Page 1

Ano XIII - Edição 143 - Catalão/GO - Julho a Dezembro - 2017 2017

METALÚRGICOS GUERREIROS: 8 dias em greve e muitas conquistas

Pág. 3 Trabalhadores da John Deere aprovam acordo de salário

COMPANHEIRO (A) DA MITSUBISHI Pág. 4

PARA SOLICITAR A RESTITUIÇÃO DA TAXA DE CONTRIBUIÇÃO NEGOCIAL É PRECISO FAZER UMA CARTA, REGISTRAR EM CARTÓRIO E LEVAR NO SINDICATO DE 27 DE NOVEMBRO ATÉ 8 DE DEZEMBRO. A RESTITUIÇÃO DO DESCONTO SERÁ FEITA DE 11 A 22 DE DEZEMBRO. FIQUE ATENTO AOS PRAZOS!

Expediente/Editorial

Pág. 02

Trabalhadores da Ferro & Aço conquistam aumento real de salário

Pág. 02

Presidente Carlos Albino participa de encontro da IndustriALL na África do Sul

Pág. 02

DIEESE realizou jornada de debates em Catalão

Pág. 02

SIMECAT prestigiou solenidade em homenagem aos 30 anos da Vara do Trabalho de Catalão

Pág. 02

Sindicato firma parceria com a Fetracom e associados agora contam com convênio em clubes de Caldas Novas

Pág. 04

SIMECAT participa do Dia Nacional de Luta realizado em Anápolis

Pág. 04

Diretores do SIMECAT participam do Encontro de Montadoras

Pág. 04


2

Editorial

Companheiro e companheira, hoje estou aqui para lembrar que a nova legislação trabalhista já está em vigor. A reforma trabalhista veio para prejudicar a classe trabalhadora e privilegiar os empresários. A única alternativa que temos é fortalecer a luta para impedir que as mudanças sejam aplicadas por aqui. Só vamos conseguir barrar a retirada de direitos quando a maioria tiver consciência de que fazer parte do sindicato é importante. Quanto mais gente em busca de um mesmo objetivo, mais chance teremos de ser vencedores. O momento pelo qual passamos em nossos País é completamente desfavorável para nós, trabalhadores, mas não podemos desistir nunca. Temos que resistir ao massacre. É difícil? Sim. Porém, não é impossível. Precisamos de emprego? Sim. Porém, não devemos aceitar que o nosso trabalho seja precarizado. Acredite no SEU SINDICATO! Acredite na LUTA! O SINDICATO É VOCÊ! O que nos motiva e nos fortalece é ver na prática que a UNIÃO FAZ A FORÇA e a LUTA FAZ A LEI. Os trabalhadores da Mitsubishi devem servir de exemplo e inspiração para os demais, pois foram para uma greve de 8 dias e lutaram por aquilo que eles mereciam. Se patrão fosse bonzinho, a gente ganhava o que merecia sem pedir, mas não é assim que funciona. Vivemos em um regime capitalista e se os trabalhadores não reivindicarem melhorias, nunca terão, afinal, patrão não tá preocupado em dividir o pão com aqueles que produzem as suas riquezas. Parabéns, companheiro (a). Você faz a diferença!

Ganho real para os trabalhadores da Ferro & Aço

Os trabalhadores da empresa Ferro & Aço aprovaram o acordo coletivo de trabalho 2017/2018, que já está em vigor desde 1° de novembro. Eles conquistaram reajuste salarial de 5,66% e vale alimentação no valor de R$ 150,00. O aumento de salário é bem acima da inflação do período (1,83%) e significa aumento real no bolso do trabalhador. Vitória dos Metalúrgicos!

Reunião do Setor Automotivo Mundial

O presidente Carlos Albino representou a Confederação Nacional dos Trabalhadores Metalúrgicos (CNTM/Força Sindical) na Reunião do Setor Automotivo Mundial que aconteceu na cidade de Pretória, na África do Sul, entre os dias 1 e 3 de novembro. O encontro foi

organizado pela IndustriALL e reuniu diversos dirigentes sindicais do mundo para debater a situação dos trabalhadores de empresas automotivas. A IndustriALL é uma entidade que representa 50 milhões de trabalhadores nos setores de mineração, energia e indústria em 140 países. Albino fez apresentação do painel sobre ‘Veículos Elétricos e a Política de Eficiência Energética: Panorama sobre o Brasil’. Na oportunidade, ele também apresentou um vídeo da greve histórica de 8 dias na Mitsubishi.

Justiça do Trabalho de Catalão completa 30 anos

Jornada de Debates DIEESE

Diretores do SIMECAT celebram ao lado do juiz Dr. Armando Bianki

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) - Regional Goiás promoveu no dia 21 de setembro, em Catalão, a 14° Jornada Nacional de Debates com o tema ‘Reforma Trabalhista’. O debate foi comandado pela economista Leila Brito e aconteceu no auditório do Sindicato Metabase.

O SIMECAT prestigiou no dia 29 de setembro a solenidade em comemoração aos 30 anos da Vara do Trabalho de Catalão. O Sindicato parabeniza todos que integram a Justiça do Trabalho e trabalham incansavelmente para que a Instituição seja referência no que diz respeito ao direito do trabalho. Com a nova legislação trabalhista, a Justiça do Trabalho corre sérios riscos, mas o movimento sindical está de olho e continuará lutando em sua defesa.


3

Após 8 dias, metalúrgicos de Catalão encerram greve com vitória

Os trabalhadores da Mitsubishi, de Catalão-GO, encerraram o movimento grevista no dia 24 de outubro após aprovação de proposta em assembleia. A greve teve início no dia 16 de outubro devido ao impasse na negociação do ‘pacotão’, que incluía valores de Participação nos Lucros e Resultados (PLR), abono e reajuste salarial. A mobilização foi liderada pelo Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (SIMECAT). Foram intensas roda-

das de negociação e quatro propostas reprovadas. A PLR era negociada pelo Sindicato desde março e o acordo coletivo de trabalho desde o mês de agosto. A produção na montadora foi parada no dia 11 de outubro, quando os metalúrgicos realizaram uma paralisação de advertência. Já no dia 16, a greve começou efetivamente. Com a aprovação da proposta e o encerramento da greve, os metalúrgicos retomaram o trabalho na

linha de produção. Segundo o presidente do SIMECAT, Carlos Albino, o ‘pacotão’ tem os valores satisfatórios, apesar de não atender por completo a reivindicação dos trabalhadores. “Os metalúrgicos chegaram até aqui com garra e determinação e devemos considerar que avanços foram conquistados. A luta é difícil, mas gratificante. É importante entender que chegar a um ‘meio termo’ também é sinônimo de vitória

e responsabilidade”, afirma. Ele lembra que um dos pontos mais importantes do acordo é a empresa ter que conversar com o sindicato caso queira implementar a reforma trabalhista. O acordo coletivo de trabalho e de PLR irá beneficiar cerca de 2 mil funcionários. Somente com os valores de PLR e abono, aproximadamente 16 milhões de reais serão injetados na economia da cidade e da região.

VEJA AS PRINCIPAIS CONQUISTAS R$ 5.500,00 de PLR Adiantamento de 6 mil reais em Outubro e o restante será pago no retorno das férias coletivas R$ 2.500 de abono R$ 380,00 de vale alimentação R$ 800,00 de cesta de natal 2% de reajuste salarial a partir de janeiro/2018 (percentual superior à inflação do período da data-base *1,83%*) Retorno do plano de cargos e salários a partir de junho/2018 Estabilidade de emprego até 31 de dezembro de 2017 Não aplicação da reforma trabalhista de forma arbitrária

Para pressionar a montadora, foi feita panfletagem em diversas concessionárias do País.

O sucesso do movimento grevista também se deve aos companheiros sindicalistas que ajudaram na luta. Nossos agradecimentos aos sindicatos locais e de Goiânia, Itumbiara, Anápolis, Guarulhos/SP, São Paulo/SP, Curitiba/PR, São José dos Campos/SP

Porto Alegre - RS Brasília - DF

São Paulo - SP

Guarulhos - SP

Goiânia - GO

Rio de Janeiro - RJ


4 Campanha salarial da John Deere é encerrada

SIMECAT apoia movimento dos metalúrgicos de Anápolis contra as reformas O dia 10 de novembro foi marcado pelo Dia Nacional de Luta em Defesa dos Direitos. Trabalhadores de várias categorias realizaram protestos em todo o País para deixar claro que são contra a implementação das reformas trabalhista e previdenciária. A reforma trabalhista já se tornou lei e a reforma da previdência está prevista para ser votada em dezembro.

Os trabalhadores da John Deere aprovaram no dia 8 de setembro o acordo coletivo de trabalho 2017/2018. As negociações se arrastavam desde o mês de abril, quando a campanha salarial foi lançada. A data-base da categoria é 1° de maio. Confira os pontos aprovados por aproximadamente 97% dos trabalhadores em assembleia:

Em Goiás, os metalúrgicos da Caoa Hyundai, em Anápolis, realizaram uma assembleia para marcar a indignação da classe trabalhadora com os ataques promovidos pelo governo federal. Aproximadamente 12 mil trabalhadores foram impactados pelo ato no Distrito AgroIndustrial de Anápolis (DAIA). A diretoria do SIMECAT participou da mobilização juntamente com os trabalhadores anapolinos.

- Reajuste salarial de 4% para funcionários até a grade 7 - Aumento de salário de R$ 240,00 para funcionários administrativos grade 8 - Vale alimentação de R$ 368,00 - Adicional no vale card de R$ 150,00 em dezembro - Pagamento dos valores retroativos do reajuste salarial

PARTICIPE DO SORTEIO DE HOSPEDAGENS NOS CLUBES EM CALDAS NOVAS DE 16 A 18 DE FEVEREIRO.

Encontro de Montadoras

*7 para Mitsubishi / *2 para John Deere / *2 para demais empresas EXCLUSIVO PARA ASSOCIADOS REALIZAÇÃO DO SORTEIO EM DEZEMBRO

Retire seu cupom no SIMECAT De segunda a sexta-feira, de 08 às 18 horas

Entre os dias 14 e 16 de agosto aconteceu o 4° Encontro Internacional de Montadoras CNTM/UAW. Diretores do SIMECAT participaram do evento que discutiu a situação global dos trabalhadores metalúrgicos. O evento aconteceu na cidade de Piracicaba-SP. Lembrando que Goiás, a cidade de Caldas Novas, sediou a 1ª edição do Encontro de Montadoras no ano de 2015.

ATENÇÃO A NOVA LEGISLAÇÃO TRABALHISTA JÁ ESTÁ EM VIGOR. SE VOCÊ PERCEBER MUDANÇAS NA SUA EMPRESA, ENTRE EM CONTATO COM O SIMECAT.

Jornal O Ferramenta - Julho a Dezembro 2017  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão/GO

Jornal O Ferramenta - Julho a Dezembro 2017  

Publicação do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão/GO

Advertisement