Page 1

Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Pimpinone Uma queria ser sólido A Academia das Musas nova amiga Clube de Leitura Teatral Náufrago [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon Francofonia Workshop de Demon Composição em Tempo Real [SOMOS O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Direita! Cinema de Animação The Gift Clube de Leitura Teatral 20 Dizer E agora? Regresso a Ítaca Se as montanhas se afastam Romance da Última Cruzada Fora do Baralho Caminhos Film Festival Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Clube de Leitura Teatral abalou a América Harlem Gospel Choir De novo o mar (título Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

03 out

03 out

04 out

07 out

07— 23 out

10 out

10 out

10— 12 out

12 out

14 out

17 out

17 out

19— 23 out

31 out

31 out

04 nov

05 nov

07 nov

09 nov

14 nov

11 nov

14 nov

16 nov

19 nov

19— 26 nov

28 nov

29— 30 nov

05 dez

06 dez

06 dez

10 dez

12 dez

08 nov

12 dez


Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Uma queria ser sólidosetembro Pimpinone Curso Internacional para Jovens Atores A Academia das Musas nova amiga Cut, Frame and Border Clube Brunode Leitura Teatral Náufrago Pernadas Orquestra Académica [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon da Universidade de Coimbra Francofonia Workshop de Demon Urândia Aragão Coleção Dramaturgia Composição em Tempo Real [SOMOS Mistérios de Lisboa Geography. O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Performance Acusmática [re]interpretation Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio um líquido que queria ser sólido 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros outubro 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Pimpinone nova amiga Direita! Uma Cinema de Animação The Gift A Academia das Musas Clube de Leitura Teatral Teatral Clube de Leitura 20 Dizer E agora? Náufrago Regresso a Ítaca Se as montanhas [CÓDIGO(S) HUMANO(S)] The Neon Demon se afastam Romance da Última Cruzada Francofonia Fora doWorkshop Baralho Caminhos Film Festival de Composição em Tempo Real Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder [SOMOS NÚMEROS] O que fazer para trás — Vozes dodaquiOutro Lado da Escuridão Amanhã Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Uma Pastelaria em Tóquio 17.ª Festa do Cinema FrancêsClube de Leitura Teatral abalou a América em Coimbra HarlemCarneiros Gospel Choir De novo o mar (título 11 Minutos Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

QUA 14 — SEX 16

03 out

PROJETO EDUCATIVO

03 out

SEX 16

APRESENTAÇÃO PÚBLICA

SÁB 24

MÚSICA

07— DOM23 25 out

MÚSICA

04 out

10 out

DOM 25 — QUI 29

07 out

10 out

10— 12 out

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

SEG 26

12 out

CINEMA À SEGUNDA

14 out

QUA 28

17 QUI 29 out

PERFORMANCE, AGORA!

17 out

PERFORMANCE, AGORA!

SEX 30

PERFORMANCE, AGORA!

19— 23 out

31 out SÁB 01 SEG 03

04 nov

MÚSICA/ÓPERA

05 nov

CINEMA À SEGUNDA CINEMA À SEGUNDA

07 nov

09 11 nov CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA nov

TER 04

TEATRO 14

SEX 14 07 nov

nov

EXPOSIÇÃO

SEX 07 — DOM 23 SEG 10

31 out

16 nov

CINEMA À SEGUNDA

19 nov

CINEMA À SEGUNDA

19— 26 nov

SEG 10 — QUA 12

28 nov

PROJETO EDUCATIVO

29— 30 nov

QUA 12

PERFORMANCE, AGORA!

SEX 14

DANÇA

SEG 05 17 dez

CINEMA À SEGUNDA CINEMA À SEGUNDA

06 dez

QUA 19 — DOM 23

06 SEG 31 dez

CINEMA

10 dez

12 dez

CINEMA À SEGUNDA

CINEMA À SEGUNDA

12 dez

08 nov


novembro SEX 04

Segunda-feira. Atenção à Direita!

TEATRO/DANÇA

SÁB 05

Cinema de Animação

CINEMA EM FAMÍLIA

SEG 07

The Gift

MÚSICA

TER 08

Clube de Leitura Teatral

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

QUA 09

20 Dizer

MÚSICA/POESIA

SEX 11

E agora?

TEATRO

SEG 14

Regresso a Ítaca

CINEMA À SEGUNDA

Se as montanhas se afastam

CINEMA À SEGUNDA

QUA 16

Romance da Última Cruzada

TEATRO

SÁB 19

Fora do Baralho

AS FORMAS DO RISO

SÁB 19 — SÁB 26

Caminhos Film Festival

CINEMA

SEG 28

Fogo no Mar

CINEMA À SEGUNDA

TER 29 — QUA 30

TEATRO Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão

dezembro SEG 05

Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que abalou a América

CINEMA À SEGUNDA

TER 06

Clube de Leitura Teatral

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

Harlem Gospel Choir

MÚSICA

SÁB 10

De novo o mar (título provisório)

MÚSICA/DANÇA

SEG 12

Saint-Amour

CINEMA À SEGUNDA

We Are Us

PERFORMANCE, AGORA!


Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Pimpinone Uma queria ser sólido A Academia das Musas nova amiga Clube de Leitura Teatral Náufrago [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon Francofonia Workshop de Demon Composição em Tempo Real [SOMOS O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Direita! Cinema de Animação The Gift Clube de Leitura Teatral 20 Dizer E agora? Regresso a Ítaca Se as montanhas se afastam Romance da Última Cruzada Fora do Baralho Caminhos Film Festival Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Clube de Leitura Teatral abalou a América Harlem Gospel Choir De novo o mar (título Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

03 out

03 out

04 out

07 out

07— 23 out

10 out

10 out

10— 12 out

12 out

14 out

17 out

17 out

19— 23 out

31 out

31 out

04 nov

05 nov

07 nov

09 nov

14 nov

11 nov

14 nov

16 nov

19 nov

19— 26 nov

28 nov

29— 30 nov

05 dez

06 dez

06 dez

10 dez

12 dez

08 nov

12 dez


O início de uma temporada, como o começo de um drama, abre no tempo uma Académico de Gil Vicente tem causalidade e instaura OnasTeatro últimas temporadas o projeto europeu des maîtres como o seu início no curso das coisas um école recorrente, um modo especialmente de começar a conversação aberta que a cada ano procuramos manter com ponto de vista, a partir instigante os nossos espetadores. A é, no panorama europeu, uma iniciativa do qual podemos (ou única de formação avançada no domínio das artes performativas, a qual o TAGV não) tomar posição. representa em Portugal pela quinta vez consecutiva. A edição de 2016—17 será coordenada pela encenadora e realizadora O começo é por isso ea brasileira Christiane Jatahy sessão pública de apresentação do trabalho uma necessidade, conjunto decorre no espaço do Convento de São Francisco, em nova parceria. Partindo de Robert de um diálogo com já desde a ordenação Altman, a proposta Cut, Frame and Border inter­­­­­­­roga as relações interpessoais aristotélica do mito, na con­tem­pora­­neidade, com a participação de cerca de uma vintena de jovens atores extra­­­­­­­­­ o­rdinários, oriundos de Bélgica, sendo pois um efeito França, Itália e Portugal. Este palco múltiplo que caracteriza um teatro em do teatro e também diálogo expandido com o estado do mundo terá entre setembro e dezembro outras realizações no TAGV, especialmente com um efeito da escrita, Náufrago (a partir de Thomas Bernhard), uma proposta inédita, na qual John Romão sempre que a mão se assume a encenação no coletivo Ao Cabo Teatro, cabendo desta vez a interpretação a Nuno Cardoso. De inquietações criativas aproxima pela primeira nasceu também o projeto que marcou o regresso de João Fiadeiro à criação plena, vez do papel. com O que fazer daqui para trás, école des maîtres

(BR)

short cuts

um espetáculo que será acompanhado pela realização simultânea do seu Workshop de Composição em Tempo Real, exercício de reflexão partilhada que é marca do processo de criação de um dos nossos mais singulares coreógrafos portugueses. O coletivo Visões Úteis propõe, por seu lado, uma pesquisa em modo biográfico e documental, colocando em cena as figuras de Tintin e Annemarie Schwarzenbach, na estreia nacional


de Romance da Última Cruzada. Opressão, atrito e um catálogo de perguntas difíceis é o território sobre o qual assenta Segunda-feira. Atenção à direita!, o primeiro espetáculo do ciclo de sete peças que Cláudia Dias se dispõe a criar nos próximos sete anos, com a colaboração de Pablo Fidalgo Lareo nesta abertura. Nos próximos quatro meses teremos em destaque o ciclo PERFORMANCE, AGORA!, que o TAGV vem promovendo desde 2015, com um conjunto diverso de criadores, cada um experimentando as possibilidades criativas e o regime particular de contingência instaurado pela performance, com a presença de nomes como Urândia Aragão, Frederico Dinis, ­Vitor Joaquim, Isabel Maria Dos ou Telma Santos. A música terá dois momentos inaugurais sucessivos, a 24 e 25 de setembro, com a apresentação pública do novo álbum de Bruno Pernadas, those who throw objects at the crocodiles ­­­ will be asked to retrieve them, e com o concerto de estreia absoluta da Orques­tra Académica da Universidade de Coimbra, uma nova forma de trazer a público a energia e o talento da academia de Coimbra. Após merecer a atenção de uma parte substancial dos cerca de setenta mil espetadores da última temporada, o cinema regressa com dois momentos já afirmados, o Caminhos Film Festival e a 17.ª Festa do Cinema Francês em Coimbra. A força criativa do cinema de autor continuará a ser assegurada na pre­sente temporada pela Medeia Filmes, com quem apresentaremos, na rubrica CINEMA À SEGUNDA, Mistérios de Lisboa, de Raúl Ruiz, com a presença de atores, e nas semanas seguintes ainda filmes de François Ozon, José Luis Guerin, Nicolas Winding Refn, Aleksandr Sokurov, Jerzy Skolimowski, Grímur Hákonarson, Naomi Kawase, Mélanie Laurent e Cyril Dion.

Estas e muitas outras razões, que o espaço não permite agora destacar, serão suficientes para justificar uma deslocação à Praça da República, um lugar de trânsito, no qual o TAGV se encontra com as várias partes da cidade e com a prática quotidiana da cidadania. A temporada de 2016/17 será também por isso um período de renovação da comunicação, porque é inextricável a relação entre conteúdo e forma, desenho e afeção, cidadania e visibilidade.


setembro MÚSICA

PROJETO EDUCATIVO

14

16

24 Bruno Pernadas SÁB

QUA-SEX

Curso Internacional para Jovens Atores com Christiane Jatahy — école des maîtres

1H30

M6

21H30 10€ OU 8€ (C/DESC.)

Those who throw objects at the crocodiles will be asked to retrieve them — novo álbum

(BR)

Um dos projetos mais significativos de formação teatral avançada: a edição 2016 do projeto europeu École des Maîtres decorre em parceria con­­junta do TAGV com a Câmara Municipal de Coimbra e o Colectivo 84, com o apoio de quatro países europeus — Bélgica, França, Itália e Portugal — e tem como objetivo relacionar artistas europeus com idades entre os 24 e os 34 anos, oriundos de escolas de teatro europeias e Local Convento São Francisco com experiência profissional, Parceiros do projeto e direção artística com encenadores de Teatro stabile di innovazione renome internacional. del FVG (Itália), CREPA — Centre de Recherche et d’Expérimentation en Pédagogie Artistique (CFWB/ Bélgica), TAGV — Teatro Académico de Gil Vicente (Portugal), La Comédie de Reims, Centre Dramatique National (França)

©Vera Marmelo

O projeto, este ano, é orientado pela encenadora convidada Christiane Jatahy (Brasil), criadora que esteve em destaque no último Festival Alkantara. APRESENTAÇÃO PÚBLICA

16 Cut, Frame and Border SEX

2H00

M12

18H00 ENT. LIVRE

com Christiane Jatahy — école des maîtres

O novo projeto do compositor/multi-instrumentista Bruno Pernadas parte de uma busca pessoal pela relação entre a mitologia egípcia no que diz respeito à adoração do crocodilo do Nilo e o comportamento humano contemporâneo ocidental.

(BR)

É também uma continuação do seu anterior projeto­­ how can we be joyful in a world full of knowledge editado em 2014 pela Pataca Discos. A sonoridade representa uma comb­­­i­­­­­­­­­­­­­nação de vários estilos tais como West Coast jazz dos anos 70, lounge oriental, krautrock, freak folk, pop music, sampling e processamento de eletrónica lo-fi, exótica e soul music. O trabalho mais recente reúne composições criadas em 2015 e 2016 e caracte­ riza-se pela longa duração dos seus temas (8 a 15 minutos) com a instrumentação e sonoridade intemporal, tendo como base um processo cria­­­­­­­­​­­­­­­­­tivo que pretendeu respeitar a composição em tempo real.

cut, frame and border tem como referência a obra do cineasta Robert Altman short cuts. ­­­As relações na contemporaneidade, paisagens de uma realidade social que se comprime e explode; em cidades partidas, em apartamentos espremidos, em choques e violências, em grandes diferenças sociais, em fronteiras invisíveis Local Convento São Francisco e visí­­­­­veis; uma espécie Encenação Christiane Jatahy de cró­nica fragmentada Assistência de encenação do que­se olha em volta Henrique Mariano, Paulo ou, por outras palavras, da Dantas Interpretação Arianna Di experiência coletiva ­­­da pólis. Stefano (IT), Astrid Meloni (IT), Alix Riemer (FR), Ana Vilela da Costa (PT), Clementine Colpin (BE), Fortunato Leccese (IT), Ines Dubuisson (BE), João Villas-Boas (PT), Karim Bel Kacem (FR), Laura Laboureur (BE), Maëlle Poesy (FR), Matteo Ramundo (IT), Natalie Beder (FR), Pauline Desmet (BE), Teresa Coutinho (PT), Vera Kolodzig (PT)

Local auditório TAGV Guitarra, sintetizador, sampler e composição Bruno Pernadas Bateria e sampler João Correia Baixo elétrico Nuno Lucas Voz, teclados e sintetizador Margarida Campelo Voz e guitarra Francisca Cortesão Voz e guitarra Afonso Cabral Trompete e flugelhorn Diogo Duque Sax alto, tenor, soprano João Capinha Sax tenor, soprano, barítono Raimundo Semedo

A performance acontece simultaneamente em cena e fora de cena. Imagens, mostradas em monitores, captadas por câmaras de segurança que revelam o interior do camarim e também os espaços em torno do teatro. 8


setembro   MÚSICA 1H30 DOM

25

dezembro ‘16

18H00 5€, 3€ (ESTUDANTE) GRATUITO (NOVOS ESTUDANTES UC)

Orquestra Académica da Universidade de Coimbra

©Henrique Farinha

Concerto de estreia Partindo da colaboração entre a Universidade de Coimbra e a Tuna Académica da Universidade de Coimbra, a formação sinfónica da OAUC conta com a participação de estudantes da Academia de Coimbra, antigos estudantes da UC e elementos do seu corpo docente e não-docente. O programa, sob a regência do Maestro André Granjo, inclui obras de grandes compositores portugueses, como Joly Braga Santos, Frederico de Freitas e Sérgio Azevedo.

RESIDÊNCIA ARTÍSTICA

25

29

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

26

DOM-QUI 10H00-22H00

Urândia Aragão

SEG 18H30

ENT. LIVRE

Coleção Dramaturgia By Heart e Outras Peças Curtas de Tiago Rodrigues

Residência artística com a nova criação um líquido que queria ser sólido

O livro reúne sete ficções dramáticas, sete vias de acesso ao universo criativo de Tiago Rodrigues, o ator, encenador e dramaturgo que ocupa ­atual­­­­­­mente o cargo de diretor artístico do TNDM II. Um itinerário que começa com by heart, que dá nome ao volume, e termina, em chave autorreferencial, com a última peça de tiago rodrigues. A Coleção Dramaturgia dedica-se à escrita para teatro, acolhendo clássicos, modernos e contemporâneos, autores consagrados e emergentes, com atenção especial dedicada aos processos de transformação da escrita de palco. A coleção apresenta no espaço da Local Mosteiro São Bento da Vitória — Centro de língua portuguesa uma Documentação (TNSJ) proposta editorial de com Tiago Rodrigues, Nuno referência no domínio do Carinhas, Fernando Matos teatro, propondo edições Oliveira, Luís Mestre criteriosas e acompanha- Organização Centro de Dramaturgia Contemporânea das de aparato crítico.

O novo projeto de Urândia Aragão, em criação, parte de uma reflexão em torno da DUDH — Declaração Universal dos Direitos do Homem. Urândia Aragão é uma artista interdisciplinar que tem vindo a desenvolver o seu trabalho na área­­ do Design e das Artes Performativas. Na sua pes­quisa confronta disciplinas como o desenho, a fotografia, o vídeo e a escrita na relação com o corpo. O seu trabalho acontece no interface entre vida e arte, explorando o interface da performance enquanto procura de novos meios de relação e experimentação coletiva. Paralelamente trabalha como pedagoga e coreóLocal laboratório TAGV Apresentação da nova grafa no projeto agora criação “um líquido que faz tu! de Rui Catalão. queria ser sólido” 30 set (ver pág. seguinte)

Local auditório TAGV Maestro André Granjo Programa Joly Braga Santos, Frederico de Freitas e Sérgio Azevedo Fotografia Henrique Farinha Apoio Orquestra Académica da Universidade de Coimbra tem o apoio do Santander Universidades Apoio à produção Instituto Português do Desporto e da Juventude e da Fundação Calouste Gulbenkian

/TAGV, Imprensa da Universidade de Coimbra, TNSJ, TNDM II

9


setembro / outubro CINEMA À SEGUNDA

26

SEG

4H26

PERFORMANCE,

M12

29

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Mistérios de Lisboa

PERFORMANCE,

28

QUA

AGORA! 1H00

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.) OU 2€ (ESCOLAS)

Geography. Performance Acusmática

35M

22H00 ENT. LIVRE

[re]interpretation

de Raúl Ruiz com a presença especial dos atores

“Tinha catorze anos e não sabia quem era...”. O clássico de Camilo Castelo Branco adaptado por um dos grandes mestres do cinema mundial, Raúl Ruiz, mergulha-nos ­num Local auditório TAGV com Adriano Luz, Maria turbilhão imparável de João Bastos, Ricardo aventuras e desventuras, Pereira, Clotilde Hesme, Afonso Pimentel, João Luís coincidências e reve­ lações, sentimentos Arrais, Albano Jerónimo, Rui Morisson, Joana de e paixões violentos, Veronna, José Manuel vin­­ganças, amores Mendes, São José Correia, desgraçados e ilegí­­ti­­mos António Fonseca, Léa numa atribulada viagem Seydoux, Melvil Poupaud, Margarida Vilanova, Sofia por Portugal, França, Aparício Itália e Brasil. Origem Portugal, 2010

AGORA!

QUI

Frederico Dinis + Vitor Joaquim

Performance sonora e visual inspirada nas memórias sensoriais e na identidade do Jardim Botânico da Universidade de Coimbra que pretende reinterpretar as características do jardim, combinando gravações site-specific com música electrónica ambiental Local Jardim Botânico da Universidade de Coimbra e procurando gerar Conceito e interpretação interpretações diversas Frederico Dinis e Vitor Joaquim e emoções ambíguas. Gravação, edição, som, imagem e composição Frederico Dinis Improvisação eletrónica Vitor Joaquim Produção Pensamento Voador — Associação para a promoção de ideias Organização Jardim Botânico da Universidade de Coimbra, Pensamento Voador Com o Apoio Teatro Académico de Gil Vicente, Curso de Estudos Artísticos/Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Câmara Municipal de Cantanhede PERFORMANCE,

30

— música eletrónica de Vitor Joaquim

Em [re]interpretation as atmosferas sonoras e visuais do Jardim Botânico de Coimbra são abordadas no seu próprio espaço físico, criando um espaçotempo que se desenvolve em torno de uma narrativa sonora e visual.

AGORA! SEX

18:00 (ESCOLAS) 21:30

1H00

M6

7€, 5€ (C/DESC.) OU 2€ (ESCOLAS)

um líquido que queria ser sólido de Urândia Aragão

©DR

Foi em Outubro do ano passado, eu estava a fumar um cigarro, à entrada de um prédio, em Beit Jala, na Palestina. Em frente, 3 miúdos jogavam à bola, do outro lado do muro, Israel. Ele aproximou-se e perguntou: “Já viste o que está ali escrito?” Eu respondi: “Onde?” E ele apontando para o muro, disse: “Abre-te Sésamo”.

“Com geography, queria olhar em volta e esquecer a individualidade e infinitude. Mergulhar nos conceitos de Jared Diamond sobre a geografia e como a espécie humana evoluiu.”

O processo de criação desta peça decorreu em Portugal, Palestina, República Democrática do Congo, África do Sul, Alemanha, Peru e Eslovénia.

Vitor Joaquim improvisador eletrónico, compositor e artista media. Formou-se em cinema nas áreas de som e realização. Compôs para dança, teatro, instalações e multimédia. Apresenta-se regularmente ao vivo, um pouco por toda a Europa, ora a solo ora em colaborações diversas com criadores das mais variadas áreas.

Local auditório TAGV (lotação limitada) Criação artística Urândia Aragão Colaboração artística Momar Ndiaye, Borut Bučinel e Chuma Sopotela Interpretação Urândia Aragão, Momar Ndiaye Colaboração dramatúrgica Rui Catalão Produção Alkantara Coprodução Teatro Maria Matos, 1space Project, Teatro Académico de Gil Vicente, Pensamento Voador Performance inserida no Ciclo Conceitos e Dispositivos de Criação em Artes Performativas Apoio direto pontual Direção-Geral das Artes (DG Artes)

Local auditório TAGV (lotação limitada) Performance inserida no Ciclo Conceitos e Dispositivos de Criação em Artes Performativas Apoio direto pontual Direção-Geral das Artes (DG Artes) Coprodutores Teatro Académico de Gil Vicente / Pensamento Voador 10


setembro  

dezembro ‘16 CINEMA À SEGUNDA

MÚSICA/ÓPERA

01 Pimpinone SÁB

03

1H40

21H30 10€ OU 8€ (C/DESC.)

SEG

2H12

M12

21H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

A Academia das Musas

ópera cómica de Georg P. Telemann — Dia Internacional da Música

de José Luis Guerin

O intermezzo pimpinone foi um dos maiores sucessos do compositor alemão Georg P. Telemann (1681—1787). Para aliviar as fatídicas histórias das grandes tragédias, que muitas vezes exigiam longas trocas de cenário, era Local auditório TAGV comum intercalar nos inter- Compositor George P. Telemann Libretto J.P. Praetorious valos os chamados interTradução Ema Maia, Graça Maia, mezzi com música mais Miguel Dias e Tânia Ralha leve, com temas cómicos, Adaptação vocal António Ramos e Tânia Ralha seguindo a tradição da Encenação, cenografia e figurinos ópera buffa. Mário Alves A história começa com a camareira Vespetta em busca de um marido e vê no rico mercador Pimpinone uma possibilidade de independência. Assim, deliberadamente, Vespetta seduz Pimpinone que se apaixona por ela e lhe oferece emprego.

Direção musical António Ramos Cantores Nuno Mendes e Tânia Ralha Figurante Dinis Ludgero Orquestra Camerata Joanina António Ramos, Clara Dias, Sofia Grilo (Violinos), Ricardo Mateus (Violeta), Rogério Peixinho (Violoncelo), Samuel Pedro (Contrabaixo), Rui Grenha (Guitarra Barroca), Raquel Resende (Cravo) Produção Jorge Silva e André Janicas

CINEMA À SEGUNDA

03

SEG

1H48

M16

18H30 4€ OU 3€ (C/DESC.)

Uma nova amiga de François Ozon

O anfiteatro de uma Faculdade de Letras. Um professor de filologia dá aulas de poesia a uma turma composta sobretudo por raparigas. Neste projeto pedagógico onde se convocam as musas da antiguidade para elaborar uma ética poética e amorosa, as estudantes entregam-se, pouco a pouco, com vertigem e paixão, ao jogo de uma academia de musas. Local auditório TAGV Projeto utópico? Inverosímil? Controverso? com Raffaele Pinto, Forgetta, Rosa Sucedem-se os jogos de Emanuela Delor Muns, Mireia Iniesta, espelhos e de poderes, Patricia Gil de sedução e de desejo, Origem Espanha, 2015 onde cada um desempenha o seu papel, onde o falso se mistura com o verdadeiro, onde graça amorosa e sátira deliciosamente se conjugam, sob os auspícios de Dante e Beatriz, Lancelote e Genebra, Orfeu e Eurídice. CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

04

TER

1H30

18H30 ENT. LIVRE

Clube de Leitura Teatral leitura coordenada por Pedro Lamas A iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor.

Com realização e argumento do aclamado realizador francês François Ozon (sob a areia, swimming pool, o tempo que resta, potiche — minha rica mulherzinha, dentro de casa), um melodrama que adapta ao grande ecrã o conto homónimo da escritora inglesa Ruth Rendell (1930—2015). O protagonismo está entre­ gue aos atores Romain Duris, Anaïs Demoustier, Raphaël Personnaz e Isild Le Besco.

O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia. O clube de leitura teatral propõe-se como uma iniciativa aberta à participação Local auditório TAGV (lotação limitada) Inscrições para de coletivos, clube.leitura.teatral@gmail.com associações Coordenação Ricardo Correia (TAGV), e interessados António Augusto Barros (A Escola na escrita para da Noite) Coprodução Teatro Académico Gil teatro.

O novo filme de François Ozon é uma obra sobre a transformação, o desejo e a sexualidade. Local auditório TAGV com Romain Duris, Anaïs Demoustier, Raphael Personnaz, Isild Le Besco, Aurore Clement Origem França, 2014

Vicente e A Escola da Noite

11


outubro EXPOSIÇÃO

TEATRO

07

SEX

1H10

07

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.)

Náufrago

“Ainda que essa morte fosse inteiramente previsível, fosse até o que há de mais evidente, assim disse ele. E no entanto não a concebemos, não a entendemos, não a concebemos.” náufrago insere-se ainda numa linha de trabalho centrada numa abordagem das novas escritas de palco e do devising, propondo a um criador relevante da cena nacional o desenvolvimento de um solo interpretado por Nuno Cardoso, aqui regressando ao palco Local auditório TAGV como ator. John Romão, Dramaturgia John Romão e Nuno Cardoso, a partir de cujo percurso cada vez “O Náufrago” de Thomas Bernhard mais afirmado internaEncenação e espaço cénico cionalmente tem alimen- John Romão Interpretação Nuno Cardoso tado a sua assumida Pianistas Bernardo Santos, voracidade por novas Bernardo Soares e Marisa Silva abordagens e diferenCoprodução Centro Cultural Vila tes processos de traba- Flor e Casa das Artes de Ovar lho, enfrenta assim Nuno Ao Cabo Teatro é uma estrutura pela DGArtes/República Cardoso enquanto intér- apoiada Portuguesa prete, um confronto que é também o de duas linguagens habitualmente distintas, mas não necessariamente distantes. Duas vozes habituadas a serem pouco complacentes para com quem as ouve e para com as máscaras das personagens que colocam em palco.

SEX A DOM

ENT. LIVRE

[CÓDIGO(S) HUMANO(S)] Isabel Maria Dos compositora intermedia, investigadora independente, com interesses de exploração em arte interativa e participada pelo público. Local Sala Branca TAGV [PAISAGENS NEUROLÓGICAS: CÓDIGO(S) HUMANO(S)] é parte integrante da edição #03 de Outubro de 2016 em Coimbra, do projeto transdisciplinar [PAISAGENS NEUROLOLÓGICAS – ARTE & CIÊNCIA] da autoria de Isabel Maria Dos

É autora e coordenadora dos projetos transdisciplinares: [PAISAGENS NEUROLÓGICAS — ARTE E CIÊNCIA]; TRANS[acto] Transdisciplinary And Anti-Artistic Global Project (decorrido em Portugal e no Brasil). ©DR

Ao Cabo Teatro por John Romão com Nuno Cardoso — a partir de o náufrago de Thomas Bernard

23

CINEMA À SEGUNDA

10

SEG

1H57

M18

18H30 4€, 3€ (C/DESC.)

The Neon Demon de Nicholas Winding Refn

Um filme híbrido, um psicodrama no feminino, por vezes quase camp, um conto de fadas moderno que envia a sua inocente protagonista numa perigosa viagem para o desconhecido, por um dos mais interessantes autores do cinema contemporâneo. Local auditório TAGV com Elle Fanning, Keanu Reeves, Christina Hendricks, Jena Malone, Bella Heathcote Origem EUA, 2016 ©Arquivo Glenn Gould 12


setembro  

dezembro ‘16

CINEMA À SEGUNDA

10 Francofonia SEG

1H27

PERFORMANCE, AGORA!

12

M12

21H30 4€, 3€ (C/DESC.)

QUA 21H30

1H00 2€

M12

[SOMOS NÚMEROS]

de Aleksandr Sokurov

e-performance de Isabel Maria Dos

1940. Paris, uma cidade ocupada. E se, no decorrer dos bombardeamentos, a guerra levasse a Vénus de Milo, a Mona Lisa, a Jangada da Medusa? O que aconteceria a Paris sem o Louvre? Dois homens em lados opostos – Jacques Jaujard, diretor do Louvre, e o Comandante Franz Wolff-Metternich, chefe da comissão alemã para a proteção das obras de arte em França – aliam-se para preservar os tesouros do museu. Através da narração desta história pouco conhecida, Local auditório TAGV com Louis-Do de Lencquesaing, Aleksandr Sokurov faz Vincent Nemeth, Benjamin Utzerath, uma reflexão sobre Johanna Korthals Alte, a relação entre a arte, Jean-Claude Caër o poder e a cultura. Origem França, 2015

[SOMOS NÚMEROS] trata-se de uma e-performance concebida para desenvolvimento em dois lugares de cena — o palco do teatro e o espaço web — nos quais se desafia a performer Telma Santos (on-line) e o público (no palco) com os seus tele­­mó­veis ou tablets, e recurso à internet, a participarem na construção de uma narrativa a partir da exploração da linguagem computacional que é, ela também, uma linguagem humana. ©DR

Local auditório TAGV (lotação limitada)

PROJETO EDUCATIVO

10

12

SEG-QUA 18H00-23H00

5H/DIA 50€ 30€ (ESTUDANTE)

Workshop de Composição em Tempo Real ©DR

com João Fiadeiro

DANÇA

14

SEX

1H10

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.)

O que fazer daqui para trás de João Fiadeiro

João Fiadeiro explora o tempo – duracional, suspenso, intervalar – ao “mesmo tempo” que foca a sua atenção naquilo que fica, no que foi esquecido, no resto.

A Composição em Tempo Real é uma ferramenta teórico-prática de improvisação em performance que investiga os processos de reação, decisão e composição que normalmente acionamos na sequência de um encontro (com o) inesperado.

Local auditório TAGV Performers e cocriação Adaline Anobile, Carolina Campos, Márcia Lança, Iván Haidar e Daniel Pizamiglio Produção RE.AL (Lisboa) Coprodução Teatro Municipal Maria Matos (Lisboa) e Teatro Municipal Rivoli (Porto) Residências artísticas Arquipélago/Centro de Artes Contemporâneas (Açores), Santarcangelo Dei Teatri (Itália) e Atelier Real (Lisboa)

João Fiadeiro pertence à geração de coreógrafos que emergiu no final da década de 80 e que, na sequência do movimento “pós-moderno” americano e dos movimentos da Nouvelle Danse francesa e belga, deu origem Local laboratório TAGV à Nova Dança Portuguesa. Público-alvo com interesse pelas práticas de improvisação e composição Informações e inscrições producao@tagv.uc.pt

13

O “resto” é o que cria “vazio”. E é a prova da ausência de uma presença. Ou melhor, é a presença de uma ausência. É no “resto” que vamos encontrar os traços e os rastos para darmos início à impossível tarefa de reconstruir o mundo, uma e outra vez.


outubro / novembro CINEMA

CINEMA À SEGUNDA

17

SEG

1H58

19

M12

18H30 4€, 3€ (C/DESC.)

Amanhã

de Mélanie Laurent e Cyril Dion E se mostrar soluções, contar uma história positiva, fosse a melhor forma de resolver as crises ecológicas, económicas e sociais que atravessam o nosso mundo? Após a publicação de um estudo que anuncia a possibilidade do desaparecimento da humanidade até 2100, Cyril Dion e Mélanie Laurent partiram com uma equipa de quatro pessoas, para investigar em dez países aquilo que poderá provocar esta catástrofe e, sobretudo, como evitá-la. Durante a sua viagem, encontraram pioneiros que reinventaram a agricultura, a energia, e economia, a democracia e a educação. Ao juntarem todas estas Local auditório TAGV iniciativas positivas, eles com Louis-Do de Lencquesaing, Vincent Nemeth, Benjamin começam a ver emergir Utzerath, Johanna Korthals Alte, aquele que poderá ser Jean-Claude Caër o mundo de amanhã. Origem França, 2015

23

QUA-DOM

3,5€ 3€ (C/DESC.) 1€ (ALLIANCE FRANÇAISE)

17.ª Festa do Cinema Francês em Coimbra

A festa do cinema francês chega a Coimbra com uma programação que traz à cidade, em antestreia, o que de mais recente e melhor se produz cinematograficamente em França. Para a abertura da Festa, a estreia de 21 nuits avec pattie, uma comédia desconcertante com um elenco de luxo pela mão dos irmãos Larrieu — Arnaud e Jean-Marie Larrieu.

CINEMA À SEGUNDA

17 Uma Pastelaria em Tóquio SEG

21H30

1H53

M12

4€, 3€ (C/DESC.)

19 20

de Naomi Kawase

20 20 21

Sentaro gere uma pequena pastelaria de dorayakis – uma especialidade japonesa que consiste em duas panquecas recheadas com doce de feijão (“an”, no original). Quando Tokue, uma senhora com cerca de 70 anos, se oferece para trabalhar na pastelaria de Sentaro, ele aceita com relutância. No entanto, Tokue rapidamente prova que a sua receita de “an” é mágica. Graças à sua receita secreta, o negócio de Sentaro floresce rapidamente. Com o tempo, Sentaro e Tokue abrem os seus corações, e desenvolvem uma relação de amizade que vai revelando também algumas feridas do passado. Local auditório TAGV com Masatoshi Nagase, Kirin Kiki, Miyoko Asada, Etsuko Ichihara, Miki Mizuno, Kyara Uchida Origem Japão, 2015

14

21 Nuits avec Pattie

de Arnaud Larrieu, Jean-Marie Larrieu Abertura da 17.ª edição da Festa

Jamais Contente de Émilie Deleuze

Terre Battue

de Stéphane Demoustier

Tout de Suite Maintenant de Pascal Bonitzer

Tout en Haut du Monde

de Rémi Chayé — sessão escolas

21

La Loi de la Jungle

22

Gus — Petit Oiseau, Grand Voyage

22

Des Nouvelles de la Planète Mars

23

Marie et les naufragés

23

L’effet Aquatique

de Antonin Peretjatko

de Christian De Vita

de Dominik Moll

de Sébastien Betbeder

de Solveig Anspach

Local auditório TAGV entrada gratuita (para escolas, mediante reserva e levantamento de bilhete, através do endereço info.coimbra@alliance.pt ou do núm. 239 701 252)

21H00

10H30

(ESCOLAS)

18H30

21H30

10H30

21H30 11H00

(CINEMA EM FAMÍLIA)

21H30

17H00

21H30


setembro  

dezembro ‘16

CINEMA À SEGUNDA

31

SEG

1H35

TEATRO/DANÇA

04

M12

18H30 4€, 3€ (C/DESC.)

Carneiros

SEX

1H

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.)

Segunda-feira. Atenção à Direita!

de Grímur Hákonarson

©José Caldeira

de Cláudia Dias

OK, põe-me KO — Quando levamos um soco, pelo menos acontece qualquer coisa. Com alguma sorte, se dermos por ela, temos noção que está a acontecer. É um primeiro passo, quando nos esmurram a cara, saber algo. Mas bom mesmo é saber quem, como, para quê, o que foi. Num mundo de agressão mais ou menos dissimulada, em casa e no trabalho, e mais ou menos simulada, no ócio e no lazer, é de esperar que mais cedo ou mais tarde alguém nos dê esse soco. Nem que seja metafórico. O que surpreende é que tanta gente apanhe sem saber porquê.

Uma história simples e direta, que nos leva até a uma Islândia rural tão remota como as paisa­gens que rodeiam os protagonistas deste filme. Num vale isolado na Islândia, dois irmãos que não falam um com o outro há qua- Local auditório TAGV renta anos vão ter de se com Sigurdur Sigurjónsson, Theodór Júlíusson, unir para salvar o seu Charlotte Boving bem mais precioso: Origem Islândia, 2015 os seus carneiros.

Local auditório TAGV (lotação limitada) Conceito e direção artística Cláudia Dias Artista convidado Pablo Fidalgo Lareo Texto Cláudia Dias e Pablo Fidalgo Lareo Intérpretes Cláudia Dias, Jaime Neves, Karas Produção Alkantara Coprodução Alkantara Festival e Noorderzon Performing Arts Festival Groningen no âmbito do NXTSTP/Programa Cultura da União Europeia; Goethe Institut; Maria Matos Teatro Municipal; Teatro Municipal do Porto

CINEMA À SEGUNDA

31 11 Minutos SEG

1H21+15M

M12

21H30 4€, 3€ (C/DESC.)

de Jerzy Skolimowski

CINEMA EM FAMÍLIA

05

Uma cadeia de acontecimentos completamente inesperados acaba por traçar o destino de uma série de habitantes de uma cidade em apenas 11 minutos: um marido ciumento fora de controlo, a sua mulher, uma atriz, um realizador de Hollywood, um traficante, uma jovem desorientada, um vendedor de cachorros quentes, um estudante perturbado com uma missão misteriosa, um empregado de limpeza numa pausa ilícita, um artista idoso, uma equipa de paramédicos e um grupo de freiras.

SÁB

1H

11H00

4€

Cinema de Animação Abrindo mundo às crianças e aos jovens, propomos uma singular seleção de curtas-metragens de animação pensada para ver em família.

Local auditório TAGV com Richard Dormer, Agata Buzek, Andrzej Chyra, Dawid Ogrodnik, Beata Tyszkiewicz, David L. Price, Piotr Glowacki, Jan Nowicki, Wojciech Mecwaldowski, Paulina Chapko, Anna Maria Buczek Origem Polónia, 2015

Uma singular seleção de curtas-metragens de ­diferentes países da Europa realizadas entre 2007 e 2009, com diversas temáticas e distintas técnicas de animação, tendo como principal objetivo promover o ­espírito Local auditório TAGV Um bilhete é válido para 1 adulto crítico dos mais + 1 criança até aos 12 anos jovens e o debate Produção Associação Meridional em família sobre de Cultura cada um dos filmes. Parceria Festival MONSTRA e TAGV

11 minutos tem como complemento a curta metragem marasmo de Gonçalo Loureiro com a duração aproximada de 15 minutos.

15


novembro MÚSICA

07

MÚSICA/POESIA

SEG 21H30

1H30

09 20 dizer QUA

M3

20€, 10€ (ESTUDANTE)

21H30

The Gift

1H

M12

ENT. LIVRE

Trigo Limpo teatro ACERT 40 anos ACERT

20 anos Espetáculo inclusivo 50 Anos sasuc — Serviços de Ação Social da Universidade de Coimbra ©DR

José Rui Martins e Luísa Vieira partilham o palco num exercício de comunicação, explorando a musicalidade da palavra e a simplicidade de dar voz a seduções emotivas. A leitura poética voando em múltiplas geografias com sonoridades que a embalam e impacientam. A interpretação poético-musical a renovar-se na inspiração da palavra. O poema adquirindo novas matizes, corpos e a humanidade em que respira. A palavra migrando em sonhos, sobressaltos, pavores e coragens. Insubmissa e irreverente. A música em incessantes movimentos, adoçando e resistindo a sentires e sentidos por onde a palavra devaneia. Local Café Teatro TAGV Palavras de sabor poético ditas e musicadas.

Os the gift continuam a celebrar os 20 anos de carreira. Um momento especial de partilha de histórias e memórias únicas. Enquanto preparam aquele que consideram ser o álbum das suas vidas, dão continuidade às celebrações deste marco decisivo das suas carreiras.

TEATRO

11

Com um concerto que percorre a história da banda através dos singles que marcaram gerações, de te­mas novos que já se tornaram incontornáveis como o clássico e a recuperação de alguns lados B de álbuns antigos, que, agora, se revisitam neste novo espetáculo. Local auditório TAGV

TER

SEX

1H10

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.)

E agora?

Trigo Limpo teatro ACERT 40 anos ACERT

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

08

Direção artística, textos e declamação José Rui Martins Arranjos, voz, flauta e m’bira Luísa Vieira Vídeo Rui Sérgio

1H30

Vamos escalpelizar a atualidade através das palavras de Gonçalo M. Tavares e tentar perceber o que se está a passar neste nosso mundo: “Será que o abstrato invadiu a Europa … A velha economia era isto: duas vacas que se trocavam por mil galinhas; fábricas e máquinas, árvores que se vendiam ou compravam.”

18H30 ENT. LIVRE

Clube de Leitura Teatral leitura coordenada por Sofia Lobo

A iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor. O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia. O clube de leitura teatral propõe-se como Local Teatro da Cerca de São Bernardo uma iniciativa aberta Inscrições para à participação de clube.leitura.teatral@gmail.com coletivos, associações Coordenação Ricardo Correia e interessados na escrita (TAGV), António Augusto Barros (A Escola da Noite) para teatro. Coprodução Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite 16

“Chegámos a um espetáculo que nos surpre­­­­endeu. Penso que criámos uma peça “três em um”. Um conjunto de três quadros (X cenas) que estranhamente se unem e dão forma a uma história que estava escondida nas palavras do autor. Partilhamos agora esta nossa criação com o público, conversando com Local auditório TAGV ele do desemTexto a partir de os cansados, os animais, os suicidas; hotel, prego, da crise, as cabeças rapadas e matteo perdeu o emprego da Europa, na Gonçalo M. Tavares tentativa de que de Dramaturgia e encenação Pompeu José no final do espe- Interpretação António Rebelo, Ilda Teixeira, José Rui Martins táculo alguém se levante e nos e Sandra Santos 108ª Produção do Trigo Limpo questione: teatro ACERT — E agora?”


setembro  

dezembro ‘16 TEATRO

CINEMA À SEGUNDA

14 Regresso a Ítaca SEG

18H30

1H35

16

M12

4€, 3€ (C/DESC.)

QUA

1H00

M12

21H30 7€, 5€ (C/DESC.)

Romance da Última Cruzada

de Laurent Cantet

©DR

de Visões Úteis

O fascínio pelas representações (mais ou menos teatrais) dos eventos e cenários de contextos de guerra — desde palestras e espetáculos dos soldados na Primeira Guerra Mundial aos apaixonados “autor­retratos” dos soldados do Estado Islâmico nas redes sociais.

Um terraço em Havana. Cinco amigos encontram-se para festejar o regresso de Amadeo, depois de 16 anos de exílio. Do pôr ao nascer do sol, falam da juventude, da fé no futuro que tinham mas também da desilusão do presente.

Um fascínio que se estende às coincidências biográficas, mas também às divergências entre os factos relatados a partir da memória individual e os que ficaram marcados na memória coletiva.

Local auditório TAGV com Carmen Solar, Fernando Hechevarria, Isabel Santos, Jorge Perugorría, Néstor Jiménez Origem França, Bélgica, 2014

A segunda criação original do Visões Úteis num ano dedi­cado ao eixo temático biografias.

CINEMA À SEGUNDA

14

SEG 21H30

2H06

M12

4€, 3€ (C/DESC.)

Se as montanhas se afastam

Local auditório TAGV Uma criação original de Ana Vitorino e Carlos Costa Com a colaboração de Inês de Carvalho, João Martins e José Carlos Gomes Coprodução Visões Úteis, Teatro Académico de Gil Vicente, Teatro Municipal de Vila Real

AS FORMAS DO RISO

19

SÁB 21H30

1H30

M6

€15, €12 (C/DESC.)

Fora do Baralho

de Jia Zhang-Ke

com Mário Daniel

China, final de 1999. Tao, uma jovem rapariga de Fenyang é cortejada por dois amigos de infância, Zhang e Lianzi. Zhang, proprietário de uma estação de serviço, tem reservado para si um futuro prometedor. Liang trabalha numa mina de carvão. Com o coração dividido entre os dois homens, Tao vai ter de fazer uma escolha que irá marcar o resto da sua vida e da do seu futuro filho, Dollar. Entre uma China em profunda mutação e a Austrália como a promessa de uma vida melhor, encontram-se as esperanças, os amores e as desilusões das personagens face ao seu destino.

O autor, apresentador e ilusionista do programa televisivo minutos mágicos, Mário Daniel, apresenta-se para comandar a arte da ilusão em palco, através da história de um mágico que tenta criar o seu próximo espetáculo. Mário Daniel nasceu na cidade de Peso da Régua, em 1980, e em 2005, mudou-se para o Porto. No seu sexto aniversário ofereceram-lhe uma pequena caixa de magia e esse presente marcou a sua vida. Mas a verdadeira viragem deu-se quando aos 12 anos leu o livro magia teatral, de Martins de Oliveira.

Local auditório TAGV com Tao Zhao, Yi Zhang, Jing Dong Liang Origem China, 2015

Local auditório TAGV

17


novembro/dezembro CINEMA

(ESCOLAS)

19 26 Caminhos Film Festival SÁB-SÁB

29

Local auditório TAGV Preço 4€ (bilhete sessão), 3€ (bilhete sessão para sócios CEC, estudantes ou desempregados), 20€ (bilhete festival) ou 15€ (bilhete festival para sócios CEC, estudantes ou desempregados); informações e reservas para escolas através do e-mail geral@caminhos.info Produção Caminhos do Cinema Português/AACC, Centro de Estudos Cinematográficos/AAC

CINEMA À SEGUNDA

28

SEG

1H33

M12

21H30 4€, 3€ (C/DESC.)

Fogo no Mar de Gianfranco Rosi

QUA

1H15

15H30

3€

TER-QUA 21H30

M12

7€ 5€ (C/DESC.)

Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão

Ao longo de vinte e uma edições, o festival abre-se a juniores, seniores, escolas de cinema, editoras e livreiros, aproximando os criadores dos seus públicos, naquela que é a única mostra dedicada exclusivamente ao cinema nacional. “Fomos navegadores, descobridores, campeões. O cinema português está vivo e não vai resignar-se a prateleiras poeirentas, nos confins de um armazém qualquer. Queremos luz nas salas de cinema deste nosso país, queremos (re)apaixonar os portugueses pelo que é seu.”

30 30

TEATRO

Bonifrates “Os corpos que veiculam estas vozes, ou estiveram pessoalmente expostos à violência ou foram testemunhas dessa violência sobre outros seres humanos, grupos, ou nações. Alguns viram os próprios pais, filhos ou esposas serem violentados e levados durante a noite. Outros viram crianças serem transformadas em soldados e forçadas a matar. Cada um deles Local auditório TAGV Texto Ariel Dorfman sobre viu coisas intoleráveis: livro de Kerry Kennedy um homem morto por Tradução João Paulo Moreira causa da cor da sua Encenação João Maria André pele ou da cor das suas Interpretação Alexandra Silva, Ana Pires Quintais, Cristina opiniões, pessoas levadas Janicas, João Paulo Janicas, para cubículos fechados João Pedro Gama, José Castela, e executadas a sangue frio, José Manuel Carvalho, José Nelas, Maria José Almeida, soldados a apontar armas Maria Manuel Almeida, Paula a populações, mulheres Santos, Rui Damasceno, odiadas por causa das Vítor Carvalho. Produção Cooperativa Bonifrates suas opções sexuais.” Ariel Dorfman Para a sessão das escolas, é obrigatório reservar e levantar os bilhetes, mais informações para producao@tagv.uc.pt

CINEMA À SEGUNDA

05

SEG

1H30

M12

21H30 4€, 3€ (C/DESC.)

Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que abalou a América de Michael Almereyda Local auditório TAGV Samuele tem 12 anos e vive numa ilha do mar com Samuele Pucillo, Mattias Cucina, Samuele Mediterrâneo. À volta Caruana, Pietro Bartolo, de Samuele existe mar, Giuseppe Fragapane Origem França, e existem homens, Itália, 2016 mulheres e crianças que tentam atravessá-lo a partir de África, em pequenos barcos sem as mínimas condições. A ilha onde Samuele vive é Lampedusa, uma fron­ teira simbólica da Europa, à qual tentam chegar milhares de migrantes que procuram liberdade e esperança. Os habitantes de Lampedusa testemunham diariamente uma das maiores tragédias humanitárias dos nossos tempos. 18

Em 1961, o psicólogo Stanley Milgram realizou uma série de experiências sobre a obediência, na Universidade de Yale. A investigação, que decorreu ao mesmo tempo que o julgamento de Adolf Eichmann (o criminoso de guerra nazi que alegou obediência como defesa durante o seu julgamento em Israel), pretendia explicar a relação das pessoas com a autoridade. A violência da experiência, que permanece relevante até hoje, agitou a cultura Local auditório TAGV popular e a comunidade com Peter Sarsgaard, Winona científica e gerou admiRyder, Taryn Manning, ração por Milgram, mas Kellan Lutz, Anton Yelchin, também acusações de John Leguizamo Origem EUA, 2015 sadismo e manipulação.


setembro  

dezembro ‘16 MÚSICA/DANÇA

CENTRO DE DRAMATURGIA CONTEMPORÂNEA

06

TER

1H30

18H30

ENT. LIVRE

10

SÁB 21H30

1H00

M6

€6, €4 (C/DESC.+ SÓCIO GEFAC)

De Novo o Mar

Clube de Leitura Teatral

leitura coordenada por Ricardo Correia

(título provisório) GEFAC

A iniciativa que junta o Teatro Académico de Gil Vicente e A Escola da Noite, coordenada respetivamente por Ricardo Correia e por António Augusto Barros, acontece mensalmente, com leituras informais dedicadas a textos de um dramaturgo/escritor.

Da penumbra ergue-se uma sombra, aflora um gesto, ecoa um som nunca ouvido — fragmentos de memória das coisas e de um corpo que não se conhece mas se reconhece.

O objetivo é a divulgação, o conhecimento e a promoção da dramaturgia. O clube de leitura teatral propõe-se como uma iniciativa aberta Local Teatro da Cerca de São Bernardo à participação Inscrições para de coletivos, clube.leitura.teatral@gmail.com associações Coordenação Ricardo Correia (TAGV), e interessados António Augusto Barros (A Escola na escrita para da Noite) Coprodução TAGV e A Escola da Noite teatro.

O fluir do tempo, que tudo arrasta e dilui, é veículo da torrente da memória que desagua no mar e impele à partida, ao sonho e ao desassombro. Por isso se precisa de um cais, onde o imaginário colectivo encontra terra firme e preenche o vazio de quem fica, de quem eternamente regressa e de quem finalmente aí se reencontra. Local auditório TAGV

MÚSICA

06

TER

1H30

CINEMA À SEGUNDA

M6

12 Saint-Amour SEG

21H30 25€ (PLATEIA) 22€ (BALCÃO)

1H30

M12

21H30 4€, 3€ (C/DESC.)

Harlem Gospel Choir

de Gustav Kervern e Benoît Delépine Para Bruno, o Salão de Agricultura de Paris é o ponto alto do seu ano. Lá, percorre as diferentes regiões vinícolas de França sem sair do espaço da exposição. O seu pai, Jean, tem um objetivo diferente: apresentar o touro campeão Nabuchodonosor, Local auditório TAGV com Gérard Depardieu, e ganhar um prémio Benoît Poelvoorde, Vincent com ele. Bruno deseja Lacoste, Céline Sallette mudar de vida. Origem França, 2016

©DR

Homenagem a Adele

PERFORMANCE, AGORA!

12

SEG 21H30

30MIN

M16 2€

We Are Us de Telma Santos

Já é o sétimo ano consecutivo na crescente história que une o harlem gospel choir de Nova Iorque a Portugal. Provavelmente o mais famoso grupo de gospel do mundo, já trouxe a Portugal espetáculos de homenagem a gigantes da música como Michael Jackson, Stevie Wonder ou Whitney Houston. Para a época festiva deste Natal, as músicas de uma das mais aplaudidas vozes Local auditório TAGV da atualidade, Adele.

Todos nós somos múltiplos imprevisíveis, mas caracterizáveis. Todos somos intersubjetividades. Nós somos muitos. Nós somos um projeto. Nós estamos sós. Caminhar por aí, mostrar uma bandeira. A bandeira veste-me. Ela também pode cegar-me, aprisio­ nar-me e confortar-me. A guerra, o mar, a fuga, a identidade. Eu enquanto pertença, nós enquanto We ou Us. WE ARE US. 19

Local Sala do Carvão da Casa das Caldeiras


Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Pimpinone Uma queria ser sólido A Academia das Musas nova amiga Clube de Leitura Teatral Náufrago [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon Francofonia Workshop de Demon Composição em Tempo Real [SOMOS O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Direita! Cinema de Animação The Gift Clube de Leitura Teatral 20 Dizer E agora? Regresso a Ítaca Se as montanhas se afastam Romance da Última Cruzada Fora do Baralho Caminhos Film Festival Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Clube de Leitura Teatral abalou a América Harlem Gospel Choir De novo o mar (título Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

03 out

03 out

04 out

07 out

07— 23 out

10 out

10 out

10— 12 out

14 out

17 out

17 out

dez

Equipa técnica Direção técnica Filipe Silva Luz Celestino Gomes 31 Audiovisual José Balsinha outGilberto, Mafalda Oliveira, Som João Mário Henriques Projeção e maquinaria de cena João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

19— 23 out 31 out

Temporada 2016/17 set

Diretor Fernando Matos Oliveira Diretor adjunto12 Mário Montenegro Administração out António Patrício Comunicação Marisa Santos, Adriana Rocha e Eduardo Tomás (Estagiário FLUC/Mestrado em Jornalismo e Comunicação) Produção Elisabete Cardoso

04 nov

05 nov

07

Bilheteira e frente da casa nov Coordenação Rosa Marques Assistente Alena Herasik 11 Bilheteira Catherine Carvalho, nov Inês Patrício Fábio Magalhães,

09 nov

14 nov

14 nov

16 nov

19 nov

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso Equipa Cristina Monteiro, Julieta Costa

Assistência de sala Adriana Ávila, André Gomes, Andreia Jesus, Andreia Silva, Beatriz Gonçalves, Catherine Carvalho, Diogo Pereira, Fábio Magalhães, Filipa Lima, Inês Patrício,Joana Amado, Lurian Klein, Bárbara Fangueiro, Marcelo Couto, Cláudia Morais

19— 26 nov

28 nov

08 nov

29— 30 nov

Design gráfico Bürocratik

Papel Fedrigoni Sirio 170grs, Arcoprint Milk 70 grs

05 dez

Impressão e acabamento Lusoimpress Tiragem 8000 exemplares

06 dez

06 dez

10 dez

12 dez

12 dez


Teatro Académico de Gil Vicente Praça da República 3000-434 Coimbra Horário da Bilheteira segunda a sábado 17h00 às 22h00 Informações e reservas 239 855 636 Bilheteira online tagv.bol.pt Horário do Café-Teatro TAGV segunda a sexta 09h00 às 01h00 sábado, domingo e feriados 10h00 às 01h00 Descontos para os espetáculos assinalados aplicam-se a menores de 25 anos, estudantes, maiores de 65 anos, grupo ≥ 10, desempregados e parcerias TAGV é uma estrutura da Universidade de Coimbra

Mecenas para a reabilitação

Apoios institucionais

Apoio reabilitação

Parceria Cinema à segunda

Parcerias

Parceria Cinema em família

Apoio à divulgação


Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Pimpinone Uma queria ser sólido A Academia das Musas nova amiga Clube de Leitura Teatral Náufrago [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon Francofonia Workshop de Demon Composição em Tempo Real [SOMOS BALCÃO O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Direita! Cinema de Animação The Gift Clube de Leitura Teatral 20 Dizer E agora? Regresso a Ítaca Se as montanhas se afastam Romance da Última Cruzada PLATEIA Fora do Baralho Caminhos Film Festival Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder PALCO — Vozes do Outro Lado da Escuridão Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Clube de Leitura Teatral abalou a América Harlem Gospel Choir De novo o mar (título Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

03 out

03 out

04 out

07 out

07— 23 out

10 out

10 out

10— 12 out

Temporada 2016/17 set

14 out

17 out

17 out

Equipa técnica Direção técnica Filipe Silva Luz Celestino Gomes 31 Audiovisual José Balsinha Som out João Gilberto, Mafalda Oliveira, Mário Henriques Projeção e maquinaria de cena João Silva Carpintaria cénica Laurindo Fonseca Auxiliar técnico Rui Ventura

19— 23 out 31 out

dez

Diretor Fernando Matos Oliveira 12 Mário Montenegro Diretor adjunto out Administração António Patrício Comunicação Marisa Santos, Adriana Rocha e Eduardo Tomás (Estagiário FLUC/Mestrado em Jornalismo e Comunicação) Produção Elisabete Cardoso

04 nov

05 nov

07 Bilheteira e frente da casa nov

Coordenação Rosa Marques Assistente Alena Herasik 11 Bilheteira Catherine Carvalho, nov Inês Patrício Fábio Magalhães,

09 nov

14 nov

Limpeza Coordenação Antónia Mimoso Equipa Cristina Monteiro, Julieta Costa

14 nov

16 nov

19 nov

Assistência de sala Adriana Ávila, André Gomes, Andreia Jesus, Andreia Silva, Beatriz Gonçalves, Catherine Carvalho, Diogo Pereira, Fábio Magalhães, Filipa Lima, Inês Patrício,Joana Amado, Lurian Klein, Bárbara Fangueiro, Marcelo Couto, Cláudia Morais

19— 26 nov

28 nov

08 nov

29— 30 nov

Design gráfico Bürocratik

Papel Fedrigoni Sirio 170grs, Arcoprint Milk 70 grs

05 dez

Impressão e acabamento Lusoimpress

Tiragem 8000 exemplares Auditório 768 lugares Plateia 437 lugares + 4 lugares de mobilidade reduzida 10Balcão 327 lugares dez Informações Técnicas ctecnica @ tagv.uc.pt 

06 dez

06 dez

12 dez

12 dez


Curso Internacional para Jovens Atores Cut, Frame and Border Bruno Pernadas Orquestra Académica da Universidade de Coimbra Urândia Aragão Coleção Mistérios de Lisboa Dramaturgia Geography. Performance Acusmática [re]interpretation um líquido­­ que Pimpinone Uma queria ser sólido A Academia das Musas nova amiga Clube de Leitura Teatral Náufrago [CÓDIGO(S)­ HUMANO(S)] The Neon Francofonia Workshop de Demon Composição em Tempo Real [SOMOS O que fazer daqui para trás NÚMEROS] Amanhã Uma Pastelaria em Tóquio 17ª Festa do Cinema Francês Carneiros 11­ Minutos Segunda-feira. Atenção à Direita! Cinema de Animação The Gift Clube de Leitura Teatral 20 Dizer E agora? Regresso a Ítaca Se as montanhas se afastam Romance da Última Cruzada Fora do Baralho Caminhos Film Festival Fogo no Mar Diz a Verdade ao Poder — Vozes do Outro Lado da Escuridão Experimenter — Stanley Milgram, O Psicólogo que Clube de Leitura Teatral abalou a América Harlem Gospel Choir De novo o mar (título Saint-Amour We Are Us provisório) 14— 16 set 16 set

24 set

25 set

25— 29 set

26 set

26 set

28 set

29 set

30 set

01 out

03 out

03 out

04 out

07 out

07— 23 out

10 out

10 out

10— 12 out

12 out

14 out

17 out

17 out

19— 23 out

31 out

31 out

04 nov

05 nov

07 nov

09 nov

14 nov

11 nov

14 nov

16 nov

19 nov

19— 26 nov

28 nov

29— 30 nov

05 dez

06 dez

06 dez

10 dez

12 dez

24

08 nov

12 dez

TAGV set-dez — Temporada 16/17  

set — dez

TAGV set-dez — Temporada 16/17  

set — dez

Advertisement