Page 1

Ano 15 número 24 | Verão de 2017

A peça que sacudiu o mundo completa 70 anos

biquíni RIVIERA ESCRITA Há 33 anos, seu estilo de vida nas páginas dos nossos jornais e revistas


SÃO PAULO | RIO DE JANEIRO | CAMPINAS | SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

RIV24_02-05_Anuncios.indd 2

19/12/16 15:40


RIV24_02-05_Anuncios.indd 3

19/12/16 15:40


SÃO PAULO | RIO DE JANEIRO | CAMPINAS | SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

RIV24_02-05_Anuncios.indd 4

19/12/16 15:40


RIV24_02-05_Anuncios.indd 5

19/12/16 15:40


EDITORIAL

nossa opinião

ERA UMA VEZ...

Diretor de marketing: Luiz Augusto Pereira de Almeida Editora executiva: Beatriz Pereira de Almeida

... um sonho de poucos homens, projeto inovador e ousado que se transformou em uma

www.sobloco.com.br

bela realidade para muitos. É claro que estamos falando da Riviera, que entra agora em seu 370 verão, contados a partir do fi nal de 1979, quando foram abertas as primeiras ruas e criado o viveiro de mudas, onde seriam acolhidas e tratadas as espécies vegetais nativas que seriam replantadas nas áreas públicas do empreendimento. Ao observador não escapa o significado desse cenário inicial: pela primeira vez no País o desenvolvimento de um núcleo urbano se fazia acompanhar de respeito e cuidados ao meio ambiente.

Jornalista responsável: Juliana Klein MTb 48.542 Redação: Sheila Mazzolenis e Larissa Helena Colaboração: Keila Seidel Revisão: Adriana Giusti

Essa história e todas as outras que constituem a saga da Riviera de São Lourenço foram acompanhadas de perto por publicações produzidas pela Sobloco Construtora com o objetivo de falar abertamente sobre o desenvolvimento do empreendimento, sem deixar de fora nenhum detalhe. Esse é o tema da matéria Riviera Escrita, que tem, como protagonistas, os boletins, jornais e revistas produzidos desde os anos 1980 e que constituem, hoje, um arquivo histórico de valor inestimável. Ali está a construção do primeiro prédio, a abertura dos canais de drenagem, os cuidados com a fauna e a flora, a inauguração de áreas de convivência... E estão também os moradores pioneiros, os corretores destemidos, os desafios, as vitórias e o saudável estilo Riviera de viver, retratado especialmente por esta revista, que hoje completa 15 anos de circulação gratuita e ininterrupta. Dois bons exemplos dessa receita editorial estão nesta edição: as reportagens Desapegue – que trata de consumo consciente, uma prática recomendável para o bem-estar do planeta e de seus habitantes – e Emprego nosso de cada dia, que, a partir da história de sucesso

Diretor de arte: Angel Fragallo Projeto gráfico: Fullcase Foto de capa: A modelo de moda Feli Wittman, em Bondi Beach, Austrália. 13 de julho de 1956. (Foto de Dennis Rowe/BIPs/Getty Images) Fotografia: Fabio H. Mendes, Mar Franz / Fotonativa, Fábrica de Cliques e Viviane Oggiano Impressão: Oceano Indústria Gráfica e Editora Ltda. Tradução: Marianna D’Amore e Viviane Auerbach

de pessoas que fi zeram suas vidas aqui no bairro, confi rma a importância da Riviera como geradora de emprego e de renda para o município, e de satisfação e realização para os que

Realização

aqui trabalham. E esse é o caso de Desirée Zuppani, há 26 anos à frente da primeira clínica odontológica do empreendimento, a personalidade perfi lada desta edição. São Paulo / (11) 3713-8525

E como estamos em pleno verão, à beira da praia mais limpa do nosso litoral, não po-

www.fullcase.com.br

díamos deixar de comemorar os 70 anos de Uma revolução chamada biquíni. Vamos combinar: poucos estilos se mantiveram na crista da onda como essa peça de banho criada por um francês, mas plenamente adotada e reinventada pelas brasileiras, a tal ponto que se

A revista Riviera é uma publicação produzida pela Fullcase Editora, sob

transformou em um traje nacional por excelência, exportado para outros países e desejado

encomenda da Sobloco Construtora

por milhões de mulheres em todo o mundo! Vista o seu – ou, se preferir, escolha um dos

S.A. Os textos assinados na revista

sensacionais bodies que também estão na moda – e aproveite os primeiros dias de sol de 2017 na Riviera. Um ótimo verão e Feliz Ano-Novo!

são de responsabilidade exclusiva de seus autores.

Tiragem: 18 mil exemplares, auditada por:

Beatriz Almeida, beatriz@sobloco.com.br

w w w.r i v ier ade s aolour enc o.c om

6 . R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_06-07_Editorial_vs2.indd 6

20/12/16 17:04


20 anos oferecendo qualidade e bom atendimento!

Nosso maior patrimônio é você. Se é sanglass pode confiar!

VIVA O PRAZER DE SUA VARANDA O ANO INTEIRO! SÃO PAULO - SP

RIO DE JANEIRO - RJ

(11)3854.1122

(21) 3349.9969

RIV24_06-07_Editorial_vs2.indd 7

VALE DO PARAÍBA (12) 3302-3839

www.sanglass.com.br 20/12/16 17:04


SUMÁRIO

Revista da Riviera de São Lourenço ano 15 número 24

verão

Registros 1986. Em torno das quadras de tênis surge o bar Buriquioca, o primeiro point da Riviera.

Riviera digital Os posts que mais agitaram os canais digitais da Riviera.

14 16

20 22

28

Desapegue...

34

SIV

40

Riviera escrita

Warm up E que tal um submarino só para você? Ou uma temporada em um resort exótico no Camboja? Essas são apenas duas das sugestões luxuosas que selecionamos para esta edição.

... doe, troque ou venda o que você não quer mais e torne-se um consumidor consciente. Essas são palavras de ordem de uma sociedade sustentável.

As melhores oportunidades e os mais belos imóveis oferecidos pelo Sistema Integrado de Vendas da Riviera de São Lourenço.

54

Uptown II

56

Gente

60

Compras

64

Guia de endereços

66

English

Aconteceu A Riviera não para! Uma olhadinha nesta seção vai mostrar que no último semestre não faltaram atividades esportivas, cívicas, educativas, de manutenção das áreas comuns e de defesa do meio ambiente!

Riviera No Filter As melhores imagens da Riviera, do ponto de vista de fotógrafos amadores e de profissionais.

46

Biquíni

© KEYSTONE / GETTY IMAGES

48

A história desse revolucionário traje de banho: ao completar 70 anos, continua a mais desejada e usada peça de moda praia no mundo!

Nossa revista comemora 15 anos com uma reportagem especial sobre as publicações que, desde 1983, mostram a evolução do empreendimento e o estilo de vida de seus frequentadores.

Novo centro comercial, na Rio-Santos, oferece mais opções de comércio e de serviços para a Riviera.

Bonita, saudável, feliz, gente que faz a Riviera ainda mais agradável, um lugar perfeito para curtir o lado bom da vida!

Diretamente das vitrines do Riviera Shopping, roupas, bijoux, acessórios e gostosuras que farão a alegria de todos, inclusive do seu pet!

Os melhores endereços da Riviera, Bertioga e arredores. Aproveite!

A short version of the main texts of this edition

O melhor sorriso É o da competente Desirée Zuppani, 26 anos à frente da primeira clínica odontológica da Riviera.

ARTIGOS

38

Luiz Augusto Pereira de Almeida

O emprego nosso de cada dia

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

10

A história de cinco pessoas que venceram desafios e souberam aproveitar as oportunidades de trabalho e de realização pessoal oferecidas pela Riviera.

Bem-estar urbano é uma prioridade nacional e, por isso, questões básicas como habitação e saneamento devem receber tratamento e gestão eficientes.

24

Georgeta Gonçalves Uma mulher, uma onça e a defesa dos seus direitos.

8 . R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_08-09_Sumario_vs2.indd 8

20/12/16 14:30


GARAGEAMENTO NÁUTICO COM ATENDIMENTO DIFERENCIADO, AO LADO DA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO.

WWW.MARINACAPITAL.COM.BR CAMINHO DO CAPÃO Nº240 | CANTÃO DO INDAIÁ | BERTIOGA-SP | (13) 3313 1348 | (13) 3313 2692

RIV24_08-09_Sumario_vs2.indd 9

20/12/16 14:31


D I G I TA L

A Riviera com você, onde você estiver

SEMPRE ANTENADO! Quem curte a página e acompanha os posts da Riviera sempre fica sabendo de tudo antes! Hoje somos mais de 137 mil fãs no Facebook e mais de 5 mil no Instagram. Um sucesso absoluto de audiência e engajamento! Confira os highlihgts da página:

POST MAIS VISTO: Alcance: 57.914 pessoas Engajamento: 5.028 interações (curtidas, compartilhamentos e comentários)

Facebook www.facebook.com/ RivieradeSaoLourencoOficial

Site institucional www.rivieradesaolourenco.com

Alcance: 41.749 pessoas Engajamento: 3.013 interações

YouTube www.youtube.com/user/ RivieraSaoLourenco

Instagram @rivieradesaolourencooficial

Fatos que fizeram história

O PRIMEIRO POINT DA RIVIERA

© ACERVO SOBLOCO

REGISTROS

POST COM MAIOR INTERAÇÃO: Alcance: 56.711 pessoas Engajamento: 11.963 interações

1986. Os primeiros moradores da Riviera já frequentavam o empreendimento e buscavam opções de lazer e entretenimento além da praia. Por sugestão de um deles, duas quadras de tênis foram construídas ao lado do Pavilhão do SIV e logo se tornaram ponto de encontro do bairro. Os finais de semana ficaram animados em volta das quadras e ali surgiu também o Bar Buriquioca, um novo point com o estilo “à vontade”, típico das praias, e um serviço nota 10 com sanduíches e petiscos saborosos, cerveja e, é claro, caipirinha! Ali o agito se estendia por todo o dia e ia até a madrugada, quando shows musicais de conjuntos de Santos esquentavam o ambiente com ritmo e repertório variados. Valia tudo: samba, música sertaneja, chorinho etc. – a ideia era atender a todos os gostos e não teve erro. A frequência registrada demonstrou que essa receita estava certa e que havia, na Riviera, um público ávido por esse tipo de diversão. Essa constatação abriu caminho para a abertura, no final de 1990, da Discoteca Chess – mas esta já é outra história! Extrato do livro Riviera de São Lourenço, ontem, hoje... registros

10 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_10-13_Registros+Digital_FINAL.indd 10

19/12/16 21:27

REVIST


Verão 2017 MOEMA - JARDINS - SHOP. D&D - SHOP. CIDADE JARDIM - SHOP. IGUATEMI ALPHAVILLE | MUNDODOENXOVAL.COM.BR

REVISTA RIVIERA VERAO.indd 3 RIV24_10-13_Registros+Digital_FINAL.indd 11

29/11/16 21:27 12:40 19/12/16


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

RIV24_10-13_Registros+Digital_FINAL.indd 12

19/12/16 21:27


RIV24_10-13_Registros+Digital_FINAL.indd 13

19/12/16 21:27


WARM UP CAMBOJA, SIM! Pertencente ao prestigiado grupo Zannier Hotéis, o Phum Baitang Resort está instalado próximo a Angkor, um dos mais importantes sítios arqueológicos no Sudeste Asiático – protegido pela UNESCO – que abriga os templos mais visitados do país. Mais do que uma simples estadia, Phum Baitang é uma experiência de imersão pacífica e luxuosa na cultura cambojana. Possui moradias de madeira com média de 80 m2 que representam as tradicionais e arejadas casas da região, porém com o conforto de um legítimo hotel 5 estrelas. As tradições culinárias podem ser apreciadas em seus dois requintados restaurantes, que compram ingredientes frescos em mercados locais para conseguirem colocar no prato todo frescor e leveza típicos da gastronomia cambojana.

WWW.PHUMBAITANG.COM

© FOTOS: DIVULGAÇÃO

Permita-se!

Tão quentes quanto a alta estação na Riviera são as novidades que surgem todos os dias para despertar nossos desejos

SUBMARINO PESSOAL À primeira vista, o formato do Ortega Mk Personal Submarine lembra tanto um barco como um submarino. E é isso mesmo! Seu par de motores elétricos de alta potência é projetado para trabalhar tanto sobre como sob a água. A longa lista de equipamentos a bordo inclui trimming tank, navegação HUD, sonar, câmera FLIR (imagem infravermelha) para a superfície e suprimento de ar extra. O submersível – para dois ou três tripulantes – pode mergulhar a mais de 90 metros e sua autonomia permite explorar muito além das águas rasas. Um “brinquedinho” subaquático de tirar o fôlego!

OURO NO PRATO Não há lugar melhor do que o tradicional Monte Olimpo – famosa casa dos deuses gregos –, perto do mar Mediterrâneo, para cultivar oliveiras. Na mais pura tradição, com respeito pela terra, a casa culinária Myst colhe suas preciosas azeitonas e produz o Myst Gold, um azeite extravirgem infundido com flocos de ouro 24K! De acordo com as crenças antigas, o ouro tem o poder de contribuir para uma vida longa e saudável. Essa é certamente a razão pela qual o azeite é geralmente chamado de "ouro líquido".

WWW.ORTEGA-SUBMERSIBLES.COM PREÇO NO SITE: US$ 69 (GARRAFA DE 500ML) WWW.MYST.GR

14 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_14-15_WarmUp_vs2.indd 14

19/12/16 21:28


O ESTADO DA ARTE O renomado designer de acessórios americano Eddie Borgo decidiu unir forças com a Tiffany & Co. para projetar e desenvolver uma coleção de sete joias únicas, inspiradas nas esculturas realistas da artista Gertrude Vanderbilt Whitney. A inspiração de Borgo e a atenção aos detalhes da designer Francesca Amfitheatrof resultou em uma esplêndida coleção com linhas orgânicas, feita em Ouro 18 quilates, que ganha vida junto ao corpo. Com preços que vão de US$ 600 a US$ 12.500, as peças justificam seu valor oferecendo perfeição e exclusividade, características da Tiffany & Co.

WWW.TIFFANY.COM

A VIDA EM 360 GRAUS Por que filmar apenas de um ângulo se você pode usar todos? Essa é a proposta da Gear 360 da Samsung – anunciada no Mobile World Congress 2016, em Barcelona. Com design único, a câmera permite criar sua própria experiência de realidade virtual, gravando em 360º. O

CAFETERIA EM CASA

dispositivo, que é equipado com duas lentes fisheye de 15 MP, aceita cartão de memória microSD de até 128 GB. Para completar, a poderosa câmera

Usando uma tecnologia de infusão centrífuga

ainda é à prova d’água e de poeira e possui conectividade Wi-Fi, USB 2.0 e

patenteada e um moedor integrado, a Spinn Coffee

NFC. No Brasil, já está disponível na opção branca (que é um charme!).

Maker pode fazer tudo, desde uma xícara de café expresso até uma garrafa cheia, mantendo o máximo

PREÇO SUGERIDO: R$2.599 WWW.SAMSUNG.COM

de sabor (com zero bagunça!). Possui ainda um app exclusivo, com diversos recursos inteligentes, entre eles o acionamento remoto da cafeteira e a detecção do baixo nível de grãos. Para não faltar nada, nem o atendente de balcão, a Spinn integra-se com o Alexa (sistema handsfree da Amazon), o que permite que o usuário “converse” com o aparelho e peça seu café favorito. Não é demais?

A PARTIR DE: US$ 299 WWW.SPINN.COM

BANHO TRÈS CHIC Com ângulo de inclinação perfeitamente projetado para o apoio do corpo durante o banho, a banheira Drayton, da Doka Bath Works, possui um design retrô único. Freestanding, ou seja, não necessita acabamento em alvenaria, a Drayton pode ser instalada em qualquer lugar do banheiro, ou até mesmo fora dele. Produzida em Quarrycast, material proveniente de uma rara rocha vulcânica misturada à resina de alta performance, a banheira possui brilho sempre intenso e não amarela, nem mesmo quando exposta ao sol. Além disso, o composto mantém a temperatura da água quente por mais tempo.

PREÇO SUGERIDO: R$18.315 WWW.BANHEIRASDOKA.COM.BR

DE VOLTA PARA O FUTURO Um equipamento que em nada se parece com uma peça de tecnologia, mas sim com uma obra de arte do século XXI. O incrível toca-discos Runwell Turntable, projetado pela Shinola, possui um conceito de plataforma giratória futurista – assinada por Alex Rosson (fundador da Audeze) – que permite que você toque seus discos de vinil com qualidade e estilo. Fabricado em aço, alumínio e componentes de madeira, o player irá despertar o desejo de festejar novamente com seus discos de vinil! Por enquanto, existem apenas 500 unidades e cada uma custa por volta de US$ 2.500.

WWW.SHINOLA.COM/AUDIO

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_14-15_WarmUp_vs2.indd 15

15

19/12/16 21:28


ACONTECEU

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Como sempre, em 2016 a Riviera fez jus à fama de ser um lugar único no litoral paulista, cenário de campanhas sociais e educativas, comemorações cívicas, práticas esportivas, exposições sofisticadas, obras... E, sempre pensando no amanhã, preparou também uma agenda recheada de divertidas opções de entretenimento para quem tiver a sorte de estar por aqui agora, na alta estação!

OUTUBRO ROSA/ NOVEMBRO AZUL Em outubro e novembro a Riviera se vestiu com as cores rosa e azul das campanhas de combate ao câncer de mama e ao câncer de próstata. Os principais pontos de interesse do empreendimento foram iluminados, e foi montada uma programação intensa, incluindo palestras, corte de cabelo solidário, atividades físicas na praia, corrida e passeio ciclístico temático, teatro infantil e até o evento Gastronomia do Bem, que envolveu os restaurantes do Shopping e o Maremonti.

Esse evento também é possível graças ao apoio de empresas parceiras, como a Sobloco, Associação dos Amigos da Riviera, SIV, Riviera Shopping, Três Meios, Unik, McDonalds, Sabel, Veja Imobiliária, Ilha Verde, Ramon Alvares, Praias Negócios Imobiliários, Gescon Negócios Imobiliários, Florense, Medical Line e Pão de Açucar.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Pelo 11o. ano consecutivo, a Riviera realizou seu Circuito de Corridas dos Amigos da Riviera. Em cada uma das nove etapas realizadas ao longo do ano houve participação de 400 atletas, em média. Ao longo das etapas, os corredores pontuam para o ranking anual e, em novembro, todas as categorias foram premiadas. O Circuito é também uma ação do bem: toda a renda arrecadada com as inscrições é destinada aos trabalhos sociais da Fundação 10 de Agosto – em 2016, o Circuito contribuiu com R$160 mil para a entidade.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

CIRCUITO DE CORRIDAS

REFORMA DA CAPELA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Proposto e coordenado pela Sobloco com o objetivo de conscientizar moradores, colaboradores e a comunidade de Bertioga sobre a doença, o evento ganhou a adesão e o apoio de diversos parceiros. Entre eles, a Associação dos Amigos da Riviera, Seconci, SIV, Jacques Janine, Resort Ilha da Madeira, Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (Icesp), Riviera Shopping, Rotary Riviera, Hospital Santo Amaro e a Secretaria de Saúde de Bertioga. A receita de algumas atividades foi destinada à ONG Amigas do Peito, organização que tem atuado na luta contra o câncer de mama em Bertioga. A união faz a força. Em 2016, moradores da Riviera e frequentadores da Capela Nossa Senhora das Graças, no módulo 28, se reuniram para doar fundos para uma ampla reforma das instalações elétricas da edificação, que estavam bastante desgastadas. O apoio das empresas Sobloco Construtora, Rochedo Instalações hidráulicas e elétricas, ETEC engenharia e Pratika Ar Condicionado foi fundamental para as obras.

Ao mesmo tempo, começou a ser montada a infraestrutura do novo padrão de energia elétrica que será instalado para aumento da carga, com a execução da tubulação seca que vai do quadro até a posição do novo padrão de entrada. Foram ainda restauradas a fachada e a pintura interna. Nova entrada de energia, poste e transformador para baixa tensão serão executados em fevereiro, após a temporada.

16 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_16-19_Aconteceu_vs3.indd 16

19/12/16 21:33


PARA CURTIR NESTE VERÃO Não faltarão opções de entretenimento para quem vem passar a temporada de verão na Riviera. Confira e programe-se!

RIVIERA BOAT WEEK Barcos, carros, motos, jets skis, quadriciclos e carros de luxo foram expostos na Riviera Boat Week, evento realizado entre 10 e 20 de novembro, no estacionamento do Riviera Shopping. O evento foi um sucesso e atraiu milhares de pessoas, encantadas com o

VILA NA PRAIA: Montado no antigo Viveiro de Mudas – uma área arborizada de 9 mil m2 localizada na Av. da Riviera –, o evento vai reunir food trucks, lojas, espaço infantil para brincadeiras, shows musicais e certamente atrairá milhares de pessoas durante todo o verão. De 27 de dezembro a 28 de janeiro de 2017, de terça a domingo, das 16h à 1h.

luxo e a sofisticação de verdadeiras “casas flutuantes”, como a elegante Intermarine 42 e a italiana Sessa Marine com o modelo F42 de 13,20 metros. Os barcos estavam abertos para visitação. “Este foi um evento que visou levar grandes produtos e empresas para um público tão experiente e exigente como os frequentadores da Riviera”, afirmou Caio Ambrosio, do Boat Brasil Grupo de Mídia, organizador do evento.

THE ICE: A pista de patinação no gelo volta para a Riviera neste verão, com 300 m2 de pura diversão. Aberta diariamente, no período de 26 de dezembro a 28 de janeiro de 2017, das 16h às 23h. Na Av. da Riviera, em frente ao Shopping.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

CORRIDA DA RIVIERA: Atenção corredores! A primeira etapa do Circuito de Corridas da Riviera acontece no dia 22 de janeiro de 2017. Fique atento para a abertura das inscrições no site da Riviera.

CIRCUITO DE GOLFE Os adeptos do golfe também aproveitaram bastante 2016: entre fevereiro e novembro foi realizado o primeiro tour do esporte na Riviera. Composto de oito torneios, cada um deles contou com uma média de 40 golfistas, e os vencedores receberam seus prêmios na última etapa, em 11 de novembro. O golfe é uma ótima atividade também para as crianças: exercita a concentração, desperta a competitividade, cria laços de amizade. É um esporte desafiante, e o campo da Riviera, formado por 18 buracos de par 3, não deixa por menos. Projetado pela Gold Tee Golf International, empresa responsável pela implantação de mais de 20 campos no País – entre eles os de Comandatuba, Trancoso e a Quinta da Baronesa –, o campo da Riviera pode ser jogado em duas horas e meia.

BALADAS: Quem gosta de agito não pode perder as baladas da Pucci Riviera, todos os finais de semana de janeiro e nos dias 4 e 11 de fevereiro de 2017. PASSEIOS DA MARÉ BAIXA: Lúdico e educativo, o passeio percorre a praia arenosa de São Lourenço até o costão rochoso do Indaiá, acompanhado de uma bióloga. Esta é uma ótima oportunidade para observar organismos pequenos ou inconspícuos, e indícios destes, bem como para conhecer a biodiversidade local e fortalecer vínculos afetivos com a natureza. Em janeiro: dias 27 e 28 de 2017; Em fevereiro: dias 25 e 27 de 2017 (carnaval). As inscrições para os passeios serão divulgadas no site da Riviera.

RIVIERA WINE SUMMER: De 3 a 5 de fevereiro de 2017, a Riviera recebe no espaço do Viviero de Mudas o I Wine Summer Riviera, um evento de degustação e venda de vinhos que tem o objetivo de ensinar os consumidores brasileiros a apreciarem esta bebida também no verão. Aqui estarão reunidos os principais produtores de vinho, das principais regiões vinícolas do mundo.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_16-19_Aconteceu_vs3.indd 17

17

19/12/16 21:33


ACONTECEU CLOROFILA ENTREGA PRÊMIO ATITUDE

FEIRA DE ORGÂNICOS

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Desde novembro, quem está na Riviera pode comprar produtos orgânicos, fresquinhos, direto do produtor. Organizada pela Prefeitura Municipal de Bertioga, com o apoio da Sobloco Construtora, a Feira de Agricultura Familiar acontece a cada 15 dias nas instalações da EMEIF Governador Mario Covas Jr., na rotatória da Av. São Lourenço – confira no site da Riviera as datas certas das feiras, mas é bom saber que elas também acontecem no Sesc Bertioga e no Parque dos Tupiniquins, no centro de Bertioga.

Mais um concurso ambiental mobilizou os estudantes da cidade de Bertioga. Em sua 24 a edição, o Premio Atitude Ambiental deste ano teve como tema “A Cidade que eu quero”, inspirado nas visíveis transformações que o município vem sofrendo, em função do crescimento e das mudanças urbanísticas mais recentes. As vencedoras foram a Escola Municipal Jardim Vista Linda, a Escola Estadual Praia de Boraceia e a Escola Estadual Jardim Vista Linda. Os trabalhos apresentados ressaltaram mais segurança, um sistema de saúde

mais eficiente, mais opções de lazer e cultura e a descentralização do entretenimento: opções de diversão para jovens e crianças, como praças e quadras poliesportivas, estão espalhadas por todo o município. O Prêmio Atitude Ambiental faz parte do Programa Clorofila de Educação Ambiental realizado pela Sobloco Construtora desde 1993, desafiando anualmente estudantes e educadores de Bertioga a pesquisarem o ambiente no qual vivem, a refletirem sobre os problemas identificados e a proporem soluções criativas e viáveis.

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

NOVAS OBRAS

DIA DA BANDEIRA Uma tradição na Riviera, este ano o Dia da Bandeira foi comemorado em 17 de novembro e reuniu mais de 300 crianças na Praça da Bandeira, para hastear este símbolo da pátria ao som do Hino Nacional. “Há 23 anos a Sobloco faz

questão de organizar esse evento, pois valoriza a educação cívica e o trabalho voltado para a construção de uma sociedade mais ética e saudável”, afirma Beatriz Almeida, diretora da Sobloco Construtora, empresa responsável pelo planejamento e realização da Riviera. O evento contou, ainda, com o apoio da Associação dos Amigos da Riviera.

Em setembro, a Sobloco Construtora finalizou os trabalhos de pavimentação da extensão de 520 m da Av. da Orla, atrás do módulo 5, no trecho sentido Av. da Riviera. Foram 4.400 m2 de pavimento articulado em blocos de concreto, acompanhando o padrão da Riviera. O investimento foi feito pelas empresas Sobloco Construtora, Praias Paulistas e Cia Fazenda Acaraú.

18 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_16-19_Aconteceu_vs3.indd 18

19/12/16 21:34


Qualidade Qualidade de de vida vida Qualidade Qualidade de de vida vida iver iver bem bem éé ééuma uma questão questão de de bons bons hábitos. hábitos. AtituAtituV V iver iver bem bem uma uma questão questão de de bons bons hábitos. hábitos. AtituAtituV V iver iver bem bempodem épodem éuma umaquestão questão de de bons bonshábitos. hábitos. AtituAtituV V des des simples simples fazer fazer a a diferença. diferença. A A alimentaalimentades dessimples simplespodem podemfazer fazera adiferença. diferença.AAalimentaalimenta-

des des simples simplespodem podem fazer fazera adiferença. diferença. AAalimentaalimentação ção saudável, saudável, a a regularidade regularidade de de atividades atividades físicas, físicas, aa aa ção ção saudável, saudável, a a regularidade regularidade de de atividades atividades físicas, físicas, ção ção saudável, saudável, a aregularidade regularidade dedeatividades atividades físicas, físicas, aa ingestão ingestão de de água água ee eeuma uma exposição exposição ao ao sol sol com com proteproteingestão ingestão de de água água uma uma exposição exposição ao ao sol sol com com proteproteingestão ingestão dedeágua e euma uma exposição exposição sol com com proteproteção ção ajudam ajudam aaágua aamanter manter oooobem bem estar estar eeao eeao aa aasol saúde. saúde. O O conconção ção ajudam ajudam manter manter bem bem estar estar saúde. saúde. O O conconção ção ajudam ajudam a a manter manter o o bem bem estar estar e e a a saúde. saúde. O O concontrole trole do do estresse estresse também também é é importante. importante. A A pele pele éé éé trole trole do do estresse estresse também também é é importante. importante. A A pele pele trole troledo doestresse estresse também também é éimportante. importante. AAanda pele peleé é também também um um grande grande indicador indicador de de como como anda também também um um grande grande indicador indicador de de como como anda anda também também um ume grande grande indicador indicador dede como como anda anda nossa nossa saúde, saúde, e o o estilo estilo de de vida vida que que levamos. levamos. Nossas Nossas nossa nossa saúde, saúde, e e o o estilo estilo de de vida vida que que levamos. levamos. Nossas Nossas nossa nossasaúde, saúde, e eooestilo estilo dedevida vida que que levamos. levamos. Nossas Nossas escolhas escolhas e e hábitos, hábitos, podem podem ou ou não não acentuar acentuar esse esse escolhas escolhas e e hábitos, hábitos, podem podem ou ou não não acentuar acentuar esse esse escolhas escolhas eeeehábitos, hábitos, podem podem ou ou não nãoacentuar acentuar esse esse processo, processo, com com a a idade idade o o mesmo mesmo é é ainda ainda mais mais processo, processo, e e com com a a idade idade o o mesmo mesmo é é ainda ainda mais mais processo, processo, e ecom comadesidratação, adesidratação, idade idadeoomesmo mesmo é éainda ainda mais mais rápido rápido , causando , causando manchas manchas e e rugas rugas na na rápido rápido , causando , causando desidratação, desidratação, manchas manchas e e rugas rugas na rápido rápido , causando , causando desidratação, desidratação, manchas manchaseéerugas rugas nana na pele! pele! Para Para diminuir diminuir os os sinais sinais já já existentes existentes é preciso preciso pele! pele! Para Para diminuir diminuir os os sinais sinais já já existentes existentes é é preciso preciso pele! pele! Para Para diminuir diminuir osossinais sinais jájáexistentes existentes éosépreciso preciso passar passar por por uma uma avaliação avaliação médica, médica, já já que que os produprodupassar passar por por uma uma avaliação avaliação médica, médica, já já que que os os produprodupassar passar por poruma umaavaliação avaliação médica, médica, jájáque queososproduprodutos tos e e tratamentos tratamentos devem devem ser ser direcionados direcionados para para oooo tos tos e e tratamentos tratamentos devem devem ser ser direcionados direcionados para para tos tos ede ede tratamentos tratamentos devem devem ser serprecisão. direcionados direcionados para paraoeoe tipo tipo pele pele do do paciente, paciente, com com precisão. Os Os ácidos ácidos tipo tipo de de pele pele do do paciente, paciente, com com precisão. precisão. Os Os ácidos ácidos ee ee tipo tipo de de pele pele do do paciente, paciente, com com precisão. precisão. Os Os ácidos ácidos lasers lasers são são grandes grandes aliados aliados das das mulheres mulheres ee eehomens, homens, ee ee lasers lasers são são grandes grandes aliados aliados das das mulheres mulheres homens, homens, lasers laserssão são grandes grandes aliados aliados das dasmulheres mulheres ereverter ehomens, homens, eose podem podem ser ser uma uma boa boa alternativa alternativa para para reverter os podem podem ser ser uma uma boa boa alternativa alternativa para para reverter reverter os os podem podem ser ser uma uma boa boa alternativa alternativa para para reverter reverter os os !! !! sinais sinais do do tempo tempo com com naturalidade naturalidade e e saúde saúde sinais sinais do do tempo tempo com com naturalidade naturalidade e e saúde saúde sinais sinais do do tempo tempo com com naturalidade naturalidade e e saúde saúde!- !-

Dra. Dra. Kátia Kátia Volpe Volpe Dra. Dra. Kátia Kátia Volpe Volpe Dra. Dra. Kátia Kátia Volpe Volpe 3.198 CRM: CRM: /SP /SP 90.728 90.728 CRM/MS CRM/MS 3.198 CRM: CRM: /SP /SP 90.728 90.728 CRM/MS CRM/MS 3.198 3.198 CRM: CRM:/SP /SP90.728 90.728- CRM/MS - CRM/MS3.198 3.198

-- --

SÃO SÃOPAULO PAULO SÃO SÃOPAULO PAULO SÃO SÃOPAULO PAULO Rua RuaJandiatuba, Jandiatuba, 630 630- -Morumbi Morumbi Rua RuaJandiatuba, Jandiatuba,630 630- -Morumbi Morumbi Rua RuaJandiatuba, Jandiatuba, 630 630- -Morumbi Morumbi (11) (11)98699-0151 98699-0151 (11) (11)98699-0151 98699-0151 (11) (11)98699-0151 98699-0151

SÃO SÃOPAULO PAULO SÃO SÃOPAULO PAULO Av. Av.Chucri Chucri Zaidan, Zaidan, 1550 1550 SÃO SÃO PAULO PAULO Av. Av.Chucri ChucriZaidan, Zaidan,1550 1550 Conjunto Conjunto 14/15, 14/15, Chácara Chácara Santo Santo Antônio Antônio Av. Av. Chucri Chucri Zaidan, Zaidan, 1550 1550 Conjunto Conjunto14/15, 14/15,Chácara ChácaraSanto SantoAntônio Antônio (11) (11)99837-3520 99837-3520 Conjunto Conjunto14/15, 14/15, Chácara ChácaraSanto SantoAntônio Antônio (11) (11)99837-3520 99837-3520 (11) (11)99837-3520 99837-3520

CAMPO CAMPOGRANDE GRANDE- -MS MS CAMPO CAMPOGRANDE GRANDE- -MS MS Rua RuaGoiás, Goiás, 1189 1189 - -Jardim Jardimdos Estados Estados CAMPO CAMPO GRANDE GRANDE -dos -MS MS Rua RuaGoiás, Goiás,1189 1189- -Jardim Jardimdos dosEstados Estados (67) (67) 8130-9000 8130-9000 Rua RuaGoiás, Goiás, 1189 1189 - -Jardim Jardimdos dosEstados Estados (67) (67)8130-9000 8130-9000 (67) (67)8130-9000 8130-9000

CAMPO CAMPO GRANDE GRANDE -- --MS: MS: CAMPO CAMPO GRANDE GRANDE MS: MS: CAMPO CAMPO GRANDE GRANDE MS: MS:Estados Rua Rua Goiás, Goiás, 1189 1189 Jardim Jardim dos dos Estados Rua Rua Goiás, Goiás, 1189 1189 Jardim Jardim dos dos Estados Estados Rua RuaGoiás, Goiás,1189 1189- -Jardim Jardimdos dosEstados Estados

RIV24_16-19_Aconteceu_vs3.indd 19

SÃO SÃO PAULO PAULO -- --PINHEIROS: PINHEIROS: SÃO SÃO PAULO PAULO PINHEIROS: PINHEIROS: SÃO SÃO PAULO PAULO PINHEIROS: PINHEIROS: Av. Av. Rebouças, Rebouças, 3520 3520 -- --Pinheiros Pinheiros Av. Av. Rebouças, Rebouças, 3520 3520 Pinheiros Pinheiros Av. Av.Rebouças, Rebouças,3520 3520- -Pinheiros Pinheiros Site: Site: www.clinicakatiavolpe.com.br www.clinicakatiavolpe.com.br Site: Site: www.clinicakatiavolpe.com.br www.clinicakatiavolpe.com.br Site: Site:www.clinicakatiavolpe.com.br www.clinicakatiavolpe.com.br 19/12/16 21:35


# R I V I E R A N O F I LT E R @goncalves.ro

Riviera sem filtros

@maalice_

@silsilreis

@catii_marques

FELIZES INSTANTES @valdecilima10

@monicavoidella

@osmar.rezende

Publique sua foto no Facebook ou no Instagram com a hashtag #rivieranofilter e faça parte desse movimento que conquistou todos que amam e cuidam da Riviera.

@rlmoura

@marischittini

@rachelgiansante_fotografia

@glegori

@valdecilima10

@studiolecoreis

@anderaos74

@robsonkud

@roberttoaraujo

@osmar.rezende

@danilopeixoto_

20 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_20-21_NoFilter.indd 20

19/12/16 21:39

AF_MD


marinadofortebertioga

marinadofortebertioga

A MARINA DO FORTE É UMA DELÍCIA. O RESTAURANTE ENTÃO, NEM SE FALA.

RODOVIA RIO-SANTOS, KM 224,5 PRÓXIMO À PONTE E AO TREVO DE BERTIOGA TEL.: (13) 3317-7705 | CEL.: (13) 98833-5557 Aberto todos os dias, das 8h às 17h (exceto quartas-feiras)

AF_MDF_0001_16A_Marina_FORTE_Restaurante_Rev 275x350 Riviera.indd 1 RIV24_20-21_NoFilter.indd 21

30/05/16 21:39 16:56 19/12/16


C O M P O R TA M E N T O

BIQUÍNI 70 ANOS

uma revolução chamada

Nascido francês, mas brasileiro por adoção, o traje ícone do verão simboliza, como nenhuma outra peça de roupa, as mudanças radicais do comportamento humano no século XX e completa 70 anos mais atual do que nunca por Sheila Mazzolenis A primeira aparição pública da ousada criação de Louis Réard, chamada Bikini, causou frenesi durante um tradicional concurso de beleza na piscina do Hotel Molitor, em Paris.

Seu nome não tem tradução, e nem precisa:

xa revelando o umbigo. Assim se apresentou a

é bem conhecido em todo o mundo e identifica

dançarina Micheline Bernardini – a única que

o traje quase obrigatório das praias e piscinas

aceitou mostrar o modelo de Réard – diante dos

deste planeta constituído por 70% de água – ou

olhos espantados de tout Paris. Um escândalo...

seja, ele está em seu habitat perfeito! Mas pou-

Uma explosão!

ca gente se lembra da origem do nome, o Atol

O mundo nunca mais seria o mesmo: tanto

de Bikini, no Oceano Pacífico, onde os Estados

os testes nucleares como a explosiva inven-

Unidos realizaram testes nucleares a partir de

ção de Réard marcariam o fim de uma época.

julho de 1946. Menos de um mês antes, em 26

Traumatizada pela Segunda Guerra Mundial,

de junho, o estilista francês Louis Réard havia

que dizimara aproximadamente 70 milhões de

inventado e lançado a peça de roupa que seria

pessoas, e diante dos riscos de uma hecatombe

descrita por Diana Vreeland – influente editora

nuclear, só restava à humanidade se despir dos

das duas mais importantes revistas de moda do

velhos conceitos e modelos e aproveitar a vida!

século XX, a Vogue e a Harper´s Bazaar – como

O biquíni seria um símbolo dessa mudança e

a “invenção mais importante do século, depois

não poderia ter nascido em lugar diferente: a

da bomba atômica”.

fervilhante Paris do pós-guerra.

Exageros à parte, Diana sabia o que estava © KEYSTONE / GETTY IMAGES

falando: ela havia testemunhado os tempos re-

Anos 1940: os primeiros tempos

catados dos maiôs bem fechados e com pernas,

A aceitação do biquíni em praias e pisci-

o surgimento dos tímidos modelos duas peças e

nas não foi imediata. Mantinha-se na ordem

sua evolução natural: o biquíni libertador dos

do dia, em alguns países, o modelo duas peças

costumes, bem mais cavado, com a cintura bai-

de cintura alta, laterais fechadas, cava rente à

22 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 22

19/12/16 21:47


© TOPICAL PRESS AGENCY / GETTY IMAGES

Moda engessada pelo pudor (1913): mulheres em trajes de banho tradicionais da época, na praia de Le Touquet, norte da França.

© SUNSET BOULEVARD / GETTY IMAGES

Um mundo mais colorido (1949): Marilyn Monroe, uma das maiores sexy symbols do século XX, aderiu rapidamente à moda do biquíni e ajudou a fazer da peça o sucesso que é hoje!

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 23

19/12/16 21:47


virilha, ou ligeiramente mais comprida, e bus-

na, a moça sem véu (1952). Esse filme não

tiê cobrindo inteiramente os seios – parecia,

teve grande repercussão e só seria lança-

na verdade, uma lingerie feita em tecido mais

do nos Estados Unidos e Inglaterra depois

encorpado e estampado! No entanto, mesmo

do sucesso de E Deus criou a mulher...

esse modelo discreto só passaria a ser usado

(1956), no qual BB – como foi batizada pela

nas praias brasileiras a partir de 1948, quando

imprensa internacional – aparecia nua!

a modelo e estilista alemã Miriam Etz confec-

Alçada à categoria de estrela, passou a ser

cionou um ‘duas peças’ ligeiramente menor do

fotografada à exaustão nas areias de Saint

que o habitual e decidiu usá-lo na praia carioca

Tropez, sua praia preferida, sempre ves-

do Arpoador – o seu foi o primeiro “quase” bi-

tindo biquínis, versões quase ingênuas se

quíni visto no Brasil.

comparadas ao que vestem as mulheres

© MIKE KEMP / GETTY IMAGES

BIQUÍNI 70 ANOS

do século XXI.

Anos 1950: o biquíni chega às telas

Enquanto isso, no Brasil, muita gente

O biquíni só conquistaria o mundo depois

passou a frequentar a praia em frente ao

de fazer parte do guarda-roupa sexy de mode-

Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, só

los, atrizes e vedetes do teatro de revista e de ser

para ver a vedete Carmem Verônica em seu

amplamente divulgado pelo cinema. No Velho

biquíni. Nesse final dos anos 1950, ela era

Mundo, Brigitte Bardot deu o chute inicial e foi

uma das famosas “Certinhas do Lalau”, a

a primeira atriz a aparecer com o traje de banho

lista idealizada por Stanislaw Ponte Preta,

revolucionário nos telões de cinema, em Mani-

pseudônimo do jornalista Sérgio Porto,

Cinema em casa: em novembro de 2012, uma famosa casa de leilões inglesa colocou para lance o “copião” original da sequência de Ursula Andress, em sua famosa "saída da água" no filme 007 Contra o satânico dr. No.

Quase ninguém viu: Brigitte Bardot foi a primeira atriz a aparecer com o traje de banho revolucionário nos telões de cinema, em Manina, a moça sem véu (1952), um filme sem grande projeção.

© SCREENSHOT / 007 CONTRA O SATÂNICO DR. NO

C O M P O R TA M E N T O

que anualmente escolhia as mais belas atrizes do teatro de revista, muitas delas fotografadas em seus biquínis artísticos.

Anos 1960: é proibido proibir Mas o interesse das brasileiras por essa peça de moda praia foi afetado durante alguns poucos meses pela proibição do uso do biquíni nas praias nacionais. Essa foi uma das medidas polêmicas do presidente Jânio Quadros, que também proibiu os maiôs cavados nos concursos de miss e a exibição de peças íntimas femininas em anúncios de TV. Essas medidas assemelhavam-se, de certo modo, ao Código Hay, que determinou, até 1968, o que poderia ou não poderia

© ULLSTEIN BILD / GETTY IMAGES

ser exibido nas produções cinematográficas dos Estados Unidos. Com a renúncia de Quadros, em agosto de 1961, as brasileiras – e em especial as cariocas – aderiram à nova moda. Mas um estímulo decisivo para essa adoção veio, mais uma vez, do

24 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 24

19/12/16 21:47


CASTLES, CAPES & CLONES VIA VISUALHUNT / CC BY-ND

© ARCHIVIO CAMERAPHOTO EPOCHE / GETTY IMAGES

Para sempre sexy : por conta da sua ousadia – e do modelito inspirado no biquíni – Raquel Welck e sua famosa pose, tema do cartaz de Quando os dinossauros dominavam a Terra (1966), hoje estão eternizadas no Madame Tussauds (museu de cera) de Hollywood.

plateia! – no famoso Lolita (1962), e os cartazes de Quando os dinossauros dominavam a Terra (1966) foram disputados por fãs em todo o mundo, porque nele aparecia Raquel Welch em um rústico biquíni de pele de animal! Cabe lembrar que esses filmes eram produções inglesas, pois Hollywood mantinha-se ainda fiel, com alguma liberalidade discreta, ao Código Hay. Mas antes que a década de 1960 terminasse, o mundo assistiria a mudanças radicais no comEstão todos conquistados: A jovem Sue Lyon arrancou suspiros no cinema quando, vestindo biquíni, ganhou o coração do seu professor em Lolita (1962).

portamento social e sexual humano. Na Inglaterra, durante o período que se tornaria conhecido como swinging London, Mary Quant inventou a minissaia e a hot pant – ou seja, short também muito curto! Nos Estados Unidos, popularizou-se o uso da pílula anticoncepcional – que foi comercializada a partir de agosto de 1960 –, ganharam força os movimentos hippie e feminista, e o designer austríaco

criou o monoquíni,

deixando os seios à mostra – nascia o topless,

tória: 007 Contra o satânico dr. No (1962). Esse

que conquistaria adeptas principalmente no Ve-

primeiro filme da série do agente James Bond

lho Mundo, mas não fez muito sucesso por aqui!

exibia uma cena inesquecível: Ursula Andress

Enquanto isso, na Europa continental, crescia

saindo das águas do mar com algumas conchas

a insatisfação jovem contra o sistema, insatis-

na mão e vestindo apenas um sumário biquí-

fação esta que resultaria nas manifestações de

ni – dizem que foi feito por ela mesma! Houve

maio de 1968 nas ruas de Paris e em muitas ou-

quem afirmasse que o diretor Terence Young

tras cidades do mundo. A palavra de ordem era: © JOEL MAIA

cinema e de uma produção inglesa que fez his-

havia se inspirado no célebre quadro da Renascença italiana O nascimento de Vênus, de Botticelli. Verdade ou não, a cena foi de tal forma marcante que mereceu um “repeteco” em 2002, no vigésimo filme da série, 007 Um novo dia para morrer. Dessa vez, Halle Berry, em um biquíni bem mais reduzido, é quem saía das águas, mas é Ursula Andress quem permanece eterna. “Devo minha carreira àquele biquíni”, diria a atriz anos depois. De certa forma, duas outras atrizes poderiam dizer a mesma coisa: a adolescente Sue Lyon, em seu biquíni, conquista o maduro professor – e a

Em 1971, a atriz Leila Diniz vestiu um biquíni e mostrou orgulhosa sua barriga de oito meses de gravidez na praia de Ipanema. Sua foto percorreu o mundo e lançou moda

é proibido proibir!

Anos 1970: a vez da tanga A década não poderia ter começado de forma melhor: refletindo as mudanças radicais que ocorriam no comportamento humano em todo o mundo, em 1971 a atriz Leila Diniz vestiu um biquíni e mostrou orgulhosa sua barriga de oito meses de gravidez na praia de Ipanema. Sua foto percorreu o mundo e lançou moda – depois dela, as mulheres abdicaram dos feios maiôs de grávida, uma espécie de bata sem graça e pouco elegante.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 25

25

19/12/16 21:47


C O M P O R TA M E N T O

BIQUÍNI 70 ANOS

© ULRICH BAUMGARTEN / GETTY IMAGES

PREFERÊNCIA INTERNACIONAL

© PEOPLEIMAGES / ISTOCK

© KEYSTONE / GETTY IMAGES

No vai e vem da moda: alguns estilistas adoram fazer releituras de biquínis consagrados no passado, como o “cortininha” da década de 1990, que voltou com novas formas e materiais.

Nos anos seguintes, mulheres de todo o Brasil aderiram em massa ao uso do biquíni e passaram a dar aos modelos um toque de brasilidade que conquistou o mundo. O primeiro grande exemplo da criatividade nacional foi a tanga, que reduziu drasticamente os modelos em voga.

Anos 1980: asa-delta, fio-dental...

Sem a menor dúvida, o biquíni brasileiro é o mais “estiloso” e bem-feito do mundo: é o que acredita a inglesa Shilpa Roja, que há quatro anos vende biquínis, sungas e shorts masculinos fabricados no Rio de Janeiro em Doha, capital do Catar, onde vive. “O material é o que há de melhor, o estilo está bem à frente do resto do mundo, a estamparia e a modelagem são únicas”, afirma Shilpa, que decidiu entrar nesse ramo de atividade ao conversar com Érica, uma amiga brasileira. “Nós duas detestávamos as roupas de banho encontradas em Catar, antiquadas e caras. Na ocasião, Érica usava modelo de uma grife carioca, então resolvemos encomendar algumas peças dessa marca com o intuito de vendê-las em Doha. Foi um sucesso e durante três anos fornecemos biquínis brasileiros para um hotel internacional de Doha. Infelizmente, a loja do hotel fechou, Érica se casou e se afastou, mas eu continuei sozinha.” Shilpa vem ao Brasil uma vez ao ano para as compras, mas sempre que precisa faz suas encomendas por e-mail. Atualmente ela se prepara para abrir uma loja e expandir seus negócios, oferecendo roupas de baixo e biquínis – todos brasileiros, é claro!

Mas quem pensou que a diminuição desShilpa Roja vende biquínis brasileiros em Doha, capital do Catar: “O material é o que há de melhor, o estilo está bem à frente do resto do mundo”.

sa peça de banho já atingira seu limite com a tanga, enganou-se. Nas praias cariocas, as © ARQUIVO PESSOAL

mulheres passaram a usar um reduzido bustiê “cortininha” e a enrolar as laterais do biquíni, deixando-o mais cavado, um prenúncio claro do que viria a seguir: o asa-delta, que alongava as pernas, e finalmente o fio-dental, que con-

Século XXI: vale tudo!

quistou seguidoras fiéis nas praias brasileiras,

leiras, abrindo caminho para a exportação dos

apesar de ser visto com restrições em algumas

nossos produtos. Em consequência, consolidou-

Novos recursos técnicos permitem desde a

partes do mundo. Por exemplo, The Wall Street

-se a indústria de moda praia em nosso País e o

aplicação de cores flúor e estampas 3D em mo-

Journal, durante a cobertura dos Jogos Olímpi-

setor foi beneficiado por um conjunto de fatores:

delos inusitados, mas a característica marcan-

cos do Rio, chegou a noticiar o estranhamento

a evolução tecnológica de maquinário, uma mo-

te dos biquínis deste século é a variedade de

de turistas norte-americanos ao se depararem

delagem cada vez mais ousada e de qualidade,

ofertas. Vale tudo: peças de crochê ou tricô, hot

com o fio-dental nas praias cariocas!

o desenvolvimento de tecidos mais resistentes

pant, tops semelhantes a blusinhas – chamados

e apropriados ao banho de mar e de piscina. É

de croppeds, eles são curtinhos, acima do umbi-

sabido que o Brasil é o maior fabricante e consu-

go –, strappy biquíni, cheio de tiras, a volta do

Outras mulheres, especialmente as euro-

midor desse tipo de roupa, sendo também consi-

asa-delta e, na concorrência, os bonitos e ele-

peias, não estranham tanto. Na verdade, nos

derado, nos dias de hoje, um lançador mundial

gantes bodies e maiôs – alguns até mesmo com

anos 1990 passaram a desejar as peças brasi-

de tendências.

mangas compridas!

Anos 1990: do Brasil para o mundo

P R C

26 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 26

19/12/16 21:47


BALADAS - CASAMENTOS - FESTAS - EVENTOS CORPORATIVOS E SOCIAIS 4 ambientes com bares, 14 camarotes e lounge area.

Curta nossa página facebook.com/pucciclub e acompanhe a programação de verão na Riviera. PUCCI SÃO PAULO Rua Adolfo Tabacow, nº 9 - Itaim Bibi. CEP: 01453-040.

RIV24_22-27_Biquini_FINAL.indd 27

PUCCI RIVIERA Av. Marginal 329, nº 2571 - Riviera de São Lourenço.

CEP: 11250-000.

INFORMAÇÕES (11) 3167-2067 | (13) 99761-7686 facebook.com/pucciclub

19/12/16 21:47


S U S T E N TA B IL ID A D E C O N S U M O C O N S C I E N T E

DE SA PE GUE

Faça parte do crescente número de pessoas que aderem ao consumo e descarte inteligentes e sustentáveis, práticas que beneficiam todos e fazem muito bem ao planeta

Confesse! Seu armário está cheio de roupas e sa-

descobrem a importância do desapego e doam o

patos que não usa mais, a bancada do banheiro está

que não precisam, vendem ou compram produtos

coberta de potes de creme – todos ainda fechados,

de segunda mão ou aderem ao mais antigo sistema

alguns até com validade vencida – e na cozinha não

de comércio do mundo: a troca – se não é mais útil

há mais espaço para um copo, mas você insiste em

para mim, pode ser para outra pessoa que, por sua

guardar aquela batedeira velhinha, mesmo depois

vez, tem algo que me interessa!

de ter comprado a mais avançada do mercado!

Um bom exemplo dessa nova atitude é dado

Todos nós, de alguma forma, compramos mais

pela estudante universitária Júlia Maria Cêga Lo-

do que precisamos – seja alimento, vestuário, bens

pes, que descobriu as vantagens da troca de pro-

duráveis –, e o que é pior: acumulamos até o que

dutos usados por meio do brechó da faculdade. Em

não usamos, não descartamos adequadamente

pouco tempo, ela passou a se conectar com sites e

aquilo que não queremos mais e desconhecemos o

outros grupos de troca, especialmente aqueles com

fato de que alguns processos produtivos provocam

interesses semelhantes aos seus. “Mas com a prá-

sérios impactos ao meio ambiente.

tica percebi que precisava ser muito cuidadosa na

A boa notícia é que está se expandindo a cons-

hora da troca”, conta ela, que também faz questão

ciência do mal que podemos causar ao meio am-

de celebrar aquele que considera seu melhor escam-

biente – e aos seres humanos – com hábitos arrai-

bo: “Troquei os livros Decameron e A Divina Comé-

gados e errados de consumo e descarte de produtos.

dia – ambos ilustrados – por um celular simples,

Em consequência, cresce o número de pessoas que

mas que funciona muito bem!”

por Larissa Helena

Nascida das práticas de escambo – troca de mercadorias ou serviços sem fazer uso de moeda – e das feiras livres do período medieval, a venda ou troca de antiguidades, raridades, objetos usados e até artesanato chegou aos dias de hoje com o mesmo sucesso e o mesmo formato dos primeiros eventos do gênero – são sempre realizados em ruas ou praças – e resistem à modernidade dos processos tecnológicos, constituindo ponto dos mais visitados por turistas e moradores de Londres e Paris (dizem que neste último se originou o marché aux puces), e de cidades importantes da Espanha, Argentina, Estados Unidos, Holanda, Japão... e Brasil!

28 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 28

19/12/16 22:16


© GIOADVENTURES / GETTY IMAGES

Mercado do livro no centro de Southbank, em Londres: escondido sob a Waterloo Bridge, na Queen’s Walk, é um dos segredos mais bem guardados de Londres – um dos únicos mercados de segunda mão ao ar livre no sul da Inglaterra.

RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 29

19/12/16 22:16


S U S T E N TA B IL ID A D E C O N S U M O C O N S C I E N T E

“Produtos nesse estado (seminovos) podem ser utilizados durante toda a sua vida útil, evitando a extração de novos recursos para a produção de algo novo”

© DIVULGAÇÃO

© FÁBIO H. MENDES

G A B R I E L A YA M A G U C H I , D O I N S T I T U T O A K AT U

EDUCAÇÃO PARA O CONSUMO SUSTENTÁVEL Muitas vezes o consumismo é um hábito arraigado no ambiente familiar, influenciando crianças e jovens. Essa reflexão levou o Instituto Alana – organização da sociedade civil, sem fins lucrativos – a criar, em 2006, o projeto Criança e Consumo, inspirado na ONG Campaign for a Commercial Free Childhood Summit (CCFC). “Precisamos refletir sobre o consumo exagerado”, comenta Ekaterine Karageorgiadis, advogada do Instituto Alana. “É uma prática que começa na infância nos

Júlia Maria Cêga Lopes: de troca em troca, nasce uma nova forma de consumo.

Portanto, preservar e compartilhar o que temos é a regra de ouro deste século, que con-

espaços de convívio e por meio de publicidades, e tem impacto na vida da criança, na sua saúde e até nos valores familiares. A sociedade valoriza o ‘ter’ e não o ‘ser’, e isso terá reflexos ao longo da vida”. Por isso, o projeto busca conscientizar as crianças e levá-las a fazer escolhas mais conscientes dentro da realidade em que cada uma vive. Isso está sendo feito anualmente, desde 2012, por meio da Feira de Troca de Brinquedos, evento sempre realizado no Dia das Crianças. “Além da importância de trocar brinquedos, a Feira permite uma interação entre as crianças e faz com que cada uma escolha o brinquedo que deseja”, ressalta Ekaterine. Para orientações e mais informações, acesse: http://criancaeconsumo.org.br.

ta, a nosso favor, com meios tradicionalíssimos de comercialização – brechós e feiras de troca, promovidos por instituições das mais variadas, como universidades, escolas, igrejas, empresas, condomínios, grupos de amigos e de interesses comuns – e sua versão on-line: cresce o número de sites especializados e a prática de trocar, vender ou comprar via redes sociais. Troca-se de carro a vestido, bolsa, bijuteria, aparelhos eletroeletrônicos, cosméticos... As possibilidades são infinitas! E vamos trocar, doar... Mas não só

Ekaterine Karageorgiadis, advogada do Instituto Alana: “É uma prática que começa na infância nos espaços de convívio e por meio de publicidades, e tem impacto na vida da criança, na sua saúde e até nos valores familiares”

isso! Afinal, o consumo consciente começa bem

30 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 30

© DIVULGAÇÃO

antes, na hora de comprar!

19/12/16 22:16


MERCADO DE PULGAS? VALE A VISITA São Paulo abriga três frequentadíssimas e tradicionais feiras de antiguidades: na Praça Benedito Calixto (bairro de Pinheiros, aos sábados), no vão do Museu de Arte de São Paulo-MASP (Av. Paulista, aos domingos) e na Praça Dom Orione (Bixiga, também aos domingos). E ainda tem, no Anhangabaú, o Mercado de Pulgas São Paulo. “O nosso mercado de pulgas surgiu há um ano e meio. Eu tinha um brechó e precisei fechá-lo. Portanto, estava com tudo em casa”, conta Hayde Mercúrio, uma das responsáveis pela

O QUE SE GASTA PARA PRODUZIR...

© FÁBIO H. MENDES

Segundo Gabriela Yamaguchi, do Instituto Akatu, “são gastos 2.495 litros de água para fazer uma camiseta, 9.982 litros para um jeans e 8.547 litros para um par de sapatos. Quanto mais compramos produtos usados, mais economizamos água. Fazemos, assim, um consumo mais consciente.”

Pergunte, questione O Instituto Akatu – ONG sem fins lucrativos

atitude de consumo consciente e sustentável – sugere que sejam feitas seis perguntas básicas antes de comprar alguma coisa: Por que comprar? O que comprar? Como comprar? De quem comprar? Como usar? Como descartar? “Consumo consciente é ter a visão de que, quando nós consumimos um produto ou serviço, esse ato não está restrito apenas ao consumo em si”, explica Gabriela Yamaguchi, gerente de comunicação do Instituto. “O nosso objetivo é fazer com que o consumidor se preocupe com os recursos gastos na produção do produto e como ele deve ser descartado no futuro”. Para Gabriela, a compra de peças e de objetos de segunda mão é uma ótima ideia. “Produtos nesse estado podem ser utilizados durante toda a sua vida útil, evitando a extração de novos recursos para a produção de algo novo (ver quadro O que se gasta para produzir...). Além disso, essa atitude contribui para que um produto não seja jogado fora, evitando o descarte inadequado em nossos aterros.”

Esta moda veio para ficar A tendência de adquirir produtos de segunda mão e customizá-los, dando a cada um deles a “cara” de seu usuário, deu ainda mais força às

O evento acontece uma vez por mês e é realizado de uma forma totalmente independente: cada pessoa tem a liberdade para montar sua estrutura e vender, doar e/ ou trocar seus produtos. Hayde comenta que este tipo de mercado tem forte apelo cultural e contribui para conscientizar a sociedade sobre os riscos do consumo excessivo. "Eu mesma já realizei muitas trocas e doações no Mercado de Pulgas. E isso acontece justamente porque o espírito deste tipo de evento transforma uma atmosfera comum em um dia mágico. Além da doação e troca de roupas e produtos, há uma troca de energia e de ideias".

Hayde Mercúrio, mesmo sendo uma das organizadoras do evento, até hoje expõe seus produtos no mercado de pulgas de SP.

NA RIVIERA

criada em 2001 com o objetivo de conscientizar e mobilizar a sociedade sobre a importância da

organização desse evento. “Como morava em frente ao Minhocão, levei tudo para lá e foi um sucesso! Chamei mais gente para participar e deu certo! Fizemos sete edições no Minhocão, mas, a pedido da Prefeitura e por medidas de segurança, acabamos nos mudando para o Vale do Anhangabaú”.

MENOS LIXO! Doar, trocar, reaproveitar, evitar o desperdício! O resultado é menos lixo em nosso planeta já atulhado de resíduos de todos os tipos e que precisa, mais do que nunca, ver-se livre não só do descarte industrial, mas também daquele que produzimos, quase sem perceber, em nossas casas e escritórios. Reduzir o lixo? Como? Os educadores ambientais afirmam que isso pode exigir apenas bom senso e atitudes que não interferem no dia a dia de ninguém. Um exemplo foi dado recentemente pelos funcionários da Associação dos Amigos da Riviera de São Lourenço (AARSL), que diminuíram consideravelmente a quantidade de lixo produzido no setor administrativo por meio de uma medida tão simples que chega a ser surpreendente: os cestinhos de lixo foram retirados de todas as salas e distribuídos – apenas alguns deles – no corredor! Sem a facilidade de ter ao lado um cesto para descarte, todos começaram repensar seus hábitos de consumo e passaram a reaproveitar melhor o material de escritório.

BRECHÓ Um sucesso! Assim foi considerado o último brechó realizado pela Fundação 10 de Agosto, na Riviera em 2016. Realizado no espaço do Viveiro de Mudas nos dias 9 e 10 de novembro, arrecadou aproximadamente R$7 mil – deste total, 50% foram destinados à Fundação e o restante à Paróquia São João Batista, de Bertioga. “A procura foi enorme”, conta Sandra Velzi, voluntária que organizou o evento. As ofertas eram realmente atraentes: produtos de qualidade em bom estado, organizados por tipo, a preços acessíveis, todos doados por moradores e frequentadores da Riviera. Havia conjunto de sofás, mesas, cadeiras, cômodas, tapetes, quadros, livros, brinquedos, cama, colchões, utensílios domésticos, roupas e calçados. “Além de proporcionar ótimas oportunidades, o brechó poupou também o meio ambiente, pois muitas das coisas que foram vendidas provavelmente iam para o lixo”, conta Sandra. “Não sobrou nada!” Para quem doou, fica a gostosa sensação de ter ajudado outras pessoas e o meio ambiente.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 31

31

19/12/16 22:16


S U S T E N TA B IL ID A D E C O N S U M O C O N S C I E N T E

Um exemplo dos bons resultados na formação de uma consciência cidadã é a feira de troca organizada pelo Programa Clorofila junto às escolas de Bertioga. Projeto educacional criado pela Sobloco há mais de 20 anos, o Clorofila vem promovendo com sucesso esse tipo de evento, especialmente durante a semana em que se comemora o dia mundial do meio ambiente (5 de junho). Segundo Cristina Peres, educadora ambiental e coordenadora do programa, a feira de troca foi idealizada junto com as Comissões de Meio Ambiente constituídas por alunos do 6 o ano das escolas participantes do Programa. “A ideia era divulgar o conceito de

consumo sustentável”, conta Cristina. “Por isso, convidamos os alunos a trazerem coisas de suas casas, coisas que não mais precisam, e estimulamos a troca entre eles. No começo, houve certa dificuldade para troca de objetos com valores de mercado diferentes, mas aos poucos todos aprenderam que, nesses casos, o que importa é o valor que nós damos – e este foi, sem dúvida, um grande aprendizado. Os alunos adquiriram a consciência de que um produto pode ter uma vida mais longa do que imaginavam, pegaram gosto pela troca e influenciaram amigos e familiares. Hoje, até mesmo os funcionários das escolas fazem suas trocas.”

© FÁBIO H. MENDES

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

FEIRA DE TROCA EM BERTIOGA

feiras de troca, aos brechós, aos chamados “mercados de pulgas”. Antes vistos como lugares de descarte para roupas velhas e feias, agora são considerados verdadeiros baús de tesouros para encontrar peças diferentes e autênticas. “Sempre acho peças únicas a preços incríveis. Na maioria das vezes as roupas estão em bom ou ótimo estado de conservação a um preço muito baixo”, conta a produtora de eventos Tulipa Schneider, que de compradora passou à vendedora via on-line. Hoje, Tulipa atua em sua loja virtual no site Enjoei, a maior plataforma para compra e venda de produtos de moda de segunda mão no Brasil, e ainda faz parte do projeto Ponta a Ponta, um programa no qual o vendedor cadastrado gerencia o estoque e as vendas de outras pessoas que têm muita coisa para vender, mas pouco tempo para fazer isso. “Comecei a vender as minhas roupas e deu supercerto”, conta Tulipa. “Foi quando descobri o site do programa Vendedor Ponta a Ponta do Enjoei. Entrei em contato e comecei a parceria com o Enjoei. Hoje, gerencio 27 ‘fornecedores’”. Histórias bem-sucedidas como a de Tulipa atestam que não faltam opções para quem deseja participar de processos mais saudáveis e benéficos de aquisição, troca e descarte de produtos os

Um novo mercado: Em paralelo ao seu trabalho, a produtora Tulipa Schneider mantém uma loja virtual (Brechó da tuli) no Enjoei, maior aplicativo do gênero.

mais variados.

32 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 32

19/12/16 22:16


RIV24_28-33_ConsumoConsciente_FINAL.indd 33

19/12/16 22:16


R E A L E S TAT E I M Ó V E I S

Riviera toda sua As melhores oportunidades de imóveis na Riviera de São Lourenço estão no Sistema Integrado de Vendas (SIV). Confira aqui uma cuidadosa seleção e faça um ótimo negócio!

Para comprar ou vender na Riviera, confie no SIV Pavilhão de Vendas: Largo dos Coqueiros, 15 – Módulo 5 Tel.: (13) 3316-8008 Portal de imóveis: www.rivieradesaolourenco.com/siv

Seja o primeiro morador e encante-se com tanto charme e bom gosto! Contando os 4 pavimentos – subsolo, térreo, piso superior e terraço –, são 933m2 de puro requinte. No térreo, living para 4 ambientes com varanda, cozinha americana, área de serviço e suíte de empregada com depósito. Possui 10 generosas vagas de garagem no subsolo e no piso superior, 6 suítes equipadas com ar-condicionado, terraço e hidromassagem. No terraço, sauna, piscina e churrasqueira completam a área de lazer. Cód.: SC02973

© FOTOS: VIVIANE OGGIANO

IRRETOCÁVEL!

BELA E IMPONENTE Nova e espaçosa, esta linda cobertura estilo penthouse de 316,25 m2 oferece conforto e comodidade para receber família e amigos. Toda revestida em porcelanato, possui 4 maravilhosas suítes com terraço, living para 2 ambientes com pé-direito duplo, cozinha, piscina coberta climatizada, espaço gourmet , área de lazer completa e decorada. Conta com 4 vagas cobertas na garagem e, na área de lazer do prédio, piscina, salão de jogos, playground, salão de festas, entre outros. Cód.: SA03782

34 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_34-37_SIV_FINAL.indd 34

19/12/16 22:17


PARA IMPRESSIONAR Com espaço amplo e integrado à natureza, a casa possui 640 m2 muito bem distribuídos. São 3 pavimentos – todos revestidos em porcelanato –, contendo no térreo 1 suíte, banheiro social, living para 3 ambientes com varanda, lavabo, cozinha americana com armários, área de serviço, suíte de empregada, depósito e garagem com 12 vagas. No piso superior, mais 5 suítes com terraço e hidromassagem, banheiro social e sala íntima. Na área de lazer, uma esplêndida piscina, com sauna e churrasqueira. Cód.: SC04117

COBERTURA DOS SONHOS Finamente decorado e com uma vista de tirar o fôlego, essa espaçosa cobertura de 709,64 m2 é uma obra-prima na Riviera! São 6 suítes – todas com terraço –, living para 3 ambientes com pé-direito duplo, cozinha americana, área de serviço, suíte para empregada e cinco vagas na garagem. No terraço, uma linda piscina e churrasqueira. O condomínio oferece ainda salão de jogos e de festas, churrasqueira, playground, piscina e sauna. Cód.: SA00737

BELÍSSIMA À primeira vista, a casa encanta, e quando você visita, se apaixona! Com 355,66 m2 construídos, este lindo imóvel possui uma suíte máster e banheiro social no piso térreo, além de living para 3 ambientes, cozinha americana completa, despensa, área de serviço, suíte de empregada e 4 vagas de garagem – 2 cobertas. No piso superior, 3 suítes bem equipadas e uma sala íntima de muito bom gosto. Piscina, sauna e churrasqueira na área de lazer completam o conforto que o imóvel proporciona. Cód.: SC03933

35

RIV24_34-37_SIV_FINAL.indd 35

19/12/16 22:17


R E A L E S TAT E I M Ó V E I S

VIZINHO DO MAR Imagine acordar com uma vista esplêndida para a praia da Riviera. Isso acontece nessa cobertura de 330 m2, com 4 sofisticadas suítes, living para 2 ambientes com varanda, cozinha americana completa, área de serviço, suíte de empregada e área externa com piscina e churrasqueira. No condomínio, desfrute ainda de um salão de jogos, playground, salão de festas e muito mais! Cód.: SA01684

PÉ NA AREIA Com raro estado de conservação, este belíssimo apartamento de 208,95 m2 possui 4 lindas suítes equipadas, lavabo, living para 2 ambientes com varanda, cozinha ampla com armários, área de serviço e suíte de empregada. Na área de lazer do condomínio, piscina, salão de jogos, churrasqueira, quadra de tênis, sauna e salão de festas. Cód.: SA00893

CHARMOSO Lindo apartamento mobiliado, com 144 m2 de área útil muito bem distribuídos em 3 suítes e 1 quarto, todos com ar-condicionado e armários de ótima qualidade. Possui living para 2 ambientes com varanda, cozinha americana completa, área de serviço, dormitório de empregada com banheiro e churrasqueira. Na área de lazer do condomínio, piscina, churrasqueira, salão de festas e salão de jogos. Cód.: SA03424

MARAVILHOSA Esta magnífica casa possui 1.104 m2 construídos em terreno de 611 m2 de frente para o mar. São 7 suítes, 10 vagas, mobiliado e decorado. Puro requinte para sua família usufruir do melhor da vida de frente para o mar. Cód.: SC03239

36

RIV24_34-37_SIV_FINAL.indd 36

19/12/16 22:17


NOVA E ESPAÇOSA Com acabamentos de primeira linha, esta linda casa possui mais de 400 m2 muito bem distribuídos. No primeiro pavimento, uma suíte com ar-condicionado e terraço, living para 3 ambientes com varanda, lavabo, cozinha americana, área de serviço, 2 dormitórios de empregada e 4 vagas de garagem, sendo 2 cobertas. No primeiro andar, 4 lindas suítes muito bem equipadas, e na área de lazer, encantadora piscina, sauna e churrasqueira. Cód.: SC02161

TRANQUILIDADE O apartamento de 143,88 m2 encanta pelo bom gosto, além da vista incrível! São 2 suítes e 1 quarto muito bem equipados e com varanda, banheiro social, living para 2 ambientes, cozinha tradicional completa, área de serviço, suíte de empregada, piscina e churrasqueira. Conta também com 2 vagas de garagem. Na área de lazer do condomínio, uma elegante piscina, quadra poliesportiva, salão de jogos, sauna, playground, quadra de tênis e salão de festas. Cód.: SA03843

BOM GOSTO Elegância e funcionalidade definem esse lindo apartamento de 139 m2. Totalmente mobiliado, possui 4 quartos – sendo 1 suíte com varanda –, lavabo, living para 3 ambientes, cozinha americana e área de serviço. Na área de lazer do condomínio, piscina, salão de jogos, churrasqueira, playground, quadra de tênis, sauna e salão de festas. Cód.: SA03801

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_34-37_SIV_FINAL.indd 37

37

19/12/16 22:17


LUIZ AUGUSTO PEREIR A DE ALMEIDA

© CAT_CHAT / ISTOCK.COM

ARTIGO

Bem-estar urbano é prioridade nacional Parto do princípio de que, sem habitação digna, não há bem-estar. É dentro de casa que criamos, educamos e protegemos nossas famílias”

A grande concentração da população brasileira nas áreas

É necessária uma visão de longo prazo para a habitação.

urbanas (84,4% dos habitantes, segundo o Censo Demográfico

As intermitentes crises econômicas têm sido letais para todo

IBGE de 2010) e a importância de saber como vivem os cidadãos

e qualquer programa nessa área. É preciso, assim como na

que habitam esses espaços levaram o Instituto Nacional de

saúde e educação, vincularmos verbas do orçamento nacio-

Ciência e Tecnologia - Observatório das Metrópoles a promover

nal para a produção de unidades habitacionais de maneira

o lançamento do Índice de Bem-Estar Urbano dos Municípios

contínua, com metas específicas por região.

Brasileiros (IBEU-Municipal). O trabalho avalia a dimensão

Outro item fundamental para o bem-estar é o saneamen-

urbana do bem-estar usufruído pelos cidadãos brasileiros,

to básico. Refiro-me especificamente ao fornecimento de

distribuídos entre os seus 5.570 municípios, através de indica-

água potável e esgotamento sanitário. Trata-se de serviços

dores como mobilidade, condições ambientais e habitacionais,

essenciais também considerados mundialmente como um

atendimento de serviços coletivos e infraestrutura.

direito humano fundamental. No entanto, como na habita-

As cidades constituem-se na materialidade dos desejos

ção, o Brasil tem andado de lado. Hoje, mais de 42% das po-

e aspirações do homem. São nelas que as pessoas interagem

pulações urbanas nacionais não são atendidas por redes de

e compartilham ideias e experiências, rompem barreiras de

esgoto. Esse cenário, em épocas de epidemias causadas pelo

inovação e criatividade e fomentam o desenvolvimento cultu-

Aedes aegypti, obriga o Estado a gastar ainda mais na área

ral, social, intelectual e econômico. A riqueza está concentra-

da saúde. O prejuízo é duplo.

da nos municípios e a urbanização que constatamos é mera

Recentes informações de O Estado de São Paulo revelam

consequência, pois as pessoas buscam melhores condições de

outro fator que tem prejudicado o bem-estar urbano: a bu-

emprego e renda. O problema é que as cidades não estão acom-

rocracia. Isso porque verbas são empenhadas para o setor

panhando com investimentos em sua infraestrutura urbana

de saneamento, mas não se materializam. De acordo com o

esse ritmo de crescimento, o que tem provocado problemas

jornal, de 2000 a 2015, foram autorizados valores atualiza-

em suas funcionalidades vitais, como habitação, saneamen-

dos de R$50 bilhões para aplicações federais em saneamen-

to, mobilidade, arborização, segurança, entre outros fatores.

to básico rural e urbano. Deste total, apenas R$19 bilhões

Parto do princípio de que, sem habitação digna, não há bem-estar. É dentro de casa que criamos, educamos e prote-

Luiz Augusto Pereira de Almeida é diretor da Fiabci/ Brasil e diretor de marketing da Sobloco Construtora S.A.

foram efetivamente gastos. Temos recursos, mas falta gestão para investi-los.

gemos nossas famílias. Trata-se de um direito humano fun-

O Brasil, para se tornar um país de primeiro mundo,

damental para uma vida plena. Como dizem os americanos,

tem algumas lições de casa a serem feitas. Habitação e sa-

“no home, no justice”. Entretanto, no Brasil, o cobertor anda

neamento básico deveriam ser as primeiras da lista. Des-

curto, pois a última notícia que temos é de um déficit habita-

burocratização vem logo atrás. Com providências pontuais,

cional de 6.068.061 (Fundação João Pinheiro/Ministério das

estaríamos melhorando sensivelmente os índices de bem-

Cidades/Banco/Interamericano de Desenvolvimento/Pro-

-estar nas cidades e garantindo vida de melhor qualidade

grama das Nações Unidas para o Desenvolvimento).

para nossa população.

38 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_38-39_ArtigoLA.indd 38

20/12/16 12:13


LANÇAMENTO MÓDULO 8

APTOS

147 A 166M² ÚTEIS

3 SUÍTES + DORM. REVERSÍVEL • 3 VAGAS PERSPECTIVA ARTÍSTICA DA FACHADA

PÉ-NA-AREIA COM LAZER COMPLETO EM MAGNÍFICO TERRENO COM

PERSPECTIVA ARTÍSTICA DAS PISCINAS

PERSPECTIVA ARTÍSTICA DO TERRAÇO

PERSPECTIVA ARTÍSTICA DA PISCINA

PERSPECTIVA ARTÍSTICA DO FITNESS

REALIZAÇÃO:

INCORPORAÇÃO:

VENDAS:

4.750M²

FOTO AÉREA LOCALIZAÇÃO EDIFÍCIO ARPOADOR

Informações:

(13) 3316-8008

WWW.SOBLOCO.COM.BR/ARPOADOR Memorial de Incorporação registrado em 24/11/2015, sob o nº 01 da matrícula nº 64.634 do 1º Registro de Santos. As imagens contidas neste material são preliminares, sujeitas a alterações.

RIV24_38-39_ArtigoLA.indd 39

20/12/16 12:13


HISTÓRIA 33 A NOS IMPRESSOS

R I V I E R A

E S C R I TA Cada aspecto do belo visual da Riviera tem uma história, que vem sendo contada há mais de três décadas por nossos jornais e revistas como esta, que orgulhosamente completa 15 anos de vida por Sheila Mazzolenis

40 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 40

19/12/16 17:44


1985/1986

1987/1988

1989/1990

1991/1992

1993/1994

1983 Ao caminhar pelas alamedas e passeios da Riviera, tudo o que se vê é sua beleza tranquila, vegetação exuberante, construções bonitas. Mas um núcleo urbano é bem mais do

1984

que isso, e em suas entranhas se escondem terra, cimento, canos, fiação... Um mix de materiais ao qual se agrega planejamento, expertise técnica, inteligência, cultura, educação e paixão, e sem as quais a beleza não existiria! Revelar essas entranhas – e dessa forma valorizar ainda mais o que existe hoje – sempre foi a postura transparente da Sobloco Construtora, responsável pelo planejamento e realização da Riviera. Essa postura garantiu uma experiência inédita para os proprietários de terrenos ou unidades residenciais: acompanhar, passo a passo e sem sobressaltos, a evolução das obras de sua moradia, bem como da localidade que escolheram viver, descansar e se divertir, por meio de publicações de periodicidade constante e distribuição gratuita. Assim foi com o Notícias da Riviera de São Lourenço, que circulou de 1983 a 1988, o Jornal da Riviera, que circulou de 1990 a 2006, e tem sido com a Revista Riviera, que está comemorando 15 anos.

Primeiro registro impresso do empreendimento, o Notícias da Riviera de São Lourenço acompanhou até 1988 todas as obras iniciais de um projeto urbanístico inovador.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 41

41

19/12/16 17:44


HISTÓRIA 33 A NOS IMPRESSOS

1995

1996

1997

1998

1999

1991 Promessa cumprida O primeiro registro impresso do bairro foi o

suas quadras de tênis, virou ponto de encontro

boletim Notícias Riviera de São Lourenço. Lança-

dos moradores na década de 1980. O lançamento

do em setembro de 1983, apresentava o projeto

do Manual de Convivência com a Fauna e a Flora

do empreendimento: “Nasce em Bertioga um

da Riviera e uma entrevista com o zootecnista

modelo de uso das praias”. Mais do que uma

Faiçal Simon - que fez um levantamento das es-

manchete, essa frase, com o passar dos anos, se

pécies nativas existentes na Riviera - foram no-

revelaria uma promessa plenamente cumprida.

ticiados nas edições de setembro e dezembro de

O que foi prometido se realizou, certamente por-

1987, registrando desde então a preocupação da

que, como afirmou Luiz Carlos Pereira de Almei-

Riviera com uma integração e convivência sau-

da, diretor superintendente da Sobloco, “não

dável com o meio ambiente.

vendemos promessas, mas realidade.”

O boletim Notícias Riviera estabeleceria um

Nas páginas das dez edições que se segui-

padrão que seria seguido por todas as outras

ram até maio de 1988 estão registrados os pla-

publicações do empreendimento: transparência

nos, as obras e os investimentos que foram os

e o acompanhamento contínuo das obras e do

pilares do desenvolvimento do bairro: as obras

desenvolvimento do bairro.

das estações e das redes de água e esgoto, os canais de drenagem, a abertura de ruas, a cons-

Em edição extra, o Jornal da Riviera já mostrava a importância e o potencial do setor náutico para o desenvolvimento social e econômico da região.

ca Bar, ao lado do Pavilhão do SIV que, com

Nasce o Jornal da Riviera

trução do Riviera Flat – o primeiro prédio do em-

Em fevereiro de 1990 uma nova publicação

preendimento –, os passos iniciais da Sociedade

passa a retratar o bairro: o Jornal da Riviera. Em

Amigos da Riviera de São Lourenço, o surgimen-

formato maior e com mais páginas, ele expan-

to de novos prédios, a construção das primeiras

diria os temas tratados pela publicação anterior

casas no módulo 5, a inauguração do Buriquio-

acrescentando uma ampla cobertura de assun-

Em julho de 1997, a vigésima edição do Jornal da Riviera destaca a apresentação, na Capela Nossa Senhora das Graças, da Orquestra Didática infantojuvenil, organizada pela Fundação 10 de Agosto, e a realização do 1o. Passeio Cicloeco

42 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 42

19/12/16 17:44


2000

2001

2002

2003

2004

1992 tos associados à Riviera, tanto do ponto de vista

vos. Na década de 1990, ela se transformou em

técnico como também administrativo, econô-

Associação (AARSL) e atingiu o status de maior

mico, humano e social. A edição no 1 comemora

empresa privada de Bertioga.

o reconhecimento internacional do projeto de

O Jornal da Riviera testemunhou o rápido

desenvolvimento urbano do bairro em um Con-

desenvolvimento do bairro, trazendo a público

gresso de Urbanismo realizado na Áustria – nos

os investimentos, planos e esforços que conso-

anos seguintes, outros congressos e entidades

lidaram a Riviera. O desenvolvimento das obras

internacionais fariam o mesmo – e a performan-

continuava a pleno vapor – nessa década foram

ce da infraestrutura durante a alta estação: o

feitos pesados investimentos nas estações de tra-

abastecimento de água foi impecável, e a praia

tamento de água e de esgoto, foi inaugurado o La-

manteve-se limpa e com alta taxa de balneabi-

boratório de Controle Ambiental, foram abertas

lidade. Um sucesso que se repetiria em todos os

nova ruas e novos módulos e trazidos da Bahia os

verões, mesmo com o número sempre crescente

coqueiros que decorariam toda a Riviera.

de frequentadores!

As primeiras atividades da Sociedade Amigos da Riviera foram divulgadas em Boletins informativos, encartados no Jornal da Riviera.

Em janeiro de 1991, foi inaugurado o Riviera

Os anos 1990 marcaram a consolidação do

Shopping e, no ano seguinte, a Sobloco iniciou

empreendimento e da Sociedade dos Amigos

o Programa de Gestão de Resíduos, mais uma

da Riviera de São Lourenço (SARSL). Criada em

iniciativa voltada para a gestão ambiental do

1982 para garantir a manutenção das caracterís-

bairro. Mais tarde, a operação desse programa

ticas do plano urbanístico do bairro e a quali-

passou a ser feita pela Associação dos Amigos.

dade de vida de seus frequentadores, a SARSL

Outras duas iniciativas no plano educacional

lutou em seus primeiros anos para alcançar a

e social mereceram destaque nas páginas do Jor-

independência financeira, ter a sua importância

nal: a criação, em 1992, do Programa de Educação

reconhecida e atingir plenamente seus objeti-

Ambiental da Sobloco – batizado posteriormente

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 43

43

19/12/16 17:45


HISTÓRIA 33 A NOS IMPRESSOS

2005

2006

2007

2008

2009/2010

2003 de Programa Clorofila –, que continua até hoje a

na Riviera, o Sistema Integrado de Vendas (SIV)

desenvolver um trabalho educativo junto às es-

está fortalecido e é reconhecido como um serviço

colas públicas de Bertioga, e a constituição, no

ímpar e organizado de comercialização de imó-

mesmo ano, da Fundação 10 de Agosto, entidade

veis. A edição no 29, de janeiro de 2000, saúda o

civil sem fins lucrativos que se destacaria pelo

novo milênio com praia limpa, água pura, muito

seu trabalho de levar educação e cultura a crian-

verde e diversão para todas as idades, frutos de

ças, jovens e adultos do município.

trabalho árduo, infraestrutura impecável, pla-

Durante toda a década de 1990, esses aconte-

nejamento criterioso e respeito ao meio ambien-

cimentos dividiriam espaço nas páginas do Jor-

te. Essas características invejáveis – e o esforço

nal com entrevistas e outras notícias pertinentes

contínuo para mantê-las – mereceriam mais uma

e variadas, de interesse dos moradores e frequen-

vez o reconhecimento internacional, desta vez

tadores, como as opções esportivas, a inaugura-

por meio da Certificação ISO 14001 concedida ao

ção da danceteria Chess e do restaurante Saint

empreendimento pela forma como tem compati-

Malô, em 1990, e a conquista da autonomia de

bilizado o equilíbrio ambiental com o desenvol-

Bertioga em 1992. E na edição n 6, de julho de

vimento socioeconômico. Divulgada na edição

1992, uma nova seção: O rosto da Riviera, foca-

no31, de janeiro de 2001, essa Certificação tem

lizando especificamente os frequentadores do

sido confirmada, desde então, a cada dois anos.

o

bairro. Traçava-se, então, um padrão editorial que se consolidaria na década seguinte.

O histórico das publicações da Riviera deixa claro um traço que permeia toda a trajetória do empreendimento. Desde seu início em 1979,

Um novo século Em 2003, surge a Revista Riviera, com uma pauta direcionada à cultura e ao lazer, voltada ao estilo de vida e interesses dos frequentadores da Riviera de São Lourenço.

o desenvolvimento da Riviera esteve sob um

O empreendimento já se encontra consoli-

único comando, de uma empresa comprometida

dado. Novas incorporadoras atuam com sucesso

com sua qualidade. Há 36 anos, a Sobloco Cons-

44 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 44

19/12/16 17:45


2011

2012

2013

2014

trutora mantém firme o cumprimento do plano

Bons exemplos dessa receita editorial es-

da Fundação 10 de Agosto, as inúmeras opções

urbanístico, conforme foi planejado e concebido

tão em matérias como Barcelona, a cidade que

de atividades físicas disponíveis na Riviera,

na década de 1980. A criação e eficiente atuação

também busca a sustentabilidade e se renova

os interessantes objetos de bambu fabricados

da Associação dos Amigos da Riviera veio ainda

diariamente, Resolva!, mostrando os impactos

por um artista local, a arte fotográfica, as be-

se somar à administração do bairro, garantindo

que cada um pode gerar no meio ambiente,

lezas naturais desse planeta em que vivemos...

a qualidade que hoje todos conhecemos.

Revolução à Mesa, que enfatiza a mudança de

E gente, muita gente! Gente que faz história e

hábitos para uma alimentação mais saudável,

contribui para o crescimento e o enriquecimen-

e tantas outras. Mas nesses 15 anos também

to cultural e humano da Riviera! Gente como

foram mostrados o trabalho de inclusão social

você, leitor!

Uma revista de estilo Essa receita editorial resultaria na criação

2015

da Revista da Riviera, em 2003, uma publicação que jamais esquece o conceito e a prática da sustentabilidade defendida desde os anos 1980 pelos empreendedores, mas vai além: mostra de que forma esse conceito permeia e influencia todos os aspectos atuais da atividade humana. Neste sentido, ampliou a abrangência dos temas tratados, que agora vai de inovações

2016 Estilo de vida e beleza natural estão sempre presentes nas páginas da Revista Riviera, que completa 15 anos bem-sucedidos de vida.

tecnológicas à cultura, passando por moda, beleza, educação, economia, comportamento, gastronomia, decoração, educação ambiental, bem-estar, inclusão social, estilo... Ou seja, a pauta agora é tudo o que diz respeito ao estilo de vida do nosso frequentador!

45

RIV24_40-45_33AnosImpressos_vs9.indd 45

19/12/16 17:45


PERFIL DESIRÉE ZUPPA NI

O melhor sorriso

por Sheila Mazzolenis

Vinte e seis anos à frente da primeira clínica odontológica da Riviera, Desirée Zuppani conquistou extensa lista de clientes e fãs com sua simpatia, simplicidade e competência

46 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_46-47_Perfil_vs3.indd 46

19/12/16 17:50


© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Desirée com o marido, Du, e o filho José Luiz: “Vim para cá pela Riviera e me mantive aqui também por causa da Riviera”.

Não há o que temer, quando à sua frente,

nistas preferem se tratar aqui, e não nas cidades

está a dra. Desirée Zuppani, mesmo que ela es-

em que vivem a maior parte do tempo, porque

teja segurando um daqueles aparelhos que en-

se sentem mais à vontade – o ritmo aqui é outro,

chem de terror as pessoas que detestam se sub-

muito mais tranquilo e saudável.”

meter a um tratamento odontológico. Talvez

Sua competência foi rapidamente reconhe-

seja o seu sorriso doce ou suas delicadas mãos

cida: em pesquisa realizada pela Sobloco em

de exímia bordadeira de ponto cruz, mas, sem

1996 – seis anos após a inauguração do seu con-

medo de errar, pode-se dizer que o que cativa

sultório –, os proprietários do empreendimento

– e acalma! – até o mais assustado dos clientes

colocaram o atendimento odontológico ofereci-

é a mistura dessas duas qualidades com sua

do pela clínica de Desirée entre os dez mais im-

tranquilidade natural e a experiência adquiri-

portantes serviços de infraestrutura da Riviera,

da em anos de clínica na Riviera.

tão necessário quanto o laboratório de controle

DESIRÉE ZUPPANI

Nascida em Ribeirão Preto, Desirée formou-

ambiental e as normas restritivas do uso do solo.

-se em odontologia em 1982 e chegou à Bertioga

Nada mais justo quando se pensa que a dentis-

em 1987, acompanhada do marido, Du Zuppa-

ta especializada em clínica geral se orgulha de

ni. Concursada, começou atendendo nas esco-

jamais ter deixado alguém sair do seu consultó-

las da rede pública e em 1990 abriu sua clínica

rio sem tratamento. “De vez em quando ‘adoto’

no Centrinho da Riviera. Deste local estratégi-

um paciente que não tem condições financeiras

da Riviera e fomos muito bem recebidos, a tal

co, acompanhou o desenvolvimento do bairro e

e troco meu serviço por algo que eles possam

ponto que hoje me sinto um pouco caipira e um

cresceu com ele, dividindo experiências e his-

fazer: alguns são bons faxineiros, outros fazem

pouco caiçara, como se aqui eu tivesse nascido.”

tórias com os profissionais que construíram o

pequenos consertos. No final, todos saem felizes

empreendimento.

e compensados. É isso que vale a pena.”

Os primeiros tempos

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

“De vez em quando ‘adoto’ um paciente que não tem condições financeiras e troco meu serviço por algo que eles possam fazer: alguns são bons faxineiros, outros fazem pequenos consertos. No final, todos saem felizes e compensados. É isso que vale a pena”

Um novo projeto

E hoje, 26 anos após a abertura de sua clíni-

E acompanhando o ritmo do empreendimen-

ca, Desirée confessa: “vim para cá pela Riviera

to, Desirée decidiu, depois de 26 anos felizes no

“No começo, não tinha quem me ajudasse e

e me mantive aqui também por causa da Rivie-

Centrinho, transferir a clínica para uma sala

corria para o consultório quando era chamada,

ra!”. Este amor pela localidade que viu crescer

maior no UpTown II, recentemente inaugurada.

mesmo durante a madrugada”, lembra Desirée.

a levou a participar intensamente do cotidiano

Para ela, essa mudança representou um dos ca-

“Atendia principalmente peões e trabalhadores

do bairro e a se envolver em campanhas como

minhos percorridos para conviver melhor com a

da construção civil. Com o tempo passei a ser

a que resultou na construção da Capela Nossa

dor de ter perdido um filho, Paulo Eduardo, que

procurada também pelos corretores, depois vie-

Senhora das Graças. Chegou até mesmo a criar,

todos conheciam como Palê. O outro caminho

ram os proprietários e finalmente os veranistas,

com o marido, a Agência Suinã, a primeira a rea-

tem sido apoiar integralmente o marido em seu

entre eles muitos empresários. A Riviera me per-

lizar city tour na região, mostrando a Riviera e

trabalho de divulgação de uma campanha a favor

mitiu entrar em contato com um universo huma-

os recantos naturais de Bertioga para turistas e

da doação de medula – campanha esta iniciada

no riquíssimo e a criar, no consultório, um am-

locais. “Viemos para cá em busca de qualidade

por Palê antes de falecer –, manter-se sempre

biente simples, mas acolhedor. Conseguia tratar

de vida e queríamos divulgar as belezas do mu-

próxima de seu outro filho, José Luiz, e fazer as

patroa e empregada no mesmo lugar, ambas

nicípio, mostrar como se construía um empreen-

coisas simples que gosta: bordar, costurar, tomar

sentindo-se bem, confortáveis – e ainda faço

dimento sustentável e muito preocupado com a

uma caipirinha na praia, meditar, estar com pes-

isso! –, e percebi, com o tempo, que muitos vera-

preservação ambiental. Admirávamos o projeto

soas e respirar. Viver um dia de cada vez!

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_46-47_Perfil_vs3.indd 47

47

19/12/16 17:50


RIVIER A

EMPREGABILIDADE

48 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 48

20/12/16 12:43


© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Emprego nosso de cada dia Contra o pessimismo, uma realidade: a Riviera oferece há mais de três décadas excelentes oportunidades de trabalho, proporcionando renda, formação profissional e lindas histórias de vida por Sheila Mazzolenis

ajudaram a construir a Riviera e continuam a mantê-la. Eles são engenheiros, mestres de obras, médicos, zeladores, advogados, biólogos, administradores, seguranças, comerciantes, corretores, professores... A lista de profissionais que atuam no bairro é abrangente e inclui representantes de diversos campos de trabalho, níveis de escolaridade e experiência. Além de sua capacidade de absorção de mão de obra, a Riviera é acima de tudo uma escola multidisciplinar, por onde muitas pessoas já passaram, aprenderam na prática ou foram estimuladas a buscar conhecimento com vistas a uma melhor colocação. Segundo o Censo 2016 realizado pela Associação dos Amigos da Riviera de São Lourenço, os empregos diretos no bairro atualmente beneficiam 3.950 pessoas – sem contar aquelas que são chamadas para ocupar postos de trabalho temporário na alta estação. Mas, se a Riviera já é fonte de emprego e renda para muitos, seu potencial pode ser ainda maior.

Potencial para crescer Recentemente, Rodolfo Amaral, da Consultoria e Análise de

“Ao contrário do que imaginam as autoridades públicas, o excesso de controle ambiental gera um ambiente social altamente elitista; impõe um processo de insegurança jurídica sem precedentes e trava por completo as atividades produtivas geradoras de emprego e renda” RODOLFO AMARAL © ARQUIVO PESSOAL

Muitos vieram de longe, a maioria nasceu caiçara, mas todos

Dados Amaral & Associados, refletindo especificamente sobre a realidade de Bertioga, criticou as restrições ambientais, que vêm, segundo ele, inibindo a geração de empregos. “Frequente concesSão 3.950 empregos diretos na Riviera: o número levantado pelo Censo de 2016 da AARSL não conta os postos de trabalho temporário gerados na alta temporada.

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 49

são de liminares judiciais supostamente liberadas em favor da preservação ambiental de Bertioga está paralisando a expansão socioeconômica do município e pode ter consequências ainda mais dramáticas nos próximos anos. Ao contrário do que imaginam as autoridades públicas, o excesso de controle ambiental gera um ambiente social altamente elitista; impõe um processo de insegurança jurídica sem precedentes e trava por completo as atividades produtivas geradoras de emprego e renda, refletindo, por sua vez, na expansão acentuada de demandas sociais.”

20/12/16 12:43


RIVIER A

EMPREGABILIDADE

Quero retribuir tudo o que tenho recebido das pessoas e da Riviera. Sinto uma imensa gratidão por esse lugar”

Mesmo diante dos graves índices de desemprego no País, a população de Bertioga tem dado sinais de que não quer ficar parada e busca educação e formação profissional com vistas a conquistar uma vaga no mercado de trabalho. Neste sentido, a Riviera representa um estímulo a mais, sendo identificada como um espaço-instituição extremamente favorável ao crescimento

CHEF ISMAEL

profissional. Esta busca e seus bons resultados são claramente demonstrados nas histórias de Ismael, Maria Tereza, Paula, Juliana, Marcos: eles conquistaram seus sonhos somando esforço e perseverança às possibilidades que a Riviera oferece àqueles que almejam voar mais alto, com seriedade e postura ética. Nas próximas páginas, a história desses campeões!

Com a mão na massa É assim que começa a história de Ismael: enrolando a massa para os salgados que o pai entregava aos peões de fazenda do município de Icaraíma, no noroeste do Paraná. Ele tinha apenas 10 anos, mas já havia adquirido o amor pela culinária. Tudo isso, somado à paixão que sentiu pela Riviera quando chegou aqui, de férias, em 1996, fez da sua uma história de sucesso. Após mudar-

da gastronomia e de visitas a outros restaurantes,

A grande chance veio com mais um desafian-

-se para cá, foi auxiliar de pizzaiolo em Bertioga,

como o Figueira Rubayat e o Rascall, em São Pau-

te convite: ser governanta no Ilha da Madeira Re-

passou pelas cozinhas do restaurante Salamanca

lo. É importante que eles vejam como atuam ou-

sort, na Riviera. Depois de quatro anos de expe-

e de uma casa de panquecas, chegando à Cantina

tros profissionais do setor. Quero retribuir tudo o

riência na governança e na gerência de alimentos

Moriá, no Shopping, onde ficou 11 anos.

que tenho recebido das pessoas e da Riviera. Sinto

e bebidas, foi promovida a gerente-geral. Hoje, é

uma imensa gratidão por esse lugar.”

responsável pelos cuidados dos 184w apartamen-

“Nessa época fiz o curso de gastronomia na

tos do resort e tem, sob seu comando, 49 funcio-

Unimonte, em Santos, casei e comecei a pensar em uma forma de ganhar mais dinheiro, com a

Uma longa caminhada

nários – este número dobra na alta temporada!

Gerente-geral do Ilha da Madeira Resort, na

–, todos eles moradores de Bertioga. “Existe um

Ismael. “Ela se especializou no preparo de doces,

Riviera, e sócia-proprietária de uma lavanderia

mercado de trabalho crescente na região, espe-

que passei a vender nos meus dias de folga. Rapi-

industrial recentemente aberta em Bertioga,

cialmente na Riviera. Eu garanto: quem quiser,

damente percebi que com essa atividade estava

Maria Tereza Francisco fala abertamente, e com

trabalha e cresce. Meu marido e eu percebemos

ganhando quatro vezes mais do que ganhava na

orgulho, de sua trajetória, iniciada aos 11 anos

Cantina. Resolvi arriscar: pedi demissão e passei

de idade, quando, acompanhada da mãe, duas

a aceitar encomendas de proprietários da Riviera

irmãs e padrasto, caminhou os 50 quilômetros

para festas de casamento, batizado, aniversário,

que separam Mogi das Cruzes de Bertioga em

churrasco. Não fiz publicidade dos meus servi-

busca de emprego. “Não tínhamos dinheiro para

ços, a divulgação foi boca a boca. E funcionou!”

as passagens de ônibus”, ela explica. Tereza fez

Ismael continua com a agenda cheia de even-

o curso de magistério em Guarujá, formou-se em

tos de finais de semana, mas cinco anos atrás

pedagogia na Universidade Santa Cecília (Uni-

expandiu suas atividades colocando-se à frente

santa), de Santos, deu aula em uma pré-escola

do restaurante do Boulevard Riviera, onde diaria-

e em um curso de Educação de Jovens e Adul-

mente serve café, almoço a quilo e jantar executi-

tos, em Bertioga. “Para sobreviver e pagar meus

vo, com o auxílio de uma equipe solidária e moti-

estudos também fui empregada doméstica, fiz

vada. “Tenho o dever de colaborar com a equipe e

faxina nos meus dias de folga, vendi lanche

ela me dá muito em troca. Sei que podemos crescer

natural e pão de queijo. Acabei sendo convida-

todos juntos! Por isso, estimulo o aprimoramento

da para trabalhar no 27 Praia Hotel de Bertioga

de cada um deles, por meio do incentivo ao estudo

como governanta.”

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

colaboração da minha esposa, Ana Paula”, conta

Maria Tereza Francisco, Gerente-geral do Ilha da Madeira Resort: “Existe um mercado de trabalho crescente na região, especialmente na Riviera”.

50 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 50

20/12/16 12:43


“Conheço muita gente que gostaria de conquistar uma vaga aqui, pelas oportunidades que a empresa oferece”

em direito, e após ter adquirido o certificado da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) fui premiada com uma promoção desafiante: assumir a função de assistente jurídica, responsável pelo contato direto com os advogados que trabalham para a AARSL e que estão sediados em outras

JULIANA VELOSO SOUZA, ADVOGADA E ASSISTENTE JURÍDICA DA A ARSL

localidades. Essa função ainda não existia. Foi os gerentes da Associação acreditavam e confiavam em mim.”

De Umari para a Riviera

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

uma oportunidade incrível e demonstrou que

Pequena cidade do centro-sul cearense, Umari já é conhecida em Bertioga, pois de lá vieram vários profissionais que ajudaram a construir a Riviera. Um deles é Francisco Marcos da Silva, que todos conhecem como Marquinhos. © MAR FRANZ / FOTONATIVA

Atual técnico de segurança de obras da Sobloco, ele aqui chegou em outubro de 2007 com um emprego já garantido: servente na construção do campo de golfe, cujo encarregado era José Rodrigues, seu conterrâneo, também contrata-

um nicho de mercado para quem se propusesse

“Fiquei dez meses no campo de golfe e, em

a cuidar da roupa dos hotéis, resorts e pousadas

seguida, passei para a Gaia Consultoria Am-

da região. Isso nos levou a abrir uma lavanderia

biental, contratada pela Sobloco para o trato da

industrial em Bertioga e, para nos ajudar, estou

flora e da fauna da região”, lembra Marquinhos.

trazendo para cá minha irmã, meu cunhado e so-

“Aprendi muito nessa época sobre a preservação

brinho. Dessa forma, estamos abrindo postos de

do meio ambiente e os cuidados que devemos ter

trabalho e colocando pessoas que também que-

para manter a saúde da natureza.”

rem crescer, com seriedade. A Riviera é o lugar ideal para quem quer se expandir.”

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

do pela Sobloco.

Na mesma época, Marquinhos retomou os estudos: fez um curso de rotinas administrativas, depois engatou um de técnico de contabi-

Advogada, com estabilidade!

lidade. Esta formação lhe valeu promoção para

Foi o que sempre desejou Juliana Veloso Sou-

auxiliar administrativo no banco de dados de

za, nascida em Santos, criada em São Paulo e

flora e fauna da Gaia. Mas ele não parou por

radicada em Bertioga: ser advogada e ter estabi-

aí: ganhou uma bolsa do Senac Bertioga, fez

lidade na profissão que escolheu, e hoje, apesar

o curso de dois anos em segurança do traba-

de ainda jovem, já conquistou o que sonhava: é

lho, foi chamado para cobrir férias em obras da

assistente jurídica da Associação dos Amigos da

Sobloco na Riviera e acabou ficando no setor.

Riviera de São Lourenço (AARSL), empresa onde

Finalmente, em outubro de 2014 – exatamente

começou há oito anos como recepcionista.

sete anos depois de sua chegada à Riviera –,

“Tive muita sorte de entrar para a Asso-

foi promovido a técnico de segurança de obras.

ciação”, conta ela. “Conheço muita gente que

“Faço o acompanhamento diário das obras,

gostaria de conquistar uma vaga aqui, pelas

sempre atento às condições de trabalho. É mui-

oportunidades que a empresa oferece, sua esta-

to importante avaliar as possibilidades de ris-

bilidade e um ambiente de trabalho excelente –

co e encontrar soluções para evitá-los: um erro

essas são vantagens que valorizo muito e, com

pode prejudicar um operário! Gosto do que

certeza, elas me ajudaram a atingir meus obje-

faço, mas sonho ainda em entrar para a facul-

tivos. Foi com meu trabalho como recepcionista

dade de engenharia e fazer pós-graduação em

que consegui pagar a Unisanta, onde me formei

segurança do trabalho.”

Francisco Marcos da Silva, técnico de segurança de obras: “Gosto do que faço, mas sonho ainda em entrar para a faculdade de engenharia”.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 51

51

20/12/16 12:43


EMPREGABILIDADE

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

RIVIER A

A FAVOR DE QUEM ESTÁ COMEÇANDO É verdade que a maior parte das instituições de ensino dedicadas à formação e capacitação profissional está razoavelmente distante de Bertioga e obrigou muitos jovens a se deslocarem para outras cidades. Mas isso está mudando. Desde 2006, o município conta com os cursos de direito, administração e pedagogia oferecidos pela Faculdade Bertioga (FABE), que também dispõe de cursos de pós-graduação em supervisão escolar, psicopedagogia, educação inclusiva, processo civil e gestão empresarial. Segundo Paulo Antonio Rufino de Andrade, vice-diretor da FABE, nos últimos anos cresceu acentuadamente o número de alunos. “Atualmente, temos 400 alunos matriculados, já formamos mais de 200 profissionais, e o acompanhamento de egressos demonstra o bom nível de empregabilidade – e potencial para crescer ainda mais – de Bertioga e especialmente da Riviera. Outra instituição que pode ajudar bastante quem está começando é o Posto de Atendimento ao Trabalhador – o PAT Bertioga. Por meio de seu Programa Mais Emprego, intermedeia a relação entre mão de obra e empresas – isso significa que mantém um cadastro do profissional, das empresas e das vagas existentes, orienta a elaboração de currículos, encaminha os candidatos para processos seletivos, entre outros serviços. Débora Pereira, secretária de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda, destaca a importância da Riviera para o mercado de trabalho da região. “A Riviera tem um grande potencial de empregabilidade, especialmente nos setores comercial, turismo, administração e manutenção de condomínios e residências.”

Paula Piloto, odontologista: “Atendo três vezes por semana na Riviera e outros três dias em Bertioga”.

Distância não é problema

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Paulo Antonio Rufino de Andrade, vice-diretor da FABE.

carreira! Finalmente, em 2005, passei para o

Para atingir suas metas, Paula Piloto en-

curso de odontologia da Universidade Braz

frenta qualquer estrada. É o que provam to-

Cubas, em Mogi das Cruzes. Eu me formei

dos os caminhos que esta caiçara nascida no

em 2010, sabendo que para me manter atua-

Guarujá e criada em Bertioga teve de percorrer

lizada não poderia parar de estudar.” Para

para ser odontologista! “Na hora de escolher

isso, ela enfrentou uma estrada ainda mais

uma profissão, eu me matriculei em um cur-

longa, de Bertioga a Campinas, sede da Fa-

so de técnica em enfermagem, no Guarujá”,

culdade São Leopoldo Mandic, onde fez a

conta Paula. “A verdade é que eu não tinha

pós-graduação em periodontia e em cirurgia

condições financeiras para fazer o curso de

plástica periodontal. Finalmente, em 2011

odontologia. Assim, deixei o sonho de lado,

assumiu plenamente sua profissão e passou

justificando minha decisão com a ideia de

a atender na clínica da dra. Desirèe, onde

que, pelo menos, como técnica em enferma-

está até hoje.

gem, eu trabalharia na área de saúde.”

“Hoje, a odontologia é a minha vida”, ad-

Mas o encontro com a dra. Desirée Zup-

mite Paula. “Atendo três vezes por semana na

pani a faria repensar seus propósitos. De

Riviera e outros três dias em Bertioga, mas

fato, em 1999 aceitou o convite de Desirèe

é aqui, na Riviera, que conquistei a maioria

para trabalhar como sua assistente na clíni-

dos meus clientes: proprietários, moradores,

ca localizada no Centrinho da Riviera, e isso

peões, até frequentadores eventuais – a clí-

a estimulou a pegar a estrada e fazer o curso

nica funciona 24 horas! Na alta temporada, a

de auxiliar de dentista em Santos. “Nos anos

procura é ainda maior e atendemos gente de

seguintes, despertei definitivamente para a

todo o Brasil.”

ENDEREÇOS Faculdade Bertioga: Av. Manoel da Nóbrega, 966 Jardim Lido / Bertioga-SP

Posto de Atendimento ao Trabalhador-PAT: • Av. Anchieta, 392 – Centro / Bertioga-SP • R. José Costa, 138 – Boraceia / Bertioga-SP

52 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 52

20/12/16 12:43


O seu resort para lazer ou negócios na Riviera. HOSPEDAGEM FITNESS

O

O

ESPAÇO PARA EVENTOS CORPORATIVOS

MASSAGEM E TERAPIA

O

SALÃO DE BELEZA

O

O

RESTAURANTE

O

CAFÉ

MODA E ACESSÓRIOS

Alameda do remo, 300, módulo 2 - riviera de são lourenço - Bertioga - SP. informações: (13) 3316-5000 | www.resortilhadamadeira.com.br | facebook.com/ilhadamadeirariviera.

RIV24_48-53_Empregos_vs3.indd 53

20/12/16 12:43


ESTRUTURA

CENTRO COMERCIAL

Começa a operar nesse verão o mais novo centro comercial e de serviços por Sheila Mazzolenis

© MAR FRANZ / FOTONATIVA

Uptown II Riviera Com onze lojas, dez salas de escritório e 76 vagas de

O novo empreendimento terá 1,3 mil metros

e vai até o rigoroso controle de temperatura no

estacionamento, o novo centro inaugura com 100% de

quadrados construídos, capacidade para 340 pes-

transporte e na exposição nos pontos de venda.

seus espaços já locados. Segundo Luiz Augusto Pereira de

soas, um lago ornamental e uma incrível adega de

Almeida, diretor de marketing da Sobloco Construtora, o

seis metros de altura. A decoração e o cardápio se-

FARMA SANTÉ. Com 254 m2 de área de vendas,

projeto deste novo centro comercial vem sendo desenvol-

guirão os padrões da rede: um ambiente familiar e

a nova drogaria segue um conceito de perfuma-

vido desde 2013. “Sentimos a necessidade de ampliar e

aconchegante, com pratos para compartilhar.

ria com foco em dermocosméticos e maquiagem. Um farmacêutico ficará de plantão em tempo in-

organizar a oferta de produtos e serviços na Riviera. Com a implantação do Uptown II, criamos espaços para que

SWIFT. Carnes, aves e pescados de primeira

tegral para atendimento exclusivo e privativo. A

novas empresas se instalem aqui, de forma planejada e

qualidade, e em diferentes tipos de corte, vão

nova farmácia também trabalhará com delivery.

com mais profissionalismo. É o caso de escritórios, consul-

ocupar os 96 metros quadrados do novo espaço

E também... o Seconci (Serviço Social da

tórios médico e odontológico, espaços para serviços e ou-

de venda Swift na Riviera. Bem diferente dos tra-

Construção Civil do Estado), Medical Line, Bi-

tros.” Luiz Augusto enfatiza ainda que essas novas opera-

dicionais açougues, a Swift oferece atendimento

cicletaria Riviera, Peixaria, pet shop, consultó-

ções proporcionarão ainda mais oferta de empregos fi xos

diferenciado e a garantia de que seus produtos

rios médico e odontológico, além de escritórios.

no local. “O Uptown II consolida ainda mais essa região

são entregues ao consumidor final sem inter-

Estão previstos ainda espaços para chaveiro,

junto à rodovia Rio-Santos, como um grande polo comer-

mediários, depois de passar por cuidadoso pro-

banca de jornais e central de venda de passa-

cial e de serviços”.

cesso, que se inicia com a escolha dos animais

gens de ônibus.

QUEM ESTÁ POR AQUI RESTAURANTE JANGADA. Com mais de 52 anos de tradição e apelidada pelos próprios clientes de “O Especialista em Peixes”, a Rede de Restaurantes Jangada abre sua quarta unidade no Uptown Riviera, trazendo a experiência adquirida em Mogi-Guaçu, Limeira e Campinas. Para Fernando Lopes, proprietário da casa, a Riviera representa uma grande vitrine e mais um passo em direção ao mercado de São Paulo: “Esperamos atender não só o público que visita a Riviera, mas também quem passar pela região em direção às outras praias”.

C D

54 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_54-55_UpTown_vs2.indd 54

19/12/16 22:27

R-SWF


Riviera de São Lourenço UMA NOTÍCIA TÃO BOA QUANTO AS NOSSAS CARNES.

Na Swift, você encontra uma completa variedade de carnes bovinas, suínas, aves, cordeiros e pescados, com os melhores preços e atendimento diferenciado.

Imagem meramente ilustrativa.

CENTRO COMERCIAL UPTOWN II – AV. MARGINAL

CONHEÇA NOSSO APLICATIVO EM WWW.SWIFT.COM.BR/APP DISPONÍVEL COMO SWIFT MERCADO DA CARNE:

R-SWF-849.3.6_Anuncio Riviera_27,5 RIV24_54-55_UpTown_vs2.indd 55 x 35cm.indd 1

/SWIFTMERCADODACARNE

WWW.SWIFT.COM.BR

/MERCADODACARNESWIFT

12/12/16 PM 19/12/167:10 22:27


GENTE RIVIER A EM MOVIMENTO

De bem com a

VIDA 1

© FOTOS: FÁBRICA DE CLIQUES

Na Riviera, todos os caminhos levam à qualidade de vida, à natureza, ao bem-estar e ao convívio

2 3

1 Fábio Vieira de Moraes com a namorada, Ana Paula Galante: “Gostamos da Riviera pela tranquilidade e segurança. No verão sempre curtimos o espaço de shows e eventos.” (FÁBIO)

2 O médico Fábio Grubba e sua noiva, Ana Paula Panisson: “A comodidade e a paz da Riviera são o que mais me encanta, além da praia, que está sempre limpa e muito bem cuidada.” (FÁBIO)

3 Os amigos Wilton Carvalho, João Paulo Faria, Rodrigo Lovato e Gustavo Malavazzi se divertem em uma descontraída partida de golfe no Riviera Golf Club.

56 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_56-59_Gente_vs4.indd 56

20/12/16 14:37


4 O empresário Daniel Gaspar com a esposa, Maria Gabriela Fortunato, e a filhinha, Maria Júlia: “A Riviera faz parte da minha vida. Foi aqui, há 13 anos, que conheci minha esposa! Hoje temos uma filha e sabemos que ela também irá crescer frequentando esta praia.” (DANIEL) 5 A qualquer hora, é fácil

encontrar lindos sorrisos como os da Beatriz Machado, do Caio e da pequena Gabriela pelo Riviera Shopping. 5 4 6 6 Felipe Augusto Aguiar com sua esposa, Renata, e os filhos, Enrico e Nicholas: “Somos de Piracicaba, mas vamos relaxar na Riviera sempre que temos oportunidade. O Riviera Boat Show este ano foi espetacular, com ótimas novidades do mundo náutico!” (FELIPE)

7 Correndo na praia, a empresária Vera Moura: “Venho para a Riviera toda sexta-feira, pois aqui encontro muita paz. Participo sempre das corridas, pois gosto de ver a motivação das pessoas em praticar e difundir esse esporte por aqui.”

8 A engenheira química Daiane Marino com os amigos Renan e Monique: “A Pucci Riviera é uma das melhores baladas do litoral. A diversidade de músicas agrada a todos os gostos e atrai muita gente bonita e interessante. Ótima para conhecer pessoas novas!”

7

8

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_56-59_Gente_vs4.indd 57

57

20/12/16 14:37


GENTE RIVIER A EM MOVIMENTO

9

10 11

12

9 Vitor Rodrigues

10 O advogado Bernardo Bessa

Gonçalves e Livia Geoffroy Barbosa foram conferir a decoração de Natal do Riviera Shopping.

com a namorada, Joana Rizzi, curtindo o fim de tarde no lounge do Restaurante Maremonti: “Gosto de vir à Riviera pela proximidade com São Paulo e por ser um lugar muito tranquilo. Para nós, a praia é o melhor lugar para relaxar!” (BERNARDO)

11 Alcione Fiuza de Andrade Fernandez Nogueira com o irmão Célio e sua filha Stephany: “O meu ‘gostar’ daqui é infinito! Meu marido é apaixonado pelo campo de golfe, tanto que compramos um terreno perto dele. Também adoramos caminhar da praia até o shopping e da gastronomia do Funchal, maravilhosa!” (ALCIONE)

12 Caminhar pela ciclovia é uma das atividades mais prazerosas da Riviera... E foi assim, passeando tranquilamente, que encontramos o advogado Rodrigo Dall Orsoletta com sua esposa, Gisele, e seus dois filhos, Gabriel e Natália.

58 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_56-59_Gente_vs4.indd 58

20/12/16 14:37


13 Eduardo Chohfi Jr. com os filhos, Murilo e Diego, e o sobrinho Enzo: “Gostamos muito de passear pela Riviera, especialmente pela segurança. Andar de bicicleta com as crianças pela praia e pelas ruas tornou-se a nossa atividade predileta.”

14 Diego Mariano ao lado 13 14

15 O engenheiro civil

Guilherme Guastella e Sibelle Bellemo: “A organização da Riviera impressiona. Estou sempre nos eventos e exposições que costumam acontecer aqui e gosto bastante também do mercado de peixes de Bertioga, com seus frutos do mar sempre frescos.” (GULHERME)

de sua mãe, Maria dos Santos Campos, e de sua irmã, Cristiane Malvina: “Curto a tranquilidade da Riviera aliada ao bom gosto em tudo. Caminhar até a praia e apreciar a paisagem não tem preço. Além disso, é um ótimo lugar para minha irmã, que precisa de acessibilidade. As cadeiras próprias para areia disponíveis aqui na Riviera são muito bem-vindas!” (DIEGO)

16 Dalton Teixeira: “Não

tenho um lugar preferido na Riviera, porque gosto dela como um todo! Mas correr na ciclovia e na praia é a minha atividade favorita.”

15

16

59

RIV24_56-59_Gente_vs4.indd 59

20/12/16 14:37


COMPRAS

RIVIER A SHOPPING

SHOW UP! As novidades com a cara do Verão já estão nas vitrines do Riviera Shopping RICHARDS

© FOTOS: FÁBRICA DE CLIQUES

SHORT PRAIA SEAFARER Possui dois bolsos frontais e um com aba e aplicação de fita na parte de trás, fenda na lateral da barra e cós elástico com cadarço, para um melhor ajuste no corpo. R$ 219,00

LUNE T BE ACH SOUL T-SHIRT BINTANG Camiseta em meia malha, com silk na frente e manga curta, 100% algodão. R$ 109,00

CARMEN STEFFENS CAIXA DE PANDORA Bolsa de mão tipo Baú, com tachas e print de cobra. R$ 599,90

SAMBUR Á SANDÁLIA TURQUIA Em couro, metais tipo ouro velho e pedras naturais. R$ 209,90

60 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_60-61_Compras_vs2.indd 60

19/12/16 19:04


VA L E N T I N A COLAR DE PEDRAS Banhado a Ouro. R$ 249,00 PULSEIRA PEDRAS Banhada a Ouro. R$ 149,00

TKS DOG DOG’S WINE Vinho para cães com formulação que ajuda a hidratar, melhora o funcionamento dos rins, não contém uvas, muito menos qualquer teor alcoólico. R$ 22,00

DUEDONNE CONJUNTO ÁGUA DE COCO

EMPÓRIO DAS GER AES

Confeccionado em malha, Poliamida e Elastano. TOP E CALCINHA: R$ 388,00

DOCE DE LEITE ROCCA Produzido com controle total de origem de cada ingrediente. R$ 26,00 CARAMELO VILAGRIDOCE Resultado de um processo produtivo artesanal, familiar, em pequena escala e sem uso de conservantes ou qualquer aditivo artificial. R$ 26,00

P O N T O D A C U LT U R A O QUE TEM NA GELADEIRA? Baseado na série de mesmo nome do canal Panelinha no YouTube, o novo livro de Rita Lobo mostra que preparar comida saudável de verdade é mais simples do que parece. R$79,00

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_60-61_Compras_vs2.indd 61

61

19/12/16 19:04


G E O R G E TA G O N Ç A LV E S

Solta a onça! Eu tenho uma onça morando comigo. Tipo somos duas

examinada por minha ginecologista e não corre risco

em uma. Ela, a onça, e eu, num corpo só. Quando olho

de pegar pneumonia. Todos os preventivos ok. E além

no espelho, é a minha imagem que vejo, essa senhora

disso faço uma consulta desnecessária e ocupo o lugar

nem sempre distinta, quase nunca penteada e algumas

de alguém que precisa. Não quero.

vezes, pós-reunião, um tanto acabada. A onça não se mostra no espelho, mas eu sei que está aqui. Sou boa de

A onça não se mostra no espelho, mas eu sei que está aqui. Sou boa de faro... Sinto cheiro de bicho de longe”

pedido feito e a senhora vem buscar! Acho a ideia razoável, meio com cara de jeitinho, mas

Às vezes desgruda de mim e fica no telhado comendo

concordo.

passarinhos e os gatos dos vizinhos, ou dormindo na

– Mas ó, senhora, é melhor avisar antes: essa vacina não

cestinha de uma das cachorras. Se chove, fica embaixo

“está tendo”.

da cama, já que odeia goteiras. Em geral vivemos em

Pronto. A onça acorda quando ouve gerúndio e eu não

paz, eu na minha condição de predadora humana, e ela,

dou conta de segurar a bichana. Sinto que ela sobe pela

na dela, de ser imaginário, inegavelmente útil em certas

laringe feito doida, fecho a boca com força, mas não dá.

ocasiões. Essas ocasiões surgem quando eu penso em

A fera sai entre os dentes.

certas coisas: banco, farmácia, mercado, fila, guichê,

E onça irritada ronca. Quem já ouviu ronco de onça sabe

0800, operadoras de telefonia e gerúndios. Basta pensar

como é. Ronca baixinho, mas ronca.

em uma dessas coisa, mesmo que rapidamente, que ela

– Se não tem, manda comprar!

pula para dentro do meu estômago e não tem quem tire.

– É importado! Não tem no Brasil.

Só sai quando quer e nem sempre é quando eu quero.

– Manda importar, aciona a cruz vermelha, o mercosul, o

Ontem, por exemplo, lá fui eu para aquele muquifo que é

narcotráfico, as coligações partidárias de esquerda com

uma unidade de saúde do SUS. Devo, por insistência do

direita, a universal, o senado, mas dá seu jeito, porque é meu direito de onça, digo, velha, digo, idosa...

e mania essa minha de tentar fazer o Estado cumprir o

– Calma! A senhora pode ligar lá na Central.

Estatuto do Idoso. Está lá, escrito, é Lei: o Estado deve

– Liga você! Estava no zapzap quando eu entrei aqui!

fornecer gratuitamente aos idosos todos os medicamen-

www.georgeta-escrevivendoemcamburi.blogspot.com

– Bem... O que eu posso fazer é pedir para ela deixar o

faro... Sinto cheiro de bicho de longe.

meu médico, tomar uma vacina. Mania essa de médico

Georgeta Gonçalves é educadora ambiental e coordenadora-geral do Programa de Gerenciamento de Resíduos da Riviera de São Lourenço

© KAER_ISTOCK/ ISTOCK.COM

ARTIGO

Eu espero.

tos de que precisarem, independentemente da renda que

E a onça se esparramou no balcão, bocejou, esticou as

tenham. Antes de sair de casa tentei dar um perdido na

patas e fez cara de vou dormir aqui.

felina, porque é raro que ela não me faça passar vergo-

A moça ficou ao telefone exatos 41 minutos. Enquanto

nha em locais públicos. Só que a pintada é esperta e deu

isso a onça brincou com as outras moças, correu atrás de

seu jeito prá pular dentro de mim.

bolinha, pegou criancinha no colo e não comeu nenhu-

– Oi! Tudo bem? Preciso tomar essa vacina!

ma. Não tinha pastel. Se tivesse até eu comia.

– A senhora tem que agendar com um médico prá que ele

Bonitinha, a quase telefonista veio com um papelzinho

faça o pedido!

com os dias, endereço, horários e todas as informações

– Mas já tenho o pedido...

necessárias para eu tomar a vacina que, aliás, nunca

– Particular não serve, tem que ser médico SUS.

deixou de “estar tendo”.

– Ok! Agendemos!

Tenho uma amiga que tem um peixe morando na alma.

A moça fica fuçando num alfarrábio uns longos minutos.

Quando as coisas dão errado, ela vai afundando e fican-

– Só tem dia 30 de abril com a ginecologista Maria.

do muda. Quando a onça der cria, vou dar a ela um filho-

– Não quero ginecologista. Minha (!!!) está devidamente

te. Funciona.

62 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_62-63_Artigo_Georgeta.indd 62

19/12/16 22:29


O MELHOR PROGRAMA PARA DEPOIS DA PRAIA

COMPRAS. LAZER. CONVÍVIO. TUDO O QUE VOCÊ ESPERA DE UM SHOPPING.

AV. DA RIVIERA, 1256 - TEL.: (13) 3316-6033 RIVIERA DE SÃO LOURENÇO

RIV24_62-63_Artigo_Georgeta.indd 63

19/12/16 22:29


RIVIER A E BERTIOGA

GUIA DE PRODUTOS E SERVIÇOS

O melhor do litoral norte! Atrações turísticas, gastronômicas e um guia de serviços na Riviera de São Lourenço e região ESCOLA RIVIERA DE SURF Aulas particulares com duração de 1h e meia em grupos para todas as idades. Localizada na praia, em frente ao módulo 1 - Riviera De São Lourenço Bertioga – Tel.: (13) 99132-5717 – http:// escolariviera.com.br/. Horários das aulas: 9h30 / 11h / 12h30 / 15h / 16h30. E-mail: contato@escolariviera.com.br

ARTE, CULTURA E LAZER CASA DE CULTURA DE BERTIOGA O espaço abriga projetos culturais de música, cinema, artes plásticas, artesanato e dança, que incluem exposições, Amostras e cursos. Segunda a Sexta, das 8h as 17h - Av. Thomé de Souza, 130 – Bertioga - Tel.: (13) 3319 – 9150 / 3317-4560

RIVIERA GOLF CLUB O belo campo de golfe com 18 buracos de par 3 é aberto ao público durante todo o ano. Fora de temporada abrimos de quarta a domingo – em dias úteis a partir das 8h, com saída final às 15h30. E aos finais de semana a partir das 7h com última saída às 15h30. Temporada 26/12 a 31/01 e carnaval abrimos de terça a domingo a partir das 8h em dias úteis e a partir das 7h com última saída as 16h30. Um profissional de golfe está à disposição para aulas aos interessados. O acesso fica em frente aos módulos 2 e 3, pela Av. da Orla. Tel.: (13) 3316-1606. Importante: só poderão jogar no campo, jogadores que possuam handicap.

PARQUE DOS TUPINIQUINS No Parque dos Tupiniquins, criado em 2004, onde está inserido o Forte São João, fica assegurada a integridade do patrimônio histórico e cultural, integrado ao meio ambiente e ao plano urbanístico da cidade, bem como monumentos ao líder tupinambá Cunhambebe, a Hans Staden e à missão jesuítica. Atualmente o Parque dos Tupiniquins recebe expressiva visitação ao longo do ano. Aberto para visitas: todos os dias, das 9h às 17h. Tel.: (13) 3317-4128. E-mail: fortesaojoao@hotmail.com

RIVIERA TÊNIS O clube de Tênis da Riviera oferece aulas para iniciantes e avançado, além de locação de quadras. Fica aberto diariamente das 8h às 20h, na temporada das 8h às 22h. Av. da Orla, s/n - Módulo 18 - Tel.: (13) 3316-9688 / 13 9 8111-0105 (Eraldo)

COMPRAS RIVIERA SHOPPING CENTER 54 lojas e 9 quiosques de roupas e acessórios, esportes, livraria, drogaria, perfumaria, moda feminina e infantil e praça de alimentação. Aberto diariamente. Av. da Riviera, 1.256 - Tel.: (13) 3316-6033

PASSEIOS

© ACERVO SOBLOCO

CICLOVIA

Localizada entre os módulos 18, 19, 20 e 21, a bela ciclovia da Riviera tem 4,5 km de pista conservada em meio à mata e permite ótimos passeios de bicicleta ou a pé.

ALDEIA INDÍGENA RIO SILVEIRA Localizada entre a divisa de Bertioga e São Sebastião, e com mais de 948 hectares, a Aldeia Rio Silveira, abriga atualmente cerca de 400 índios da Etnia Guarani, que ainda cultiva a história e a cultura indígena. Uma caminhada em meio à Mata Atlântica até o Rio Silveira revela o passado misturado com as tecnologias do futuro. O acesso à Aldeia somente é feito com acompanhamento de agência de turismo local e depende de autorização da FUNAI. Informações na Secretaria de Turismo da Prefeitura de Bertioga, que fica na Rua dos Coqueiros, 114 – Jardim Veleiros. Tel.: (13) 3317-3567 ou 3317-4889.

HOSPEDAGEM AMARILIS FLAT SERVICE Al. Guaíra, 19 – Módulo 30 Tel.: (13) 3316-8121 www.amarilisflatservice.com.br ILHA DA MADEIRA RESORT Al. do Remo, 300 – Módulo 2. Tel.: (13) 3316-5000 / (13) 3316-5006. www.ilhadamadeiraresort.com.br TRAVEL INN BOULEVARD RIVIERA FLAT Al. das Conchas, 214 – Módulo 6 Tel.: (13) 3319-6000 www.travelinn.com.br

RESTAURANTE FUNCHAL Peixes e carnes. Al. do Remo, 300 - Módulo 2. Ilha da Madeira Resort Tel.: (13) 3316-1379 (permitido não hóspedes). Das 7h30 às 10h30: café da manhã. Das 12h30 às 17h: almoço. Das 19h às 22h: jantar.

JORNAIS E REVISTAS BANCA DE JORNAL LIVRARIA RIVIERA Livros, revistas, jornais e papelaria Riviera Shopping - Tel.: (13) 3316-7626

JANGADA RESTAURANTE Com inauguração em janeiro de 2017, o mais novo restaurante da Riviera é especializado em peixes e frutos do mar. Com capacidade para 340 pessoas, a casa oferece ainda uma incrível adega de seis metros de altura. Av. Marginal, s/n, Uptown II

PARQUE ESTADUAL SERRA DO MAR

NOITE PUCCI RIVIERA BEACH HOUSE Com dois ambientes (pista de dança climatizada com DJ e deck com bar e música ao vivo), a balada também está disponível para eventos fechados. Durante todo o verão, noites especiais com DJs nacionais e internacionais. Av. Marginal, 2.571, Riviera de São Lourenço, Bertioga-SP. Tel.: (11) 31672067. Informações: www.pucci.com.br

RESTAURANTE JERIQUÁ Restaurante variado, com carnes e peixes. Al. das Conchas, 241 – módulo 06 – Travel Inn Boulevard Riviera - Tel.: (13) 3319-6010 / Chef Ismael – Fazem eventos sob encomenda. Orçamentos e informações: (13) 9 9773-7104. www.chefismael.com.br

SAÚDE

MAREMONTI TRATTORIA & PIZZA

Criado em 1977 e ampliado em 2010, o Parque Estadual Serra do Mar (PESM) é a maior Unidade de Conservação de toda a Mata Atlântica. Seus 332 mil hectares protegem 25 municípios paulistas, conectando as florestas da Serra do Mar desde o Rio de Janeiro e Vale do Ribeira, até o litoral sul do estado. Para quem quiser conhecer, são mais de 60 trilhas e passeios. Para mais informações, acesse o site: www.parqueestadualserradomar. sp.gov.br/pesm PARQUE DAS NEBLINAS Entre os municípios de Mogi das Cruzes e Bertioga, uma reserva privilegiada da Mata Atlântica, com 2.800 hectares. Aberto para passeio e visitas com monitores. Informações: www. ecofuturo.org.br/parque-neblinas

PRAÇA DE ALIMENTAÇÃO RIVIERA SHOPPING CENTER Diversas opções para um café ou uma refeição completa: lanches, massas, grelhados, doces e sorvetes.

RESTAURANTES RESTAURANTE ARETÉ O restaurante, localizado no Hotel Amarilis, serve café da manhã, almoço e jantar. O cardápio é variado com carnes, aves, peixes e massas. Hotel Amarilis Flat - Al. Guaira, 19 - Módulo 30. Tel.: (13) 3316-8121 (permitido não hóspedes). Aberto das 8h às 22h.

© MAURICIO SIMONETTI

CENTRO HÍPICO Passeios a cavalo, aulas para iniciantes e centro de treinamento para competidores com mais experiência. Rodovia Rio-Santos, km 213 - atrás do Posto da Polícia Militar - Tel.: (13) 3313-0341

SP55 BAR E CHOPERIA Av. Marginal à Rodovia Rio-Santos, 1.720 Tel.: (13) 3316-7265 / 3316-7277

DELIVERY Beach Burger - Riviera Shopping Tel.: (13) 3316-2020 Maremonti Pizzaria Tel.: (13) 3316-7855 / 3316-7508 Pizzaria Hermon - Riviera Shopping Tel.: (13) 3316-1029 / 3316-8299 Pizza Place - Riviera Shopping Tel.: (13) 3316-8031 Funchal - Ilha da Madeira Delivery de pizzas – tel.: (13) 3316-1555

ECOTURISMO Com 500 km2 de extensão e 33,1 km de praias, Bertioga reserva lindas surpresas para quem a visita. Passeios a pé ou de barco, pelo meio da mata, rios e pelo mar podem ser feitos monitorados por profissionais qualificados. Informações: Mirante Viagens & Turismo (13) 3316-1668/ 99757-6535. E-mail: diogonascimento@ miranteviagens.com.br Site: www.miranteviagens.com.br

TREINAMENTO FUNCIONAL O espaço localizado no Ilha da Madeira Resort oferece treinamento personalizado nas modalidades: treinamento funcional, pilates com aparelhos, yoga, fisioterapia, massagem, ginástica laboral, treinos de corrida. Aberto diariamente das 8h às 21h – Domingo e feriados com agendamento – Al. do Remo, 300 – Módulo 2. Tel.: (13) 99645-6161- E-mail: contato@ surfuncional.com.br

ESPORTES

GASTRONOMIA

FORTE SÃO JOÃO A primeira construção militar do País, inicialmente denominada Forte São Thiago, foi reconstruída, ao final do século XVII, em alvenaria de pedra e cal, tendo as suas obras definitivas sido concluídas em 1710. Em 1940 a edificação foi declarada Patrimônio Histórico Nacional, tombada oficialmente pelo IPHAN e recebeu obras de restauração. No início de 2015 recebeu indicação e poderá compor a lista de bens do Patrimônio da Humanidade pela UNESCO. Em suas dependências, o visitante contempla um acervo contendo armamento português, salas temáticas, com ênfase para Estácio de Sá, os jesuítas Anchieta e Nóbrega e o artilheiro Hans Staden. Aberto para visitas todos os dias, das 9h às 17h. Tel.: (13) 3317-4128. E-mail: fortesaojoao@hotmail.com

© DIVULGAÇÃO

RIVIER A E BERTIOGA

O renomado restaurante oferece um charmoso ambiente tropical integrado à natureza, com vista para o mar. A especialidade é a gastronomia italiana, mas serve também receitas ricas em peixes e frutos do mar - Largo dos Coqueiros, 83 - Tel.: (13) 3316-7508

CLÍNICAS E HOSPITAIS MEDICAL LINE A UPS São Lourenço atenderá de 23 de dezembro (19h) a 31 de janeiro (18h) funcionando 24 horas ininterruptas. No restante do ano, o atendimento acontece das 21h de sexta às 18h de domingo. Nos feriados prolongados, esse período é ampliado para que sempre fique uma equipe de plantão. Av. Riviera, s/n – próximo ao escritório central da Sobloco - Tel.: (13) 3316-1787 / (13) 3316-8695. P.S. MUNICIPAL DE BERTIOGA Praça Vicente Molinari, 95 - Vila Itapanhaú - Tel.: (13) 3319-8800 ou 192 ANA COSTA SAÚDE Rua Rafael Costábile, 716, Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3316-2870 / 3317-4225

64 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O R E N Ç O

RIV24_64-65_Guia_Enderecos.indd 64

20/12/16 12:42


CULTO EVANGÉLICO No Colégio Metodista, Passeio do Ipê, 99 – Módulo 26, Riviera. Cultos às terças e domingos, às 19h. Tel.: (13) 3316-6586

CORREIO Av. Dezenove de Maio, 455 – Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3317-1724 / 33176224 / 3316-4410

HANS STADEN – CLÍNICA Rua Rafael Costabile, 442 – Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3317-2025

IGREJA MATRIZ SÃO JOÃO BATISTA Rua Julio Prestes, 69 – Centro, Bertioga - Tel.: (13) 3317-1838. Missas: Segunda às 19h30, quinta às 19h30, sexta às 17h e domingo às 7h e 19h30. Caruara 20h.

DELEGACIA DE POLÍCIA CIVIL Rua Manuel Gajo, 340, Parque Estoril, Bertioga. Tel.: (13) 3317-1411 DER – DEPARTAMENTO DE ESTRADAS E RODAGEM Rua Dr. Fernando Costa, 155,Vila Sta. Rosa, Cubatão. Tel.: (13) 3361-2949 www.der.sp.gov.br

JET SKI E EMBARCAÇÕES MARINA CAPITAL

FUNDAÇÃO 10 DE AGOSTO Al. dos Vagalumes, 100 - Tel.: (13) 33167344 – adm@fundacao10agosto.com.br © DIVULGAÇÃO

RIVIERA PHARMA Uptown Riviera • Tel.: (13) 3316-2001 FARMA SANTÉ • Uptown II

BICICLETAS RIVIBIKE Bicicletas compartilhadas - Postos: Riviera Shopping e ciclovias entre os módulos 20 e 22; e rotatórias entre os módulos 2 e 3, 3 e 4, 5 e 6 e 7 e 8. Quem quiser utilizar o serviço deve se cadastrar no site da Riviera e ativar um passe que pode ser de 30 dias, 6 meses ou 1 ano. Após a ativação do passe, o usuário pode usar as bicicletas por 2 horas, quantas vezes quiser no mesmo dia: www.rivieradesaolourenco.com/ rivibike /Tel.: (11) 3596-8027. BICICLETARIA RIVIERA Locação, conserto e venda de bicicletas. Rua Aprovada, 329 (Av.Marginal) n.º 2.717, loja 11 – Centro comercial UPTOWN II Tel.: (13) 3316 -8264 PEIXARIA RIVIERA Peixes e frutos do mar. R. Aprovada, 329 (Av.Marginal) n.º 2717, loja 12 – Centro Comercial UPTOWN II – Tel.: (13) 3316-6669 CABELEREIRO JACQUES JANINE Av. Riviera, 1.256 - Riviera Shopping Center – Tel.: (13) 3316-7718 CAIXAS AUTOMÁTICOS Rede 24 horas: Pão de Açúcar GÁS Entrega em domicílio Tel.: 0800-109935 / (13) 3317-1576 HELIPONTO Bairro do Indaiá, a 3 km da Riviera, latitude 23°47’52”S; longitude 46°03’.21”W; Designativo SN RI e condições operacionais VFR Diurna/ Noturna. Contato: Helimarte (11) 22213200 ou Global Taxi Aéreo (11) 50706011 / (11) 5070-6003 IGREJAS E CULTOS CAPELA NOSSA SRA. DAS GRAÇAS Alameda do Frevo, 100 – Módulo 28 – Riviera de São Lourenço. Missas aos sábados às 20h e domingos às 9h.

GENGIBRE LOUNG Cozinha oriental e receitas japonesas são estrelas do cardápio. Ideal para o início da madrugada. Rua Sebastião Romão César 217, Maresias. Tel.: (12) 3865-6161

RESTAURANTE BADAUÊ

ECOVIAS Tel.: 0800-197878 / Condições das estradas: www.ecovias.com.br

DROGARIAS DROGALIS Riviera Shopping - Tel.: (13) 3316-7347

SERVIÇOS

FRUTOS DO MAR E PEIXES Praia de Itaguaré, Bertioga – Ideal para quem gosta de comer ostras. Serve também diversas opções de peixes e frutos do mar. Fica a 8 Km da Riviera, sentido São Sebastião, na Rodovia RioSantos (entrada da praia de Itaguaré).

RESTAURANTE ANTIGAS Frutos do mar, massas e carnes. Aberto de sexta a domingo. Rua Reginaldo Flavio Correa, 190 – Camburi - Tel.: (12) 3865-1355. www.restauranteantigas.com.br

Tel.: (13) 3313-2692 ou (13) 3313-1348. Endereço: Rua Caminho do Capão, 240 - Jardim Indaiá. MARINA RIVIERA Guarda e manutenção de jet ski - Rua Macário Antunes Pinto, 20 – Jardim São Lourenço – tel (13) 3316-1819, 78106323, 96*31352. NÁUTICA INDAIÁ Guarda de embarcações com Jet ski. Av. Manuel Mendes Ventura, 340 – Jardim Indaiá – Bertioga – tel (13) 33131349 / (13) 9 7421-4615. PET SHOP E VETERINÁRIA PETIT COLOSSO Av. Dezenove de Maio, 852 – Jd. Albatroz, Bertioga – Tel.: (13) 3317 5765 / (13) 99786 8001 / ID: 85*230843 CLÍNICA VETERINÁRIA IRMÃO SOL Av. Anchieta, 3.572 – Maitinga, Bertioga SP – Tel.: (13) 3317-2515 SUPERMERCADO PÃO DE ACÚCAR Av. Marginal à Rodovia Rio-Santos - Tel.: (13) 3316-2040 TRANSPORTE TÁXI 24 HORAS Tel.: (13) 3317-1864 / 99714-4340 / (13) 7810-0755 • Rádio: ID 99*16581 TRANSLADOS Tel.: (13) 99725-7641 (Armando)

TELEFONES ÚTEIS AARSL - ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO Passeio do Ipê, 52 - Módulo 26 - Tel.: (13) 3319-5000. Plantão de Segurança da AARSL. Atendimento 24horas - Tel.: (13) 3316- 6699 CARTÓRIO DE REGISTROS CIVIL E TABELIONATO Av. 19 de maio, 403– Bertioga - Tel.: (13) 3317-1583 CARTÓRIO ELEITORAL Rua Luiz Pereira de Campos, 408 – Centro – Bertioga – Tel.: (13) 3317-4987

POLÍCIA MILITAR Rod. Dr. Manoel Hipólito Rego, km 213 Tel.: (13) 3313-1317 / 3313-1065 ou 190 POLÍCIA RODOVIÁRIA Rod. Dom Paulo Rolim Loureiro (Antiga SP – 98 Mogi-Bertioga), km 98 Tel.: (13) 3313-1200 PREFEITURA DO MUNICÍPIO DE BERTIOGA Rua Luiz Pereira de Campos, 901, Vila Itapanhaú - Tel.: (13) 3319-8000 www.bertioga.sp.gov.br RIVIERA SHOPPING CENTER Av. Riviera, 1.256 - Tel.: (13) 3316- 6033

SITE DA RIVIERA DE SÃO LOURENÇO Informações, novidades e curiosidades - www.rivieradesaolourenco.com SIV – SISTEMA INTEGRADO DE VENDAS Sistema oficial de compra e venda de imóveis na Riviera. Pavilhão de Exposições - Largo dos Coqueiros, 15 Tel.: (13) 3316-5330 SOBLOCO CONSTRUTORA Av. da Riviera, 600 - Tel.: (13) 3316- 5316 - Em São Paulo: (11) 3093-9300

OUTRAS PRAIAS E REDONDEZAS Dicas de lazer, cultura, gastronomia e muito mais nas praias próximas à Riviera de São Lourenço. Valem sua visita.

© DIVULGAÇÃO

JAB MEDICAL CENTER Serviço de pronto atendimento, urgência e emergência. Ambulância UTI. De segunda a sexta, das 8h às 18h. Rua Rafael Costábile, 775, Centro, Bertioga. Tel.: (13) 3317-7600 / 3317-4666

DALMO O BÁRBARO Frutos do mar – Rodovia Rio-Santos, Km 233 – Sentido Bertioga/Guarujá. Tel.: (13) 3268-1364

RESTAURANTE ACQUA AZUL Frutos do mar - Av. Vicente de Carvalho, 102, Centro – Bertioga (13) 3317-1272 / 3317-3094. www.acquaazul.com.br/ restaurante-bertioga

Acomode-se em uma das mesas ou coloridas tendas e aprecie frutos do mar, robatas feitas na grelha e delícias da cozinha japonesa. Av. Francisco Loup 901, Maresias – Tel.: (12) 3865-7289 / Juquehy (12) 3863-3028. www.restaurantebadaue.com.br/ maresias

KOMASUSHI Apenas 33 lugares e delícias da cozinha oriental, preparadas pelo experiente sushiman Fernando dos Santos. Rua Tupã, 80 – Camburi – Tel.: (12) 3865 1984

BARCUS Restaurante localizado na Marina Capital, especializado em frutos do mar. Horários de funcionamento: de quinta a domingo, das 8h às 19h. Caminho do Capão, 240. Jd. Indaiá - Bertioga. Tel.: (13) 3313-1161.

MANACÁ Tradicional na região, com cozinha contemporânea de frutos do mar, sua localização é privilegiada, em meio a um exuberante jardim tropical. Rua do Manacá, 102 – Camburi - Tel.: (12) 38651566. www.restaurantemanaca.com.br

BISTRÔ JUQUEHY Três ambientes e uma loja de artesanato mineiro e pratas. Av. Mãe Bernarda, 637 – Juquehy - Tel.: (12) 3863-2609. www.villabistro.com.br

OGAN Em meio ao verde e ao ambiente descontraído, possui cardápio diversificado. Estrada de Camburi, 1.650 – Camburi. Tel.: (12) 3865-2388 www.restauranteogan.com.br

BORGHESE Restaurante, Pizzaria e Sushi Bar Av. Anchieta, 455 - Centro - Bertioga, SP - Tel: (13) 3317-2133 CANDEEIRO Charmosa creperia e pizzaria, com pizza quadrada servida em chapa de ferro. Estrada de Camburi, 87 –São Sebastião - Tel.: (12) 3865-3626 www.pizzariacandeeiro.com.br CANTINETTA Em meio a um jardim tropical, saboreie pratos diversos, saladas e lanches. Conta ainda com mercearia, adega e serviços especiais. Estrada do Camburi, 720 - Camburi - Tel.: (12) 3865-2612. www.cantinetta.com.br

GASTRONOMIA RESTAURANTE ACÁCIA Aprazível, serve frutos do mar, carnes e massas. A partir das 12h. Não abre às quartas-feiras, Rua Argemiro Amâncio dos Santos, 181 – Juquehy. Tel.: (12) 3863-2174 RESTAURANTE ACQUA Com uma vista única do mar de Camburi, oferece cozinha primorosa com influência italiana. Estrada do Camburi, 2.000 - Camburi. Tel.: (12) 3865-1866.

GULERO Localizada em uma das construções mais antigas de Juquehy, datada de 1867 e totalmente restaurada, um dos melhores restaurantes do litoral. Avenida Mãe Bernarda, 271 – Juquehy Tel.: (12) 3863-1397

CHAPÉU DE SOL Com bela e ampla vista para o mar, prove receitas de frutos do mar ou pizzas à noite, em um ambiente rústico. Av. Mãe Bernarda 2001 – Juquehy – Tel.: (12) 3863 3028. CHEIRO VERDE Restaurante variado com deck vista ao mar. Destaque para receitas com peixes e frutos do mar. Av. Walkir Vergani, 1172 – Boiçucanga – São Sebastião. Tel.: (12) 3865-2280. www.cheiroverdeboissucanga.com.br

PITANGUEIRA Cozinha contemporânea e vista para o mar, a dica é o Spaghetti de Camarão, e de sobremesa o abacaxi grelhado. Estrada do Camburi, 1.088 – Camburi Tel.: (12) 3865-1688. PIZZARIA A FIRMA

© DIVULGAÇÃO

CLINORT Especialidades e Diagnósticos. Rua Rafael Costabile 593 – Centro, Bertioga – Tel.: (13) 3317-1063

Pizzaria - Rua Sebastião Romão César, 419 – Maresias. Aberto de quinta a segunda. Tel.: (12) 3865-6142. Atendimento a partir das 19h. TÍCURA Decorado com mandalas, serve saladas, ceviches, peixes e pizzas. Estrada do Camburi, 1.182 - Tel.: (12) 3865-2132 / (12) 3865-2417. TIÊ SAHY Cozinha contemporânea em serviço a La carte com opção de pratos infantis. Av. Adelino Tavares, 160 - Barra do Sahy - Tel.: (12) 3863-6369

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O R E N Ç O .

RIV24_64-65_Guia_Enderecos.indd 65

65

20/12/16 12:42


A summary of the most celebrated magazine of the north coast of São Paulo. Edition 24. Summer.

B E H AV I O R

TRADE SHOW IN BERTIOGA

CONSCIOUS CONSUMP TION

Detach Be part of the growing number of people who adhere to conscious and sustainable consumption, disposal practices that benefit everyone and do very well to the planet

Flea market stall located in Southbank, London.

All of us, somehow, buy more than we

of commercialization - thrift shops and trade

For Gabriela, buying pieces and second-

need and even worse: we accumulate what

fairs, promoted by Universities, schools,

hand items is a great idea. “Products in this

we do not use and do not properly discard

churches,

condominiums,

state can be used throughout their useful

what we do not want anymore.

groups of friends with common interests

life, avoiding the extraction of new resources

businesses,

– and its online version. Everything is

for the production of something new. In

awareness of the harm we can cause to the

exchangeable...

are

addition, this attitude helps a product not to

environment with ingrained and wrong habits

endless! Let’s barter, donate... But not only

be thrown away, avoiding improper disposal

of consumption and disposal of products.

that: conscious consumption begins at the

in our landfills”.

The number of people who discover the

time of purchase!

The good news is that it is expanding

The

possibilities

This trend is here to stay

importance of detachment grows and they donate what they do not need, they sell or buy second hand products or adhere to the oldest

Ask, question

The trend to buy second-hand products

The Akatu Institute - a non-profit NGO that

and customize them, giving each one the

seeks to make society aware of conscious and

“face” of its user, gave strength to trade fairs,

A good example of this new attitude

sustainable consumption - suggests asking

thrift stores and so-called “flea markets”.

is given by the university student Júlia

six questions before buying something: Why

Previously seen as disposal places for old and

Maria Cêga Lopes, who discovered the

buy it? What to Buy? How to buy it? Who to

ugly clothes, they are now considered true

advantages of the product exchange used

buy to? How to use it? How to discard it?

treasure chests to find different and authentic

trading system in the world: the exchange.

in college. In a short time, she started to

“Conscious consumption is to have the

pieces. “I always find unique pieces at

connect with websites and other trading

vision that when we consume a product

incredible prices. Most of the time the clothes

groups and recently celebrated the one that

or service, this act is not restricted to

are in good or very good condition at a very

considers her best bargain: “I changed the

consumption

Gabriela

low price”, says the event producer, Tulipa

books Decameron and The Divine Comedy -

Yamaguchi, communication manager of the

Schneider, who went from buyer to seller in an

illustrated - for a cell phone!”

Institute. “Our goal is to make the consumer

online platform. Today, Tulipa operates in her

alone”,

explains

Therefore, preservation and sharing

worry about the resources spent on making

virtual store on the website Enjoei, the largest

is the golden rule of this century, which

the product and how it should be discarded

platform for buying and selling second-hand

counts, in our favor, with traditional means

in the future”.

fashion products in Brazil.

An example of the good results in the formation of a citizen conscience is the exchange fair organized by the Clorofila Program with Bertioga schools. An educational project created by Sobloco for more than 20 years, the Clorofila has been successfully promoting this type of event, especially during the week of world environmental day (June 5). According to Cristina Peres, an environmental educator and coordinator of the program, the trade fair was conceived by the Environment Commissions, composed of 6th graders from the schools participating in the program. "The idea was to spread the concept of sustainable consumption", says Cristina. "So we invite the students to bring things from their homes, things they no longer need, and we encourage the exchange among them”.

66 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_66-70_Traducao.indd 66

20/12/16 11:36


PROFILE

DESIRÉE ZUPPANI

The best smile

Twenty-six years ahead of Riviera’s first dental clinic, Desirée Zuppani has won an extensive list of clients and fans with her empathy, simplicity and competence vacationers placed the dental care offered by Desirée among the ten most important Riviera’s infrastructure services, as necessary as the laboratory of environmental control and the restrictive land use regulations. And today, 26 years after the opening of her clinic, Desirée confesses: “I came here because of Riviera and stayed here because of Riviera!”. This love for the locality grew and led her to participate intensely in the daily life of the community and get involved in campaigns like the one that resulted in the construction of the Nossa Senhora das Graças Chapel. “We came here in search of quality of life and we admired the entire project and were very well received, to the point that today I feel a bit like a local, part ‘caipira’ and part ‘caiçara’, as if I was born here”.

A new project And following the pace of the project, Desirée decided, after 26 happy years at Centrinho, to move the clinic to a larger room in the newly opened Uptown II. For her, this change represented one of the ways to live There is nothing to fear when in front of you

better with the pain of having lost a child. The

The early days

is Dr. Desirée Zuppani, even if she is holding one

“In the beginning, there was no one to help

of those devices that fill with terror those people

me and I ran to the office when I was called,

who hate to undergo dental treatment. Perhaps

even late at night”, recalls Desirée. “I attended

it is her sweet smile or her delicate hands of a

mainly local workers. Over time I came to be

fine cross stitch embroiderer, but without fear

sought by the brokers, then came the owners

of making a mistake, you can say that what

and finally the vacationers, among them many

captivates - and calms - even the most frightened

businessmen. Riviera allowed me to get in touch

of clients, is the blending of these two qualities

with a rich human universe and to create, in the

with her natural tranquility and the experience

office, a simple but cozy environment. I was able

gained in years of clinic in Riviera.

to treat bosses and workers in the same place,

Born in Ribeirão Preto, Desirée graduated in

both feeling good, comfortable - and I still do it!

dentistry in 1982 and arrived in Bertioga in 1987,

- and I realized over time that many vacationers

accompanied by her husband, Du Zuppani.

prefer to be treated here, not in the cities where

She started attending public schools and in

they live most of the time, because they feel

1990 opened her clinic at Riviera’s Centrinho.

more at ease - the rhythm here is another, much

From this strategic location, she followed the

quieter and healthier”.

development of the neighborhood and grew

Her competence was quickly recognized:

with it, sharing experiences and stories with the

in a survey carried out by Sobloco in 1996 - six

professionals who built the project.

years after the inauguration of her clinic - the

Desirée with her husband, Du, and her son José Luiz: “I came here for the Riviera and stayed here also because of the Riviera.”

other way has been to support her husband in his work of spreading a campaign in favor of bone marrow donation, always keep close to her other son and to do simple things that she likes: embroidering, sewing, having a caipirinha on the beach, meditate, be with people and breathe. Living one day at time!

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_66-70_Traducao.indd 67

67

20/12/16 11:36


HISTORY 33 Y E A RS PRINTED

WRITTEN RIVIERA As you walk along the streets and sidewalks of the Riviera, all you see is its quiet beauty, lush vegetation, beautiful buildings. But an urban nucleus is much more than that, and in its bowels are hidden earth, cement, pipes, wiring... A mix of materials to which is added planning, technical expertise, intelligence, culture, education and passion, and without that the beauty would not exist. Revealing these guts has always been the position of Sobloco Construtora, responsible for the planning and realization of the Riviera. This

1983/1988

Every aspect of the Riviera’s beautiful look has a history that has been told more than three decades ago by our newspapers and magazines like this, which proudly completes 15 years of life

1989/2006

position has ensured an unprecedented experience for landowners or residential units: to monitor the evolution of real estate and neighborhood

The Jornal da Riviera is born

works through periodic publications and free

In February of 1990 a new publication

distribution. Therefore, it was with the Riviera

begins to portray the neighborhood: the Jornal

News (1983 to 1988), the Jornal da Riviera (1990 to

da Riviera. In a larger format and with more

2006), and has been with Riviera Magazine, which

pages, it would expand the topics covered by the

is completing 15 years.

previous publication adding a broad coverage of

2003

issues associated with Riviera, from a technical

Fulfilled promise

as well as administrative, economic, human

The first printed record of the neighborhood

and social point of view. The number 1 edition

was the newsletter Notícias Riviera de São

celebrates the international recognition of the

Lourenço. Launched in September 1983, it

neighborhood's urban development project at

presented the project of the enterprise: "In

a Congress of Urbanism held in Austria and the

Bertioga is born a model of the use of beaches".

performance of the infrastructure during the

More than just a headline, this phrase, over

high season: the water supply was flawless and

the years, would prove to be a fully fulfilled

the beach remained clean. A success that would

promise. What was promised was certainly

be repeated every summer from there.

done because, as stated by Luiz Carlos Pereira

The Jornal da Riviera witnessed the fast

de Almeida, Sobloco's superintendent director,

development of the neighborhood, bringing

"we do not sell promises, but reality".

to the public the investments, plans and

In the pages of the ten editions that followed

efforts that have consolidated Riviera. The

until May 1988, the plans, works and investments

development of the works continued at full

that were the pillars of the development of the

speed – during that decade, heavy investments

neighborhood were recorded: water and sewage

were made in the water and sewage treatment

networks, drainage channels, the first streets,

plants, the Environmental Control Laboratory

the initial steps of the Friends of Riviera de São

was inaugurated, new streets and new modules

Lourenço society, the construction of buildings

were opened, and the coconut trees were brought

and the first houses of module 5.

from Bahia that would decorate all Riviera.

In 2003 the Riviera Magazine appeared, proposing a guide directed to culture and leisure, focused on the lifestyle and interests of the regulars of Riviera de São Lourenço.

68 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_66-70_Traducao.indd 68

20/12/16 11:36


2007/2008

2009/2010

In January of 1991, the Riviera mall was inaugurated and the following year, Sobloco started

the

Waste

Management

2011/2012

2015/2016

new section: The face of Riviera, focusing on

in 1979, the development of the Riviera has been under

the regulars of the neighborhood.

one command, a company committed to its quality. For 36 years, Sobloco Construtora has firmly adhered to the

Program,

another initiative focused on the environmental

2013/2014

A new Century

urban plan, as planned and conceived in the 1980s. The

The venture is consolidated. The issue

creation and efficient operation of the Association of

Two other educational and social initiatives

number 29, in January of 2000, welcomes the

Friends of Riviera has also added to the administration

were highlighted in the pages of the newspaper:

new millennium with a clean beach, pure water,

of the neighborhood, guaranteeing the quality that

the creation in 1992 of Sobloco's Environmental

a lot of nature and fun for all ages, consequences

today we all know.

Education Program – the Clorofila Program

of hard work, impeccable infrastructure, careful

– which continues to this day to develop

planning and respect for the environment. These

educational work with public schools in

enviable characteristics – and the continuous

This editorial recipe would result in the creation

Bertioga. And the constitution, in the same year,

effort to maintain them – would once again merit

of the Revista da Riviera in 2003, a publication that

of the 10 de Agosto Foundation, a civil non-profit

international recognition, this time through the

never forgets the concept and practice of sustainability

entity that stands out for its work of bringing

ISO 14001 certification granted to the enterprise

defended since the 1980s by entrepreneurs, but goes

education and culture to children, young people

by the way in which the environmental balance

further: it shows how this concept permeates and

and adults in the municipality.

with the socioeconomic development has been

influences all aspects of human activity. In this sense,

management of the neighborhood.

Throughout

the

1990s,

these

A style magazine

events

made compatible. Disclosed on issue number 31,

it broadened the scope of the topics covered, which now

would share space in the journal pages with

in January of 2001, this certification has been

go from technological innovations to culture, through

interviews and other relevant and varied

confirmed every two years thereafter.

fashion, beauty, education, economics, behavior, food

news, of interest to residents and regulars,

The history of the publications of Riviera

and drinks, decoration, environmental education, well-

such as sports and entertainment options. In

makes clear a trait that permeates the entire

being, social inclusion, style... in other words, the story

addition, in issue number 6, in July of 1992, a

trajectory of the enterprise. Since its inception

now is all about the lifestyle of our haunters.

R E V I S TA D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O .

RIV24_66-70_Traducao.indd 69

69

20/12/16 11:37


RIVIER A EMPLOY MEN T

Our everyday job

Against pessimism, the reality: Riviera offers excellent job opportunities, providing income, professional training and beautiful life stories Paula

The list of professionals working in the

several restaurants, took the gastronomy course

neighborhood includes representatives from

at Unimonte, in Santos, and began to think of

different fields of work, levels of education and

a way to make more money. “My wife made

experience. In addition to its ability to absorb

desserts, which I sold on my days off. I realized

labor, Riviera is above all a multidisciplinary

that with this activity I earned four times more

school, where many people have already

than in my job. I resigned and started accepting

passed, learned in practice or were stimulated

orders for parties. I did not advertise it, it was by

to seek knowledge for a better placement.

word of mouth. And it worked!”

According to the 2016 Census conducted by

Ismael continues with a full agenda on

the Friends of Riviera de São Lourenço Society,

weekend events, but five years ago, he expanded

direct jobs in the neighborhood currently benefit

his activities by placing himself at the head of

3,950 people - not counting those who are called

Boulevard Riviera’s restaurant, where he serves

to fill temporary jobs in the high season.

coffee, lunch and dinner every day with the help

However, if the Riviera is already a source of

Maria Tereza Ismael

of a supportive and motivated team.

employment and income for many, its potential may be even greater.

A long walk

Marcos

General Manager of Ilha da Madeira Resort,

Potential to grow

in Riviera, and owner of an industrial laundry

Juliana

Recently, Rodolfo Amaral, from Amaral

in Bertioga, Maria Tereza Francisco speaks

& Associados Data Analysis and Consulting,

with pride of her trajectory: she took a teaching

criticized the environmental restrictions in

course, graduated in pedagogy from Unisanta,

Bertioga, which, he says, inhibit job creation.

in Santos and taught preschoolers. “In order

Umari, in Ceará, is already known in Bertioga, from there

“Frequent granting of court injunctions allegedly

to survive and pay for my studies, I was also

came several professionals who helped to build the Riviera.

released in favor of the environmental preservation

a housekeeper, I cleaned, sold sandwiches. I

One of them is Francisco Marcos da Silva. Current safety

of Bertioga is paralyzing the socioeconomic

ended up being invited to work at the 27 Praia

technician for Sobloco’s works, he arrived here in 2007 with an

expansion of the municipality and can have

Hotel, in Bertioga and later at the Ilha da Madeira

already guaranteed job: servant in the construction of the golf

dramatic consequences in the coming years”.

Resort. After four years as a housekeeper, I was

course. From there, he moved to Gaia Consultoria Ambiental,

promoted to general manager and today I have,

contracted by Sobloco to deal with the flora and fauna in

under my command, 49 permanent staff.

the region, and picked up his studies: he took a course in

Even in the face of severe unemployment in the country, Bertioga’s population has shown signs of not wanting to stay still and seeking education and vocational training in order to

From Umari to Riviera

administrative routines, another in accounting techniques and

Lawyer, with stability

a third in occupational safety technic. Finally, seven years after

gain a place in the labor market. In this sense,

Juliana Veloso Souza always dreamed

Riviera represents an additional stimulus, being

of being a lawyer and having stability in the

identified as an institution-space extremely

profession she chose. And she has already

favorable to professional growth. This is clear

achieved what she wanted: she is legal assistant

To achieve her goals, Paula Pilot faced miles of road. After

in the stories of Ismael, Maria Tereza, Paula,

of the Friends of the Riviera de São Lourenço

taking the nursing course in Guarujá, she went to Santos to

Juliana and Marcos: they conquered their

society, a company where she started as a

become a dentist’s assistant, and then to Mogi das Cruzes,

dreams by adding effort and perseverance to the

receptionist eight years ago. “I was very lucky

where she took the dentistry course. And she did not stop there:

possibilities that the Riviera offers.

to join the company”, she says. “The company

she faced an even longer road, from Bertioga to Campinas, to

offers opportunities, stability and an excellent

graduate from periodontics and periodontal plastic surgery.

working environment. It was with my job as a

Finally, in 2011 she had the chance to work in her profession

receptionist that I was able to pay for college and

thanks to the invitation of Dr. Desirèe, to whom she had been

Born in Icaraíma, Paraná, Ismael Correia fell

after acquiring the certificate of the Brazilian Bar

an assistant for more than ten years. “Today, dentistry is my

in love with Riviera as soon as he met the place

Association (OAB) I was awarded a promotion

life”, admits Paula. “I attend three times a week in Riviera and

in 1996. After moving here, he put his love of

and assumed the position of legal assistant. It

another three days in Bertioga, but it is here in Riviera that I

cooking into practice: he worked in the kitchen of

was an incredible opportunity”.

have conquered most of my clients”.

Getting down to work

his arrival, he conquered his current position at Sobloco.

Distance is not an issue

70 . R E V I S T A D A R I V I E R A D E S Ã O L O U R E N Ç O

RIV24_66-70_Traducao.indd 70

20/12/16 11:37


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

RIV24_71-72_Anuncios.indd 71

19/12/16 18:18


#AMOVIVERAQUI

Ser a idealizadora de projetos urbanísticos reconhecidos nacional e internacionalmente como modelos de ocupação urbana, faz da Sobloco uma empresa à frente de seu tempo, preocupada em desenvolver espaços planejados e sustentáveis onde as pessoas tenham excepcional qualidade de vida e amem viver.

RIV24_71-72_Anuncios.indd 72

19/12/16 18:18

Revista da Riviera - Janeiro 2017  

Confira a edição de Verão da Revista Riviera, uma publicação que reflete o Estilo de Vida da Riviera de São Lourenço. As novidades e o lifes...

Revista da Riviera - Janeiro 2017  

Confira a edição de Verão da Revista Riviera, uma publicação que reflete o Estilo de Vida da Riviera de São Lourenço. As novidades e o lifes...

Advertisement