Page 1

Ano 16 Número 27 | Inverno de 2018

VERDES E INTELIGENTES Natureza e tecnologia juntas para criar cidades mais humanas e sustentáveis


S ÃO PA U LO | R I O D E JA N E I RO | CAMPINAS | S ÃO JOS É DOS CAMPOS BR E TO N COR POR AT I VO • B R E VE SALVADOR BR E TO N . COM.B R • @B R E TON OF ICIAL

RIV27_02-05_Anuncios.indd 2

23/06/2018 11:52


RIV27_02-05_Anuncios.indd 3

23/06/2018 11:52


S ÃO PA U LO | R I O D E JA N E I RO | CAM PINAS | S ÃO JOS É DOS CAMPOS BR E TO N COR POR AT I VO • B R E VE SALVADOR BR E TO N . COM.B R • @B R E TON OF ICIAL

RIV27_02-05_Anuncios.indd 4

23/06/2018 11:52


RIV27_02-05_Anuncios.indd 5

23/06/2018 11:52


EDITORIAL

nossa opinião

SONHOS E REALIZAÇÕES Sonhos e planos, todos nós temos. O difícil é realizá-los e mantê-los vivos exatamente como foram sonhados – difícil, mas não impossível! Prova disso está aqui, bem perto de nós, nas alamedas, passeios, jardins, prédios e casas da Riviera de São

Diretor de marketing: Luiz Augusto Pereira de Almeida

Lourenço, um empreendimento que cresceu e se mantém fiel ao seu planejamento

Editora executiva: Beatriz Pereira de Almeida

feito 40 anos atrás graças, entre outras razões, à condução geral de sua implantação

www.sobloco.com.br

por uma única empresa durante todos esses anos: Sobloco Construtora, que este ano completa 60 anos e, por suas realizações e expertise, merece matéria especial nesta edição. Nela está descrita a saga da construção da Riviera e o pioneirismo de erguer e de manter um recanto harmonioso, limpo, conservado, seguro e verde em um país acostumado a obras inacabadas e a uma infraestrutura precária... Mas felizmente existem sinais claros de que o mundo e as pessoas estão mudando e assistimos ao nascimento de uma nova mentalidade favorável à sustentabilidade e à qualidade de vida dos seres humanos. Nesta edição revelamos alguns desses sinais positivos, a começar pela reportagem Muito além do jardim, que trata da expansão do conceito de arquitetura verde no qual a vegetação deixa de ser um elemento apenas decorativo e torna-se tão importante quanto o cimento, o vidro e o aço na construção de edifícios sustentáveis. Certamente, cada vez mais esse tipo de edificação verde fará parte de nossas cidades, principalmente aquelas que são consideradas “inteligentes” e buscam melhorar seu QI urbano. Esse é o tema da reportagem Cidades inteligentes, que mostra como o uso adequado da tecnologia pode beneficiar a gestão dos grandes centros e a resolução dos seus problemas mais conhecidos – mobilidade, segurança, infraestrutura, relação governo-cidadão. Outros sinais de mudança merecem destaque. Este é o caso do interesse por uma

Jornalista responsável: Juliana Klein MTb 48.542 Redação: Sheila Mazzolenis e Veridiana Morais Colaboração: Keila Seidel Direção de Arte: Angel Fragallo Projeto Gráfico: Fullcase Revisão: Adriana Giusti Capa: Visão noturna do Supertree Grove, um bosque futurista de “árvores metálicas” gigantes na área de Marina Bay, em Singapura. (Foto: Nevereverro/iStock.com) Fotografia: Fabio H. Mendes/E6 Imagens, Mar Franz/Fotonativa, Ricardo Matsukawa, Rodrigo R. Matias/Pictaste e Viviane Oggiano Impressão: Oceano Indústria Gráfica e Editora Ltda.

profissão milenar – a de cozinheiro! Em nossa matéria Pop star, não! Chef! mostramos de que forma a crescente preocupação com a alimentação saudável está mudando

Realização

hábitos e favorecendo o estudo mais aprofundado dos alimentos, suas qualidades e

São Paulo (11) 3713-8525

as melhores – e mais saudáveis – formas de prepará-los. E já que o assunto é “mão na massa”, não poderíamos deixar de fora a prática do it yourself, com uma pegada

www.fullcase.com.br

P

sustentável que merece se expandir: a de aproveitar os frutos da terra na confecção de produtos de beleza 100% naturais. Basta ver o que muita gente está fazendo na reportagem Cosméticos verdes. Esperamos que esta edição inspire nossos leitores – parceiros na construção do sonho chamado Riviera – a contribuir cada vez mais para a realização de um mundo muito mais verde e saudável! Boa leitura!

A revista Riviera é uma publicação produzida pela Fullcase Editora, sob encomenda da Sobloco Construtora S.A. Os textos assinados na revista são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Tiragem: 15 mil exemplares, auditada por:

Beatriz Almeida, beatriz@sobloco.com.br w w w.r i v ier ade s aolour enc o.c om

6 . R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_06-07_Editorial.indd 6

23/06/2018 12:14


ENVIDRAÇAMENTO

DE SACADAS

Proporcionando momentos especiais na Riviera

www.sanglass.com.br

(11)3854-1122 | RIV27_06-07_Editorial.indd 7

(11) 95372-0072 23/06/2018 12:14


SUMÁRIO

Revista da Riviera de São Lourenço ano 16 número 27

inverno

Registros A criação da Associação dos Amigos, hoje considerada o “coração” da Riviera. Veja também o que está rolando no nosso Facebook.

Riviera Digital

26

SIV

32

Gastronomia

50

Estilo e conforto: marca registrada dos imóveis disponíveis no Sistema Integrado de Vendas da Riviera. Comprove!

Confira os posts mais curtidos e comentados dos nossos canais digitais pela internet.

16

19

© RICARDO MATSUKAWA

Novidades incríveis para acrescentar um pouco de aventura, beleza e estilo à vida. Não custa nada sonhar!

Chef de cuisine: o sonho profissional de um número crescente de jovens e as opções para realizá-lo.

Aconteceu A Riviera não para! Prova disso é o crescente número de eventos esportivos, exposições, campanhas e trabalhos de manutenção, infraestrutura e de responsabilidade social. Veja o que já rolou na Riviera em 2018.

40

Belas imagens capturadas pelo olhar sensível – e pelas câmeras! – de fotógrafos amadores. A onda do it yourself chega aos cosméticos 100% naturais e sustentáveis!

Urbanismo

Exemplos marcantes de projetos arquitetônicos que prometem tornar mais verdes e sustentáveis as grandes cidades.

54

Compras

56

Gente

60

Guia

Beleza

Riviera No Filter

© DIVULGAÇÃO / CITY DEVELOPMENTS LIMITED

20

A saga da construção da Riviera pela Sobloco, empresa de desenvolvimento urbano que em 2018 está completando 60 anos.

Warm up

© FABIO H. MENDES / E6 IMAGENS

14

Sobloco: 60 anos

© ARQUIVO SOBLOCO

10

44

Transformando vidas

46

Gestão pública

Três exemplos de crescimento pessoal e profissional estimulados pelas oportunidades oferecidas pela Riviera.

Cidades inteligentes! Este conceito inovador baseado no uso da tecnologia na gestão de centros urbanos promete melhorar a qualidade de vida de seus habitantes.

Novidades com muito estilo, nas vitrines do Riviera Shopping.

No rosto da nossa gente, a felicidade de quem sabe aproveitar cada momento passado na Riviera.

Endereços úteis e muitas dicas que você não pode perder!

ARTIGOS

38

Luiz Augusto Pereira de Almeida As muitas formas de compensação ambiental para que a preservação não emperre o desenvolvimento das cidades e das pessoas.

62

Georgeta Gonçalves Complexidades que acompanham o simples fato de envelhecer.

8 . R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_08-09_Sumario.indd 8

25/06/2018 18:50


RIV27_08-09_Sumario.indd 9

25/06/2018 18:50


D I G I TA L

A Riviera com você, onde você estiver

CURTIÇÃO!

Engajamento: 1.033 visualizações

Tudo o que acontece na Riviera você fica sabendo antes por meio dos nossos canais digitais, que hoje já somam mais de 117 mil seguidores no Facebook e mais de 11 mil no Instagram. Selecionamos aqui alguns dos posts mais populares do último semestre para que você possa relembrar e curtir novamente. Recorde de Alcance: 38.508 pessoas Engajamento: 3.357 interações

Facebook www.facebook.com/ RivieradeSaoLourencoOficial

Site institucional www.rivieradesaolourenco.com

Primeira sede da Sociedade dos Amigos da Riviera, no módulo 5. Carro de segurança da Sociedade, na entrada do empreendimento, na Av. da Riviera.

Engajamento: 843 visualizações

YouTube www.youtube.com/user/ RivieraSaoLourenco

Instagram @rivieradesaolourencooficial

Fatos que fizeram história

© FOTOS: ACERVO SOBLOCO

REGISTROS

Engajamento: 32% Mais de 1.500 visualizações

Impossível dissociar a Riviera da Associação dos Amigos: ambas nasceram juntas, no início dos anos 1980, e tinham como objetivo garantir a qualidade de vida dos futuros moradores e frequentadores da localidade. A proposta pioneira de criar uma Sociedade dos Amigos, que posteriormente adquiriria o status de Associação, partiu dos empreendedores da Riviera e exigiu um estudo aprofundado sobre a concepção jurídica que deveria nortear o empreendimento. O resultado foi um estatuto inovador que estipulou que a nascente Sociedade seria uma entidade sem fins lucrativos, à qual todos os proprietários de imóveis e terrenos deveriam, obrigatoriamente, aderir, e com uma vocação claramente definida: o zelo pela manutenção dos princípios e normas estabelecidos para a Riviera. Isto significa que ela é responsável pela gestão completa do bairro Riviera, auxiliando os poderes públicos nas áreas de saneamento, limpeza, paisagismo, segurança, coleta e encaminhamento adequado de resíduos, entre outros serviços. Mas para que a Sociedade de fato exercesse suas atribuições foi necessário um trabalho árduo de convencimento dos futuros proprietários sobre a importância de uma entidade do gênero, é bom lembrar que ela era uma inovação na área de desenvolvimento urbano. O esforço valeu a pena! Hoje, 36 anos depois, a Associação possui uma gestão superprofissional: é a maior empresa privada do município, possui mais de 500 funcionários e se mantém fiel às propostas do projeto inicial do empreendimento. É, por isso, considerada o coração da Riviera! Extrato do livro Riviera de São Lourenço, ontem, hoje... registros

ww

(13)

con

End Bert

10 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_10-13_Registros+Digital.indd 10

P

25/06/2018 18:54


Persianas | Cortinas| Tapeçaria | Tapeçaria||Toldos Toldos | Papel Persianas | Cortinas Papelde deParede Parede| Marcenaria | Marcenaria www.grupopraiamar.com.br www.grupopraiamar.com.br (13) 3313-2495\ 3313-2496

(13) 3313-2495\ 3313-2496 contato@grupopraiamar.com.br contato@grupopraiamar.com.br

||

Endereço: Rua dos Jornalistas, 651- Indaiá

Endereço:Bertioga\SP Rua dos Jornalistas, 651- Indaiá Bertioga\SP

Siga-nos!

Siga-nos!

RIV27_10-13_Registros+Digital.indd 11

Conheçam o novo segmento:

Conheçam o novo segmento: Rancho Caminho do Mar

Rancho Caminho do Mar

Entretenimento para Entretenimento toda Familía para toda Familía Mini Fazenda

Com o Restaurante

Com o Restaurante

Mini Fazenda

Siga-nos!

Siga-nos!

||

REVENDA AUTORIZADA

REVENDA AUTORIZADA Siga-nos!

Siga-nos! 25/06/2018 18:54


RIV27_10-13_Registros+Digital.indd 12

25/06/2018 18:54


RIV27_10-13_Registros+Digital.indd 13

25/06/2018 18:54


WARM UP

Modernités Conecte-se com o futuro vivendo as novidades incríveis que o presente tem para oferecer

AÇ ÃO /

GR AF F

DESIGN ORGÂNICO

© DI VU LG

As formas orgânicas e delicadas de flores recém-desabrochadas

© DIVULGAÇÃO

foram a inspiração do designer Kenneth Cobounpue para a coleção Blosson, composta por luminárias, mesas de centro e pela convidativa poltrona Bloom. Com base de aço, ela tem o assento

HORAS PRECIOSAS

reforçado e é composta por costuras a partir do centro do tecido, formando uma aparência de pétala fluida e plissada. Dependendo do ângulo que se olha, a Bloom nos remete aos hibiscos, flores de

A joalheria londrina Graff

origem asiática bastante comuns nas Filipinas, onde o designer

comemora os dez anos de

mantém um showroom. São sete opções de cores, incluindo preto,

SOB AS ESTRELAS DO DESERTO

sua linha de relojoaria com o

tons terrosos, verde em diferentes matizes e vermelho intenso. Há

lançamento do Graff Floral,

opções de base fi xa ou giratória.

um relógio de pulso feminino

KENNETHCOBONPUE.COM

que poderia muito bem ser

Nada é casual no Scarabeo Camp, um

chamado de "joia de pulso"

acampamento em pleno deserto de Agafay,

devido à riqueza na composição

a 45 quilômetros da hipnotizante cidade de

e ao refinamento nos detalhes.

Marrakesh, no Marrocos. O local abriga 15

O modelo tem caixa em

tendas de lona branca com área de estar e

ouro branco, incrustada por

quartos privativos, aptos para hospedar com

diamantes de 37 mm. As flores

conforto desde um casal até famílias mais

são feitas à mão, com base de

numerosas. As salas de estar são decoradas com

ouro branco 18 quilates, pintadas

móveis ao estilo marroquino e, nos quartos,

uma a uma com esmalte na

camas de casal ou individuais garantem uma

técnica de micropigmentação. O

ótima noite de sono. O banheiro é privativo.

trabalho artesanal confere uma

À noite, a tenda que abriga a longa mesa

possível fazer festas e até casamentos no local. Entre os serviços extras estão a massagem e a observação de estrelas junto com um astrônomo, que guia a experiência.

SCARABEOCAMP.COM

© DIVULGAÇÃO / SCARABEO CAMP

para refeições é iluminada por tochas e está preparada para os mais elegantes jantares. É

identidade única a cada peça. Cada florzinha leva até 50 horas para ficar pronta. O mostrador é de madrepérola com quatro variações de cores: rosa, azul, violeta e branco. A pulseira é de cetim preto.

GRAFFDIAMONDS.COM

14 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_14-15_WarmUp.indd 14

23/06/2018 12:32


velocidades, ele alcança quase 9 km/hora, é silencioso

Já imaginou mergulhar sendo conduzido por

e fácil de ser conduzido. Entre os mecanismos de

uma arraia? Com o AquaJet H2 você terá uma

segurança está a função "resgate de emergência", para

sensação parecida! Criado pela chinesa Hoverstar

socorrer mergulhadores. A bateria tem autonomia

Flight Technology, o aparelho é um veículo leve

de 100 minutos. Os fabricantes recorreram a um

à propulsão, que pode ser usado em passeios

financiamento coletivo para o primeiro lote e já

na superfície e mergulhos de até 18 metros. O

alcançaram a meta estipulada.

desenho foi inspirado em hidroaviões, com "asas"

A PARTIR DE US$ 699,00 KICKSTARTER.COM

que lembram as barbatanas de peixes. Com três

© DIVULGAÇÃO / HOVERSTAR FLIGHT TECHNOLOGY

VOO SUBAQUÁTICO

ÍCONE A TIRACOLO A bolsa modelo Chanel 2.55 é considerada Uma delas com plástico translúcido

uma das mais relevantes do mundo da moda.

pink, amarelo vibrante e verde, com

Lançada em 1955, pela Maison Chanel, ela foi

acabamentos em couro nos mesmos tons e

inspirada nas bolsas estilo carteiro usadas

alça em couro verde com corrente prata. A

pelos mensageiros na Segunda Guerra Mundial.

outra mistura tons pastéis de azul, verde e

© DIVULGAÇÃO / BOMBER CAMP

Virou sinônimo de estilo e passou por diversas releituras da própria grife. A mais recente delas é a versão em PVC colorido, lançada na campanha

rosa, também com acabamentos em couro colorido e alça em couro rosa, além de corrente em prata.

de verão da marca, e que já caiu nas graças das fashionistas. São duas combinações de cores.

PREÇO: US$ 3.000

CHANEL.COM

REVIVA A HISTÓRIA Se você é apaixonado por aviões e adora uma aventura, o Bomber Camp é parada obrigatória na sua próxima viagem ao Estados © DIVULGAÇÃO / CHANEL

Unidos. Situado em Stockton, na Califórnia, o local recria a rotina dos pilotos dos caças-bombardeiros da Segunda Guerra Mundial. A imersão é completa, remete o visitante ao ano de 1944 e proporciona a oportunidade de voar nos icônicos B-24 Liberator e B-17 Flying Fortress. É possível incrementar o passeio com sobrevoos em caças da época ou ainda ir com toda a família e amigos para formarem uma só tripulação de sete pessoas.

A PARTIR DE US$ 1.400

BOMBERCAMP.ORG

LUXO PELA CORDILHEIRA As ruínas incas de Machu Picchu são o principal destino do Peru e formam um dos sítios arqueológicos mais visitados do mundo. Para incrementar a experiência dos viajantes, a empresa de transportes Inca Rail começou a operar Trens 360º, composições modernas com amplas janelas panorâmicas. Partindo de Ollantaytambo ou Cusco, são oferecidos quatro tipos de serviço. O básico "The Voyager" tem poltronas confortáveis para 42 pessoas. No "Trem 360º" as janelas bebidas feitas com frutas e ervas do Vale Sagrado. O "Primeira Classe" acomoda 30 passageiros em amplos assentos com mesas para serviço gourmet. E no trem do "Serviço Presidencial" embarcam apenas oito pessoas por vagão, que viajam desfrutando de menu degustação.

© DIVULGAÇÃO / INCA RAIL

são maiores e há menos poltronas. Durante a viagem são servidas

INCARAIL.COM R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_14-15_WarmUp.indd 15

15

23/06/2018 12:32


ACONTECEU

COMBATE AO CÂNCER A Riviera de São Lourenço aderiu à campanha pelo Dia Mundial de Combate ao Câncer por meio de uma parceria com o Hospital Israelita Albert Einstein. No dia 8 de abril, o Einstein promoveu uma série de atividades na praia com o público frequentador da Riviera, para promover o Dia Mundial de Combate ao Câncer e a conscientização sobre o tema, em prol da prevenção e do bem-estar. Participaram da ação cerca de 100 pessoas, através das atividades de caminhada, corrida, aula de yoga, funcional, aula de ritmos, música ao vivo. Além disso, o Hospital disponibilizou profissionais do Centro de Oncologia e Hematologia Einstein para um bate-papo com os participantes.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

A vida não para por aqui. Dos eventos esportivos aos trabalhos de manutenção, infraestrutura e de responsabilidade social, a Riviera continua trazendo entretenimento, conforto e qualidade de vida para seus moradores e frequentadores. Veja o que já rolou em 2018.

SAÚDE

ESPORTES

A Riviera é sol, saúde e muito movimento. O bairro oferece inúmeras opções para os esportistas, além de promover e apoiar os eventos ligados ao esporte.

CIRCUITO DE GOLF O Riviera Golf Tour está em seu 3.º ano e, em 2018 já foram realizados quatro torneios, em um total de nove etapas no ano. Cada evento é uma festa, onde jogadores se encontram, se confraternizam e se divertem. Cada torneio é disputado em 3 categorias (scratch, handicap 0 a 18 e 19 a 36) com premiação para os 3 primeiros lugares. Para quem ainda não se acostumou com esses nomes e classificações, o Riviera Golf oferece clínicas para iniciantes, sejam adultos ou crianças. Em 2018 foram realizadas quatro clínicas durante a temporada de verão e mais uma em junho. As clínicas são concorridas e recebem cada vez mais interessados, pois esse esporte está crescendo muito na Riviera.

BEACH TENNIS

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Uma grande novidade na Riviera foi a inauguração da primeira quadra de Beach Tennis do bairro no Riviera Tênis. Esse esporte virou “febre” entre os adeptos do tênis e é um dos esportes que mais crescem no Brasil. A quadra foi montada em um ambiente agradável, rodeado de muito verde, com uma infraestrutura bem idealizada, proporcionando aos visitantes conforto para uso de dia ou de noite. O Centro de Tênis vai oferecer uma clínica para iniciantes nos dias 21 e 22 de julho, visando atrair novos adeptos e formar grupos para a prática do esporte. A quadra está disponível para locação e para aulas em grupo, duplas ou individuais em dias e horários pré-agendados. Reservas: (13) 3316-9688, 99757-4813, 98140-1094 e 98111-0105.

O campo do Riviera Golf Club é um executive course com 18 buracos de par 3 – o menor buraco com 70 jardas e o mais longo com 224 -, um Driving Range de 320 jardas, um Chipping Green e um grande Putting Green com 18 buracos. Além de atender às exigências técnicas e às necessidades do golf no mundo atual, a construção do campo da Riviera levou em consideração a questão ecológica – condição sine qua non para qualquer empreendimento na Riviera.

O Circuito de Corridas dos Amigos da Riviera completou 11 anos. As 4 primeiras etapas do Tour 2018 reuniram 1.300 participantes. O Circuito foi idealizado como forma de incentivar a prática do esporte, alinhada à responsabilidade social, já que toda renda do evento é destinada à Fundação 10 de Agosto. Ao longo do ano, acontecem 9 etapas. As modalidades são para todas as idades, com percursos que variam de 6 km a 10 km e também para crianças e para caminhantes. São apoiadores do Tour 2018: Sobloco Construtora, Associação dos Amigos da Riviera, Siv – Sistema Integrado de Vendas, Medical Line, Riviera Shopping, Unik, McDonalds, Sabel, Florense, Veja Imobiliária, Ramon Alvares Associados, Factual Negócios Imobiliários, Restaurante Jangada, Três Meios, Gescon Negócios Imobiliários.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© RODRIGO R. MATIAS

CIRCUITO DE CORRIDAS

ARRAIAL DA RIVIERA 2018 © DIVULGAÇÃO

A tradicional Festa Julina da Riviera acontece nos dias 20, 21 e 22 de julho, na área do Viveiro de Mudas, na Av. da Riviera em frente ao Shopping. Pelo 9º ano consecutivo, o Arraial vai reunir shows musicais, brinquedos, bingo, bazar, minifazendinha e muita gastronomia típica nos 3 dias de evento. Toda renda da festa é destinada para a Fundação 10 de Agosto.

16 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_16-18_Aconteceu_vs3.indd 16

25/06/2018 13:03


RIVIER A SHOPPING C O N S E R VA Ç Ã O

CAPELA

Dois eventos movimentaram o Riviera Shopping no primeiro semestre do ano.

A linda Capela da Riviera, situada no módulo 28, foi erguida em 1994 e é mantida pela Fundação 10 de Agosto até hoje. A construção, já antiga, demanda constantes reformas e investimentos. No ano passado as instalações elétricas foram refeitas, em uma parceria das empresas Sobloco Construtora, Pratika Ar Condicionado, Rochedo Instalações Elétricas e Etec, além da ajuda de fiéis. Agora, em 2018, é a vez da reforma do telhado, importante para sanar problemas de vazamentos na edificação. As obras começaram em março e devem seguir até meados de julho. A reforma conta com o importante apoio da Eurotop, que doou as novas telhas, e da Sobloco Construtora, que está realizando e financiando a obra.

FESTIVAL JUNINO

P AV I M E N TA Ç Ã O

PELA ORLA Dando continuidade às obras de pavimentação da Av. da Orla, a Sobloco Construtora finalizou em junho mais um trecho da avenida, compreendido entre os módulos 18 e 21. O novo trecho compreende 3.900 m2 de pavimento em piso sextavado, como é o padrão da Riviera. Dessa forma, a Av. da Orla encontra-se agora pavimentada da Praça da Bandeira até o módulo 8 nas pistas dos dois sentidos, melhorando a condição de tráfego da Riviera.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Realizado de 29 de março a 15 de maio, contou com nove decoradores e arquitetos, que criaram mesas inspiradoras, com temas diversos: “Bali”, “A elegância das diferenças”, “Natureza”, “Tons do Deserto”, “Outono”, “Jantar”, “Chá da Tarde”, “Náutico”, e “Cor e Luz”. As mesas, dispostas no corredor principal e na Praça de Alimentação do Shopping, ofereceram ótimas ideias para quem quer preparar uma mesa com criatividade e originalidade. Para completar a exposição, uma palestra sobre Feng Shui foi dada pela consultora Cristina Ventura, que deu dicas de decoração que ativam as boas energias da casa.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Sol, calor, praia, uma infraestrutura impecável e muitas opções de lazer fizeram do verão 2018 da Riviera mais uma temporada inesquecível. A Associação dos Amigos garantiu os serviços de manutenção, limpeza, saneamento e auxílio à segurança, assegurando conforto para todos os veranistas. A programação de lazer também não decepcionou. Confira os principais eventos.

© ACERVO SOBLOCO

MESAS DECORADAS

VER ÃO 2018

ENTRETENIMENTO E LAZER © MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Pela primeira vez as festas juninas inspiraram e aqueceram o clima do Riviera Shopping. Inaugurado em 8 de junho – e que segue até o dia 9 de julho de 2018 –, o evento reforçou a praça de alimentação do Shopping com mesas tipicamente decoradas e com uma gastronomia junina de dar água na boca, com caldos, queijos, doces, pamonha, cachorro-quente etc. A decoração vestiu toda a Praça de Alimentação, com tecidos e enfeites caindo da estrutura da cobertura. Ficou lindo e o público adorou.

No verão, eventos especiais atendem à demanda dos moradores e frequentadores. Pelo 15º ano consecutivo, a área do viveiro de mudas, na Av. da Riviera, recebeu o maior e mais interativo evento de entretenimento do litoral, o Vila na Praia. De 22 de dezembro de 2017 a 17 de fevereiro de 2018 o espaço recebeu milhares de pessoas, oferecendo shows musicais, parque infantil, lojas e gastronomia. O público jovem pôde ter uma nova experiência no espaço QuikSilver Summer Experience, que aconteceu, pela primeira vez na Riviera, de 27 de dezembro a 7 de janeiro de 2018. Na Avenida da Riviera, ao lado da ETA, o espaço ofereceu Pocket shows, Djs, Cine Open Air, Loja Quiksilver, Mini Ramp de skate, aulas de Funcional, Yoga e Mat Pilates para mulheres. E a já tradicional pista de patinação no gelo não podia faltar! Pelo 8º ano consecutivo a pista de 315 m2 totalmente climatizada foi montada na Av. da Riviera, em frente ao shopping, e funcionou de 26 de dezembro a 28 de janeiro de 2018. Crianças, jovens e adultos adoraram.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_16-18_Aconteceu_vs3.indd 17

17

25/06/2018 13:03


ACONTECEU E D U C A Ç Ã O A M B I E N TA L

Há 26 anos, a Riviera de São Lourenço, por meio da Sobloco Construtora, desenvolve um intenso trabalho de educação ambiental junto às escolas de Bertioga. Confira um pouco do que foi feito pelo Programa Clorofila no primeiro semestre do ano.

DIA MUNDIAL DO MEIO AMBIENTE

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

O Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho, sempre é festejado pelo Programa Clorofila. As comemorações incluíram a participação do Programa na V Semana da Mata Atlântica, realizada pelo Núcleo de Educação Ambiental

CHEFS MIRINS

O Projeto Inspiração foi criado especialmente para os alunos que estão saindo da escola e que participam das Comissões de Meio Ambiente formadas pelo Programa em suas respectivas escolas. A Sobloco, que já investiu muito na formação desses jovens através de cursos e dos projetos oferecidos dentro e fora da escola, sentiu a necessidade de dar continuidade nessa formação, promovendo encontros periódicos, para troca de ideias, já que agora esses jovens vão se tornar adultos e levar uma vida mais vinculada às atribuições de um cidadão, podendo exercer esse papel com mais comprometimento. A empresa ofereceu três encontros em 2018, onde os

jovens vivenciaram a natureza, trocaram ideias e puderam consolidar conceitos. O primeiro encontro foi realizado no dia 12 de maio, na Riviera. O segundo foi realizado no dia 26 de maio, com uma vivência incrível feita em um passeio educativo a bordo de caiaques e canoas pelo Rio Jaguareguava, em Bertioga. Participaram 20 alunos. Os jovens foram conduzidos a experiências sensitivas, explorando audição, olfato e paladar e experimentando novas percepções sobre a mata Atlântica, sua flora e fauna. A última etapa foi conhecer uma ecovila localizada no sítio São João, onde puderam saborear uma mesa farta de alimentos produzidos com ingredientes locais, como quiche de taioba, bolo com pimenta rosa e suco de cambuci.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Este ano o Programa Clorofila inovou com mais uma atividade: o Projeto “Chefinho Saudável”. Essa iniciativa busca preparar as crianças para o futuro por meio da culinária sustentável, conceito que trabalha a importância do consumo consciente. Questões sobre a importância da boa nutrição foram discutidas pelas equipes das escolas, para auxiliar os alunos a entenderem e reduzirem o desperdício.

PROJETO INSPIRAÇÃO

O projeto consiste em um festival gastronômico que visa incentivar os alunos, do primeiro ao quinto ano escolar, a prepararem e utilizarem as verduras, do caule às folhas. A iniciativa premiou as receitas elaboradas com alimentos saudáveis e sem adição de temperos industrializados, embutidos ou enlatados. Os alunos deram um show, apresentando aos jurados os pratos preparados por eles e dando informações sobre as propriedades nutricionais dos ingredientes utilizados.

da Prefeitura do Município de Bertioga, por meio de uma oficina de horta doméstica e da participação dos alunos de Boraceia que produzem e comercializam produtos artesanais feitos com papel reciclado. Além do Festival, o Clorofila realizou feiras de trocas nas escolas, oficinas de customização de roupas, mutirões de limpeza, exibição de vídeos, debates sobre temas ambientais, gincana de meio ambiente e oficinas de culinária.

18 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_16-18_Aconteceu_vs3.indd 18

25/06/2018 13:03


# R I V I E R A N O F I LT E R

Riviera sem filtros

@laiscferreira

@silsilreis

@ateliececi @mihmanzini

@barbaratolotto @bertaciniph

@luiza.berti

@rafaelhenriquets

@adelita_marques

@thalitalongo_nutri

A RIVIERA DE TODOS

@priscillamarinho

@isabel_psicologa

Publique sua foto no Facebook ou no Instagram usando a hashtag #rivieranofilter e junte-se às milhares de pessoas que resgistram e divulgam seus melhores momentos na Riviera. @vicursini

@danilopeixoto_

@tottybone

@rachelgiansante_fotografia

@suellen_defrancesco

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_19_NoFilter_vs2.indd 19

19

25/06/2018 14:39


URBANISMO

ARQUITETUR A VERDE

Árvores, arbustos e plantas exóticas deixam o solo a que estavam habituados e compõem jardins suspensos que dão vida ao horizonte urbano de cidades do mundo

MUITO ALÉM DO por Sheila Mazzolenis e Veridiana Morais

JARDIM

Não é cenário de filmes de ficção científica,

inesperadas, mas belíssimas, para a preservação

muito menos de história em quadrinho, mas talvez

da natureza em um mundo superpovoado: seus

expressões artísticas cheias de fantasia tenham

jardins revestem prédios, deslocam-se para o alto

inspirado arquitetos e urbanistas a projetar edi-

e destacam-se em um horizonte de arranha-céus.

ficações surpreendentes, nas quais a vegetação

Três dos mais conhecidos exemplos dessa ten-

exuberante deixa de ser um elemento apenas de-

dência se encontram em Singapura, considerado

corativo e torna-se tão ou mais importante do que

o país mais verde do mundo asiático. Mas em uma

o cimento, o vidro e o aço. Algumas evocam o mí-

sociedade globalizada e multicultural as ideias

tico jardim suspenso da Babilônia – que, diga-se

voam, multiplicam-se, inspiram arquitetos, ur-

de passagem, ninguém garante que tenha existido,

banistas, ambientalistas e inovam a paisagem

apesar de ser citado como uma das sete maravilhas

urbana do planeta. As próximas páginas revelam

do mundo antigo e de permanecer no imaginário

algumas dessas ideias e projetos, dando uma vi-

da Humanidade. Outras nos revelam soluções

são fascinante do futuro.

20 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 20

25/06/2018 15:49


SUPERTREE GROVE

© KUNCHAINUB / ISTOCK.COM

SUPERTREE GROVE, em Singapura: São 12 superárvores medindo de 25 a 50 metros de altura, com duas delas conectadas por uma passarela aérea de 128 metros de comprimento.

Bromélias, orquídeas, samambaias, trepadeiras tropicais... Mais de 160 mil plantas, de 200 espécies e variedades, revestem 12 estruturas de aço e concreto que compõem um dos mais visitados pontos turísticos de Singapura: o Supertree Grove, um bosque futurista de “árvores metálicas” gigantes “plantadas” em um amplo espaço da área de Marina Bay. Inaugurado em 2012, este jardim inusitado foi idealizado pela premiada empresa inglesa Grant Associates, que derrotou 170 escritórios, de 24 países, em uma acirrada competição internacional. Sua construção exigiu uma equipe multifuncional, incluindo paisagistas, biólogos, urbanistas, arquitetos e engenheiros. Em seis anos, eles ergueram “árvores” de 25 a 50 metros de altura e equiparam suas copas, em formato de guarda-chuva invertido, com sistemas coletores de água de chuva – usada na irrigação das plantas –, sensores que captam energia solar, utilizada em um espetáculo noturno de som e luzes, além de bar e restaurante. Uma passarela aérea de 128 metros de extensão liga as duas árvores mais altas. Por uma questão de segurança, apenas um número reduzido de pessoas pode caminhar por ela durante 15 minutos – mesmo curto, este passeio vale a pena, pois é uma experiência visual imperdível! Mas o ponto alto do projeto é o seu revestimento vegetal. A escolha das plantas seguiu critérios rígidos: as espécies deveriam ser raras em Singapura – elas foram levadas do Brasil, Panamá, Equador e Costa Rica –, além de possuir grande interesse visual e facilidade de manutenção. Elas estão localizadas em espaço da Gardens by the Bay, uma organização independente responsável pelo desenvolvimento e gestão desse e de outros parques igualmente interessantes – o propósito claramente definido por essa organização é tornar mais agradável a vida dos habitantes dessa cidade-Estado. De fato, em menos de quatro décadas a área verde de Singapura passou de 36% para 47%, o que tem feito muita gente acreditar que o país conseguiu o equilíbrio perfeito entre natureza, progresso e tecnologia.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 21

21

25/06/2018 15:49


URBANISMO

ARQUITETUR A VERDE Tree House, Singapura.

© DIVULGAÇÃO / BIONIC ARCH

Outro bom exemplo da preocupação de Singapura com desenvolvimento sustentável e práticas ecológicas adequadas a suas condições climáticas é o Oasia Hotel Downton, um cinco estrelas que agrada ao mais exigente cliente graças ao seu bom gosto, conforto e frescor: sua estrutura de aço e vidro, propensa a esquentar demais em uma cidade de clima quente, é revestida de vegetação, também presente em

jardins nos andares mais altos. O resultado é que essa massa verde refresca naturalmente a estrutura do arranha-céu de 30 andares. Essa vantagem também se destaca no Tree House, citado no novo Guinness World Record como o maior jardim vertical do mundo: uma parede verde de 7.509.842.232 metros quadrados capaz de absorver ruídos externos, economizar gastos com energia e água, reduzir a pegada de carbono e filtrar poluentes e dióxido de carbono do ar. O projeto, desenvolvido pelo City Developments Limited (CDL), foi completado em 2013.

© DIVULGAÇÃO / CITY DEVELOPMENTS LIMITED

AINDA EM SINGAPURA...

© FOTOS: DIVULGAÇÃO / INFLUX STUDIO

Oasia Hotel Downton, Singapura.

ALGAE GREEN LOOP “Vestir” um edifício com plantas é um dos recursos utilizados pelo retrofit, uma tendência cada vez mais usada por arquitetos e designers para revitalizar prédios antigos ou construídos nas últimas décadas. Este foi o caso do Marina City, um complexo de edifícios localizado às margens do Lago Michigan, em Chicago. Mas o revestimento escolhido pelo escritório Influx, autor do projeto, foi sem dúvida surpreendente: algas! Como? Por quê? Não haveria um vegetal mais bonito e elegante? Certamente havia, mas as algas vinham ao encontro de uma proposta sustentável de grande valor: elas eram capazes de produzir biocombustível, utilizado no abastecimento de veículos e de um sistema biorreator interno que transforma resíduos em energia.

22 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 22

25/06/2018 15:49


ENQUANTO ISSO, EM TAIWAN Repete-se o interesse pelo revestimento verde de edifícios e pela prática sustentável na construção – ninguém mais duvida das vantagens que trazem ao meio ambiente e à qualidade de vida da população! Um bom exemplo é o Bionic Arch, projeto do arquiteto belga Vincent Callebaut para a cidade de Taichung, a terceira mais populosa de um país que se coloca hoje entre as 30 maiores economias do mundo. Orçada em R$85 milhões, a Bionich Arch é uma imensa torre de 119 metros, com jardins suspensos em toda a fachada e um sistema de fontes alternativas de energia, como a solar e a eólica, que garantem a sua autossuficiência energética e emissão zero de carbono. Ainda em Taichung, outro projeto tem sido citado como uma referência arquitetônica, pois estabelece relações saudáveis de tecnologia e atividades humanas. De autoria da arquiteta francesa Elizabeth de Portzamparc, o Intelligence Operation Center foi idealizado para reunir, em uma torre, moradias, escritórios, restaurantes, áreas de convivência e entretenimento, com bolsões de vegetação em todos os seus níveis – o que garante um ambiente interior saudável e agradável, além de redução da emissão de carbono.

Intelligence Operation Center, Taiwan.

© DIVULGAÇÃO / INTELLIGENCE OPERATION CENTER

Bionic Arch, Taiwan.

© MARCOCIANNAREL / ISTOCK.COM

BOSCO VERTICALE Uma floresta vertical: foi o que pensou e realizou o arquiteto italiano Stefano Boeri para Milão, uma das cidades mais poluídas da Itália. Inaugurado em 2014, este projeto localizado na área de Porta Nuova é composto de duas torres – uma de 80 e outra de 112 metros de altura – revestidas por nada mais nada menos do que 480 árvores de porte médio e grande, 300 de pequeno porte, 5 mil arbustos e 11 mil plantas perenes e rasteiras. Isso equivale a 20 mil metros quadrados de floresta e vegetação rasteira, com uma vantagem: além da beleza estética, essas plantas reduzem os ruídos urbanos e limpam o gás carbônico da atmosfera.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 23

23

25/06/2018 15:49


URBANISMO

ARQUITETUR A VERDE

HILLDEGARDEN BUNKER © DIVULGAÇÃO / HILLDEGARDEN.ORG

Uma relíquia da Segunda Guerra Mundial ganha vida graças a um projeto desenvolvido por moradores e arquitetos de Hamburgo, Alemanha. Eles propõem fazer de um cinzento bunker uma área de uso comunitário,

SEA TREE

uma verdadeira “montanha” reflorestada aberta ao público. “Estamos reconstruindo o que herdamos”, dizem seus idealizadores, que pretendem ocupar o espaço com escola, centro de convivência, hotel e um amplo jardim no alto da construção. Este é um exemplo edificante da criatividade humana, capaz de transformar o feio e o inútil em um recanto bonito e vibrante.

URBAN FOREST Um prédio feito de madeira! Isso pode? Pode, garantem os idealizadores de um projeto que pretende utilizar esse material – tradicionalmente usado apenas na construção de pequenas casas e chalés – na obra de um edifício de 13 andares com espaços de múltiplos usos, como coworking, coliving, lojas e restaurantes, divididos em uma área total de 4.700 metros quadrados. Localizado no coração do bairro paulistano de Vila Madalena, o primeiro edifício de madeira do Brasil já tem uma data prevista de finalização das obras: 2020. Mas, antes disso, o projeto do escritório franco-brasileiro Triptyque Architecture – em colaboração com a empresa de florestamento AMATA – será apresentado na 16ª Bienal de Arquitetura de Veneza. Segundo os idealizadores do projeto, a escolha de materiais biológicos na arquitetura dimensiona uma nova maneira de viver com mais consciência, e o uso da madeira como material estrutural é um modelo para a arquitetura urbana sustentável: a madeira é o único material de construção renovável e que retém o gás carbônico acumulado em todo o seu ciclo de vida. © DIVULGAÇÃO

© DIVULGAÇÃO

O arquiteto holandês Koen Olthuis busca constantemente soluções para os problemas causados pela urbanização e mudanças climáticas, e sua empresa, a Waterstudio, tem desenvolvido projetos cada vez mais sofisticados de habitações e espaços comerciais à beira da água – 90% das cidades do planeta estão situadas próximas a rios, lagos e mares. Mas recentemente ele usou seu talento no desenvolvimento do projeto de um habitat perfeito para a fauna e a flora: uma estrutura de 30 metros de altura, fincada na água graças à tecnologia offshore – semelhante à das plataformas de petróleo –, que reproduziria todo o ecossistema de uma árvore natural. Totalmente autossuficiente, esta “árvore” abrigaria várias espécies de plantas e de animais e seria inacessível ao homem – plantas e animais jamais seriam incomodados!

24 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 24

25/06/2018 15:49


O MELHOR PROGRAMA PARA DEPOIS DA PRAIA

COMPRAS. LAZER. CONVÍVIO. TUDO O QUE VOCÊ ESPERA DE UM SHOPPING.

AV. DA RIVIERA, 1256 - TEL.: (13) 3316-6033 RIVIERA DE SÃO LOURENÇO

RIV27_20-25_ARQVerde_vs3.indd 25

25/06/2018 15:49


R E A L E S TAT E I M Ó V E I S

Viva a sua Riviera As melhores oportunidades de imóveis na Riviera de São Lourenço estão no Sistema Integrado de Vendas (SIV). Confira aqui uma cuidadosa seleção e faça um ótimo negócio!

Para comprar ou vender na Riviera, confie no SIV Pavilhão de Vendas: Largo dos Coqueiros, 15 – Módulo 5 Tel.: (13) 3316-8008 Portal de imóveis: www.rivieradesaolourenco.com/siv

UM ESPETÁCULO! São 8 suítes, 6 vagas de garagem e 700 m2 de área construída. Essa moderna e magnífica mansão está finamente mobiliada e decorada, possui cozinha tradicional, ar-condicionado, terraço, piscina com toboágua,sauna, hidromassagem , churrasqueira, forno a lenha, gramado e quadra de futebol. Espaços e ambientes integrados, para sua família usufruir do melhor da vida com localização privilegiada ao lado do campo de golf e do shopping. Cód.: SC04656

EXCLUSIVIDADE EM CADA DETALHE Permita-se a exclusividade deste belíssimo imóvel. São 4 suítes e 4 vagas de garagem, em 510 m2 de área útil. Esta linda beach house está finamente mobiliada e possui o pé na areia, quase dentro da praia! Living para 3 ambientes, lavabo, dormitório de empregada, ar-condicionado, piscina e churrasqueira privativa com maravilhosa vista para o mar. Edifício com área de lazer completa: piscinas, sauna, churrasqueira, salão de festas e de jogos. Cód.: SA02635.

28 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 28

25/06/2018 16:09


LUXO E CONFORTO Linda cobertura duplex finamente decorada, com 5 dormitórios (3 suítes) e 4 vagas de garagem. Aproveite ao máximo os 306 m2 de área útil deste imóvel pé na areia, com maravilhosa vista para o mar. Living superior e inferior, cozinha americana, lavabo, ar-condicionado, hidromassagem e terraço com churrasqueira e piscina privativa. No condomínio, piscinas, churrasqueira, sauna, salão de festas e de jogos. Cód.: SA02877

PARAÍSO PARTICULAR Belíssima casa de alto padrão, com 6 suítes, 7 vagas de garagem e 600 m2 de área construída privativa. Equipada com ar-condicionado, lavabo, terraço, hidromassagem, armários planejados em todos os cômodos, cozinha integrada à área de lazer com churrasqueira e piscina. Cód.: SC04118

ALTÍSSIMO PADRÃO Com uma maravilhosa vista para o mar, esta cobertura duplex – pé na areia! – de 4 dormitórios (3 suítes), 3 vagas de garagem e 323 m2 de área útil surpreende todos. Possui ainda dormitório de empregada, lavabo, cozinha, ar-condicionado e amplo living para 3 ambientes integrado ao terraço com churrasqueira, bar e piscina privativa. Área de lazer completa no Edifício, com piscinas, sauna, salão de festas e de jogos, academia de ginástica, churrasqueiras com fornos para pizza e salas de TV. Cód.: SA01882

29

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 29

25/06/2018 16:09


R E A L E S TAT E I M Ó V E I S

LINHAS MARCANTES Casa de alto padrão com arquitetura moderna e imponente! São 5 suítes, 6 vagas de garagem em 480 m2 de área construída privativa. O imóvel está finamente decorado e possui living para 4 ambientes, com cozinha integrada, ar-condicionado e terraço. Na área externa, lazer com piscina, churrasqueira, bangalô e sauna. Cód.: SC04676

ESPAÇO PARA TODOS Casa de alto padrão, mobiliada e decorada com sofisticação. Possui 5 suítes, 3 vagas de garagem, 347 m2 de área construida privativa, living para dois ambientes, ar-condicionado e cozinha integrada à área de lazer, que oferece churrasqueira, piscina e ambientes para toda a família. Cód.: SC04124

CHEIA DE CHARME! Magnífica casa com 6 suítes, muito bem distribuídas em 620 m2 de área construída privativa. Com pisos em porcelanato, possui living para 4 ambientes e está mobiliada, decorada e monitorada. Cozinha americana integrada à área externa, ar-condicionado, espaço gourmet , piscina, sauna e garagem coberta para 6 veículos. Cód.: SC01455

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 30

25/06/2018 16:09


OPORTUNIDADE IMPERDÍVEL Linda cobertura, com uma vista espetacular e o pé na areia! São 227 m2 de área útil, 4 dormitórios (3 suítes), 3 vagas de garagem, amplo living integrado ao terraço, churrasqueira e piscina. Área de lazer completa no edifício, com piscinas, sauna, churrasqueira, academia de ginástica e quadra esportiva. Cód.: SA03006

GRANDE NEGÓCIO Com 4 suítes, 3 vagas de garagem e 204 m2 de área útil, este apartamento pé na areia possui ar-condicionado, amplo living integrado ao terraço, churrasqueira e uma vista deslumbrante da praia. Área de lazer completa no edifício, com quadra de tênis, piscinas, sauna, churrasqueira, academia de ginástica, salão de festas ede jogos. Cód.: SA00458

PERFEITO Com uma planta ótima, este apartamento de 4 dormitórios (2 suítes), 4 vagas de garagem, possui 147 m2 de área útil muito bem pensados. Está mobiliado e totalmente decorado, equipado com arcondicionado, seu amplo living é integrado ao terraço com churrasqueira. Lazer total no condomínio, com quadras de tênis e poliesportiva, piscinas, sauna, academia de ginástica, cinema, churrasqueira, salão de festas e de jogos. Cód.: SA01890

.

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 31

31

25/06/2018 16:09


R E A L E S TAT E I M Ó V E I S

ELEGÂNCIA NOS DETALHES Linda casa mobiliada, com uma planta que valoriza o lazer, sem abrir mão do conforto. Conta com 4 suítes, 4 vagas de garagem, 339,60 m2 de área construida privativa e arcondicionado em todos os ambientes, incluindo a cozinha. Amplo living, piso de porcelanato, churrasqueira e piscina. Cód.: SC04532

CASA DE REVISTA Elegância e bom gosto em uma casa decorada com todo requinte. São 6 suítes em ampla construção de 639 m2. Luxuosa, possui pisos em porcelanato e living para 5 ambientes. Totalmente mobiliada e equipada com ar-condicionado, suíte térrea, espaço gourmet , piscina e garagem com vagas cobertas para até 6 carros. Cód.: SC01453

UMA VISTA PRIVILEGIADA Localizado em um dos pontos mais charmosos da Riviera, este apartamento de 4 suítes, 4 vagas de garagem, 289 m2 de área útil e pé na areia encanta todos. Possui amplo living integrado ao terraço, churrasqueira e vista deslumbrante da praia. Área de lazer completa no edifício, com quadra de tênis, piscinas, sauna, churrasqueira, salão de festas e de jogos, academia de ginástica, spa, sala de massagem, adega climatizada e brinquedoteca. Cód.: SA00154

COBERTURA ÚNICA Impressionante cobertura duplex com pé na areia, 5 suítes, 2 vagas de garagem e 341 m2 de área útil. Possui living superior e inferior, ar-condicionado, lavabo, cozinha, dormitório de empregada, churrasqueira e espetacular vista para o mar. No edifício, área de lazer completa, com piscina, sauna, churrasqueira e quadra de politenis. Cód.: SA04765

32 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 32

25/06/2018 16:09


UM ÍCONE A BEIRAMAR COM A MELHOR VISTA DA PRAIA DA RIVIERA

4 SUÍTES • 4 VAGAS • 235 A 256M² PRIVATIVOS AMPLOS TERRAÇOS GOURMET COM 3,85 M DE PROFUNDIDADE

VISTA APTO 4º ANDAR

EDIFÍCIO CONCLUÍDO E ÁREAS COMUNS FINAMENTE DECORADAS

PISCINAS

FACHADA

PLANEJAMENTO E CONSTRUÇÃO:

SALÃO DE FESTAS

INCORPORAÇÃO:

FITNESS

VENDAS:

MÓDULO 8 - AL. JURUÁ, 300 - RIVIERA DE SÃO LOURENÇO - BERTIOGA - SP - Tel.:

(13) 3316-8008

Memorial de Incorporação registrado sob nº 4 na matrícula nº 54.752 do 1º Registro de Imóveis de Santos em 17 de fevereiro de 2012.

RIV27_26-31_SIV_vs3.indd 33

25/06/2018 16:09


GASTRONOMIA

FORMAÇÃO

POP STAR, NÃO.

CHEF! por Sheila Mazzolenis e Veridiana Morais

Cresce, no Brasil, o interesse pelas artes culinárias, e um número significativo de jovens enfrenta os desafios de uma profissão cada vez mais valorizada, mas exigente e competitiva

32 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 32

25/06/2018 16:39


Quem quer ser cozinheiro? Tempos atrás essa pergunta seria ignorada pela grande maioria dos jovens, ainda interessados nas profissões tradicionais ou naquelas que indicavam um futuro promissor para os craques da tecnologia. Ninguém parecia animado com a ideia de passar a vida na frente de um fogão, lidando com panelas e mantendo-se atento ao ponto certo de um filé chateaubriand ou à textura de um creme hollandaise – na verdade, muita gente nem mesmo sabia que filé e creme eram esses! Mas hoje já é comum ouvir, em uma rodinha de jovens, expressões como cortar à julienne, deglaçar, branquear, clarificar, flambar... Esses jovens fazem parte de uma nova geração preocupada com a qualidade e a procedência dos alimentos que consome e a forma adequada de prepará-los, e que busca uma carreira na qual possa reunir esses fatores, desenvolver sua criatividade e estimular ações empreendedoras, como a abertura de um negócio próprio. A favor deles, uma profissão em alta no Brasil, com mercado de trabalho promissor – e competitivo! – e formação profissional. Segundo censo realizado em 2016 pelo Ministério da Educação (MEC), havia, na época, 169 cursos superiores de gastronomia credenciados e 27.729 alunos matriculados. E, em maio de 2018, o célebre Le Cordon Bleu abriu suas portas em São Paulo ao mesmo tempo em que preparava para agosto a inauguração da filial carioca – ou seja, não faltam opções para quem quer aprender técnicas

© RICARDO MATSUKAWA

culinárias e se transformar em chef! Mas como surgiu esse interesse? Os profissionais da área atribuem a um conjunto de fatores, entre eles: a exposição do tema nas mídias televisiva, impressa e cinematográfica (ver quadro

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 33

33

25/06/2018 16:39


FORMAÇÃO

ASSIM COMO EM PARIS, NOVA YORK, LONDRES... ... São Paulo tem agora uma unidade do renomado instituto francês de artes culinárias Le Cordon Bleu, com 123 anos de tradição e a fama de ser a mais séria instituição do gênero em todo o mundo – o que não impediu que ela fosse até mesmo “personagem” do divertido filme Julie&Julia (ver quadro Filmes que merecem ser degustados). Mas isso não abalou o respeito que inspira e a imagem de oferecer formação completa para quem deseja mergulhar no universo da melhor culinária praticada no planeta. “Um aluno formado em São Paulo terá o mesmo nível técnico das escolas sediadas na Europa ou na Ásia”, garante o chef Patrick Martin, embaixador internacional do instituto e responsável pela sua implantação no Brasil. “É importante frisar que o Le Cordon Bleu tem um Passaporte Culinário que dá aos estudantes a oportunidade de, por exemplo, iniciar os estudos na Austrália, continuar na França e terminá-los em São Paulo. É a única marca culinária, em todo o mundo, que pode oferecer esse tipo de estudo e serviço”.

© FABIO H. MENDES / E6 IMAGENS

GASTRONOMIA

Martin também enfatiza que a marca do instituto paulista não é somente cuisine francesa. “O Le Cordon Bleu adapta seu estilo mundialmente, sempre respeitando os produtos locais, a história e o patrimônio do país onde é implantado. Em São Paulo, por exemplo, propomos uma fusão entre França e Brasil. Nossa equipe tem mente aberta e leva os fundamentos e bases das técnicas da cozinha clássica francesa a outras receitas internacionais. ”

“Atualmente, um chef dita tendências, o seu bom trabalho na gastronomia o destaca” ROSA MOR AES, MEMBRO DA ACADEMIA BR ASILEIR A DE G A S T R O N O M I A , D I R E T O R A D E G A S T R O N O M I A D A L A U R E AT E B R A S I L

Filmes para serem degustados), a expansão do

Amanda Lopes, chef pâtisserie, acrescenta:

setor de serviços com a abertura de novos hotéis

“Quando decidi ser confeiteira, minha mãe ficou

e restaurantes e a valorização pública dos profis-

muito triste. Ela só reconheceu a importância da

sionais da área. Eles frequentemente tornam-se

profissão quando o chef Laurent Suaudeau pas-

verdadeiras “estrelas” graças à participação em

sou a apresentar o Gourmet Show!”

reality shows ou tradicionais programas de recei-

Talento e trabalho duro

canais fechados. Um bom exemplo da notorieda-

“Atualmente, um chef dita tendências, o seu

de que podem alcançar foi a primeira visita do

bom trabalho na gastronomia o destaca – Alex

cake boss Buddy Valastro a São Paulo: ele foi re-

Atala, por exemplo, é mundialmente conheci-

cebido por uma multidão, como se fosse um pop

do por seus talentos culinários e, também, por

star! E se ninguém havia percebido antes, ficou

ações e campanhas sustentáveis, valorização dos

claro então que ser cozinheiro em nossos tempos

produtos e produtores nacionais. E já foi capa de

tinha até mesmo um certo glamour – para trás fi-

várias revistas, inclusive da tradicional Time”.

cou a imagem tradicional de um profissional que

Quem fala é Rosa Moraes, membro da Academia

se dedicava ao preparo de pratos porque não lhe

Brasileira de Gastronomia, diretora de Gastro-

restava outra forma de ganhar a vida!

nomia da Laureate Brasil – seção nacional da

“A glamorização da cozinha no Brasil come-

Laureate International Universities, a maior rede

çou 15, 20 anos atrás”, comenta Jean Yves Poirey,

internacional de universidades – e responsável

chef de cuisine do curso Le Cordon Bleu, recém-

pela implantação, em 1999, do primeiro curso su-

-inaugurado em São Paulo (ver quadro). “Che-

perior de gastronomia em nosso País, na Univer-

guei ao Brasil em 1981 e quando me apresenta-

sidade Anhembi-Morumbi, que posteriormente

va como cozinheiro, o pessoal virava a cara.”

se tornou parte integrante da Laureate.

34 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 34

© ALI KARAKAS

tas veiculados tanto pela TV aberta como pelos

“Qualquer estudante motivado, que deseja progresso e sucesso na vida pessoal e profissional, é bem-vindo” C HE F PAT R IC K M A R T IN

LE CORDON BLEU SÃO PAULO Rua Natingui, 862, na Vila Madalena – São Paulo Cursos oferecidos: Basic Cuisine e Basic Pâtisserie • Infraestrutura: Sete cozinhas profissionais, sendo duas dedicadas às aulas de demonstração, duas para cozinha, uma para confeitaria e padaria, uma polivalente e outra para preparo e produção, além de auditório para aulas teóricas e uma biblioteca • Unidades: possui campi na Europa, Canadá, EUA, América Latina, Ásia e Oceania.

25/06/2018 16:39


“Chef é um cargo, não uma profissão! Todos nós somos cozinheiros de profissão, com cargo de chefia. O pessoal sai das universidades dizendo ‘sou chef de cozinha’. Não! Somos cozinheiros. Se não tenho cargo de chefia, não sou chef de cozinha.”

“Nosso foco é que o aluno saia daqui sabendo técnicas culinárias, com diploma de cozinheiro. Ele é um cozinheiro, não um chef de cozinha.” RENATA BRAUNE, chef da cozinha de produção do Le Cordon Bleu

© FOTOS: RICARDO MATSUKAWA

JOÃO PAULO FRANKENFELD, chef de cuisine do Le Cordon Bleu do Rio de Janeiro, a ser inaugurado em agosto

“Nosso aluno não vai estudar um prato da moda, que todos os restaurantes praticam. Vamos esquecer isso. Depois de terminar o curso é que podemos começar a pensar em melhorar um prato.” JEAN YVES POIREY, chef de cuisine do Le Cordon Bleu de São Paulo

“O curso é puxado, tudo deve ser feito à mão. Temos equipamentos de ponta, mas no início o aluno só deve usar as mãos. Isso o prepara para enfrentar, no futuro, qualquer tipo de cozinha.” AMANDA LOPES, chef pâtissier do Le Cordon Bleu

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 35

35

25/06/2018 16:39


GASTRONOMIA

FORMAÇÃO

© DIVULGAÇÃO

DUAS HISTÓRIAS DE SUCESSO

RODRIGO AGUIAR, chef do restaurante Rios, foi escolhido pela Veja Comer&Beber como chef revelação 2017/2018. "Estudei administração e trabalhava na área fiscal, mas queria fazer algo que fosse mais instigante, sem ser repetitivo. Quando perdi meu pai decidi que precisava buscar outra carreira. Na época, já eram apresentados, aqui no Brasil, programas estrangeiros de culinária. Minha família é de origem portuguesa e sempre gostamos muito de experimentar pratos novos, damos muita importância à

boa comida. Assim que entrei na faculdade comecei a estagiar. Hoje, pelo tipo de cozinha que faço, acho mais fácil encontrar mão de obra entre pessoas que cursaram, ou ainda estão cursando, gastronomia. Na minha equipe atual todos têm formação na área. Atualmente o meu restaurante, o Rios, tem conseguido mostrar uma cozinha diferente no Tatuapé, Zona Leste de São Paulo. Quebramos alguns preconceitos e barreiras ao desenvolver uma culinária que atrai pessoas para cá – muitos ainda acham que é longe! Para os moradores do bairro também tem sido uma quebra de padrões."

“Mas é preciso que fique claro que esse reco-

cola você aprende e depois tem de se empenhar.

nhecimento público é, principalmente, fruto de

É força de vontade e querer”. E a chef Renata

vocação, de trabalho duro e de força de vonta-

Braune conclui: “a excelência exige rigor”. Tal-

de”, enfatiza Rosa, e com ela concordam outros

vez este seja o motivo pelo qual muitos alunos

mestres da profissão. O célebre Alan Ducasse –

acabam deixando os cursos de gastronomia.

chef, empreendedor e proprietário de vários res-

“Quando eles se defrontam com a realidade de

taurantes, inclusive no palácio de Versalhes – já

um trabalho cansativo, que vai além do prepa-

declarou em várias entrevistas que “o trabalho

ro de alimentos, eles desistem”, conta Rosa Mo-

é muito, muito mais importante do que o talen-

raes. Aqueles que ficam, persistem e trabalham

to”; João Paulo Frankenfeld, chef de cuisine do

duro não se arrependem (ver quadro Duas histó-

futuro Le Cordon Bleu do Rio de Janeiro, afirma

rias de sucesso) e contribuem para a renovação

que “assim como em qualquer profissão, na es-

da culinária nacional, para a formação de novos

LUIZ FILIPE SOUZA, ex-aluno da Anhembi-Morumbi e atual chef do restaurante Evvai, em São Paulo. “Eu me formei em administração e trabalhei como bancário, mas depois do falecimento do meu pai questionei minha carreira, decidi mudar e tive contato com a gastronomia. Não tinha uma avó grande cozinheira como muita gente, embora na minha família as reuniões sempre aconteçam ao redor da mesa. Mas não conhecia nada do mercado de gastronomia e a faculdade foi muito importante para começar a trabalhar na área. O curso me deu as ferramentas necessárias para crescer na profissão. Durante oito anos fui aprendiz do chef Salvatore Loi, depois seu sous-chef na casa que levava seu nome. Com a saída de Loi em 2017, assumi a equipe, mudei o nome do restaurante e montei um cardápio de receitas mais autorais. Hoje tenho uma equipe de cozinheiros jovens – 75% são estagiários.”

36 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 36

25/06/2018 16:39


1.

5.

FILMES QUE MERECEM SER DEGUSTADOS

© TADEU BRUNELLI / DIVULGAÇÃO

Para os cozinheiros cinéfilos, um cardápio especial com seis produções cinematográficas que merecem ser vistas, revistas e saboreadas, pois tratam da influência quase mágica que o preparo de uma refeição e sua degustação tem sobre as pessoas. 1. A FESTA DE BABETTE (1987). Produção dinamarquesa dirigida por Gabriel Axel, esta obra-prima recebeu o Oscar de melhor filme estrangeiro. Foi um dos primeiros filmes a fugir dos “pastelões” típicos das comédias e a mostrar a reação de uma comunidade puritana do século XIX a um banquete extraordinário.

6.

2. CHOCOLATE (2000). À semelhança do que acontece em A festa de Babette, esta produção francesa mostra as transformações pelas quais passa a população de uma pequena vila ao experimentar os chocolates preparados por uma estranha mulher. 3. COMER BEBER E VIVER (1994). Produção dirigida por Ang Lee, trata das emoções de uma família de Taipé que se reúne todos os domingos em torno da mesa de jantar e desfiam seus problemas e angústias enquanto saboreiam delícias. 4. JULIE&JULIA (2009). Um sucesso de bilheteria, o filme mostra o aprendizado de Julia Child – interpretada por Meryl Streep – no Le Cordon Bleu

de Paris e seu empenho em difundir, nos Estados Unidos, os conceitos e receitas do famoso instituto. 5. O TEMPERO DA VIDA (2005). Delicado filme de Tassos Boulmetis passado em Istambul e Atenas, mostra a poesia do bem comer e do uso de especiarias no preparo de pratos gregos e turcos, transmitida por um avô a seu neto. 6. TOAST, A HISTÓRIA DE UM MENINO COM FOME (2010), Dirigido por S. J. Clarkson, esta produção é uma cinebiografia do chef Nigel Slater que, na vida adulta, comandaria um respeitado programa de culinária na TV inglesa.

AS MELHORES ESCOLAS DE GASTRONOMIA Aqueles que desejam se aventurar e aprender novas técnicas, processos e hábitos alimentares podem escolher boas escolas em várias partes do mundo, inclusive no Brasil.

profissionais e para a abertura de postos de trabalho. Mas todos fazem questão de avisar: é preciso muita disciplina e paciência

CULINARY INSTITUTE OF AMERICA AT HYDE PARK (Nova York). Com filiais no Texas, Califórnia e Singapura, esta é a mais velha instituição dedicada ao ensino da gastronomia nos Estados Unidos. Seu diferencial está na oportunidade oferecida a seus alunos de trabalho em empresas-parceiras. INSTITUTE OF CULINARY EDUCATION (ICE) (Nova York). Seu corpo docente e currículo abrangente já valeram diversos prêmios a esta escola – entre eles o da International Association of Culinary Professionals’ Awards of Excellence em 2002, 2003, 2006, 2008 e 2015.

INTERNATIONAL CULINARY CENTER (Nova York e Silicon Valley, Califórnia). Com mais de 20 anos de atividade, esta escola treinou mais de 15 mil alunos, alguns deles já premiados com a estrela Michelin. ISSAYA COOKING STUDIO (Bangkok, Tailândia). Liderado por Ian Kittichai – o primeiro chef tailandês a ser reconhecido mundialmente –, o studio oferece aulas de culinária regional e de bebidas. ITALIAN CULINARY INSTITUTE (Calábria, Itália). Prepara seus alunos em áreas diversas da culinária, incluindo confeitaria, panificação, cozinha mediterrânea e preparo de sorvetes artesanais.

SENAC: TECNOLOGIA EM GASTRONOMIA (Águas de São Pedro, Campos do Jordão e São Paulo). Instituição tradicional, oferece cursos de graduação (tecnologia em gastronomia) e pós-graduação. Cabe destacar que os cursos ministrados em Águas de São Pedro e Campos do Jordão são realizados em hotéis escola.

durante a formação acadêmica e a prática profissional. É essencial começar pelo básico, o que significa desde manter sempre limpa sua área de trabalho até conhecer os alimentos, suas propriedades e origens antes de tentar uma nova receita! “É importante saber fazer o básico e só depois ir para a alta gastronomia, para as preparações mais complicadas”, comenta João Paulo Frankenfeld. “Hoje em dia, acho que as pessoas estão muito ansiosas,

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI LAUREATE (Vila Olímpia, São Paulo). Pioneira na oferta de curso de tecnologia em gastronomia em nosso País, abriu suas portas em 1999. Seu currículo abrangente constitui uma referência para outras instituições do gênero.

querem pular etapas, pegar atalho e ir direto. Às vezes, nem aprenderam a cortar cebola direito e já estão perguntando sobre cozimento a vácuo. Calma, tem de fazer o básico primeiro”. E Renata Braune enfatiza: “ninguém faz um curso de gastronomia para aprender receitas e, sim, para aprender técnicas. E é a partir dessas técnicas que se adquire o domínio de cozinhar.”

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_32-37_Gastronomia.indd 37

37

25/06/2018 16:39


ARTIGO

LUIZ AUGUSTO PEREIR A DE ALMEIDA

Contradições ao desenvolvimento sustentável Quem vai ao Litoral Norte do Estado de São Paulo pelo Sis-

Essa lei zoneou os nove municípios da Região Metropolitana

tema Anchieta-Imigrantes, Rodovia Cônego Domênico Rango-

da Baixada Santista, classificando seus territórios em zonas e

ni (Piaçaguera/Guarujá) e Rio-Santos, constata a precariedade

tipos de ocupação. Foram anos de análise dos órgãos públicos

da ocupação humana ao longo dessas vias. São estabelecimen-

competentes e sociedade civil, das particularidades urbano/am-

tos comerciais, casas e barracos isolados, agrupados e desorde-

bientais de cada área, para concluir quem, onde, o que e por que

nados, sem qualquer infraestrutura urbana que evidencie sua

é permitido fazer cada empreendimento. Os municípios estão

legalidade ou garanta a mínima qualidade de vida.

quebrados. Se não forem capazes de gerar sua própria riqueza,

Enquanto testemunhamos a crescente degradação dessas

© FÁBIO H. MENDES / E6 IMAGENS

Compensações ambientais podem ser realizadas e agregar muitos ganhos ecológicos para regiões contempladas por projetos corretos de ocupação urbana”

Luiz Augusto Pereira de Almeida é membro da Fiabci/ Brasil e do Secovi – Sindicato da Habitação e diretor de Marketing da Sobloco Construtora.

não serão Estado e União que cumprirão essa missão.

áreas por ocupações frágeis, assistimos ao combate a inúmeros

Muitos defendem que o litoral não pode ser mais ocupado.

projetos legais e sustentáveis, por pretensas razões ambientais.

Não veem que sua postura só prejudica o meio ambiente, os

Onde muitos, de modo ilegal e desordenado, instalam-se todo

cofres dos municípios e principalmente aqueles que têm pro-

dia, os legalmente constituídos não conseguem dar andamento

priedades na região, sejam ricos ou pobres, pois a ocupação

ou mesmo levam anos para obter suas aprovações.

irregular traz insegurança, e esta não faz distinção de classes

O resultado desse paradoxo é o crescimento generalizado

sociais, cor ou raça.

da pobreza. As prefeituras acabam por assumir todos os ônus

Ao redor do mundo, multiplicam-se bons exemplos de ocu-

de saneamento, drenagem, pavimentação, eletricidade, segu-

pações planejadas, centenas delas no litoral. O Brasil tem 9,2

rança, transporte e saúde. São sistemas vulneráveis, mantidos

mil quilômetros de costa, consideradas as saliências e reen-

sem qualquer contraprestação financeira dos beneficiários. A

trâncias do litoral, mas não consegue tirar proveito dessa ri-

ocupação desordenada também leva a insegurança a tiracolo.

queza natural, pois empreendimentos legais e sustentáveis são

Longe de endereços confiáveis e regulares, os criminosos proli-

dificultados e até impedidos, sob alegações de que o meio am-

feram e instalam seus feudos.

biente seria degradado.

Por outro lado, projetos legais, em análise, aprovados ou

É preciso rever esse modelo de uso e ocupação do solo, pois

em execução, que entregariam benefícios de infraestrutura e

temos de criar empregos, renda e bem-estar, recuperar a saúde

financeiros aos municípios, são incansavelmente questionados

financeira dos municípios e proporcionar locais agradáveis e se-

em juízo, quando não embargados ou mesmo cancelados. São

guros para as pessoas morarem, estudarem, trabalharem e se di-

empreendimentos que atrairiam investidores em setores resi-

vertirem. Para isso, é preciso liberdade para planejar e empreen-

denciais, comerciais ou de serviços, gerando empregos, renda e

der. Temos tecnologia para tudo. Compensações ambientais

riqueza. Só para ter uma ideia, o último loteamento de Bertioga

podem ser realizadas e agregar muitos ganhos ecológicos para

foi aprovado em 2014, depois de 35 anos. Entretanto, não foi exe-

regiões contempladas por projetos corretos de ocupação urbana.

cutado, pois está sendo questionado em juízo. Enquanto isso, a

Os países desenvolvidos já têm cidades planejadas com

população de Bertioga, nos últimos 5 anos, foi uma das que mais

um meio ambiente equilibrado, segurança, educação, saúde,

cresceram no Estado de São Paulo, segundo a Fundação Seade.

transporte e riqueza. E nós, mantendo a política de restringir

Tais contradições contribuem, a médio e longo prazo, para

tudo, permitiremos que as gerações futuras herdem um país

uma região carente de serviços públicos e degradada ambien-

carente de infraestrutura, ambientalmente incerto, pobre e

talmente. O quadro tem de ser revertido. Para isso, há amplos

inseguro? Estamos sempre beirando os últimos lugares nas

instrumentos, a começar pela lei do Zoneamento Ecológico-

classificações globais de competitividade, ensino e qualidade

-Econômico da Baixada Santista. Trata-se de norma poderosa

de vida. A persistir as práticas limitativas para ocupações

para incentivar a ocupação planejada e estabelecer significati-

urbanas legais e planejadas, daremos um definitivo voto de

vas recompensas ambientais e urbanas.

pobreza ao Brasil.

38 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_38-39_ArtigoLA.indd 38

25/06/2018 16:44


RIV27_38-39_ArtigoLA.indd 39

25/06/2018 16:44


BEL E Z A P R O D U T O S N AT U R A I S

A saudável prática de aproveitar os frutos da terra na confecção de produtos de beleza para corpo, rosto e cabelos contribui não só para a beleza pessoal como também para a sustentabilidade do planeta

COS MÉTICOS VERDES por Veridiana Morais

40 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_40-43_Cosmeticos_vs2.indd 40

25/06/2018 17:00


Todos os dias um gigantesco contingente

parte das linhas que admira e acompanha está

tologia natural, onde é possível encontrar mate-

de pessoas muda seus hábitos em prol do pla-

na capital paulistana, como a Santo Sabão, que

rial para estudo de formulações com ingredien-

neta. Preocupados com o impacto de suas ações

ministra cursos sobre saboaria artesanal.

tes como argila, óleo de coco, óleo de ucuuba

na natureza e na biodiversidade, muitos abandonam o carro e optam pela bicicleta. Outros

(fruto amazônico), açafrão-da-terra, manteiga

Alquimistas, sem dúvida!

de cupuaçu e até araruta em pó (araruta é uma

trocam carnes pelos vegetais e grãos. Mas há

O atelier da Santo Sabão é comandado por

raiz da qual se pode extrair a fécula). Elas come-

uma turma, cada dia mais significativa, que

Beth Bacchini, uma arquiteta e urbanista que

çaram as pesquisas ainda quando estudavam na

promove mudanças enquanto está no chuvei-

deixou mais de duas décadas de trabalho na

Universidade Federal de Minas Gerais, movidas

ro! E não somente ao reduzir o tempo do banho,

área de formação para se dedicar à alquimia de

pelo interesse em alimentação. Com o tempo

mas também ao optar por xampus, sabonetes e

misturar óleos essenciais a pastas e cremes ve-

vieram os questionamentos sobre a origem dos

loções naturais não testados em animais, sem

getais. Ela começou a se interessar pelo assunto

produtos de beleza, e verificaram uma falta de

compostos sintéticos e, muitas vezes, feitos com

ao querer abolir o sebo animal de seu banheiro e

disseminação de informações sobre os efeitos

as próprias mãos.

apaixonou-se por repassar todo o conhecimento

benéficos, e também maléficos, das substâncias.

Esse é o caso da goiana Patrícia Brito, que

que adquiriu. Há oito anos começou a ministrar

Elas acreditam que as pessoas devem escolher o

usa plantas que tem em casa como matéria-

aulas em seu atelier e garante: o consumo de

que é melhor para si, com base em informações

-prima de suas formulações. “Eu não gostava de

cosméticos naturais é um caminho sem volta. "É

de qualidade, pesquisadas e checadas.

usar os sabonetes comuns, então comecei a pro-

uma tomada de consciência, uma escolha. Você

curar fórmulas de sabonetes naturais e hoje faço

começa a pensar nos produtos que passa na pele

os meus, para consumo próprio. Uso alecrim, al-

e se questiona sobre a origem deles. Na minha

De acordo com a Associação Brasileira da

fazema, óleo de coco, mel e bastante aloe vera”,

necessaire eu tenho três coringas: um sabão de

Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cos-

relata Patrícia, que busca em cursos on-line as

óleo de oliva que uso até para escovar os dentes,

méticos (ABIHPEC), o Brasil é o quarto consumi-

informações e sonha em um dia ir a São Paulo

uma barra hidratante e um gel de tea tree. Com

dor mundial de produtos dessa categoria e tem

para uma formação presencial, já que grande

eles atendo às minhas necessidades de higiene

um panorama promissor pela frente, apesar de

e cuidado pessoal e, o melhor, eu sei sobre cada

a recuperação econômica brasileira pós-crise

substância que os compõe, pois foram feitos por

ainda ser muito lenta. A estimativa para 2018 é

mim", detalha Beth.

de crescimento de 7,5% do setor. Muitas marcas

As engenheiras químicas Renata Franco e

vêm alavancando a produção com base na de-

Yara Carvalho criaram a Cosmetologia do Bem,

manda por produtos de higiene e beleza fabrica-

um site de partilha de informações sobre cosme-

dos com responsabilidade e ética.

© FABIO H. MENDES / E6 IMAGENS

"É uma tomada de consciência, uma escolha. Você começa a pensar nos produtos que passa na pele e se questiona sobre a origem deles”

Mercado em expansão

© FABIO H. MENDES / E6 IMAGENS

BETH BACCHINI, D O AT E L I E R SANTO SABÃO

RIV27_40-43_Cosmeticos_vs2.indd 41

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

41

25/06/2018 17:00


BEL E Z A P R O D U T O S N AT U R A I S

QUEM É QUEM NESTE MERCADO COSMÉTICOS ORGÂNICOS: usam matérias-primas cultivadas sem agrotóxicos. COSMÉTICOS VEGANOS: não usam ingredientes de origem animal ou seus derivados, tais como mel, cera de abelha, colágeno, gelatina, leite.

DO BEM

ITENS PROIBIDOS: corantes, conservantes e fragrâncias sintéticas, derivados de propileno, amonia, silicone, dietalonamidas, derivados do petróleo, substâncias geneticamente modificadas, testadas em animais ou provenientes de animais.

© DIVULGA ÇÃO / COSMET OLOGIA

"As pessoas devem escolher o que é melhor para si, com base em informações de qualidade, pesquisadas e checadas”

COSMÉTICOS CRUELTY-FREE: não são testados em animais e suas matérias-primas são produzidas sem nenhum tipo de sofrimento animal.

ITENS PERMITIDOS: manteigas vegetais, óleos vegetais, lanolina, corantes naturais, pigmentos naturais, óleos essenciais, extratos vegetais e minerais, polímeros naturais.

A geração dos millennials é uma das molas

ficou ligada ao envolvimento em causas como

propulsoras desse avanço dos "cosméticos ver-

combate ao tráfico de animais, fim da explora-

des" em todo o mundo, e no Brasil não é diferen-

ção infantil, combate ao aquecimento global. O

te. Formada por consumidores nascidos entre

"ativismo" continuará mesmo com o novo mode-

1980 e 1990, é mais exigente com todo o processo

lo de operações, já que a manutenção dessa ca-

de fabricação e também seus impactos ambien-

racterística verde e sustentável está firmada em

tais e sociais. "Proporcionar experiências im-

contrato com os novos proprietários – a Natura

pactantes de corpo, alma e consciência limpa",

tem preocupação com a sustentabilidade desde

assim Thiago Martini define o propósito da sua

a sua criação, mas deu um passo decisivo com a

marca, Relax Saboaria, que fabrica produtos ve-

criação da linha Ekos, no ano 2000, que utiliza

ganos para rosto, corpo e cabelos. Representante

princípios ativos da biodiversidade brasileira e

dessa geração, ele é formado em logística e foi

passou a ser uma plataforma de inovação e tec-

buscando produtos para si mesmo que começou

nologia da empresa. Foi dessa linha que saiu,

a pesquisar formulações biodegradáveis e que

em 2014, o primeiro refil de perfume com frasco

não agrediam o planeta. Hoje tem uma ampla

100% reciclado, reduzindo 72% da emissão de

gama de produtos que são vendidos para todo

gases do efeito estufa em sua fabricação.

o País, elaborados com azeite de babaçu e que valorizam os momentos de prazer e relaxamento associados ao banho e aos óleos essenciais.

Toda a atenção aos rótulos Quem busca os produtos naturais precisa fi-

© FABIO H. MENDES / E6 IMAGENS

R E N ATA F R A N C O E YA R A C A R VA L H O , DA COSMETOLOGIA DO BEM

CURSOS Os preços dos cursos variam de acordo com a forma como se estuda: presencialmente ou via internet, com auxílio de material audiovisual e/ ou apostilas. Há variação também de acordo com o estágio do aprendizado, mais baixo para quem procura conhecimento básico, subindo de acordo com o grau de elaboração das técnicas.

Nomes já consagrados na cosmética também

car de olhos bem abertos nos rótulos. Nosso País

mantêm seus investimentos nesse nicho. Um dos

carece de regulação específica sobre cosméticos

principais é a Natura, que neste ano comprou a

naturais, embora todos os produtos – conven-

SANTO SABÃO: santosabao.com.br (aulas presenciais e também apostilados on-line)

mundialmente famosa The Body Shop. Criada

cionais ou verdes – precisem ter a aprovação da

EDUK: www.eduk.com.br

no Reino Unido, em 1976, a marca foi pioneira

Anvisa, a Agência Nacional de Vigilância Sa-

ECOAR: www.ecoarbiocosmeticos.com.br

em produtos cruelty-free, em tradução literal "li-

nitária. Para atestar a procedência da matéria-

vre de crueldade", que implica no fim dos testes

-prima usada, a maioria das marcas recorre aos

em animais. Em mais de 40 anos sua identidade

Selos de Certificação privados, aqui conferidos

COSMETOLOGIA DO BEM: cosmetologiadobem.com.br

42 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_40-43_Cosmeticos_vs2.indd 42

25/06/2018 17:00


DO IT YOURSELF! ONDE COMPRAR MATÉRIAS-PRIMAS: pela Ecocert e pelo Instituto Biodinâmico, que avaliam toda a cadeia produtiva. Os produtos devem ter, no mínimo, 95% do conteúdo total de matérias-primas naturais. Os outros 5% podem ser constituídos por substâncias sintéticas listadas pela certificadora, mas que não estão inseridas nas matérias-primas proibidas para cosméticos naturais (ver box). A dermatologista Flavia Ravelli, da Sociedade Brasileira de Dermatologia, alerta para alguns cuidados. Segundo ela, mesmo os produtos de origem natural podem causar danos à pele. Ativos presentes em suas formulações como fragrâncias e conservantes podem causar irrita-

Aqui está uma receita verde para quem deseja fazer seu próprio cosmético.

Engenharia das Essências: engenhariadasessencias.com.br Telefone: (11) 2973-5906 Empório das Velas: emporiodasvelas.com.br Av. Moema, 140 - Moema/São Paulo Telefone: (11) 5051-1857 Império do Banho: lojaimperiodobanho.com.br Rua Graúna, 81 - Moema/São Paulo Telefone: (11) 3044-2938 Sabão e Glicerina: sabaoeglicerina.com.br (somente pela internet)

ções, alergias e dermatites nas áreas aplicadas. Além disso, é importante lembrar que diversas plantas e frutas podem causar fitofotodermatite. São lesões semelhantes à queimadura que sur-

ou pele, sem estudos comprovando eficácia ou

gem nas áreas de pele que entraram em contato

segurança. Além disso, a mistura de diversos

com a planta e, na sequência, foram expostas ao

ativos pode mudar a estrutura de um deles,

sol. Essas lesões podem deixar sequelas irrever-

tornando-o nocivo à pele. Dessa forma, alergias,

síveis, como manchas. Limão, tangerina e figo

irritações, rashes, coceiras e manchas são pos-

são exemplos de plantas que causam esse fenô-

síveis com o uso de receitas caseiras. Na leitura

meno. Ela afirma que é difícil garantir que o uso

dos rótulos ela recomenda observar se o produto

de alguma receita caseira seja bom para cabelos

foi testado dermatológica e oftalmologicamente, e se na sua composição não tem nenhum ativo que causa sensibilidade ou alergia àquela pessoa. Atentar para informações como: uso notur-

“Proporcionar experiências impactantes de corpo, alma e consciência limpa”

© DIVULGAÇÃO / RELAX

THIAGO MARTINI, DA RELAX SABOARIA

no (produtos desse tipo podem causar manchas se a pele for exposta ao sol).

LIP BALM VEGANO COSMETOLOGIA DO BEM INGREDIENTES: 1 colher de sopa de manteiga de Ucuuba 1 colher de sopa de manteiga de Cacau 1 colher de sopa de manteiga de Cupuaçu 1 colher de chá de Cacau e 1 pitada de canela** 3 gotinhas de extrato de baunilha** **Ingredientes opcionais para deixar um aroma irresistível! OBS.: Se você mora em regiões muito quentes, inclua 5g de cera de carnaúba!

MODO DE FAZER: Coloque as manteigas para derreter em banho-maria. Coloque primeiro a de ucuuba, em seguida a manteiga de cacau e por último a de cupuaçu. É importante colocar nessa ordem para evitar aquecer desnecessariamente os ingredientes que derretem mais rápido. Retire do banho-maria e misture os demais ingredientes. Em seguida, coloque de preferência em uma embalagem de batom dessas que você roda e ele sobe. Isso porque ele fica bem durinho e não é prático retirar de potinhos com os dedos. Em contato com os lábios esse Lip Balm Vegano derrete facilmente tendo uma consistência fluida na hidratação que fornece. Utilizamos a manteiga de ucuuba como substituto da cera de abelha para conferir dureza ao produto, mas, por ter um ponto de fusão inferior ao da cera de abelha, derrete mais facilmente e por isso os outros ingredientes são também manteigas e não óleos. Se você morar em uma região de clima muito quente pode ser que seu lip balm fique com uma consistência mais cremosa e você tenha de optar por utilizar um pouco de cera se quiser envasá-lo em bastão.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_40-43_Cosmeticos_vs2.indd 43

43

25/06/2018 17:00


COMUNIDADE

DEPOIMENTOS

Transformando vidas

JOSÉ ROBERTO BERNARDO OZORES (BETO BOMBAS), presta serviços de manutenção na cidade há 23 anos.

modelo era fazer com que ela oferecesse uma oportunidade ímpar de transformar a vida de quem aqui vivesse e aqui trabalhasse. Hoje, quase 40 anos depois, acumulamos histórias e testemunhos de sucesso. São essas histórias que passaremos a contar nesta nova seção da revista. Conheça, agora, três das pessoas que tiveram a vida transformada pelas oportunidades oferecidas pelo empreendimento.

“Com esta enorme crise que nosso País está vivendo, o ramo de alimentação teve uma queda brusca. Eu tinha um restaurante no Indaiá e por causa do fraco movimento tive de entregar o ponto, mas continuei entregando marmitas para as empresas com quem tinha contrato – nossos maiores clientes são empresas e prestadores de serviços da Riviera de São Lourenço. Graças a este empreendimento pudemos inovar e ampliar o número de empresas atendidas. A Riviera evitou que minha família e os quatro funcionários que trabalham comigo passassem dificuldades.”

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Odair de Souza Pires, produz e entraga marmitex. © MAR FRANZ / FOTONATIVA

“A Riviera de São Lourenço é um lugar de inúmeras oportunidades. Há 25 anos presto serviços para moradores e proprietários de imóveis do empreendimento e posso dizer que 80% do meu faturamento vem de lá. Fico imaginando o que seria de nossa cidade caso não tivéssemos a Riviera, pois eu sustento a minha família e gero empregos diretos para moradores de Bertioga. Posso afirmar que nesses 25 anos de prestação de serviços nunca me faltou um dia de trabalho.”

Desde o início, os responsáveis pela implantação e desenvolvimento do projeto Riviera de São Lourenço sabiam que tão importante quanto construir uma localidade

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

A Riviera é linda, segura e muito bem cuidada! Isso todo mundo vê e sabe, mas muita gente não se dá conta da importância social, educativa e econômica desse empreendimento

Filé M

“Trabalho há 20 anos na Riviera de São Lourenço. Comecei aqui no Shopping como cumim e logo após passei a ser garçom. Aproveitei todas as oportunidades que tive para me especializar na área gastronômica fazendo vários cursos em São Paulo e Santos, mas me aprimorei como sommelier e hoje tenho um serviço muito bom. A Riviera me proporcionou muitas coisas boas, pois aqui conheci a minha esposa, formamos uma linda família, construímos a nossa casa e pensamos juntos no futuro. Já fui convidado para trabalhar em outros lugares, mas sou apaixonado pela Riviera de São Lourenço, que me abriu muitas portas e me proporciona voos mais altos na minha área de atuação.

Sobre

S

WALTER DOS SANTOS JÚNIOR (DUDA), garçom no Restaurante Jangada, na Riviera.

44 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_44-45_TransfVidas_vs2.indd 44

25/06/2018 17:09

R-SWF


Com a variedade e a qualidade Swift, você se torna um Chef!

Filé Mignon Swift

Pernil Temperado Swift

Na Swift, você encontra os melhores produtos para preparar receitas práticas, econômicas e saborosas. Prepare pratos deliciosos com cortes bovinos, suínos aves, cordeiros e pescados. Sabor, suculência e maciez para todas as ocasiões.

Venha conferir!

Sobrecoxa Swift

Imagens meramente ilustrativas.

Picanha Uruguaia Swift

SWIFT RIVIERA SÃO LOURENÇO | CENTRO COMERCIAL UPTOWN II – AV. MARGINAL – DE SEGUNDA A SÁBADO, DAS 9H ÀS 21H. AOS DOMINGOS, DAS 8H ÀS 15H.

Receba novidades em primeira mão.

Cadastre-se na loja ou no site swiftevoce.com.br R-SWF-8803.1.5-Anúncio Rivieira_27,5x35 RIV27_44-45_TransfVidas_vs2.indd 45 cm.indd 1

/swiftmercadodacarne /mercadodacarneswift /swiftmercadodacarne

S W I F T. C O M . B R 15/06/18 17:34 25/06/2018 17:09


CID A DES G E S TÃ O P Ú B L I C A

SMART CITIES

Este conceito inovador baseado no uso da tecnologia na gestão de centros urbanos tem melhorado a qualidade de vida de um número cada vez maior de pessoas em todo o mundo por Sheila Mazzolenis e Veridiana Morais

46 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_46-49_SmartCities_vs3.indd 46

25/06/2018 17:38


© ARQUIVO PESSOAL

Helena Werneck, arquiteta e urbanista: “A adoção da tecnologia é irreversível”.

No começo, poucas décadas atrás, parecia brin-

ao desenvolvimento. Aí está a importância, segundo

cadeira a ideia de dotar um núcleo urbano de inte-

especialistas em gestão pública, de avaliar o nível de

ligência. O que é isso? Pode? Em uma época de de-

inteligência de uma cidade, tendo como foco um con-

senvolvimento marcante da inteligência artificial,

junto de dez dimensões: economia, meio ambiente,

pode, sim, e tem resultado em mudanças positivas

abertura internacional, coesão social, administra-

na qualidade de vida de habitantes de várias cidades

ção pública, planejamento urbano, tecnologia, mo-

do mundo (ver quadro As cidades mais inteligentes do

bilidade e transporte, capital humano e governança.

SMART HOME

mundo). E qual é o segredo dessa “mágica”? A respos-

O papel da tecnologia

políticas ativas que utilizam a tecnologia para melho-

Uma dessas dimensões se destaca e é considera-

rar a infraestrutura urbana e torná-la mais eficiente

da essencial para o desenvolvimento inteligente de

e adequada às necessidades de seus habitantes e das

um núcleo urbano: a tecnologia. Segundo a arqui-

futuras gerações. Na prática, isso envolve serviços

teta e urbanista Helena Werneck, especialista em

diretos à população, segurança pública, sustentabili-

planejamento urbano e meio ambiente e estudiosa

dade, transporte, soluções integradas de governança,

das cidades inteligentes, “a adoção da tecnologia

educação, saúde, planejamento e transparência.

é irreversível”, sendo fértil o desenvolvimento de

Segundo estimativas da ONU, até 2030 o número

projetos de soluções urbanísticas inteligentes em

de habitantes das áreas urbanas será equivalente a

ambientes próximos a centros de pesquisa onde há

70% da população mundial e essas pessoas certa-

investimento em inovação. Ela conta que, em São

mente enfrentarão trânsito caótico, deficiência de

Paulo, no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT),

serviços públicos, falta de moradia, alimentação pre-

será construído um espaço tecnológico modelo, com

cária ou dispendiosa – isso se nada for feito agora,

soluções interligadas, que será usado para apresen-

adotando-se medidas inteligentes de gestão associa-

tar novas soluções encontradas pelos pesquisadores

das aos recursos da tecnologia.

do Instituto aos gestores públicos. A previsão do governo do estado de São Paulo é de que até o final

A saída, onde está a saída?

deste ano estejam implementadas, no campus do

Algumas cidades do mundo já se encontram em

IPT, na Cidade Universitária, soluções para gestão

um patamar alto de inteligência administrativa pú-

da arborização urbana, monitoramento de desastres

blica e tecnológica. Todas recebem atenção especial

naturais, gestão de resíduos sólidos, aproveitamen-

de gestores, interessados em estudar seus antigos

to de água da chuva, iluminação pública inteligente,

problemas, as ações encontradas para solucioná-los,

inspeção automatizada de galerias pluviais e semá-

seus acertos e erros, tudo isso sem tirar o pé da reali-

foros inteligentes.

© GAUDILAB / ISTOCK.COM

ta, simples e direta, não deixa dúvidas: a aplicação de

Morador da Mooca, na zona leste da capital paulista, o engenheiro Dalton Oliveira passa grande parte do dia a mais de 20 quilômetros de distância, no bairro do Morumbi, na zona oeste de São Paulo, onde trabalha. Durante o expediente, recebe – em seu relógio – mensagens disparadas pelo aquecedor a gás de seu apartamento informando a temperatura da água, da sua cafeteira quando está prestes a funcionar e até mesmo da máquina de lavar dizendo quando começou e terminou um ciclo de lavagem! Estranho? Conectado! Dalton dedica muitas horas a fazer de seu apartamento uma Smart Home, inteligente e conectada, onde aparelhos “conversam” por meio da internet. “A automação gera economia e segurança. Não é brincadeira, é uma questão de usar os recursos de forma racional. Tendo informações sobre a temperatura no bairro, por exemplo, posso escolher o melhor momento de ligar o aquecedor central para que ele trabalhe com mais eficiência e por menos tempo, gerando economia”, conta. Para conseguir esses dados, o engenheiro instalou sensores e dispositivos no topo do prédio, na piscina do condomínio, em cômodos do apartamento e, com a ajuda de conexões eletrônicas, recebe em seu Apple Watch as informações processadas.

dade. Sabe-se que cidades, como seres humanos, são

Empenho do poder público

histórias, culturas, economias específicas, níveis di-

“Conceitos como Cidade Inteligente e Internet das

versos de crescimento e de avanço tecnológico. Não

Coisas (ver quadro Smart Home) são bastante falados

existe uma fórmula única de sucesso, mas muitas

hoje em dia, mas, como são complexos, as pessoas

das soluções encontradas por algumas capitais po-

se assustam”, afirma Guto Bellusci, da Navis Design

dem servir de referência, estimular a reflexão e levar

e Tecnologia, atual membro do Conselho Técnico do

© ARQUIVO PESSOAL

organismos únicos, diferentes uns dos outros, com

Dalton Oliveira, engenheiro apaixonado por automação.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_46-49_SmartCities_vs3.indd 47

47

25/06/2018 17:38


Instituto Smart City Business America, que reúne

nos últimos anos para suprir o mercado de ino-

empresas, entidades do terceiro setor e membros da

vação. Em suas palestras e workshops ministra-

administração pública para discutir as pautas liga-

dos pelo Brasil, Guto vê que as atuais leis, mui-

das ao tema. Ele cita, como exemplo, o smartphone:

tas vezes, emperram o desenvolvimento. Ele,

“este equipamento tem ajudado a aproximar o públi-

que no ano de 2013 foi vice-prefeito da cidade de

co da inovação, mas precisamos de investimentos no

Maringá, no Paraná, sentiu na pele as dificulda-

desenvolvimento de profissionais”. Pensando nisso,

des de um gestor público para otimizar alguns

Guto trabalha na formação de jovens para as áreas de

recursos. “Nem sempre a lei permite que sejam

robótica e tecnologia, abrindo possibilidades de pro-

feitas as melhores escolhas”. Como exemplo, ele

fissões novas que vêm se desenvolvendo com rapidez

cita os postes de iluminação pública, que poderiam ser usados para a instalação de antenas que recolheriam informações de geolocalização

© ARQUIVO PESSOAL

CID A DES G E S TÃ O P Ú B L I C A

sobre trânsito ou condições climáticas, sem o

AS CIDADES MAIS SMARTS DO MUNDO

des. Porém, a regra em vigor até agora diz que os postes somente podem ser usados para os serviço de iluminação e telecomunicação. “Precisamos de regulações e de governança madura”, reconhece Guto. Empenho do poder público também é visto como essencial pelo especialista em negócios sociais e sustentáveis Antônio Pedro. “Para vivermos uma economia com melhor aproveitamento de recursos é preciso uma mudança de mentalidade que deve partir de uma ação con-

“Conceitos como Cidade Inteligente e Internet das Coisas são bastante falados hoje em dia, mas, como são complexos, as pessoas se assustam” GUTO BELLUSCI, MEMBRO DO CONSELHO TÉCNICO DO INSTITUTO SMART CIT Y BUSINESS AMERICA

tundente do Estado. Um exemplo é a proibição da circulação de carros em áreas centrais de Pa-

COPENHAGEN • Reconhecida como uma das cidades mais inteligentes do nosso século, a bela capital da Dinamarca está entre aquelas mais comprometidas com o projeto de emissão neutra de carbono. Para isso, instalou medidores de qualidade do ar nos postes de iluminação pública e adotou energia solar em muitos espaços públicos. Conta ainda com um hábito muito saudável da população: utilizar a bicicleta como meio de transporte.

CURITIBA • Considerada uma das melhores cidades brasileiras para viver, a capital do Paraná já entrou na lista das mais inteligentes feitas pela revista Forbes. E isso se deve, entre outros pontos, aos cuidados com o meio ambiente, ao sistema de transporte urbano rápido e eficiente e à coleta seletiva de lixo.

4 ©

©

2 ©

©

© FLICKR - CC BY 2.0: (1) JASONPARIS / (2) ALEJANDRO / (3) JOAOKO / (4) PEDRO SZEKELY

BARCELONA • Antiga cidade romana, a capital da Catalunha chegou ao século XXI como uma das mais inteligentes e inovadoras do mundo, referência nas áreas de gestão pública, mobilidade urbana, coleta seletiva de lixo, prestação de serviços e preservação cultural.

3

1

Levando em consideração alguns requisitos básicos – entre eles, serviços à população, segurança pública, sustentabilidade, governança, planejamento, transparência e a utilização da tecnologia para melhorar a infraestrutura urbana –, agências internacionais têm divulgado, nos últimos anos, listas das cidades mais inteligentes do mundo. Mas essas listas nem sempre batem e, por isso, selecionamos para essa reportagem apenas os centros urbanos eleitos com mais frequência e em ordem alfabética – ou seja, não há “a mais” inteligente, mas as que se destacam, dentro de suas peculiaridades, no conceito Cidade Inteligente.

custo de se adicionar um novo elemento às cida-

LONDRES • A capital do Império Britânico pode se orgulhar de ter alcançado os mais altos níveis em quase todas as dimensões levadas em consideração na definição de uma Cidade Inteligente: economia, mobilidade e transporte, administração pública, tecnologia, meio ambiente.

48 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_46-49_SmartCities_vs3.indd 48

25/06/2018 17:38


EM SAMPA ris e Londres. Foi uma imposição que modificou hábitos e contribuiu para a melhora no trânsito e nos índices de poluição”, afirma o empresário, defensor da economia circular, uma das bases das cidades inteligentes, que visa gerar um ciclo de produção de bens menos descartáveis, com maior vida útil e grande possibilidade de reaproveitamento de suas partes, reabastecendo empresas ao invés de serem descartados. Um exemplo prático é o de um celular que, após sua vida útil, é desmontado. Ao invés de ser descar-

É cada vez maior o número de empresas que trabalham com a Internet das Coisas (do inglês Internet of Things, ou IoT), a tecnologia que conecta dispositivos do nosso cotidiano à internet. Com o objetivo de consolidar e ampliar o alcance dessa possibilidade, foi inaugurado, em São Paulo, um centro de Internet das Coisas onde são exibidas novas tecnologias de diversas empresas e ministrados cursos. Instalado no bairro de Santa Ifigênia, o Smart WDC não é um local de venda, e sim um campo de experiência do usuário.

tado, o processador dele poderia ser usado na riam melhores e mais rápidos do que os utiliza-

empresas foram credenciadas para operar na cidade

dos atualmente. Já as placas-mãe dos aparelhos

com sistema dockless, quando não há estações fi xas

iriam para a fabricação de máquinas de lavar

– munidas de GPS, as bikes são monitoradas via apli-

roupa, permitindo assim a seleção eletrônica

cativos pelas empresas e complementam a oferta do

de ciclos como conhecemos hoje. Esse proces-

Bike Sampa, que opera as bicicletas do Itaú em esta-

so não criaria lixo, mas novas oportunidades,

ções fi xas. Outro bom exemplo de atitude inteligen-

gerando também o barateamento dos custos de

te foi a adoção – feita pela Secretaria Municipal de

produção. “É natural do ser humano escolher o

Transportes, por meio da Companhia de Engenharia

conforto, por isso incentivos públicos e campa-

de Tráfego – da “Sexta sem Carro”, que proíbe a cir-

nhas são tão importantes”, defende Pedro.

culação de veículos em um pequeno trecho do Centro Histórico, sempre na última sexta-feira do mês, das

exemplo, tem inovações, como o crescimento do

6h às 18h. Somente ônibus, táxis, veículos escolares,

número de bicicletas compartilhadas, que deve

bicicletas e veículos que possuem cartões do idoso e

chegar a 80 mil até o final de 2018. Quatro novas

pessoas com deficiência (Defis) poderão circular.

ANTÔNIO PEDRO, especialista em negócios sociais e sustentáveis: “É natural do ser humano escolher o conforto, por isso incentivos públicos e campanhas são tão importantes”.

© FLICKR - CC BY 2.0: (5) ANDREAS KOMODROMOS / (6) TOMMIE HANSEN / (7) PANASONIC DEUTSCHLAND / (8) MY TRAIN PIX

NOVA YORK • Uma das poucas megacidades a frequentar a lista das mais inteligentes, NY oferece, além de intensa vida cultural, sistemas tecnológicos avançados que permitem, por exemplo, tráfego menos problemático, alta economia de energia, pleno acesso à internet.

PARIS • O que faz da cidade-luz um exemplo de inteligência, capaz de receber 40 milhões de turistas estrangeiros por ano sem perder o charme, a elegância e ótimos serviços? Os especialistas apontam sem medo de errar: sua projeção internacional, tecnologia, mobilidade e transporte.

8 ©

7 ©

©

©

6

5

No campo da mobilidade, São Paulo, por

© ARQUIVO PESSOAL

fabricação de televisões Smart, sendo que se-

TÓQUIO • Campeã das dimensões tecnologia e gestão pública, a capital do Japão desenvolveu medidas eficientes para controlar a energia utilizada pelas casas e prédios comerciais. Conta, a seu favor, com o apoio efetivo de grandes empresas, como a Mitsubichi e a Panasonic, que construiu um bairro ecológico em espaço anteriormente ocupado por sua fábrica (foto), equipando as moradias com energia renovável e aparelhos domésticos ultraeficientes.

VIENA • Linda e eficiente, assim é vista atualmente a capital da Áustria, que mantém intactas sua arquitetura secular e áreas verdes, oferecendo à população transporte público de primeira qualidade e 14% de energia renovável.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_46-49_SmartCities_vs3.indd 49

49

25/06/2018 17:38


HISTÓRIA SOBLOCO 60 A NOS

DO SONHO À REALIDADE O sucesso da Riviera deve-se à soma de vários fatores, entre eles, a expertise e presença contínua de uma única empresa durante toda a sua implantação, a atuação da Associação dos Amigos e o comprometimento de profissionais que se transformaram em mestres da arte de vencer obstáculos por Beatriz Almeida

50 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_50-53_Sobloco60_vs3.indd 50

25/06/2018 18:18


“O maior desafio de todos os tempos”. Assim

setor. Em 1979, a competência e a importância

o diretor superintendente da Sobloco, Luiz Car-

da construtora eram publicamente apontadas

los Pereira de Almeida, costuma se referir aos

pela revista “Exame” como a primeira empresa

caminhos que levaram a empresa à realização

brasileira de construção civil em desempenho,

deste bairro planejado, que viria a ser reconhe-

rentabilidade de patrimônio e de vendas, liqui-

cido nacional e internacionalmente. A Riviera é,

dez geral e capitalização, concedendo-lhe o Prê-

sem dúvida, a “menina dos olhos” da Sobloco,

mio “Melhores e Maiores”.

uma das empresas de maior destaque no campo

Ao sobrevoar a área naquele mesmo ano,

do desenvolvimento urbano do País e que, este

Luiz Carlos Pereira de Almeida e seu sócio Ma-

ano, completa 60 anos de atividades.

rio Najm sabiam que o desafio seria grande. Há

Foi a partir de um voo de helicóptero sobre

quase 40 anos, as estradas Rio-Santos e Mogi-

a praia de São Loureço, em 1979, que os primei-

-Bertioga ainda não existiam. Para chegar às

ros esboços da Rivera de São Lourenço começa-

praias do litoral norte era necessário ir a Santos,

ram a ser desenhados. À época, os diretores das

seguir de balsa até o Guarujá, atravessar essa lo-

empresas proprietárias da área de 9 milhões de

calidade, pegar uma segunda balsa – desta vez

metros quadrados – Praias Paulistas S.A. e Cia.

para Bertioga, enfrentando um canal de trans-

Fazenda Acaraú – tinham interesse em desen-

posição precária – e fazer o restante da viagem

volver um empreendimento de maneira planeja-

pela praia, com o risco sempre presente de ato-

da. Para realizar o arrojado projeto precisavam,

lar na areia. Esse cenário seria alterado somente

no entanto, de uma empresa com expertise

nos anos 1980, com a abertura da Rio-Santos e

para o planejamento urbano, solidez para ar-

inauguração da estrada Mogi-Bertioga.

regimentação dos recursos, credibilidade para

Um traçado da malha viária, de autoria dos

atrair o mercado, competência para a realização

arquitetos Oswaldo Correa Gonçalves e Benno

dos trabalhos de infraestrutura, experiência

Perelmutter, em obediência às diretrizes forne-

para a montagem jurídica do projeto e respon-

cidas pela Prefeitura do Município de Santos,

sabilidade para sua execução. Com pouco mais

representou o ponto de partida do plano de de-

de 30 anos de existência, a Sobloco já se posi-

senvolvimento e urbanização da Riviera de São

cionava entre as grandes organizações de seu

Lourenço. A Sobloco passou então a detalhar o

“O maior desafio de todos os tempos” © FOTOS; ARQUIVO SOBLOCO

LUIZ CARLOS PEREIR A DE ALMEIDA, DIRETOR SUPERINTENDENTE DA SOBLOCO 1989

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_50-53_Sobloco60_vs3.indd 51

51

25/06/2018 18:18


1983

HISTÓRIA SOBLOCO 60 A NOS

ERA PRECISO BATIZAR O PLANO URBANÍSTICO DA PRAIA DE SÃO LOURENÇO. Em 1981, a Sobloco adotou a sugestão da agência Salles Interamericana e batizou o empreendimento Riviera de São Lourenço. O símbolo do cavalo marinho veio a seguir e se tornou a marca oficial do bairro.

1984

© FOTOS; ARQUIVO SOBLOCO

1984

1982

OS PRIMEIROS PASSOS DA RIVIERA PASSARAM POR UM AMPLO TRABALHO DE DIVULGAÇÃO. O Pavilhão de Exposição e Vendas, um espaço ainda precário no início da década de 1980, passou a abrigar as maquetes e projeções do empreendimento e foi cenário de churrascos e peixadas memoráveis oferecidas a incorporadores, corretores, políticos e jornalistas de Santos, São Paulo e outras cidades. Havia certo descrédito e era preciso quebrar resistências.

O RIVIERA FLAT, NO MÓDULO 3, FOI O PRIMEIRO EDIFÍCIO DA RIVIERA. Em 1984, o edifício foi equipado com um elevador que permitia aos visitantes irem até o alto, de onde podiam ver a bela paisagem da Riviera. Essa visão ajudou bastante no processo de vendas. Presa na fachada do prédio, visível para aqueles que passavam de carro pela praia, uma placa profetizava: “Aqui está sendo criado um modelo de urbanização”. 1983

projeto, buscando o equacionamento rigoroso

de outros bairros planejados: em São Bernardo,

com áreas menores, não permitiria abrigar proje-

de questões como o disciplinamento da ocupa-

a Vila Nova Petrópolis; em Campinas, o Cami-

tos de envergadura. Depois da contratação com

ção do solo, o equilíbrio ecológico, a infraestru-

nhos de San Conrado em área de 2 milhões de

Praias Paulistas e com a Cia Fazenda Acaraú,

tura de saneamento, a viabilidade econômica

m2; em São Carlos, o Parque Faber Castell, com

com a disposição de realizar um bairro turístico,

do empreendimento e a criação de dispositivos

área de 2,6 milhões de m2. Mais tarde, na década

batizamos nosso plano com o nome de Riviera de

para o convívio comunitário, a educação e o

de 2000, a Sobloco realizaria outros empreen-

São Lourenço. Procuramos professores de Uni-

crescimento pessoal de seus habitantes.

dimentos de sucesso: no Guarujá, o Guarujá

versidades e técnicos renomados para nos ajudar

O retorno financeiro foi lento e, quando co-

Central Park; e na cidade de São Caetano do Sul,

a realizá-lo”, conta o diretor da Sobloco.

meçou, foi reinvestido no próprio local. O res-

o Espaço Cerâmica, que viria a se tornar o maior

paldo econômico veio da diversidade do grupo

projeto de revitalização urbana do País.

A implantação começou em 1979. O primeiro edifício, o Riviera Flat, com 63 apartamentos, foi

empresarial. A Sobloco, que hoje se qualifica

Com toda essa experiência a empresa não se

um desafio, porque, no começo, nenhum agente

como Empresa de Desenvolvimento Urbano, já

deteve diante de seu projeto mais ambicioso, a

financeiro queria financiar. Até que a diretoria

atuava nas áreas da construção civil, atividades

Riviera de São Lourenço. “Víamos que o Guaru-

do Banco Francês e Brasileiro acabou por con-

imobiliárias, arquitetura, shopping centers e

já, em termos urbanísticos, estava caminhando

vencer-se de que o projeto era mesmo sério. Na

hotelaria, e tinha em seu currículo a realização

para uma situação difícil. O litoral norte paulista,

praia deserta, a placa instalada junto ao edifício

52 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_50-53_Sobloco60_vs3.indd 52

25/06/2018 18:18


EM EVENTO QUE CONTOU COM A PRESENÇA DO ENTÃO PREFEITO DE SANTOS OSWALDO JUSTO, EM SETEMBRO DE 1985, A SOBLOCO DAVA INICIO AOS TRABALHOS DA CONSTRUÇÃO DA REDE DE ESGOTOS DA RIVIERA. As obras caminharam em ritmo acelerado, deixando definitivamente para trás o tempo das fossas sépticas e filtros anaeróbios. O tratamento de esgotos da Riviera foi um dos mais instigantes desafios técnicos enfrentados pela Sobloco. Graças à inventividade de sua equipe, a solução encontrada é considerada a maior obra de infraestrutura da Riviera e seu ponto alto: o sistema de tratamento de esgotos sem paralelo no setor da iniciativa privada no País.

1986

1993

EM 1989, INSPIRADA EM UMA EXPERIÊNCIA APLICADA COM SUCESSO EM TORONTO, NO CANADÁ, E EM OUTROS PAÍSES, A SOBLOCO CRIOU O SIV – SISTEMA INTEGRADO DE VENDAS DE IMÓVEIS DA RIVIERA. Inédito no País, o Sistema reúne várias imobiliárias em um único ambiente de oferta de imóveis, poupando o tempo do comprador e aumentando a carteira de oferta dos agentes, como são chamadas as empresas filiadas ao Sistema. Desde sua criação, o SIV – que funciona no Pavilhão de Exposições da Riviera – mostrou ser o melhor caminho para quem quer comprar e vender na Riviera, sendo responsável por mais de 10 mil transações imobiliárias no empreendimento.

1994

solitário era uma profecia, mas poucos acredita-

módulo 5, surpreende-se com a cidade que o

territorial de Bertioga, a Riviera é o maior con-

ram nela. “Aqui está sendo criado um modelo de

plano se tornou. Hoje a Riviera conta com mais

tribuidor de IPTU da cidade, emprega mais de

urbanização”, dizia o painel. Foi difícil vender

de 11 mil unidades habitacionais, um impecável

5 mil pessoas diretamente e outras milhares,

as primeiras unidades, e só os compradores com

sistema de saneamento básico, infraestrutura

indiretamente. Pelo seu complexo planejamento

espírito pioneiro deixaram-se seduzir.

comercial e de lazer e dispõe de uma Associação

e a excelência de sua gestão, a Riviera recebeu,

O Plano Cruzado, em 1986, deu impulso às

de Amigos que mantém, em seus quadros, mais

em 2000, a certificação internacional ISO 14001,

vendas, terminando o ano com 30 incorpora-

de 500 funcionários, sendo a maior emprega-

para o seu sistema de gestão ambiental.

doras ativas na região. E antes que a década de

dora privada de Bertioga. Além disso, a Riviera

Em 2018, quando a Sobloco completa 60

1980 terminasse, a Riviera conquistou o respeito

exerce importante papel de responsabilidade

anos de atividades, a Riviera de São Lourenço é,

internacional sendo apontada como modelo de

social junto ao município, por meio de um reco-

talvez, o maior expoente de um trabalho reali-

ocupação pelo 40º Congresso Mundial da Fede-

nhecido Programa de Educação Ambiental – o

zado com seriedade, transparência e comprome-

ração das Profissões Imobiliárias – FIABCI, rea-

Programa Clorofila – e da Fundação 10 de Agos-

timento. Uma prova concreta de que é possível

lizado em Viena, Áustria.

to, que desenvolve ações de assistência ao públi-

transformar o mundo em um lugar sempre mais

co infantojuvenil do município.

bonito, seguro, sustentável e praticando liber-

Quem conheceu a Riviera em 1984, quando havia apenas o Riviera Flat e algumas casas no

Ocupando menos do que 1,8% da extensão

dade com responsabilidade.

© DIVULGAÇÃO

1994

EM OUTUBRO DE 1994, A SOBLOCO INAUGURAVA O LABORATÓRIO DE CONTROLE AMBIENTAL DA RIVIERA. Com equipamentos de última geração, a instalação passou a garantir a monitoramento da potabilidade da água consumida na Riviera, da qualidade dos efluentes de esgoto tratado, da limpeza das águas dos canais de drenagem e verificar a balneabilidade do mar. O Laboratório é hoje mantido e operado pela Associação dos Amigos da Riviera, que realiza análises sistemáticas das águas do bairro.

© FOTOS; ARQUIVO SOBLOCO

1990

Gostou de conhecer um pouco da história da Riviera? Muito do texto e fotos dessa reportagem foram extraídos do livro “Riviera de São Lourenço... Ontem, Hoje, Registros”, que conta a saga do empreendimento que mudou a face do litoral paulista e tornou-se exemplo mundial de sustentabilidade. O livro encontra-se à venda na Livraria da Cultura, no Riviera Shopping.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_50-53_Sobloco60_vs3.indd 53

53

25/06/2018 18:18


COMPRAS

RIVIER A SHOPPING

PA LH AS DA T ERR A COLAR ARAMADO Crochê de fio de cobre e palha de buriti. R$ 96,80

MAN Y HANDS PETISQUEIRA BALEIAS Três peças em cerâmica temperada. R$ 190,00

ESPETOS DE PETISCO Quatro peças de aço inox com peixes em resina. R$ 35,00

QUENTÍSSIMAS CARMEN STEFFENS BOLSA GOLD PEDRARIA Modelo transversal, com alça de regulagem e repartição única. Textura frontal craquelada, com pedrarias em mosaico e forro em tecido com estampa de onça.

Assim são as novidades que já estão nas vitrines do Riviera Shopping. Confira!

© FOTOS: RODRIGO R. MATIAS / PICTASTE

R$ 899,90

BALI Jaqueta Bomber. R$ 587,00 Shorts. R$ 444,00 Blusa de malha. R$ 138,00 Chapéu Panamá. R$ 288,00

54 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_54-55_Compras_vs5.indd 54

25/06/2018 18:24


MARAM BOTA LUIZA BARCELOS Confeccionada em camurça vinho. Modelo cano curto com bico fino e salto baixo. Detalhe aplicação de tachas ao redor dos elásticos laterais. R$ 479,90

KOPENHAGEN KEEP KOP Linha de chocolates para o consumo “on the go”, nos sabores Nano Lajotinha, Pipocas cobertas de chocolate, Flocos de arroz cobertos de chocolate, Crocantes Cookie Rum e Crocantes Caramelo e Flor de Sal. R$ 19,90

CRIZCA CASACO PINK POÁ Modelo La Pietra, em lã. R$ 1.101,00

PONTO DA C U LT U R A ARTESANATO SUSTENTÁVEL Monica Carvalho apresenta neste livro sua trajetória profissional e mostra que, com criatividade, as sobras da natureza podem transformar-se em produtos únicos e sustentáveis. R$ 54,00

ORIGINALE BOLO DE POTE Sabores Red Velvet e Chocolate Belga. R$ 10,90

SAMBUR Á TÊNIS SAMBURÁ Confecção própria. R$ 259,90

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV27_54-55_Compras_vs5.indd 55

55

25/06/2018 18:24


GENTE RIVIER A EM MOVIMENTO

Livre, leve e feliz © FOTOS: RODRIGO R. MATIAS / PICTASTE

Quem curte a Riviera valoriza o saudável equilíbrio entre o conforto urbano e as belezas naturais, aproveitando ao máximo cada momento

1 2

1 A administradora hoteleira Milena Rautemberg Luna: “A Riviera é encantadora! Há uma sensação de segurança e liberdade na qual você pode andar pelas calçadas sem se preocupar com nada. Adoro quando tem feira de artesanato e food trucks.”

2 Alexandre Pessoa e sua esposa, Shayla: “Passear pela praia, pelo píer e visitar os amigos são as atividades que mais gostamos de fazer na Riviera. Aqui conseguimos relaxar de verdade.” (ALEXANDRE)

3 Isabella Azevedo Pinto e Izilmara M. Azevedo Pinto: “Sempre muito bom participar do Circuito de Corridas da Riviera, nos exercitando e aproveitando a tranquilidade que esse lugar nos oferece” (IZILMARA)

3

56 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_56-59_Gente_vs3.indd 56

25/06/2018 18:40


4 As amigas Juliana Camila Soares, Marcela Saudo e Julia Ferrari curtindo uma agradável noite no Bar 55.

5 O administrador

Thomas Ubersfeld em uma partida de tênis com o amigo Gustavo Alckimin: “Não existe nenhum lugar igual a Riviera em termos de estrutura e segurança.” (THOMAS)

4

6 A neuropsicóloga Mariangela Moretzsohn Seixas com as filhas Beatriz e Luiza, e sua sobrinha Julia: “A praia e o passeio pelos jardins dos prédios são um privilégio para as crianças brincarem livres na natureza”

6

5 7

(MARIANGELA)

7 Há seis anos a pequena Beatriz Cavalcanti (camiseta florida) frequenta as aulas da Hípica de Riviera. Recentemente levou sua amiga Valentina Carvalho para curtir hipismo e passear pelo bairro.

© FOTOS: RODRIGO R. MATIAS / PICTASTE

9 8 8 A estudante Isabele

Pazim e sua companheira Fifi: “A Riviera é um lugar bem organizado. Podemos passear pelas ruas com segurança, pedalar, surfar... tenho que vir para cá pelo menos uma vez por mês para repor as energias.” 9 O empresário Caio Ribeiro Silva com a filha, Raika, e sua esposa, Lidiany: “A Riviera é rica em opções de gastronomia, o que completa toda sua beleza e tranquilidade.”

57

RIV27_56-59_Gente_vs3.indd 57

25/06/2018 18:40


GENTE RIVIER A EM MOVIMENTO

10

11

12

13

10 A médica Rafaela

11 Nada como um

Gonçalves (verde) curtindo um dia de praia com Maria Fernanda, Reinaldo, Gabriela, Vinicius, Rafaela, Gabriel, Juliana e Danielle: “O atendimento é excelente em todos os lugares da Riviera.” (RAFAELA)

café no Riviera Shopping para acompanhar o bate-papo tranquilo das amigas Katia Mendes Moraes e Solange Galvão.

12 Rodrigo Sciorilli

Domingues com a namorada Mariana Mesquita: “Adoramos as opções de lazer da Riviera. Desde jantar no Maremonti até curtir a noite da Pucci, tudo muito bom!” (RODRIGO)

13 Daniela Michelin

com o filho Noah e o marido Renato: “Conheci a Riviera por indicação de amigos, que sempre falaram como esse lugar é maravilhoso.Eu me surpreendi. É realmente impressionante!”

14 14 Chegar à praia pela

15

ciclovia é uma diversão à parte para Gabriela, Angelica, Laura, Leonardo e Lorenzo, que adoram brincar e surfar entre amigos. 15 Osvaldo Assis Filho

em sua melhor tacada no Riviera Golf Club.

58 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_56-59_Gente_vs3.indd 58

25/06/2018 18:40


Queremos que você nos conheça melhor. Com 24 anos de atividades, somos a Fundação 10 de Agosto. Estamos localizados na Riviera, mas abraçamos toda a Bertioga. Nossa missão é oferecer oportunidades para todos. Por meio da música, atendemos centenas de crianças e jovens da cidade, que tem cursos gratuitos, participam da orquestra juvenil e frequentam um ambiente saudável e rico em vínculos. Oferecemos ainda cursos gratuitos de capacitação profissional para jovens e adultos. Venha, estamos esperando a sua visita.

Alameda dos Vagalumes, 100. Riviera de São Lourenço - Bertioga/SP.

facebook.com/fundacao10agosto

Tel.: (13) 3316-7344 ISO 9001:2015 Certificado BR16/9245

RIV27_56-59_Gente_vs3.indd 59

www.fundacao10agosto.com.br

youtube.com/user/Fund10Ag

25/06/2018 18:40


RIVIER A E BERTIOGA

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS

O melhor do litoral norte! Atrações turísticas, gastronômicas e um guia de serviços da Riviera de São Lourenço e região RIVIER A E BERTIOGA ARTE, CULTURA E LAZER CASA DA CULTURA DE BERTIOGA O espaço abriga projetos culturais de música, cinema, artes plásticas, artesanato e dança que incluem exposições, amostras e cursos. Segunda a Sexta, das 8h às 17h - Av. Thomé de Souza, 130 – Bertioga - Tel.: (13) 3319-9150 PARQUE DOS TUPINIQUINS No Parque dos Tupiniquins, criado em 2004, onde está inserido o Forte São João, fica assegurada a integridade do patrimônio histórico e cultural, integrado ao meio ambiente e ao plano urbanístico da cidade, bem como monumentos ao líder tupinambá Cunhambebe, a Hans Staden e à missão jesuítica. Atualmente o Parque dos Tupiniquins recebe expressiva visitação ao longo do ano. Aberto para visitas: de 4ª a Domingo, das 9h às 17h. Telefone.: (13) 3317-4128. E-mail: fortesaojoao@ hotmail.com

COMPRAS RIVIERA SHOPPING CENTER 48 lojas e 9 quiosques de roupas e acessórios, esportes, livraria, drogaria, perfumaria, moda feminina e infantil e praça de alimentação. Horário de funcionamento: de segunda a quinta - lojas e quiosques das 11h às 19h; alimentação das 11h às 20h (podendo ir até às 22h); cafeteria, creperia e banca das 8h às 20h; farmácia das 8h às 22h. Sextas, sábados e julho - lojas e quiosques das 10h às 22h; alimentação das 11h à 0h; farmácia, cafeteria e banca das 7h30 à 0h. Domingos - lojas e quiosques das 10h às 20h; alimentação das 11h às 22h; cafeteria, e banca das 7h30 às 22h; farmácia das 7h30 à 0h. Administração das 9h à 0h. Av. da Riviera, 1256 - Tel.: (13) 3316-6033

ESPORTES CENTRO HÍPICO Passeios a cavalo, aulas para iniciantes e centro de treinamento para competidores com mais experiência. Rodovia Rio-Santos, km 213 - atrás do Posto da Polícia Militar - Tel.: (13) 3313-0341 CICLOVIA Ao longo das Avenidas da Riviera ou no meio da mata, a bela ciclovia da Riviera tem 4,5 km de pista conservada em meio à mata e permite ótimos passeios de bicicleta ou a pé.

ESCOLA RIVIERA DE SURF Aulas particulares com duração de 1h30, e em grupos para todas as idades. Localizada na praia, em frente ao módulo 1, na Riviera De São Lourenço. Tel.: (13) 99132-5717 – http://escolariviera.com. br. Horários das aulas: 8h/ 9h30 / 11h / 12h30 / 15h / 16h30. E-mail: contato@ escolariviera.com.br RIVIERA GOLF CLUB

O belo campo de golfe com 18 buracos de par 3 é aberto ao público durante todo o ano. Horário de funcionamento: Abre de quarta a domingo a partir das 8h, com saída final às 15h30, e aos finais de semana, a partir das 7h, com última saída às 15h30h. Fechado às segundas-feiras para manutenção. Funciona com horários diferenciados em temporadas. Um profissional de golfe está à disposição para aulas aos interessados. O acesso está em frente aos módulos 2 e 3, pela Av. da Orla • Tel.: (13) 3316-1606. Importante: só poderão jogar no campo jogadores que possuam handicap. Para aulas, não é preciso experiência. RIVIERA TÊNIS O clube Riviera Tênis oferece aulas para iniciantes e avançados, além de locação de quadras. Possui uma quadra de beach tennis , também disponível para locação. Fica aberto diariamente das 8h às 20h e na temporada das 8h às 22h. Av. da Orla, s/n - Módulo 18. Tel.: (13) 3316-9688 / 13 9 8111-0105 (responsável Eraldo) TREINAMENTO FUNCIONAL O espaço localizado no Ilha da Madeira Resort oferece treinamento personalizado nas modalidades: treinamento funcional, pilates com aparelhos, yoga, fisioterapia, massagem, ginástica laboral, treinos de corrida, aulas de alongamento, personal trainer e passeios. Aberto diariamente das 8h às 21h – Domingo e feriados com agendamento. Al. do Remo, 300 – Módulo 2. Tel.: (13) 99645-6161- E-mail: contato@surfuncional.com.br

PASSEIOS ALDEIA INDÍGENA RIO SILVEIRA Localizada entre a divisa de Bertioga e São Sebastião, e com mais de 948 hectares, a Aldeia Rio Silveira, abriga atualmente cerca de 400 índios da Etnia Guarani que ainda cultiva a

história e a cultura indígena. Uma caminhada em meio à Mata Atlântica até o Rio Silveira revela o passado misturado com as tecnologias do futuro. O acesso à Aldeia é feito somente com acompanhamento de agência de turismo local e depende de autorização da FUNAI. Informações na Secretaria de Turismo da Prefeitura de Bertioga, que fica na Avenida Tomé de Souza, 130. Tel.: (13) 3317-4060

GASTRONOMIA

HOSPEDAGEM

DELIVERY Maremonti Pizzaria Tel.: (13) 3316-7855 / 3316-7508 Pizzaria Hermon - Riviera Shopping Tel.: (13) 3316-1029 / 3316-8299 Pizza Place - Riviera Shopping Tel.: (13) 3316-8031 Makis Place – Temaki Tel.: (13) 3316-6697 / 3316-1319

ILHA DA MADEIRA RESORT Al. do Remo, 300 – Módulo 2. Tel.: (13) 3316-5000 / (13) 3316-5006. www.ilhadamadeiraresort.com.br TRAVEL INN BOULEVARD RIVIERA FLAT Al. das Conchas, 214 – Módulo 6 Tel.: (13) 3319-6000 www.travelinn.com.br

FORTE SÃO JOÃO A primeira construção militar do País, inicialmente denominada Forte São Thiago, foi reconstruída, ao final do século XVII, em alvenaria de pedra e cal, e suas instalações definitivas foram concluídas em 1710. Em 1940 a edificação foi declarada Patrimônio Histórico Nacional, tombada oficialmente pelo IPHAN, recebendo obras de restauração. No início de 2015 foi indicada para compor a lista de bens do Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Em suas dependências, o visitante contempla um acervo contendo armamento português, salas temáticas, com ênfase para Estácio de Sá, os jesuítas Anchieta e Nóbrega e o artilheiro Hans Staden. Aberto para visitas de 4ª a Domingo, das 9h às 17h. Telefone: (13) 3317-4128. E-mail: fortesaojoao@hotmail.com

RESTAURANTES

ECOTURISMO Com 500 km2 de extensão e 33,1 km de praias, Bertioga reserva lindas surpresas para quem a visita. Passeios a pé ou de barco, pelo meio da mata, rios e pelo mar podem ser feitos monitorados por profissionais qualificados. Canoagem pelo rio, Trilhas em Guaratuba e passeio à Reserva indígena do Rio Silveira. Informações: Viabiliza Eventos e Turismo. E-mail: contato@viabilizaviagens.com.br / Tel.: (13) 99757-9227 / 3317-5939 PARQUE ESTADUAL SERRA DO MAR Criado em 1977 e ampliado em 2010, o Parque Estadual Serra do Mar (PESM) é a maior Unidade de Conservação de toda a Mata Atlântica. Seus 332 mil hectares protegem 25 municípios paulistas, conectando as florestas da Serra do Mar desde o Rio de Janeiro e Vale do Ribeira até o litoral sul do estado. Para quem quiser conhecer, são mais de 60 trilhas e passeios. Para mais informações acesse o site www.parqueestadualserradomar. sp.gov.br/pesm PARQUE DAS NEBLINAS Entre os municípios de Mogi das Cruzes e Bertioga, uma reserva privilegiada da Mata Atlântica, com 2.800 hectares. Aberto para passeio e visitas com monitores. Tel.: (11) 4724-0555 / 47240556. Informações pelo site: www. ecofuturo.org.br/parque-neblinas

RESTAURANTE FUNCHAL Peixes e carnes - Al. do Remo, 300 Módulo 2 - Ilha da Madeira Resort - Tel.: (13) 3316-1379. (Aberto também para não hóspedes). Aberto café da manhã das 7h30 às 10h30; almoço das 12h30 às 17h e jantar das 19h às 22h JANGADA RESTAURANTE Inaugurado em janeiro de 2017, esse requintado restaurante da Riviera é especializado em peixes e frutos do mar. Com capacidade para 340 pessoas, a casa oferece ainda uma incrível adega de seis metros de altura. Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 12h às 15h30 e das 18h às 22h30. Sexta e sábado, das 12h às 23h. Domingo, das 12h às 22h. Temporada: todos os dias das 12h às 22h30. Av. Marginal, s/n, Uptown II. Tel.: (13) 3316-6355 MAREMONTI TRATTORIA & PIZZA Oferece um charmoso ambiente tropical integrado à natureza, com vista para o mar. A especialidade é a gastronomia italiana, mas serve também receitas ricas em peixes e frutos do mar - Largo dos Coqueiros, 83 - Tel.: (13) 3316-7508. Durante o ano, serve de terça a sexta e domingo das 12h à 0h; sábado das 12h à 1h e na temporada trabalha todos os dias das 12h à 0h. Delivery a partir das 18h. RESTAURANTE JERIQUÁ Restaurante variado, com carnes e peixes. Al. das Conchas, 241 – módulo 6, no Travel Inn Boulevard Riviera. Tel.: (13) 3319-6010 / Chef Ismael – Faz delivery e eventos sob encomenda. Orçamentos e informações (13) 99773-7104. www. chefismael.com.br. Aberto das 12h às 16h e das 19h às 22h. SP55 BAR E CHOPERIA Av. Marginal à Rodovia Rio-Santos, 1720 - Tel.: (13) 3316-7265 / 3316-7277. Aberto de segunda a domingo a partir das 11h até o último cliente. PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO RIVIERA SHOPPING CENTER Diversas opções para um café ou uma refeição completa: lanches, massas, grelhados, doces e sorvetes.

JORNAIS E REVISTAS NO RIVIERA SHOPPING Livros, revistas, jornais e papelaria. Banca de Jornal Livraria Riviera Tel.: (13) 3316-7626 Ponto da Cultura Tel.: (13) 3316-7373

NOITE PUCCI RIVIERA BEACH HOUSE Com dois ambientes (uma pista principal climatizada e uma área aberta – deck – com bar e música ao vivo), a balada também está disponível para eventos fechados. Av. Marginal, 2571, Riviera de São Lourenço, Bertioga-SP Tel.: (11) 3167-2067. www.pucci.com.br

SAÚDE CLÍNICAS E HOSPITAIS MEDICAL LINE Horário de atendimento acontece das 19h de sexta às 18h de domingo. Nos feriados prolongados e temporada, esse período é ampliado para que sempre fique uma equipe de plantão. Centro Comercial Uptown II - Tel.: (13) 33161787 / (13) 3316 8695. NO CENTRO COMERCIAL UPTOWN II CONSULTÓRIO PEDIÁTRICO E DERMATOLÓGICO: Dra. Elizabeth Machado Guidini (CRM: 88.905). De 2ª a domingo, a partir das 15h. Tel.: (13) 3316-6320/ 997599857 – 1ª andar – Sala 3. CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO Dra. Desirée Zuppani De segunda a sexta, das 9h às 17h. Tel.: (13) 3316-6561 / 98121-5519 / 996363744 (WhatsApp) – 1º andar – Sala 6. Dra. Fernanda Martins Solers Consultório Odontológico. Tel.: (13) 99732-4381 – 1º andar – Sala 8. NO CENTRO DE BERTIOGA P.S. MUNICIPAL DE BERTIOGA Praça Vicente Molinari, 95 - Vila Itapanhaú - Tel.: (13) 3319-8800 ou 192 ANA COSTA SAÚDE Rua Rafael Costábile, 716, Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3316-2870 / 3317-4225

60 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O R E N Ç O

RIV27_60-61_Guia_Enderecos.indd 60

25/06/2018 18:35


CONSSAÚDE – ESPECIALIDADES MÉDICAS/EXAMES Atende em domicílio. Tel.: (13) 3317-1636 / 99646-0022 / 98105-8981 – Rua Bartolomeu Fernandes Gonçalves, 862 – Vl. Itapanhaú. www.conssaude.net JAB MEDICAL CENTER Serviço de pronto atendimento, urgência e emergência. Ambulância UTI. De segunda a sexta, das 8h às 18h. Rua Rafael Costábile, 775, Centro, Bertioga. Tel.: (13) 3317-7600 / 3317-4666 SANTÉ CONSULTÓRIO MÉDICO PEDIATRIA E DERMATOLOGIA Atendimento de 2ª a 5ª feira das 9h às 13h – Rua Antônio Rodrigues de Almeida, 736 – (13) 3317-5595 / 997992595 LOCAL LABORATÓRIOS DE ANÁLISES CLÍNICAS Rua Rafael Costábile - 768, Vila Itapanhaú - Tel.: (13) 3317-1775 / (13) 99671-4968

CABELEREIRO JACQUES JANINE Av. Riviera, 1.256 - Riviera Shopping Center – Tel.: (13) 3316-7718. Abre segunda, terça e quinta das 10h às 19h; sexta e sábado das 10h às 22h; domingo das 10h às 20h. SALÃO STUDIO SOUZA COUTTO Al. do Remo, 300, modulo 2 - Resort Ilha da Madeira – Tel.: (13) 3316-5000 / ramal 5060 CAIXAS AUTOMÁTICOS Rede 24 horas: Pão de Açúcar GÁS Entrega em domicílio Tel.: 0800-109935 / (13) 3317-1576 / 3316-4061 / 99611-6600 (whats). Segunda a sábado das 8h às 16h40; Domingo das 8h às 14h30. HELIPONTO Bairro do Indaiá, a 3 km da Riviera, latitude 23°47’52”S; longitude 46°03’.21”W; Designativo SN RI e condições operacionais VFR Diurna/ Noturna. Contato: Helimarte (11) 22213200 ou Global Taxi Aéreo (11) 50706011 / (11) 5070-6003

DROGARIAS IGREJAS E CULTOS DROGALIS Riviera Shopping - Tel.: (13) 3316-7347 RIVIERA PHARMA Uptown Riviera • Tel.: (13) 3316-2001 FARMA SANTÉ Uptown II • Tel.: (13) 3316-2120

SERVIÇOS BICICLETAS RIVIBIKE Bicicletas compartilhadas - Postos: Riviera Shopping e ciclovias entre os módulos 20 e 22; e rotatórias entre os módulos 2 e 3, 3 e 4, 5 e 6 e 7 e 8. Quem quiser utilizar o serviço deve se cadastrar no site da Riviera e ativar um passe que pode ser de 30 dias, 6 meses ou 1 ano. Após a ativação do passe, o usuário pode usar as bicicletas por 2 horas, quantas vezes quiser no mesmo dia: www.rivieradesaolourenco.com/ rivibike. Whatsapp: (11) 97386-6736. E-mail: rivibike@tembici.com.br. Tel.: 0300 3132 420 BICICLETARIA RIVIERA Locação, conserto e venda de bicicletas. Rua Aprovada, 329 (Av. Marginal) n.º 2.717, loja 11 – Centro comercial UPTOWN II - Tel.: (13) 3316 -8264. Funciona de segunda a sábado das 9h às 17h; domingo das 9h às 12h. PEIXARIAS PEIXARIA RIVIERA Peixes e frutos do mar. Rua Aprovada, 329 (Av. Marginal) n.º 2717, loja 12 – Centro Comercial UPTOWN II – Horário de atendimento: sexta e sábado das 9h às 18h; Domingo das 9h às 15h – Temporada e finais se semana prolongado com horários diferenciados. Consultar outros horários pelo telefone: (13) 3316-6669.

CAPELA NOSSA SRA. DAS GRAÇAS Alameda do Frevo, 100 – Módulo 28 – Riviera de São Lourenço. Missas aos sábados às 20h e domingos às 9h. IGREJA MATRIZ SÃO JOÃO BATISTA Rua Julio Prestes, 69 – Centro, Bertioga - Tel.: (13) 3317-1838. Missas: Segunda às 19h30, quinta às 19h30, sexta às 17h e domingo às 7h e 19h30. CULTO EVANGÉLICO No Colégio Metodista, Passeio do Ipê, 99 – Módulo 26, Riviera. Cultos às terças e domingos, às 19h. Tel.: (13) 3316-6586 JET SKI E EMBARCAÇÕES MARINA CAPITAL Rua Caminho do Capão, 240 - Jd. Indaiá. Tel.: (13) 3313-2692 ou (13) 3313-1348. MARINA RIVIERA Guarda e manutenção de jet ski - Rua Macário Antunes Pinto, 20 – Jardim São Lourenço. Tel.: (13) 3316-1819, 78106323, 96*31352. NÁUTICA INDAIÁ Guarda de embarcações com jet ski. Av. Manuel Mendes Ventura, 340 – Jardim Indaiá – Bertioga. Tel.: (13) 33131349 / (13) 9 7421-4615. PET SHOP E VETERINÁRIA PET RIVIERA Av. Marginal, 2571 – Uptown II - Riviera de São Lourenço, Bertioga. Tel.: (13) 3316-6292 CLÍNICA VETERINÁRIA LA MATILHA R. Bartolomeu Fernandes, 379 – Centro – Tel.: (13) 3317-6829 CLÍNICA VETERINÁRIA IRMÃO SOL Av. Anchieta, 3.572 – Maitinga, Bertioga. Tel.: (13) 3317-2515

SUPERMERCADO PÃO DE ACÚCAR Av. Marginal à Rodovia Rio-Santos - Tel.: (13) 3316-2040. Horário de funcionamento: durante o ano, de domingo a quinta das 8h às 21h, sexta das 8h às 22h, sábado das 7h às 22h. Na temporada os horários são diferenciados, favor consultar via telefone. PADARIA NO SHOPPING Horário de funcionamento: durante o ano: domingo a quinta das 7h30 às 20h; sextas e sábados das 7h30 às 22h. Durante a temporada, abre todos os dias das 7h30 à 0h. TRANSPORTE TÁXI 24 HORAS Tel.: (13) 99714-3648 - Marcio Tel.: (13) 99776-1772 - Tião TRANSLADOS Tel.: (13) 99725-7641 - Armando

TELEFONES ÚTEIS AARSL - ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO Passeio do Ipê, 52 - Módulo 26. Tel.: (13) 3319-5000 PLANTÃO DE SEGURANÇA DA AARSL Atendimento 24horas. Tel.: (13) 3316- 6699 CARTÓRIO DE REGISTROS CIVIL E TABELIONATO Av. 19 de maio, 403– Bertioga. Tel.: (13) 3317-1583 CARTÓRIO ELEITORAL Rua Luiz Pereira de Campos, 408 – Centro – Bertioga – Tel.: (13) 3317-4987 CORREIO Av. Dezenove de Maio, 455 – Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3317-1724 / 33176224 / 3316-4410

BORGHESE Restaurante, Pizzaria e Sushi Bar. Av. Anchieta, 455 - Centro - Bertioga, SP Tel: (13) 3317-2133

PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BERTIOGA Rua Luiz Pereira de Campos, 901, Vila Itapanhaú - Tel.: (13) 3319-8000 www.bertioga.sp.gov.br

CANDEEIRO Charmosa creperia e pizzaria, com pizza quadrada servida em chapa de ferro. Estrada de Camburi, 87 – São Sebastião - Tel.: (12) 3865-3626. www. pizzariacandeeiro.com.br

RIVIERA SHOPPING CENTER Av. Riviera, 1.256 - Tel.: (13) 3316- 6033

SITE DA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO Informações, novidades e curiosidades. www.rivieradesaolourenco.com

CANTINETTA Em meio a um jardim tropical, saboreie pratos diversos, saladas e lanches. Conta ainda com mercearia, adega e serviços especiais. Estrada do Camburi, 720 - Camburi - Tel.: (12) 3865-2612.

SIV – SISTEMA INTEGRADO DE VENDAS Sistema oficial de compra e venda de imóveis na Riviera. Pavilhão de Exposições - Largo dos Coqueiros, 15. Tel.: (13) 3316- 8008 / (13) 3316-5330 SOBLOCO CONSTRUTORA Av. da Riviera, 600 - Tel.: (13) 3316- 5316 - Em São Paulo: (11) 3093-9300

CHAPÉU DE SOL Com bela e ampla vista para o mar, prove receitas de frutos do mar ou pizzas à noite, em um ambiente rústico. Av. Mãe Bernarda 2001 – Juquehy – Tel.: (12) 3863 3028.

OUTRAS PRAIAS E REDONDEZAS

CHEIRO VERDE Restaurante variado com deck vista ao mar. Destaque para receitas com peixes e frutos do mar. Av. Walkir Vergani, 1172 – Boiçucanga – São Sebastião - Tel.: (12) 3865 2280

Dicas de lazer, cultura, gastronomia e muito mais nas praias próximas à Riviera de São Lourenço. Valem sua visita.

GULERO Localizada em uma das construções mais antigas de Juquehy, datada de 1867 e totalmente restaurada. Avenida Mãe Bernarda, 271 – Juquehy. Tel.: (12) 3863-1397

GASTRONOMIA RESTAURANTE ACQUA AZUL Frutos do mar - Av. Vicente de Carvalho, 102, Centro – Bertioga (13) 3317-1272 / 3317-3094. www.acquaazul.com.br/ restaurante-bertioga

KOMASUSHI Apenas 33 lugares e delícias da cozinha oriental, preparadas pelo experiente sushiman Fernando dos Santos. Rua Tupã, 80 – Camburi – Tel.: (12) 3865 1984

RESTAURANTE ANTIGAS Frutos do mar, massas e carnes. Aberto de sexta a domingo. R. Reginaldo Flávio Correa, 190 – Camburi.Tel. (12) 38651355. www.restauranteantigas.com.br

MANACÁ Tradicional na região, com cozinha contemporânea de frutos do mar, sua localização é privilegiada, em meio a um exuberante jardim tropical. Rua do Manacá, 102 – Camburi. Tel.: (12) 38651566. www.restaurantemanaca.com.br

RESTAURANTE BADAUÊ

DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL Rua Manuel Gajo, 340, Parque Estoril, Bertioga. Tel.: (13) 3317-1411 (24 horas) DER – DEPARTAMENTO DE ESTRADAS E RODAGEM Rua Dr. Fernando Costa, 155, Vila Sta. Rosa, Cubatão. Tel.: (13) 3362-6607 / 3361-1355. www.der.sp.gov.br ECOVIAS Tel.: 0800-197878 / Trânsito e condições das estradas (24 horas): www.ecovias.com.br FUNDAÇÃO 10 DE AGOSTO Al. dos Vagalumes, 100 - Tel.: (13) 3316- 7344. E-mail: secretaria@ fundacao10agosto.com.br POLÍCIA MILITAR Rod. Dr. Manoel Hipólito Rego, km 213 Tel.: (13) 3313-1317 / 3313-1065 ou 190 (24 horas). POLÍCIA RODOVIÁRIA Rod. Dom Paulo Rolim Loureiro (Antiga SP – 98 Mogi-Bertioga), km 98 Tel.: (13) 3313-1200 (24 horas)

© DIVULGAÇÃO

HANS STADEN – CLÍNICA Rua Rafael Costabile, 442 – Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3317-2025

Acomode-se em uma das mesas ou coloridas tendas e aprecie frutos do mar, robatas feitas na grelha e delícias da cozinha japonesa. Av. Francisco Loup, 901, Maresias – Tel.: (12) 3865 7289 / Juquehy (12) 3863-3028. www. restaurantebadaue.com.br/maresias BARCUS Restaurante localizado na Marina Capital, especializado em frutos do mar. Horários de funcionamento: de quinta feira à domingo, das 8h às 19h. Caminho do Capão, nº 240. Jd. Indaiá. Bertioga - São Paulo/SP. Tel (13) 3313-1161 / (13) 98112-5663 BISTRÔ JUQUEHY Três ambientes e uma loja de artesanato mineiro e pratas. Av. Mãe Bernarda, 637 – Juquehy - Tel.: (12) 3863-2609. www.villabistro.com.br

OGAN Em meio ao verde e ao ambiente descontraído, possui cardápio diversificado. Estrada de Camburi, 1650 – Camburi. Tel.: (12) 3865–2388. www.restauranteogan.com.br PITANGUEIRA Cozinha contemporânea e vista para o mar, a dica é o Spaghetti de Camarão e de sobremesa o abacaxi grelhado. Estrada do Camburi, 1088 – Camburi. Tel.: (12) 3865-1688. TÍCURA Decorado com mandalas, serve saladas, ceviches, peixes e pizzas. Estrada do Camburi, 1182 - Tel.: (12) 3865-1446 / (12) 3865-2417. TIÊ SAHY Cozinha contemporânea em serviço a La carte com opção de pratos infantis. Av. Adelino Tavares, 160 - Barra do Sahy - Tel.: (12) 3863-6369

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O R E N Ç O .

RIV27_60-61_Guia_Enderecos.indd 61

61

25/06/2018 18:35


ARTIGO

G E O R G E TA G O N Ç A LV E S

Pouco depois dos quarenta As lentes da alma vão dando cada vez mais clareza às coisas pequenas que antes a gente não via porque tinha pressa”

Estávamos num restaurante, minha amiga e eu, e delicada-

de amoreira para xangô e colocar a cama ao lado da piscina. O

mente ela diz:

bom é que a gente sobrevive. Melhor ainda. Nunca mais TPM.

– Querida, essa folhinha verde que você está tentando es-

Mas não para por aí. Melhor se preparar para novas descober-

petar com seu garfo é estampa do prato!

tas. A calça preta, por exemplo, não fecha, nem a branca, mas

Sorriu e me ofereceu seus óculos.

a balança diz que não engordei. Low carb por uma semana e

Num segundo uma nitidez fantástica tomou conta de tudo:

as coisas se resolvem, não é? Não. Menos dois quilos na balan-

a estampa de folhinha do prato, o botão torto do avental do

ça e os centímetros todos da cintura permanecem sólidos, o

garçom, a presilha espalhafatosa da moça da mesa vizinha.

que sugere uma inexorável migração dos quilos das pernas e

Vi, inclusive, uma semente de tomate na minha blusa. E era

de outros lugares onde estavam aos trinta anos para o meio do

antiga. A semente.

corpo. Plástica? Sim. É sempre uma boa ideia se não houver

Magicamente o mundo voltou a ser como era antes. Antes do

compulsão. Há que se ter cuidado para não parecer, depois

que mesmo? Antes dos quarenta. Como assim? Estou ficando

de muitas tentativas de reversão do tempo, um protótipo mal-

cega? Óculos? Eu? Sempre enxerguei muito bem! É essa ilumi-

sucedido de reciclagem de plástico. Acontece, sabia? E é sau-

nação horrível do restaurante. Aliás, vou retocar o batom. Com

dável saber que sob a pele que insiste, apesar do altíssimo in-

licença. E vou levar seus óculos. Não que eu precise, claro.

vestimento em poções milagrosas, em parecer papel crepom,

Em frente ao espelho encontro uma mulher com uma roupa

há glândulas, órgãos, artérias e uma infinidade de músculos

igual à minha. Somos até parecidas, mas ela é mais velha. Tem

e ossos que começam a dar defeito nessa idade. Às vezes até

rugas, alguns cabelos brancos e faltam uns fios nas sobrance-

antes. Chamemos essa coisa interna de placa-mãe. O resto são

lhas. Ela usa óculos. Fico esperando que saia da minha fren-

aplicativos, uns importantes e outros inúteis. Cada um sabe o

te para que eu possa me ver e nada. Tiro os óculos. Ela idem.

que deve ou não baixar. Ou desinstalar.

Oras, ela sou eu, mas agora sem rugas. Sem lentes os defeitos somem. Recoloco os óculos e constato que descobri, num espe-

Pouco depois dos sessenta e daí em diante

lho de banheiro, que me instalei na velhice e que talvez eu não

Sessenta anos não é nem de longe a melhor idade, mas é

precise enxergar tão bem. Ou seja, tão bem nem sempre é bom.

quando a vida pode ficar muito divertida, até porque qualquer

A natureza é sábia: dá os defeitos e esconde de nós.

outra opção não é nada boa. Há vantagens: furar filas, ver o

Volto para o salão. Minha amiga ri. Percebo que já passou por

mundo se levantar para a gente sentar, pagar meia entrada.

isso e sobreviveu. Parece inclusive muito feliz. Vou sobrevi-

Dizer não sem explicar o porquê seja lá para quem for é ou-

ver. De óculos.

tra sábia decisão para se tomar nessa idade. Mas exige treino, muito treino. Levantar tarde sem culpas, comer chocolates,

Georgeta Gonçalves é educadora ambiental e coordenadora-geral do Programa de Gerenciamento de Resíduos da Riviera de São Lourenço www.georgeta-escrevivendoemcamburi.blogspot.com

Pouco depois dos cinquenta

assistir a filmes eróticos, fofocar com as amigas, passar o dia

Agora estamos, minha amiga e eu, no cinema. E digo a ela

sem fazer nada, tudo já é permitido. Não é mais tão impor-

bem baixinho que o ar não está funcionando e que quero sair

tante combinar calças e blusas, nem mais necessário guardar

voando dali.

para dias especiais as roupas novas. É tempo de rir um pouco

Ela faz psiu e acena que não, mas insisto, pois estou derretendo.

de todos e bastante de nós mesmos. Aliás, é o único tempo.

– Menopausa! - ela sussurra.

Talvez seja preciso tomar relaxante muscular e medicamento

– Mas assim, de repente? No meio do filme? Não tinha ou-

para a pressão, claro, mas não, isso não é o mais importante.

tra hora? E agora?

E, se a cintura está maior, a tolerância também, inclusive e

– Psiuuuuuuu!

especialmente para os próprios deslizes. E as lentes da alma

Sim, a gente pega fogo. As amigas têm receitas mil que vão de

vão dando cada vez mais clareza às coisas pequenas que an-

hormônios que te deixam loira e louca a chás de plantas da

tes a gente não via porque tinha pressa. E como elas valem

Tasmânia. Médicos se mostram indiferentes às nossas quei-

a pena! É como se a vida fosse um sorvete que não dá prá

xas. Dizem que é assim mesmo. Que vai passar. Mas vale ten-

guardar prá depois. Melhor se fartar antes que derreta. Ser

tar, nos intervalos dos incêndios e enquanto não passa, ebós

feliz é urgência.

62 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV27_62-64_ARTGeorgeta.indd 62

25/06/2018 15:12


RIV27_62-64_ARTGeorgeta.indd 63

25/06/2018 15:12


SOBLOCO, 60 ANOS. NOSSA TRADIÇÃO É INOVAR. Ser idealizadora de projetos urbanísticos reconhecidos nacional e internacionalmente como modelos de ocupação urbana faz da Sobloco uma empresa de vanguarda, apta a planejar, viabilizar e implantar soluções inovadoras capazes de criar comunidades vibrantes e valorizadas onde as pessoas têm orgulho de viver. Muito obrigado a todos que fazem parte dessa história e confiaram em nosso trabalho ao longo dos últimos 60 anos.

RIV27_62-64_ARTGeorgeta.indd 64

25/06/2018 15:12

Revista da Riviera - Julho 2018  

Confira a edição de Inverno da Revista Riviera, uma publicação que reflete o Estilo de Vida da Riviera de São Lourenço, como as novidades e...

Revista da Riviera - Julho 2018  

Confira a edição de Inverno da Revista Riviera, uma publicação que reflete o Estilo de Vida da Riviera de São Lourenço, como as novidades e...

Advertisement