Page 1

AS MELHORES FOTOS DO PORTAL INTERBUSS, CONFIRA

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA | ANO 7 | N° 343 | 7 DE MAIO DE 2017

HOLANDA CHEGA A 1 MILHÃO DE KM COM ELÉTRICO

43 ônibus elétricos circulam pela cidade holandesa de Eindhoven e completam a marca histórica NITERÓI RECEBE 25 NOVOS ÔNIBUS NEOBUS


UMA REVISTA

PARA QUEM QUER

SABER TUDO SOBRE TRANSPORTE

NO BRASIL

E NO MUNDO. TODO DOMINGO,

UMA NOVA EDIÇÃO.

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

CONTEÚDO DE QUALIDADE COM RESPONSABILIDADE


PEÇAS PARA

BUSSCAR CONFIRA NOSSAS PROMOÇÕES!

TORNEIRA SANITARIO BUSSCAR ESPELHO RETROVISOR EXTERNO LE BUSSCAR MARTE MANUAL R$

1309,73

LANTERNA PISCA AMARELA BUSSCAR >01 R$

37,23

R$

170,00

PORTA DIANTEIRA PANTOGRAFICA LD BUSSCAR JUMBUSS 360 R$

7419,00

Linha completa de peças de reposição Busscar. Confiram em nossa loja virtual. Compre pela internet! www.apolloonibus.com.br

RUA MÁRIO JUNQUEIRA DA SILVA, 1580 JARDIM EULINA - CAMPINAS/SP

FONE: (19) 3395-1668 NEXTEL: 55*113*14504


NESTA EDIÇÃO DEU NA IMPRENSA

Ônibus elétricos dominam a

43 ônibus chegam à marca histórica de um milhão de quilômetros SUMÁRIO

6 NOSSA OPINIÃO

12 PÔSTER

7 A IMAGEM MARCANTE

14 DEU NA IMP

8 A GRANDE MATÉRIA

16 REDE SOCIA

11 ADAMO BAZANI

18 O MELHOR D

O vandalismo contra os ônibus cariocas

A foto que marcou a semana no setor de transportes

Fábrica da Caoa Hyundai completa 10 anos de Brasil

Andorinha promete DD para Corumbá, mas não convence

Comil Campione, por Clem

As notas da imprensa espe

O seu espaço na InterBuss

As melhores fotos publicad


ANO 7 | Nº 343 | DOMINGO, 7 DE MAIO DE 2017 | 1ª EDIÇÃO | CONCLUÍDA ÀS 19h19 (6ª) EDIÇÃO COM 24 PÁGINAS

a Holanda

s rodados

milton Rodrigues

PRENSA ecializada

AL s

DA INTERBUSS das no Portal InterBuss

14

O MELHOR DA INTERBUSS

Confira o que já saiu de melhor nas galerias do Portal InterBuss

As melhores fotos já publicadas no antigo Portal InterBuss

18

A GRANDE MATÉRIA

Niterói recebe 25 novos Neobus Mega Plus para linhas urbanas

Veiculos foram compradas pela empresa Santo Antonio

09

DEU NA IMPRENSA

Artigo: os investimentos em ciclovias nas grandes cidades

A necessidade de novos modais garante redução de custos

15

REDE SOCIAL

Confira as melhores fotos que foram publicadas no Facebook

As melhores fotos da semana saem aqui na Interbuss!

16


EXPEDIENTE

Uma publicação da InterBuss Comunicação Ltda. DIRETOR-PRESIDENTE / EDITOR-CHEFE Luciano de Angelo Roncolato JORNALISTA RESPONSÁVEL Luciano de Angelo Roncolato REVISÃO Luciano de Angelo Roncolato ARTE E DIAGRAMAÇÃO Luciano de Angelo Roncolato AGRADECIMENTOS DESTA EDIÇÃO Agradecemos à todos os colaboradores de todo o país pelas fotos enviadas esta semana para capa, matérias e pôster. SOBRE A REVISTA INTERBUSS A Revista InterBuss é uma publicação semanal do site Portal InterBuss com distribuição on-line livre para todo o mundo. Seu público-alvo são frotistas, empresários do setor de transportes, gerenciadores de trânsito e sistemas de transporte, poder público em geral e admiradores e entusiastas de ônibus de todo o Brasil e outros países. Todo o conteúdo da Revista InterBuss provenientes de fontes terceiras tem seu crédito dado sempre ao final de cada material. O material produzido pela nossa equipe é protegido pela lei de direitos autorais e sua reprodução é autorizada após um pedido feito por escrito, e enviado para o e-mail revista@ portalinterbuss.com.br. As fotos que ilustram todo o material da revista são de autoria própria e a reprodução também é autorizada apenas após um pedido formal via e-mail. As imagens de autoria terceira têm seu crédito disponibilizado na lateral da mesma e sua autorização de reprodução deve ser solicitada diretamente ao autor da foto, sem interferência da Revista InterBuss. A impressão da revista para fins particulares é previamente autorizada, sem necessidade de pedido. PARA ANUNCIAR Envie um e-mail para contato@portalinterbuss.com. br ou ligue para (19) 99483-2186 e converse com nosso setor de publicidade. Você poderá anunciar na Revista InterBuss, ou em qualquer um dos sites parceiros do grupo InterBuss, ou até em nosso site principal. Temos diversos planos e com certeza um deles se encaixa em seu orçamento. Consulte-nos! PARA ASSINAR Por enquanto, a Revista InterBuss está sendo disponibilizada livremente apenas pela internet, através do site www.revistainterbuss.com.br. Por esse motivo, não é possível fazer uma assinatura da mesma. Porém, você pode se inscrever para receber um alerta assim que a próxima edição sair. Basta enviar uma mensagem para revista@portalinterbuss.com.br e faremos o cadastro de seu e-mail ou telefone e você será avisado. CONTATO A Revista InterBuss é um espaço democrático onde todos têm voz ativa. Você pode enviar sua sugestão de pauta, ou até uma matéria completa, pode enviar também sua crítica, elogio, ou simplesmente conversar com qualquer pessoa de nossa equipe de colunistas ou de repórteres. Envie seu e-mail para revista@ portalinterbuss.com.br ou contato@portalinterbuss. com.br. Procuramos atender a todos o mais rápido possível. A EQUIPE INTERBUSS A equipe do Portal InterBuss existe desde 2000, desde quando o primeiro site foi ao ar. De lá pra cá, tivemos grandes conquistas e conseguimos contatos com os mais importantes setores do transporte nacional, sempre para trazer tudo para você em primeira mão com responsabilidade e qualidade. Por conta disso, algumas pessoas usam de má fé, tentando ter acesso a pessoas e lugares utilizando o nome do Portal InterBuss, falando que é de nossa equipe. Por conta disso, instruímos a todos que os integrantes oficiais do Portal e Revista InterBuss são devidamente identificados com um crachá oficial, que informa o nome completo do integrante, mais o seu cargo dentro do site e da revista. Qualquer pessoa que disser ser da nossa equipe e não estiver devidamente identificada, não tem autorização para falar em nosso nome, e não nos responsabilizamos por informações passadas ou autorização de entradas dadas a essas pessoas. Qualquer dúvida, por favor entre em contato pelo e-mail contato@portalinterbuss.com.br ou pelo telefone (19) 99483.2186, sete dias por semana, vinte e quatro horas por dia.

NOSSA OPINIÃO

Editorial

Os vandalismos contra o transporte do Rio de Janeiro A cidade do Rio de Janeiro viveu duas grandes barbáries no transporte coletivo urbano nos últimos dias. A primeira aconteceu no dia da tão falada greve geral, dia 28 de abril, onde vários ônibus foram queimados no centro da cidade durante manifestantes que se diziam contrários às reformas que o governo federal está tentando aprovar no Congresso Nacional. A segunda aconteceu na semana passada, mais precisamente na última terça-feira onde oito ônibus foram queimados por traficantes na Avenida Brasil com o objetivo de despistar a polícia durante a tomada de um ponto estratégico de tráfico. Só nisso foram perdidos quase duas dezenas de ônibus, a maioria deles novos, que não serão repostos, conforme já informado em comunicado pela Fetransrio, a associação que reúne os empresários de transporte do Rio de Janeiro. Além de uma política irresponsável de tarifagem que tem sido severamente criticada por vários especialistas por parte da prefeitura carioca, o vandalismo tem sido outra pedra no sapato das viações que circulam não só pela capital mas também pela região metropolitana e baixada fluminense. A prefeitura do Rio de Janeiro, sob o comando do inexperiente e inexpressivo pastor Marcelo Crivella, da Igreja Universal do Reino de Deus, está começando a dar mostras de que a situação deverá ficar cada vez pior já que nenhuma providência enérgica tem sido aplicada no setor. A intransigência da prefeitura em relação às viações está causando uma série de quebras e seguindo a tendência mais uma empresa fechou as portas na semana retrasada. A bola da vez foi a Transportes Santa Maria, que inclusive opera no eixo troncal do BRT Transcarioca e acabou causando um desfalque na linha. A empresa também tinha linhas alimentadoras no sistema, o que teria sido fatal para a sua saúde financeira, de acordo com especialistas no setor. Agora, com a onda de violência voltando à tona após as trocas de governo e com as descobertas corruptas do ex-governador Sérgio Cabral, que tem de certa forma minado o governo de seu sucessor, Luiz Carlos Pezão, a impressão que dá é que o estado e a capital estão sem comando algum. As tão faladas Unidades de Polícia Pacificadora, instaladas em vários pontos da cidade, não estão mais respondendo aos anseios das pessoas de bem e isso ficou bem claro na ação de queima de ônibus na Avenida Brasil na semana passada, já que ficou muito claro que a guerra entre traficantes continua acontecendo normalmente nos morros e a polícia fica de fora, apenas acompanhando as pessoas ficando trancadas dentro de suas casas, as crianças sem aulas e o transporte público, que absolutamente não tem nada a ver com a história, ficando cada vez pior com os atos de vandalismo praticados por essa gente. O pior é que tudo vai acabar sobrando para a população que mais precisa do transporte coletivo para se deslocar entre as cidades ou entre os bairros da capital carioca, pois já que esses veículos queimados esses dias não serão repostos, serão menos ônibus circulando nas ruas e obviamente mais tempo esperando pela ida ao trabalho ou pela volta para casa em mais um dia de expediente exaustivo. Do outro lado, os tais manifestantes contra o governo de nada tinham que queimar ônibus. Se estão protestando por uma causa social, por que queimar algo que eles mesmos usam, ou diz que usam, para se deslocar? Nada justifica o vandalismo e tudo deveria ser punido com muita severidade já que ninguém é obrigado a arcar com as consequências por conta da irresponsabilidade de uma minoria.


A IMAGEM MARCANTE

Brasília, DF

Quinta-feira, 4 de Maio de 2017

Um acidente entre um ônibus e um caminhão na rodovia BR-060 deixou 21 pessoas feridas. Seis delas estão em estado grave. O ônibus, da Rápido Marajó, bateu na traseira do caminhão. A foto foi publicada no site Metrópoles.


A GRANDE MATÉRIA

Automóveis

Fábrica da CAOA em Anápolis celebra 10 anos Empresa fabrica diversos modelos de carros da marca Hyundai Da CAOA | assessoria A CAOA Montadora completa em abril uma década de produção de veículos em sua fábrica instalada em Anápolis (GO). Inaugurada em 2007, resultado de investimento inicial próprio de R$ 1,2 bilhão, a fábrica começou a produzir, à época, a camioneta o HR que comemora o seu décimo ano consecutivo como líder de vendas em seu segmento. Atualmente, saem da linha de produção da CAOA Montadora, os modelos: Tucson Flex, iX35, New Tucson e as linhas de comerciais leves, HR e HD. Em dez anos, investimentos em modernização e tecnologia de ponta colocaram as linhas de montagem de Anápolis em patamares elevados de qualidade. Com processos produtivos completos, a fábrica possui altos índices de qualidade e elevado grau de automatização. Na área do Body Shop, 22 robôs montam o conjunto básico que dá forma ao produto e no Paint Shop, uma moderna área para a aplicação de proteções especiais com primers que dão base a pintura, ampliando a aderência da tinta e protegendo contra corrosão. Neste mesmo local é realizada a pintura da carroceria, por meio de um moderno sistema também robotizado (10 robôs) para aplicação de pintura e verniz. Também conhecida como montagem final, a área de Trim Shop é onde a carroceria acolhe todas as peças mecânicas, além de itens de acabamento que garantem o conforto para os ocupantes, passando para a etapa seguinte que é a área de testes finais. Recentemente, para o início da produção do Hyundai New Tucson, em 2016, a CAOA Montadora aperfeiçoou ainda mais seus processos produtivos para adequar a linha de montagem para o modelo que utiliza aço de alta resistência em 51% da carroceria e 102 metros de adesivos estruturais, que aumentam a qualidade e também o conforto a bordo e redução de ruídos. Qualidade Todos os veículos produzidos em Anápolis, pela CAOA Montadora chegam ao

08 interbuss | 07.05.2017

mercado brasileiro depois de passarem pelos mais rigorosos testes como alinhamento de rodas, regulagem de faróis, simulações dinâmicas de funcionamento e uma simulação de chuva torrencial para verificação das guarnições e selagem, garantindo que não ocorram infiltrações no habitáculo, dentre outros. A fábrica possui a certificação de Gestão de Qualidade, ISO 9001/2008, e vem sendo aprovada nas auditorias anuais de certificação promovidas pela Hyundai. A CAOA Montadora conta ainda com uma completa pista de testes, onde são simuladas as mais diversas condições de piso, vibrações de painéis e verificação do isolamento acústico, mantendo toda a qualidade oferecida pelos mundialmente reconhecidos produtos Hyundai. Produtos O segundo modelo produzido em Anápolis foi o fenômeno de vendas Tucson, em 2010, e a partir de 2012 passou a ser produzido com motorização flex. Em 2011 entrou na linha o terceiro veículo Hyundai produzido no Brasil, o caminhão leve HD78, oferecendo a motoristas autônomos e transportadoras uma das melhores relações custo-benefício do mercado.

Em 2013, teve início uma nova fase para a fábrica com o início da produção do Hyundai iX35 Flex. Além da expansão da linha de montagem e modernização de processos produtivos, houve um grande investimento aplicado também em ações relacionadas à sustentabilidade ambiental. Atualmente a CAOA Montadora possui uma linha de produção extremamente moderna com um total de 38 robôs em operação que realizam desde a aplicação de primer, base e verniz na área de pintura de carrocerias, na pintura de peças plásticas e em adesivos de fixação de vidros, até equipamentos realizando a soldagem de carrocerias. Em 2016, totalizando em sua história R$ 2,5 bilhões investidos, a CAOA Montadora anunciou o início da produção do moderno SUV New Tucson, modelo de sucesso internacional que chega ao mercado brasileiro oferecendo conforto e confiabilidade. Para 2017 a CAOA programa o início da produção do HD80, desenvolvido para ampliar ainda mais os reconhecidos e consagrados atributos de qualidade, economia, fácil manutenção e excelente custobenefício do seu antecessor, o HD78.


Mercado

S. Antonio Transportes, de Niterói, recebe 25 Neobus Mega Plus

Veículos são dotados do novo sistema de elevador para cadeirante

Da Marcopolo | assessoria A Santo Antônio Transportes Ltda. adquiriu 25 novos ônibus Mega Plus produzidos pela Neobus. O operador de transportes de Niterói, no Estado do Rio de Janeiro, utilizará os veículos no município e nas cidades da Grande Rio. “As empresas de transporte de passageiros do Rio de Janeiro têm estreita parceria com a Neobus e investem continuamente para a modernização e so-

fisticação dos veículos. Os ônibus contam com sistema de ar-condicionado, para enfrentar o calor da região, além de diversos recursos tecnológicos. Atualmente, a frota fluminense é uma das mais novas do Brasil”, revela Alexandre Pontalti, diretor da Neobus. O ônibus Mega Plus tem capacidade de transportar 39 passageiros sentados em poltronas altas do tipo Urbana Comfort. O veículo destinado à Santo Antônio possui itinerário eletrônico, sistema

de áudio, iluminação interna em LED, conjunto ótico e lanternas traseiras em LED com acabamento envolvente em peças injetadas. O posto do motorista possui maior ergonomia e conforto para proporcionar melhor condução. O modelo Neobus Mega Plus foi projetado para atender as necessidades do transporte urbano e se destaca pela extrema robustez, economia, amplo espaço interno e ser esteticamente atrativo, aliando conforto e eficiente desempenho. 07.05.2017 |

interbuss 09


A GRANDE MATÉRIA Transporte Aéreo

Demanda por transporte aéreo de cargas tem alta Demanda global teve aumento de 14% em março deste ano

Da Istoé Dinheiro | notícias A demanda global por transporte aéreo de cargas, apurada em toneladasquilômetro transportadas (FTK), cresceu 14% em março de 2017 em relação ao mesmo período de 2016, de acordo com informações divulgadas nesta quarta-feira, 3, pela Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata, na sigla em inglês). Já a oferta global por transporte aéreo de cargas, medida em toneladasquilômetro disponíveis (AFTK), aumentou 4,2% em março deste ano na comparação com o mesmo mês do ano passado. Com

10 interbuss | 07.05.2017

isso, a taxa de ocupação global das aeronaves para o transporte de carga chegou a 47,4%, uma alta de 4,1 pontos porcentuais (p.p.) em um ano. “Março fechou um primeiro trimestre robusto com o maior crescimento anual no frete aéreo em seis anos e meio”, diz, em nota, o diretor geral da Iata, Alexandre de Juniac. “O otimismo está retornando à indústria, mas ainda há muito terreno perdido a se recuperar”. Ao analisar o desempenho do transporte aéreo de cargas por região, a Iata destaca que, exceto a América Latina, todas as regiões analisadas – África, Ásia/Pacífico, Europa, Oriente Médio e América do Norte

– tiveram um aumento na demanda no terceiro mês do ano. Nos países latino-americanos, a demanda por transporte aéreo de cargas recuou 4,2% na comparação com março de 2016, enquanto a oferta diminuiu 1,9%. Desta maneira a taxa de ocupação para o transporte de cargas recuou 0,8 p.p., chegando a 31,9%. O maior crescimento na demanda por transporte de cargas em março foi verificado na África, com uma alta de 33,5% na base anual, seguida pela Europa (+18,2%), Oriente Médio (+16,3%), Ásia/Pacífico (+13,6%) e América do Norte (+9,5%).


COLUNAS

NOSSO TRANSPORTE ADAMO BAZANI | adamobus@gmail.com

Andorinha oferece ônibus de dois andares e promoção, mas vereadores de Corumbá querem licitação para outras empresas Proposta foi apresentada na Câmara Municipal; reclamações sobre serviços são grandes, de acordo com vereadores

A Empresa de Transportes Andorinha ofereceu, mas não convenceu os vereadores de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. Em reunião na Câmara Municipal a respeito de reclamações sobre os serviços da empresa, a companhia de ônibus apresentou como alternativa uma renovação de frota com 12 ônibus modernos, sendo dois Double Decker – dois andares ; 18 viagens diárias Corumbá-Campo Grande-Corumbá e passagens promocionais. O encontro entre representantes da companhia de ônibus e os vereadores ocorreu na Câmara Municipal na tarde da última quinta-feira. Apesar da oferta, os vereadores insistem na necessidade de o estado fazer uma nova licitação para atrair mais empresas para o trecho e dizem que vão negociar com o executivo a realização da concorrência. É o que relata em nota enviada ao Diário do Transporte, o presidente da Câmara Municipal de Corumbá, Evander Ven-

dramini. “Foi uma reunião importante. Diante das cobranças, a direção de empresa nos apresentou novidades, como novos veículos, passagens promocionais, no sentido de melhorar o serviço. Mas, nossa posição está mantida e vamos continuar em entendimentos com o Governo do Estado, para a realização de uma nova licitação do transporte intermunicipal de passageiros com duas ou três empresas realizando o serviço” Na mesma nota da Câmara Municipal, o primeiro secretário da casa, Rufo Vinagre, entendeu que a reunião foi um avanço, porém destacou que os vereadores vão continuar pedindo mais empresas de ônibus. “Teremos novos ônibus, dois deles com dois andares e outros com o símbolo do Corumbaense Futebol Clube, além de passagens promocionais. Porém, não desistimos em ter melhores condições no preço e na qualidade do serviço. A nossa luta continua”

O diretor da Andorinha, Paulo Humberto Gonçalves, disse nessa reunião, de acordo com a nota, que o investimento na frota é justamente para melhorar os serviços e manter os passageiros. “Estamos renovando a frota com dois veículos Double Deck, fazendo duas viagens diárias, e outros 10 de última geração, com ar condicionado, poltronas executivas, TV/DVD, com preços de carros convencionais” As promoções também são outros atrativos considerados pela empresa de ônibus, segundo o representante da Andorinha. Por viagem, a companhia de ônibus vai oferecer três passagens promocionais no valor de R$ 99,90. Hoje a passagem Corumbá-Campo Grande custa R$ 120,40 no serviço convencional e R$ 143,30 para o executivo. Além disso, destacou a interação com a cidade, dizendo que a empresa vai colocar o símbolo do Corumbaense Futebol Clube nos veículos que fazem esta ligação. 07.05.2017 |

interbuss 11


interbuss

CLEMILTON RODRIGUES Comil Campione Transpiaui, em Teresina/PI


DEU NA IMPRENSA

Transpo Online

RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA IMPRENSA ESPECIALIZADA

Empressa holandesa faz 1 mi/km com ônibus elétrico

Do site | notícias Já familiarizados com o tema “veículos elétricos”, uma das grandes incógnitas para o empresário brasileiro do setor de transportes se refere ao tempo de aplicação dos modelos. Em 18 de abril, a empresa holandesa de transporte de passageiros Hermes ultrapassou a marca de 1.000.000 (um milhão) de quilômetros percorridos, considerando 43 ônibus elétricos (média de 23.555 km por circular), em Eindhoven, importante cidade da Holanda. Os ônibus 100% elétricos, do modelo Citea SLFA Electric, da fabricante VDL, estão em serviço desde dezembro passado e são aplicados em oito diferentes rotas de Eindhoven. Boa parte desta frota percorre mais de 340 quilômetros por o dia, sanando qualquer receio operacional que se poderia ter sobre o desempenho de um modelo elétrico. Estes dados comprovam uma

14 interbuss | 07.05.2017

tendência mundial acerca da mobilidade urbana sustentável, incluindo a visão holandesa sobre transportes públicos a partir dessa parceria entre a VDL e a Hermes. Agora, a expectativa é de que modelos como este de aplicação – que não é o único em curso – seja replicado em outras praças da Holanda e da Europa. O sistema BRT (Bus Rapid Transit) de Eindhoven reúne a maior frota de ônibus com zero emissão do Velho Mundo. VDL Citea SLFA Electric – Este ônibus articulado possui 18,1 metros de comprimento, sendo próprio para aplicação em linhas BRT (Bus Rapid Transit). As baterias são recarregadas periodicamente de forma a manter a operação do circular regularmente durante a jornada operacional dele. A VDL também entregou as estações de carregamento e o fornecimento de energia ocorre em cooperação com um fornecedor de eletricidade local. Assim, a fabricante de ônibus passa a comercializar

a solução completa: veículos e estações de carregamento. Estrategicamente, o abastecimento também pode ser feito em destinos como o Aeroporto de Eindhoven e o High Tech Campus. No Brasil – Em menor escala, algumas praças pelo Brasil já testam sistemas completos de ônibus elétricos, contemplando veículos mais estações de carregamento de energia solar no caso da fabricante chinesa BYD. Neste caso, os circulares já operam em escala comercial em Campinas (SP), entre outras localidades. Como visto recentemente, a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) também desenvolveu a sua própria tecnologia, que considera um ônibus elétrico abastecido pela energia solar excedente do sistema de captação com painéis fotovoltaicos instalados na cobertura do edifício do Centro Multiusuário de Pesquisa e Capacitação em Energia Solar Fotovoltaica da UFSC.


Transpo Online

Artigo: Investimento em ciclismo e a sua economia

Do site | por Gustavo Queiroz Em todo o planeta, o ciclismo desempenha um papel importante na mobilidade pessoal. Mesmo assim, a bicicleta como meio de transporte poderia ter uma importância ainda mais destacada nas sociedades. Abaixo, veremos diversas razões, inclusive econômicas, para que as cidades comecem a direcionar mais esforços para “viralizar” esta forma tão saudável de mobilidade urbana, dada a conveniência e acessibilidade das bicicletas. De acordo com o estudo “A Global High Shift Cycling Scenario”, publicado em novembro de 2015, o planeta poderia economizar o equivalente a US$ 24 trilhões considerando o período de 35 anos, entre 2015 e 2050, se mais pessoas pudessem pedalar em segurança. Amsterdã, capital da Holanda, é o exemplo prático perfeito de que investir neste modal vale a pena. Na cidade holandesa, 40% da população se locomove pedalando. Se nos demais grandes centros urbanos mundiais também houvesse infraestrutura e estímulo para a prática do ciclismo, considerando que apenas 10% se desloque com bicicletas, as cidades poderiam gerar uma economia de US$ 700 bilhões anualmente, sendo coerente com a projeção de US$ 24 trilhões até o ano 2050.

Entre os fatores que proporcionariam tal redução de gastos, considerando a intensificação da frota circulante de bicicletas, destaque para a redução dos recursos que seriam investidos na construção ou reforma das vias públicas. Afinal, o desgaste do pavimento – seja qual for – é praticamente nulo com o tráfego das bikes. Embora não contemplado neste levantamento, os gastos com saúde também seriam reduzidos drasticamente, considerando a melhora na qualidade do ar e a prática de exercícios físicos regularmente, no mínimo. Também é preciso considerar que onde há menos carros, menor também é o número de acidentes. Outro fator não mensurado é o aumento da produtividade das pessoas, seja no âmbito profissional, quanto em atividades pessoais, já que a população perderia menos tempo em seus deslocamentos e, assim, poderia desfrutar mais com lazer e estudos, por exemplo. O custo de propriedade e manutenção do veículo, comparando um automóvel com uma “magrela”, também é “absurdamente” desproporcional, com larga vantagem para as bicicletas. Sobretudo, se compararmos com os preços praticados no Brasil, em que um veículo dito popular custa a partir de aviltantes R$ 40.000,00. Assim, as emissões de carbono

seriam reduzidas em aproximadamente 11% até 2050, considerando que o volume deste poluente despejado no ar pode dobrar neste período se nada for feito. Com o aumento populacional, que seguirá crescendo, assim como a frota circulante de automóveis, se faz necessária a oportunidade de fazer as mudanças nos hábitos da sociedade, permitindo que uma parcela maior da população possa se autotransportar pedalando ao invés de levar aquele monte de ferro – que ocupa um espaço desproporcional para transportar, normalmente, apenas o motorista – para passear. A cidade de Sevilha, na Espanha, é um exemplo interessante, considerando que os deslocamentos feitos de bicicleta passaram de 0,5% do total da população, em 2006, para 7% em apenas sete anos. Quando se fala em “cidades inteligentes” ou “cidades do futuro”, quer dizer que o planejamento urbano deve, justamente, priorizar a qualidade de vida e o convívio entre os seus habitantes e as questões referentes há mobilidade urbana – que sempre podem extrapolar para outro temas, como saúde, segurança, etc – são fundamentais para o desenvolvimento dos objetivos sociais. É preciso pensar em cidades menos dependentes dos carros. 07.05.2017 |

interbuss 15


REDE SOCIAL

AS MELHORES FOTOS DA SEMANA NO FACEBOOK

Gabriel Valladares | Marcopolo Paradiso G7

Daniel Santos Machado | Caio Mondego HA

Junior Almeida | Marcopolo Paradiso G7

Junior Almeida | Marcopolo Paradiso GV

Rafael Xarão | Marcopolo Paradiso G7

Rafael Xarão | Busscar Urbanuss

16 interbuss | 07.05.2017


Alex de Souza Cornélio | Neobus Spectrum Road

Luiz Petriz | Neobus Mega

Leonardo Alecsander | Caio Apache Vip

Jonatha Tomé | Caio Apache Vip

Rodrigo Gomes | Marcopolo Ideale

Luiz Petriz | Caio Apache Vip

07.05.2017 |

interbuss 17


O MELHOR DA INTERBUSS

UMA SELEÇÃO DAS MELHORES FOTOS PUBLICADAS NAS GALERIAS DO PORTA

Daniel Fortes Marcopolo Paradiso G7 1200 Scania K340 | Viação Goiânia

Daniel Fortes Marcopolo Paradiso G6 1550LD Scania K380 | Expresso São Luiz

Clemilton Rodrigues Marcopolo Senior MBB LO 814 | Expresso Tavares

Clemilton Rodrigues Comil Campione MBB OF-1722M | Redenção Transporte

Cicero Junior CMA Estrelão Scania K124IB | Viação Cometa

Cicero Junior Busscar Vissta Buss LO Scania K340 | Expresso Cristália

18 interbuss | 07.05.2017


S Jร TAL INTERBUSS

Daniel Fortes Marcopolo Paradiso G7 1200 Volvo B9R | Trans Brasil

Daniel Fortes Marcopolo Paradiso GV 1800DD Scania K124IB | Zanchettur

Clemilton Rodrigues Caio Apache Vip MBB OF-1418 | Cidade Verde

Clemilton Rodrigues Caio Apache Vip MBB OF-1418 | Cidade Verde

Christian Fortunato Marcopolo Viaggio G4 Volvo B10M | Souzatur

Christian Fortunato Marcoplo Ideale 770 MBB OF-1418 | Pรกssaro Verde 07.05.2017 |

interbuss 19


O MELHOR DA INTERBUSS

César Elói Barbalho Marcopolo Paradiso G6 1200 Volvo B9R | Expresso Luxo

César Elói Barbalho Marcopolo Paradiso G6 1200 Volvo B9R | Viação Cometa

Antonio Santos Marcopolo Paradiso G6 1200 MBB O-500RSD | Pássaro Verde

Antonio Santos Neobus Mega MBB OF-1722M | Getúlio Vargas

Anderson Ribeiro de Paula Caio Alpha MBB O-400UPA | Auto Viação Ouro Verde

Anderson Ribeiro de Paula Caio Apache Vip MBB OF-1722M | Viação Boa Vista

20 interbuss | 07.05.2017


Chailander Borges Busscar Urbanus Volvo B10M | Coletivos Padova

Chailander Borges Marcopolo Paradiso G7 1200 MBB O-500RS | Expresso Brasileiro

AndrĂŠ Aguirra Taioqui Busscar Urbanus MBB OF-1620 | Grande Londrina

AndrĂŠ Aguirra Taioqui Marcopolo Torino MBB OF-1722M | Grande Londrina

Anderson Ribeiro de Paula Marcopolo Paradiso G7 1200 Scania K380 | Globosul

Anderson Ribeiro de Paula Busscar Urbanuss Pluss MBB OF-1722M | VB Transportes 07.05.2017 |

interbuss 21


COLUNAS

VIAGENS & MEMÓRIA

NOVA INTERBUSS.

MARISA VANESSA N. CRUZ | ideiaselembrancas@gmail.com

A Rodoviária de Vitória

A Rodoviária de Vitória fica localizada no centro da capital do Espírito Santo, na Ilha do Príncipe, próximo à Segunda Ponte. Inaugurada em 1979, denominada de Terminal Rodoviário Carlos Alberto Vivacqua Campos em homenagem ao renomado arquiteto da cidade (1944-1986), funciona 24 horas e é composto de 30 plataformas de embarque e desembarque, bilheterias, bebedouros, sanitários, guarda-volume, praças de alimentação e demais serviços. Algumas empresas que atendem a rodoviária: Itapemirim/Kaissara, Águia Branca, Pretti, Planeta, Lírio dos Vales, Rio Doce, Gontijo, União. Fora da rodoviária há um ponto de táxi, e o ponto de ônibus para linhas municipais de Vitória. Para pegar ônibus da Transcol, basta andar uns 200 metros a pé no sentido Centro, ou caminhar até a outra quadra para pegar o sentido oposto, apesar que na minha opinião, deve-se ter bastante cautela para andar por ali. E para clicar na rodoviária? Não vi problema algum, e não há órgãos responsáveis de segurança que proíbem tal ação. Dá para clicar tanto no pátio quanto nas plataformas sem nenhum problema. Uma coisa que eu achei estranho na rodoviária de Vitória é que não há nenhuma ligação direta com o Triângulo Mineiro. Mas a Águia Branca resolveu o problema! Nesta última sexta, dia 28, a empresa inaugurou a linha Vitória – Uberlândia via Belo Horizonte. Partidas uma vez por semana, sendo que partindo de Vitória sai todas as sextas-feiras às 16 horas, e partindo de Uberlândia sai todos os domingos às 16 horas. E falando em Itapemirim/ Kaissara, vou mudar de assunto: como todos estão cientes, os ônibus que estavam sendo identificados como Kaissara foram renomeados como Itapemirim e voltaram aos seus prefixos originais, e nos dias de hoje eu não vi mais nenhum ônibus identificado como Kaissara. E em fevereiro último, foi anunciado que a família Cola permaneceu com a Kaissara, sendo a Itapemirim vendida para um grupo de empresários. Resta então saber se a Kaissara terá ônibus próprios ou não, ou continua com a frota da Itapemirim.

NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

22 interbuss | 30.04.2017


ANUNCIE NA

INTERBUSS E FIQUE PERTO DO SEU PÚBLICO E DOS SEUS POTENCIAIS

CLIENTES CONTACTE-NOS E FAÇA UM BOM NEGÓCIO

revista@portalinterbuss.com.br

interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA


NOVA INTERBUSS. NOVO CONTEÚDO

NOVA VISÃO TUDO NOVO TUDO POR VOCÊ interbuss PORQUE TRANSPORTE É VIDA

Revista InterBuss | Edição 343 | 07.05.2017  

Edição com 24 páginas | Concluída às 19h19 (Sexta) | Confira as melhores fotos de ônibus da semana e também mais um lote de fotos já publica...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you