Page 1

4ª Edição – Fevereiro 2009 Calheta


Humor

Se um pedaço de queijo suíço tem muitos buracos, logo quanto mais queijo, mais buracos. Se cada buraco ocupa o lugar do queijo, logo quanto mais buracos, menos queijo. Se quanto mais queijo, mais buracos e quanto mais buracos, menos queijo, logo, quanto mais queijo, menos queijo!

2


Mensagem do Namorado Matemático Adoro quando ela 60 ao meu lado! Uma pessoa logo 70 por ela, vou ter que ir rezar 1/3 para arranjar coragem de arranjar ½ de lhe dizer: - 20 ver porque

de ti!

LÊ O SEGUINTE TEXTO… SERÁ QUE CONSEGUES 35T3 P3QU3N0 T3XTO 53RV3 4P3N45 P4R4 M05TR4R COMO NO554 C4B3Ç4 CONS3GU3 F4Z3R CO1545 1MPR3551ON4ANT35! R3P4R3 N155O! NO COM3ÇO 35T4V4 M310 COMPL1C4DO, M45 N3ST4 L1NH4 SU4 M3NT3 V41 D3C1FR4NDO O CÓD1GO QU453 O, C3RTO? 4UTOM4T1C4M3NT3, S3M PR3C1S4R P3N54R MU1T POD3 F1C4R B3M ORGULHO5O D155O! SU4 C4P4C1D4D3 M3R3C3! P4R4BÉN5!

Desafio 1 Dois pais e dois filhos entraram num bar e pediram três refrigerantes. Cada um tomou uma garrafa inteira, ira, ou seja, nenhum deles deixou de beber o seu refrigerante. Como isso foi possível?

3


Matemática e o amor Quero contigo sempre somar alegrias, prazeres… Subtrair os meus receios… deixandodeixando-me envolver pelo nosso amor. Multiplicar meus desejos junto dos teus, que são muitos. Dividir os nossos corpos ardentes elevando à máxima potência… Onde na geometria de nossas vidas vamos delinear as áreas de nossos corpos com muitas carícias… Calcular os dias de felicidade Vamos amor! Numa união perfeita… LevandoLevando-nos até o infinito Nesta incógnita que é o amor! Adelia Mateus (adaptado)

Humor O professor de matemática decide pregar uma partida aos seus alunos e coloca-lhes o seguinte problema para resolver: - Um avião sai de Amesterdão à velocidade de 800 quilómetros por hora, com a pressão de 1,002 milibares; a humidade relativa é de 71% e a temperatura no aeroporto é de 20 graus centígrados. A tripulação é composta por 10 pessoas, das quais 7 são hospedeiras, mas uma está de férias. Dos 227 lugares para passageiros, apenas 7 estão livres e a casa de banho está ocupada. A pergunta é: Quantos anos tenho eu? Diz um dos alunos muito depressa: - 44. - Ah... Fantástico... Está certo... Como é que descobriste? - Foi fácil. É que eu tenho um primo que tem 22 anos e que é meio estúpido...

4


Desafio 2 Quem não pagou a entrada? Quatro amigos vão ao museu e um deles entra sem pagar. Um fiscal quer saber quem foi o penetra: -Eu não fui, diz o Benjamim. -Foi o Pedro, diz o Carlos. -Foi o Carlos diz o Mário. -O Mário não tem razão, diz o Pedro. Só um deles mentiu. Quem não pagou?

Folha de rascunho… da que pensar!

5


PAIS, FILHOS E A MATEMÁTICA ALGUMAS DICAS A matemática é um assunto muito falado, mas pouco compreendido. Pode ser um desafio fascinante, confuso e frustrante, trante, mas, quando se consegue desenvolver um interesse por esta ciência, abre-se se um mundo novo. dia necessitamos de algum nível de desempenho No nosso dia-a-dia matemático (no supermercado, no banco, para gerir o ordenado, etc.). Se as crianças se habituarem a classificar a matemática como algo útil no seu quotidiano, será mais simples aprenderem esta ciência. As experiências matemáticas realizadas fora da escola podem ser decisivas no desenvolvimento matemático da criança e do jovem. Se não surgirem espontaneamente, qualquer pai pode ajudar o seu filho a desenvolver o pensamento matemático promovendo situações matemáticas reais.

DICA I - Se o seu filho tem entre 2 a 4 anos, proponha que ele conte objectos (até 4). Por exemplo, coloque bonecos em linha e conte da esquerda para a direita. Peça-lhe que ele conte sozinho. Repita. Conte depois da direita para a esquerda. Estimule contagens de outros objectos, de animais, de pessoas numa fotografia, de objectos num desenho ou na página de um livro, etc.

6


Para crianças do 1º ciclo, uma boa ajuda é a DICA II -Para manipulação de pequenas quantias de dinheiro. Pode permitir que o seu filho vá juntando ao longo da semana pequenas economias, para gastar numa compra simbólica no fim-de-semana (um pequeno brinquedo, uma guloseima, material escolar, etc.). A criança deverá contabilizar diariamente o que já tem e quanto ainda lhe falta.

DICA III - Os jogos lógicos de tabuleiro ajudam a desenvolver o raciocínio matemático. Bons exemplos são o xadrez e as damas. Jogue com o seu filho ou incentive-o a jogar com amigos. Pais e educadores podem caminhar num mesmo sentido, promovendo a matemática no dia-a-dia das crianças e jovens.

Problema: Você compra um dálmata por 150 euros e revende-o o a um circo por 100 euros. Depois da temporada compra-o o novamente por 50 euros e, mais tarde, revende-o o a um amigo por 200 euros. Quanto ganhou ou perdeu em euros?

Desafio: Depois de observares a figura, preenche cada uma das células disponíveis com um dos números de 0 a 9 de modo que, a soma dos três números de cada linha seja 15. 7


CURIOSIDADE: MIL - 1 000 UM MILHÃO - 1 000 000. (É o mesmo que um milhar de milhares) UM BILIÃO - Aqui há um pequeno problema. Na América é 1 000 000 000, ou seja, mil milhões. Na maior parte dos sítios é 1 000 000 000 000, ou seja, um milhão de milhões. UM TRILIÃO - Mais um problema com a América! Na América, isto é um milhão de milhões (o nosso bilião). Na maior parte dos outros sítios é um milhão de milhão de milhões (1018). GOGOL - Um "1″ com cem zeros a seguir. Pode escrever-se 10100. GOGOLPLEX - Um "1″ com um gogol de zeros a seguir. (Adaptado de Matemáticas Assassinas de Kjartan Poskitt, Publicações Europa - América)

Os seguintes quatro Adivinha/Desafios/Curiosidades foram fornecidos pela aluna Liliana Sousa, Tuma CEF 3 Obrigada!

Adivinha… Quanto é 5 de 25?

8


O número do teu Telemóvel 1. Escreve os 3 primeiros algarismos do teu telemóvel (não coloques o indicativo: 91, 92, 96,..); 2. Multiplica por 80; 3. Soma 1; 4. Multiplica por 250; 5. Soma com os últimos 4 algarismos do teu telemóvel; 6. Soma com os últimos 4 últimos algarismos do mesmo telemóvel. 7. Subtrai 250; 8. Divide por 2. Reconheces o resultado?

Desafio 1

5 + 5 + 5 = 550 Com um simples “risquinho”, faz com que a igualdade seja verdadeira!

9


O buraco Seis homens demoram seis dias a cavar um buraco. Quanto tempo demora um homem a cavar meio buraco?

19 35 36 51 58

Cubi Cruza fácil Este jogo é uma variante do Cruzadex. Trata-se de colocar números nas casas em branco do cubo, que existem nas três faces do mesmo. Os números devem ler-se conforme está indicado nos três modelos, com as respectivas orientações das setas.

138 285 452 723

16734 25189 29457 38719 46123 81592

1749 2197 4372 4912 5314 8736 10


Sudoku Puzzle 9 Resolve-se como o Sudoku tradicional, mas em cada linha horizontal, em cada coluna vertical e em cada peça geométrica de 9, conforme os desenhos, os números, de 1 a 9 não de repetem. 1 3

1

3

8

2

5 7

5

9

4 1

4 5

4

5 2

6

3 1

8 9

4

7 2

5

1 8

4

4 1

6

11


Soluções da Edição Anterior (2ª Edição): Enigma 1 Vamos denominar as jarras: A=3 litros, B=5 litros, C=8 litros Vamos começar com a jarra C de 8 litros enquanto as jarras A e B estão vazias: A=0, B=0, C=8 Para solucionar esse enigma, faz o seguinte:

1. 2. 3. 4. 5. 6.

Despeja o conteúdo de C em A. Então: A=3, B=0, C=5 Despeja o conteúdo de A em B. Então: A=0, B=3, C=5 Despeja o conteúdo de C em A de forma que A= 3, B=3, C= 2 (metade do trabalho já foi feito e até agora não houve desperdício de água). Despeja o conteúdo de A em B e despreza o litro de água que sobra. Então: A=0, B=5, C=2 Despeja o conteúdo de B em A. Então: A=3, B=2, C=2 Despeja o conteúdo de B em C ou de C em B para obter 4 litros. Então: A= 3, B=4, B=4 C=0

Enigma 2

Quantas caras conseguem ver?: Duas

12


Palavras Cruzadas 1

O B

2

T

U

S

A

N

A G

U

D

O

A

U

G

U

L

O

N

G

U

L

O

E Q

U

I

L

A

R I 3

N 4

G R

U 5

L 6

O B

T

U

E

S

O

C 7

R E

C

T

A L 8

T

E

R

O

N O Tapete da Maria:

A1 = l × l = l 2

O Bombeiro

1 x x x + 5 − 7 + 9 = x ⇔ − x = −7 ⇔ − = −7 ⇔ x = 14 2 2 2

R: A escada tem 14 degraus

A pirâmide mágica: Explicação completa no site do Laboratório.

13


Gavião e as pombas x → representa o nº de pombas (nós)

x → representa metade do nº de pombas (metade de nós) 2 x → representa um quarto do nº de pombas (um quarto de nós) 4 x x x + x + + + 1 = 100 2 4 396 x x x + x + + + 1 = 100 ⇔ 4 x + 4 x + 2 x + x + 4 = 400 ⇔ 11x = 396 ⇔ x = 2 4 11 Ficamos a saber que o valor de x (número de pombas) é 36.

Quem vive aonde? Norueguês

Casa azul

Bebe Leite

Inglês Casa Vermelha

Sueco Cão

Norueguês

Dinamarquês Bebé Chá Casa azul

Inglês Bebe leite Casa Vermelha

Bebe Café Casa Verde

Sueco Casa Branca Cão Bebe

Norueguês Casa Amarela Bebe Fuma: Dunhill

Dinamarquês Bebé Chá Casa azul

Inglês Bebe leite Casa Vermelha Fuma: PallMall Pássaros

Bebe Café Casa Verde

Sueco Casa Branca Cão Bebe

Norueguês Casa Amarela Bebe água Fuma: Dunhill Gatos

Dinamarquês Bebé Chá Casa azul Fuma: Blend Cavalos

Inglês Bebe leite Casa Vermelha Fuma: PallMall Pássaros

Alemão Bebe Café Casa Verde Fuma: Prince

Sueco Casa Branca Cão Bebe cerveja Fuma: Bluemaster

No final observa-se que não falam sobre um animal. Como sabemos qual é? Está escrito na pergunta (adivinhe quem tem peixes por mascote). Logo a casa 4 (do Alemão) é a única q ñ tinha o animal definido, então o peixe é dele.

14


Em busca do número perdido: Um quadrado grande com n quadrados pequenos de cada lado tem n quadrados em cada diagonal. Se n é par não há quadrados comuns às duas diagonais e o número total de quadrados nas diagonais é n + n = 2n, um número par. Se n é ímpar, como na figura do enunciado, então há um quadrado comum às duas diagonais e o número total de quadrados nas diagonais é n + n − 1 = 2n − 1, um número ímpar. Uma vez que o Zéfiro pintou 101 quadrados de azul, o quadrado grande tem de ter um número ímpar de quadrados de lado. Assim, temos 2n − 1 = 101, donde obtemos n = 51, o que significa que o quadrado grande tem 51 quadrados pequenos de lado. No total, o quadrado grande é formado por 51 x 51 = 2601 quadrados pequenos. Como dos 2601 quadrados pequenos 101 estão pintados de azul, então existem 2601 - 101 = 2500 quadrados brancos.

O símbolo de Pitágoras: Tem 31 triângulos.

15


Laboratório de Matemática MatLândia (Antiga Sala de Estudo Pav. 4)

Professores de Matemática Escola Básica e Secundária da Calheta Professores organizadores: Prof. Marisa Silva Prof. Nélia Nascimento Prof. Sofia Grandão Prof. Tânia Marinho

e-mail: mnst.labmat@gmail.com Visita-nos: http://matlandiacalheta.com.sapo.pt

16

4ª Edição Jornal MatLândia  

4ª Edição Fevereiro Jornal MatLândia

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you