Page 1


Um produto para deixar o seu dia ainda mais

Tranquilo!

‘‘Se Deus é por nós, quem será contra nós?’’ Romanos 8.31

44 3034.9181 | 44 99103.4855

www.paganinicorretora.com.br paganini@paganinicorretora.com.br R. Santos Dumont, 2166 - S/302 - Centro - Maringá - PR


Conheça o

Seguro Patrimonial da Paganini Corretora.

Protegendo seus bens com as melhores seguradoras do mercado. • Auto • Residencial • Empresarial • Maquinários Agrícolas

Uma nova marca, o mesmo compromisso. Há 10 anos, protegendo seus bens e planejando seu futuro.


TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE E ESCLARECIDO: FACULDADE OU OBRIGAÇÃO?

Não é recente o debate que se estabelece quando o tema central da conversa é o termo de consentimento livre e esclarecido e a sua importância nos tratamentos médicos a serem realizados.

Inicialmente, é indispensável esclarecer que o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido (TCLE), caracteriza-se como a expressa manifestação de vontade declarada pelo paciente ao receber as orientações acerca do tratamento a ele proposto, bem assim todos os benefícios, riscos e intercorrências aos quais o mesmo estará sujeito quando da realização do respectivo procedimento a ser realizado. O predito Termo não pode ser resumido a uma folha de papel a ser lida e assinada, posto que a assinatura de tal documento corresponde a um ato complexo, o qual deverá ser exaustivo no que tange ao fornecimento de informações junto ao paciente, possibilitando que o tratamento, independentemente de sua complexidade, se inicie e se conclua com a maior transparência possível, sem que o paciente tenha qualquer dúvida, inclusive em relação a técnica a ser utilizada quando do tratamento, em sendo o caso. Para conferir plena validade ao Termo é necessária a presença de 3 requisitos ao signatário, quais sejam: capacidade, informação e consentimento livre e esclarecido. 4

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

O primeiro requisito, a capacidade se mostra indispensável, uma vez que para que o documento, invariavelmente, deve ser assinado por pessoa plenamente capaz, o que, em termos legais, corresponde ao indivíduo capaz de exercer seus direitos e os atos da vida civil1 . Neste prisma, vale ressalvar que na hipótese do procedimento médico, objeto do termo, ser destinado a incapaz ou relativamente incapaz, é imperioso que a firma do documento seja realizada pelo seu tutor ou representante legal. No que concerne a informação, segundo requisito indispensável à validade do TCLE, a mesma se faz imprescindível na exata medida em que aquele firma o documento precisa interpretar de forma clara e precisa suas condições, pelo que, o autor do termo, que não deve ter conteúdo estanque, deve adequar a linguagem do respectivo documento, sem descurar do correto uso das informações técnicas, a capacidade de compreensão de cada indivíduo, esclarecendo dos diagnósticos aos prognósticos, bem como destacando dos benefícios aos riscos que o tratamento pode acarretar.


Vale destacar, por oportuno, que o Brasil tem 11,8 milhões de analfabetos, segundo se observa da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua, divulgada em 21.12.2017 pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o que representa dizer que 7,2% da população de 15 anos ou mais de idade, compõem a taxa de analfabetismo. A mesma pesquisa, revelou que cerca de 51% da população brasileira de 25 anos ou mais, concluiu apenas o ensino fundamental completo, o que significa dizer que mais da metade da população brasileira sequer ingressou no ensino médio, logo, o TCLE deve atingir esta significativa porção da população de forma eficaz, com informações claras e sem permitir que restem dúvidas ao seu signatário, seja de que espécie for. Já o consentimento livre e esclarecido propriamente dito, se perfaz por uma decisão livre, consciente e voluntária do paciente, sem que haja qualquer tipo de vício de vontade, fraude, coação ou mesmo interferência de terceiros alheios ao procedimento. Contextualizando o TCLE aos dispositivos legais que o ordenamento jurídico dispõe, de plano se destaca o que a Constituição Federal de 1988, que, em seu artigo 5º, incisos II e XIV, estabelece: “Art. 5º Todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes: (…) II – ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa senão em virtude de lei. (...) XIV - é assegurado a todos o acesso à informação e resguardado o sigilo da fonte, quando necessário ao exercício profissional;”

Também o artigo 15 do Código Civil Brasileiro, assentou a seguinte premissa quanto a liberdade de ação e da livre escolha do paciente, estabelecendo que: “Art. 15. Ninguém pode ser constrangido a submeter-se, com risco de vida, a tratamento médico ou a intervenção cirúrgica.”

Nesta senda, o Ministério da Saúde editou a Portaria 1.820/2009, que dispõe sobre os direitos e deveres dos usuários dos serviços de saúde, estabelece expressamente em seu artigo 5º, incisos V, que todo o paciente tem direito ao consentimento livre, voluntário e esclarecido, vejamos: “Art. 5º Toda pessoa deve ter seus valores, cultura e direitos respeitados na relação com os serviços de saúde, garantindo-lhe: (…) V – o consentimento livre, voluntário e escla-

recido, a quaisquer procedimentos diagnósticos, preventivos ou terapêuticos, salvo nos casos que acarretem risco à saúde pública, considerando que o consentimento anteriormente dado poderá ser revogado a qualquer instante, por decisão livre e esclarecida, sem que sejam imputadas à pessoa sanções morais, financeiras ou legais;”

E por fim, o Código de Ética Médica, confirma a necessidade do consentimento para a realização de um procedimento: “É vedado ao médico: Art. 22. Deixar de obter consentimento do paciente ou de seu representante legal após esclarecê-lo sobre o procedimento a ser realizado, salvo em caso de risco iminente de morte. Art. 24. Deixar de garantir ao paciente o exercício do direito de decidir livremente sobre sua pessoa ou seu bem-estar, bem como exercer sua autoridade para limitá-lo. Art. 101. Deixar de obter do paciente ou de seu representante legal o termo de consentimento livre e esclarecido para a realização de pesquisa envolvendo seres humanos, após as devidas explicações sobre a natureza e as consequências da pesquisa.”

Por fim, não menos importante, destacamos que o Conselho Federal de Medicina editou a Recomendação CFM nº 01/2016, a qual dispõe sobre o processo de obtenção de consentimento livre e esclarecido na assistência médica, o documento estabelece diversas orientações acerca das formalidades necessárias para um documento válido, além de enfatizar a sua importância na relação médico/ paciente. Fundamental (re)lembrar que além do caráter informativo do TCLE, conforme já descrito anteriormente, o documento é de transcendental importância para que o médico se resguarde de qualquer alegação futura no que tange a eventual ausência de informações durante o relacionamento havido entre médico-paciente, principalmente quando o procedimento não alcança a finalidade pretendida, uma vez que o resultado depende de inúmeras variáveis, as quais deverão constar de forma expressa em tal documento. O termo de consentimento livre e esclarecido, juntamente com o prontuário médico, são as principais peças de defesa do profissional médico, pois se configuram provas contundentes de que o paciente tomou conhecimento do procedimento realizado, elidindo, portanto, qualquer insinuação no sentido de que desconhecia os riscos a ele inerentes.

ALEXANDRE BARREIRO PACHECO OAB/PR – 43.018 • Advogado especialista em Direito Médico e Odontológico; • Especialista na Defesa do Profissional da Saúde; • Sócio fundador do escritório Pacheco Advocacia.

alexandre@pachecoadvocacia.adv.br

1 De acordo com o artigo 3º, do Código Civil, “São absolutamente incapazes de exercer pessoalmente os atos da vida civil os menores de 16 (dezesseis) anos”, Já os relativamente incapazes estão elencados nos incisos do artigo 4ª, assim: “São incapazes, relativamente a certos atos ou à maneira de os exercer: I - os maiores de dezesseis e menores de dezoito anos; II - os ébrios habituais e os viciados em tóxico; III - aqueles que, por causa transitória ou permanente, não puderem exprimir sua vontade IV - os pródigos.

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

5


Guia médico

Revista Saúde Edição Edição42 4 | Dezembro Janeiro . 2017 . 2018 | Umuarama.PR | Maringá.PR

Dra. Aline Pavan Cirurgia Plástica CRM/PR 21911 | RQE 18583

Clínica Aline Pavan: Av. Carlos Correa Borges, 20 Maringá/PR 44 3025-3139

Dra. Ândrea Kraft Psiquiatria

Dra. Andressa Alvares Yokota Mischiatti

CRM/PR 16335 | RQE 2825

Ginecologia E Obstetrícia

CRM/PR 27226 | RQE 2717

Clínica Maringá: Avenida Tiradentes, 1455 - Zona 01 Maringá/PR 44 3224-9553

Angiclinic: Av. Dr. Luiz Teixeira Mendes, 1798 Sala 305 - Maringá/PR 44 3122-4000 | 9 9105-0305

Dra. Beatriz Zagorski Quirino

Dr. Bruno Quirino

Cirurgia Plástica

Cirurgia Plástica

CRM/PR 27002 | RQE 20687

CRM/PR 34567 | RQE 19105

Clínica Bruno Quirino Av. Nóbrega, 768 - Zona 04 Maringá/PR 44 3030-1313 | 99131-3330

Clínica Bruno Quirino Av. Nóbrega, 768 - Zona 04 Maringá/PR 44 3030-1313 | 99131-3330

Dr. Eduardo Quirino

Dr. Fabiano Gomes

Urologista

Ortopedia e Traumatologia

CRM/PR: 26813 | RQE: 19863

Cirurgia da coluna Vertebral CRM/PR: 25132 | RQE 10998

Urolife Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, 1819 - Zona 05 - Maringá/PR 44 3355.1819 | 9.9139.6931 44 9.9139.6933

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 44 3031-4411

Dr. Fábio Simão de A. Brandi

Dr. Gilson Wassano Kuroda

Cirurgia da Mão e Microcirurgia

Ortopedia e Traumatologia

CRM/PR: 19262 | RQE 15716

Cirurgia do Joelho CRM/PR: 20522 | RQE 23647

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 44 3031-4411

6

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 44 3031-4411


Guia médico

Revista Saúde Edição 42 4 | |Janeiro Dezembro . 2017 . 2018 | Umuarama.PR | Maringá.PR

Dra. Glaucia Peron Médica CRM/PR 18296

Artmed: Rua Joaquim Nabuco, 648 Maringá/PR 44 3026-3180 | 44 99809-0018

Dr. Gustavo B. Siqueira

Dr. Hasan Juda

Oftalmologia

Especialista em Dor

CRM/PR 19056 | RQE 11635

CRM/PR: 16334 RQE: 20774 | RQE: 23566

Instituto Oftalmológico: Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR 44 3029-4656

Clínica Maringá Rua Tiradentes, 1455 - Maringá/PR 44 9 9987-3745 / 3224-9553

Dr. Jefferson C.B.Gualda

Dr. João Edmar Galvanin

Dermatologia

Médico

CRM/PR: 21291 | RQE: 14974

CRM/PR: 12358

Av. Dr. Luiz Teixeir a Mendes, 2150 Maringá/PR 44 3025.1660

Rua Constituição, 464 - Cianorte - PR 44 3629-1953 Av. Rio Branco, 942 - Centro Médico Sala 11 - Maringá - PR 44 3225-8585

Dr. Jorge Fiad

Dr. Marcio de Carvalho

Cirurgia Plástica

Urologia

CRM/PR: 17501 | RQE: 9556

CRM/PR 12020 | RQE 6499

Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR 44 3029.4656

Dr. Marcos Roberto Likes Mischiatti Cirurgia Vascular CRM/PR 24818 | RQE 2733

Angiclinic: Av. Dr. Luiz Teixeira Mendes, 1798 Sala 305 - Maringá/PR 44 3122-4000 | 9 9105-0305

UroMed: Rua Pioneiro Waldemar Gomes da Cunha, 514 - Jd. San Remo - Maringá/PR 44 3029-3600

Dra. Mariana Jorge Garcia Cirurgia Plástica CRM/PR 21831 | RQE 544

Rua Santos Dumont, 2314 - Sala 101 Maringá/PR 44 3346-2444 | 98824-0343

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

7


Guia médico

Revista Saúde Edição Edição42 4 | Dezembro Janeiro . 2017 . 2018 | Umuarama.PR | Maringá.PR

Dra. Marília Furlanetto Dermatologista - RQE 20804 CRM/PR 26925

Centro Médico e Odontológico Sant’Ana Av. Nóbrega, 150 - Maringá - PR 44 3025-3839

Dra. Mirelle José Ruivo

Dr. Newton Alves Remaile

Ginecologia e Obstetrícia

Otorrinolaringologista

CRM/PR: 22812 | RQE: 61

CRM/PR 27924 | RQE 843

Espaço Vivare Saúde e Estética: Filial em Maringá: Edifício Átrium, Av. Pedro Taques X Bento Munhoz, 294 - Sala 26 - Térreo Maringá - Paraná 44 9 9910-7671

Clinica Remaile Av. Cidade de Leiria, 619 - Zona 4 Maringá - PR 44 3305-3958

Dr. Orides Rinaldi Merino

Dr. Orlando Monteiro

Ortopedia e Traumatologia

Cirurgia Plástica

Cirurgia do Tornozelo e Pé

CRM/PR 18515 | RQE 15395

CRM/PR: 15834 | RQE 7395

Betaclínica: Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 44 3031-4411

Dr. Pedro Gabriel Riboli Navarro

Dr. Rony E. B. Donega

Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do Ombro CRM/PR 39924 | RQE 23647

CRM/PR 18215 | RQE 10652

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 44 3031-4411

Oftalmologia

Instituto Oftalmológico Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR 44 3029-4656

Dra. Stephanie Massaro

Dr. Valter Penna

Pediatra

Ortopedista

CRM/PR 32222 | RQE 20566

CRM/PR: 40004 | RQE 23846

Centro Médico e Odontológico Sant’Ana Av. Nóbrega, 150 - Maringá - PR 44 3025-3839 8

Av. Humaitá, 743 - Maringá/PR 44 3026-6463 | 44 3224-4820

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

COI - Centro Ortopédico Ingá Avenida Nóbrega 590 - Zona 04 Maringá/PR 44 3265-1444


Revista Saúde Edição 42 | Dezembro . 2018 | Maringá.PR

Expediente

REVISTA TRIMESTRAL Dezembro/2018 | ANO 11 | Nº 42 | Maringá.PR Editora Lopes e Rampani Ltda - CNPJ 07.986.256/0001-69 PI da Paixão ME - CNPJ 06.018.215/0001-16 ESCRITÓRIOS Umuarama (sede): Rua Paulo Pedrosa de Alencar, 4291 - Ed. Manhattan Garden - CEP: 87501-270 | Centro | Tel.: 44 3622-8270 e-mail: revistasaude@sempresaude.com.br - Maringá: Av. Carlos Borges 970 - CEP 87-060215 Tel.: 44 3346-4050 - e-mail: paulopaixão@sempresaude.com.br COLABORADORES LAYOUT E DIAGRAMAÇÃO: Alison Henrique, André Silva, Bruno Assunção, Dyego Bortoli, Jean Carlos, João Paulo Zequim, Marcio Garcia, Thiago Mantovani. CORREÇÃO ORTOGRÁFICA: Professora Tallis O. F. Resende e Professora Maria de Fátima dos Santos FOTOGRAFIAS: Jackson Yonegura | 44 3226.9694 JORNALISTA RESPONSÁVEL: Caio Henrique dos Santos Rosa - 0011175/PR CIRCULAÇÃO: Maringá e região FRANQUIAS Apucarana/Arapongas-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - comercial@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 - Araçatuba/Bauru-SP - Anderson Hernandes - aracatuba@sempresaude.com.br - 18. 99740-2777 - Boa Vista-RR - Julio Graziani Carlos boavista@sempresaude.com.br - 95. 99169-4071 - Cacoal/Ji-Paraná-RO - Flávio Junior Bezerra Paixão - paixao@sempresaude.com.br - 69. 99278-5703 - Campo Mourão-PR - Rafael Morimoto - rafael@sempresaude.com.br - 44. 9911-8081 | 44. 8811-6206 - Chapecó-SC - Fábio Bortolone - chapeco@sempresaude.com.br - 49. 9916-5719 - Cianorte-PR - Paulo Paixão - cianorte@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Criciúma-SC - José Carlos Junqueira Alvarenga - criciuma@sempresaude.com.br - 48. 9912-5253 - Cuiabá-MT - Márcio Costa - cuiaba@sempresaude.com.br - 66. 99683-1899 - Foz do Iguaçu -PR - Rosana Segovia - rosana@sempresaude.com.br - 45. 99912500 - Florianópolis-SC - Paulo Victor Frasson Cordeiro - floripa@sempresaude.com.br - 48. 9133-3334 | 48. 9610-5357 - Goiânia-GO - Tiago Brito - goiania@sempresaude.com.br - 62. 9951-1899 - João Pessoa-PB - José Adriano Danhoni Neves | Ednéia Tenório - joaopessoa@ sempresaude.com.br - 83. 98750-7070 | 83. 98812-7080 - Joinville-SC - Ana Paula de Campos - joinville@sempresaude.com.br - 47. 9930-6364 - Londrina-PR - Leandro Henrique | Paula Renatha Pontim - londrina@sempresaude.com.br - 43. 9611-5553 | 43. 9611-5563 Macaé/Rio das Ostras-RJ - Andreia Garcia | Paulo Cesar Ceranto - macae@sempresaude.com.br - 22. 98847-5455 | 22. 98842-9166 - Maringá-PR - Paulo Paixão - paulopaixao@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Natal-RN - Dirceu Filho - natal@sempresaude. com.br - 83. 98788-7070 - Palmas/Araguaína-TO - Fábio Lima - palmas@sempresaude.com.br - 63. 98503-9960 - Paranavaí-PR - Paulo Paixão - paranavai@sempresaude.com.br - 44. 3269-6430 | 44. 9922-0310 - Ponta Grossa-PR - Sérgio Oliveira | Mara Megda - pontagrossa@ sempresaude.com.br - 42. 9987-8180 | 42. 8418-1290 - Porto Velho-RO - Arthur Marandola | Rafael Morimoto - portovelho@sempresaude. com.br - 69. 9366-1466 | 69. 9366-1470 - Presidente Prudente-SP - Alexandre Lúcio Martins - prudente@sempresaude.com.br - 18. 981115145 - Ribeirão Preto-SP - Eduardo Borges - ribeirao@sempresaude.com.br - 16. 99711-7770 - Rondonópolis-MT - Marcio Costa - 66. 99683-1899 - rondonopolis@sempresaude.com.br | Fernanda Lima - rondonopolis@sempresaude.com.br - 66. 98139-7824 - São José dos Campos-SP - Marcelo Piai | Verônica Venâncio - sjcampos@sempresaude.com.br - 12. 99625.8005 | 12. 99625-1005 - São José do Rio Preto-SP - Renato Dias Renovato - riopreto@sempresaude.com.br - 17. 99669-1700 - Sinop/Sorriso/Lucas do Rio Verde-MT - Emerson do Carmo - rampani@sempresaude.com.br - 66. 99994-2442 | Luiz Carlos Rampani - rampani@sempresaude.com.br - 66. 99659-7210 - Uberaba-MG - Wander Marcio Rosada - uberaba@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 - Uberlândia-MG - Wander Marcio Rosada - uberlandia@sempresaude.com.br - 34. 9990-2479 - Umuarama-PR - Ueslei Rampani | Marcelo Adriano - revistasaude@sempresaude.com.br - 44. 8407-0698 | 44. 9941-9930 | 44. 3622-8270

NOSSA CAPA Abdominoplastia Dr. Jorge Andre Fiad Marques Cirurgião Plástico - CRM/PR 17501 | RQE 9556

Foto Capa Jackson Yonegura | 44 3226.9694

DIREÇÃO GERAL

Marcelo Adriano Lopes da Silva

FRANQUEADO DESTA UNIDADE

Ueslei Dias Rampani

Paulo Paixão e Andréia Gabriel

ENTRE EM CONTATO PARA MATÉRIAS E ANÚNCIOS Você também pode ler esta edição pelo aplicativo: REVISTA SAÚDE OFICIAL

Paulo Paixão: 44 9.9922.0310 | 44 3346.4050 paulopaixao@sempresaude.com.br Andréia Gabriel: 44 9.9929-2637 | 44 3346.4050 maringa@sempresaude.com.br

www.rsaude.com.br

Facebook/revistasaudemaringa

As matérias e imagens veiculadas são de responsabilidade dos seus autores. rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

9


DIVULGANDO A SAÚDE COM A SERIEDADE QUE ELA MERECE! MARINGÁ -PR

Anúncios e Matérias: Acesse o nosso site: www.rsaude.com.br e confira todas as edições. maringa@sempresaude.com.br /Revista Saúde Maringá

Contatos: Paulo Paixão: 44 9 9922-0310 Andreia Gabriel 44 9 9929-2637 Escritório 44 3346-4050

Acesse nosso site e confira a Revista Saúde na íntegra!

www.rsaude.com.br Presente em mais de 40 cidades no Brasil 13 estados e 8 capitais


Índice

4

Termo de consentimento livre e esclarecido: faculdade ou obrigação? Alexandre Barreiro Pacheco

14

Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade Dra. Stephanie Massaro

54

32

Você sente seu rosto “derretendo”?? A harmonizaçao facial pode reverter essa realidade!

56

Dr. Eduardo Quirino

Lipoaspiração O tratamento das gorduras localizadas Dr. Bruno Quirino

58

Cirurgia ortognática Correção de deformidades faciais

Eliene Pires de Oliveira

60

46 12

Lipoaspiração em homens Dra. Mariana Jorge Garcia

62

Lesão do ligamento escafo-semilunar Dr. Fabio S. de Aquino Brandi

66

GLAUCOMA Dr. Rony E. B. Donega Dr. Gustavo B. Siqueira

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

46

Rejuvenescimento intimo feminino Dra. Mirelle José Ruivo

70

Método FreePen® Intradermoterapia Pressurizada sem Agulhas Lilian Scarpin

72

A síndrome do respirador bucal

60

Dr. Newton Alves Remaile

74 76

Terapia de Casal? Fabiana Carmen dos Santos

Implantes Alergia a Titânio Dr. Rafael Tanuri

Dr. Angelo José Pavan

32

A importância da Vitamina D na saúde humana

42

Ortopedia Oncológica no Centro Ortopédico Ingá

Cirurgias Minimamente Invasivas: Quando o menos é mais

Infidelidade conjugal: por que as pessoas traem?

Dr. Valter Penna

Dra. Marília Furlanetto

38

14

Síndrome dos Ovários Policísticos Dra. Andressa Alvares Yokota Mischiatti

Dr. João Galvanin

Cristiane Pinheli

28

O que são varizes e como tratá-las

“Autoestima vaginal: como anda a sua?” Dra. Glaucia Peron

26

50

A proteção solar e a produção de Vitamina D Dr. Jefferson C. B. Gualda

20

Deficiência hormonal masculina: o que é preciso saber Dr. Marcio de Carvalho

18

Revista Saúde Edição 42 | Dezembro . 2018 | Maringá.PR

78

ESPECIAL CAPA Abdominoplastia Dr. Jorge Andre Fiad Marques

78


Editorial

Revista Saúde Edição 42 | Dezembro . 2018 | Maringá.PR

Saúde! Com o fim de ano chegando, temos muito a agradecer e a comemorar, pela alegria em ter mais uma edição da REVISTA SAÚDE MARINGÁ em circulação. É gratificante estar contribuindo com a nossa Maringá, que leva o título de “Cidade Canção”. Pelo segundo ano consecutivo, Maringá foi eleita a melhor cidade para se viver no país, a segunda no Estado. É considerada uma das cidades mais arborizadas e limpas do Brasil, destacando-se por sua qualidade de vida. Agradecemos, portanto, com muito orgulho, aos clientes, parceiros, colaboradores e leitores por mais um ano juntos. Vocês são nossa inspiração! Ao longo dos 14 anos de existência somos hoje a referência em mídia impressa e digital da saúde, presente em 14 estados e 46 cidades do Brasil, informando aos leitores sobre saúde e bem-estar com respeito e

Com esforço e determinação, cremos em um

credibilidade.

futuro próspero, colhendo informações, ima-

O nosso compromisso é compartilhar in-

gens e matérias que possam contribuir para

formações com qualidade e transparência

o conhecimento dos nossos leitores.

visando conceituar e impulsionar os profis-

Desejamos a você uma ótima leitura e muita

sionais da saúde em seu exercício para um

saúde em 2019!

bem maior. Acreditamos fortalecer ainda mais a nossa referência com o que está por vir e fazer a

Abraços!

diferença para o leitor de Maringá e região.

Paulo Paixão e Andréia Gabriel

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

13


Deficiência hormonal masculina: o que é preciso saber DR. MARCIO DE CARVALHO UROLOGIA CRM/PR 12020 | RQE 6499 • Fellow em Urologia pela Universidade Pierre e Marie Curie (Paris VI) e em Andrologia pela Universidade de Paris XI – Faculdade de Medicina Paris-Sud – França; • Assistente Estrangeiro da Clínica Urológica do Hospital Cochin de Paris – França; • Mestre pela Universidade Federal de São Paulo -UNIFESP; • Ex-Presidente da Sociedade Brasileira de Urologia - Secção Paraná.

Menopausa masculina, andropausa ou de uma maneira mais técnica: DAEM (Distúrbio Androgênico do Envelhecimento Masculino) consiste em uma série de modificações no corpo do homem de caráter hormonal. O hormônio em questão é a testosterona, responsável pelas características físicas masculinas (barba por exemplo), além de ajudar a manter a massa muscular e impulsionar o desejo sexual. Mais de 90% da produção do hormônio testosterona ocorre nos testículos. O problema surge quando alguns homens deixam de produzir este hormônio em quantidades adequadas e isto causado por problemas relacionados diretamente aos testículos ou decorrentes de fatores que interferem com o estímulo da produção de testosterona em áreas do cérebro (hipófise). Esta deficiência também pode surgir como resultado de quimioterapia, radioterapia, inflamação, infecção e obesidade. Para completar, os homens produzem menos testosterona quando vão ficando mais velhos. Níveis de testosterona tem queda de 1% a 3% cada ano quando o homem completa 40 anos de idade. Existe a frequente comparação com o que ocorre com a mulher, onde os ovários param de funcionar subitamente (falência ovariana) com repercussões clínicas bem evidentes como a parada da menstruação e infertilidade. No homem as modificações são mais gradativas e ao contrário das mulheres nem todos são afetados. Na verdade 10% a 20% dos homens saudáveis a partir dos 40 anos apresentam níveis de testosterona abaixo do normal. Como reage o corpo A andropausa tem início lento com baixa da libido (falta de desejo sexual ou de vontade de ter relações sexuais) e diminuição da qualidade das ereções, principalmente aquelas que ocorrem

14

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

durante a noite e pela manhã ao acordar. Outros sintomas freqüentes são a diminuições do volume e da força do esperma, sensações súbitas de calor e suor (fogachos), alterações do humor, do sono (dificuldade para dormir) irritabilidade, agressividade, fadiga, depressão, diminuição da atividade intelectual com perdas de memória, diminuição da força muscular, além de redução da massa muscular e da densidade mineral óssea podendo resultar em osteoporose. Muitas vezes todas estas condições não estão presentes de uma só vez e sim podem surgir de maneira isolada e seriam mais pronunciadas em pessoas obesas e nos submetidos a estresse constante. Condições relacionadas Embora as causas da andropausa não tenham ainda sido completamente estudadas, alguns fatores podem contribuir para esta condição como o estresse, depressão, doenças do fígado, doenças renais, diabetes, obesidade, má nutrição, alguns medicamentos, o tabagismo e até falta de parceira sexual. Quando existe suspeita clínica e os exames comprovam a deficiência hormonal o tratamento de reposição trará inúmeros benefícios. É necessário esclarecer que a administração de testosterona necessita de um acompanhamento muito rigoroso por parte do médico com um controle rígido de exames antes e após o tratamento, para que os benefícios sejam bem evidentes sem qualquer tipo de risco ao paciente. A reposição quando não bem orientada pode levar a dor e aumento dos mamilos, efeitos tóxicos sobre o fígado, acúmulo de água e sal no organismo, aumento da taxa de glóbulos vermelhos, atrofia testicular, infertilidade e pode, até mesmo, alimentar um câncer de próstata já existente.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


A proteção solar e a produção de Vitamina D DR. JEFFERSON C. B. GUALDA DERMATOLOGIA CRM/PR 21291 | RQE 13168

A exposição solar é, sem dúvida, necessária por seus fatores benéficos ao organismo, mas deve ser feita de forma consciente e por um período mínimo de tempo, evitando seus efeitos nocivos imediatos ( queimaduras) e tardios (Câncer de Pele e envelhecimento).

• Especialista em Clínica Médica pelo CNRM/MEC-CFM; • Especialista em Dermatologia pela Sociedade Brasileira de Dermatologia; • Membro Efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

A Vitamina D possui funções es-

exposição solar é recomendada, pois

senciais para o ser humano, seja rela-

o sol exerce importante fator de ati-

cionada aos ossos e funcionamento

vação da Vitamina D, sendo que áre-

de outros órgãos, bem como seu fator

as cobertas do corpo devem receber

antidepressivo para o organismo. Pro-

também a luz solar de forma direta,

blemas relacionados com a síntese e

pois vidros de casas e carros impedem

deficiência dessa vitamina têm cres-

a passagem da radiação ultravioleta.

cido nos últimos anos e este fato gera

A exposição deve durar de 5 a 10 mi-

controvérsias quanto à necessidade de

nutos apenas, sendo período suficien-

exposição solar, pois muitas pessoas

te para o bom andamento e absorção

recorrem ao Sol excessivo para tentar

necessária e minimização dos efeitos

aumentar seus níveis de vitamina D que

nocivos.

por sua vez aumentam riscos de efeitos indesejáveis futuros.

18

A recomendação é aproveitar dos benefícios que o sol oferece, sem es-

O cuidado com a proteção so-

quecer dos danos que o abuso pode

lar deve ser feito com uso de roupas

trazer, ainda vale ressaltar que mui-

adequadas e de protetores solares,

tos indivíduos necessitam de com-

bem como respeitando os horários de

plementação de Vitamina D, devendo

maior intensidade da radiação solar

procurar orientação médica para re-

que ocorre entre as 10 e 15 horas. A

posição e cuidados.

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


“Autoestima vaginal: como anda a sua?” DRA. GLAUCIA PERON MÉDICA CRM/PR 18296

20

A região íntima é composta por uma estrutura muscular chamada assoalho pélvico. Essa estrutura tende a começar a sofrer alterações a partir dos 20 anos de idade. Ou seja, em média, a partir dos 20 anos de idade, a mulher, que nunca exercitou a musculatura vaginal, tende a sofrer com a flacidez vaginal. O processo de envelhecimento costuma ser gradativo, irreversível, complexo, e ocorre em todos os níveis celulares. Dos órgãos que mais denunciam as alterações causadas pelo envelhecimento, a pele é a que mais merece destaque 5,6. E essa alteração inclui, também, a região genital. De acordo com uma pesquisa publicada no Current Opinion in Urology Journal, cerca de 76% das mulheres têm risco de desenvolver quadro de flacidez vaginal em algum momento da vida. Próximo à menopausa, as mulheres podem apresentar flacidez da vagina acompanhada de ressecamento e incômodo durante a relação sexual. O relaxamento da musculatura se deve à atrofia das estruturas internas, com piora da elasticidade e lubrificação, proporcionados principalmente pela queda hormonal dos estrógenos. A verdade é que esse é um assunto delicado e que gera vários e sérios problemas na vida da mulher. Muitas sofrem sem saber, e ainda apresentam outros problemas advindos da flacidez vaginal, como a dispareunia (dor durante a relação sexual), vergonha, falta de confiança, baixa autoestima, sentimento de impotência, falta de libido, falta de desejo sexual, e tudo isso reflete na saúde do relacionamento da mulher. Não é à toa que, no Brasil, 8,2% das mulheres se queixam de absoluta falta de desejo sexual. As principais causas da flacidez vaginal são decorrentes: envelhecimento (relacionado à queda hormonal), parto vaginal (principal causa devido ao estiramento dos músculos, que não voltam para sua posição original), tabagismo, sobrepeso (devido à sobrecarga no assoalho pélvico) ou da falta de exercícios pélvicos. Quando sofremos de flacidez vaginal, o nosso corpo dá alguns sinais de alerta, como: Flatos vaginais (caracterizado pela entrada de ar na vagina durante o ato sexual), Ressecamento vaginal (causando dor e grandes desconfortos durante a penetração, o que inibe a mulher do prazer e diminui o seu apetite sexual), Dificuldade de chegar ao orgasmo (seja pelo ressecamento ou pela pele flácida em si), Incontinência urinária:(devido a pouca força na musculatura da região íntima, a urina da mulher passa a “escapar”

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

quando ela espirra, tosse, ri ou faz mais força do que o normal). Além de desencadear todo o desconforto físico, este sintoma pode ainda provocar consequências psicológicas como baixa autoestima, insegurança, frustração consigo mesma e evitação de locais públicos. Por que a flacidez vaginal atrapalha significativamente a qualidade da relação sexual? Primeiro, porque quando a vagina está mais flácida, a sensação da penetração do pênis é menos intensa, tanto para o homem, que consegue perceber essa frouxidão, quanto para a mulher. E também pois, com o canal vaginal mais largo, a penetração é menos prazerosa e a sensibilidade fica reduzida. Além da piora do ressecamento vaginal, dores na relação e dificuldade de chegar ao orgasmo, afinal quem é que vai atingir o orgasmo com dor ou com medo? Benefícios do tratamento para Flacidez Vaginal A nível mundial, já existem estudos que correlacionam a imagem genital com a vida sexual da população feminina. E segundo a Organização Mundial de Saúde, alterações na saúde sexual podem interferir diretamente na qualidade de vida do indivíduo. Um estudo realizado nos Estados Unidos associou a imagem genital com a vida sexual e a qualidade de vida. O trabalho apontou que as mulheres que apresentavam uma autoimagem genital negativa, foram as que mais reportaram quadros depressivos e de angústia em relação à vida sexual. Muito além de questões estéticas, o tratamento resgata a autoestima da mulher, que passa a se sentir mais segura, confortável e bem consigo mesma. Além da melhora do desconforto nas relações íntimas, passa a vestir certas roupas e praticar algumas atividades que já não faziam mais parte da vida destas mulheres. Banfield SS, McCabe MP. An evaluation of the construct of body image. Adolescence 2002;37(146):373-393. Almeida TR, GuerraMR, Filgueiras MST. Repercussões do câncer de mama na imagem corporal da mulher: uma revisão sistemática. Physis 2012;22(3):1003-29. Zielinski R, Miller J, Low KL, Sampselle C, et al. The Relationship Between Pelvic Organ Prolapse, Genital Body Image, and Sexual Health. Neurourology and Urodynamics. 2012;31(7):1145-48. World Health Disponívelemhttp://www.who.int/reproductivehealth/topics/sexual_health/sh_definitions/en/index.html Zielinski R, Miller J, Low KL, Sampselle C, et al. The Relationship Between Pelvic Organ Prolapse, Genital Body Image, and Sexual Health. Neurourology and Urodynamics. 2012;31(7):1145-48.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Tons neutros e o mix de texturas tornam os ambientes sóbrios, e sofisticados. A partida para criação do espaço gourmet, foi pensado para celebrar e receber amigos e parentes, com conforto e aconchego, com estilo modernista contemporâneo. A suíte de uma das filhas, recebe um toque escandinavo, solicitado pela cliente. O protagonista deste ambiente e o mapa mundo aplicado em toda extensão da parede para programar suas viagens.

Cleuza Penha Diretora Executiva

Rafael Herrera Maiolini Diretor de Criação

Vinicius Penha Diretor Administrativo


Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade DRA. STEPHANIE MASSARO PEDIATRA CRM/PR 32222 | RQE 20566 • Membro da Sociedade Brasileira de Pediatria.

O transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) é uma síndrome de alta prevalência em crianças e adolescentes, abrangendo uma lista com diversos sintomas, sendo eles relacionados principalmente à desatenção, hiperatividade e impulsividade. Os sintomas podem ser diferentes em cada fase da vida e não há uma necessidade de que eles se manifestem em conjunto. Pode haver predomínio de desatenção, de hiperatividade ou, no maior grupo, um tipo de TDAH combinado, quando a criança apresenta tanto hiperatividade, quanto impulsividade e desatenção. Na infância: na idade pré-escolar e escolar alguns dos sintomas do TDAH característicos são: Excesso de agitação motora e impulsividade: criança que geralmente perturba o ambiente escolar e tem seus relacionamentos com colegas e professores afetados, está mais propensa ao risco de acidentes (tombos, queimaduras, etc.) e é difícil de ser controlada em grupo; é uma criança considerada “problemática” e acaba sendo isolada, não recebe convites para festas de aniversários ou para dormir na casa de colegas. Desatenção: crianças com dificuldade de completar as tarefas propostas, desorganizadas e distraídas; têm prejuízo no desempenho escolar. Na adolescência: em geral, há redução da hiperatividade motora, ou seja, o adolescente com TDAH têm menos agitação e necessidade de movimentação do que quando criança, 26

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

entretanto, alguns sintomas do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade permanecem, como a dificuldade de organização e planejamento; a dificuldade de manter a atenção na leitura; e a dificuldade de controlar os impulsos. Outro grave prejuízo nesta fase da vida pode ser em relação à autoestima, que fica bastante abalada. Podem surgir transtornos de ansiedade e transtornos depressivos. Por conta da impulsividade excessiva, não é raro que adolescentes com TDAH (que não estão sendo adequadamente tratados) se envolvam em situações potencialmente perigosas. Isto inclui desde brigas, direção perigosa e esportes de risco, até o aumento da possibilidade do consumo e abuso de álcool e outras drogas. O diagnóstico é predominantemente clínico, não dependendo de exames laboratoriais. A avaliação envolve necessariamente a coleta de dados com os pais e com a criança. A escola pode participar dessa avaliação, fornecendo algumas informações importantes. “Por isso, dizemos que a medicação associada ao acompanhamento multidisciplinar para o tratamento do TDAH exerce um fator de proteção para a saúde e para o futuro das crianças e adolescentes”. Quebrar o preconceito é fundamental para aumentar a adesão ao tratamento, e assim melhorar o desempenho escolar, melhorar a relação entre pais e filhos e melhorar a socialização da criança.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Síndrome dos Ovários Policísticos A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP) é um distúrbio endócrino comum em mulheres na idade reprodutiva.

DRA. ANDRESSA ALVARES YOKOTA MISCHIATTI GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA CRM/PR 27226 | RQE 2717 • Formada pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR); • Ginecologia e Obstretícia Residência Médica na Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de Curitiba (PUCPR) RQE 2717.

A SOP é caracterizada por irregularidade menstrual, com ciclos anovulatórios (sem ovulação) ou amenorréia (ficar sem menstruar por longo período). Isso pode levar à infertilidade, bem como sinais de hiperandrogenismo – acne, aumento de pelos em regiões do corpo onde normalmente não tem nas mulheres e obesidade. Na ultrassonografia, os ovários têm aumento de volume bilateral e há presença de cistos nas suas periferias. Nem todas as mulheres que possuem ovários com aspecto policísticos possuem a síndrome. Por isso é importante acompanhamento ginecológico para o diagnóstico correto e seu tratamento. Após o diagnóstico, a SOP deve ser tratada para prevenir suas complicações, tais como: as doenças cardiovasculares, diabetes e abortamento. Alguns estudos sugerem que muitas mulheres com SOP terão diabetes ou pré-diabetes. Em condições nor28

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

mais, as células respondem à ação da insulina, absorvendo a glicose para o seu armazenamento ou para geração de energia. Em situações adversas, quando há resistência insulínica, há um aumento progressivo da produção da mesma. Com o passar do tempo, isso faz que o pâncreas deixe de produzir a insulina, o que eleva os níveis de açúcar no sangue e provoca o aparecimento do diabetes tipo 2. Nos ovários, a resistência à insulina leva a um erro no desenvolvimento dos folículos e aumento da produção de testosterona. Com isso, as mulheres com SOP podem apresentar acne, crescimento de pelos em excesso, manchas na pele e queda de cabelo. O tratamento deve ser individualizado e muitas vezes multidisciplinar, com uso de medicamentos e mudanças no estilo de vida. Deve-se perder peso, praticar atividade física, ter uma alimentação adequada e parar de fumar.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Diretor TĂŠcnico MĂŠdico: Dr. Marcos Roberto Likes Mischiatti - CRM/PR 24818


Você sente seu rosto “derretendo”?? A harmonizaçao facial pode reverter essa realidade!

DRA. MARÍLIA FURLANETTO DERMATOLOGISTA CRM/PR 26925 | RQE 20804

A partir da harmonização facial, conseguimos sistematizar os planos de tratamento e entender melhor a complexidade da face humana.

O conceito de um rosto bonito tem se modificado ao longo do tempo com as pessoas valorizando muito mais a questão da harmonia facial do que um rosto com traços perfeitos. Existem vários estudos sobre a harmonia facial, as proporções ideais que uma face deveria ter para ser considerada esteticamente agradável. O conceito mais comentado é o da “Proporção Áurea”, uma fórmula matemática utilizada em vários campos, como o das artes, que atua de maneira subliminar no senso estético da pessoa que está apreciando uma obra em geral ou até mesmo um rosto em particular. Outras proporções também vem sendo exaustivamente estudadas como o tamanho e a projeção do queixo, a relação entre os tamanhos dos lábios superior e inferior por exemplo. A perda de volume é um componente fundamental no processo do envelhecimento facial. Uma pessoa jovem normalmente exibe volumes e contornos bem definidos que se combinam harmonicamente. Os fatores que contribuem para o envelhecimento do rosto se referem, por exemplo, à perda de gordura e à remodelação óssea. Essas perdas fazem com que, com o passar do tempo, o indivíduo vá perdendo a proporção de suas medidas. A técnica de harmonização facial foi desenvolvida para reforçar a percepção de que cada unidade estética facial (por exemplo, bochecha, queixo, lábios…) compreende subunidades que poderão ser recriadas formando uma arquite32

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

tura facial mais jovem, natural e desejável para nossos pacientes. A partir da harmonização facial, conseguimos sistematizar os planos de tratamento e entender melhor a complexidade da face humana. Esta técnica compreende, principalmente (mas não só!!), os preenchimentos faciais com ácido hialurônico em locais específicos. Este ácido é uma substância produzida pelo nosso organismo quando jovens e que vai sendo degradada e absorvida naturalmente pelo corpo, levando a formação de rugas e flacidez de pele. Alguns dos locais indicados para restaurar o volume e proporcionar o suporte ósseo com reposição de ácido hialurônico são: • Terço Superior da face: temporas e fronte ( testa); • Terço Médio da face : olheiras, bochechas, arco zigomático (“área do blush”); • Terço Inferior: contorno facial, queixo, lábios. Para fornecer correções adequadas às mudanças decorrentes do envelhecimento no rosto dos pacientes, cabe ao dermatologista planejar um tratamento individualizado, uma abordagem que atenda a cada um com base em suas necessidades específicas . Sendo assim, temos que ter sempre em mente que o belo nem sempre é simétrico, mas pode e deve ser harmônico, ou seja, proporcional. Esse é o segredo da beleza!

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


VANTAGENS • Comunicação ágil e eficiente com o profissional; • Modelos digitais não ocupam espaço, não quebram e podem ser armazenados no computador; • Mapa oclusal do paciente com pontos e intensidade dos contatos oclusais; • Análise de modelo tridimensional mais precisa e rápida.


Cirurgias Minimamente Invasivas: Quando o menos é mais DR. EDUARDO QUIRINO UROLOGISTA CRM/PR: 26813 | RQE: 19863 • Fellow em Uro-Oncologia e Cirurgia Minimamente Invasiva pelo Hosp. A. C. Camargo Câncer Center; • Observer Fellow em Urologia pelo Groupe Hospitalier Diaconesses Craix Saint Simon Paris-França; • Urologista pelo Hospital Santa Casa de Misericórdia de Curitiba/PR; • Membro Títular da Sociedade Brasileira de Urologia.

Com a evolução da medicina e dos métodos diagnósticos, as doenças malignas (cânceres) passaram a ser diagnosticas cada vez mais cedo. Assim, se apresentando em fases iniciais da doença e em paciente cada vez mais jovens e ativos, no momento do diagnóstico. Assim sendo, a evolução das técnicas cirúrgicas se tornou imprescindível, buscando não somente a cura da doença, mas também um retorno precoce às atividades cotidianas, e principalmente, a manutenção da qualidade de vida. Nesse cenário observamos na medicina um “boom” das cirurgias minimamente invasivas, como aquelas endoscópicas e laparoscópicas, realizadas por vídeo. A urologia foi uma das especialidades pioneiras nesse tipo de cirurgia , e até hoje é uma das áreas que mais se beneficiou dessa evolução, que não ocorreu somente no tratamento do câncer. A Nefrectomia laparoscópica para retirada de tumores renais é um exemplo clássico de cirurgia que trouxe grande benefício para os paciente que sofrem de tal doença. Com essa técnica, torna-se possível a cura da doença com menor tempo de internação hospitalar e de recuperação , menor sangramento e menor uso de analgésicos, e também resultando em cicatrizes mais estéticas. A laparoscopia pode ser utilizada tanto em cirurgias que necessitam da retirada de todo o rim, como também em casos em que pode ser preservada grande parte do 38

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

mesmo, retirando-se somente a lesão tumoral (Nefrectomia Parcial laparoscópica). A Prostatectomia radical laparoscópica é uma técnica cirúrgica que vem ganhando cada vez mais espaço no tratamento do câncer de próstata. Além dos benefícios já citados acima, a cirurgia laparoscópica proporciona uma melhor visualização da próstata e dos feixes nervosos, permitindo uma dissecção mais precisa, a fim de buscar melhores resultados na continência urinária e na preservação da potência sexual desses pacientes. As cirurgias endoscópicas são exemplos de outra modalidade de cirurgia minimamente invasiva, também muito utilizada na urologia. Esta modalidade permite a realização do procedimento sem a necessidade de cortes, tornando a cirurgia menos agressiva e com recuperação mais rápida. Alguns exemplos são: Ureterorrenolitotripsia (tratamento de cálculos urinários), RTU de próstata ( tratamento de aumento prostático), RTU de bexiga ( tratamento de tumores de bexiga), dentre outros. Os procedimentos acima descritos demonstram os benefícios que a evolução da medicina trouxe para os pacientes com doenças urológicas. O maior número de opções de técnicas cirúrgicas que possibilitam tratamentos menos agressivos, mantém a cura como foco principal, porém com resultados funcionais e estéticos cada vez melhores. Se informe com seu urologista.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Cirurgia ortognática Correção de deformidades faciais DR. ANGELO JOSÉ PAVAN CRO 7444 • Doutor em Diagnóstico Bucal; • Mestre em Cirurgia Bucomaxilofacial; • Professor de Cirurgia Bucomaxilofacial da Universidade Estadual de Maringá; • Professor de Cursos de Especialização em Implantodontia.

EXCELÊNCIA EM RESULTADOS - Cirurgias e Estética Bucomaxilofacial - Implantes Dentários - Cirurgia Ortognática - Cirurgia de Enxertos Ósseos - Cirurgia Ambulatorial

44 3024-5646 44 9 9136-5874

www.ctbmaringa.com.br ctb@ctbmaringa.com.br ctbmaringa ctbmaringabucomaxilo CTB Maringá Rua Princesa Isabel, 564 Zona 4 - Maringá - PR

42

O prognatismo e o retrognatismo

O procedimento é realizado nos os-

são deformidades da face que afetam

sos da face, com a finalidade de corrigir

consideravelmente a estética e a fun-

as deformidades dento-esqueléticas,

cionalidade. O prognatismo é a defor-

que não podem ser corrigidas com o

midade do maxilar inferior (mandíbu-

tratamento ortodôntico convencional.

la) que em grande parte dos casos se

Diante dessas situações clínicas deve

manifesta pelo crescimento avantaja-

existir uma integração entre o Cirur-

do desse osso, transmitindo a impres-

gião Bucomaxilofacial, o Ortodontista

são de mento “queixo grande”.

e o Fonoaudiólogo para o planejamento

Já o retrognatismo apresenta-se

e preparo dos casos visando à correção.

em maior frequência pela falta de

Para se corrigir essas alterações fa-

desenvolvimento do maxilar inferior.

ciais faz-se necessário a Cirurgia Or-

Essa deformidade acarreta o chama-

tognática integrada com a ortodontia e

do popularmente “queixo pequeno”.

a fonoaudiologia propiciando as corre-

Ambos os casos podem ser corrigidos

ções estético-funcionais devolvendo a

pela cirurgia ortognática.

harmonia facial.

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


GLAUCOMA DR. RONY E. B. DONEGA OFTALMOLOGISTA - CRM/PR 18215 | RQE 10652 • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular; • Mestrado em Plástica Ocular pela FMRP/USP.

DR. GUSTAVO B. SIQUEIRA CRM/PR 19056 | RQE 11635 OFTALMOLOGISTA • Membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Ocular; • Mestrado em Plástica Ocular pela FMRP/USP.

Glaucoma é uma patologia ocular

nervo óptico, verificação da pressão in-

em que ocorre perda progressiva das

traocular, além de outros sinais clínicos

fibras do nervo óptico com diminuição

pertinentes aos vários tipos da doença.

do campo visual, podendo em casos

Exames complementares que avaliam o

mais avançados causar perda total da

campo visual, camada de fibras nervo-

visão. É considerada pela Organização

sas, entre outros, auxiliam no diagnós-

Mundial da Saúde a primeira causa de

tico e evolução da doença.

cegueira irreversível, acometendo mi-

Com relação ao tratamento, dis-

lhões de pacientes anualmente, sendo

pomos de drogas (colírios) potentes,

que grande número desconhece ser

com posologia confortável, facilitan-

portador.

do o uso e obtendo resultados satis-

Na maioria dos casos, o glaucoma

fatórios. Na eventualidade de não se

está intimamente relacionado ao au-

conseguir controle adequado com

mento de pressão intraocular, facilmen-

colírios, temos a opção das cirurgias

te detectável em exame oftalmológico

anti-glaucomatosas, sendo estas uma

de rotina. Em alguns casos, a doença

segunda escolha de tratamento, por

pode cursar com níveis de pressão den-

serem invasivas .

tro dos valores normais. Por haver for-

Portanto, o exame oftalmológico

tes indícios de transmissão genética, é

de rotina levando ao diagnóstico pre-

importante a avaliação dos familiares.

coce e o acompanhamento rigoroso

Para o diagnóstico, é essencial a realização de um exame detalhado do

46

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

constituem armas importantes na prevenção das sequelas irreversíveis.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


44 3029-4656 | Av. Rio Branco, 886 - Zona 05 | Maringรก / PR


O que são varizes e como tratá-las

DR. JOÃO GALVANIN MÉDICO - CRM/PR 12358 • • • •

Emagrecimento; Mesoterapia; Esclerose de Varizes; Implantes Hormonais.

Varizes são veias dilatadas e tortuosas que se desenvolvem sob a superfície da pele. Dependendo da fase em que se encontram, podem ser de pequeno, médio ou de grande calibre.

Como se formam as varizes? Nem todo mundo tem varizes, mas o principal fator de risco para se ter, é a presença desta doença na família: A HEREDITARIEDADE. No entanto, existem outros fatores que contribuem para favorecer o aparecimento das varizes ou agravar as já existentes como: • O sexo: as mulheres são mais propensas do que os homens por causa dos hormônios femininos – principalmente a progesterona que favorece a dilatação das veias. • A idade: as varizes costumam aparecer a partir de 30 anos e podem ir piorando com o passar dos anos. E é pouco frequente antes dos 30. Entretanto, as micro varizes ou “aranhas vasculares”, também chamadas de “vasinhos”, podem aparecer em pessoas bem mais jovens. Outros fatores favorecem o aparecimento das varizes tais como: a obesidade, tabagismo, traumatismo nas pernas, gravidez, entre outros. Complicações das varizes Quando temos varizes, este sangue tende a ficar represado nas pernas e com isso, alguns sintomas podem aparecer como: Dermatite; Trombose; Pigmentação e ou escurecimento da pele; Eczema (geralmente se inicia com prurido – coceira); Flebite (inflamação da veia) e Varicoflebite que consiste na inflamação das varizes. Esta inflamação pode vir acompanhada da formação de trombo decorrente do sangue que coagula. Tratamento das varizes Existem diferentes tipos de tratamentos para as varizes e o diagnóstico é relativamente fácil na medida em que pode ser feito pela simples inspeção visual, muitas vezes auxiliado por um aparelho chamado de GPS, VASCULAR. No entanto, se necessário, o medico poderá utilizar-se do exame de ultrassonografia venosa realizada com o Doppler. O mais importante são as medidas preventivas, no entanto, quando estas 50

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

medidas de precaução não são suficientes, existem tratamentos menos agressivos, como a escleroterapia química. Escleroterapia química: É provavelmente a técnica usada a mais tempo para o tratamento das micro varizes ou vasos e para as varizes de pequeno calibre. Consiste na injeção de substâncias esclerosantes (glicose hipertônica isolada ou combinada com outros esclerosantes) dentro dos vasos fazendo com que se contraiam e desapareçam, expulsando o sangue para as veias normais. Embora essas injeções precisem ser repetidas em algumas veias, a escleroterapia é muito eficaz, e com excelentes resultados quando bem indicadas e realizada por médicos experientes. No entanto, quando as veias afetadas já atingiram grandes calibres, o tratamento indicado é a cirurgia ou técnicas inovadoras como a ESPUMA DENSA DE POLIDOCANOL, ou a técnica chamada de AMPLIADA. Espuma densa de polidocanol: Essa técnica consiste em criar uma espuma, no próprio consultório, e injetar em veias mais calibrosas, sem cortes ou anestesia, mesmo aquelas que tenham indicação de cirurgia. Esse tratamento é indicado principalmente para idosos, pessoas com sobrepeso ou com complicações que impeçam indicação cirúrgica. Escleroterapia ampliada: Consiste na injeção de volumes maiores dos produtos esclerosantes nas veias intermediárias, isso quer dizer: grandes calibres usamos a espuma de polidocanol, nas reticulares ou micro varizes usamos a técnica da ampliada, e nos vasinhos mais finos a técnica de escleroterapia simples. Qual a vantagem dessas técnicas? Não requer internação, anestesia, ou até mesmo repouso prolongado. Mas para isso precisa passar por uma avaliação médica minuciosa para elaborarmos o tratamento correto não intercorrendo em riscos para o paciente.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Diretor Técnico Médico - Dr. Claudio Cordeiro Albino - CRM/PR 8926


CRISTIANE PINHELI

Infidelidade conjugal: por que as pessoas traem?

PSICÓLOGA CLÍNICA CRP 08/22639 • Especialista em relacionamentos

44 9 8818-0911

Rua Luiz Gama, 712 - Zona 4 Maringá - PR

54

A questão é complexa, polêmica, e pode ser definida de diversas formas. O fato é que não se pode estabelecer de maneira rígida o que é infidelidade para todos os casais. Assim, a definição que acho mais pertinente ainda é: todo ato que viole o contrato do casal, sejam as regras desse contrato explicitadas claramente ou não, e onde a confiança entre este casal sofre um trauma. Seja qual for o acordo que o casal fez, é o ideal aceito por ESSE casal nessa relação. A infidelidade está, então, no rompimento desse acordo. Mas por que as pessoas traem? Vemos que prontidão para um caso extraconjugal não é algo que acontece de uma hora para outra como uma decisão repentina (mesmo nos casos acidentais) mas, sim, algo que tem a ver com sentimentos de estar inquieto, desejando mudança. Ouve-se muito a ideia de que os casos extraconjugais acontecem em relações problemáticas. Mas e quando a infidelidade acontece na ausência de problemas conjugais sérios? As pessoas traem por vários motivos, que não caberiam nessa página, e dentre eles, a busca de uma identidade nova, o fascínio de vidas que não puderam ser vividas e por aí vai. No entanto alguns “padrões” de infidelidade se repetem na clínica, por vezes com algumas variantes. E será que é possível aprender algo com a infidelidade e buscar uma recuperação do rela-

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

cionamento? O fato é que depois de passar por ela, algumas relações morrem, outras sobrevivem e se refazem, num demorado processo de restauração da confiança, da transparência e da autoestima, onde o perdão pode não vir de imediato, mas sim como consequência da elaboração da dor. Durante o processo psicoterapêutico, tem sido mais útil ao casal procurar compreender o significado da infidelidade e qual a mensagem que ela trás sobre o seu relacionamento, assim como descobrir juntos qual a melhor forma de restauração. Seja qual for o padrão de infidelidade, geralmente é responsável por causar uma crise no casamento. E pensando no sofrimento causado, trago uma questão: O que podemos aprender com uma infidelidade sem ter que necessariamente viver uma? Que tal fortalecer a relação contra a infidelidade trazendo um pouco da vitalidade erótica dos amores ilícitos? Explico: em vez de termos a falsa ideia de que “comigo jamais acontecerá”, procure sempre rechear sua relação do que os casos extraconjugais tem em abundância: desejo, atenção, romantismo, diversão, sonhos compartilhados, afeto, paixão, curiosidade inesgotável...Ufa!!! Que trabalheira, não é? Pois é, relacionamento para ser saudável precisa de investimento!!! O que você tem feito pelo seu?


Ortopedia Oncológica no Centro Ortopédico Ingá DR. VALTER PENNA ORTOPEDISTA CRM/PR 40004 | RQE 23846 • Pós Doutorado em Ortopedia Oncológica pela Universidade Estadual Paulista - Faculdade de Medicina de Botucatu. • Doutor em Medicina pela Freien Universitat Berlin (1984), titulo revalidado pelo Programa de PósGraduação em Medicina - área de concentração em Cirurgia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (2007) • Graduação em Medicina pela Universidade de Mogi das Cruzes (1978). • Experiência na área de Medicina, com ênfase em Ortopedia Oncológica. • Professor da Faculdade de Medicina UNICESUMAR.

A Ortopedia com foco na Oncologia é uma subespecialidade que se ocupa de tumores do aparelho músculoesquelético. Compreendem os tumores ósseos, musculares e articulares. Os tumores do sistema músculoesquelético se desenvolvem por proliferação anormal e desordenada de células nesta topografia. Estes tumores são em sua maioria benignos e quando malignos podem ser primários, ou seja, originários do próprio tecido ósseo ou secundários, ditos metastáticos. As metástases ósseas são as formas mais comuns de lesões ósseas malignas. Secundárias a um tumor distante, como por exemplo, câncer de mama ou prostático, as células tumorais através da circulação se implantam e se desenvolvem no tecido ósseo. A Ortopedia Oncológica é uma área 56

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

nobre da ortopedia, de raros especialistas, que aborda estes raros casos, que por vezes são graves. As cirurgias têm a particularidade de serem delicadas, com dissecção anatômica minuciosa de estruturas nobres, e por vezes radicais. O COI tem a honra de contar com a qualificada colaboração do Prof. Dr. Valter Penna, ortopedista com especialização Oncológica, que atua em vários Estados, tanto na área Universitária, como também na área Assistencial. Reconhecido nacional e internacionalmente neste ramo particular da Ortopedia, é Doutor em Ortopedia, e em conjunto com a equipe do COI oferece a Maringá um serviço diferenciado que poucos centros ortopédicos no Brasil podem oferecer. O COI é referência em mais este segmento da Ortopedia.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


OFERECE OS MELHORES TRATAMENTOS EM ORTOPEDIA, CARDIOLOGIA, DERMATOLOGIA, CIRURGIA PLÁSTICA, ENDOCRINOLOGIA, CIRURGIA GERAL, CIRURGIA DO APARELHO DIGESTIVO E CIRURGIA VASCULAR.


A importância da Vitamina D na saúde humana

ELIENE PIRES DE OLIVEIRA NUTRICIONISTA – CRN 8/ 7683 • Pós graduação em Fitoterapia • Marketing Nutricional - Unilife Vitamins

No ano de 1903, o dinamarquês Dr. Niels Finsen ganhou o Prêmio Nobel de medicina por ter descoberto “o poder curativo do sol”. Antes mesmo dos antibióticos surgirem, ele já tratava de várias doenças, incluindo tuberculose, sífilis e psoríase com a terapia através de banhos de sol. SOLÁRIO era um espaço a céu aberto em sua clínica onde ele expunha os seus pacientes diariamente para a exposição aos raios solares. Em 1916, Harry Steenbock, da Universidade de Wisconsin, descobriu que a luz solar era o melhor tratamento para o raquitismo (deformidade óssea em crianças). A principal fonte de vitamina D está na ação dos raios solares e desempenha um papel fundamental na absorção de cálcio e na manutenção de ossos saudáveis. Existem dois tipos de vitamina D em forma de suplementação. D2 de origem vegetal e D3 de origem animal. Hormônio Poderoso A vitamina D é um hormônio vital ao organismo humano e o sol desencadeia a produção desse hormônio. Sua função na regulação do metabolismo fosfo-cálcio promove a mineralização óssea equilibrada. Níveis baixos dessa vitamina no corpo podem induzir a sérios problemas na saúde. A vitamina D é o hormônio mais poderoso presente no ser humano e seus efeitos são mediados por vários receptores que regulam mais de 200 genes.” A exposição solar correta está longe de causar câncer de pele”, afirmam especialistas, portanto, o banho de sol por aproximadamente 20 minutos diários no horário mais quente do dia e com roupas leves é uma excelente forma de manter muitas doenças longe, pois é a principal forma de obter de graça esse hormônio incrível que chamamos de vitamina D. Deficiência A deficiência de vitamina D é cada vez mais frequente na população mundial incluindo pessoas de todas as idades, idosos, adultos, jovens e até mesmo crianças. De acordo com o Dr. Ítalo Rachid, especialista em antienvelhecimento, “existe uma múltipla deficiência de vitamina D

58

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

em todos os recantos do planeta”, uma das maiores epidemias já registradas e certamente com prováveis consequências graves para a saúde pública. Segundo o Dr. Rachid, os alimentos estão muito longe de suprir as necessidades de vitamina D no organismo humano. A insuficiência de vitamina D está associada a risco aumentado de fratura podendo resultar em perda de massa óssea. Alguns estudos sugerem que a deficiência de vitamina D está ligada a várias doenças ou sintomas, como gripes, resfriados, viroses, elevação do LDL colesterol, diabetes, osteoporose, câncer, doenças auto-imunes, tuberculose, hipertensão, depressão, osteomalácia, entre outras. Principais riscos Os baixos níveis séricos de vitamina D estão relacionados a diversos fatores ou condições como a diminuição da exposição solar, idade avançada, obesidade, insuficiência renal crônica, uso constante de protetor solar, uso de fármacos como antirretrovirais e anticonvulsivantes, problemas cardiovasculares, doenças infecciosas, inflamações, baixa ingestão da vitamina D através da suplementação, gravidez, vegetarianismo, veganismo, pessoas acamadas por longo período e doenças autoimunes. Indivíduos com esses sintomas ou características possuem maior risco de deficiência de vitamina D e precisam, portanto, estar sempre atentos e periodicamente fazer exames laboratoriais para equilibrarem os níveis da vitamina no organismo. O Dr. Rachid afirma que “quanto mais distante ficamos do sol, mais propensos estamos à doenças”. A escritora Ellen White em seu livro Conselho sobre Saúde, 55 afirma: “Muitos doentes têm sido confinados por semanas e até meses em quartos fechados, sem contato com a luz solar e o puro e revigorante ar exterior, como se o ar fosse um inimigo mortal, quando este é exatamente o remédio de que necessitam para torná-los curados”. Sol é fonte de vida e saúde, portanto, o ser humano deve aprender a desfrutar desse bem tão precioso e gratuito para todos.


LIPOASPIRAÇÃO EM HOMENS Adeus pneuzinhos. Veja como funciona e qual a indicação

DRA. MARIANA JORGE GARCIA CIRURGIA PLÁSTICA CRM/PR 21831 | RQE 544

Engana-se quem pensa que lipoaspiração é coisa de mulher. Hoje em dia, há uma procura muito grande pela lipoaspiração para homens, como alternativa para quem busca melhorar o contorno corporal.

Conforme censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a lipoaspiração foi o segundo tipo de cirurgia mais procurado e realizado no Brasil, ficando atrás, apenas, do implante de mamas. Os homens que procuram fazer uma lipoaspiração, na maioria dos casos, são aqueles que já levam um estilo de vida saudável, com uma boa alimentação e prática de exercícios físicos, mas que, no entanto, não conseguem se desfazer de algumas gordurinhas indesejadas, como por exemplo, os pneuzinhos laterais. Lipoaspiração para homens A lipoaspiração é realizada em homens que estão buscando cuidar mais da sua aparência. Os que estão muito acima do peso terão que adiar e se cuidar um pouco antes da cirurgia. Esse tipo de procedimento em homens tem como objetivo retirar a gordura localizada em áreas como o abdome, costas, braços, coxas, flancos e joelhos. Quando realizada no abdome, a lipoaspiração promove uma grande melhoria do contorno corporal e revela os músculos, deixando-os muito mais aparentes, que é o sonho de muitos homens. Muitos homens possuem a chamada gordura visceral, aquela que é localizada entre os órgãos do corpo e que deixa o abdome com o aspecto da chamada barriga de chope. A estes homens, não é recomendado esse procedimento estético, uma vez que esse tipo de remoção de gordura não é possível na lipoaspiração. A cirurgia de lipoaspiração é feita através de pequenos cortes, praticamente imperceptíveis, onde são inseridas as cânulas que removerão toda a gordura subcutânea, aquela que não representa perigo para a saúde, e que esconde os músculos. Por serem realizadas com pequenos cortes, as cicatrizes para esse proce60

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

dimento ficam muito pequenas, praticamente imperceptíveis. Já o tempo de recuperação varia de pessoa para pessoa, dependendo principalmente do local corporal onde foi realizada a cirurgia. O inchaço proveniente da lipoaspiração costuma desaparecer cerca de 10 dias após a cirurgia. Diferenças da lipoaspiração para homens e mulheres O procedimento de lipoaspiração para homens e mulheres tem algumas diferenças, sendo que a principal refere-se aos resultados, visto que em homens, estes tendem a ser mais surpreendentes. Na maioria das vezes a gordura masculina é mais difícil de ser esculpida, se comparado às femininas. Por outro lado, os homens mantêm a elasticidade da pele por muito mais tempo que as mulheres. Devido a estes dois fatores, os resultados da lipoaspiração para homens é muito mais eficaz e com flacidez muito pequena, quase nula. Para homens e mulheres, existem diferenças nos objetivos estéticos e visuais da lipoaspiração. Os homens que, na maioria das vezes, recorrem à lipoaspiração do abdome, buscam por um abdome definido, do tipo tanquinho. Já as mulheres que procuram pelo procedimento, estão à procura de um corpo mais desenhado com curvas. Apesar de termos algumas diferenças nos resultados da lipoaspiração para homens e mulheres, os cirurgiões plásticos afirmam que para os homens a lipoaspiração no abdome é a que costuma trazer melhores resultados. O verão esta quase chegando e a exposição do corpo é maior…Caso se encaixe nesse perfil, não se esconda mais atrás da camiseta!

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Lesão do ligamento escafo-semilunar

DR. FABIO S. DE AQUINO BRANDI ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA CRM/PR 34488 | RQE 19262 TEOT 13189 • Cirurgia da Mão e Microcirurgia.

62

Os ligamentos atuam como conec-

O quadro clínico é variável de acor-

tores entre os ossos em uma articu-

do com o grau de lesão. Pode haver dor

lação. Eles precisam ter elasticidade

leve aos esforços, edema ou dor forte

para produzir movimento entre os os-

que impede o paciente de carregar

sos, porém é preciso haver resistência

peso e causa sensação de “perda de fir-

suficiente para que o movimento não

meza” no punho.

seja excessivo, o que poderia fazer o

O diagnóstico é feito através da his-

osso sair do lugar, causando uma lu-

tória clínica, exame físico e exames de

xação.

imagem, sendo importante a participa-

O ligamento escafo-semilunar, que

ção de um médico especialista em ci-

é aquele que une os ossos escafoide

rurgia da mão. Também, é fundamental

e semilunar, tem papel fundamental

que seja precoce para possibilitar o re-

na biomecânica do punho. Seu mau

paro do ligamento. Porém, não é raro o

funcionamento prejudica a função do

diagnóstico ser feito em fases mais tar-

punho sobrecarregando as demais ar-

dias, onde já há degeneração articular.

ticulações e levando, a longo prazo, a

O tratamento é feito de acordo com

um quadro de degeneração articular

o grau de lesão, tempo de lesão e perfil

no punho, ocasionando dor crônica e

do paciente (idade, profissão, comor-

perda de movimento.

bidades) e pode ser feito com imobili-

As lesões do ligamento escafo-se-

zação, fisioterapia, cirurgia aberta ou

milunar podem ocorrer em acidentes

cirurgia por vídeo. Quando necessário

ou traumas esportivos que envolvam

cirurgia, o tempo de recuperação é len-

queda sobre a mão, torção ou movi-

to, podendo levar até 6 meses para o

mentos contra forte resistência.

retorno às atividades habituais.

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


DIRETOR TÉCNICO MÉDICO: DR. ORIDES RINALDI MERINO - CRM 15834-PR / RQE 7395

DR. FABIANO C. DE PAULA GOMES

DR. ORIDES RINALDI MERINO

DR. PEDRO GABRIEL NAVARRO

DR. FABIO SIMÃO DE A. BRANDI

DR. GILSON WASSANO KURODA

CRM 25132-PR / RQE 10998 Ortopedia e Traumatologia Cirurgia Coluna Vertebral

CRM 15834-PR / RQE 7395 Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do Pé e Tornozelo

CRM/PR 39924 | RQE 23647 Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do Ombro

CRM 34488-PR RQE 19262 / TEOT 13189 Ortopedia e Traumatologia Cirurgia da Mão e Microcirurgia

CRM 20522-PR / RQE 15716 Ortopedia e Traumatologia Cirurgia do Joelho

(44) 3031-4411 Av. Carlos Correia Borges, 851 | Maringá - PR vitaortopedia.com.br

facebook.com/vitaortopedia


Rejuvenescimento intimo feminino

DRA. MIRELLE JOSÉ RUIVO CRM/PR: 22812 - GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA - RQE: 61 • Graduação pela Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP); • Residência Médica – Ginecologia e Obstetrícia Universidade Estadual de Maringá (UEM); • Pós-Graduação em Videolaparoscopia e Cirurgia Minimamente Invasiva Hosp. Parque Belém/RS; • Fellow em Videolaparoscopia no McGill University Health Center Montreal Canadá; • Título de Especialista em Ginecologia / Obstetrícia / FEBRASGO; • Membro da Sociedade Brasileira de Cosmetoginecologia.

Depois dos 45, e principalmente, após 50, há uma flacidez natural do músculo da vulva,deixando os lábios mais murchos.

A estética genital feminina é o novo recurso da mulher moderna para resgatar a autoestima, a segurança sexual, o bem estar e o poder da sedução. Depois dos 45, e principalmente, após 50, há uma flacidez natural do músculo da vulva, deixando os lábios mais murchos. Graças à modernidade e a ciência atual, temos formas de recuperar a estética genital feminina de forma não invasiva,indolor,e segura, através de radiofrequência, lasers, peellings genitais e tratamentos mais invasivos como preenchimentos dos grandes lábios , fios de sustentação e cirurgia íntima para redução de pequenos lábios e colpoperineoplastia. Além disso, o laser genital devolve a lubrificação para mulheres menopausadas, melhoram a flacidez vaginal e tratam incontinência urinária leve. Para redescobrir a sua sensualidade e surpreender o parceiro, além de resgatar a jovialidade genital as mulheres procuram cada vez mais os 66

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

tratamentos íntimos menos invasivos. A tecnologia na intimidade é um tratamento praticamente indolor com baixíssimos riscos e retorno imediato às atividades diárias; com resultados excelentes e alto índice de satisfação entre as usuárias. Ainda na parte de estética íntima a depilação definitiva trata problemas como foliculite e acaba com os indesejáveis pêlos. O laser diodo alcança a raiz do folículo piloso a acabando com 90 a 95% dos pelos grossos e escuros em torno de 10 meses, sendo necessária uma aplicação anual de manutenção. Se o caso for cirurgico, a redução de pequenos lábios chamada ninfoplastia é uma cirurgia rápida e com boa recuperação no pós operatório desde que sejam seguidas as orientações médicas. Cirurgia para redução dos grandes labios tb é possível assim como o estreitamento cirurgico do canal vaginal através da cirurgia de colpoperineoplastia.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Envolva-se em uma atmosfera relaxante • Massagem Relaxante; • Massagem com Velas; • Massagem Bamboo; • Terapia com Pedras Quentes. Tratamentos Estéticos Faciais • Limpeza de Pele; • Peeling Diamante; • Dermaroller; • Rejuvenescimento; • Tratamento de Rugas e Flacidez;

• Tratamento de Manchas; • Botox; • Peelings; • Preenchimentos; • Sculptra; • Skinbooster; • Fios de Sustentação para Face e Corpo; • Lasers para Manchas, Rugas e Rejuvenescimento (Harmony / CO2 / Fotona). Corporais • Drenagem Linfática (Também para Gestantes); • Pós-Operatório;

• Massagem Modeladora; • Detox Corporal; • Criolipólise; • Laser para Tratamento de Gordura Localizada, Flacidez, Celulite e Estrias; • Depilação Definitiva à Laser; • Preenchimento Vulvar; • Rejuvenescimento Vaginal com Laser; • Criofrequência.


Método FreePen®

Intradermoterapia Pressurizada sem Agulhas administração de princípios ativos para dentro da pele ou no tecido subcutâneo de forma não invasiva. O dispositivo funciona como uma base de propulsão do jato de alta velocidade que rompe o tecido epitelial epidermal conseguindo colocar os ativos sem o uso de agulhas, os ativos utilizados podem conter um conjunto de aminoácidos, vitaminas, lipolíticos, substâncias eutróficas, substratos nutrientes e extrato de enzimas e plantas. Todos que possuem autorização de uso pela ANVISA. Com finalidades diversas no tratamento estético. Os ativos introduzidos aumentam a permeabilidade celular e promovem a vasodilatação, que favorece a chegada do material. Você sabe o que é o Método FreePen®? Com tantas técnicas lançadas recentemente, às vezes é difícil saber o que é e como funciona cada um dos procedimentos estéticos. Por isso, vamos explicar como funciona o método patenteado e desenvolvido pela maringaense Lilian Scarpin. O que é o Método FreePen® e quais os seus benefícios? O método FreePen® consiste na aplicação de ativos através de uma pistola de pressão na pele ou no tecido subcutâneo (tecido de gordura). O ativo aplicado é escolhido pelo profissional de acordo com o objetivo do tratamento. Esta técnica é utilizada para introduzir alta concentração de determinados ativos no local de ação, aumentando o resultado desejado. Indicações A técnica é indicada para tratamentos de celulite, gordura localizada, estrias, flacidez, alopecias, redução de papadas, rejuvenescimento e desvitalização da pele da face, em homens e mulheres. Contraindicações do Método FreePen® O tratamento é contraindicado em casos de doenças de pele no local em que o produto será aplicado, para gestantes, lactantes, cardíacos, pacientes com doenças crônicas e também nos casos de alergia às substâncias que são utilizadas no processo. Por isso a consulta e avalição com o profissional é de grande valor na seleção do paciente e indicação do tratamento estético. Como é feita a aplicação O Método FreePen® consiste na utilização de uma caneta pressurizada que não utiliza agulhas que permitem a

70

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

Duração do tratamento Os resultados começam a aparecer logo após a primeira sessão, e isto é totalmente dependente das substâncias usadas, que deve ser devidamente selecionada para cada caso e para cada paciente, pelo profissional, que deve ser muito bem capacitado e treinado em seus conhecimentos, e duram em média 15 -30 minutos cada uma. Benefícios do tratamento Alguns de seus benefícios são: • A existência de poucos efeitos colaterais, devido a ação do ativo ser localizada, e não haver uma ação sistêmica; • É uma ótima opção para o verão, pois é um tratamento que apresenta efeito mais rápido, devido à aplicação direta do ativo no local a ser tratado; • Promove a perda de 3 a 10 centímetros de gordura a cada sessão; • Ajuda a eliminar a flacidez, as estrias e as celulites; • Promove melhora da hidratação da pele e suavização das rugas em poucas sessões. Cuidados que devem ser tomados antes, durante e depois das aplicações: É recomendado que o paciente esteja com a pele limpa, livre de vestígios de produtos usados na pele, como hidratantes e maquiagens. O uso de substâncias anticoagulantes também deve ser interrompido dias antes à aplicação, um exemplo dessas substâncias é o ácido acetilsalicílico. Durante e após o tratamento, o paciente deve optar por roupas de tecidos mais leves e suaves (como o algodão), que não vão entrar em atrito com o local que está sendo tratado. Deve-se evitar principalmente usar jeans. Também é recomendável não expor a área ao sol.


A síndrome do respirador bucal DR. NEWTON ALVES REMAILE OTORRINOLARINGOLOGISTA CRM/PR 27924 | RQE 843

O Nariz tem a função de aquecer, umidificar e filtrar o ar inspirado, além de nos proporcionar o olfato e sentir os cheiros. Quando respiramos muito ou apenas pela boca, passamos a adotar posicionamentos adaptativos para a respiração bucal. Posicionamento de língua, lábio inferior frouxo e cabeça projetada para frente. Tais adaptações, com o tempo, acabam levando a alterações da face, que fica mais alongada e estreita, e da oclusão dos dentes de cima com os de baixo, além de modificar as funções das quais a boca participa, como a mastigação e fala. Além disso, se não respiramos pelo nariz, não filtramos o ar inspirado, o que propicia condições para um maior número de gripes, sinusites, faringites, rinites e crises de asma. Como estas alterações são de instalação lenta e progressiva, elas nem sempre são percebidas pelo paciente ou familiares. O ideal é diagnosticar o respirador bucal o mais precocemente possível. Em geral o pediatra e o dentista são os primeiros a suspeitarem que o quadro está se instalando, devendo sempre solicitar avaliação de um otorrinolaringologista. Dentre os fatores que identificam o respirador bucal, temos: lábios afastados (quando sorri expõe a gengiva; cansa para comer pois necessita fazer pausas para respirar pela boca, mastiga pouco (se alimenta mal) e não gosta de sólidos; face mais estreita e alongada, céu da boca alto (palato ogival) e pode haver vários tipos de má oclusão dos dentes. Acumula saliva, cuspindo ao falar ou babando à noite. Pode roncar e até mesmo ter apnéia de sono (pausa respiratória por mais de 10 segundos). Outros sinais e sintomas de respiração bucal são • Dor de garganta; 72

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

• Ardência, coceira e secreção na garganta; • Tosse seca persistente; • Dores de cabeça; • Mau hálito; • Enurese noturna; • Sonolência / irritabilidade; • Desatenção e mau aproveitamento escolar; • Aumento de cáries dentárias. Os principais que podem levar à respiração bucal são as que causam obstrução nasal como: • Hipertofria adeno-amigdaliana; • Rinites; • Rinossinusites; • Tumores nasais benignos e malignos; • Polipose nasal; • Desvios do septo nasal; • Malformações da cavidade nasal. Na criança, uma das principais causas é a hipertrofia de adenóides e amígdalas sendo o tratamento cirúrgico recomendado em alguns casos. Em outros casos a respiração bucal pode surgir em decorrência de stress e ansiedade, não havendo uma doença física originando o problema. Este paciente deve ser tratado por um psicólogo ou psiquiatra. O respirador Bucal deve ser acompanhado e tratado por equipe multidisciplinar, que inclui o otorrinolaringologista e fonoaudiólogo. A família deve ficar atenta, juntamente com pediatras e odontopediatras aos sinais e sintomas do Respirador Bucal. O tratamento difere em cada caso. O diagnóstico e tratamento precoce são importantes, pois evita o desenvolvimento de graves deformidades orofaciais e torácicas, além do prejuízo escolar e emocional.

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


Terapia de Casal? O terapeuta de casais é um facilitador da comunicação, que leva as partes a perceberem se há sentimentos suficientes e esforço de ambas no sentido de renovar a relação, ou se desejam seguir novos caminhos.

FABIANA CARMEN DOS SANTOS PSICOLOGA - CRP08/15149 • Graduada em Psicologia pela Unicesumar. (2005); • Gestalterapeuta- Formada pelo Instituto Maringaense de Gestaltterapia. (2011); • Atua na área Clínica e na área da Saúde como Psicóloga na Rede Feminina de Combate ao Câncer Maringá-PR, atendendo crianças e adolescentes em fase de tratamento de câncer; • Graduanda em Psicopedagogia pelo Instituto Dimensão. (2018).

(44) 9 9854-5256 Centro Empresarial Braz Jose Jorge Abrão Rua Santos Dumont, 2314 - Sala 1101 11º Andar - Zona 01- Maringá - PR fabiana.cdpe@gmail.com

74

Com passar do tempo, o relacionamento conjugal passa por transformações. Muitas vezes passa despercebido devido a vida corrida do dia a dia, a chegada dos filhos, a falta de comunicação entre os cônjuges, os medos e anseios que ambos sentem e não conseguem expressar. Em sua grande maioria não sabem o que fazer para melhorar o relacionamento, e isto pode gerar muitos conflitos, ou até mesmo o fim do relacionamento. Escutamos por diversas vezes amigos e familiares contarem das suas insatisfações conjugais. As dinâmicas dos relacionamentos amorosos são bastante singulares e funcionam ou não dependendo do comportamento e das expectativas dos envolvidos. A terapia de casal tem a função de identificar o que não está funcionando bem no relacionamento. Através da comunicação entre as partes, o psicólogo pode auxiliar o casal a identificar os conflitos e sentimentos dentro da relação e a partir disto determinar quais mudanças são desejáveis, tanto no modo de se relacionar, como mudanças individuais. Assim, o casal torna-se consciente de pontos de vista e modos de interagir e de se comunicar, no intuito de criar uma relação mais saudável. Quando procurar por terapia de casal? Os casais buscam essa opção de terapia quando estão insatisfeitos com o casamento ou quando querem retomar a intimidade perdida. Não há regras no que diz respeito ao momento certo, já que cada casal tem suas necessidades e seu modo de relacionar. Para alguns, a decisão surge quando a comunicação está extremamente falha ou diante de uma possibilidade de separação. Outros casais, optam pela terapia conjugal ao perceberem sinais iniciais de desgaste no relacionamento. É preciso estar casado para optar por essa terapia? Não, o que é regra nesse caso é que ambos concordem e aceitem o processo.

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

Casais homossexuais também podem se beneficiar da terapia de casal? Obviamente que sim. Os mecanismos psíquicos dos relacionamentos amorosos são os mesmos, independentemente da orientação sexual. Terapia de casal “conserta” ou termina de vez o que está ruim? O objetivo é chegar ao melhor para o casal, independente do desfecho. A ideia da terapia de casal é compreender qual o melhor caminho para a saúde emocional de ambas as partes e principalmente do relacionamento. Algumas vezes pode haver possibilidade de reconciliação saudável, com novos comprometimentos de cada um. Mas, outras vezes um relacionamento resiste apenas baseado numa crença de que os casamentos são indissolúveis, que cada uma das partes deve suportar qualquer comportamento inadequado do outro sem questionar a manutenção da relação, mesmo que isso aniquile todo o equilíbrio interno de uma ou mesmo das duas partes. Outras vezes uma das partes simplesmente não aceita o término de algo, que já acabou há muito tempo, talvez por não se permitir algo diferente. No que a terapia de casal pode ajudar? • Melhorar a comunicação; • Identificar objetivos comuns; • Negociar e equilibrar as diferenças individuais dentro da relação; • Aprender a compartilhar responsabilidades dentro do relacionamento; • Desenvolver estratégias para manter e fortalecer o compromisso; • Acabar com a competição; • Entender as necessidades do outro; • Superar a infidelidade ou traição; • Melhorar a vida sexual; • Melhorar a qualidade geral do relacionamento e ação conjugal.


IMPLANTES ALERGIA A TITÂNIO Implante dentário é o método mais ideal de substituição de dentes. Os implantes feitos de titânio, são colocados cirurgicamente na mandíbula por um cirurgião-dentista para substituir os dentes ausentes; mas a pesquisa indica que os pacientes podem ter sensibilidade ao titânio. O titânio é um metal forte. É preferido sobre o aço para a perfuração do corpo. Por ter ligas mais fortes e mais leves, é usado na fabricação de jóias, armações de óculos, marca-passos, placas ósseas e parafusos, implantes dentários, e muitos outros produtos industriais como creme dentais, sacos plásticos, protetor solar entre outros, porém algumas pessoas podem ter alergia de titânio. O risco de alergia a titânio é maior em pacientes que são alérgicos a outros metais. Pacientes com alergia oral queixam-se de vários sintomas, como queimação ou sensação de formigamento, acompanhadas ou não de secura oral ou perda do paladar, ou de sintomas mais gerais como dor de cabeça, mialgia. sinais de síndrome da fadiga crônica , erupções cutâneas, dores em geral , dermatites, inchaço , dificuldade de curar corretamente a partir de feridas e infecções. Estas reações a titânio poderiam ser responsáveis por casos de falência sucessiva inexplicável de implantes dentários. Sintomas de alergia a titânio são mais notados quando as pessoas usam jóias de titânio para a perfuração do corpo ou quando as pessoas estão expostas a este metal através de implantes dentários ou endoprótese. Dependendo do processo de produção, o titânio pode conter uma pequena quantidade de níquel e muitas pessoas são realmente alérgicas ao níquel. Assim, elas podem experimentar sintomas alérgicos. Estudos mostram que pacientes podem apresentar hipersensibilidade aos implantes que contêm titânio. Alguns pacientes desenvolvem sensibilidade de metal após a implantação de hardware dos ortopédicos, marca-passo ou implantes dentários. Os sintomas de alergia, um pode variar de pessoa para pessoa. O sintoma mais importante que pode ser uma causa de preocupação é a “fadiga crônica”. Se você sentir dor muscular e fadiga crônica sem qualquer razão conhecida (o esforço físico ou mental), e se o cansaço não vai embora, mesmo depois de descansar o suficiente, então você deve consultar seu médico. As pessoas geralmente se queixam de cansaço depois de experimentá-la durante meses. Elas devem consultar seu médico o mais cedo possível. Fracasso da articulação artificial ou implante de titânio é muitas vezes erroneamente atribuído a uma alergia ao titânio. Casos que apresentem sintomas da alergia após implantes de titânio foram dificilmente notado. Após o implante, se o paciente tem algum problema, ele deve consultar imediatamente um profissional da saúde. A detecção precoce de uma alergia ou qualquer outro problema ajuda a evitar outras complicações de saúde. O teste de MELISA (exame de sangue) ajuda a detectar se você tem uma alergia ao titânio.

76

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


O que é a abdominoplastia? Procedimento em que se remove o excesso de gordura e de pele e, na maioria dos casos, restaura os músculos enfraquecidos ou separados, criando um perfil abdominal mais suave e tonificado. Ter um abdômen liso e tonificado é algo que muitos de nós se esforça para ter através de exercício físico e controle de peso. No entanto, às vezes, exercício físico e controle de peso não são suficientes para que alcancemos nossos objetivos. Mesmo pessoas com peso corporal e proporções normais podem desenvolver um abdômen protruido, frouxo e flácido. As causas mais comuns destas situações incluem: • Gravidez; • Envelhecimento; • Oscilações significativas no peso; • Hereditariedade; • Cirurgia prévia.

78

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


A abdominoplastia é um procedimento altamente individualizado e você deve fazê-lo para si mesmo, não para satisfazer os desejos de outra pessoa ou para se adaptar a qualquer tipo de imagem ideal.

O que esperar da consulta: O sucesso e a segurança do procedimento cirúrgico dependem de sua sinceridade durante a consulta. Você será questionado sobre sua saúde, desejos e estilo de vida.

A abdominoplastia será uma boa opção para você se: • Você for saudável sem patologia que possa prejudicar a cicatrização ou aumentar o risco da cirurgia; • Você não fuma; • Você tem perspectiva positiva e expectativas realistas sobre a cirurgia.

Esteja preparado para discutir: • A razão pela qual quer se submeter à cirurgia, suas expectativas e o resultado desejado; • Condições médicas, alergia medicamentosa e tratamentos médicos prévios; • Uso atual de medicamentos, vitaminas, medicamentos naturais, fumo, álcool e drogas; • Cirurgias prévias.

Embora os resultados de um procedimento de abdominoplastia sejam tecnicamente permanentes, o resultado positivo pode diminuir muito devido a oscilações significativas no peso. Por esta razão, pessoas que estão planejando perder peso substancial ou mulheres que consideram futuras gestações são aconselhadas a postergar a cirurgia de abdominoplastia.

O cirurgião também poderá: • Avaliar seu estado geral de saúde e todas as condições pré-existentes de saúde ou fatores de risco; • Tirar fotos para seu prontuário médico; • Discutir suas opções e recomendar um tratamento; • Discutir prováveis resultados da cirurgia e quaisquer riscos ou complicações potenciais.

O que a abdominoplastia não vai fazer: A cirurgia de abdominoplastia não é um substituto à perda de peso ou a programa adequado de exercício físico. Ademais, a abdominoplastia não corrige estrias, embora possam ser removidas ou melhoradas ligeiramente se estiverem localizadas em áreas de pele adicional que será removida, em geral, nas áreas tratadas abaixo do umbigo.

Preparando-se para a cirurgia Previamente à cirurgia, pode ser necessário: • Fazer exames de laboratório ou avaliação médica; • Tomar certos medicamentos ou ajustar seus medicamentos atuais; • Parar de fumar bem antes da cirurgia; • Evitar tomar aspirina, antiinflamatórios e medicamentos naturais, pois podem aumentar o sangramento. rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

79


Instruções especiais: • O que fazer na noite anterior e na manhã da cirurgia (tempo de jejum, medicamentos, banho); • O uso de anestesia durante o procedimento; • Cuidados pós-operatórios. Riscos e informações de segurança: A decisão de se submeter à cirurgia é pessoal e é você quem terá de decidir se os benefícios atingirão os seus objetivos e se os riscos e complicações potenciais da cirurgia são aceitáveis. O cirurgião plástico e/ou assistentes irão lhe explicar, em detalhes, os riscos associados à cirurgia. Você deverá assinar o termo de consentimento para assegurar que compreendeu plenamente o procedimento ao qual vai se submeter e quaisquer riscos ou complicações potenciais. Possíveis riscos da cirurgia: • Cicatrizes desfavoráveis; • Sangramento (hematoma); • Infecção; • Acúmulo de líquido (seroma); • Riscos anestésicos; • Má cicatrização; • Necrose da pele; • Dormência ou demais alterações de sensibilidade da pele; • Despigmentação da pele e/ou inchaço prolongado; • Assimetria; • Deiscência (reabertura de uma ferida previamente fechada); • Necrose do tecido adiposo; • Danos em estruturas mais profundas tais como nervos, vasos sanguíneos, músculos e pulmões; • Dor, que pode perdurar; • Trombose venosa profunda, complicações cardíacas e pulmonares; • Fios de sutura podem espontaneamente emergir na pele, tornando-se visíveis ou causar irritação que exijam sua remoção; • Possibilidade de novo procedimento cirúrgico.

cessário. Através desta incisão, os músculos abdominais enfraquecidos são reparados e suturados, enquanto o excesso de gordura, de tecidos e de pele são removidos. Uma segunda incisão, em torno do umbigo, pode ser necessária para remover o excesso de pele na parte superior do abdômen. Etapa 3 – Fechando as incisões Suturas, adesivos de pele, fitas ou clipes são usados para fechar as incisões na pele. Etapa 4 – Resultados O procedimento de abdominoplastia irá resultar em um contorno abdominal mais suave e tonificado, ficando mais proporcional com o seu tipo de corpo e peso. Os resultados finais podem ser inicialmente obscurecidos pelo inchaço e por sua incapacidade de ficar totalmente na vertical até que a cicatrização interna seja finalizada. Dentro de uma semana ou duas, você poderá ficar totalmente em pé e estará mais confiante com o seu novo perfil. É imprescindível para um bom resultado a prática de exercícios físicos e localizados após a cirurgia, com a devida autorização do cirurgião.

O que acontece durante a cirurgia? Procedimento Cirúrgico: Etapa 1- Anestesia Medicamentos são administrados para o seu conforto durante o procedimento cirúrgico. As opções incluem sedação intravenosa e anestesia geral. Seu médico irá recomendar a melhor opção para você. Etapa 2 – Incisão O procedimento completo da cirurgia de abdominoplastia requer uma incisão horizontal orientada na área entre a linha do púbis e umbigo. A forma e o comprimento da incisão serão determinados pelo grau de correção ne-

80

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

MAIS INFORMAÇÕES CONSULTE NOSSO GUIA NAS PÁGINAS 6, 7 E 8


#curtas |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

A PEQUENA ALICE A pequena Alice de Brito Lelli comemorou seu primeiro aniversário, filha de Jacqueline e Everton contaram com a presença de amigos e familiares no buffet Diverkids no dia 10/11. Parabéns e muitas felicidades Alice!

PALESTRA Dr. Marcio de Carvalho em Apresentação na câmara dos vereadores de Maringá sobre cuidados com a saúde masculina no novembro azul 2018.

VIAGEM ROMÂNTICA Leandro e Flávia Benali aproveitando o frio em Gramado-RS

VIAGEM ROMÂNTICA Inácio Paganini e sua esposa Ana Karina, fizeram uma maravilhosa viagem, passando por toda Turquia, Grécia e Emirados Árabes.

#estounocurtasdasaúde 82

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


#curtas |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

ANIVERSÁRIO No útimo dia 16/11, Ivanor Nunes e Maribel Valero, comemoraram com muita alegria o aniversário do filho Pedro Lorenzo. A festa foi realizada no Buffet Infantil Mega Kids, uma festa recheada de diversões e brincaderas. Foto: Jhon Goulart

COQUETEL DE LANÇAMENTO Os franqueados de Paranavaí, Paulo Paixão e Andréia, receberam seus convidados no Coquetel de lançamento da 20ª Edição da Revista Saúde no Bougainville Residence & Resort no dia 28/11.

VIAGEM Dr. Rodrigo Machado e sua esposa Jaqueline estiveram em Mendoza - Argentina, conhecendo as Vinícolas e as belas paisagens da região. Ao fundo Vinícola Catena Zapata.

CONGRESSO Dr. João Galvanin participou do CIFE - 1º Congresso Internacional Master em Flebologia Estética, nos dias 23 a 25 de agosto/18 em São Paulo.

#estounocurtasdasaúde 84

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


Qualidade e perfeição a altura dos nossos clientes! Estamos atentos aos pequenos detalhes transformando cada obra em única. O nosso diferencial está em planejar um ambiente útil e agradável, entendendo que cada usuário tem seu estilo e sua necessidade.

44 3224-0604

Rua Ema, 515 | Jardim Everest | Maringá-PR

www.gessopontocom.net

• Forros e divisórias em gesso acartonado • Forro acústico mineral • Forro PVC • Forro gesso plaquetas • Steel FRAME


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

ROTARY PEDALANDO No dia 21 de Outubro os 14 rotarys clubes de Maringá uniram-se para fazer um evento de conscientização da importância de vacinar contra a poliomielite. Esta data foi escolhida em alusão ao Dia Mundial de Combate à Pólio... O foco principal foi a realização de um passeio ciclístico pelas ruas da cidade chamando a atenção sobre a importância do combate à doença. E na concentração as famílias puderam aproveitar a ginástica laboral, pipoca, algodão doce, pinturas e atividades para as crianças, música ao vivo (Flavia Parras c/Rock acústico), somou com o Grupo “Sempre Tem”, Cobertura do estúdio C Maringá, sorteio de brindes (direcionado aos participantes). E esta importância se dá ao longo dos últimos 30 anos, o Rotary através da fundação rotária já imunizou 2 bilhões e meio de crianças ao redor do planeta por meio do programa pólio plus, hoje não passamos de 12 casos em 3 países, estamos trabalhando para que essa doença seja a segunda na história a ser eliminada.

88

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

20 ANOS ANADEM “Inácio Paganini, superintendente da ANADEM (Sociedade Brasileira de Direito Médico e Bioética), comemorou em Brasília, com a diretoria e conselheiros jurídicos, os 20 anos da Instituição”.

90

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

9º CAMPEONATO DE PESCA LIVRE A Rionáutica mais uma vez promoveu o 9º Campeonato de Pesca Livre, em Porto Rico - PR

92

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

| #social

LANÇAMENTO DA BRP 2019 O empresário Saul da Rionáutica, esteve em Denver/USA conferindo o lançamento da BRP 2019.

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

93


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

RIONÁUTICA CHURRASQUERO FESTIVAL No dia 06/10 aconteceu na Represa Sendeski o Festival Churrasquero, a Rionáutica esteve presente.

94

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

INAUGURAÇÃO No dia 23/11 inaugurou em Maringá Studio Velocity®, primeira franquia no sul do Brasil. A inauguração do espaço contou com a presença do casal fit Gabriela Pugliesi e Erasmo Viana, Maurício Shogun e Ricardinho do Vôlei.

96

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

| #social

INAUGURAÇÃO

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

97


Fotos: José Carlos Ronchin

#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

CONGRESSO MÉDICO O curso de Medicina da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e o Hospital Universitário Regional de Maringá (HURM), promoveram nos dias 11 a 13 de Outubro. O Congresso Médico de Maringá 2018, com a temática “A Medicina do Futuro”. 98

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


| #social

Fotos: José Carlos Ronchin

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

CONGRESSO MÉDICO

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

99


Fotos: José Carlos Ronchin

#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

CONGRESSO MÉDICO

100

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

CONFRATERNIZAÇÃO Confraternização do Rotary Club de Maringá Novo Centro, com a presença dos companheiros, companheiras e convidados no dia 28 de Outubro de 2018, nas dependências do Residencial Jardins de Monet. Fotos: José Carlos Ronchin.

102

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

| #social

PREMIAÇÃO A Rionáutica de Maringá Pr, uma das maiores Concessionárias de Náutica e Off-Road do Sul do Brasil, fica pelo 2° ano consecutivo entre as 10 melhores empresas de vendas de Consórcios do Brasil e recebe premiação internacional em Dubai e Abu Dhabi nos Emirados Árabes. Neste evento a empresa foi representada por um dos seus parceiros comerciais Renato Gaspari da Ocean Consórcio. rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

103


#social |

Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

FESTA DAS SECRETÁRIAS A Nd Núcleo Diagnóstico mais uma vez realizou um jantar em comemoração ao dia da secretária com o tema Black & White, foi realizado na Sede Campestre Da Sociedade Médica de Maringá no dia 25/10. A festa foi um sucesso.

104

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br


Revista Saúde Dezembro . 2018 Maringá . PR

| #social

FESTA DAS SECRETÁRIAS

rsaude.com.br | Dezembro . 2018 | Revista Saúde

105


Guia de profissionais CIRURGIA PLÁSTICA

Revista Saúde Edição 42 | Dezembro . 2018 | Maringá.PR

MÉDICO

Dra. Aline Pavan

Dr. Orides Rinaldi Merino

Clínica Aline Pavan

Artmed:

Av. Carlos Correa Borges, 20 - Maringá/PR

Rua Joaquim Nabuco, 648 - Maringá/PR

44 3025-3139

44 3026-3180 | 44 99809-0018

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 - Maringá/PR 44 3031-4411

Dra. Beatriz Zagorski Quirino

Dr. João Edmar Galvanin

Clínica Bruno Quirino: Av. Nóbrega, 768 - Zona 04 - Maringá/PR 44 3030.1313 | 9.9131.3330

Centro Médico: Av. Rio Branco, 942 - Sala 11 - Maringá - PR 44 3255-8585

Dr. Bruno Quirino

Av. Rio Branco, 942 - Sala 11 - Maringá - PR

Clínica Bruno Quirino:

44 3629-1953

Av. Nóbrega, 768 - Zona 04 - Maringá/PR 44 3030.1313 | 9.9131.3330 Dr. Jorge Fiad

PEDIATRIA Dra. Stephanie Massaro Centro Médico e Odontológico Sant’Ana

Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR

Av Nóbrega, 150 - Maringá/PR

44 3029.4656

44 3025-3839

Dra. Mariana Jorge Garcia Rua Santos Dumont, 2314 - Sala 101 - Maringá/PR 44 3346-2444 | 98824-0343 Dr. Orlando Monteiro Betaclínica

PSICOLOGIA

Dr. Marcos Roberto Likes Mischiatti Angiclinic: Av. Dr. Luiz Teixeira Mendes, 1798 Sala 305 - Maringá/PR 44 3122-4000 | 9 9105-0305

DERMATOLOGIA Dr. Jefferson C.B.Gualda

Rua Santos Dumont, 2314 - Sala 1101 11º Andar - Zona 01 - Maringa - PR

PSIQUIATRIA Dra. Ândrea Kraft Clínica Maringá Avenida Tiradentes,1455 - Maringá/PR 44 3224-9553

OFTALMOLOGIA Dr. Gustavo B. Siqueira Instituto Oftalmológico Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR 44 3029-4656 Dr. Rony E. B. Donega

44 3025.1660

Instituto Oftalmológico

Dra. Marília Furlanetto

Av. Rio Branco, 886 - Maringá/PR

Av. Nóbrega, 150 44 3025-3839 | 9 9114-3839

GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

44 3029-4656

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA Dr. Fabiano Gomes Clínica Vita:

Dra. Andressa Alvares Yokota Mischiatti

Av. Carlos Correa Borges, 851 - Maringá/PR

Angiclinic:

44 3031-4411

Av. Dr. Luiz Teixeira Mendes, 1798 Sala 305 - Maringá/PR 44 3122-4000 | 9 9105-0305

Dr. Fábio Simão de A. Brandi Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 - Maringá/PR

Dra. Mirelle José Ruivo

44 3031-4411

Espaço Vivare Saúde e Estética:: Filial em Maringá:

Dr. Gilson Wassano Kuroda

Edifício Átrium, Av. Pedro Taques X Bento Munhoz, 294 - Sala

Clínica Vita:

26 - Térreo - Maringá - Paraná

Av. Carlos Correa Borges, 851 - Maringá/PR

44 9 9910-7671

44 3031-4411

Revista Saúde | Dezembro . 2018 | rsaude.com.br

Av. Cidade de Leiria, 619 - Zona 4 - Maringá - PR 44 3305-3958

UROLOGISTA Dr. Eduardo Quirino

UroMed Rua Pioneiro Waldemar Gomes da Cunha, 514 Jd. San Remo - Maringá/PR 44 3029-3600

Av. Dr. Luiz Teixeir a Mendes, 2150 - Maringá/PR

Centro Médico e Odontológico Sant’Ana:

OTORRINOLARINGOLOGISTA Dr. Newton Alves Remaile

Dr. Marcio de Carvalho

Dr. Hasan Juda

CIRURGIA VASCULAR

COI - Centro Ortopédico Ingá Avenida Nóbrega 590 - Zona 04 - Maringá/PR 44 3265-1444

44 9 8818-0911

Centro Empresarial Braz Jose Jorge Abrão

44 9 9987-3745 / 3224-9553

Dr. Valter Penna

Rua Luiz Gama, 712 - Zona 4 - Maringá - PR

Fabiana Carmen dos Santos

Rua Tiradentes, 1455 - Maringá/PR

Clínica Vita: Av. Carlos Correa Borges, 851 - Maringá/PR 44 3031-4411

Cristiane Pinheli

44 3026-6463 | 44 3224-4820

Clínica Maringá:

Dr. Pedro Gabriel Riboli Navarro

Avenida Doutor Luiz Teixeira Mendes, 1819 - Zona 05 Maringá/PR 44 3355.1819 | 9.9139.6931 | 9.9139.6933

Av. Humaitá, 743 - Maringá/PR

CLÍNICA MÉDICA

106

ORTOPEDIA E TRAUMATOLOGIA

Dra. Glaucia Peron

ESTÉTICA Dra. Lilian Scarpin Rua Bernadino Bogo, 250 - Mandaguaçu/PR 44 3245.1610 - 44 9.9839.7752 - 44 9.9161.9150

FARMÂCIA Flavia Leonel Ayres Bioessência Av. Curitiba, 160 - Zona 04 - Maringá/PR 44 98428.2335 - 44 3030.1515

NUTRIÇÃO Eliene Pires de Oliveira Unilife Vitamins Av. Herval, 3642 – Jardim Imperial II Maringá- PR 44 3263-6465 / 44 99880-4246

ODONTOLOGIA Dra. Andressa Sone Le Belmont Rua das Camélias, número 326 sala 25. Edifício Camélias. Zona 05 44- 99808-0128 Dr. Angelo José Pavan Rua Princesa Isabel, 564 - Maringá/PR 44 3024-5646 / 9.9156-5874 Dra. Jesiane Belmont Le Belmont Rua das Camélias, número 326 sala 25. Edifício Camélias. Zona 05. Telefone: 44- 99808-0128 Dr. Rafael R. Tanuri Odontologia Tanuri Av. 19 de Dezembro, 369 - Salas 3 e 4 - Maringá/PR 44 3031.6799 Dr. Rodrigo Cardoso Machado Implante Ingá Av. Itororó, 597 - Maringa - Paraná 44 3266-1788


REVISTA SAÚDE MARINGÁ - EDIÇÃO 42 - 12/2018  
REVISTA SAÚDE MARINGÁ - EDIÇÃO 42 - 12/2018