Page 1

Ano XI - Edição 130 - Catalão/GO - Maio/1- 2015

Goiás sedia 1° Encontro de Montadoras CNTM/FS

Pág.

PLR da Jhon Deere é fechada

Pág.

2

3

SIMECAT participa de intercâmbio nos EUA

Pág.

4

Expediente/Editorial Thiago Cândido participa de seminário no Paraná Saúde em Foco Força Sindical protesta contra os juros altos Sindicalista é destaque no legislativo e recebe medalha Dirigentes de Catalão participam de Conferência da OIT, na Suíça Metalúrgicos empreendem para ter renda extra

Pág. 02 Pág. 02 Pág. 03 Pág. 03 Pág. 04 Pág. 04 Pág. 04


2

Editorial

Companheiros, vocês vão conferir nesta edição o quanto participamos intensamente de diversas atividades nos últimos dias. Fizemos um intercâmbio internacional com o Sindicato UAW e foi uma experiência extremamente produtiva. Vocês já os conhecem, porque eles já estiveram conosco aqui em Catalão. Sem dúvida, essa união global dos trabalhadores só tem a contribuir com a luta. Outro importante acontecimento foi a participação dos companheiros Rodrigão e Rherman na Conferência da OIT, este é o momento que o mundo inteiro se reúne, num só lugar, para discutir questões trabalhistas. Ter representantes nossos lá é, com certeza, gratificante e significa que os trabalhadores de Catalão são destaque e podem se considerar privilegiados por ajudar a construir o debate sobre as relações de trabalho. Outra ação nossa foi a realização do 1° Encontro de Montadoras. Foi o primeiro passo para a implementação de um debate permanente sobre as questões que permeiam a realidade dos trabalhadores das montadoras no País. O momento representou a união daqueles que têm compromisso com a classe trabalhadora. Compartilhar informações e definir novas estratégias de trabalho são de extrema importância, ainda mais diante do cenário atual do setor automotivo. Falando nisso, a situação da Mitsubishi é realmente delicada, mas vocês precisam acreditar no trabalho do Sindicato. Jamais vamos aceitar demissão em massa, porque existem sim outras formas de enfrentar a crise. Sabemos que muitos metalúrgicos foram demitidos pelo Brasil afora, mas em muitos outros lugares as empresas acataram as alternativas para manter os empregos. Reconhecemos a dificuldade da empresa neste cenário desanimador, mas também não concordamos que somente os trabalhadores devem pagar essa conta. O nosso desejo é que esta fase difícil cesse e as coisas voltem à normalidade. Mas enquanto este dia não chega, precisamos nos manter mobilizados.

Trabalhadores da John Deere aprovam PLR

Em assembleia no dia 21 de maio, a proposta de CIPP (PLR) apresentada pela John Deere foi aprovada. Com isso, os trabalhadores receberão somente a PLR por produtividade individual, sem o abono. O valor alcançou a média de 1,96 no 1° semestre de 2015. No mesmo período do ano passado

a média foi de 1,53. O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT) se propôs a continuar lutando pelo abono na mesa de negociação, mas, contrariando as expectativas, a proposta apresentada foi aprovada. “Agora, os esforços serão concentrados na negociação pelo reajuste de salário”, afirma o diretor José Geraldo. A campanha salarial foi lançada no dia 25 de março.

Seminário sobre LOA e LDO

O secretário geral do SIMECAT Thiago Cândido participou no dia 09 de junho do ‘Seminário de Planejamento de Diretrizes Orçamentárias e Ação Sindical’. O evento foi organizado pela Força Sindical-PR e aconteceu na sede do Sindicato dos Metalúrgicos de Londrina -PR. A iniciativa proporcionou

o debate sobre a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e a Lei Orçamentária Anual (LOA) e como os sindicatos devem fazer parte destes processos. Participaram do Seminário economista, contador e lideranças sindicais de todo o país. Arquivo Força-PR


3

Goiás sedia o 1° Encontro de Montadoras CNTM/FS

O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT), o Sindicato dos Metalúrgicos de Curitiba (SMC) e a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM) realizaram entre os dias 13 e 15 de maio o 1° Encontro das Montadoras CNTM/FS. O Encontro aconteceu nas cidades de Catalão e Caldas Novas, no Centro de Treinamento da Federação dos Comerciários. O encontro reuniu mais de 50 dirigentes sindicais das regiões Centro-Oeste, Sul e Sudeste do País, filiados à Força Sindical. Eles repre-

Rafael Messias Guerra (Sindicato UAW)

sentaram trabalhadores das montadoras Mitsubishi, GM, Hyundai, Suzuki, Peugeot, Volkswagen, Renault, Volvo, Iveco/Fiat, Man/Volks.O Sindicato UAW (United Automobile, Aerospace and Agricultural Implement Workers of America) que representa os trabalhadores da Nissan, nos Estados Unidos (EUA), também participou. O 1° Encontro de Montadoras debateu temas de interesse da categoria como ‘Conjuntura e Perspectivas para o Movimento Sindical’; ‘Cenário da Assistência Previdenciária no Ambiente das

André Felício (Secretário de Saúde SIMECAT) e Osvaldo Silveira (Diretor de Saúde SMC)

Paulo Rogério Albuquerque (Pesquisador da UNB e Idealizador do NTEP)

Em protesto, Força-GO luta contra aumento de juros

A Força Sindical-GO protestou na manhã do dia 02 de junho contra os juros altos e o desemprego, uma de suas consequências mais prejudiciais aos trabalhadores. O manifesto foi realizado em frente a Superintendência de Administração do Ministério da Fazenda em Goiás, em Goiânia. Participaram da mobilização sindicatos e federações filiadas à Central. O ato, sob liderança da Força Sindical, ocorreu simultaneamente em diversas capitais do País. Mesmo com as manifestações contrárias, o Copom (Co-

Montadoras’ e os ‘Desafios da Militância Sindical Perante a Saúde do Trabalhador’. Assembleia e visita na Mitsubishi também integraram a programação. “O SIMECAT se sente orgulhoso por sediar um evento de tamanha proporção e importância”, afirma o presidente Carlos Albino. Segundo ele, o objetivo foi de abrir a “caixa-preta” de cada sindicato e alinhar as temáticas que envolvem os trabalhadores de montadoras de todo o Brasil. Ele lembra que diversas atividades foram delegadas para dar continuidade aos traba-

mitê de Política Econômica) decidiu no dia 03 de junho elevar a taxa Selic para 13,75%. “A decisão do Copom é um desastre para a economia brasileira. Infelizmente, o Brasil continua com a maior taxa de juros do mundo. É importante ressaltar que esta é a sexta vez seguida que o governo premia os especuladores, aumentando a taxa básica de juros”, afirmou, em nota, o presidente da Força Miguel Torres. Com informações da Imprensa Força-GO e Força Brasil

lhados. “Informações como data-base, convenção coletiva, número de funcionários, média salarial e número de sindicalizados devem ser levadas no próximo seminário”, reforça. Durante o Encontro, ficou aprovado pelos participantes que a cada quatro meses o grupo deverá se reunir em seminário para dar continuidade às discussões. O objetivo é construir um debate efetivo nas montadoras. O próximo encontro irá acontecer na cidade de Gravataí-RS.

Marcos Verlaine (DIAP)

Roberto Anacleto (DIEESE)

Você está de dieta? Fique atento! Exagero no consumo de proteínas pode sobrecarregar os rins A pessoa está de dieta e corta o pão, o arroz, o feijão, a salada, a fruta... O que sobra? A carne, o leite, o ovo. Outra fonte de proteína comum nas academias são os suplementos à base de wheyprotein, que devem ser tomados com orientação médica. A recomendação de proteína é de 1,2 a no máximo 2,0 gramas por quilo de peso/dia. Por exemplo, um homem de 70 quilos pode consumir no máximo 140 gramas de proteína no dia. Entretanto, tem muita gente passando desse limite. Proteína em excesso Quando o indivíduo consome mais proteína que o indicado, acontece uma hiperfiltração nos rins por conta do excesso de ureia, ou seja, os rins trabalham mais para excretar a ureia e isso pode, em longo prazo, causar problemas como hipertensão, diabetes e inflamação nos rins. Uma dieta só com proteína e salada exclui muitos grupos de alimentos, como os cereais, raízes, tubérculos e frutas. Em longo prazo, a exclusão de nutrientes pode levar a alteração de sono, irritabilidade, desmaios, fome crônica. A falta de carboidrato pode desequilibrar hormônios responsáveis pela sensação de bem estar e saciedade. Com Informações G1 Bem Estar

André Felício (Andrezão) Secretário de Saúde do SIMECAT


4

SIMECAT participa de intercâmbio com o Sindicato UAW, nos Estados Unidos

O Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT), representado pelo seu presidente Carlos Albino e os diretores Rherman Souza, Jeancarlo Duarte e Thiago Cândido, participou de um intercâmbio com o Sindicato UAW (United Automobile, Aerospace and Agricultural Implement Workers of America) que representa milhares de trabalhadores norte -americanos, inclusive os metalúrgicos. Eles visitaram a sede mundial da John Deere em Moline, estado de Illinois, nos Estados Unidos, e participaram de uma reunião com o Departamento de Relações Trabalhistas da multinacional. A planta da Mitsubishi na cidade de Bloomington também foi visitada pelos dirigentes sindicais. Lá eles se reuniram com o gerente de fábrica e com o setor de recursos humanos. O SIMECAT também conheceu algumas sedes do Sindicato UAW e trocou experiências com os delegados sindicais norte-americanos. Além de Catalão, a delegação brasileira foi composta pelos presidentes dos Sindicatos dos Metalúrgicos de Anápolis e Itumbiara.

Dirigentes de Goiás participam da Conferência da OIT, na Suíça

O presidente da Força Sindical Goiás Rodrigo Alves Carvelo e o secretário geral Rherman Souza, ambos diretores do SIMECAT, participaram da 104ª Conferência Internacional do Trabalho da Organização Internacional do Trabalho (OIT) em Genebra, na Suíça. Os dirigentes integraram a comitiva da Força Sindical, representando os países de língua portuguesa. A Conferência aconteceu entre os dias 1 e 13 de junho e reuniu sindicalistas, empresários e representantes de governos de 185 estados-membros da OIT. O evento discutiu temas como trabalho e sociedade; organização do trabalho e produção; trabalho decente para todos e governança do trabalho. Outros assuntos também

foram abordados, como a primeira norma internacional sobre transição da informalidade para a formalidade; o papel das pequenas e médias empresas na geração de empregos e as fórmulas para garantir proteção no emprego (salários, jornada de trabalho, proteção à maternidade, saúde e segurança do trabalho). Em discurso, o ministro do Trabalho e Emprego Manoel Dias defendeu o protagonismo do Brasil no desenvolvimento de políticas laborais associadas à justiça social. Ele declarou ainda ser imprescindível enfrentar o desafio de promover sistemas de proteção social cada vez mais inclusivos, justos e sustentáveis.

Visita na sede mundial da John Deere, em Moline.

Visita na fábrica da Mitsubishi, em Bloomington.

Metalúrgicos empreendem para ter renda extra Vamos nos tornar clientes dos companheiros?

Botões | Linhas | Tecidos | Zíperes Empresa do companheiro Wesley, do setor de qualidade da Mitsubishi.

Com informações Anamatra e MTE

Melhor vereador Jorginho, vereador de Ouvidor e também diretor do SIMECAT, recebeu, pelo segundo ano consecutivo, a medalha de ouro pelo seu trabalho no legislativo. Ele foi reconhecido pelo Instituto Tiradentes como o vereador mais atuante em 2015 na cidade. Parabéns, companheiro. Os trabalhadores agradecem!

Mark Haasis, diretor de organização sindical do UAW, recepcionou a delegação brasileira.

Frango assado aos domingos de 11 às 14 horas

Precinho camarada!

Durante a semana o companheiro Armando (da linha final ASX da MMC) aperta parafuso, mas aos domingos ele assa frango para complementar a renda. Obs: O companheiro está começando o negócio agora, então se você deseja comprar uma quantidade maior, favor ligar com um dia de antecedência para encomendar.

Jornal O Ferramenta - Maio 2015/1  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão/GO

Advertisement