,4m

20/3 - Terça-feira 5h39....... Alta....... 2,4m 11h39..... Baixa..... 0,2m 17h56..... Alta....... 2,4m 23h58..... Baixa..... 0,3m 21/3 - Quarta-feira 6h15....... Alta....... 2,3m 12h17..... Baixa..... 0,3m 18h39..... Alta....... 2,3m

27/3 - Terça-feira 0h51....... Alta....... 2,1m 7h02....... Baixa..... 0,6m 13h08..... Alta....... 2,2m 19h30..... Baixa..... 0,3m 28/3 - Quarta-feira 1h47....... Alta....... 2,2m 7h53....... Baixa..... 0,5m 14h......... Alta....... 2,3m 20h17..... Baixa..... 0,2m

31/3 - Sábado 3h53....... Alta....... 2,5m 9h51....... Baixa..... 0,1m 16h08..... Alta....... 2,6m 22h15..... Baixa..... 0,0m ABRIL 2018 1º/4 - Domingo 4h26....... Alta....... 2,5m 10h24..... Baixa..... 0,2m 16h47..... Alta....... 2,6m 22h51..... Baixa..... 0,1m 2/4 - Segunda-feira 5h........... Alta....... 2,4m 10h58..... Baixa..... 0,2m 17h21..... Alta....... 2,4m 23h23..... Baixa..... 0,3m 3/4 - Terça-feira 5h36....... Alta....... 2,3m 11h32..... Baixa..... 0,3m 17h58..... Alta....... 2,3m 23h56..... Baixa..... 0,4m 4/4 - Quarta-feira 6h08....... Alta....... 2,2m 12h06..... Baixa..... 0,4m 18h36..... Alta....... 2,1m

7/4 - Sábado 1h58....... Baixa..... 0,9m 8h30....... Alta....... 1,7m 14h34..... Baixa..... 0,9m 21h24..... Alta....... 1,7m 8/4 - Domingo 3h28....... Baixa..... 1,1m 9h53....... Alta....... 1,7m 16h13..... Baixa..... 0,9m 23h......... Alta....... 1,7m 9/4 - Segunda-feira 5h19....... Baixa..... 1,0m 11h13..... Alta.......... 1,7 17h47..... Baixa..... 0,9m 10/4 - Terça-feira 0h13....... Alta....... 1,8m 6h24....... Baixa..... 0,9m 12h17..... Alta....... 1,9m 18h45..... Baixa..... 0,7m Fonte: Banco Nacional de Da­­dos Oceanográficos da Di­re­toria de Hidrografia e Navegação da Marinha do Brasil.


SARTRE, aqui você vence!

Primeiro plano: Antonio Pedro Medrado (Engenharia Elétrica USP), Vitor Augusto Souza (1° lugar Psicologia UFBA), Gustavo Pontes (1° lugar Estatística UFBA) e Yan Daniel Santos (1° lugar Engenharia de Controle e Automação de Processos UFBA). Segundo plano: Rachel Peixoto (1° lugar Arquitetura e Urbanismo UFBA), Gabriela Brandão (1° lugar Enfermagem UCSAL), Gabriela Magalhães (1° lugar Ciências Contábeis UFBA), Camila Orge (2° lugar Medicina Bahiana) Terceiro plano: Vitoria Milheiro (5° lugar Medicina UNEB), Giovanna Costa (1° lugar ABI - Química UFBA), Mariana Nascimento (4° lugar Engenharia Elétrica UFBA), Laiane Costa (2° lugar Direito UNEB), Amanda Lis (1° lugar Medicina UFBA), Ana Carolina Daltro (1° lugar Serviço Social UFBA).

Maior Pontuação Geral da UFBA Mais de 260 aprovados no SISU

1° Lugar em Medicina UFBA 30 primeiros lugares no SISU

EDUCAÇÃO INFANTIL, FUNDAMENTAL, MÉDIO E PRÉ-VESTIBULAR COLEGIOSARTRE

GRAÇA | ITAIGARA | MONET | NOBEL

WWW.ESCOLASEB.COM.BR/SARTRE

Classificador Vilas Magazine | Ed 230 | Março de 2018 | 32 mil exemplares  

Classificador Vilas Magazine | Ed 230 | Março de 2018 | 32 mil exemplares

Classificador Vilas Magazine | Ed 230 | Março de 2018 | 32 mil exemplares  

Classificador Vilas Magazine | Ed 230 | Março de 2018 | 32 mil exemplares

Advertisement