Page 1

informativo

ANO 4 MAI-2019

“A devoção a Maria Santíssima é um caminho seguro que nos conduz até Jesus.” (São Luís Maria de Montfort)


O QUE É UM SANTUÁRIO?

MARIA SANTÍSSIMA NOS APONTA O CAMINHO DA SALVAÇÃO As alegrias do tempo pascal ainda se estendem ao longo desse mês, no qual, tradicionalmente no Brasil, celebramos Maria, Mãe de Jesus. É um período em que o coração dos devotos de Nossa Senhora transborda de alegria. Um tempo para render graças a Deus por ter nos dado um dom tão precioso: uma Mãe que nos aponta o caminho da salvação. São Luís Maria de Montfort nos ensina que “a devoção a Maria Santíssima é um caminho seguro que nos conduz até Jesus”. No Brasil, os 31 dias do mês são celebrados nas casas e nas comunidades e o povo de Deus mantém vivos o amor e o carinho pela Mãe do Céu. Nossa Basílica Santuário do Senhor do Bonfim cultiva uma devoção especial a Nossa Senhora da Guia, cuja imagem chegou a Salvador junto com a imagem do Senhor do Bonfim. Na escultura, Maria segura uma estrela em sua mão direita, o que nos remete as estrelas que conduziram os Reis Magos até a Gruta de Belém. Nos unimos a todas as comunidades que vivem intensamente o mês de Maria. Também queremos rezar por todas as mães, para que Deus as fortaleça na missão de gerar vidas e educá-las para o bem. O ano de 2019 tem sido de bênçãos especiais para nossa Basílica. Encerramos a restauração do altar-mor e a imagem do nosso Amado Jesus, Senhor do Bonfim, retornou para o seu nicho, após a Jornada de Veneração realizada de 22 de março a 21 de abril. A nova praça do Bonfim está linda. Além de favorecer as celebrações campais que realizamos, a praça é ponto de encontro para as famílias que visitam a Colina Sagrada. Também iniciamos o Ano Jubilar em comemoração pelos 275 anos da chegada da imagem do Senhor do Bonfim à Salvador e da criação da Devoção, irmandade mantenedora da nossa Basílica Santuário. Até a Páscoa de 2020, quando encerraremos as comemorações, vivenciaremos uma programação festiva especial. Em breve divulgaremos as datas das atividades.

Pe. Edson Menezes da Silva Reitor da Basílica Santuário do Senhor do Bonfim

A palavra Santuário vem do latim sanctuarium, de sanctus. Para a Igreja Católica, é considerado um Santuário a Igreja frequentada por fiéis, peregrinos ou romeiros vindos de outras regiões ou de todo mundo atraídos por algo que existe especificamente naquele Templo. Geralmente, nestes locais estão imagens de santos, da Virgem Maria ou de Jesus Cristo, relíquias, objeto ou lugar sobrenatural (pedra, gruta, cruzeiro, estátua, nascente de água, etc.) que se tornaram sinais de atração, de devoção, de expressão da religiosidade popular. O termo também pode ser usado em sentido figurado que significa o que há de mais sublime. O Santuário é um lugar de peregrinação. Caminhando, “o cristão celebra a alegria de se sentir imerso em meio a tantos irmãos, caminhando juntos para Deus que os espera. O próprio Cristo se faz peregrino e caminha ressuscitado entre os pobres. A decisão de caminhar em direção ao santuário já é uma confissão de fé, o caminhar é um verdadeiro canto de esperança e a chegada é um encontro de amor. O olhar do peregrino se deposita sobre uma imagem que simboliza a ternura e a proximidade de Deus.” (DA nº. 259-260). Práticas comuns, atitudes, posturas dos fiéis, peregrinos ou devotos que frequentam os Santuários: eles cultivam uma devoção, movidos pela tradição, curiosidade ou para conferir uma novidade que ouviram falar. Eles procuram ver o santo, a relíquia, o local do milagre ou da aparição, a casa do vidente ou onde nasceu ou viveu o santo. Em dias e datas específicas devocionais, subir ou descer escada, morro, etc; entrar em gruta, espaço sagrado, casa ou lugar tradicional; fazer a entrega de ex-votos, de doações de objetos pessoais ou de dinheiro; buscar soluções, alcançar cura, testar o poder divino (de Deus ou do santo). Os devotos do Senhor do Bonfim expressam um sentimento de pertença à Basílica. Agradecem pelo que de bom acontece, chamam a atenção quando alguma coisa não funciona bem ou desagrada, com o intuito de que melhore, e usam roupas de cor branca. Práticas próprias: amarrar a fitinha no gradil ou em outros espaços, dando três nós e fazendo três pedidos; toque na imagem do Senhor do Bonfim, ao final das celebrações; aspersão de água benta e bênçãos (automóveis, crianças, objetos pessoais e de devoção).

Pe. Edson Menezes da Silva Reitor da Basílica Santuário do Senhor do Bonfim


O QUE É UM JUBILEU E POR QUE CELEBRÁ-LO? O Ano Jubilar tem sua origem conhecida a partir dos hebreus. Assim como entre os hebreus, na Igreja Católica também tem a duração de um ano, porém com um significado mais espiritual. É um tempo especial de graça, voltado para o perdão dos pecados, a renovação da fé e um convite a uma relação mais próxima com Deus e com o irmão.

JUBILEU CELEBRA 275 ANOS DA CHEGADA DA IMAGEM DO SENHOR DO BONFIM À BAHIA No dia 21 de abril deste ano iniciamos as comemorações do Jubileu dos 275 anos da chegada da imagem do Senhor do Bonfim à Salvador e da criação da Devoção do Senhor do Bonfim, mantenedora da Basílica Santuário. A imagem do Senhor do Bonfim chegou à Salvador pelas mãos do devoto Theodósio Rodrigues de Faria, de Setúbal, em Portugal, após o cumprimento de uma promessa. Em 18 de abril de 1745 o capitão de mar e guerra trouxe uma réplica da imagem, dando início a construção da Basílica e a criação da Devoção do Senhor do Bonfim. Para a Devoção, esse Jubileu é uma perspectiva de avaliação da caminhada em prol da evangelização e das questões sociais. Para a Basílica Santuário, é um momento de alegria, celebração, peregrinação e revisão das atividades pastorais.

JORNADA DE VENERAÇÃO A SANTA CRUZ DO SENHOR DO BONFIM REÚNE MILHARES DE FIÉIS NA BASÍLICA SANTUÁRIO Entre os dias 22 de março e 21 de abril, a Basílica Santuário acolheu milhares de fiéis durante a Jornada de Veneração a Santa Cruz do Senhor do Bonfim. Nesse período, os peregrinos chegaram bem perto da Imagem Original e tocaram a cruz, em um grande momento de fé neste século. A última vez que esse fato aconteceu foi em 1996, ocasião em que a Arquidiocese de Salvador realizou a abertura do Jubileu dos 2000 anos do nascimento de Jesus, na Arena Fonte Nova. A Imagem Original do Senhor do Bonfim já está no altar-mor (que passou por uma restauração).


HORÁRIOS DE MISSAS Segunda-feira a Quinta-feira 7h, 8h, 10h30 e 17h

NOSSA MISSÃO É CUIDAR DA MANSÃO DA MISERICÓRDIA! A Basílica Santuário do Senhor do Bonfim conta com você, caro (a) devoto (a)! Nossa Campanha Devotos do Senhor do Bonfim precisa alcançar mais corações em todo o Brasil, para que assim, unidos, possamos fazer sempre algo a mais pela Mansão da Misericórdia. Neste mês de maio, contamos com a sua colaboração em prol desse objetivo. Pedimos que divulgue nossa Campanha com sua família e os amigos. Sua doação espontânea ajuda a manter a Colina Sagrada em pleno funcionamento, acolhendo a todos diariamente.

EXPEDIENTE

santuariosenhordobonfim.com

@bonfimsantuario

SenhordoBonfimSalvador

Ficha de cadastro Não deixe de indicar novos contribuintes para a Campanha Devotos do Senhor do Bonfim.

Nome: CEP:

Endereço: (nº/ apto/ bloco)

Bairro: Cidade:

Estado:

Tel: M CPF: Email:

Cel: F

Aniversário:

Sábado 7h, 8h, 10h30 e 17h Domingo 6h, 7h30, 9h, 11h, 15h e 17h

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E DIRIGIDA

Coordenação: Devoção do Senhor do Bonfim e Vicariato Episcopal do Bonfim Diagramação: Daniel Ramos (Amex) Jornalista: Anna Carolina Lima (Amex) - DRT/BA 3691 Fotos: Gildo Lima Tiragem: 6.000 unid.

@basilicasantuariodosenhordobonfim

Sexta-feira 6h, 7h, 8h, 9h, 11h, 15h*, 17h e 18h30* * Apenas na primeira e na última sexta-feira de cada mês.

Impressão: Gráfica Trio Largo do Bonfim nº 236 CEP 40 415 475 - Salvador - BA Tel: (71) 3312-4512

Amex Marketing e Comunicação Integrada (12) 3133-2890

Intenções de missa

Profile for Basílica Santuário Senhor do Bonfim

Maio/2019  

“A devoção a Maria Santíssima é um caminho seguro que nos conduz até Jesus." (São Luís Maria de Montfort)

Maio/2019  

“A devoção a Maria Santíssima é um caminho seguro que nos conduz até Jesus." (São Luís Maria de Montfort)

Advertisement